Page 1

Ano 9 ❘ 48 ❘ Maio e Junho de 2013

Copagrem une e fortalece os setores gráfico, papeleiro e de embalagens Criado com o apoio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e coordenado pelo presidente do SINDIGRAF-SP e da ABIGRAF Nacional, Fabio Arruda Mortara, o comitê será a oportunidade para o diálogo e alinhamento de prerrogativas comuns a esses setores. A sede da Fiesp, em São Paulo, é o novo ponto de encontro dos empresários das áreas gráfica, papeleira, de embalagens e correlatas. Unidos, os sindicatos de indústrias desses setores instalaram na Federação o Comitê da Cadeia Produtiva do Papel, Gráfica e Embalagem (Copagrem), que pretende somar esforços em prol da busca de soluções para problemas comuns a todos. Na abertura da primeira reunião do grupo, realizada em 9 de abril, o coordenador do Copagrem, Fabio Arruda Mortara, que preside a ABIGRAF Nacional e o SINDIGRAFSP, enfatizou a importância da iniciativa e do apoio da Fiesp. “Surgiu a oportunidade de reunir, nesta casa, mais de 30 entidades de setores correlatos para poder listar as questões mais importantes do setor e passar a tratá-las de maneira eficiente e coordenada, como já fazem outros comitês de cadeias produtivas estruturados pela Federação”, explicou. O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, reforçou a máxima de que “a união faz a força” e completou dizendo “a Fiesp está com vocês, que terão todo o apoio do nosso departamento jurídico e de nossos técnicos”.

Pontapé inicial Os assuntos da primeira reunião foram a concorrência com a mídia eletrônica, a Campanha de Valorização

Reunião inaugural do Copagrem com representantes do setor gráfico, papeleiro e de embalagens.

do Papel e da Comunicação Impressa e o desvio da finalidade do papel isento de impostos. Essas discussões tiveram continuidade na segunda reunião do comitê, realizada em 7 de maio. Sobre o papel imune, a proposta oferecida pelo diretor de relações internacionais da Fiesp, Roberto Gianetti da Fonseca, consiste em suspender a cobrança do tributo até o papel chegar nas gráficas, ter sua finalidade definida, e só depois deduzir o imposto - tudo sob fiscalização. Os integrantes do Copagrem decidiram analisar as possibilidades posteriormente para chegarem a um veredicto consensual. Também na ocasião, Fabio Arruda Mortara falou sobre a atuação do setor em prol da valorização do papel, destacando o projeto da entidade

norte-americana Two Sides, cujas ações neste sentido vêm trazendo resultados positivos mundo afora. Por fim, Mortara organizou e definiu os seguintes grupos de trabalho: Papel, Tributação, Sustentabilidade, Competitividade e Valorização do Papel. O Copagrem deu mais uma prova de como a união da indústria pode ser maior que os obstáculos encontrados no mercado.

Nesta edição Página 3 Produção de etiquetas renovada Página 5 Fabio Mortara é homenageado no Prêmio Embanews


Editorial

Seguindo em união A indústria gráfica deu uma prova de que acredita na força da união ao instalar o Comitê da Cadeia Produtiva do Papel, Gráfica e Embalagem (Copagrem). O grupo é a oportunidade para que esses setores e outros, correlatos, compartilhem e busquem soluções em conjunto para os problemas que todos enfrentamos. Posso afirmar, como coordenador do Copagrem, que estamos no caminho certo, em direção ao fortalecimento de toda a indústria. Nesta edição, a seção “Tendências & Mercados” apresenta uma perspectiva do segmento de etiquetas e rótulos autoadesivos, e as oportunidades de

negócios. Na mesma seção, também falamos sobre a importância da inovação nas embalagens. Saiba, ainda, como foi a segunda exibição do filme “Linotipo” - ação que integra a comemoração aos 90 anos do SINDIGRAF-SP.

Boa leitura. Fabio Arruda Mortara, presidente do Sindicato das Indústrias Gráficas no Estado de São Paulo (SINDIGRAF-SP)

Acesso diário às licitações do setor público Assim que se associam à ABIGRAF-SP, as indústrias gráficas começam a usufruir automaticamente de um benefício que pode alavancar suas vendas com um grande cliente potencial: o governo. Trata-se do Brasil Licitações, serviço que envia até três relatórios diários com um resumo de todas as compras públicas que estão em andamento e que interessam ao setor. Para receber as listas diariamente em seu e-mail, os empresários devem entrar em contato com o Departamento de Marketing da entidade, através do número (11) 3232-4500 ou pelo e-mail dmark@abigraf.org.br.

