Page 1

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NO EMBARQUE E DESEMBARQUE DE CONGONHAS

EM CENA,

DUVIVIER

UMA CONVERSA COM UM DOS FUNDADORES DO MAIOR SUCESSO DA INTERNET BRASILEIRA, O PORTA DOS FUNDOS

31

CONFIRA AS TENDÊNCIAS E NOVIDADES NESTE AGITADO MÊS DA DECORAÇÃO EM SP

SOL, MAR E LITERATURA O ANO TODO

DIAS TEM MAIO E A AGENDA 29HORAS TEM

124

PROGRAMAS PARA TODAS AS HORAS DE TODOS OS DIAS DO MÊS


Estamos comemorando o talento. CASA COR. 30 ANOS SURPREENDENDO VOCÊ. Venha ver de perto o talento dos maiores nomes da arquitetura, decoração e paisagismo.

17/05 a 10/07 •

JOCKEY CLUB DE SÃO PAULO

AV LINEU DE PAULA MACHADO, 775

Ingressos à venda no site www.blueticket.com.br/grupo/casacorsp2016 Desconto de até 30% para compra antecipada.*

casacor.com.br /casacoroficial casacor_oficial

* Válido para compra de ingresso inteiro de CASA COR São Paulo até 16/05/16 pelo site da Blue Ticket. Desconto não cumulativo.


ANALAETCOM.

Jockey Club de São Paulo

PATROCÍNIO INTERNACIONAL

CARRO OFICIAL

APOIO LOCAL

LUZ OFICIAL

TINTA OFICIAL


maio 2016 Ed. 79 Publisher: Pedro Barbastefano Júnior Conselho editorial: Chantal Brissac, Claudio Elisabetsky, Clóvis Cordeiro, Didú Russo, Georges Henri Foz, Pedro Barbastefano Júnior e Kike Martins da Costa Redação: Chantal Brissac (diretora de redação); Rose Oseki (diretora de arte); Karen Suemi Kohatsu (designer); André Cordeiro (repórter) Gerente de produto: Ariovaldo Dias (ariovaldo@29horas. com.br) Colaboradores: Carlos Monteiro, Chiara Gadaleta, Claudia Martinelli, Dácio Campos, Didú Russo, Doroteia Fragata, Georges Henri Foz, Giulia Vicari Vento, Greg Salibian, Guilherme Ramalho, João Faria, Kike Martins da Costa, Leão Serva, Luciane Tonon, Luiz Toledo, Maria Shirts, Matheus Fragata, Pedro Henrique França e Rafaella Finci PUBLICIDADE Diretor escritórios regionais: Luiz Carlos Stein (stein@29horas.com.br) Comercial (comercial@29horas.com.br): Gerente: Rafael Bove Equipe: Angela Saito, Flávia Moraes, Giovanna Barbastefano e Raphael Favilla Rio de Janeiro – Sandra Giorno (sandra.giorno@29horas.com.br) Brasília – Eduardo Godoy (edugodoy@bew.net.br) Curitiba – Alexandre Martins (alexandre.martins@29horas.com.br) Santa Catarina – Jean-Luc Jadoul (jljadoul@terra.com.br) Florianópolis – Sonia Meireles (sonia@yaguar.com.br) Ribeirão Preto – João Queiroz (comercial@bbipublicidade.com) Cascavel, Foz do Iguaçu e Maringá – Marcelo Pajolla (pajolla@pajolla.com) Campinas – Fabio Amaral (fabioamaral@29horas.com.br) Atibaia – Daniel Paladino (dpaladino@ld2comunicacao.com.br)

06

29HORAS é uma publicação mensal da MPC11 Publicidade Ltda.

A revista 29HORAS respeita a liberdade de expressão. As matérias, reportagens e artigos são de responsabilidade exclusiva de seus signatários. 29HORAS – Av. Nove de Julho, 5966 - cj. 11 Jd. Paulista - São Paulo - Cep: 01406-200 Tel.: 11.3086.0088 Fax: 11.3086.0676

musas saúde culTura inspiração gasTronomia TeaTro esporTes liTeraTura

Tripadvisor indica

18

mobilidade

20

na moda com chiara

22

29h sp-rio

28

no mundo do Tênis

30

voar mais

32

voo publiciTário

58

comer, beber, viver

60

adega

82

hora livre

ClAuDIA MARtInEllI sugere destinos para quem curte mergulho

MARIA SHIRtS e o respeito no trânsito de São Paulo CHIARA GADAlEtA fala da Malwee: moda com sustentabilidade

As novidades na 3ª maior ponte aérea do mundo DáCIO CAMPOS desvenda Monte Carlo

Uma análise da gestão aeroportuária é feita por GuIlHERME RAMAlHO JOãO FARIA entrevista Alex Greif, executivo da Citroën GEORGES HEnRI FOz vai a Alphaville e se delicia no almoço

DIDú RuSSO dá incríveis dicas para descomplicar o vinho luIz tOlEDO nos surpreende novamente

destaques 34

capa GREGORIO DuvIvIER fala de sua carreira e de novos projetos, como o primeiro filme do Porta dos Fundos, “Contrato Vitalício”, que estreia em junho

Jornalista responsável: Chantal Brissac (MTB 15.064) DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NAS SALAS DE EMBARQUE E DESEMBARQUE DO AEROPORTO DE CONGONHAS

hora h colunas

16

Assistência comercial: Silene Barbieri Ciciliato Impressão e acabamento: Plural Indústria Gráfica Ltda.

sumário

41

especial arquiTeTura e design Mostras como a Casa Cor e a Artefacto são destaque em São Paulo

54

viagem IlHéuS é um poema: praias paradisíacas e terra de Jorge Amado

www.29HORAS.COM.BR

29HORAS nA REDE: twitter.com/revista29horas facebook.com/revista29horas

aGenda 29h

124 programas para todas as horas de todos os dias do mês

A tiragem e distribuição desta edição de 65.000 exemplares é auditada pela BDO.

Capa – Gregorio Duvivier, fotografado por Greg Salibian


hora h

Musas

6 | 29HORAS | Maio 2016


A IrongIrl dA nAtAção

foto Daniel Zappe/MpiX/CpB

Da sentença De morte ao título De campeã munDial De natação paralímpica, susana schnarnDorf vira roteiro De filme e tema De livro, que serão lançaDos em breve por Luciane Tonon O que você faria se recebesse um diagnóstico de uma doença degenerativa como a síndrome múltipla dos sistemas SMA? Nada. Foi literalmente isso que a então triatleta Susana Schnarndorf fez ao ter seus movimentos comprometidos e seus dias de vida contados. Um desespero para quem é mãe de três filhos e soma treze Ironmans na carreira. Em meio à depressão, ela foi apresentada à natação paralímpica. Fez da modalidade o remédio para prolongar seus dias e da sua história de vida uma missão, consagrando-se recordista mundial nos 100 metros nado peito, em 2013. Agora Susana pleiteia uma vaga para os Jogos Paralímpicos no Rio 2016. O esporte na vida de Susana começou aos onze anos, quando ela contrariou a vontade da mãe de ter uma filha bailarina e entrou em uma escolinha de natação em Porto Alegre. Seu talento foi logo notado pelo técnico e ex-nadador olímpico Mauri Fonseca, que a convidou para treinar em sua equipe. É a ele que Susana atribui os verdadeiros princípios de atleta. “Ele sempre me dizia que treinar era como construir um muro, cada dia se vai colocando um tijolinho, e quando faltam tijolinhos, o muro cai”. Aos 17 anos, a atleta foi para Belo Horizonte competir pelo Minas Tênis Clube. Apesar da saudade, os pais não limitaram a vontade e a determinação da filha. “Quando o avião decolou com ela, choramos muito”, lembra a mãe. Foram seis anos muito intensos que a colocaram em posição de destaque na natação juvenil brasileira. Após uma lesão nos joelhos, aos 23, Susana teve que voltar para casa. Passou por um processo cirúrgico e se despediu de vez da natação. Só que não. Ainda na fase de recuperação, conheceu o triatlo. Apaixonou-se pela modalidade e pediu ao pai uma bicicleta para competir. Ao engajar-se no circuito de triatlo foi logo convidada para se mudar para o Rio de Janeiro. Tanta dedicação fez com que ela completasse treze Ironmans e fosse cinco vezes campeã brasileira de triatlo. nonono Em meiononono a tantos treinos e competições, a realização de nonono Susana se tornou ainda maior ao ser mãe. Em 2005,

depois de dar à luz sua terceira filha, ela foi acometida por uma grande depressão, motivada pelo final de seu casamento de dez anos. Esse choque desencadeou a SMA, doença degenerativa parkinsoniana. Alguns sintomas de engasgos e falta de coordenação impediram a continuidade de sua carreira no triatlo. Na busca por diagnósticos, alguns médicos limitaram seu tempo de vida; outros, porém, a incentivaram a praticar esportes. Por amor aos filhos, ela voltou a nadar, para que seus dias se prolongassem ao lado deles. “Foi um período muito difícil, porque eu não tinha mais condição de cuidar dos meus filhos. Tive que deixá-los ir com o pai porque eu tinha certeza que iria morrer logo”, conta Susana. Mesmo com movimentos limitados, ela mergulhou novamente na água. Em 2010, ao treinar no mesmo clube de Susana, a equipe de natação paralímpica constatou o grande potencial da nadadora. Mesmo insegura, ela foi em frente para tentar a classificação paralímpica e já na primeira competição bateu cinco recordes brasileiros. No ano seguinte, Susana passou a integrar a seleção brasileira e representou o país nos Jogos Paralímpicos de Londres, pegando o quarto lugar no nado peito. Em 2013, foi eleita a melhor atleta paralímpica do ano, após bater o recorde mundial nos 100 metros nado peito – classe SB6, em Montreal, no Canadá. “A natação é meu remédio diário”, explica Susana. A esperança agora é ser reclassificada numa classe compatível com o progresso de sua doença e, então, dar o melhor na sua terra natal. “Competir praticamente no quintal da minha casa é algo inexplicável, uma alegria imensa”, confessa a atleta, que aos 48 anos segue treinando com a equipe em São Caetano do Sul seis horas diárias. Nesse Dia das Mães, Susana, que diz “tirar força” dos seus três filhos – “Eu nado por eles e para eles” – estará comemorando a vitória de sua vida, que envolve doses enormes de fé, amor, garra, coragem e perseverança. Luciane Tonon é jornalista e autora da biografia de Susana, prevista para ser lançada após os Jogos Paralímpicos

7


hora h

foto anDerson viDal

saúde

Os dermatologistas Cyro Festa Neto e Régia Patriota; no detalhe, mãe e filho em foto da mostra do Ibagen

ContrA o preConCeIto Os dermatologistas Cyro Festa Neto, professor titular do Departamento de Dermatologia da FMUSP, e Régia Patriota, presidente do Conselho de Administração do Ibagen (Instituto Brasileiro de Apoio aos Portadores de Genodermatoses), lutam há alguns anos contra o preconceito às pessoas com genodermatoses. Tratase de doenças de pele genéticas, como a epidermólise bolhosa, a ictiose, o albinismo e a psoríase, entre outras. “Queremos conscientizar as pessoas sobre essas doenças, que não são transmissíveis”, explica Régia Patriota, médica e fotógrafa. Ela está à frente da exposição “Além da Pele - a beleza da alma e da família”, e é uma das idealizadoras de um filme recém-lançado sobre o tema, que contou com o apoio do Departamento de Dermatologia da FMUSP e o patrocínio do Instituto Gol. No filme dirigido por Guilherme Festa, crianças com a doença aparecem com seus pais, que as abraçam e mostram a importância do contato físico. “Olhares de repulsa fazem parte do cotidiano delas. As doenças não são contagiosas e é preciso mudar isso”, diz Régia. Para Cyro Festa Neto, consultor científico da associação Ibagen (www.ibagen.

8 | 29HORAS | Maio 2016

org.br), o segundo passo, após a sensibilização das pessoas, é o treinamento de profissionais de saúde para lidar com os pacientes. “Elas demandam muitos cuidados, como curativos e procedimentos especiais”, explica o médico. Régia Patriota ressalta que seu sonho é ter um espaço físico para criar um centro de apoio às crianças e seus familiares. Muitos vêm de outros Estados em busca de informações. Para montar a exposição ela levou dois anos fotografando os pequenos e suas famílias. Projeto delicado, como a própria pele dessas crianças, o trabalho contou com o apoio de médicos e de instituições como o Conselho Regional de Medicina de São Paulo. “Foi nesse processo que eu percebi a urgência de ajuda”, diz a dermatologista. As fotos foram feitas, inicialmente, para um trabalho de Régia para a Escola Panamericana de Arte e Design. Durante esse projeto de conclusão de curso, a médica sentiu que as imagens poderiam se transformar em uma campanha de conscientização. Depois de passar pelo Memorial da Inclusão, pelo Conjunto Nacional, e pela APM, em SP, a mostra deve circular em breve por outros pontos do país. Chantal Brissac

fotos Divulgação

com Diversas ações, como mostra De fotos e filme, o ibagen busca combater o isolamento físico, emocional e psíquico De pessoas com graves Doenças De pele


O chef Henrique Fogaça faz nhoque de mandioquinha com as mães

O pianista Makoto Ozone se apresenta no dia 1 de junho na Sala SP

cultura

entre sons e sAbores

fotos Divulgação

em prol Da cura De crianças e aDolescentes com câncer, a associação tucca inova com apresentações De músicos internacionais e aulas De chefs famosos Depois da apresentação do virtuoso Daniel Hope, um dos maiores violinistas do mundo, no dia 3 de maio – ele toca na Sala São Paulo às 21h, acompanhado da Orquestra de Câmara da Basileia –, a Série Concertos Internacionais da Tucca (Associação para Crianças e Adolescentes com Câncer) acena com outro espetáculo imperdível. O renomado pianista Makoto Ozone se apresenta no dia 1 de junho em um concerto na mesma prestigiosa sala. Nascido na cidade de Kobe, Ozone dedica-se ao piano jazz desde os 12 anos, inspirado em Oscar Peterson. Foi o primeiro músico japonês a assinar um contrato exclusivo com a gravadora americana CBS. Sua habilidade e técnica fazem dele uma grande atração em festivais pelo mundo. O projeto Música pela Cura da Tucca já completou quinze anos, tempo em que o palco da Sala São Paulo acolheu mais de 50 concertos, com nomes como Nelson Freire, Brad Mehldau, Avishai Cohen e Madeleine Peyroux. Para a temporada de 2016 já estão confirmados, além de Hope e Ozone, feras como a cantora Lisa Simone, o contratenor alemão Andreas Scholl e o acordeonista francês Richard Galliano. Segundo o idealizador do projeto, o oncologista Sidnei Epelman, o objetivo é colocar a arte a serviço da cura do câncer. Toda a renda obtida com a venda dos ingressos é destinada ao tratamento de crianças e jovens assistidos pelo Hospital Santa Marcelina, na zona leste de São Paulo,

em parceria com a Tucca. Epelman é um dos fundadores da Tucca, que nasceu em 1998, planejada por médicos e pais de pacientes, com a proposta de elevar as taxas de cura de crianças e adolescentes com a doença. Hoje a instituição, reconhecida internacionalmente como um centro de referência no tratamento do câncer infantojuvenil, já beneficiou mais de 2.500 crianças e adolescentes carentes, atingindo taxas de cura próximas a 80%, índice igualado aos números da Europa e dos Estados Unidos. Outro trabalho primoroso da Tucca é o Chef pela Cura, que acontece toda quarta-feira na cozinha experimental da sede, em Itaquera. Nesse espaço, conhecidos chefs preparam receitas com os familiares dos pacientes. Em 2015, Henrique Fogaça ensinou às mães um delicioso nhoque de mandioquinha, enquanto Bel Coelho mostrou como se faz uma pescada ao molho de coco e Carla Pernambuco explicou os segredos de um bom escondidinho. “Como passam muito tempo no ambulatório, esse é um momento em que os pais relaxam e se divertem, em um ritual alegre e produtivo, onde todo mundo põe a mão na massa. Mais que ensinar a cozinhar, o projeto Chef pela Cura quer entreter e ajudar a resgatar a autoestima dessas famílias”, diz o oncologista Sidnei Epelman, que preside com a esposa, a psicanalista Claudia Epelman, a associação Tucca, em um trabalho que junta muita dedicação, amor e persistência.C.B.

9


hora h

inspiração

As hIstórIAs dA prAçA

O que começou como um trabalho de conclusão de curso na pós-graduação de Jornalismo Literário em 2014, hoje pode servir facilmente como um retrato da sociedade brasileira. Décimo lugar no Prêmio Shift 2015, Andréa Ascenção encontrou na Praça da Sé o cenário perfeito para dar vida ao projeto “1 por cento da Sé Square”. “Minha intenção era dar rostos, nomes, cores, cheiros, vozes e sentimentos às pessoas que convergem seus conflitos na Praça da Sé. Como o lugar é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade e atrai todo tipo de gente, ele refletiria o espírito do brasileiro”, conta a autora. Contando histórias de personagens como o artista de rua Caveirinha, ou o jornaleiro José Hamilton, Andréa encontrou na narrativa de não-ficção sua forma de fazer a diferença. “O tipo de jornalismo que tenho feito não é apenas uma opção, mas uma necessidade”. Andréa diz que nada a impede de voltar à Praça da Sé para um desdobramento das histórias contadas. “Como se trata de uma narrativa de certa forma atemporal, ela continua com seus efeitos enquanto alguém a ler”. Ser uma das vencedoras do Prêmio Shift (shift.org.br) trouxe felicidade e uma sensação de conectividade com seu propósito. “O que tentei trazer à tona na reportagem “1 por cento da Sé Square” é que todos os personagens podem ser vítimas de um sistema, mas cada um deles têm momentos iluminados, escuros, cinzas, coloridos...” Para ela, a importância de seu trabalho envolve não só a possibilidade de transformar a vida dos entrevistados, mas de mudar a visão dos leitores. Rafaella Finci

foto eDuarDo gurMan

Andréa Ascenção: jornalismo com preocupação social

10 | 29HORAS | Maio 2016

foto MarCelo roDrigues

ao mostrar a viDa De frequentaDores Da praça Da sé, em são paulo, anDréa ascenção, venceDora Do prêmio shift 2015, faz um pequeno retrato Do brasil

Carpaccio de pirarucu com molho ponzo, do Sassá Sushi

gastronoMia

nAturAl e sAboroso

o concorriDo sassá sushi lança carDápio com peixes brancos Da amazônia e ingreDientes orgânicos Ele é considerado o rei do delivery de culinária japonesa e entrega mais de nove mil pedidos por mês. Ao mesmo tempo, tem preocupações sustentáveis com sua gastronomia: recentemente lançou um cardápio todo elaborado com ingredientes orgânicos e baixos teores de gordura e sódio. Esta linha vai além do delivery e inclui o menu dos almoços nas unidades Itaim Bibi e Jardins. Estamos falando do Sassá Sushi, criado pelo engenheiro Alexandre Saber, 43, há treze anos. Alexandre largou a carreira de exatas para ir atrás de sua paixão, a culinária japonesa. Além de se tornar um impecável sushiman, ele virou um empreendedor de sucesso. Com suas unidades em São Paulo, Sassá busca a excelência gastronômica. “Não existe comida japonesa boa sem ingredientes perfeitos”, diz o chef, referindo-se aos novos cortes de peixes brancos vindos da Amazônia, como o pintado, o pirarucu e o tambaqui. Segundo ele, os peixes são cultivados em uma cadeia produtiva sustentável, com apoio de instituições como a FGV, e contam com a participação da comunidade local. No Acre, ele ficou encantado com os peixes. Após muita pesquisa e testes, colocou no cardápio (do delivery e do restaurante) deliciosos pratos como as costelinhas de tambaqui grelhadas na chapa, as asinhas de pintado empanadas com o tempurá, e os tepans de pintado e pirarucu, puxados na manteiga e acompanhados de legumes. Para quem prefere os pratos clássicos da culinária nipônica, ele sugere sashimis, sushis, uramakis e temakis feitos com o pirarucu. “Ele tem uma textura incrível e pode substituir o atum branco”, afirma o chef, que não deixou de fora os clientes vegetarianos, com pratos como os sushis de berinjela com alho ou o tofu flambado com pimenta. Vale experimentar! www.sassasushi.com.br


hora h

teatro

Augusto Zacchi e Bárbara Paz contracenam na clássica peça de Tennessee Williams, “Gata em Telhado de Zinco Quente”

Gata em chamas

Este clássico do dramaturgo norte-americano Tennessee Williams sempre habitou os sonhos de Bárbara Paz. Agora, dirigida por Eduardo Tolentino de Araújo, ela irá subir ao palco encarnando a personagem vivida por Elizabeth Taylor no cinema, em 1958, quando o filme foi indicado a seis Oscars. A peça narra a celebração do aniversário de 65 anos do rico patriarca de uma família sulista americana. Num dia de calor intenso, a ambição por sua herança vai gerando conflitos de forma inesperada e implacável. As relações mais íntimas vão sendo dissecadas e expostas de forma devastadora, numa explosão de revelações pessoais e familiares. A região onde se passa a ação tem passado escravagista. “Esta família de latifundiários mimados e sem valores culturais permanece presa aos preconceitos e à juventude”, diz Eduardo Tolentino sobre os personagens deste texto atual e que ainda espelha nossa sociedade. O movimento para a montagem de “Gata em Telhado de Zinco Quente” teve início durante a série de estudos sobre os textos curtos de Tennessee Williams promovidos pelo Grupo Tapa. As necessárias adaptações geraram novas

12 | 29HORAS | Maio 2016

traduções, que foram comandadas pela pesquisadora teatral, professora universitária e tradutora Maria Sílvia Betti. Este material foi editado pela É Realizações, que chega agora ao 4º volume da série com a tradução assinada por Augusto Cesar para o clássico “Gata em Telhado de Zinco Quente”. Nos papéis principais estão Zécarlos Machado e Augusto Zacchi, além de atores familiares ao Grupo Tapa, como Noemi Marinho. A consultora de moda Gloria Kalil assina um figurino para teatro pela primeira vez. “Eu queria que as roupas tivessem um toque dos anos 50, pano de fundo do texto original. Por isso procurei por alguém que, mais que figurinista, entendesse de estilo”, diz Eduardo Tolentino. A peça fica em cartaz até o dia 26 de junho, de quarta a domingo, no Centro Cultural Banco do Brasil, em São Paulo. Há um transporte gratuito até as proximidades do CCBB, com embarque e desembarque na Rua Santo Amaro, 272, e na Rua da Quitanda, próximo ao CCBB. No trajeto de volta, tem parada no Metrô República. Tel. 31133651/3652. www.bb.com.br/cultura

foto DIVULGAÇão

Com BárBara Paz Como Protagonista, “gata em telhado de zinCo Quente” estreia no dia 5 maio no Centro Cultural BanCo do Brasil


