Up 13 final web

Page 1

13

Patr铆cia Garrote A Rainha dos Div贸rcios

1


2


3


sumário

10

novidades news

Tendência 12 o que usar neste verão? Estilo Urbano 14 Luciana sabino Looks Urbanos 16 mala de verão 18 festas 20 sync ny Por Elas 21 mãos de fada no negócio Persona

28

rainha dos divórcios

Moda Mulher

34

Carla de carli

Perfil 41 uma câmera, uma arte, um olhar: as graças de graça

44 48

luis pons revolucionando o mercado de

brasília

Conversa 50 De MAriazinha à mara mac Moda 55 summer trends in black and white

Comportamento 63 um novo jeito de trabalhar Poder

68 wasny: um conciliador em defesa da ampliação dos direitos das mulheres

4

14 21


Viagem 80 a primeira viajem do bebê Noivas 76 noivas por neimar sinicio 77

mosaico

Arquiteta

82

letícia pires

Entrevista

84

paisagismo além da beleza

Beleza

86

fuga do over!

Saúde UP

88 90

desintoxicando o corpo momento de cuidar da aparência

O Chef

92

o sabor da frança

96

delícias e delírios

98

prateleira

18 32

Roteiros UP

99

10 hotéis com alma

Aconteceu

102 103 104 105

celebrando uma nova jornada cardápio especial florense autoridades e população

comemoram abertura do JK shopping

106

papo design no cine itaú

do casa park

107

boutique artline

5


carta do editor

C

hegamos ao final de mais um ano, foram muitas conquistas e grande foi o nosso aprendizado. A cada edição Urbana Up que colocamos na rua é uma vitória, para todos os envolvidos nesse projeto e para os investidores que acreditam no veículo revista como uma bela e excelente forma de se comunicar com seu público. Não tenho como fugir deste momento natalino, que nos deixa querendo rever tudo e agradecer sempre. Foi um ano em que procurei fazer algumas mudanças em nosso projeto inicial, entre as novidades novos colunistas e com eles boas ideias, eu acredito que mudar é sempre bom. Nesta edição que está em suas mãos, a nossa matéria de capa foi muito bem pensada, Dra. Patrícia Garrote além de bela tem competência e liderança tamanhas a ser privilégio de poucos. Por Elas traz a um pouquinho desse time fortíssimo, Benigna Venâncio, Aadna Dantas e Fabiany Damasceno. Moda Mulher, traz o charme e os Looks de Carla Di Carli, que abriu sua casa e seu closet, para esse editorial. As dicas de moda tem assinatura grifada, por esta dupla de consultoras muito queridas Clariana e Clarice e para falar de tendência Pedro Lins traz as novidades. Aguardem boas novas em breve. Muitas entrevistas, e perfil de pessoas interessantes. Mara Mac em conversa, diz porque é o nome forte na moda. O Presidente da Câmara Wasny em entrevista fala da posição da casa em relação aos projetos voltado para a mulher. Nosso Foods cresceu e Renata Mandelli empresta suas receitas para fazer a delícia e delírios, muita coisa gostosa vai sair desse caldeirão a cada nova edição. Com muitíssimas novidades me resta finalizar desejando a todos, o que de mais sincero posso falar para vocês. Paz, União, Alegrias, Esperança, Amor, Sucesso, Realizações, Luz, Respeito, Harmonia, Saúde, Solidariedade, Felicidade, Humildade, Sabedoria, Amizade, Perdão, Paciência, Dignidade, Sinceridade, Equilíbrio, Liberdade, Prosperidade e muita Fé. Que venha 2014!

Diretora - Editora

6



POR NÓS DIRETORA | EDITORA Telma Melo diretoria@revistaurbanaup.com.br

CONTATO COMERCIAL (61) – 8135.9372 comercial@revistaurbanaup.com.br

Jornalista Responsável Beatriz Vasconcelos

REVISTA URBANA UP CLSW 103 bloco A sala 146 Edifício Rhodes Center II – Sudoeste Brasília - DF - Cep: 70670-521 Telefone: (61) – 8135.9372 www.revistaurbanaup.com.br

JORNALISTAS Carla Furtado Fernanda Caixeta Jalili Elias Max Cajé Pedro Lins redação@revistaurbanaup.com.br PRODUÇÃO DE MODA Andre Monjardim

RAFAEL ROSAS PRODUÇÃO EDITORIAL RENATA FERRAZ COLUNISTA FOTOGRAFA

MAX CAJE JORNALISTA

FOTÓGRAFOS Alan Santos Cesar Rebouças Daniela Braga Harvo Mikami Luiz Diogo Renata Ferraz Telmo Ximenes COLUNISTAS Clariana Gonzaga Clarice Dewes Claudia Mohn Marcia Viana Pátricia Viana Renata Ferraz Renata Mandelli EDITORAÇÃO E DESIGNER Alfredo Jr.

CLARIANA E CLARICE COLUNISTAS MODA E ESTILO

PATRICIA E MARCIA VIANA COLUNISTAS

BEATRIZ VASCONCELOS JORNALISTA RESPONSÁVEL

CLAUDIA MOHN COLUNISTA DECORAÇÃO

ANA PAULA COLUNISTA PEDRO LINS JORNALISTA

PROJETOS ESPECIAIS Rafael Rosas proj.especiais@revistaurbanaup.com.br

ANDRÉ MONJARDIM PRODUTOR DE MODA

PRODUÇÃO EDITORIAL Flora Tavares produção@revistaurbanaup.com.br

DANIELA BRAGA FOTOGRAFA

8

ALFREDO JR. DESIGN GRÁFICO


TECIDO-ARTE FRANCÊS INSPIRA PORTAS DA COLEÇÃO MATELASSÉ.

LUXO NAS PORTAS REVESTIDAS COM DETALHES EM COURO MATELASSÉ

PORTAS COM SISTEMA DE AMORTECIMENTO NA ABERTURA E FECHAMENTO

BASES DE ALUMÍNIO COM TRIPLA FUNÇÃO: TRILHO DESLIZANTE, SOLIDEZ E PERFEITO NIVELAMENTO

SIA TRECHO 3/4 LOTES 165/195 LOJAS 104 E 204 ED MERCADO DESIGN (61) 3222.4448 FLORENSEDF@FLORENSEDF.COM WWW.FLORENSE.COM


urbana news

Fim de ano é época de Natal e consequentemente, consumo. Tendo isso em vista, várias marcas têm programado lançamentos para todos os gostos e tipos de público. Uma delas é a parceria entre C&A e Lenny Niemeyer. A estilista carioca estreia no mercado de fast fashion com 71 peças idealizadas para a gigante do ramo. A coleção traz uma releitura dos sucessos de Lenny em sua marca homônima em uma inspiração da mulher típica do verão brasileiro. Intitulada C&A Collection by Lenny Niemeyer, a novidade chega às araras em dezembro e vem com um mix de beachwear de visual elegante e sofisticado.

Outra novidade no mercado é a nova linha de Mariah Carey para a OPI. As adeptas da nail art agora terão mais 18 cores para decorar as unhas. Na Mariah Carey Holiday, tem tons de vermelho, chocolate, dourado, prateado e alguns esmaltes mais divertidos e texturizados como o “I Snow Yo Love Me” e “Kiss Me at The Midnight”. Os nomes de todas as opções são trocadilhos com os títulos de algumas músicas natalinas da cantora.

10


A mulher Versace para o Verão 2014 é ninguém menos do que a cantora Lady Gaga. Fotografada por Mert Alas e Marcus Piggo, a loira aparece com longas madeixas em um vestido lavanda da label em uma alusão clara à real mulher Versace, Donatella: sofisticada, elegante e sensual. Para quem não sabe, a relação das duas já dura um bom tempo desde que Gaga estourou no cenário pop e até rendeu uma música (Donatella) no álbum recém-lançado da cantora, ARTPOP.

E a invasão pop teen não para por aí. Nos dias 8, 10 e 11 de maio, quem aterrissa no Brasil são os meninos do One Direction com a “Where We Are Tour”. Porém, ao contrário de Demi Lovato, o grupo se restringirá a Rio de Janeiro (08/05) e São Paulo (10 e 11/05).

O Brasil se consolidou como roteiro de shows internacionais e Brasília faz parte disso. Depois de receber Aerosmith, Stevie Wonder, Jason Mraz e a diva Beyoncé em 2013, a cidade agora se prepara para o primeiro show internacional de 2014. Quem vem no dia 30 de abril é a sensação pop dos jovens e jurada do X Factor US, Demi Lovato. A cantora apresenta hits como Give Your Heart A Break e Skyscraper na nova turnê “The Neon Light Tour” no Opera Hall. Ela ainda passa por São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte e Porto Alegre.

Mais uma intervenção artística vai modificar o Eixo Monumental, em Brasília. Trata-se do projeto “Sem Título (Cacos)”, da artista Cecília Bona. A instalação se traduz em grandes formas pontiagudas e coloridas que atravessam a marquise do Complexo Cultural Funarte como se fossem cacos de vidro. É um dos resultados do estudo realizado pela designer em que se utiliza a luz e sua percepção na alteração do espaço e que acaba dialogando com a arquitetura da Funarte. A visitação é gratuita e fica em exposição até o dia 5 de janeiro de 2014.

11


TENDÊNCIA

O que usar neste Verão? POR Pedro Lins | FOTO: Ag. Fotosite / Reprodução

A cada temporada, as semanas de moda sempre reservam pontos importantes para se adequar às tendências do mercado. No Brasil não poderia ser diferente. Com a mudança do calendário oficial e o fortalecimento de uma identidade de moda genuinamente nacional, as últimas temporadas mostraram uma característica leve, jovial e ainda assim, comercial.

A 2nd Floor apostou nas peças cropped com transparência...

...Em cores como verde-maçã e rosa neon

A coleção da Neon sugere uma explosão de cores

Gloria Coelho também investiu na transparência e na sobriedade do branco

12

Cantão sugere as cores em tecidos pesados, como o couro

Dessa vez não há desculpas para não se adequar às tendências. Para a estação mais esperada do ano no Brasil, tanto São Paulo Fashion Week quanto Fashion Rio trouxeram pontos em comum. As cores cítricas em tecidos nobres com cortes estruturados e estratégicos compõem, junto às transparências, looks frescos e modernos. Tudo bem condizente com o Brasil.


Na moda praia não poderia ser diferente. As estampas de elementos da natureza dominaram as coleções de Blue Man e Água de Coco, talvez as mais fortes da temporada, assim como Patrícia Vieira. Araras, frutas e folhagens, elementos de um tropicalismo bem brasileiro, incrementaram tanto o beachwear, quanto peças com formas mais amplas, em uma opção mais sofisticada. As modelagens geométricas ainda são muito fortes e elegantes, como as de Adriana Degreas e a hors concours, Lenny Niemeyer, que ainda traz a estamparia digital ao verão de sua marca. Mix de estampas e transparências da Blue Man

Biquini Água de Coco

Vestido Água de Coco

Beachwear da Blue Man também traz o mix de estampas para além da praia

Maiô Patrícia Vieira

Lenny Niemeyer aposta na geometria...

e nas estampas digitais

A geometria também é forte em Adriana Degreas

Maiô Adriana Degreas


ESTILO URBANA

Luciana Solino por fernanda caixeta | fotos daniela braga

14


A empresária Luciana Solino de Moraes, 37 anos, nascida em Brasília e diretora da academia Cia Athletica, possui bacharelado em Direito e diversos cursos em seu currículo. Dentre eles, os que possuem mais destaque estão dentro da área de fitness; vendas; cursos empresariais e administrativos. Também é formada em consultoria de imagem com aperfeiçoamento em figurino e estudo de joias, o que, na verdade, é sua paixão. Desde que começou a trabalhar, aos seus 20 anos de idade, Luciana já tinha criado uma marca de roupa de ginástica, onde começou a crescer vendendo alguns modelos para as academias de Brasília. Por meio do amor ao trabalho, conheceu a Cia Athletica. Sua ideia inicial era abrir a boutique da nova unidade da Cia na capital. Quando, na verdade, conquistou a academia inteira. Hoje, com 13 anos de dedicação total à Cia, ou seja, desde sua inauguração em Brasília, Luciana tem orgulho de dizer que conquistou a diretoria da academia aos 23 anos. Com uma trajetória gratificante e de muito sucesso, a empresária diz que “quando o trabalho é feito com amor e dedicação, o envolvimento é sempre constante”. A academia Cia Athletica Brasília, com 5.200 m², é referência no mercado nacional e está presente no mercado há 28 anos, atendendo cerca de 35 mil alunos e conta com 17 unidades em operação. É a única rede de academias com certificação de qualidade ISO

9001:2008 e a funcionar sábados, domingos e feriados. Apresenta um dos maiores parques aquáticos do País, com 25 piscinas, sendo 13 semiolímpicas. Juntas, as unidades somam 65 mil metros quadrados de área construída de academia, fora estacionamentos. Luciana é divorciada, mas namora há três anos com um renomado publicitário de Brasília. É mãe de um filho pequeno que adora passear e se divertir pela pousada do Rio Quente. Louca por chocolate, mas sem sair do limite, ela adora se exercitar nas aulas de pilates e relaxar com as joias de sua própria criação da marca Ciocco que, inclusive, é chocolate em italiano. Também gosta de passear pela Ermida Dom Bosco, ler um bom livro e viajar com sua mãe e melhor amiga. Além do laser, a empresária leva a sério até mesmo seus hobbies. Com o aumento da demanda, principalmente por parte de suas amigas, Luciana está amadurecendo a ideia de abrir um atelier para se dedicar mais à criação de suas joias. Já reservou suas noites para criar um design diferente a cada dia de colares, brincos e pulseiras. Preciosidades delicadas que atendam a todos os gostos e estilos. O melhor momento de sua vida foi quando sentiu a pele, o rosto de seu filho pela primeira vez, logo após seu nascimento. Outra recordação inesquecível foi de uma viagem feita com sua mãe, neste ano, pelas cidades santas da Itália, onde conheceu pessoas incríveis, alegres e de bem com a vida.

15


LOOKS urbaNoS

MALA DE VERÃO Para curtir o calor na beira-mar, coloque na mala peças versáteis e moderninhas. Não esqueça das estampas tropicais: elas prometem ferver ainda mais o visual das fashionistas. por CLARIANA E CLARICE

01. Saia FARM; 02. Maiô LENNY NIEMEYER para C&A 03. Brinco PRIVIER; 04. Óculos TECNÓTICA 05. Short ANIMALE 06. Top Cropped DASLU 07. Chapéu RENNER 08. Bolsa SALINAS 09. Alpargata SCHUTZ

1 SPFW VERÃO 2014 ÁGUA DE COCO POR LIANA THOMAZ

16


2

3

4

6

5

8

7

9

17


LOOKS urbaNoS

1

2

7

5

6

4

8 9

18


3

FESTA Está aberta a temporada do glamour! Sofisticadas, as peças em vermelho e branco seguem a tradição e são perfeitas para celebrar o fim de ano. por CLARIANA E CLARICE

01. Vestido CRIS BARROS 02. Sandália LUIZA BARCELOS 03. Pulseira ARMÁRIO DA GABI 04. Vestido LETAGE 05. Saia BO.BÔ 06. Vestido MARTHA MEDEIROS 07. Vestido IORANE 08. Calcinha LOUNGERIE 09. Bolsa ARTE DESIGN

SPFW VERÃO 2014 R. ROSNER

19


SYNC NY por Renata Ferraz

2.

