Page 1


TCC aborda alterações hematológicas em vítimas do trânsito

Editorial

Um estudo desenvolvido no Hospital Santa Cruz sobre as alterações hematológicas que ocorrem em pacientes vítimas de acidentes de trânsito, quedas e outros tipos de ferimentos foi apresentado no dia 29 de janeiro como trabalho de conclusão para a Residência Médica em Cirurgia Geral. A pesquisa, na área de Cirurgia, foi realizada pelo residente Diego Mondadori sob a orientação da professora Dóris Medianeira Lazaroto Swarowsky. O estudo foi baseado em conhecimentos aperfeiçoados pela professora Dóris durante viagem de estudo feita em julho de 2014 para Toronto, no Canadá, onde atuou no Hospital St. Michael com foco na área de Cirurgia. “É um estudo de extrema importância e que demonstra a capacidade de produção científica instalada hoje no HSC, consolidando cada vez mais a Instituição como hospital de ensino”, salienta a professora. Luciano Pereira

O Informativo HSC está passando por um processo de mudança em sua produção. Após 16 edições sendo produzido e comercializado pela agência Case Marketing, a diagramação do material e a comercialização de anúncios passa a ser feita, a partir desta edição, pela equipe da Assessoria de Comunicação do Hospital. O objetivo é agilizar o processo e buscar mais parcerias com os apoiadores por meio do contato direto, já que desde fevereiro de 2015 o setor conta com uma profissional específica da área de publicidade e propaganda. E devido a esta reformulação, somente agora, no mês de julho, estamos lançando a edição referente a janeiro/ março de 2015. Por isso, este informativo apresenta algumas notícias ocorridas já há algum tempo mas que merecem destaque e registro para que a comunidade fique por dentro das atividades, dos projetos e serviços realizados pela Instituição. Pretendemos, até agosto, lançar a edição referente a abril/junho de 2015 e assim, aos poucos, regularizar a periodicidade do informativo, que é trimestral. Sendo assim, apresentamos nesta edição diversos projetos e capacitações desenvolvidas ainda no final de 2014 e início de 2015, com destaque para a participação das residências médica e multiprofissional em diferentes eventos e trabalhos desenvolvidos junto à comunidade, além de pesquisas executadas no próprio hospital. O presente informativo também contém informações sobre os investimentos do HSC em infraestrutura, parcerias para captação de recursos e capacitações voltadas para a qualificação dos profissionais da casa de saúde. Nas páginas centrais, uma iniciativa da equipe da Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) e UTI Pediátrica que está fazendo muito sucesso nas redes sociais, que é o projeto Pequenos Valentes do Hospital Santa Cruz. A ideia consiste em um blog que conta histórias de superação de bebês recém-nascidos que precisaram ser internados nas duas unidades, com fotos feitas após a alta hospitalar. Enfim, uma boa leitura!

Colabore com o Informativo HSC. Opine, critique, dê sugestões ou participe com artigos e crônicas. O e-mail para contato é hsc@unisc.br.

Expediente O Informativo HSC é uma publicação trimestral do Hospital Santa Cruz. Rua Fernando Abott, 174 - CEP: 96810-072 Santa Cruz do Sul/RS - Telefone: (51) 3713-7410.

Redação: Luciano Pereira e Jaqueline Rodrigues Mees (estagiária curricular do curso de Jornalismo da Unisc).

E-mail: hsc@unisc.br Site: www.hospitalstacruz.com.br

Comitê editorial Vilmar Thomé (diretor-geral), Daniel Vittielo Wink (diretor do corpo clínico), Egardo Orlando Kuentzer (diretor administrativo), Marcelo Carneiro (diretor técnico), Fernanda Ribeiro Gallisa (gerente assistencial), Eliane Cauduro (gerente de Controladoria), Giana Diesel Sebastiany (diretora de ensino, pesquisa e extensão) e Neijan Ercolani Konzen (gerente de Hotelaria e Serviços).

Coordenação Assessoria de Comunicação do HSC - Luciano Pereira, MTb 9234. Comercialização: Priscila Midon - Telefone: (51) 3713-7410 - E-mail: priscilamidon@unisc.br.

Apoio: Priscila Midon e Elton Luís Pacheco (estagiário).

