Page 1

FIEE news www.weg.net

CFW700 – Inversor de frequência com tecnologia de última geração Baseado na filosofia “Plug and Play”, que permite ao usuário configurar o inversor de forma rápida e fácil, o CFW700 combina excelente custo benefício, tamanho reduzido e simplicidade de instalação

Multimedidoress – pag 2 Uma alternativa WEG para a leitura de grandezas elétricas.

PCH Braço conta com soluções WEG A usina foi equipada com diversos produtos destinados à geração de energia elétrica. Leia mais na página 5.

e operação. Leia mais na página 3.

Excelentes níveis de rendimento aliados a economia e redução dos níveis globais de emissão de CO² A Linha de motores WQuattro da WEG reúne estes e muitos outros benefícios. Saiba mais na página 4.

Tintas WEG Linha de produtos atende às mais diversas aplicações e segmentos.

Leia mais na página 8.

Mais segurança no manuseio de circuitos elétricos A WEG conta com uma linha completa de secionadores, que são equipamentos capazes de interromper ou estabelecer correntes desprezíveis com eficiência e segurança. Saiba mais na página 6.


WEG lança Controlador Lógico Programável com IHM integrada O PLC300 é um controlador lógico programável que concentra as funcionalidades de CLP e IHM. A WEG acaba de lançar o PLC300. Trata-se de um robusto controlador lógico programável que concentra as funcionalidades de CLP e IHM (Interface Homem Máquina). Compacto, configurável e de baixo custo, é perfeito para atender as necessidades em controle de máquinas e pequenos processos industriais. Possui uma entrada USB para programação através do software WPS (Weg Programming Suite); esta ferramenta de programação é gratuita e utiliza a linguagem de programação ladder, estando de acordo com a norma IEC 61131-3. Sua monitoração online (variáveis e lógica em ladder) é feita diretamente no aplicativo ladder desenvolvido; as variáveis podem ainda ser monitoradas com o uso de gráficos de tendência. A partir de 2011 estará disponível o protocolo ModbusTCP, que utiliza interface ethernet como meio físico agregando mais conectividade ao PLC300.

Características do modelo PLC300HP (modelo mais completo): CLP: • Alimentação em 24Vcc (fonte interna isolada, consumo 500 mA); • Memória de programa de 512 Kbytes; • Cartão de memória tipo SD card para backup, log, etc. • 10 entradas digitais (sendo 2 rápidas com interrupção - 15kHz); • 1 entrada para encoder (isolada) tipo quadratura (100kHz);

Para atender cada aplicação de maneira otimizada, estão disponíveis seis modelos distintos • • • • • •

PLC300HP PLC300BP PLC300HS PLC300BS PLC300HPC PLC300HSC

Onde: • • • • •

H: HMI B: Blind (sem HMI) P: Plus S: Standard C: Custom (sem membrana)

• 1 entrada analógica 0 -10V/4-20mA - 10bits; • 9 saídas digitais 24Vcc (sendo 8 saídas tipo PNP, 500mA e 1 saída tipo PWM Push-Pull 300kHz -100mA). • 1 saída analógica 0-10V/ 4-20mA – 10bits; • 2 slots para expansões de I/O centralizadas; • Expansão de I/O através de unidades remotas: rede CANopen, até 63 escravos).

Programação via USB: • Software WPS: edição e monitoração do aplicativo em linguagem Ladder conforme Norma IEC 61131-3 (gratuito); • Software WSCAN: configuração e monitoração da rede CANopen (esta ferramenta está integrada no software WPS).

IHM: • Display LCD 4 linhas x 20 caracteres com back-light; • Teclado alfanumérico; • 12 Teclas de função; • Até 240 telas programáveis.

