Page 1

8

2

SALVADOR DOMINGO 19/9/2010

ARMARINHO

Erik Sales / Ag. A TARDE

O novo sempre vem

Divulgação

PEDRO FERNANDES

Vamos guardar esses três nomes: Fábio Sande, Karol Farias e Vinícius Cerqueira. Um dos três pode ser o próximo a poder se gabar de ter vencido o concurso Novos Talentos promovido pelo Barra Fashion Mall, que já revelou para o Brasil os baianos Úrsula Félix, Luciana Galeão e Vitorino Campos. A trajetória dos três finalistas só não é mais diferente do que as propostas de coleções que cada um apresenta nessa fase do concurso. Estudante do terceiro semestre do curso de moda da Unifacs, Vinícius se inspirou no trabalho dos grafiteiros Bansky e Titi Freak para criar a linha Intervenção. “Apesar do contexto underground, que remete a tecidos pesados, tive o cuidado de usar materiais que viabilizassem o uso para nossa cidade”. Karol é formada em design de produto e atua em publicidade. Ela, que costumava fazer peças apenas para si e para amigas, resolveu encarar a atividade de forma mais séria e fez alguns cursos de estilismo e moulage. Sua coleção, Para os Pássaros, o Céu, busca inspiração nas aves brasileiras. “Você pode esperar na passarela cores vibrantes, que vão de um macacão que sugere asas até microvestidos”, explica a designer. Ao contrário dos outros competidores, que fazem sua estreia, Fábio Sande é o que tem mais experiência na área. Fábio tem um trabalho com vestidos para festas e já havia tentado o concurso há dez anos. “Resolvi participar de novo até para provar para mim mesmo que posso sempre me reinventar e surpre-

COMO SE FAZ UMA REVISTA DE MODA

TRICÔ Tininha Viana

Um editor de moda que não acredita em tendências estaria fadado ao desemprego num mercado cada vez mais ávido delas. Não é o caso de Paulo Martinez, da revista Mag!. “Quando você tem uma boa história para contar, a roupa fica em segundo plano. Fazer uma revista de moda não é mostrar uma calça preta, mas é recriar o desejo de se ter uma calça preta”, disse, em entrevista, Paulo Martinez, no Pense Moda, evento que integra o Movimento de Moda Iguatemi. Sobre os editoriais da maioria das revistas brasileiras, Martinez fez críticas contundentes. “Cai numa mesmice que dá preguiça de ver”

“TEMOS MUITOS PROFISSIONAIS RESPEITADOS” Na direção do Barra Fashion Mall, ao lado de Almir Júnior e Marcelo Gomes, a stylist falou sobre o evento e a profissionalização da moda na Bahia

Débora Paes / Divulgação Divulgação

Fábio, Karol e Vinícius: novos talentos que estão na moda

ender”. Sua coleção, Do Brilho das Estrelas... Se Fez o Destino de Uma Noite, busca, com paetês e pedrarias, o glamour dos red carpets hollywoodianos. Para Tininha Viana, que coordena o concurso, os três, com seus diferentes estilos, têm condições de agradar ao público. “Fiquei muito encantada com o Vinícius. Já o Fábio está num

momento em que o mercado pode enxergá-lo de uma forma nova. E a Karol, com sua visão publicitária, sabe vender seu produto, que, além de ser bem construído, tem uma boa embalagem”, ressalta Tininha.

pedaço de carne, ou as pobres vítimas das enchentes deixando seus barracos desmoronados, percebe que todos têm algo em comum, além da miséria: uma enorme quantidade de filhos. Mas ainda não ouvi nenhum candidato falando de controle da natalidade. Em 1970 éramos 90 milhões (sei disso porque me lembro do hino da Copa – 90 milhões em ação). Hoje, 40 anos depois, somos, segundo o IBGE, 192 milhões. Se o número mais do que dobrou, em 2050 pode perfeitamente alcançar 400 milhões. E como alimentar, educar e dar emprego para essa gente toda

que não para de nascer? Em cada família (quanto mais pobres, mais procriam) são 6, 8, 10 crianças. É preciso explicar, sobretudo às mulheres pobres e analfabetas, que é possível decidir quantos filhos querem ter. Elas não sabem que com menos filhos é mais fácil alimentar a família, porque nunca pensaram nisso. Um programa desses é para ser feito em duas etapas: na primeira, mais educativa, explicando que existem opções; a mulher pode até mesmo não ter filho nenhum, se não quiser. Mostrar que elas têm esse direito, talvez o primeiro da vida.

