Issuu on Google+

Ano 08 | Edição 40 | Janeiro e Fevereiro de 2012

Revelados os vencedores do principal prêmio da indústria gráfica brasileira Ipsis, P+E e Stilgraf foram as grandes ganhadores do Grand Prix da 21ª edição do Prêmio Fernando Pini. Nesta edição foram 164 empresas inscritas, de 14 unidades da federação. Deste total, 102 participantes, de 12 estados, ficaram entre os finalistas. Coordenado e organizado pela ABTG, com o apoio da ABIGRAF Nacional, a premiação recebeu patrocínio do Sebrae Nacional, International Paper, HP, Kodak, Nova Mercante, AGFA, Antalis, Goss International, Grupo Bignardi, Ibema, Heidelberg, Müller Martini, Real Graphics e Trens of  Print, e apoio tecnológico da BR Mobile.

Na noite de 22 de novembro, foram anunciados os vencedores do 21º Prêmio Brasileiro de Excelência Gráfica Fernando Pini. A festa reuniu empresários do setor e sagrou os melhores produtos desenvolvidos, entre 2010 e 2011, em 58 categorias divididas em 11 segmentos. Os melhores fornecedores da indústria gráfica também receberam prêmios, nos quesitos: Atendimento Técnico, Atendimento Comercial, Confiabilidade no Produto/Equipamento e Cumprimento de Prazos. Ao final da cerimônia foram revelados os premiados das três

láureas de Atributo Técnico do Processo, denominados Grand Prix, escolhidos entre todos os finalistas do Pini. A Ipsis Gráfica ficou com o troféu de Melhor Impressão, a P+E Galeria Digital com o de Melhor Acabamento Editorial e a Stilgraf Artes Gráficas com o de Melhor Acabamento Cartotécnico. O evento, realizado no Expo Barra Funda, teve apresentação de Nadja Haddad, da TV Bandeirantes, e show do cantor pop Lulu Santos.

Nesta edição Página 3 Corrimões transformam-se em nova opção de mídia Página 5 Senai lança curso universitário à distância


Com a palavra

A causa da competitividade na agenda do desenvolvimento Para a indústria gráfica brasileira, cuja balança comercial vem acumulando déficit crescente, como ocorre com quase todos os setores da manufatura, é muito importante o redirecionamento que parece estar em curso na política econômica e na visão das autoridades do setor. Um exemplo disso é a decisão do Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) de reduzir por duas vezes consecutivas a taxa básica de juros. Somente a última queda de 0,5 ponto percentual significou economia de R$ 8,5 bilhões para o governo no pagamento do serviço da dívida pública. Assim, as entidades de classe representativas da indústria de transformação e de todos os setores produtivos devem reforçar a atitude positiva do governo, incluindo algumas práticas de defesa comercial, e das autoridades monetárias. É preciso que o juro continue caindo em nosso País. Ecoam como improcedentes as reações de alguns segmentos quanto ao risco de descontrole inflacionário. Afinal, não temos inflação de demanda. Nosso setor é exemplo disso. Quantas gráficas não estariam conseguindo atender neste momento ao seu volume de pedidos e, por isso, aumentando preços? Ora, sabe-se que as pressões inflacionárias decorrem da

majoração das commodities, da energia e de fatores vinculados à conjuntura internacional. Nesse novo contexto, em que o governo parece ter percebido a importância de resgatar a competitividade de nossa economia, em especial da indústria, há outras importantes tarefas estratégicas a serem cumpridas, como as reformas tributária, trabalhista e previdenciária. O anacronismo desses três sistemas é um dos mais perversos algozes das empresas brasileiras, onerando demasiadamente seus custos. Outra ação urgente é o combate rigoroso à corrupção. Aliás, se esta fosse radicalmente menor, já poderíamos estar pagando menos impostos. Considerando o atual dinamismo de nossa economia, temos oportunidade histórica e mais tranquilidade para solucionar os problemas persistentes do Custo Brasil, como os impostos, encargos sociais e a corrupção, que atentam contra a competitividade nacional. Portanto, cabe aos setores produtivos, neste novo ano, cobrarem e apoiarem atitudes dos governantes que atendam a essas prioridades de nossa agenda do desenvolvimento. A indústria gráfica paulista, aliada à nacional, está plenamente engajada nessa causa da competitividade. Levi Ceregato Presidente da Abigraf Regional São Paulo

