Issuu on Google+

ANÁLISES

TWITTER

9 771807 924004

ENQUETES

0 0 0 8 9>

EDIÇÃO 89 | R$ 14,95

BLOGS & CIA. Tudo o que você precisa entre as saber para se destacar mantêm milhões de pessoas que rmar blogs para opinar e info

Dinheiro

Plataformas

Acredite! Ter um blog pode render uma grana. Veja como

Wordpress, Blogger ou Tumblr? Veja o que os principais serviços oferecem

capa_Dicas89-2.indd 3

No topo do Google O que fazer para seu blog aparecer bem nas buscas

05.05.11 12:27:00


conteúdo

BLOGS & CIA. TENDÊNCIAS

08

Blogs em números

FERRAMENTAS

12 13 14 15 16

Blogar com quê? O completo Wordpress Blogger é o mais popular Tudo é rápido no Tumblr Ainda não fez sua escolha?

36 38

Como criar um vlog Chegue rápido ao ponto

PLATAFORMAS

18

O novo salto do Wordpress

DINHEIRO

40

Seu blog pode render

63 64 67 70 72

Troque o fundo Prepare-se para as análises Não deixe de seguir Ligados em tecnologia Vida fora do Twitter

DICAS

TWITTER

HISTÓRIAS

22

42 44 46

74

26 30 33 35

Aprimore-se no Blogger É a vez do Tumblr Um Wordpress ainda melhor Pergunte aos leitores Apareça no Google

50 52

Seus tuítes replicados Etiqueta é fundamental Tuíte sem entrar no Twitter Use melhor o Twitter Escolha suas ferramentas

77 80

O rosto por trás do Tumblr O blogueiro que ri à toa Da web para as telas

INFO

81

Aqui na redação

4 I DI C AS IN FO

Conteudo.indd 4

07.05.11 04:07:43


VICTOR CIVITA (1907-1990) Editor: Roberto Civita Presidente Executivo: Jairo Mendes Leal Conselho Editorial: Roberto Civita (Presidente), Thomaz Souto Corrêa (Vice-Presidente), Giancarlo Civita, Jairo Mendes Leal, José Roberto Guzzo, Victor Civita Diretor de Assinaturas: Fernando Costa Diretor Digital: Manoel Lemos Diretor Financeiro e Administrativo: Fábio d’Ávila Carvalho Diretora-Geral de Publicidade: Thais Chede Soares Diretor-Geral de Publicidade Adjunto: Rogerio Gabriel Comprido Diretora de Recursos Humanos: Paula Traldi Diretor de Serviços Editoriais: Alfredo Ogawa Fundador:

Diretor Superintendente:

Alexandre Caldini

Diretora de Redação: Katia Militello Redator-chefe: Gustavo Poloni Editor Sênior: Carlos Machado Editores: Airton Lopes, Juliano Barreto Maria Isabel Moreira, Maurício Moraes e Renata Leal Estagiários: Felipe Maia e Victor Caputo Diretor de Arte: Rafael Costa Editora de Arte: Cláudia Calenda Designers: Maurício Medeiros e Wagner Rodrigues Colaboradores da edição: Vinicius Ferreira (editor de arte), Ulysses Borges de Lima (revisão) INFOlab: Luiz Cruz (engenheiro-chefe), Filipe Mendonça Gonçalves e Ricardo Sudário (estagiário) Gestor de Comunidades: Virgilio Sousa INFO Online Editor: Felipe Zmoginski Editor-assistente: Fabiano Candido e Repórteres: Cauã Taborda, Paula Rothman, Rogério Jovaneli e Vinicius Aguiari Desenvolvedores Web: Maurício Pilão, Silvio Donegá e Thiago Schiefer Produtor Multimídia: Cadu Silva Estagiário Caio Melzer de Oliveira www.info.abril.com.br

SERVIÇOS EDITORIAIS Apoio Editorial: Carlos Grassetti (Arte), Luiz Iria (Infografia) Dedoc e Abril Press: Grace de Souza Pesquisa e Inteligência de Mercado: Andrea Costa Treinamento Editorial: Edward Pimenta PUBLICIDADE CENTRALIZADA Diretores: Marcia Soter, Mariane Ortiz, Robson Monte Executivos de Negócio: Ana Paula Moreno, Ana Paula Teixeira, Ana Paula Viegas, Caio Souza, Camila Folhas, Carla Andrade, Cidinha Castro, Claudia Galdino, Cleide Gomes, Daniela

Serafim, Eliane Pinho, Emiliano Hansenn, Fabio Santos, Jary Guimarães, Juliana Vicedomini, Karine Thomaz, Marcello Almeida, Marcelo Cavalheiro, Marcio Bezerra, Maria Lucia Strotbek, Marcus Vinicius, Nilo Bastos, Regina Maurano, Renata Mioli, Rodrigo Toledo, Selma Costa, Susana Vieira, Tati Mendes, Virginia Any PUBLICIDADE DIGITAL Diretores: André Almeida Gerente: Luciana Almeida Executivos de Negócio: André Bartolai, André Machado, Bruno Fabrin Guerra, Camila Barcelos, Camilla Dell, Elaine Collaço, Fabíola Granja, Flavia Kannebley, Guilherme Bruno de Luca,

Guilherme Oliveira, Herbert Fernandes, Laura Assis, Luciana Menezes, Rafael de Camargo Moreira, Renata Carvalho, Renata Simões PUBLICIDADE REGIONAL Diretor de Publicidade Rio de Janeiro: Marcos Peregrina Gomez, Paulo Renato Simões Gerentes: Andrea Veiga, Cristiano Rygaard , Edson Melo, Francisco Barbeiro Neto,

Ivan Rizental, João Paulo Pizarro, Ricardo Mariani, Sonia Paula, Vania Passolongo Executivos de Negócios: Adriano Freire, Ailze Cunha, Beatriz Ottino, Caroline Platilha, Celia Pyramo, Clea Chies, Daniel Empinotti, Gabriel Souto, Henri Marques, Ítalo Raimundo, José Castilho, Jose Rocha, Josi Lopes, Juliana Erthal, Leda Costa, Luciene Lima, Pamela Berri Manica, Paola Dornelles, Ricardo Menin, Rodrigo Scolaro, Samara Sampaio de O. Reijnders CLASSIFICADOS Gerente: Angelica Hamar Coordenador: Willians Gomes

PUBLICIDADE NÚCLEO TECNOLOGIA Diretora: Ivanilda Gadioli Executivos de Negócio: André Cecci, Andrea Balsi, Débora Manzano, Edvaldo Silva, Fábio Fernandes, Fernando Rodrigues, Jussara Dimes Costa, Karina Martins, Léa Moreira, Sergio Dantas Coordenadora: Christina Pessoa (RJ)

DESENVOLVIMENTO COMERCIAL Diretor: Jacques Baisi Ricardo

INTEGRAÇÃO COMERCIAL Diretor: Sandra Sampaio PLANEJAMENTO, CONTROLE E OPERAÇÕES Gerente: Victor Zockun Consultor: Silvio Rosa Processos: Agnaldo Gama, Clélio Antonio, Valdir Bertholin, Wagner Cardoso MARKETING E CIRCULAÇÃO Diretor de Marketing: Ricardo Packness de Almeida Gerente de Publicaçoes: Ilona Moysés Analista de Marketing: Rafael Abicair Projetos Especiais: Edison Diniz, Elaine Campos Silva, Patrícia Grosso Gerente de Eventos: Shirley Nakasone Coordenadoras de Eventos: Bruna Fadini e Rafael Marques Gerente de Circulação - Avulsas: Carmen Lúcia de Sá Gerente de Circulação - Assinaturas: Viviane Ahrens ASSINATURAS Atendimento ao Cliente: Clayton Dick Recursos Humanos Diretora: Claudia Ribeiro Consultora: Marizete Ambran Redação e Correspondência: Av. das Nações Unidas, 7221, 2º andar, Pinheiros, São Paulo, SP, CEP 05425-902, tel. (11) 3037-2000 Publicidade São Paulo e informações sobre representantes de publicidade no Brasil e no Exterior: www.publiabril.com.br

PUBLICAÇÕES DA EDITORA ABRIL: Alfa, Almanaque Abril, Ana Maria, Arquitetura & Construção, Aventuras na História, Boa Forma, Bons Fluidos, Bravo!, Capricho, Casa Claudia, Claudia, Contigo!,

Delícias da Calu, Dicas Info, Publicações Disney, Elle, Estilo, Exame, Exame PME, Gloss, Guia do Estudante, Guias Quatro Rodas, Info, Lola, Loveteen, Manequim, Máxima, Men’s Health, Minha Casa, Minha Novela, Mundo Estranho, National Geographic, Nova, Placar, Playboy, Quatro Rodas, Recreio, Revista A, Runner’s World, Saúde!, Sou Mais Eu!, Superinteressante, Tititi, Veja, Veja Rio, Veja São Paulo, Vejas Regionais, Viagem e Turismo, Vida Simples, Vip, Viva! Mais, Você S/A, Women’s Health Fundação Victor Civita: Gestão Escolar, Nova Escola INTERNATIONAL ADVERTISING SALES REPRESENTATIVES Coordinator for International Advertising: Global Advertising, Inc., 218 Olive Hill Lane, Woodside, California 94062. UNITED STATES: CMP Worldwide Media Networks, 2800 Campus Drive, San Mateo, California 94403, tel. (650) 513-4200, fax (650) 513-4482. EUROPE: HZI International, Africa House, 64-78 Kingsway, London WC2B 6AH, tel. (20) 7242-6346, fax (20) 7404-4376. JAPAN: IMI Corporation, Matsuoka Bldg. 303, 18-25, Naka 1- chome, Kunitachi, Tokyo 186-0004, tel. (03) 3225-6866, fax (03) 3225-6877. TAIWAN: Lewis Int’l Media Services Co. Ltd., Floor 11-14 no 46, Sec 2, Tun Hua South Road, Taipei, tel. (02) 707-5519, fax (02) 709-8348 DICAS INFO BLOGS & AFINS, edição 89, (ISSN 18079245) é uma publicação da Editora Abril S.A. Distribuída em todo o país pela Dinap S.A.

Distribuidora Nacional de Publicações, São Paulo

IMPRESSA NA DIVISÃO GRÁFICA DA EDITORA ABRIL S.A.

Av. Otaviano Alves de Lima, 4400, Freguesia do Ó, CEP 02909-900, São Paulo, SP

Presidente do Conselho de Administração: Roberto Civita Presidente Executivo: Giancarlo Civita Vice-Presidentes: Arnaldo Tibyriçá, Douglas Duran, Marcio Ogliara www.abril.com.br

Expediente-88.indd 07

07.05.11 04:10:10


recado da redação

TEM POST NOVO LÁ NO BLOG! N

unca foi tão fácil expressar ideias, dar opiniões, relatar acontecimentos, comentar fatos. Redes como Twitter, Facebook e Orkut dão lugar a todo tipo de manifestação. Muitos até levam longe demais a liberdade de expressão. Mas o fenômeno das redes sociais apenas ampliou — e muito, é preciso ressaltar — uma tendência que os blogs começaram antes, ainda na década de 90. De simples diários virtuais, os weblogs evoluíram para espaços de conversa e discussão sobre todo tema que se possa imaginar — de moda a política, de poesia a polícia, de tecnologia a culinária. Essa linha que une os blogs às redes sociais é tão forte que os serviços de criação e hospedagem de blogs se reinventaram nos últimos anos para permitir a integração com as novas ferramentas sociais. Hoje todos conversam. Blogueiros antigos, que fizeram suas primeiras postagens há mais de duas décadas, convivem com marinheiros de primeira viagem, que às vezes já sabem até o que falar, mas não estão muito certos de como nem com quê. Dicas INFO Blogs e cia. vai tentar ajudar nessa escolha e fazer com que aqueles que já blogam o façam cada vez mais e melhor. MARIA ISABEL MOREIRA EDITORA DA DICAS INFO

DICAS INFO Uma publicação mensal da Editora Abril Para contatar a redação: contateinfo@abril.com.br Para assinar a Dicas INFO: (11) 3347-2121 — Grande São Paulo 0800-701-2828 — Demais localidades abril.assinaturas@abril.com.br

NOTAS 10,0

IMPECÁVEL

9,0 a 9,9

ÓTIMO

8,0 a 8,9

MUITO BOM

7,0 a 7,9

BOM

6,0 a 6,9

MÉDIO

5,0 a 5,9

REGULAR

4,0 a 4,9

FRACO

3,0 a 3,9

MUITO FRACO

2,0 a 2,9

RUIM

1,0 a 1,9

BOMBA

0,0 a 0,9

LIXO

Veja os critérios de avaliação da INFO em detalhes na web em www.info.abril.com.br/ sobre/infolab.shl.

Erramos Na edição 88 sobre Android, os subtítulos das matérias TV brilha no Galaxy S, sobre o smartphone da Samsung, e O ultrafino Optimus Black, com a avaliação do aparelho da LG, saíram trocados.

6

I DI C AS IN FO

Recado2.indd 6

A lista das lojas onde os produtos testados podem ser encontrados está em www.info.abril.com.br/ arquivo/onde.shl.

© FOTO MARCELO KURA

07.05.11 07:12:34


tendências I retrato a ser interessantes (11% dizem que a atividade é sua principal fonte de receita).

BLOGAR POR QUÊ? O Technorati foi ainda mais a fundo no perfil dos blogueiros, tentando entender suas razões e seus hábitos. São vários os motivos que fazem as pessoas criar e manter blogs. Entre as respostas mais frequentes, 69% dos pesquisados disseram que querem expressar as ideias sobre suas áreas de interesse e 66% blogam porque querem manter contato com pessoas com as mesmas afinidades. Outra parcela grande (45%) escreve para compartilhar conhecimento e experiência. Quanto aos resultados de manter um blog, 63% das pessoas disseram que se tornaram mais envolvidas com suas áreas de interesse e 62% afirmam ter feito amigos por meio do blog com quem se comunicam, mas nunca encontraram pessoalmente — outros 45% fizeram amizades blogando e chegaram a transformar o encontro virtual em real. Nessa pesquisa, 66% afirmaram medir o sucesso do blog pela satisfação pessoal, 51% pelo número de posts e comentários, 50% usam o número de visitantes únicos, 39% adotam também o número de links dados por outros sites e 34% o número de pessoas que compartilha o conteúdo de seu blog em redes sociais. Por falar em redes sociais, 18% ficam de olho no número de Curtiu no Facebook.

BLOGS EM NÚMEROS

Outros, mais práticos, preferem medir o sucesso pela receita gerada (11%) ou pelo número e a qualidade das novas oportunidades de negócio. Entre os planos dos blogueiros, 56% pretendem atualizar seus blogs com maior frequência (56%). As metas incluem ainda expandir os tópicos abordados (43%), publicar um livro (34%), aparecer como um blogueiro convidado no blog de um amigo (21%), atualizar por um dispositivo móvel (20%), incluir anúncios

RA BLOG

G PA DE WEBLO

g termo weblo Wikipedia, o rn a Jo o o d n n u ca g ri e e S elo am p 7 9 19 m e é foi criado rmo blog o autor do te Peterme. Barger, mas lo b g olz. Em seu o Peter Merh smembrou Merholz de 9, 9 19 . m g e lo , com se we b formar a fra termo para

São mais de 160 milhões de blogs no mundo — e essa cifra continua subindo POR MARIA ISABEL MOREIRA

Q

uer falar sobre o quê? Não importa a resposta, vá ao Blogger, ao WordPress, ao Tumblr ou a qualquer outra plataforma da categoria, crie a sua página e comece a se expressar. É assim que internautas do mundo todo têm feito. Segundo o indexador de blogs BlogPulse, da Nielsen, no início de maio havia mais de 16 milhões de blogs no mundo. E o número não para de crescer. Ainda de acordo com a BlogPulse, somente no dia 3 de maio 68 214 novos blogs surgiram na web. A grande maioria deles está em inglês, mas o Brasil não está mal na blogosfera. Nosso país tem o quarto maior número de páginas, respondendo por 4,88% do total de blogs no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, líder absoluto, com 29,22%, do Reino Unido (6,75%) e do Japão (4,88%), de acordo com dados sysomos.com.

Publicado em junho de 2010, o levantamento da sysomos.com dá pistas também sobre o perfil dos blogueiros. Segundo a empresa, a grande maioria (53,3%) tem entre 21 e 35 anos — ou seja, são pessoas que cresceram no mundo já tomado pela revolução dos blogs. Em seguida, vêm os blogueiros com 20 anos ou menos (20,2%). Quem bloga mais, os homens ou as mulheres? Elas ficaram na frente, com 50,9% das páginas, contra 49,1% dos homens. Na pesquisa da Technorati com blogs de língua inglesa, de novembro de 2010, os dados demográficos são um pouco diferentes: dois terços dos blogueiros são homens, 65% têm entre 18 e 44 anos e 79% têm ensino universitário, sendo que 43% são graduados. A tradição de blogar é antiga (81% o faz há mais de dois anos) e os ganhos começam

RAZÕES PARA BLOGAR Expressar-me sobre áreas de interesse Encontrar e conectar-me com pessoas com pensamento semelhante Manter amigos e familiares atualizados sobre minha vida Compartilhar meu conhecimento e experiência com outros Atrair novos clientes para meu negócio

69 %

Sair na mídia tradicional

19 %

Melhorar o currículo

1 8%

Ganhar dinheiro ou complementar minha renda Atrair novos clientes para a empresa onde trabalho

17%

Outros

12%

6 6% 24% 45% 2 1%

12%

FONTE: TECHNORATI – NOVEMBRO DE 2010

8

I DI C AS IN FO

retrato-Mat04.indd 8-9

© FOTO CHARLIE BALCH

DIC A S INFO I

9

07.05.11 04:06:52


tendências I retrato a ser interessantes (11% dizem que a atividade é sua principal fonte de receita).

BLOGAR POR QUÊ? O Technorati foi ainda mais a fundo no perfil dos blogueiros, tentando entender suas razões e seus hábitos. São vários os motivos que fazem as pessoas criar e manter blogs. Entre as respostas mais frequentes, 69% dos pesquisados disseram que querem expressar as ideias sobre suas áreas de interesse e 66% blogam porque querem manter contato com pessoas com as mesmas afinidades. Outra parcela grande (45%) escreve para compartilhar conhecimento e experiência. Quanto aos resultados de manter um blog, 63% das pessoas disseram que se tornaram mais envolvidas com suas áreas de interesse e 62% afirmam ter feito amigos por meio do blog com quem se comunicam, mas nunca encontraram pessoalmente — outros 45% fizeram amizades blogando e chegaram a transformar o encontro virtual em real. Nessa pesquisa, 66% afirmaram medir o sucesso do blog pela satisfação pessoal, 51% pelo número de posts e comentários, 50% usam o número de visitantes únicos, 39% adotam também o número de links dados por outros sites e 34% o número de pessoas que compartilha o conteúdo de seu blog em redes sociais. Por falar em redes sociais, 18% ficam de olho no número de Curtiu no Facebook.

BLOGS EM NÚMEROS

Outros, mais práticos, preferem medir o sucesso pela receita gerada (11%) ou pelo número e a qualidade das novas oportunidades de negócio. Entre os planos dos blogueiros, 56% pretendem atualizar seus blogs com maior frequência (56%). As metas incluem ainda expandir os tópicos abordados (43%), publicar um livro (34%), aparecer como um blogueiro convidado no blog de um amigo (21%), atualizar por um dispositivo móvel (20%), incluir anúncios

RA BLOG

G PA DE WEBLO

g termo weblo Wikipedia, o rn a Jo o o d n n u ca g ri e e S elo am p 7 9 19 m e é foi criado rmo blog o autor do te Peterme. Barger, mas lo b g olz. Em seu o Peter Merh smembrou Merholz de 9, 9 19 . m g e lo , com se we b formar a fra termo para

São mais de 160 milhões de blogs no mundo — e essa cifra continua subindo POR MARIA ISABEL MOREIRA

Q

uer falar sobre o quê? Não importa a resposta, vá ao Blogger, ao WordPress, ao Tumblr ou a qualquer outra plataforma da categoria, crie a sua página e comece a se expressar. É assim que internautas do mundo todo têm feito. Segundo o indexador de blogs BlogPulse, da Nielsen, no início de maio havia mais de 16 milhões de blogs no mundo. E o número não para de crescer. Ainda de acordo com a BlogPulse, somente no dia 3 de maio 68 214 novos blogs surgiram na web. A grande maioria deles está em inglês, mas o Brasil não está mal na blogosfera. Nosso país tem o quarto maior número de páginas, respondendo por 4,88% do total de blogs no mundo, atrás apenas dos Estados Unidos, líder absoluto, com 29,22%, do Reino Unido (6,75%) e do Japão (4,88%), de acordo com dados sysomos.com.

Publicado em junho de 2010, o levantamento da sysomos.com dá pistas também sobre o perfil dos blogueiros. Segundo a empresa, a grande maioria (53,3%) tem entre 21 e 35 anos — ou seja, são pessoas que cresceram no mundo já tomado pela revolução dos blogs. Em seguida, vêm os blogueiros com 20 anos ou menos (20,2%). Quem bloga mais, os homens ou as mulheres? Elas ficaram na frente, com 50,9% das páginas, contra 49,1% dos homens. Na pesquisa da Technorati com blogs de língua inglesa, de novembro de 2010, os dados demográficos são um pouco diferentes: dois terços dos blogueiros são homens, 65% têm entre 18 e 44 anos e 79% têm ensino universitário, sendo que 43% são graduados. A tradição de blogar é antiga (81% o faz há mais de dois anos) e os ganhos começam

RAZÕES PARA BLOGAR Expressar-me sobre áreas de interesse Encontrar e conectar-me com pessoas com pensamento semelhante Manter amigos e familiares atualizados sobre minha vida Compartilhar meu conhecimento e experiência com outros Atrair novos clientes para meu negócio

69 %

Sair na mídia tradicional

19 %

Melhorar o currículo

1 8%

Ganhar dinheiro ou complementar minha renda Atrair novos clientes para a empresa onde trabalho

17%

Outros

12%

6 6% 24% 45% 2 1%

12%

FONTE: TECHNORATI – NOVEMBRO DE 2010

8

I DI C AS IN FO

retrato-Mat04.indd 8-9

© FOTO CHARLIE BALCH

DIC A S INFO I

9

07.05.11 04:06:52


(19%), inserir vídeos (17%), começar um novo blog independente (14%) e blogar numa frequência menor que a atual (4%). Blog e microblog caminham juntos. A pesquisa da Technorati apontou que em torno de 80% dos blogueiros têm conta no Twitter — 87% usam Facebook também. Nada menos que 56% das pessoas que usam os dois recursos fazem link entre eles e 34% acreditam que o Twitter é mais efetivo direcionador de tráfico para suas páginas hoje do que era um ano atrás. Para que usam o Twitter? Nada menos que 72% usam para promover o blog e 62% para mostrar links de interesse. Há também quem usa para acompanhar os rumores (54%), manter-se atualizado sobre novos eventos (54%), interagir com outros leitores do blog (47%), acompanhar a vida dos amigos (40%) e pesquisar (36%), entre outras respostas.

ESTATÍSTICAS DO TWITTER

21% é o crescimento dos perfis com mais de 100 seguidores

69% dos tuiteiros têm biografia em seu perfil

73% dos perfis fornecem a localização

DE OLHO NO TWITTER A rede de microblogs foi esmiuçada também pela sysomos.com. Por meio da análise de mais de um bilhão de tuítes, a empresa

2,2%

chegou a dados interessantes sobre quais detalhes os usuários divulgam. Descobriu, por exemplo, que 69% dos perfis trazem biografia (em 2009 era 31%). Oitenta e dois por cento dos usuários também fornecem o nome e 73% dão a localização — em 2009, eram 33% e 22% respectivamente. Do total de tuiteiros, 45% oferecem uma URL em seu perfil, contra 22% em 2009. O número de usuários do Twitter com até cinco amigos caiu de 37% para 21%. Em contrapartida, o total de usuários com mais de 100 seguidores triplicou, e hoje chega a 21%. Quanto aos seguidores, apenas 0,06% dos usuários tem mais de 20 mil amigos, somente 2,12% têm mais de mil e 95,9% são acompanhados por menos de 500 pessoas. Os dados de tuitagem também são interessantes. Apenas 0,19% dos usuários fizeram mais de 25 mil tuítes. A grande maioria (80,6%) postou menos de 500 mensagens, enquanto 2,7 o fizeram mais de 5 mil vezes. Um grupo pequeno de tuiteiros, ou 2,2% do total, respondem por 58,3% de todas as mensagens.

51 anos ou mais 7,1%

PRESENÇA JOVEM

dos usuários respondem por 58,3% de todos os tuítes

Distribuição dos blogs por faixa etária FONTE: SYSOMOS.COM

FONTE: SYSOMOS.COM – DEZEMBRO DE 2010

QUEM BLOGA MAIS

20 anos ou menos 20,2%

36-50 anos 19,4%

Conheça os dez países que dominam a blogosfera 1 - Estados Unidos – 29,22% 2 - Reino Unido – 6,75% 3 - Japão – 4,88% 4 - Brasil – 4,19% 5 - Canadá – 3,93%

6 - Alemanha – 3,34% 7 - Itália – 3,21% 8 - Espanha – 3,14% 9 - França – 2,87% 10 - Rússia – 2,31%

21-35 anos 53,3%

FONTE: SYSOMOS.COM

10 I DI C AS IN FO

retrato-Mat04.indd 10

07.05.11 04:06:28


ferramentas I blogs

BLOGAR COM QUÊ ? Analisamos oito serviços para quem ainda não começou seu blog ou está pensando em trocar de ferramenta POR MARIA ISABEL MOREIRA

Q

uando surgiu, blog era apenas um diário de atividades na web, um serviço que reunia de maneira mais ordenada uma série de registros. Mas esses tempos ficaram totalmente para trás. Para ser considerada uma ferramenta de blog eficiente, os serviços atuais precisam fazer muito mais do que isso. Além de ser fácil de usar e oferecer opções de personalização para que as páginas possam se diferenciar umas das outras em termos visuais, as ferramentas de blog têm de dar conta de outras exigências. Otimizar os sites para os mecanismos de busca é uma delas. Barrar spam também é uma função altamente

12 I DI C AS IN FO

blogs-Mat05.indd 12

recomendável. Isso sem falar na integração com redes sociais, microblogs e outros serviços. Hoje, as boas ferramentas de blog trazem widgets que possibilitam a agregação de recursos como enquetes, bate-papo e a exibição de RSS, entre outras possibilidades. Há diversas ferramentas para quem está disposto a começar um blog. Dicas INFO olhou várias dessas plataformas, incluindo os populares Blogger, Wordpress e Tumblr. Nas páginas seguintes, confira o que esses serviços têm de bom para quem não vê a hora de fazer seu primeiro post ou está pensando seriamente em migrar de fornecedor.

© FOTO MAKE

07.05.11 05:25:20


ferramentas I wordpress

O WORDPRESS É MAIS COMPLETO Widgets, recurso contra spam e ferramentas para análise de audiência são alguns dos destaques POR MARIA ISABEL MOREIRA

G

ratuito e repleto de ferramentas e recursos, o Wordpress.com é a melhor solução para quem pensa em montar um blog completo, com tudo o que tem direito. Para começar, você pode gerenciar sem grandes dificuldades mais de um blog, o que é uma prática até bastante comum atualmente. Outro ponto positivo é o design. É possível escolher entre 119 temas caprichados (alguns aquele que dará a identidade visual da sua pagos) aquel página. Se não nã gostar de nada e tiver algum conheconseguirá alterar o design para atender cimento, con necessidades. Seu blog também pode ser insuas necessi crementado com uma coleção de widgets, como tags, calendário, formulários e lista de nuvem de ta atualizações no Twitter. Acrescentar esses widgets poderia ser mais simples. Você só tem de não pode

entrar na área correspondente e arrastar os itens desejados para o painel direito. Outro diferencial do Wordpress é que ele garante uma estrutura mais profissional para o blog. Enquanto muitos serviços mostram os posts completos na home page, o Wordpress permite começar a postagem na página inicial e depois abrir uma segunda para sua leitura completa. Profissionais também são os recursos contra spam nos comentários, as ferramentas para geração de enquetes e votações e as opções de monitoramento da audiência. Mas uma tonelada de recurso como essa tem seu preço. Apesar de estar longe de ser um bicho de sete cabeças, o Wordpress é bem mais difícil de dominar do que a maioria de seus concorrentes.

