Page 1

REGIONALIZAÇÃO |

GLOBALIZAÇÃO DAS CONTAS DE VIAGENS CORPORATIVAS


3 A pesquisa sobre Regionalização e Globalização de viagens corporativas, encomendada pelo Instituto Alatur e HRG Brasil foi realizada em sua 1ª edição pelo Instituto de Pesquisa Ivani Rossi Conhecimento Aplicado a Negócios, durante os meses de fevereiro e março de 2012. Nesta edição além de traçar as tendências entre empresas brasileiras que se internacionalizaram, foi feito um paralelo com as multinacionais que estão instaladas no Brasil. O estudo mostra quais os mercados mais frequentes na expansão dos negócios das empresas multinacionais no presente e no futuro. Os estudo demonstra ainda os desafios e benefícios da consolidação regional e global da conta de viagens corporativas. Uma referência para compradores e gestores de viagens que atuam na América Latina.

Sobre o Instituto Alatur O braço institucional do Grupo Alatur, o Instituto Alatur tem missão de estimular o desenvolvimento de conteúdo e difundir as melhores práticas do mundo, onde quer que elas estejam, para contribuir com o crescimento sustentável das atividades relacionadas às viagens, eventos e mobilidade corporativa no seu sentido mais amplo. O Instituto Alatur foi desenvolvido para disseminar, cada vez mais, as informações sobre o setor. Por isso, dentre suas atividades estão:

Sobre a HRG Worldwide

Geração e difusão de pesquisas de mercado e estatísticas do setor; Promoção e intercâmbio de melhores práticas; Desenvolver e promover conteúdo através de publicações como livros e periódicos; Integrar gestores de viagens e eventos, por meio de programas de debates, fóruns, atividades de conteúdo e iniciativas de apoio ao desenvolvimento sustentável; Abertura para iniciativas e projetos relevantes do mercado

Hogg Robinson Group plc (HRG) é uma empresa de serviços reconhecida e premiada no seu setor. Fundada em 1845 com matriz em Basingstoke, Hampshire, no Reino Unido, a HRG é especialista em gestão de viagens, despesas e dados através de tecnologia e produtos próprios. Com uma rede global que abrange mais de 120 países a HRG oferece conhecimento local e expertise global nas Américas, Europa, Ásia Pacífico, África e Oriente Médio.

Sobre Ivani Rossi Conhecimento Aplicado a Negócios Mais de 25 anos de experiência; Grande conhecimento do mercado Brasileiro; Foi sócia da ex-InterScience Informação e Tecnologia Aplicada;

Realizou mais de 1700 projetos qualitativos e quantitativos em praticamente todos os segmentos de negócios (serviços, consumo, B2B, varejo, financeiro, serviços, imobiliário)


4

Cenário Com a ascensão da economia brasileira, muitas empresas multinacionais se instalaram no Brasil, além do fenômeno de empresas brasileiras que se internacionalizaram ou estão nesse processo. Frente a este cenário, o programa de viagens, principalmente das empresas brasileiras internacionalizadas, tomou outro vulto, uma vez que seus negócios se estendem por mercados globais. Assim sendo, novos desafios relativos ao deslocamento de seus recursos humanos se apresentam num cenário onde a legislação tributária e os hábitos culturais são desconhecidos por essas empresas.

Objetivos desta pesquisa Compreender em relação à regionalização (globalização da gestão das viagens corporativas) Como veem o processo de regionalização no futuro próximo?

Atuando em mais de um país, qual o procedimento adotado?

Quais as vantagens e as dificuldades desse processo?

Existe um protocolo de ação para países diferentes? Como funciona?

Para quais mercados as empresas estão indo (América Latina, Europa, Ásia)? Qual a tendência futura? Conquistar novos mercados? Onde?

Existem diferenças entre as empresas brasileiras que se internacionalizaram e as multinacionais?

Quais as facilidades encontradas nesse processo de internacionalização? Como resolvem seus programas de internacionalização das viagens corporativas?

REGIONALIZAÇÃO | GLOBALIZAÇÃO DAS CONTAS DE VIAGENS CORPORATIVAS


5

Usos das informações desta pesquisa Entender como é o processo de internacionalização, mobilidade e políticas Identificar modelos de regionalização das contas corporativas Compreender as especificidades das multinacionais brasileiras Identificar os aspectos valorizados na contratação de uma empresa de serviços a fim de subsidiar a estratégia de abordagem Servir de benchmark às empresas que passam por processos semelhantes.

