Page 1


ESBOÇOS PARA SERMÕES E ESTUDOS BÍBLICOS O PODER DO PERDÃO e o RESSENTIMENTO - 1 (Mt 18:21-35; Lc 17:3; Jr 31:34; Hb 8:12) 1. 2. 3. 4. 5.

O perdão significa per – DOAR (Mt 6:12) Perdão é tornar-se livre e permitir que o outro seja livre (Sl 32:3). O perdão traz paz, comunhão e segurança (Sl 32:1,2; Cl 3:12,13). Ressentir é não perdoar, mas sentir e voltar a sentir a dor. Ressentir é “tomar o veneno e esperar que o outro morra”.

ONDE ESTÁ RAZÃO (A GLÓRIA) DA EXISTÊNCIA HUMANA - 2 (Jeremias 9:23,24) 1. 2. 3. 4.

Não está na riqueza (Jr 9:23; Mt 6:24; Mc 10:24). Não está na força da carne (Jr 9:23; 1 Sm 2:9). Não está na sabedoria humana (Jr 9:23; 1Co 1:19; Ez 28:1-8). A razão está em CONHECER A DEUS (Jr 9:24; Sl 118:14; Is 45:22).

A INSATISFAÇÃO NA VIDA É RESULTADO DA AUSÊNCIA DE DEUS - 3 (Ageu) 1. O povo de Deus começou bem – colocando o fundamento do templo (Ag v.1,2; Zc.4:9). 2. O povo de Deus não permaneceu na vontade de Deus, mas voltou-se para seus interesses pessoais (v.2-6). 1


ESBOÇOS PARA SERMÕES – VOLUME 3

3. O povo de Deus é alertado de sua situação pelo profeta Ageu. a) considerar o pensamento errado do povo – Não é tempo de buscar ao Senhor (v.2). b) considerar o passado que o povo concluiria o motivo da insatisfação (v. 7, 9, 10, 11). 4. O povo é convidado a voltar para Deus (v. 8). 5. O povo de Deus reconhece o pecado e volta para Deus e Ele promete abençoar de forma mais grandiosa – a glória do segundo templo será maior. (v. 12-15; 2:9).

O MENORÁH (candelabro) E AS OLIVEIRAS -4 Zacarias 4:1-14 1. O menorah (candelabro) simbolizava a luz de Deus para o mundo (v. 1, 2; Fp 2:15; Ap 1:20). 2. O menorah simboliza os olhos de Deus sobre a Terra (v. 9). 3. O menorah precisava do óleo das oliveiras para permanecer aceso (v. 3-6). 4. As oliveiras eram símbolos de servos de Deus que seriam instrumentos para a luz de Deus brilhar no mundo (v.11-14).

“LAVAR AS MÃOS” PARA SE LIVRAR DA CULPA - 5 Mateus 27:1,2;11-26 1. O ato de “Lavar as mãos” é tentar tirar a responsabilidade que está em nossas mãos. 2. O ato de “Lavar as mãos” de Pilatos ocorreu várias vezes: a) lançando a culpa na acusação dos judeus a respeito de Jesus (v. 13). b) lançando a responsabilidade de decisão sobre o povo e não na sua autoridade (v. 17, 18, 21, 24, 26).

2


MARCOS STIER CALIXTO

c) sendo insensível ao alerta da sua esposa sobre quem era Jesus (v. 19). 3. O ato de “Lavar as mãos” se concretizou com o ato literal (v. 24).

