abolsamia 133 (out/nov 2022)

Page 1

TOGETHER

outubro / novembro 2022

A LONG WAY

abolsamia.pt

A REVISTA DA MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA

Ano XXIX . Nº 133 | Bimestral outubro / novembro 2022 | Diretora: Catarina Gusmão

TESTES EM

FENDT 728 VARIO GEN7

Preço: € 7,00 Cont. | ISSN 2183-7023

VALTRA Q 305

CAMPO

NEW HOLLAND T4.120F MASSEY FERGUSON 3FR.115

V-FLEXA Por mais difíceis que sejam as suas necessidades, V-FLEXA é o seu melhor aliado para reboques agrícolas, cisternas móveis e espalhadores. Este produto de última geração é caraterizado pela tecnologia VF que permite transportar cargas pesadas no campo e na estrada, com pressões de enchimento inferiores. V-FLEXA é um pneu realizado com cintos de aço e talão reforçado, que proporcionam durabilidade, ótimas propriedades de autolimpeza e baixa resistência ao rolamento, mesmo com velocidades elevadas.

FEIRAS E EVENTOS

DISTRIBUIDOR PARA A PENÍNSULA IBÉRICA

JOSÉ ANICETO & IRMÃO, LDA

Zona Industrial, Lote 38A 3060-197 Cantanhede Tel: 231 419 290 info@sjosepneus.com

www.sjosepneus.com

Nº133 - Ano XXIX

V-FLEXA é a resposta da BKT para o transporte no campo e na estrada com cargas muito pesadas que evita a compactação do solo.

GALUCHO

1º Dia de Campo

MERCADO EUROPEU

Matriculações 1º semestre de 2022

CLAAS

Lexion tem nova cabine


C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K


C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

3


Editorial Sebastião Marques CHEFE DE REDAÇÃO

Vamos voltar a produzir na Europa! ...é bom, certo?

A

Associação Europeia de Fabricantes de Maquinaria Agrícola (CEMA) publicou o seu relatório semestral relativo ao mercado de tratores nos mercados europeus no passado dia 22 de setembro. Apesar de 2022 ter começado praticamente em paridade com 2021, menos 2% em janeiro (vs jan.2021) e menos 5% em fevereiro (vs fev.2021), as disrupções que se seguiram, motivadas pela situação geopolítica, tiveram um impacto negativo. Nos meses seguintes, as matriculações caíram de forma mais acentuada: março (-7%), abril (-12%), maio (-5%) e junho (-15%).

produção e os preços”. A reconfiguração da rede energética europeia fará com que “durante alguns anos os preços da energia devam manter-se mais elevados”. O fim da desglobalização pode parecer apetecível pois a capacidade de produção própria na Europa terá de aumentar. Muitos componentes críticos para a nossa indústria, como chips semicondutores, ou commodities agrícolas, são produzidos apenas nalguns países, o que colocou agora em cheque a Europa.

De acordo com os participantes no inquérito, a necessidade de investimento por parte do cliente final parece ter-se esgotado em quase todos os mercados, a que se junta um sentimento de incerteza dos agricultores que faz antever uma quebra já “anunciada” do mercado.

No entanto, como explica Isabel Schnabel, membro da Comissão Executiva do Banco Central Europeu, “a globalização permitiu que a oferta de mão de obra se tornasse tão abundante e a capacidade de produção tão grande que, mesmo períodos de aumento exponencial da procura, raramente conseguiam exercer pressão ascendente persistente sobre preços e salários”.

O cenário atual de incerteza revelou já, ainda assim, duas certezas para os próximos anos com influência direta em fabricantes, concessionários e agricultores. Fernando Alexandre, no seu artigo de opinião no Observador, explica que há duas consequências do contexto atual já bem visíveis: a desglobalização e a reconfiguração da rede energética europeia. “A desglobalização vai aumentar os custos de

Assim, termino parafraseando a Comissária do BCE. “Os esforços para aumentar a diversificação ajudarão a garantir a autonomia estratégica e tornar as cadeias de valor mais robustas. Mas também implicam duplicação e ineficiência. E se usado como uma forma de protecionismo, uma maior dependência da produção doméstica pode deixar os países mais – e não menos – vulneráveis a choques no futuro”.

DIRETORA Catarina Gusmão ASSESSOR DE DIREÇÃO Bruno Meneses REDAÇÃO Sebastião Marques (sebastiaomarques@revista-abolsamia.com) · João Sobral (joaosobral@ abolsamia.pt) PUBLICIDADE Catarina Gusmão (T. 913 469 299 · catarinagusmao@abolsamia.pt) · Américo Rodrigues (T. 917 769 014 · americorodrigues@abolsamia.pt) MARKETING DIGITAL Hugo Neves (marketingdigital@revista-abolsamia.com) DESIGN E PRÉ-IMPRESSÃO Victor Manfredo (prepress@abolsamia.pt) COLABORARAM NESTA EDIÇÃO Rui Reis PROPRIEDADE Nugon - Publicações e Representações Publicitárias, Lda (Contribuinte 502 885 203 · Registo ERC 117122 · Depósito legal 117.038/97) SEDE/EDITOR R. S. João de Deus, 21, 2670-371 Loures ESCRITÓRIO/REDAÇÃO R. Nelson Pereira Neves, Lj.1 · 2670-338 Loures (T. 219 830 130) IMPRESSÃO Jorge Fernandes Lda · R. Q.ta Conde de Mascarenhas 9, 2820-653 Charneca de Caparica TIRAGEM MÉDIA 4.000 exemplares ISSN 2183-7023 GERÊNCIA Nuno Gusmão e Catarina Gusmão SÓCIOS Nuno Gusmão (35%), Ana Gusmão (35%), Francisca Gusmão (15%), Catarina Gusmão (15%). ASSINATURAS Hugo Neves (marketingdigital@revista-abolsamia.com) · T. 21 983 0130) Os textos e fotos de autor são propriedade da Nugon,Lda., não podendo ser reproduzidos sem autorização, por escrito, da mesma. O conteúdo dos anúncios e das publireportagens dos clientes é da sua exclusiva responsabilidade. A abolsamia segue o AO90, embora nem todos os colaboradores tenham adotado a nova grafia. Estatuto Editorial www.abolsamia.pt/estatuto-editorial-e-distribuicao

4

abolsamia

outubro / novembro 2022

Consulte o Boletim de Assinatura

Pág. 111

www.abolsamia.pt


www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

5


n° 133 | outubro / novembro 2022

MERCADOS 8 Portugal 14 A visão de representantes

Sumário

das marcas

16 Europa

EMPRESAS 24 Notícias RESULTADOS FINANCEIROS

26 Embalo de 2021 ainda se faz sentir

EMPRESAS EM FOCO

28 Herculano pelo Mundo desde 1982

32 Stihl volta a reunir concessionários

FEIRAS E EVENTOS 34 Expo Torre Marco 2022 36 Mondego Agrícola: uma feira que promete crescimento

38 Na Case IH, a precisão já faz

36

parte da cultura

40 São Pedro, feira centenária 41 30ª edição da Expofacic: “a melhor edição de sempre”

41 Máquinas agrícolas em

destaque na Feira de São Bartolomeu

44 Dia de Campo da Galucho 50 Valtra: uma experiência de

condução no lançamento da nova Série Q

PRODUTO

82

EM FOCO

54 Novidades Claas para 2023: Lexion melhorada

56 Novidades Fendt para 2023: Orquestra afinada

58 New Holland: energia azul na Trofa

74 Notícias

PRODUÇÃO ANIMAL 80 Prémios de Inovação - Space 2022 82 Sommet d’Élevage

– os premiados de 2022

TRACTOR OF THE YEAR 2023 60 Fendt 728 Vario Gen7 64 Massey Ferguson 3FR.115 64 Valtra Q 305

50 6

64 New Holland T4.120R abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


EXPERIÊNCIA GLOBAL Bologna, 19-23 ottobre 2021

92

TECH 86 O sistema PlantTape vem revolucionar o processo de transplante

87 John Deere aposta nos motores Multifuel

87 Syngenta lança serviço de precisão para análise de solos

88 Robotic Plus desenvolve apanhador de kiwis autónomo

88 Cellestial desvenda

modelos elétricos para horticultura

PNEUS 90 BKT propõe pneus de maior resistência ao restolho forte

90 MPT100: o novo pneu

BOLOGNA 9 -13 DE NOVEMBRO 2022

Trelleborg para trabalhos de espalhamento

90 Vredestein apresenta os

pneus Endurion Trailer e Flotation Optimall

SPACE 2022

NA FLORESTA 92 Stihl lança motosserra

80

para abate com sistema de bateria AP

93 Pneus Alliance Forestar III aprovados pelos fabricantes de esteiras florestais

EXPOSIÇÃO INTERNACIONAL DE MÁQUINAS PARA AGRICULTURA E JARDINAGEM Exposições especializadas

94 Gepima MP19 com

ajuste lateral e em altura da lança

www.eima.it

95 Um harvester

“todo o serviço” Organizado por

Em colaboração com

CONCESSIONÁRIOS 28 www.abolsamia.pt

97 Regiões 112 Momentos NH

Contatos: 00159 Roma - Via Venafro, 5 Tel. (+39) 06.432.981 eima@federunacoma.it outubro / novembro 2022 abolsamia

7


Portugal Os números de agosto começam, gradualmente, a ir ao encontro da previsão de quebra que foi traçada pelos representantes de marcas desde o início do ano. Se nos primeiros meses do ano houve um crescimento significativo, - 17,8% em maio - esse vaise esbatendo com o passar dos meses e, no fim de agosto, as matrículas registam já uma subida inferior a 5% em relação ao período homólogo do ano passado. A suportar essa subida está a Solis, que lidera o quadro de matriculações, e o escalão 51-120cv assume-se, em definitivo, como o mais procurado.

Sinais de agosto já indiciam queda

O

s primeiros oito meses de 2022 apresentam um resultado positivo em relação ao período homólogo do ano passado nas matrículas de tratores em Portugal, mas o crescimento já não é acentuado como o foi nos primeiros seis meses do ano. O aumento é agora de 4,47% e o cenário para o último quadrimestre do ano continua a denunciar uma quebra apontada por todos os representantes de marcas. Os preços da energia e das

8

abolsamia

Crescimento vai-se diluindo Top 3 no tempo de matrículas matérias-primas continuam a subir e a escassez de máquinas para entrega é cada vez maior, depois das marcas terem escoado um stock que dizia respeito a atrasos relativos ao final do ano passado. Nesta fase, segundo nos relatou o Engº Nuno Santos, diretorcomercial do Entreposto Máquinas, “o arranque de 2023 dependerá das campanhas do final deste ano e das políticas económicas em que os governos europeus vão apostar”. A continuidade do período de guerra na Ucrânia, aliada a uma seca que tem inviabilizado a entrada das máquinas no terreno, esfriou a confiança do agricultor em investir e o ligeiro aumento em relação ao mesmo período do ano passado é, quase por inteiro, suportado pelo crescimento acentuado da Solis, marca que fortaleceu a sua quota de mercado. Mas a prova do decréscimo no mercado ao oitavo mês de 2022 fica clara com este dado: de janeiro a julho, todos os meses registaram mais de 500 tratores matriculados, e em agosto esse número não passou dos 439. Analisando os segmentos de potência mais vendidos, o escalão 51-120cv confirma a preponderância no mercado, justificada pelos apoios do Governo para a Renovação do Parque de Tratores Agrícolas - 52,3% dos matriculados -, ficando o escalão abaixo dos 50cv mais uma vez aquém dos 40%, comprovando a perda contínua de força. Quanto aos segmentos de maior potência, o de 121-200cv continua na linha dos 7%, enquanto o escalão acima de 200cv matriculou 6 tratores em agosto – um pouco abaixo da média dos primeiros sete meses (6,85), chegando às 54 unidades nos primeiros oito meses.

outubro / novembro 2022

(unidades)

por modelo

585

Solis

547

New Holland

448

Kubota

www.abolsamia.pt


mercados Marcas

janeiro a agosto unid.

unid.

Marca

2022

2021

% Var.

2022

2021

Solis

585

414

41,30

14,13

10,45

547

564

-3,01

13,22

14,24

Kubota

448

354

26,55

10,82

8,93

John Deere

353

283

24,73

8,53

7,14

Deutz-Fahr

269

360

-25,28

6,50

9,09

Kioti

232

267

-13,11

5,61

6,74

Farmtrac

158

115

37,39

3,82

2,90

Same

147

158

-6,96

3,55

3,99

Landini

129

138

-6,52

3,12

3,48

Valtra

118

56

110,71

2,85

1,41

Lamborghini

116

151

-23,18

2,80

3,81

Case IH

115

82

40,24

2,78

2,07

LS

101

171

-40,94

2,44

4,32

Hürlimann

92

153

-39,87

2,22

3,86

Massey Ferguson

87

95

-8,42

2,10

2,40

Hinomoto

67

28

139,29

1,62

0,71

Iseki

59

83

-28,92

1,43

2,09

McCormick

57

51

11,76

1,38

1,29

VST

51

29

75,86

1,23

0,73

Fendt

47

36

30,56

1,14

0,91

Claas

45

46

-2,17

1,09

1,16

Startrac

44

0

Branson

40

94

-57,45

Preet

39

5

E Kubota

33

17

TYM

32

A. Carraro

28

Lovol

21

Ferrari

18

Dong Feng

17

21

Carraro

13

10

31

29

6,90

4139

3962

4,47

Sistema H3O. Um atomizador inteligente em conectividade.

% Mercado

New Holland

Total

MERCADOS

4.139 unidades + 4,47%

O impacto da Solis no mercado expressa-se na força dos números: com 585 tratores matriculados ao fim de oito meses em 2022, a marca indiana já superou o registo alcançado em 2021 (565), tendo ainda quatro meses para poder alargar o seu domínio. Entre os cinco primeiros, que não alteraram posições, volta a destacarse a quebra da Deutz-Fahr em relação ao período homólogo do ano anterior – em maio era de 23% e no fim de agosto 25,28% – e a da New Holland, ainda que residual (3%), ao contrário de John Deere e Kubota, que cresceram ambos na ordem dos 25%.

Outros

PORTUGAL

SISTEMA H3O

Premiado na FIMA 2018 como Novidade Técnica na categoria de Soluções de Gestão Agronómica

1,06 0,97

2,37

680,00

0,94

0,13

94,12

0,80

0,43

99

-67,68

0,77

2,50

32

-12,50

0,68

0,81

0

-

0,51

-

21

-14,29

0,43

0,53

-19,05

0,41

0,53

30,00

0,31

0,25

0,75

0,73

Expurgámos os ATV e UTV homologados sob a categoria T e os Telescópicos. Origem: IMT / Fonte: ACAP

100,00 100,00

tractoresibericos.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

9


Portugal

Marcas e modelos mais vendidos, classificados por segmentos de potência janeiro a agosto Segundo os dados do Instituto da Mobilidade e dos Transportes (IMT), entre janeiro e agosto de 2022, foi a Solis que matriculou mais tratores e que teve o modelo mais vendido: o Solis 26 4WD Stage V registou 256 unidades transacionadas (no final de agosto, este modelo representa 43,8% do total dos modelos Solis matriculados), contabilizando mais 116 unidades do que o Farmtrac 26 4WD, segundo modelo mais matriculado no fim de agosto. Quanto às marcas líderes nos diferentes escalões de potência, a Solis fortaleceu o domínio abaixo de 50cv, com 387 tratores matriculados novos, mais 197 do que a Kubota. No escalão 51-120cv, sobressai a New Holland, chegando mesmo aos 453 tratores matriculados, voltando aqui a situar-se a Kubota no segundo lugar mas já a 208 máquinas de distância. Nas potências mais elevadas, a John Deere estende o domínio e afastase da Valtra: nos 121-200cv, a marca norte-americana alargou a vantagem (110 contra 41), enquanto no escalão acima dos 200cv soma 21 tratores vendidos contra 9 da marca finlandesa.

10

abolsamia

121200cv >200cv

Modelo mais vendido da marca

<50cv

51120cv

387

198

0

0

585

Solis 26 4WD Stage V

256

78

453

15

1

547

T4.75S

123

190

245

13

0

448

L2-452 - Arco

52

John Deere

22

200

110

21

353

5075 E

42

Deutz-Fahr

25

208

29

7

269

Deutz-Fahr 3060

33

Kioti

155

77

0

0

232

DK 6020N

63

Farmtrac

150

8

0

0

158

Farmtrac 26 4WD

Same

14

132

1

0

147

05S Same Delfino 60

21

Landini

41

87

1

0

129

2-055 - Arco

22

Valtra

0

68

41

9

118

A115

39

23

88

4

1

116

05S (Lamborghini Sprint 50)

23

0

108

4

3

115

Farmall 75A

32

LS

75

26

0

0

101

MT3R (MT 3.60)

26

Hürlimann

16

71

5

0

92

05S (Prince 50)

16

Massey Ferguson

19

50

17

1

87

MF 5711 M

20

Hinomoto

62

5

0

0

67

HM255NM - Arco

31

Iseki

56

3

0

0

59

TM3D (TM 3247)

27

McCormick

17

40

0

0

57

2D (X5.35 - Cabina)

8

VST

51

0

0

0

51

VST Fieldtrac 927 Arco

22

Fendt

0

2

37

8

47

211 Vario F - Cabina

9

Claas

0

30

12

3

45

A45 (Elios 230)

6

Startrac

44

0

0

0

44

Startrac 273 4WD

24

Branson

29

11

0

0

40

N00SE (Branson 2500)

10

Preet

39

0

0

0

39

Avenger 26 - Arco

38

E Kubota

33

0

0

0

33

F26V (EK 1-261 - Arco)

33

TYM

29

3

0

0

32

T-TC01 (T255NM)

7

A. Carraro

10

18

0

0

28

ERGIT - T2

5

Lovol

21

0

0

0

21

M354 - ARCO

Ferrari

11

7

0

0

18

Cobram 60 AR - ARCO

5

Dong Feng

17

0

0

0

17

DF 40 (DF404G2)

5

0

13

0

0

13

Agricube 105 F

4

17

13

1

0

31

1631

2164

290

54

4139

Marcas Solis New Holland Kubota

Lamborghini Case IH

Carraro Outros Total

outubro / novembro 2022

39,40% 52,30%

7%

Total

Unid.

140

11

1,30% 100,00%

Expurgámos os ATV e UTV homologados sob a categoria T e os Telescópicos. Origem: IMT / Fonte: ACAP

www.abolsamia.pt


mercados -4,12%

Reboques A quebra no mercado dos reboques que já se manifestava em maio mantém a tendência três meses depois: se no início do verão, as marcas haviam matriculado menos 19 reboques em relação ao período homólogo do ano passado, no fim de agosto esse número ascende aos 47, tendo quatro das cinco primeiras marcas quebrado, ainda que a Herculano tenha sofrido uma queda residual. A única do Top 5 a aumentar os seus registos em relação aos números no fim de agosto de 2021 foi a Ja&ma Reboal: de 98 unidades passou para 112, este ano. A Massil registou a maior subida: aumentou o número de reboques matriculados em perto de 80% com mais 46 reboques matriculados do que os 58 que havia matriculado no fim de agosto 2021. A revista abolsamia contactou Sérgio Silva, gerente da Massil, que explicou desta forma o aumento de matriculações da marca. “Esta evolução deve-se ao reajuste e enquadramento nas novas diretivas das homologações nacionais. Fizemos algumas alterações na conceção e desenvolvimento e houve uma aposta nas novas tendências de mercado, desenvolvendo novos modelos de reboques e procurando, assim, satisfazer as necessidades dos nossos clientes.” Por fim, refira-se que, pese embora a quebra registada, a Galucho continua a liderar o mercado de matrículas de reboques.

2022

2021

Evol. 22/21

Marca

Total

%

Total

%

Unid.

%

Galucho

253

23,1%

286

25,1%

-33

- 11,50

Herculano

230

21,0%

234

20,5%

-4

- 1,71

Rates

163

14,9%

181

15,9%

-18

- 9,94

Reboal

112

10,2%

98

8,6%

14

14,29

Joper

110

10,1%

153

13,4%

-43

- 28,10

Massil

104

9,5%

58

5,1%

46

79,31

Outeiro

35

3,2%

31

2,7%

4

12,90

Costa

26

2,4%

17

1,5%

9

52,94

Agriduarte

12

1,1%

2

0,2%

10

500

Rocha

11

1,0%

6

0,5%

5

83,33

6

0,5%

0

0,0%

-

-

32

2,9%

75

6,6%

-43

- 57,33

1094

100,0%

1141

100,0%

-47

-4,12

EMG Outros Total

Origem: IMT / Fonte: ACAP

Peças de A a Z para tratores e alfaias Sempre a trabalhar para si!

www.tm.parts

REPRESENTAÇÕES

Apoiamos a agricultura da nossa terra! www.abolsamia.pt outubro / novembro 2022 Rua Do Pinhal, 8/14, Sequeira | 4705-629 Braga | T. 253 304 020 | pecasautoportucalense@tractorminho.pt

abolsamia

11


mercados

Portugal e Europa

Linhai reforça liderança nos ATV’s e empate técnico nos UTV’s janeiro a agosto Numa análise ao mercado de vendas de ATV’s (Veículos todo o terreno) e UTV’s (Veículos utilitários multitarefas) nos primeiros oito meses do ano, a Linhai reforçou a liderança de vendas de ATV’s: matriculou mais 97 veículos do que no mesmo período do ano passado, deixando a CF Moto mais longe, ainda que esta tenha melhorado os seus números também. Nos UTV’s, o cenário já é diferente pois regista-se um empate técnico entre BRP e CF Moto, tendo ambos 82 veículos matriculados, quando a BRP havia tomado a dianteira em maio. Nota para o crescimento do mercado dos veículos utilitários em relação à mesma altura do ano passado: nos ATV, há mais 34,35% de matriculados e nos UTV’s a subida é de 38,52%.

+34,35%

+38,52%

Unidades Unidades

%

% Mercado

%

% Mercado

Marca

2022

2021

Var.

2022

2021

2022

2021

Var.

2022

2021

Linhai

522

425

22,82

42,23

46,20

BRP

82

52

57,69

21,93

19,26

CFMoto

CFMoto

271

220

23,18

21,93

23,91

82

67

22,39

21,93

24,81

Segway

59

0

-

15,78

-

Segway

226

72

213,89

18,28

7,83

Polaris

49

46

6,52

13,10

17,04

Polaris

117

111

5,41

9,47

12,07

Quaddy

43

44

-2,27

3,48

4,78

TGB

28

0

-

2,27

-

BRP

24

18

33,33

1,94

1,96

Hisun

4

13

-69,23

0,32

1,41

Goes

1

12

-91,67

0,08

1,30

Arctic Cat

0

5

-

-

0,54

1236

920

34,35

100,00

100,00

Marca

Quaddy

29

26

11,54

7,75

9,63

Corvus

19

7

171,43

5,08

2,59

Kioti

14

3

366,67

3,74

1,11

John Deere

12

23

-47,83

3,21

8,52

KL

11

13

-15,38

2,94

4,81

Kubota

9

17

-47,06

2,41

6,30

Linhai

8

10

-20,00

2,14

3,70

Hisun

0

6

-

-

2,22

Total

374

270

38,52

100,00

100,00

12

abolsamia

outubro / novembro 2022

Total

www.abolsamia.pt


ABOLSAMIA_2022_outlines.pdf 1 13/06/2022 10:09:53

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

13


a visão de representantes

A visão de representantes das marcas A revista abolsamia pediu a cinco especialistas uma leitura ao mercado nesta fase do ano bem como uma perspetiva sobre como poderá evoluir o cenário no último quadrimestre do ano.

NÚMEROS ATUAIS Que leitura faz aos atuais números revelados após o fim do mês de agosto?

PERSPETIVA Como perspetiva o cenário no último quadrimestre do ano e no arranque de 2023?

?

Fernando Garcia Diretor-Geral da CNH Industrial

“A previsão de queda acentuada a partir de Setembro é para manter” “O mercado continua a apresentar uma evolução positiva em relação a 2021 baseado em dois fenómenos: o crescimento do mercado de tratores abaixo de 25cv e as entregas das unidades ao abrigo do plano de abates que se reflete basicamente no crescimento das potências ente 50 e 100cv. A previsão que tinha feito anteriormente de que o mercado iria apresentar uma queda acentuada a partir de Setembro é para manter. O ano de 2023 perspetiva-se, para já, como muito negativo, a menos que surja alguma ação do Governo que permita combater o cenário atual.”

Luís Aniceto BKT – Diretor Geral da São José Pneus

“Espera-se que as chuvas possam restabelecer a confiança do agricultor” Nuno Santos Diretor Comercial do Entreposto Máquinas

“Veremos quais as soluções que o governo irá propor” “As estatísticas do mês de agosto refletem um abrandamento do mercado. Os números de janeiro a agosto deste ano até foram superiores ao período homólogo do ano passado, mas o ritmo de registos diminuiu claramente. Nota-se uma desaceleração das vendas e o último quadrimestre aponta para ser mais fraco do que o do ano passado devido às ondas de choque provocadas pela subida de preços da energia e das matérias-primas. Veremos quais as soluções que o governo irá propor mas a crise que afeta a Europa, a inflação e a perda de confiança em geral do agricultor não ajudam. Numa economia depressiva, dificilmente o agricultor quererá investir em força.”