QUEM É QUEM Q A diferença d entre o Wordpress.com e o Wordpress.org pode gerar alguma confusão. O site oferecido por algumas pessoas que trabalham na plataforma de blog de código aberto e é ofe ambas as ferramentas usam o mesmo software. A diferente é que o site é mais fácil de usar e gerenciar, não precisa ser hospedado em um servidor e os posts têm backup automático, entre gerenciar Em compensação, há limitações como a impossibilidade de criar um tema outros detalhes. de totalmente novo. O Wordpress.com, por sua vez, exige maior conhecimento, um serviço de totalment hospedagem e implica todo o problema de gerenciamento. hospedag

D I C AS I NFO I 13

wordpress-Mat05b.indd 13

07.05.11 06:26:56


ferramentas I Blogger

CAMPEÃO DE POPULARIDADE Integração com serviços do Google conta pontos para o Blogger POR MARIA ISABEL MOREIRA

O

Blogger saiu na frente da maioria de seus concorrentes e pode ser considerado um dos principais responsáveis pela popularização dos blogs no mundo. Adquirido pelo Google em 2002, esse serviço criado em 1999 passou a oferecer algumas mordomias para seus usuários, entre elas a vantagem de submeter seu blog ao diretório do Google e torná-lo disponível para milhões de pessoas que usam o mecanismo de pesquisa da empresa para localizar informações na web. Também ficou mais fácil fazer o cadastro no Google AdSense e tentar faturar um pouco com a produção online. Mapas, quadros de pesquisa, enquetes e barras de busca personalizadas são outros widgets que podem ser acrescentados facilmente para dinamizar a página. Conteúdo do YouTube? O Blogger faz upload e exibe os clipes diretamente

no blog por meio de streaming, sem depender do site de compartilhamento de vídeos. O serviço do Google tem algumas outras vantagens. A flexibilidade de customização do layout, por exemplo, é um de seus grandes méritos. Apesar de colocar poucos modelos à disposição, o Blogger é permissivo quanto à customização dos templates, deixando que seus usuários alterem o código HTML para atender às exigências pessoais, coisa que poucos serviços gratuitos garantem. A facilidade de uso é outro de seus pontos positivos. Fraquezas? Ele fica bem atrás de concorrentes como o Wordpress na oferta de recursos. Uma falta grave do Blogger são os parcos recursos de acompanhamento da audiência. Se quiser ferramentas mais sofisticadas de monitoramento é preciso recorrer a widgets ou aplicações de terceiros.

14 I D IC A S IN FO

Blogger-Mat05C.indd 14

07.05.11 06:56:50


ferramentas I Tumblr

TUDO É RÁPIDO COM O TUMBLR Serviço aceita textos, fotos, vídeos, músicas e outros tipos de conteúdo POR MARIA ISABEL MOREIRA

S

e há uma palavra que descreve bem o Tumblr é descomplicação. Outra é rapidez. Basta fazer login no serviço para sair postando. O conteúdo? Não importa. Pode ser um texto, uma ou várias fotos, um vídeo, um link, uma frase, um tema para uma conversa ou uma música ou arquivo de áudio qualquer. Tudo que você precisa fazer é clicar no ícone que corresponde ao conteúdo desejado e postar. O Tumblr é autoexplicativo nesse trabalho. Se você escolher foto, por exemplo, terá a opção de localizar o arquivo, usar URL de imagem hospedada na web, tirar uma foto com sua webcam e adicionar uma foto a outra existente, criando assim uma sequência de imagens. Pode também acrescentar uma legenda.

Tão fácil como postar é customizar a página. Em sua área de temas, o serviço oferece uma boa variedade de templates, alguns pagos outros gratuitos. Fora isso, você pode inserir um código HTML customizado e deixar o Tumblr ainda mais com sua cara. Por falar em personalização, o serviço também permite a hospedagem do microblog em um domínio individual. Na guia Appearance também se encontram algumas opções para escolha de fonte e do que mostrar ou esconder na página. Como também funciona como uma rede social, os usuários do Tumblr podem gerenciar os recursos de comunidade, entre elas habilitar envios de respostas e perguntas de anônimos. No quesito integração, faz parceria com o Twitter, o Facebook e o FeedBurner, além de importar canais de RSS.

CONTEÚDO COLABORATIVO O Tumblr é tão fácil de usar que muitos usuários têm vários blogs temáticos, alguns mantidos com a colaboração da comunidade Tumblr. Há blogs sobre os temas mais diferentes, mas com um forte predomínio de páginas de humor. Duas dessas páginas brasileiras que fazem muito sucesso é o Fica, vai ter bolo! (http://ficavaiterbolo.com) e o Quero ver na Copa! (http:// querovernacopa.tumblr.com).

D I C AS I NFO I 15

Tumblr-Mat05d.indd 15

07.05.11 06:28:52


ferramentas I outras opções

AINDA NÃO FEZ SUA ESCOLHA? Nem tudo é Blogger, Wordpress e Tumblr na blogosfera POR MARIA ISABEL MOREIRA

O

Wordpress é eficiente, o Blogger é o mais popular e o Tumblr é de uma facilidade tocante. Mas sua escolha não precisa se restringir a essa lista tríplice. O que não falta na

SEUS POSTS VÃO PARA…

web são ferramentas para quem quer criar e manter um blog, esteja você pensando em uma solução mais convencional ou numa opção de postagem rápida como acontece no Tumblr.

Tente também estes serviços

BLOG EM EQUIPE O Posterous (https://posterous.com) é uma opção excelente para blogs rápidos. Com poucos cliques dá até para criar um site com vários editores. Quando você se registra pode usar o serviço em dois sabores: para criar um site ou criar um grupo. Se você já criou um site, clique em Manage e em Create a New One. Em seguida, na janela que surgirá, clique em Create a Group. Preencha os dados solicitados. Se você escolher que seu grupo é privado, em seguida poderá adicionar as pessoas que atuarão como editoras.

Xanga

www.xanga.com Compartilhe textos, fotos e videos e encontre seus amigos

ATENTO À AUDIÊNCIA

O TUMBLR DO YAHOO! Quando o Yahoo! desenvolvia seu blog, o comentário geral era que a empresa estava fazendo sua versão do Twitter. Mas, na verdade, o Meme (http://meme.yahoo.com) está muito mais para o Tumblr do que para um serviço de microblog. Para começar, as postagens não ficam restritas a 140 toques. Além disso, é possível postar fotos e vídeos. No Meme você também segue e é seguido, e pode repostar mensagens de outros e até mesmo tuitá-las (sim, o serviço integra-se com o Twitter) ou enviá-las para redes sociais como Orkut e Facebook. Postagens por celular estão restritas às Filipinas e à Indonésia, mas o Meme tem interface totalmente em português.

Blogueiros que querem aparecer bastante encontram no TypePad (www.typepad.com) um excelente aliado. Com ele, é possível compartilhar as postagens automaticamente em outros serviços — a lista de opções é enorme, e vai desde os manjados Facebook, Orkut, Twitter e YouTube até FriendFeed, Vimeo e outras plataformas de blog. Ou seja, o usuário atualiza seu site e diz ao mundo que tem post novo para ser lido. Mas não é apenas isso que faz do TypePad uma opção interessante para a manutenção de blog. Esse serviço oferece também bons recursos para quem quer obter estatísticas, incluindo total de page views e a média de visualizações por dia. Fora isso, submete o blog ao Google e outros diretórios. O problema é que o TypePad não é gratuito. A versão Plus, mais barata, custa 8,95 dólares por mês.

LiveJournal

www.livejournal.com Uma combinação diferenciada de blog com rede social

Blog.com

http://blog.com

BAIXE E HOSPEDE

Drupal

Movable Type

Joomla!

Além das ferramentas web, há soluções para a criação de blogs que podem ser baixadas e hospedadas em um servidor, como acontece com o Wordpress.

http://drupal.org

www.movabletype.org

www.joomla.org/

16 I DI C AS IN FO

outrasOpções-Mat05B.indd 16-17

Para quem quer criar um site pessoal ou uma página com vários autores

DIC A S INFO I 17

07.05.11 05:27:12


ferramentas I outras opções

AINDA NÃO FEZ SUA ESCOLHA? Nem tudo é Blogger, Wordpress e Tumblr na blogosfera POR MARIA ISABEL MOREIRA

O

Wordpress é eficiente, o Blogger é o mais popular e o Tumblr é de uma facilidade tocante. Mas sua escolha não precisa se restringir a essa lista tríplice. O que não falta na

SEUS POSTS VÃO PARA…

web são ferramentas para quem quer criar e manter um blog, esteja você pensando em uma solução mais convencional ou numa opção de postagem rápida como acontece no Tumblr.

Tente também estes serviços

BLOG EM EQUIPE O Posterous (https://posterous.com) é uma opção excelente para blogs rápidos. Com poucos cliques dá até para criar um site com vários editores. Quando você se registra pode usar o serviço em dois sabores: para criar um site ou criar um grupo. Se você já criou um site, clique em Manage e em Create a New One. Em seguida, na janela que surgirá, clique em Create a Group. Preencha os dados solicitados. Se você escolher que seu grupo é privado, em seguida poderá adicionar as pessoas que atuarão como editoras.

Xanga

www.xanga.com Compartilhe textos, fotos e videos e encontre seus amigos

ATENTO À AUDIÊNCIA

O TUMBLR DO YAHOO! Quando o Yahoo! desenvolvia seu blog, o comentário geral era que a empresa estava fazendo sua versão do Twitter. Mas, na verdade, o Meme (http://meme.yahoo.com) está muito mais para o Tumblr do que para um serviço de microblog. Para começar, as postagens não ficam restritas a 140 toques. Além disso, é possível postar fotos e vídeos. No Meme você também segue e é seguido, e pode repostar mensagens de outros e até mesmo tuitá-las (sim, o serviço integra-se com o Twitter) ou enviá-las para redes sociais como Orkut e Facebook. Postagens por celular estão restritas às Filipinas e à Indonésia, mas o Meme tem interface totalmente em português.

Blogueiros que querem aparecer bastante encontram no TypePad (www.typepad.com) um excelente aliado. Com ele, é possível compartilhar as postagens automaticamente em outros serviços — a lista de opções é enorme, e vai desde os manjados Facebook, Orkut, Twitter e YouTube até FriendFeed, Vimeo e outras plataformas de blog. Ou seja, o usuário atualiza seu site e diz ao mundo que tem post novo para ser lido. Mas não é apenas isso que faz do TypePad uma opção interessante para a manutenção de blog. Esse serviço oferece também bons recursos para quem quer obter estatísticas, incluindo total de page views e a média de visualizações por dia. Fora isso, submete o blog ao Google e outros diretórios. O problema é que o TypePad não é gratuito. A versão Plus, mais barata, custa 8,95 dólares por mês.

LiveJournal

www.livejournal.com Uma combinação diferenciada de blog com rede social

Blog.com

http://blog.com

BAIXE E HOSPEDE

Drupal

Movable Type

Joomla!

Além das ferramentas web, há soluções para a criação de blogs que podem ser baixadas e hospedadas em um servidor, como acontece com o Wordpress.

http://drupal.org

www.movabletype.org

www.joomla.org/

16 I DI C AS IN FO

outrasOpções-Mat05B.indd 16-17

Para quem quer criar um site pessoal ou uma página com vários autores

DIC A S INFO I 17

07.05.11 05:27:12


plataformas I sistema wordpress

O NOVO SALTO DO WORDPRESS Na versão 3, sistema avança para se tornar um gerenciador de conteúdo mais completo POR MAURÍCIO MORAES

18 I DI C AS IN FO

sistemaWordpress-Mat07.indd 18

© FOTO CREATIVE COMMONS/FLICKR

07.05.11 03:16:01


O

WordPress quer ser muito mais do que um publicador de blogs. A plataforma deu um novo salto na versão 3, que recebeu o codinome Thelonius, em homenagem ao pianista americano de jazz Thelonius Monk (1917-1982). Agora, há mais ferramentas para quem gosta de improvisar e montar sites criativos. Entre as novas funcionalidades está a possibilidade de usar diferentes tipos de posts personalizados (os custom post types) e taxonomias. Houve ainda a fusão com o WordPress MU — que permite administrar múltiplos blogs — e foi criado um novo tema padrão, baseado em HTML5. As mudanças aproximam o WordPress de um sistema de gerenciamento de conteúdo bem mais completo.

A nova versão demorou um semestre para ficar pronta. Durante esse período, foram feitas 1 217 alterações no código, incluindo correções de bugs e aprimoramentos. Um grupo de 218 colaboradores participou de todo o processo, que não terminou com o anúncio oficial. Depois do feedback dos usuários, aproximadamente 50 falhas foram consertadas na versão 3.0.1. Depois vieram as versões 3.05, que corrigia algumas falhas de segurança. A versão 3.1.1 também aprimorava a segurança, além de melhor desempenho, corrigir suporte ao IIS6 e arrumar problemas com taxonomia e PATHINFO de links permanentes. A última versão, a 3.1.2, também corrige algumas vulnerabilidades do sistema. As inovações do Wordpress estão sendo bem-aceitas. Veja a seguir o que descobrimos nos testes do INFOlab com o sistema.

UM POR TODOS Uma das mudanças mais esperadas da versão 3 foi a fusão com o WordPress MU. No passado, quem quisesse rodar apenas um blog no seu servidor deveria baixar o código disponível no WordPress.org, mas, para aumentar a quantidade de diários virtuais, havia duas alternativas: usar um plug-in como o Hive, que conta com uma interface de administração bem complicada; ou fazer o download e a instalação do MU. De uma forma ou de outra, era um trabalho extra que agora foi eliminado. Outra vantagem da integração está no fato de que as atualizações do código vão ficar disponíveis ao mesmo tempo para todo mundo (o MU tinha um atraso de alguns meses).

D I C AS I NFO I 19

sistemaWordpress-Mat07.indd 19

07.05.11 03:16:12


Isso não significa, no entanto, que o processo tenha se tornado mais trivial e automatizado. Para rodar múltiplos blogs, ainda é necessário pôr a mão na massa e fazer uma série de configurações na raça. Nos nossos testes, optar pelo modo diretório e seguir as instruções à risca deu menos trabalho do que escolher subdomínios. Ficou claro que o passo a passo não se tornou mais simples ou intuitivo para o usuário comum, algo que deve vir a acontecer somente em futuras edições da plataforma.

POSTS COM PERSONALIDADE Os custom post types (veja tutorial ao lado) abrem novas possibilidades no WordPress, além de facilitar muito a organização dos blogs e o trabalho de edição. Por meio deles, dá para definir posts com características próprias. Um blog que trata de cultura, por exemplo, pode adotar um formato específico para todas as resenhas sobre filmes. Suponha que cada texto deva apresentar o cartaz do longa-metragem, a avaliação em número de estrelas, a ficha técnica e a opinião do crítico. O truque é que, com a ferramenta, o desenvolvedor consegue criar um item de menu dentro da interface de administração, como “Resenhas de filmes”, que será usado nesses casos. Ao clicar sobre ele, o usuário preenche os campos definidos e faz a publicação. Claro que essas divisões podem ser criadas manualmente em um post normal, mas o uso dos custom post types torna a interface do blog mais intuitiva para quem produz conteúdo. A formatação também fica bem mais fácil. E há ainda outra vantagem: a possibilidade de reunir esses posts em outra página, com layout diferente, dentro do blog. No exemplo citado, todos os filmes resenhados aparecem em uma área especial, acessível por meio de um menu, que mostra apenas o cartaz, o nome e a avaliação de vários deles. Com um clique sobre um item, abre-se o post completo. Para usar o recurso, é necessário editar linhas de código ou baixar um plug-in.

MUITO ALÉM DAS CATEGORIAS Nem sempre organizar tudo em tags e categorias é suficiente. Agora, os desenvolvedores podem criar taxonomias customizadas (custom taxonomies), um tipo especial de classificação que permite ordenar elementos de forma hierárquica ou não. Imagine um blog que

20 I DI C AS IN FO

sistemaWordpress-Mat07.indd 20-21

trate de música. É possível criar classificações específicas para o gênero de um álbum, o produtor, a gravadora, o ano, o estúdio responsável e assim por diante. Em um site de uma imobiliária, o corretor cadastra o tipo de imóvel (casa ou apartamento), o número de quartos e a quantidade de vagas para carros. Tudo isso fica reunido, por exemplo, na lateral da página, exatamente como as categorias e as nuvens de tags. A diferença é que, com as taxonomias, amplia-se a quantidade de referências de cada um dos posts. Isso ajuda o internauta a localizar aquilo que está procurando no site, além de facilitar a leitura de conteúdo relacionado. Outra novidade da versão 3 está na criação de menus e submenus, que se tornou muito simples e pode ser feita pela interface de administração. Juntamente com os custom post types, esses recursos contribuem para que o WordPress possa ser usado como um sistema de gerenciamento de conteúdo capaz de dar conta de diferentes situações. Os desenvolvedores têm maior liberdade para criar desde blogs incrementados até sites completos, como o de uma loja virtual.

A HORA DO HTML5 Ninguém aguentava mais o antigo tema padrão do WordPress, o Kubrick. Também pudera: ele foi criado há mais de cinco anos e o seu visual, um tanto avançado para a web naquela época, acabou se desgastando com o tempo. Era natural que isso acontecesse. A internet de hoje pedia uma mudança e ela veio com o Twenty Ten, o novo tema predefinido, que incorpora tags em HTML5 e não apresenta erros pela validação do World Wide Web Consortium (W3C). O design mais moderno permite uma enorme variedade de customizações. E não vão faltar novos temas não-oficiais que aproveitem os recursos do WordPress 3 — a variedade está entre os motivos do sucesso duradouro da plataforma. SISTEMA DE BLOG

WordPress 3

FABRICANTE

WordPress.org

B FABRICANTE B EDIÇÃO B CONFIGURAÇÃO B DESIGN B EXTRAS B ONDE ENCONTRAR

AVALIAÇÃO TÉCNICA CUSTO/BENEFÍCIO

WordPress.org 9,0 7,8 8,5 8,0 www.info.abril.com.br/downloads/ wordpress-3

8,4

CRIE POSTS CUSTOMIZADOS Para experimentar os custom post types, é necessário editar os arquivos de configuração do WordPress 3. O procedimento começa com uma instalação básica do WordPress em um servidor (http://bit.ly/wordpress-instalar). Um lembrete: o mod_rewrite do Apache deve estar habilitado. Criamos um blog de exemplo, o Geek Cine, especializado em filmes de ficção científica e de quadrinhos. Pensamos que seria interessante se o site tivesse uma área de “Filmes recomendados”. O primeiro passo foi registrar o custom post type. No diretório wordpress/wp-includes, abrimos o arquivo functions.php e, no final, adicionamos o código:

function create_filmes() { $filmes_args = array ( ‘label’ => __(‘Filmes’), ‘public’ => true, ‘show_ui’ => true, ‘capability_type’ => ‘post’, ‘hierarchical’ => false, ‘rewrite’ => array(‘slug’ => ‘filme’), ‘supports’ => array(‘title’, ‘editor’, ‘thumbnail’) ); register_post_type(‘Filmes’,$filmes_args); } O trabalho é feito pela função register_post_type. O parâmetro label dá o nome do novo item, que fica disponível na barra lateral. No caso do Geek Cine, clicar sobre essa opção permite editar os posts customizados de filmes recomendados. Há vários outros parâmetros que podem ser adotados — para saber mais, consulte a documentação oficial em http://bit.ly/ custom-post-types. A função só fica ativa, contudo, depois de uma modificação no arquivo post.php. É preciso ir até a seguinte linha:

add_action( ‘init’, ‘create_initial_post_types’, 0); // highest priority Depois dela, basta adicionar o código abaixo:

add_action (‘init’, ‘create_filmes’); De volta à interface de administração do blog, há outra tarefa importante: clicar em Settings, depois em Permalinks e, por fim, em Save Changes. Isso garante que os posts customizados apareçam no site

PUBLICADA ORIGINALMENTE NA INFO 295, DE SETEMBRO DE 2010

e possam ser acessados por meio de URLs amigáveis. Falta criar a página de exibição dos filmes recomendados, que mostrará miniaturas dos cartazes e os nomes dos longas. No diretório do tema (no exemplo, wordpress/wp-content/themes/twentyten), incluímos o arquivo listafilmes.php com este código:

<?php /* Arquivo: wordpress/wp-content/themes/twentyten/ listafilmes.php Template Name: filmes */ ?> <?php get_header(); ?> <!-- #filmes --> <style> #conteudo { clear: both ;margin-bottom: 120px; } #filmes { float:left ; width:200px; height: 250px;} # filmes h2 { font-size: 12px;} </style> <div id=”conteudo”> <?php $loop = new WP_Query(array(‘post_type’ => ‘filmes’, ‘posts_per_page’ => 10)); ?> <?php while ( $loop->have_posts() ) : $loop>the_post(); ?> <div id=”filmes”> <h2><?php the_title(); ?><br/><a href=”<?php the_permalink();?>”><?php the_post_thumbnail(); ?></a></h2> </div> <?php endwhile; ?> </div> <!-- #filmes --> <?php get_footer(); ?> Para terminar, abrimos a interface de administração para criar a página dos “Filmes recomendados”. Em Page Attributes, na opção Template, selecionamos filmes. Com isso, a página executa o listafilmes.php. Este passo a passo demonstra um uso simples da nova funcionalidade, mas existem sites que vão muito além. Um bom exemplo é o Pop Critics (http:// popcritics.com), que tem até mesmo um fórum experimental criado com custom post types.

DIC A S INFO I 21

07.05.11 03:16:42


Isso não significa, no entanto, que o processo tenha se tornado mais trivial e automatizado. Para rodar múltiplos blogs, ainda é necessário pôr a mão na massa e fazer uma série de configurações na raça. Nos nossos testes, optar pelo modo diretório e seguir as instruções à risca deu menos trabalho do que escolher subdomínios. Ficou claro que o passo a passo não se tornou mais simples ou intuitivo para o usuário comum, algo que deve vir a acontecer somente em futuras edições da plataforma.

POSTS COM PERSONALIDADE Os custom post types (veja tutorial ao lado) abrem novas possibilidades no WordPress, além de facilitar muito a organização dos blogs e o trabalho de edição. Por meio deles, dá para definir posts com características próprias. Um blog que trata de cultura, por exemplo, pode adotar um formato específico para todas as resenhas sobre filmes. Suponha que cada texto deva apresentar o cartaz do longa-metragem, a avaliação em número de estrelas, a ficha técnica e a opinião do crítico. O truque é que, com a ferramenta, o desenvolvedor consegue criar um item de menu dentro da interface de administração, como “Resenhas de filmes”, que será usado nesses casos. Ao clicar sobre ele, o usuário preenche os campos definidos e faz a publicação. Claro que essas divisões podem ser criadas manualmente em um post normal, mas o uso dos custom post types torna a interface do blog mais intuitiva para quem produz conteúdo. A formatação também fica bem mais fácil. E há ainda outra vantagem: a possibilidade de reunir esses posts em outra página, com layout diferente, dentro do blog. No exemplo citado, todos os filmes resenhados aparecem em uma área especial, acessível por meio de um menu, que mostra apenas o cartaz, o nome e a avaliação de vários deles. Com um clique sobre um item, abre-se o post completo. Para usar o recurso, é necessário editar linhas de código ou baixar um plug-in.

MUITO ALÉM DAS CATEGORIAS Nem sempre organizar tudo em tags e categorias é suficiente. Agora, os desenvolvedores podem criar taxonomias customizadas (custom taxonomies), um tipo especial de classificação que permite ordenar elementos de forma hierárquica ou não. Imagine um blog que

20 I DI C AS IN FO

sistemaWordpress-Mat07.indd 20-21

trate de música. É possível criar classificações específicas para o gênero de um álbum, o produtor, a gravadora, o ano, o estúdio responsável e assim por diante. Em um site de uma imobiliária, o corretor cadastra o tipo de imóvel (casa ou apartamento), o número de quartos e a quantidade de vagas para carros. Tudo isso fica reunido, por exemplo, na lateral da página, exatamente como as categorias e as nuvens de tags. A diferença é que, com as taxonomias, amplia-se a quantidade de referências de cada um dos posts. Isso ajuda o internauta a localizar aquilo que está procurando no site, além de facilitar a leitura de conteúdo relacionado. Outra novidade da versão 3 está na criação de menus e submenus, que se tornou muito simples e pode ser feita pela interface de administração. Juntamente com os custom post types, esses recursos contribuem para que o WordPress possa ser usado como um sistema de gerenciamento de conteúdo capaz de dar conta de diferentes situações. Os desenvolvedores têm maior liberdade para criar desde blogs incrementados até sites completos, como o de uma loja virtual.

A HORA DO HTML5 Ninguém aguentava mais o antigo tema padrão do WordPress, o Kubrick. Também pudera: ele foi criado há mais de cinco anos e o seu visual, um tanto avançado para a web naquela época, acabou se desgastando com o tempo. Era natural que isso acontecesse. A internet de hoje pedia uma mudança e ela veio com o Twenty Ten, o novo tema predefinido, que incorpora tags em HTML5 e não apresenta erros pela validação do World Wide Web Consortium (W3C). O design mais moderno permite uma enorme variedade de customizações. E não vão faltar novos temas não-oficiais que aproveitem os recursos do WordPress 3 — a variedade está entre os motivos do sucesso duradouro da plataforma. SISTEMA DE BLOG

WordPress 3

FABRICANTE

WordPress.org

B FABRICANTE B EDIÇÃO B CONFIGURAÇÃO B DESIGN B EXTRAS B ONDE ENCONTRAR

AVALIAÇÃO TÉCNICA CUSTO/BENEFÍCIO

WordPress.org 9,0 7,8 8,5 8,0 www.info.abril.com.br/downloads/ wordpress-3

8,4

CRIE POSTS CUSTOMIZADOS Para experimentar os custom post types, é necessário editar os arquivos de configuração do WordPress 3. O procedimento começa com uma instalação básica do WordPress em um servidor (http://bit.ly/wordpress-instalar). Um lembrete: o mod_rewrite do Apache deve estar habilitado. Criamos um blog de exemplo, o Geek Cine, especializado em filmes de ficção científica e de quadrinhos. Pensamos que seria interessante se o site tivesse uma área de “Filmes recomendados”. O primeiro passo foi registrar o custom post type. No diretório wordpress/wp-includes, abrimos o arquivo functions.php e, no final, adicionamos o código:

function create_filmes() { $filmes_args = array ( ‘label’ => __(‘Filmes’), ‘public’ => true, ‘show_ui’ => true, ‘capability_type’ => ‘post’, ‘hierarchical’ => false, ‘rewrite’ => array(‘slug’ => ‘filme’), ‘supports’ => array(‘title’, ‘editor’, ‘thumbnail’) ); register_post_type(‘Filmes’,$filmes_args); } O trabalho é feito pela função register_post_type. O parâmetro label dá o nome do novo item, que fica disponível na barra lateral. No caso do Geek Cine, clicar sobre essa opção permite editar os posts customizados de filmes recomendados. Há vários outros parâmetros que podem ser adotados — para saber mais, consulte a documentação oficial em http://bit.ly/ custom-post-types. A função só fica ativa, contudo, depois de uma modificação no arquivo post.php. É preciso ir até a seguinte linha:

add_action( ‘init’, ‘create_initial_post_types’, 0); // highest priority Depois dela, basta adicionar o código abaixo:

add_action (‘init’, ‘create_filmes’); De volta à interface de administração do blog, há outra tarefa importante: clicar em Settings, depois em Permalinks e, por fim, em Save Changes. Isso garante que os posts customizados apareçam no site

PUBLICADA ORIGINALMENTE NA INFO 295, DE SETEMBRO DE 2010

e possam ser acessados por meio de URLs amigáveis. Falta criar a página de exibição dos filmes recomendados, que mostrará miniaturas dos cartazes e os nomes dos longas. No diretório do tema (no exemplo, wordpress/wp-content/themes/twentyten), incluímos o arquivo listafilmes.php com este código:

<?php /* Arquivo: wordpress/wp-content/themes/twentyten/ listafilmes.php Template Name: filmes */ ?> <?php get_header(); ?> <!-- #filmes --> <style> #conteudo { clear: both ;margin-bottom: 120px; } #filmes { float:left ; width:200px; height: 250px;} # filmes h2 { font-size: 12px;} </style> <div id=”conteudo”> <?php $loop = new WP_Query(array(‘post_type’ => ‘filmes’, ‘posts_per_page’ => 10)); ?> <?php while ( $loop->have_posts() ) : $loop>the_post(); ?> <div id=”filmes”> <h2><?php the_title(); ?><br/><a href=”<?php the_permalink();?>”><?php the_post_thumbnail(); ?></a></h2> </div> <?php endwhile; ?> </div> <!-- #filmes --> <?php get_footer(); ?> Para terminar, abrimos a interface de administração para criar a página dos “Filmes recomendados”. Em Page Attributes, na opção Template, selecionamos filmes. Com isso, a página executa o listafilmes.php. Este passo a passo demonstra um uso simples da nova funcionalidade, mas existem sites que vão muito além. Um bom exemplo é o Pop Critics (http:// popcritics.com), que tem até mesmo um fórum experimental criado com custom post types.

DIC A S INFO I 21

07.05.11 03:16:42


dicas I blogger

WIDGET É O BÁSICO O bê-á-bá da integração entre blogs e microblogs está num widget fornecido pelo próprio Twitter. Para usá-lo, acesse http://twitter.com/badges. Clique em My Website, escolha o tipo desejado e copie o código HTML para uma seção de seu blog. Para fazer isso no Blogger, por exemplo, clique em Design > Adicionar Um Gadget > HTML/JavaScript. Os microposts serão exibidos no blog em tempo real.