Valores especiais nos planos odontológicos Com mais de 250 itens na área de cobertura, benefícios exclusivos e condições especiais, a parceira da ABIGRAF-SP com a AllVan Corretora de Seguros oferece planos odontológicos para as empresas gráficas associadas. O benefício garante a ampla cobertura, com mais de 15 mil opções de atendimento em todo o Brasil. Para mais informações, basta ligar no número (11) 5525-0777 ou acessar o site www.allvan.com.br. impressões Abigraf

Produção de etiquetas renovada

Indústria é essencial para a sustentabilidade do PIB

Rótulos em RFID (Identificação por Radiofrequência) e insumos recicláveis são alternativas para reinventar a oferta de etiquetas Quando se questiona os caminhos para a produção mais eficiente, que equilibre a relação custo-benefício no segmento de etiquetas e rótulos autoadesivos, dois fatores-chaves são as respostas: as inovações em insumos e a otimização no uso dos equipamentos – e isso é necessário no momento em que a pulverização das empresas é uma realidade, o que acarreta o aumento na concorrência. De acordo com Francisco Sanches Neto, presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Etiquetas Adesivas (ABIEA), o ano de 2012 foi marcado pela diminuição dos investimentos, ainda que isso não tenha afetado negativamente a capacidade de crescimento do segmento.

Francisco Sanches Neto, presidente da Associação Brasileira das Indústrias de Etiquetas Adesivas (ABIEA)

impressões ABIGRAF

I

Com a palavra

Que continuemos este ano fazendo sempre mais e melhor pela nossa indústria gráfica!

Benefícios

2

Tendências & Mercados

Publicação bimestral da Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo (Abigraf-SP), com apoio institucional do Sindicato das Indústrias Gráficas no Estado de São Paulo (Sindigraf-SP).

Ano 9 ❘ 48 ❘ Maio e Junho de 2013

Copagrem une e fortalece os setores gráfico, papeleiro e de embalagens Criado com o apoio da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e coordenado pelo presidente do SINDIGRAF-SP e da ABIGRAF Nacional, Fabio Arruda Mortara, o comitê será a oportunidade para o diálogo e alinhamento de prerrogativas comuns a esses setores. A sede da Fiesp, em São Paulo, é o novo ponto de encontro dos empresários das áreas gráfica, papeleira, de embalagens e correlatas. Unidos, os sindicatos de indústrias desses setores instalaram na Federação o Comitê da Cadeia Produtiva do Papel, Gráfica e Embalagem (Copagrem), que pretende somar esforços em prol da busca de soluções para problemas comuns a todos. Na abertura da primeira reunião do grupo, realizada em 9 de abril, o coordenador do Copagrem, Fabio Arruda Mortara, que preside a ABIGRAF Nacional e o SINDIGRAFSP, enfatizou a importância da iniciativa e do apoio da Fiesp. “Surgiu a oportunidade de reunir, nesta casa, mais de 30 entidades de setores correlatos para poder listar as questões mais importantes do setor e passar a tratá-las de maneira eficiente e coordenada, como já fazem outros comitês de cadeias produtivas estruturados pela Federação”, explicou. O presidente da Fiesp, Paulo Skaf, reforçou a máxima de que “a união faz a força” e completou dizendo “a Fiesp está com vocês, que terão todo o apoio do nosso departamento jurídico e de nossos técnicos”.

Pontapé inicial Os assuntos da primeira reunião foram a concorrência com a mídia eletrônica, a Campanha de Valorização

Reunião inaugural do Copagrem com representantes do setor gráfico, papeleiro e de embalagens.

do Papel e da Comunicação Impressa e o desvio da finalidade do papel isento de impostos. Essas discussões tiveram continuidade na segunda reunião do comitê, realizada em 7 de maio. Sobre o papel imune, a proposta oferecida pelo diretor de relações internacionais da Fiesp, Roberto Gianetti da Fonseca, consiste em suspender a cobrança do tributo até o papel chegar nas gráficas, ter sua finalidade definida, e só depois deduzir o imposto - tudo sob fiscalização. Os integrantes do Copagrem decidiram analisar as possibilidades posteriormente para chegarem a um veredicto consensual. Também na ocasião, Fabio Arruda Mortara falou sobre a atuação do setor em prol da valorização do papel, destacando o projeto da entidade

norte-americana Two Sides, cujas ações neste sentido vêm trazendo resultados positivos mundo afora. Por fim, Mortara organizou e definiu os seguintes grupos de trabalho: Papel, Tributação, Sustentabilidade, Competitividade e Valorização do Papel. O Copagrem deu mais uma prova de como a união da indústria pode ser maior que os obstáculos encontrados no mercado.

