Page 1

Ano 04 - Edição de 16/09 a 30/09/2013 | 5.000 exemplares | Distribuição Gratuita

Sua proteção esta aqui

Confiança. Essa é a palavra que define bem a Asprocar.

Pág. 03

O Presidente reeleito da Asprocar Rodrigo Teixeira.

Política

Renato Rios Neto:

Destaque da Edição Pág. 02

Pág. 05

Cidadania

Semana da Pessoa da Deficiência tem calendário movimentado Pág. 08 Cultura

Saúde

Atividade física previne hipertensão

William Barreiro critica fim da linha 004ª

Pág. 04

FPC reúne com vereadores na Câmara

Pág. 08

Central de anúncios Tel. 3037.0397 Funcionamento: Seg. a Sexta de 11h as 15h

Rua Rio Comprido, 2082 - Santa Cruz


2

Opinião

Ano 04 - Edição de 16/09 a 30/09/2013

Dançando na chuva

Editorial É incrível observar que as pressões populares feitas nos últimos meses e no último dia sete ainda não tenha um feito sólido. A reforma política, uma das principais reivindicações da massa, foi deixada de lado e para o próximo pleito nada vai ser alterado. Mais do que mudanças o que se pediu pelo país inteiro foi justiça. Em meio a isso tudo, na última semana iniciou-se a votação para verificar se terá a realização de um novo julgamento aos indiciados pelo mensalão. Infelizmente, o cheiro de pizza está no ar. Não bastasse a situação da União, nossa soberania é colocada em xeque com as investigações de denúncias a respeito que o governo estadunidense (chega de fala norte-americano, o Canadá e o México não são da América do Norte?) estaria espionando documentos e e-mails do governo brasileiro, principalmente da presidente Dilma. A como é “lindo” o imperialismo yankee. Ah, ainda tem a questão da Síria. Mais uma vez o tio Sam colocando o dedo na história do Oriente Médio. Não é questão de comparação, mas a última vez que ouvi falar que a “América” suspeitava de uso e produção de arma química deu no que deu no Iraque. A democracia ocidental seria a melhor para o Oriente Médio? Boa leitura!

Welber Moreira Diretor Responsável

Participe você tambem! Ajude a fazer o notícias de Contagem. Para sugestões de pauta, críticas e sugestões, entre em contato conosco pelo email redacao@noticiasdecontagem.com.br O nosso objetivo é colocar em evidência o cidadão contagense.

Destaque da Edição Foto: Welber Moreira

Renato Rios grande repórter da Radio Itatiaia vem se sobre saindo em suas matérias e coberturas jornalísticas na grande BH, e um de nossos leitores.

Contagem N O T Í C I A S D E

de borracha que se acumulam com o Qualificação e Treinamentos de Motoristas tráfego. Com isso, a pista fica extremaPrevenção de Acidentes Rodoviários inspetordepaula@uol.com.br mente escorregadia, 31-9958-8089 por isso nesse momento, diminua a velocidade e não use o freio bruscamente. e em dias comuns são necessárias para que Com volume maior de é necessária uma o motorista possa superar chuva a velocidade reduziatenção redobra- a instabilidade na direção da diminui a chance do veida do motorista, quando que a aquaplanagem acarculo aquaplanar. Acima de chove toda cautela na di- reta. É possível evitar a aqua- 50 km/h, os pneus podem reção é pouca. A chuva exige maior habilidade do planagem com antecedên- não mais cortar a camada de água e o veículo se descondutor devido ao fato cia? É fundamental que o governa podendo derrapar deste fenômeno prejudicar a visibilidade. Além do condutor esteja preparado e o motorista perder tomotorista, o carro perde para conduzir veículos em talmente o controle sobre aderência com as pistas períodos de chuva e que ele. Logo, independentemolhadas. Em dias chu- conheça e aplique os cin- mente da quantidade de vosos, em algumas áreas, co elementos básicos da água na pista, diminua a velocidade e aumente a frequentemente acontece direção defensiva. Conhecimento, aten- distância de outros veícuà chamada aquaplanagem. Isto ocorre quando ção, previsão, habilidade los. No caso da condução os pneus não conseguem e ação. O condutor deve remover a lâmina de água ficar atento às poças de de caminhões o motorise, literalmente, perdem o água sobre a pista (mes- ta deve ter suas atenções contato com a pista. Vários mo não havendo chuvas), redobradas e dirigir defenfatores como velocidade, reduza a velocidade utili- sivamente. Ao perceber a condição do asfalto, quan- zando os freios, antes de chuva, reduza a velocidatidade de água na estra- entrar na região empoça- de e aumente a distância de segurança. Não ligue o da e altura dos sulcos de da. Que comportamento o limpador de imediato, esum pneu podem propiciar a aquaplanagem. O ide- condutor do veículo deve ter? pere a água da chuva retial seria transitar em vias E no caso da condução de ca- rar a poeira do pára-brisa. Na chuva, resíduos, bem projetadas, constru- minhões? como óleo, se misturam A segurança do moídas e conservadas, além com a água, tornando a de sinalizadas adequada- torista ao dirigir na chuva pista escorregadia. Ligue mente, mas nem sempre pode estar no conhecié possível devido a reali- mento de dois aspectos: as lanternas e ultrapasse dades do nosso trânsito. aderência e visibilidade. somente em locais seguA má conservação das Os primeiros pingos de ros. Durante a chuva, vevias, drenagem deficien- chuvas ou a garoa não rifique, pelo retrovisor, se te podem contribuir para formam volume de água os pneus de seu veículo que o veículo flutue na suficiente para tirar da via estão deixando marcas na água. Profilaxias e dicas poeira, óleo ou resíduos pista. Se não, reduza a ve-