14

abolsamia

outubro / novembro 2022

“A percentagem de crescimento do mercado vai-se diluindo à medida que o ano avança. No primeiro trimestre havia um crescimento grande mas no período homólogo do ano passado ainda havia uma pandemia. Como fornecemos algumas marcas que trabalham em Portugal e que importam tratores sem rodas e nós fornecemos o conjunto pneu e jantes, nosso potencial de vendas é beneficiado. O aumento da venda de tratores está na razão inversa à venda de pneus novos, pois quem compra um trator novo já completo não vai comprar pneus para colocar num trator velho. Por outro lado, potencia as nossas vendas de primeiro equipamento. Dadas as condições geopolíticas do Mundo, é muito difícil fazer previsões. Irá continuar a um ritmo moderado como este ano, estamos a falar de um ano que, a nível meteorológico, não deu confiança ao mercado nem ao agricultor. A quebra aconteceu no terceiro trimestre, espera-se que a vinda das chuvas possa ajudar a restabelecer a confiança dos agricultores nos últimos meses do ano.”

www.abolsamia.pt


mercados Distribuidor PELLENC

GAMA COMPLETA DE MÁQUINAS PARA A VITICULTURA

Arnaldo Caeiro Diretor Executivo da Deutz-Fahr

“Prevemos queda acentuada no último trimestre do ano” “O crescimento do mercado de tratores agrícolas até agosto é sobretudo resultado da medida de Renovação do Parque de Tratores Agrícolas. Verificamos que, em comparação com igual período do ano anterior, o mercado cresceu significativamente entre os 50 e os 100cv, sendo de destacar o grande aumento das vendas de tratores cabinados nestes segmentos de potência. Passado o efeito da medida de Renovação do Parque de Tratores Agrícolas, no último trimestre de 2022 e no início de 2023 prevemos uma queda acentuada do mercado devido ao ambiente macroeconómico de grande incerteza (inflação, aumento dos preços dos fatores de produção, aumento da taxa de juro, …), agravado no caso de Portugal pela situação de seca.”

VINDIMADORAS AUTOMOTRIZES PRÉ-PODADORAS DE PRECISÃO

MAPAS DE RENDIMENTO PARA VITICULTURA

VINDIMADORAS REBOCADAS

PRÉ-PODADORAS

Luís Mendes Diretor Executivo da Tractomoz

“Se a Euribor continuar a subir, o mercado vai estancar de vez” “Creio que o mercado de tratores se vai manter regular até ao final do ano. Já o dos equipamentos e outros acoplados aos tratores, baixou. Os fatores de produção têm vindo a subir constantemente de preço e, ainda que os preços de produção dos clientes subam também, uma coisa não compensa a outra. É uma escalada de preços que não sabemos onde vai chegar. Existem subsídios para compensar algumas perdas do empresário agrícola mas se a produção dos empresários, de animais como vacas, borregos, porcos, não for compensatória e tiverem de recorrer ao dinheiro dos subsídios, no fim olham para as mãos e não têm lá nada. O mercado está cada vez mais volátil, não há meses iguais, e continua a depender muito dos fatores de produção e da Euribor, que tem estado a subir. Se esta atingir os 3%, 4%, o mercado estanca de vez pois ninguém tem capacidade para comprar equipamentos novos a pagar tanto dinheiro ao banco. Se cada pessoa ganha cada vez menos dinheiro na sua atividade, o cenário fica difícil. Mesmo quem tem dinheiro não compra tratores... com juros de 6 e 7%.”

www.abolsamia.pt

DESFOLHADORAS DESPAMPANADEIRAS DE FACAS

TESOURAS ELÉTRICAS

ATADORAS ELÉTRICAS

GAMA DE FERRAMENTAS ELETROPORTÁTEIS

E MUITO MAIS... VENHA FALAR CONNOSCO jinaciolda.pt • jinaciolda.concessao-jd.com LISBOA: Vermelha (Cadaval) – SEDE T. 262 699 000 jinaciolda@jinaciolda.pt SANTARÉM: Golegã T. 249 976 495 golega@jinaciolda.pt

COIMBRA: Montemor-o-Velho T. 239 244 420 montemorovelho@jinaciolda.pt

SETÚBAL: Alcácer do Sal T. 265 619 260 alcacerdosal@jinaciolda.pt

FINANCIAMENTO

LEIRIA: Vieirinhos, Pombal T. 233 959 920 pombal@jinaciolda.pt

Centro de Usados: Palhoça, Cadaval - T. 262 741 204 usados@jinaciolda.pt | usados.jinaciolda.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

15


Europa

Mercado Europeu de tratores: matriculações 1º semestre de 2022 Aumentos de preços e estrangulamentos na cadeia de abastecimento levam a primeiros seis meses negativos

A

Registos de tratores agrícolas na Europa

Associação Europeia de Fabricantes de Maquinaria Agrícola (CEMA) publicou o seu relatório semestral relativo ao mercado de tratores nos mercados europeus no passado dia 22 de setembro, o qual damos nota neste artigo.

60,000 55,000

45,000 40,000 35,000 30,000 25,000

No total, 108.000 tratores foram registados na Europa nos primeiros seis meses de 2022, de acordo com os números facultados pelas autoridades nacionais competentes. Deste total, 31.900 com uma potência igual ou inferior a 50 cv, e 76.900 com 51 ou mais cv. O CEMA considera que 81.800 destes veículos são tratores agrícolas, sendo os restantes uma variedade de veículos por vezes classificados como tal, onde se incluem ATVs, carregadores telescópicos e outros equipamentos. As matriculações de tratores no primeiro semestre caíram 8.1%, comparando com os primeiros seis meses de 2021. O número de máquinas registadas em cada mês do ano até à data foi inferior ao registado

abolsamia

Média móvel

50,000

Clima de negócios melhora após forte declínio

16

Trimestre

2016

2017

2018

nos meses correspondentes do ano anterior. Apesar de 2022 ter começado praticamente em paridade com 2021, -2% em janeiro (vs jan2021) e menos-5% em fevereiro (vs fev2021), as disrupções que se seguiram, motivadas pela situação geopolítica, impactaram as matriculações nos meses seguintes, tendo caído de forma mais acentuada

outubro / novembro 2022

2019

2020

2021

2022

em março (-7%), abril (-12%), maio (-5%) e junho (-15%). Em boa verdade, na primeira metade de 2021 assistiu-se a uma subida pouco habitual das matriculações e, portanto, era esperada uma quebra no número de tratores registados na primeira metade de 2022 que, ainda assim, registou a segunda melhor marca em, pelo menos, oito anos.

Atrasos na produção continuam a preocupar O número de tratores registados na Europa durante o primeiro semestre de 2022 teria sido, certamente, mais alto caso não continuassem as interrupções nas cadeias de abastecimento globais. Muitas são devidas ao impacto de longotermo da pandemia Covid-19 mas pioraram depois de fevereiro de 2022 devido à atual situação geopolítica. Estas disrupções conduziram quer a estrangulamentos no fornecimento de matérias-primas e componentes para os fabricantes, quer ao aumento de preços desses mesmos bens. Outra preocupação dos fabricantes está relacionada com o possível impacto das medidas pensadas para preparar a Europa para futuras perturbações no fornecimento de energia e subida dos preços: estas podem ter um impacto muito significativo na indústria das máquinas agrícolas e na sua base de abastecimento.

www.abolsamia.pt


mercados

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

Produtos agrícolas sobem preço, mas dúvidas continuam

200

Durante os últimos meses a procura por tratores e outros equipamentos agrícolas temse mantido robusta na Europa, suportada por fortes preços das commodities agrícolas que, de acordo com o FAO Food Price Index, publicado pelas Nações Unidas, atingiu este ano preços nunca vistos. Não obstante, os agricultores também enfrentam desafios similares, com aumentos de preços em alguns insumos chave, como o combustível, fertilizantes ou alimentação animal. Sendo provável que a volatilidade dos preços se mantenha durante algum tempo, o futuro dos rendimentos agrícolas é muito incerto, apesar dos apoios propostos quer a nível europeu, quer nacional.

220

Índice de Registos Preçosde detratores Alimentos agrícolas da FAOna Europa

240 Carne

Laticínios

Cereais

Óleo

Açúcar

Alimento

200 180 160 140 120 100 80

Ju l-2 2

Ja n2 M 0 ar -2 0 M ay -2 0 Ju l-2 0 Se t-2 0 No v20 Ja n21 M ar -2 1 M ai21 Ju l-2 1 Se t-2 1 No v21 Ja n2 M 2 ar -2 2 M ai22

60

TODAS AS PEÇAS SOBRESSALENTES NECESSÁRIAS PARA CHARRUAS E CULTIVADORES

K

Ampla selecção multimarcas · Entregas em 24h kramp.com

www.abolsamia.pt

+34 916 517 377

Toda a informação

2ª a 6ª das 8 às 17:30h

digitalizando o QR

info.es@kramp.com

outubro / novembro 2022

abolsamia

17


Europa

Descidas nas matriculações diferem consoante o segmento de potência O registo de tratores agrícolas de janeiro a junho de 2022 esteve igual ou abaixo dos meses homólogos de 2021 na maior parte das faixas de potência, com exceção das máquinas mais pequenas (≤30cv). As maiores quebras registaram-se nos segmentos entre os 31 e os 130 cv; mais de metade dos tratores foram registados neste segmento de potência mas as matriculações caíram 16% entre 2021 e 2022. Para tratores acima dos 130 cv, os registos foram apenas 2% inferiores ao registado há um ano.

Comparação entre segmentos de potência Registos de tratores agrícolas na Europa

18,000 16,000 14,000

Jan-Jun 2021

12,000

Jan-Jun 2022

10,000 8,000 6,000 4,000

Tendo em conta as perturbações da cadeia de abastecimento, esta tendência pode refletir tanto a disponibilidade de máquinas como a procura pelas mesmas.

2,000 0 30 cv ou 31-50 menos

Registos de janeiro a junho 2022

França

15%

Reino Unido

37%

14%

Polónia Espanha Áustria

3% 5%

12% 6% 8%

81-100 101-130 131-150 151-180 181-200 201-250 251-300 301cv ou mais

Diferenças significativas entre países mantêm-se

Alemanha

Itália

51-80

As matriculações de tratores agrícolas diminuíram em todos os sete maiores mercados europeus que continuam, ainda assim, a representar mais de seis em cada dez tratores registados na Europa. Os dois maiores mercados europeus de tratores agrícolas continuam a ser a França e a Alemanha (Gráfico 4), representando quase 30% do total de tratores matriculados na Europa nos primeiros seis meses de 2022. As matriculações nestes dois países caíram 7% e 5%, respetivamente. Itália, Polónia e Espanha, países que tiveram aumentos muito significativos nos registos em 2021, apresentaram até agora decréscimos acentuados. Apenas alguns países, sobretudo da Europa de Leste, registaram aumentos em relação ao ano anterior.

Resto da Europa

18

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


mercados

A leitura dos economistas das associações nacionais do CEMA Na Alemanha, o registo de tratores no primeiro semestre de 2022 caiu 7% em relação ao período homólogo de 2021. No entanto, é necessário ter em conta que o ano anterior foi marcado por um crescimento muito acentuado. Os segmentos de potência mais baixos foram os que mais aumentaram em 2021 e têm um decréscimo correspondente este ano. Em sentido contrário, verificou-se um crescimento de 2% nos segmentos acima de 150 cv de janeiro a junho de 2022 quando comparado com o ano anterior.

www.abolsamia.pt

Em França, o registo de tratores caiu 3% na primeira metade de 2022, comparado com o período homólogo de 2021. Ainda assim, continua bem acima da média dos últimos cinco anos, já que 2021 foi um ano excecional em termos de investimento em equipamento agrícola. Depois de um bom primeiro trimestre, as matriculações começaram a cair em abril. Dificuldades no abastecimento e nas entregas contribuíram negativamente para o volume total de registos, ainda que não seja possível quantificar até que ponto. Em detalhe, a matriculação de tratores compactos continuou a crescer, ao passo que os tratores convencionais e especializados tiveram uma quebra de 5%.

outubro / novembro 2022

abolsamia

19


Europa

Em Itália, na primeira metade do ano o mercado de maquinaria agrícola verificou um alto volume de vendas, apesar de abaixo dos níveis recorde de 2021. Os números indicam que no período de janeiro a junho se verificou uma quebra de 12% no registo de tratores, num total de 11.050 unidades, um número que permanece acima da média dos últimos quatro anos. A contração nas vendas observada entre Janeiro e junho não se deveu a uma quebra na procura que, ao contrário, continuou a ser sustentada. Ao invés, a queda do mercado deveu-se sobretudo aos problemas na cadeia de abastecimento. Assim, o sector confirmou estar “de boa saúde”, apesar de o que resta do ano poder ser condicionado pelas variáveis relacionadas com o preço das matériasprimas e os desenvolvimentos na paisagem geopolítica.

Registo de tratores agrícolas 1º semestre 2022 e comparação com igual período de 2021 unid.

unid.

% Var.

% de tratores agrícolas 2022

Marca

2022

2021

Áustria

4071

4551

10.5%

74%

Bélgica

2753

3194

-13.8%

59%

682

387

+76.2%

63%

Croácia

1684

1526

+10.4%

28%

Chéquia

3246

2471

+31.4%

49%

Dinamarca

1641

1615

+1.6%

53%

Estónia

1056

858

+23.1%

30%

Finlândia

6060

6806

-11.0%

16%

França

15395

15934

-3.4%

98%

Alemanha

15729

17164

-8.4%

95%

425

1525

-72.1%

100%

Húngria

2392

1633

+46.5%

83%

Islândia

453

294

+54.1%

17%

Irlanda

2052

2179

-5.8%

67%

11050

12537

-11.9%

100%

Letónia

484

471

+2.8%

81%

Lituânia

1300

1304

-0.3%

51%

440

437

+0.7%

32%

Moldávia

1187

637

+86.3%

81%

Países Baixos

1300

1458

-10.8%

100%

Noruega

1468

1359

+8.0%

98%

Polónia

8971

9805

-8.5%

62%

Portugal

1455

1467

-0.8%

100%

Sérvia

1157

820

+41.1%

99%

Eslováquia

1564

1419

+10.2%

1%*

Eslovénia

820

779

+5.3%

100%

Espanha

4929

5744

-14.2%

90%

Suécia

5728

6371

-10.1%

19%

Suíça

2155

2543

-15.3%

53%

Reino Unido

7172

7785

-7.9%

100%

108819

115073

-5.4%

75%

Tratores

81784

89025

-8.1%

50 cv ou menos

31944

32826

-2.7%

51 cv ou mais

76875

82247

-6.5%

Bósnia Herzegovina

Grécia

Itália

No Reino Unido, as matriculações de tratores na primeira metade de 2022 caíram 6% face ao mesmo período de 2021. No entanto, no ano anterior foi reportado um forte crescimento e o total de janeiro a junho de 2022 continuou a ser 6% acima da média para o mesmo período em comparação com os cinco anos anteriores. Estes resultados são encorajadores tendo em conta os significativos desafios que os fabricantes enfrentam face à falta de componentes e matérias-primas. As carteiras de encomendas de tratores e outros equipamentos agrícolas continuam cheios – o problema é fornecer as máquinas aos clientes finais. O tempo médio de entrega de tratores continua acima dos seis meses, enquanto para outros tipos de maquinaria agrícola, como ceifeirasdebulhadoras, é ainda mais longo. A quantidade de encomendas em carteira significa que as matriculações devem continuar altas durante algum tempo, mesmo que as encomendas comecem a abrandar.

20

abolsamia

Luxemburgo

Total de registos

Disclaimer: o número total de registos pode incluir outro tipo de veículos, como carregadores telescópicos e ATVs. Adicionalmente, em certos países pode ainda incluir algumas máquinas usadas. Estes são, ainda assim, os melhores números disponíveis para o CEMA disponibilizados pelas autoridades oficiais.

outubro / novembro 2022

Fonte: https://cema-agri.org/images/ publications/press_releases/202209-22-CEMA_Economic_PR_Tractor_ Registrations_6M-2022.pdf

www.abolsamia.pt


mercados

Em Espanha, o total de registos de tratores caiu 14% na primeira metade de 2022. As alterações por tipo de trator nos primeiros seis meses sucederam da seguinte forma: -14% nos tratores convencionais, -19% nos tratores estreitos (NTT) e +15% nos ATVs e UTVs (apesar deste número ser ainda mais alto se forem tidas em conta as unidades não registadas como agrícolas, mas utilizadas em explorações com tal desígnio). O índice de preços de tratores subiu quatro pontos percentuais no primeiro trimestre, de acordo com o EUROSTAT, enquanto as importações caíram 3% (>25 cv) e subiram 7% (no total do mercado). Assim, o número crescente de tratores importados de baixa potência utilizados em culturas especializadas em Espanha – que faz baixar o índice de preços e aumenta o número total de importações – compete diretamente com os tratores estreitos. Os fatores que afetam a procura têm evoluído de forma negativa nos meses mais recentes (altos preços da energia, fertilizantes e alimentação animal), e o clima durante o segundo trimestre causaram uma redução das colheitas que dificilmente será compensada pela subida dos preços das commodities. A confiança dos agricultores está em baixa devido às perspetivas macroeconómicas que apontam para um cenário difícil no mercado mesmo que os indicadores melhorem na segunda metade do ano.

www.abolsamia.pt

Na Polónia, na primeira metade deste ano, foram registados 5.598 tratores novos, números inferiores aos alcançados no período homólogo do ano anterior, com uma quebra de 14%. O número de registos acaba por não surpreender dado que os dois anos anteriores foram bastante bons para a indústria, em especial o ano de 2021, em que mais de 14.000 unidades foram registadas. Depois de tal período, era esperada uma correção no mercado. Os números da primeira metade de 2022 confirmamna. Em sentido contrário, 4.420 novos reboques agrícolas foram registados nos primeiros seis meses deste ano. Este resultado representa um aumento de 7%. Seguindo o crescimento no mercado de tratores nos últimos dois anos, era esperada uma consequente subida das vendas de outros equipamentos agrícolas. Por regra, o trator é o primeiro investimento na exploração agrícola, seguindo-se as restantes máquinas.

Na Bélgica, o registo de tratores no primeiro semestre de 2022 caiu 14% em comparação com o período homólogo do ano passado. O total registado entre janeiro e junho de 2021 foi o mais alto dos últimos cinco anos. Quase dois terços dos registos na Bélgica nestes primeiros seis meses de 2022 são de tratores com mais 50 cv.

outubro / novembro 2022

abolsamia

21


mercados

Europa

Barómetro CEMA Clima de negócios mantém-se estável em setembro

Nos Países Baixos, os agricultores enfrentam um contexto de incerteza relacionado com as perspetivas sobre os novos objetivos de sustentabilidade e a seca. Tal teve um impacto nas vendas de tratores, com uma descida de 10% nos registos, e de 15% nas encomendas.

Índice Geral de Clima de Negócios CEMA (CBI) - Total

Índice Geral de Clima de Negócios CEMA (CBI) - Total

80

60

60

22

abolsamia

60

40

40 40

20

20 20

0

00

CBI

CBI

58

58

Situação Atual

Situação Atual

Expetativa Expetativa Futura Futura 13 202205 202207 202209

-20

-20

-20

-40

-40

-60

-60

-80

Na Turquia, as matriculações de tratores na primeira metade de 2022 decresceram 8% em comparação com 2021. Durante este período, 29.577 tratores foram registados e a taxa de substituição foi de 20%, comparando com a média dos últimos cinco anos. Apesar da alta taxa de inflação na Turquia, baixas taxas de empréstimo (subsidiadas) para a aquisição de tratores tiveram um impacto positivo na procura. A contínua tendência de subida da inflação também acelerou a procura. No entanto, a diminuição do poder de compra decorrente da inflação e a necessidade de maior liquidez dos agricultores afetou a procura negativamente. A estes problemas juntam-se os originados na cadeia de abastecimento.

80

80

201201 201203 201205 201207 201209 201209 201211 201211 201201 201301 201301 201203 201303 201205 201303 201305 201207 201305 201307 201209 201307 201309 201211 201309 201311 201301 201311 201401 201303 201401 201403 201305 201405 201403 201307 201407 201405 201309 201409 201407 201311 201411 201409 201401 201501 201411 201403 201503 201501 201405 201505 201503 201407 201507 201505 201409 201509 201507 201411 201511 201501 201509 201601 201503 201511 201603 201505 201601 201605 201507 201607 201603 201509 201609 201605 201511 201611 201607 201601 201701 201609 201603 201703 201611 201605 201705 201701 201607 201707 201703 201709 201609 201705 201711 201611 201707 201801 201701 201709 201803 201703 201711 201805 201705 201807 201801 201707 201809 201803 201709 201811 201711 201805 201901 201801 201807 201903 201803 201809 201905 201805 201811 201907 201807 201901 201909 201809 201903 201911 201811 201905 202001 201901 201907 202003 201903 201909 202005 201905 202007 201911 201907 202009 202001 201909 202011 202003 201911 202101 202005 202001 202103 202007 202003 202105 202009 202005 202107 202007 202011 202109 202009 202101 202111 202011 202103 202201 202101 202105 202103 202107 202105 202109 202107 202111 202109 202201 202111 202203 202201

Na primeira metade de 2022, o mercado de tratores da Áustria permaneceu a um nível bastante elevado, apenas ligeiramente inferior ao registado no ano recorde de 2021. No primeiro semestre de 2022 registou quase 24% mais de matriculações do que 2019. Os fabricantes continuam a enfrentar grandes desafios, nomeadamente no que se refere à cadeia de abastecimento e componentes necessários para o fabrico de tratores. Igualmente, os preços das matérias-primas continuam a aumentar.

Clima de Negócios Índice de Desenvolvimento Business Climate Índice de Desenvolvimento Clima de Negócios Index Development

-40 -60 CBI=média geométrica de 1) avaliação da situação atual do

negócio e 2) expetativa de volume de negócios: Escala do índice de -100 a +100-, -80 Índice positivo para 1) maioria dos inquiridos avalia a situação Source: CEMA Business Barometer como favorável e vice versa; Índice positivo para 2) maioria dos inquiridos espera nos próximos seis meses um aumento do volume de negócio e vice versa 15 September 2022 Pagerespetivamente 4 (comparando com o nível obtido no ano anterior) Contact: Philip.Nonnenmacher@vdma.org

-80

O último Barómetro CEMA mostra que o índice geral do clima de negócios da indústria da maquinaria agrícola na Europa continua a desenvolver-se em sentido positivo depois de declínios acentuados que se seguiram ao início da guerra na Ucrânia. Em setembro, o índice baixou ligeiramente para o nível de junho, terminando novamente nos 13 pontos (numa escala de -100 a +100). Os representantes da indústria europeia mantiveram as suas perspetivas de faturação para o ano de 2022 quase inalteradas prevendo um aumento de cerca de 5% e preveem um ligeiro crescimento do volume de negócios em 2023. O aumento dos preços e os

outubro / novembro 2022

estrangulamentos da oferta continuam a ser os principais desafios para a indústria, mas parece começar a existir uma leve melhoria da situação. Ao dia de hoje, 31% das empresas planeiam interrupções temporárias da produção devido à escassez de componentes nas próximas semanas. A quebra no lado do mercado mostra uma queda na confiança de alguns fabricantes, sobretudo nos maiores mercados europeus. De acordo com os participantes no inquérito, a necessidade de investimento por parte do cliente final parece ter-se esgotado em quase todos os mercados, com exceção da Roménia e outros países da Europa de Leste.

www.abolsamia.pt


www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

23


(esq.para a dir), José Manuel Fialho e António Fialho, José Ferreira e José Sardinheiro.

empresas

notícias

SDF adquire fabricante de robots para viticultura Agro Reparadora entrega Fendt 314 Vario Gen 4 os tratores Fendt a fazer parte da frota da Sociedade. Esta empresa realiza nos seus campos e em regime de prestação de serviços agrícolas, mobilizações de solo, transporte de azeite, uva, amêndoa e cortiça, entre outros.

