Page 1


Copyright2012 por Tânia Adel Merege de Mello Cruz Pinto. Todos os direitos em língua portuguesa reservados por:

Capa: Marianne Bettina Richter Dias José Fernandes Neto

A. D. SANTOS EDITORA Al. Júlia da Costa, 215 80410-070 - Curitiba - Paraná - Brasil +55(41)3207-8585 www.adsantos.com.br editora@adsantos.com.br

Acompanhamento editorial: Priscila Laranjeira

Diagramação: Manoel Menezes

Impressão e acabamento: Gráfica XY Printing Desenhistas: – Jairo Vinícius Merege de Mello Cruz Pinto – Guilherme Edson Merege de Mello Cruz Pinto – Marcelo Augusto Merege de Mello Cruz Pinto – Fernanda Feuerharmel Soares da Silva

Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP) PINTO, Tânia Adel Merege de Mello Cruz Histórias para o culto e para o evangelismo infantil – como ministrar o coração da criança no culto infantil através das histórias / Tânia Adel – Curitiba: A. D. SANTOS EDITORA, 2012. 160 p. ISBN – 978.85.7459-296-1 1. Bíblia

2. Educação Cristã

3. Educação Infantil CDD – 220

2ª Edição: Novembro / 2012 – 7.000 exemplares. Proibida a reprodução total ou parcial, por quaisquer meios a não ser em citações breves, com indicação da fonte.

Edição e Distribuição:


Agradecimentos

Agradeço a Deus pelo dom que Ele me concedeu para evangelizar crianças, dom este confirmado na vida dos meus filhos Jairo Vinícius, Guilherme Edson e Marcelo Augusto, que aceitaram Jesus Cristo em suas vidas quando ainda eram pequenos, e hoje, jovens, colaboraram com os desenhos desta obra para abençoar professores e evangelistas na propagação do evangelho. Obrigada queridos! Vocês são presentes de Deus para mim. Agradeço a minha querida e futura norinha Fernanda, uma flor que brotou em nosso lar, e que também me ajudou com os desenhos deste livro. Agradeço ao meu amado esposo Jairo que sempre está disposto a me ajudar no trabalho de evangelismo infantil, pois onde quer que Deus me envie ele sempre me apóia. Trabalhar com crianças é um dom maravilhoso e cheio de desafios, minha maior recompensa será saber que a leitura e a utilização deste material proporcionou ainda mais criatividade para falar de Jesus aos pequeninos. Tânia Adel

i


ii


Prefácio

Uma exímia contadora de histórias é o que salta aos olhos quan-

do falamos de Tânia Adel. Sem medo de parecer estranha ela se veste de joaninha e de abelhinha e, carregando uma enorme mala abre, aos olhos das crianças um mundo maravilhoso de sonhos e ensinos. Tive o privilégio de observar o seu desenvolvimento teológico e ministerial. Mãe e esposa dedicada agora reparte com os leitores suas experiências com embasamento teológico. Ela também se voluntaria sempre para apresentar JESUS às crianças que estão em creches, hospitais e missões. Após a excelente recepção de seu primeiro livro (Como contar histórias – A arte de contar histórias para o evangelismo infantil), ela ousa novamente ao nos apresentar HISTÓRIAS PARA O CULTO E PARA O EVANGELISMO INFANTIL.

Seu material é dinâmico, recheado de recursos lúdicos, aplicações práticas que serão profundamente úteis para aqueles que trabalham com crianças. Ela também nos apresenta versões novas e divertidas das histórias bíblicas e acrescenta histórias morais criativas que dinamizarão o ensino aos pequenos. Lendo este livro observo que com cuidado e detalhadas explicações ela orienta àqueles que desejam fazer mais do que “cuidar de crianças” na igreja. Ela percebe o ministério infantil como uma oportunidade única de formar caráter, construir conhecimento iii


bíblico e criar oportunidades para que as crianças tenham experiências verdadeiras com o nosso Deus. O evangelismo e o culto infantil precisam estar sempre se renovando, afinal hoje em dia crianças e pais estão saturados de informações por todos os lados e com o advento da Internet as crianças estão muito mais rápidas, mais informadas. Por isso mesmo é preciso inovar e é esta inovação que Tânia nos propõe e apresenta. Você vai rir, vai chorar, se emocionar e enriquecer a apresentação do conteúdo. Suas aulas, seja na Escola Bíblica ou em outros ambientes serão mais divertidas e muito mais interessantes. O desejo do meu coração é que você, assim como a autora, cresça cada vez mais na graça e no conhecimento de Cristo Jesus e que anuncie as Boas Novas às crianças de maneira a ganhar seus coraçõezinhos para o MESTRE. Tenho certeza de que este material será usado por Deus para que as próximas gerações de professores de ministério infantil possam cumprir a sua missão de levar os pequeninos até Jesus! Divirta-se ensinando e que Deus o abençoe. L. Roberto Silvado Pastor Presidente da Convenção Batista Paranaense

