Page 1

Informativo Abril/Junho de 2014 - edição n 14

Reflexão e integração

HSC realiza primeira edição do Bate-Papo com a Direção

Pág. 3

Ampliações e melhorias seguem em ritmo constante

Págs. 5 e 11

Hospital promove ações especiais para celebrar as datas dedicadas aos enfermeiros e técnicos em enfermagem Págs. 6 e 7


Luciano Pereira

Informativo

Editorial Três dos cinco principais focos de atuação da atual gestão do Hospital Santa Cruz são destaque nesta edição do Informativo HSC: a qualificação e valorização de pessoas, por meio de plano de carreira, benefícios e relacionamento com funcionários, alunos, médicos e professores; o aprimoramento de processos, com foco no atendimento; e a infraestrutura, ampliando e melhorando ainda mais a estrutura física do hospital. Todos eles em consonância com o Plano de Desenvolvimento Institucional do Hospital Santa Cruz. Apreocupação com a capacitação e a qualificação constante dos recursos humanos estão expressas nas páginas centrais, com as atividades de integração e de reflexão promovidas para comemorar os dias do enfermeiro e do técnico em enfermagem, e também nos textos referentes a visitas técnicas e participações em seminários, simpósios e congressos realizados pelo país. Desenvolvimento, valorização e relacionamento também são os objetivos dos programas Bate-Papo com a Direção e Bem-Vindo HSC, apresentados neste informativo. E como as melhorias na infraestrutura da instituição são constantes, o assunto não poderia ficar de fora desta edição. As obras de reformas e ampliações nas alas Santa Clara e Maternidade, assim como a criação de novos espaços, como a sala de espera para os pacientes que recebem alta, são apenas algumas das já concluídas no primeiro semestre, e muitas ainda estão em andamento e estão por ser finalizadas em breve. Expediente O jornal Informativo HSC é uma publicação do Hospital Santa Cruz Rua Fernando Abott, 174, CEP 96810-072 Santa Cruz do Sul - Telefone (51) 3713-7410. E-mail: hsc@unisc.br Site: www.hospitalstacruz.com.br Comitê editorial Vilmar Thomé (diretor-geral), Daniel Vittielo Wink (diretor do corpo clínico), Egardo Orlando Kuentzer (diretor administrativo), Marcelo Carneiro (diretor técnico), Fernanda Ribeiro Gallisa (gerente assistencial), Eliane Cauduro (gerente de Controladoria), Léo Kraether Neto (diretor acadêmico) e Neijan Ercolani Konzen (gerente de Hotelaria e Serviços).

pág. 02 EDITORIAL

Caminhada pela saúde ALiga Feminina de Combate ao Câncer de Santa Cruz do Sul e o Hospital Santa Cruz receberam, em maio, os valores referentes à Caminhada pela Saúde 2014, promovida pela Liga em parceria com o Condomínio Belle Ville. A atividade foi realizada pela Karnopp Imóveis no dia 1º de maio. Para cada participante da caminhada, a empresa reverteu R$ 5 às duas entidades. O valor foi doado às duas entidades pelo representante da Karnopp Imóveis, Carlos Eduardo Beckemkamp; para o diretor-geral do HSC, Vilmar Thomé; e para a presidente e vice da Liga, Norma Horta e Cristina Dorneles, respectivamente. Além da realização da Karnopp, a Caminhada pela Saúde contou com o apoio do Hospital Santa Cruz, da Gazeta Grupo de Comunicações, da Pizzaiolo Delivery, da Luxus Acabamentos, da Unisc, do Serviço Social do Comércio (Sesc), da JA Spohr, do Charrua Hotel, dos Postos Shopping Car e da Belfaactus Seguros.

