__MAIN_TEXT__

Page 1

I M P R E S S O

ENVELOPAMENTO AUTORIZADO PODE SER ABERTO PELO CORREIO

R$ 9,90

Em Calendário, a Mido versão

carnaval Os desafios da

economia brasileira em Dicas & Estratégias Hello Kitty Vision Line

Um deus da moda em Mondo Fashion


Feliz 2014! www.facebook.com/revistaview www.twitter.com/revistaview www.revistaview.com.br


s o l u c ó a t plane

136

dezembro 2013:janeiro 2014

sumário

4

A mensagem do publisher Flavio Bitelman

Antonia Fontenelle: #revistaview nas redes sociais

10

Jogo Rápido As notícias do universo dos óculos

A cobertura dos eventos de óptica no Brasil e no mundo

14

A óptica no mundo

Hall of Frames Famosos e seus óculos Juliana Alves: boa de óculos

o s s e c su

24

Espaço do Eric Dez anos depois, a hora de dizer adeus. O colunista Eric Gozlan despede-se dos leitores

dezembro:2013

O que moveu a VIEW durante a produção deste número

Aconteceu

20

VIEW 136

Diário da redação

8 Envision Tour: Ray-Ban traz Chromatics a São Paulo

2

6

Editorial

26

Dicas & Estratégias Provar

O professor Carlos Eduardo Furlanetti apresenta os desafios da economia brasileira

As novidades das maiores corporações ópticas do planeta

Kate Spade: renovação com a Safilo


sucesso

30

Varejo & Experiência O colunista Richard Vinic faz um convite à inovação

32

Vitrine Os lançamentos de produtos da temporada

Mondo Fashion

40

Antes, Yves Saint Laurent. Agora, Saint Laurent. A trajetória de uma grife que fez e continua fazendo história no universo da moda

45 gale ria vis ão

Um guia com todas as feiras ópticas de 2014 pelo mundo afora

72

A força do estilo retrô é o tema do colunista Miguel Giannini

46

As palavras da editora Andrea Tavares

Foco As notícias dos fornecedores do mercado

54

Calendário Especial Milão

66

Dicas de Milão e da Mido versão carnaval

70

Armação do Cipis

Anunciantes

A visão lúdica e bem humorada do artista plástico Marcelo Cipis sobre o universo da óptica

Andrea Tavares

Um outro olhar

Hello Kitty Vision Line

serviços Calendário

Coluna do Miguel

Debora Nascimento

Divulgação

136

48

IT!: Sabrina Sato dá as caras no Planeta Óculos

Evokar: Evoke e Afroreggae juntos

Fernanda Guedes

Grmisiti

J. Egberto

Paty Chequetti dezembro:2013

VIEW 136

3


editorial

O jogo dos

publisher Flavio Mendes Bitelman flaviobitelman@revistaview.com.br

negócios

editora Andrea Tavares (MTb. 16.030) andreatavares@revistaview.com.br diretora de arte Débora Nascimento deboranascimento@revistaview.com.br gerentes de marketing e comercial Fernanda Ferret fernandaferret@revistaview.com.br

Cada vez mais o universo dos negócios se torna complexo. São clientes, fornecedores, sócios, bancos, governo, concorrentes com características complicadas e unidos por objetivos distintos e comportamentos às vezes estranhos ou difíceis de entender. Sem falar nos fatores sob os quais não é possível manter controle e que afetam diretamente os negócios (como economia, política, geografia, sociedade etc.), influenciando e ajudando ou atrapalhando os negócios.

Um ano novo de ótimas vendas! Flavio Mendes Bitelman Publisher

flaviobitelman@revistaview.com.br

4

VIEW 136

dezembro:2013

secretária de redação Cristiana Brito cristianabrito@revistaview.com.br gerente administrativa Juliana Vasconcelos administracao@revistaview.com.br

Kriz Knack

Às vezes, os fornecedores também são concorrentes, bancos podem se tornar sócios e concorrentes, aliados. Essas mudanças têm sido vistas em vários segmentos. No universo da tecnologia, há vários exemplos: a Microsoft, dona do sistema operacional Winforças em um projeto especifico com os concorrentes dows, que é usado por várias empara ir atrás de uma certa estratégia e mais sucesso. Esse presas de computadores e celumovimento já ocorre no mercado imobiliário: recentelares, comprou a Nokia e concorre mente, várias corretoras se uniram em uma holding, em diretamente com ela pelos clienque todas são sócias. O mesmo se deu no ramo de setes. A gigante de vendas online guros com a união de várias corretoras de seguros em Amazon, que fabrica o leitor eleuma holding, mas que continuam a concorrer entre si. trônico Kindle, oferece gratuitaE o que fazer quando um fornecedor se associa a um mente a usuários do iPad (seu conconcorrente como tem ocorrido com vários laboratórios corrente) um aplicativo que perópticos? Será que ir ao colo do concorrente é a solução mite a leitura de textos formatados ou se juntar a ele é a melhor saída? para o Kindle, evitando que preciO mundo está cada vez mais dinâmico e situações, até sem comprar seu leitor. O fabrientão improváveis, passam a acontecer. Enquanto a cante do principal chip do iPhone Kodak, por exemplo, um “gigante pela própria natué a Samsung, principal concorreza”, morre, uma pequena empresa de 13 funcionários rente da Apple no mercado de ceno ramo da imagem e da fotografia (o Instagram) foi venlulares e tablets com o seu Galaxy. dida em pouco tempo para o Facebook por US$ 1 bilhão. Pensando nisso, será que seu Que 2014 traga muitas ideias e perspectivas para ser concorrente também não pode mais e mais criativo nos negócios e na vida, com mais ser seu sócio? Nada impede unir qualidade de vida e mais lucros.

Nara Monteiro naramonteiro@revistaview.com.br

gerente de circulação Judith Belleza judith@brandmember.com.br projeto do logotipo Kiko Farkas (Máquina Estúdio) projeto gráfico Débora Nascimento projeto editorial Andrea Tavares colaboradores Carlos Eduardo Furlanetti Eric Gozlan • Fernanda Guedes Graziela Canella • Ivani Migliaccio J. Egberto • Kriz Knack Marcelo Cipis • Marisa Giraldis Miguel Giannini • Paty Chequetti Pauliane Claro • Richard Vinic computer to plate e impressão Ipsis Gráfica e Editora S.A. circulação Nacional tiragem 15 mil exemplares assinaturas 11 3971 4372 assinaturas@revistaview.com.br As opiniões expressas nos artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. Nenhuma parte desta edição (textos ou imagens) pode ser utilizada ou reproduzida em qualquer meio ou forma, seja mecânico ou eletrônico, fotocópia, gravação etc. e tampouco apropriada ou estocada em sistema de banco de dados sem a autorização prévia e por escrito da Jobson Brasil. A revista VIEW é uma publicação da Jobson Brasil Ltda. para o setor óptico-oftálmico. Rua Cônego Eugênio Leite 920 - Pinheiros São Paulo/SP - 05414-001 Tel. 11 3061 9025 Fax 11 3898 1503 revistaview@revistaview.com.br www.revistaview.com.br


Š 2013 Michael Kors. Style: Sadie. Tel:

0800 707 1516


o ã ç a d e r a d diário

136

dezembro 2013:janeiro 2014

diário da redação

#GUIAVIEW2014 Junto desta edição da VIEW, você recebe o GUIA VIEW 2014, com todas as informações atualizadas dos fornecedores do mercado. Trabalhamos de agosto a dezembro colhendo e processando informações para então atualizar todos os dados. Nesta edição, investimos na cor do ano, o orquídea selvagem, eleita pela Pantone, a gigante norte-americana dos sistemas de cor, para a capa, que ganhou o talento da diretora de arte Débora Nascimento. Caso você necessite de outros exemplares, faça contato com a gente.

mãos a m e m o te r! Você ga a você com o o t i e l o e Milã 3 e che querid Salve, encerra 201 e traz dicas d sonha) ue nt só VIEW q vo ano. A ge ja (ou ainda (em e o no m plan italiana Mid ondo e u q a r pa , um M a feira visitar o, página 54) á de especial al ári Calend ágina 32) par que nasceu rife e se n (p Fashio rajetória da g recentement t m com a t Laurent ” e Laurent ”, se s n ai int ento “ Yves S mou em “Sa pleto dos ev ina r g transfo lendário com alendário, pá ica C ópt o ca falar d em 2014 (em ícias sobre a ágina p ot ica de ópt portantes n ca no mundo, pti e im 66) e d ional (em A ó ima leitura! ac a ót intern 14). Um

#HoraDeDizerAdeus Depois de uma década de serviços prestados, o querido colunista Eric Gozlan despede-se de nossas páginas. Agradecemos imensamente a sua parceria todos esses anos e desejamos sucesso em seus novos desafios profissionais. Em breve, voltamos à cena com um novo colunista, que já está em fase de produção de ideias e textos. Aguarde!

#REVISTAVIEW Tendo como inspiração a conexão do real com o virtual da seção “Enquanto isso na Web...” do DIÁRIO VIEW, lançamos a seção #REVISTAVIEW, que fica na página do Fale com a VIEW, em Jogo Rápido, exibindo foto publicada no Instagram com a hashtag (em inglês, o sinal de jogo da velha que vem na frente dos assuntos para classificálos nas redes sociais, cuja pronúncia é algo como “RÉ-chi-té-gui”) #revistaview. Com isso, a partir de agora, a gente vai monitorar a nossa hashtag nas redes sociais e, a cada edição, escolheremos a melhor imagem para publicá-la (com o devido crédito). Participe!

www.facebook.com/revistaview www.twitter.com/revistaview www.revistaview.com.br revistaview@revistaview.com.br 6

VIEW 136

dezembro:2013

“VÍ-u” VIEW =

#AtéBreve A gente fica por aqui desejando-lhe um ano novo especialíssimo, com muito sucesso e evolução pessoal e profissional. No começo de fevereiro, estaremos de volta com a VIEW 137 e mais conteúdo para você desfrutar. Até lá! ☺

www.revistaview.com.br


ray-ban.com


jogo rápido

o que é noticia no mercado

Um quê de celebridade. A atriz Antonia Fontenelle (@ladyfontenelle) usou o #revistaview no Instagram e no Twitter para agradecer o espaço que sua coleção de óculos, recém-lançada pela Luxx, ganhou na VIEW 135.

as das pesso % 0 7 e d is Ma des gam nas re que nave gs* am hashta sociais us eus stão em s quando e tal cai es. Esse to n o h p rt a sm avegam quando n para 30% res. mputado de seus co

Divulgação

Tem perfil no Instagram ou no Facebook e tirou uma foto linda e/ou criativa que tem tudo a ver com óculos, visão, óptica ou algo mais relacionado ao mercado? Publique com a hashtag #revistaview e então sua imagem pode ser publicada na VIEW.

anúncios

Você tem comentários, sugestões, críticas ou dúvidas sobre a VIEW? Ou então quer divulgar notícias de lançamento de produtos ou novidades sobre a sua óptica? Faça contato com a editora Andrea Tavares na redação.

Deseja anunciar? Procure uma das gerentes de marketing e comerciais da Jobson Brasil. ma rk

matérias

ng e come eti

Fernanda Ferret Tel. 11 3061 9025 ramal 109 fernandaferret@revistaview.com.br

e

ra

Andrea Tavares Tel. 11 3061 9025 ramal 105 andreatavares@revistaview.com.br

rketing

o edit

ma

assuntos gerais

aç ão

Cristiana Brito Tel. 11 3061 9025 ramal 108 cristianabrito@revistaview.com.br

Nara Monteiro Tel. 11 3061 9025 ramal 104 naramonteiro@revistaview.com.br

de re d ária et

sec r

Está precisando de algum apoio ou esclarecimento e não sabe como fazer? Fale com a secretária de redação.

mercial co

atendimento ao assinante Quer assinar a VIEW? Já é assinante e tem alguma dúvida? Ligue para a nossa Central de atendimento no 11 3971 4372.

al rci

fale com a

70%

* hashtag (em inglês, o sinal de jogo da velha que vem na frente dos assuntos para classificá-los nas redes sociais, cuja pronúncia é algo como “RÉchi-té-gui”). Fonte: History of #Hashtags em Offerpop.com.


aconteceu

o que anda acontecendo por esse mundo afora

Mercado tem novos montadores O auditório da Câmara Municipal de São Paulo, no centro da cidade, foi o palco da formatura da quinta turma de Montador Óptico da Fundação Abióptica, o braço social da Associação brasileira da indústria óptica (Abióptica), em 26 de novembro. Os 16 formandos

itani), rina (Ótica M Norberto Fa ransitions), Oriete (T s José Alve Johns e ni), Vanessa Farina (Mita ccon (Transitions) Sa ne lia Ju

Adriana Cardoso

receberam sua certificação em cerimônia promovida pela Transitions. O projeto tem o apoio da Fundação Pescar.