Entre os dias 10 e 21 de maio, Lucas Silveira disputará as classificatórias para o WCT

esporte

tapete máGico

foto DIVULGAÇão

aos 20 anos, luCas silveira ConQuista CamPeonato mundial júnior de surfe e se torna maior Promessa da nova geração

Lucas Silveira é um devoto dos esportes desde criança. A lista é grande: equitação, futebol, judô, jiu-jítsu… Mas foi na água que ele se encontrou. Aos dois anos já nadava e era pequeno ainda quando seu brinquedo favorito virou uma miniprancha. Ainda no Rio de Janeiro, onde nasceu, passava horas em cima dela praticando tubos com a ajuda de um tapete. Tanto a prancha quanto o tapete tiveram de ir com a mudança para Florianópolis quando ele fez sete anos. E dálhe tubos e muitas ondas grandes – dos mares de Floripa ao Havaí. Tanta prática se vê hoje recompensada em prêmios mundo afora. Em janeiro, Lucas Silveira foi campeão mundial júnior de surfe, em Portugal, com 19 anos. No mês seguinte foi consagrado pela WLS como melhor surfista até 20 anos. Aos 20, é a maior promessa da nova geração, coroando uma fase mágica do surfe brasileiro, turbinada com as conquistas dos veteranos Gabriel Medina e Adriano de Souza, o Mineirinho. Tímido, Lucas Silveira não se deixa levar pelo sucesso recente. Vê o reconhecimento como um impulso a mais na confiança. “É uma oportunidade de aproveitar e continuar com o bom momento. Não carrego esse peso [de promessa do surfe]. Tudo tem sua hora”, diz, tranquilo. Nesse mês de maio, entre os dias 10 e 21, Lucas encara as ondas do Rio, sua cidade, em nova etapa para se classificar para o WCT, campeonato mundial em que se junta a elite do surfe mundial. Mais do que prêmios, o menino que cai na água desde os seis meses de idade quer ondas. As maiores possíveis. “Quero viajar em busca das grandes ondulações pelo mundo”, afirma. O tapete ficou pequeno para tanto talento. Pedro Henrique França


hora h

literatura

O sebo e o livreiro: Ricardo Lombardi largou a estabilidade de sua carreira para se dedicar ao mundo dos livros

empoeirado, mas nem tanto Na rua Sebastião Velho, 28 A, perto da Mourato Coelho, no bairro de Pinheiros, em São Paulo, você encontrará uma pequena garagem com o portão aberto. Na calçada dessa garagem você provavelmente verá um homem de barbas longas e vestes despojadas que estará sentado diante de uma mesa, aguardando a próxima história que dobrar a esquina. Você é a próxima história. Este homem não será capaz de resolver as aflições da sua vida, mas poderá lhe indicar um livro. Trata-se de Ricardo Lombardi, de 44 anos. E de sua garagem, na verdade o seu sebo, o Desculpe a Poeira. Foi em 2014 que o então diretor de conteúdo da Yahoo! decidiu largar toda uma carreira de jornalismo, que se iniciou em 1988 quando trabalhava para o arquivo do Estadão, para se tornar um livreiro. Com a sua própria coleção de livros que juntou durante a vida, Lombardi abriu o tão sonhado sebo, inspirado no modelo de livrarias de bairro que conheceu em uma viagem a Buenos Aires. Ele cuida de tudo no sebo e conta com a ajuda de dois estagiários: um estudante de Filosofia e o outro de Letras. “O que eu mais gostava no jornalismo eram as histórias, as narrativas”, conta. “E eu senti que esse aspecto que eu tanto gostava eu já não conseguia encontrar mais, porque acabei virando um empresário, gerenciando pessoas, recursos... e não queria mais isso. Eu brinco que no jornalismo a gente vai atrás das

14 | 29HORAS | Maio 2016

histórias. Aqui as histórias vêm até mim”. O Desculpe a Poeira é extremamente ativo no mundo digital, com contas no Instagram, Facebook e Twitter, e também com alguns títulos catalogados no site Estante Virtual (plataforma que compila os sebos no Brasil). Segundo o livreiro, sem o recurso online seria praticamente impossível sobreviver. No Instagram, por exemplo, com pouco mais de vinte mil seguidores, Lombardi publica diariamente trechos e capas de livros, interagindo com pessoas de todo o Brasil. “Sempre posto alguma coisa que eu gosto. A loja física e a virtual funcionam juntas e não daria certo uma sem a outra, é essa combinação que faz o sebo ser sustentável. Ainda assim, acho que nada supera a sensação de visitar uma livraria e descobrir um livro por conta própria”, afirma. Nessa sua história, o que surpreende é a coragem de Lombardi de largar a estabilidade de um emprego para buscar uma paixão que havia perdido. “Não ganho a mesma coisa que eu ganhava com o meu emprego anterior”, explica. “Mas ganho o suficiente e estou bem com isso. Engraçado que muitas pessoas trabalham esperando pelo final de semana. E eu pensei, ‘puxa, tem algo errado aí’. O certo seria aproveitar cada dia e não viver em função de um final de semana. As pessoas querem mudanças, mas não querem mudar. Não espere alguma tragédia acontecer para que você dê valor à sua vida. Não demore para perseguir o que deseja”, ele pontifica. André Cordeiro

fotos DIVULGAÇão

o seBo desCulPe a Poeira traz de volta o esPírito das antigas livrarias, sem aBrir mão dos reCursos teCnológiCos


TripAdvisor indicA

Por Claudia Martinelli

À esquerda, foto do Buraco Azul em Belize, no Caribe; à direita, visão aérea de Whitehaven, na Austrália, uma das praias mais bonitas do mundo

MERGULHO EM QUATRO CANTOS DO MUNDO Qual é o melhor lugar do mundo para mergulhar? Para Stephen Kaufer, fundador e CEO do TripAdvisor, site de planejamento e reservas de viagens, quatro lugares se destacam em sua lista quando o propósito é explorar o fundo do mar: Cozumel, no México; a Grande Barreira de Corais, na Austrália; Belize, no Caribe; e as Ilhas Galápagos, no Equador. 1. Localizada em Queensland, na Austrália, a Grande Barreira de Corais tem o maior ecossistema de recife de corais do mundo. A região é considerada Patrimônio da Humanidade pela Unesco e concentra uma extraordinária abundância de peixes que pode ser facilmente observada com uma máscara e um snorkel. A beleza natural da região pode ser contemplada também fora d’água. As areias brancas da praia de Whitehaven convidam o turista para um dia de descanso. Para muitos viajantes da comunidade do TripAdvisor, Whitehaven é uma das praias mais bonitas do mundo. 2. Para quem não tem muita experiência de mergulho em águas profundas, uma ótima opção em Cozumel, no México, é o Parque Chankanaab. Entre as atividades disponíveis no parque está a possibilidade de nadar com golfinhos. Além de mergulhar, os viajantes podem escolher uma das praias de areias brancas e finas para relaxar e aproveitar a viagem. Destino procurado tanto para a aventura quanto para viagens românticas, Cozumel possui um clima caribenho durante todo o ano, além

16 | 29HORAS | Maio 2016

de uma natureza intocada e uma vida noturna agitada. 3. Já no Caribe, uma das principais atrações em Belize é o Grande Buraco Azul: um enorme buraco no mar caribenho com 125 metros de profundidade e 30 metros de largura. A sombra é tão impressionante que pode ser vista do espaço. Belize reserva aos turistas a segunda maior barreira de recifes que abriga uma enorme quantidade de peixes, corais, golfinhos, tubarões, baleias e tartarugas marinhas. San Pedro, em Belize, foi eleito o melhor destino da América Central pelos milhões de usuários do TripAdvisor. 4. As Ilhas Galápagos, no Equador, são uma boa opção para quem quer mergulhar ou apenas desfrutar do mar calmo e temperaturas amenas. A escolha da atração, no entanto, determinará a melhor época para viajar. Se a opção for mergulhar, programe a viagem entre julho e novembro. Se o descanso com um visual deslumbrante é a opção da vez, vá entre dezembro e maio. A maior ilha do arquipélago é Isabela, com mais de 45 mil km². A região tem cinco vulcões de Isla Negra, Cerro Azul, Alcedo, Darwin e Wolf. Quando estiver por lá, vá caminhando de Puerto Villamil pelas florestas de manguezais e as lagoas de água salgada até chegar ao Centro de Criação de Tartarugas. Claudia Martinelli é gerente de comunicação do TripAdvisor no Brasil

fotos divulgação

Stephen Kaufer, fundador e Ceo do tripadviSor, liSta SuaS prinCipaiS diCaS para amanteS do eSporte, Sejam iniCianteS ou experienteS


NA ILHA

férias

Comandatuba é a ilha perfeita para quem procura viver histórias incríveis com a família. O resort possui infraestrutura completa de lazer, Spa Comandatuba, esportes náuticos, pesca, passeios emocionantes e muito mais. Sem falar da gastronomia, cordialidade e qualidade com padrão Transamérica. Tudo isso em uma praia

De 2 a 31 de Julho

7 noites de 10X R$

836,00 por

10x R$

exclusiva, cercada de natureza exuberante.

763,00*

por pessoa Venha para o Transamérica Comandatuba escrever sua história nesse cenário inesquecível.

INCLUSO AÉREO E TRANSFER HOSPEDAGEM CORTESIA PARA CRIANÇAS**

A ilha perfeita para sua história

Grande São Paulo: (11) 5693 4050 | Outras cidades: 0800 012 6060 www.transamerica.com.br | Faça sua reserva, nossa equipe está à sua disposição ACUMULE PONTOS. PARTICIPE!

   

#comandatuba

* Valor válido por pessoa em apartamento superior duplo para 7 noites de hospedagem, de 02 a 31/07/2016 para pagamento antecipado até 31/05/2016. Pacote inclui diária com café da manhã e jantar com bebidas não alcoólicas durante os jantares, crianças de até 4 anos tem o almoço incluso no restaurante infantil, passagem aérea em fretamento TAM partindo de São Paulo com destino ao aeroporto de Comandatuba, transfer terrestre e taxas. ** Duas crianças de até 11 anos na mesma acomodação dos pais, não pagam hospedagem, somente parte aérea e transfer terrestre. Valores sujeitos a alteração sem prévio aviso.


mobilidade

por Maria ShirtS

é PrECISO TEr rESPEITO aO maIS frágIl Subia de bicicleta a Teodoro Sampaio, no bairro de Pinheiros, quando ouvi uma buzina histérica de um veículo que senti estar à minha direita, em outra faixa. Passou rápido e com certa imponência, parecendo insatisfeito. Não entendi. Afinal, não estava no seu caminho. Era um ônibus intermunicipal dos grandes, daqueles cinzas, da Viação Pirajuçara. Continuei meu percurso sem notar que o havia ultrapassado quando ele parou no ponto. Nessa altura da Teodoro, no último quarteirão, havia me colocado à direita, junto da faixa do ônibus, pra entrar na Av. Doutor Arnaldo sentido Centro, como todos os dias. Foi quando o mesmo ônibus, o 11.061, veio da faixa do meio para a da direita em uma velocidade muito além da permitida de tal forma que me obrigou a ir para o meio-fio da calçada e por pouco não me fez cair. Parei antes de dar com os dentes no chão e me toquei: havia tomado a minha primeira “fina educativa”. É tudo tão rápido e assustador que a reação foi instintiva: fui tirar satisfação com o motorista, que havia parado apenas cem metros à frente, perguntando se ele queria me matar. Ele respondeu, com um sorriso no rosto, que não. Quando fui fazer um Boletim de Ocorrência via internet de ameaça à integridade física, recebi resposta dizendo que havia sido indeferido porque não houve “lesão” nem “morte”. Essa é apenas uma de muitas histórias que as pessoas, em modais mais vulneráveis, sofrem todos os dias na cidade. Resolvi então fazer um questionário online chamado “Violência no Trânsito: as Dificuldades dos Ciclistas em São Paulo”, com dez perguntas rápidas sobre o assunto. Obtive 175 respostas, uma amostragem pequena, mas que já nos faz compreender um pouco o cenário. Apesar de 70% dos entrevistados acharem que a relação entre bicicletas e veículos melhorou (62%), ou melhorou muito (8%), somente 7% disseram nunca ter sofrido qualquer tipo de violência enquanto pedalava. Dos que já sofreram, 76% afirmaram já ter tomado “finas educativas”; 72% sofreram xingamentos; 71% buzinadas e/ou farol alto; 23% assédio; 18% atropelamentos; e 16% acusaram ter passado por outros tipos de violência, dentre eles “arma apontada para mim”, “cusparadas” e “ônibus avançando para cima da bicicleta por puro sadismo”. Depois dessa pergunta, questionava em qual modal estava o agressor. Também com a possibilidade de mais de uma resposta, 93,55% responderam que a agressão veio de

18 | 29HORAS | Maio 2016

foto chantal brissac

O que um questiOnáriO nOs cOnta sOBre a visãO das pessOas e de seu cOmpOrtamentO nO trânsitO de sp

Em Amsterdã, a bike é o transporte oficial, estimulado pelo governo

carros de passeio; 72,04% de ônibus (52,59% municipais, 19,35% de intermunicipais); 65,59% de taxistas; 41,29% de motos; 18,28% de vans de serviços de entrega; 13,98% de pessoas a pé; 8,6% de outros ciclistas. Além disso, 95% disseram já ter presenciado veículos parados na ciclovia, o que parece ser um detalhe, mas demonstra bastante descaso. Foi importante concluir que a violência contra o ciclista é virulenta, um tema a ser incorporado no debate das políticas públicas e, como os próprios ciclistas responderam, algo que deve ser combatido principalmente “através de instruções nas autoescolas” e “através de campanhas promovidas pelo poder público”. E foi positivo descobrir que 48% dos ciclistas que responderam a pesquisa começaram a usar a bicicleta como meio de transporte nos últimos três anos, o que denota uma mudança de paradigma significativa. Uma mudança que, provavelmente, há de trazer benesses inéditas para São Paulo, dentre elas melhor convivência, bem-estar e uma ocupação mais democrática dos espaços públicos da cidade. Maria Shirts é ciclista, pedestrianista e jornalista no Estúdio Fluxo. Trabalha os temas da mobilidade, literatura e política digital. Email: maria.shirts@gmail.com


.COM WEARE

NÃO PARE NO TRÂNSITO

NEM NO TEMPO.

“O WAZE DA

CAMINHADA REVISTA VEJA SP

A PÉ, DE ÔNIBUS, BIKE, SKATE, PATINETE OU COMO VOCÊ QUISER. PARA CIRCULAR POR SP SEM TRÂNSITO NEM STRESS, NÃO SAIA DE CASA SEM O APP SEM CARRO. BAIXE GRÁTIS AGORA

E APROVEITE

Disponível na

SEM CARRO NOUCAR

SÃO PAULO


por chiara gadaleta

foto divulgação

na moda com chiara

Sede da empresa Malwee: símbolo de empresa conectada com a sustentabilidade

Roupa engajada

O GrupO Malwee está cada vez Mais preOcupadO eM prOduzir MOda cOM respOnsabilidade ecOnôMica, sOcial e aMbiental Nos últimos anos, a sustentabilidade tem direcionado a pauta de grandes empresas de moda nacional. O Grupo Malwee, um dos patrocinadores do Prêmio ECOERA 2015, já vem confirmando suas práticas sustentáveis, percebidas tanto nos produtos finais como na cadeia produtiva das peças. Dentre as iniciativas conscientes e engajadas, destacam-se várias ações. O sistema de reuso de água no tingimento possibilita que mais de 1 bilhão de litros de água retornem para o processo de produção. Há também a preocupação com o rapport (repetição) na estamparia, que traz a diminuição de corantes e resíduos gerados no corte e na confecção das peças, e o uso de malhas com fibras recicladas como a PET, prática que já favoreceu a reciclagem de mais de vinte milhões de garrafas plásticas. Outras iniciativas sustentáveis da Malwee incluem o uso do algodão refibrado, proveniente do recolhimento dos resíduos de malha; o emprego de amaciantes naturais como o cupuaçu, vindo da Amazônia por meio de uma parceria que gera renda para as comunidades nativas; a produção de um denim que consome 45% menos água e tem otimização de 75% no processo de tingimento; e a inclusão de

20 | 29HORAS | Maio 2016

fios biodegradáveis na cadeia produtiva, o que diminui o impacto negativo no meio ambiente: as peças feitas com essa matéria-prima decompõem-se em três anos. Para se ter uma ideia, a poliamida comum pode levar até 50 anos para se decompor após o descarte. Além das preocupações social e ambiental, o grupo investe em inovação em peças como a “jaqueta interativa”, que vem com um controle de áudio na manga para músicas e ligações “on the go”, e peças fitness com nanocápsulas hidratantes – moda que atende à tendência dos “cosmetotêxteis”, que começa a despontar. Para confirmar a preocupação com o entorno e com seus colaboradores, a empresa lançou o Plano 2020 com o objetivo de se tornar um agente de transformação na indústria, engajando seus stakeholders para o desenvolvimento de uma cadeia de produção mais consciente e sustentável. Sinal que as grandes empresas percebem o poder e o valor de suas posições no mercado e, além de se aproximarem das questões mais urgentes do planeta, se tornam marcas mais apreciadas e respeitadas pelos consumidores finais. www.ecoera.com.br | @ecoera


Judy Tour (11) 5522-1146

I&Ville (11) 3646-8900

Iaorama (11) 2546-2980

Place Tour (11) 3159-4421

Maringa (13) 3285-5414

ABC Fly (11) 4992-0481

Mar-Tha Rio (21) 2545-2599

Total: Norwegian Escape R$ 3996,00 e Norwegian Getaway R$ 4282,00 - Condições: Cruzeiro por pessoa em cabine interna dupla com taxas portuárias, governamentais e taxas de serviços (gorjetas). Impostos locais e afins não estão incluídos na tarifa acima. Não inclui tarifa aérea e eventuais despesas pessoais. Tarifas sujeitas à alterações e disponibilidade. Consulte para mais informações e condições gerais.


29h sp-rio

a 3ª maior ponte aérea do mundo

hotelaria

Com uma bela vista de Copacabana e da Baía de Guanabara, o hotel ClubHouse Rio dispõe de cinco suítes confortáveis e bem decoradas

LUXO NA FAVELA

Inaugurada em meados de 2015 no morro do Cantagalo, entre Copacabana e Ipanema, a ClubHouse Rio seduz visitantes que buscam um restaurante bacana, uma baladinha cool e uma programação cultural que inclui exposições de arte, jam sessions, saraus de poesia, sessões de cinema e festas. E, além disso, ainda procuram um hotel charmoso e diferente de tudo que existe por aí. Afinal, a ClubHouse fica no meio de uma favela, a do Pavãozinho, no morro do Cantagalo. O local pode ser acessado pela Rua Sá Ferreira, em Copacabana, ou pela Rua Piragibe Frota Aguiar, uma travessa da Visconde de Pirajá, em Ipanema. Do alto, a vista é fantástica, com Copacabana em primeiro plano e, ao fundo, a Baía de Guanabara e o contorno das montanhas da Serra Fluminense. Suas cinco suítes têm decoração contemporânea, ar-condicionado

22 | 29HORAS | Maio 2016

potente e camas forradas de lençóis de algodão egípcio. As diárias variam de R$ 450 a R$ 700 em sites de reservas como o Booking.com. O restaurante tem sua cozinha comandada pelo chef francês Yann Kamps, que prepara e serve pratos como polvo grelhado, moqueca de peixe ou ceviche de tilápia com leite de coco, gengibre, pimenta dedo de moça e picles de cebola roxa, além de petiscos como dadinhos de tapioca com geleia de pimenta, pastéis de carne com hortelã e miniburgers com queijo minas, rúcula e molho agridoce. A Clubhouse Rio pertence à Oasis, multinacional de hospitalidade premium que oferece casas e apartamentos diferenciados para curtas estadias em cidades como Barcelona, Cartagena, Los Angeles, Paris, Punta del Este e São Paulo. ClubHouse Rio - Rua Saint Roman, 184, Cantagalo, tel. (21) 3586-0456.

FOTOs DivulgaçãO

A CLUBHOUSE RIO, NO MORRO DO CANTAGALO, É UM HOTEL BOUTIQUE E TAMBÉM O CENÁRIO DE BADALADAS FESTAS E EVENTOS CULTURAIS


livros

Gastronomia

RIVAIS COM HUMOR

EM “PONTE AÉREA: MANUAL DE SOBREVIVÊNCIA ENTRE RIO E SÃO PAULO”, O AUTOR COMPILA DICIONÁRIOS DE “PAULISTANÊS” E DE “CARIOQUÊS” O livro “Ponte Aérea: Manual de Sobrevivência entre Rio e São Paulo”, do jornalista Felipe Frisch, é o resultado de uma compilação feita nos últimos doze anos de manias e características de cariocas e paulistanos. Dá para ver que os cariocas entendem tanto de gastronomia e de serviços quanto os paulistanos manjam de samba e de funk. Mostra também que no Rio as pessoas dependem do ar-condicionado para sobreviver, enquanto os paulistanos sofrem tanto com o frio como com o calor pela falta desse equipamento essencial à vida humana (ou pelo menos urbana). A obra traz também dicionários de “Paulistanês” e de “Carioquês”, que ajudam os moradores de uma cidade a não entrarem em roubadas na outra. Por exemplo: nas praias do Rio, a sombra é feita por “barracas”. Se um paulistano pedir um “guarda-sol” quando chegar na areia, pagará pelo menos três vezes o valor cobrado dos “nativos”. Lançado pela Matrix Editora, o livro tem 208 páginas e está sendo vendido por R$ 39,90.

Crepe de cogumelos com pesto de rúcula e farofa de avelãs

O QUENTE AGORA É O CRU

FOTOs DivulgaçãO

RESTAURANTE QUE APOSTA NA RAW FOOD, O RÓ, NO JARDIM BOTÂNICO, É A NOVIDADE DA AGITADA CENA GASTRONÔMICA CARIOCA Imagine um restaurante sem fogão. Assim é o Ró, onde o cardápio contemporâneo segue as tendências gastronômicas da raw food, em que nenhuma das preparações ultrapassa a temperatura de 42ºC — para manter o máximo de integridade dos ingredientes. Instalado em uma charmosa casa da década de 20 do século passado, o restaurante tem sua cozinha comandada pela chef Inês Braconnot, pesquisadora de receitas crudívoras há qunize anos e graduada pelo Matthew Kenney Culinary (EUA). E o Ró não é um templo somente para adeptos do vegetarianismo: “Nosso desafio é mostrar que é possível comer um menu completo 100% raw food e ir para casa extremamente satisfeito e positivamente surpreendido”, conta o sócio Alex Schiavo, que sugere pratos como crepe de cogumelos com farofa de avelãs e pesto de rúcula e o talharim de palmito com molho de wasabi. Livro desvenda as manias de paulistanos e cariocas

Ró - Rua Pacheco Leão, 102, Jardim Botânico, tel. (21) 3559-0102.