O empresário agrícola José Marcolino Ferreira adquiriu mais um trator Fendt para a Sociedade Agrícola Herdade da Turca do Meio. Na foto o novo trator com uma banheira Galucho MG 18. Com o novo “reforço” são já nove

Nova fábrica OHT da Yokohama Rubber arranca na Índia A Yokohama Rubber Co Ltd anunciou, em agosto, o início dos trabalhos na fábrica de Visakhapatnam (Índia). Esta nova unidade de produção visa alargar a capacidade da Yokohama Off-Highway Tires (YOHT), empresa do Yokohama Rubber Group, focada no fabrico e venda de pneus off-highway (OHT), utilizados em máquinas agrícolas. Inicialmente agendado para o primeiro trimestre de 2023, o arranque da nova fábrica deu-se mais cedo, ajudando a YOHT a responder à maior procura de pneus OHT. Presentes no evento estiveram várias individualidades, entre as quais, Nitin Mantri, diretor da Yokohama Rubber

24

abolsamia

e responsável da divisão OHT do Grupo, que não escondeu o “entusiasmo com as novas instalações”: “Serão a nova referência de qualidade e de produtividade no segmento OHT. Permite-nos reduzir prazos de entrega para melhor servir os nossos clientes a nível internacional”. A YOHT tem outras duas fábricas de pneus na Índia - em Dahej e em Tirunelveli - a produzir três das principais marcas de pneus OHT do Grupo - Alliance, Galaxy e Primex –, utilizadas em máquinas agrícolas, de construção, industriais e florestais.

outubro / novembro 2022

Os fabricantes tradicionais continuam a ir às compras de empresas tecnológicas emergentes. A SDF acaba de investir numa marca francesa que está a desenvolver tratores elétricos autónomos para viticultura. A start-up Vitibot tem apenas seis anos de existência e já colocou no mercado o modelo Bakus, que conta com propulsão elétrica, deslocação autónoma, sem condutor, e acessórios próprios desenvolvidos internamente. Esta empresa emergente procurava um parceiro estabelecido no mercado para prosseguir a sua estratégia comercial. Um acordo nesse sentido acaba de ser concretizado com a SDF, que passa a deter uma participação maioritária na Vitibot. Ambas as empresas perspetivam que desta ligação resultem sinergias no plano técnico e comercial.

A SDF passa a ter acesso a know-how nos domínios da eletrificação, automação e gestão de dados, e a Vitibot passa a ter acesso a uma rede de distribuição internacional que está afirmada nas principais regiões vinhateiras. Recorde-se que a SDF comercializa tratores especializados sob as marcas Same, Deutz-Fahr, Lamborghini e Hürlimann, e ainda as vindimadoras Grégoire. Segundo abolsamia apurou, a Vitibot irá manter a sua autonomia no que respeita ao desenvolvimento técnico e no plano comercial. A representação da Vitibot é assegurada no nosso país pela Jopauto desde o início deste ano.

Última homenagem a Gabriel Pereira Faleceu no passado dia 4 de outubro, Gabriel Ferreira Vieira Pereira, fundador da LisAgri, aos 68 anos, vítima de doença.

na Agricortes, e abraçando depois uma carreira a solo que culminou com a fundação da LisAgri, que deixa aos seus filhos.

Natural de Cortes, distrito de Leiria, dedicou a sua vida às máquinas agrícolas, começando por trabalhar

A revista abolsamia deixa as sentidas condolências à família.

www.abolsamia.pt


SISTEMAS AGRÍCOLAS AVANÇADOS - AFS® TECNOLOGIA PARA OTIMIZAR O SEU NEGÓCIO

Vila do Conde . Leiria . Almeirim . Lisboa . Setúbal . Faro entrepostomaquinas.pt

www.abolsamia.pt

+351 211 559 599 entreposto.maquinas@entreposto.pt março/abril 2021 abolsamia 25


empresas

resultados financeiros

Embalo de 2021 ainda se faz sentir O ano transato foi excecional ao nível dos resultados financeiros para várias empresas no setor da maquinaria agrícola por toda a Europa. Isto apesar das dificuldades existentes, como a Covid 19, a seca, ou o contexto geopolítico, e resultantes aumentos dos preços das matérias-primas, energia e transportes, e o estrangulamento das cadeias de abastecimento. No primeiro semestre de 2022, o abrandamento do mercado ainda não se traduz nos relatórios financeiros das companhias do setor que os apresentaram, tendo mesmo havido empresas a bater recordes de faturação e lucro líquido. No entanto, “incerteza” é a palavra mais utilizada quando fazem uma previsão para a segunda metade do ano.

Primeiro semestre de 2022 com aumentos significativos Depois de um “2021 para recordar”, o Grupo Carraro manteve o ritmo na primeira metade de 2022: o EBITDA (lucro antes de impostos) cresceu 7,9% e chegou aos 26,1 milhões de euros em relação ao mesmo período de 2021, enquanto o volume de negócios cresceu até aos 369,3 milhões de euros, registando subida de 19,1%. Referindo que “a guerra na Ucrânia não teve consequências significativas para as vendas”, Enrico Carraro, líder do Grupo Carraro, salientou, ainda assim, a “incerteza” que permanece quanto ao impacto do conflito a nível mundial. Mas a análise a 2022, inicialmente previsto como um ano positivo, foi feita com um sorriso nos lábios. “No primeiro semestre de 2022, os resultados são muito positivos, com o volume de negócios e o EBITDA a crescerem em absoluto, apesar do aumento de preços de matérias-primas, custos da energia e outros fatores económicos a nível global terem influenciado a conjuntura macroeconómica”, disse o responsável, que antevê “um bom segundo semestre” apesar da “incerteza que o Mundo deve atravessar.”

26

abolsamia

outubro / novembro 2022

Tornar possível o que parecia impossível O Grupo Andreas Stihl congratulou-se com uma receita recorde de 5,06 mil milhões de euros em 2021, números que, excluindo os efeitos cambiais, significam um aumento de 12,3% em relação ao ano fiscal anterior. Foi a maior receita de sempre, apesar das condicionantes vividas no ano passado: escassez de matérias-primas ou a interrupção global das cadeias de abastecimento. “Superámos as nossas expetativas em 2021. Não só alcançámos novos recordes em vendas e produção como também ultrapassámos a marca de 5 mil milhões de euros em receitas pela primeira vez nos nossos 96 anos de história, apesar das circunstâncias extremamente desafiantes”, disse Michael Traub, líder do Conselho Executivo da Stihl, acrescentando: “Os novos recordes de receita, vendas e produção em 2021 são prova do excelente desempenho da equipa da Stihl. Eles tornaram possível o impossível.” Refira-se ainda que a Stihl Portugal revelou, num encontro de concessionários realizado no Évora Hotel, um crescimento de 11% em 2021.

CEO fala em empresa “mais forte do que nunca” Após um 2021 marcado pelos melhores resultados financeiros de sempre, a Trelleborg continua o ritmo ascendente. Provas disso são as subidas no primeiro semestre de 2022: +21% em vendas líquidas (em comparação com o período homólogo de 2021) e +34% no lucro líquido do fabricante, tendo este último sido o mais alto de sempre num só semestre. “O desenvolvimento foi melhor do que o esperado, especialmente no segundo trimestre. O preço das matérias-primas, energia e transportes continua a subir e fomos afetados por novas interrupções na China devido à Covid-19. A subida do lucro foi efeito do aumento de volume nas nossas áreas de negócio, aliado ao controle de custos e boa disciplina de preços. É a prova de que o nosso modelo funciona muito bem, deixando a Trelleborg mais forte do que nunca. A guerra na Ucrânia, a falta de transporte e a seca em vários países têm sido desafios gigantes. Mas o nosso negócio de pneus mostrou, mais uma vez, a sua força”, explicou Peter Nilsson, CEO do fabricante sueco, sem deixar de alertar para “o horizonte de incerteza” que o segundo semestre apresenta.

www.abolsamia.pt


www.abolsamia.pt

março/abril 2021

abolsamia

27


Herculano pelo Mundo Grant Barber, agricultor neozelandês foi o primeiro protagonista da rúbrica “Herculano pelo Mundo”, onde apresentámos os representantes da marca de Loureiro em alguns dos mercados mais exigentes. Uma história que começou quarenta anos antes, do outro lado do globo. por Sebastião Marques

A

4AG, importador da Herculano para a da Nova Zelândia, foi o responsável pela introdução da marca a Grant Barber, que teve o primeiro contacto através de uma grade HVR. Quando viu o reboque HTP não teve dúvidas, comprando dois de seguida. “Versatilidade, robustez e a capacidade da

28

abolsamia

Herculano pelo Mundo desde 1982

Herculano para ir ao encontro das necessidades dos nossos clientes” foram as principais qualidades evidenciadas na altura. Saindo do continente australiano, fomos até à Bélgica, onde a Cnudde BV, um dos maiores concessionários de máquinas agrícolas do país, liderada por Jan Cnudde, vê na gama da Herculano

outubro / novembro 2022

“uma excelente solução” para os seus clientes, na sua grande maioria explorações leiteiras. Destacando a excelente relação qualidadepreço, bem como a abertura e acompanhamento dados pela Herculano, revela que, após sete anos de parceria, a marca é já bem conhecida dos agricultores belgas.

Bélgica Jan Cnudde, da belga Cnudde BV, representa a Herculano há mais de sete anos.

www.abolsamia.pt


Nova Zelândia A 4AG foi a empresa responsável pela introdução da Herculano na Nova Zelândia.

Guiné-Bissau Primeiro carregamento feito para à Guiné-Bissau, no ano de 1982.

Na vizinha França, um dos dois maiores mercados de máquinas agrícolas europeus, a Herculano conseguiu já em 2022 posicionarse no top10 no que à venda de reboques diz respeito. Tal façanha foi alcançada através do apoio de vários parceiros, como é o caso da Sarl Mat Anjou, iniciada há quinze anos, e que também entrevistámos na nossa edição número 130. Localizada entre Nantes e Le Mans, a empresa é dirigida por Didier Chevalier, que destaca o sucesso da Herculano entre os produtores de cereais, que elogiam a “durabilidade e robustez” dos reboques da marca. Já nesta edição, fomos até à Dinamarca e ao Canadá, dois exigentes mercados agrícolas onde a Herculano também já marca presença.

“Resultado da recessão que se fazia sentir na altura, surgiu a necessidade de explorar novos mercados. Assim, a primeira remessa seguiu com destino à Guiné-Bissau. Depois da Guiné seguiram-se outros países africanos, como Moçambique. Poucos anos depois avançámos para outros países na Europa. O primeiro foi Espanha, pela proximidade territorial, onde, inclusivamente, foi criada uma sucursal em 1988, a Herculano Ibérica, para facilitar as transações”, começou por explicar. Outro importante marco para a exportação na Herculano, foi a parceria na produção de acessórios da marca John Deere no final da década de 80. “Foi um impulso no desenvolvimento da Herculano, pelos exigentes e rigorosos critérios de seleção de fornecedores da marca”, resumiu o administrador. Finalmente, destacou também o papel das feiras. “As feiras internacionais, como a FIMA (Espanha) ou a SIMA (França) foram os grandes impulsionadores para o crescimento da Herculano alémfronteiras. A 1ª participação em feiras internacionais foi em 1982 na FACIM – Moçambique”, concluiu.

Conheci a Herculano pela grade HVR mas quando vi o reboque HTP comprei logo dois. Grant Barber Agricultor neozelandês e cliente Herculano

Em França, a Herculano já está entre as 10 marcas de reboques mais vendidas.

França

Atualmente, mais de 60% da produção destina-se ao mercado externo. Mas a história da exportação da empresa começou há já quatro décadas, mais concretamente, em 1982, como nos contou Ricardo Teixeira, administrador da Herculano. www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

29


Herculano pelo Mundo

Há um HMB em qualquer parte do Mundo Canadá Depois de Nova Zelândia, Bélgica e França, vamos até ao Canadá, um dos maiores mercados agrícolas do Mundo, onde desde 2020 a Herculano está presente no mercado com os seus reboques. Antes de terminar a rúbrica “Herculano pelo Mundo”, passamos ainda pela Dinamarca, outro exigente mercado europeu onde a empresa de Loureiro tem vindo a ganhar quota de mercado.

Chegada dos reboques Herculano ao Canadá.

30

abolsamia

outubro / novembro 2022

Koolmees Equipment Inc. Jack Koolmees fundou a Koolmees Equipment Inc. em 1996 especializandose na comercialização e pós-venda de equipamentos agrícolas e construção. Localizada no coração da zona agrícola de Ontário, Canadá, a Kolmees Equipment tornou-se importador da Herculano para o mercado canadiano em 2020. O objetivo foi oferecer aos seus clientes, maioritariamente explorações leiteiras e construtores civis, um produto de qualidade fabricado em Portugal. No total, a Kolmees vende 25 reboques por ano, totalizando a Herculano 25% das vendas. Em 2020 Jack procurava uma marca que lhe oferecesse reboques monocoque de alta qualidade para enriquecer o seu portfólio. Numa busca pela internet, acabou por se deparar com a Herculano. Após quase dois anos de trabalho, verifica uma grande aceitação e satisfação por parte dos seus clientes com os reboques Herculano, destacando a qualidade da construção, o design e os acabamentos. Os reboques que mais procura têm no Canadá são o HTP e o HMB.

www.abolsamia.pt


empresas

Os reboques HMB e HTP são os que reunem maior procura no mercado dinamarquês.

Dinamarca Tipvogn A trabalhar com a Herculano desde 2019, a Tipvogn é uma empresa dinamarquesa especializada na importação e comercialização de reboques para o mercado do seu país. Localizada em Bredsten, no centro país, tem como principais clientes agricultores especializados em culturas arvenses. Tendo conhecido a Herculano através da internet, destaca a disponibilidade e velocidade de resposta da equipa comercial do fabricante português. Num mercado onde se vendem cerca de 200 reboques novos por ano, os responsáveis da Tipvogn falam da aceitação dos reboques Herculano pelos agricultores dinamarqueses. O modelo com maior procura é o HMB, que se evidencia pela estabilidade e segurança durante a operação.

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

31


Stihl Repetindo o lema do evento realizado no primeiro trimestre deste ano em Fátima – “Estamos juntos novamente” -, a Stihl Portugal realizou três novos encontros regionais com os seus concessionários. por Sebastião Marques fotos Américo Rodrigues

Stihl volta a reunir concessionários

Veja a galeria completa flickr.com /abolsamia

Baterias primeiro A Stihl quer ser a referência incontestada nos produtos a bateria.

O

evento realizado no Alentejo, mais concretamente no Évora Hotel, no dia 27 de setembro teve como objetivo fazer um ponto de situação identificar os planos de ação para o futuro, apresentar as novidades de produto e, confraternização entre a rede de distribuição.

Contexto continua a atrasar Juvenal Martins, responsável pela filial portuguesa da Stihl, traçou as linhas gerais do contexto atual, marcado por contrariedades como a seca, a guerra na Ucrânia, ou os estrangulamentos da cadeia de abastecimento. Tal cenário tem resultado em atrasos na entrega de produto e até mesmo escassez dos mesmos, aumento de preços, e redução da procura de alguns produtos devido à seca severa.

Faturação aumenta Apesar de todas estas contrariedades, a Stihl, no Mundo e em Portugal, conseguiu aumentar o valor da carteira de encomendas e aumentar a faturação (assunto analisado

32

abolsamia

em detalhe na nossa rúbrica Empresas). “Em Portugal, até final de agosto, tivemos um aumento na faturação na ordem dos 11%”, explicou Juvenal Martins.

Plano de ação para 2023: mais concessionários, baterias primeiro Para 2023, a Stihl Portugal traçou o plano de ação que lhe permita continuar a crescer. Assim, os objetivos passam por continuar a investir na rede de distribuição, aumentar as vendas no segmento profissional e particular exigente de máquinas a bateria, consolidando a liderança no segmento de máquinas a gasolina.

outubro / novembro 2022

Juvenal Martins O responsável máximo da Stihl Portugal apresentou os objetivos para o próximo ano. www.abolsamia.pt


empresas No que toca à rede de distribuição, o objetivo passa não apenas por um aumento no número total de concessionários e pontos de venda, de 228 para 240, mas também pelo aumento das qualificações dos mesmos, conseguindo assim aproveitar as novas oportunidades que surgirão através do aumento da oferta de produto da marca. Os produtos a bateria tornamse, de vez, a prioridade da marca, que pretende tornarse na referência absoluta em equipamentos com este tipo de tecnologia, não apenas para particulares, mas também para profissionais. Para ajudar a atingir estes objetivos, a Stihl Portugal apresentou alguns novos elementos na sua estrutura de marketing, que apoia diretamente a rede de distribuição, e segue uma aposta eminentemente digital. Nesta área, a Stihl Direct foca a sua atividade exclusivamente nas novas formas de consumo, prestando informação e “trazendo negócio” para os concessionários. Entre as novidades de produto, destaque para as motosserras a bateria, podadoras, motores combinados, e as lavadouras de alta pressão.

www.abolsamia.pt

MOTOSSERRAS A BATERIA

• • • • •

MSA 60 C / MSA 70 C MSA 160 C MSA 200 C MSA 220 C / MSA 220 TC MSA 300 C

PODADORAS DE ALTURA • HLA 56

PODADORAS • • • •

HSA 50 HSA 60 HSA 100 HSA 130R /130T

MOTORES COMBINADOS A BATERIA

• KMA 135 R

LAVADORAS DE ALTA PRESSÃO • RE 100.0 Plus Control

ARTIGOS FLORESTAIS • Conjunto de Capacete Advance X - VENT PROCOM • Vario Clean Eco • Care & Clean Kit MS | MS Plus

outubro / novembro 2022

abolsamia

33


Expo Torre Marco

EXPO

TORRE MARCO 2022 O evento de cariz técnico realizou-se nas instalações da empresa e teve como pano de fundo a Agricultura 4.0. publirreportagem POR BRUNO

MENESES

A

3ª edição da Expo Torre Marco, evento técnico dedicado em exclusivo aos clientes profissionais, teve lugar nos dias 14 e 15 julho nas instalações da Torre Marco em Macieira da Maia - Vila do Conde. Ao longo dos dois dias estiveram presentes cerca de 800 pessoas. Lançado em 2016, com a segunda edição em 2018, a organização do

34

abolsamia

evento foi interrompida em 2020 pela pandemia. 2022 marcou o regresso de uma exposição que pretende ir ao encontro das necessidades dos clientes profissionais dos setores agrícola, florestal e jardinagem, sensibilizando-os para uma melhor utilização dos meios tecnológicos que os equipamentos disponibilizam. Para dar resposta às necessidades identificadas, o evento contou com a presença de equipas técnicas das marcas que a Torre Marco representa, tais como a John Deere, Farming Agrícola, Honda, Ja&Ma Reboal,

outubro / novembro 2022

Kronos, Outils-Wolf, Sgariboldi, Stihl, ou a Kramer. Estes profissionais estiveram à disposição dos clientes presentes para esclarecimento de dúvidas e, até, nalgumas ocasiões, para demonstrações práticas, como testemunhámos com a Kronos a proporcionar aos convidados a experiência de trabalhar com um dos seus mais recentes modelos de grua florestal, a Gripto1010, enquanto que a Stihl exibiu as capacidades de corte das suas motosserras, com destaque para o modelo MS 500i, e da sua gama de corta-relvas.

www.abolsamia.pt


feiras e eventos Veja a galeria completa flickr.com /abolsamia

A exposição contou ainda com apresentações subordinadas aos temas da agricultura de precisão e gestão de efluentes, que despertaram o interesse do público presente.

Agricultura 4.0 Foi o pano de fundo de todo o evento pois será a resposta para os objetivos traçados pelos responsáveis da Torre Marco: ajudar a melhorar em pelo menos 5% a rentabilidade/eficiência dos agricultores e trabalhadores florestais, através de uma melhor utilização das máquinas e equipamentos e em simultâneo reduzir o impacto ambiental. Incorporando não apenas as técnicas de agricultura de precisão mas também todas as ações agrícolas realizadas a partir de uma análise precisa de dados e informações recolhidas e transmitidas através de ferramentas tecnológicas, como sensores instalados nas máquinas. O objetivo final da Agricultura 4.0 é aumentar a sustentabilidade económica, ambiental e social – bem como a lucratividade – dos processos agrícolas.

Em trabalho Os convidados presenciaram demonstrações práticas de alguns equipamentos florestais.

www.torremarco.concessao-jd.com

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

35


UMA FEIRA QUE PROMETE CRESCIMENTO A 3ª edição do “Mondego Agrícola 2022, Feira das Culturas” — teve lugar no passado dia 6 de setembro, em Montemor-o-Velho. Juntou empresários, agricultores, técnicos e fornecedores. Este evento no campo realizou-se durante a Feira do Ano (feira estática) e contou com demonstrações de máquinas agrícolas, ensaios de campo e palestras, de forma a alavancar o setor agrícola da região.

O

s expositores das marcas apoiantes do evento estavam distribuídos ao longo dos 21 hectares de campos de ensaio, de um lado e de outro de uma “avenida”, fazendo lembrar a 1ª edição da Agroglobal.

36

abolsamia

As empresas expositoras, concessionárias de máquinas agrícolas, estiveram em exposição e demonstração — nos campos de ensaio de milho, arroz e batata —, tratores e várias alfaias agrícolas. Houve colheita e ceifa de silagem de milho, trabalhos de mobilização de solo, equipamentos de autoguiamento, pulverização, sementeira, arranque de batata,...e no arroz: tecnologias de condução na cultura, variedades, herbicidas e fungicidas. Em debate, num espaço dedicado, abordaram-se temas relevantes para o setor da agricultura da Região Centro, como a “Comercialização dos cereais e a subida dos preços”. Para além das máquinas, estavam representadas as principais entidades da região, empresas do setor das sementes, produtos fitofarmacêuticos e fertilizantes, entre outros. Em exposição estiveram também os primeiros tratores do Baixo Mondego e o dia terminou, como não podia deixar de ser, com a marcha dos tratores e alfaias. A Organização esteve a cargo da Escola Profissional e de Desenvolvimento Rural do Baixo Mondego (EPDRBM) com a colaboração da Câmara Municipal de Montemor-o-Velho (CMMV), Direção Regional de Agricultura e Pescas do Centro (DRAPC) e Cooperativa Agrícola do Concelho de Montemor-o-Velho (CACMV).

outubro / novembro 2022

O Mondego Agrícola tem por objetivo dar continuidade e consolidar um trabalho iniciado em 2017, promovendo a troca de conhecimentos entre técnicos, fornecedores, empresários e agricultores num espaço de networking entre os intervenientes do setor. Pelo que constatámos, é bem provável que em edições futuras – a próxima a realizar-se será em 2024, ainda sem data definida - aumente o número de participantes e visitantes dado o interesse de quem expôs e de quem experienciou e aprendeu, neste dia de campo. A revista abolsamia esteve lá e espera voltar daqui a dois anos!

Tractogrícola Com atividade desde 1974, levou para o evento a gama de tratores McCormick, da qual é concessionária.

abolsamia Estreámo-nos no Mondego Agrícola e tivemos a visita de muitos assinantes, clientes e amigos.

Veja a galeria completa flickr.com /abolsamia

www.abolsamia.pt


Benjamim F. Limede Fundada em 1982 por Benjamim Limede, tem sede em Cantanhede e filial na Carapinheira. Neste dia levaram para condução em campo os grandes da DeutzFahr. Na foto, os representantes da SDF Portugal e a equipa de profissionais da Benjamim F. Limede, acompanhados pela gerência.

feiras e eventos

Agrovergeira Fundada em 2005 pelo actual gerente, Fernando Mendes. No Mondego Agrícola levaram para o campo os tratores e as ensiladoras de milho Claas, marca que representam no nosso país.

Carapinheirense Juntou clientes e amigos e expôs a gama da Case-IH, da qual é concessionária, juntamente com um Farmall de coleção (ao centro na foto).

J. Inácio

Nova Percampo

Com filial em M.-o-Velho, fez demonstrações de campo com a John Deere, marca que representa.

A empresa presta serviços no sector agrícola, desde 2009. Ceifeiras e tratores Fendt e Kubota, marcas da casa, estiveram em campo.