Kriz Knack

Edy e Maurício Titelbaum (Optitex) com José Alves (Transitions)

10

Alexandre Santos

Anna Beatriz Nascimento

Emerson Santana

Ésio Almeida

Felipe Brasileiro

Gabriel Amorim

Jaqueline Gelain

Jaylla Mota

Larissa Rodrigues

Letícia Andrade

Valeria Silva

Victor Goes

Vitor Remorino

Wesley Dorsa

Yrlly Ferreira

VIEW 136

dezembro:2013

www.revistaview.com.br


Norberto Farina (Ótica Mitani, São Paulo), Lui s Pinguello (Fundação Abióptica) e Edy Titelbaum (Optitex)

Transitions (na frente, à Os formandos com José Alves da uelo (na frente, à direita) esquerda) e o professor Luis Ping

Marchon Brasil turbinada no esporte Em novembro, a Marchon Brasil deu a largada para o ano de 2014, que terá um marcante caráter esportivo pelo fato de a empresa contar com a Nike em seu portfólio, marca mais que badalada em ano de Copa do Mundo, e também porque reserva para o novo ano o lançamento de mais uma marca de DNA esportivo - a Dragon, destinada, predominantemente, a praticantes de esportes de ação.

www.revistaview.com.br

A equipe da Marchon Brasil reunida com atletas Nike na reunião Nike Vision

Rio de Janeiro, 24 de novembro Ao centro, os atletas Nike Franck Caldeira e Vanderlei Cordeiro com Rejane Dias e Carolina Souza (Marchon)

O ator Kiko Pissolato, no ar como o motorista O ator Felipe Titto, o mordomo Wagner na Maciel da novela novela Amor à Vida global Amor à Vida

dezembro:2013 VIEW 136

Divulgação

Para começar, realizou em 18 de novembro, em São Paulo, um encontro Nike Vision, a fim de apresentar à equipe os desafios e as metas para esse ano tão especial. O evento contou com a participação do maratonista brasileiro Franck Caldeira, medalha de ouro no Jogos Pan-americanos do Rio de Janeiro, em 2007. No domingo seguinte, mais especificamente, em 24 de novembro, foi a vez de participar, na condição de patrocinadora, do Festival dos Esportes promovido pela Nike na Praia do Forte, em Copacabana, que contou com a corrida de rua Nike Rio Corre 10k, apresentações esportivas, shows e a apresentação do novo uniforme da Seleção Brasileira para a Copa do Mundo da Fifa, em junho.

São Paulo, 18 de novembro

11


aconteceu

o que anda acontecendo por esse mundo afora

Ray-Ban em mais uma noite de rock A Ray-Ban, marca da Luxottica, promoveu em 27 de novembro, no espaço Grand Metrópole, antigo cinema no centro da capital paulista, a festa Ray-Ban Envision Tour para celebrar o encerramento do projeto RayBan Festivals Tour, conjunto de

O Chromatics em ação no palco da Ray-Ban Envision Tour

pos torino Cam

A noite teve grupo britâ performance dos mem nico Mystery br Jets como DJ os do s

Ariel Martini

O estilista Vi

Divulgação

iago Pethit

O cantor Th

Grmisiti

ações executadas durante os festivais de rock Dosol, Coquetel Molotov e Vaca Amarela, que ocorreram nos meses de outubro e novembro, respectivamente, em Natal, Recife e Goiânia. A noite contou com DJ set do grupo britânico Mystery Jets e show da banda norte-americana Chromatics, pela primeira vez no país.

Ruth Radelet (Chromatics) e Ennio Perrone (Luxottica)

r

alho, criado Daniel Carv O blogueiro em Katylene da personag

12

VIEW 136

dezembro:2013

ora e A apresentad Lamarca rla Ca o el od m

www.revistaview.com.br


JULIAN WILSON

WHERE SOME LOSE S I G H T, O T H E R S N E V E R STOP LOOKING. I N T R O D U C I N G B R E A D B O X™ W I T H

H D P O L A R I Z E D™ T E C H N O L O G Y

©2013 Oakley, Inc. | Facebook.com/OakleyBrasil


a óptica no mundo

um giro pelo universo da óptica

Marcolin e Rivoli Expansão no Oriente Médio A Marcolin incrementou sua parceria com o Rivoli Group, importador, distribuidor e varejista no segmento de luxo com sede em Dubai, a fim de expandir sua participação no Oriente Médio. Trata-se da parceria de médio e longo prazos para que o Rivoli Group, dono de uma rede de 300 lojas de produtos de luxo, atue como principal distribuidor da corporação italiana naquela região do mundo. Com isso, adicionou ao seu portfólio as marcas 55DSL, Diesel e Swarovski – até então, distribuía DSquared2, Just Cavalli, Montblanc, Roberto Cavalli, Timberland, Tod’s, Tom Ford e Web.

Essilor Aquisição na China A corporação francesa adquiriu 50% das ações da empresa chinesa Xiamen Yarui, produtora de óculos solares com 850 funcionários e receita de € 42 milhões em 2012. Com fábrica na cidade de Xiamen, no sudeste da China, a Xiamen Yarui produz modelos solares posicionados no segmento de fast fashion de preço médio comercializados no país sob várias marcas, entre elas Bolon e Molsion, e tem presença em cerca de 30 mil pontos de venda, divididos entre ópticas e lojas de departamentos. Segundo o CEO da Essilor, Hubert Sagnieres, “a compra de parte da Xiamen Yarui potencializa a participação do grupo francês no segmento de óculos solares planos e prescritivos e confirma o seu compromisso com a proteção da saúde visual”. De acordo com a Essilor, o mercado mundial de óculos solares planos representa um total de vendas de mais de 450 milhões de pares anuais e está crescendo cerca de duas vezes mais rápido que o segmento de óculos de lentes corretivas. Na China, as vendas estão estimadas em mais de 50 milhões de pares por ano, com crescimento de dois dígitos.

Safilo Kate Spade: renovação e expansão No final de novembro, a corporação italiana anunciou a extensão por três anos do contrato de criação, fabricação e comercialização da coleção de óculos da marca norte-americana Kate Spade e também a expansão de suas relações com a grife ao assinar o contrato de cinco anos para a operação de óculos da versão masculina da grife, a Jack Spade. Ambos acordos têm vigência até dezembro de 2018.

Warby Parker etc. Bons de emprego A revista de negócios norte-americana Inc., especializada em empreendedorismo, incluiu três empresas que atuam na área da visão em seu ranking anual Hire Power Awards, que aponta os melhores criadores de emprego dos Estados Unidos: Warby Parker, Modernizing Medicine e Starmount. Enquanto as duas últimas foram incluídas apenas em subcategorias do ranking, a Warby Parker, inicialmente um site norte-americano de óptica que se destacou no mercado por conta de sua postura revolucionária e iconoclasta com a comercialização de armações de receituário e lentes de grau online e que neste ano também entrou no ramo do varejo físico e já conta com dez pontos de venda espalhados pelo país, figura no ranking principal como a 47ª melhor criadora de empregos dos Estados Unidos - levando-se em conta apenas o estado de Nova York, a empresa ocupa a 4ª posição. O ranking de criadores de empregos da Inc. classifica as companhias que criaram mais postos de trabalho de jornada integral nos últimos três anos. Fonte: V-Mail, o informativo virtual do Vision Monday, publicação da Jobson Publishing.

14

VIEW 136

dezembro:2013

www.revistaview.com.br


a óptica no mundo

um giro pelo universo da óptica

Safilo

Marcolin e Viva

Novo diretor comercial

Conclusão da aquisição

A corporação italiana tem um novo comando na área comercial. Trata-se do executivo finlandês Henri Blomqvist, com passagem de dez anos na Procter & Gamble, que assumiu o recém-criado cargo de diretor comercial global. Segundo a CEO (do inglês, "Chief Operating Officer", sigla que denomina o cargo de diretor executivo), Luisa Delgado, essa nova posição será crucial na transformação da Safilo em uma empresa global, que aproveita as sinergias em todo o mundo de forma eficaz, mas também preserva o empreendedorismo local.

A Marcolin terminou 2013 já podendo chamar a Viva de sua. Após anunciar a compra da companhia norte-americana no final de outubro, obteve as aprovações necessárias das autoridades reguladoras e, com isso, recebeu o ok para concluir a transação na primeira semana de dezembro. “A combinação das duas empresas cria uma líder de primeira importância para o mercado óptico mundial”, afirmou o CEO (do inglês, "Chief Operating Officer", sigla que denomina o cargo de diretor executivo) da Marcolin, Giovanni Zoppas. Em 2012, a Viva comercializou 8,5 milhões de peças, obteve um recorde de vendas de US$ 190 milhões e contabilizou mais de 160 representantes somente no mercado norte-americano. Já a Marcolin vendeu 5,5 milhões de óculos, divididos entre mais de 700 modelos. Em entrevista exclusiva ao Vision Monday, publicação da Jobson Publishing norte-americana, Zoppas informou que os executivos das duas empresas estão focados em reunir o potencial das duas corporações e enfatizou que está sendo adotada uma abordagem de governança em vez de uma abordagem de reorganização. “Consideramos a situação da Viva, especialmente nos Estados Unidos, valiosa de muitas formas. Da sua posição no canal óptico e de seu portfólio de marcas à habilidade de sua equipe e do relacionamento com os clientes e reconhecemos o quanto tudo isso é complementar à presença internacional da Marcolin, às suas marcas de luxo e moda e à herança italiana. O objetivo é aprimorar esse cenário, ampliando a posição da Marcolin no canal óptico e expandindo a atuação internacional da Viva e sua presença no segmento de óculos solares”, afirmou. O executivo Fabrizio Gamberini, CEO da Marcolin USA (região que inclui Estados Unidos, Canadá, México, Américas Central e do Sul, à exceção do Brasil), também assume a posição de CEO da Viva International Group. Por enquanto, as sedes norte-americanas das duas empresas (Marcolin, no Arizona, e Viva, em Nova Jersey) seguirão atendendo o mercado até que uma avaliação mais criteriosa permita considerar as sinergias entre elas. Antes da aquisição, as vendas da Marcolin dividiam-se entre 60% de modelos solares e 40% de armações de receituário, enquanto a Marcolin contabilizava 80% de receituário e apenas 20% de solares. De acordo com Zoppas, a meta agora é equilibrar igualmente os dois segmentos.

FGX International Compra da Suntech Optics A companhia norte-americana FGX, subsidiária da Essilor International e uma das líderes em produção de óculos não prescritivos, isto é, os óculos prontos de leitura, divulgou a conclusão da aquisição da Suntech Optics, empresa com sede na cidade canadense de Vancouver e receita anual em torno de US$ 15 milhões. Os termos da negociação, que incluiu também a compra da Naked Eye Enterprises e da Bugaboos Eyewear Corporation, não foram revelados. A Suntech Optics tem 41 anos de atuação nos segmentos de óculos solares e óculos prontos para leitura comercializados sob as marcas Solair e Infokus em farmácias, supermercados e outros canais de distribuição de massa em todo o Canadá, que somam mais de 2,8 mil pontos de venda. Já a Bugaboos Eyewear existe há 29 anos e tem como foco o canal esportivo com os óculos para performance Ryders Eyewear, presente em mais de 1,8 mil lojas nas Américas do Norte e Sul e também na Europa. Com um portfólio de marcas próprias como Foster Grant, Gargoyles, Solar Shield, Magnavision, Corinne McCormack e Anarchy, além de marcas licenciadas como Body Glove, Disney, Dockers, Ironman e Nine West, a FGX tornou-se parte do grupo Essilor no início de 2010, em uma transação avaliada em cerca de US$ 575 milhões. Esse movimento da Essilor revela ainda mais suas intenções de expandir os negócios no segmento de solares. Em comunicado do vice-presidente sênior, Eric Thoreux, responsável pela estratégia de lentes solares e óculos para leitura da empresa, “ao expandir o portfólio de marcas do grupo, essa aquisição reforça a liderança da FGX nos segmentos de óculos de leitura e solares, particularmente no Canadá. De forma geral, atesta o compromisso da Essilor de trazer soluções inovadoras de saúde e conforto", disse. 16

VIEW 136

dezembro:2013

Fonte: V-Mail, o informativo virtual do Vision Monday, publicação da Jobson Publishing. www.revistaview.com.br


a óptica no mundo

um giro pelo universo da óptica

Special Olympics

Adlens

Morte do fundador

Presença em Portugal

Morreu repentinamente em 10 de novembro o optometrista, especialista em visão para o esporte, e fundador dos programas Opening Eyes e Healthy Athletes da Special Olympics, Paul Berman, aos 62 anos. Nascido em Manhattan em 1950, graduou-se na faculdade de Optometria da Pacific University em 1975 e, no ano seguinte, fundou a Focus Eye Health & Vision Care em Hackensack, no estado de Nova Jersey. Além de fundar os programas Opening Eyes (do inglês, “Abrindo os olhos”) e Healthy Athletes (do inglês, “Atletas saudáveis”) oferecendo atendimento visual aos membros da Special Olympics (organização internacional fundada na década de 60, sem fins lucrativos, para oferecer oportunidades a portadores de deficiência mental por meio de treinamentos e competições esportivas), Berman atuava como diretor clínico global dos programas. Desde sua criação, em 2001, o Opening Eyes já examinou mais de 325 mil atletas. Sob a liderança de Berman, o programa congrega atualmente 20 mil voluntários em 80 países, ajudando a fornecer mais de 100 mil armações de receituário para atletas olímpicos especiais.

Logo depois de divulgar a parceria com a OptiClass para a distribuição de seus produtos no Brasil (VIEW 135), a companhia inglesa, líder mundial no segmento de óculos de foco variável, segue expandindo mercados e tem agora um distribuidor em Portugal. Trata-se da City Eyes Trading, empresa com mais de três décadas no mercado local, com atuação predominante nos segmentos de óculos para crianças e adolescentes.

MyOptique Group Investimento para crescer O MyOptique Group, um dos líderes na Europa de vendas do varejo óptico online com os sites Glasses Direct e MyOptique (ambos de óculos de grau), Sunglasses Shop (óculos solares) e LensOn (lentes de contato) anunciou investimentos de 8 milhões de libras e a contratação de um novo presidente para turbinar seus agressivos planos de expansão internacional. Trata-se do executivo Maurice Helfgott, fundador e líder do Amery Capital. O MyOptique Group foi rebatizado de Prescription Eyewear Ltd. no início deste ano a fim de transmitir o conceito de que agora é um prestador de serviços em todas as categorias-chave da óptica. Foi lançado originalmente em 2005 com o nome de Glasses Direct e, em 2011, comprou a Sunglasses Shop, o maior site de venda de óculos de sol premium da Europa. Vive seu segundo ano de rentabilidade e a estimativa é de fechar 2013 com receita bruta de vendas no varejo de cerca de mais 35 milhões de libras.

