Page 1

DE 29 DE NOVEMBRO A 29 DE DEZEMBRO DE 2011 – DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NO EMBARQUE DE CONGONHAS

URUGUAI NATALE GIRAMONDO RELATA COMO A TRADIÇÃO SE RECRIA E INVENTA INÚMERAS NOVAS ATRAÇÕES NO PAÍS VIZINHO

A GRANDE MULHER POR TRÁS DOS GRANDES IDEAIS LIA DISKIN, CAMPEÃ DA LUTA PELA CONVIVÊNCIA NO BRASIL, DIZ QUE HOJE A LUTA DE GANDHI SERIA CONTRA O CONSUMISMO

THAÍS GULIN

A NOVA, AFINADA, ECLÉTICA E UM TANTO ATRAPALHADA MUSA DA MPB

O NATAL ESTÁ NAS RUAS UM ROTEIRO DE PRESENTES A CÉU ABERTO EM SP

31

DIAS TEM DEZEMBRO. E A AGENDA 29HORAS TEM

151

PROGRAMAS PARA TODAS AS HORAS DE TODOS OS DIAS DO MÊS


A GRANDE MULHER POR TRÁS DOS GRANDES IDEAIS

DE 29 DE NOVEMBRO A 29 DE DEZEMBRO DE 2011 – DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NO EMBARQUE DE CONGONHAS

LIA DISKIN, CAMPEÃ DA LUTA PELA CONVIVÊNCIA NO BRASIL, DIZ QUE HOJE A LUTA DE G A N DH I S E RI A CONTRA O CONSUMISMO

THAÍS GULIN

A NOVA, AFINADA, ECLÉTICA E UM TANTO ATRAPALHADA MUSA DA MPB

NATAL NA RUA UM ROTEIRO DE PRESENTES

A CÉU ABERTO EM SP

URUGUAI NATALE GIRAMONDO RELATA C O M O A T R A DI Ç ÃO S E R EC R I A E IN V EN TA INÚMER AS NOVAS ATRAÇÕES NO PAÍS VIZINHO

31

DIAS TEM DEZEMBRO. E A AGENDA 29HORAS TEM

151

PROGRAMAS PARA TODAS AS HORAS DE TODOS OS DIAS DO MÊS


Motores | Automação | Energia | Transmissão & Distribuição | Tintas

A Solução Global com máquinas elétricas e automação para a indústria e sistemas de energia.

Tecnologias integradas e presença mundial representam a Solução Global WEG. As soluções WEG são adaptadas às necessidades do mercado, agregando serviços diferenciados através de uma ampla linha de produtos inovadores. Nós podemos dizer com segurança: estamos ao lado dos nossos clientes, onde quer que estejam e sempre que precisarem.

Transformando energia em soluções.

www.weg.net


Q

UERIDO PASSAGEIRO,

DEZEMBRO É O MÊS DO NATAL, O PERÍODO EM QUE AS PESSOAS TROCAM PRESENTES E COMPARTILHAM ALEGRIAS E TAMBÉM UMA ÉPOCA DE SAUDÁVEL REFLEXÃO. E AQUI EU FAÇO UM POUCO DESSE EXERCÍCIO, AGRADECENDO SEU CARINHO E ATENÇÃO DURANTE O ANO TODO. EM 2011, TIVEMOS AINDA MAIS FEEDBACKS POSITIVOS SOBRE O CONTEÚDO DA 29HORAS, QUE NESSES DOIS ANOS DE VIDA GANHOU ESPAÇO E SE TORNOU UMA REFERÊNCIA EM CONGONHAS. EM 2012, A NOSSA QUERIDA 29HORAS VOLTARÁ AINDA MAIS TURBINADA: ESTAMOS TRABALHANDO PARA QUE ELA FIQUE MAIS INTERESSANTE, BONITA, ÚTIL E AGRADÁVEL PARA VOCÊ. NAS PRÓXIMAS PÁGINAS VOCÊ VAI ENCONTRAR UMA EDIÇÃO LINDA E COMPLETA, COM O CLIMA – DE AMIZADE, ALEGRIA, SOLIDARIEDADE – DO NATAL. DESEJO QUE VOCÊ CONTINUE CONOSCO, CURTINDO A 29HORAS E FAZENDO MUITAS INCRÍVEIS VIAGENS. UM FELIZ NATAL E UM 2012 DE MUITA SAÚDE E PAZ! PEDRO BARBASTEFANO JÚNIOR PUBLISHER 29HORAS

3


>sumário

De 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

>hora H

6

musas Morena Baccarin, protagonista do seriado Homeland, desponta como promessa na TV americana

8

cinema Os principais lançamentos para a temporada de férias

10

WALKING DISTANCE Confira algumas atrações de lazer e cultura pela região central da cidade

12

escapadas Passe a virada do ano no sossego das montanhas de Visconde de Mauá

14

comida/natal Opções de ceias de Natal repaginadas em restaurantes famosos de SP

16

comida/tendência A febre das hamburguerias envolve sanduíches pra lá de especiais

18

comida/novidade Empresárias lançam confeitaria especializada em bombas

20

COMER, BEBER, VIVER Georges Henri Foz elege os restaurantes que têm melhor trilha sonora

22

ADEGA O colunista Didú Russo comenta sobre os vinhos uruguaios

24

MAIS QUE NÉCESSAIRE Peças douradas, tendência do verão, são o destaque

26

HORA LIVRE Luiz Toledo relembra uma aventura com o peru de Natal

28

lounge 29H Quem faz e acontece em São Paulo e no mundo

32

RIO 29H As novidades e as atrações do Rio de Janeiro

Agenda 29horas 64

151 programas para todas as horas de todos os dias do mês

29horas com... 98

felipe solari, apresentador de TV


Publisher: Pedro Barbastefano Júnior Conselho editorial: Chantal Brissac, Claudio Elisabetsky, Clóvis Cordeiro, Didú Russo, Ênio Vergeiro, Fabio Sgarbi, Georges Henri Foz, Pedro Barbastefano Júnior, Wagner Carelli Redação (contato@29horas.com.br): Wagner Carelli (diretor); Chantal Brissac (editora-executiva); Brunno Carvalho (editor de arte); Letícia Liñeira e Vanda Fulaneto (repórteres) Gerente de produto: Ariovaldo Dias Colaboradores: Didú Russo, Dorotéia Fragata, Érico Hiller, Georges Henri Foz, Kike Martins da Costa, Letícia Ippolito, Luiz Toledo, Maria Cecília Maciel, Natale Giramondo, Rodrigo e André Moraes, Simone Galib e Uórapa Projetos editorial e gráfico, serviços editoriais: Studio San Floro

SÓCIOS-DIRETORES Clóvis Cordeiro, Ênio Vergeiro e Pedro Barbastefano Júnior MARKETING Diretor de marketing: Fabio Sgarbi (fabiosgarbi@meta29.com.br) Coordenador: Rodolfo Torrezan (rodolfo@meta29.com.br)

>DESTAQUES

Equipe de marketing: Ana Cristina de Oliveira (anacristina@meta29.com.br), Angela Saito (angelasaito@meta29.com.br), Clícia Martin Ferreira (clicia@ meta29.com.br), Maria Cecília Silva Lopes (mariacecilia@meta29.com.br), Mariana Iori Vieira (marianavieira@meta29.com.br), Rodrigo Cesar Trevizani (rodrigocesar@meta29.com.br), Victor Botelho (victor@meta29.com.br) Equipe de criação: André Yoshikawa (andreyoshikawa@meta29.com.br), Karen Suemi Kohatsu (karen@meta29.com.br), Rose Oseki (roseoseki@ meta29.com.br) PUBLICIDADE Diretor comercial: Jorge Tadeu Mastrochirico (jorge@meta29.com.br) Diretor escritorios regionais: Luiz Carlos Stein (stein@meta29.com.br)

36 ESPECIAL DE NATAL

Um roteiro de compras a céu aberto que inclui de ruas dos Jardins aos corredores do Bom Retiro

44 LIA DISKIN

Porta-voz das ideias e dos ideais do líder indiano Mahatma Gandhi, Lia está à frente da Palas Athena

55 THAÍS GULIN

Ela é uma das vozes mais sedutoras da MPB. Conheça a curitibana Thaís, que apresenta seu segundo CD

56 URUGUAI

Um giro por Montevidéu e Punta Del Este, que guardam atrações gastronômicas, esportivas e noturnas

Equipe comercial: Bárbara Henrille (barbara@meta29.com.br), Flávia Moraes (flavia@meta29.com.br), Geraldo Mello Peixoto (gera@meta29.com.br), Jorge Yagi (jorgeyagi@29horas.com.br), Oswaldo Maffei Jr. (wado@meta29.com.br), Rafael Bove (rafaelbove@meta29.com.br), Renato Albuquerque (renato@meta29.com.br), Renato Menegazzi (renatomenegazzi@meta29.com.br), Wanya de Araujo Cardoso (wanya@29horas.com.br) Rio de Janeiro – Sabrina Victer (sabrina@meta29.com.br) Brasília – Eduardo Godoy (edugodoy@multimidiashopping.com.br) Cascavel, Foz do Iguaçu, Londrina e Maringá – Marcelo Pajolla (pajolla@meta29.com.br), Minas Gerais – Moacir Lopes (moacir@yesbh.com.br) Paraná – Rogério Florenzano (florenzano@meta29.com.br) Rio Grande do Sul – Ricardo Rosa (ricardo@printsul.com.br) Santa Catarina – Jean Luc Jadoul (jljadoul@terra.com.br) Pernambuco – Luis Augusto Carvalhaes Norfini (novosrumos@hotlink.com.br) Vitória – Dídimo Effgen (effegen@uol.com.br) Assistente comercial: Amanda Morais (amandamorais@meta29.com.br) e Silene Barbieri Ciciliato (silene@meta29.com.br) ADMINISTRAÇÃO Administrativo e financeiro: João Carlos Vendramini (joaocarlos@meta29.com.br) Manutenção e logística de distribuição: Alexandre Mello (alexandremello@ meta29.com), Anderson Vidal (anderson@meta29.com.br), Kaio Augusto (kaioaugusto@meta29.com.br) Impressão e acabamento: IBEP Gráfica 29HORAS é uma publicação mensal sob encomenda da Meta 29 Serviços de Marketing Ltda. Editora contratada: San Floro Editoração Gráfica ME Jornalista responsável: Wagner Carelli (MTB 12986) DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NAS SALAS DE EMBARQUE DO AEROPORTO DE CONGONHAS A revista 29HORAS respeita a liberdade de expressão. As matérias, reportagens e artigos são de responsabilidade exclusiva de seus signatários. Meta 29 – Av. Nove de Julho, 5966 - cj. 41 - Jd. Paulista - São Paulo Cep: 01406-200 Tel.: 11.3086.0088 Fax: 11.3086.0676

CAPAS

www.meta29.com.br; www.29horas.com.br

Lia Diskin fotografada por Érico Hiller; Uruguai fotografado por Uórapa

29HORAS na rede: 29horas.mobi (celular) twitter.com/revista29horas fecebook.com/revista29horas A tiragem e distribuição desta edição de 65.000 exemplares é auditada pela BDO.


divulgação

musas

6 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


Uma carioca na TV americana

Morena Baccarin é uma das protagonistas do seriado Homeland, sobre enigmático soldado que volta para casa após ficar anos preso no Iraque

Morena Baccarin: a jovem é uma das promessas da TV americana

Depois de se tornar mundialmente conhecida ao interpretar a alienígena Anna no seriado de ficção científica V (exibido pelo Warner Channel), a carioca Morena Baccarin volta à TV norteamericana em um papel mais denso. Em Homeland, produzida por dois dos responsáveis pelo êxito da violenta 24 horas, Morena interpreta Jessica, a mulher de Nicholas (Damian Lewis), um soldado norte-americano que volta do Iraque após alguns anos como prisioneiro de guerra. A nova série estreou no dia 2 de outubro no canal Showtime (o mesmo de séries adultas como Dexter, Californication, Brotherhood e Nurse Jackie), recebeu ótimas críticas e mantém uma incógnita até o momento: agentes da CIA desconfiam que Nicholas mudou de lado e só foi libertado para retornar aos Estados Unidos para executar um atentado terrorista da Al Qaeda. Enquanto esse plot cativa a audiência, Morena vai se consolidando como uma das mais promissoras atrizes da nova

safra da TV nos Estados Unidos. Filha da atriz Vera Setta e do jornalista Fernando Baccarin, ela foi morar em Nova York em 1990 e, após estudar na conceituada Juilliard School, desde 2004 coleciona pequenas participações em espetáculos na Broadway e seriados de TV como Stargate e The O.C. Já foi convidada pela Globo para atuar em uma novela do horário nobre, mas teve de recusar por não dispor de oito meses para passar longe dos estúdios de Hollywood. No ano passado, Morena veio a São Paulo divulgar V e descobriu que já tem muitos fãs brasileiros mesmo morando fora há tanto tempo. Namorada do diretor Austin Chick (de Reação colateral, estrelado por Josh Hartnett e David Bowie), ela sente falta das praias brasileiras. “Adoro água de coco fresquinha”, diz a moça, que está com 31 anos e mantém a boa forma praticando yoga e pilates. Até o momento, Homeland infelizmente ainda não tem data de estreia prevista no Brasil. –Kike Martins da Costa

7


cinema

superagentes e bonecos em apuros Lista de blockbusters da temporada de férias inclui Os muppets, Gato de botas e Missão impossível 4

para tentar controlar seus ataques de raiva. Na semana seguinte, no dia 9, quem chega às telas em versão solo é Gato de botas, protagonizado pelo felino que durante quatro filmes aparecia nos cinemas como coadjuvante do ogro verde Shrek. O filme já estreou nos Estados Unidos e vem sendo um sucesso de público e crítica. Dublado pelo galã espanhol Antonio Banderas na versão com som original, o Gato de botas se une ao seu amigo Humpty Dumpty e à gatinha Kitty para, juntos, encontrarem a cobiçada galinha dos ovos de ouro. Assim como os adultos vão se divertir horrores com Os muppets e com Gato de botas, a expectativa é que a garotada também compareça aos cinemas a partir do dia 21 de dezembro para conferir o novo episódio da saga do agente Ethan Hunt (Tom Cruise) em Missão impossível 4 – Protocolo fantasma. Nessa nova

8 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

Caco e sua turma estão de volta em Os muppets

Tom Cruise também assina a produção de Missão impossível 4

aventura, produzida pelo próprio Cruise em parceria com J.J. Abrams (o mesmo de Lost), nosso herói, após ser acusado por um bombardeio terrorista ao Kremlin, é desautorizado e passa a ser perseguido. Deixado sem qualquer recurso ou apoio, Ethan

tem que encontrar uma maneira de limpar o seu nome e prevenir um outro ataque terrorista. Para quem quiser emoções ainda mais fortes, a dica é assistir a este filme na sala Imax do Bourbon Shopping, na Pompeia. –K.M.C.

fotos divulgação

A temporada de férias está chegando aos cinemas com o lançamento de três filmes estrelados por grandes ídolos da criançada e também dos adultos. Logo no dia 2 de dezembro chega às telas Os muppets, superprodução dos estúdios Disney em que Caco, o sapo, contracena com atores de carne e osso. Na trama, Gary (Jason Segel, de Eu te amo, cara) e Mary (Amy Adams, de Julie & Julia) tentam reunir os personagens do clássico Muppet Show para evitar que o teatro onde os bonecos se apresentavam seja demolido por um magnata inescrupuloso que descobriu petróleo no local. O difícil vai ser reunir toda a turma de novo, já que cada um tomou um rumo diferente: Miss Piggy virou a poderosa editora de moda da Vogue francesa, Fozzie toca em uma banda de rock, Gonzo administra um empresa de encanamentos e Animal está internado em uma clínica de Los Angeles


9


walking distance

lazer no

centro

Durante este mês, diversos pontos turísticos da cidade ganham uma belíssima iluminação natalina. O Theatro Municipal é um deles e a programação também apresenta concertos especiais. Veja algumas opções de lazer e cultura na região central. Por Letícia Liñeira

Galeria Olido Centro cultural inaugurado em 2004, logo após a restauração do antigo Cine Olido, um dos mais badalados da cidade. Reúne sala de cinema, espaço para exposições e salas para peças teatrais e espetáculos de dança. Em cartaz este mês Apropriação – meu centro é o skate, mostra que retrata o estilo de vida dos skatistas que frequentam o centro da cidade. Até dia 18/12. Ter. a dom.: das 13h às 20h. Grátis. E Première skate, com exibição de filmes inéditos sobre o universo desse esporte. Às seg.: R$ 1. Av. São João, 473, tel. 3331-8399.

5 min.

Theatro Municipal Pça. Ramos de Azevedo, s/n˚, tel. 3397-0300.

2 min. 6 min.

Cine Marabá Um dos raríssimos cinemas de rua que resistem na cidade. Inaugurado em 1944, foi um marco da Cinelândia Paulistana e recentemente ganhou um projeto de reforma assinado pelos arquitetos Ruy Ohtake e Samuel Kruchin. Confira a programação no www.playartepictures.com.br. Av. Ipiranga, 757, tel. 5053-6881.

10 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

fotos divulgação

Locomotiva Discos A loja dos irmãos Custódio, Márcio e Gilberto, é um verdadeiro ponto de encontro para os amantes da música e colecionadores de vinil. Além da enorme variedade de vinis e CDs – raridades e os mais recentes lançamentos –, é possível encontrar camisetas de bandas. Vale a pena perder umas boas horinhas para garimpar discos por preços justos. Seg. a sáb.: das 11h às 20h. Galeria Nova Barão. R. Barão de Itapetininga, 37, lj. 51, tel. 3257-5938.


11


escapadas

Verão na

montanha

é um lugar perfeito para quem busca um respiro depois de um ano de muito trabalho e agitação. E se entre as montanhas o tempo parece andar mais devagar, as águas dos rios ainda correm lépidas e transparentes, porque muitas partes desta linda região estão livres do peso da poluição causada pelo desenvolvimento urbano mal planejado. Para se chegar a este paraíso é necessário ir pela rodovia Presidente Dutra até perto da cidade de Resende, e sair na entrada para Penedo. Depois, é só subir a serpenteante serra da Mantiqueira por uma estrada recentemente asfaltada. Logo ao cruzar a serra, a visão das montanhas e do vale cortado pelo rio Negro aparece como se a

12 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

divulgação

Em dezembro, quando papais e mamães Noel aparecem anunciando tender, peru, perfume, temporada na praia e toda sorte de produtos, e o trânsito lento fica praticamente parado, muita gente sofre com o aumento do stress e da ansiedade. Mas, sem precisar virar um eremita, é possível escapar dessa vibe urbana e procurar lugares onde o tempo parece correr em outra velocidade. Um desses lugares é a região de Visconde de Mauá, que envolve a própria vila de Visconde de Mauá e os vilarejos de Maringá e Maromba. Esta região verde e muito úmida, vizinha ao Parque Nacional de Itatiaia e que faz divisa entre os estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais,

Cachoeira do Escorrega, em Maromba: cenário lúdico...

Sofiotti de mussarela de búfala do Rosmarinus Officinalis

divulgação

Passe o Natal e o Ano Novo na serra verdejante e úmida de Visconde de Mauá

Confit de pato com amora do mesmo restaurante


sergio luiz pereira/divulgação

Rodolpho Machado/divulgação

...e idílico

O rio Preto passa dentro da pousada Tiatiaim: águas geladas e límpidas

cidade fosse um presépio ou uma ilustração colorida de um livro de geografia. A partir deste ponto, fica para o viajante a opção mais aderente ao seu estilo. Existem várias boas pousadas e hotéis que variam em serviços e preços. Vale dar uma consultada nos sites www. viscondedemaua.tur.br e www.viscondedemaua. com.br para escolher o lugar dos seus sonhos. Um desses refúgios encantadores é a pousada Tiatiaim, que fica depois da vila da Maromba, onde o proprietário Antonio Diniz, o Tonho, recebe os hóspedes com toda atenção e carinho. Sua pousada se estende em uma área rodeada de jardins e mata atlântica em frente ao rio Negro – a varanda dos chalés

tem a bela visão do rio pedregoso. Nesse lugar, o ar puro das montanhas, o eterno som do correr das águas e o canto dos pássaros estimulam a fazer quase tudo que é bom na vida – ou simplesmente não fazer nada, apenas descansar. Mas a região é muito procurada por casais em busca de ninhos inspiradores, gente que quer ler e contemplar a natureza e também amantes da gastronomia mais rústica e desencanada. E, claro, é perfeita para quem gosta de caminhar por trilhas, escalar, tomar banhos de cachoeira ou descobrir recantos a cavalo ou de bicicleta. As trilhas são campeãs e vão desde as de fácil acesso e execução até

as que exigem alta performance atlética, com duração de dois a cinco dias. Já quem busca a energia de um bom banho de cachoeira deve saber que Mauá provavelmente é a região no planeta que tem a maior densidade de cachoeira por metro quadrado. As águas são frias (mesmo agora, no verão) e nada como “jacarezar” ao sol em uma pedra quente depois de um banho revigorante e gelado. A sauna finlandesa noturna seguida pelo banho de rio continua um clássico do lugar e abre ainda mais o apetite para os diversos tipos de culinária em restaurante e bares. Não faltam opções. No Truta Rosa, onde é possível pescar e comer na hora do almoço a truta

escolhida, os pratos são ótimos. O Rosmarinus Officinalis, duas estrelas no Guia 4 Rodas, tem criações deliciosas, como o sofiotti com molho de tomate (a massa é feita com farinha italiana e ovos caipira) ou o confit de pato com amora. Já a imbatível cozinha mineira bate ponto em várias casas espalhadas. Um exemplo é o restaurante da Pousada da Gruta, em Maromba, que tem um almoço superconcorrido. Com os cinco sentidos revigorados, o prazer de degustar uma boa refeição é ainda maior em Visconde de Mauá. –Chantal Brissac Rosmarinus Officinalis – Estrada Mauá-Maringá km 4, tel. (24) 3387-1550 www.rosmarinus.com.br Pousada Tiatiaim – Tel. (24) 3387-1345.

13


comida/natal

Perurepaginado

Versões criativas dos clássicos da ceia de Natal são as atrações de restaurantes paulistanos queijo parmesão e redução balsâmica, uma mistura inusitada e que é perfeita para o verão. Na sequência, vem o peito de peru com espinafres e alheira ou o bacalhau ao pil pil com batatas panadeira. Já a familiar rabanada aparece produzida em clima de festa: vem com baba de moça e vinho do Porto, ou ainda com vinho do Porto e lascas de amêndoas. Já no Bela Sintra, de vocação igualmente portuguesa (as casas são “irmãs”), o menu fechado a R$ 350 por pessoa, na época do Natal e do Ano Novo, inclui uma entrada, um prato principal e uma sobremesa, exceto bebidas e serviços. A chef Ilda Vinagre criou receitas como o creme de abacate com lulas à dorê ao pesto de tomate, o bacalhau em posta confitado com molho de lagosta e o peito de peru assado com cerejas e nozes com molho de vinho do Porto, substituído no Ano Novo pelo tradicional leitão assado. O restaurante Chácara

14 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

Peru ao molho de cerveja Noel, regado com mel, no Brie Restô

Rabanada do restaurante A Bela Sintra

Santa Cecília oferece na ceia do dia 24 de dezembro, dentro do buffet completo a preço fixo (R$ 143 por pessoa), um suculento leitão assado à moda da

chácara com cachaça. O cardápio idealizado pelo chef Demétrio de Santana ainda inclui opções de entrada saborosas, como o tabule de quinoa com ervas frescas, e,

fotos divulgação

Quando o mês de dezembro se inicia, uma espécie de maratona ou corrida maluca parece também começar, rumo às compras, aos inúmeros compromissos de final de ano (quem escapa da típica “festa da firma”?) e confraternizações com os amigos. O capítulo “ceia e jantar natalino” acaba sendo empurrado para o finalzinho da lista e, quando a ficha cai, mal dá tempo de comprar o peru para produzir a ceia. Pode ser mais fácil, prazeroso e diferente apostar nos cardápios natalinos de restaurantes bacanas, e degustar esses acepipes tradicionais em versões criativas e renovadas – e o melhor, sem ter o trabalho de prepará-los. No restaurante Trindade, por exemplo, o peru vem recheado de espinafres e alheira à portuguesa, criação de Ilda Vinagre, chef de cozinha alentejana que criou outras receitas para as celebrações natalinas. Para entrada, Ilda sugere uma salada de frutas frescas com


O panetone não é mais aquele

Peito de peru recheado de espinafre e alheira, do Trindade

para quem não quer peru ou leitão (os dois estão no cardápio), há o salmão na massa folhada aberta com confit de tomate e também o arroz de pato. A casa ainda irá dispor de um cook show de massas, que pode ser um atrativo para famílias com crianças: pastas secas e recheadas, como a mezzaluna de búfala, o ravióli de vitela ou o nhoque de batata, são servidas com molhos diversos. A sobremesa aposta na brasilidade. Demétrio criou uma terrine de abóbora com coco, um bolo de tapioca com cocada queimada e cobertura de creme bruleé de doce de leite e uma inesquecível torta de cupuaçu. No almoço do dia 25, o buffet muda o preço e cai para R$ 110. Entre as receitas constam a salada com lula, uva passa e manga ao molho de ervas

finas, a costela no bafo, o risoto de pinhão e o tender a Califórnia servido com castanhas e frutas secas. Um buffet especial com itens que agradam a meninada (minisalsicha, hamburguinho, espetinho de frango, bomba de doce de leite) faz parte do pacote, que conta com a visita do Papai Noel e atividades recreativas para os pequenos. Comandado pela renomada chef Eliane Carvalho – ex-aluna e atual professora da prestigiada Le Cordon Bleu, em Paris – o restaurante Brie Resto, nos Jardins, tem sua versão especial do esperado peru de Natal: ele é preparado ao molho de cerveja Noel e regado com mel – e o charme fica por conta do molho, feito com refogado dos ossos, cebola, salsão, cerveja e cerejas. Para quem quer realmente fugir do