Carapipneus Criada em 2001 por Mário Carapinheiro (Tentúgal), esteve presente com os pneus BKT para tratores e máquinas agrícolas, que os apoiou no evento.

www.abolsamia.pt

Ventisec A empresa de Torres Vedras esteve presente com os seus equipamentos agro-industriais.

outubro / novembro 2022

abolsamia

37


A PRECISÃO JÁ FAZ PARTE DA CULTURA O Entreposto Máquinas fez uma forte aposta nos tratores da Case IH e nas alfaias da Nardi, na Feira Mondego Agrícola, em Montemor-oVelho. Salientando o “bom trabalho” feito pelo concessionário da zona, Carapinheirense Máquinas, Carlos Domingues, gestor de produto e vendas da Case IH, deu especial relevância ao Maxxum 150 CVX e o seu sistema de autoguiamento nele equipado. POR

CHARRUA NARDI

Reversível – NX33XTO (5+1 corpos)

SUBSOLADOR NARDI King 250/5

HUGO NEVES

A

3ª edição do Mondego Agrícola levou até ao campo as empresas ligadas ao setor das máquinas agrícolas do distrito de Coimbra e o Entreposto Máquinas não foi exceção. Marcou presença através do seu concessionário Carapinheirense Máquinas, que contou no dia de campo do

38

AFS 700 PRO MONITOR

abolsamia

evento com uma vasta gama de máquinas Case IH. O destaque foi o Maxxum 150 CVX e o Sistema de Autoguiamento AFS 700 pro monitor - Antena 372 com sinal precisão RTK (inferior a 2,5cm)

outubro / novembro 2022

Veja a galeria completa flickr.com /abolsamia

NAV Controler. Segundo Carlos Domingues, numa agricultura que é, necessariamente, cada vez mais de precisão, esta tecnologia “faz a diferença”. O AFS 700 Pro foi pensado para poupar tempo ao agricultor. É simples de usar e compatível com inúmeros implementos. A partir do assento, com apenas alguns toques no ecrã, o operador pode ajustar opções como controlo de débito, TdF, configurações de velocidade do motor ou calibrações dos implementos. “Neste trator que aqui temos, pode também mapear um terreno, conforme o trabalho que vai sendo feito, ou seguindo os passos do terreno mapeado previamente e gravado no trator, o que permite ao agricultor ser muito mais eficiente”, explicou o gestor de produto e vendas. Para além da Case IH, também a Nardi, marca italiana de alfaias, esteve em trabalho no campo. Com uma vasta gama de implementos disponível, desde a mobilização à pulverização, na Mondego Agrícola estiveram sobretudo equipamentos para a área de mobilização. O principal destaque foi a charrua de seis corpos reversível com trabalho ajustável de forma hidráulica, compensação de ângulo de trabalho e memória hidráulica.

www.abolsamia.pt


COMERCIALIZAÇÃO DE PRODUTOS PARA

AGRICULTURA E ESPAÇOS VERDES www.tractomoz.com

geral@tractomoz.com

Estremoz - Sede

Muge

Z. Ind. - Apartado 41 T. 268 337 040

Z. Ind. de Muge, Rua A - Lote 12 A - Nº 34 T. 263 151 608

Évora Z. Ind. de Almeirim, R. Artur Silva Barreiros, 7-8 T. 266 701 558

Beja

Coruche

Ferreira do Alentejo

Bombel

Z. Ind. - Rua da Metalúrgica Alentejana, 10 T. 284 329 278

Z. Ind. -Monte Barca, Lt.6 T. 243 678 041

Z. Ind. - Lote 23 T. 284 739 944

Est. Nac. 4, 42, T. 265 096 102

CONCESSIONÁRIO

REPRESENTAÇÕES ENVIROMIST

®

UNDAVINA-SPRAYDOME

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

39


Feiras de Verão

São Pedro, feira centenária A centenária Feira de São Pedro, que decorreu no passado mês de junho, em Torres Vedras, contabilizou mais de 200 mil visitantes. É considerada a maior mostra Agroindustrial e Comercial da Região Oeste e conta com uma duração total de 11 dias.

ACA Pinheiro

AFN Prata

As empresas ligadas ao setor agrícola vêem aqui uma oportunidade de mostrar os seus equipamentos e de fazer contactos comerciais aproveitando a dinâmica do evento. A revista abolsamia visitou os seus clientes que estiveram presentes na Feira de S. Pedro e aproveitou para distribuir muitos exemplares pelos interessados.

Agrifaia

J. Inácio

Auto Igreja Nova

Grupo Joper Tomix Tapal

MAB Vecotorres

40

abolsamia

outubro / novembro 2022

Veja a galeria completa flickr.com /abolsamia

www.abolsamia.pt


feiras e eventos

Benjamim F. Limede Afonso O. Costa

Condeixa Máquinas

30ª edição da Expofacic: “a melhor edição de sempre” A Expofacic, em Cantanhede – celebrou no final de julho a sua 30ª. O dia 30 de julho assinalou o Dia da Agricultura, marcado pelas Jornadas do Empresário Agrícola. Onze dias de evento e mais de 400 mil visitantes que viveram diversas experiências que tinham à sua disposição, nomeadamente um setor dedicado aos equipamentos agrícolas. “...Depois de dois anos de interregno, que nos afetou a todos, podemos dizer que tivemos a melhor edição de sempre da Expofacic”, confessou Helena Teodósio, presidente da Câmara Municipal de Cantanhede. Aqui fica uma mostra das empresas ligadas à maquinaria agrícola que estiveram presentes e que abolsamia visitou.

J. Inácio

Tractoagrícola

www.abolsamia.pt

J.L.S.P.

9-13 NOVEMBER 2022 BOLOGNA, ITALY HALL 36 / STAND A4

A máquina de melhor desempenho da gama agrícola Dieci apresenta as vantagens mecatrónicas da transmissão HVT1: uma transmissão hidromecânica Power Split de variação automática contínua da velocidade. Assim nasceu o Agri Max Power X2. Pela primeira vez no mundo, um manipulador telescópico monta esta inovadora transmissão, única no género. Graças à parceria com a Dana Inc., a Dieci satisfaz o desejo de versatilidade dos www.site.pt agricultores e oferece uma máquina de alto desempenho como um trator, tanto em velocidade como em tração, superando os limites típicos do sobreaquecimento. outubro / novembro 2022

abolsamia

41


Feiras de Verão

Máquinas agrícolas em destaque na Feira de São Bartolomeu

Irmãos Domingues

Auto Pereira Costa & Pires Maquiguarda

A tradicional Feira de São Bartolomeu – feira franca mais antiga de Portugal, cuja primeira edição remonta ao ano de 1273 – voltou a ter lugar em Trancoso, durante dez dias no mês de agosto, contando com três grandes áreas de atividade comercial: máquinas agrícolas, artesanato e indústria e serviços. “A Feira de São Bartolomeu é o maior evento que se realiza em Trancoso e um dos maiores eventos comerciais do distrito da Guarda e de toda esta região. A edição deste ano tem superado as nossas expetativas. Temos centenas de feirantes e comerciantes e milhares de visitantes”, explicou Amílcar Salvador, presidente da CM Trancoso. “Temos aqui o setor da maquinaria agrícola, que é talvez a maior mostra do género na região”, considerou Tomás Martins, presidente da Associação Empresarial do Nordeste da Beira.

Luis Sousa Matos & Prata

Mota Tractoponte

A revista abolsamia esteve presente no certame e deixalhe uma mostra dos expositores de maquinaria agrícola que apresentaram os seus produtos em Trancoso.

Tratobeiras MTA

Trancosauto 42

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


Atomizador com sistema H3O: a inovação que irá mudar o modelo atual de proteção das culturas especiais.

SISTEMA H3O

Premiado na FIMA 2018 como Novidade Técnica na categoria de Soluções de Gestão Agronómica

l

Regulação do atomizador em função da massa vegetal

l

Redução da deriva entre os 45 e os 48%

l

Poupança de produto fitossanitário em aproximadamente 25%

l

Redução do consumo de combustível, devido à baixa potência exigida, em até 5l/h

l

Registo e armazenamento dos dados na plataforma, durante os tratamentos, de forma ordenada

l

Consulta e análise dos dados para tomada de decisões no futuro

l

Emissão de caderno de campo com total precisão

tractoresibericos.pt www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

43


Galucho

A Galucho realizou o seu primeiro Dia de Campo no dia 21 de setembro em Valada do Ribatejo. Um evento em contexto real de trabalho realizado na anterior localização da Agroglobal. A ocasião serviu para demonstrar produto e apresentar as novidades à rede de concessionários e clientes finais, tendo contado com mais de 220 convidados. Os principais destaques foram os novos reboques PB e as cisternas CG. POR

44

SEBASTIÃO MARQUES abolsamia

outubro / novembro 2022

O

1º Dia de Campo Galucho começou cedo nos campos de milho bem conhecidos dos amantes da Agroglobal. João Rosa e Álvaro Martins, especialistas de produto, foram os responsáveis pela apresentação de cada uma das máquinas bem como da respetiva demonstração. Aos trabalhos de campo durante a manhã, seguiu-se um almoço que ficou marcado pelos discursos de José Justino, presidente da Galucho, e Nuno Gama Lobo, CEO da empresa. Ambos destacaram a importância para a Galucho de ter a presença dos seus concessionários e clientes, do convívio proporcionado e do trabalho de inovação que está a ser feito, que se reflete na melhoria e introdução de novos produtos.

www.abolsamia.pt


Dia de Campo

NOVO REBOQUE

PB

NOVOS TAIPAIS

MAIS LARGO

NOVO TIPO DE FECHO

A capacidade de carga e robustez do PB permanecem inalteradas. Não existe qualquer modificação no chassis ou nos eixos e conta com um perfil soldado a laser com cordão contínuo. Foi escolhido um novo design para os taipais, mais moderno e resistente, encontrando-se a principal diferença ao nível das dimensões: a medida mais pequena disponibilizada passa de 45 para 50 cm. Nos reboques de maiores dimensões mantêm-se os taipais de 60 cm. A espessura da chapa utilizada nos taipais de 50 cm passa de 1,5 para 2 mm, em aço S235JR.

www.abolsamia.pt

No que toca ao sistema de fecho, nas versões 12000 e 16000 continua o sistema anteriormente utilizado, passando os modelos mais pequenos a utilizar um fecho de alavanca, forjado e galvanizado, com travamento por mola. O fecho conta ainda com um batente que além de garantir maior resistência ao taipal traseiro também impede a fuga de cereal ou qualquer outro produto que seja transportado. As dimensões dos PB também foram

alteradas: o 12000 e o 16000, que tinham até aqui 5,5 m de comprimento por 2,3 m de largura, passam a ter 2,4 m de largura de forma a permitir o transporte de duas paletes lado a lado e o transporte de fardos de maiores dimensões. Nos reboques mais pequenos, 2,4 m x 1,55 m e 2,6 m x 1,55 m, a largura é uniformizada para 1,6 m. O novo PB está disponível para encomenda a partir de outubro de 2022.

outubro / novembro 2022

abolsamia

45


Galucho

CISTERNA

CG

TRÊS MODELOS ENTRE OS 14.000 E OS 18.000 LITROS DE CAPACIDADE, CUBA COM INTERIOR REFORÇADO, E NOVOS OPCIONAIS. A nova cisterna da Galucho, a CG, estará disponível em três versões diferentes, de 14, 16 e 18.000 litros de capacidade. Todas as versões têm o mesmo diâmetro da cuba, sendo o comprimento que varia consoante a capacidade escolhida. Pensada para trabalhos exigentes, como o transporte de chorumes, a CG é fabricada com anteparas interiores reforçadas com a missão de servirem de “quebraondas” e protegerem a caixa de velocidades do trator – a versão de 14.000 litros tem duas, as versões de 16 e 18.000 têm três. A cuba é monobloco, reforçada através de duas vigas laterais e anéis. A suspensão é do tipo boggie com eixos Monroc (fixo, direcional forçado e autodirecional). A lança é independente e conta com apoios para montar dois tipos de bomba consoante as necessidades do cliente. De fábrica, a CG equipa com uma bomba Ballast com capacidade para fazer passar por dentro da cisterna 13.500 litros de ar por minuto. A cisterna de 16.000 litros estava equipada com braço de pesca lateral (pode ser montado de ambos os lados), agitador pneumático, e acelerador de carga. As entradas não são diretas à cuba, existindo uma curva de 90 graus para que quando se dá a aspiração do líquido as impurezas voltem para trás, não se dando

46

abolsamia

uma acumulação de sólidos à frente e permitindo, assim, o enchimento total da cuba. Todos os movimentos da cisterna são feitos através de um grupo electro-hidráulico que pode ser alterado à medida das necessidades do cliente (o modelo presente contava com cinco vias mas pode ter seis ou até mesmo sete), e necessita de um débito de óleo de 50 L/min. A lubrificação é feita através de uma válvula traseira.

A construção modular da cisterna permite a instalação de vários tipos de acessórios sem ser necessário fazer qualquer tipo de alteração posterior. Ao nível dos opcionais, está disponível o vazio total, ou seja, dependendo da inclinação do terreno pode ser selecionada a adufa pretendida, conseguindo-se assim despejar a cisterna na totalidade. Podem ser equipadas diferentes tipologias de distribuidores de

chorume, de que é exemplo um triturador de detritos para espalhamento não localizado. Lava-mãos, mala de ferramentas, faróis de trabalho, maiores tamanhos de roda, ou câmara para visualização da zona traseira, são algumas das novas características à disposição do comprador. A nova CG estará disponível para encomenda a partir de dezembro de 2022.

GRADE

NGVR

PARA TRATORES CADA VEZ MAIS POTENTES.

É a coqueluche da marca para os tratores do segmento de potência acima dos 300 cv. Uma grade pesada que, consoante a configuração escolhida, de 9 polegadas (23 cm) ou 11 polegadas (27,5 cm), tanto pode ser uma alfaia utilizada para semilavoura ou para acabamento.

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


Dia de Campo No portfólio da Galucho vem complementar a gama da GVR, ligeiramente mais ligeira, surgindo para dar resposta às necessidades colocadas pelos novos tratores, cada vez mais potentes. Com um chassis tritubular, ao invés do bitubular que equipa a GVR, tem um veio quadrado de 50 mm. A lança, ao contrário da GVR, que equipava com uma ou duas molas, tem um cilindro com tubo acumulador. A abertura dos corpos é feita por macacos individuais para cada corpo. As chumaceiras são as já utilizadas na GVR, ao contrário das raspadeiras que são substituídas por uma versão com maior resistência. Os modelos com a configuração de 11 polegadas vão dos 24 aos 44 discos, e as versões de 9 polegadas dos 36 aos 56 discos, podendo os discos ser de 28 ou 30 polegadas. Os rolos tanto podem ser de barras como helicoidais, com oscilação independente e acumulador. O trem de rodas é acionado por dois cilindros com acumulador na parte superior. A operação da alfaia é feita através de um comando instalado na cabine do trator.

GRADE

NA2CP

O objetivo foi construir uma grade com ainda maior robustez de forma a poder fazer trabalhos mais pesados, com aptidão tanto agrícola como florestal. Uma das principais diferenças face à sua antecessora é a regulação hidráulica da lança. Conta com veios de 38 mm (ao invés dos de 32 da antecessora) e separação de 23. Os modelos disponíveis vão dos 20 aos 24 discos, de 24 ou 26 polegadas.

O posicionamento das raspadeiras - as mesmas da versão mais pequena da GLHR - é ligeiramente mais alto, de forma a travar menos o trator, e o trem de rodas está mais largo. Todas as articulações da grade são feitas em casquilhos autolubrificados. Em resumo, procurou-se uma grade mais equilibrada e que permitisse um desgaste mais homogéneo dos discos.

Veja a galeria completa flickr.com /abolsamia

GRADE

GVL

UMA GRADE DE DISCO PESADA, REBOCADA COM RODAS NO CENTRO, OFFSET OU “V”. www.abolsamia.pt

A VERSÃO RENOVADA DA A2CP, EQUIPAMENTO PRESENTE NO PORTFÓLIO DA MARCA HÁ VÁRIAS DÉCADAS.

Com chassis de 150 por 8 mm, é operada a partir da cabine do trator através de comando elétrico. Trabalha engatada no puxo fixo e, de série, vem equipada com uma mola de transferência de carga, podendo, como opcional, ser montada com duas em caso de existência de rolo ou para trabalho em terrenos pesados. A GVL tem veios de 38 com chumaceiras de duplo rolamento e dupla estanquicidade, sendo lubrificadas a massa. Pode ser montada com discos de 24 ou 26. Toda a tubagem passou a ser em metal para fazer face às exigências para homologação europeia. Existem três modelos disponíveis, 28, 32 e 36 discos, cobrindo o segmento de potência de 150 a 200 cv.

outubro / novembro 2022

abolsamia

47


Galucho

BALANÇO

DR. NUNO GAMA LOBO, CEO DA GALUCHO “Posso dizer que o nosso evento foi um sucesso.

GRADE RÁPIDA

GDM

UM EQUIPAMENTO CONCEBIDO PARA FAZER A INCORPORAÇÃO DE RESTOLHOS E CAMAS DE SEMENTEIRA. Os modelos montados aos três pontos estão disponíveis em larguras de trabalho de 3, 4 e 5 m. As versões rebocadas são duas, de 6 e 7 m. Com abertura e fecho hidráulico ou mecânico, a largura de transporte é de 2,5 m. A afinação dos corpos pode ir de 0 a 25 graus de abertura. Cada disco conta com uma chumaceira individual, blindada. A profundidade de trabalho é garantida através do rolo.

CHARRUAS A charrua de 3 corpos de aço hardox 450, equipada com sistema hidráulico foi redesenhada, tal como a versão de 6 corpos com sistema non-stop hidropneumático.

48

abolsamia

Tivemos uma adesão massiva da nossa rede de Concessionários, bem como de inúmeros agricultores e distribuidores estrangeiros da nossa Divisão de Negócios de Transporte. O evento foi bastante abrangente em termos de público.

GRADE

GLHR

UMA GRADE SIMPLES E QUE DISPENSA APRESENTAÇÕES.

“Continua a ser aquilo que era”. Os veios continuam a ser os de 38, os discos de 26 polegadas e o nivelamento pode ser hidráulico ou mecânico. A única novidade são mesmo as novas chumaceiras.

CHÍSEL

CH3L

outubro / novembro 2022

Há já quatro anos no mercado, este chísel de três linhas tem um desafogo ao solo de 80 cm. Os modelos vão dos 3 aos 6 m, podendo ser rígidos ou articulados.

Pudemos demonstrar no terreno as nossas máquinas, bem como apresentar aos nossos clientes as inovações que vamos lançar no mercado nas próximas semanas e que acreditamos serem equipamentos muito importantes para a nossa gama de produto. Foi também um momento de convívio marcante onde, após anos de muitas restrições, testemunhámos a alegria e o bom ambiente durante todo o evento. São cada vez mais momentos de proximidade e comunhão que queremos ter com todos os nossos clientes, para que também eles sintam que a Galucho é não só uma empresa moderna e ambiciosa, que todos os dias se esforça por melhorar o seu serviço e os seus produtos, mas também que apoia e está sempre disponível para os servir, primando pela presença no terreno junto a todos eles e a todos os agricultores que, diariamente, trabalham nos campos com as nossas máquinas”.

www.abolsamia.pt


O SALÃO MUNDIAL

2022

BORDÉUS

De 29 de novembro a 1 de dezembro

A inovação ao serviço do solo 4 POLOS DE EXPOSIÇÃO

Técnicas de cultura Equipamentos para cave e adegas Engarrafamento e acondicionamento Serviços & Formação 1 POLO ENCONT ROS E INOVAÇÕES

5 PERCURSOS T EMÁTICOS

DESCUBR A AS INOVAÇÕES

PAR A IDENTIF ICAR R APIDAMENT E AS SOLUÇÕES CERTAS PAR A AS SUAS NECESSIDADES.

PAR A IMPULSIONAR A MUDANÇA E FOMENTAR A CONSCIÊNCIA COLECTI VA.

MAIS DE 70 CONFERÊNCIAS E MESAS REDONDAS

Biológico Frutas & Legumes

ESPAÇO ECOFITO AGROECOLOGIA & OBJETIVO BAIXO CARBONO

Espirituosos Baixo Carbono

- NOVIDADE Cerveja da BIEREtech

- NOVIDADE photos : iStock.com

Junte-se aos

45 000 profissionais que participam na feira!

vinitech-sifel.com Un evento organizado por:

PLATAFORMA ONLINE M Y V INIT ECHSIF EL.COM - NOVIDADE INSCREVA-SE E OBTENHA O SEU BADGE

PREPARE A SUA VISITA Lista dos expositores / Agenda personalizada / Plano interativoplano interativo

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

49


Lançamento Valtra Q

UMA EXPERIÊNCIA DE CONDUÇÃO NO LANÇAMENTO DA NOVA SÉRIE Q POR

CATARINA GUSMÃO

No passado dia 27 de setembro fomos até Alpiarça, à Sociedade Agrícola da Quinta da Lagoalva de Cima, para o lançamento da Nova Série Q, da Valtra.

O

s concessionários e clientes, juntaramse à equipa de marketing e vendas da Ascendum Agro, para assistir, in loco, ao lançamento da nova Série Q em Portugal. Foi um evento que trouxe ao campo dois Valtra Q305, de 305 cavalos. Os interessados, acompanhados pelos técnicos da marca, puderam conduzir as máquinas equipadas com alfaias Horsch, marca distribuída em Portugal pela Lagoalva. A manhã terminou com um almoço muito agradável, servido no pátio da Quinta da

50

abolsamia

Lagoalva, com o melhor pão, queijo, vinhos (produção da Lagoalva) e sopa da pedra! Durante o evento, falámos com o Diretor Geral da Ascendum Agro, João Pimenta.

Qual o propósito deste dia de campo da Valtra com os concessionários? Quisemos aproveitar uma oportunidade para apresentar ao vivo e proporcionar uma experiência de condução aos concessionários e potenciais clientes desta gama de

outubro / novembro 2022

Ao vivo João Pimenta, no discurso de abertura frisou que, “é a primeira vez que temos a nova Série Q junto dos concessionários e clientes finais, para terem a melhor experiência de condução, acompanhados pelos técnicos da marca.”

www.abolsamia.pt


feiras e eventos

tratores, que foi recentemente lançada virtualmente. A Série Q aqui apresentada, é uma série nova que se enquadra entre a Série T e S, num espaço que tinha de ser preenchido. Houve esta oportunidade e agarrámola. Vai ser muito entusiasmante desfrutar destes tratores com os nossos clientes e concessionários.

Qual o potencial de vendas desta Série em Portugal? Há um nicho de mercado que precisa deste trator. Não é um trator que faça um volume de vendas muito grande mas faz falta às grandes casas agrícolas e aos prestadores de serviços, principalmente.

Quais os pontos fortes da Série Q?

Nova Série Q Experimentámos o Valtra Q305, candidato a Trator do Ano 2023. Conheça todos os pormenores na página 66.

É um trator dedicado essencialmente à mobilização de solos, com alfaias pesadas e modernas. É um trator cheio de tecnologia, preparado para comunicar com as alfaias através do sistema ISObus e para ser guiado via satélite, o que permite um aproveitamento criterioso dos solos, do combustível, uso dos fertilizantes, sementes. Numa altura em que tanto se fala do uso apropriado dos recursos naturais, faz todo o sentido ter máquinas que sejam mais eficientes. E a tecnologia tem de servir para aumentar a eficiência das operações agrícolas.

Qual é a previsão da chegada do Valtra Q a Portugal? As duas primeiras unidades são esperadas até ao final do ano.

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

51


Lançamento Valtra Q

feiras e eventos

TESTEMUNHOS DE CLIENTES VALTRA Acabada a cultura do tomate, Luís Calado, empresário e produtor agrícola, proprietário da Foros de Sta. Marta e da Agricalado, Unipessoal, arranjou um pouco de tempo e veio até à Quinta da Lagoalva ver o lançamento da Série Q. Produz em terras de areia, cenouras, batatas, milho, tomate, ervilha e feijão verde,

Luís Reguinga

na zona de Benfica do Ribatejo “onde se encontram as maiores máquinas do país a trabalhar”. Já tem em casa dois Valtras, um T214 e um T175. À pergunta “Se tivesse que dizer numa frase porque é que escolhe Valtra?” comentou, em jeito de influenciador: “Enquanto proprietário de dois Valtra, conheço bem o que estes

Falámos com o prestador de serviços, de Fazendas de Almeirim, proprietário da Luís Reguinga, Agricultura e Prestação de Serviços, Unipessoal, Lda e quisemos saber o que o trouxe até ao campo. “O que me traz aqui é o facto de ter comprado um trator da geração anterior a este e estar muito satisfeito... e

Veja a galeria completa flickr.com /abolsamia

tratores fazem, conheço bem a marca...Escolho a Valtra porque são tratores fáceis de usar... é vê-los a trabalhar! Nos terrenos difíceis é que se vê quais são as boas marcas!”

Luís Miguel Calado

E a assistência, como é? “A assistência é do melhor que pode haver. É rápida e têm bons mecânicos, sabem o que fazem.”

a curiosidade, do ponto de vista técnico.” Quais são as culturas em que presta serviços? Basicamente tudo, faço terrenos para sementeiras, plantação de vinhas, vindima mecânica, pré-poda, transporte de uvas e outros. O que espera da nova série Q? “Espero que as características da nova série Q tragam economia nas

tarefas e conforto ao operador.” E em relação à parte tecnológica, que é um dos desafios dos dias de hoje? “Para tirarmos partido das novas tecnologias contamos com a formação que nos é dada pelo concessionário”. É um provável comprador do Valtra Q? Sim, sem dúvida.

Quinta da Lagoalva de Cima A Valtra reuniu a sua Rede de distribuição, Clientes e Parceiros.

52

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


SACHADORES MECÂNICOS

Somos especialistas em alfaias multimarcas

E.N. 118, Azeitada - 2080-321 Benfica do Ribatejo

243 589 222

961 724 400

geral@agridirect.pt

40 ANOS NA COMERCIALIZAÇÃO E TRANSFORMAÇÃO

www.agridirect.pt

Representações

DE ALFAIAS E EQUIPAMENTOS AGRÍCOLAS • Multifresas

TEMOS UMA VASTA GAMA DE USADOS PARA VENDA. CONSULTE-NOS!

