Page 1

TCT—Mobilias Dalmann

Manual de Formação de Apicultores

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

O que é a TCT Dalmann? A TCT é uma empresa de florestamento e mobiliário. Usamos as árvores da nossa concessão florestal em Catapu para fazer mobílias para casas e escritórios. Também usamos a madeira para fazer muitas outras coisas, incluindo colmeias. Para a TCT Dalmann todas as coisas que vivem na floresta são importantes e o nosso objec vo é protege‐las. Abelhas são uma parte importante da vida na floresta e também podem ajudar as comunidades locais gerir rendimento da apicultura.

Todas as coisas que vivem na floresta são importantes e o nosso objec vo é protege ‐las.

Para que serve este manual? Este manual é uma parte importante para a sua formação no curso de apicultura. É algo que pode levar para casa para ajudar a recordar aquilo que lhe foi ensinado no curso. A apicultura é uma forma ú l de ganhar mais algum rendimento através da produção de mel. Para além de ensinar sobre técnicas de apicultura e como gerir as colmeias, este manual também vai ensinar porque é que as abelhas são importantes para si, não só como apicultor mas também como fazendeiro. Também pretende ensina‐lo sobre os danos, que algumas formas de colher mel, podem causar e porque é que os incêndios e o abate de árvores podem magoar as abelhas. Este manual e o curso que ele suporta tem por objec vo:  Promover um conhecimento dos danos causados pelas formas tradicionais de colher mel e apicultura e fornecer outras formas de fazer estas coisas que sustentam o meio ambiente  Fornecer uma outra forma de colmeia que não seja as colmeias de casca da arvore  Desencorajar o corte indiscriminado de árvores para colher mel  Introduzir a colmeia ‘Top Bar’ como uma forma viável de apicultura nas zonas rurais  Promover o respeito para as abelhas 

Promover um entendimento da interação entre as abelhas e as culturas plantadas nas machambas e através disso os bene cios da apicultura

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

O que são abelhas? As abelhas de mel são insectos sociais. Elas trabalham juntas para que todos os membros das suas colónias (comunidades) possam sobreviver. Existem três pos de abelhas em cada colónia. Cada uma delas tem o seu trabalho a cumprir. Rainha das abelhas

©Foto de “Basic Bee Keeping Manual”—Pam Gregory

Esta é a Rainha das abelhas. Cada colónia só tem uma rainha. Ela é a mãe da colónia. O trabalho dela é só de por ovos de onde depois nascem mais abelhas. Ela pode por até 1000 ovos por dia. Drone

©Foto de “Basic Bee Keeping Manual”—Pam Gregory

Este é a abelha macho, também se chama um Drone. O trabalho dele e só de acasalar com a Rainha jovem. Quando tem comida suficiente na colónia pode exis r mais ou menos 500 Drones dentro da colmeia. Abelha trabalhadora

©Foto de “Basic Bee Keeping Manual”—Pam Gregory

Esta é a abelha trabalhadora. Ela é fêmea mas não consegue por ovos. O trabalho dela é só de trabalhar na colónia. Pode haver até 40,000 abelhas trabalhadoras na colónia na época de colheita de mel. Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

As abelhas trabalhadoras saem da colmeia para visitar as flores, apanhando pólen e néctar para fazerem o mel. O néctar é usado pelas trabalhadoras para fazer o mel. O pólen é apanhado das flores e guardado em sacolas que existem nas pernas traseiras das abelhas para que elas possam carregar este pólen de volta para a colónia. Dentro da colmeia o mel e o pólen são guardados nas células dos favos de mel.

©Foto de “Basic Bee Keeping Manual”—Pam Gregory

Abelhas também fazem uma coisa chamada Própolis que é uma cera escura e pesada. Isto é feito com o pólen de certas plantas e é usado para selar os buracos e rachas dentro da colmeia. Na fotografia à DIREITA vê‐se uma abelha a entrar na colmeia carregando Própolis.

A imagem à ESQUERDA amostra as abelhas guardas, na entrada da colmeia. As abelhas trabalhadoras armazenam o pólen e o néctar nos favos de mel. As abelhas trabalhadoras também fazem limpeza, protegem e ven lam a colmeia. A imagem ABAIXO amostra as abelhas de mel a baterem as suas asas para secar qualquer água que possa estar dentro da colmeia e para arrefecer a colmeia.

