Page 1

Motores | Automação | Energia | Transmissão & Distribuição | Tintas

WEG , A MARCA DO

28

DIAS TEM FEVEREIRO. E A AGENDA 29HORAS TEM

BRASIL

A qualquer hora, em qualquer lugar.

Transformando energia em soluções.

www.weg.net

O RIO, QUANDO

AMANHECE, É LINDO

PARA COMEMORAR OS 450 ANOS DA CIDADE, UM ENSAIO DO FOTÓGRAFO CARLOS MONTEIRO

TORONTO!

CONHEÇA A MAIOR CIDADE DO CANADÁ

IÇAMI TIBA QUER EDUCAR OS PAIS

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NO EMBARQUE E DESEMBARQUE DE CONGONHAS

Presença global é essencial. Estamos constantemente expandindo nossas operações e criando novos produtos e soluções para melhor atender suas necessidades em qualquer local do planeta.

29HORAS | FEVEREIRO 2015 ED. 64 | NEY MATOGROSSO

NO MUNDO

112

PROGRAMAS PARA TODAS AS HORAS DE TODOS OS DIAS DO MÊS

NEY MATOGROSSO FALA DE SEUS VÁRIOS EUS:

APOLÍTICO, NÃO-SUBMISSO, LISÉRGICO, AMOROSO, SEXUAL “SOU UM DESREPRESSOR“


FEVEREIRO 2015

SUMÁRIO

HORA H Ed. 64

4

Publisher: Pedro Barbastefano Júnior

COLUNAS

Conselho editorial: Chantal Brissac, Claudio Elisabetsky, Clóvis Cordeiro, Didú Russo, Georges Henri Foz, Pedro Barbastefano Júnior

HORA H

Redação (contato@29horas.com.br): Chantal Brissac (editora-executiva); Brunno Carvalho (editor de arte); André Cordeiro (repórter), Gerente de produto: Ariovaldo Dias (ariovaldo@29horas.com.br) Colaboradores: Carlos Monteiro, Chiara Gadaleta, Didú Russo, Doroteia Fragata, Érico Hiller, Georges Henri Foz, Gustavo Bourgeaiseau, João Faria, Kike Martins da Costa, Letícia Liñeira, Luiz Toledo, Maria Shirts, Pedro Henrique França, Rafaella Finci

20

Equipe comercial (comercial@29horas.com.br): Angela Saito, Flávia Moraes, Giovanna Barbastefano, Rafael Bove, Raphael Favilla, Rodrigo Nhan Silveira e Thais Paschoal Rio de Janeiro – Pedro Henrique Carvalho e Priscila Nascimento Brasília – Eduardo Godoy (edugodoy@bew.net.br) Curitiba – Alexandre Martins Santa Catarina – Jean-Luc Jadoul (jljadoul@terra.com.br) Florianópolis – Sonia Meirelles (sonia@yaguar.com.br) Campo Grande – Rodrigo Perez (rodrigo.perez@waymidia.com.br) Belo Horizonte – Moacir Lopes (moacir@yesbh.com.br) Porto Alegre – Cláudia Weber (claudia@zigon.com.br) Recife – Luis Norfini (novosrumos@hotlink.com.br) Ribeirão Preto – João Queiroz (comercial@bbipublicidade.com) Cascavel, Foz do Iguaçu e Maringá – Marcelo Pajolla (pajolla@pajolla.com) Salvador – Junior (junior@salvadorneon.com.br) Campinas – Fabio Amaral Vitória – Dídimo Effgen (didimo.effgen@uol.com.br) Atibaia – Daniel Paladino (dpaladino@ld2comunicacao.com.br) Assistência comercial: Juliana Pessota e Silene Barbieri Ciciliato

22 26 58 60

ADEGA Didú Russo simplifica o costume de beber vinho

82

HORA LIVRE A importância do homem é questionada por Luiz Toledo

DESTAQUES 28

CAPA O irreverente Ney Matogrosso fala de sua vida, seus anseios, suas intimidades e seu instinto desrepressor

36

FOTOGRAFIA Carlos Monteiro homenageia os 450 anos da Cidade Maravilhosa com fotografias clicadas durante o nascer e o pôr do sol

48

ENTREVISTA O psiquiatra e escritor Içami Tiba fala sobre educação sustentável e frisa a importância da família na formação de crianças e adolescentes

52

VIAGEM O Rio de Janeiro fica mais perto de Toronto, a maior cidade do Canadá, com o novo voo que liga as duas metrópoles, sem escalas

29HORAS – Av. Nove de Julho, 5966 - cj. 12 Jd. Paulista - São Paulo - Cep: 01406-200 Tel.: 11.3086.0088 Fax: 11.3086.0676 www.29horas.com.br

A tiragem e distribuição desta edição de 65.000 exemplares é auditada pela BDO.

COMER, BEBER, VIVER Georges Henri Foz indica restaurantes para fugir do calor de São Paulo

DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NAS SALAS DE EMBARQUE E DESEMBARQUE DO AEROPORTO DE CONGONHAS

29HORAS na rede: twitter.com/revista29horas facebook.com/revista29horas

VOO PUBLICITÁRIO Hotelaria é o foco da entrevista de João Faria com Adriana Cardoso

29HORAS é uma publicação mensal da MPC11 Publicidade Ltda.

A revista 29HORAS respeita a liberdade de expressão. As matérias, reportagens e artigos são de responsabilidade exclusiva de seus signatários.

29H SP-RIO As novidades na 3ª maior ponte aérea do mundo

Impressão e acabamento: Ibep

Jornalista responsável: Chantal Brissac (MTB 15.064)

NA MODA COM CHIARA Chiara Gadaleta dá dicas para as fantasias de Carnaval

PUBLICIDADE Diretor escritórios regionais: Luiz Carlos Stein (stein@ mpc11.com.br)

MUSAS ESCAPADAS GASTRONOMIA HUMOR NEGÓCIOS EXPOSIÇÃO MOBILIDADE

63

AGENDA 29H

112 programas para todas as horas de todos os dias do mês

Capa – Ney Matogrosso, fotografado por Daryan Dornelles


HORA H MUSAS

TONS CALIENTES Terceira geração de uma dinastia de belas atrizes, Dakota é filha de Melanie Griffith, que por sua vez é filha de Tippi Hedren, descoberta em Os pássaros, de Alfred Hitchcock. Ou seja, sua beleza e seu talento estão no sangue. Seu pai, Don Johnson, é outro astro do cinema americano, conhecido por sua atuação em Miami vice, sucesso mundial nos anos 80. Aos 25 anos, Dakota ganha seu primeiro papel de destaque: foi escalada como a protagonista de Cinquenta tons de cinza, adaptação baseada na obra homônima da britânica Erika Leonard James – mais conhecida como E. L. James –, que mostra a relação sadomasoquista de um empresário, Christian Grey (Jamie Dornan), com uma jovem estudante de literatura, Anastasia Steele. O livro faz parte de uma trilogia que já foi traduzida em 52 línguas e vendeu mais de 90 milhões de cópias no mundo todo. O teste de elenco consistia na leitura de um monólogo de quatro páginas, intenso e sexualmente explícito, escrito pelo cineasta sueco Ingmar Bergman para o filme Persona (Quando duas mulheres pecam), de 1966. Em entrevista à publicação americana Vogue, Dakota conta que a experiência não foi fácil. “Eu nunca vi algo parecido. Confunde nosso cérebro. As partes do filme que são difíceis de assistir foram ainda mais difíceis de filmar”, ela diz. Com direção de Sam Taylor-Johnson (de O garoto de Liverpool) e roteiro de Kelly Marcel (Terra nova), o longa, que chega ao Brasil pela distribuidora Universal Pictures, começou a ser filmado em novembro, no Canadá. É um belo desafio para a jovem Dakota, que estreou no cinema em 1999, em Crazy in Alabama – ao lado de sua meia-irmã, Stella Banderas, filha de Melanie e Antonio Banderas –, e teve seu primeiro sucesso de bilheteria no filme A rede social, em 2010, quando contracenou com Justin Timberlake.

4 | 29HORAS | Fevereiro 2015

DIVULGAÇÃO

A ATRIZ AMERICANA DAKOTA JOHNSON É A PROTAGONISTA DA ADAPTAÇÃO DO BEST-SELLER CINQUENTA TONS DE CINZA, AGUARDADA ESTREIA DESTE MÊS NOS CINEMAS


Dakota, em cena do filme: sequĂŞncias picantes em seu primeiro personagem de destaque no cinema

5


HORA H

ESCAPADAS

Com uma paisagem bucólica em Campos do Jordão, o Surya Pan oferece atividades ao ar livre, como o slackline

CARNAVAL SEM FOLIA

SAIBA ONDE APROVEITAR O REINADO DE MOMO PARA DESCONECTAR, FAZER UM RETIRO ESPIRITUAL, PRATICAR YOGA E FICAR ZEN

6 | 29HORAS | Fevereiro 2015

Prática de yoga no Krishna Shakti: vista para as montanhas

O cenário do Krishna, em Campos do Jordão, é ótimo para relaxar

suítes com uma programação que inclui práticas de yoga e meditação, aulas de culinária ayurvédica e oficinas de beleza e relaxamento. O pacote para casal de sexta a quarta custa R$ 3.338, incluindo quatro refeições por dia, seguindo uma saudável dieta ovo-lacto-vegetariana. Krishna Shakti Ashram – tel. (12) 3663-3168 | www.ashram.com.br Surya Pan – tel. (12) 3663-3639 | www.suryapan.com.br Paraíso dos Pândavas – tel. (61) 9108-2009 | www.pandavas.org.br Ecohar Yoga Ashram – tel. (82) 3296-1530 |www.ecoharyogaashram.com.br

FOTOS DIVULGAÇÃO

Os voos para Salvador, Recife e Rio estão lotados. Tudo bem, embarque em outra viagem. Aproveite a folga do Carnaval para meditar, ter aulas de yoga ou fazer um detox completo, de corpo e alma, num lugar bem tranquilo. Conheça três destinos onde seus ouvidos não correm o risco de ser massacrados por estridentes axés, sambas-enredo e frevos. A viagem que exige menos esforço é uma ida a Campos do Jordão. Ali, dois locais prometem sossego e paz durante o reinado de Momo. O primeiro é o Krishna Shakti Ashram, um paraíso no meio da Mantiqueira, com ar puro, cinco fontes de água mineral, alimentação balanceada, práticas de yoga e chalés para hospedar um máximo de 25 visitantes. Mas revigorar o corpo, as emoções e a mente tem um preço: o pacote para os cinco dias de Carnaval sai por R$ 3 mil por pessoa (ou R$ 5 mil por casal), incluindo todas as refeições. Ali perto fica o Surya Pan, um Wellness Hotel onde o bem-estar é a palavra de ordem. Cercado pela natureza, oferece acomodações espaçosas, uma piscina ao ar livre, uma vista excepcional para a Pedra do Baú e um spa com massagens e tratamentos relaxantes. Para quem não consegue se desligar totalmente do resto do mundo, essa é a opção ideal – as acomodações são equipadas com TV e as áreas próximas da recepção têm wi-fi. Crianças são bem-vindas. O pacote de sexta a terça custa a partir de R$ 2.392 por casal, incluindo o café da manhã. No interior de Goiás, na Chapada dos Veadeiros, o Paraíso dos Pândavas é uma fazenda-retiro com yoga (estilo Hatha), meditação mântrica, passeios pelo cerrado, banhos de cachoeira e deliciosa comida vegetariana. O pacote com seis dias (de sexta a quarta) custa de R$ 1.938 a R$ 2.316 por pessoa, dependendo do tipo de acomodação. Por fim, em Alagoas, de frente para a praia de Maragogi, o Ecohar Yoga Ashram disponibiliza suas cinco


HORA H GASTRONOMIA

BOTEQUIM CHARMOSO

A CHEF ANA LUIZA TRAJANO LEVA AO BRASIL A GOSTO A ATMOSFERA DE BOTECO COM ÓTIMAS COMIDINHAS, BEBIDAS E SOBREMESAS CASEIRAS Nem o samba ao vivo irá faltar. Nos quatro domingos de fevereiro, a partir das 19h, o restaurante Brasil a Gosto irá se transformar em um autêntico botequim, com petiscos como a carne de onça, o caldinho de feijão tropeiro, o mix de pastéis brasileiros, o queijo coalho servido com geleia de abacaxi e gengibre e o famoso sanduíche de pernil. Entre as porções nas mesas decoradas com louças e detalhes que traduzem o clima de deliciosa botecagem há gostosuras como a linguiça na cachaça com farofa de biscoito de polvilho, filé aperitivo com Catupiry, carne seca na manteiga de garrafa e mandioca cozida e a isca de peixe com molho tártaro caseiro. Para adoçar a boca, brasileirices como brigadeiro de colher e pudim de leite. Tudo isso ao som de um bom samba e acompanhado de caipirinhas e cervejas artesanais. Amante e pesquisadora da cultura gastronômica brasileira, a chef Ana Luiza Trajano quer mostrar novas experiências de brasilidade aos seus clientes. Vale provar. Dias 1, 8, 15 e 22 de fevereiro, das 19h às 24h. Rua Professor Azevedo Amaral, 70, Jardins, tel. 3086-3565.

DA TV INGLESA PARA O ITAIM

O sanduíche de pernil é uma das versões de boteco no cardápio

O britânico Jamie Oliver finalmente vai estrear em São Paulo. Se nenhum imprevisto de última hora acontecer, a filial paulistana de seu restaurante será inaugurada logo depois do Carnaval, no número 61 da avenida Horácio Lafer, no Itaim. O restaurante reflete a paixão do chef e apresentador de TV pelo modo de vida italiano, especialmente no quesito alimentação. O cardápio da casa privilegia a simplicidade e o uso de ingredientes frescos, cuidadosamente selecionados entre pequenos fornecedores locais. Os clientes terão à sua disposição uma grande variedade de antepastos, saladas, massas, risotos, grelhados e suculentos hambúrgueres. O primeiro Jamie’s Italian foi inaugurado em 2008, na cidade de Oxford, no interior da Inglaterra. Hoje a rede conta com 44 unidades pelo mundo todo, de Estocolmo a Sydney, de Toronto a Cingapura. No Brasil, a cozinha será comandada pelo chef executivo Lisandro Lauretti. Os investidores por trás desse empreendimento são os empresários Bruno Laporta, Carlo Gadia, Diego Sala, Marcel Gholmieh e Marcelo Goldfarb.

8 | 29HORAS | Fevereiro 2015

O famoso chef Jamie Oliver inaugura restaurante no Itaim

GASTRONOMIA

FOTOS DIVULGAÇÃO

A FILIAL PAULISTANA DA REDE JAMIE’S ITALIAN DEVE ABRIR SUAS PORTAS AINDA ESTE MÊS


HORA H

HUMOR

GRANDES MUDANÇAS Calabresa, moreníssima em Superpai: uma das três estreias deste ano nos cinemas

Dani Calabresa é aquela loira do CQC, certo? Errado, completamente errado! A comediante nascida em São Bernardo do Campo não faz mais parte da equipe de apresentadores do programa da Band e nem é mais uma loira tão convicta. Por um tempo ela deve ficar fora da TV, mas seus fãs poderão vê-la em três filmes nos cinemas. Em A esperança é a última que morre, com estreia prevista para o dia 19 deste mês, ela interpreta uma repórter; em Superpai, que entra em cartaz no dia 26, ela aparece morena e no papel de uma periguete... “Foi uma delícia participar de Superpai! Adorei interpretar uma personagem que diz o quer, que fala palavrão e é a amiga dos meninos malucos do colégio. Acho engraçado ela ir ao encontro de 20 anos de formatura ainda com aquele visual dark da adolescência,

10 | 29HORAS | Fevereiro 2015

toda de preto e com um certo mau humor”, diz a atriz. Por fim, ainda sem data definida, ela surge ao lado de Gregório Duvivier no longa Desculpe o transtorno, dirigido por Tomas Portella. Quanto à TV, tudo indica que Dani deve integrar o elenco do humorístico Zorra (ex-Zorra Total), que volta totalmente reformulado em abril, quando a Globo lança sua nova programação 2015. Agora sob a direção de Maurício Farias, o programa irá ganhar um formato semelhante ao que o coletivo Porta dos Fundos faz com seus vídeos no YouTube. De contrato assinado com a emissora, Dani Calabresa está de mudança para o Rio, onde volta a morar com seu marido, o também comediante Marcelo Adnet. Kike Martins da Costa

DIVULGAÇÃO

AO MENOS TEMPORARIAMENTE, A COMEDIANTE DANI CALABRESA TROCA A TV PELO CINEMA E SUA CASA EM SÃO PAULO POR OUTRA NO RIO


franqui adi a. c om.br


HORA H GASTRONOMIA

DOÇURA SOBRE RODAS O FOOD TRUCK FAMILEE VENDE DELÍCIAS COMO TORTAS, BROWNIES E BOLINHOS DE CHUVA NAS RUAS DE SÃO PAULO E DO GUARUJÁ

O jornalista Ricardo Geromel aprendeu a lição e entrou para o time

Os irmãos Marcos e Thaís Lee: gostinho da infância

12 | 29HORAS | Fevereiro 2015

NEGÓCIOS

RECEITA PARA TER BILHÕES

BRASILEIRO QUE TRABALHOU NA FORBES E HOJE É SÓCIO DE RONALDO FENÔMENO CONTA EM LIVRO A FÓRMULA DOS BILIONÁRIOS PARA ENRIQUECER

Em 1989, os Titãs cantavam e todo mundo repetia, em coro, que “Miséria é miséria em qualquer canto / riquezas são diferenças”. Mas nem todo mundo pensa assim. Para Ricardo Geromel, que durante três anos trabalhou na divisão de bilionários da revista Forbes nos Estados Unidos, os muito ricos também têm várias características em comum, além dos nove zeros antes da vírgula em seu patrimônio. No livro Bi.lio.nár.ios, recém-lançado pela editora LeYa, Geromel observa, após traçar um perfil de 1.645 bilionários dos quatro cantos do planeta: “Independentemente de suas personalidades, a maioria dos bilionários segue à risca oito comportamentos padrão. Meu objetivo ao escrever a obra foi dissecar esse conjunto de regras e compartilhar histórias interessantes e curiosas sobre o mundo dos bilionários”. Entre as curiosidades, o autor conta que 66% dos 1.645 bilionários são empreendedores, 21% aumentaram a fortuna herdada e 13% são o que ele chama de “espermas sortudos” – filhos e parentes de grandes magnatas, mas sem vocação para fazer o bolo crescer. Apenas 7, ou 0,6% do total, assumiram ser gays, e apenas 172 são mulheres. De acordo com os números da Forbes compilados por Geromel, a fortuna dos 1.645 bilionários soma US$ 6,4 trilhões – quase três vezes o PIB do Brasil. Depois de tanto estudar o modus operandi dos bilionários, Geromel parece ter aprendido como se tornar um: ele acaba de ser nomeado sócio-gestor do time de futebol profissional Fort Lauderdale Strikers, da Flórida, onde já jogaram lendas como Gordon Banks, Gerd Müller, George Best e Elias Figueroa. Seu sócio no clube é Ronaldo Fenômeno. O futebol não é um negócio tão grande quanto o basquete e o beisebol nos EUA, mas é o esporte que mais cresce. “Não há atalhos para o sucesso. Bilionários entendem que o prazer está em construir, não em ter”, explica o autor. K.M.C.

FOTOS DIVULGAÇÃO

Criado pelos irmãos Thaís Lee e Marcos Lee, o food truck FamiLee faz a alegria de quem gosta de comfort desserts, aquelas receitas doces que aguçam nossa memória gustativa e remetem à nossa infância – tudo feito com um jeitinho caseiro e artesanal, sem neuras quanto a calorias. O cardápio traz nove opções de doces desenvolvidos a partir de receitas que já fazem parte da história do clã Lee há gerações. Tem rusticake (bolo de cenoura com cobertura de cheesecake), brownie de Nutella, torta Delícia Dark (feita com biscoitos Oreo), cookies, torta Musa (feita com bananas carameladas), passion cake (bolo de maracujá), cinnamon pancakes (com calda de baunilha e canela) e yummy pancakes (com calda de chocolate). Tem ainda bolinhos de chuva para serem mergulhados em dips de chocolate branco, doce de leite ou morango com manjericão. Para beber, o FamiLee oferece café expresso, cappuccino, chá gelado e limonada. Para saber onde encontrá-lo na capital, confira a agenda semanal dessa simpática doceria sobre rodas no perfil dela no Instagram (@familee.original). No domingo, dia 1º de fevereiro, o truck desce a serra e visita a praia da Enseada, no Guarujá. Durante o Carnaval, pode fazer outras visitas ao litoral.


