Page 1

P R E F E I TU R A D A E S T Â N C I A T U R Í S T I C A DE SÃO ROQUE E S T A D O D E S Ã O P A U L O DEPARTAMENTO DE EDUCAÇÃO

PLANEJAMENTO

CRECHES MUNICIPAIS ANO 2011


INTRODUÇÃO A Educação Infantil é considerada a primeira etapa da Educação Básica tendo como finalidade o desenvolvimento integral da criança. O espaço na instituição de Educação Infantil deve propiciar condições para que as crianças possam usufruí-Ia em benefício de seu desenvolvimento e aprendizagem ampliando cada vez mais as relações sociais e respeitando suas diversidades. A tarefa da creche é atender exigências do desenvolvimento infantil no âmbito da inteligência, da emoção, da sociabilidade e da corporeidade. Em síntese, isso implica criar situações estimuladoras que propiciem a formação plena e equilibrada da criança, ao mesmo tempo respeitando seus interesses espontâneos e considerando sua realidade sócio-econômica, bem como os valores culturais da comunidade em que vive.

METAS PARA A EDUCAÇÃO INFANTIL

Através do trabalho desenvolvido, que a criança: •

Desenvolva uma imagem positiva de si mesma, atuando de forma mais independente;

Descubra e conheça progressivamente seu próprio corpo, suas potencialidades e seus limites, desenvolvendo e valorizando hábitos de cuidado com a própria saúde e bem estar;

Estabeleça e amplie cada vez mais as relações sociais, fortalecendo sua auto-estima, aprendendo articular seus interesses e pontos de vista com os demais, através dos vínculos afetivos e de troca com adultos e crianças;

Desenvolva atitudes de ajuda e colaboração, respeitando a diversidade;

Observe e explore o ambiente com atitude de curiosidade, percebendo-se cada vez mais como integrante, dependente e agente transformador do meio ambiente, valorizando atitudes que contribuam para sua conservação;

Expresse emoções, sentimentos, pensamentos, desejos e necessidades através da brincadeira;

Utilize as diferentes linguagens (corporal, musical, plástica, oral e escrita) ajustadas às diferentes situações de comunicação, de forma a compreender e ser compreendido, avançando no seu processo de construção de significados;

Conheça algumas manifestações culturais, valorizando a diversidade.


PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS O como trabalhar os conteúdos elencados no planejamento de forma a estimular o aprendizado das crianças através da exploração de técnicas e materiais variados são os procedimentos. Alguns dos procedimentos elencados e construídos pelos educadores e equipe pedagógica da rede de acordo com as faixas etárias das crianças estarão sendo apresentados em um documento à parte, evitando o número excessivo de páginas no planejamento. AVALIAÇÃO A avaliação é entendida, prioritariamente, como um conjunto de ações que auxiliam o professor a refletir sobre as condições de aprendizagem oferecidas, ajustando sua prática às necessidades das crianças. Tem como função acompanhar, orientar, regular e redirecionar esse processo como um todo. Sendo assim a observação e o registro se constituem nos principais instrumentos de que o professor dispõe para apoiar sua prática. A avaliação deve se dar de forma sistemática e contínua através da observação e do registro feitos pelo professor, bem como das produções das crianças ao longo de um período, para obter com mais precisão informações sobre sua aprendizagem.