Evento

Feira Escolar 2012 já tem data definida Os preparativos para a próxima edição da Office PaperBrasil Escolar já começaram. O evento organizado no Pavilhão de Exposições do Parque Anhembi, em São Paulo, acontecerá entre os dias 27 e 30 de agosto. Durante a feira, toda a cadeia produtiva - fabricantes,

varejistas, atacadistas, distribuidores, supermercadistas e compradores corporativos – se reunirá para realizar negócios e estreitar relacionamentos. A Office PaperBrasil Escolar é o maior evento do setor de produtos e serviços para escritórios, papelarias e escolas nas Américas e o segundo maior do mundo. Mais informações no site www.officepaperescolar.com.br.

Voz do Gráfico ABIGRAF-SP

O Boletim IMPRESSÕES tem um espaço reservado para o gráfico, empresário ou funcionário enviar sugestões, reclamações, elogios ou tirar dúvidas. Os e-mails podem ser encaminhados para dmark@abigraf.org.br. Participe! A ABIGRAF-SP está aguardando suas mensagens.

2

I

impressões Abigraf

Publicação bimestral da Associação Brasileira da Indústria Gráfica Regional São Paulo (Abigraf-SP), com apoio institucional do Sindicato das Indústrias Gráficas no Estado de São Paulo (Sindigraf-SP). Responsabilidade editorial: Ricardo Viveiros & Associados – Oficina de Comunicação, empresa filiada à Associação Brasileira de Comunicação Empresarial (Aberje). Impressão - RWA. Redação: Milena Prado Neves e Tainá Ianone. Projeto gráfico e diagramação: Merli.Design. Impresso em papel couchê fosco 115g. Contato Abigraf - Tel. (11) 3232-4509 E-mail: dmark@abigraf.org.br. Site: www.abigrafsp.org.br


Panorama

Gestão

Balanço e perspectivas

Planejar é preciso

Dois mil e onze parecia ser o ano da recuperação definitiva de um cenário desastroso da crise econômica mundial de 2008 e 2009, mas infelizmente não foi o que aconteceu.

O Brasil é um dos países com maior carga tributária do mundo e, por conta disso, é preciso muita organização e planejamento para estar em dia com o pagamento de todos os impostos. Ricardo Lobo Torres, advogado tributarista e autor do livro “Planejamento Tributário — Elisão Abusiva e Evasão”, da editora Campus/Elsevier, explica que o planejamento tributário é um sistema fiscal que possibilita o pagamento de menos tributos dentro da lei. Em sua obra, o autor propõe que as empresas estabeleçam um plano de ação para o pagamento anual dos impostos ao fisco, buscando opções que permitam diminuição nos gastos.

O ano começou aquecido, mas no segundo semestre a chegada de novas crises financeiras, vindas da União Europeia e dos Estados Unidos, colocou em alerta todos os setores industriais mundiais. Neste quadro inclui-se a indústria gráfica. “O sentimento entre os empresários é de que se mantém a queda no nível de produção”, disse Fabio Arruda Mortara, presidente da ABIGRAF Nacional e do SINDIGRAFSP. A estimativa de crescimento para 2011 é de 1%. “Ainda é um resultado positivo, uma vez que a base de comparação é muito forte”, revelou o presidente. Dentre os segmentos gráficos com aumento na produção estão os produtos editoriais com expansão de 9%, e perspectiva para 2012 de 6,4%. As exportações somaram US$ 246,43 milhões, gerando déficit na balança comercial de quase US$ 270 milhões, em decorrência das importações que totalizaram US$ 515 milhões.

Torres alerta que há um limite muito tênue entre planejar dentro da lei e à margem dela. “O grande perigo está aí. No Brasil, por exemplo, o planejamento vem sendo muito feito contra a lei. Então é importante que ele seja realizado com apoio de profissionais capacitados e entendedores do assunto, como advogados e contadores”, explicou. É importante ressaltar que o planejamento tributário é uma ação permanente, e deve ser feito ano a ano, promovendo uma reavaliação e programação anual.