23


29h sp-rio

a 3ª maior ponte aérea do mundo

evento

arte

ARES DE PARIS

A PRIMEIRA EDIÇÃO CARIOCA DA BORBULHANTE PROMENADE CHANDON TERÁ SHOWS, DESFILES E COMIDINHAS NO SHOPPING Após várias edições em São Paulo, a Promenade Chandon chega ao Rio. A celebração vai ocupar as alamedas do Village Mall no dia 3, das 16h às 21h. O evento é inspirado na tradicional Vendanges da Avenue Montaigne, em Paris, a festa que todos os anos celebra a colheita das uvas na França. Nesta primeira edição carioca, a Promenade Chandon promete recriar um pouco do espírito borbulhante que há anos enche a avenida mais charmosa da cidade-luz. Pelos corredores do shopping, os convidados poderão passear por cenários temáticos e terão a oportunidade de se conectar ainda mais com o universo da Chandon com degustações e apresentações musicais. Para animar ainda mais a terça-feira no Village Mall, as lojas também terão ações especiais para a data, como lançamentos de novas coleções, desfiles e vitrines temáticas. Na parte gastronômica da festa, serão servidas comidinhas que harmonizam com as quatro variedades do espumante Chandon: Réserve Brut, Brut Rosé, Riche Demi-sec e Passion. Village Mall - Avenida das Américas, 3.900, Barra daTijuca, tel. (21) 3252-2999.

Peça exibida na mostra: primeira retrospectiva de desenhos do artista

MILLÔR FERNANDES: 500 VEZES GENIAL

“Millôr: Obra Gráfica”, exposição que fica até agosto em cartaz no Instituto Moreira Salles do Rio de Janeiro, é a primeira retrospectiva dedicada aos desenhos do humorista, dramaturgo e tradutor. Em 500 originais, os curadores Cássio Loredano, Julia Kovensky e Paulo Roberto Pires mapeiam os principais temas que estiveram presentes ao longo de 70 anos de produção do artista. A mostra divide em cinco grandes conjuntos a obra gráfica de Millôr, dos autorretratos à crítica implacável da vida brasileira, passando pelas relações humanas, o prazer de desenhar e a imensa e importante produção do “PifPaf”, seção que manteve na revista O Cruzeiro entre 1945 e 1963. O acervo de Millôr, que reúne mais de seis mil desenhos e seu arquivo pessoal, está sob a guarda do Instituto Moreira Salles desde 2013. Festa da marca de champagne Chandon acontecerá no Village Mall

24 | 29HORAS | Maio 2016

IMS - Rua Marquês de São Vicente, 476, Gávea, tel. (21) 3284-7400.

FOTOs DivulgaçãO

MOSTRA NO INSTITUTO MOREIRA SALLES REÚNE 500 DESENHOS ORIGINAIS PRODUZIDOS PELO SAUDOSO HUMORISTA, DRAMATURGO E TRADUTOR


EXPERIMENTE OYSKA SOLAR, A BEBIDA INTELIGENTE QUE FAVORECE SEU BRONZEADO. BETACAROTENO ANTIOXIDANTES

0%

SÓDIO

GLÚTEN

GORDURAS

BAIXAS CALORIAS

oyska.com

Saravah

PARA UM BRONZEADO MARAVILHOSO.


29h sp-rio

a 3ª maior ponte aérea do mundo

consumo

A GENTE NÃO QUER SÓ COMIDA

baixa gastronomia por carlos monteiro cARlOS.MOnteiRO@SARAvAH.cOM.bR

A marca gaúcha void acaba de inaugurar uma General Store no bairro de botafogo. Ao lado da loja conceitual, essa unidade tem uma cozinha com agenda intensa, na qual cada dia um cozinheiro, chef ou alguém bacana servirá suas especialidades no balcão. A ideia é trazer para o local personalidades da cena gastronômica que estejam de passagem pela cidade, cozinheiros independentes ou aqueles que estão escondidos em bares e botequins longe do circuito tradicional e até amigos que gostem de cozinhar. A General Store da void reúne em mesmo espaço itens que refletem o lifestyle de um público jovem e antenado, que curte música, artes, esportes ao ar livre, moda, comportamento, e claro, boas comidinhas e bebidinhas. É uma mistura de loja de conveniência, bar e multimarcas de roupas, que vende desde brownies e cookies a tênis, bonés, camisetas e colares, sem falar nas cervejas, nos cafés, nas revistas gringas e nos acessórios para skate e surfe. Void General Store - Rua voluntários da Pátria, 31, botafogo.

FOTO carlOS mOnTeirO

A VOID GENERAL STORE É UM POINT GASTRONÔMICO, MAS TAMBÉM COMERCIALIZA PEÇAS PARA A GALERA LIGADA EM SKATE E SURFE

No Adriano, as comidas são bem preparadas e com tempero especial

O TEMplO DE “SÃO” ADRIANO

FOTOS DivulgaçãO

SE A BAIxA GASTRONOMIA TEM UM TEMPLO, ELE SE ChAMA ADRIANO E SEU MENU É UMA ESPÉCIE DE BíBLIA Desde 1954 em botafogo – o bairro, não o time –, na Rua Real Grandeza, o Adriano engana quem olha aquela pequena porta de correr. lá dentro há um altar para o cardápio diversificado que nenhum comensal põe defeito. É para comer ajoelhado, rezando aos deuses da boa comida. como os Reis Magos, o prato do dia sempre são três. língua com purê, bife à milanesa, filé à cavalo ou com fritas, carré à brasileira, linguiças com seus acompanhamentos, e, às sextas, a tradicional feijoada. tudo é saboroso e vem acompanhado de feijão preto com tempero especial. Peça a pimenta da casa. no salão comprido você é muito bem atendido, também como os Reis Magos, por três garçons veteranos: Antônio, chico e Robson. Quando o barulho fica incômodo, se ouve um grande shiiiiiiii vindo do fundo da casa, é um deles bradando: “vamos fazer silêncio! isso aqui não é a bolsa de valores!” na hora de pique, há fila de espera organizada pelos próprios clientes. As bebidas incluem velhos conhecidos como Mineirinho, Grapette, cervejas tradicionais, além de batidas de limão e maracujá. A carta de sobremesas tem poucas opções, mas cada uma melhor que a outra, como o pudim de leite e a banana frita. nos falta pedir o café, bater um papo com o Antônio, ver o chico fazer uma graça e chamar o Gustavo para pagar a conta. O Adriano é para todo dia santo e todo santo dia, amém! Loja reúne música, moda, arte, bar e cozinha em Botafogo

26 | 29HORAS | Maio 2016

Bar e restaurante Adriano - Rua Real Grandeza, 162, botafogo, tel. (21) 2538-0825


no mundo do tênis

por dácio campos

Acima, a bela praia de Monte Carlo, em Mônaco, e o torneio Monte Carlo Rolex Masters, que acontece no elegante Country Club

Monte Carlo Masters 1000 Disputado desde 1897 no saibro do tradicional Monte Carlo Country Club, o atual Monte Carlo Rolex Masters é uma competição que faz parte do seleto circuito de tênis denominado Masters 1000, que como o nome diz, distribui 1000 pontos no ranking ao campeão. Também fazem parte do Masters 1000 os torneios de Indian Wells na Califórnia, em Miami e Cincinnati, nos Estados Unidos; em Paris, Roma, Madrid, Xangai e no Canadá (sendo nos anos ímpares em Toronto e nos pares em Montreal. Depois dos quatro torneios do Grand Slam (Austrália, Roland Garros, Wimbledon e USOpen), os Masters 1000 são os mais importantes torneios do mundo do tênis. Apesar de Monte Carlo ser o torneio com menor público, aproximadamente 140 mil pessoas durante a semana, o evento leva o título de mais charmoso entre todos e conta com a presença assídua de sua Alteza Alberto II, membro atuante da família Grimaldi. A Casa de Grimaldi, também chamada dinastia de Grimaldi, descende de uma importante família nobre do mesmo

28 | 29HORAS | Maio 2016

nome, proveniente da aristocrática República de Gênova. Um ramo desse clã se tornou a casa principesca soberana do principado de Mônaco, sendo a soberana do território desde 8 de dezembro de 1297, no século XIII. De origem genovesa, a família deriva o seu nome de Grimaldo Canella, filho de Otto Canella, cônsul e membro do conselho da república. O Brasil faz parte da história dos maiores campeões em terras monegascas. Ayrton Senna encantou o mundo com seis vitórias no sinuoso circuito da Fórmula 1 de Mônaco, Gustavo Kuerten alegrou o principado com seu carisma e sua forma toda brasileira de atuar, conquistando dois títulos (1999 e 2001), e atualmente o príncipe reverencia o grande rei de Monte Carlo, o Touro Miura, Rafael Nadal, de longe o maior esportista que já esteve em Monte Carlo. Me despeço e lembro que mês que vem tem mais! Até lá! Dácio Campos jogou a Copa Davis no Brasil por três anos, disputou torneios do Grand Slam durante cinco anos e é comentarista do SporTV há vinte anos

fotoS DIVULGAÇão

esse seleto torneio de tênis tem como favorito o espanhol rafael nadal


Design inovador para sua viagem

PRATICIDADE PARA SEU DIA-A-DIA DESIGN INOVADOR PARA SEU CONFORTO CORES VIBRANTES PARA ILUMINAR A SUA VIAGEM

WWW.SAMSONITE.COM.BR

SAMSONITEBRASIL

@SAMSONITE_BRASIL

SAMSONITEBRASIL


por Guilherme ramalho

gestão de sucesso em maio comemoramos os cinco anos de

criação da secretaria de aviação civil da Presidência da rePública

Até então vinculado ao Ministério da Defesa, o setor aéreo exigia um órgão próprio para tratar dos assuntos cada vez maiores da aviação brasileira. Para se ter uma ideia, em 1997 o então Ministério da Aeronáutica projetava três cenários para a aviação em 2020: um pessimista, um esperado e um otimista. O Brasil atingiu o otimista em 2008. Mais: de 2004 a 2014, o número de passageiros cresceu 189%, 11,2% ao ano; e o de aeronaves, 79%, 6,2% ao ano. Foi uma mudança paradigmática: a aviação deixou de ser um meio de transporte de poucos para se tornar um transporte de massas. O avião tornou-se o principal meio de transporte interestadual do país e milhões de pessoas passaram a utilizá-lo, um símbolo da ascensão social de parte expressiva da população. A SAC (Secretaria de Aviação Civil) nasceu dentro desse contexto, com o desafio de expandir a infraestrutura dos grandes aeroportos, em quantidade e qualidade, promover o aumento do número de rotas, ampliar o acesso do modal às cidades do interior, permitir um ambiente de livre competição entre as empresas, e garantir preços acessíveis. Passados cinco anos, o resultado tem sido acima do esperado. Foram investidos, desde 2011, R$ 16 bi, o que significou um aumento de 59% da capacidade instalada dos aeroportos brasileiros. De 1995 a 2010, o investimento acumulado havia sido de R$ 15 bi, em valores corrigidos. São novos terminais (75% de expansão em m²), pátios, 150 pontes de embarque, enfim, muito

30 | 29HORAS | Maio 2016

mais qualidade nos nossos aeroportos. Isso foi possível graças às parcerias com o setor privado, com as concessões que significaram a introdução da concorrência no setor, e também com o grande esforço da Infraero, que triplicou sua capacidade de investimento e tem hoje alguns dos melhores aeroportos do país. Criamos também uma fonte perene de recursos para investimentos na Aviação: o Fundo Nacional de Aviação Civil (Fnac). Composto por tarifas e outorgas das concessões aeroportuárias, seus recursos só podem ser investidos de volta no próprio setor. A arrecadação em 2015 foi de R$ 4,3 bi. Foi essa política que permitiu o surgimento do Programa de Aviação Regional. Com a previsibilidade de recursos para os próximos 30 anos, pudemos iniciar o planejamento da aviação regional que o Brasil tanto precisa. Outra inovação promovida após a criação da SAC foi a Comissão Nacional de Autoridades Aeroportuárias, a Conaero. Este órgão colegiado reúne os órgãos públicos que atuam nos aeroportos, além dos operadores privados e das companhias aéreas, e alterou de forma decisiva o modo de interação e de planejamento do setor. Cinco anos depois, a Pesquisa Permanente de Satisfação do Passageiro mostra que 85% dos viajantes consideram “bons” ou “muito bons” os quinze aeroportos que movimentam 80% dos passageiros no país. A melhoria da gestão do setor permitiu ao Brasil, hoje, ser reconhecido pela eficiência na organização de eventos internacionais. Fizemos o Rio+20 (2012), quando recebemos 76 chefes de Estado; a Jornada Mundial da Juventude (2013), quando movimentamos cem mil passageiros em um mesmo dia; a Copa das Confederações (2013), quando tivemos média de atraso de 11%, inferior à europeia, de 16%; e a Copa de 2014, grande sucesso operacional em vários aspectos. Agora estamos concluindo os preparativos para movimentar 2,34 milhões de passageiros e processar 4,7 milhões de bagagens nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio. O desafio é superar o próprio desempenho, referência no mundo em áreas como pontualidade e segurança, de acordo com consultorias e entidades internacionais do setor. Neste caso, falamos do relatório da Liga da Pontualidade 2015, da consultoria britânica OAG, que coloca os aeroportos e companhias brasileiras entre os mais pontuais do mundo. A OAG considerou em sua pesquisa 50 milhões de voos realizados por mais de 900 companhias aéreas em mais de quatro mil aeroportos no mundo todo. Os aeroportos brasileiros estão bem em todas as categorias, mas vale destacar Guarulhos como o terceiro mais pontual do mundo (87,5%) na categoria de mais de 20 milhões de passageiros/ano. Mas a jornada está apenas começando. Triplicamos o movimento dos aeroportos em dez anos e as projeções apontam para nova duplicação nos próximos vinte, independentemente das dificuldades econômicas de curto prazo. Nosso desafio é aumentar o número de cidades atendidas e de rotas ofertadas, mantendo nosso alto padrão de segurança e qualidade operacional. Como país continental, dependemos de uma aviação acessível e eficiente para crescer. Guilherme Ramalho, Ministro interino da Aviação Civil

foto visualhunt

voar mais


Vem aí...

CONGRESSO

NACIONAL de

Educadores

Educação Brasileira no Século XXI

Um grande evento para educadores. Palestras, workshops e painéis de discussão sobre a Educação Brasileira no Século XXI. Data: 1 e 2 de Junho – São Paulo PALESTRANTES:

Mario Sergio Cortella • Renato Janine • Juliano Costa Inscrições no site. Garanta sua vaga!

www.congressopearson.com.br


voo publicitário

por João Faria

Aventure-se! Para o lançamento do novo Aircross, o marketing da Citroën apostou num convite à aventura. A campanha reforça que apenas as novas escolhas podem proporcionar uma transformação verdadeira. Alex Greif, executivo de marketing da Citroën, é o entrevistado deste mês.

correntes, inclusive com capacidade de investimento bem maior. Daí surge a nossa responsabilidade e obrigação de criar algo acima da média das criações do segmento de compactos SUVs. Nós tentamos ganhar terreno com criatividade e ousadia.

Quais foram os desafios do marketing ao lançar o novo Aircross? Era o maior lançamento da Citroën dos últimos três anos, por isso tínhamos a obrigação de trazer algo novo para o mercado publicitário em termos de campanha. Decidimos realizar uma produção com características bem diferentes das utilizadas pelo segmento, e com este desafio nas mãos achamos um diretor inglês que detém atualmente uma técnica muito interessante de filmagem em 360º, com um excelente trabalho de pós-produção em 3D. Só como curiosidade, os recursos utilizados na pós-produção desta campanha foram os mesmos aplicados na famosa série de TV “Game of Thrones”. Isto foi uma grande novidade para a marca no Brasil e os riscos com certeza eram grandes. No final, o resultado foi espetacular. Acredito que este tenha sido o nosso maior desafio desde o início do lançamento. 

Como a marca se posiciona em relação à mobilidade urbana? Hoje, nós já nos consideramos uma empresa com foco em mobilidade. Temos um lema dentro da empresa que é o “Digital Car Maker”. Entendemos que o mundo digital e sua imensa possibilidade de conectar pessoas vêm transformando todos os mercados de produtos e serviços. Além disso, existe toda uma tendência social que clama por mais fluidez no trânsito, no trabalho e na vida de forma geral. A indústria automotiva não sairá ilesa desta revolução. No final das contas estamos falando de bem-estar social e de simplicidade. São dois lemas que justamente integram a nossa assinatura Creative Technologie.

Como está a disputa entre os carros dessa categoria na mídia? Muito grande. Temos inúmeros con-

Alex Greif, executivo da Citroën

*Especialista no mercado publicitário, João Faria é colunista da rádio BandNews FM e sócio-diretor da Agência Cidadã

32 | 29HORAS | Maio 2016

foto divulgação

Para qual perfil de público a campanha do Aircross é dirigida? É um veículo para quem tem espírito jovem e costuma ver a vida de forma ampla, aberta, diversificada. Não trabalhamos mais com aspectos demográficos, dados frios. Procuramos atitudes e hábitos, pessoas que gostam de viver. O Aircross expressa bem esta habilidade de percorrer toda e qualquer situação boa que a vida proporciona.


Leo Burnett Tailor Made

Quando o clima é de instabilidade, é mais seguro ter relacionamentos sólidos. A Consulting House é uma empresa que há 18 anos promove conexões entre líderes empresariais dos mais variados setores da economia. Mais que organizar encontros, possui ferramentas que ajudam você a construir bons relacionamentos, a fim de promover uma relevante troca de experiências e grandes oportunidades de negócio. Associe-se e venha fazer parte dessa rede de sucesso.

consultinghouse.com.br


CAPA Gregorio acredita que a graรงa de uma piada vem da verdade

34 | 29HORAS | Maio 2016


Um diálogo Com GreGOriO Duvivier ElE é polêmico, Engraçado E um dos fundadorEs do maior canal do YoutubE brasilEiro, o porta dos fundos. rotEirista, poEta, humorista, colunista dE jornal, Escritor, grEgorio duviviEr não poupa mEios para Explorar sua criatividadE E tirar um sarro do ridículo da vida por André Cordeiro fotos GreG SAlibiAn agradEcimEntos hotel SlAviero jArdinS

35


CAPA

Com Porchat no filme “Contrato Vitalício”, que estreia dia 30 de junho nos cinemas

Antiquarius, na Alameda Lorena, em São Paulo, se mistura com a voz de Gregorio Duvivier. Em uma outra mesa, o elenco da peça “Portátil”, da marca Porta dos Fundos, almoça antes da apresentação que ocorrerá à noite. A peça, que ficou até abril em São Paulo e volta em julho com temporada no Rio de Janeiro, é uma improvisação sobre a história de vida de uma das pessoas da plateia. A primeira pergunta que os atores fazem para a pessoa é como os pais dela se conheceram. — Por que contar a história dos pais da pessoa? — A gente pensou, ‘o que as pessoas têm em comum, o que todo mundo tem em comum?’ — diz Gregorio. — Eu acho que é o fato de ser filho de alguém. Biológico ou adotado, casado ou separado, todo mundo é filho, esse é o tema da peça, ‘o que é ser filho’. É um bom ponto de partida pra gente começar a contar a história de alguém. No Rio de Janeiro, Olivia Byington era vizinha de Edgar Duvivier. Ela, cantora; ele, saxofonista. Entre as paredes, um ouvia a música do outro. Ao invés de comporem separados, decidiram compor juntos. E dessa colaboração nasceu Gregorio, um garoto tímido e antissocial. Aos nove anos, seus pais o colocaram na escola de teatro O Tablado, e o menino subiu ao palco. Aos poucos, ele foi se soltando e o teatro se tornou parte essencial da sua vida: lá ele fez e faz amigos, aprendeu a articular as ideias, a improvisar, e, principalmente, a se apaixonar pelo som da risada. — Acho que o teatro me colocou em um grupo. Ajudou muito, tanto que eu nunca mais saí. Me mostrou que a exposição não é traumática, porque, no pior dos casos, vão rir de você, e nesse caso é ótimo. — E você já tinha uma tendência para a comédia? — Sim, acho que desde criança eu tendi mais para a comédia. Não só porque a escola que eu fazia, o Tablado,

36 | 29HORAS | Maio 2016

eram mais da comédia. Daí, quando vi, eu já tava na comédia, cercado de comediantes, fazendo o Z.É., que foi a minha primeira peça. Com apenas 17 anos Gregorio entrava para o grupo de comédia “Z.É: Zenas Emprovisadas”, peça teatral composta por esquetes de improvisação. Nomes como Fernando Caruso, Marcelo Adnet e Rafael Queiroga, expoentes da comédia dessa nova geração, também faziam parte do elenco permanente. Isso foi em 2003 e o grupo continua em atividade até hoje. — O Z.É. foi muito marcante para nós todos, mudou a nossa vida. Foi quando tivemos mais visibilidade. Passei a ver que dava para viver de teatro, sabe? Deixou de ser um sonho distante e passou a ser uma profissão, uma fonte de renda, um sustento. — O Portátil vem um pouco dessa sua experiência no Z.É.? — O Portátil veio da vontade que o pessoal do Porta dos Fundos tinha de fazer uma peça. De se unir no palco. A gente sempre se une para fazer vídeos, mas a gente adora o teatro e tinha muito uma coisa de ‘vamos fazer uma peça nossa’, sabe? Do Porta. O canal do Youtube Porta dos Fundos nasceu em 2012, fundado por Gregorio, Fábio Porchat, Antonio Pedro Tabet, Ian SBF e João Vicente de Castro, e foi um marco na carreira dos envolvidos. Em menos de três anos o canal chegou à marca de 1,6 bilhão de visualizações e atualmente conta com mais de 11,5 milhões de inscritos, o maior do Youtube nacional, com publicação de vídeos semanalmente. — A ideia sempre foi mexer com a internet? — No comecinho, não. A gente trabalhava na televisão e era meio... meio infeliz mesmo. Porque a gente não conseguia emplacar as nossas ideias malucas. Porque achavam que as pessoas não iam gostar e tal.

foto rachEl tanugi ribas

o tilintAr dos PrAtos e tAlheres Ao fUndo do restAUrAnte é uma escola de comédia, como também os meus amigos