FOCCUS TRAVEL (11) 3253 1510

DREAMLINES 0800 740 7407

AGAXTUR (11) 3067 0900

Condições: Ref. saída de 07/05/15 Em cabine dupla com varanda. Tarifas sujeitas a alterações e disponibilidade. Não incluso: tarifa aérea, taxas aeroportuárias e taxas de serviço. Consulte outras saídas e opções de pagamento.

MAJESTUR (11) 3024-5050

WWW.NCL.COM.BR


HORA H

NEGÓCIOS

O antigo espaço do Parque da Mônica, no Shopping Eldorado, deu lugar ao KidZania: R$ 50 milhões de investimento

BRINCANDO DE TRABALHAR Chegou recentemente ao Brasil a rede mexicana de parques de diversões KidZania. Inaugurado no final de 2014 no segundo subsolo do Shopping Eldorado – no lugar antes ocupado pelo Parque da Mônica –, o espaço traz o conceito de “edutenimento”, a união dos termos educação e entretenimento. Em uma área de 8.500 m² e capacidade para 800 mil pessoas, o KidZania propõe que crianças de 4 a 14 anos se divirtam enquanto praticam atividades reais em profissões como bombeiro, bancário, fotógrafo, publicitário, médico, piloto etc. Cada atração é uma réplica detalhada para crianças de um estabelecimento real, e juntas elas formam uma cidade completa, com direito a casas, prédios, pedestres, ruas e sinais. Ao entrar na cidade fictícia, a criança recebe 50 KidZos, moeda especial do parque. Com elas, é possível ter acesso a diferentes serviços, como uma sessão no cabeleireiro ou uma simulação de resgate de vítimas de um incêndio. Todas as atividades são pensadas e desenvolvidas por pedagogos e assistidas por monitores do local. Enquanto isso, os pais podem ficar despreocupados pelo shopping, acompanhando a localização dos pequenos pela pulseira rastreadora que cada um recebe ao fazer check-in no parque.

14 | 29HORAS | Fevereiro 2015

Criado no México em 1999, o primeiro KidZania teve cerca de 55% dos investimentos iniciais cobertos por patrocinadores. De lá para cá, mais de 15 parques foram abertos em diversos lugares do mundo, como Tóquio, Dubai, Lisboa, Santiago e Istambul, e mais seis estão previstos para inaugurar em 2015. O modelo de negócios do KidZania é tão inovador e sua expansão global foi tão rápida, que a empresa acabou sendo indicada por Dominique Turpin, presidente da escola suíça de negócios IMD, como uma das marcas de países emergentes com mais potencial de se tornar global. Na opinião de Turpin, ela tem tudo para se transformar em uma “nova Disney”. No caso do Brasil não foi muito diferente. O lançamento para o mercado nacional aconteceu no primeiro trimestre de 2012, em parceria com o empresário Emílio Medina, presidente da multinacional de mídia e publicidade Clear Channel. Desde então, marcas como TAM, Bradesco, Burger King, Folha de S. Paulo e Porto Seguro foram fundamentais para arcar com o investimento de R$ 50 milhões necessários para a construção do parque. Ao todo, até o momento, existem 25 colaboradores que participam da rede KidZania. Como uma plataforma de branding experience, o

FOTOS DIVULGAÇÃO

NO SHOPPING ELDORADO, O PARQUE KIDZANIA PROPÕE QUE CRIANÇAS SE DIVIRTAM VIVENCIANDO PROFISSÕES DE FORMA REALISTA, ENQUANTO OFERECE OPORTUNIDADE DE BRANDING EXPERIENCE A MARCAS LOCAIS


espaço permite que as crianças conheçam uma profissão com o auxílio de uma marca que elas reconhecem em seu dia a dia. “Um exemplo é a Nikon. Não há nada mais real que brincar de ser fotógrafo com uma câmera de verdade, numa época em que a maioria das crianças acha que o smartphone é a câmera fotográfica”, comenta Lucio Medina Mattos, gerente de comunicação do KidZania Brasil. Em uma das atividades oferecidas, a garotada aprende a pilotar um avião em uma estrutura que simula uma cabine real de um avião da TAM. Recém-inaugurado, o parque tem aproximadamente 20 espaços que ainda podem ser negociados com novos parceiros, como supermercado, clínica odontológica, veterinária etc. “Buscamos marcas que possam nos ajudar a dar mais realismo para as atividades”, explica Lucio. A boa notícia é que, além da filial em São Paulo, existem planos para abrir mais duas unidades no Brasil. Quem quiser conhecer o KidZania pode visitar o espaço a qualquer dia, das 9h às 14h ou das 15h às 20h. Com valores de ingressos que variam de R$ 50 a R$ 120, usuários dos cartões Black e Vermelho da TAM, clientes Bradesco e Porto Seguro têm desconto no valor da entrada. Rafaella Finci

A culinária está entre as profissões de escolha no Kidzania

No parque, as crianças podem simular a rotina dos bombeiros

15


HORA H

EXPOSIÇÃO

A ARTE NO PRATO

NA MOSTRA ALIMENTÁRIO - ARTE E CONSTRUÇÃO DO PATRIMÔNIO ALIMENTAR BRASILEIRO, RECÉMINAUGURADA NA OCA, NO PARQUE IBIRAPUERA, A COMIDA É OBRA HISTÓRICA, CRIATIVA E INSTIGANTE

16 | 29HORAS | Fevereiro 2015

Sorvete de jabuticaba com wasabi, de Alex Atala

Cabeças de açúcar, de Caetano Dias

que marca a cozinha mineira do início do século 18. O aproveitamento de alimentos também é marca de um prato do chef Rodrigo Oliveira, do Mocotó, que remete aos farnéis, símbolo alimentar dos Bandeirantes. E o café aparece nas obras de Hélio Oiticica e Hector Zamora. Alimentário ainda prevê um circuito de palestras, a ser realizado no dia 10 de março, com a participação de artistas e especialistas em gastronomia para discutir confluências do tema. OCA – Avenida Pedro Álvares Cabral, s/ n˚, Parque do Ibirapuera, portão 3, tel. 3241-1081.

FOTOS DIVULGAÇÃO

Apresentada inicialmente no MAM Rio, em 2014, a exposição chegou a São Paulo em 25 de janeiro, aniversário da cidade, e prossegue até 29 de março, com uma leitura interessante sobre o patrimônio alimentar brasileiro. O visitante pode “degustar” desde as criações de chefs de cozinha, como as de Alex Atala (D.O.M), Helena Rizzo (Maní) e Rodrigo Oliveira (Mocotó), até obras de grandes artistas como Lasar Segall, Hélio Oiticica e Vik Muniz. Segundo o curador da mostra, o italiano Jacopo Crivelli Visconti, o importante é “alimentar a cabeça”. Ele cita o historiador Câmara Cascudo, que considerou a tradição alimentar um dos elementos culturais mais autênticos do povo brasileiro. “A presença de obras de arte de várias épocas e estilos, em que a importância da comida se faz tangível de muitas maneiras, apesar de não ser sempre direta e literal (ou talvez exatamente por isso), nos ajuda a entender a profundidade da relação do povo brasileiro com a alimentação, contribuindo para a compreensão do enorme valor cultural que ela carrega”, afirma Visconti. Concebida por Felipe Ribenboim e Rodrigo Villela, a exposição inclui cerca de 150 peças, entre obras de arte, documentos históricos, textos, objetos etnográficos, fotografias, vídeos e pesquisas gastronômicas. Dividida em núcleos, a mostra permite que o visitante relacione épocas, práticas e pensamentos, acionando memória e sentidos. “As artes visuais muitas vezes se utilizam do alimento como forma de expressão, e o reverso também é válido”, diz Felipe Ribenboim. O canibalismo pode ser visto em obras como Ruína e charque (2011), de Adriana Varejão, e na série de fotografias de Walter Riedwed e Maurício Dias, Funk Staden (2008). Os ingredientes nativos são redescobertos por Alex Atala em criações como Abacaxi com formiga amazônica (2009). Objetos de etnias indígenas somamse às fotos de Sergio Coimbra sobre pratos dos chefs Helena Rizzo e Daniel Redondo e do paraense Thiago Castanho (Remanso do Bosque/Belém) – este último, destacado pelo The New York Times por sua inovação. Uma abordagem socioeconômica orienta o núcleo “Brasilidade”, mostrando como as culturas estrangeiras e os ciclos ligados aos produtos se integram à identidade brasileira. Cabeças de açúcar, de Caetano Dias, refere-se a uma das principais culturas desde o século 16. Vale conferir as esculturas de Débora Bolsoni: Pipocas (2008) e Quebra-mola (2007), esta feita de paçoca,


(1 SUÍTE) (2)

(3)

VALORIZAÇÃO

SERVIÇOS

BAIRRO NOBRE, IDEAL PARA QUEM QUER MORAR OU INVESTIR.

REGIÃO COM INFRAESTRUTURA COMPLETA, AO LADO DO SHOPPING IBIRAPUERA.

TRANQUILIDADE

DESENVOLVIMENTO

RUAS CALMAS COM ACESSO FÁCIL A DIVERSAS REGIÕES DA CIDADE.

MELHORIAS COM A OPERAÇÃO URBANA ÁGUA ESPRAIADA.

2691.0206

LPS Brasil - Consultoria de Imóveis S.A. - Rua Estados Unidos, 1971 - Jardim América - CEP 01427-002 - São Paulo - SP - Tel.: (11) 3067-0000 - CRECI/SP J-19.585. Tibério Consultoria e Comércio de Imóveis Ltda. - Avenida Brasil, 78 - Jardim Paulista - CEP 01430-000 - São Paulo - SP - Tel.: (11) 3051-9999 - CRECI 10.696-J. Incorporação registrada sob o nº 1 no 15º Cartório de Registro de Imóveis da Capital, na matrícula 231.579 em 08/12/2014. *A perspectiva contida neste material é meramente ilustrativa, podendo sofrer alterações. A vegetação e o paisagismo retratados na perspectiva são inteiramente ilustrativos e apresentam porte adulto de referência. Na entrega do empreendimento, poderão apresentar diferenças de tamanho e porte. (1) Fonte: Google Maps - considerando a distância percorrida a pé até a futura estação Congonhas do monotrilho. (2) Serviços pay-per-use que serão implementados conforme demanda, sem qualquer responsabilidade de incorporadora. (3) Cada unidade terá direito de uso de uma vaga para a guarda de veículo de passeio.


HORA H

MOBILIDADE

Os BRT de Recife surpreendem por sua eficácia no trânsito pernambucano

A CIDADE NÃO PARA, A CIDADE SÓ CRESCE

O TÍTULO ACIMA É PARTE DE UMA COMPOSIÇÃO DE CHICO SCIENCE, QUE JÁ PREVIA O CAOS URBANO. MAS EM RECIFE, APESAR DO TRÂNSITO CONFUSO, O TRANSPORTE PÚBLICO É UMA BOA SURPRESA POR MARIA SHIRTS

18 | 29HORAS | Fevereiro 2015

reservar duas faixas para ônibus nas vias mais largas, para que os condutores consigam se ultrapassar durante o caminho – sem interferência de carros, por supuesto. Em Recife, pelo o que entendi, o sistema não seguirá, à risca, o original curitibano. Mas proverá estações fechadas, com ar condicionado e integrações gratuitas, além de faixas expressas para os ônibus. Para além do BRT, percebi que as frotas na capital – e em Olinda – funcionam, há transporte para a cidade toda e, cabe dizer, para outros municípios também. Viajei o litoral do estado todo de ônibus e, quando ali a oferta é pouca, há o transporte complementar – alguns oficiais, outros extra, que me lembraram as lotações ainda proibidas na gestão Marta Suplicy. Em suma, o trânsito recifense é caótico. Mas a oferta de ônibus, suas várias integrações gratuitas e a logística das frotas não deixam a desejar. Agora que a passagem do ônibus aumentou, em São Paulo, talvez possamos empregar parte dessa inteligência na nossa cidade. O BRT, para mim, estaria de bom tamanho. Maria Shirts é jornalista e pedestrianista. Colabora para o www.notaderodape.com.br, www.esparrela.com e www.posfacio.com.br

DIVULGAÇÃO

Quando comentei com amigos e familiares que viria ‘desbravar’ Pernambuco, ouvi, mais de uma vez, duas sugestões recorrentes: “coma uma tapioca no Alto da Sé, em Olinda” e “evite o trânsito em Recife – bem como o mar”. Aqui, e agora, vi que subestimei ambas as proposições. A primeira por achar que não era possível fazer uma tapioca ficar melhor do que ela já é, por essência, e a segunda por ser paulistana e, afinal, estar acostumada com congestionamentos. Assim, posso confessar que me senti bem ingênua quando experimentei a tapioca do Carlinhos, ali na área mais turística de Olinda, e enfrentei, pela primeira vez, o trânsito – ou engarrafamento, como aqui se fala – de Recife. Gastei algumas boas horas no tráfego. Mas de uma coisa não posso reclamar: do transporte público da capital pernambucana. Apesar de (provavelmente) não ter pego ônibus em horas críticas de congestionamento – se é que há momentos melhores para andar nas ruas de Recife –, achei o sistema rápido, bem pensado e eficiente. Logo que cheguei, notei que o poder público está construindo estações de BRT na cidade. Pra quem não sabe, BRT é sigla para Bus Rapid Train, política de mobilidade que surgiu em Curitiba e consiste em


NA MODA COM CHIARA

POR CHIARA GADALETA

Colares do brechó Capricho à Toa, máscara feita com sobras de tecidos e miçangas, e um ícone como Carmen Miranda: inspirações para compor sua fantasia de Carnaval

FOLIA CRIATIVA E CONSCIENTE O CARNAVAL É UMA DAS FESTAS POPULARES MAIS ESPERADAS PELOS BRASILEIROS. NESSES DIAS, TUDO É PERMITIDO, CONTANTO QUE SEJA DIVERTIDO, BRILHANTE E COLORIDO

20 | 29HORAS | Fevereiro 2015

dereços perfeitos. Garimpe acessórios, peças complementares ou adereços de cabeça. Flores, colares e muitas pulseiras coloridas podem ser combinados com um vestido estampado no melhor estilo tropical chic. Correntes douradas levantam aquela camiseta listrada estilo navy e maxi brincos são perfeitos se usados com turbantes. Além de deixar sua fantasia ainda mais especial, você pode reusar essas peças no seu dia a dia. E para quem adora por a mão na massa, criar máscaras de baile para os amigos utilizando sobras de tecido e aviamentos é uma ótima alternativa. São práticas simples e criativas para mostrar que mesmo em clima de festa e descontração não há espaço para desperdícios e que ser consciente pode ser muito divertido. Beijos. Brechó Capricho à Toa – Rua Heitor Penteado, 1.096, casa 8, Perdizes. www.brechocaprichoatoa.com.br www.ecoera.com.br

FOTOS DIVULGAÇÃO

A festa começa na escolha da fantasia. Para os que não pretendem gastar tempo e dinheiro desnecessários na compra de peças que serão usadas uma única vez e, além disso, descartadas imediatamente, seguem algumas dicas. Divirta-se pensando e escolhendo o tema, busque referências ou ícones do seu universo pessoal. Personagens do nosso imaginário são bem-vindos. Uma diva do cinema? Uma cantora ou dançarina? Uma época? Um filme? Vale tudo na hora de se inspirar. Se estiver sem ideias, livros e revistas de moda antigas podem ajudar a estimular a criatividade. Decidido o personagem homenageado, uma boa olhada no nosso armário é o próximo passo. Peças básicas como uma camiseta listrada são o pontapé inicial para uma fantasia de marinheiro e estampas de bicho sempre colaboram para um look selvagem. Já as peças metalizadas são ideais para uma fantasia com ares de anos 70, lenços e cangas podem compor uma produção cigana e um belo turbante faz toda a diferença se você estiver pensando em uma fantasia no estilo Carmem Miranda. Caso precise de um toque pessoal, os brechós são en-


ÚLTIMAS APRESENTAÇÕES!

UMA PRODUÇÃO


29H SP-RIO

A 3ª MAIOR PONTE AÉREA DO MUNDO

TEATRO

Inspirado numa obra de Ruy Castro, Bilac vê estrelas tem texto escrito por Heloisa Seixas e Julia Romeu e é dirigido por João Fonseca

DIVERTIDA ODE AO RIO

Além de ambientado no Rio, o musical, que tem direção de João Fonseca e roteiro de Heloisa Seixas e Julia Romeu, traz composições de um carioca da gema, Nei Lopes, que compôs xotes, valsas, lundus, quadrilhas francesas, maxixes, fados, modinhas e até ária de ópera para a história, atendendo a um convite do próprio Ruy Castro. A história se passa no início do século XX, em plena Belle Époque carioca, e narra as aventuras de personagens como o poeta Olavo Bilac por cenários clássicos da cidade, como a bela Confeitaria Colombo. A trama cômica mistura ficção e realidade e conta com um elenco de peso. Vale conferir! Bilac vê estrelas – Sesc Ginástico. De sexta a domingo às 19h. Rua Graça Aranha, 187, Centro, tel. (21) 2279-4027.

22 | 29HORAS | Fevereiro 2015

O elenco na tradicional Confeitaria Colombo, ícone dessa época

FOTOS DIVULGAÇÃO

UM AUTÊNTICO MUSICAL CARIOCA BASEADO EM ROMANCE DE RUY CASTRO, BILAC VÊ ESTRELAS FICA ATÉ O DIA 22 DE FEVEREIRO NO SESC GINÁSTICO


BAR

ACONCHEGO NA ZONA SUL

NOVA CASA NO CORAÇÃO DO LEBLON “IMPORTA” DO CENTRO CLÁSSICOS DA BOTECAGEM A cozinheira Kátia Barbosa, do Aconchego Carioca, acaba de fincar um pé na zona sul: é ela quem comanda os trabalhos na Comedoria, um bar de comida brasileira com petiscos como os que fizeram sua fama na região central. Tem bolinho de feijoada e de moqueca, pastéis de camarõezinhos, aipim frito e delícias como o nhoque de feijão verde, a rabada prensada com agrião e a carne de sol com purê de queijo. Para a turma da madrugada, há caldinhos de feijão branco, de mocotó, de feijão preto e de cabeça de galo — caldo de legumes com ovo pochê. Na seção de bebidas, os destaques são a boa seleção de cervejas especiais e as caipirinhas de jabuticaba, seriguela, cajá, pitanga. Para arrematar, ainda tem clássicos como a cocada de forno, o pudim de pão e o bolo gelado de coco. Comedoria – Rua Rainha Guilhermina, 48, Leblon, tel. 21 2294-2913.

Pasteizinhos de camarão da Comedoria, inaugurada no Leblon

FEVEREIRO É MÊS DE CARNAVAL E... TÊNIS! RAFAEL NADAL CHEGA COMO DESTAQUE, MAS

FOTOS DIVULGAÇÃO

PARA O RIO OPEN, E NÃO PARA DESFILAR EM CARRO ALEGÓRICO NO SAMBÓDROMO

A segunda edição do Rio Open acontece entre os dias 16 e 22 deste mês em quadras de saibro no Jockey Club Brasileiro. É o primeiro torneio ATP World Tour 500 da história do país, e realiza-se na Cidade Maravilhosa exatamente na semana do Carnaval. Entre os atletas confirmados para a disputa do título estão os espanhóis Rafael Nadal (atualmente o número 3 do ranking mundial) e David Ferrer, o italiano Fabio Fognini, o eslovaco Martin Klizan, o argentino Leonardo Mayer e o brasileiro Thomaz Bellucci. A categoria ATP World Tour 500 é composta por 11 eventos e o Rio Open faz parte deste seleto grupo. Os ingressos custam de R$ 25 a R$ 460 e estão à venda pelo site www.tudus.com.br. Rio Open – Avenida Mario Ribeiro, 410, Lagoa, tel. (21) 3534-9000.