Simulado de incêndio O Hospital Santa Cruz realizou, nos dias 14 e 15 de maio, um simulado de abandono e combate a incêndio nas dependências da Ala Santa Clara. O evento, que visa avaliar as equipes por meio da organização e do desempenho durante a simulação, teve a participação do Corpo de Bombeiros de Santa Cruz do Sul e da Brigada Interna de Combate ao Fogo do HSC. O simulado consistia no socorro à vítima em um dos quartos atingidos pelo princípio de incêndio, gerado por um chuveiro elétrico. Além de prestar serviços de socorro à vítima, a equipe precisava comunicar o sinistro aos familiares dos pacientes internados no quarto atingido pelo princípio de incêndio e controlar a situação para que os envolvidos não entrassem em pânico. O Corpo de Bombeiros, avisado previamente sobre a atividade, foi acionado e em poucos minutos já estava nas dependências do hospital. Aequipe de Brigada Interna de Combate ao Fogo do HSC existe desde 2008 e reúne cerca de 50 profissionais que, paralelamente às tarefas rotineiras de trabalho, participam de palestras, capacitações e outras atividades práticas da equipe. Coordenação Assessoria de Comunicação do HSC - Luciano Pereira, MTb 9234; e Case Marketing - Jacson Miguel Stülp - MTb 9296 Redação: Luciano Pereira e Júlio Henrique Assmann Luz (estagiário curricular do curso de Jornalismo da Unisc) Apoio: Camila Severo Lima e Elton Luís Pacheco (estagiário) Revisão: Adriana Mellos Projeto gráfico e comercialização: Case Marketing - 3056-2840, 81640019 - suzi@casemkt.com Circulação: 2 mil exemplares


Informativo

HSC promove bate-papo entre direção e funcionários

Elton Pacheco

O Hospital Santa Cruz realizou, em março, a primeira edição do Projeto Bate-Papo com a Direção, em três diferentes dias e horários. O programa, organizado por meio daAssessoria de Comunicação, tem o objetivo de aproximar funcionários do HSC da direção da instituição. É um momento para os colaboradores tirarem suas dúvidas com o corpo diretor. No primeiro encontro, que ocorreu na manhã do dia 10, participaram o diretor-geral, Vilmar Thomé, e o diretor administrativo, Egardo Orlando Kuentzer. Estiveram presentes na atividade, 25 funcionários das áreas assistencial, administrativa e de apoio. Em um primeiro momento, os diretores apresentaram as propostas da nova gestão. Após, os funcionários fizeram questionamentos. As perguntas mais frequentes foram sobre benefícios e capacitações. Aprimeira edição do Projeto Bate-Papo com a Direção teve outra etapa na tarde do dia 17 de março, com a participação de 17 funcionários. Um terceiro momento ocorreu no dia 18 para o público do turno da noite, reunindo outros 13 colaboradores. Nessa primeira edição, as atividades ocorreram nos três turnos a fim de abranger um número maior de funcionários para conhecera iniciativa. A ideia é realizar o Bate-Papo com a direção trimestralmente. Nas próximas edições, cada encontro ocorrerá em um turno distinto, sempre com a presença de um membro da direção e outro da área de Recursos Humanos. Segundo a assistente de comunicação do hospital, Camila Lima, o momento é uma oportunidade de tirar dúvidas. “É um projeto para troca de ideias entre a direção e os funcionários do HSC, para esclarecimentos sobre qualquer assunto”, ressalta.

Grupo visita hospital em Florianópolis

Arquivo Pessoal

Funcionários da equipe de enfermagem do Hospital Santa Cruz, alunos e docentes do curso de graduação em Enfermagem da Unisc visitaram, no dia 11 de março, o Hospital Universitário Polydoro Ernani de São Thiago, na cidade de Florianópolis/SC.Aviagem foi promovida pelo curso de Enfermagem da Unisc e teve como principal objetivo compreender a prática da Sistematização da Assistência de Enfermagem, implementada desde 1980. Representando o Hospital Santa Cruz estavam presentes as enfermeiras Camila Ritta Hoeltgebaum, responsável pelo Serviço de Educação Permanente; Katiuscia Brandenburg, coordenadora das emergências; e Maria Antonieta Terres, coordenadora das unidades clínicas, com as quatro residentes de Enfermagem da Residência Multiprofissional Integrada em Saúde. Para a enfermeira Camila Ritta, oportunizar esses momentos de reconhecimento de outras instituições é importante para o crescimento e desenvolvimento profissional. “Sendo membro participante do processo de implementação da Sistematização daAssistência de Enfermagem no HSC, tenho a certeza de que os maiores beneficiados serão nossos pacientes, pois com o processo de enfermagem se tenciona qualificar ainda mais a assistência prestada”, avaliou Camila.