Projeto gráfico: Case Marketing - Telefones: (51) 3056-2840 e 81640019 - E-mail: suzi@casemkt.com.

pág. 02 EDITORIAL

Circulação: 1 mil exemplares


Fotos: Luciano Pereira

HSC inaugura vestiários e amplia centro cirúrgico As obras de ampliação, reformas e melhorias do Hospital Santa Cruz continuam em ritmo intenso neste início de 2015. Já no primeiro mês do ano foram concluídos os vestiários destinados aos funcionários da área assistencial e uma nova sala de procedimentos no Bloco Cirúrgico. Também a fachada externa do Hospital está passando por restauração. Os vestiários estão localizados na entrada dos fundos do Hospital, destinada aos funcionários, e contam com 75 armários masculinos e 372 armários femininos, além de banheiros. O objetivo, segundo a gerente de hotelaria e serviços da Instituição, Neijan Konzen, é aumentar a segurança e também libe-

rar os espaços antes utilizados nas unidades para a instalação de novos quartos e salas de serviços que venham a beneficiar os pacientes. Já o Bloco Cirúrgico do Hospital Santa Cruz passou a contar com a Sala Cirúrgica nº 7, que realiza diariamente procedimentos de pequeno e médio porte. A nova sala dispõe de todos os equipamentos necessários para o funcionamento com segurança ao paciente, como foco cirúrgico, mesa cirúrgica, carro anestésico novo, tomada para intensificador de imagem, bancadas de inox, refrigeração, todos os cabos e aparelhos para as monitorizações necessárias, entre outros materiais.

CDii completa nove anos O Centro de Diagnóstico e Intervenção por Imagem (CDii) do Hospital Santa Cruz completou, em março, nove anos de serviços prestados à comunidade. O CDii está localizado nas dependências do HSC e atende a todos os tipos de convênios e particular. Em média, realiza cerca de nove mil exames mensais. Para atender a essa demanda, o CDii conta com o que existe de mais moderno em equipamentos para a realização de exames. Lá são disponibilizados os serviços de radiologia geral digital, ecografia, ultrassonografia obstétrica 3D e 4D, tomografia computadorizada multislice, biópsia e punções, ecocardiologia e ecodoppler vascular, ecocardiografia transtorácica com ecodoppler colorido convencional, ecocardiografia transtorácica para avaliação, dissincronia cardíaca, mamografia digital, ressonância magnética de alto campo, cintilografia, litotripsia extracorpórea e densitometria óssea. Junto ao CDii funciona ainda o Centro de Terapia Endovascular – Hemodinâmica, inaugurado em 2009 já com o objetivo de atender à alta complexidade no HSC. Desde 2014 o Hospital Santa Cruz é habilitado pelo Ministério da Saúde como Centro de Referência em Alta Complexidade Cardiovascular. O atendimento no CDii ocorre de segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, e aos sábados, das 7h às 13h, com plantão de urgência 24h. Mais informações sobre o CDii podem ser obtidas por meio da Central de Agendamentos de Exames, telefone (51) 3713-7474, ou no site www.hospitalstacruz.com.br/cdii.

INFRAESTRUTURA pág. 03


Residências do HSC têm novas turmas Os candidatos aprovados nos programas de residência médica e na segunda turma da residência multiprofissional em saúde do HSC participaram, no dia 2 de março, de uma atividade de integração nas dependências da Instituição. A atividade consistiu em uma apresentação do Hospital e dos cronogramas de trabalho dos dois programas de residências, com visitas aos setores da Instituição e uma confraternização, na parte da tarde, na sede da Associação dos Docentes da Universidade de Santa Cruz do Sul. Na residência médica, 15 profissionais iniciaram as atividades em março nas áreas de cirurgia geral, de clínica médica, de pediatria e de ginecologia e obstetrícia. Já na residência multiprofissional em saúde são 18 novos residentes nas áreas de Fisioterapia, Enfermagem, Farmácia, Psicologia, Educação Física e Serviço Social. As atividades específicas iniciaram já no dia 3 de março, com 60 horas se-