Inspetor De Paula

S

O uso dos cílios postiços Gemêos Maquiadores Facebook/Gemeos Maquiadores www.gemeosmaquiadores.com.br

U

m recurso que as mulheres usam para valorizar a beleza facial é o uso de cílios postiços. Mas para que o resultado esperado seja alcançado, é necessário cuidado na aplicação dos cílios. O primeiro passo é passar um risquinho de sombra nas pálpebras (bem rente a raiz dos cílios) e aplicar rímel nos seus cílios naturais. Em seguida, meça os cílios postiços com o tamanho

EXPEDIENTE: Diretor responsável : Welber Moreira Jornalista: Diogo Henrique Fotografia: Welber Moreira e Warley de Freitas Projeto Gráfico: Pradino Comunicação Ltda Diagramação: Warley de Freitas

dos olhos. Caso sejam maiores, cortar os cílios postiços na parte maior – a que fica do lado externo dos olhos. Depois, segure os cílios postiços utilizando a pinça, deixando a raiz para fora. Passe a cola na raiz dos cílios postiços, colocando um pouco mais de produto nas extremidades. Cole os cílios postiços, começando pelo canto externo dos olhos. Aplique-os na raiz dos

Colaboradores: Adriane Aparecida Vieira, Dr. Átila Aneres, Dr. Bruno Sander, Cathya Gaya,Flávia Garcia, Fredericus Augustus, Inspetor De Paula, Dr. João Batista Damas Pieroti, Mariana Moreira, Pedro Augusto Moreira, Renato Figueiredo, Warley de Freitas, Wagner Assis, Xandão da Percussão, Rodrigo Andrade

seus cílios naturais e espere secar. Cole a parte interna dos cílios, bem rente à raiz dos seus. Com a ajuda do pincel, passe a sombra cremosa como delineador, para esconder o excesso de cola. Aplique o curvex pressionando os cílios postiços e os naturais ao mesmo tempo. Há outra forma mais simplória de aplicar. Primeiro passe o rímel, depois aplique o curvex e, em seguida, delineie os olhos antes de fazer o procedimento para aplicar os cílios postiços. Caso aconteça algum imprevisto durante o even-

Redação: Rua dos Ingás, 355, Eldorado - Contagem www.noticiasdecontagem.com.br Comercial: 31 9766.2259 | 31 9372.1702 contato: jornalnoticiasdecontagem@hotmail.com Veja também fotos de eventos

locidade suavemente até as marcas voltarem. É dever do proprietário do veículo trocar os pneus sempre que a profundidade dos sulcos atingir 1,6 mm. Adiar a hora da troca é uma economia que não vale a pena. Qual a importância de revisões permanentes do veículo? Economizar na manutenção pode custar caro. Já vimos que é obrigatório manter o veículo em bom estado em perfeitas condições de funcionamento. Nesses casos, deve-se prestar atenção redobrada a alguns detalhes: -Lâmpadas queimadas e faróis desregulados, -Limpadores de pára-brisas com defeito, -Espelhos retrovisores deficientes ou ausentes, -Amortecedores em mau estado, -Folga no sistema de direção, -Rodas desbalanceadas, -Suspensão desalinhada, -Pneus gastos ou mal calibrados, -Freios deficientes, etc. É importante ficar atento a todos estes itens, pois eles interferem na segurança. Deve-se recusar dirigir ou pilotar veículos em mau estado de conservação, ou que não tenha todos os equipamentos obrigatórios.

to ou solenidade, como o caso dos cílios descolarem não se preocupe. É só aplicar um pouquinho de cola na ponta da pinça; por isso, é sempre bom estar prevenido, ande com pinça e cola na bolsa. Apoie a pinça na sua pálpebra, deixando a parte onde está à cola para fora. Passe a cola na raiz dos cílios postiços e siga os passos para colá-los juntos aos seus, normalmente. Para retirá-los, utilize um demaquilante que não arda nos olhos, passe na raiz dos cílios até descolá-los completamente. Lave com água e sabão para retirar o excesso de cola e poder reaproveitá-lo em outras ocasiões.

