Page 1

Monitoramento e avaliação Inovação e trabalho

Acompanhamento de colaborativo são desafios indicadores traz resultados Página

3

Doações Unidades do Mesa Brasil distribuem mais de 1,9 mil toneladas de alimentos em 2017

Página

6

Rio Grande Ação conjunta com o Estação Verão do Sesc deixou janeiro mais solidário na praia do Cassino

Edição trimestral Janeiro/Fevereiro/Março 2018 / Número 13

Conexão


editorial

Juliana Moscofian/Fecomércio-RS

Luiz Carlos Bohn, Presidente do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac

Impacto social

CONEXÃO MESA BRASIL Janeiro/Fevereiro/Março 2018

Iniciamos 2018 com o desafio de mensurar o impacto social de programas como o Mesa Brasil Sesc. Toda a nossa atuação é embasada no propósito de levar felicidade às pessoas, mas se faz necessário medir o resultado efetivo de tudo isso. Esse cuidado que adotamos em todas as ações projetadas e executadas pelo Sistema Fecomércio-RS/Sesc/ Senac também deve ser estimulado junto às entidades sociais. Por isso, nesta edição do Conexão Mesa Brasil, a matéria especial aborda a importância do acompanhamento de indicadores de monitoramento e pesquisas de avaliação. Seguindo esta linha, temos abordado a temática relacionada à gestão das entidades sociais nas ações educativas promovidas pelo Mesa. Contamos com esta grande rede de solidariedade, formada por instituições, voluntários, parceiros e doadores, para que, a partir da melhoria do bem-estar social dos beneficiados por programas como o Mesa Brasil, mais sorrisos sejam levados à população gaúcha. Um 2018 de muito engajamento em prol do próximo!

Como participar do programa mesa brasil Quem pode ser doador Empresas doadoras que possuam alimentos excedentes ou sem valor comercial próprios para o consumo humano. Pessoas jurídicas doadoras de serviços ou produtos para ações educativas e/ou serviços referentes à sua área de atuação. Campanhas, eventos e voluntários: iniciativas com fins de arrecadação de alimentos, produtos de higiene e limpeza, e pessoas que queiram auxiliar com ações educativas ou serviços. Vantagens ao doador Certificação de Responsabilidade Social no apoio ao Mesa Brasil e isenção do ICMS para produtos e serviços doados ao Programa. Redução do desperdício de alimentos, contribuição para a segurança alimentar, divulgação da marca e participação nas atividades do Programa. Quem pode participar Entidades de assistência social e educacional que sirvam refeição no local. Saiba mais em www.sesc-rs.com.br/mesabrasil.

Indicadores de 2018

Alimentos distribuídos

223.278 (Kg)

Pessoas beneficiadas

54.243

Entidades receptoras

470

Doadores e parceiros

519

Ações educativas realizadas

67

Pessoas capacitadas

O informativo conexão MESA BRASIL é uma publicação trimestral

Rua Alberto Bins, 665/5°andar, Porto Alegre/RS – Fone: (51) 3284-2176 – E-mail: aben@sesc-rs.com.br Site: www.sesc-rs.com.br/mesabrasil Presidente do Sistema Fecomércio-RS/Sesc/Senac e do Conselho Regional do Sesc/RS: Luiz Carlos Bohn Diretor Regional: Luiz Tadeu Piva Gerente de Educação e Ação Social: Lisângela Antonini Coordenador Técnico de Ação Comunitária: Alexandre Ben Rodrigues Mesa Brasil Porto Alegre: Rua Dr. João Inácio, 247 – Fone: (51) 3224-1268 Mesa Brasil Rio Grande: Av. Primeiro de Maio, 875 e 879 – Fone: (53) 3235-1432 Mesa Brasil Santa Maria: Rua Adão Schneider, 55 – Fone: (55) 3223-2288 Mesa Brasil Cachoeira do Sul: Rua Ricardo Jesus Ferreira, 518 – Fone: (51) 3723-1101 Mesa Brasil Ijuí: Rua das Chácaras, 926 – Fone: (55) 3333-0801 Mesa Brasil Vales do Taquari e Rio Pardo: Rua Francisco Oscar Carnal, 468 – Fone: (51) 3714-2266 Mesa Brasil Erechim: Rua Silveira Martins, 583/sala 01 – Fone: (54) 3522-8076