PLANTADORES www.abolsamia.pt AUTOMÁTICOS

• Raspadeiras • Inter-cepas

• Plantadores • Alfaias

• Transplantadores • Enxofradeiras

FINANCE

www.apolinarios.pt T. 243 589 222 • geral@apolinarios.pt

CARREGADORES TELESCÓPICOS

FINANCE

PLANTADORES

outubro / novembro 2022

abolsamia

53


Novidades Claas para 2023

LEXION MELHORADA TEM NOVA CABINE, ESTÁ MAIS POTENTE E “INTELIGENTE”

A Claas voltou a realizar em 2022 o evento anual de apresentação à imprensa especializada das suas novidades de Lexion 8600 produto. Esta edição, Introduzida em 2019 no mercado que teve lugar perto norte americano e após testes em de Kiel, na Alemanha, contexto europeu nas colheitas de 2021 e 2022, as Lexion 8600 fica marcada pelas e 8600 Terra Trac (versão de melhorias feitas rastos), chegarão aos mercados europeus em 2023. Com uma na Lexion e nas largura do tambor de 1,700 enfardadeiras Variant. mm, situar-se-á imediatamente POR

SEBASTIÃO MARQUES

T

rês anos após a última atualização tecnológica, as ceifeiras de topo da marca de Harsewinkel voltam a ter novos desenvolvimentos. Assim, a partir de 2023, todos os modelos Lexion terão a cabine introduzida em 2021 nas Trion, mais potência, e tegões com maior capacidade. Mais ainda, entrará em produção o novo modelo Lexion 8600, assim como as versões Montana das Lexion 5500 e 7700, para trabalho em terrenos com declive.

54

abolsamia

abaixo da Lexion 7700, que tem uma largura do tambor de 1420 mm. Está equipada com o motor MAN D26 de seis cilindros fase V, que debita 549cv e tem uma cilindrada de 12,4 litros. O tegão tem uma capacidade de 12.500 litros na Lexion 8600 e de 13.500 litros na Lexion 8600 Terra Trac.

Lexion 8800 e 8700 mais potentes O motor de seis cilindros MAN D42 de 16,2 litros que equipa a 8900 passará a equipar também a 8800, passando assim a contar com 700 cv de potência. Já a 8700 vê acrescentados 47 cv, chegando aos 626 cv.

outubro / novembro 2022

CEMOS com três novas funcionalidades A primeira permite uma calibração mais precisa dos sensores de perdas. O CEMOS Dialog guia o operador durante todo o processo de calibração, de forma a evitar erros de entrada e medição. A segunda, o CEMOS Connect, destina-se a frotas, podendo ser usada tanto nas Lexion como nas Trion que tenham o CEMOS integrado. Assim, permite que a configuração feita numa máquina seja transferida para outras máquinas ou para um dispositivo móvel, como um smartphone (através da aplicação Telematics). Desta forma, as configurações ideais podem ser transferidas para toda a frota de ceifeiras caso seja necessário. Finalmente, disponível tanto para as Lexion como para as Trion, surge o CEMOS Auto Header, uma solução que otimiza de forma automática o comprimento da mesa de corte, a altura e a posição horizontal do molinete, com base na altura da forragem, medida através do Field Scanner instalado no teto da cabine.

NOVIDADE

A partir de 2023, as Lexion equiparão com a cabine introduzida na Trion em 2021.

www.abolsamia.pt


produto em foco Veja a galeria completa flickr.com /abolsamia

NOVA VARIANT 500 ENFARDADEIRA DE FARDOS REDONDOS DE CÂMARA VARIÁVEL COM CONTROLO OTIMIZADO DA PRESSÃO DO FARDO

SMART DENSITY

O sistema permite obter diferentes densidades entre o núcleo e a parte exterior do fardo.

PNEUS

A Variant tem agora disponíveis pneus de maiores dimensões.

www.abolsamia.pt

A nova série incluirá inicialmente seis modelos. As Variant 560 e 565, que podem fazer fardos de 0,90 a 1,60m de diâmetro, as Variant 580 e 585, para fardos até 1,80m. As 560 RF e 580RF funcionam com um rotor Roto Feed em espiral. Os quatro modelos disponíveis em formato RC (560, 565, 580 e 585) com rotor de corte em espiral Roto Cut (RC) de quatro estrelas para fardos pequenos. Além do sistema de controlo de pressão e do novo design, a Claas disponibiliza ainda novas medidas de pneus e um sistema de manutenção simplificada. Smart Density, assim se chama o sistema de controlo da pressão do fardo desenvolvido pela fábrica de Metz da Claas que permite obter diferentes densidades entre o núcleo e a parte exterior do fardo. Assim, a solução consiste num controlo hidráulico com bloqueio de linhas independentes para ambos os braços tensores da cinta. Tal

permite que tanto a posição como a pressão do fardo possa ser medida de forma independente em cada braço. O novo software de controlo otimiza todo o processo de enfardação. Outro desenvolvimento que chama a atenção é a colocação do rolo de atamento, 25 cm mais abaixo em relação à anterior geração das Variant, permitindo uma troca mais facilitada e segura. O novo design da enfardadeira permitiu também a introdução de pneus de maiores dimensões, sendo agora a medida maior 560/45 22,5. A pedido do cliente as Variant 500 podem vir equipadas com travões pneumáticos. Ao nível da manutenção, destacase a lubrificação central, que passa a funcionar com um novo reservatório de óleo e uma nova bomba de óleo acionada mecanicamente. Finalmente, após a introdução nas gadanheiras Disco e nas enfardadeiras Quadrant e Rollant, em 2020, também as Variant receberão o terminal CEMIS 700 Isobus.

outubro / novembro 2022

abolsamia

55


Novidades Fendt para 2023

ORQUESTRA AFINADA

FENDT 700 VARIO GEN7

Foi o grande destaque do evento. Por isso, o trator que é candidato ao Tractor of the Year 2023, é tratado em detalhe na página X.

No final de agosto a Fendt realizou a sua conferência de imprensa internacional perto de Wurzburg, Alemanha. Num evento marcado pelo lançamento do 700 Vario Gen7, a marca de Maktoberdorf apresentou melhorias em quase toda a sua gama de produto. POR

SEBASTIÃO MARQUES

Rotana Xtra com processos automatizados

N

as enfardadeiras de fardos redondos, as principais novidades são a incorporação de uma balança, um sensor de humidade, e a automatização do funcionamento da enfardadeiratrator via TIM (Tractor Implement Management). Além disso, a lubrificação automática dos rolamentos está agora disponível para as enfardadeiras de fardos redondos de câmara variável.

56

abolsamia

Novas aplicações Análise da humidade do fardo Paragem automatizada após embalamento do fardo (somente com o Sistema TIM)

Veja a galeria completa flickr.com /abolsamia

Função de pesagem Automação do processo de ejeção de fardos Limpeza automática das ranhuras das facas Iluminação de manutenção LED

outubro / novembro 2022

Função para fortalecer a borda do fardo

Nova geração de enfardadeiras de fardos gigantes A gama de 13 modelos disponibilizada pela Fendt foi amplamente revista. Entre as inovações introduzidas contam-se um novo eixo tandem, um pick-up atualizado e eletrónica melhorada.

www.abolsamia.pt


produto em foco Gadanheiras traseiras com novos modelos e condicionadores As Slicer 860, destinadas a grandes agricultores e prestadores de serviço, viram a sua gama de modelos ser aumentada com duas gadanheiras e duas versões de condicionadores: os modelos KC, com um novo condicionador de dentes, mais longos, capaz de trabalhar em colheitas pesadas e húmidas, a uma velocidade reduzida, aumentando a eficiência de combustível, e os RC, equipados com um condicionador de rolos para um condicionamento suave em culturas como as leguminosas. O acionamento direto RC DUO Drive também está disponível como opção para os RC. Entre as características incorporadas, contam-se ainda uma nova barra de corte e um novo modo Eco.

Katana mais potente

Novas ceifeiras de sacudidores até 260 cv A série Corus 500, designação escolhida, foi concebida como “série de entrada” nos mercados europeus, e inclui nove modelos de cinco sacudidores e uma largura de corte de até 7.60m. Estão disponíveis duas capacidades diferentes do tegão e descarregamento (5200L e 72L/s; 6500L e 85L/s).

Christoph Groblinghoff, presidente do Conselho de Administração da AGCO/Fendt, enalteceu a performance da empresa no mercado europeu nos últimos dois anos, esperando ainda que os preços na agricultura estabilizem nos próximos meses.

www.abolsamia.pt

Dez anos após o surgimento da primeira picadora da marca, a Fendt entra no segmento das picadoras com mais de 800 cv com o lançamento da Katana 850. Um fluxo de colheita melhorado, uma ventoinha reversível com inclinação variável da lâmina, e uma nova cabeça de corte de linhas, constituem as principais inovações introduzidas.

“A Fendt está muito bem. Os livros de encomendas estão cheios e os prazos de entrega de 11 a 12 meses. Aos 5730 colaboradores que tínhamos em 2019 acrescentámos outros 1000. Ao nível dos preços na agricultura, esperamos que se mantenham estáveis nos próximos dois anos. Tínhamos como objetivo alcançar as 20.000 unidades vendidas em 2020. Não o conseguimos fazer mas prevemos alcançar esta cifra em 2022”. outubro / novembro 2022

abolsamia

57


New Holland T6.160 Dynamic Command Blue Power

ENERGIA AZUL NA TROFA Um New Holland T6.160 Dynamic Command da edição limitada BluePower chegou à Trofa para fazer parte do parque de máquinas da Sociedade Agrícola da Quinta da Gabriela. POR

SEBASTIÃO MARQUES

Sempre a crescer

E

m 1988 nasce na freguesia de São Martinho do Bougado, Trofa, a exploração de vacas leiteiras Quinta da Gabriela. O negócio foi crescendo e, em 1994, constituiu a Sociedade Agrícola Quinta da Gabriela. “Começámos com sensivelmente 17 hectares de lavradio e ao dia de hoje vamos nos 27, mas queremos continuar a aumentar”, explicou Pedro Maia, sócio fundador e gerente da empresa. A par e passo com o crescimento de área trabalhada vem a produção de leite. “Desde o início, em 1994, até 2018 aumentámos de forma gradual e contínua os litros produzidos pela Quinta”, na qual trabalham diariamente Pedro, a esposa, e o filho, Miguel Maia. Para alimentar o gado, a empresa produz a sua própria silagem que também aproveita para vender. Desde 2018 que a Sociedade faz o embalamento da

58

abolsamia

silagem em vácuo, técnica que utiliza até ao dia de hoje. “Neste momento, vendemos entre 3 a 4 mil toneladas de silagem ensacada por ano, contendo cada saca um peso médio de 40 kgs”, explicou Pedro Maia.

Mais área, mais rápido O planeado aumento de área de lavradio e da produção de leite foi o principal motivo da chegada à Quinta da Gabriela do T6.160 Dynamic Command BluePower. “Vem para ajudar nos trabalhos, quer de lavoura para as sementeiras de milho, quer para a colheita e as sementeiras de azevém da cultura de inverno. A nossa ideia é, se possível, aumentar a produção, trabalhar mais área e mais rápido, conseguindo fazer mais sementeiras em menos dias. Ganhar tempo neste trabalho é muito importante pois, se pudermos fazer as sementeiras em 12 dias ao invés de três semanas,

outubro / novembro 2022

conseguimos semear e colher cedo, que é especialmente importante com o tempo quente que se tem feito sentir no verão”, elucidou Pedro Maia. Entre a charrua, os reboques para transporte, e o rototerra com semeador integrado, o trator deverá totalizar entre 600 a 750 horas anuais de trabalho, de acordo com a previsão do novo dono, que não planeia, para já, equipá-lo com carregador frontal por já ter dois tratores para essa tarefa.

CONFIANÇA

“Escolhi a New Holland pelas máquinas que já tinha e pela confiança nas pessoas e assistência da SEAC”, Pedro Maia.

www.abolsamia.pt


produto em foco

NEW HOLLAND

T6.160 DYNAMIC COMMAND BLUE POWER

A Série T6 da New Holland é composta por seis modelos, quatro com motor de quatro cilindros e dois de seis cilindros, com potências entre os 145 e os 175 cv. A distância entre eixos é de 2642 mm e o peso cifra-se nos 5610kg. O trator adquirido pela Sociedade Agrícola Quinta da Gabriela é um T6.160 Dynamic Command Blue Power. A designação Blue Power explica uma edição exclusiva que, a par do azul característico, conta ainda com outras personalizações dentro e fora da cabine.

Veja a galeria completa flickr.com /abolsamia

Motor Cliente New Holland há mais de uma década, Pedro explicou o porquê de voltar a apostar num trator da marca azul. “Escolhi a New Holland pelas máquinas que já tinha e pela confiança nas pessoas e assistência da SEAC. Além disso, destaco a apresentação que me fizeram da máquina, que me ajudou a concluir que, de facto, as características do trator vão ao encontro do que procuro”, concluiu.

BLUE POWER

Os pormenores são bem visíveis quer dentro, quer fora da cabine.

Os modelos T6 equipam com motor NEF HI-eSCR 2 ECOBlue™, desenvolvido pela FPT Industrial. Para cumprir com os requisitos da Fase V da norma de emissões, o motor utiliza um sistema HI-eSCR 2 ECOBlue™, sistema de pós-tratamento de gases que não exige manutenção. O bloco de 6 cilindros que equipa o T6.160 tem uma potência máxima com gestão de potência do motor (ISO TR14396- ECE R12) de 164 cv, e um intervalo de manutenção de 750 horas.

Da esq. para dir. Nuno Miguel (Mecânico SEAC), Pedro Maia (Comprador), João Antão (Gerente SEAC), Domingos Oliveira (Comercial SEAC), João Rego (New Holland) e Miguel Maia (filho Pedro Maia).

Transmissão A Dynamic Command™ 24x24, semi-powershift de oito velocidades e três gamas, permite alternar entre oito velocidades sob carga sem ser necessário mudar de gama. Para trabalhos que assim o exijam, o trator pode equipar com marchas super-lentas.

Hidráulico Todos os modelos Electro Command™ e Dynamic Command™ estão equipados de série com sistema hidráulico de centro aberto e caudal de 86 litros/min. Para os modelos Electro Command™ está disponível como opcional uma bomba CCLS de 121 litros/minuto (150 l/min nos modelos equipados com a transmissão Dynamic Command).

Agricultura de precisão Existem três packs disponíveis com diferentes níveis de precisão, consoante as necessidades do utilizador. Posicionamento por GPS, pré-instalação da coluna para auto-condução, direção configurável pelo operador (desde um quarto de volta até meia-volta do volante), ou software de gestão de alfaias por ISOBUS são algumas das mais valias que equipam o novo trator da Sociedade Agrícola da Quinta da Gabriela.

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

59


FENDT728

VARIO

60

abolsamia

outubro / novembro 2022

A série da Fendt que é líder de vendas entra na sua 7ª geração com desenvolvimentos bastante significativos. Estes tratores estreiam um novo motor fornecido pela AgcoPower, a transmissão segue o conceito VarioDrive empregue nas séries maiores, e vão beneficiar de uma geração de carregadores frontais Fendt Cargo Pro.

www.abolsamia.pt


TRACTOR OF THE YEAR 2023

A designação dos modelos vencedores espelha a visão de um júri internacional no qual a revista abolsamia tem assento em representação de Portugal.

MAIS FERRAMENTAS DE ASSISTÊNCIA AO OPERADOR POR

JOÃO SOBRAL

A

apresentação ao público foi realizada em Wadenbrunn, na Alemanha, tendo a marca reservado para os elementos do júri do TOTY uma sessão de teste em campo. No decorrer desta sessão, tivemos oportunidade de esclarecer dúvidas junto dos responsáveis de desenvolvimento de produto da Fendt.

Substitui os 700 e 800 Vario A série 700 Vario Gen7 vem substituir a série 700 Vario Gen6 e também a série 800 Vario, sendo composta por 5 modelos que preenchem um intervalo de potência máxima entre os 203 e os 283 cv.

Novo motor Agco Power de 7,5 litros

VarioDrive recorre a motores hidráulicos Quanto à transmissão VarioDrive, é o mesmo conceito dos 900 e 1000 Vario mas com uma mecânica desenhada à escala da série 700 Vario. Caracteriza-se por não existir um veio a ligar os eixos traseiro e dianteiro. Em vez disso, a tração é gerida por dois motores hidráulicos de forma permanente e automática. Permite agora alcançar uma velocidade máxima de 60 km/h (opcional), mais 10 km/h do que na geração anterior. Nos modelos 726 e 728 Vario, o conjunto motor/transmissão permite atingir os 60 km/h às 1450 rpm, os 50 km/h às 1200 rpm e os 40 km/h às 950 rpm. No 728 Vario, o binário máximo de 1450 Nm é alcançado a um baixo regime, logo às 1300 rpm, estando o regime nominal situado nas 1700 rpm.

Sob o capot é agora empregue um bloco Agco Power de 6 cilindros, com 7,5 litros de capacidade, em vez do Deutz de 6,1 litros até aqui utilizado. Este motor, que tem por base o comprovado bloco de 7,4 litros, constitui um novo desenvolvimento da Agco Power e faz a sua estreia especificamente nesta série. A arquitetura de maior cilindrada e a programação deste motor seguem o princípio “elevado binário / baixo regime” que tem vindo a ser adotado pela Fendt e beneficia de um novo sistema de refrigeração, mais compacto, e acionado por um motor hidráulico dedicado que atua de forma independente do regime do motor.

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

61


Carregador Cargo Pro 6,100 Numa série que apresenta uma identidade versátil, para além das tarefas de campo e de transporte, o carregador frontal é um acessório que faz parte do catálogo. Os tratores passam a ter válvulas hidráulicas dedicadas para o carregador, sendo este controlado através de um joystick 3L que permite 3 funções em simultâneo. Os carregadores Cargo Pro 6,100, pensados para esta série, permitem uma altura máxima de elevação até 4,85 m e estarão disponíveis no mercado no final de 2023.

A bordo O ambiente de trabalho FendtOne já tinha sido aplicado aos 700 Vario em 2020 e continuará a oferecer nesta geração todas as potencialidades associadas aos três monitores e à gestão onboard/offboard já empregue também noutras séries da Fendt. A estrutura da cabine mantém-se, mas a climatização foi melhorada e os clientes podem optar por 6 diferentes configurações de assento. O mais sofisticado apresenta um acabamento em pele e é controlado eletricamente, sendo possível memorizar definições para diferentes condutores.

MONITORES

O ambiente a bordo é marcado pelos três monitores do conceito FendtOne e por novas opções de assento, com acabamentos e funções para maior conforto.

O MODELO DE TOPO DA SÉRIE TRANSPÕE OS 300 CV Especificamente no Fendt 728 Vario, que é o modelo de topo da série 700 Vario Gen7, e candidato ao prémio Tractor of the Year 2023, a marca disponibiliza 20 cv de potência extra. Este boost, que resulta da tecnologia DynamicPerformance, permite alcançar os 303 cv, o que supera o nível de potência do Fendt 828 Vario (287 cv).

62

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


TRACTOR OF THE YEAR 2023

A designação dos modelos vencedores espelha a visão de um júri internacional no qual a revista abolsamia tem assento em representação de Portugal.

Assistência ao operador

Equipamento extra O sistema de controlo da pressão de pneus Fendt VarioGrip passa a estar disponível como opcional nos 700 Vario. O sistema Trailer Brake Assist, para ‘segurar’ o conjunto trator/reboque em descidas, funciona através de um sensor que mede o torque de impulso que é projetado sobre a transmissão nas descidas. Fará parte dos opcionais a partir do final de 2023.

Neste segmento de produto, a Fendt disponibiliza vários sistemas de assistência ao operador, com destaque para o Contour Assistant, que ajuda a fazer o mapeamento e registo de trajetórias, e para o Turn Assistant, que permite ao operador escolher 4 diferentes tipos de manobras de viragem na cabeceira: Part Field, U-Turn, Y-Turn, K-Turn.

Disponibilidade As encomendas podem ser feitas desde já. Prevê-se que as primeiras unidades sejam entregues no início de 2023.

2900 MM DE DISTÂNCIA ENTRE EIXOS E MELHORIA NO RAIO DE VIRAGEM Nos 700 Vario Gen6 a distância entre eixos era de 2783 mm e nos 800 Vario era de 2950 mm. Ao substituir ambas as séries, o valor de compromisso nos Fendt 700 Vario Gen7 situa-se numa distância entre eixos de 2900 mm. Associada a uma nova arquitetura do motor e à transmissão VarioDrive, a marca anuncia que uma das vantagens competitivas desta série é a manobrabilidade, traduzida num ângulo de viragem das rodas de apenas 52°.

MOTOR Fabricante / modelo Nº de cilindros /cilindrada Potência nominal /máx. com boost Binário máximo Nível de emissões

AgcoPower AP75 6 / 7.527 cm³ 283 cv / 303 cv 1450 Nm Fase V

TRANSMISSÃO Configuração Velocidade máxima / Eco

Variação contínua 60 km/h às 1.450 rpm

HIDRÁULICO Capacidade de elevação Fluxo da bomba (opcional)

Traseira: 11.050 kg Ft: 5.300 kg 165 L/min (220 L/min)

DIMENSÕES Distância entre eixos Carga máx. admissível

www.abolsamia.pt

2.900 mm 15.000 kg

outubro / novembro 2022

abolsamia

63


3FR.115

MASSEY FERGUSON POR

JOÃO SOBRAL

O MF 3FR.115 é finalista do prémio Tractor of the Year na categoria Melhor Especializado 2023. Este modelo é o mais potente da variante FR, destinada a pomares e vinhas. Apresenta uma largura de via que pode ser ajustada entre os 1,45 e os 1,80 m.

T

ivemos contacto com este trator em Orange, França, no evento de apresentação da série 3 organizado pela Massey Ferguson para a imprensa europeia.

64

abolsamia

UM ESPECIALIZADO COM IDENTIDADE ATUALIZADA Série com 6 variantes

A série 3 cobre um segmento de potência que vai dos 75 aos 120 cv e desdobrase em 6 variantes, com diferente altura e largura de via, com e sem cabine, para dar resposta a uma variedade de compassos em pomares e vinhas.

O elevador hidráulico dianteiro faz parte da lista de opcionais.

Resulta de um desenvolvimento conjunto entre a MF e a Carraro Agritalia. O fabricante italiano fornece à MF os diferentes modelos com base em especificações e estilização requeridas.

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


TRACTOR OF THE YEAR 2023

A designação dos modelos vencedores espelha a visão de um júri internacional no qual a revista abolsamia tem assento em representação de Portugal.

Um botão de embraiagem na alavanca das mudanças e a embraiagem nos pedais de travão (brake to neutral) são funcionalidades disponíveis.

Hidráulico com fluxo de 93 L/min Os clientes podem escolher entre uma bomba dupla de 67 L/min ou uma bomba tripa que fornece 93 L/min para os serviços externos do hidráulico. O elevador + TDF frontal fazem parte do catálogo de equipamentos extra.

COMANDOS

Na versão Efficient, os comandos estão agrupados num apoio de braço semelhante ao que encontramos nas linhas de maior potência da MF.

Alfaias em posição ventral

PAINEL DIGITAL

A instrumentação inclui um painel digital que fornece diversas informações sobre o funcionamento do trator.

Motor FPT de 3,6 litros O bloco de 4 cilindros e 3,6 litros que equipa este fruteiro é fornecido pela FPT. Cumpre os requisitos da Fase V de emissões, recorrendo para tal a um sistema que combina os seguintes elementos: EGR/ DOC/DPF/SCR. A manutenção é feita a cada 600 horas.

Transmissão d e 40 km/h Com 5 relações distribuídas por 3 gamas (mais uma relação do que na geração MF3700), a transmissão pode contar com inversor mecânico ou eletro-hidráulico e ainda 2 velocidades (HI-LO) sob carga, com ajuste de agressividade. Assim, pode assumir as seguintes configurações: 15/15, 30/15 ou 30/30. As duas últimas permitem uma velocidade máxima de 40 km/h, que é alcançada às 1700 rpm.

www.abolsamia.pt

Uma evolução face aos modelos correspondentes da anterior geração tem a ver com a preparação de fábrica dos 3FR para comportarem alfaias em posição ventral. A marca disponibiliza um chassis que serve de suporte para alfaias frontais (desfolhadoras, sobretudo), e que se prolonga pela lateral do trator, servindo também de suporte a alfaias ventrais.

MOTOR Fabricante Nº de cilindros /cilindrada Potência nominal /máxima Binário máximo Nível de emissões

FPT 4 / 3.595 cm³ 114 cv / 120 cv 466 Nm Fase V

A bordo

TRANSMISSÃO Configuração Velocidade máxima

A cabine é compatível com filtragem de categoria 4 e estão disponíveis dois níveis de equipamento: Essential e Efficient. No primeiro, o operador tem acesso a especificações básicas, enquanto no segundo tem acesso a um painel de comandos mais profissional, associado ao controlo eletrónico do hidráulico, a válvulas de comando eletro-hidráulico e a um joystick multifunções.