Tendências & Mercados

Mídias para escadas rolantes  Tendência nos Estados Unidos, Inglaterra, Japão e Canadá, a ADRail, acaba de chegar ao Brasil. A nova mídia para publicidade pode ser aplicada em corrimões de escadas e esteiras rolantes de aeroportos, metrôs e shoppings.

totalizando cerca de 20 dias entre o envio do layout do cliente e a chegada do produto. A aplicação do ADRail é feita por uma máquina. O valor do metro linear impresso custa a partir de R$ 440.

Por aqui, o produto será comercializado pela Rolling Media, administrada pelas empresárias Cristiana Arcangeli e Cylene Ferraz do Amaral, diretora-executiva da Cravo&Canela Comunicação.

Uma prévia do lançamento está prevista para o início deste ano. Os primeiros mercados de atuação da forma de mídia serão São Paulo e Rio de Janeiro, com projetos de expansão para outras capitais. 

“Essa mídia é extremamente diferenciada e única, tanto na forma de desenvolvimento quanto na aplicação e na aproximação com o consumidor”, afirmou Cristiana.

A  patente pertence à empresa americana EHC Global, que desenvolveu o produto e também é a maior fabricante de corrimões de escadas e esteiras rolantes. “Nossa expectativa é faturar R$ 10 milhões no primeiro ano e chegar a R$ 50 milhões em cinco anos”, disse Cylene.

Fabricado no Canadá, o adesivo demora dez dias para ficar pronto,

impressões Abigraf

I

3


Semana de Artes Gráficas

ABIGRAF na Mídia

Recorde de público

Indústria papeleira espera volta por cima em 2012

A cada ano a Semana de Artes Gráficas (SAG) tem superado expectativas e aumentado o número de participantes. Realizada pela ABIGRAF Nacional, com patrocínio do Sebrae (Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas), a iniciativa é essencial para o aprimoramento dos profissionais gráficos. Em 2011, mais de 4.600 pessoas participaram do programa organizado em 11 cidades, oito municípios paulistas (Sorocaba, Araçatuba, Bauru, São José dos Campos, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto, Campinas e Barueri), mais as capitais Belo Horizonte (MG), Recife (PE) e Porto Alegre (RS). Promovido no Estado de São Paulo, desde 2006, o projeto foi ampliado no último ano graças à parceria entre a ABIGRAF Nacional e o Sebrae Nacional. “Os números recordes de participantes, mesmo em municípios onde já ocorreram diversas edições, mostram o acerto desse modelo de projeto, agora com o fundamental apoio do Sebrae Nacional”, disse Fabio Arruda Mortara, presidente da ABIGRAF Nacional e do SINDIGRAF-SP. Com seminários e palestras sobre gestão, produção e vendas na área gráfica, a SAG 2011 teve como novidade a inclusão das palestras “Sebrae - Técnicas de Sustentabilidade para Micro e Pequenas Empresas Gráficas” e “Programa Graphia -Projeto de Exportação do Setor Gráfico”. “As SAGs têm levado conhecimento e tecnologia às gráficas de todos os tamanhos e a lugares distantes”, declarou o presidente da ABIGRAF Regional São Paulo, Levi Ceregato.

Mais de 4.600 pessoas participaram das SAGs em 2011

Prestes a fechar o ano com demanda próxima da estabilidade em relação a 2010, a indústria de papéis espera retomar trajetória de crescimento e confirmar em 2012 tudo o que se esperava para 2011. Apesar das sinalizações positivas, alguns executivos do segmento mantêm a cautela para este novo ano. Na opinião do presidente da ABIGRAF Nacional, Fabio Arruda Mortara, em entrevista concedida a Agência Estado, em 23 de dezembro de 2011, se o Brasil crescer em torno de 3% em 2012, o setor poderá expandir até 1%, puxado pelo segmento promocional, associando a expectativa de expansão à indústria onde os efeitos das eleições municipais tendem a ser mais evidentes. Na área econômica da entidade, a percepção é mais pessimista, com a possibilidade inclusive de queda da demanda em 2012.