E para se enteirar sobre o que acontece na arte, literatura e música de brasileiros que vivem na Ilha, BEA (Brazilian Endowmwnt for the Art0 é o lugar. Coloque no seu roteiro e vá preparado para encontar cultura genuinamente brasileira. Diretora, Alcinda Saphira. (BEA # 240 West, 52nd st. tel (212)371.1556.

1.

Natal em Nova Yorque. Passar o Natal na ‘City’ é uma experiencia inesquecivel. A cidade fica toda decorada. As vezes neva, as vezes não, de qualquer forma é sempre frio. Se nevar, a atmosfera fica perfeita, como nos filmes. Não deixe de apreciar as vetrines das lojas de departamento que tem tradição na arte da decoração natalina. Macy’s (West 34th st.), Bergdorf Goodman (754, 5th Ave), Saks Fifth Avenue (611, 5th Ave).

Nova Yorque é uma cidade cheia de cantinhos maravilhosos mas você só descobre estando lá por um tempo, ou conhecendo alguem ‘local’. A ideia dessa coluna é te colocar a par dos acontecimentos de moda, arte, culianria e esportes que acontecem em NYC. Dicas para que você não se sinta como um turista deslocado na Big Apple.

4. 3. 20

Para quem aprecia a boa comida e nao quer pagar um absurdo, sempre indico o restaurante Telio. A comida e simplesmente deliciosa, pratos fartos e suculentos como Camarão ao molho de tomates com queijo Feta, Beringela a Parmegiana, Salada de polvo, Mousakka... Procure pelo dono, Yannise tera um atendimento ‘5 stars’. E para quem prefere apreciar os ‘drinks’, sente-se no balcão, e mesmo sozinho se sentira em casa. (Telio Restaurant / Greek/Italian food - www. teliorestaurant.com - 2479, Broadway, entre 92nd and 93rd st. Aberto diariamente das 11:00 a meia noite (212580.3700).

5.

Agora imagine uma loja da Make up Forever dentro da Sephora! Assim e a Sephora do Soho. Separe um bom tempo, de preferência deixe o marido no hotel e mergulhe sem pressa nessa aventura de cores, brihos e essencias pelos batons, sombras, esmaltes, etc. (Sephora/Soho 555, Broadway. Tel (212)625.1309

A noite na ilha de Manhattan e intensa, com opções que vao de pequenos shows nos poroes do Village a mega apresentacoes no Madison Square Grden, sem esquecer dos musicais da Broadway e dos Clubs. O Pacha e uma otima pedida para quem quer dancar. Quatro ambientes, otimos DJs e gente bonita. Tambem tem o Boom Boom Room no terraco do Hotel Standard. Nos dois va preparado para ficar um bom tempo na fila e com animo para dancar até de madrugada. (Pacha - Hells Kitchen, 618 West 48th st. (212)209.7500) (Boom Boom Room, Hotel Standard, 848 Washington st. Downtown (212)645.4646)


POR ELAS

Benigna Venâncio

Aadna Dantas

Fabiany Damasceno

Mãos de fada nos negócios

Multiplicar números nas finanças não é uma habilidade exclusiva dos racionais. A sensibilidade aflorada da mulher também conta pontos em muitos casos de sucesso empresarial. Disciplina, garra e muito amor: Se algum dia disseram que a sensibilidade maternal ia de encontro com a determinação racional que os negócios exigem, este pensamento está caindo por terra. Estamos vivendo uma segunda revolução feminina, a primeira quando elas decidiram ir para o mercado de trabalho. Agora, segundo dados do Sebrae, das seis milhões de micro e pequenas empresas existentes no Brasil, cerca de 35% são lideradas por mulheres. No entanto, entre os novos negócios, a participação delas chega a 49,6%. por Beatriz Vasconcelos | foto Daniela Braga

21


22


Inspirações

Benigna Venâncio: sua marca de joias é um dos casos de sucesso advindos da sensibilidade feminina.

Em Brasília, a marca de joias Benigna Venâncio é um dos muitos casos de sucesso advindos pela sensibilidade e apego à família. Totalmente disciplinada, a designer Benigna tem dois filhos, administra a sua joalheria, seu lar, se dedica muito à espiritualidade, encontra tempo para cuidar bem do corpo - joga tênis, pratica corrida, pilates e academia -, está sempre bonita, e tem grande parte dos seus dias voltada a seus familiares. A sua habilidade para lidar com o que é belo é nata. Benigna, aos 14 anos foi miss no interior do Ceará, onde viveu sua infância, e conta que ainda bem jovem já gostava de enfeitar outras mulheres. “Cresci vendo minha família trabalhar com joias, então isso é forte dentro de mim. Meus tios lidam com metais nobres, para se ter uma ideia, minha avó até hoje é ativa nesse ramo. Ela e minha mãe têm muita garra, são mulheres que souberam edificar o lar com muito amor, e me deram grandes exemplos de sabedoria”, diz a designer, com admiração. Inspirações para criar também são extraídas nos melhores sentimentos e na natureza. O carro-chefe das joias, presente em todas as suas coleções é o Espírito Santo, representando paz, segundo Benigna: “Minhas clientes adoram usar. É como dizer ‘estou em paz comigo mesma, tem esse enfoque espiritual’”. A peça foi criada para comemorar o cinquentenário de Brasília. “Eu estava na fazenda, falando com Deus, pedindo paz. Era um momento em que eu também procurava o que criar para os 50 anos da capital. Então me veio essa inspiração, o céu de Brasília com pombas que representam a paz. A peça foi esculpida no Japão, em madripérolas e com um diamante no olho”. Para a coleção atual, uma viagem de navio foi a motivadora. “As experiências vividas nas viagens me dão inspiração. Recentemente fiz um cruzeiro de 15 dias, e as ideias vieram com referência às águas, e comprei pedras novas no Caribe, da cor do mar. Então, para este Natal e Reveillon, tenho muitas novidades de peças, com pedras azuis lindas, por exemplo, larimar, tanzanitas e a turmalina Paraíba, esta tipicamente brasileira”, adianta. Beniga ainda avisa às navegantes: “Nesta nova coleção também está presente o Espírito Santo, combinando sua cor branca ao azul do céu e do mar”.

23


Cheiro de sucesso no ar

Aadna Dantas, com apenas 22 anos de idade já deslanchou no mundo dos negócios. Sua sensibilidade, criatividade e habilidade para lidar com as fragrâncias, unindo beleza às essências, fez surgir a Nobre Essência, que hoje divide espaço com peças decorativas para casa. Ela conta que tudo começou na sua adolescência: “Este meu lado de empreendedora é porque meus pais sempre foram empresários. Descobri o gosto pelas essências aos 14 anos, quando minha mãe pediu que eu a ajudasse na produção de lembrancinhas para comemorar dia das mães na escola que ela dirige”, diz. Foi para esta ocasião que Aadna fez primeiro curso de cosméticos, em São Paulo, e desde então vem se aprimorando, inclusive esteve há pouco tempo em Paris para estudos sobre perfumes. Contudo, o sucesso nas essências surgiu pelo fato de ela produzir lembrancinhas sob encomenda, principalmente para casamentos. “Quando eu fiz este primeiro curso, não imaginava que eu levaria isso adiante. Mas aí eu gostei, comecei a fazer pesquisas sobre cosméticos artesanais e essências importadas. Percebi a importância da boa qualidade, porque as essências boas se fixam. Então fui fazendo difusores, sabonetes liquidos, creme hidratante para as mãos, mas fazia para presentear amigos e familiares. O resultado foi que muita gente gostou e vieram as encomendas para casamento, chás de bebê e batizados”, comemora. Além da boa qualidade do produto, Aadna sempre se preocupou com a beleza dos frascos. Seus difusores recebem decoração de luxo, são personalizados e ostentam espaços privilegiados em salas e lavabos. Por isso, a empresária resolveu agregar à sua loja, que fica no Lago Sul, outros objetos para adorno, e mudou o nome para Nobre Essência e Casa. “Resolvi ampliar a loja, a minha intenção é fazer ambientes. Estou fazendo parecerias para melhor composição, ou seja, posso oferecer minhas essências, que também decoram, junto com outros adornos”. A sua jovialidade associada ao trabalho bem feito marca expressões de admiração. As essências que Adna cria têm um ótimo reconhecimento pelos seus clientes. Como prova disso, suas criaçoes para aromatizar ambientes com exclusividade estão presentes em várias lojas de grife, promovendo o eficaz marketing olfativo. Além disso, na mostra Casa Cor, vários ambientes exalam Nobre Essência. “Uma das encomendas que recebi para o Casa Cor, por exemplo, foi da arquiteta Silvana Andrade. Ela pediu para eu personalizar quatro difusores diferentes para ambiente de um rapaz que gosta de hipismo. Então eu usei nos vidros couro marrom para combinar com a decoração e pingentes tipo ferraduras”, conta. Além das encomendas de essências, outros objetos decorativos foram adquiridos na loja de Adna para compor os ambientes Casa Cor.

24

Aos 22 anos de idade, Adna Dantas deslancha no mundo dos negócios com sua criatividade e sensibilidade para as fragrâncias.


25


Dois ramos diferentes

A empresária Fabiany Damasceno, com duas lojas da grife Copodarte – Shopping Iguatemi e Parkshoping -, acaba de inaugurar um restaurante de excelente requinte. Para ela, o Limoncello, de gastronomia italiana e que fica na Asa Sul, faz parte da concretização de seus sonhos e complementa o prazer que sente em dirigir as lojas de sapatos finos. Sempre preocupada em atender seus clientes com produtos de qualidade, além da alta culinária, o restaurante oferece ambiente super confortável, decoração luxuosa e musicalidade para os gostos mais exigentes. Os jantares são servidos à luz de velas, e para aumentar o romantismo, repertório no piano, violino e sax. Contudo, tanto prazer num só lugar não é meramente uma estratégia comercial. Talvez essa combinação de bom ambiente influencie no sabor mais prazeroso da comida, mas tudo foi planejado para agradar o cliente. Fabiany, que dirige o Limoncello junto com o marido, Eduardo Macedo, diz que eles construíram este restaurante pensando num lugar onde gostariam de estar. “Montamos o Limoncello como um restaurante a que gostaríamos de ir, um lugar sofisticado, porém, informal, que nos deixasse bem à vontade, com iluminação suave, boa música, e, claro, com uma comida maravilhosa. Se eu não fosse dona do Limoncello, com certeza seria uma cliente assídua”. O projeto deste empreendimento já existia havia dois anos, no entanto, as obras duraram apenas quatro meses, como diz a empresária: “Quando vimos a placa ‘aluga-se’ na quadra que queríamos, começamos a viabilizar o nosso plano. Nedjma França assina o projeto arquitetônico, eu mesma fiz a decoração e tudo saiu como planejado. Foram quatro meses de obra, com muito trabalho, muito mesmo”. Entretanto, engana-se quem pensa que Fabiany irá se distanciar das lojas de sapatos devido ao restaurante: “Vou conciliar o trabalho nestes dois ramos, são minhas paixões. Quando você ama o que faz, tudo fica mais fácil. Sou geminiana e faço sempre mil coisas [risos]. Antes, a moda era meu trabalho e a gastronomia meu hobby. Hoje tenho o privilégio de trabalhar com as duas coisas que mais gosto”, comemora. Como a maioria dos casos de empreendedorismo tem aquela influência da família, com Fabiany não foi muito diferente: “Meus pais são donos da Albert’s, na 107 Sul e das franquias Lacoste juntamente com meu irmão mais velho. Trabalhei com eles desde os 16 anos. Fiz de tudo, fui vendedora, gerente e sócia. Como eu tenho uma paixão por sapatos e escolhi a Capodarte para abrir meu próprio negócio”, disse a empresária. Em relação à gastronomia, ela conta o seguinte: “Sempre me interessei muito pela cozinha, filha de mineiro e baiana, não poderia ser diferente. Aos 18 anos, quem fazia o cardápio das festas em família era eu. Então, fui conhecendo muitos ingredientes e me apaixonando mais e mais. O sonho de ter meu próprio restaurante estava, desde então, guardadinho! Quando conheci meu marido, filho do dono do antigo Orvieto, também de gastronomia, este sonho começou a ser compartilhado, planejado, e agora realizado”.

26


Fabiany Damasceno possui duas lojas da grife Copodarte, e acaba de inaugurar um restaurante de muito requinte.