— Por quê? — Mexíamos com religião e alguns outros assuntos polêmicos. E na televisão existe uma série de restrições. Você não pode falar nome de marca de forma pejorativa, por exemplo, sem que ela esteja te pagando. E muitas das nossas esquetes mexem com isso, com sexo, com certos tabus. É compreensível que a televisão não aceite. No Youtube, acho que a liberdade está no fato de que quem clicou ali está querendo ver aquele conteúdo, é totalmente on demand. Muda a relação. — Na TV tem aquela ideia ainda do que é ou não é o humor “do povão”? — Sim — ele diz, enquanto pede para o garçom um suco de laranja. — Tem esse preconceito de povão, do outro, e acho que fazer isso é menosprezar o telespectador comum. O telespectador é inteligente que nem você, tem fortes chances de ele achar graça do que você acha também. Não precisa rebaixá-lo a um nível infantil. Sabe, então isso é um dos crimes que mais se cometem na comédia. Achar que o espectador comum é menos inteligente que você. — Algum vídeo de vocês já sofreu processo? — Sim. Mais os nossos vídeos que mexem com religião. Mas não deram em nada. A gente lida, no Porta, com fanatismo religioso. Pessoas que são fanáticas, têm um sagrado

delas e não gostam que se brinque com esse sagrado. Essas pessoas eu não respeito o direito à indignação, porque o que é sagrado para ela não é necessariamente sagrado para o outro. Foram arquivadas as denúncias porque, embora exista uma lei de intolerância religiosa, temos uma jurisprudência aí que é a da liberdade de expressão. — Porta tem série na TV, peça, livro, fora os vídeos no Youtube, e vai ter um filme agora, “Contrato Vitalício”, que estreia dia 30 de junho. O que você pode contar desse filme? — O filme é uma história de amizade entre dois personagens, o meu, um diretor de cinema insano, e o do Fábio [Porchat], um ator. A gente um dia decide fazer um contrato vitalício de que sempre trabalharemos juntos. Esse contrato se revela uma péssima ideia porque meu personagem é completamente enlouquecido. A história é dessa roubada que o Fábio se mete por causa de um contrato com um melhor amigo. Gregorio, que está com 31 anos, tem várias facetas. Uma delas é a de colunista da Folha de S. Paulo, um espaço em que ele pode falar o que quiser. Segundo diz, os editores não mexem uma vírgula no seu texto. Ele brinca que só consegue entregar seus textos, assim como os roteiros para o Porta, faltando segundos para estourar o prazo final. “A criatividade é um dobermann correndo

foto Divulgação

Elenco da peça “Portátil”: Luis Lobianco, Gustavo Miranda, Andres Giraldo, Gregorio Duvivier e João Vicente de Castro

37


CAPA

atrás de você; ela precisa dessa urgência”, diz Gregorio, citando o roteirista João Falcão. — Qual é a sua posição quando o assunto é drogas? — Sou a favor da regulamentação de todas as drogas. O que isso significa? — ele bebe um pouco do suco de laranja. — Significa que elas têm que ser reguladas por um órgão. Tudo é regulado, só as drogas não são. Proibir não evita que as pessoas consumam. O grande problema é que as drogas são liberadas hoje da pior maneira possível. Qualquer um consegue a droga que quiser numa cidade como São Paulo, por exemplo. Então, as drogas hoje são liberadas, elas só não são reguladas. O que é o grande problema. Não apenas colunas e roteiros, Gregorio também escreve poesias, uma paixão que cresceu na época em que fez Letras na PUC-Rio. O humorista é autor de obras como “A partir de amanhã eu juro que a vida vai ser agora”, de 2008, elogiada por Millôr Fernandes e pelo poeta Ferreira Gullar, e mais recentemente “Percatempos: Tudo o que Faço Quando Não Sei o Que Fazer”. — A faculdade me fez escrever muito. Foi lá que conheci o Paulo Henriques Britto, que é um poeta maravilhoso e que me fez ganhar gosto não só por ler, mas também pelo lúdico que é escrever poesia. Ele fugia muito da coisa de ‘ah, você tem que se inspirar para escrever’, e não é assim, sabe? É um trabalho braçal a poesia, é uma questão de você se debater com as palavras até elas dizerem o que você quer que elas digam. Além da comédia, Gregorio diz que flerta com o drama. É o caso de seu monólogo “Uma Noite na Lua”, texto de João Falcão encenado pela primeira vez em 1998 pelo ator Marco Nanini, e que a partir de 2012 assumiu novos moldes, quando Gregorio encarou o pa-

38 | 29HORAS | Maio 2016

pel. Apesar de ser uma comédia adulta, o texto mexe com questões psicológicas e dramas da vida real. Entre os dias 18 e 26 de maio, a peça terá turnê em Portugal. — Que tipo de ator você acha que é? — Acho que eu sou mais um palhaço mesmo. No sentido em que o palhaço não é um ator camaleônico, ele é um ator que explora ao máximo o próprio ridículo. Ao invés de se vestir com máscaras e acessórios, ele se despe das máscaras sociais e mostra sua alma da forma mais ridícula, mais engraçada. A graça pra mim vem muito da tristeza, sabe? Vem de outro lugar. É uma coisa que eu... quando eu não tô no palco, em geral, eu não tô fazendo graça... eu sou meio sério. Todo mundo até reclama disso. Para Gregorio Duvivier, a verdade é que faz rir. É do cotidiano que ele extrai suas maiores tiradas. — Pode ver, cara, tenta lembrar as vezes que você mais riu na vida, tenta lembrar. A vez que você mais riu. Foi entre amigos, quase certeza, né? Não foi vendo um filme, nem uma peça. Por quê? Porque a verdade é engraçada. Você riu provavelmente de alguma coisa real que aconteceu. Sabe, só o seu amigo que falaria daquele jeito, ou faria daquele jeito. Tem muito a ver com intimidade às vezes, e tem muito a ver com a percepção de uma verdade. Não pode mentir no humor. Ele é autêntico no que fala, no que escreve, nas suas aparições. “Quem não faz nada pra mudar o mundo está sempre muito empenhado em provar que a pessoa que faz alguma coisa está errada – melhor seria se usasse essa energia para tentar mudar, de fato, alguma coisa. Como diria minha avó: não quer ajudar, não atrapalha”, ele escreveu em uma de suas crônicas na Folha. Gregorio Duvivier também não pode mentir.

foto divulgação

Como Jesus no vídeo “Transformação”, do canal Porta dos Fundos: humor e religião


foto grEg salibian

“Acho que eu sou mais um palhaço mesmo, que mostra a sua alma da forma mais rídicula”, afirma o ator

39


Email: andreabocelli@onileviagens.com.br Fone: (11) 3578 0774

Compra de ingressos shows de Andrea Bocelli: A DANÇAR MARKETING informa que os únicos sites autorizados a vender os ingressos do show do artista Andrea Bocelli, para as apresentações dos dias 12 e 13 de outubro de 2016, no Allianz Parque, são www.ingressorapido.com.br, www.entretix.com.br e www.onileviagens.com.br. A DANÇAR não se responsabiliza por ingressos vendidos por meio de outros websites.


ESPECIAL ARQUITETURA E DESIGN O edifício Harmonia 57, do escritório Triptyque

Para viver bem

foto RicaRdo Bassetti

Além dAs novidAdes dA CAsA Cor e dA mostrA ArtefACto, e dAs tendênCiAs ApresentAdAs no sAlão de milão em Abril, este espeCiAl está reCheAdo de surpresAs, Como os roteiros ArquitetôniCos que podem ser feitos em são pAulo e os lAnçAmentos em móveis e ACessórios, ideAis pArA deixAr suA CAsA mAis bonitA. nosso objetivo é que voCê vivA melhor, dentro e forA de CAsA. AfinAl, A relAção Com A CidAde tAmbém pode ser mAis prAzerosA quAndo desvendAmos e ConheCemos seus verdAdeiros tesouros.

41


ESPECIAL ARQUITETURA E DESIGN

Vista aérea do Museu da Casa Brasileira, em São Paulo, que contém um amplo acervo histórico sobre a arquitetura nacional

morada brasileira Antes de visitar uma das mostras de decoração em cartaz na cidade, que tal entender como é que as moradias brasileiras evoluíram nessas últimas décadas? Para ter um panorama dessa trajetória, dois lugares são essenciais e devem fazer parte do roteiro não só de iniciados de arquitetura e design de interiores, mas de pessoas que querem mergulhar mais nesse fascinante universo. O primeiro é o Museu da Casa Brasileira, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo. Instalado desde 1972 num solar neoclássico cujas linhas lembram as do Palácio Imperial de Petrópolis, e que serviu de residência para Fábio da Silva Prado, prefeito da cidade nos anos 30, o museu é referência nacional e internacional por seu trabalho no resgate e na preservação da memória sobre a diversidade de morar do brasileiro. Sua construção integra a expansão urbana da primeira metade do século 20 em São Paulo, quando a elite da cidade deixou o centro para viver nas cercanias do rio Pinheiros.

42 | 29HORAS | Maio 2016

O MCB recebe anualmente mais de cem mil visitantes. De segunda a sexta, seu amplo e agradável jardim é um oásis na região da Faria Lima. Nas manhãs de domingo, se abre para apresentações musicais gratuitas. Seu acervo digital disponibiliza um levantamento minucioso de informações relacionadas aos hábitos da vida privada desde o século 16 no Brasil, com 28 mil arquivos contendo relatos de viajantes, literatura ficcional, inventários de família e testamentos que revelam hábitos culturais da casa brasileira, sua construção, seu mobiliário, seus costumes domésticos e muito mais. Outro endereço é o espaço cultural A Casa - Museu do Objeto Brasileiro. Criado em 1997 pela empreendedora Renata Mellão num puxadinho de sua residência, no Jardim Paulistano, ele ocupa desde o final de 2014 uma nova sede, linda, no bairro de Pinheiros, projetada pelo arquiteto Luiz Fernando Rocco. Tem como objetivo contribuir para o reconhecimento, a valorização e o desenvolvimento da produção artesanal e do design brasileiros, incrementando

foto divulgação

ACervo de museus pAulistAnos AjudA A entender A históriA do morAr e do deCorAr no pAís por KiKe Martins da Costa


fotos divulgação

Acima e no alto, fachada do espaço A Casa - Museu do Objeto Brasileiro; ao lado, livro recém-lançado sobre o mobiliário nacional

a percepção consciente a seu respeito. Em suas exposições, é possível ver de perto as rendas de bilro do Piauí, os trabalhos em palha e fibras vegetais de artesãs do Paraná, os bordados da Ilha do Ferro, em Alagoas, e muito mais. A partir do dia 8 de junho, a instituição apresenta a mostra “Uma História de 20 Anos”, com mais de 100 itens provenientes de exposições e projetos desenvolvidos pelo museu A Casa, além de peças vencedoras do Prêmio Objeto Brasileiro. Um livro interessante, e recém-lançado, que ajuda a ampliar a visão de quem se interessa por mobiliário brasileiro é “Desenho da Utopia”, publicado pela Editora Olhares. Com um ensaio de fôlego do fotógrafo Ruy Teixeira e curadoria e textos do historiador Jayme Vargas, a obra revisita o móvel moderno brasileiro nos contextos em que este se situa hoje, em coleções públicas e privadas. Com 130 imagens dispostas em 180 páginas, ele apresenta um amplo quadro da produção de mobiliário do período. Passa pela produção dos anos 1920, representada por Gregori Warchavchik, Lasar Segall e John Graz, e ainda marca-

da por forte influência do Art Déco; mostra extensivamente obras centrais como a de Joaquim Tenreiro, Sergio Rodrigues e Zanine Caldas; e consegue abranger praticamente todos os criadores mais produtivos do período, incluindo peças de autoria desconhecida. No texto principal, ficam patentes os diversos aspectos do modernismo brasileiro que forjaram uma produção com identidade tão peculiar. O título foi apresentado na SPArte, e chega ao mercado em um momento de grande visibilidade do móvel moderno brasileiro no exterior, onde uma série de galerias especializadas tem surgido, além de exposições e publicações. Em um artigo recente que ocupou três páginas de sua edição impressa, o novaiorquino Wall Street Journal caracterizou como “um toque de sensualidade” a contribuição do móvel moderno brasileiro à conhecida produção internacional do produto. A Casa Museu do Objeto Brasileiro - Avenida Pedroso de Morais, 1.234, Pinheiros, tel. 3814-9711. Museu da Casa Brasileira - Avenida Brig. Faria Lima, 2.705, Jardim Europa, tel. 3032-3727.

43


ESPECIAL ARQUITETURA E DESIGN

As sinuosas linhas do edifício Copan e a bela fachada do Instituto Tomie Ohtake

Turismo arquiTeTônico O crescimento desordenado de São Paulo muitas vezes esconde várias de suas joias arquitetônicas. A boa notícia é que, com a ajuda de guias preparados, é possível desvendar e se surpreender com alguns dos principais tesouros da cidade. Existem vários tours que exploram essas construções, e a maioria dos participantes é estrangeira. Mas todo arquiteto ou designer em visita à cidade – principalmente os brasileiros, vindos de outras regiões do país – pode e deve embarcar nesses tours. Conhecer São Paulo ajuda a entender o Brasil. E, muitas vezes, até sentir um pouco mais de orgulho de viver aqui. Organizado pela Gray Line (www.grayline.com), e com custo de R$ 266, que inclui o transporte direto do hotel, o Architecture Tour dá uma mostra dos diferentes estilos: das construções coloniais em barro e taipa do Centro aos prédios da escola brutalista paulistana, passando pelos edifícios neoclássicos, art nouveau e art déco. Muito usado por estrangeiros, o serviço Viator (www.viator.com) também comercializa um tour de três horas pelas construções mais relevantes da arquitetura paulistana. O preço é em dólar, e cada pessoa deve desembolsar US$ 185

46 | 29HORAS | Maio 2016

para ser apanhada no hotel e fazer um circuito com paradas no Hotel Unique (de Ruy Ohtake), no edifício Copan (de Oscar Niemeyer), na casa de vidro modernista projetada por Lina Bo Bardi no Morumbi, na Livraria da Vila dos Jardins (de Isay Weinfeld) e na Galeria Leme (desenhada pelo premiado Paulo Mendes da Rocha). Já a Artchitectours (tel. 3958-8474) promove três diferentes tours temáticos, com circuitos que visitam unicamente obras modernistas (como o Sesc Pompéia, o Masp, a FAU, o edifício Copan e o Memorial da América Latina), contemporâneas (marcos arquitetônicos concebidos por Marcio Kogan, Arthur Mattos Casas e Ruy Ohtake – autor do projeto do Instituto Tomie Ohtake) ou criações dos grandes mestres da arquitetura paulistana (como Lina Bo Bardi, Vilanova Artigas e Paulo Mendes da Rocha). Por fim, outro bom lugar para fuçar sobre expedições arquitetônicas pela cidade é o site Arq!Bacana (www.arqbacana.com.br), que mensalmente promove ArqTours temáticos pelas novas construções da Vila Madalena, pelas Vilas Operárias do Centro e da Zona Leste, pelos ecléticos prédios desenhados por Artacho Jurado em Higienópolis, etc. K.M.C

fotos divulgação

Tours acompanhados por guias especializados desvendam as peculiaridades, a variedade e a beleza das principais consTruções de são paulo


ĂŠ

O extraordinĂĄrio pode ser todos os dias


O tema da Casa Cor deste ano será o espaço como uma celebração da vida; foto de ambiente de David Bastos, da Casa Cor 2015

Para insPirar os sonhos e a realidade Mostra artefacto e casa cor apresentaM as Mais novas tendências do Morar neste agitado Mês da decoração Tradicionalmente, maio é o mês da decoração em São Paulo. E este ano será ainda mais especial porque as duas principais mostras do segmento estão com edições incríveis. A Mostra Artefacto, por exemplo, chega à sua 40ª edição em dose dupla. Paulo Bacchi, CEO da marca, promove simultaneamente a Mostra Artefacto Haddock Lobo e a Mostra Artefacto Beach & Country, na loja da Avenida Brasil. A Mostra HL tem ambientes cosmopolitas, que refletem a riqueza cultural dos grandes centros mundiais. Já na Mostra B&C, os ambientes privilegiam os refúgios de praia e campo, como o próprio nome já anuncia. Ambas foram inspiradas no tema “Os destinos mais desejados no mundo”. Na Haddock Lobo, dez ambientes representam Barcelona, Berlim, Istambul, Londres, Milão, Nova York, Paris, São Paulo e Tóquio. Entre os profissionais que assinam esses espaços, há nomes como Christina Hamoui, Dado Castello Branco, Débora Aguiar, João Armentano, Patrícia Anastassiadis e Roberto Migotto, entre outros craques. Na Beach & Country são treze ambientes que remetem à Côte D’Azur, às montanhas de Courchevel, às Ilhas Maldivas e a cidades mágicas como Miami, Roma, Santorini, St. Barths e Trancoso. Os projetos igualmente foram assinados por um time de peso da decoração. A arquiteta Patrícia Anastassiadis presta consultoria de estilo e produto para a nova coleção da marca e desenvolveu mais de 28 peças que estão sendo lançadas nas duas mostras. Outra atração bacana das Mostras Artefacto deste ano é o projeto Austin, em que vários jovens designers foram con-

48 | 29HORAS | Maio 2016

vidados para criarem reinterpretações de um item clássico da marca – a poltrona Austin. Vale a pena dar uma olhada nas criativas releituras apresentadas por nomes como Ana Neute, Bianca Barbato, Estevão Toledo, Marcelo Caruso, Leo Capote/Atelier Outra Oficina, Leonardo Bueno, Rhayja Afrange, Rodrigo Almeida e Rodrigo Ambrosio. As novas versões do móvel estarão na Mostra Artefacto HL e vão percorrer algumas lojas do país. Depois a coleção seguirá para Miami, onde será leiloada em prol da Brazil Foundation – organização que arrecada fundos utilizados em projetos sociais no Brasil nas áreas de educação, cultura, saúde, direitos humanos e desenvolvimento socioeconômico. ENQUANTO ISSO, NO JOCKEY CLUB... Já a Casa Cor terá a sua 30ª edição em 2016. Com abertura no dia 17 de maio, no Jockey Club de Cidade Jardim, este ano a mostra convida os participantes a pensarem a casa como espaço de celebração da vida. Além de profissionais que tradicionalmente participam do evento, a edição deste ano abre espaço para jovens talentos como Otto Felix, Marilia Pellegrini e Michel Safatle. O Rio de Janeiro será representado por Paola Ribeiro, Paloma Yamagata e a dupla Fabio Bouillet e Rodrigo Jorge. A grande novidade desta aguardada edição é a utilização do Ambulatório do Jockey. Construído no início do século 20 pelo arquiteto francês Henri Paul Pierre Sajous, o prédio será restaurado para uso do evento. A ideia é que, em 2017, o prédio seja devolvido para o uso do Jockey Club. Outro atrativo deste ano é o inusitado ambiente criado

foto divulgação

ESPECIAL ARQUITETURA E DESIGN


fotos divulgação

O Salone del Mobile, em Milão, é uma referência do setor

por Léo Shehtman, que transformou um vagão de trem em um loft! O veículo foi usado como carro de bagageiro até a década de 1980, na linha Sorocabana. Em uma das áreas externas, o paisagista Marcelo Faisal e o designer Hugo França, especializado no aproveitamento de resíduos florestais e materiais lenhosos, vão criar o Jardim Caboclo, com técnicas genuinamente brasileiras. Hugo França, um dos mais conceituados designers contemporâneos, com obras no Brasil e no exterior, é conhecido por suas esculturas mobiliárias de natureza monumental, peças que passeiam entre o artístico e o utilitário, contando um pouco da história do Brasil. Ele trabalha apenas com material descartado, como troncos, galhos e raízes que não teriam utilidade ou valor comercial, e preserva as formas e as características naturais da madeira. Enquanto alguns arquitetos, decoradores e paisagistas apostam nas coisas do Brasil, outros aproveitam a mostra para apresentarem no Brasil as tendências verificadas na mais recente edição do Salone del Mobile, que aconteceu em meados de abril em Milão, na Itália. O Salone é o maior evento mundial do segmento e teve a presença de dezenas de profissionais do Brasil. A edição de 2016 reuniu mais de 350 mil visitantes, que foram conferir os lançamentos dos 2.400 expositores distribuídos por 270 mil metros quadrados. Um dos destaques do megaevento neste ano foi a presença de marcas do mundo da moda investindo em peças de mobiliário e homewear. A Nike convidou dez artistas para explorarem as noções de mobilidade e movimento na exposição “The Nature of Motion”. Além dos tradicionais tênis, havia móveis e objetos de decoração. Já a grife de acessórios de couro Loewe desenvolveu no Salone ambientes completos baseados no material, e a italiana Marni apresentou uma linha de tecidos estampados para decoração. A Diesel Living, divisão de decoração da marca de jeanswear, criou móveis e objetos para a casa em uma parceria com a fábrica

italiana de cerâmicas Iris. Quem for à Casa Cor São Paulo poderá ter uma pequena amostra do que rolou em Milão, além de contar com várias opções gastronômicas para tornar a visita aos ambientes ainda mais interessante e – literalmente – mais gostosa. Depois, para quem quiser mais, basta esperar até os dias 10, 11, 12, 13 e 14 de agosto. É que nessas datas acontece mais uma edição do Design Weekend, um festival urbano que tem o objetivo de promover a cultura do design e suas conexões com a arquitetura, a arte, a decoração, o urbanismo, a inclusão social, os negócios e a inovação tecnológica. Com diversos eventos independentes, simultâneos e integrados por um programa oficial, o DW! promove palestras em instituições educacionais, visitas guiadas em galerias e ateliês, exposições, instalações, intervenções artísticas e urbanas, circuitos temáticos, concursos, festas e lançamentos de produtos em lojas e showrooms. Confira a programação completa em www.designweekend.com.br. Mostra Artefacto - Rua Haddock Lobo, 1.405, Jardins, tel. 3087-7000 | Avenida Brasil, 1.823, Jardim América, tel. 3894-7000. Entrada gratuita. Casa Cor - até 10 de julho no Jockey Club de São Paulo Avenida Lineu de Paula Machado, 775, Cidade Jardim, tel. 3037-6857. Ingressos a R$ 52 (terças a quintas-feiras) e R$ 65 (sextas, sábados, domingos e feriados). K.M.C

Da Mostra Artefacto, ambiente criado por Roberto Migotto

49


ESPECIAL ARQUITETURA E DESIGN Desenho versátil

Móveis, peças e acessórios assinados por designers dão uM upgrade no aMbiente e tornaM o dia a dia Mais agradável Lustre Orbit, da Cecília Dale, por R$ 2.690 Cecília Dale Rua Dr. Melo Alves, 513, Jardins, tel. 3372-3900.