A verdade sobre a indústria nacional de papel Em matéria de capa da edição nº 299, de dezembro de 2011, a revista Super Interessante (Editora Abril) revela verdades e derruba mitos sobre a sustentabilidade. A reportagem “Guia verde politicamente incorreto”, assinada por Maurício Horta, destaca, em primeiro lugar, a atividade da indústria de papel e celulose, sob o intertítulo “Falsos Vilões”. O texto reforça o que vem defendendo a ABIGRAF Nacional por meio da Campanha de Valorização do Papel e da Comunicação Impressa, com o mote “Imprimir é dar vida”. De acordo com a matéria, o reflorestamento contribui para eliminar gases de efeito estufa da atmosfera. No Brasil, a indústria de celulose e papel emite 21 milhões de toneladas de CO2, mas as florestas plantadas de pinus e eucalipto sequestram 64 milhões de toneladas de CO2. Ou seja, essa conta dá superávit - a plantação limpa mais do que polui. De fato, cem por cento da matéria-prima da indústria do setor de papel e celulose vêm de florestas plantadas.

Feiras

ABIGRAF presente nas feiras! As feiras do setor gráfico são o melhor canal para os empresários terem acesso às novidades e conhecerem novos fornecedores e clientes. Por este motivo, a ABIGRAF Nacional está apoiando institucionalmente dois importantes eventos: a Expográfica e o Expo Embala. Focada no setor gráfico, a Expográfica - Feira Internacional da Indústria Gráfica, Papel & Tecnologia (Fiepag) apresenta aos visitantes máquinas, matérias primas, produtos e materiais gráficos. O evento acontecerá entre os dias 12 e 16 de março, no Pavilhão de Exposições do Anhembi (av. Olavo 4

I

impressões Abigraf

Fontoura, 1.209,), em São Paulo. Única feira do País dedicada ao setor de embalagens, a Expo Embala 2012 – A Feira de Embalagem do Brasil, acontecerá de 24 a 27 de abril. O evento será realizado no Centro de Exposições Imigrantes (rodovia dos Imigrantes, Km 1,5), em São Paulo. A ABIGRAF convida todos os gráficos a visitarem a Expográfica e o Expo Embala para conhecer as novidades do mercado, atualizar o networking e fazer novos negócios.


Abigraf em Ação

Tire suas dúvidas

Curso à distância no Senai

Demitidos e aposentados podem permanecer com convênio médico

Visando expandir o alcance do conteúdo ministrado nas aulas do Senai, a entidade lançou o curso à distância “Gestão da Produção na Indústria Gráfica”. O programa de extensão universitária tem como foco a excelência operacional, o aumento da produtividade, a redução de custos e o atendimento às necessidades dos clientes. O conteúdo será conduzido por um professor que orientará e acompanhará todo o desenvolvimento dos estudantes. O número de participantes por turma será limitado, para possibilitar um aproveitamento melhor dos alunos sobre os temas apresentados. As aulas acontecerão de 6 de fevereiro a 16 de abril. Para realizar a inscrição no programa é preciso comprovar que está matriculado em um curso superior ou que já tenha concluído esse nível. O candidato deve também ter acesso à internet e conhecer as ferramentas do pacote Office. O investimento do curso é de R$ 1.300,00 e os funcionários das empresas associadas à ABIGRAF têm descontos a partir de 10%.

