Issuu on Google+

AZETA G

SEM MEIAS PALAVRAS. NEM MEIAS VERDADES.

gazetadooeste @gazetaoeste

D O

O E S T E

Ano 36 — Nº 9.354 — Mossoró-RN, DOMINGO, 5 de maio de 2013

www.gazetadooeste.com.br

A decisão começa para o Potiguar Potiguar e América começam a decidir hoje o segundo turno do Campeonato Estadual, a Copa Cidade do Natal. O time mossoroense leva a vantagem de dois resultados iguais. O jogo ocorre em Goianinha, às 17h. Página 9

ALCIVAN COSTA

g

WILSON MORENO

Itep registra mais dois assassinatos Mais dois homicídios foram registrados ontem pelo Itep. O flanelinha Levi Ferreira da Silva Júnior, 32, e Moisés Bezerra de Almeida, 28, foram as vítimas da violência urbana ontem pela manhã. MOSSORÓ, 11

ESPECIAL O mossoroense Wilson Sabiá, que hoje mora na Alemanha, fala sobre o seu trabalho como percussionista e as experiências em outro país. MOSSORÓ, 8 e 9

TV GAZETA

FIO DE ALTA TENSÃO ATINGE CASAL QUE TRAFEGAVA NA 405

NOS JARDINS MÉDICO ABORDA CUIDADOS COM A DIGESTÃO

O médico Mozarth Queiroz, especialista em cirurgia do aparelho digestivo, aborda o tema. EXPRESSÃO, 4 e 5

CEDIDA

MOSSORÓ, 11

WILSON MORENO

TV PRESS

EXPRESSÃO MOSSORÓ BRENDHA HADDAD INTERPRETA POLICIAL EM ‘SALVE JORGE’

Plano de acessibilidade de Mossoró deverá começar a ser executado este ano. Criação de rampas, nivelamento de calçadas e a construção de um camelódromo estão inseridos no projeto. MOSSORÓ, Capa

TV, 9

A CULTURA DOS CAFUNDÓS VISITA MOSSORÓ

Programa da TV Assembleia visita a região Costa Branca, com intuito de promover a cultura e os artistas do lugar. EXPRESSÃO, Capa

APICULTORESVOLTAM A PRODUZIR APÓS AS CHUVAS

MOSSORÓ, 3

LEGISLATIVO VAI DEBATER EDUCAÇÃO Página 3

WILMA FAZ CRÍTICAS AO GOVERNO ROSALBA Página 3

FALE COM A GENTE: 3314-1687 — redação@gazetadooeste.com.br; comercial@gazetadooeste.com.br — ESTA EDIÇÃO TEM 72 páginas — PREÇO DESTA EDIÇÃO R$ 2,00


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Opinião Circulando em OFF

Espaço Dorian Jorge Freire Artigo

Gilberto de Sousa gilberto@gazetadooeste.com.br diretorderedacao@gazetadooeste.com.br gilberto-de-sousa@hotmail.com

ERA SÓ ALEGRIA Rubens Coelho - Jornalista - rubensfcoelho@hotmail.com

CONEXÕES NO JUDICIÁRIO

U

ma pessoa poderosa pode contratar um advogado poderoso, com conexões no Judiciário, que pode ter contatos com juízes sem nenhum controle do Ministério Público ou da sociedade.E depois vêm as decisões surpreendentes". A declaração é exatamente do presidente do Supremo Tribunal Federal,Joaquim Barbosa, ao comentar recursos no processo mensalão que podem alterar as condenações que foram definidas no Pleno da Corte. O comentário de Barbosa só vem contribuir cada vez mais para descredenciar o Judiciário, que vive sistemáticas crises, assim como os demais poderes. E nesse ínterim, cada vez mais presente o pensamento do velho comunista Francisco Jácome, grifado ainda na parede de sua casa após sua morte aos 100 anos decepcionado com a política. "Tudo é mentira". E eu completo: "E muito jogo de cena".

MAIS PROMESSAS A presença de ministros no Rio Grande do Norte vem sendo uma constante. Mais como resultados práticos dessas visitas, muito oba oba. Imagine que ainda estão se discutindo o desenrolar da burocracia para o envio dos recursos para minimizar os efeitos da estiagem prolongada. Fala sério! SOLUÇÃO Quem sabe se o resultado dessas ações chegue a tempo para o próximo ano, já que os meteorologistas já preveem inverno irregular. MINISTROS Diante da presença dos ministros que estiveram em Natal, os gestores públicos ouviram novas e muitas outras promessas. E a boca miúda a maioria não cansa de admitir que o sistema da presidenta Dilma dar com uma mão e toma com a outra. Mas essas queixas são restritas aos gabinetes das Prefeituras. NOS JARDINS Quem está na seção Nos jardins da Gazeta desta edição é o médico Mozarth Queiroz, que é especialista em cirurgia do aparelho digestivo. Uma entrevista esclarecedora sobre o tema. PARA REFLETIR "A ambição de dominar as almas é a pior das ambições", já dizia Napoleão Bonaparte. ADVERTÊNCIA O sindicato representativo dos servidores municipais confirma que os agentes de trânsito realizarão parada de advertência amanhã, como ponto de partida da luta para unificar a pauta com os guardas civis.

POR: LAÉRCIO EUGÊNIO

ALERTA De acordo com Patrícia Leite, secretária do Desenvolvimento Social e Juventude, a campanha contará com diversas atividades desenvolvidas durante todo o mês de maio. O objetivo da ação é alertar a sociedade e convocá-la a participar da luta contra o abuso sexual de crianças e adolescentes, além de incentivar as denúncias. DEPUTADA E a ex-governadora Wilma de Faria (PSB) estaria com o seu projeto político mais voltado para disputar uma vaga na Câmara Federal. No entanto, em caso do burrinho passar selado são outros quinhentos. Incentivo para entrar novamente no páreo para o governo é o que não falta. ESPÍRITAS Com o objetivo de realizar do IX Simpósio Espírita de Mossoró,a Sociedade Espírita Joanna de Ângelis - SEJA, promoverá sua I Feijoada. Será hoje, a partir das 11h, na sede da entidade. As senhas podem ser adquiridas por apenas 10 reais, na Seja ou em qualquer Casa Espírita da cidade. Mais informações: (84) 9122.6891 - Sérgio Sales.

JUDICIÁRIO EM XEQUE REPRODUÇÃO

A QUEM INTERESSAR POSSA "A impaciência é um grande obstáculo para o bom êxito".

FAÇAMOS O DEVER DE CASA Rinaldo Barros – Professor - rb@opiniaopolitica.com A conversa de hoje vai ser coberta de nostalgia. Afinal, eu sou do tempo em que a juventude possuía ideais e ainda se acreditava na utopia. Além disso, as equações político-ideológicas eram simplificadas. Havia governo e oposição, claramente definidos. Era mais fácil delimitar o campo dos adversários e até do inimigo principal. Na teoria clássica marxista, o sujeito da história era determinado: o proletariado industrial tinha interesses próprios que negavam - se contrapunham -, na sua prática, os interesses da classe dominante. Dado o aumento contínuo do seu contingente e a agudização das contradições, o proletariado teria condições para generalizar, para o conjunto da sociedade, suas, aspirações de libertação. O proletariado unificava politicamente a vontade geral de mudança. Tudo era claro como água de rocha. Bastava construir o partido, internacionalista, e estabelecer as alianças (com o campesinato e com a fração da burguesia "nacional") e estavam dadas as condições para a longa marcha da conquista da nova hegemonia. O processo poderia ser pacífico ou não. A tática dependeria do inimigo. Era o sonho garantido ou sua utopia de volta. Saudades fora, qual é o problema, então? Negóseguin: no caso brasileiro, formou-se uma heterogeneidade estrutural nas classes dominadas e surgiu um novo tipo de padrão de desenvolvimento capitalista que, simplesmente, destroem o argumento clássico, em relação à questão de hegemonia do proletariado. Explico-me: o Brasil alavancou o seu processo de desenvolvimento tardiamente e se inseriu no sistema capitalista-industrial já na fase monopólica (na verdade, oligopólio). Saltou de cara do modelo agroexportador para o desenvolvimento industrial-internacionalizado. Desde então, fábricas de automóveis, fábricas de aviões, fábricas de locomotivas elétricas, de computadores, siderúrgicas, refinarias, polos petroquímicos, industriais de química fina, dentre outros, convivem com latifúndios improdutivos, com boiasfrias e com uma economia camponesa atrasada, pré-capitalista. Este tipo de desenvolvimento dependente caracterizou-se

ainda por um crescimento urbano acelerado e pela formação de um amplo e crescente setor de serviços sofisticados, ao lado da implantação de um modelo cultural ("theamericanwaylife") consumista, ainda que de forma caricata e incompleta. A sociedade civil brasileira ainda está engatinhando. Ainda tem que decidir para onde dará os primeiros passos, resolvendo o dilema "partido ou movimento social?", "basismo-assembleísmo ou representação política?". A dificuldade maior está na falta de clareza nas análises (sob o peso do século XX) e perturba a visão do presente. Tentase entender o presente com conceitos ultrapassados. Não se percebe que a classe operária brasileira não é semelhante à europeia e que o atual padrão de desenvolvimento é diferente daquele do capitalismo competitivo-liberal. Não se percebe que o futuro do Brasil não vai se desenvolver político-socialmente como ocorreu na Europa. Será diferente, mas não está claro como realmente será. Uma confusão dos infernos para quem tenta compreender! Entramos numa era mundial de agudas e rápidas flutuações - nas taxas de câmbio da moeda, nos índices de emprego, nas alianças geopolíticas, nas definições ideológicas da situação. A saída está no planejamento, com vários cenários alternativos. É tempo de realizar uma ação política muito mais eficaz no esforço de, nos próximos 20-30 anos, criar um sistema-mundo melhor do que aquele em que estamos todos enredados hoje. Aqui no patropi, é preciso, portanto, decifrar - estudando nossa história recente - o enigma da expressão das peculiaridades da sociedade brasileira. Por exemplo, a questão secular da seca no semiárido nordestino é fácil de equacionar para conviver com a realidade imposta pela mãe Natureza. No semiárido do Nordeste brasileiro, por exemplo, é prioridade indispensável e urgente construir a Segurança Hídrica, com a integração de todas as bacias e reservatórios. Como primeiro passo de muitas ações planejadas, esse desafio - no mínimo - seria a garantia da Segurança Alimentar. Ou seja, planejando, dá! Resumo da ópera: vivamos com o legado desta frase lapidar "Não existe caminho, o caminho se faz ao caminhar." Façamos o dever de casa.

Gazeta do Oeste www.gazetadooeste.com.br

O presidente do Supremo, Joaquim Barbosa, malha o próprio Judiciário. Ele está "se achando" muito.

Um produto da C. Q. Organização Gráfica e Editorial Ltda. Fundada em 30 de abril de 1977 por Canindé Queiroz

Diretor CANINDÉ QUEIROZ

RELAX

mo sei que o cumpade gosta desse cumer, quando nois aprontarmos, vou lhe convidar para cumer com nois. Dona Gertrudes, não precisa se preocupar, mas realmente eu gostaria muito de participar do banquete. - Expia se nois não ia chamar o cumpade e a "cumade" sua "mulé", para provar do nosso feijão? -Então seu Libório, a seca acabou-se e as previsões negativas de inverno foram para o espaço? - Pois num diga seu "minino". Os doutores do tempo se enganaram redondamente. Diziam que não chovia, choveu, disseram que o ano ia seco e está molhado. Os cabras não sabem é de nada. Chutam mais do que Pelé. Não dá mais para acreditar nessa cambada de milongueiros. - Seu Libório, penso que os políticos estavam fazendo a festa, aproveitando o máximo da situação calamitosa do sertanejo em benefício próprio, o que o senhor acha?- Ora, meu cumpade, você ainda tem dúvida? - A corja estava mais alegre que pinto no monturo, pensando na politicagem e no que eles poderiam ganhar com a seca. Mas, repito, Deus é grande e providenciou as chuvas que vai nos livrar desses carcarás. -Amigo velho,hoje volto de sua fazenda contente,vendo tudo verde, os barreiros cheios, a mata verde e os borregos saltitantes no pasto, o senhor e dona Gertrudes alegres e com a disposição de sempre, que maravilha, já me vou, até logo!- Obrigado, volte sempre!

Charge

panha do Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Infantil. A data 18 de maio é lembrada como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e a Exploração Sexual das Crianças e Adolescentes. Várias iniciativas no país marcam a passagem deste dia.

EM TEMPO E nesse caso, as duas categorias decidiram unificar a pauta para consolidar as lutas e pressionar a prefeitura a atender as reivindicações de ambas. O principal ponto é a implantação do Plano de Cargos, Carreira e Salários dos trabalhadores do trânsito e da guarda. Além disso, as categorias lutam por melhores condições de trabalho e respeito a alguns benefícios.

EXPLORAÇÃO SEXUAL A Secretaria do Desenvolvimento Social e Juventude lança, amanhã, no auditório da Estação das Artes, às 16 horas, a cam-

Dei uma passada na fazenda do compadre Libório da Picada Um, para uma boa conversa, saber das novidades e, de como ele e a comadre Gertrudes estavam reagindo às chuvaradas dos últimos dias. Não podia ser diferente, os velhos sertanejos estavam alegres, sorriam de orelha a orelha. E aí seu Libório, como vão as coisas? - Ora, ótimas, o amigo tá vendo não, os barreiros tudo cheios, o rio já tomou água, nascendo babuja nos cercados, agora podemos recuperar nossa criaçãozinha, salvar o que restou. - O senhor esperava que ainda chovesse nesse sertão brabo? "Cumpade", francamente, não. Ainda mais ouvindo as notícias de que teríamos a maior seca dos últimos cem anos. Num eram assim que falavam os doutores entendidos da ciência? Pois, quem era "nois," matutos metidos nessas brenhas para duvidarmos dos homens sabidos? Taí, Deus é maior e contrariou todos eles. O senhor acredita que essas chuvas sejam de inverno? - Penso que o inverno atrasou, mas pode durar até junho ou julho." Homi", chovendo para juntar água e criar pastagem, como está acontecendo, já é uma grande coisa. Tem muita gente que desistiu, mas eu ainda tô arriscando plantar um feijãozinho. E acho que vamos colher umas "bagizinhas" para comermos um feijão verde com arroz vermelho e galinha do terreiro. - "Cumpade", co-

"Lua bonita, se tu não fosses casada/Eu preparava uma escada/Pra ir no céu te buscar/Se tu colasse teu frio com meu calor/Eu pedia ao nosso senhor/Pra contigo me casar..." ZÉ MARTINS

Diretor-adjunto PAULO LINHARES

Diretor de Redação GILBERTO DE SOUSA

Editor LUÍS JUETÊ

Av. Cunha da Mota, 96/100 – Centro – Mossoró/RN – Fone: 3314-0244 Site: www.gazetadooeste.com.br – e-mail: gazeta@gazetadooeste.com.br AS MATÉRIAS ASSINADAS SÃO DA RESPONSABILIDADE DE SEUS AUTORES

Diretor Comercial LEÔNIDAS TERCEIRO


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Política

Francisco José Jr.quer base policial no centro ALCIVAN COSTA

Presidente da CMM lamentou os inúmeros de casos de insegurança que estão ocorrendo no centro de Mossoró

iante da constante onda de violência que atinge Mossoró, o vereador Francisco José Júnior está buscando formas de conter o problema, que preocupa e amedronta toda a população do município. Nesta semana, o vereador sugeriu, em sessão ordinária na casa legislativa, a instalação de uma base policial no centro de Mossoró. Ele justificou sua propositura com os constantes casos de violência ocorridos na cidade, como os inúmeros golpes

Mossoró, Francisco José Júnior, também chamou a atenção para o fato de que o índice de violência em Mossoró cresce a cada ano, atingindo homens, mulheres, crianças e idosos, em todas as regiões da cidade e na zona rural, o que coloca o município entre os 100 municípios brasileiros com maiores índices de violência contra jovens, ocupando a posição de número 52, em abril de 2013. Para se ter uma ideia, só este ano, foram registradas mais de 60 mortes violentas em Mossoró.

D

Vereador entende que base policial no centro inibirá a ocorrência de crimes

"saidinha de banco", assaltos a estabelecimentos comerciais e pessoas que transitam pelo centro. "Acredito que desta forma iria conter a ação dos bandidos, que ficam à espera de uma oportunidade para fazer suas vítimas. A po-

pulação de Mossoró não pode mais viver amedrontada", enfatizou Francisco José Júnior, citando inúmeros casos de insegurança ocorridos na cidade. O edil mossoroense afirmou ainda que pretende levar o pleito ao Governo do

Estado e acredita que o pleito deverá ser atendido o mais breve possível, uma vez, que além do centro comercial, a ação também irá aumentar a segurança nos bairros próximos. O vereador e presidente da Câmara Municipal de

Wilma faz críticas ao governo rosalbista A presidente do PSB/RN, vice-prefeita de Natal, concedeu entrevista ao Jornal Verdade, da SimTV (Rede TV).Apresentado pelos jornalistas Túlio Lemos e Daniela Freira, o programa abordou questões como administração municipal da capital, seca no Rio Grande do Norte e especulações políticas para 2014. Wilma criticou que mesmo havendo aumento da arrecadação do Fundo de Combate à Pobreza - criado por ela - o atual Governo desmonta importantes ações de apoio ao homem do campo,com destaque para o sucateamento da Emater e destruição dos programas Desenvolvimento Soli-

dário, do leite, Compra Direta, entre outros. Observou que enquanto Governo Federal faz sua parte,o Estado nada faz."As coisas não estão acontecendo,como prometeram",disse. Wilma de Faria frisou ainda que o discurso utilizado pela atual gestão de "terra arrasada" está sendo dia a dia derrubado com a comparação entre os governos passado e atual,que parte da própria população, que diz ter saudade de sua administração, como vem sendo divulgado na imprensa. Sobre eleições 2014 e reunião da executiva do PSB na noite passada, ela disse que estão preocupados em deixar a militância mais forte,

assim como o partido, e que por isso vão intensificar as reuniões da executiva e as viagens ao interior (irá ao Médio e Alto-Oeste na próxima semana). Disse que simpatiza com uma vaga na Câmara Federal, mas questionada pelos apresentadores, admitiu que a executiva de seu partido defende que não descarte outras possibilidades, visto que seu nome é lembrado positivamente por todo o RN,diante do desgaste da atual gestão. A presidente do PSB/RN destacou que era cedo para definições, mas que vem discutindo com partidos da oposição, como acontecerá no próximo dia 10 em reunião solicitada

pelo PT. Questionada sobre possível restrição ao PMDB, que faz parte do Governo Rosalba, mas especula-se um rompimento, ela foi enfática: estão abertos ao diálogo. Questionada ainda sobre a pré-candidatura do vice-governador, Robinson Faria, reiterou que se trata de um bom nome para representar este bloco oposicionista. Wilma falou ainda que como vice-prefeita busca dar sua contribuição em prol do resgate da capital, destacando sugestões para ações nas áreas social e de segurança pública e defesa social - uma vez que vem apresentando idéias para programas de combate à violência e drogas.

Agripino elogia liberdade de imprensa No Dia Mundial da Liberdade de Imprensa, o presidente nacional do Democratas, José Agripino, disse que o livre exercício da imprensa é patrimônio da democracia e garantiu que sempre lutará e apoiará medidas que ampliem a independência dos meios de comunicação. "A liberdade de expressão é patri-

mônio da democracia brasileira e por isso eu sou um de seus maiores entusiastas e incentivadores", frisou o senador potiguar. O líder do Democratas no Senado também lamentou a queda do Brasil em dois pontos no ranking "liberdade de imprensa", segundo estudo produzido pela Organização Não

Governamental (ONG) Freedom House e divulgado esta semana. De acordo com o levantamento, o Brasil aparece com 46 pontos em um sistema que vai de 0 a 100, sendo que quanto mais baixa a pontuação, mais livre é considerada a imprensa. Essa é a pior colocação do país desde que o ranking

começou a ser produzido, em 2002. Hoje o Brasil ocupa a 91ª posição em uma lista de 196 países. "As denúncias, as investigações, a cobrança por punição, a luta pelo fim da impunidade e da corrupção são tarefas que conferem à oposição e, neste sentido, a imprensa tem sido fundamental", frisou Agripino.

Deputado pede recuperação de estrada O deputado estadual Leonardo Nogueira (DEM) solicitou da Assembleia Legislativa que encaminhe expediente ao superintendente regional do DNIT no Rio Grande do Norte,Ezio Gonçalves dos Reis, para que seja feita a recuperação do trecho da BR-405, na altura da

cidade de Itaú, até o município de Pau dos Ferros. Para justificar a sua reivindicação, o parlamentar disse que 60% da produção brasileira são transportadas por rodovias, acrescentando um dado grave: 74,7% das rodovias brasileiras estão em estado ruim ou pés-

simo,de acordo com pesquisa rodoviária da Confederação Nacional do Transporte. "Rodovias bem conservadas são essenciais para o setor de logística que, ao optar por usar rodovias concedidas, pode ganhar em produtividade. A BR-405, conhecida como Rodovia do

Sal, liga o município de Cajazeiras, na Paraíba ao de Mossoró, no Rio Grande do Norte. Estou encaminhando essa solicitação por entender a importância social e econômica que desempenha o referido trecho para toda a região Oeste do Estado", justificou.

PREVENÇÃO Além da base policial no centro de Mossoró, o vereador Francisco José Júnior é defensor de mais investimentos em educação,cultura e lazer como forma de evitar que crianças e adolescentes entrem no mundo das drogas e da marginalidade. Todos os anos, o vereador apresenta inúmeras proposições para a construção

de áreas de lazer e campos de futebol de várzea nas áreas periféricas da cidade. "Não adianta investir em efetivo policial para acabar com a violência que atinge a nossa cidade. É preciso afastar a criança e o jovem do mundo das drogas, da marginalidade. É preciso apresentar a ela outras alternativas,e não vejo outra melhor que a educação, a cultura e o lazer, e dar condições para essas crianças e esses jovens tenham uma vida digna", afirmou Francisco José Júnior. A construção de creches e escolas em tempo integral também são proposituras do vereador apresentadas ao longo de seus quatro mandatos na Câmara de Mossoró. O edil cobra ainda mais investimentos no "Programa Meu Primeiro Emprego", para manter os jovens de Mossoró com a mente ocupada, ao mesmo tempo em que ajudam no seu próprio sustento e da sua família.

Câmara realiza audiência para discutir educação em Mossoró A Câmara Municipal de Mossoró realiza na próxima quarta-feira,a partir das 9 horas, audiência pública para discutir os problemas do magistério público de Mossoró, atendendo proposição do vereador Luiz Carlos (PT). O objetivo é dar aos educadores a oportunidade de falar e interagir com a sociedade sobre a real situação da educação e dos profissionais dessa área tão fundamental e ainda desrespeitada no país. "A audiência foi aprovada porque a Casa Legislativa entendeu a importância de levar os problemas e obstáculos enfrentados pela educa-

ção e pelos professores da rede municipal de ensino ao conhecimento do público, para que estes mesmos problemas possam ser debatidos com as autoridades e para que as soluções possam surgir", diz Luiz Carlos. O vereador Luiz Carlos convida a população em geral para participar desse momento de discussão. Foram convidadas diversas entidades para participar do debate, como a Prefeitura de Mossoró, Ministério Público, Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró e Região, Fetam, entre outras.

Projetos federais terão agilidade a partir da criação do Fórum Os prefeitos e secretários municipais do Rio Grande do Norte terão um caminho mais curto a percorrer para equacionar questões com o Governo Federal.Na semana passada foi criado o Fórum de Gestores Federais do RN, grupo que reúne os representantes de órgãos da União sediados no Estado. A ideia, apresentada pela ministra-chefe da Secretaria de Relações Institucionais, Ideli Salvatti, é de que os assuntos sejam debatidos ainda no RN dispensando idas à capital federal. "Com o fórum, teremos mais intersetorialidade. A tendência é que se tenha uma eficiência maior quando há estrutura", disse a ministra. O RN conta com 35 órgãos federais. Durante o evento, realizado na Superintendência da Caixa Econômica Fe-

deral, foi instituída uma diretoria provisória que coordenará a organização do fórum potiguar.A periodicidade e o formato das reuniões serão definidos pela diretoria. "Não há um modelo pronto. Cada Estado vai organizar essa estrutura".A criação do fórum foi anunciado no Encontro Estadual com Novos Prefeitos e Prefeitas do RN, que ocorreu na sexta-feira passada, na Escola de Governo. O Fórum é uma instância de articulação entre Governo Federal, Estados e Municípios,autorizado por portaria da SRI e implementado de acordo com o interesse de cada região. A ministra disse ainda que,no final do ano, deve ser realizado um encontro entre representantes dos fóruns dos Estados para trocar informações e aprimorar seu funcionamento.


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Política Larissa defende mais proteção aos jovens contra violência

Dilma pede urgência para projeto que destina royalties para educação REPRODUÇÃO

P

reocupada com avanço da violência contra jovens, a deputada estadual Larissa Rosado (PSB) requereu ao Governo do Estado adesão do Rio Grande do Norte ao Plano Federal Juventude Viva, para enfrentar o aumento de assassinatos de jovens no RN. Larissa alerta que a situação é preocupante. Mais da metade (53,3%) dos 49.932 assassinados

no Brasil são jovens, 76,6% negros (pretos e pardos) e 91,3% masculinos, segundo levantamento do Ministério da Saúde de 2010. Apesar da gravidade, o Rio Grande do Norte ainda não aderiu ao Plano Juventude Viva. "Com isso, o Estado está perdendo a oportunidade de receber recursos federais para reduzir a violência entre jovens", alerta Larissa. Conforme o Mapa da

Violência no Brasil, em 30 anos, assassinatos de jovens aumentaram 591,5% no país. E a situação não é diferente no Rio Grande do Norte, onde o crescimento também é preocupante. "O aumento de crimes revela que o Estado, sozinho, não se mostra capaz de reverter o problema. Precisamos de parcerias, e o Plano Juventude Viva é um caminho para reforçamos a proteção dos nossos jovens",reforça Larissa. JOÃO GILBERTO/AL

Deputada Larissa na audiência, na Assembleia, sobre violência contra jovens

A presidente Dilma Rousseff pediu regime de urgência constitucional para o projeto de lei enviado por ela na quinta-feira (2) ao Congresso Nacional que trata da destinação da totalidade dos royalties do petróleo para a educação. O regime de urgência constitucional estabelece prazo de votação de 45 dias para a Câmara dos Deputados e de mais 45 dias para o Senado Federal. Após esse período, o projeto passa a trancar a pauta da Casa em que estiver tramitando,o que significa que nenhuma outra proposta pode ser votada. O "Diário Oficial da União" publicou em edição extra na quinta-feira mensagem na qual a presidente encaminha ao Congresso um projeto de lei que determina que todos os royalties,participações especiais do petróleo e recursos do pré-sal sejam usados exclusivamente na educação. Esta é a segunda tentativa da presidente em destinar os recursos do petróleo para a educação. Em dezembro de 2012, ela enviou sob forma de medida provisória um texto que também tratava desse tema. Mas a tramitação da MP, que tem validade até dia 12,foi suspen-

Presidente enviou projeto de lei ao Congresso na quinta

sa pelos parlamentares na semana passada até que o Supremo Tribunal Federal decida sobre a constitucionalidade da Lei dos Royalties. O novo projeto de lei foi recebido pela SecretariaGeral da Mesa no final da tarde da quinta (2) e publicado na página da Câmara na internet. O pedido de urgência consta na mensagem encaminhada pela presidente ao Congresso. Juntamente com o texto, está uma mensagem assinada pelos ministros Aloizio Mercadante (Educação) e Edison Lobão (Minas e

Energia) na qual eles pedem justificam o teor do projeto. O texto, de acordo com a mensagem dos ministros, tem por objetivo “destinar recursos para a educação, a fim de cumprir as metas, presentes e futuras, estipuladas na área educacional”. Os ministros afirmam que a verba poderá ser usada para a expansão da préescola, para a implementação do ensino integral, para a valorização do professor e para o cumprimento do Plano Nacional de Educação,em tramitação no Senado Federal.


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Opinião Vereador Nacizio Silva valoriza Jornada Mundial da Juventude (JMJ) CEDIDA

Nesta semana,o vereador Nacizio Silva (PTN) realizou um pronunciamento no grande expediente sobre ações da missão da Igreja Católica na atualidade.Ele destacou a Jornada Mundial da Juventude, que acontecerá em julho no Rio de Janeiro. Vários vereadores tomaram parte durante o discurso para parabenizar o vereador pela postura cristã católica e trazer temas relevantes sobre ações da igreja. O encontro internacional dos jovens com o Papa chega ao Brasil em julho. Considerado o maior evento mundial direcionado aos jovens, a 28ª edição da Jornada será realizada de 23 a 28 de julho, no Rio de Janeiro. Com o lema "Ide e fazei discípulos entre todas as nações" (Mt 28, 19), o encontro contará com a presença do Papa Francisco e tem como principal objetivo passar para todos os jovens do mundo a mensagem de Cristo. Mais de 500 jovens da Diocese de Santa Luzia, acompanhados pelo assessor diocesano do Setor Diocesano de Juventude, Padre Augusto Lívio, irão participar do Encontro Internacional Da Juventude com o Papa que promete reunir 4 mi-

Narcízio Silva destacou a Jornada Mundial da Juventude, que acontecerá em julho, no Rio de Janeiro

lhões de pessoas. "Nossa juventude será bem representada pelos líderes de movimentos para jovens que atuam em suas paróquias para levar a mensagem de Cristo e ouvir as palavras do Papa Francisco", comenta o vereador Nacizio Silva (PTN) que atua na evangelização através da Renovação Carismática Católica (RCC) em Mossoró. A edição passada da Jornada Mundial da Juventude ocorreu em Madrid (ESP) e reuniu 2 milhões de pessoas. Naquela ocasião, o Papa Emérito Bento XVI anunciou a vinda do evento para o Rio de Janeiro, no Brasil. A Diocese de Mossoró levou 60 jovens para a Espanha que participaram do encontro e multiplicaram a evangelização ao retornar para as suas

casas. "Percebemos o trabalho da juventude em nossa igreja mais forte e atuante", destaca o parlamentar. Renovação Carismática Católica - Durante o pronunciamento,o vereador Nacizio Silva (PTN) comentou sobre sua participação no encontro estadual da Renovação Carismática Católica (RCC). O parlamentar se encontrou com a presidente do conselho nacional da RCC do Brasil, Kátia Zavaris, que é casada com Sérgio Carlos Zavaris, coordenador do ministério Fé e Política do movimento no Brasil. Nacizio Silva é coordenador do ministério Fé e Política no Estado pela RCC. "Reforçamos a importância de levar os valores cristãos para a política em nosso país", comenta.

Penso, logo...

Canindé Queiroz

Luís Juetê luisjuete@hotmail.com

SETE ANOS SEM O CIGANO FEITICEIRO Amanhã, completam sete anos de falecimento do ex-governador Aluízio Alves, o “Cigano Feiticeiro”, que para muitos, o maior político que esse Estado já produziu. Como repórter político às vesperas de completar 16 anos de atividades, posso dizer que tive a honra de entrevistá-lo por inúmeras vezes, inclusive pouco antes de seu falecimento em 2006. Um detalhe interessante é que, desde a primeira vez que o entrevistei,em 2001,sempre que nos encontrávamos,Aluízio Alves me tratava pelo nome, mostrando a memória de um brilhante jornalista.Aliás,certa vez perguntei o que mais o empolgava: ser político ou jornalista. Ele não hesitou e disse claramente que o jornalismo realmente o satisfazia. HERDEIRO ATINGE BOM ESTÁGIO O principal herdeiro político de Aluízio Alves, o presidente da Câmara Federal, deputado Henrique Eduardo Alves ocupa hoje um estágio em sua atividade como agente público que, certamente, deixaria o seu pai altamente orgulhoso. O caminho de Henrique Eduardo tem tudo para crescer ainda mais. Tudo depende exclusivamente dele.E,verdade seja dita,o parlamentar peemedebista está trabalhando bem. CAMINHO MAJORITÁRIO FAVORÁVEL Para o embate eleitoral do próximo ano, Henrique Eduardo Alves tem um campo extremamente favorável para uma disputa majoritária. As suas chances são boas tanto para o Governo do Estado quanto para o Senado da República. Essas duas opções, se trabalhadas com régua e compasso, asseguram a Henrique a tão sonhada vitória em uma disputa majoritária. COLÓQUIO DISCUTE A SEGURANÇA A nossa querida capital vai sediar amanhã e terça-feira o IV Colóquio do Programa Brasil Mais Seguro. O evento vai acontecer na Escola de Governo, localizada no Centro Administrativo. O evento é promovido pelo Ministério da Justiça e Governo do Estado. A iniciativa tem como objetivo discutir com técnicos e estudiosos as características e tendências das mortes violentas no país,bem como as possibilidades e desafios para a redução, controle e prevenção deste tipo de delito, a partir da exposição de diagnósticos e referência às políticas públicas em curso no país. COLÓQUIO DISCUTE A SEGURANÇA II A partir das 9h,haverá a recepção e acomodação dos convidados. Às 9h30, acontecerá a abertura do Colóquio, com presenças do ministro da Justiça,José Eduardo Cardozo;governadora Rosalba Ciarlini;secretária nacional da Segurança Pública, Regina Miki; prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves; secretário de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social do RN, Aldair da Rocha; secretário de Reforma do Judiciário, Flávio Caetano e diretor do Departamento Penitenciário Nacional, Augusto Rossini. PLANO NACIONAL PARA SEGURANÇA O programa integra o Plano Nacional de Segurança Pública do Ministério da Justiça, que promove ações voltadas para o fortalecimento das fronteiras, o enfrentamento às drogas, o combate às organizações criminosas, a melhoria do sistema prisional,a segurança pública para grandes eventos, a criação do Sistema Nacional de Informação em Segurança Pública e ainda a redução da criminalidade violenta. REDUÇÃO DE CRIMES COMO META Lançado com o nome Brasil Mais Seguro, o Programa de Redução da Criminalidade Violenta tem como objeti-

vo induzir e promover a atuação qualificada e eficiente dos órgãos de segurança pública e do sistema de justiça criminal, focado na qualificação dos procedimentos investigativos e na maior cooperação e articulação entre as Instituições de Segurança Pública e o Sistema de Justiça Criminal. DISCUSSÃO QUE TENHA UM EFEITO Não posso negar que se trata de um evento interessante e que vai apresentar discussões pertinentes, no entanto, tem de se levar em consideração que o momento, pelo menos em nível de Rio Grande do Norte é crítico e o que se espera é resolutividade e que as discussões do colóquio tenham um efeito na redução da criminalidade. LEGISLATIVO HOMENAGEIA A CLT Por uma iniciativa do presidente, deputado estadual Ricardo Motta (MD), a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realiza sessão solene amanhã,às 10h, em comemoração aos 70 anos da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). LEGISLATIVO HOMENAGEIA A CLT II Quando o presidente Getúlio Vargas sancionou o decreto criando a CLT, trouxe com ela uma série de direitos, numa época em que os trabalhadores não tinham descanso remunerado e cumpriam uma jornada de trabalho extenuante, sem limites. Render esta homenagem, é reconhecer o grande avanço na legislação trabalhistas brasileira, de acordo com o parlamentar. LEGISLATIVO HOMENAGEIA A CLT III Para o presidente do TRT-RN, desembargador José Rêgo Júnior, a iniciativa da Assembleia demonstra reconhecimento do papel exercido pela CLT no equilíbrio das relações entre capital e trabalho e da importância que ela tem para a vida do povo trabalhador brasileiro e, em especial, do Rio Grande do Norte. Outras homenagens estão sendo programadas para marcar o 70º aniversário da CLT no Rio Grande do Norte por várias instituições,entre elas as Câmaras Municipais de Caicó e de Mossoró. RENEGOCIAÇÃO PARA MUNICÍPIOS A presidenta Dilma Rousseff sancionará nos próximos dias o projeto de conversão aprovado pelo Congresso Nacional que alterou a medida provisória 589 e melhorou as condições da renegociação das dívidas dos municípios com o governo. GARIBALDI FILHO FEZ O ANÚNCIO O anúncio foi feito pelo ministro da Previdência Social, senador licenciado Garibaldi Alves Filho, durante encontro promovido pela Secretaria de Relações Institucionais da Presidência da República com novos prefeitos e prefeitas do Estado. PRAZO DE ADESÃO SERÁ DE 90 DIAS O texto que será sancionado pela presidenta Dilma permitirá um parcelamento englobando todas as dívidas consolidadas até fevereiro de 2013, com prestações equivalentes a 1% da receita corrente líquida ou em 240 parcelas, o que for menor. Também isenta totalmente as multas e reduz os juros em 50%.O prazo de adesão para o parcelamento passa para até 90 dias após a publicação da lei de conversão. Garibaldi Alves falou a respeito do resultado do Regime Geral de Previdência de março,que apresentou uma necessidade de financiamento R$ 5 bilhões. "Está na hora de desmistificarmos esse déficit:a previdência urbana, a do trabalhador, é superavitária; a rural é que apresenta déficit", explicou o ministro da Previdência Social. Sem dúvida alguma,a sanção da proposta representa uma oportunidade ímpar para os endividados municípios brasileiros.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Sociais Karenine Fernandes karenine_f@hotmail twitter: @kareninefernand site: www.kareninefernandes.com

TENDÊNCIAS Foi para homenagear as mulheres mais especiais do mundo que a Contém1g make-up criou uma coleção inteira dedicada a elas: as mães. A delicadeza traduzida nas cores e texturas teve sua inspiração retirada da Bélle Époque. Excelentes opções de presente para quem quer agradar em cheio neste Dia das Mães.