INSTITUCIONAL pág. 03


Informativo

Programa Bem-Vindo HSC completa um ano

pág. 04 DESENVOLVIMENTO

Jô Nunes

O programa Bem-Vindo HSC completou, em abril, um ano de atividades no Hospital Santa Cruz. O trabalho é voltado a enfermeiros e técnicos em enfermagem recém-contratados pela instituição e tem como objetivo capacitar e qualificar ainda mais o serviço prestado por esses profissionais à comunidade. O programa foca novos talentos, visando agregar valor ao corpo técnico do hospital. Em um ano de atividades, 103 profissionais participaram do programa, dos quais, 52 passaram pela prática, intitulada incubadora. Desenvolvidas pela gerência assistencial e pelo Serviço de Educação Permanente do hospital, as atividades são divididas em duas etapas. A primeira ocorre após a integração dos novos funcionários e tem caráter teórico, com carga horária total de oito horas, onde são trabalhados assuntos essenciais para o correto andamento do serviço da equipe de enfermagem. Entre os temas abordados estão regimentos, normatizações e postura profissional, protocolos-padrão operacionais, revisão patológica com questões sobre sinais, sintomas e cuidados e funcionamento das rotinas. A segunda fase contempla a prática na incubadora, em que os novos profissionais desenvolvem atividades específicas. São 14 dias, fechando uma carga horária de 84 horas. Nesse período, o funcionário não assume escala, somente é acompanhado e auxiliado por um padrinho da mesma categoria profissional. Essa pessoa apresenta e orienta as rotinas específicas de unidade e a forma de trabalho da instituição, estimulando a integração entre os funcionários. Para a realização das tarefas, o incubado recebe uma cartilha em formato de checklist informando as atividades que deve realizar durante a prática. “No final do processo é feita uma avaliação geral das duas

etapas sobre a adaptação do novo profissional na instituição”, explica a responsável pelo programa, enfermeira Camila Ritta Hoeltgebaum. “Se aprovado, o funcionário estará apto a iniciar as atividades no setor específico para o qual foi contratado”, complementa. Caso o resultado não seja satisfatório, o incubado permanece no programa o tempo necessário para prestar atendimento com segurança e qualidade. Além das atividades com os novos funcionários, o programa Bem-Vindo HSC também oportuniza momentos de reciclagem com os funcionários já atuantes na casa de saúde. A intenção é o constante aperfeiçoamento e qualificação da totalidade do grupo de enfermagem atuante no Hospital Santa Cruz. Com a consolidação do programa, o objetivo para os próximos meses é expandi-lo a outros setores, com a meta de torná-lo ainda mais abrangente.


Informativo

HSC conclui reformas na Ala Santa Clara e na Maternidade Fotos: Camila Lima

Com o objetivo de proporcionar um atendimento diferenciado e ainda mais qualificado aos seus pacientes, o Hospital Santa Cruz realizou diversas reformas na Ala Santa Clara (ASC) e na Maternidade. No total, foram mais de R$ 170 mil investidos. Na ASC, as reformas e modernizações iniciaram-se em 2013 e foram concluídas em abril deste ano. Os trabalhos consistiram em troca e reforma de móveis, pinturas mais suaves e acolhedoras, oferecendo um ar de leveza ao ambiente, além da colocação de telas pintadas por artistas de Santa Cruz do Sul e doadas no ano passado. No total, foram 18 leitos reformados, sendo 13 apartamentos e cinco suítes, equipados com televisores, aparelhos de ar condicionado, telefones, quadros em tela, camas elétricas, sofás, poltronas reclináveis e frigobares. As suítes ainda possuem uma antessala adicionada à sua estrutura. Todas as inovações dessa unidade tiveram o investimento de R$ 85 mil. Já na Maternidade foram promovidas reformas em 20 leitos, entre quartos semiprivativos, apartamentos e suítes. Os dez quartos semiprivativos possuem televisores, ar-condicionado, camas com grade e poltronas reclináveis. Já os cinco apartamentos têm televisores, aparelhos de ar condicionado, telefones, quadros em tela, camas elétricas, sofás, poltronas reclináveis e frigobares. As cinco suítes contam, ainda, com uma antessala.