O espanhol Rafael Nadal é uma das estrelas do Rio Open

23


29H SP-RIO

A 3ª MAIOR PONTE AÉREA DO MUNDO

GASTRONOMIA

A JOIA DO JARDIM BOTÂNICO

NÃO ESTAMOS FALANDO DE BROMÉLIAS OU ORQUÍDEAS. A PRECIOSIDADE QUE DESCOBRIMOS POR LÁ É O RESTAURANTE LORENZO BISTRÔ

Pato ao molho de laranja com purê de batata, do Lorenzo Bistrô

o Sanduba do Janjão, com rosbife, mostarda de Dijon, tomate assado e rúcula no pão de miga. Na hora da sobremesa, não saia sem provar a torta cheesecake speculatus, com massa perfumada com especiarias e cobertura de compota de morangos, ou a panquequinha de doce de leite com sorvete de baunilha. Lorenzo Bistrô – Rua Visconde de Carandaí, 2, Jardim Botânico, tel. (21) 2294-7830.

BEM-ESTAR

CASA DOS ARTISTAS

ATORES GLOBAIS INAUGURAM RESTAURANTE NO ITANHANGÁ SÓ COM COMIDINHAS SAUDÁVEIS A sociedade entre a chef Andrea Henrique, a empresária Anísia Beber e os atores Giovanna Antonelli e Reynaldo Gianecchini rendeu mais do que frutos. Dessa união, nasceu o Pomar Orgânico, um espaço onde as palavras de ordem são saúde e sustentabilidade. Com base na culinária vegana e na chamada raw food, o cardápio só oferece opções sem glúten, corantes e conservantes, elaboradas com ingredientes orgânicos e queijos com baixas quantidades de lactose. Tem desde ceviche de cogumelos Paris com chips de batata doce a nhoques de batata baroa com queijo feta e amêndoas, além de guacamole com tortilhas de milho desidratado, tapiocas, pães, bolos, sucos feitos na hora (como os de maçã verde com salsão e o de melão, maracujá e capim limão) e até cachaças e vinhos biodinâmicos. Pomar Orgânico – Estrada da Barra da Tijuca, 1.636, Bloco C, loja A, Itanhangá, tel. (21) 2494-6745.

24 | 29HORAS | Fevereiro 2015

Ambiente do Pomar Orgânico, novo espaço comandado por globais

FOTOS DIVULGAÇÃO

Instalado numa simpática esquina do Jardim Botânico, o Lorenzo Bistrô é um dos mais charmosos restaurantes da região. Com receitas clássicas das culinárias francesa e italiana, seu cardápio foi desenvolvido pela chef Alessandra Belliny em parceria com o proprietário da casa, Janjão Garcia (sócio do saudoso Garcia & Rodrigues). No salão adornado com garrafas de grandes vinhos com memórias anotadas em seus rótulos, são servidas delícias como o namorado com frutos do mar ao beurre citronée, o risoto de camarão com crispy de alho poró, a terrine de foie gras com chutney de damasco e tâmaras, que vem com torradinhas de brioche, o delicado tartare de tomates e o pato ao molho de laranja com purê de batata e ervas finas. Há também opções menos elaboradas, mas incrivelmente saborosas, como


BELEZA

No Club Men Salon, além dos cuidados de beleza, os homens podem beber e jogar videogame

A MECA DOS MARMANJOS

SALÃO NA BARRA LITERALMENTE FAZ A CABEÇA DOS HOMENS, COM TRATAMENTOS ESTÉTICOS E HOBBIES

O Club Men Salon, no Shopping Barra Garden, reúne tudo o que há de mais moderno no universo da beleza masculina. Entre outros serviços, oferece manicure, pedicure, limpeza de pele, depilação, massagem corporal, alisamento capilar, camouflage para os fios brancos e design de sobrancelhas. O cliente tem ainda à sua disposição outros mimos, como uma carta de bebidas com uísques, cervejas especiais

e vinhos (com direito a sommelier para indicar bons rótulos) e jogos eletrônicos com controles sem fio – até do lavatório é possível jogar! O proprietário do Club Men Salon é Rodrigo Guimarães, barbeiro e hairstylist especializado em cortes masculinos. Club Men Salon – Avenida das Américas, 3.255, loja 205, Barra, tel. (21) Rua Graça Aranha, 187, 3586-5174.

GASTRONOMIA

ALMOÇOS DO KABULETÊ

FOTOS DIVULGAÇÃO

COM APETITOSOS HAMBÚRGUERES E BOAS SALADAS NO MENU, O MIRONGA FAZ SUCESSO NO CENTRO CARIOCA Inaugurado recentemente por Luiz Varejão, próximo ao Museu de Arte do Rio (MAR), o Mironga é uma boa surpresa, com seus sandubas incrementados, deliciosos e criativos. Um exemplo são os hambúrgueres de picanha ou de frango orgânico em pães artesanais, que podem ter up-grade de queijo Minas meia-cura, pupunha sautée, cebolas roxas caramelizadas, alface, tomate e o curioso ketchup de banana, cuja receita é segredo do chef Júlio Costa. Outro hit da casa são as fresquíssimas e coloridas saladas. Instalado em um prédio de dois andares tombado pelo Patrimônio Histórico, o Mironga tem uma parede tomada pela Panacea phantastica, criação assinada pela artista plástica Adriana Varejão, irmã do proprietário do restaurante. A obra é composta por um conjunto de azulejos que retratam 50 tipos de plantas alucinógenas de diversas partes do mundo. Mironga – Avenida Rio Branco, 19, Centro, tel. (21) 2518-7727.

Um dos hambúrgueres do Mironga, casa recém-aberta no Centro

25


VOO PUBLICITÁRIO ESTRATÉGIA PARA HOSPEDAR 2015 terá o dobro de feriados prolongados em relação ao ano passado. O marketing da indústria hoteleira ganha força em suas estratégias de comunicação para seduzir turistas e aumentar a taxa de ocupação. Adriana Cardoso, diretora de marketing da rede Bourbon Hotéis & Resorts, conversa com a coluna. Quais os desafios no marketing da hotelaria? Cada vez mais conectado, o viajante-internauta busca informações alternativas para achar novidades e ofertas, indo além do que é sugerido pelos canais tradicionais. Acompanhar esse movimento é essencial, pois o novo cenário propicia a participação em condições de igualdade de diversos players. E reserva ao marketing um espaço importante entre os protagonistas na disputa pela atenção do consumidor. Quais estratégias a rede adota? Além do lançamento do Clube Bourbon e a Turma da Mônica, reformulamos toda nossa estratégia digital, incluindo um novo site, com navegação simplificada, intuitiva, somada a sistemas de reservas e pagamento online, recursos atraentes para os hóspedes. Uma tendência importante no setor hoteleiro e que fazemos é um monitoramento diário de comentários online, visando respostas ágeis e assertivas com foco na resolução de problemas. Como o setor está se preparando para os feriados? A alta do dólar também deve impulsionar a ocupação na hotelaria do país. Nós temos a parceria com a Mauricio de Sousa AO VIVO, que contribui para manter nossos resorts – um dos nossos principais produtos no quesito lazer – entre os preferidos do público infantil. O Bourbon Atibaia (SP) e o Bourbon Cataratas (PR) mantêm espaços Turma da Mônica, exclusivos

e interativos, e frequentemente levamos os personagens nessas unidades. O Cataratas lançou o Bourbon Fun Place, que é um espaço para atividades indoor voltada para o público teen. Qual é o posicionamento da rede? Temos uma estratégia multimarcas, consolidada por mais de 50 anos de experiência em hotelaria: Bourbon, com as categorias Grand, Convention & Spa Resort, Convention, Business, Residence. Há também a categoria Express, mais econômica, e a Be – Bourbon Exclusive, que designa hotéis que oferecem uma experiência única em hospedagem. Já a marca Rio Hotel by Bourbon, lançada em 2013, terá sete novas unidades inauguradas no Brasil e outros destinos da América do Sul até 2016. E os principais resultados? Os projetos digitais surtiram grande efeito até o momento. O primeiro mês do novo site no ar aumentou em seis vezes as receitas em reservas online em relação ao ano passado. O monitoramento de comentários online dos hóspedes trouxe elementos importantes para a equipe, nos fortalecendo ao reafirmar todos aqueles pontos fortes que temos e que nos diferenciam da concorrência.

Adriana Cardoso, do Bourbon Hotéis & Resorts

*Especialista no mercado publicitário, João Faria é colunista da rádio BandNews FM e sócio-diretor da Agência Cidadã

26 | 29HORAS | Fevereiro 2015

POR JOÃO FARIA


CAPA

28 | 29HORAS | Fevereiro 2015


NEY

MATOGROSSO “EU, UM DESREPRESSOR” AOS 30 ANOS, NEY MATOGROSSO PINTOU O ROSTO, MOSTROU SEU SANGUE LATINO E LIBEROU GERAL. EM CIMA DO PALCO OU NOS BASTIDORES COMO DIRETOR E ILUMINADOR, REVELOU VÁRIOS TALENTOS, INCLUSIVE DE ATOR QUE VOLTA A EXERCER ESTE MÊS NO CINEMA. RESERVADO E TRANSGRESSOR, HÁ QUATRO DÉCADAS NEY MANTÉM SEU EU QUE ELE MESMO DIZ SER INDEFINÍVEL: “EXIJO MEU DIREITO DE SER DIFERENTE” POR PEDRO HENRIQUE FRANÇA FOTOS DARYAN DORNELLES

29


CAPA

NEY MATOGROSSO SE ENCONTRA NUMA SITUAÇÃO INÉDITA: SEM TRABALHO. Aos 73 anos de vida e 42 de carreira, emendando sempre um projeto no outro, este exímio operário da música brasileira está focado apenas nos shows do recente CD e DVD Atento aos sinais, no qual mapeia canções de jovens talentos como Vitor Pirralho e Criolo. “Estou achando estranho, mas estou incrivelmente sereno. É a primeira vez que estou chegando ao fim de um trabalho sem ter outro no gatilho. Não estou preocupado, sei que inevitavelmente chegará”. Ney Matogrosso recebeu a 29HORAS em sua cobertura no Leblon, no Rio, a cidade onde aprendeu cedo a viver com pouca roupa. Foi de peito nu e cabeludo que Ney, filho de militar, surgiu em 1973. No grupo Secos & Molhados, com João Ricardo e Gerson Conrad, ele revelou o rebolado e uma das maiores vozes do país. Por discordar dos rumos, se desligou rápido, um ano depois, e se consolidou em estrada solo em 1975 com o espetáculo O homem de Neanderthal. Uma amostra dessa vida e obra foi contada em Olho nu, documentário de Joel Pizzini lançado em 2014. O cinema bate à porta novamente neste mês. Em meio ao ócio criativo, Ney volta ao set sob direção de Helena Ignez, com quem já trabalhou em Luz nas trevas, quando interpretou o Bandido da Luz Vermelha. Agora ele roda Ralé, sequência de Poder dos afetos, do qual também participou. Protagonista da trama, Ney vive Barão, um aristocrata que é preso e descobre o chá de ayahuasca, usado em rituais de Santo Daime. Misticismo e drogas têm conexões com a vida real. Ney já usou de tudo – menos crack – e tem profundas ligações com a natureza. Revela suas experiências lisérgicas com a mesma naturalidade com que fala de Cazuza e da vez em que emprestou seu namorado a ele. É, de fato, um homem único. “Me observo e me percebo diferente”. A seguir os vários “eus” de Ney Matogrosso e suas relações com o mundo.

EU E O NU

Quando fomos morar na base aérea de Mato Grosso, eu andava de shorts o dia inteiro. Tinha mato, um lago na cabeceira da pista onde eu ia sozinho e tomava banho nu. Me sentia um índio. Sempre gostei de andar sem roupa. Minha mãe diz que, quando eu era pequenininho, ela me vestia para dormir e quando ia ver eu estava sem roupa.

EU E O NU II

Não tinha problema de ficar nu sozinho no mato, mas tinha vergonha de tirar até a camisa na frente de uma pessoa. Achava tudo feio em mim. Com 17 anos eu caí dentro de

30 | 29HORAS | Fevereiro 2015

“CAZUZA ERA O EXTREMO OPOSTO DA IMAGEM PÚBLICA. ERA A PESSOA MAIS ENCANTADORA, PERTURBADORA E APAIXONANTE QUE EU CONHECI”

um quartel com 40 recrutas e fui obrigado a tirar a roupa na frente das pessoas. Ali, vi que nu eu não assustava ninguém.

EU E O SEXO

Liberei o sexo mesmo na minha vida com 30 anos. Foi o momento em que virei artista e passei a ser solicitado. Aí foi sambalelê... Antes eu era um hippie solto, pensava mais em misticismo, o sexo era esporádico. Aos 30 desembestei, fiquei dez anos entregue ao sexo e aos 40 comecei a refletir melhor. Não que o sexo tenha deixado de ser importante: ele ainda é tanto quanto hoje. Mas aquela coisa de estar na mão de qualquer um, como eu estava, não era uma coisa interessante. Isso não significa que não possa praticar o sexo sem envolvimento. Mas eu acho melhor e mais saboroso quando tem um sentimento.

EU, MASCARADO

Vi que Secos & Molhados tinha dado certo quando logo no começo a gente veio fazer o Fantástico no Rio. Um dia estava na praia, sem ninguém saber quem eu era, quando vi um caminhão de lixo passar com um negão enorme cantando “o gato preto cruzou a estrada” com aquela voz fininha. Pensei: “ixi, já atravessou, está lá do outro lado”.

EU, NÃO-SUBMISSO

Acho que vários aspectos foram atraentes para o público. Nós representávamos um rompimento com a submissão de não


Ney de Souza Pereira: o leonino nascido na pequena cidade de Bela Vista, no Mato Grosso do Sul, ex-funcionรกrio de hospital, revelou-se na cena musical dos anos 70


CAPA

Exibicionista profissional: desde que se revelou no Secos & Molhados, em 1973, Ney provoca frenesi em homens e mulheres com suas performances

EU, ANTI-DITADOR

Não tive conflito nenhum por ter passado pela Aeronáutica e viver a ditadura. Sempre fui claramente contra [a ditadura], não podia admitir aquilo. Eu não era comunista, era uma pessoa de bom senso. Tive uma conhecida que, logo que deu o golpe militar, a primeira vez em que o Castello Branco foi na Escola Parque, ela puxou uma vaia pra ele. Na sequência, ela sumiu. Reapareceu louca com o bico dos peitos cortados. Como eu podia aceitar isso? Quem hoje pede intervenção militar ou a volta da ditadura é porque não sabe do que se tratou. Está pedindo inconscientemente e inconsequentemente.

EU, LIBERADO

Do final da metade dos 70 e início dos 80 era liberação total. O pensamento do povo brasileiro era mais liberal,

32 | 29HORAS | Fevereiro 2015

“SEI QUE POSSO CHEGAR E TOCAR AS PESSOAS. ENQUANTO TUDO ESTÁ ORGANIZADO PARA REPRIMIR, EU ESTOU EXISTINDO PARA DESREPRIMIR”

FOTOS DIVULGAÇÃO

poder pensar, não poder ser, não poder existir. Ninguém podia pensar diferente, todos tinham que se submeter à ditadura. Você estava parado na rua com três pessoas, a polícia vinha e dizia “circula”. Eu era revistado toda hora na rua, onde eu ia, tomava blitz da polícia. Era cabeludo, usava calça apertada, o estereótipo do hippie que eles odiavam.


No show Atento aos sinais, que marca seus 40 anos de carreira: turnê de sucesso pelo país com repertório pop, figurino exuberante e interpretação única

todos se permitiam experiências e experimentos. Tudo o que vivi com droga para mim era experiência. Nunca dependi de nada, só de tranquilizante, que ainda tomo. Mas isso foi a única coisa. Tomei os ácidos que eu quis, cheirei, fumei, fiz tudo o que quis fazer. E achava que eu tinha esse direito de fazer da minha vida o que bem entendesse. Era maior de idade, dono do meu nariz, vacinado, pagava meus impostos e não era o Estado que tinha que se meter na minha vida.

EU, LISÉRGICO

Mescalina foi a droga que mais gostei, a primeira. Antes eu tinha muitas perguntas, mas não tinha respostas. As coisas lisérgicas abriram as portas da minha percepção para muito mais que a reles vidinha da gente. Acho que o ácido lisérgico seria muito útil à psiquiatria. Porque ele libera informação a seu respeito para você mesmo muito interessante. Mas também depende da maneira como as pessoas tomam. Eu tomei vinte ácidos durante dois anos, sabe como? Tomava um banho, me vestia de branco e tomava o ácido. Nunca gostei de drogas que me liguem, como o pó. Minha preferência sempre foi por coisas que me acalmem.

EU, CAZUZA

Conheci Cazuza em 79. Ele tinha 17, e eu, 39. Ele era na intimidade o extremo oposto da imagem pública, daquela coisa agressiva e louca. Era a pessoa mais encantadora, perturbadora e apaixonante que eu conheci naquela época. A história da gente começou com um beijo. Ele foi na minha casa com uma amiga e a certa altura a gente foi fumar um baseado, tomamos um Mandrix, e lá pelas tantas ele me perguntou se eu daria um beijo nele. E dei – não significava nada dar um beijo naquela época. Só que quando a gente deu esse beijo o mundo se apagou ao redor, ficamos nós dois dentro daquilo. E não nos largamos mais.

EU, CAZUZA II

Durou pouco, mas foi muito intenso. Ele estava muito envolvido com cocaína e um dia apareceu na minha casa imundo, com um traficante. Eu disse, “porra, Cazuza, não quero ver você imundo, fedido, nem com um traficante dentro da minha casa”. Ele começou a me xingar e dizer que eu estava muito careta. Me deu uma cuspida, devolvi uma bofetada na cara dele e o botei para fora de casa. Uma semana depois a gente estava de mãos dadas. A gente nunca se separou.

33


CAPA Aciaspedi tem alis pore si dolorro consequati arcimpore rerumqui beriorit dolorem quid qui bla aut

EU E UM AMOR A TRÊS

Depois de um tempo comecei a namorar outra pessoa e o Cazuza ficou enciumado, disse que ia transar com meu namorado. Dei o aval: não tinha problema mesmo. Um dia ele veio todo serelepe e me disse: “transei com o Marquinhos”. Mas tinha uma coisa com o Cazuza: não éramos mais nada, mas tinha amor. Acho que teve amor na história até o fim da vida dele. E o Marcos não tinha ciúmes dele. Não precisava ter.

EU E A LIBERDADE

Não gosto de morar junto. Só morei uma vez, com o Marquinhos, que eu cuidei até morrer. Preciso da minha liberdade. E não é solidão, porque não me sinto solitário. Talvez até convivesse com uma pessoa se eu morasse aqui e ele na mesma rua em outro apartamento. Mas essa coisa de vir de mala e cuia é difícil pra mim.

EU, PAI DE MIM MESMO

Por volta dos 40 eu pensei que gostaria de ter filhos. Hoje em dia agradeço a Deus por não ter deixado. Seria mui-

34 | 29HORAS | Fevereiro 2015

to complicado. E essa história de que os filhos vão cuidar de você quando precisar é uma doce ilusão. Nem sempre acontece. E não ia viver esperando isso. Teve um momento em que pensei nessa questão e me perguntei: “Vai ficar sozinho?” Decidi ficar.

EU E O ENVELHECER

Não me sinto melancólico com o envelhecer. Observo as diferenças que ocorrem no meu corpo, mas olho com naturalidade. Tenho musculatura, mas com a pele não adianta. A pior questão era perder a visão de águia, que eu perdi e recuperei com a troca dos cristalinos dos olhos. A cabeça está boa. Quando você aceita as coisas com naturalidade, sem se debater, sua cabeça fica tranquila. Envelhecer faz parte de estar aqui nesse planeta, assim como morrer. Trabalhei num hospital em Brasília com 20 anos, tive contato com a morte cedo. Depois ainda houve a leva dos meus amigos com Aids. Tive tempo para refletir sobre isso. A morte faz parte da vida. Não adianta fingir que não vai acontecer. Vai acontecer inexoravelmente. E eu aceito isso.