Surtos criativos têm acometido também os pâtissiers e especialistas em doces natalinos. Os amantes do panetone vão se surpreender com a nova criação do chef Felipe Benjamin Abrahão, da padaria do mesmo nome. Trata-se do panetone de palito com gotas e cobertura de chocolate (R$ 3,70). Além do panetone com frutas cristalizadas (R$ 25 o quilo) também há o do chocotone e a versão gotas de chocolate com maracujá (R$ 41 o quilo). Outros sabores que fazem parte da linha são o de mousse, o de brigadeiro, o de Nutella, o trufado e o de gotas com limão. Para não deixar os que curtem salgados na mão, a padaria fez panetones de mandioca com carne seca, de calabresa com vinho e de bacalhau. Outra casa que investe nesse item básico do Natal é a Ale Tedesco Bakery Shop, na Chácara Santo Antonio. O chocotone com gotas de chocolate belga da marca Callebaut sai por R$ 32 (550g). Já o tradicional de frutas e passas custa R$ 28 (500g). Ambos são decorados com amêndoas laminadas. Na padaria Bella Paulista, as novidades são os de doce de leite e goiabada. Além desses, há versões com trufas, com maracujá trufado, com trufas de limão, entre outras (preços entre R$ 23 e R$ 40 o quilo). Finalmente, na doceria LaVie en Douce, comandada pela chef Carole Crema, a estrela é o Nutty Mix (R$ 33), com florentines na massa e o exclusivo mix de frutas da La Vie en Douce (pistache, nozes, castanha-do-pará, amêndoas e uva passa). Para quem prefere o chocotone, a versão da chef vem com pedaços de chocolate belga.

tradicional peru, a ceia do L’Hotel Porto Bay, na noite do dia 24, vem a calhar: risoto de lagostins com açafrão e aspargos, ravióli de queijo de cabra ao creme de cogumelos, garoupa assada ao molho cítrico com saquê de lentilhas e paleta de cordeiro ao rosmarino com couscous marroquino e brunoise de legumes são algumas das opções do jantar, que inclui buffet de entradas e de sobremesas. O preço por pessoa é R$ 120, com pianista ao vivo e o cenário de um dos hotéis mais charmosos de São Paulo. –Vera Guyer

Trindade – R. Amauri, 328, tel. 3079-4819. Al. Rio Negro, 111 Piso Xingu, Loja 218, tel. 4209-1720/1721 A Bela Sintra – R. Bela Cintra, 2325, tel. 3891-0740. Chácara Santa Cecília – R. Ferreira de Araújo, 601, tel. 3034-6251 Brie Restô – R. Dr. Melo Alves, 216, tel. 3063-4838. L’Hotel Porto Bay – Al. Campinas, 266, tel. 2183-0500 Benjamin Abrahão – R. José Maria Lisboa, 1.397, tel. 30614004. R. Maranhão, 220, tel. 3258-1855. Ale Tedesco Bakery Shop – R. Américo Brasiliense, 1.538, tel. 5184-0844 Bella Paulista – R. Haddock Lobo, 354, tel. 3214-3347. La Vie En Douce – R. Pedroso Alvarenga, 514, tel. 3078-1110 R. da Consolação, 3.161, tel. 3088-7172

15


comida/tendência

gladstone campos-realphotos/divulgação

Hambúrguer em versões gourmet Bares e bistrôs capricham na produção de sanduíches que tentam se descolar da negativa pecha de junk food

2000, as hamburguerias mais sofisticadas se multiplicaram pela cidade. Hoje não é difícil encontrar um bom hambúrguer elaborado com ingredientes de qualidade e preparado por chefs, e não mais por chapeiros toscos. O superburguer com crosta de pimenta do reino preta da Hamburgueria Nacional, por exemplo, foi recentemente eleito pela revista norte-americana Travel & leisure um dos cinco melhores do planeta. O bombom, da Lanchonete da Cidade, já é um clássico da gastronomia paulistana, e a filial paulistana do P.J. Clarke´s, juntamente com o Butcher´s Market, ajudam a criar uma forte sensação de que o Itaim Bibi é um pedacinho de Nova York incrustado em São Paulo. Ainda no Itaim, a steakhouse Mabella & Ton Ton acaba de inaugurar um menu com quatro ótimas opções de hambúrgueres. O phily burguer, um dos best

16 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

Hambúrguer com folhas de mostarda e bacon, no Rothko

divulgação

Em meados do século passado, os brasileiros começaram a conhecer os hambúrgueres – sanduíches recheados de carne servidos nas recémimportadas lanchonetes, uma novidade vinda dos Estados Unidos. Depois, nos anos 70, o sanduba foi se abrasileirando e ganhando versões tropicalistas como os x-saladas, os x-calabresas e os exagerados x-tudo. Logo foi confinado às casas especializadas em junk food, onde os glutões até hoje se entopem nas madrugadas e onde os chapeiros não economizam nas porções gigantescas, no óleo, na maionese industrializada e nos recheios pesados e indigestos. A redenção em São Paulo começou em 1981, quando o bar Ritz introduziu hambúrgueres altos e suculentos, mais na linha dos lanches servidos nas boas casas nova-iorquinas do ramo. Nos anos 90 e no início dos anos

Mushroom burger do Butcher’s Market

sellers da casa, é feito com um mix de picanha, coxão mole e fraldinha e vem à mesa coberto por cream cheese e deliciosas cebolas cozidas no shoyu. Na divisa entre o Alto da Lapa e o Alto de Pinheiros, a recém-inaugurada lanchonete Royal leva a esses bairros da zona oeste hambúrgueres de excepcional qualidade. Com a cozinha chefiada por Débora Damin, ex-sócia da rede The

Fifties e criadora do hoje difundidíssimo hambúrguer de picanha, a Royal tem como destaques de seu menu o Jacksons Five (degustação com cinco mini-cheesebúrgueres recheados com três diferentes tipos de queijo) e o Hendrix (hambúrguer de calabresa em pão ciabatta com queijo estepe e vinagrete de chimichurri). Lá, as carnes são preparadas em um


divulgação

Phily burger do Mabella & Ton Ton

char broiler, grelha em que o calor emana de pedras vulcânicas incandescentes. Por fim, na Vila Madalena, dois bistrozinhos estão encantando sua clientela

com seus hambúrgueres gourmet: no Twelve Bistrô, o maior hit do chef australiano Greigor Caisley (ex-Drake´s Bar) é o hambúrguer de fraldinha com gorgonzola,

cogumelos, pimenta verde e chutney de tomate; já no Rothko, de Diego Belda (ex-Casa Belfiore), o carrochefe é o hambúrguer da casa, com pão especial recheado com folhas de mostarda, bacon, relish de tomate e queijo da Serra da Canastra e servido em uma chinfrosa cúpula de acrílico cheia de fumaça que transforma o prosaico sanduba em uma iguaria da alta gastronomia. Escolha o seu e deleite-se! –K.M.C.

Ritz – Al. Franca, 1.088, tel. 3062-5830. Hamburgueria Nacional – R. Leopoldo Couto de Magalhães Jr., 822, tel. 3073-0428. Butcher´s Market – R. Bandeira Paulista, 164, tel. 2367-1043. P.J. Clarke´s – R. Doutor Mário Ferraz, 568, tel. 3078-2965. Lanchonete da Cidade – Al. Tietê, 110, tel. 3086-3399. Mabella & Ton Ton – R. Jerônimo da Veiga, 153, tel. 3078-3884. Royal Burger – R. Pio XI, 2.061, tel. 3021-7136. Rothko – R. Wisard, 88, tel. 3032-4295. Twelve Bistrô – R. Simão Álvares, 1.018, tel. 3562-7550.

17


comida/novidade

Visãobombástica

A dupla de amigas Ana e Mariana vislumbrou uma oportunidade no mercado e abriu um negócio que bomba – literalmente a cozinhar com ela. Foi aí que entrei nesse universo da culinária”, diz Mariana. No curso aprendeu a fazer o doce e, então, passou a prepará-lo em casa para o marido e os amigos. Uma noite ela fez algumas bombas e no dia seguinte todos perguntavam se tinha mais. Foi aí que começou a fazer testes. “Fiz 100 para o aniversário de uma amiga e foi um sucesso”, conta Mariana. A partir daí, começaram a estruturar seu primeiro negócio. Tudo lá é feito para você se sentir em casa. Servidas bem fresquinhas, elas mantêm o conceito artesanal, sem produção em massa. As bombas são feitas e recheadas uma a uma, sem conservantes e podem ser encontradas em 13 deliciosos sabores (dois deles com versão diet, a de chocolate e a de creme) – e em dois tamanhos diferentes (R$ 3,50 e R$ 7). Além da de creme, há de pistache, amêndoas, frutas vermelhas, doce de leite, limão siciliano e blueberry com mascarpone – todas

18 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

Os doces são produzidos artesanalmente, sem conservantes

As sócias Ana Carvalho e Mariana Araújo

Nos finais de semana chegam a sair cerca de 1.000 bombas

fotos divulgação

Aberta há quase dois meses num charmoso sobradinho localizado no número 223 da rua dos Pinheiros, a Faire La Bombe Patisserie, confeitaria dedicada exclusivamente às bombas, já é um verdadeiro case de sucesso na cidade. As responsáveis por esse estouro são as sócias curitibanas Ana Carvalho e Mariana Araújo, ambas com 31 anos. A ideia surgiu de Mariana, que sentiu falta de um lugar especializado nesse doce. “Foi uma carência que eu senti em São Paulo de não existir a bomba de creme com chocolate da minha infância no Paraná”, diz. As duas são amigas de longa data e se reencontraram no ano passado. Ana é formada em engenharia civil e Mariana largou a carreira de publicitária para fazer um curso de gastronomia no SENAC. “Um dia eu liguei para ela e disse: ‘Tive uma ideia, já sei o que vamos fazer: um lugar só de bombas’”. Ana comprou a ideia na hora. “Minha avó era cozinheira e eu aprendi


com massa bem levinha. A equipe de funcionários é jovem e formada por vários estudantes de gastronomia. Preocupada com o bom desempenho deles, Mariana se dedica também a seguir à risca a tradução da expressão francesa faire la bombe (viva a vida com prazer). Por isso investe em uma pegada motivacional para que o clima se mantenha agradável na cozinha.

“Esse é um doce muito delicado, é preciso estar calmo e prepará-lo com carinho. Não adianta ficar aquele clima pesado e com correria porque aí desanda tudo”, explica. Mariana é daquelas que acreditam no potencial das ideias originais e de que elas devem ser levadas à frente, embora o caminho não tenha apoio suficiente. “É um processo meio solitário porque muitas

pessoas desacreditam”, diz. Foram cinco meses de obra, mas o esforço recompensou. “Agora estamos entendendo o negócio. Somos uma dupla que trabalha muito bem. A Mari é supercaprichosa na cozinha e eu sou muito detalhista com a gestão”, diz Ana. E as delícias não param de bombar: de segunda a quinta saem uma média de 400 unidades por dia e nos

finais de semana cerca de 1.000. Agora, Mariana já não coloca mais a mão na massa em tempo integral, para isso treinou uma pequena equipe de produção. Mas já volta para a cozinha para começar a desenvolver o cardápio de Natal, que também terá receitas artesanais de panetone. –Letícia Liñeira La Bombe – Seg. a sáb.: das 11h às 20h. R. dos Pinheiros, 223, tel. 2628-7667.

19


comer, beber, viver por georges henri foz

Música & Paladar A trilha sonora costuma definir tribos e territórios, inclusive na cozinha

zunzunzum das outras mesas. Para isso, existem revestimentos de paredes, forros debaixo das mesas... qualquer empresário profissional e minucioso chega lá. Mas alguns donos de restaurante e de outros estabelecimentos resolvem essa questão com mais competência que outros. O que não é tão evidente é encontrar um lugar onde a qualidade e a adequação da trilha sonora integre os mesmos cuidados tomados com os drinks, os pratos e o atendimento. Quando o ambiente consegue conciliar tudo, isso é certeza de que o dono tem total noção de cada item. E para acertar é porque entende do assunto. Eu frequento alguns lugares que entregam este pacote completo e que valem a pena serem conferidos. Para tomar um drink com alguém que não é daqui, a trabalho ou não, vale a pena ir ao hotel design Emiliano, na badalada Oscar Freire. Se o tempo estiver bom, sente no terracinho que dá para a rua, para curtir o elegante vai e vem. Mesmo

20 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

No Rex, a música boa rola até às 3h da madrugada

Caipirinha de cereja e lichia do Totó; mojito com blueberry do Suíte Savalas

do lado de fora, dá para apreciar a sempre muito competente seleção do DJ residente Tony Montana, que toca todos os dias só lounge music, com remixes de primeira. Tanto é que o hotel está lançando seu décimo CD. Se quiser jantar, o restaurante do hotel está no comando do chef José Barattino, cada vez mais em voga. Peça um risoto de abobrinha e camarões ou ovos beneditinos, que

levam o mesmo capricho que a música. Montana também fez, sob encomenda, os conteúdos musicais de dois outros lugares interessantes. Um deles é o ótimo restaurante de peixes e frutos do mar Rufino, onde o tom da levada é um lounge bem no estilo do disco do hotel Emiliano e onde os peixes são muito bons. O outro é o Rex, simpático bistrozinho noturno que, como sugere o nome, tem

fotos divulgação

São Paulo impõe um ritmo frenético a todos nós. É verdade que existe a turma dos mais e a dos menos estressados, mas todos incorporaram o hábito cada vez mais frequente de almoçar e jantar fora, até como forma de lazer e relax. Pode ser um simples bar, de rua ou de hotel ou diretamente um restaurante. O importante é desconectar! Na hora em que entramos no local, o relaxamento é instantâneo. Se fosse uma prova, seria como cruzar a linha de chegada. Dali pra frente é só drink ou vinho, comida e, muitas vezes, amigos. Para envelopar esses ingredientes nobres, só música. É claro que estamos falando de som de boa qualidade. Nem que seja um fundo musical discreto, você percebe, para o bem e para o mal. Daí a importância de um lugar onde o proprietário tenha se preocupado com a acústica, para permitir que todo mundo possa curtir a trilha musical e mesmo assim consiga ter privacidade e não se incomodar com o


Fachada do bar Balcão

uma decoração toda kitsch, dos anos 70 aos 90 e que está aberto até as três da manhã. Este bar/bistrô pertence ao experiente Cassio Machado, dono de outros estabelecimentos na cidade e que pilota o fogão em tempo integral trazendo à mesa boas surpresas, principalmente na madrugada. Ali, o Tony fez um conteúdo de remixagens dos anos 70 aos 90 com levada bem cool, combinando com as gigantografias de ídolos do rock’n roll. Se a ideia é bar como opção pra noitada, recomendo a Suíte Savalas, em Higienópolis. Ambiente anos 70 (lembra do Telly Savalas, o inesquecível Kojak?) de bom gosto e ótima iluminação, com decoração e trilha contemporâneas, no estilão David Bowie e The Clash. Peça um Mojito com Mirtillo e relax total. Para uma caipirinha de

encher os olhos e dar água na boca vá ao Totó. Além dos bolinhos de alho poró e da fraldinha alho e óleo também vale experimentar as massas recheadas. É ali que se misturam mais de vinte anos de experiência do Alfredo, que passou por dois tipos de profissão antes de montar o Totó. Ele trabalhou com som e imagem de 1975 a 1989. Depois, seguiu em design e artes gráficas até 1998. Pronto, ele estava preparado para montar este simpático bar/ restaurante italiano, onde se toma a melhor e mais bonita caipirinha da cidade ao som de jazz/bossa nova. Com um pouco de sorte, mais no final da noite, se ele perceber que você está curtindo, ele aumenta o volume. Para quem quer algo informal ainda nos Jardins, o bar Balcão mescla uma clientela educada com um ambiente bem cuidado.

Inaugurado há 16 anos, este lugar, famoso pelo balcão de 25 metros e pela megaobra do Roy Lichtenstein (original), é reconhecido também pelos sanduíches no ciabatta (eu gosto do de carpaccio ou de pastrami e emmental), das caipirinhas do barman Jonas e, claro, da bossa nova de qualidade que sai dos alto-falantes no volume ideal. Se for se encontrar direto no restaurante e você for ligado em blues/rock, não hesite: vá ao Tappo. Este “restozinho” italiano intimista, com boa carta de vinhos, boas massas, polenta com funghi trufado ou mexilhões no tomate e ótimo atendimento, ainda conta pérolas deste estilo musical. O proprietário, Benny Novak, é conhecedor do gênero que anima o som da casa. Ele tem há anos uma banda de blues chamada Jack and the Daniel’s. Já diz tudo, não é?

Pra quem está predisposto a relaxar e gosta de comer e beber bem, por que não regar com um belo som? Eu utilizo a magia da música até no trânsito, onde o meu dial alterna entre a OI FM 94,1 e a FM Eldorado. Mas eu sou um pouco suspeito. O meu bom humor depende tanto de música de qualidade que consigo ficar feliz até no dentista, porque o meu é louco por jazz e rhythm’n blues. Me ligo na Billie Holiday e sofro menos... quase nada. Aliás, dá uma ligadinha na 29HORAS (11-30860088) e confira como até aquele barulhinho chato de transferência de ramal pode se tornar algo prazeroso. Tchau! georges@29horas.com.br Bar Balcão – R. Dr Mello Alves, 150, tel. 3063-6091. Hotel Emiliano – R. Oscar Freire, 384, tel.3069-4369. Rex Food & Drinks – R. da Consolação, 3.193, tel. 2506-7386. Suíte Savalas – R. Mato Grosso, 398, tel. 3259-4355. Tappo Trattoria – R. da Consolação, 2.967, tel. 3063-4864. Totó Ristorante – R. Dr. Sodré, 77, tel. 3045-1966. Rufino Restaurante – R. Dr. Mario Ferraz, 377, tel.3074-8800.

21


adega por Didú Russo

AdaBourgogne América do Sul

O Uruguai é o paraíso para quem curte vinho. E tem a vantagem de estar bem ao nosso lado... companhia mais confiável da noite. É certamente o cara com quem uma mulher se sente segura... Eles são mais conhecidos como produtores de tannat, mas todos eles produzem vinhos brancos extraordinários, seus Sauvignon Blanc (www. pizzornowines.com) e (www.castilloviejo. com) “secondo me” são imbatíveis na relação de qualidade e preço na América do Sul e há os incríveis Marsanne (www.deluccawines. com), o Viognier (www. pisanowines.com), o Albariño (www. bodegabouza.com ), o inacreditável Blanc do Noir rosado (www. marichalqines.com) ou os densos e complexos brancos barricados (www. castilloviejo.com e www. juanico.com ). Apenas para citar alguns. O Uruguai produz cerca de 100 milhões de litros de vinhos/ano e consomem 97%! Podem imaginar? Lá é

22 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

Bodega Juanico: densos e complexos vinhos brancos

o paraíso para quem curte vinho, pois se encontra vinho simples, sadio e bem feito, de Vitis vinífera a R$ 4,00 em supermercados. Que tal? O tannat é a combinação ideal para carnes suculentas, churrascos mal passados (deveriam ser sempre), pois a proteína da carne suculenta implora pelos taninos da tannat, experimente. Aliás, experimente também o mesmo vinho com ameixas frescas sem a pele. Não vai acreditar como fica bom. Boa brincadeira para um churrasco com amigos. Deixe a cerveja de lado e experimente, você vai virar freguês... Além dos produtores

citados acima pelos brancos, mas que também produzem excelentes tintos, experimente ainda o Ripasso de Tannat dos Viñedo de Los Vientos (www.vinedodelosvinetos. com ), o Tannat Viognier do Alto de la Ballena (www. altodelaballena.com), o 1752 J.Carrau Pujol (www. bodegascarrau.com ), o Tannat Viejo (www. stagnari.com), e o Uruka (www.urukawines.com ), 1º uruguaio biodinâmico que é maravilhoso. Apenas para citar alguns ótimos vinhos uruguaios. Se vale minha dica, aproveite os vinhos uruguaios antes que os brasileiros façam seu preço aumentar... Saúde!

natale giramondo

No Uruguai, os produtores de vinho são sempre empresas familiares, pequenas, teimosas, que preservam sua cultura com unhas e dentes, com muito caráter. Descendentes em sua maioria de bascos franceses, espanhóis e italianos, os uruguaios costumam receber as visitas como se elas fossem da família. Ali, você sai de um produtor, atravessa a rua e experimenta outro vinho, outro estilo, outra personalidade e igualmente bom. Este é o maior patrimônio do Uruguai. Sua uva emblemática é a tannat. Costumo dizer que um tannat autêntico é como um lavrador arrumado para uma festa de casamento. Suas mãos não estão sujas, mas são de um lavrador, sua camisa não está suada, está limpa, mas é simples e está bem passada, engomada até, ele está meio sem jeito nessa festa, mas é a


23


mais que nécessaire

Tudo o que

brilha é ouro Sinônimo de sofisticação, luxo e requinte, o ouro é a cor deste verão – ela embeleza, ofusca, anima, dá força a quem a usa e é símbolo de boa sorte. Por isso, nada melhor do que começar o Ano Novo brilhando. Por Vanda Fulaneto

1

2 3

4

1. Algema chique – O bracelete Placas, feito em ouro 18k, é de Ana Rocha & Appolinário. Preço sob consulta, tel. 3552-5555. 2. Sem bagunça – Com o kit de nécessaires e porta-celular, de vinil, com o símbolo Hamsa (a mão que afasta o mau), você fica protegida. Adriana Bittencourt, por R$ 685. Tel. 3061-9998. 3. Delícia – É a barra de chocolate Invest in Gold, da marca suíça Goldkenn. Por R$ 74,90 no Empório Santa Maria. Tel. 3706-5211. 4. Esplendor – O vestido ouro em paetê e lurex, da NK Store, custa R$ 5.990. Tel. 3897-2600. 5. Conforto – Você vai se sentir pisando nas nuvens com a sapatilha de plástico desenhada pelos irmãos Campana. R$ 110 na Galeria Melissa. Tel. 3083-3612.

24 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

fotos divulgação

5


25


hora livre por luiz toledo

O PERU Esta história é do tempo em que galinhas, patos e perus viviam conosco, nas nossas casas. Os quintais faziam o papel dos freezers, onde ficavam estocadas carnes, frutas e verduras – todas vivas e cruas. A minha avó fazia naquela época o que o dono do Facebook declarou recentemente também fazer: matava as suas próprias galinhas. Também pegava os seus ovos no galinheiro, como a Gisele Bündchen diz pegar os dela na sua casa nos EUA. E preparava as suas saladas com verduras orgânicas, que não tinham esse nome nem os preços atuais. E pensar que naquele tempo acreditávamos que no futuro – ou seja, hoje – viveríamos com as pílulas dos astronautas! Situada a época e registradas algumas ironias gastronômicas, vamos à história. Como disse, a minha avó matava galinhas, mas para perus e bichos maiores ela recorria aos serviços do açougueiro.

Naquele Natal, porém, o meu tio se prontificou em ser o carrasco oficial. Não sei se a ciência já desmentiu o fato, mas se acreditava que para a carne do peru ficar macia era preciso dar um porre no bicho antes do sacrifício. Mas sei que essa parte da execução é o que deve ter excitado os instintos assassinos do meu tio e dos outros dois jagunços

26 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

natalinos que apareceram com ele. Munidos de um pequeno arsenal de armas brancas e vastíssima munição para armas de fogo – no caso, os copos –, eles desceram para o quintal. O resto da história não só é previsível como inevitável. Foi um porre homérico, com muitos ataques de riso, alguns de choro e cenas patéticas de

amor platônico entre os carrascos arrependidos atracados à vítima. Felizmente todos sobreviveram. Inclusive o grande galináceo, que, graças à fracassada execução, ganhou direito a uma vida feliz no galinheiro. Noblesse oblige. Feliz Natal! yestoledo@gmail.com


27


dezembro 2009

por simone galib

simonegalib@29horas.com.br

PASSO FIRME

Moises Cohen alerta para os riscos dos excessos em exercícios

Se o assunto é ortopedia, chame o especialista, mais precisamente o médico Moises Cohen. Chefe do Departamento de Ortopedia e Traumatologia da UNIFESP e diretor do Instituto Cohen de Ortopedia, Reabilitação e Medicina do Esporte, 33 anos de profissão – 30 deles dedicados à ortopedia –, ele cuida de alguns dos mais importantes atletas do país, como a campeã olímpica Maurren Maggi, o piloto Rubens Barichello, o goleiro Rogerio Ceni, do São Paulo, e o ex-jogador Raí, entre outras estrelas. Mas os seus pacientes não vêm apenas do universo esportivo. Segundo ele, são cada vez mais frequentes as lesões provocadas na população em geral, especialmente entre os jovens e os mais velhos que, por pressão social, sobrecarga e estética praticam atividades esportivas sem condições físicas e acompanhamento médico. A situação é tão grave que os Estados Unidos fizeram recentemente a campanha Stop para tentar reduzir nas crianças de 10 anos lesões de ligamentos provocadas por sobrecarga de exercícios. “Hoje os problemas começam muito cedo e em casa”, afirma Cohen. Para ele, as famílias que vislumbram em seus filhos futuros craques de futebol acabam pressionando-os e depois não têm nem como tratar o problema. “A situação é epidêmica e traz um impacto social muito grande”, alerta. Os que têm mais de 60 anos também devem tomar cuidado, porque saem por aí em maratonas de rua, sem o mínimo preparo, diz o médico. E, para a população em geral, um alerta: os grandes problemas, especialmente nos joelhos, se agravam nos dois últimos meses do ano, porque com a chegada do verão todo mundo sonha com a forma física ideal. “Exercícios devem ser feitos com orientação médica e de forma progressiva. Tudo que vem em excesso não é bom”, aconselha Cohen. Está dado o recado!

PARA DANÇAR

A esquina da rua Estados Unidos com a famosa Augusta virou o cenário de algumas das boas festas de São Paulo. É que ali funciona a novíssima Ballroom, uma mistura de nightclub e casa de eventos, que já caiu no gosto do chamado público triple A. Com projeto do arquiteto Jorge Elias, a Ballroom veio para ocupar o chamado segmento de serviços alto padrão e é também voltada para um público um pouco mais velho, acima de 25 anos. Tem oito camarotes, com bares e serviços exclusivos, boa gastronomia – incluindo comidinhas, as chamadas fingers foods, para acompanhar os drinks –, e muita gente bonita. À frente do novo empreendimento está um grupo de experientes empresários da noite, entre eles Armandinho Lara (um dos fundadores da Disco) e Dudu Linhares (sócio do bar Rádio Café). Já pegou!

