Page 1

Democracia e sociedade Inovação e trabalho

Participação popular: receita colaborativo são desafios para fortalecer a cidadania Página

3

Biodiversidade Estudo aponta que mudanças climáticas impactam negativamente nas Américas

Página

7

Santa Maria Produtores de batata repassam mais de 70 toneladas do alimento para instituições sociais, devido à boa safra

Edição trimestral Abril/Maio/Junho 2018 / Número 14

Conexão


editorial

Juliana Moscofian/Fecomércio-RS

Luiz Carlos Bohn, Presidente do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac

Incentivo à cidadania

CONEXÃO MESA BRASIL Abril/Maio/Junho 2018

Contribuir para o desenvolvimento de um país mais justo e próspero é papel de todos. Em ano eleitoral, como este, evidencia-se ainda mais a importância do voto consciente, que é um dos passos no exercício da cidadania. Estamos atentos a essa pauta e lançamos recentemente a publicação Vamos mudar nosso futuro, um caderno de posicionamentos sobre diversos temas de interesse da sociedade gaúcha, elaborado em conjunto pelo Sistema Fecomércio-RS e sindicatos de empresas filiadas do setor terciário. Entendemos que um dos caminhos para expandir a produtividade, e assim contribuir para mudanças futuras, é melhorar a qualidade da educação. Nos programas sociais desenvolvidos pelo Sesc, como o Mesa Brasil, Envolva-se e Voluntariado, por exemplo, as ações são educativas e têm como uma de suas missões o incentivo ao exercício da cidadania. É por esse motivo que a matéria principal desta edição do informativo Conexão apresenta um panorama geral sobre o quanto a participação popular ativa é fundamental numa democracia. Boa leitura!

Como participar do programa mesa brasil Quem pode ser doador Empresas doadoras que possuam alimentos excedentes, sem valor próprio para o consumo ou que desejem realizar uma ação de responsabilidade social. Pessoas jurídicas doadoras de serviços ou produtos para ações educativas e/ou serviços referentes à sua área de atuação. Campanhas, eventos e voluntários: iniciativas com fins de arrecadação de alimentos, produtos de higiene e limpeza, e pessoas que queiram auxiliar com ações educativas ou serviços. Vantagens ao doador Certificação de Responsabilidade Social no apoio ao Mesa Brasil e isenção do ICMS para produtos e serviços doados ao Programa. Redução do desperdício de alimentos, contribuição para a segurança alimentar, divulgação da marca e participação nas atividades do Programa. Quem pode participar Entidades de assistência social e educacional que sirvam refeição no local. Saiba mais em www.sesc-rs.com.br/mesabrasil.

Alimentos distribuídos

761.370 Kg

Pessoas beneficiadas

67.356

Entidades receptoras

607

Doadores e parceiros

518

Ações educativas realizadas

263

Pessoas capacitadas

O informativo conexão MESA BRASIL é uma publicação trimestral

Rua Alberto Bins, 665/5°andar, Porto Alegre/RS – Fone: (51) 3284-2176 – E-mail: aben@sesc-rs.com.br Site: www.sesc-rs.com.br/mesabrasil Presidente do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac e do Conselho Regional do Sesc/RS: Luiz Carlos Bohn Diretor Regional: Luiz Tadeu Piva Gerente de Educação e Ação Social: Lisângela Antonini Coordenador Técnico de Ação Comunitária: Alexandre Ben Rodrigues Mesa Brasil Porto Alegre: Rua Dr. João Inácio, 247 – Fone: (51) 3224-1268 Mesa Brasil Rio Grande: Av. Primeiro de Maio, 875 e 879 – Fone: (53) 3235-1432 Mesa Brasil Santa Maria: Rua Adão Schneider, 55 – Fone: (55) 3223-2288 Mesa Brasil Cachoeira do Sul: Rua Ricardo Jesus Ferreira, 518 – Fone: (51) 3723-1101 Mesa Brasil Ijuí: Rua das Chácaras, 926 – Fone: (55) 3333-0801 Mesa Brasil Vales do Taquari e Rio Pardo: Rua Francisco Oscar Carnal, 468 – Fone: (51) 3714-2266 Mesa Brasil Erechim: Rua Silveira Martins, 583/sala 01 – Fone: (54) 3522-8076

2

Dados atualizados até junho

Indicadores de 2018

4.632

Execução e produção: Temática Publicações – Fone: (51) 3346-1194 Edição: Fernanda Reche (MTb 9474) Textos: Cláudia Boff, Diego Castro, Laís Albuquerque e Laura Schenkel Editor de arte: Eduardo Mello Revisão: Flávio Dotti Cesa Foto de capa: ©iStock.com/XtockImages Tiragem: 400 exemplares Impressão: Ideograf


fique por dentro

comercial, a expansão das áreas plantadas torna-se predatória.