Multimedidores de grandezas elétricas Uma alternativa WEG para a leitura de tensão, corrente, potência, harmônicos e energia num mesmo equipamento. Nos centros de distribuição de energia e painéis elétricos, a medição de grandezas elétricas é muito importante. Pensando nisso, foram desenvolvidos os Multimedidores, equipamentos que medem tensão, corrente, potência, harmônicos e energia consumida pela instalação elétrica. A leitura é feita através de um display ou de uma rede de comunicação ModBus. Além de medir a energia consumida (em kWh), os Multimedidores agregam em um único equipamento as medições das grandezas elétricas e disponibiliza uma saída a relé para alarme.

2

Esse alarme é configurável no aparelho para atuação nos valores máximos e mínimos de tensão, corrente, distorção harmônica total e fator de potência. O grande diferencial do Multimedidor da WEG (MMW01) é a leitura de todas as grandezas elétricas, incluindo os harmônicos, em seu display.


Sensores WEG: aplicáveis em todos os tipos de máquinas A substituição de chaves mecânicas por sensores têm apresentado economia e eficiência para a automação industrial (utilizados para detectar metal), Capacitivos e Ópticos (detectam quase todos os tipos de material), Magnéticos (para montagem em bolos magnéticos de cilíndricos pneumáticos) e os Sensores indutivos para alta velocidade (Magneto Resistivo e Pick-up). Utilizados nas mais diversas aplicações, os Sensores WEG têm como grande diferencial a fácil aplicabilidade em todos os tipos de máquinas.

Usados para identificar um determinado material apenas por aproximação, os Sensores são muito eficientes na automação industrial, substituindo as chaves mecânicas. A vantagem é que, não havendo contato físico com o objeto a ser detectado, não existe o desgaste mecânico do sensor. A WEG possui uma linha de Sensores Indutivos

Nova família de inversores CFW700 O CFW700 é um acionamento de velocidade variável com tecnologia de última geração para motores de indução trifásicos. O novo modelo de inversor de frequência CFW700, mais recente lançamento da WEG, apresenta características de peso na hora da escolha do consumidor. Além de possuir entrada isolada para encoder incremental, interface de comunicação RS485, indutores no barramento CC (não necessita de reatância de rede), sistema inteligente de refrigeração e IGBT de frenagem, também conta com dois softwares gratuitos que podem ser baixados pelo site WEG: WLP e Superdrive GS.

A instalação dos acessórios na nova família de inversores de frequência também é facilitada. Todos os dispositivos, baseados na filosofia “Plug and Play”, são configurados automaticamente quando conectados ao equipamento, garantindo mais rapidez e simplicidade ao processo.

alimentação monofásica ou trifásica de 200 a 480 Vca e é ideal para aplicações em fabricantes de máquinas (OEMs) devido ao seu excelente custo benefício, tamanho reduzido e simplicidade de instalação e operação.

O CFW700 está disponível com corrente nominal de saída de 3,6 a 211A (1,5 a 175 CV), tensão de

Com alta precisão e confiabilidade no controle de velocidade e de torque, o produto tem as funções de start-up orientado, multi-speed, auto-ajuste, regulador PID, proteção de sobrecarga, sobretemperatura e ajuste da classe térmica do motor. Possui ainda, como opcionais, módulo de parada de segurança (que atente a EN954-1 / categoria 3), alimentação externa do controle em 24Vcc e filtro RFI.

Energia extra para manter sistemas em funcionamento Os no-breaks funcionam como uma fonte alternativa de energia e são uma ótima opção para indústrias e centros de processamento de dados. Se não há como evitar as quedas de energia, é preciso, ao menos, buscar uma fonte alternativa, que continue abastecendo os locais que precisam de energia em tempo integral, como os hospitais, as indústrias, as redes de comunicação, entre outros. Pensando nisso, a WEG tem a disposição de seus clientes uma linha completa de no-breaks. Esse equipamento funciona como uma fonte de energia ininterrupta e protege os sistemas (hardware, software e dados) contra falhas ou paralisações no fornecimento de energia elétrica. Os no-breaks reduzem os custos com manutenção e paradas não programadas, evitando que empresas e processos fiquem inoperantes. Eles funcionam como um elo

entre a rede elétrica e os sistemas ligados a sua saída que necessitam de proteção e operação constante.