“HÁ 30 ANOS UMA PESSOA CÉLEBRE ERA COMPLETAMENTE DIFERENTE DO QUE É HOJE. NÃO EXISTE CÉLEBRE MAIS, EXISTE CELEBRIDADE, QUE É RASO, UMA POBREZA. É GENTE QUE FAZ QUALQUER COISA PARA APARECER”

pletamente esquizofrênica. Nos anos 80 eu ouvia falar que o Brasil era o país do futuro. Cadê o futuro do Brasil? É esse? Então vamos saltar do trem. Queria mesmo ver o Brasil no apogeu. Ninguém ia segurar se isso aqui fosse honestamente gerenciado e tocado para frente. Infelizmente a gente fica nessa rabeira em tudo: educação, desenvolvimento, saúde. Porra, dá tristeza ver um país com potencial nessa situação.

EU, APOLÍTICO

Sempre rejeitei a política. Via brigas da minha mãe com meu pai e tinha raiva da política, porque ela criava conflitos dentro de casa. Nunca tive envolvimento político-partidário e não tenho até hoje. Não acredito nem na esquerda nem na direita, nem que elas existam mais. Todos quando chegam lá esquecem seus ideais políticos e se transformam nisso tudo que estamos vendo.

EU, APOLÍTICO II

O que me incomoda mesmo é o grau de corrupção no nosso país. Isso é uma coisa que eu acho absurda. Eu tenho vergonha dos políticos. É o que sinto com relação a isso: vergonha. Eu não votei nas últimas eleições e não me envergonho de dizer isso. Acho essa história de ser obrigatório votar uma maluquice.

EU, O DESREPRESSOR I EU E MEU CORPO

Faço ginástica diariamente. Bicicleta, aeróbica, musculação e alongamento. Sabe o que as pessoas mais se admiram quando me veem no palco? Que eu faço isso [ele se levanta e reproduz o agachamento, quase até o chão]. E ainda de salto alto. Comecei a me cuidar mais em 1996, quando parei de fumar e dei uma engordadinha. Estava sentindo umas dores no corpo e vi na rua um homem bem velho, todo enrugado, só de tênis e sunga. Olhei para ele e vi que a pele era toda enrugada, mas por baixo dela tinha tônus muscular. Fui atrás e acho que vou ficar que nem ele.

EU, ANTI-CELEBRIDADE

Há trinta anos, uma pessoa célebre era completamente diferente do que é hoje. Não existe célebre mais, existe celebridade, que é raso, uma pobreza. É gente que faz qualquer coisa para aparecer, para ser notado.

EU, E O NÃO-FUTURO DO BRASIL

Acho que está tudo errado no mundo, tomamos uma via com-

Me observo e me percebo diferente. Nem melhor, nem pior: diferente. E exijo esse meu direito. De pensar e me expressar com liberdade. Não vou acatar tirania pro meu lado, como nunca acatei. Nunca renunciei à nada – apenas por obrigação da morte, porque ela chega e impõe. Fora isso, não. Não renuncio nada em nome de nada. Já ouvi “ou eu ou sua carreira”. Fiquei com a carreira. Tem relacionamento em que as pessoas querem que você abra mão da sua vida para ficar à disposição dela. Isso não existe, não traz felicidade, nem nunca trará.

EU, O DESREPRESSOR II

O palco é o lugar onde sou mais feliz. É onde tenho prazer. Mais – porque não sou uma pessoa que só tem esse prazer. Mas esse é talvez o maior para mim. Sou um exibicionista profissional. Sei que posso chegar e tocar as pessoas. Na verdade, sou um desrepressor. Isso é o que me leva: ser um desrepressor. Enquanto tudo está organizado para reprimir eu estou existindo para desreprimir. Você acha que é muita pretensão isso? Eu vejo que eu posso, que tenho a coisa na minha mão para usar dessa maneira.

35


FOTOGRAFIA

36 | 29HORAS | Fevereiro 2015


CENAS

CARIOCAS PARA HOMENAGEAR A ETERNA CIDADE MARAVILHOSA, QUE COMPLETARÁ 450 ANOS NO DIA 1º DE MARÇO, ESCOLHEMOS ESTE ENSAIO INSPIRADOR, FEITO ENTRE O AMANHECER E A MADRUGADA FOTOS CARLOS MONTEIRO TEXTO LETÍCIA LIÑEIRA

Amanhecer da Vista Chinesa, no Parque Nacional da Tijuca

37


FOTOGRAFIA

38 | 29HORAS | Fevereiro 2015


Surfista contempla o amanhecer em Copacabana, na companhia da estátua do poeta Carlos Drummond de Andrade

O CALENDÁRIO DE MARÇO REGISTRA UMA SÉRIE DE ATRAÇÕES QUE festejam o aniversário de 450 anos do Rio. São shows, exposições, jogos, seminários, festivais – a lista completa pode ser vista no site www.rio450anos.com.br. Para entrar no clima, apresentamos um ensaio do fotógrafo e publicitário Carlos Monteiro, que evidencia sua relação de afeto com o Rio de Janeiro. Nascido há 56 anos no bucólico bairro de Santa Teresa, Carlos é um autêntico carioca da gema. Passou a infância em meio à natureza, vendo a cidade crescer aos pés do bairro. A ideia de fotografar o cotidiano da cidade a partir do nascer e pôr do sol começou nos idos de 1972, quando Carlos fez seu primeiro ensaio com uma Rolleiflex, sua primeira câmera profissional, dada por um tio que adorava fotografia. Depois de muitos anos, em 2013, decidiu retomar o projeto que ainda estava vivo em sua memória. “O Rio é uma cidade ímpar. Retratar essas belezas emolduradas pelo sol foi uma decisão rápida e fácil, tomada na janela de casa, vendo o voo dos biguás, ao pé do Redentor, num amanhecer de outono. As cores do céu carioca e o clima impresso nos cliques contribuíram para pôr o projeto em cartões, literalmente, de memória”, conta Carlos, que reativou seu perfil no Instagram (@carlosmonteiro_br). Morador do bairro de Botafogo, ele acorda normalmente às 5h, prepara o equipamento e parte para algum local. “Quando chego, fico observando onde o sol irá ‘florir’, embalado pelos sons da manhã, uma sinfonia absolutamente mágica. Fotografo até as 8h, volto para casa, subo algumas fotos, tomo café com um pão fresquinho, que comprei pelo caminho, e vou para a agência”, conta. O fotógrafo já tem dois HDs, de um terabyte cada, com flagrantes da cidade – segundo ele, algo em torno de 30 mil fotos. Todas as belas praias do Rio, o Arpoador, o Aterro do Flamengo, o Cristo Redentor, a Floresta da Tijuca, o Jardim Botânico, a Lagoa Rodrigo de Freitas, o Maracanã, a Mesa do Imperador, o Mirante Dona Marta, o Morro Dois Irmãos, Niterói, Paquetá, a Pedra da Gávea, a Vista Chinesa, entre outros pontos, são contemplados, focados e enquadrados por Carlos Monteiro todos os dias. E ele só se beneficia dessa terapia fotográfica e surpreendente, que desvela a cada dia, a cada momento, uma nova cidade. “Nessa experiência, descobri que sol, matinal e vespertino, faz bem para o espírito. É o melhor remédio contra o mau humor, ativa a endorfina!”, afirma.

39


FOTOGRAFIA

40 | 29HORAS | Fevereiro 2015


À esquerda, jovens reunidos na praia Vermelha, junto à estátua de Chopin; no topo, o mirante da Vista Chinesa, que oferece uma visão panorâmica da cidade; a seguir, o mar tranquilo da Enseada de Botafogo ao nascer do sol e, acima, praia do Arpoador vista a partir de Ipanema

41


FOTOGRAFIA

Acima, entardecer na Baía de Guanabara, com vista do Pão de Açúcar a partir do Mirante Dona Marta; ao lado, maritaca numa goiabeira em Botafogo; na pág. oposta, amanhecer em Ipanema, garça na Lagoa Rodrigo de Freitas e gaivotas sobrevoando a praia do Leblon

42 | 29HORAS | Fevereiro 2015


43


FOTOGRAFIA

44 | 29HORAS | Fevereiro 2015


À esquerda, pôr do sol no skyline do Rio, visto de Niterói; no topo, pôr do sol na praia do Leblon, com o Morro Dois Irmãos ao fundo; acima, amanhecer no Leblon

45


FOTOGRAFIA

46 | 29HORAS | Fevereiro 2015


Vis達o noturna da comunidade de Santa Marta

47


ENTREVISTA

“OS QUE MAIS PRECISAM DE EDUCAÇÃO SÃO OS PAIS” EM SEU NOVO LIVRO, EDUCAÇÃO FAMILIAR – PRESENTE E FUTURO, IÇAMI TIBA DEFENDE A SUSTENTABILIDADE NA EDUCAÇÃO POR CHANTAL BRISSAC FOTOS ÉRICO HILLER

ELE É AUTOR DE 31 LIVROS – ENTRE ELES O BEST-SELLER QUEM AMA, EDUCA!, que passou de 170 edições – e já realizou mais de 80 mil atendimentos psicoterápicos a adolescentes e suas famílias. Nascido há 73 anos em Tapiraí, no interior de São Paulo, filho de imigrantes japoneses, o psiquiatra Içami Tiba não baixa a guarda quando o assunto é família. “Nada é mais sustentável que a educação de valores”, afirma. Confira os principais trechos da conversa com o médico e palestrante, que aconteceu em seu consultório, em São Paulo. O que é a educação sustentável, tema de seu novo livro? É ensinar os filhos a aprender, cobrar responsabilidade e ações coerentes. Os pais devem ajudar os filhos a desenvolver o seu potencial na mais alta performance possível. Pais que não cobram estão no mesmo nível de pais que não ensinam. Mas muitos estão perdidos porque querem se safar na hora do problema, são imediatistas. Se o filho faz uma coisa errada, ele já diz: “você é burro, não sabe!” Eles estão muito impacientes porque também são crianças, foram promovidos a educadores sem um mínimo de condições. Eles queriam namorar mais tempo, curtir a vida, não querem investir tempo na educação dos filhos. Um exemplo que o senhor cita é o dos pais que dão aos filhos tudo o que não tiveram, tentando poupar-lhes angústias e sofrimentos. E isso é um desastre, porque o filho se torna um incapaz, não aprende a fazer. Os pais não devem fazer pelo filho, e sim ajudar o filho a fazer. Não há felicidade pronta, algo que possa ser herdado, doado ou transmitido. A felicidade é conquista pessoal. Aliás, o conceito de felicidade vem do hinduísmo e significa fertilidade, esforço, trabalho, criação. Há muito, muito tempo, Buda já falava nisso.

48 | 29HORAS | Fevereiro 2015

Há algum ponto em comum nos pais de hoje? São pais que não receberam educação, receberam muito mais a realização dos sonhos dos pais deles, que não queriam que seus filhos sofressem. Cresceram na zona de conforto, e na zona de conforto não se educa. São infantis. Há pais jovens que se sentem enciumados quando a esposa se dedica muito ao nenê. Eu falo que ele entrou como filho temporão, porque compete com o filho. É uma geração infantilizada, que não queria casar. Mas se hoje não há mais pressão para casar e ter filhos, como acontecia antes, por que ter filhos sem vocação? Justamente porque a sociedade é mais aberta, hoje pode tudo, não se aguenta nada. É aquela história: “se não der certo, eu caio fora”. A paciência é fundamental? É ingrediente básico. Você vê uma mãe descontrolada, irritada, ela começa a falar mais alto e rápido, e as palavras lembram mais as balas de uma metralhadora do que comunicação. Se a mãe quiser ser ouvida, que fale baixo, com calma e pouco. Evite repetir o que já falou, porque esse repeteco desliga o cérebro de quem mais precisa ouvir. Filhos que gritam, em casa ou em lugares públicos, geralmente convivem com quem grita com eles. Quais são os valores mais importantes da educação sustentável? São meritocracia, relação custo-benefício, aprender a aprender, ética, religiosidade, cidadania, gratidão, pragmatismo, disciplina e responsabilidade. No primeiro valor, a meritocracia, é muito comum ver pais que, no aniversário de um filho, também compram presente para o outro, porque ficam


Proprietário da editora Integrare, Içami Tiba já vendeu mais de quatro milhões de livros

49


ENTREVISTA

com ‘peninha’ do que não vai ganhar nada. Por que tem que ganhar se o aniversário é só do irmão? Começa desse jeito. Depois ele quer um brinquedo porque vai dar um brinquedo a alguém. Onde está a raiz disso? Está nos pais, que ensinam que o menino tem direitos que não deveria ter. A mensagem que essa família dá é: para que fazer um esforço se mesmo não fazendo você recebe a mesma consideração? E a relação custo-benefício? É comum ver um filho ofendendo a mãe, e ela engolindo em seco ou se afastando, magoada. Isso reforça a má educação. Sem gritar, ela tem que dizer que não aceita como o filho a tratou. Do mesmo jeito, dois filhos adolescentes tiram boas notas na escola, mas um é folgado, enquanto o outro está sempre procurando ajudar. Este merece ir para a balada; o outro, não. Nota boa é obrigação dos filhos. Os pais devem mostrar, sem ofensa e gritos, que ir ou não para balada não é uma questão financeira, mas de custo-benefício. Vai quem merece. O folgado não pode ser louvado. Os delinquentes sociais nada mais são que os folgados familiares que praticam na sociedade os abusos que já faziam em casa. Qual é a sua opinião sobre o uso da maconha? A maconha faz mal. E como médico sou contra a legalização. Eu ensino os pais a se informarem porque os filhos vêm com falsos conhecimentos sobre o assunto e os pais aceitam resignados. Os jovens dizem que a maconha faz menos mal que o cigarro e que é natural. Há muitos venenos mortais que vêm do nosso jardim, como a cicuta, que vem da planta apiácea. A maconha mata a alma da pessoa porque despersonaliza. Se você acompanhar o usuário crônico, ele é despersonalizado, passivo, não tem ânimo nem ambição, está perdendo o prazer de viver. No meu livro, eu listo 30 sinais que apontam aos pais que os filhos estão usando maconha. É difícil não perceber. E quanto mais cedo for a interferência da família, melhor o resultado, porque ninguém começa já viciado. Hoje as pessoas estão dependentes de bebidas, drogas, comida e até da tecnologia. Como o senhor vê isso? A tecnologia é um recurso ótimo e a gente pode aproveitá-la para o bem, para nos entrosarmos mais. Quando viajo, eu mando fotos para os meus três filhos e minha esposa pelo whatsapp, boto no instagram da família. Mas o que a gente mais vê em restaurantes é a cena muda e triste de cada um dos integrantes da família cabisbaixo com seu próprio smartphone. O que o senhor acha de pais que dão celulares para crianças pequenas? Eles não têm noção, conhecimento e só querem agradar. Por isso, falo que quem precisa de educação são os pais. As pessoas não estão preparadas para usar adequadamente a internet. A maioria está viciando os próprios filhos.

50 | 29HORAS | Fevereiro 2015

O senhor tem casos assim no seu consultório? Tenho alguns. Tem uma criança de apenas um ano que chega em casa e só quer o iPad. “Ped, ped”, a menina grita. Não quer brincar, não quer abraçar a mãe. A mãe estende o braço e ela continua: “ped, ped”. E essa mãe acha graça! Que sustentabilidade tem isso? Qual é a reação das mães quando o senhor explica? Elas ficam chocadas, porque não esperavam. Elas não sabiam que o iPad pode viciar o bebê, porque o prazer estimula o circuito da recompensa nos neurônios. Tudo o que o bebê faz e repete torna-se um hábito, como dormir no colo ou o uso da chupeta. O virtual não pode substituir o calor dos pais, o contato visual, o abraço, a conversa e a interação cotidiana. Dá trabalho isso tudo? Dá, porque tem investimento diário em conversa, amor, correção. Mas isso é educação. No livro, o senhor diz que as mães ainda educam de forma machista. Por que isso acontece? Mesmo tendo se emancipado, a mulher continua produzindo machistas em casa. Ela fabrica e perpetua o machismo, por exemplo, quando chama a filha para ajudá-la na cozinha e deixa o filho ver TV com o pai na sala. São outros detalhes que ficam evidentes no convívio familiar. E a criança não aprende porque a mãe fala, ela aprende por uma série de instintos. Qual é a qualidade mais importante dos pais para educar os filhos? É conhecimento. Não é porque viraram pais que se transformaram em educadores. Hoje valorizamos o conhecimento em tudo, não se conserta computador com martelo. Para educar é a mesma coisa, não adianta fazer halterofilismo. E é muito difícil virar educador. Não é só uma questão de conhecimento, é de dedicação ao outro. É querer que o outro, o filho, seja uma pessoa melhor, faça melhor. Mesmo terceirizando, por causa da vida ocupada e do trabalho, os pais têm que acompanhar, se interessar, monitorar. Isso se chama dar sequência. Como formar cidadãos melhores? É com cidadania familiar, que inclui cumprimento de deveres, obrigações. Mas isso não existe, o que tem é uma “criação de herdeiros”. Os filhos só ganham coisas sem ter que retribuir nada. Este é o mesmo princípio do Bolsa Família, que eu considero uma farsa, porque o povo não recebe educação e não aprende a votar. A pessoa recebe o dinheiro e não dá nada em troca. É a tal da esmola. Porque se ela arranjar um emprego, sai do Bolsa Família. Isso, claro, só estimula a deseducação, a preguiça, a estagnação. O senhor diz em seu livro que quem tem necessidade de prazer não é feliz. Por quê?


Para o educador, a família não é única e exclusivamente responsável pela influência na educação dos filhos, mas é a principal fonte de exemplos

Porque sempre precisa de algo mais. Por isso quem usa droga é infeliz. Por que eu preciso de mais prazer se já estou satisfeito? É aquela coisa: “tô bem, então vamos tomar uma para ficar melhor”. Por que o esquenta? Os pais têm que ensinar que não pode beber até os 18 anos, faz parte da regra. Mas tem pais que preparam a festa do filho e já põem a ambulância na porta da casa! O envolvimento com bebidas e drogas mostra a falta de valores e de projetos da família. E isso influencia a baixa estima dos jovens, que entram nessa para serem aceitos pela turma. Como fica a hora da escolha da profissão? Cada vez mais confusa e conflituosa. Isso também é consequência de toda uma cultura do ficar. O ficar é o namoro do meio, sem começo nem fim, só o meio. O rapaz vai contar para os amigos que vai ficar com dez garotas na noite. As meninas começaram a imitar, só que ficam com cinco, e no dia seguinte esperam a ligação. A geração do ficar aprendeu a ser “serial kisser” (beijoqueiro em série) e reproduz

esse valor em outras áreas da vida. Não tem paciência, não aprendeu a lidar com frustrações. O casal de namorados quer dormir junto na casa dos pais. Tem que deixar? Lógico que não, mas dá para controlar. É a cidadania familiar! O pessoal esquece que está numa casa com mais gente e sai do quarto meio pelado... eles estão tornando pública uma coisa privada. Tem que ter maturidade e responsabilidade no namoro. O sexo deve começar quando eles têm responsabilidade suficiente para arcar com as consequências do ato. Eu acho que para o namorado dormir em casa tem que entrar pela sala. Vai ficar na sala um bom tempo com os pais, conhecer, ter uma convivência. No campo da carreira, tem que fazer o que gosta? Mais importante é gostar do que faz. Porque se você faz o que gosta, você esgota o gostar. E quando você aprende a gostar do que faz, aquilo se torna prazeroso.