Safilo Saída definitiva de Vedovotto Em 19 de junho, a Safilo veio a público comunicar a saída do então CEO, Roberto Vedovotto, e a contratação da executiva Luisa Delgado, que assumiu o cargo em 15 de outubro, conforme noticiou a VIEW 133. Naquela altura, informou-se que Vedovotto continuaria integrando o conselho diretivo da empresa com função não executiva. Tal situação se alterou em 8 de novembro, quando foi anunciado o seu desligamento do conselho com o objetivo de buscar novas oportunidades profissionais e também que Vedovotto não possuía nenhuma ação da Safilo Group. Doze dias depois, o conglomerado francês de marcas de moda e luxo Kering (previamente denominado como PPR Pinault-Printemps-Redoute) divulgou a contratação do executivo, que será responsável pela estratégia do segmento de óculos de todas as grifes do grupo a fim de otimizar e desenvolver os negócios. O portfólio do Kering inclui marcas como Balenciaga, Bottega Veneta, Boucheron, Gucci, Puma, Saint Laurent, Stella McCartney e Volcom.

Fonte: V-Mail, o informativo virtual do Vision Monday, publicação da Jobson Publishing.

18

VIEW 136

dezembro:2013

www.revistaview.com.br


hall of

gente famosa e seus óculos

Frames

Celebridades que desfilam seus óculos diante dos flashes Fotos J. Egberto

O humorista Dedé Santana é mais um a optar pelos óculos para proteger seus olhos dos flashes dos paparazzi

Uma armação de receituário de perfil super criativo emoldura (bem) a beleza da atriz Juliana Alves

20

VIEW 136

dezembro:2013

Ao lado do colega José Wilker, o ator e autor Marcos Caruso ocupa o topo dos famosos amantes de óculos de graus criativos

Solares redondos de lentes dégradés super estilosos e blusa que bebe na fonte da arte cubista é a combinação fashion da atriz Cássia Kiss


O apresentador Pedro Bial faz o estilo discreto com sua armação flutuante

A atriz e apresentadora Cissa Guimarães dá o toque final a seu look casual com um aviador Ray-Ban todo preto Chique e cheia de atitude, a atriz Nathalia Timberg arrasa na armação de acetato preto de proporções avantajadas

Usuário de óculos, o ator José Loreto, aparece sempre com novas armações e dá bom exemplo aos consumidores do produto. Dessa vez, optou por uma peça cinza de ar retrô e frontal de “pegada” geométrica www.revistaview.com.br

Entra ano, sai ano e a atriz Danielle Winits mantém-se fiel ao Ray-Ban Wayfarer

dezembro:2013

VIEW 136

21


tecnologia com Eric Gozlan

eric gozlan

espaço do eric

Hora de uma nova o óptico francês está estabelecido em Curitiba com a óptica Eric Gozlan Lunettes

etapa Quando eu era pequeno, queria ser professor de matemática; o ensino e as matérias cientificas sempre me atraíram. Entrei na faculdade de Matemática e no primeiro ano comecei a trabalhar em paralelo em uma óptica para pagar meus estudos. A paixão foi instantânea: desisti na hora da Matemática e comecei a cursar Óptica e Optometria com um imenso prazer. Trabalhei em diversas lojas na França até ter a bela oportunidade, em 1998, de vir para o Brasil a convite de um fornecedor de lentes oftálmicas. Minha missão? Treinar e ensinar os profissionais locais sobre óptica. Tudo que eu amava! Mas logo outra paixão surgiu, dessa vez pelo país e pelos brasileiros. E com isso já se passaram 15 anos de uma estada prevista para durar apenas 16 meses! No fim deste ano, decidi encerrar a minha participação na revista, pois devo priorizar meus objetivos profissionais. Agradeço ao publisher Flavio Bitelman, que me deu a oportunidade de ser colunista da VIEW durante dez anos e poder perpetuar o que mais amo: ensinar óptica. Agradeço também à editora Andrea Tavares, que esteve a meu lado durante todo esse tempo. Graças a ela, meus textos se tornaram agradáveis de ler e, sobretudo, sem nenhum erro de português! Espero ter contribuído ao longo dessa década para melhorar o seu dia a dia. Desejo-lhe uma super visão a fim de que você possa sempre enxergar além do horizonte. Mantenho-me à disposição no meu e-mail pessoal: eric@visao.org. Um feliz 2014 e boas vendas sempre!

24

VIEW 136

dezembro:2013

www.revistaview.com.br


dicas & estratégias

desempenho profissional em jogo

Os desafios da

economia brasileira Artigo Carlos Eduardo Furlanetti Arte Paty Chequetti

Em mais um artigo que celebra a parceria entre a VIEW e a renomada instituição educacional de varejo, o Provar, o professor Carlos Eduardo Furlanetti analisa a economia mundial e avalia as oportunidade de crescimento para o Brasil. Questões conjunturais e estruturais colocam em xeque o modelo de desenvolvimento econômico adotado no Brasil na última década. Isso porque as condições para o desenvolvimento econômico brasileiro nesse período já não existem mais, vale observar as ameaças e as oportunidades que se configuram ao país a partir de uma perspectiva mais ampla.

Os riscos do oriente médio - A intensificação de conflitos sociais e políticos em países do mundo árabe, como é o caso do Egito, e o aumento da tensão entre Israel e o Irã trazem riscos estruturais à economia internacional. A região do Golfo Pérsico é importante fornecedora de petróleo para o mundo. Como consequência, o preço do barril de petróleo tem se mantido em altos patamares, tornando ainda mais difícil a recuperação econômica em vários países.

Europa, recuperação lenta - A crise fiscal dos últimos anos coloca em discussão a capacidade da manutenção do 26

VIEW 136

dezembro:2013


dicas & estratégias

desempenho profissional em jogo

Estado europeu como promotor do bem-estar social e a viabilidade da adoção de uma moeda comum, o euro, sem que existam mecanismos centralizados de controle fiscal sobre os países da comunidade europeia. Os ajustes econômicos promovidos em países como Grécia, Espanha e Portugal têm provocado desemprego e perdas de direitos para segmentos da população, aumentando a tensão social e política, seja em âmbito local ou regional. O cenário mais provável para a Europa é que a recuperação econômica da região leve bastante tempo.

Na China, a alavanca do consumo - A economia chinesa passa por período de transição em seu modelo de desenvolvimento econômico, com prováveis impactos sobre sua política doméstica. O impulsionador do crescimento econômico chinês deverá, nos próximos anos, ser o consumo doméstico. Questões como a má distribuição de renda e a falta de abertura política são desafios que se colocam para o governo chinês. A desaceleração no ritmo de crescimento econômico do país, em andamento, tem impacto sobre a economia mundial, especialmente para países fornecedores de matérias-primas. Recuperação norte-americana - Em contraposição, os Estados Unidos dão sinais consistentes de recuperação econômica, conforme destacou o renomado professor da Columbia University, Albert Fishlow, em uma palestra, em junho, para estudantes do MBA de Finanças do Laboratório de Finanças da Fundação Instituto de Administração (LabFin/Fia). A base dessa recuperação, segundo Fishlow, está na expansão verificada nos investimentos em projetos de inovação nas áreas de tecnologia da informação, biotecnologia e energia, além dos efeitos da prolongada política de expansão monetária adotada pelo Federal Reserve que causou desvalorização do dólar norte-americano, criando condições favoráveis para a recuperação do setor industrial local.

Inibição do consumo - No Brasil, o modelo econômico adotado na última década aproveitou condições favoráveis em termos de troca no comércio internacional, em especial, com vantagem para as commodities agrícolas e metálicas. O avanço no volume de crédito, a implementação das políticas de transferência de renda, o crescimento do emprego e da massa salarial, aliados à diminuição das taxas de juros promoveram, no período, a ascensão de relevante parcela da população à classe média e a redução da desigualdade, impulsionando o crescimento econômico pelo lado do consumo. No entanto, a expansão dos investimentos, especialmente em infraestrutura e no setor industrial, não acompanhou o crescimento do consumo doméstico. O endividamento das famílias, em níveis historicamente elevados, começa a inibir a expansão do consumo. A redução do ritmo de crescimento chinês, em particular, e da expansão da economia mundial, de modo geral, cria um ambiente favorável ao protecionismo comercial, afetando negativamente a balança comercial brasileira. Mudanças inesperadas na forma de contabilização do superávit primário brasileiro e na regulação do setor de energia, por exemplo, acompanhadas pela eclosão de protestos sociais, com demandas abrangentes e dispersas (sem ainda o devido equacionamento fiscal para o atendimento das demandas), acompanhadas pelo crescimento da instabilidade na base de apoio político ao governo, no Congresso Nacional, trouxeram incertezas adicionais ao ambiente de negócios e têm impactado negativamente as expectativas sobre o futuro da economia brasileira. Crescimento sustentável - Considerando esse cenário, a recuperação da credibilidade na condução da política econômica deve ser a prioridade a ser perseguida. As próximas licitações nas áreas do pré-sal e portuária podem indicar o apetite dos investidores para os negócios de infraestrutura no Brasil, elevando o nível de investimentos e confiança, criando bases para um novo ciclo de crescimento no país. Sendo assim, seria prudente que o governo federal não satanizasse o lucro empresarial, evitando a fracassada prática, já testada em processos licitatórios anteriores, de limitar, em níveis baixos, as taxas internas de retorno desses empreendimentos. O Brasil precisa de boas notícias e, principalmente, do capital dos setores privado nacional e internacional para crescer de forma sustentada. Carlos Eduardo Furlanetti é diretor de operações e professor de Finanças do Labfin/Provar da Fundação Instituto de Administração (Fia).

positivo, operante! Quer conversar mais sobre economia com o professor Carlos Eduardo Furlanetti? Faça contato revistaview@revistaview.com.br Rua Cônego Eugênio Leite 920 São Paulo/SP 05414-001

28

VIEW 136

dezembro:2013

www.revistaview.com.br


THIN&HARD TRIVEX® TRANSITIONS® ULTRAX TRIVEX® TRANSITIONS®

LENTES ACABADAS TRIVEX TRANSITIONS. RESISTÊNCIA, QUALIDADE E PRATICIDADE. Resistentes a impacto e tensão, as lentes HOYA Trivex Transitions são ideais para armações três peças (ball grife) e fio de nylon, além de possuir garantia de dois anos contra quebras e trincas. As lentes HOYA Trivex Transitions são as únicas que combinam alta resistência com excelente qualidade óptica, além da tecnologia fotossensível desenvolvida exclusivamente pela Transitions. Transitions e o “Swirl” são marcas registradas da Transitions Optical, Inc. ©2012 Transitions Optical, Inc. O desempenho fotossensível é influenciado pela exposição aos raios UV, temperatura ambiente e material das lentes. Imagens meramente ilustrativas. Trivex é marca registrada da PPG Industries Ohio, Inc.


Richard Vinic fala sobre varejo

InovAção André Penteado

richard vinic

varejo & experiência

Débora Nascimento

Richard Vinic é palestrante, consultor, professor e apaixonado pelo mundo das compras

30

VIEW 136

dezembro:2013

Um dos grandes desafios para qualquer empresa é buscar a originalidade na oferta de produtos e serviços. Com a competitividade cada vez mais crescente, muitas "olham" para seus concorrentes diretos, acompanham suas estratégias e movimentos, procurando reagir com ações muito semelhantes. Com isso, o resultado desse comportamento muito praticado nos últimos anos não poderia ser outro: monotonia. Tudo muito similar, se não parecido. Pensando no processo decisório do consumidor, ao comparar o que a sua óptica oferece em relação às concorrentes, quais os pontos de originalidade que esse consumidor consegue identificar com facilidade? Acredito que a pergunta não seja tão simples de responder, mas talvez essa reflexão seja fundamental ao pensar na perenidade das empresas. Quais são seus pontos de originalidade? Quais são suas vantagens competitivas? Fala-se muito sobre inovação, mas será que as empresas criam de fato um ambiente inovador? Será que há espaço para que seus líderes e funcionários apresentem novas ideias? Um importante guru na área de gestão de negócios e pessoas, o indiano Ram Charan, tem "provocado" muito a busca da diversidade. Segundo ele, diversidade em um ambiente de trabalho é criar um ambiente em que as pessoas possam pensar de forma diferente, muitas vezes questionando práticas consolidadas e até então inquestionáveis. Diferentemente da linha de pensamento de Charan, ainda é possível perceber um comportamento contrário na maioria das

empresas - por falta de maturidade ou para evitar confrontos, a maioria dos líderes cria um ambiente em que os que pensam diferente ou ousam a questionar o status quo percam espaço. Inovar é olhar fora da caixa, ter a liberdade de pensar e fazer diferente. A inspiração para a inovação pode e deve vir de outros segmentos. O caminho é parar de olhar para a loja ao lado e focar no entorno, ampliando o campo de visão. Olhe e ouça um pouco mais seus funcionários. Muitas vezes, as grandes ideias vem dos funcionários, que fazem parte do dia a dia do seu negócio e, por conta da proximidade com os clientes, se tiverem espaço, podem contribuir com grandes sugestões. Finalizando as reflexões de mais um ano, o caminho é inovar (de verdade). A inovação é uma ação que pode fazer toda a diferença em sua óptica!

positivo, operante! Está a fim de falar mais sobre varejo com Richard Vinic? Faça contato varejoexperiencia@revistaview.com.br Rua Cônego Eugênio Leite 920 São Paulo/SP 05414-001 www.revistaview.com.br


mondo fashion

a tradução do universo fashion

A marca criada por um símbolo de ousadia e autenticidade, o mestre Yves Saint Laurent, instituiu clássicos históricos na moda e até hoje se mantém atual pelas mãos do polêmico estilista Hedi Slimane que, ao assumir a grife em 2012, mudou seu nome para “Saint Laurent”. Texto Graziela Canella

Concepção Andrea Tavares

Saint Laurent 1983: campanha da linha de joias com a top brasileira Dalma Callado

Da Argélia à maison Dior A marca leva o nome de seu criador, Yves Henri Donat Mathieu Saint Laurent, nascido em 1º de agosto de 1936 em Ora, no litoral da Argélia, que foi colônia francesa até 1962. Filho de um corretor de seguros, ainda criança, já manifestou interesse por moda, quando elaborava bonecas de papel com roupas detalhadas. Na adolescência, desenhava vestidos para a mãe e as duas irmãs mais novas, Michelle e Brigitte. Aos 17 anos, mudou-se para Paris, onde iniciou um curso na tradicional École de la chambre syndicate de la haute couture (do 32

VIEW 136

dezembro:2013

francês, algo como “Escola da câmara sindical de alta costura”). Suas criações começaram a chamar a atenção ainda durante os estudos e Saint Laurent chegou a ganhar um concurso de novos talentos. Seu primeiro emprego foi como assistente de Christian Dior, a quem foi apresentado pelo editor da Vogue francesa na época, Michel de Brunoff. Começou com tarefas simples, mas aos poucos foi introduzindo suas modelagens nas coleções de alta costura da Dior. 1960: o jovem Saint Laurent na maison Dior


Vestido trapézio: a primeira criação icônica de Saint Laurent para a Dior, nos anos 50

A salvação da França Em 1957, com apenas 21 anos, Yves Saint Laurent assumiu a direção criativa da Dior, logo após a morte de seu fundador. Com a missão de manter o legado e os negócios de Christian Dior, Saint Laurent criou seu primeiro hit - o vestido trapézio, de ombros estreitos e saia evasê, que lhe rendeu o prêmio Neiman Marcus, em 1958, pela contribuição ao mundo da moda. Durante seu desfile de estreia no comando da maison que havia revolucionado a moda do pós-guerra, a jornalista de moda Marie-José Lepicard relatou que as pessoas se entreolhavam e diziam que a França “estava salva”. Nos anos seguintes, introduziu novas contribuições como jaquetas de couro preto, suéteres de gola rolê, bainhas adornadas com pele e a versão curta da saia entravada de Paul Poiret (considerado um dos estilistas mais emblemáticos do início do século 20), com drapeado justo na barra.