"Os artigos assinados não refletem necessariamente a opinião do jornal, sendo de inteira responsabilidade de seus autores"


Matéria de capa

Ano 04 - Edição de 16/09 a 30/09/2013

3

Sua proteção esta aqui Confiança. Essa é a palavra que define bem a Asprocar. Foto: Divulgação

A

s placas informativas da associação não são de carros. Os cargos estampados nas placas são todos ocupados pelo mesmo nome Jesus “Afinal e dele que vem nossa maior proteção”, ressalta o Presidente da Associação. Atualmente no mercado desde 2006, a Associação de Proteção a Carros- Asprocar desenvolve um trabalho de qualidade oferecendo segurança aos associados. Presente em todo estado de Minas Gerais e em algumas cidades do Rio de Janeiro, o objetivo e propiciar proteção ao grupo através de repartição entre associados de forma que todos tenham seus direitos reservados e sua segurança legitimada. A associação abona seus beneficiários em casos de roubo, batidas, incêndios e colisões. A assistência e de 24 horas tanto para automóveis quanto para caminhões e motos.

“Buscamos sempre inovação e benefícios diferenciados para oferecer uma qualidade ímpar”. concluiu Ronaldo.

Como Funciona Cada associado se enquadra, por meio de tabela FIPE de seu veiculo em uma cota. Visando um custo acessível à Asprocar utiliza um sistema de rateio entre os prejuízos obtidos pelo associado. Assim, a administração das cotas é feita de forma justa e transparente. Em seu segundo mandato, o Presidente da Asprocar, Ronaldo Teixeira,

defende a bandeira de colaboração e ajuda entre membros da associação. “Nossa visão é mesmo de ajudar os nossos associados da melhor forma possível, por isso investimos substancialmente para que eles tenham todo conforto e o Maximo de segurança em caso de qualquer tipo de incidentes”, declarou. Outro fator primordial na gestão da Asprocar e de trabalho com excelência

em busca de altos índices de satisfação tanto para os associados quanto colaboradores. “Buscamos sempre inovação e benefícios diferenciados para oferecer uma qualidade ímpar”. Concluiu Ronaldo. Recentemente Carlos Cunha estava em uma viagem para o interior de Minas Gerais e durante uma parada, na madrugada do fim de semana, numa loja de conveniência, ele fechou

a porta de seu veiculo com a chave dentro, imediatamente o associado ligou para a Asprocar e logo teve seu problema resolvido. Segundo Carlos Cunha, a proteção veicular é de excelente qualidade e o atendimento e em tempo real. “O trabalho da Asprocar é eficaz e traz aos associados uma tranqüilidade e uma segurança que nenhuma outra oferece. Além disso, temos um suporte durante todo o período em que estamos em processo de assistência”, afirmou. O bem estar dos cliente é a base solida da equipe que visa colaborá-los em primeiro lugar. “Agradecemos a todos os parceiros, colaboradores, associados e amigos pela confiança depositada em nós”, finalizou o Presidente Ronaldo Teixeira. A Asprocar funciona na Rua Noberto Mayer 107, no bairro Eldorado em Contagem.

Empresário do transporte de cargas do Centro-Oeste mineiro FILIE-SE


4

Saúde

Ano 04 - Edição de 16/09 a 30/09/2013

Atividade física antes dos 40 ajuda a prevenir hipertensão na menopausa

Por Karina Toledo

Divulgação

E

specialistas em cardiologia estimam que até 80% das mulheres podem se tornar hipertensas após a menopausa. Para prevenir o problema, a prática de exercícios físicos precisa ser incluída na rotina por volta dos 40 anos de idade, muito antes da última menstruação acontecer. O alerta foi feito pela pesquisadora da Universidade Estadual Paulista (Unesp) Angelina Zanesco, que coordena uma pesquisa cujo objetivo é desvendar os mecanismos biológicos responsáveis pelo aumento da pressão arterial feminina nessa faixa etária. Os primeiros resultados do estudo, que tem apoio da FAPESP, foram apresentados durante a 28ª Reunião Anual da Federação de Sociedades de Biologia experimental (FeSBE), realizada entre os dias 21 e 24 de agosto em Caxambu, Minas Gerais. “Muitas mulheres começam a se preocupar com a atividade física somente após os 50 anos, quando a barriga começa a crescer. Mas nossos resultados mostram que, para evitar o desenvolvimento da doença, a intervenção precisa ser feita antes que ocorram as mudanças metabólicas e hormonais da menopausa”, afirmou Zanesco. Para chegar a tal conclusão, a equipe do Laboratório de Fisiologia Cardiovascular e Atividade Física da Unesp em Rio Claro (SP) avaliou em dois grupos de mulheres – pré e