Cadeira Leda, desenhada por Salvador Dalí, na Herança Cultural, por R$ 116.000 Herança Cultural - www. herancacultural.com, tel. 4321-8166.

Carrinho de chá desenhado por Alvar Aalto, na Artek, por R$ 16.716 Artek - Rua Natingui, 442, Vila Madalena, tel. 3478-7111.

Abajur Woody, da Cromalux, na Madeira Madeira, por 283 Madeira Madeira - www. madeiramadeira.com.br

Cadeira Diretor de madeira certificada, da Teakstore, por R$ 1.333 Teakstore Rua Amaro Cavalheiro, 176, Pinheiros, tel.2609-5015.

50 | 29HORAS | Maio 2016

Relógio Sunflower, criado por George Nelson, na Vitra, por R$ 4.966,25 Vitra - Rua Natingui, 442, Vila Madalena, tel. 3478-7111.

Mesinha baixa Leda, desenhada por Salvador Dalí, na Herança Cultural, por R$ 112.000 Herança Cultural www.herancacultural.com, tel. 4321-8166.

Poltrona Bag, desenhada por Bruno Faucz, na Clami Design, por R$ 6.753 Clami - Rua Teodoro Sampaio, 1.650, Pinheiros, tel. 3812-3466.

fotos Divulgação

Criado-mudo gaveteiro colorido da Imaginarium, por R$ 999,90 Imaginarium - Rua João Cachoeira, 443, Itaim, tel. 2368-9108.


ESPECIAL ARQUITETURA E DESIGN

Projeto em 3D de uma das nove casas do condomínio Tempo, em Trancoso, previsto para inaugurar em 2017

Estruturas vivas Fundado no ano 2000 por quatro arquitetos – Grégory Bousquet, Carolina Bueno, Guillaume Sibaud e Olivier Raffaelli –, o escritório de arquitetura Triptyque continua a se destacar no mercado por seus edifícios muitíssimo bem bolados, que buscam integrar a construção ao ambiente ao redor, aproveitando elementos naturais como a topografia, a ventilação, a luz e a vegetação local. Sediada em São Paulo e Paris – os quatro sócios, três deles franceses, estudaram e começaram a trabalhar juntos na França – a Triptyque é autora de projetos como Harmonia 57, um edifício comercial na Vila Madalena que se tornou um exemplo da boa arquitetura aqui e lá fora. Recebeu o Prêmio Naja, dado pelo Ministério da Cultura da França a jovens arquitetos. No Harmonia 57, as fachadas são “vivas”, energizadas pelo princípio de captação de água de chuvas, e por uma espessa camada vegetal nas paredes, feitas de concreto orgânico com poros preparados para receber essa vegetação. O sistema de captação de água inclui uma série de filtros, até que ela esteja

52 | 29HORAS | Maio 2016

apta para ser guardada em reservatórios. As tubulações exibem esse processo de purificação como se fossem veias e artérias de um corpo vivo. É um edifício que respira e pulsa por fora, enquanto por dentro seu interior é claro e agradável. Outros projetos acontecem pelo Brasil, como o Tempo, em Trancoso, previsto para ser entregue em outubro de 2017. Trata-se de um condomínio com nove casas integradas à natureza exuberante desse vilarejo do sul da Bahia. Segundo os arquitetos, o terreno de 1.776m² é um pedaço de mata tropical com ricas espécies nativas. “Além de a vegetação existente não ser removida, cada uma das nove unidades receberá uma árvore local para crescer no centro da sua casa”, explica Carolina Bueno, uma das sócias. O projeto privilegia um processo de reflorestamento, em lugar de uma paisagem projetada. A área construída é de 905,09m², com casas que não “gritam” na paisagem natural, mas fazem parte dela. A arquitetura segue o padrão tradicional das casas coloniais: o centro da vida da casa é um grande terraço ao ar livre. Os materiais, madeira e concreto vêm de um círculo máximo

foto Divulgação

Com obras premiadas no brasil e no exterior, o esCritório franCo-brasileiro triptyque lança projetos nos quais a Construção é pensada de forma inteligente, sustentável e Criativa


foto RicaRDo Bassetti e Divulgação

No alto, os sócios do Triptyque: Guillaume Sibaud, Olivier Raffaelli, Carolina Bueno e Grégory Bousquet; em seguida, projeto da marquise do Minhocão; acima, duas cenas do premiado edifício Harmonia 57, na Vila Madalena, em SP

de 250 km em torno de Trancoso. Há também um aspecto social inserido no projeto. Segundo Bueno, os fornecedores devem se responsabilizar por formar aprendizes, para manter as artes locais de carpintaria, tecelagem de palha, argila etc. Outro projeto interessante, mas que ainda aguarda patrocinadores para fechar o orçamento, é da marquise do viaduto Elevado Costa e Silva, o Minhocão. Construído em 1971 como um símbolo da modernidade, que dava ao carro uma posição central, hoje ele é uma cicatriz no centro de São Paulo. O novo plano diretor estipula um prazo máximo de quatro anos para transformar o elevado de quase 3 km. Durante anos, a reflexão ficou focada no futuro que seria dado às suas pistas e nunca se pensou na parte inferior, completamente esquecida, que forma uma espécie de túnel urbano, uma fonte de sombra abandonada. Assim, em parceria com o paisagista Guil Blanche, a Triptyqyue mudou o ponto de vista em relação a essa infraestrutura, passando do elevado à marquise. Eles convidam a cidade e seus habitantes a olharem para a marquise como um ambiente produtivo e não apenas como um espaço de passagem. Esse conceito foi então doado à Prefeitura de São Paulo em um projeto participativo: a primeira fase do estudo foi convidar a comunidade local para desenvolver e compartilhar seus desejos. A estrutura se transformará respeitando a identidade do bairro e da comunidade local. Em seguida, a proposta da Triptyque é dar vida ao espaço, iluminando-o graças a uma operação de abertura entre suas pistas para criar feixes de luz natural. A luz ativa o lugar e permite que a vida se instale. No início, esse processo se dará sob a forma de vegetação. Plantas suspensas no teto ao longo de todo o Minhocão poderão filtrar 20% da emissão de CO2 produzida pelos carros. A irrigação das plantas será feita por um sistema de coleta de água e a vaporização terá o papel de limpar o ar e as superfícies da marquise. “Isso permitirá um olhar generoso para a metrópole e seu entorno”, afirma Daniela Giavina-Bianchi, diretora da Interbrand, consultoria que dá apoio institucional ao projeto.

53


CaCau, mar

e literatura EnriquEciDa pElas histórias DE um filho ilustrE Da rEgião, o Escritor Jorge amado, a visita a ilhéus torna-sE EspEcial Em qualquEr época Do ano por Chantal BrissaC

Vista da praia e da cidade no Morro de Pernambuco, em Ilhéus

54 | 29HORAS | Maio 2016

foto DaviD Kirsch via flicKr

viagem


foto ED fErrEira

andar por ilhéus é retornar aos tempos dos coronéis de

cacau e das personagens criadas por um dos maiores romancistas brasileiros, Jorge Amado. Impossível não enxergar a brejeira Gabriela entre as praias de areia branca e o centro histórico da cidade, que ainda guarda alguns casarões, palacetes e igrejas, símbolos dos anos em que o cacau era conhecido como “fruto de ouro”. Infelizmente, a maior parte da arquitetura original, do início do século 20, foi derrubada, mas nesse miolinho da cidade é possível viajar no tempo. Um dos principais atrativos é a Casa de Cultura Jorge Amado, onde o escritor passou sua infância – ele nasceu na vizinha Itabuna. Construído em estilo neoclássico em 1920 por seu pai, o fazendeiro de cacau João Amado de Faria, o palacete de 582 m² abriga um museu com móveis, documentos, roupas, fotos e vídeos. Com azulejos ingleses na varanda e piso de jacarandá, a casa mantém viva a memória de Amado, que se inspirou em Ilhéus para escrever cinco de suas obras: “Cacau”, “Terras do sem fim”, “São Jorge dos Ilhéus”, “Gabriela, cravo e canela” e “Tocaia grande”. Outro lugar imperdível é o bar Vesúvio, de mais de cem anos, tombado pela Prefeitura de Ilhéus como Patrimônio Histórico. No romance de Amado, Gabriela vai trabalhar no Vesúvio, onde se apaixona pelo dono, o árabe Nacib. Ali, não deixe de experimentar os deliciosos quibes, assim como o sorvete de cacau do Ponto Chic, ao lado do bar. Já o Bataclan, também pertinho, bordel de luxo dirigido por Maria Machadão, de “Gabriela”, virou centro de cultura e abriga um ótimo restaurante de peixes e frutos do mar. Todas essas figuras remetem à época áurea do cacau em Ilhéus, que já foi um dos maiores produtores desse fruto do mundo. A história do cultivo de cacau na antiga Capitania de São Jorge dos Ilhéus começou no final do século 19 e atingiu seu ápice entre o início e o meio do século 20. A incidência da praga da “vassoura-de-bruxa” nas lavouras devastou as plantações no final dos anos 1980, e só recentemente, com o apoio da Ceplac (Comissão Executiva do Plano da Lavoura Cacaueira), vinculada ao Ministério da Agricultura, houve a retomada da produção do cacau.

Acima, a Catedral de São Sebastião, ao lado do bar Vesúvio; no alto, visão do resort Cana Brava, com seu lago de águas medicinais formado pelo rio Jairi

55


foto turismo bahia via visualhunt by cc nc sa

foto Divulgação

foto Divulgação

viagem

Acima, o cacau cortado e as sementes envoltas pela polpa, muito usada em sucos; no alto, vista aérea do Cana Brava, o único resort all inclusive de Ilhéus, e uma das piscinas deste hotel, o mais tradicional da região

56 | 29HORAS | Maio 2016

Uma vez em Ilhéus, não deixe de visitar uma fazenda de cacau para conhecer in loco o fruto, seu modo de manejo e produção. Na Yrerê, que oferece roteiros com guia para conhecer as plantações de cacau, o fecho do programa acontece na casa da simpaticíssima Dadá Galdino, proprietária da fazenda, que serve um inesquecível suco feito com a polpa do cacau, além do chocolate produzido com a amêndoa. Após a visita, uma ida à chocolateria Chor, no centro histórico, amplia o prazer dessa degustação. Lá é possível comprar um delicioso chocolate de origem com 70% e 44% de cacau, superior a muitos importados famosos que exageram na proporção de leite e açúcar. Uma das agências de turismo que oferece este passeio é a ERTour, especializada não só em Ilhéus como em toda a região sul da Bahia. Depois de um dia repleto de passeios, a volta ao resort Cana Brava, o único all inclusive da região, é como um oásis de relaxamento e paz. Cercado por uma natureza exuberante em 70 mil m² de área, e cortado pelo Jairi, um rio límpido de águas medicinais, o resort tem um time de 380 funcionários que acolhem o hóspede com todos os mimos. Os restaurantes oferecem várias opções das culinárias regional e internacional, e o café da manhã inclui desde os itens tradicionais até o reforçado desjejum baiano à base de mandioca, abóbora e banana da terra cozidas, tapioca, cuscuz de tapioca e canjica de milho – ótima opção para quem tirou o glúten do cardápio. A trinta minutos de Ilhéus e do Aeroporto Jorge Amado, o Cana Brava é muito procurado por famílias por sua estrutura de lazer, que conta com uma afinada equipe de monitores. O sistema de alimentação e as diárias a partir de R$ 1.085,00 por casal em apartamento luxo, com cortesia para crianças até 12 anos, são outros pontos fortes. É considerado um dos melhores resorts do Brasil no quesito custo-benefício, pois oferece conforto e atrações diversas. Além de piscinas para adultos, com bar molhado, dispõe de piscinas para crianças, clubinho infantil, sauna, spa, quadras de tênis e vôlei, campo de futebol e academia de ginástica. Mas certamente o melhor de tudo é que ele é localizado à beira-mar, com a visão de quilômetros de praia praticamente selvagem e um mar limpo e delicioso. Como espalha bem as atividades por toda a área do hotel, o lugar também é relaxante. Isso conta muito para os viajantes que chegam de grandes cidades barulhentas e que estão ávidos pelos sons da natureza da encantadora Bahia.


RO BI ST


comer, beber, viver

por georges henri foz

Acima, o salão do restaurante Vinea, em Alphaville, que tem especialidades francesas como as ostras de Nantes, gratinadas

O melhOr de AlphAville Na coluna de abril, que falava da experiência que tive no congresso dos Maîtres Cuisiniers de France, realizado na região da Alsácia, comentei que me acompanharam os chefs Erick Jacquin e Alain Uzan, sendo que este último recebeu na ocasião o título de MCF. O fato de Alain Uzan ter assumido recentemente o restaurante Vinea, em Alphaville, me lembrou que nunca dediquei espaço nesta coluna para uma cidade-bairro tão importante na Grande São Paulo. Além de ser o reduto de um público residente de alto poder aquisitivo (se não me engano, já estamos no vigésimo Alphaville), trata-se também, e talvez até principalmente, de um centro empresarial gigantesco, sede de inúmeras empresas de todos os portes, inclusive multinacionais. Isto sem contar a localização estratégica (às margens da rodovia Castelo Branco), que fez desta região, que inclui o Tamboré, o maior polo de galpões e, portanto, de empresas de logística da cidade. Este quadro explica o volume de executivos/frequentadores do Aeroporto de Congonhas, que se dirigem para lá todos os dias. Por isso, sugiro o Vinea, que se tornou o melhor francês desta região. Outras opções de restaurantes mostram a versatilidade do bairro. Começando pelo gênero “campeão

58 | 29HORAS | Maio 2016

de bilheteria de norte a sul do Brasil”, a churrascaria mais concorrida em Alphaville é o Novilho de Prata. Para quem tem restrição a rodízios, mas não dispensa bons cortes de carne, a dica é conhecer o El Uruguayo e o Pobre Juan. Para os fãs de american steak house, uma boa notícia: tem um Outback do lado. Já quem busca comida italiana pode contar com uma unidade da Pasta Gialla. Os amantes de cozinha japonesa podem procurar o Nagairô Sushi e o Shinkai Sushi: os dois são bons. E os indecisos podem ir direto ao buffet do Ráscal, que a maioria já conhece e aprova. E pra não dizer que não atendemos os loucos por hambúrguer, o mais aprovado pelos locais é o Real Burger, apesar de o bairro contar com um General Prime Burger no Shopping Iguatemi. Para finalizar, mais uma sugestão. É um restaurante português que pede alguns minutos a mais pela Castelo em direção ao interior. Trata-se do famoso 53, que fica no mesmo quilômetro e que, apesar de caro, arranca suspiros até dos conhecedores da culinária e dos amantes dos vinhos da terrinha... Boa sorte na estrada! Até! georges@29horas.com.br

FOTOs DIVULGAçãO

AlgumAs sugestões gAstronômicAs pArA tornAr um diA de trAbAlho nesse conhecido bAirro, que ficA A 30 km de são pAulo, muito mAis gostoso


ESTREIA 13 de maio | CURTA TEMPORADA

até o dia 8 de maio

sex 21h | SáB 17h e 21h30 DOM 19h

somente duas apresentações

única apresentação

TER QUA 3 e 4 de MAIO às 20h

dOM 15 de maio às 18h

últimas apresentações

vem aí

SEX SÁB 3 e 4 de junho às 21h

dOM 12 de JUNHO às 20h


por didú russo

foto DIVULGAÇÃo

AdegA

Conselhos para quem gosta de vinho

Para descomPlicar essa bebida milenar, democratizá-la e torná-la ainda mais Prazerosa, nosso exPert didú sugere mais dicas em sua coluna. na Próxima edição tem mais!

Desde a edição de abril da 29HORAS tenho listado conselhos bacanas para que você curta o vinho da forma que ele merece: com simplicidade e alegria! O mundo do vinho não é complicado, e pode ser uma grata surpresa mergulhar nesse universo de sabores e aromas. Nessa edição, confira mais cinco dicas – e aproveite os prazeres e a tradição dessa bebida única. 1) Quando for beber seu vinho, coloque-o na porta da geladeira na parte de baixo, onde ficam as verduras. Lá é menos frio que a parte de cima. Coloque sua garrafa lá, desarrolhada, por meia hora. Depois leve para a mesa uns quinze minutos antes de servi-la. Isso antigamente se chamava “chambrer”, que é o ato de aclimatar o vinho da adega para a sala de jantar. Ele vai estar perfeito, acredite. 2) Vinhos brancos que devem estar mais frios, cerca de 12ºC, chegam à temperatura ideal com um balde com gelo e água. Se você providenciar isso com 20 minutos de antecedência, não é necessário o uso do sal. Aliás, é importante que o vinho não fique no balde durante todo o jantar, pois ficará muito frio e não mostrará seus aromas. Aromas se dispersam com a evaporação do álcool: se o vinho estiver muito frio, o álcool não evapora. Vá acompanhando e retire a garrafa do balde vez por outra. Também não esqueça de colocar água, além do gelo. Isso facilitará o resfriamento da garrafa e o manejo do vinho dentro do balde. 3) Como guardar o vinho que sobrou? Talvez esta seja a pergunta mais comum em toda parte. O ideal é você guardar metade da garrafa assim que abri-la. Eu costumo ter uma meia garrafa vazia e limpa justamente para isso. As-

60 | 29HORAS | Maio 2016

sim que abro uma garrafa de vinho, salvo essa meia garrafa e imediatamente coloco a rolha. Assim ela durará muitos dias, meses até, sem problema algum. Se você fizer isso ao final do almoço ou do jantar, esse vinho já terá tido muito contato com o oxigênio e durará bem menos. Quanto menos tempo de contato com o oxigênio, melhor. Deixe essa meia garrafa no mesmo lugar onde estava a garrafa original e volte a bebê-la quando quiser, sem problemas. Você também pode usar um desses Vacu Vin, aquelas tampas de borracha que, por intermédio de um sugador, retiram o oxigênio da garrafa, mas isso durará apenas um ou dois dias. Prefira o recurso da meia garrafa. 4) Um bom saca-rolhas é imprescindível. O melhor deles é o conhecido saca-rolhas de dois estágios, que os sommeliers usam nos restaurantes. Procure o que tiver a espiral mais longa, ele evitará que algumas rolhas se quebrem ao meio. Os de pinça também são bons, mas apenas para garrafas antigas que podem estar com a rolha comprometida – mas isso já é coisa para experts. 5) A altura certa para cortar a cápsula é abaixo da parte ressaltada do gargalo. Os corta-cápsulas cortam no lugar errado. O lugar é errado pelo fato de que as cápsulas normalmente são de material metálico, acumulam impurezas e, se forem de chumbo (o que é comum), são tóxicas. Ao cortar muito em cima, como fazem os corta-cápsulas, o vinho, ao ser servido, pode ter contato com a parte metálica da cápsula, o que compromete a pureza da bebida. www.didu.com.br


SUPER TARDE SEGUNDA A SEXTA EXCETO FERIADO

13h às 16h30 INGRESSO CRIANÇA

R$

60

,00

4 A 14 ANOS

ADULTO GRÁTIS

PROMOÇÃO NÃO CUMULATIVA NÃO É VÁLIDO PARA OS DIAS 26 E 27/05


por kike martins da costa 5h às 11h

11h às 17h

80

69

Obras de Pablo Picasso estarão em exposição no Instituto Tomie Ohtake

O restaurante General Prime Burger está com novidades em seus almoços

17h às 23h

23h às 29h

75

79

Os britânicos da banda pop The Vamps se apresentam na Tom Brasil

agenda 29h

A rede Fleming’s Steakhouse se instala no térreo do edifício Dacon

MAIO É MÊS DAS MÃES, DE VIRADA CULTURAL E DE PICASSO

fotos divulgação

OUTRA GRANDE NOVIDADE NA CIDADE É O TÚNEL DE VENTO PARA QUEM QUISER TER A SENSAÇÃO DE VOAR Neste mês de maio, uma promoção foi criada para festejar o Dia das Mães, a Brunch Weekend, que acontece em vários restaurantes da cidade com delícias de café da manhã, pratos leves de almoço e bons drinques, como Mimosas e Bellinis. Mais para o final do mês, o Instituto Tomie Ohtake recebe uma grande mostra com obras de Pablo Picasso – prepare-se para encarar longas filas! A programação do mês inclui também a já tradicional Virada Cultural, com 24 horas de espetáculos e performances gratuitas pela cidade, e a inauguração de um novo teatro, no Shopping Morumbi. Entre as novidades gastronômicas, as principais são as inaugurações do izakaya Taka Daru e do restaurante de comida brasileira Karú. Agora, se a sua praia é algo mais na

linha petisco & cerveja, divirta-se e seja um jurado em mais uma edição do Comida di Buteco. Nos cinemas, a garotada vai se fartar com as estreias de “Alice Através do Espelho”, de Tim Burton, e de “Angry Birds”. Por fim, para quem quer um pouco de ação, a dica é a abertura da unidade paulistana do iFly, um simulador de paraquedismo que possui um túnel de vento onde qualquer principiante pode ter a sensação de voar e fazer piruetas no ar. Fica no Alto de Pinheiros e é uma excelente opção de diversão não só para a criançada e para os adolescentes, como também para os adultos a fim de um pouco de adrenalina. Bom divertimento! kikecosta@uol.com.br

63


maio

aRTE Do PaRaNÁ

PaPÉiS Do HimaLaia

A Pinacoteca apresenta até o dia 6 a exposição “João Turin, escultor”, com a trajetória desse artista que foi um expoente do Paranismo, movimento estético surgido em Curitiba na década de 1920, centrado na valorização do indígena e da fauna e flora regionais. A retrospectiva reúne 50 esculturas e baixos-relevos realizados por Turin entre 1910 e 1940. Ingressos a R$ 6. Praça da Luz, 2, Bom Retiro, tel. 3324-1000.

Antonio Dias apresenta até o dia 4 a exposição “Papéis do Nepal” na Galeria Nara Roesler. São trabalhos produzidos durante a viagem que o artista fez ao Nepal em 1977 com a finalidade de aprender a manufatura de papéis artesanais. Eles surgem em cores especiais, resultantes de pigmentos que muitas vezes levam chá, terra, cinzas e curry. Avenida Europa, 655, Jardim Europa, tel. 3063-2344.

11h às 17h

ViNHo Com a GRiFE BaSSi

5h às 11h

5h às 11h

01 domingo 02 segunda RESTaURo + BiSTRÔ

Após uma visita à vinícola Herdade dos Grous, no Alentejo, a equipe do restaurante Templo da Carne selecionou aquele que agora é o vinho da casa: o Single Oak safra 2012, elaborado com uvas Aragonés, Alicante Bouschet, Touriga Nacional e Syrah. Ele é ideal para ser degustado com os cortes premium da casa, mas pode também ser comprado na lojinha do restaurante, por R$ 189. Rua Treze de Maio, 668, Bela Vista, tel. 3288-7045.