©Foto de “Basic Bee Keeping Manual”—Pam Gregory

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

LEMBRAR – As abelhas precisam de árvores. Boas árvores fazem bons lugares para as abelhas viverem. As árvores dão as abelhas selvagens sí os para fazerem os seus ninhos, muita comida para comer e sombra para não sofrer do calor. A destruição da floresta danifica a viabilidade de apicultura. Também é muito importante para todos os pos de abelhas, incluindo as abelhas selvagens terem água durante os tempos de seca. Água deve ser dada em recipientes rasos para que as abelhas não se afogam. Deve ser reabastecido regularmente. Se não houver muitas abelhas pode ser porque não tem árvores suficientes para sustentar bem a vida da colónia. Se não houver muitas abelhas também vai afetar as culturas porque as flores não serão polinizadas e assim não produzem fruta. É importante proteger e defender a floresta, plantar árvores e culturas que dão flores para ajudar as abelhas. Muitas plantas que dão néctar, o que é bom para as abelhas, também são boas para as pessoas comer ou vender. A abacate, o algodão, as bringelas, as goiabas, as manga, a papaia, as abóboras e o girassol são algumas das culturas que servem para dar de comer às abelhas. Estas culturas também podem ser melhoradas pelas abelhas através da polinização das plantas. Por isso, as abelhas são importantes para as pessoas, não só porque elas fazem mel mas também porque elas ajudam as culturas que as pessoas plantam, a fazer mais plantas. Sem arvores ‐ sem mel.

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

Porque ter abelhas? Durante o processo de apanhar néctar as abelhas transportam o pólen de uma flor para outra. O pólen é necessário para as plantas se fer lizarem e fazer fruta. Na transferência do pólen de uma planta para outra as abelhas são muito importantes para a ciclo reprodu vo da planta e ajuda as plantas a se mul plicarem, fazendo assim mais plantas. As abelhas ajudam a melhorar as culturas de manga, papaia, citrinos, goiaba e muitas outras frutas e culturas. Também é importante que as abelhas selvagens vivem bem para que haja muitas abelhas para ocuparem as colmeias das pessoas.

As abelhas ajudam a polinização de culturas que por sua vez ajuda as pessoas a terem mais comida. A apicultura não compete pela terra com outras ac vidades como por exemplo as machambas, porque a apicultura pode ser feita na terra que não é boa para as machambas como por exemplo nas florestas e nas áreas molhadas. A apicultura produz comida para as pessoas e pode gerir dinheiro. O mel contem açúcar que dá energia às pessoas e é uma forma de alimento ú l. Qualquer pessoa, homem, mulher ou criança pode fazer apicultura.

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

Como posso começar? As formas de apicultura tradicionais podem trazer problemas ambientais. Por exemplo as pessoas ram a casca das árvores para fazer colmeias, isto mata a árvore. Como já aprendemos as árvores são importantes para as abelhas portanto matar as árvores não beneficia nem as abelhas nem as pessoas. As vezes quando estão a tentar apanhar o mel as pessoas fazem fogos que queimam as florestas. Isto mata as árvores e outras plantas e os animais.

A destruição de uma árvore grande e madura (fotografia à ESQUERDA) para extrair uma pequena quan dade de mel natural. Fotografia em BAIXO, para uma quan a minuscula de mel, uma árvore grande foi desperdiçada.

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

A TCT Dalmann usa colmeias chamadas ‘Kenyan Top Bar’. Estas colmeias são feitas de madeira. A madeira que se usa, são restos da fábrica, fazendo assim as colmeias não muito caras, e sustentáveis. Estas colmeias ‘Kenyan top bar’ são fabricadas em Moçambique. Abaixo vão as instruções de como fazer uma colmeia desse po. Está incluso neste curso porque no futuro vai ter que manter e efetuar reparações as suas colmeias.

Vai precisar, 1 fundo ou base, 2 lados e 2 pontas.