Áreas de preservação Para Carlos Alfredo Joly, coordenador do programa Biota, da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), uma das soluções seria investir em uma paisagem multifuncional. Em vez de simplesmente expandir as áreas ocupadas pela soja ou pelo gado, melhor seria ter extensas áreas agrícolas, entremeadas por áreas de vegetação nativa e conectadas por largas faixas de

matas ciliares (Áreas de Preservação Permanente). Assim, poderiam ser mantidas populações de polinizadores, para a melhor recarga nos aquíferos nas áreas de Cerrado, evitando os racionamentos. Segundo os cientistas, o valor econômico das contribuições da natureza terrestre das Américas para as pessoas é estimado em mais de US$ 24 trilhões por ano (equivalente ao Produto Interno Bruto, o PIB, da região). Porém, quase dois terços (65%) dessas contribuições estão em declínio, com 21% diminuindo fortemente. Sob um cenário “business as usual”, o relatório cita que as mudanças climáticas continuarão a crescer, impactando negativamente a biodiversidade até 2050 nas Américas. Hoje, em média, as populações de diferentes espécies em uma área são cerca de 31% menores do que no momento da colonização europeia. Essa perda é projetada para atingir 40%.

Arthur Ashe, tenista e ativista norte-americano

Comece onde você está. Use o que você tem. Faça o que você pode.

A falta de atitudes sustentáveis está colocando em risco a biodiversidade do planeta. O alerta foi feito por especialistas da Plataforma Intergovernamental sobre Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (IPBES) em Medellín, na Colômbia, onde ocorreu, no final de março, a sexta Reunião Plenária da entidade. Embora o continente possua 40% da capacidade dos ecossistemas mundiais de produzir materiais para consumo humano, as Américas estão excedendo sua capacidade de se renovar e promover qualidade de vida. De acordo com o estudo, o Brasil é um dos países que mais utilizam recursos naturais de forma mais intensa. O problema é que o crescimento urbano desordenado causa degradação de habitats naturais, e o sistema agrícola nacional é extrativista. Embora o setor primário contribua enormemente para a balança

©iStock.com/Noipornpan

Perda da biodiversidade arrisca o futuro

perfil da entidade ONG Parceiros da Esperança – Venâncio Aires

Desenvolvimento de crianças saudáveis A entidade se mantém por meio de contribuição da prefeitura de Venâncio Aires e doações de pessoas físicas e jurídicas. O executivo municipal cobre os custos da folha de pagamento (50% do total) de 10 funcionários com carteira assinada. A Paresp também recebe a ajuda de voluntários, como, aliás, é a sua diretora institucional, a professora Sara da Rosa, fundadora do espaço junto com três amigas. Segundo Duarte da Rosa, a parceria da ONG com o Programa Mesa Brasil é fundamental. “Certa vez recebemos a doação de rúculas, e as crianças começaram a perguntar o que era aque-

Divulgação/Paresp

la verdura. Elas ficaram felizes por conhecer o alimento e seu sabor. Foi uma descoberta total”, relata. A iniciativa do Sesc-RS permite a elas o acesso a uma diversidade de alimentos que, sem essa união de forças, não seria possível.

CONEXÃO MESA BRASIL Abril/Maio/Junho 2018

Fundada em 2005, a ONG Parceiros da Esperança (Paresp), de Venâncio Aires, promove o desenvolvimento cidadão de 117 crianças e adolescentes de 6 a 17 anos, em situação de risco ou vulnerabilidade social. O local os acolhe no contraturno escolar e oferece diversas oficinas, como as de crochê, fuxico, pintura em tecido, coral, xadrez e esportes. “Nosso foco principal é a prevenção, evitando que elas estejam expostas ao risco de ingressar em atividades prejudiciais a si e à sociedade”, conta o assistente administrativo Leonardo Duarte da Rosa.