51


A ic么nica CN Tower marca presen莽a na paisagem de Toronto

52 | 29HORAS | Fevereiro 2015

TOURISM TORONTO

VIAGEM


CONEXÃO CANADÁ

COM A NOVA ROTA QUE PARTE DIRETO DO RIO, TORONTO SE TORNA MAIS ACESSÍVEL AOS CARIOCAS POR ANDRÉ CORDEIRO

53


VIAGEM

FOI NUM CALOR DE QUASE 30ºC, EM DEZEMBRO, QUE A AIR CANADA INAUgurou o seu voo direto Rio-Toronto no Galeão. A 29HORAS teve oportunidade de embarcar nesse voo, que é uma ótima notícia para os cariocas que antes precisavam fazer escala em São Paulo para ir a Toronto. Acomodado em um dos 24 lugares da classe executiva do Boeing 767-300ER, que ainda conta com mais 187 lugares na classe econômica, senti as treze horas de viagem passarem rapidamente, graças ao conforto da poltrona reclinável e da qualidade do atendimento e das refeições. A chegada ao Aeroporto Internacional Lester B. Pearson é uma surpresa. O maior do Canadá, capaz de movimentar 35 milhões de pessoas por ano, ele é bem estruturado e oferece voos para as principais cidades do mundo, sejam elas na Europa, Ásia ou simplesmente nos vizinhos Estados Unidos. Ao pegar a minha mala da esteira notei a grafia “YYZ” na etiqueta presa à alça e lembrei da música de mesmo nome, uma homenagem da banda canadense Rush ao Aeroporto Internacional de Toronto. Saindo do Pearson, bem diferente dos 30ºC do Galeão, o frio e a neve pincelavam o novo cenário até a chegada no Delta Toronto, o recém-inaugurado hotel de quatro estrelas localizado no Southcore Financial Centre. Com o excelente restaurante SOCO no próprio hall de entrada, o Delta Toronto está estrategicamente próximo das principais atrações da cidade, como o Air Canada Centre, Metro Toronto Convention, Ripley’s Aquarium e a CN Tower. Toronto é a maior cidade do Canadá e a quarta maior da América do Norte, capital da província de Ontário. É o centro financeiro do país, com aproximadamente 2,8 milhões de habitantes, estimando-se que metade destes não nasceram no Canadá. A cidade é conhecida por sua multiculturalidade, o que a torna rica na quantidade de línguas e dialetos falados nas ruas. Por isso, ter um sotaque na hora de falar inglês é perfeitamente normal. Logo no primeiro dia visitamos o Distillery Historic District, que à época da viagem abrigava o Toronto Christmas Market. Antiga destilaria que em 1850 pertencia aos cunhados Gooderham and Worts, responsáveis pela grande produção de uísque de sua época, o Distillery conserva uma arquitetura industrial vitoriana ao jeito da América do Norte. O Christmas Market, que acontece antes do Natal, é uma feira ao ar livre com cafés, padarias, cervejarias e chocolatarias para entrar e se esquentar. O clima pega bem o espírito da temporada, com famílias caminhando pelas ruas, a neve, as músicas natalinas cantadas por pequenos coros e tocadas por bandas amadoras. Um bom lugar para um almoço de qualidade e prático. No Distillery ou nas proximidades do centro de Toronto, algo sempre estará à vista como um marco: a CN Tower, que com seus 533 metros de altura proporciona uma visão incrível de toda a cidade, independentemente da época do ano.

54 | 29HORAS | Fevereiro 2015

Pessoas caminham pelo Christmas Market, que ocorre no Distillery District

O Hockey Hall of Fame celebra o melhor do esporte nacional canadense

No Ripley’s Aquarium, o túnel subaquático é a principal atração

Uma das maiores torres do mundo, a CN Tower tem como grande atrativo o EdgeWalk, caminho no topo da torre onde se anda preso a um cabo. No inverno essa atração não abre. No entanto, ainda dá para sentir emoção com o famoso chão de vidro no interior da torre. Nele, as pessoas podem pisar enquanto vislumbram uma longa queda debaixo dos seus pés. A brincadeira das crianças é ficar pulando no vidro, para ver se ele resiste. As placas juram que o vidro suporta o peso de até três orcas. Mas é sempre bom não abusar. Ao lado da CN Tower está o Ripley’s Aquarium, um moderno oceanário inaugurado em 2013 com mais de 16 mil animais e 5,7 milhões de litros d’água. A variedade de vida marinha é extensa: espécies de peixes, água-vivas, tubarões, raias, tartarugas, cavalos-marinhos, enguias etc. A melhor


FOTOS TOURISM TORONTO

Acima, a antiga mansão Casa Loma. À direita, pessoas patinam na pista do City Hall

parte do aquário é o Dangerous Lagoon, um túnel subaquático que passa por baixo do tanque dos tubarões. O caminho pode ser feito com uma esteira, que circula lentamente o raio do tanque, ou a pé. Como preferir, é sempre intrigante ver um tubarão nadando até você. O inverno pode assustar algumas pessoas e as deixar com o pé atrás na hora de visitar uma cidade. Mas Toronto é muito bem preparada para as baixas temperaturas. Raramente você ficará muito tempo exposto ao frio – os ambientes internos e os veículos são sempre aquecidos. Por isso, não é necessário que se vista muitas peças de roupa; um bom casaco é o suficiente. Fora isso, Toronto tem o Path, uma cidade debaixo da cidade. É o maior complexo comercial do mundo, com 371 m², conectando os principais pontos da cidade e com o ne-

cessário para abastecer a vida subterrânea durante o inverno. Inclusive é pelo Path, debaixo do Brookfield Place, que se encontra a entrada do Hockey Hall of Fame. O esporte nacional do Canadá tem seu hall da fama situado em Toronto, com homenagem para os melhores jogadores que já passaram pelo hockey no gelo. Lá você encontra registro dos jogos clássicos, os troféus de campeonatos, incluindo o da Copa Stanley (troféu dado à equipe vencedora da NHL). O último time a levantar esse troféu foi o Los Angeles Kings, para a infelicidade dos Maple Leaf, time local que, segundo os torcedores, não está em boa fase. O que mais surpreende em Toronto é a quantidade de museus. O Bata Shoe Museum, por exemplo, tem um belo acervo de sapatos e tênis de celebridades. Já o Aga Khan é um recente

55


VIAGEM

TOURISM TORONTO

Os grafites nas paredes são a marca registrada do bairro West Queen West

Art Gallery Of Ontario é um dos principais museus de Toronto

A variedade de frutas no St. Lawrence Market é de encher os olhos

museu de cultura islâmica no qual você pode aprender sobre a cultura e a arte do Oriente Médio, assim como ver artefatos raros, caso do velho exemplar de Mil e uma noites que data do século XII. Se tiver com o tempo limitado, dois museus são imperdíveis: Casa Loma e o Art Gallery of Ontario (AGO). O Casa Loma, um castelo neo-romântico, foi a residência de um excêntrico milionário, Sir Henry Mill Pellatt, que ajudou a desenvolver o sistema de eletricidade de Toronto, mas acabou falindo com a crise econômica pós Primeira Guerra e com investimentos errados. Seus bens, inclusive o palacete, foram confiscados. O castelo se tornou atração turística. A residência de Pellatt não chegou a ser finalizada por causa de sua falência, tanto que o enorme vão que era para ser uma piscina se transformou em um teatro, que exibe um vídeo diário da história da casa. Vale ver o jardim de inverno, a estufa e a Suíte de Lady Pellatt, onde já foram filmados cenas de filmes como Chicago e X-men. O Art Gallery of Ontario, localizada na famosa Dundas Street, é uma obra de arte em sua própria fachada. De fora não dá para perceber tanto. Mas depois que se entra é possível ver que os enormes arcos de madeira que sustentam parte do prédio assemelham-se com a estrutura de um casco de navio. O renomado arquiteto Frank Gehry comandou, em 2008, a restauração de parte do interior do museu, que abriga um belo acervo de arte canadense e internacional, que vai do clássico ao contemporâneo.

Os adeptos do consumo e da vida indoor podem visitar o bairro West Queen West, que tem uma pegada hipster e é ótimo para garimpar roupas e achar acessórios vintage. Outro passeio interessante é o St. Lawrence Market, o equivalente ao nosso “Mercadão”, que tem uma gama de alimentos de dar água na boca: queijos franceses, azeitonas gregas, arroz das Filipinas e até goiabada brasileira! É lá que está o famoso sanduíche de bacon – ele só não bate o nosso, de mortadela – que vale experimentar, nem que seja uma mordida. A gastronomia de Toronto realmente não desaponta. Para quem gosta de hambúrguer, o Wahl Burguer, hamburgueria do ator Mark Wahlberg, é uma boa opção. Se quiser almoçar algo que não seja lanche, o Marben tem deliciosos pratos artesanais. Para jantar vá ao Carbon Bar, Sassafraz e o Mildred’s Temple Kitchen. Minha única crítica com a cozinha canadense diz respeito aos cheesecakes. Por alguma razão, nos restaurantes de Toronto eles teimam em desconstruí-lo, colocando-os em formatos inusitados e com os ingredientes espalhados pelo prato. Mas fora isso, só elogios. Vale lembrar que nem sempre faz frio em Toronto. A cidade tem estações bem definidas e entre os meses de julho e agosto o verão pode chegar aos 27ºC. Nessa época, aliás, Toronto irá sediar os Jogos Pan-Americanos de 2015, e pode ser o momento para visitar a cidade com um clima mais ameno. Ainda assim, com esse calor que faz no Brasil, um pouco de neve não faz mal a ninguém.

56 | 29HORAS | Fevereiro 2015


COMER, BEBER, VIVER

POR GEORGES HENRI FOZ

SOCORRO, O ALMOÇO É NA SAUNA!

CONFIRA AS DICAS E OS LUGARES PARA VOCÊ TER FRESCOR E QUALIDADE NA REFEIÇÃO, MESMO NESSE CALORÃO DE SÃO PAULO

58 | 29HORAS | Fevereiro 2015

O Banana Verde tem saladas leves e saborosas para se refrescar

São muitos os tartares bem feitos pela cidade. E há também os ceviches, outros amigos do calor. Gosto do La Mar e do Suri, que é mais simples, mas não deixa a desejar na qualidade. Finalmente, os que gostam de um vegetariano (e até quem não tem esse hábito) podem aproveitar esse estilo saudável nos dias de calor intenso. Tenho duas dicas que valem a pena e que perpetuam o prazer até o resto da tarde. São eles o Banana Verde, na Vila Madalena, e o Moinho de Pedra, na Chácara Santo Antônio, na região de Santo Amaro. O primeiro tem pratos como guacamole com chips de banana verde, ótimas e coloridas saladas, e risotos incríveis. Já o Moinho é uma surpresa até para os não adeptos desta linha culinária, e dá um tratamento de alta gastronomia a um cardápio leve e saudável – tanto no ambiente, como na qualidade e no visual do prato. Chega de sofrer, o clima pede para inovar. Dá para ser feliz comendo mais leve e sem abrir mão do “mimo” do almoço. Até! Amadeus – Rua Haddock Lobo, 807, Jardins, tel. 3061-2859 Banana Verde – Rua Harmonia, 278, Vila Madalena, tel. 3814-4828 Kan – Rua Manoel da Nóbrega, 76, loja 12, Jardins, tel. 3266-3819 La Mar – Rua Tabapuã, 1410, Itaim Bibi, tel. 3073-1213 Moinho de Pedra – Rua Francisco de Moraes, 227, Chácara Santo Antônio, tel. 5181-0581 Momotaro – Rua Diogo Jácome, 591, Vila Nova Conceição, tel. 3842-5590 Rufino’s – Rua Dr. Mário Ferraz, 377, Itaim Bibi, tel. 3074-8800 Shigueru Sushi – Rua Leopoldo Couto Magalhães Jr., 275, Itaim Bibi, tel. 3079-2200 Suri Ceviche Bar – Rua Mateus Grou, 488, Pinheiros, tel. 3034-1763 georges@29horas.com.br

FOTOS DIVULGAÇÃO

Acabei de saber que fevereiro será mais quente ainda que janeiro. Entenda: mais insuportável ainda! Não posso prever o futuro para saber se conseguiremos viver aqui em alguns anos, mas sei que, por enquanto, não temos alternativa... Nosso dia a dia é aqui e vamos ter que dar um jeito de nos adaptar. O leitor da 29HORAS pode até almoçar um dia no escritório, por estar muito atarefado ou não estar disposto a sair do seu ar e do seu conforto, mas nossas vidas têm o almoço como parceiro de negócios e de prazer. Já nos acostumamos a essa dose de prazer, e ela acabou se tornando obrigatória para uma tarde produtiva. Falar de refeições mais leves no calor parece banal, mas o difícil é conseguir sair feliz do restaurante e não se arrepender assim que abriu a porta para a rua. Não preciso nem falar do tempo de espera do carro e do derretimento ao entrar nele... A dica é mais “o que comer” do que “onde comer”. Para quem consegue se sentir satisfeito com uma salada e algumas tiras de frango grelhado não faltam opções de restaurantes confortáveis com pratos lights. Eu sugiro a escolha de lugares próximos ao seu escritório, onde existam opções de saladas, claro, e de peixes. A digestão do peixe é mais suave e menos sofrida, desde que ele não seja feito em preparações gordurosas e com molhos pesados. Quando penso em pescados, continuo com os meus prediletos, que são o Amadeus e o Rufino’s. Neste, eu gosto de pedir para montar a mesa no bar. As mesas de mármore fresquinho são perfeitas para um almoço que inclui couvert geladinho, com ostras frescas, e um robalo ou pescada Cambucu com legumes, como aspargos. Já o Amadeus é um clássico que oferece diversas opções de peixes leves e muito saborosos. Para quem curte comida japonesa, o verão não é problema, é solução. Eu amo em especial o Shigueru, o Kan e o Momotaro, mas cada um de nós tem seu japonês de confiança, onde sabe que é bem atendido e não tem surpresas com a qualidade dos peixes. E não faltam fórmulas de executivos com sushis e sashimis, né? Sou também adepto de tartares, para evitar comida quente e preservar sabores raros. Sejam eles de peixe ou de carne – para quem não controla seu lado carnívoro. Mas, nesse caso, peça com salada no lugar das fritas.


ADEGA

POR DIDÚ RUSSO

CHEGA DE FRESCURAS COM O VINHO

CONVIDO VOCÊ A CURTIR O VINHO DA MANEIRA QUE MAIS LHE DÁ PRAZER. NÃO INTERESSA O QUE DIZEM OS “CRÍTICOS”, DEIXE-OS COM SUA POSE... FAÇA COMO MAIS LHE AGRADA

60 | 29HORAS | Fevereiro 2015

Vinho tinto com pedras de gelo: por que não?

valos de um bom mergulho em água fresca, o burburinho da praia ou o balanço do barco... Outra coisa: não é porque você não tem uma wine cooler que vai ficar sem vinho. Basta meia hora de geladeira e pronto. Ideal ainda é colocá-lo aberto na porta, lá embaixo com as verduras. Fica no ponto. Respirar sempre faz bem ao vinho. Gelar sua taça ou copo também não tem nada de errado. Se gosta, faça. Se seu vinho branco estiver pouco refrescante, significa que precisaria de um pouquinho mais de acidez. Quer uma dica que aprendi na Itália? Ponha na taça um pedacinho de casca de limão. Depois me conte. Bom verão com vinhos para você! www.didu.com.br

DAVID PACEY / DIVULGAÇÃO

Vamos acertar uma coisa: o vinho foi feito para o nosso prazer e não para ditar regras de etiqueta pessoal, OK? Vejo pessoas fazendo pose, exigindo taças e coisas assim que, convenhamos, não fazem parte do universo do vinho. Colocar umas pedras de gelo no vinho? Tudo bem. E daí? Seja espumante, branco, tinto, fortificado, qual o problema? Aliás, para muitos rótulos, vai melhorar bastante... cuide apenas para que o gelo tenha qualidade. A taça é a que você gostar ou tiver à mão. Se você viajar para o interior de Portugal, Espanha, França e Itália irá cansar de ver gente bebendo vinho em copos do tipo americano. E são pessoas que bebem cotidianamente, que trabalham com vinho. Chega de frescuras. Claro que eu gosto de requinte, garçons com luvas, cristais, mas isso não deve impedi-lo de beber seu vinho da forma que quiser. Lembre-se, você não está num concurso de sommeliers, você é um enófilo como eu. O vinho é alimento e faz mais bem à saúde do que qualquer outra bebida, isso está amplamente comprovado, mas sua ingestão deve ser cotidiana e parcimoniosa. Bem, esse é um tipo de problema que tenho. Difícil parar numa tacinha quando você está debaixo do sol, com inter-


POR KIKE MARTINS DA COSTA 5H ÀS 11H

11H ÀS 17H

79

67

A atriz Jessica Lange expõe suas fotos no Museu da Imagem e do Som

No Mercado de Pinheiros, a Comedoria Gonzales serve deliciosos ceviches

17H ÀS 23H

23H ÀS 29H

69

78

O Armazém Álvares Tibiriçá é um gastrobar recém-aberto em Santa Cecília

AGENDA 29H

O gim é o protagonista no festival de drinques do Bar Número, nos Jardins

FEVEREIRO TEM TÊNIS, FUTEBOL E CARNAVAL

FOTOS DIVULGAÇÃO

A PROGRAMAÇÃO DO MÊS TEM GRANDES EVENTOS NOS ESTÁDIOS, NO GINÁSIO DO IBIRAPUERA E NO SAMBÓDROMO Fevereiro é mês de Carnaval em São Paulo, mas a programação do mês inclui também bons shows, grandes espetáculos para os fãs do esporte e a festa maior do cinema. No Sambódromo do Anhembi, as escolas de samba enchem os olhos – e os ouvidos – dos que curtem desfiles de Carnaval. Nos estádios da cidade – Itaquerão, Allianz Parque e Morumbi –, Corinthians, Palmeiras e São Paulo iniciam a disputa de mais uma edição do Campeonato Paulista. No Ginásio do Ibirapuera, feras do tênis disputam o Brasil Open. Quer mais? No Anhembi, os nerds e geeks participam da Campus Party e, para os profissionais da área de decoração, o Center Norte e o espaço Pro Magno sediam feiras como Abup Móvel Show e Gift Fair. No circuito dos museus, teremos a exposição de fotos

de Jessica Lange no MIS e a Ocupação Hilda Hilst no Itaú Cultural. E, se você é daqueles que adora se refugiar do calor em salas de cinema, saiba que elas estarão especialmente movimentadas este mês. E não é só por conta dos filmes que concorrem ao Oscar (cuja cerimônia de entrega acontece no dia 22). É que fevereiro será marcado pela aguardada estreia de Cinquenta tons de cinza e do blockbuster infantil Bob Esponja – Um herói fora d’água. Resumindo: assim como as temperaturas, a agitação está em alta na cidade. Não vale ficar parado em casa. Cubra-se de filtro solar e aproveite as dicas que separamos para você! kikecosta@uol.com.br

63


FEVEREIRO

MERCADO MOBILIÁRIO

HUMOR À PAULISTA

5H ÀS 11H

Começa hoje e vai até o dia 4 no Centro de Eventos Pro Magno o 5º Abup Móvel Show. O evento reúne várias empresas do setor de mobiliário, como Goods BR, Home & Garden, Casa Bonita, Lazz Interni, Vanessa Taques, Ville Art e Montarte. A feira é destinada exclusivamente a lojistas e profissionais da área. Rua Samaritá, 230, Casa Verde, tel. 3881-2287.

5H ÀS 11H

A exposição São Paulo por Paulo Caruso traça com muito humor um interessante panorama da cidade, mostrando sua história, sua arquitetura e sua gente no traço desse grande caricaturista. A mostra conta ainda com cerca de 50 desenhos da série Paulistanos Ilustres, além de fotografias da cidade. Entrada gratuita. Praça da Sé, 111, Centro, tel. 3321-4400.

CARNE TOP

EXECUTIVO AMAZÔNICO

11H ÀS 17H

01 DOMINGO 02 SEGUNDA O restaurante Templo da Carne Marcos Bassi promove até o fim do mês o Wagyu Fest, com maminha, rump steak e baby beef dessa raça bovina originária do Japão e que, por ter muita gordura entremeada, possui maciez e sabor inigualáveis. Os cortes custam de R$ 98 a R$ 298, incluindo couvert, arroz do cozinheiro e farofa. Rua Treze de Maio, 668, Bela Vista, tel. 3288-7045.

11H ÀS 17H

A cada dia, o chef João Ragna prepara opções diferentes e criativas para o almoço executivo do seu Bistrô 28, que investe na gastronomia do Brasil (em especial da Amazônia), da Itália e da França. Como prato principal, você pode se deliciar com um galeto grelhado com polenta frita, um picadinho de tambaqui, uma picanha com risoto de ervas ou ainda um caprichado spaghetti à carbonara. Rua Joaquim Távora, 1.068, Vila Mariana, tel. 5082-3167.

17H ÀS 23H

17H ÀS 23H

SOCCER & FOOTBALL Começa hoje o Campeonato Paulista de Futebol, com 20 times. Na primeira fase, cada um fará 15 jogos no sistema de pontos corridos e, na sequência, as oito melhores equipes decidem o título em mata-matas. O Santos começa o torneio enfrentando o atual campeão Ituano, o São Paulo estreia contra a Penapolense, o Corinthians pega o Marília, o Palmeiras encara o Audax e a Portuguesa joga contra a Ponte Preta. Em Phoenix, nos Estados Unidos, acontece hoje o Superbowl, a grande final do Campeonato de Futebol Americano, com transmissão ao vivo pela ESPN.