27


persona

A Rainha dos Divórcios no comando de uma das melhores equipes de advocacia do país Com o fervor de quem vive um primeiro amor, não à primeira vista, Patrícia Garrote se entrega de corpo e alma à advocacia e, especialmente, ao Direito da Família por Max CAJÉ | foto RENATA FERRAZ

Dona de um dos mais importantes escritórios de Advocacia da capital, Patrícia Garrote lidera um time de mulheres dedicadas, focadas no objetivo comum e, principalmente, unidas pela causa de advogar da forma mais ética, transparente, profissional e fiel possível. Com mais de uma década no ramo, Patrícia já trabalhou com as mais diversas causas, mas foi no Direito de Família que encontrou sua zona de conforto, onde pode explorar ao máximo um talento que no início nem sabia que tinha. Apenas devido à forte insistência do pai entrou no curso de Direito. Só que não demorou muito para descobrir sua vocação e abraçá-la com todas as forças. Ainda no terceiro semestre ganhou seu primeiro caso, sinal de que ali era seu lugar e da respeitável carreira que teria ao longo do tempo. “Naquele dia selei meu caso de amor pelo Direito, vi que meu pai estava certo: eu realmente tinha jeito pra coisa”, avalia. 28


29


30


Além do talento nato, a sabedoria da negociação e de balancear o que realmente importa na vida foi herdada do pai, modelo que segue pessoal e profissionalmente. “Meu exemplo de vida é meu pai, que amo de paixão, com quem aprendi princípios para a vida inteira como honestidade, humildade, caráter, dignidade e simplicidade. Foi ele quem me ensinou a arte de negociar, me mostrou que para chegar a um ponto de equilíbrio cada um tem de ceder um pouquinho, abrir mão disso ou daquilo”, diz ela. Outro segredo para o sucesso vem da sólida relação de confiança estabelecida com cada cliente e ao valor e atenção às singularidades individuais. “Tento compreender o que se passa na cabeça de cada pessoa que me procura, seus medos, suas angústias, o que a levou a mim. Sempre pergunto ao cliente: quanto vale a sua paz? Quanto está disposto a ceder em nome da sua paz? Essa é a chave do sucesso da negociação”, declara. Exatamente pela busca do melhor para o cliente, tanto psicológica quanto materialmente, Patrícia investe no acordo entre as partes. Como todo advogado de respeito, Patrícia preza pelas soluções menos dolorosas, que provoquem menos desgaste emocional. Com a visão profissional unida à de mãe e esposa, ela consegue esclarecer cada dúvida e oferecer um leque de alternativas jurídicas e legais para cada problema, passando sempre pela solução menos danosa não só para o casal como para a família. “Quando o casal fecha um acordo, os filhos sofrem menos e o prejuízo financeiro é menor. Tento mostrar que a separação é um negócio como qualquer outro. Tem de se desapegar do lado emocional para dar certo. E esse é meu trabalho, ser o lado prático, legal e jurídico daquela delicada situação”, ressalta. Mas nos casos em que o acordo não se revela possível, Patrícia mostra que também sabe brigar — e briga feio. “Para começar, peço liminarmente alimentos e afastamento do cônjuge do lar, quebra do

sigilo bancário e fiscal, cautelar que preserva patrimônio e impõe a nomeação de um responsável pelos bens, afastamento do sócio da administração da sociedade empresária, ou entro com execução de pensão, cuja inadimplência leva à prisão ou à penhora de dinheiro e bens. Peço a pensão sempre fundada nos ganhos, nos gastos do cartão de crédito e na ostentação do ex-marido ou genitor: não tem erro, nosso Direito é justo”, afirma, ao destacar que apesar das dramáticas ações e da clientela poderosa, cuja lista não revela de jeito nenhum, não se envolve sentimentalmente durante o processo, e ainda acaba se tornando amiga dos clientes. “Não sou daquelas advogadas que não falam com juiz, promotor, parte adversa e colegas de profissão ou que levam a batalha judicial para o lado pessoal — sei separar as coisas. Questão de classe!”, diverte-se, lembrando que um ou outro advogado já se recusou a cumprimentá-la em audiências em que se discutia muito dinheiro ou poder. “Por incrível que pareça, isso acontece, ainda que com pouca frequência. É ridículo e afronta nosso Código de Ética”, atesta. Para assegurar que esse trabalho seja feito da melhor forma, Patrícia conta com o auxílio de uma equipe composta apenas por mulheres. A preferência por trabalhar só com elas vem da visão de que casos de família necessitam de atenção especial, que só uma mulher é capaz de dar. “Os clientes nos procuram em momentos ruins, de crise, de violência doméstica, de forte impacto emocional. Por isso precisam de compreensão e cuidado, de alguém em quem possam confiar seus problemas e segredos inconfessáveis. Meu escritório exerce esse lado feminino do Direito, doce, acolhedor, meigo, alegre, porém firme e leal”, afirma. O time é liderado com o precioso auxílio da amiga e sócia Lilian Keffilin, chefe da equipe de advogadas e estagiárias. A dupla administra o escritório e se certifica de que cada cliente está tendo atendimento personalizado, participando de todas as fases do processo. Nenhum passo é dado sem consultar o principal interessado. Apesar de trabalhoso, Patrícia vê no método um dos motivos que colocou seu nome em destaque no mercado nacional e internacional. “Nossa preocupação não é com o número de clientes ou de processos, mas o reconhecimento de nosso trabalho na defesa plena dos interesses de quem nos procura em busca de apoio e de nossos serviços advocatícios”, conta a advogada. Para isso, a sintonia no ambiente é fundamental e Patrícia garante que ela funciona: “a equipe se ajuda em tudo, contamos umas com as outras. Na verdade, precisamos umas das outras. Cada uma tem uma função, é como uma orquestra. E como o tempo é exíguo para tanto trabalho, não temos problema com fofoca, apesar de sermos oito mulheres juntas o dia todo”, revela. Patrícia conta que o escritório atua em todas as áreas. Mas o Direito de Família é sua menina dos olhos. Atualmente, no comando da Comissão de Direito de Família da OAB-DF, ela luta por uma causa ainda não amparada em lei, como o conceito de união conjugal, especialmente a homoafetiva, que não deve depender do consentimento 31


Nossa preocupação não é com o número de clientes ou de processos, mas o reconhecimento de nosso trabalho... da família. A ausência desse conceito impede o parceiro de reconhecer a existência de sua união estável em um processo litigioso por falta de provas de que a família e os amigos concordavam com a estabilidade da relação e a tinham como um casamento. “Tem homossexual que não se assume nem para a família, imagine apresentar o companheiro como marido ou esposa em seu meio familiar e social! Um absurdo essa exigência da lei. Ou seja, se um familiar não concorda, ela nunca aconteceu!”, indigna-se a advogada.

A Rainha dos Divórcios como mãe e esposa O desdobramento entre a dedicação ao trabalho e a família que tanto ama é encarado por ela como apenas mais um desafio de ser uma profissional bem sucedida. Ainda assim a advogada assume o nível mais elevado de dificuldade enfrentado pelas mulheres que constroem uma carreira sólida sem deixar de lado a vida pessoal. “Somos eficientes, mas acho que temos muita responsabilidade: no fundo, queremos administrar tudo com perfeição e quando não conseguimos nos sentimos frustradas. Certamente a mulher, para se destacar, tem de abrir mão de muita coisa, muito mais que os homens. A mulher sai de casa para trabalhar, mas a casa não sai dela”. Com filhos, fruto de um casamento que já dura 15 anos, ela mostra que apesar das dificuldades em conciliar trabalho e casa, sempre consegue tempo para a família. Um desses momentos foi a comemoração do décimo quinto aniversário do casal, em Paris, onde hoje a filha mais velha mora. Ela destaca a importância do apoio dos familiares, algo para ela fundamental. “Meu marido me ajuda muito, dando apoio e conselhos. Com ele divido tudo. É meu grande amor, meu amigo e sócio em tudo que faço, além de um excelente pai”, elogia, com orgulho, a advogada. O cotidiano puxado também não tirou de Patrícia um tempo só para ela. A advogada Rainha dos Divórcios tem como fuga para relaxar as viagens que faz com os filhos e marido além de um simples, intimista e um tanto old school passatempo: montar scrapbooks. “Cada álbum que faço conta muito de mim. É onde colo fotos, pedacinhos de papel e de pano e me reinvento, monto minhas estorinhas coloridas, penso em tudo, ou em nada”, diz ela, afirmando ser uma pessoa simples e dedicada à família e aos amigos. E assim, no comando dessa vida divida entre trabalho e família, dois amores para a vida toda, Patrícia conseguiu crescer, ser reconhecida pelo belo trabalho desempenhado e elevar a carreira dentro e fora do meio jurídico. Mas seu real segredo é conseguir ser multifacetada. Além do escritório, ela ainda arranja tempo para escrever para a revista Glad e assinar duas colunas jurídicas, uma no Jornal da Comunidade e outra no Lago Notícias. “Gosto de prestar esse valioso serviço de utilidade pública, esclarecendo as pessoas sobre seus direitos e deveres em linguagem simples, de facílimo entendimento. Tem gente que me elogia, diz que guarda meus artigos ”, conta, com orgulho. Como se já não fosse suficiente, Patrícia está escrevendo dois livros e ainda planeja, em um futuro próximo, abrir uma escola jurídica com cursos voltados à prática do Direito, passando seu conhecimento sobre atendimento do cliente, fechamento, elaboração do contrato, redação jurídica e de como ser bem-sucedido na área. O último ela já sabe de cor. 32


33


moda mulher

Carla Di Carli por Max CAJÉ| foto RENATA FERRAZ

Brasiliense nata, Carla Di Carli sempre foi sinônimo de beleza, simpatia e claro, um rosto super conhecido na capital pelos seus grandes eventos. Fora de Brasília, ela já conheceu os quatro cantos do mundo, mas tem um apego especial com Londres. A capital da Inglaterra serviu inclusive de inspiração para o nome de sua marca London Republic, que segundo ela remete ao encontro da heterogeneidade das pessoas e a democratização do poder de consumo. Democratização essa que pode ser vista na fast fashion vendida através e-commerce para dentro e fora do Brasil com looks bem montados a um preço acessível. Dos cerca de 40 mil itens que abastecem seu armazém físico, 85% dos produtos são importados. Carla produz no Brasil apenas camisetas e jeans, que foram moldados para os tamanhos e formatos nacionais. “O jeans é adaptado para o corpo da mulher brasileira, que é diferente do corpo das europeias. São mais gostosas”, brinca a empresária. Além de conhecer o corpo, ela também conhece bem seu público alvo. ”São mulheres independentes, sabem o que querem e fazem a própria história. Então se elas compram uma blusa, elas sabem como vão usar aquela blusa, como vão combina-la, porque elas são antenadas. Elas não compram por comprar”, afirma. Para agradar as compradoras e sempre manter a meta da marca de trazer peças com cara de classe A, mas acessíveis para classe B e C, Di Carli revela que mantém contato com amigos designers na capital paulista e, sempre que pode, acompanha os lançamentos das grandes grifes nacionais e internacionais, além das semanas de moda mundo afora. Tudo para conhecer o que será tendência e o que funcionará no mercado fast fashion que atua.

34


35


O branco casado com a renda e quebrado com acess贸rios vibrantes podem ser a pedida para programas ao ar livre, como indica a empres谩ria.

36


Quem prefere um visual clรกssico pode optar pelo sempre assertivo preto bรกsico, que chega ressaltado em peรงas que valorizam as curvas femininas

37


Tons claros em cortes marcados foram pensados para mulheres que gostam de mostrar um pouco mais do corpo no ver達o


A estamparia de lenço, sensação do outono/inverno 2013 no Brasil, segue como forte aposta da London Republic. Pedraria é a pedida certa para compor o visual.

39


perfil

Uma câmera, uma arte, um olhar: as graças de Graça por Pedro Lins | foto daniela braga

40


A vida é marcada por visões. Uma flor que desabrocha, uma criança que descansa no aconchego do colo de sua mãe, uma paisagem do outro lado da janela em uma estrada, uma lágrima que cai do olho triste... Tudo é registrado pelos olhos e o momento é então vivido para se eternizar em cada um de nós. Chamemos isso de arte. Arte como uma forma de materializar essas visões para que se perpetuem não mais no interior de cada um, mas sim seja partilhada com os demais. Visões, momentos, arte. Três palavras-chave para definir uma certa artista. Uma artista que vive para mostrar o seu olhar de mundo para o mundo. Seja uma China de mais de 1 bilhão de habitantes sob a ótica de um estrangeiro, fragmentos de uma histórica Roma em seus mais delicados detalhes ou mesmo a essência de mulheres na mais pura de suas representações. Não são pinturas, não são esculturas, não são construções. São momentos captados por lentes, por olhos, pelo olhar característico e intrínseco à natureza feminina. À natureza dela. Ela, uma gaúcha que irradia juventude no apogeu dos seus 60 anos. Nascida no município de Erechin, se formou em Jornalismo pela pressão da família em ter um diploma e até chegou a seguir carreira na área, mas sabia que esse não era o futuro que a esperava. Mãe de dois filhos, foi encontrar em Brasília a consolidação pessoal e profissional de uma paixão que se tornou trabalho a partir do momento em que ganhou a primeira máquina fotográfica, uma Rio400 aos 15 anos de idade. O nome: Maria da Graça. Graça. Metade da vida dedicada à fotografia, assim pode-se traduzi-la. A profissionalização de um gosto pessoal aconteceu em 1981, quando fotografou algumas colegas de área longe de redações ou ambientes de trabalho, mas sim em seus redutos pessoais, na representação de suas intimidades. Assim foi “Mulheres Jornalistas”, o primeiro trabalho fotográfico profissional de Graça Seligman. “Foi uma coisa! Eu fiz umas fotos muito loucas para a época e foi muito bacana! Fotografei 76 mulheres que até hoje estão na crista da onda e lá estavam apenas começando. Foi um trabalho que me estimulou a fazer muita coisa”, conta. A lista vai desde Miriam Leitão a Marília Gabriela.Todas retratadas em uma exposição que começou em Brasília e passou por Porto Alegre e São Paulo. A capital paulista, por sinal, é a segunda casa de Graça, que divide cada mês para conseguir estar ao lado do marido e se dedicar à tranquilidade criativa de seu charmoso ateliê, que fica em Brasília. E se engana quem pensa que a idade chega a ser um empecilho. “Que isso! Não tenho crise de idade. Quando fiz 60 anos, foi uma coisa emblemática porque

41


é tão bom viver que eu vislumbrei lá na frente: ‘Ai meu Deus, quanto tempo eu tenho ainda?’ Mas eu me sinto tão jovem... O tempo é meu amigo. Me dá mais experiência, mais vivência, mais sabedoria. Sou ativa, tenho meus projetos”. E eles são muitos! Seligman é autora de livros fotográficos e de exposições que correram o país. Já foi à China, a Roma – onde morou nos anos 90 - e agora espera sair do forno o resultado do trabalho que fez com a pesquisadora Macao Goes sobre artesãs nordestinas que confeccionam bonecas de pano. Tantos projetos exigem que a fotógrafa seja, acima de tudo, uma mulher de negócios. É Graça quem administra seu trabalho e a experiência é acumulada desde quando foi diretora do Centro de Imagem e Som de São Paulo, de onde tirou alguns ensinamentos. “A prioridade no Brasil não é cultura. Assim como não é a educação e assim como não é a saúde. Hoje eu não tiro mais dinheiro do meu bolso pra produzir trabalho. Eu tenho minha empresa de fotografia, soube construir meu nome e a minha autossuficiência. Óbvio que tudo tem patrocínio e a gente tem que correr atrás disso, sejamos fotógrafos, músicos ou artistas em geral”. Isso, evidentemente, exigiu uma adaptação ao mercado da parte de Seligman. Amante da obra de Cartier Bresson, seria surpresa se sua preferência não fosse por fotografias em preto e branco ou as que envolvessem todo o processo manual de revelação e ampliação. Justamente por isso, ela largou a película por não encontrar lugar para materializar seu trabalho. A transição da película para a imagem digital foi um tanto difícil pela falta de material, mas Graça se rendeu e passou a adorar as novas ferramentas. Usa photoshop, se empolga com o avanço das tecnologias nos equipamentos e é mais que adepta às redes sociais. ”Tenho Instagram desde o início. Uso pra tudo! Tem gente que é focada em um só tema. Eu não! Se eu estou aqui com você e gostando do momento, fotografo e publico!”, diz. Porém, ela não dispensa o bom e velho papel fotográfico. Em seu último trabalho de grande repercussão, Graça idealizou e materializou as “Luminárias Fotográficas” – projeto que já tem sua segunda etapa em construção - para ampliar o espectro de suas fotos. “Quando você entra em uma casa e vê um trabalho seu em uma parede, uma luminária acesa, uma foto publicada em algum livro... É a maior gratificação que posso receber porque fotografia é para sempre! É uma coisa fascinante”. E essa paixão pelo o que faz é que transforma a obra de Graça Seligman e lhe garante a identidade cativante que tem. Pode ser uma luz impressionante, uma paisagem ou qualquer coisa que provoque emoção, ela registra em forma de arte fotográfica. A arte de uma senhora de 60 anos que nem cogita se aposentar. “Eu cheguei a um patamar no qual me sinto satisfeita. Não tenho do que reclamar. Na verdade, sempre vai faltar algo. Estou em busca da melhor foto sempre. Sou mesmo uma eterna insatisfeita!” 42



perfil

44


Luis Pons designer do ano e de grandes hotéis O Boom Design, evento que acontece em São Paulo e Brasília para assuntos de arquitetura e arte, trouxe à capital federal um dos maiores nomes do design no mundo. Luis Pons, venezuelano há onze anos radicado em Miami, é conhecido tanto por instalações de arte, como a famosa “Fabulous Floating Villa” exibida na Miami Art Basel de 2005, como pela criação de móveis premiados e a renovação de empreendimentos comerciais, residências e hotéis. Um dos trabalhos mais recentes foi a recriação do Hôtel Guanahani & Spa, membro da The Small Leading Hotels of the World e um dos ícones de St. Barthélemy, uma das ilhas mais badaladas do Caribe. por Beatriz Vasconcelos | foto divulgação