Em ação: o estilista em seu ateliê

Independência: luta dupla Apesar de aclamado pela imprensa de moda e pelo público, em 1960 a direção da Dior pediu ao estilista que maneirasse na ousadia dos looks. Em setembro do mesmo ano, Saint Laurent foi convocado pelo exército para voltar a seu país de origem e combater na guerra da independência da Argélia. Foi a deixa para a maison substituí-lo permanentemente pelo também francês Marc Bohan. Enquanto isso, Saint Laurent sofria um colapso nervoso durante o serviço militar e foi levado para tratamento no hospital psiquiátrico Valde-Grâce, de volta a Paris. Recuperado, processou a Dior por quebra de contrato e, no ano seguinte, começou a planejar o lançamento de sua marca própria, com o apoio de Pierre Berger - que havia conhecido em 1958 e viria a ser seu companheiro, investidor, sócio e grande amigo até o final da vida. Em novembro, a dupla assinou acordo com o empresário norte-americano J. Mack Robinson, que investiu US$ 700 mil por três anos em troca de 80% dos lucros. No mês seguinte, inaugurou o primeiro ateliê na Rua Spontini, em Paris. Em janeiro de 1962, apresentou o desfile de estreia da marca Yves Saint Laurent. www.revistaview.com.br

Parceiro da vida: Yves Saint Laurent com Pierre Bergé

Musa: com a estrela francesa Catherine Deneuve, em 1966

Letras entrelaçadas: o antigo logo da grife dezembro:2013

VIEW 136

33


1966: o smoking feminino

mondo fashion

1966: Saint Laurent na abertura da primeira boutique Rive Gauche

a tradução do universo fashion

Roupas para a história Visionário, Yves Saint Laurent começou a criar roupas práticas, mas ao mesmo tempo sofisticadas, que marcaram época, especialmente os anos 60. Em 1962, lançou tendência ao criar batas de jérsei, seda e cetim e também uma japona de lã azul marinho com botões dourados. Em 1963, lançou botas até as coxas, que foram bastante copiadas e, em 1965, introduziu a arte à moda com os vestidos Mondrian, de jérsei branco com silhuetas retas, dotados de linhas verticais e horizontais e espaços preenchidos por cores primárias, uma bela homenagem ao mestre cubista holandês. Uma de suas inovações de maior sucesso veio em 1966, com o lançamento do smoking feminino, composto por calça masculina e camisa branca levemente transparente um escândalo para a época, já que alguns lugares até proibiam a entrada de mulheres vestindo calças. No mesmo ano, tornou-se o primeiro a lançar uma coleção de prêt-àporter ao inaugurar a Yves Saint Laurent Rive Gauche, butique localizada, literalmente, na margem esquerda do Rio Sena (“rive gauche” significa, originalmente, “à esquerda do rio” e é a forma pela qual a parte da cidade situada à margem esquerda do Sena é chamada pelos franceses). O ano seguinte foi marcado pelo lançamento dos calções de veludo - espécie de bermuda até a altura dos joelhos com um laço de fita amarrado nas bainhas; 1968 foi o ano da jaqueta de estilo safári, a clássica Saharienne; enquanto o terninho, os novos modelos de camisas transparentes e a versão da Yves Saint Laurent para homens vieram em 1969.

Moda e arte: o icônico vestido Mondrian Mais um clássico: exemplar do terninho feminino em exposição no Museu de Young, em São Francisco, em 2009

1968: a top alemã Veruschka com o casaco Saharienne

Pronúncia Mais francesa impossível, porém sem muitos mistérios: “Sà lô-RRÔ.

34

VIEW 136

dezembro:2013

t virtual www: Saint Lauren www.ysl.com m/ysl www.facebook.co ysl www.twitter.com/ /ysl om e.c ub ut www.yo


Adeus às passarelas: no canto direito, Catherine Deneuve canta para Yves Saint Laurent

Expansão e despedida

Retrato de mestre: Yves

Nos anos 80, a sigla YSL passou a aparecer nas etiSaint Laurent nos anos 70 quetas de inúmeros produtos licenciados como perfumes, bolsas, chapéus e óculos, sem contar a linha de maquiagem e cosméticos, grande sucesso até hoje. Na mesma década, Saint Laurent foi condecorado pelo então presidente François Miterrand com a Legião de Honra, honraria máxima concedida pelo governo francês. Em 1999, o estilista vendeu a marca para o conglomerado de marcas PPR (sigla para Pinaul-PrintempsRedoute; atualmente, o grupo atende pelo nome Kering), mas permaneceu na direção criativa. Em 2000, o estilista Alber Elbaz, que assinava a linha de prêt-à-porter da grife, foi substituído por Tom Ford, que, na época, também era designer da Gucci, outra marca do PPR. Em 2002, no dia 22 de janeiro, o estilista despediu-se do mundo da moda com um desfile retrospectivo no centro Georges Pompidou, em Paris. Enquanto as principais criações dos 40 anos de trajetória de sua maison saíam da passarela, a atriz Catherine Deneuve, musa do estilista, cantava Ma plus belle histoire d’amour, momento de aplausos e lágrimas para o mestre, que também deixou um icônico discurso de despedida (disponível, em português e na íntegra, em http://goo.gl/Y2Tmxb).

O legado do mestre

Ponto de venda: vitrine em Beverly Hills

Em 2002, depois da despedida de Saint Laurent, Pierre Bergé reuniu um grande acervo de objetos, fotos e roupas para conceber a Fundação Pierre Bergé - Yves Saint Laurent, com sede no número 3 da Rue Léonce Reynaud, no 16º distrito da capital francesa. São mais de 5 mil peças de vestuário, 2 mil pares de sapatos, mais de 10 mil joias e centenas de chapéus criados por Saint Laurent desde o tempo da maison Dior catalogados e exibidos em exposições e retrospectivas pelo mundo afora. Além disso, a fundação também realiza exibições temporárias de artistas plásticos e investe na cena jovem francesa das artes. Ao mesmo tempo em que seu legado era eternizado com a criação da fundação, o gênio adotou uma vida cada vez mais reclusa, dividido entre suas casas na Normandia e no Marrocos. Morreu em junho de 2008, em Paris, aos 71 anos, em consequência de um câncer cerebral.

O jeans, quem diria... Em uma entrevista à revista britânica Dazed & Confused, em março de 2003, Saint Laurent revelou que o smoking feminino foi a sua criação favorita, graças à sensualidade e à emoção libertadora que proporcionou às mulheres. E, quando questionado se tinha algum arrependimento, o gênio confessou: “lamento não ter inventado o jeans”.

dezembro:2013

VIEW 136

35


mondo fashion

a tradução do universo fashion

Amor e moda Apesar do nome, o documentário O louco amor de Yves Saint Laurent (no original, em francês, L’amour fou), estreia na direção do francês Pierre Thoretton, transcende a narrativa da história de amor entre o estilista e seu parceiro Pierre Bergé. Lançado em 2010, o filme é um belo registro da importância incontestável de Saint Laurent para a história da moda, que criou peças importantes para o vestuário e ajudou a estabelecer a força do prêt-à-porter. Com narrativa em primeira pessoa por Bergé, que permaneceu apaixonado pelo designer mesmo após o final do relacionamento dos dois, em 1976, o longa-metragem mostra a face melancólica do mestre, a personalidade normalmente complexa atrelada à genialidade, resgata imagens de desfiles antigos e ícones da marca, além de descrever o amor de um pelo outro em paralelo ao amor pela moda.

Hedi Slimane: comando polêmico da maison Saint Laurent

Na telona: a importância incontestável de Saint Laurent

Outono - inverno 2012-2013: inspiração grunge

Primavera - verão 2013: a leitura Slimane de clássicos de Saint Laurent

A revolução de Slimane

Revolução na identidade visual: Slimane recrutou rock stars como Kim Gordon (baixista do Sonic Youth, no topo), Beck (ao centro), Courtney Love e Marilyn Manson (acima) em sua primeira campanha para a Saint Laurent

36

VIEW 136

dezembro:2013

Com a aposentadoria de Yves Saint Laurent, a marca seguiu com estilo assinado pelo italiano Stefano Pilati. Tão dramática quanto a saída do mestre foi a mudança que chegou em 2012, com a contratação do estilista francês Hedi Slimane - que até então assinava a coleção masculina da Dior - como diretor artístico. A marca então anunciou uma alteração no nome, que passou a se denominar apenas “Saint Laurent”. No novo logotipo, se lê “Saint Laurent Paris”, o que até causou certa confusão sobre qual de fato seria o novo nome. Enquanto a imprensa especializada questionava o propósito de mudar um nome e deixar para trás uma tradição de cinco décadas - sem contar que o nome “Yves” remetia diretamente ao criador da grife - Slimane orquestrava também uma revolução em sua identidade visual e de forma geral, com a intenção de rejuvenescê-la. Mudou o ateliê de Paris para Los Angeles, contratou figuras improváveis como os cantores Marilyn Manson, Kim Gordon e Courtney Love para a nova campanha e buscou inspiração fashion no movimento grunge dos anos 90.


© Johnson & Johnson do Brasil Indústria E Comércio de Produtos Para Saúde Ltda. DEZEMBRO/2013

CHEGOU

1-DAY ACUVUE ® TRUEYE

®

LIBERDADE DE MOVIMENTO COM CONFORTO, PRATICIDADE E A SENSAÇÃO DE ESTAR SEM LENTES.1 VOCÊ SEMPRE TERÁ UM CLIENTE QUERENDO IR PARA UMA FESTA COM MAIS LIBERDADE DE MOVIMENTO. AS LENTES DE CONTATO 1-DAY ACUVUE® TRUEYE® PODEM SER UMA BOA OPÇÃO.