O restaurante Zucco tem novidades em seu menu. Vale a pena provar o carpaccio alla melanzana (finas fatias de filémignon com creme de berinjela e queijo pecorino), os ravioli di gamberi (massa recheada com camarões ao molho de vôngoles e abobrinha) e o risotto di porri e salsiccia (risoto de alho-poró e linguiça). Avenida Roque Petroni Jr., 1.089 (Shopping Morumbi), Brooklin, tel. 5181-4748.

CIDADÃO DO MUNDO

Após uma grande reforma, a lanchonete Frevo reabriu, agora mais clara, com um painel de azulejos na parede representando dançarinos de frevo. O cardápio não sofreu grandes mudanças: seguem como carros-chefes da casa o famoso beirute de rosbife e o sorvete Capricho, com farofinha crocante de farinha láctea. Rua Augusta, 1.563, Cerqueira César, tel. 3284-7622.

No livro O guia de viagem de Alexandre Herchcovitch – Nova York, Londres, Paris e Tóquio, o estilista dá dicas dessas quatro metrópoles. Em Tóquio, por exemplo, ele fala da Gooz, rede de padarias que vende bolos impecáveis. Em Paris, ele destaca muitos endereços que o povo envolvido com moda vai simplesmente amar. O livro custa R$ 31,90 na livraria virtual www.fnac.com.br.

64 | 29HORAS | Fevereiro 2015

FOTOS DIVULGAÇÃO

FREVO DE VOLTA

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

DIVERSE NOVITÀ


03 TERÇA

04 QUARTA

5H ÀS 11H

5H ÀS 11H

CAPITAL DOS NERDS

DE VOLTA AO BATES MOTEL

De hoje até o dia 8 acontece no Pavilhão de Exposições do Anhembi a Campus Party. O tema deste ano é Da Terra à Lua. Entre os palestrantes convidados estão Bas Lansdorp, criador do projeto Mars One, Chris Anderson, autor do best-seller The long tail, Nathan Schulhof, criador do mp3, e o neurocientista Miguel Nicolelis. As inscrições estão encerradas e as vagas, esgotadas, mas há uma lista de espera para os interessados. Avenida Olavo Fontoura, 1.209, Santana, contatos pelo e-mail brasil@campus-party.org

11H ÀS 17H

VENDITA SPECIALE A Montenapoleone, loja de móveis importados de design autoral, promove uma venda especial até o dia 12. Há peças com descontos superiores a 50%.A poltrona italiana Pasha, por exemplo, caiu de R$ 2.159 para R$ 1.280. Já a poltrona Feltri, da Cassina, passou de R$ 25.056 para R$ 11.275. Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 1.572, Jardim Paulistano, tel. 3083-2300.

11H ÀS 17H

VISÕES NOSTÁLGICAS O Itaú Cultural apresenta a mostra A arte da lembrança – A saudade na fotografia brasileira. A exposição aborda diferentes ângulos de ver e conviver com esse sentimento tão singular, a saudade, e conta com imagens feitas entre 1930 e 2014 por 36 fotógrafos, como German Lorca, José Yalenti e Luiz Braga. Entrada gratuita. Avenida Paulista, 149, Paraíso, tel. 2168-1777.

Dentro da 5ª Temporada de Clássicos da rede Cinemark, será exibido hoje às 12h30 em várias salas Psicose, dirigido em 1960 pelo mestre do suspense Alfred Hitchcock. Os ingressos têm valor fixo de R$ 14 (inteira) e R$ 7 (meia). Um bom lugar para ver esse filme é o complexo de cinemas do Shopping Pátio Paulista. Rua Treze de Maio, 1.947, Paraíso, tel. 3262-4065.

FRESCOR PARA O VERÃO

17H ÀS 23H

Deu saudade dos quitutes da vovó? Entre em contato com a Cornelius Cookies. A empresa faz delivery de biscoitos com gotas de chocolate, com chocolate branco e damasco ou com cacau belga e recheio de leite Ninho – hummmm! Cada um custa R$ 5. As encomendas devem ser feitas com um dia de antecedência e os cookies são embalados um a um em sacos de papel. encomendas@ corneliuscookies.com.br

A novidade deste verão no bairro do Itaim é a sorveteria Davvero Gelateria Tradizionale, das irmãs e sócias Suelen Ferrari e Débora Tesoto. Após a imersão num curso sobre a produção de gelatos na cidade de Bologna, na Itália, elas desenvolveram uma carta com mais de cem sabores. Tem de pistache, doce de leite com flor de sal, tiramisú, macadâmia, damasco com amêndoas, açaí com banana, limão-siciliano com menta, kiwi com abacaxi, chá-verde, morango com gianduia e muitos outros – todos ultracremosos. Rua Pais de Araújo, 129, Itaim, tel. 3881 6552.

NEUVOS COCTELES

TIJOLOS E PETISCOS

A Adega Santiago do Shopping Cidade Jardim acaba de reformular sua carta de drinques. Entre as novidades estão o Daisy Cosmo (gim, licor Grand Marnier, suco de limão-siciliano e purê de framboesa) e o Bellota (brandy de Jerez com infusão de jamón Serrano, suco de limãosiciliano e mix de amaros). Avenida Magalhães de Castro, 12.000, Real Parque, tel. 3758-4446.

O Olaria Bar tem um ambiente rústico e aconchegante, com tijolos aparentes e dormentes de madeira. Ele surgiu num imóvel que, na década de 30, abrigou uma fábrica de tijolos. Hoje a especialidade da casa são os espetinhos, como os de picanha ou de mussarela. Prefere uma friturinha bem-feita? Prove o bolinho de bacalhau. Rua Apeninos, 637, Paraíso, tel. 3289-0822.

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

COOKIE É BOM!

65


FEVEREIRO

05 QUINTA

06 SEXTA

5H ÀS 11H

5H ÀS 11H

VERÃO NA LOX

SOPA FRIA

O chef Beto Tempel lança novidades no cardápio da sua Lox Deli para este verão. A seção de sandubas foi incrementada com o salmão burguer, servido com molho de raiz forte, relish de pepino e iogurte. Entre as saladas, prove a de brie com abacaxi na brasa e mix de folhas verdes. Outra boa pedida é o quibe de abóbora com queijo de cabra e tahine. Rua Batataes, 403, Jardim Paulista, tel. 3051-6020.

11H ÀS 17H

CLONINHO Que tal ter uma miniatura de si próprio? Essa é a proposta do Mini You, da 3D Mini, empresa que faz impressões em 3D. Por meio de um scanner, um programa e uma impressora 3D, ela cria uma miniatura idêntica de você ou da pessoa que você mais ama. Cada estatueta com 10 cm custa R$ 299. Contatos pelo tel. 2538-6795 ou pelo site www.miniyou.com.br.

11H ÀS 17H

MESTRE MINEIRINHO O Centro Cultural Banco do Brasil apresenta a exposição Bracher – Pintura e permanência, com 86 obras do artista mineiro Carlos Bracher, considerado um dos grandes mestres brasileiros na pintura a óleo sobre tela. A mostra, multimídia, conta com a exibição de vídeosdocumentários sobre o pintor. Entrada gratuita. Rua Álvares Penteado, 112, Centro, tel. 3113-3651.

O Le Jazz Brassserie acaba de incluir no seu cardápio uma opção de entrada perfeita para o verão: o gazpacho de beterraba. Leve e refrescante, a sopa de origem espanhola é servida gelada e, na versão do restaurante, a receita ainda é incrementada com um toque de iogurte e de raiz forte (R$ 23). Rua dos Pinheiros, 254, Pinheiros, tel. 2359-8141.

17H ÀS 23H

BONITÕES NO FRONT

SZOT EM SÃO PAULO

Estreia hoje nos cinemas o filme Corações de ferro, estrelado por Brad Pitt e Shia LeBoeuf. Ambientado no final da Segunda Guerra Mundial, mostra um grupo de soldados dos EUA encarregado de atacar os nazistas dentro da própria Alemanha. Eles são liderados pelo enfurecido sargento Don “Wardaddy” Collier (Pitt). A direção é de David Ayer.

66 | 29HORAS | Fevereiro 2015

17H ÀS 23H

A grande atração do Concerto Internacional de Abertura da Temporada 2015 do Theatro São Pedro, hoje às 17h, é o tenor Paulo Szot, a primeira voz masculina brasileira a apresentar-se no Metropolitan Opera House, onde debutou em 2010 como protagonista de O Nariz de Shostakovich. Ele também atuou na Ópera Garnier de Paris, no Scala de Milão, no Barbican Center de Londres e nos nova-iorquinos Carnegie Hall e Lincoln Center, entre outros tantos palcos lendários. Ingressos de R$ 30 a R$ 50. Rua Albuquerque Lins, 207, Santa Cecília, tel. 3661-6600.

SAQUÊ, CRANBERRIES & JACARÉS O Jun Daity Cranberry é um drinque que mistura saquê Jun Daiti, suco de cranberry, muito gelo e uma rodela de limão-siciliano. O coquetel está à venda em vários bares paulistanos, como o Jacaré Grill. Para acompanhar o colorido e refrescante drinque, peça uma porção de pastéis de carne de jacaré ao curry e delicie-se! Rua Harmonia, 305, Vila Madalena, tel. 3816-0400.

FOTOS DIVULGAÇÃO

O gastrobar Aclimação tem um salão com pé-direito bem alto, um décor vintage e uma varanda com disputadas mesinhas sob o teto retrátil. Para comer, há clássicos de boteco – bruschettas, bolinhos, pastéis e espetinhos – e pratos mais elaborados, como os escalopes de picanha com cogumelos shitake e o paupiette de linguado com camarão, acompanhado de risoto de brie e amêndoas. Para bebericar, tem cervejas importadas, caipiroskas e drinques exclusivos, como o Ágata Frozen (abacaxi, vodca, licor de frutas e flores, soda e gelo picado). Rua Pedra Azul, 521, Aclimação, tel. 5574-8022.

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

NUM CLIMA BOM


REGINA NO SHOPPING

O MÚLTIPLO BURLE MARX

Hoje e amanhã são os últimos dias para quem quiser visitar a exposição Espelho da arte – A atriz e seu tempo, no Shopping JK Iguatemi. A mostra homenageia os 50 anos de carreira de Regina Duarte e reúne figurinos de personagens icônicos interpretados pela atriz, como Chiquinha Gonzaga e a viúva Porcina, de Roque Santeiro. Avenida Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041,Vila Olímpia.

5H ÀS 11H

A Pinacoteca do Estado apresenta até 22 de março a exposição Roberto Burle Marx: uma vontade de beleza. A mostra reúne 80 pinturas, desenhos, estudos, projetos, cerâmicas, vidros, joias e tapeçarias, compondo um panorama da diversificada produção do artista. O ingresso custa R$ 6. Aos sábados, a entrada é gratuita. Praça da Luz, 2, Bom Retiro, tel. 3324-1000.

11H ÀS 17H

5H ÀS 11H

07 SÁBADO 08 DOMINGO Até o dia 17, o shopping sazonal Casa Grande Boulevard Mall, no Guarujá, reúne marcas como Le Lis Blanc, Bobô, Colcci, Zoomp, Dudalina, Iódice, Carmim e outras. Na área de gastronomia, os destaques são o Bar Budweiser e o Paladar Food Park, com vários trucks. Para a criançada, tem gibiteca e brinquedoteca. Avenida Miguel Stéfano, 1.001, Enseada, Guarujá.

COMPRAS, COMIDINHAS E DIVERSÃO

MARAVILHAS DO CHECHO

11H ÀS 17H

AVENTURAS À TONA

O chef boliviano Checho Gonzales é o responsável pelas delícias servidas na Comedoria Gonzales. Instalada num boxe no Mercado Municipal de Pinheiros, tem um balcão em “L” onde a grande pedida são os ceviches (a peixaria fica ali do lado, garantindo o frescor da matériaprima). Outras boas alternativas são o galeto grelhado aromatizado com limão e servido com batatas, as costelinhas de porco cozidas no ponto, os caprichados sandubas e as suculentas salteñas (empanadas bolivianas). Ah, e os preços ainda são bem camaradas! Rua Pedro Cristi, 31-71, Pinheiros, tel. 3813-8719.

17H ÀS 23H

A culinária vietnamita agora está representada em São Paulo. No restaurante Miss Saigon, é possível provar delícias como o pho bò (talharim de arroz com carne bovina fatiada em caldo com especiarias) e o bún thit nuóng cha giò (espaguete de arroz, legumes, amendoins e carne de boi, de frango ou de porco). Alameda dos Jurupis, 1.374, Moema, tel. 4564-1419.

A criançada está eufórica: estreou este fim de semana o filme Bob Esponja – Um herói for a d’água, em 3D. Na trama, o pirata Alameda Jack consegue encontrar um livro mágico que pode transformar todos os seus planos malignos em realidade. Só que a última página do tal livro está com Bob Esponja, no fundo do mar. Alameda então decide destruir o habitat onde Bob vive. Então toda a turma – Patrick, Sirigueijo, Lula Molusco e Plâncton – vai buscar ajuda na superfície. Aí começa pra valer a diversão da plateia!

SAMBA NA LIBERDADE

FESTA DA MÚSICA

O grupo carioca Casuarina anima a noite de hoje no Cine Joia. O show reúne marchinhas tradicionais e sambasenredos animados, numa prévia do Carnaval. Clássicos da banda, como as canções Dissimulata, Samba de Helena e Eu quero é botar meu bloco na rua completam o repertório. Ingressos a R$ 80. Praça Carlos Gomes, 82, Liberdade, tel. 3101-1305.

A cerimônia de entrega do Grammy – o Oscar da indústria fonográfica – acontece hoje à noite, em Los Angeles. O canal TNT transmite a festa ao vivo, com tradução simultânea, a partir das 21h. Todo ano, a premiação é entremeada por grandes números musicais – ano passado, a performance mais marcante foi a de Stevie Wonder tocando com o duo francês Daft Punk.

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

SAUDÁVEL & SABOROSA

67


FEVEREIRO

09 SEGUNDA 10 TERÇA POR DENTRO DO OBELISCO

5H ÀS 11H

A BELEZA DO TÊNIS

Fechado desde 2002, o Obelisco do Ibirapuera, que homenageia a Revolução Constitucionalista de 1932, já está novamente aberto para visitas, após uma grande reforma. Lá dentro está a cripta dos heróis Martins, Miragaia, Dráusio e Camargo e três altares, intitulados Nascimento, Morte e Ressurreição de Cristo. Entrada gratuita. Avenida Pedro Álvares Cabral, 1, Ibirapuera, tel. 5574-5045.

11H ÀS 17H

O bistrô Le Vin acaba de incluir em seu cardápio o salmão grelhado com tabule de quinoa. O tradicional tabule aparece repaginado, com quinoa em vez de trigo e pepino no lugar de abobrinhas, uma receita mais saudável e menos calórica. A novidade custa R$ 66 e está disponível em todos os endereços da rede. Rua Armando Penteado, 25, Higienópolis, tel. 3668-7400.

11H ÀS 17H

No Empório San Martin, César Akkari, Luigi Imparato e Ricardo Bertoni oferecem carnes argentinas e brasileiras de alta qualidade, prontas para consumir ali mesmo no local ou embaladas para você levar para casa. Nos refrigeradores e nas grelhas, há mais de 30 tipos de cortes (10 só de gado wagyu, como picanha e costela), além de exclusivas linguiças artesanais de vitela, de cordeiro ou de espinafre com bacon, entre outras. Para acompanhar, cervejas especiais e alguns rótulos de vinhos de boa relação custo/benefício. Alameda dos Anapurus, 1.705, Moema, tel. 2548-8572.

CONEXIÓN TIJUANA

SANDUBOTECA

A Chicano Taquería é uma casa de comida mexicana, mas não ostenta sombreros nem fotos de mariachis. O foco é nas quesadillas e nos burritos (de R$ 13,90 a R$ 15,80), que podem ser de carne suína, bovina, de frango ou vegetarianos. De sobremesa, peça uma das onipresentes paletas mexicanas, se você ainda não tiver enjoado delas. Rua Augusta, 976, Cerqueira César, tel. 2371-3542.

17H ÀS 23H

Instalada num casarão antigo, a Mosaico Sanduberia oferece lanches em tamanhos diferenciados, para que cada um se sacie de acordo com a sua fome. Para o cliente criar seu próprio mosaico de sabores, o cardápio traz mais de cem opções, incluindo algumas vegetarianas e outras doces, como o clássico de goiabada com queijo. Avenida Brig. Luís Antônio, 1.164, Bela Vista, tel. 4304-7961.

FUMACÊ

BORBULHAS DE VERÃO

Os fãs de bons charutos cubanos se encontram na La Casa del Habano, que funciona em um sobrado em Moema. A casa oferece cerca de 20 marcas de puros, que podem ser degustados no andar superior. Para beliscar, há petiscos e pratos elaborados. Para bebericar, a carta lista vários uísques, cervejas e vinhos. Alameda dos Jurupis, 1.402, Moema, tel. 5542-7324.

O Chandon Passion Rosé é um espumante demi-sec perfeito para o verão. Sutilmente adocicado, traz aromas de frutas tropicais e apresenta uma cor salmão-claro. Sempre bem geladinho, combina com pratos de peixe e frutos do mar, mas também vai bem com sobremesas. No site www.metapunto.com.br, cada colorida garrafa de 750 ml está sendo vendida por R$ 71.

68 | 29HORAS | Fevereiro 2015

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

LA QUINOA ROYALE

FOTOS DIVULGAÇÃO

5H ÀS 11H

Em sua 15ª edição, o Brasil Open de Tênis começa hoje no Ginásio do Ibirapuera e vai até o dia 15. Entre os nomes confirmados está o canhoto espanhol Feliciano Lopez, que costuma provocar suspiros e calores no público feminino. Para completar a armada espanhola, vêm a São Paulo também Tommy Robredo e Fernando Verdasco. Os ingressos já estão à venda pelo site www.ingressorapido. com.br e custam de R$ 15 e R$ 120, dependendo do dia e do lugar na plateia. Rua Manoel de Nóbrega, 1.361, Paraíso, tel. 2125-8500.

17H ÀS 23H

CHURRASCOS TOP


QUARTA 11 5H ÀS 11H

FRESCOR DE VERÃO A Água de Cheiro acaba de lançar uma coleção de colônias tropicalistas com quatro versões: Jogando Charme, Colhendo Flores (com notas florais de jasmins e lírios), É Ginga, É Malícia! (floral frutada com aromas de rosa e lichia), Mulata Arretada, Rosa Apimentada (oriental floral à base de manga e pomarose) e Pintando o 7 (cítrica, com toques de maracujá e tangerina). Disponíveis em frascos de 120 ml e 250 ml, custam de R$ 24,90 a R$ 39,90. SAC 0800 723 5885.

11H ÀS 17H

A tradicional Cantina Montechiaro realiza só até o dia 15 o Festival da Costa Amalfitana. Neste período serão servidos pratos leves e saborosos, como o linguine negro com salmão em cubos, palmito e tomatinhos frescos, o talharim ao pesto com lulas salteadas no vinho branco e o talharim verde com camarões e fundo de alcachofra ao molho pesto. Para harmonizar com as comidas, a dica é vinho branco Infinitus, elaborado com uvas gewürztraminer. Rua Santo Antônio, 844, Bela Vista, tel. 3257-4032.

17H ÀS 23H

O recém-inaugurado Armazém Álvares Tibiriçá concentra num mesmo espaço mercearia, restaurante e bar. O menu tem forte sotaque ibérico: para petiscar, aposte nas alheiras e nas punhetas de bacalhau; se quiser algo mais substancioso, peça o peixe galego ou a língua de boi na cerveja preta com purê de batatas. Rua Marquês de Itu, 847, Santa Cecília, tel. 2365-1671.