No-breaks WEG Em seu pacote de produtos, a WEG oferece no-breaks microprocessados em alta frequência, monofásicos e trifásicos de 600VA até 1,6MVA. As configurações disponíveis são singelo e modular, operando com ou sem redundância ativa, gerenciáveis remotamente por software, nas diversas configurações de tensão e frequência.

Entre suas principais características, estão: proteção contra os distúrbios da rede elétrica, filtragem e despoluição da energia, fonte alternativa de energia e operação ininterrupta. Por conta disso, são muito utilizados pela automação bancária e comercial, em centros de processamento de dados, laboratórios e redes de supermercados. Os no-breaks WEG representam uma excelente alternativa para empresas que buscam eficiência e qualidade para manter seus sistemas funcionando.

3


Motores elétricos mais eficientes e com custos de operação reduzidos Por ser flexível e se adaptar a qualquer necessidade do cliente, a WEG criou a linha de motores elétricos W22.

Projetados para consumir menos energia, estes motores têm perdas entre 10% e 40% menores que os anteriormente disponíveis no mercado. É uma maneira extremamente eficaz para reduzir custos com energia elétrica e auxiliar na redução dos níveis de emissões de CO². Além disso, asseguram menores níveis de ruído e vibração, aumentam a confiabilidade e o número de horas disponíveis para operação. São 22 características que proporcionam uma economia significativa e um rápido retorno do investimento ao cliente.

WQuattro - Excelentes níveis de rendimento aliados a economia e redução dos níveis globais de emissão de CO² Devido ao seu Rendimento Super Premium, o motor demanda menos energia da rede. Seus níveis de rendimento são os maiores do mercado e isso se traduz em um retorno rápido sobre o investimento com a redução das tarifas de energia e dos níveis mundiais de emissão de CO² no meio ambiente. Entre os outros benefícios do WQuattro estão: intercambiabilidade com os motores de indução normais (mesma relação potência x carcaça), aumento da vida útil e redução de horas de manutenção, ampla faixa de variação de velocidade com torque constante e fácil sincronização de velocidade com múltiplos motores acionados pelo mesmo inversor. Além disso, a linha não requer o uso de sensores/ encoder em aplicações com inversores de frequência e nem o uso de proteção especial com relés de sobrecarga especiais.

Com o mesmo tamanho de carcaça de um motor de indução convencional o usuário tem mais eficiência na sua aplicação. A Linha de motores WQuattro contempla as potências de 1 a 15cv nas carcaças 80 a 132 M/L. É um motor híbrido com rotor de gaiola convencional, equipado com ímãs permanentes de alta energia (NdFeB) que possibilitam a partida direta da rede. Para aplicações que exigem variação de velocidade, pode ser utilizado com inversores de frequência de controle escalar. O WQuattro já é contemplado na nova plataforma de motores da WEG – W22.

W22X - A nova geração de motores à prova de explosão A linha W22X representa o que há de mais moderno para o acionamento de equipamentos em ambientes com a presença de atmosferas explosivas. Como resultado de um intenso trabalho de pesquisa e de desenvolvimento, a WEG lança a sua nova linha de motores à prova de explosão, a linha W22X. Incorporando os mesmos conceitos inovadores dos motores para uso geral da linha W22, os motores W22X representam uma evolução no mercado de produtos para áreas classificadas, assegurando altos níveis de rendimento, economia de energia, baixos custos operacionais, vida útil estendida, baixa manutenção e, principalmente, segurança.