TALITA - UM EXEMPLO DO PODER DE DEUS - 6 (Lucas 5:21-24; 35-43) 1. O pedido de Jairo era pela filha que estava enferma (Lc 5:23). 2. O pedido de Jairo era com fé na cura do Mestre (Lc 5:23). 3. O pedido de Jairo não acompanhou o tempo de Deus para a intervenção (Lc 5:24-34). 4. O pedido de Jairo se tornou por um momento em lamento e desesperança (Lc 5:35). 5. O pedido de Jairo foi atendido: a) Jesus pede confiança e tranqüilidade aos corações diante da situação (v.36,39). O tempo do verbo significava – “Pára de temer e continua crendo”. b) Jesus evita os lamentadores e se afasta com apenas 5 que testemunharão o seu poder (v. 40). c) Jesus mais uma vez manifesta o poder da ressurreição sobre Talita (v. 41, 42). d) Jesus e a palavra de poder: Talita (menina) Cumi (levanta)! Imediatamente ela levantou (v. 42).

A MALÍCIA DA CRIANÇA E O JUÍZO DO ADULTO - 7 (1 Co 14:20; Mt 18:1-5) 1. O apelo para termos a malícia da criança para entrarmos nos céus é: Mt.18:1-5. a) porque simboliza humildade (simplicidade) (Mt 5:3; Pv 29:23; Is 57:15). 3


ESBOÇOS PARA SERMÕES – VOLUME 3

b) porque simboliza inocência (recém-nascida) (Mt 5:8; Sl 26:6) c) porque esses requisitos são indispensáveis para irmos aos céus. Mc 10:15 2. O apelo para termos o juízo do adulto é porque sinaliza responsabilidade e maturidade nas decisões. (1 Co 14:20)

A CONFISSÃO QUE LEVA A SALVAÇÃO - 8 (Romanos 10: 9,10) 1. O que é confessar – repetir verbalmente algo que foi afirmado. (Rm 10:9) 2. O que precisa ser confessado: a) Que sou pecador (Rm 3:23; Rm 6:23a; Is 64:3; I Jo 1:8). b) Que Cristo morreu pelos meus pecados e se tornou meu Salvador pessoal (Jo 3:10; Rm 6:23b; Rm 8:1,34; 8:10). c) Que Ele ressuscitou e se tornou Senhor (At 2:23,24; 1 Co 15:4). 3. Por que precisamos confessar: a) porque com o coração cremos para sermos justificados (Rm 10:10; Rm 5:1). b) porque com a boca a confissão é para salvação (Rm 10:10; 1 Jo 1:9).

MISSÕES - PARA ONDE E QUANDO IR! - 9 (Atos 1:8) 1. O IDE de Jesus implica no indo – (gerúndio) (At 1:8a) 2. O IDE de Jesus implica em pregar (geograficamente) ao mesmo tempo: Tanto em Jerusalém – Local (At 1:8b). Tanto na Judéia - Cidade (At 1:8b) Tanto em Samaria – Estado (At 1:8b). Tanto nos confins da Terra – Mundo (At 1:8b).

4


MARCOS STIER CALIXTO

VITÓRIA SOBRE A CARNE - 10 (Romanos 7,8: 1-11) 1. Cada crente precisa lembrar que não vence sozinho (Jz 7:14; I Sm 14:6; I Sm 17:45). 2. Cada crente precisa ter consciência de sua limitação (2 Cr 20:12; 1 Sm 30:4-6). 3. Cada crente precisa saber que é na força do Espírito Santo que vencemos a carne (Rm 8:1-11; Sl 91:5; Is 12:2).

DEUS QUER OBEDIÊNCIA DO FILHO PARA O PAI - 11 (Efésios 6:1-4; Provérbios 1:8; Provérbios 6:20) 1. É ordem de Deus – toda ordem de Deus é para nosso bem – Ef 6: 1,2,3; Ex 20:12; Hb 12:9. 2. É justo – a própria lei da natureza concede aos pais a autoridade (É RETO). Ef 6:1; Mt 15:4. 3. É grato ao Senhor - glorifica a Deus e o deixa feliz – I Sm 2:26; Cl 3:20. 4. A obediência é feita no Senhor e na força de Seu Poder – Ef 6: 1a (no Senhor).