23H ÀS 29H

VIAGGIO A CAPRI

O discretíssimo bar Coelho fica nos fundos do coworking Hub B4i, no coração do Jardim América. Para entrar, é preciso tocar o interfone e dizer a senha da noite (divulgada no Facebook e no Instagram). Num ambiente ao ar livre, são servidos drinques à base de cachaça, como o Alice (com café, leite condensado e canela). Rua Groenlândia, 808, Jardim América, tel. 99891-9272.

GASTROBAR IBÉRICO

TOCA DO COELHO

69

69


12 QUINTA

13 SEXTA

5H ÀS 11H

5H ÀS 11H

OVOS EM ALTA

LES RISOTTOS

Na Eggs Comfort Food, todos os pratos são feitos à base de ovos, e até mesmo algumas bebidas do lugar levam ovos em sua receita! A casa tem um cardápio fixo, mas seus sócios pesquisaram e montaram um acervo com mais de 600 receitas, que eventualmente entrarão e sairão do menu. Vale provar as omeletes, o macarrão carbonara e os miniovos beneditinos. Rua dos Pinheiros, 890, Pinheiros, tel. 2548-8346.

11H ÀS 17H

TÁCA-LE TRUFA! A Tartuferia San Paolo é um restaurante especializado em trufas importadas da Úmbria, que estão por todo o cardápio montado pelo chef Alexandre Abreu. Entre as opções, há prosaicos mistos quentes, úmidos risotos com presunto cru, frescas saladas de carpaccio, steak tartares e até pudins com caramelo trufado. Alameda Lorena, 1.906, Jardins, tel. 3831-8072.

11H ÀS 17H

GELEIA REAL A novidade da Queensberry é a geleia de cerejas e cassis, uma edição limitada combinando a doçura das cerejas negras chilenas com a adstringência e a suave acidez do cassis europeu. Somado às frutas, entra também um toque de licor de cassis, que amplia a complexidade de aromas e sabores. Cada pote com 320 g está sendo vendido a preços em torno de R$ 15.

O restaurante francês L’Amitié, do chef Yann Corderon, promove até o dia 18 o Festival do Risoto. São 5 receitas, com preços que variam de R$ 42 a R$ 115. Tem risoto de funghi com crisps de presunto cru, de bacalhau com ervilhas frescas, de queijos com aspargos verdes, de coq au vin e cebola caramelizada e de camarões com palmito e amêndoas. Rua Manuel Guedes, 233, Itaim, tel. 3078-5919.

17H ÀS 23H

A versão para os cinemas do best-seller softporn Cinquenta tons de cinza estreia hoje no Brasil. Ele narra a história da recatada e virgem estudante de literatura Anastasia Steele (Dakota Johnson, filha do casal de atores Don Johnson e Melanie Griffith), que é incumbida de entrevistar para o jornal de sua faculdade o poderoso magnata Christian Grey (Jamie Dornan). Desse encontro nasce uma complexa relação entre ambos. Ele inicia Anastasia nos prazeres do sadomasoquismo, e ela se submete às vontades do sádico empresário.

CARNAVAL NO ANHEMBI

Começam hoje no Sambódromo do Anhembi os desfiles do Grupo Especial das escolas de samba de São Paulo. Participam esta noite as seguintes agremiações, a partir das 23h15: Mancha Verde, Acadêmicos do Tucuruvi, Tom Maior, Dragões da Real, Rosas de Ouro, Águia de Ouro e Nenê de Vila Matilde. Os ingressos estão à venda nas bilheterias do Anhembi, e o preços variam de R$ 100 (arquibancada) a R$ 2.420 (cadeiras de pista). No camarote da Brahma, os ingressos custam de R$ 990 a R$ 2.190, com direito a show de Jorge Ben Jor e open bar. Avenida Olavo Fontoura, s/ nº, Santana.

DRINQUES IRADOS

SAGALENA

O bar Tigre Cego, especializado em sanduíches tipo tostex, está com uma nova carta de drinques. Um dos destaques é o Barbacoa, que mistura tequila, mescal, suco de limão taiti, pepino, purê de pimentão vermelho, bitter de laranja e sal defumado. O gim tônica da casa é preparado com uma água tônica artesanal, feita ali mesmo. Rua Girassol, 654, Vila Madalena, tel. 3586-0370.

O tradicional Empório Sagarana, bar com matriz na Vila Romana, agora tem uma filial na Vila Madalena, no local onde funcionava o restaurante Carmen di Granato. Para bebericar, há chope e cachaças artesanais. Do menu de petiscos, a dica é pedir uma porção de pães de queijo recheados com pernil desfiado. Rua Aspicuelta, 271, Vila Madalena, tel. 3031-0816.

70 | 29HORAS | Fevereiro 2015

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

VENDAS & CHICOTINHOS

FOTOS DIVULGAÇÃO

FEVEREIRO


SÁBADO 14 5H ÀS 11H

PASTA SOB MEDIDA Criado pelos chefs Jorge Gamart e Jhonny Santos (ambos com passagem pela cozinha do restaurante Pomodori), o Pastifício Pastagrano oferece um atendimento personalizado – os clientes podem ter contato direto com os cozinheiros. No menu, deliciosos agnolottis de queijo brie com damasco e um leve toque de rum, raviólis de nata, nhoques de mandioquinha, lasanhas à bolonhesa, tagliatelles e capellines de beterraba, espinafre ou tinta de lula, polpettas (almôndegas) e muito mais. Rua Jaime do Espirito Santo, 83, Jardim Marajoara, tel. 5521-3048.

C

M

Y

CM

MY

CY

CMY

K

11H ÀS 17H 17H ÀS 23H

Acontece esta noite no Sambódromo de São Paulo a continuação dos desfiles do Grupo Especial. Participam hoje as agremiações Unidos de Vila Maria, Gaviões da Fiel, Mocidade Alegre, Império da Casa Verde, Acadêmicos do Tatuapé, Vai-Vai e X-9 Paulistana. Os ingressos estão à venda nas bilheterias do Anhembi, e o preços variam de R$ 100 (arquibancada) a R$ 2.420 (cadeiras de pista). Avenida Olavo Fontoura, s/ nº, Santana.

23H ÀS 29H

DIAS DE GLÓRIA Estreia este fim de semana nos cinemas o filme Annie, protagonizado por Jamie Foxx e Quvenzhané Wallis, a fofa garotinha que estrelou Indomável sonhadora. Ela interpreta uma menina que vive num orfanato comandado com mão de ferro pela senhora Hannigan (Cameron Diaz). Sua vida muda ao ser escolhida para passar alguns dias na mansão de um milionário.

Para resgatar e difundir o clima dos carnavais dos anos 30 a 70 e os tradicionais bailes de máscaras, o maestro e trombonista Renato Farias criou em 2012 a Orquestra Paulista de Carnaval, que se apresenta hoje à noite no palco do Cine Joia. O repertório inclui marchinhas, frevos e sambas-enredos. Ingressos a R$ 50. Praça Carlos Gomes, 82, Liberdade, tel. 3231-3705.

MAIS DESFILES NO ANHEMBI

CARNAVAL & REVIVAL

71


FEVEREIRO

15 DOMINGO 16 SEGUNDA 5H ÀS 11H 11H ÀS 17H

Branca de Neve, o musical encantado é uma peça infantil em cartaz aos domingos, às 16h, no Teatro Fernando Torres. Essa adaptação é fiel ao desenho, com as desventuras da princesa e dos sete anões. As músicas foram especialmente criadas para a montagem, mas a trilha inclui a clássica Eu vou, eu vou, pra casa agora eu vou. Ingressos a R$ 40. Rua Pe. Estevão Pernet, 588, Tatuapé, tel. 2227-1025.

17H ÀS 23H

VIAGEM SEM TRAMBOLHO A nova mala compressora SpaceLite, da Samsonite, diminui o volume da sua bagagem em até 25%. A tecnologia Space in Space permite a expansão da mala, aumentando sua capacidade para, posteriormente, comprimir e você fechá-la sem fazer esforço. A nova linha está disponível nos tamanhos bordo, média e grande, a preços entre R$ 799 e R$ 1.049. www.samsonite.com.br 

Na Alemanha do século 19, o compositor Johannes Brahms vive um triângulo amoroso, nada convencional para a época, com seu colega Robert Schumann e a esposa dele, Clara. Esse é o enredo da peça Querido Brahms, estrelada por Werner Schumann, Carolina Kasting e Olavo Cavalheiro no Teatro Joseph Safra. Ingressos de R$ 50 a R$ 60. Rua Josef Kryss, 318, Barra Funda, tel. 2626-0243.

PÃES E DOCES DA TERRINHA

5H ÀS 11H

A B.Lém Bakery, no Shopping Vila Olímpia, é uma mistura de confeitaria e padaria que reproduz algumas das receitas doces mais tradicionais de Portugal. Tem pastel de nata, toucinho do céu com amêndoas, queijadinhas de Sintra, pudim abade de Priscos, salame de chocolate e biscoitinhos como as areias de Cascais. Na seção de pães, prove o multigrãos, o de azeitonas pretas e verdes e o delicioso pão de queijo feito com queijo da Serra da Estrela. Para acompanhar, peça um espresso. Rua Olimpíadas, 360, Vila Olímpia, tel. 3047-6390.

11H ÀS 17H

Fernando Rios seguiu os passos do avô, o toureiro Curro Dominguez, que fundou o Don Curro em 1958, e acaba de abrir o Aragon. Com um caprichado menu ibérico, a casa tem tapas como lulas empanadas com aïoli e tortilhas de batata. Como pratos principais, oferece vários arrozes e boas opções à base de bacalhau. Alameda Ministro Rocha Azevedo, 1.373, Jardins, tel. 3085-1878.

17H ÀS 23H

BRANCA E SEUS ANÕES

O Aguzzo Pasta Tradizionale acaba de abrir sua segunda loja, agora em Moema. O empório tem vinhos, azeites, antepastos, molhos e, claro, massas artesanais. Tem nhoque de batata e de espinafre, fettuccine, tagliolini, lasanhas, raviólis recheados de filé-mignon e fagottinis com recheio de queijo de cabra. Alameda dos Maracatins, 513, Moema, tel. 3586-8491.

COMPLEXA RELAÇÃO

NOVO IBÉRICO

DESFILES NA SAPUCAÍ

72 | 29HORAS | Fevereiro 2015

COOKIES ATÉ A MEIA-NOITE Quando você vir bolhinhas de sabão sobre a Rua Tabapuã, é sinal de que uma fornada de cookies acaba de sair na The Sweet Bubbles. A doceria é tocada pelos irmãos Samuel e Marcelo Shoel, da The Dog Haus, e mais dois sócios. Tem biscoitos de baunilha com gotas de chocolate, cheesecakes, donuts, tortas de limão e bolos red velvet. Rua Tabapuã, 574, Itaim, tel. 3167-6150.

FOTOS DIVULGAÇÃO

Começam hoje no Sambódromo do Rio os desfiles das majestosas escolas do Grupo Especial carioca. Pela ordem, cruzam a Sapucaí as seguintes agremiações: Unidos do Viradouro, Estação Primeira da Mangueira, Mocidade Independente de Padre Miguel, Unidos de Vila Isabel, Acadêmicos do Salgueiro e Acadêmicos do Grande Rio. A exuberante celebração será transmitida ao vivo pela TV Globo.

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

MASSAS ARTESANAIS


TERÇA 17 5H ÀS 11H

SAÚDE PARA BEBER A Press Juice Brasil agora tem uma loja no Shopping JK Iguatemi. Com o mesmo conceito Grab and Go de sua loja dos Jardins, oferece 14 opções de sucos prensados a frio. A loja vende também granolas sem glúten, nuts, frutas desidratadas, geleias e cremes de amêndoas ou de amendoim. Avenida Pres. Juscelino Kubitschek, 2.041, Vila Olímpia, tel. 95551-5588.

11H ÀS 17H

Cacao Sampaka, marca espanhola de chocolates gourmet, acaba de inaugurar sua primeira loja nas Américas. No ponto escolhido pelas sócias Cristiane Loize, Flávia Sarinho e Simona Tesini, podem ser encontrados bombons, tabletes e drágeas, além de itens para ousar na cozinha como cremes, cacau em pó, coberturas e preparado para chocolate quente. A marca surgiu em Barcelona a partir de três gerações de uma família que, desde 1935, se dedica à compra, transformação do cacau e produção do chocolate. Rua Aspicuelta, 207, Vila Madalena, tel. 3032-0286.

17H ÀS 23H

As noites do restaurante Micaela ficarão mais animadas: o chef Fábio Vieira e o barman Frederico Santos acabam de lançar novos drinques. Entre as sete novidades (seis à base de cachaça), destaque para o bloody mary feito com cachaça envelhecida em carvalho, suco de tomate feito na casa, manjericão, noz-moscada, aceto balsâmico, pimenta dedo-de-moça e stick de jamón. Rua José Maria Lisboa, 228, Jardim Paulista, tel. 3473-6849.

23H ÀS 29H

CHOCOLATE AO ESTILO CATALÃO

O restaurante Milanino ocupa o imóvel que já abrigou o Mabella. Na nova configuração, o primeiro drinque vem acompanhado de petiscos de cortesia. Para quem quiser algo mais substancioso, a dica é pedir um spaghetti carbonara, um dos bons hambúrgueres ou o ossobuco clássico, escoltado por risoto de açafrão. Rua Jerônimo da Veiga, 153, Itaim, tel. 3079-1049.

DRINQUES NO MICAELA

DRINQUES & CARNES

73


FEVEREIRO

18 QUARTA 19 QUINTA 5H ÀS 11H 11H ÀS 17H

Fundada em 1995 na Coreia do Sul, a BBQ Chicken está presente em mais de 22 países e possui cerca de 4 mil lojas pelo mundo. Na de São Paulo, prove o frango empanado com molho cream onion, a Olive Chicken. A carne da ave é frita em azeite bem quente. Como resultado, fica crocante por fora e suculenta no interior. Rua Vergueiro, 2.177, Vila Mariana, tel. 2615-8001.

17H ÀS 23H

BREAKFAST IN SWEDEN O Nosso Ponto Stockholm é uma cafeteria que faz a gente se sentir na Suécia. O lugar é pequenino, mas cheio de bossa. Peça um espresso ou um cappuccino e, para acompanhar, prove as kanelbulle (roscas de canela), as chokladboll (bolinhas de chocolate com aveia) e outras especialidades tipicamente escandinavas. Alameda Lorena, 1.655, Jardins, tel. 3791-1500.

Além de investir em petiscos da baixa gastronomia, cervejas e drinques, o bar Vila Seu Justino também aposta em pratos mais elaborados e com toque de requinte. Entre as sugestões do chef Gabriel Oliveira estão o raviolone ao sugo recheado com mussarela de búfala servido na cesta de parmesão, o risoto de morcilla coberto de farofa de torresmo e crisps de couve, o filé-mignon com purê de mandioquinha e o salmão com creme de espinafre e legumes na manteiga. Rua Harmonia, 77, Vila Madalena, tel. 2305-0140.

PAUSA RELAXANTE

5H ÀS 11H

A Lush é uma empresa inglesa de cosméticos feitos artesanalmente que existe há 18 anos e possui mais de 900 lojas em 51 países. A nova unidade da marca em São Paulo tem um spa. Além de vender perfumados sabonetes em barra, loções tônicas, xampus, cremes de barbear, hidratantes faciais e desodorantes, a loja dos Jardins tem um espaço para tratamentos, banhos e massagens. As sessões relaxantes custam de R$ 240 a R$ 450. Permita-se alguns momentos de bem-estar. Rua da Consolação, 3.459, Jardins, tels. 3051-8225 e 3052-1739.

11H ÀS 17H

GALINHA GANGNAM STYLE

O Pobre Juan começou 2015 com novidades em seu menu. O cardápio ganhou a ensalada de verano (mix de folhas com tomates-cereja, aspargos, jamón serrano fatiado e molho blue cheese), um corte especial do bife de chorizo (o Long Island, com 900 g) e o 481 tasting, composto por três cortes premium diferentes com acompanhamentos. Rua Tupi, 979, Pacaembu, tel. 3825-0917.

COMIDA DE BAR

CARNE NOVA

SHAKES TURBINADOS

A Moët & Chandon relançou a Moët Ice Impérial, um champanhe desenvolvido para ser consumido com cubos de gelo, em taças de boca larga. Para você provar a experiência completa, a marca elegeu 27hotspots pelo Brasil que oferecem o serviço perfeito. Aqui em São Paulo, um desses locais é o Bistrot Bagatelle. Rua Pe. João Manuel, 950, Jardins, tel. 3062-5870.

Para aplacar o calor infernal dessas noites do verão, vá à lanchonete Rock’n’Roll Burger e prove um dos milkshakes alcoólicos da casa. O Green Day, por exemplo, leva licor de menta; o Velvet Underground é feito com sorvete de banana e uísque irlandês Jameson, e o Body Count mistura sorvete de chocolate e licor Bailey’s. Rua Augusta, 538, Consolação, tel. 3255-0351.

74 | 29HORAS | Fevereiro 2015

FOTOS DIVULGAÇÃO

A House of Food é uma cozinha compartilhada. Ela oferece a cozinheiros uma área equipada com balcões refrigerados, fogão com seis bocas, resfriador rápido, liquidificador, batedeira e utensílios. Os interessados alugam o espaço por dia, por semana ou por mês e recebem seus convidados e clientes nas mesinhas do lado de fora da casa. Rua Dr. Virgílio de Carvalho Pinto, 57, Pinheiros, tel. 2366-4287.

BORBULHAS & GELO

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

17H ÀS 23H

CO-WORKING GOURMET


5H ÀS 11H

PUDIM GOURMET Aliando a técnica da pâtisserie francesa a ingredientes de primeira linha, o atelier Forma de Pudim inaugura sua primeira loja. Lá, além de pudins de 12 sabores (como baunilha, pistache, chocolate belga, paçoquinha, avelã e Ovomaltine, além do tradicional), o cliente pode também tomar um café, um chá ou um refrigerante. Rua Normandia, 102, Moema, tel. 2309-2030.

11H ÀS 17H

SEXTA 20 JE SUIS ÁRABE O Sainte Marie Gastronomie fica fora do circuito mais central, mas a “viagem” vale a pena: a comida é sensacional e os preços são camaradas. Prove as esfihas de abobrinha com coalhada seca, de queijo com bottarga e de cebola caramelada. As kaftas também são úmidas e saborosas, enquanto o homus de beterraba é sedoso e bem temperado. Rua Dom João Batista Costa, 70, Vila Sônia, tel. 3501-7552.

17H ÀS 23H

O Sushideck é um restaurante japonês que possui mesas em um terraço com deque ao ar livre. Para quem quiser mais privacidade, há um confortável tatame no fundo do salão. No cardápio, evidentemente há uma festa de sushis, como o nome do estabelecimento já prenuncia, mas o restaurante tem também outras especialidades, como gyozas, ussuzukuris, teppanyakis, yakissobas e lulas recheadas com cogumelos shimeji. Rua Dr. Leopoldo Couto de Magalhães Junior, 539, Itaim, tel. 2538-6550.

23H ÀS 29H

JAPA NA VARANDA

Estrelado por Daniel Radcliffe (que interpretou durante anos o mágico Harry Potter), o filme Amaldiçoado estreia este fim de semana nos cinemas. A trama mostra um jovem cuja namorada foi estuprada e assassinada. Apontado como principal suspeito, ele sai em busca do verdadeiro responsável. Sua arma será o par de chifres que crescem em sua cabeça.

JUSTICEIRO CHIFRUDO

75


FEVEREIRO

5H ÀS 11H 11H ÀS 17H

PORQUINHA SUPERSTAR A personagem Peppa Pig, dos desenhos do canal Discovery Kids, chega ao palco do Teatro Procópio Ferreira. Em Peppa – A caça ao tesouro, a porquinha e seus inseparáveis amigos – Pedro Pônei, Daisy e seu irmão caçula George – descobrem que um pirata enterrou um tesouro e fazem o impossível para achá-lo. Ingressos de R$ 80 a R$ 100. Rua Augusta, 2.823, Jardins, tel. 3064-7500.