pág. 04 GERAL

manais distribuídas em aulas práticas e teóricas. Ao longo do mês os residentes participaram ainda de outras atividades de capacitação no HSC. O diretor geral do HSC, Vilmar Thomé; o então diretor técnico Marcelo Carneiro; a diretora de ensino, pesquisa e extensão, Giana Diesel Sebastiany; e a coordenadora do programa de residência multiprofissional em saúde, professora Dulciane Nunes Paiva, deram as boas-vindas aos residentes no início das atividades do dia 2. Thomé ressaltou que,

além de uma Instituição de assistência, o Hospital Santa Cruz é um local formador de profissionais. "São mais de 800 alunos de graduação e de pós-graduação que têm aulas no hospital”, salientou o diretor geral. A duração da residência multiprofissional em saúde é de dois anos, com atuação no Hospital, na Secretaria Municipal de Saúde e na Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). As 18 bolsas, no valor de R$ 2.976,26, são financiadas pelo Ministério da Saúde.

Coelho da Páscoa visita o HSC No final de março e início de abril os funcionários do Hospital Santa Cruz foram recepcionados em seus setores com o Coelho da Páscoa. Além do espírito e a alegria que a data representa, o coelhinho posou para fotos e distribuiu balas. A visita ocorreu em todos os setores do hospital, nos três turnos de trabalho. A alegria do momento foi registrada em fotos, que podem ser conferidas no flickr da Instituição pelo endereço www.flickr.com/photos/hospitalsantacruz/sets/ 72157651277648909/


Deputado João Derly visita o HSC Durante a visita do deputado federal João Derly ao HSC, no dia 27 de março, a direção apresentou os projetos da Instituição para investimentos em infraestrutura. O deputado e ex-judoca confirmou apoio por meio da destinação de emenda parlamentar para a aquisição de equipamentos para a UTI Adulto e áreas de urgência e emergência do Hospital.

Priscila Midon

Entrou em vigor no mês de março o Projeto Cirurgia Segura no Centro Cirúrgico do Hospital Santa Cruz. A iniciativa é baseada nas metas estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) com foco no comprometimento da assistência aos pacientes e na garantia da segurança nos procedimentos cirúrgicos. Conforme a coordenadora do Centro Cirúrgico do HSC, enfermeira Carolini Oliveira da Silva, entre as ações desenvolvidas no projeto estão a demarcação do local onde vai ser realizada a cirurgia e a aplicação da lista de verificação (checklist cirúrgico), onde são confirmados os dados do paciente, o procedimento e o local da cirurgia, assim como são conferidos se todos os materiais e equipamentos estão disponíveis e em funcionamento. “Este trabalho inclui a participação do paciente e de toda a equipe cirúrgica envolvida”, explica a enfermeira. Segundo ela, o HSC já está com o Protocolo Padrão de Cirurgia Segura (POP) e com a lista de verificação (checklist) prontos. “A equipe cirúrgica também já realizou os treinamentos necessários”, complementa Carolini. Em março o projeto foi apresentado pela coordenação médica do Centro Cirúrgico aos médicos cirurgiões e anestesistas do corpo clínico do HSC.

Luciano Pereira

Projeto Cirurgia Segura passa a vigorar no Hospital Santa Cruz

INSTITUCIONAL pág. 05


Fotos: Divulgação

Blog do HSC conta histórias de superação de recém-nascidos Nathália e Nathan são gêmeos e nasceram no Hospital Santa Cruz no dia 12 de outubro de 2014. Prematuros de 30 semanas, ficaram internados na UTI Pediátrica e na Unidade de Cuidados Intermediários (UCI) por 43 dias. Nasceram pequenos, precisando de oxigênio e nu-

pág. 06 MANCHETE

trição parenteral, além de muito amor e carinho dos pais que puderam acompanhar de perto a evolução dos dois valentes. Os gêmeos conseguiram vencer essa etapa e agora estão em casa com a família. Esta é apenas uma das histórias de

superação narradas no blog Pequenos Valentes do Hospital Santa Cruz, iniciativa das equipes da UTI Pediátrica e da UCI da Instituição. Segundo a enfermeira Leila Patrícia de Moura, o objetivo do espaço é compartilhar histórias dos bebês que ficam internados, por determi-


nado período, na UCI e na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI). “São relatos de vida que trazem inspiração, amor e coragem para o nosso cotidiano”, explica Leila. O blog contém fotos de bebês no estilo NewBorn e são

produzidas pela própria equipe de enfermagem do Hospital. O endereço eletrônico da página é www. pequenosvalentesdohospitalstacruz.com. Leia a seguir algumas das histórias contadas no blog.

