Page 1

De 29 de agosto a 29 de setembro de 2010 – distribuição gratuita e exclusiva no embarque de congonhas

29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro de 2010 | melissa oliveira

30

dias tem setembro. e a agenda 29horas tem

148

programas para todas as horas de todos os dias do mês

ELA É

UNIQUE

a executiva melissa oliveira fez do hotel-cult de São Paulo, o unique, a sua casa – e o comanda como a mais que perfeita dona de casa

pague duas e leve cinco estrelas passe noites de príncipe ou princesa nos melhores hotéis de SP sem ter de virar um plebeu falido

29 vezes bienal

nada como uma 29ª

depois da 28ª edição: passada a frustração do vazio, a mais importante mostra de arte do hemisfério volta cheia – e só de coisa boa

andes Natale Giramondo vai de santiago do chile a saltando sobre os

mendoza, na argentina, provando os melhores vinhos, conchas e mariscos do continente


2 | 29HORAS | 29 de novembro a 29 de dezembro 2009


3


4 | 29HORAS | 29 de novembro a 29 de dezembro 2009


5


>sumário

de 29 de agosto a 29 de setembro

>hora H 12

TV À frente do programa Glam, a apresentadora Barbara Thomaz esbanja beleza e talento

14

cinema Dinheiro, poder e cobiça dominam o novo filme de Oliver Stone

16

dança Setembro é o mês do balé na cidade, com várias opções de espetáculos

18

walking distance Sugestões de programas culturais no Parque do Ibirapuera

20

comida A primavera inspira chefs a criar pratos com flores frescas e coloridas

22

comer, beber, viver Georges Henri fala dos restaurantes japoneses autênticos

24

adega Didú Russo esquadrinha o Chile e revela quais são os melhores vinhos

26

29 horas em... Trancoso é o lugarzinho querido da belíssima atriz e roteirista Bruna Lombardi

28

mais que nécessaire Noivas primaveris e produtos florais estão em pauta este mês

30

hora livre Luiz Toledo confessa sua admiração pelos elegantes felinos

32

lounge 29horas Uma nova seção mostra eventos bacanas da cidade

Agenda 29 horas 64

148 programas para as mais variadas horas do dia

29 horas com... 98

silvana chedid grieco A ginecologista e obstetra especializada em reprodução assistida


9


Capa: Melissa Oliveira foi fotografada por Tainá Azeredo, com produção de Vanda Fulaneto e maquiagem de Sérgio Bonfim (Beka Internacional) Agradecimentos: Max Mara, Huis Clos, Beth Sales e Salvatore Ferragamo

Publisher: Pedro Barbastefano Júnior Conselho editorial: Chantal Brissac, Claudio Elisabetsky, Clóvis Cordeiro, Didú Russo, Fabio Sgarbi, Georges Henri Foz, Pedro Barbastefano Júnior, Wagner Carelli Redação (contato@29horas.com.br): Brunno Carvalho (arte), Chantal Brissac, Letícia Liñeira (estagiária), Maria Cecília Maciel (agenda), Vanda Fulaneto, Wagner Carelli Projetos editorial e gráfico, serviços editoriais: Studio San Floro Colaboradores: Carlos Minuano, Didú Russo, Dorotéia Fragata, Érico Hiller, Georges Henri Foz, Kike Martins da Costa, Luiz Toledo, Tainá Azeredo

SÓCIOS-DIRETORES Clóvis Cordeiro e Pedro Barbastefano Júnior MARKETING Coordenador: Rodolfo Torrezan (rodolfo@meta29.com.br), Equipe de marketing: Anna Flávia Murata (annaflavia@meta29.com.br), Larissa Ramos Costa Rezende (larissa@meta29.com.br), Vanessa Cristina de Oliveira (vanessa@meta29.com.br) Equipe de criação: André Yoshikawa, Cesar Valério, Karen Kohatsu, Rose Oseki PUBLICIDADE Diretoria comercial: Fabio Sgarbi (fabiosgarbi@meta29.com.br) e Luiz Carlos Stein (stein@meta29.com.br) Equipe comercial: Flávia Moraes (flavia@meta29.com.br), Marcelo Rocha (marcelorocha@meta29.com.br) Clientes Diretos: Oswaldo Maffei Jr. (wado@meta29.com.br)

>DESTAQUES 36 UMA MULHER ÚNICA

Melissa Oliveira, diretora do Unique, comanda este hotel de luxo como se fosse sua própria casa

42 PASSAPORTE PARA AS ESTRELAS

As melhores promoções dos mais sofisticados hotéis de São Paulo – para você ter uma noite de glamour

48 ARTE E POLÍTICA NA BIENAL

Nos próximos três meses, a cidade se transforma em uma vitrine cultural com o evento internacional no Ibirapuera

54 CRUZANDO A CORDILHEIRA

Natale Giramondo confere a alta gastronomia de Mendoza e de Santiago do Chile

Projetos Especiais: Geraldo Mello Peixoto (gera@meta29.com.br) Rio de Janeiro – Oscar de Oliveira Jr. (oscar@meta29.com.br) Representantes: Brasília – Aloísio Nascimento (dbkn@uol.com.br), Minas Gerais – Moacir Lopes (moacir@yesbh.com.br), Paraná – Rogério Florenzano (florenzano@meta29.com.br), Rio Grande do Sul – Ricardo Rosa (ricardo@printsul.com.br), Santa Catarina – Jean Luc Jadoul (jljadoul@terra.com.br), Pernambuco – Luis Augusto Carvalhaes Norfini (novosrumos@hotlink.com.br) ADMINISTRAÇÃO Administrativo e financeiro: João Carlos Vendramini (joaocarlos@meta29.com.br) Manutenção e logística de distribuição: Marcelo Mattos (marcelomattos@meta29.com.br) Impressão e acabamento: IBEP Gráfica 29HORAS é uma publicação mensal sob encomenda da Meta 29 Serviços de Marketing Ltda. Editora contratada: San Floro Editoração Gráfica ME Jornalista responsável: Wagner Carelli (MTB 12986) Tiragem: 50.000 exemplares DISTRIBUIÇÃO GRATUITA E EXCLUSIVA NAS SALAS DE EMBARQUE DO AEROPORTO DE CONGONHAS A revista 29HORAS respeita a liberdade de expressão. As matérias, reportagens e artigos são de responsabilidade exclusiva de seus signatários. Meta 29 Av. Nove de Julho, 5966 - cj. 62 - Jd. Paulista - São Paulo - Cep: 01406-200 Tel.: 11.3086.0088 Fax: 11.3086.0676 www.meta29.com.br; www.29horas.com.br

29HORAS na rede: twitter.com/revista29horas @revista29horas

A Meta 29, consciente das questões ambientais e sociais utiliza papéis com certificação FSC (Forest Stewardship Council) na impressão deste material. A certificação FSC garante que uma matéria-prima florestal provenha de um manejo considerado social, ambiental e economicamente adequado e outras fontes controladas. Impresso na IBEP Gráfica Ltda. certificada na cadeia de custódia - FSC.


11


hora h

TV

Multitalentosa, Barbara fez curso de moda, jรก trabalhou como atriz em peรงas de teatro e hoje brilha na TV

12 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010


Diva pop

divulgação

Arte, música, moda e comportamento são os temas preferidos de Barbara Thomaz, que comanda toda quarta-feira o programa Glam Aos 25 anos, Barbara Thomaz exibe seu talento e beleza na TV –­ ela apresenta a segunda temporada do Glam, revista eletrônica do canal Fashion TV Brasil que aborda assuntos sobre arte, cultura e comportamento relacionados à moda, música, fotografia e tecnologia. Até então, a única experiência de contato com o público tinha sido nos palcos. Barbara começou no teatro quando integrou o elenco das peças O doente imaginário e Sonho de uma noite de verão, em 2003 e 2004, respectivamente. Também fez ensaios de moda para as revistas Elle, Nova e TPM e um ensaio sensual para a Trip, em 2006, que deu o que falar, além de campanhas publicitárias. Sua estreia na TV aconteceu em 2004, quando tinha apenas 20 anos. Recém-formada em moda pela faculdade Santa Marcelina, Barbara ficou quatro meses à frente do programa Disk MTV. Dois anos depois foi para o canal Mix TV, onde apresentou os programas No break, Ligue Mix e Mix TV online. Neles, teve a oportunidade de entrevistar artistas da música internacional como Jack Johnson, Oasis e Franz Ferdinand. Mas foram os brasileiros Paulinho da Viola e Moraes Moreira que mais marcaram os momentos de repórter da moça. “Eles têm histórias de vida incríveis e são pessoas maravilhosas”, diz. Depois de cobrir uma temporada do SPFW, em 2008, pelo canal Fashion TV Brasil, Barbara começou a apresentar o Glow, programa que reúne dicas de beleza e maquiagem. Mesmo depois de assumir o comando do Glam ela não deixa de lado seu grande desejo, o de ter sua própria marca. “Adoro peças confortáveis e cores inusitadas. Gosto de misturar, fazer combinações que fujam do óbvio”, conta ela, que chegou a fazer um curso de costura e acabamento no SENAC. Já os planos para o futuro revelam a ambição da jovem. “Meu sonho é apresentar um programa fora do Brasil”. A ruiva vai ao ar todas as quartas, às 21h (canal 95 da NET, 31 da SKY e 369 da Telefônica). –Letícia Liñeira

13


hora h

cinema

A roda da

fortuna

Wall Street – O dinheiro nunca dorme parece destinado a se tornar um clássico de nossa época, assim como o primeiro filme virou um testamento da geração yuppie dos anos 80

14 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

financeiro saindo da prisão, após oito anos no xilindró. No primeiro filme, de 1985, o ambicioso Gekko dizia que “a cobiça é uma coisa boa”; agora a frase não só continua verdadeira, como foi institucionalizada. Se o ganancioso magnata tinha uma ética muito particular, esse comportamento virou regra no globalizado e cada vez mais selvagem universo das Bolsas de Valores, dos títulos e dos bônus milionários. Sem mudar suas características e sua essência, Gekko volta para se redimir de alguns pecados. Ele tenta se reaproximar de sua filha, interpretada pela doce Carey Mulligan (indicada ao Oscar de melhor atriz este ano por Educação), e ajudar o namoradinho dela, o jovem investidor Jacob Moore (vivido pelo galã Shia LeBoeuf, de Transformers e de Indiana Jones e o templo da caveira de cristal), que quer se vingar do implacável Bretton James, poderoso executivo de um banco de investimentos. Quem faz

Shia LeBoeuf e Michael Douglas formam uma dupla ambiciosa

O filme, que estreia dia 24 de setembro, consumiu US$ 70 milhões

o papel de James é Josh Brolin, o ator que deu vida ao ex-presidente George W. Bush em W. Na trama de Wall Street é ele quem causa a bancarrota de Lewis Zabel (Frank Langella), o mentor do jovem Jacob, só que por causa disso vai conhecer o poder da ira do ardiloso e astuto Gekko. Não será fácil definir bonzinho e malvado nessa história. O roteiro envolve o espectador num emaranhado de interesses, intrigas e conflitos que parece não ter fim. O mercado de capitais hoje em dia não tem mais o

mesmo glamour dos anos 80, mas o charmoso Charlie Sheen, protagonista do filme de 1985, faz uma ponta nesta sequência, que tem também uma aparição do folclórico Donald Trump. Alguém disse que a crise financeira global de 2009 abalou a confiança das pessoas. O filme de Oliver Stone deixa isso mais do que evidente. Não é no sistema financeiro ou no capitalismo que reside o problema – o mundo de fato é cruel, mas seu colapso é mais moral e humano do que material ou econômico. –Kike Martins da Costa

fotos divulgação

Entre outras obsessões, duas ficam bem claras na trajetória recente do cineasta Oliver Stone: em primeiro lugar, ele parece ter uma fixação com a letra W – os títulos de três de seu últimos filmes começam com essa letra (W, sobre George W. Bush, World Trade Center e Wall Street – O dinheiro nunca dorme). A outra mania é culpar o capitalismo por todas as mazelas da humanidade. Amiguinho do cubano Fidel Castro, do venezuelano Hugo Chávez e do iraniano Mahmoud Ahmadinejad, ele volta ao circuitão dos cinemas no dia 24 com esse filme sobre os cidadãos que fazem a roda da fortuna girar na Meca das finanças mundiais. Em Wall Street – Poder e cobiça, o vilão era o inescrupuloso investidor Gordon Gekko, vivido por Michael Douglas, que acaba na prisão. Esta sequência, Wall Street – O dinheiro nunca dorme, que estreia simultaneamente no Brasil e nos Estados Unidos no dia 24 de setembro, começa com o tubarão do mercado


hora h

dança

São Paulo na

ponta dos pés Da programação no Teatro Alfa ao novo espetáculo do brilhante coreógrafo Ivaldo Bertazzo, há opções incríveis em setembro para quem gosta de dança. Só não vale ficar parado Muito se fala da pressa dos paulistanos, de seus passos acelerados, de sua deselegância discreta e muito mais. Mas esta cidade severa e dura paradoxalmente é também um importante polo de dança, que abriga várias companhias com bailarinos cheios de talento e graça, coreografias ousadas e inteligentes e produções sofisticadas. E setembro é o mês da dança em São Paulo. A programação começa no dia 9, quando se inicia a participação de duas companhias paulistanas na Temporada de Dança do Teatro Alfa, que já trouxe os mineiros do Grupo Corpo e terá ainda balés do Japão e da Suíça. Do dia 9 ao dia 12 é a vez da São Paulo Cia. de Dança, com direção de Iracity Cardoso

16 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

e Inês Bogéa. No repertório estão Seis danças, Tema & variações e Prelúdio à tarde de um fauno. A primeira tem coreografia do tcheco Jirí Kylián e música do austríaco Wolfgang Amadeus Mozart; a segunda foi criada pelo coreógrafo russo Balanchine sobre uma música de Piotr Tchaikovsky. A terceira foi concebida pela bailarina canadense Marie Chouinard e tem música de Claude Debussy. O trabalho da SPCD, conhecida por sua refinada técnica e pela consistência de seu trabalho, tem como proposta manter vivo o repertório canônico da dança e, ao mesmo tempo, dar espaço ao trabalho de artistas contemporâneos. Nos dias 21 e 22, no mesmo Teatro Alfa,

Com 16 bailarinos no palco, Corpo vivo, de Ivaldo Bertazzo,...

All that jazz Não muito longe do SESC Pinheiros, outro espetáculo com bastante dança está fazendo sucesso desde o final de julho. A remontagem de Emoções baratas, com direção geral de José Possi Neto e direção musical do vibrafonista Guga Stroeter, é a atração de quinta a domingo no Estúdio Emme, a nova casa noturna que ocupa o espaço conhecido durante décadas como Avenida Clube. Sucesso no final dos anos 80, Emoções baratas tem músicas de Duke Ellington tocadas ao vivo por uma big band com nove componentes. A história é ambientada numa boate que também funciona como um clube de jazz, com mulheres deslumbrantes, homens elegantemente vestidos, muita música e histórias de amor e desilusão, numa atmosfera típica de um cabaré dos anos 30. Os bailarinos exibem grande capacidade técnica, além de corpos esculpidos à perfeição. São figuras notívagas que dançam pelo cabaré, quase convidando o público a dançar junto. Aliás, a vontade que dá é exatamente esta: se jogar no palco e curtir aquele maravilhoso jazz. Vale também destacar o talento das cantoras Bibba Chuqui e Karin Hils, que dão um show de interpretação. Estúdio Emme – Av. Pedroso de Morais, 1.036, tel. 2626-5835. Ingressos de R$ 50 a R$ 80. Até 31/10.

quem se apresenta é a Cia. Sociedade Masculina, fundada há cinco anos e composta por oito bailarinos. Em seu currículo, tem apresentações no Espaço Pierre Cardin, em Paris,

e na Maison de la Danse, em Lyon, onde apresentou coreografias criadas por profissionais de renome como Deborah Colker, Henrique Rodovalho e Ivonice Satie. Para esta rápida temporada na cidade,


... é uma montagem inspiradora sobre a evolução das espécies

O balé clássico da São Paulo Cia. de Dança tem coreógrafos de fora

A Cia. Sociedade Masculina está no Teatro Alfa em curta temporada

os diretores artísticos Anselmo Zolla e Vera Lafer programaram duas coreografias inéditas de Anderson Braz, diretor da Cia. Maria Kong, de Israel. Por fim, no teatro do SESC Pinheiros, quem sobe ao palco no dia 10 de setembro e fica em

cartaz até o fim de outubro é a Companhia de Teatro e Dança Ivaldo Bertazzo, que encena o espetáculo Corpo vivo. Com roteiro de Marília de Toledo, a montagem representa a evolução da espécie humana, comparando-a por meio da dança com

a movimentação dos pássaros, dos peixes, dos quadrúpedes e de outros bichos. “Quando fazemos a representação dos animais, falamos das múltiplas habilidades motoras, o pássaro e sua flutuação, o peixe, com a perfeita articulação entre a cauda e a cabeça e, o homem, com as características que o diferenciam das demais espécies: a imaginação, a sedução, o poder de produzir arte e muito mais”, explica Bertazzo. O espetáculo tem 16 bailarinos no palco, além do ator Cassio Scapin e da mezzo soprano Regina

Elena Mesquita. Na trilha sonora, composições de Nino Rota, sucessos do grupo The Carpenters, músicas iídiche e canções regionais brasileiras. Escolha o seu programa e não se surpreenda se um dia desses você se flagrar ensaiando no trabalho ou numa calçada alguns passos de Gene Kelly ou Mikhail Baryshnikov. É hora de dançar! –K.M.C. Teatro Alfa – Av. Bento Branco de Andrade Filho, 722, tel. 5693-4000. Ingressos de R$ 40 a R$ 60. SESC Pinheiros – R. Paes leme, 195, tel. 3095-9400. Ingressos de R$ 5 a R$ 10.

17


hora h

walking distance

Parque

cultural

Uma das maiores instituições de arte do mundo, a fundação Bienal acena com uma mostra internacional importante. Confira outros cantos do parque do Ibirapuera que também reúnem arte e cultura. Por Letícia Liñeira MAM Fundado em 1948 por Francisco Matarazzo e arquitetado por Oscar Niemeyer, o MAM é inspirado no Museu de Arte Moderna de Nova York, o MoMA, e conta com duas galerias de exposições, ateliês, auditório e biblioteca. De ter. a dom. e feriados: das 10h às 18h. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – portão 3, tel. 5085-1300. www.mam.org.br

3 min. Fundação Bienal de São Paulo Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – pavilhão Ciccillo Matarazzo – portão 3, tel. 5576-7600. www.fbsp.org.br

10 min. Museu Afro Brasil Tem acervo com mais de cinco mil obras e apresenta duas exposições que comemoram os 56 anos do Ibirapuera, A história do parque e Guernica esteve aqui, que incluem show de música africana e oficinas de máscaras. Confira também as mostras São Paulo, terra, alma e memória e Formas e pulos – O Saci no imaginário. De ter. a dom.: das 10h às 17h. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – pavilhão Padre Manoel da Nóbrega, portão 10, tel. 5579-0593. www.museuafrobrasil.org.br

18 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

4 min.

Prêt-à-manger Uma parada para tomar um café ou almoçar de frente para o belo jardim de esculturas, projetado por Burle Marx. Os pratos do cardápio incluem receitas brasileiras, francesas e italianas. Seu acesso é feito pela entrada do próprio MAM. Café – de ter. a dom.: das 10h às 18h; restaurante – de ter. a sex.: das 12 às 16h, sáb. e dom.: das 12h30 às 17h. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – portão 3, tel. 5085-1306. Oca A Oca já abrigou o museu do Folclore e da Aeronáutica de São Paulo. Hoje é conhecida por trazer grandes exposições ao longo dos seus 10 mil m². Em cartaz até o final do mês, Corpos – A exposição, que reúne 20 corpos e 250 órgãos reais pela primeira vez na América do Sul. R$ 40 e R$ 20. Até 26/9. De seg. a sex.: das 9h às 17h. Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº – pavilhão Lucas Nogueira Garcez – portão 3, tel. 5572-0985.

fotos divulgação. Centro: Tainá azeredo

3 min.


Churrascaria Na Brasa. Há 20 anos servindo o autêntico churrasco gaúcho em cortes especiais.

A melhor carne de rodízio

Rodízio com 26 cortes de carnes nobres. Buffet de saladas, frios e comida campeira. Adega de vinhos.

Rua Ramiro Barcelos, 389 - Poa/RS - Fone: (51) 3225.2205 Av. Dr. Nilo Peçanha, 2131 - Poa/RS - Fone: (51) 3333.1413

www.churrascarianabrasa.com.br


hora h

comida

Muito além da

couve-flor Celebre a primavera à mesa, com saladas e pratos que incluem ingredientes como violetas, rosas e amores-perfeitos

20 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

flores na formulação. Não deixe de provar o salmão com orquídea de cultivo orgânico, que é preparado com um exemplar da espécie Laelia purpurata, uma orquídea selecionada pelo engenheiro agrônomo especialista em nutrição André Speck. Além de ser rica em fibras e vitamina C, essa flor tem propriedades excitantes e afrodisíacas, ressalta o especialista. No Marakuthai, nos Jardins, a jovem chef Renata Vanzetto criou para seus clientes uma receita que tem tudo a ver com o espírito da estação e com os dias quentes que começam a dar as caras: a salada da mata, feita com palmito pupunha, quinua, brotos de alfafa e flores de capuchinha. Também nos Jardins, o mediterrâneo D’Olivino apresenta outro prato leve e inspirador. Criada pelo chef André Castro, a salada de flores leva aspargos, finas fatias de presunto de Parma e sementes de romã. Que tal um crepe vegetariano feito com massa de quinua e hibiscos,

No Tantra, o salmão é feito com orquídeas de cultivo orgânico

palmito, azeitonas e alhoporó? Essa composição pra lá de saudável, colorida e gostosa é o destaque do contemporâneo Le Manjue Bistrô. Já no bufê Zest, o chef Juliano Cordeiro tem em seu menu permanente

um canapé que faz muito sucesso nesta época do ano: o rolinho Flores é feito com papel de arroz recheado com pernil confit, legumes grelhados, molho sweet chili e uma florzinha de borago. Além de leve,

beba a primavera Para celebrar a temporada das flores, alguns restaurantes incluem flores e ingredientes típicos da estação também nos drinques e sucos. No recém-inaugurado Terrasse, no Itaim, o barman Rabbit oferece o Dubrovnic, feito com vodca Ciroc, licor Marie Brizard de cranberry, geleia de pétalas de rosas, um splash de champagne Moët Chandon Brut e uma florzinha comestível de amor-perfeito. Quem quer evitar o álcool e energizar o organismo deve experimentar a criação do restaurante Condessa, o suco de pólen. O ingrediente, que é o principal alimento das abelhas, tem excelentes propriedades nutricionais e desintoxicantes.

fotos divulgação

Um dos preceitos da cozinha de René Redzepi, o chef do escandinavo Noma, eleito recentemente o melhor restaurante do mundo, é investir nos ingredientes da época. Os grandes chefs franceses e italianos também pensam assim e, para quem não quer ir tão longe, basta conversar com aquela boa cozinheira mineira para aprender que o melhor da feira – e, consequentemente, da mesa – é o produto que está em plena safra. Portanto, como a primavera é a estação das flores, nada mais natural do que incluir rosas, violetas, capuchinhas, amoresperfeitos e outras flores nas receitas, certo? Além de acrescentarem cor e frescor a pratos, bebidas e quitutes, elas também trazem consigo novas texturas, sabores e, em alguns casos, propriedades curativas. No restaurante Tantra, na Vila Olímpia, o sócio e chef de cozinha Eric Thomas inclui todo ano nesta época novidades em seu cardápio com


O sorvete da Mil Frutas mistura rosas, framboesas e pistache

A bela salada do D’Olivino leva folhas, flores e presunto de Parma

Macarons da Opera Ganache: lavanda, violeta, rosa e jasmim

é rico em sabores e tem um visual alegre e bonito. Por conta disso, é um dos best-sellers do bufê, que já serviu suas delícias em festas de famosos como Tufi Duek e Erika Palomino

ou eventos corporativos de empresas como a Melissa, a British Airways, a Adidas e o Itaú Personnalité. Até nas sobremesas as flores aparecem com destaque. Na sorveteria Mil

Frutas, por exemplo, uma das novidades da estação é o sorvete de rosas com framboesas e pistache. Uma bela e deliciosa mistura. Hummmmmmm. Refrescante, saborosa e com um visual lindo! A confeitaria Opera Ganache, especializada em macarons, lança mais de uma vez por ano sua nova coleção de sabores. Na sua linha floral, oferece quitutes feitos com lavanda, violeta, pétalas de rosas, jasmim, papoula e flor de laranjeira. É uma forma criativa e sofisticada de receber para um chá ou lanche da tarde. Ou mesmo presentear os amigos. O docinho colorido agrada principalmente às crianças, que se encantam com os tons diferentes e vivos dessa criação tipicamente francesa. Com tantas opções, aproveite a primavera à mesa, tempo de saúde, alegria e prazer. Se você

não gosta de comer flores, simplesmente as coloque no vaso, na decoração (uma toalha florida e acessórios com flores levantam o astral de qualquer refeição) ou mesmo em você, na moda. Como eu já ouvi uma vez, “a primavera é a estação em que a natureza parece estar dizendo: juntese à nossa festa!”. –K.M.C. Tantra – R. Chilon, 364, tel. 3846-7112. Marakuthai – Al. Itu, 1618, tel. 3061-1015. D’Olivino – R. Haddock Lobo, 1.159, tel. 3068-9797 Le Manjue Bistrô – R. Domingos Fernandes, 608, tel. 3034-0631. Zest – Contatos pelo tel. 3727-1387 ou pelo site www.cozinhacriativa.com.br Mil Frutas – Av. Magalhães de Castro, 12000 (shopping Cidade Jardim), tel. 3552-5900. Opera Ganache – Av. Brig. Faria Lima, 2.232 (shopping Iguatemi), tel. 5017-6928. Terrasse – R. Prof. Attilio Innocenti, 101 tel. 3078-1413. Condessa – R. João Lourenço, 367, tel. 3842-5141.