Prega os lados junto as pontas

Prega o fundo Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu

Plania as bordas

Afixa os suportes de aço aos lados e a base


TCT—Mobilias Dalmann

Constrói o aro

Afixa a fechadura que segura o teto ao aro

O ‘TOP BAR’ (Barra de cima)

A Barra de cima ou ‘Top Bar’ deve ser cortada EXACTMENTE com a medida de 34 mm de largura. Esta barra nas colmeias ‘Top Bar’ é a coisa mais importante. O sucesso ou falha da colmeia ‘Top Bar’ depende da largura exata da barra, a aplicação exata da cera e a gestão das próprias barras. Barras que são serradas, enceradas e montadas corretamente encorajam as abelhas a construírem os favos de mel no meio da barra que por sua vez facilita a boa gestão e fácil colheita do mel.

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

Barras que são serradas, enceradas e montadas corretamente encorajam as abelhas a construírem os favos de mel no meio da barra que por sua vez facilita a boa gestão e fácil colheita do mel.

Larguras incorectas das barras cria ‘favos cruzados’, isto é, as abelhas constroiem os favos atravesando dois ou tres barras, fazendo a colheita muito dificil e bagunçado. A medida indicada de 34mm esta comprovado em dar espaço suficiente entre as barras para facilitar o movimento não conges onado das abelhas. As colmeias Top Bar – Todas as colmeias feitas pela TCT Dalmann são feitas com barras enceradas. Porém às vezes as barras precisam de voltar a ser enceradas ou subs tuídas. Para fazer isto deve primeiro limpar a barra usada ou cortar uma barra com exatamente as mesmas dimensões, use uma tampa de garrafa para ter a medida parecida para a grossura da barra. Use os seus dedos para fixar e moldar a cera numa ra ao longo do centro da barra (é muito importante ficar cer nho)

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

Um bom mel começa com um bom apiário. Um apiário é um sí o onde um grupo de colmeias é guardado. Para fazer um bom apiário segue os seguintes passos:

Escolhe um local que: 

Seja fácil de lá chegar



Longe de barulho e pessoas, protegido contra ladrões



Próximo de um sí o onde as abelhas possam encontrar água



Perto de flores e árvores que dão flores



Protegido do sol e vento – sempre que possível as colmeias devem ficar à sombra

Pode ser um local que não dê para usar para outros fins como machambas. Prepare o local: 

Remove obstáculos e vegetação à volta das colmeias para que tenha acesso fácil.



Protege as colmeias contra visitas indesejadas como os ladrões e animais grandes (como por exemplo animais domés cos e o texugo do mel). Considera construir uma vedação de picos à volta do seu apiário para o proteger.



Pode querer plantar plantas que dão flores com néctar para fornecer, por perto, comida para as abelhas

Posicionar as colmeias: 

Posicionar as colmeias de forma que elas fiquem niveladas



Se usar suportes estes devem ter pelo menos um metro de altura



Devem ser feitos de madeira forte para que os mesmos durem



As pernas dos suportes devem ser cobertas com graxa para as formigas não conseguirem subir para a colmeia.



Durante a época seca e para aumentar a proteção coloque um mon nho de cinza branca de madeira à volta da base do suporte – isto também protege contra as formigas;



Deixe espaço suficiente entre as colmeias para facilitar o trabalho sem incomodar as abelhas nas outras colmeias;



Vire as entradas das colmeias para o lado oposto aos caminhos



Não coloque mais que 10 colmeias em cada apiário

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

Existem diferentes pos de suportes para colmeias – escolha o melhor para si: 

Montado em posto, uma forma fácil e que dá bom resultado



Montado pendurado



Montado em banco móvel

Montado pendurado ‐ Escolha árvores adequadas ou use uma combinação de arvore e posto sólido. Corta paus de madeira dura e põe em cada lado da colmeia, amarra os paus um ao outro. Fixa os arames e pendura, lembrar que a colmeia vai ficar muito pesada quando es ver cheia de mel, por isso deve considerar este facto se optar por este método de montar.

Montado em bancos móveis – construa o banco de madeira que é resistente a carunchos. Notar bem, se usar este po de suporte deve colocar os pés do banco dentro de latas contendo óleo. Isto protege contra a subida de formigas a colmeia.

Montado em posto – A TCT recomenda a montagem com posto Quando o posto es ver colocado na terra e es ver seguro a parte de cima deve ficar na altura da sua cintura. Assegure que o posto está fixo e que não se mexe.

Escolhe uma peça de madeira que seja forte e resistente aos carunchos e capins. Deve ter comprimento de 1.3 metro e diâmetro de 120mm. Faça um buraco de 400mm de profundidade. Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu

Use um recipiente pequeno, cheio de água para verificar que a parte de cima do posto está nível e lisa. Prega um prato de alumínio. Coloca graxa na parte de baixo do prato – isto ajuda a proteger a colmeia contra invasão de formigas.