4

Área classificada: Zonas 1 e 2, Grupos IIA, IIB e IIC, classe de temperatura T4 Disponível nas versões de rendimento Plus e Premium Manutenção simplificada Vasta gama de acessórios


WGM - Compactos e super potentes Desenvolvidos para atender a demanda crescente por motores compactos, silenciosos e, ao mesmo tempo, com alta relação de potência por tamanho de carcaça, os motores da linha WGM ou motores refrigerados por manto d’água, são mais uma prova da preocupação constante da WEG em criar soluções eficientes. Os motores ocupam um espaço muito menor do que ocupariam se fossem modelos convencionais, mas não deixam nada a desejar em matéria de desempenho. Desta forma, são a escolha ideal para aplicações em ambientes com elevada temperatura, severas condições de sujeira e/ou mínimo espaço para operação. Características Eles foram desenvolvidos de forma a proporcionar refrigeração por meio da circulação de água através da carcaça e tampas. Com uma carcaça formada por duas peças, o motor é literalmente envolvido por um manto d’água, permitindo uma troca térmica eficaz entre pacote do estator e carcaça. Essa troca reduz a temperatura dos condutores ao longo da ranhura e resulta na obtenção de uma elevada potência por unidade de peso. A refrigeração manto d’água (IC71W) consiste em retirar o calor gerado pela máquina elétrica através da circulação de água ao redor da carcaça da máquina. Além disso, as tampas também possuem circulação de água, o que permite refrigerar os rolamentos dos mancais de forma eficiente, evitando problemas de sobreaquecimento.

Conjunto Eficaz Nos motores com trocador de calor convencional, a perda mecânica é representada pelo ventilador interno que está acoplado no eixo da máquina. Nas situações onde é preciso regular a velocidade através de inversor de frequência, em acionamento de cargas de conjugado constante, é instalado um motor auxiliar (independente) para ajudar na dissipação do calor gerado no interior do motor principal. Na linha WGM não há ventilador interno e, no acionamento por inversor, não é preciso ventilação independente. Com isto, tem-se um ganho em eficiência energética do conjunto.

Uma série de vantagens • Nível de ruído reduzido, devido à ausência de ventilador externo; • Permite operação com inversores de frequência em toda a faixa de rotação, sem a necessidade de ventilação forçada; • Calor dissipado pela água que circula dentro da carcaça por canais preestabelecidos, garantindo mínima dissipação térmica para o ambiente; • Indicado para aplicações que necessitam da redução de espaço (equipamento embarcado); • Para ambientes agressivos aos sistemas de refrigeração de máquinas aletadas, onde há presença de lama, pó pesado e sujeira, que entopem as passagens de ar.

PCH Braço conta com soluções WEG A usina foi equipada com diversos produtos destinados à geração de energia elétrica. Colocar uma Pequena Central Hidrelétrica (PCH) para funcionar é uma tarefa bastante complexa. Ainda que os procedimentos para implantação sejam mais simples que os das hidrelétricas maiores, a usina precisa contar com fornecedores preparados para suprir suas necessidades e garantir o bom funcionamento do seu negócio. Foi assim na PCH Braço, implantada em Lídice (RJ), mas que abrange a divisa de Rio Claro (RJ) e Bananal (SP). A usina, que entrou em funcionamento no início de fevereiro, tem por finalidade a geração de energia elétrica, operando a fio d’água, com uma potência instalada de 11,5 MW e reservatório de 3.500 m². A PCH Braço, com energia média anual de 65.700 MWh, terá potencial para abastecer, em média, uma cidade com 40 mil habitantes. Para desenvolver todo esse projeto empreendedor, a PCH Braço buscou nas soluções WEG produtos e equipamentos para compor a sua usina. Nessa primeira parceria foi fornecido um pacote de produtos destinados à geração de energia elétrica (veja box com os produtos). O grande diferencial desse fornecimento está na forma como ele foi gerenciado. Todos os processos, desde a entrega dos equipamentos, passando pela instalação, testes, até serem colocados em funcionamento, foram acompanhados e coordenados pela WEG, garantindo, dessa forma, os resultados esperados pelo cliente. “Faz um mês que a usina está funcionando e só temos elogios aos equipamentos e atendimento da WEG. Foi tudo excelente. Certamente, a WEG se tornou uma parceira