UM BLOG SÓ PARA AMIGOS

APRIMORE-SE NO BLOGGER

Quem não quer se expor para desconhecidos pode restringir o acesso ao seu blog apenas para leitores selecionados. No Blogger, vá em Configurações > Permissões. No final da página, há uma caixa chamada Leitores do Blog com as autoexplicativas opções Somente As Pessoas Que Eu Escolher e Somente Autores do Blog.

Veja como tornar seu blog desenvolvido com a plataforma do Google ainda melhor POR ERIC COSTA E JULIANO BARRETO

U

ma das ferramentas pioneiras na publicação de blogs, o Blogger foi criado em 1999 pela Pyra Labs e adquirido em 2003 pelo Google. Ao longo desses 12 anos, colecionou um número enorme de usuários, transformando-se no serviço de blogs mais popular. Segundo o site

22 I DI C AS IN FO

blogger-Mat08.indd 22-23

Alexa, é o oitavo site global com maior número de acessos. Durante sua trajetória, a ferramenta recebeu vários upgrades, ganhando recursos e simplificando seu uso. Mas nunca é demais conhecer alguns truques para explorá-lo melhor. É o que oferecemos a seguir.

LIGADO NA AUDIÊNCIA Contador de visitantes só deprecia o seu caminho para a fama. O Google Analytics é uma ferramenta gratuita para o monitoramento de acessos e fácil de instalar. Para usá-la, basta copiar e colar um código no blog, antes da tag "/body". O serviço também inclui uma área chamada Intelligence, com alertas que são disparados de acordo com critérios como o número de pageviews ou de visitantes únicos.

DIC A S INFO I 23

07.05.11 03:20:02


dicas I blogger

WIDGET É O BÁSICO O bê-á-bá da integração entre blogs e microblogs está num widget fornecido pelo próprio Twitter. Para usá-lo, acesse http://twitter.com/badges. Clique em My Website, escolha o tipo desejado e copie o código HTML para uma seção de seu blog. Para fazer isso no Blogger, por exemplo, clique em Design > Adicionar Um Gadget > HTML/JavaScript. Os microposts serão exibidos no blog em tempo real.

UM BLOG SÓ PARA AMIGOS

APRIMORE-SE NO BLOGGER

Quem não quer se expor para desconhecidos pode restringir o acesso ao seu blog apenas para leitores selecionados. No Blogger, vá em Configurações > Permissões. No final da página, há uma caixa chamada Leitores do Blog com as autoexplicativas opções Somente As Pessoas Que Eu Escolher e Somente Autores do Blog.

Veja como tornar seu blog desenvolvido com a plataforma do Google ainda melhor POR ERIC COSTA E JULIANO BARRETO

U

ma das ferramentas pioneiras na publicação de blogs, o Blogger foi criado em 1999 pela Pyra Labs e adquirido em 2003 pelo Google. Ao longo desses 12 anos, colecionou um número enorme de usuários, transformando-se no serviço de blogs mais popular. Segundo o site

22 I DI C AS IN FO

blogger-Mat08.indd 22-23

Alexa, é o oitavo site global com maior número de acessos. Durante sua trajetória, a ferramenta recebeu vários upgrades, ganhando recursos e simplificando seu uso. Mas nunca é demais conhecer alguns truques para explorá-lo melhor. É o que oferecemos a seguir.

LIGADO NA AUDIÊNCIA Contador de visitantes só deprecia o seu caminho para a fama. O Google Analytics é uma ferramenta gratuita para o monitoramento de acessos e fácil de instalar. Para usá-la, basta copiar e colar um código no blog, antes da tag "/body". O serviço também inclui uma área chamada Intelligence, com alertas que são disparados de acordo com critérios como o número de pageviews ou de visitantes únicos.

DIC A S INFO I 23

07.05.11 03:20:02


BACKUP NO DISCO

TEMA DE QUE COR?

Backup não é importante somente quando se refere aos dados armazenados no disco. Uma forma prática de evitar que posts de seu blog do Blogger desapareçam do mapa é manter uma cópia local deles. Há duas formas de fazer isso. A primeira é usar o programinha Blogger Backup (www.info.abril.com.br/ downloads/blogger-backup-1-0-9-23). Ele permite guardar posts e comentários, baixando essas informações de todos os blogs de um mesmo usuário no Blogger. Uma forma mais simples é usar o endereço http://url_do_blog/search?maxresults=num_posts, substituindo url_do_blog pelo endereço do blog e num_posts pelo número de posts, que pode ser verificado na página de gerenciamento do Blogger, após o login. Com isso, serão exibidos todos os posts na mesma página HTML, que pode ser gravada diretamente no navegador.

O Blogger oferece opções de tema para modificação do layout, mas você não precisa ficar restrito a elas. Muitos sites oferecem opções de temas e templates para a ferramenta de blogs do Google. No BloggerThemes (www.bloggerthemes.net) você pode procurar opções por cor, número de colunas, estilo e largura (fixa ou flexível).

CÓPIA DE SEGURANÇA ONLINE Também é possível fazer o backup do conteúdo no Blogger usando um serviço. Trata-se do BlogBackupr (http://blogbackupr.com). Basta cadastrar o blog e um e-mail. Recebida a mensagem com a senha, é só fazer o login no BlogBackupr e gerenciar os backups do blog. O conteúdo gravado pode ser baixado nos formatos RSS, HTML e texto simples (TXT). O serviço oferece 100 MB de espaço gratuito, o que é suficiente mesmo para blogueiros prolíficos. Com um clique, o BlogBackupr também pode restaurar todos os posts, no caso de pane no serviço de blog. Nesse caso, será preciso fornecer o login de administração do blog, claro. O serviço funciona também com outras ferramentas de blog.

PERFIL COMO PASSAPORTE Vários sites oferecem a possibilidade de login com a conta do Facebook para a postagem de comentários. Você pode fazer o mesmo com seu blog, permitindo que seus visitantes usem a conta na rede social para deixar seu recado e espalhar o conteúdo da sua página por aí. Para oferecer esse recurso, instale o plug-in Intense Debate (http://abr.io/JSw). Além do Blogger, ele é compatível com Wordpress e Tumblr.

24 I DI C AS IN FO

blogger-Mat08.indd 24

07.05.11 03:20:18


dicas I tumblr

G

É A VEZ DO TUMBLR

Onze truques para aproveitar os recursos do serviço que une blog e rede social POR JULIANO BARRETO E ERIC COSTA

M

icroblog, rede social ou uma versão moderninha do fotolog? É difícil enquadrar o Tumblr em apenas uma categoria. Mais fácil que explicar, é usar a ferramenta. De pré-adolescentes mostrando fotos de filhotes fofinhos ao arquivo da septuagenária revista Life (life.tumblr. com), o serviço já conquistou milhões de usuários e não para de se popularizar. Entre os ingredientes desse sucesso, estão a agilidade da plataforma e a integração com o Twitter e com o Facebook.

Enquanto publica fotos, vídeos, áudio ou texto no Tumblr, você não verá janelas pop-up, pedidos chatos de confirmação ou qualquer burocracia digital. Do upload de imagens à personalização do gabarito da página, é tudo rápido e bem resolvido. A facilidade, porém, não deve ser confundida com falta de recursos. O site oferece ótimas opções de personalização e permite interagir bem com os visitantes. A seguir, você confere alguns truques para aproveitar melhor essas possibilidades.

FAZ BEM 1 ANUNCIAR O Tumblr conta com um diretório de blogs (www.tumblr. com/directory) onde você pode ganhar exposição, seguidores, e, consequentemente, audiência. Cadastre seu site numa das 47 categorias disponíveis e, depois, comece uma campanha por recomendações. Empresas que querem divulgar algum produto podem comprar um espaço nobre na lista de blogs por 9 dólares. Adesivos para enfeitar o anúncio custam 1 dólar cada.

26 I DI C AS IN FO

tumblr-Mat09.indd 26

© ILUSTRAÇÃO VECTORSTOCK

07.05.11 03:21:29


G

INCLUÍDO 2 TWITTER Sem instalar nenhum plug-in, seu Tumblr já está pronto para importar e exportar conteúdo de outras redes sociais. Depois de entrar no sistema, acesse Customize > Services. Nesse menu, é possível configurar a integração do site com Twitter, Facebook e fontes RSS. Também dá para importar links de serviços como Delicious, Digg e Blogger.

TUMBLR PARA O FACEBOOK 3 DO Quem usa o serviço de blog Tumblr pode adicionar os posts automaticamente ao Facebook, o que facilita sua divulgação para os amigos. Para isso, no Tumblr, entre em Dashboard > Customize. Clique em Services e, depois, em Setup, na seção Facebook. Faça o login no Facebook e pressione Permitir. Tecle a URL de seu blog no Tumblr e pressione Start Importing This Blog e, em seguida, Allow, para trazer todos os posts para o Facebook.

BLOG BEM-VESTIDO 4

No site do Tumblr fica o Themes Garden (www.tumblr.com/themes), que oferece quase 400 opções para personalizar o visual dos blogs. Mas você não precisa parar por aí. Há fartura de templates em sites como o FreshTumblrThemes.com e o AllThemes.tumblr.com. Para instalar um tema, clique em Customize > Theme > Custom HTML e cole o código com a nova aparência.

D I C AS I NFO I 27

tumblr-Mat09.indd 27

07.05.11 03:21:39


REENCONTRE AMIGOS 5 Além de plataforma para publicar conteúdo, o Tumblr é uma rede social semelhante ao Twitter. Você pode adicionar contatos, segui-los e republicar os posts deles em seu blog. Essa brincadeira só tem graça, claro, se você tiver contatos. Para isso, visite http://www.tumblr.com/lookup_contacts e veja se seus contatos do Gmail, Yahoo!, Hotmail ou MSN já estão no Tumblr.

VISITANTE É O AUTOR 8 OÉ possível abrir seu Tumblr para posts criados por visitantes. Basta divulgar o endereço nome.tumblr.com/submit. Para fazer os ajustes finos, acesse o Dashboard, clique Customize e depois Community. Lá, você define que tipo de conteúdo poderá ser postado pelos visitantes e escreve um texto explicativo para eles.

E-MAIL PARA A WEB 9 DO Na página www.tumblr.com/goodies você encontra um endereço de SONORA 6 TRILHA Que o Tumblr tem vocação para publicar músicas, ninguém duvida. Basta fazer o upload de qualquer arquivo MP3 para que o site crie um tocador próprio e publique o áudio. Com a extensão Streampad (www.info.abril.com.br/downloads/webware/tumblr-mp3player), a brincadeira evolui. Ao copiar o código do widget, o blog ganha um player no rodapé que toca todos os arquivos sonoros já postados no blog visitado.

e-mail pessoal que pode facilitar a publicação no Tumblr. Com ele, é só enviar o conteúdo e deixar o resto com a plataforma de publicação. Se você mandar três fotos anexas a uma mensagem, por exemplo, o Tumblr vai entender que a ideia é publicar uma sequência de imagens e vai colocá-las num show de slides no mesmo post. O mesmo vale para textos, vídeos e áudio. O título do post deve ser escrito no campo de assunto do e-mail.

NASCIDO PARA 10 O CELULAR Todo blog do Tumblr tem uma versão para celular prontinha. Basta adicionar /mobile ao final do endereço da página. Para postar por meio de um smartphone, o usuário conta com aplicativos oficiais para iPhone e Blackberry. Mas é mais fácil e rápido postar por e-mail, como explicamos na dica acima.

ESCOLHA O PROGRAMA Há mais de 90 aplicações desenvolvidas por terceiros para uso de quem bloga pelo Tumblr. As aplicações são divididas em quatro categorias: iPhone/iPod Touch/iPad; serviços na web; aplicações móveis e para desktop; e widgets para site e plug-in para navegadores. Para encontra-las, visite www. tumblr.com/docs/en/apps.

ARRASTE E SOLTE POSTS 7

A interface de publicação do Tumblr já é enxuta. Mas, quem usa Firefox pode agilizar os posts ainda mais com a extensão Tumblr Post (www.info.abril.com.br/downloads/tumblr-post). Depois de instalada, ela cria um atalho na barra do navegador e permite publicar textos, vídeos e imagens apenas arrastando e soltando o conteúdo diretamente da web.

MONITORADO 11 TUMBLR O Tumblr é uma alternativa prática para quem deseja montar um blog, mas não tem tempo para gerenciá-lo. Mesmo esse blog rápido pode dar suporte ao Analytics. Crie novo perfil, usando a URL completa do blog Tumblr (http://meu-nome.tumblr.com). Copie o código que deve ser adicionado ao site, que surge na tela seguinte à de criação do perfil. Em outra janela de browser, acesse o endereço www.tumblr.com/dashboard, teclando seu nome de usuário e senha no Tumblr. Clique em Customize > Info. Cole o código do Analytics no campo Description e pressione Save Changes. Volte à página do Analytics e pressione Save and Finish.

28 I DI C AS IN FO

tumblr-Mat09.indd 28-29

PUBLICADO ORIGINALMENTE NA INFO 292, DE JUNHO DE 2010

DIC A S INFO I 29

07.05.11 03:22:02


REENCONTRE AMIGOS 5 Além de plataforma para publicar conteúdo, o Tumblr é uma rede social semelhante ao Twitter. Você pode adicionar contatos, segui-los e republicar os posts deles em seu blog. Essa brincadeira só tem graça, claro, se você tiver contatos. Para isso, visite http://www.tumblr.com/lookup_contacts e veja se seus contatos do Gmail, Yahoo!, Hotmail ou MSN já estão no Tumblr.

VISITANTE É O AUTOR 8 OÉ possível abrir seu Tumblr para posts criados por visitantes. Basta divulgar o endereço nome.tumblr.com/submit. Para fazer os ajustes finos, acesse o Dashboard, clique Customize e depois Community. Lá, você define que tipo de conteúdo poderá ser postado pelos visitantes e escreve um texto explicativo para eles.

E-MAIL PARA A WEB 9 DO Na página www.tumblr.com/goodies você encontra um endereço de SONORA 6 TRILHA Que o Tumblr tem vocação para publicar músicas, ninguém duvida. Basta fazer o upload de qualquer arquivo MP3 para que o site crie um tocador próprio e publique o áudio. Com a extensão Streampad (www.info.abril.com.br/downloads/webware/tumblr-mp3player), a brincadeira evolui. Ao copiar o código do widget, o blog ganha um player no rodapé que toca todos os arquivos sonoros já postados no blog visitado.

e-mail pessoal que pode facilitar a publicação no Tumblr. Com ele, é só enviar o conteúdo e deixar o resto com a plataforma de publicação. Se você mandar três fotos anexas a uma mensagem, por exemplo, o Tumblr vai entender que a ideia é publicar uma sequência de imagens e vai colocá-las num show de slides no mesmo post. O mesmo vale para textos, vídeos e áudio. O título do post deve ser escrito no campo de assunto do e-mail.

NASCIDO PARA 10 O CELULAR Todo blog do Tumblr tem uma versão para celular prontinha. Basta adicionar /mobile ao final do endereço da página. Para postar por meio de um smartphone, o usuário conta com aplicativos oficiais para iPhone e Blackberry. Mas é mais fácil e rápido postar por e-mail, como explicamos na dica acima.

ESCOLHA O PROGRAMA Há mais de 90 aplicações desenvolvidas por terceiros para uso de quem bloga pelo Tumblr. As aplicações são divididas em quatro categorias: iPhone/iPod Touch/iPad; serviços na web; aplicações móveis e para desktop; e widgets para site e plug-in para navegadores. Para encontra-las, visite www. tumblr.com/docs/en/apps.

ARRASTE E SOLTE POSTS 7

A interface de publicação do Tumblr já é enxuta. Mas, quem usa Firefox pode agilizar os posts ainda mais com a extensão Tumblr Post (www.info.abril.com.br/downloads/tumblr-post). Depois de instalada, ela cria um atalho na barra do navegador e permite publicar textos, vídeos e imagens apenas arrastando e soltando o conteúdo diretamente da web.

MONITORADO 11 TUMBLR O Tumblr é uma alternativa prática para quem deseja montar um blog, mas não tem tempo para gerenciá-lo. Mesmo esse blog rápido pode dar suporte ao Analytics. Crie novo perfil, usando a URL completa do blog Tumblr (http://meu-nome.tumblr.com). Copie o código que deve ser adicionado ao site, que surge na tela seguinte à de criação do perfil. Em outra janela de browser, acesse o endereço www.tumblr.com/dashboard, teclando seu nome de usuário e senha no Tumblr. Clique em Customize > Info. Cole o código do Analytics no campo Description e pressione Save Changes. Volte à página do Analytics e pressione Save and Finish.

28 I DI C AS IN FO

tumblr-Mat09.indd 28-29

PUBLICADO ORIGINALMENTE NA INFO 292, DE JUNHO DE 2010

DIC A S INFO I 29

07.05.11 03:22:02


dicas I wordpress

UM WORDPRESS AINDA MELHOR Siga os truques para ficar fera numa das plataformas de blog mais populares do mercado POR ERIC COSTA

O

Wordpress é uma das plataformas de blog mais usadas e completas. Em agosto de 2010, estimava-se que o Wordpress.com tinha mais de 11 milhões de usuários e o sistema de publicação Wordpress 3 computava 13,4 milhões de downloads. A multiplicidade de recursos não torna o Wordpress uma plataforma difícil de usar, mas vale conhecer alguns truques para explorar melhor suas possibilidades de publicação e gerenciamento de blogs. Confira, a seguir, algumas dicas.

PARCERIA COM O TWITTER Entre as dezenas de plug-ins para espalhar seus posts via Twitter, o destaque é o Sociable (www.info.abril.com.br/downloads/webware/sociable). Além de mostrar as atualizações do blog via microblog, ele é compatível com outras 98 redes sociais, incluindo aí Facebook, Digg e Delicious. Para usá-lo, basta recortar e colar o código HTML no seu site ou usar sua conta do Wordpress diretamente. A parceria se estende também ao Blogger.

SPAM NUNCA MAIS INSTALAÇÃO AUTOMÁTICA

O sistema Akismet (www.info.abril.com.br/downloads/akismet) é quase obrigatório para um blog. Ele faz uma triagem dos comentários, identificando o que é spam e propaganda indesejada, deixando apenas os textos legítimos. Para usá-lo, é só instalar o plug-in no blog.

AUDIÊNCIA NO WORDPRESS Quem tem um blog que usa o sistema WordPress não precisa ficar copiando códigos HTML para integrar os posts ao Analytics. Vários plug-ins resolvem isso de forma automática. Crie um novo perfil com a URL do blog no Analytics. Depois, na tela de gerenciamento do WordPress, acesse a seção Plugins e clique em Adicionar Novo. No campo de busca, digite Google Analytics for WordPress e pressione Pesquisar Plugins. Localize o plug-in e acione Instalar Agora. Depois, pressione Ativar Plugin. Na tela seguinte, clique no link Select Which Analytics Profile to Track. Pressione o botão Click Here to Authenticate With Google e, depois, Conceder Acesso. Com isso, todos os perfis do Analytics serão baixados. Escolha o correto e pressione Update Google Analytics Settings.

POSTS PARA O SMARTPHONE

wordpress-Mat10.indd 30-31

RSS ACELERADO Muitas vezes, o padrão RSS é lento demais para anunciar que seu blog tem um post novo. Por isso, o protocolo PubSubHubbub vem ganhando adeptos. O nome esquisito batiza uma tecnologia para enviar de forma instantânea as atualizações do blog para servidores compatíveis com o protocolo, como o Google Reader. Para implementar esse protocolo no Wordpress, use esse plug-in: www.info.abril.com.br/downloads/webware/pubsubhubbub.

DO TUMBLR PARA O WORDPRESS Quem tem blog no Tumblr, mas quer opções mais avançadas, pode migrar o conteúdo para o WordPress. Comece acessando o site http://tumblr2wordpress. benapps.net . Digite a URL de seu site Tumblr e, na seção Export For, indique se o blog WordPress está no servidor oficial ou num endereço personalizado. Pressione Export para gerar um arquivo XML. Agora, faça o login no WordPress e abra as opções em Ferramentas. Clique em Importar, depois em WordPress e, por fim, em Instalar Agora. Volte a Ferramentas > Importar e pressione Selecione Arquivo. Escolha o arquivo XML e clique em Fazer Upload de Arquivo e Importar. Em seguida, defina se quer importar autor e anexos e clique em Enviar. Depois, é possível editar as postagens importadas.

Com cada vez mais gente acessando a web com smartphone, é um erro ignorar o potencial desse público. Para quem usa Wordpress, uma boa ideia é usar o iWPhone (www.info.abril.com.br/downloads/iphone/iwphone). Ele inclui um tema especial que permite a leitura fácil na tela do iPhone. Outra opção é o WP-PDA (www.info.abril.com.br/downloads/windows-mobile/wp-pda), também para iPhone, mas que é capaz de reconhecer e se adaptar a outros smartphones.

30 I DI C AS IN FO

Para a maioria dos plug-ins do Wordpress.org, o sistema de blogs, é possível fazer a instalação de forma automática. Basta, na janela de administração do blog, acessar Plugins > Adicionar Novo. Digite o nome do plug-in no campo Pesquisar e pressione Pesquisa Plugins. Na lista de resultados, é só clicar no link Instalar do plug-in correto.

© ILUSTRAÇÃO MICHAL ZACHARZEWSKI

DIC A S INFO I 31

07.05.11 03:22:54


dicas I wordpress

UM WORDPRESS AINDA MELHOR Siga os truques para ficar fera numa das plataformas de blog mais populares do mercado POR ERIC COSTA

O

Wordpress é uma das plataformas de blog mais usadas e completas. Em agosto de 2010, estimava-se que o Wordpress.com tinha mais de 11 milhões de usuários e o sistema de publicação Wordpress 3 computava 13,4 milhões de downloads. A multiplicidade de recursos não torna o Wordpress uma plataforma difícil de usar, mas vale conhecer alguns truques para explorar melhor suas possibilidades de publicação e gerenciamento de blogs. Confira, a seguir, algumas dicas.

PARCERIA COM O TWITTER Entre as dezenas de plug-ins para espalhar seus posts via Twitter, o destaque é o Sociable (www.info.abril.com.br/downloads/webware/sociable). Além de mostrar as atualizações do blog via microblog, ele é compatível com outras 98 redes sociais, incluindo aí Facebook, Digg e Delicious. Para usá-lo, basta recortar e colar o código HTML no seu site ou usar sua conta do Wordpress diretamente. A parceria se estende também ao Blogger.

SPAM NUNCA MAIS INSTALAÇÃO AUTOMÁTICA

O sistema Akismet (www.info.abril.com.br/downloads/akismet) é quase obrigatório para um blog. Ele faz uma triagem dos comentários, identificando o que é spam e propaganda indesejada, deixando apenas os textos legítimos. Para usá-lo, é só instalar o plug-in no blog.

AUDIÊNCIA NO WORDPRESS Quem tem um blog que usa o sistema WordPress não precisa ficar copiando códigos HTML para integrar os posts ao Analytics. Vários plug-ins resolvem isso de forma automática. Crie um novo perfil com a URL do blog no Analytics. Depois, na tela de gerenciamento do WordPress, acesse a seção Plugins e clique em Adicionar Novo. No campo de busca, digite Google Analytics for WordPress e pressione Pesquisar Plugins. Localize o plug-in e acione Instalar Agora. Depois, pressione Ativar Plugin. Na tela seguinte, clique no link Select Which Analytics Profile to Track. Pressione o botão Click Here to Authenticate With Google e, depois, Conceder Acesso. Com isso, todos os perfis do Analytics serão baixados. Escolha o correto e pressione Update Google Analytics Settings.

POSTS PARA O SMARTPHONE

wordpress-Mat10.indd 30-31

RSS ACELERADO Muitas vezes, o padrão RSS é lento demais para anunciar que seu blog tem um post novo. Por isso, o protocolo PubSubHubbub vem ganhando adeptos. O nome esquisito batiza uma tecnologia para enviar de forma instantânea as atualizações do blog para servidores compatíveis com o protocolo, como o Google Reader. Para implementar esse protocolo no Wordpress, use esse plug-in: www.info.abril.com.br/downloads/webware/pubsubhubbub.

DO TUMBLR PARA O WORDPRESS Quem tem blog no Tumblr, mas quer opções mais avançadas, pode migrar o conteúdo para o WordPress. Comece acessando o site http://tumblr2wordpress. benapps.net . Digite a URL de seu site Tumblr e, na seção Export For, indique se o blog WordPress está no servidor oficial ou num endereço personalizado. Pressione Export para gerar um arquivo XML. Agora, faça o login no WordPress e abra as opções em Ferramentas. Clique em Importar, depois em WordPress e, por fim, em Instalar Agora. Volte a Ferramentas > Importar e pressione Selecione Arquivo. Escolha o arquivo XML e clique em Fazer Upload de Arquivo e Importar. Em seguida, defina se quer importar autor e anexos e clique em Enviar. Depois, é possível editar as postagens importadas.

Com cada vez mais gente acessando a web com smartphone, é um erro ignorar o potencial desse público. Para quem usa Wordpress, uma boa ideia é usar o iWPhone (www.info.abril.com.br/downloads/iphone/iwphone). Ele inclui um tema especial que permite a leitura fácil na tela do iPhone. Outra opção é o WP-PDA (www.info.abril.com.br/downloads/windows-mobile/wp-pda), também para iPhone, mas que é capaz de reconhecer e se adaptar a outros smartphones.

30 I DI C AS IN FO

Para a maioria dos plug-ins do Wordpress.org, o sistema de blogs, é possível fazer a instalação de forma automática. Basta, na janela de administração do blog, acessar Plugins > Adicionar Novo. Digite o nome do plug-in no campo Pesquisar e pressione Pesquisa Plugins. Na lista de resultados, é só clicar no link Instalar do plug-in correto.

© ILUSTRAÇÃO MICHAL ZACHARZEWSKI

DIC A S INFO I 31

07.05.11 03:22:54


ACELERE O WORDPRESS Quem tem um blog no Wordpress conta com boas ferramentas para gerenciar comentários sem precisar ir à página de administração. Para começar, o Wordpress Checker (www. info.abril.com.br/downloads/wordpress-checker) avisa quando novos comentários exigem moderação, inclusive indicando se há spam.

BANHO DE LOJA NO BLOG Até quem não tenha a menor afinidade com design pode criar um blog bonito no Wordpress. Além dos temas do site oficial (use o painel de administração do blog para acessar Aparência > Temas), há o software Artisteer (www.info.abril.com.br/downloads/ artisteer). Com ele, você pode definir cada elemento do tema e usar composições de cores, fontes e telas de fundo, o que agiliza o design do blog. Depois de terminar o desenho do tema, é só clicar em Exportar e enviar a pasta para o servidor web, dentro do diretório Themes, do Wordpress. Há versões também para Blogger, Joomla e Drupal.

BLOG MAIS LEVE Uma característica do Wordpress é gerar arquivos PHP em vez de HTML estáticos. Isso pode sobrecarregar o servidor, já que cada página PHP gerada exige uma consulta ao banco de dados. O plug-in WP Super Cache (www.info.abril.com.br/download/5153.shtml/), criado pelo programador irlandês Donncha O Caoimh (também desenvolvedor-chefe do Wordpress MU), resolve esse problema. Ele cria arquivos HTML estáticos a partir dos posts publicados no blog. Dessa forma, as consultas ao banco de dados são eliminadas.

32 I DI C AS IN FO

wordpress-Mat10.indd 32

© ILUSTRAÇÃ ILUSTRAÇÃO SVILEN MILEV

07.05.11 03:23:27


dicas I enquetes

PERGUNTE AOS LEITORES Três ferramentas que levam o recurso de pesquisa para dentro do seu blog POR MARIA ISABEL MOREIRA E ERIC COSTA

P

esquisas, enquetes, votações e questionários têm tudo para enriquecer os blogs se usados de maneira inteligente. Recursos como esses atraem audiência, divertem, revelam opiniões e fazem seus leitores se sentirem mais em sintonia

com o conteúdo que você produz. A notícia boa é que fazer isso não é nada do outro mundo. Diversos serviços oferecem ferramentas para a cria��ão e o gerenciamento desse conteúdo. E tudo sem que seja necessário usar o cartão de crédito.

ENQUETES PERSONALIZADAS Quem quer fazer perguntas diretamente aos internautas e depois monitorar as respostas com estatísticas detalhadas, deve experimentar o PollDaddy (http://polldaddy.com). Compatível com as principais plataformas de blog, o serviço conta com uma estrutura poderosa que suporta enxurradas de respostas, armazena enquetes antigas e fornece estatísticas personalizadas. A versão gratuita do serviço permite até 100 pesquisas por mês, dez perguntas por pesquisa, um usuário por conta, conteúdo com links para o site PollDaddy e relatórios básicos. Os planos pagos têm custo de 200 dólares por ano (Pro) e 899 dólares por ano (Corporate).