3


©iStock.com/Global Pics

especial

Democracia e sociedade

CONEXÃO MESA BRASIL Abril/Maio/Junho 2018

O poder da cidadania

4

Composta pelos radicais gregos demos (povo) e kratos (governo), democracia se refere a um regime político, originário da Grécia Antiga, cujo poder é exercido pelo povo. Inicialmente, uma fração mínima de homens livres integrava a vida política de Atenas – menos mulheres, escravos, estrangeiros e outras categorias sociais que não participavam das deliberações. Esse modelo primário também considerava desnecessária a eleição de pessoas com autoridade para legislar. No Brasil, esse sistema de participação popular foi conquistado após regimes totalitários, golpes políticos e ditadura militar. Passados 33 anos da redemocratização – entre os governos dos generais Ernesto Geisel e João Figueiredo e as eleições indiretas que devolveram o poder às mãos de um presidente civil –, o país já contou com cinco representantes máximos da República eleitos nas urnas e dois vices-presidentes que assumiram após impedimento dos titulares.

Em 15 de outubro, será a vez dos cidadãos escolherem pelo voto os rumos do país. “Estamos em um momento de transição. O povo deve optar entre um projeto de futuro ou a manutenção de uma receita do passado, que inclui dívida pública, alta tributação e problemas sociais. Repensar a educação e retreinar a população economicamente ativa são pautas urgentes, que não são debatidas no Congresso Nacional”, avalia Sebastião Ventura Pereira da Paixão Jr., especialista em direito do Estado e conselheiro do Instituto Millenium. Para o coordenador do grupo de pesquisa Processos participativos na gestão pública do Departamento de Ciência Política da Ufrgs, Alfredo Alejandro Gugliano, as próximas eleições representam a possibilidade de recuperar a normalidade democrática. “Depois do processo de deposição de Dilma Rousseff, que sofreu muitos questionamentos, e da gestão presidencial de Michel Temer cheia de percalços, alvo

de denúncias de corrupção, o pleito será uma nova oportunidade para os brasileiros escolherem seu principal mandatário e também um novo Congresso Nacional.”

Reflexos no país As crises econômica e política vivenciadas no Brasil, conforme o professor, trazem reflexos para a democracia. “Mesmo com diversas iniciativas, a sociedade tem a impressão de que a corrupção política se mantém crescendo, sem uma proposta de punição para todos os envolvidos. A violência também parece aumentar de forma descontrolada. Instituições e governantes são cobrados em busca de alternativas, algo que pode transmitir a falsa impressão de que eles não funcionam.” Na opinião do advogado, a Operação Lava Jato é um sinal de avanço institucional. “Ela demonstra que o andar de cima também está sujeito ao império da lei, diante de um histórico de impunidade. Ao atacar-


mos os esquemas de corrupção e desonestidade pública, e se os agentes políticos e servidores tiverem a consciência de servir com correção e decência, torna-se um ganho para o país.” Diante da democracia da informação, conforme o especialista, cria-se o entrechoque de versões, que deixam as pessoas perdidas. “Esse fenômeno é global e resulta no aparecimento de novos movimentos políticos, os chamados outsiders. A estafa das pessoas, que estão sem respostas, facilita o surgimento de discursos extremistas, fazendo com que a radicalidade seja fruto da descrença nas instâncias envolvidas”, explica. Gugliano considera que as entidades sociais e as empresas têm papel importante no desenvolvimento de políticas de responsabilidade social que fortaleçam a capacidade da sociedade gerar cidadania. “Os problemas se resolvem com o exercício da participação política, que pode se dar via instituições, como os orçamentos participativos e os conselhos de políticas públicas, ou em manifestações nas ruas.” Paixão Jr. ressalta que a democracia não se faz só nas urnas. “É preciso uma

Fazendo a diferença A mobilização pública, de acordo com o coordenador do Mesa Brasil, Alexandre Ben Rodrigues, é uma das melhores formas de entidades sociais, empresas e demais cidadãos fazerem a sua parte para criar um país mais justo e próspero. Confira outras sugestões: Participação em eventos que debatam temas importantes Envolvimento em ações voluntárias Atuação propositiva nas redes sociais Difusão de informações construtivas para engajar cada vez mais pessoas cultura de participação diária nos assuntos do país. O direito ao voto é apenas um dos elementos da democracia, que requer uma atuação responsável e consciente em pautas de crescimento e que gerem uma melhor sociedade para todos.”