EMPREENDEDORES O mês de maio trouxe novidades para a cidade de Mossoró.Marizete e Geraldo Moura, os empreendedores que lideram a Criss Anne Floricultura, tradicional na cidade, inauguraram um novo serviço que promete ser um diferencial ao atendimento nas horas difíceis. O cerimonial de velório já é tendência nos grandes centros e mostrase uma opção na hora de velar um amigo ou ente querido. O fato de perder alguém já é complicado por si só e vários itens precisam ser idealizados, como o local a velar a pessoa, o apoio aos convidados, à família. Tudo isso é complicado de se pensar na hora difícil. O cerimonial vem preencher essa lacuna, já que dispõe de três salas para velar o ente, suíte de repouso para a família, espaço de convivência, copa com disposição para lanches, climatização, segurança, além de uma equipe de profissionais preparada para lidar, antes de tudo, com o emocional dos familiares.O Cerimonial de Velório fica localizado na Rua Roderick Grandall, 160, Centro, próximo à Estação das Artes Elizeu Ventania.

O domingo amanhece em festa para o vereador Alex Moacir. Aqui ao lado de Petras Vinícius e Wagner Azevedo. Felicidades para ele!

Otávio Mesquita, presença na inauguração do Shopping de Sobral ao lado da marketeira de lá, colunista daqui e linda em todo lugar Lílian Moura

Nilton Júnior e Serginho Chaves acordam contabilizando o grande sucesso da festa Celebre. Adoro!!!

Fafá Rosado ladeada pela nora Glenda e a sobrinha Mariana Rosado. Um trio de elegância e beleza pura!

FEIJÃO NA APAE

Em festa pela vida, a arquiteta e doce pessoa Vera Cidely festeja a vida este final de semana. Felicidades!

Essas irmãs são queridas: Zuíla e Zélia Alves em recente evento social pela cidade

A Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais - APAE - Mossoró irá realizar a sua tradicional feijoada, neste domingo, a partir do meio-dia,no Porcino Park Center. Para animar essa grande festa teremos as bandas: Gianini&Thábata, Samba Nobre, Pegada de Luxo, Andre Luvi,Forró dos 3,Radiola Club,Dayvid Almeida,Genê de Paula e Forró com Ela, você ainda concorre ao sorteio de vários brindes. O principal objetivo desta ação é arrecadar recursos para manutenção da Instituição, que atualmente atende há mais de 230 pessoas com deficiência e suas famílias, de Mossoró e municípios circunvizinhos. Para 6ª edição da feijoada, a entidade espera um público estimado entre 2.500 a 3.000 pessoas. O valor da senha é R$ 10,00, antecipada e na hora do evento.


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Opinião Neto Queiroz netoqueiroz@uol.com.br

PARA REFLETIR NINGUÉM FAZ NADA SOZINHO

C MAP

CÉLIO DUARTE

NOTAS GERAIS

Sobre a disputa para as vagas de deputado estadual em 2014, todos sabem que é muito provável que o PT tenha uma porta aberta para um nome na Assembleia.

SOBRE AS VAGAS DA ASSEMBLEIA EM 2014 A representação de Mossoró na Assembleia Legislativa,que já chegou a ser de quatro deputados estaduais, atualmente é de apenas dois, será uma das grandes incógnitas nas eleições estaduais de 2014.

Os projetos petistas são que Fátima Bezerra dispute o Senado e Fernando Mineiro seja candidato a deputado federal. Sobraria vaga de Mineiro na Assembleia.

LARISSA PODE DISPUTAR VAGA DE VICE A deputada Larissa Rosado é, em princípio, candidata à reeleição, mas é considerada pelo PSB como um nome a ser indicado como vice-governadora. Larissa jamais admitira esta candidatura, até mesmo porque ela não depende da vontade própria de Larissa.

Um dos nomes prováveis para substituir Mineiro seria o vereador Luiz Carlos, de Mossoró. Quem também sonha com o posto é o ex-reitor Josivan Barbosa.

LEONARDO TENTAR A REELEIÇÃO O deputado estadual Leonardo Nogueira será candidato à reeleição. Vai tentar seu terceiro mandato. Em todas as entrevistas que concedeu, Leonardo reafirma esta disposição. Ele foi o deputado estadual mais votado em Mossoró nas duas últimas eleições.

Josivan até recebeu promessas no ano passado que teria apoio para esta postulação, mas hoje o quadro mudou e o PT não confia nele para lhe entregar a herança.

Um nome que pode aparecer em 2014, como surpresa para todos, na disputa pelas vagas da Assembleia é da exdeputada Ruth Ciarlini. Ela pode ser bancada pela sua irmã, a governadora Rosalba Ciarlini. Há quem diga que Rosalba tirou Ruth do TCE com a promessa que a traria de volta para a Assembleia.

RÁPIDAS

Pelos idos do século XV, em uma minúscula vila perto de Nuremberg, viveu uma família com dezoito crianças. Dezoito! Uma família pobre. Apesar da condição aparentemente impossível, duas das crianças mais velhas tinham um sonho. Ambos queriam perseguir seu talento para a arte, mas sabiam perfeitamente que seu pai nunca teria condição financeira para mandar qualquer um deles a Nuremberg, estudar na academia. Os dois fizeram um acordo: lançariam uma moeda. O perdedor iria trabalhar nas minas e, com seu salário, bancaria o irmão enquanto estivesse na academia. Então, quando o irmão ganhador terminasse os estudos, bancaria o outro irmão na academia. Lançaram a moeda. Albrecht Durer ganhou o lance e foi para Nuremberg. Albert foi trabalhar nas perigosas minas e, pelos quatro anos seguintes, financiou seu irmão, cujo trabalho na academia foi um sucesso imediato. A arte de Albrecht superava, em muito a maioria de seus professores, e tão logo se formou, já ganhava consideráveis comissões por seus trabalhos. Quando o artista voltou a sua vila, a família fez uma festa em seu gramado para comemorar o retorno triunfante de Albrecht. Após uma refeição farta e memorável, com música e risos, Albrecht levantou-se na cabeceira da mesa para propor um brinde a seu amado irmão, e contou a todos sobre o trato feito. E que agora iria cumprir sua parte. Finalmente, Albert se levantou, limpou as teimosas lágrimas e, passando o olhar por todos à volta da mesa, disse suavemente: - Não, meu irmão. Eu não posso ir a Nuremberg. É muito tarde para mim. Veja o que quatro anos nas minas fizeram às minhas mãos! Os ossos de cada dedo foram despedaçados pelo menos uma vez, e ultimamente tenho sofrido de artrite. Com minha mão direita mal consigo segurar um copo para retornar seu brinde, faço muito menos conseguiria traçar linhas delicadas, no papel ou na tela, com uma pena ou um pincel. Não, meu irmão... para mim é muito tarde. Um dia, por respeito e admiração a Albert por tudo que tinha sacrificado, Albrecht Durer detalhadamente desenhou as maltratadas mãos de seu irmão com as palmas juntas e os finos dedos voltados para o céu. Chamou sua obra simplesmente de "mãos," mas o mundo inteiro, quase imediatamente, abriu seus corações para esta grande obra-prima e renomeou seu tributo ao amor de "Mãos em oração". Na próxima vez que você estiver a frente de uma cópia dessa criação tocante, dê-lhe um segundo olhar. Deixe-a ser o seu lembrete, que você ainda precisa de alguém e que ninguém, ninguém mesmo, consegue se realizar sozinho! Lembre-se de agradecer sinceramente a todos aqueles que lhe ajudaram a chegar onde você está!

PLUGADO

Outra possibilidade que pode gerar mais uma porta aberta para Mossoró é se a deputada Larissa Rosado for candidata a vice-governadora, abrindo mão da reeleição. O mais provável é que o grupo busque dentro de sua própria casa, como sempre acontece, o nome para substituí-la, mas pode ser que por força do jogo a vaga seja negociada.

CHICO PODERIA SER DEPUTADO Em 2010 tivemos Chico da Prefeitura disputando vaga na Assembleia. Terminou como segundo suplente e hoje só não é deputado porque Carlos Augusto não quis. Bastaria ter convocado Leonardo Nogueira para o TCE e Chico estaria com a vaga definitiva na Assembleia. OS NOMES NOVOS NA DISPUTA Quais serão as candidaturas alternativas de Mossoró para chegar a Assembleia? Fala-se muito no nome do vereador Francisco José Júnior que tem alcançado boa projeção para tal. Ele seria, sem dúvidas, um nome competitivo. LUIZ CARLOS E TOMAZ NETO Outros nomes dentro da Câmara Municipal que podem surgir como candidatos seriam Tomaz Neto e Luiz Carlos Martins. O vereador do PDT está projetando seu nome pensando numa candidatura e Luiz Carlos é um reserva de boa projeção que o PT sempre pode contar para uma disputa.

• O ÓBVIO - Embora haja muitas alternativas em jogo para 2014 no tocante às vagas da Assembleia Legislativa, em Mossoró pode dar o óbvio. • DUPLA - Leonardo Nogueira e Larissa Rosado seriam os principais nomes da cidade na disputa, com amplas chances de sucesso. • DESCARTADA - A alternativa de Fafá Rosado ser candidata à deputada estadual está descartada. O nome do grupo é mesmo o de Leonardo. • NOVIDADE - É pouco provável que haja espaço para o surgimento de um nome completamente novo. Os espaços estão muito bem ocupados. • CLÁUDIA - A prefeita Cláudia Regina, nome importante no processo de 2014, deverá apoiar o projeto de reeleição de Leonardo Nogueira.


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Esporte

São Paulo e Corinthians decidem vaga LUIZ PIRES-VIPCOMM

Timão e tricolor se encontram na semifinal para definir quem vai decidir o Campeonato Paulista pós perderem os seus jogos na Copa Libertadores, São Paulo e Corinthians fazem o 'jogo da retomada' neste domingo, às 16h,no Estádio do Morumbi, pela semifinal do Campeonato Paulista.Pelo lado do tricolor, o atacante Luis Fabiano está confirmado. Já no alvinegro, o meia Danilo ainda é dúvida. O São Paulo terminou a primeira fase da competição na liderança e,por conta disso, tem o direito de mandar o Majestoso em seus domínios. Para chegar à semi, o tricolor desbancou o Penapolense, enquanto o Corinthians goleou a Ponte Preta. Mesmo de olho na decisão contra o Galo, na próxima quarta-feira,o técnico Ney Franco não pretende poupar nenhum jogador para este domingo. O zagueiro Lúcio, expulso ainda no primeiro tempo diante da equipe mineira, vai permanecer entre os titulares. No comando do setor ofensivo, o atacante Luis Fabiano está confirmado. Na primeira fase,o artilheiro são-paulino na temporada com 12 gols passou em branco. Após a contratura

A

Ganso fica responsável por abastecer o ataque do São Paulo nas jogadas ofensivas

na coxa, essa será a segunda partida do camisa 9. Para abastecê-lo, o treinador conta com a dupla de armadores Jadson e Paulo Henrique Ganso. Sem marcar em clássicos,o atacante Osvaldo busca avançar à final do torneio estadual e também balançar pela primeira vez as redes em jogos dessa magnitude. O atacante Aloísio, com dores no adutor da coxa direito, e o zagueiro Rhodolfo, com dores na coxa esquerda, são desfalques para o treinador. Fabrício treinou com o grupo, mas deve ficar fora. Por já ter atuado em outra equipe, o recémcontratado Silvinho também não está à disposição do comandante. Com a derrota para o Boca Juniors (ARG),na última quarta-feira,os jogadores do Corinthians deixaram a Ar-

gentina bastante nervosos pelo resultado. Cientes de que podiam ter feito mais na Libertadores, prometem descontar a "ira" no rival deste domingo. E para isso o técnico Tite deverá ter força total no Morumbi. A tendência é que ele mantenha a mesma equipe que perdeu na Bombonera e que havia derrotado a Ponte Preta pelas quartas de final do Paulistão. A única dúvida era Danilo, que deixou o jogo do meio de semana reclamando de dores na panturrilha. Apesar da preocupação, o meia vem mostrando boa recuperação e nenhuma lesão foi detectada durante os exames. O departamento médico do clube confia em sua presença na decisão. Se por um acaso ele não tiver condições, Jorge Henrique, Douglas e Pato surgem co-

mo alternativas. O primeiro, aliás, volta de suspensão por três cartões amarelos. Como a delegação chegou de Buenos Aires na noite da última quinta-feira, o comandante alvinegro só confirmará os 11 titulares no treino da manhã deste sábado. Mesmo assim, tudo leva a crer que Alexandre Pato seguirá no banco com Romarinho no time. SÃO PAULO: Rogério Ceni, Paulo Miranda, Lúcio, Rafael Toloi e Carleto; Wellington, Denilson, Jadson e Paulo Henrique Ganso; Osvaldo e Luis Fabiano. Técnico: Ney Franco. CORINTHIANS: Cássio; Alessandro, Gil, Paulo André e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Romarinho, Danilo e Emerson; Guerrero. Técnico: Tite.

Bota e Flu decidem Taça Rio emVolta Redonda

ROSSANA FRAGA-PHOTOCAMERA

Botafogo e Fluminense entram em campo às 16h de hoje para decidir a Taça Rio, no Raulino de Oliveira, em Volta Redonda. Por ter melhor campanha, o alvinegro tem a vantagem do empate e pode conquistar antecipadamente o título estadual.O tricolor precisa da vitória para forçar uma final, que seria decidida em mais dois jogos, um em cada final de semana. No Glorioso, o principal objetivo é conquistar logo a taça e não deixar que o Fluminense cresça para uma eventual final. Enquanto o tricolor espera vencer, seja com um time misto ou não, para forçar mais duas partidas. O problema é que nesse meio as equipes tem Copa do Brasil e Libertadores para jogar no meio da semana. Não existe outro objetivo para o Botafogo senão ganhar a Taça Rio e terminar com o Campeonato Carioca de maneira antecipada. O Glorioso sabe que está em um momento decisivo e não pode se dar ao lu-

xo de deixar o adversário crescer na competição. Um dos líderes da equipe, Fellype Gabriel reitera a a necessidade de acabar rapidamente com o campeonato. Na final, Oswaldo de Oliveira terá todos os jogadores à disposição, já que os poupou no jogo de quintafeira, contra o CRB (AL), pela Copa do Brasil. A dúvida fica pelo banco de reservas que pode contar com Andrezinho e Renato, nomes experientes. Poupar ou não poupar? O Fluminense ainda não decidiu o que vai fazer na final da Taça Rio. Com o elenco desgastado depois de uma viagem longa até Guayaquil (EQU), o técnico Abel Braga ainda não definiu quem será escalado e vai aguardar para saber quem está se sentindo bem para o jogo. Durante o desembarque, a maioria dos titulares que falou com a imprensa se colocou à disposição do treinador Abel Braga. O preparador físico do clube, Cristiano Nu-

Diego Cavalieri deve ser um dos titulares no Flu

nes, disse que vai analisar o desgaste dos jogadores e revelou preocupação especial com Rafael Sobis. "O grupo de uma forma geral me preocupa, mas acredito que a maior parte dos jogadores estará em campo no domingo. O Sobis, por exemplo, me preocupa, pois vem se desgastando bastante. BOTAFOGO: Jefferson, Lucas, Bolívar, Dória e

Julio Cesar; Marcelo Mattos, Gabriel, Lodeiro, Seedorf e Fellype Gabriel; Rafael Marques. Técnico: Oswaldo de Oliveira. FLUMINENSE: Diego Cavalieri, Bruno, Gum, Leandro Euzébio (Digão) e Carlinhos; Edinho, Jean (Diguinho) e Wágner; Rhayner (Thiago Neves), Wellington Nem e Rafael Sobis (Samuel). Técnico: Abel Braga.


Gazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Esporte Potiguar começa a decidir contra o América, título do segundo turno e vaga na Copa NE

Cantinho da recordação Olismar Lima

WILSON MORENO

reta final do Campeonato Estadual 2013 chegou. Hoje, América e Potiguar começam a decidir, às 17h, no Estádio Nazarenão, em Goianinha,quem ficará com a taça de campeão do segundo turno. De um lado, o time mossoroense tentando conseguir o título para alcançar objetivos mais ambiciosos que garantem rendimento na próxima temporada. Do outro, os natalenses em busca do bicampeonato norte-rio-grandense. O jogo de volta entre as duas equipes acontecerá no dia 12 de maio, no Nogueirão. Por ter feito melhor campanha ao longo do returno, o Potiguar joga por dois resultados iguais. Ou seja, se a soma dos placares em Goianinha e Mossoró apontarem igualdade, o alvirrubro mossoroense fica com a taça de campeão. Sendo assim, para levantar a taça, o time rubro da capital tem que reverter essa vantagem do adversário. Caso conquiste o returno,o América será declarado automaticamente campeão do Estadual 2013, já que foi o vencedor também no primeiro turno. Para a equipe mossoroense, está em jogo, além do título do segundo turno e o direito de fazer a grande final do Estadual, também uma vaga como o segundo representante do Rio Grande do Norte na Copa do Nordeste 2014. Por ter ficado na segunda colocação da fase classificatória do certame local,o alvirrubro já tem garantida a participação na Copa do Brasil do próximo ano,assim como o próprio América, campeão do primeiro turno. As duas equipes já se enfrentaram duas vezes no atual Campeonato Estadual e o time da capital leva a melhor nos confrontos diretos. No primeiro turno, o América venceu em pleno Estádio Nogueirão por 2 x 1, no polêmico jogo apitado pelo árbitro Lenilson de Lima no dia 13 de março. Em seguida, já pelo returno, o alvirrubro mossoroense voltou a perder no dia 17 de abril, desta vez por goleada por 4 x 1 no Nazarenão. Parareverteressasituação, o técnico Celso Teixeira de-

A

EVERALDO

Potiguar está pronto para o primeiro desafio da final do returno

ve contar com praticamente a mesma formação que derrotou o Santa Cruz na quartafeirapassada.Odesfalquecontinua sendo o meia Vaninho, que diante do Corintians de Caicó recebeu o terceiro cartão amarelo e um vermelho direto,precisando assim ficar de fora por duas partidas. A primeira foi no meio de semana e a segunda é esta diante do América hoje à tarde. Nas demais posições,o comandante não conta com problemas. No treino realizado sexta-feira à tarde, que antecedeu a viagem para a decisão, Celso Teixeira não pôde contarcomolateralesquerdoCleiton Recife, que reclamou de cansaço muscular e por isso o departamento médico preferiu poupá-lo. Apesar da baixa na atividade, Cleiton não deve ser problema e possivelmente permanece com a camisa 6 da equipe titular. Titular absoluto na lateral direita do Potiguar, Chiquinho acredita que o duelo deste domingo será bastante equilibrado. "Será um confronto muito bom. O América mostrou ter uma boa equipe e por isso temos que ter cuidado. O jogo terá rivalidade, porque é um clássico do estado e será muito equilibrado. Sabemos que temos uma vantagem, pois vamos decidir a final em casa,mas temos que entrar focado e estar ligado durante os noventa minutos da primeira partida",comentou o lateral direito Chiquinho ao site oficial do clube. AMÉRICA No América,o técnico Ro-

berto Fernandes tem problemas.Daniel e Tiago Adan estão suspensos por terem recebido o terceiro cartão amarelo na partida de quarta-feira contra o Alecrim, que valeu a classificação para a final. Enquanto isso,Netinho apresentou problemas de ordem física e foi vetado pelo departamento médico. AMÉRICA: Dida; Nor-

berto, Índio, Edson Rocha e Renatinho Potiguar;Ricardo Baiano, Felipe Macena, Fabinho e Cascata; Índio Oliveira e Itamar. Técnico: Roberto Fernandes. POTIGUAR: Santos; Anselmo, Genilson e Ivson; Chiquinho, Lima, Daniel, Paulinho e Cleiton Recife; Kattê e Ítalo. Técnico: Celso Teixeira.

SETE DECISÕES EM NOVE ANOS: A equipe do Potiguar tem se acostumado com as decisões ao longo da última década.Desde que conquistou o inédito título estadual na temporada 2004 até esta final do segundo turno do certame local em 2013, já são sete disputas de títulos para o alvirrubro Confira: - 2004: decisão contra o América. As duas equipes decidiram o título Estadual e o Potiguar foi o campeão, vencendo a primeira por 4 a 0 e perdendo a segunda por 1 a 0; - 2004: final contra o rival Baraúnas, quando ficou com o vice-campeonato da Copa Rio Grande do Norte no segundo semestre; - 2005:novamente chegou à final da Copa Rio Grande do Norte e de novo foi vice, desta vez disputando o título com o ABC, que ficou com a taça de campeão; - 2006: alvirrubro tentava o bicampeonato do Estadual, mas perdeu o título para o rival Baraúnas, após dois empates sem gols; - 2008: decidiu o primeiro turno do Campeonato Estadual contra o América e dois confrontos e levantou a taça; - 2008: por ter sido campeão do primeiro turno, fez a final do Estadual contra o ABC, campeão do segundo, mas ficou com o vice após empate por 2 x 2 no Frasqueirão; - 2013: decide o segundo turno do Estadual em dois jogos, sendo um hoje e o outro dia 12 de maio no Nogueirão.O alvirrubro joga por dois resultados iguais.

REPRODUÇÃO

Everaldo - atleta que se sagrou bicampeão da Copa RN, em 2007, pelo Baraúnas

Na nossa caminhada em busca de focalizar os grandes craques que passaram pelo nosso futebol, trouxemos um pouco da história de Everaldo, atleta que atuou pelo Baraúnas na temporada de 2007. Tendo como técnico o renomado profissional Manoel Miluir Macedo Cunha, o nosso focalizado recebeu a aprovação do mesmo, sendo contratado com vista à disputa do certame estadual de futebol do citado ano. A estreia de Everaldo pelo 'Mais Querido' ocorreu no dia 4 de março de 2007, no Estádio Professor Manoel Leonardo Nogueira,oportunidade em que o Baraúnas, atuando diante do Santa Cruz, obteve, ao final da partida, um empate em dois tentos. Confira a súmula do espetáculo. Baraúnas: Dida; Célio (Cláudio Ribeiro), Pedrosa, Cleyton e Everaldo; Nildo, Jânio, Erivan e Carlos Henrique; Marquinhos (Cícero Ramalho) e Da Silva (Marcelo Martinelli).Santa Cruz: Adriano; Araújo, Moisés, Demir e Hermano Silva;Bruno Potiguar,Eduardo,Paulinho (Thier) e Joelan; Léo Papel (Júlio César) e Didi (Sivuca). Os gols da partida foram assinalados através de Marquinhos e Cícero Ramalho, para o Leão do Oeste, cabendo a Pedrosa (contra) e Joelan, descontar para o Santa Cruz. Árbitro do encontro: Paulo Jorge Rodrigues Brandão, asisstido nas bandeiras por Ubiratan Bruno Viana e Edson Trajano da Cruz. Renda do jogo: R$ 14.290,00, para 1.846 torce-

dores que pagaram ingresso. Na data de 8 de dezembro de 2007, o Baraúnas conquistava o bicampeonato da Copa Rio grande do Norte, atuando no Estádio Dr. João Cláudio machado - Machadão,em nossa capital, oportunidade em que derrotou o América de nossa capital, pelo placar de três tentos a dois. O nosso focalizado esteve atuando pelo 'Mais Querido', na referida conquista, cuja súmula, a seguir registramos.Baraúnas: Érico;Cláudio Ribeiro,Índio, pedrosa e Agnaldo; Nildo (Adeilson), Jozicley, Célio e Vander (Álvaro); Paulo Rangel e Robertinho (Everaldo). América: Azul; Ney Santos (Wesley Brasília), Rogélio, Robson e Toni; Marquinhos Mossoró (Leandro Sena). Reinaldo,Berg e Souza;Geovane e Whasington (Rogélio Ávila). Os gols do clássico foram consignados por intermédio de Índio, duas vezes e Jozicley, para o Baraúnas, descontando Berg e Washington para o alvirrubro da Rua Rodrigues Alves.Árbitro da partida: João Alberto Gomes Duarte, assistido por Milton Otaviano dos Santos e Eduardo Lincoln Neves.Renda:R$ 16.345,00, para um público pagante de 2.556 torcedores. Registre-se que o técnico do Baraúnas na citada conquista foi Samuel Cândido, que retornou ao 'Mais Querido' na presente temporada. Por tudo quanto proporcionou ao nosso futebol, de modo particular ao Baraúnas, Everaldo será para sempre reverenciado na galeria de valores do Cantinho da Recordação.


10 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Gerais

Mordomo que serve Renan ganha R$ 18 mil Já no gabinete da Presidência, o senador alagoano tem outros dois garçons com remuneração bruta de R$ 8,2 mil

R

eportagem do jornal "O Globo" publicada na sexta-feira (3) revelou que um mordomo que serve a residência oficial do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL),recebeu no mês de março o salário bruto de R$ 18,2 mil –destes, R$ 2,7 mil apenas em horas extras. De acordo com a reportagem, o funcionário é Francisco Joarez Cordeiro Gomes, nomeado por meio de ato secreto juntamente com os garçons Francisco Hermínio de Andrade e Djalma da Silva Lima. Ambos receberam em março, respectivamente, os valores brutos de R$ 10,7 mil e R$ 11,6 mil por serviços de oferta de café, água e refeições na residência oficial de Renan. Já no gabinete da Presidência, segundo o jornal, o senador alagoano tem outros dois garçons lotados entre servidores terceirizados. Cada um deles recebeu, em março, a remuneração bruta de R$ 8,2 mil. SETE GARÇONS TÊM SUPERSALÁRIOS Em outra reportagem de "O Globo", semana passada, foi revelado que os garçons que servem os parlamentares do plenário e na área contígua do Senado recebem salário entre R$ 7,3 mil e R$ 14,6 mil, remuneração até vinte vezes maior que o piso da categoria na capital federal. Segundo o texto da pu-

blicação, um grupo de sete garçons servem os senadores, sendo que três atuam só no plenário e quatro ficam no cafezinho aos fundos, para atender parlamentares, assessores e jornalistas. "O serviço é bem tranquilo", disse um deles. Além disso, foi revelado que todos foram nomeados assistentes parlamentares de uma só vez, em um ato secreto em 2001, feito por Agaciel Maia, diretor-geral do Senado na época, hoje deputado distrital. Nestes 12 anos, os garçons foram promovidos a cargos superiores a esse, o que levou ao aumento de salário. "O Globo" aponta que, em março passado, o maior salário pago foi a José Antonio Paiva Torres, o Zezinho, que teria recebido remuneração bruta de R$ 14,6 mil - R$ 5,2 mil somente em horas extras. SUPERSALÁRIOS Uma reportagem publicada no ano passado na revista britânica "Economist" afirmava que altos salários pagos a parte dos funcionários públicos do Brasil são um "roubo ao contribuinte". Na epoca, os dados sobre a remuneração dos servidores haviam sido revelados por meio da Lei de Acesso à Informação. "A presidente Dilma Rousseff está usando a lei, originalmente criada para ajudar a desvendar atrocidades cometidas pelo regime militar, para expor os gordos salários de políticos e burocratas", disse a revista. A "Economist" cita como exemplo de abuso o fato de mais de 350 funcionários da prefeitura de São Paulo ganharem mais que o presidente da Câmara, cujo salário líquido é de R$ 7.223. A publicação compara o salário de uma enfer-

Feliciano defende discussão de projeto que legaliza a ‘cura gay’ O presidente da Comissão de Direitos Humanos da Câmara,deputado Marco Feliciano (PSC-SP), usou o Twitter para justificar a inclusão de projetos polêmicos na pauta da próxima reunião do colegiado. Entre as propostas, está a que permite aos psicólogos promoverem tratamento com o fim de curar a homossexualidade. Segundo o deputado, "não podemos fugir de assuntos como este". Ele ainda defendeu a proposta e disse que a imprensa distorce o teor do projeto. "A mídia divulga um PL [projeto de lei] como "cura gay" quando na verdade ele não trata sobre isso,até por-

que homossexualidade não é doença", escreveu ontem no microblog. "Esse projeto protege o profissional de psicologia quando procurado por alguém com angústia sobre sua sexualidade", completou. O deputado afirma que é apenas um mediador e a aprovação depende do colegiado. "Como presidente da comissão apenas coloco em pauta os projetos, cabe aos parlamentares discutirem, discursarem e convencerem com seus argumentos. Não podemos fugir de assuntos como este, nem como da Redução da Maioridade Penal, etc. precisamos enfrentar", disse.

GETTY IMAGES

meira-chefe da prefeitura do município, de R$ 18.300, com a média salarial da iniciativa privada, e conclui que o salário da servidora é 12 vezes mais alto que o pago pelo mercado. A reportagem lembra ainda que, por lei, nenhum funcionário público pode ganhar mais que R$ 26.700 - a remuneração dos juízes de instâncias federais superiores. Porém,um terço dos mi-

nistros e mais de 4.000 servidores federais teriam rendimentos superiores a esse teto. Incluindo o presidente do Senado, José Sarney, cujo salário chegaria a R$ 62 mil, devido a um acúmulo de pensões. A revista também classifica como um "roubo ao contribuinte" o fato de membros do Congresso receberem 15 salários por ano, enquanto a maioria dos brasileiros recebe 13.

Depois da polêmica compra de 12 carros importados (Ford, modelo Edge) ao custo de R$ 1,76 milhão, a Secretária de Administração da Presidência da República comprou mais carros


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Mossoró Criação de rampas, nivelamento de calçadas e a construção de um camelódromo estão

Editora: Daniele Silveira mossorogazetadooeste@gmail.com

MEL

ESPECIAL

Com chuvas, apicultores retomam produção

Wilson Sabiá conta trajetória e fala de projetos futuros 8 e 9

3

Obras de acessibilidade estão previstas para este ano FOTOS: REPRODUÇÃO

WILSON MORENO

sendo planejados á muito tempo já se debate em Mossoró a criação e execução de um plano de acessibilidade municipal que retire os camelôs das calçadas do Centro da cidade. As diversas barracas de CDs, DVDs, comidas e demais produtos que são comercializados nas calçadas são obstáculos para os pedestres que trafegam pelo Centro. Há mais de dois anos, a Promotoria de Justiça e a Prefeitura Municipal discutem sobre a retirada dos comerciantes informais das calçadas do Centro.

H

Desde 2011 o debate existe, mas nenhuma solução foi tomada e a situação continua do mesmo jeito. No mês passado, algumas equipes da Prefeitura se reuniram para debater alguns pontos sobre a questão da acessibilidade, como a criação de rampas, nivelamento de calçadas e a construção de um camelódromo. Segundo Jailson Moreira Freire, subsecretário de Desenvolvimento Territorial, o levantamento das ruas que precisam de rampas e precisam passar por uma desobstrução com a retirada das ALCIVAN COSTA barracas e comerciantes informais já começou a ser feito. Ele informa que até junho o levantamento dessas ruas do Centro será concluído. "A execução desse levantamento será feita em partes, assim que ele for finalizado já vamos iniciar a execução. Esse problema é antigo e tem sido trabalhado com muito cuidado para que seja resolvido de forma definitiva", destaca o subsecretário. Entre as questões abordadas para a melhoria na Falta de rampas e calçadas acessibilidade, a criação do

desniveladas dificultam tráfego dos pedestres

Comerciantes indicam pontos para criação do camelódromo

Construção de rampas e nivelamento de calçadas serão feitos a partir de junho

camelódromo é um dos pontos mais polêmicos, principalmente pela dificuldade em escolher o local onde ele será construído. Jailson Freire conta que a Prefeitura gostaria de construir o camelódromo em um terreno baldio que pertence a Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN), localizado por trás do Aceu. No entanto, a Uern não vai cedê-lo ao município e a Pre-

feitura já está procurando outro local para construir o camelódromo municipal. "Esse terreno da Uern seria muito bom porque é grande e no Centro. Os camelôs não querem sair do Centro, pois lá é onde está sua clientela. A gente vai continuar procurando e até o final do ano vamos ter um local definido para que ele seja construído", comenta. ALCIVAN COSTA

Barracas dos camelôs nas

Uma das alternativas para a construção do camelódromo dada pelos próprios comerciantes é a recalçadas do forma e ampliação do Mercado Central. Construir três ou quatro andares e criar boxes para todos os coCentro são merciantes cadastrados é considerado por eles como a melhor alternativa. "Pela localização e por já ser um ponto de comércio, o Mercado Central é a melhor opção para a criaobstáculos ção do camelódromo. O Vuco-Vuco também seria bom, mas o Mercado Central é sem dúvida o melhor constantes para lugar", comenta o camelô Ronaldo Lima. Há 12 anos trabalhando como camelô no Centro da cidade, Suzana Bezerra confessa que não acreo pedestre dita na construção do camelódromo. Ela explica que diversas vezes ouviu falar da obra, fez o cadastro junto aos órgãos da Prefeitura e até o momento não viu o local sair do papel. Apesar de desacreditada, a comerciante torce que o camelódromo seja criado e siga o modelo da 'Praça dos Feirantes' de Fortaleza-CE. "Seria muito bom se cada camelô tivesse seu box para vender seus produtos. A gente precisa de um local para vender, mas não pode ser um canto longe. bomtrabalhando seria seguir o modelo do camelódromo de vender seus produtos. A gente precisa de um Há 12O anos como camelô no Cen- para Fortaleza", finaliza a comerciante. Uma das alternativas para a construção do camelódromo tro da cidade, Suzana Bezerra confessa que não local para vender, mas não pode ser um canto longe. Até o momento, a Prefeitura ainda não encontrou lugar apropriado para abrigarEla os comerdada pelos próprios comerciantes é a reforma e ampliação acredita nenhum na construção do camelódromo. O bom seria seguir o modelo do camelódromo de Forciantes informais que estão cadastrados na PMM. Atualmente, cerca de 250 camelôs estão cadastrados do Mercado Central. Construir três ou quatro andares e cri- explica que diversas vezes ouviu falar da obra, taleza", finaliza a comerciante. junto a Prefeitura. O cadastro foi feito em 2010 desde então o número de camelôs aumentou. ar boxes para todos os comerciantes cadastrados é considerafez oe cadastro junto aos órgãos da Prefeitura e até Até o momento, a Prefeitura ainda não encondo por eles como a melhor alternativa. o momento não viu o local sair do papel. trou nenhum lugar apropriado para abrigar os comer"Pela localização e por já ser um ponto de comércio, o MerApesar de desacreditada, a comerciante torce ciantes informais que estão cadastrados na PMM. cado Central é a melhor opção para a criação do camelódromo. que o camelódromo seja criado e siga o modelo da Atualmente, cerca de 250 camelôs estão cadastraO Vuco-Vuco também seria bom, mas o Mercado Central é sem 'Praça dos Feirantes' de Fortaleza-CE. dos junto a Prefeitura. O cadastro foi feito em 2010 dúvida o melhor lugar", comenta o camelô Ronaldo Lima. "Seria muito bom se cada camelô tivesse seu box e desde então o número de camelôs aumentou.