SAÚDE COM CONFORTO

SENSAÇÃO DE ESTAR SEM LENTES DE CONTATO. AGENTE HIDRATANTE QUE AJUDA A PREVENIR A SENSAÇÃO DE RESSECAMENTO 1,3

SAÚDE COM PRATICIDADE

MAIS FRESCOR E PRATICIDADE SEM ESTOJINHOS E SOLUÇÕES DE LIMPEZA 2

SAÚDE PREVENTIVA

PRÓXIMO A 100% DE UVB E MAIS DE 96% DE UVA3

SAÚDE QUE SE VÊ

CLINICAMENTE COMPARÁVEL À SAÚDE OCULAR DE ESTAR SEM LENTES DE CONTATO 1,4

Senofilcon A - 1ACUVUE® OASYS® com HYDRACLEAR® PLUS: Reg.ANVISA 80148620045, 2ACUVUE® OASYS® para ASTIGMATISMO com HYDRACLEAR® PLUS: Reg.ANVISA 80148620054, 3ACUVUE® OASYS® com HYDRACLEAR® PLUS (Bandage): Reg.ANVISA 80148620058, Galyfilcon A - 4ACUVUE® ADVANCE® com HYDRACLEAR®: Reg.ANVISA 80148620026, Etafilcon A - 5ACUVUE® 2: Reg.ANVISA 80148620019, 61-DAY ACUVUE® MOIST®: Reg.ANVISA 80148620052, 71-DAY ACUVUE® MOIST® para ASTIGMATISMO: Reg.ANVISA 80148620064, 8ACUVUE® 2 COLOURS: Reg.ANVISA 80148620013, 9ACUVUE® CLEAR: Reg.ANVISA 80148620021 e 10ACUVUE® BIFOCAL: Reg.ANVISA 80148620016, Narafilcon A - 111-DAY ACUVUE® TRUEYE® com HYDRACLEAR® 1: Reg.ANVISA 80148620065. Caixas com 306,7,11, 61,2,3,4,5,8,9,10 ou 28 lentes de contato (LC). Indicações: LC Esféricas1,4,5,6,9,11: Miopia, hipermetropia (presbiopia em regime de monovisão) afácica ou não afácica. LC Esféricas Coloridas8: Miopia, hipermetropia (presbiopia em regime de monovisão) afácica ou não afácica. LC Bifocais10: Presbiopia afácica ou não afácica associada ou não à miopia ou à hipermetropia. LC Tóricas2,7: Astigmatismo afácico ou não afácico associado ou não à miopia ou à hipermetropia. LC Terapêuticas3: As lentes de contato podem ser prescritas, em determinadas condições ou doenças oculares, como lentes de proteção para a córnea, a fim de aliviar o desconforto e servir como uma cobertura de proteção. O médico Oftalmologista informará se o usuário apresenta essa condição, podendo prescrever medicações adicionais ou programação de substituição para a condição específica. O usuário nunca deve tratar qualquer condição, usando lentes de contato ou medicação para os olhos, sem primeiro consultar o médico Oftalmologista. Contraindicações: Qualquer inflamação, infecção, doença ocular, lesão ou anormalidade que afete a córnea, conjuntiva ou pálpebras. Qualquer doença sistêmica que venha a afetar os olhos ou ser agravada pelo uso de LC; reações alérgicas das superfícies oculares ou anexas. Qualquer infecção ativa da córnea; olhos vermelhos ou irritados. Precauções e Advertências: Problemas oculares, incluindo úlceras de córnea, podem se desenvolver rapidamente e causar perda da visão. Em caso de desconforto visual, lacrimejamento excessivo, visão alterada, vermelhidão nos olhos ou outros problemas, retirar imediatamente as LC e contatar o Oftalmologista. Usuários de LC devem consultar seu Oftalmologista regularmente. Não usar o produto se a embalagem estéril de plástico estiver aberta ou danificada. Reações Adversas: Ardor, coceira ou sensação de pontada nos olhos. Desconforto quando a LC for colocada pela primeira vez. Sensação de que há algo no olho (corpo estranho, área raspada). Lacrimejamento excessivo, secreções oculares incomuns ou vermelhidão dos olhos. Acuidade visual deficiente, visão embaçada, arco-íris ou halos ao redor de objetos, fotofobia, ou olho seco, podem ocorrer caso as LC sejam usadas continuamente ou por tempo excessivamente longo. Se o usuário relatar algum problema, deve RETIRAR IMEDIATAMENTE AS LENTES e contatar o Oftalmologista. Posologia: Uso estendido1,2,3,5,8,10 – Um a 7 dias/6 noites de uso contínuo, inclusive durante o sono. Uso diário1,2,3,4,5,8,9,10 – Períodos inferiores a um dia de uso enquanto acordado. Descartáveis diárias6,7,11 – uso único. VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA REFRACIONAL (LC com grau)1,2,4,5,6,7,9,10,11, VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA (LC terapêutica plana)3, UTILIZAÇÃO SUJEITA À PRESCRIÇÃO MÉDICA (LC colorida plana)8 . Johnson & Johnson Industrial Ltda. Rod. Pres. Dutra, Km 154 - S. J. dos Campos, SP. CNPJ: 59.748.988/0001-14. Resp. Téc.: Evelise S. Godoy – CRQ No. 04345341. Mais informações sobre uso e cuidados de manutenção e segurança, fale com seu Oftalmologista, ligue para Central de Relacionamento com o Consumidor: 0800-7274040, acesse www.acuvue.com.br ou consulte o Guia de Instruções ao Usuário. A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

1. CHAMBERLAIN, P.; MORGAN, P. et al. Comfort and physiological response of neophytes with a daily disposable silicone hydorgel contact lens. Presentation at BCLA Conference 2009. 2. MEYLER, J.; VEYSAND, J. Do new daily disposable lenses improve patient comfort? Optician. 2006; 6046(231): 34-6. 3. RUSTON, D.; MOODY, K. A daily disposable designed for healthy contact lens wear. Optician. 01.10.09: 34-37CLMTruEye. 4. BRENNAN, N. Beyond Flux: Total Corneal Oxygen Consumption as an Index of Corneal Oxygenation During Contact Lens Wear. Optometry and Vision, Vol. 82, No. 6, June 2005 1-DAY ACUVUE® TRUEYE® com HYDRACLEAR® 1: Reg.ANVISA 80148620065.


mondo fashion

a tradução do universo fashion

modelo SL16

ão e tradiuçário e o ã ç a v o it e c In ões de re

armaç lmente ções de s mundia a íd u Com cole ib tr o e ao e dis sofisticad s criadas r re a la u o e s s i s atribu binando modelo a marca los, com , u c lo ó fi s a o S n pela dor s com o po inova alinhado m , o te v ti o a m ri s me limane, sign c or Hedi S ivos e de p s a lu c d x a e in s o, as sicos, de materiais a coleçã inos clás v o in n m A fe . e ulinos a imagem seu estilo los masc eituário c e d re o o m n i rtalizou. inclu atam rent imo que resg u , a s L o t s s in a ro sS aros g prio Yve que o pró modelo SL17

A marca em números A Saint Laurent soma 89 lojas próprias, localizadas nos maiores centros de consumo (inclusive o shopping JK Iguatemi, em São Paulo), sem contar os pontos de venda em lojas de departamentos de mais de 70 países. Suas linhas de produtos incluem roupas, perfumes, óculos, chapéus e joias, com grande destaque nas vendas para as linhas de bolsas e sapatos de couro. Em 2012, a marca contabilizou faturamento de € 473 milhões e lucro de € 65 milhões.

modelo SL19

modelo SL18

Alta costura: vestido de tricô em exposição no Museu de Young, em São Francisco, em 2009

Ícones :: O smoking feminino :: Transparências :: O vestido trapézio :: Minissaias e minivestidos :: Estampas em referência à obra de Mondrian :: O estilo safári, ou Saharienne

38

VIEW 136

dezembro:2013

www.revistaview.com.br


vitrine

o que há de novo no mercado modelo 6000jc 3tbij

Carrera by Jimmy Choo 0800 7012097 Um dos best sellers da Carrera, o modelo 6000 - de silhueta clássica e hastes onduladas - ganha uma coleção cápsula com o nome do célebre designer de sapatos Jimmy Choo. A coleção tem quatro acabamentos diferentes que remetem a seu estilo sofisticado e inspiração rocker, como o glitter e a estampa de leopardo preta e dourada. A grife Jimmy Choo nasceu em Londres, em 1996, fundada pelo designer de sapatos malásio em parceria com a ex-editora da Vogue britânica, Tamara Mellon.

DNA Jimmy Choo: o brilho, a cor dourada e a estampa de leopardo são algumas das características do trabalho do designer de sapatos

Definição O termo coleção cápsula define uma minicoleção lançada em caráter especial, seja por meio de colaborações com celebridades, designers ou figuras estratégicas ou por conta de um tema especial, uso de matérias-primas originais etc.

Filosofia A marca nasceu em 1956, criada por Wilhelm Anger e inspirada por sua paixão pela Carrera Panamericana, uma das mais perigosas e cultuadas competições automobilísticas da época, realizada no México. Atualmente, os óculos licenciados pela Safilo atraem não somente fãs de esporte e velocidade, mas fazem sucesso junto a um público antenado e consumidor de moda.

modelo 6000jc 3sw71

modelo Frogskins Aquatique 24362

modelo Frogskins Craftsman 24375

Oakley A marca lança três novas versões do modelo solar Frogskins, primeiro de sua linha lifestyle (do inglês, “estilo de vida”), lançada em 1985 e que se consagrou como um clássico. São Aquatique (lentes espelhadas e cores vibrantes, inspiradas nos mares e nos dias ensolarados), Classic Craftsman (homenagem aos artesãos do surfe, do skate e do snowboard, tem aspecto descascado) e LX (abreviação de “Luxury” - do inglês, “luxo” -, com lentes maiores, aros de acetato e visual moderno).

modelo Frogskins Aquatique 24359

Filosofia Marca californiana que tem em seu DNA a busca por soluções para máxima performance de atletas de várias modalidades, transforma técnica em arte, com mais de 600 patentes de inovações tecnológicas. Presente em mais de 110 países, oferece uma gama completa de produtos entre óculos, máscaras, vestuário e acessórios. Em 2007, foi adquirida pela Luxottica.

modelo Frogskins LX 204306

40

VIEW 136

dezembro:2013

www.revistaview.com.br

Divulgação

0800 7039444


Varilux S series®, Varilux S 4D®, Varilux S fit®, Varilux S design® e Varilux S design short® são marcas registradas da Essilor International.

NOVA GAMA DE LENTES VARILUX. EQUILÍBRIO EM MOVIMENTO COM AMPLO CAMPO DE VISÃO.

Até hoje nenhuma lente multifocal havia sido capaz de eliminar o efeito de flutuação sem prejudicar a amplitude dos campos de visão. Varilux S series rompe esta barreira com uma nova concepção em lentes multifocais. As novas tecnologias Nanoptix e SynchronEyes, presentes em toda a linha Varilux S series, proporcionam equilíbrio em movimento com amplos campos de visão. A versão Varilux S 4D valoriza a experiência de compra de óculos pois explora um parâmetro inédito de personalização medido pelo Visioffice: o olho dominante, que aprimora o tempo de resposta visual, proporcionando ao usuário foco imediato. É a visão absoluta que os usuários de lentes multifocais sempre buscaram.

VISÃO ABSOLUTA. SAC 0800 727 2007 | www.varilux.com.br


vitrine

o que há de novo no mercado

Evoke

modelo Trigger Afroreggae

11 3034 3690 Evokar

A marca apresenta a primeira coleção de óculos lançada em parceria com selo AR, com dois modelos solares já conhecidos da marca - o EVK 15 e o Trigger em novas versões e com três variações de cores cada. O selo é uma iniciativa de licenciamento de produtos cujas vendas financiam ações de inclusão social do grupo cultural Afroreggae, comandado pelo carioca José Junior. modelo EVK 15 Afroreggae

A marca distribuída pela Brazilian Lab nasceu em São Paulo em 2001, criada pelos irmãos Demian e Fabiano Moraru. Seu apelo junto ao público jovem se dá por conta da sintonia entre a marca e os universos da música, das artes, do design e moda, que já resultou em parcerias inéditas para o lançamento de várias linhas assinadas.

Divulgação

Filosofia

modelo Rocks

modelo Urban

modelo Classic Premium modelo Superlight

modelo Sophia

Evoke RX Collection A nova coleção de receituário da Evoke engloba sete linhas de modelos: a Rocks, com design vintage e apliques metálicos; Super Light, pensada para o dia a dia, com conforto e leveza; Classic Premium, de visual clean e sofisticado; Sophia, feminino com textura sutil; Urban, de estilo contemporâneo e atual; Street, cujo design clássico ganha personalidade nas camadas de cores do acetato; e a Sport Class, armação de metal leve e maleável com hastes revestidas de borracha especial.

modelo Street

modelo Urban

modelo Sportclass

42

VIEW 136

dezembro:2013

www.revistaview.com.br


EDUCATION: WEDNESDAY, MARCH 26– SUNDAY, MARCH 30, 2014 EXHIBITION: FRIDAY, MARCH 28– SUNDAY, MARCH 30, 2014 Javits Center | New York, NY


coluna do miguel

com

pegada

A Europa não é mais a mesma. Há quarenta anos, quando Itália, Inglaterra e França nadavam de braçada com poder e peso econômicos, a criatividade dos estilistas de vários segmentos determinava todas as tendências de moda para o restante do mundo. Duas vezes por ano, centenas de coleções de roupas e óculos chegavam às ruas e deslumbravam o público, ávido por novidades. Tudo era sucesso, porque novidades não faltavam nas vitrines. Hoje, ou mais precisamente desde 2008, com a nova ordem da economia global, as novidades são poucas e apenas em algumas áreas. Constatei esse fenômeno nas feiras internacionais: todos os modelos de estilo retrô permanecem como carros-chefes. As novidades ficam por conta dos materiais e das cores para 2014. A indústria europeia demonstra sempre grande preocupação com o peso das armações. Por isso, acetatos mais leves permanecem nas malas de receituário. O que é sempre uma ótima notícia para o comprador final. Os fabricantes entenderam definitivamente que conforto físico representa um percentual alto na venda de produtos. E quem depende de óculos sabe exatamente o que estou dizendo. Ao lado das centenas de coleções confeccionadas derivadas do plástico, peças de madeira chamam a atenção de compradores internacionais, já que a matéria-prima sempre é objeto de curiosidade. Certamente, será uma forte tendência para os próximos meses. Mas acredito que as peças coloridas da década de 50 como as queridinhas das brasileiras - os estilos Wayfarer e gatinho - reafirmarão o sucesso de público no ano que vem, porque vêm em cores cítricas carregadas - amarelo, verde e anil - que têm tudo a ver com o verão. Portanto, não esperem grandes novidades em modelagem, mas as cores, tenho certeza, deverão surpreender, inclusive, os apaixonadas por óculos. Feliz ano novo!