Olá! Meu nome é Thabata, nasci no dia 14/01/2015 com 35 semanas e pesando 2,410 kg. Dei um susto na mamãe e no papai porque precisei ficar na Unidade de Cuidados Intensivos Neonatal (UTI) para aprender a respirar, fazer medicações, aprender a mamar, enfim, foram 25 dias de muitas apreensões e preocupações. Mas como sou valente, consegui vencer essa etapa. Hoje estou em casa com a mamãe e o papai. Olhem como sou linda! Data da alta: 08/02/2015 Peso da alta: 2,575 kg Mamãe: Taligina Barbosa Pereira Papai: Sedenir Antunes

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Eu sou a Hadassa, filha da Carina e do Marcelo. Nasci dia 10/ 02/2015, pesando 1,230 kg, com 29 semanas de gestação. Fiquei bastante tempo na UTI e UCI, mas hoje estou em casa com minha mamãe e meu papai e estamos muito felizes! Olhem como sou uma princesa. Mamãe: Carina Fernanda S. da Rosa Papai: Marcelo Copaverde

MANCHETE pág. 07


Doze profissionais do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina – entre médicos pediatras, obstetras e enfermeiras – visitaram em novembro o Hospital Sofia Feldman, em Belo Horizonte/MG, onde participaram do Projeto de Apoio às Boas Práticas em Neonatologia para populações vulneráveis e estratégicas, desenvolvido pelo Ministério da Saúde por meio do Programa Rede Cegonha. O Hospital Santa Cruz foi representado pelas enfermeiras Lis Spat e Fernanda Gallisa. Do Rio Grande do Sul também esteve representado o Hospital Geral – Fundação Universidade de Caxias do Sul. De Santa Catarina participaram o Hospital Santo Antônio, de Blumenau, e Hospital Hélio Anjos Ortiz, de Curitibanos. O evento teve início com a apresentação dos visitantes e levantamento das demandas, seguido por uma palestra sobre Rede SUS Perinatal em Belo Horizonte e o lugar do Hospital Sofia Feldman nesta Rede. Na sequência o grupo visitou as instalações do Hospital, vivenciando a passagem de plantão multiprofissional e a prática nas unidades neonatais. A programação incluiu boas práticas de atenção em neonatologia e roda de conversa sobre gestão participativa no Hospital Sofia Feldman/Linha de Cuidado Perinatal e gestão dos leitos na neonatologia; uso

Divulgação

Enfermeiras visitam Hospital Sofia Feldman em Belo Horizonte

do banco de dados e as implicações para monitoramento das boas práticas. Segundo a enfermeira Lis Spat, que coordena a área materno-infantil do HSC, o objetivo da visita foi conhecer o funcionamento do Sofia. “Queremos entrar na Rede Cegonha e nos tornar Hospital Amigo da Criança”, justifica. O HSC conta atualmente com oito leitos de Neonatologia e dois pediátricos, está para contratualizar com o Ministério da Saúde e pretende implantar a Casa da Gestante, Bebê e Puérpera.

pág. 08 DESENVOLVIMENTO

Trote Solidário No dia 4 de março o Curso de Matemática da Unisc promoveu uma recepção aos seus acadêmicos. O valor arrecadado com os ingressos foi revertido na compra de materiais de higiene – sabonetes, pastas de dente e escovas de dente – doadas ao Hospital Santa Cruz. A doação foi feita no dia 1º de abril.


Representante do Ministério da Saúde visita área materno-infantil do HSC Psicólogo avaliou as atividades desenvolvidas pelo Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde Luciano Pereira