importante para os nossos negócios”, afirma Gilberto Antunes Rennó, diretor técnico da PCH Braço. Segundo Leonardo Sohn Nogueira Ramos Filho, responsável pelo fornecimento, esse foi um projeto muito importante para a WEG: “Participar do desenvolvimento da PCH Braço representou mais uma oportunidade de fornecimento completo de uma pequena central hidrelétrica, especialmente por poder administrar os processos de implantação e garantir o funcionamento perfeito dos equipamentos incorporados na usina”.

Escopo do fornecimento: • 2 unidades geradoras, compostas de turbinas hidráulicas tipo Francis simples (HISA) e geradores 6.600 kVA 900 rpm (WEG); • Cubículos, painéis de proteção, Centro de controle de motores, Sistema supervisório completo, transformador elevador 11/14 MVA 13,8/25 kV; • Painéis de distribuição em baixa tensão; • Serviços de projeto, instalação elétrica e comissionamento de toda planta.

5


Transformadores secos: risco de combustão inexistente Uma das maiores preocupações da WEG é aliar o bom desempenho dos seus equipamentos à segurança. Os transformadores secos WEG proporcionam excelente relação custo x benefício. Ideais para ambientes que exigem segurança na instalação, não apresentam risco de explosão e a resina não propaga fogo, devido à sua propriedade de autoextinção. A tecnologia presente nesses produtos consiste no encapsulamento com enchimento de resina sob vácuo à alta temperatura. Após a solidificação por processos térmicos controlados, a bobina adquire características mecânicas, elétricas e térmicas ideais e que garantem uma perfeita homogeneidade de isolamento – totalmente isenta de contaminações. A WEG é o único fabricante do mercado a oferecer a resina de isolamento da AT com classe de isolação H 180ºC. Isso confere à resina alta resistência mecânica e elevado coeficiente de dilatação térmica, muito próximo do material condutor, além de elevada rigidez dielétrica.

Vantagens O enrolamento de alta tensão é construído em fita de alumínio e sua elevação de temperatura é F (155 ºC). A resina utilizada pela WEG neste enrolamento é a epóxi

Araldite® CW229, que possui certificado UL para 200 ºC. O principal benefício do uso desta resina é o fato de operar em temperatura inferior ao seu limite térmico, fator que proporciona um expressivo aumento da vida útil do transformador. A CW229 é o melhor sistema desenvolvido pela Huntsman, líder mundial em resinas epóxi, sendo a única a possuir classificações de flamabilidade (HB e V1), apresentando excelentes propriedades mecânicas e elétricas, combinadas com altíssima resistência à formação de fissuras e ao choque térmico. Os transformadores secos se enquadram nas normas NBR 10295/IEC 60076-11. Além de segurança, destacam-se a facilidade nos processos de manutenção e a economia de espaço. Na prática, o tamanho mais compacto destes transformadores oferece o dobro da potência num ambiente menor. Estão disponíveis nas potências de 300 até 20.000 KVA, tensões 7,2; 15; 24,2; 36,2 kV e graus de proteção IP 00 até IP 55.

Secionadores: mais segurança no manuseio de circuitos elétricos Ideais para a abertura e fechamento de circuitos elétricos, os secionadores são equipamentos mecânicos, de manobra, capazes de interromper ou estabelecer correntes desprezíveis e, em condições operativas normais, na posição fechada, devem suportar condições anormais de corrente, como curto-circuito. A função dos secionadores é garantir o isolamento de equipamentos ou trechos de linhas ou subestações, permitindo confirmar visualmente que o trecho isolado encontra-se desenergizado, ou seja, a sua operacionalidade precisa assegurar uma desconexão visível dos condutores, mantendo inalteradas as condições dos circuitos em aberto. Os secionadores também podem ser utilizados de forma sequencial, coordenando manobras entre diversos circuitos, possibilitando a transferência de cargas e isolamento de equipamentos.