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Mossoró

Docente da Ufersa vai ministrar curso na China CEDIDA

WILSON MORENO

Tecnologia do Pescado e Controle de Qualidade do Pescado é o tema da explanação do professor

m paulista, morador de Mossoró e docente da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA) vai até a China no próximo mês ministrar um curso na área de tecnologia do pescado - onde os asiáticos são especialistas no assunto.O professor Dr.Alex Augusto Gonçalves é Chefe do Laboratório de Tecnologia e Controle de Qualidade do Pescado do curso de Engenharia de Pesca. O convite surgiu devido a sua atuação na área há 15 anos e a experiência que teve como consultor internacional da Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO/ONU) por muitos anos na área de qualidade pós-captura e

U

Alex Augusto Gonçalves foi consultor internacional da FAO/ONU

Professor da Ufersa, Alex Augusto, ganhou Prêmio Jabuti

comercialização do pescado, inclusive com trabalhos realizados na África. Para o educador, qualquer atividade fora do país de origem é desafiante e ao mesmo tempo interessante. "O mandarim não é uma língua fácil de se aprender em uma semana, mas a língua inglesa que tenho fluência será o diferencial. Com certeza estarei divulgando meu aprendizado ao longo da minha carreira como docente e pesqui-

projeto Promotion of Processing and Marketing of Freshwater Fish Products: Bangladesh, India, Indonesia, Pakistan and Sri lanka, o qual o professor foi convidado para atuar como especialista em Tecnologia do Pescado. O convite a um brasileiro para participar de um evento realizado pelos asiáticos não surpreende o professor da Ufersa. "Eles buscam profissionais em qualquer lugar do mundo que

sador na área de Tecnologia do Pescado", disse. Alex Augusto vai ministrar o curso de Tecnologia do Pescado e Controle de Qualidade do Pescado no Wuxi Aquaculture Training Centre (Freshwater Fisheries Research Center - Chinese Academy of Fishery Sciences) nos dias 7 e 8 de maio na cidade de Wuxi, Jiansu, China. O evento acontece durante a semana toda. O curso faz parte do

Academias da cidade devem renovar alvará da Vigilância Sanitária A validade do alvará de licença da Vigilância Sanitária repassado anualmente para as academias de ginástica e musculação de Mossoró foi encerrada no dia 30 de abril. Os proprietários de academias que ainda não renovaram o alvará devem fazer isso o quanto antes. Conforme Miguel Borges, fiscal da Vigilância Sanitária, atualmente cerca de 45 academias estão cadastradas no Sistema Nacional de Informação em Vigilância Sanitária (SINAVISA). Anualmente, elas são visto-

riadas pelos fiscais da Vigilância Sanitária e recebem o alvará de funcionamento. Ele explica que para receber o alvará é necessário atender algumas exigências, tais como: Ter um responsável técnico - profissional da área formado em educação física e que tenha o registro do Conselho Regional de Educação Física (CREF); equipamentos em boas condições de uso e que a condição higiene-sanitária do estabelecimento seja adequada. "A fiscalização foi iniciada e algumas academias já

foram vistoriadas. A gente dá um prazo de 15 a 30 dias para que elas se adéquem e recebam o alvará da Vigilância Sanitária", destaca. O fiscal Miguel Borges avisa que outros elementos básicos que a academia deve ter para funcionar são extintores; banheiros higienizados; sabonete líquido disponível; registro de limpeza dos bebedouros;disponibilização do álcool 70%, tipo adequado para a limpeza dos equipamentos;ventilação e cartazes que falem da proibição e do perigo do

uso de anabolizantes. Ele avisa que toda academia tem que colocar pelo menos três cartazes que advirta os alunos sobre o perigo do uso de anabolizantes, pois é uma lei municipal. "Os donos de academia estão mais conscientes e nos procuram para adequar seu estabelecimento. Para conseguir o alvará da Vigilância tem que pagar uma taxa e essa taxa depende do tamanho do estabelecimento. Quanto maior ele for, maior é a taxa", finaliza Miguel Borges.

possam atender as expectativas e demandas deles. Eu ainda não tinha participado de um evento em países asiáticos. Tenho certeza que vai ser um desafio,mas estamos preparados para levar o nome da universidade e de Mossoró para o mundo", destaca Alex Augusto. Apesar de todas as dificuldades que as Instituições de Ensino Superior vem enfrentando, com problemas de infraestrutura a baixa remuneração, ele diz que sen-

te orgulhoso de poder contribuir internacionalmente com outros países. "O mesmo estarei fazendo em setembro, no World Seafood Congress, em St. Johns, Newfoundland and Labrador, Canadá (28/09 a 04/10/13). Neste evento fui convidado para participar da comissão científica, além de organizar uma sessão temática (Session Innovations in Seafood Processing Technology - Session chair dr. Alex Augusto Gonçalves) e proferir a palestra de abertura dessa sessão. Mais uma vez o reconhecimento internacional está sendo maior que o nacional", destaca. O educador ressalta que a experiência e o reconhecimento internacional são a chave para convites como esse. "Serão mais de 40 horas de voo para falar de um assunto que aprecio e me dedico a cada dia que passa", afirma. Todo o conhecimento está reunido, desde 2011, no livro "Tecnologia do Pescado: ciência, tecnologia, inovação e legislação", Editora Atheneu, escrito por Alex e outros autores. A obra foi premiada no Prêmio Jabuti 2012. FOTOS: WILSON MORENO

Academias devem ter o alvará da Vigilância Sanitária para funcionar de forma regular

Cartazes sobre o perigo do uso de anabolizantes são obrigatórios em todas as academias da cidade


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Mossoró

Com chuvas,apicultores voltam a produzir FOTOS: EDNILTO NEVES

Apicultores afirmam que a prioridade é recuperar os enxames perdidos e voltar a produzir mel

A

s chuvas registradas nas últimas semanas têm animado os homens do campo. Os apicultores são uns dos mais alegres com as chuvas que estão ocorrendo. A seca do ano passado e a do início deste ano fizeram com que eles perdessem muitos enxames. Agora com o retorno das chuvas, terra úmida e clima favorável, os apicultores afirmam que a prioridade é recuperar os enxames perdidos e voltar a produzir mel. Segundo Geomar Neves, morador do Assentamento Boa Fé, localizado na zona rural de Mossoró, em 2011 a média anual de produção era de aproximadamente 120 toneladas e em 2012 caiu para 40 tone-

Chuvas devem continuar acontecendo durante este mês

Apicultores dependem das chuvas para ter uma boa produção de mel

ladas. A falta de chuvas no início do ano fez com que os apicultores considerassem o ano como perdido. Alimentação artificial para as abelhas era uma das formas de não perder completamente o enxame que se dissipou. "Já estávamos preparados para o pior, as chuvas fizeram com que a produção do ano não seja zero. Não vamos produzir tanto, mas se recuperarmos os enxames, já no próximo ano vamos ter uma produção melhor", destaca.

ESTADO EXPORTADOR Em um passado recente, o Rio Grande do Norte já ficou entre os maiores produtores de mel do país, em 2009 o Estado era o 6º maior exportador de mel. Na época foram exportados entre janeiro e outubro deste ano 1.741.566 toneladas, um total de 6,9 milhões de reais (valor convertido do dólar a R$ 1,73). Durante o ano de 2008, foram 951.834 toneladas e R$ 3,6 milhões. Os dados são do Ministério do Desen-

volvimento, Indústria e Comércio Exterior.

NÚMEROS No Assentamento Boa Fé, localizado na zona rural de Mossoró, em 2011 a média anual de produção era de aproximadamente

120 toneladas e em 2012 caiu para 40 toneladas.


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Mossoró

“ ”

Fé & Vida

Toda árvore que não der fruto bom será cortada e lançada ao fogo. (Lc 3, 9b)

Joscelito Marques joscelitomarques@hotmail.com site: www.jocelitomarques.blogspot.com

Refletindo o evangelho

"SE ALGUÉM ME AMA GUARDARÁ A MINHA PALAVRA" João 14, 23-29 "...e meu Pai o amará, e nós viremos a ele e nele faremos nossa morada.." (Jo 14, 23b) O Evangelho deste domingo faz parte do discurso de despedida de Jesus, afirmando que a Palavra de Cristo é a Palavra do Pai. Com sua morte, Jesus dá glória ao Pai, que ao ressuscitálo é glorificado no Filho. E a presença do Espírito Santo após a partida de Cristo, intercederá e advogará por nós. É o espírito que conduz à plenitude da verdade, levando-nos agora a compreender quem é o Cristo, suas Palavras e ações. Recebemos de Cristo, como uma herança, seus gestos e ações, suas palavras e opções. Marcados e conduzidos por Seu Espírito Santo anunciamos ao mundo a ação redentora do Cristo ressuscitado.Aqui aparece com pertinência a exortação para que não nos deixemos perturbar e nem intimidar; porque a paz de Cristo é a certeza da nossa vitória.Quem ama o Cristo,guardará a sua Palavra, e o próprio Cristo nele estabelece sua morada; presença viva que o guiará na caminhada da vida rumo á Casa do Pai. Amando o Filho, amamos o Pai e vi-versa. Amar Jesus é assumir com ele e nele a herança que o Pai nos confia: testemunhar com a vida a sua palavra,anunciando o evangelho a fim de transformar a sociedade. Guardar a Palavra é estabelecer morada no Pai e no Filho, tornando-nos também, pelo Espírito Santo, sua morada. Hoje somos a tenda da reunião do Pai, do Filho e do Espírito. Precisamos viver seriamente esta realidade divina...

GENTE DE FÉ Nossa homenagem de hoje vai para o grupo de jovens da Paróquia de Santa Luzia: "Fides in Deun" (Fé em Deus). Com alegria e muita simplicidade, estes jovens têm colocado seus talentos à disposição do Reino de Deus. Eles se reúnem todos os sábados, às 17h, na Capela de Santa Teresinha para aprofundar os laços de amizade e fé. E, além de servirem na liturgia da Paróquia, os jovens também dedicam seu tempo à evangelização através da música e do anúncio da Palavra de Deus. Na foto, os jovens estão em missão na cidade de Riacho de Santana. Que assim perseverem. Avante, amigos!

CASAIS COM CRISTO Termina hoje o Encontro de Casais com Cristo de 1ª etapa, da Paróquia do Menino Jesus. O evento teve início na sexta-feira e reuniu um belo grupo de casais que passou estes dias recebendo uma formação sólida, onde a família foi vista sob a ótica do plano de Deus. Que venham os frutos! NOSSA SENHORA Segue com excelente participação popular a Festa de Nossa Senhora de Fátima, no Abolição II. Todas as noites, durante o Trezenário, os devotos têm partilhado o tema central: "Olhando para Maria, aprendi a crer em Deus, na Igreja e na humanidade." A Trezena de hoje presta homenagem aos comerciantes e comerciários. Logo após acontece o show da Comunidade Católica Pedro.Na dimensão social destaco o jantar de confraternização, dia 10/05, com animação dos Tremendões, e o Leilão com Festival de Prêmios no dia 11/05. CURSILHO Graças a Deus, e ao trabalho de diversos cursilhistas abnegados, o Cursilho feminino de 2013 foi laureado de grande êxito. Foram momentos de alegria, espiritualidade, aprendizado na fé e vivência fra-

terna. Quem disse sim, não se arrependeu. Agora, as atenções e orações se voltam para o Cursilho Masculino, que ocorrerá de 16 a 19 de maio. Muito do bom! Decolores! RÉCITA DO TERÇO Durante todo o mês de maio acontece a Récita do Terço Mariano com as famílias do bairro Dom Jaime Câmara. A oração começa sempre, às 19h30, no Santuário de Santa Clara e tem a responsabilidade da Comunidade Obra de Maria, Terço dos Homens Mãe Rainha, Legião de Maria e Grupo Divina Luz da RCC. Aos domingos, devido à missa dos peregrinos, o Terço é recitado, às 16h15. O mês dedicado à Mãe de Jesus será encerrado no dia 31, com uma Celebração Eucarística presidida pelo Pe. Sátiro, onde ocorrerá a tradicional "Coroação de Nossa Senhora." Participe! PENTECOSTES Acontecerá de 9 a 19 de maio, a Novena de Pentecostes promovida pela Renovação Carismática Católica de Mossoró.Neste ano a RCC completa 40 anos de evangelização em nossa Diocese. É tempo de graça, de colheita e de louvor por tudo que Deus realizou e realiza através deste povo de Deus. Boa festa!

KERIGMA Recebi vários e-mails de leitoras partilhando sobre como se sentiram tocadas com a mensagem do domingo passado intitulada: "A lição da planta." Agradeço e coloco neste domingo a bela mensagem que recebi da nossa leitora Maria do Carmo, do Bom Jesus: Um padre estava fazendo uma palestra na preparação dos noivos na paróquia e fez a seguinte pergunta aos casais: - Por que as pessoas gritam umas com as outras? E obteve várias respostas: - Ah, porque estão irritados um com o outro, ou porque estão com pressa etc. Então o padre perguntou: - Mas por que gritar quando o outro está tão perto? Houve um silêncio total. E o padre continuou: - Os casais começam o namoro conversando, partilhando, olhando nos olhos... E com o passar do tempo, ao invés de amadurecer cada vez mais no conhecimento do parceiro e da companheira, vão perdendo esta qualidade. Vão negligenciando o saber ouvir... Vão deixando que o som do egoísmo, do orgulho, da incompreensão e da arrogância fale mais alto... Vão esquecendo o valor do diálogo e os corações começam a ficar distantes, pois já não sabem o que se passa na vida e no coração do outro. E sentem que o outro está tão distante, que para ser ouvido, precisa gritar, para que a força da voz tente romper a distância. Disse ainda o padre: -Por isso que, quando os casais partilham sempre as suas alegrias e tristezas, conseguem uma harmonia conjugal e não precisam gritar um com o outro,pois o sentem bem perto,a ponto de muitas vezes, precisar apenas sussurrar, pois sabem que estão sendo ouvidos; e outras vezes ainda, podem apenas olhar nos olhos, dispensando até mesmo a voz.

Grupo de Jovens Fides in Deun

Exames psicológicos continuam sendo gargalos no atendimento do Detran

Mossoroenses participam do Campeonato Brasileiro de Jiu-jítsu

WILSON MORENO

Quem precisa realizar exames psicológicos para a renovação da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) está agendando para o mês de setembro, segundo informações do diretor da I Circunscrição do Trânsito de Mossoró (I CIRETRAN), Osnildo Morais. Os testes psicológicos ainda são os gargalos enfrentados pelo departamento. "Resolvemos grande parte dos problemas no atendimento e não temos mais filas enormes, mas infelizmente não estamos conseguindo resolver o problema do teste psicológico", afirmou. O diretor da Ciretran lembrou que por determinação do Conselho Regional de Psicologia (CRP), os profissionais só podem executar 10 atendimentos por dia."Isso é muito pouco para a demanda que temos. Para se ter uma ideia, outro dia estávamos com uma demanda de mais de dois mil atendimentos agendados", destacou. Osnildo disse ainda que já se reuniu com o promotor da Saúde, Flávio Corte, e com responsáveis por clínicas,que afirmaram que para pagar um profissional de outro Estado, já que no Rio Grande do Norte só existe dois, para vir aten-

Estrutura do Detran no Show Automall está pronta, mas sem uso

der a apenas dez pessoas, não compensa. "Hoje estamos marcando para setembro, justamente por esse número de profissionais e de atendimentos que eles podem fazer. Para nós é uma preocupação inclusive social, pois tem gente perdendo emprego por conta disso", acrescentou. Outros atendimentos, como o exame de vista são realizados no mesmo dia. "A Central do Cidadão foi inaugurada em 1998 com uma estrutura boa e com muito mais funcionários do que temos hoje. Mas o governo Rosalba já convocou 25 novos servidores e desses apenas 16 se apresentaram.

Para uma demanda de 115 mil veículos temos uma estrutura pequena". Quanto a nova estrutura que deve funcionar no Show Automall,na Nova Betânia, Osnildo disse que deve está funcionando em cerca de 15 dias. "Lá já está tudo pronto e o problema não é do Detran,pelo contrário,estamos pagando aluguel desde o ano passado por uma estrutura sem uso. Estamos dependendo de um link da Secretaria Estadual de Tributação", continuou. A previsão é de que dentro de 15 dias o atendimento seja iniciado no Show Automall. Já a estrutura que está sendo adaptada no Termi-

nal Diran Ramos do Amaral deve ser entregue em setembro deste ano. "A previsão é de que até o final do ano comecemos a atender lá, já que depois que a estrutura for entregue temos que ver questões como mudança e mobília", disse. Osnildo lembrou que, mesmo o atendimento se concentrando ainda apenas na Central do Cidadão, as pessoas não estão procurando ser atendidas no período da tarde."Não sei se é por falta de informação, mas nós trabalhamos diariamente no turno vespertino e a demanda é bem menor, mais tranquila e as pessoas não procuram", alertou.

Cerca de 40 atletas da Academia Mossoró Combate viajaram para Fortaleza onde vão disputar o Campeonato Brasileiro de Jiu-jítsu.A competição iniciada ontem e que termina hoje ocorre no Ginásio da Faculdade Marista. Os representantes de Mossoró são vistos como favoritos em várias categorias, alguns atletas inclusive com títulos de destaques internacionais.O atleta Gabriel T- REX foi campeão Mercosul e Romeu Fernandes já foi Campeão Pan-Americano. Os dois são promessas de medalhas e boa colocação no Campeonato Brasileiro. Para chegarem bem na competição, Emanuel Lima conta que ele e os demais atletas treinaram duas a três vezes por dia. Ele conta que a preparação iniciada em dezembro será vista agora nesses dois dias de competição. "Asexpectativassãoasme-

lhores possíveis, a gente treinou forte e há muito tempo vem focando nesse CampeonatoBrasileiro.Fortalezasempre tem campeonatos grandes e já está sendo umas das capitais mais conhecidas no ramo nacional do jiu-jítsu". Apesar de está em seu primeiro Campeonato Brasileiro, Emanuel Lima não teme o nível dos competidores e acredita que todos os meses de treinamento serão recompensados com uma medalha. "Sei que quando se fala de CampeonatoBrasileirosóvou competir com tops do Brasil, então vou dar meu máximo pratrazeressetítulopraminha cidade, vou está competindo na categoria roxa, então estudo mais do que preparado pra esse campeonato. Vou dar 150%eporempráticatudoque aprendi com os meus professores João Maurício, João PauloFreire,MarceloGomes e Leandro Higo", finaliza. CEDIDA

Cerca de 40 atletas estão participando da competição em Fortaleza


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Opinião Déjà Vu Milton Marques de Medeiros milton@tcm10.com.br

LEI DO EMPURRA Um governo para conquistar boa aprovação e se manter bem conceituado perante uma comunidade, seja município, Estado ou Nação, carece manter o equilíbrio de pelo menos quatro ações básicas. Ações chamadas colunas sobre as quais o governo se apoia: coluna política, financeira, administrativa e publicitária. Quando uma dessas verticais se deteriora e falseia, lógico que há a perda do plano de equilíbrio do governo e será tão mais acentuado o desequilíbrio quanto mais as fraturas atinjam as vigas vizinhas. Se apenas uma coluna sofre desgaste, a perda de conceito do governante será num percentual menor que sendo duas ou mais atingidas. O problema é que quando uma é afetada, geralmente contamina as demais. SUSTENTAÇÃO Coluna política é a força política que o governante possui ao seu redor, seja pelo triunfo da eleição, seja pela conquista de novos adeptos. É a sustentação política do governo formada por líderes políticos, partidos que compõem a chamada base de apoio e próceres simpatizantes. Coluna financeira é a saúde orçamentária e a disponibilidade pecuniária que o governo conta para executar suas metas e realizar obras. Coluna administrativa é a soma do nível de competência que seus auxiliares possuem. Por último, a coluna publicitária é o modo do governo se comunicar, com seus pares federativos, segmentos privados, imprensa e, sobretudo, o povo.

EXEMPLO COLOR O exemplo mais direto de fragilidade da coluna política, em nível nacional, foi o governo Collor de Melo na presidência da República.Ele teve nas urnas maioria eleitoral consistente,após eleito recebeu apoio de vários líderes e partidos políticos, o povo o aplaudiu, mas eis que de repente entendeu e optou por governar sozinho. Resultado, a coluna política ficou enfraquecida, os aliados foram saindo, o governo ficou só, enfraqueceu, tombou e caiu. INEFICIÊNCIA DA COMUNICAÇÃO? Recentemente, um bom jornalista da nossa cidade, com o título Fale, governadora, escreveu em um jornal local, o seguinte texto, dirigindo-se à governadora Rosalba Ciarlini: "A falta de comunicação bem feita continua ajudando a esconder obras e ações do Governo do Estado. Muitas obras e ações, diga-se, sem que o grande público tenha conhecimento. E, na ineficiência de comunicação, o discurso de oposição penetra com facilidade"... e por aí continuou. PONTO DE VISTA SOBRE O FATO A comunicação do governo Rosalba Ciarlini não parece ser a coluna mais comprometida do governo atual. Pode ter alguma deficiência, mas é mínima. Às vezes até exagera, dando notícias de uma provável licitação que ainda vai ocorrer. A rigor, o governo conta com uma rede de informações diárias que está presente em todo Estado, através de rádios, tele-

visão e forte rede digital. O governo conta com dois grandes e importantes jornais no Estado, circulação diária, um em Natal e outro em Mossoró, que fazem muito bem a opinião do Executivo, força que nenhum outro governante anteriormente contou. O mais importante desses jornais é "fabricar a opinião" e isso é tudo em um governo. A própria governadora Rosalba é uma excelente comunicadora, com bom trabalho, ao conseguir "benefícios" em Brasília, fala e sabe falar, inclusive dizer com a linguagem que o povão quer ouvir. Nada de defesa à assessoria de imprensa do governo, por sinal nem conheço seus integrantes atuais, mas com certeza, entre as quatro razões, a comunicação não é a fração que mais vem incomodando e desgastando o Executivo. HÁ PIORES SITUAÇÕES Há duas outras que estão influindo muito mais. A esfera política, por exemplo, logo de início do Governo, perdeu o vice-governador, que embora para muitos, politicamente, nada tenha comprometido, não deixa de ser contabilizado como subtração. Também se somem algumas queixas, feitas constantemente por correligionários de peso, conceituando o Executivo como Governo concentrador. Não é segredo para ninguém que alguns prefeitos da própria base da governadora se declaram insatisfeitos. Grandes nomes de nível federal têm se mostrado reticentes com alguns procedimentos do Governo, não raro até ameaçam pela imprensa, se afastar do mesmo, e aí sim, caso aconteça, significará realmente um enorme trauma político. COLUNA FINANCEIRA Outra fragilizada no momento é a coluna financeira. Qualquer Estado que não contar com fonte financeira própria, a tendência natural é sofrer desequilíbrio econômico e comprometer seu desempenho operacional. O Rio Grande do Norte, por exemplo, há algumas décadas vem se salvando ou através de vendas de seus bens, caso da Cosern, ou através de empréstimos. A venda da Cosern pelo governo Garibaldi Alves oxigenou as finanças do Estado. Wilma de Faria, sua sucessora, ao assumir, o dinheiro da venda já não existia mais, e ela teve que se socorrer de emprés-

timos, tal qual fizera governantes anteriores a Garibaldi. VENDER O QUÊ? Agora, a governadora Rosalba Ciarlini, não tendo nada a vender, pois a Caern, que seria uma opção, não se encontra atualmente atraente a nenhum comprador, daí a única opção que lhe resta, no momento, é também fazer empréstimos. Por sinal há dois engatilhados e que poderão ser disparados a qualquer momento: o Pró-Invest (BNDE) e outro bem mais graúdo,ao Banco Mundial.O governo Rosalba (DEM) tem também passado por um "certo garroteamento financeiro", feito pelo Governo Federal (PT), inimigo partidário, embora seja negado pela presidente Dilma Rousseff. Natural. CONFIANÇA Quanto ao fator Administrativo, ou seja, equipe executiva do governo atual é muito boa. Há excelentes atores. Bons e experientes secretários. Todos de confiança da governadora, homens e mulheres limpos e probos, fiéis a governante, que os conhece desde muito tempo. Está equilibrada. LEI DO EMPURRA Em análise sintética e final, o governo atual, realmente, no momento, não está bem, as pesquisas públicas confirmam, mas basta haver acentuada melhoria na coluna financeira, o que poderá acontecer a qualquer momento, para toda a engrenagem governamental voltar a funcionar positivamente e o negativo se inverte. O problema é saber se dá tempo antes de 2014, mas aí é tema de outra análise. Do jeito que o povo é, basta o governo se nutrir economicamente, ficar saudável, para não mais haver ameaças, não haver mais saída de políticos da base e até o próprio povo volta a aplaudir, votando a seguir nos mesmos nomes para mais quatro anos de gestão. Tem sido assim, na história. Como a dívida tem de três a cinco anos de carência, isto é, só começa a ser paga no governo seguinte, é assim a sequência, "cada um empurrando para o outro pagar". Virou costume e costume é fonte do direito, logo, virou lei, a lei do empurra. E viva a democracia. EDNILTO NEVES

Juventude é o tema do Grito dos Excluídos deste ano WILSON MORENO

O tema do Grito dos Excluídos de 2013 foi definido e este ano a juventude está no centro da manifestação que acontece ao longo do ano e tem no dia 7 de setembro, durante a Semana da Pátria, seu ponto mais alto. "Juventude que ousa lutar, constrói o projeto popular" é o lema desta 19ª edição. A temática foi definida pela coordenação do Grito, que acolheu sugestões de vários grupos, comunidades,dioceses,movimentos, sindicatos,entre outros menos favorecidos. O sindicalista Carlos Antônio,da comissão organizadora do Grito em Mossoró, disse que os preparativos para a próxima edição do movimento iniciam em breve. "Vamos convocar as plenárias, mobilizar as pessoas, os grupos, visitar os bairros, comunidades, entrar em contato com as localidades que vivem na exclusão,fazer as denúncias e preparar as ações dentro da temática", explica. Denunciar crimes, problemas,abusos,reivindicar, pressionar as autoridades e governantes, alertar à população e lutar por dignidade, educação, saúde, segurança, moradia, emprego

Carlos Antônio disse que preparativos serão iniciados em breve

Grito dos Excluídos acontece desde 1995 discutindo temas políticos e sociais

e políticas públicas são alguns dos objetivos do Grito dos Excluídos. "Como o te-

ma é juventude, este ano vamos destacar a questão das drogas, da violência, do ex-

termínio com os nossos jovens", acrescentou Carlos Antônio.

HISTÓRICO – O primeiro Grito dos Excluídos aconteceu em 1995. Em aproximadamente 200 cidades brasileiras, com o tema 'A vida em primeiro lugar'. A partir de 1996, a Confederação Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) assumiu o Grito enquanto projeto e este passou a ter apoio dos movimentos sociais de liberta-

ção. Cada edição traz um tema e um lema, entre eles já foram questionados o clamor do Movimento Sem Terra, a dívida externa, os encarcerados, a fome e a seca no Nordeste, a violência no campo e na cidade, os acordos comerciais como a Alca, a política econômica, a corrupção, entre outros.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Mossoró

Chegada do Dia das Mães aquece comércio EDNILTO NEVES

EDNILTO NEVES

Floriculturas e padarias da cidade já estão se preparando para o aumento das vendas

C

om a proximidade do Dia das Mães, os empresários do segmento de floriculturas e panificadoras demonstram otimismo com a data. Eles esperam lucrar até 30% mais do que no mesmo período de 2012. As principais floriculturas e padarias da cidade já estão se preparando para o aumento das vendas.Flores e cestas de café da manhã são alguns dos produtos mais comercializados na data. Segundo Ivanilda de Carvalho, funcionária de uma padaria da cidade, a procura por cestas de café da manhã para presentear as mães já começou, mas deve crescer na semana de véspera da data. Ela conta que as cestas de tamanho médio são vendidas a R$ 80,00,

C MAP

Ivanilda de Carvalho conta que o preço da cesta para o Dia das Mães varia de R$ 80,00 a R$ 100,00

Data é uma das datas mais lucrativas para as floriculturas

e as grandes a R$ 100,00. A vendedora informa que as cestas são compostas por bolos, pães, salgados, frutas e várias outras comidas. Ela explica que a cesta média é ideal para um casal,já a grande para uma família de quatro ou cinco pessoas. "Apesar de serem um pouco mais caras, as cestas grandes são as mais vendidas nessa data. A gente também faz a entrega e cobra apenas uma taxa que varia de R$ 3,00 a R$ 6,00. As mães que recebem gostam muito do presente", afirma. Assim como as padarias, as floriculturas também esperam que os pedidos se in-

se foram.É uma data bem lucrativa e a expectativa é que as vendas sejam melhores que ano passado", comenta. Uma das novidades e apostas para alavancar as vendas deste ano é a 'Rosa Colombiana'. A novidade pode ser vendida em solitária ao preço de R$ 8,00 ou em ramalhete, a partir de R$ 32,00. "Muitas lojas, escolas, empresas e restaurantes compram a solitária para decorar e presentear as mães que são clientes e vão até o local no dia. No início de maio já vamos ter um grande aumento na procura", finaliza Nei-

tensifiquem na semana que antecede o Dia das Mães.Ramalhetes, arranjos, botões e solitárias são alguns dos tipos de pedidos mais solicitados para a data. A vendedora Neirealba Cesário revela que o Dia das Mães é uma das datas mais lucrativas para as floriculturas. Ela conta que todos os tipos de produtos são vendidos e os ramalhetes e arranjos para as mães geralmente são os maiores. "Muita gente compra ramalhete e arranjos para presentear as mães vivas, mas também tem muita gente que compra flores para colocar nos túmulos das mães que já

realba Cesário. EXPECTATIVAS - Comemorado sempre no segundo domingo de maio (em 2013 será em 12 de maio), o Dia das Mães só perde para o Natal e para o Liquida Mossoró no quesito aquecimento de vendas, de acordo com a Câmara dos Dirigentes Lojistas (CDL). O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Mossoró, Alexandrino Lima, afirmou que o mês de maio é muito próspero para o varejo em geral na cidade, também por ser considerado o "Mês das Noivas". A expectativa para este ano

é que haja um incremento de até 10% nos lucros de empresasnossegmentosmaisprocurados pelos filhos que desejam presentearasmães.OpresidentedaCDLdestacousetorescomo vestuário,calçados,perfumaria,eletrônicos,e,principalmente, eletrodomésticos com os mais procurados. Alexandrino Lima disse que a perspectiva é a melhor possível para o Dia das Mães deste ano, que já se aproxima. "É uma de nossas melhores datas de vendas para o comércio e por isso, todos os lojistas vão fazer suas promoções individuais para atrair seus clientes", afirmou o presidente da CDL.


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Mossoró

Amor por carros antigos inspira colecionador ALCIVAN COSTA

ALCIVAN COSTA

Tudo começou com um DKW Vemag e hoje outros sete automóveis compõem a coleção de Mauriti de Lucena Cavalcante

O

desejo de colecionar aliado a vontade de manter junto de si objetos que conservem boas recordações fizeram de Mauriti de Lucena Cavalcante um colecionador de carros antigos ou antigomobilista, como são chamadas as pessoas que colecionam veículos fabricados há, pelo menos, 30 anos. Ele é um dos expositores presentes no 13º Encontro de Carros Antigos de Mossoró, iniciado na sexta-feira passada, 3, e encerrado hoje, 5, no Thermas Hotel e Resort. "Essa paixão por carro antigo eu acho que já vem de berço,porque quando eu nasci o meu pai tinha quatro automóveis. Mas essa paixão por carro antigo também acontece no meio

C MAP

Mauriti de Lucena Cavalcante mostra seu Chevrolet 1941

da vida", diz ele. Do DKW Vemag branco, ano 1962,que conduziu suas quatro filhas a Igreja para os seus respectivos casamentos e que, por isso foi apelidado,carinhosamente de desencalhadorzinho, aos outros automóveis adquiridos com o tempo, hoje já são oito carros que ajudam a compor a coleção de Mauriti Cavalcante."Era o carro de uso normal e passou para a coleção", comenta sobre o seu item pre-ferido. Além do DKW Vemag, ele possui um Fusca 1960, um Chevrolet 1941, um Ford Con-sul 1952, um Station Wagon Impala 1968 e um Station Wagon Chevro-

let 1952.Fora esses,tem ainda o Romi isetta 1957, o primeiro carro fabricado no Brasil,e uma Caravan 1989. A paixão pelo antigomobilismo já o levou ao maior rallydopaís,queocorreemÁguas de Lindóia, do qual já participou por mais de dez anos, e até em um rally em Portugal. O amor pela coleção tem ultrapassado as gerações. Mauriti Cavalcante conta que o neto mais velho, hoje com 21 anos de idade, o acompanha desde os três anos e demonstra o desejo de continuar a coleção. Mauriti,que é colecionador há 35 anos,comenta que o antigomobilismo requer dedicação.A paciência tam-

Diversos automóveis estão expostos no 13º Encontro de Carros Antigos de Mossoró

bém é peça fundamental, pois, por causa da idade dos veículos, alguns percalços podem ocorrer. Para se ter ideia, para chegar a esta edição do Encontro de Carros antigos em Mossoró,do qual participa expondo o seu Fusca 1960 e Chevrolet 1941,ele ficou 'no prego' duas vezes durante o percurso de Fortaleza para Mossoró. Outro incidente ocorreu no 1º Encontro de Carros Antigos de Mossoró, onde nem chegou a expor seu veículo porque o mesmo ficou parado na estrada. A partir dos automóveis, começou a colecionar também motocicletas. Hoje já possui uma Lambreta 1960,

uma Vespa com data de fabricação de 1962 e uma Honda Four 1974. Atualmente, a coleção é mais abrangente e inclui objetos como relógios e má-quinas de escrever. CRITÉRIOS – Mas para ser considerado um antigomobilista é preciso obedecer alguns critérios,que orientam, inclusive, os pro-cedimentos para que os veículos dos associados passem a contar com a placa preta, que o caracteriza como peça de colecionador. No Veteran Car Clube do Ceará, do qual Mauriti Cavalcante faz parte,para que um automóvel alcance a placa preta é preciso

ter,pelo menos,30 anos,possuir 80% de originalidade e pertencer a um sócio com mais de três anos no Clube. Obedecidos esses prérequisitos, três peritos do próprio grupo examinam o veículo para saber se atende outros critérios previstos em documento e,caso a pontuação alcançada pelo carro chegue a 85 pontos, ele é fotografado e o laudo, junto com as foro,é encaminhado para a Federação Brasileiro de Veículos Antigos,no Rio de Janeiro. Se a Federação aprovar, então ela autoriza o Departamento de Trânsito (DETRAN) a modificar a cor da placa, passando de cinza para preta.


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Especial

SAYONARA AMORIM Da Redação

U

m homem simples, de talento raro, com percepção especial para captar sons e atende pelo pseudônimo de Sabiá. José Wilson da Costa, ou simplesmente 'Wilson Sabiá', completa 50 anos de idade celebrando a vida. Um artista que nasceu da vontade de fazer som, que transforma objetos em instrumentos musicais, que começou do nada e conseguiu conquistar com seu talento único a Europa, onde vive há 25 anos. Natural de MossoróRN, nascido e criado entre os bairros Doze Anos e Boa Vista, Wilson Sabiá desenvolve hoje importantes projetos ligados à música instrumental,mais especificamente utilizando percussão de efeito, na França e Alemanha.Sabiá está de malas prontas para retornar para a Europa, mais precisamente para a França, onde irá desenvolver o projeto 'Solo de Percussão' destinado a crianças francesas que terão aulas de percussão que são encerradas com apresentações. Sabiá está em Mossoró desde o mês passado, veio visitar a família e após o Dia das Mães volta ao trabalho, mas garante que não fica muito tempo longe da família e da cidade onde nasceu e cresceu. "Gosto de estar com minha família e gosto muito da minha terra", relatou. O músico tem uma relação muito especial com Mossoró, apesar do reconhecimento como artista ter sido revelado em outras cidades do

Um Sabiá “

Mas quando vejo meus amigos, hoje doutores, toco minha percussão, eles batem palmas e pedem bis e isso me deixa feliz”, Wilson Sabiá

CHEIO DE RITMO E EFEITO

FOTOS: WILSON MORENO

Brasil. "Não tenho mágoa, sinto uma distância. Mas quando vejo meus amigos, hoje doutores, toco minha percussão, eles batem palmas e pedem bis e isso me deixa feliz. É assim minha relação com Mossoró", desabafou.

IMPROVISO Os primeiros instrumentos de Sabiá foram improvisados em casa. Panelas, latas e qualquer objeto que pudesse fazer um som eram transformados em instrumento de percussão. "Guardo até hoje,com mui-

Wilson Sabiá, um músico de Mossoró para o mundo

NATURAL DE MOSSORÓ-RN, NASCIDO E CRIADO ENTRE OS BAIRROS DOZE ANOS E BOA VISTA, WILSON SABIÁ DESENVOLVE HOJE IMPORTANTES PROJETOS LIGADOS À MÚSICA INSTRUMENTAL

to carinho, uma panela velha e toda amassada da minha mãe que eu costumava usar para tirar um som", lembra. A primeira bateria ganhou ainda criança do irmão mais velho e foi toda fabricada artesanalmente com latas de querosene. Apesar de hoje ter acesso a instrumentos oficiais e acumular relíquias que vem adquirindo por cada país por onde passa,Wilson Sabiá continua exercitando a criatividade e transformando objetos em instrumentos. "Tudo pode ser transformado em um instrumento, inclusive a voz. Pra mim, a voz é o primeiro instrumento. De uma simples frase podemos fazer um som interessante", acrescenta. Atualmente, além do projeto com crianças na França, Sabiá também desenvolve um trabalho pioneiro em uma clínica de neurologia na Alemanha. Segundo ele,tudo começou a partir do interesse de um médico neurologista pela arte desenvolvida por ele. "Ele se interessou pela forma como consigo captar sons até sem instrumento e essa técnica vem ajudando no tratamento de pacientes que perderam os reflexos", explicou.


Gazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Especial cava de Pastoril, frequentava o Maracatu de 'Dona Biluca', o Bloco Pimpões de Cristina e a Escola de Samba de 'Masquinha'. "Lembro de todos com muito orgulho de ter aprendido muito com todos eles", ressaltou.

Wilson Sabiá consegue fazer música de qualquer tipo de instrumento

De Valdemar dos Pássaros a Carlinhos Brown Wilson Sabiá é um artista que nunca esqueceu suas raízes. O jeito simples de conviver com o sucesso internacional é bem particular e ressalta a alma de artista do músico.O reconhecimento as pessoas que contribuíram para o aprendizado musical é algo que faz questão de ressaltar. "Não posso deixar de falar nos meus mestres: Valdemar dos Pássaros e Con-

criz, eles me ensinaram muito e devo muito do que sei e do que faço a eles dois", disse. Sabiá conta que viveu momentos difíceis no passado. De família humilde e com nove irmãos, precisou ir cedo para as ruas buscar ajuda para sustentar a casa. Trabalhou como engraxate e vendedor de jornal, foi o primeiro revendedor do jornal GAZETA

DO OESTE em Mossoró. "Fui o primeiro vendedor da GAZETA e isso pra mim é motivo de orgulho", relata. Lembra também que chegou a ir para escola sem se alimentar direito, mas nunca se envolveu com coisas erradas. Recorda também que aprendeu muito com a cultura de Mossoró. Lembra que participava das procissões de Frei Damião, brin-

SUCESSO Todo o talento de Wilson Sabiá o levou a realizar trabalhos com artistas famosos como: Terezinha de Jesus, Flávio Robson, João de Deus,Duda Nunes, Arrigo Barnabé, Carlinhos Brown, Moraes Moreira, Naná Vasconcelos, Filhos de Gandi, entre outros. Acumula vistos no passaporte com passagens pela Alemanha, França, Nova Iorque, Egito, Israel, Grécia, Tunízia, Nairobe, Autrália e muitos outros. Casado com uma alemã com quem tem dois filhos, Dara e Davi, Sabiá diz que se sente muito feliz por tudo que viveu e vive hoje.Como projetos futuros adianta que está escrevendo sua biografia e pretende também gravar um CD próprio. "Passei minha vida fazendo música para os outros, agora quero lançar o meu trabalho". Sabiá relembra quando ainda era criança e estava no quintal de sua casa e viu um avião passando e disse pra mãe dele: "Um dia ainda vou andar de avião e essa é a minha história,nunca desisti de lutar pelo que sempre acreditei e gosto de fazer que é a música", completa.

FOTOS: WILSON MORENO


10 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Mossoró

Inclusão com Paixão ensaia para o MCJ WILSON MORENO

CEDIDA

Figurino contará com a predominância do amarelo, vermelho e laranja, cores típicas da fogueira

O

s ensaios do grupo de quadrilha junina 'Inclusão com Paixão' já foram iniciados. A equipe composta por dez mulheres cadeirantes, dez homens andantes e um puxador, que emocionou o público de Mossoró no ano passado durante sua primeira apresentação na Arena Deodete Dias, deve deixar o público ainda mais encantado durante os festejos juninos de 2013. Essa é a expectativa do diretor artístico e puxador Hebert Menezes. Com o tema 'A chama da inclusão vai aquecer seu coração', os integrantes da 'Inclusão com Paixão' devem levar ao público um trabalho cheio de brilho, cor e emoção. Segundo Hebert Menezes, quanto maiores os desafios, maior o entusiasmo. De acordo com a diretora-geral do grupo, Benômia Rebouças, os ensaios estavam ocorrendo na Escola de Artes de Mossoró, porém, como o espaço é pequeno para a locomoção das cadeiras, desde sábado passado, 4, os ensaios ocorrerem na Universidade Potiguar (UnP). A alegria levada pela quadrilha junina ao público e o exemplo de que as deficiências físicas não su-

Ensaio do grupo no ano passado, na Arena Deodete Dias

peram a força de vontade já despertou o interesse de outras pessoas em ingressar na equipe. Benômia Rebouças conta que duas outras cadeirantes querem fazer parte do grupo. O ingresso das interessadas ainda não está confirmado, tendo em vista que o grupo precisaria de mais duas cadeiras, que são diferenciadas das demais, pois são mais leves e fáceis de manusear. As cadeiras usadas este ano receberão ainda uma adaptação, para facilitar o movimento das mulheres, como explica Hebert Menezes. Ele conta ainda que o figurino contará com a predominância do amarelo, vermelho e amarelo queimado, cores típicas

da fogueira. Aliás, tudo fará menção ao maior símbolo do São João, a começar pela entrada do grupo. O diretor artístico conta que a ideia é criar uma fogueira gigante, feita de espuma e outros materiais, dentro da qual os componentes da quadrilha ingressarão na Arena Deodete Dias. Hebert Menezes diz que ainda restam cinco vagas em aberto para os homens. A intenção é de que essas vagas sejam preenchidas por componentes surdos, a exemplo de alguns que já integram a equipe. RECONHECIMENTO Inclusão com Paixão', que no ano passado alcançou o prêmio 'RN Junino', conferido pela Secretaria

Grupo se apresentou no ano passado na Arena Deodete Dias

Extraordinária da Cultura, sonha em conquistar a segunda premiação este ano. Benômia Rebouças conta que o convite para que a equipe participe já chegou. O grupo também já tem

data marcada para se apresentar na capital do Estado, o que está marcado para ocorrer no dia 21 de junho. Já em Mossoró, a apresentação na Arena Deodete Dias deve ocorrer no dia 24

ou 25 de junho. Este ano, a equipe também quer levar o nome do Rio Grande do Norte para a Paraíba e já planeja apresentação na cidade de Campina Grande.


Gazeta do Oeste 11

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Polícia

Três mortos na manhã de ontem em Mossoró BLOG PASSANDO NA HORA

BLOG O CÂMERA

Uma morte por atropelamento e duas por arma de fogo marcam o início do sábado em Mossoró

D

ois homicídios e um atropelamento marcaram o início da manhã ontem em Mossoró. Por volta das 5h20, o aposentado João Afonso de Azevedo, de 79 anos, foi atropelado enquanto fazia caminhada na Avenida Abel Coelho, Abolição II. A vítima residia na Rua Higino Francisco Dantas, Abolição I. De acordo com informações publicadas pelo blog 'Passando na Hora',testemunhas relataram que o veículo atropelador seria uma ca-

João Afonso de Azevedo, de 79 anos, foi atropelado enquanto fazia caminhada

BLOG O CÂMERA

mioneta Hilux de cor prata. O blog informou ainda que o motorista do veículo fugiu do local sem prestar socorro à vítima após o atropelamento. O impacto foi tão violento que arrastou a vítima por cerca de 20 metros, causando morte instantânea. Segundo informações do Instituto Técnico-científico de Polícia (ITEP), na madrugada da sexta, 3 de maio para o sábado, 4, o flanelinha Levi Ferreira da Silva Júnior, de 32 anos, conhe-

cido como Juninho Gordo, que residia na Rua General Péricles, 1170, Ilha de Santa Luzia, morreu vítima de disparos de arma de fogo. O homicídio aconteceu na Rua Filgueira Filho,Alto de São Manoel. O segundo homicídio aconteceu na Rua das Papoulas, Conjunto Parque das Rosas. Moisés Bezerra de Almeida,28 anos,conhecido por "Coelho", foi alvejado na cabeça com um disparo de arma de fogo e mor-

Viaturas da Guarda Civil recebem câmeras de monitoramento A Guarda Civil Municipal de Mossoró, após entrega da nova viatura da Ronda Ostensiva Municipal (ROMU), implantou o projeto de monitoramento em tempo real das viaturas. O projeto faz parte do Sistema Integrado de Comunicação com Rastreamento e Monitoramento. De acordo com o comandante Edward Smith, a partir de agora será permitido o acesso online, através do Cecop e Ciosp, com atualização a cada trinta segundos da localização das viaturas, acompanhamento da quilometragem percorrida, desvios de itinerários,pontos de

parada e duração. O serviço possibilita ainda a integração com software de manutenção de frota e controle de excessos de velocidade em situação de emergência. "Esse sistema oferece condições de saber qual viatura está mais próxima do local da ocorrência e acioná-la. Os equipamentos que compõem a viatura da GCM Mossoró são: sistema de rastreamento de viatura, câmera para área externa, interna e GPS", explica. O comandante explica que este é um trabalho que beneficia o guarda e a população, considerando que as

câmeras trazem transparência e servem também de segurança para o Guarda, que pode ser acusado de algo que não cometeu. "Vamos registrar toda a nossa atuação e usar as imagens para replicar experiências,tanto boas quanto ruins, mostrando quando agiram corretamente ou instruindo de que forma deveriam ter se posicionado, é mais uma etapa do projeto da prefeita Cláudia Regina para a nossa Guarda, que visa a excelência, a segurança e a transparência na prestação dos seus serviços tanto para a população quanto para o servidor", destaca Smith.

Casal é atingido por fio de alta tensão quando trafegava pela BR-405 BLOG PASSANDO NA HORA

Uma viagem de carro pela BR-405, por pouco não terminou em tragédia no início da noite de sexta-feira,3. O fato foi registrado nas proximidades do Sítio Pedra Branca, zona rural de Mossoró, quando o casal Mário Henrique Bezerra da Silva, 27 anos, e sua esposa Cleidiane Bezerra da Silva, 30 anos, estava em seu veículo seguindo para Mossoró, e foram surpreendidos pela queda de um fio de alta tensão que caiu em cima do carro em que eles viajavam. De acordo com as vítimas, o fio de desprendeu do poste e enganchou no veículo. O motorista do carro perdeu o controle e desceu

O flanelinha Levi Ferreira da Silva Júnior foi morto com disparos de arma de fogo

Cleidiane precisou de atendimento médico

a pista de rolamento. O casal sofreu escoriações leves pelo corpo e foi conduzido por uma ambulância do Samu para o Hospital Regional Tarcísio Maia (HRTM). Uma equipe do Corpo de Bombeiros foi acionada

para ir até o local e prestar apoio ao Samu. Uma viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF) também foi para o local do acidente para controlar o tráfego de veículos pela rodovia e tentar evitar maiores transtornos.

reu no local antes do socorro médico. No local do crime,moradores próximos informaram que 'Coelho' era do bairro Belo Horizonte e que residia a pouco tempo no Parque das Rosas. O site 'O Câmera' informou que no momento do crime a Polícia Militar ainda não tinha informações da motivação e nem o nome dos acusados pelo ato criminoso,apenas que a vítima tinha envolvimento com o tráfico de droga.

Moisés Bezerra de Almeida foi alvejado na cabeça

Tribunal do Júri divulga pauta de julgamentos de maio a junho O Tribunal do Júri divulgou a relação dos processos e acusados que serão submetidos a julgamento na Comarca de

Mossoró-RN no período de 6 de maio a 7 de junho deste ano.

1º SEMANA. 06/05- PROC. Nº 0002613-90.2007 - Sebastião Flavio Carvalho, mototaxista, 42 anos, acusado de ter tentado matar a vítima Manoel Evanilson Gomes no "Bar do Mamuche", no bairro Aeroporto, no dia 17.01.2007. 07.05.2013 - PROC. Nº 0003844-89.2006 - Tony Edson Pereira Praxedes, vendedor, 25 anos de idade, acusado de ter tentado matar a vítima Márcio Ricardo de Souza e tentado assaltar Francisco de Assis da Silva, na "Lanchonete do Galego", no dia 27.05.2006. 08.05.2012 - PROC. Nº 0003508-51.2007 Francisco Alex Bandeira Alves, comerciante, 32 anos de idade, acusado de ter envolvimento na morte de Roberto Nunes Freitas de Souza, vulgo "Roberto do Detran", fato ocorrido na pizzaria "Forno à Lenha", no Bairro Nova Betânia, no dia 28.12.2002. 09.05.2013 - PROC.Nº 0001659-44.2007 - Gilberto de Lima,lixador,38 anos de idade,acusado de ter matado vítima José Leite Filho no interior da Penitenciária Agrícola Mário Negócio, 26.04.2006. 10.05.2013 - PROC. Nº 0005599-17.2007 Elenilson Silva Vidal, auxiliar de pedreiro, 32 anos de idade e SALOMI CALDAS DE OLIVEIRA sem profissão, 24 anos de idade, acusados de terem matado a vítima Francisco Fábio Fernandes, em frente a "Panificadora Duarte", no dia 25.11.2007. 2º SEMANA. 13.05.2013 - PROC.Nº 0000254-07.2006 - Antônio Marcos de Oliveira, agricultor, 43 anos de idade, acusado de ter matado a vítima José Alexandre de Melo e ocultado o cadáver, fatos ocorridos no interior da Penitenciária Agrícola Mário Negócio em fevereiro de 2003. 14.05.2013 - PROC. Nº 0002553-20.2007 - Silas Domingos de Oliveira, pintor, 25 anos de idade E FRANCISCO ALEX PEREIRA, entregador, 25 anos de idade, acusados de terem matado a vítima Railton Faustino Filgueira, no Bairro Aeroporto II, no dia 08.06.2007. 15.05.2013 - PROC. Nº 0009441-10.2004 - Israel Silva Neri, chapeiro, 37 anos de idade, acusado de ter tentado matar a vítima Francisco Ewerton Duarte, na "pastelaria do Edivan", Alto da Conceição, no dia 13.01.2004. 16.05.2013 - PROC. Nº 0000500-76.2001 Francisco Figueiredo da Silva, fiscal, 48 anos de idade,acusado de ter matado a vítima Antônio Reinaldo, no Alto da Conceição, no dia 04.01.1993. 17.05.2013 - PROC.Nº 0001358-10.2001 - Antônio Bento Fagundes de Oliveira, garçom, acusado de ter matado a vítima Francisco Caetano Filho, no Bairro Paredões, no dia 29.12.1999 3º SEMANA 20.05.2013 - PROC. Nº 0002498-45.2002 - Luiz Gomes de Lima Júnior, auxiliar de escritório, 33 anos de idade, acusado de ter matado a vítima João Maria

Cabral de Souza, no cruzamento da RN-117 com a BR304, no dia 18.05.2002 21.05.2013 - PROC. Nº 0000997-46.2008 - Carlos Alberto Faustino, comerciante, 56 anos de idade, acusado de ter matado a vítima Antônio Dantas Alves e ter tentado matar Tiago Soares Godeiro, no "Bar da Zebra", no dia 15.01.2008. 22.05.2013 - PROC. Nº 0006885-93.2008 - Renato Miranda de Oliveira, agricultor, 32 anos de idade, acusado de ter matado a vítima Cidiclei Silva Costa, no Ouro Negro, no dia 21.10.2008. 23.05.2013 - PROC. Nº 0003666-72.2008 Francisco Hélio Ferreira da Silva, sem profissão, 27 anos de idade, acusado de ter matado a vítima Josias Dantas da Silva Júnior, na BR 405, no dia 10.01.2008. 24.05.2013 - PROC.Nº 0000627-64.2008 - Antonio Leite da Silva, agricultor, 70 anos idade, acusado de ter matado José Nilson Araújo da Silva, no assentamento Real (Maisa), no dia 07.01.2008. 4º SEMANA. 27.05.2012 - PROC. Nº 0004224-44.2008 - Lilian Karla da Silva, do lar, 29 anos de idade, acusada de ter matado a vítima Francisca Vanda de Araújo, no bairro Ouro Negro, no dia 11.06.2008. 28.05.2013 - PROC. Nº 0005277-60.2008 - Bruno Rafael Ananias Praxedes, auxiliar de depósito, 26 anos de idade,acusado de ter matado a vítima Carlos Augusto da Silva, no "Bar do Ivanildo", Santo Antônio, no dia 27.04.2008. 29.05.2013 - PROC. Nº 0004457-41.2008 - José Flávio Galdino, agricultor, 27 anos de idade, e LUIZ GALDINO, comerciante, 53 anos de idade, acusados de terem tentado matar a vítima Sebastião Dagmar Leandro da Silva, no sítio Hipólito, no dia 24.12.2007 5º SEMANA. 03.06.2013 -PROC. Nº 0006328-09.2008 - Laelson Carapinta de Sousa, 36 anos de idade, auxiliar de pedreiro,acusado de ter matado a vítima Ozair Domingos de Araújo, no bar "Cabeça de Peba", no dia 11.10.2008. 04.06.2013 - PROC. Nº 0009446-22.2010 - Jackson Jácome da Silva, pintor, 24 anos de idade, acusado de ter matado a vítima Eliel Oliveira Ferreira, no Bairro Santo Antônio, no dia 29.01.2010. 05.06.2013- PROC. Nº 0007625-51.2008 Alexsandro Fernandes da Cunha, pedreiro, 34 anos de idade, acusado de ter matado a vítima Ana Patrícia de Albuquerque, Bairro Belo Horizonte, no dia 26.11.2008. 06.06.2013 -PROC. Nº 0004260-81.2011 - Paulo Cleiton de Lucena, embalador, 32 anos de idade e JOSIVAN DA ROCHA SILVA, jardineiro, 32 anos de idade, acusados de terem tentado matar a a vítima Cleiton Teixeira da Silva, no Bairro Belo Horizonte, no dia 20.11.2010. 07.06.2013 - PROC. Nº 0002481.28.2010 - Márcio Nogueira da Silva, ajudante de pedreiro, 28 anos de idade, acusado de ter tentado matar a vítima Wanderlei


12 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Mossoró Academia Mossoroense de Letras continua com inscrições abertas até 31 de agosto ALCIVAN COSTA

A

Academia Mossoroense de Letras (AMOL) continua com inscrições abertas para o seu II Concurso João Batista Cascudo Rodrigues (Conto e Poesia). De acordo com o presidente da entidade, escritor Elder Heronildes da Silva, este ano a Amol, além de acrescer o número de textos para a antologia do II concurso, também aumentou a quantia no que diz respeito ao valor pago para os dois primeiros lugares. "Os primeiros lugares de cada categoria receberão R$ 1.000,00 cada e os segundos lugares,de cada categoria,receberão R$ 500,00 cada", diz Elder Heronildes, frisando que esta iniciativa da Amol visa comemorar os 25 anos da entidade, além de beneficiar os escritores - tanto veteranos quanto jovens - com um prêmio que leva o nome de uma das mais importantes figuras da literatura e da educação do RN. Para concorrer, os candidatos podem inscrever um conto e/ou um poema. Segundo o regulamento, os textos deverão ser originais, isto é, nunca terem sido anteriormente publicados em jornal,revista ou livro,ou mesmo veiculados pela internet, ou quaisquer outros meios de comunicação. Os trabalhos deverão ser escritos em português, com tema livre, digitados em papel A4,em uma só face do papel,enviados em quatro vias. Só poderão concorrer autores norte-rio-grandenses que residam no território do RN. Os contos terão limite máximo de 15 páginas e as poesias em cinco páginas, em letra 12, fonte Arial, espaço 1.5. Cada texto deverá ser identificado apenas pelo título e pelo pseudônimo,não podendo constar,de nenhuma forma, algo que identifique o nome do autor. Os textos de conto e da poesia deverão estar contidos em um só envelope, e com um mesmo pseudônimo. Este envelope será acompanhado por outro menor, lacrado, que terá na parte externa a indicação: 2º Concurso de Conto e Poesia João Batista Cascudo Rodrigues - Amol, título do trabalho e o pseudônimo do autor. No interior deste envelope, uma folha indicará: nome do concorrente,pseudônimo, título do trabalho, endereço completo,com telefone e e-mail, se houver. Os trabalhos serão avaliados por uma comissão julgadora, composta por pessoas com amplo conhecimento, experiência e saber em literatura. Cada ganhador, e os

Elder Heronildes da Silva divulga segunda edição do concurso

que forem agraciados com a menção honrosa, receberão, respectivamente, 10 e 5 livros. "Todos os ganhadores e as menções honrosas serão publicados em livro", destaca o presidente da entidade. Os concorrentes, ao se inscreverem no concurso,

cedem todos os direitos autorais de veiculação e divulgação dos respectivos textos à Academia Mossoroense de Letras (AMOL) e Coleção Mossoroense. Os trabalhos serão entregues diretamente, ou enviados pelo correio (serão validados apenas os trabalhos

com carimbo dos correios até 31/08/2013), até o dia 31 de agosto de 2013, para: Academia Mossoroense de Letras - AMOL - Biblioteca Ney Pontes Duarte, Praça da Redenção Jornalista Dorian Jorge Freire, Térreo - CEP. 59.600-000 Mossoró-RN.


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Cidades

AGRICULTURA Editora: Kalidja Sibéria cidades@gazetadooeste.com.br

Máquinas ajudarão mais de 11 mil agricultores 4

Fruta exótica é usada para fazer sorvete CEDIDA

Q

uem é de Angicos certamente provou ou já ouviu falar no pelo. Uma fruta nativa da caatinga comumente encontrada em toda a região do semiárido. Exótica, essa fruta é proveniente da palma - Opuntia fícus-indica - uma espécie de cacto nativo, que vem se transformando em matéria-prima para a produção de sorvete. A ideia partiu de uma pequena empresária do município de Angicos para fazer jus ao nome da empresa Sertão Gelado. A fábrica é uma das novas incubadas pela Incubadora Tecnológica e Multissetorial do Sertão do Cabugi, da Universidade Federal Rural do Semiárido do Campus de Angicos. "Temos como diferencial a inovação de sabores aproveitando as frutas da região", afirma a proprietária da sorveteria Sertão Gelado, Kaline Cristine de Castro Felipe. Além das frutas mais comuns, como manga, caju, umbu e abacaxi, a novidade é o sorvete da fruta do pelo. "Iniciarmos por sugestão de um vizinho, aceitei o desafio e quem degustou aprovou a novidade", afirmou. Outros sabores regionais já foram testados com sucesso como: milho, tapioca e rapadura. A fruta do pelo remete a uma tradição antiga dos moradores de Angicos que tinham o hábito de consumir a fruta in natura com açúcar. "Quem é de Angicos conhece o pelo e as muitas histórias envolvendo a fruta", disse Kaline, adiantando que "para reconhecer um angicano basta olhar embaixo da língua para vê se tem pelo, se tiver, não resta dúvida, é de Angicos". De sabor azedo, a fruta do pelo possui uma polpa carnuda que também pode ser utilizada na produção de geleias, mouses e recheios (caldas). O quilo chega a custar R$ 10,00. O preço alto é devido à dificuldade no beneficiamento. O fruto deve ser manipulado com cuidado uma vez que a sua casca possui muitos pontinhos cheios de minúsculos espinhos, os

Nativa da caatinga, fruta do pelo é bastante conhecida em Angicos

INFÂNCIA

Unicef realiza pesquisa com municípios brasileiros

5

Juiz concede prazos para Estado responder pedido da Associação dos Delegados O juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública, Luiz Alberto Dan-tas, concedeu cinco dias para que o procurador-geral do Estado e o secretário de Justiça e Cidadania (SEJUC) se manifestem sobre pleito da Associação dos Delegados de Polícia Civil do Rio Grande do Norte (ADEPOL/RN) que requer, entre outras coisas, a permissão para que os presos em flagrante fiquem em prisão domiciliar. O magistrado destacou a necessidade de ouvir os envolvidos antes de decidir sobre o pedido liminar. A Adepol fez uma ampla lista de solicitações ao juiz da 5ª Vara da Fazenda Pública. A entidade defende que é necessário desobrigar os delegados de Polícia Civil da custódia de presos nas Delegacias de Polícia, que é imprescindível autorizar a liberação dos presos provisórios nas hipóteses de inexistência de vagas no sistema prisional e que a Coordenadoria de Administração Penitenciária (COAPE) não deve permitir a custódia de novos presos nas Delegacias de Polícia Civil. A Associação defende ainda que a Coape deve indicar para onde os delegados deverão encaminhar os presos provisórios, sob pena de multa diária, além do cometimento dos delitos de desobediência e prevarica-

ção. E afirma ainda que o órgão deve disponibilizar na Internet, ou outro meio hábil, serviço informando às autoridades policiais e judiciais sobre os estabe-lecimentos prisionais para onde devam ser encaminhados novos presos. A Adepol pediu ainda, ao juiz, que determine ao Estado que em 30 dias elabo-re um plano de transferência de todos os presos atualmente custodiados nas Delegacias de Polícia para os estabelecimentos prisionais, e enquanto existirem presos em Delegacias que o Estado forneça alimentação e designe agentes penitenciá-rios ou outros servidores habilitados para substituírem os policiais civis na tarefa de cuidar dos presos que ali se encontrarem recolhidos, assim como a administração das carceragens. Requer,ainda,a Adepol, a autorização para que, desde logo, os policiais civis sejam isentos da incumbência de escoltar presos provisórios ou condenados para audiências judiciais ou atendimento mé-dico, atividades estas que deverão ficar a cargo de agentes penitenciários, se necessário com o apoio da Polícia Militar,sob pena da responsabilização civil e penal, tudo isso a ser ratifi-cado ao final, no julgamento do mérito. WILSON MORENO

Produção do sorvete da fruta do pelo tem surpreendido clientes

pelos, que penetram na pele. Para retirá-los se faz necessário o uso de uma pinça. Em toda a Região Nordeste a planta - palmatória ou forrageira - é utilizada como alimentação para os animais no período de seca. Em alguns Estados essa fruta é conhecida como figo da índia. EMPREENDEDORISMO O desejo de montar o próprio negócio motivou a pequena empresária a entrar no ramo da produção de sorvetes. Como acontece com a maioria dos pequenos empreendedores, as di-

ficuldades eram proporcionais a vontade de vencer. "Começamos produzindo picolés para vender na escola, para depois iniciar o sorvete", conta Kaline Castro. "Nem liquidificados nos tínhamos e todos os primeiros equipamentos foram comprados de segunda mão", afirmou. A empreendedora lembra que teve a convicção de que estava no caminho certo ao participar em 2010, do curso Empretec e,posteriormente, do Programa Agentes Locais de Inovação ALI, ambos pelo Sebrae. Kaline também participou de cursos promovidos por

empresas privadas fabricantes de maquinários para a produção de sorvete. "O crescimento com qualidade é a minha meta", afirma Kaline de Castro, que procurou a Ineagro Cabugi para aprimorar o seu produto e conquistar o mercado regional. Ela diz que os sorvetes do Sertão Gelado têm obtido boa aceitação e a fruta do pêlo veio para ser o grande diferencial, além de levar o nome de Angicos para outras localidades. Atualmente, a empresa tem uma produção mensal de 750 litros de sorvetes e 6.500 picolés, nos mais diversos sabores.

Entidade defende que é necessário desobrigar os delegados de Polícia Civil da custódia de presos nas Delegacias


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Sociais

Alto-Oeste

DIRETRIZES DE SEGURANÇA DESTINO DO SER

Soraya Vieira

Nascer... Lutar... Morrer... Será só isto a vida? Morrer... Parar... Findar... Será só isto a morte? Será o humano ser como a folha perdida, Que em vendaval fortuito o Acaso em si transporte?

sorayavieira@altoestenet.com.br

Prefeita de Martins, Olga Fernandes, e Patrício Júnior com dr. Cornélio Alves/ Lucivam e a prefeita de Riacho da Cruz, Bernadete

A VIDA CONTA... FLORES SILVESTRES Já viste, filho, a floresta Varrida pelas tormentas? Partem-se troncos anosos, Caem copas opulentas. Mil árvores grandiosas Esfacelam-se nos ares, Tombam gigantes da selva, Venerandos, seculares. Mas as florinhas silvestres São apenas baloiçadas, Continuando graciosas A tapetar as estradas. Zune o vento? geme a selva? Não sabe a pequena flor, Que perfumando o caminho Compõe um hino de amor.

Nascer, sofrer, lutar! Que vã e inglória lida Seria para ter tão miserável sorte! Que inútil criação, que coisa incompreendida Se o nosso ser findasse ao regelar da morte! Que valia o viver nas garras da Tortura, E o nosso esforço ingente em busca da verdade No Amor, no Ideal, na Fé, no âmago da Natura, Se o ser se aniquilasse, inútil, no morrer? Mas não... Não se aniquila. É dele a Eternidade. Morrer é progredir e acumular saber. Fernando Lacerda

Dr. Cornélio Alves/ Lucivam e Etelânio/ Katharine

Flores silvestres!... Imagem Dos bons e dos pequeninos, Que sobre o mundo derramam As graças dos dons divinos.

Grupo de amigos que prestigiaram a entrega do título de cidadania de dr. Cornélio e Márcio Oliveira, em Martins

Na selva da vida humana Caem grandes, poderosos: Arcas repletas de ouro, E frontes ébrias de gozos.

Grupo de amigos na residência de Márcio Oliveira em Martins

Mas, os humildes da Terra, Dentro da fé que os conduz, Não caem... São refletores Da bondade de Jesus. Flores silvestres da vida, Não sabem se há tempestade De ambições e se há no mundo Leis de ódio e iniquidade. Nos dias mais tormentosos, Sê, filho, como esta flor: Chore o homem, grite o mundo, Palmilha a estrada do amor. Casimiro Cunha/ Chico Xavier

AGENDA CIDADÃ 13º Seminário Espírita de Mossoró Tema: Lições para a Felicidade Facilitador: Marcel Mariano Data: 18 de maio Local: Hotel Thermas de Mossoró

Ex-prefeito Marcos Fernandes e a esposa vice-prefeita Flávia com Márcio /Roseane

Entrega do título de cidadania, a dr. Cornélio Alves em Martins

NOTÍCIAS DO TWITTER Hoteleira João Sabino e sua esposa Aparecida

Marcos Dantas - Garibaldi: "Ainda há quem diga que a governadora deve contar com nosso apoio. É uma possibilidade" http://tinyurl.com/c84cuzb Jornal Extra @JornalExtra Casos de dengue congênita são raros. Bebê que nasceu com dengue em Campos é o segundo registrado no estado: http://glo.bo/10700uJ @eKardec: Se o sorriso abre portas, pode ter certeza de que a gentileza estende o tapete vermelho.-(A.D.) #SDV


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Natal Rodrigo Loureiro rodrigo_sloureiro@hotmail.com twitter: @loureirorn site: www.rodrigoloureiro.com.br

Sociais E VIVA A CULTURA POTIGUAR! O Troféu Cultura 2012, realizado no final de abril pelo jornalista Toinho Silveira, também homenageou personalidades e ações voltadas para a cultura do RN. Foram as Menções Especiais do Troféu, divididas da seguinte forma: menção para as cidades para a Prefeitura de Assu - pela construção da Biblioteca Municipal Maria Eugênia Montenegro, para Prefeitura de Goianinha - pelas ações de cultura, como criação de coral, orquestra de violinos e outras, Prefeitura de Parnamirim - pela construção do Teatro Municipal e Prefeitura de Mossoró - pela inauguração da Escola Municipal das Artes. A Prefeitura de Macau foi destaque pelo apoio e incentivo a Filarmônica Monsenhor Honório. A coluna traz hoje ainda em tempo o registro da noite de abraço a cultura potiguar. FOTOS: CEDIDAS


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Sociais Gente de Umarizal

Está contribuindo para a prosperidade da terra que o recebe de braços abertos, permitindo-lhe a evolução e o aprendizado?

CESIMAR OLIVEIRA cesimardeoliveira@yahoo.com.br cesimaroliveira@bol.com.br gentedeumarizal.blogspot.com

FOTOS: CEDIDAS

PREFEITURA DE MARTINS... A Secretaria Municipal de Administração e Recursos Humanos, da Prefeitura de Martins, no intuito de dinamizar a informação, possibilitar maior segurança aos seus funcionários e gerar dados ainda com maior agilidade para sua folha de pagamento, anuncia que implantará sistema de ponto eletrônico nas unidades municipais. O anúncio foi feito pela secretária Terezinha Pires, informando que a prefeita Olga Fernandes já tinha priorizado a ação no seu discurso de posse. Segundo a prefeita, a iniciativa tem por objetivo promover a melhoria do gerenciamento dos Recursos Humanos, por intermédio da modernização dos instrumentos auxiliares de gestão. ... IMPLANTA PONTO ELETRÔNICO "A adoção do ponto eletrônico vai racionalizar processos e aperfeiçoar a gestão de trabalho. O ponto eletrônico é uma realidade nas cidades mais desenvolvidas, é uma forma de ser justo com quem trabalha e com quem paga os funcionários, ou seja, o cidadão", afirma a prefeita. A secretária de Administração e Recursos Humanos, Terezinha Pires, informa que a adoção do ponto eletrônico começará pela sede do Poder Executivo e será estendida a todas as repartições públicas do município. A medida também deverá contribuir para o processo de mudança cultural e elevação do nível de profissionalização, além de dar transparência à relação entre os servidores, sob a ótica da pontualidade e frequência.

A coluna também antecipa os votos de parabéns ao amigo Dedé Carreirão, funcionário da Funasa e assinante deste jornal, que muda de idade dia 6, nesta segunda-feira. Na foto, com o neto Raniele Filho. Tintim!

NOVO PORTAL... A Prefeitura Municipal de Martins, em parceria com a empresa Zenitech, desenvolveu o novo portal do município na internet. Informações geográficas, históricas, turísticas e administrativas estarão à disposição do martinense. O novo site foi idealizado em estilo Blog, com o objetivo de prestar informação rápida ao cidadão, de forma que o mesmo não tenha que ficar procurando ferramentas para saber o que está acontecendo na administração municipal. ... FORNECERÁ MUITAS... As informações poderão ser captadas por assunto ou secretaria, dando a oportunidade ao internauta de ter a informação de forma especial, dentro do que procura. ... INFORMAÇÕES AO INTERNAUTA Importante lembrar que este espaço é mais uma ferramenta de transparência que visa dar visibilidade a todos os atos administrativos com vistas ao cumprimento da Lei de acesso à informação. Neste mesmo espaço a prefeitura disponibilizará o Portal da Transparência, com informações sobre receitas e despesas, bem como os procedimentos licitatórios realizados pela Comissão Permanente de Licitações da prefeitura municipal de Martins.

XX

Quem celebrou idade nova no sábado, 4 de maio, foi o jornalista e assessor da Opa! Comunicação Integrada e colunista do jornal GAZETA DO OESTE, Guilherme Ricarte. Profissional competente, amigo fiel, filho querido, irmão dedicado e tio 'coruja', ele recebe os votos de felicidade dos familiares e amigos e o desejo de muita saúde, paz e sucesso

Professora Maria Eunice, diretora da 14ª Dired, com sede em Umarizal, recebe cumprimentos antecipados pelo seu niver a ocorrer amanhã, dia 6. Uma profissional brilhante, pessoa muito bacana e prestativa. Deus a proteja sempre!

Máquinas ajudarão no transporte de produção de 11 mil agricultores do RN

28º Congresso dos Petroleiros e Petroleiras do RN será realizado hoje em Extremoz

ALBINO OLIVEIRA

Ministério do Des e nv o l v i m e n t o Agrário (MDA) beneficiou, na sextafeira, 3, mais de 11 mil agricultores familiares do Estado do Rio Grande do Norte, com a entrega de 23 máquinas retroescavadeiras a 23 municípios potiguares. Com investimento da ordem de R$ 4 milhões,a ação faz parte da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). O Estado ainda tem mais 107 municípios para receber retroescavadeiras,que serão entregues ao longo deste ano. Estão previstas, também, o repasse de 44 motoniveladoras. O objetivo dos maquinários é auxiliar na construção e manutenção de estradas vicinais, essenciais para o trânsito de pessoas e mercadorias da agricultura familiar. Para o delegado federal do MDA no Rio Grande do Norte,Raimundo Costa Sobrinho,as máquinas vieram em boa hora. "A condição das estradas é bem ruim.Esses municípios estão em região semiárida e precisam de máquina desse porte", disse. "O objetivo principal é de recuperar as estradas vi-

O

cinais, mas há outro, que seria de preparar, também, os reservatórios hídricos, para a época das chuvas",completou o delegado. DISTÂNCIA Localizado no extremo oeste potiguar, o município de Venha-Ver é o mais distante da capital (Natal), a 463 quilômetros. O município tem, também, outras particularidades: está situado no ponto mais alto do Estado e desliga os postes às 22h, para economizar energia. Com menos de quatro mil habitantes, Venha-Ver tem como carro-chefe a plantação de milho, feijão e mandioca. Segundo o Censo Agropecuário mais recente, a população do campo é de pouco mais de 500 pessoas. O município foi um dos beneficiados com a entrega das retroescavadeiras pelo PAC 2. "As estradas estão péssimas. O difícil era exatamente a falta da máquina, porque até para alugar uma era difícil. Com certeza, com a chegada desse equipamento, vai facilitar muito a vida do agricultor familiar do nosso municí-

Foram entregues 23 máquinas retroescavadeiras a 23 municípios potiguares

pio", apontou o prefeito Expedito Salviano, que esteve presente na solenidade de entrega dos equipamentos e no encontro dos novos prefeitos, que coincidiu com o evento. AGRICULTURA Essa é a segunda entrega de máquinas do PAC 2 no Rio Grande do Norte.