2

Dados atualizados até fevereiro

919

Execução e produção: Temática Publicações – Fone: (51) 3346-1194 Edição: Fernanda Reche (MTb 9474) Textos: Cláudia Boff, Laís Albuquerque e Nathália Cardoso Editor de arte: Eduardo Mello Revisão: Flávio Dotti Cesa Foto de capa: ©iStock.com/Twriloks Tiragem: 1,49 mil exemplares Impressão: Ideograf


fique por dentro

Programa comemora trabalho realizado em 2017 des sociais atendidas e 74.648 pessoas beneficiadas por 606 empresas parceiras e doadoras. A equipe do Mesa Brasil realizou 961 ações educativas e teve 19.484 participantes capacitados. Essa

grande rede de solidariedade continua neste ano, desenvolvendo um trabalho conjunto, em prol de milhares de famílias carentes, em diversas cidades do Rio Grande do Sul.

O ano de 2017 foi um ciclo de intenso trabalho entre as unidades do Programa Mesa Brasil – o resultado de 1.972.702 kg de alimentos distribuídos mostra isto. Foram ao todo 610 entida-

Mia Couto, escritor africano

Esquecer os deveres básicos de solidariedade é uma violência, uma covardia escondida em nome do bom senso.

Devido ao bom desempenho do agronegócio em 2017, com safra recorde e inflação baixa, a emissora internacional alemã DW produziu um estudo sobre a agricultura familiar na produção de alimentos no Brasil. Na contramão da crise, de acordo com o levantamento, este setor da economia corresponde a 25% do Produto Interno Bruto (PIB) nacional e conta com boa colheita de grãos, como a soja, mas também de vegetais, como

o tomate, a cebola, a batata inglesa e o alho. Carnes e leite também integram a lista dos principais alimentos que compõem a agricultura familiar. Segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), 70% dos alimentos consumidos no país vêm desse tipo de produção. Conforme dados da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário, há, no Brasil, atualmente, 4,4 milhões de agricultores fa-

©iStock.com/Kali9

Agricultura familiar alimenta a maioria dos brasileiros

miliares, que são responsáveis por 38% da produção agropecuária brasileira e representam 74% da força de trabalho no país.

perfil da entidade Casa da Criança Sagrado Coração de Jesus

Na luta pelas crianças dacionais e aos princípios humanos, adequando sua missão aos parâmetros legais, conforme as necessidades e possibilidades de cada época”, comenta a coordenadora pedagógica, Josete Pedron. Algum tempo depois, segundo ela, foi realizado mapeamento para descobrir qual a maior necessidade da cidade, entre os serviços prestados pela Casa: “Descobrimos que Cachoeira do Sul conta com ampla rede de escolas, mas carece de instituições socioassistenciais. Então, resolvemos continuar atuando na área de assistência social”. A Casa da Criança atende público infanto-juvenil de 6 a 14 anos, no turno inverso ao escolar. Também oferece oficinas de esportes, dança, canto e teatro, en-

Divulgação/Casa da Criança

tre outras temáticas, além de servir lanches e almoço. A entidade social possui ainda um caráter preventivo na defesa e afirmação de direitos: “O principal objetivo é fortalecer as relações familiares e comunitárias, além de promover a integração e a troca de experiências, valorizando o sentido de vida comunitária”.

CONEXÃO MESA BRASIL Janeiro/Fevereiro/Março 2018

Com uma longa trajetória de atuação em prol dos pequenos em Cachoeira do Sul, a Casa da Criança Sagrado Coração de Jesus foi fundada em 1944, sob a iniciativa de um grupo de senhoras da cidade, para dirigir um local de acolhida. Em 1950, a coordenação passou para a congregação das irmãs do Imaculado Coração de Maria, que se empenhou em organizar o ensino interno com Educação Infantil e as séries iniciais do Ensino Fundamental. Desde aquela época, a Casa funciona pela manhã como uma escola de ensino regular e como obra social durante a tarde. “A congregação se manteve fiel aos objetivos fun-

