Page 1

Drupal Gardens

Manual e usos educativos  

Universidade Aberta | Mestrado em Comunicação Educacional Multimédia | Tecnologia de Produtos Multimédia Docente: Hugo Almeida, com a colaboração de Alda Pereira | Mestranda: Vitória Silva, Novembro de 2011


Índice

Introdução: o que é o Drupal Gardens? Usos Educativos Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? Considerações finais   Bibliografia  

Imagem de  Dan  Morelle  A/ribu3on-­‐NonCommercial-­‐ShareAlike  2.0  Generic  (CC  BY-­‐NC-­‐SA  2.0)  

3 4 6 26 27


Introdução: o que é o Drupal Gardens?

Aldeia. Gota de água. Jardim. Drupal é um content management system (CMS) e um content management framework (CMF) distribuído em código aberto, baseado em módulos. Conta com uma das maiores comunidades de programadores, que contribuem de uma forma muito ativa para o seu desenvolvimento e melhoria. Está escrito em PHP e é distribuído sob uma Licença GNU. É um projeto de Dries Buytaert e o nome tem algum interesse. Drupal é uma derivação da palavra holandesa a "druppel", que significa "gota”. Buytaert gostaria que o projeto se chamasse "dorp" – que em holandês significa "aldeia" – para espelhar melhor a importância da comunidade e da partilha entre programadores e utilizadores. No entanto, o nome hoje em dia é Drupal e o símbolo é uma gota de água, o Druplicon. Atualmente, 1% da web tem como sistema de back end o Drupal. No entanto, para criar um site são sempre precisos conhecimentos técnicos: configurar o servidor, instalar o drupal, instalar novos módulos, etc... Para que cada vez mais pessoas, sem conhecimentos técnicos, tivessem a possibilidade de criar sites, foi criado o Drupal Gardens. Em menos de 5 minutos é possível ter um site pronto a funcionar, com um design bonito, de fácil personalização e ligado a outras ferramentas da web 2.0, como facebook, twitter, RSS e Flickr.

3


Usos Educativos Os usos pedagógicos dos espaços online são imensos, dependem do professor, dos alunos, da realidade educativa. Aqui ficam algumas sugestões, como pontos de partida, para que o uso dos espaços online comece a ser mais frequente e que com estas pequenas ideias se criem grandes projetos! Estas propostas e possíveis usos foram pensados para o contexto formal de aprendizagem. O Drupal Gardens permite a participação ativa de todos: no blogue, no fórum, nos comentários, na realização de inquéritos e na criação de galerias. ! ! Site da Escola! Uma escola pode criar um site como um canal de comunicação entre toda a comunidade educativa, com informações importantes para todos: projeto educativo da escola; horário de atendimento dos professores; calendário escolar; reuniões de turma; informações sobre a cantina, eventos e todas as comunicações/informações que dada escola considere importante.  ! ! Site Turma! Elaboração de um site da turma com conteúdos sobre os momentos de avaliação (datas, objectivos, esquemas, informação e links adicionais a consultar), sobre os trabalhos (tema, indicação dos grupos se for em grupo, datas de entrega, esquemas de informação), sobre os alunos e professores (hobbies, aniversários, etc.). !  ! Site Pais/Professores! Um site feito em conjunto por pais e professores para facilitar a comunicação; troca de ideias e sugestões, planificação de atividades conjuntas, informações mais detalhada sobre determinados assuntos: avaliação, faltas, horários,…!  ! Site de Investigação! Criação de um site para a investigação de um determinado assunto, aprofundando seu conhecimento, por exemplo, investigar sobre cada distrito português. Neste caso, cada aluno ficaria responsável por um distrito e, à medida que recolhe informação poderá publicar textos, fotos, vídeos e o resto da turma poderá comentar. O professor poderá avaliar a qualidade da recolha de forma contínua, avaliando de uma forma construtiva. Como o número máximo permitido na versão gratuita do Drupal Gardens são 5 elementos, as turmas podiam ser dividas em grupos de 5 alunos. !  ! Site de desafios/curiosidades! Um professor pode, através do site, trabalhar a motivação, criando um site com desafios, webquests, curiosidades, etc. Por exemplo, um professor de Matemática pode, de forma diária, semanal ou mensal, colocar desafios para os seus alunos tentarem resolver. !  !