21


hora h

comer, beber, viver por georges henri foz

Japas da Gema

Se a sua intenção não é badalar em algum novo sushi-bar, mas sim conhecer a mais autêntica e tradicional cozinha japonesa, venha comigo!

Que São Paulo é a metrópole da gastronomia, ninguém questiona. Mas existem dados a respeito deste universo que surpreendem. Você sabia que, quando a revista Veja SP lançou recentemente um aplicativo para smartphone, com dicas de restaurantes, ela listou 388 japoneses (contra apenas 217 italianos)? Não à toa, São Paulo abriga a maior colônia fora do Japão. Toda semana – ou mesmo todo dia – é possível encontrar alguma notícia sobre a inauguração de um sushi-bar com algum diferencial incrível. Detalhe, raramente as matérias se referem ao bairro japonês da Liberdade. Pois essa coluna está justamente prestigiando dois dos mais autênticos restaurantes japoneses da cidade. Autênticos no produto, na qualidade, no cardápio e até nas ofertas do dia, já que são frequentados basicamente por japoneses. Não são baratos, mesmo porque a qualidade ali oferecida não seria viável com preços promocionais. Estes dois restaurantes poderiam estar em Tóquio ou em Kioto, e teriam como clientes os executivos

22 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

locais e suas famílias. Mas estão situados no mesmo bairro, a cinco quadras um do outro. O primeiro é o Sushi Kiyo, na rua Tutóia, 223. Ali, o sr. Kiyome trabalha intensamente atrás do balcão desde que o restaurante foi aberto na rua Treze de Maio, há 30 anos. O rigor e a disciplina japonesa imperam no seu estilo. Além dos tradicionais sushis, uramakis, tekamakis, sashimis etc, tudo impecável, ainda é possível encontrar os famosos teishokus (prato do dia) também preparados pelo sr. Kiyome. Este restaurante é tão conceituado que foi escolhido no mês passado, pelo grupo Yamato, para apresentação a um círculo seleto de clientes de toda uma linha de saquês artesanais (5 a 17 graus), com direito a menu harmonizado pelo chef Carlos Watanabe. E, claro, com um tradutor intérprete. Acredite se quiser, ali até um espumante de saquê foi degustado. Como se estivéssemos entrando em uma nova era, similar à historia recente da evolução dos vinhos. O outro restaurante,

Teishoku, do Sushi Kiyo

Tirashi, do Shin Zushi

também um superautêntico japonês, chama-se Shin Zushi. Fica na rua Afonso de Freitas, 169. Perto do Hospital do Coração. Neste outro templo, o comando fica por conta de Edson Ryoichi Yamashita, com ampla experiência em balcões exigentes no Japão. Imagine um cardápio em que só as sugestões do dia são compreensíveis para quem não lê em japonês. Ali, no almoço, a grande maioria pede o Bentou (versão do prato do dia que já vem montada em sua bandeja). Também há opções como o tekkadon (filé de atum cru) ou o tirashi (almoço típico japonês, disposto numa caixa, com arroz de

sushi coberto por peixes crus e ovas do dia), além de outras iguarias. Assim como no Sushi Kiyo, passam pelo Shin Zushi representantes de primeira linha da colônia japonesa. Importante lembrar que estes endereços oferecem salinhas particulares que precisam ser reservadas, mas que propiciam momentos especiais, longe do nosso dia a dia. Portanto, se o intuito do seu programa for apreciar o autêntico paladar e contexto oriental, estes dois endereços da culinária japonesa vão valer a pena. Kampai! georges@29horas.com.br


hora h

adega por Didú Russo

Salto de qualidade

Campeão de vendas de vinhos no Brasil, o Chile já teve vinhos sofríveis. Mas hoje ele exporta maravilhas que você precisa experimentar O Chile maravilhoso que você poderá curtir na matéria do Giramondo (pág. 56) é a paisagem que depois nos vem em forma de vinho... Mas não foi sempre assim. Os mais velhos como eu bem se lembram da década de 60, quando os vinhos da América do Sul eram intragáveis. Não há demérito algum nisso, é fato histórico e cabe ao Chile o mérito de ter sido o primeiro pais sul-americano a sair em busca de qualidade. Eu me lembro bem que foi o Cousiño Macul o primeiro bom vinho chileno que eu e tantos outros brasileiros tomamos. Quem trazia era o Otávio Piva em início de carreira, logo após os vinhos alemães da garrafa azul... Era impressionante sua sedução diante do que estávamos acostumados. A Casa Santa Luzia ficava na esquina da Augusta (que era chique) e a Oscar Freire (que continua chique), e íamos lá abastecer a adega em tempos que o whisky ainda dominava. Os vinhos chilenos são campeões na preferência do brasileiro, cerca de 36%

24 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

de todo vinho importado que bebemos vem de lá. Protegido geograficamente pela Cordilheira dos Andes, o deserto de Atacama, o Oceano Índico e as geleiras da Antártica, e com um solo rico em cobre, o Chile é privilegiado para a vitivinicultura e permite que se cultivem as viti-viníferas em “pé-franco”, ou seja, diretamente no solo, sem precisar enxertá-las sobre raízes americanas. O grande destaque é a Cabernet Sauvignon, embora os chilenos queiram fazer da Carmenère seu vinho ícone. As brancas também são estupendas, notadamente as dos vales de San Antonio e de Casa Blanca. O que lamento sobre os vinhos chilenos é o preço. O sucesso de alguns no mercado americano faz a diferença nessa questão e os vinhos corpulentos bem ao gosto do crítico Robert Parker recebm notas altas e, com isso, a procura do grande mercado acaba por levantar os preços. Afinal, oferta e demanda sempre determinaram os preços, não? Mesmo admirando grandes vinhos

Vinhedo de uvas Malbec

como o do meu amigo Eduardo Chadwick, o Viñedo Chadwick, talvez o melhor chileno em minha opinião, que teve a coragem de repetir o desafio de Paris (lembram-se da matéria na edição de março?), porém incluindo seus vinhos chilenos entre os grandes 1er Grand Cru Classe e ficando à frente deles (prometo um dia escrever sobre essa degustação da qual tive a honra de participar), não consigo sinceramente desembolsar mais de R$ 450 por um chileno quando tenho um biodinâmico como o Mas au Schiste a R$ 89 (www. delacroixvinhos.com.br) ou um Calda Bordaleza de Carlos Campolargo a R$ 175 (www.mistral.com.br), que inclusive são didáticos, alem de ótimos. Como o espaço é curto, vou direto para quatro dicas de alguns achados “secondo me”, que são imperdíveis e abaixo dos R$ 100: Chardonnay Quebrada Seca (R$ 84), um vinho espetacular, gordo, complexo e sedutor

na www.decanter.com. br. Erasmo (R$ 90), que mereceu menção de melhor “assemblage” da América do Sul do Guia Descorchados recentemente, com corte bordalês (Cabernet Sauvignon, Merlot e Petit Verdot), produzido no terroir de Maule pelas mãos do meu amigo Francesco Marone Cinzano: o vinho é um super Toscano. Acredite. Viña Maipo Carmenère (R$ 28), um excepcional tinto de uma subsidiária da gigante Concha y Toro faz bonito e dá para comprar umas três caixas para os almoços e churrascos. Sucesso garantido a preço que parece promocional na Ravin (www.ravin.com.br). E, finalmente, o “Surazo” Reserva Privada Merlot (R$ 70), que vem de vinhedos de mais de 25 anos e passa 12 meses em madeira de 1º, 2º e 3º usos, 1/3 cada. Desse produtor compre tudo, o Chardonnay é ótimo também. Uma pessoa rara, o Don Emilio de Solminiac na www.portomediterraneo. com.br. Saúde!


azeite de oliva

-

vinho

-

longevidade

Cozinha Mediterrânea Clássica Excelente seleção de azeites e vinhos ao preço da importadora

Indicado pelo público

Chef Revelação 2010 Pra Revista zeres a Mesa d

restaurante & empório G uia d a

Rua Haddock Lobo, 1159 - Jardins - São Paulo - SP Reservas: (11) 3068-9797 www.dolivinorestaurante.com.br


hora h

29 horas em...

29 horas em

trancoso

Poucos meses antes de lançar seu terceiro filme, Bruna Lombardi viaja pela natureza deslumbrante de Trancoso

26 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

em São Paulo e outra em Los Angeles –, conta aqui com exclusividade sobre seus recantos preferidos em Trancoso, no sul da Bahia, lugar para onde viaja com frequência para repor energias. –Vanda Fulaneto

5h às 11h

“Procurar um lugar paradisíaco para recarregar a bateria é essencial para o meu trabalho sempre muito corrido – e o contato com a natureza é o maior privilégio que existe. Em Trancoso, acordo com o sol nascendo no mar, um visual extraordinário, aquele clima dos trópicos. Faço yoga, tomo café (que inclui um monte de coisas que nascem no terreno, como frutas, água de coco) e começo meu dia. Tem um monte de cachorro, gato, milhões de

passarinhos, uma festa. A gente vai andar pelo terreno, correr na praia, ou ir de canoa até a foz do rio nadar.”

11h às 17h

“Quando o sol está no pico, em geral volto e trabalho. Mesmo nas férias acabo

Pousada Estrela D’Água

trabalhando em vários projetos. Às vezes vou até a Aldeia dos Índios, que é um passeio que vale a pena. O artesanato é lindo em toda a região. Em Itaporanga tem a loja da Elma e do Faé, que reciclam árvores caídas e fazem trabalhos de madeira que vão para o mundo todo. Depois vou

fotos divulgação

Atriz, roteirista, escritora, poeta, modelo, empresária, Bruna Lombardi é um exemplo de beleza, criatividade e inspiração. Uma das modelos mais famosas do Brasil nos anos 70 e 80, ela também se lançou como atriz de sucesso e é autora de vários livros. Casada com o ator Carlos Alberto Riccelli, com quem tem o filho Kim, de 28 anos, Bruna irá lançar no final deste ano o seu terceiro longametragem feito em parceria com o marido. Onde está a felicidade, comédia que tem direção de Riccelli e Kim, foi produzido no Brasil e na Espanha e terá Bruna como uma divertida e ousada chef de cozinha, especialista em comidas afrodisíacas. Ela também assina o roteiro do filme. Bruna, que se divide entre duas casas – uma


Praça do Quadrado

17h às 23h

“O pôr-do-sol e o nascer da lua no mar são imperdíveis! Reunir os amigos em casa para um drink no luau é minha paixão. Depois, subir no Quadrado é programa obrigatório. Vale a pena

roupas deslumbrantes do mundo inteiro.” Etnia Pousada e Loja – Pça. São João, s n°, tel. (73) 3668-1669. Cheia de Graça –Pça. São João, 333B, tel. (73) 3668-1492. Lé com Cré – Pça. São João, 210, tel. (73) 3668-1180. Aldeia Trancoso – R. Carlos Alberto Parrascho, 121, tel. (73) 3668-1654.

23h às 29hs

“A noite em Trancoso é única. Um céu que parece irreal. Depois de jantar no Quadrado, onde existem ótimos restaurantes (o Cacau, o Capim Santo, o Maritaca, o Etnia...), a escolha pode ser dançar – está sempre rolando e é só checar. Mas também olhar as estrelas a dois pode ser muito romântico...”

Lé com Cré

até a Estrela D’Água, que é a pousada point da praia, ver os amigos e almoçar com o pé na areia um peixe recém-pescado, junto com altas saladas. A Bete, que é a proprietária, sabe receber maravilhosamente bem.” Atelier Elma e Faé – Itaporanga, tel. (73) 9135-2258. Pousada Estrela D’Água – Estr. Amaral da Judas, s/n°, tel. (73) 3668-1030.

conhecer todas as lojinhas. A da Etnia, do Conrado e do André, tem sempre coisas lindas. Na Cheia de Graça, a Layla é uma artista plástica que faz trabalhos inovadores. Na Lé com Cré tem cangas e bijoux fantásticos. E na Aldeia Trancoso a Beth Jaquer traz

Pousada Capim Santo

Pousada Capim Santo – R. do Beco, 55, tel. (73) 3668-1122. Restaurante Cacau – Pça. São João, 96, tel. (73) 3668-1266. Restaurante Maritaca – R. do Telégrafo, 388, tel. (73) 3668-1702.

27


hora h

mais que nécessaire

foto Tainá azeredo . Agradecimentos: Leonor Flores

Flores em você Que tal se enfeitar e se perfumar para celebrar a primavera? Sugestões para quem vai se casar e também para quem quer apenas um pouco desse clima florido no ar

Uma orquídea branca pode realçar naturalmente a beleza da noiva que escolhe uma produção...

O mês de setembro é o mês da inspiração, não há quem não pense em colher e encher a casa com a nova florada, em namorar ao ar livre, em fazer um simples passeio no parque ou jantar em um jardim naturalmente perfumado por damas da noite e jasmins. Neste clima, estilistas e decoradores usam flores para incentivar o enigma da criatividade e também como inspiração para realizarem seus trabalhos, e até chefs de cozinha criam cardápios com flores

comestíveis, temperando a primavera nos pratos (na pág. 20, você encontra exemplos saborosos). Presentear com flores é um hábito que existe há milênios e traz alegria e emoção para quem recebe um buquê. Há quem acredite (e isso tem muito de verdade!) que uma história de amor sempre começa com flores. E já que estamos falando de romance, é preciso dizer que o segundo mês em que as noivas mais se casam é setembro. Ao

28 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

contrário do que se imagina, maio não é o preferido dos apaixonados. Dezembro vem em primeiro lugar, pela antecipação das férias. Mas o clima ameno e sem chuvas de setembro – além do romantismo das flores, que inspiram cerimônias feitas no período da manhã, à luz do sol – é o grande motivo para escolher este mês para casar. O fato de que outubro tem uma sequência de feriados (o que, digamos, dá uma forcinha para a lua-de-mel

o Jardim nas mãos

Vanessa Medeiros, do Salão Galeria, desenha e pinta flores em cima do esmalte, deixando as unhas com cara de um campo florido. R$ 52, tel. 3078-8888.


noiva em flor Na foto ao lado, a noiva foi penteada por João Mata, do Labeau, que criou o penteado com orquídeas (R$ 270). A maquiagem foi feita por Marcello Figueiredo (R$ 115), também do Labeau. Tel. 5051-4888.

cheiro de primavera

O perfume Reese Witherspoon In Bloom Parfum, da Avon, traz um buquê de gardênias e luxuosos florais com tampa de vidro em forma de flor. R$ 140. SAC - 0800-7082866. Com assinatura de Marc Jacobs, o perfume Daisy tem pétalas de violeta e florais de gardênia. R$ 315. SAC- 0800-7725500. Bois d’Orange de Roger Gallet perfuma delicadamente pois contém extrato natural da flor de laranjeira e néroli. Pode ser ... romântica, como nesse cabelo feito por João Mata, do Labeau

Você sabia?

O clássico buquê de noiva, enfeite que é usado desde a Antiguidade, tem uma história muito peculiar. Sabe-se que ele está intimamente relacionado à simbologia da vida, já que as flores estão ligadas à fertilidade. Surgido na Grécia como uma espécie de amuleto contra o mau-olhado, ele era originalmente produzido com uma mistura de alho, ervas e grãos, ingredientes que teriam o poder de afastar maus espíritos e garantir uma união frutífera. Na Idade Média, a noiva costumava fazer um passeio a pé até a igreja, oportunidade em que recebia das pessoas ramalhetes de flores e ervas como sinônimo de boa sorte. Os romanos chegavam a atirar pétalas na noiva nesse trajeto, pois acreditavam que assim ela seria carinhosa com o marido. Já o hábito de jogar o buquê para as convidadas surgiu a partir do século 14, na França, mas a ideia de que a amiga que pegá-lo será a próxima a se casar é mais contemporânea.

usado por homens e mulheres. R$ 95. SAC- 0800-7275626.

nas praias ensolaradas do Brasil) também estimula os casórios. Na Europa e nos Estados Unidos, setembro, que marca o início do outono, é o preferido de casais famosos ou não. Para João Mata, do Labeau Cabeleireiros, casar em setembro pode ser encantador, especialmente se a noiva marcar a festa em um lugar bucólico como uma casa de campo, sítio ou fazenda. Português radicado no Brasil desde 1980, o

cabeleireiro sugere para essas ocasiões penteados naturais, como tranças, rabos de cavalo e coques adornados por flores frescas (nunca artificiais!). Nessa produção, feita especialmente para a 29HORAS, João respeitou a beleza natural da modelo, Ana Cecília Krause, e escolheu orquídeas brancas que, junto com o vestido de renda da estilista Gloria Coelho e as pérolas de Beth Salles, deram um ar elegante para a noivinha. –V.F.

29


hora livre luiz toledo

Nada me falta em

elegância:

eu tenho um gato Ele cresceu dentro da nossa casa. E continua crescendo dentro de nós. Seu nome é Jake, Crazy Jake. Não é difícil ser dono de um gato. É impossível. Cachorros têm dono, gatos têm território. Eu já tive um cachorro, hoje um gato me tem. Somos, ele e eu, o que as pessoas jurídicas alcunham de parceiros e as físicas

chamam de cúmplices. Nossa relação é afetuosa, mas sem subserviência nem sentimento de posse (boa dica para pais e filhos). Dos mamíferos, o gato é o animal que mais dorme. O Jake não foge à regra: dorme praticamente o dia

todo (eu daria um atum inteiro para saber o que ele sonha). Mas à noite ele acorda. Acorda Crazy Jake, um caçador implacável. Nada voa na minha casa impunemente. Mariposinhas desavisadas são vítimas fatais de seus elegantes saltos. Elegância, aliás, é uma palavra felina (além de feminina, é claro!). Tudo o que ele faz tem uma estética encantadora: ele come com delicadeza. Sabe, desde filhotinho, onde é o banheiro. Anda queimando charme e para como posando para fotos. Nem no veterinário ele

perde a pose de fidalgo. E o melhor: não falta nem não falar. É uma elegância silenciosa. Vê-lo à noite em suas ações selvagens, cruzando a sala com suas ágeis corridas e acrobáticas manobras, é como observar a chama de uma vela: há energia, calor, movimentos rápidos e inesperados, porém tudo em silêncio. Talvez por isso ele seja tão eloquente. Tenho aprendido muito com ele. Mesmo não sendo um gato por fora, talvez eu possa ser um gato por dentro. Professor não me falta. yestoledo@gmail.com

reprodução

hora h


E se o mundo não tivesse limites para você? Hurlingham – Argentina 34°S

A vida não tem limites para quem é cliente HSBC Premier. Saiba como o banco que está em mais de 40 países pode ajudar você a descobrir oportunidades em todo o mundo. • Gerente de Relacionamento exclusivo: auxilia suas decisões financeiras. • Reconhecimento internacional: você é tratado como cliente HSBC Premier em qualquer lugar. • Assessoria financeira especializada. • Mais de 250 Premier Centres espalhados pelo mundo. hsbcpremier.com.br

HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo


dezembro 2009

por simone galib

de(s)colagem Ao consolidar-se como a revista de aeroporto e como uma das mais charmosas publicações do país, 29HORAS anuncia novos voos às vésperas de completar um magnífico ano. O primeiro é este Lounge 29HORAS, que a partir de agora acende seus refletores sobre protagonistas urbanos daqui, de lá, de todo lugar. A decolagem se deu com um delicioso coquetel no Sofitel Ibirapuera, assinado pelo chef Patrick Ferry. Empresários, artistas plásticos, fotógrafos, publicitários e chefs estrelados passaram pelo lindo e cozy terraço do Aboo Bar, em noite de muita e embalada conversa ao som do bom jazz trio que lá toca todas as quintas-feiras. Cenário e trilha perfeitos para o perfil dos nossos leitores.

O Aboo Bar, no Sofitel Ibirapuera, foi palco do evento

Diego Zaragoza

fotos Tania Lumena

Claudia Di Carmo

Ricardo Marques

Fernando Luna

Elisabetsky

Kike Martins da Costa

Edimburgo – Escócia 55°N

Um banco que oferece apoio e suporte no exterior não podia deixar você na mão aqui do lado.


Erick Jacquin e Patrick Ferry

Arranjo da Leonor Flores e edições da 29HORAS

Fabio Sgarbi

Karina Oliveira e Luciana Abujamra

Pedro Barbastefano Jr., Karina Oliveira e Simone Galib

Eduardo Storch

Adriano Nicolellis e Clóvis Cordeiro

Daniel Barros

Consultoria especializada em Seguros de Vida e Previdência para clientes HSBC Premier. Acesse hsbcpremier.com.br para agendar uma visita.

HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo


dezembro 2009

Juan Trocoli, Juan Lecuona e Georges Henri Foz

Alain Rousseau

Andrea Magalhães e Mario Potomati

Eduardo Barranco

Claudia Maffei

Wado Maffei e Rubens Reis de Souza Junior

Flavia Fusco

Moa Sitibaldi

Buenos Aires – Argentina 34°S

HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo

E se o mundo não tivesse limites para você?


BORBULHANTE

No dia 22 de agosto, a quarta edição da Promenade Chandon recriou nas ruas dos Jardins um passeio pelos palácios franceses, com cenografia de Daniela Thomas e trios de música erudita. Entre os presentes recepcionados por Davide Marcovitch, presidente da Chandon para América Latina, circulavam muitos artistas globais e vips do eixo Rio-São Paulo. Regado a muito Chandon, o evento foi um sucesso.