Semi-powershift 40 km/h às 1.700 rpm

HIDRÁULICO Capacidade de elevação Fluxo da bomba (opcional)

Traseira: 3.100 kg Ft: 2.500 kg 67 L/min (93 L/min)

DIMENSÕES Distância entre eixos Carga máx. admissível

2.155 mm N/D A cabine passa a dispor de sistema de filtragem de categoria 4.

Nesta geração a bateria foi removida da zona atrás do assento, o que é uma boa notícia para os condutores de maior estatura, que passam a ter mais espaço disponível.

Disponibilidade O 3FR.115 e os restantes modelos desta série já se encontram disponíveis no mercado.

outubro / novembro 2022

abolsamia

65


VALTRA Q 305

CONCENTRADO DE POTÊNCIA COM IDENTIDADE FINLANDESA A série Q constitui o mais recente desenvolvimento da Valtra. Vem preencher um espaço em aberto entre as séries T e S, e disponibiliza todo o leque de tecnologia que a marca tem no seu portfólio, com destaque para a nova funcionalidade SmartTurn, que automatiza as viragens na linha de cabeceira. POR

JOÃO SOBRAL

66

abolsamia

outubro / novembro 2022

“O

s melhores ingredientes postos em conjunto para este escalão de potência” é o que a marca finlandesa promete com a série Q. O modelo de topo da série, o Valtra Q305, é candidato ao prémio Tractor of the Year e fomos conhecê-lo em primeira mão na Quinta da Lagoalva, em Alpiarça.

www.abolsamia.pt


TRACTOR OF THE YEAR 2023

A designação dos modelos vencedores espelha a visão de um júri internacional no qual a revista abolsamia tem assento em representação de Portugal.

Motor Agco Power de 7,4 L A propulsão é assegurada por um motor Agco Power Fase V de 6 cilindros, com 7,4 litros de capacidade, que fornece um binário máximo constante entre as 1000 e as 1500 rpm.

SEGURANÇA NA ESTRADA

É feita a estreia de novos indicadores de direção na frente. E na traseira foram também instalados indicadores de direção no topo da cabine, para melhor a segurança em estrada.

Os dois responsáveis da Valtra explicaram que a marca optou por este motor por ser “um produto com boa reputação e durabilidade comprovada”.

Transmissão CVT A marca dispõe da transmissão Direct (aplicada aos N e T) mas optou pela transmissão do Grupo Agco que é usada pela Fendt e pela MF porque constitui uma solução mais adequada ao escalão de potência que é coberto pela série Q. Esta caixa permite alcançar uma velocidade máxima de 50 km/h. Em modo EcoPower, a mesma velocidade pode ser alcançada a um regime de 1500 rpm.

Vasco Pombas, gestor de vendas e grandes contas da Ascendum Agro, e Johan Grotell, especialista de tecnologia de produto da Valtra, acompanharam-nos nesta sessão de teste que a marca nos proporcionou. Foram postos à nossa disposição dois tratores Q305, um equipado com carregador frontal Valtra e outro para trabalho de campo, a fazer conjunto com uma alfaia combinada da Horsch, modelo Focus TD + Maestro RV.

5 modelos Valtra Q A série Q vem posicionar-se entre as séries T e S e é composta por 5 modelos – Q225, Q245, Q265, Q285 e Q305 – que preenchem um intervalo de potência entre os 230 e os 305 cv.

www.abolsamia.pt

A nível de comandos, um pormenor a evidenciar é o funcionamento da nova manete de inversor. Damos um toque para a frente ou para trás, para definir o sentido de marcha, e a manete regressa ao centro. Isto possibilita que possamos alternar entre a manete de inversor e o botão de inversor no joystick multifunções sem termos de corrigir a posição da manete, o que se torna mais prático e agiliza o trabalho.

OPCIONAL

ajuste automático da pressão dos pneus é um equipamento opcional que pode ser configurado de fábrica.

Hidráulico O sistema hidráulico fornece 200 L/ min de fluxo a um regime do motor de 1950 rpm e, para tarefas de menor carga, o mesmo fluxo a um regime económico de 1600 rpm. Nos serviços externos, os distribuidores passam a estar equipados com uma patilha de descompressão para facilitar o engate de tubagens das alfaias.

Um dos tratores que testámos na Lagoalva estava equipado com carregador frontal Valtra G7M. Entre outras funcionalidades, pudemos verificar o funcionamento do assistente hidráulico, que procede ao ajuste automático do regime do motor sempre que no decorrer do trabalho é solicitado um maior fluxo da bomba.

outubro / novembro 2022

abolsamia

67


CARREGADOR FRONTAL

Esta série é compatível com os carregadores frontais Valtra G7.

Cabine A bordo, encontramos o mais recente layout de comandos apresentado pela Valtra. O painel de instrumentos migrou para um monitor ao alto posicionado no pilar A da cabine e o apoio de braço integra o interface SmartTouch. Quanto à coluna de direção, está bastante melhorada face à geração anterior. As possibilidades de ajuste do volante são mais amplas, o próprio volante foi redimensionado, a manetes das luzes de estrada e piscas e a manete das escovas foram revistas, e o icónico inversor também mudou de formato, mas mantendo a tradicional posição de travão de parque.

VIRAGEM AUTOMÁTICA NAS CABECEIRAS

6,8 toneladas de lastragem Os modelos Q são relativamente leves em vazio mas têm uma possibilidade de lastragem significativa. Com 9,2 toneladas e uma distância entre eixos de 3050 mm (nos Valtra T é de 2995 mm), podem suportar uma carga máxima de 16 toneladas (13.500 nos Valtra T). Para além dos anéis nas rodas traseiras (até 3 anéis em cada roda) e dos pesos instalados na frente (até 2400 kg), existe ainda uma zona ventral reservada para a aplicação de um peso com cerca de 300 kg. Estas diferentes combinações de lastragem permitem encontrar o melhor equilíbrio para pôr a potência no chão.

Agricultura de precisão O Valtra Q305 dispõe de toda a tecnologia proposta pela marca no seu portfólio, com destaque para: autoguiamento ValtraGuide, telemetria ValtraConnect, gestão de tarefas TaskDoc e gestão de cabeceiras Auto U-Pilot. Mais recentemente, a Valtra adicionou ao seu leque de ferramentas para agricultura de precisão a funcionalidade SmartTurn, que permite fazer a viragem nas cabeceiras de forma totalmente automática, sem que o operador tenha de tocar no volante.

68

abolsamia

SMART TOUCH

O painel de instrumentos posicionado no pilar A da cabine e o interface SmartTouch garantem a monitorização e o ajuste de funções.

NOVO

A nova manete de inversor regressa à posição central, permitindo ter sempre disponível a função de inversor no joystick multifunções.

Opcionais Tradicional na Valtra, o posto de condução reversível TwinTrac é um opcional disponível também na série Q, assim como o eixo dianteiro com suspensão pneumática Aires. Mas a lista de opcionais é muito mais extensa. Uma das unidades que testámos estava equipada com um kit para ajuste automático da pressão dos pneus da PTG e, através do Unlimited

outubro / novembro 2022

A configuração da nova funcionalidade SmartTurn faz-se registando os limites da parcela e da linha de cabeceira. Depois, o raio de viragem que é necessário percorrer é definido em função do tipo e dimensão da alfaia que vai ser utilizada. A última etapa passa por escolher o formato da manobra: U-turn, em que a viragem se faz em U e a reentrada é feita na linha seguinte, ou deixando uma linha no intervalo; ou Partfield, em que a reentrada na parcela é feita na terceira ou na quarta linha após a linha que acabou de ser trabalhada. Este modo requer menor espaço para realizar a manobra e é usado para deixar pronta uma secção da parcela – por exemplo quando se faz sementeira com tempo instável e não é certo que se possa finalizar toda a parcela – e passar depois para a secção seguinte. O software prevê uma atualização futura para vir a comportar ainda mais dois formatos de manobra: K-Turn e Y-Turn.

www.abolsamia.pt


TRACTOR OF THE YEAR 2023 Studio, a Valtra oferece aos clientes a possibilidade de configurar os Q com um sistema automático de lubrificação central que, através de uma instalação de tubagens, leva massa a todos os pontos de lubrificação.

O seu concessionário John Deere para os distritos de Lisboa, Coimbra, Leiria, Santarém (parcial) e Setúbal

TECNOLOGIA DE AGRICULTURA DE PRECISÃO E MONITORIZAÇÃO

Disponibilidade A chegada das três primeiras unidades Valtra Q ao mercado português está prevista ainda até ao final deste ano. As seguintes irão chegar no primeiro trimestre de 2023 em função das encomendas.

MAPAS DE RENDIMENTO E APOIO À PRESCRIÇÃO

CENTRO DE OPERAÇÕES EM MYJOHNDEERE

GUIAMENTO E AUTOMATIZAÇÃO DE MÁQUINAS

GESTÃO TELEMÁTICA DE EXPLORAÇÕES AGRÍCOLAS

MOTOR Fabricante / modelo

AGCO Power / 74 LFTN-D5

Nº de cilindros /cilindrada

6 / 7.400 cm³

AGRICULTURA ESPECIFICA DE LOCALIZAÇÃO

JOHN DEERE CONNECTED SUPPORT C/ JDLINK

Potência nominal /máxima 305 cv Binário máximo

1280 Nm

Nível de emissões

Fase V

TRANSMISSÃO Configuração

Variação contínua

Velocidade máxima / Eco

53 km/h

ACESSO REMOTO AO MONITOR

RECETORES E MONITORES

CONSULTE A NOSSA EQUIPA DE ESPECIALISTAS

HIDRÁULICO Capacidade de elevação

Traseira: 10.000 kg Ft: 4.800 kg

Fluxo da bomba (opcional)

200 L/min

E TIRE PARTIDO DA TECNOLOGIA JOHN DEERE FINANCIAMENTO jinaciolda.pt • jinaciolda.concessao-jd.com

DIMENSÕES Distância entre eixos

3.050 mm

Carga máx. admissível

16.000 kg

www.abolsamia.pt

LISBOA: Vermelha (Cadaval) – SEDE T. 262 699 000 jinaciolda@jinaciolda.pt SANTARÉM: Golegã T. 249 976 495 golega@jinaciolda.pt

COIMBRA: Montemor-o-Velho T. 239 244 420 montemorovelho@jinaciolda.pt

SETÚBAL: Alcácer do Sal T. 265 619 260 alcacerdosal@jinaciolda.pt

LEIRIA: Vieirinhos, Pombal T. 233 959 920 pombal@jinaciolda.pt

Centro de Usados: Palhoça, Cadaval - T. 262 741 204 usados@jinaciolda.pt | usados.jinaciolda.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

69


NEW HOLLAND

VISIONVIEW AUTOGUIAMENTO A válvula hidráulica da Raven Industries pode ser configurada de série e atua sobre a direção. Assegura o autoguiamento num intervalo de velocidade entre 2 e 42 km/h.

A mais recente geração T4F da New Holland foi redesenhada de alto a baixo e tem um novo modelo de topo. O T4.120F disponibiliza 118 cv de potência, estreia uma cabine totalmente repensada, e passa a estar disponível com ferramentas de precisão provenientes da Raven Industries. POR

70

JOÃO SOBRAL abolsamia

outubro / novembro 2022

T4 .120F

E

ste modelo é candidato ao prémio Trator do Ano, na categoria Melhor Especializado 2023. Juntamente com a equipa do TOTY, tivemos oportunidade de o testar em Itália, numa propriedade produtora de vinhos situada em Casalecchio di Reno, nas imediações de Bolonha.

Série T4 F/N/V Os especializados T4 desdobramse nas variantes F, N e V. Com a adição de um novo modelo de topo a esta nova geração, o T4.120, a série passa a ser composta por 5 modelos e cobre um intervalo de potência que vai dos 80 aos 118 cv. Anteriormente, o patamar de potência ia até aos 107 cv, fornecidos pelo T4.110.

Motor FPT de 3,6 litros A New Holland desenvolveu um pack de sistema de tratamento de gases de escape que é muito compacto comparativamente com o que é aplicado ao mesmo motor quando instalado em modelos convencionais. Isto permite obter uma das vantagens competitivas deste trator: um capot baixo e estreito para proporcionar boa visibilidade nas mais variadas circunstâncias de trabalho. Na geração T4F anterior, o bloco utilizado em todos os modelos era o de 3,4 litros. Nesta geração, esse bloco fica reservado ao modelo de entrada (T4.80F) e todos os restantes são propulsionados pelo motor de 3,6 litros.

www.abolsamia.pt


TRACTOR OF THE YEAR 2023

A designação dos modelos vencedores espelha a visão de um júri internacional no qual a revista abolsamia tem assento em representação de Portugal.

UM ESPECIALIZADO COM ADN MODIFICADO Hidráulico

Transmissão de 40 km/h

O sistema hidráulico traseiro dispõe de 2 cilindros hidráulicos e passa a funcionar numa lógica em que é dada prioridade ao elevador e só depois aos distribuidores.

Com um escalonamento de 4 relações, 4 gamas, e dois níveis de powershift, esta caixa 32/16 alcança os 40 km/h, independentemente do tamanho dos pneus. A marca disponibiliza esta série com pneus que podem ir das 24” até às 30”.

A bomba fornece um caudal de 80 L/ min e funciona a uma pressão menor (-20 bar) do que anteriormente, o que segundo a marca contribui para um menor aquecimento do óleo e para uma redução do consumo. Destacamos ainda a nova arrumação dos serviços externos na traseira, onde encontramos uma opção de retorno livre e 4 distribuidores (8 vias).

O T4.120F dispõe ainda de um novo grupo de 4 distribuidores ventrais e uma válvula de retorno livre, para assegurar o funcionamento de alfaias ventrais e dianteiras.

COMANDOS EXTERNOS

Os serviços externos do sistema hidráulico assumem uma nova arrumação e passa a haver comandos externos nos guarda-lamas.

Na nossa opinião, o maior senão desta caixa está na manete para alternar entre gamas. Instalada por baixo do assento do condutor, junto à plataforma, obriga a alguma ‘ginástica’ para se trocar de gama, o que é pouco prático. É um detalhe que destoa das melhorias gerais aplicadas a esta série.

TRANSFORME A NOITE EM DIA! DESCUBRA A NOVA GAMA DE ILUMINAÇÃO LED DA GRANIT PARTS

www.abolsamia.pt

GRANIT PARTS SL SCOM, Rua Joaquim Maria Simöes n. 1, 2560-281 Torres Vedras Tel.: 969 306 576, sales.pt@granit-parts.com, www.granit-parts.pt outubro / novembro 2022 abolsamia

71


TRACTOR OF THE YEAR 2023 Eixo dianteiro São quatro as diferentes configurações de eixo dianteiro: Standard (sem suspensão); Baixo Perfil (sem suspensão); TerraGlide (com suspensão); e SuperSteer (para além da viragem das rodas a 55°, imprime um direcionamento do próprio eixo, elevando o ângulo de viragem até 76°). A estética dos T4F é diferenciada em função do eixo instalado. Com eixo SuperSteer, o capot é mais curto de forma a deixar espaço livre para a oscilação lateral do eixo. Com os restantes eixos, o capot é mais longo e o espaço é preenchido com uma zona de extensão do depósito de combustível.

Cabine VisionView A cabine VisionView é totalmente nova. A nível estrutural assenta em 4 pilares, em vez dos 6 pilares da geração anterior, e o ambiente de trabalho surge redesenhado. Entre os aspetos a destacar estão: a maior visibilidade em altura; a plataforma plana, a maior insonorização (71 dB em vez de 78 dB na anterior cabine), e um ambiente de trabalho onde sobressai um painel de instrumentos digital. Em termos de habitabilidade, está mais ampla, o que é uma boa notícia para os operadores de maior estatura. A nível de filtragem, mantém-se o duplo sistema (categoria 2 e categoria 4) previamente disponibilizado.

Agricultura de precisão

CABINA

O posto de condução está mais espaçoso e o interface de comandos é completamente novo.

No que respeita ao autoguiamento, a New Holland disponibiliza ainda a solução EZ Pilot Pro, que pode ser instalada a posteriori. Os T4F podem também dispor de telemetria através da plataforma My PLM Connect da New Holland. Em termos de comunicação com as alfaias, esta é feita através do protocolo ISOBUS classe II, o que na prática significa que são dispensados joysticks ou monitores adicionais. Os interfaces do trator são compatíveis com as alfaias que estejam certificadas para o mesmo protocolo.

Esta série beneficia de um impulso de integração de tecnologia que resulta da aquisição da Raven Industries pela CNH Industrial. Os clientes da New Holland vão poder encomendar os T4F configurados com um kit da Raven que concilia diferentes elementos, como: recetor GPS com função de compensação para terrenos inclinados; válvula hidráulica integrada de fábrica, dedicada ao controlo do autoguiamento (é mantido o volante original do trator); e monitor IntelliView IV de 12” para gestão de tarefas, mapeamento, e aplicação de doses variáveis.

72

abolsamia

outubro / novembro 2022

MOTOR Fabricante / modelo

FPT / F5

Nº de cilindros /cilindrada

4 / 3.595 cm³

Potência nominal /máxima

120 cv

Binário máximo

518 Nm

Nível de emissões

Fase V

TRANSMISSÃO Configuração

Semi-powershift

Velocidade máxima / Eco

40 km/h

HIDRÁULICO Capacidade de elevação

Traseira: 2.519 kg Ft: 1.500 kg

Fluxo da bomba (opcional)

80 L/min

DIMENSÕES Distância entre eixos

2.435 mm

Carga máx. admissível

4.800 kg

Disponibilidade As primeiras unidades do novo T4F já chegaram ao mercado nacional, estando a marca a receber encomendas para programar as próximas entregas.

INSTRUMENTOS

O painel de instrumentos digital é semelhante ao aplicado nas séries T7 e T8. No topo do pilar A da cabine existe ainda um outro painel onde estão agrupadas as principais luzes de aviso.

www.abolsamia.pt


teste em campo

AJAP

Associação dos Jovens Agricultores de Portugal www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

73


notícias

Kverneland Kultistrip: mobilização em faixas para culturas em linha A Kultistrip é uma máquina de lavoura, capaz de trabalhar sobre restolho, ideal para culturas em linha como a da beterraba sacarina. Em solos mais leves, a Kverneland Kultistrip necessita apenas de uma única passagem. Segundo o testemunho de alguns utilizadores, esta solução reduz os custos de cultivo para 46 a 58€/ha, além de uma significativa poupança de tempo, uma vez que uma Kultistrip com 6 metros de largura de trabalho pode preparar até 40 ha/dia, dependendo do terreno.

Os solos mais pesados requerem uma passagem no Outono para criar “faixas de inverno”, com o solo trabalhado até uma profundidade total de 20-25 cm, antes de serem arejados na Primavera. Uma vez arejados os solos, entra em ação o semeador de precisão. Os utilizadores elogiam a simplicidade do sistema de mobilização em faixas que utiliza estrelas de limpeza à frente do braço de trabalho e rodas traseiras de consolidação, além da conservação da humidade no solo.

Novos carregadores para as séries M da Kubota A Kubota já tem disponível uma nova gama de carregadores MX, com decoração em laranja, para os tratores das séries M, incluindo os M4, M5, M6 e M7, de 66 a 170cv. Designados LK, e fabricados pela francesa MX para a marca japonesa, existem três gamas: o LK U (utilitário-mecânico), LK M (mecânico) e o LK H (hidráulico). As versões LK U e LK M oferecem um elevador mecânico paralelo e um cabeçote que utiliza um sistema de bloqueio automático mecânico da ligação, enquanto

os carregadores LK H beneficiam de um sistema de elevador paralelo hidráulico. Os números dos carregadores refletem as suas capacidades de elevação, que se estendem dos 1,180kg aos 2,410kg, dependendo do modelo, enquanto a altura máxima de elevação no ponto pivot é de 3,50m a 4,15m. Estão disponíveis três sistemas de controlo: o joystick ProPilot operado por cabo; um joystick FlexPilot de baixa pressão com base num servo ou o sistema de controlo eletrónico e-Pilot S.

COMÉRCIO E INDÚSTRIA DE MÁQUINAS E AUTOMÓVEIS, S.A.

SEDE SÃO JOÃO DA PESQUEIRA T. 254 489 150

CONCESSIONÁRIO ENTRE CEPAS MULTICLEAN

FILIAL VILA REAL T. 259 342 147

PULVERIZADOR RECICLADOR MÁQUINA DE TIRAR VIDES VSE 430

GERAL@JOPAUTO.PT WWW.JOPAUTO.PT

74

abolsamia

PRÉ-PODADORA ROTATIVA MP122

ENTRE CEPAS RADIUS SL PLUS

outubro / novembro 2022PRÉ-PODADORAS • AMPARADORAS • DESPONTADORAS • MÁQUINA DE TIRAR VIDES • ENTRE CEPAS www.abolsamia.pt • ESLADROADORAS


produto

Yamaha reforça a gama de ATV

V

TEMPO 6-12

para 2023

Entre as principais novidades destacamos a direção assistida elétrica e o bloqueio do diferencial nos Kodiak 450 e 700 (a partir dos 8750€), bem como alterações no Grizzly e uma nova versão de assento lado-a-lado no Wolverine.

Máxima velocidade Máxima precisão Semeador montado de alta velocidade, 10 a 17km/h para várias culturas, com unidades de 6 a 12 linhas.

Igualmente novas são a paleta de cores que estarão disponíveis nas edições especiais do Kodiak, bem como a oferta da garantia de 10 anos na correia de transmissão e inclusão no equipamento de série de dispositivos de rastreio Datatool. Na gama Grizzly destacamos o novo 700 ATV com um motor MKII de 686cc e jantes de 14”. A marca assegura que esta característica juntamente com o sistema de transmissão 2wd/4wd selecionável com bloqueio de diferencial, com a caixa automática CVT Ultramatic e a suspensão ajustável, tornam o Grizzly mais fácil de conduzir e confortável em terrenos difíceis. A gama Wolverine será enriquecida com uma variante de assento lado-a-lado do RMAX 1000, disponível tanto nas especificações SE como LE (edição limitada). Ambos

www.abolsamia.pt

os níveis de equipamento vêm com um novo guincho, para-choques dianteiro, iluminação interior, tomada USB montada no tablier, e mantêm os modos de condução Sport, Trail e Crawl. Na versão mais equipada (LE), um comando no tablier permite variar a resposta da suspensão (conforto, médio ou firme). Outra tecnologia inovadora no LE é a chave de gestão de velocidade, que restringe a velocidade máxima a 25km/h sem afetar a potência. A Yamaha diz que esta irá proteger tanto os utilizadores como as máquinas em condições em que não são necessárias velocidades mais elevadas. Esta função pode ser desligada pelo proprietário para devolver o ATV à especificação da fábrica.

6-12

450-800mm

>100cv 70l

Uma máquina, várias culturas Grande mobilidade

Semeador de alta velocidade, para paramontado transporte cereal e milho, com unidades de 6 a 12 linhas. Montagem opcional frontal de tremonha com fertilizante, até 2.200 litros

Controlo total na ponta dos dedos, através do Väderstad E-Control

266 759 300 marketing@manuelfialho.pt PITE (Parque Industrial e Tecnológico de Évora)

Rua Dionísio Aires Moleiro, nº 9 a 15 Évora outubro / novembro7005-513 2022 abolsamia

75


notícias

John Deere remodela Séries 8000 e 9000 das picadoras de forragem

A John Deere está a rever o seu catálogo de picadoras de forragem das séries 8000 e 9000 para 2023. O principal foco está nos modelos mais pequenos da série 8000, mas a série 9000 também recebe atualizações.

As novas picadoras de forragem da série 8000

processador de grãos Dura Line™ possui um novo revestimento, o Busa®CLAD. Este revestimento foi concebido especificamente para componentes de máquinas altamente sobrecarregados e está disponível para todos os modelos das séries 8000 e 9000. Além de uma vida útil mais longa, permite alcançar custos de desgaste por tonelada mais reduzidos.

A

lém da remodelação, os modelos 8100, 8200 e 8300 recebem potência adicional e o 8100, com um motor de nove litros, proporciona agora uma potência máxima de 431cv e substitui a atual 8200. Em 2023, a picadora de forragem 8200 recebe um motor maior de 13,5 litros, aumentando a potência em 34cv, até atingir 465cv. O aumento de potência dos modelos 8000 mais pequenos fica completo com a nova 8300, que alcança agora uma potência máxima de 505cv em vez dos anteriores 490cv. Para aumentar ainda mais o rendimento e reduzir custos operacionais, o

76

abolsamia

Novidades da série 9000 Tal como as picadoras de forragem 9500 e 9600 tinham anteriormente, agora o modelo 9700 também tem um motor JD18X que não requer DEF (fluído de escape diesel). Também introduz o HarvestMotion™ Plus, que proporciona um aumento de binário excecional e ainda mais potência a baixas velocidades do motor.

outubro / novembro 2022

Consequentemente, a picadora de forragem 9700 tem uma potência de até 825 cv. Todas as picadoras de forragem automotrizes da série 9000 estão agora equipadas com uma rampa de descarga com um novo design, que é 20 cm mais longa do que a versão anterior. Pelos contornos e design otimizados, permite obter uma melhor visão geral durante a picagem.