4


Usos Educativos Site Jornal! Criação de um jornal escolar online, com diferentes categorias (tags), cada grupo de alunos pode ficar responsável pela redação e ilustração de uma secção do jornal: atualidade; desporto; notícias locais; destaques; passatempos; etc.!  ! Site Biográfico! Recompilação e investigação biográfica de um autor/personagens históricas. Este uso pode ser interessante para as disciplinas de Língua Portuguesa, Música, História, Educação Visual. O professor ou os alunos escolhem uma ou várias personagens e publicam dados, curiosidades, fotos, o que considerem interessante de acordo com o autor.!  ! Site Leitura! Pode-se estimular a leitura, pela criação de um blogue de leitura partilhada. Na aula de Língua Portuguesa, os alunos podem gravar, vídeo ou só som, de leituras e, cada aluno pode ouvir e comentar à medida que vão estudando a obra, criando podcasts ou videocasts das obras estudadas.!  ! Site Escrita! Criar um blogue para a escrita coletiva de uma história. Cada aluno escreverá uma parte da história e outro aluno continuará. Esta escrita conjunta online pode ser muito motivadora e estimulante.!  ! Site Concurso! Para estimular, promover, divulgar e premiar a criatividade pode ser criado um site de concursos de fotografia, desenho, contos, poesia. Este uso pode ser de uma só turma, de uma só escola ou aberto a toda a comunidade educativa.!  ! Site Internacional! Criação de um projeto com uma escola de outro país, tanto para as disciplinas de línguas estrangeiras, assim como para a de geografia.! ! Site de Partilha de REA (Recursos Educacionais Abertos)! Os professores podem partilhar os seus recursos educativos utilizando o Drupal Gardens, sem nunca esquecer de acrescentar uma licença de Creative Commons a cada recurso.! !  !

5


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 1

Ir à página http://www.drupalgardens.com/ Na página inicial podemos:! ! 1.  Registar [Sign up]! 2.  Iniciar sessão [Log in]! 3.  Ver os preços, é gratuito até 5 utilizadores com poderes de edição! 4.  Saber mais sobre o projeto! 5.  Enviar o nosso feedack!

2

Registar Para criar o nosso espaço no Drupal Gardens, devemos clicar em sign up na página inicial e, de seguida, preencher os dados:! ! 1.  Site URL: indicar endereço do espaço! 2.  Username: escrever o nome de utilizador pretendido! 3.  Password: definir a palavra passe! 4.  E-mail: escrever o e-mail que ficará ligado a este site! 5.  Word verification: copiar as letras que aparecem na imagem! !

6


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 3

Escolher ou criar um template Nesta fase pode-se:! ! 1.  Escolher o template, que se pode mudar e configurar em qualquer altura, como se poderá verificar posteriormente neste tutorial! 2.  Selecionar as funcionalidades do nosso site, ao passar o rato temos mais informações, deve-se clicar em ON para ativar e em OFF para desativar! 3.  No final, clicar no retângulo laranja “Create site”!

4

Esperar uns segundos O espaço online está quase criado. Após poucos segundos, basta clicar no endereço do nosso site, na página Site Manager, e começar a personalizar! ! ! Como se pode verificar, não foi necessário configurar servidor, nem instalar nada. !

7


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 5

Verificar o e-mail Neste fase, deve-se verificar o e-mail. Na caixa de correio, encontrará duas mensagens: uma com os detalhes da conta/espaço online e outra para verificar a conta de e-mail. ! ! É necessário confirmar o e-mail clicando no link presente no e-mail ou copiar o link e colar na barra de endereço do navegador. !

6

Personalizar, editar e configurar O espaço já está criado mas ainda faltam alguns passos até ficar operacional. ! !

8


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 7

Trabalhar com a barra de gestão Para trabalhar com o Drupal Gardens é necessário compreender a barra de gestão/admistração que tem os seguintes menus:! ! 1.  Dashboard! 2.  Content! 3.  Structure! 4.  Appearance! 5.  People! 6.  Modules! 7.  Configuration! 8.  Reports! 9.  Help! Nas seguintes páginas, vamos analisar cada um destes menus: ! !

9


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 8

Trabalhar com a barra de gestão: Dashboard O Dashboard é uma secção que, por definição, é totalmente configurável. No entanto, sem fazer nenhuma alteração encontra-se a lista de conteúdos, blocos e módulos do portal. Pode-se clicar em edit e alterar de acordo com os nossos objetivos. No final, deve-se clicar em Save para guardar e publicar as alterações efetuadas.! ! !