No sofisticado Lounge Chandon, champanhe brut e rosé à vontade

Mariana Weickert, Alexandre Borges e Ellen Jabour

Lounge Chandon

fotos Tania Lumena

Chandon geladíssimo

Gontijo Pinto, Guilhermina Guinle, Davide Marcovitch, Mariana Ximenes e Sergio Degese

Renata Kuerten

Melissa Oliveira e Emmanuel Bassoleil

Conte com um banco que está em mais de 40 países. • Gerente de Relacionamento exclusivo. • Reconhecimento internacional. • Assessoria financeira especializada. hsbcpremier.com.br

HSBC Bank Brasil S.A. - Banco Múltiplo


>capa

A executiva diante de uma das janelas do Unique, que foi projetado pelo arquiteto Ruy Ohtake


a paulistana melissa oliveira, diretora do unique, cuida de cada detalhe do hotel como se ele fosse sua prĂłpria casa

uma mulher Ăşnica por kike martins da costa fotos tainĂĄ azeredo


>capa

Quem disse que uma grande executiva não é uma boa dona de casa? Pois com Melissa de Oliveira a coisa é bem diferente. Sua “casa” tem nada menos do que 95 quartos e suítes e todos eles estão permanentemente arrumados e irretocavelmente limpos. De sua cozinha saem diariamente delícias como o delicado robalo no vapor com molho de champanhe e ovas negras ou um substancioso confit de pato com risoto de vinho merlot. Seus banheiros têm shampoos e hidratantes da francesa L’Occitane e seus salões de festas recebem toda semana eventos impecavelmente organizados. Além disso, suas garagens recebem mensalmente mais de 10 mil automóveis e sua equipe de assistentes fala diversos idiomas, além de trajar exclusivos uniformes criados e confeccionados pelo estilista Alexandre Herchcovitch. Na verdade, Melissa não mora no Hotel Unique, mas passa lá a maior parte do seu tempo e cuida de cada detalhe da gestão do empreendimento como se tivesse nascido para fazer aquilo tudo. Desde março deste ano, ela assumiu o cargo de diretora operacional do hotel. Da segurança à governança e o treinamento da equipe de mordomos, da manutenção do prédio às minúcias e caprichos para encantar os convidados dos eventos, tudo passa por ela. “Gosto de estar sempre presente e tento ficar disponível tanto para os hóspedes como para os funcionários. Este é o maior desafio da minha carreira, mas estou adorando. Me sinto como um maestro, e todos esses departamentos do hotel são os meus músicos”, exulta a jovem de 34 anos, corpo esguio de modelo e um rosto iluminado por grandes olhos negros e um sorriso que encanta e conquista até o mais ranzinza dos hóspedes. Melissa nasceu em São Paulo, cidade onde seu pai foi vice-prefeito de 1997 a 2000. Desde a adolescência, queria trabalhar com hotelaria. Estudou nos Estados Unidos, depois na Suíça e, assim que se formou em Administração Hoteleira, trabalhou em templos de luxo em Bruxelas (na Bélgica) e Dallas (no Texas). Foi lá em Dallas, aliás, no sofisticado The Mansion on Turtle Creek, que ela conheceu o arquiteto Ruy Ohtake e o empresário Jonas Siaulys. Mal sabia ela, mas naquele momento a sorte estava batendo à sua porta. Esses dois hóspedes gostaram tanto da gerente de Alimentos e Bebidas daquele hotel em Dallas que a convidaram para entrar no time de um ousado empreendimento que estavam erguendo em São Paulo, num terreno incrível ali na avenida Brigadeiro Luis Antônio. Melissa aceitou o convite e assim entrou para o time que ajudou a colocar em pé o Hotel Unique. “Quando cheguei, isso aqui era só um enorme canteiro de obras”, recorda. Quem também passou a integrar a equipe mais ou menos nessa época foi o chef francês Emmanuel Bassoleil. Os

38 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

“este é o maior desafio da minha carreira, mas estou adorando. Me sinto como um maestro, e todos esses departamentos do hotel são os meus músicos”

29hrs em sp com melissa os lugares preferidos da executiva na cidade

PASSEIO – Uma caminhada pelos Jardins. Adoro andar a pé e ao ar livre como na Europa, ver as pessoas e parar para tomar um café ou uma taça de vinho. RESTAURANTE – Skye, sempre, e o Maní, pela inovação nos pratos. Skye – Av. Brig. Luís Antônio, 4700, tel. 3055-4710. Maní – R. Joaquim Antunes, 210, tel. 3085-4148.

COMIDINHAS GOSTOSAS – A Nespresso dos Jardins é uma ótima pausa para o café. Nespresso – R. Pe. João Manoel, 1164, tel. 0800-7777-737.

moda – Huis Clos - contemporânea, chique, clássica e moderna ao mesmo tempo. Huis Clos – R. Oscar Freire, 1105, tel. 3088-7370.

BELEZA – Studio W, com Pepe para corte e minha fiel escudeira Helena no dia a dia. Studio W – Av. Brig. Faria Lima, 2128, cj. 103, tel. 3094-2640.


Melissa chega cedo ao hotel e muitas vezes estica direto para compromissos sociais, como jantares

39


>capa


“acho que minha principal qualidade é saber escolher, treinar, desenvolver e motivar pessoas. esse fator humano é a parte que eu mais gosto no trabalho”

Na cobertura: vista única do skyline de SP

dois visitavam fornecedores, escolhiam os equipamentos, alimentos e bebidas que iam ser usados e servidos no hotel e treinavam a equipe juntos. Aí o inevitável aconteceu: começaram a namorar e, em 2006, quatro anos após a inauguração do hotel, se casaram numa cerimônia informal numa ilha paradisíaca da Polinésia Francesa, no Pacífico. Depois, em 2008, Melissa saiu do hotel e foi trabalhar na Nespresso, que queria implantar suas butiques de cafés especiais no Brasil e precisava de alguém com o networking e a expertise da moça para trabalhar num negócio que envolvia paladares e aromas refinados, o posicionamento de uma marca nova aqui no país e conhecimentos sobre o mercado brasileiro de artigos de luxo. Para completar, poucos sabem formar e treinar um time como Melissa. “Acho que minha principal qualidade é saber como escolher, treinar, desenvolver e motivar pessoas. Esse fator humano é a parte que eu mais gosto no meu trabalho e acho que é também a que eu faço melhor”, opina. Depois de dois anos na Nespresso, recebeu um novo convite de Jonas Siaulys para trabalhar no Unique. A diferença é que agora não seria mais para cuidar unicamente da parte de Alimentos e Bebidas, a proposta era para o cargo de diretora geral de operações. Melissa aceitou e lá está até hoje, para sorte dos hóspedes e dos funcionários. Mas e o casamento com Emmanuel, chef do restaurante Skye, na cobertura do hotel, não ficou abalado, agora que ela se tornou patroa do marido? “De maneira nenhuma! Somos muito mais parceiros do que hierarquicamente um superior ou inferior ao outro. Além disso, nosso casamento tem um modelo que eu classificaria como... único. Nunca moramos juntos. Ele sempre teve o apartamento dele, aqui pertinho do hotel, e eu moro mais perto da Avenida Paulista, em uma travessa da Brigadeiro. É uma fórmula ideal para nós dois”, explica. Nos fins de semana o casal passa bastante tempo junto, longe do hotel, mas de segunda a sexta as rotinas são mais na base do “cada um por si”. De manhã, ela faz suas sessões de Pilates e suas caminhadas pelo Ibirapuera enquanto ele visita mercados em busca de produtos frescos e dentro dos altos padrões de qualidade do hotel. Na hora do almoço e ao longo do dia, se encontram em inúmeras oportunidades. À noite, ele tem sua hora do rush – o Skye serve diariamente algo entre 500 e 600 couverts –, e ela vai para casa descansar, principalmente se não for dia de nenhum grande evento no hotel ou se não for uma das duas noites que ela tira para dar “incertas” em alguns departamentos do hotel. “Tenho que ficar de olho em todos os detalhes, permanentemente. Nosso hotel tem oito anos, mas está com tudo sempre novinho. Não é fácil ser o único representante da América Latina no seleto clube dos Design Hotels of the World”, observa.

41


>especial hotéis

Passaporte para as estrelas

Ou como passar uma noite de rei ou rainha em um hotel de luxo de são paulo sem ter que voltar para casa como plebeu falido por kike martins da costa Já dizia Caetano Veloso em sua fase mais odara, na canção Muito: “luxo para todos, todos”. Nós concordamos. Por isso decidimos esquadrinhar alguns dos hotéis mais sofisticados de São Paulo para descobrir se é possível passar uma ou duas noites nesses redutos chiques sem se endividar. O resultado dessa garimpagem você vai ver a seguir, com sugestões de “combos” e pacotes promocionais nos templos que imaginamos outrora inacessíveis. É um jeito de vivenciar São Paulo de uma outra forma, com o olhar curioso do estrangeiro e do turista, e essa estada sofisticada e repleta de mimos e mordomias pode energizar o cotidiano de qualquer um, especialmente dos estressados paulistanos. Tenha uma boa estada!

42 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

SOFITEL IBIRAPUERA Neste hotel muito bem localizado nas proximidades do Parque Ibirapuera, da Bienal, do MAM, do MAC e da Oca, a opção é o pacote Magnifique Family. A promoção inclui diária com desconto de 50% na diária do quarto da criança, quando for feita reserva de dois ou mais quartos (um para os pais e outro ou outros para os filhos). O valor da diária com desconto fica em R$ 308, e além de café da manhã está incluído também um late check-out às 16h. Nos quartos, vale lembrar que os amenities são todos da marca francesa L’’Occitane e o conceito My Bed inclui camas personalizadas com lençóis extramacios e travesseiros de plumas de ganso para proporcionar um descanso proporcional ao seu nível de exigência.


O Sofitel tem um delicioso clima francês, que se traduz na decoração clássica e na gastronomia: a pâtisserie do Le Fournil é imperdível

No Pacote Air of Romance, o casal é recebido no quarto com uma garrafa de champanhe francês, uma caixa de chocolates artesanais e uma cesta de frutas. Recebe também o café da manhã no quarto e para tarifas que variam de R$ 404 (classic room) a R$ 771 (suite prestige, com serviço de mordomo). Os preços já incluem as taxas. Mulheres viajando sozinhas ou com as amigas encontram um pacote sob medida, o Women are Magnifique, com estadia em quarto luxo (andar alto e com cama My Bed), café da manhã no quarto, dois drinques no bar do hotel e voucher de US$ 50 para compras. Aqui a tarifa é de R$ 678 (com taxas). Sofitel Ibirapuera – Av. Sena Madureira, 1355, tel. 3201-0800, www.sofitel.com

43


>especial hotéis Com visão da ponte Estaiada e estilo moderno, o internacional Hyatt tem pacotes promocionais para vários perfis de hóspedes

GRAND HYATT Situado na região da Berrini, onde fica um dos maiores centros empresariais de São Paulo, o Hyatt é muito utilizado por homens de negócios e por artistas da TV Globo, cuja sede paulista fica exatamente em frente ao hotel. Há três opções de pacotes. O Classic Family Vacation inclui café da manhã para toda família, amenities especiais para as crianças, 50% de desconto no segundo apartamento e 15% de desconto nas massagens e serviços do Amanary Spa, o incrível spa urbano instalado dentro do hotel. As diárias custam a partir de R$ 585 no primeiro apartamento e R$ 247,50 para o segundo apartamento (sem as taxas). O pacote Explore é para hóspedes que pretendem conhecer os encantos da cidade e oferece city tour de duas horas com motorista e carro privativo, mapas e sugestões de passeios. A hospedagem para duas pessoas com café da manhã completo tem diárias de R$ 695 mais as taxas. Por fim, o pacote Amour se destina a casais de noivos ou eternos namorados que buscam vivenciar momentos exclusivos com luxo e conforto. Inclui café da manhã completo para duas pessoas, champanhe, flores, chocolates, estacionamento e late check-out até 18hs. Os valores das diárias começam em R$ 685 (sem as taxas). Além destes pacotes, o Grand Hyatt São Paulo oferece um desconto especial de 20% sobre a tarifa do dia para as reservas feitas e pagas com até 14 dias de antecedência à data da hospedagem. Neste caso, as diárias podem custar “apenas” R$ 396 (sem taxas e sem o café da manhã). Grand Hyatt – Av. das Nações Unidas, 13301, tel. 2838-1234. www.saopaulo.hyatt.com

44 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010


TIVOLI MOFARREJ Estadias de sexta e sábado têm preços promocionais, incluindo café da manhã e taxa de 5% no valor total de R$ 620. É uma promoção não acumulativa e válida apenas para reservas feitas pela Central de Reservas. Há também pacotes atraentes. No Romântico, os casais são recepcionados com uma garrafa de Chandon e frutas, minibolo, café da manhã servido no quarto e podem escolher os tipos de flores que irão decorar o ninho. As tarifas variam de R$ 1 mil (Collection Room) a R$ 2,5 mil (Tivoli Master Suíte, com 70 m2 e quarto, sala de estar e de jantar). A segunda opção ainda inclui um tratamento de 90 minutos para o casal no Elements Spa by Banyan Tree, considerado o melhor spa de hotel do Brasil pelo Guia Quatro Rodas. Além de outros mimos e de uma garrafa de champanhe francês Moët Chandon Brut. As tarifas variam de R$ 1,8 mil (Collection Room) a R$ 3,2 mil (Tivoli Master Suíte). Tivoli Mofarrej – Al. Santos, 1437, tel. 31465900. www.tivolihotels.com

Recentemente renovado, o Tivoli Mofarrej abriga um spa que foi eleito o melhor do Brasil

TRANSAMéRICA Nos fins de semana, tem tarifas a partir de R$ 373 nos apartamentos superiores single ou double (válidas para pernoites de sexta para sábado ou sábado para domingo). No caso da Diária Cultural, a tarifa é de R$ 318 e só é aplicável mediante apresentação de ingresso com mesma data da hospedagem, no ato do checkin. Já o pacote Gourmet, com diárias a partir de R$ 533, inclui hospedagem para duas pessoas para pernoites de sexta para sábado ou de sábado para domingo, café da manhã, early checkin e late check-out, almoço ou jantar (cardápio especial ou buffet, com bebidas cobradas à parte). O pacote Romântico tem tarifa promocional a partir de R$ 510 que inclui espumante Chandon Brut, trufas, flores, café da manhã servido no quarto, enxoval especial e late check-out até as 18h. Hotel Transamérica – Av. das Nações Unidas, 18591, tel. 5693-4050. www.transamerica.com.br

O Transamérica oferece tarifas vantajosas para quem compra ingressos para espetáculos

45


>especial hotéis

O conforto das suítes, a piscina magnífica e a vista deslumbrante são o forte do requintado Unique

UNIQUE HOTEL Diferentemente dos seus concorrentes, o moderno Unique não reduz as suas tarifas nos finais de semana. A ocupação por executivos cai, mas aumenta a proporção de famílias, turistas e casais. Para estes últimos, o hotel oferece o pacote Romântico, cheio de mimos. Os preços para um casal variam de R$ 1,7 mil a R$ 5 mil, dependendo do tipo de apartamento ou suíte escolhida (numa estadia normal, a acomodação mais simples custa R$ 800). O pacote inclui early check-in, late check-out, estacionamento, apartamento decorado com pétalas de rosas e velas em gel, uma garrafa de champanhe Veuve Clicquot, uma caixa de balas ou amêndoas dragée, café da manhã servido no quarto e uma deliciosa surpresinha preparada pessoalmente pelo chef francês Emmanuel Bassoleil, do restaurante Skye. Quem quiser pode utilizar ainda a sauna e a piscina do hotel, que tem sistema de som subaquático. Unique Hotel – Av. Brigadeiro Luis Antonio, 4700, tel. 3055-4710. www.hotelunique.com.br

46 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010


Além dos quartos amplos e bem decorados, o Hilton oferece presentinhos para casais e acesso ao equipado club do hotel

HILTON MORUMBI O Hilton paulistano fica encravado em centro empresarial na região da Berrini e é muito utilizado pelos executivos das empresas sediadas ali na região. Apesar desse perfil de hotel de negócios, oferece opções como o pacote Romântico, que tem quartos perfumados com pétalas de rosas, garrafa de espumante, morangos banhados em chocolate, arranjo de flores, roupões atoalhados e bordados com os nomes do casal (que podem ser levados para casa), acesso ao Living Well Health Club (com piscina e jacuzzi), café da manhã no quarto, early check-in e late check-out. Tudo isso sai por R$ 679. Já o pacote Relaxante custa R$ 559 e inclui hospedagem para casal nos fins de semana e duas massagens corporais. O Cultural, que tem diárias de R$ 579, oferece garrafa de vinho, caixa de bombons e um espetáculo na Via Funchal, no camarote do hotel. Hilton São Paulo Morumbi – Av. das Nações Unidas, 12901, tel. 2845-0000. www.hiltonmorumbi.com.br

O restaurante Canvas, do Hilton, é conhecido pela alta gastronomia e serviço impecável

47


>29ª- bienal de arte

2008... Salão da Bienal de 2008, que ficou conhecida como a Bienal do Vazio

Arte e política Nos próximos três meses, são paulo será a capital da moderna produção artística mundial por CARLOS MINUANO fotos tainá azeredo

48 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

Prepare-se. Anote na agenda. Arrume as malas. Nos próximos três meses, São Paulo, inquieta por natureza, passa a ser também a efervescente capital da arte internacional. É a 29ª Bienal de Artes de São Paulo, que acontece entre 25 de setembro e 12 de dezembro. No mesmo período, dezenas de eventos, espalhados por museus, galerias e centros culturais amplificam a mostra e transformam a cidade numa enorme e instigante vitrine cultural. O evento, que chega em edição repleta de mudanças, promete reafirmar o potencial transformador da arte ao refletir sobre novas dimensões e lin-

guagens do fazer artístico. O tema desta vez é a relação entre arte e política, indissociáveis segundo os curadores Moacir dos Anjos e Agnaldo Faria. A ideia de focar a política veio da percepção de que há uma crescente preocupação com esta questão entre artistas contemporâneos. “Mas não é a arte ilustrando a política, e sim a dimensão política da arte”, ressalta Faria. A exposição vai destacar ainda o caráter experimental da produção contemporânea de artistas que rompem com o tradicional. “Há um movimento forte que procura novos modos de expressão e linguagem”, diz Agnaldo Fa-


...2010 A montagem da Bienal de 2010, que promete estar cheia de obras instigantes

- Bienal na 29ª ria. Na cena atual, além das gravuras e pinturas há uma infinidade de novos tipos de instalações, mescla de suportes e diferentes usos da tecnologia. Criada em 1951, a Bienal chega a quase seis décadas de existência com ares de renovação. É bom que seja assim, porque a última edição, em 2008, amargou uma crise que a deixou conhecida como a Bienal do Vazio. As mudanças podem ser comprovadas nos números da edição atual. Com um orçamento de R$ 30 milhões, a exposição traz cerca de 200 obras, 148 artistas. Entre eles, 50 brasileiros confirmados. Prova de fôlego renovado,

afinal, trata-se de um cenário bem diferente da anterior, que teve 40 artistas (apenas 13 nacionais) e o segundo andar inteiro do pavilhão da Bienal sem nenhuma obra, por causa da crise que assombrava a instituição. A quantidade expressiva de artistas brasileiros é uma tendência anunciada desde o ano passado, quando Heitor Martins assumiu a presidência da Fundação Bienal. Além da fatia verdeamarela na exposição, há também uma presença forte da parcela latino-americana, o que, segundo a curadoria, se deve a atual conjuntura do continente no cenário geopolítico.

O título da exposição – “Há sempre um copo de mar para um homem navegar”, inspirado em verso da obra Invenção de orfeu (1952), do poeta Jorge de Lima, mostra que a dimensão utópica da arte está contida nela mesma, e não no que está fora ou além dela, como bem observa Moacir dos Anjos. Para ele, é nesse “copo de mar” – ou nesse infinito próximo que os artistas teimam em produzir – que, de fato, está a potência de seguir adiante, a despeito de tudo o mais; como diz o poeta, “mesmo sem naus e sem rumos, mesmo sem vagas e areias”. A mostra traz nomes de caráter his-

49


fotos Prdro oswaldo cruz e divulgação

>29ª- bienal de arte

Inserções em circuitos ideológicos – projeto Coca-cola e Cédula, obras de Cildo Meireles

tórico. Além do modernista Flávio de Carvalho, Hélio Oiticica, Lygia Pape e Milton Machado – associados ao concretismo. Entre os contemporâneos, vale destacar o carioca Cildo Meireles, artista multimídia cuja obra começa a ganhar contornos políticos a partir da década de 1970, quando fez circular garrafas de Coca-Cola com mensagens subversivas, além de instalações e esculturas, como Tiradentes – Totem–monumento ao preso político e Quem matou Herzog?. Seus trabalhos mais recentes exploram questões relacionadas a medidas do espaço ou do tempo. Em 1987, realiza Missão/missões, no Teatro Nacional de Brasília. A obra amplifica a temática política de Meireles, ganha

repercussão internacional e o artista, a partir de 1989, começa a despontar fora do Brasil. Do time internacional, a fotógrafa americana Nan Goldin é uma das principais atrações. Ela apresenta sua série Ballad of sexual dependency (balada da dependência sexual) que retrata seus amigos e amantes, flagrados em Nova York e Berlim nos anos 70 e 80. As imagens escancaram a intimidade de prostitutas, travestis, punks e drogados, mas o objetivo, segundo a autora, é desnudar a turbulenta relação entre homens e mulheres. Outro destaque é a presença do cineasta tailandês Apichatpong Weerasethakul, vencedor da Palma de Ouro no Festival de Cannes de 2010.

vale destacar o carioca cildo meireles, artista multimídia cuja obra tem contornos políticos 50 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

Outubro aberto O circuito da artista lucia py

Em evento que faz um ombro a ombro com a Bienal, não são as obras de arte que estão no centro das atenções – e sim o complexo universo que está por trás delas. A 5ª edição do Circuito Outubro Aberto, organizado pela artista plástica Lucia Py, vai abrir ao público as portas de ateliês de artistas como Rubens Espírito Santo e Rubens Cury. “Na verdade o correto não é nem chamar de ateliê, soa muito velho. São laboratórios abertos, canteiros de obras”, diz Lucia. O objetivo, explica a artista, é aproximar o público do processo de criação de artistas, cujos espaços estão abertos. “Em alguns casos, esses bastidores desconhecidos são mais inquietantes que a própria obra final”, explica Lucia, que desde 1966 atua no espaço urbano e nos principais museus do país com individuais, apropriações, interferências, instalações e cenas. (www.luciapy.com.br)


Esqueleto do caminho a ser percorrido pela Bienal

51


fotos divulgação

No alto, casamento de Coie e Vittorio, NYC, 1986; acima, Lil rindo, Swampscott, 1996 (ambas são da série Balada da dependência sexual), da artista e fotógrafa norte-americana Nan Goldin, em autorretrato

Além da curadoria brasileira, a 29º Bienal de São Paulo tem ainda um grupo de curadores estrangeiros, Fernando Alvim (Angola), Rina Carvajal (Venezuela / Estados Unidos), Yuko Hasegawa (Japão), Sarat Maharaj (África do Sul / Reino Unido) e Chus Martinez (Espanha). Hostilizados na Bienal do Vazio, pichadores ganharam espaço de destaque na edição deste ano, em ambientes batizados de terreiros. “São seis espaços livres produzidos e coordenados por artistas e arquitetos, serão laboratórios abertos para diferentes tipos de manifestação e expressão”, explica Farias. No caso dos pichadores, não é que estarão livres para picharem à vontade o que bem entenderem. “Seria uma contradição com o espírito contraventor da pichação”, diz Farias. Segundo ele, terão seus trabalhos expostos por meio de fotografias ou vídeos documentais. “Eles nos procuraram devido à temática política desta exposição”. Na edição de 2008, o Pavilhão vazio

52 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

da Bienal foi invadido por um grupo de 40 pichadores. Além da polêmica, o episódio culminou em pancadaria com a polícia e prisão de uma integrante do grupo. Farias explica que o nome ‘terreiros’ remete aos largos, praças, terraços, templos e quintais, lugares abertos ou fechados, onde em quase todo canto do Brasil se dança, briga, canta, brinca, toca, chora, conversa, joga ou se ritualiza a religiosidade híbrida do país. “Isso torna patente a presença profunda e diversa da arte na vida”. De setembro a dezembro, por toda a cidade, mostras especiais, paralelas à 29º Bienal de Artes, prometem transformar a cidade num seleto caldeirão cultural. Trata-se de uma parceria envolvendo museus e centros culturais, como a Pinacoteca do Estado, o Instituto Tomie Ohtake e o Museu de Arte Moderna, que estarão com uma agenda especial de exposições, todas elas dialogando com o tema central desta Bienal, ou seja, arte e política.