Kriz Knack

Antiguinhos o óptico mais famoso do país

miguel giannini

dicas do óptico mais famoso do país

www.revistaview.com.br

Fernanda Guedes

positivo, operante! Quer conversar sobre esses e outros assuntos com Miguel Gianinni? Faça contato colunadomiguel@revistaview.com.br Rua Cônego Eugênio Leite 920 São Paulo/SP 05414-001 dezembro:2013 VIEW 136

45


46

VIEW 136

as impressões de Andrea Tavares

Kriz Knack

andrea tavares

um outro olhar

editora da view e maníaca por óculos

dezembro:2013

parte 2

Para ser melhor Continuo o texto da edição passada, quando comecei a responder o e-mail de uma leitora que pedia dicas de como se tornar uma profissional mais competente e aprender mais sobre moda e estilo e, por achar que valia a pena ser compartilhado, resolvi usar esta coluna para compartilhar a resposta com você, querido leitor. Recapitulando rapidamente, falei da importância de dedicar-se a esse novo caminho a ser desbravado. Parti então para a leitura, um dos grandes sustentáculos da evolução humana. Ler é um clássico que nunca sai de moda; é a grande base para informar-se, aprender, criar conteúdo e desenvolver o olhar. Mas o grande barato é realizar as coisas com prazer. Fazer por obrigação ou para dar satisfação ao “mundo lá fora” não vai levar a lugar nenhum; a chance é alta de se tornar um papagaio repetidor do que se leu sem sequer desenvolver um pingo de espírito crítico e adquirir cultura de fato. Encontrar prazer na leitura é descobrir um novo universo, um universo riquíssimo e encantador. Vai por mim. E, hoje em dia, com as facilidades que a internet proporciona, qualquer leitura pode se tornar ainda mais rica, porque, diante de dúvida ou curiosidade, é só subir a bordo dessa imensa embarcação chamada Google e saber mais sobre o que se lê, descobrir significados, informações adicionais, entre muitas outras coisas. Como diria um dos meus professores, “Deus mora no Google”. Além de acompanhar mensalmente as revistas de moda (e a VIEW, obviamente), uma forma de aprender mais sobre o assunto é estudar a sua história. Na aula de abertura do primeiro curso de História da Moda que eu fiz, ouvi algo decisivo: que a História da Humanidade também pode ser contada pela História da Moda. Comecei a aplicar essa teoria e o professor tinha toda razão! Foi incrível constatar, por exemplo, como as mulheres pas-

saram a se vestir de forma austera durante a Segunda Guerra Mundial: muitas tiveram de ocupar os lugares dos homens - então no campo de batalha - nas fábricas. Com isso, passaram a usar uniformes e calças compridas, abandonando “frufrus”, cores e tecidos requintados. Até mesmo as mulheres que ainda podiam dar-se ao luxo de não se envolver na guerra, passaram a usar roupas de corte “mais seco”. E, em 1947, exatamente dois anos após o fim do combate, o francês Christian Dior resgatou a feminilidade ao lançar o “new look”, com cinturas marcadas e saias amplas. Ficou ainda melhor estudar História depois disso. O cinema também é um grande auxílio para aprender sobre a moda no decorrer dos tempos. Muitos filmes reproduzem fielmente trajes e estilos das épocas, uma ótima forma de observar o desenvolvimento das roupas ao longo das décadas e séculos. Além de algo prazeroso, o cinema pode ser um grande professor. Canais a cabo também oferecem programas de moda com entrevistas de estilistas cujas coleções de óculos podem estar aí no seu balcão e exibem desfiles das temporadas de moda nacionais e internacionais - uma boa opção é o GNT Fashion, apresentado pela jornalista de moda Lilian Pacce semanalmente pelo canal GNT (e também disponível na internet, no site do programa). A oferta de cursos e palestras tem sido cada vez maior, inclusive opções online, perfeitas para quem está em locais mais distantes, com menos acesso. O fato é que dedicar-se a um novo aprendizado, seja moda, óptica, gestão ou qualquer outra especialidade, é entrar em contato com um novo mundo. Lance-se nesse novo universo de coração aberto. Substitua o medo do desconhecido e a dúvida pela curiosidade. Dessa forma, o aprendizado se torna mais suave, fácil e rico. O começo de um ano é um ótimo momento para lançar-se em um novo desafio. Que tal arregaçar as mangas e encarar um novo aprendizado? Seu futuro, você mesmo e seus clientes só terão a agradecer. Muito sucesso em 2014! ☺ positivo, operante! Quer trocar ideias com Andrea Tavares? umoutrolhar@revistaview.com.br Rua Cônego Eugênio Leite 920 São Paulo/SP 05414-001 www.revistaview.com.br


LANÇAMENTO 0 1 13 0 3 7 . 8 8 8 8

@l u x x b r a s i l

/ l u x x b r a s i l


foco

o espaço da indústria

Transitions anuncia os finalistas do Lab of the year 2013

O Lab of the year em retrospectiva

48

placa indicações por dois anos consecutivos, enquanto o Unilab é experiente no assunto: venceu em 2010 e, antes de se unir ao RX e ao Tec Lab para gerar o Unilab, ganhou o prêmio em 2008 quando ainda era Ceprolab, depois de ser finalista nas versões 2006 e 2007. Também serão premiados um laboratório latino (cujos finalistas são o chileno Megalux, o colombiano Servioptica e argentino Vector) e um norte-americano (Diversified Ophthalmics, Optical Prescription Lab e Three Rivers Optical são os finalistas). O Lab of the year leva em conta a capacidade dos laboratórios de promover e divulgar com muita criatividade a marca Transitions por meio de estratégias de marketing, campanhas de incentivo a consultores ópticos e ações de treinamento.

2012:

2011:

Technopark (Campinas)

Art Lens (Goiânia)

Hora de comemorar: Cristina Buzatto agradece e Cidinha Alves exibe orgulhosamente a honraria concedida pela Transitions

Degustando a vitória: Marcelo Mendes posa com o troféu de campeão

2010: Unilab (Fortaleza)

2009: PSA

Davi Holanda (Unilab) agradece a premiação

2008: Ceprolab (Fortaleza)

2007: Fhocus (São Paulo)

Nilo Freitas celebra o bicampeonato com o presidente da Transitions para a América Latina, José Alves

Davi Holanda entre Vanessa Johns, Leo Menon e José Alves

Os vencedores Irineu e Ivan Pereira (ambos de branco) com Leo Menon e Vanessa Johns (Transitions)

2006: Rigor (Rio de Janeiro)

2005: Quality Lab (São Paulo)

2004: Campilentes (Campinas)

2003: PSA Nilo (Belo Horizonte)

A equipe do Rigor celebra a vitória

Edson Mello agradece a honraria

Cristina Buzatto e Cidinha Alves exibem o troféu

Nilo Freitas, o primeiro vencedor da categoria

VIEW 136

dezembro:2013

(Minas Gerais)

www.revistaview.com.br

Andrea Tavares

No ano que marca seu retorno aos domínios de Walt Disney, a 18ª Transitions Academy tem finalistas da premiação Laboratório do ano 2013, o Lab of the year, de três diferentes regiões do Brasil. Do Sudeste, vem o Perego (Araçatuba, interior de São Paulo); do Sul, o Stürmer (Porto Alegre) e do Nordeste, o Unilab (Fortaleza). O evento ocorrerá de 26 a 29 de janeiro no Disney’s Contemporary Resort, em Orlando, nos Estados Unidos e a honraria será entregue na festa de encerramento, na noite de 28 de janeiro. Este ano, tanto Perego quanto Unilab repetem a dose de 2012, já que ambos foram finalistas no ano passado. A novidade fica por conta do Stürmer, concorrendo pela primeira vez. O Perego estreou na edição anterior e já em-


Essilor®, Crizal® Prevencia™, Orma®, FPS-O™ são marcas registradas da Essilor International.

2

1 PREVINE O ENVELHECIMENTO PRECOCE DOS OLHOS AO FILTRAR SELETIVAMENTE AS LUZES NOCIVAS: UV E AZUL-VIOLETA • Ao diminuir a exposição dos olhos à luz azul-violeta, Crizal Prevencia reduz a morte das células da retina, essenciais para enxergar.(1).

25

PERMITE A PASSAGEM DA LUZ ESSENCIAL PARA O CONTROLE DO RELÓGIO BIOLÓGICO, Mantendo o bom funcionamento do ciclo de adormecer/despertar, memória, humor, etc.

3 OFERECE MAIOR CONFORTO E MÁXIMA NITIDEZ DA VISÃO, REDUZINDO:

Reflexos Arranhões Manchas

Poeira

Água

*

TM

• É a mais completa proteção UV em lentes transparentes*(2). (1) As lentes Crizal Prevencia bloqueiam 20% da luz azul-violeta nociva, reduzindo a morte das células retinianas em 25%. A redução da luz azul-violeta pode variar ligeiramente dependendo do material da lente. Em testes in vitro realizados pela Essilor no Institut de la Vision em Paris, células do epitélio pigmentar da retina (EPR) foram expostas à luz azul-violeta, reproduzindo a exposição fisiológica à luz do sol do olho aos 40 anos. (2) Índice de referência desenvolvido pelo departamento de Pesquisas e Desenvolvimento da Essilor International certificando a proteção UV global de uma lente. O índice FPS-O de 25 significa que os olhos estão 25 vezes mais bem protegidos com as lentes Crizal do que sem lente alguma. FPS-O de 25 para as lentes Crizal nos materiais Essilor Stylis, Essilor Airwear, Xperio, Transitions e FPS-O de 10 no material Orma transparente. Medições realizadas consideram apenas a performance da lente. As lentes Essilor Crizal® Prevencia™ são destinadas à correção de ametropias e presbiopia, oferecendo proteção seletiva contra os raios nocivos da luz azul e UV. A Essilor declara que as informações fornecidas são informações gerais para fins de prevenção e conscientização da população.


foco

o espaço da indústria O making of com Sabrina Sato: a produção da primeira campanha da It!

It! Eyewear com Sabrina Sato A It!, marca de armações de receituário e óculos solares baseada no conceito de parceria com personalidades de atitude e estilo, comercializada pela empresa paulistana Golden Vision, elegeu a apresentadora Sabrina Sato como seu primeiro rosto. Com o tema Espelho, espelho meu, inspirado na história de Narciso e sua paixão pela própria imagem refletida na superfície da água, a campanha teve como cenário paredes e pisos espelhados e foi produzida em novembro no Estúdio Burti HD, em São Paulo, com fotos de Robert Astley Sparke, direção de arte e cenografia do Estúdio Milo, beleza por Thiago Fortes e Rodrigo Costa e Yan Acioli como stylist.

Registro para a posteridade: Sabrina Sato com Bruno Santilli e Sumaia Leite, da Golden Vision

Neymar Jr. para Police

e Rigo, que o italiana D çã ra o rp co A vale De sil como Wil ra B o n a er p o ação do ou a contrat ci n u an , o ig R iro Neymar tebol brasile fu e d r o ad g jo a marca aixador da su b em a ar p . Jr , ida: a Police s bem-suced ai m a ri p ró p como Bruce u com astros to n co já e u q , George nio Banderas to n A s, li il W . avid Beckham Clooney e D

50

VIEW 136

dezembro:2013

Divulgação

ca: a nova Rosto da mar Police já da a nh pa cam brasileiro terá o craque ropaganda -p como garoto

www.revistaview.com.br


foco

o espaço da indústria

Conexão Celebridade

ê: o, como e porqu d n a u q e, d n o , Quem se shes dos famoso a fl ra st o m W IE aV nte s à redação dura o d ia v n e s lo cu seus ó sta edição. a elaboração de

A cantora Rihanna: Versace (Luxottica) modelo VE4253 5074 73

A atriz Jessica Chastain: Prada (Luxottica) modelo SPR 23O 1AB-3M1

A top brasileira Alessandra Ambrosio: Tom Ford (Marcolin) modelo Henry TF248

A cantora Fergie, do The Black Eyed Peas: Tom Ford (Marcolin) modelo Nastasya TF304 A atriz Mira Sorvino: Prada (Luxottica) modelo PR 02QV 1AB-101

52

VIEW 136

dezembro:2013

A atriz Rita Ora: DSquared² (Marcolin) modelo DQ118 (edição especial)

www.revistaview.com.br

Divulgação

A atriz burlesca Dita Von Teese: Tom Ford (Marcolin) modelo Nastasya TF304

A cantora Shakira: Givenchy (Wilvale De Rigo) modelo SGV825

X17 Olycom

A top e apresentadora Heidi Klum: Carrera (Safilo) modelo Carrera 80


As lentes Transitions® se adaptam automaticamente aos ambientes, permitindo que só a quantidade certa de luminosidade chegue aos olhos. As lentes são transparentes em ambientes internos e escuras em ambientes com incidência de raios UV. Ofereça aos seus clientes a oportunidade de ver a vida da maneira como ela deve ser vista. Ou, quem sabe, até melhor. Veja o melhor da vida em transitions.com.br.

Transitions e o “Swirl” são marcas registradas da Transitions Optical, Inc. ©2012 Transitions Optical, Inc. O desempenho fotossensível é influenciado pela exposição aos raios UV, temperatura ambiente e material das lentes. Imagem meramente ilustrativa.


calendário

Milão para ópticos

Mido al Pesquisa e texto Graziela Canella

Na semana em que o Brasil deixa o trabalho de lado para cair no samba, a Itália é o destino de milhares de profissionais de óptica de todo o mundo em busca de novidades e bons negócios - inclusive brasileiros, que devem aproveitar o período para esticar um pouco a estadia em Milão e (por que não?) cair na folia à italiana.

Foco nos negócios De 1º a 3 de março, ocorre em Milão a 44ª edição da Mostra Internazionale di Ottica, Optometria e Oftalmologia, mundialmente conhecida pela sigla “Mido”, que abre o calendário internacional dos top eventos do segmento óptico e mantém o formato da última edição: em três dias, de sábado a segunda-feira, no primeiro final de semana do mês de março. Em 2013, 43 mil pessoas estiveram no centro de eventos Fieramilano Rho-Pero, nos arredores da cidade milanesa, para a Mido, número 3% superior à edição anterior; desse total, 60% eram visitantes originários de 40 diferentes países. De acordo com pesquisas, a percepção dos expositores foi a de que a maioria dos visitantes manteve-se focado em fazer nos negócios, portanto, o resultado de vendas e prospecções foi mais significativo do que o próprio aumento na circulação de pessoas. Esse perfil de profissionais pode ter sido atraído por várias iniciativas da organização, como o “Train for Mido”, que superou expectativas. Planejado inicialmente para transportar 300 visitantes, o trem de alta velocidade Frecciarossa, a linha mais top do país, saindo de Roma, no segundo dia da feira (domingo), tinha mais de 600 ópticos a bordo, muitos dos quais não teriam ido sem tal facilidade. Essa e outras iniciativas vêm despertando otimismo nos empresários e atraindo mais empresas expositoras, que somaram mais de 1 mil no ano passado. Os seis pavilhões que abrigam a feira italiana estão divididos

em áreas temáticas como a Mido Tech, dedicada à tecnologia como máquinas, equipamentos, matérias-primas e suprimentos para laboratórios e indústria óptica; o Fashion District, que concentra os principais fabricantes de óculos do planeta; o Design Lab, espaço que recebe a vanguarda do design óptico, e o Asian Pavillion, local destinado aos fabricantes asiáticos. Destacam-se ainda as áreas de convivência como o Foreign Club, lounge com facilidades para visitantes estrangeiros (inclusive brasileiros, que podem retirar uma credencial na recepção da feira) e o OttiClub, área exclusiva para profissionais italianos, com programação de palestras e encontros. A programação ainda inclui uma premiação que elege os destaques entre os produtos lançados na feira, que ocorrerá no domingo, às 18h, no pavilhão Fashion District. Mido (Mostra Internazionale di Ottica, Optometria e Oftalmologia) Fieramilano, Strada Statale Del Sempione 28 Metrô Rho-Fiera Sábado e domingo (1º e 2 de março): 9h às 19h Segunda-feira (3 de março): 9h às 18h www.fieramilano.it