Linha de Secionadores A WEG conta com uma linha completa de secionadores de alta tensão, adquirida da LAELC, agregando ao seu portfólio o acervo técnico e histórico de um produto renomado no mercado brasileiro. Os produtos disponíveis possuem níveis de tensão que variam de 15 a 550 kV, níveis de corrente entre 630 e 3150 A e níveis de curto-circuito até 40 kA/3s e 50kA/1s. Oferecendo soluções cada vez mais completas, prima pela inovação e qualidade do que produz, disponibilizando ao mercado uma ampla linha para atender as mais diversas necessidades. Segurança e confiabilidade fazem parte dos princípios WEG e são atributos que somente uma empresa que é referência global em equipamentos elétricos pode promover.

6


Adeus à falta de energia Tanto para as concessionárias de energia como para as grandes indústrias, parar o abastecimento de energia elétrica é algo que pode gerar muitos transtornos e perdas financeiras. Para evitar esses inconvenientes, a WEG tem uma solução bastante eficaz: as subestações móveis. Seja para fazer um reparo emergencial ou uma manutenção programada em uma subestação convencional, as subestações móveis proporcionam o rápido restabelecimento no fornecimento de energia. A WEG oferece aos clientes contratos em regime turn-key, para subestações de alta tensão, subestações móveis e transformadores móveis, em todos os segmentos de mercado (indústrias, concessionárias, geração – hidráulica, térmica, eólica). Possui experiência comprovada, tendo entregue e energizado mais de 200 subestações em todos os níveis de tensão até 550 kV.

Referência em qualidade e satisfação dos clientes Para uma subestação móvel cumprir seu papel no fornecimento de energia, ela precisa estar equipada com produtos desenvolvidos com o mais alto padrão de tecnologia e qualidade. Essa é outra vantagem das subestações móveis: a interface com os demais produtos de fabricação WEG, como os equipamentos AT (secionadores, disjuntores, páraraios, TCs, TPs), os transformadores AT e MT/BT (óleo e seco), os painéis de comando e proteção e serviços auxiliares, os cubículos de comando e proteção dos bays alimentadores, o sistema supervisório e os geradores. Essa interface permite

que a WEG ofereça aos seus clientes e ao mercado um sistema completo de soluções para a geração, transmissão e distribuição de energia elétrica. A WEG Transmissão & Distribuição (T&D), que está presente no Brasil com quatro fábricas (Blumenau, Gravataí, Itajaí e Hortolândia) e no México, com duas (Huehuetoca e Tizayuca), oferece subestações

personalizadas, adaptadas ao perfil e necessidades dos clientes. Conquistou liderança em transformadores no mercado brasileiro e caminha para a liderança no mercado de soluções. Com parques fabris de última geração e equipes técnicas altamente capacitadas, a WEG T&D tem à disposição de seus clientes o que há de mais inovador em transmissão e distribuição de energia.

Série de benefícios • • • • • •

Mobilidade e flexibilidade em atendimentos emergenciais; Redução de interrupções no fornecimento de energia; Confiabilidade no sistema; Facilidade em manutenções preventivas e corretivas; Redução dos investimentos em equipamentos reservas; Atendimento provisório a cargas sazonais, novos consumos e eventos.