DEUS QUER QUE O FILHO HONRE O SEU PAI - 12 (Efésios 6:1-4; Êxodo 20:12; Hebreus 12:9) 1. Honrar significa dar valor e aceitar o pai que Deus nos deu (1 Tm 5:4). 2. Honrar ao Pai é mandamento com promessa para os filhos (Ef 6:2). – promessa de longevidade (Is 65:22).

5


ESBOÇOS PARA SERMÕES – VOLUME 3

– promessa para que tudo corra bem na vida do filho obediente (Cl 3:20).

PAIS DEVEM CRIAR OS FILHOS NA DISCIPLINA DO SENHOR - 13 (Efésios 6: 4; Deuteronômio 6; Provérbios 22:15; 13:24; 29:17; Hebreus 12:5-11; Hebreus 12:6)) 1. Disciplina significa discipulado e treinamento – Dt 6:6-9; 20-25. 2. A disciplina implica em correção e sabedoria – Dt 8:5; Pv 13:24. 3. A disciplina deve levar o filho a obediência a Deus (Dt.6:4-9).

PAIS NÃO DEVEM PROVOCAR A IRA EM SEUS FILHOS - 14 (Efésios 6:4) 1. Pais provocam ira se usam de forma imprópria a autoridade. 2. Pais provocam ira nos filhos quando usam da disciplina, mas sem amor. 3. Pais provocam ira nos filhos se castigar sem boa comunicação. 4. Pais provocam ira nos filhos quando insistem na palavra , mas não no ato. 5. Pais provocam ira nos filhos quando prometem e não cumprem.

O DIABO FARÁ TUDO PARA CONQUISTAR - 15 (1 Jo 3: 8-10; Mt 13:39; João 13:2; 2 Co 11:14; 1 Ts 2:18; Ef 6:11) 1. Unir-se-á ao anticristo e falsos profetas (Ap 19:20; 20:10).

6


MARCOS STIER CALIXTO

2. Fará tudo para matar roubar e destruir, principalmente os lares (Jo 10:10). 3. Agirá até as últimas conseqüências: – prodígios de grande poder (Ap 13:13). – fará com que a imagem de idolatria fale (Ap 13:15).

A IGREJA VIVA ESTÁ SEMPRE EM ALERTA - 16 (Apocalipse 3:1-6) 1. A igreja de Sardes tinha nome que simbolizava vida (Ap 3:1b). 2. A igreja de Sardes não correspondia o nome que carregava (Ap 3:1b). - Semelhante à cidade caiu por 3 vezes. - Semelhante à cidade esqueceu de vigiar (Ap 6:2). 3. A igreja de Sardes vivia numa FALSA SEGURANÇA – (Ap 6:2,3). 4. Alguns estavam firmes, pois não haviam se contaminado com a impureza (Ap 6:4). 5. Porém, precisavam retomar a Segurança em Cristo, para não cair como os outros (Ap 6:5,6).

O CRENTE PRECISA ORAR NO ESPÍRITO - 17 (Judas 20) 1. 2. 3. 4.

Significa Significa Significa Significa

orar orar orar orar

sob a orientação do Espírito (Rm 8:26). no contexto do Espírito (Ef 6:18). no Poder intercessório do Espírito (Rm 8:26,27). na linguagem do Espírito (2 Ts 3:5).

7


ESBOÇOS PARA SERMÕES – VOLUME 3

DEUS PROCURA VERDADEIROS ADORADORES - 18 (João 4: 23, 24; Êxodo 20: 3-5; 1 Crônicas 16:29; Mateus 4;10) 1. Deus procura adoradores no meio de seu próprio povo (Jo 4: 23; Sl 101:6). 2. Deus procura adoradores de coração, alma e entendimento (Jo 24; Js 23:11; Jo 6:26). 3. Deus procura os que o fazem em espírito e em verdade (Fp 3:3).

OS CINCO INIMIGOS DO CRENTE - 19 (I João 1-5) 1. 2. 3. 4. 5.