No ano passado, foram entregues 26 retroescavadeiras, no valor total de R$ 4,5 milhões. Ainda no estado, 77% da população rural são de agricultores familiares, totalizando mais de 190 mil pessoas. Elas são responsáveis por 90% do arroz, 86% do feijão e 85% da soja produzidos no estado.

Ainda estão abertas as inscrições para o 28º Congresso Estadual dos Petroleiros e Petroleiras do Rio Grande do Norte (28º CEPETRO-RN). O evento será realizado neste sábado, 4, das 9h às 18h, no Centro de Formação de Educadores Maristas, sediado em Extremoz, município da Região Metropolitana de Natal. As inscrições podem ser efetuadas nas sedes e subsede do Sindipetro-RN, em Natal e Mossoró; nas unidades de trabalho, diretamente com os diretores; ou pela internet. Podem participar trabalhadores e trabalhadoras dos setores estatal e privado, aposentados, aposentadas e pensionistas que estejam sindicalizados, ou que venham a se associar à entidade, até o

início dos trabalhos. DEBATES Em tempos de retração de investimentos, redução de custos, precarização de direitos, assédio moral e demissões, o tema central que orientará os debates do 28º Congresso é "Investimento, Desenvolvimento e Valorização do Trabalho". Os pontos resumem o caminho defendido pelo Sindipetro-RN para o enfrentamento da crise. Após o debate sobre conjuntura, já no turno da tarde, será realizado o balanço das campanhas reivindicatórias desenvolvidas no último período; a discussão e aprovação das pautas de reivindicações e dos planos de trabalho;e,por fim,a eleição de delegados à Plenária Nacional da FUP. WILSON MORENO

Crise na industria do petróleo será debatidca


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Cidades Turismo, Cultura e Lazer

Unicef realiza pesquisa 'Desastres e Infância' com municípios brasileiros CEDIDA

om a preocupação de garantir os direitos da infância e adolescência antes (prevenção/preparação), durante (resposta) e depois (reconstrução) de uma situação de emergência, como as fortes chuvas e a seca que atingem algumas regiões do Brasil nesta época do ano, o Unicef e o Governo Federal estão levantando informações sobre ações de redução de riscos de desastres e as condições de atendimento às crianças e aos adolescentes em situações de emergência. Esse levantamento está sendo feito por meio de uma pesquisa on-line que deve ser respondida por todas as coordenações estaduais e municipais de Proteção e Defesa Civil até o próximo dia 31 de maio. Os resultados serão utilizados para a elaboração de propostas de redução de risco de desastres. A pesquisa "Desastres e Infância" é uma parceria entre o Unicef, a Secretaria Nacional de Defesa Civil do Ministério da Integração Nacional, a Secretaria de Direitos Humanos da Presidência da República (SDH/PR), o Núcleo de Tecnologias e Educação a

C

Liszt Madruga lisztmadruga@hotmail.com jornalistalisztmadruga@hotmail.com

KALINE VELOSO

Fernando Bezerril presidiu a produtiva reunião

Unicef quer garantir os direitos da infância e adolescência

Distância em Saúde e o Departamento de Saúde Comunitária da Faculdade de Medicina da Universidade Federal do Ceará e o Centro Universitário de Estudos e Pesquisas sobre Desastres da Universidade Federal de Santa Catarina. A pesquisa está disponível no site http://www.nuteds.ufc.br/unicef e as coordenações estaduais e muni-

cipais de Proteção e Defesa Civil devem solicitar, no campo de contatos do site, o login e a senha para ter acesso ao questionário online da pesquisa. Em caso de dúvidas ou dificuldades para acesso ao site, obtenção de login (usuário) e senha, favor manter contato com o Unicef pelos telefones: (85) 3306-5700,(85) 3306-5710.

CONSELHO DE TURISMO O secretário de Turismo e Desenvolvimento Econômico (SETURDE) Natal,Fernando Bezerril, instalou no Centro de Convenções de Natal a quinta reunião extraordinária do Conselho Municipal de Turismo (CONTUR). Estiveram presentes 19 conselheiros que conheceram o projeto do PDITS (Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável) desenvolvido para Natal que voltou a ser a Cidade do Sol. CONSELHO DE TURISMO II O projeto está na etapa do planejamento e busca determinar os espaços afetados pela atividade turística para que seja feito um trabalho de desenvolvimento diante das várias vertentes do turismo natalense, no que diz respeito não só a atividade turística, bem como os serviços de infraestrutura (transporte aéreo e viário, água e esgotos, saúde e medidas sócio ambientais, tal como a indicação e avaliação dos impactos causados ao meio ambiente) e de promoção do destino turístico. CONSELHO DE TURISMO III Durante a reunião, o secretário solicitou dos conselheiros uma participação ativa para que o planejamento possa se tornar atos efetivos para o turismo local."Nós contamos com a colaboração de todos os membros aqui presentes, para que disponibilizem uma hora do seu tempo para concluirmos o nosso planejamento e possamos partir para a ação, pois o turismo de Natal precisa com urgência de ações para melhorar a infraestrutura e a divulgação do destino",afirmou Bezerril. CONSELHO DE TURISMO IV Muitos conselheiros se mostraram solícitos as propostas da Prefeitura de Natal, através da Seturde e parabenizaram o secretário pela reinstalação do Conselho."A revitalização do Contur é mais um fórum de discussão sobre os problemas e soluções do turismo que podem ser viabilizadas com decisões a serem tomadas pelos membros do Conselho", esclareceu Diassis Holanda,presidente da Associação Brasileira de Agências de Viagens (ABAV/RN). CONSELHO DE TURISMO V A vereadora Júlia Arruda, presidente da Comissão Parlamentar de Turismo da Câmara Municipal de Natal e integrante do Contur, reafirmou a presença da Câmara no desenvolvimento do turismo. "A CMN está à disposição do Conselho para ajudar no que for possível para o desenvolvimento do turismo local. Nossa participação no Conselho é importante para que possamos saber as necessidades reais, pois no final do ano, a CMN irá votar o Fundo Municipal de Turismo e é necessário definir as prioridades", ressaltou a vereadora, que convidou o se-

cretário e conselheiros para que a próxima reunião de 5 de junho, seja realizada na Câmara Municipal;a proposta foi consensualmente aceita. CONSELHO DE TURISMO VI O Conselho Municipal de Turismo (CONTUR) é presidido pelo secretário Fernando Bezerril, tem na sua constituição 23 membros, entre eles: Renato Fernandes,secretário de Turismo do RN;Silvio Torquato, secretário-adjunto da Secretaria Estadual de Desenvolvimento; Luiz Eduardo Machado,secretário da Secopa;Margarete Pereira,representante da Semtas; Osair Vasconcelos, da Semdes; Dácio Galvão, presidente da Funcarte; vereadora Júlia Arruda, da Câmara Municipal de Natal; professora Jurema Dantas, presidente do IES; Diassis Holanda, presidente da ABAV/RN; Liszt Madruga, presidente da Abrajet/RN; Ana Muller, presidente da Amanáutica; George Costa, presidente do Natal Convention; Marcelo Queiroz,presidente da Fecomércio; Maurício Cavalcante, presidente do Sindbuggy/RN; Wdarlan Rodrigues, do SCAVR/RN; Jarbas Ferreira, da SINTUR; Maximiliano Fonseca de Souza, Abrasel/RN;Lionécia Lopes dos Santos, do SINTBAR/RN, Ramzi Giries Elali, presidente do Sindicato dos Hotéis do RN e Habib Chalita,presidente da ABIH/RN. FESTIVAL DO TURISMO O diretor do Festival do Turismo de João Pessoa, Cláudio Júnior, convidou o empresário Guillermo Alcorta,presidente do Grupo Panrotas, para participar do 3º Festival de Turismo que será realizado de 27 e 28 de setembro, no Centro de Convenções de João Pessoa. FÓRUM DOS GUIAS O Singtur-RN no seu atributo de fomentar e capacitar o Guia de Turismo, vai promover o l Fórum de Guia de Turismo do RN,no próximo dia 10,no próximo no hotel Praiamar em Ponta Negra, Natal. Informações com Paulo Cesar Secretário Geral do Singtur no fone 84 9406 2528. NO VILLAOESTE I O Hotel VillaOeste recebeu para almoço comitivas do Sebrae, Secretaria de Turismo do Estado e representantes do Polo Costa Branca, e outras autoridades para comemorar à conquista do MPE Brasil - Categoria Serviços de Turismo. "A honraria conferida pela Fundação Nacional da Qualidade, Movimento Brasil Competitivo, Gerdau e Sebrae Nacional, e a outorga do Selo Turismo Melhor Categoria Ouro,são feitos de extremo significado para todos nós que fazemos este complexo hoteleiro e para o segmento de turismo potiguar", destacou o sucedido empresário Rútilo Coelho,que tem perfil de senador da República.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Cidade Interativa Cartão-Postal

CÉLIO DUARTE

APA Técnicos da Secretaria Estadual do Meio Ambiente e dos Recursos Hídricos (SEMARH) se reuniram na quinta-feira, 2, com os representantes da empresa contratada para prestar serviços de consultoria para elaboração da Proposta de Zoneamento Ecológico Econômico (ZEE) da Área de Proteção Ambiental (APA) BonfimGuaraíras e Definição das Diretrizes para o Plano de Manejo.Na ocasião,foi dada a ordem de serviço para o início dos trabalhos e definido um calendário estipulando prazos para a sua execução. EDUCAÇÃO Foi publicada no Diário Oficial do Estado (DOE), de sexta-feira, 3, a convocação e nomeação de 600 professores e especialistas que participaram do último concurso da Educação, para atuar na rede estadual de ensino. Em 60 dias, outros 600 serão convocados para suprir as necessidades das escolas de todas as regiões. De acordo com a governadora Rosalba Ciarlini, a decisão de dividir a quarta convocação em duas etapas se deu para garantir uma maior agilidade na contratação dos educadores. REFORÇO O Corpo de Bombeiros do Rio Grande do Norte (CBMRN) recebeu três novas viaturas de intervenção rápida para operações florestais. A iniciativa foi viabilizada graças a um convênio firmado entre o CBMRN e o Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (IDEMA/RN) e garantirá um serviço mais eficaz. Os novos veículos são do tipo Agrale Marruá 4x4 e tem excelente desenvoltura para enfrentar qualquer tipo de terreno, garantindo excelente desempenho em operações militares.

Cachoeira do Pinga - Portalegre - RN

CÉLIO DUARTE

CÉLIO DUARTE

CÉLIO DUAR TE

Goretti Lopes aniversaria nesta segunda e a coluna antecipa os parabéns

Narciso Souto e Georgina, casal nota 10 sempre de bem com vida

Eliente, garçonete nota 10 do Hotel Serrano, em Martins TE CÉLIO DUAR CÉLIO DUARTE

CÉLIO DUARTE

O repórter desta casa Guilherme Ricarte aniversariou ontem, sábado, dia 3

João Batista da Flex Vídeo e sua turma de trilha, sempre curtindo uma aventura

CÉLIO DUAR TE

AG? L&T

Prefeita de Martins, Olga Fernandes e seu esposo Patrício Júnior CÉLIO DUARTE

Gerente nota 10 do Hotel Serrano em Martins, Maria Cláudia

José Carlos feliz com o sucesso de vendas da Disco-fitas, a única em Mossoró especializada em instrumentos musicais profissionais

Propietários do Mirante do Canto em Martins, Souza Neto e Lucas Souza, certeza de um ótimo atendimento


Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Expressão

QUEIMA-BUCHA Editor: Mário Gerson mario.gerson@folha.com.br

Editora expõe trabalhos em feira do livro no Pará

Cafundós cultura dos

ivulgar os talentos culturais do Estado, além de proporcionar um momento de descoberta de novos artistas e fazer com que suas obras cheguem a um maior número de pessoas são os objetivos do programa Cafundó, comando pelo produtor cultural Geraldo Maia, através da TV Assembleia, aos sábados, ao meio-dia. Com intuito,também,de descobrir os talentos "deste lado do Estado", o apresentador esteve em Mossoró e região da Costa Branca durante este fim de semana para gravar e documentar os artistas locais. De acordo com Genildo Costa,presidente da Poema, entidade que reúne poetas e prosadores locais, a vinda da TV Assembleia é uma das primeiras ações da entidade, no que diz respeito à divulgação da produção literária dos autores ligados à associação, além, claro, de uma parceria que se firmará ao longo do tempo. "Diria que o que antecede essa visita é uma agenda que construí com ele no projeto Cafundó, uma iniciativa que todo Estado conhece, dando visibilidade aos artistas que estão saltando a cancela do anonimato. Quando estive no programa e o vi na TV, entrei em contato e marcamos esse primeiro momento, com a participação no referido programa. Comentei sobre os nossos poetas e artistas e senti que isso poderia ajudá-lo na concepção de seu programa. Lembrei-me de alguns nomes e os indi-

FOTOS: CEDIDAS

D

Geraldo Maia, apresentador do Cafundó, programa da TV Assembleia

quei. Foi uma oportunidade boa para fazermos este intercâmbio cultural com ele e a Fundação Djalma Marinho.Esta é uma ação de todos nós da Poema com o apoio de todos os artistas", comenta Genildo. O poeta salienta que a vinda de Geraldo Maia é uma forma de evidenciar o trabalho dos artistas da Costa Branca e da região. "Enfim, vamos catar o que já se fez de coisa boa e o que está se fazendo. Estamos sempre contatando os amigos e vamos, durante esses dias, fazer reportagens junto com o pessoal", destaca. Segundo Genildo, a Poema está "empenhada em suas ações, principalmente no que diz respeito à estadualização do nome da entidade e na divulgação de seus autores por todo o RN, através de parcerias e contatos,além,claro,de recitais e intervenções em espaços

públicos", diz. "Essa é uma pauta maravilhosa que demonstra o quanto estamos no caminho certo, levando literatura, arte e manifestações culturais para todos, através de uma parceria que será, acredito, longa e rica", fala, destacando que esta vinda da TV Assembleia é um marco para a entidade. "A TV Câmara, a partir deste mês,transmitirá o programa e isso repercutirá em todo País", frisa.

Estamos dando ênfase aos aspectos culturais, tanto os patrimônios materiais quanto imateriais. Vamos conversar com as pessoas, os artistas e fazer a divulgação dos seus trabalhos Geraldo Maia

DOS CAFUNDÓS PARA O MUNDO O programa Cafundó surgiu há dois anos, sob a perspectiva de divulgar a cultura dos lugares mais distantes do Estado do RN e do Nordeste, através da televisão. De acordo com o apresentador Geraldo Maia, o percurso de Mossoró e região da Costa Branca está sendo proveitoso."Estamos dando ênfase aos aspectos culturais, tanto os patrimônios materiais quanto ima-

teriais. Vamos conversar com as pessoas, os artistas e fazer a divulgação dos seus trabalhos", diz. "Tive um primeiro contato com Genildo e ele me falou da existência do grupo. Isso tudo casou com a natureza do programa Cafundó,ou seja, a busca da coisa distante e importante.Guimarães Rosa morou no interior do interior do cafundó de Minas Gerais e nem por isso deixou de falar oito idiomas e escrever os principais livros de nossa literatura. Então, a distância não justifica a perda de conteúdo ou importância. O cafundó é isso", destaca o apresentador. Para ele, a Poema é um grupo que o programa tem "interesse em divulgar". "Aproveitei este momento para fazer o percurso Costa Branca, considerando o aspecto artístico. Estamos entrando em contato com muitos nomes, como, por exemplo, o de Benedito Vasconcelos, do Museu do Sertão e tantos outros. Nosso programa evidencia justamente essas ações e essas pessoas", ressalta. Ele lembra que o nome do programa surgiu de maneira um tanto triste. "Estávamos num evento sobre a cultura nordestina, em São Paulo. Lá, nada encontrei com respeito ao nosso Estado. Senti-me muito triste por aquilo.Havia maracatu, coisas do Ceará e de outros Estados, mas nosso, nada. Senti-me um filho de pátria não conhecida.Assim como o Brasil começou, me senti de país nenhum, de nada. A partir daí pensei: moramos no cafundó, mas será que temos coisas interessantes?", relembra, ressaltando que, algum tempo antes, enquanto pesquisava sobre cordel em Pernambuco foi que conheceu a obra do poeta Antônio Francisco. "Precisei, por exemplo, fazer es-

MEU PÉ DE LARANJA LIMA 3

Natália Bridi resenha filme baseado em livro

7

Programa da TV Assembleia visita Mossoró e região da Costa Branca, com intuito de promover a cultura e os artistas do lugar

se percurso para conhecer um grande poeta tão perto de todos nós. Foi uma espécie de mãozada que levei", explica, sorrindo. PROGRAMA EM REDE NACIONAL Geraldo salienta que, no sentido cultural, a Assembleia Legislativa está fazendo sua parte. "Estamos também na TV Câmara,em Brasília e lutamos para que a TV Câmara compre nossa ideia de fazermos um programa que envolva todo o Nordeste.Sem essa de dizer que apenas Recife é o máximo.Queremos mostrar o nosso Estado, Natal, nossas cidades e nossa cultura", diz. Ele destaca que o programa Cafundó tem sido um ponto de resistência."Divulgamos o local, queremos a cultura nossa.Alguns veículos de comunicação têm como foco a divulgação apenas de material de consumo. Não há como negar isso.Você pode ter um artista de qualidade, mas se ele não tiver evidência,será esquecido.A televisão deve ajudar na di-

existem muitas coisas interessantes que ainda não conhecemos. O grande objetivo nosso é o de tornar o programa uma espécie de revista regional. Sem ser publicação de papel, mas uma espécie de programa que integre o Nordeste", fala. Sobre publicações culturais, Geraldo é incisivo: "A revista Continente, por

Mostramos pessoas que não estão em evidência, mas que possuem belos trabalhos. Essas pessoas às vezes estão escondidas, na reclusão Geraldo Maia

Gravações aconteceram em várias cidades da região

vulgação desses nomes,não se comportar de maneira diferente, induzindo as pessoas através de seus canais abertos, que estão, cada dia, mais deprimentes",explica, reforçando que o programa sempre entrevista pessoas diferentes, artistas interessantes, com belas histórias de vida. "Mostramos pessoas que não estão em evidência, mas que possuem belos trabalhos. Essas pessoas às vezes estão escondidas, na reclusão, então, caímos em campo e as descobrimos", fala. Apesar de tudo, segundo o apresentador, o RN ainda é um estado de distâncias. "Formamos um Estado cafundó, em que

exemplo, não resistiu. A Bravo só prioriza a cultura erudita. A Cult é apenas de Rio e São Paulo. A minha ideia é fazer uma revista eletrônica em que eu possa mostrar Genildo Costa e todos os demais Estados vejam. E assim sucessivamente. É esse nosso objetivo: criar uma rede de divulgação e de distribuição da nossa cultura e da cultura de outros Estados através dessa rede", diz. "Este ano já visitei vários Estados. Sinto dificuldades em encontrar o trabalho dos artistas. Depois de localizar, caímos em campo para fazermos a matéria. Tudo com certa dificuldade, mas prazeroso", finaliza.


2 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Expressão

um meio de semana atrás, em meio à tarde sonolenta e monótona, eu ouvi o barulho característico da campainha sendo tocada. Do local de onde estava até a porta da frente, o espaço me permitia ir me despreguiçando a fim de, ao chegar à porta de entrada, não ser preciso me apresentar com sintomas de "isso é hora de tocar a campainha?!" ou "seja o que for que essa pessoa esteja vendendo, eu não quero de jeito nenhum!". E assim fiz. Ensaiei uns exercícios de alongamento (só ensaiei) e me dirigi à porta. Quando a abri, dei de cara com dois - e não só um - vendedores. Estavam rindo e fazendo troça da demora em atendê-los. Estavam até dizendo que iam jogar o que traziam para debaixo do carro, estacionado na área de entrada, e iam embora sem querer conversa comigo. Na verdade, na última vez que um deles esteve tocando a campainha da minha casa, ninguém se encontrava e, por causa disso, ele foi obrigado a deixar o pacote que trazia debaixo do carro, o que me causou uma enorme surpresa - boa, diga-se de passagem - quando o abri e dei de cara com o seu conteúdo. Claro que não deixei! Estes são os tipos de vendedores que são sempre bem-vindos à minha residência. Sem mais delongas, fi-los

N

Colaborador

Questão de Prosa

Gênese

Sonho de escritor

Raimundo Antonio - Professor

Clauder Arcanjo - Professor

entrar. Sentamo-nos e espe- minhos, lendo entrelinhas rei para ver o que eles, des- ou desvendando metáforas ta vez, haviam trazido para que, sabia, estavam contimim; qual o produto mais dos ali naquele universo novo de sua lavra, que os chamado de livro. levou a se deslocarem até ali Despedimo-nos. E eu com o objetivo de apresen- corri para o meu refúgio litá-lo a mim. terário - cantinho da sala E eles me mostraram: de e comecei a devorar suas forma retangular, medindo 110 páginas de subjetivida15,5 x 22,5 cm, em papel de, vivência e lirismo do couchê,capa dura e com um poeta. E o bardo, a partir acabamento impecável, do título, faz a sua trajetória passaram-me às mãos "Gê- de vida,contando,minucionese" do poeta Leonam Cu- samente, suas dificuldades, nha, primeira obra do autor seus anseios e suas vitórias, que só em folsem se esheá-la (é insquecer da tintivo... Até emoção para sentir o que o ato de O poeta explora o cheiro cheiescrever lhe roso de págitraz em caseu universo nas recémda poema impressas e rabiscado, conhecido - de sua receber, tamcantado asquerida terra bém, a mágisim: [...] ca da inspiraFoste audanatal - e deste ção de suas c i o s a , poéticas criança aí universo ele retira, mensagens) dormindo, já deu para pre paranda natureza, o seu perceber o do-se para cuidado com cair no descanto poético que foi conconhecido cebida. e respiraste, C o nv e r e esse sopro samos ainda um pouco, sofrido separou-se da barmas, assim como eles - que reira da vida e do nada (Printinham pressa para irem cípio). mostrar o seu produto em O poeta explora o seu outras casas -, eu tinha universo conhecido - de pressa para começar a de- sua querida terra natal - e gustar as páginas do livro deste universo ele retira, adquirido, que já haviam da natureza, o seu canto me conquistado, principal- poético, conclamando mente pela beleza do aca- seus seres (principalmenbamento, mas também pe- te, os irracionais) e com lo prazer que me dá de ir, eles dá cores aos seus veraos poucos, refazendo ca- sos e suas rimas.

"Lá vem ele, tombando, a se balançar, com seu bico de pato ampliado e seu corpo de sei lá o quê, ilhado: corpo de ornitorrinco, felpudo a nadar" (Soneto ao Ornitorrinco), ou então quando recita a "Fala dos Bichos", descrevendo a forma harmônica como os mesmos vivem na natureza. Ele termina o poema mostrando que o ser humano destoa dessa beleza, pois "o homem, sorrindo balas, apresenta sua participação: esgana-se num rá-tá-tá-tá". O poeta, pois, trilha desenhando seus devaneios e conta sua história, cifrada, em versos que desabrocham em cascatas pelas páginas de sua obra primogênita, levando sonhos, fantasias, ansiedades, ambiguidades, interrogações, mas, sobretudo, propondo um diálogo criativo entre quem faz e aquele que lê, dando vida - Gênese - à poesia, ao universo poético de quem ainda prevê uma utópica consciência da razão humana diante da beleza de fazer castelos no ar: "Em doirados cachos descem seus cabelos, deslizante, escorres nas pedras da rua, musa do esplendor que todo dia encaro em quem minha poesia deixase deitar sobre e adormece fundo, para nunca mais voltar" (Porém de Beleza). Ah! Os vendedores - de porta em porta - desses sonhos? David de Medeiros Leite e Clauder Arcanjo Editora Sarau das Letras.

Reminiscências

Doutor Hemetério Wilson Bezerra de Moura - Professor emérito da Uern O registro histórico sobre Mossoró, segundo dados do ano de 1877/1879, nos chamou a atenção pelo trabalho empreendido por um cidadão que normalmente é comentado nas rodas de bate-papo. Quando vem comentário sobre o prédio do Museu Municipal Lauro da Escóssia, onde ali já foi a Cadeia Pública, Câmara Municipal, Batalhão de Polícia, e se deu os primeiros ensaios de questionamento sobre a Aliança Libertadora Mossoroense, vem à tona o nome de seu construtor, o doutor Hemetério Raposo de Melo e ter sido ele o primeiro preso da cadeia por mero equívoco de um operário que trancou o prédio sem saber que o doutor Hemetério estava nas dependências fiscalizando o serviço. Diz a história que o

doutor Hemetério foi um homem empreendedor. Fez grandes serviços na cidade apesar da Seca de 1877, que transformou o pequeno povoado de Mossoró numa faixa de terra de miseráveis. A cidade sofreu com emigração de pessoas vinda de cidade circunvizinhas que não tinha condições de sobreviver. No período da seca de 1877, morreu tanta gente que no Cemitério os mortos eram enterrados em valas, por não dar tempo cavar covas. Mais o doutor Hemetério não vacilou em nenhum instante e continuou a administração com força e vigor. Homem enérgico, honesto e empreendedor na época construiu um prédio aproveitando a mão de obra dos flagelados da seca. Para a época, era uma grande e importante obra, pela sua opulência

que serviu como presídio e outras necessidades. Até hoje, o prédio do museu é obra importante e demonstra a originalidade da Arte com um estilo arquitetônico que caracteriza a eficiência dos antigos pedreiros. O professor Raimundo Nonato, o memorialista da história mossoroense afirma ter sido o doutor Hemetério que deixou fama por ser um homem de espírito organizador e que por essa razão ficou ligados as tradições da cidade, justamente por certos trabalhos empreendidos. Um desses trabalhos famoso para o povo e importante para a tradição histórica de Mossoró, foi a canalização das águas do córrego dos Calheiros para o Rio através de um sistema de esgoto subterrâneo. O destacável do cór-

rego era que no percurso foram deixados alguns buracos que facilmente ficaram denominados de "Buraco do Hemetério". É uma área soterrada ao cabo de algum tempo e nela foi construída agência do Banco do Brasil. Os logradouros da cidade foram parte do progresso da região e o "Buraco do Hemetério" mesmo não mais existindo ficou na história de Mossoró e na memória de seu povo, porque fez parte da significativa evolução demográfica, social da cidade que atualmente é considerada como uma das maiores do Rio Grande do Norte, depois da capital. Durante tempos, o Córrego do Barbosa foi marco de separação entre o centro da cidade e o Alto da Conceição, também de tradição histórica de Mossoró.

... assim sonha o escritor. Com a prosa em ritmo de festa, em meio a passos de bailarinos-arranjos estilísticos e sob o halo de confetes de metáforas-serpentinas, sem falar nos advérbios contidos e nos adjetivos nem tão arrimados nem ritmados em demasia. O escritor, em meio à melopeia da noite longa, imagina o parágrafo poético seguro pela elipse da presunção, ao cabo de uma sentença aberta por um substantivo rompante, esticada na fiação da saliente surpresa, e fechada pelo predicado atavio miraculoso da elegância...assim sonha o escritor. ... assim sonha o escritor. Quando recita um belo verso alheio, coitado do escriba!, inebriado ao tempo que moribundo, tem seguidos pesadelos escabrosos ao se ver escravo da inveja do cânone alheio. Muitas vezes - e são tantas vezes! - lê e relê o verbo já vazado, toma e retoma o outrora sintagma concebido, altera e conserta o objeto direto antes acabado; num fremir de nervos e músculos, a tentar costurar o que se consome no vácuo do objeto indireto, mistério metalinguístico das palavras. Decifrando-as e, por elas, sendo devorado e ressuscitado... assim sonha o escritor. ... assim sonha o escritor. Se a manhã é impura e impudica interjeição, pouco lhe interessa: obra e labora, incansável,no limo da volúpia,sangra nos pecaminosos desvãos das horas, a tomar, para dentro de si, todo o veneno da alvorada inquieta. E escreve, e descreve, e concebe... tudo e mais um tanto, mesmo assim. Se a melancolia da tarde sombreia o encanto do sol, dominando as horas com o tropel da angústia, o escrevinhador, mesmo sorumbático e macambúzio, imaginase, em seguida, montado num cavalo de crinas negras, a irromper imaculado na campina dos vocábulos-dias. Não ligando para os presságios, não reparando nos prenúncios de mala suerte... o que lhe interessa é o frisson da lida, fazendo pouco caso dos pronomes, em menoscabo do tudo e do nada... assim sonha o escritor. ... assim sonha o escritor. Por sua vez, se a ventura bafeja a boca da noite funda, estirando seu manto hilariante na portada das aspas, o escritor fecha a morada para tal destino e, inquieto, mergulha no riso do sereno narrativo, a esquadrinhar o terreno do acaso metonímico, a ver se flagra a chave do frêmito na perdida dobra do cálice do riso. Intrigado, questiona, alonga, ambiciona... à caça da medida exata, sem o aposto enganoso, hálito da gaitada. Se há a mínima alusão à morte, destrói o castelo de ébano da eternidade, tão somente para construir um singular tijolo com as letras que lhe sobraram... assim sonha o escritor. ... assim sonha o escritor. E, quanto mais sonha, mais sofre. E, quanto mais sofre, mais sonha. Cruel e infausto destino. No entanto, saibam todos, se não sonhar nem sofrer, dele nada que preste surgirá. ... Bom domingo.

Canto Poético Sem norte

(Para a memória dos meus poetas Augusto dos Anjos e Gotardo Neto) Saiu, à revelia do roteiro! Os neurônios queimando-lhe demais, Os centros cerebrais; o crânio inteiro, Opresso; parecia oprimir-lhe, inda mais; Em remoinho, qual éolo ligeiro, As ideias ondeavam-se-lhe ademais! O peito, de mágoas e furores, cheio, Tinha ânsias de, num ato desastroso, Satisfazer ao qu'ele tinha de permeio: Um maquiavelismo muito mais danosos, Para atender ao asco, que lhe veio! - Era todo dantesco e penumbroso! J. F. da Costa Rêgo Poeta


Gazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Expressão Mário Gerson

Queima-Bucha no Pará Editora mossoroense representa o Estado na 3ª maior feira literária do País

mario.gerson@folha.com.br twitter: @Mariogerson CEDIDA

resente na XVII Feira Pan-Amazônica do Livro, em Belém, no Pará, a editora Queima-Bucha é a única representante do Estado do RN na terceira maior feira do livro do País. "Desde o dia 26 que estamos aqui, presenciando esse verdadeiro culto ao livro e à literatura, uma demonstração de que o Estado é capaz de colaborar com a formação tanto de estudantes, quanto da comunidade em geral", ressalta Gustavo Luz,editor da Queima-Bucha,dizendo-se surpreso com a recepção que a literatura de cordel teve durante esses dias de evento em Belém. Além de propiciar um maior contato com os escritores, o estande dos autores paraenses, onde a Queima-Bucha está instalada, conta com a participação de poetas e lançamentos de livros de hora em hora."As atividades são intensas e demonstram muito bem o empenho de todos por uma feira realmente baseada na literatura e na divulgação do que há de melhor em termos literários,seja em poesia ou prosa. Tivemos, aqui, lançamentos de uma hora em que foram vendidos de 70 a 100 obras. Se compararmos com lançamentos específicos, esse número é, de certa forma, surpreendente, pois numa feira o público é rotativo, ou seja, as pessoas não param muito bem, procuram

P

outros estandes e outras novidades num ambiente em que existem cerca de 200 expositores de todas as partes do País", comenta, ressaltando que um dos pontos altos do evento, além das próprias intervenções literárias e lançamentos,são os shows e apresentações culturais. "A todo instante estamos sendo brindados com shows de ótima qualidade, com apresentações e oficinas inspiradoras e com palestras deslumbrantes", comenta. O editor confessa que trará da XVII Feira PanAmazônica do Livro muitas experiências que compartilhará com os autores do Estado, através de sua editora. "Volto com muitas ideias para colocar em prática. Tem sido uma experiência cultural e literária muito interessante, principalmente em termos poéticos, pois estamos articulando eventos ligados à Literatura de Cordel na Amazônia, juntamente com a organização das atividades daqui", frisa. Gustavo Luz ressalta que, também em termos de preços, a Feira de Belém oferta produtos de ótima qualidade. "E com preços baixíssimos. Por exemplo, clássicos e outros livros de produção gráfica surpreendente são vendidos a R$ 2,50, numa prática de preço inimaginável. Daí que podemos pensar, para o nosso Estado,uma redução nos valores,se levarmos em con-

A

Gustavo Luz: 'A Feira do Livro daqui é diferente'

sideração o material que está sendo vendido aqui. Temos que criar, de certa maneira, essa perspectiva de representatividade literária também em nossos eventos de cunho cultural e literário", salienta, ressaltando que a interação com autores como Juraci Siqueira, entre outros, tem sido uma experiência rica."Juraci Siqueira é um exemplo de grande poeta que é reconhecido pelo povo a partir de suas produções literárias e tem sido um forte divulgador do cordel na região", explica Gustavo. ENCONTRO DE CORDEL Ontem, a literatura de cordel ganhou espaço durante o evento, com o 3º Encontro de Cordelistas da Amazônia. A programação, realizada pela terceira vez pelo Estande dos AG. PARANÁ

Literatura de Cordel foi uma das atrações da feira em Belém do Pará

Escritores Paraenses, contou com palestras de João Jesus de Paes Loureiro e Hiran Moura, com o tema "Pelas bordas da cultura: acordes dos cordéis das Amazonas". O encontro teve como debatedores os escritores Cláudio Cardoso, coordenador do estande dos Escritores Paraenses, Juraci Siqueira e João de Castro. No Dia do Cordel,explicou Cláudio Cardoso à Agência Pará, além da programação na Sala Marajó, acontecerá, simultaneamente, uma programação especial no estande. "Vamos preparar uma ambientação especial com os cordéis pendurados em varais (forma como tradicionalmente os folhetos são expostos para venda) e os cordelistas estarão recitando durante todo o dia",afirma. De acordo com Gustavo Luz, o debate de ontem serviu para dar início à programação do 1º Encontro de Cordel da Amazônia que será pensado para o mês de setembro. "Estamos empolgados com a recepção da literatura de cordel aqui e, além disso, dispostos a fazer essa interação, esse intercâmbio entre os autores do nosso Estado, através da Queima-Bucha, e os autores da região amazônica", finaliza, destacando que é preciso "pensar a literatura além das nossas fronteiras".

Rodapé CADA HOMEM É UMA RAÇA Mia Couto é um escritor, sobretudo, generoso. Neste livro que reúne 11 contos, publicado originalmente em 1990,ele prova isso mais uma vez.Os indivíduos são sempre objeto de fascínio e a descrição de suas vidas jamais traz qualquer julgamento. Com sua escrita poética inconfundível, que resulta num português com a melodia das línguas africanas, ele apresenta um rico universo de vivências de figuras moçambicanas. Se no conto "A Rosa Caramela" acompanhamos os dissabores de uma mulher corcunda que enlouqueceu depois de ter sido abandonada ao pé do altar, em "A princesa russa" a situação é de uma estrangeira que se vê num país desconhecido e com um marido hostil, e se alia a um de seus empregados nativos para sobreviver. "A lenda da noiva e do forasteiro" e "O embondeiro que sonhava pássaros" são exemplos dos contos mágicos e exuberantes de Mia, ao passo que "O apocalipse privado do tio Geguê" e "Os mastros de Paralém" têm um cunho político mais claro. Autor: Mia Couto Editora: Cia. das Letras

Folha de São Paulo desta semana trouxe interessante, mas econômica notícia sobre a disponibilização de mais de 6 mil páginas manuscritas do escritor José de Alencar. A ideia veio a partir das comemorações dos 184 anos de nascimento do autor (](1829-1877), e faz parte do projeto da Casa José de Alencar, espaço cultural da Universidade Federal do Ceará (UFC). Uma pena é que os escritos só poderão ser consultados em formato digital nos computadores da Biblioteca da CJA, que fica em Fortaleza. "Localizada em meio à área verde do bairro de Messejana, na capital cearense, a CJA funciona na mesma casa onde viveu José de Alencar, autor de clássicos da literatura brasileira como Iracema e Senhora, e que nasceu em 1º de maio de 1829. Agora finalizado, o Projeto Digitalização dos Manuscritos de José de Alencar teve início no final de 2011. Foi patrocinado pela Petrobras,via Lei Rouanet do Ministério da Cultura, e pela Administração Superior da Universidade Federal do Ceará, da Fundação Cearense de Pesquisa e Cultura, do Departamento de Literatura da UFC e do Museu Histórico Nacional", diz a reportagem. O acervo digital disponível na casa contém artigos sobre literatura, ficção, crítica, poesia, teatro, política e direito, além de um projeto sobre gramática, e correspondências mantidas pelo autor. Os escritos foram produzidos entre 1845 e 1877.