© ILUSTRAÇÃO GARY MCINNES

enquetes-Mat11.indd 33

D I C AS I NFO I 33

07.05.11 03:24:34


SEM COMPLICAÇÃO O BlogPolls (www.blogpolls.com) é uma solução completamente descomplicada para a criação e o gerenciamento de enquetes. Você só tem que escolher a pergunta, fornecer as possíveis respostas e decidir sobre alguns critérios, como se abrirá ou não a enquete para comentários, se será permitida mais de uma resposta e se a pesquisa será pública ou privada. Quem necessitar de outros controles vai se decepcionar. À medida que você cria a pesquisa vê o resultado no topo do painel direito da janela. Ao contrário de outros serviços, o BlogPolls não oferece opções de template, mas permite a personalização do design da enquete, incluindo cor de fundo, dos textos, das bordas e dos links. Para economizar tempo, o estilo customizado pode ser salvo para uso em outros projetos. Tudo pronto? É hora de salvar e pegar o código para anexá-lo ao seu blog. Depois, você pode voltar ao BlogPolls para acompanhar os resultados.

PERSONALIZADA E PRÁTICA Outra opção rápida e prática para pesquisas em blogs, o Free Blog Poll (www.blog-poll.com) não traz todos os recursos que outras soluções, como o PollDaddy, mas não faz feio. Você pode criar questionários com diversas perguntas, estabelecer um tempo limite ou um número máximo de respostas. É possível definir ainda que os respondentes poderão escolher “outro” sem especificar ou selecionar a opção “nenhum desses itens”. Múltiplas respostas também são possíveis. Feitas essas definições, é hora de escolher um layout. O Free Blog Poll possibilita o ajuste de largura e altura e a escolha de um design. Há opções sem imagem, com fundo neutro e com fundo decorado. Como no BlogPolls, é possível visualizar a própria pesquisa no layout selecionado à medida que são feitas as escolhas. Por fim, você recebe o código para colar em seu blog. Os participantes podem ver o resultado depois do voto, só que para isso são direcionados para a página do serviço.

FAÇA A COISA CERTA Para não errar no uso das enquetes, confira as dicas de Darren Rowse, do ProBlogger Blog Tips (www.problogger.net) 1 - Faça pesquisas relevantes para o tópico relacionado do blog 2 - Não faça pesquisa somente para ter o recurso em sua página 3 - Posicione bem as enquetes para garantir maior participação 4 - Formule bem as respostas para que contemplem todas as opções 5 – Cuide para não deixar ativas pesquisas em que ninguém participa 6 – Anuncie que tem nova pesquisa em seu blog para atrair partipação 7 – Forneça recurso para que as pessoas possam discutir a enquete 8 – Quando fechar a pesquisa, escreva um post com os resultados 9 – Defina a duração da pesquisa e informe essa data desde o início

34 I DI C AS IN FO

enquetes-Mat11.indd 34

© ILUSTRAÇÃO DOMINIK GWAREK

07.05.11 03:24:50


dicas d icas cas I SEO S O

APAREÇA NO GOOGLE Dicas de SEO para aprimorar a posição de seu blog nos mecanismos de busca POR MARIA ISABEL MOREIRA

V

ocê não precisa ambicionar o estrelato, mas se decidiu escrever um blog possivelmente quer que leiam seus posts. As redes sociais ajudam a anunciar quando o blog foi atualizado, mas o interessante é que as pessoas localizem suas postagens nos mecanismos de busca como o Google. Para isso, basta tomar algumas medidas.

OS TERMOS CERTOS 1 USE Inclua sempre no título de seus posts termos muito usados nas pesquisas. Por quê? O Google usa essas informações na hora de indexar os conteúdos e considera as palavras no título como as mais relevantes. Então, tente imaginar os termos que as pessoas usariam se fossem procurar seu post e adote as palavras mais representativas no título.

INSIGHTS 2 GOOGLE Na dúvida sobre que palavra usar? O Google oferece uma ferramenta que ajuda muito a comparar a eficiência de dois ou mais termos. Visite o Google Insights Para Pesquisa (www.google.com/insights/search) e faça uma análise. A página permite analisar padrões por período, local, categoria ou propriedades diferentes do Google, como Notícias e Imagens.

AS PÁGINAS 3 LINK Os mecanismos de busca também entendem que posts que receberam links em outras páginas são mais importantes que aqueles que nunca foram mencionados. Sendo assim, sempre que possível ofereça links para postagens antigas em palavras relevantes dos seus posts. Mas não exagere para não poluir demais o post e irritar seus leitores. Uma dica é espalhar links para seus posts em redes sociais, como Twitter e Facebook. Outra opção é estabelecer parceria com outros blogs.

AS TAGS 4 EXPLORE Praticamente a totalidade das plataformas de blog atuais oferece o recurso de tags. Além de ajudar a organizar seu blog, elas são usadas pelos mecanismos de busca na hora de priorizar os resultados das pesquisas. Portanto, fique atento no momento de atribuir essas etiquetas às atualizações.

ÀS IMAGENS 5 ATENTO Assim como vale a pena caprichar nas palavras usadas no título dos posts, dê uma atenção ao nome dos arquivos de imagens que você publicar. Aparecer no Google Imagens também pode render muitas visitas para sua página.

© ILUSTRAÇÃO SVILEN MILEV

SEO-Mat16.indd 35

D I C AS I NFO I 35

07.05.11 03:25:42


dicas I videolog

COMO CRIAR UM VLOG O trabalho é simples: basta ter webcam, banda larga e os programas certos POR JULIANO BARRETO

V

amos tratar agora de um tema polêmico: MAMILOS! Não, calma, não apelaremos para a baixaria. Na verdade, a citação desse sucesso non sense da YouTube, protagonizado por um garoto, serve só para convidar você a ver como é fácil criar o seu próprio blog em video, ou vlog, e espalhar suas ideias por aí. Os sucessos do vlogs não exigem investimento nem muito traba-

lho. Basta ter webcam, microfone (dispensável se a câmara incluir o recurso), conexão em banda larga e dois programas leves e gratuitos. O primeiro é o AMCap (www.info.abril.com.br/downloads/amcap), que captura as imagens registradas pela sua webcam, o outro é o Free Video Dub 9 (www.info.abril.com.br/downloads/ free-video-dub), que faz a simples e essencial função de cortar trechos da sua gravação.

CAPTURE AS IMAGENS O AMCap não oferece dificuldades. Você pode simplesmente acionar o menu Capture > Start Capture para começar a gravar. Ou, se achar necessário, pode usar Capture > Setup para configurar as opções de caputra, compressão e outos parâmetros. Também pode acionar os menus Options e Devices para proceder a outras escolhas e configurações. Por padrão, o software grava os vídeos em AVI.

36 I DI C AS IN FO

videolog-Mat13.indd 36-37

ATENTA À ILUMINAÇÃO E AO ÁUDIO Durante a gravação, é legal se preocupar um pouco com a captação de áudio e a iluminação. Para tanto, veja se o microfone está próximo de você e se não existe nenhuma interferência ou ruído que atrapalhe as gravações. O melhor jeito de fazer isso é ensaiar um pouco e ouvir o resultado. A iluminação é outro ponto essencial. Evite gravar em ambientes escuros ou iluminados com luz artificial. As webcams não têm resolução suficiente para mostrar detalhes nestes locais.

FAÇA OS RECORTES Se precisar excluir partes do vídeo, use o Free Video Dub para faze essa edição. O programa tem funcionamento extremamente simples e é dedicado a fazer cortes. Para isso, basta usar os botões que aparecem logo abaixo da janela de exibição, selecionar os trechos a serem cortados e realizar a edição.

CRIE SEU CANAL Depois de gravar e editar o conteúdo do seu vlog, espalhe-o pelo YouTube. Para começar, crie um canal próprio. Cada vídeo pode ter no máximo 15 minutos de duração e é possível armazenar até 2 GB em cada conta. Assim, você reúne todo seu conteúdo em uma página fácil de administrar e divulgar. A criação do seu hot site é simples. Basta se cadastrar no YouTube (usando a Conta Google) e escolher seu endereço, que ficará no formato www.youtube.com/user/seunome.

INSTRUÇÕES BY YOUTUBE O próprio YouTube tem uma área destinada a motivar a criação de vídeos amadores, é o Espaço do Criador. Lá, você encontra dicas de edição e pode tirar dúvidas sobre formatos, resolução e outros detalhes técnicos da produção de vídeos.

DIVULGUE A PRODUÇÃO Para espalhar os novos vídeos, o melhor jeito é a função AutoShare. Após logar no Youtube, acesse qualquer vídeo e depois clique no botão Compartilhar. Abaixo da imagem, aparecerão as opções para conectar contas (clique em Mais para ver outras opções). Elas permitem que suas atividades no YouTube disparem alertas no Twitter, Facebook, Orkut, Tumblr, Blogger, MySpace e Buzz, entre outros.

DIC A S INFO I 37

07.05.11 03:26:46


dicas I videolog

COMO CRIAR UM VLOG O trabalho é simples: basta ter webcam, banda larga e os programas certos POR JULIANO BARRETO

V

amos tratar agora de um tema polêmico: MAMILOS! Não, calma, não apelaremos para a baixaria. Na verdade, a citação desse sucesso non sense da YouTube, protagonizado por um garoto, serve só para convidar você a ver como é fácil criar o seu próprio blog em video, ou vlog, e espalhar suas ideias por aí. Os sucessos do vlogs não exigem investimento nem muito traba-

lho. Basta ter webcam, microfone (dispensável se a câmara incluir o recurso), conexão em banda larga e dois programas leves e gratuitos. O primeiro é o AMCap (www.info.abril.com.br/downloads/amcap), que captura as imagens registradas pela sua webcam, o outro é o Free Video Dub 9 (www.info.abril.com.br/downloads/ free-video-dub), que faz a simples e essencial função de cortar trechos da sua gravação.

CAPTURE AS IMAGENS O AMCap não oferece dificuldades. Você pode simplesmente acionar o menu Capture > Start Capture para começar a gravar. Ou, se achar necessário, pode usar Capture > Setup para configurar as opções de caputra, compressão e outos parâmetros. Também pode acionar os menus Options e Devices para proceder a outras escolhas e configurações. Por padrão, o software grava os vídeos em AVI.

36 I DI C AS IN FO

videolog-Mat13.indd 36-37

ATENTA À ILUMINAÇÃO E AO ÁUDIO Durante a gravação, é legal se preocupar um pouco com a captação de áudio e a iluminação. Para tanto, veja se o microfone está próximo de você e se não existe nenhuma interferência ou ruído que atrapalhe as gravações. O melhor jeito de fazer isso é ensaiar um pouco e ouvir o resultado. A iluminação é outro ponto essencial. Evite gravar em ambientes escuros ou iluminados com luz artificial. As webcams não têm resolução suficiente para mostrar detalhes nestes locais.

FAÇA OS RECORTES Se precisar excluir partes do vídeo, use o Free Video Dub para faze essa edição. O programa tem funcionamento extremamente simples e é dedicado a fazer cortes. Para isso, basta usar os botões que aparecem logo abaixo da janela de exibição, selecionar os trechos a serem cortados e realizar a edição.

CRIE SEU CANAL Depois de gravar e editar o conteúdo do seu vlog, espalhe-o pelo YouTube. Para começar, crie um canal próprio. Cada vídeo pode ter no máximo 15 minutos de duração e é possível armazenar até 2 GB em cada conta. Assim, você reúne todo seu conteúdo em uma página fácil de administrar e divulgar. A criação do seu hot site é simples. Basta se cadastrar no YouTube (usando a Conta Google) e escolher seu endereço, que ficará no formato www.youtube.com/user/seunome.

INSTRUÇÕES BY YOUTUBE O próprio YouTube tem uma área destinada a motivar a criação de vídeos amadores, é o Espaço do Criador. Lá, você encontra dicas de edição e pode tirar dúvidas sobre formatos, resolução e outros detalhes técnicos da produção de vídeos.

DIVULGUE A PRODUÇÃO Para espalhar os novos vídeos, o melhor jeito é a função AutoShare. Após logar no Youtube, acesse qualquer vídeo e depois clique no botão Compartilhar. Abaixo da imagem, aparecerão as opções para conectar contas (clique em Mais para ver outras opções). Elas permitem que suas atividades no YouTube disparem alertas no Twitter, Facebook, Orkut, Tumblr, Blogger, MySpace e Buzz, entre outros.

DIC A S INFO I 37

07.05.11 03:26:46


dicas I buscas

CHEGUE MAIS RÁPIDO AO PONTO Buscadores especializados são mais eficientes na hora de encontrar posts e blogs POR MARIA ISABEL MOREIRA

A

s buscas globais nem sempre são a melhor solução quando o que se quer é encontrar um blog ou uma informação disponível em uma postagem. Melhor é recorrer a um mecanismo de bus-

PESQUISANDO COM O GOOGLE ca especializado. Alguns deles permitem ao blogueiro acompanhar mais de perto como está a repercussão de seu trabalho na blogosfera, ver tendências e ficar por dentro dos principais assuntos do momento.

O recurso de pesquisas em blogs do Google funciona bem. O Google Blogs (http://blogsearch.google.com) vasculha a blogosfera mundial ou busca apenas páginas em idiomas específicos. Uma vez realizado o levantamento, oferece opções de filtragem dos resultados por data, classificação por data ou relevância ou exibição somente daquelas que aparecem nas páginas iniciais. Muitas vezes, no entanto, o serviço traz resultados de páginas encontradas em sites em geral, não somente de postagens em blogs. Uma boa dica é optar pela pesquisa avançada. Além de facilitar a escolha do tipo de pesquisa a ser feita (todas as palavras, com a expressão, sem as palavras etc.), a busca avançada permite realizar buscas no título do blog ou em uma URL específica, restringir por autor ou data ou até mesmo pesquisar somente postagens em uma determinada língua.

SÓ EM INGLÊS O Tecnorati (http:// technorati.com) é o diretório de blogs mais famoso e uma excelente ferramenta para buscas e análises do universo dos blogs. Entre diversas outras informações, os visitantes do site podem procurar por blogs ou postagens no campo de pesquisas. É só selecionar o botão, digitar o termo e clicar na lupa. O único inconveniente é que o Technorati indexa somente blogs na língua inglesa.

NAS REDES E NOS BLOGS FORTE NAS ESTATÍSTICAS O BlogPulse (www.blogpulse.com) é o local ideal para quem quer ficar por dentro do que acontece no mundo dos blogs. Além de oferecer recurso de busca e uma série de estatísticas, esse indexador de blogs traz listas — principais vídeos, posts mais citados, blogs mais lincados por outros blogueiros, principais frases, histórias mais mencionadas etc. Nas buscas, o BlogPulse também se sai bem. Na pesquisa da blogosfera, oferece busca rápida e avançada para a localização de palavras, URLs e tópicos. Além disso, permite analisar tendências, comparando o desempenho de termos ao longo de um período. Nas buscas por uma URL, você fornece o endereço de um blog e obtém uma lista de outros que dão link para ele. O mecanismo também permite obter informações sobre um perfil de blog específico. Na pesquisa correspondente, basta fornecer o endereço de um blog para ter uma visão geral dele, acessar uma lista de postagens, conferir as tendências, ver uma lista dos endereços citados e obter a relação dos blogs que mencionaram essas mesmas páginas.

38 I DI C AS IN FO

buscas-Mat15.indd 38-39

O IceRocket (www.icerocket.com) é outra ferramenta eficiente para blogueiros ou qualquer pessoa interessada em blogs. O mecanismo busca postagens por palavra e possibilita o uso de filtro por data e idioma. Além disso, permite uma análise da tendência de uso do termo pesquisado e a inscrição em um canal RSS para acompanhá-lo. Mas o serviço não para aí. Além de oferecer busca em blogs, pesquisas na web em geral, no Twitter e no Facebook, localizar notícias e imagens e acompanhar os grandes bochicos, o serviço oferece outras ferramentas bem legais. Uma delas é o serviço de estatísticas para quem está interessado em analisar e monitorar as visitas em seu blog. A outra é o Blog Trends, capaz de conferir a evolução de um ou mais assuntos na blogosfera. Curioso para saber o que os outros estão pesquisando? O IceSpy exibe os termos mais pesquisados no momento.

DIC A S INFO I 39

07.05.11 03:27:53


dicas I buscas

CHEGUE MAIS RÁPIDO AO PONTO Buscadores especializados são mais eficientes na hora de encontrar posts e blogs POR MARIA ISABEL MOREIRA

A

s buscas globais nem sempre são a melhor solução quando o que se quer é encontrar um blog ou uma informação disponível em uma postagem. Melhor é recorrer a um mecanismo de bus-

PESQUISANDO COM O GOOGLE ca especializado. Alguns deles permitem ao blogueiro acompanhar mais de perto como está a repercussão de seu trabalho na blogosfera, ver tendências e ficar por dentro dos principais assuntos do momento.

O recurso de pesquisas em blogs do Google funciona bem. O Google Blogs (http://blogsearch.google.com) vasculha a blogosfera mundial ou busca apenas páginas em idiomas específicos. Uma vez realizado o levantamento, oferece opções de filtragem dos resultados por data, classificação por data ou relevância ou exibição somente daquelas que aparecem nas páginas iniciais. Muitas vezes, no entanto, o serviço traz resultados de páginas encontradas em sites em geral, não somente de postagens em blogs. Uma boa dica é optar pela pesquisa avançada. Além de facilitar a escolha do tipo de pesquisa a ser feita (todas as palavras, com a expressão, sem as palavras etc.), a busca avançada permite realizar buscas no título do blog ou em uma URL específica, restringir por autor ou data ou até mesmo pesquisar somente postagens em uma determinada língua.

SÓ EM INGLÊS O Tecnorati (http:// technorati.com) é o diretório de blogs mais famoso e uma excelente ferramenta para buscas e análises do universo dos blogs. Entre diversas outras informações, os visitantes do site podem procurar por blogs ou postagens no campo de pesquisas. É só selecionar o botão, digitar o termo e clicar na lupa. O único inconveniente é que o Technorati indexa somente blogs na língua inglesa.

NAS REDES E NOS BLOGS FORTE NAS ESTATÍSTICAS O BlogPulse (www.blogpulse.com) é o local ideal para quem quer ficar por dentro do que acontece no mundo dos blogs. Além de oferecer recurso de busca e uma série de estatísticas, esse indexador de blogs traz listas — principais vídeos, posts mais citados, blogs mais lincados por outros blogueiros, principais frases, histórias mais mencionadas etc. Nas buscas, o BlogPulse também se sai bem. Na pesquisa da blogosfera, oferece busca rápida e avançada para a localização de palavras, URLs e tópicos. Além disso, permite analisar tendências, comparando o desempenho de termos ao longo de um período. Nas buscas por uma URL, você fornece o endereço de um blog e obtém uma lista de outros que dão link para ele. O mecanismo também permite obter informações sobre um perfil de blog específico. Na pesquisa correspondente, basta fornecer o endereço de um blog para ter uma visão geral dele, acessar uma lista de postagens, conferir as tendências, ver uma lista dos endereços citados e obter a relação dos blogs que mencionaram essas mesmas páginas.

38 I DI C AS IN FO

buscas-Mat15.indd 38-39

O IceRocket (www.icerocket.com) é outra ferramenta eficiente para blogueiros ou qualquer pessoa interessada em blogs. O mecanismo busca postagens por palavra e possibilita o uso de filtro por data e idioma. Além disso, permite uma análise da tendência de uso do termo pesquisado e a inscrição em um canal RSS para acompanhá-lo. Mas o serviço não para aí. Além de oferecer busca em blogs, pesquisas na web em geral, no Twitter e no Facebook, localizar notícias e imagens e acompanhar os grandes bochicos, o serviço oferece outras ferramentas bem legais. Uma delas é o serviço de estatísticas para quem está interessado em analisar e monitorar as visitas em seu blog. A outra é o Blog Trends, capaz de conferir a evolução de um ou mais assuntos na blogosfera. Curioso para saber o que os outros estão pesquisando? O IceSpy exibe os termos mais pesquisados no momento.

DIC A S INFO I 39

07.05.11 03:27:53


dinheiro I oportunidades

ADSENSE 2 GOOGLE www.google.com/adsense

VAGAS

• TIPO: Banner, RSS e bloco de links • VANTAGEM: Redesenhado recentemente, o programa de anúncios do Google é rico em modos de configuração. São mais de 15 opções de formato, filtros para barrar anúncios indesejados e campanhas que se adaptam ao conteúdo do blog. • ISSO NÃO É BOM: Os pagamentos são emitidos só depois que você alcança crédito superior a 100 dólares, o que é difícil para blogs de pouca audiência.

1 BOO-BOX http://boo-box.com

VENDE

• TIPO: Banner, links, widget e Twitter • VANTAGEM: Permite escolher campanha por campanha, com propostas para pagar por exibições, cliques ou publicação de links no Twitter. Há também a possibilidade de usar um plug-in para Wordpress que associa palavras do post aos links patrocinados. • ISSO NÃO É BOM: O sistema de pagamento é burocrático e a quantidade de campanhas dilui demais os possíveis lucros do blogueiro.

SEU BLOG PODE DAR GRANA! Cinco opções para ganhar dinheiro com os programas de afiliados para blogueiros POR JULIANO BARRETO

S

e boa parte dos 30 bilhões de dólares que o Google faturou em 2010 veio da publicidade online, por que você também não pode ganhar alguns trocados vendendo anúncios na web? Mesmo sem ter a audiência de um grande portal, é possível usar ofertas de grandes anunciantes e lucrar com os cliques dos seus visitantes. O caminho é se cadastrar em algum programa de afiliados das lojas virtuais brasileiras. Eles são simples de configurar e oferecem comissões atraentes para

40 I DI C AS IN FO

oportunidades-Mat18.indd 40-41

quem exibe banners, links nos textos ou até posts patrocinados no Twitter. Dá para lucrar toda vez que alguém compra algo no site anunciante, faz um cadastro ou apenas vê a publicidade. Os anúncios podem ser personalizados e se encaixar ao assunto sobre o qual o blogueiro escreve. Veja, a seguir, uma lista com cinco oportunidades para lucrar com sua página pessoal. Você pode até não conseguir 30 bilhões de dólares em um ano, mas com certeza pode ganhar alguns reais sem muito esforço.

• TIPO: Banner • VANTAGEM: O programa de afiliados do Submarino paga comissões que vão de 2% até 8% da venda. O grande barato é que, mesmo dias depois, as compras feitas pelos seus visitantes podem ser computadas. • ISSO NÃO É BOM: Os anúncios trazem temas predefinidos. Um blog de jazz, por exemplo, pode ter banner do Restart.

VAS O N

PUBLICADO ORIGINALMENTE NA INFO 301, DE MARÇO DE 2011

DE SC O N TO

SUBMARINA 3 REDE http://abr.io/submarino-afiliados

4 LOMADEE www.lomadee.com • TIPO: Banners, links e widgets • VANTAGEM: Trabalha com vários programas de afiliados, como Buscapé, BondFaro, Apple Store e Livraria Saraiva. A interface do site é mais intuitiva que a dos concorrentes e o seu pagamento é liberado após o acúmulo de um saldo mínimo de 30 reais. • ISSO NÃO É BOM: O cadastro no serviço e a participação nas campanhas requerem aprovação manual da equipe do Lomadee.

SÓCIO 5 MERCADO http://abr.io/mercadosocio • TIPO: Banner, buscador e links • VANTAGEM: O programa de afiliados do Mercado Livre paga comissões que variam de 30% até 55% de acordo com o produto vendido. Também paga entre 5 e 7 reais para cadastro iniciado pelo seu blog. • ISSO NÃO É BOM: O visual pobre dos banners pode poluir demais o design do seu blog.

ALUGA

DIC A S INFO I 41

07.05.11 03:29:28


dinheiro I oportunidades

ADSENSE 2 GOOGLE www.google.com/adsense

VAGAS

• TIPO: Banner, RSS e bloco de links • VANTAGEM: Redesenhado recentemente, o programa de anúncios do Google é rico em modos de configuração. São mais de 15 opções de formato, filtros para barrar anúncios indesejados e campanhas que se adaptam ao conteúdo do blog. • ISSO NÃO É BOM: Os pagamentos são emitidos só depois que você alcança crédito superior a 100 dólares, o que é difícil para blogs de pouca audiência.

1 BOO-BOX http://boo-box.com

VENDE

• TIPO: Banner, links, widget e Twitter • VANTAGEM: Permite escolher campanha por campanha, com propostas para pagar por exibições, cliques ou publicação de links no Twitter. Há também a possibilidade de usar um plug-in para Wordpress que associa palavras do post aos links patrocinados. • ISSO NÃO É BOM: O sistema de pagamento é burocrático e a quantidade de campanhas dilui demais os possíveis lucros do blogueiro.

SEU BLOG PODE DAR GRANA! Cinco opções para ganhar dinheiro com os programas de afiliados para blogueiros POR JULIANO BARRETO

S

e boa parte dos 30 bilhões de dólares que o Google faturou em 2010 veio da publicidade online, por que você também não pode ganhar alguns trocados vendendo anúncios na web? Mesmo sem ter a audiência de um grande portal, é possível usar ofertas de grandes anunciantes e lucrar com os cliques dos seus visitantes. O caminho é se cadastrar em algum programa de afiliados das lojas virtuais brasileiras. Eles são simples de configurar e oferecem comissões atraentes para

40 I DI C AS IN FO

oportunidades-Mat18.indd 40-41

quem exibe banners, links nos textos ou até posts patrocinados no Twitter. Dá para lucrar toda vez que alguém compra algo no site anunciante, faz um cadastro ou apenas vê a publicidade. Os anúncios podem ser personalizados e se encaixar ao assunto sobre o qual o blogueiro escreve. Veja, a seguir, uma lista com cinco oportunidades para lucrar com sua página pessoal. Você pode até não conseguir 30 bilhões de dólares em um ano, mas com certeza pode ganhar alguns reais sem muito esforço.

• TIPO: Banner • VANTAGEM: O programa de afiliados do Submarino paga comissões que vão de 2% até 8% da venda. O grande barato é que, mesmo dias depois, as compras feitas pelos seus visitantes podem ser computadas. • ISSO NÃO É BOM: Os anúncios trazem temas predefinidos. Um blog de jazz, por exemplo, pode ter banner do Restart.

VAS O N

PUBLICADO ORIGINALMENTE NA INFO 301, DE MARÇO DE 2011

DE SC O N TO

SUBMARINA 3 REDE http://abr.io/submarino-afiliados

4 LOMADEE www.lomadee.com • TIPO: Banners, links e widgets • VANTAGEM: Trabalha com vários programas de afiliados, como Buscapé, BondFaro, Apple Store e Livraria Saraiva. A interface do site é mais intuitiva que a dos concorrentes e o seu pagamento é liberado após o acúmulo de um saldo mínimo de 30 reais. • ISSO NÃO É BOM: O cadastro no serviço e a participação nas campanhas requerem aprovação manual da equipe do Lomadee.

SÓCIO 5 MERCADO http://abr.io/mercadosocio • TIPO: Banner, buscador e links • VANTAGEM: O programa de afiliados do Mercado Livre paga comissões que variam de 30% até 55% de acordo com o produto vendido. Também paga entre 5 e 7 reais para cadastro iniciado pelo seu blog. • ISSO NÃO É BOM: O visual pobre dos banners pode poluir demais o design do seu blog.

ALUGA

DIC A S INFO I 41

07.05.11 03:29:28


twitter I integração

SEUS TUÍTES REPLICADOS

GAMBIARRA NO ORKUT

Faça postagens e alimente também o Facebook, o Orkut, o Buzz e o LinkedIn POR JULIANO BARRETO E MARIA ISABEL MOREIRA

A

s redes sociais também conversam entre si. Há dois caminhos para integrá-las ao Twitter: instalando um aplicativo dentro do seu perfil ou autorizando a conexão entre diferentes contas. A vantagem é que você atualiza uma rede e suas postagens são replicadas automaticamente na outra, garantindo uma boa economia de tempo. Fora isso, as duas redes ficam sempre em dia. Veja como tuitar pelas redes Facebook, Orkut, Google Buzz e LinkedIn.

Não existe uma maneira de integrar automaticamente o Twitter ao Orkut. É possível, contudo, tuitar sem sair da rede social do Google. A solução está em usar o Twitgether, que também aparece cadastrado no diretório do Orkut como Social Twitter Client (http://twittergadget.appspot.com). O aplicativo, que está disponível também para o Facebook, tem uma interface bem completa, com a vantagem de permitir postagens no mural de atualizações sempre que você tuitar por ali.

DIRETO NO BUZZ Exibir os tuítes no Google Buzz não tem mistério algum. Primeiro, entre no serviço por meio da interface do Gmail. Em seguida, clique em Sites Conectados. Na lista com várias opções, escolha Twitter e acrescente sua conta de usuário. Se quiser que só seus amigos vejam, selecione Editar e Privado.