A natureza do velho homem – pecadora (1 Jo 1:8). Satanás (diabo) (1 Jo.3:8; 5:19; Ef 4:27). Os anticristos (1 Jo 1:18-25). Os falsos profetas (1 Jo 4:1-6). O mundo com sua natureza (1 Jo 2:15-17).

CRISTO É NOSSO ADVOGADO - 20 (1 Jo 2; Jó 16:19; Rm 8:34; Hb 7:202-8) 1. O advogado defende a causa do réu (1 Jo 2:1). 2. O advogado leva diante do juiz a sua defesa (1 Jo 2:2). 3. O advogado Jesus toma o lugar do réu (1 Jo 2:2; Rm 3:25; 1 Pd 2:21). 4. O advogado Jesus paga o preço no lugar do réu (1 Jo 2:2; 1 Co 6:20).

8


MARCOS STIER CALIXTO

O HOMEM DECIDIU PECAR - 21 (Gênesis 3) 1. O homem tinha liberdade (Gn 2:15,16). 2. O homem foi colocado do Jardim do Éden como MORDOMO (Ecônomos) (Gn 2:15). 3. O homem decidiu desobedecer (Gn 3:1-7; 1 Co 8:9; 1 Pd 2:16). 4. O homem recebeu a sentença do pecado – a morte (Gn 3:22-24). 5. O homem foi expulso do PARAÍSO (Gn 3:24). 6. O homem perdeu a comunhão com DEUS (Gn 3:8,24; Rm 3:23).

A INVEJA PODE LEVAR AO HOMICÍDIO - 22 (Gênesis 4: 1-16) 1. 2. 3. 4.

Abel e Caim eram filhos de Adão e Eva (Gn 4:1,2). Caim teve inveja de Abel (Gn 4:3-5). Caim deixou a inveja e o ódio ocuparem seu coração (Gn 4:6-8). Caim recebeu a sentença do seu pecado (Gn 4:1-16).

QUEM OUVE A DEUS É LIVRE DA MORTE - 23 (Gênesis 6:9; Hebreus 11:7) 1. 2. 3. 4.

Noé ouve a Deus e decide obedecer (Gn 6:13, 14; 7:5). Noé suporta as conseqüências da obediência (Gn 11:5-9). Noé decide perseverar sob qualquer circunstância. Noé é livre da morte juntamente com sua família (Gn 7:23,24; 2 Pd 2:5).

9


ESBOÇOS PARA SERMÕES – VOLUME 3

BABEL E PENTECOSTES - 24 (Gênesis 11) 1. Em Babel exemplo de orgulho e separação na humanidade (Gn 11:1-4). 2. Em Babel exemplo de desespero pelo pecado (Gn 11:5-9). 3. Pentecostes exemplo de milagre de restauração (At 2:1-4). 4. Pentecostes exemplo de unidade para humanidade (At 2:5-12).

O ANJO DO SENHOR PROMETE E CUMPRE - 25 (Gênesis 18) 1. Abraão e Sara foi prometido um filho (Gn 18:9,10). 2. Mesmo na incredulidade de Sara o ANJO PROMETE voltar (Gn 18:13-15). 3. O anjo volta e Sara engravida, conforme a promessa que foi feita (Gn 21:1,2).

DOIS FILHOS, DOIS DESTINOS - 26 (Gênesis 17: 1-5 e 21) 1. 2. 3. 4.

10

Isaque é o filho da promessa (Gn 17:1-5). Isaque é o filho espiritual da promessa (Gn 21:1,2; Gl 4:28). Ismael é o filho de uma escrava (Gn 16:3,15,16). Ismael é o filho também com promessas (Gn 25:12-18).

Esboços de Sermões – Volume 3  

Para agilizar e facilitar a vida do pregador cristão. Roteiros simples, sugestões com referencias bíblicas e variedade de temas. De gênesis...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you