Lois foi o grande homenageado nessa sexta edição do Boom Design, em que recebeu o título de Designer do Ano, pelo conjunto de seus trabalhos, como designer de interiores, e pelo desenvolvimento de produtos. Astuto e muito simpático, Pons valoriza a diversidade de culturas latinas e tem uma ligação forte com o Brasil desde a infância, quando via o pai, arquiteto, trabalhar ouvindo Bossa Nova, estilo que, para ele, exalava sensualidade e beleza. Na ocasião do evento ocorrido no Casa Park, Luis Pons cedeu uma entrevista com muita descontração à Urbana Up, em que revelou curiosidades interessantíssimas sobre sua carreira e todo o apreço que sente pelo Brasil. A que você atribui a homenagem que está recebendo? Determinação, consistência e habilidade de promover em meus projetos uma chance de reinterpretar, de criar e de recriar cultura e produtos. Se é arquitetura, interiores, instalações de ar, joias, objetos, móveis, não importa, porque penso que o que atraiu foi o fato de ter sido capaz de expressar bem minhas ideias e meus

conceitos. Eu não tenho problemas em trabalhar com diferentes habilidades, então acredito que é isso o que me trouxe a homenagem.

E a sua participação no Boom Design, como são suas palestras? Estou participando junto com outros palestrantes de vários países: da Turquia, Finlândia, Noruega e Estados Unidos, para estabelecer um diálogo sobre as diferentes habilidades do Design, a produção, a criatividade, o marketing… Tem sido incrível e importante, porque permite às pessoas a pensarem juntas. Eu fui selecionado por eles como o Design do Ano e foi uma honra incrível! Então, tomei as palestras como uma oportunidade de explicar o processo dos meus últimos dez anos de trabalho, e as similaridades entre Brasil, Venezuela e Estados Unidos. Eu contei a minha história pessoal de como eu consegui o meu visto usando o Design como uma maneira de obter reconhecimento.

Então nos conte também! Quase fui sequestrado, eu e minha família tivemos que nos mudar da Venezuela para Miami, que era o local mais próximo de casa, e também porque culturalmente e eu já estava trabalhando lá. Nesta

45


O Brasil é meu ponto de referência, é o meu norte, eu reconheço os valores. Eu não estou necessariamente relacionado à cultura americana, eu não estou necessariamente relacionado à cultura europeia, mas estou relacionado à cultura brasileira.”

migração estávamos ilegais, mas eu tive sorte de encontrar alguém que me patrocinou, porém era um patrocínio deveria durar apenas três anos. Eu tinha que encontrar uma maneira de obter o meu visto o mais rápido possível, todas as politicas de imigração eram terríveis naquela época, 2002, e ao mesmo tempo o nosso Presidente, Chaves, detestava os Estados Unidos. Então o que eu fiz foi me fabricar como designer, porque, como arquiteto, não seria possível conseguir o visto que eu queria para garantir a minha permanência nos Estados Unidos. Hoje, então, conto que eu sempre estive na busca pela identidade de quem somos como cultura, cultura latino americana. Sempre usei como referência o Brasil, porque eu acho que somente este país tem toda essa identidade na alma, e isso é uma boa fonte de inspiração para mim.

Esta sua admiração pelo Brasil, você sente reciprocidade em relação ao reconhecimento pelo seu trabalho? Eu sinto deste tamanho (sinal de pequeno com os dedos), perto da grandeza do Brasil. Ele é para mim um continente de ideias, e eu me sinto tão honrado, é um sonho, um sonho que se realiza, porque sabe..., na Venezuela, nós sempre vemos o Brasil como um ponto de referência. O Brasil é meu ponto de referência, é o meu norte, eu reconheço os valores. Eu não estou necessariamente relacionado à cultura americana, eu não estou necessariamente relacionado à cultura europeia, mas estou relacionado à cultura brasileira. Portanto, é uma honra, me toca, me emociona muito e mais do que qualquer outra coisa, me conecta com a cultura com a qual eu sempre quis me conectar. Eu amo o que vocês fizeram com sua identidade, eu amo a cultura brasileira, eu amo a maneira com o Brasil tem se vendido: único, genuíno, uma maneira única na música, nas telenovelas, na arte, na arquitetura, na paisagem, na literatura, em tudo.

46

Se o Brasil te inspira, então qual é o diferencial que identifica seus projetos? O artesanal, o senso de humor, a interação, o calor, minha arquitetura é realmente calorosa e cálida, não é fria, tudo que faço é sempre capturado, você toca. Todos os meus móveis, todas as minhas luminárias, a arquitetura, tudo é muito sensitivo. As pessoas sabem que todos os meus trabalhos são sobre os sentidos, sobre a experiência, a interação, a dinâmica. A conexão é uma parte superimportante e as pessoas reconhecem isso imediatamente em todas as minhas peças, se é uma luminária, se é um móvel, se é uma peça de madeira, elas sempre sabem que é sobre interação.

Quando você está criando, é difícil unir beleza e funcionalidade? O que vem primeiro? A função é pensada primeiro, porque a beleza é o produto da coerência. A coerência leva em consideração aspectos técnicos, funcionais, aspectos contextuais, mas a harmonia é a coerência de todas essas partes que dá como resultado a beleza, o aspecto estético. Agora, unir arte e funcionalidade nunca é fácil, porque não tenho fórmulas.

Quais são os seus principais trabalhos no mundo? Para mim, o trabalho principal é aquele que está por vir, e não necessariamente o que já aconteceu. Eu nunca olho para trás e sempre olho para frente e o melhor é sempre o que está por vir, é o próximo. Eu amo meu Design, eu amo a busca que tenho feito na arquitetura para encontrar minha própria linguagem, eu amo a arquitetura que tenho feito porque isso me permite expressar. Eu amo hotéis, porque tocam tantos aspectos diferentes de um projeto, desde a arquitetura, dos interiores, dos móveis, objetos, iluminação, é criar um “life tyle experiences.


A casa que você sempre sonhou, de um jeito que você nunca imaginou.

THATIANNANUNES

+

ASSOCIADOS

ARQUITETURA IE NTERIORES

www.thatiannanunes.com.br


perfil

48


Revolucionando o mercado de Brasília. por fernanda caixeta | foto luis diogo

A empresária Laura Oliveira, à frente das franquias McDonald´s, da LMO que contempla a trade área de Taguatinga, Águas Claras, Valparaíso e JK Shopping, se destaca no cenário empresarial brasiliense. Casada e mãe de dois filhos, a empresária vê no trabalho uma oportunidade de crescimento mútuo – para ela e para as pessoas com quem trabalha. Desse modo, ela está sempre em constante aprendizado tanto é que, recentemente, concluiu um curso na Universidade Estadunidense de Harvard sobre tendências de negociação e liderança em empresas, no qual foram trocadas experiências com outros empresários de vários países. “Uma oportunidade enriquecedora para qualquer pessoa, pois aprendemos a lidar com as diversidades e demandas inusitadas para o mercado brasileiro e, principalmente, para quem atua no varejo”, explica Laura. Neste sentido, Laura sempre procura trazer para as suas franquias do McDonald´s as experiências vividas, proporcionando aos seus funcionários um ambiente de trabalho inigualável, dando a todos oportunidades de crescimento, é por isso que instituiu programas que oferecem oportunidades a profissionais recém-formados (trainees), menores aprendizes e portadores de necessidades especiais. Além disso, Laura prioriza sempre o treinamento dos funcionários, oferecendo a eles condições de crescer na empresa e na vida. “Nas lojas do Grupo LMO são 500 funcionários, no qual mais de 150 fizeram carreira na empresa e estão há mais de 8 anos ocupando o cargo de gerência. Isto consolida a imagem da empresa em ser um grande gerador de postos de trabalho para jovens no país”, conclui a empresária.

49


conversa

Mara Mac Dowell, mas, para muitos, Chanel Carioca: “Sou fã de Mademoiselle Chanel” 50


De Mariazinha à Mara Mac, elegância desde sempre It girl da década de 1960, a estilista Mara Mac Dowell comemora 40 anos da grife homônima. O estilo de suas roupas se reflete nas coleções desenvolvidas desde os primórdios da grife Mariazinha precursora da moda carioca, até o atual momento da Mara Mac. Segundo a empresária, o estilo da Mariazinha foi fundamental para sua carreira. A moda carioca estava engatinhando e Ipanema começava a ganhar fama internacional. Foi quando a efervescência dos anos 60 propiciou ousadia e novidade, e, então, Mariazinha mudou hábitos, quebrou paradigmas e principalmente inovou. A passagem para a marca Mara Mac aconteceu naturalmente, com uma tendência mais autoral. Mara acredita que a elegância vem de atitudes e se reflete na moda em formas limpas, que acompanha o movimento do corpo. Entre os tecidos da grife, ela dá preferência a sedas, algodões e linhos naturais. A tecnologia também está presente nos tecidos beneficiados, inteligentes e de última geração. Hoje a Mara Mac conta com dez lojas espalhadas pelo Brasil. Na entrevista que segue, a estilista conta sobre sua carreira e sua forma de criar. por Beatriz Vasconcelos | foto divulgação

Como você descobriu seu talento para a moda? Sempre gostei de moda e adorava criar figurinos para amigas e família. Assim após a formatura em jornalismo comecei a trabalhar como compradora de moda feminina para um grande magazine. Daí para viver a paixão de ter uma grife foi mesmo um pulo.

Quando você está criando, existe um foco diferente para as mulheres de regiões diferentes, ou a moda carioca abrange todas as brasileiras? Criamos moda para uma mulher que pode viver em qualquer lugar do planeta. Claro que temos a identidade carioca e questões como clima também influem no processo criativo, mas o foco é a mulher que vive no mundo.

Qual é o diferencial que marca suas criações? Existe algum detalhe usado para essa identificação?

O diferencial de uma marca é sempre seu estilo. Todos os detalhes fazem essa diferença. Acreditamos que qualidade e uma determinada maneira de ver a mulher cria a identidade Mara Mac.

Qual mulher você vestiu, e em que ocasião, mais marcou sua moda? Mulheres interessantes vestem Mara Mac, sempre vestiram. Seria difícil separar uma desse grupo. O momento mais marcante acontece a cada coleção, adoro esse olhar para o futuro que a moda proporciona. Essa renovação é o que encanta.

A que você atribui ser chamada de “Chanel Carioca”? Acho que o fato de estar há muitos anos no mercado, ter criado uma identidade com a cidade e a carioca fez surgir esse termo que muito me envaidece. Sou fã de Mademoiselle Chanel.

51


Geometria e linhas retas, Oscar Niemeyer e sua arquitetura também influenciaram a Mara Mac

Adoro o minimalismo, as linhas retas, e essa elegância despretensiosa de Brasília

Você acha que o seu estilo, com linhas e formas geográficas, mesmo tendo sido originado no Rio de Janeiro, pode ser associado às formas da arquitetura de Brasília, ou prefere que essa comparação não seja feita em relação à sua moda presente na capital federal? Adoro o minimalismo, as linhas retas, e essa elegância despretensiosa de Brasília. Oscar Niemeyer e sua arquitetura também influenciaram a Mara Mac

Quanto a seus planos para o futuro, existem mudanças que você pensa que vão acontecer no jeito que você estabeleceu para sua marca? Olho para o futuro e vejo muito trabalho, não penso em parar. Mudanças são muito bem vindas e estamos sempre reinventando a marca.

52

Como empresária, qual é o seu ritual de trabalho? Gosto de acompanhar tudo no processo criativo. Visito cada departamento de compra e estou sempre com minha equipe. Não sou de rituais, gosto de variar e de novidades.

Como é Mara Mac quando não está trabalhando? Estar em família, entre amigos, assistir a shows, cinema, teatro, conferir exposições de arte e ver moda são meus vícios.

Existe algo que a mídia nunca divulgou a seu respeito, mas que você gostaria que tivesse sido falado? Adoraria ter um segredo [risos], mas não acho que minha história tenha fatos assim tão interessantes e secretos.



moda

look Blusa Amanda Brasil saia Avanzzo, sandรกlia Areazzo 54


Summer trends in black and White. Tendências em branco e preto para a mulher que ama o verão mesmo sem pisar na areia. fotos renata ferraz Produção de moda andré monjardim cabelo e maquiagem salão hélio difF

55


look blusa Ortiga, calรงa Avanzzo, sandalia arezzo, pulseiras acervo 56


look chapĂŠu acervo, blusa e short Ortiga, cinto Forum, pulseiras acervo, salto Arezzo 57


look- body Ortiga cinto Forum calรงa Avanzzo, pilseiras acervo


Look macação Avanzzo, cinto Forum, pulseiras acervo sandalia arezzo


Look macação Ortiga, Chapéu Avanzzo Pulseira acervo

60


vestido Ortiga cinto Forum sandรกlia arezzo, pulseiras acervo. 61


comportamento

Um novo jeito de trabalhar Desempenhar tarefas fora das corporações, seja em casa, cafés ou cowrkings, é uma tendência crescente. Porém, é preciso disciplina para ter boa produtividade e não misturar vida pessoal com a profissional. por Beatriz Vasconcelos | fotos divulgação

62


A facilidade da comunicação atrelada às evoluções tecnológicas e à busca incessante por qualidade de vida trouxe para as pessoas um novo jeito de trabalhar. Cumprir tarefas fora do horário comercial, seja para evitar o fluxo mais elevado no trânsito e congestionamento nas grandes cidades, ou para adequar melhor às vontades do funcionário, é realidade para empregados de diversas grandes empresas que estão incentivando o home office.