Alerta foi feito pela pesquisadora Angelina Zanesco, da Unesp de Rio Claro. Especialistas estimam que até 80% das mulheres vão desenvolver a doença no climatério. pós menopausa – o funcionamento do chamado sistema renina-angiotensina, um conjunto de peptídeos, enzimas e receptores envolvidos no controle da pressão arterial. “O sistema renina-angiotensina é responsável por elevar a pressão arterial, principalmente por meio da constrição dos vasos sanguíneos, e isso tem uma importância fisiológica. No caso de um acidente com hemorragia ou de uma infecção generalizada, por exemplo, esse sistema impede que a pressão arterial caia demais e o indivíduo desmaie. Mas quando o mecanismo é ativado sem necessidade, acaba levando à hipertensão”, explicou Zanesco. Benefícios Desde meados da década de 1990, diversos estudos têm mostra-

do os benefícios de exercícios aeróbicos no controle da pressão arterial. O efeito também foi comprovado no experimento feito com 40 mulheres – 29 normotensas e 21 hipertensas – no Laboratório de Fisiologia Cardiovascular e Atividade Física da Unesp. Após dois meses de treinamento na esteira, que incluía três sessões de 40 minutos por semana, em ritmo moderado, houve redução da gordura abdominal de aproximadamente três centímetros. Além disso, a pressão arterial das normotensas caiu 4 milímetros de mercúrio e a das hipertensas, 7 milímetros de mercúrio. “Seria o equivalente a descer de uma pressão de 13.2 para 12.5, por exemplo. É uma redução importante para um período tão curto e o suficiente para reduzir em 40% o risco de infarto do miocárdio e acidente

vascular cerebral”, afirmou Zanesco. No momento, os pesquisadores tentam descobrir por meio de quais mecanismos biológicos a atividade física ajuda a regular a pressão. A primeira suspeita, que não se confirmou, estava relacionada à redução nos níveis de cortisol e de testosterona. “Sabemos que o cortisol, o hormônio do estresse, é produzido e liberado pelo tecido adiposo visceral. Achávamos que reduzindo a gordura da barriga haveria redução no nível de cortisol, mas não foi o que observamos”, contou Zanesco. Os níveis plasmáticos de testosterona – que já foi relacionada em estudos anteriores ao aumento da pressão arterial na menopausa – também ficaram inalterados após o período de treinamento físico. Outra hipótese a ser investigada é a de que a atividade física estimula a liberação de enzimas antioxidantes, como superóxido dismutase (SOD) e catalase (CAT), o que promoveria a redução do estresse oxidativo e ajudaria a reduzir a pressão arterial. Por último, serão avaliados mediadores inflamatórios – como a proteína C reativa, produzida pelo fígado, e interleucinas produzidas pelo tecido adiposo visceral –, que podem ser a gênese do problema. Segundo dados da Sociedade Brasileira de Cardiologia (SBC), a hipertensão é responsável por 40% dos infartos, 80% dos derrames e 25% dos casos de insuficiência renal

terminal. De acordo com a Diretriz Brasileira sobre Prevenção de Doenças Cardiovasculares em Mulheres Climatéricas e a Influência da Terapia de Reposição Hormonal (TRH) da SBC e da Associação Brasileira do Climatério (Sobrac), até os 55 anos há um maior percentual de homens com hipertensão. Dos 55 aos 74 anos, o percentual de mulheres é discretamente maior. Acima dos 75 anos, o predomínio no sexo feminino é significativamente superior. Os especialistas que formularam a diretriz estimam que cerca de 80% das mulheres, eventualmente, desenvolverão hipertensão na fase de menopausa. De acordo com o levantamento Vigitel 2011 (Vigilância de Fatores de Risco e Proteção para Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico), do Ministério da Saúde, a hipertensão arterial atinge 22,7% da população adulta brasileira. A frequência da doença avança com o passar dos anos. Se entre 18 e 24 anos apenas 5,4% da população relatou ter sido diagnosticada hipertensa, aos 55 anos a proporção é 10 vezes maior, atingindo mais da metade da população (50,5%) estudada. A partir dos 65 anos, a mesma condição é observada em 59,7% dos brasileiros. Diferentemente dos dados apontados pela diretriz da SBC e da Sobrac, o Vigitel indica que a maior frequência de diagnóstico em mulheres ocorre em todas as faixas etárias.

