Issuu on Google+

Olhos Pascais Senhor, concede-nos olhos pascais, olhos que vejam longe, capazes de vislumbrar: a vida para além da morte, o perdão para além da culpa, a unidade para além da divisão, na dignidade - a glória, na pessoa humana - Deus, em Deus - o ser humano, no eu - o tu. E para isso: concede-nos, Senhor, a força pascal que brota de tua Ressurreição! Amém. (Adaptação do original: “Ich wünsche uns Osteraugen”, de Klaus Hemmerle)

1

plano global de acao 2011-2013.indd 1

10/12/2010 11:56:03


2

plano global de acao 2011-2013.indd 2

10/12/2010 11:56:03


XXII AGE

Brasília, 18 - 22 de julho de 2010

Lema e eixos temáticos XXII AGE

Vida Religiosa Consagrada no contexto plural: Identidade Relações Paixão pelo Reino (cf. Lc 4,16-20) De olhos fixos em Jesus (cf. Hb 12,1-3)

3

plano global de acao 2011-2013.indd 3

10/12/2010 11:56:03


XXII AGE

Brasília, 18 - 22 de julho de 2010

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO APROVADO HORIZONTE Em meio aos grandes desafios do mundo complexo e plural, da realidade da Igreja e da Vida Religiosa Consagrada, a Palavra de Deus nos impulsiona a avançar com os “olhos fixos em Jesus” (Hb 12,2), movidos/as pelo Espírito que o consagrou e enviou a anunciar a Boa Nova (Lc 4,18). Provocados/as por uma nuvem de testemunhas (Hb 12,1), reafirmamos nossa identidade místico-profética e reavivamos a paixão pelo Reino, defendendo e promovendo a vida, assumindo a causa dos empobrecidos e construindo relações humanas, fraternas e solidárias.

PRIORIDADES 1. Redescobrir o sentido profundo da VRC, revitalizando a paixão por Jesus e seu Reino mediante a escuta da Palavra de Deus, a oração encarnada, a contemplação sapiencial da realidade, o compromisso discipular-missionário, a convivência como irmãos e irmãs e a comunhão com toda a criação. 2. Avivar a dimensão profético-missionária da VRC, atuando nas novas periferias e fronteiras, intensificando a opção pelos empobrecidos, e fortalecendo o compromisso com as grandes causas sociais, econômicas, políticas e ambientais. 3. Qualificar as relações na VRC e em seu espaço de inserção, em diálogo com as diferenças pessoais, culturais, étnicas, religiosas, geracionais e de gênero. 4. Ampliar o diálogo com as novas gerações em seus anseios e inquietações, e buscar novas metodologias para a animação vocacional. 5. Aprofundar o conhecimento da realidade juvenil e intensificar a presença e ação junto às juventudes. 6. Buscar maior leveza e agilidade institucional da VRC e ampliar as fronteiras congregacionais por meio da intercongregacionalidade, da partilha do carisma com outras pessoas e grupos de redes e parcerias. 4

plano global de acao 2011-2013.indd 4

10/12/2010 11:56:03


PROJETO TRIENAL 2010-2013

5

plano global de acao 2011-2013.indd 5

10/12/2010 11:56:03


APRESENTAÇÃO Superioras e Superiores Maiores Diretorias, Conselhos, Equipes e Comissões Partilhar com vocês este pequeno documento significa muito para a dinâmica que visa a vivência da missão da CRB Nacional – “animar a Vida Religiosa Consagrada no Brasil, promovendo a comunhão entre os membros dos diversos Institutos Religiosos e Sociedades de Vida Apostólica.” (Cf. Estatuto Canônico art. 2º) Fazendo memória do caminho que animou o processo até a aprovação deste PROJETO TRIENAL, focamos mais uma vez os três tempos mais marcantes: Diga a esta geração: avancem! (Êx 14,15) No entanto, qualquer que seja o ponto a que tenhamos chegado, caminhemos na mesma direção! (Fl. 3, 16) De olhos fixos em Jesus! (Hb 12,3). A determinação de não “perder este foco”, motivou-nos a aprovar, durante a XXII Assembleia Geral Eletiva, o horizonte e as prioridades para o triênio, constantes na página anterior a esta apresentação. Os meses que se seguiram à XXII AGE possibilitaram à Diretoria e à Comissão Executiva da CRB Nacional, a elaboração do PROJETO TRIENAL que ora confiamos às/aos Superioras/res Maiores e às Diretorias Regionais, como proposta de vida e de missão. Confiamos o triênio iniciado, à Divina Providência, rosto amoroso de Deus que precede nossos passos! Brasília, 02 de dezembro de 2010 Diretoria Nacional da Conferência dos Religiosos do Brasil Ir. Márian Ambrosio, idp Ir. Lourdes Oro, sds Pe. Alfonso Carlos Palácio y Larraury, sj Pe. João Geraldo Kollings, sj Ir. Marlene R. de Oliveira, isvpg Ir. Maria Bernardete G. de Paula, ij Ir. Inácio Nestor Etges, fms Ir. Ivoneide Viana de Queiroz, ifm Frei Moacir Casagrande, ofmcapa Ir. Luzia Goes de Souza, imcej Ir. Jardelino Menegat, fsc 6

plano global de acao 2011-2013.indd 6

10/12/2010 11:56:03


PROJETO PRIMEIRO Aprofundamento de conteúdos Oportunizar às Superioras/res Maiores, espaços de aprofundamento dos aspectos fundamentais da Vida Religiosa Consagrada, com enfoque prioritário sobre os eixos temáticos identificados no conjunto de prioridades aprovadas pela XXII AGE. “Entre vocês, não seja assim!” (cf. Mt 20,26)