11h às 17h 17h às 23h

A rede americana Hooters acaba de lançar 21 novidades no seu cardápio. Entre elas, as Wise Choices, pratos menos calóricos e que privilegiam preparos no vapor ou na grelha, com menos molhos. Outras novidades são os tacos com camarões grelhados e as asinhas de frango enroladas em fatias de bacon. Alameda Joaquim Eugênio de Lima, 612, Jardins, tel. 3586-6357.

BELiSQUETES GRiNGoS

VER PaRa CRER

ELEmENTo LÍQUiDo

O Bar São Tomé tem um décor moderninho e um gostoso terraço, onde são servidos chopes Heineken, Xingu e Amstel e petiscos como os bolinhos de risoto, os minihambúrgueres, os choripan (pães com linguiça à moda uruguaia) e chivitos (sandubas portenhos recheados de filé-mignon, bacon, ovo, queijo, alface e tomate). Rua Demóstenes, 684, Campo Belo, tel. 5041-9791.

O segundo lote da cerveja Quinto Elemento já está à venda nos melhores bares e empórios da cidade. Produzida pelo Instituto da Cerveja Brasil em parceria com a Cervejaria Blondine, é uma German Pils de cor amarelo-palha, amargor elegante (45 IBUs) e 4,9% de álcool. Cada garrafa de 500 ml custa R$ 17. Avenida dos Carinás, 417, Moema, tel. 5097 9497.

64 | 29HORAS | Maio 2016

fotos divulgação

São Paulo recebe hoje um evento extraordinário, o Walk With Us, projeto da marca Gelinaz!, coletivo de chefs criado pelo jornalista Andrea Petrini e Alexandra Swenden. Quatorze chefs cozinham no restaurante Dalva e Dito em homenagem à gastronomia nordestina e ao seu Zé Almeida, fundador do Mocotó e pai de Rodrigo Oliveira. Será uma degustação de 16 etapas, com pratos elaborados por feras como Alex Atala e Thiago Castanho, entre outros. Ingressos pelo site da Food Pass a R$ 650. Rua Padre João Manuel, 1.115, Jardins, tel. 3068-4444.

No Restrô, aberto ao lado da Praça Benedito Calixto, o almoço executivo (entrada, prato principal e sobremesa) é a grande atração da casa. São 5 opções de entrada, 10 pratos principais e 5 sobremesas. Os preços variam de R$ 38 a R$ 45. Um dos “combos” possíveis é a bruschetta de queijo de cabra e tomate confitado (entrada), seguida de risoto de caipirinha (risoto integral de limão-siciliano com linguiça artesanal flambado na cachaça e cebola caramelizada) e, para encerrar, sorvete de limão-siciliano com calda de morangos frescos. Rua Lisboa, 579, Pinheiros, tel. 3062-2435.

23h às 29h

23h às 29h

17h às 23h

aLTa GaSTRoNomia NoRDESTiNa


VisÃo & oLFato

arte ao cUBo

5h às 11h

Até o dia 8, o Instituto Tomie Ohtake apresenta a exposição “Perfume de Sonho”, com 80 lindas imagens sobre o universo do café realizadas pelo fotógrafo Sebastião Salgado em países como Índia, Indonésia, Etiópia, Guatemala, Colômbia, China, Costa Rica, El Salvador, Tanzânia e Brasil. Entrada gratuita. Rua Coropés, 88, Pinheiros, tel. 2245-1900.

5h às 11h

04 quarta A Galeria Lume apresenta até o dia 7 a mostra “Geometria Invertida”, com 16 obras de Luiz Hermano. Com base em cálculos matemáticos precisos e uma extensa pesquisa visual, o artista simula sensações reais de movimento e profundidade através de um intrincado jogo geométrico. Rua Gumercindo Saraiva, 54, Jardim Europa, tel. 4883-0351

ViaGens FantÁsticas

BomBa, BomBa, BomBa!

11h às 17h

03 terça Durante quatro dias, a 6ª edição da Travelweek traz para o Pavilhão da Bienal consultores de viagens premium do Brasil e da América Latina para reuniões pré-agendadas com os representantes e fornecedores das melhores experiências de viagens do mundo. Estarão presentes profissionais vindos de mais de 80 países. Avenida Pedro Álvares Cabral, s/ nº, Parque Ibirapuera, tel. 3060-5000.

11h às 17h

Acontece hoje o terceiro jantar Gastromotiva Great Food For a Better Word, na Estação São Paulo. O intuito principal é arrecadar fundos para formar novos aprendizes da ONG Gastromotiva. Os três chefs peruanos mais importantes da atualidade cozinharão juntos nesta noite memorável: Virgilio Martinez (do Central), Mitsuharu Tsumura (do Maido) e Renzo Garibaldi (do Osso). Para acompanhar, serão servidos sete vinhos, entre eles o Chateau d’Yquem, o Chateau Cheval Blanc, o champanhe Dom Pérignon e o super Bordeaux Chateau Palmer. Convites a R$ 2.500 por pessoa à venda pelo site www. gastromotiva.org. Rua Ferreira de Araújo, 625, Pinheiros.

23h às 29h

23h às 29h

fotos divulgação

O clown russo Slava Polunin traz mais uma vez sua tempestade de papel picado para São Paulo. Seu premiado espetáculo “Slava’s SnowShow” é a atração de hoje no Teatro Bradesco, com seu deslumbrante aparato cênico e sua meditação cômica sobre a vida, a morte e a beleza do universo. Ingressos de R$ 100 a R$ 170. Rua Palestra Itália, 500 (Bourbon Shopping), Perdizes, tel. 3670-4100.

cUrries de oUtono

BotecaGem O Comida di Buteco, em sua 17ª edição, vai até o dia 15. Trata-se de um concurso em que público e júri avaliam os tira-gostos de 49 bares paulistanos, a higiene do estabelecimento, o atendimento e a temperatura da bebida para eleger os melhores botecos da cidade. Prove, participe, vote! Confira a lista completa dos bares que concorrem em www.comidadibuteco.com.br.

Os irmãos Nathalie e Edward Davies inauguram a segunda unidade da Éclair Moi, agora nos Jardins. Na vitrine, receitas de éclairs originais da capital francesa para degustar com drinques à base de champanhe. Cada éclair é feita de maneira artesanal, como na elaboração de uma joia. Os itens são produzidos diariamente, e primam pelo sabor, pela textura, pelo design e pelo acabamento. Os doces estão disponíveis em dois tamanhos: clássico (a partir de R$ 9,50) e mini (a partir de R$ 5,50). Alameda Lorena 1.204, Jardins, tel. 2639-5899.

neVe na pompeia

17h às 23h

17h às 23h

meGaJantar BeneFicente

A chef Ina de Abreu, do restaurante Mestiço, sugere seis tipos de curries como prato principal para o jantar. A opção mais picante é o Petchuburi (curry verde tailandês com tiras de filé-mignon fatiado, abobrinha e leite de coco), e uma alternativa mais leve é o Mae sai (curry tailandês amarelo com salmão, lichia, minimilho, tomate-cereja, leite de coco e especiarias). Rua Fernando de Albuquerque, 277, Consolação, tel. 3256-3165.

65


maio

05 quinta

06 sexta 5h às 11h

arte & identidade O artista Zed Nesti apresenta até o dia 7 a mostra individual “Pra Inglês Ver” na Galeria Bolsa de Arte. Composta por 21 pinturas a óleo, a exposição reúne imagens que questionam a formação da identidade brasileira e a influência da cultura de massa nesse processo. Rua Mourato Coelho, 790, Vila Madalena, tel. 3812-7137.

11h às 17h

LocaL & GLoBaL

O restaurante A Figueira Rubaiyat tem quatro novas sugestões de pratos para o outono, desenvolvidos pelo chef espanhol Carlos Valentí: o tutano de palmito com ossobuco, a focaccia de queijo de cabra, o peixe-prego com purê de berinjela e o baby pork confitado com cebolinha glaceada em suco de laranja. Rua Haddock Lobo, 1.738, Jardins, tel. 3087-1399.

5h às 11h

A Acaju do Brasil, comandada pelos sócios Dimitri Mussard, Nicolas De Virieu e Gustavo Pinhal, é uma loja que reúne produtos de marcas como Le Specs, Twins for Peace, Karen Walker, Thierry Lasry e Les Petits Joueurs, além de 30 novas labels internacionais de moda, acessórios, lifestyle, decoração, papelaria e revistaria. Entre as estreantes temos a Ampal Creative (de Los Angeles), a Gooey (de Londres), a Le Typographe (de Bruxelas), LJC (do Marrocos), a Marie-Jeanne (de Paris), a Suit (de Copenhague) e a Supreme (de Nova York). No primeiro andar da loja funciona uma gelateria da Dri Dri. Rua Padre João Manuel, 903, Jardins, tel. 3263-0083.

11h às 17h

Oito princesas da Disney (Ariel, Bela, Cinderela, Rapunzel, Tiana, Jasmine, Aurora e Branca de Neve), além da fada Sininho e do boneco de neve Olaf, de “Frozen”, são as estrelas do espetáculo “Disney On Ice – Mundos Fantásticos”, em cartaz até o dia 8 no Ginásio do Ibirapuera. Ingressos de R$ 70 a R$ 270. Ginásio do Ibirapuera. Rua Manoel da Nóbrega, 1.361, Paraíso, tel. 4003-5588.

17h às 23h

noVidades n’a FiGUeira

O trio de jovens tenores italianos Il Volo retorna ao Brasil na turnê “Grande Amore”. Eles apresentarão ao vivo no Espaço das Américas as performances que compõem seu mais recente DVD, gravado nas ruínas de Pompeia. O repertório inclui ainda composições de Barbra Streisand, Celine Dion, Bono Vox, Lady Gaga, Carlos Santana, Usher, Natalie Cole e Will.i.am. Ingressos de R$ 150 a R$ 600. Rua Tagipuru, 795, Barra Funda, tel. 4003-1212.

hamBÚrGUer pornoGrÁFico

patinaÇÃo artÍstica

17h às 23h

Ópera pop

23h às 29h

23h às 29h

66 | 29HORAS | Maio 2016

A agência Haute promove hoje a partir das 23h na Casa das Caldeiras uma versão paulistana do Baile da Favorita, famosa festa funk itinerante da promoter carioca Carol Sampaio. Os ingressos estão à venda pelo site www. hautestore.com.br e custam R$ 120 (homem) ou R$ 100 (mulher). As atrações da noite serão Buchecha, Bloco da Favorita e a DJ Ellen Sancho. Avenida Francisco Matarazzo, 694, Água Branca.

fotos divulgação

FeishtÃo

meLhor idade Estreia hoje nos cinemas o filme “Despedida em Grande Estilo”, dirigido por Zach Braff (mais conhecido por seu trabalho como ator na série de TV “Scrubs”). Protagonizado por Morgan Freeman, Michael Caine e Alan Arkin, o longa é o remake de um filme de 1979, em que três homens aposentados planejam assaltar um banco.

Inspirada no filme “Pulp Fiction”, de Quentin Tarantino, a hamburgueria Big Kahuna Burger faz sucesso com hambúrgueres e petiscos criativos. Vale a pena provar o atual best-seller da casa, o Bacon Porn – burger de 250 g recheado com queijo estepe e todo envolvido em trama de fatias de bacon, fatias de tomate caqui, picles de pepino, tiras de cebola roxa e alface-americana no pão brioche. Reserve um espacinho para o igualmente pornográfico Brownie Shake, feito com sorvete Chocolate Fudge Brownie da Ben & Jerry’s, pedaços do brownie da casa (feito com chocolate belga), calda de chocolate, farofa crocante e chantili. Alameda Lorena, 53, Jardim Paulista, tel. 3051-6268.


arte Bonita pra caracas

eXpressÕes impressas

O Museu de Arte Contemporânea da Universidade de São Paulo (MAC-USP) apresenta a exposição “Oswaldo Vigas: Antológica 1943-2013”, com uma seleção das obras mais destacadas do artista venezuelano. São 63 pinturas e cinco esculturas representando os diversos períodos do trabalho do mestre desde o início de sua trajetória. Avenida Pedro Álvares Cabral, 1301, Ibirapuera, tel. 2648-0254.

Em cartaz só até hoje no Caixa Cultural, a exposição “Veias” reúne 160 fotos produzidas pelo sueco Anders Petersen e pela dinamarquesa Jacob Aue Sobol, impressas em preto e branco e em grandes formatos. Elas revelam a beleza, a angústia e o amor contido em olhares e paisagens. Entrada gratuita. Praça da Sé, 111, Centro, tel. 3321-4400.

11h às 17h

O Encontro World Wine Experience Itália acontece hoje, das 12h às 20h, na Casa da Fazenda do Morumbi, com a participação de 20 produtores do Piemonte, da Toscana, do Vêneto, de Friuli, de Abruzzo, da Sicília, da Campania, da Lombardia e de Trentino. Será uma grande experiência enogastronômica, com cerca de 90 vinhos. Avenida Morumbi, 5.594, Morumbi, tel. 3085-3055.

17h às 23h

Vinhos made in itaLY

O Centro Cultural São Paulo (CCSP) abriga hoje mais uma edição do SlowMovie, evento gratuito e ao ar livre que convida o público a desacelerar. Nos jardins suspensos haverá a exibição do filme “Noivo Neurótico, Noiva Nervosa”, de Woody Allen, e o Mini Market terá a venda de discos, show de Marina de La Riva e diversas food bikes, como o Brownie Affair e as tapiocas do Townpioca. Rua Vergueiro, 1.000, Paraíso.

5h às 11h

5h às 11h

07 sábado 08 domingo BrUnch para a mamÃe

tarde cULtUraL

11h às 17h

caipiroVska!

O brunch é uma refeição ideal para a celebração do Dia das Mães. E boas opções não faltam. A primeira edição da Brunch Weekend acontece em todos os fins de semana de maio, em 20 badalados restaurantes paulistanos, como o Chez MIS e a Mercearia do Conde. Nesses dejejuns tardios, o menu inclui itens típicos de café da manhã (pães, bolos, sucos, frutas, geleias), clássicos norte-americanos (como panquecas, muffins, french toasts ovos Benedict e saladas com salmão) e drinques como o Bellini e a Mimosa. Chandon, a patrocinadora do festival. Em todas as casas, paga-se R$ 49 – valor que inclui um drinque. Confira os participantes em www.facebook.com/BrunchWeekend.

17h às 23h

Trazida para o Brasil pela importadora Aurora, a vodca russa Stolichnaya está de embalagem nova, que privilegia a tecnologia e a segurança. O rótulo mantém as mesmas referências de sua história – como as medalhas conquistadas e o teatro Moskva, de Moscou – e o corpo da garrafa está com curvas que tornam seu manuseio mais prático e seguro, algo importante para bartenders. Ela agora vem também com lacre de segurança que evita violação. A deliciosa bebida é usada no preparo das caipiroscas servidas na Casa Europa. Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 726, Jardim Paulistano, tel. 3063-5577.

Acontece hoje a última sessão da peça “Blink”, de Phil Porter, no Teatro Aliança Francesa. Após estrear em Londres, em 2012, conquistou diversos prêmios. A montagem brasileira tem Ligia Paula Machado e Eduardo Pelizzari no elenco e é centrada no relacionamento de Jonas e Sofia, dois jovens solitários. O espetáculo aborda questões como a alienação tecnológica e o voyeurismo. Ingressos a R$ 50. Rua General Jardim, 182, Centro, tel. 3017-5699.

23h às 29h

23h às 29h

fotos divulgação

sUspense no paLco

A 1900 Pizzeria aposta em opções veganas, que não levam ingredientes de origem animal nem na massa nem nas coberturas. Elas são feitas com abobrinhas, berinjelas, tomates assados, pimentões, azeitonas, queijo vegano e ervas. A massa pode ser tradicional, integral ou sem glúten. Rua Dr. Fonseca Brasil, 282, Morumbi, tel. 3129-1900.

piZZas VeGanas

67


maio

arte crUa

5h às 11h

Na exposição “Anti-Higiênica”,em cartaz no Sesc Santana, Camila Soato apresenta recortes de imagens que fragmentam e narram momentos bizarros aos olhos de uma sociedade que tenta controlar os corpos femininos, seus desejos e escolhas. É um elogio à mundiçagem, ao sujo e ao rústico. Entrada gratuita. Avenida Luiz Dumont Villares, 579, Santana, tel. 2971-8700.

Una o “aprender” com o “comer” durante uma visita guiada pelo Eataly. O I Tour di Eataly é um novo serviço com três diferentes opções – todas com duração de um hora. O visitante aprende curiosidades gastronômicas e degusta pratos e produtos saborosos. Os pacotes variam de R$ 40 a R$ 115 por pessoa, e a experiência está disponível de 2ª a 6ª feira das 10h às 16h30. O agendamento deve ser feito pelo e-mail tours@eataly. com.br. Avenida Pres. Juscelino Kubitschek, 1.489, Vila Olímpia, tel. 3279-3300.

5h às 11h

Fotos on demand O fotógrafo Felipe Gombossy e os publicitários Felipe Massis, Ricardo Forli e Elton Longhi acabam de criar a Galerize, galeria que disponibiliza obras de mais de 50 fotógrafos brasileiros. São mais de 500 imagens de alta qualidade, disponíveis em cinco tamanhos de impressão, com valores acessíveis, tiragens limitadas e certificado de autenticidade. Rua Girassol, 326, Vila Madalena, tel. 3392-1462.

11h às 17h

09 segunda 10 terça noVidades do Jamie oLiVer

UniVerso eataLYano

11h às 17h

chapa QUente

23h às 29h

23h às 29h

68 | 29HORAS | Maio 2016

A filial do restaurante Tantra no Tatuapé tem uma grande grelha instalada no meio do salão. Nessa chapa, conhecida como mongolian grill, são preparadas na hora as carnes escolhidas pelos clientes, que têm como opções frango, camarão e até javali, que podem ainda ser misturados com legumes e temperos. Rua Itapura, 721, Tatuapé, tel. 2157-2891.

comida BoÊmia

LUZes no moUse A Lustres Yamamura – líder no mercado nacional de iluminação – faz parceria com a Rakuten, uma das maiores empresas de internet services do mundo. A nova loja virtual da marca tem milhares de produtos à venda para sua casa ou para o trabalho. A expectativa é dobrar o faturamento em 2016 no ambiente online. Acesse www. yamamura.com.br e faça boas compras.

O Jamie’s Italian acaba de renovar o seu cardápio. Destaque para as novas massas rigatoni pomodoro (com molho de tomates ao alho, manjericão, mascarpone, mozzarella e pangrattato) e fettuccine porcini (com cogumelos selvagens, mascarpone, alho, vinho branco, gremolata de limão, parmesão e pangrattato). Outras boas novidades são o frango à milanesa (peito de frango recheado com prosciutto e queijo fontal, empanado e servido com ovo free range estrelado e lâminas de trufas) e a salada super food – com abacate, erva-doce, brócolis, beterraba assada, mix de grãos e sementes, queijo cottage e harissa ao perfume de ervadoce. Avenida Horácio Lafer, 61, Itaim, tel. 2365-1309.

O bar Astor aposta em novos petiscos desenvolvidos pelos chefs Benny Novak e Marcelo Tanus. Resgatando os canapés, eles aparecem nas versões rosbife (com picles e toque de mostarda de Dijon), salmão defumado e de steak tartar. Quem quiser mais sustança deve apostar no boeuf bourguignon (carne bovina guisada em vinho tinto servida com purê de batatas). Rua Delfina, 163, Vila Madalena, tel. 3815-1364.

fotos divulgação

Vencedor do Prêmio Nobel de Literatura, o peruano Mario Vargas Llosa abre hoje no Teatro Cetip, no Complexo Ohtake Cultural, a temporada 2016 da série de palestras “Fronteiras do Pensamento”. Este ano, o evento terá até novembro a presença de oito ilustres palestrantes, como Francis Fukuyama, Valter Hugo Mãe e Ian McEwan, entre outros. Os ingressos estão à venda pelo site www. ticketsforfun.com.br, nas unidades da Livraria da Vila ou na bilheteria do teatro. O pacote com acesso aos oito encontros custa de R$ 1.098 a R$ 2.886. Rua Coropés, 88, Pinheiros, tel. 4020-2050.

17h às 23h

17h às 23h

reVoLUÇÕes indiVidUais e coLetiVas


11 quarta 12 quinta Além de hambúrgueres, o General Prime Burger tem pratos de dar água na boca. Na hora do almoço, oferece um completo bufê de saladas, grelhados e massas. O Prime Lunch, servido de segunda a sexta por R$ 39,90, inclui escalopes de filé-mignon com arroz e legumes grelhados, ou Prime Angus Steak com arroz branco e creme de milho ou de espinafre ou ainda o filé de peixe com arroz, rosemary fries e creme de espinafre. Rua Joaquim Floriano, 541, Itaim, tel. 3060-3333.

O espetáculo “In On It” tem texto do canadense Daniel MacIvor e os atores Fernando Eiras e Emílio de Mello no palco. Em cartaz no Teatro Jaraguá, possui uma narrativa em espiral: um homem escreve uma peça sobre alguém que sofre um acidente, dois amantes veem seu amor terminar, e dois homens contam esta história. Ingressos a R$ 60. Rua Martins Fontes, 71, Centro, tel. 3255-4380.

5h às 11h

5h às 11h 11h às 17h

encantadores achados Na Ilustrarquia os desenhos estão por toda parte e causam um encantamento instantâneo. A loja de HQs e ilustrações funciona numa discreta galeria próxima ao Masp e tem suas prateleiras repletas de produções independentes, edições limitadas e raridades. Avenida Paulista, 1.471, loja 20, Bela Vista, tel. 3171-2784.

17h às 23h

VinaGre FrancÊs A importadora La Pastina está trazendo para o Brasil o vinagre de Jerez da marca francesa Beaufor. Ele é obtido a partir de vinho elaborado com uvas brancas da aromática cepa Palomino. Tem aroma de nozes, 7% de acidez e é perfeito para temperar saladas e para agregar complexidade a molhos. A garrafa com 820 ml custa R$ 28,40 no Empório Eat. Avenida Dr. Cardoso de Melo, 1.191, Vila Olímpia, tel. 5643-5353.

praZeres da carne

aLmoÇo prime

11h às 17h

O Espaço Beef Passion ocupa uma charmosa casa de 1929. Na loja estão disponíveis todos os 72 cortes da Beef Passion – das raças Angus e Wagyu, originárias de Austrália e Japão –, devidamente porcionados e embalados a vácuo. Com maciez excepcional e sabor delicioso, os cortes têm preços que variam de R$ 25 a R$ 259. A loja vende ainda vinhos e utensílios culinários selecionados para quem aprecia um churrasco bem preparado, com respeito às carnes de alta qualidade. Rua Barão de Tatuí, 229, Higienópolis, tel. 3661-8090.

