Page 1

junho / 2018

vem aí o Desafio Sesc de Voluntariado Iniciado em 2017, o voluntariado corporativo do Sesc surgiu da necessidade de alinhar ações que já eram realizadas à missão e aos valores da instituição. Em dezembro, foi realizado um projeto-piloto com a escola de educação infantil Piu Piu, de Porto Alegre (leia mais no quadro abaixo). Com o sucesso da iniciativa e com a campanha do endomarketing de 2018 focando o voluntariado, o programa ganhou grandes dimensões e lançou o Desafio Sesc de

Voluntariado, que será realizado em todas as unidades da instituição no Estado na segunda quinzena de agosto. A proposta é que todos os colaboradores doem seu tempo e seu talento para o voluntariado em um dia, dentro das ações projetadas por unidade. As iniciativas são variadas, incluindo atividades em asilo, criação de horta e recreação com crianças.

Preparação As capacitações trabalham o conceito de voluntariado e questões mais subjetivas como motivação, emoções e valores que alguém precisa para ser um voluntário. Bruna Machado, assistente administrativa na Assessoria de Comunicação e Marketing, participou do projeto-piloto do Vo-

Fotos: Divulgação Sesc/RS

Unidades planejam diversas ações para a segunda quinzena de agosto. A proposta é que os colaboradores voluntários doem tempo e talento para os projetos escolhidos

luntariado Corporativo Sesc em 2017, após realizar o Curso de Preparação para o Voluntariado. Na ação, integrou o grupo da pintura e organização da sala multiúso da Piu Piu. “Do aprendizado, ressalto a empatia, a troca com os demais colegas que estavam lá e o entendimento de que sempre é possível fazer algo pelo outro. Não precisa ser uma megaprodução. Pequenas ações podem fazer uma diferença imensurável”, ressalta.

Empenho coletivo em escola O projeto-piloto do Voluntariado Corporativo foi realizado no segundo semestre do ano passado, com formação para os colaboradores em novembro, e o desafio aconteceu em dezembro. A partir de um levantamento sobre instituições que poderiam receber o projeto, das suas necessidades, para a força-tarefa transformar o local em um dia, foi escolhida a escola Piu Piu. Colaboradores e voluntários externos foram divididos em grupos, de acordo com interesses e habilidades. As educadoras foram presenteadas com um dia de cuidado, incluindo massagem,

manicure e pedicure. A escola, por sua vez, ganhou vida e beleza por diversas tarefas, incluindo pintura de paredes, reparos e novas capas para os colchonetes usados pelos alunos para descansar. Pouco antes da ação, Elaine de Souza Ferreira, gerente de Arquitetura e Engenharia, participou de uma reunião com as gerências da Unidade Operacional Comunidade, da GRH e da GEAS, quando foi solicitado o apoio da área de engenharia ao projeto. “Fizemos uma visita à Piu Piu, com vários profissionais, para definir o que e como fazer e quantificar os materiais. Consegui-

mos uma empresa parceira que forneceu o material elétrico a preço de custo e reunimos sobras de tintas para revitalizar as paredes”, conta. Oito colaboradores da área de engenharia aprimoraram a rede elétrica, instalaram um forro de PVC, pintaram o refeitório e a sala de recreação, solucionando uma infiltração no telhado desse ambiente. “Todos os participantes sentiram-se realizados em poder contribuir para melhorar o local onde as crianças convivem e passam a maior parte do dia. Ver a felicidade estampada nos rostinhos delas foi o melhor de tudo”, recorda Elaine.


na prática

com a palavra, a Casa de Auto Mútua Ajuda

Auxílio no engajamento

tise das famílias em suas trajetórias. Com 10 anos de atividades, lá são oferecidas oficinas (pintura em tela, dança circular, escrita, música e canto, Jogos, crochê e tricô) e grupos de apoio a familiares de pessoas com Mal de Alzheimer, autismo e Divulgação/Casa AMA

A Casa de Auto Mútua Ajuda (AMA) é um espaço de convivência e acolhida aos portadores de doenças mentais no município de Ijuí. A proposta envolve a socialização de experiências levando em conta o saber dos pacientes e a exper-

Voluntários participam de oficinas e grupos de apoio

outros transtornos. Atualmente, circulam pelas dependências da entidade cerca de 500 usuários por mês. Mais de 20 voluntários trabalham na Casa AMA, dos quais nove já foram capacitados pelo Sesc/RS e outros 10 começam o curso no final do mês de junho. De acordo com a coordenadora Sirlei Gomes, a parceria é fundamental. “Os conteúdos nos fazem pensar se estamos no lugar certo, de modo que possamos ser voluntários de coração, num verdadeiro investimento em si como pessoa”, observa. Além disso, o programa ajudou a entidade a organizar melhor seus processos internos, de modo que os novos ajudantes entendam como ela funciona e possam colaborar a partir disso.

Arquivo Pessoal

com a palavra, o voluntário

Lição de vida

A jornalista Taís Caroline Machado é voluntária na Casa AMA desde o ano de 2016. Ela já conhecia a ex-coordenadora Lúcia Ottonelli Crescente e ficou sabendo que a entidade pretendia produzir um vídeo sobre suas ações para apresentá-lo em Trento, na Itália. Ofereceu-se então para executar a tarefa, e, ao terminar, já tinha se apaixonado pelo projeto de acolhimento às pessoas com algum tipo de deficiência mental. Atualmente, ela é a coordenadora da oficina de escrita, chamada de AMA Escrever, criada para estimular a expressão

dos sentimentos e incentivar o protagonismo de cada um dos seus integrantes. “Esse trabalho tem sido ótimo, eu aprendo muito com a produção textual dos participantes e até mesmo quando apareço nos dias em que não temos atividades programadas”, diz. E completa: “Já tive depressão, então trocamos muitas experiências e conseguimos auxiliar quem chega. É uma lição de vida”. Ela afirma que o Curso Sesc de Preparação para o Voluntariado ajudou e continua auxiliando todos na Casa AMA. A forma-

A jornalista Taís é voluntária e coordena oficina de escrita ção incentiva o conhecimento mais amplo e fundamentado na ajuda ao próximo e também estimula a organização de regras básicas no funcionamento da instituição.

AGENDA

Oficina de Gestão de Voluntariado

Celebração do Dia Nacional do Voluntário

Curso de Preparação para o Voluntariado

06/Setembro

28/Agosto

25 a 27/Junho

Local: Cachoeira do Sul Horário: 8h às 12h

Local: Santa Maria Horário: 18h às 22h

Local: Cachoeira do Sul Local: Porto Alegre Local: Santa Maria Horário: 8h às 17h Horário: 9h às 17h Horário: 8h às 22h

10 a 11/Julho

7 a 10/Agosto

Informativo Programa Sesc de Voluntariado - Junho 2018  
Informativo Programa Sesc de Voluntariado - Junho 2018  
Advertisement