TUÍTES MAIS PROFISSIONAIS

CONEXÃO COM O FACEBOOK Anda sem tempo (ou paciência) para atualizações no Facebook? Para reproduzir seus tuítes nessa rede, a melhor opção é o aplicativo oficial do Twitter ( http://apps.facebook.com/twitter). Depois de instalá-lo no seu perfil, autorize a publicação automática das atualizações no seu mural. Simples assim.

42 I DI C AS IN FO

integração-Mat19.indd 42-43

© ILUSTRAÇÕES SBRAZ

Contanto que você tenha modos, pode postar no Twitter diretamente do LinkedIn, exibir seus tuítes também para a rede profissional — e ver as postagens dos seus contatos nessa rede de relacionamento. Uma opção para isso é usar a aplicação Tweets. É possível definir se pretende mostrar seu perfil para qualquer pessoa ou prefere mostrar sua identidade no Twitter apenas em seu perfil. O Tweets também possibilita o compartilhamento somente das postagens que contenham a hashtag #in.

DIC A S INFO I 43

07.05.11 03:31:02


twitter I integração

SEUS TUÍTES REPLICADOS

GAMBIARRA NO ORKUT

Faça postagens e alimente também o Facebook, o Orkut, o Buzz e o LinkedIn POR JULIANO BARRETO E MARIA ISABEL MOREIRA

A

s redes sociais também conversam entre si. Há dois caminhos para integrá-las ao Twitter: instalando um aplicativo dentro do seu perfil ou autorizando a conexão entre diferentes contas. A vantagem é que você atualiza uma rede e suas postagens são replicadas automaticamente na outra, garantindo uma boa economia de tempo. Fora isso, as duas redes ficam sempre em dia. Veja como tuitar pelas redes Facebook, Orkut, Google Buzz e LinkedIn.

Não existe uma maneira de integrar automaticamente o Twitter ao Orkut. É possível, contudo, tuitar sem sair da rede social do Google. A solução está em usar o Twitgether, que também aparece cadastrado no diretório do Orkut como Social Twitter Client (http://twittergadget.appspot.com). O aplicativo, que está disponível também para o Facebook, tem uma interface bem completa, com a vantagem de permitir postagens no mural de atualizações sempre que você tuitar por ali.

DIRETO NO BUZZ Exibir os tuítes no Google Buzz não tem mistério algum. Primeiro, entre no serviço por meio da interface do Gmail. Em seguida, clique em Sites Conectados. Na lista com várias opções, escolha Twitter e acrescente sua conta de usuário. Se quiser que só seus amigos vejam, selecione Editar e Privado.

TUÍTES MAIS PROFISSIONAIS

CONEXÃO COM O FACEBOOK Anda sem tempo (ou paciência) para atualizações no Facebook? Para reproduzir seus tuítes nessa rede, a melhor opção é o aplicativo oficial do Twitter ( http://apps.facebook.com/twitter). Depois de instalá-lo no seu perfil, autorize a publicação automática das atualizações no seu mural. Simples assim.

42 I DI C AS IN FO

integração-Mat19.indd 42-43

© ILUSTRAÇÕES SBRAZ

Contanto que você tenha modos, pode postar no Twitter diretamente do LinkedIn, exibir seus tuítes também para a rede profissional — e ver as postagens dos seus contatos nessa rede de relacionamento. Uma opção para isso é usar a aplicação Tweets. É possível definir se pretende mostrar seu perfil para qualquer pessoa ou prefere mostrar sua identidade no Twitter apenas em seu perfil. O Tweets também possibilita o compartilhamento somente das postagens que contenham a hashtag #in.

DIC A S INFO I 43

07.05.11 03:31:02


twitter I comportamento

ETIQUETA É FUNDAMENTAL

NÃO SIGA TODO MUNDO Você não precisa seguir todos que o seguem. Em alguns casos, diz a boa educação que você deve retribuir a gentileza, mas não se sinta obrigado a fazer isso com todo mundo. Siga simplesmente quem publica o que é do seu interesse.

SCRIPT ANTIÉTICO

Muito cuidado na hora de soltar o verbo no Twitter POR RENATA LEAL

Usar scripts para aumentar o número de seguidores vai contra os bons modos online. Em vez disso, publique tuítes interessantes para ganhar relevância. Seu número de seguidores crescerá naturalmente.

N PENSE ANTES DE TUITAR Fernando Madeira, CEO do Terra, aconselha os tuiteiros a separar o profissional do pessoal. “Para ficar tranquilo, crie dois perfis para usos distintos. No pessoal, meta a cara, mas no profissional pense muito antes de apertar o botão Tweet.” Ele acompanha os posts em seus três smartphones (um iPhone, um Android e um BlackBerry) e pelo Mac.

ão foram duas ou três as gafes e as confusões causadas por postagens impensadas no Twitter. Muita gente por aí já foi demitida por declarações na rede de microblog e quase todo dia um número grande de pessoas vive verdadeiras saias justas — e, muitas vezes, tem de se retratar. Mas as regras da boa convivência vão além do conteúdo das postagens. É importante também saber quanto falar, como e quando retuitar, como fazer referências... Confira as dicas para manter a linha na hora de tuitar.

RESPOSTAS X MENÇÕES RESP Use um ponto final ou um traço antes do @ quando quiser transforuma resposta em menção — ou seja, quando achar que a resposta mar u deve sser enviada a todos que o seguem. Os tuítes que começam com apenas na timeline de quem recebe sua mensagem e @ aparecem apa na de quem segue as duas pessoas.

VOCÊ ESTÁ DEMITIDO! VOC Lemb Lembre-se sempre: a menos que seu perfil seja fechado, qualquer pessoa pode ler o que você escreve, incluindo seu chefe e todos que pesso trabalham com você. Por isso, nada de falar mal de qualquer tema trabal relacionado ao trabalho — e, mesmo se for fechado, alguém pode relacio retuitá-lo. Vai querer entrar para as estatísticas de demissão por retuit causa de um tuíte?

EXIBICIONISMO SEM LIMITES Você recebe elogios públicos e gosta de retuitá-los a todos seus seguidores? Cuidado, essa prática pode parecer egocentrismo (e é!). A menos que a honra seja muito grande, guarde-a para si.

RTs COMPULSIVOS As pessoas que o seguem estão interessadas no conteúdo que você pode gerar. Por isso, cuidado com o excesso de retuítes. Antes de repassar qualquer link, abra-o! É comum ver retuítes com links quebrados ou que levam a sites que não têm nada a ver.

©1

TIMELINE POLUÍDA? Não existe um limite de tuítes diário, mas aja com bom senso. Se você não gosta de receber 30 mensagens de uma pessoa por dia, não faça o mesmo. Tuitar três ou quatro vezes por dia é uma média razoável. Não colabore com a poluição das timelines alheias. Um volume alto de tuítes pode fazer as pessoas pararem de segui-lo.

DELETE O BOTÃO DELETE Virgilio Sousa, gestor de comunidades da INFO, cuida dos nossos perfis nas mídias sociais. Um conselho dele é nunca deletar um tuíte, pois alguém com certeza já o leu e pode até ter retuitado. “Caso você erre, o melhor é pedir desculpas e fazer a correção rapidamente.”

AGRADEÇA INDICAÇÕES Ao receber mensagens de follow friday (#FF), é educado agradecê-las — mas, se forem muitas, faça isso em conjunto (e sem dar retuíte!). Fica por sua conta devolver a indicação, seguindo seus critérios de interesse. ©3

DÊ CRÉDITO AOS AUTORES Ao retuitar algo, não se esqueça de dar créditos a quem produziu o conteúdo. Se você modificar o texto de uma mensagem que será retuitada, prefira a menção, com um “via @usuário” no final.

©2

44 I DI DIC C AS IN FO

comportamento-Mat20.indd 44-45

© FOTOS 1 HTTP://WWW.ANNA-OM-LINE.COM

2 ALEXANDRE BATTIBUGLI

3 MARCELO KURA

PUBLICADA ORIGINALMENTE NA INFO 294, DE AGOSTO DE 2010

DIC A S INFO I 45

07.05.11 03:31:54


twitter I comportamento

ETIQUETA É FUNDAMENTAL

NÃO SIGA TODO MUNDO Você não precisa seguir todos que o seguem. Em alguns casos, diz a boa educação que você deve retribuir a gentileza, mas não se sinta obrigado a fazer isso com todo mundo. Siga simplesmente quem publica o que é do seu interesse.

SCRIPT ANTIÉTICO

Muito cuidado na hora de soltar o verbo no Twitter POR RENATA LEAL

Usar scripts para aumentar o número de seguidores vai contra os bons modos online. Em vez disso, publique tuítes interessantes para ganhar relevância. Seu número de seguidores crescerá naturalmente.

N PENSE ANTES DE TUITAR Fernando Madeira, CEO do Terra, aconselha os tuiteiros a separar o profissional do pessoal. “Para ficar tranquilo, crie dois perfis para usos distintos. No pessoal, meta a cara, mas no profissional pense muito antes de apertar o botão Tweet.” Ele acompanha os posts em seus três smartphones (um iPhone, um Android e um BlackBerry) e pelo Mac.

ão foram duas ou três as gafes e as confusões causadas por postagens impensadas no Twitter. Muita gente por aí já foi demitida por declarações na rede de microblog e quase todo dia um número grande de pessoas vive verdadeiras saias justas — e, muitas vezes, tem de se retratar. Mas as regras da boa convivência vão além do conteúdo das postagens. É importante também saber quanto falar, como e quando retuitar, como fazer referências... Confira as dicas para manter a linha na hora de tuitar.

RESPOSTAS X MENÇÕES RESP Use um ponto final ou um traço antes do @ quando quiser transforuma resposta em menção — ou seja, quando achar que a resposta mar u deve sser enviada a todos que o seguem. Os tuítes que começam com apenas na timeline de quem recebe sua mensagem e @ aparecem apa na de quem segue as duas pessoas.

VOCÊ ESTÁ DEMITIDO! VOC Lemb Lembre-se sempre: a menos que seu perfil seja fechado, qualquer pessoa pode ler o que você escreve, incluindo seu chefe e todos que pesso trabalham com você. Por isso, nada de falar mal de qualquer tema trabal relacionado ao trabalho — e, mesmo se for fechado, alguém pode relacio retuitá-lo. Vai querer entrar para as estatísticas de demissão por retuit causa de um tuíte?

EXIBICIONISMO SEM LIMITES Você recebe elogios públicos e gosta de retuitá-los a todos seus seguidores? Cuidado, essa prática pode parecer egocentrismo (e é!). A menos que a honra seja muito grande, guarde-a para si.

RTs COMPULSIVOS As pessoas que o seguem estão interessadas no conteúdo que você pode gerar. Por isso, cuidado com o excesso de retuítes. Antes de repassar qualquer link, abra-o! É comum ver retuítes com links quebrados ou que levam a sites que não têm nada a ver.

©1

TIMELINE POLUÍDA? Não existe um limite de tuítes diário, mas aja com bom senso. Se você não gosta de receber 30 mensagens de uma pessoa por dia, não faça o mesmo. Tuitar três ou quatro vezes por dia é uma média razoável. Não colabore com a poluição das timelines alheias. Um volume alto de tuítes pode fazer as pessoas pararem de segui-lo.

DELETE O BOTÃO DELETE Virgilio Sousa, gestor de comunidades da INFO, cuida dos nossos perfis nas mídias sociais. Um conselho dele é nunca deletar um tuíte, pois alguém com certeza já o leu e pode até ter retuitado. “Caso você erre, o melhor é pedir desculpas e fazer a correção rapidamente.”

AGRADEÇA INDICAÇÕES Ao receber mensagens de follow friday (#FF), é educado agradecê-las — mas, se forem muitas, faça isso em conjunto (e sem dar retuíte!). Fica por sua conta devolver a indicação, seguindo seus critérios de interesse. ©3

DÊ CRÉDITO AOS AUTORES Ao retuitar algo, não se esqueça de dar créditos a quem produziu o conteúdo. Se você modificar o texto de uma mensagem que será retuitada, prefira a menção, com um “via @usuário” no final.

©2

44 I DI DIC C AS IN FO

comportamento-Mat20.indd 44-45

© FOTOS 1 HTTP://WWW.ANNA-OM-LINE.COM

2 ALEXANDRE BATTIBUGLI

3 MARCELO KURA

PUBLICADA ORIGINALMENTE NA INFO 294, DE AGOSTO DE 2010

DIC A S INFO I 45

07.05.11 03:31:54


twitter I extensões

TUÍTE SEM ENTRAR NO TWITTER Complementos para os navegadores permitem atualizar e acompanhar POR MAURÍCIO MORAES E MARIA ISABEL MOREIRA

N

ão é preciso entrar na página do Twitter para atualizar seu perfil na rede social ou acompanhar o que andam falando por lá. Aliás, é melhor não entrar no Twitter mesmo. Complementos para alguns dos navegadores mais usados são muito mais eficientes

no gerenciamento do Twitter. Além de apresentar o básico que o serviço já oferece, algumas extensões permitem gerenciar múltiplas contas, encurtar URLs e compartilhar fotos com maior facilidade. E isso sem a necessidade de abrir uma nova aba de navegação.

DIRETO DA BARRA Por que não usar o campo da barra de endereços para tuitar? Essa é uma tarefa para o HootBar, antiga TwitterBar (www.info.abril. com.br/downloads/hootbar). Bem simples, o complemento — disponível somente para Firefox — conta os caracteres (é só clicar no passarinho azul), permite gerenciar diversas contas no Twitter e atualizar uma série de serviços com os quais o HootSuite é compatível — além do Twitter, a lista inclui Facebook, LinkedIn, Ping.fm, Wordpress, MySpace, Foursquare e Mixi. A HootBar encurta URLs usando os serviços Bit.ly, Ow.ly e TinyURL, aceita envio de fotos pelo Ow.ly e permite agendamentos.

REPERCUSSÃO COM UM CLIQUE

46 I DI C AS IN FO

extensões-Mat21.indd 46-47

O QUE ANDAM DIZENDO? TUDO-EM-UM O Echofon (www.info.abril.com.br/downloads/echofon) é uma das mais completas extensões de Twitter para Firefox — bate os add-ons até de outros navegadores. Conta com suporte a múltiplas contas, quatro opções de temas, possibilidade de alterar o tamanho da fonte, sistema de notificações, sincronização com o iPhone e autenticação segura. Fica devendo uma integração com listas e mais opções de encurtadores de URLs. Funciona apenas com o bit.ly e só encurta se você ultrapassar os 140 caracteres.

LATERAL INCREMENTADA Menos conhecido que o Echofon, o TwitBin (www.info.abril.com.br/ downloads/twitbin) traz uma variedade maior de recursos para tuitar dentro do Firefox, por meio de uma aba lateral. Além de executar as tarefas básicas, o complemento exibe listas e realiza buscas na rede de microblogs. Tem um inconveniente: na versão gratuita, anúncios dão uma tremenda poluída na timeline. Até o fechamento desta edição, a extensão não estava disponível para o Firefox 4.0.

Quer acompanhar a reação dos tuiteiros em relação a uma notícia ou a uma página da internet? É possível fazer isso pelo Chrome com a solução Tweets Counter (www.info.abril. com.br/downloads/tweets-counter). O complemento instala um botão na barra de endereços do navegador. Quando se visita uma página que pode ser analisada, o Tweets Counter exibe um ícone indicando o número de tuítes para a página corrente e exibe alguns comentários. Você pode pressionar o polegar para cima ou para baixo para compartilhar a URL com seus seguidores. O ícone do Tweets Counter vermelho indica que o último tuíte ocorreu nas últimas seis horas. Ícone amarelo informa que a última indicação aconteceu nas 24 horas anteriores.

O PageTweets (www.info.abril.com.br/ downloads/pagetweets) não permite tuitar, mas é interessante porque mostra o que as pessoas disseram no Twitter sobre a página que você está acessando na web. É bem útil para checar a repercussão de uma notícia, de um post ou até mesmo se o pessoal gostou de um filme ou de um restaurante, por exemplo. Só funciona no Firefox e, até o fechamento da edição, não era compatível com a versão 4.0.

DIC A S INFO I 47

07.05.11 03:33:12


twitter I extensões

TUÍTE SEM ENTRAR NO TWITTER Complementos para os navegadores permitem atualizar e acompanhar POR MAURÍCIO MORAES E MARIA ISABEL MOREIRA

N

ão é preciso entrar na página do Twitter para atualizar seu perfil na rede social ou acompanhar o que andam falando por lá. Aliás, é melhor não entrar no Twitter mesmo. Complementos para alguns dos navegadores mais usados são muito mais eficientes

no gerenciamento do Twitter. Além de apresentar o básico que o serviço já oferece, algumas extensões permitem gerenciar múltiplas contas, encurtar URLs e compartilhar fotos com maior facilidade. E isso sem a necessidade de abrir uma nova aba de navegação.

DIRETO DA BARRA Por que não usar o campo da barra de endereços para tuitar? Essa é uma tarefa para o HootBar, antiga TwitterBar (www.info.abril. com.br/downloads/hootbar). Bem simples, o complemento — disponível somente para Firefox — conta os caracteres (é só clicar no passarinho azul), permite gerenciar diversas contas no Twitter e atualizar uma série de serviços com os quais o HootSuite é compatível — além do Twitter, a lista inclui Facebook, LinkedIn, Ping.fm, Wordpress, MySpace, Foursquare e Mixi. A HootBar encurta URLs usando os serviços Bit.ly, Ow.ly e TinyURL, aceita envio de fotos pelo Ow.ly e permite agendamentos.

REPERCUSSÃO COM UM CLIQUE

46 I DI C AS IN FO

extensões-Mat21.indd 46-47

O QUE ANDAM DIZENDO? TUDO-EM-UM O Echofon (www.info.abril.com.br/downloads/echofon) é uma das mais completas extensões de Twitter para Firefox — bate os add-ons até de outros navegadores. Conta com suporte a múltiplas contas, quatro opções de temas, possibilidade de alterar o tamanho da fonte, sistema de notificações, sincronização com o iPhone e autenticação segura. Fica devendo uma integração com listas e mais opções de encurtadores de URLs. Funciona apenas com o bit.ly e só encurta se você ultrapassar os 140 caracteres.

LATERAL INCREMENTADA Menos conhecido que o Echofon, o TwitBin (www.info.abril.com.br/ downloads/twitbin) traz uma variedade maior de recursos para tuitar dentro do Firefox, por meio de uma aba lateral. Além de executar as tarefas básicas, o complemento exibe listas e realiza buscas na rede de microblogs. Tem um inconveniente: na versão gratuita, anúncios dão uma tremenda poluída na timeline. Até o fechamento desta edição, a extensão não estava disponível para o Firefox 4.0.

Quer acompanhar a reação dos tuiteiros em relação a uma notícia ou a uma página da internet? É possível fazer isso pelo Chrome com a solução Tweets Counter (www.info.abril. com.br/downloads/tweets-counter). O complemento instala um botão na barra de endereços do navegador. Quando se visita uma página que pode ser analisada, o Tweets Counter exibe um ícone indicando o número de tuítes para a página corrente e exibe alguns comentários. Você pode pressionar o polegar para cima ou para baixo para compartilhar a URL com seus seguidores. O ícone do Tweets Counter vermelho indica que o último tuíte ocorreu nas últimas seis horas. Ícone amarelo informa que a última indicação aconteceu nas 24 horas anteriores.

O PageTweets (www.info.abril.com.br/ downloads/pagetweets) não permite tuitar, mas é interessante porque mostra o que as pessoas disseram no Twitter sobre a página que você está acessando na web. É bem útil para checar a repercussão de uma notícia, de um post ou até mesmo se o pessoal gostou de um filme ou de um restaurante, por exemplo. Só funciona no Firefox e, até o fechamento da edição, não era compatível com a versão 4.0.

DIC A S INFO I 47

07.05.11 03:33:12


O TWITTER DA MAÇÃ

PÁSSAROS DO CHROME

MONITORAMENTO FÁCIL O TwitterWatch (www.info.abril.com.br/

downloads/twitterwatch) permite monitorar o que está sendo tuitado sobre até cinco expressões ou palavras-chaves definidas pelo usuário, em tempo real. Cada uma delas fica separada em uma aba. Dá para responder os tuítes, retuitar ou postar por meio da extensão.

No Safari 5, é possível acompanhar sua timeline com o TweetBar (www. info.abril.com.br/downloads/tweetbar). Ele cria uma barra de tuítes na parte superior do browser. Para instalá-lo, é preciso ativar o suporte a complementos, que ainda funciona de modo experimental no navegador. Clique no menu Desenvolvedor e em Ativar extensões. Depois, instale. Dá para clicar nos links, para ver a página mencionada, ou no nome de usuários, para abrir as respectivas timelines.

O Chromed Bird é uma extensão para o navegador de internet Google Chrome que permite ao internauta tuitar, retuitar ou simplesmente ler as mensagens presentes em sua timeline da rede de microblogs. Para ativar a extensão, basta clicar no ícone de pássaro localizado ao lado da barra de endereços do browser. O complemento permite visualizar listas, favoritos, referências e mensagens diretas. Também permite acompanhar os trending topics — você pode configurar se quer ver os temas em discussão no mundo ou em um país ou uma cidade específica. Aliás, em termos de personalização o Chromed Bird dá show. Da cor dos diferentes tipos de mensagens e da troca de tema até o intervalo de atualização para cada chamada e o nome que aparece nos tuítes, tudo é customizável. O Chromed Bird é compatível com uma grande lista de encurtadores de URL e serviços de envio de fotos.

COM GEOLOCALIZAÇÃO E TUDO O Chrowety é uma extensão para postar no Twitter a partir do Google Chrome bastante eficiente. Conta com uma interface bem limpa e consome menos memória RAM do que o Chromed Bird, outro complemento para o browser que é bastante usado. O Chrowety tem suporte às tarefas mais básicas, como postar, responder, enviar mensagens diretas, acompanhar listas e marcar favoritos. Outra grande vantagem é que ele pode ser exibido como janela pop-up e incorpora um botão aos vídeos do YouTube, para facilitar o compartilhamento. Também dá para usar geolocalização nos tuítes. A extensão não oferece tantas opções de personalização como o Chromed Bird nem traz tantas soluções de encurtadores de URL. Falta também integração com serviços de upload de fotos.

UM TWITTER MELHOR Quem prefere tuitar pela página do Twitter pode incrementá-la com o Power Twitter (www.info.

abril.com.br/downloads/ power-twitter). Esse

INTERFACE WEB MELHORADA Muita gente ainda prefere (ou precisa) postar pela interface web do Twitter, que poderia ser bem melhor. O Twitter Extender (www.info.abril.com.br/ downloads/twitter-extender), disponível para o Chrome, acrescenta funções à página do serviço na internet. Abaixo de cada tuíte, surgem botões para enviar mensagens diretas, para retuitar com comentários e para responder para todos. Dá para encurtar links e menções ficam destacadas na timeline.

complemento para Firefox exibe na própria página do serviço de microblog as fotos tuitadas, reproduz vídeos, expande links e traduz cada URL para o título da página. O complemento também dá uma mão na hora da atualização do perfil, ao inserir links que possibilitam postar fotos, encurtar URLs e exibir o estado de humor.

EXTENSÃO OU APLICATIVO? O Tweet Safe (www.info.abril.com.br/downloads/tweet-safe) é um widget para Opera que tem jeitão de aplicativo. Funciona em uma janela pop-up e permite postar, ler menções, enviar mensagens diretas, retuitar, encurtar links e fazer buscas. Fica devendo uma integração com listas.

48 I DI C AS IN FO

extensões-Mat21.indd 48-49

DIC A S INFO I 49

07.05.11 03:33:45


O TWITTER DA MAÇÃ

PÁSSAROS DO CHROME

MONITORAMENTO FÁCIL O TwitterWatch (www.info.abril.com.br/

downloads/twitterwatch) permite monitorar o que está sendo tuitado sobre até cinco expressões ou palavras-chaves definidas pelo usuário, em tempo real. Cada uma delas fica separada em uma aba. Dá para responder os tuítes, retuitar ou postar por meio da extensão.

No Safari 5, é possível acompanhar sua timeline com o TweetBar (www. info.abril.com.br/downloads/tweetbar). Ele cria uma barra de tuítes na parte superior do browser. Para instalá-lo, é preciso ativar o suporte a complementos, que ainda funciona de modo experimental no navegador. Clique no menu Desenvolvedor e em Ativar extensões. Depois, instale. Dá para clicar nos links, para ver a página mencionada, ou no nome de usuários, para abrir as respectivas timelines.

O Chromed Bird é uma extensão para o navegador de internet Google Chrome que permite ao internauta tuitar, retuitar ou simplesmente ler as mensagens presentes em sua timeline da rede de microblogs. Para ativar a extensão, basta clicar no ícone de pássaro localizado ao lado da barra de endereços do browser. O complemento permite visualizar listas, favoritos, referências e mensagens diretas. Também permite acompanhar os trending topics — você pode configurar se quer ver os temas em discussão no mundo ou em um país ou uma cidade específica. Aliás, em termos de personalização o Chromed Bird dá show. Da cor dos diferentes tipos de mensagens e da troca de tema até o intervalo de atualização para cada chamada e o nome que aparece nos tuítes, tudo é customizável. O Chromed Bird é compatível com uma grande lista de encurtadores de URL e serviços de envio de fotos.

COM GEOLOCALIZAÇÃO E TUDO O Chrowety é uma extensão para postar no Twitter a partir do Google Chrome bastante eficiente. Conta com uma interface bem limpa e consome menos memória RAM do que o Chromed Bird, outro complemento para o browser que é bastante usado. O Chrowety tem suporte às tarefas mais básicas, como postar, responder, enviar mensagens diretas, acompanhar listas e marcar favoritos. Outra grande vantagem é que ele pode ser exibido como janela pop-up e incorpora um botão aos vídeos do YouTube, para facilitar o compartilhamento. Também dá para usar geolocalização nos tuítes. A extensão não oferece tantas opções de personalização como o Chromed Bird nem traz tantas soluções de encurtadores de URL. Falta também integração com serviços de upload de fotos.

UM TWITTER MELHOR Quem prefere tuitar pela página do Twitter pode incrementá-la com o Power Twitter (www.info.

abril.com.br/downloads/ power-twitter). Esse

INTERFACE WEB MELHORADA Muita gente ainda prefere (ou precisa) postar pela interface web do Twitter, que poderia ser bem melhor. O Twitter Extender (www.info.abril.com.br/ downloads/twitter-extender), disponível para o Chrome, acrescenta funções à página do serviço na internet. Abaixo de cada tuíte, surgem botões para enviar mensagens diretas, para retuitar com comentários e para responder para todos. Dá para encurtar links e menções ficam destacadas na timeline.

complemento para Firefox exibe na própria página do serviço de microblog as fotos tuitadas, reproduz vídeos, expande links e traduz cada URL para o título da página. O complemento também dá uma mão na hora da atualização do perfil, ao inserir links que possibilitam postar fotos, encurtar URLs e exibir o estado de humor.

EXTENSÃO OU APLICATIVO? O Tweet Safe (www.info.abril.com.br/downloads/tweet-safe) é um widget para Opera que tem jeitão de aplicativo. Funciona em uma janela pop-up e permite postar, ler menções, enviar mensagens diretas, retuitar, encurtar links e fazer buscas. Fica devendo uma integração com listas.

48 I DI C AS IN FO

extensões-Mat21.indd 48-49

DIC A S INFO I 49

07.05.11 03:33:45


twitter I dicas

USE MELHOR O TWITTER Veja como paquerar, vender um carro, arrumar emprego, mostrar seu desempenho esportivo e muito mais POR JULIANO BARRETO

H

á quem publique no Twitter pormenores do dia a dia. Outros preferem usá-lo para comentar a vida alheia. Um terceiro grupo gosta de expressar opiniões, informar os seguidores

e propagar ideias. Tudo isso é válido, mas é possível tirar ainda mais desse serviço. Confira alguns truques para organizar-se melhor na rede de microblogs e explorar novas possibilidades de uso.

DIGA AO POVO QUE EU CORRO O Twitter, quem diria, também pode ser usado para controlar seus exercícios — ou simplesmente para mostrar aos seus seguidores como você é saudável e como anda sua performance nas pistas. Dois serviços gratuitos, o Endomondo e o Runtastic, enviam direto para o Twitter as informações de distância e velocidade. O Endomondo funciona com praticamente todas as marcas de celulares e está disponível em português. O Runtastic tem aplicativo para iPhone, Android e BlackBerry, em inglês, alemão, espanhol e francês. Mas tome cuidado com os excessos para acabar não levando unfollow.