Nesta edição Página 3 Produção de etiquetas renovada Página 5 Fabio Mortara é homenageado no Prêmio Embanews

Responsabilidade editorial: Ricardo Viveiros & Associados – Oficina de Comunicação, empresa filiada à Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje). Redação: Ada Caperuto e Juliana Tavares. Projeto gráfico e diagramação: Merli Design. Impresso em papel couchê fosco 150g. Contato ABIGRAF/SINDIGRAF Tel. (11) 3232-4509 E-mail: dmark@abigraf.org.br. Site: www.abigrafsp.org.br e www.sindigraf.org.br

Por isso mesmo, as indústrias podem colocar em prática os mencionados fatores-chaves para a manutenção da lucratividade. São investimentos que só tendem a gerar resultados positivos, sejam eles a curto, médio ou longo prazo. No que diz respeito aos insumos, o presidente da ABIEA destaca os materiais recicláveis como excelente alternativa. “Temos visto colas e materiais cada vez mais finos, já que a redução da espessura dos substratos tem um impacto ambiental bastante positivo no produto final”, relata Neto. No tocante à otimização da produção, os rótulos RFID (Identificação por Radiofrequência) são os principais aliados para agregar valor aos produtos finais. Os itens elaborados com este sistema possibilitam o rastreamento de todos os tipos de produtos em suas diversas etapas de armazenagem, transporte e distribuição. “Este é um requisito cada vez mais importante a fim de garantir a segurança do item, especialmente no caso de alimentos”, explica o executivo da ABIEA. Quanto ao crescimento esperado pelo segmento neste ano, Neto acredita que, se a indústria brasileira seguir o ritmo de crescimento previsto, poderá atingir a marca de 5% a 7%. Em relação às tendências, ele cita a pesquisa recente da consultoria internacional AWA, que enumera duas potenciais vertentes: a primeira seria através da ampliação da participação em produtos premium e promocionais; e a segunda na conquista de oportunidades no mercado de produtos primários. Os principais segmentos de aplicação de etiquetas continuarão sendo os de bebidas e alimentos, mas, de acordo com o presidente da ABIEA, a tendência é abrir o leque para outros produtos, como os de uso doméstico e de higiene pessoal.

A indústria gráfica brasileira, como tantos outros ramos da manufatura, vive um cenário desafiador, que teve início na crise mundial desencadeada em 2008. Entramos em estranho descompasso com a demanda do consumo aumentando, graças, é verdade, a algumas medidas anticíclicas bem-sucedidas do governo, mas, por outro lado, sendo suprida de modo crescente por bens e produtos importados. Para enfrentar os rastros deixados pela crise, no entanto, é necessário colocar a indústria no mesmo patamar de expansão do comércio, serviços e agronegócio. O resgate da competitividade da indústria tem de ser realizado de imediato, a começar pela ampliação de medidas, como a desoneração da folha de pagamentos para mais setores, inclusive o gráfico. Sabendo do quanto isso é importante para o bom funcionamento da economia brasileira, representantes da ABIGRAF Nacional já encaminharam pedidos ao Governo Federal e ao Congresso Nacional. Apesar de todas essas oscilações, o empresário gráfico brasileiro continua investindo em tecnologia, qualificação de mão de obra e acreditando positivamente na breve retomada de um crescimento econômico mais expressivo. Temos conhecimento, tecnologia, experiência e, em inúmeras oportunidades, demonstramos imensa capacidade de superação. É hora de colocarmos toda essa bagagem a serviço do fortalecimento e forte expansão de nosso mercado. Levi Ceregato é presidente da Associação Brasileira das Indústrias Gráficas Regional São Paulo (ABIGRAF-SP)

impressões Abigraf

I

3


39,00/MĂŠS*

9

Acesse e saiba mais www.abigrafsp.org.br


Ação Nacional

Semana de Artes Gráficas

Eventos

ABIGRAF reúne Regionais na 49ª Assembleia Geral Ordinária

Inovação na indústria gráfica é tema da Semana de Artes Gráficas

Filme “Linotipo” tem novas exibições

Representantes de quinze regionais da ABIGRAF participaram da 49ª Assembleia Geral Ordinária

A ABIGRAF Regional Santa Catarina, sediada em Florianópolis, foi o ponto de encontro de presidentes, vicepresidentes, secretários, diretores e executivos de 15 Regionais da ABIGRAF durante a 49ª edição da Assembleia Geral Ordinária da ABIGRAF Nacional. Realizada em 27 de abril, a reunião foi conduzida pelo presidente da entidade anfitriã, José Fernando da Silva Rocha e pelo presidente da ABIGRAF Nacional, Fabio Arruda Mortara, com apoio do vice-presidente Vitor Zanetti, do presidente do Conselho Diretivo, James Hermes dos Santos, e do gerente geral Wagner Silva. Além dos temas de relevância para o setor, debatidos na pauta da reunião, o encontro contou com a presença de Glauco Corte, presidente da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc), que destacou a importância da indústria gráfica para o estado e o País. “É preciso valorizarmos a qualificação profissional como uma solução para a falta de mão de obra qualificada no mercado e implantarmos uma nova visão do empresário, num universo onde 70% dos custos fazem referência ao capital intelectual e apenas 30% representam insumos para as empresas”, declarou.