Características do Projeto Metodologia Quantitativa, em entrevistas telefônicas, questionário estruturado em perguntas fechadas e abertas.

Universo Diretores, gerentes, superintendentes e gestores, responsáveis por definir as políticas de viagens da empresa.

Amostra Foram obtidos 53 casos, distribuídos: 28 casos com empresas brasileiras, extraídos da Revista Multinacionais Brasileiras, publicação do jornal Valor Econômico, contendo 77 empresas brasileiras e 25 casos, com empresas multinacionais, para efeito de comparação.


Segmento de atuação e presença nos países

Brasileiras presentes em média em 3 países/regiões Multinacionais presentes em média em 4 países

Europa

Estados Unidos e Canadá

México

África

América Central

REGIONALIZAÇÃO | GLOBALIZAÇÃO DAS CONTAS DE VIAGENS CORPORATIVAS

Outras

Veículos e peças

Energia Elétrica

Metalurgia e siderurgia

Química e petroquímica

Têxtil, couro vestuário

Base: 53/28/25 Fonte: Total de Empresas/Brasileiras/Multinacionais Obs: Ordenado pelas empresas Brasileiras

Alimentos e bebidas

Países do Cone Sul

Países Andinos

Construção e engenharia

6


7

Número de funcionários deslocados anualmente em viagens internacionais Até 50

Ásia

25% Mais de 50 a 200

Mais de 200 a 500

Mais de 500 Média anual : 186 156 218 Brasileiras

Multinacionais

Número de viagens internacionais previstas ao ano 39%

32%

Até 100

18%

12%

20% 18%

Número de viagens previstas ao ano do Brasil para outros países ou desses países para o Brasil.

Mais de 100 até 400

7%

Mais de 400 até 1000

16%

Mais de 1000

4% 18%

17%

0%

Recusa Não sabe ao certo


8

Opinião sobre a regionalização das empresas

86% 72%

Expansão

57% 48%

Tendência

32% 52%

Lucro / redução de custos

39% 16%

Competitividade

36% Imagem

20%

Brasileiras

Multinacionais

Três aspectos destacam-se no desafio da regionalização, independente se do ponto de vista de uma empresa brasileira se expandindo ou de multinacionais com grande experiência: Possibilidade de aumento na participação de mercado Com a abertura da economia brasileira, definiu-se como uma oportunidade E uma combinação lucro vs redução de custos por conta de produção em larga escala. Base: 53/28/25 Fonte: Total de Empresas/Brasileiras/Multinacionais

REGIONALIZAÇÃO | GLOBALIZAÇÃO DAS CONTAS DE VIAGENS CORPORATIVAS


68%

72%

Outros

Expansão

Vantagens do processo de regionalização

Lucro / redução de custos

9

68% 68% 57% 48%

As vantagens são tanto a possibilidade de expansão dos negócios como de lucratividade e redução de custos.

Outras Dificuldades

Problemas Relacionados ao RH

Diferenças Culturais

Impostos/Legislação Tributária/Leis Locais

Dificuldades enfrentadas no processo de regionalização

As diferenças culturais também acabam criando entraves ao processo de entrada no país.

72% 65% 50%

As dificuldades enfrentadas dizem respeito aos impostos, a legislação tributária local.

61% 52%

48%

20% 14%


Planejamento: expansão para os próximos 10 anos Sim Depende do sucesso nos atuais países Um terço das empresas planeja expandir seus negócios nos próximos 10 anos, entre as brasileiras os países da Ásia e Cone Sul foram os mais citados.

12%

Não/ Não sabe 25%

36%

39%

32%

56%

40%

28%

Multinacionais

África

Países Andinos

América Central

México

Europa

Estados Unidos e Canadá

50%

Países do Cone Sul

Brasileiras

Ásia

10

25% 20%

20%

13%

Base: 53/28/25 Fonte: Total de Empresas/Brasileiras/Multinacionais

REGIONALIZAÇÃO | GLOBALIZAÇÃO DAS CONTAS DE VIAGENS CORPORATIVAS

10%

10%

10%


VIAGENS CORPORATIVAS


12

Como ocorre a gestão do planejamento da política de viagens corporativas

Metade das empresas define uma política e determina a implantação e isto ocorre tanto nas empresas brasileiras como na multinacionais. E praticamente a outra metade tem política de viagens especifica por região. Brasileiras