3


©iStock.com/Fotosipsak

especial

monitoramento e avaliação

CONEXÃO MESA BRASIL Janeiro/Fevereiro/Março 2018

Acompanhar para fazer a diferença

4

Mais do que apoiar, é essencial conhecer a realidade das entidades sociais e acompanhar o trabalho, estreitando os laços entre os programas de auxílio e as organizações que precisam. Utilizando mecanismos de monitoramento e avaliação, é possível obter um diagnóstico completo, mudando o que não está satisfatório, mantendo os bons resultados e fornecendo ideias para inovar. Com a ampliação das políticas sociais no país nos últimos 30 anos, grupos não governamentais foram essenciais para impulsionar esse setor. O mestre em Administração Pública e especialista em Estatísticas Públicas e Avaliação de Programas Sociais Paulo Jannuzzi diz que tem sido cada vez mais fundamental acompanhar a implementação dessas políticas e os seus efeitos junto aos públicos-alvo e à sociedade. A melhor maneira de se realizar isso é por meio de instrumentos especializados. “Os indicadores de monitoramento e as pesquisas

de avaliação permitem identificar os nós críticos, investigando a disponibilização e regularidade do orçamento, a suficiência, qualificação e capacitação do pessoal técnico, a cobertura e qualidade dos serviços e dos equipamentos, os problemas de gestão e a existência da participação e controle social”, explica. Outra verificação importante é saber se os objetivos do programa ou projeto estão sendo atingidos. Para que o levantamento seja produtivo, os indicadores e as pesquisas têm de trazer informações com um grau de detalhamento adequado e em um período que possibilite a correção de rumos e processos. “A informação será útil se todos entenderem os resultados. Não basta somente o gestor ou o patrocinador do projeto estarem cientes. Toda a equipe deve ser introduzida aos resultados da avaliação, identificando suas falhas e buscando soluções”, observa Jannuzzi.

Sem os processos avaliativos, as entidades sociais perdem a legitimidade, o apoio e os recursos ao longo do tempo, pois não corrigem suas falhas e não mostram os resultados de suas ações. Ao mesmo tempo, um levantamento mal feito pode piorar a situação. Por isso, o ideal é verificar previamente qual a melhor maneira de se fazer esse acompanhamento, indo de acordo com a realidade de cada local. No caso do Mesa Brasil, as entidades sociais atendidas apresentam características muito diferenciadas. Assim, o cuidado ao elaborar essas ações deve ser uma prioridade. “Os indicadores e relatórios precisam ser compreensíveis para as equipes envolvidas. Não basta disponibilizar um relatório técnico na internet, para leitura geral. É preciso desenvolver estratégias ajustadas de capacitação em indicadores de monitoramento e de disseminação dos resultados de uma avaliação para todos os envolvidos no


processo, considerando suas diferentes capacidades”, alerta Jannuzzi.

Soluções promovem o desenvolvimento Saiba as vantagens do novo método de avaliação e monitoramento:

Medindo a transformação Desde o início deste ano, o Sesc/RS vem implantando um novo sistema de monitoramento em todas as unidades do Mesa Brasil. A mudança ocorreu após uma revisão dos serviços feita por meio da metodologia Canvas, na qual os gestores perceberam que a iniciativa promove uma transformação social e deve ter seu impacto comunicado e medido. “Foi preciso criar um instrumento capaz de medir essa transformação, bem como uma metodologia inteligente que permitisse medir a diferença que o Sesc/RS fez para o desenvolvimento de cada entidade social”, explica a nutricionista Vera Mejolaro, do Mesa Brasil Comunidade. Antes, o monitoramento era realizado pelos assistentes sociais e nutricionistas do Programa. A análise era voltada

Maior proximidade e conhecimento sobre as entidades sociais; Mais assertividade às necessidades dos locais atendidos; Maior visibilidade para as ações do Sesc/RS e de parceiros, com uma comunicação mais eficaz sobre o impacto social que é gerado; Possibilidade de medição do resultado do trabalho do Sesc/RS; Mais sentido e motivação para os profissionais, além de conhecerem o resultado de seu trabalho.