Os quartos da Maternidade foram todos equipados com berços em acrílico com rodinhas. Também foram criados mais dois apartamentos, uma suíte e dois quartos semiprivativos, contabilizando, no total, mais sete leitos para atendimento a gestantes e puérperas, tratamento obstétrico e cirurgias ginecológicas. “Nas pinturas, foram utilizadas cores claras e agradáveis para as pacientes e os bebês, visando o acolhimento de todas as internas nessa unidade”, explicou a gerente de Hotelaria e Serviços do HSC, Neijan Ercolani Konzen. O investimento total nas reformas e modernizações da Maternidade foi de R$ 86 mil.

INFRAESTRUTURA pág 05


Informativo

Enfermeiros e técnicos têm atividades de integraçã

Para celebrar o Dia do Enfermeiro e o Dia do Técnico em Enfermagem, cele 20 de maio, o Hospital Santa Cruz promoveu atividades totalmente diferenci participaram de uma integração em um local distante e diferente da estrutura de promover o encontro em um espaço tranquilo foi escolhida a Casa de R A programação iniciou-se por volta das 8h30min com o depoimento do e da gerente assistencial, enfermeira Fernanda Gallisa. Na sequência, f “A importância da enfermagem”, ministrada pelo pastor Günter Losekan sobre espiritualidade na área da saúde. Logo após a conferência, os enf As atividades também incluíram exercícios de relaxamento e reflexão da casa de retiros, proporcionando aos participantes o contato direto c meiros falaram sobre suas expectativas para o trabalho e idealizaçõe fechamento teve como atrativo uma atividade laboral e recreativa.Apro Aprofissional da área de Educação Física e funcionária do Serviço E rança e em Medicina do Trabalho (Sesmt) do HSC Fernanda Ulgui Para ela, a programação foi específica aos participantes em razão profissão, havendo a necessidade do reequilíbrio emocional e físico dos e trabalho. “A proposta de todo o evento partiu do autoconhecimento d da espiritualidade e da natureza”, definiu Fernanda. O enfermeiro do Pronto Atendimento (PA) Allan Silva disse que o encontro foi importante para a valorização e motivação dos profissionais, reforçando o vínculo entre os colegas de equipe em um ambiente externo, ou seja, abrindo uma exceção para praticar atividades relacionadas à profissão, mas fora do local diário de atuação. “É um momento de descontração necessário”, ressaltouAllan. Para a atividade, foram convidados os 72 enfermeiros que atualmente compõem o quadro de funcionários do HSC. Conforme as psicólogas do setor de Recursos Humanos que trabalharam na organização da integração, Patrícia Rechia Fighera e Caruline Moralles Correa, esses profissionais trabalham diariamente no cuidado ao outro. “Sendo assim, elaboramos atividades que estimularam o autocuidado, o (re)conectar-se consigo”, concluem. Fotos: Luciano Pereira

pág. 06 MANCHETE


ão

ebrados respectivamente nos dias 12 e iadas. Os profissionais de enfermagem a e do ambiente hospitalar. Na intenção Retiros Loyola, em Santa Cruz do Sul. o diretor-geral do HSC, Vilmar Thomé, foi realizada uma palestra com o tema nn, que prestou um depoimento e falou fermeiros fizeram parte de um café. o em frente da cascata situada no pátio com a natureza. Na ocasião, os enferes profissionais para o ano de 2014. O ogramação se repetiu na parte da tarde. Especializado em Engenharia de Seguim coordenou algumas das atividades. o das particularidades enfrentadas na enfermeiros e de estimular a gestão de dos profissionais, que se deu por meio