Atuação do Mesa Brasil De acordo com o coordenador técnico de Ação Comunitária do Sesc-RS, Alexandre Ben Rodrigues, a instituição, por meio do Mesa Brasil e de outras iniciativas, como os programas Sesc de Voluntariado e Envolva-se, tem como uma de suas missões o incentivo ao exercício da cidadania

pelos brasileiros. “Chamamos a atenção para o desperdício de alimentos, a fome ou a degradação do meio ambiente, convocando a população a se somar nessas lutas e contribuir, mesmo que por meio de uma pequena ação.” Para ele, a contribuição mais importante do Mesa Brasil nesse sentido são as ações educativas. “Temos um conjunto de atividades na temática da cidadania que exploram a questão da democracia na perspectiva das ações individuais e coletivas. Podemos tomá-las no dia a dia, e sermos mais participativos e conscientes dos processos políticos e sociais.”

Grupo Master – Erechim

Parceria amplia número de doações O Grupo Master foi fundado por Alcides Sonda, em 1962, na cidade de Erval Grande (RS), com uma casa de secos e molhados. Em 1965 iniciou, em Erechim, um atacado com compra de cereais. O primeiro supermercado surgiu em 1974. Com o tempo, tornou-se uma das maiores redes do RS, atuando nos segmentos de supermercado e atacado nos estados do Rio Grande do Sul e São Paulo. Retornar à comunidade parte do carinho e da confiança recebidos é um dos fatores que levoaram o Master a participar de ações como o Mesa Brasil do Sesc, uma parceria iniciada em 2017. No primeiro ano, foram entregues em Ere-

chim mais de 45 toneladas de alimentos, incluindo, principalmente, frutas, verduras, pães, bolos e doces, entre outros, beneficiando cerca de 22 entidades. Em São Paulo, foram 6,5 toneladas entregues em 64 locais. Em 2018, até início de junho, foram doadas mais de 17,5 toneladas de alimentos. Por meio do Mesa Brasil, o Master Supermercados continua atendendo a instituições que já beneficiava e ampliou o número de doações para outras entidades cadastradas. “Estamos muito felizes em ser parceiros do programa. Há mais de 20 anos o Master Supermercados ajuda entidades assistenciais de Erechim, e essa

Cristiane Sonda Arioli (D) recebe homenagem da gerente do Sesc Erechim, Sandra Mariga, e da Secretária Municipal de Cidadania, Linir Zanella parceria facilitou o processo de entrega e recebimento, garantindo a qualidade dos alimentos. Assim, cumprimos nossa responsabilidade social e temos certeza de que os alimentos chegam até a mesa de quem realmente precisa”, afirma a diretora de Marketing do Grupo Master, Cristiane Sonda Arioli.

CONEXÃO MESA BRASIL Abril/Maio/Junho 2018

Divulgação/Grupo Master

doador em destaque

5


painel RS Ijuí

Porto Alegre

Mesa Brasil é apresentado à Rede Subway Mesa Brasil Comunidade

No intuito de apresentar a missão e o trabalho do Mesa Brasil, em 20 de maio o Sesc Comunidade fez uma reunião com um grupo de empresários detentores de franquias Subway no Rio Grande do Sul. Na ocasião, aproximadamente 50 franqueados de diversas cidades gaúchas conheceram como as

lojas de São Leopoldo, Novo Hamburgo, Campo Bom e Sapiranga participam do programa, a partir da doação de tomates e pães. A palestra foi proferida pelo gerente da Unidade Operacional Comunidade, Eduardo Danilo Schimitz, acompanhando da nutricionista Vera Regina Mejolaro. Um dos principais objetivos do encontro foi reforçar a importância da adesão de um maior número de empresas doadoras, para contribuir na redução do desperdício de alimentos e fortalecer o atendimento às pessoas em situação de vulnerabilidade social e de insegurança alimentar.

Rio Grande

Crianças recebem educação nutricional Durante os meses de abril e de maio, o Programa Mesa Brasil Rio Grande realizou na entidade social Educandário Coração de Maria algumas edições da palestra de Educação Nutricional. Ao todo, foram atendidos 160 alunos, pertencentes às turmas de 1º, 2º e 3º anos do Ensino Fundamental. Na atividade, foram trabalhados os conceitos de sinaleira dos alimentos

e pirâmide alimentar, ações orientadas pelo Guia Alimentar para a População Brasileira. Conforme a nutricionista da unidade Ariane Moura, os pequenos estavam muito interessados no assunto. “Algumas crianças até ficaram surpresas em saber que os alimentos processados e ultraprocessados devem ser evitados na alimentação”, conta a profissional.