DESFILE NOVOS TALENTOS / DIA 21, 18H30 / PRAÇA CENTRAL DO SHOPPING BARRA

Éaprimeiravezqueumaequipe inteiramente baiana assume a direçãodoevento.Qualfoiodesafionestaedição? Foi tranquilo, porque o Barra se preocupou em profissionalizar o mercado. Toda a equipe foi formada no Barra Fashion.Entregaresseevento em nossas mãos prova a confiança em nossos profissionais. Temos cada vez mais profissionaisrespeitados. Como você avalia o momento que amodabaiana atravessa? A Bahia está antenada com as políticas para o setor. Foi uma vitória conseguir trazer o I SeminárioNacionaldeModaparacá.

CK lança nova linha em Salvador

Chegou às lojas Calvin Klein a linha X de underwear. A nova modelagem prioriza a liberdade de movimentos

Na criação, em quais nomes vocêaposta? Aposto em Úrsula Félix, Vitorino Campos, Luciana Gaelão, Alexandré Guimarães e TarcízioAlmeida.

Na segunda, ensinando os vários procedimentos possíveis e fornecer os meios para as mais pobres e menos esclarecidas. Diu, pílula, pílula do dia seguinte, camisinha; a escolha é vasta, e que fique bem claro: ninguém está falando em laqueadura geral. Os países mais pobres não podem ter a ilusão de melhorar vendo sua população dobrada ou triplicada em alguns anos. Não adianta: sem o controle da natalidade país nenhum vai resolver seus problemas. Não pode existir cidadania enquanto a panela estiver vazia e um punhado de crianças descalças, analfabetas e sub ali-

mentadas, sem esperança de um futuro melhor. Adolescentes também precisam ter acesso a essas informações, para que meninas de 12, 13 anos evitem a gravidez, como é tão frequente em zonas mais carentes, sobretudo no nordeste – e daí para a prostituição infantil e para a delinquência, é apenas um pulo. Se elas não sabem, é fatal que engravidem – ou alguém vai falar em abstinência sexual com adolescentes com os hormônios à flor da pele? Nenhuma bolsa família vai resolver o problema, e quando uma dessas mães olha de maneira tão triste para suas filhas

ela está pensando, sem nem saber que está pensando, que a vida delas vai ser exatamente igual à sua: miserável e sem perspectiva. Quando foi violado o sigilo da filha do candidato Serra, o ministro Mantega disse que não ia falar sobre o assunto. Agora toma altas providências para impedir que isso volte a acontecer. E o que já aconteceu, vai ficar por isso mesmo? A verdadeira mãe de todos os brasileiros não deveria ser Dilma, mas Erenice Guerra – e que mãe! Ninguém jamais cuidou melhor de sua família do que a ex-ministra da Casa Civil.

E que mãe!

Danuza Leão Escritora e cronista

A fome no mundo diminuiu; boa notícia? Em termos. Saber que do um bilhão de pessoas que passavam fome o número baixou para 925 milhões não chega a ser um grande consolo. Quem vê na televisão, em pequenas cidades do Nordeste, famílias morando em casebres com chão de terra batida, em volta de uma sopa rala feita numa lata de querosene, sem um

Armarinho 4  

Coluna de moda e beleza publicada aos domingos no Caderno 2+, do Jornal A Tarde. Nesta edição: Karol Farias, Fabio Sande e Vinícius Cerqueir...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you