Informativo

Sessão de cinema para os técnicos em enfermagem Já o Dia do Técnico em Enfermagem foi celebrado no dia 20 de maio com uma sessão de cinema. Todos os técnicos em enfermagem da instituição tiveram a oportunidade de assistir gratuitamente a uma sessão 3D no Max Shopping, com direito a levar os filhos. Participaram da atividade, 255 pessoas. Os técnicos em enfermagem e seus filhos também ganharam pipoca e refrigerante. O filme escolhido para comemorar a data foi Rio 2. A sessão de cinema ocorreu em dois dias, com horários diferenciados - dia 13 de maio, às 20h, e dia 14 de maio, às 16h30min -, com o objetivo de possibilitar a participação de funcionários dos diferentes turnos de trabalho do hospital. Foto: Camila Lima

MANCHETE pág. 07


Informativo

Unisc e HSC participam de eventos sobre segurança do paciente Arquivo Pessoal

A enfermeira Gilciane Bolzan Wansing, representando a Comissão Interna de Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente do Hospital Santa Cruz, e a professora da Unisc Janine Koepp participaram do 1º Congresso Internacional sobre Segurança do Paciente ISMP Brasil e 5º Fórum Internacional sobre Segurança do Paciente: Erros de Medicação, realizados de 10 a 12 de abril, na cidade mineira de Ouro Preto. A promoção foi do Instituto para Práticas Seguras no Uso de Medicamentos (ISMP Brasil), com a proposta principal de promover a implementação de iniciativas voltadas à segurança do paciente. O evento contou com mais de mil participantes entre palestrantes nacionais e internacionais, especialistas em segurança do paciente, médicos, farmacêuticos, enfermeiros, acadêmicos, gestores da área de saúde e representantes da indústria farmacêutica. Conforme Gilciane, as atividades foram voltadas ao debate e à busca de novos caminhos para a implantação de práticas seguras no atendimento ao paciente. “Foram abordados tópicos relacionados à integração de ações e iniciativas voltadas à segurança do paciente em diferentes áreas da atenção, organização e gestão de serviços de saúde”, relatou a enfermeira. “Além disso,

discutiram-se estratégias políticas e educativas sobre a temática, suas repercussões na prática profissional em saúde, desafios, aspectos éticos e acreditação de instituições de saúde.” A Comissão Interna de Gerenciamento de Risco e Segurança do Paciente do Hospital Santa Cruz atua desde 2010 com ações voltadas à segurança do paciente, tendo como objetivo registrar e analisar eventos adversos, incluindo potenciais, de forma a identificar, implementar e acompanhar melhorias necessárias no processo assistencial. O grupo é composto de uma equipe multidisciplinar da instituição.

Psicóloga clínica do HSC participa de simpósio A psicóloga clínica do Hospital Santa Cruz, Aline Badch Rosa, representou a instituição no 1º Simpósio Internacional de Espiritualidade na Prática Clínica, realizado nos dias 11 e 12 de abril, em Porto Alegre. O evento foi promovido pela Associação de Psiquiatria do Rio Grande do Sul (APRS), por meio do Núcleo de Psiquiatria e Espiritualidade (Nupe), e contou com a presença de pesquisadores da área reconhecidos no Brasil e no exterior. De acordo com a psicóloga, o evento apresentou pesquisas recentes, as quais mostram que a qualidade de vida está ligada à espiritualidade e que pessoas que cultivam esse modo de percepção vivem mais, são menos propícias a doenças e têm mais facilidade e rapidez na cura. “Atualmente percebe-se uma aproximação entre a espiritualidade e a ciência, as quais antes eram temas sem relação alguma”, acrescentou Aline.