No cardápio, coletivas com o melhor da arte contemporânea mundial, como a do Centro Brasileiro Britânico, que fará um recorte da recente produção do Reino Unido, apresentando nomes como Antony Gormley, Anish Kapoor, Damien Hirst, Rachel Whiteread e Tracey Emin. Memória e poder são os temas no Paço das Artes, com trabalhos da cubana Ana Mendieta, do mexicano Yoshua Okón e dos brasileiros Lucas Bambozzi e Tatiana Blass. No Masp, o destaque será a Alemanha com uma seleção que inclui Martin Kippenberger e Jonathan Meese. Outro destaque são as individuais de artistas como Antonio Manuel, na Pinacoteca do Estado, Mira Schendel, no Instituto de Arte Contemporânea, Carmela Gross, na Estação Pinacoteca, Ernesto Neto, no MAM, Regina Silveira, no Itaú Cultural, Rebecca Horn, no Centro Cultural Banco do Brasil, Joseph Beuys, no Sesc Pompeia, e Miguel Rio Branco, no Museu da Imagem e do Som.


Os brasileiros confirmados para a exposição confira os 50 artistas da bienal

As curvas da Bienal se preparam para receber obras de 148 artistas

• Albano Afonso / 1964 • Alice Miceli / 1980 • Amélia Toledo / 1926 • Antonio Dias / 1944 • Carlos Fajardo / 1941 • Carlos Teixeira / 1966 • Carlos Vergara / 1941 • Carlos Zilio / 1944 • Cildo Meireles / 1948 • Cinthia Marcelle / 1974 • Daniel Senise / 1955 • David Cury • Eduardo Coimbra / 1955 • Efrain Almeida / 1964 • Ernesto Neto / 1964 • Fernanda Lopes • Fernando Lindote / 1960 • Flávio de Carvalho / 1899–1973 • Geraldo de Barros / 1923-1998 • Gil Vicente / 1958 • Graziela Kunsch / 1979 • Guy Veloso / 1969 • Hélio Oiticica / 1937–1980 • Henrique Oliveira / 1973 • Jonathas de Andrade • José Leonilson / 1957–1993 • José Resende / 1945 • José Spaniol / 1960 • Juliana Stein / 1970 • Kboco e Roberto Loeb / 1978 e 1941 • Livio Tragtenberg • Luiz Zerbini / 1959 • Lygia Pape / 1927–2004 • Marcelo Silveira / 1962 • Marcius Galan / 1972 • Maria Thereza Alves / 1961 • Marilá Dardot e Fábio Morais / 1973 e 1975 • Matheus Rocha Pitta / 1980 • Milton Machado / 1947 • Mira Schendel / 1919-1988 • Nelson Leirner / 1932 • Nuno Ramos / 1960 • Oswaldo Goeldi / 1895–1961 • Paulo Bruscky / 1949 • Rex Time / 1966 • Rochelle Costi / 1961 • Rodrigo Andrade / 1962 • Ronald Duarte / 1963 • Rosangela Rennó / 1962 • Tamar Guimarães • Tatiana Blass / 1979 • Wesley Duke Lee / 1931

53


Cruzando a cordilheira dos

>viagem

de santiago a mendoza, os dois lados “a” de um cenário e de uma enogastronomia únicos


texto e fotos natale giramondo


>viagem

Queridos passageiros, lá vamos nós em peregrinação de uma semana ao sul da cordilheira dos Andes, que aí separa – e costura – dois de nossos vizinhos, Argentina e Chile. Como sempre fazemos, vamos procurar otimizar ao máximo esse curto período de lazer – e, para começar, sugerimos chegar aos Andes pelo lado chileno. As opções de chegada por Santiago do Chile, de onde iremos posteriormente a Mendoza, ao pé do lado argentino da cordilheira, são bem melhores do que por Buenos Aires. Nosso roteiro vai privilegiar os dois lados dos Andes, portanto comecemos em Santiago nosso festival de dicas de viagem e de enogastronomia. O destino Santiago pode ser feito por inúmeras companhias. Entre no site www.decolar.com e opte por um voo logo cedo. Esta dica é importantíssima: nos quatro voos que você irá fazer – SP-Santiago, Santiago-Mendoza, Mendoza-Santiago e Santiago-SP –, não se esqueça de reservar os assentos e opte sempre pelas janelas. Já vale a viagem. O visual da cordilheira é indescritível. Cenários de picos e depressões às vezes desérticas, às vezes nevadas, formam verdadeiras obras de arte. Incrível! Imperdível! Chegando a Santiago, opte por se hospedar em um hotel 4 ou 5 estrelas com preços honestos. Consulte o site www.hoteis.com. Você sempre encontrará uma boa opção. Santiago é uma cidade pequena com muitas atrações. Se você tiver interesse por estações de esqui, Valle Nevado fica a 40 minutos de viagem, e Portillo – onde os amantes da neve e do snowboard desfrutam das melhores pistas – está a uma hora e meia. Não se esqueçam: há neve normalmente até setembro – ou seja, fora da alta temporada, o que significa estações mais vazias e preços ótimos para traslados, aluguel e compra de equipamento. Você encontrará inúmeras opções. Santiago tem um shopping de produtos esportivos que não encontramos nem nos Estados Unidos, o país que mais privilegia o esporte. É o Mall Sports, localizado no final da Avenida Las Condes, no número 13451, quase ao pé da cordilheira, que abriga lojas e mais lojas especializadas em todos os esportes. Na verdade, são megastores de equipamento e acessórios para esportes de inverno, megastores de roupas esportivas, de barcos, de

O Mall Sports, em Santiago: sem similar nem nos Estados Unidos

instrumentos de navegação, de bicicletas... É uma verdadeira loucura para os amantes de atividades esportivas. Dá para passar aí uma tarde inteira. Santiago também é a porta de entrada para quem busca, no verão, os prazeres do Pacífico. A uma hora e meia de viagem de Santiago encontram-se Viña Del Mal e Valparaiso. No passado, Viña atraía a elite chilena nos meses de verão; hoje em dia, o passeio vale para saborearmos as deliciosas

não comer os mariscos e conchas do miraolas é perder 50% de santiago. os outros 50% são do astrid & gastón

A viagem de Natale Giramondo foi integralmente proporcionada por 29HORAS. A reportagem não tem compromisso ou obrigação com quaisquer das pessoas, empresas ou organizações nela citadas.

56 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

conchas, vieiras e pescados chilenos, acompanhados de um bom vinho. Nossa dica em Viña é o restaurante Fellini. Bom e barato. Voltemos à capital chilena, antes de rumarmos para o lado argentino da cordilheira, e vamos curtir o que Santiago tem de melhor. O primeiro ponto a ser visitado na capital é o Cerro Santa Lucia, de onde se tem uma vista plena da cidade com a interminável cordilheira ao fundo – se o dia estiver aberto, vale muito a pena. Passear por Vitacura


jose manuel

Em Mendoza: acima, a privilegiada vista dos quartos de fundos do Hyatt. Em Santiago: à direita, o Mercado Central, parada ideal para degustar centollas; abaixo, o Astrid & Gastón, dos ceviches incríveis

57


>viagem

Os vinhedos pelados pelo inverno na rota das vinĂ­colas mendozinas. A monumental cordilheira parece atestar a grandeza e a qualidade dos vinhos a que dĂŁo origem


cobiçados por americanos, canadenses e europeus, os vinhos argentinos estão no auge – e em mendoza estão os seus profetas


>viagem

Em Mendoza: acima, parede da Bodega Vistalba, a seis metros da superfície do solo, uma amostra do solo arenítico perfeito do vinho mendozino; abaixo, o forno externo do excelente 1884; na pág. oposta, caves da Chandon, que comemora 50 anos de Argentina

60 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010

também é bom: trata-se de um bairro moderno, arborizado, que lembra muito os bairros nobres de Madrid. Bella Vista, na descida do Cerro Santa Lucia, é imperdível. Seus cafés e casas coloridas têm o astral ideal para um trago ou um café. Depois, dê uma chegadinha no Mercado Central, que embora pequeno vale a visita. Pare em um restaurante chamado Donde Augusto e peça uma centolla (caranguejo gigante) típica do Chile. Está aí o básico, obrigatório, para qualquer novato na cidade. Mas a grande, a verdadeira dica para os amantes das conchas e mariscos é o restaurante Miraolas. Um lugar simples, sempre cheio, onde você vai se esbaldar. Fica na avenida Vitacura, 4171 (tel. 2060202): deixar de ir ao Miraolas é perder 50% da visita a Santiago. Como estamos falando dos imperdíveis, não poderíamos ser injustos com os outros 50% de visita obrigatória: o restaurante Astrid y Gastón, de origem peruana, que representa hoje o melhor da culinária andina. Os ceviches são absurdos – o de corvina e o de atum são únicos. Os demais pratos, inesquecíveis. Agende, porque sem reserva dificilmente você conseguirá um lugar (tel. 6509125). Merece ser revisitado na sequência. Passados três dias excelentes em Santiago, rumamos para


mendoza é o sonho realizado dos apreciadores de vinhos excepcionais e da melhor gastronomia. Se não bastasse, ainda é verde, encantadora, e tem até vida noturna

o outro lado da cordilheira e chegamos a Mendoza, pequena metrópole argentina, uma cidade surpreendente. É obrigatório alugar um carro. A sinalização na cidade não é boa, e um carro com GPS vai facilitar bastante a peregrinação. Mendoza é uma cidade arborizada, ao pé dos Andes, que sofre como toda nossa querida Argentina de problemas econômicos e de infraestrutura. Porém, o mundo bárbaro, encantador e surpreendente dos vinhos, dos hotéis e dos spas são um universo à parte das dificuldades cotidianas no país. Tente se hospedar no Hyatt, que fica na Plaza Independência, bem central, e onde os quartos dos fundos têm vista para os Andes. Pode-se optar também por algum hotel charmoso no meio dos vinhedos, igualmente apreciando os Andes, como o Cavas Wine Lodge. Este charmoso hotel tem 14 quartos. Para uma segunda lua de mel, é perfeito. Ótimo SPA, ótimo restaurante, com vinho próprio, produzido com uva bonarda, espetacular e barato. As caminhadas e o circuito de bicicleta (o hotel disponibiliza as magrelas) pelos vinhedos e pelas bodegas são um show. Mendoza é uma cidade dos sonhos para os apreciadores de vinho e de uma ótima gastronomia, e hoje, além desses atributos, é uma cidade barata para quem vive no Brasil. Num bom jantar para duas pessoas, com vinho, início, meio

61


>viagem Ainda em Mendoza: ao lado, o Cavas White Lodge, um hotel perfeito para, por exemplo, uma segunda lua de mel; abaixo, balada noturna no simpático El Palenque

e fim, gasta-se em torno de R$ 120. Estamos falando de um lugar top. Em São Paulo, custaria no mínimo o dobro. Indicamos como restaurante imperdível o 1884, instalado nas dependências da Escorihuela Gascon e administrado por Francis Malmann. Os pratos são simplesmente perfeitos, tanto os montados na sua supercozinha como os preparados no forno externo. O lugar é um charme, o serviço excelente e a comida indescritível. Nada errado. Os restaurantes do Hotel Hyatt também são muito bons. O Q Grill tem a melhor parrilla de Mendoza e o M Bistro também serve pratos maravilhosos, acompanhados de um visual interno bárbaro. Vale um almoço. Se você tiver tempo em alguma das noites mendozinas, não deixe de ir a um bar restaurante chamado El Palenque: é onde a moçada dos 25 aos 40 vai para ser vista. Muito legal, no coração da cidade. De dia, não deixe de passear pelo parque General San Martin. Adoraria viver em uma cidade que ofertasse tanto verde quanto Mendoza. Caminhar entre muitos plátanos e palmeiras energiza qualquer um. Voltemos agora ao must da cidade: os vinhos. Cobiçados por americanos, canadenses e europeus, os vinhos argentinos estão no auge – pergunte ao nosso querido colaborador Didú Russo. Sugerimos as bodegas que consideramos mais didáticas para serem vistas, a começar pela Chandon, que comemora 50 anos na Argentina. Foi a primeira casa da marca fora da França a produzir seu famoso espumante. Hoje, no Brasil, podemos nos orgulhar da Chandon produzida na serra gaúcha, tão boa ou melhor que a argentina. O passeio deve ser agendado com um dia de antecedência, pelo menos, e se encerra com uma degustação e um delicioso almoço en petit

visite a bodega vistalba, almoce no la bourgogne e hospede-se no Cavas: beba, coma e durma no centro do mundo do malbec 62 | 29HORAS | de 29 de agosto a 29 de setembro 2010


comité. Ótimo programa. No dia seguinte rumamos ao mundo do Malbec. Sugerimos uma visita à bodega Salentein, a mais distante, e, na volta, à Catena Zapata. A família Zapata é uma das precursoras na produção dos vinhos de alta qualidade exportados pelos hermanos. Vale a pena investir em alguns Angelica Zapata para trazer. Deixamos para o dia de encerramento da nossa jornada uma visita – sempre agendada – à Bodega Vistalba, seguida de almoço no restaurante La Bourgogne, localizado no coração das vinhas. Nesse passeio você terá uma noção exata do solo arenítico, das uvas, das raízes e de todas as condições que fazem da região uma pérola no mundo dos vinhos. A

adega foi construída seis metros abaixo da superfície do solo com pedras andinas, de forma a conseguir-se a temperatura ideal sem climatização artificial. Carlos Pulenta, dono da Vistalba, é a segunda geração de uma família com longa tradição no setor – que fundou e comandou a adega produtora dos vinhos Trapiche, muito conhecidos no Brasil. O excelente vinho que produz é a evidência mais significativa da modernidade e da evolução ética e cultural na produção dos vinhos argentinos. Bem, amigos passageiros, vamos regressando, na esperança de tê-los animado quanto às magníficas – e baratas, e tão próximas – atrações do sul da cordilheira dos Andes. Aproveitem.

63


dezembro 2009

por maria cecília maciel

70 Bacalhau ao forno à portuguesa, do restaurante Bacalhoeiro

77 Umas das vozes mais doces do jazz moderno, Stacey Kate se apresenta no Via Funchal

em clima de renovação

mês que inaugura a primavera, setembro promete novidades em todas as áreas. Aproveite! Neste mês que marca o fim do inverno, há muito o que festejar. Especialmente na área gastronômica. Além de uma nova edição do São Paulo Restaurante Week, desembarcou na cidade o famoso restaurante nova-iorquino Serafina, o carioca igualmente reconhecido Garcia & Rodrigues e o espaço Clandestino, onde a chef Bel Coelho apresenta suas ousadias autorais em petit comitê. Em outro estilo, quem pretende receber muitos convidados conta, agora, com mais duas opções especiais para eventos, uma na Vila Leopoldina e outra no Brooklin. Em tempo de renovar a aparência e o astral, acontece o maior encontro de negócios do setor de fitness na América Latina e a 3ª SPA Week, em que os melhores centros de bemestar e saúde se reúnem para oferecer tratamentos com um valor fixo e acessível. Já para agradar a criatividade, vem aí a esperada 29ª Bienal de Artes de São Paulo, no parque do Ibira-

64 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

74 Saladeira de bambu laqueado Dynasty, à venda na Baccos

puera, bem como a 1ª Bienal Internacional de Graffiti Fine Art, no MuBE. E como ninguém vive sem música, não dá para perder Chicago & America, Brad Mehldau, Peter Frampton, Seu Jorge, DrakeBell, Ney Matogrosso, Stacey Kate, Scorpions, Orquestra Filarmônica de Munique e o espetáculo Orfeu. Feliz primavera! mariacecilia@29horas.com.br


> agenda 29h no seu celular: www.29horas.mobi

93 Obra de Gil Vicente, Matando Roberto Campos, fará parte da 29ª Bienal de SP

73 Espetáculo com inspiração circense, O domador de férias está em cartaz no Teatro Alfa

os destaques do mês

O quê? 7ª edição do São Paulo Restaurante Week. Por quê? É uma boa oportunidade para provar as especialidades de grandes nomes da gastronomia paulistana a um preço reduzido. 210 restaurantes oferecem um menu fixo: entrada, prato principal e sobremesa, a módicos R$ 30 (almoço) e R$ 40 (jantar). De cada pedido, R$ 1 é destinado a fundação Ação Criança. As bebidas não estão inclusas. O circuito começou há 18 anos em Nova York e, desde então, acontece em mais de 100 cidades ao redor do mundo. No Brasil, São Paulo foi a pioneira, mas já está no Rio, Brasília e Recife. Até 12/9. Veja as casas participantes no site www. restauranteweek.com.br

23h às 29h

O quê? 1a Mostra mangue cultural. Por quê? Até o final de outubro as tardes de domingo na Vila Madalena serão movimentadas. Tratase de uma programação cultural e popular com apresentações de música, circo, dança, teatro e hip hop. Organizado pela Associação Raso da Catarina, o evento é grátis. Dias 5 (Grupo Cupuaçu), 12 (Namakaca), 19 (encontro de violas com Victor Batista, Claudio Lacerda e Sidnei Oliveira) e 26 (Trupe Chá de Boldo) de setembro, das 16h às 18h. Pça. Éder Sader, altura do número 800 da rua Fidalga. Mas informações sobre os grupos no site www.rasodacatarina.com. br/manguecultura

17h às 23h

O quê? Mônica: A criação do personagem brasileiro. Por quê? A exposição mostra a trajetória da marcante personagem de Maurício de Sousa. O visitante pode ver revistas editadas no mundo inteiro; prêmios importantes recebidos pelo desenhista, como o Yellow Kid, o Oscar dos quadrinhos; homenagens de colegas que desenharam a turma da Mônica, como Will Eisner (The Spirit), os italianos Milo Manara (HQs eróticas), Hugo Pratt (Corto Maltese), Yuko Yamaguchi (Hello Kitty) e Joe Kubert (DC Comics); e esculturas dos personagens feitas por Maurício. Até 24 de stembro. Seg. a sex.: das 9h às 19h; sáb., dom. e fer.: das 10h às 17h. Espaço Cultural Citi – Av. Paulista, 1111, tel. 4009-3000.

11h às 17h

5h às 11h

confira as sugestões que servem para todos os dias de sua semana O quê? Novos espaços para eventos. Por quê? As festas não param na cidade. O Espaço Jardim Leopoldina comporta até 1.300 convidados, num salão de 750 m2 com espaçoso jardim. Possui cozinha, uma sala de flores para o cuidado dos arranjos, banheiros amplos, sala técnica, chapelaria e sala da noiva. Av. Mofarrej, 707, tel. 3641-8786. www. espaçojardmleopoldina.com. br. Já o Innova Convention Center, é um moderno e dinâmico auditório para eventos. O espaço para 500 pessoas tem 510 m2, parede móvel para dois ambientes, tela de projeção de 300 polegadas, sala e copa de apoio. Av. das Nações Unidas, 7815, tel. 3759-3969. www.innova.net.br

65


agosto 2010

Teatro Bradesco 5h às 11h

moda O quê? Moda Recicla 2010. Por quê? Tem gente importante interessada naquela sua roupa esquecida no seu armário: Alexandre Herchcovitch. Você doa as peças que não usa mais até o dia 1° de setembro no Morumbi Shopping. Ali mesmo, elas são completamente transformadas e renovadas. E, a partir do dia 2 de setembro, estas peças únicas serão vendidas na pop store Moda Reciclada. A renda obtida será doada para a ONG Florescer. De seg. a sáb.: das 10h às 22 e dom.: das 14h às 20h. Av. Roque Petroni Jr., 1089, tel. 4003-4132. www.morumbishopping.com.br ou www.ongflorescer.com.br

evento

11h às 17h

As atrações são a comédia musical Tangos & tragédias, há 26 anos em cartaz (dia 8: às 21h); a estreia do projeto Davene Quartas Musicais, com Zizi Possi (dia 15: às 21h); o trompetista Irvin Mayfield e a New Orleans Jazz Orchestra que apresentam o show From Duke to Basie and the best of New Orleans Jazz (dia 21: às 21h); a premiada Noche Flamenca e a bailarina Soledad Barrio que sobem ao palco para apresentação única (dia 22: às 21h) e a composição sacra Petite Messe Solennelle. Bourbon Shopping – R. Turiassú, 2100, 3° piso, tel. 3670-4100.

domingo, 29

O quê? Noites do Terror No Playcenter. Por quê? O maior evento do gênero no mundo, em 23 anos, já recebeu mais de 10 milhões de pessoas e a cada ano explora um tema diferente. Em 2010 é a vez da A Legião dos Espíritos, com 13 cenários espalhados do parque, entre eles: Cemitério, O Sótão, Torre Sangrenta, Submundo, Mitos Sobrenaturais, Portão dos Traidores e Expresso Macabro. O evento começa com um show, a partir das 18h. Até 12/10 (exceto dia 18/9). Sáb., dom., e fer.: das 12h às 21h. R$ 29 e R$ 47,90. R. José Gomes Falcão, 20, tel. 2244-6300. www.playcenter.com.br

17h às 23h

dança O quê? Devoração – Cia. Oito Nova Dança. Por quê? Último dia para ver esse espetáculo de dança que apresenta dois campos visuais contrapostos: de um lado a necessidade de comunicação projetada para o futuro, e de outro o movimento rastreado que se deixa ao caminhar para frente. “O retrovisor é uma metáfora dessa potência no homem. No limiar entre o primitivo e o contemporâneo reside nosso cotidiano, que revela nossa fragilidade”, diz Lu Favoreto, responsável pela concepção e direção geral do espetáculo. TD – Teatro de Dança – Av. Ipiranga, 344, subsolo do Edifício Itália, tel. 2189-2555.

23h às 29h

balada

66 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? Noite árabe no Alibabar. Por quê? A casa recebe como atração o músico Jihad Smaili e sua banda, com um repertório especialmente preparado para a noite, exibindo o dabke, estilo musical tipicamente árabe. Além de instrumentos tradicionais como bateria e teclado, a banda conta com outros específicos, como Derbake, Tabl, Daff, Mizmar, Deholla, Katem, entre outros. Qua. a dom.: das 19h até o último cliente. R. Professor Atílio Innocenti, 500, tel. 38450207.


segunda, 30

agosto 2010

O quê? Best Beer Selection. Por quê? É um novo espaço para cursos e degustações de cervejas na loja e distribuidora Belgian Beer Paradise. Xavier Depuydt, amante da bebida e mestre cervejólogo, promove com a ARCR Turismo, entre os dias 15 a 20, uma viagem para o Great American Beer Festival, em Denver, EUA. Por aqui, chegaram as garrafas da Kiuchi Brewery, a mais prestigiada cervejaria do Japão, entre elas, a Hitachino Nest Red Rice, feita a partir do arroz vermelho e a Hitachino XH. Seg.: das 9h às 17h; ter. e qua.: das 9h às 20h, qui. e sex.: das 9h às 22h; sáb.: das 12h as 22h. R. Ibajaú,196, tel. 3596-7190. www.beerparadise.com.br

5h às 11h

bebida

O quê? Citron Gastronomia. Por quê? O bufê de alta gastronomia, comandado pelo chef Aléssio Battillani, cria menus sofisticados para eventos, como café da manhã, brunch, almoço, coquetel, jantar de casamento e corporativos, incluindo ilha de degustação de azeites e comidinhas gourmet. Entre as pedidas, brie fondente com pistache, mel e pão sueco; vitela jus rôti com cassis e cebolas carameladas, flan de mandioquinha e vagens francesas slateadas no azeite de ervas. R. Antonio das Chagas, 446, tel. 51814300. www.citrongastronomia.com.br

11h às 17h

gastronomia

O quê? Santo Grão. Por quê? Abriu sua quinta unidade no Itaim. O ponto alto da casa, marca registrada da rede, é o atendimento: a forma espontânea e cordial com que os garçons e demais colaboradores interagem com o público. A escolha do local é outro diferencial. A charmosa esquina da rua Dr. Leopoldo com a Jerônimo da Veiga é porta de entrada para um gostoso jardim, integrado à rua, perfeito para tomar o café da manhã num dia ensolarado, ou um chardonnay, no happy-hour. A carta de cafés dispensa explicações, com o blend Santo Grão. De ter. a dom.: das 8h às 24h; seg.: das 9h às 24h. R. Jerônimo da Veiga, 179, tel. 3071-3169.