Ações concretas: 01. Realizar um evento (p. 8) 02. Continuar com a produção de subsídios específicos para a Vida Religiosa Consagrada

7

plano global de acao 2011-2013.indd 7

10/12/2010 11:56:03


Ações concretas 01. Realizar um evento (Encontro, seminário ou congresso) de aprofundamento: a) dos aspectos fundamentais da Vida Religiosa Consagrada; b) do lugar e significado da dimensão Institucional na Vida Consagrada, como forma de concretização das prioridades 01 e 06. Interlocutoras/res: Superioras/es Maiores; Todas as Equipes da CRB Nacional: Diretoria; Conselhos; Equipes de Reflexão Missionária, Teológica, Psicológica e Bíblica; Conselho Editorial da Revista Convergência; Comissão Executiva Nacional; Diretorias e Assessorias Regionais; Convidadas/os, a critério da Diretoria. Justificativa: Acolher a sugestão implícita na avaliação da XXII AGE: durante sua realização, o tempo dedicado ao processo de reflexão e formação foi insuficiente. Observações metodológicas: Construir um processo a partir de... e com as/os Religiosas/os cuja missão primeira consiste na animação da Vida Religiosa nas Instituições junto às quais exercem a Missão de Superioras/ re Maiores.Preceder este evento com um processo de estudo e reflexão individual, grupal e/ou Regional. Data: 22-27 de fevereiro de 2012 Local: Centro de Espiritualidade Inaciana Vila Kostka Itaici (Indaiatuba, SP) Nota: As fichas de inscrição, bem como orientações detalhadas, serão disponibilizadas através do site www.crbnacional.org.br a partir do dia 13 de maio de 2011.

02. Continuar com a produção de subsídios específicos para a Vida Religiosa Consagrada 8

plano global de acao 2011-2013.indd 8

10/12/2010 11:56:03


PROJETO SEGUNDO Vida Religiosa e Juventudes Buscar a integração das prioridades que dizem respeito à temática “Juventudes”, proporcionando intercâmbio de experiências e formando alianças que fortaleçam a Vida Religiosa no processo de aproximação e trabalho com as diversas Juventudes: na Vida Religiosa, no meio eclesial e fora do ambiente eclesial. “Aproximou-se e começou a caminhar junto”. (cf. Lc. 24,15b)

Ações concretas: 03. Sobre o conhecimento da realidade juvenil (p. 10) 04. Sobre Animação Vocacional (p. 11) 05. Sobre as novas gerações da Vida Religiosa Consagrada (p. 12) 06. Sobre Formação Inicial Internacional (p. 13)

9

plano global de acao 2011-2013.indd 9

10/12/2010 11:56:04


Ações concretas 03. Sobre o conhecimento da realidade juvenil: Encontros de Reflexão nas vinte Secções Regionais da CRB: • Formação e acompanhamento de Grupos de Trabalho (GT’s) nas Regionais que ainda não têm; e consolidação dos mesmos onde já existem. • Articulação da Assessoria da CRB Nacional e Regional com os demais segmentos, espaços e instituições que acompanham as diversas juventudes, em âmbito eclesial e fora dele, buscando aproximar a Vida Religiosa às/aos jovens. • Continuidade do “Projeto sobre Juventude”, da Conferência Episcopal Latino Americana (CELAM). Justificativa: As Juventudes que estão no ambiente eclesial estão clamando por acompanhamento e assessoria e as que estão fora da esfera eclesial continuam sendo um chamado à aproximação e valorização da vida. Esse foi o grande clamor da XXI e continuou na XXII Assembléia Geral Eletiva da CRB Nacional: Buscar uma aproximação ativa, através da qual a/o jovem mereça a atenção da VR, em sua realidade. Meta: Organização e autonomia dos GT’s nas Regionais, através de encontros periódicos para formação e partilha das diversas experiências. Articulação: Trabalhos das Regionais e iniciativas junto ao Setor juventude de cada Arquidiocese, Diocese e Prelazia.