pág 08 CAPACITAÇÃO

Essa fusão dos dois assuntos, segundo ela, demonstra uma visão mais profunda da realidade, mudando o ponto de vista de muitos cientistas que antes se mostravam céticos sobre questões relacionadas à espiritualidade. Aline afirma que os profissionais da área da saúde, inclusive da Psicologia, que há mais tempo dedicam-se a estudos sobre espiritualidade, estão conscientes sobre as diferentes formas que as pessoas reagem diante de situações de crise, sendo a espiritualidade um fator diferencial positivo nessa forma de reação. “Como a saúde é um conceito que vem se ampliando cada vez mais, a própria Organização Mundial de Saúde a reconhece como um completo bem-estar, tanto físico quanto mental e espiritual”, complementa. Pesquisas desenvolvidas na área da física quântica mostram que houve uma aproximação entre a espiritualidade e a ciência, as quais, antes, eram temas sem relação alguma.


Informativo

CDII passa a realizar exames de ultrassonografia 3D e 4D Ver o rosto do bebê antes mesmo de ele nascer é um dos momentos mais emocionantes e lindos da gestação. Ver de forma nítida, tridimensional e em movimento mexe até com os mais durões. “Olha, é a cara da mamãe...”, “ele tem o nariz do pai” são os comentários que frequentemente são expressos por pais felizes e emocionados ao verem a imagem do seu bebê. Para proporcionar esses momentos tão especiais, o Centro de Diagnóstico e Intervenção por Imagem (CDII) do Hospital Santa Cruz (HSC) apresenta um aparelho de ecografia de última geração, com tecnologia 3D e 4D. Esse novo equipamento é capaz de gerar imagens tridimensionais e em tempo real. Com isso, é possível avaliar o bebê de forma nítida, antes mesmo de seu nascimento. As imagens em 3D são imagens estáticas. Já as em 4D são as mesmas imagens, porém, em movimento, permitindo que se veja, em tempo real, toda a atividade do bebê. A forma que o exame é realizado é muito parecida com a ultrassonografia convencional. Segundo o médico radiologista do CDII, Alexandre Xavier Hoppe, a grande diferença está no tamanho do transdutor e no pós-processamento das imagens, realizado pelo computador desse aparelho. “Desta maneira, vários cortes bidimensionais são obtidos e, então, o aparelho de ultrassonografia faz a reconstrução desses cortes para gerar a imagem em 3D e 4D”, explica. Momento de realizar o exame O exame pode ser feito em qualquer momento da gestação, porém, é entre a 26ª e a 30ª semana que se obtêm as melhores imagens do rosto do bebê. Depois da 30ª semana, as condições para se obter boas imagens são bem mais difíceis, já que o maior tamanho do bebê faz com que exista pouco espaço entre o rosto e a parede do útero e, proporcionalmente, existe uma diminuição da quantidade de líquido, que é condição vital para se conseguir boas imagens. O exame feito nos primeiros meses permite que se veja o bebê por inteiro, porém, não se consegue qualidade para ver detalhe, pois o feto ainda é muito pequeno. Por volta da 20ª semana já se consegue fazer imagens do rosto da criança, mas a pouca quantidade de tecidos entre a pele e os ossos torna as imagens com o aspecto de esqueleto. Contudo, uma boa visualização depende de vários fatores, como a posição fetal, o volume de líquido amniótico existente e a espessura dos tecidos da parede abdominal da paciente. Mesmo com todos esses fatores adequados, alguns bebês “teimam” em passar todo o tempo do exame cobrindo o rosto com braços ou pés.

Em certos casos, as imagens também ajudarão médicos e pais a compreenderem possíveis problemas. Porém, o grande objetivo do exame 3D e 4D é a realização de imagens que ajudem os pais a identificarem e reconhecerem as feições do seu futuro filho de uma forma mais realística, proporcionando um sentimento de confiança e segurança no acompanhamento da gestação. “Mas, sem a menor sombra de dúvida, a maior vantagem de um exame são os vínculos afetivo e emocional que se criam com as imagens lindas e mágicas dessa nova tecnologia”, destaca o médico Alexandre Xavier Hoppe. “Imagens que ficarão na memória de toda a família nesse momento único.”