TCT—Mobilias Dalmann

Prega a colmeia ao posto com a entrada da colmeia em direção oposta ao vento. As colmeias da TCT já têm buracos furados no fundo para lhe ajudar.

Prega a suporte de colmeia ao posto.

As colmeias da TCT já têm buracos furados no fundo para lhe ajudar. Use as cinzas do fogo na base do posto para proteger contra os insetos.

Teto de Capim para fazer sombra Teto de chapa Colmeia Suporte de colmeia Prato de alumínio

Posto

Cinza do fogo

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

É muito importante que: 

As abelhas tenham sombra, água e comida



As colmeias estejam protegidas do sol, vento e formigas

Abelhas precisam de água, se não haver água natural perto das colmeias deve então fornecer água, co‐ mo por exemplo, use um pneu velho para guardar água para as abelhas. Abelhas precisam sempre de ter água.

 As abelhas também precisam de comida e sombra. O seu apiário deve ficar situado num local parecido aquele na foto a ESQUERDA.  Este apiário EM BAIXIO falhou porque não nha árvores para dar sombra ou comida para as abelhas. Nenhumas das colmeias foram colonizadas. Sem árvores – sem mel, sem dinheiro. Inspeccione as colmeias regularmente para verificar se as abelhas as ocuparam: 

Se não ver abelhas verifique se a colmeia está limpa e seca e que não foi invadida por outras pestes como as formigas ou ratos ou aranhas;



Coloque mais isca de cera se for necessário



A melhor altura para colonizar as colmeias é durante a época de enxame de abelhas ou migração das abelhas



Fale com outros apicultores locais que tenham experiência, quando será a melhor altura para colonizar a sua colmeia

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu

©Foto de “Basic Bee Keeping Manual”—Pam Gregory


TCT—Mobilias Dalmann

Manter o apiário limpo e protegido:  Limpar o capim e outra vegetação à volta das colmeias;  Se possível plante vedações vivas de boas plantas para abelhas, à volta do apiário  Abelhas são criaturas muito limpas e gostam de ter um lar limpo. Não vão ocupar uma colmeia que esteja ocupada com ratos ou aranhas ou outro po de criaturas indesejáveis que possam lá estar a viver, nem se a colmeia tem fuga de água. É importante que a nova colmeia seja colocada, logo de início, no local onde vai permanecer. As abelhas sabem o lugar da sua casa. Como qualquer animal, abelhas de mel precisam de ser cuidadas se quer que elas sejam produ vas. Estas simples regras vão lhe ajudar a cuidar das suas abelhas:  Visite o seu apiário regularmente para verificar que as colmeias estão seguras e saudáveis  Mantenha o terreno à volta das colmeias limpo de forma a reduzir as pestes como carunchos, sapos e lagartos.  Onde for prá co devem ser construídos aceiros para proteger o apiário contra incêndios  Proteja contra visitas indesejáveis como ladrões e animais grandes. O maior problema em apicultura tropical é o das formigas. As formigas podem facilmente destruir a colmeia se não forem man das fora. Como atrair as abelhas para a minha colmeia? As abelhas podem ser atraídas a uma colmeia nova quando elas fazem enxame. A palavra enxame significa quando um grupo grande de abelhas anda juntas. As abelhas fazem enxame por duas razões:  Enxames naturais ‐ quando as abelhas produzem uma nova rainha, esta rainha saí da colmeia com metade das outras abelhas, em enxame, e procura uma nova colmeia. Aí a rainha e as abelhas que foram com ela criam uma nova colónia.  Enxames esforçadas – Quando todas as abelhas numa colmeia são forçadas a sair porque a colmeia delas foi atacada por fogo, formigas ou como resultado de colheita de mel bruta, entre outras razões.

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

Todas as abelhas, seja qual for a razão por que fizeram enxame, usam olheiros para procurarem novas colmeias. Como apicultor é o seu trabalho fazer com que as suas colmeias sejam atrac vas ao enxame de tal forma que elas queiram ocupar as suas colmeias ou para encorajar as abelhas olheiras de trazer as outras abelhas para as suas colmeias para fazer uma colónia.