50% 48% 43% 44% 4% 8%

Multinacionais

A matriz define a política e determina a implantação, independente do país

Tem política de viagens específicas por país ou região

Testou em um país e ajustou a política, implantando em todos os demais

4% 0% Base: 53/28/25 Fonte: Total de Empresas/Brasileiras/Multinacionais

REGIONALIZAÇÃO | GLOBALIZAÇÃO DAS CONTAS DE VIAGENS CORPORATIVAS

Depende


13

Um orçamento por departamento

Cada unidade tem seu próprio orçamento

Responsável pela coordenação do processo de gestão Brasileiras

75% 80%

Cada unidade tem seu orçamento mas é validado pela Diretoria

Como é feita a gestão da política de regionalização

49% Parte interna e parte contratada

0% 4%

16%

25%

46% Parte interna e parte contratada

Multinacionais

32% Eu mesmo com equipe interna

18% Contratação de parceiros / especialista

32% Eu mesmo com equipe interna

Contratação de parceiros / especialista 11% 8%

4% Eu mesmo com suporte da minha TMC

Eu mesmo com suporte da minha TMC


14

O que está contemplado na estratégia de regionalização Multinacionais

Brasileiras

75%

70%

Viagens / deslocamentos

21%

Treinamentos

4%

Eventos

22% 8%

O que está contemplado na estratégia de regionalização Único para toda região Um para cada região

19%

81% Base: 53/28/25 Fonte: Total de Empresas/Brasileiras/Multinacionais

REGIONALIZAÇÃO | GLOBALIZAÇÃO DAS CONTAS DE VIAGENS CORPORATIVAS


12% 11% 11% 8% 8% 4% 4% % 7 18%

12%

20% 20%

15

Dificuldades encontradas na gestão da política de viagens

20% 32%

Multinacionais Brasileiras

64%

o sa ra ho s 4 ) ai 2 (1 on al s gi ra ob re o s ut gl O os cid ia rd l e nc s co be tê en s i s te s a sta ag As j a n do é - e ss a ão pr pa vi aç is da lic ba s e o re Ap lo g a ic o l r v ún va ou se a / re e m o eç da ist s Pr ão m aç u s id r io ol po ór t ns o a ã l de sa Co i s s re a re m p de os em te m ão ad sis e a iss lid o nh i Em nso as t re m en da m co co ce o ar r fa s e lid te a I n er v m s e de re de os da az ns ul s pr ge fic õe de via Di ç e c to a s ex en a d im ci pr ên m ed Cu te c an

4%

Base: 53/28/25 Fonte: Total de Empresas/Brasileiras/Multinacionais Obs.: Total de Menções Outras (1): Especificidade de cada um dos mercados/Rastreamento de viajantes/ Conversão de diferentes moedas


16

Aspecto mais importante na contratação de um parceiro/especialista (importância do atributo)

84%

68%

Buscar a melhor relação custo x benefício

12% 11%

Atender as especificidades do país estrangeiro

14% 4% 12% 8% 8% 28%

Considerar as diferenças culturais

7%

Garantir a aplicação consistente dos critérios

7%

Verificar passagens e roteiros mais baratos

4%

Atender as especificidades do funcionário viajante

8%

Outros (1)

Outros (1): Encontrar equilíbrio entre saving e solução/Implementar ferramentas de gestão/ Conquista de novos negócios/ eliminação de esforços redundantes na empresa/ter um único relacionamento com fornecedor de gestão de viagens Multinacionais

Assistência para tarifas complexas (Global Pricing Desk)

Poder acompanhar on line o rastreamento do viajante

Oferecer soluções que integrem a política local, regional e globa

Consolidação dos dados

Presença em países onde a empresa atua

Transparência nos procedimentos

21%

Oferecer análises de performance e benchmarking

30%

Ter um portal de fácil acesso

37%

Oferecer assistência global 24 horas

Ter custos gerenciados

Ter equipe de profissionais altamente preparados

Brasileiras

14%

12% 10%

11% 8%

7%

7%

8%

4%

Base: 53/28/25 Fonte: Total de Empresas/Brasileiras/Multinacionais

REGIONALIZAÇÃO | GLOBALIZAÇÃO DAS CONTAS DE VIAGENS CORPORATIVAS

9% 3%

3%

4%

5% 0%

2% 1%

4% 0%


56%

Outros (1): Ter back office na empresa/Fornecimento de dados de benchmark da industria de turismo/Certificação ISO/ Capacidade de inovação/Oferta de opção de pagamento dos serviços utilizados por faturamento/Realização de “client review”/Fornecimento de ferramentas de self booking