VOCÊ TUÍTA SEMPRE AQUI? Rede social pode ser sempre sinônimo de paquera, claro. E no Twitter não há nada a perder ao seguir alguém em quem você anda interessado — ao contrário. Paqueras bem-sucedidas exigem um capricho no perfil (e na foto!), tuítes interessantes (e sem erros de português!), bom humor e zero de vulgaridade. Jamais coloque um link para fotos provocantes da Larissa Riquelme, por exemplo. Se o alvo o seguir e você sentir que há abertura, troque mensagens diretas. A mesma tática pode render bons resultados com pessoas que você nem conhece, mas garimpou pelo próprio Twitter. Nesse caso, ser seguido de volta já é a senha para preparar uma abordagem inteligente — mas sem chavões, por favor!

50 I DI C AS IN FO

dicas-Mat22.indd 50

07.05.11 03:34:43


BATENDO PONTO NO TWITTER Muitas empresas postam suas vagas abertas direto no Twitter. Por isso, é importante estar atento às áreas e às companhias que o interessam. Uma busca com palavras como emprego ou vagas na janela de perfis leva a dezenas de resultados, muitos divididos por cidade ou área de atuação. Também é possível tuitar seu currículo, usando o serviço Tweet Your Resume (http://twitres.com). Com ele, você publica um link em sua timeline que leva a um arquivo em PDF.

LONGE DAS MULTAS Para desviar de vias com operações da polícia na Operação Lei Seca, os tuiteiros de grandes cidades costumam compartilhar informações sobre as blitze. Perfis como @LeiSecaRJ e @LeiSecaSP mantêm os usuários avisados. É possível também monitorar duas hashtags: #blitz e #bols (de boletim operação lei seca).

APAREÇA MELHOR Assim como nos sites, é possível investir em SEO para seu perfil no Twitter. É importante usar seu nome real (melhor ainda se você tiver seu nome e sobrenome como @usuário) e trabalhar bem em sua descrição, se a ideia for aparecer melhor nos resultados de busca de perfis. Também é interessante tuitar nas horas de pico, quando há mais usuários conectados. O horário nobre do Twitter é entre 10 e 11 horas da manhã. Crie conteúdo relevante e use hashtags.

LISTAS NELES! Há pessoas com perfis interessantes, mas que tuítam demais e poluem sua timeline, tirando o foco do que importa. Nesses casos, o ideal é criar listas, organizando os perfis por grupos de interesse ou tema. Para fazer isso, basta acessar o menu List > Create a List, na home do seu perfil no Twitter.

VENDA SEU CARRO O Twitter também pode funcionar como anúncio de classificados, especialmente se você tiver algo bom para vender. Para anunciar seu carro, por exemplo, seja sucinto na descrição, mas dê informações relevantes. Você pode acrescentar a hashtag #classificados e uma foto. Os amigos mais próximos costumam ajudar, retuitando a mensagem.

D I C AS I NFO I 51

dicas-Mat22.indd 51

07.05.11 03:34:50


twitter I ferramentas

ESCOLHA SUAS FERRAMENTAS Uma coleção de programas e serviços que tornam o Twitter ainda melhor POR JULIANO BARRETO

O

Twitter é um serviço muito simples. Em tese, é uma página na qual você gerencia seguidores e as pessoas que segue, publica suas postagens, retuíta o que acha interessante e envia mensagens diretas. Mas o número de

ferramentas que surgiu para tornar esse serviço de microblog mais atraente, produtivo e eficiente não tem fim. Nesta seleção, por exemplo, reunimos mais de 30 dicas e serviços que fazem toda a diferença para os tuiteiros.

O OUTLOOK TAMBÉM TUÍTA Em geral, quem usa o Outlook no trabalho precisa deixar o programa aberto o dia todo. Então por que não aproveitar o correio eletrônico para se integrar ao Twitter? Essa é a proposta do plug-in gratuito TwInbox (www.info.abril.com.br/downloads/twinbox). Ele permite ler e postar conteúdo de dentro do Outlook de forma prática e organiza os tuítes como se fossem mensagens.

PARA TUITAR EM EQUIPE

SEUS DOCUMENTOS NO MICROBLOG

O serviço online HootSuite (http://hootsuite.com) é uma boa opção para administrar grandes contas no Twitter — e enfrentar enxurradas de posts. Também é uma saída para quem atualiza perfis em equipe. Entre alguns dos recursos mais interessantes estão o monitoramento de menções, o agendamento de posts e a atribuição de tarefas entre os membros da equipe. O serviço pode integrar vários perfis e acessar contas de redes como Facebook, LinkedIn, MySpace e Foursquare.

Quer espalhar uma planilha, uma apresentação, um PDF ou um documento de texto pelo Twitter? O cara certo para esse serviço é o Slideshare (www.info.abril.com.br/downloads/ webware/slideshare). Dá para compartilhar arquivos de até 100 MB. Para abrir o conteúdo compartilhado, não é necessário ter o respectivo programa instalado na máquina: basta abrir por um browser com Flash.

ACIONE O PILOTO AUTOMÁTICO Uma viagem longa ou um mês de férias não são desculpas para deixar seu Twitter abandonado. Você pode fazer um estoque de posts e programar a sua publicação com o Tweet-u-later (www.info.abril.com.br/ downloads/webware/tweet-u-later). O serviço funciona como se fosse um webmail e permite definir data e hora dos tuítes.

52 I DI C AS IN FO

ferramentas-Mat23.indd 52-53

SEM WEB? VÁ DE SMS Até quem tem um celular velhinho, pré-pago e com pouco crédito pode tuitar. Basta se cadastrar em um serviço que encaminha mensagens de texto para o microblog, como o SMS2Blog (www.info.abril.com.br/downloads/ webware/sms2blog). Cada tuíte é cobrado como se fosse um torpedo normal. Quem tem conta na TIM pode configurar o envio de torpedos para o microblog diretamente no Twitter.com. É só ir em Settings > Mobile.

DIC A S INFO I 53

07.05.11 03:35:59


twitter I ferramentas

ESCOLHA SUAS FERRAMENTAS Uma coleção de programas e serviços que tornam o Twitter ainda melhor POR JULIANO BARRETO

O

Twitter é um serviço muito simples. Em tese, é uma página na qual você gerencia seguidores e as pessoas que segue, publica suas postagens, retuíta o que acha interessante e envia mensagens diretas. Mas o número de

ferramentas que surgiu para tornar esse serviço de microblog mais atraente, produtivo e eficiente não tem fim. Nesta seleção, por exemplo, reunimos mais de 30 dicas e serviços que fazem toda a diferença para os tuiteiros.

O OUTLOOK TAMBÉM TUÍTA Em geral, quem usa o Outlook no trabalho precisa deixar o programa aberto o dia todo. Então por que não aproveitar o correio eletrônico para se integrar ao Twitter? Essa é a proposta do plug-in gratuito TwInbox (www.info.abril.com.br/downloads/twinbox). Ele permite ler e postar conteúdo de dentro do Outlook de forma prática e organiza os tuítes como se fossem mensagens.

PARA TUITAR EM EQUIPE

SEUS DOCUMENTOS NO MICROBLOG

O serviço online HootSuite (http://hootsuite.com) é uma boa opção para administrar grandes contas no Twitter — e enfrentar enxurradas de posts. Também é uma saída para quem atualiza perfis em equipe. Entre alguns dos recursos mais interessantes estão o monitoramento de menções, o agendamento de posts e a atribuição de tarefas entre os membros da equipe. O serviço pode integrar vários perfis e acessar contas de redes como Facebook, LinkedIn, MySpace e Foursquare.

Quer espalhar uma planilha, uma apresentação, um PDF ou um documento de texto pelo Twitter? O cara certo para esse serviço é o Slideshare (www.info.abril.com.br/downloads/ webware/slideshare). Dá para compartilhar arquivos de até 100 MB. Para abrir o conteúdo compartilhado, não é necessário ter o respectivo programa instalado na máquina: basta abrir por um browser com Flash.

ACIONE O PILOTO AUTOMÁTICO Uma viagem longa ou um mês de férias não são desculpas para deixar seu Twitter abandonado. Você pode fazer um estoque de posts e programar a sua publicação com o Tweet-u-later (www.info.abril.com.br/ downloads/webware/tweet-u-later). O serviço funciona como se fosse um webmail e permite definir data e hora dos tuítes.

52 I DI C AS IN FO

ferramentas-Mat23.indd 52-53

SEM WEB? VÁ DE SMS Até quem tem um celular velhinho, pré-pago e com pouco crédito pode tuitar. Basta se cadastrar em um serviço que encaminha mensagens de texto para o microblog, como o SMS2Blog (www.info.abril.com.br/downloads/ webware/sms2blog). Cada tuíte é cobrado como se fosse um torpedo normal. Quem tem conta na TIM pode configurar o envio de torpedos para o microblog diretamente no Twitter.com. É só ir em Settings > Mobile.

DIC A S INFO I 53

07.05.11 03:35:59


ANDE COM SUA TURMA Criado por brasileiros, o Twitcom, antigo Twinester (www.info.abril.com.br/downloads/webware/ twinester), usa seus contatos do Twitter para criar comunidades temáticas. Assim, dá para reunir amigos, postar e ler posts sobre determinado assunto, fugindo do conteúdo irrelevante. Mas não é igual às listas? Não. No Twinester você cria uma página própria com visual de chat e pode postar apenas lá, livrando seus seguidores do Twitter do irritante excesso de posts.

BACKUP CONTRA A BALEIA Fazer backup dos seus dados é um ritual obrigatório, especialmente quando você usa um serviço instável como o Twitter. E não será mais uma tarefa chata se você usar o site Backup My Tweets (www.info.abril.com.br/downloads/webware/backupmytweets). Fácil de usar, a ferramenta oferece 1 GB de espaço gratuito para guardar todos seus posts de forma rápida, organizada e livre das baleiadas.

SIM, ATÉ NO DOS!

TEM MENSAGEM PRA VOCÊ

Quando você pensa que não faltava inventar mais nada, descobrimos o Quitter (www.info.abril.com.br/downloads/webware/ quitter), um cliente para Twitter que roda no prompt do DOS. Os criadores do programa dizem que a ideia é ser discreto, mas, convenhamos, usar esse troço vai chamar atenção do escritório todo!

Aquelas notificações por e-mail sobre novos seguidores ou sobre Direct Messages ficam menos chatas com o Topify (http://topify. com). Ele aprimora os alertas com links que trazem detalhes sobre seus novos followers e permite responder DMs via e-mail.

COFRE PARA OS TRENDING TOPICS O serviço Twapper Keeper (http://twapperkeeper.com) cria buscas personalizadas por hashtags e armazena os resultados para consultas posteriores. É uma ferramenta útil para driblar o sofrível sistema de busca original do Twitter e encontrar posts sobre itens que entraram nos Trending Topics há muitos dias.

TIMELINE MAIS ESPERTA No lugar de acessar o Twitter.com, experimente fazer login no Tweetree.com. O serviço mostrará os posts dos seus contatos de um jeito mais esperto, exibindo o conteúdo dos links indicados por eles. Apesar de a página ficar mais pesada, você ganha tempo dando uma olhada em sites e vídeos sem precisar abrir outra aba.

54 I DI C AS IN FO

ferramentas-Mat23.indd 54-55

DIC A S INFO I 55

07.05.11 03:36:22


ANDE COM SUA TURMA Criado por brasileiros, o Twitcom, antigo Twinester (www.info.abril.com.br/downloads/webware/ twinester), usa seus contatos do Twitter para criar comunidades temáticas. Assim, dá para reunir amigos, postar e ler posts sobre determinado assunto, fugindo do conteúdo irrelevante. Mas não é igual às listas? Não. No Twinester você cria uma página própria com visual de chat e pode postar apenas lá, livrando seus seguidores do Twitter do irritante excesso de posts.

BACKUP CONTRA A BALEIA Fazer backup dos seus dados é um ritual obrigatório, especialmente quando você usa um serviço instável como o Twitter. E não será mais uma tarefa chata se você usar o site Backup My Tweets (www.info.abril.com.br/downloads/webware/backupmytweets). Fácil de usar, a ferramenta oferece 1 GB de espaço gratuito para guardar todos seus posts de forma rápida, organizada e livre das baleiadas.

SIM, ATÉ NO DOS!

TEM MENSAGEM PRA VOCÊ

Quando você pensa que não faltava inventar mais nada, descobrimos o Quitter (www.info.abril.com.br/downloads/webware/ quitter), um cliente para Twitter que roda no prompt do DOS. Os criadores do programa dizem que a ideia é ser discreto, mas, convenhamos, usar esse troço vai chamar atenção do escritório todo!

Aquelas notificações por e-mail sobre novos seguidores ou sobre Direct Messages ficam menos chatas com o Topify (http://topify. com). Ele aprimora os alertas com links que trazem detalhes sobre seus novos followers e permite responder DMs via e-mail.

COFRE PARA OS TRENDING TOPICS O serviço Twapper Keeper (http://twapperkeeper.com) cria buscas personalizadas por hashtags e armazena os resultados para consultas posteriores. É uma ferramenta útil para driblar o sofrível sistema de busca original do Twitter e encontrar posts sobre itens que entraram nos Trending Topics há muitos dias.

TIMELINE MAIS ESPERTA No lugar de acessar o Twitter.com, experimente fazer login no Tweetree.com. O serviço mostrará os posts dos seus contatos de um jeito mais esperto, exibindo o conteúdo dos links indicados por eles. Apesar de a página ficar mais pesada, você ganha tempo dando uma olhada em sites e vídeos sem precisar abrir outra aba.

54 I DI C AS IN FO

ferramentas-Mat23.indd 54-55

DIC A S INFO I 55

07.05.11 03:36:22


ESBANJANDO SIMPATIA

MICROBLOG DENTRO DO BLOG

Está desesperado para arrumar mais seguidores para um perfil? Apele para serviços como o Twtify (www.twtify.com) e o Twollow (http:// twollow.com). Eles permitem seguir dezenas de perfis de uma vez só, listando contas de usuários por critérios como palavras-chaves ou hashtags. Aí é só torcer para o pessoal seguir seu perfil de volta.

Para levar um perfil do Twitter para dentro do seu blog, é só acessar o link http://twitter.com/goodies/widgets e escolher que tipo de widget quer. Você pode incluir uma caixa de buscas para tuítes, uma miniatura do seu perfil ou exibir apenas seus posts favoritos. Depois, basta recortar o código gerado pelo Twitter e colar no HTML do seu blog.

CHAME OS TUITEIROS! Poucas ferramentas integram tão bem um blog com o Twitter quanto o sistema para gerenciamento de comentários IntenseDebate (www.info.abril.com.br/downloads/ webware/intensedebate). Compatível com Blogger e WordPress, o serviço permite que os visitantes usem suas contas do Twitter para assinar os comentários. É um incentivo para mais participações e também uma boa ideia para cativar a audiência.

PAPARIQUE SEUS SEGUIDORES Com tanta gente disputando a atenção dos tuiteiros, nunca é demais tratar bem quem decide seguir seu perfil. Por isso, pode ser uma boa ideia criar uma Direct Message automática para dar boas-vindas a eles. O caminho é o TwitterDMer (www.info.abril.com.br/downloads/ webware/twitterdmer). O serviço permite que você personalize o texto, citando o nome e a cidade do perfil do seguidor.

56 I DI C AS IN FO

ferramentas-Mat23.indd 56-57

O MAPA DAS TENDÊNCIAS Com o Trendsmap.com (http://trendsmap.com) é possível ficar ligado na efervescente lista dos Trending Topics do mundo todo. Em tempo real, o serviço mostra um mapa terrestre no qual você pode navegar pelos países e ver as palavras-chaves mais tuitadas de cada região por meio de gráficos no mesmo estilo das nuvens de tags. Basta clicar em uma dessas palavras-chaves para ver ao lado alguns dos tuítes correspondentes.

RADAR DE TUITEIROS Utilizando um mashup com o Google Maps, o Geo Chirp (www.geochirp. com) mostra o que o pessoal da sua vizinhança anda tuitando. Ajustando o alcance do serviço, você pode ampliar a pesquisa para um raio de até 80 quilômetros.

DIC A S INFO I 57

07.05.11 03:37:10


ESBANJANDO SIMPATIA

MICROBLOG DENTRO DO BLOG

Está desesperado para arrumar mais seguidores para um perfil? Apele para serviços como o Twtify (www.twtify.com) e o Twollow (http:// twollow.com). Eles permitem seguir dezenas de perfis de uma vez só, listando contas de usuários por critérios como palavras-chaves ou hashtags. Aí é só torcer para o pessoal seguir seu perfil de volta.

Para levar um perfil do Twitter para dentro do seu blog, é só acessar o link http://twitter.com/goodies/widgets e escolher que tipo de widget quer. Você pode incluir uma caixa de buscas para tuítes, uma miniatura do seu perfil ou exibir apenas seus posts favoritos. Depois, basta recortar o código gerado pelo Twitter e colar no HTML do seu blog.

CHAME OS TUITEIROS! Poucas ferramentas integram tão bem um blog com o Twitter quanto o sistema para gerenciamento de comentários IntenseDebate (www.info.abril.com.br/downloads/ webware/intensedebate). Compatível com Blogger e WordPress, o serviço permite que os visitantes usem suas contas do Twitter para assinar os comentários. É um incentivo para mais participações e também uma boa ideia para cativar a audiência.

PAPARIQUE SEUS SEGUIDORES Com tanta gente disputando a atenção dos tuiteiros, nunca é demais tratar bem quem decide seguir seu perfil. Por isso, pode ser uma boa ideia criar uma Direct Message automática para dar boas-vindas a eles. O caminho é o TwitterDMer (www.info.abril.com.br/downloads/ webware/twitterdmer). O serviço permite que você personalize o texto, citando o nome e a cidade do perfil do seguidor.

56 I DI C AS IN FO

ferramentas-Mat23.indd 56-57

O MAPA DAS TENDÊNCIAS Com o Trendsmap.com (http://trendsmap.com) é possível ficar ligado na efervescente lista dos Trending Topics do mundo todo. Em tempo real, o serviço mostra um mapa terrestre no qual você pode navegar pelos países e ver as palavras-chaves mais tuitadas de cada região por meio de gráficos no mesmo estilo das nuvens de tags. Basta clicar em uma dessas palavras-chaves para ver ao lado alguns dos tuítes correspondentes.

RADAR DE TUITEIROS Utilizando um mashup com o Google Maps, o Geo Chirp (www.geochirp. com) mostra o que o pessoal da sua vizinhança anda tuitando. Ajustando o alcance do serviço, você pode ampliar a pesquisa para um raio de até 80 quilômetros.

DIC A S INFO I 57

07.05.11 03:37:10


QUIZ NO RITMO DO TWITTER Com meia dúzia de cliques, dá para fazer uma enquete e saber a opinião dos seus seguidores sobre qualquer assunto usando o Twtpoll (http://twtpoll.com). Ele cria questionários, testes de múltipla escolha e pesquisas de opinião, entre outras opções. Apesar de simples e gratuito, o serviço é bem completo. Conta até com bloqueio de endereços de IP para evitar votos duplicados.

UNFOLLOW NOS OCIOSOS Está seguindo um monte de perfis que nunca postam nada? Entre no UnTweeps (http://untweeps.com), defina qual é a sua tolerância para a ausência de tuítes e deixe de seguir os preguiçosos automaticamente.

BEM-ME-QUER? MAL-ME-QUER? Essencial para quem quer conquistar uma legião de seguidores — ou pelo menos tentar entendê-los —, o serviço TweetEffect (http://tweeteffect.com) faz um levantamento sobre quais tuítes foram responsáveis por conquistar novos seguidores e quais afastaram o pessoal que seguia seu perfil.

58 I DI C AS IN FO

ferramentas-Mat23.indd 58

07.05.11 03:37:58


TUÍTES PARA GUARDAR Já pensou em transformar seus tuítes em livro? O pessoal do Tweetbook.in (http://tweetbook.in) pensou. É só entrar com os dados da sua conta e baixar o PDF. Pronto para a sessão de autógrafos?

DM PARA OS ESQUECIDOS A suíte de ferramentas para organização pessoal Task.fm (http://task.fm) é cheia de recursos para enviar lembretes para os esquecidinhos. Mas não fica só no tradicional e-mail e SMS. Os viciados em Twitter podem receber lembretes por Direct Message.

MEU QUERIDO DIÁRIO De novo, é hora de reclamar da busca nativa do Twitter #fail. É complicado pesquisar tuítes antigos. Sorte que existe o Twistory (http://twistory.net), que integra sua timeline com os programas de calendário mais populares e, assim, facilita a busca de conteúdo por data. Ele funciona com Google Calendar, Outlook, iCall e Thunderbird. A versão gratuita do serviço mostra os tuítes dos últimos 30 dias no calendário.

D I C AS I NFO I 59

ferramentas-Mat23.indd 59

07.05.11 03:38:07


ENCURTADORES COM ALGO MAIS Abreviar endereços de páginas para economizar espaço nos 140 caracteres já virou algo trivial. Dá para usar TinyURL.com, Goo.gl, Is.gd, Ow.ly e muitos outros. O serviço mais completo, porém, é o Bit.ly (http://bit.ly), que traz ferramentas para monitorar o número de clicks em cada um dos links publicados e uma série de widgets para tornar mais ágil o serviço de criação de endereços curtos.

COMO VAI O HUMOR DA TUITOSFERA? Usando um sistema “insanamente complexo de análise de sentimentos”, como descrevem seus criadores, o TweetFeel (www.tweetfeel.com) analisa o humor dos tuiteiros em relação a um tema.

O RSS VIRA TUÍTE Você tem um blog, mas zero de paciência para tuitar? Experimente o TwitterFeed (www.info.abril.com.br/ downloads/webware/twitterfeed). Ele usa o feed RSS da sua página para criar tuítes automaticamente para cada atualização. É só configurar uma vez e esperar os tuiteiros. Mas com o tempo eles podem se cansar da falta de atenção.

O YOUTUBE POSTA POR VOCÊ Quando estiver logado no YouTube, clique no botão Compartilhar, logo abaixo do vídeo, e depois no link Conectar Contas. Na tela que se abrirá, você pode configurar tuítes automáticos para cada vez que você gosta, comenta ou publica um vídeo.

VIDEOCAST NO TWITTER Sem baixar nada nem fazer cadastro, o Screenr (http://screenr.com) permite que você transmita vídeos ao vivo para seus seguidores do Twitter ou crie programas em vídeo para espalhar via microblog. É só ligar a webcam e soltar o artista que existe em você.

60 I DI C AS IN FO

ferramentas-Mat23.indd 60-61

O FLICKR TUÍTA BEM O álbum de fotos online Flickr tem uma integração benfeita com o Twitter. Depois de se logar, clique em Minhas coisas > Conta e abra o item Compartilhando e Estendendo. Escolha Defina Suas Configurações do Flickr Para o Blog, na área Seus Blogs. Para finalizar, é só escolher o Twitter como opção de blog. Assim, sempre será possível espalhar fotos do Flickr para o Twitter, com direito à URL curta.

DIC A S INFO I 61

07.05.11 03:37:32


ENCURTADORES COM ALGO MAIS Abreviar endereços de páginas para economizar espaço nos 140 caracteres já virou algo trivial. Dá para usar TinyURL.com, Goo.gl, Is.gd, Ow.ly e muitos outros. O serviço mais completo, porém, é o Bit.ly (http://bit.ly), que traz ferramentas para monitorar o número de clicks em cada um dos links publicados e uma série de widgets para tornar mais ágil o serviço de criação de endereços curtos.

COMO VAI O HUMOR DA TUITOSFERA? Usando um sistema “insanamente complexo de análise de sentimentos”, como descrevem seus criadores, o TweetFeel (www.tweetfeel.com) analisa o humor dos tuiteiros em relação a um tema.

O RSS VIRA TUÍTE Você tem um blog, mas zero de paciência para tuitar? Experimente o TwitterFeed (www.info.abril.com.br/ downloads/webware/twitterfeed). Ele usa o feed RSS da sua página para criar tuítes automaticamente para cada atualização. É só configurar uma vez e esperar os tuiteiros. Mas com o tempo eles podem se cansar da falta de atenção.

O YOUTUBE POSTA POR VOCÊ Quando estiver logado no YouTube, clique no botão Compartilhar, logo abaixo do vídeo, e depois no link Conectar Contas. Na tela que se abrirá, você pode configurar tuítes automáticos para cada vez que você gosta, comenta ou publica um vídeo.

VIDEOCAST NO TWITTER Sem baixar nada nem fazer cadastro, o Screenr (http://screenr.com) permite que você transmita vídeos ao vivo para seus seguidores do Twitter ou crie programas em vídeo para espalhar via microblog. É só ligar a webcam e soltar o artista que existe em você.

60 I DI C AS IN FO

ferramentas-Mat23.indd 60-61

O FLICKR TUÍTA BEM O álbum de fotos online Flickr tem uma integração benfeita com o Twitter. Depois de se logar, clique em Minhas coisas > Conta e abra o item Compartilhando e Estendendo. Escolha Defina Suas Configurações do Flickr Para o Blog, na área Seus Blogs. Para finalizar, é só escolher o Twitter como opção de blog. Assim, sempre será possível espalhar fotos do Flickr para o Twitter, com direito à URL curta.

DIC A S INFO I 61

07.05.11 03:37:32


VINGUE-SE DA BALEIA! Está louco para postar, mas o Twitter está fora do ar? Acesse o Die Fail Whale (www.diefailwhale. com) e descarregue o tambor do revólver na já irritante baleia que é mostrada quando o Twitter está fora do ar.

SOB MEDIDA PARA O WINDOWS 7 Depois de instalar o MetroTwit (www.info.abril.com.br/downloads/metrotwit), você vai pensar até que o programa é uma solução nativa do Windows 7 para acessar o Twitter. Ele fica alojado na barra de tarefa, roda rápido e exibe as novas mensagens automaticamente. É muito mais ágil do que acessar o Twitter com qualquer extensão para browser.

IMPORTADOR DE AMIGOS Só chegou agora ao Twitter? Então é uma boa ir se enturmando e achar amigos em comum com os seus seguidores. O TweepDiff (http://tweepdiff.com) faz esse trabalho, analisando e comparando os contatos de dois perfis diferentes. Depois, é só partir para o abraço.

QUEM AVISA AMIGO É Quer saber quem deixou de seguir você? Comece a seguir o perfil @goodbyebuddy e depois visite o www.goodbyebuddy.com. O site mostrará quem desistiu dos seus tuítes.

62 I DI C AS IN FO

ferramentas-Mat23.indd 62

07.05.11 03:38:19


twitter I personalização

TROQUE O FUNDO Três serviços para incrementar a imagem de segundo plano do seu perfil POR JULIANO BARRETO E MARIA ISABEL MOREIRA

U

m perfil no Twitter não precisa ter a mesma cara de outro. O próprio serviço traz algumas opções de personalização. Em Settings, clique em Design e altere o tema, substitua a imagem

de fundo por algo que esteja armazenado em seu PC e troque as cores de links, textos, barra lateral etc. Se preferir uma ajuda externa, recorra a soluções como o Free Twitter Design, o Themeleon e o Twilk.

IMAGEM É TUDO Anda sem ideias (ou paciência) para fazer um belo background no seu perfil? Acesse o editor online Free Twitter Designer (http://freetwitterdesigner.com). Com uma interface fácil de usar, ele ajuda a dar uma cara mais profissional à aparência do seu perfil. Você escolhe um tema e vai brincando com cores e formas. Dá também para adicionar textos ao background.

GEOMETRIA MODERNA Dê adeus ao visual padronizado no Twitter e assuma uma postura mais geek com o Themeleon ( www.info.abril.com.br/downloads/ webware/themeleon ). Ele permite criar um background com ilustrações discretas com formas geométricas e texturas sólidas, com apenas alguns cliques. A variedade de opções impressiona.

A CARA DOS AMIGOS O Twilk (http://twilk.com) tem uma proposta diferente. Com esse serviço, é possível combinar os avatares dos perfis que você segue — ou também o de seus seguidores — num fundo personalizado. Quem paga 5 dólares por mês pode escolher exatamente quem vai figurar nesse painel e ainda ter o fundo atualizado automaticamente, todos os dias, para refletir o movimento na lista de contatos.

D I C AS I NFO I 63

personalização-Mat35.indd 63

07.05.11 03:39:17


twitter I monitoramento

PREPARE-SE PARA AS ANÁLISES

CHECK-UP DA CONTA Se você tem uma meta de crescimento no microblog ou quer acompanhar de perto a evolução dos seus seguidores, o TwitterCounter (http://twittercounter.com) é o cara. Ele cria gráficos com o número de tuítes por dia e analisa o número de adeptos conquistados. Dá até para criar uma contagem regressiva para atingir certo número de followers, com a ajuda de um sistema de previsão. Mas, cuidado: o TwitterCounter pode causar dependência.

Oito ferramentas para analisar assuntos quentes, popularidade e comportamentos POR JULIANO BARRETO

O

que está rolando no Twitter sobre um determinado assunto? Onde encontrar um tuiteiro especializado em um tema? Como analisar a fundo as hashtags? Os tuítes estão sendo

retuítados? Como está a popularidade? Muitos usuários do Twitter fazem perguntas como essas. Por sorte, não faltam ferramentas que dão as respostas, como estes oito serviços que mostramos a seguir.