O Hospital Santa Cruz recebeu, no dia 20 de novembro, o psicólogo e representante do Departamento de Gestão da Educação na Saúde (DEGES) e da Secretaria de Gestão do Trabalho e da Educação na Saúde (SGTES) do Ministério da Saúde (MS), Thiago Rocha Pinto. A visita teve como intuito avaliar as ações desenvolvidas pelo Programa de Educação pelo Trabalho para a Saúde (PET - Sáude Redes de Atenção), desenvolvidas nos municípios de Santa Cruz do Sul, Rio Pardo e Vera Cruz, assim como conhecer os serviços de saúde onde acontecem estas práticas. Entre as atividades que são aplicadas no HSC está o sub-projeto Rede Cegonha, focado na promoção da saúde e atenção humanizada sobre gravidez, parto e pós-parto; e o PET - Saúde assistência integral nas Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNTs). O avaliador participou de uma visita técnica na tarde do dia 20 de novembro nos locais em que o PET é desenvolvido pela Instituição. Durante o encontro foi possível apresentar as instalações do HSC, em especial a área materno-infantil e as unidades que atendem pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Além disso, ele conheceu as ações já desenvolvidas pelos dois

grupos. Uma das observações feitas pelo avaliador foi em relação à boa qualidade dos espaços voltados ao ensino dos alunos. O representante do Ministério da Saúde esteve acompanhado pelos coordenadores e tutores do projeto. O gru-

po foi recepcionado pela preceptora do DCNTs no HSC, a psicóloga Aline Badch Rosa, juntamente com a enfermeira da maternidade e preceptora do Rede Cegonha no Hospital, Bianca Ghignatti, além de alunos bolsistas (remunerados e voluntários).

HSC realiza testes da orelhinha e da linguinha Desde o dia 2 de fevereiro o Hospital Santa Cruz está realizando os testes da orelhinha e da linguinha em todas as crianças nascidas na Instituição. A medida atende à Lei 12.303, de agosto de 2010, e à Lei 13.002, de 20 de junho de 2014, que estabelecem que os serviços hospitalares realizem as avaliações com profissional habilitado. Para isso o Hospital contratou uma fonoaudióloga para desenvolver as atividades, com carga horária de 20h. As avaliações são feitas no turno da manhã. Mensalmente são realizados, no HSC, uma média de 160 partos.

EXTENSÃO pág. 09


Fotos: Divulgação

Residência I

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Os residentes Francine Bottoni (Psicologia), Cíntia Iramendi Rech Glesse (Serviço Social), Juliano Adolfo Rodrigues (Educação Física) e Letícia Fischborn (Nutrição), do Programa de Residência Multiprofissional Integrada em Saúde do Hospital Santa Cruz, participaram do Congresso Multiprofissional de Atenção Hospitalar 2014, em Curitiba/PR. O evento foi promovido pelo Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná e reuniu profissionais de todas as áreas, entre eles professores, alunos, residentes e pós-graduandos afim de promover uma discussão conjunta da multidisciplinaridade em ambiente hospitalar. Residência II ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Outro grupo de residentes esteve presente no 1º Simpósio Multidisciplinar do Cuidado do Paciente Crítico, realizado em Passo Fundo. Participaram os profissionais Raquel Salzer, Larissa Luft Carvalho e Daiane Baldez (Enfermagem); Marjorie Meinhardt e Bruna Côrrea (Fisioterapia); Cíntia Glesse (Serviço Social); Carina Bublitz e Francine Bottoni (Psicologia); Andréa Wiesioek e Mariana Portela (Farmácia); Letícia Fischborn e Franciele Rossoni (Nutrição). Residência IV ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

Residência III

Ainda no ano passado, a residente Cíntia Glesse já havia participado da 8ª Jornada do Serviço Social do Hospital de Clínicas de Porto Alegre. Este evento teve como temas O cenário atual dos principais desafios no cotidiano profissional dos assistentes sociais na área da saúde: até onde podemos ir?, Intersetorialidade: compartilhando desafios, A intervenção do Ministério Público frente às políticas sociais e A sistematização da prática do assistente social: da documentação à produção.

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○ ○

pág. 10 ENSINO E PESQUISA

A turma de residentes do Programa de Residência Multiprofissional Integrada em Saúde também ministrou uma capacitação de educação continuada para os técnicos de enfermagem da Rede Básica de Saúde de Santa Cruz do Sul. Ao todo participaram 31 profissionais do município. A atividade foi realizada no campus da Universidade de Santa Cruz do Sul. Em um primeiro momento foi realizado um acolhimento com dinâmica de grupo no Memorial da Unisc. Em seguida, os técnicos foram divididos em grupos e direcionados ao bloco 42, onde participaram de oficinas com os temas desconforto respiratório, picadas de animais peçonhentos, queimaduras e trauma. No final todos se reuniram para que cada grupo repassasse os conhecimentos adquiridos aos demais. O encerramento contou com um coffe break.