6

I

impressões Abigraf

As últimas cidades a receberem o evento foram Bauru e São José dos Campos. Em julho e agosto, a SAG será realizada em Ribeirão Preto e São José do Rio Preto, respectivamente Os profissionais gráficos da cidade de Bauru, interior de São Paulo, participaram, entre os dias 20 e 24 de maio, de uma série de palestras promovidas pela Semana de Artes Gráficas (SAG INNOVATION) – projeto da ABTG que visa fomentar a qualificação dos profissionais do setor gráfico. Já no mês de junho, do dia 17 a 21, a vez de reciclar os conhecimentos foi concedida aos gráficos de São José dos Campos, também no interior paulista. As próximas edições serão realizadas nas cidades de Ribeirão Preto e São José do Rio Preto. Na primeira cidade, os assuntos “Como aproveitar as oportunidades dos novos mercados?” e “Como adequar a gráfica em um cenário competitivo?” estarão em pauta nessa edição da SAG, que terá a participação de especialistas como Bruno Mortara e Marcelo Ferreira, no período de 15 a 19 de julho. Os mesmos temas estarão no cronograma do mês de agosto, dos dias 19 a 23, quando a vez de reciclar os conhecimentos será concedida aos profissionais de São José do Rio Preto. Para se inscrever em ambos os eventos, basta acessar o site www.abtg.org.br ou encaminhar um e-mail para sag@abtg.org.br. Mais informações também podem ser obtidas pelo telefone (11) 2797-6700 e (11) 2797-6716. As inscrições são gratuitas, custeadas em 100% pela ABIGRAF-SP e pelo SINDIGRAF-SP, apoiadoras do projeto . Aproveite e garanta já a sua vaga! Confira abaixo mais detalhes sobre as próximas edições das SAGs: Semana de Artes Gráficas de Ribeirão Preto Quando: 15 a 19 de julho Horário: das 19h00 às 22h00 Local: Don Inn Hotel Endereço: Rua Coronel Luiz da Cunha, nº 404 Vila Tibério – Ribeirão Preto/SP Semana de Artes Gráficas de São José do Rio Preto Quando: 19 a 23 de agosto Horário: das 19h00 às 22h00 Local: Hotel Nacional Plaza Inn Endereço: Rua Profº. Carlos Ibanhez, nº. 35 Vila Sinibaldi – São José do Rio Preto/SP

São Paulo e Ribeirão Preto receberam a sessão de cinema que comemora os 90 anos do SINDIGRAF-SP Os profissionais gráficos de São Paulo tiveram mais uma chance de acompanhar o documentário “Linotipo”. Além da sessão de março, noticiada na última edição do Impressões, foi realizada mais uma em abril, no dia 17, também na Escola Senai Theobaldo De Nigris, no bairro da Mooca. Estiveram presentes profissionais do setor, estudantes e representantes das entidades parceiras. Terminado o filme, foram formados grupos de 20 pessoas para verem uma linotipo legítima em pleno funcionamento. Trata-se de uma das poucas máquinas que sobreviveram após o surgimento da fotocomposição, em 1950. Em maio foi a vez de Ribeirão Preto entrar no circuito, com uma exibição do documentário no dia 23. Essa é a continuação do calendário de eventos que compõem a comemoração aos 90 anos do SINDIGRAF-SP, completados em fevereiro. Mais datas serão divulgadas nas próximas edições.

Demonstração da Linotipo após a sessão em São Paulo (acima). Empresários de Ribeirão Preto acompanham a exibição do documentário (ao lado).

Fabio Arruda Mortara é homenageado no 22º Prêmio Embanews Realizada em 19 de abril, no Esporte Clube Sírio, em São Paulo, a cerimônia de premiação do 22º Prêmio Brasileiro de Embalagem Embanews – Troféu Roberto Hiraishi, mostrou as mais recentes inovações do setor. Em reconhecimento ao trabalho desenvolvido em prol do setor no ano passado, o presidente da ABIGRAF Nacional e SINDIGRAFSP, Fabio Arruda Mortara, foi homenageado com o prêmio “Personalidade do Ano”. “Ter recebido esta homenagem no 22º Prêmio Brasileiro de Embalagens Embanews, Troféu Roberto Hiraishi, uma das premiações mais tradicionais do setor, não é um mérito exclusivamente meu, como Presidente da ABIGRAF Nacional, SINDIGRAF e, agora, também coordenador do Copagrem, ele é, na verdade, um justo reconhecimento a todos aqueles que fazem parte da cadeia produtiva do papel e que recebemos exatamente no momento em que as nossas entidades seguem firmes e mobilizadas na defesa das bandeiras nas quais acredita, pois refletem os anseios dos setores que representa”, afirmou Fabio Mortara.