7


Tecnologia e proteção total Tintas WEG atendem às mais diversas aplicações e segmentos. Com constantes investimentos em novos desenvolvimentos e tecnologias, a WEG oferece uma série de produtos com um único propósito: oferecer proteção total. Para atender esse compromisso, a WEG conta com uma vasta linha de produtos para manutenção, normalizados Petrobras, tintas anticorrosivas, marítimas e gama de produtos especiais, como: Linha Nobac, tintas líquidas e em pó, com

propriedades antimicrobianas. Indicadas para pinturas de máquinas e equipamentos destinados à ambientes onde a higiene é fundamental, como hospitais, consultórios, frigoríficos, supermercados, cozinhas e outros. Politherm WZn: Tinta em pó epóxi, rica em zinco de incomparável proteção anticorrosiva. Pode ser usada como primer ou acabamento em estruturas destinadas a ambientes altamente agressivos.

Politherm WF e WFS: Acabamentos de excelente resistência ao intemperismo com alta retenção de cor e brilho. Próprio para pintura de estruturas expostas continuamente aos efeitos do tempo, como telhas, coberturas metálicas, perfis de alumínio, portões e móveis metálicos. Linha WEco: Tintas livres de metais pesados e que atendem à diretiva RoHS. Essencial para produtos destinados ao mercado externo.

Linhas epóxi e poliuretano oferecem secagem extra-rápida WEGPOXI HIDRO ERP 303 e WEGTHANE HIDRO HPA 501 garantem baixo intervalo de repintura, incrementos de produtividade e set-up da linha de produção reduzido. Desenvolvido para oferecer proteção comparável ao N2630, primer epóxi normatizado Petrobras, o WEGPOXI HIDRO ERP 303 é um primer epóxi hidrossolúvel, desenvolvido como opção aos epóxis

de base solvente. Além das características de proteção, como resistência de mais de 1.500 horas em salt spray (camada de 240-320 micrometros), o WEGPOXI HIDRO ERP 303 possui secagem extra-rápida em comparação

aos epóxis de base solvente, com secagem ao manuseio em 30 minutos à 25ºC, em comparativo com as 16 horas ao manuseio do N2630. O baixíssimo intervalo de repintura garante incrementos de produtividade, reduzindo o set-up da linha de produção. Além do primer epóxi, também está disponível o WEGTHANE HIDRO HPA 501, um acabamento poliuretano hidrossolúvel de alto brilho, indicado para aplicações industriais e de manutenção, onde se procura alta resistência química e ao intemperismo. De reduzido impacto ambiental, se comparado aos produtos convencionais, confere maior produtividade devido a sua secagem mais rápida comparada aos poliuretanos de base solvente.

Tinta em pó antichama O POLITHERM ANTICHAMA foi desenvolvido para oferecer maior segurança nas aplicações. Em caso de princípio de incêndio, esta tinta em pó híbrida retarda a propagação de chamas, permitindo a proteção de estruturas e de pessoas em rota de fuga. O produto atende às normas BS 476 Parte 7 e DIN 4102 – B2 no quesito propagação de chama e é indicado para pintura de estruturas, portas antichamas, painéis, eletrodomésticos e outros itens metálicos utilizados em ambientes públicos, residenciais e industriais.

Vernizes de esmaltação mais resistentes O Esmalte Autolubrificante é um esmalte para fios a base de poliamidaimida/poliésterimidico. Sua característica autolubrificante garante um fio mais liso, facilitando a aplicação em motores herméticos (compressores) e para bobinados em máquinas de inserção automática. Além disso, possui excelente resistência química e resistência mecânica superior, comparada com fios aplicados em sistemas convencionais. Outra novidade é o Verniz de esmaltação epóxi autocolante. Formulado com uma resina especial, quando aplicado sobre o fio retangular, além de fazer a esmaltação, o mesmo ainda “empacota” o sistema depois de curado em estufa, colando um fio ao outro, o que, em sistemas tradicionais, era feito por um novo processo de impregnação. A eliminação desse processo traz significativos incrementos de produtividade.

8

Em casos de incêndio, a tinta (à esquerda) retarda a propagação de chamas, permitindo a proteção de estruturas e pessoas.

FIEE News 2011  

Newsletter de lançamentos WEG para a feira FIEE 2011

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you