Almoço ABIGRAF-SP No dia 6 de dezembro, a ABIGRAF Regional São Paulo realizou mais um encontro com empresários, fornecedores e dirigentes do setor gráfico paulista, além de representantes de outras entidades da indústria. O almoço de confraternização de final de ano aconteceu no Espaço Ágappe, no Alto de Pinheiros, em São Paulo. Cerca de 200 pessoas compareceram ao evento, que teve participação especial do jornalista esportivo Juca Kfouri. Em sua apresentação, ele deu exemplos do universo esportivo e jornalístico para lembrar aos presentes que o caminho mais seguro para o sucesso está na autoconfiança. “O mais importante é acreditarmos no taco da gente. Devemos enfrentar as situações com a certeza de que vamos vencer”, ressaltou, após destacar algumas situações em que apenas o planejamento não foi suficiente para dar conta dos imprevistos. No encontro, o diretor da Escola Senai Theobaldo De Nigris, Manoel Manteigas de Oliveira, ressaltou a importância da instituição para o aprimoramento dos profissionais gráficos, nesses 40 anos de atividades completados em 2011. “Apenas uma entidade unida e coesa tem condições de aproximar seus pleitos das verdadeiras demandas de seus associados”, disse Levi Ceregato, presidente da ABIGRAF-SP. Patrícia Marrone, responsável pelo Departamento de Estudos Econômicos da entidade, também apresentou os números do desempenho da indústria gráfica brasileira em 2011 e as perspectivas para 2012. O almoço contou com patrocínio do Fórum Papelcartão Sustentável, iniciativa da Bracelpa. “É preciso valorizar a comunicação impressa para fortalecer ainda mais o setor gráfico”, declarou Manoel Muller, representante do patrocinador.

Resolução da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), publicada em novembro de 2011, garantirá aos funcionários demitidos sem justa causa e aposentados a manutenção temporária de assistência médica, oferecida pelo empregador. O direito ao benefício é assegurado aos contratados a partir de 2 de janeiro de 1999, desde que o ex-funcionário assuma o pagamento integral do plano de saúde. De acordo com Marcelo Cremasco Garcia, advogado do escritório Maciel, Paz & Mendes Sociedade de Advogados, o período de manutenção será de um terço do tempo de permanência que o profissional tenha contribuído com o plano. “Entretanto, há um limite que deve ser respeitado de no mínimo seis meses e máximo de dois anos, ou até a contratação por um novo emprego que tenha o benefício”, explicou Marcelo. No caso dos aposentados que contribuíram por mais de dez anos, estes poderão permanecer no plano pelo tempo que desejarem. “Quando o período for inferior a este, cada ano de contribuição dá direito a um ano no plano empresarial depois da aposentadoria”, contou Marcelo. Para expressar a vontade em permanecer no plano de saúde oferecido pela empresa, o aposentado deve optar pela manutenção do benefício, no prazo de 30 dias após o seu desligamento. Vencido o período assegurado por lei, fica à seguradora de saúde a escolha por manter os clientes no mesmo plano da empresa ou fazer uma contratação exclusiva. “No segundo caso, o reajuste será calculado de maneira unificada com base na variação do custo assistencial de todos os planos de aposentados e demitidos da operadora de saúde”, informou o advogado. O benefício é válido aos dependentes, inclusive podem ser incluídos cônjuge e novos filhos no período de manutenção da condição de beneficiário no plano de demitido ou aposentado.

impressões Abigraf

I

5


Quem faz a Abigraf Nacional e a Regional São Paulo Entre os meses de novembro e dezembro, a ABIGRAF Nacional e a ABIGRAF-SP receberam, juntas, a associação de quatro empresas. Conheça um pouco mais sobre cada uma delas: ABIGRAF Nacional Deltagraf Representações Comerciais Ltda.: além da venda de consumíveis e de impressoras planas e rotativas para impressos de jornais e comerciais, a empresa oferece aos clientes assistência técnica na aquisição e instalação de peças de reposição para impressoras KBA auxiliares Baldwin. Tel.: (11) 5051-5320 Site: www.deltagraf.com.br Bremen Sistemas e Serviços Ltda.: há 13 anos desenvolve e comercializa software para gerenciar e automatizar processos de custos, orçamentos, produção, logística e finanças, específico para indústria gráfica. Outros serviços disponibilizados pela empresa são a consultoria em gestão tecnológica e o treinamento dos usuários para utilização das soluções. Tel.: (47) 3035-1022 Site: www.bremen.com.br ABIGRAF-SP Metallik Produção e Serviços Gráficos Ltda.: a ousadia e a criatividade dos serviços oferecidos são os grandes diferenciais da empresa do segmento de acabamentos gráficos especiais. Para atender também ao consumidor final, ampliou sua gama de serviços e hoje tem uma linha de papéis especiais para Scrapbook, com pigmentação personalizada, high printing e relevo metalizado. Tel.: (11) 2097-3966 Site: www.metallik.com.br Interforms Indústria Gráfica Ltda.: no mercado de impressos fiscais desde 1996, a empresa oferece formulários contínuos e planos, Danfe de operação, impressão digital e dados variáveis. A expansão na oferta de serviços aconteceu graças ao investimento constante da gráfica em equipamentos modernos. Tel.: (11) 4341-3100 Site: www.interforms.com.br