CONEXÃO MESA BRASIL Abril/Maio/Junho 2018

Vales do Taquari e do Rio Pardo

6

Receita para o Dia Mundial do Hambúrguer Em alusão ao Dia Mundial do Hambúrguer, comemorado em 28 de maio, o Programa Mesa Brasil Vales do Taquari e Rio Pardo realizou em 25 de maio uma oficina de culinária nutritiva. A atividade foi ministrada pela nutricionista Juliette Carvalho e ocorreu na Associação de Apoio a Pessoas com Mesa Brasil VTRP

Câncer (Aapecan) de Lajeado, uma das entidades sociais atendidas pelo Programa. Na ocasião, foi ensinado o preparo de um hambúrguer com legumes e vegetais. Para aumentar o teor de fibras, a receita leva a aveia em flocos, que auxilia no aumento de massa muscular e na saúde do intestino, além de melhorar o colesterol, entre outros benefícios. A receita utiliza o aproveitamento integral dos alimentos, estimulando a diminuir os desperdícios.

Novos parceiros e doadores O Mesa Brasil Ijuí está com novidades. Desde o mês de maio, a unidade conta com a adesão de mais um doador. A empresa Saboreal, do município de Ajuricaba, entrou para a lista de parceiros e oferecerá regularmente para doação produtos como a aveia em flocos e a farinha de aveia. No mesmo mês, ocorreu ainda a adesão de mais uma entidade no programa: o Hospital Bom Pastor, que é uma entidade filantrópica com atuação na cidade de Igrejinha. O local já está recebendo doações repassadas pelo Mesa Brasil e, conforme for solicitado, também serão feitas ações educativas de nutrição e ação social.

Cachoeira do Sul

Educação Alimentar em pauta Além de alimentar, as doações repassadas pelo Mesa Brasil têm o poder de transformar. Um exemplo disso é a Associação dos Familiares e Amigos dos Downs (Afad), de Cachoeira do Sul, que, a partir dos alimentos recebidos do programa, realiza sistematicamente ações culinárias. Uma das atividades foi a realização da receita Torta de bolacha de pêssego, sendo o leite em pó e o pêssego em calda provenientes de doações do Mesa Brasil. O objetivo da entidade social com essas ações é diminuir o desperdício de alimentos e também melhorar o aporte nutricional do seu público beneficiário. Mesa Brasil Cachoeira do Sul


Mesa Brasil Santa Maria

parceiros e doadores Faça como eles: seja um doador ou parceiro do Programa Mesa Brasil Santa Maria

Doação de batatas bate recorde A safra de 2018 de batatas está sendo excelente para os produtores gaúchos. Com isso, somente entre os meses de janeiro a maio o Mesa Brasil Santa Maria já recebeu do doador Cerealista Zanini e Colpo Ltda. quase 80 toneladas do tubérculo, um recorde para o programa. A partir da significativa doação, a unidade está aproveitando a parceria entre os demais representantes do Mesa Brasil do Estado. Aline Braido, nutricionista da unidade de Santa Maria explica que, assim, o alimento está sendo repassado para mais pessoas que precisam. “Com a parceria estamos ampliando a variedade das doações e entregando de forma equitativa, para realizar um aproveitamento total da doação”, garante.

Erechim

Unidade oferece oficinas de reciclagem As entidades sociais cadastradas ao Mesa Brasil Erechim têm a oportunidade de oferecer ao seu público a participação em oficinas de reaproveitamento de materiais. Na atividade, os participantes descobrem que sacolas plásticas, garrafas PET, latas e roupas usadas, entre outros, podem ser reciclados e ganham uma nova utilidade. As oficinas são ministradas pela voluntária Marli Didoné. Com grande habilidade em trabalhar com materiais recicláveis, a oficineira participou do curso de voluntariado do Sesc/RS e se propôs a doar seu tempo ministrando estas oficinas. A atividade ocorre conforme agendamento e pode ser solicitada pelas entidades diretamente com a unidade de Erechim.