54

VIEW 136

dezembro:2013


carnevale

[do italiano, “Mido no Carnaval”]

Na Mido Como chegar O centro de exposições Fieramilano está situado a 15 quilômetros do centro de Milão. Mesmo para quem já conhece o evento, é bom lembrar que a longa distância demanda um pouco mais de planejamento para evitar gastos desnecessários e atraso nos compromissos. Entre os meios disponíveis, o metrô é quase sempre a melhor opção, por conta do baixo custo, da praticidade e pelo fato de permitir mais liberdade na escolha de horários e pontos de partida. O trajeto é pela linha vermelha até a última estação, Rho Fiera, que fica dentro do centro de exposições. O custo do bilhete unitário é € 2,55, enquanto o de ida e volta é € 5 e ambos permitem embarques e desembarques no intervalo de 105 minutos. Outra alternativa é o bilhete válido para um dia inteiro, que custa € 7 e pode ser utilizado para vários itinerários pela cidade até Rho Fiera - uma boa ideia para quem planeja passeios antes e depois da feira. É importante guardar sempre os bilhetes durante as viagens e enquanto forem válidos. Mais informações e mapa do metrô estão disponíveis em www.atm-mi.it. Outro serviço bastante utilizado é o de ônibus executivos disponibilizados pela organização do evento, que são gratuitos e saem a cada 30 minutos de vários pontos da cidade, como a Stazione Centrale e o aeroporto de Malpensa. Uma

lista com pontos de parada e horários fica disponível no site oficial da Mido. Quem se dispõe a gastar um pouco mais e encarar o trânsito milanês, pode optar por táxis ou ainda contratar carros e vans a preço fixo para grupos maiores. Um dos serviços mais conhecidos de Milão é o da TaxiBlu, que opera pelo telefone 024040, com atendimento 24 horas e possibilidade de pagamento em cartão de crédito. Para agendar veículos com preço fixo, o site www.easyairporttaxis.com oferece boas opções - um carro para até três passageiros do centro de Milão até a feira custa € 85, enquanto uma van para até seis pessoas sai por € 107. Vale observar o limite de bagagem permitido em cada veículo.

Comunicação Vale consultar a operadora de celular para negociar um pacote de roaming internacional com tarifas mais baixas ou ainda adquirir um chip local pré-pago com pacote de dados para navegar à vontade, mesmo em ambientes sem wi-fi.

dezembro:2013 VIEW 136

55


calendário

Milão para ópticos

Em Milão De olho nas principais atrações e novidades, a VIEW reuniu dicas de passeios turísticos, eventos, restaurantes e compras para os profissionais de óptica aproveitarem a cidade antes e depois da Mido.

Onde ir

aschenputtel

Jeito europeu: Carnevale Ambrosiano na Piazza del Duomo

SusannaC

Carnaval Este ano, mais uma vez a Mido coincide com a data da celebração do carnaval, que em Milão conta com uma animada festa de rua no sábado seguinte à terça-feira de folia. A tradição leva o nome de “Carnevale Ambrosiano” e sua festa dura toda a semana, já que a Arquidiocese de Milão segue um rito litúrgico diferente do romano, o Ambrosiano - em referência a Santo Ambrósio, patrono da cidade. O evento mais importante ocorre no sábado, dia 8, a partir das 15h, com saída na Piazza del Duomo e desfile pelas ruas centrais da cidade, atrações musicais e máscaras tradicionais. Em cidades próximas como Veneza e Verona (cuja festa é a mais antiga), a comemoração é ainda mais animada, com bailes de máscaras e desfiles de rua marcados para a própria terça-feira de Carnaval, dia 4. As programações dessas festas estão disponíveis em www.carnevale.venezia.it e www.carnevalediverona.it.

felicitytravel

Carnevale Ambrosiano 8 de março (sábado), a partir das 15h Piazza del Duomo www.comune.milano.it

Divulgação

Santa Maria delle Grazie: o interior da igreja que abriga uma das obrasprimas de Da Vinci

Da Vinci e A última ceia Para quem aprecia arte, Milão oferece a oportunidade de ver obras históricas, como a famosa Santa Ceia de Leonardo da Vinci, no Cenacolo Vinciano, no interior da igreja de Santa Maria delle Grazie. Requer reservas com antecedência, pois a visitação é limitada. Piazza Santa Maria delle Grazie 2 www.cenacolovinciano.net

56

VIEW 136

dezembro:2013

A Pop art de Andy Warhol No quesito exposições temporárias, vale aproveitar a oportunidade para ver os últimos dias da exposição Warhol, no Palazzo Reale, até 9 de março. A retrospectiva do norte-americano Andy Warhol, o pai da Pop art - estilo marcado pelas cores intensas e a reprodução de imagens de ícones da cultura pop em repetição - inclui mais de 150 pinturas, fotos, esculturas e outros itens do acervo da Brant Foundation. Palazzo Reale Até 9 de março Piazza del Duomo 12 www.warholmilano.it www.revistaview.com.br


Milão para ópticos

Il Luogo di Aimo e Nadia Há mais de 30 anos, o casal Aimo e Nadia dirige um dos melhores restaurantes de cozinha toscana, com duas estrelas no Guia Michelin e serviço impecável. A melhor pedida é o menu degustação, que inclui amostras de vários pratos tradicionais. Via Privata Raimondo Montecuccoli 6, tel. 02 416886 www.aimoenadia.com Segunda a sexta-feira (12h30 às 14h30 e 19h30 às 22h30) e sábados (19h30 às 22h30)

Iguaria: salada do Il Luomo di Aimo e Nadia

Clandestino Milano O estrelado chef Moreno Cedroni propõe uma culinária italiana com apelo surrealista e bem-humorado no restaurante fica dentro do Hotel Maison Moschino - o que explica as cadeiras, literalmente “vestidas” - e tem no cardápio criações inusitadas como o risoto de mozzarella fresca disfarçado de sushi e uma escova de dente com pasta comestível, feita de coco e hortelã, que acompanha um enxágue bucal de mentirinha, ou melhor, um drink de saquê e licor de menta. Viale Monte Grappa 12, tel. 022 900 9858 www.maisonmoschino.com Diariamente

Cioccolati Italiani Os fãs do sorvete italiano, o autêntico gelato, não podem deixar de visitar a Cioccolati Italiani, laboratório gastronômico que permite observar a preparação das iguarias por conta das paredes de vidro e mantém uma loja bem próxima a uma das saídas laterais da Galleria Vittorio Emanuele. Nos dias frios, a encorpada calda de chocolate é pedida obrigatória para acompanhar os vários sabores de sorvete da casa. Via Edmondo De Amicis 25, tel. 02 8940665 www.cioccolatitaliani.it Segunda-feira a sábado (12h às 23h) e domingos (11h às 23h)

Clandestino: criatividade no ambiente e nos pratos

Delícias italianas: os paninis do Bar della Crocetta sippingespresso

O site da Fieramilano oferece descontos na hospedagem listados por evento, com informações e reservas disponíveis no site http://booking.ventanagro up.it/fieramilano/MIDO2 014. No entanto, boa parte dos hotéis oferecidos fica perto do centro de exposições e cidades vizinhas, como Varese e Monza, com poucas opções próximas ao centro de Milão. Vale mais pesquisar tarifas e qualificações em sites como www.booking.com, www.decolar.com e www.hoteis.com, que oferecem preços promocionais (em reais) mais em conta do que as centrais de reservas dos hotéis. Para quem planeja conhecer melhor a cidade nas horas livres, é recomendável escolher um hotel na região central ou bairros em seu entorno, repletos de atrações turísticas, como Brera, Montenapoleone, Parco Sempione e Navigli. Durante a pesquisa por vagas e tarifas, também é importante observar a proximidade com estações de metrô e qualificações de usuários em sites como o www.tripadvisor.com.br.

arredoeconvivio

Onde ficar

Onde comer cuccinaeco

Em Milão

Estrelas no Michelin: o casal Nadia e Aimo com a equipe do restaurante

Andrea Tavares

calendário

Italiano tradicional: flash da cozinha do Piazza Repubblica

Piazza Repubblica Não é descolado e nem tem decoração marcante, mas tem seu mérito na comida italiana saborosa e caprichada, na localização e no preço justo. cuccinaeco

Via Aldo Manuzio 11, tel. 02 6269 5105 www.piazzarepubblica.com Segunda a sexta-feira (11h às 23h) e sábados (17h às 23h)

58

VIEW 136

dezembro:2013

Bar della Crocetta Uma boa alternativa para comer bem sem gastar muito e em ambientes mais informais é optar pelos paninis, os sanduíches de pão tostado. Entre os mais famosos de Milão, estão os mais de 100 recheios do Bar della Crocetta, com diferentes tipos de carnes, queijos, vegetais e molhos. Corso di Porta Romana 67, tel. 02 5450228 Diariamente (9h30 às 2h) www.revistaview.com.br


Compartilhe Curta Siga Interaja Informe-se Aprenda

A face digital da VIEW /revistaview

@revistaview

www.revistaview.com.br


Milão para ópticos

Em Milão

O que ver welleschik

calendário

Para quem busca apreciar uma vista privilegiada de Milão, há pelo menos três opções interessantes.

Vista do alto do Duomo: a entrada da Galleria Vittorio Emanuele

Visão privilegiada:

a Torre

Duomo É o mais conhecido e fica no coração da cidade. Permite acesso até sua torre mais alta, com 70 metros de altura e a melhor visão panorâmica do centro de Milão. O acesso se dá por elevador (€ 12) ou uma escadaria de 250 degraus (€ 7). A própria catedral é uma atração à parte, uma das maiores e mais complexas obras de arquitetura gótica do mundo, cujo início da construção data de 1386.

tello Sforzesco del Filarete, no Cas

twouptravels

Piazza del Duomo, tel. 02 72022656 www.duomomilano.it Diariamente (9h às 17h45)

Piazza Castello, tel. 02 8846 3700 www.milanocastello.it Diariamente (7h às 18h)

60

VIEW 136

dezembro:2013

Viale Alemagna, Parco Sempione, tel. 02 3314120 www.fps-eventi.it Segunda a sexta-feira (10h30 às 12h30 e 16h00 às 18h), sábados (10h30 às 13h, 15h às 18h30 e 20h30 às 0h) e domingos (10h30 às 14h e 14h30 às 19h) weekendinmilan

Del Filarete Outra torre icônica milanesa é a Del Filarete, no Castello Sforzesco, com 70 metros de altura. Um dos principais pontos turísticos da cidade, o castelo foi construído na segunda metade do século 14 e deve sua aparência atual a uma restauração feita no início do século 20. Atualmente, abriga vários museus temporários ou com exposições fixas (como o Museu de Arte Antiga, o Museu do Móvel, o Museu dos Instrumentos Musicais, o Museu Arqueológico e o Museu de História Natural) e ainda um jardim inglês de 47 hectares. O ingresso para o interior do castelo e os museus é de € 3.

Torre Branca No Parco Sempione, fica a Torre Branca, estrutura de ferro de arquitetura moderna com 108 metros de altura. É a segunda maior construção de Milão depois da Torre Pirelli, também assinada pelo arquiteto Gio Ponti, mas o melhor ponto panorâmico acessível ao público, com ingresso a € 5. Foi construída em 1933, mas ficou fechada entre 1972 e 2002, e também é conhecida como torre do parque.

Torre Branca: a mais alta de Milão


calendário

Milão para ópticos

Em Milão

Onde comprar

skyscrapercity

2BP

Top loja: o interior da 10 Corso Como

Bruno Magli e Max Mara Para quem procura roupas de marcas famosas com bons descontos, mas não tem tempo de se dirigir aos conhecidos outlets, que ficam muito longe do centro da cidade, há pelo menos duas opções que valem a visita - as lojas de ponta de estoque da sofisticada Max Mara, perto da Piazza San Babila, e da marca de calçados e acessórios Bruno Magli, na esquina da Via Montenapoleone com a Via Manzoni.

Corso Como District Há pouco mais de um ano, foi inaugurada a primeira parte do Corso Como District, na Porta Nuova, considerado uma alternativa de compras para o já conhecido Quadrilátero da moda. O complexo luxuoso nasceu no entorno da renomada multimarcas 10 Corso Como - essa, por si só, já vale a visita - e conta com mais de 50 espaços ocupados por lojas, showrooms, restaurantes, cafés e galerias de arte, em uma área de 15 mil metros quadrados, estrategicamente localizado próximo ao novo parque Giardini e à estação Garibaldi. As marcas Only The Brave, de Renzo Rosso (o criador da Diesel), e Costume National foram as primeiras a se instalar por ali. 10 Corso Como Corso Como 10, tel. 02 2900 2674, www.10corsocomo.com

Bruno Magli Via Montenapoleone 28, tel. 02 7601 8400 www.brunomagli.it

Max Mara Galleria San Carlo 6, tel. 02 7600 0829 www.maxmara.com

Vetrina di Beryl Outra loja que faz sucesso entre milaneses é a Vetrina di Beryl, especialmente para quem é fã de sapatos. Além da marca própria (Ordinary People), mantém uma boa seleção de marcas como Chloé, Philippe Model, Jil Sander e De Siena. Via Statuto 4, tel. 02 654 278 www.facebook.com/La-Vetrina-di-Beryl

Para amantes de sapatos: modelo De Siena na La Vetrina de Beryl

nssmag

Nova região da cidade: o agito noturno da Corso Como

Casual chique: flagrantes de estilo nas ruas de Milão

Milão é uma das capitais mundiais da moda, mas não é preciso se vestir como modelo de passarela. Na maioria dos lugares, inclusive restaurantes, é aceitável vestir trajes mais confortáveis e casuais, recomendados para as longas jornadas de negócios na feira e nos passeios turísticos. Sapatos confortáveis são imprescindíveis, além de uma seleção de peças básicas, coordenáveis e versáteis - as cores mais neutras permitem combinar mais peças e acessórios como lenços coloridos podem ajudar a mudar o visual sem pesar na mala. Faz frio em março: as temperaturas oscilam entre 1ºC e 13ºC, mas é bom lembrar que os casacos pesados não são necessários em ambientes fechados. Na Mido, por exemplo, os visitantes podem deixar casacos, luvas e outras peças mais quentes no guardavolumes, para não carregarem tanto peso. Nos passeios, é bom não abusar de decotes ou fendas, inapropriados para a entrada em igrejas e monumentos religiosos. 62

VIEW 136

dezembro:2013

thecolorstalker

O que vestir

www.revistaview.com.br


calendário

Milão para ópticos

Milão e Mido à mão

A VIEW fez uma pesquisa dos aplicativos mais úteis e “inteligentes” e que valem a pena ter como companhia na viagem a Milão.