10

plano global de acao 2011-2013.indd 10

10/12/2010 11:56:04


04. Sobre Animação Vocacional: Apoio aos Serviços de Animação Vocacional (SAVs) Encontros de Reflexão nas vinte Secções Regionais da CRB. Vislumbrar uma compreensão sobre o Serviço de animação vocacional que valorize a vida acima de todos os serviços e buscar novas formas de discernimento e trabalho junto às Juventudes e como VR. • Animação e incentivo dos grupos já existentes. Reflexões em cada Regional da CRB a partir do 3º Congresso Vocacional do Brasil (2010-Itaici) e 2º Congresso Latino Americano (2011-Costa Rica), percebendo o anseio da Vida Religiosa do Brasil e das Juventudes. • Elaboração de subsídios que favoreçam uma metodologia adequada. Justificativa: É preciso acreditar nos valores da VR e na vida das Juventudes. Sendo testemunhas da vida, seremos atrativas/os: é fato que a VR tem diminuído numericamente, mas é fato igual que as/os jovens estão morrendo. Estratégias: Que o SAV possa somar forças com os Grupos de Trabalhos (GT’s) nas Regionais. Meta: Chegarmos a uma nova compreensão sobre o chamado vocacional que valorize a vida das juventudes em primeiro lugar e a um encantamento pela Vida Religiosa que desperte a vocação, sem instrumentalização. Articulação: Trabalhos das Regionais com as iniciativas do Setor juventude de cada Arquidiocese, Diocese e Prelazia.

11

plano global de acao 2011-2013.indd 11

10/12/2010 11:56:04


05. Sobre as novas gerações da Vida Religiosa Consagrada Objetivo: Exercitar a escuta e valorizar os anseios das Novas Gerações numa tentativa de perceber o novo que pode trazer vigor à VR desde a vida religiosa jovem, compreendida desde os primeiros votos (juniorado) até dez anos de votos perpétuos. Justificativa: Atender ao apelo da vida religiosa jovem que pediu, durante a XXII AGE, mais espaços de partilha e de reflexão sobre sua realidade e anseios. Processo: Diálogo através de questionários, com os diversos núcleos e grupos existentes nas Regionais da CRB; promoção de seminários e encontros Regionais para reflexão sobre a realidade da vida religiosa jovem no Brasil; articulação das diversas coordenações dos Junínter’s em cada Regional e dos Grupos de Novas Gerações existentes para escuta da realidade local. Realização de um Seminário de partilha de experiências significativas, em preparação ao Congresso. Articulação: Valorizar as reflexões da Conferência dos Religiosos da América Latina e Caribe (CLAR), bem como dos diversos grupos existentes nas Regionais para atender o anseio da vida religiosa jovem. Realização de um Congresso Nacional com as Novas Gerações. Data: 09 a 12 de fevereiro de 2013 Local: a definir.

12

plano global de acao 2011-2013.indd 12

10/12/2010 11:56:04


06. Sobre Formação Inicial Internacional Realização de um Seminário em vista da capacitação para formadores/as Participantes: Formadoras/res de grupos de Formação Inicial integrados por Formandas/os de vários países e culturas. Processo: Pesquisa junto às Congregações que já têm formação internacional para verificar o número de formandos/ as; a diversidade e os principais desafios. Estudo do resultado desta pesquisa, através de uma Equipe representativa das cinco Conferências de Religiosos do CONESUL (ECOSUR). Articulação: Reuniões da equipe do ECOSUR, com acompanhamento da Presidência da CLAR, para preparação do Seminário. Data: 07-11 de novembro de 2011 Local: Buenos Aires, Argentina. ECOSUR: Conferência dos Religiosos da Argentina - CONFAR Conferência dos Religiosos do Brasil - CRB Conferência dos Religiosos do Chile - CONFERRE Conferência dos Religiosos do Paraguai - CONFERPAR Conferência dos Religiosos do Uruguai - CONFRU

13

plano global de acao 2011-2013.indd 13

10/12/2010 11:56:04


14

plano global de acao 2011-2013.indd 14

10/12/2010 11:56:04


PROJETO TERCEIRO Vida Religiosa e espaços de missão, novas periferias e fronteiras, opção pelos empobrecidos, e fortalecimento do compromisso com as grandes causas sociais, econômicas, políticas e ambientais. Meta: Defender e promover a vida, assumir a causa dos empobrecidos e construir relações humanas, sorofraternas e solidárias. Transversalidade: No presente Projeto inserem-se várias dimensões da Comissão Executiva da CRB Nacional: Missionariedade, Greni, Projetos Sociais, Redes e Parcerias. A execução das atividades dar-se-ão de maneira interdisciplinar segundo suas especificidades, com a perspectiva de delinear uma ação comum inerente à prioridade de nº 2. Jesus viu uma grande multidão e teve compaixão porque estavam como ovelha sem Pastor...e disse aos discípulos dai-lhes vós mesmos de comer”. (cf. Mc 6,34-37)