28 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

Fachada da Ballroom, a nova casa noturna de São Paulo


O PODER DA CRIAÇÃO

Moda e publicidade movimentaram o mês. A 15ª edição do Prêmio Contribuição Profissional, da APP, Associação dos Profissionais de Propaganda, reuniu alguns dos principais nomes da publicidade na noite de entrega, que aconteceu no dia 24 de outubro no Teatro Raul Cortez, em São Paulo. Já no quesito moda, muita gente que entende do assunto participou no Teatro FAAP do concurso FAAPModa, que premia novos estilistas da fundação. Na banca de jurados, estiveram Lino Villaventura e Ricardo Almeida, entre outros experts. Confira quem passou por lá. Chiara Gadaleta apresenta o evento de moda

Henry Alavez e Lorenzo Merlino

Lino Villaventura e Inez Villaventura, na Faap

Os premiados da noite da APP

Pedro Barbastefano Jr., Claudio Bianchini, Ricardo Marques e Armando Ferrentini

Enio Vergeiro e Cícero Azevedo

fotos divulgação

Maria Luiza Lopez e Luiz Casali

Paulo Chueiri e Francisco Madia

Roberto Justus e Renato Pereira

Otto de Barros Vidal Jr., Paulo Chueiri e Roberto Belizario

29


dezembro 2009

BRINDES DA ESTAÇÃO

Dias mais quentes e ocasiões especiais pedem champanhe – agora durante o dia e supergelado. Sim, os brasileiros já podem desfrutar neste verão da Moët Ice Impérial, o primeiro champanhe da Moët Chandon, criado especialmente para ser servido com gelo. Feito à base de frutas tropicais e vermelhas, pode também ser incrementado com folhas de menta, lascas de casca de limão ou grapefruit. O produto já está nos principais beach clubs do país e em lojas especializadas de São Paulo, Rio de Janeiro e Florianópolis. Tim-tim!

ESSE TAL de ROCK´N´ROLL

A Vila Madalena, um dos bairros mais charmosos de São Paulo, tem um endereço onde os loucos por rock fazem a festa. Trata-se da loja It’s Only Rock´N´Roll, onde a pirataria passa longe. Lá, só existem produtos licenciados de bandas e artistas, nacionais e internacionais. São mais de 200, entre camisetas, jaquetas, roupas, bonés e relógios, além de baralhos temáticos, como o do Festival de Woodstook e a lendária capa do Sargent Pepper´s, dos Beatles. A ideia da loja surgiu no último show da banda AC/DC, em São Paulo, quando os sócios viram o estádio do Morumbi lotado de roqueiros, todos vestindo camisetas de suas bandas preferidas, mas a maioria delas não oficiais. Assim, transformaram esse espaço, de dois pisos na rua Fradique Coutinho, em uma espécie de santuário. Ali tem até um altar em homenagem aos ídolos que já morreram e um estúdio de gravação forrado de pôsteres – todos à venda – é claro! Adriana Trussardi, que trouxe a assinatura dos Campana para seus enxovais

O trabalho dos irmãos Fernando e Humberto Campana foi parar... na cama. Os designers brasileiros mais famosos mundo afora assinam, pela primeira vez, a coleção de verão da Trousseau, a marca de enxovais premium comandada por Adriana e Romeu Trussardi e que completa 20 anos. A parceria, inédita, surgiu quando Adriana foi a uma exposição dos designers e disse-lhes à queima-roupa: “Podem me achar louca, mas meu sonho é que vocês façam qualquer coisa para a nossa marca”. Eles aceitaram e depois de um ano e meio de muita conversa surgiram duas coleções: uma onde eles reproduziram o trabalho das rendeiras, e outra com curvas convidativas. “Foi a linha mais diferente que já fizemos”, diz Adriana. A coleção estará nas lojas em janeiro de 2012.

30 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

A parede forrada de camisetas da loja temática na Vila Madalena

fotos divulgação

SONHOS DE VERÃO


31


por andrea finzi

andreafinzi@29horas.com.br

5h às 11h

de Guias, Instrutores e Profissionais de Escalada do Estado do Rio de Janeiro (AQUIPERJ), primeira entidade certificadora de profissionais de escalada no país. Eles também publicaram os livros Guia de escaladas da Urca, Guia de escaladas e trilhas da Floresta da Tijuca e o manual Escale melhor e com mais segurança. Tel. (21) 2567-7105. www. companhiadaescalada.com.br

11h às 17h

Butique gastronômica

Aberta em 2010 no quarteirão de ouro de Ipanema, a Aquim Prét-à-Porter tem como chef Samantha Aquim, especialista em doces de alto padrão com ingredientes de qualidade. No cardápio, os macarons são as estrelas da casa: tem de figo com baunilha fresca, de framboesa com gergelim, de maracujá com chocolate. Madeleines de café com chocolate, financiers, cheesecake de gengibre com maçã, bolo de chocolate belga ou de amêndoas com baba de moça são outros quitutes finos encontrados ali. Para quem busca chocolates, vale experimentar os de caramelo com infusão de anis e melado de cana com gengibre intenso. Embalagens com desenhos arrojados acompanham as delícias e refletem o estilo requintado da loja. Seg. a sáb.: das 10h às 20h. R. Garcia D’Ávila, 149, Ipanema, tel. (21) 2523-5090. Doces finos e produzidos artesanalmente são o forte da Aquim

32 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

fotos divulgação

Aventura nas alturas

Desde 1995 a Companhia da Escalada ministra cursos de escalada na capital carioca. Mais de 700 alunos já foram formados nos cursos e guiadas de todos os níveis. As escaladas mais pedidas são no Pão de Açúcar e no Corcovado, mas também é possível escalar no Morro da Urca, no Morro da Babilônia e no Morro do Cantagalo. Os instrutores são todos certificados pela Associação


Brigadeiros metalizados

A designer de doces Louzier Lessa, proprietária da Louzieh Doces, acaba de lançar sua mais recente coleção de doces gourmet. São os deliciosos brigadeiros metalizados, novidade para adoçar as festas de fim de ano. Eles são preparados em cinco versões: o dourado é feito com chocolate ao leite; o cobre, com cupuaçu e chocolate branco; o prata é de casadinho com cobertura de chocolate ao leite; o marrom, de capuccino com chocolate ao leite e o pérola é recheado com limão siciliano. Os docinhos também são ideias para presentear alguém – em caixas com 15 unidades (R$ 45) ou na lata com 20 (R$ 65). As encomendas precisam ser feitas com, pelo menos, uma semana de antecedência pelo telefone e a quantidade mínima é de 30 unidades por sabor. R. Barata Ribeiro, 391/609, Copacabana, tel. (21) 2236-2.540.

23h às 29h

Shows no Arpoador Na Academia da Cachaça, a feijoada é uma das estrelas

17h às 23h

Após cinco meses de reforma, acaba de ser inaugurado o Studio RJ, a versão carioca do Studio SP, famosa casa de shows paulistana conhecida por lançar a nova geração da música brasileira. Depois de promover algumas temporadas de verão no Cinemathèque (2009), no Teatro Odisséia (2010) e no Teatro Rival (2011), os sócios Ale Youssef e Maurizio Longobardi (Studio SP) se uniram aos cariocas Plinio Profeta e Luis Antonio Cunha para trazer definitivamente uma filial da casa para o Rio. Shows: às 22h e festas: à 0h30 (qui. a sáb.) e 19h (dom.). Av. Vieira Souto, 110, 1º andar, Arpoador, tel. (21) 2523-1204. www.studiorj.org

Brasilidade

Pioneira nas caipirinhas com frutas, lançadas em 1985, a Academia da Cachaça apresenta uma carta de cachaças com 100 rótulos provenientes da Bahia, do Rio de Janeiro e Minas Gerais, entre outros estados. As cachaças são servidas puras, em temperatura ambiente ou geladas. No menu, os destaques são os petiscos, como o combinadinho que mistura bolinho de carne, queijo e mandioca. Outros xodós da casa são a belíssima feijoada e o Escondidinho Original, que une carne de charque desfiada, purê de aipim e requeijão gratinado. A lojinha da Academia vende copinhos de cachaça personalizados, camisetas e o copo para caipirinha. Dom. a qui.: das 12h a 1h e sex. e sáb.: das 12h às 2h. R. Conde Bernadotte, 26, lojas E, F e G, Leblon, tel. (21) 2529-2680.

O Studio RJ quer lançar a nova geração da música brasileira

33


Paxeco bar

Esse charmoso bar aposta no ambiente a céu aberto – com vista deslumbrante das palmeiras-imperiais do Jardim Botânico e do Cristo Redentor – para atrair o público. No cardápio, a bruschetta de berinjela, tomate, coalhada seca e pimenta-rosa é um dos petiscos mais pedidos. Não deixe de provar também os refrescantes drinks, como a caipivodca de salada de frutas (morango, uva, kiwi e carambola) e a de lima da pérsia. Ter. a dom.: a partir das 18h. R. Pacheco Leão, 724 D, Jd. Botânico, tel. (21) 3114-8710. www.paxecobar.com.br

11h às 17h

É Coisa nossa

Sergio Rodrigues tornou o design brasileiro conhecido internacionalmente ao criar a poltrona Mole em 1957. Um nome de destaque na história cultural do país, o arquiteto e designer transformou a linguagem do móvel com a generosidade de seu traço, resgatando o espírito da mobília tradicional e também os aspectos do Brasil indígena. Como arquiteto trabalhou com grandes nomes como Oscar Niemeyer e Paulo Mendes da Rocha. É possível conferir sua criatividade de perto, no seu ateliê do bairro de Botafogo, onde ele dá expediente diariamente, com sua inteligência aguda e bom humor. Considerado o mais importante designer dos últimos 100 anos, Rodrigues é um artista que tem suas peças espalhadas nas principais lojas do Brasil e do mundo. R. Conde de Irajá, 63, Botafogo, tel. (21) 2539-0393.

Sergio Rodrigues, um mestre do design

A volta dos Beatles

Após sucedidas temporadas no Rio, na capital paulista e em Lyon, na França, o premiado musical Beatles num céu de diamantes retorna ao Rio para sua sexta e breve temporada. Dirigida por Charles Möeller & Claudio Botelho, a peça já

34 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

conquistou dois prêmios Shell: um pelo belíssimo arranjo musical e outro pelo conjunto da obra. Sua reestreia foi no mês passado e segue em cartaz no Teatro Clara Nunes, no Shopping da Gávea, até dezembro. O espetáculo não tem diálogos: dez cantores-atores são acompanhados por piano, percussão e violoncelo, e relembram a história da banda inglesa por meio de quase 50 músicas. Entre os clássicos estão: Help, Let it be, I wanna hold your hand e Lucy in the sky with diamonds. Até 18/12. Qui., sex. e sáb.: às 21h e dom.: às 20h. Qui. e sex.: R$ 60 e R$ 30; sáb.: e dom.: R$ 70 e R$ 35. Censura: 10 anos. R. Marquês de São Vicente, 52, 3º piso, Gávea, tel. (21) 2274-9696. www. ingresso.com.br

fotos divulgação

17h às 23h


Celebre o ´ Natal e o Reveillon

no Dinho's. No Dinho's a sua celebração fica muito mais especial. Realizamos ceias de Natal e Réveillon, além de eventos de confraternização internos e externos, sempre com o atendimento especializado, tradicional do Dinho's. O seu ano termina e começa muito melhor no Dinho's.

Al.

Santos, 45 - Paraíso

R

eservas: 3016-5333

www.dinhos.com.br

35


>natal

Fachada da rua Normandia, no bairro de Moema


O Natal está nas ruas

Um roteiro a céu aberto para você bater pernas e fazer compras por Kike Martins da Costa Fotos Rodrigo e André Moraes


>natal

Em dezembro, todo o conforto dos shoppings se transforma em uma verdadeira filial do inferno: os estacionamentos têm filas enormes, não há vagas, as lojas ficam abarrotadas e os preços vão às alturas. Para completar, duendes ou Papais Noéis circulam pelos corredores causando tumulto e, ao fundo, tocam sem parar aquelas mesmas músicas – Noite feliz, Então é Natal, Do they know it´s Christmas... Pensando nisso, a 29HORAS elaborou para você um roteiro diferenciado por ruas onde é possível fazer boas compras sem esses perrengues todos. Na Oscar Freire, por exemplo, dá para encontrar tudo que há nos shoppings sem aquela sensação de claustrofobia; na José Paulino, o atrativo é a coleção de pechinchas a preços inacreditáveis; a Gabriel Monteiro da Silva é o melhor local para comprar peças de design e decoração e a rua Normandia é uma síntese do que há de melhor em Moema, num cenário romântico e com cara de Natal europeu. A 25 de Março, “hors concours”, não aparece nesse roteiro, mas é um endereço óbvio para quem quer volume de ofertas. A seguir, confira o que cada uma dessas ruas tem de melhor. Boas compras e um Feliz Natal!

38 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

Na al. Gabriel Monteiro da Silva, a Decameron (acima) vende as criações da marca holandesa Droog. Abaixo, à esquerda, a nova Firma Casa, que recebeu na fachada seis mil mudas de espada de São Jorge; ao lado, a loja Marché Art de Vie. Na outra página, a confeitaria Mara Mello, perfeita para uma pausa entre as compras


TUDO PARA A CASA, COM MUITO ESTILO A alameda Gabriel Monteiro da Silva é conhecida internacionalmente por sua grande concentração de lojas de decoração e design. São mais de 200, incluindo marcas nacionais e estrangeiras, como as italianas Kartell (especializada em móveis em acrílico), a alemã Villeroy & Bosch (famosa por suas lindas peças em porcelana), a holandesa Auping (fabricante das mais confortáveis camas do mundo) e a norteamericana Kitchenaid (que produz ótimos eletrodomésticos e utensílios de cozinha). Localizada no Jardim Paulistano, um dos bairros mais valorizados da cidade, a Gabriel é cercada de áreas residenciais e abundantemente arborizadas. Lá, é possível encontrar um abajur assinado pelo italiano Giancarlo Fassina por R$ 1.642 na Dominici e uma poltrona desenhada pelo arquiteto Paulo Mendes da Rocha por R$ 3.570 na Dpot. Mas, para quem busca presentes mais acessíveis, há também várias e boas opções. A loja Decameron, por exemplo, vende com exclusividade as criações do estúdio holandês Droog, como os tapetes atoalhados de banheiro que podem ser calçados quando a gente sai do banho (cada um custa R$ 370). Na Marché Art de Vie, a dica é a fruteira centopeia, feita em fibra de bananeira, que custa R$ 766. Na Missoni Home, uma linda almofada estampada made in Italy sai por R$ 700. Uma luminária de bambu na A Lot Of custa R$ 1.470. E, para quem prefere presentinhos étnicos e exóticos, vale a pena visitar a Bali Express, onde estatuetas em madeira trazidas da Indonésia saem por R$ 990. Outra paradinha obrigatória para quem passeia pela Gabriel é a recém-inaugurada loja da Firma Casa, que foi projetada pelos irmãos Campana juntamente com os arquitetos do escritório Superlimão e em cuja fachada foram plantadas 6 mil mudas de espada de São Jorge. Dentro da loja, uma galeria expõe criações de designers como Thomas Eyck, Maurizio Galante e Aurélio Martinez Flores, além de peças dos Campana, de Jacqueline Terpins e do coletivo Nada Se Leva. Na hora de fazer um pit stop, vá à boutique de doces da confeiteira Mara Mello, onde você poderá se deliciar com gostosuras como a torta de pistache e figos, criada especialmente para este Natal. Se quiser algo mais substancioso, basta sentar-se numa mesa da Z Deli ou entrar na rua Joaquim Antunes, onde funcionam bons restaurantes como o contemporâneo Maní, o italiano Ravioli Cucina Casalinga e os ecléticos Mercearia do Conde e Filippa. Para tornar o passeio mais agradável, comece na rua Estados Unidos e vá descendo a pé pela Gabriel em direção à avenida Faria Lima.

39


>natal

O MELHOR DA MODA BRASILEIRA E TAMBÉM DO RESTO DO MUNDO Nos 1.200 metros do trecho mais badalado da rua Oscar Freire, entre a alameda Casabranca e a avenida Rebouças, as grifes de moda brasileira e internacional disputam o espaço palmo a palmo. Para quem busca roupas e calçados esportivos, a rua concentra concept stores de marcas como Nike, Adidas, Reebok, Asics e Fila. Prepare-se para desembolsar até R$ 1.000 por um tênis bem fashion ou R$ 699 pela chuteira que o centroavante Alexandre Pato usa para marcar seus gols. Mas, se a ideia é quebrar a banca e investir em joias, saque seu cartão de crédito na H. Stern, na Vivara, na Montblanc ou na Fabrizio Giannone. Na Vivara dá para comprar anéis de ouro branco com diamantes por R$ 2.990 enquanto a H. Stern tem brincos desenhados por Oscar Niemeyer a R$ 8.050. Quer desfilar na praia ainda mais linda? Vá direto para a Jo de Mer, para a Água de Coco ou para a nova loja de Amir Slama. Tem uma compulsão por bolsas e sapatos poderosos? Se jogue na Schutz, na Arezzo, na Victor Hugo, na Alexandre Birman, na My Shoes ou mesmo na casa Eurico, especializada em calçados de tamanhos grandes. Se a ideia é buscar novidades ultrafashion, experimente os calçados masculinos de plástico da marca M-Zero, vendidos na Galeria Melissa por “módicos” R$ 120. O ator inglês Daniel Radcliffe, astro da saga Harry Potter, não descalça os seus mocassins da marca. Quer um jeans incrível? Visite a Forum, a Carmin, a Calvin Klein Jeans, a John John ou a The Jeans Boutique. Agora, se o seu negócio é admirar o melhor da moda brasileira , farte-se nas lojas de grifes como Osklen, Maria Bonita, Huis Clos, Fit, Cavalera e 284. E, se quer fingir que acabou de voltar da Europa, vá à Pretorian e compre um coturno ou um sapato com biqueira de metal da marca britânica Dr. Martens, um ícone do

40 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

No alto, o espaço colorido e moderno da Galeria Melissa; acima, visão do movimento de pedestres nas calçadas arborizadas da Oscar Freire, um lugar agradável para comprar, olhar ou só passear

pós-punk londrino que agora ganhou um representante no Brasil. Cada par custa algo entre R$ 447 e R$ 547. Por fim, se deseja algo mais exclusivo, visite o ateliê do alfaiate Michel, que há 30 anos trabalha na Oscar Freire, e encomende camisas sob medida para homens e mulheres. A fome bateu? Fique tranquilo, pois o cardápio da Oscar Freire é repleto de atrações, desde os rápidos cafés da Nespresso e da Santo Grão aos elaborados pratos de restaurantes como o Italy, o Caroline Bistrô, o Tatou, o Suez, o Quattrino e o Almanara. Para arrematar, que tal um sorvete de macadâmia na Haagen Dasz ou um de gianduia crocante na Bacio di Latte, eleita a melhor sorveteria da cidade? Para quem vai à Oscar Freire, vale a pena dar ouvidos a um conselho que certamente tornará a sua visita um passeio bem mais confortável: vá de táxi, pois é impossível estacionar o carro na região.


GARIMPE OFERTAS NO “BONRA”, AGORA EM UM CENÁRIO MAIS CLEAN

Sem a fiação elétrica exposta, a José Paulino ficou mais bonita

Na Casa Búlgara, as burekas da dona Lina Levi são a atração

A loja Olha Que Linda! tem bijoux para os mais diversos gostos

A tradicional rua José Paulino, que durante décadas foi uma das vias mais caóticas da cidade, agora está de cara nova, bem mais clean e com menos poluição visual. Os postes foram removidos das calçadas e a fiação elétrica acaba de ser aterrada, pelo menos nos quarteirões que ficam entre o Jardim da Luz e a rua Silva Pinto. A bagunça continua dentro de algumas lojas, pois muitas delas ainda insistem em não oferecer provadores e exibem delicados cartazes do tipo “Proibido provar as peças mesmo por cima da roupa”. Mas isso tudo faz parte do folclore da região, famosa por excelentes pechinchas. Um cordão dourado com pingente de coração de cristal ou com uma pérola pendurada custa apenas R$ 18 na Olha Que Linda!, vestidinhos tomara-que-caia lotam as vitrines de várias lojas por preços que variam de R$ 50 a R$ 90 e camisas pólo masculinas são encontradas por preços que começam em R$ 15 e não passam dos R$ 40. Dá um pouco de trabalho encontrar uma peça mais básica, com estampas mais discretas ou sem detalhes como laços, babados e cortes ousados típicos do look “periguete”. Um lugar onde isso não passa nem perto é a loja Mona, que anuncia ser especializada em “moda evangélica”, seja lá o que for isso. Em outras, como a Malagueta, é possível achar vestidinhos de algodão bem graciosos e ideais para o verão por apenas R$ 30. Na Umen, o garoto-propaganda é o ator global Ricardo Tozzi e as roupas são de bom gosto – para completar, os preços são bem razoáveis, muito abaixo do que se encontra nos Jardins e nos shoppings: uma calça jeans básica sai por R$ 110 e uma camisa de manga curta não custa mais do que R$ 70. Os corintianos vão vibrar com o Marco Zero erguido na esquina da José Paulino com a rua Cônego Martins, onde foi inaugurada recentemente a loja de produtos temáticos Poderoso Timão. Foi neste local que, em 1910, cinco operários fundaram o clube. Ali perto fica a rua Correia de Melo, que funciona como uma praça de alimentação para os visitantes do Bom Retiro, ou “Bonra”, como também é conhecido. Além das delícias judaicas da Shoshi Delishop, há também vários enigmáticos restaurantes coreanos, o ótimo bufê por quilo Boa Mesa e uma lanchonete da rede Subway. Na rua da Graça, a poucos metros dali, funciona o Acrópoles, um tradicional restaurante grego famoso por seu polvo ensopado e por sua moussaka. Mais alguns passos em direção à rua Silva Pinto e o visitante chega à Casa Búlgara, lar das famosas burekas da dona Lina Levi, que são servidas com recheios de batata, frango, carne ou espinafre com queijo feta. Vá de metrô e desça na estação Tiradentes na ida. Na hora de voltar, dirija-se à estação da Luz.

41


>natal

Fachada enfeitada da rua Normandia: 32 sobradinhos com ar europeu reúnem novidades de moda, beleza, decoração, artes e gastronomia

GRANDES ACHADOS NA PEQUENA NORMANDIA A rua Normandia ficou conhecida quando, nos anos 80, instalava máquinas de neve artificial na época do Natal. Os floquinhos já derreteram faz tempo, mas o charme continua e a alegre atmosfera natalina ainda resiste neste conjunto de 32 sobradinhos geminados dos anos 1950 e na ruazinha com calçadas largas, onde os automóveis são obrigados a trafegar a uma velocidade inferior a 20 km por hora. A Olivino vende excelentes azeites e vinhos importados, a Tutu & Marie oferece lindas roupinhas infantis, a marca de cosméticos L’Occitane tem uma simpática lojinha, a Davidoff reserva puros cubanos e muitos acessórios para os apreciadores de charutos e, para quem não consegue viver sem visitar uma boa loja de acessórios, há filiais da mineira Arezzo e da carioca Uncle K. Na Natural Gift e na Quadrifoglio Oficina de Arte é possível comprar bonitos enfeites para decorar a casa neste Natal. Para carregar todas as compras e embalar os presentes com estilo, visite a Pop Bag, que tem criativas sacolas, caixas e papéis de embrulho. E, quando der fome, não se preocupe em sair de lá – a Normandia tem gostosas alternativas para uma refeição leve ou um lanche rápido. É lá que funciona a primeira loja da sorveteria portenha Freddo, especializada em cremosos cones de doces de leite. A poucos metros dali, fica o restaurante El Patio, ideal para

42 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

Sorveteria portenha Freddo: cones cremosos de doces de leite

“tapear” com petiscos espanhóis ou para encarar uma paella. Na outra extremidade do quarteirão, o Bistrô Philippe oferece um menu de comidinhas leves com sotaque francês, como os croque monsieur, as omeletes e as quiches. Se a ideia é apenas tomar um café, dê uma paradinha na Doceria Brigadeiro. Por fim, se ainda houver energia para garimpar pechinchas, dê uma esticadinha até a vizinha rua Bem-TeVi, onde há várias pontas de estoque, outlets e lojas de calçados com boas ofertas.


>personagem

Lia contempla uma estatueta de Gandhi: afinidade de ideias e ideais

44 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


“Tudo que vive é teu próximo” Este e outros ensinamentos de Mahatma Gandhi são os princípios pelos quais se move

Lia Diskin,

a mulher que traz o dalai lama ao brasil e que está por trás de algumas das mais concretas e persistentes iniciativas pela paz e pela convivência entre as pessoas no país e no mundo

Por Chantal Brissac Fotos Érico Hiller

45


>personagem

É ela quem cuida da agenda do Dalai Lama no Brasil desde a primeira visita, em 1992 – neste ano, em setembro, ele completou sua quarta visita ao país, sempre sob seus auspícios. Seguidora dos ideais do líder indiano Mahatma Gandhi, a argentina Lia Diskin é um dos nomes mais importantes da cultura de paz aqui e lá fora. Palavras como cooperação, desapego, economia sustentável e mobilização soam com sentido ditas por Lia. Ela não fala da boca para fora: desde 1972, quando ajudou a fundar a Associação Palas Athena, que promove, agencia e incuba programas e projetos nas áreas de educação, saúde, meio ambiente e promoção social, Lia Diskin vive com simplicidade e verdade, valores gandhianos que ajuda a divulgar. “Tudo o que vive é teu próximo”, dizia Gandhi. “Hoje, essa reconexão com o vivo, seja árvore, rio ou pessoa, é o mais urgente e importante”. Com a Palas Athena, que já trouxe para seminários e workshops algumas das mentes mais brilhantes do mundo – como o filósofo francês Edgar Morin, a economista inglesa Hazel Henderson e o biólogo chileno Humberto Maturana, entre outros – Lia comemora 38 anos de estrada. Nascida em Buenos Aires em 27 de outubro de 1950, ela chegou ao Brasil em 1971, com 21 anos, formada em jornalismo e já casada com o filósofo argentino Basílio Pawlowicz. O clima de tensão da ditadura militar na Argentina motivou o jovem casal a emigrar. Em São Paulo, onde se fixaram, fundaram a Palas Athena e também o Centro Pedagógico Casa dos Pandavas, em Monteiro Lobato. A Palas inclui cursos, gráfica e editora. Já a Casa dos Pandavas nasceu como lar para crianças órfãs e hoje é uma escola referência no Vale do Paraíba, formando gratuitamente, e de forma holística, crianças e jovens. Ganhadora do Prêmio Trip Transformadores e do Prêmio Internacional Jamnalal Bajaj, este concedido a quem dissemina os princípios de Gandhi, Lia recebeu a 29HORAS na antiga sede do Paraíso (acabam de se mudar para os Jardins) para falar sobre o líder indiano, educação, política e futuro. A seguir, seu depoimento em itens temáticos, começando por Gandhi hoje, sua atualidade e presença: se ele vivesse em nossos dias, qual seria sua luta?

exemplo maravilhoso. Gandhi voltaria com esse Mottainai! e faria da expressão o grande mantra do século 21. Precisamos dessa inspiração no Rio + 20, em junho de 2012.”