CACHOEIRA DO SUL 13º Grupo de Artilharia de Campanha 3º Batalhão de Engenharia 4 Irmãos Acapi Açougue do Flávio Açougue e Mercearia Jeremias Adão Matos Afubra – Candelária Alfeo Faraon Armazém e Mercearia Uberlândia Armazém Mateus Cacau Show Casa da Fruta Casa dos Rolamentos Círculo Operário Cachoeirense Colégio Marista Roque Colégio Rio Branco Cooperagudo Cotrisul Dickow Dinâmica Press Dipel Divinut Escola Borges Fegaes Francisco Assis da Rocha Frangos Nicolini Fruteira Moraes Gastrel Igreja Metodista Irmãos Trevisan Ki Bifão Lions Clube Cachoeira do Sul Lojão Utilar Mateus Goulart Mauro Mourales Mercado Kaiser Mercado Trojahn Mercearia Noemia Mercearia Padre Réus Mercearia RC Mico Carnes Mundo Real Odete Menezes Padaria Bel Pan Padaria Big Pão Padaria Cachoeirense Padaria do Comércio Padaria Trigal Peruzzo Supermercados Posto Dal Ri Rádio Emissora Fandango Ltda. RCA Rede Tischler de Supermercados Retificadora Fogliatto Rosa Bredow Saladão Conde Sebrae Senac Servicon Sesc Cachoeira do Sul Sindilojas Vale do Jacuí Steindorff Auto Peças Sukellos Supermercado Alternativo Supermercado Center Supermercado Dia Supermercado Econômico Supermercado Q Preço Supermercado Somer Supermercado Treviso Supermercado União Uergs Ulbra Campus Cachoeira do Sul

Verdes Vales ERECHIM 19ª Região Tradicionalista – MTG Agricoop Aurora – Faer I, Faer II, Fábrica de Ração e Incubatório Cecafes Cemap – Unopar Chiquito & Bordoneio Claudete Jacobovski Colégio Marista Medianeira Coonsumo Cooperativa Agroindustrial Alfa Cooperativa Nossa Terra Coopusaúde Creral Cresol DCE – URI Campus de Erechim Erechim Auto Esporte Clube (EAEC) Festejar Cerimonial e Recreação Flávio Jacobovski Floracoop Hortifrutigranjeiros e Supermercado Tamanini Interact Club de Erechim Boa Vista Leo Clube Erechim Imigrante Lupulum Emporium e Tap House Master ATS Supermercados Ltda. – Cotrel, Econômico 1, Econômico 2, Matriz e Torres Maturidade Ativa – Sesc Mercado Medianeira Multi Alimentos Núcleo de Cooperativismo do Alto Uruguai Pan Bello Pé no Pedal – Associação Ciclística Prefeitura Municipal de Erechim Presídio Estadual de Erechim Rotary Club Erechim Senac Sesc – Carazinho, Erechim, Frederico Westphalen e Passo Fundo Sicoob Transcredi Sicredi – CCLA de Associados do Norte do RS e Oeste SC Unificado – Erechim Unimed Erechim URI – DECC Volks Air Cooled Ypiranga Futebol Clube IJUÍ 27º GAC Alex Tomas Schimitlesski Aprofeira Aviário Copetti Colégio Tiradentes Cooperativa Ametista Cooperativa Cotrijuí Cooperativa Cotripal Panambi Centro, Arco-íris e Ijuí Elebat Alimentos Escola Adventista de Ijuí Frutipan Mercado Zardim Moinho Ijuí Nelson Vieira Francisco Obirajá Gehm Okeizitos Padaria Ki Sabor Padaria Leal Prefeitura de Ijuí R&M Distribuidora de frutas

Rotary Ijuí Rubem Wachter Saboreal Indústria de Cerais Senac Ijuí Sesc Ijuí, Cruz Alta, Santa Rosa, Santo Ângelo e São Luiz Gonzaga Siduana Siqueira Sindilojas SLC Comerial John Deere Soberana Alimentos Ltda. Sulfrutas Supermercado Cotrijuí Supermercado Soberano Supermercado Tradição Unijuí Vanderlei Menger