Ações concretas 07. Forum Nacional: Atuação profético – missionária da VRC, desafios, alternativas e perspectivas (p. 16) 08. Seminário: Pan Amazônia – Intercongregacionalidade e Interinstitucionalidade (p. 17) 09. Projeto Missionário de solidariedade entre as Igrejas do Brasil e do Haiti (p. 18) 10. GRENI (p. 19) 11. Fortalecimento da REDE DE PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA (p.20) 12. Fortalecimento da REDE UM GRITO PELA VIDA (p.21) 13.Fortalecimento de alianças e parcerias com iniciativas da CNBB (p.22) 14. Parcerias com UNIVERSIDADES CATÓLICAS (p. 23) 15

plano global de acao 2011-2013.indd 15

10/12/2010 11:56:04


Ações concretas 07. Forum Nacional: Atuação profético – missionária da VRC, desafios, alternativas e perspectivas. Apresentação: Na perspectiva da interação da vida-missão no chão brasileiro, o Fórum Nacional pretende ser um espaço de partilha, de comunhão, de troca de experiências, de superação das ações isoladas para que o agir local viabilize o pensar global e o pensar global qualifique nossa ação local. Participantes: religiosas/os que atuam nas diferentes áreas de missão, parceiras⁄os comprometidas⁄os com as causas sociais, econômicas, políticas e ambientais. Eixo integrador: Missão Processo: preparação prévia nas Regionais; elaboração de subsídios; encontro Inter-regional onde serão escolhidas/os representantes para o Forum. Assessoria: Equipe de Reflexão Missionária com contribuição das Equipes de Reflexão Teológica, Psicológica e Bíblica. Data: 06 a 09 de setembro de 2012 Local: a definir.

16

plano global de acao 2011-2013.indd 16

10/12/2010 11:56:04


08. Seminário: Pan Amazônia – Intercongregacionalidade e Interinstitucionalidade. Instituição promotora: CLAR em parceria com a CRB Nacional Participantes: Superiores Maiores com comunidades na Amazônia, representantes da CLAR e da CRB Nacional, representantes de religiosas/os de Países pan-amazônicos, Diretorias Regionais da Região Norte, representantes da Região Norte da CNBB, Conselho Regional de Leigos, COMIDIs e COMIREs (Conselhos Missionários), Equipe Itinerante e a VR presente na Amazônia. Justificativa: A Vida Religiosa Consagrada, chamada a despertar novamente sua presença profética, articula, promove e participa de iniciativas e projetos solidários que visam promover e defender a vida, deixando-se interpelar pela Palavra e os sinais dos tempos, abrindo caminhos para novos projetos históricos de presença e ação missionária. Objetivo – Refletir e discernir para priorizar nossa presença e ação missionária na ousada, criativa, profética interinstitucionalidade. Data: 07 a 09 de outubro de 2011 Local: Manaus

17

plano global de acao 2011-2013.indd 17

10/12/2010 11:56:04


09. Projeto Missionário de solidariedade entre as Igrejas do Brasil e do Haiti: Inserção de uma Comunidade Missionária Intercongregacional no Haiti Objetivo: Ser presença solidária, acolhedora e evangélica no Haiti, inserindo-se conscientemente na reconstrução da vida e na vigilância por condições dignas para a população atingida pelo terremoto de janeiro de 2010. Justificativa: A missão tem uma dimensão humanizadora e universal. O Verbo se tornou carne-pessoa humana (Jo 1,1), mas também tem uma dimensão cuidadora da criação, curadora e restauradora das feridas e dos traumas das pessoas, trazendo consigo a esperança e o cuidado com a vida. Articulação: Conselho Missionário Nacional da CNBB (COMINA); CRB Nacional, Conferência Haitiana de Religiosos; Conferência dos Bispos do Haiti; Cáritas Brasileira; Congregações interessadas. Período de realização – Por dez anos, a partir de setembro de 2010.

18

plano global de acao 2011-2013.indd 18

10/12/2010 11:56:04


10. GRENI – continuidade do grupo sobre a Vida Religiosa negra e indígena, numa leitura que possibilite novos passos frente aos desafios interculturais atuais. Interlocutoras/es: Vida religiosa negra e indígena (nativa), formadoras⁄es e formandas/os Regionais, Pastoral Afro Brasileira, Congregações e comunidades que contemplam a VR Indígena. Justificativa: A caminhada do GRENI estimulou a formação de grupos com o objetivo de aprofundar a identidade negra e indígena, através da trocas de experiências. Hoje, agradecidas/ os pela caminhada, e constatando que a VR Indígena possui forma diferente de expressão, optamos por eventos específicos. Objetivos: Avaliar os processos, iluminar e buscar linhas comuns de atuação onde a vida é diminuída, ameaçada e negada e estabelecer alianças estratégicas com iniciativas e organizações afro e indígenas que ajudem a responder aos desafios da realidade atual. Eventos: a) Encontro Nacional do GRENI Data: 23 a 25 de junho 2011 Local: Chácara do CIMI- Brasília b) Encontro com a Vida Religiosa Nativa da Região Amazônica Data: 10 a 12 de agosto de 2012 Local: A definir (Região Amazônica) Processo: O ano de 2011 será ano de sensibilização através de visitas e contatos, bem como de integração com os Projetos “VIDA RELIGIOSA E JUVENTUDES” e “FORMAÇÃO PERMANENTE”, estabelecendo estratégias de ação.