para a segurança alimentar, nutricional e estrutura física, sem focar na gestão. Entretanto, nem todos os parceiros eram monitorados, e os dados coletados não eram utilizados. Agora, por intermédio de um formulário renovado e atualizado, as instituições receberão pontuações a partir de três dimensões: Sociopolítica, Técnico Gerencial e Financeira. “No fim do processo, será possível identificar as maiores dificuldades, as possíveis melhorias e os destaques positivos de cada entidade social. Estes dados servirão para a definição

do cronograma das ações educativas de 2018”, revela Vera. O acompanhamento está sendo realizado de janeiro a abril. A mudança do processo ocorreu a partir de uma maior compreensão sobre a função do Mesa Brasil na sociedade. “O movimento todo nasceu após o entendimento de que o grande objetivo do Programa não é a simples entrega do alimento, mas sim a transformação social, que poderá vir gradualmente por meio da evolução da gestão das entidades sociais”, diz a nutricionista.

doador em destaque Oniz Distribuidora – Santa Maria

ocorre devido a uma visita de representantes da diretoria do Sesc/RS na empresa. “Nos explicaram exatamente como a iniciativa funcionava, e como estava de pleno acordo com a política da Oniz, decidimos fazer parte desta corrente do bem”, recorda. As doações ao Mesa são feitas por meio de nota fiscal, com retirada de até sete dias para seu vencimento. São repassados somente produtos alimentícios.

Para a organização, é gratificante fazer parte do Mesa Brasil. “Fazemos a nossa parte para ajudar aqueles que mais precisam de auxílio”, aponta Silva. Além de realizar a distribuição com excelência e dedicação, o supervisor garante que praticar a solidariedade também é um dos pilares para a Oniz: “Nossa empresa sempre buscou fazer parcerias de solidariedade, não somente em Santa Maria, mas em todas as unidades”.

CONEXÃO MESA BRASIL Janeiro/Fevereiro/Março 2018

Com mais de 30 anos atuando no mercado varejista da Região Centro-Sul do país, a Oniz é considerada pelo ranking da Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores (Abad)/Nielsen como a maior distribuidora gaúcha no segmento mercearil, que inclui produtos alimentícios, de limpeza e perfumaria. A organização conta com seis unidades, sendo três delas localizadas no Rio Grande do Sul. Em Santa Maria, a representante da empresa é a CD Sul, que realiza toda a operação logística, como recebimento, separação e entrega de mercadorias para os clientes da Oniz na localidade. A distribuidora é doadora do Programa Mesa Brasil há pouco mais de um ano. O supervisor de logística Anderson Ribeiro da Silva explica que a parceria

Divulgação/Oniz Distribuidora

Distribuindo esperança

5


Mesa Brasil Cachoeira do Sul

painel RS Ijuí

Produtores repassam 4 toneladas de maçã Pequenos produtores são grandes parceiros das unidades do Mesa Brasil em todo o Rio Grande do Sul. Em visita em fevereiro, a nutricionista do programa em Ijuí, Ana Paula Garcia, recebeu uma importante doação do parceiro Rogério Mengue, produtor de maçãs da cidade. “Foram doadas 4 toneladas de sua produção, um ato extremamente importante para as entidades sociais atendidas pelo pro-

grama na nossa região.” O primeiro trimestre do ano, revela Ana Paula, ainda contou com ações educativas importantes nos eixos de Ação Social, incluindo as temáticas Trabalho em Grupo e Eu, Cidadão. “No eixo Nutrição, realizamos oficinas voltadas a crianças, abertas à comunidade, sobre sucos, e também formações no eixo Higiene Pessoal para a entidade social SOS Vida”, conta a nutricionista.

Porto Alegre

Fórum debate assistência social Mesa Brasil Comunidade

6

Verão solidário movimenta a Praia do Cassino Visando à conscientização do público infantil acerca da proteção do meio ambiente e da alimentação saudável, o Mesa Brasil Rio Grande realizou ação conjunta com a Estação Verão do Sesc Cassino, em janeiro. A iniciativa levou crianças dos lares atendidos pela unidade para oficinas culinárias e de meio ambiente, hora do conto, recreação e lanche coletivo. A ação contou com o apoio das voluntárias Solange Duarte, Cátia Pereira e Greicy Silveira, enquanto o Atacadão Rio

Carnaval alegra vovôs e vovós O Mesa Brasil de Cachoeira do Sul realizou grandes ações no início de 2018, voltadas à autoestima das entidades sociais. Segundo o assistente social de Cachoeira do Sul, Eduardo dos Santos, a equipe da unidade se uniu ao Projeto Jacaré (Projaca), da Escola de Samba Inovação – iniciativa atendida e parceira do programa –, para organizar ações recreativas e bailes de carnaval. As instituições, afirma Santos, atendem idosos, como do Asilo Nossa Senhora Medianeira, e necessitam de momentos para tornar sua experiência mais alegre. “As ações, que aconteceram em janeiro e fevereiro, foram planejadas pela rede de voluntários no curso do Programa Sesc de Voluntariado”, explica.