O ciclo do usufruto “A gente tira a dignidade das coisas não sabendo utilizá-las, ou não dando todo o rendimento que essa matéria-prima poderia ter. Cortando o ciclo do usufruto, nós perdemos também o sentido da origem. A gente se esquece de que qualquer papel foi uma árvore, que ocupou lugar na terra, que logicamente absorveu nutrientes da terra, que absorveu umidade, luz solar, que se alimentou também da lua e da noite. A gente se esquece de que qualquer pinheiro ou eucalipto demorou no mínimo cinco anos de crescimento para poder ser cortado e se tornar celulose e virar papel.”

ser feliz é consumir? “A associação de felicidade e consumo é um binômio explosivo, porque você está condenando três quartas partes da humanidade à infelicidade. É muito cruel. Além disso, comprometemos gerações mais novas: vamos deixar um planeta muito mais pobre e muito mais precário do que a gente recebeu. Eu pertenço a uma geração em que a gente escovava os dentes com a torneira aberta e ninguém via nenhum tipo de problema nisso. Hoje, sabemos que a água doce vai ser e já é motivo de confrontos e de guerra.”

um homem contra o consumo “Se Gandhi vivesse hoje, sua maior luta, sem sombra de dúvida, seria parar a onda tresloucada de consumo. ‘Todo aquele que tem coisas de que não precisa é um ladrão’, ele dizia. Obviamente não porque roubou, mas porque, por não necessitá-la, está inviabilizando a utilidade de uma matériaprima e de algo. “Mottainai!” é uma expressão japonesa – significa “Que desperdício!” – resgatada pela ambientalista e bióloga Wangari Maathai, ministra do Meio Ambiente do Quênia e primeira africana a receber um Prêmio Nobel da Paz, que morreu em setembro deste ano deixando um

46 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

Com o Dalai Lama: em 2011, Lia o trouxe pela quarta vez ao Brasil


a gente tira a dignidade das coisas não sabendo utilizá-las ou não dando todo rendimento que essa matéria-prima poderia ter

47


>personagem

A Índia, país visitado tantas vezes por Lia, está em obras expostas na Palas Athena; já Gandhi é inspiração e referência, sempre

e O consumo da classe C?

Austeridade saudável

“Justo agora que eles podem consumir, vamos dizer que não consumam? Essa é uma questão perversa. O que temos que fazer é agir na outra ponta. Como temos consumido muito, precisamos começar a partilhar, distribuir, minimizar o impacto. Quer alegria maior do que partilhar? Quem quer ter um lauto jantar, com as iguarias mais extraordinárias, sozinho? De onde nos veio a ideia de que o usufruto de algo somente para nós é causador de felicidade, de prazer? Precisamos dos outros, e o Natal é essa fonte de celebração coletiva, de regozijo.”

“Confúcio, 2500 anos atrás, dizia: ‘nada é bastante para quem considera pouco o que é suficiente”. Tem tanta sabedoria aí. Se você não consegue celebrar, agradecer e utilizar de maneira digna o que é suficiente, nada vai conseguir atender a sua insaciabilidade, sua insatisfação. A questão de como se irá sustentar a comunidade europeia e sua moeda, tem a ver com isso, com a austeridade saudável. Austeridade com abundância de compreensão de onde estamos.”

como pode ser

“Temos uma quantidade de desperdício de alimentos que poderia resolver perfeitamente os problemas mais graves da miséria humana. Poderíamos, mas a nossa indignação ainda não adquiriu o transbordamento que nos leva à ação, ainda está num plano intelectual. Ainda não conseguimos nos mover, nos mobilizar. A indignação tem dois passos, o primeiro é a tomada de consciência, e o segundo é a reparação do que entendemos injusto e não solidário.”

“No mundo empresarial hoje se fala muito mais em acessibilidade de produtos do que em propriedade de produtos. A experiência bem-sucedida da Dinamarca, Holanda, Suécia e Noruega mostra o que vem por aí. Lá não só os carros e bicicletas são compartilhados – as bikes ficam à disposição do público nas ruas, você usa mediante uma moedinha – como também os eletrodomésticos nos edifícios. Qual é o sentido de ter em seu apartamento um aspirador, uma enceradeira, uma batedeira, um processador, um liquidificador, quando não usamos esses aparelhos nem mesmo diariamente?”

mirem-se na Tunísia

sinais de mudança 1

“Veja o que os meninos da Tunísia fizeram. Eles se indignaram com as extorsões de propinas da polícia e começaram uma revolução. E essa meninada estava simplesmente em contato com um livrinho que está disponível na internet – Da ditadura à democracia, do pacifista Gene Sharp –, obra traduzida em mais de 30 línguas e que se tornou a base de ação não violenta que eles utilizaram para derrubar um governo de três décadas.”

“Você vê a meninada: parte dela está descartando a ideia de ter um carro, prefere ter uma bicicleta; também prefere passar as férias em uma aldeia yanomami ou xavante, ou ainda num país africano, do que fazer aquelas viagens escandalosamente caras. Conheço jovens que pensam em morar em ecovilas, ou ainda transformar seus bairros em ecobairros. Hoje há uma compreensão muito mais orgânica da vida, de que realmente estamos todos dentro de um macroprojeto chamado vida.”

Indignação que leva à ação

48 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


A professora Lia, como é conhecida na Palas e fora dela, é também coordenadora do Comitê Paulista para a Década de Paz, da ONU

sinais de mudança 2 “Há uma rede de 80 instituições no Brasil inteiro que estão fazendo coisas extraordinárias, desde recuperar comunidades esfaceladas pelo narcotráfico até trabalhar nas escolas públicas e também nas do primeiro escalão – e nestas estão sensibilizando alunos muitas vezes supermimados, para que compreendam que a vida não se resume a usar um ipad ou passear no shopping. Há muita coisa boa acontecendo. Acho importante mostrar isso porque inspira, motiva, convida as pessoas a se envolver, participar.”

sinais de mudança 3 “Nunca se plantou tanta árvore e nunca teve tanto projeto que se contempla o meio ambiente como hoje. Nos últimos cinco anos temos quase duplicado a quantidade de parques de São Paulo. O projeto é que até o final de 2013 se chegue até 100 parques dentro do centro de SP. E as coisas estão andando mais rápido porque as próprias redes sociais conseguem esta fluidez, esta articulação e mobilização. Você não precisa criar uma ONG para melhorar a vida do seu bairro, pode congregar as pessoas pelo facebook, pelo twitter, e ter uma ação eficiente.”

o dalai Lama e a consciência “Na quarta visita de Sua Santidade ao Brasil, em setembro, talvez o que tenha sido mais importante de seus encontros foi aquele que resultou num debate com neurocientistas brasileiros e estrangeiros sobre os estados de consciência e os conhecimentos de práticas como a meditação e seus efeitos positivos no cérebro. Foi um encontro extraordinário. Também foi marcante a sua primeira visita ao Brasil, duran-

te a Eco 92. Nunca vou esquecer o encontro do Dalai Lama com Dom Hélder Câmara, no Aterro do Flamengo, uma noite de vigília em que todas as tradições religiosas estavam ali, cada uma em uma tenda.”

o exemplo de Gandhi, sempre “Gandhi terminou a vida lavando privada para mostrar que o trabalho feito pelos “intocáveis”, como eram chamados os párias da sociedade indiana, era digno como qualquer outro. Ele inclusive mudou o nome dos intocáveis, que passaram a ser chamados de harijan (significa “filhos de Deus”). Um homem forte e determinado, que lutava de forma inteligente e não violenta, Gandhi ganhou a confiança da população da Índia e nunca desanimou diante de um não.”

o Projeto Terra “De tempos em tempos a humanidade tem esses arroubos apocalípticos, de que o mundo vai acabar. Isso não é novo, está se apostando o fim do mundo há muito tempo. Mas o final do mundo não vai coincidir com o final da nossa espécie, aliás foram milhares de espécies que não vingaram no macroprojeto Terra. Sem dúvida, esse projeto vai continuar. Minha percepção é que esta é uma belíssima oportunidade para nos reconectarmos com nossas bases reais e concretas. Este descolamento que temos tido da realidade, pensando que podemos ser autônomos das forças da natureza, independentes de nossas bases naturais, biológicas, isso é uma fantasia. Nenhum Einstein, nenhum Beethoven, nenhum Mozart poderia ter feito tudo o que eles fizeram se não tivessem almoçado, jantado, tido algum tipo de refeição, minimamente. Temos total dependência do meio ambiente.”

49


>perfil

ôÔÔôôÔôÔ, Thaís!

Apontada pela crítica como a nova revelação da MPB, a cantora e compositora Thaís Gulin faz turnê pelo Brasil e encanta as mais diferentes plateias por Dorotéia Fragata Fotos Érico Hiller

Thaís contempla a paisagem paulistana do alto do Terraço Itália


>perfil

No show que leva o nome de seu último CD, ôÔÔôôÔôÔ, Thaís Gulin mistura estilos, canta em vários idiomas (espanhol, italiano e inglês) e brinca com o público – chega a se perder, contando a história de uma conversa sua com D. Neusa, mulher do compositor Tom Zé, quando assuntou a possibilidade de ter uma canção dele em seu novo disco. E, em pleno show, não tem vergonha de pedir aos músicos que a acompanham que reiniciem a música porque não encontrou o tom. Tudo isso, feito de forma natural, faz o público se sentir ainda mais à vontade e conectado com ela. A curitibana Thaís, de 31 anos, é mesmo como se apresenta ao público. Simpática, educada, conquista em cada gesto. E também se atrapalha para contar histórias. Faz parte dela. Do jeito dela. Tem uma voz afinadíssima, que dá conta tanto de um carimbó delicioso – a música Água – como de um romântico Cama e mesa, de Roberto e Erasmo Carlos. Sem falar das músicas que revelam o seu amor pelo Rio de Janeiro, cidade que adotou desde 2003. Horas cariocas é um exemplo adorável. O público vibra com essas canções e fica especialmente ligado no momento em que ela interpreta Se eu soubesse, que Chico Buarque fez especialmente para a cantora. No CD, os dois cantam juntos em um clima de puro encantamento. Embora não goste de falar sobre o romance, Thaís deixa claro que está tudo nos discos deles. “Quem ouvir vai saber”, já declarou diversas vezes. Sim, porque Chico fez outra música para a namorada. Em Essa pequena, que está em seu mais recente disco, Chico, o compositor canta: “Meu tempo é curto, o tempo dela sobra/meu cabelo é cinza, o dela é cor de abóbora/temo que não dure muito a nossa novela, mas eu sou tão feliz com ela”. Além da participação de Chico, o CD conta com a parceria de Tom Zé, que canta com Thaís a música Ali, sim, Alice, inspirada no conto de Alice no país das maravilhas. Outros músicos bacanas aparecem no repertório, como Ana Carolina, Adriana Calcanhoto, Moreno Veloso e Jards Macalé, além de composições da própria Thaís. Thaís Gulin já foi modelo, já morou nos Estados Unidos aos 15 anos de idade, já viveu na França para falar bem o francês e cursou teatro na Inglaterra, já fez faculdade de administração de empresas e de música. Desde muito cedo, tem os olhos vivos bem abertos para o mundo. Criança, ainda, fazia balé, ginástica olímpica, hipismo, natação e estudava música. “Minha mãe dizia que eu era hiperativa, hoje eu acho que ela tinha razão. Mas eu sinto que descobri cedo que precisava insistir no que eu gostava de fazer.” Hoje ela está colhendo os frutos dessa persistência. Desde que decidiu que queria compor e cantar, tem investido tempo e energia para dar o seu melhor. E tem conseguido. Na turnê de ôÔÔôôÔôÔ, no Rio, ouvi um casal de idosos sentado perto de mim comentar, no início, “que ela não aguentaria cantar até o final”. Com o passar do tempo eles

52 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

Na sessão de fotos, Thaís se deslumbrou com a vista do centro de SP

minha mãe dizia que eu era hiperativa, hoje eu acho que ela tinha razão. Mas eu sinto que descobri cedo que precisava insistir no que eu gostava de fazer


Espontânea, engraçada, um pouco tímida: no palco, esse jeito de menina encanta o público


>perfil

Produzida por Rogério Magalhães e Paulo Schettini, do Salão MG Hair, Thaís dá vazão ao seu lado de mulher sedutora

estavam concentrados na cantora e, no final, na hora do bis, saíram pelo teatro sambando e aplaudindo sem parar. Falar de suas composições é um prazer à parte para a artista. “Para compor esse CD passei dois anos fechada em casa, focada. E todo cuidado que tive para compor, sei que foi bom pela reação que vejo no meu público. Fico tão feliz quando estou no palco cantando... Gosto do que estou fazendo e a energia que vem do público me contagia! Aí o show só cresce e eu saio mais feliz ainda”, diz ela, que costuma organizar todos os detalhes do show, incluindo escolha de meios de transporte de sua troupe, roupa, maquiagem, etc. e procura preservar a sua voz o mais que pode: evita ar condicionado, bebida gelada e não fala com ninguém no dia do show. Exagero? Definitivamente, não. Todos esses cuidados podem ser observados no palco e também quando se ouve o CD. Diferentemente do primeiro disco, lançado em 2007, em que canta músicas de vários compositores, neste Thaís dá vazão à sua verve criativa: assina cinco das treze faixas. É um momento especial para ela, que, mesmo exausta com a turnê pelo Brasil, comemora as novas conquistas: “Está valendo muito! Descubro a cada dia um ritmo diferente. No Pará, em Minas, no Rio e em São Paulo. E isso vai acrescentar mais e mais no meu trabalho”, diz, com um sorriso largo. Quem aprecia MPB torce para que Thaís Gulin continue assim. Eu sou uma delas.

54 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

fico tão feliz quando estou no palco cantando... gosto do que estou fazendo e a energia que vem do público me contagia!


Aproveite pacotes especiais:

Período: 02/01/2012 a 06/02/2012 - Cortesia: 2 (duas) crianças de 0 a 12 anos na mesma acomodação que 2 (dois) adultos. Formas de pagamento: 30% na data da reserva e restante no check-out ou parcelado em até 10x no cheque pré-datado ou em até 5x nos cartões de crédito Visa e Mastercard. Pacotes especiais sujeitos à disponibilidade e alterações sem prévio aviso.


>viagem

Uruguai


de montevidéu a punta del este, um roteiro das atrações mais renovadas do que nunca de um país que prima por conservar a tradição

Texto natale giramondo fotos uórapa


>viagem

Queridos passageiros, A Famiglia Giramondo regressa ao Uruguai para atualizar e resgatar as delícias do verão nos “picos” de Montevidéu a Punta Del Este. Começamos como sempre com a seleção do aéreo. Várias companhias operam Montevidéu; opte pela Pluna, que tem excelentes tarifas e horários e, na alta temporada, mantém um voo diário direto rumo a Punta, saindo de São Paulo, além de outros quatro via Montevidéu. Poucas pessoas sabem: a Pluna voa todos os dias, sem uma única exceção, há 75 anos; mesmo quando operava com apenas um avião jamais deixou um só dia de voar. Hoje a Pluna está totalmente modernizada e sua frota, homogênea, conta com 16 equipamentos Bombardier de última geração. Chegando em Montevidéu, opte por alugar um carro. Planeje-se com antecedência pela internet: Avis, Hertz e Europcar estão no aeroporto. Tudo é relativamente perto no Uruguai. Sugerimos Montevidéu como início da nossa semaninha. Três dias são suficientes para relaxar e aproveitar o melhor da capital uruguaia. É obrigatório: não deixe de caminhar pelo Malecón res-

58 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro 2011


Na pág. oposta, no alto, o agradável interior das adegas do Establecimiento Juanico; embaixo, seus vinhedos. Acima, interior do imperdível mercado central de Montevidéu; ao lado, ainda no mercado, a parrilla do El Palenque – a verdadeira, a suprema

pirando os ventos que sopram do Pólo Sul, que deixam a temperatura agradabilíssima mesmo no alto verão. Curtir uma capital como Montevidéu nos faz cogitar ser possível o sonho de aposentadoria com qualidade de vida e entretenimento. Além de restaurantes e cafeterias deliciosas, a cidade oferece um mercado central espetacular com parrillas imperdíveis. Dos restaurantes, não perca o Gardenia, dos mesmos donos do restaurante homônimo de São Paulo, os chefs Marina Moraes e Raul Florenza, imperdível. Mais informações e reservas no site www.gardeniamvd.com. No mercado, entre toda as diversas opções, mergulhe no El Palenque e conheça a verdadeira parrilla. O Uruguai, como já disse em outras edições o nosso querido Didu Russo, colunista especializado em vinhos, abriga inúmeras vinícolas que ombreiam com a melhor produção contemporânea do Cone Sul. Quase 65% do total dos seus vinhedos produzem o famoso Tannat, e 90% da produção estão na região de Canelones. Para completar os seus três dias em Montevidéu com um

59


>viagem

passeio fascinante, programe uma visita ao Establecimiento Juanico ou à Bodega Bouza, as duas próximas a Canelones (a 40 minutos de carro do centro de Montevidéu). Para o Establecimiento Juanico, da Familia Deicas, pegue a Ruta 5 e, em Juanico, passando a paróquia de Santa Terezita, siga as indicações que você encontrará à direita. Tanto uma vinícola quanto a outra oferecem passeios monitorados e programam almoços. Não ficam devendo nada às vinícolas de Mendoza, na Argentina – que também são bárbaras. Para agendar: www.juanico.com e www.bodegabouza.com. Relaxados e adaptados, vamos à farra de Punta Del Este. Com seu carro alugado, rume leste direto a Punta. Estrada boa, passeio agradável: em apenas uma hora e pouco já estamos no centro de Punta, um balneário que historicamente sempre foi reduto de argentinos – e que agora é disputado pau a pau com a brazucada. Para hospedar-se, além dos tradicionais hotéis-cassinos Mantra e Conrad, Punta oferece agora inúmeras opções 4 e 5 estrelas. Entre as novidades mais recentes está o cinco estrelas Las Piedras, com a grife Fasano. O complexo, instalado a 20 minutos de carro da praia Barra, tem arquitetura arrojada, serviço excepcional e é excelente opção para quem não quer optar pelo burburinho da alta temporada.

60 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro 2011

Punta está cheia de novas e magníficas opções de hospedagem, entre as quais estão o Las piedras (leia-se fasano) e o garzon, de cozinha excepcional


Na pág. oposta, o moderníssimo hotel Las Piedras, de grife Fasano, uma das estupendas novidades da hospedagem no Uruguai. Ao lado e abaixo, o tradicional hotel-cassino Conrad

Outra hospedagem hiperexclusiva que inclui enogastronomia de alta qualidade é o hotel-restaurante Garzon, com cozinha comandada pelo famoso chef Francis Mallmann. São apenas cinco quartos, a 30 minutos de carro da praia de José Ignacio. Confira: www.restaurantegarzon.com. Punta está riquíssima em novas opções. O Hotel AWA é excelente e super bem localizado. Ficar no descolado Casa Suaya Hotel, em Jose Ignacio, também é um show, com o cenário do mar espetacular bem em frente. Instalados, vamos aos programas que consideramos o must atual de Punta para este verão. Para os apreciadores de kitesurf e parapente, Punta e seu eterno vento sul é o grande paraíso. Os “picos” são a Laguna em Jose Ignacio e a ponta esquerda de Punta Ballena. Nem precisa praticar. Ficar uma horinha observando já é uma “viagem”. Para os que gostam de golf ou tênis, como nosso querido amigo Ricardo Becker, recomendamos o Club Del Lago, no caminho de e para o aeroporto de Punta, com quadras de saibro espetaculares que aceitam avulsos para a temporada. Próximo ao Club Del Lago encontra-se o La Pataia, laticínio uruguaio que produz o melhor dulce de leche do plane-

ta (que me desculpem nossos hermanos argentinos), que se pode degustar nos restaurantes da fazenda, abertos durante a temporada. Lá comemos “a” panqueque de dulce de leche – essa sim, “a melhor, melhor do mundo”. Bem, já que começamos a encher a boca d’água, vamos às dicas gastronômicas de Punta. Comecemos por José Ignacio. Continua imperdível o La Huella, com seu beautiful people e seus excelentes pescados. É o top do pedaço. Na temporada é impossível entrar sem ter reserva. Rumando à vizinha Manantiales, há uma alternativa: o Cactus Pescados. Um super visual, agradabilíssimo. E também um delicioso grelhado de frutos do mar. Passear pela Barra rumo ao coração da península também vale a pena. Sua rua central tem inúmeras lojinhas com as coisinhas mais descoladas da Argentina – este é um pedaço 100% argentino. Vale a parada, com seus diversos cafés e sorveterias, além da paquera geral. Na península, bem atrás do Punta Shopping, está a filial local do El Palenque do Mercado Central de Montevidéu. Na minha opinião, volto a afirmar, a melhor parrilla de todo o Uruguai. Super casa, super ambientada, com uma excelente carta de vinhos.

61


>viagem

Vista de Punta Ballena, ponta esquerda: reduto dos praticantes de kitesurfe e parapente

Interior do excelente El Secreto, aberto 24 horas para quem não quer errar

em colonia del sacramento, embarque num buquebus e desembarque em pleno puerto madero 62 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro 2011

Opção para quem não quer errar, bem em frente à marina está o El Secreto. Excelente restaurante, funciona praticamente 24 horas, desde o desayuno até a noite, com excelentes opções e preços. Os amantes das laricas também podem se divertir no tradicional hotel L’Auberge, a primeira construção do bairro residencial mais chique de Punta. Seus waffles, servidos todos os dias à tarde no salão de chá durante as temporadas, são inesquecíveis. Só não se esqueça de fazer reserva, pois o lugar é pequeno e a procura é grande. Não deixe de caminhar pela praia Mansa no final do dia para queimar um pouco das calorias. Um super deck que se estende por toda a orla permite uma deliciosa caminhada com vista para um pôr-do-sol inimaginável. Aliás, outra opção para ver o lindo pôr-do-sol de Punta é a Casapueblo, em Punta Ballena, casa e atelier do artista plástico Carlos Páez Vilaró. Também é um show. Para engatar das 23h às 29h, há baladas sem fim e, para os amantes do jogo, os muitos cassinos. Punta é só alegria! Se você tiver mais alguns dias de férias, pense também em explorar Colonia Del Sacramento. Além de super pitoresca, esta cidade fundada por portugueses permite uma outra conexão muito legal: você embarca lá num buquebus (aquele barco nobilíssimo, tipo overcraft) e em 45 min. desembarca em pleno Puerto Madero, em Buenos Aires. É para quem tem um tempinho... Amigos, mão na massa, pois seguramente este será um dos destinos mais cobiçados deste verão. Abraços e suerte!


dezembro 2009

por maria cecília maciel e vanda fulaneto

84

83

Ovos Benedict do restaurante Rothko

Espetáculo Divineia, no Theatro Municipal de São Paulo

O melhor do Natal

O clima de festas inspira passeios, gastronomia, música, dança, teatro, Compras e muito mais

Dezembro é mesmo um mês muito especial em São Paulo. A cidade brilha em todos os sentidos. A começar pelos belos enfeites e iluminações que decoram casas, edifícios e monumentos, tão bem apreciados no city tour Luzes de Natal, do Circuito São Paulo. As confraternizações e ações solidárias vibram por toda parte. Do Peru dos Desgarrados, no Ritz, ceia que reúne os “sem família”, à Carreata do Brinquedo, que percorre o bairro dos Jardins, coletando donativos para crianças carentes, há muito o que ver e fazer neste período. O imperdível balé Quebra-nozes, da companhia de dança Cisne Negro com a bela música de Tchaikovsky, é apresentada no Teatro Alfa em duas versões: adulto e infantil, para deleite de toda a família. Quebra-Nozes também é o nome da inusitada redonda da pizzaria Bendita Hora, feita especialmente para a ocasião, com recheio de peru e nozes. No quesito arte, a exposição A grande arca, na Caixa Cultural São Paulo, exibe, em fotos e vídeos, presépios de diversas casas da Chapada Diamantina, registradas pelo artista visual Edgard Oliva. O

64 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011

70 Joaquín Torres García: geometria, criação, proporção na Pinacoteca

Theatro Municipal, a Sala São Paulo e a Fundação Maria Luiza e Oscar Americano encerraram a brilhante temporada de 2011 com grandes concertos e recitais de Natal. A fé cristã inspira até a rota Passos dos Jesuítas – Anchieta, no litoral paulista, um projeto turístico que envolve um trajeto cumprido a pé, baseado no caminho percorrido pelos catequistas na época da colonização do Brasil. Essas e outras sugestões, escolhidas a dedo para você, estão aqui na agenda 29HORAS. Feliz Natal! mariacecilia@29horas.com.br, vandafulaneto@29horas.com.br


> agenda 29h no seu celular: www.29horas.mobi

75 Coleção LEGO Harry Potter

80 Jon Anderson se apresenta no Citibank Hall

bom a toda hora

O quê? Bendita Hora. Por quê? Em dezembro, a pizzaria serve a sua pizza natalina Quebra-Nozes, com recheio de peru, alhoporó, Catupiry, e pedacinhos de nozes, a R$ 42 (individual) e R$ 68,50 (grande), disponível nas três unidades da casa (Moema, Alphaville e Perdizes), exceto nos feriados de 24, 25 e 31/12, e 1º de janeiro. Para entrada, delícias como a salada Exótica, com alface lisa, rúcula, tomate-cereja, alcachofra e ricota com gergelim. Na sobremesa, brownie com sorvete, chantily e calda quente de chocolate. R.Vanderlei, 795, tel. 3862-0622. www. benditahora.com.br

23h às 29h

O quê? Absolut. Por quê? O conceito pop up ou seasonal stores, montadas durante um período determinado, tem nova adepta no piso térreo do Shopping Cidade Jardim: a destilaria sueca Absolut, que funcionará ali só até o fim deste mês. Além de rótulos clássicos, as prateleiras exibem baldes de gelo, copos e taças da Absolut Elyx, último lançamento da marca no país. No espaço assinado por Paulo Carvalho, um bar serve quatro opções de drinques à base dos destilados da marca. Seg. a sáb.: das10h às 22h; dom. e fer.: das 14h às 20h. Av. Magalhães de Castro, 12000, tel. 7792-5636.