17h às 23h

gastronomia

O quê? Prestonight Week. Por quê? O evento traz benefícios e promoções para os frequentadores da noite. Em cerca de 100 endereços selecionados, por meio de uma pulseira de acesso, o público tem entrada VIP e gratuita nos clubes e casas noturnas, além de double drinks e double servings nos bares e pós-baladas (quem pede uma bebida ou alimento ganha outro). Não há limite para a quantidade de locais visitados por noite. De 30 de agosto a 6/9: a partir das 22h. R$ 140. Confira outra opção de pacote e casas participantes nos sites www.prestonightweek.com.br e www.ingressorapido.com.br

23h às 29h

balada

67


agosto 2010

Nova linha de Champanhes 5h às 11h

gastronomia O quê? The gourmet tea. Por quê? Com 35 produtos divididos em seis linhas, a marca mostra que a bebida é muito mais versátil do que se imagina. Chás preto, verde, branco, rooibos e oolong são vendidos in natura ou combinados com ervas, flores, frutas e especiarias, originando blends exclusivos. Destaque para o White Rose (chá branco com rosas orgânicas) e para o Green Citrus Garden (chá verde com notas cítricas). À venda nas casas Empório Santa Maria, Varanda Frutas & Mercearia, Emporium São Paulo e St. Marche. www.thegourmettea.com.br

evento O quê? 3 Eco Business 2010. Por quê? A Feira e Congresso Internacional de Econegócios e Sustentabilidade reúne empresas que desenvolvem projetos sustentáveis, ecoprodutos e serviços, promovendo integração e geração de conhecimento social, ambiental e econômico. Também é realizado o Congresso Negócios e Cidades Sustentáveis, que discute projetos adotados por governos, empresas, ONGs e universidades. Dias 31 de agosto, 1 e 2 de setembro, das 13h às 21h. Centro de Exposições Imigrantes – Pavilhão de Convenções – Rod. Imigrantes, 1500, tel. 50676767. www.centroimigrantes.com.br

11h às 17h

a

música

17h às 23h

As três vinícolas da prestigiada família Rothschild, de Bordeaux, Château Lafite Rothschild, Château Mouton Rothschild e Château Clarke se uniram para criar uma casa de Champagne. Por meio de contratos de longo prazo com os proprietários de alguns dos melhores vinhedos Grands Crus e Premiers Crus, da região, selecionaram uvas da mais alta qualidade, vinificadas em Reims, com o objetivo de elaborar vinhos de estilo único, que refletem o perfil da marca. O resultado é o novo Champagne Barons de Rothschild em três versões: Brut (US$ 172,50), Rosé Brut (US$ 228,50) e Blanc de Blancs (US$ 228,50), todos disponíveis no catálogo da Vinci, importadora. De seg. a sex.: das 9h às 18h; sáb.: das 9h às 13h. R. Dr. Siqueira Cardoso, 227, tel. 27970000. www.vincivinhos.com.br

terça, 31

O quê? Leonard Elschenbroich & Sinfônica Heliópolis. Por quê? Prêmio Leonard Bernstein em 2009, o violoncelista com apenas 24 anos já ganhou a atenção dos maiores regentes da atualidade. É convidado do Mozarteum Brasileiro para atuar como solista à frente da Sinfônica Heliópolis, orquestra formada por 85 jovens músicos provenientes da comunidade de Heliópolis e de várias cidades brasileiras, sob regência e direção artística do maestro Roberto Tibiriçá. Dias 31 de agosto e 1 de setembro, às 21h. Sala São Paulo – Pça. Júlio Prestes, 16, tel. 3367-9500. www.osesp.art.br

23h às 29h

livro

68 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? Oscar Niemeyer – 100 anos de um gênio brasileiro. Por quê? Com pesquisa feita por Roberto Cícero da Silva e pelo neto do grande profissional homenageado, Kadu Niemeyer, o livro traz imagens e histórias de dezenas de obras do notável arquiteto, incluindo a Catedral de Brasília e o famoso prédio paulistano Copan. Também aparece com destaque o recém-inaugurado Centro Administrativo de Minas Gerais (Camg), construído em Belo Horizonte. A publicação foi patrocinada pela empresa de esquadrias Fise. Nas boas livrarias da cidade.


quarta, 01

setembro 2010

O quê? Locação de plantas para eventos. Por quê? Você não precisa comprar as plantas para a sua festa, pode alugá-las na Flora & Arte Paisagismo. A empresa dispõe de grande variedade de plantas e vasos para decorar e harmonizar o ambiente de acordo com estilo desejado. Eles avaliam o local, recomendam as espécies mais adequadas ao ambiente, entregam e retiram as plantas. De seg. a sáb.: das 8h às 17h. Contatos pelo tel. 4158-3640.

5h às 11h

serviço

O quê? Pâtisserie Mara Mello. Por quê? A butique de doces comandada pela chef pâtissière Mara Mello exibe deus doces de autor – doces individuais, bavaroises, bolos e tortas de sabores delicados e combinações surpreendentes – em vitrines tal como uma joalheria, algumas até incrementadas com pitadas de ouro em pó, sempre feitos com chocolates Callebaut e Valrhona. Entre as novidades do mês está o log de chocolate. De seg. a sex.: das 10h às 19h e sáb.: das 10h às 17h. Al. Gabriel Monteiro da Silva, 1308, tel. 3081-5229. www.maramello.com.br

11h às 17h

gastronomia

O quê? Restaurante Serafina. Por quê? Com sete casas em Nova York, Philadelfia e Hamptons, essa rede de restaurantes italianos de sucesso, desde 1995, abre sua primeira unidade fora dos Estados Unidos. Uma das casas preferidas de famosos como Tom Cruise e Hillary Clinton, o Serafina escolheu os Jardins para trazer seu cardápio de clássicos, sob o comando do chef Ricardo di Camargo. Destaque para as focaccias feitas com farinha italiana especial, azeite extravirgem e sal marinho importado da Sicília. Projeto da Triplex e o paisagismo, de Alex Hanazaki. De seg. a dom.: das 12h às 24h. Al. Lorena, 1705, tel. 3081-3702.

17h às 23h

gastronomia

O quê? Rabo de Peixe. Por quê? Você tem até o dia 6 de setembro para aproveitar as promoções desse bar que participa do PrestoNight Week. Double Drink, nas pedidas para Chopp Eisenbahn Claro (R$4,90), Chopp Eisenbahn Escuro (Munich - R$5,50), Devassa (R$ 6,80) e Caipirinha de pinga (R$13). E o Double Servings, ao se optar por uma porção de Coxinha Creme (R$18), Croquete de Carne (R$18) ou Polenta Frita com parmesão (R$14,50), ganha outra. De seg. a qui.: das 12h às 15h e das 17h à 1h; sex.: das 12h às 15h e das 17h às 2h; sáb.: das 12h às 2h e dom.: das 12h às 23h. R. Quatá 426, tel. 3842-8666 e em mais dois endereços. www.botecorabodepeixe.com.br

23h às 29h

bar

69


setembro 2010

ti sem segredos 5h às 11h

evento O quê? 11ª IHRSA/Fitness Brasil 2010. Por quê? É o maior encontro de negócios em fitness e bem-estar da América Latina. O evento é dirigido aos proprietários, gerentes e coordenadores de academias, spas, clubes e hotéis, além de investidores, empresários e fabricantes de produtos e equipamentos esportivos. Dias 2 e 3 de setembro, das 7h30 às 19h, e 4/9: das 7h30 às 17h. Transamérica Expo Center – Av. Doutor Mário Villas Boas Rodrigues, 387, tel. 56433000. www.fitnessbrasil.com.br

exposição

11h às 17h

Em TI para Negócios – Como fazer a tecnologia trabalhar pelo seu sucesso e da sua empresa, o jornalista Edson Perin, da rádio Eldorado, traduz conceitos técnicos da Tecnologia da Informação (TI) para a linguagem cotidiana dos profissionais de negócios. Na obra impressa, Perin explica os principais recursos de TI para empresas de todos os portes e setores e, na internet, oferece diversas entrevistas gravadas. R$ 35. Lançamento dia 2/9. Das 18h às 21h. Livraria Cultura do Cj. Nacional – Av. Paulista, 2073, tel. 3170-4033. www.tiparanegocios.com

quinta, 02

O quê? Exposição Mulheres no design espanhol. Por quê? A mostra apresenta a trajetória de um grupo de espanholas que, apesar das adversidades apresentadas por um ambiente industrial ainda pouco receptivo à presença feminina, conseguiram com sucesso levar adiante os seus ateliers e empresas, materializando seus projetos e imprimindo sua autoria. São 50 propostas, entre móveis, iluminação, acessórios e textil, sob a curadoria de Marcelo Leslabay (Madri/ Buenos Aires). Até 17 de outubro, das 10h às 18h. R$ 4 e R$ 2. Museu da Casa Brasileira – Av. Faria Lima, 2705, tel. 3032-3727. www.mcb.org.br

17h às 23h

gastronomia O quê? Restaurante Bacalhoeiro. Por quê? Segue à risca a tradição portuguesa. O restaurante é um dos mais indicados de São Paulo quando a escolha recai para o bacalhau. São nove opções que levam o peixe, entre elas o Bacalhau do Manuel, Bacalhau à Lagareiro com Batatas ao Murro e o tradicional Bacalhau à Gomes de Sá. Na sobremesa, não poderia faltar o Pastel de Belém, a Sericaia do Alentejo e o Toucinho do Céu. R. Azevedo Soares, 1580, tel. 2293-1010. www.bacalhoeiro.com.br

23h às 29h

balada

70 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? Trixmix Cabaret Contemporâneo. Por quê? É uma noite que une várias vertentes artísticas. O clima é de cabaré e as edições são mensais. Nesta, as atrações são: o ator Guilherme Uzeda como mestre de cerimônias e personagens; o bailarino Rubens Oliveira, em Gumboots dance; Bel Mucci e Natalia Presser no número áereo Double Lira; Doug Style com dança e mágica; entre outros, a partir das 21h30. Após o show, DJs assumem o som, e artistas se misturam para uma festa sem hora para terminar. Para quem quiser curtir apenas a Festa, a bilheteria reabre às 23h30, com preço especial. EAZY – Av. Marquês de São Vicente, 1767, tel. 3611-3121.


sexta, 03

setembro 2010

O quê? 1ª Bienal Internacional de Graffiti Fine Art, no MuBE. Por quê? Vai apresentar os traços de mais de 50 talentosos e influentes artistas dos quatro cantos do mundo, em grandiosos painéis, telas, instalações, fotografias e trabalhos coletivos. A Bienal apresenta ainda a história do graffiti, suas influências nos diferentes movimentos artísticos do século 20, e a relevância na cultura contemporânea, com atividades paralelas, como debates, palestras, workshops e mostras de cinema. Com curadoria de Binho Ribeiro. Até 3 de outubro. Ter. a dom.: das 10h às 19h. R. Alemanha, 221, tel. 2594-2601. www.mube.art.br

5h às 11h

arte

O quê? Estreias no Cinema. Por quê? Nosso lar é uma superprodução nacional, baseada em obra de Chico Xavier, com direção de Wagner de Assis, efeitos visuais da canadense Intelligent Creatures (Sr. e Sra. Smith, Babel, Hairspray), direção de fotografia de Ueli Steiger (O dia depois de amanhã) e trilha sonora de Philip Glass (indicado três vezes ao Oscar). Com Renato Prieto, Othon Bastos, Ana Rosa, Paulo Goulart e Werner Schünemann. Já A fera, com Vanessa Hudgens e Alex Pettyfer, é um drama colegial sobre um garoto cruel que, após humilhar uma colega de classe, é amaldiçoado. Nas redes Cinemark, PlayArte e UCI.

11h às 17h

cinema

O quê? Blú Bistrô. Por quê? No melhor estilo europeu, ali você pode almoçar, jantar e encontrar os amigos para escutar boa música: às quintas, Tango made in Argentina, e às quartas, sextas e sábados, Jazz, à luz de velas. O casal Gaston e Renata, donos do bristô, adicionaram uma seção intitulada Das Viagens, que reúne pratos que marcaram em suas voltas pelo mundo. Entre eles, duas tapas espaholas: Tortilla de patatas y pan con tomate e os Huevos rotos con espárragos. De ter. a sáb.: das 12h às 15h e das 19h às 24h, e dom.: das 12h às 16h. R. Monte Alegre, 591, tel. 3871-9296. www.blubistro.com.br

17h às 23h

gastronomia

O quê? II Festival de Peças de Um Minuto. Por quê? Para a primeira edição, em 2007, mais de 50 dramaturgos foram desafiados a escrever peças com duração de um minuto. Todos aceitaram o desafio, fazendo do festival um panorama da dramaturgia paulista. Com a intenção de ampliar a variedade de textos, a segunda edição do festival abriu inscrições e convidou o país todo a mandar peças de um minuto. Dias 3 e 4/9: às 23h59. R$ 15. Espaço Parlapatões – Pça. Franklin Roosevelt, 158, tel. 3258-4449.

23h às 29h

teatro

71


setembro 2010

7ª etapa da copa caixa Stock car 5h às 11h

bem-estar O quê? Casa da Dona Diquinha. Por quê? Para curtir dois dos melhores prazeres: boa comida e relaxamento. O espaço, a 22 km de São Paulo, na Granja Viana, foi idealizado pelo chef Rogério Junqueira, que prioriza a alimentação saudável e orgânica, e pelo médico Geraldo França. O equilíbrio para integrar terapias corporais à gastronomia veio da inclinação de ambos pelo slow food. Instalada em um terreno repleto de flores e árvores frutíferas, a casa apresenta uma decoração rústica, sala de estar com lareira, sala de banhos e massagem, e um charmoso pergolado ao ar livre. Mais informações no www.acasadadonadiquinha.com.br

11h às 17h

exposição O quê? Yumi e Titi Freak no Acervo da Choque e na Choque Cultural. Por quê? O casal coincidiu as agendas para promover individuais e mostrar suas tão distintas linguagens. Titi Freak, que teve papel relevante na construção da identidade da arte pop contemporânea brasileira, assina a exposição SEMPRE. Já Yumi, em UnNatura, apresenta obras inéditas e continua sua abordagem sobre animais como fonte de alimentação para discutir sensações conflitantes contidas no processo do sacrifício. Até 2/10. Sáb.: das 13h às 18h. R. Medeiros de Albuquerque, 250, tel. 3061-4051. www.choquecultural.com.br

teatro

17h às 23h

O dia 5 é de corrida no Autódromo Municipal José Carlos Pace. A maior categoria do automobilismo brasileiro, em sua 32ª temporada, está cheia de novidades, tais como novo motor com injeção eletrônica Bosch, utilização do etanol Esso como combustível, do novo pneu da Goodyear e do push-to-pass, para tornar as provas ainda mais emocionantes, na parte técnica. O campeão de 2009, Cacá Bueno, coleciona 21 vitórias e 18 poles. Também acontecem a 5ª Etapa – Copa Montana e a 4ª Etapa – Mini -Challenge. Dia 5/9. A partir das 6h (abertura dos portões). R$ 30 (arquibancada) e R$ 300 (camarote). Av. Senador Teotônio Vilela, 261, tel. 5666-8822.

sábado, 04

O quê? Teatro Ish. Por quê? Odisseia caótica é um show de cabaré baseado nas viagens de Odisseus (Ulisses), em sua volta para casa encerrada a Guerra de Troia. À parte mitológica da história, cenas de uma família italiana excêntrica: o marido sonhador, a mulher dominadora, o avô carente e o recém-nascido. O elenco é formado por Fyodor Makarov, do Slava’s Snowshow, Noam Rubinstein, da companhia de teatrodança Clipa, e Yolana Zimmerman, que participou de Scandal clowns e La gazetta. Às 20h30. Clube Hebraica – R. Hungria, 1000, tel. 3818-8800.

23h às 29h

humor

72 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? ! Com Bruno Motta. Por quê? Último dia para ver o repórter do Furo MTV mostrar seu talento em 70 minutos de muito humor. Durante o show, dirigido por Claudio Torres Gonzaga, Motta mostra seus melhores textos como também apresenta material inédito, falando de TV, um de seus temas preferidos. O humorista interage com a platéia e transforma o pedestal em quase uma centena de objetos, durante a apresentação. Sáb, 23h30, às 23h30. R$ 40. Teatro Renaissance – Al. Santos, 2233, tel. 3188-4141.


domingo, 05

setembro 2010

O quê? Teclado SlimStar 801 da Genius Kye Systems. Por quê? É à prova de fatídicos acidentes com líquidos devido a uma blindagem, qualquer solução derramada no teclado, como café ou suco, por exemplo, escorrerá, em vez de penetrar entre as teclas e prejudicar o funcionamento do acessório. E pode ser cuidadosamente lavado com água. O conjunto portátil de dois itens, mouse e teclado, é wireless até uma distância de dez metros da base de qualquer equipamento via USB. Traz ainda oito teclas de acesso rápido aos aplicativos do Office da Microsoft. www.geniusnet.com

5h às 11h

consumo

O quê? Oggi Cucina & Vino. Por quê? O chef e proprietário Manuel Coelho utiliza o conceito sous vide no preparo de seus pratos. Segundo ele, essa técnica de cozimento a vácuo, ressalta as qualidades nutricionais e sensoriais, e dá textura e sabor insuperáveis. A casa também tem forno a lenha. No menu, o destaque é a costela de porco que passa pelos dois processos, a costela de javali, a paleta de cordeiro, a costela de ripa e o palmito pupunha. De seg.: a sex.: das 12h às15h e das 19h às 23h30; sáb.: das 12h as 17h e das 19h às 24h; dom.: 12h as 17h. Av. Brig. Faria Lima, 4433, tel. 2843-8888. www.oggirestaurante.com.br

11h às 17h

gastronomia

O quê? O domador de férias. Por quê? A peça, que tem a participação especial de um cão ator, é um espetáculo teatral de inspiração circense, continuação do aclamado O circo do seu Lé, de 2008, dos grupos Furunfunfum e Circo&Cia. Seu Lé e a trupe do Circo vão passar férias na praia e encontram um simpático cãozinho, que pertence a Cajuzinho, uma vendedora ambulante. O cãozinho é muito inteligente, sabe fazer vários truques e revela-se um craque da bola, no futebol. Até 19/9. Sáb. e dom.: às 17h30. R$ 12 e R$ 24. Teatro Alfa – R. Bento de Andrade Filho, 722, tel. 5693-4000.

17h às 23h

teatro

O quê? Show de Premiação do Festival de Bandas Uniarte 2010. Por quê? Serão premiados os três primeiros finalistas e os destaques nas categorias bandas com músicas inéditas e bandas covers do festival que tem por finalidade divulgar e incentivar a música, abrindo espaço a novos talentos, além de promover a socialização por meio da arte. A partir das 19h. Ton Ton Jazz & Music Bar – Al. Dos Pamaris, 55, tel. 3804-0856.

23h às 29h

show

73


setembro 2010

restaurante taormina 5h às 11h

consumo O quê? Saladeiras e bowls de bambu laqueado da Dynasty. Por quê? Além de ecológico, o bambu é leve, versátil e durável. E, se antes ele só aparecia na cor natural, agora aparece em versões coloridas. Em vários tamanhos, as peças mantêm as características originais da planta, por dentro, e são laqueadas por fora nas cores preta, branca e vermelha. Lançado na última Gift Fair, está à venda na Baccos (tel. 3661-7898 / www.baccos.com.br) e Di Sappo (tel. 4191-4314 / www.disappo.com.br).

gastronomia

11h às 17h

A cozinha siciliana é a especialidade da casa, que produz as próprias massas e molhos servidos. O destaque fica por conta do famoso molho de tomates naturais, levíssimo, sem nenhuma acidez, motivo de orgulho da proprietária e dona da receita, dona Helena Zamperetti Morici e de retorno dos clientes, que saem sempre com uma sensação de “quero mais”. O cardápio fixo, alternado semanalmente, inclui antepasto, uma massa com molho à escolha, canole, frutas e café. De ter. a sex.: das 12h às 15h, sáb. e dom.: das 12h às 16h. Al. Itu, 251, tel. 3253-6276.

segunda, 06

O quê? Azeite Extra Virgem Premium, da Qualimpor. Por quê? É o primeiro da vinícola portuguesa Quinta do Crasto. Produzido a partir de oliveiras centenárias, azeitonas colhidas à mão e extraído a frio, o azeite tem cultivo diferenciado. O olival, localizado na região do Douro, é cultivado em regime biológico e sem aplicação de fitofármacos ou adubos e não passa por processo químico, o que, segundo o fabricante, o torna mais saboroso e saudável. É um produto 100% português e natural. Com acidez até 0,3%, está à venda no mercado, em embalagem de 500 ml. Preço sugerido: R$ 45. SAC: 0800-7024-492. www.qualimpor.com.br

17h às 23h

gastronomia O quê? Prix d’Ami do Arturito. Por quê? É um menu especial, servido apenas no jantar. Composto por prato principal, queijo e taça de vinho a um preço fixo de R$ 55, a chef Paola Carosella, se inspirou nos restaurantes europeus, onde provou menus caprichados a preços acessíveis. Os pratos, alternados semanalmente, podem ser harmonizados com taça de vinho tinto, branco, espumante ou cervejas artesanais brasileiras. Entre as sugestões, kafta de carne com coalhada caseira, salada de avocado e pão pita caseiro. De seg. a qua.: das 19h às 24h; de qui. a sáb.: das 19h à 1h. R. Artur de Azevedo, 542, tel. 3063-4951.

23h às 29h

internet

74 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? Blog de Tatá Cury. Por quê? A cozinheira, que já ensinou técnicas de culinária na televisão, agora relata suas experiências gastronômicas e conta passagens de sua vida em textos leves e gostosos de ler. Na página, Tatá também entrega trechos de seu recém-lançado livro, Um banquete para a vida, além de mostrar saborosos detalhes dos eventos dos quais participa no Brasil e no exterior. O blog ainda é uma espécie de arquivo de receitas online: ali ela mostra o passo a passo do preparo de seus famosos pratos, sem esconder seus truques e segredinhos. www.tatacury.com.br/blog


terça, 07

setembro 2010

O quê? Vidro com controle de transparência, da Fanavid. Por quê? Permite bloquear ou não a visão através dele. Com avançada tecnologia que combina eletricidade e cristais líquidos, o vidro passa do estado transparente ao translúcido com um simples acionamento. Pode criar situações cênicas em residências e hotéis, é ideal para dividir o dormitório e a área do banheiro. E ainda ser adotado em áreas que exijam um controle visual das atividades, como salas de reuniões e recepção. No estado translúcido, funciona como tela de vídeo para retroprojetores. Consome menos que 5W/m2. Três opções de cores, reto ou curvado. www.fanavid.com

5h às 11h

consumo

O quê? As novidades do Spot. Por quê? O restaurante incorporou recentemente ao seu cardápio o Mignon de porco grelhado com molho à base de redução de aceto balsâmico, mini cebolas, tomate cereja, pimentão vermelho e azeitonas pretas, inspirado no molho clássico do restaurante Babbo, de Nova York. Na carta de bebidas, o clássico Bull Shot, preparado com vodka, consommé de carne, molho inglês, tabasco e pimenta do reino. Almoço – de seg. a sex.: das 12h às 15h; sáb. e dom.: das 12h às 17h. Jantar – de seg. a dom.: das 10h à 1h. Al. Ministro Rocha Azevedo, 72, tel. 3289-1247.