O Hospital Santa Cruz divulgou, em janeiro, os resultados da segunda edição do projeto Equipes em Ação na Unidade de Terapia Intensiva Adulto (UTIA). Na ocasião foram realizados um momento de confraternização com a equipe, feedback sobre os resultados atingidos e premiação para a técnica de enfermagem Angela Henriques, que recebeu uma cesta de produtos por obter a maior pontuação de acordo com o check list de avaliação de adesão aos protocolos. A utilização de um programa de monitoramento da permanência dos dispositivos invasivos, feedback e educação continuada determinou resultados e metas como ferramentas de qualidade na assistência da UTI Adulto nos anos de 2013 e 2014. Esta ação propiciou uma redução da densidade de incidência de 33% das pneumonias associadas à ventilação mecânica (PAV) e de 50% da sepse relacionada a cateteres centrais,

Divulgação

Equipes em Ação divulga resultados

enquanto a infecção de trato urinário (ITU) permaneceu inalterada em relação ao ano de 2012. “A segunda etapa do desafio, estabelecido com as equipes no ano de 2013, foi case de sucesso institucional premiado”, destaca a enfermeira da Comissão de Controle de Infecção e Epidemiologia Hospitalar (CCIH) do HSC, Eliane Carlosso Krummenauer. “Este trabalho

evidencia que a prevenção e monitoramento das infecções é possível e esforços devem ocorrer para o desenvolvimento de novas estratégias e iniciativas seguras ao paciente”, reforça. Eliane também parabenizou a equipe pelos resultados e metas parcialmente atingidas. “Continuamos monitorando e adequando os nossos processos de trabalho com foco na excelência do cuidado”.

CAPACITAÇÃO pág. 11


Cipa é empossada no HSC Luciano Pereira

Jaqueline Rodrigues Mees No dia 8 de abril foi realizada a posse da nova gestão da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (Cipa) do Hospital Santa Cruz. A solenidade ocorreu na sala de reuniões da Instituição e contou também com a entrega de certificados aos membros empossados. O diretor geral do HSC, Vilmar Thomé, reafirmou na posse o quanto a Cipa é importante e fundamental para os funcionários do hospital. “Precisamos garantir a nossa segurança”, destacou. Já a presidente da nova gestão da Cipa, enfermeira Adália Pinheiro, disse que irá contar com a colaboração dos colegas para poder fazer um bom trabalho à frente da comissão. “É um compromisso muito grande, pois nossa meta é reduzir ainda mais o número de acidentes de trabalho”, concluiu. A Cipa 2015 é composta ainda pelos funcionários Bianca Mossmann Ghignatti, Isabel Cristina da Rosa, Andréia Nunes Viana, Jaqueline Teresinha da Silva, Elza Cleonice Machado, Charles Richael da Cunha, Heloísa Feil, Marcelo Alves Correa, Joseane Mello da Fontoura, Juliana Backes, Cláudia Hanemann Camargo, Pâmela Pohlmann, Fernanda Ulguim, Gilciane Bolzan Wansing, Salimar Pasqual Mariano, Luiza Carolina Hermes, Marli Terres, David Fernando Dessunti, Paulo Gilcemar Queiroz e Roselene Penna Greiner.

pág. 12

Palestra aborda a trajetória do paciente com tuberculose No dia 13 de abril o Hospital Santa Cruz promoveu uma palestra sobre a tuberculose com o tema Avaliação da trajetória do paciente com tuberculose pulmonar nos serviços de saúde no município de Santa Cruz do Sul, com a professora Lia Possuelo. A palestrante é coordenadora do PRO-PET Saúde: Redes de Atenção e do Laboratório de Genética e Biotecnologia do Programa

de Pós-Graduação em Promoção da Saúde da Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc). No dia 24 de março, Dia Nacional de Combate à Tuberculose, o HSC também realizou uma ação interna com a entrega de folhetos informativos aos funcionários da Instituição. A iniciativa foi da Comissão de Controle de Infecção e Epidemiologia Hospitalar (CCIH).

Informativo Nº 17  

Edição Nº 17 do Informativo HSC - Janeiro/Março de 2015.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you