19

plano global de acao 2011-2013.indd 19

10/12/2010 11:56:04


11. Fortalecimento da REDE DE PROTEÇÃO SOCIAL BÁSICA, na perspectiva de somar forças e efetivar ações integradas e integradoras com grupos e entidades afins em vista de uma sociedade justa e solidária, através da consolidação de contratos de Mútua Cooperação. Interlocutoras/es: CRB Nacional e Regionais, setor social juntamente com os setores financeiro e contábil, Entidades parceiras, usuários atendidos, realidade local. Justificativa: Considerando a finalidade estatutária da CRB Nacional, em consonância com que preconiza a Lei Orgânica da Assistência Social – LOAS, na perspectiva da dignidade de vida e o protagonismo dos usuários na conquista de seus direitos, afirmamos a importância de motivar as entidades parceiras/afins a ações que as levem a encontrar estratégias para geração de recursos, não somente financeiros, mas também humanos. Objetivo: apoiar as entidades motivando-as a caminharem para a autosustentabilidade econômica durante e após o termino do repasse dos recursos. Período de realização: durante o triênio Local: nas 5 (cinco) Regiões do Brasil, com especial atenção para as realidades do Norte e Nordeste.

20

plano global de acao 2011-2013.indd 20

10/12/2010 11:56:04


12. Fortalecimento da REDE UM GRITO PELA VIDA Apresentação: A Rede “Um Grito pela Vida” é um espaço de articulação e ação solidária da Vida Religiosa do Brasil na Prevenção ao Tráfico de Pessoas. É aberta e busca encontrar novas parcerias, a fim de contribuir de forma efetiva na erradicação desta nova configuração de escravidão em âmbito nacional e internacional. A Rede “Um Grito pela Vida” faz parte da Rede Talitha Kum. Articulação: CRB Nacional e suas Regionais, em parceria com Setor Mobilidade Humana e Pastoral da Mulher Marginalizada da CNBB, Ministério da Justiça (Núcleos de Enfrentamento ao Tráfico de Pessoas), Congregações Religiosas. Justificativa: O Tráfico de Seres Humanos vem crescendo assustadoramente e assumindo dimensões cada vez maiores. Atua atraindo pessoas das mais variadas idades para a escravidão e trabalho forçado sexual, já foi considerado, uma forma moderna de escravidão. Considerando o movimento internacional de Redes da Vida Religiosa Consagrada na defesa de mulheres e crianças contra o tráfico de pessoas e constatando que no Brasil existe todo tipo de violação dos direito humanos no tráfico de pessoas, seguiremos dando continuidade aos trabalhos realizados dentro dessa temática junto a vida religiosa através da Rede Um Grito pela Vida. Atuação em três áreas: 1-Sensibilização e Socialização de Informações 2-Suporte em ações interativas de prevenção; 3-Divulgação/visibilidade e articulação de ações e projetos.

21

plano global de acao 2011-2013.indd 21

10/12/2010 11:56:04


13. Fortalecimento de alianças e parcerias com iniciativas da CNBB Conselho Nacional de Segurança alimentar (CONSEA); Comissão Brasileira Justiça e Paz (CBJP); Comissão para o Laicato; 5ª Semana Social Brasileira. Interlocutoras/es: Congregações Religiosas, membros das Associações laicais, Entidades parceiras e afins, Usuários dos projetos e CRB Nacional. Justificativa: Cultivar comunhão, presença e apoio às iniciativas e lutas pela vida digna e sobrevivência, de testemunho profético, de parceria com os ministérios e atuação laicais e de busca de políticas públicas e defesa de direitos. As parcerias propiciam a ampliação de redes e uma maior atuação como possibilidade de fortalecimento, de engajamento social, de cooperação mútua. Objetivo: Estabelecer diálogo com as várias instâncias na perspectiva de intercambiar o que vêm sendo realizado, socializar conteúdo e fortalecer as parcerias.

22

plano global de acao 2011-2013.indd 22

10/12/2010 11:56:04


14. Parcerias com UNIVERSIDADES CATÓLICAS – como ambiente de atualização acadêmica diante da complexidade de superação dos desafios que afetam a sociedade atual. Interlocutores: Centros Universitários Católicos, Congregações Religiosas, Religiosas (os) que pleiteiam os cursos e CRBN. Justificativa: a realidade atual num processo rápido de avanço tecnológico/cultural exige continuada capacitação/ atualização das (os) Religiosos para eficiente intervenção na realidade. Desta forma faz-se necessário atuar em redes e fortalecer as parcerias com Instituições Acadêmicas afins. Objetivo: estabelecer parcerias com os Centros Universitários que atuam como formadores de consciência crítica e se comprometem com a defesa da vida em atenção às profundas transformações e aos grandes desafios que envolvem a humanidade. Local: nas 5 (cinco) Regiões do Brasil.