10


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 9

Trabalhar com a barra de gestão: Content No Content temos acesso a todas os conteúdos existentes no site e, além disso, a partir deste menu, pode-se acrescentar mais conteúdos. ! ! Para editar um conteúdo já existente, clica-se em edit ou no título do conteúdo.! Para acrescentar um novo conteúdo, clica-se em add content. Posteriormente, neste manual, descreve-se os passos para criar/editar conteúdos. ! ! Pode-se editar o conteúdo na versão editor WYSIWYG ou através de HTML.! ! O editor WYSIWYG é muito semelhante aos processadores de texto normais. No final, para guardar e publicar as alterações realizadas, deve-se clicar em Save. Pode-se previsualizar [Preview], apagar [Delete] e esconder [Unpublish] o conteúdo. ! ! ! Saber + WYSIWYG significa what you see is what you get (o que vê, é que obtém). Estes editores permitem que a edição seja mais fácil, porque o resultado final é muito próximo do que se vê ao editar.! !

11


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 10

Trabalhar com a barra de gestão: Structure A partir desta página podemos gerir quase tudo no nosso espaço online: 1.  Blocks! Configurar que blocos de conteúdo aparecem na barra lateral e noutras regiões do portal. ! ! 2. Contact form! Criação de um formulário de contacto. ! ! 3. Content types! Define os tipos de conteúdo: página inicial, comentários, entre outros. ! ! 4. Forums! Permite alterar a hierarquia dos fóruns! ! 5. Mailing lists! Gestão das mailing lists.! ! 6. Menus! Acrescentar, editar, mudar de nome e reorganizar os menus. ! ! ! Simple views! ! Criar vistas dos conteúdos. ! ! ! ! Taxonomy! Gestão de etiquetas/tags, categorização e classificação dos conteúdos. !

Para utilizadores avançados

12


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 11

Trabalhar com a barra de gestão: Appearance Nesta secção podemos alterar o template ou configurar o que já temos. ! ! Permite alterar tipo de cor, imagens, espaçamento entre blocos. Podemos previsualizar antes de publicar. ! ! ! ! ! !

12

Trabalhar com a barra de gestão: Modules O Drupal é um framework baseado em módulos. O Drupal Gardens já tem integrado vários módulos que permitem o seu funcionamento. ! ! Na versão gratuita não se podem instalar novos módulos, simplesmente pode-se configurar e alterar permissões. Cada módulo é acompanhado por sistema de ajuda [help] que permite que cada utilizador compreenda que alterações deve fazer para alcançar o que pretende.! ! ! ! ! !

13


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 13

Trabalhar com a barra de gestão: Configuration Na configuração podem ser alteradas definições e permissões de tudo o que existe no portal: ! ! ! ! !

14


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 14

Trabalhar com a barra de gestão: Reports Nesta secção, pode-se ter acesso a:! ! 1.  Status report! 2.  Recent log messages! 3.  Field list! 4.  Mollon statistics! 5.  Top ʻacess deniedʼ errors! 6.  Top ʻpage not foundʼ errors! 7.  Top search phrases! ! ! ! ! !

Saber + Mollon Statistics! Mollon é um módulo do Drupal para prevenir Spam. !

15


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 15

Trabalhar com a barra de gestão: Help Ao clicar em Help temos acesso a uma série de vídeos e documentação. ! ! ! ! ! !

Alguns vídeos

Documentação

16


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 16

Adicionar conteúdo Para adicionar conteúdo, além da opção referida anteriormente, pode-se a opção Add content.! ! ! ! !

17


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 17

Adicionar conteúdo: inserir texto, imagens e conteúdo multimédia Para criar um conteúdo, deve-se escrever o título, o sumário, o corpo de texto. Destes campos, só o título é obrigatório. Sempre que um campo é obrigatório tem um asterisco vermelho (*). ! ! É necessário expandir o summary para o poder editar. Para o expandir basta clicar. ! ! ! ! !

18


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 18

Adicionar conteúdo: acrescentar menu Para acrescentar um menu link com o conteúdo criado, basta selecionar Provide a menu link, de seguida escrever o nome desse menu em Menu link title e, se é um menu secundário, escolher a que grupo pertence no Parent item. ! Se o portal tem mais de um editor e/ou para manter o nível de organização, pode-se acrescentar uma descrição em Description.! ! ! !

19


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 19

Adicionar conteúdo: revisão e histórico Para manter várias versões do portal, seleciona-se Create a new revision e pode-se escrever uma pequena mensagem a descrever as alterações dessa revisão no Revision log message.! ! Em termos educativos, esta funcionalidade pode ter muitas vantagens, fazendo com que os conteúdos funcionem como um wiki, sendo possível manter um histórico de atualizações e voltar a uma versão anterior sempre que se deseje. ! ! !

20


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 20

Adicionar conteúdo: comentários Todos os conteúdos publicados no Drupal Gardens podem ter comentários. Para aceitar comentários basta clicar em Open e para não permitir comentários deve-se selecionar Closed. ! ! ! !