Conheça uma maneira eficaz para perder peso sem cirurgia A Clinica Sander te auxilia no seu objetivo de perda de peso e busca pela qualidade de vida. Composta por uma equipe multidisciplinar altamente qualificada, com infra estrutura completa, a Clínica oferece a você o tratamento com o Sistema OrberaT M de Emagrecimento, onde um dispositivo de silicone é inserido no estômago via endoscopia e preenchido com soro, induzindo assim à saciedade precoce. Saúde e qualidade de vida no peso certo.

Agende ainda hoje uma consulta e conte com o apoio completo para o auxílio no emagrecimento.

(31) 3588.1155 •8508.5000 www.clinicasander.com.br

Orbera™ é indicado para pacientes com IMC acima de 27 kg/m.2 Consulte sempre um médico.

Rua Alagoas, 601 - Funcionários - Belo Horizonte - MG (quase esquina com Av. Brasil - anexo ao Inst. Mineiro de Endocrinologia). CEP: 30130-160 Responsável: Dr. Bruno Queiroz Sander • Diretor Técnico Médico • CRM/MG 41490

|

Sistema de Balão Intragástrico Orbera™ - Reg. ANVISA Nº 80143600103


Política

Ano 04 - Edição de 16/09 a 30/09/2013

Prefeitura garante adicional na verba repassada a creches de Contagem Foto: Thailor Gonçalves

5

Retirada da linha de ônibus 004A da Região Água Branca, continua gerando polêmica. Foto: Divulgação

O vereador Daniel Carvalho na entrada da Camâra municipal com o movimento Pró-Creche

G

overno Municipal irá repassar 20% do valor total do convênio que mantém com as instituições em forma de parcela adicional; verba do Fundeb será repassada, integralmente, a partir do próximo ano. As creches que mantêm convênio com a prefeitura de Contagem vão receber um adicional na verba que é repassada pelo governo municipal. A garantia foi dada pela secretária de Educação da cidade, Ana Prestes, durante reunião na manhã da última terça, 10. Representantes do Movimento de Luta Pró-Creche de Contagem (MLPC), pais de alunos e funcionários de instituições de ensino infantil do município que possuem parceria com a Prefeitura lotaram o auditório da Câmara Municipal durante a última reunião plenária, também realizada na terça. Eles se manifestaram com palavras de ordem, estenderam faixas e distribuíram um folheto com pontos de reivindicação. O protesto foi em favor de que o executivo faça um ajuste no repasse das verbas do convênio que sustenta com os centros de educação infantil e faça a devolução integral dos valores oriundos do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (Fundeb) retroativos a janeiro/2013. Segundo o movimento, o impasse tem gerado diversos problemas na gestão das unidades educacionais, que enfrentam dificuldade em arcar com despesas como contas de água,

energia elétrica e encargos sociais. “O que haverá um aditivo de 20% do valor repasse integral dos valores do Fundeb global do convênio de 2013 com assofoi uma promessa de campanha do ciações e creches comunitárias. TamPrefeito Carlin Moura (PCdoB) e esta- bém acordamos que a regularização do mos requerendo simplesmente o que repasse de 100% do Fundeb terá início ele nos assegurou”, diz a presidente do a partir de janeiro de 2014”, explicou a secretária. MLPC, Maria Dolores de Lima Paiva. A líder do Movimento Pró-Creche Procurado pelos líderes do Pró-Creche, o vereador Daniel Carvalho (PV), avalia positivamente o encontro. “Pupediu um aparte durante a plenária e demos ter uma posição quanto ao que manifestou apoio à causa, lendo um será feito. Graças à intervenção dos trecho da carta de reivindicações. Em vereadores, nosso propósito foi cumpriseguida, solicitou permissão ao Presi- do”, disse Maria Dolores. “Conseguimos de maneira ágil dente da Casa, o vereador Gil Antônio Diniz “Teteco” (PMDB), para que se reu- solucionar o impasse. As maiores benisse com representantes da causa e a neficiadas com este avanço serão as secretária de Educação do município, crianças, que não terão o atendimento por meio das creches comprometido. naquele momento. O nosso prefeito, Carlin Moura, é basReunião na SEDUC Acompanhado dos também par- tante sensível a esta questão e tive a lamentares Decinho Camargos (PHS), certeza de que sairíamos do encontro Jair Tropical (PCdoB) e Zé Antônio (PT), com um resultado positivo”, destaca o Daniel Carvalho seguiu com uma co- vereador Daniel Carvalho. missão do MLPC para a Secretaria de Educação (SEDUC). Lá foram recebidos pela secretária Ana Prestes, que reiterou o compromisso do Prefeito Carlin Moura (PCdoB). “Re c entemente houve uma reunião com o Movimento Pró-Creche O vereador Daniel Carvalho foi um dos responsáveis que intermediou as negociações onde foi acertado entre governo e população