11h às 17h

gastronomia

O quê? Show de Lauryn Hill. Por quê? Ganhadora de cinco prêmios Grammy (e indicada em 11 categorias) com o disco The miseducation of Lauryn Hill, a cantora e produtora musical americana revela toda a sua bossa no rap, reggae, R&B e soul, que fez dela uma das artistas mais respeitadas e adoradas da black music. Ms. Hill foi revelada no grupo de hip hop The Fugees e ganhou notoriedade cantando uma versão de Killing me softly with his song, de Lori Lieberman. Às 21h30. De R$ 100 a R$ 280. Credicard Hall – Av. das Nações Unidas, 17955, tel. 2846-6000.

17h às 23h

show

O quê? Wikibier da Bierboxx. Por quê? É uma enciclopédia colaborativa sobre cervejas especiais. Qualquer pessoa pode se cadastrar e criar ou editar um artigo sobre cerveja, cultura cervejeira ou assuntos afins. Inciativa da Bierboxx - Cervejas Especiais, uma empresa que oferece cervejas premium e artesanais, importadas e nacionais (mais 200 rótulos das melhores procedências), para levar ou ser degustadas na casa. De Seg. a sex.: a partir das 10h. R. Miguel Sutil, 358, Vila Cordeiro, tel. 25320174. 30 lugares. www.bierboxx.com.br e www.wikibier.com.br

23h às 29h

internet

75


setembro 2010

Casa Baileys, por Cristallo 5h às 11h

gastronomia O quê? Doceria Folie. Por quê? As sócias Carolina Carnicelli e Renata Fernandes apostaram na especialidade da casa, lançando uma coleção inédita de macarons, em 28 sabores, feitos 100% com chocolate belga. Menores que o usual, são ideais para uma degustação: de clássicos como chocolate, framboesa e pistache, a criações como o gim tônica com crisps que estouram na boca, e o Brigadeiro Coração de Guanaja, com a pasta de cacau 80% do chocolate e granulados Valrhona. De seg. a sex.: das 9h às 19h e sáb.: das 9h às 17h. R. Cristiano Viana, 295, tel. 31010193. www.unefolie.com

exposição

11h às 17h

O projeto da Diageo, em parceria com a Cristallo, transformou a tradicional doceria da Oscar Freire numa concept store, onde é possível degustar o delicioso licor nas mais inusitadas maneiras. Para isso, contou com experts do universo da gastronomia para elaborar caprichadas receitas: Helena Rizzo (Maní), Bel Coelho (DUI), Leo Botto (Lorena 1989), Danielle Dahoui (Ruella), Henrique Fogaça (SAL Gastronomia), Morena Leite (Capim Santo) e Talita Simões (At Nine). De seg. a sex.: das 9h às 22h; sáb.: das 9h às 22h30 e dom: das 10h às 22h. R. Oscar Freire, tel. 3082-1783

quarta, 08

O quê? Acervo vivo: Arquivo em diálogo. Por quê? O MIS realiza mais uma edição do projeto Acervo Vivo, que visa resgatar a importância de obras de cinema, vídeo e fotografia preservadas nos seus 40 anos. A nova etapa do projeto é coordenada por Mabe Bethônico (artista e professora da UFMG) e Joerg Bader (artista diretor do Centre de la Photographie Genève), que constroem duas narrativas audiovisuais a partir de obras do Museu da Imagem e do Som e do CPG. A exposição é gratuita. Até 3/10. De ter. a sáb.: das 12h às 22h; dom. e fer.: das 11h às 21h. Av. Europa, 158, tel. 2117- 4777. www.mis-sp.org.br

17h às 23h

gastronomia O quê? Pratos do sudeste asiático no Bankao. Por quê? Foi estudando a fundo a culinária do Sudeste Asiático que o chef David Zisman desenvolveu o cardápio do restaurante Bankao. Além do forte núcleo tailandês, seu menu faz incursões pela gastronomia de Malásia, Vietnã, Camboja, Laos e Cingapura. Após alguns anos ao lado de David, no extinto Nam Thai, o chef Junior Messa assumiu o comando da cozinha, e introduz, agora, novas ótimas receitas. Seg. à qua.: das 12h às 15h e das 19h30 às 24h; qui. a sex.: das 12h às 15h e das 19h30 à 1h30; sáb.: das 19h30 à 1h30. R. Manuel Guedes, 444, tel. 3168- 0662. www.bankao.com.br

23h às 29h

consumo

76 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? Etiquetas de bagagem KLM. Por quê? Para identificar mais rapidamente a sua bagagem, na esteira. A companhia aérea estendeu a promoção em que oferece Tags (etiquetas para colocar na mala) personalizadas, gratuitamente, via internet. Num passo a passo bem simples, você pode escolher entre vários motivos e imagens, disponibilizadas pelo site, ou criar o seu próprio modelo, com o seu estilo e ideias. Depois a KLM manda entregar no endereço desejado. http://baggagelabel.klm.com


quinta, 09

setembro 2010

O quê? Exposição Meus mitos. Por quê? A primeira individual da premiada artista plástica Marcela Tiboni, mestre em Estética e História da Arte, abre um diálogo de corpo e imagens com os mestres do passado, discutindo a história da pintura, como era entendida no período Renascentista e no Barroco, por meios contemporâneos. É composta por 11 obras, entre fotografias e objetos, com texto crítico da curadora Angélica de Morais. Até 23 de outubro. De ter. a sex.: das 11h às 19h; sáb.: das 11h às 19h. Galeria nuVEM – R. Mateus Grou, 355, tel. 3061-1237. www.galerianuvem. com.br

5h às 11h

arte

O quê? SP-Arte/Foto. Por quê? É a maior feira de fotografia do país desde os anos 80. A quarta edição reúne grandes nomes, como Miguel Rio Branco, Mario Cravo Neto, Caio Reisewitz, Rochelle Costi, Albano Afonso, Márcia Xavier, J.R. Duran, Claudia Jaguaribe, Thomas Farkas, Neil Hammon, Daniel Senise, Brigida Baltar, Cao Guimaraes, Luiz Braga, Cássio Vasconcellos. E mais: lançamentos de livros e ciclo de palestras sob a coordenação da pesquisadora e fotógrafa, Denise Gadelha. Dias 9 e 10/9: das 16 às 22h, e 11 e 12 de setembro, das 14h às 22h. Espaço Iguatemi – Av. Brig. Faria Lima, 2232, 9º andar, tel. 3816-6116. ww.sp-arte.com

11h às 17h

arte

O quê? Show da americana Stacey Kate. Por quê? É uma das vozes mais doces, delicadas e cativantes do jazz moderno. Sua capacidade de misturar jazz com bossa nova, música francesa, pop e standards deu a ela grande prestígio entre os fãs de música e a crítica especializada. Às 21h30. De R$ 150 a R$ 400. Via Funchal – R. Funchal, 65, tel. 2144-5444. www.viafunchal.com.br

17h às 23h

show

O quê? Festa Adrenalina. Por quê? Quintafeira é dia de muita curtição no Bar Camará. Em parceria com a rádio Transamérica FM, a casa promove a festa Adrenalina, com música eletrônica e dance. As pick ups ficam a cargo do DJ Double C e dos convidados especiais da rádio. Na pista principal a atração é a banda Samba Soul, com um repertório recheado de samba-rock. A casa funciona de ter. a sex.: a partir das 18h; sáb.: a partir das 13h e dom.: a partir das 15h. R. Luís Murat, 308, tel. 3816-6765.

23h às 29h

balada

77


setembro 2010

espaço clandestino 5h às 11h

consumo O quê? Carpete Smatstrand da Século Tapetes. Por quê? É o primeiro carpete residencial de luxo a oferecer garantia vitalícia contra manchas. Produzido nos EUA pela Mohawk, líder do segmento, é feito com a fibra DuPont Sorona, cujo componente principal é feito a partir do açúcar do milho, ou seja, 37% da fibra é produzida a partir de recursos renováveis. Também requer 30% a menos de energia do que a produção de uma quantidade equivalente de nylon e ainda reduz as emissões de CO² em 63%. De seg. a sex.: das 10h às 19h; sáb.: das 10h às 14h. R. da Consolação, 3378, tel. 30613883. www.seculo.com.br

11h às 17h

cinema O quê? Estreia de A ressaca. Por quê? Comédia com John Cusack, Clark Duke, Craig Robinson e Rob Corddry, direção de Steve Pink. Conta a história de quatro amigos: Adam foi abandonado por sua namorada; Lou adora uma festa, mas não consegue encontrá-la; Nicky tem sua vida controlada pela esposa; Jacob é fanático por videogame e, por causa disto, raramente sai de casa. Depois de uma noite de muita bebedeira, acabam na banheira de hidromassagem de um resort de esqui, em pleno ano de 1986. Nas redes Cinemark, PlayArte e UCI.

show

17h às 23h

Para se deliciar com as ousadias de Bel Coelho. Localizado no primeiro andar do Dui, restaurante de sua propriedade e do restaurateur Cristiano Almeida, o salão, para até 15 pessoas, é aberto para jantares às terças e quintas-feiras, a partir das 20h, apenas com reserva. “Queremos proporcionar experiências gastronômicas únicas”, diz Bel, que trabalha numa cozinha montada à vista dos comensais e oferece um menu-degustação de 10 a 12 tempos, onde apresenta técnicas modernas como esferificação e cozimento lento ou a vácuo. A experiência sai por R$ 195 e R$ 270 (harmonizada), por pessoa. Entre as sugestões, açorda de Bacalhau e quindim do clandestino. Al. Franca, 1590, tel.2649-7952. www.duirestaurante.com.br

sexta, 10

O quê? Ney Matogrosso em Beijo bandido. Por quê? Baseado no CD homônimo, com direção musical e arranjos de Leandro Braga, já arrebatou o Prêmio da APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte) de Melhor Show de Música Popular de 2009. No repertório, Medo de amar, de Vinícius de Moraes; Nada por mim, de Herbert Vianna e Paula Toller e Mulher sem razão, de Cazuza, Dé e Bebel Gilberto. Os figurinos do cantor são assinados mais uma vez por Ocimar Versolato. Dia 10/9: às 21h e dia 11/9: às 20h. De R$ 80 a R$ 140. Grande Auditório – Av. Olavo Fontoura, 1209, tel. 2226-0400.

23h às 29h

gastronomia

78 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? Seña Cabernet Sauvignon 2005. Por quê? É uma boa pedida. Originário da região de Aconcagua Valley, no Chile, esse vinho tinto, produzido por Eduardo Chadwick, é caracterizado por um sabor mais doce, que lembra chocolate, canela e baunilha. R$ 385. Bar des Arts. De ter. a sáb.: das 12h à 1h, seg.: das 12h às 24h e dom.: das 12h às 17h. R. Pedro Humberto, 9, tel. 3074-6363. Mais endereços na Expand, tel. 3847-4747. www.expand.com.br


sábado, 11

setembro 2010

evento

teatro

O quê? Expo Estude no Exterior. Por quê? É uma feira de intercâmbio cultural, onde se pode conhecer diferentes opções de cursos e ter contato direto com os diretores de instituições de ensino da America do Norte e Sul, Europa, África e Oceania, e tirar todas as suas dúvidas sobre como estudar em outro país.Preços promocionais e exclusivos para os estudantes brasileiros. Entrada grátis. Dias 11 e 12/9: das 14h às 19h. Hotel InterContinental – Al. Santos, 1123, tel. 31792600. www.expo-studyabroad.com/pt/expo/ saopaulo.asp

O quê? Aprendiz de maestro – Série Tucca. Por quê? O espetáculo utiliza todos os recursos arrecadados na missão de curar crianças e adolescentes carentes com câncer na periferia de São Paulo. Na série, personagens como Operilda e Maestro João ensinam música às crianças de uma forma divertida, dinâmica e informativa, unindo orquestra e teatro. R$ 40 e R$ 50. Sala São Paulo – Pça. Júlio Prestes, 16, tel. 3223-3966.

11h às 17h

O quê? 3a edição do SPA Week. Por quê? O evento reúne os melhores centros de bem estar e saúde de São Paulo com a proposta de oferecer tratamentos com o valor fixado em R$ 70. O Spa des Jardins, por exemplo, oferece três tipos de tratamentos: massagem d’stress, reflexologia e hidratação para os pés e drenagem facial finalizada com máscara de vinho antioxidante. De 11 a 25/9. De seg. a sex: das 7h às 21h; sáb: das 9h às 18h. R. Haddock Lobo, 935, tel. 2362-8861. www.spaweek.com.br

5h às 11h

bem-estar

O quê? Corpo vivo. Por quê? Espetáculo interativo de Ivaldo Bertazzo, apresenta seu corpo de 16 bailarinos e a ideia de confrontação das espécies. O projeto desenvolvido em parceria com o SESC-SP inclui o lançamento do livro Corpo Vivo - Reeducação do Movimento, palestras e workshops. O espetáculo pretende representar a evolução da espécie humana, comparando-a com a dos répteis, pássaros, peixes e quadrúpedes, por meio da dança, da música e de textos que percorrem o teatrodança. Até 17/10. De qui. a sáb.: às 21h; dom.: às 18h. R$ 5 e R$ 10. SESC Pinheiros – R. Paes Leme, 195, tel. 3095-9400.

17h às 23h

dança

O quê? Festa eletrônica com o Infected Mushroom. Por quê? Entre os dez melhores DJs do mundo, eles já passaram por todos os maiores festivais. Do Ultra Music Festival em Miami para mais de 100 mil pessoas à praia de Ipanema no Rio, eles superam 120 apresentações por ano. Com shows explosivos utilizando avançadas tecnologias da música eletrônica, misturam as batidas de bateria, guitarra e vocais. Às 23h. R$ 20. Pachá – R. Mergenthaler, 829, tel. 2189-3700. www.pachasp.com.br

23h às 29h

balada

79


setembro 2010

Suplicy Cafés Especiais 5h às 11h

show O quê? Guilherme Ribeiro, acordeonista, lança seu primeiro CD no Museu da Casa Brasileira. Por quê? Acompanhado por Pedro Ito (bateria), Sidiel Vieira (contrabaixo acústico) e Michi Ruzitschka (violão), Guilherme mostra através de suas composições como o acordeon está presente no jazz. No repertório, obras de autoria própria e de artistas consagrados como Jacob do Bandolim, Astor Piazzolla e Bruno Martino. Às 11h. Entrada franca. Av. Brig. Faria Lima, 2705, tel. 3032-3727. www.mcb.org.br

11h às 17h

gastronomia O quê? La Caballeriza. Por quê? A churrascaria traz para São Paulo não só o conceito que a consagrou na Argentina como os cortes especiais, a lenha e o carvão. Com pé-direito alto e decoração aconchegante, a temática da casa é o universo de cavalos e polo, incluindo baias (caballerizas). Destaque para o delicioso bife de chorizo ao molho de vinho com batata espanhola. A seleção de vinhos tem 150 rótulos, a maioria, naturalmente, argentinos. Seg. a qui.: das 12h às 16h e das 19 às 24h, sex.: das 19h à 1h; sáb. e feriados: das 12h à 1h e dom.: das 12h às 18h. Al. Campinas, 530, tel. 3541-2220/3285-6189.

teatro

17h às 23h

A cafeteria inspirada nas coffee houses londrinas, com projeto arquitetônico de Kiko Salomão e comunicação visual de Pinky Wainer, une um ambiente charmoso e despojado à excelência em cafés da família Suplicy, uma das mais tradicionais no ramo cafeeiro. A casa traz o conceito de uma mini-torrefação de cafés, em que os grãos são torrados em uma máquina à vista dos clientes, moídos e utilizados para o preparo de diferentes drinques, quentes ou gelados, deixando um aroma bem gostoso no ar. A rede também comercializa cafés de origem controlada produzidos em suas fazendas. De seg. a qui.: das 8h às 24h; sex.: das 8h à 1h; sáb.: das 9h à 1h e dom.: das 9h às 24h. Al. Lorena, 1430, tel. 30610195. www.suplicycafes.com.br

domingo, 12

O quê? Piscina (Sem àgua). Por quê? Último dia para ver o espetáculo com texto do inglês Mark Ravenhill, e direção de Felícia Johansson. Uma artista plástica bem-sucedida convida seus amigos alternativos para uma festa em sua nova mansão. No auge da celebração, ela sofre um acidente, entra em coma e desperta em seus convidados a ideia de transformar seu corpo em obra de arte. Prêmio de melhor espetáculo de teatro adulto no 14º Cultura Inglesa Festival. Com Einat Falbel, Ester Laccava, Wiliam Ferreira e William Amaral. Às 21h. R$ 30. Teatro Cultura Inglesa Pinheiros – R. Dep. Lacerda Franco, 333, tel. 3814-0100.

23h às 29h

música

80 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? Mallu Magalhães. Por quê? O segundo álbum homônimo da cantora acaba de ser disponibilizado no iTunes dos Estados Unidos. O CD já estava disponível pelo mesmo meio, em 17 países da Europa: Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, França, Alemanha, Inglaterra, Grécia, Irlanda, Itália, Luxemburgo, Holanda, Noruega, Portugal, Espanha, Suécia e Suíça. Mallu Magalhães teve a produção de Kassin (produtor de Vanessa da Mata, Caetano Veloso e Jorge Mautner) e traz participações especiais de Felipe Pinaud (da Orquestra Imperial), Marcelo Camelo, Taciana Vaz, Mauricio Takara (da banda Hurtmold e do Instituto) e da banda Jennifer Lo-Fi. www.itunes.com


segunda, 13

setembro 2010

O quê? 4a Expoazeite. Por quê? A Feira Internacional de Azeites, Azeitonas e produtos Delicatessen tem como objetivo promover o consumo do azeite no Brasil. Ótima oportunidade para se conhecer o posicionamento das marcas no mercado, lançamentos de produtos específicos, ampliar contatos e networking num mercado caro e inacessível. E aprender mais sobre os usos e costumes do óleo das oliveiras. Dias 13 e 14 de setembro, das 10h às 19h. Centro Fecomércio de Eventos – R. Doutor Plínio Barreto, 285, tel. 3254-1591. www.expoazeite.com.br

5h às 11h

evento

O quê? 48a Equipotel. Por quê? Figurando entre as cinco maiores feiras do mundo no setor de hotelaria e gastronomia, alimentação e turismo, traz lançamentos, serviços e inovações tecnológicas. A Equipotel incorpora quatro eventos simultâneos: Equip Food&Drinks; Equip Spa&Wellness; Equip Conference (ciclo de palestras sobre hotelaria e gastronomia); e Equip Design (mostra de decoração e arquitetura voltada para estabelecimentos hoteleiros). De 13 a 16 de setembro, das 13h às 21h. Pavilhão de Exposições do Anhembi – Av. Olavo Fontoura, 1209, tel. 2226-0400. www.novaequipotel.com.br

11h às 17h

evento

O quê? Maria Rita. Por quê? Um show diferente, focado na canção e voz. As músicas escolhidas vêm dos seus três trabalhos, assim como de projetos de amigos dos quais ela participou. Destaque para algumas que não fizeram parte do último trabalho da cantora, como Conceição dos coqueiros (Lula Queiroga), Santana (Junio Barreto), Cupido (Claudio Lins), Perfeitamente (Fred Martins e Francisco Bosco), Só de você (Rita Lee), A história de Lily Braun (Edu Lobo e Chico Buarque), e Soledad, do uruguaio Jorge Drexler. Dias 13, 20 e 27 de setembro, às 22h. R$ 150. Tom Jazz – Av. Angélica, 2331, tel. 3255-0084. www.tomjazz.com.br

17h às 23h

show

O quê? Os pastéis assados do Porta Fortuna. Por quê? Para quem não gosta ou não pode comer fritura é uma boa opção. O curioso Fayek Brotos Attia, proprietário da casa, foi quem desenvolveu a receita depois de um boa pesquisa e ensaios. O cliente pode escolher até três sabores na porção com oito unidades. Os campeões de venda são os de camarão ou de carne seca, ambos com catupiry, e o de quatro queijos. O Porta Fortuna também oferece pizza, massas, lanches, risotos e pratos prontos. De seg. a qui. e dom.: das 17h à 1h, sex. e sáb.: das 17h às 2h. R. Mourato Coelho, 913, tel. 3816-5012.

23h às 29h

gastronomia

81


setembro 2010

máquina de reciclar 5h às 11h

exposição O quê? Exposição Aço orgânico de Cássio Lazaro. Por quê? Conhecido por usar técnicas inovadoras e por fabricar o seu próprio material de trabalho, Cássio mais uma vez inova ao transferir para o aço toda a sutileza e delicadeza dos detalhes da “renda”, do “tecido” e da “fibra”, nas 40 esculturas produzidas para esta mostra, algumas com até 2,4 de altura. Até 2/10. De seg. a sex.: das 10h às 20h; sáb.: das 10h às 14h. Galeria André. Al. Gabriel Monteiro da Silva, 1753, tel. 3064-2242.

gastronomia

11h às 17h

Os jovens empresários Rodrigo Moraes, 30, Thiago Von Gal, 30, e Felipe Kurc, 31, acabam de voltar para o Brasil trazendo na bagagem um produto inovador: o primeiro exemplar da máquina de reciclagem Uno da Tomra (www.tomra.com). Ideal para locais de grande fluxo de pessoas, tais como supermercados e shopping centers, a Uno funciona assim: você coloca latas, garrafas pet ou recipientes de vidro dentro dela e recebe, em troca, cupons que valem descontos e benefícios. É uma boa ideia para empresas preocupadas com o meio ambiente. Tel. 3214-6659. www.sustentrading. com.br; www.twitter.com/ sustentrading

terça, 14

O quê? Pietro Sugar. Por quê? Dentista e advogada por opção, doceiras por vocação, é assim que as irmãs Tatiana e Juliana Prieto definem sua atual ocupação. Isso porque as meninas se uniram para dar forma e sabor ao talento de confeccionar delícias açucaradas para festas e ocasiões especais. São bolos, docinhos, cupcakes, pães de mel e chocolates que encantam olhos e paladar. Elas também conseguem atender aos sonhos e expectativas dos clientes, cuidando especialmente da apresentação da encomenda, que prima pelo acabamento delicado. Atendimento com hora marcada, tel. 3120-6949. www.prietosugar.com.br

17h às 23h

gastronomia O quê? Espaço Mistral – Curso Básico de Vinhos. Por quê? A inciativa da loja Artmix em parceria com a importadora Mistral é uma boa oportunidade para saber mais sobre o universo dos vinhos. O expert Cedric Grelin trabalhou para diferentes domaines e lojas especializadas, na França e Inglaterra, até virar gerente do grupo Vom Fass, com lojas na Harrrod’s e Selfridges. São três aulas: Diferenças Entre o Velho e Novo Mundo; Descobertas do Velho Mundo e Descobertas do Novo Mundo. Dias 14, 21 e 28/9: das 19h30 às 21h30. Por 3 x R$ 110. R. Oscar Freire, 261, tel. 3853-2544.

23h às 29h

bar

82 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? Sushi show. Por quê? Inaugurado há poucos meses, esse restaurante japonês aposta na constante renovação para atrair os paulistanos. Funciona em rodízios servidos no almoço (R$ 34,90) e no jantar (R$ 44,90). Entre os destaques do cardápio estão os uramakis e os temakis de frango, ovas de Massagôe e o Temaki Sushi Show, que ganha um sabor doce com o molho de framboesa, misturado ao salmão, cream-cheese, camarão e crocantes skin (R$ 16). R. Capote Valente, 544, tel. 3062-3353. Almoço – de seg. a sex.: das 12h às 15h, sáb.: das 13h às 16h e dom.: das 13h às 18h; jantar – de seg. a sex.: das 18h às 24h e sáb.: das 18h às 24h.


quarta, 15

setembro 2010

O quê? Rebelião em silêncio de Rebecca Horn. Por quê? É a primeira individual da artista alemã, referência da arte contemporânea naquele país, ao lado dos pintores como Anselm Kiefer e Gerhard Richter. A mostra apresenta seis vídeos e dezoito instalações, incluindo um piano de ponta-cabeça no teto. Até 3/10. De ter. a dom.: das 10 às 20h. Centro Cultural Banco do Brasil – R. Álvares Penteado, 112, tel. 3113-3651.