Educação

Votação do PNE é adiada Foi prorrogado para fevereiro deste ano a votação do relatório do Plano Nacional de Educação (PNE) na Câmara dos Deputados, que deveria ter acontecido em 14 de dezembro. O PNE, previsto para vigorar até 2020, apresenta dez diretrizes objetivas e 20 metas, seguidas das estratégias específicas de concretização. O texto estabelece formas de a sociedade monitorar e cobrar cada uma das conquistas previstas. As metas seguem o modelo de visão sistêmica da educação, determinado em 2007 com a criação do Plano de Desenvolvimento da Educação (PDE). Tanto as metas quanto as estratégias premiam iniciativas para todos os níveis, modalidades e etapas educacionais. Uma das propostas é elevar os 4,5% do Produto Interno Bruto (PIB) destinados à educação. O plano original estimava aumento para 7% até 2020, mas muitas emendas sugerem que a porcentagem repassada ao ensino seja de 10%. Renda considerada a ideal por diversas entidades, incluindo a Abigraf, que expôs sua opinião em carta enviada à presidente Dilma Rousseff, firmada durante o 15º Congraf, com o título “Manifesto da Indústria Gráfica em Prol do Desenvolvimento Brasileiro”. Após a aprovação na Câmara, o projeto será discutido no Senado. 6

I

impressões Abigraf

Comemoração

Feliz Dia do Gráfico! No dia 7 de fevereiro é comemorado o Dia do Gráfico. A data foi escolhida para relembrar a greve realizada por esses profissionais em 1923, em São Paulo. A paralização, feita para reivindicar melhores condições de trabalho e salários mais justos, marcou a base sindical do País.  Celebrar o Dia do Gráfico é um reconhecimento à importância do trabalho desempenhado pelos profissionais responsáveis pela produção dos inúmeros itens que fazem parte do dia a dia da população, como cadernos, livros e agendas, entre tantos outros artigos. Por este motivo, a ABIGRAF-SP e o SINDIGRAF-SP parabenizam todos os gráficos do Estado de São Paulo!

Concurso

Prêmio Theobaldo De Nigris A cerimônia de premiação dos vencedores do XVIII Concurso LatinoAmericano de Produtos Gráficos “Theobaldo De Nigris” será realizada em 1º de março, em Miami (EUA). A entrega dos troféus pela Confederação LatinoAmericana da Indústria Gráfica (Conlatingraf), que acontecerá durante evento integrado à nomeação dos Líderes Gráficos das Américas, contará com a participação de Fabio Arruda Mortara, presidente da ABIGRAF Nacional e do SINDIGRAF-SP, como mestre de cerimônia. Os trabalhos vencedores estarão em exposição no estande da Conlatingraf na Graphics of the Americas, feira que acontecerá de 1 a 3 de março de 2012, também na cidade americana.


Benefícios

Agenda do Gráfico

Certificado Digital Agenda de obrigações – fevereiro e março de 2012 Seguem abaixo as agendas contendo as principais obrigações tributárias, trabalhistas e previdenciárias, de âmbito federal, estadual e municipal, a serem cumpridas nos prazos previstos na legislação em vigor. Cumpre informar, que as agendas abaixo não esgotam certas determinações legais a serem cumpridas em razão de atividades econômicas e sociais específicas. O Departamento Jurídico da Abigraf (Dejur) permanece à disposição para esclarecimentos de dúvidas (dejur@abigraf.org.br).