©Foto de “Basic Bee Keeping Manual”—Pam Gregory

Para encorajar as abelhas olheiras, pode usar uma caixa de captura. Uma caixa de captura é uma pequena colmeia que pode usar para apanhar abelhas antes de as transferir para a colmeia principal. É um lar temporário para as abelhas.



As caixas de captura devem estar em sí os onde as abelhas olheiras as possam encontrar:



Em áreas que tenham árvores altas, caixas de captura devem ser colocadas em locais altos



Em área que tenha mata grossa as caixas de captura devem estar em áreas com menos vegetação



As caixas de captura devem ser colocadas do lado de árvores onde estão afixadas que tenha mais sombra possível



Outros apicultores podem lhe informar sobre os melhores locais para colocar as caixas de captura, por exemplo em rotas que as abelhas gostam de passar



Ponha isca nas caixas de captura – mistura própolis, cera e algum mel aquecendo esta mistura numa lata (não deixe ferver). Pinta a entrada da caixa de captura com esta mistura



Depois das abelhas terem ocupado a caixa de captura transfere‐as para a colmeia principal

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

Para melhorar a colonização das suas colmeias ou caixas de captura deve: 

Verificar que existem abelhas selvagens na área onde pretende colocar as suas colmeias Fale com outros apicultores e vendedores de mel Olha para as plantas, água e área em geral para verificar se são o que as abelhas gostam



Coloque as suas colmeias durante a altura do ano certo Fale com outros apicultores e pessoas na área para ter informações sobre quando as abelhas costumam fazer enxame Faça um plano firme com toda a informação que obteve Ponha a isca nas suas colmeias ou caixas de captura antes da altura em que as abelhas estejam prontas para fazer enxames



Ponha isca nas caixas de captura e nas colmeias Pode usar as colmeias assim como as caixas de captura Mistura o Própolis, cera e algum mel e aqueça a mistura numa lata (não deixe a mistura ferver) Pinta esta mistura na entrada da colmeia ou caixa de captura Lembre‐se que a ra de cera na parte de cima da sua colmeia também pode atrair as abelhas à sua colmeia



Mantenha as colmeias e as caixas de captura limpas antes que as abelhas as ocupem Verifique que as caixas de captura e as colmeias estão limpas e que tem o número correto de barras com cera, direitas



Caso seja necessário considere capturar enxames selvagens

Deve verificar as suas colmeias ou caixas de captura de dois em dois dias para saber se algumas abelhas as ocuparam. Logo que ver abelhas pode começar a geri‐las.

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

Como devo gerir as minhas abelhas? Picadas – As abelhas podem picar e os picos das abelhas podem ser perigosos. Trate sempre as abelhas suavemente e com respeito. Só as abelhas trabalhadoras é que picam mas não picam sem razão.

Máscara

Fato macaco ©Foto de “Basic Bee Keeping Manual”—Pam Gregory

Luvas

Não trabalhe sozinho – Deve sempre ir às abelhas com outra pessoa. Verifique que todo o seu equipamento está preparado.

Botas

LEMBRAR

Antes de começar peça um amigo para verificar a sua roupa de proteção Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu



Usa roupa prote va



Cada abelha trabalhadora tem um pico



Cada pico deita um cheiro que avisa as outras abelhas que há perigo



Este cheiro atrai as outras abelhas para virem picar no mesmo si o



Se for picado, tapa a picadela com fumo para esconder o cheiro das outras abelhas



Tira o pico da sua pele o mais rápido possível



Use sempre boa roupa de proteção que tapa todo o seu corpo. Manter as roupas de apicultura limpas para que não fique qualquer cheiro de picadas anteriores na roupa.


TCT—Mobilias Dalmann

Tomar conta de todo o apiário ‐ faça um aceiro à volta do seu apiário. Se for possível faça uma queimada bem controlada (isto diminuiria significa vamente o risco de fogo acidental assim como o fogo posto de propósito). Isto é a parte que exige mais trabalho na gestão das suas abelhas mas se por acaso houver um fogo poderia perder todas as suas colmeias.