Fabio Arruda Mortara recebe o prêmio de “Personalidade do Ano” no 22º Prêmio Embanews

Ao todo foram 57 peças condecoradas nas seguintes categorias: Design, Marketing, Tecnologia & Qualidade, Máquinas, Equipamentos e Sistemas, Sustentabilidade, Pesquisa e Luxo. As embalagens premiadas ficaram em exposição durante a feira Feiplastic, de 20 a 24 de maio, no Pavilhão de Exposições do Anhembi, em São Paulo.

impressões Abigraf

I

7


Quem faz a Abigraf A Abigraf-SP dá boas-vindas aos novos associados. Saiba quem são eles: Arte & Cor Indústria Gráfica Ltda - ME São Paulo/SP. Telefone: 11 2916-0573. Leontec da Amazônia Ind. Com. Cadernos Ltda (Romitec) Sorocaba/SP. Telefone: 15 2103-5018 Integrando o Grupo Plast Park, com mais de 20 anos no mercado de materiais escolares e de escritório, a Romitec é especializada em papéis especiais, envelopes e cadernos. Está situada no bairro de Aparecidinha, zona leste da cidade de Sorocaba. RCF Acabamentos Gráficos Ltda (Roxprint) São Paulo/SP. Telefone: 11 2063-0502. Site: www.roxprint.com.br Localizada no bairro do Ipiranga, zona sul de São Paulo, a Roxprint presta serviços de serigrafia, impressão digital (toner e jato de tinta), impressão em offset e Hot Stamp Digital. Martins Francisco Filho EPP (Estrela de Davi) São Paulo/SP. Telefone: 11 5643-9852. Site: www.estreladedavime.com.br Com 10 anos de atuação, a gráfica Estrela de Davi realiza o processo artístico de criação, projeto gráfico, diagramação e produção gráfica para impressão. Localizada no bairro de Santo Amaro, a gráfica presta serviços para todo o território nacional e possui clientes de diversos segmentos. Magraf Almeida & Ramos Graf. Ltda - ME Santa Cruz do Rio Pardo/SP. Telefone: 14 3372-6904. Site: www.magraf.com.br Lar Anália Franco de São Miguel (Grafilar) São Manuel/SP. Telefone: 14 3812-5700. Site: www.grafilar.com.br Gráfica com mais de 56 anos de atuação no mercado gráfico e editorial que produz formulários contínuos, folhetos, entre outros produtos, e auxilia na manutenção do Lar Anália Franco. Raízes Gráfica e Editora Ltda - ME São José do Rio Preto/SP. Telefone: 17 3215-7051. Site: www.editoraraizes.com.br Há 17 anos no mercado, a Raízes Gráfica e Editora produz cartões de visita, folhetos, jornais, revistas, apostilas, entre outros. 8

I

impressões Abigraf

Cursos – ABTG Curso Regular 23 a 25 de julho “Formação de Líderes de Produção” Público-alvo: profissionais que gerenciam a área de produção da gráfica e demais interessados no tema. Investimento: R$ 290,00 para associados da ABTG, ABIGRAF, ABRAFORM, SINGRAFS e ABRO; R$ 390,00 para não associados; e R$ 190,00 para estudantes.

Sugestão de leitura

Agenda do Gráfico

Autonomia 360º Saberes aplicáveis na liderança atual

Agenda de Obrigações – Junho/2013 e Julho/2013

Cumpre informar, que as agendas abaixo não esgotam certas determinações legais a serem cumpridas em razão de atividades econômicas e sociais específicas. O DEJUR – Departamento Jurídico permanece à disposição para esclarecimentos de dúvidas (dejur@abigraf.org.br)