17h às 23h

“Cabaré Literótico Musicado”, dirigido por Lígia Pereira, é atração de hoje na SP Escola de Teatro, com poesias eróticas interpretadas por mulheres maduras. Em uma ambientação que remete aos antigos cabarés, quatro experientes atrizes e o músico Cervolo Augusto ao piano retomam poemas eróticos e luxuriosos de autores renomados como Goethe, Apollinaire e Gregório de Matos. Ingressos a R$ 30. Praça Roosevelt, 210, tel. 3775-8600.

23h às 29h

rocamBoLe teatraL

O Blackmore é um bar onde roqueiros e bandas de qualidade têm um encontro marcado. A programação inclui hard rock, heavy metal e thrash metal. Para tornar as apresentações ainda mais agradáveis, a casa tem um excelente cardápio de bebidas e petiscos. Alameda Dos Maracatins, 1.317, Moema, tel. 5041-9340.

espetinhos nipÔnicos

23h às 29h

fotos divulgação

seXo VerBaL

O mais novo izakaya (boteco típico do Japão) de São Paulo é oTaka Daru, na região do Baixo Pinheiros. Lá, o chefTakaaki Yasumoto serve yakitoris (espetinhos) de frango, de filé com bacon, de moela, de coração, de fígado ou de quiabo, além de takoyakis (bolinhos de polvo) e butakimuti (barriga de porco refogada com kimchi, a acelga apimentada coreana). Para acompanhar, cerveja de garrafa, saquê e uísque. No balcão, é possível assistir ao chefTakaaki finalizando os pratos. Rua Costa Carvalho, 234, Pinheiros, tel. 3034-0937.

rock Bar

69


maio

13 sexta

14 sábado petit dÉJeUner

5h às 11h

snacks saUdÁVeis

O Le Bou Bistrô agora abre às 8h para servir o café da manhã. O menu fechado custa R$ 32 por pessoa e inclui café, suco, pães, frios, quiche, tapioquinha, bolo, muffin e frutas. Quem quiser reforçar o dejejum pode provar o Croque Madame (R$ 13) ou os ovos pochê com rúcula, cogumelos e aspargos (R$ 9). Rua Dr. Renato Paes de Barros, 415, Itaim, tel. 3078-7619.

Na Moti Moti Cake Shop, a confeiteira Vanessa Liu e seu marido Lucas, ambos de Taiwan, servem bolos incrivelmente fofinhos, doces em que o açúcar é usado com delicadeza e cremes aveludados. Não deixe de provar o cheesecake de tofu, os choux cream, as pannacottas, os mil-folhas de chá-verde, as tartelettes e os Hokkaido chiffon. Rua Luis Góis, 1.196, Mirandópolis, tel. 5594-6865.

11h às 17h

Para a alegria da garotada, chega este fim de semana aos cinemas a adaptação do jogo Angry Birds, uma das maiores franquias mundiais de entretenimento. “Angry Birds – O Filme” conta a história de Red, um pássaro com problemas para controlar seu estresse, o veloz Chuck e o volátil Bomba, amigos que nunca tiveram seus valores reconhecidos. Quando misteriosos porquinhos verdes invadem a ilha onde os três moram, esses improváveis heróis são os responsáveis por descobrir qual o plano da gangue suína.

paLco em transe

simpLesmente Um LUXo

Inspirada no polêmico filme de Glauber Rocha, a peça “Terra em Transe” está em cartaz no Teatro Maria Della Costa. A versão criada livremente pela Cia. Bará é ambientada na nem tão fictícia terra chamada El Dourado, sufocada pelo obscurantismo e pelo conservadorismo. Ingressos a R$ 10. Rua Paim, 72, Bela Vista, tel. 3256-9115.

17h às 23h

Glamour Festival é uma balada de música eletrônica que faz um interessante mix de magia, charme e sofisticação. Ao completar 5 anos, com mais de 350 festas por todo o Brasil, México e Estados Unidos, ganha uma megaedição, hoje no Parque Anhembi. Ingressos de R$ 60 a R$ 100. Avenida Olavo Fontoura, 1.209, Santana, tel. 4003-2051.

eLas QUerem É poder

pUB canadense

Estreia este fim de semana nos cinemas o filme “Mulheres no Poder”, escrito e dirigido por Gustavo Acioli. Na trama, Maria Pilar (Dira Paes) é uma senadora que elabora um esquema com a ministra Ivone Feitosa (Stella Miranda) para fraudar o resultado de uma licitação. Porém, nem tudo corre como planejado. O elenco traz ainda Totia Meirelles, Rogéria, Chica Xavier e Paulo Tiefenthaler.

Poutine é uma guloseima tipicamente canadense à base de batata frita com casca coberta por vários tipos de molhos. Essa é a especialidade da Canucks Poutinerie, onde todos os produtos preparados por duas garotas – uma brasileira e uma canadense – são naturais, feitos no dia, 100% sem glúten e sem o uso de gordura trans na fritura. Rua Tangará, 141, Vila Mariana, tel. 3495-6428.

70 | 29HORAS | Maio 2016

23h às 29h

23h às 29h

doÇUra orientaL

fotos divulgação

11h às 17h

A Le Verde é um corner que acaba de chegar às praças de alimentação dos shopping centers, mas com alimentos sem glúten, sem lactose, sem conservantes, sem corantes, sem soja transgênica, sem açúcar refinado e sem gordura trans; com frutas, saladas e verduras 100% orgânicas e vindas de produtores certificados. O menu aposta nos “superalimentos” – ricos em vitaminas, minerais, fibras, antioxidantes e fitonutrientes essenciais ao bom funcionamento do organismo. Exemplos disso são os iogurtes feitos com leite de coco e os snacks de castanha de baru. Alameda Rio Negro, 111 (Shopping Iguatemi Alphaville), Alphaville, tel. 98222-9912.

17h às 23h

5h às 11h

diVertidos e maL-hUmorados


domingo 15 5h às 11h 11h às 17h

A peça infantil “Rapunzel” é a atração de hoje no Teatro J. Safra. Encenada pela premiada Cia. Le Plat du Jour, essa adaptação do clássico dos irmãos Grimm tem temas musicais compostos pelo cantor Toquinho e mescla teatro, brincadeiras e técnicas circenses. A história se passa em uma casinha de fundo de quintal sobre uma árvore. Ingressos de R$ 20 a R$ 50. Rua Josef Kryss, 318, Barra Funda, tel. 3611-3042.

17h às 23h

Bom dia, FLor do dia! O perfume Puma Yellow Feminino tem uma fragrância fresca e energizante, que levanta o humor e ilumina o dia, com suas notas frutadas de bergamota e maçã, seu brilhante bouquet floral de magnólia, rosas, violetas, frésias e lírios, além de um toque quente e sensual de sândalo e madeira de cedro. O frasco com 40 ml custa R$ 44 na loja virtual www.sephora.com.br.

Inspirado no Holi – o famoso Festival das Cores da Índia – o Holi Parque é uma celebração de música, diversão e adrenalina que acontece hoje na Arena Anhembi. Nesse evento, milhares de pessoas se juntam e criam uma explosão de cores em um momento único. Ingressos de R$ 65 a R$ 125. Avenida Olavo Fontoura, 1.209, Santana, tel. 4003-2051.

JoGa a caBeLeira!

FestiVaL das cores

23h às 29h

foto divulgação

deLiZie

Além dos sabores e das coberturas tradicionais, a Di Fondi Pizza oferece redondas especiais e veganas, além de bons vinhos a preços razoáveis. Vale a pena experimentar a Da Vila (molho de tomate, mozzarella, abobrinha grelhada, cebola caramelizada e cogumelos shimeji), a Carciofi (molho de tomate, mozzarella, alcachofra e pesto de rúcula) e a Palmito Crispy (molho de tomate, catupiry, palmito e crispy de presunto Parma). Todas têm massa feita com a farinha branca especial italiana (Caputo) ou com a austríaca sem glúten Schär. As opções veganas usam queijo sem lactose. Rua Inácio Pereira da Rocha, 15, Vila Madalena, tel. 2506-0136.

71


maio

coneXÃo eUropa-BrasiL

oUtro GoLpe

A exposição “A Pele e a Espessura do Desenho” fica em cartaz no foyer do Sesc Ipiranga até o dia 29. A mostra reúne obras da francesa Amélie Bouvier, da portuguesa Sofia Pidwell e dos brasileiros Nazareno, Paulo Climachauska e Renato Leal. Rua Bom Pastor, 822, Ipiranga, tel. 3340-2000.

5h às 11h

Em cartaz até o dia 29 no Centro Cultural São Paulo, a exposição “Antonio Benetazzo, Permanências do Sensível” reúne cerca de 90 desenhos realizados por este artista e militante político, brutalmente assassinado pelo regime militar brasileiro em 1972. Rua Vergueiro, 1.000, Paraíso, tel. 3397-4002.

11h às 17h

5h às 11h

16 segunda 17 terça O Aconchego Carioca está com novos pratos no almoço. E agora, além do menu completo (R$ 29,90, incluindo entrada, principal e sobremesa), é possível pedir somente o principal, com um valor menor (R$ 21,90). Cada dia da semana tem opções diferentes. Terça-feira, por exemplo, é dia de picadinho de filé, com arroz, feijão-preto, farofa e ovo frito. Alameda Jaú, 1.372, Jardins, tel. 3062-8262.

Gastronomia

aLmoÇo aconcheGante

Só até hoje em cartaz na Casa Livre, o espetáculo “Dezuó”, com direção de Patricia Gifford, tem como mote a expulsão do menino Dezuó e de sua família de uma comunidade ribeirinha, por conta da construção de uma usina hidrelétrica no Rio Tapajós. Sem teto, o garoto passa a perambular pela cidade grande. Entrada gratuita. Rua Pirineus, 107, Barra Funda, tel. 3257-6652.

17h às 23h

cerVeJa enoGastronÔmica

BarceLona É aQUi

A Cervejaria Dádiva comemora seus dois anos lançando uma Strong Ale belga em charmosas garrafas de 375 ml, rolha de cortiça e edição limitada a 3 mil unidades. Fermentada com levedura de Chardonnay e maturada em chips de carvalho francês, a Dádiva Duo está sendo vendida a R$ 32 no Empório Alto dos Pinheiros. Rua Vupabussu, 305, Alto de Pinheiros, tel. 3031-4328.

O bar Gràcia, inspirado no bairro homônimo de Barcelona, tem petiscos ibéricos como as croquetas de jamón (presunto), os pintxos de filé-mignon com cogumelos ao vinho do Porto e amêndoas e os tapaburgers (mini-hambúrgueres incrementados com guacamole, cebola caramelizada ou pesto de mostarda. Rua Coropés, 87, Pinheiros, tel. 3034-1481.

72 | 29HORAS | Maio 2016

23h às 29h

23h às 29h

desaBriGado

O recém-inaugurado Silo Forneria & Bar se destaca pelo ambiente gostoso e descontraído, que inclui mesa coletiva, jardim vertical e um charmoso bar com balcão. O forte da casa são as receitas preparadas no forno à lenha, servidas em panelinhas de ferro. Quem assina o menu é o chef francês Marc Le Dantec, e as sugestões vão do camembert recheado com avelãs, geleia de maçã e uvas-passas ao filé-mignon de cordeiro na grelha com champignon e abobrinhas ao pesto, além de pizzetes, sanduíches e saladas. Rua Diogo Jácome, 360, Vila Nova Conceição, tel. 3044-7323.

fotos divulgação

11h às 17h

Na Ultra Gelato, os sorvetes são preparados diante dos olhos dos clientes, que sentem vontade de brincar com as nuvens ondulantes de nitrogênio líquido que sobem das batedeiras. O líquido hipergelado, que começa a evaporar aos –196°C, é usado nas criações do casal Rodrigo Boarin e Gabriela Yanaka, que produzem sorvetes sem corantes e aromatizantes artificiais. Prove o gelato de Jack Daniel’s com bacon caramelizado e mel, o Death by Chocolate (chocolate belga com pedaços de brownie) ou o sorbet de mojito com frutas vermelhas marinadas no vinho do Porto. Avenida Braz Leme, 2.371, Santana, tel. 2503-5307.

17h às 23h

recÉm-saÍdo do Forno


quarta 18

Ministério da Cultura apresenta

5h às 11h

mostra caVaLar Já está aberta para visitação a Casa Cor São Paulo 2016, no Jockey Club. A mostra reúne dezenas de feras da decoração, como João Armentano, Joia Bergamo, Brunete Fracaroli, Dado Castelo Branco e David Bastos. Fica em cartaz até o dia 10 de julho. Ingressos de R$ 26 a R$ 150. Avenida Lineu de Paula Machado, 775, Cidade Jardim.

11h às 17h

comidas das estreLas

OS SUCESSEEN DO QU SÃO R EM VE INAL ORIG

VENHA ASSISTIR O MUSICAL MAIS ROCK’N’ROLL DO MUNDO.

A chef Rita Atrib acaba de inaugurar uma rotisserie onde são vendidos beliscos, focaccias, saladas, marinados, assados, tortas, quiches, massas e sobremesas. Rita é conhecida por fazer o catering dos camarins de artistas como Elton John, Madonna, Rolling Stones e Coldplay, entre outros. Lá, você pode comprar a coxinha que enlouqueceu Gisele Bündchen, a shepherd’s pie que fez Keith Richards lamber os beiços ou o cuscuz de grão-de-bico com vegetais e tahine que agradou em cheio o vegano radical Morrisey. Rua Gaivota, 763, Moema, tel. 2359-0771.

Vendas: entretix.com.br

17h às 23h

rodÍZio incrementado O restaurante japonês Kappa & Kanashiro acaba de incluir novos itens em seu rodízio. As novidades são o carpaccio de peixe branco com cebola roxa, o sushi “flamber” de salmão grelhado, trufado e com limão-siciliano, o hot de camarão com geleia de pimenta e limão-siciliano e o hot de couve, salmão e geleia de pimenta. Nos almoços de segunda a sexta, o rodízio custa R$ 75. Nos jantares, fins de semana e feriados, R$ 86. Rua Leopoldo Couto de Magalhães Jr., 524, Itaim, tel. 2691-8003.

23h às 29h

foto divulgação

para paLmeirenses e simpatiZantes O Sobrado é um bar que oferece chopes artesanais (pilsen, weiss e IPA), além de cervejas long neck. Para petiscar, os clientes têm de recorrer aos food trucks que param na porta do estabelecimento, que não tem cozinha própria. Uma jukebox original de ficha faz de você o DJ. Rua Caraíbas, 79, Pompeia, tel. 99407-9180.

73

Clientes Santander tem privilégios e condições especiais*

ingressorapido.com.br

wwry.com.br *Para saber mais sobre benefícios Clientes Santander, e demais condições e descontos acesse: www.teatrosantander.com.br. ALVARÁ Nº 2016/03987-00, VAL.03/03/2017. AVCB Nº 223326, VAL. 02/02/2019 Lotação Máxima 2085 Pessoas. Bilheteria oficial (sem taxa de conveniência) Teatro Santander Complexo do Shopping JK Iguatemi, Av. Presidente Juscelino Kubitschek, 2041. Horário de Funcionamento: Domingo a Quinta: 12h às 20h ou até inicio do espetáculo.Sexta e Sábado: 12h às 22h.

REALIZAÇÃO:


maio

19 quinta

20 sexta

diVersÃo eLementar

mais do QUe Ótimo

5h às 11h

No ano em que comemora seu 30º aniversário, o Circo Spacial apresenta o espetáculo “Elementos”, com sua incrível trupe de trapezistas, equilibristas, contorcionistas, malabaristas, mágicos, palhaços e as mais belas bailarinas. O circo leva ao picadeiro números que exaltam os quatro elementos da natureza: Terra, Ar, Fogo e Água. Ingressos de R$ 30 a R$ 250. Travessa Simis, 300, Vila Guilherme.

neVe à coreana

11h às 17h

Na sorveteria Snowfall, a sobremesa coreana PatBingSu (que significa “floco de neve”) é a especialidade da casa. Ela é composta por gelo ralado servido em uma tigela com leite adoçado e outros “toppings” (como feijão azuki, biscoito Oreo ou paçoca). Outra boa pedida são os smoothies, com frutas como banana, maracujá, morango e manga batidas com leite, iogurte ou água. Rua Oscar Freire, 48, Jardins.

Em 2016 a parceria entre a maison francesa Longchamp e o designer Jeremy Scott completa uma década. Para marcar a data, foi lançada a bolsa Remote Control, estampada com imagens de filmes trash e seriados de TV de ficção científica. Esse modelo custa R$ 1.405. Avenida Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041 (Shopping JK Iguatemi, piso Térreo), Vila Olímpia, tel. 3152-6006.

Na Rotisserie Damá Dalê, Lelena César e Maria Regina César preparam e vendem comidas gostosas elaboradas a partir de receitas caseiras que as pessoas podem comer em casa com segurança, qualidade e uma boa relação custo/benefício. Exemplos disso são o quibe de abóbora e o estrogonofe de mignon da mamãe. Rua Dep. Lacerda Franco, 452, Vila Madalena, tel. 2925-7010.

17h às 23h

5h às 11h 11h às 17h

BoLsa reprise

17h às 23h

anti-herÓis A exposição “Marginais Heróis”, em cartaz no Museu da Casa Brasileira, reúne 40 cartazes de personalidades como Zé do Caixão, Chacrinha, James Dean, Maria Bonita, Nelson Rodrigues e Chico Science, entre outras. Ingressos a R$ 7. Avenida Brig. Faria Lima, 2.705, Jardim Europa, tel. 3032-3727.

O Coral Paulistano Mário de Andrade se apresenta hoje às 20h no Salão Nobre do Theatro Municipal, com regência de Martinho Lutero Galati de Oliveira. No programa, composições de Benjamin Britten e Claude Debussy. Ingressos a R$ 25. Praça Ramos de Azevedo, s/ nº, Centro, tel. 3053-2100.

triViaL especiaL

coraL no mUnicipaL

meGamUtantes

74 | 29HORAS | Maio 2016

Estreia este fim de semana nos cinemas o aguardado blockbuster “X-Men: Apocalipse”, dirigido por Bryan Singer. Esse novo episódio da saga centra sua ação no ancestral dos mutantes, En Sabah Nur, que retorna com planos de mergulhar o mundo em um apocalipse para garantir a supremacia de sua linhagem. A produção é uma sequência de “X-Men: Dias de um Futuro Esquecido” e tem um elenco estelar encabeçado por Michael Fassbender (Magneto), Jennifer Lawrence (Mística) e James MacAvoy (Professor X).

fotos divulgação

23h às 29h

23h às 29h

O restaurante Più (em italiano significa “mais”) está com novidades no cardápio. Como entrada, o chef Marcelo Laskani sugere os pirulitos de banana com panceta ou o tartar de carne cruda com espuma de aliche e chips de mandioquinha. Na seção de principais, os destaques são os gnocchi de batata e agrião com ragu de ripa suína e picles de quiabo, a lula recheada com linguiça artesanal, cevadinha e nero di seppia ou o maccheroni de pasta fresca com polpetinhas de pato, funghi e folhas de escarola. Rua Ferreira de Araújo, 314, Pinheiros, tel. 3360-7718.


sábado 21 5h às 11h 11h às 17h

A tradicional feijoada dos sábados no Terraço Itália está de volta. Arroz, feijão, couve, farofa, banana frita, laranja e carnes – como costela, lombo, língua, paio e carne-seca - estão dispostos separadamente, para cada cliente se servir de acordo com sua preferência. Além disso, batidas de maracujá e limão à vontade! Para finalizar, um bufê de sobremesas, com pudim, bolos e tortas. Tudo ao preço de R$ 112 por pessoa. Avenida Ipiranga, 344, 41° andar, Centro, tel. 2189-2929.

17h às 23h

dona castanha A casa de sucos Dona Vitamina está servindo smoothies elaborados com leite de castanha de caju da marca cearense A Tal da Castanha. São receitas saudáveis e saborosas. Vale provar o Vermelhinha (feito com leite de castanha, frutas vermelhas, banana e chia) e o Tropicália (leite de castanha de caju com coco, manga, mel, coco fresco ralado e uma folhinha de capim-santo). Rua Mateus Grou, 152, Pinheiros, tel. 3063-0582.

O mais novo fenômeno do pop britânico, a banda The Vamps se apresenta hoje na Tom Brasil. Com menos de três anos de carreira, conseguiu lotar estádios pela Europa e vender milhões de discos pelo mundo. É formada por Bradley Simpson (vocal e guitarra), James McVey (guitarra e vocal), Connor Ball (baixo e vocal) e Tristan Evans (bateria e vocal). Ingressos de R$ 80 a R$ 380. Rua Bragança Paulista, 1.281, Chácara Santo Antônio, tel. 4003-1212.

FeiJoada nas aLtUras

Brit idoLs

23h às 29h

foto divulgação

de Virada É mais Gostoso

Acontece hoje, a partir das 18h, o maior evento cultural da capital paulista. Organizada pela Prefeitura de São Paulo, a edição 2016 da Virada Cultural vai ter durante 24 horas dezenas de atrações gratuitas em palcos montados pelas ruas do Centro e também em alguns bairros. Vai ter samba, rock, MPB (a cantora Maria Gadú é uma das curadoras do evento este ano), teatro, dança, circo, comida de rua e muito mais. Confira quem são as grandes atrações, os locais de suas apresentações e os horários no site www.viradacultural. prefeitura.sp.gov.br

75

75


maio

oLhar LÓki

mates & seLFies

A Caixa Cultural apresenta até julho a mostra individual “Transmigração” de Arnaldo Dias Baptista, reunindo desenhos, pinturas, colagens, material documental e objetos do artista, ex-líder da banda Os Mutantes e atualmente radicado em Juiz de Fora. Entrada gratuita. Praça da Sé, 111, Centro, tel. 3321-4400.