Associados da ABIGRAF-SP e do SINDIGRAF-SP podem adquirir seu certificado digital com até 20% de desconto. O Certificado Digital é um documento de assinatura eletrônica que contém dados de pessoas física e jurídica, permitindo total segurança nas operações realizadas via internet. O cartão está sendo aceito em diversas transações, agilizando processos, reduzindo custos com praticidade. Entre os órgãos públicos que exigem o Certificado Digital para entrega das obrigações acessórias estão a Caixa Econômica Federal, a Receita Federal e o Governo do Estado de São Paulo. Solicite já o seu! Mais informações no site www.ciespdigital.com.br.

Desconto nas taxas de financiamento

A Agência de Fomento Paulista / Nossa Caixa Desenvolvimento reduziu as taxas de suas linhas de financiamento para as pequenas e médias empresas. Para projetos de investimento e compra de máquinas e equipamentos a taxa diminuiu de 8% para 7% ao ano, e para projetos que proporcionam a redução das emissões de gases de efeito estufa a taxa baixou de 6% para 5% ao ano. Os benefícios são válidos para associados da ABIGRAF-SP e do SINDIGRAF-SP. Mais informações no site www.agenciadefomentopaulista.com.br.

Fevereiro Até dia Obrigações 3 (6ª feira) ICMS - Fatos Geradores - JAN/12 (CNAE - 17.31-1; 17.32-0 e 17.41-9) Pagamento dos salários de JAN/12 IRRF (fato gerador de 21 a 31/01/12) 7 (3ª feira) FGTS - JAN/12 CAGED - JAN/12 DACON - mensal 10 (6ª feira) Previdência Social - INSS Cópia/ GPS - JAN/12 - envio sind. profissional ISSQN - Município de São Paulo 15 (4ª feira) IRRF (fato gerador de 01 a 10/02/2012) IRRF – PIS – COFINS – CSLL – (fato gerador de 16 a 31/01/2012) ICMS – Diferencial entre alíquota interna e interestadual (SIMPLES NACIONAL) 20 (2ª feira) Previdência Social – INSS DAS – SIMPLES NACIONAL PAEX – Medida Provisória nº 303/06 22 (4ª feira) DCTF – mensal 24 (6ª feira) IRRF (fato gerador de 11 a 20/02/2012) PIS/COFINS - fato gerador - JAN/12 IPI ICMS - fato gerador - JAN/12 (CNAE - 18.11-3; 18.12-1; 18.13-0; 18.21-1; 18.22-9; 58.21.2; 58.23-9 e 58.29-8) 29 (4ª feira) IRPJ - apuração mensal /p/ estimativa IRPJ - apuração trimestral (lucro real, presumido ou arbitrado) IRRF – PIS – COFINS – CSLL – (fato gerador de 01 a 15/02/2012) CSLL - apuração mensal (estimativa) CSLL - apuração trimestral (lucro real, presumido ou arbitrado) REFIS/PAES/SIMPLES - Parcel./ PAEX 1/ PAEX 2/ SIMPLES NACIONAL - Parcel. Especial Março Até dia Obrigações 5 (2ª feira) ICMS - Fatos Geradores - FEV/12 (CNAE - 17.31-1; 17.32-0 e 17.41-9) IRRF (fato gerador de 21 a 29/02/12) Pagamento dos salários de FEV /12 7 (4ª feira) FGTS - FEV /12 CAGED - FEV/12 DACON - mensal 9 (6ª feira) Previdência Social - INSS Cópia/ GPS - FEV /12 - envio sind. profissional 12 (2ª feira) ISSQN - Município de São Paulo 14 (4ª feira) IRRF (fato gerador de 01 a 10/02/2012) EFD- PIS – COFINS (Lucro Real – fato gerador a partir de 01/01/2012) 15 (5ª feira) IRRF – PIS – COFINS – CSLL – (fato gerador de 16 a 29/02/2012) ICMS – Diferencial entre alíquota interna e interestadual (SIMPLES NACIONAL) 20 (3ª feira) Previdência Social – INSS DAS – SIMPLES NACIONAL PAEX – Medida Provisória nº 303/06 21 (4ª feira) DCTF – mensal 23 (6ª feira) IRRF (fato gerador de 11 a 20/02/2012) PIS/COFINS - fato gerador - FEV /12 IPI ICMS - fato gerador - FEV /12 (CNAE - 18.11-3; 18.12-1; 18.13-0; 18.21-1; 18.22-9; 58.21.2; 58.23-9 e 58.29-8) 30 (6ª feira) IRRF – PIS – COFINS – CSLL – (fato gerador de 01 a 15/02/2012) IRPJ - apuração mensal /p/ estimativa IRPJ - apuração trimestral (lucro real, presumido ou arbitrado) CSLL - apuração mensal (estimativa) CSLL - apuração trimestral (lucro real, presumido ou arbitrado) REFIS/PAES/SIMPLES - Parcel./ PAEX 1/ PAEX 2/ SIMPLES NACIONAL - Parcel. Especial