21

Adicionar conteúdo: editar o URL Por defeito, o Drupal, cria o URL com o título dado ao conteúdo. Para ser mais fácil aos motores de busca o indexarem. Por isso esta secção chama-se Search engine optimization (SEO). No entanto, o URL pode ser alterado, para isso clique em Edit.! ! !

21


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 22

Adicionar conteúdo: autoria e data de publicação O autor do conteúdo, ou da revisão ao conteúdo, pode ser visível. Para que o nome do autor não seja visível, deixa-se o campo Authored by em branco. A data também pode ser visível ou não. Para escrever a data – Ano-Mês-Dia – escreve-se no campo Authored on, à semelhança do campo anterior, para que a data não seja visível, deixa-se este campo por preencher. ! ! !

22


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 23

Adicionar conteúdo: destacar na homepage Os conteúdos podem ser destacados na homepage (front page, no Drupal). Para isso basta selecionar Promote to front page. Para aparecer em primeiro nas listas de conteúdo, seleciona-se Stick at top of lists.! ! Por fim, pode-se publicar (Publish), guardar como rascunho (Save as draft) e previsualisar (Preview) o conteúdo.! ! !

23


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 24

Outra forma de editar conteúdo, sem passar pela barra de gestão Ao passar o rato em cima do conteúdo que queremos editar, aparece este símbolo.! ! Este símbolo dá a opção de editar conteúdos e configurar blocos. !

24


Manual: Como criar um espaço no drupal gardens? 25

O site está pronto: podem visitá-lo em http://educacionmaybemore.drupalgardens.com/

25


Considerações finais

Rega as tuas plantas,# Ama as tuas rosas.

Ricardo Reis

Os espaços pedagógicos são espaços orgânicos, adaptados às necessidades de cada aluno e à realidade educativa. O espaço online e a web 2.0 abriu novas possibilidades. Professores e alunos ampliam e expandem o espaço pedagógico e desenvolvem competências técnicas e criativas essenciais para a vivência de uma cidadania plena, numa época de mudanças rápidas e de exigências cada vez maiores. O Drupal Gardens pode ser uma ferramenta excelente para fazer florescer espaços pedagógicos inovadores.

Imagem de  Dan  Morelle  A/ribu3on-­‐NonCommercial-­‐ShareAlike  2.0  Generic  (CC  BY-­‐NC-­‐SA  2.0)  

26


Bibliografia Carvalho, A (2008) (Organização). Manual de Ferramentas da web 2.0 para professores. Ministério da Educação | DGIDC. Disponível em http://www.crie.min-edu.pt/publico/web20/manual_web20-professores.pdf, acedido em 27/11/2011! Content management system (17/11/2011). Em Wikipedia, the free encyclopedia. Disponível em http://en.wikipedia.org/wiki/Content_management_system, acedido em 27/11/2011! ! Dries Buytaert (s.d.). Drupal.org. Disponível em http://buytaert.net/, acedido em 27/11/2011! Drupal. (18/11/2011). Em Wikipedia, the free encyclopedia. Disponível em http://en.wikipedia.org/wiki/Drupal, acedido em 27/11/2011! ! History of the Druplicon logo (s.d.). Drupal.org. Disponível em http://drupal.org/druplicon, acedido em 27/11/2011! ! List of content management frameworks (13/11/2011). Em Wikipedia, the free encyclopedia. Disponível em http://en.wikipedia.org/wiki/Content_management_framework, acedido em 27/11/2011! ! Mason, R. & Rennie, F. (2008). E-Learning and Social Networking Handbook. New York: Routledge! Modules(18/11/2011). Em Wikipedia, the free encyclopedia . Disponível em http://en.wikipedia.org/wiki/Drupal%23Modules, acedido em 27/11/2011! ! PHP (22/11/2011). Em Wikipédia, a enciclopédia livre. Disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/PHP, acedido em 27/11/2011! ! WYSIWYG (26/11/2011). Em Wikipédia, a enciclopédia livre. Disponível em http://pt.wikipedia.org/wiki/WYSIWYG, acedido em 27/11/2011! !

27


Drupal Gardens

Manual e usos educativos  

Universidade Aberta | Mestrado em Comunicação Educacional Multimédia | Tecnologia de Produtos Multimédia Docente: Hugo Almeida, com a colaboração de Alda Pereira | Mestranda: Vitória Silva, Novembro de 2011

Manual e usos educativos do Drupal Gardens  

Manual e usos educativos do Drupal Gardens

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you