Profissionais liberais são os precursores e ainda maioria nesta modalidade, mas é interessante observar como as pessoas vêm se adequando para melhorar a produtividade. Primeiro surgiram as cafeterias disponibilizando internet para os clientes e hoje elas se mantém como um ótimo lugar para conversas de negócios. Juliana de Castro Pedro, proprietária do Ernesto Cafés Especiais, diz que o número de pessoas que frequentam sua cafeteria em situaçao de trabalho


cafĂŠ hernesto

64


é grande. “Durante a semana, principalmente pela manhã e no início da tarde, são comuns as pequenas reuniões de trabalho, ou mesmo pessoas trabalhando sozinhas em seus computadores. Acontecem também os cafés corporativos e até entrevistas para emprego”, diz ela, e justifica: “Acredito que o ambiente tranquilo e informal propriciem um bom trabalho. As pessoas ficam mais relaxadas fora do ambiente corporativo e isso pode render novas abordagens e soluções. Também não podemos deixar de mencionar como atrativos, o conforto, o acesso à internet, a acessibilidade, o bom atendimento, e, claro, os deliciosos cafés e comidinhas disponíveis”.

Compartilhando ideias O aparecimento dos coworkings fortalece ainda mais o conceito de trabalhar fora das corporações. São locais que oferecem toda uma estrutura de escritório, inclusive ambiente para reuniões com muitas pessoas, tem até motoboy, e a locação é feita por hora. O resultado é o encontro de vários profissionais, de diferentes áreas, compartilhando o mesmo ambiente. Em Brasília, o Espaço Multiplicidade de Coworking completou dois anos de funcionamento. De acordo com o proprietário, Alexandre Nasiasene, das vantagens do espaço compartilhado estão melhora da produtividade e da rede de relacionamentos, troca de experiências e aumento da criatividade. São quesitos que suprimem a grande preocupação sobre o risco de isolamento, com suas consequências, que o trabalho home office oferece. Para Alexandre, mesmo que o uso da internet e das mídias sociais tenha crescido rapidamente, o comportamento do ser humano não muda na velocidade da tecnologia e as coisas que as pessoas valorizam permanecem ao longo do tempo. “Isso inclui a necessidade de um sentimento de propósito, de pertencimento, a idéia de que existe uma

comunidade de pessoas com a qual nos relacionamos. Então, o ambiente de coworking passa a ser um local de compartilhamento de idéias, conhecimento e intensa colaboração. Ao contrário dos bens tangíveis que se esgotam com o uso, no mundo colaborativo, quanto mais usamos nossa mente com este novo modelo de pensamento, mais cresce a inovação e a criatividade”. A psicóloga Alessandra da Rocha Arrais, professora da Universidade Católica de Brasília, concorda que trabalhar em coworking evita alguns malefícios do home office, como o isolamento social e a falta de limites de horário. “No mundo virtual, que está acessível a qualquer momento, trabalhar fora do horário de trabalho é uma grande tentação. Mas o coworking é uma forma de ajudar a limitar o espaço profissional do pessoal”, diz, e recomenda: “Quanto à personalidade, existem pessoas que são indicadas, e outras não, para trabalharem home office. As indicadas são aquelas muito disciplinadas e com boa auto-estima para saber dizer ‘não’ e colocar limites quando necessário. Pessoas que saibam delimitar bem o horário do trabalho e o horário para vida pessoal. No entanto, aquelas indisciplinadas e inseguras têm grande chance de serem ‘engolidas’ pelo trabalho e acabarem ficando sem vida pessoal e familiar”.

Em casa, mas como na empresa Entretanto, Alessandra avalia vantagens e desvantagens do home office: “Os benefícios normalmente estão relacionados à possibilidade de poder estar mais próximo da família, evitar perder tempo no trânsito, diminuir o estresse relacionado ao deslocamento, diminuir custos com aluguel de salas, vestuário, etc. Potencializar o tempo do funcionário, pois estaria disponível full time, nor-

65


malmente além do horário comercial pode ser vantagem, mas este também é o pior malefício, pois o funcionário pode não ter um limite de horário de trabalho e acabar misturando sua vida pessoal e familiar com a profissional. Então, na verdade, apesar de estar em casa, não está emocionalmente disponível para família. Além disso, acaba trabalhando muito mais do que se estivesse no escritório da empresa. Outro ponto importante é que o funcionário diminui muito o seu círculo de amizade e rede de apoio social, pois acaba ficando mais isolado em casa e não realiza as trocas relacionais com os colegas de trabalho. A longo prazo, isso pode levar ao isolamento social e suas conseqüências negativas”, alerta. Para quem trabalha home office, a psicóloga aconselha algumas delimitações. “Em primeiro lugar o espaço de trabalho em casa deve ser separado do restante da casa. Limitar o horário de trabalho, e quando não for hora de trabalhar, não ficar disponível

66

nem pela internet e nem por telefone para assuntos profissionais. Se vestir como se fosse para a empresa, ou seja, evite trabalhar de pijamas e roupas de ficar em casa. Isso ajuda a delimitar o espaço profissional. Procurar se reunir eventualmente com os colegas de trabalho para evitar o isolamento social”.

Espaço dedicado ao trabalho Nem sempre é possível ter um cômodo da casa exclusivo para o traballho para facilitar essa delimitação de espaço. A vida moderna nos criou mais necessidades e equipamentos e, em contrapartida, os metros quadrados cada vez mais se reduzem, criando um desafio para designers adequarem o espaço às necessidades, como diz Nida Chalegre, arquiteta e designer de interiores: “Hoje a maioria dos espaços têm que ser otimizados ao máximo. Assim surgem home Office em varandas, por exemplo: ao fechá-las com vidro é um espaço em que se pode colocar uma bancada para apoio, prateleiras para livros, objetos e pronto: está


criado um espaço para o trabalho, seja ele de qual tipo for. Em um corredor também é possível criar um espaço empurrando um pouco a parede de um cômodo para torná-lo mais largo, possibilitando assim acomodar uma mesa de apoio e sua cadeira. Em um quarto, em um dos lados da cama, a mesa de cabeceira pode ser substituída por uma mesa de trabalho com cadeira. Esconder todos os equipamentos de trabalho em um armário com portas também pode ser uma solução para espaços pequenos, porque fica tudo arrumado e limpo”. Com a questão do espaço resolvido, há que se pensar também em saúde, bem-estar e a estética do ambiente. “ Nunca esqueça que uma iluminação de mesa, direcionada para o trabalho que se executa, é imprescindível. Uma iluminação geral não dispensa a luminária da mesa. Não se esqueça também de esconder a fiação elétrica, em geral é bastante volumosa no caso de “home Office”, pois acaba

com qualquer efeito decorativo aquele monte de fios aparecendo. Para a decoração, pode-se pensar em papéis de parede, quadros, uma parede colorida, em geral tendo referência com a atividade que o profissional desenvolve”. Quanto à funcionalidade da mobília, alguns aspectos requerem atenção, principalmente ao fator ergonomia. “A escolha da cadeira é o aspecto mais importante para quem vai passar várias horas na frente de um computador. A altura da cadeira para a mesa deve ser de acordo com as medidas físicas do usuário. Para cada um, uma regulagem diferente, para que o ângulo dos braços esteja correto, o apoio das costas completo e os pés apoiados no chão. Hoje, os estudos sobre ergonomia estão bastante desenvolvidos e as cadeiras para trabalho em geral apresentam bons desenhos”.

67


poder

Wasny:

um conciliador em defesa da ampliação dos direitos das mulheres Desde seu primeiro mandato, o presidente da Câmara legislativa sempre defendeu a ampliação dos direitos das mulheres. Ele é um dos políticos que fazem parte da história da capital e o único da primeira safra de distritais que ainda tem mandato na Casa. Na estreia, durante a legislatura de 1991 a 1994, dividiu o plenário com o hoje governador Agnelo Queiroz (PT) e com o vice Tadeu Filippelli (PMDB). Wasny integrou quatro legislaturas na Câmara e exerceu um mandato como deputado federal, além de uma suplência. Economista, foi secretário de Fazenda do governo de Cristovam Buarque, em 1995. Agora, mais de duas décadas depois do primeiro mandato, chegou ao comando do Legislativo, com o apoio do governo. O parlamentar é autor dos projetos para atualizar a lei nº 454, de sua autoria, que instituiu as Políticas de Aleitamento Materno para o Distrito Federal, e para criar a Semana Distrital de Doação de Leite. “O leite materno, com suas proteínas, açúcar, gordura e vitaminas, é o nutriente essencial para as crianças. Além disso, é promotor do crescimento e desenvolvimento dos bebês nos primeiros seis meses de vida. O contato físico também é fundamental para o desenvolvimento da criança”, explicou Wasny.

68


69


No DF, existem 16 Bancos de Leite, sendo 12 públicos e quatro privados, todos com serviço de atendimento gratuito. Uma parceria da Secretaria de Saúde com o Corpo de Bombeiro permite a coleta do leite materno na casa das doadoras em todas as regiões do DF. Apenas no ano de 2011, foram coletados 16.411,3 litros. O suficiente para atender 12.436 crianças. O banco recebeu doações de 6.088 mulheres. Deputado Wasny ressaltou a importância dos bancos de leite ate mesmo para o Governo Federal “O fortalecimento e expansão dessas políticas são voltadas para o atendimento a mulher e seus filhos e tornam-se cada vez mais evidentes os passos decisivos que o governo da Presidenta Dilma tem dado para a redução da mortalidade infantil”. Para o presidente o papel das mulheres na conjuntura atual é de extrema relevância. “A sociedade evoluiu e temos que garantir os avanços e as conquistas que as mulheres merecem e precisam. Sou um defensor intransigente da igualdade e da maior participação das mulheres na política e em outras áreas. Desde meu primeiro mandato sempre apresentei projetos para beneficiar as mulheres, que em muitos casos, estão às margens da sociedade. Estamos avançando, mas precisamos trabalhar mais ainda para conquistas ainda mais e dar às mulheres condições dignas de vida e de trabalho. Afinal, elas tem uma incrível capacidade de aglutinar, de somar e de realizar, que muitas vezes os homens, não o tem. Minha total solidariedade as mulheres. Registro que o meu mandato é de compromisso com a sociedade e com a luta feminina”, destaca Wasny.

70


Wasny instala a Procuradoria Especial da Mulher na CLDF Recentemente a Câmara Legislativa do DF instalou a Procuradoria Especial da Mulher, em uma sessão solene no plenário, ciada por projeto de resolução aprovado no ano passado. A deputada distrital Luzia de Paula (PEN), foi eleita para assumir o cargo. O presidente da Câmara Legislativa, deputado Wasny de Roure (PT), garantiu à deputada Luzia de Paula o apoio necessário para o funcionamento pleno da Procuradoria. Ele resgatou a história das lutas dos movimentos femininos para a garantia dos direitos das mulheres no Brasil, como a conquista do direito ao voto, e manifestou confiança na implantação das políticas públicas em favor das mulheres. Enfatizou que, no DF, o governo local vem dando atenção especial à área da saúde, citando o trabalho preventivo realizado pelo programa Carreta da Mulher.

CLDF aprova indicação de primeira mulher procuradora geral do DF A Câmara Legislativa aprovou na sessão ordinária do dia 24 de outubro, a indicação de Paola Aires Corrêa de Lima para o cargo de procuradora geral do Distrito Federal. O nome da primeira mulher a ocupar o posto foi aprovado por unanimidade pelos deputados distritais. Wasny foi um dos parlamentares que vibrou e enalteceu a presença de mais uma mulher em um posto de tamanha relevância.

Wasny apoia transferência de creches públicas para entidades civis A recente decisão do GDF de transferir a gestão de creches públicas para entidades civis foi aplaudida em uma sessão ordinária da Câmara Legislativa. O deputado Wasny de Roure (PT) destacou que o governo não tem experiência nessa área e concordou com a iniciativa. “O governador Agnelo Queiroz, quando em campanha, anunciou a criação de 111 creches, o que, na época, eu já considerava um número exagerado. E, faltando um ano para o fim do governo, sabemos que será muito difícil chegar a esse total. Mas a iniciativa de transferência foi uma decisão acertada, pois o GDF nunca trabalhou com creches no âmbito educacional”, ponderou.

MAIS SOBRE MULHERES: Presidente Wasny recebe coordenadora da Marcha Mundial das Mulheres O presidente da Câmara Legislativa, deputado Wasny de Roure, e a deputada Arlete Sampaio (ambos do PT) receberam na tarde desta quinta-feira (5) a coordenadora do Secretariado Internacional da Marcha Mundial das Mulheres (MMM), a moçambicana Graça Samo. O encontro aconteceu na Presidência da Casa. Samo apresentou aos parlamentares assuntos pertinentes ao debate de gênero e reforçou a necessidade de construção de novos espaços de solidariedade entre o Brasil e a África, abordando projetos de cooperação voltados para a inclusão dos povos de diferentes regiões, culturas e realidades sociais. “Queremos construir um novo mapa, com um mundo diferente e melhores perspectivas, por isso nosso empenho é que a próxima ação internacional aconteça de maneira mais regionalizada. É um desafio para nós envolver ainda mais as questões das mulheres, que são questões sociais”, destacou Samo, escolhida há menos de uma semana – durante o 9º Encontro Internacional da MMM, em São Paulo – para liderar o Secretariado Internacional da Marcha até o próximo encontro, a ser realizado no Mali, em 2016. Wasny frisou defender a luta das mulheres e disse que a Câmara Legislativa conta com cinco deputadas. Ele informou, ainda, que a Casa instituiu uma procuradoria especial da mulher, cuja coordenadora é a deputada Luzia de Paula (PEN). O movimento – Criada no ano 2000, a Marcha Mundial das Mulheres é um movimento feminista internacional que luta para mudar o mundo e a vida da mulher, integrando a construção de igualdade e liberdade às lutas por transformações sociais. Entre as bandeiras do movimento estão o combate à pobreza e à violência sexista, a luta contra a mercantilização do corpo da mulher, e a defesa da legalização do aborto.