Depois de uma pesquisa que constatou que 43% dos clientes afirmam que sentem mais vontade de consumir quando recebem uma oferta pelo celular, as lojas da Rei do Mate passaram a oferecer wi-fi e um aplicativo interativo com vantagens e campanhas de fidelização, o Uau-Fi. Com essa novidade, a rede estima ampliar o fluxo de clientes e suas vendas em 10% a 20%. Avenida Paulista, 2.001, Jardim Paulista, tel. 3289-7878.

saBores do BrasiL

5h às 11h

5h às 11h

22 domingo 23 segunda sUshi de LUXo

mÚsica de primeira

Para este outono, a Le Pain Quotidien tem criações especiais, como o Club Sanduíche (pão de forma com frango grelhado, bacon, queijo emmental, maionese de alcaparras, tomate e mix de folhas) e o Ensopado de Frango da Vovó, com legumes e creme servido com mix de folhas e pão. Outras boas pedidas são as tartines – sanduíches abertos no pão orgânico. Rua Wisard 138, Vila Madalena, tel. 30316977.

17h às 23h

17h às 23h

oUtono na Le pain

aVÓs sapecas

76 | 29HORAS | Maio 2016

23h às 29h

23h às 29h

piZZa com sanGria Para acompanhar os mais de 40 sabores de pizzas da Soggiorno, a dica é pedir uma refrescante sangria. A jarra de 500 ml custa R$ 40, e a de 1 litro sai por R$ 65. A tradicional é feita com vinho tinto, e a “clericot”, ou sangria branca, é elaborada com espumante ou vinho branco. Rua Cerro Corá, 1.841, Alto da Lapa, tel. 3022-8783.

O Mozarteum traz hoje para a Sala São Paulo a Sinfônica de Bamberg, acompanhada pelo célebre pianista Rudolf Buchbinder, considerado pelos críticos “um dos mais importantes e competentes especialistas em Beethoven”, e o clarinetista Günther Forstmaier, um dos grandes virtuoses da atualidade. O concerto de hoje inclui peças de Beethoven e Mozart. Ingressos de R$ 160 a R$ 500. Praça Júlio Prestes, 16, Luz, tel. 3367-9500.

A cervejaria Avós acaba de lançar dois rótulos: a indian pale ale Avó Maria IPA – com amargor intenso, lúpulos cítricos e uma leve picância - e a Avó Maria Hoppy Lager, refrescante, leve, de amargor equilibrado e de aroma frutado. Elas estão à venda em garrafinhas de 310 ml nos melhores empórios de cervejas artesanais e custam entre R$ 17 e R$ 24,50.

fotos divulgação

No recém-inaugurado restaurante Karú, a cozinha é chefiada por André Ahn, que veio de Santos, onde fazia sucesso à frente do Guaiaó. No cardápio, pescados sustentáveis, carnes e frutos do mar de alta qualidade brilham em receitas criativas e autorais. Exemplos disso são as vieiras defumadas e marinadas em caipirinha, as ostras servidas sobre tutano de boi, o cupim ao molho de cerveja preta com purê de alho-poró e mix de cogumelos e a paleta de cordeiro com aligot de vinho e gorgonzola. No almoço, o menu executivo custa R$ 45. A propósito, Karú significa “comer” em tupi-guarani. Rua Joaquim Antunes, 48, Jardim Paulistano, tel. 2507-5932.

11h às 17h

11h às 17h

Para além de um delivery eficiente de culinária japonesa, o Sushi Chic foi concebido como um presente, uma forma de entregar experiências gastronômicas por meio de embalagens sofisticadas. Há uma linha exclusiva de boxes que combinam receitas clássicas (como hossomakis, temakis e niguiris de salmão e de atum) e inventivas (como o peixe prego com sal negro ou o polvo ao curry), todas elas assinadas por Danilo Miyabara, sushiman há 25 anos. Acesse www.sushichic.com. br, escolha uma caixa bem apetitosa e faça sua encomenda pelo site mesmo ou pelo telefone 3900-5000.


terça 24 5h às 11h

GULoseima do dia

JaVaLi do Bem

Comandada por Rafael Carneiro e Thiago Faria, a ultramodesta loja O Melhor Pão de Queijo do Mundo serve, de segunda a domingo, um pão de queijo especial, “O Melhor do Dia”, que custa sempre R$ 9,90. Terçafeira, por exemplo, é dia do Caprese (recheado com tomatinhos-cereja e mussarela de búfala). Alameda Lorena, 1.655, Jardins, tel. 3567-6204.

CINEMARK.

17h às 23h

Criado pela empresária uruguaia Laura López, o nail bar Turquesa Esmalteria oferece às suas clientes beleza e relaxamento. Tem serviços de manicure, pedicure e podologia, além de caprichados drinques, uma trilha sonora suave e um ambiente confortável – conjunto que proporciona uma experiência única. Alameda Itu, 167, Loja 14, Jardim Paulista, tel. 3853-5467.

mÉXico Lindo 23h às 29h

11h às 17h

foto divulgação

na ponta dos dedos

Na rede Burger Lab Experience, a novidade é o Sweet Javali, sanduíche feito com burger de carne de javali com 120 g, creme de queijo (mix de prato e estepe), chutney de abacaxi com um toque picante de curry, repolho roxo e molho barbecue caseiro, no pão australiano. Cada unidade custa R$ 29. O javali tem uma carne extremamente saudável, livre de hormônios e completamente natural, sem muita gordura, pouco calórica (85% menos calorias que a carne de boi), rica em proteínas e com colesterol próximo a zero. Alameda dos Arapanés, 539, Moema, tel. 5051-4696.

VIVA UMA EXPERIÊNCIA QUE VOCÊ NUNCA IMAGINOU.

O La Central é um restaurante de comida legitimamente mexicana, com deliciosos tacos de porco com torresmo, uma guacamole incrível, fideos crocantes (macarrão fininho) com frutos do mar e alho-poró e saborosos tamales de camarão – espécie de pamonha servida com molho de feijão. E, para beber, tem ótimos drinques. Avenida Ipiranga, 200, Centro, tel. 3214-5360.


maio

imaGens saGradas

JesUs É pop

O Museu de Arte Sacra comemora o Corpus Christi apresentando a exposição “Trajetória de Jesus de Nazaré”, composta por 38 trabalhos executados pelo santeiro Wandecok Cavalcanti, especializado em fazer representações de passagens bíblicas. As peças foram confeccionadas em argila e terracota. Avenida Tiradentes, 676, Luz, tel. 3326-3336.

Acontece hoje a Marcha para Jesus, que deve reunir centenas de milhares de pessoas. A caminhada tem início às 10h no Metrô Luz e o seu término será na Praça Heróis da FEB, onde serão apresentados shows de grandes artistas do mundo gospel, como Soraya Moraes, Filipe Lancaster, o grupo Katsbarnea e a banda Adoração.

11h às 17h

A marroquina Basma Alhalabi, nascida na cidade de Casablanca, cozinha em sua barraca no food park Piknik delícias com gostinho caseiro, como kaftas, tabules, tajines de frango com especiarias, cuscuz marroquino e doces típicos, como a chebbakia – que leva gergelim, amêndoas e mel. Rua Henrique Monteiro, 125, Pinheiros.

17h às 23h

maraViLhas marroQUinas

A doceria Johnny Take The Cake tem aquele espírito norte-americano, com apple pies, cheesecakes, brownies, muffins e donuts. Mas também tem pão de queijo, coxinha, torta de banana com doce de leite e bolo de aipim com cocada, entre outras gostosuras. Para beber, vários tipos de cafés, como espressos, cappuccinos e machiattos. Praça Santa Rita de Cássia, 75, Mirandópolis, tel. 2769-1791.

5h às 11h

5h às 11h

25 quarta 26 quinta mess aroUnd

11h às 17h

O recém-inaugurado restaurante Méz traz para São Paulo o mood do Meatpacking District. Com um agradável terraço e um salão com pé-direito bem alto, o local tem um bar com excelentes drinques de Adriana Pino, uma ótima carta de vinhos selecionados por Daniela Bravin e pratos bem executados pelo chef Luis Rodrigo Roma, ex-hotel Ritz em Paris. Entre os destaques do cardápio, a Fraldinha do Açougueiro e o Peixe com crosta de limão e ervas acompanhado de rosti de mandioquinha, além de quiches e omeletes acompanhados de saladinha. Rua Dr. Mario Ferraz, 561, Itaim, tel. 2538-8197.

17h às 23h

american treats

O cineasta Ugo Giorgetti estreia hoje nos cinemas o longa “Uma Noite em Sampa”. Rodado em uma única locação, precisamente ao lado do Teatro Ruth Escobar, o filme mostra um grupo de pessoas que se desloca do interior para assistir a uma peça de teatro. No elenco, nomes como Flavia Garrafa, Roney Facchini, Otávio Augusto, Cris Couto e Suzana Alves.

BotecaGem GoUrmetiZada

78 | 29HORAS | Maio 2016

para escoLtar Bons Vinhos Conhecido pela variedade de vinhos disponíveis em torneiras de autosserviço, o Bardega apresenta novos petiscos criados pela chef Camilla Gaspari. Entre eles, os bolinhos de pancetta e polenta com compota de butiá e rapadura, a brandade de bacalhau e o ceviche de salmão com avocado e espuma de iogurte. Rua Dr. Alceu de Campos Rodrigues, 218, Itaim, tel. 2691-7578.

fotos divulgação

No arejado salão do gastrobar Ô Casual, o jovem chef Gabriel Benigni prepara e serve caprichados petiscos, que podem ser acompanhados por ótimos drinques e cervejas artesanais. Comece com o Trem Bão (croquetes de queijo meia cura com molho de pimenta) e depois prove o Porco Chique (anéis de mignon suíno com crisps de cebola) ou um dos “Especiais da Grelha”, como o Dos Pampas (picanha fatiada no espeto) ou um dos hambúrgueres artesanais, como o Manchester (com creme de cheddar, crisps de alho-poró, tomate e cebola). Rua Harmonia, 321, Vila Madalena, tel. 2539-3840.

23h às 29h

23h às 29h

noites paUListanas


toUr por sp

teatro noVo

São Paulo agora tem uma linha de ônibus double deck que percorre pontos turísticos e históricos. O Circular Turismo Sightseeing SP permite que, por R$ 40, o turista embarque e desembarque quantas vezes quiser no período de 24 horas e visite a Estação da Luz, o estádio do Pacaembu, o Masp, o parque Ibirapuera, o Theatro Municipal e muito mais.

17h às 23h

Com Leopoldo Pacheco e Regiane Alves, a peça “Para Tão Longo Amor” está inaugurando o Teatro MorumbiShopping. Até quando um homem pode amar, suportar, conceder e se humilhar para não perder a mulher amada, mesmo que ela seja seu oposto e se degrade diante dos seus olhos? Em meio à turbulência, a poesia pontua essa história de amor e compaixão, que tem texto de Maria Adelaide Amaral e direção dos premiados Yara de Novaes e Carlos Gradim. Ingressos a R$ 70. Avenida Roque Petroni Jr., 1.089, Brooklin.

23h às 29h

5h às 11h

sexta 27

A Fleming’s traz a São Paulo sua steakhouse de carnes selecionadas e carta de vinhos com mais de 100 opções em taças. Dos mesmos donos da Outback e presente em várias cidades dos Estados Unidos, a casa é voltada ao segmento de fine dining, com carnes suculentas e saborosas. O investimento nessa primeira unidade, no térreo do edifício Dacon, foi de R$ 7,5 milhões. Avenida Cidade Jardim, 318, Jardim Europa, tel. 3037-7347.

11h às 17h

foto divulgação

reFeitÓrio da marGarete No Margot Bistrot, a cozinha comandada pela chef Yasmine Bahiense serve pratos como jarret de cordeiro com molho de romã e farofa de brioches . A rotisserie comercializa carnes bovinas e suínas, aves e salmão, lasanhas, arrozes e quiches. Rua Antônio de Macedo Soares, 1.683, Campo Belo, tel. 2309-9515.

carnes premiUm


maio

o meLhor de picasso

imaGens de Uma noVa era

Em cartaz no Instituto Tomie Ohtake, a mostra “Picasso: Mão Erudita, Olho Selvagem” reúne 153 obras do artista espanhol, pertencentes ao Musée National Picasso, de Paris. São pinturas, desenhos, esculturas e gravuras. A exposição é uma rara oportunidade de o público brasileiro ter um panorama abrangente da obra desse grande artista. Ingressos a R$ 12. Rua Coropés, 88, Pinheiros, tel. 2245-1900.

5h às 11h

5h às 11h

28 sábado 29 domingo Até amanhã, o Museu Lasar Segal exibe a mostra “Métal”, com obras de Germaine Krull. Produzidas nos anos 20 do século passado, são de uma época em que a fotografia só servia para casamentos e retratos formais. Nos exteriores, registravam-se, às vezes, casas ou fábricas. “Métal” iniciou uma nova era visual e abriu o caminho para um novo conceito em fotografia. Rua Berta, 111, Vila Mariana, tel. 2159-0400.

carnes no campo BeLo

espeLho somBrio

rindo com tchekhoV

17h às 23h

O espetáculo “Amores, Farsas e Picardias” leva o público a embarcar pela obra cômica do russo Anton Tchekhov, conhecido por seus dramas. Para isso, o diretor Alexandre Reinecke juntou três textos do autor em uma mesma montagem. Em cartaz no Teatro Nair Bello, tem no elenco traz Anderson Muller, Fernanda Paes Leme e Iara Jamra. Ingressos de R$ 40 a R$ 50. Rua Frei Caneca, 569 (Shopping Frei Caneca, 3º piso), Consolação, tel. 3472-2414.

tUdo peLa aUdiÊncia

capa de caVa

Estreia nos cinemas este fim de semana o filme “Jogo do Dinheiro”, dirigido por Jodie Foster. Na trama, Lee Gates (George Clooney) dá dicas de investimentos para os espectadores em um programa de TV. Durante uma transmissão é feito refém ao vivo. Kyle (Jack O’Connell), o invasor, perdeu tudo que tinha após seguir um conselho de Gates e agora quer explicações.

A Freixenet lança novas embalagens térmicas para seus cavas Cordon Negro, Carta Nevada e Cordon Rosado. A capa de neoprene garante que as garrafas se mantenham na temperatura ideal para degustação, podendo, assim, ser transportadas com praticidade. Custam de R$ 95 a R$ 109 e, para saber onde comprá-las, ligue para o SAC da Qualimpor: 0800 7024492.

80 | 29HORAS | Maio 2016

23h às 29h

23h às 29h

17h às 23h

amor à primeira Vista Em cartaz somente até amanhã no Viga Espaço Cênico, a peça “Playground” tem texto de Rajiv Joseph, finalista do prêmio Pulitzer de 2010, e conta a história de um amor vivido por Daniel (Mateus Monteiro) e Karina (Lara Hassum), que se conhecem na infância e, entre idas e vindas, chegam à maturidade. Ingressos a R$ 40. Rua Capote Valente, 1.232, Pinheiros, tel. 3801-1843.

Estreia este fim de semana nos cinemas o longa “Alice através do Espelho”, produzido por Tim Burton. Nele, a doce Alice (Mia Wasikowska) cai em um sono profundo e, quando acorda, descobre que está de volta ao País das Maravilhas. De lá, ela viaja para um universo paralelo comandado pelo terrível Senhor do Tempo (Sacha Baron Cohen). Reencontrando velhos amigos, como o Chapeleiro (Johnny Depp) e a Rainha Branca (Anne Hathaway), ela terá ainda de descobrir um jeito de deter a malvada Rainha de Copas (Helena Bonham Carter), que tenta voltar ao trono.

fotos divulgação

11h às 17h

11h às 17h

O novo Malba Cocina y Bar é uma casa de carnes do diretor de arte Alberto Neute e sua esposa, a suíça Monica Häfeli, que há 20 anos estão à frente do vizinho Florina, tradicional restaurante suíço. Na nova casa, os dois se uniram ao portenho Alejandro Fazzi, especialista no preparo de cortes como bife de chorizo, ojo de bife, bombom de alcatra e outros. Como aperitivo, as sugestões são as empanadas e a morcilla com purê de mandioca assada na brasa. De sobremesa, panquecas de dulce de leche. Rua Gabriele D’Annunzio, 1.319, Campo Belo, tel. 5041-9511.


30 segunda 31 terça 5h às 11h

à moda antiGa

deiXa o Vento me LeVar

Com suas fórmulas únicas, ingredientes de qualidade e sem aromatizantes e corantes, os ketchups e mostardas Mustachio são ideais para transformar simples sanduíches em delícias gourmet. Além dos “originais”, a marca acaba de lançar também o ketchup spicy (defumado e com pimentas jalapeño e aceto balsâmico) e a mostarda Honey Dijon, com mel silvestre, alecrim e limão. Com preços em torno dos R$ 15, estão à venda em frascos de 210 ml no site www.emporiopatanegra.com.br.

5h às 11h 11h às 17h

O chef Walner Sovi acaba de inaugurar o Love Food, um bistrô cujo cardápio é renovado diariamente. Os dois pratos do dia variam de R$ 28 a R$ 35 e incluem uma saladinha. De sobremesa, vale provar a cocada com gengibre e o inusitado brigadeiro de parmesão. Alameda dos Aicás, 440, Moema, tel. 5052-5305.

17h às 23h

O Parigi Bistrot agora tem um menu executivo, com entrada, prato principal e sobremesa por R$ 69. Os pratos são preparados pelo chef Wagner Rezende, sob a supervisão do restaurateur Rogério Fasano. Segundafeira, por exemplo, é dia de fricassée de cogumelos (como entrada), coq au vin ou cappellini ao molho de tomate com berinjelas, abobrinhas e mozzarella de búfala como prato principal e, de sobremesa, éclair de chocolate com sorvete de baunilha ou frutas da estação. Avenida Magalhães de Castro, 12.000 (Shopping Cidade Jardim), Real Parque, tel. 3198- 9440.

Para quem vai à iFly, voar não é mais um sonho. Nesse simulador de paraquedismo indoor, instrutores guiam visitantes de todas as idades por voos e manobras dentro de um túnel de vento, de maneira livre, segura, confortável e muito divertida. Preços a partir de R$ 249 (pacote Asas Básico, de 2 voos para 1 pessoa). Todos os pacotes de voo incluem treinamento, equipamentos e voo acompanhado por um instrutor certificado pela IBA - International Bodyflight Association. E, para tornar a experiência ainda mais inesquecível, uma equipe grava um vídeo da sua performance. Avenida das Nações Unidas, 6.873, Pinheiros, tel. 3031-0491.

O chef Ivanildo (ex-Cânter) é quem cuida do cardápio no bar Gola Solta, que oferece petiscos como bruschetas, coxinhas de pato e iscas de peixe ou de frango crocante. Quem busca algo mais substancioso pode pedir um robalo com risoto de alho-poró ou as costeletas de cordeiro com risoto de açafrão. Rua Loefgren, 2.304, Vila Clementino, tel. 5082-3029.

23h às 29h

11h às 17h

FormULe eXÉcUtiF

A Miolo acaba de lançar o Gamay Summertime 2016, vinho que estampa em seu rótulo uma obra exclusiva do renomado grafiteiro Speto. Leve e festivo, o Miolo Gamay é um tinto leve e versátil, que deve ser degustado frio, a uma temperatura máxima de 12°C. No site da Miolo (loja. miolo.com.br), cada garrafa está sendo vendida por R$ 40.

BistrÔ do amor

aFroUXe a GraVata e Venha!

17h às 23h

pra mandar Ver Ao preço fixo de R$ 49,99, é possível participar hoje (e até o dia 5 de junho) do rodízio de hambúrgueres da Chip’s Burger. Lá, o cliente pode comer qualquer um dos sanduíches do menu desenvolvido pelo chef australiano Greigor Caisley quantas vezes quiser – ou resistir. Rua Doutor César, 718, Santana, tel. 2099-2803.

Vinho hip hop

23h às 29h

fotos divulgação

rUiVa & amarGUinha A partir de um lote do lúpulo neozelandês Nelson Sauvin, a Cervejaria Blondine produziu uma rara Red IPA (indian pale ale). Com uma cor acobreada, ela possui um amargor marcante (61 IBU) e teor alcoólico de 6,5%. Cada garrafa de 310 ml está sendo vendida pelo preço sugerido de R$ 22.

81


por luiz toledo

ilustração gustavo bourgeaiseau

hora livre

BOEMIA DIURNA. Eu já estava conformado com o fato de que iria almoçar sozinho, quando um rio entrou na minha vida e ocupou a mesa ao lado da minha no boteco. Um rio azul e branco. Era a velha guarda da Portela. Respeitosamente, pedi ao garçom oferecer uma cerveja aos vizinhos com os cumprimentos de um salgueirense. A cerveja foi aceita e o salgueirense intimado a se sentar com eles. Quando Deus estava distribuindo simpatia, aquela turma entrou várias vezes na fila. E haja vida! Numa contagem rápida, a mesa tinha uns 800 anos. Todos beiravam os 80. Além do nome de batismo, todos tinham um sobrenome por merecimento: Cuíca, Pandeiro, 7 Cordas... Eu continuei Luiz, só que Luizzzz, naquele delicioso sotaque carioca. Quando chegou o frango à passarinho, nós já éramos amigos de infância. Então chegaram as senhoras, cantoras e primeiras-damas. E a mesa passou a ter mais de 1.000 anos. Nessa altura do campeonato, eu já falava com cer-

82 | 29HORAS | Maio 2016

ta intimidade do nosso Candeia, pretendia desafiar o Paulinho da Viola numa sinuca e prometia nunca faltar à Feijoada da Família Portelense, que acontece todo primeiro sábado de cada mês. Certa vez, assisti a uma palestra do Flávio Toledo, em que ele colocava que as escolas de samba são as melhores empresas do mundo. Empresas com mais de 5.000 “funcionários”, que não faltam, sequer se atrasam no serviço, onde, do presidente ao mais humilde e anônimo empurrador de carro alegórico, todos têm os mesmos objetivos e querem exatamente a mesma coisa: ver sua escola campeã. Acrescento que, apesar da acirrada rivalidade, as escolas se respeitam. Diferentemente do futebol, as torcidas dividem a mesma arquibancada e não marcam encontro pela internet para se matarem no metrô. Termino confessando que continuo salgueirense, mas dobrei minhas chances de ganhar o carnaval, se é que você me entende. yestoledo@gmail.com


Motores | Automação | Energia | Transmissão & Distribuição | Tintas

BELEZA E FUNCIONALIDADE NO MESMO LUGAR:

A SUA CASA

Premiada pelo maior instituto de design do mundo, o iF Design Award, a Composé é uma diversificada linha de tomadas e interruptores. São 24 opções de módulos, incluindo sensor de presença e carregador USB, além de muitos outros. Design, estilo e modularidade - isto é Composé.

Seu lar com o seu estilo

Transformando energia em soluções.

www.weg.net

revista 29HORAS - ed. 79 - maio 2016  

Revista mensal com agenda cultural de São Paulo, distribuída no Aeroporto de Congonhas. Capa: Gregorio Duvivier. Especial: Arquitetura e Des...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you