Santa Maria

Ação social envolve doadores da região

Rio Grande

Grande, a Padaria Ki-Pão e a Padaria Vitória doaram os lanches para as crianças: “É sempre especial contar com parceiros para mudar a realidade dos pequenos”, afirma a nutricionista Ariane Soares. Mesa Brasil Rio Grande

CONEXÃO MESA BRASIL Janeiro/Fevereiro/Março 2018

Representantes do Mesa Brasil Comunidade, de Porto Alegre, estiveram presentes, em 6 de março, no Fórum de Entidades, realizado pelo Fórum Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, na Faculdade de Informática

da Pucrs, em Porto Alegre. A pauta da reunião continha o debate a respeito do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente, o repasse de verba da Secretaria Municipal da Educação e também da Fundação de Assistência Social e Cidadania. Para o estagiário de Serviço Social da unidade Lucas Otoniel, participar do evento foi muito interessante para ver o funcionamento das entidades sociais: “Pudemos entender algumas dificuldades, que esbarram em falta de verba”.

Cachoeira do Sul

Promovendo uma simbiose entre doadores, entidades sociais e voluntários, o Mesa Brasil Santa Maria realiza a campanha Amigo do Mesa. A iniciativa, segundo a nutricionista Aline Braido, propõe uma mobilização para fomentar ações solidárias, com mais doações de alimentos. São seis pontos de arrecadação em Santa Maria, um local em Júlio de Castilhos, dois em Tupanciretã, um em São Sepé e dois em Santiago. “Agradecemos a adesão da Rede Vivo, Zanon Supermercados, Smart Supermercados e Irmãos Ineu Scherer, entre outros parceiros.”


parceiros e doadores

Vales do Taquari e do Rio Pardo

Unidade ganha sucos O Mesa Brasil Vales do Taquari e do Rio Pardo recebeu 36 mil litros de suco de uva orgânico da Cooperativa Vinícola Aurora. A nutricionista Juliette Carvalho conta que a iniciativa é fruto do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O PAA promove acesso à alimentação e incentiva a agricultura familiar. Conforme ela, para alcançar estes objetivos o Mesa Brasil adquire alimentos da agricultura familiar: “Eles são destinados a pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional e entidades sociais da nossa rede”.

Erechim

Gincana arrecada 3 ton de alimentos O Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Universidade Regional do Alto Uruguai (URI) campus Erechim fez trotes solidários, de 27 de fevereiro a 2 de março na Semana de Acolhida aos calouros. “Uma das tarefas da gincana entre os cursos foi a doação de alimentos, que arrecadou mais de 3,2 mil kg”, conta a nutricionista do Mesa Brasil de Erechim, Tarline Feihrmann. Os donativos serão encaminhados à unidade do programa na cidade. Mesa Brasil Erechim

ERRATA Diferentemente do que foi publicado na edição nº 12, o encontro da rede do Mesa Brasil Rio Grande ocorreu na própria unidade do Programa.

Faça como eles: seja um doador ou parceiro do Programa Mesa Brasil CACHOEIRA DO SUL 13º Grupo de Artilharia e Campanha (GAC) 3º Batalhão de Engenharia 4 irmãos Acapi Açougue do Flávio Açougue e Mercearia Jeremias Adão Matos Afubra – Candelária Alfeo Faraon Armazém e Mercearia Uberlândia Armazém Mateus Associação de Basquete Cacau Show Casa da Fruta Casa dos Rolamentos Cereais à Colônia Círculo Operário Cachoeirense Colégio Marista Roque Colégio Rio Branco Cooperagudo Cotrisul Dickow Dinâmica Press Dipel Divinut Escola Borges Escola de informática Arco Íris Fegaes Francisco Assis da Rocha Frangos Nicolini Fruteira Moraes Fruteirão da Bento Gastrel Igreja Metodista Irmãos Trevisan ki Bifão Lions Clube Cachoeira do Sul Lojão Utilar Mateus Goulart Mauro Mourales Mercado Kaiser Mercado Trojahn Mercearia Noemia Mercearia Padre Réus Mercearia RC Mico carnes Mundo Real Odete Menezes Padaria Bel Pan Padaria Big Pão Padaria Cachoeirense Padaria do Comércio Padaria Trigal Peruzzo Supermercados Posto Dal Ri RCA Rede Tischler de Supermercados Retificadora Fogliatto Rosa Bredow Saladão Conde Sebrae Senac Servicon Sesc Cachoeira do Sul Sindilojas Vale do Jacuí Steindorff Auto Peças Sukellos Supermercado Alternativo Supermercado Center Supermercado Dia Supermercado Econômico Supermercado Q Preço Supermercado Somer