71


por Beatriz Vasconcelos

MULHERES SÃO MAIS ÉTICAS NOS NEGÓCIOS

F

oi realizado um estudo com 60 mil participantes, em mais de 200 países, relativo à ética profissional denominado “Teste

que estão diante de decisões críticas em seus negócios. Além de mostrar que as mulheres são

DNA da Moral”. O resultado revelou que as mulheres são mais honestas e agem com mais moral e ética do que os homens. O teste aplicado – que observou o comportamento e as mudanças vivenciadas por uma

mais honestas, os resultados apontam que elas também têm mais empatia, ou seja, são mais propensas a tomar decisões baseadas no impacto que essas escolhas terão sobre os outros, tanto no trabalho quanto na vida

pessoa em seu local de trabalho - foi criado pelo professor Roger Steare, conheci-

pessoal. Se honestidade e ética são o que se procura, melhor negociar com uma mulher.

do por dar conselhos a CEOs e executivos

Os homens, nas negociações são mais racionais e usam todo tipo de argumento com o objetivo de criar uma oferta competitiva. Isto está relacionado a contextos sócio-culturais, em que os homens são motivados a defender sua masculinidade, com uma imagem de poder e força. De acordo com o estudo, eles minimizam as possíveis consequências de adotar táticas eticamente questionáveis. No entanto, não aceitam o mesmo comportamento nas outras pessoas.

Ana Paula Amaral é diretora da Governanzza Corporativa, Bacharel em Administração de Empresas com MBA em Controladoria e Governança em Tecnologia da Informação. Instrutora de gestão de pessoas e gestão de processos. Atuou como Gerente de Projetos e PMO, com experiência adquirida em implantação de escritórios de projetos e programas de alto valor agregado em grandes empresas e órgãos governamentais.


revista A CADA EDIÇÃO REGISTRANDO UMA BRASÍLIA DIFERENTE (61) 8135.9372 - www.revistaurbanaup.com.br 73


saĂşde

74


A PRIMEIRA VIAGEM DO BEBÊ EXIGE CUIDADOS MAIS DO QUE ESPECIAIS por CARLA FURTADO

Levar a criança para as primeiras férias pode ser agradável, mas é necessária atenção redobrada com a saúde do pequeno As férias de fim de ano chegaram e o bebê não pode ficar em casa enquanto os pais viajam para aproveitar o verão. Levar o pequeno é uma boa alternativa, mas os cuidados são muitos. “Tudo deve ser minuciosamente planejado, desde a escolha do destino”, enfatiza a coordenadora do serviço de pediatria do Hospital Alvorada, Dra. Ilma Barros. Mudanças bruscas de temperatura, por exemplo, devem ser evitadas no primeiro ano de vida. Como o brasileiro tende a procurar o litoral e resorts para o descanso, filtro solar é palavra de ordem. Dra. Ilma lembra, contudo, que antes de usar o produto pela primeira vez é preciso verificar se o bebê é alérgico à fórmula: “Uma pequena porção do produto deve ser colocada na face anterior do antebraço e deixada por 2 horas para verificar eventuais reações”. Doenças de pele são muito comuns em praias e clubes, mas podem ser evitadas. “Sempre utilize roupas com tecidos especiais que protejam a criança tanto dos raios solares (tecidos com FPS 50) quanto do contato direto com a areia da praia, para evitar micoses ou mesmo

bicho geográfico. Já em piscinas, prefira as que sejam de água salinizada – sem cloro, porque ele pode desencadear dermatite de contato”, esclarece a dermatologista Cristiane Dal Magro. Ela recomenda ainda que após a entrada no mar a criança tome um banho de água doce e que esteja sempre com roupas secas após a exposição à água. “É preciso também muita atenção para que o bebê não faça ingestão de água da piscina ou da praia”, complementa a pediatra Ilma. No caso de viagem com recém-nascido, o rigor é ainda maior. “Devemos evitar vários riscos, como locais pouco arejados e com muitas de pessoas, pois a criança não cumpriu toda a agenda de vacinação e está mais suscetível a adquirir doenças”, ensina a médica. Também é importante manter a rotina: “A preferência é por locais que permitam manter, por exemplo, o horário do banho, da amamentação e proporcionar à mãe e ao bebe o conforto necessário nesse período”. O recado final é objetivo: antes mesmo de sonhar com a viagem é importante consultar o pediatra para saber a quais riscos o bebê será exposto no local escolhido para passeio. “As necessidades dos bebês e das crianças vão se modificando de acordo com a idade. Os pais devem estar atentos a elas para permitir que a viajem ocorra com tranquilidade”, conclui Dra. Ilma.

75


noivas

Noivas por Neimar Sinicio Vestidos de sonho, com rendas delicadas modernos que marcam a silhueta. FOTOS RENATA FERRAZ

76


77


78


79


mosaico

Por CLÁUDIA MOHN Estande da Evviva Bertolini na Casa Brasil

Programa de Gestão de Qualidade A Silestone de Brasília, situada no Mercado Design, está em processo de implantação de um programa de gestão de qualidade. A empresa, administrada pelo empresário Faustino Porto, teve uma série de melhoramentos implantados em todas as suas áreas – da produção ao atendimento. Recentemente, inserida em um novo patamar de revenda da Silestone by Consentino, a Silestone de Brasília passou a ser revenda Loyalty Silver.

Ambiente de Heloiza Alcoforado na mostra anterior da loja

Atlas Colchões No início do segundo semestre, a Atlas Colchões inaugura a sua terceira edição da mostra de vitrines. A III Mostra Atlas Colchões será composta por 13 ambientes decorados pelos profissionais: Ana Carla Noleto, Cássia Lott e Rosane França, Denise Zuba, Heloiza Alcoforado, Juliana Santana, Karine Gonçalves e Natálie Tramontini, Marcela Passamani, Ney Lima, Rachel Fecchina, Rogério Cavanellas, Rosangela Diniz e Silvana Andrade. A aposta da loja é apresentar ao público os últimos lançamentos de produtos para o sono. Cada ambiente será idealizado de acordo com um biotipo e um estilo diferente.

80

Mostra Portobello Shop A empresária Thânia Lacerda, franqueada Portobello Shop em Brasília, apresenta, em fevereiro de2014, mostra de decoração na loja do Setor de Indústrias. Participam desta edição os seguintes profissionais: Alessandra Sanches (Espaço Infantil), Cynthia Rondelli (Espaço Gourmet), Gustavo Assunção, Sérgio Peres e Laura Oliveira, da Simmetria Arquitetura (Lounge), Georgiana Carolina (Banho Extra Fino Lâmina), Maria Augusta Baeta (Banheiro Vitrine), Ana Valeria Valle (Cozinha Gourmet Vitrine), Maria Alice Mansano (Banheiro), Carolina Fogaça (Banho Feminino), Lúcio Ferreira (Banho), Sylvia Thereza (Hall), Adriana Pestana (Café), Amélia Nogueira (W.C Feminino), Larissa Cayres (W.C Masculino) e Desiree Nasaralla (ambientação do banho de Concretissyma com Leblon). Em breve, o público poderá conferir, nesses espaços, os últimos lançamentos da indústria.


Ambiente de Dora Lettieri para a Mostra Sierra by Mailine

Primavera Enxovais A Primavera Enxovais, empresa especializada na comercialização de roupas de cama, mesa e banho, lançou nova coleção de inverno em todas as lojas da rede. Com foco em produtos selecionados, a empresa possui entre seus fornecedores a Buddemeyer, a Altenburg, a Karsten e a Kacyumara. Alguns lançamentos podem ser conhecidos no ambiente da designer de interiores Dora Lettieri para a mostra Sierra by Mailine (foto), e na vitrine da arquiteta Walléria Teixeira para a mostra Lider. INO As novas tendências em decoração permitem propostas cada vez mais diferenciadas e originais. Elaborada com portas e tamponamentos de aço inox, a linha INO da Evviva Bertolini mistura o metal com a madeira e confere modernidade sem deixar de lado a praticidade tão importante nos dias de hoje. Inspirada nas cozinhas industriais, o lançamento já está disponível nas lojas da marca em todo o Brasil trazendo para as residências todo o diferencial das cozinhas gourmets.

Explosão de Cores Uma das fortes tendências para o momento são os painéis de parede, que proporcionam muito charme e requinte sem a necessidade de reforma. Na última Casa Cor de Brasília, dois grandes painéis da empresa espanhola Coordonné, importados pela WallPaper, levaram uma explosão de cores para o Restaurante assinado pela arquiteta Rachel Fechina. Em tons vibrantes e motivos de animais e flores, os desenhos são criação da designer colombiana Catalina Estrada e possuem inspiração no folclore latino-americano combinados à elegância e sofisticação europeia. Com a mesma facilidade de conservação dos papéis de parede, os painéis são feitos sob encomenda e comercializados pela Artline (CLSW 105 – Sudoeste e QI 9 – Lago Sul).

Sr. Mor - Objetos con Actitud em Brasília Uma das lojas de design que ganhou destaque em Buenos Aires acaba de chegar ao Brasil. O local escolhido para receber a primeira franquia argentina da Sr. Mor, no País, foi Brasília. Trata-se de uma loja cheia de objetos de arte e divertidos, onde é possível encontrar desde luminárias até jogos de jantar que brincam com a quantidade ideal de comida que se deve comer para manter o peso ideal. São pequenos adornos que têm um custo acessível e podem dar um toque inusitado nos pequenos detalhes da casa. À frente do negócio está a advogada argentina Georgina Elcano. 81


arquiteta

Letícia

Letícia Pires é arquiteta pela PUC-GO com especialização em Designer de Interiores e Iluminação pelo IPOG. Possui formação anterior em Publicidade e Propaganda pela Universidade de Brasília (UnB) e especialização em Marketing pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Sua atuação profissional abrange projetos de arquitetura e de interiores residenciais e comerciais. Em 2013, fez sua estreia na Casa Cor Brasília com a Suíte do Rapaz. O ambiente, em homenagem ao artista Juliano Cazaré, obteve a maior votação popular pela revista Anual Design. Com o intuito de homenagear um filho da terra, o ambiente foi totalmente projetado dentro do perfil do homenageado seguindo cores e tendências contemporâneas. Na mostra Morar Mais, a arquiteta participa com

82


Pires

o projeto de uma loja de cortinas e persianas onde foram utilizadas como referências as cores da logomarca da empresa. Na área comercial, a profissional se dedica na finalização do projeto da Vintage Vinhos, que será inaugurada ainda em 2013. Situada na 104 sul, a loja possui unidades no Iguatemi, Liberty Mall, Terraço Shopping e Brasília Shopping. Com um estilo vintage, a nova unidade manterá a mesma linguagem arquitetônica das demais lojas, por uma questão de identificação da marca, porém com alguns diferenciais que darão charme e personalidade ao espaço que promete ser aconchegante e convidativo. Os planos para 2014 incluem os projetos de áreas de lazer de alguns condomínios e a execução de diversos projetos residenciais.

Letícia Pires: Centro Empresarial Parque Brasília, SIG, Quadra 01, nº 678 sala 228 Celular 61-82518200 arq.leticiapires@gmail.com lemaarq.com.br

83


entrevista

Um ambiente composto com natureza é necessidade para o homem. Está no nosso DNA, porque nossos ancestrais recebiam tudo da natureza para a sobrevivência.” 84


Paisagismo além da beleza O reconhecimento da necessidade que temos do contato com a natureza faz crescer, cada vez mais, a busca de elementos naturais para compor os ambientes em que vivemos. por Beatriz Vasconcelos | foto Renato Elkis

Um ambiente integrado à natureza está bem acima do quesito beleza que as plantas e os objetos naturais oferecem. É uma necessidade para o bem-estar. Até pouco tempo atrás, o trabalho do paisagista era praticamente demandado apenas para compor espaços públicos, como praças e ruas, por exemplo, ou propriedades particulares luxuosas. No entanto, nos dias atuais, cada vez mais as pessoas buscam o profissional para deixar suas moradas, lojas e escritórios, independentemente do tamanho da área, distantes do ‘cinza’ dos prédios e do estresse urbano. Essa necessidade do homem de ter mais contato com a natureza e como o paisagismo pode ajudar, nesse sentido, foi um dos assuntos abordados pelo renomado paisagista Gilberto Elkis, durante um workshop para vários arquitetos em Brasília. O encontro aconteceu dentro da mostra Casa Cor, e foi promovido pela empresária Adriana Orlandi, da Vallori Acabamentos, em parceria com a Palimanan, referência em materiais de revestimentos naturais. Gilberto compartilhou um pouco de sua experiência sobre o uso de revestimentos naturais em projetos paisagísticos, mostrando alguns de seus trabalhos, e lançou a seguinte questão: “Porque nós nos sentimos tão bem quando estamos na praia ou em uma montanha, porque nos sentimos tão bem quando ouvimos o barulho da água, e gostamos de ficar descalços? É simples: está no nosso DNA, porque nossos ancestrais recebiam tudo da natureza para a sobrevivência.

Melhores produtos no mercado Quanto à ascensão da profissão do paisagista, ele diz que o mercado imobiliário tem contribuído bastante: “O paisagismo hoje no Brasil está sendo mais reconhecido. Prova disso é que existe um processo de regulamentação da profissão, em relação a faculdades. Podemos dizer que o mercado imobiliário em alta, buscando mais conforto nos empreendimentos, tem favorecido bastante para alavancar a profissão paisagismo”, pontua e complementa: “Além disso, os fornecedores de materiais melhoraram muito, se profissionalizaram, e isso, é claro, devido à demanda crescente. A Palimanan, por exemplo, só trabalha com elementos naturais, não tem nada industrializado. Essa qualidade mudou muito o meu trabalho porque agora tenho mais oportunidades de inserir esses elementos em meus projetos, coisa que até pouco tempo atrás a gente não tinha no mercado”. Elkis é responsável por importantes projetos nacionais e internacionais, dentre os quais a agência Neogama, o Hotel Unique em São Paulo, e o Hotel W, em Santiago no Chile, além de residências de pessoas de destaque em todo o Brasil. Seu talento também lhe rende constantes participações em mostras e premiações como Casa Cor, Mostra Artefacto HL e Beach and Country e Fia Flora. Para a Adriana Orlandi, responsável pelo workshop, é muito importante promover esse intercâmbio de conhecimento entre profissionais: “O Gilberto Elkis é uma referência no assunto. Por isso, eu e o Ricardo Waquil, da Palimanan, nos unimos para realizar esse encontro, abordando soluções práticas e bonitas com o bom uso de materiais naturais”, conclui. 85


beleza

Fuja do over! Saiba como é o rosto do verão 2014 por Pedro Lins | foto Ag. Fotosite / Reprodução

OEstúdio propõe um rosto quase sem maquiagem e destaque nos cílios 86

O Verão 2014 da Colcci conta com olhos e boca iluminados


Têca destaca a boca com batom neon em uma pele básica

A Salinas destaca os olhos com cílios fartos...