100 ANOS DE JORGE AMADO O escritor Manoel Onofre Júnior me envia o livro 100 anos de Jorge Amado, organizado por Iracema M. Régis, de São Paulo, que vem a ser uma autora de destaque no que diz respeito a iniciativas alternativas de divulgação literária, sem apoio oficialescos. Iracema, juntamente com Manoel e tantos outros, agora estão enfeixados nesta homenagem ao escritor baiano. Também de Manoel recebi uns poemas interessantes que publicarei no próximo domingo, se Deus quiser. Obrigado, amigo Manoel Onofre. E aguarde minha missiva. MEMÓRIA DA CHUVA David de Medeiros Leite encaminha o belo livro de poemas de Ruy Espinheira Filho, com o título de Memória da chuva. Os textos que precedem aos poemas, li-os no intervalo das comemorações pelos 36 anos desta casa: valem, todos, por uma aula de literatura. E o poema simples, mas verdadeiro, que ainda escuto enquanto escrevo esta notinha: "Morri de pena de ti / porque foi tudo outra história / - não a que hoje poderias / viver em minha memória". Poeta fluente,cativante e interessante. Leitura garantida. CONCURSO DA AMOL A Academia Mossoroense de Letras (AMOL) recebe textos para o II Concurso João Batista Cascudo Rodrigues (conto e poesia) até o dia 31 de agosto. Quem quiser participar, pode acessar o link do edital no seguinte endereço:http://www.gazetadooeste.com.br/cultura-

concurso-da-amol-10460 NOVOS POETAS O Movimento Literário Novos Poetas se organiza para participar da nona edição da Feira do Livro de Mossoró,que acontece este ano, de 7 a 11 de agosto, no Mossoró West Shopping. Além disso, o movimento programará iniciativas literárias para a cidade, de maneira alternativa, como entrega de panfletos literários e outros produtos relacionados à produção dos Novos Poetas. Quem quiser contribuir com o Movimento, pode acessar a página: http://movimentonovospoetas.blogspot.com.br/ POEMA EM PAUTA A Poema,entidade que reúne escritores e prosadores locais, esta semana esteve na linha de frente do programa Cafundó, comandado pelo produtor cultural Geraldo Maia, através da TV Assembleia. Geraldo esteve em Grossos, Areia Branca e Mossoró, onde fez gravações com artistas locais, poetas e escritores. A viagem, através da Fundação Djalma Marinho, faz parte da proposta do programa,em mostrar a diversidade cultural de outros lugares, principalmente do Nordeste brasileiro. MAIAKÓVSKI Nosso saber é nossa força, nossa arma. As pessoas? São como barcos fora d'água. Antes que tenham vivido o seu pedaço Uma infinidade de variados moluscos Gruda-se-lhes ao casco. (Maiakóvski em Vladímir Ilitch Lenin do livro Vida e Poesia)


4 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Nos Jardins

MOZARTH QUEIROZ

O médico Mozarth Queiroz, especialista em cirurgia do aparelho digestivo, recém-chegado a Mossoró, concede entrevista esclarecedora sobre o assunto, quando aponta cuidados que se deve ter no quesito prevenção, assim como problemas que surgem, a questão da alimentação adequada, entre outros assuntos inerentes ao tema como o refluxo, que está presente na maior parte da população. Confira: GAZETA DO OESTE - O senhor é especialista em cirurgia do aparelho digestivo. E quais são as principais complicações do aparelho digestivo? MOZART QUEIROZ - Bom, complicações,na verdade,talvez seja um tema muito amplo até para a gente qualificar as vezes quais a complicações que a gente poderia ter no aparelho digestivo. A gente tem quem saber primeiro que o aparelho digestivo é formado, composto, o seu projeto, da boca até o ânus, a boca o esôfago, o estômago, o intestino delgado, que é composto pelo duodeno, o jejuno e o íleo, e o intestino grosso e depois acaba no reto, por onde se elimina as fezes. O que seria interessante talvez a gente pensar seriam as doenças mais frequentes no aparelho digestivo e que são doenças hoje em dia que estão até muito na moda, são muito frequentes em termos de quando se houve as conversas nos arredores, quando se fala muito em doenças do fluxo, do câncer do estômago, das doenças da vesícula biliar, ou seja, tem um rol de doenças que a gente não fala de complicações.Na verdade essas complicações seriam essas próprias doenças.O que seria em vir depois porque a pessoa tem essa doença e talvez numa questão em que a pessoa não trate de uma forma adequada essa doença. GO - O refluxo, por exemplo, é caracterizada como uma doença que 90% da população às vezes se queixa de dizer que tem. Normalmente isso pode ser transformado numa doença ou às vezes é uma questão natural,se você se alimentou muito e tem aquele refluxo? Como é isso? MQ - Bom, primeiro é que doenças do refluxo,como a gente acabou de citar aqui, é uma questão que está muito na moda, fala-se muito disso e em todos os locais que se vai, tem se falado na doença do fluxo, as queixas nos consultórios são inúmeras acerca da palavra refluxo, propriamente dita, e o que a gente tem que levar em consideração é que muita gente às vezes não tem o refluxo propriamente dito.Todos nós, desde o nascimento até o final da nossa vida, seja numa idade bem avançada, vamos ter algum grau de refluxo fisiológico, seja todos os dias. O esôfago, para vocês terem uma ideia, é um órgão exclusivamente de transporte, da boca ao estômago. O primeiro local de digestão dos nossos alimentos é na boca e o segundo é o estômago. E o esô-

fago se encarrega de transportar o alimento dessas duas regiões. Nós, todos os indivíduos, possuímos um anel no final do esôfago, responsável pelo fechamento desse mesmo órgão, para que depois que a comida passe para dentro do estômago ela não retorne junto com o ácido, ou não retorne até mesmo o ácido propriamente dito, mesmo que esteja presente nos alimentos, para que ele não retorne e comece a banhar o interior do esôfago com ácido. Isso é uma questão que pode levar a complicações. Então, o indivíduo que tem a doença do refluxo tem que ser muito bem avaliado em relação aos sinais de sintomas que ele se refere e que ele vem ao consultório falando,para gente realmente avaliar se esse paciente tem a doença do refluxo. Uma coisa é nós virmos a uma churrascada, por exemplo, e o indivíduo fazer uma refeição extremamente copiosa,comendo muita carne,ou ir numa pizzaria comer inúmeros pedaços de pizza.Obviamente o trabalho do estômago vai ter um tempo para poder ter o esvaziamento dele. Então, vai ficar um tempo aquela comida dentro do estômago. Então aquilo naturalmente, se o estômago está cheio pode ser que aquela coisa volte para dentro do esôfago, juntamente com ácido e isso pode dar uma certa sensação na pessoa, de que ela está com refluxo. Quando a pessoa tem esses sintomas propriamente dito do refluxo com uma certa frequência,diariamente,com vários tipos de alimentos, em todas as horas que ela come, aí, sim, nós vamos para diante, a grosso modo, talvez uma pessoa que tenha doença de refluxo gástrico. Então é importante a gente deixar isso bem claro, porque muitas vezes a pessoa chega ao consultório já categoricamente afirmando: "eu tenho doença do refluxo". Mas às vezes essa pessoa até tem o refluxo fisiológico,uma pessoa que às vezes não tem nem o fator predisponente para poder ter a doença do refluxo, e muitas vezes você pode controlar com algumas orientações, sem que necessariamente introduzir algum medicamento na pessoa, ou então você ter que fazer algum exame mais invasivo. Porque o primeiro realmente que se pede é a endoscopia digestiva alta,que serve para avaliar a parte do plano digestivo, e então você pode evitar as vezes algum ônus para esse paciente, do ponto de vista de ter que fazer algum exame ou alguma outra coisa assim,ou seja, está fazendo só talvez a parte

comportamental. Obviamente, as pessoas que a gente caracteriza como portadoras da doença do refluxo vão ter que fazer uma investigação acirrada, claro que isso não é talvez tão difícil de fazer e confirmando o diagnóstico você vai ter que tratar essas pessoas. GO - A gente estava falando sobre a questão do refluxo. Qual é a alimentação mais agressiva que pode provocar isso? Tem alguma relação com a alimentação? MQ - Existem alguns alimentos que podem ter uma ação direta na exacerbação de alguns sintomas da doença do refluxo. No exagero, que eu posso dizer, de alguns sintomas da doença do refluxo. O mais comum que a gente gosta sempre de deixar claro e ter o paciente muito bem orientado acerca disso, sabemos que culturalmente o Brasil desenvolveu ao longo desses 200 ou 300 anos a utilização do café em larga escala, o hábito do brasileiro, o famoso cafezinho.Mas o café,por exemplo, tem uma substância chamada xantina e ela tem a capacidade de fazer o relaxamento na quilhamel,que fica no final do esôfago que é um anelzinho responsável para poder fechar o esôfago e não voltar o ácido para dentro ele.A xantina tem a capacidade de dizer sim ao relaxamento e pode propiciar uma exacerbação dos sintomas na medida que volte uma grande quantidade de ácido para dentro do esôfago,na medida que a pessoa usa café. GO - Doutor, muita gente fala que tomar um pouco de água com gás antes do café ajuda inclusive a combater os ácidos. Isso é mito ou é verdade? MQ - Existe um fundo de verdade nisso, pelo fato de que na água com gás existem algumas substâncias com algumas características e, a grosso modo, vamos entender assim, elas podem reagir com as substâncias ácidas, que são produzidas no estômago, e podem, entre aspas, abrandar um pouco a capacidade desse ácido causar um sintoma, e que na verdade ele continua nítido. A água com gás e algumas outras substâncias podem ter a capacidade de reagir com o ácido e aí neutraliza temporariamente a ação daquele ácido. Porque a gente sabe que existem algumas outras substâncias também, na própria água com gás, nos refrigerantes, nas bebidas alcoólicas, que podem colaborar com alguns sintomas. Se alguém tem uma lesão no estômago,

alguma lesão no esôfago e então pode piorar as vezes os sintomas dessas pessoas. GO - E hoje, uma alimentação bastante carregada, por exemplo, um copo de água com gás é bom, é benéfico? MQ - Isso varia muito, é pessoal. Não vamos induzir da forma que tem a pessoa, se ela comer demais, ela vai ter que tomar água com gás para que melhore os sintomas dela. Na verdade não é isso que acontece. Na verdade você tem aquela falsa sensação de que após você tomar uma água com gás, você vai, vulgarmente falando, arrotar e você tem aquela sensação de que parece que esvaziou alguma coisa.Um alívio. Mas o alimento está lá. Ele continua lá. Então, existe um tempo para o estômago esvaziar, para ele conseguir mandar o alimento para frente,para o intestino fazer a parte dele lá na frente. Esse tempo, a grosso modo, pode durar em média de 6 a 8 horas. Então, se você acabou de comer e vai tomar uma água com gás, então quer dizer que você vai ter um alívio logo? Claro que não. O alimento está lá ainda. Ele está sofrendo o processo de injeção que demore esse tempo. E então até você conseguir ter esvaziamento gástrico vai demorar. Talvez a própria água passa, claro e obviamente, mais rápido, é uma substância líquida. O alimento é sólido e precisa ser um pouco mais triturado e vai demorar mais pra poder passar. A água passa mais rapidamente. E, reafirmando, o fato de a pessoa arrotar dá aquela sensação de alívio, dá aquela falsa ideia que melhorou. GO - E no caso do café descafeinado. Ele é menos agressivo ao estômago do que o café normal? MQ - Não, o café descafeinado ainda tem as substâncias que às vezes se tornam agressivas. Então o café em si, quando a gente aconselha o paciente na verdade,de que ele não deve digerir ou que ele deve evitar,e hoje eu tenho muita reticência de conversar com os meus pacientes,de mais instruí-los,orientálos e fazê-los refletirem sobre a alimentação diária deles. Na verdade eu não quero dizer se, por exemplo, ele tomar uma gotinha de café ele vai ter algum problema. O grande xis da questão é quando a pessoa faz uso frequente de certas coisas. E isso, o tratamento da doença do refluxo, é como o de uma gastrite, uma úlcera gástrica, uma úl-

cera duodenal. E isso pode retardar o tratamento que seria adequado. Então, a grosso modo, a gente tem que entender que os alimentos que podem fazer mal a gente vai citar, vai colocar na frente do paciente, para ele ter consciência de que ele não vai fazer uso com aquela frequência que fazia. É muito simples de a gente entender. Se eu proibir uma pessoa e disser assim:'olha,você não vai mais comer, tomar mais, por exemplo, o seu café'. Uma pessoa de 50 anos de idade que tem aquele hábito há 50 anos. De duas, uma: ou ela realmente vai parar de tomar o café, estamos aqui falando do café só para dar um exemplo, mas tem várias outras coisas. Mas, obviamente, ou ela vai parar mesmo, de tomar o café e levar à risca, mas a grande maioria não faz isso, a maioria cai numa tentação e acaba tomando algumas coisas,que ela fazia, alguns hábitos, os velhos hábitos e que acabam ficando, que são cristalizados. Então é difícil de você dissolver alguns hábitos que se conseguiu ao longo da nossa formação, ao longo da nossa vida. Então, só refletindo sobre o que a gente conversou agora pouco, a pessoa tem que ter consciência de que aquele alimento tem que usar com cautela,tem que usar com inteligência. Por quê? Porque ele precisa ter carinho por ele mesmo. E se ele começa a exagerar,achando que aquilo não vai fazer mal, ele pode ter complicação depois. GO - Doutor, e com relação as pessoas que se queixam de dificuldades para evacuar. Que passam dois ou três dias se alimentando. O que ocorre no intestino e o que pode melhorar? MQ - A dificuldade de evacuar, propriamente dita, a gente qualifica, do ponto de vista técnico, é como uma constipação crônica. Isso é um problema muito frequente no nosso meio,é uma queixa muito comum no consultório, é uma doença propriamente dita, muito mais frequente no sexo feminino do que no masculino,e a gente pode ter inúmeras causas. Como uma alimentação inadequada, como o próprio paciente ter uma pré-disposição de ele manter o intestino, vamos dizer, um pouco mais preguiçoso. Mas dificuldade de exercer aquele trabalho nós qualificaríamos como o trabalho ideal. É muito difícil a gente falar o que é o ideal. Às vezes o ideal para você pode ser uma coisa e para mim pode ser outra. Tem pacientes que evacuam duas vezes por dia e para ele é o ideal isso. E tem pacientes que evacuam uma vez a cada dois dias e para eles é esse o ideal. Então eu acho que é preciso entender as vezes aquilo que está dando desconforto para o paciente, na constipação no caso, e para gente qualificar e dizer não, realmente esse paciente está constipado e ele tem uma dificuldade de evacuar, ele está tendo sintomas por causa disso. Os sintomas mais comuns,como aquele desconforto, aquela cólica, aquele mal-estar abdominal, aquele esforço para evacuar um pouco mais exacerbado. E então tudo isso tem que ser muito bem avaliado. A alimentação, a gente sabe que hoje em dia é muito bem conhecido que a pessoa que faz uma dieta basicamente rica em fibras, tem a possibilidade de evacuar e uma forma mais adequada. As fibras têm a capacidade de formar um bolo fecal e também de repassar de uma forma mais tranquila pelo intestino e vai sair de uma forma mais tranquila também.Mas, a pessoa que come de duas em d-


Gazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

s da Gazeta uas horas todos os dias,ou aliás,que só come a cada duas horas, por exemplo, essa pessoa não está livre também de ter constipação.Tem pacientes que têm aquilo no próprio organismo e muitas vezes tem pacientes que chegam ao consultório e falam para gente, com uma queixa de constipação, e que você trata e não consegue uma solução por definitiva ou até mesmo um paliativo.É algo fisiológico dele,é algo que ele convive com aquilo muito tempo e às vezes ao longo do tempo isso pode ser mutável, pode mudar. Ele pode voltar a ter uma certa evacuação normal, mas também pode ficar ao longo da vida dele,tendo essa dificuldade de evacuar. GO - Doutor, e o tabagismo? Esse, sim, é um vilão inconteste. Para o corpo do ser humano como um todo. Quais os efeitos que ele provoca? MQ - O tabagismo, não se discute de forma alguma o problema apenas fazendo um parêntese. A gente sabe que isso é uma coisa extremamente difícil do ponto de vista psicológico. Às vezes uma pessoa dependente pode largar aquilo e muitas vezes a gente tenta trabalhar com a mesma pessoa,com as complicações que ela pode ter ao longo da vida dela em relação ao uso do cigarro... GO -… e nunca tem muito efeito … MQ - … às vezes não tem efeito. A pessoa opta realmente por fumar mesmo e acaba continuando com isso até o fim da vida dela.Quando nós pensamos no aparelho digestivo, temos que levar em consideração as substâncias, aquelas mais básicas, porque elas podem ter uma ação direta,principalmente na formação do câncer. Então, veja, o indivíduo que fuma não vai ter só câncer de pulmão.O câncer de pulmão é extremamente frequente nas pessoas que são fumantes. Mas a pessoa que fuma pode ter câncer de boca, o principal fator que causa câncer de esôfago é o cigarro juntamente com a bebida. O câncer de estômago, também o câncer do intestino,o câncer de pâncreas, o câncer da bexiga, rim também. Então se nós formos conversar aqui de todos os cânceres que o tabagismo pode provocar ... GO - … o tabagista geralmente depois de uma refeição, a primeira coisa que ele faz é acender um cigarro. Então aí é destruir tudo, não é? MQ - Na verdade,o indivíduo que é tabagista tem aquela sensação de que ele precisa fumar depois que comeu, que é como se ele tivesse fazendo até a digestão. Mas isso é cultural. Isso não acontece, o cigarro não faz digestão coisa nenhuma, e é bom esclarecer para todos os telespectadores, todos os ouvintes ...

tão até muito importante e também tem o aspecto cultural envolvido e nós herdamos dos nossos avós e bisavós, tataravós e assim sucessivamente. É só a gente pensar de uma forma simples. Hoje em dia a gente já descobriu várias questões acerca do metabolismo do indivíduo. Que uma pessoa precisa de uma alimentação, ela precisa de energia. Por exemplo, quando ela vai fazer uma atividade física. Quando você vai olhar os grandes atletas numa olimpíada,um maratonista,um indivíduo que corre os 100 metros rasos, se você for parar para ver as horas que antecedem a prova, ele ingeriu alguma coisa. E isso não vai fazer com que ele tenha aquela chamada congestão.Nenhum dos atletas ingeriu essa congestão. A gente sabe que eles têm uma alimentação, eles precisam de energia para fazer a prova e nem com isso eles vão ter algum problema. Obviamente, esses atletas eles não estão fazendo uso limitado,tem uma alimentação extremamente copiosa. Então ele está comendo aquilo que seja necessário o suficiente para ele. O mito maior nessa questão é que a grande explicação para isso é que, talvez alguma pessoa, em algum momento lá atrás, no nosso passado, teria feito uma dieta copiosa, ter comido bastante e que tenha passado mal logo depois que comeu, na medida em que tivesse fazendo alguma atividade física ou qualquer outra coisa que tirasse a energia dele. A gente sabe que quando o indivíduo come, o intestino vai ter um trabalho para exercer,para poder quebrar os alimentos e para absolver os alimentos.O sangue é deslocado de algumas partes do corpo para a região abdominal,para que o intestino possa exercer esse trabalho de uma forma normal. Então, por exemplo, é só você pensar, você desloca o sangue para musculatura do intestino e se você vai fazer atividade física, você fica talvez com um pouco mais de fadiga na musculatura, o que o normal. É claro que é de bom tom se a pessoa fez uma alimentação extremamente exagerada, copiosa, obviamente ela não vai, logo em seguida, se submeter a uma atividade física de alto gasto calórico e, por exemplo, isso não vai haver uma competição orgânica, uma competição no copo dela que, como eu falei, o sangue precisa ficar ali, ele fica mais umas duas ou três horas na parte abdominal para receber

os alimentos, receber os nutrientes, os carboidratos, as proteínas, lipídios e tudo isso. O restante do corpo está pulsando,claro,mas,em termos proporcionais isso com o deslocamento. Obviamente, se a pessoa tem uma dieta de uma forma adequada, não a impede de fazer algum tipo de atividade, de forma moderada, de fazer, tipo a vida sexual, então, ou seja, então quer dizer que a pessoa almoçou e vai ter uma regurgitação e vai morrer por causa disso. Mas isso não vai acontecer.Então basicamente o que temos que entender é que o organismo ele pega e vai se valer daquele momento do local que mais está tendo a receptividade e vai mandar energia, vai mandar sangue para aquele local, porque esse é o trabalho dele. Então, obviamente, pouco repouso, não repouso absoluto, o que eu quero dizer, mas um pouco depois que comeu é de bom tom. GO - Doutor, e doenças relacionadas ao cálculo renal,também são muito comuns,muito freqüentes, não é? Quais os cuidados que a gente deve ter? MQ - É extremamente frequente a doença da vesícula biliar, quando você cita o cálculo na vesícula biliar. Que é a chamada pedra na vesícula. A incidência ela é grande. GO - É uma das maiores dores que o ser humano sofre? MQ - Sim, é uma queixa muito frequente, como de uma apresentação crônica, que eu diria, de longa data também, no meu consultório. Então, para você ter uma ideia, é a doença mais operada hoje no mundo inteiro. Em termos de cirurgia marcada que você faz. É a cirurgia mais feita no mundo inteiro. A vesícula biliar é um órgão de armazenamento da bílis. A bílis, que é produzida no fígado, é armazenada na vesícula e no momento em que a vesícula é solicitada, ela joga essa bílis de novo nos canais biliares, num canal maior, para cair dentro do intestino. E a função da bílis exatamente qual é? Quando o indivíduo come a gordura, a bílis tem a função de dissolver as gorduras, pequenas partículas, para que a gente possa absolver as gorduras, absolver no intestino e também vai ter as suas distribuições. Energia, armazenamento, uma série de funções. Para entender isso até de uma forma melhor, basta se

pegar uma panela, que a gente acabou de fritar um bife com óleo, por exemplo, e a gente pegou,tirou o bife e deixou aquela panela por um tempo ali.E aquele óleo fica incrustado ali na panela. E o que nós fazemos? A gente pega o sabão líquido e colocamos ali, jogamos um pouco de água e deixamos um pouco de tempo ali, para que ocorra a dissolução daquela gordura, para que na hora em que você passe a esponja, aquilo saia de uma forma mais fácil, de uma forma mais tranquila. Passar a esponja de aço, no caso, para poder tirar a gordura. A função da bílis é essa. É como se ela dissolvesse, a grosso modo, as gorduras do nosso organismo. GO - Doutor, o senhor é paulista, veio para Mossoró. A que o senhor atribui, dentro desse contexto, essa migração de profissional, exatamente dessa sua especialidade, aqui para cidades do interior? MQ - Essa é uma pergunta extremamente interessante porque, neste momento, eu estou completando sete meses aqui em Mossoró, foi uma das melhores decisões que eu tomei na minha vida. Trouxe a família toda pra cá, saí de uma cidade grande, uma cidade onde as competições são acirradas. Não porque aqui também não tenha FOTOS: ALCIVAN COSTA

GO - … o cigarro faz mal … MQ - … o cigarro faz mal, não é digestivo, é uma droga, a gente sabe do ponto de vista social que é uma droga lícita,e que é por isso que todo mundo usa, todo mudo compra, é fácil de obter, relativamente acessível ao bolso de muita gente e isso daí não tem como a gente qualificar um produto desse como uma coisa que possa trazer benefício para o indivíduo e principalmente para o aparelho digestivo. GO - E qual é o mito existente para pessoa estar com o estômago cheio e ir tomar banho, por exemplo. O que é que existe de mito nisso? MQ - Bem, essa aí é uma ques-

Entrevista concedida aos jornalistas Gilberto de Sousa e Luís Juetê

competição, porque em todos os lugares há competição e ela acaba, em até certo ponto sendo saudável, trazendo mais conhecimentos, às vezes, trazendo mais ajuda para quem vai se beneficiar com os serviços que as pessoas estão propondo, e quando você vive numa metrópole igual a São Paulo, você acaba caindo naquela mesmice, de fazer um trabalho muito rotineiro, todos os dias, e a capacidade que você tem às vezes, de se projetar numa cidade igual a São Paulo, igual ao Rio de Janeiro é difícil. É muito dificultoso para que você consiga ter uma ficção, para que você consiga achar, de uma certa forma, uma luz no fim do túnel, tanto na parte financeira, quanto na parte de qualidade de vida e de vários aspectos. A Região Nordeste, a gente entende e consegue até ver isso no dia a dia. A gente sabe que a carência de profissionais que tanto os generalistas quanto os especialistas essa carência é muito grande. É exagerada então. Eu não sei dizer para vocês estatisticamente agora, mas existe um número que a UNS qualifica que seja bom, da quantidade de médicos para um xis da população. Não sei dizer esse número, mas aqui na Região Nordeste ele está muito aquém do que seria o ideal. Então aqui a gente consegue, nós podemos na verdade traçar um perfil de uma qualidade de atendimento, uma qualidade de conversa com o paciente, de uma forma um pouco mais adequada, sem ter tanto aquela correria que a gente tinha, de uma cidade grande. Do número de pessoas, apesar de o número de médicos ser grande lá também e ainda estar aquém. Mas aquela correria advinda desse número de pessoas que são atendidas faz com que você perca a qualidade no atendimento. Então aqui, especificamente na cidade de Mossoró, a gente consegue numa consulta, esmiuçar os problemas do indivíduo, de uma forma adequada e que pelo menos nós julgamos que seja adequada para que ele possa ter resultados no tratamento. Além do que Mossoró é uma cidade fantástica, é uma cidade quente, uma cidade agradável, pessoas que eu vejo todo dia com o sorriso na cara, pessoas que a gente consegue conversar numa boa, que a gente faz novas amizades facilmente e que particularmente está me fazendo muito bem aqui. É um prazer estar aqui em Mossoró especificamente.


6 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Expressão Portugal e a ofensiva neoliberal Em Lisboa, visitei a sede do Partido Comunista, que fica situada na Avenida da Liberdade, na mesma avenida da Praça Marquês de Pombal ANTONIO CAPISTRANO Especial para o Expressão Ex-reitor da Uern e filiado ao PCdoB etornei de Portugal no dia 17 de abril próximo passado. Estive na cidade do Porto, onde passei cinco dias.Lá,no dia 9 de abril,assisti a uma palestra de Jerônimo de Souza, secretáriogeral do Partido Comunista Português. O tema da palestra: "Por uma política e um governo patriótico e de esquerda",foi uma excelente exposição sobre o que fazer diante da crise portuguesa. Em Lisboa, visitei a sede do Partido Comunista, que fica situada na Avenida da Liberdade, na mesma avenida da Praça Marquês de Pombal, próximo ao Hotel Florida, onde fiquei hospedado. Na visita que fiz ao PCP, conversei com o camarada Antonio Carrasco, pertencente à direção do Partido. Foi ele quem me recebeu em nome do Partido.A visita,antes da minha partida do Brasil, já estava agendada. Foi um bom papo,conversamos sobre a crise europeia e a situação da América Latina. Durante a minha estada em Portugal ocorreram dois fatos de repercussão internacional,fatos que tem muito a ver com o neoliberalismo e com a crise atual do capitalismo.

R

A morte da ex-primeira ministra Margaret Thatcher, a famosa dama de ferro, incentivadora do neoliberalismo. Foi ela, juntamente com o presidente norte-americano Ronald Reagan,quem tramou o plano de desestabilização dos países socialistas do leste europeu e impôs uma política neoliberal aos países do terceiro mundo. Nos países da América Latina, inclusive no Brasil, o Estado foi praticamente desmontado. Privatizar era a ordem, mesmo que as consequências dessas privatizações fossem desastrosas para o povo. Outro fato significativo ocorrido naqueles dias foi a eleição presidencial na Venezuela. Havia uma expectativa muito grande sobre o resultado do pleito, essa eleição era muito importante para o futuro da América Latina, a vitória de Maduro representava a continuidade da política antineoliberal implementada por Hugo Chávez, além, é claro, do fortalecimento do Mercosul e da Unasul, organismos fundamentais para a autodeterminação dos países da América do Sul. O chavismo e o lulismo são muito emblemáticos na derrocada do neoliberalismo no continente latinoamericano e muito admirado pela esquerda europeia. No sábado, 13 de abril, foi realizada em Lisboa

uma grande marcha pelo futuro, contra o empobrecimento e pela mudança de política e de governo. Fui convidado a participar, mas, infelizmente, não pude ir, pois já tinha um compromisso marcado. A marcha foi um êxito em todo o país, o povo protestou contra as medidas neoliberais do governo do Primeiro-Ministro Passos Coelho. Em Lisboa, sob a coordenação da CGTP (Central Geral dos Trabalhadores Portugueses), os trabalhadores demonstraram a sua insatisfação contra qualquer tentativa de cortes nas verbas para a educação e para a saúde. As conquistas sociais e trabalhistas são intocáveis.O que me alegrou foi a unidade das forças de esquerda em defesa do país e do seu povo. Me alegrou e me encheu de esperança. Portugal está vivendo uma profunda crise econômica, financeira e política. O desemprego e a incerteza sobre o futuro do país têm estimulado uma ofensiva neoliberal. Ofensiva essa que tem preocupado a classe trabalhadora. Todos sentem ameaçadas as conquistas históricas do povo português, a ordem da troika (FMI) é cortar gastos e retirar conquistas. É a mesma história de sempre:quem deve pagar a conta das crises do capitalismo é o trabalhador. Isto tem preocupado o povo português e os partidos de

esquerda, principalmente o Partido Comunista. O povo nas ruas de Lisboa vem demonstrado a sua insatisfação, não aceita imposição da troika (FMI). A CGTP - Central Geral dos Trabalhadores Portugueses, coordenadora da marcha, está conseguindo unir todas as forças de esquerda na mesma luta. Dizer não às propostas indecentes da troika e lutar pela ampliação das conquistas dos trabalhadores portugueses. Essa é a bandeira de luta das forças progressistas do país. Maio promete ser de muita mobilização,de muita luta por parte da oposição. Os trabalhadores do campo e da cidade estarão nas ruas exigindo mudanças. O mês de abril com as comemorações do dia 25, data comemorativa da Revolução das Rosas, fim da ditadura portuguesa e o 1º maio, com as comemorações do Dia do Trabalhador, certamente marcaram, com manifestações e protestos, contra a tentativa da imposição de medidas antipopulares e neoliberais. Vale salientar que essa crise afeta toda Europa e os Estados Unidos. São as crises cíclicas do capitalismo. A América Latina tenta se proteger dessa ofensiva, principalmente os países que conseguiram se libertar das amarras do neoliberalismo. Portanto, fica o alerta: trabalhadores de todo mundo, uni-vos.

Novos Poetas FELICIDADE

DONOS DO MUNDO Onde vai parar toda essa gente Que é tão inconsequente? Pensando em se beneficiar Pisa em muita gente. São os donos do mundo, Fabricantes de leis para beneficiar Só o seleto grupo da alta sociedade Que na lama da vaidade irá se afogar. Vivem brincando de fazer Uma atitude pior do que a outra. Primeiro, o dinheiro guardado na cueca do mensalão, Agora fazem o mesmo com a educação.

Tenho vivido como quem procura a felicidade em cada esquina, Talvez seja por isso que tenho ido por entre tantas esquinas, E voltado a elas como quem andasse em círculos. Mas o meu encontro a cada uma delas dura pouco, Pois ela está sempre se pondo, indo embora, Surgindo outrora em outra nova ou mesma esquina... Esquinas essas que eu já não esteja, por hora, Nem agora, não sei mesmo quando ao certo, Se realmente ela existe de certo essa hora. Sei apenas que corro e sempre em busca dela. Gerson Luiz Poeta

Sem responsabilidades, ainda querem Serem chamados de Doutores, Vossa senhoria é mais correto Para àqueles amigos eleitores.

SIM E NÃO

Jéssica Lima Poetisa

SER[TÃO]

Gosto de tudo; Não gosto de nada. Sou um vaso quebrado em meio a flores belas.

Cheio de vida pulsante, dos rios ou das pedras, dos açudes ou do chão. Sertão!

Sou o barulho; Faço silêncio. Sou o avesso no verso; Sou verso em mim.

Itamir Vieira Poeta

Edja Lemos Poetisa

Opinião Ney Lopes nl@neylopes.com.br

O "descompasso" do Judiciário e Legislativo Foi feliz o ministro Marco Aurélio do STF, ao negar crise entre o Judiciário e o Legislativo, considerando-a apenas "um descompasso no plano das ideias". Realmente, os questionamentos "no plano das ideias" sobre as relações entre os poderes do Estado têm origem remota nas revoluções americana e francesa, quando nasceram os "direitos políticos", sedimentados nos textos constitucionais. Na doutrina há quem denomine o direito constitucional de "direito político", por serem as Constituições o resultado de decisões políticas tomadas pela sociedade livre. Não são privilégios do Brasil as tentativas de ampliação de competências dos poderes e a consequente redução do poder do outro. O barão francês Montesquieu, no século XVIII, imaginou uma sociedade de liberdade entre diferentes e admitiu os riscos de "descompassos" (usando a expressão do Ministro Marco Aurélio), que fatalmente resultariam em prejuízos irreparáveis às liberdades públicas. Na verdade, Montesquieu não teve o objetivo de separar os poderes, mas sim de proteger a liberdade. O atual "descompasso" entre legislativo e judiciário se origina na proposta de emenda constitucional dispondo sobre "cláusula pétrea", erroneamente "admitida" na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados, visando conferir ao Congresso a competência de derrubar decisões\ do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre alterações constitucionais, com a palavra final dada a um plebiscito popular. A emenda estabelece que para o STF declarar a inconstitucionalidade de lei seriam necessários nove votos dos 11 ministros. Atualmente, são seis votos. Outra mudança se refere à exigência de quatro quintos dos membros do tribunal para a aprovação das súmulas vinculantes. Atualmente, são dois terços. O autor deste artigo, na condição de deputado federal, foi o relator do parecer aprovado na CCJ no ano de 2003, sobre a implantação da súmula vinculante no Brasil. Trata-se de um mecanismo útil e que agiliza o processo judiciário. Adotado em vários países, permite que juízes sigam o entendimento do Supre-

mo, acerca de determinada jurisprudência pacificada. Sem dúvida, grande avanço. Outro ponto que ampliou as labaredas do "descompasso" entre o Legislativo e o Judiciário foi a decisão do ministro Gilmar Mendes, suspendendo a tramitação no Congresso do projeto de lei que fere cláusulas pétreas da Constituição ao prejudicar a criação de novos partidos. O sistema jurídico brasileiro assegurou ao STF a função de "guardião" da Constituição e ao STJ o papel de preservar o direito federal. Como guardião da Constituição, não é a primeira vez em que o STF analisa questões internas do legislativo, nas hipóteses de evidente lesão grave ao processo legislativo, ou a cláusulas pétreas vinculadas a direitos e garantias fundamentais. Recentemente, a ministra Carmen Lúcia concedeu liminar, suspendendo parte da nova Lei dos Royalties do petróleo, alegando desequilíbrio do sistema federativo. Os fatos ocorridos realmente demonstram "descompassos de ideias", como sugere o ministro Marco Aurélio. Todavia, não podem ser jogados para debaixo do tapete do tempo. A estabilidade democrática depende da harmonia e independência dos poderes. Para que isto se consolide no Brasil, nada melhor do que recordar as próprias palavras de Montesquieu, que afirmou: "Em suma, o poder só pode ser controlado pelo poder: controles recíprocos. Quando, na mesma pessoa ou no mesmo corpo de magistratura, o poder legislativo está reunido ao poder executivo, não existe liberdade. Tampouco existe liberdade se o poder de julgar não for separado do poder legislativo e do executivo. Tudo estaria perdido se o mesmo homem, ou o mesmo corpo dos princípios, exercesse os três poderes: o de fazer as leis, o de executar as resoluções públicas e o de julgar os crimes ou as querelas entre os particulares". O "descompasso" caminha para uma saída honrosa, em razão da habilidade política dos presidentes do Senado e da Câmara. Entretanto, por cautela, é bom não deixar de meditar sobre as palavras transcritas de Montesquieu.