O GOOGLE DOS PERFIS Quer encontrar um especialista em nanotecnologia? É só digitar um termo no FollowerWonk (http://followerwonk.com) para fazer pesquisas diretamente na Bio dos usuários do Twitter. O resultado vem em forma de lista, ordenada pelo número de seguidores. Outro recurso interessante do serviço é que ele permite comparar até três perfis, mostrando gráficos sobre os números de tuítes, de seguidores e de seguidos — inclusive com as intersecções entre os perfis. Um defeito do FollowerWonk é a lentidão — enquanto pesquisa ele já pede paciência. E você vai precisar mesmo.

DIGA-ME COM QUEM ANDAS O Tweetcloud (http://tweetcloud.com) permite monitorar o que anda sendo relacionado a alguma palavra, marca ou pessoa nos posts do Twitter. O resultado vem na forma de nuvem de tags, com diferentes tamanhos de fonte de acordo com a incidência. Na aba User, é possível pesquisar os termos dentro de um determinado perfil.

ARQUIVO DINÂMICO Com o serviço de análise The Archivist (http://archivist. visitmix.com) você pode conferir um verdadeiro show de informações a respeito de uma palavra ou hashtag no Twitter. Ele mostra gráficos com usuários que mais citam palavras, URLs associadas e até qual software é mais usado pelas pessoas que falaram sobre o tema. Os resultados das pesquisas podem ser salvos, exportados em planilhas do Excel ou mantidos num arquivo dinâmico que é atualizado toda vez que você acessa a pesquisa já salva.

POR FAVOR, FALEM DE MIM Outro eficiente medidor de popularidade no Twitter é o Backtweets (http://backtweets.com). Basta digitar uma URL no seu buscador e ver como resultado o que os usuários estão tuitando de bom ou de ruim sobre a página pesquisada.

64 I DI C AS IN FO

monitoramento-Mat36.indd 64-65

DIC A S INFO I 65

07.05.11 03:40:28


twitter I monitoramento

PREPARE-SE PARA AS ANÁLISES

CHECK-UP DA CONTA Se você tem uma meta de crescimento no microblog ou quer acompanhar de perto a evolução dos seus seguidores, o TwitterCounter (http://twittercounter.com) é o cara. Ele cria gráficos com o número de tuítes por dia e analisa o número de adeptos conquistados. Dá até para criar uma contagem regressiva para atingir certo número de followers, com a ajuda de um sistema de previsão. Mas, cuidado: o TwitterCounter pode causar dependência.

Oito ferramentas para analisar assuntos quentes, popularidade e comportamentos POR JULIANO BARRETO

O

que está rolando no Twitter sobre um determinado assunto? Onde encontrar um tuiteiro especializado em um tema? Como analisar a fundo as hashtags? Os tuítes estão sendo

retuítados? Como está a popularidade? Muitos usuários do Twitter fazem perguntas como essas. Por sorte, não faltam ferramentas que dão as respostas, como estes oito serviços que mostramos a seguir.

O GOOGLE DOS PERFIS Quer encontrar um especialista em nanotecnologia? É só digitar um termo no FollowerWonk (http://followerwonk.com) para fazer pesquisas diretamente na Bio dos usuários do Twitter. O resultado vem em forma de lista, ordenada pelo número de seguidores. Outro recurso interessante do serviço é que ele permite comparar até três perfis, mostrando gráficos sobre os números de tuítes, de seguidores e de seguidos — inclusive com as intersecções entre os perfis. Um defeito do FollowerWonk é a lentidão — enquanto pesquisa ele já pede paciência. E você vai precisar mesmo.

DIGA-ME COM QUEM ANDAS O Tweetcloud (http://tweetcloud.com) permite monitorar o que anda sendo relacionado a alguma palavra, marca ou pessoa nos posts do Twitter. O resultado vem na forma de nuvem de tags, com diferentes tamanhos de fonte de acordo com a incidência. Na aba User, é possível pesquisar os termos dentro de um determinado perfil.

ARQUIVO DINÂMICO Com o serviço de análise The Archivist (http://archivist. visitmix.com) você pode conferir um verdadeiro show de informações a respeito de uma palavra ou hashtag no Twitter. Ele mostra gráficos com usuários que mais citam palavras, URLs associadas e até qual software é mais usado pelas pessoas que falaram sobre o tema. Os resultados das pesquisas podem ser salvos, exportados em planilhas do Excel ou mantidos num arquivo dinâmico que é atualizado toda vez que você acessa a pesquisa já salva.

POR FAVOR, FALEM DE MIM Outro eficiente medidor de popularidade no Twitter é o Backtweets (http://backtweets.com). Basta digitar uma URL no seu buscador e ver como resultado o que os usuários estão tuitando de bom ou de ruim sobre a página pesquisada.

64 I DI C AS IN FO

monitoramento-Mat36.indd 64-65

DIC A S INFO I 65

07.05.11 03:40:28


O RANKING DO RT O segredo de espalhar bem uma mensagem é ter vários retuítes. Um macete para medir a popularidade nos RTs é usar o Retweetrank (www.retweetrank.com). Basta digitar o nome de um usuário do Twitter e conferir qual é o seu índice de influência. O site também pode ser útil para mostrar aqueles retuítes que o próprio Twitter nunca exibe nas menções.

TESTE SUA INFLUÊNCIA Com uma simples pesquisa no Twitter Grader (http://twitter.grader.com), você confere a quantas anda sua popularidade. Os algoritmos do site criam uma nota baseada no número de seguidores, na influência deles e na atualização de posts. O índice reflete a porcentagem de usuários que tiveram uma nota igual ou menor que a sua.

TERMÔMETRO DE TENDÊNCIAS O Trendistic ( http://trendistic.com) funciona como farejador de termos postados no Twitter e permite que você analise a incidência de uma palavra em intervalos que vão das últimas 24 horas até os 180 dias. Os resultados são úteis para quem quer ver quais são os assuntos mais falados e usar isso a seu favor.

66 I DI C AS IN FO

monitoramento-Mat36.indd 66

07.05.11 03:40:50


twitter I perfis

NÃO DEIXE DE SEGUIR Uma seleção de perfis úteis, engraçados e informativos que merecem ser seguidos

MELHORES DESTINOS (@passagensaereas): Fundamental para quem quer voar com economia, avisa sempre que há promoções da TAM, Gol, Azul, Avianca/OceanAir, WebJet e Trip.

DICIONÁRIO HOUAISS (@dichouaiss): Está com dúvidas sobre a nova ortografia da língua portuguesa ou sobre o significado de alguma palavra? É só perguntar que o Houaiss responde.

ROSANA HERMANN (@rosana): Veterana no serviço com mais de 58 mil tuítes, a jornalista e roteirista é capaz de falar sobre qualquer tema. E muito.

MILLÔR FERNANDES (@millorfernandes): Escritor, jornalista e desenhista, o “guru do Méier” é perito em criar frases de efeito — perfeitas para um RT.

FERNANDO RODRIGUES JOSÉ SIMÃO

(@FR_BSB): Tanto análises como as principais notícias sobre a política nacional são tuitadas com moderação pelo jornalista da Folha de S.Paulo.

(@jose_simao): O colunista da Folha de S.Paulo é perito em satirizar a política brasileira e as principais notícias do país.

BOM-DIA POR QUÊ?

MAURICIO DE SOUSA

(@bomdiaporque): A ironia e o sarcasmo dão o tom do perfil, que traz pílulas diárias de humor ácido sobre o cotidiano.

(@mauriciodesousa): Os fãs da Turma da Mônica têm a chance de entrar em contato com seu criador (sim, ele vive respondendo a tuítes) e de acompanhar as últimas notícias sobre os personagens.

FACILITE O RT ALHEIO Humor e ironia se revezam nos posts do carioca Wagner Martins, o Mr. Manson, do Cocadaboa, diretor da Espalhe Marketing de Guerrilha. E eis uma combinação que atrai retuítes. Por isso, de cara, ele já economiza nos caracteres. “Como RT @mrmanson: ocupa 14 caracteres, faço um esforço ço para escrever em no máximo 126. Assim, quem der o RT não precisa se preocupar em cortar nada.” .”

© FOTO LUIS USHIROBIRA

perfis-Mat37.indd 67

D I C AS I NFO I 67

07.05.11 03:41:58


DO PAPEL PARA O TWITTER Quer manter-se informado sobre política, economia, sustentabilidade, carreira ou ciência? Precisa de dicas para viajar? Veja uma seleção de perfis mantidos pela Editora Abril: Veja: @veja Exame: @portal_exame Você S/A: @vocesa Superinteressante: @super Viagem: @viagemeturismo Guia Quatro Rodas: @guia4rodas National Geographic Brasil: @ngbrasil Planeta Sustentável: @psustentavel Educar para Crescer: @educarcrescer

CACÁ ROSSET

LUIZ EDUARDO SOARES

TWEETSMARTER

KINDIM

(@cacarosset): Ator e diretor, fala sobre cultura (um pouco) e conta piadas para lá de infames. Seu alter ego, Cacá Mãe Dinah, faz previsões quase sempre furadas — principalmente sobre futebol.

(@luizeduardosoar): O ex-secretário nacional de segurança pública está hoje entre os maiores especialistas do país nessa área e está sempre discutindo formas de combater a violência.

(@TweetSmarter): Traz centenas de dicas para tuitar melhor. Também apresenta as notícias mais recentes sobre o serviço e sobre redes sociais. (Em inglês)

O serviço, acessado em www.kindim.com.br, é um ótimo ponto de partida para encontrar os principais nomes do Twitter no Brasil — de cientistas a ex-BBBs. Os perfis listados pelo serviço estão divididos por áreas de interesse.

FUN 140

TRANSPARÊNCIA BRASIL

(@fun140): Traz joguinhos no estilo quiz, como “Qual é o seu superpoder?” e “Você sobreviveria em um filme de terror?”. Os resultados são publicados no seu perfil. (Em inglês)

MIRIAM LEITÃO (@miriamleitaocom): A colunista do Bom-Dia Brasil, na TV Globo, do jornal O Globo e da rádio CBN analisa os últimos fatos da economia no Brasil e no mundo.

BILL PRADY (@billprady): Vale a pena acompanhar o perfil do produtorexecutivo de The Big Bang Theory para saber sobre as novidades da série. (Em inglês)

LISTORIOUS E TWEEPML Quer encontrar outras pessoas para seguir? O Listorious (http://listorious. com) e o TweepML (http://tweepml.org) reúnem milhares de perfis gringos e listas interessantes, agrupados por categoria. (Em inglês)

(@trbrasil): A ONG, que trabalha com denúncias sobre corrupção, alerta sobre várias das peripécias de políticos brasileiros com o dinheiro público.

68 I DI C AS IN FO

perfis-Mat37.indd 68-69

©1

(@omelete): Mantido pela equipe do site Omelete, especializado em cultura pop, traz as notícias mais recentes sobre cinema, TV, música, quadrinhos e games.

ANÚNCIO SEM CHATEAÇÃO Para Guga Ketzer, sócio, vice-presidente e diretor de criação da Loducca. MPM, uma ação publicitária bem-sucedida no Twitter deve respeitar a dinâmica da ferramenta e o modo como as pessoas se relacionam com ela. “É preciso buscar interação com a audiência. Assim, a propaganda nunca será uma intromissão”, diz.

ABUSE DAS HASHTAGS

AL GORE (@algore): O ex-vice-presidente americano tuíta sobre os danos ao meio ambiente e suas consequências para o aquecimento global. (Em inglês)

CLIMATEMPO (@climatemponews): As chuvas e trovoadas do Climatempo também chegaram ao Twitter. O perfil informa a previsão do tempo no Brasil e responde às perguntas dos seguidores.

(@CERN): Saiba o que ocorre no maior acelerador de partículas do mundo. Há quem diga que os experimentos vão destruir o planeta eta em breve. Quem seguir, saberá primeiro...

Um dos principais blogueiros do Brasil, Antonio Tabet comanda o Kibe Loco. Para levar mais gente ao blog, ele evita tuitar sobre todos os posts, am o dando um caráter mais inédito. Tabet lembra que nem todos atrelam res endereço do blog ao perfil do Twitter e sugere o uso de encurtadores de URL, que além de ser práticos, têm rankings que podem levar mais visitantes ao blog.

Os perfis @transitoSPO e @transitoRJO indicam onde há lentidão em São Paulo e no Rio de Janeiro, respectivamente. Mas há dezenas de perfis de outras cidades. Para encontrá-los, pesquise no Google com os seguintes termos: site:twitter.com transito [nome da cidade].

OMELETE

CERN

ENCURTADOR ESPERTO

SEM CONGESTIONAMENTO

©2

#vergonhalheia Sabe quando alguém escreve uma coisa tão absurda ou toma uma atitude tão inexplicável que o faz sentir vergonha? Esse é o momento... #comofaz ou #comofas Toda vez que bate uma dúvida sobre qualquer tema, os tuiteiros costumam recorrer à ajuda coletiva. Mas a hashtag também é usada como sinônimo de uma ironia. #ficaadica ou #ficadica Promoções, conselhos, indicações, sugestões (e, de novo, ironia) estão por trás da expressão. #prontofalei Pode ser usada para confessar

© FOTOS 1 LUIS USHIROBIRA 2 DIVULGAÇÃO

PUBLICADO ORIGINALMENTE NA INFO 294, DE AGOSTO DE 2010

um segredo, como ter chorado ao ver Toy Story 3, ou criticar um serviço, como a falha no prazo de entrega de uma loja online. #fail e #epicfail Quando algo está errado ou há uma falha, usa-se o #fail. Já a #epicfail é usada em situações mais extremas, de falhas épicas. #morri e #adoro A primeira é praticamente uma interjeição para dizer que você gostou muito de alguma coisa, no sentido de “curti pra caramba”. A segunda é mais para dizer que você gosta muito de algo ou de alguém. #partiu Geralmente é usada como último tuíte do dia ou quando a pessoa

sai do Twitter porque vai a algum lugar ou para casa. #mixedfeelings É usada quando há uma situação duvidosa ou de amor e ódio, por isso o sentimento controverso. #FF O follow friday é uma recomendação de perfis a seguir, que os tuiteiros costumam fazer às sextas-feiras. É uma boa forma de conhecer gente nova.

DIC A S INFO I 69

07.05.11 03:42:20


DO PAPEL PARA O TWITTER Quer manter-se informado sobre política, economia, sustentabilidade, carreira ou ciência? Precisa de dicas para viajar? Veja uma seleção de perfis mantidos pela Editora Abril: Veja: @veja Exame: @portal_exame Você S/A: @vocesa Superinteressante: @super Viagem: @viagemeturismo Guia Quatro Rodas: @guia4rodas National Geographic Brasil: @ngbrasil Planeta Sustentável: @psustentavel Educar para Crescer: @educarcrescer

CACÁ ROSSET

LUIZ EDUARDO SOARES

TWEETSMARTER

KINDIM

(@cacarosset): Ator e diretor, fala sobre cultura (um pouco) e conta piadas para lá de infames. Seu alter ego, Cacá Mãe Dinah, faz previsões quase sempre furadas — principalmente sobre futebol.

(@luizeduardosoar): O ex-secretário nacional de segurança pública está hoje entre os maiores especialistas do país nessa área e está sempre discutindo formas de combater a violência.

(@TweetSmarter): Traz centenas de dicas para tuitar melhor. Também apresenta as notícias mais recentes sobre o serviço e sobre redes sociais. (Em inglês)

O serviço, acessado em www.kindim.com.br, é um ótimo ponto de partida para encontrar os principais nomes do Twitter no Brasil — de cientistas a ex-BBBs. Os perfis listados pelo serviço estão divididos por áreas de interesse.

FUN 140

TRANSPARÊNCIA BRASIL

(@fun140): Traz joguinhos no estilo quiz, como “Qual é o seu superpoder?” e “Você sobreviveria em um filme de terror?”. Os resultados são publicados no seu perfil. (Em inglês)

MIRIAM LEITÃO (@miriamleitaocom): A colunista do Bom-Dia Brasil, na TV Globo, do jornal O Globo e da rádio CBN analisa os últimos fatos da economia no Brasil e no mundo.

BILL PRADY (@billprady): Vale a pena acompanhar o perfil do produtorexecutivo de The Big Bang Theory para saber sobre as novidades da série. (Em inglês)

LISTORIOUS E TWEEPML Quer encontrar outras pessoas para seguir? O Listorious (http://listorious. com) e o TweepML (http://tweepml.org) reúnem milhares de perfis gringos e listas interessantes, agrupados por categoria. (Em inglês)

(@trbrasil): A ONG, que trabalha com denúncias sobre corrupção, alerta sobre várias das peripécias de políticos brasileiros com o dinheiro público.

68 I DI C AS IN FO

perfis-Mat37.indd 68-69

©1

(@omelete): Mantido pela equipe do site Omelete, especializado em cultura pop, traz as notícias mais recentes sobre cinema, TV, música, quadrinhos e games.

ANÚNCIO SEM CHATEAÇÃO Para Guga Ketzer, sócio, vice-presidente e diretor de criação da Loducca. MPM, uma ação publicitária bem-sucedida no Twitter deve respeitar a dinâmica da ferramenta e o modo como as pessoas se relacionam com ela. “É preciso buscar interação com a audiência. Assim, a propaganda nunca será uma intromissão”, diz.

ABUSE DAS HASHTAGS

AL GORE (@algore): O ex-vice-presidente americano tuíta sobre os danos ao meio ambiente e suas consequências para o aquecimento global. (Em inglês)

CLIMATEMPO (@climatemponews): As chuvas e trovoadas do Climatempo também chegaram ao Twitter. O perfil informa a previsão do tempo no Brasil e responde às perguntas dos seguidores.

(@CERN): Saiba o que ocorre no maior acelerador de partículas do mundo. Há quem diga que os experimentos vão destruir o planeta eta em breve. Quem seguir, saberá primeiro...

Um dos principais blogueiros do Brasil, Antonio Tabet comanda o Kibe Loco. Para levar mais gente ao blog, ele evita tuitar sobre todos os posts, am o dando um caráter mais inédito. Tabet lembra que nem todos atrelam res endereço do blog ao perfil do Twitter e sugere o uso de encurtadores de URL, que além de ser práticos, têm rankings que podem levar mais visitantes ao blog.

Os perfis @transitoSPO e @transitoRJO indicam onde há lentidão em São Paulo e no Rio de Janeiro, respectivamente. Mas há dezenas de perfis de outras cidades. Para encontrá-los, pesquise no Google com os seguintes termos: site:twitter.com transito [nome da cidade].

OMELETE

CERN

ENCURTADOR ESPERTO

SEM CONGESTIONAMENTO

©2

#vergonhalheia Sabe quando alguém escreve uma coisa tão absurda ou toma uma atitude tão inexplicável que o faz sentir vergonha? Esse é o momento... #comofaz ou #comofas Toda vez que bate uma dúvida sobre qualquer tema, os tuiteiros costumam recorrer à ajuda coletiva. Mas a hashtag também é usada como sinônimo de uma ironia. #ficaadica ou #ficadica Promoções, conselhos, indicações, sugestões (e, de novo, ironia) estão por trás da expressão. #prontofalei Pode ser usada para confessar

© FOTOS 1 LUIS USHIROBIRA 2 DIVULGAÇÃO

PUBLICADO ORIGINALMENTE NA INFO 294, DE AGOSTO DE 2010

um segredo, como ter chorado ao ver Toy Story 3, ou criticar um serviço, como a falha no prazo de entrega de uma loja online. #fail e #epicfail Quando algo está errado ou há uma falha, usa-se o #fail. Já a #epicfail é usada em situações mais extremas, de falhas épicas. #morri e #adoro A primeira é praticamente uma interjeição para dizer que você gostou muito de alguma coisa, no sentido de “curti pra caramba”. A segunda é mais para dizer que você gosta muito de algo ou de alguém. #partiu Geralmente é usada como último tuíte do dia ou quando a pessoa

sai do Twitter porque vai a algum lugar ou para casa. #mixedfeelings É usada quando há uma situação duvidosa ou de amor e ódio, por isso o sentimento controverso. #FF O follow friday é uma recomendação de perfis a seguir, que os tuiteiros costumam fazer às sextas-feiras. É uma boa forma de conhecer gente nova.

DIC A S INFO I 69

07.05.11 03:42:20


twitter I perfis geeks

LIGADOS EM TECNOLOGIA

SILVIO MEIRA (@SRLM): O professor é cientista-chefe do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (Cesar), um dos principais polos tecnológicos do país, e fala frequentemente sobre inovação.

(@EFF): A ONG americana defende os direitos digitais dos internautas e prega a revisão das políticas de direito autoral. (Em inglês)

TWITTER GINA TRAPANI

(@dannysullivan): O jornalista do blog Search Engine Land sabe tudo sobre buscas, área em que acompanha desde sempre. (Em inglês)

MATT CUTTS (@mattcutts): Engenheiro do Google e especialista em SEO, costuma tuitar dicas sobre os produtos e serviços da empresa. (Em inglês)

MARTHA GABRIEL (@marthagabriel): Professora e especialista em internet, marketing digital e SEO, além de artista multimídia, Martha escreve sobre tudo isso e mais um pouco.

DANAH BOYD CHRIS ANDERSON (@chr1sa): A nova revolução industrial — em que qualquer pessoa pode criar produtos e fabricá-los — é um dos temas preferidos do empreendedor e diretor de redação da revista Wired. (Em inglês)

(@zephoria): Pesquisadora da Microsoft Research e bolsista da Universidade Harvard, estuda a fundo redes sociais, vida online e cultura digital. (Em inglês)

TIM O’REILLY (@timoreilly): Além de acompanhar de perto várias startups, o fundador da O’Reilly Media gosta de falar sobre software livre e internet. (Em inglês)

(@ginatrapani): A desenvolvedora de software e fundadora do blog LifeHacker é fã do Google Wave (hein?) e tuíta sobre Google, Android e programação. (em inglês)

DAVID POGUE

(@make): Reúne dicas para quem gosta de criar robôs, inventar geringonças com harware open source Arduino ou montar protótipos com uma impressora 3D. (Em inglês)

(@pogue): O colunista de tecnologia do The New York Times tem 1,3 milhão de seguidores e escreve sobre tecnologia pessoal — principalmente Apple — e internet. (Em inglês)

BRUNO SOUZA (@brjavaman): O consultor e desenvolvedor trabalha com Java desde meados dos anos 90 e é um dos principais evangelistas da tecnologia no Brasil.

PETE CASHMORE (@mashable): O fundador do Mashable compartilha notícias do site sobre mídias sociais, internet, design e cultura digital — incluindo virais. (Em inglês)

JOVEM NERD (@jovemnerd): Os autores do blog de humor nerd mantêm um perfil na mesma linha, com comentários sobre tecnologia, HQs e cinema.

CENTRO DE TECNOLOGIA E SOCIEDADE DA FGV-RJ (@CTS_FGV): Traz informações sobre os mais recentes debates relacionados a direito autoral e inclusão digital no Brasil.

EPICENTER (@epicenterblog): O perfil traz uma seleção de links com posts do blog Epicenter, da Wired, que cobre o mercado de tecnologia no Vale do Silício. (Em inglês)

(@timberners_lee): O criador da web e diretor do World Wide Web Consortium (W3C) é econômico nas tuitadas, mas vale a pena segui-lo para saber para onde vai a internet. (Em inglês)

DVLPRS (http://dvlprs.com): Do Ajax ao Drupal ou do iPhone ao Twitter, dá para encontrar todo tipo de desenvolvedor no site. É possível filtrar pela tecnologia ou pela empresa. (Em inglês)

FABIO AKITA (@AkitaOnRails): Tem experiência na área de gestão de projetos e desenvolvimento de software, é evangelista de Ruby on Rails e tuíta sobre programação.

PerfisGeeks-Mat38.indd 70-71

Evan Williams (@ev), Jack Dorsey (@jack) e Biz Stone (@ biz): Sim, eles escrevem muito sobre suas vidas pessoais. Mas seguir os três comandantes do Twitter é obrigatório para descobrir as novidades em primeira mão. (Em inglês)

REVISTA MAKE

TIM BERNERS-LEE

70 I DI C AS IN FO

(@raquelrecuero): Afinal, o Facebook vai matar o Orkut? Para onde vai o Twitter? Siga a pesquisadora gaúcha para acompanhar de perto o que acontece nas redes sociais.

ELECTRONIC FRONTIER FOUNDATION

Os perfis geeks que vale acompanhar para ficar informado

DANNY SULIVAN

RAQUEL RECUERO

Publicada originalmente na INFO 294, de agosto de 2010

DIC A S INFO I 71

07.05.11 03:43:25


twitter I perfis geeks

LIGADOS EM TECNOLOGIA

SILVIO MEIRA (@SRLM): O professor é cientista-chefe do Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (Cesar), um dos principais polos tecnológicos do país, e fala frequentemente sobre inovação.

(@EFF): A ONG americana defende os direitos digitais dos internautas e prega a revisão das políticas de direito autoral. (Em inglês)

TWITTER GINA TRAPANI

(@dannysullivan): O jornalista do blog Search Engine Land sabe tudo sobre buscas, área em que acompanha desde sempre. (Em inglês)

MATT CUTTS (@mattcutts): Engenheiro do Google e especialista em SEO, costuma tuitar dicas sobre os produtos e serviços da empresa. (Em inglês)

MARTHA GABRIEL (@marthagabriel): Professora e especialista em internet, marketing digital e SEO, além de artista multimídia, Martha escreve sobre tudo isso e mais um pouco.

DANAH BOYD CHRIS ANDERSON (@chr1sa): A nova revolução industrial — em que qualquer pessoa pode criar produtos e fabricá-los — é um dos temas preferidos do empreendedor e diretor de redação da revista Wired. (Em inglês)

(@zephoria): Pesquisadora da Microsoft Research e bolsista da Universidade Harvard, estuda a fundo redes sociais, vida online e cultura digital. (Em inglês)

TIM O’REILLY (@timoreilly): Além de acompanhar de perto várias startups, o fundador da O’Reilly Media gosta de falar sobre software livre e internet. (Em inglês)

(@ginatrapani): A desenvolvedora de software e fundadora do blog LifeHacker é fã do Google Wave (hein?) e tuíta sobre Google, Android e programação. (em inglês)

DAVID POGUE

(@make): Reúne dicas para quem gosta de criar robôs, inventar geringonças com harware open source Arduino ou montar protótipos com uma impressora 3D. (Em inglês)

(@pogue): O colunista de tecnologia do The New York Times tem 1,3 milhão de seguidores e escreve sobre tecnologia pessoal — principalmente Apple — e internet. (Em inglês)

BRUNO SOUZA (@brjavaman): O consultor e desenvolvedor trabalha com Java desde meados dos anos 90 e é um dos principais evangelistas da tecnologia no Brasil.

PETE CASHMORE (@mashable): O fundador do Mashable compartilha notícias do site sobre mídias sociais, internet, design e cultura digital — incluindo virais. (Em inglês)

JOVEM NERD (@jovemnerd): Os autores do blog de humor nerd mantêm um perfil na mesma linha, com comentários sobre tecnologia, HQs e cinema.

CENTRO DE TECNOLOGIA E SOCIEDADE DA FGV-RJ (@CTS_FGV): Traz informações sobre os mais recentes debates relacionados a direito autoral e inclusão digital no Brasil.

EPICENTER (@epicenterblog): O perfil traz uma seleção de links com posts do blog Epicenter, da Wired, que cobre o mercado de tecnologia no Vale do Silício. (Em inglês)

(@timberners_lee): O criador da web e diretor do World Wide Web Consortium (W3C) é econômico nas tuitadas, mas vale a pena segui-lo para saber para onde vai a internet. (Em inglês)

DVLPRS (http://dvlprs.com): Do Ajax ao Drupal ou do iPhone ao Twitter, dá para encontrar todo tipo de desenvolvedor no site. É possível filtrar pela tecnologia ou pela empresa. (Em inglês)

FABIO AKITA (@AkitaOnRails): Tem experiência na área de gestão de projetos e desenvolvimento de software, é evangelista de Ruby on Rails e tuíta sobre programação.

PerfisGeeks-Mat38.indd 70-71

Evan Williams (@ev), Jack Dorsey (@jack) e Biz Stone (@ biz): Sim, eles escrevem muito sobre suas vidas pessoais. Mas seguir os três comandantes do Twitter é obrigatório para descobrir as novidades em primeira mão. (Em inglês)

REVISTA MAKE

TIM BERNERS-LEE

70 I DI C AS IN FO

(@raquelrecuero): Afinal, o Facebook vai matar o Orkut? Para onde vai o Twitter? Siga a pesquisadora gaúcha para acompanhar de perto o que acontece nas redes sociais.