iv


Índice Parte 1 Como Ministrar o Coração da Criança no Culto Infantil Através das Histórias . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 1 Parte 2 Tornando o momento da história um momento de aprendizado e reflexão. Histórias do Antigo Testamento. . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 23 Parte 3 Histórias do Novo Testamento . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 81 Parte 4 Histórias com princípios bíblicos, baseadas em textos bíblicos . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . . 125

v


vi


Parte 1 Como Ministrar o Coração da Criança no Culto Infantil Através das Histórias

O culto infantil é um momento no qual as crianças vão para aprender a adorar e cultuar a Deus, pois assim disse Jesus: “Ao Senhor teu Deus adorarás, e só a Ele darás culto” (Mateus 4:10).

O professor ou ministro do culto infantil precisa permitir que as crianças participem, incentivando-as a interagir e a vivenciar cada momento. Diferentemente do culto para adultos, onde apenas os escalados para tanto participam (exceto no louvor onde toda a igreja canta), no culto infantil todos devem e podem participar. Para isto, será necessário fazer uma ordem de culto apropriada, ou seja, um esboço adequado a ser seguido. A chegada das crianças ao local onde ocorrerá o culto deve ser espontânea e alegre, e para que isso ocorra naturalmente, use um avental colorido com vários tipos de bichinhos de pelúcia grudados nele, ou então costure no avental retalhos de bichinhos retirados de roupas infantis usadas.

1


Cumprimente as crianças, veja se há visitantes entre elas e ofereça um cartão de “bem vindo à família de Deus”, se possível, com a devida antecedência, peça para todas as crianças assinarem o cartão. No culto infantil, o momento de oração é um tempo de compartilhamento onde a criança, à sua maneira, deverá conseguir expressar o que está sentindo, e isto deve ocorrer de forma bem simples e descontraída. Se houver louvor, o mesmo deve ser escolhido de maneira a reforçar a história que será contada ou que já foi contada, dependendo da ordem do culto. A música deve ter letra fácil e uma melodia onde a criança expresse alegria ao cantá-la. A leitura da Bíblia precisa ser dinâmica e atraente, e todos devem ler um pedaço, mesmo as crianças que não sabem ler devem participar de uma maneira alternativa. Por isso, a leitura bíblica deve ser visível e compreensível a todos. A mensagem será a história narrada com ou sem adereços. Toda história é uma oportunidade para a criança tomar novos passos na vida cristã. Tendo em vista que, a história é um dos meios mais eficientes de ensino, a criança deve ser levada a mudar de atitude diante do que aprendeu, portanto, devemos tirar das histórias, tanto desafios como apelos, possibilitando que elas venham a tomar decisões. A atividade manual é um dos momentos mais esperados pelas crianças, pois elas gostam de mexer com cola, papel, pintura, lápis de cor, glíter, etc. Este também deve ser um momento alegre e descontraído, que sirva para reforçar o aprendizado da história e ao mesmo tempo trabalhar o afeto, companheirismo, e a divisão de material. Uma apresentação especial pode ou não ocorrer no culto infantil, dependendo da programação do mesmo ou em datas espe2


ciais como: Natal, Páscoa, etc. Ela ocorrerá como algo previamente divulgado para as crianças e que elas aguardam com certa expectativa. Momento missionário ou de ofertas deve ocorrer em todos os cultos, para que a criança aprenda desde pequena sobre missões e também a ofertar. É importante avisar aos pais e responsáveis sobre o recolhimento de ofertas das crianças e o fim para o qual se destinam tais ofertas, para que os mesmos saibam o que está ocorrendo e também para que possam incentivá-los a ofertar. Ordem de culto A. Abertura B. Oração C. Leitura da Bíblia ou versículo para memorizar D. Música E. Apresentação especial F. Mensagem G. Atividade manual H. Momento da oferta e momento missionário