17h às 23h

O quê? Parque Villa Lobos. Por quê? Palco de grandes eventos culturais, a programação permanente inclui projetos como Cultura Livre (teatro, música, dança, arte etc.), Livro de Rua (coleta e divulgação de livros); Bola Dentro (tênis); exercícios terapêuticos chineses; treinamento de cães e mais. Para observar as árvores e aves, há o belo Orquidário Ruth Cardoso e o Circuito das Árvores. No espaço Ouvillas, pode-se relaxar ao som das obras de Heitor Villa-Lobos, que dá nome ao parque. Todos os dias, das 6h às 18h (e 19h no horário de verão). Av. Professor Fonseca Rodrigues, 2001, tel. 3023-0316.

11h às 17h

5h às 11h

confira as sugestões que servem para todos os dias de sua semana O quê? Dois por um – Ame sua cidade. Por quê? O conteúdo do guia criado pelo casal Rita e Christoph Grimm, jornalista e designer gráfico, salta das páginas para interagir de uma forma diferente com 115 atrações da capital paulistana. São opções em gastronomia, cultura, lazer e mais, que garantem divertimento para duas pessoas (apenas uma pagante), até outubro de 2012. Basta apresentar o livro, destacar o tíquete e aproveitar! A edição é limitada, e os exemplares podem ser comprados nas lojas da Livraria da Vila (R$ 80) ou no site www. doisporum.net (R$ 75).

65


novembro 2011

Festival de margaritas

5h às 11h

gastronomia O quê? Illy. Por quê? A torrefadora italiana abriu sua primeira loja Illycaffè brasileira, no miolo dos Jardins, em São Paulo. Além do seu famoso blend (produzido com uma seleção de cafés arábica) vendido em grãos, moído, em cápsulas e sachês, é possível comprar, ali, as xícaras da coleção de arte da grife, desenhadas por Anish Kapoor, Michael Lin e Marina Abramovic; máquinas de café expresso; chás da casa francesa Dammann Frerés; chocolates da Domori e mais. Seg. a sex.: das 9h às 18h; sáb.: das 10h às 14h. R. Bela Cintra, 1870, tel. 2362-3888.

gastronomia

11h às 17h

Para refrescar os dias mais quentes do verão, uma das maiores redes de casual dinning do mundo, a Applebee’s, apresenta o Festival de margaritas, com cinco opções de drinks. Além das tradicionais de limão e morango, o cardápio inclui três novidades: a de kiwi, pêssego e maçã verde. Para acompanhar, peça uma porção das Potatos Skin (canoas de batata frita gratinadas com queijo Jack-cheddar e pedaços de bacon crocantes, acompanhadas de sour cream, por R$ 29,50). Fundada em 1980, nos EUA, hoje conta com mais de duas mil unidades no mundo – no Brasil está presente desde 2004, com quatro unidades na capital paulistana. www. applebees.com.br

terça, 29

O quê? Ban. Por quê? Misto de restaurante e bar, tem como chef Masanobu Haraguchi (ex-Miyabi por 14 anos). Entre as melhores pedidas estão os omakasses (sequência de pratos feitos com ingredientes do dia) e teishoku (marmita japonesa) no almoço e no menu regular. O pato com molho de shoyu cozido na panela de barro também é uma das estrelas do cardápio. Ter. a sáb.: das 11h30 às 15h e das 18h30 às 22h30; dom.: das 11h30 às 16h. R. Tomaz Gonzaga, 20, tel. 3341-7749.

17h às 23h

show O quê? Chico Buarque em Porto Alegre. Por quê? Vale a pena pegar um voo para ver o aclamado artista da MPB, com 45 anos de estrada e mais de 40 discos. Trata-se do sexto espetáculo apresentado por Chico nos últimos 36 anos. No repertório, 28 canções que incluem trabalhos do seu novo disco (com estratégia inédita de comercialização, pelo site www.chicobastidores.com.br, alcançando 80 mil cópias vendidas), entre hits de todas as fases de sua carreira. Dias 28 e 29/11, às 21h. R$ 240 a R$ 290. Teatro do Sesi. Av. Assis Brasil, 8787, tel. (51) 3347-8636.

23h às 29h

bar O quê? Habanero Bar das Américas. Por quê? O estabelecimento que oferece cozinha das américas com ênfase na culinária mexicana acaba de criar um happy hour diferente para agitar as noites de terça a quinta-feira: a “Hora de la Fiesta” – de hora em hora, rodada grátis de Margarita Fronzen para as mulheres. Para beliscar, além de delícias mexicanas como chilli beans, taco e zapata, há petiscos como salteñas bolivianas e empanadas chilenas. Ter. a sáb.: das 16h à 1h; dom.: das 12h às 24h. R. Alfredo Pujol, 1765, tel. 2950-8219.

66 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


quarta, 30

A melhor parrilla argentina.

novembro 2011

O autêntico show de tango. O quê? Cerrado, imagens de transformações e fronteiras, do fotógrafo Peter Caton. Por quê? Importante nome da fotografia contemporânea, suas imagens têm como temática as causas humanitárias e sociais. A exposição apresenta a primeira série do fotógrafo britânico sobre o cerrado brasileiro, abordando esse importante bioma, o avanço do desmatamento e a questão da preservação ambiental. Até 28/1. Seg. a sex.: das 9h às 21h; e sáb.: das 9h às 16h. Entrada gratuita. Museu Belas Artes de São Paulo – Sede Núcleo de Design. R. José Antonio Coelho, 879, tel. 5576-7300.

5h às 11h

exposição

O quê? Figurati. Por quê? Primeira casa italiana do casal Nancy Mattos e Francisco Barroso, do grupo francês Le Vin. Quem assina o decor é a filha, Daniela Mattos. Já o caçula Fred Barroso, ex-aluno da escola de culinária Apicius, em Florença, comanda as caçarolas do menu assinado por Marcílio Araújo. Há saladas, sopas, polentas, massas, risotos e pratos tradicionais à base de carnes diversas. Seg. a qui.: das 12h às 16h e das 19h às 24h; sex.: das 12h às 16h e das 19h à 1h; sáb.: das 12h à 1h; dom.: das 12h às 23h. Al. Ministro Rocha Azevedo, 1041, tel. 3062-4198.

11h às 17h

gastronomia

O quê? Dinner in the Sky. Por quê? Uma das experiências gastronômicas mais extravagantes do mundo está de volta, de 30/11 até 23/12, no céu de São Paulo. Desta vez, a novidade é o evento ser aberto ao público. Ou seja, quem quiser ter uma refeição inesquecível, com os melhores chefs do Brasil, numa plataforma içada a 50 metros de altura por um guindaste, poderá comprar seu ingresso, via hotline, a R$ 600, por pessoa. As subidas ocorrem de qua. a sáb.: às 20h e 22h (e almoço no sáb.: às 13h e 15h). Tel. 3729-2346.

17h às 23h

gastronomia

moda Toda quinta-feira show de tango.

Faça sua reserva para confraternização de fim de ano e réveillon. 23h às 29h

O quê? Moda It. Por quê? Para ficar conectada e atualizadíssima no assunto. A nova empreitada de Giovanna Ewbank, mulher do ator Bruno Gagliasso, reúne em um único site os melhores blogs de moda, com muitas dicas e personagens bacanas que ainda falam de entretenimento, beleza, viagens, restaurantes e comportamento. O Moda It também traz dicas para montar looks, apresenta as últimas tendências do mundo fashion e vende créditos de descontos, nos moldes dos sites de compras coletivas, mas apenas de grifes selecionadas. http://www.modait.com.br

www.lacabanaparrilla.com.br

67

Tels.: (11) 5052-7612 e 5054-1480

Av. Moema, 218


dezembro 2011

5ª edição do Festival Bar em Bar

5h às 11h

moda O quê? Francesca Romana Diana. Por quê? Para presentear, sem erro. A recéminaugurada flagship FRD de São Paulo, no Shopping Iguatemi, já exibe em suas prateleiras os lançamentos para o alto verão. A peças Miriadi propõem justamente a ideia de pluralidade, o forte da nova coleção, inspirada na arquitetura do sul da Itália, com influência das civilizações antigas (mouras, árabes e gregas) e nas cores do fundo do mar, numa profusão de cristais, pedras azul-cobalto, pérolas roxas e ametistas. Av. Brig. Faria Lima, 2132, 3º piso, tel. 3031-5016. www.francescaromanadiana.com

11h às 17h

gastronomia

17h às 23h

O evento gastronômico vai até 4 de dezembro e mobiliza em todo o Brasil 409 estabelecimentos para oferecer deliciosos tira-gostos a preços promocionais, na hora da happy hour – os petiscos chegam a custar R$ 10, a porção! Os donos dos bares escolhem um dia da semana para a promoção, que agrada a todos: as casas conquistam novos clientes enquanto aumentam o movimento nos dias mais fracos, e o público tem a oportunidade de experimentar várias delícias, algumas exclusivas feitas só para o festival. De quebra, ainda recebem o guia dos bares participantes de sua região e bolachas de chope para colecionar. Seg. a qui.: das 18h às 22h. www.barembar.com.br

quinta, 01

O quê? Mangiare. Por quê? O novo restaurante da Vila Leopoldina é um projeto do casal Juliana e Benny Burattini Goldenberg. O cardápio apresenta receitas clássicas italianas, a maioria preparada ou finalizada nos dois fornos à lenha da casa, que conta ainda com uma rotisserie e um empório de produtos especiais. Ligados aos preceitos do Slow Food, de um alimento bom, justo e limpo, os sócios levaram um ano em busca de produtos artesanais para montar a seleção de pratos. Ter. a dom.: das 12h às 16h e das 19h às 24h. Av. Imperatriz Leopoldina, 681, tel. 3034-5074. www.mangiaregastronomia.com.br

teatro

O quê? A casa dos dados – O destino quase em suas mãos. Por quê? O texto aborda a tomada de decisões. Credita-se as indecisões à falta de tempo, à comodidade e ao conformismo. O espetáculo trabalha o oposto disso: o acaso. Por meio de uma terapia diferente, a dadologia, as decisões que precisam ser tomadas são decididas num jogo de dados. De Paul Lucas, direção de Hélio Cicero, com André Ferreiras, Cadu Souza, Fabíola Peña e outros. Até 15/12. Qua. e qui.: às 21h. R$ 30. Teatro Augusta. R. Augusta, 943, tel. 3151-2464. www.teatroaugusta.com.br

23h às 29h

compras O quê? Rimowa Shop. Por quê? Há mais de cem anos fabricando malas de alto padrão, a Rimowa acaba de lançar uma loja online brasileira, a primeira e-commerce da grife alemã em todo o mundo. Também foi uma estratégia para ir além do eixo Rio-São Paulo e Brasília, locais onde a Rimowa tem lojas físicas, e alcançar todos os estados, oferecendo maior acesso aos famosos produtos da grife. No site, já estão disponíveis as malas da linha Salsa Air, desde a versão de bordo (35 litros – R$ 790) até as maiores (84 litros – R$ 990 e 100 litros – R$ 1.190). SAC: 0800 746 6920. www.rimowashop.com.br

68 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


sexta, 02

dezembro 2011

O quê? Estreias no cinema. Por quê? A ação Os Especialistas, dirigida por Gary McKendry, tem Jason Staham, Clive Owen, Robert De Niro, Dominic Purcell e Yvonne Strahovski no elenco. Baseada no livro homônimo de Ranulph Fiennes, mostra um grupo de antigos membros das forças especiais britânicas que passa a ser caçado por uma equipe de assassinos. E mais: o drama A coisa e as animações Operação presente e Os Muppets. Nos melhores cinemas da cidade, como os das redes Cinemark, PlayArt e UCI.

11h às 17h

Cinema

O quê? Tag and Juice. Por quê? A loja, pioneira no estilo Fixed Gear Bikes (customização minimalista de bicicletas e seu lifestyle), também é a primeira a receber a coleção Commuter by Levi’s. São peças criadas para atender a necessidade do ciclista urbano, reunindo produtos que mesclam segurança, proteção e conforto, ao mesmo tempo em que oferecem a durabilidade e o estilo Levi’s. Na loja, também já estão disponíveis seis bikes da dinamarquesa Velorbis, eleita a primeira entre as dez top marcas de bicicletas do mundo. R. Gonçalo Afonso, 99, tel. 23626888. www.tagandjuice.com.br

5h às 11h

compras

O quê? Hécuba. Por quê? Para ver a tragédia de Eurípides. Ao final da Guerra de Troia, vencida pelos gregos, as mulheres troianas, privadas de seus maridos e filhos mortos em combate, serão repartidas entre os vencedores, na condição de escravas. A crueldade e a desumanização trazidas pela guerra diluem a fronteira entre o bárbaro e o civilizado. Hécuba, antes rainha e agora escrava, vive o infortúnio de seu destino e a sede por vingança. Direção de Gabriel Villela. Até 18/12. Sex.: às 21h30; sáb.: às 21h e dom.: às 20h. R$ 40 e R$ 20. Teatro Vivo. Av. Doutor Chucri Zaidan, 860, tel. 7420-1520.

17h às 23h

teatro

O quê? Clube Flamingo. Por quê? Grande “esquenta” da noite paulistana, no baixo Augusta, o nome é uma homenagem a uma das primeiras casas onde os Rolling Stones iniciaram sua história. Funciona em um sobrado de três andares, decorado com pufes e sofás. A proposta, voltada à gastronomia e drinqueria, não esquece a boa música, indie rock. Mini-hambúrgueres com batatas rústicas são boa pedida. Tequilas e special caipiras também são servidas nos terraços. Seg.: das 12h às 16h; ter. a sáb.: das 12h às 2h; dom.: das 17h às 2h. R. Antonio Carlos, 395.

23h às 29h

bar

69


dezembro 2011

Cinefantasy

5h às 11h

exposição O quê? Joaquín Torres García: geometria, criação, proporção. Por quê? A mostra é uma oportunidade única para conhecer, no Brasil, trabalhos de um dos mais expressivos artistas da primeira metade do século passado. Os curadores Alejandro Diaz e Jimena Perera, bisnetos do uruguaio Torres García e diretores do museu que leva o seu nome, em Montevidéu, apresentam um recorte abrangente da produção do artista, de 1913 a 1943, da sua arte mediterrânea à arte construtiva. Ter. a dom.: das 10h às 17h30. De 3/12 a 26/2. Pinacoteca. Pça. da Luz, 2, tel. 3324-1000.

11h às 17h

festival O quê? Ultra Music Festival. Por quê? É um dos principais festivais de música eletrônica do mundo, eleito como “o melhor dance do planeta”. De volta a São Paulo, espera-se um público de 25 mil pessoas, no Sambódromo do Anhembi, que ganhou a mesma infraestrutura do festival original, realizado em Miami, desde 1999. São três palcos que recebem 25 atrações internacionais e nacionais, num total de 14 horas de música. Entre elas está o ícone mundial New Order. Dia 3/12, às 16h (portões abertos a partir das 13h). R$ 180 (mulheres) e R$ 210 (homens). Av. Olavo Fontoura, 1209, tel. 2226-0400.

teatro

17h às 23h

O evento brasileiro dedicado ao cinema de gênero fantástico (ficção científica, horror e fantasia) começou dia 22/11 e vai até 4/12 no Cinesesc, Cinemateca Brasileira, Centro Cultural de São Paulo e Biblioteca Viriato Corrêa, todos em São Paulo. Nesta edição, apresenta mais de 130 títulos de diversas partes do mundo, como Singapura, Coreia do Sul, Grécia, Croácia, Polônia, Espanha, México, Inglaterra e Argentina. Entre os brasileiros, o filme independente Entrei em pânico ao saber o que vocês fizeram na sexta-feira 13 do verão passado PARTE 2 (ficção, horror, Brasil, 2011, 83’) do diretor Felipe Guerra, teve orçamento de apenas R$ 3 mil. O principal convidado é o italiano Ruggero Deodato, diretor do clássico Canibal holocausto (1980), filme referência para o gênero mais violento do horror e um dos mais polêmicos da história do cinema. www.cinefantasy.com.br

sábado, 03

O quê? Pomba enamorada ou Uma história de amor. Por quê? A comédia romântica trata de uma mulher independente, bonita e engraçada, que busca viver um grande amor, ser amada, desejada e única. Em síntese, esse é o mote da livre adaptação para os palcos, assinada pela atriz Simonia Queiroz, do conto homônimo de Lygia Fagundes Telles. Até 18/12. Sáb.: às 20h; dom.: às 18h. Teatro Livraria da Vila - Pátio Higienópolis. R$ 40 e R$ 20. Av. Higienópolis, 618, tel. 3660-0230.

23h às 29h

show O quê? Delinquent Habits no Cine Joia. Por quê? Abre a programação de dezembro na nova casa de shows, Cine Joia, inaugurada no mês passado em um antigo cinema da década de 50, especializado em projeções de cineastas japoneses, na Liberdade. A veterana banda de Los Angeles combina batidas de rap com ritmos caribenhos, em uma gostosa mistura de inglês com espanhol. Dia 3/12, a partir das 22h. Ingressos à venda no Facebook do Cine Joia, por R$ 50 e R$ 100. Pça. Carlos Gomes, 82. www.cinejoia.tv

70 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


domingo, 04

dezembro 2011

O quê? Carreata do Brinquedo. Por quê? A tradicional carreata, que faz coleta de donativos pelas ruas dos Jardins, acontece nesta manhã de 4/12. Trio elétrico, palhaços, caminhão e dezenas de voluntários percorrem o bairro paulistano, onde fica localizada uma das unidades do Ampliar – instituição que dedica-se à educação e profissionalização de adolescentes e jovens em situação de risco social, e responsável pela campanha. O projeto também conta com postos de coleta na sede e nas regionais do Secovi-SP. R. Dr. Bacelar, 1043, tel. 5591-1281. www.projetoampliar.org.br

5h às 11h

ação

O quê? 9ª edição da Bienal Internacional de Arquitetura (BIA) de São Paulo. Por quê? Último dia para visitar o evento que reune 140 projetos de profissionais de 20 países, no prédio da Oca, no Parque do Ibirapuera. O tema dessa edição “Arquitetura Para Todos – Construindo Cidadania” prioriza a qualidade de vida. Av. Pedro Álvares Cabral, s/n, Portão 3, tel. 3259-6866. Paralelamente, no Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro, 1000, Paraíso, tel. 3397-4002), a representação da arquitetura alemã nesta edição da Bienal também se despede da cidade.

11h às 17h

exposição

O quê? The Maine. Por quê? Pela primeira vez no Brasil, depois de passar por Rio e Curitiba, a banda de rock americana aporta em São Paulo. Criada em 2007, sua formação atual tem John O’Callaghan no vocal; Kennedy Brock, na guitarra e vocal; Jared Monaco, na guitarra; Garrett Nickelsen, no baixo e Pat Kirch, na bateria. O nome surgiu a partir da música Coast of Maine do Ivory, que é uma das influências musicais da banda. O terceiro e mais novo álbum do grupo é o Black & white. Dia 4/12, às 20h. R$ 50 a R$ 200. Citibank Hall. Av. Jamaris, 213, tel. 4003-5588. www.citibankhall.com.br

17h às 23h

show

O quê? L’Absolu. Por quê? A paquera e a badalação rolam soltas na casa que tem na música e na gastronomia seus pontos fortes. É também uma boa opção de almoço, happy hour, “esquenta” e balada. O projeto arquitetônico de Josiani Sabino atende o executivo baladeiro, com conforto e aconchego. Destaque para a varanda ao ar livre, ótimo lugar para um chope, café e batepapo. Para petiscar, escolha os irresistíveis bolinhos de frutos do mar. Seg. a sex.: das 12h às 3h; sáb.: das 15h às 5h; dom.: das 17h às 3h. R. Gomes de Carvalho, 1715, tel. 3044-6795.

23h às 29h

bar

71


dezembro 2011

Parahaus

5h às 11h

beleza O quê? Benefit Cosmetics. Por quê? A marca norte-americana fundada em 1976, numa charmosa lojinha em São Francisco, pelas gêmeas e ex-modelos Jean & Jane Ford, hoje é mundialmente conhecida e está presente em mais de 35 países – agora também no Brasil. Seus produtos são marcados pela criatividade e por soluções instantâneas de beleza, conhecidas como “fake-its”. O recémlançado The Porefessional é um exemplo. O creme minimiza rapidamente a má aparência dos poros e ajuda a fixar a maquiagem. SAC. (021) 3543-5949 www.sacks.com.br

gastronomia

11h às 17h

Programa imperdível para quem gosta de arte. Num casarão de seis andares na Vila Madalena, o superevento Parahaus recebe 28 conceituados artistas da nova geração, dos mais diversificados segmentos, como pintura, desenho, escultura, fotografia, cerâmica, vidro, teatro e performances que incluem até um aquário humano. Até 4/12. Ter. a sex.: das 16h às 21h; sáb. e dom.: das 14h às 20h; performances subaquáticas: ter. e qui.: às 20h; performance teatral Água: sex.: às 21h30; sáb. e dom.: às 19h; visitas agendadas: ter. a sex.: das 10h às 16h – R$ 20 e R$ 10. Studio Maurizio Mancioli. R. Carminha de Amorim, 532, tel. 3801-8732.

segunda, 05

O quê? Doce de Laura. Por quê? Porque os doces feitos pela gaúcha Laura Estima são de altíssima qualidade. Quando ela chegou de Porto Alegre, na década de 90, trabalhou durante um tempo de portas fechadas, fornecendo sobremesas a restaurantes e hotéis. Então, mudou-se para a Vila Madalena, onde há 15 anos atende a todos que desejam se deliciar com suas criações: pecan pie, pudim de claras, brownie, torta de sorvete e muito mais, tudo irresistível. Há também uma linha de quiches e empadões. Seg. a sex.: das 10h às 19h; sáb.: das 10h às 18h. R. Aspicuelta, 27, tel. 3811-9669.

17h às 23h

natal O quê? Circuito São Paulo. Por quê? A empresa, especializada em turismo de entretenimento e de negócios, oferece roteiros que passeiam pela arte, história, luxo, religião, entre outros segmentos. Aproveitando a época do ano, quando as luzes e enfeites tomam conta da cidade, lançou o city tour Luzes de Natal, que percorre os pontos mais bonitos e decorados. O tour é realizado à noite, a partir das 19h30, e parte do Bar Brahma (R$ 35 por pessoa, meia-entrada para crianças e menores de seis anos não pagam). Reservas pelo tel. 518203974. http://www.circuitosaopaulo.com.br

23h às 29h

internet O quê? Grubster Dinner Club. Por quê? É uma startup idealizada pelo empresário Pedro De Conti (LeadMedia, Boo-Box e cofundador do portal Garçonete) para unir fãs da gastronomia aos melhores restaurantes. O site oferece 30% de desconto em casas cadastradas. O usuário inscrevese gratuitamente no www.grubster.com. br, escolhe o lugar onde quer jantar e paga uma taxa de R$ 10 para a reserva. No local, é necessário apenas se identificar como cliente Grubster para ter o desconto. O serviço já opera em 32 casas paulistanas, como o Torero Valese e Mestiço. www.grubster.com. br

72 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


terça, 06

dezembro 2011

O quê? Jogos para aperitivos da Bacco’s Casa. Por quê? É verão, tempo de festas e de confraternizações e de muito aperitivo à beira da piscina ou da praia. Então, eis duas sugestões para uma mesa informal: o conjunto com oito garfos de acrílico com suporte em formato de copo (R$ 126,90), e o conjunto que imita uma árvore com palitos em forma de passarinho (R$ 114,50). À venda na loja física e pelo site para todo Brasil. R. Sergipe, 568, tel. 3661.7898. www.baccos.com.br

5h às 11h

casa

O quê? Dona Felicidade. Por quê? É ela quem comanda o restaurante homônimo, no coração da Vila Romana, que funciona desde os anos 90, junto aos filhos Toninho e Sergio, que fazem do local um sucesso. No cardápio, delícias como a alheira à Camões, costelinha de porco, salmão grelhado, feijoada completa, virado-paulista, bacalhau ao forno, filé-mignon ao alho e nhoque com almôndegas. Ter. a sex.: das 11h30 às 2h; sáb. e dom.: das 11h30 às 20h. R.Tito, tel. 3864-3866.

11h às 17h

gastronomia

O quê? Os gondoleiros. Por quê? O NUO (Núcleo Universitário de Ópera), dirigido pelo maestro Paulo Maron, apresenta a ópera cômica inédita, do libretista William Gilbert e do compositor Arthur Sullivan. Esta é a nona montagem da companhia dedicada à obra da dupla britânica. Neste ousado espetáculo, 25 bonecos em cena são manipulados no palco pelos cantores-atores. As cenas musicais em inglês (legendadas) são intercaladas por diálogos cômicos em português. Dias 6, 7 e 8/12, ter. a qui.: às 20h30. R$ 40 e R$ 20. Teatro Maria Della Costa. R. Paim, 72, tel. 3256-9115.

17h às 23h

ópera

O quê? Chez Burguer. Por quê? É a quarta casa do grupo franco-brasileiro Clasta, que atua em São Paulo nos segmentos moda (loja Surface To Air), gastronomia (restaurante Lorena 1989) e entretenimento (Bar Secreto). A casa, especializada em hambúrgueres, aposta em versões gourmets, como o Burger & Salada (pão soft roll, hambúrguer de 200 g, salada temperada, tomate, bacon e maionese de rúcula). As raspadinhas, com ou sem vodka, são hit do verão. Ter. a sáb.: das 20h à 1h. Al. Lorena, 2101. http://clasta.com.br/chez-burger

23h às 29h

gastronomia

73


dezembro 2011

Ballet Stagium 40 anos

5h às 11h

O quê? Ceia de Mônica Dajcz. Por quê? A banqueteira utiliza embalagens reaproveitáveis e entrega todos os pratos em casa. O tradicional Peru de Natal, laqueado com mel orgânico e tangerina, acompanhado de farofa de banana-da-terra, castanha-decaju e sementes e a Caçarola de Bacalhau e Robalo são opções de pratos quentes. Já como entrada, há Rosbife gâteau com pesto de salsa. Para finalizar opções de doces como Buche de Noel Recheado com Maracujá. Encomendas até o dia 15/12. Ceia completa para 14 pessoas a partir de R$ 1.800, e taxa ‑de entrega em São Paulo de R$ 80. Tel.: 38736581/3672-1356.