21%

18%

21%

18% 16%

20%

8%

Resumo total das transações e volumes

7% 4% 4% 8%

Outros(1)

Antecedência de compra

Poder usar os recursos mais modernos de tecnologia para contribuir para o saving

8%

7% 0%

Poder pensar globalmente na conta da viagem

Possibilidade de diminuir viagens pelo incremento da vídeo conferência

Ter uma pessoa chave com quem falar

Confiança nos procedimentos definidos

Ter prestadores de serviços que se antecipam e oferecer soluções inteligentes

18% 20% 14%

Consolidar os números para gerar acordos

Ter a transparência de todos os dados disponíveis

Controle da execução de todos os procedimentos

18%

20% 24%

28%

29%

32%

17

Fatores que facilitam a execução da administração da política de viagens


87% apontou alguma dificuldade no planejamento da política de viagens corporativas 28%

Planejar as opções de voos

29% 32%

Considerar as diferenças culturais de cada país

12%

Planejar os meios de hospedagens

29%

11%

Coordenar a integração de viagens A padronização dos serviços

4%

11%

Ter diferentes modelos de contratos regionais

4%

11%

Ter diferentes taxas por destino

Obter dados precisos e relatórios

7% 4% 8% 4% 8%

Dificuldade em adaptar aos critérios locais

4%

Negociar com diferentes fornecedores

20%

16%

8% 21% 24% 20%

Outros (1) Nenhuma / não tem

36%

7%

Outras(1): Definir claramente os critérios de locomoção terrestre/Diferentes formas de recebimento e faturamento/Restrições legais/ Confiabilidade nos fornecedores locais/Resistência em mudar comportamento da equipe local/ Falta da oferta de serviços dependendo da região

Há problemas na execução da política de regionalização

m / nenhum ad o te ã N

Os de 20 co Acord % rre os p nte rév s ios nã o ades locais da m cu cessid alha s ne a a é rea rem em de Obter relat en ório sd eta

% 0% 14 2

ra em is ca ma

Multinacionais

mentos ancela os, c s a r t Custos plan a :a ejado áre s ex a s i é t h o l h trap e s a a m % ola s áre a i a c Fazer o con m d 1 m m o 1 s o % 1 c lidad 7 s ais 1 o % d o 4 s i o % t o r r % m e e r p 8 a s i ld a m as Custos m sm ais a ino t s ltos m de e g no 12 4 e via % s % 11 ados d % Outros (1% ) 4 h l 7%uldade ific

Fazer solicitantes / viaja n determina d o s hor tes e ário nt s

REGIONALIZAÇÃO | GLOBALIZAÇÃO DAS CONTAS DE VIAGENS CORPORATIVAS

%

44

Outros (1): Controlar/preparar relatórios com meios de pagamentos distintos(cash/fatura/etc)/ Diferenças culturais/ Fuso horário

Base: 53/28/25 Fonte: Total de Empresas/Brasileiras/Multinacionais

visto pre eo qu ivas do % efet 16spesas uados / preç s adeq o de d a mai pas ios sag rár ho

Brasileiras

Problemas

em

18

57%


19

Instituto Alatur O Instituto Alatur tem como missão estimular o desenvolvimento de conteúdos e difundir as melhores práticas do mundo, contribuindo com o crescimento sustentável das atividades relacionadas à mobilidade corporativa. Para isso, a entidade publica livros, financia pesquisas e realiza eventos que tratam sobre o setor, apontando as principais tendências do mercado.

Atividades: Lançamento dos livros Eventos, Uma Alavanca de Negócios; O Valor Estratégico dos Eventos; Improvisação Estratégica e Corporate Mobility; Realização do Fórum Alatur desde 2008, Fórum Latino Americano HRG; Pesquisas TMC Ideal. O Processo Decisório em eventos: ambiente high tech ou high touch? Mobilidade Corporativa e Regionalização; Realizou diversos encontros de negócios para debater temas como: Regionalização e globalização, Programa Estratégico de Gestão de Eventos, Fragmentação de Serviços, Expense Management e Mobilidade Corporativa.


estudoregionalizacaoviagens  
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you