A. Abertura: Recepcionando as crianças com alegria e criatividade. Espere as crianças no local onde será realizado o culto infantil. Se em sua igreja elas assistem uma parte do culto com os adultos, fale com seu pastor para chamá-las à frente, e então intercedam por elas e pelo culto que será realizado. Para este momento, use um guarda-pó diferente. Coloque nele enfeites como: bichinhos de pelúcia, retalhos com desenhos de crianças, animais ou da natureza. Utilize o seu guarda-pó para con3


tar histórias. Caso você não saiba como bordar e não tenha tempo para costurar, compre um chapéu colorido, coloque uma camiseta colorida, use pantufas de bichinhos nos pés. Ou ainda, faça um desenho de borboleta, joaninha ou uma estrelinha no seu rosto usando batom e lápis de olho.

Tânia Adel com o guarda-pó ensinando prevenção odontológica.

B. Oração: Tornando diferente e empolgante o momento da oração

• B1. Agradecer................................................................. Faça um círculo com as crianças. Cada uma terá que agradecer por algo que lhe ocorreu durante o dia. Conforme forem falando elas terão que dar um passo para o centro do círculo. Repetir até que elas fiquem bem juntinhas, e então o professor ou o ministro infantil fará a oração final e todas as criança dirão um “amém” bem alto. 4


• B2. Pedir ........................................................................ Convide as crianças para ajoelharem-se. Uma por vez irá pedir algo ao Papai do Céu e em seguida ficar em pé. Quando todos estiverem em pé, o professor ou ministro infantil também irá interceder ficando em pé, e todos juntos dirão“amém”. Opção: entregue um envelope para cada criança e peça para elas escreverem ou desenharem um pedido para o Papai do Céu em favor de uma pessoa que elas querem bem. Ex.: Papai do Céu! Cure a minha vovó. Balão de gás Peça para cada criança escrever, ou desenhar em um pedaço pequeno de papel, um sonho que ela possui em forma de pedido ao Papai do Céu. Coloque os pedidos dentro de uma bexiga vazia na presença deles e coloque o nome de cada um por fora da bexiga e reserve o final desta atividade para o próximo culto. Leve para casa os balões e encha-os de gás apropriado em casas especializadas para isto ou em postos de gasolina. Amarre em cada balão um pedaço de fitilho. No próximo culto reúna as crianças ao ar livre e cada uma irá soltar para o alto o seu balão com o seu sonho em forma de pedido ao Papai do céu. Observação: Ao retornar para o culto com as crianças, trabalhe com elas o seguinte aspecto: “O Papai do Céu conhece cada um de nós e Ele sabe o que é melhor para nós, os nossos sonhos já estão nas mãos Dele, portanto vamos aguardar o que Ele vai fazer”.

5


• B3. Adoração................................................................. Desenhando no quadro, ou no álbum seriado. O professor ou ministro infantil escreverá em letras bem grandes: “Obrigado Senhor, porque o Senhor é:..” e então, cada criança irá uma vez ao quadro ou no álbum seriado e escreverá uma frase ou fará um desenho em forma de adoração.

Ex: OBRIGADO SENHOR, PORQUE O SENHOR É: O criador do Céu e da Terra. Porque o Senhor criou o homem. O Senhor é o meu Bom Pastor, etc. 6


O que é um álbum seriado? É um bloco de folhas grandes unidas na parte superior. A primeira folha fica em branco para cobrir as figuras ou frases que estão nas folhas seguintes.

C. Leitura da Bíblia ou versículo para memorizar: Tornando o momento da leitura bíblica um momento de concentração e aprendizado coletivo Escolha versículos pequenos e que estejam relacionados com a história que será contada e crie maneiras diferentes de ensiná-los, como os modelos a seguir:

• C1. Quebra-cabeça ........................................................ Escreva o versículo em letras grandes e com cores fortes, em cartolina ou papelão, recorte a cada duas ou três palavras dependendo do tamanho do versículo, faça recortes precisos e que se encaixem. Distribua para as crianças e peça que montem o quebra cabeça juntos e então leia o versículo em voz alta. Observação: Se as crianças ainda não sabem ler faça um desenho do versículo e recorte-o em forma de quebra-cabeça.

7


• C2. Dominó .................................................................. Escreva o versículo como o anterior, e, em vez de cortar como quebra-cabeça, corte em forma de dominó, ou seja, retangular. Em cada pedaço, desenhe uma quantidade de bolas e algumas palavras do versículo de forma que cada pedaço que contém o número de bolas dê certo com a palavra do próximo versículo e que combinem entre si.