Esqueça aquela maquiagem carregada de fim de ano. A pedida do verão 2014 é, acredite, a chamada “make nada”. Apesar do nome estranho, o resultado é uma beleza delicada, que consiste em um rosto o mais natural possível, como se não houvesse nenhuma maquiagem. Tudo acompanhado de um cabelo discreto e mais clássico. Isso foi uma marca da temporada das semanas de moda brasileiras em desfiles como os de Osklen, Colcci, Têca e OEstúdio.

A Animale arrisca uma sombra difusa e mais acobreada nos olhos

e um delineado marcado com um toque dourado

Basicamente, a pele recebe apenas uma leve camada de base e blush e pó em pouca quantidade. Os olhos também entram nessa estética e sombras em tons bem próximos ao da pele são as escolhidas. Há também a possibilidade de nem usá-las, como na beleza apresentada por Têca e OEstúdio. Isso permite o destaque da boca, com batons neon ou apenas um gloss, ou até um delineado forte nas extremidades dos olhos. Mas para as que não abrem mão de um olhar marcante e chamativo, os iluminadores e sombras metalizadas são a pedida da vez.

Osklen aposta no rosto limpo, sombra leve nos olhos e gloss nos lábios

Já Patricia Vieira ilumina o olhar das negras com sombra dourada e cílios grandes 87


saúde up

Desintoxicando o corpo Métodos naturais e estéticos para desintoxicar o corpo e a mente Com o estresse e a correria do dia a dia, muitas vezes fica difícil cuidar do corpo, da pele e, principalmente, da mente. Na fuga para um alívio precoce as pessoas buscam alternativas perigosas e, muitas vezes, sem resultado. Remédios, cirurgias, entre outros, nem sempre são as melhores opções. Um indicador primordial para um efeito satisfatório é reservar um tempo para relaxar e se cuidar. Uma opção inovadora e distinta dos Spas vistos em Brasília, o Bálsamo Spa é o primeiro naturalista no Brasil e o único em Brasília que oferece hospedagem em seus serviços. Sua principal função é restaurar a saúde física e mental por meios simples e técnicas naturais, visando a reeducação alimentar, a desintoxicação e o equilíbrio entre o corpo e a mente. Com um olhar sensível e amplo para o bem estar dos pacientes, o Spa é inspirado na naturopatia – cura por meio de métodos naturais. Além de uma alimentação rica e saudável, ele oferece massagens, Ioga, hidroginástica, banhos de argila, sauna, dentre outras opções que levam à evolução geral de cada paciente. Boas práticas como caminhada e exercícios físicos ao ar livre também são maneiras de relaxar, e possíveis no Spa. Já para quem não tem disponibilidade para se hospedar, mas quer relaxar e renovar o corpo, a clínica Cynthia Dias SPA, no Lago Sul, está com o tratamento Detox Health. Com quase duas horas de cuidados, é possível perder gorduras e medidas logo na primeira visita. O processo começa com uma avaliação bioimpedância; depois, a esfoliação corporal vai obstruir e limpar os poros de todo o corpo; após a esfoliação, é necessário passar o talassofangomask – produto mais sofisticado que a argila – para que os princípios ativos sejam mais eficientes. Para romper as membranas das células adiposas e amolecer as gorduras localizadas, o ultrassom cavitacional entra em ação. Com os nódulos de gordura moles, a massagem modeladora faz o trabalho de retirada. Por fim, a drenagem linfática realiza o momento mais relaxante do tratamento, com movimentos leves, ela age diretamente nos gânglios linfáticos, aliviando assim os inchaços. O resultado é garantido pela médica, especialista em Laser e dona da clínica, Cynthia Dias. 88

Bálsamo Spa Contatos: (61) 3033-3397/3033-3742 E-mail: balsamospa@yahoo.com.br Facebook: www.facebook.com/balsamo.spa



saúde up

MOMENTO DE CUIDAR DA APARÊNCIA E SE PREPARAR PARA O VERÃO!

dr. erasmo tocarski

O ano está acabando e é hora de pensar na estação mais esperada pelos brasileiros: o verão. Mas todo ano é a mesma coisa, as pessoas deixam tudo para cima da hora e 30 dias antes da tão sonhada viagem acabam se submetendo a tratamentos estéticos e dietas mirabolantes sem nenhuma orientação. Resultado: o sonho vira pesadelo e pode trazer sérios riscos à saúde. O dermatologista Erasmo Tokarski explica que quem quer se submeter aos procedimentos estéticos para aproveitar a estação, precisa começar a se planejar. “Muitas pessoas buscam esses tratamentos de última hora e colocam em risco sua saúde, pois alguns métodos possuem aplicação a longo prazo, como a depilação a laser, na qual o paciente precisa dar um intervalo de 30 dias entre uma sessão e outra, e também a utilização de algumas substâncias que requerem restrição ao sol, como o ácido retinóico”, explica ele. Não há dúvidas de que celulites, gordura localizada e estrias são as campeãs de reclamações das mulheres. Mas a boa notícia é que existem tratamentos de ponta que apresentam ótimos resultados. “Atualmente muitos procedimentos estão à disposição, a indicação, número de sessões e qual é o mais indicado vai depender da avaliação do profissional. Por isso não adianta querer milagre. Para obter e manter os melhores resultados é importante conciliar uma alimentação saudável e prática de atividade física”, explica ele

Conheça alguns tratamentos: Fraxel: laser que elimina rugas finas, manchas, cicatrizes de acne, melhora o colágeno,

90

sem a pessoa precisar se afastar das atividades físicas e do trabalho. São em média 5 sessões a cada 3 semanas. Estimula o colágeno deixando a pele renovada. O tratamento deve ser interrompido pelo menos 20 dias antes do paciente se expor ao sol. Velashape: uma máquina que combina radiofreqüência bipolar, infravermelho, sucção e manipulação computadorizada dos tecidos, para eliminar a celulite. Isso quer dizer que todos esses processos atuando juntos vão aperfeiçoar os resultados, aumentando o metabolismo da região, aquecer o tecido subcutâneo e reduzir as células de gordura. Vale ressaltar ao paciente que a técnica não é um milagre. Para manter os resultados é preciso manter uma alimentação saudável e praticar atividades físicas. A técnica é não-invasiva e praticamente indolor, podendo ser aplicada em qualquer região do corpo (braços, pernas, culotes e abdome. Ultrashape: técnica para se livrar daqueles pneuzinhos por meio de uma técnica de ondas de ultra-som nas gorduras localizadas. A técnica pode ser aplicada em qualquer região do corpo que tenha pelo menos 1,5 cm de gordura, com exceção do braço, por causa do formato do aparelho. O tratamento é recomendado a quem precisa de pequenas correções. O tratamento surpreendeu nos testes pelos resultados satisfatórios, sem necessidade de um período de recuperação e sem efeitos colaterais. “O alerta é para pessoas com doenças hepáticas, pois as células rompidas pelo Ultrashape serão metabolizadas pelo fígado”, adverte o Dr. Erasmo quanto às contra-indicações.


CLSW 104 BL C LOJA 52/54 Sudoeste DF - Fone 3343 2425 9664 7330


o chef

O sabor da França na mesa de fim de ano Crèmes brûlée de foie gras e figo

92


As festas de fim de ano são sempre ocasiões propícias para inovar na hora de servir a ceia. Em 2013, por que não investir na sofisticação e no sabor da gastronomia francesa? Quem dá a dica é o chef Lionel Ortega, 38 anos, francês nato e amante do Brasil. Neto de padeiros, Lionel sempre esteve imerso no ambiente da culinária. Ele possui nada menos do que cinco diplomas em gastronomia e se dedica a essa carreira há 20 anos. Casado com uma brasileira, ele está no país desde 2009 e, inclusive, já teve um restaurante em Brasília, o L’Atelier Du Chef. Aqui também foi chef da Embaixada da França, lançou o livro “Crèmes Brûlées” e já tem outro em etapa de edição. Para as festas, Ortega sugere três opções de pratos fáceis e que não decepcionam sequer os convidados mais exigentes.

93


Pernil suíno assado com batata sauté e purê de tâmara

94


Prato Principal:

Pernil suíno assado com batata sauté e purê de tâmara

Bolo de cereja, sorvete de creme e calda de damasco

Entrada:

Crèmes brûlée de foie gras e figo

Dificuldade: Fácil Tempo de preparo: 25 minutos Tempo de cozimento: 1 hora e 15 minutos Tempo de descanso: 04 horas Ingredientes (para 8 pessoas): 60 ml de creme de leite fresco 190 g de foie gras 5 ovos 5 figos secos Sal e pimenta a gosto Modo de preparo: Leve o creme ao fogo até ferver. Grosseiramente, corte o foie gras e o adicione ao creme, levando ao liquidificador para misturar bem. Adicione os ovos e bata novamente. Passe a mistura em uma peneira fina e tempere a gosto. Corte os figos secos em cubos pequenos e distribua pelas 8 formas individuais, despejando o preparo anterior por cima. Leve ao forno por aproximadamente 1h15 minutos, a 100 ° C. Após o cozimento, deixe esfriar em temperatura ambiente e em seguida leve à geladeira por 4 horas. Antes de servir o creme, caramelize-o com o auxílio de um maçarico de cozinha ou no grill do forno. Dica gulosa: Você pode servir este crème brûlée com deliciosas torradinhas de mel.

Difculdade: Fácil Tempo de preparo: 35 minutos Tempo de cozimento: 1 hora e 15 minutos Ingredientes (para 6 pessoas): 1,300 kg de pernil suíno inteiro 1,500 kg batata inglesa 200 g de tâmara Óleo 1 cebola Manjericão, sal e pimenta a gosto Modo de preparo: Tempere e asse o pernil durante 35 minutos a 250°C. Retire a casca das batatas e corte-as em cubinhos. Frite-as no óleo com a cebola picada por 15 minutos, aproximadamente. Retire as sementes das tâmaras e cozinhe-nas com um pouco de água. Deixe cozinhar durante 10 minutos e passe na peneira. Sobremesa:

Bolo de cereja, sorvete de creme e calda de damasco

Dificuldade: Fácil Tempo de preparação: 35 minutos Tempo de cozimento: 25 minutos Ingredientes (para 6 pessoas): 30 g de cereja 50 g de açúcar 65 g de farinha 2 ovos 150 ml de leite 20 g de amêndoa em pó Calda: 150 g de damasco fresco 200 ml de creme de leite Modo de preparo: Misture todos os ingredientes. Unte as formas com manteiga e farinha. Limpe e tire as sementes das cerejas para então adicioná-las às formas. Adicionar também a mistura e asse no forno a 180°C por 20 a 25 minutos, aproximadamente. Para a calda, misture os damascos (sem a semente) com o creme de leite juntos misturar e passe na peneira. Monte o prato com uma bolinha de sorvete de creme e bon appetit! 95


delicias e delírios

04

Renata Mandelli Arte & food

HARMONIZE 01

05

Chegam as festas de fim de ano, e com elas, toda a magia que envolve este momento de encontros, reencontros e de sentimentos compartilhados ao redor de fartas mesas para o deleite de todos os sentidos. Adornos coloridos e cheios de brilho, flutes repletas de borbulhas, cançoes de Natal e um perfume inebriante que, vindo da cozinha, invade toda a casa… Dos caldeiroes fumegantes nascem poçoes pra la de especiais, elaboradas em uma atmosfera repleta de intençoes. Potinhos coloridos de Renata Mandelli escondem um mundo de delirios e enaltecem pratos icones 06 02 da tradiçao gastronomica natalina. O suculento peru, temperado com a manteiga de ervas frescas e assado em forno doce e lento, tem sua tenra e alva carne realçada pela geleia de laranja, whisky e mel, combinaçao que se traduz em uma explosao de sabores e texturas. No outro canto da mesa, em uma travessa de prata posicionada sobre a bela toalha de linho cru toda bordada, um maravilhoso pernil exala seus odores, revelando o longo tempo de marinada e cozimento. Na marinada, sal marinho com laranja e alecrim, limao, salvia e muitos outros segredos. Ao lado da travessa, 01 – MANTEIGUINHA DE ERVAS 03 um pote da cremosa confiture de ameixa, anis e Porto, 02 – AZEITE SABORIZADO E CHUTNEY DE MANGA que parece ter sido criada como complemento ideal 03 – AZEITES SABORIZADOS 04 – CONFITURE DE AMEIXA, ANIS E para cortes suinos (e para isso a criei!). VINHO DO PORTO Sao tantas delicias… beijos, abraços, risadas e 05 – CONFITURE DE CABERNET SAUVIGNON E AMORAS NEGRASS intimidade plena! E o grand finale fica por conta das 06 – CONFITURE LARANJA WHISKY E MEL frutas frescas: cerejas, framboesas, pessegos, damascos, figos, amoras, mirtillos e ainda alguns morangos, delicadamente mergulhados na geleia de champagne com ouro, numa espécie de ritual de luxo! SERVIÇOS Renata Mandelli Arte & food Crie sua propria atmosfera. Experimente a alquimia. remandelli@hotmail.com Conheça os sabores. (61) 8155-7060 96


Cafés Especiais

A experiência de Luciana Sturba Não há dúvidas que o café é uma das bebidas mais apreciadas entre os brasileiros, seja no verão ou inverno ele é sempre bem-vindo. Para um café rápido no balcão ou mesmo uma xícara sem pressa com amigos ou lendo um bom livro, o café costuma ser acolhedor, perfumado e confortável. Por esses e outros motivos Luciana Sturba se apaixonou pelo café e fez dele seu negócio.

Luciana Sturba, empresária, degustadora profissional de cafés Q-grader e mestre de torra.

Luciana Sturba é proprietária da Grenat Cafés Especiais e da Grenat Roastery. A primeira, charmosa cafeteria onde a estrela é o café e acompanhamentos à altura são rigorosamente selecionados por ela, como chás, chocolates, pães, sanduíches e diversos pratos. A segunda, torrefação com metodologia de torra por perfis, que funciona como uma indústria de torra de microlotes de cafés especiais. Tudo é controlado tecnicamente, cada etapa do trabalho é feito com extrema precisão. São negócios voltados também à formação e educação do consumidor para o universo do café. É lá, em sua loja na 202 sul e Shopping Iguatemi (piso superior), que ela apresenta blends e microlotes selecionados por ela, safra a safra. Luciana se dedica ao estudo do café desde 2002, pesquisando fatores relacionados à qualidade do café servido, desde o cultivo até o preparo - passando por manejo na lavoura, degustação, avaliação sensorial e torra. Oferece consultorias na área de qualidade para cafeterias e restaurantes. Seu objetivo com a Grenat é fazer com que as pessoas tomem um café de qualidade não só na cafeteria, mas na casa delas. Por isso em suas lojas oferece uma gôndola com mais de 12 diferentes tipos de grãos, com diversas características sensoriais e opções para todo paladar.