23

plano global de acao 2011-2013.indd 23

10/12/2010 11:56:04


24

plano global de acao 2011-2013.indd 24

10/12/2010 11:56:04


PROJETO QUARTO FORMAÇÃO PERMANENTE Aprimorar dinâmicas, meios e possibilidades para a concretização do conjunto das Prioridades aprovadas pela XXII AGE. “Até que Cristo seja formado em nós!” (cf. Gal 4,19)

Ações concretas: 15. CERNE: Centro de Renovação Espiritual (p. 26) 16. PROFOLIDER – Programa de Formação para Lideranças (p. 27) 17. PROFOCO – Programa de Formação para Contemplativa (p. 28) 18.Utilização de Meios de Comunicação (p.29) 19.Fortalecimento do Setor Publicações (p.30) 20.Realização de Congressos, Seminários, Simpósios (p. 31) 21. Fortalecimento de alianças (p. 32)

25

plano global de acao 2011-2013.indd 25

10/12/2010 11:56:04


Ações concretas 15. CERNE: Centro de Renovação Espiritual Objetivo: Proporcionar às/aos religiosas/os tempo de humanização e espiritualidade, fortalecer as alianças intercongregacionais, vivências comunitárias, acompanhamento espiritual, partilha dos carismas e da ação missionária, favorecendo tempos fortes de oração e lazer. Incentivar a vivência fundamentada no amor de Deus, recriando as relações, rompendo com as estruturas pessoais que impedem a vida, valorizando as diferenças, descobrindo espaços de partilha de vida, fé e missão, num clima de verdade, intensificando a dimensão humana, espiritual, para retomada com mais entusiasmo, coerência e novo vigor da vida, consagração e missão. Interlocutoras/es: Religiosas/os a partir de 15 anos de profissão, que desejam fazer uma nova leitura de sua Vida Consagrada em todas as dimensões e dinamizar sua ação missionária, para dar um novo significado no seguimento de Jesus. Observações metodológicas: Curso realizado em várias regiões, em regime de internato com duração de 32 dias, mais o retiro final de 07 dias, aberto às religiosas e religiosos do Brasil e de outros países presentes nas diversas fronteiras e áreas missionárias que necessitam e desejam fazer uma parada dinâmica. Data, locais e informações através de folders próprios.

26

plano global de acao 2011-2013.indd 26

10/12/2010 11:56:04


16. PROFOLIDER – Programa de Formação para Lideranças Objetivo: Contribuir para a gestão de um novo modelo de Vida Religiosa Consagrada, alicerçada no seguimento de Jesus Cristo, capaz de assumir na fé os riscos da mudança, repropor o Carisma fundante, gerar formas de lideranças inovadoras e visibilizar os valores do Reino. Interlocutoras/es: Pessoas de liderança nos Institutos Religiosos, com votos perpétuos, com capacidade de reflexão sobre o momento atual da Vida Religiosa Consagrada comprometidas com o crescimento pessoal e institucional, capazes de mudança de mentalidade na perspectivas da coletividade, integrando as forças individuais. Observações metodológicas: Curso com duração de 02 meses em regime de internato, distribuídos em 04 Módulos: 1. A Pessoa e a Instituição 2. A Realidade 3. Teologia da Vida Consagrada e Votos 4. Espiritualidade e Missão e um retiro final. Aprofundamento de temas específicos, desenvolvendo em espaços comunitários de troca de experiências, vivência humana e espiritual, em uma maior integração da Pessoa Consagrada e sua relação com a Instituição e com a realidade. Data, locais e informações através de folders próprios.

27

plano global de acao 2011-2013.indd 27

10/12/2010 11:56:04


17. PROFOCO – Programa de Formação para VR Contemplativa Objetivo: Oferecer à Vida Contemplativa do Brasil, a oportunidade de encontrar-se para aprofundar a intercongregacionalidade, a espiritualidade, a riqueza dos carismas, a partilha de experiências, tendo com tema regador a “comunidade”. Propiciar à Equipe de coordenação do PROFOCO dias de reflexão no que se refere a Vida Contemplativa. Interlocutoras/es: Religiosas/os de Vida Contemplativa, com Votos perpétuos, que desejam aprofundamento e reflexão sobre a Vida Religiosa Consagrada, renovação pessoal e comunitária buscando intensificar o seguimento de Jesus em sua vocação específica. Observações metodológicas: Apoio às iniciativas das lideranças religiosas nos Mosteiros e Carmelos, incentivando a se buscarem maior autonomia, a criarem alternativas de geração de renda para terem uma melhor qualidade de vida e de serviço ao Reino. Eventos: Encontros anuais de formação Permanente na intercongregacionalidade, criando comunhão entre os Mosteiros e Carmelos.