TECNOLOGIA pág. 09


Informativo

Nova gestão da Cipa

Elton Pacheco

Anova Comissão Interna de Prevenção deAcidentes (Cipa) do HSC foi empossada em abril. A gestão vai atuar por um ano na prevenção de acidentes e de doenças decorrentes do trabalho. Os representantes eleitos são Marcelo Corrêa, Riticlir Valter Quilião, Carolina Testa Antunes, Veniria Cavalli, Rosalina Bastos Bastos e Juliana Backes, e os suplentes são Mirian Bechert Soares, Adriana Fischborn, Heloísa Feil, Jossani de Castro e Andréa Stanck. Os indicados pela empresa são Camila Ritta, Aline Badch, Camila Severo Lima, Caruline Moralles, Jeferson Rodrigues e Marciano Moacir Glasenapp, sendo suplentes, Minglam Marilene Lemes, Olita do Nascimento, Renata Heidrich, Sabine Azevedo e Valéria Leite. Doação de livros Luciano Pereira

O HSC recebeu a doação de 69 livros arrecadados pelo grupo Santa Ciclismo, de Santa Cruz do Sul. A entrega foi feita na noite do dia 14 de maio para a psicóloga do Serviço Integrado deAtendimento Psicossocial (Siap) da instituição,Aline Badch Rosa.As obras foram disponibilizadas para pacientes nas unidades, na sala de descanso dos funcionários e nas salas de espera.

Elton Pacheco

Trote solidário O curso de Matemática da Unisc realizou, no final de março, um trote solidário com os calouros. Os alunos doaram itens de higiene para o Hospital Santa Cruz. Ao todo, foram 676 produtos, entre escovas e pastas de dente e sabonetes. A doação ocorreu no Serviço Integrado de Atendimento Psicossocial. O trote solidário teve a coordenação da professora Marcia Adriana de Oliveira. Os alunos responsáveis pela entrega do material foram Fernanda de Brum, Dyessica Helfer e Jeferson Linhares Teixeira. Os itens foram repassados para os pacientes conforme a necessidade. Doação de órgãos

Salvar vidas! Este foi o principal tema discutido durante a realização da Semana de Prevenção de Acidentes no Trabalho (Sipat) da empresa Mercur, que teve como destaque a palestra ministrada por integrantes da Comissão Intra-Hospitalar de Doação de Órgãos e Tecidos para Transplante (Cihdott), do Hospital Santa Cruz. O evento foi realizado nos dias 9 e 10 de abril e reuniu 160 funcionários da empresa. Apalestra da Cihdott tratou sobre a conscientização da importância da doação de órgãos e tecidos.Aintenção é levar esse tipo de evento a outras empresas e instituições da região, o que, de certa forma, desperta o interesse nos funcionários das organizações.

pág. 10 COMUNIDADE EM FOCO

Seminário O HSC e a Unisc promoveram um seminário, no dia 22 de março, sobre Ética, Bioética e Responsabilidade Social. O evento ocorreu nas dependências do hospital, com a presença do professor José Alberto Goldim. A iniciativa contou com a participação de alunos de pós-graduação e demais funcionários da universidade e do hospital e foi organizada pela Pró-Reitoria de Extensão e Relações Comunitárias da Unisc e pelo curso de pós-graduação em Gestão Hospitalar.


Informativo

HSC presta homenagem a funcionários da Higienização O dia 27 de junho foi uma data especial para os funcionários do setor de Higienização e Lavanderia do Hospital Santa Cruz. O que era para ser apenas uma reunião setorial transformou-se em uma homenagem para os funcionários em razão de, no dia 21 de junho, ser comemorado o Dia do Auxiliar de Higienização. O evento ocorreu em dois horários, às 9h e às 14h, para contemplar todos os turnos de trabalho dos funcionários. Tudo foi preparado com bastante carinho e atenção: os funcionários receberam um convite especial avisando que o dia 27 de junho seria uma data importante para eles. Na ocasião, foi desenvolvida uma atividade chamada “A teia”, executada pela educadora física do hospital, Fernanda Ulguim. Nesse momento, houve reflexão sobre os valores e a importância de cada um para o sucesso da instituição. Os funcionários foram presenteados também com um brinde. As mulheres receberam um creme para as mãos, e os homens, um creme pós-barba, rotulados com o logo do HSC. No final, puderam participar de um coffee break.