Supermercado Treviso Supermercado União Uergs Ulbra Campus Cachoeira do Sul Verdes Vales ERECHIM 19ª Região Tradicionalista – MTG Agricoop Aurora – Faer I, Faer II, Fábrica de Ração e Incubatório Cecafes Cemap – Unopar Chiquito & Bordoneio Claudete Jacobovski Colégio Marista Medianeira Coonsumo Cooperativa Agroindustrial Alfa Cooperativa Nossa Terra Coopusaúde Creral Cresol DCE – URI Campus de Erechim Erechim Auto Esporte Clube (EAEC) Festejar Cerimonial e Recreação Flávio Jacobovski Floracoop Hortifrutigranjeiros e Supermercado Tamanini Interact Club de Erechim Boa Vista Leo Clube Erechim Imigrante Márcio Rech Master ATS Supermercados Ltda. – Cotrel, Econômico 1, Econômico 2, Matriz e Torres Maturidade Ativa – Sesc Mercado Medianeira Multi Alimentos Núcleo de Cooperativismo do Alto Uruguai Pan Bello Pé no Pedal – Associação Ciclística Prefeitura Municipal de Erechim Presídio Estadual de Erechim Rotary Club Erechim Senac Sesc Carazinho, Erechim, Frederico Westphalen e Passo Fundo Sicoob Transcredi Sicredi – CCLA de Associados do Norte do RS e Oeste de SC Unificado – Erechim Unimed Erechim URI – DECC Volks Air Cooled Welfitt – Academia Ypiranga Futebol Clube IJUÍ 27ºGAC Aprofeira Aviário Copetti Colégio Tiradentes Cooperativa Ametista Cooperativa Cotrijuí Cooperativa Cotripal Panambi Centro e Arco-íris Cooperativa Cotripal Ijuí Elebat Alimentos Escola Adventista de Ijuí Frutipan Mercado Zardim Moinho Ijuí Soberana Alimentos Ltda. Obirajá Gehm

Okeizitos Padaria Ki Sabor Padaria Leal Alex Tomas Schimtlesski Prefeitura de Ijuí R & M Distribuidora de frutas Rotary Ijuí Rubem Wachter Sesc Ijuí, Cruz Alta, Santa Rosa, Santo Ângelo e São Luiz Gonzaga Senac Ijuí Sindilojas Siduana Siqueira SLC Comerial John Deere Sulfrutas Supermercado Cotrijuí Supermercado Soberano Supermercado Tradição Unijuí Vanderlei Menger Nelson Vieira Francisco Volmir Castro de Oliveira PORTO ALEGRE Abrasel-RS Acqua Hidroponia Agad Atacadão Gravataí, Novo Hamburgo, Sapucaia do Sul, Porto Alegre Atacadão RS Barbarella Bakery Brasil Kirin BRF S.A. Brubins Buongusto Alimentos Café 3 Corações Carrefour Canoas, Gravataí, CD Ceasa Programa Social Prato para Todos Cefor-RS Central Ofertão Clube do Professor Gaúcho Companhia Tudo Sobre Pão Conab Porto Alegre Conselho Regional de Nutricionistas 2ª região (CRN2) Coopal (PAA) Coopan (PAA) Cootap (PAA) CPOR Danone Dia Brasil Dinda Alimentos Dodani Orgânicos Evolucin Fecomércio-RS Feira Ecológica da José Bonifácio e do Menino Deus Feira Mercadão do Produtor Epatur Frutyl Comércio de Bananas Gesa Produtos Ecológicos (PAA) H2Orta Imagem e Produção de Eventos Jorge Molon La Tenda Alimentos Latitude Log Livraria Paulinas Makro Porto Alegre e São Leopoldo Massas Romena Mercado Público – La Tomasi Banca 11 Mesasul Nestlé Opinião Teatro Bar Padaria Ijuí Padaria Mercopan Padaria Sonntag