Gazeta do Oeste 7

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Expressão Cinema

MEU PÉ DE LARANJA LIMA

Iuska Freire iuskafreire@gmail.com twitter: @Iuska

Clássico infanto-juvenil ganha versão autoral nas mãos de Marcos Bernstein

á várias pessoas que gostam de filmes, mas não necessariamente de assisti-los no cinema. Preferem a comunidade do DVD e o conforto de suas casas. Na terça-feira passada (30) conheci um leitor que se encaixa nesse perfil. Eu e Marcel (desculpe se seu nome for Marcelo, confesso que fiquei com vergonha de pedir para repetir) estávamos na fila da farmácia e ele disse que lia minha coluna, sempre anotava as dicas, mas que não frequentava muito o cinema. Fiquei feliz com esse feed-back, nós que trabalhamos com jornal impresso não temos muito esse contato.Realmente há muitas pessoas que preferem assistir filmes em casa, aqui em Mossoró passamos muito tempo sem acesso a salas de cinema e criamos o hábito de assistir filmes em DVD, mas no fundo é questão de gosto mesmo. Eu também adoro fazer uma maratona de filmes e me esparramar no sofá, mas também amo ir ao cinema.

H

NATÁLIA BRIDI Crítica de cinema Do omelete.com.br esgatando as memórias da infância pobre, José Mauro de Vasconcelos encontrou o sucesso na vida adulta. Em 12 dias, deu corpo às quase 200 páginas de Meu Pé de Laranja Lima e transformou sua improvável amizade com a pequena árvore do quintal em um fenômeno editorial.Lançado em 1968, o livro, hoje umas das publicações brasileiras mais traduzidas, enfrentou a resistência da crítica por seu apelo sentimental,mas foi logo acolhido pelo público,que o incorporou ao imaginário do país. Aurélio Teixeira foi o primeiro a levar o livro ao cinema, em 1970, mesmo ano em que a história chegava à televisão, em uma novela da TV Tupi (novas versões novelescas surgiriam em 1980 e em 1998, na Rede Bandeirantes). Cien-

R

te da ausência de Zezé e sua árvore na cultura brasileira dos anos 2000, a produtora Kátia Machado encomendou aos roteiristas Marcos Bernstein e Melanie Dimantas uma nova adaptação do clássico infanto-juvenil. Dez anos depois, Meu Pé de Laranja Lima retorna ao cinema em uma visão diferente, mais melancólica e completa, do texto de Vasconcelos. Em seu segundo longa como diretor,Bernstein (roteirista,entre outros,de Terra Estrangeira, Central do Brasil e O Outro Lado da Rua, sua estreia na direção) exalta a qualidade biográfica da obra original, colocando o autor como personagem. É Vasconcelos (Caco Ciocler) que abre o filme, ao receber em casa o primeiro exemplar do livro, e dá início à narrativa que depois será conduzida pelo menino Zezé (João Guilherme Ávila).Em um carro antigo, segue por estradas de terra para dividir com um velho FOTOS: DIVULGAÇÃO

amigo sua nova conquista e as reminiscências da infância. Enredo e imagens são então compostos como recordações. Não se trata de uma versão crua de uma infância pobre cheia de fantasias, mas da lembrança dessa infância, onde imaginação e realidade se confundem. Bernstein não se preocupa em explicar didaticamente a vida de Zezé e seus sofrimentos oriundos da pobreza e do alcoolismo do pai. O mundo do personagem se desdobra aos poucos, partindo do menino que se apresenta "com o diabo no corpo" em uma prece por um presente da natal para o irmãozinho. Daí segue uma realidade propositalmente anacrônica, onde convivem CDs, celulares,carros antigos e trens, e se estabelecem as amizades que mudarão a vida do menino, com a árvore do título (que por sua aparência frágil recebe a alcunha de Minguinho) e com o antes temido Portuga (José de Abreu). A visão de Zezé sobre sua própria vida é o que importa nesta nova versão de Meu Pé de Laranja Lima. Bernstein traduz essa qualidade pela fotografia de Gustvo Hadba, que exalta o verde do interior de Minas Gerais, e por suas escolhas de ângulos, usando, por exemplo,o contra-plongée (quando a câmera filma de baixo para cima) nos momentos de repressão. O uso do plano para refletir o ponto de

vista de uma criança poderia ser um clichê cinematográfico, mas aqui transmite com precisão a visão exagerada das recordações de Zezé, que não se lembra da dor sofrida, mas das expressões nos rostos de seus agressores. Os planos escolhidos pelo diretor também são felizes na hora de contornar as dificuldades do elenco infantil, que afasta a câmera para fugir de eventuais falhas na atuação. Seguindo a linha das adaptações anteriores, Bernstein poderia ter facilmente transformando seu Pé de Laranja Lima em um melodrama comercial, servindo-se das diabruras de Zezé como alívio cômico. Seu filme, porém, supera sua condição inicial de "versão ao cinema do clássico infanto-juvenil" e adapta fielmente não as palavras, mas a essência do livro de Vasconcelos: as impressões de uma infância sofrida que foi salva pela imaginação.

HOMEM DE FERRO 3

OS CROODS Duração: 99 min Censura: livre

Duração: 130 min Censura: 12 anos

Duração: 87 min Censura: 12 anos

EM CASA Podemos rever filmes que não estão em cartaz, fazer sessões sem hora marcada, convidar os amigos e nos acomodar no conforto de nossa casa. É muito bacana, sobretudo com o advento do cabo HDMI que possibilita plugar o computador direto na TV! Amo o cabo HDMI e as TVs modernas. SOMOS TÃO JOVENS Estreou nessa semana o filme biografia/drama "Somos tão jovens", sobre a trajetória de Renato Russo, líder da Legião Urbana. Ansiosa pra assistir. Há várias sessões no Multicine.

Filmes da Semana VAI QUE DA CERTO

NO CINEMA No cinema não há vizinho ou aquele parente chato que chega mesmo na hora daquela cena principal. O tamanho da tela, a sala escura e o sistema de som também são incomparáveis. Amo ir ao cinema.

TERROR Outro filme que estreou essa semana foi "A morte do demônio". Pelo nome dá um medinho sim, mas tenho curiosidade em assistir, sobretudo porque é uma refilmagem de um filme da década de 1981. Outro filme de terror que vou assistir brevemente será "Mama". THE NYMPHOMANIAC Se Lars von Trier di-

vide opiniões com seus filmes que sempre trazem mulheres sofredoras e um tanto neuróticas, o próximo filme do diretor dinamarquês "The Nymphomaniac" promete ser ainda mais polêmico. O primeiro pôster trouxe a frase "Esqueça o amor". O primeiro trailler já tem data de divulgação: 16 de maio. DICA Comecei a escrever essa coluna ouvindo a trilha sonora de um filme que assisti há alguns anos. Simplesmente lindo. "Na Natureza Selvagem" (2007) conta a história verídica de Christopher McCandless, que após a formatura largou tudo que possuía e decidiu fazer uma viagem solitária pelos Estados Unidos. Através desse filme podemos tirar várias lições, sobre desapego a bens materiais, necessidade de auto-conhecimento, valorização de coisas simples e busca da liberdade. ESTAÇÃO DO REPENTE No dia 27 de abril saí de casa com a intenção de assistir o documentário "Cordelíricas Nordestinas", que marcou a abertura do projeto "Estação do Repente", na Estação das Artes Elizeu Ventania. Infelizmente não assisti, houve problemas na organização por parte da Prefeitura de Mossoró, o que atrasou bastante o evento.

CENAS INESQUECÍVEIS

A MORTE DO DEMÔNIO

SOMOS TÃO JOVENS

3D HOMEM DE FERRO 3

Duração: 100 min Censura: 18 anos

Duração: 104 min Censura: 14 anos

Duração: 130 min Censura: 12 anos

"A única dádiva do mar são seus sopros severos, e, ocasionalmente, a chance de se sentir forte. Eu não sei muito sobre o mar, mas eu sei que o caminho é por aqui. E também sei o quanto é importante na vida não necessariamente ser forte, mas sentir-se forte, se avaliar uma vez na vida, se encontrar pelo menos uma vez na mais antiga condição humana, encarando a cegueira, ficando surdo com nada pra te ajudar além de suas mãos e sua própria cabeça" - Na natureza selvagem (2007)


8 Gazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Sociais Now!

CEDIDA

“ ”

Amar talvez seja isso... Descobrir o que o outro fala

Diego Pinheiro

mesmo quando ele não diz.".

diegobradok@hotmail.com twitter: @diegolpinheiro www.colunistadiegopinheiro.blogspot.com

Pe. Fábio de Mello

DISTÂNCIA

Saudade é gosto amargo, solidão que se junta ao corpo em busca de um cheiro bom. Não há tristeza maior do que querer tanto alguma coisa e ela estar longe, longe dos dedos e dos beijos. Longe do abraço, mas ao mesmo tempo tão perto: dentro do coração. É correr sem sair do canto, é um tanto quanto vazio em um complexo de se sentir completo. Falar de distância é como medir com uma régua onde está aquilo que se procura, é tanto querer e tão pouca ousadia. Nesta hora eu quero aquele beijo de novo, todo aquele bem que por hora me faz lembrar que vale a pena esperar... Esperar é demonstrar dom, o dom de saber amar. A distância não deve afetar algo que é verdadeiro. Na distância não é necessário julgar, quando há esperança. Agora fica o recado, telefone do lado e quando chegar, quero o dia inteiro rosto colado. CEDIDA

E MAIS... *Ontem foi dia de comemorar o aniversário do jornalista Guilherme Ricarte. Um abraço ao excelente profissional de comunicação. Parabéns! *O Residencial Rosanira Miranda, da Hepta Construções, já está em fase final de acabamento. Obra pontual merece aplausos. Avante, Leopoldo! *A parte social da festa da padroeira de Água Nova vai ocorrer no sábado(11), com Forró do Bole-Bole e no domingo (12) com “Flávio Pizada Quente”, no Pilequinhos Clube. Sucesso ao Alcimar Almeida. *Anote aí, que na Praça da Convivência na próxima sexta-feira vai ter o som de Anderson Lima. Também na sexta se apresenta no Teatro Dix-huit Rosado a cantora Joanna. *No sábado, showzão da Banda Disco de Vinil, na Praça da Convivência. Muita coisa boa! *De 14 e 16 de maio, no Campus da UnP Mossoró, ocorrerá a VI Congresso Científico e Mostra de Extensão da UnP. Estudantes, escrevam seus trabalhos. *A ação social realizada por esta GAZETA em benefício do cidadão mossoroense foi um sucesso. Fiquei muito feliz em poder somar a toda essa equipe. Também agradecer aos que se envolveram de alguma forma. Ajudar ao próximo é sempre motivo de orgulho. *Hoje, o Potiguar enfrenta o América em Goianinha. A prefeita Cláudia Regina, ligada nos acontecimentos, já repassou a terceira cota do patrocínio aos clubes de Mossoró. Mais uma vez não dorme no ponto. *Precisamos de uma maior fiscalização em torno desta GAZETA quanto aos taxistas. A bagunça é grande...

ANTIGOS O 14º Encontro de Carros Antigos de Mossoró ocorre até hoje no Hotel Thermas. Ainda dá tempo de visitar as relíquias no pátio do hotel. Excelente programa para hoje.

Todos os vivas hoje para a aniversariante Natália Vasconcelos

ALMOÇO DO DIA DAS MÃES

NÍVER(ES)

No próximo dia 12, o Hotel VillaOeste agenda um almoço especial para comemorar o Dia das Mães. Além do almoço, a boa música da cantora Nida Lira. Faça sua reserva no (84) 3323-0300. CEDIDA

HOJE Natália Vasconcelos Washington Sales Alex Moacir Homero Júnior Denise Santos João Batista Carol Praxedes Sônia Lima AMANHÃ Carlos Careca Jéssica Dantas Lucas Jadson Turbay Júnior Fernanda Martins

Aniversariante de terça-feira, Laríssia Cristina. Parabéns!!!

TERÇA-FEIRA Laríssia Cristina Danílio Varela Ana Cristina Simone Almeida Brunna Rebouças Raul Pereira Arthur Estácio

Fred do Rosário ao lado do paizão Neto. Um abraço!! CEDIDA

BENEFICENTE A Apae Mossoró realiza hoje, no Porcino Park Center, a sua tradicional feijoada, que começa ao meio-dia cheia de atrações, como Gianini&Thábata, Samba Nobre, Pegada de Luxo, Andre Luví, Forró dos 3, Radiola Club, Dayvid Almeida, Genê de Paula e Forró com Ela. O valor da senha é R$ 10,00, antecipada e na hora do evento. Participem!

QUINTA-FEIRA Dandara Holanda André Ramon Samara Gomes Margarete Pinheiro Ângela Maria

AAA Minha amiga Soraya Vieira comemora 11 anos de sua coluna no próximo dia 18 de maio, às 17h30, na Escola Profissionalizante Catarina de Siena. E a comemoração é dupla com os festejos alusivos aos 7 anos de sucesso do seu portal, o www.sorayavieira.com.br. Parabéns!!!

THE END

Caio Vinícius abraçando a namorada Jordana Dantas

CÉLIO DUARTE

O amigo Igor Allamo e Natasha Mendes, no Buteco do Gegê

QUARTA-FEIRA Kelly Monique Rafânia Jácome Ludmila Lima Maria do Carmo Leônidas Pereira

CÉLIO DUARTE

Francisco José Júnior ao lado de sua companheira Amélia

Supere isso e, se não puder superar, supere o vício de falar a respeito”. A FRASE DA SEMANA - AUTOR: CAIO F. ABREU

“O cara que pensa em você toda a hora/Que conta os segundos se você demora/Que está todo o tempo querendo te ver/Porque já não sabe ficar sem você/E no meio da noite te chama/Pra dizer que te ama/Esse cara sou eu/O cara que pega você pelo braço/Esbarra em quem for que interrompa seus passos/Que está do seu lado pro que der e vier/O herói esperado por toda mulher/Por você ele encara o perigo/Seu melhor amigo/Esse cara sou eu/O cara que ama você do seu jeito/Que depois do amor você se deita em seu peito/Te acaricia os cabelos, te fala de amor/Te fala outras coisas, te causa calor/De manhã você acorda feliz/Num sorriso que diz/Que esse cara sou eu/Esse cara sou eu/Eu sou o cara certo pra você/Que te faz feliz e que te adora/Que enxuga seu pranto quando você chora/Esse cara sou eu/Esse cara sou eu/O cara que sempre te espera sorrindo/Que abre a porta do carro quando você vem vindo/Te beija na boca, te abraça feliz/Apaixonado te olha e te diz/Que sentiu sua falta e reclama/Ele te ama/Esse cara sou eu”, Roberto Carlos. Bye! (DP).


ENTREVISTA

6

Sophie Charlotte se sente tranquila por dividir posto de protagonista de "Sangue Bom" com cinco colegas

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

NO MEIO DO

FURACÃO

BRENDHA HADDAD INTERPRETA POLICIAL INFILTRADA EM "SALVE JORGE"

GRAÇA NATURAL 4

NO AR EM "SALVE JORGE", FLÁVIA GUEDES RESSALTA O HUMOR COMO BASE DA SUA CARREIRA


2 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Zapping

Editor do suplemento: Maxwell Ferreira - maxwell_ferreira@hotmail.com Fotos: Jorge Rodrigues Jorge, Luiza Dantas e Pedro Paulo Figueiredo/Carta Z Notícias

SÉTIMA ARTE Após trabalhar com televisão,o sonho de muitos atores é se dedicar ao cinema. Victor Sparapane, o intérprete do simpático Fera, de "Malhação", não irá fugir a regra.Depois do final da atual fase do folhetim adolescente, o ator pretende investir seus estudos em cinema e se aperfeiçoar na interpretação. "Curto fazer misturas boas e agregar trabalhos diferentes. Além disso, quero continuar fazendo televisão e testes. Afinal, nada está garantido", explica ele, que tem vontade de investir na comédia. "O Fera despertou em mim um interesse por esse lado cômico'', ressalta.

TRABALHO FINALIZADO Tiago Santiago está se mostrando uma máquina de escrever. Após encerrar os trabalhos de "O Superpoder do Amor", novela que já entregou ao SBT, o autor se dedica a um novo projeto para a emissora. Ele já escreve um novo folhetim e assim irá cumprir o estabelecido em seu contrato, que era entregar quatro tramas ao canal. Apesar dos textos finalizados, Tiago não tem ideia de quando as produções irão sair do papel COLORIDO DO ARCO-ÍRIS Os ares de mulher fina e elegante de Deborah Bloch ficarão para trás em "Saramandaia". Na adaptação de Ricardo Linhares, a intérprete de Risoleta irá explorar cores, saias rodadas, cintura marcada e blusas decotadas. No "remake", sua personagem será casada com Aristóbulo,papel de Gabriel Braga Nunes, e terá o fetiche de ver sua transformação em lobisomem. PEQUENA NOTÁVEL Alguns atores de "Amor à Vida" terão um esquema diferenciado de trabalho. Alguns profissionais não irão assinar por obra com a emissora. Os jovens atores, em sua maioria da escola de Wolf Maya, diretor da novela, realizaram testes para a trama e passaram na seleção. Eles foram informados de que devem ficar à disposição do folhetim. Serão chamados para gravar determinadas cenas, mas receberão apenas pelas diárias trabalhadas. COFRES MAGROS O elenco de "Chiquititas" pode começar a fazer turnês pelo Brasil assim que a novela estrear. Em "Carrossel'', os atores só saíram em turnê após o fim das gravações do "remake".

VIA ''WEB'' Pensando na velocidade da internet, Alexia Garcia, que esteve em "Vidas em Jogo", pensou no projeto "Quebra Cabeças". A produção busca construir uma dramaturgia interativa, onde o público não somente opina, mas participa efetivamente da construção da história. Realizado pela Mãos do Vento Produções em parceria com a Trailer Produções, o projeto vem adquirindo força justamente por atrair a atenção do publico que, ao mesmo tempo em que se diverte, também ajuda a criar uma obra artística. HORA DO TCHAU Sucesso de crítica e audiência, vencedora de diversos prêmios - entre eles o de Melhor Série Internacional no Festival y Mercado de TV Internacional - ''Rei Davi'' estreou no canal espanhol Mundo FOX, exibido pela tevê americana. A minissérie é um épico que retrata, em 29 capítulos, a vida de um homem polêmico, senhor da guerra, libertador de seu povo e, ao mesmo tempo, um artista generoso, sensível, poeta, músico e amigo de Deus. DE VOLTA AO AROUCHE Encerrado há mais de dez anos, o seriado "Sai de Baixo" ganhará quatro episódios inéditos no canal Viva. Na versão atual, a empregada Neide Aparecida, vivida por Márcia Cabrita, volta ao apartamento do Largo do Arouche rica e promove um reencontro entre os principais personagens da série. A produção deve ir ao ar a partir do dia 28 de maio. VERSATILIDADE Rafael Cortez está colhendo os frutos do sucesso na apresentação do ''Got Talent Brasil", da Record. O ex-repórter do "CQC" conversou com alunos da Faap, em São Paulo, sobre como tem sido sua nova experiência. GAROTA DO BEM O universo hospitalar não estava tão distante de Raquel Villar antes de ser escalada para viver a enfermeira Inaiá em "Amor à Vida'', próxima novela das nove da Globo. A atriz também é voluntário do grupo Conexão do Bem, que faz intervenções artísticas em hospitais do Rio de Janeiro. "Isso está sendo uma grande experiência para mim, não só profissional, mas no pessoal, me fazendo questionar sobre a aproximação e a troca com o outro", afirma ela, que pretende conciliar as visitas nos hospitais com as gravações do folhetim de Walcyr Carrasco. Além disso, Raquel também estará no filme "Mato Sem Cachorro", que estreia este ano.


Sobre a mídia

Aline Linhares

TVGazeta do Oeste 3

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Não espere por uma crise para descobrir o que é importante em sua vida". Platão

REGISTROS

alineolinhares@hotmail.com Twitter: @alinelinhares Site: www.alinelinhares.com.br

DESTAQUES

MAIS TRANSPARÊNCIA A proposta que torna mais transparente as concessões de TV e rádio em todo o país vai ser analisada por duas comissões do Senado. Este projeto que obriga emissoras a disponibilizarem documentos na internet também vai ser examinado por senadores da Comissão de Constituição e Justiça. A pedido do senador Pedro Simon, do PMDB do Rio Grande do Sul, foi enviado também para a Comissão de Constituição e Justiça o projeto do senador Pedro Taques, do PDT de Mato Grosso, que tem como objetivo tornar mais transparente as informações sobre quem controla as concessões de TV e Rádio em todo o País. A proposta obriga as emissoras a disponibilizarem no site delas toda a documentação, atualizada, sobre o controle acionário, assim como qualquer mudança que venha a ocorrer ou que tenha acontecido durante o período de vigência da concessão. O projeto também obriga a publicação na internet da cópia dos contratos de concessão e da proposta do preço na licitação. As emissoras que operam na condição de educativas, por sua vez, terão que comprovar, via Fundação, a vinculação com a instituição de ensino, assim como exibir um certificado do Ministério da Educação de que realmente estão cumprindo sua missão educativa. O encaminhamento para a análise deste projeto foi feito pelo vice-presidente do Senado, o senador Jorge Viana, do PT do Acre. Se for aprovada por estas duas Comissões do Senado, a proposta seguirá para análise na Câmara dos Deputados.

@ As comemorações aos 36 anos da GAZETA DO OESTE reuniu, e continua unindo, funcionários, colaboradores e admiradores do jornal. Vida longa a esse impresso importantíssimo no RN. @ A tradicional feijoada da Apae é hoje, às 12h, no Porcino Park Center. Participe! @ O locutor Edimar Castro - 95 FM - começa carreira de humorista.Vídeos de Edimar contando piadas já estão circulando pela internet. Quando será o show? @ Lêda Costa - Difusora AM/Rádio e TV Lembrança - toda feliz com o primeiro ano do seu programa na TV Lembrança, o Anima Geral. Todo sábado pelo www.lembranca.tv.br. @ Jane Diógenes, a Jani Di - Personal Mkt - está colocando em prática, e com competência, a profissional de publicitária. @ A jornalista Ádala Dayanne, de Assu, disse sim ao amor e ao amado Sérgio Souza nesta semana, na terra dos poetas. @ Wilson Moura - 98 FM - movimentando as tardes da emissora, das 13h às 16h, com o programa Tarde 98. Mas ele também investe tempo e dedicação a administração da rádio. @ Já o programa Canal Livre, da mesma emissora, a 98 FM, completa três anos e a festa foi ao lado do povo. A apresentadora Fátima Dantas e só alegria. @ Com relação à Universitária FM,infelizmente nenhuma novidade. Até quando? Só Deus sabe. @ A TCM prossegue com a 'Retrospectiva 10 Anos'. Boas imagens e lembranças de vários acontecimentos da cidade. @ O repórter policial Francileno Góis - TCM - bem feliz pelos 4 anos em que está no casting da emissora. @ O locutor querido George Wagner posta fotos antigas em sua página pessoal no Facebook, da época de rádio. @ Agradecer aqui pelos três anos da parceria com a Slap Jeans | Panthera Negra Mossoró. Que outros anos mais venham! @ Acompanhe o telejornal Mossoró Notícias, de segunda a sexta, a partir das 18h30, na TV Mossoró. @ E a festa Celebration, de Sérgio Chaves - De Fato - foi no estilo chick e agradável. Mais uma inesquecível. @ Essa semana o poeta e presidente da POEMA - Poetas e Prosadores de Mossoró - recebeu a equipe da TV Assembleia para algumas participações e resoluções em relação a Mossoró. @ Para a estreia da revista Bzzz,que os jornalistas Eliana Lima e Carlos de Souza lançam no mês de junho, exemplares serão encartados para assinantes da Tribuna do Norte e em Mossoró, em todos exemplares da edição de domingo do O Mossoroense.


4 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Raio-x

Graça natural No ar em "Salve Jorge", Flávia Guedes ressalta o humor como base da sua carreira AMANDA ROLIM TV PRESS

F

azer comédia requer certas técnicas. Mas, para algumas pessoas, trabalhar com o humor parece ser algo natural. Este é o caso, por exemplo, de Flávia Guedes. Atualmente no ar na pele da descontraída Salete de "Salve Jorge", ela consegue deixar a persona-

gem, que chegou a ser escravizada na Turquia,mais leve e engraçada. Convidada pela própria Gloria Perez para integrar o elenco da novela,seu papel foi inspirado em um caso real de tráfico humano. Mas que, diferentemente da maioria, acabou com um final feliz. "Assim como a minha personagem, a mulher que inspirou a Salete também conheceu o amor da sua vi-

da no país em que foi escravizada.Elas tiveram sorte",explica. Natural da pequena cidade de Jataí,em Goiás,Flávia se mudou para o Rio de Janeiro aos 17 anos de idade com o objetivo de estudar teatro. Assim, a atriz se formou em Artes Cênicas pela CAL - renomada escola carioca de interpretação - e, antes de estrear na tevê,já se des-

tacava nos palcos. Foi o espetáculo "O Surto", inclusive, que abriu as portas para ela na televisão."A gente estreou 'O Surto' em 2003 e, como a peça virou uma obra 'cult' na época, todos os produtores de tevê foram assistir. Então, a partir disso, passei a ser convidada para trabalhos na tevê", relembra.

Flávia Leite Guedes Nome: Flávia Leite Guedes. Nascimento: Em 29 de maio de 1979, em Jataí, Goiás. Primeiro trabalho na tevê: "Foi na minissérie 'Um Só Coração', de Maria Adelaide Amaral e Alcides Nogueira". Sua atuação inesquecível: "Eu gosto muito da Aspásia da novela 'Araguaia'". Interpretação memorável: "A Adriana Esteves como Carminha, em 'Avenida Brasil'". Momento marcante na carreira: "Quando eu fui indicada ao 13º Prêmio Contigo!, na categoria Revelação". O que falta na televisão: "Acho que a tevê tem de tudo, no momento não falta nada". Com quem gostaria de contracenar: "Eu gostaria muito de contracenar com Marília Pêra e Fernanda Montenegro". Se não fosse atriz, o que seria: "Infeliz, porque não sei fazer outra coisa. Se a minha carreira não der certo, vai ser complicado". Humorista: Jim Carrey. Novela preferida: "Pedra Sobre Pedra", assinada por Aguinaldo Silva, Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares. Cena inesquecível na tevê: "Quando eu contracenei com a Laura Cardoso em 'Araguaia', porque eu realmente perdi o controle e tive uma crise de choro". Melhor abertura de novela: "A abertura da primeira versão de 'Ti-Ti-Ti' com todas aquelas agulhas". Vilão marcante: "A Carminha de 'Avenida Brasil'". Personagem mais difícil de compor: "Fiz uma peça chamada 'Marat Sade', onde eu interpretava uma mulher esquizofrênica e, na época, tive de ir a hospícios para estudar a personagem". Papel que mais teve retorno do público: "A Aspásia de 'Araguaia'". Melhor bordão da tevê: "'E o salário, ó!', do Chico Anysio". Melhor programa de humor: "Mesmo que já tenha chegado ao fim, eu gosto muito de 'Friends'". Que novela gostaria que fosse reprisada: "Pedra Sobre Pedra", de Aguinaldo Silva, Ana Maria Moretzsohn e Ricardo Linhares. Que papel gostaria de representar: "Queria fazer a Tieta, que volta linda". Par romântico inesquecível: "Potira e Jerônimo, interpretados por Dira Paes e llya São Paulo, na segunda versão da novela 'Irmãos Coragem'". Com quem gostaria de fazer par romântico: Vladimir Brichta. Filme: "O Silêncio dos Inocentes", dirigido por Jonathan Demme. Autor predileto: "É sempre o do trabalho atual". Diretor favorito: Marcos Schechtman. Livro: "No momento eu estou lendo o 'Carcereiros', do Drauzio Varella". Vexame: "Eu já caí do palco, já espirrei em cena, eu também confundo muito as pessoas, pago muito mico". Um medo: "De perder gente que eu amo". Projeto: "No futuro, quero casar e ter filhos".


TVGazeta do Oeste 5

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Bastidores

AGORA É QUE SÃO ELAS SEM CAIR EM CARICATURAS, A SÉRIE "AS CANALHAS" MOSTRA O LADO DURO DO SEXO FRÁGIL

ANNA BITTENCOURT TV PRESS

N

a nova safra de séries exibidas pelo canal a cabo GNT está "As Canalhas", que estreia na segunda, dia 6 de maio. Baseado no livro "Canalhas, Substantivo Feminino", de Martha Mendonça, a produção pretende mostrar que mulheres também são capazes de cometer maldades comuns do universo masculino. "A ideia é brincar em cima do tema, sem que fique pejorativo ou preconceituoso", explica Lama Ferreira, que assina a direção da série. Cada episódio - são 13 no total - terá uma protagonista dis-

tinta, que dará título à história. As tramas começarão em um salão de beleza, comandado pela personagem de Zezeh Barbosa, que aparece em todos os capítulos. Entre as atrizes do elenco, estão Mel Lisboa, Carla Marins e Luiza Mariani. "Estas mulheres são transgressoras, não respeitam regras sociais, morais e comportamentais", define Anna Muylaert, diretora e roteirista da produção. O sétimo episódio, chamado "Ednéia",terá Mônica Barroso no papel principal.De origem humilde, a jogadora de vôlei não hesita em passar por cima de outras pessoas para conseguir se tornar uma atleta profissional.No entanto,ela esbarra em Kátia, interpretada por Raíssa Venâncio, uma rival à sua altura. "É o único episódio em que a canalha encontra uma pessoa mais canalha

ainda", brinca Léo Carvalho, que também faz parte da direção da série.Nesse episódio, todas as cenas foram gravadas no Tijuca Tênis Clube, na Zona Norte do Rio de Janeiro. "A direção do clube abraçou a série. Então, acabamos assumindo que o Tijuca é o clube da história", diz o diretor, explicando o motivo do uniforme de vôlei do clube ser o mesmo usado pelas atrizes. A parceria entre a produção do episódio e o Tijuca Tênis foi tão grande que atletas do clube fazem parte da figuração."Escolhemos nove atletas do time juvenil de vôlei para fazer as cenas de disputa na série", complem e n t a Léo. D u rante as gravações, Raíssa Venâncio e Mônica Barroso mostraram total integração com a equipe de vôlei do clube. Entre uma cena e outra, as meninas - todas beirando os 18 anos -, batiam bola, dançavam e cantavam "funks" e pagodes. "Antes de começar

a rodar o episódio, viemos para cá para conhecê-las. Também para observar como elas se comportavam durante os jogos", entrega Raíssa. Outro fator que contribuiu para que as cenas transcorressem com naturalidade foi a escolha de Isabel, do vôlei, para interpretar a técnica do time. "Essa é sua vida! Não se prenda ao texto, o que você falar, está falado", dizia o diretor Lama durante as gravações para a ex-atleta. "Minha única preocupação é não parecer uma caricatura. Disso eu entendo, então estou fazendo como eu faria", complementa Isabel. Em uma das cenas do episódio, foi gravado um jogo de vôlei. Em um clima de descontração, a produção sempre oferecia frutas, água e biscoito para que o elenco estivesse pronto para a partida. Com a bola rolando, muitas jogadas estavam satisfatórias para Kika Cunha, diretora de fotografia, mas não para Isabel. "Foi muito ruim! Vamos fazer uma bola mais bonita, por favor", pedia a ex-jogadora de vôlei de quadra e praia. E a produção atendia, aos risos, e brincando com a rigidez da técnica.


6 TVGazeta do Oeste

Entrevista

SEIS POR MEIA DÚZIA Sophie Charlotte se sente tranquila por dividir posto de protagonista de "Sangue Bom" com cinco colegas

Experimentar o posto de protagonista na tevê é algo que Sophie Charlotte já vivenciou quando encabeçou o elenco de "Malhação" no final de 2007. Mas agora, sendo escalada pela primeira vez em um dos papéis centrais de uma novela, a atriz reconhece que a oportunidade veio com certa zona de conforto. Na pele da deslumbrada Amora de "Sangue Bom", Sophie divide com outros cinco colegas a responsabilidade de movimentar a trama central do folhetim de Maria Adelaide Amaral e Vincent Villari: Marco Pigossi, que vive o florista Bento, Fernanda Vasconcellos, que interpreta a engajada Malu, Humberto Carrão, que encarna o revoltado Fabinho, Isabelle Drummond, que dá vida à invocada Giane, e Jayme Matarazzo, o engomadinho Maurício. "Isso fortalece. Dividimos a parte boa e também a parte dos riscos. É mais gostoso e dá uma tranquilidade saber que um pode salvar o outro caso alguém se perca no meio", avalia. Na história, Amanda é uma ex-menina de rua que foi para um

orfanato criança, sendo adotada um ano depois por uma atriz que a transforma em uma celebridade. Com isso, seus valores se invertem e, em uma espécie de autodefesa, passa a abominar tudo que faz parte do universo de seu passado. "Torço para que a gente veja uma história de redenção através da Amora. Alguns a veem como vilã, mas não há maldade ali. É só um meio de se proteger", defende. P - Em "Sangue Bom", você interpreta uma "it girl". Que preparação esse tipo de personagem demanda? R - Eu costumo dizer que, enquanto a Fernanda Vasconcellos foi para as ONGs fazer trabalho voluntário, eu entrei na internet. Li textos e vi vídeos de várias dessas garotas que ditam tendências nos meios de comunicação. Hoje em dia,sigo várias nas redes sociais, estou ficando bem antenada nesse meio. É legal porque esse foco excessivo na aparência contrasta bastante com a pegada social que a novela tem, discutindo questões de um jeito que

nem sempre se vê no ar. P - Que tipo de discussão social,por exemplo,você acha que pode se destacar em "Sangue Bom"? R - Não acho que seja o grande filão da novela, mas acho muito legal a forma como a adoção está sendo mostrada. Todo mundo incentiva a adoção e nem de longe eu condeno. Ao contrário, acho que é uma solução na vida de inúmeras crianças. Mas é preciso que se tenha um juizado de menores de olho em quem está adotando. Às vezes, uma pessoa tem todos os requisitos financeiros, mas falta controle emocional. Essa discussão é interessante. P - "Sangue Bom" faz uma crítica a pessoas que vivem de aparência e se preocupam mais com o "ter" do que com o "ser". E usa uma apresentadora de tevê para discutir um dos vértices dessa trama. Como lidou com essa crítica ao meio em que você trabalha? R - Achei natural. Na verda-

de, se a gente for analisar, qualquer campo profissional está muito em cima das aparências, do que você tem. Essa não vai ser só uma brincadeira com relação ao meio artístico, mas a qualquer um. É algo que a gente vê na medicina, na justiça, na engenharia e tantas outras áreas. Não vou ser hipócrita e dizer que não há atores assim,mas acho até que outros profissionais lidam de uma maneira pior com esse jogo de poder e interesse do que os artistas.

P - A Amora,pelo jeito como trata as pessoas, é vista como uma espécie de vilã entre os seis personagens principais. Como você enxerga a personagem nessa reta inicial da trama? R - Não a vejo como vilã, até porque a Amora tem um passado que justifica a maioria das suas atitudes. E eu espero que a gente veja uma redenção dela ao longo da novela. Ali, temos três personagens que sofreram com o abandono.No caso dela,ficaram muitos traumas. Isso mexe com os valores, não consigo julgar essa posição. O grande problema é que ela não consegue olhar para o outro. Na teledramaturgia, normalmente, essa é uma das características dos vilões. Mas não é maldade, é mais defesa.

P - Você fala em redenção e, pela história, essa parece mesmo a proposta.Em que caminho você tem investido para tentar conquistar a torcida do público? R - Eu não estou preocupada, por enquanto, em ganhar o telespectador. Mas, sem dúvidas, é na relação dela com o Bento que aparecem suas fragilidades e sua pureza. Tanto que esse reencontro dos dois faz com que se perceba que, apesar de ela ser aparentemente fútil e superficial, estou interpretando alguém que já teve uma leveza e pureza. E se a novela caminhar para mostrar isso, acho que vou poder trabalhar bastante em cima dessa transformação.