Fotos: Camila Lima

HSC disponibiliza sala de espera para pacientes que recebem alta

HUMANIZAÇÃO E ACOLHIMENTO pág.11

Lucia no P ereir a

O Hospital Santa Cruz (HSC) passou a disponibilizar aos seus usuários, no início do mês de junho, uma sala de espera destinada a pacientes que recebem alta médica e que precisam aguardar um familiar responsável e/ou o seu transporte para casa. O objetivo é qualificar e agilizar ainda mais os serviços prestados aos seus usuários, oferecendo conforto e comodidade. A nova sala de espera está instalada no primeiro pavimento da casa de saúde, onde funciona o ambulatório de convênios, e conta com uma infraestrutura adequada para oferecer bem-estar aos pacientes enquanto aguardam a sua alta hospitalar. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 10h às 19h. Se o horário da alta for próximo do período das refeições, o paciente será servido no local conforme a dieta de sua internação, mantendo o padrão de atendimento.


Informativo

Hospital Santa Cruz completa 106 anos

Elton Pacheco

Crianças nascidas no dia do aniversário do HSC receberam um brinde O hospital em números (ano 2013) - número de partos (normal e cesáreo): 1.843 - internações: 13.099 - internações-dia: 53.500 - cirurgias: 9.398 - atendimentos ambulatoriais: 222.834 - alas: Pediatria, Santa Clara, São Francisco, Santo Antônio, Maternidade - leitos: 234 - 76,62% dos atendimentos são realizados pelo Sistema Único de Saúde (SUS). Saiba mais sobre o HSC no site www.hospitalstacruz.com.br ou na fan page www. facebook.com/hospitalstacruz

pág. 12

Luciano Pereira

No dia 22 de maio, o Hospital Santa Cruz comemorou 106 anos de atividades. Para marcar a data foram promovidas ações internas para funcionários e pacientes. As crianças nascidas nesse dia, na casa de saúde, também receberam um brinde. Uma atividade na Praça Getúlio Vargas, com feira de saúde e mateada, foi adiada em decorrência do mau tempo e deve ainda ser realizada em data a ser definida. O HSC é a principal instituição de saúde do Vale do Rio Pardo e não possui fins lucrativos. Atualmente, tem 23 mil metros quadrados de área construída, com 234 leitos. O corpo clínico conta com cerca de 200 profissionais, além de 900 funcionários, em média, distribuídos em quatro turnos de trabalho. O hospital atende, principalmente, pacientes (internados e ambulatoriais) do Sistema Único de Saúde (SUS), além de outros convênios e particulares, prestando serviço de diagnóstico e tratamento. Um marco na história do Hospital Santa Cruz foi a troca de mantenedora, em 2003, quando a casa de saúde foi adquirida pela Associação Pró-Ensino em Santa Cruz do Sul (Apesc), que tem também como mantidas a Universidade de Santa Cruz do Sul (Unisc), o Centro de Educação Profissional (Cepru) e a Escola Educar-se. Em 2012, o HSC passou a ser referência em cirurgia cardiovascular de alta complexidade pelo SUS. No mesmo ano, a instituição foi certificada oficialmente como Hospital de Ensino. A casa de saúde trabalha com foco no desenvolvimento, na responsabilidade social e na gestão dos profissionais para melhor atendimento dos pacientes. Para isso, desenvolve o programa Acolher, agraciado com o prêmio Top Ser Humano 2012, na categoria empresa, pela Associação Brasileira de Recursos Humanos (ABRH- RS). O objetivo do hospital é promover cada vez mais serviços humanizados e de qualidade.

Informativo Nº 14  

Edição Nº 14 do Informativo HSC - Abril/Junho de 2014.

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you