SPA ALIMENTAR EM SUA CASA A Keep Light acaba de lançar o Keep Spa Day, kit com seis refeições congeladas e saudáveis (desjejum, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia), que totalizam 1.000 calorias. As porções já estão separadas com o que você mais precisa durante os diferentes períodos do dia. O kit custa R$ 120 e o site para encomendas é o www.keeplight.com.br BELA DOS CABELOS DE ÉBANO   O Teatro MuBE Nova Cultural recebe, aos domingos, às 11h, o clássico infantil Branca de Neve e os sete anões. Mantendo a trama original, o espetáculo é apresentado com magia e humor e introduz dois personagens, que proporcionam momentos engraçados para os pequenos e para os adultos. Ingressos a R$ 40. Avenida Europa, 218, Jardim Europa, tel. 2594-2601.

17H ÀS 23H

5H ÀS 11H

UTILIDADES DOMÉSTICAS Começa hoje e vai até o dia 24 a 30ª edição da Abup Show, no Centro de Eventos Pro Magno. A feira reúne fabricantes de utilidades domésticas, objetos de decoração e presentes. Entre os expositores estão Alimport, GS Internacional, Kleiner Schein, Casa Bonita, MCassab, Vista Alegre, Chalé Kalé, Home Collection, Estilo A e St. James. Rua Samaritá, 230, Casa Verde, tel. 3881-2287.

11H ÀS 17H

21 SÁBADO 22 DOMINGO

JÚRI TEATRAL A peça 12 homens e uma sentença, em cartaz no Teatro Jaraguá, tem em seu elenco atores como Norival Rizzo, Riba Carlovich e Genézio de Barros. Em cena, os 12 jurados devem decidir se condenam ou não à morte um jovem acusado de matar o pai, em um surpreendente exercício de argumentação. Ingressos de R$ 50 a R$ 60. Rua Martins Fontes, 71, Consolação, tel. 3255-4380.

CÔMICA FREIRA

Irmã Selma e o seu terço insano é um show de humor estrelado, escrito e dirigido por Octávio Mendes. Em cartaz no Teatro Gazeta, o espetáculo reúne os inesquecíveis personagens criados pelo ator, como Mônica Goldstein (apresentadora de um programa sensacionalista), o ex-gay, a cantora Maria Botânica e a freira que empresta seu nome ao show, a Irmã Selma. Mendes é fundador do espetáculo Terça insana, onde permaneceu por quatro anos e onde criou vários personagens. Ingressos a R$ 60. Avenida Paulista, 900, Bela Vista, tel. 3253-4102.

Já assistiu ao filme O iluminado no cinema? Não? Então aproveite! Hoje, à meia-noite, esta obra-prima do terror psicológico, dirigida por Stanley Kubrick e estrelada por Jack Nicholson, será exibida na nova Temporada de Clássicos da rede Cinemark, com ingressos promocionais a R$ 14. Avenida Rebouças, 3.970 (Shopping Eldorado), Pinheiros, tel. 2197-7470.

76 | 29HORAS | Fevereiro 2015

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

JACK DOIDÃO

O canal TNT transmite hoje, a partir das 21h30, a 87ª cerimônia de entrega do Oscar aos melhores do cinema. Os filmes com mais indicações são Grande Hotel Budapeste e Birdman, mas há ainda outras excelentes produções concorrendo em várias categorias, como Selma, Interestelar, Boyhood, A teoria de tudo e O jogo da imitação. Entre os indicados ao prêmio de documentário está O sal da Terra, dirigido por Juliano Salgado e Wim Wenders, sobre o fotógrafo Sebastião Salgado. A festa, transmitida direto de Los Angeles, terá como mestre de cerimônias pela primeira vez o comediante Neil Patrick Harris.

FOTOS DIVULGAÇÃO

17H ÀS 23H

OSCAR NA TV


11H ÀS 17H

EMPANADERIA As famosas empanadas do Bar do Seu Zé, em Pinheiros, também estão à venda no Itaim. Na filial do bar, os clientes podem provar o quitute em versões recheadas de carne e ovo cozido, de carne-seca com abóbora e de escarola com castanha-do-pará, entre outras. Para beber, peça uma das bem geladinhas cervejas. Rua Manoel Guedes, 281, Itaim, tel. 2893-1009. NOVIDADES NAS ALTURAS   O Terraço Itália tem novidades em seu menu criadas pelo chef Pasquale Mancini. Além de novas opções de saladas, ele ressuscitou o clássico coquetel de camarão como entrada e introduziu pratos como o risoto com tomates frescos, mussarella de búfala e manjericão, o robalo grelhado com julienne de legumes e o contra-filé grelhado com batatas rústicas. Avenida Ipiranga, 344, 41º andar, Centro, tel. 2189-2929.

DRINQUES PARA O VERÃO

17H ÀS 23H

5H ÀS 11H

ÚTEIS & FÚTEIS Começa hoje e vai até o dia 26 no Expo Center Norte a 50ª Gift Fair e o 18º D.A.D (Salão de Decoração, Artesanato e Design). Os dois eventos vão reunir mais de 700 expositores nacionais e estrangeiros em uma área de mais de 70 mil m². Eles apresentarão as novidades em utilidades e artigos para a casa. Rua José Bernardo Pinto, 333, Vila Guilherme, tel. 0800 773 3307.

23H ÀS 29H

SEGUNDA 23

Neste verão, o restaurante asiático Satay capricha nos pratos leves. Entre as novas opções do menu estão o tartar de salmão com gengibre e o mini steak grelhado. Para acompanhar essas delícias, a carta de drinques do premiado bar chef Marcelo Serrano também traz boas novidades: o indian summer (gim, curry, xarope de baunilha, angostura bitter e sucos de abacaxi e de limão), o green peace (licor de melão Midori, suco de limão e cereja) e o plum sour (licor de ameixa japonesa umê, uísque e suco de limão-siciliano). Rua Padre João Manuel, 1.249, Jardins, tel. 3068-0169.

EXCLUSIVO NA CINEMARK

BALLET

ALICE NO PAÍS DAS MARAVILHAS CHRISTOPHER WHEELDON

26 E 28 DE FEVEREIRO E 1º E 3 DE MARÇO OPERA

ANDREA CHÉNIER UMBERTO GIORDANO

12, 14, 15 E 17 DE MARÇO OPERA

O NAVIO FANTASMA Der Fliegende Holländer RICHARD WAGNER

26, 28, 29 E 31 DE MARÇO BALLET

O LAGO DOS CISNES MARIUS PETIPA

23, 25, 26 E 28 DE ABRIL

OPERA

ASCENSÃO E QUEDA DA CIDADE DE MAHAGONNY KURT WEILL

7, 9, 10 E 12 DE MAIO BALLET

LA FILLE MAL GARDÉE FREDERICK ASHTON

28, 30 E 31 DE MAIO E 2 DE JUNHO OPERA

LA BOHÈME GIACOMO PUCCINI

13, 15, 16 E 18 DE AGOSTO OPERA

GUILHERME TELL GIOACHINO ROSSINI

27, 29 E 30 DE AGOSTO E 1º DE SETEMBRO

A VIDA REINVENTADA

Ópera | Música | Balé | Dança | Cinema Informações e programação completa em www.cinemark.com.br/royal-opera-house *Válido somente para entrada inteira.


DOCINHOS PARADISÍACOS A Paradis Délices Français conquista o olhar e o paladar de quem passa em frente a sua lojinha por conta de técnicas francesas, ingredientes importados e fabricação artesanal. O responsável por isso tudo é o chef francês Pierre Cornet-Vernet, e o nome da loja é uma homenagem à sua avó, a pâtissière Elise Paradis, de quem Pierre herdou várias receitas. Os macarons estão disponíveis em 20 sabores, como caipirinha, brigadeiro, abacaxi com hortelã e pétalas de rosas, entre outros. Prove também as mon chous, as mademoiselles e os chocolates. Rua Haddock Lobo, 1.380, Jardins, tel. 3542-2652.

25 QUARTA 5H ÀS 11H

5H ÀS 11H

24 TERÇA

BIKE CAFÉ A King of the Fork é uma cafeteria muito frequentada por bikers, e agora ainda mais, pois tem uma ciclovia na porta. Quando você for lá, peça um cappuccino ou um café coado na mesa, na sua frente, e devore pães de queijo quentinhos ou um dos crocantes waffles preparados pelo chef Gustavo Rigueiral, do Chef-à-Porter. Rua Artur de Azevedo, 1.317, Pinheiros, tel. 2533-9391.

11H ÀS 17H

FEVEREIRO

DOCES DO KIM JONG-UN A doceria coreana Fresh Cake Factory é mais um daqueles achados do Bom Retiro. Para quem precisa elevar seu nível de glicose, a casa tem cupcakes, bolos de batatadoce, rocamboles, cheesecakes, bolos de chá-verde, donuts, brigadeiros e outras gostosuras. Para beber, serve vários tipos de café, chás e sodas italianas. Rua Prates, 585, Bom Retiro, tel. 3311-6362.

ANTEPASTOS CAPRICHADOS Feitos na própria cozinha do restaurante, os antepastos e embutidos da cantina Pasquale podem ser saboreados ali mesmo ou, se o cliente preferir, levados para casa. O variado cardápio inclui sopressata, jiló picante, bacalhau em lascas, caponata e sardelas. Os preços por quilo variam de R$ 65 a R$ 80. Rua Girassol, 66, Vila Madalena, tel. 3081-0333. O restaurante L’Entrecôte de Paris inova em seu sistema de cobrança. Os clientes podem pagar a conta pelo celular, através do aplicativo Paypal, com o sistema Tagme. O cliente baixa o aplicativo, se cadastra e, ao fazer o check-in no L’Entrecôte, o sistema reconhece seu cadastro. O garçom faz a cobrança e o cliente recebe um alerta em seu celular com os detalhes da transação. Rua Pedroso Alvarenga, 1.135, Itaim, tel. 3078-6942.

17H ÀS 23H

17H ÀS 23H

PIONEIRISMO

GIM NA CABEÇA

78 | 29HORAS | Fevereiro 2015

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

PIZZAS EM SANTANA Mesas grandes com bancos inteiriços que conferem um ar amigável ao ambiente e pizzas de massa fina ou tradicional, saborosa, assada no forno à lenha. Assim é a Pizzato. Quer uma cobertura clássica? Peça a margherita. Prefere algo mais diferente? Prove a redonda de queijo Polenghinho. Rua Prof. Lourival Gomes Machado, 308, Santana, tel. 2283-1307.

Elza Soares faz show hoje à noite no Theatro Net. O repertório é inteiramente dedicado à obra do compositor Lupicínio Rodrigues. A cantora interpreta clássicos como Cadeira vazia, Se acaso você chegasse, Ela disse-me assim e Nervos de aço. Elza e o compositor se conheceram no início da década de 1960, na boate Texas, no Rio de Janeiro. A partir daí, começou a amizade e a admiração mútua entre os dois. Os ingressos custam de R$ 50 a R$ 140 e estão à venda pelo site www.ingressorapido.com.br. Rua Olimpíadas, 360, Shopping Vila Olímpia, tel. 4003-1212.

O gim é o protagonista do menu especial de drinques que o mestre barman Derivan de Souza criou para o Bar Número. São sete criações exclusivas, entre elas o Gibson for ever (Gim inglês London Number One, Lillet Blanc, zimbro e cebolinhas em conserva) e o Costa Brava (gim espanhol Mare, jerez, chá earl grey, capimlimão e um tomate-cereja). Cada drinque custa R$ 58. Rua da Consolação, 3.585, Jardins, tel. 3061-3995.

FOTOS DIVULGAÇÃO

11H ÀS 17H

VOZ DO BRASIL


17H ÀS 23H

O RINGO STARR ENTRE NÓS Ringo Starr se apresenta hoje de noite no HSBC Brasil. O exbeatle vem acompanhado da All Starr Band, composta pelos guitarristas Steve Lukather (da banda Toto) e Todd Rundgren, o tecladista Gregg Rolie (ex-Santana), o baixista Richard Page, o baterista Gregg Bissonette (que tocou com David Lee Roth) e o saxofonista Warren Ham. Ingressos de R$ 300 a R$ 700. Rua Bragança Paulista, 1.281, Chácara Santo Antônio, tel. 4003-1212. WILL SMITH X RODRIGO SANTORO   Estreia hoje nos cinemas o mais recente trabalho de Rodrigo Santoro em Hollywood. Em Jogo duplo, um trapaceiro profissional interpretado por Will Smith começa a treinar uma bandidinha novata (Margot Robbie), até os dois se apaixonarem. Um dia, o sujeito descobre que ela também está envolvida com outro cara, um rico empresário interpretado por Santoro.

TRIVIAL ARRUMADINHO

11H ÀS 17H

5H ÀS 11H

O LADO B DE JESSICA LANGE Até 5 de abril, o Museu da Imagem e do Som (MIS) recebe a exposição Jessica Lange: fotógrafa, que revela um lado pouco conhecido da premiada atriz. Em 1967, ela ganhou uma bolsa da Universidade de Minnesota para estudar fotografia, mas só nos anos 90 Jessica passou a produzir grandes imagens, como as 135 dessa mostra. Ingressos a R$ 6. Avenida Europa, 158, Jardim Europa, tel. 2117-4777.

23H ÀS 29H

QUINTA 26 O Zeffiro Restaurante lança uma novidade para quem não tem tempo a perder na hora do almoço: os Pratos Rápidos, refeições completas que saem da cozinha em minutos para a mesa do cliente. O cardápio desses pratos muda semanalmente, mas todos custam R$ 22. Pode ser um pernil de porco acebolado com arroz, feijão e farofa, uma moqueca de peixe com arroz e pirão, um filé à parmegiana com arroz e fritas ou um peito de frango à milanesa com banana empanada, arroz, feijão, farofa e ovo frito. Nesse preço está incluída uma saladinha verde. Rua Frei Caneca, 669, Consolação, tel. 3259-0932.


Ocupação Hilda Hilst, no Itaú Cultural, é uma exposição sobre a vida e a obra, mas principalmente, o método, o processo e a linha criativa dessa poeta, dramaturga e prosadora tão singular na literatura brasileira. É uma mostra na primeira pessoa do singular. Tudo que está sendo apresentado no espaço expositivo da Ocupação foi pensado, sentido e escrito pela própria Hilda. São originais das obras Qadós (1973), Júbilo, memória e noviciado da paixão (1974), A obscena senhora D. (1982) e Com meus olhos de cão (1986). Entrada gratuita. Avenida Paulista, 149, Paraíso, tel. 2168-1777.

CONCERTOS 2015 Marin Alsop rege a Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo) hoje às 16h30, na abertura oficial da Temporada 2015. O concerto começa com a vertiginosa Rapture, do norte-americano Christopher Rouse, e segue com a conflituosa Sinfonia n° 5, de Mahler. Ingressos à venda pelo site www.ingressorapido.com.br. Praça Júlio Prestes, 16, Campos Elíseos, tel. 3367-9500. O DESCARTÁVEL E O INESQUECÍVEL   Estreia este fim de semana nos cinemas o filme Para sempre Alice, estrelado por Julianne Moore, que interpreta uma renomada professora de linguística com Mal de Alzheimer. Por conta da doença, ela começa a esquecer palavras e se perder pelas ruas de Nova York. Aí, sua relação com o marido, John (Alec Baldwin), se fragiliza, mas ela e a filha Lydia (Kristen Stewart) se aproximam.

HOTSPOT DO VERÃO

ISSO NÃO VAI DAR CERTO

O local que abriga a 2ª edição do projeto Heineken Up on the Roof é a cobertura de um dos mais emblemáticos edifícios da cidade, o Martinelli. A programação de festas, shows e DJs rola somente até o dia 1º de março. Para garantir a entrada (gratuita) é preciso incluir seu nome na lista postada na página oficial do evento no Facebook. Avenida São João, 35, Centro.

Em uma noite de festa, juntam-se um pai relapso, uma ex-periguete, um cafajeste e um anjo bom. Assim começa a comédia Superpai, estrelada por Danton Mello, Monica Iozzi, Dani Calabresa, Thogun Teixeira e Antonio Tabet (o Kibe Loco). A direção é de Pedro Amorim, e o filme tem participações especiais de Danilo Gentili, Rafinha Bastos, Paulinho Serra e Martha Nowill.

80 | 29HORAS | Fevereiro 2015

FOTOS DIVULGAÇÃO

5H ÀS 11H

FURACÃO HILDA

23H ÀS 29H

23H ÀS 29H

PIMENTA À FRANCESA O Poivre é um bistrô comandado por Antonio Pimentel, que trabalhou no Ca’d’Oro e, por três décadas, conduziu o Pimentel. O menu aposta nas receitas clássicas, como o robalo grelhado com aspargos e, claro, o filé au poivre. Mas há também pratos com um toque contemporâneo, como o linguado com molho de tangerina. Rua Santa Justina, 48A, Vila Olímpia, tel. 3849-9991.

28 SÁBADO

11H ÀS 17H

5H ÀS 11H

CARNES FANTÁSTICAS O empresário Jair Coser acaba de inaugurar a 7ª unidade do Corrientes 348, agora nos Jardins. O novo endereço fica num imóvel de pé-direito alto que, logo na entrada, ganhou uma bonita adega envidraçada. No cardápio, o foco é a parrilla – carnes preparadas na grelha argentina servidas com caprichados acompanhamentos. Destaque para o tenro ojo del bife (miolo do contrafilé), o suculento tapa de cuadril (a famosa picanha) e o lomito light (filémignon) com abacaxi grelhado. Antes de cair de boca nas carnes, prove uma das empanadas da casa. Rua Bela Cintra, 2.305, Jardins, tel. 3088-0276.

17H ÀS 23H

SAÚDE LÍQUIDA A empresária Marcia Marques acaba de lançar a linha de sucos prensados a frio Juice Club. No quiosque da marca, no Shopping Nações Unidas, é possível encontrar dez sabores de sucos em copos e shots, além de embalagens para você levar para casa. As misturas são saudáveis, nutritivas, energizantes e deliciosas. Avenida Nações Unidas, 12.901, Brooklin, tel. 5505-2711.

11H ÀS 17H

27 SEXTA

17H ÀS 23H

FEVEREIRO


HORA LIVRE

POR LUIZ TOLEDO

“...Viemos do Egito E muitas vezes nós tivemos que rezar. Allah, Allah! Allah, meu bom Allah! Mande água pra ioiô. Mande água pra iaiá. Allah, meu bom Allah!” Essa música estourou no Carnaval de 1940. Nessa época o sonho do homem de voar já tinha sido realizado e, na Europa, já utilizávamos o invento do avião para jogarmos bombas uns na cabeça dos outros. Na Alemanha, a moda era o nazismo e os judeus tinham que usar uma estrela amarela de pano sobre as roupas. A penicilina começava a ser usada em larga escala, salvando milhões de vidas. O fuzil automático Kalashnikov ainda estava em desenvolvimento. Assim como a bomba atômica. Também já havíamos criado regimes, como o capitalismo e o comunismo. O primeiro definido como a exploração do homem pelo homem e o segundo como sendo exatamente o contrário.

82 | 29HORAS | Fevereiro 2015

De todos esses “ismos”, o humorismo sempre foi o melhor. Assim como o movimento pinça do polegar e do indicador, o humor é uma característica exclusiva do ser humano. Seu cachorro pode ter aprendido a rir, mas não de si mesmo. Somos únicos neste planeta. A diferença do ser humano confrontado com os outros animais é monstruosa. Fazemos qualquer coisa para sobreviver. E, depois que inventamos o dinheiro, literalmente, tudo ou o que for preciso para enriquecer. O homem que inventou a penicilina é da mesma espécie que falsifica remédio contra o câncer – câncer infantil. Da abelha ao urso, da minhoca ao tubarão, todos os seres fazem parte de uma cadeia de vida. O sumiço de qualquer um desses bichos altera e bagunça todo o sistema. Se o ser humano não existisse, que diferença faria para a vida deste planeta? Sei não, mas acho que nós não somos daqui. yestoledo@gmail.com

GUSTAVO BOURGEAISEAU

ALLAH-LÁ-Ô-Ô-Ô-Ô.


Motores | Automação | Energia | Transmissão & Distribuição | Tintas

WEG , A MARCA DO BRASIL

NO MUNDO Presença global é essencial. Estamos constantemente expandindo nossas operações e criando novos produtos e soluções para melhor atender suas necessidades em qualquer local do planeta.

A qualquer hora, em qualquer lugar.

Transformando energia em soluções.

www.weg.net

revista 29HORAS - ed. 64 - fevereiro 2015  

Revista mensal com agenda cultural de São Paulo, distribuída no Aeroporto de Congonhas. capa: Ney Matogrosso

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you