PORTO ALEGRE Abrasel-RS Acqua Hidroponia Agad Atacadão Gravataí, Novo Hamburgo, Sapucaia do Sul e Porto Alegre Atacadão RS Barbarella Bakery Brasil Kirin BRF S.A. Brubins Buongusto Alimentos Café 3 Corações Carrefour Canoas, Gravataí, CD Ceasa Programa Social Prato para Todos Cefor-RS Central Ofertão Clube do Professor Gaúcho Companhia Tudo Sobre Pão Conab Porto Alegre Conselho Regional de Nutricionistas 2ª região (CRN2) Coopal (PAA) Coopan (PAA) Cootap (PAA) Cpor Danone Dia Brasil Dinda Alimentos Dodani Orgânicos Evolucin Fecomércio-RS Feira Ecológica da José Bonifácio e do Menino Deus Feira Mercadão do Produtor Epatur Frutyl Comércio de Bananas Gesa Produtos Ecológicos (PAA) H2Orta Imagem e Produção de Eventos Jorge Molon La Tenda Alimentos Latitude Log Livraria Paulinas Makro Porto Alegre e São Leopoldo Massas Romena Mercado Público – La Tomasi Banca 11 Mesasul Nestlé Opinião Teatro Bar Padaria Ijuí Padaria Mercopan Padaria Sonntag Pão Vital Pavioli Philip Morris Brasil Prefeitura de Porto Alegre


recorte e colecione receitas e dicas no verso da página Public Market Padaria Ritter Alimentos Rotary Bom Fim Saúde Integral Com de Alimentos – Geração Saúde Secovi-RS Secraso Sinca-RS Sindiatacadistas Porto Alegre Sindicato das Lavanderias e Similares do Rio Grande do Sul (Sindlav) Sindicato Emp. Prest. Serv. Eletroeletrônicas do RS (Sindat-RS) Sindilojas Gravataí e Porto Alegre Sinfac-RS Subway Campo Bom, Novo Hamburgo, Sapiranga e Unisinos Totosinho Transhenrique Ufrgs – Curso de Nutrição Uniagro Unidades Senac em Porto Alegre e Região Metropolitana Urban Farmcy Victos Yázigi Viamão RIO GRANDE Acorrg Atacadão Pelotas Atacadão Rio Grande Blinder Service Brigada Militar Ambiental Cafsul Casa de Carnes Cláudio Colégio Bom Jesus Comercial Hendler Conab Cootracam Ecosul Emater-RS Guanabara Cassino Hortifrutigranjeiros Municipal – Mauricio, Arcy Cummach, Vitor de Souza, Rudinei Mailahn, David Oliveira, Irmãos Dietrich, Isnart Oliveira, João Batista, Marcos Fenner, Maureli Pereira, Moacir da Silva, Edemar Germano Scheffer, Orandir Tavares e Alex Rola Ibama – Rio Grande Liceu Salesiano Leão XIII Nyx OAB Rio Grande Padaria Cia. do Pão Padaria Cruzeiro Padaria do Mário Padaria Fidalga Padaria Gaúcha Padaria Ki-Pão Padaria Pães e Opções Padaria Santa Bárbara Padaria Santa Fé Padaria Santa Luzia Padaria Vitória Panifício Colombo Paulo Ricardo Martins Policia Federal Posto do Guto Prefeitura de Rio Grande Primos Torrense Senac Rio Grande Sesc – Chuí, Pelotas, Rio Grande e Camaquã Tecon Rio Grande S/A Transnorte SANTA MARIA Abrigo Espírita Oscar José Pithan Águas da Serra Hidroponia Aisec Santa Maria

Aldeias SOS Acolhimento Apae – Santa Maria e Santiago Ari Da Cás & Irmãos – Dores e João Goulart Asilo Vila Itagiba Associação de Hotéis, Restaurantes e Agências de Viagens (AHTURR) Associação Santo Antônio Júlio de Castilhos Atacadão de Santa Maria Base Aérea de Santa Maria (BASM) Bonna Consultores Associados Cacism Cafsul Carrefour Cededica Centro Empresarial de Santiago Cerealista Zanini e Colpo Ltda. Conab Conselho Regional de Nutrição (CRN 2) Construtora Nima Coopercedro Cultura Sesc Santa Maria Distribuidora de Alimentos Podal Distribuidora de Bananas Lumertz Emater Escola Infantil Rita de Cássia Escola Marista Santa Marta Francisco Lisboa Ideal Imóveis Irmãos Ineu Scherer Ltda. Lar das Vovozinhas Lar de Miriam e Mãe Celita Maturidade – São Sepé, Santa Maria e Santiago Ministério Veredas Antigas Nucress Oniz Distribuidora Ltda. Paróquia Santa Catarina Peruzzo Supermercados Posto Santa Lúcia Prefeitura Municipal de Santa Maria Rede Super Rede Vivo Supermercados Restaurante Rigui Ltda. Sebrae Santa Maria Secovi Santa Maria Senac – Santa Maria e São Borja Sesc – Alegrete, Santa Maria, Santana do Livramento, São Borja e Uruguaiana Sindilojas Santa Maria Sociedade Espírita Francisco Costa Superemercado Smart Tupaciretã Supermercado Stangherlin (Rede Super) – Matriz e Filial Susepe SM Taifa Santiago Transmengue UFSM Uninga Eleva Santa Maria Zanon Supermercados VALES DO TAQUARI E DO RIO PARDO ACI-E Acil Lajeado Agrocity Agroecologia Ferrari Amalfi Artistaria Agência Produtora Assemp Associação dos Funcionários do HSSM Atacadão S.A. Bebidas Fruki Bremil Alimentos BRF S.A. C. E. Lajeadense Caciva Cantustange Software