SMS Taxi Quem já foi a Milão sabe bem os perrengues que se pode passar em busca de um táxi. O aplicativo reúne várias das empresas de táxi e, ao abri-lo, o GPS já localiza o usuário e apenas ao preencher o nome e, com um toque na tela, é possível pedir um táxi. Além de Milão, funciona em outras 13 cidades da Itália. Pago (US$ 0,99)

Infotreni Para quem deseja cruzar os limites de Milão, o aplicativo traz horários e valores de todos os trens do país. Grátis

Taxiblu Mais uma opção, disponível para iPhone e Android, para localizar e solicitar o táxi credenciado mais próximo. Grátis

BikeSharing Italia A onda sustentável que tomou a Europa ao instalar estações de aluguel de bicicletas também chegou a Milão. O aplicativo localiza o usuário e mostra a estação mais próxima e a quantidade de bicicletas disponíveis em cada local. Grátis

iATM Milan Mapa completo da rede de transporte público milanês. Grátis MuoviMI Rotas de ônibus, metrô e trem pela cidade e grades com horários das saídas. Grátis Milan Offline Street Map Útil para quem quer se achar na cidade, mas está sem conexão: o aplicativo funciona mesmo off­line. Grátis

Linate e Malpensa Partidas, chegadas e informações dos dois aeroportos milaneses em versões para iPad e iPhone. Grátis

Fieramilano Tudo sobre o centro de exposições que abriga a Mido: mapa, como chegar, serviços e datas dos eventos. Grátis Mido A feira italiana também tem seu próprio aplicativo, disponível em italiano e inglês (basta apenas es-

colher o idioma em uma das primeiras telas. Dispõe de mapa dos stands, catálogo de expositores (ambos, até o fechamento desta edição, eram da edição 2012, mas são atualizados dias antes do evento), dicas de como chegar, informações gerais e notícias do mercado. Grátis The Weather Channel Ideal para checar as temperaturas hora a hora, diária, das próximas 36 horas e de dez dias à frente da cidade que se deseja, bastando apenas configurar os locais no campo “locations”. Vale lembrar que o aplicativo precisa de conexão à internet. Versões para iPhone e iPad. Grátis

Wallpaper City Guide Milan A descolada revista britânica se celebrizou com suas edições sobre importantes cidades do mundo e também se lançou na era dos aplicativos, transformandoas em suculentos e sofisticados guias. O de Milão é um dos poucos gratuitos. Vale baixar, usar e abusar. Grátis

Quanto custa • € 70: em média, uma refeição completa para duas pessoas em um bom restaurante • € 8: refeição no McDonald’s 64

VIEW 136

dezembro:2013

• € 2: garrafa de água de 330ml • € 95: calça jeans • € 100: sapato de couro masculino

Milano at a Glance Extenso guia da cidade. Restaurantes, passeios, museus, hospedagem, transporte, dicas úteis e mapas em vários idiomas, inclusive português. Pago (US$ 4,99)

Milan Guida Verde Mais um bom guia da cidade com muitas dicas tanto para marinheiros de primeira viagem quanto para turistas mais experientes. Grátis

Domus Os amantes da arquitetura vão se deliciar com esse aplicativo, ótimo para conhecer melhor a cidade pela história e as características de suas construções. Vale a aquisição (US$ 0,99) Learn italian Guia de frases em italiano para quem fala inglês, com direito à pronúncia, dividido em vários temas. Bem útil. Grátis

$$$

• € 15: aproximadamente uma corrida de táxi em dias úteis (8 quilômetros) • € 1,50: capuccino


agenda e calendário

feiras, eventos e cursos

Além da Copa, as feiras de 2014 Tudo bem que a Copa do Mundo em 2014 é no Brasil, algo muito esperado por boa parte dos amantes brasileiros do futebol, mas vale lembrar que o mundo não se resume a uma bola. Aqui na redação da VIEW, a gente é fã do esporte bretão, mas também sabe da importância de planejar o ano no quesito “presença em eventos profissionais”. É por isso que a gente publica nesta página o calendário completo das feiras de óptica nacionais e internacionais que ocorrerão no ano que vem. Quem sabe, pode ter chegado a hora de você planejar pelo menos uma viagem a uma feira do setor e também começar a avaliar a possibilidade de levar membro(s) de sua equipe para algum evento (se é que ainda não faz isso). Até porque a an-

tecedência costuma garantir melhores valores de passagens e tarifas de hotel. Sem dúvida, as feiras nacionais são campos obrigatórios no currículo de um bom profissional, por isso já vale ir cuidando das viagens e, um mês antes, agendar reuniões com fornecedores e potenciais parceiros. Mas também é bom investir para conhecer eventos internacionais. É uma experiência e tanto. E para enriquecer seu arsenal de informações, acompanhe na VIEW durante o ano as matérias especiais de Calendário sobre as principais feiras do mundo e informações essenciais sobre as cidades. Neste número, é a vez da italiana Mido, que ocorrerá de 1º a 3 de março, em Milão [páginas 54 a 64].

Opti’14 Munique, Alemanha office@okmessen.com www.opti-munich.com/en/home/

calendário

Janeiro 10 a 12

14ª China (Shanghai) International Optics Fair Xangai, China orientex@netvigator.com www.siof.cn/eng/main.php

Fevereiro 14 a 16

18 a 20

Opta Brno, República Tcheca scoo@scoo.cz www.bvv.cz/en/opta Mido Milão, Itália infomido@mido.it www.mido.it/index.php?lang=en

International Vision Expo East Nova Iorque, Estados Unidos inquiry@vision.reedexpo.com www.visionexpoeast.com

Março 1a3

26 a 30

26 a 29

Abril 2a5

Optrafair Londres, Inglaterra info@fmo.co.uk www.optrafair.co.uk

Wenzhou Int’l Optics Fair Wenzhou, China optics@donnor.com www.opticsfair.com

Diops Daegu International Optical Show Daegu, Coréia diops@koisc.org www.diops.co.kr/front/eng/

International Vision Expo West Las Vegas, Estados Unidos inquiry@visionexpowest.com www.visionexpowest.com

Maio 8 a 10

Agosto 16 a 18

Setembro 17 a 20

20 a 22

Optatec Frankfurt, Alemanha info@schall-messen.de www.optatec-messe.com/en/optatec

17 a 21 Sunglasses Business Point Club Med Rio das Pedras, Rio de Janeiro, Brasil comercial@savagetpromocoes.com.br

Ajorsul Fair Mercoóptica’2014 Gramado, Brasil ajorsul@ajorsul.com.br www.ajorsulfairmercooptica.com.br

IOFT 2014 Tóquio, Japão ioft-eng@reedexpo.co.jp www.ioft.jp/en/Home

Setembro 18 a 20

Outubro 20 a 22

26 a 29 Silmo Paris, França info@silmo.fr en.silmoparis.com

VIEW 136

11 a 13

4a6

Expo Abióptica Expo Center Norte, São Paulo, Brasil contato@expoabioptica.com.br www.expoabioptica.com.br

Rommedica Bucareste, Romênia rommedica@romexpo.ro www.rommedica.ro/home

66

Expóptica Madri, Espanha expooptica@ifema.es www.expooptica.ifema.es

dezembro:2013

Vision-X Dubai Dubai, Emirados Árabes visionx@dwtc.com www.vision-x.ae

Novembro 5a7

25 a 27

Hong Kong Optical Fair Wanchai, Hong Kong exhibitions@hktdc.org www.hkopticalfair.com www.revistaview.com.br


EXPO ABIÓ PTIC A 20 1

TE.

DE 2 EXPO A 5 DE A CEN BRIL T ER NOR TE -

S ÃO

PAU LO

A IN SUR D A M A P RE IS E ND EN

4

T EC N A CE OL OGI SSÓ A RIO - A RM A S-P A L E ÇÕE S STR L A S EN T ES D

E CO

N TA

TO

WW

W. EXP

OA B

IO P

TIC A.C OM

.BR


Fale direto com os anunciantes desta edição

anunciantes Abióptica

Essilor Brasil

Luxottica do Brasil

Av. Santo Amaro 1386 1º andar São Paulo/SP 04506-001 11 3045 2090 abioptica@abioptica.com.br página 67

Rua Visconde de Ouro Preto 5 Rio de Janeiro/RJ - 22250-180 0800 7272007 sacbrasil@essilor.com.br 4ª capa e páginas 41 e 49

Rua Ministro Jesuíno Cardoso 52 São Paulo/SP - 04544-050 0800 7039444 servicos@br.luxottica.br 3ª capa e páginas 7 e 13

Essilor Solutions

Luxx Brasil

Rua Visconde de Ouro Preto 5 Rio de Janeiro/RJ - 22250-180 0800 7221222 essilorsolutions@essilor.com.br página 31

Rua Claudio Soares 72 cj. 1315 São Paulo/SP - 05422-030 11 3037 8888 sac@luxxbrasil.com.br página 47

GO

Marchon Brasil

Rua Diogo Moreira 132 cj. 1201 São Paulo/SP - 05423-010 0800 8889029 sac@kenerson.com.br página 15

Rua Julio Diniz 49 São Paulo/SP - 04547-090 0800 7071516 sao@marchon.com.br página 5

Golden Vision

Mello Industrial

Rua Guaraniúva 78 Vila Olímpia São Paulo/SP - 04547-010 3057 2324 comercial@gvog.com.br página 19

Rua Santo Irineu 163 São Paulo/SP - 04127-120 11 2764 3000 melloindustrial@melloindustrial.com.br página 51

Anfao Via Petitti 16 Milão - 20149 Itália +39 02 3267 3673 info@anfao.it página 57

Aspex Eyewear 2755 SW 32nd Avenue Hollywood/FL 33023 Estados Unidos +954 989 7405 pdufour@aspexeyewear.com página 39

Aurora Eco Rua Cônego Eugênio Leite 920 São Paulo/SP 05414-001 11 3086 1731 reservas@auroraeco.com.br páginas 68 e 69

CMsatisloh Rua Professor Cardoso Fontes 137 Petrópolis/RJ 25640-036 24 2237 1112 info.br@cmsatisloh.com.br página 43

Desempenho Rua Barão de Itapetininga 255 sala 814 São Paulo/SP 01042-002 11 3259 7348 informatica@desempenho.com.br página 61

70

VIEW 136

dezembro:2013

Opti-Export Hoya Brasil Rua Gotemburgo 190 São Cristovão Rio de Janeiro/RJ - 20941-080 0800 7076575 (RJ) 0800 7022541 (SP) sac@optotal.com.br página 29

5058 NW74 Avenue Miami Miami - Flórida 33166 Estados Unidos +786 478 3370 info@optiexport.com página 71

Óticas Diniz Johnson & Johnson Rua Gerivatiba 207 16º andar São Paulo/SP - 05501-900 0800 7288281 sacvision@conbr.jnj.com página 37

Avenida Nova Cantareira 2491 São Paulo/SP 02341-000 11 2249 8181 expansão-sprj@oticasdiniz.com.br página 63

Stepper Brasil Look Vision Rua Bento Coelho da Silveira 186 São Paulo/SP - 04330-080 11 5565 4233 lookvision@lookvision.com.br página 27

Praça São Marcos 624 São Paulo/SP 05455-050 11 3021 1017 info@stepperbrasil.com.br página 9 www.revistaview.com.br


Sul Hotels Rua Cônego Eugênio Leite 920 São Paulo/SP 05414-001 11 3086 1731 info@sulhotels.com.br página 65

Oi !

Você Sabia?

Suntech Supplies Rua Maria Soldera Lourençon 52 Itupeva/SP 13295-000 11 4591 8600 sac@hb.com.br página 17

Transitions Rodovia Anhanguera km 106,5 s/nº Sumaré/SP 13170-970 19 3864 8600 atendimento@transitions.com.br páginas 29 e 53

que oferecemos as melhores marcas de lentes do mundo

que temos os melhores preços do mercado !

Vision Expo 383 Main Avenue Norwalk/CT 06851 Estados Unidos +203 840 5436 inquiry@vision.reedexpo.com página 44

Vision Line Rua Silva Jardim 3029 sala 13 São José do Rio Preto/SP 15010-060 17 3222 7644 sac@grupovisionline.com.br capa

que facilitamos sua compra do início ao fim

Younger Optics Rua Alfredo Achcar 970 prédio 10 Vinhedo/SP 13280-000 0800 9425700 pedidos@youngeroptics.com.br páginas 22, 23 e 25

www.revistaview.com.br

Ligue: POA (51) 4063 7046 SP (11) 4063 5192 RJ (21) 3958 1314 Chave de acesso: 122246

Opti Export Co. 7331 NW 66th Street, Miami, FL 33166 786 - 478 - 3370 info@optiexport.com www.optiexport.com


a óptica do artista plástico marcelo cipis

armação do cipis

armação

72

VIEW 136

dezembro:2013

www.revistaview.com.br


VO2819S


Profile for Revista VIEW

VIEW 136  

Os desafios da economia brasileira em Dicas & Estratégias.

VIEW 136  

Os desafios da economia brasileira em Dicas & Estratégias.

Advertisement