AutoSetup – Planeamento do trabalho rápido e fácil A John Deere oferece uma gama de soluções para aumentar o conforto do operador em campanhas de picagem de duração reduzida e uma delas é o AutoSetup. Se a máquina estiver equipada com um modem JDLink™, os dados podem ser trocados sem fios e sem qualquer custo com o John Deere Operations JDLink™. Esta tecnologia permite definir, planear e monitorizar fluxos de trabalho num único portal online. Ao utilizar o John Deere AutoSetup, é possível enviar estas informações diretamente para picadoras de forragem no campo. Os períodos dos trabalhos pré-planeados aparecem automaticamente no monitor de 4.ª geração quando a máquina passa o limite do campo indicado. Isto proporciona ao condutor um acesso direto às passadas, configurações de trabalho e limites do campo corretos.

www.abolsamia.pt


produto

Gama de manipuladores telescópicos elétricos da Manitou anunciada na Bauma Durante o evento “Partner Dealer Event”, organizado pela Manitou e que juntou os 100 principais concessionários da marca a nível mundial, o gigante francês deu a conhecer as estratégias empresariais para os próximos anos, com o devido destaque

www.abolsamia.pt

para uma gama completa de soluções 100% elétricas, entre as quais a dos manipuladores telescópicos que será oficialmente lançada na Bauma 2022, feira que decorre entre 24 e 30 de outubro próximos em Munique, na Alemanha.

No referido evento dedicado aos parceiros comerciais da Manitou, não faltaram oportunidades de encontro e discussão entre concessionários e as várias divisões do Grupo

Manitou, uma oportunidade única para trocar ideias e opiniões, mas também para encontrar respostas para os desafios de mercado do presente e do futuro.

outubro / novembro 2022

abolsamia

77


notícias

Kuhn EasyMaps,

uma app inovadora e útil A inovadora direção electro-hidráulico SteerX da Fliegl difere dos restantes no facto de utilizar um sensor no reboque, eliminando a necessidade de ter uma ligação mecânica entre este e o trator como os sistemas tradicionais. Este SteerX está disponível para a maioria dos modelos tandem (dois eixos) e tridem (três eixos) e tudo o que é necessário é um sistema hidráulico sensível à carga e uma ligação ISObus no tractor (cabos ISObus e um visor estão disponíveis para tratores não-ISObus). Utilizando informações sobre a inclinação e

KSteerX

inovação na direção dos reboques

velocidade do trator, o sensor transmite o ângulo de direção ideal ao cilindro de direção. As vantagens incluem o amplo ângulo de direção da barra de tração, uma ligação mais rápida e a manutenção reduzida. Este sistema inteligente minimiza significativamente as forças laterais nas curvas para reduzir o desgaste dos pneus e proporciona uma maior estabilidade de condução.

A nova aplicação Kuhn EasyMaps, disponível gratuitamente no Google Play e na Apple Store, aumenta a precisão na fertilização, na pulverização ou na sementeira em linha. A Kuhn EasyMaps é uma aplicação para smartphones e tablets, compatível com todos os tipos de mapas de aplicação SHAPE ou ISO-XML, que apresenta mapas de taxa de aplicação em tempo real e indica a taxa e a variação percentual da quantidade a ser aplicada de acordo com a posição no campo, sem a necessidade de um sistema GPS dedicado. O condutor só tem de alterar manualmente as definições na cabine de controlo.

A Kuhn EasyMaps também mostra o percurso percorrido no terreno, o que facilita muito o trabalho noturno. Esta aplicação permite aos agricultores ultrapassar as disparidades e gerir a heterogeneidade entre parcelas para aumentar a produtividade.

Kubota anuncia o lançamento de elétrico compacto A Kubota anunciou o lançamento da Série LXe-261, um trator elétrico compacto que fornece 26cv com uma bateria de iões de lítio, que proporciona carga rápida numa hora, seguido de um funcionamento contínuo de três a quatro horas.

78

abolsamia

Através de um comunicado, o fabricante indicou que este novo trator pode desempenhar tarefas de gestão de espaços verdes, como uma TDF independente, uma cómoda transmissão hidrostática e várias saídas hidráulicas. Revelando o objetivo de alcançar a neutralidade carbónica em 2050, a Kubota mantém o processo de transição dos motores para elétricos, híbridos e

outubro / novembro 2022

de pilha de combustível, de forma a descarbonizar as fontes de energia e reduzir as emissões de CO2. A Kubota revelou que este trator será apresentado em várias feiras na Europa, nomeadamente na EIMA (Itália), devendo este modelo encontrar-se disponível, ainda apenas para aluguer, na Europa a partir de abril de 2023.

A aposta no fabrico de tratores elétricos é um passo estratégico da multinacional japonesa na Europa, uma vez que se dirige a segmentos de clientes chave, que vêm investindo há vários anos numa gama de tratores compactos, veículos utilitários e cortarelvas para a manutenção de parques e outras tarefas de cuidado do solo.

www.abolsamia.pt


produto

Uma nova estética para os

New Holland

TK4

A próxima geração dos tratores de rastos da New Holland ainda não foi desvendada. Mas nós já vimos uma das primeiras unidades produzidas, mais concretamente o T4K.110M, na versão de cabine e com rastos SmartTrax. Com a componente estrutural a manter-se no essencial, as principais alterações nesta

www.abolsamia.pt

série surgem no campo estético. Os novos T4K assumem a mesma identidade dos especializados T4 F/N/V a nível de formato do capot e dos grupos óticos. E os painéis laterais passam a ostentar a identificação do modelo na cor cinza, em vez da combinação branco/amarelo anteriormente utilizada.

Quanto ao sistema de rastos, continua a haver a possibilidade de optar pelos rastos metálicos, para trabalhos mais severos em zonas de montanha, ou pelos rastos com bandas de borracha SmartTrax, que permitem maior absorção de vibrações e a circulação em estrada. Recorde-se que o sistema permite a substituição do tipo

de rastos sem que sejam necessárias alterações adicionais, podendo o agricultor alternar entre as telhas metálicas ou as bandas de borracha consoante a necessidade.

outubro / novembro 2022

abolsamia

79


Innov’ Space 2022 A Space, feira internacional de produção animal que teve lugar em Rennes, França, entre os dias 13 e 15 de setembro, realiza há 26 anos o seu concurso que premeia as melhores inovações no setor. Conheça os destaques escolhidos pela revista abolsamia da lista de 36 premiados da edição de 2022.

SPACE PRÉMIOS DE INOVAÇÃO 2022 Ro’Peek, um robot autónomo para supervisão de trabalhos agrícolas Copeeks Uma ferramenta robótica automatizada e autónoma para monitorização permanente de áreas cobertas de produção animal ou vegetal. O Ro’Peek é instalado num cabo situado acima de todo o espaço físico dedicado à produção, movendose ao longo do mencionado cabo. A câmera rotativa captura informações

Trioworld

em ambos os lados do cabo durante o dia e à noite (visão infravermelha). Através da análise automática da

imagem e dos dados do sensor, permite um profundo conhecimento espácio-temporal da área de produção. www.copeeks.fr

80

abolsamia

Trio2: Manga para silagem feita de plástico reciclado

outubro / novembro 2022

Uma manga de silagem feita de pelo menos 40% de plástico reciclado pósconsumo (PCR) com altas propriedades técnicas e sem aditivos não recicláveis. A sua função é manter a ausência de oxigénio no silo para preservar a forragem colhida e limitar as perdas.

SEPT. 202

RENNES - FRAN

www.triosilo.com

www.abolsamia.pt


produção animal

Placa de desgaste e íman: novos opcionais para baldes misturadores

Vortex: Soprador de palha com autogestão Emily O soprador de palha rebocado “Vortex” pode ser acoplado a qualquer máquina equipada com braços de elevação. O Vortex espalha até 24 metros de distância e distribui todo o tipo de forragem (milho, erva, etc) em fardos quadrados ou redondos. A inovação mais importante do Vortex é a gestão autónoma do rotor e da correia. A Emily desenvolveu e patenteou um sistema que mede e recolhe dados que permitem controlar a velocidade da correia, e o engate/ desengate da embraiagem do rotor automaticamente. O Vortex também está equipado com o sistema V-Cut (patente Emily) para o corte de redes e cordéis. www.emily.fr

Desvoys A francesa Desvoys apresenta duas melhorias nos seus baldes misturadores. A primeira visa fortalecer o fundo do balde através do aparafusamento de uma placa Hardox, um aço resistente à abrasão causada pelo atrito da forragem. Assim, deixa de ser necessário trocar o balde na totalidade ou contactar o serviço pós-venda. O utilizador encomenda as peças, retira e recoloca a nova chapa. A segunda inovação tem em vista a segurança do gado. Dois ou quatro ímans, de acordo com o modelo, são montados na extremidade do parafuso helicoidal para atrair elementos metálicos indesejados na alimentação. www.desvoys.fr

Multi Avic-Eletric: Máquina multifuncional ECS Máquina apeada, elétrica e multifuncional, com acoplamento rápido de implementos. Autopropulsada e fácil de conduzir, tem uma velocidade de trabalho ajustável por válvula de fluxo. Permite operações como o espalhamento de granulado (sistema de espalhamento por turbina), distribuição de ração starter (desenrolamento e distribuição numa única passagem), mobilização superficial, e varrimento.

T. 2022

ES - FRANCE

www.ecs49.com

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

81


Sommet de l’Élevage

OS PREMIADOS DE 2022

O Sommet de l’Elevage (Feira da Pecuária) é um evento anual de grande relevância para o setor agrícola e pecuário que decorre em Clermont Ferrand, França, entre os dias 4 e 7 de outubro. Durante os quatro dias, o Sommet de l’Elevage oferece um vasto programa de visitas a explorações agrícolas, eventos profissionais, demonstrações práticas e diversas conferências. Integrado no certame, o concurso ”Sommets d’Or” premeia os expositores que apresentem equipamento, produtos ou serviços inovadores em termos de fabrico, características de segurança ou ergonomia. Há ainda um prémio dedicado ao Bem Estar Animal.

MAQUINARIA YANIGAV

MPEV 600 CT Posto de percussão Hydrochoc O MPEV 600 CT é um dispositivo deslizante com martelo de impacto hidráulico que garante zero vibrações no braço do transportador. O porta-estacas evita que o utilizador tenha de sair do veículo para montar a mesma.

www.weidemann.de

Weidemann GMBH

Carregador Weidemann 1190e A carregadora compacta de rodas 1190e tem um acionamento totalmente elétrico, cabine e três diferentes capacidades das baterias de iões de lítio à escolha.

www.weidemann.de

82

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


produção animal New Holland www.newholland.com

New Holland T6.180 Methane Power O T6.180 Methane Power é um trator agrícola que funciona a bio metano. Este combustível promove a autossuficiência energética das explorações agrícolas.

EQUIPAMENTO Agrointelligent

Testador de Lisier O Slurry Tester é uma solução que analisa a composição do chorume em tempo real, mostra o seu valor num smartphone, o conteúdo de N em kgN/ m3 e modula a dose kgN/ ha espalhada.

www.agrointelligent.com

seguramente mais forte

PROCURA-SE www.abolsamia.pt

REVENDEDORES

outubro / novembro 2022 abolsamia geral@seac.pt 83 www.seac.pt 937113695


Sommet de l’Élevage Biopic

EQUIPAMENTO

Implante subcutâneo anipilado que permite a monitorização da reprodução do gado e o bem-estar da vaca

Provimi França

Scanea, ferramenta de diagnóstico de estrume

www.anipile.com

O Anipile é um implante biocompatível inserido sob a pele do animal e que permite detetar todos os eventos de reprodução e o bem-estar do mesmo. As informações são enviadas diretamente para o smartphone do criador.

A Scanea é uma ferramenta de análise NIR (Near Infra Red) portátil que avalia, de forma quase imediata, a digestibilidade do amido diretamente nas explorações agrícolas, através da análise de estrume. www.provimifrance.fr

www.srpconcept.fr

SRP Concept

Cofragem modular SRP Concept A cofragem modular é um novo material de construção em PVC reciclado a 85%, baseado num sistema inteligente de interligação. A cofragem SRP Concept substitui paredes de cofragem, paredes de blocos de cofragem, paredes pré-fabricadas, etc...

Synthese Elevage

Intra Eco Tape - Fita adesiva biodegradável coesiva para cascos de ruminantes Desenvolvido em tecido natural, o penso Intra Eco Tape é biodegradável, mas mantém as vantagens necessárias de ser dois em um: penso e compressa, que pode ser removido por si só.

84

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.syntheseelevage.com

www.abolsamia.pt


produção animal

SERVIÇOS

simple | intelligent | feeding

www.eloi.eu

Eloi

Agrupamentos agrícolas Eloi A Eloi aposta na criação de agrupamentos de explorações agrícolas. Um aglomerado é o agrupamento de 2 a 3 atividades agro-ecológicas complementares. Cada agricultor é independente dos seus vizinhos, mas pode beneficiar de sinergias e ajuda mútua.

Institut de l’Elevage

Ferramenta para avaliar a capacidade inata dos cães de gerir rebanhos de ruminantes.

UNIFEEDS AUTOMOTRIZES de 13 m³ a 32 m³

NOTÍCIAS

www.idele.fr

O objetivo do Canidéa é caracterizar os cães de serviço. Os mais interessantes são denominados de “elevado valor de uso” (VU). Objetivar a avaliação do “valor de uso” de um cão através de uma grelha de avaliação exaustiva é uma novidade.

BEM-ESTAR ANIMAL

CRIADA PARA VENCER No final do mês de agosto, no 38º Concurso Nacional da Raça Holstein Frísia que decorreu na AgroSemana, sagrou-se Jovem Grande Campeã Nacional a novilha M&S Jordy Adya, do produtor Miguel Matias, da Sociedade • Desde máquinas adequadas para uso em espaços confinados, Agrícola Matias & Silva. até Oàs indicadas explorações de mais de 1000 animais. sucesso desta novilhapara com 12 meses já era expectável, uma vez que conta • Gama completa caracterizada pela alta manobrabilidade, com uma genética de elite: filha de Jordy excelente funcionamento Red e Pereira Archrival M&M Arianna e mistura de alimentação rápida e (embrião importado dos Estados Unidos) está desenhado 4 fases, ajustandoexpressar todo o seu potencial genético homogénea, que economiza tempo e em combustível. e neta de MS Doorman Armani. se aos requisitos dos animais em cada e a tornarem-se altas produtoras. Ainda assim, o produtor quis assegurarfase de crescimento, e acompanhando A novilha tornou-se assim uma grande -se de que, ao crescer, este animal tiraria as vitelas e novilhas nos primeiros 24 vencedora e um exemplo dos excecionais o melhor proveito desta genética. Para meses de vida. Com este programa resultados que se pode alcançar aliando isso, contou com a ajuda do programa de é possível recriar vitelas de forma uma genética de excelência à melhor recria Kaliber (De Heus). Este programa económica e eficiente, ajudando-as a nutrição.

UNIFEEDS rebocáveis de 5 m³ a 45 m³

O sistema de alimentação de precisão, com tecnologia NIR, permite ao agricultor distribuir uma alimentação equilibrada aos animais, segundo o determinado pelo nutricionista, isto graças a uma análise contínua dos ingredientes utilizados e o ajuste ótimo e em tempo real do seu peso.

www.alicoop.coop

SABE COM PRECISÃO O QUE AS SUAS VACAS COMEM?

SICA SA Alicoop

» Analisador de tecnologia NIR » Indicação do valor dos nutrientes e da matéria seca » Refaz em tempo real e de forma automática o cálculo do peso que deverá carregar para manter os valores dos nutrientes

Fibra’Pig: Alimentação divertida para porcos O Fibra’Pig é um rolo de fibra comestível de 38 mm destinado a melhorar o bem-estar dos porcos, sendo capaz de evitar as mordeduras da cauda.

www.abolsamia.pt

253 808 420 Tv. Cruz de Pedra n.º 4/6 - 4750-543 Barcelos Email: maciel.lda.comercial@gmail.com outubro / novembro 2022

ruminantes outubro . novembro . dezembro 2019

abolsamia

85

89


P

ela acrescida eficiência e facilidade de utilização, o sistema de transplante automático PlantTape (fita de plantação) vem estabelecer um novo padrão na indústria. Este método, que já está em uso na Europa e nos Estados Unidos, foi criado em Espanha e colocado em comercialização pela empresa PPlantTape, sediada na Califórnia. Segundo esta, os produtores podem duplicar, ou até triplicar, a capacidade de transplante e, ao mesmo tempo, reduzir os custos de mão-de-obra em 80% quando comparado com os sistemas alternativos. A operação é muito simples. A partir do viveiro, os tabuleiros de transplantes PlantTape são enviados para o local de plantação. O transplantador pode acomodar 68 tabuleiros, com 840 plantas por bandeja o que se traduz em cerca de 57.000 unidades. À medida que este se desloca pela zona de plantação, o sistema puxa o material PlantTape e o módulo plantador corta a fita entre as plantas e coloca cada uma no solo de acordo com o espaçamento definido e a profundidade selecionada.

86

abolsamia

O sistema PlantTape vem revolucionar o processo de transplante

outubro / novembro 2022

O mecanismo do transplantador automático PlantTape é 100% mecânico, enquanto os módulos plantadores em si são acionados hidraulicamente. Este sistema permite um espaçamento preciso e consistente, mesmo em condições desafiantes. Os utilizadores

podem ser ensinados a operar o PlantTape em cerca de 15 minutos, sem necessidade de qualquer formação ou experiência prévia. Mais rápido só mesmo o processo de plantação, embora a velocidade recomendada para uma operação normal seja de 6 a 10 km/h.

www.abolsamia.pt


tech

Syngenta lança serviço de precisão para análise de solos

John Deere aposta nos motores Multifuel Nos tratores acima de 100 cv, a John Deere aposta em motores de combustão capazes de utilizar vários tipos de combustíveis. Para provar a validade deste conceito, a marca aplicou uma unidade MultiFuel a um modelo 6155 R, permitindo ao trator utilizar biocombustíveis (óleo vegetal puro, biodiesel, gasóleo renovável), gasóleo normal ou misturas de combustíveis. Para isso, o trator dispõe de sensores no motor e no sistema de pós-tratamento de gases de escape que fornecem informações a um sistema capaz de reconhecer diferentes misturas de

combustível. Assim, a unidade de controlo do motor (ECU) seleciona a configuração ideal para o funcionamento do mesmo. A utilização de biocombustíveis pode trazer outro benefício: o processo de produção gera, como subproduto, proteínas de alta qualidade que podem ser utilizados como ração animal e assim substituir as importações de soja. Além disso, esta solução permitiria reduzir as emissões de CO2 e responder à volatilidade dos preços e à disponibilidade no mercado de combustíveis.

E.N.118 - Km 45 - Apart. 45 2121-901 Salvaterra de Magos

A Syngenta assinou um acordo com a HL Hutchinsons (HLH) para fornecer aos agricultores o novo Interra Scan, um sistema avançado de cartografia e amostragem de solos que, inicialmente, estará disponível na Europa. O Interra Scan oferece um mapeamento do solo de alta resolução com até 27 camadas de informação, fornecendo aos agricultores indicações precisas sobre a saúde do solo, nomeadamente o teor de nutrientes e de carbono. O processo de recolha de dados no campo inclui duas etapas: Primeiro, o terreno é digitalizado com tecnologia de deteção de raios gama pelo SoilOptix para mapear

todas as propriedades nutricionais e físicas e são recolhidas amostras. O scan, os dados do solo e as amostras são depois combinados e processados para produzir até 27 camadas de propriedades do solo em alta-definição. Com o Interra Scan, estes sabem exatamente o que aplicar, onde e em que medida, tirando o máximo partido desta tecnologia de precisão.

PLANTADORAS AUTOMÁTICAS, AUTOMOTRIZES

COLHEDORAS DE TOMATE

Tel. 263 507 022 Tlm. 939 885 325 geral@pulvilava.pt www.pulvilava.pt www.abolsamia.pt

IMPORTADOR OFICIAL

CONCESSIONÁRIO OFICIAL outubro / novembro 2022

abolsamia

87


tech

notícias

Robotic Plus desenvolve apanhador de kiwis autónomo O robot autónomo de apanha de kiwi poderá estar no mercado muito em breve. A Robotics Plus surgiu com o intuito de colmatar necessidades e desafios na agricultura, como a escassez de mão-de-obra e a sustentabilidade económica dos intervenientes. O objetivo da empresa neozelandesa é desenvolver soluções criadas de raiz, desde a validação comercial até à viabilidade técnica, passando pelas fases de investigação e desenvolvimento e terminando com a produção e posterior comercialização das mesmas. No contexto atual, a colheita de kiwis com recurso a um robot autónomo ainda parece tirada do universo da ficção científica, mas a Robotics Plus já tem em comercialização um robot de manuseamento e embalamento de maçãs, pelo que a passagem à produção deste apanhador de kiwis poderá ocorrer em breve. Até porque, pelas

suas características (é uma planta trepadora e cresce em estruturas verticais) o que facilita a colheita por um robot. A Robotics Plus, combinando o seu know-how com o das universidades de Waikato e Auckland, na Nova Zelândia, já tem um protótipo funcional e avançou para a fase de “prova de conceito”. Este robot de colheita utiliza um conjunto de câmaras e sensores, que tira partido de uma série de algoritmos de aprendizagem, para mapear a copa em três dimensões. Detetado o kiwi e feitos os cálculos devidos e rigorosos, os braços robóticos da máquina movem-se então para colher a fruta. Os ensaios mostraram que, se for calibrada corretamente, pode ser mais suave do que os apanhadores humanos. Segundo a empresa, o manuseamento robótico da fruta pode resultar numa qualidade consistentemente mais elevada, o que permitiria obter preços mais altos no mercado.

Trimble investe na empresa de tecnologia agrícola Sabanto A Trimble Ventures, pertencente ao universo da Trimble, anunciou que vai investir na Sabanto, empresa de tecnologia agrícola sediada nos EUA

88

abolsamia

Cellestial desvenda modelos elétricos para horticultura

outubro / novembro 2022

Tratores elétricos para horticultura e estufas é o que propõe a start-up indiana Cellestial. A apresentação ao público consumouse num salão dedicado a veículos elétricos que teve lugar em Bengaluru.

que se concentra em fluxos de trabalho autónomos ao longo de todo o ciclo e que está a ser oferecido como Farming as a Service (FaaS). Com o investimento agora realizado, a Sabanto pode acelerar o desafio de tornar a autonomia uma solução acessível, fiável e escalável para todos. A Sabanto surgiu para dar resposta aos desafios dos agricultores,

A marca está a desenvolver três modelos, com potências de 27, 35 e 55 cv, que podem atingir uma velocidade de 20 km/h, e pretende comercializá-los a muito curto prazo. Para já, não é ainda claro se o mercado europeu está nos planos da empresa. Uma inovação nestes tratores é que a bateria pode ser trocada, o que permite ao agricultor ter uma bateria extra a carregar, pronta para ser instalada a qualquer momento que necessite.

incluindo a escassez de mão-de-obra. A empresa tecnológica, fornece FaaS através de “enxames” de vários tratores de menor dimensão equipados com a sua tecnologia autónoma para realizar operações no terreno. A Sabanto já provou a sua capacidade de automatizar uma variedade de operações de campo (lavrar, plantar, semear, cortar e colher) em culturas em fileiras e ao longo de áreas significativas.

www.abolsamia.pt


tech

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

89


pneus

notícias

BKT propõe pneus de maior resistência para restolho forte As culturas que deixam um restolho robusto e rígido exigem pneus de elevada resistência. Para estas condições, a BKT dispõe de pneus com lonas de aramida para ceifeiras-debulhadoras e equipamentos rebocados.

Agrimax Teris

A parede lateral dos pneus e o espaçamento entre as linguetas do piso são as zonas mais expostas à fricção na passagem das máquinas sobre restolho.

O pneu radial Agrimax Teris, com um composto diferente do concebido para tratores, mais forte e resistente, está destinado a ceifeiras-debulhadoras.

A pensar nestas condições, a BKT aplicou mudanças estruturais no corpo dos pneus e fez uso de compostos específicos de elevada resistência.

A BKT destaca a proteção especial da parede lateral e o ombro reforçado, que aumentam a resistência e, em consequência, o ciclo de vida deste produto. Esta linha apresenta uma capacidade de carga elevada e está disponível em diversos tamanhos, alguns equipados com tecnologia IF (flexão melhorada).

Uma solução passa por utilizar lonas de cima em aramida, uma fibra cinco vezes mais resistente do que o aço e caracterizada por uma resistência elevada à tração.