P - Apesar de ser uma trama das sete, o humor não parece estar tão forte no núcleo principal. Existe abertura para isso


á , i a e . e é e s

o o s o -

é s o m m a , o

, o r ? , , o s e e r m a a

a e o

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

mudar? R - Pelo que estou vendo, a comédia, de fato, não é a linha dos seis personagens centrais. Talvez aumentem isso com algum efeito de edição ou sonorização em determinadas sequências, mas o nosso foco não é fazer graça. A Amora, por exemplo, tem essa loucura por sapatos, com alguns até iguais. E a preocupação exagerada dela e da mãe com a imagem até rende umas situações cômicas. Mas nada muito caricato. É um tom bem diferente do que eu experimentei às 19 horas em "Ti-TiTi". P - Em "Ti-Ti-Ti",que a Maria Adelaide Amaral também escreveu, você interpretou uma mulher com um comportamento fútil e deslumbrado. Chegou a sentir receio de se copiar em cena? R - Não bateu esse tipo de coisa porque lá era uma personagem que não tinha muita lógica. E isso abria a possibilidade de eu trabalhar um monte de coisas.Eram excentricidades e loucuras misturadas a armações que não davam em nada, mas com esse canal da total falta de lógica. Aqui, não. Desta vez, interpreto uma mulher inteligente e isso fica evidente o tempo inteiro. O Dennis Carvalho tem me ajudado muito a encontrar o tom certo. P - Essa é a quarta novela seguida em que você trabalha com Marco Pigossi, segunda em que fazem par romântico. Isso facilita ou atrapalha vocês? R - São papéis completamente diferentes, então não rolou uma preocupação. O Marco já é um grande parceiro, um ator que admiro bastante.Acho que a gente consegue tirar o melhor um do outro. E estamos crescendo juntos, começamos mais ou menos ao mesmo tempo na tevê e passamos por muitos trabalhos em comum. A nossa carreira é parecida, o que acaba nos aproximando. Então, é um facilitador, sem dúvida. Talvez se não fosse ele e se não rolasse essa energia que rola entre a gente, pudesse atrapalhar. Mas, do jeito que vem acontecendo, só tem nos fa-

TVGazeta do Oeste 7

vorecido. P - Dividir o posto de protagonista com cinco pessoas ameniza a responsabilidade da função? R - O fato de serem seis pessoas encabeçando a trama central nos fortalece. É uma união, estão todos no mesmo barco querendo e fazendo de tudo para dar certo. A Fernanda Vasconcellos já viveu isso várias vezes e a experiência dela ajuda a gente nisso. É uma divisão tanto das responsabilidades e inseguranças quanto das descobertas e alegrias. É muito mais gostoso e dá uma tranquilidade, sim, saber que um pode salvar o outro caso alguém se perca no meio. P - Desde que protagonizou "Malhação",entre 2007 e 2008, você vem emendando uma novela em outra, sendo reservada antes mesmo de sair do ar. Como analisa essa trajetória em apenas seis anos de televisão? R - Olha, eu fico orgulhosa, sim, mas tento não pensar nessas coisas. Eu sei que chega uma hora em que a gente para, reflete o que fez até ali, o que ainda quer fazer e eu tenho mil planos. Só que agora o que me deixa mesmo feliz é poder circular por equipes diferentes. Conheci pessoas novas, repeti algumas parcerias nesses trabalhos, como com o Jorge Fernando, que me dirigiu duas vezes. Você falou seis anos agora e me senti estranha. De verdade, não tenho essa consciência de tempo. O que eu fiz foi seguir um caminho de acordo com as portas que se abriam.

TALENTO IMPORTADO A pele morena e a fala simpática fazem Sophie Charlotte passar fácil por carioca. Mas a atriz nem brasileira é. Sophie nasceu na Alemanha em 1989 e se mudou para o Brasil apenas aos 9 anos. Filha de pai brasileiro e mãe alemã, aprendeu português bem pequena, assim que começou a falar. Depois, se naturalizou brasileira. Mesmo assim, no início da carreira, precisou de ajuda profissional para eliminar o sotaque "gringo". Um exercício que deu certo, já que hoje fica imperceptível deduzir sua origem durante mais de meia hora de conversa. Algo que, na época em que viveu a romântica Angelina de "Malhação", ficava mais evidente. "Mudei muito de lá para cá. Fiz trabalhos que me ajudaram demais e que foram fundamentais para que eu chegasse onde estou. Hoje, me sinto um pouco mais madura", avalia. A boa safra de personagens na tevê - de 2008 para cá, Sophie já fez "Caras & Bocas", "Ti-Ti-Ti" e "Fina Estampa", além de protagonizar um episódio do seriado "As Brasileiras" - tem sabor especial para a atriz. Antes de conquistar o posto de mocinha de "Malhação", ela fez testes ao longo de seis anos para o folhetim infantojuvenil. Não chegou a desistir da carreira principalmente porque, em 2006, conseguiu uma vaga no elenco de apoio de "Páginas da Vida", interpretando uma amiga da bulímica Gisele, de Pérola Faria. "Tudo que a gente consegue fácil pode se perder da mesma forma. Dei passos do tamanho das minhas pernas. Não adianta querer mais do que a gente pode fazer. No meu caso, as coisas aconteceram no tempo certo", filosofa. JOGO DE APARÊNCIA Uma das preocupações de Sophie na hora de construir Amora foi com o visual da apresentadora de tevê. É que algumas referências de jovens que ditam tendências de moda são de pessoas que exageram um pouco nas roupas e acessórios. O que, no caso da personagem, poderia ficar caricato demais em cena. "Muitas meninas se vestem como se estivessem em um desfile o tempo todo, com neon dos pés à cabeça. Na novela, adotamos um 'look' que eu denomino como o que não 'espanta bofe'. É o tipo de traje que nenhum homem vai ter vergonha de ver na namorada", explica. Responsável pela caracterização dos personagens, Fernando Torquatto sugeriu um corte curto para a atriz, que sempre atuou com os fios longos. Uma mudança com a qual, aos poucos, Sophie vai se acostumando. "Às vezes, me vejo no espelho e não me reconheço. Mas essa cara encaixou demais nesse papel, achei o resultado excelente", conta.

TRAJETÓRIA TELEVISIVA # "Malhação" (Globo, 2005) - Azaleia. # "Sítio do Picapau Amarelo" (Globo, 2006) - Cinderela. # "Páginas da Vida" (Globo, 2006) - Joyce. # "Malhação" (Globo, 2007) - Angelina Maciel. # "Caras & Bocas" (Globo, 2009) - Vanessa. # "Ti-Ti-Ti" (Globo, 2010) - Stéfany. # "Fina Estampa" (Globo, 2011) - Maria Amália. # "As Brasileiras" (Globo, 2012) - Esplendor, protagonista do episódio "A Sambista da BR-116". # "Sangue Bom" (Globo, 2013) - Amora.


8 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Crônica

Para todos os lados AUTORES DE "SANGUE BOM" APOSTAM NO PÚBLICO JOVEM ATRAVÉS DE SEIS PROTAGONISTAS NOVATOS

LUANA BORGES TV PRESS

Sangue Bom" marca uma nova fase na trajetória de Maria Adelaide Amaral. Discípula de Cassiano Gabus Mendes e conhecida por suas importantes minisséries de época, a autora, pela primeira vez, assina - ao lado de Vincent Villari - uma novela com trama totalmente original.Logo nos primeiros capítulos, Maria Adelaide deixa claro que quer se distanciar das referências de alguns de seus trabalhos marcantes.Como o "remake" de "Ti-Ti-Ti", de 2010, e "Um Só Coração", de 2004.

Principalmente,no que diz respeito à maneira como a cidade de São Paulo é retratada. Antes requintada e quase um personagem dentro da história, dessa vez, a capital paulista tem sua importância diminuída. Com poucos "stock shots" e imagens de pontos representativos de São Paulo, fica difícil, para quem assiste, perceber logo de cara que a trama se passa por lá.Ainda mais porque os personagens não apresentam sotaque carregado, a não ser a Rosemere, garçonete interpretada por Malu Mader. Embora seja o nome mais forte do elenco, Malu dá espaço a seis protagonistas jovens: Sophie Charlotte, Jayme Matarazzo, Isabelle Drummond, Marco Pigossi, Fernanda Vasconcellos e Humberto Carrão. A opção por "dividir" o principal posto do folhetim entre tantas pessoas, aliás, é uma es-

tratégia de trabalho dos autores. Se, em algum momento, um casal ou um personagem ainda não tiver encontrado o tom ideal, outras tramas podem ser desenvolvidas até que a solução seja apresentada. Mas, pelo menos no início, fica claro o espaço dado a Amora e Bento, papéis de Sophie Charlotte e Marco Pigossi. A julgar pelas primeiras cenas entre os personagens, os atores demonstram uma interpretação segura.Assim como os outros protagonistas. Em especial, Isabelle Drummond, que conseguiu se distanciar da Cida de "Cheias de Charme",novela, relativamente, recente. Na tentativa de alavancar a audiência da faixa das 19 horas - empurrada ladeira abaixo pelo "remake" de "Guerra dos Sexos" -, "Sangue Bom" é talhada para fazer sucesso. É evidente o foco no público jovem. O que

deixa a novela com uma identidade muito próxima à de "Malhação". Com direito a abertura colorida, embalada pela canção "Toda Forma de Amor", versão do grupo paulistano Sambô para a música de Lulu Santos, edição ágil e uma fotografia que traduz o clima urbano e alegre da trama. Sem falar na trilha sonora, composta por músicas de Naldo, Justin Bieber e Demi Lovato. Se nada desse tempero jovial der certo, Dennis Carvalho, diretor de núcleo, pode contar com a experiência do bom texto de Maria Adelaide e de atores que seguram qualquer produção, como Letícia Sabatella, Herson Capri e Felipe Camargo.


TVGazeta do Oeste 9

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Close

NO MEIO DO FURACÃO BRENDHA HADDAD INTERPRETA POLICIAL INFILTRADA EM "SALVE JORGE"

FERNANDA BREDER TV PRESS

P

ersonagens meigas fazem parte do currículo de Brendha Haddah.Por isso mesmo, a atriz acreana, que estreou na tevê como a Ritinha da minissérie "Amazônia,de Galvez a Chico Mendes", agora experimenta um tom diferente do que está acostumada na pele de Neuma, uma policial disfarçada, em "Salve Jorge",que já entrou no meio dos principais conflitos da trama. "A personagem tem uma força diferente, assim como a maneira de falar, de se portar.Meus papéis anteriores eram mais doces", explica. Além de Ritinha, a atriz interpretou a Ipanema, de "Beleza Pura", e a Rani, de "Caminho das Índias", ambas da Globo. Brendha já estava escalada para a novela desde antes da estreia. Mas sua entrada foi adiada devido a uma alteração da personagem. "Novela é uma obra aberta, a gente não tem como prever. Mas fiquei muito feliz com a mudança", conta. Antes, ela viveria a neta de Seu Galdino, personagem de Francisco Carvalho, que chegaria ao Alemão para viver às turras com o avô. Porém, acabou sendo a policial federal escolhida por Helô,interpretada por Giovanna Antonelli,para se passar pela mãe de Jéssica, e proteger a identidade da criança, que é filha de Morena, vivida por Nanda Costa. Para isso, Neuma chega ao Alemão fingindo ser so-

brinha de Lucimar, de Dira Paes. "A personagem entrou em um momento bem forte da trama e tem uma função importante ali. Ela está segurando a Lucimar, defendendo a Morena. E é um núcleo muito bom. Cheguei no meio do furacão", comemora. Apesar da definição do papel ter acontecido em cima da hora, Brendha já tinha a experiência necessária para encarnar Neuma. "Acabei de rodar o filme 'Genesis', em que faço uma chefe de polícia. A preparação para o filme me ajudou a construir a personagem.Porém,como ela está disfarçada,são duas personagens em uma", revela. O filme é um média-metragem que pode se tornar o piloto de uma série na tevê a cabo. "Para o outro lado da Neuma, aproveitei a preparação que já havia feito para a personagem inicial, com um 'workshop', no começo da novela", explica. Desde pequena, Brendha queria ser atriz. Mas no Acre, estado onde nasceu,quase não havia cursos de interpretação na época. "Eu pedia para viajar para o Rio ou São Paulo, nas minhas férias, para poder estudar", relembra. Quando surgiu a oportunidade de fazer o teste para "Amazônia, de Galvez a Chico Mendes", ela não hesitou."Passei e,já na primeira cena,tive certeza de que era isso que queria fazer", afirma. Sua personagem esteve presente nas três fases da minissérie,que abordou momentos importantes da história da região. "Foi uma grande experiência. E foi especial porque falava da minha terra", avalia. Decidida a seguir a carreira de atriz, Brendha se mudou para o Rio de Janeiro e fez fonoaudiologia para perder o sotaque, além de ter aulas de atuação com "coachs" parti-

culares. "Acho que estou crescendo como atriz e estou estudando para isso", garante. Apesar de ser formada em Direito, Brendha não se vê trabalhando na área. "Pretendo continuar na televisão e também tenho muita vontade de

fazer teatro", acrescenta.


10 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Resumo

SANGUE BOM

MALHAÇÃO

FLOR DO CARIBE

GLOBO - 17H:50

GLOBO - 18H:15

GLOBO - 19H:10

Segunda (06/05) - Kika pressiona Sal para saber seus sentimentos por Lia. Robson, Pilha, Fatinha e Fera são expulsos da festa infantil sem receber o cachê.Bruno incentiva Fatinha a acreditar que saiu com Ulla.Olavo decide ajudar Bruno no projeto do CRAU. Raquel conta para Tatá que Nélio não é seu admirador secreto. Marcela garante a Lorenzo que o admirador de Raquel comparecerá ao segundo encontro. Rosa consola Vitor, que sofre por Lia. Sal tenta entrar no sobrado de Lia. Gil, Ju e Lia saem para grafitar, mas Ju passa mal e Gil a leva para casa, deixando Lia sozinha. Sal se aproxima de Lia.

Segunda (06/05) - Ester estranha o silêncio de Cassiano. Carol divulga na internet uma foto de Lino fazendo trabalhos manuais. Duque diz a Ester que Cassiano caiu na armadilha do Alberto. Gonzalo leva Cassiano de avião para o Caribe. Isabel tenta convencer Ester de que eles conseguirão resgatar Cassiano. Duque viaja com os tenentes para o Caribe. Veridiana exige que Carol peça desculpas a Lino. Ester discute com Alberto e resolve sair de casa. Lino fica encantado com Carol ao ouvir que o admira por causa de seu talento de rendeiro. Ester avisa a Doralice e Zuleika que vai deixar a casa com os filhos.

Segunda (06/05) - Luz percebe o clima entre Bento e Amora e conta para Malu. Damáris chega à festa tentando chamar a atenção. Amora manda expulsar Sueli de sua festa.Bento enfrenta Fabinho.Bárbara destrata Giane e o florista e os expulsa de sua casa. Malu tenta se desculpar com Bento. Sueli fica intrigada ao ver a van da Acácia Amarela sair da festa de Amora. Fabinho consegue se aproximar de Bárbara. Maurício chama Fabinho para trabalhar na Class Mídia. Malu fica perturbada com os comentários de Maurício. Bárbara manda Amora convidar Fabinho para jantar. Amora procura Bento.

Terça (07/05) - Sal é gentil com Lia, que fica confusa com seu comportamento. Marta pergunta a Ju se ela quer mesmo ser modelo. Lia arma um plano para desmascarar Sal. Fatinha e Bruno provocam um ao outro. Lia conta seu plano para Ju e Gil. Marcela prepara uma nova carta da admiradora de Mathias. Fatinha mostra o presente que ganhou de Thales.Sem ser vista,Kika danifica o presente de Fatinha. Raquel recebe nova carta de seu admirador e decide ir a seu encontro. Fatinha descobre a sabotagem em seu presente e Kika a convence de que foi Lia. Mathias vê Marcela segurando a carta de sua suposta admiradora.

Terça (07/05) - Ester avisa a Samuca que eles vão mudar de casa. Taís deixa Chico desconfiado ao dizer que Cassiano viajou com Duque. Ester explica a Guiomar o motivo de estar abandonando Alberto. Samuel troca insultos com Dionísio. Guiomar avisa a Alberto que Ester saiu de casa e levou os filhos. Alberto tem um acesso de fúria e sua mãe o consola. Alberto aparece na casa de Samuel e diz a Ester que veio buscar os filhos.

Terça (07/05) - Amora vai para Casa Verde conversar com Bento.Ela se emociona ao lembrar do passado. Fabinho é rude com Giane. Socorro tira uma foto com Amora e divulga em seu site. Todos na casa de Gilson prestam atenção em Fabinho. Rosemere descobre que Filipinho deu o dinheiro das aulas de canto para Brenda. Amora percebe a intenção de Fabinho ao lhe orientar a ir para o estúdio. Verônica pede para Renata incluir Bento na lista de fornecedores da Para Sempre. Fabinho consegue um estágio na Class Mídia. Lara vê a foto de Amora com Socorro e deduz que a moça mentiu para a imprensa.

Quarta (08/05) - Fatinha acusa Lia de ter destruído seu presente e Kika comemora. Marcela confessa que é a autora das cartas que Mathias recebeu e o diretor exige que ela se explique também para Raquel. Orelha filma a briga entre Lia e Fatinha. Sal liga para Lia, que disfarça ao ver Kika por perto. Vitor defende Lia para Fatinha. Robson incentiva Mathias a dar uma chance para Raquel. Rasta lamenta para Fatinha a pouca adesão ao mutirão da horta comunitária. Mathias e Raquel combinam um novo encontro. O "outdoor" de Fatinha começa a ser trocado e Axel tenta impedir. Lia conversa com Sal enquanto Gil tenta fotografar os dois. Quinta (09/05) - Sal desconfia do comportamento de Lia. Fera assume para seus pais que ama Rita. Lia pensa em mostrar suas fotos com Sal para Vitor. Fatinha chega com Vitor para o mutirão do CRAU e provoca Bruno. Reconciliados, Fera e Rita seguem para a horta comunitária. Lia procura Vitor na oficina. Caixote e Alemão tentam seguir Lia, mas Axel e sua turma impedem os bandidos. Marcela comemora o sucesso do encontro de Mathias e Raquel. Axel conta para Vitor que Alemão e Caixote estão atrás de Sal. Lia conta para Rosa que Sal continua no Rio. Lia mostra para Vitor suas fotos com Sal. Sexta (10/05) - Vitor se decepciona com Sal. Mathias revela para Raquel que foi Marcela quem teve a ideia de unir os dois. Raquel confronta Marcela e conta toda a verdade para Lorenzo. Lia e Vitor se beijam. Vitor decide armar um encontro com Sal. Rita, Fatinha, Bruno, Rasta e Nélio convocam as pessoas para o mutirão do CRAU. Lia marca um encontro com Sal e Kika percebe. Raquel recebe uma ligação do banco a respeito da hipoteca de seu apartamento. Kika observa a cumplicidade entre Vitor e Lia e conta para Sal. Sal espera por Lia em seu apartamento, mas é Vitor quem vai ao encontro do irmão.

Quarta (08/05) - Lindaura tenta acalmar Alberto. Duque avisa aos pilotos que Dom Rafael tem capangas espalhados pela propriedade e que será difícil resgatar Cassiano. Ester se recusa a entregar as crianças para Alberto. O barco de Juliano entra em pane, deixando ele e Natália presos em uma praia deserta. Carol e Mila ficam preocupadas com a demora de Natália. Cassiano volta para a masmorra de Dom Rafael. Juliano e Natália tentam fazer uma jangada. O avião de Ciro pousa no aeroporto. Duque entrega um mapa a Isabel para ajudar na localização do presídio de Dom Rafael. Quinta (09/05) - Duque avisa a Taís que os tenentes foram resgatar Cassiano. O carro dos pilotos é descoberto pelos capangas de Dom Rafael. Natália e Juliano conseguem voltar para a Vila dos Ventos. Os pilotos conseguem resgatar Cassiano. Duque desarma Dom Rafael e o obriga a distribuir os diamantes para as pessoas que estavam presas. Alberto avisa a Yvete que viajará com Samuca e Laurinha. Cassiano encontra um bilhete de Duque desejando boa viagem e dizendo que em breve irá rever o amigo. Cassiano e os tenentes voltam para o Brasil. Ester descobre que Alberto viajou com seus filhos. Sexta (10/05) - Alberto liga para Ester e avisa que está no iate com as crianças.Guiomar critica Dionísio e afirma que Alberto precisa de tratamento.Amparo fica surpresa ao saber que Duque está em sua casa. Duque combina com Amparo uma forma de levar Dom Rafael para o Rio de Janeiro, e resolvem fingir que ela e Cristal foram sequestradas.Duque convence Dom Rafael a viajar para o Rio de Janeiro para resgatar a mulher e a filha. Cassiano chega a Vila dos Ventos e todos comemoram. Cassiano pergunta a Ester para onde Alberto levou seu filho. Sábado (11/05) - Cassiano fica feliz ao saber que Ester deixou Alberto. Ester pede a Cassiano que espere Alberto voltar com as crianças do passeio. Alberto inventa para Samuca que Cassiano é um bandido que abandonou o filho quando nasceu. Amadeu e Isabel se beijam. Ester busca os filhos na casa de Alberto. Alberto diz a Dionísio que vai requerer a guarda dos filhos. Samuel e Lindaura preparam uma festa surpresa para a chegada de Samuca e Laurinha. Samuca lembra das palavras de Alberto sobre Cassiano e fica pouco à vontade perto do pai. Cristal se surpreende ao ver Dom Rafael entrando em seu quarto.

Quarta (08/05) - Fabinho pede que Bento se afaste de Amora. Bárbara repreende a filha por ter ido à Casa Verde.Lara mostra a Sueli a foto de Socorro com Amora. Giane humilha Fabinho. Rosemere destrói a fonte que Brenda comprou com seu dinheiro. Silvério e Giane parabenizam Bento pelo aniversário. Silvério fala do dia em que trouxe Bento para casa. Lucindo canta no karaokê com Damáris. Sueli denuncia a mentira de Amora em seu programa. Bento liga para Amora para tentar confirmar a presença dela em sua festa de aniversário. Quinta (09/05) - Amora discute com Bárbara sobre Bento e não atende a ligação dele. Brenda insulta Perácio. Damáris recebe uma flor de Bento. Malu elogia Amora, que a repele. Natan pensa em colocar Lara no lugar de Amora na campanha de sapatos. Maurício mostra a Class Mídia para Fabinho. Perácio sofre por causa de Rosemere. Pascoal decide colocar Brunetty para fazer a campanha de seus sapatos.Bento distribui flores na rua.Fabinho chega para o jantar na casa de Bárbara e tenta se aproximar de Malu. Bento recebe uma festa surpresa no Cantaí. Bárbara pede Natan em casamento. Sexta (10/05) - Malu conversa com Bento e Giane fica enciumada. Natan afirma a Bárbara que não vai se separar de Verônica. Amora se irrita com os comentários que o sogro faz sobre a perda da campanha. Bento não consegue falar com Amora. Brenda obriga Perácio a voltar a trabalhar na falsificação do quadro. Malu e Bento cantam juntos. Amora decide ir ao Cantaí, mas desiste de entrar. Wilson revela a Damáris que tem um caso com Brunetty. Natan pede para Fabinho não comentar que viu Bárbara colocar um lenço em seu bolso. Sábado (11/05) - Plínio aceita conversar com Fabinho. Sueli se surpreende com a atitude de Amora diante das câmaras.Damáris pede para Nice ajudála a agir como Brunetty. Jonas, Gilson e Salma não gostam da declaração de Amora sobre sua visita a eles. Tábata critica Bárbara por pensar em se envolver com Natan. Plínio conta para Malu que foi procurado por Fabinho e que não gostou do rapaz. Bento fica nervoso ao saber o que Amora falou sobre a rua da Casa Verde. Bento dá um ultimato em Amora na frente de repórteres.


TVGazeta do Oeste 11

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Resumo BALACOBACO

SALVE JORGE

RECORD - 22H

GLOBO - 21 H

Segunda (06/05) - Taís revela estar com medo de Norberto e Eduardo consola a filha. Diva quase é descoberta pelo repórter ao dar uma entrevista sob a pele de Dilly, deixando Dóris irritada. Celina cogita a possibilidade de voltar para Londres. Abigail afirma que Norberto está morto, mas Isabel fica em dúvida.Norberto ameaça Adriana e exige saber o endereço de Mauro. Zé Maria pede um autógrafo para Dóris, que quase entrega seu disfarce. Norberto visita Celina e pergunta sobre Magno, ameaçando a produtora. Lurdes os interrompe e o vilão escapa. Norberto assusta Lígia ao aparecer em sua casa.

Segunda (06/05) - Morena enfrenta Lívia na rua e Aziz a repreende. Jô avisa Almir que há uma escuta no quarto em que ele encontra Waleska. Morena decide contar toda a verdade para Théo. Lívia manda sua equipe atingir Morena através dos filhos. Mustafa foge do hospital. Aisha ouve uma discussão entre Berna e Mustafa e descobre a verdade sobre sua adoção. Helô pensa em trazer Morena de volta ao Brasil. Mustafa se desespera com o sumiço de Aisha. Uma mulher chega para falar com Wanda no presídio. Garcez flagra Rosângela e Haroldo juntos. Théo procura Morena e os dois se beijam.

Terça (07/05) - Lígia afirma que não vai revelar o paradeiro de Eduardo. Norberto ameaça matá-la e Adamastor o interrompe. Para proteger a esposa, o senhor revela o endereço de Eduardo. Mauro garante que deseja reencontrar Norberto. Alertado pela mãe, Eduardo prepara Isabel e Taís para uma possível visita de Norberto. Abigail festeja ao saber que o vilão está vivo. Eduardo confessa que não gosta dos passeios de Abigail com Teresa e Isabel tenta defender a mãe. Arnaud parabeniza Norberto, mas fica tenso diante da insistência do vilão em matar Fabiana. Norberto aperta a foto de Teresa e trama maneiras de raptar a menina.

Terça (07/05) - Théo sai com Morena, e Marcia, Ciro e Élcio os veem. Garcez se enfurece com Rosângela. Zoe encontra Aisha. Sheila conta para Helô que Rosângela marcou sua passagem para a Turquia. Lívia vê Morena e Théo juntos. Bianca se irrita com a indecisão de Zyah. Buque avisa a Esma e Kemal que Berna vai morar com eles quando voltar para a Turquia. Wanda foge do presídio. Russo intimida Waleska. Helô impede um homem de empurrar Érica de uma escada. Áurea quase é atropelada. Rosângela fala para Wanda que quer deixar a organização.

Quarta (08/05) - Cremilda reconhece as filhas e as três se abraçam emocionadas. Abigail pede que os seguranças relaxem e garante que Eduardo é paranoico.Vicente se surpreende ao saber que João Paulo foi agredido por Norberto e o português confessa estar com medo. Celina pede para reatar com Magno e seu ex-namorado decide ensiná-la a atirar. Disfarçado, Norberto pergunta a Osório sobre o paradeiro de Diva e descobre que a ex-namorada sumiu. O vilão encontra Mauro e Joana e segue o casal. Norberto ameaça Mauro, deixando Joana apavorada. O vilão amarra o casal e abre o escapamento de gás antes de ir embora. Quinta (09/05) - Norberto afirma a Arnaud que terá um aliado especial para o rapto de Teresa.Eduardo e Isabel acreditam que Mauro e Joana possam estar em apuros e decidem ir à polícia. Mauro consegue se soltar e leva Joana para o hospital. O casal avisa a Eduardo e Isabel sobre a agressiva visita de Norberto. Dóris ameaça se separar de Diva, caso a irmã alugue o antigo apartamento de Norberto, mas a "periguete" convence a gêmea. Arnaud revela que Mauro e Joana sobreviveram,deixando Norberto furioso. Isabel desabafa com Mirela e garante que todos estão correndo perigo. Norberto visita Abigail, que se surpreende. Sexta (10/05) - Abigail comemora a visita de Norberto, os dois bebem e colocam a conversa em dia. Eduardo confessa que não confia na sogra. Lígia reclama da relação entre Teresa e Abigail. Norberto alega que não matou Lúcio e garante que Teresa é sua filha, deixando Abigail perplexa. Vitória revela a Rafael que está preocupada com Fabiana. Abigail decide ajudar Norberto a ver Teresa pessoalmente. Diva chega ao apartamento do ex-namorado e se diverte com Dóris. Eduardo autoriza Taís a ir à faculdade acompanhada dos seguranças,mas fica contrariado com os passeios de Abigail e Teresa.

Quarta (08/05) - Jô vê Russo ao telefone e se aproxima para tentar ouvir a conversa. Élcio desconfia de que Lívia seja a culpada pelos atentados contra Érica e Áurea. Delzuite pede ajuda a Lurdinha para aprontar o churrasco para Aisha. Thompson chega à casa de Lucimar. Aisha fala para Mustafa que não consegue aceitar sua família biológica. Rosângela não atende ao telefonema de Wanda. Thompson é sequestrado e Neuma e os policiais os perseguem.Raissa diz a Isaurinha que não quer morar com a mãe. Antônia ganha a guarda da filha. Quinta (09/05) - Mustafa obriga Aisha a falar com Delzuite. Creusa avisa Helô que Stênio convidou Haroldo e Rosângela para jantar. Almir finge ser um jornalista e marca uma entrevista com Lívia. Aisha deixa a casa de Delzuite sem que ninguém a veja. Berna se despede de Fatma e Zoe. Mustafa tenta consolar Delzuite. Lívia se espanta ao encontrar Morena no local da entrevista. Russo acredita que sua chefe tenha caído em uma cilada. Jô flagra Riva em uma atitude suspeita. Morena grava a conversa com Lívia. Mustafa repreende Aisha por ter abandonado a festa. Sexta (10/05) - Aziz e dois homens salvam Morena de Russo. Helô finge não conhecer Rosângela. Bianca fala para Ayla que está com Zyah. Lívia pressiona Russo para que ele aja contra a família de Morena. Garcez desmascara Rosângela para Haroldo. Sheila se despede de Lucimar. Lurdinha decide pegar de volta o presente que Delzuite deu para Aisha. Barros avisa a Helô que Antônia será presa. Aisha e Lurdinha discutem por causa do presente de Delzuite e acabam fazendo as pazes e se abraçando como duas irmãs. Sábado (11/05) - Lívia adianta para Élcio o percurso de sua prova na competição.Rosângela embarca com Vanúbia e Sheila. Lurdinha volta com Aisha para casa.Helô simula a prisão de Sheila no avião, deixando Rosângela tensa. Demir avisa a Zyah que Ayla marcou um jantar no restaurante de Cyla. Lívia ameaça atropelar Théo e Morena. Wanda sugere para Russo destituir Lívia do cargo de chefe da quadrilha. Jô flagra Riva ouvindo a conversa de Russo e Wanda.

CARROSSEL SBT - 20H:30 Segunda (06/05) - Os ganhadores da premiação são anunciados pelos professores Helena e Renê. Suzana espia a festa dos alunos do terceiro ano e fica irritada ao ver a diretora animada com o evento. Graça percebe que alguém mexeu em seus produtos de limpeza. Helena pede para Paulo, Jorge e Maria Joaquina esperarem na sala dos professores. A professora encontra sua saia manchada e fica chateada. Suzana culpa Graça pelo acidente. O professor Renê repreende Paulo, Jorge e Maria Joaquina e os leva para limpar a praça da cidade. Terça (07/05) - As crianças perguntam para Olívia qual foi melhor filme.Ela finge que nunca elogiou ninguém e exige disciplina.Graça estranha a mudança repentina de humor da diretora. Firmino acredita que ela esteja sobrecarregada. Suzana vai até a sala de Olívia e acusa Graça de ter manchado o vestido de Helena por maldade. A faxineira diz que não foi ela, mas Olívia não acredita e afirma que o valor da saia será descontado de seu salário. Suzana pede desculpa a Graça ironicamente. Ela oferece um cachorro-quente para a professora,mas encharca o pão de molho. Assim que Suzana morde, cai molho por toda sua roupa e ela fica furiosa. Quarta (08/05) - Helena defende Graça,mas Olívia afirma que ela está demitida e não voltará atrás. Os alunos contestam em coro que não é justo Graça ser mandada embora. Firmino tenta acalmar a faxineira. Olívia dá suspensão à classe de Helena. A professora defende seus alunos e questiona como Olívia explicaria uma suspensão coletiva a Sr. Morales. Graça vai à sala de Olívia pedir desculpas e pede o emprego de volta, dizendo estar grávida. Margarida comenta com Daniel que os dois podiam começar a namorar, mas ele afirma que é extremamente ocupado. Paulo diz a Cirilo que tem um plano para que ele conquiste Maria Joaquina. Quinta (09/05) - Kokimoto pergunta a Margarida se ele pode ser o seu namorado, mas a menina recusa. Cirilo pede dinheiro à sua mãe para o plano de Paulo e ela pergunta por quê. Paulo mente, dizendo que foi roubado e que precisa do dinheiro ou seu pai vai ficar bravo com ele. A mãe de Cirilo dá o dinheiro ao encrenqueiro. Paulo vai à banca e usa o dinheiro para comprar um álbum e figurinhas. Ele escreve uma carta de amor para Cirilo, como se fosse Maria Joaquina. Kokimoto entrega a falsa carta de amor a Cirilo, que fica muito feliz. Bibi e Margarida decidem contratar Paulo para ser o namorado de mentira de Margarida e causar ciúmes em Daniel. Sexta (10/05) - Paulo chega à casa abandonada com flores e diz a Daniel que está apaixonado por Margarida e que as flores são para ela. Cirilo se veste impecavelmente para encontrar Maria Joaquina. Daniel vê Paulo entregando flores a Margarida, na praça. Margarida vai à sorveteria encontrar Bibi e conta que Daniel não ligou de tê-la visto com Paulo. Cirilo se decepciona ao encontrar Kokimoto em vez de Maria Joaquina. Os garotos da rua de cima caçoam de Cirilo. Cirilo mostra a suposta carta de Maria Joaquina a Daniel, que afirma que a carta não é da "patricinha". Daniel convoca uma reunião e diz que Paulo e Kokimoto serão expulsos da Patrulha Salvadora.


12 TVGazeta do Oeste

Mossoró, domingo, 5 de maio de 2013

Inside

GALÃ ASPIRANTE MÁRCIO KIELING, O VITOR HUGO DE ''DONA XEPA'', DÁ VIDA AO SEU PRIMEIRO MOCINHO

CAROLINE BORGES TV PRESS

O

jeito tranquilo e a fala mansa não combinam muito com a voracidade com que Márcio Kieling leva sua carreira. Desde 2006 na Record, o ator buscou ficar longe da tevê o menor tempo possível e emendar trabalhos. De lá para cá, acumulou quatro novelas e uma minissérie bíblica. E foi sua inquietude que o levou até o papel do boa praça Vitor Hugo, de ''Dona Xepa'', próxima trama da Record,que tem estreia prevista para maio. Assim que soube da escalação de elenco, Márcio não se intimidou em enviar um e-mail para o diretor Ivan Zettel comunicando sua disponibilidade. ''Corri atrás mesmo. Foi um convite muito bacana da direção. Me coloquei disponível para teste, mas não foi necessário'', afirma. Na adaptação de Gustavo Reiz, Márcio vive o filho dos personagens Meg e Júlio Cesar Pantaleão, interpretados por Luiza Tomé e Maurício Mattar. Honesto e de uma família tradicional de São Paulo, onde se passa a trama, segue os passos do pai para assumir o negócio da família.No início da história, é noivo da fotógrafa Isabella, papel de Gabriela Durlo. Mas, ao longo dos capítulos,terá sua atenção disputada pela vilã Rosália, de Thaís Fersoza, que vê nele a chance de ascender socialmente. ''À primeira vista, todo mundo pensa que é ape-

nas um 'playboy', mas ele irá mostrar que é uma pessoa muito correta e de caráter. Espero que seja um exemplo de homem'', ressalta ele, que não teme deixar seu personagem inverossímil e tedioso diante de tantas qualidades nobres. ''Mocinhos podem ser chatos. Mas ele terá uma transformação que irá mudá-lo totalmente'', adianta. Após seis anos na emissora,Márcio acredita que este seja um projeto inédito em seu currículo na Record. Inserido dentro de uma das tramas principais e vivendo um personagem cobiçado pela vilã da história, Márcio crê na chance de mostrar mais seu trabalho no canal a partir de agora. ''Estou tento uma oportunidade que não tive em nenhuma outra novela. Quanto mais escrevem para você, mais você pode mostrar sua versatilidade. Nunca tive um personagem com tanta importância dentro de uma trama'', aponta. Interpretar um tipo contemporâneo, muitas vezes, não exige um intenso processo de composição do ator. Por isso, na contramão da preparação de outros trabalhos, Márcio não passou por um período de laboratórios e ''workshops'' demorados. ''Os personagens não são estereotipados. São bem normais. É mais uma adequação ao texto e compreender os rumos da sua trama'', conta ele, que optou por não assistir à primeira versão do folhetim, exibida em 1977.''Não busquei referência nenhuma. Até porque a adaptação é moderna. As referências de hoje não são as mesmas do passado'', completa. Apesar do escasso trabalho de composição,o ator passou por um processo de caracterização para se afastar de seu último personagem da fatídica

''Máscaras''. Para isso, cortou e pintou os cabelos e intensificou a malhação.''Me falaram que é o galã da novela. Então, tem uma responsabilidade maior em manter o físico'', brinca. Os 14 anos de televisão de Márcio - que também tem passagens pela Globo e SBT - ainda fazem com que ele seja lembrado por seu personagem de maior destaque, o descolado Perereca de ''Malhação''.Apesar das comparações,o gaúcho

de 34 anos não se sente incomodado e agradece muito ao papel que lhe abriu portas na tevê.''Muitas pessoas não lembram meu nome, mas sabem que fiz o Perereca. Acompanhou uma geração.Muita gente ficou pelo caminho nessa profissão. É bom ser lembrado em um meio difícil'', aponta.


Edição de 05/05/2013