ELECTRONIC FRONTIER FOUNDATION

Os perfis geeks que vale acompanhar para ficar informado

DANNY SULIVAN

RAQUEL RECUERO

Publicada originalmente na INFO 294, de agosto de 2010

DIC A S INFO I 71

07.05.11 03:43:25


twitter I concorrentes

VIDA FORA DO TWITTER Quatro opções de microblog para quem gosta de se diferenciar da maioria

DA WEB OU DO CELULAR

POR MARIA ISABEL MOREIRA

A

ntes mesmo de ser enviado o primeiro tuíte, outro serviço de microblog já havia entrado em cena. Era o Jaiku, que começava a operar em fevereiro de 2006, enquanto o Twitter iniciou suas atividades em julho do mesmo ano. Depois dos dois vieram o Plurk, o Identi.ca e o Qaiku. De todos, foi o Twitter o microblog que conquistou

a maior audiência, reunindo milhões de usuários e recebendo diariamente um monumental número de mensagens curtas sobre os mais diversos assuntos. Mas o sucesso não significa que o Twitter seja o melhor ou que seus concorrentes não tenham nada de bom a oferecer. Conheça alguns dos recursos de seus principais concorrentes.

O Plurk (www.plurk.com) surgiu em 2008 e, segundo dados do site Alexa de início de maio, 39,5% de seus acessos vinham de Taiwan. Mesmo com essa base oriental, o serviço conta com uma versão em português, além de uma infinidade de outros idiomas. Como outros microblogs, é possível compartilhar links e mensagens de até 140 toques. Mas o Plurk tem alguns diferenciais. Para começar, a linha do tempo é apresentada no alto da página em ordem cronológica de data e hora. Seria interessante, mas o visual fica bastante poluído, especialmente quando a atualização é muito frequente. Outra diferença é que você

escolhe o verbo que quer usar em sua mensagem. Entre as opções estão ama, gosta, compartilha, diz, dá, odeia, quer, espera, pergunta, admira e pensa. O serviço traz opções de privacidade para a visualização das postagens e permissões quanto a comentários, buscas e mensagens privadas. Também permite que se defina o envio de notificações. O Plurk integra-se ao Twitter, ao Facebook e ao Yahoo! para que as atualizações no microblog sejam disparadas também para essas redes. Fora isso, conta com aplicações para iPhone, Android, BlackBerry e Nokia para postagens por celular.

EM CONJUNTO COM O TWITTER O Identi.ca (http://identi.ca) tem o mesmo propósito do Twitter e pode, inclusive, ser integrado ao microblog mais popular do planeta para que as atualizações em um serviço se reflitam no outro. Ou seja, é possível seguir e ser seguido, responder, reenviar postagens e escrever mensagens de até 140 toques. Nos testes da integração com o Twitter, a atualização não foi tão rápida, mas funcionou do Identi.ca para o Twitter (só falhou nos reenvios), mas atualizações do Twitter não apareceram na timeline do Identi.ca. O serviço também se integra ao Facebook. A página do perfil pode ser personalizada, mas os recursos são mais parcos que os do microblog concorrente. E a interface é ainda mais feia.

EXPRESSE-SE E COMENTE MICROBLOG COMPLETO Esperto, simpático e fácil de usar, o Qaiku (www.qaiku. com) dispensa encurtador de URL, cuida do upload e da exibição de imagens e permite a localização espacial de cada um de seus posts. Quando o post remete para uma página da web, basta clicar na aba Link/Embed e colar a URL para que ele transforme a mensagem em um link para a página correspondente. As imagens anexadas são exibidas em miniatura na linha do tempo. Basta um clique para que apareça um pop-up com a imagem ampliada. No caso de vídeos do YouTube ou do Vimeo e apresentações do Slideshare, é possível colar o código fornecido. O Qaiku oferece o link que, uma vez clicado, abre o conteúdo em sua própria página, dispensando a abertura de outra aba

72 I DI C AS IN FO

concorrentes-Mat24.indd 72-73

do browser. Outro diferencial do serviço é a possibilidade de comentários nas postagens e a integração de um recurso de bate-papo. Ainda em fase beta, a conversa não rolou durante os testes. O Qaiku também é eficiente na integração com outros serviços, permitindo busca de contatos do Twitter, Facebook e Google. Quem tem blog ou perfil no Flickr ou no Delicious também pode integrá-los ao Qaiku como feed RSS e fazer com que seus seguidores acompanhem as atualizações. O serviço oferece também o recurso de canais, por meio dos quais é possível colaborar com outros usuários ou discutir assuntos de interesse. Como nas redes sociais, também permite buscar pessoas por interesses ou que usem o mesmo idioma nas postagens.

Para quem faz questão do visual, o Jaiku (www.jaiku.com) é mais agradável. Além disso, também permite personalização, como novas cores e o uso de uma imagem de fundo. Mas, ao contrário de outras soluções, não se integra ao Twitter nem a outras redes sociais. O maior diferencial do Jaiku é a possibilidade de comentar as postagens próprias e a de terceiros — e ler todos os comentários postados. Outro ponto positivo é que permite inserir facilmente ícones nas postagens — há uma coleção de 99 deles, que servem para os mais diversos propósitos. Outro recurso presente nesse microblog pioneiro são os canais, que permitiriam o compartilhamento de mensagens com pessoas do mesmo interesse. Mas o recurso ainda é bem precário. Além de poucos canais, eles são mal identificados, desencorajando as inscrições.

DIC A S INFO I 73

07.05.11 03:44:17


twitter I concorrentes

VIDA FORA DO TWITTER Quatro opções de microblog para quem gosta de se diferenciar da maioria

DA WEB OU DO CELULAR

POR MARIA ISABEL MOREIRA

A

ntes mesmo de ser enviado o primeiro tuíte, outro serviço de microblog já havia entrado em cena. Era o Jaiku, que começava a operar em fevereiro de 2006, enquanto o Twitter iniciou suas atividades em julho do mesmo ano. Depois dos dois vieram o Plurk, o Identi.ca e o Qaiku. De todos, foi o Twitter o microblog que conquistou

a maior audiência, reunindo milhões de usuários e recebendo diariamente um monumental número de mensagens curtas sobre os mais diversos assuntos. Mas o sucesso não significa que o Twitter seja o melhor ou que seus concorrentes não tenham nada de bom a oferecer. Conheça alguns dos recursos de seus principais concorrentes.

O Plurk (www.plurk.com) surgiu em 2008 e, segundo dados do site Alexa de início de maio, 39,5% de seus acessos vinham de Taiwan. Mesmo com essa base oriental, o serviço conta com uma versão em português, além de uma infinidade de outros idiomas. Como outros microblogs, é possível compartilhar links e mensagens de até 140 toques. Mas o Plurk tem alguns diferenciais. Para começar, a linha do tempo é apresentada no alto da página em ordem cronológica de data e hora. Seria interessante, mas o visual fica bastante poluído, especialmente quando a atualização é muito frequente. Outra diferença é que você

escolhe o verbo que quer usar em sua mensagem. Entre as opções estão ama, gosta, compartilha, diz, dá, odeia, quer, espera, pergunta, admira e pensa. O serviço traz opções de privacidade para a visualização das postagens e permissões quanto a comentários, buscas e mensagens privadas. Também permite que se defina o envio de notificações. O Plurk integra-se ao Twitter, ao Facebook e ao Yahoo! para que as atualizações no microblog sejam disparadas também para essas redes. Fora isso, conta com aplicações para iPhone, Android, BlackBerry e Nokia para postagens por celular.

EM CONJUNTO COM O TWITTER O Identi.ca (http://identi.ca) tem o mesmo propósito do Twitter e pode, inclusive, ser integrado ao microblog mais popular do planeta para que as atualizações em um serviço se reflitam no outro. Ou seja, é possível seguir e ser seguido, responder, reenviar postagens e escrever mensagens de até 140 toques. Nos testes da integração com o Twitter, a atualização não foi tão rápida, mas funcionou do Identi.ca para o Twitter (só falhou nos reenvios), mas atualizações do Twitter não apareceram na timeline do Identi.ca. O serviço também se integra ao Facebook. A página do perfil pode ser personalizada, mas os recursos são mais parcos que os do microblog concorrente. E a interface é ainda mais feia.

EXPRESSE-SE E COMENTE MICROBLOG COMPLETO Esperto, simpático e fácil de usar, o Qaiku (www.qaiku. com) dispensa encurtador de URL, cuida do upload e da exibição de imagens e permite a localização espacial de cada um de seus posts. Quando o post remete para uma página da web, basta clicar na aba Link/Embed e colar a URL para que ele transforme a mensagem em um link para a página correspondente. As imagens anexadas são exibidas em miniatura na linha do tempo. Basta um clique para que apareça um pop-up com a imagem ampliada. No caso de vídeos do YouTube ou do Vimeo e apresentações do Slideshare, é possível colar o código fornecido. O Qaiku oferece o link que, uma vez clicado, abre o conteúdo em sua própria página, dispensando a abertura de outra aba

72 I DI C AS IN FO

concorrentes-Mat24.indd 72-73

do browser. Outro diferencial do serviço é a possibilidade de comentários nas postagens e a integração de um recurso de bate-papo. Ainda em fase beta, a conversa não rolou durante os testes. O Qaiku também é eficiente na integração com outros serviços, permitindo busca de contatos do Twitter, Facebook e Google. Quem tem blog ou perfil no Flickr ou no Delicious também pode integrá-los ao Qaiku como feed RSS e fazer com que seus seguidores acompanhem as atualizações. O serviço oferece também o recurso de canais, por meio dos quais é possível colaborar com outros usuários ou discutir assuntos de interesse. Como nas redes sociais, também permite buscar pessoas por interesses ou que usem o mesmo idioma nas postagens.

Para quem faz questão do visual, o Jaiku (www.jaiku.com) é mais agradável. Além disso, também permite personalização, como novas cores e o uso de uma imagem de fundo. Mas, ao contrário de outras soluções, não se integra ao Twitter nem a outras redes sociais. O maior diferencial do Jaiku é a possibilidade de comentar as postagens próprias e a de terceiros — e ler todos os comentários postados. Outro ponto positivo é que permite inserir facilmente ícones nas postagens — há uma coleção de 99 deles, que servem para os mais diversos propósitos. Outro recurso presente nesse microblog pioneiro são os canais, que permitiriam o compartilhamento de mensagens com pessoas do mesmo interesse. Mas o recurso ainda é bem precário. Além de poucos canais, eles são mal identificados, desencorajando as inscrições.

DIC A S INFO I 73

07.05.11 03:44:17


histórias I David Karp

ROSTO POR TRÁS DO TUMBLR Entrevistamos David Karp, o jovem que criou o fenômeno Tumblr aos 21 anos de idade POR VINICIUS AGUIARI

S

e não fosse por David Karp, memes como “Fica, vai ter bolo”, “Quero ver na Copa”, “Jesus manero” e “Fuck Yeah alguma coisa” não teriam surgido. Karp criou a rede de blogs Tumblr em 2007. Na ocasião, ele tinha apenas 21 anos. Hoje, a plataforma de blogs que permite publicar fotos, vídeos e textos de forma descomplicada acumula 16 milhões de blogs e um total de 4 bilhões de posts — em média, cerca de 30 milhões são publicados a cada dia. O serviço também permite seguir outros usuários, em um ambiente de rede social similar ao

74 I DI C AS IN FO

DavidKarp-Mat31.indd 74

do Twitter e do Facebook. Com alguns cliques, é possível republicar ou curtir a publicação de um de seus contatos. No Brasil, o número de usuários do Tumblr saltou de 253 mil, em fevereiro do ano passado, para 1,9 milhão, em fevereiro deste ano — um crescimento de 750%, segundo a comScore. No mesmo período, o número global de usuários do serviço cresceu 273% e atingiu 22,7 milhões. Em entrevista concedida por telefone, Karp falou dos diferenciais do Tumblr em relação aos concorrentes, sobre como eles veem o ato de

© FOTO HEADSHOT

07.05.11 03:45:35


blogar via tablets e smartphones, as falhas frequentes que deixam o serviço fora do ar e sobre a mania dos Tumblrs temáticos. Confira, a seguir, os principais trechos da conversa.

INFO Depois do Blogger e do Wordpress, agora é a hora do Tumblr tornar-se o serviço de blogs preferido dos usuários? Em quais pontos a plataforma é diferente dos concorrentes? DAVID KARP Eu acredito que o Tumblr é um pouco diferente dos outros serviços. Eu adoro o Wordpress. Acho uma plataforma incrível, mas penso que temos propostas diferentes. O Tumblr possui um tráfego maior de informação devido a sua característica de rede social. Por meio do nosso painel, o usuário acompanha o que outras pessoas estão publicando. Se ele gostar, pode curti-las ou republicá-las com apenas alguns cliques. É um volume maior de posts. Esse é nosso diferencial.

Como o Tumblr vê o futuro do ato de blogar de dispositivos móveis, como tablets e smartphones? Os apps do serviço já estão prontos para isso? Já temos aplicativos para iPhone, iPad e dispositivos que levam o Android, e temos tido bons resultados nessas plataformas. Como o ato de blogar no Tumblr muitas vezes é relacionado ao lazer, com a publicação de fotos e vídeos, os usuários também acessam o painel por meio desses dispositivos em momentos de descontração. Essa é uma prática que vai crescer à medida que aumenta a popularização dos dispositivos.

De acordo com a comScore, o Tumblr cresceu 1 540% em pageviews em 2010, em comparação com 2009. Quanto vocês esperam crescer em 2011? O ano de 2010 foi muito bom para o Tumblr. Não temos uma previsão especifica sobre quanto esperamos crescer em 2011. Se continuarmos no mesmo ritmo dos anos anteriores, estaremos indo bem.

TUMBLR EM NÚMEROS

22 milhões é o total de usuários

8% dos blogueiros do serviço são brasileiros

1 540 % foi o crescimento do número de pageviews do serviço em 2010

30 milhões de posts são publicados em média por dia FONTE: COMSCORE

E em relação ao mercado brasileiro? Vocês têm números específicos sobre o país?

D I C AS I NFO I 75

DavidKarp-Mat31.indd 75

07.05.11 03:45:44


pliação da nossa infraestrutura. Já gostaria de ter feito essa ampliação seis meses antes, mas não tínhamos os recursos. Alguns departamentos também estão com equipes menores do que deveriam. Vamos contratar novos designers. Além disso, vamos fazer novas traduções do serviço e continuar promovendo eventos para comunidades segmentadas, como músicos, fotógrafos e videomakers, pessoas que geram conteúdo e informação para a plataforma.

O TUMBLR DO CRIADOR David Karp também mantém um diário no Tumblr. É o David’s log. Em sua página, o fundador do Tumblr posta muitas fotografias e comentários sobre assuntos em geral, incluindo os relacionados à própria plataforma de blogs. Presença constante no blog de Karp é seu bulldog de estimação

Não tenho números específicos sobre o Brasil no momento. Mas é um dos países que mais crescem (8% do total de usuários do Tumblr são brasileiros, segundo a comScore). Hoje, temos uma equipe de sete profissionais, espalhados por países como Japão, França, Alemanha, Filipinas etc., que monitoram as tendências locais e estabelecem parcerias com os usuários que mais se destacam. Todos esses mercados têm recebido atenção especial de nosso escritório, o Brasil inclusive.

No final do ano passado, o Tumblr recebeu um aporte de 30 milhões de dólares dos investidores Sequoia Capital, Spark Capital e Union Square Ventures. Como o dinheiro será aplicado? Grande parte do dinheiro será investida na am-

Nos últimos meses, temos notado que o Tumblr frequentemente fica indisponível. Por que isso tem acontecido? Como a equipe tem trabalhado para corrigir o problema? Nós últimos seis meses, temos enfrentado um crescimento exponencial, para o qual nossa estrutura não estava preparada. Interessantemente, o Brasil é um dos principais desafios atualmente, porque tem se tornado um dos principais pontos de origem de tráfego. Em alguns momentos, até mesmo os picos têm dobrado ou triplicado de tamanho. Isso tem derrubado parte de nossos servidores. Nossa equipe está trabalhando para construir uma estrutura sólida, que suporte todo esse crescimento. Isso acontece com todos os serviços. Aconteceu com o Twitter, e eles até inventaram a baleia. As panes já diminuíram bastante e, em breve, serão completamente resolvidas.

Aqui no Brasil, o serviço tornou-se uma febre, com o surgimento de diversos blogs temáticos que fazem piadas com políticos, celebridades, notícias e até com a Copa do Mundo de 2014. Vocês conhecem os Tumblrs brasileiros? Sim, claro que conhecemos, porque eles são muito populares e possuem um tipo de humor peculiar do brasileiro. E isso é algo que nós queremos entender melhor. Quais são os temas, como eles surgem, como se propagam etc. Todo esse fenômeno é algo novo. São essas pessoas que queremos em nossa comunidade.

76 I DI C AS IN FO

DavidKarp-Mat31.indd 76

07.05.11 03:45:54


histórias I Benjamin Huh

O BLOGUEIRO QUE RI À TOA Fundador da rede de blogs de humor Cheezburger, Benjamin Huh conta à INFO como conseguiu transformar em dinheiro o besteirol que circula na internet POR FELIPE ZMOGINSKI

N

ão faltam motivos para Benjamin Huh sorrir. Há poucos meses, ele saiu de uma sala em Nova York levando embaixo do braço contratos de 30 milhões de dólares em investimentos. Esta foi a segunda vez que o fundador da rede Cheezburger voltou para casa, em Seattle, trazendo uma fortuna a tiracolo. A primeira foi em 2007, quando convenceu investidores da Avalon Ventures a lhe ceder 2 milhões de dólares para comprar o blog de gatos engraçadinhos I Can Has Cheezburger. O coreano naturalizado americano Ben Huh, de 32

© FOTO DIVULGAÇÃO

Benjamin Huh-Mat29.indd 77

PUBLICADO ORIGINALMENTE NA INFO 301, DE MARÇO DE 2011

anos, diz que não encontrou resistência dos investidores. “Quando mostrei o trabalho criativo que nossos usuários realizam e a trajetória de crescimento da audiência, eles entenderam que não falávamos sobre fotos de gatos, mas de uma comunidade ativa na web, com sua própria subcultura, linguagem e potencial de gerar receita”, disse Huh à INFO. O blog I Can Has Cheezburger, criado por Eric Nagakawa, em 2005, e comprado por Huh dois anos depois, é a pedra fundamental de um império de memes que reúne outros 48 blogs de hu-

D I C AS I NFO I 77

07.05.11 03:46:40


“O sucesso de uma imagem ou vídeo engraçado na web depende, hoje, basicamente do número de pessoas que irá compartilhar aquele conteúdo com sua rede de contatos. Na internet, não existe mais humor de sucesso sem compartilhamento”

78 I DI C AS IN FO

Benjamin Huh-Mat29.indd 78

mor, entre eles sucessos como Fail Blog, Engrish, I Has A Hotdog e The Daily What, todos apoiados em conteúdo gerado por usuários com sacadas que exploram vídeos e imagens que viralizam na internet. Nenhum desses blogs foi criado por Huh, que os comprou um a um de seus respectivos fundadores com o modesto objetivo de criar “a maior rede de blogs de humor do mundo”. A mente empreendedora de Huh, no entanto, tratou de maximizar a audiência dos blogs e, claro, dar a todos uma uniforme prioridade em abrir espaços para publicidade. Só em janeiro deste ano, a rede de Huh foi visitada por 16 milhões de usuários únicos, que carregaram em suas telas 375 milhões de páginas e executaram 110 milhões de vídeos. É essa mesma comunidade que alimenta com 500 mil uploads de vídeos e fotos por mês a extensa rede Cheezburger. “Praticamente todo o trabalho é feito por usuários que, além de nos enviar contribuições, votam em quais conteúdos são mais engraçados e decidem o que deve ficar na home dos blogs”, diz. Quando um usuário submete conteúdo para a rede, deve antes concordar com a cessão de direitos autorais em diversos formatos. O modelo permitiu a Huh editar livros com os memes mais votados e criar produtos como camisetas, bonés, canecas e um sem-fim de quinquilharias vendidas por preços entre 10 e 20 dólares. “Embora muita gente afirmasse que ninguém se interessaria por comprar livros com conteúdo já publicado gratuitamente na web, hoje 25% de nossas receitas vêm da venda de produtos físicos”, diz Huh. Este porcentual deve crescer ao longo deste ano. Com os 30 milhões de dólares captados em Nova York, Huh prevê duplicar o tamanho de sua equipe de vendas, além de desencadear uma outra onda de aquisições de blogs. “Estamos interessados em coisas engraçadas, que não sejam passageiras e tenham capacidade de cres-

cer em audiência. I Can Has Cheezburger, por exemplo, é relativamente velho, mas continua divertido e atraente”, diz.

ORTOGRAFIA SEM SENTIDO A ascensão da rede de blogs não acontece sem despertar críticas. Defensores da língua inglesa condenam o show de erros ortográficos exibidos em posts de blogs como o Engrish e o I Has a Hotdog. A substituição total de conteúdo feito por blogueiros especialistas por contribuições de anônimos é outro ponto sensível para os críticos da rede Cheezburger. Huh naturalmente tem outra visão. “Muitos professores estão usando memes para ensinar os alunos como soletrar corretamente”, diz. Para especialistas, essa é a primeira vez que uma linguagem é criada primeiro na forma escrita, para, depois, ir para o discurso das pessoas. A inovação na linguagem proporcionada pela internet é um fenômeno que desperta cada vez mais interesse dos linguistas e um movimento sem retorno. Ao defender o conteúdo gerado por usuários, Huh apoia-se no exemplo da Wikipedia. “Por um longo tempo, editores criaram uma barreira artificial entre quem escreve e quem lê. Está claro que há milhares de pessoas criativas e inteligentes que não desejam apenas consumir conteúdo, mas participar de sua produção, como acontece na Wikipedia”, diz. Ele defende que companhias tradicionais de mídia sigam seu exemplo, envolvendo ao máximo seus usuários. “Quem não fizer isso, tem mais chances de perder sua relevância.” Em recente mensagem aos fãs da rede Cheezburger, Ben Huh disse que a missão de todos no movimento é “fazer as pessoas sorrir ao menos uma vez por dia”. Com audiência e faturamento crescendo e investimentos para ampliar a startup, motivos não faltam para que Ben Huh pratique o que prega.

© FOTOS DIVULGAÇÃO

07.05.11 03:47:04


histórias I Bruna Surfistinha

DA WEB PARA AS TELAS A trajetória de Bruna Surfistinha começou com um blog, saltou para um livro e migrou para a telona POR FELIPE MAIA

O

que mais marcou a vida de Bruna Surfistinha foi a segunda vez. A primeira foi rápida e inconsequente, durante uma madrugada. Mal terminou e ela já havia apagado a história da memória. Dali a uns dias viria a tentativa seguinte. Essa foi pensada e teve data marcada: 1º de janeiro de 2004. Começava para valer o Blog da Bruna Surfistinha, o diário escancarado de uma garota de programa, que fez sucesso na blogosfera. Na época, ela tinha 19 anos, muitos clientes e um computador. O blog de Raquel Pacheco, nome real de Bruna, transformou-se no best seller O Doce Veneno do Escorpião, e o livro agora virou filme, que estreou em fevereiro. O longa é dirigido por Marcus Baldini. Ele leu o livro em 2006. “Percebi que existia ali a história de uma menina que estava tentando se realizar, tentando encontrar seu lugar no mundo por meio do sexo. Achei que dava um bom filme.” Foram

80 I DI C AS IN FO

BrunaSurfistinha-Mat30.indd 80

© FOTO PRISCILA PRADE

quatro anos entre a preparação do roteiro e a edição final. A protagonista é interpretada por Deborah Secco. A atriz visitou casas noturnas, bordéis e conheceu garotas de programa, mas mal teve contato com Raquel. “Não li o blog, não li o livro e não fiz laboratório com ela. Queria construir a minha Bruna sem interferência de ninguém”, diz Deborah. Apesar desse distanciamento, Raquel se encontrou na tela. “A Deborah se jogou de tal maneira que, quando assisti ao filme, me vi do começo ao fim”, diz. A ex-garota de programa sabe da importância da web em sua história. Atualmente, ela é dona do site de sexo Não, Não Para, mantém o blog RaqPac e tem conta no Twitter — ferramenta que, na sua opinião, serviria muito bem à Bruna Surfistinha. Um quarto livro sai este ano. “Quero muito que o filme seja o ponto final na trajetória da Bruna”, afirma.

PUBLICADO ORIGINALMENTE NA INFO 300, DE FEVEREIRO DE 2011

07.05.11 03:48:11


INFO I blogs

AQUI NA REDAÇÃO Fique por dentro das notícias, tendências e polêmicas com a equipe INFO

O GADGET DO DIA Quem não gosta de uma novidade high-tech? Seja você um geek ou somente uma pessoa antenada com os principais lançamentos no mundo da alta tecnologia não deixe de acompanhar o Gadgets INFO (www.info.abril.com.br/ noticias/blogs/gadgets). Smartphones, tablets, notebooks, câmeras digitais, HDs, monitores de vídeo, players e acessórios em geral lançados aqui ou anunciados lá fora, estão sempre na mira desse blog.

BAIXE ESTE! Jogos, utilitários, browsers, programas gráficos, ferramentas de produtividade. No Downloads INFO, é possível encontrar e baixar programas para todas as necessidades e as mais diferentes plataformas — há soluções para Windows, Mac, Linux, iPhone e Android, além de aplicações online. O blog Download da hora (www.info.abril.com.br/noticias/blogs/download-da-hora) destaca algumas dessas preciosidades disponíveis para download.

PONHA NA LISTA Informativas, históricas ou simplesmente divertidas, as listas são sempre um sucesso. No blog Geek list (www.info.abril.com.br/noticias/blogs/geek-list), elas mantêm esse princípio, mas são dedicadas ao universo tecnológico. Sabe quais foram o quatro maiores roubos de dados online? Conhece as dez fan pages mais ativas do Facebook? Passe no blog e confira essas e outras curiosidades.

POR DENTRO DOS VIRAIS O YouTube colocou os vídeos na pauta do dia. Quem não gosta de ver o que está rolando por aí e divertindo multidões? O Baixa definição (www.info.abril. com.br/noticias/blogs/baixadefinicao) traz alguns desses vídeos virais que fazem sucesso na web brasileira e mundial. Acompanhe para rir também.

D I C AS I NFO I 81

blogs-Mat33.indd 81

07.05.11 03:48:49


SESSÃO NOSTALGIA Lembra-se dos primeiros celulares com câmera? Chegou a ver de perto um Palm III? Sabe quem ganhou o Prêmio INFO em 1998? Divertido e informativo, o blog Ctrl Z (www.info.abril.com.br/noticias/blogs/ctrlz) proporciona essa volta ao passado da tecnologia.

WINDOWS EM FOCO Especialista em Windows desde sua primeira versão, o editor sênior Carlos Machado explora o universo do sistema operacional da Microsoft no blog Estação Windows (www.info.abril.com.br/noticias/blogs/ estacaowindows), com informações, testes, discussões e tendências. Vale a pena acompanhar.

CANTINHO OPEN SOURCE Adeptos dos sistemas abertos encontram no Zona livre (www.info.abril.com.br/noticias/blogs/zonalivre) um espaço para se informar e conhecer alguns dos projetos de maior destaque na área de código aberto, apresentados pelo chefe do INFOlab Luiz Cruz.

NO RASTRO DO GOOGLE O Google é a empresa mais influente do mundo e está no dia a dia de todos nós. Então, nada mais oportuno do que seguir seus passos. Ligadíssimo em todos os movimentos da empresa, o editor Maurício Moraes noticia, comenta e debate com fãs e detradores da companhia de Larry Page e Sergey Brin no blog Na linha do Google.

APRENDA AQUI Mesmo quem é fera no uso do computador vez ou outra precisa de uma ajuda. O editor Juliano Barreto dá a ajuda que você precisa para resolver uma série de problemas do dia a dia no blog Como se faz (www.info.abril.com.br/noticias/blogs/como-se-faz).

Droids

Bit no carro

Trending blog

Blog da INFO

www.info.abril.com.br/ noticias/blogs/droids

www.info.abril.com.br/ noticias/blogs/bitnocarro

www.info.abril.com.br/ noticias/blogs/trending-blog

www.info.abril.com.br/ noticias/blogs/info

Tudo sobre o Android, o sistema que mais cresce no segmento mobile.

A tecnologia está cada vez mais sobre quatro rodas.

Acompanhe as principais tendências na web.

Um espaço para você ficar informado sobre tudo que rola na INFO.

Fique fã!

INFO games

Planeta verde

INFO ao vivo

#OMG

www.info.abril.com.br/ noticias/blogs/info-games

www.info.abril.com.br/ noticias/blogs/planetaverde

www.info.abril.com.br/ noticias/blogs/infoaovivo

Fique por dentro dos games mais quentes e os jogos casuais mais infames.

Os projetos ecológicos que prometem tornar o mundo melhor.

Siga ao vivo alguns dos principais eventos de tecnologia.

www.info.abril.com.br/ noticias/blogs/omg

Um blog sobre o que está causando sensação na web.

82 I DI C AS IN FO

blogs-Mat33.indd 82

07.05.11 03:48:57


89 blogs e cia