CBM material elétrico Ltda. CDL Lajeado Centro Terapêutico São Francisco Clube de Mães – Paróquia Colégio Alberto Torres Colégio Cenecista João Batista de Mello Colégio Mauá Colégio São Luis CTC Lajeado Débora Moraes da Silva Decker Distribuidora de Aves Ltda. Defesa Civil Degasperi São Cristóvão Delícias do Sítio Docile Alimentos Especialidades Vandrea Estrelat Excelsior Frutas Longo Fruti Qualitá Frutticipri Gastroterapia General Mills Brasil Germani Alimentos Granja Cageri Irmãos Caetaninho Italianinho João XXIII Jornal A Hora Jornal O Informativo Latvida LD Delazzeri Atacadista Leo Clube Lions Clube Estrela, Lajeado e Lajeado Florestal Mallmann Nutriovos Padaria Pão D’Elí Padaria Schuh Padaria Suíça Padaria Tudesca Secretaria da Saúde e Assistência Social (PME) Secretaria de Assistência Social (PML) Postos Fascina Prefeitura de Santa Cruz do Sul Prefeitura de Venâncio Aires Primavis Ovos Quiero Café Cafeteria Rádio Encanto FM Rádio Independente Rádio Sorriso 102.9 FM Rádio Venâncio Aires Risoteca Rotary Club Lajeado Engenho Sebrae Senac Lajeado e Santa Cruz do Sul Sesa Lajeado Sesc Lajeado, Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Farroupilha, Santa Cruz do Sul e Venâncio Aires Sicredi Ouro Branco e Vale do Rio Pardo Sindicabes Sindicato dos Corretores de Seguro RS Sindilojas de Santa Cruz do Sul e Lajeado Sorvebom Super Zart Transportadora Scapini Unimed Univates Vênus FM Verduras Laste Vigilância Sanitária Vovó Faz Bolo – Lajeado e Santa Cruz do Sul


Sesc Comunidade

receita colecionável

BOLO DE ABÓBORA COM COCO Mesa Brasil Sesc Comunidade

Ingredientes 4 ovos | 4 colheres (sopa) de manteiga | 2 xícaras (chá) de açúcar | 2 xícaras (chá) de abóbora cozida com casca | 1 xícara (chá) de farinha de trigo | 1 xícara (chá) de amido de milho | 1 xícara (chá) de coco ralado seco sem açúcar | 1 colher (sopa) de fermento em pó

Modo de preparo

CONEXÃO MESA BRASIL Abril/Maio/Junho 2018

Bata as claras em neve e reserve. Depois, bata as gemas com a manteiga e acrescente, aos poucos, os outros ingredientes, deixando o fermento por último. Por fim, adicione as claras em neve e mexa delicadamente. Leve ao forno para assar em forma untada e enfarinhada.

aproveite melhor A abóbora é fonte de vitamina A e, quando usada com casca, possui fibras insolúveis que auxiliam no funcionamento do intestino. Já o coco possui fibras, gorduras insaturadas – conhecidas como gorduras boas – e potássio. A combinação de coco e abóbora agrada muito o paladar, sendo fonte de energia e fibras para o bom funcionamento do intestino e atuando no controle do colesterol. As sementes da abóbora também podem ser consumidas como um aperitivo: basta torrá-las por 15 a 20 minutos em forno médio, mexendo para não queimar. São ricas em fibras e gorduras insaturadas. Fonte: Andrea Przybysz da Silva Rosa, nutricionista do Mesa Brasil Comunidade

Informativo Conexão Mesa Brasil Sesc  
Informativo Conexão Mesa Brasil Sesc  
Advertisement