recorte e colecione receitas e dicas no verso da página Pão Vital Pavioli Philip Morris Brasil Prefeitura Municipal de Porto Alegre Public Market Padaria Ritter Alimentos Rotary Bom Fim Saúde Integral Com de Alimentos – Geração Saúde Secovi-RS Secraso Sinca-RS SindiAtacadistas Porto Alegre Sindicato das Lavanderias e Similares do Rio Grande do Sul (Sindlav) Sindicato Emp. Prest. Serv. Eletroeletrônicas do RS (Sindat-RS) Sindilojas Gravataí e Porto Alegre Sinfac-RS Subway Campo Bom, Novo Hamburgo, Sapiranga e Unisinos Totosinho Transhenrique Ufrgs – Curso de Nutrição Uniagro Unidades Senac em Porto Alegre e Região Metropolitana Urban Farmcy Victos Yázigi Viamão RIO GRANDE ACORRG Atacadão Pelotas Atacadão Rio Grande Brigada Militar Ambiental Cafsul eventual Casa de Carnes Cláudio Colégio Bom Jesus Joana D’arc Comercial Hendler Conab Ecosul Emater-RS Hortifrugranjeiros Muncipal – Maurício, Arcy Cummach, Vitor de Souza, Rudinei Mailahn, Irmãos Dietrich, Isnart Oliveira, João Batista, Marcos Fenner, Maureli Pereira, Moacir da Silva, Edemar Germano Scheffer, Orandir Tavares e Alex Rola Ibama – Rio Grande Liceu Salesiano Leão XIII Nyx OAB Rio Grande Padaria Cia. do Pão Padaria Cruzeiro Padária do Mário Padaria Fidalga Padaria Gaúcha Padaria Ki-Pão Padaria Pães e Opções Padaria Santa Bárbara Padaria Santa Fé Padaria Santa Luzia Padaria Vitória Panifício Colombo Paulo Ricardo Martins Play Produções Polícia Federal Posto do Guto Prefeitura de Rio Grande Primos Torrense Senac Rio Grande Sesc Chuí, Pelotas, Rio Grande e Camaquã Supermercado Guanabara – Filial Hiper Tecon Rio Grande S.A. Tordilhos Alimentos Transnorte Unimed Litoral Sul Vetorial

SANTA MARIA Águas da Serra Hidroponia Aiesec Santa Maria Aldeias Infantis SOS, Anexo e Centro Social Apae de Santa Maria e de Santiago Ari da Cás & Irmãos Ltda. – Dores e Jão Goulart Atacadão Santa Maria Basm Bonna Consultores Associados Bruna Manzon Cooperativa dos Apicultores e Fruticultor (Cafsul) Carrefour Cededica Centro Empresarial de Santiago Centro Social Santo Antônio – Júlio de Castillhos Cerealista Zanini e Colpo Ltda. Conab Conab Porto Alegre Conselho Regional de Serviço Social-RS/Nucress Construtora Nima Coopercedro (PAA) CRN 2 Distribuidora de bananas Lumertz Distribuidora Transmengue Domelly Emater Escola Infantil Santa Rita de Cassia Escola Marista Santa Marta Ideal Imóveis Irmãos Ineu Scherer Lar das Vovozinhas Santa Maria Lar de Mirian Ministério Veredas Antigas Nervi Gilberto Claro Peruzzo Supermercados – Camobi Podal Distribuidora Posto Santa Lúcia Prefeitura de Santa Maria Prefeitura de São Sepé Projeto Taifa Quelen Braido Receita Federal Rede Smart Supermercados Rede Vivo Supermercados Saema Sebrae Santa Maria Secovi Santa Maria Senac Santa Maria –Term Coop Sesc Alegrete, Livramento, Santa Maria, São Borja e Uruguaiana Sindilojas Santa Maria SM Odonto Ltda. – Uningá Stangherlin Supermercado – Visconde e Riachuelo Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) Zanon Supermercados VALES DO TAQUARI E DO RIO PARDO ACI-E Acil Lajeado Agrocity Agroecologia Ferrari Amalfi Artistaria Agência Produtora Assemp Associação dos Funcionários do HSSM Atacadão S.A Bebidas Fruki Bremil Alimentos BRF S.A. C. E. Lajeadense