Curso Integrado 1 a 12 de julho “Os Melhores Recursos e Ferramentas na Pré-Impressão com Foco nos Resultados” Público-alvo: profissionais dos departamento de artefinalização, operadores de pré-impressão de gráficas e editoras, profissionais de editoras, agências de propaganda, designers, produtores gráficos, clientes da indústria gráfica. Investimento: R$ 670,00 para associados da ABTG, ABIGRAF, ABRAFORM, SINGRAFS e ABRO; R$ 770,00 para não associados; e R$ 540,00 para estudantes. Local: Auditório da ABTG Endereço: Rua Bresser, nº. 2.315 Mooca – São Paulo Informações: curso@abtg.org.br ou (11) 2797-6728 Inscrições: www.abtg.org.br Curso Digitec 25 de junho “Como expandir seus negócios utilizando comunicação visual e impressão digital de grandes formatos” Público-alvo: empresários, operadores e gestores do setor gráfico que operem ou desejam operar com grandes formatos. Investimento: R$ 180,00 para associados ABTG, ABIGRAF, ABRAFORM, SINGRAFS e ABRO; e R$ 200,00 para não associados. 16 e 17 de julho “Acabamentos – Enobrecimentos para Impressão Digital” Público-alvo: empresários, técnicos e gerentes de produção que buscam eficiência e fluidez nos processos e pretendem conhecer tecnologias e métodos que ampliem as possibilidades e tornem a pós-impressão um diferencial de produtividade. Investimento: R$ 180,00 para associados ABTG, ABIGRAF, ABRAFORM, SINGRAFS e ABRO; e R$ 200,00 para não associados. Local: Escola SENAI Theobaldo De Nigris Endereço: Rua Bresser, nº. 2.315 Mooca – São Paulo Informações: digitec@abtg.org.br ou (11) 2797-6718 Inscrições: www.abtg.org.br

Seguem abaixo as agendas contendo as principais obrigações tributárias, trabalhistas e previdenciárias, de âmbito federal, estadual e municipal, a serem cumpridas nos prazos previstos na legislação em vigor.

JUN/2013

Poder contar com funcionários capazes de pensar em soluções criativas, e que ainda considerem os valores morais da empresa nessas decisões, é bastante raro. Quando isso acontece, ambos sabem – ou deveriam saber – que têm a principal chave para o crescimento profissional e empresarial. Foi pensando nisso que a psicóloga Renata Jubram escreveu o livro “Autonomia 360º - Saberes aplicáveis na liderança atual”, utilizando como base teórica os pensadores Gardner, Frankl, Piaget e Kohlberg. Na obra, a autora analisa o desenvolvimento da autonomia no indivíduo, sempre relacionando cada estágio ao comportamento apresentado no ambiente corporativo. Assim, gradativamente, é possível compreender os benefícios ocasionados pelo estímulo da autonomia, tanto para a empresa quanto para o desenvolvimento profissional de seus colaboradores. 128 páginas. DVS Editora. Informações: www.dvseditora.com.br.

Até dia Obrigações 25.JUN – 3ªf IRRF (fato gerador - 11 a 20.JUN.2013) PIS/COFINS (fato gerador -MAI/13) IPI ICMS - fato gerador - MAI/13 (CNAE - 18.11-3; 18.13-1; 18.13-0; 18.21-1; 18.22-9; 58.21.2; 58.23-9 e 58.29-8) 28.JUN – 6ªf IRRF – PIS – COFINS – CSLL – (fato gerador - 01 a 15.JUN.2013) IRPJ - apuração mensal /p/ estimativa IRPJ - apuração trimestral (lucro real, presumido ou arbitrado) CSLL - apuração mensal (estimativa) CSLL - apuração trimestral (lucro real, presumido ou arbitrado) REFIS/PAES/SIMPLES - Parcel./ PAEX 1/ PAEX 2 SIMPLES NACIONAL - Parcel. Especial DES – Declaração Eletrônica de Serviços (fato gerador – ABR/2013)

JUL/2013 Até dia Obrigações 03.JUL – 4ªf IRRF (fato gerador - 21 a 30.JUN.13) ICMS - Fatos Geradores - JUN/13 (CNAE - 17.31-1; 17.32-0 e 17.41-9) 05.JUL – 6ªf Pagamento dos salários de JUN/13 FGTS - JUN/13 CAGED - JUN/13 DACON - mensal 10.JUL – 4ªf Previdência Social - INSS Cópia/GPS - JUN/13 - envio sind. profissional ISSQN - Município de São Paulo 12.JUL – 6ªf EFD - PIS - COFINS (Lucro Real/Lucro Presumido – fato gerador - MAI/2013) 15.JUL – 2ªf IRRF (fato gerador - 01 a 10.JUL.2013) IRRF – PIS – COFINS – CSLL – (fato gerador - 16 a 30.JUN.2013) ICMS – Diferencial entre alíquota interna e interestadual (SIMPLES NACIONAL) 19.JUL – 6ªf Previdência Social – INSS 19.JUL – 4ªf DCTF – mensal (fato gerador - MAI/13) 22.JUL – 2ªf DAS – SIMPLES NACIONAL PAEX – Medida Provisória nº 303/06 24.JUL – 4ª f IRRF (fato gerador - 11 a 20.JUL.2013) 25.JUL – 5ª f PIS/COFINS (fato gerador - JUN/13) IPI ICMS - fato gerador - JUN/13 (CNAE - 18.11-3; 18.13-1; 18.13-0; 18.21-1; 18.22-9; 58.21.2; 58.23-9 e 58.29-8) 31.JUL – 4ªf IRRF – PIS – COFINS – CSLL – (fato gerador - 01 a 15.JUL.2013) IRPJ - apuração mensal /p/ estimativa IRPJ - apuração trimestral (lucro real, presumido ou arbitrado) CSLL - apuração mensal (estimativa) CSLL - apuração trimestral (lucro real, presumido ou arbitrado) REFIS/PAES/SIMPLES - Parcel./ PAEX 1/ PAEX 2 SIMPLES NACIONAL - Parcel. Especial DES – Declaração Eletrônica de Serviços (fato gerador – MAI/2013)