ALGUMAS CONSIDERAÇÕES A RESPEITO DO CUIDADO COM AS CRIANÇAS 1- AMBIENTE DE CUIDADOS A promoção do crescimento e do desenvolvimento saudável das crianças na instituição educativa está baseada no desenvolvimento de todas as atitudes e procedimentos que atendem as necessidades de afeto, alimentação, segurança e integridade corporal e psíquica durante o período do dia em que elas permanecem na instituição. Uma criança saudável não é apenas aquela que tem o corpo nutrido e limpo, mas aquela que pode utilizar e desenvolver seu potencial biológico, emocional e cognitivo, próprio da espécie humana. Sendo assim, a qualidade de sua vida na creche demanda condições ambientais e cuidados adequados ao contexto educacional. Oferecer segurança física, conforto e proteger não significam cercear as oportunidades das crianças em explorar o ambiente e em conquistar novas habilidades. Significa proporcionar ambiente seguro e confortável, acompanhar e avaliar constantemente as capacidades das crianças, pesar os riscos e benefícios de cada atitude e procedimento, além do ambiente. 2- ALIMENTAÇÃO O ato de alimentar tem como objetivo, além de fornecer nutrientes para manutenção da vida e da saúde, proporcionar conforto ao saciar fome, prazer ao estimular o paladar e contribui para a socialização. Além disso, é fonte de inúmeras oportunidades de aprendizagem. A oferta de alimentos precisa ser feita em ambientes mais tranqüilos, em pequenos grupos, com acompanhamento de um adulto que propicie segurança afetiva e ajuda. Desaconselha-se a oferta de refeições em refeitórios com todos os grupos infantis presentes ao mesmo tempo. Isso porque essa forma de organização aumenta o nível de ruído, o tempo de espera das crianças e dispersa a atenção tanto das crianças quanto dos adultos que as acompanham. É recomendável que sejam oferecidos à criança uma variedade de alimentos e que os adultos cuidem para que a criança experimente de tudo. O respeito às suas necessidades indica que nunca devem ser forçadas a comer, embora possam ser ajudadas por meio da oferta de alimentos atraentes, bem preparados, oferecidos em ambientes afetivos, tranqüilos e agradáveis. Recomenda-se organizar os lanches e/ou demais refeições de forma que as crianças possam vivenciá-Ias de acordo com as diversas práticas sociais em torno da alimentação, sempre permeadas pelo prazer e pela afetividade, permitindo que as crianças conversem entre si. 3- CUIDADOS COM OS DENTES Considerando que a primeira dentição inicia-se, em geral, no segundo semestre de vida e que completa em torno dos três anos de idade, recomenda-se incluir este cuidado a partir do surgimento dos primeiros dentes. Os dentistas recomendam a limpeza dos dentes do bebê com uma gaze enrolada no dedo indicador do adulto responsável pelo cuidado. É importante evitar as práticas de oferecer mamadeiras para a criança antes de ela dormir, sem a posterior limpeza dos dentes, ou mesmo o uso de chupetas mergulhadas em mel ou açúcar para acalmar as crianças, pois isso pode provocar cáries muito precoces. Como a criança aprende muito pela observação e imitação é importante que ela presencie adultos e outras crianças fazendo sua higiene bucal, ao mesmo tempo em que poderão ampliar seus conhecimentos sobre esses cuidados. No período em que a criança está sob os cuidados da instituição educativa é possível prever uma rotina de escovação dos dentes, visando desenvolver atitudes e construir habilidades para autocuidado com a boca e com os dentes.