5h às 11h

exposição

O quê? Lares 2010 – 10a Conferência Internacional da Latin American Real Estate Society. Por quê? O evento apresenta as mais recentes pesquisas sobre o mercado latinoamericano de real estate. Realizada anualmente, o tema central dessa edição será O crescimento sustentável do mercado latino-americano de real estate. Também serão abordados os impactos que deverão ser provocados em alguns segmentos com a realização da Copa do Mundo em 2014 e das Olimpíadas em 2016 no país. Centro Brasileiro Britânico – R. Ferreira de Araújo, 741, tel. 3819-4120. www.lares.org.br

11h às 17h

evento

O quê? Sempre um papo: conversa com Carola Saavedra. Por quê? O projeto que promove batepapo com escritores há 24 anos recebe, hoje, Carola Saavedra, chilena radicada no Brasil, para debate e lançamento do livro Paisagem com Dromedário. A autora estreou na literatura em 2005 com o livro de contos Do lado de fora , da editora 7Letras. Depois vieram pela Companhia das Letras: Toda terça (2007) e Flores azuis (2008), vencedor do prêmio APCA de melhor romance e finalista dos prêmios Jabuti e São Paulo de Literatura.Às 20h, no SESC Vila Mariana – R. Pelotas 141, tel. 5080-3000. www.sempreumpapo.com.br

17h às 23h

livro

O quê? Orquestra Brasileira de Música Jamaicana. Por quê? Para ouvir clássicos da música brasileira em ritmo jamaicano de raiz, como ska, rock steady e arly reggae, entre eles Águas de março, Samba de verão e Garota de Ipanema. Confira as novidades e programação de shows da banda formada por Ruben Marley (trombone), Marcelo Cotarelli (trompete e flugel), Fernando Bastos (sax tenor e flauta), Igor Thomaz (sax barítono e alto), Fabio Luchs (bateria), Rafael Toloi (Baixo), Pedro Cunha (teclados), Pipeta (trompete e flugel) e Sérgio Soffiatti (guitarras e vocais). www.myspace.com/obmjska

23h às 29h

música

83


setembro 2010

sopa de concha 5h às 11h

beleza O quê? Orgânicos Cadiveu. Por quê? Inspirada nos rituais de beleza do grupo indígena pantaneiro Kadiwéu, a marca de cosméticos trabalha com matérias-primas naturais, extratos orgânicos e óleos vegetais extraídos da biodiversidade brasileira de forma sustentável, livre de compostos de origem animal e de parabenos. Os produtos vêm em embalagens de PET reciclável. Há itens para corpo, rosto e cabelos, e uma linha direcionada para os homens, incluindo o shampoo vitalizante de menta ultrarefrescante (R$ 27,10). De seg. a sex.: das 9h às 18h. R. Martim de Sá, 75, tel. 50786897. www.organicoscadiveu.com

gastronomia

11h às 17h

Trinta anos depois de lançar o disco Rumo aos antigos, com composições pouco conhecidas de Noel Rosa, Lamartine Babo e Sinhô, o grupo Rumo foi buscar canções gravadas em 78 rotações, nas décadas de 30 e 40, para o repertório de seu novo disco, Sopa de concha, lançado pela Biscoito Fino, sob o comando de Geraldo Leite. Ele pesquisou 80 gravações até chegar às 15 canções praticamente inéditas que compõem o repertório, que começa com Ary Barroso (Meu amor não me deixou) e termina com Haroldo Lobo e Wilson Batista (Não tenho juízo). www.gruporumo.com.br

quinta, 16

O quê? Adega Alentejana. Por quê? Ali pode-se encontrar os melhores produtos portugueses, entre saborosos azeites, belas louças de cerâmica feitas à mão e cervejas, além de mais de 150 rótulos de vinhos. Manuel Chicau, proprietário da enoteca, gosta de dizer que traduz o produto português para o gosto dos brasileiros. É o caso do vinho Scala Coeli 2007, o primeiro a ser produzido no Alentejo com a castas de outras regiões. De seg. a sex.: das 10h às 19h; sáb.: das 9h às 14h. R. Cincinati, 12, tel. 5044-5760

17h às 23h

show O quê? Show de Claudia Albuquerque. Por quê? A cantora, compositora, letrista e pianista, nascida em Estocolmo (Suécia), filha de pais brasileiros, viveu em Londres, Madri, Teerã, Cingapura e nos EUA. Tantas mudanças, em meio a influências culturais diversas, contribuíram para facilitar o seu trânsito por diversos gêneros musicais – de composições eruditas ao rock e blues, passando da musicalidade brasileira ao beat eletrônico. Às 22h. R$ 30. Tom Jazz – Av. Angélica, 2331, tel. 3255-0084. www.tomjazz.com.br

23h às 29h

gastronomia

84 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? Empório Sagarana. Por quê? É um lugar para esquecer os compromissos, o medo e o stress inerentes a São Paulo. A casa pequena, quase secreta, foi idealizada pelos mineiros Paulo Leite e Priscila Vieira. O bar tem uma das melhores seleções de cervejas da cidade, alguns quitutes com gostinho caseiro, petiscos, tortas e queijos importados lá das Gerais. Seg. e ter.: das 17h às 22h; qua.: das 17h às 23h; qui., sex., e sáb.: das 17 às 1h. R. Marco Aurélio, 883, tel. 3539-6560.


sexta, 17

setembro 2010

O quê? Febragolfe 2010. Por quê? Iniciativa da Barrichello Sports, já na primeira edição, em 2008, tornou-se o maior evento do país. No ano passado, contou com mais de 60 marcas, empresas ligadas ao golfe e outras interessadas nesse público. Golfistas podem testar e adquirir equipamentos, se divertir nos simuladores, concorrer a prêmios, saber mais sobre destinos turísticos de golfe, sobre os novos campos em construção, falar com profissionais do PGA e fazer negócios. De 17 a 19/9: das 10h às 22h. Transamérica Expo Center – Dr. Mário Villas Boas Rodrigues, 387, tel. 5643-3000. www.febragolfe.com.br

5h às 11h

evento

O quê? Churrasqueira Gas Grill. Por quê? O equipamento da americana Char-Broil é um verdadeiro “espaço gourmet”: faz churrasco, pizza e, de quebra, vem com um fogão lateral para esquentar outros alimentos. A facilidade e rapidez no acendimento também agradam, basta apenas um toque no botão. O design possibilita que seja adaptada em qualquer projeto customizado fixo ou móvel – na varanda, jardim e piscina, graças às rodinhas. São ao todo 15 modelos, de tamanhos, cores e características diferentes, que custam a partir de R$ 2.500. tel. 4195-5734. www.gasgrill.com.br

11h às 17h

consumo

O quê? Show de Peter Frampton. Por quê? O cantor, guitarrista e compositor continua sendo um dos mais célebres artistas e guitarristas da história do rock. Recentemente ele ganhou um Grammy por seu álbum instrumental Fingerprints, mas vai apresentar canções do seu novo álbum, Thank you mr. Churchill, lançado em abril de 2010. Às 22h. De R$ 140 a R$ 300. Via Funchal – R. Funchal, 65, tel. 2144-5444. www.viafunchal.com.br

17h às 23h

show

O quê? Kaskade. Por quê? O americano é um dos DJs mais queridos no Brasil. Suas músicas com vocais são cantadas em pistas animadíssimas e produções especiais. Em 2008, foi eleito o melhor DJ residente dos Estados Unidos e teve simplesmente três hits no Top 5 dos sites Beatport e Itunes, sendo I remember escolhida como a Top 10 do site, no mesmo ano. Em 2009, Kaskade teve a honra de estar entre os Top 100 DJs da revista DJMAG, uma das mais respeitadas do segmento no mundo. Às 23h. R$ 20. R. Mergenthaler, 829, tel. 2189-3700. www.pachasp.com.br

23h às 29h

balada

85


setembro 2010

GARCIA & RODRIGUES 5h às 11h

viagem O quê? Pousada Villa Camboa. Por quê? É uma das únicas opções de hospedagem pé na areia na Praia de Cambury, em São Sebastião, Litoral Norte de São Paulo. Construída em um terreno de cinco mil metros quadrados, em frente ao mar, além de uma boa infra-estrutura, o turista tem acesso a diversos passeios ecológicos, esportes radicais e a um empório gastronômico de grande prestígio. O café da manhã continental, até às 11h, inclui mais de 40 itens. Tels. (12) 38654920/3865-2093/3865-3520. www.villacamboa.com.br

gastronomia

11h às 17h

A festejada casa carioca abriu suas portas em São Paulo, numa área de 600 m2, no shopping Vila Olímpia, com entrada independente. Misto de padaria, confeitaria, restaurante, adega, deli e rotisserie, é comandada pelo conceituado chef Christophe Lidy – que criou um pão no formato do Pão de Açúcar para homenagear o Rio. No cardápio, clássicos da cozinha francesa e brasileira, como o duo de tomates secos, o foie gras au torchon e o salmão cozido no bafo com legumes e ervas. De seg. a dom.: das 10h até o último cliente. R. Olimpíadas, 360, tel. 3841-9420.

sábado, 18

O quê? La Tasca. Por quê? A casa espanhola, comandada pelo jovem casal de chefs Mireia Vila Garcia e Mário Augusto Ott, incorporou ao seu menu o prato Zarzuela, à base de pescado, típica caldeirada espanhola feita com peixe cambucu, camarões, mexilhão, lula, azeite, açafrão, alho e salsinha. É preparado com batatas cozidas do próprio caldo. R$ 115,30. Serve duas pessoas. Almoço – de ter. a qui.: das 12h às 14h30. Jantar – de ter. a sex.: das 19h às 24h, sáb.: das 12h às 15h e das 19h às 24h, e dom.: das 12h às 16h. Av. Carinás, 592, tel. 2308-1091. www.restaurantelatasca.com.br

17h às 23h

show O quê? Show do grupo Scorpions. Por quê? Com mais de 100 milhões de discos vendidos em todo o mundo em 40 anos de sucesso, a banda alemã de rock volta ao país com sua turnê de despedida, Get your sting and blackout world tour 2010 e divulga seu mais novo álbum, Sting in the tail. Dias 18 de setembro, às 22h, e 19 de setembro, às 20h. R$ 100 a R$ 600. Credicard Hall – Av. das Nações Unidas, 17955, tel. 2846-6000. www.credicardhall.com.br.

23h às 29h

teatro

86 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? Fanfarrões. Por quê? A cia. carioca apresenta uma comédia inspirada em grandes nomes, como Oscarito, Grande Otelo e Mazzaropi. Os esquetes mesclam pantomimas, danças e dublagens escrachadas, como a dos sertanejos, cantando a dor de levar um chifre, e tipos cômicos como as mulheres nordestinas despachadas que interagem com a platéia. O espetáculo apresenta ainda o quadro Pantomima do Bochecha, a febre da internet. Últimos dias, 18 e 25/9: às 23h30. R$ 30. Teatro Ruth Escobar, Sala Miriam Muniz – R. dos Ingleses, 209, tel. 3289-2358.


domingo, 19

setembro 2010

O quê? Sampa Music Festival 2. Por quê? É considerado o maior evento de música independente a reunir bandas do underground paulistas. O evento apresenta mais de 20 atrações em 12 horas de música sem intervalo. Entre os destaques dessa edição, os grupos Cine e Gloria. Também se apresentam as bandas Rancore, os cariocas do Catch Side e as revelações V.O.W.E. e Replace, recém-contratados pela gravadora Midas Music. A partir das 10h. R$ 25. Espaço Victory – R. Major Angelo Zanchi, 825, (ao lado da estação de metrô Penha), tel. 82165461. www.sampamusicfestival.com.br

5h às 11h

evento

O quê? Galeria Chocolate. Por quê? Oferece criações do premiado pâtissier e chocolatier Diego Lozano. Com apenas 26 anos, ele já chefiou a seção de doces do D.O.M, trabalhou em chocolaterias na Bélgica (Marc Docubu Pâtisserie e Chocolate World), ganhou na França o World Chocolate Masters, e, aqui no Brasil, foi indicado como Chef Pâtissier Revelação, pela revista Prazeres da Mesa. A linha Brasilidade destaca o bombom de piprioca (R$ 2,50 a unidade), de nuance amadeirada e picante, misturada com chocolate ao leite com 33,6% de cacau. R. Gaivota, 779, tel. 5051-1302. www.galeriachocolate.com.br

11h às 17h

gastronomia

O quê? O amante. Por quê? Dirigida por Francisco Medeiros, o texto é do inglês Harold Pinter, Prêmio Nobel de Literatura de 2005, considerado um dos mais importantes dramaturgos contemporâneos. Uma de suas obras mais encenadas, em diversas línguas e países. Os diálogos são repletos de conflitos, jogos de dominação e de poder, que afloram na convivência do casal Sarah (Paula Burlamaqui) e Richard (Daniel Alvim). Até 26 de setembro. Qui.: às 21h e sex.: às 21h30 (R$ 30); sáb.: às 21h e dom.: às 19h (R$ 40). Teatro Nair Bello. Shopping Frei Caneca – R. Frei Caneca, 569, 3° andar, tel. 3472-2414.

17h às 23h

teatro

O quê? Next. Por quê? A loja virtual é o endereço certo para encontrar o mimo ideal na hora de presentear. As sugestões são divididas por ocasião, produto, preço, para quem e everyday. A loja é bem antenada, explorando as tendências internacionais de design e objetos, oferecendo ideias cheias de charme e glamour. A Caneta Tulipa, é um delas, para dar boas-vindas à Primavera. O design é desenvolvido pela holandesa Puhlmann. www.nextgift.com.br

23h às 29h

internet

87


setembro 2010

7˚ Encontro de Cordas da Mantiqueira 5h às 11h

consumo O quê? Esteiras Chézi. Por quê? Podem ser usadas dentro ou fora d’água. Além disso, tem estampas coloridas e vibrantes. A estrutura em tela e espuma especiais permitem que flutuem com um peso de até 115 quilos. Além do uso em piscinas, cadeiras e chão, são ótimas para a praia, pois não retêm areia e podem ser lavadas em água corrente. Leves e flexíveis, pesam apenas 200 gramas e são facilmente dobradas. Hotéis, pousadas e spas podem personalizar as esteiras com sua marca e estilo. Preço médio: R$ 59,90. R. Jorge Chamas, 310, tel. 5084-0875. www.chezi.com.br

11h às 17h

gastronomia O quê? Oliviers & CO. Por quê? Trata-se de uma butique especializada para aqueles que gostam de cozinhar e degustar novos sabores. A loja traz diversos rótulos de azeites virgens e extra-virgens originários das melhores regiões produtoras, como Toscana, Sardenha, Sicília, Andaluzia, Córsega e Peloponeso. Há também patês de azeitonas pretas, pães, biscoitos e acessórios, como bicos dosadores. Shopping Villa Lobos – Av. das Nações Unidas, 4777, tel. 3024-4146 e mais quatro endereços no eixo Rio-São Paulo. www.oliviers-co.com.br

gastronomia

17h às 23h

O distrito de São Francisco Xavier, a 50 km de São José dos Campos, apresenta o 7˚ Encontro de Cordas da Mantiqueira. Tradicional desde 2004, nesta edição, sobem ao palco Índio Cachoeira, Ricardo Vignini, André Christovam, Edu Gomes, Marcos Davi, Viola Arranjada, Gustavo Carvalho, Omar Fonter Jr. e Marcelo Fernandes, Mente Clara Quinteto e Triálogo. O festival acontece de 4 a 25/9, com direito a uma jam session no fim das apresentações – duas por noite. A cidade exibe outras artes, como cerâmica, flores em compensado e máscaras do carnaval veneziano. www. cordasnamantiqueira.com.br

segunda, 20

O quê? Lousa de sugestões especiais no Nou. Por quê? Os chefs Amilcar Azevedo e Tiago Del Bianco, todas as noites sugerem algum prato diferenciado que não está no cardápio regular da casa e o colocam na lousa do restaurante. Checar a dica é sempre uma boa opção, já que por lá passam delícias como o penne com lascas de salmão ao molho de limão siciliano (R$ 32) ou o escalope de filé ao molho de vinho tinto com risoto de cebola caramelizada e ervas (R$ 35). De seg. a sex.: das 12h às 15h e das 20h às 24h, sáb.: das 12h às 24h e dom.: das 12h às 17h. R. Ferreira de Araújo, 419, tel. 2609-6939. www.nou.com.br

23h às 29h

gastronomia

88 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? Mr. Mill’s Burguer. Por quê? Porque o hamburguer Especial leva à chapa um queijo de alta qualidade que não derrete, apenas tosta, e é colocado por cima do hambúrguer, acompanhado de uma porção reduzida de molho tártaro. E, recentemente, todos os sandubas ganharam o Molho da Vovó, uma receita de mais de 70 anos, à base de tomate, dois tipos de pimentas, noz moscada, folhas de louro e mais algumas iguarias. De dom. a qui.: das 18h às 2h; sex. e sáb.: das 18h às 4h. R. Abílio Soares, 165, tel. 3052-1390.


terça, 21

setembro 2010

O quê? Jardim Secreto Atelier. Por quê? Para as noivas que embarcam na onda do trash the dress, Patricia Granha Bourgeaiseau presenteia suas clientes com uma boneca Barbie vestida com modelo idêntico ao usado na hora do sim. A boneca é enviada um mês após o casamento, em uma elegante caixa com tampa francesa, forrada com o mesmo tecido do vestido, arrematada com um laço de cetim azul “para emanar boas vibrações”, nome da noiva, data do casamento e nome da igreja, tudo bordado à mão. R. Cristiano Viana, 67, casa 9, tel. 3064-3487. www.jardim-secreto.com

5h às 11h

serviço

O quê? Menu baiano de Ana Luiza Trajano. Por quê? A chef do restaurante Brasil a Gosto gosta de criar cardápios inspirados em diversas regiões do país. A bola da vez é a Bahia, com pratos que passeiam do litoral ao sertão do estado. Em novas interpretações, há opções populares como o bobó de camarão e a moqueca e outros feitos com iguarias mais conhecidas pelos habitantes locais, como o biribiri, a araruta e o licuri. Até outubro. De ter. a qui.: das 12h às 15h e das 19h às 24h; sex. e sáb.: das 12h às 17h e das 19h à 1h e dom.: das 12h às 17h. R. Prof. Azevedo do Amaral, 70, tel. 3086-3565.

11h às 17h

gastronomia

O quê? Show de Yanni. Por quê? Referência da música new age, o compositor e instrumentista grego Yanni chega pela primeira vez ao Brasil com a turnê Yanni live in concert. Em 35 anos de carreira, foram mais de 20 milhões de cópias de 18 discos vendidos no mundo. Ao seu lado Samvel Yervinyan (violino), Victor Espinola (harpa paraguaia), Ming Freeman (teclados), Charlie Adams (bateria) e Jason Carder (trompete). Dias 21 e 22 de setembro, às 20h30. Credicard Hall – Av. das Nações Unidas, 17955, tel. 2846-6000. De R$ 150 a R$ 850. www.credicardhall.com.br

17h às 23h

show

O quê? Kitsch Club. Por quê? O nome é uma referência ao estilo de decoração da casa, que oferece os ingredientes da noite (pista, música e bar) combinados com uma boa programação artística, como as Terças Gozadas (shows de stand-up e DJs), jazz, rock e eletro ao vivo, em outros dias da semana. Os bartenders exibem seus talentos com um espetáculo à parte, vestidos com adornos coloridos e engraçados. O cardápio, impresso num vinil compacto, traz boas opções de beliscos e coqueteis, com o Cosmopolitan e Marguerita Frozen. De ter. a sáb.: das 23h às 5h. R. Vergueiro, 2676, tel. 5084-1440.

23h às 29h

balada

89


setembro 2010

Festival de jardins do mam 5h às 11h

casa O quê? Linha Timbó de Carlos Motta. Por quê? Depois de expor e lançar o seu livro no Museu da Casa Brasileira, o designer também foi destaque na última Equipotel, com uma linha de 14 itens produzidos com madeira certificada de reflorestamento feitos para a marca de móveis Butzke. São mesas, poltronas, sofás, cadeiras e espreguiçadeiras desenvolvidos para o uso em áreas de lazer e de convívio social, com tratamento de repelência à água. R. Aspicuelta, 121, tel. 3032-4127. www.carlosmottta.com.br ou www.butzke.com.br

pet

11h às 17h

Trata-se da primeira versão fora da França de um dos mais importantes eventos paisagísticos do mundo: o Festival Internacional de Jardins de Chaumont-sur-Loire. A abertura, que acontece dia 22/9, traz nove jardins projetados por paisagistas franceses, entre eles Louis Benech e Florence Mercier, e por artistas visuais brasileiros, como Ernesto Neto e Beatriz Milhazes, que exploram o tema da alimentação do corpo e do espírito. Até 31/12. Das 5h às 22h. Pq. do Ibirapuera – Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, portão 3, tel. 5085-1300.

quarta, 22

O quê? Quebra-cabeça para cachorro. Por quê? Para ocupar a mente, o nariz, as patas, e a boca do seu cãozinho. Criado pela empresa sueca Nina Ottosson, o brinquedo também ajuda a combater o instinto destrutivo e a ansiedade do animal, especialmente dos que vivem em pequenos espaços e não gastam muita energia. Em duas versões Dog Finder (R$179,50) e Dog Tornado (R$165,50), Na BitCão. www.bitcao.com.br

17h às 23h

gastronomia O quê? Presto Pizzas. Por quê? Usa o exótico alho negro na feitura de suas pizzas. O ingrediente da alta gastronomia, saudável e com paladar adocicado, pode ser degustado na opção Nero da Presto (R$ 39), combinado com pétalas de tomates confitados, muçarela especial e os dentes escuros, perfumados e cremosos. A especiaria é rica em antioxidantes e contém vitaminas A, B2, B6 e C, iodo e sais minerais. De seg. a qui.: das 11h45 às 14h45 e das 18h às 23h; sex.: das 11h45 às 14h45 e das 18h às 24h; sáb.: das 18h às 24h; dom.: das 18h às 23h. R. Esmeralda, 39, tel. 3207-1749. www.prestopizzas.com.br

23h às 29h

balada

90 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? Cabaret. Por quê? O clima da casa noturna que recebeu a festa Privilege Ibiza 2010 é de luxo e diversão. Para aferir o movimento, há um cubo de led pendurado no teto, o chamado ‘medidor do agito da noite’. Outro atrativo é a refrigeração de ar, com alta tecnologia, controlando a temperatura para estar sempre no grau ideal. Um local especial e facilitado para o acesso de fumantes, ajuda. Marcelo Sá e Marcelo barres comandam a pista. De qua. a sáb.: a partir das 23h30. R. Quintana, 765, tel. 5505-6886.


quinta, 23

setembro 2010

O quê? Adventure Sports Fair 2010. Por quê? A feira é voltada a empresas e público interessado, reunindo há 12 anos as principais marcas e destinos do mercado, as agências governamentais e ONGs do setor. Ali o visitante pode analisar novos destinos de aventura; testar produtos e equipamentos esportivos; ampliar sua rede de contatos e fechar acordos e parcerias comerciais; coletar informações e se divertir com atrações esportivas e interativas. De 23 a 26/9. Qui. e sex.: das 14h às 22h, sáb.: das 12h às 22h e dom.: das 12h às 20h. Pavilhão de Exposições do Anhembi – Av. Olavo Fontoura, 1209, tel. 2226-0400.

5h às 11h

evento

O quê? Sisp – 13ª Fiaflora Expogarden – Feira Internacional de Paisagismo, Jardinagem, Lazer e Floricultura. Por quê? Evento da Semana Imobiliária São Paulo 2010, simultânea ao 5° Salão Imobiliário de São Paulo, Exposíndico, Casa e Decoração, a Fiaflora traz projetos de paisagistas reconhecidos no mercado. São 220 empresas que exibem os resultados de seus investimentos no desenvolvimento e lançamento de novos produtos, soluções e equipamentos. De 23 e 26 de setembro, qui. e sex.: das 12h às 21h e sáb. e dom.: das 10h às 21h. Pavilhão de Exposições do Anhembi – Av. Olavo Fontoura, 1209, tel. 2226-0400.