Cuida de cada uma das colmeias – Corta todo o capim e arbustos num círculo de 2 metros à volta de cada colmeia, o fogo é um risco muito grande para colmeias. Verifique que não há folhas ou paus que estejam a encostar à sua colmeia, pois isto pode servir como caminho para formigas ou aranhas entrar na sua colmeia. Verifique a parte de fora da colmeia para cer ficar que não sofreu nenhuns danos, verifique especialmente o teto da colmeia para cer ficar que ainda se encontra à prova de água, está protegida contra insetos e que está livre de qualquer outro animal pequeno. As colmeias na fotografia a CIMA correm risco na época seca porque pode haver incêndio e também os inseto podem usar os ramos e folhas das plantas grandes para entrar na colmeia. Os incéndios são muito perigosos para as colmeias. Podem provocar a saída das abelhas da colmeia, destrói a comida das abelhas, mata as arvores que as abelhas precisam para viver bem e nos piores casos pode queimar e distruir as próprias colmeias. O apiário tem de ficar livre de fogo.

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

Fumagem Para fazer manutenção ou colheita de mel primeiro precisa de fazer a fumagem das abelhas antes que possa começar a trabalhar com elas. Para fumagem uma ferramenta muito importante é o fumador. Tentar fazer fumagem com outros equipamentos é muito perigoso, pode criar incêndios, não tem controle para efectuar a fumagem suavemente, pode danificar o mel se entrar cinza ou carvão.

LEMBRAR Não abra a colmeia sem boa razão Seja suave ao abrir a colmeia Trabalhe rápido e em silêncio Use muito fumo Só abra as colmeias quando a temperatura es ver fresca. Isto deve ser logo de madrugada ou ao fim da tarde quando es ver quase a anoitecer. Abrir ao fim da tarde deixa toda noite para as abelhas se acomodarem Use sempre roupa de proteção. Verifique sempre a sua roupa e verifique também a roupa do seu amigo, ele também deve verificar a sua roupa. Verifique que tem todas as suas ferramentas prontas. É bom ter um amigo junto para ajudar. Ascenda o fumador para que haja bastante fumo fresco. Cascas de milho, capim seco e madeira podre fazem bom combus vel para os fumadores. Ponha bastante fumo na entrada da colmeia e espere que as abelhas se acalmem Ponha bastante fumo por baixo do teto e depois re ra o teto.

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

As regras para fumar – 

O material usado no fumador deve ser não tóxico e deve ter um cheiro suave.



O fumo deve ser usado com cuidado e efe vamente para acalmar as abelhas, as abelhas calmas fazem com que a gestão da colmeia seja boa.



Quando usar um fumador tenha cuidado para que não caia nenhuma chama ou material ardente perto das abelhas



Quando aproximar as colmeias ponha fumo suavemente na entrada e sobre quaisquer abelhas que possam estar fora da caixa

Depois de ter passado o fumo re o teto da colmeia e suavemente passe mais fumo sobre as barras. Agora pode prepara‐se para rar as barras. Usando a ferramenta para a colmeia re a barra chave fora para lhe dar mais lugar para trabalhar. Quando ver espaço suficiente, suavemente passe o fumo dentro da colmeia. LEMBRAR: quando a colmeia es ver aberta deve passar o fumo com cuidado porque o fumo pode estragar o mel Como apanho o mel? Uma boa colheita de mel é importante. Mel de boa qualidade conserva‐se bem e vende‐se por bom preço. É possível ter muitas colheitas de mel num único ano. A altura em que se faz a colheita do mel pode variar de si o para si o. Os apicultores locais são as melhores pessoas a quem perguntar sobre este assunto.

Vai precisar das seguintes ferramentas para apanhar o mel: Uma escova para escovar as abelhas devolta para a colmeia quando re rar os favos (fotografia ACIMA) e também vai precisar uma ferramenta de colmeia (fotografia A DIREITA) Para começar: 

Põem fumo para acalmar as abelhas. O mel costuma estar guardado na parte mais longe da entrada da colmeia.



Verifique onde as abelhas estão e abre a colmeia com cuidado



Suavemente escovar as abelhas que estão no favo de volta para a colmeia, use uma escova feita com penas de galinha ou capim se não ver uma igual a acima indicada.

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann 

É melhor apanhar o mel ao fim do dia para que as abelhas incomodadas tenham toda a noite para se reacomodarem. Apanhar o mel á noite torna se di cil ver se o mel que está apanhar é de boa qualidade ou não.