impressões Abigraf

I

9


Sustentabilidade

Inscrições para a 3ª edição do Prêmio ABIGRAF de Sustentabilidade começam em setembro As gráficas que alinharam o desenvolvimento com responsabilidade ambiental poderão inscrever seus cases no 3º Prêmio ABIGRAF de Sustentabilidade, realizado a cada dois anos pela ABIGRAF Nacional. Confira abaixo o regulamento completo da premiação:

Regulamento 3º Prêmio ABIGRAF de Sustentabilidade – Edição 2013 Objetivos • Premiar gráficas sustentáveis em todo o território nacional; • Incentivar o progresso das ações sustentáveis; • Firmar a Indústria gráfica brasileira como ativa na busca da sustentabilidade.

• Aspectos econômicos de melhor resultado; • Maior tempo de atuação dos aspectos sustentáveis apresentados.

Regras Gerais , Julgamento e Premiação Concorrem ao 3º Prêmio ABIGRAF de Sustentabilidade empresas gráficas brasileiras que apresentarem evidências objetivas de cumprimento dos aspectos que formam o “tripé” da sustentabilidade - Ambiental, Social e Econômico atendendo todos os requisitos descritos no formulário de inscrição.

• Apresentação – objetividade, clareza, organização, planilhas, ilustrações e fotos; • Metodologia – como foi desenvolvido e implantado o projeto; • Eficácia – análise se o projeto atingiu, totalmente ou parcialmente, os resultados esperados; • Eficiência – análise da relação entre os recursos investidos (financeiros, humanos etc) e os resultados obtidos; • Impacto na cultura da empresa - envolvimento dos colaboradores; • Inovação - originalidade da solução proposta no projeto e impacto no aperfeiçoamento dos processos envolvidos.

O aspecto econômico deverá apresentar resultado positivo em relação ao resultado anterior a implantação. Só haverá disputa nas categorias que existirem, pelo menos, a participação de duas empresas. Caso isto não ocorra, a empresa que tiver efetuado inscrição naquela categoria terá seu dinheiro devolvido e a categoria cancelada. Quando da Inscrição, os participantes no Prêmio automaticamente autorizam, a ABIGRAF NACIONAL, a divulgar os casos inscritos e eventualmente premiados em todos os meios de comunicação, tais como - jornal, rádio, televisão e internet. Os referidos casos também poderão ser objeto de reprodução em livros, revistas, folhetos, catálogos e exposições de cunho exclusivamente informativo, cultural e institucional, sem necessitar de autorização prévia do titular. A veracidade das informações é de responsabilidade da gráfica. Critérios para Julgamento • Cada jurado deverá apresentar nota de 0 a 10 para o conjunto do tripé da sustentabilidade - Ambiental, Social e Econômico. • Serão consideradas ganhadoras as empresas que obtiverem a maior média do total das notas atribuídas pela totalidade dos jurados. Critérios para Desempate Em caso de empate, os vencedores serão definidos com base em: 10

I

impressões Abigraf

Quesitos de Avaliação Serão avaliados pelos jurados os seguintes quesitos:

Obs. O cumprimento de requisitos legais é obrigatório e não será avaliados. Comissão de Estudos do Prêmio Tem como responsabilidades: • Atualizar, alterar e fazer valer o regulamento deste prêmio; • Decidir sobre questões não previstas neste regulamento. As deliberações da Comissão de Estudos são soberanas. A comissão de estudos será composta por três membros. Comissão Julgadora A Comissão julgadora será formada por um grupo de, no mínimo, seis integrantes especialistas e acadêmicos que possuam indiscutível conhecimento do assunto, e que não tenham vínculo empregatício com empresas gráficas e fornecedores da cadeia produtiva do setor.