11h às 17h

evento

O quê? Espetáculo Orfeu. Por quê? Repaginação da peça Orfeu da Conceição, escrita por Vinicius de Moraes em 1954, baseada no drama da mitologia grega de Orfeu e Eurídice. A trilha sonora foi lançada em vinil no ano de 1956, pela Odeon, com música escrita por Antônio Carlos Jobim e letra de Vinicius.Em 1959, baseado na peça, foi lançado o filme Orfeu negro, premiado com a Palma de Ouro, o Oscar e o Globo de Ouro. Direção geral de Aderbal Freire Filho. R$ 30 a R$ 180. De 23 a 29/9. Qui.: às 21h, sex. e sáb.: às 22h e dom.: às 19h. HSBC Brasil – R. Bragança Paulista, 1281, tel. 5646-2120.

17h às 23h

teatro

O quê? Eu, Tu, Eles. Por quê? O bar, recentemente aberto na esquina da avenida Faria Lima com a rua Amauri, chegou para soltar o nó da gravata. Um bar central em forma de ilha, um balcão que lembra os dos bares de San Telmo, em Buenos Aires, uma parede de taipa, piso de tábuas largas e milhares de fitas do Senhor do Bonfim forrando o teto dão o tom da casa. Petiscos e lanches, como os hamburgueres de fraldinha e churrasquinho de carne de sol acompanham o estilo, bem como as caipirinhas e batidinhas do bartender Souza Veloso. De ter. a sex: a partir das 18h e sáb.: a partir das 13h. Av. Brig. Faria Lima, 2902, tel. 3071-4535. www.eutuelesbar.com.br

23h às 29h

bar

91


setembro 2010

show do seu jorge 5h às 11h

evento O quê? 13ª Mostra Iguatemi de Arranjos Florais. Por quê? É primavera! O evento que já se tornou tradicional em São Paulo começou ontem no Shopping Center Iguatemi e conta com a participação dos principais nomes da floricultura e paisagismo de São Paulo apresentando o que há de mais exuberante para a estação. De seg. a sáb: das 10h às 22h; dom. e feriados: das 11h às 22h. Av. Brig. Faria Lima, 2232, tel. 3816-6116. www.iguatemisp.com.br

cinema

11h às 17h

O cantor e compositor carioca de samba rock faz única apresentação em São Paulo depois de uma temporada nos Estados Unidos para divulgar seu projeto Almaz e lançar um CD com a gravadora americana Now Again. Dia 25/9. Às 22h. De R$ 60 a R$ 180. Citibank Hall – Al. dos Jamaris, 213, Moema, tel. 4003-5588. www.ticketsforfun.com.br

sexta, 24

O quê? Estreia de Wall Street – O dinheiro nunca dorme. Por quê? Drama com Michael Douglas, Susan Sarandon, Shia LaBeouf, dirigido por Oliver Stone. Na trama, o tubarão das finanças Gordon Gekko (Michael Douglas) acaba de sair da prisão, em 2008, e tenta alertar Wall Street de um iminente colapso financeiro, mas ninguém o leva a sério, por causa de sua fama de trapaceiro. Nas redes de cinema da cidade, como Cinemark, PlayArte e UCI.

17h às 23h

show O quê? Show do Djavan. Por quê? O cantor apresenta o seu mais novo CD Ária, lançado em agosto, onde atua exclusivamente como intérprete e reúne algumas de suas canções preferidas, compostas por Gil, Caetano, Chico Buarque, Cartola e Othon Russo, com Sabes Mentir. Dias 24 e 25/9: às 22h. Credicard Hall – Av. das Nações Unidas, 17955, tel. 2846-6000. R$ 60 a R$ 150. www.ticketsforfun.com.br

O quê? Show de Drake Bell. Por quê? O ídolo teen, estrela do seriado Drake and Josh , da Nick, com apenas 24 anos, é cantor, autor, ator, produtor e já participou de filmes como Jerry Maguire, Super-Herói, o Filme, Professor Aloprado 2 e Colegiais em Apuros. Com dois discos Telegraph, e It’s Only Time produziu canções para trilhas sonoras dos seriados adolescentes I-Carly e Zoey 101. Entre seus sucessos estão as canções Leave it All to Me, Makes me Happy e Hollywood Girl. Às 20h30. R$ 100 a 300. Al. dos Jamaris, 213, tel. 2846-6166/4003-5588.

23h às 29h

balada

92 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? The Week – 6 anos. Por quê? A festa de aniversário da The Week é uma das datas mais aguardadas do ano. Com uma programação mais que especial, o clube traz o DJ e produtor israelense Offer Nissim e o DJ inglês Paul Heron ao lado dos residentes Grá Ferreira, Herbert Tonn, Morais, Vlad, Paulo Pacheco e Renato Cecin. Paul Heron toca dia 24 de setembro na Pacha às 23h59; Offer Nissim, no dia 25, na TWSP, às 23h59; e dia 26/09: às 15h tem os DJs residentes na Nova Pool Party, no Clube Nacional. Mais informações e endereços no www.ingressorapido.com.br


sábado, 25

setembro 2010

O quê? Abertura da 29a Bienal de Artes de São Paulo. Por quê? Essa edição pretende afirmar que a dimensão utópica da arte está contida nela mesma, e não no que está fora ou além dela. Com curadoria de Moacir dos Anjos, Agnaldo Farias e convidados, conta com cerca de 160 artistas de diversas partes do mundo. De 25 de setembro (abertura oficial às 10h) a 12 de dezembro, de seg. a qua.: das 9h às 19h, qui. e sex.: das 9h às 22h e sáb. e dom.: das 9h às 19h. Fundação Bienal de São Paulo – Pq. do Ibirapuera, Portão 3, tel. 5576-7600. www.fbsp.org.br

5h às 11h

arte

O quê? Churrascaria Portucho – Portenhos & Gaúchos. Por quê? Tem uma saborosa Paleta de Cordeiro de um quilo, servida inteira, preparada no sal grosso e assada na parrilla de um modo especial: durante quatro horas em fogo brando envolta em papel celofane. Serve duas pessoas a R$ 79. Mas, por todo ritual do preparo, o comensal interessado em degustar essa carne tão macia precisa encomendar com pelo menos um dia de antecedência o prato. Almoço – de seg. a sex.: das 12h às 15h e sáb. e dom.: das 12h às 16h30. Jantar – de qua. a sáb.: das 19h às 23h. Av. Dr. Cardoso de Melo, 1261, tel. 3045.8159. www.portucho.com.br

11h às 17h

gastronomia

O quê? The Toy Dolls. Por quê? A cultuada banda punk inglesa é conhecida por seu som original e por suas canções bem-humoradas. Em nova turnê, comemora 30 anos de carreira e lança um novo disco de músicas inéditas. Formada na Inglaterra em 1979, a banda é liderada por Michael Algar, mais conhecido como Olga, que além de compor todas as músicas da banda é considerado um dos melhores guitarristas do punk rock de todos os tempos. Às 19h. R$ 50 (1º lote). Vila dos Ipês – Av. Mofarrej, 1505, tel. 38358198. www.viladosipes.com.br

O quê? Show da The 69 Eyes. Por quê? Única apresentação da banda finlandesa goth’n roll (termo usado pelos fãs para descrever seu estilo). A música mostra influência de artistas do rock como The Doors, Elvis Presley, Hanoi Rocks, Billy Idol e Sisters of Mercy, bem como filmes e literatura de vampiros. Parte da turnê que divulga o seu mais recente álbum de estúdio, o Black in blood, lançado no ano passado. Às 20h. De R$ 55 a R$ 150. Carioca Club – R. Cardeal Arcoverde, 2899, tel. 3813-8598. www.cariocaclub.com.br

17h às 23h

show

O quê? Bar Veredas. Por quê? O nome é uma homenagem a Guimarães Rosa e o visual segue a linha dos anos 50. A atração fica por conta da enorme varanda. O menu, coordenado pelo chef Ricardo Paulillo e executado por Bruce Le Greco, explora a cozinha brasileira com toque contemporâneo e autoral, com ótimos beliscos, como a torrada com queijo fundido, tutu de feijão e paçoca de pilão. Além das caipirinhas de frutas e o chope Brahma, ainda conta com 18 rótulos de whisky, grande variedade de cachaças e 60 rótulos de vinhos. De ter. a sex.: das 18h às 2h; sáb.: das 12h às 23h; dom.: das 12h às 24h. R. Delfina, 196, tel. 3816-3290.

23h às 29h

bar

93


setembro 2010

Chicago & America Tour SP 5h às 11h

passeio O quê? Praça dos Omaguás, na Vila Madalena. Por quê? É uma boa opção de passeio e de compras, já que aos domingos acontece uma feira de artesanatos elaborados por 70 artistas. À sombra de árvores, e num espaço relativamente menor do que o de outras feiras da cidade, ali pode-se descobrir máscaras artesanais de couro, pintadas e decoradas à mão; flautas e instrumentos de bambu; biojoias, feitas a partir de sementes, fibras, cascas de frutos das florestas brasileiras; caixas de recouro, tecido e até cipó; marionetes... A partir das 15h, apresentação de música instrumental. Av. Pedroso de Morais, altura do 800.

música

11h às 17h

Foi o primeiro grupo na história a receber, em 1978, o prêmio Gold Ticket, no Madison Square Garden, em Nova York, por vender mais de 100 mil ingressos. Hoje, são mais de 120 milhões de discos. Com mais de 40 anos de estrada, o Chicago é conhecido por suas baladas românticas. Ao longo da carreira, conquistaram 22 discos de ouro, 18 de platina e oito álbuns multiplatinum. Às 19h30. De R$ 160 a R$ 490. Ginásio do Ibirapuera – R. Manoel da Nóbrega, 1361, tel. 3887-3500.

domingo, 26

O quê? Orquestra Filarmônica de Munique. Por quê? O maestro Zubin Mehta já conduziu mais de 2 mil concertos em cinco continentes e foi nomeado o primeiro regente honorário da Filarmônica de Munique, em 2004. No programa, interpretações de Johann Strauss Jr., Fritz Kreisler, Max Bruch, Antonín Dvorák, Johannes Brahms, Pablo de Sarasate e Piotr llyich Tchaikovsky. Dia 26 de setembro, às 11h, no Auditório do Ibirapuera – Av. Pedro Álvares Cabral, s/nº, Portão 2, Ibirapuera, tel. 3629-1075. Dias 27 e 28/9: às 21h, na Sala São Paulo – Pça. Júlio Prestes, 16, tel. 3223-3966. www.salasaopaulo.art.br

17h às 23h

gastronomia O quê? Sobremesas do Alucci Alucci. Por quê? Com ambiente descontraído e ao mesmo tempo requintado, que remete à atmosfera dos restaurantes do grupo Costes, de Paris, o Alucci Alucci possui um dos terraços mais disputados da região, que ficou conhecido como “prainha dos Jardins”. O restaurante criou espaços privês, que podem ser reservados para festas e encontros informais. Destaque para a ‘taça bem casado’, que leva pão-de-ló, sorvete de creme, cobertura de chocolate e de doce de leite, além de fios de caramelo. Todas as sobremesas da casa custam R$ 18. R. Vitório Fasano, 35, tel. 3086-1252. www.alucci.com.br .

23h às 29h

gastronomia

94 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? Appetizers do Rádio Café. Por quê? Para se fartar de bons petiscos, como o especialíssimo Croquete da Vó Benta (com um toque secreto do neto preferido); o Carcciofini Italiano (porção de miolo de alcachofrinhas no azeite extra virgem; e o Bolinho do Portuga (de bacalhau do Porto). Para acompanhar, coquetéis clássicos ou martinis especiais, como o que leva o nome da casa: com vodka e uva niágara. Às quinatas, jazz ao vivo. De seg. e ter.: das 18h à 1h; qua. e sex.: das 18 às 2h; sáb., dom., e fer.: das 13 às 2h. R.Oscar Freire, 187, tel. 3083-2983.


segunda, 27

setembro 2010

O quê? Cidadão Eco. Por quê? Não sabe como se livrar das suas sucatas eletrônicas, tais como placa- mãe, HD, memórias placa de celular, celular com bateria e sem bateria, fios e cabos de força, processadores (plástico, cerâmico, slot 1), bateria automotiva e no-break, CDROM, teclado, etc...? Chame a Cidadão Eco. A empresa realiza coletas de lixo eletrônico, garantindo o seu destino correto, sem custo. Tem carros próprios e funcionários capacitados. Basta agendar um horário. Atende em domicilio em São Paulo e regiões do ABCD. Tels. 9424 9509/ 2534 6191. http://cidadao-eco. blogspot.com; contato@cidadaoeco.com.br

5h às 11h

serviço

moda

11h às 17h

O quê? Têxtil Cris e Dini. Por quê? Essa loja multimarcas reúne o melhor da malharia nacional com preços de outlet. Há confecções da PUC, Hering, Malwee, Dzarm, e de marcas menos conhecidas, mas igualmente de qualidade, como Menina Flor e Joana, essa com uma coleção de agasalhos clássicos em ofertas imbatíveis. Av. Morumbi, 8306, tel. 5542-0496.

O quê? Colher de Pau. Por quê? Para curtir pratos da cozinha regional cearense. Famosa em Fortaleza há 13 anos, onde existe em dois endereços, a filial paulistana está há 7 na cidade. Serve, naturalmente, carnede-sol puxada na manteiga de garrafa, acompanhada de cebola roxa, paçoca, batata-doce, mandioca e baião-de-dois. Pratos fartos para duas pessoas. Seg.: das 12h às 15h30; ter. e qua.: das 12h às 15h30 e das 19h às 23h; qui. e sex.: das 12h às 15h30 e das 19h até 24h; sáb: das 12h à 1h; dom.: das 12h às18h. R. Doutor Mário Ferraz, 563, Itaim Bibi, tel. 3168-8068.

17h às 23h

gastronomia

O quê? Os petiscos tradicionais do Blend Bar. Por quê? Boteco que se preze tem boas opções de petiscos. A casa renovou seu cardápio, incrementando-o com as porções Pastéis mistos (12 unidades feitas na hora), Bolinho de abóbora com carne seca, Provolone à milanesa e Frango à passarinho. Para acompanhar, tem o Festival de Caipirosks, com 16 sabores. Esse boteco chique oferece MPB ao vivo aos sábados, sem cobrar couvert. De seg. a sáb.: das 12h à 1h. R. Padre Antônio José dos Santos, 1207, tel. 5505 4188. www.blendbar.com.br

23h às 29h

bar

95

3 DE SETEMBRO NOS CINEMAS


setembro 2010

os doces do la brasserie 5h às 11h

consumo O quê? Galeria Mundo Mix. Por quê? O espaço multifuncional inaugura uma Flagship Store, oferecendo a designers, estilistas e artistas uma nova opção para divulgação e apresentação de seus trabalhos e ao consumidor a possibilidade de encontrar em um só lugar diferentes produtos dos mais diversos segmentos. O endereço, agora fixo, com 500 metros quadrados, traz cerca de 40 marcas que mostram arte, design, jardinagem, livros, moda e mobiliário, mantendo o lema “ter estilo com preço acessível”. R. Augusta, 2559, tel. 3081-4431. www.galeriamundomix.com.br

gastronomia

11h às 17h

O chef e sócio Erick Jacquin, conhecido por orquestrar uma cozinha francesa de alta qualidade, com criações cobiçadas como terrine de foie gras e canard confit, agora mudou o cardápio de sobremesas. Além da grande degustação por R$ 42 (para duas pessoas), é possível saborear delícias como mil folhas de baunilha de Madagascar, souflé Grand Marnier com calda de frutas vermelhas, ilhas flutuantes aromatizadas de laranja e paletas de sorbet, entre outras gostosuras francesas. R. Bahia, 683, tel. 3826-5409.

terça, 28

O quê? Bárbaro. Por quê? O restaurante argentino é comandado pelo chef Juan German, que se dedica há 40 anos à gastronomia, e sua filha, a jovem gourmand Alejandra Seoane. A casa especializada em parrilla, ojo de bife e empanadas, incorporou ao menu dois itens do Che Bárbaro, casa na Vila Madalena, pertencente aos mesmos donos: a crepizza, crepes enrolados com massa fina de pizza, com recheios como o de matambre (capa da costela desfiada) e muçarela, a R$ 29. De seg. a sáb.: 12h às 24h e dom.: das 12h às 18h. R. Dr. Sodré, 241, tel. 3845-7743. www.barbarorestaurante.com.br

17h às 23h

gastronomia O quê? Empório do Pastel. Por quê? A casa conhecida por servir pastéis no formato triangular, no Parque São Domingos, na Zona Norte, abriu filial na Zona Oeste. Oferece 44 sabores, doces e salgados, como os de camarão no leite de coco, bacalhau do porto ao catupiry, e strogonoff, que podem vir acompanhados de saladas. O local também é sede do Happy Day Moto Grupo, turma de motociclistas que tem como objetivo andar de moto com segurança, conhecer novos lugares e fazer novos amigos. De ter. a sex.: das 18h às 24h; sáb.: das 12h as 24h; dom.: das 12h às 23h. R. Inácio Pereira da Rocha, 273, tel. 2371-7101.

23h às 29h

internet

96 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

O quê? Objetos do Desejo. Por quê? É um site bem antenado, com notícias fresquinhas do universo feminino, com lançamentos de produtos e serviços, dos mais funcionais aos mais inúteis. Ali, pode-se achar, por exemplo, um inédito esmalte de unha adesivo, uma prática panela de pressão elétrica ou um avental com medidas e conversões para receitas, e até um pingente em forma de tampa de caneta Bic mordida (?!), além de links para blogs de vários segmentos, como moda, design e tecnologia. www.objetosdodesejo.com


quarta, 29

setembro 2010

O quê? Circuitos para a família na Europa, da Françatur. Por quê? A operadora preparou roteiros para se conhecer os melhores parques temáticos, nas mais lindas cidades europeias. No Alemanha em família podese visitar o Castelo Neuschwanstein e os estúdios cinematográficos de Munique. Outro programão é A grande rota dos contos de fada, das atrações de férias mais antigas da Alemanha. O caminho une, em 70 cidades, as clássicas histórias no mundo dos contos, mitos e lendas perpetuadas pelos irmãos Grimm. Esses e outros programas no site www.francatur.com.br.

5h às 11h

viagem

O quê? Novidades para o almoço e happy hour no Irori. Por quê? A casa ganhou um aconchegante bar na entrada e um novo sushi bar, no centro do salão, para ficar mais fácil customizar o prato conforme o cliente. O mestre Hiro também volta como sushiman, oferecendo duas formas de buffet executivo, no almoço: à vontade a R$19,90, por pessoa, ou por quilo, a R$29,90 o quilo. Almoço – de seg. a sex.: das 12h às 15h; sáb. e dom.: das 13h às 19h. Jantar – de seg. a qui.: das 17h às 24h; sex.: das 17h à 1h; sáb.: das 19h à 1h e dom.: das 19h às 23h. R. Alameda Jaú, 487, tel. 3285-1286.

11h às 17h

gastronomia

O quê? Brad Mehldau piano – Tucca. Por quê? Oportunidade única de assistir a um dos mais aclamados jazzistas da atualidade. Destaque nas apresentações líricas e intimistas do piano jazz contemporâneo, Brad Mehldau criou uma linguagem única, com uma roupagem que vai da essência do jazz e do erudito ao que há de melhor na música pop. O músico acabou de ser nomeado artista em residência pela temporada 2010-2011 do Carnegie Hall, sendo o primeiro músico de jazz a receber a posição. Às 21h. R$ 60 a R$ 150. Sala São Paulo – Pça. Júlio Prestes, 16, Campos Elíseos, tel. 3223-3966.

17h às 23h

música

O quê? Natal Luz. Por quê? Para se programar para o maior evento de Natal do país, que acontece entre 4 de novembro de 2010 e 16 de janeiro de 2011 em Gramado, RS. O segundo lote de venda de ingressos antecipada tem 7% de descontos em setembro e 5%, em outubro, para as quatro atrações: a ópera Nativitaten (a partir de 6/11, às 21h30, de R$ 41,40 a R$ 155,25); o cortejo Grande Desfile de Natal (a partir de 11/11, às 21h30; de R$ 41,40 a R$ 51,75), o musical Fantástica Fábrica de Natal (a partir de 5/11, às 21h30, de R$ 41,40 a 155,25) e o espetáculo Arca de Noel (a partir de 26/11, às 17h,R$ 31,05). Mais informações: www.natalluzdegramado.com.br

23h às 29h

viagem

97

MÚSICA ORIGINAL DE

CRAIG ARMSTRONG

24 DE SETEMBRO NOS CINEMAS


29 horas com... todas as horas 5h45

“Levanto, tomo um café rápido e vou correr no Ibirapuera. Volto, acordo os meus filhos – Enzo e Nina – e recebo um carinho ‘sonado’ de cada um deles.” “Tomo café da manhã com os dois (essa refeição, em família, é sagrada), confiro a mochila escolar de cada um e às 7h30 levo-os à escola.”   “Chego à clinica e inicio os procedimentos de Reprodução Assistida – aspiração de óvulos, transferência de embriões e cirurgias.”   “Paro para almoçar na própria clínica. Não consigo almoçar em casa, mas trago de minha casa o que vou comer. É mais saudável!”   “Volto às consultas. Quando termino as consultas, checo os compromissos do dia seguinte e duas vezes por semana, às terças e quintasfeiras, consigo apanhar meus filhos na escola.”   “Em casa, relaxo com um banho quente e, depois ajudo as crianças com os deveres de casa. À noite, às vezes, saio para jantar com meu marido, ou participamos de eventos sociais.”   “Coloco meus filhos para dormir. Todas as noites leio histórias para os dois e juntos, rezamos.”   “Com as crianças dormindo, aproveito para ler. Adoro ler. O meu livro de cabeceira atual é Neve, de Orhan Pamuk.”   “Vou, enfim, dormir e agradeço a Deus por tudo que tem sido a minha vida.”

6h45

8h30

Ginecologista e obstetra, ela é uma das grandes especialistas em reprodução humana no país Aos 22 anos, ela se formou na Faculdade de Medicina da USP certa do que queria fazer. “A especialização em reprodução humana me interessava por envolver grandes avanços científicos, então, fui estudar na Bélgica, em Bruxelas”, lembra Silvana Chedid Grieco, há oito anos à frente da sua própria clínica. No Centro de Medicina Reprodutiva da Universidade Livre de Bruxelas, um dos mais conhecidos do mundo, Silvana teve a felicidade de participar do grupo que desenvolveu a técnica de ICSI (injeção

98 | 29HORAS | 29 de agosto a 29 de setembro 2010

intracitoplasmática de espermatozóides), que revolucionou os tratamentos nessa área. Quando voltou, em 1995, inaugurou o CEPERH – Centro de Endoscopia Pélvica e Reprodução Humana do Hospital Beneficência Portuguesa de São Paulo, onde trabalhou até 2.009. De lá, levou sua clínica para o Paraíso. Mais de quatro mil bebês já vieram ao mundo com a ajuda da médica, que vê crescer a procura por técnicas como o congelamento de óvulos. “Às vezes, ainda não aconteceu o encontro

com o parceiro ideal e o desejo de ter filhos pode não estar tão amadurecido. Para se prevenir, a mulher pode optar por congelar seus óvulos e tentar a reprodução assistida mais tarde, consciente de que o seu organismo pode gerar filhos perfeitos em qualquer idade”, explica Silvana, salientando que há uma queda da fertilidade depois dos 35 anos, fase em que muitas mulheres despertam para o sonho da maternidade. Paulistana, 47 anos, casada e mãe de dois filhos, Silvana conta a seguir um pouco de sua atribulada rotina.

13h30

19h.

20h. 22h.

23h.

tainá azeredo

Silvana chedid Grieco

13h.


revista 29HORAS - Ed.11 - setembro 2010 - Capa 1  

Revista mensal com agenda cultural de São Paulo, distribuída no Aeroporto de Congonhas. Capa: Melissa Oliveira

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you