Page 1

t r abal ho nal degr aduação-cont r apont o di ogool i v ei r a

O cont r apont o( punct uscont r apunct us )éaqui ext r aí dodocampodamús i ca( har moni a)ondeé de ni docomoacombi naçãodeduasoumai s l i nhasmel ódi casi ndependent es ,que des env ol v ems ecom coer ênci ahar môni ca adqui r i ndoumacompl exi dademus i cal capazde es t abel ecerumauni dade. Par t i ndos edes s econcei t o,ot r abal hopr opõea i ns er çãoum el ement oquef uj adapr ópr i al ógi cado l ocal ,em es cal a,masquear t i cul es ecom os l i mi t eses t abel eci dosnocont ext oenasdi nâmi cas l ocai s . Sant oséumaci dadequepos s ui t r êsf at or esmui t o f or t es ,t odasv i ncul adasàgeogr a a: pos i çãoes t r at égi cadees coament ode mer cador i as ,ondei ns t al ous eopor t o-epor cons equenci ai ndús t r i asques ev al i am des s a i nf r aes t r ut ur a;apr ai a,àqual ger aumaur bani z ação car act er í s t i cadeci dadesl i t or âneas ;eagr ande ext ens ãodemangue,ques emos t r aumagr ande bar r ei r apar aocupaçãodes s ar egi ão,t ant opor f at or esambi ent ai squant ot écni cos ,s endot r at ado comof r ont ei r a. Énes s et er cei r ocenár i oquei ns er es eaf av el a Di queVi l aGi l da,amai orf av el as obr epal at asdo Br as i l .Suai mpl ant açãot or nous eai nt er f aceent r e ol i mi t enat ur al domangueedaci dade,aondes uas pr ópr i asr es i dênci aspos s uem uma ui dez t empor al .

CONTRAPONTO


É notória a mudança de aspecto das residências que possuem interface para o espaço público [a rua], daquelas que possuem a interface com a água. Isso decorre de uma questão financeira, estrutural [casas de madeira pesam menos] e de um distanciamento da dimensão pública. As fachadas que fazem a interface com a rua sempre apresentam uma maior importância e atenção.

As instalações elétricas encontram-se nas entradas dos corredores do Vila Gilda, onde o poder público acessa. Isso é denota simbolicamente o limite da ação do Estado.

A zona noroeste de Santos teve sua ocupação estimulada e consolidada na década de 70 com o planejamento da área. No entanto, pessoas de baixa renda já residentes no local foram pressionadas a se deslocarem para locais mais distantes, sem infra-estrutura e mais distantes. Diante dessa situação em conjunto com da migração de um contigente para a cidade acarretou em um congestionamento de antigas vilas de pesqueiros (localizado às margens de estuários) gerando as favelas de palafita da região, como a Vila Gilda.

texto comércio O programa habitacional da região entrega casas mas não oferece uma infraestrutura básica para que as pessoas habitem o local de forma digna.


Construção de um bloco único que se contraponha formalmente ao dique vila gilda

abertura do bloco para a criação dE uma rua coberta, onde os eventos acontecem

abertura de vazios para haver uma interação visual entre o edifício e seu entorno, além de construir espaços de ocupação espontânea.

A implantação resulta majoritariamente na conexão entre a RadioClube/Bom Retiro com o bairro São Manoel (mais próximo a Anchieta). Tal conexão é pensada para abranger o maior público possivel de habitantes. Para atender também o contigente da Zona Noroeste, a implantação do equipamento na continuidade da Av. Jovino de Melo (arterial que tem acesso para a Av. Nossa Sra de Fátima, com grande capacidade de escoamento e fluxo) se faz importante. A o edifício é pensado muito mais como um espaço de uso e de apropriação. Sendo assim, os espaços vazios adquirem maior importancia do que os cheios, a Rua, no caso, é o grande elemento da edificação e seus usos são pensados para mesclar atividades de fixos (com certa periodicidade) e fluxos (eventos). Há, no projeto um ponto em que o piso pode ser elevado para que haja a transposição de barcos de pequeno porte (comuns na região) quando o nível da água no estuário estiver alto e não for possível transpor o equipamento por baixo do edifício. Tal dispositivo cria dois cenários muito interessantes, o primeiro é recobrar a influência direta que a natureza tem em nossa vida; e o segundo é de gerar um concentramento dos fluxos nas passarelas do primeiro pavimento. Tal atrofiamento resulta em uma violência que permite incentivar relações e misturas, como defende Tschumi.

Pranchas TGI II  
Advertisement