Caciva Cantustange Software CBM material elétrico Ltda. CDL Lajeado Centro Terapêutico São Francisco Clube de Mães – Paróquia Colégio Alberto Torres Colégio Cenecista João Batista de Mello Colégio Mauá Colégio São Luis CTC Lajeado Débora Moraes da Silva Decker Distribuidora de Aves Ltda. Defesa Civil Degasperi São Cristóvão Delícias do Sítio Docile Alimentos Especialidades Vandrea Estrelat Excelsior Frutas Longo Fruti Qualitá Frutticipri Gastroterapia General Mills Brasil Germani Alimentos Granja Cageri Irmãos Caetaninho Italianinho João XXIII Jornal A Hora Jornal O Informativo Latvida LD Delazzeri Atacadista Leo Clube Lions Clube Estrela, Lajeado e Lajeado Florestal Mallmann Nutriovos Padaria Pão D’Elí Padaria Schuh Padaria Suíça Padaria Tudesca Secretaria da Saúde e Assistência Social (PME) Secretaria de Assistência Social (PML) Postos Fascina Prefeitura de Santa Cruz do Sul Prefeitura de Venâncio Aires Primavis Ovos Quiero Café Cafeteria Rádio Encanto FM Rádio Independente Rádio Sorriso 102.9 FM Rádio Venâncio Aires Risoteca Rotary Club Lajeado Engenho Sebrae Senac Lajeado e Santa Cruz do Sul Sesa Lajeado Sesc Lajeado, Bento Gonçalves, Caxias do Sul, Farroupilha, Santa Cruz do Sul e Venâncio Aires Sicredi Ouro Branco e Vale do Rio Pardo Sindicabes Sindicato dos Corretores de Seguro RS Sindilojas de Santa Cruz do Sul e Lajeado Sorvebom Super Zart Transportadora Scapini Unimed Univates Vênus FM Verduras Laste Vigilância Sanitária Vovó Faz Bolo – Lajeado e Santa Cruz do Sul


Mesa Brasil Sesc Comunidade

receita colecionável

ALMÔNDEGAS VEGETARIANAS Mesa Brasil Sesc Comunidade

Ingredientes 6 ovos | 1 e 1/2 xícara (chá) de farinha de rosca | 1 colher (chá) de manteiga | 1/2 xícara (chá) de cenoura | 1/2 xícara (chá) de batata-doce | 1 cebola | 1 alho | 1 colher (café) de orégano | 1 colher (chá) pimenta-do-reino | 1/2 xícara (chá) de tempero verde | 1 colher (chá) de sal

CONEXÃO MESA BRASIL Janeiro/Fevereiro/Março 2018

Modo de preparo Rale a cenoura, a batata-doce e a cebola. Depois, misture todos os ingredientes em uma tigela, até formar uma massa homogênea. Molde o alimento no formato de bolinhas, com tamanho médio. Distribua-as em um refratário untado e coloque no forno por 45 minutos a 200°C.

aproveite melhor Os ovos são fonte de proteína de origem animal, como vitaminas A, E, D. Além disso, são um ótimo substituto da carne vermelha. A cenoura e a batata-doce deixam as refeições com mais valor nutritivo, pois apresentam alto teor de betacaroteno, vitaminas C, B2, B3 e os minerais cálcio, potássio e fósforo. Graças à combinação de ingredientes, esta receita é rica em fibras, que ajudam no trânsito intestinal e no equilíbrio do colesterol. Fonte: Ana Carolina Dedavid Ferreira, nutricionista do Mesa Brasil Sesc Comunidade

Informativo Conexão Mesa Brasil Sesc  

Notícias sobre as ações desenvolvidas pelo Programa Mesa Brasil Sesc no Rio Grande do Sul.

Informativo Conexão Mesa Brasil Sesc  

Notícias sobre as ações desenvolvidas pelo Programa Mesa Brasil Sesc no Rio Grande do Sul.

Advertisement