28

plano global de acao 2011-2013.indd 28

10/12/2010 11:56:04


18.Utilização de Meios de Comunicação Contribuir com a Formação Permanente da Vida Religiosa, através de recursos virtuais disponíveis, possibilitando acesso a todos os processos, projetos e ações concretas da CRB Nacional. Objetivos: Possibilitar à VR acesso virtual e uso constante das redes e mídias sociais; apresentar, firmar e consolidar informações de contexto midiático local, nacional e internacional; Implementar a cultura de comunicação nos aspectos interno e externo da Instituição; dar visibilidade à CRB Nacional, tornando evidente o seu caráter profético nas diversas áreas de atuação na Igreja e sociedade brasileira, em consonância com o horizonte e as prioridades que nortearão as atividades do triênio 2010 a 2013. Justificativa: A CRB Nacional é uma Instituição que se identifica por sua espiritualidade evangélica, pelo testemunho da partilha, pela opção preferencial e audaciosa aos empobrecidos e excluídos, pela profecia e anúncio missionário e pela acolhida e resposta às exigências dos novos tempos. Interlocutoras/es: Comissão Executiva Nacional, Diretoria e Assessoria Regionais, pareceiras/os dos MCS (Rádios e TVs Católicas, Jornais e Assessorias de Comunicação e Imprensa afins). Estratégias: Engajar religiosas/os voluntárias/os/a como correspondentes Regionais; Estabelecer relações sólidas e confiáveis com os meios de comunicação e seus agentes; Fazer cobertura jornalística das atividades da CRB Nacional, Regionais e de atividades afins; e sedimentar uma imagem cada vez mais positiva da Vida Religiosa Consagrada na sociedade. Evento: Seminário de Comunicação Social Data e local: a definir

29

plano global de acao 2011-2013.indd 29

10/12/2010 11:56:04


19.Fortalecimento do Setor Publicações Apresentação: O Setor de Publicações da CRB Nacional tem sob sua responsabilidade a edição da Revista Convergência e também de todos os livros, cadernos, subsídios diversos, etc. produzidos pelas Equipes de Reflexão Teológica, Psicológica, Missionária e Bíblica e/ou por especialistas convidadas/os, além da tradução e divulgação de textos da CLAR e/ou de outras Conferências. Objetivo geral: atualizar os processos produtivos que envolvem todas as publicações, possibilitando crescimento não apenas quantitativo, mas principalmente qualitativo, tendo sempre em vista o horizonte e as prioridades da XXII AGE. Desafios: Mudança do sistema informatizado de cadastro de assinantes da Revista; profissionalização das produções editoriais; regularização fiscal da vendagem de livros; qualificação da circulação/difusão e do relacionamento com as/os destinatárias/os. Estratégias: Tentativa de produção em parceria com as Editoras cujas mantenedoras são Instituições Associadas à CRB Nacional; aprimoramento da circulação das publicações através das Secções Regionais; maior divulgação da Revista Convergência; sondagem sobre expectativas e sugestões relacionadas às Publicações da CRB Nacional; atualização do banco de dados sobre autoras/res. Obs.: Sem deixar de reconhecer que hoje em dia o crescimento e a sofisticação dos meios eletrônicos (TIC Tecnologias da Informação e da Comunicação) de todas as maneiras questionam o futuro dos chamados “meios impressos”, acreditamos que a palavra escrita em papel ainda possui força e dinamismo suficientes para continuar influenciando mentes e corações, especialmente na VRC.

30

plano global de acao 2011-2013.indd 30

10/12/2010 11:56:04


20.Realização de Congressos, Seminários, Simpósios Apresentação: A CRB Nacional conta com a Assessoria especializada de quatro equipes de Reflexão: Teológica, Bíblica, Missionária e Psicológica. De forma interdisciplinar, ou específica, cada uma destas Equipes contribui significativamente para a Formação continuada de Religiosas e Religiosos. Eventos: Seminários interdisciplinares anuais, somente para integrantes das Equipes. IV SESBI - Seminário de Espiritualidade Bíblica Tema: “Que nossos olhos se abram” – uma leitura de Mateus na perspectiva do tesouro. Data: 06 a 09 de junho de 2011 Local: Jardim Ingá, Luziânia GO V Congresso de Psicologia Tema: Diferentes gerações na VRC hoje – desafios e perspectivas. Data: 13 a 16 de outubro de 2011 Local: Brasília DF (Colégio Cor Jesu). Reuniões (em média quatro anuais) das Equipes, em vista das assessorias solicitadas e da produção de subsídios específicos.

31

plano global de acao 2011-2013.indd 31

10/12/2010 11:56:04


21. Fortalecimento de alianças com: • Congregação para os Institutos de Vida Consagrada e Sociedades de Vida Apostólica – CIVCSVA (Santa Sé); • União Internacional de Superioras Gerais – UISG • União Internacional dos Superiores Gerais – USG • Confederação de Religiosos da América Latina e Caribe - CLAR • Comissão Episcopal para Ministérios Ordenados e Vida Consagrada – CNBB • Outras Instituições com objetivos afins.

32

plano global de acao 2011-2013.indd 32

10/12/2010 11:56:05


PROJETO QUINTO Maior leveza e agilidade institucional da Conferência dos Religiosos do Brasil.