Apanhar mel a seguir a uma queda de chuva faz com que o mel apanhe humidade e reduz a sua qualidade



Quando ver a certeza que o enxame está calmo comece a rar um favo de cada vez fora



Bata ligeiramente por cima de cada barra para iden ficar qual delas tem favos (os favos vazios dão um som oco)



Com a ferramenta da colmeia suavemente separe cada favo, normalmente começa‐se pela entrada



Re rar a barra da colmeia e inspeciona o favo, tenha cuidado ao remover o favo – às vezes este pode estar afixado ao lado da colmeia, caso es ver suavemente solte o favo da colmeia.

©Foto de “Basic Bee Keeping Manual”—Pam Gregory



Corte o favo da barra e ponha dentro dum balde limpo. Para manter as abelhas fora do balde a tampa do balde deve ser imediatamente colocada.



Apanhe um favo de cada vez até que chegue ao favo que tem a ninhada. Deve sempre deixar algum mel para que as abelhas tenham comida senão podem abandonar a colmeia ou morrer.



Um balde limpo com uma boa tampa e necessário para manter as abelhas fora do mel, isto também ajuda a manter a humidade do mel baixa.

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu



Se o favo es ver quase todo cheio de células cheias de mel este pode ser apanhado – corta o favo e deixe cair num balde aberto



Só escolha os favos que tenham mel bem selado para apanhar.


TCT—Mobilias Dalmann

Ninhada não selada Ninhada selada

Abelhas trabalhadoras

Pólen



Se quer proteger a vida da colónia não deve apanhar o favo que tem a ninhada



Se o cone contém ninhada ou está quase vazio devolve para a colmeia onde estava

©Foto de “Basic Bee Keeping Manual”— Pam Gregory

Deixe sempre uma camada fina de cone na barra para servir de fundação para as abelhas construírem outro ©Foto de “Basic Bee Keeping Manual”—Pam Gregory

Antes de fechar a colmeia verifique que todas as barras estão encostadas uma a outra e que não há nenhuma folga entre elas Tira os cones vazios ou velhos Arruma os cones que restarem para que não haja folgas entre eles Coloca e afixa o teto No próximo dia deve sempre verificar que as abelhas estão a trabalhar normalmente Deixe algum mel para as abelhas Aqui um exemplo de um favo bom para apanhar ©Foto de “Basic Bee Keeping Manual”—Pam Gregory

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

Como faço mel? LEMBRAR – limpeza é essencial para ter bom mel 

Precisa de ter dois baldes, um pano para coar limpo e um lugar longe de abelhas quando es ver a remover o mel



Tudo, mas principalmente as suas mãos devem estar limpas quando rar o mel



O mel é coado pelo pano limpo para o balde e a cera fica no pano



O favo é cortado em pedaços pequenos e passado pelo pano limpo para soltar o mel para dentro do segundo balde limpo



O balde deve ser coberto e deixado até que a maioria do mel es ver removido. O restante mel pode ser espremido no pano à mão, as mãos devem estar limpas



As flores de árvores diferentes rendem um mel de cores e sabores diferentes

©Foto de “Basic Bee Keeping Manual”—Pam Gregory

O mel tambem pode ser extraido em outras formas incluindo as formas semi‐industriais conforme pode ver pelas imagems a DIREITA ou pelas imagems abaixo que amostram a extraição industrial feito pela Mozambique Honey Company em Chimoio.

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

Para que posso usar o mel?

Muitas vezes é mais facil comercializar e vender o mel se a comunidade trabalha junta e fazem coopera vas e associções. Os membros podem ajudar um ou outro e juntos comercializar os seus produtos.

Muito do mel produzido em Moçambque é vendido duma forma informal. Mel limpo, bem embalado e rotulado a nge um preço de venda muito mais alto no mercado local.

Existem empresas em Moçambique que compram mel a grosso e favos tambem, como por exemplo a Mozambique Honey Company que depois processa e vende o mel nos mercado locais e internacionais.

Os subprodutos como o Própolis e a cera tambem podem ser vendidos.

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu


TCT—Mobilias Dalmann

TCT—Mobilias Dalmann Sede Estrada Na onal Nr 6 Beira Moçambique Email: tctdalmann@dalmann.com

Website: www.dalmann.com Tel: +258 23 2302 161

Manual de Formação de Apicultores—TCT Catapu

TCT Dalmann - Manual - Apiculture  

Manual de Formação de Apicultores de TCT Dalmann

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you