William Barreiro colocou em discussão a insatisfação da população com o fim da linha.

N

a plenária do início do mês, dia 3, o Vereador William Barreiro usou a tribuna para protestar e desabafar quanto a mais um descaso para com a população da região do Água Branca: a retirada da linha de ônibus 004A, do bairro. Em seu pronunciamento William Barreiro alertou que a Transcon fez circular entre a comunidade um aviso dizendo que no dia primeiro de setembro o ônibus não circularia mais, pegando a população de surpresa. A atitude da autarquia causou estranheza por ter sido tomada sem prévio conhecimento da comunidade e dos setores organizados do bairro

Em reunião na Transcon, no dia 5, foi prometido ao vereador que uma nova linha seria criada para atender a população da região Água Branca, Conjunto Água Branca, Darcy Vargas, Vila Paris, Jardim dos Bandeirantes, Eldoradinho, Jardim das Oliveiras e Cincão. Porém, a linha que foi criada, segundo o itinerário informado, não atente a toda a região. Vale ressaltar que a linha conquistada, só foi possível graças à grande mobilização da comunidade que preencheu mais de 1.500 assinaturas em abaixo assinado e a atuação firme e comprometida do Vereador William Barreiro.


6

Tudo por aqui

Ano 04 - Edição de 16/09 a 30/09/2013

Aniversário de Contagem é comemorado na câmara com entrega do mérito legislativo Fotos: DIVULGAÇÃO CMC Para celebrar o 102° aniversário de emancipação política e administrativa de Contagem, a Câmara Municipal realizou, na véspera da data comemorativa, dia 29, a solenidade de entrega do diploma de Mérito Legislativo a 21 personalidades e instituições que contribuem para o desenvolvimento do município. Centenas de pessoas prestigiaram a cerimônia - incluindo todos os vereadores de Contagem e outras autoridades como o prefeito Carlin Moura e o deputado federal Newton Cardoso - e homenagearam cidadãos de várias áreas de atuação, representando todos àqueles que prestam relevantes serviços ao município.

22ª Gincana de Contagem Fotos: Warley de Freitas A equipe Neb Tg foi a vencedora da 22ª edição da tradicional Gincana de Contagem. O evento, realizado no último fim de semana (31/8 e 1/9), no Sambódromo, foi uma parceria entre a prefeitura, por meio da Fundação Cultural de Contagem, e a Liga dos Gincaneiros. Durante os dois dias de competição, as dez equipes participantes executaram tarefas com temas diversos, como história de Contagem, conhecimentos gerais, música, literatura, filatelia (estudo e colecionismo de selos postais), numismática (ciência que estuda moedas e medalhas),trabalho em equipe, entre outros.

rejianefsantos@hotmail.com

31 9220.7757 31 8695.0544


Tudo por aqui

Ano 04 - Edição de 16/09 a 30/09/2013

7

2ª Região da Polícia Militar de minas gerais comemora 15 anos de serviços de segurança pública prestados a comunidade Fotos: CbPM Stanislau Ocorreu na manhã desta quarta-feira, dia 11 de setembro, na Av. Dr. Guilhermino de Oliveira, 60, bairro Novo Eldorado em Contagem a solenidade do 15º aniversário da Segunda Região da Polícia Militar de Minas Gerais (2ª RPM). A unidade que é comandada pelo coronel José Amilton Campos tem sob sua responsabilidade o policiamento em dezoito municípios da região metropolitana oeste de Belo Horizonte.

Projeto dinossauro

Fotos: Welber Moreira Alunos da escola municipal Heitor Villa-Lobos fizeram um projeto sobre os dinossauros, no dia 13 de setembro, que veio enriquecer o ambiente escolar. O trabalho mostrou toda a história dos dinossauros, os fósseis, os períodos cretáceos, triásico e jurássico. Foram confeccionados ovos de dinossauros e um grande dinossauro de materiais recicláveis. Foi possível ver uma grande coleção de pedras e minerais, além da exposição de fotos retratando o início e fim de todo trabalho. Alunos do 6º ano estavam felizes com o trabalho final, onde puderam descrever o assunto e sentir que é possível fazer um trabalho de qualidade e rico em aprendizagem. A iniciativa do projeto partiu da educadora Maria Christina e teve colaboração de toda comunidade escolar.