A Comissão de Estudos será a responsável pela qualificação/homologação dos jurados. Coordenação do Prêmio A ABTG – Associação Brasileira de Tecnologia Gráfica será a responsável pela coordenação e auditoria do Prêmio ABIGRAF de Sustentabilidade. Categorias As categorias para inscrição no Prêmio serão definidas por porte de empresa, sendo: • Pequena e Micro - 0 a 49 funcionários; • Média - de 50 a 249 funcionários; • Grande - A partir de 250 funcionários. Essa classificação segue os mesmos critérios do Estudo Setorial da Indústria Gráfica no Brasil 2009 (Abigraf, Sebrae). Serão premiadas três empresas por categoria: • 1º Colocado - Troféu; • 2º e 3º Colocados - Placa.

Inscrição Será obrigatório o preenchimento do formulário de inscrição e de descrição do projeto que estará disponível no site www.abigraf.org.br Todas as informações, descrições e anexos, que comporão o projeto completo, serão alimentados no formulário de inscrição. Assim, nenhum documento físico adicional deverá ser enviado. As inscrições para o Prêmio ABIGRAF de Sustentabilidade 2013 estarão abertas entre 25 de agosto e 25 de setembro. Premiação Nesta edição, excepcionalmente, a entrega do prêmio aos ganhadores será na abertura do Premio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini, no dia 26 de novembro, no EDA – Espaço da Américas. Cada empresa receberá um convite para a cerimônia quando serão conhecidos os ganhadores de cada categoria.

Regionais

Sede da Seccional em Ribeirão Preto tem novo endereço Durante evento realizado em abril, a ABIGRAFSP reinaugurou a sede da Seccional em Ribeirão Preto, que passa a funcionar no prédio da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (ACIRP) Empresários e líderes do setor gráfico da região de Ribeirão Preto participaram, em 11 de abril, do evento que marcou a reinauguração da sede da Seccional da ABIGRAF-SP na cidade. Realizado no prédio da Associação Comercial e Industrial de Ribeirão Preto (ACIRP), onde foi instalada a nova sede, a solenidade reuniu representantes da indústria gráfica paulista, como Edson Bianchi, da Gráfica Art Chick, 1º vice-presidente da Seccional do município; Sander Uzuelle, diretor da ABIGRAF de Ribeirão Preto; José Carlos Carvalho, presidente da ACIRP; Levi Ceregato, presidente da ABIGRAF-SP; e o presidente da ABIGRAF Nacional e do SINDIGRAF-SP, Fabio Arruda Mortara. De acordo com o Departamento Econômico da ABIGRAF Nacional (DECON), a Região Administrativa de Ribeirão Preto emprega, atualmente, mais de 2 mil profissionais, em 186 estabelecimentos gráficos. Além desta, a ABIGRAF-SP conta, ainda, com mais duas Seccionais: uma em São José dos Campos (que representa o Vale do Paraíba) e outra em Bauru. O novo escritório está localizado à Rua Visconde de Inhaúma, nº 439, 3º andar, região central da cidade.

Vencedores do 2º Prêmio Regional de Excelência Gráfica serão conhecidos em junho Cerimônia está marcada para o dia 26 no Buffet Mantovani, em Bauru Com participação de empresas de Bauru, Jaú, São Manuel e Santa Cruz do Rio Pardo, a 2ª edição do Prêmio Regional de Excelência Gráfica “Vinicius Viotto Coube” anunciará, em 26 de junho, os vencedores das nove categorias que compõem a premiação. Criado e realizado pela ABIGRAF Seccional Bauru, com o apoio da Escola SENAI “João Martins Coube”, da Universidade Estadual Paulista “Julio de Mesquita Filho” (UNESP) e da Universidade do Sagrado Coração (USC), o prêmio tem por objetivo valorizar as peças gráficas produzidas pelas empresas da cidade e dos demais municípios da região. O evento será realizado no Buffet Mantovani, na Vila Pacífico, em Bauru. Nesta edição, foram inscritas 94 peças nas categorias Livros, Revistas, Produtos para Identificação, Acondicionamento, Promocional, Comercial, Produtos Próprios e Impressão Serigráfica.

O jurado assinará um termo de confidencialidade. impressões Abigraf

I

11


OS MAIORES CRAQUES DA INDÚSTRIA GRÁFICA

ESTÃO PRONTOS PARA ENTRAR EM CAMPO

COPA PINI

Separe suas peças campeãs e inscreva-se. INSCRIÇÕES DE 01 DE AGOSTO A 13 DE SETEMBRO Realização

Patrocinador Diamante

Patrocinador Ouro

Patrocinador Prata

Patrocinador Bronze

Impressões 48  

Impressões 48