11h às 17h

natal

O quê? A Nossa Cozinha. Por quê? Hoje é dia de Folias na Cozinha (www. foliasnacozinha.com.br). A equipe da empresa vai orientar a criançada, a partir de seis anos, na elaboração de muffins e cookies para serem presenteados no Natal. Sob o comando de Ciça Ribeiro, o centro gastronômico A Nossa Cozinha – uma charmosa casa no bairro do Brooklin – oferece locação de seu espaço para eventos diversos. Também disponibiliza serviços de locação da cozinha para aulas terceirizadas ministradas por nutricionistas, chefs e culinaristas parceiros. R. Assis Brasil, 99, tel. 5533-4181.

curso

gastronomia

17h às 23h

No centenário de nascimento de Adoniran Barbosa, o Ballet Stagium dança Adoniran, o poeta paulista que, por sua obra musical, retrata a cidade de São Paulo mediante um dos fundamentos de sua formação como cidade moderna: o amálgama entre culturas. O que resulta são os sotaques próprios de suas antológicas canções, como Samba italiano, Iracema, Mariposas, Bom dia tristeza, Tiro ao Álvaro, Saudosa maloca e Trem das onze. Décio Otero cria sobre estas partituras sua escrita coreográfica, transformada em espetáculo por Marika Gidali, em elenco renovado, onde todos permanecem em cena como um coro cênico que comenta as ações dos solistas, duos e trios. Também como Adoniran, e de longa data, Décio Otero e Marika Gidali, diretores do Ballet Stagium, também observam o país em que vivem. Dias 1 e 2/12: às 21; 3/12: às 20h e 4/12: às 18h. R$ 24 (inteira). Teatro Sérgio Cardoso. R. Rui Barbosa, 153, tel. 3288-0136.

quarta, 07

O quê? Pilico e Bia. Por quê? O restaurante que funciona há 8 anos não tem placa. É preciso fazer reserva, pois há poucas mesas na sala do sobrado. Pilico é José Rubens Le Sueur, mestre-cuca paulistano com expertise conquistada em Salvador. Bia, sua mulher, cuida do salão com a ajuda de um amigo da família. O cardápio é extenso, à base de peixes, crustáceos e moluscos. Destaque para o camarão no bafo e o bobó de lagosta. Ter. a sex.: das 12h às 15h e das 18h às 22h30; sáb.: das 12h às 22h30; dom.: das 12h às 16h30. R. Diogo Moreira, 296, tel. 3814-2283.

23h às 29h

música O quê? CD Brazilian Guitar Plays Villa-Lobos (2011 - Delos Music). Por quê? Lançado mês passado no Masp pelo Quarteto Brasileiro de Violões, composto pelos violonistas Everton Gloeden, Tadeu do Amaral, Luiz Mantovani e Gustavo Costa, trata-se de uma homenagem às obras-primas de Heitor Villa-Lobos, em arranjos inéditos. Indicado para o Grammy Latino 2011 como o melhor álbum de música clássica, é o primeiro CD do quarteto inteiramente dedicado ao compositor. Boa sugestão de presente para o Natal. www.brazilianguitarquartet.com

74 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


quinta, 08

dezembro 2011

O quê? LEGO Harry Potter. Por quê? Novo objeto do desejo de crianças de todas as idades, a nova linha da saga apresenta jogos dos últimos três livros e últimos quatro filmes - Harry Potter e a Ordem da Fênix, Harry Potter e o enigma do príncipe e Harry Potter e as Relíquias da morte, para vivenciar os últimos anos de Harry em Hogwarts, na batalha final entre o bem e o mal. O jogo acompanha lições, feitiços, duelos e muito mais. SAC: 0800 770 1615. www.legobrasil.com.br

5h às 11h

criança

O quê? Tonel. Por quê? A agradável casa, que serve menu executivo de terça a domingo, está entre um bistrô lusitano e uma tasca lisboeta. A bem-humorada Ermínia Carvalho, sócia e chefe da cozinha, também é famosa por suas piadas que divertem os comensais. Para começar, recomenda-se as alheiras. Depois, que venha o bacalhau à Lagardeira, à Brás, à Zé do Pipo ou à Gomes de Sá, para fazer a alegria não só dos moradores da Chácara Santo Antônio como do público de outras regiões. Ter. a sex.: das 12h às 15h; sáb. e dom.: das 12h às 16h. R. Antonio Chagas, 409, tel. 5181-5441.

11h às 17h

gastronomia

O quê? O Quebra-nozes 2011. Por quê? A Cisne Negro Cia. de Dança completa 34 anos de sucesso de público e de crítica, no Brasil e no exterior, e traz a 28a edição do espetáculo O Quebra-nozes, a tradicional obra natalina, com a maravilhosa música de Tchaikovsky e 120 artistas sob direção de Hulda Bittencourt. Dias 8/12 (21h); 9/12 (21h30); 10/12 (17h), 11/12 (16h e 19h), 12/12 (21h); 13/12 (21h). No dia 12, sessão subsidiada, de R$ 15 a R$ 45; as demais, R$ 30 a R$ 90. Teatro Alfa. R. Bento Branco de Andrade Filho, 722, tel. 5693-4000.

17h às 23h

dança

O quê? Voyage Privé. Por quê? Lançou sua primeira loja e-commerce na América do Sul, agência online que vende pacotes e viagens de luxo. O site (www.voyageprive. com.br) disponibiliza semanalmente uma quantidade de pacotes que incluem hotéis cinco estrelas e descontos que vão de 30% a 70%. As ofertas são enviadas aos associados por um e-mail marketing. O negócio é diferente das compras coletivas, em que a viagem será válida apenas após uma certa quantidade de venda. Para se associar ao clube, as pessoas deverão receber um convite, também via e-mail.

23h às 29h

internet/turismo

75


dezembro 2011

Réveillon Be Happy

5h às 11h

gastronomia O quê? Tchocolath. Por quê? A chocolateria, há 25 anos na Vila Nova Conceição, oferece Papai Noel, árvore de Natal, estrelas, tudo feito de chocolate. Há uma enorme variedade de produtos, que podem vir embalados em peças de porcelana pintada à mão, vasos de cristal, cestas ou bandejas. Nenhuma delas, no entanto, é mais apetitosa que o bowl feito de chocolate, que comporta os doces Carmem Miranda, feitos de deliciosas frutas desidratadas mergulhadas em chocolate. Seg. a sex.: das 10h às 19h; sáb.: das 10h às 17h30 (confira horário especial para o Natal). R. Antonio Afonso, 19, tel. 3842-5623.

11h às 17h

cinema O quê? Estreias no cinema. Por quê? A animação conta a história do divertido Gato de Botas, desde seu nascimento como um fofo gatinho até ele se tornar o felino visto em Shrek. Ele irá se juntar a mais dois amigos, Humpty e Kitty, para tentar capturar a famosa e cobiçada galinha que põe ovo de ouro. Vozes de Antonio Banderas, Salma Hayek, Zach Galifianakis. Direção de Chris Miller. E mais: A fera, Noite de Ano Novo e Uma incrível aventura. Nos melhores cinemas da cidade, como os das redes Cinemark, PlayArte e UCI.

show

17h às 23h

Uma das festas de réveillon mais badaladas do país volta a Geribá, em Búzios, em sua 11ª edição com a presença do DJ francês David Hopperman. Residente do badalado balneário St. Tropez, o DJ tem um dos melhores sets do momento. Aos 17 anos já bombava as pistas de Los Angeles e Paris e já tocou na Suécia, Londres e Dubai. O line up também terá outros DJs convidados para comandar a festa da virada ao som de house music nacional e internacional. É obrigatório traje nas cores branca ou amarelo. O 1º lote já está esgotado. Os demais variam de R$ 260 a R$ 350 (feminino) e de R$ 400 a R$ 550 (masculino). Av. Geribá, 403, canto esquerdo da Praia de Geribá. Os ingressos podem ser comprados nos sites: www.ingressocerto.com.br (RJ), www.wwyp.com.br (SP) e www. centraldosevemntos.com.br (Minas).

sexta, 09

O quê? Ben Harper. Por quê? O cantor e compositor californiano de rock, parceiro da cantora Vanessa da Mata no single Boa Sorte/Good Luck, já havia realizado uma turnê do seu álbum Both sides of the gun, em 2007, no país. Com 17 anos de carreira e mais de 10 milhões de discos vendidos e vários hits, incluindo Diamonds on the inside e Waiting For You, ele traz agora o seu recémlançado Give till it’s gone, aclamado álbum que conta com a participação do ex-Beatle Ringo Starr em duas faixas. Dia 9/12, às 22h. R$ 180 a R$ 350. Via Funchal. R. Funchal, 65, tel. 3846-2300. www.viafunchal.com.br

23h às 29h

viagem O quê? Pousada Barra do Bié, na Estrada Real. Por quê? A antiga rota dos exploradores de ouro, que garimpavam os minerais preciosos próximos à cidade de Ouro Preto e levavam até os portos do Rio de Janeiro e Parati, hoje guarda outras preciosidades. Em Cunha, junto à Serra do Mar, está encravada a pousada Barra do Bié, que alia serviços personalizados com luxo, enogastronomia e descanso nos 2,5 alqueires de área verde. As diárias, a partir de R$ 198, incluem café da manhã e chá da tarde. Tel. (12) 3111-1477 ou site www.pousadabarradobie.com.br

76 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


sábado, 10

dezembro 2011

O quê? O café da manhã do Spadaccino. Por quê? A Chef Paula Lazarinni capricha nos deliciosos bombolini, espécie de sonhos gourmet feitos artesanalmente em quatro versões: baunilha, goiabada, damasco e nutella. Eles podem ser saboreados individualmente ou no cardápio completo, a R$ 27, que inclui croissant, brioche, manteiga, geleia artesanal, iogurte artesanal natural ou com mel, suco de laranja, fruta e bebida quente, entre outras sugestões. A refeição começa às 9h e termina às 13h. R. Mourato Coelho, 1267, tel. 3032-8605.

5h às 11h

gastronomia

O quê? Promenade no Lola Bistrot. Por quê? Os sócios do bistrot e a colunista de drinques Juliana Raimo se uniram para celebrar o aniversário do restaurante, reunindo os amigos nos sábados à tarde para degustar drinques feitos pelos melhores bartenders de São Paulo e provar as comidinhas da chef Daniela França Pinto – tudo ao som de um DJ convidado. Para elaborar os drinques em dezembro, foram chamados os experts Ale D’Agostino (Spot), no dia 3; Aline Neves (Be Seven), no dia 10; e Washington Campestre (Suite Savalas), no dia 17. Sempre das 13h às 18h. R. Purpurina, 38, tel. 3812-3009.

11h às 17h

festival

O quê? XXXPERIENCE. Por quê? Em 2011, o maior festival de música eletrônica do país completa 15 anos e quer continuar angariando a simpatia do seu público antigo (os fãs de trance), mas também atrair outras tribos, com uma grade artística mais democrática, procurando agradar os moderninhos e a “velha-guarda”. No main stage, The Prodigy, John Dahlbäck (pela primeira vez no Brasil), Roman Boër, Felguk, entre outros. Dia 10/11 às 18h. R$ 75 a R$ 400. Transporte com saída do Museu do Masp para a Fazenda Maeda, Itu, SP. www.xxx15. com.br ou www.aloingressos.com.br

17h às 23h

festival

O quê? The Sailor Pub. Por quê? Para ouvir muito rock’n’roll, ver shows burlescos e tomar uma boa cerveja. Tudo no novo pub remete aos profissinais do mar: da decoração, com escotilhas de navio e paredes com pin ups e marinheiros, aos uniformes com quepe e estampa listrada das garçonetes e garçons que circulam pelos três andares da casa. O cardápio, assinado pela chef e consultora gastronômica Ana Soares, oferece petiscos como a batata rústica cortada artesanalmente, com molho de ervas e alho ou mix de especiarias. Ter. a sex.: das 18h às 4h; sáb.: das 20h às 4h. Av. Brig. Faria Lima, 2276, www.thesailor.com.br

23h às 29h

balada

77


dezembro 2011

As canções

5h às 11h

viagem O quê? Bangalôs da Serra. Por quê? Boa opção para fugir das praias lotadas. Selecionado pelo Guia 4 Rodas 2012, é um dos 60 hotéis de Gramado a figurar na publicação, um dos 13 a ganhar a indicação de Escolha do Guia e um dos 50 no país a receber o Selo de Hotel Sustentável. Além disso, a maioria dos alimentos oferecidos no empreendimento é cultivada de forma orgânica, na propriedade de 30 mil m². Lâmpadas fluorescentes, cobertores produzidos com garrafa PET, um minizoo e mais de 30 espécies de aves também são diferenciais. www.bangalosdaserra.com.br

11h às 17h

concerto O quê? Concerto de Natal com a Banda Sinfônica do Exército. Por quê? Faz parte da série Franz Liszt: O piano em foco, da Fundação Maria Luisa e Oscar Americano. A BSE, agraciada com o prêmio “Melhor Projeto Musical Erudito de 2008” pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA), cujo regente titular e diretor artístico é o maestro Benito Juarez, apresenta Georges Bizet (Suite da ópera Carmen, Seguidilla e El Toreador); Nikolai Rimsky-Korsakov (Sheherazade e O Jovem Príncipe e a Princesa); Maurice Ravel (Bolero) e mais. Dia 11, às 11h30. Av. Morumbi, 4077, tel. 3742-0077.

teatro

17h às 23h

O documentarista brasileiro Eduardo Coutinho, responsável pelos documentários Boca de lixo (1993), Edifício Master (2002) e Jogo de cena (2007), estreia no dia 9 sua 12ª produção, As canções. O filme conquistou os prêmios de melhor documentário pelo júri oficial e pelo público no Festival Do Rio e participou da 35ª Mostra Internacional de Cinema em São Paulo. Nele 18 personagens foram convidados a cantar uma canção que tivesse marcado sua vida e contar sua história. Eles foram selecionados entre 237 pessoas em diversos pontos da cidade do Rio de Janeiro, entre eles o Largo da Carioca, o Saara, as praias do Leblon, Copacabana e Arpoador, o Piscinão de Ramos e a Feira de São Cristóvão, além de anúncios no jornal e pela internet. As canções falam de amores fracassados, mortes e perdas, e as letras de Roberto Carlos, Vinícius de Moares, Noel Rosa e Jorge Ben Jor foram as mais cantadas. Nos melhores cinemas da cidade.

domingo, 11

O quê? Alguém acaba de morrer lá fora. Por quê? Último dia para ver a atriz Lucélia Santos, de volta aos palcos paulistanos, realizando um feliz encontro com Pedro Neschling, seu filho, que a dirige pela primeira vez no teatro; e Jô Bilac, jovem autor contemporâneo, cujos textos são dos mais montados de sua geração. O espetáculo faz uma forte crítica à superficialidade das relações humanas e aborda o nada dentro dos diálogos. Dia 11/12, às 18h. R$ 32. Sesc Belenzinho. R. Padre Adelino, 1000, tel. 20769700. www.sescsp.org.br/belenzinho

23h às 29h

gastronomia O quê? Art’n Pizza. Por quê? A casa é um sucesso. Com mesas de sinuca e fliperama, serve uma excelente pizza que pode ser consumida inteira ou na versão aperitivo. Para beber, chope Brahma ou cerveja em garrafa Original. Chegue cedo, pois o local está sempre cheio de gente bacana. Para o fim de ano, há três promoções: todas as pizzas tradicionais e doces, água, sucos, refrigerantes, cervejas e jogos à vontade, por R$ 60. O pacote de R$ 80 inclui todas as pizzas especiais, salgados e chopes; e o de R$ 100 idem, mais vinhos. Seg. a sáb.: das 11h30 às 15h30 e das 18h à 1h; dom.: das 18h à 1h. R. da Consolação, 3288, tel. 3061-2222.

78 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


segunda, 12

Dezembro 2011

O quê? Taças de cristal. Por quê? A marca alemã Nachtmann produz cristal de qualidade desde 1834. Entre os lançamentos mundiais da grife estão as taças Golden Moments, para champanhe e espumantes, vendidas em duplas (R$ 250, o par). GS Internacional (wwwgsnet.com.br), tel. 3253-6188. Já a Oxford Porcelanas buscou mais uma vez a brasilidade como referência para sua nova coleção de taças. A empresa já homenageou esse ano a cidade de São Paulo, a fauna brasileira e, agora, a maior riqueza natural do país: a água, que serviu de musa para a Linha Gota. www.oxfordporcelanas.com.br

5h às 11h

compras

O quê? Novo ‘Menu Cocotte’ do Chef Rouge. Por quê? O cardápio traz sugestões da chef Renata Braune servidas em panelinhas – as chamadas cocottes, que vão direto ao forno para finalizar um prato, concentrando o sabor dos ingredientes. Entre as pedidas, cocotte de brandade de cabillaud aux champignons trufées (batata assada recheada de creme de bacalhau com champignon e azeite de trufas). Há cocotte na sobremesa também, como a rabanada de brioche com leite de coco, figo e pistache. R. Bela Cintra, 2238, tel. 3081-7539 e Morumbi Shopping.

11h às 17h

gastronomia

O quê? Capacete de Ouro. Por quê? Idealizado pela editora Motor Press, reúne pilotos, dirigentes e as grandes marcas do automobilismo para eleger os melhores brasileiros do ano em cada categoria: Fórmula 1, Top, Internacional, Nacional, Fórmula, Turismo, VIP, Truck, Endurance, Rali, Off-Road, Kart e Revelação. Uma comissão de jornalistas julga em cada categoria o melhor de três finalistas, que foram classificados de acordo com o desempenho na pista. O vencedor recebe o troféu de ouro. Dia 12/12, às 19h30. Via Funchal. R. Funchal, 65, tel. 3846-2300.

17h às 23h

evento

O quê? Bougue. Por quê? Novo site de busca que compara orçamento de diversos tipos de serviços, priorizando a busca por empresas e profissionais próximos à região de cada usuário. Para ajudar a escolher, o usuário pode verificar qualificações e portfólios, de acordo com usuários que já contrataram as ofertas. Funciona assim: você busca um serviço, descreve o que precisa, recebe orçamentos, compara, avalia e contrata. Entre os segmentos mais procurados estão eventos, serviços de publicidade e marketing, construção e serviços para autos. Quem enviar a resposta em até 12 horas consegue ótimos descontos. http://bougue.com.br

23h às 29h

internet

79


dezembro 2011

Ópera O morcego

5h às 11h

gastronomia O quê? Frutas glaceadas no restaurante Arabia. Por quê? Acabaram de desembarcar do Líbano. Há miniberinjelas, laranja, pera, damasco, figo-da-índia, cidra, tâmara, maçã, em embalagens de 250 g (R$ 24), 300 g (R$ 28,10); 500 g (R$ 35); 600 g (R$ 42); 800 g (R$ 54) e 1 kg (R$ 90). Já os doces libaneses são feitos na casa, pelo chef pâtissier Samih Abu, um genuíno libanês. Entre as delícias, becleua de pistache, burma de nozes e pistache, dedo de noiva, também em vários tamanhos e preços de caixas. R. Haddock Lobo, 1397, tel. 3061-2203 e mais quatro endereços. www.arabia.com.br

gastronomia

11h às 17h

O quê? Brasero Amatxu. Por quê? Na casa de sotaque espanhol, quase todas as receitas são preparadas na brasa. O menu traz deliciosas croquetas de creme bechamel e presunto cru ibérico; terrine de foie gras com passas ao conhaque; rabanada de brioche; entre outras sugestões bem especiais. Ter. a sex.: das 12h às 15h e das 19h30 às 24h; sex.: até 1h. R. José Maria Lisboa, 1065, tel. 3582-5918.

show

17h às 23h

A opereta é um gênero profano e intimamente ligado à comédia e ao vaudeville. Para o encerramento da temporada de centenário do Theatro Municipal de São Paulo, a montagem conta com as premissas de humor, malícia, confusões, em uma transposição de época, não do final do séc. XIX, mas do princípio do séc. XXI, atual, com roupagem contemporânea e utilizando imagens e ícones da cultura de massas, do universo pop, de shows de rock e uma sensualidade explícita. O típico casal burguês, com suas fantasias e desencontros, será personificado em Eisenstein, sua esposa Rosalinde e o terceiro vértice do triângulo, o amante Alfred. Dias 9, 12 e 14/12: às 21h; 10/12: às 20h e 11/12: às 17h. De R$ 7,50 a R$ 70. Pça. Ramos de Azevedo, s/n˚, tel. 3397-0300.

terça, 13

O quê? Jon Anderson. Por quê? Para matar a saudade da voz do Yes. Anderson, além de vocalista, é o autor e maior responsável por sucessos do grupo – como Close to the edge e Awaken –, que se consolidou como um dos ícones do rock progressivo dos anos 60/70. O cantor inglês apresenta-se no teclado e no violão, tocando hits do Yes e de sua carreira solo, que inclui parcerias com o grego Vangelis (música tema do filme Carruagens de fogo e a trilha de Blade runner) e Milton Nascimento. Dia 13/12, às 21h30. R$ 105 a R$ 310. Citibank Hall. Av. Jamaris, 213, tel. 28466166. www.citibankhall.com.br

23h às 29h

tecnologia O quê? BlackBerry 7. Por quê? A nova geração de plataformas de hardware e software da RIM traz a última palavra em design, comunicação, multimídia e produtividade. O Bold 9900 é o smartphone mais fino já feito pela marca, e apresenta amplo teclado e display touch. Já o Torch 9860 tem a maior tela de um smartphone BlackBerry, totalmente touch; e o Curve 9360 foi desenvolvido para aqueles que buscam um aparelho acessível, fácil de usar, completo e socialmente conectável. http://br.blackberry.com

80 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


quarta, 14

dezembro 2011

O quê? Anacapri. Por quê? Braço da Arezzo & Co, a grife que vende sapatilhas o ano inteiro e rasteiras no verão, com diversas variações de texturas e cores, tem novidades: lançou uma coleção especial assinada pelos estilistas Isabela Capeto e Dudu Bertholini, da marca Neon. A carioca buscou inspiração no piquenique, usando estampas românticas de bichinhos silvestres, que também se transformam em apliques. Al. Lorena, 1426, tel. 2366-1387 e mais cinco endereços, incluindo uma outlet. Confira no site, que também tem uma loja online: www.anacapri.com.br

5h às 11h

moda

O quê? Nespresso. Por quê? Chegam às lojas os Variations, desde 2006 na Europa e nos Estados Unidos, uma série de cafés aromatizados naturalmente lançada sempre no final do ano. Em 2011, os três sabores são flor de baunilha, chocolate amargo e cereja harmonizados com o Grand Cru Livanto. Os aromas 100% naturais são adicionados ao café após a torra e a moagem. Os Variations são uma edição especial, que será vendida nas dez butiques do país por tempo limitado, ou pelo SAC (0800 777 737). Seg. a sex.: das 10h às 20h; sáb. e dom.: das 9h às 20h. R. Padre João Manoel, 1164, tel. 3061-6505.

11h às 17h

gastronomia

O quê? Twelve Bistro. Por quê? O ex-Nove às Nove do chef Greigor Caisley incluiu os novos sócios Vitor Moraes e Daniel Santiago e está de cara, cardápio, ambiente e horário novos: das 12h às12h – daí a mudança do nome. No menu, hambúrgueres, pratos tradicionais e beliscos como a coxinha de rabada cozida no vinho tinto. Para adoçar, Petit Gateau com sorvete de guinness. No bar, mais de 30 rótulos de cervejas selecionadas; uísques raros, como o single malte Royal Lochnagar e o Lagavulin, além de bons vinhos. Ter. a Sab.: das 12h às 24h; dom.: das 12h às 20h. R. Simão Álvares, 1018, tel. 3562-7550.

17h às 23h

gastronomia

O quê? ATR 72-600. Por quê? Com a nova aquisição, a Azul Linhas Aéreas torna-se a segunda empresa no mundo e a primeira da América Latina a receber o mais moderno turboélice disponível no mercado. Segundo o presidente da Azul, Pedro Janot, a aeronave propiciará a expansão das operações da empresa, em termos de frequência, oferecendo um serviço de qualidade e acessível. Destaque para as confortáveis poltronas de couro, dispostas duas a duas, o serviço de bordo e toda a tecnologia disponível para uma viagem segura. www.voeazul.com.br

23h às 29h

aviação

81


dezembro 2011

NotreDame de Paris

5h às 11h

feira O quê? Nandi Hair. Por quê? O novo cabelereiro tem como chamariz a coloração express, que o salão promete fazer em apenas dez minutos. Parte do complexo SettNandi Coaching & Spa, das empresárias Alessandra Gubeissi e Dorinha Zarzur, o espaço oferece tratamentos relaxantes, que vão do reiki à aromaterapia, passando pela reflexologia para mãos e pés. Ter. a sáb.: das 9h às 20h. R. Clodomiro Amazonas, 556, tel. 2619-3556. www.SettNandi.com.br

11h às 17h

curso O quê? Café da Vizinha. Por quê? O café, na hora do almoço, vira restaurante e serve menu executivo (das 11h às 15h) com diferentes combinações de saladas e pratos que se alteram durante a semana, como o risoto de cordeiro ao vinho tinto, o arroz de bacalhau, o frango à milanesa com talharim a bechamel ou o nhoque ao pesto. Sempre com duas opções de vinhos. Minúcias como guardanapos de pano e belas louças não passam despercebidas. Tem preço bom. Seg. a sex.: das 8h às 18h. Av. Brig.Faria Lima, 2529 tel. 3288-5092.

gastronomia

17h às 23h

Inspirado no famoso romance de Victor Hugo, Notre-Dame de Paris, conta a história de Esmeralda, uma cigana encantadora cuja beleza suprema leva dois homens a se apaixonarem perdidamente. Enquanto Quasimodo a ama de forma desinteressada, Frollo nutre por ela uma enorme paixão repleta de desejos imaculados. O drama romântico se passa na indescritível Paris nos seus primórdios medievais e tem MP elenco Bárbara Santiago como Esmeralda e Junior de Souza como o Corcunda de Notre Dame. Dia 10/12: às 20h30. R$ 20. Theatro São Pedro. R. Barra Funda, 171, tel. 3661-6529.

quinta, 15

O quê? Restaurante Becco 388. Por quê? Repaginou o cardápio e apresenta novos pratos para o verão. Na entrada, Tiradito de camamarão 56 (camarões cozidos em aji amarillo, brunoise de salsão, gengibre e milho seco, azeite extra virgem e maionese de sriracha); entre os pratos quentes, Lombo braseado 48 (ao molho de mostarda Dijon e estragão, servido com arroz negro com cogumelos selvagens e alcaparras salteadas). Almoço – seg. a sáb.: das 12h às 15h30; dom.: das 12h às 17h. Jantar – ter. a qui.: das 20h às 24h; sex. e sáb.: das 20h às 20h30. R. Mato Grosso, 388, tel. 2361-0388.