Tudo para churrasco, carnes embaladas para o dia a dia e algo mais.

R. Humberto de Moro, 500 B. Inconfidentes - Contagem

3395.3820 Próximo ao Mercado Central

MOLETONS - CAMISAS - CANECAS - BOLSAS - ALMOFADAS - BODY INFANTIL

Se não encontrou o que queria, nós fazemos do seu jeito!

ca�ne����c�nveniência

Rua Norberto Mayer, 1159 ou Feira Shop, box221 - Eldorado 2565-9293 ou 2564-0683 www.panodesom.com.br

Maquiagem | Penteado Dia de noiva | Dia de Princesa (Debutantes) Unhas de Silicone | Jet Bronze Maquiagem Definitiva Mega Hair com Queratina Spa de Pés | Estética Facial e Corporal Depilação

Rua Alemanha 330, Eldorado - Contagem | 31 3046.1987 / 3391.9471 | www.dudufashion.com.br


8

Educação/Cultura

Ano 04 - Edição de 16/09 a 30/09/2013

Semana da Pessoa com Deficiência acontece este mês Programação conta com audiências públicas e palestras voltadas à população

A

contece entre os dias 16 e 21 de setembro, a Semana da Pessoa com Deficiência. O evento integra o calendário oficial de Contagem e consiste numa série de eventos que objetivam divulgar e proporcionar uma reflexão sobre a temática da pessoa com deficiência no município. Este ano, a prefeitura apoia o evento por meio das parcerias com as secretarias da Pessoa com Deficiência, Mobilidade Reduzida e Atenção ao Idoso e Desenvolvimento Social e Habitação. Instituída pela Lei Municipal 4.282, de 21 de setembro de 2009, que estabelece a data como Dia Municipal pela Inclu-

são Social da Pessoa com Deficiência, a semana contará com uma série de eventos organizados pelo Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Pessoa com Deficiência.Segundo o secretário da Pessoa com Deficiência, Mobilidade Reduzida e Atenção ao Idoso, Hamilton Lara Moreira, a semana, constante no calendário oficial do município, é de grande importância para apresentação dos projetos voltados para as pessoas com deficiência. “Acessibilidade, inclusão social e mercado de trabalho serão assuntos discutidos junto à sociedade no sentido de unificar demandas e projetos. As discussões vão se

dar por meio de audiências, palestras e eventos, abertos a população do município”, afirmou o secretário. Confira a programação da Semana da Pessoa com Deficiência:

16/9 - Audiência pública: acessibilidade da pessoa com deficiência em debate. Horário: 14h Local: Câmera de Vereadores de Contagem - Pç. São Gonçalo, 18, Centro. 17/9 - Abraço: encontro com a família autista. Horário: 14h Local: Espaço Luiz Freitas Av. Judith Naves de Lima, 677,

Funcionários 18/9 Panfletagem Atividade de Conscientização Horário: a partir das 16h Local: Av. João César de Oliveira (em frente ao Big Shopping). 19/9 - Palestra: inclusão e superação Meire Ellen Diniz Costa Galvão - Teatro. Peça: revelação - grupo metamorfos Horário: 9:h Local: SENAC - Rua das Paineiras, 1.300, Eldorado 19/9 - Palestra: trânsito para todos Inspetor De Paula Horário: 14h Local: E. M. Vasco Pinto da Fonseca Rua das Paineiras,

1.500, Eldorado 20/9 - Diálogo com a comunidade surda Horário: 19h Local: Associação dos Surdos de Contagem. Rua Riso do Prado, 198, Eldorado 20/9 CINEMA COMENTADO: FILME: COLEGAS Horário: 9h e 14h Local: E. M. Antônio Carlos Lemos - Rua das Paineiras, 1.500, Eldorado 21/9 Marcha pela inclusão social da pessoa com deficiência Concentração: Praça do Iria Diniz Horário: 8h