SERVIÇOS Grenat Cafés Especiais SCLS 202 bloco A loja 04 – De segunda à sexta de 9h às 22h e sábados de 13h às 22h Tel.: 3322.0061 SHIN CA 04 – Lago Norte (Shopping Iguatemi Brasília, piso superior) Todos os dias de 11h às 22h Tel.: 30366883 https://www.facebook.com/GrenatCafesEspeciais twitter: @grenatcafes 97 www.grenatcafes.com.br


prateleira

Em tempo de festas e comemorações, algumas dicas para presentear ou ter a mesa com muito bom gosto. As cestas do Grenat Cafe são mimos para amantes do Cafe. Ter a mesa as saborosas geleias de Renata Mandelli e os maravilhosos bolos e chocolates especiais da Doce Maison, é a dica para deixar essa data ainda mais perfeita.

SERVIÇOS Grenat Café Especiais 202 Sul e Iguatemi www.grenatcafes.com.br Doce Maison, 213 Sul www.docemaison,com,br Renata Mandelli ART & FOOD www.remandelli.blogspot.com

98


ROTEIROS UP

Por Márcia e Patrícia Viana Viana Turismo Telefone: (61) 3248-2419 www.vianaturismo.com.br Atendimento com horário marcado

10 Hotéis com alma Em um mundo globalizado, alguns hotéis se destacam por transmitirem a essência do destino aonde se localizam, confira 10 boas escolhas pelo mundo:

1.

Toscana, Itália: vinho e boa mesa O Hotel Bruneleschi no centro histórico de Florença, em uma charmoso quarteirão, se destaca por seu valor histórico: sua esplendida Torre della Pagliazza de origem bizantina.

2.

SABI SABI- UM LODGE DE LUXO NA ÀFRICA DO SUL No coração da selva sul-africana, uma aventura única o aguarda: lodges super exclusivos e safaris pela savana garantem encontros excepcionais com a natureza.

3.

The James Royal Palm-Miami, EUA Indicado pela revista Forbes como uma das 10 inaugurações mais esperadas de 2012, o novíssimo The James está localizado na área mais cobiçada de South Beach, próximo as mundialmente famosas Ocean Drive e Collins Avenue, oferece uma experiência de compras incomparável. Seu restaurante Cookery celebra a cozinha da Flórida: uma culinária fresca e despretensiosa.

99


4.

Hotel The Surrey –Nova York Localizado no Upper East Side de Manhatan, o hotel The Surrey proporciona uma experiência surpreendente. Construído em 1926, sua reforma contou com a colaboração do aclamado designer de interiores Lauren Rottet, que manteve elementos da história do hotel, o que o torna um dos endereços mais intimistas de Nova York. No térreo funciona o Café Boulud, seus prêmios incluem uma estrela no Guia Michelin e 3 estrelas em crítica do The New York Times.

5.

Varanda das Bromélias Boutique Hotel -Gramado Localizado no ponto mais alto de Gramado, dentro de um bosque, essa charmosa e exclusiva proposta de pousada de luxo possui apenas 17 apartamentos, cada um com sua própria decoração. O café da manhã inclui receitas de família da proprietária e é servido até o meio dia.

6.

Hotel Altis Belém- Portugal Luxo & Design a beira do rio Tejo, entre a Torre de Belém e o Padrão dos Descobrimentos o Altis Belém Hotel & Spa envolve e convida a embarcar numa viagem entre Africa, Ásia e Américas numa visão contemporânea dos descobrimentos. Seu Restaurante & Wine Bar Feitoria possui uma estrela no Michelin.

100


7.

Hotel Playacar Palace –Riviera Maya, México A poucos passos da famosa Quinta Avenida e de frente a um mar de azul inacreditável, este Resort de charme descontraído oferece a possibilidade de usufruir serviço all inclusive e dos Resort Credit que podem ser utilizados no Spa, aulas de golfe, tours aos sítios arqueológicos e até mesmo para rótulos premiados de sua exclusiva adega.

8.

Machu Picchu Sanctuary Lodge by Orient-Express-Peru Com vista de tirar o fôlego, o Machu Picchu Sanctuary Lodge é o único hotel localizado próximo à cidadela inca. Os hóspedes desfrutam do privilégio de perambular por ali de manhã cedo antes da chegada dos visitantes e também depois da saída deles no final da tarde. Complete a viagem a bordo do luxuoso trem Hiram Bingham do mesmo grupo.

9.

Vila Kalango –Jericoacoara, Brasil Com decoração rústica e materiais nativos, a Vila Kalango encontra-se dentro de um jardim de 5000m² entre coqueiros e cajueiros, de frente para o mar e ao lado da duna de onde se vê o mais famoso pôr-do-sol do Nordeste brasileiro.

10.

Regent Seven Seas Cruises Considerada uma das melhores companhias de cruzeiros de luxo, sua frota visita mais de 300 destinos em todo o mundo. As suítes dos seus 3 navios, com vista panorâmica e varanda privativa, garantem a comodidade para explorar a essência de cada destino visitado. Somente 700 hóspedes a bordo e o diferencial all inclusive.

101


Aconteceu

Por Telma Melo

01

02 03

Celebrando uma nova jornada No dia 12 de novembro o cirurgião-dentista Rogério Zambonato recebeu clientes e amigos para um coquetel que movimentou a capital federal. Mais de 500 convidados brindaram a apresentação de suas novas instalações na QI 17 do Lago Sul. A noite sofisticada, com um ambiente externo totalmente preparado para ocasião, teve décor assinada por Nardim Júnior, quitutes preparados bela banqueteria Rio 40º e regada a champagne Casa Perini Champenoise, whiskyOld Parr. O consultório traz um novo conceito de acompanhamento integrado, unindo várias áreas da saúde para um resultado perfeito e recuperação confortável 05

01 – Karla Naser e Eliane Naser 02 – Laura Jordão e Renata Ciccarini 03 – Luciana Portela e Gilvan Alves 04 – Telma Melo e Nardim Júnior 05 – Mara Viviane Bezerra, Ricardo Queiroz e Maria Cecília Cerri 06 – Neusa Fenelon e Lúcia Avis 07 – Sueli, Rogério e José Alberto Zambonato com Tatiana Brodt 08 – Margarete, Floriano e Júlia Melo 09 – Luciane Allebranatt, Michel Mattar e Helena Pavanelli

102

08

06 07

09

04


01

Aconteceu

Por Telma Melo

02

Cardápio Especial

05

Foi apresentado para um seleto grupo de Jornalistas e Blogueiras as novas gostosuras que estão no cardápio do Grenat café do Iguatemi. Um Brunch muito divertido, Gabriela Sturba proprietária fez questão de explicar tudo. 01 – Convidados – 02 – Dariane Vale e Telma Mello – 03 – Dariane Vale – 04 – Entrada – 05 – Gabriela Sturba – 06 – Jessica Germano – 07 – Lu Alves e Paula Pratini – 08 – Parfait

03

04

06 07

08

103


Aconteceu

Por Telma Melo

01

02 03

04

A Florense realizou o jantar para arquitetos com menu assinado pelo chefe Lucas Arteaga, para mostrar as novidades do seu show room. Presenteou o grupo de profissionais com uma viajem a serra gaúcha para conhecer a fábrica de móveis Florense, uma das mais importantes fábricas de móveis do mundo.

05

06 07

08 01 – Amélia Nogueira, Kátia Pérsio e Cybele Barbosa 02 – Elza Cruz, Edmar Monteiro e Rebeca Maaldi 03 – May Moura e Edmar Monteiro (proprietário da Florense) 04 – Edmar Monteiro, Daniel Mangabeira, May Moura, Sônia Lacombe, Hélio Albuquerque 05 – Kátia Pérsio, Edmar Monteiro, Sônia Peres, May Moura, Beta Pollis, Roberto Pollis 06 – Fachada da Florense 07 – sobremesa executada pelo chef Lucas Arteaga 08 – Claudia Biasio, Kátia Pérsio, Susana Bancaglion, Edmundo Lomba, Amélia Nogueira, Maria Batista, Cristiane Vargas, Raquel Ferreti, Giovanna Gregoratto, Daniela Zorzi e André Alf

104


01

Aconteceu

02

Por Telma Melo

03

04

Autoridades e população comemoram abertura do JK Shopping

05

Foi em clima de muita satisfação que 84 mil pessoas, a maioria moradores de Ceilândia e Taguatinga, compareceram para a tão aguardada inauguração do JK Shopping. O empresário Paulo Octavio fez as honras ao lado da mãe Wilma Pereira e da esposa Anna Christina Kubitschek para dar as boasvindas a lojistas, funcionários, comunidade e autoridades.

07 08

06 01 – Arnoldo e Cristiane Werner 02 – Ernesto Meireles, Marília Meireles e Álvaro Meireles 03 – Getúlio Pinheiro e Janine Brito 04 – Gilberto Azevedo e Sidney Pereira 05 – Maíra Gadelha e Paulo Octavio Palmer Pereira 06 – Osório Adriano e Hélcio Miziara 07 – Giovanna Adriano, Anna Christina kubitschek, Catarina Pereira e a pequena Ana Victória 08 – Paulo Octavio e Wilma Pereira

105


03

Aconteceu

02

Por Telma Melo

01

04

Papo Design no Cine Itaú do Casa Park A Associação Brasiliense de Designers de Interiores (Abradi) realizou a última edição do Abradi Papo Design no dia 19 de novembro, no Cine Itaú do CasaPark. Na presença de mais de 70 pessoas entre convidados e profissionais, o evento chegou à sua 9ª edição com a participação de Danilo Matoso Macedo, do escritório MGS, e dos sócios Sebástian Adamo e Marcelo Faiden, do escritório argentino Adamo-Faiden. A cada encontro a Abradi proporciona aos profissionais da capital o que há de melhor na arquitetura e design nacional e internacional.

05

01 – Ana Valéria Valle e Martha Battaglin – 02 – Hélio Albuquerque, Yeda Garcia e Danilo Matoso – 03 – Régia Rezende e Roberto Rezende – 04 – Sebastian Adano e Marcelo Faiden – 05 – Venelouis Maia, Karine Gonsalves e Adison Seba

01 02

03

Boutique Artline A empresária Nelma Caixeta apresenta mais uma novidade em decoração para os brasilienses. A nova loja com conceito de boutique de decoração foi inaugurada em novembro, no Lago Sul, na presença de cerca de 30 convidados. Quem assina o projeto é arquiteta e designer de interiores Walléria Teixeira, que elaborou um showroom com decoração clean e elegante seguindo as tendências do mercado corporativo. O showroom da loja conta com os tradicionais demonstradores de persianas e cortinas da Hunter Douglas do Brasil e revestimentos e tecidos da WallPaper. 01 – Adriana Pestana, Daniel Mangabeira e Carolina Nathair – 02 – Fátima Alvim e Heloiza Alcoforado – 03 – Hélio Albuquerque, Mônica Pinto, Nardim Júnior e Silvana Andrade – 04 – José Neylon, Nelma Caixeta e Jean Cronembergue – 05 – Márcio Sertori, Adriana Kusuki, Cláudia Reis e Marco Antônio Pereira 106

04

05


E AINDA BANDA ACAIACA

VENHA REVIVER A EMOÇÃO DE TODAS AS COPAS NO MELHOR RÉVEILLON DO BRASIL. MARINA PARK, O HOTEL DOS GRANDES EVENTOS. Patrocínio:

Informações:

(85)

3254.4666

PARCELADO NO CARTÃO

www.marinapark.com.br reveillon@marinapark.com.br

Fortaleza - Ceará


BALANÇO

2013

Sua Casa mais perto de você Câmara Legislativa se aproxima de outras instituições Com o objetivo de estabelecer um diálogo respeitoso e independente, com vista ao aperfeiçoamento do processo legislativo e maior interação com a sociedade, a Câmara Legislativa se aproximou de instituições como o Ministério Público, o Tribunal de Justiça, a OAB e o Tribunal de Contas, todos do Distrito Federal. Fruto dessa parceria e aproximação, a CLDF discutiu com o MPDF e o TJDF o tema da regularização de áreas de templos religiosos e de entidades sociais, aprovando recentemente a lei que permite ao GDF fazer a regularização. Também debateu com a OAB, no primeiro semestre, a questão do crack e da internação compulsória de dependentes químicos.

Câmara cria Procuradoria Especial da Mulher e Comissão Permanente para fiscalizar investimentos do governo Dentre as atribuições da procuradoria está a de receber, examinar e encaminhar, às autoridades competentes, denúncias de violência e discriminação contra a mulher e atuar na fiscalização de políticas públicas que visem a igualdade de gênero. A Comissão Permanente de Fiscalização, Governança, Transparência e Controle foi criada para aumentar a transparência na gestão pública. A nova comissão tem a função de avaliar a eficiência de projetos e programas de governo, acompanhar a execução dos planos, políticas públicas e programas dos órgãos ligados ao GDF e apreciar a compatibilidade da execução orçamentária com os planos governamentais, entre outras funções.


Fique por dentro de tudo que a sua Casa fez por você e pelo DF em 2013.

Parceria com os legisladores da Ride A Câmara sabe da importância e diferença de trabalhar integrada a lideranças locais e regionais, com objetivos e ações em comum. É por isso que promoveu o I Encontro dos Legisladores da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal (RIDE). No Encontro, ocorrido na sede da Câmara Legislativa em junho, os 22 municípios que fazem parte do entorno mineiro e goiano do DF estiveram representados por seus vereadores. Assim, todos os legisladores puderam discutir projetos que visam a dinamização da economia, a melhoria da infraestrutura e o desenvolvimento social de toda a nossa região. Legisladores fortalecidos e ideais alinhados são o melhor passo para a realização do que é melhor para todos do DF e do Entorno. Integração é a solução.

Criação dos projetos Música na Câmara e Cidades e Memória

A CLDF lançou neste ano o Programa Portas Abertas, para que a população de Brasília tenha acesso às dependências da sua Casa de Leis, conheça onde os seus representantes trabalham e lutam pelos seus direitos e também para que possa ter acesso a cultura e lazer junto dos familiares. Integram o programa dois projetos que tiverem destaque neste ano: Música na Câmara e Cidades&Memória.

DF agora tem a Lei do Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) Aprovado pela Câmara, o Estudo de Impacto de Vizinhança é um instrumento de planejamento e controle urbano que analisa os impactos de novos parcelamentos e empreendimentos na cidade, que variam de acordo com o tamanho e a atividade de cada projeto. A partir de agora, a elaboração do EIV será necessária para aprovação de empreendimentos, públicos ou privados, que possam colocar em risco a qualidade de vida da população ou o meio ambiente. Sua aplicação é uma oportunidade de minimizar esses impactos e, até mesmo, revertê-los para o bem comum.

Saiba sobre estas e outras ações acessando www.cl.df.gov.br



Issuu converts static files into: digital portfolios, online yearbooks, online catalogs, digital photo albums and more. Sign up and create your flipbook.