• C3. Varal com versículos............................................... Pegue diversas folhas de papel tamanho ofício, dobre-as uma vez, escreva as palavras do versículo em letras grandes, uma ou mais em cada folha incluindo a referência bíblica. Estenda um cordão para pendurar as folhas ou peça para duas crianças segurar as 8


pontas do cordão. Pendure as folhas de papel no varal pela dobra. Faça também desenhos de roupa infantil em cartolinas como: saia, camiseta, calça e recorte-as escrevendo nelas o versículo escolhido. Você pode também recortar figuras de animais, caso seja uma história onde eles apareçam bastante como “A Criação”, A Arca de Noé e escreva neles o versículo escolhido. Observação: Pendure com prendedores de roupa.

D. Música: • Tornando o momento da música um momento de

louvor e adoração ......................................................... A música é considerada um incentivo pedagógico de grande valor podendo desenvolver comportamentos, provocar atitudes e formar conceitos. Portanto, ela deve transmitir mensagens. Por isso, elas devem ser escolhidas com antecedência, tendo em mente a mensagem da história que será contada. Muito cuidado ao escolher as letras das músicas. Quando você estiver escolhendo-as pergunte-se: Será que têm sentido e significado para as minhas crianças esta música que escolhi para que elas ouçam e cantem? Será que esta música tem interação com a história que irei contar? Será que as palavras não estão muito complicadas para a idade delas? Res9


ponda para você mesmo estas perguntas, se achar que está adequada, trabalhe com as crianças a música que escolheu para o momento de louvor.

• Como ensinar uma música nova para as crianças ....... 1. Desenhe o que fala a música em pedaços de cartolina e alterne escrevendo a letra da música. Você pode ir mostrando os desenhos e as palavras uma a uma, ou utilizar o quadro de pregas que é um recurso didático muito usado para decorar frases.

• Como se faz um quadro de pregas:.............................. Sobre uma folha de papelão ou madeira prende-se outra folha de papel pregueado no sentido horizontal. Cada prega pode ter a profundidade de cerca de 3cm. Você pode fazer também diretamente na cartolina, basta ir formando pregas de 3cm de profundidade por 7 cm de distância.

10


2. Você deve cantar primeiro a música. Se tiver palavras difíceis explique antes o significado. Divida a música em partes e faça as crianças repeti-la. 3. Faça instrumentos musicais com material reciclável para elas usarem sempre que quiserem no momento do louvor.

11


4. Faça uso da dramatização com as crianças, e se possível use alguns adereços como coroa, martelo, espada, etc.

Exemplo de música: Com meu martelo eu vou pregar. Com minha espada eu vou lutar. Eu tenho muito que trabalhar! Há muitas almas a salvar.

E. Apresentação Especial: Tornando o momento da Apresentação Especial sempre diferente e alegre Para este momento crie situações diversificadas a cada culto, como por exemplo: Convide a banda jovem de sua igreja ou de outra para tocar, convide as meninas da coreografia para uma dança especial, convide um grupo de teatro de alguma igreja que você conheça para apresentar uma peça. Coloque um “CD” com uma música infantil e faça uma peça de teatro com fantoches. Lembre-se de diversificar o cenário sempre e separar bem este momento do momento da mensagem que será feita com histórias. Onde apresentar o teatro de fantoches: Se na sua igreja os líderes infantis fazem uso sempre do fantoche, seria interessante ter um cenário fixo do tipo biombo com três ou quatro sessões, pois 12


eles sĂŁo dobrĂĄveis e podem ser guardados com facilidade quando nĂŁo estiverem em uso.

13


Agora, se o uso de fantoches for eventual, utilize um varal com lençol, ou quem sabe aproveite uma janela ou ainda uma porta, porém lembre-se de colocar cortinas enfeitando o ambiente e deixando-o acolhedor, e se for ao ar livre utilize as árvores locais para amarrar lençóis ou outro pano qualquer, criando assim o seu cenário.

14

Histórias para o Evangelismo e para o culto infantil  

-Cative e mantenha a atenção de seus ouvintes -Rico em recursos visuais, dinâmicas e sugestões para incrementar a apresentação do conteúdo....

Histórias para o Evangelismo e para o culto infantil  

-Cative e mantenha a atenção de seus ouvintes -Rico em recursos visuais, dinâmicas e sugestões para incrementar a apresentação do conteúdo....

Advertisement