Mesa diretora da Câmara Municipal garante comissão de cultura

O

Fórum Popular de Cultura, FPC, atendendo o convite feito pela presidência da câmara para discutir a dinâmica cultural do município e a necessidade de políticas estruturantes, reuniu na última quinta-feira, 12, com os vereadores Eduardo Sendon (PSDB), Daniel Carvalho (PV) e Leo Motta (PSL). A assembleia foi convocada a partir da reivindicação do FPC que deseja que a cultura seja tratada como um assunto de extrema relevância política e social para cidade. O FPC apresentou sucintamente seu histórico de mobilização cultural

e política. Desta forma, todos os assuntos apresentados foram construídos ao logo de uma experiência prática de vivência, de pesquisa desenvolvida ao longo dos anos pelo movimento. Os assuntos tratados na reunião foram sobre investimento público em cultura, onde se levantou mais uma vez necessidade de repasse de 2% do orçamento do município à cultura; criação de uma secretaria; formulação e implantação de uma lei de fomento às artes; criação da comissão de cultura na câmara; e maior fiscalização dos vereadores sobre a Fundac - Fundação Cultural de Contagem. O debate foi gravado e será disponibilizado nas redes sociais. Das demanPREÇOS PARA das levantadas, PAGAMENTO A VISTA os vereadores AMORTECEDOR DIANTEIRO se compromeCOFAP GOL TODOS EXC. G5 O PAR teram em pau156,OO R$ tar a criação ÓLEO SELÈNIA 5W30, 10W40, 15W40 da comissão 18,OO R$ de cultura no plenário desta VELA NGK FIAT FIRE 8V terça-feira, 17 42,OO R$ de setembro, ÓLEO VS MAX 20W50 SJ 9,00 por entenderem R$ ser uma pauta de caráter KIT EMBREAGEM LUK FIAT emergencial. FIRE 1.0 8/16V E 1.3/8V CABO DE VELA MAGNETI MARELLI AGILE, CORSA, MONTANA 8V 170,OO Além disso, os R$ 48,OO R$ governantes se propuseram estreitar o diálogo TEL: 031. 34711895 junto ao FPC para constru-

Foto: Jonas Filho

ção e aplicação da pauta de demandas junto ao legislativo. As reivindicações As três principais ações pleiteadas pelo fórum foram com relação: ao orçamento, secretaria e fomento. O panorama atual legitima uma história de políticas de evento, onde se confunde quantidade com qualidade, e visibilidade com acesso. Para se chegar ao entendimento da necessidade de 2%, parte-se da realidade nacional, onde há proposição de que cada trabalhador tenha cinquenta reais para gastar com cultura ao mês. Atualmente em Contagem, o orçamento destinado é equivalente a pouco mais que cinco reais por habitante ao ano; ou seja, o investimento público por habitante ao mês não chega a cinquenta centavos. Uma pesquisa realizada pelo IBGE, para entender quais os avanços que se deram por meio de leis de incentivo e das políticas culturais no país, revela resultados alarmantes em que Contagem se enquadra. Apenas 14% dos brasileiros vão regularmente ao cinema, 96% não frequentam museus, 93% nunca foram a uma exposição de arte e 78% nunca assistiram a espetáculos de dança ou teatro. O quadro foi diagnosticado após vinte anos de aplicação de uma política de eventos no país avessa a formação e à continuidade das ações. Fato que o Fórum Popular de Cultura discute cotidianamente, e apresenta um posicionamento oposto a forma com a qual a Fundação Cultural de Contagem vem

O Fórum Popular de Cultura apresentou as reivindicações com argumentos estatísticos pautando as ações: rodeios; grandes espetáculos; grandes eventos pontuais, que caminham de encontro à mesma lógica excludente estabelecida no país por mais de vinte anos. Não se trata de criar grandes eventos, mas de fortalecer a cultura local e popular, criar formas de acesso à produção, difusão e fomento. Há necessidade de entender a cultura para além da forma mercadológica, como direito de todos e, por tanto, como responsabilidade pública. No que se refere à lei de fomento às artes, esta não se trata de uma lei de incentivo, mas sim de algo maior. Trata-se de uma lei com orçamento próprio previsto em artigo específico para repasse a produção e aumento da arte produzida no município. A lei de fomento, não tem isenção fiscal, o

repasse é direto; e como é uma lei, ela deve ser cumprida com orçamento previsto nela. Os incentivos às artes deixa sobre o artista a responsabilidade de dar um retorno à sociedade e não aos empresários que recebem isenção fiscal em troca do marketing institucional. A lei de fomento é contrária ao incentivo fiscal, por entender que é uma forma de especulação de dinheiro público, onde o empresário destina o patrocínio aos projetos aprovados na lei e recebe isenção dos impostos devidos pela empresa ao município. A criação da comissão de cultura da câmara proporcionará um caminho de referência para discutir essas questões, para aprovação de leis e maior fiscalização sobre os poucos recursos destinados para cultura.

Jornal Noticias de Contagem  

Edição 16/09

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you