23h às 29h

viagem O quê? O princípio da pirâmide. Por quê? Lançado em português no país, pela editora Canal Certo, já vendeu mais de 45 mil exemplares na Inglaterra, EUA, Alemanha, Japão, Noruega, Coreia e Vietnã. Escrito pela americana Barbara Minto, o livro visa tornar as mensagens profissionais claras e concisas ao receptor. As técnicas se aplicam a qualquer documento que tenha por objetivo demonstrar ideias, seja e-mail, relatórios ou uma apresentação oral. Por R$ 49, nas principais livrarias, como Cultura, Saraiva, Siciliano e Laselva, ou na distribuidora Loyola, pelo tel. 3322-0100.

82 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


sexta, 16

dezembro 2011

Esse inferno vai acabar

O quê? Linha Churchill. Por quê? Importada pela Gourmand Alimentos, trata-se de uma linha de guloseimas de excelência, cujas embalagens são o grande atrativo. Cookies e biscoitos vêm armazenados em seis luxuosas latas, que exibem réplicas de desenhos inspirados na Art Déco. As embalagens Arabella, Venetia, Madeleine e Georgina (300 g) trazem os cookies. Já as latas Marlene (200 g) e Quatro Estações (250 g) são recheadas com biscoitos. À venda na Casa Santa Luzia (Al. Lorena, 1471, tel. 3083-5844) e Emporium Dinis (Shopping Morumbi – Av. Roque Petroni Jr., 1.089, tel. 5189-4949), entre outros.

5h às 11h

compras

O quê? Estreia no cinema. Por quê? Na divertida comédia Roubo nas alturas, Ben Stiller interpreta o administrador de um edifício de luxo. Ele e seus amigos tiveram todas as economias roubadas por um trapaceiro de Wall Street, e resolvem se vingar, armando um grande assalto para recuperar o dinheiro perdido. Como ajuda, eles precisam de um ladrão de verdade, interpretado por Eddie Murphy. Direção de Brett Ratner. Nos melhores cinemas da cidade como as redes Cinemark, PlayArte e UCI.

11h às 17h

cinema

O quê? Balé da Cidade de São Paulo. Por quê? Na quarta temporada 2011, o programa triplo traz Divineia, dançado somente por homens – oito. É o primeiro espetáculo inteiramente concebido pelo pernambucano Jorge Garcia; e as estreias Nos outros, coreografia de Lara Pinheiro, que aborda a ideia de acúmulo de informações e experiências que retemos no corpo; e Cidade incerta, do coreógrafo André Mesquita. Dias 16/11 (21h), 17/11 (20h) e 18/11 (17). R$ 5 a R$ 40. Theatro Municipal de São Paulo. Pça. Ramos de Azevedo, s/n, tel. 3397-0300.

17h às 23h

dança

O quê? Starbucks. Por quê? Depois do pão de queijo e do brigadeiro, é a vez de novos salgadinhos incrementarem o cardápio brasileiro da empresa líder mundial na torrefação e venda de cafés especiais. Entre os lançamentos, há coxinha de frango, empanada integral de peito de peru e ricota, empanada de carne, empada de palmito e a nova linha de sanduíches Toast, elaborados com o levíssimo pão de miga nos sabores três queijos, peito de peru com mussarela e presunto com mussarela. www.starbucks.com

23h às 29h

gastronomia

83

Essa é a obra mais recente do jornalista e escritor mineiro Humberto Werneck. É um dos primeiros títulos da nova coleção Arte da crônica, da Arquipélago Editorial, e reúne 44 textos do autor, conhecido por ser um excelente contador de histórias. No livro, Humberto se utiliza de situações cotidianas como matéria-prima de suas crônicas, como a tristeza pelo cancelamento de uma festa de aniversário tão aguardada em sua infância, a alegria de presenciar a inauguração de Brasília, além de alguns personagens como Solange, a prima que adora falar difícil, e Dona Alzira, que bolou um escudo de eucatex para se defender de um tarado munido de raio laser. Humberto já passou por grandes veículos, como Jornal da Tarde, revistas IstoÉ, Veja e Playboy. Publicou O desatino da rapaziada (1992), O santo sujo (2008) e O pai dos burros (2009), entre outros. Atualmente, escreve aos domingos no jornal O Estado de S. Paulo. R$ 34. www. arquipelagoeditorial.com.br


dezembro 2011

T.Rex

5h às 11h

hotelaria O quê? Hotel Espaço Terra. Por quê? É voltado para eventos corporativos, day uses e confraternizações de fim de ano. A apenas 25 quilômetros da avenida Faria Lima, oferece um programa diferente para os profissionais e executivos. O espaço conta com uma área de 220 mil m², sendo 150 mil de Mata Atlântica, com direito a trilha de 2 km, completa estrutura de lazer que inclui spa, deck na beira da piscina, bar, restaurante e uma charmosa adega. Estrada Prof. José Mathias de Camargo, 515, Embu das Artes, SP, tel. 4781-2488.

gastronomia

11h às 17h

Vai só até 11/12 a superprodução T.Rex – Um dinossauro na Amazônia, com efeitos de vídeo 3D, cenário colorido e músicas encantadoras. O último dinossauro existente na face da terra vive na Amazônia, o pulmão do mundo, e chama-se Dum Dum. Remanescente da espécie Dinossauria, luta pela sua sobrevivência tentando escapar dos caçadores que estão devastando a fauna de sua terra e da feiticeira malvada que busca um animal de nobre coração para executar um feitiço que devolverá seus poderes. R$ 30 e R$ 15. Sáb. e dom.: às 15h. Teatro Grande Otelo. Al. Nothmann, 233, tel. 3221-9878.

sábado, 17

O quê? Restaurante Rothko. Por quê? Sob o comando do chef Diego Belda, oferece um brunch à la carte, nos moldes das “diners” americanas. O menu reúne sanduíches, ovos, panquecas e torradas. Do balcão é possível ver a atuação do chef, por exemplo, na elaboração do Fool´s Gold Loaf (conhecido como o sanduíche que matou o Elvis Presley), feito com bacon americano (retirado do pernil do porco, mais magro e menos defumado), pasta de amendoim e geleia de amora, acompanhado de fritas. Sáb. e dom.: das 13hs às 17hs. R. Wisard, 88, tel. 30324295. www.rothko.com.br

17h às 23h

teatro O quê? Ciranda. Por quê? Segundo texto encenado da jornalista Célia Regina Forte, autora de Amigas, pero no mucho, que conta com direção de José Possi Neto e produção de Selma Morente. Narra a história das relações entre três gerações de mulheres de uma mesma família, apresentando visões e condutas muito diferentes. Os relacionamentos são retratados com humor ácido, levando às últimas consequências as diferenças entre elas. Em curtíssima temporada, que iniciou em 19/11, sáb.: às 18, apenas até hoje, 17/12. R$ 50/R$ 25. Teatro Renaissance. Al. Santos, 2233, tel. 3069-2286.

23h às 29h

internet O quê? Cartilha virtual Compras no exterior – passe pela aduana sem problemas. Por quê? Para evitar sobressaltos na chegada da viagem. Lançada recentemente pela Sindireceita (Sindicato Nacional dos Analistas Tributários da Receita Federal), é uma boa indicação para quem vai viajar e pretende encher as malas de compras, mas não tem ideia do que e de quanto pode trazer. http://issuu.com/sindireceita/docs/ livro_compras_no_exterior/1

84 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


domingo, 18

dezembro 2011

Doce como o mel

O quê? Summer Sessions Pool Party. Por quê? A 5a edição conta em seu line up com grandes DJ’s da cena brasileira, como Carlo Dall’Anese, Viktor Mora, Eli Iwasa, Dolce live entre outros. Em março de 2009 foi realizada a primeira edição da festa à beira da piscina focada nas vertentes do house e realizada por amigos e para amigos. Desde então, o formato “pool party” ganhou notoriedade, e várias festas passaram a adotar a tendência. Dia 18/12, às 10h. R$ 20 a R$ 100. Clube Hípica Jaguari. R. Ricieri Zadra Piniano, 451, Bragança Paulista, SP, tel. 4031-5378.

5h às 11h

festival

O quê? O Quebra-nozes elenco infantil. Por quê? Os alunos do Estúdio de Balé Cisne Negro apresentam o clássico de natal de Tchaikovsky. Encenado em dois atos, o balé conta a fantasia de Clara, uma menina que na noite de Natal ganha muitos presentes, mas se encanta de uma maneira especial por um deles, um boneco quebra-nozes. Quando todos vão dormir, Clara vai à sala para brincar com seu novo presente adormece e entra no mundo da fantasia. Dias 11 e 18/12, às 11h. R$ 50 e R$ 25. Teatro Alfa. R. Bento Branco de Andrade Filho, 722, tel. 5693-4000.

11h às 17h

criança

O quê? João Gilberto – Turnê 80 anos. Uma vida bossa nova. Por quê? O show do dia 5/11 foi transferido para 18/12 por causa de uma gripe forte do músico. Ao completar 80 anos, o cantor e compositor volta a fazer shows no Brasil. O projeto também prevê o registro da turnê em DVD, com distribuição mundial, fato inédito na carreira do artista. A turnê, orçada em R$ 8 milhões, conta com um repertório de clássicos imortalizados na voz de João Gilberto e canções inéditas. Dia 18/12, às 20h. R$ 500 a R$ 1.000. Via Funchal. R. Funchal, 65, tel. 3846-2300.

17h às 23h

show

O quê? Valmorel. Por quê? Mais nova unidade entre os villages de neve do Club Med, inaugurada nos Alpes franceses. A charmosa estação em Grand Domaine é ideal para famílias, oferecendo monitoramento para crianças a partir de 4 meses. Além disso, inclui atividades para os não esquiadores, uma pista de patinação e espaço de bem-estar. Para quem quer esquiar, há ski pass, aulas para todos os níveis e mais. Finalmente, o Espaço Cinco Tridentes dispõe de luxuosas suítes e serviços personalizados. http://www. clubmed.com.br/cm/estadia-valmorelfranca_p-42-l-PT-v-VMOC-ac-vh.html

23h às 29h

viagem

85

O Kukla Cookies é um misto de café e doceria. Para acompanhar o café expresso ou o chá de hibisco com rodelas de laranja, experimente o Pot Pil (salgado de frango, ervilha, cogumelo e cenoura, cobertos por massa folhada) e o tostado de presunto e queijo gruyére com pão de miga. No cardápio, saborosas sobremesas como o Papassimos (combinação de laranja cristalizada, uva passa e vinho marsala), além de bolo de mel com amêndoas, bolo de chocolate belga e cookies com gotas de chocolate. Seg. a sex.: das 9h às 19h e sáb.: das 10h às 17h. Al Itú, 1.306, tel. 3062-0775.


dezembro 2011

3° Fashion Mob

5h às 11h

criança O quê? Build-A-Bear Worshop. Por quê? Se a alergia é o empecilho para presentear a criança com bichinhos de pelúcia, isso não é mais problema. A Build-A-Bear criou um urso e um cachorrinho, os Veludinhos, para os pequenos com problemas respiratórios. Ambos são certificados pelo Ashtma and Allergy Friendly Certification Program, criado por médicos e especialistas para avaliar as condições de produtos para crianças com asma e outras alergias. A loja também é representante das marcas Hello Kitty, HarleyDavidson e Disney. Shopping Eldorado, 2° Piso. Av. Rebouças, 3970, tel. 2197-7412.

11h às 17h

gastronomia O quê? Doce Dama. Por quê? A agradável casa é especilizada em doces finos inspirados na patisserie francesa, feitos artesanalmente. Há no cardápio 20 opções de tartelletes à base de massa doce de farinha de castanha, creme patissier e frutas de diversos sabores; bolos deliciosos, como de chocolate com avelã e de chocolate com cereja italiana; éclairs e pães de mel decorados, entre outras irresistíveis opções. Seg. a sex.: das 10h30 às 18h30; sáb.: das 11h às 19h. R. Ferreira de Araújo, 376, tel 5182-5088.

stand-up

17h às 23h

A Casa de Criadores, primeira e democrática passeata fashion do Brasil, idealizada por André Hidalgo, tem como mote levar para as ruas de São Paulo os trabalhos de diversos profissionais, estreantes ou não, estudantes e curiosos para mostrar suas produções nas categorias moda, arte e vídeo. O evento também é um concurso: os vencedores ganham uma série de prêmios e ainda se apresentam para profissionais renomados do mercado. Para participar do Fashion Mob basta fazer a inscrição em uma das três categorias pelo site www.fashionmob. com.br ou no próprio dia do evento, no Largo do Arouche, dia 11/12, das 12h (concentração) às 14h30 – horário em que os concorrentes saem em passeata pelas ruas do centro da cidade e, ao final do trajeto, um corpo de jurados avalia cada trabalho. A divulgação dos vencedores é feita logo após um grande show de encerramento.

segunda, 19

O quê? Segunda Cultural na Choperia Paulista. Por quê? Toda segunda-feira, a partir das 19h, a casa recebe em seu salão a apresentação A buzina suspeita, que é uma série de confissões cômicas de personagens caricatas da cidade, em um formato parecido com o de um stand-up. A criação do Atelier de Manufacutura traz no elenco os atores Janine Correa, Helena Magon, Pedro Barreiro, Rodrigo Zappa, Thais Simi, Marcelo Szikman, Simone Limase, Silvana Ivaldi e Kenned Oliver. R. Augusta, 2077, tel. 30640036. www.choperiapaulista.com.br

23h às 29h

internet

86 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de dezembro de 2011

O quê? Disco Fácil. Por quê? Site para os amantes da velha bolacha. A empresa faz a intermediação entre os apreciadores/ colecionadores de LPs com os sebos, lojas de vinil e vendedores virtuais, por meio de uma ampla rede de comércio eletrônico. Há também aparelhos (raridades como vitrolas portáteis dos anos 60 e modelos recentes para DJ) usados, agulhas, peças e acessórios. A loja virtual também oferece miniaturas, bonequinhos de músicos e símbolos temáticos ligados a eles e a grandes grupos de rock, como o Yellow Submarine, dos Beatles e a boca de Mick Jagger. http://www.discofacil.com.br


terça, 20

dezembro 2011

Brasil – Tela para todos

O quê? Panetones especiais. Por quê? Da Amor aos Pedaços, os panetones Bicho de Pé e Brigadeiro têm com recheio e cobertura à parte, para serem finalizados em casa. Ali, o Bolo Magia oferece parte de sua renda para a ONG Banco de Alimentos. Delivery tel. 3506-0777. www.amoraospedacos.com.br. Já os novos panetones da Nutrella, de gotas e recheio de chocolate, vêm numa bela caixa, e os de frutas cristalizadas e uvas passas, numa lata. SAC-0800 702 4626 www.nutrella. com.br. No Pão de Açúcar, os panetones de fabricação própria terão parte da verba revertida à AACD, até 31/12.

5h às 11h

natal

O quê? O Peru dos Desgarrados, no Ritz. Por quê? O tradicional e antecipado almoço de Natal dos habittués mais independentes da casa, os “sem família”, é um programão para quem quer ver e ser visto. E para saborear um delicioso peru com molho de crawberry, acompanhado de farofa de castanha. É preciso fazer reserva e chegar cedo para escolher a melhor mesa. Este ano o almoço acontece no dia 20/12, das 12h às 15h, em todas as unidades Ritz. Al. Franca, 1084, tel. 3088-6808; R. Jerônimo da Veiga, 141, tel. 30792725 e Shopping Iguatemi. www.ritz.com.br

11h às 17h

gastronomia

O quê? Marie Thérèse. Por quê? Para saborear uma pizza com sotaque francês, estilo “Pizza Bistrô”. O ambiente conta com paredes desenhadas com motivos que lembram uma vila europeia. As opções servidas vão de sabores tradicionais, como a marguerita, as gourmets e calzones, passando pelas famosas galettes francesas, com as bordas dobradas (faz lembrar um origami), até as veganas, sem adição de qualquer produto de origem animal. Há também cafés especiais tirados pela chef, pizzaiola e também barista Danielle Maia Ronconi. Ter. a dom.: das 15 às 24h. Tem delivery. R. Fradique Coutinho, 1171, tel. 3814-2681/3815-5549.

17h às 23h

O quê? Fruit de La Passion. Por quê? Marcada pela delicadeza e sensualidade de suas peças, a grife das irmãs Cecília Bourdon e Marie Alba busca inspiração nas tendências da moda íntima francesa. A utilização de materiais importados e o savoir-faire em corseteria fazem da Fruit de la Passion referência em lingerie de luxo no país. Na nova coleção, um dos temas explorados é a aristocracia do século 16, com influências do glamour burlesco, representando uma mulher sedutora e poderosa. Lojas em São Paulo, Rio de Janeiro, Curitiba, Belo Horizonte, Campinas e no Nordeste. www.fruitdelapassion.com.br

23h às 29h

gastronomia

moda

87

O Centro Cultural Branco do Brasil sedia uma mostra do cinema nacional que acontecerá por dez meses e exibirá um filme por mês, de dezembro de 2011 a setembro de 2012, de quinta a domingo, sempre às 13h, com entrada franca. O projeto tem a curadoria de Maria do Rosário Caetano e pretende dar visibilidade às produções nacionais reconhecidas pelo público e crítica, que ficaram abaixo dos 50 mil espectadores nas salas comercias de cinema. Entre os títulos selecionados estão Feliz Natal, de Selton Mello, Pode crer!, de Arthur Fontes, O sol do meio-dia, de Eliane Caffé, Eu me lembro, de Edgar Navarro, e Árido movie, de Lírio Ferreira. R. Álvares Penteado, 112, tel. 31133651. www.bb.com.br/cultura


dezembro 2011

Concerto natalino

5h às 11h

compras O quê? Os Biscoitos e Cupcakes Natalinos de Marina Mariutti. Por quê? Feitos artesanalmente, com ingredientes de primeira qualidade, além de muito saborosos, são lindos, e podem ser embalados em caixas, potes, canecas e cestas. Também há motivos para enfeitar a árvore de Natal, em forma de pirulitos. Entre os motivos, pode-se optar pela estrela, boneco de neve, árvore de Natal, luva, meia e bengala. Há também Cup Cakes integrais ou de chocolate, além de pães de mel. As encomendas devem ser feitas com cinco dias de antecedência no celular 9935-4150.

11h às 17h

cinema O quê? Estreia de filme. Por quê? Neste quarto episódio de Missão impossível, protocolo fantasma, Ethan Hunt vai treinar seu sucessor. No elenco, Tom Cruise, Jeremy Renner, Paula Patton e outros. A ação é dirigida por Brad Bird e escrita por Josh Applebaum e Andre Nemec, a partir de uma ideia de Cruise e do produtor J.J. Abrams. Nos melhores cinemas da cidade, como os das redes Cinemark, PlayArte e UCI.

concerto

17h às 23h

Com a Orquestra Filarmônica do Brasil e patrocínio da CAPEMISA (Seguradora de Vida e Previdência), acontece no dia 11 de dezembro, às 15h, na Catedral da Sé, com entrada franca, um belíssimo Concerto de Natal. A Orquestra Filarmônica do Brasil (FIBRA), tendo como solistas as sopranos Marta Laurito e Anastasha Meckenna, irá contar com a participação especial do Coral do Lar Fabiano de Cristo – Doce Harmonia. Dirigida pelo Maestro Laércio Diniz, a FIBRA promete encantar o público com um programa que reúne clássicos como Nossa Senhora, de Roberto Carlos, Então é Natal (John Lennon/Yoko Ono - Happy Xmas - War is Over) em versão de Cláudio Rabello, e Noite feliz, além da primeira audição mundial da peça de Eliezer Elper, Procession for trumpet & strings, entre outros. Dom. 11/12: às 15h. Entrada gratuita. Pça. da Sé, s/n˚.

quarta, 21

O quê? Sinfônica Heliópolis. Por quê? Com uma qualidade musical que impressiona, a Sinfônica Heliópolis, ação sócio-cultural desenvolvida pelo Instituto Baccarelli com a parceria da Companhia Brasileira de Alumínio, já se encontra entre as melhores orquestras jovens da cidade. Para encerrar a temporada 2011, o grupo interpreta Stravinsky e Mehmari sob a regência de Isaac Karabtchevsky, com a participação da Orquestra Sinfônica Juvenil e do Coral da Gente, também mantido pelo Instituto Baccarelli. Dia 21/12, às 21h. Pça. Júlio Prestes, 16, tel. 3223-3966. www.osesp.art.br

23h às 29h

compras O quê? 25 Aqui. Por quê? Novo site da rua 25 de março, uma mistura de compras coletivas com ofertas instantâneas, como as que acontecem em lojas e supermercados. O chamado Top 5 da 25 apresenta por até cinco dias (ou enquanto durarem os estoques) as cinco melhores ofertas de produtos da rua, levando em conta o ineditismo, a qualidade e preço dos produtos. www.25aqui.com.br. Há outros sites para facilitar as escolhas na 25 de Março, como www.guiada25.com.br; http://25demarco.com.br; www.magazine25. com.br; www.lojasna25demarco.com.br; e www.vitrine25demarco.com.br

88 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


quinta, 22

dezembro 2011

Queremos Miles!

O quê? Alice Quindins. Por quê? Quem experimenta o quitute desta casa pode sentir a massa de coco se separar do creme de ovos – o que, segundo especialistas, acontece quando o doce é bem-feito. Além de quindins, há outras guloseimas tentadoras, como a trufa de chocolate com casquinha crocante e interior cremoso. Os produtos também podem ser encontrados na Churrascaria Vento Haragano, Casa do Pão De Queijo, Bolinha Restaurante e Grupo GR. Seg. a sáb.: das 8h às 18h; sáb.: das 8h às 14h. R. Cônego Eugênio Leite, 1040, tel. 38151069. www.alicequindins.com.br

5h às 11h

gASTRONOMIA

O quê? Mosteiro Dévakan. Por quê? O entreposto de produtos naturais também funciona como restaurante com mesas ao ar livre, onde é servido um menu à la carte com pratos diversos e alternados a cada dia. O filé vegetal à parmegiana com arroz integral e creme de espinafre é uma das opções da casa, que funciona de seg. a sex.: das 11h45 às 15h30. Pça. General Gentil Falcão, 86, tel. 5506-3875.

11h às 17h

gastronomia

O quê? Cantatas de Natal - Orquestra Sinfônica Municipal e Coral Paulistano. Por quê? O concerto de encerramento da temporado 2011 traz Gustavo Petri na regência. Programa: Concerto fatto per la notte di Natale, de Arcangelo Corelli; Concerto de Brandenburgo nº 2, em fá maior, de Johann Sebastian Bach; Te Deum, de Joseph Haydn e Cantatas de Natal, de Ernani Aguiar “Cantata de Natal”. Dia 22/12, às 21h. Theatro Muncipal de São Paulo. Pça. Ramos de Azevedo, s/n, tel. 3397-0300.

17h às 23h

concerto

O quê? Rio Quente Cristal Resort. Por quê? Novo hotel de categoria premium do grupo, aberto no dia 2/12. São 196 apartamentos em uma área construída de 22.750 m², que prioriza o requinte, o conforto e, acima de tudo, a sustentabilidade. Com cinco edificações, há espaço exclusivo para vinhos, bares e praças ao ar livre, além de uma piscina de 400 m com borda infinita e vista para a mata do Cerrado. O paisagismo, desenvolvido pelo arquiteto Benedito Abud, convida a uma experiência sensorial. www.rioquente.com.br

23h às 29h

hotelaria

89

Em cartaz no SESC Pinheiros, com apoio da companhia aérea Air France, a exposição apresenta a trajetória artística de um dos maiores nomes da música do século XX, o trompetista e compositor Miles Davis (19261991), que tem como destaque a comemoração dos cinquenta anos da gravação de obras primas como Kind of blue e Sketches of Spain e os quarenta anos de lançamento do revolucionário álbum Bitches brew. Organizada pelo Cité de la Musique, com curadoria de Vincent Bessiéres, Queremos Miles! está dividida em blocos temáticos que, ligados cronologicamente, conseguem apresentar a maior parte da carreira do artista. São exibidas mais de 300 peças, entre partituras originais, manuscritos, instrumentos, filmes documentários, documentos originais utilizados para a produção dos seus discos, figurinos, além de uma excepcional coleção de trompetes. Até 22/1/12. Grátis. Ter. a sex.: das 13 às 22h; sáb.; dom. e fer.: das 10h às 19h. R. Paes Leme, 195, 2° andar, tel. 3095-9400.


dezembro 2011

Natal em Comandatuba

5h às 11h

gastronomia O quê? Banca Penedo (dentro do Mercado Municipal de Santo Amaro). Por quê? Uma das melhores cucas (Streuselkutchen) de São Paulo pode ser comprada ali. Feita pelas mãos do alemão Thomas Huppert, a delícia não segue modismos, e sim a tradição alemã do verdadeiro e gostoso pão de frutas, como explica o padeiro. Pode-se escolher entre os sabores de maçã, ameixa e jabuticaba. Boa alternativa para o panetone ou bolo inglês. O mercado funciona de seg. a sáb.: das 8h às 19h. R. Padre José de anchieta, 953, loja 37, tel. 5686-5312.

cinema

11h às 17h

O quê? Estreia de Cinema. Por quê? Imortais é o novo épico grego de Hollywood. O longa acompanha o poderoso guerreiro Theseus (Henry Cavill) e seus soldados numa batalha em que deuses e homens lutam contra titãs e bárbaros. No elenco, Freida Pinto, Mickey Rourke, Stephen Dorff e John Hurt, entre outros nomes estrelados. Direção de Tarsem Singh. Nos melhores cinemas da cidade, como os das redes Cinemark, PlayArte e UCI.

gastronomia

17h às 23h

O Transamérica Ilha de Comandatuba preparou uma programação especial para o fim do ano, com direito a uma oferta especial para os pais: o hotel oferece hospedagem e aéreo de graça para até duas crianças de 11 anos, hospedadas nas mesmas acomodações que os pais (exceto bangalô superior). O pacote é exclusivo para os fretados dos dias 19, 20 e 21 de dezembro, e tem vagas limitadas. As saídas partem de Guarulhos (SP) com desembarque no aeroporto privativo do resort, a dez minutos da recepção. Os programas tem valores a partir de dez vezes de R$ 690, por pessoa. Uma sala vip exclusiva dos hóspedes do resort será montada no aeroporto para o embarque. Além do traslado aéreo gratuito para as crianças, o Transamérica oferece cortesia de hospedagem para um acompanhante, ou seja: para acomodação double será cobrado diária de single, e para acomodação tripla, diária de double. A cortesia da tarifa single vale independentemente da compra no fretado: o cliente pode comprar apenas as diárias, se desejar. Tel. 5693-4050. www.transamerica.com.br

sexta, 23

O quê? Hiro. Por quê? Pioneiro na instalação das esteiras rolantes de sushi no país, o restaurante abriu a quarta casa no Open Mall The Square, na Granja Viana. Projetado pelos arquitetos Ricardo Miura e Carla Yasuda, a nova casa exibe visual moderno, mantendo o clima informal, integrado à praça central do The Square – uma área de 3,4 mil m² com árvores de grande porte, espelhos d’água e mesas ao ar livre. As paredes de vidro geram um efeito especial e, para quem vê de fora, os bancos parecem flutuar. Funciona diariamente, das 11h às 23h. Rod. Raposo Tavares, km 22, tel. 4702-6848.