Estas lonas estão presentes nas linhas de pneus para restolho, permitem maior uniformidade no solo e garantem melhor resistência a furos e cortes.

MPT100: o novo pneu Trelleborg para trabalhos de espalhamento A Trelleborg apresentou o novo MPT100, um pneu adequado para trabalhos de distribuição de fertilizantes e veículos multiusos. “A Trelleborg virou atenções para a nova geração de máquinas ao projetar o novo MPT100, pneu adequado tanto para operações em campo como em estrada. Este pneu garante excelente estabilidade e alta resistência ao desgaste e ainda minimiza a compactação do solo. É um produto que vai mais além na autolimpeza, facilita a rápida expulsão de

90

abolsamia

lama, o que evita entupimentos, mesmo em condições severas. O agricultor pode, assim, contar com um pneu que trabalha sempre ao mais alto nível de eficiência”, explicou Alessio Bucci, gestor de Marketing de Produto da Trelleborg. Disponível em três tamanhos – 405/70 R20, 425/75 R20 e 445/65 R22.5 – é um pneu “equipado com carcaça de aço e projetado para aplicações de transporte e uso municipal, oferecendo os maiores índices de carga do mercado”, segundo a Trelleborg.

outubro / novembro 2022

Flotation 558 e 648 O Flotation 558 é um pneu diagonal para a traseira das ceifeiras-debulhadoras e para enfardadeiras de rolo. Já o Flotation 648 é especialmente adequado para o transporte no campo e distribuição. Ambos são fornecidos com o composto Aramid Belted HD, para evitar furos, sendo especialmente adequados para restolho difícil. Dispõem de uma elevada capacidade de tração; o design do piso permite o transporte de cargas muito pesadas a baixa pressão, garantindo assim uma compactação reduzida do solo.

O perfil arredondado, uma característica típica dos produtos diagonais, é pensado sobretudo para o uso no campo.

Para equipamentos rebocados A BKT também oferece pneus radiais para equipamentos rebocados, que já incorporam a utilização de diferentes tecnologias para obter resistência ao restolho. Neste segmento, encontramos os seguintes pneus: AW 711, RIB 713, SR 713 e L-1.

Vredestein apresenta os pneus Endurion Trailer e Flotation Optimall Na cerimónia em que celebrou os 25 anos do lançamento do conceito Traxion+ - pneu revolucionário lançado em 1997 que fugia ao padrão da época – a Vredestein apresentou os novos Endurion Trailer e Flotation Optimall. O primeiro foi desenvolvido para o segmento de reboques pesados e é uma “solução premium que eleva a fasquia no que toca a resistência, conforto e vida útil: apresenta um design exclusivo de piso direcional de bloco curvo não paralelo, que oferece excelentes propriedades de autolimpeza e possui ainda uma carcaça reforçada com cinta de aço com um anel reforçado que garante resistência e estabilidade durante as aplicações de transporte pesado.” Já o Flotation Opti-

mall é “uma solução de pneu premium que eleva a fasquia em termos de conservação do solo, adequação para uso em pastagens e autolimpeza, além de contar com uma correia de aço Very High Flexion (VF) que se baseia na comprovada tecnologia F+ da Vredestein. Esta carcaça forte e flexível garante uma pegada grande e uniformemente distribuída com baixa pressão de inflação para maior conservação do solo.” O novo Endurion Trailer estará disponível em quatro tamanhos a partir de janeiro de 2023; já o Flotation Optimall chega ao mercado na primavera do próximo ano com sete tamanhos possíveis.

www.abolsamia.pt


TM1000 ProgressiveTraction® Enriquece os teus cultivos. De forma a aumentar a produtividade e o cuidado com o meio ambiente, Trelleborg actualisou o TM1000 com a técnologia ProgressiveTraction®, que ganhou vários prémios. Desenhados em conformidade com as normas VF, é um pneu innovador capaz de proporcionar uma capacidade de carga superior, reduzindo a compctação do solo, proporcionando uma excelente tracção e um consumo de combustivel menor. Protege os teus cultivos, como se fossem peças peças preciosas. www.trelleborg.com/wheels

HCM (HIGH CAPACITY MUNICIPAL) PNEU UNIVERSAL PARA TODO TIPO DE TERRENOS E APLICAÇÕES

Soluções de hoje para o mundo de amanhã: a Mitas trabalha duro todos os dias para oferecer aos agricultores uma ampla gama de pneus que os ajudam a acompanhar o ritmo do mundo dinâmico. Qualidade e fiabilidade são a força motriz da marca. Mitas: pneus resistentes fabricados na Europa desde 1932.

mitas-tyres.com www.abolsamia.pt


NA FLORESTA

Stihl lança motosserra para abate com sistema de bateria AP de maior performance, a corrente alcança uma rotação de 30 m/s, o que é adequado para abate de árvores ou para desramar com maior rapidez.

A Stihl acrescentou à sua gama a MSA 300, que é a motosserra mais potente a recorrer ao sistema de baterias AP. Em termos de performance, equivale aos modelos MS 241/261 a gasolina, no segmento de 42-50 cm³.

Alimentada pela nova bateria AP 500S, a Stihl recomenda que esta motosserra seja configurada com uma guia Light 04 de 16” – é também compatível com as guias de 14 e 18” – e com a corrente .325” RS Pro. São três os modos de funcionamento disponíveis, para

92

abolsamia

encontrar o melhor equilíbrio entre a performance necessária para a tarefa a realizar e a gestão da carga da bateria. O modo Eco limita a rotação da corrente a 24 m/s, o que é adequado para desramar ou cortar troncos de baixo diâmetro, e no extremo oposto, no modo

outubro / novembro 2022

Este modelo integra um visor LED digital que fornece ao operador algumas notificações, tais como: o modo de funcionamento que está selecionado, a posição do travão da corrente, e alertas sobre a temperatura para prevenir que ocorra um sobreaquecimento.

Este modelo integra um visor LED digital que fornece ao operador notificações, como por exemplo o modo de funcionamento que está selecionado.

Com a bateria instalada, o peso total da máquina é de 7,4 kg. Com várias vantagens a assinalar face aos modelos a gasolina, desde logo a nível de ruído, vibração, ausência de necessidade de transportar combustível, emissão de fumo, etc, o peso continua a ser maior senão dos modelos a bateria. Notese que a MS261 pesa 4,9 kg e a MS241 pesa 4,5 kg.

www.abolsamia.pt


Pneus Alliance Forestar III aprovados pelos fabricantes de esteiras florestais

A GAMA MAIS INOVADORA NO SETOR DAS MÁQUINAS FLORESTAIS, BIOMASSA E AGRÍCOLAS

A Yokohama Off-Highway Tires obteve a aprovação oficial de pneus Alliance 643 Forestar III e Alliance 644 Forestar III por parte dos principais fabricantes de esteiras florestais.

ESTILHAÇADORES COM MOTOR A GASOLINA OU A DIESEL TRITURADOR FLORESTAL

ESTILHAÇADORES PARA TRATOR

FRESA E TRITURADOR DE PEDRA

A Yokohama Off-Highway Tires obteve a aprovação oficial dos principais fabricantes de esteiras florestais - Olofsfors, Clarks e Pewag - para a instalação e uso dos respetivos produtos nos seus pneus Alliance 643 Forestar III e Alliance 644 Forestar III. “As esteiras melhoram as características de aderência e flutuação do nosso portfólio de pneus Forestar III, combinando assim as vantagens dos pneus e esteiras para um desempenho imbatível. De solos íngremes a húmidos e macios, esta combinação oferece maior aderência e protege o solo graças à baixa compactação”, podia ler-se no comunicado. “Tanto o Alliance 643 Forestar III como o Alliance 644 Forestar III têm uma

www.abolsamia.pt

carcaça de nylon com tiras de aço e talões hexagonais reforçados, recursos que evitam a patinagem na jante”, explicou, referindo depois que o Alliance 644 Forestar III “apresenta um ângulo duplo especial dos tacos para aderência e tração melhoradas.” Já no que toca ao Alliance 344 Forestar ELIT, este “muda as regras do jogo”: “Pelas paredes laterais robustas e flexíveis além de estrutura otimizada, este pneu inovador de baixa pressão (LP) tem a mesma capacidade de carga de um pneu padrão para floresta, mas só usa metade da pressão. A maior pegada eleva a capacidade de tração, reduz o consumo de combustível e aumenta a produtividade no trabalho florestal, sendo mais confortável para o operador.”

TRITURADOR LATERAL

TRITURADOR LATERAL HIDRÁULICO

ROÇADORA PROFISSIONAL DE CHAPA DUPLA

TRITURADOR DOBRÁVEL DE ALTO RENDIMENTO

TRITURADOR HIDRÁULICO

TRITURADOR AUTOALIMENTADO PARA OLIVAL

TRITURADOR FLORESTAL PARA CARREGADORAS

CRTA. VILABLAREIX, 18-20 (POL. IND. MAS ALIU) 17181 AIGUAVIVA (GIRONA) T. +34 972 40 15 22 • F. +34 972 40 01 63 cial@venturamaq.com

outubro / novembro 2022 abolsamia www.venturamaq.com

93


NA FLORESTA

Gepima MP19 com ajuste lateral e em altura da lança Um reboque florestal de 19 toneladas com uma lança inovadora é o que propõe a marca alemã Gepima. A lança comporta cilindros hidráulicos que permitem fazer desvios laterais e também em altura. Através do direcionamento em altura, o operador pode afundar a frente do reboque ou elevá-la, para transpor obstáculos e para posicionar o compartimento de carga de modo estável mesmo em terrenos inclinados.

Permite ainda que se encontre mais facilmente o melhor ângulo de visão sobre o compartimento, para facilitar a operação de carga e descarga. Este reboque está aprovado para circular a 40 km/h e integra um sistema de iluminação que comunica com o trator via ISOBUS. A iluminação está instalada em redor do reboque, garantido boa visibilidade sobre a área de trabalho.

A secção traseira extensível através de comando hidráulico, as tubagens hidráulicas com proteção, o eixo com movimento pivotante de +/- 20 graus e a caixa de ferramentas de grande formato com iluminação interior são igualmente características a destacar. No seu catálogo, a Gepima possui ainda um outro reboque, o Muli 20, com compartimento estanque, desenvolvido para o transporte de estilha. Este modelo equipa com o mesmo sistema de lança.

A MELHOR GAMA COM A MELHOR ASSISTÊNCIA TÉCNICA

EFICÁCIA

SEGURANÇA

94

ANOS

abolsamia

outubro / novembro 2022

CONFORTO DESEMPENHO

ECONOMIA DURABILIDADE

www.abolsamia.pt


Um harvester “todo o serviço” A solução para uma mais versátil utilização das harvester Ecolog, novas ou usadas, que permite o acoplamento de diferentes implementos além da cabeça de corte habitual. O WFW Multi F é uma solução de conversão dos harvesters EcoLog de forma a aumentar as suas funcionalidades. O Multi F permite uma conversão rápida e fácil da máquina de forma a que esta possa equipar com implementos como ancinhos para mato, trituradores, corta-sebes e tesouras de podar, além do habitual cabeçote de abate. Esta possibilidade de utilização mais flexível abre muitas oportunidades para usar um harvester EcoLog além do abate de madeira clássico. Com o Multi F, a máquina pode preparar caminhos, cortar

www.abolsamia.pt

perfis, ou arrancar troncos de grande envergadura a grandes alturas, por exemplo. A lança do harvester necessita apenas de uma ponta com um acoplador rápido, que permite o acoplamento do Multi F. O controlo do Multi F tem a cinemática vertical e horizontal de uma escavadora. Existe um módulo de controlo adicional na cabine onde a pressão e a quantidade de óleo são predeterminados. O WFW Multi F está disponível em três versões: Light, Standard e Professional. A empresa que fabrica esta solução é a Waldburg Forstmaschinen Wolfegg, que comercializa e presta serviços de manutenção a máquinas florestais na região DACH (Alemanha, Áustria e Suíça) e Benelux desde 1993.

outubro / novembro 2022

abolsamia

95


NOVA DELEGAÇÃO SANTIAGO DE COMPOSTELA Pol. Ind. El Tambre Vía Ptolomeo, 19

+ 4 vezes mais espaço de armazenamento do que no local antigo + referências + unidades de stock + pessoal de língua portuguesa para servir os clientes

96

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


Regiões Concessionários

Nos anúncios com consulte as máquinas para venda em www.abolsamia.pt/pt/compra-de-maquinas

Viana do Castelo - Braga

Usados: Case CX80 • Fendt (2) Farmer 309 LSA c/ cab., 260S DT • JD 2200 • Same (2) Delfino 35, Minitauros 60 2RM • Valtra A94 SH • Gad. Kubota c/ 8 discos corte

Usados: Agrifull Jolly 50 • Deutz DX3700 DT • JD 2200 c. front. • Lamborghini (2) R1 55, Crono 60 c/grua • Pasquali 441 4RM • Steyr 540 • Armador camalhões C.Magli • Charruas usadas várias • Colh. milho 1L Mengele • Enfard. NH 271 • Reboque fixo • Fresas usadas várias • Sem. (2) Agrovil 2 linhas, Pijuca mec. • Volta-fenos 2mts.

go

Usados: Carraro Agriup 80 DT • Unifeed Gilioli 5 m3 • Charrua Galucho 2F 14” • Desensilador Tico-Tico Agrovil

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

97


Braga - Vila Real - Bragança

Usados: New Holland (4) TN 65N, TL 90, TS 110 DT Cab., TK 65F rastos • Shibaura SP2540 • Enfardadeiras (3): NH 640 fardos redondos, Mascar Corsa 150, Supertino SR70.120

98

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


Bragança - Porto

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

99


Porto - Aveiro

Usados: Deutz 6806 • Iseki 2160 • Fresa Pegoraro 3mts. equip. c/rolo packer • Pulverizador Rocha 300L c/ barra 10mts e pré-misturador

100

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


Aveiro - Viseu - Guarda

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

101


Castelo Branco - Coimbra

Usados: Ferrari 1100 DT • Iseki (2) 207 c/ fresa e pala, SS 330 (corta-relvas) • JD 5400 DT • Kubota (2) 175, 7001 c/freza • NH (2) 2120 DT, T4.65V • Shibaura ST 445 • Vários motocultivadores usados em stock

Usados: Kioti, LK3054 4RM • NH, T4.65S • Same, Delfino 35 4RM • Hürlimann, H-305XE • Iseki, TL1900 • Iseki, TX 2160 F (c/ Alfaias) • Ford, 1700 • Ford, 4000, 6.500€

Usados: Fiat 420 • Charrua Esperanças 10 pol. • Charrua Galucho F16 • Enfarda. Pottinger F125 Pro • Pulverizador Tomix 600L • Rotorfresa 2,60mts. • Tesoura de poda Pellenc Lixion com carregador, colete e mala de transporte original

102

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


Leiria

Usados: Claas Ares 656 RZ • Ceifeira Claas Jaguar 850 • Enfardadeira MCHale F5600

Usados: Corta-relvas Honda, HF 2417 • Grua florestal Costa, G3000 • Motoenxada Gemar, MZ 100 - 1040 • Pulverizador Tomix, 200 L Tratores: Hürlimann, XT-909 • Leyland, 154 • Hinomoto, E-23

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

103


Leiria - Lisboa

Usados: Tratores: • Iseki TS1910 2.750€ • McCormick C70 LC 17.500€ • Valpadana 3675 p/ peças

Usados: Deutz-Fahr 420 S • Fiat 55-56 F • Lamborghini RF100, 880F Plus, 8490 Power Speed • Landini 90 • McCormick F90 Cab. • Krone Gad. reb. 3mts. • Pulv. Rocha 1000L c/torre • Plataf. de poda e colheita automotriz

104

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


Lisboa

Usados: John Deere 1640 c/carregador frontal • New Holland Boomer 30

Lugar da Espera, Apartado 30 - 2565-716 Runa

T. 261 311 107 / Fax 261 311 707 sparexportugal@mail.telepac.pt www.sparex.com

50.000

COM MAIS DE 50.000 PRODUTOS DE OFERTA GLOBAL

DENTES DE CARREGADOR

KITS COMPLETOS DE CORREIA DE DISTRIBUIÇÃO

+15.000

ACESSÓRIOS AGRÍCOLAS, DESDE ILUMINAÇÃO LED ATÉ TRANSMISSÕES

+5.000

PEÇAS DE DESGASTE

A nossa gama de pós-venda de peças para tractores abrange uma vasta gama de marcas e modelos, incluindo Massey Ferguson, Valmet/ Valtra, John Deere, Case IH, New Holland, Fiat e muitas mais.

MARCAS EM QUE PODE CONFIAR

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

105


Santarém

Usados: Tratores: Fendt 818 Vario • Claas Arion 540 CMatic • JD 6820 c/carr. frontal • NH TS100 c/carr. frontal • Same Explorer 80 • Charruas: Kverneland LD85 6F. • Kverneland PB100 • Galucho 2F 16’’ • Pulverizador Kverneland 1.800 LTS

Usados: Reb. Galucho 12.000Kg • G. Discos Galucho NA2C 20-22 • Pijuca 4 corpos esp. vinha • Rototerras: Maschio S Cobra 2,5m. • Charruas: Galucho 2F-10”, 3F-14”, 2F-13” • Espalh. C.Magli plást. microgranulador • Polv. Gaysa c/barra hidra. 3 mts, Aguirre 1000L c/bar. 3 linhas esp. tomate • Sach. 3 linhas hidra • Gerador Himoinsa 41KVA

Usados: Belarus T25 A2 • Case-IH MXU 125 4WD cab. • Lamborghini (2) 774- 70 N, 874-90 DT • NH TN75 • (2x) Same Dorado 86, Explorer 85 T

COMPRE JÁ O SEU MICROSITE E

VENDA AS SUAS MÁQUINAS ONLINE

250€

DESDE

A N UA L + I VA

T. 219 830 130 106

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


Santarém - Portalegre - Setúbal

Usados: Iseki TX 2160 F • Kubota 8540 • Lamborghini 574-70 Crono • Landini R 5500 • MF (2) 220, 240 • Mitsubishi MT 2100 D

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

107


Setúbal - Évora

Usados: Abre regos Ribatejo, AR-3G • Cist. Joper, 6000 Lts • Enfard. Krone, Big Pack 1270 • Gadanheiras: Vicon, 6 discos - Extra 428 • Discos: Krone, Easy Cut R 280 • Krone, Active Mow R200 • Pulverizador Tomix, P9 600 • Tratores: NH, T4. 75 S • Ford, 7610 • Claas, Ares 836 RZ • Fendt, Farmer 250 S • Volta-fenos: Vicon, RS/4V • Krone, Swadro 42

108

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


Évora - Beja

www.abolsamia.pt

outubro / novembro 2022

abolsamia

109


Beja

110

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


Beja - Faro - Açores - Europa

ASSINE A REVISTA Portugal Europa 30€

65€

1 ano (5 revistas + 1 Anuário) 45€

85€

55€

105€

2 anos (10 Revistas + 2 Anuários) 80€

150€

20€

40€

1 ano (5 revistas)

Só o Anuário

www.abolsamia.pt

MAIS INFO+

www.abolsamia.pt/pt/assinaturas

DADOS PESSOAIS Nome Data de nasc.

2 anos (10 Revistas)

É FÁCIL ASSINAR ONLINE

/

/

Nif.

Morada

Código Postal

Localidade

Telm. E-mail

outubro / novembro 2022

abolsamia

111


MOMENTOS NEW HOLLAND SEAC New Holland T5.115 Power Shuttle c/ blindagem florestal entregue à Adão Ferreira Gomes & Irmão, Lda (Arouca) Foto esq. p/ dir.: José Carlos Ferreira Gomes, Adão Ferreira Gomes, Ricardo Alexandre Ferreira Gomes com Manuel Moreira Gomes (cliente)

New Holland Boomer 50 Cabinado entregue ao cliente José Carneiro Sobrado (Codessoso - Montalegre)

AMÉRICO POUSA

New Holland T5.115 DC, equipado com Carregador Frontal TL 730.1, entregue ao cliente Sociedade de Gestão Agrícola Quinta de Crestelos Lda, em Felgar (Torre de Moncorvo) Foto esq. p/ dir.: Jorge Afonso e José Seixas (Encarregados da Quinta de Crestelos)

VARANDA & CORDEIRO

AMÉRICO POUSA New Holland T5.110 Automatic Command Cabinado entregue ao cliente Paulo Areias (LeboçãoRebordelo).

VARANDA & CORDEIRO New Holland T3.80 F entregue à cliente Maria de Lurdes Lopes, acompanhada do marido Agostinho, em Vilarinho dos Galegos (Mogadouro)

Foto esq. p/ dir.: Paulo Areias e Joaquim Caldeira (Comercial Américo Pousa)

Foto esq. p/ dir.: Agostinho e Maria de Lurdes Lopes (clientes)

112

abolsamia

outubro / novembro 2022

www.abolsamia.pt


New Holland T4S.75 CAB Power Shuttle c/ Super Redutor e jantes 48”, equipado para Horticultura, entregue à Valentim & Valentim, Lda (Póvoa de Varzim)

SEAC

Entrega de dois T4 110 LP na Herdade da Casa Grande (Ervidel). Foto esq. p/ dir.: José Manuel Rebocho Vilão (Comercial Cameirinha) e Carlos (Encarregado da Casa).

CAMEIRINHA

BRÁS&VASCONCELOS Retroescavadora New Holland B110 entregue ao cliente Carlos Gomes (Oleiros-Guimarães) Foto esq. p/ dir.: João Castro Oliveira (comercial) e Carlos Gomes (cliente)

AUTO AGRÍCOLA SOBRALENSE New Holland T4F entregue aos clientes Francisco Veiga e Nélson Simões (Torres Vedras). Foto esq. p/ dir.: Francisco Veiga e Nélson Simões.

AUTO AGRÍCOLA SOBRALENSE New Holland T5.100M Cabinado entregue à cliente Miquelina Almeida.

AUTO AGRÍCOLA SOBRALENSE New Holland T5.120DC Stage V entregue ao cliente Casa Prudêncio. Foto esq. p/ dir.: Paulo e Duarte (colaboradores da Casa Prudêncio)

Foto esq. p/ dir.: Hugo Gomes (Comercial AAS Viseu), Pedro Lopes (Encarregado Oficina AAS Viseu), Vitor Almeida (cliente) e Miquelina Almeida (cliente)

ETELGRA

New Holland Boomer 50 entregue ao cliente Paulo Contente (Palmela). Foto esq. p/ dir.: Paulo Contente (cliente) Sandra Contente (cliente) e Tiago Ramos (Comercial Etelgra)

ETELGRA www.abolsamia.pt

New Holland T5.105 DC entregue ao cliente Optimundo. Foto esq. p/ dir:: Mário Cananão (Etelgra), Jorge Pinto (cliente) e Alexandre Pinto (cliente)

abolsamia

113


AS10300.1POR_PT

ADAPTADO A SI Concebemos a série 5G para os resultados que procura: uma colheita perfeita que cria produtos de qualidade excecional. Pode contar que o seu trator 5G exceda as expetativas no que respeita a potência, versatilidade e conforto, sempre que for colocado à prova, onde quer que seja. Num 5G, está sempre preparado.

114

abolsamia

AS10300_1_A Bolsa Mia.indd 1

julho/setembro 2022

www.abolsamia.pt

09/09/2022 15:40


C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K


TOGETHER

outubro / novembro 2022

A LONG WAY

abolsamia.pt

A REVISTA DA MECANIZAÇÃO AGRÍCOLA

Ano XXIX . Nº 133 | Bimestral outubro / novembro 2022 | Diretora: Catarina Gusmão

TESTES EM

FENDT 728 VARIO GEN7

Preço: € 7,00 Cont. | ISSN 2183-7023

VALTRA Q 305

CAMPO

NEW HOLLAND T4.120F MASSEY FERGUSON 3FR.115

V-FLEXA Por mais difíceis que sejam as suas necessidades, V-FLEXA é o seu melhor aliado para reboques agrícolas, cisternas móveis e espalhadores. Este produto de última geração é caraterizado pela tecnologia VF que permite transportar cargas pesadas no campo e na estrada, com pressões de enchimento inferiores. V-FLEXA é um pneu realizado com cintos de aço e talão reforçado, que proporcionam durabilidade, ótimas propriedades de autolimpeza e baixa resistência ao rolamento, mesmo com velocidades elevadas.

FEIRAS E EVENTOS

DISTRIBUIDOR PARA A PENÍNSULA IBÉRICA

JOSÉ ANICETO & IRMÃO, LDA

Zona Industrial, Lote 38A 3060-197 Cantanhede Tel: 231 419 290 info@sjosepneus.com

www.sjosepneus.com

Nº133 - Ano XXIX

V-FLEXA é a resposta da BKT para o transporte no campo e na estrada com cargas muito pesadas que evita a compactação do solo.

GALUCHO

1º Dia de Campo

MERCADO EUROPEU

Matriculações 1º semestre de 2022

CLAAS

Lexion tem nova cabine