“Mas este tesouro, nós o carregamos em vasos de argila, para que esse poder incomparável seja de Deus e não nosso.” (cf. 2Cor. 4,7)

Ações concretas 22. Avançar na busca do modelo institucional para a CRB Nacional, adequado à realidade atual dos Institutos Religiosos e Sociedades de Vida Apostólica a ela associados/as. (p. 34) 23. Conhecimento da realidade da VRC no Brasil (p. 35) 24. Outras perspectivas (p. 35)

33

plano global de acao 2011-2013.indd 33

10/12/2010 11:56:05


Ações concretas 22.Avançar na busca do modelo institucional para a CRB Nacional, adequado à realidade atual dos Institutos Religiosos e Sociedades de Vida Apostólica a ela associados/as. Justificativa: A CRB Nacional vem diminuindo sistematicamente, do ponto de vista quantitativo – número de Instituições Associadas e valor da contribuição financeira, mantendo a mesma estrutura organizacional anteriormente proposta. A mesma situação se repete nas Secções Regionais. Objetivo: Elaborar e implantar uma estrutura organizacional adequada ao momento presente e em vista do futuro próximo. Estratégia: Constituir uma Comissão capacitada para esta ação. Passos: Otimizar o banco de dados da CRB Nacional, e seu respectivo uso; Cultivar, junto às Instituições Associadas, maior senso de pertença e corresponsabilidade. Desafio: Resolver as pendências administrativas relacionadas à Sede Nacional da CRB em Brasília.

34

plano global de acao 2011-2013.indd 34

10/12/2010 11:56:05


23.Conhecimento da realidade da VRC no Brasil Processo: • Elaboração de um instrumento de escuta da Vida Religiosa no Brasil, de seus anseios e expectativas em relação à CRB Nacional; • Motivação das/os Superioras/res Maiores para real contribuição; • Leitura de elementos significativos resultantes desta escuta; • Preparação e realização da XXIII AGE em atitude de acolhida e resposta.

24.Outras perspectivas: • Organizar o arquivo histórico da CRB Nacional • Organizar e disponibilizar a Biblioteca da CRB Nacional, com enfoque prioritário nas Instituições Associadas.

35

plano global de acao 2011-2013.indd 35

10/12/2010 11:56:05


A Samambaia e o Bambu Certo dia decidi dar-me por vencido. Renunciei ao meu trabalho, às minhas relações, à minha espiritualidade. Resolvi desistir até da minha vida. Dirigi-me ao bosque para ter uma última conversa com Deus. “Deus, eu disse: Poderias dar-me uma boa razão para eu não entregar os pontos?” Sua resposta me surpreendeu: “Olha em redor Estás vendo a samambaia e o bambu?”“Sim, estou vendo”, respondi. Pois bem. Quando eu semeei as samambaias e o bambu, cuidei deles muito bem. Não lhes deixei faltar luz e água. A samambaia cresceu rapidamente. Seu verde brilhante cobria o solo. Porém, da semente do bambu nada saía. Apesar disso, eu não desisti do bambu. No segundo ano, a samambaia cresceu ainda mais brilhante e viçosa. E, novamente, da semente do bambu, nada apareceu.Mas, eu não desisti do bambu. No terceiro ano, no quarto, a mesma coisa… Mas, eu não desisti. Mas… no quinto ano, un pequeno broto saiu da terra. Aparentemente, em comparação com a samambaia, era muito pequeno , até insignificante. Seis meses depois, o bambu cresceu mais de 50 metros de altura.Ele ficara cinco anosafundando raízes. Seis meses depois, o bambu cresceu mais de 50 metros de altura.Ele ficara cinco anosafundando raízes.

Seis meses depois, o bambu cresceu mais de 50 metros de altura.Ele ficara cinco anos afundando raízes. Aquelas raízes o tornaram forte e lhe deram o necessário para sobreviver. “A nenhuma de minhas criaturas eu faria um desafio que elas não pudessem superar” E olhando bem no meu íntimo, disse: Sabes que durante todo esse tempo em que vens lutando, na verdade estavas criando raízes? Eu jamais desistiria do bambu.Nunca desistiria de ti.Não te compares com outros”. “O bambu foi criado com uma finalidade diferente da samambaia, mas ambos eram necessários para fazer do bosque um lugar bonito”. “Teu tempo vai chegar” disse-me Deus.“Crescerás muito!”Quanto tenho de crescer? perguntei.“Tão alto como o bambu?” foi a resposta.E eu deduzi: Tão alto quanto puder! Espero que estas palavras possam ajudar-te a entender que Deus nunca desistirá de ti.Nunca te arrependas de um dia de tua vida. Os bons dias te dão felicidade.Os maus te dão experiência. Ambos são essenciais para a vida. A felicidade te faz doce. Os problemas te mantêm forte. As penas te mantêm humano.As quedas te mantêm humilde. O bom êxito te mantém brilhante. Mas, só Deus te mantém caminhando...

36

plano global de acao 2011-2013.indd 36

10/12/2010 11:56:05


crb nacional