23h às 29h

compras O quê? Reebok Bikes. Por quê? A marca de tênis e roupas esportivas também faz bicicletas. E elas acabam de desembarcar por aqui. São nove modelos, em cores alegres, desenvolvidos na Reebok inglesa, bem como os acessórios e equipamentos, como capacetes, minibombas portáteis, ciclo computador, bolsa de selim, entre outros. A linha de bikes é composta por modelos júnior, feminina, mountain bike e a urban, dobrável, chamada Switch, cujos atributos são agilidade, leveza e conforto, podendo ser carregada para qualquer parte. www.reebokbikes.com.br

90 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


sábado, 24

dezembro 2011

Cozinha com classe

O quê? Cecilia Dale. Por quê? A premiada empresária teve o seu trabalho reconhecido pela prefeitura de São Paulo, bem como pelos consultores mirins da revista Veja em São Paulo, que elegeram a decoração do Pátio Higienópolis como a melhor entre oito shoppings centers da cidade, neste ano. São destaques a árvore gigante de 20 m, o carrossel (de verdade) e o comboio com três carruagens puxadas por um cavalo para conduzir a criançada ao redor do cenário. No Cidade Jardim, também de autoria da empresária, o tema Safári exibe animais em tamanho real.www.patiohigienopolis.com.br

5h às 11h

passeio

O quê? Missa do Galo, no Mosteiro de São Bento. Por quê? É uma das mais belas celebrações da cidade. A tradição é seguida rigorosamente, na Véspera de Natal: I Vésperas Solenes e Benção do Presépio (às 17h); Ofício de Vigílias – Leituras Cantadas (22h30) e Missa Pontifical da Noite de Natal (Missa do Galo) às 24h. No dia 25/12, Laudes Cantadas (às 8h); Missa Pontifical do Dia do Natal (às 10h) e a II Vésperas Pontificais e Benção do Santíssimo (às 16h45). Aos domingos, às 10h, a missa é celebrada ao som do órgão da Basílica e canto gregoriano. Largo de São Bento, s/no, tel. 3328-8799.

17h às 23h

natal

O quê? Papai Noel em domicílio. Por quê? Para o papai ou o vovô curtirem a festa sem barba postiça, contrate um Papai Noel na Cia. do Bafafá. Ele chega à sua casa ou empresa tocando um sino e brincando com os convidados. Leva uma pasta com seus relatórios natalinos sobre as crianças presentes, conversa com elas sobre as ações que cada uma teve durante o ano e distribui os presentes. O bom velhinho lê uma linda mensagem para todos e é acompanhado de Mamãe Noel, seguida por um cortejo de duendes, fadas, elfos, noeletes e anjos. Ligue com antecedência. Tel. 5549-5648/5549-2784 www.ciadobafafa.com.br

11h às 17h

criança

O quê? Festas para depois da Ceia. Por quê? Para cair nas ferveções da cidade. O D-Edge (www.d-edge.com.br), a partir das 2h, reúne todos os seus projetos semanais em uma única festa sem hora para acabar. A Trash 80´s (www.trash80s.com.br) promove a sua tradicional balada no dia 24, ao estilo “festa de amigos”, com distribuição de panetones, todos os Djs presentes e performances. A nostalgia também está presente na Christmas Celebration, da Boogie Disco (www.boogie.com.br), com hits badalados das décadas de 70, 80. Já o Teatro Mars (www.teatromars.com.br) aposta no sambarock com bandas ao vivo a partir das 3h.

23h às 29h

balada

91

A tradicional marca francesa Le Creuset de panelas de ferro com acabamento esmaltado é a única do mercado que vai direto ao forno e resiste a temperaturas de até 200˚C. Sofisticada e elegante, a linha Cassis conta com 15 itens, incluindo travessas ovais e retangulares, ramekins, bules de chá, conjunto para azeite e vinagre, jarras e porta utensíios. Elas são feitas com tecnologia de ponta e com perfeita transmissividade de calor, que garante um cozimento uniforme, preservando o aroma e o sabor dos alimentos. www.lecreuset.com.br 


dezembro 2011

Papai Noel dos Correios

5h às 11h

arte O quê? Festival de Presépios, no Rio de Janeiro. Por quê? Último dia para ver um grande evento de arte de rua do Rio de Janeiro, que está sendo considerado como a maior exposição de presépios artísticos em tamanho grande a céu aberto do mundo, com obras elaboradas por artistas brasileiros selecionados pela curadoria da exposição, a partir de chamada pública nacional para inscrição de projetos. Os presépios têm, no mínimo, seis peças independentes, com altura de até 2,5 m, e estão expostos em locais públicos em diferentes pontos da cidade desde o dia 3/12 até 25/12.

gastronomia

11h às 17h

Uma das principais campanhas natalinas de inclusão social do país, realizada há 22 anos. O principal objetivo é responder às crianças que escrevem ao Papai Noel e atender, sempre que possível, aos pedidos de presentes de Natal das que se encontram em situação de vulnerabilidade social. Em 2010, mais um importante objetivo foi estabelecido: trabalhar com as crianças o poder da comunicação por meio da redação de cartas ao Papai Noel. A meta é contribuir para o desenvolvimento da habilidade da escrita, da redação de carta e do endereçamento correto. E, principalmente, propagar os dons natalinos às milhares de crianças que escrevem ao Papai Noel. www.correios.com.br

domingo, 25

O quê? Congonhas Grill. Por quê? Para os viajantes em trânsito – ou não – , eis um bom lugar para para fugir da mesmice no almoço natalino. O restaurante, no primeiro andar do Aeroporto de Congonhas, é uma ótima opção com sua Varanda Snack Bar anexa, ao ar livre, de onde pode-se apreciar o vaivém das aeronaves, enquanto se saboreia um drinque ou um vinho da diversificada adega. Na parte interna, o Bacalhau ao Porto é a sugestão do chef para a ocasião. Dias 24/12, das 5h às 18h e 25/12, das 5h às 23h. Av. Washington Luiz, s/n, 1º andar, tel. 21611175. www.congonhasgrill.com.br

17h às 23h

passeio O quê? Cenários de Natal. Por quê? Depois da ceia, que tal uma voltinha pela pela cidade, para apreciar as luzes e decorações? Além da Av. Paulista e R. Normandia, há outros cenários apresentados por algumas empresas. A Kitchens (Al. Gabriel Monteiro da Silva com Av. Brigadeiro Faria Lima e Av. República do Líbano) é um deles, com seu Papai Noel mestre-cuca, luzes e músicas natalinas (tocadas de seg. a sex.: das 12h às 14h e das 19h às 22; sáb. e dom.: das 12h às 14h e das 19h às 24h). Já na Crefisa (R. Canadá com Av. Brasil), o destaque fica por conta de uma grande árvore de Natal.

23h às 29h

viagem O quê? Passos dos Jesuítas – Anchieta. Por quê? Boa ideia para se planejar nas férias: rota de caminhada, histórica e contemplativa, que envolve 13 municípios do litoral paulista, de Peruíbe a Ubatuba, totalizando 360 km ou cerca de 16 dias andando. Inspirado nos caminhos percorridos pelos jesuítas no século 16, o programa propõe uma redescoberta do litoral paulista. Inscrições em www. caminhasaopaulo.com.br. O caminhante recebe um código de barras para ser trocado por um cartão de descontos para pousadas e restaurantes e acessa uma página pessoal na internet, para compartilhar experiências.

92 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


segunda, 26

dezembro 2011

As voluntárias da APFCC

O quê? Akatu Mirim. Por quê? Os impactos do celular e o descarte correto de resíduos eletrônicos são o mote do quinto bloco de conteúdo lançado pelo portal infantil. Com vídeo, jogo online, sugestões de atividades para pais e educadores, a ideia é fazer as crianças entenderem a importância de usar um produto até o fim, já que sua produção requer gastos em energia e recursos naturais. O vídeo mostra os impactos da produção do celular para o meio ambiente e a saúde humana, a maneira correta de se desfazer dessas engenhocas e mais. www.akatumirim.org.br

5h às 11h

ação

O quê? Accanto Restaurante. Por quê? O proprietário e chef Daniel Assad Abujamra surpreende com suas criações que unem a tradição italiana com toques contemporâneos. Para abrir o apetite, brullée de parmesão com ragú de cogumelos e crispy de cebola roxa. Entre os pratos principais estão massas como a do elogiado gnocchi ao pesto com ragú de coelho. Uma parceria com a Kylix Vinhos oferece mais de 700 rótulos que podem ser degustados ao mesmo preço da loja. Seg. a sáb.: das 12h às 15h30 e das 19h às 23h. Av. Angélica, 681, tel. 2366-6894. www.accantorestaurante.com.br

11h às 17h

gastronomia

O quê? Cinema. Por quê? Estreou ontem o documentário Vou rifar meu coração, que trata do imaginário romântico, erótico e afetivo brasileiro a partir da obra dos principais nomes da música popular romântica, também conhecida como brega: Odair José, Agnaldo Timóteo, Waldick Soriano, Amado Batista e Wando, entre outros. Direção: Ana Rieper. E mais: O homem que não dormia, em que um pesadelo acomete cinco pessoas de uma cidadezinha na mesma noite, envolvendo um homem sinistro e um tesouro enterrado. Nos melhores cinemas da cidade.

17h às 23h

cinema

O quê? Laticastelli Country Relais. Por quê? Se a Toscana já é um dos lugares mais desejados para tirar umas férias, que tal ficar num hotel construído em uma colina sobre as ruínas de um castelo do século 13? A mobília rústica de origem camponesa, as portas e janelas antigas e os muros de pedra e travertino, tudo leva a um clima medieval, mas com as modernidades atuais. A propriedade de 50 hectares conta com vinhedos, trilhas, piscina e campo para prática de polo. No “La Taverna” pode-se degustar vinhos selecionados e presuntos toscanos, bruschetas e antepastos. www.laticastelli.com

23h às 29h

viagem

93

Entidade que se dedica à recuperação de mulheres que passaram por mastectomia, a Associação Paulista Feminina de Combate ao Câncer (APFCC) mantém um núcleo de voluntárias em uma das salas cedidas pela Igreja de São Judas, no Jabaquara, onde funciona o projeto Volta à vida. Além de proporcionar atividades físicas importantes para a reabilitação das mulheres e doar complementos mamários e soutiens especiais, o projeto oferece atividades para resgatar a autoestima dessas mulheres. Este trabalho depende exclusivamente do apoio da comunidade e da colaboração voluntária. As 420 mulheres atualmente na ativa conseguem romper barreiras e tornam-se amigas das famílias, contribuindo para reduzir os índices de evasão ou interrupção do tratamento. O trabalho iniciado em 1994, junto à Fundação Oncocentro, é revigorado através do ingresso de novos voluntários, quando a associação promove cursos de capacitação e prevenção do câncer para os interessados em participar desse trabalho. R. General Jardim, 618, cj. 52, tel. 3257-3020. apfcc@uol.com.br


dezembro 2011

Exposição de Enrico Bianco

5h às 11h

beleza O quê? A linha regeneradora Romã Facial, da Weleda. Por quê? A marca pioneira na busca da harmonia com a natureza e com o ser humano completa 90 anos e lança a Linha Romã, elaborados à base de óleo de semente de romã 100% orgânico, rico em poderosos antioxidantes. Os produtos prometem reverter e prevenir os sinais do envelhecimento da pele. As Romãs Weleda são cultivadas em campos próprios, na Turquia, com métodos orgânicos, obtendose assim uma concentração maior de antioxidantes nas sementes. SAC@weleda.com.br

11h às 17h

gastronomia O quê? Casa do Cardoso. Por quê? Alia em um único lugar restaurante, empório, bar e adega. No cardápio, receitas tradicionais com toque contemporâneo, como o Filet Cardoso (Medalhão de filé-mignon com molho Rôti e risotinho de gorgonzola R$ 32,90). À tarde, opções de cafés e chás, que podem acompanhar lanches como a bureka (folhado típico da Bulgária); ou, se preferir, happy hour com cerveja e petiscos. O empório vende produtos diversos. Ter. a qui.: das 11h às 20h; sex.: das 11h à 1h; sáb.: das 11h às 19h; dom.: das 11h às 18h. R. Cardoso de Almeida, 1358, tel. 3868-4840. www.casacardoso.com.br

esporte

17h às 23h

Boa oportunidade para colecionadores e apreciadores de arte de todas as idades: mostra do artista italiano que chegou ao Brasil nos anos 30 e foi aprendiz e assistente do Portinari. Hoje com 93 anos, Enrico Bianco é bastante conhecido por seu contato com várias gerações de profissionais. Ainda na Itália, teve como professor o diretor do museu do Vaticano, Deoclésio Redij, e aqui conviveu com Burle Marx, Mário de Andrade, Manuel Bandeira, Carlos Drummond de Andrade, Lúcio Costa, entre outros grandes nomes do movimento modernista, que muito influenciou o seu trabalho. Apesar da idade, Enrico continua produzindo – e muito – e todas as obras que estão na exposição são inéditas, feitas especialmente para a ocasião. Há trabalhos em óleo, tinta acrílica e carvão, e, apesar de ter produzido algumas telas, privilegia o papel como suporte. Até 30/12. Seg. a sex.: das 10h às 19h; sáb.: das 13h às 19h. Galeria Colecionador. Av. Atlântica, 4240, lj. 224, tel. (21) 2522 4796.

terça, 27

O quê? 18ª São Silvestrinha. Por quê? É a versão infanto-juvenil (de 6 a 15 anos) da prova de rua mais tradicional do Brasil e, às vezes, um trampolim para a a São Sivestre. Realizada pela Gazeta Esportiva.Net em parceria com a organização técnica da Yescom e supervisão da Federação Paulista de Atletismo, conta ainda com o apoio do Governo do Estado de São Paulo e da Prefeitura do Município. São 20 categorias masculinas e femininas. Dia 27/12, a partir das 16h, na pista de atletismo do Ginásio Constâncio Vaz Guimarães. R. Manoel da Nóbrega, 1361. www.saosilvestrinha.com.br

23h às 29h

moda O quê? John John. Por quê? Para divulgar suas vendas pelo e-commerce, a marca lançou um vídeo para a campanha de Alto Verão 2012. Com direção de Jacques Dequeker, que assina as imagens da campanha, reflete bem o lifestyle da grife com design e técnicas de lavagem únicas. Neste ano, a marca foi adquirida pelo grupo Restoque, detentora da Le Lis Blanc Deux e Bo.Bô, lançando em outubro o show room da John John. A inauguração da flagship na rua Oscar Freire, nos Jardins, em São Paulo, está prevista para fevereiro de 2012. Até lá, todos os produtos estão à venda no site www.johnjohndenim.com

94 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


quarta, 28

dezembro 2011

Água VOSS

O quê? Fundação Pró-Sangue. Por quê? Precisa de voluntários que possuam sangue do tipo O, positivo e negativo, para doação, pois seus estoques se encontram em patamares críticos para abastecer os 128 hospitais da capital e região metropolitana, sob sua responsabilidade. O sangue O positivo é o mais frequente na população. Já o O negativo é mais raro, encontrado em aproximadamente 6% dos doadores, mas tem caráter universal, podendo ser doado para pessoas de todos os tipos sanguíneos. É muito utilizado em casos emergenciais. Alô Pró-Sangue 0800-55-0300.

5h às 11h

ação

O quê? Exposição Itinerante Game On. Por quê? Para amantes de games de todas as idades. A mostra, inédita no Brasil, explora a história, cultura e o futuro dos videogames. Além de apresentar alguns dos mais interessantes arcade games (fliperamas), consoles e games portáteis produzidos nos últimos 50 anos (de Atari a XBox), a exposição destaca o trabalho dos criadores envolvidos nessa área, como projetistas, artistas, músicos e programadores. Até 8/1. Ter. a sex.: das 12h às 21h; sáb. e dom.: das 11h às 21h. R$ 10. MIS. Av. Europa, 158, tel. 2117-4777.

11h às 17h

exposição

O quê? Aguzzo Cucina e Vino. Por quê? O restaurateur Osmânio Rezende repaginou o ambiente, o nome e o cardápio da casa, com receitas inspiradas em uma viagem que fez com o chef Alexandre Romano à Itália. Entre as novidades, costela suína marinada e grelhada servida com erva doce; coelho assado com pinoles e tortelli de ricota e melão. Na nova decoração, assinada por Roberto Azrak, destaque para o amplo bar. Seg. a qui.: das 12h às 15h e das 19h às 24h; sex.: das 12h às 15h e das 19h à 1h; sáb.: das 12h30 às 17h e das 19h à 1h; dom.: das 12h às 17h. Rua Simão Álvares, 325, tel. 3083-7363.

17h às 23h

gastronomia

O quê? The Ritz-Carlton. Por quê? Seis estrelas localizado a 20 minutos do centro e a 15 minutos do Aeroporto Internacional de Cancun, na zona hoteleira, o hotel oferece 365 acomodações com vista para o mar, o completo Kayantá Spa, um divertido centro culinário, premiados restaurantes, além do novo clube de praia com mais de 5 mil metros quadrados de areia branca, prática de tênis no Cliff Drysdale e academia totalmente equipada. www.ritzcarlton.com/en/.../Cancun/ Default.htm

23h às 29h

hotelaria

95

Chega ao Brasil a VOSS, considerada a água mais pura do mundo. Sua fonte fica localizada ao sul da Noruega, em um ambiente primitivo no deserto gelado – como a água fica em uma fonte subterrânea, sob uma formação rochosa protegida do ar e de qualquer tipo de contaminação externa, ela brota naturalmente e é envasada diretamente na fonte, sem nenhum processo de tratamento ou filtragem. Com quantidades reduzidas de minerais e sódio (apenas 22mg/l de sais dissolvidos), ela é muito apreciada pelos amantes do vinho, dos destilados e cafés e está presente em hotéis e restaurantes de luxo de mais de 35 países. Em embalagens de vidro com ou sem gás, e na embalagem pet somente sem gás, custa entre R$ 16,00 e R$ 26,00 e tem importação exclusiva pela Casa Flora e Porto a Porto. www.casaflora. com.br


dezembro 2011

A grande arca

5h às 11h

compras O quê? Majestik. Por quê? Nova loja idealizada por Jay Halliden, que pretende ser referência no mercado de veículos premium multimarcas do país. O diferencial, segundo o empresário, é oferecer ao cliente uma assessoria imbatível em automóveis, sejam esportivos, superesportivos, sedãs de luxo, conversíveis ou blindados, graças a uma equipe de profissionais mais que especializada no assunto. “Do lavador de carros ao proprietário, todos são, em primeiro lugar, apaixonados por automóveis”, explica Halliden. Av. Europa, 863, tel. 3825-5000.

11h às 17h

show O quê? David Guetta. Por quê? Hoje é a abertura da turnê de lançamento do álbum Nothing but the beat do DJ, mundialmente conhecido por suas parcerias de sucessos com artistas como Black Eyed Peas (I got a feeling), Rihanna (Who’s that chick), entre muitos outros. Com mais de 17 milhões de singles vendidos e com o novo álbum, o músico alcançou a marca de 24 milhões de seguidores no Facebook e quase 2 milhões no Twitter. Dia 29/12, das 16h às 23h. R$ 160 a R$ 600. Hotel Sofitel Jequitimar. Av Marjori da Silva Prado, 1100, Praia de Pernambuco, Guarujá. Tel. (13) 2104-2000.

gastronomia

17h às 23h

O evento, que acontece na Caixa Cultual São Paulo, apresenta a diversidade dos presépios natalinos instalados em residências da Chapada Diamantina (BA), a partir de uma investigação fotográfica e videográfica minuciosa realizada pelo artista visual Edgard Oliva, entre os anos de 2000 e 2005. O objetivo é divulgar a diversidade da cultura brasileira no que diz respeito às modificações estéticas que abarcam o tema, a partir das identidades locais, conforme os registros tomados pelo autor. Oliva visitou 13 municípios da região e alguns distritos rurais coletando material fotográfico, áudio e vídeográfico. São 24 fotografias ampliadas em diversos formatos, vídeodocumentários editados (A chave de São Pedro e De pedra e luz), além de palestras e oficina de presépios. Até 26/2/12. Ter. a dom.: das 9h às 21h. Pça. da Sé, 111, tel. 3321-4400.

quinta, 29

O quê? Sarrasin Galetterie. Por quê? Para provar os novos galettes, espécie de crepes feitos de uma mistura de água e farinha de trigo sarraceno, recentemente incluídos no cardápio pelo chef João Souza. Entre eles, o Flor de galette (queijo Saint Marcelin em crosta de amêndoas carameladas e um toque de melado de cana); e o Sartre (galette de camarões cozidos no vapor, com molho de champignon, damacos, gengibre e curry). Ter. a sex.: das 12h às 15h (almoço); sáb.: das 13h às 16h (menu à la carte); qui., sex. e sáb.: a partir das 20h (jantar à la carte). R. Costa Carvalho, 182, tel. 3031-1594.

23h às 29h

réveillon O quê? Hotéis Marina. Por quê? Únicos hotéis da orla do Leblon, o Marina Palace e o Marina All Suites oferecem serviços e gastronomia de excelência para a virada do ano, além de uma vista maravilhosa de um dos pontos mais nobres e charmosos do Rio de Janeiro. A ceia, oferecida pelo restaurante Vizta, do Marina Palace, leva assinatura da chef Maria Victoria. E o Salão Ataulfo, no 26° andar, será palco da festa inédita “I love Rio”. Com decoração no melhor estilo boêmio, o evento open bar servirá delícias diversas. R$ 560 por pessoa. Central de Reservas, tel. (21) 2172-100. www.hoteismarina.com.br

96 | 29HORAS | de 29 de novembro a 29 de dezembro de 2011


ASSINE

w w w. s i t e r g . c o m . b r

0800 7 7 7 1 4 0 0

Elegância e poder há mais de 35 anos.


29horas com...

Felipe Solari

No programa Os legendários, da Record, Felipe apresenta um quadro voltado para a sustentabilidade, causa que fascina este paulistano de 29 anos, que concilia o trabalho na TV (já passou pela MTV e pela Bandeirantes) com o de ator em curtas e longa metragens e crítico de música. Confira os passos de Felipe na cidade.

5h às 11h – “Uma boa corrida pra

começar o dia é fundamental e ajuda a relaxar no trânsito depois. Costumo ir ao Clube Pinheiros praticar exercícios, já que lá é um refugio no meio da loucura da cidade grande”.

Esporte Clube Pinheiros – R. Angelina Maffei Vita, 493, tel. 3598-9700.

11h às 17h – “Quando não estou

trabalhando, gosto de passar a tarde na Vila Madalena; depois dou uma passada nos bares da região, que são bem mais agradáveis durante a semana”.

17h às 23h – “Juntar uma turma

e fazer um passeio com os NightBikers é uma superopção pra conhecer melhor nossa cidade. Passear de noite pelas ruas do Centro, sem stress, pode ser uma experiência e tanto”.

Nightbikers – www.nightbikers.com

23h às 29h – “Hora de balada!

Recomendo um jantar japonês no Yabany e depois uma esticada na Disco, que fica bem pertinho, na mesma rua. Diversão garantida”!

guta galli

Yabany – R. Prof. Atílio Innocenti, 53, tel. 30787773. Disco – R. Professor Atílio Innocenti, 160, tel. 3078-0404


O tempo pode ser seu melhor amigo, desde pequeno. Sala de aula no Canadá

Com os Planos de Previdência Jovem do HSBC Premier, você conta com a ajuda dos nossos especialistas para planejar o futuro do seu filho. Assim, os estudos e os sonhos dele estarão garantidos. Tudo isso a partir de R$ 30,00 mensais. Acesse hsbcpremier.com.br e agende a visita de um especialista.

SAC HSBC 0800 729 5977 | SAC e Ouvidoria HSBC Deficientes Auditivos 0800 701 5934 | Ouvidoria do HSBC 0800 701 3904 | hsbc.com.br/ouvidoria HSBC Vida e Previdência (Brasil) S/A. CNPJ: 05.607.427/0001-76.

revista 29HORAS - Ed 26 - dezembro 2011  

Revista mensal com agenda cultural de Sao Paulo, distribuida no Aeroporto de Congonhas. Capas: Uruguai e Lia Diskin

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you