Page 1

setembro / 2018

Oficinas para despertar o voluntariado O Sesc Santa Maria realiza diversas oficinas e ações ao longo do ano. O dia 28/8 contou com uma programação especial: mais de 80 pessoas participaram do Encontro de Celebração do Dia Nacional do Voluntariado, que buscou compartilhar práticas e discutir temas relativos ao trabalho voluntário. A recepção foi realizada por integrantes do Esquadrão da Alegria. Na sequência, ocorreram a apresentação dos alunos da Associação Orquestrando Arte, uma instituição beneficente de assistência social sem fins lucrativos, e um bate-papo conduzido pela assistente social Mirian

De Agostini Machado a partir do tema Ser voluntário é um desejo!?. Durante o encontro, os participantes puderam optar entre quatro oficinas que foram realizadas simultaneamente: Descobrindo o olhar do palhaço, da ONG Esquadrão da Alegria; Contando e encantando através das literatura infantil, da Amor Exigentinho; Noções de Atendimento Pré-Hospitalar (APH), da Cruz Vermelha, e Dinâmica de descoberta e valorização da vida, do Centro de Valorização da Vida (CVV). Foi o segundo ano em que o Sesc Santa Maria celebrou o Dia Nacional do Voluntariado, com um ingrediente novo

Oficina de palhaços Rejan Cabral, examinador de trânsito, optou por participar da oficina de palhaços. “Foi uma experiência muito interessante. Em pouco tempo fizemos atividades que identificam quem tem um perfil de palhaço. Precisa ser brincalhão, engraçado, proativo, improvisador. E o principal é sorrir”, afirma. “A experiência foi a melhor possível. Fui um dos destaques por ter um palhaço interior muito forte”, conta, com orgulho. Ele fez o Curso Sesc de Preparação para o voluntariado e está participando nas quintas-feiras pela manhã de um projeto da Sociedade Assistencial

e Educativa Mãe Admirável (Saema), que auxilia um grupo de crianças que têm entre 5 e 12 anos. “Desenvolvemos atividades físicas e educativas. Além disso, as irmãs fornecem lanche para as crianças e algumas famílias que estão em condições muito precárias.” Rejan aprendeu a importância de fazer boas ações no escotismo e considera que o trabalho voluntário gera benefícios também para quem põe a mão na massa: “Em 2010, tive uma depressão e anos depois descobri um distúrbio bipolar. Essas e outras atividades ajudam outras pessoas e me ajudam também”.

Sesc/RS

Realizado em 28 de agosto, Encontro de Celebração do Dia Nacional do Voluntariado do Sesc Santa Maria contou com quatro oficinas simultâneas e apresentação dos alunos da Associação Orquestrando Arte

que é motivo de orgulho para Elisangela Rodrigues, da Unidade Operacional de Santa Maria: “Tivemos voluntários capacitados na turma do Curso de preparação para o voluntariado de maio de 2018 auxiliando na organização do evento”. O Sesc Santa Maria oferece curso, palestras, oficinas e rodas de conversa sobre o voluntariado nos mais diversos aspectos. “O público pode ser de organizações sociais ou não e de diferentes faixas etárias: adolescentes, adultos e idosos”, explica Elisangela. Em termos de planos para o futuro, a unidade tem o objetivo de fidelizar as parcerias com outras organizações. “Queremos fortalecer esse movimento e tornar o Sesc uma referência para quem já despertou o desejo de ser voluntário”, aponta. Para saber mais sobre as diferentes modalidades de atividades voltadas ao trabalho voluntário em Santa Maria, entre em contato pelo telefone (55) 3223-2288 ou pelo site www.sescrs.com.br/santa_maria.


na prática

com a palavra, a Associação de Apoio a Pessoas com Câncer

Assistência e casa de apoio em Rio Grande Divulgação/Aapecan

A Associação de Apoio a Pessoas com Câncer (Aapecan) é uma organização da sociedade civil que atende gratuitamente pessoas com diagnóstico de câncer em situação de vulnerabilidade. Atualmente, o grupo conta com 14 unidades de atendimento e 10 casas de apoio no Rio Grande do Sul. “Nosso principal objetivo é apoiar pessoas com câncer, em estado de vulnerabilidade social, fornecendo assistência humana e social”, afirma Fabiano Gerbaudo, coordenador da Metade Sul da Aapecan. A unidade de Rio Grande abriu as portas em 2009. A associação possui um trabalho voltado a seus usuários e familiares, prestando assistência social, orientação jurídica, apoio psicológico, oficinas terapêuticas,

Pacientes recebem carinho de grupo de voluntários grupo de convivência, auxílio com fraldas geriátricas e suplementos alimentares. A cidade conta também com uma casa de apoio, que oferece hospedagem para o usuário e um acompanhante, quatro refeições diárias e transporte até os centros oncológicos.

Alguns integrantes da equipe ingressaram na Associação por meio do Programa Sesc de Voluntariado. Segundo Gerbaudo, a entidade busca qualificar cada vez mais o apoio aos usuários, prezando pelo seu bem-estar enquanto eles realizam o seu tratamento.

com a palavra, o voluntário

Arquivo pessoal

Artesanato e descontração

Aline participa das atividades da Aapecan desde 2017 Engenheira de Alimentos, Aline Michel da Silva Pinho é voluntária em alguns pro-

jetos da cidade de Rio Grande: Aapecan, Creche Mansão da Paz e Alegria das Pediatrias. “Comecei a fazer trabalho voluntário há uns dez anos, quando morava no Paraná, inspirada e incentivada por minha querida amiga Mônica, em lares que abrigavam crianças”, conta. Ela procurou a Aapecan em novembro de 2017 para saber sobre as celebrações de final de ano. “Descobri que fariam uma festa na qual seriam presenteadas as crianças dependentes dos usuários.” A partir daí, a engenheira foi em busca de brinquedos e os embalou. “Na hora da entrega, foi lindo ver o sorriso no rostinho de cada um sendo chamado pelo

nome para receber um presente. Valeu muito a pena. Sempre que posso, ajudo. E faço de coração”, lembra. Atualmente, Aline participa de eventos em datas comemorativas e semanalmente comparece às tardes de artesanato, aprendendo técnicas de trabalhos manuais para desenvolver com pacientes, acompanhantes e outras voluntárias. A produção é vendida na Aapecan ou em feiras de artesanatos, para obter recursos à instituição. “O mais importante é o convívio e descontração para quem está enfrentando o câncer, seja o próprio paciente ou seus acompanhantes”, garante.

AGENDA

Oficina de Voluntariado para Idosos

Cursos Sesc de Voluntariado

1º/Outubro

16 e 17/Outubro

Local: Pelotas Horário: das 13h30 às 17h30

Local: Sesc Centro – Porto Alegre Horário: das 9h às 17h

Saiba Mais Para participar e saber mais do Programa Sesc de Voluntariado, acesse: www.sesc-rs.com.br/ acaosocial/voluntariado.

Profile for Sesc RS

Informativo Programa Sesc de Voluntariado - Outubro 2018  

Confira o encarte do Programa Sesc de Voluntariado.

Informativo Programa Sesc de Voluntariado - Outubro 2018  

Confira o encarte do Programa Sesc de Voluntariado.

Profile for 90406
Advertisement