impressões Abigraf

I

7


20

ªPesquisa de Salários e Benefícios na Indústria Gráfica Paulista

A PESQUISA É SOBRE O MERCADO, MAS OS RESULTADOS VÃO APARECER NA SUA GRÁFICA A Pesquisa Salarial é a melhor ferramenta para a administração de cargos, salários e benefícios da Indústria Gráfica Paulista. São 56 empresas participantes, 166 cargos setoriais descritos e pesquisados, 6 segmentos analisados, cerca de 15.324 profissionais na amostra. A sua empresa terá acesso a relatórios com apresentação e metodologia, relação das empresas participantes distribuídas por porte e segmento, gráficos analíticos, medidas estatísticas, além de análise da política de RH.

Investimento: Execução

R$ 1.200,00

Realização

Informações: 11 3232 4500 www.sindigraf.org.br

Associada ABIGRAF-SP: Desconto de 50% | R$ 600,00

Pit

Peça

Formato

Data

ABF000112

Anúncio

21 x 14 cm

13/01/2012

Finalização

Produção Gráf.

Revisão

Redação

Dir. de Arte

Atendimento

Coordenação

Cliente

Cursos ABTG 1º semestre » www.abtg.org.br

Mercado Gráfico: Como Vender Mais? - 31 de janeiro a 2 de fevereiro PCP - Segmento Promocional e Comercial - 7 a 9 de fevereiro Como Aumentar a Rentabilidade Controlando a Cor no Processo de Gráfico 5 de março Formação de Inspetores da Qualidade - 13 a 15 de março Produção Gráfica - 27 a 29 de março Como Eliminar os 7 Desperdícios do Processo Gráfico e Reduzir Custos 12 de abril Formação de Orçamentista para Indústria Gráfica - 16 e 17 de abril

-

Excelência na Impressão Offset - 24 a 26 de abril Formação de Líderes de Produção - 7 de maio Qualidade e Produtividade na Flexografia - 15 a 17 de maio Controle do Processo Produtivo em Gráficas - 29 a 31 de maio Problemas e Soluções de Pré-Impressão - 4 a 6 de junho Gestão Integrada da Qualidade, Meio Ambiente e Segurança no Trabalho para a Indústria Gráfica - 12 a 14 de junho Produção Gráfica para Vendedores - 26 a 28 de junho Os cursos são realizados das 18h45 às 21h45. - Cursos aos sábados serão realizados das 9h às 16h. Cursos com a duração de 1 dia serão realizados das 9h às 18h. VAGAS LIMITADAS.

Inscrições pelo telefone: (11) 2797-6700 Fax: (11) 2797-6716 ou E-mail: curso@abtg.org.br Local: Rua Bresser, 2.315 – Mooca (dentro da Escola SENAI Theobaldo De Nigris) Descontos: 5% de desconto para pagamento até 30 dias antes do curso. Consulte-nos sobre pacotes para empresas.

PREPARE-SE PARA IMPULSIONAR A SUA CARREIRA. ABTG. Cursos que fazem você ir mais longe no mercado.

Patrocínio

Apoio

Apoio Editorial

Realização

Prod


IMPRESSÕES 40