4- SONO E REPOUSO O atendimento das necessidades de sono e repouso, nas diferentes etapas da vida da criança tem um importante papel na saúde em geral e no sistema nervoso em particular. As necessidades e o ritmo de sono variam de individuo para individuo, mas sofrem influências do clima, da idade, do estado de saúde e se estabelecem também em relação às demandas da vida social. Em um espaço coletivo, prever momentos para descanso entre períodos de atividades - o que nem sempre significa dormir - pode ser importante para crianças que necessitam descansar ou de maior privacidade. Os horários de sono e repouso não são definidos a priori, mas dependem de cada caso, ou de cada tipo de atendimento. Mas é importante que haja flexibilidade de horários e a existência de ambientes para sono ou para atividades mais repousantes, pois as necessidades das crianças são diferentes. Desaconselha-se manter os bebês e crianças que estão dormindo, ou desejando fazê-Io, em ambientes muito claros ou ruidosos e recomenda se prever brincadeiras, atividades, materiais e ambientes adequados para aqueles que não querem dormi no mesmo horário. Um ambiente tranqüilo e seguro, com pessoas e objetos conhecidos, particularmente aqueles que têm um significado especial para a criança, como um "paninho", a chupeta ou qualquer outro objeto que traga de casa, ajudam a criança dormir melhor. 5- BANHO Os bebês e crianças pequenas que ainda usam fraldas podem precisar de um banho, tanto para maior conforto como para prevenção de assaduras e brotoejas. Entretanto é aconselhável que o banho sirva também para relaxar, refrescar, proporcionar conforto e prazer e preservar a integridade da pele. No momento em que é incluído na rotina, o banho precisa ser planejado, preparado e realizado como um procedimento que tanto promove o bem-estar quanto um momento no qual a criança experimenta sensações, entra em contato com a água e com objetos, interage com o adulto e com as outras crianças. É aconselhável que se leve me conta a idade das crianças, os hábitos regionais e as recomendações sanitárias de prevenção de doenças por uso de objetos pessoais entre as crianças, principalmente em vigência de infecções comunitárias. É necessário organizar o tempo de espera para o banho, oferecendo materiais, jogos e brincadeiras em um espaço planejado para isso. As crianças maiores podem tomar banho de chuveiro em companhia de outras crianças, mas deve-se respeitar a necessidade de privacidade de algumas delas e de atenção individualizada que cada um requer. É importante prever tempo para essa atividade, permitindo que as crianças experimentem o prazer do contato com a água, aprendam a despir-se e a vestir-se, a ensaboar-se e enxaguar-se. 6- TROCA DE FRALDAS A organização do ambiente e o planejamento dos cuidados e das atividades com o grupo de bebês deve permitir um contato individual mais prolongado com cada criança. Enquanto executa os procedimentos de troca, é aconselhável que o adulto observe e corresponda aos sorrisos conversas, gestos e movimentos da criança. Os procedimentos com a higiene e proteção da pele, proporcionam bem-estar às crianças e permitem que elas percebam a sensação de estar seca e molhada. A observação, pelo adulto, da freqüência das eliminações, do aspecto do cocô e do xixi e do estado da pele da criança fornece dados sobre a saúde e o conforto de cada criança e aponta para outros cuidados que forem necessários. A troca de fraldas demanda ainda alguns procedimentos e condições ambientais adequados para evitar a disseminação de micróbios entre as crianças e adultos, o que geralmente é causa de surtos de diarréia e hepatite infecciosa nas creches. Estudos


comprovam que o risco aumenta quando se manipulam as fraldas sujas no ambiente do berçário, ou não se adotam procedimentos corretos de higiene das mãos após esses cuidados. O local de troca e armazenamento de fraldas sujas precisa ser bem arejado para evitar que o cheiro característico do xixi e do cocô incomode a todos. O lixo onde são descartadas as fraldas contendo dejetos precisa ser tampado e trocado com freqüência. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS BRASIL. Ministério da Educação e do Desporto. Referenciais Curriculares Nacionais para a Educação Infantil. Brasília: MEC/SEF, 1998. BERÇÁRIOS I e II Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Linguagem Oral e Escrita

Objetivo Geral: Fazer com que a criança amplie suas capacidades de comunicação oral gradativamente, por meio de um processo que a envolva em situações cotidianas, de escuta, canções e brincadeiras, nas situações formais de linguagem, por meio de um ambiente estimulador. OBJETIVOS ESPECIFICOS

CONTEÚDOS •

Participar

de

Oralidade

variadas - Uso da linguagem para conversar, comunicar-se,

situações de comunicação oral, relatar sua vivência expressar desejos, vontades, para

interagir

desejos, sentimentos

e

expressar necessidades e sentimentos, nas diversas situações necessidades e de interação presentes no cotidiano; por

meio

da

linguagem oral.

- nome próprio - nome dos colegas;

Interessar-se pela leitura de histórias.

- nome dos professores da escola; - nomear brinquedos, algumas cores; - ampliação de vocabulário; - jogos verbais (cantigas, etc.);


- ouvir histórias, contos, poemas, parlendas, etc.; Leitura e Escrita - leitura de histórias, contos, poemas, parlendas etc; •

Familiarizar-se aos poucos com a escrita por meio da participação em situações nas quais ela se faz

- observação e manuseio de material impresso (livros, revistas, rótulos, gibis etc);

necessária e do contato com livros, revistas etc.

AVALIAÇÃO: Através da observação quanto à participação e interesse dos alunos nas atividades propostas, respeitando sempre o tempo que cada aluno precisa para aprender, construir a linguagem, a comunicação, sondando sempre os seus progressos, através das inúmeras atividades do cotidiano da creche.

BERÇÁRIOS I e II Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Matemática

Objetivo Geral: Estabelecer aproximações a algumas noções matemáticas presentes no seu cotidiano, disponibilizando de diversos materiais para favorecer a aprendizagem como contagem, relações espaciais etc.

OBJETIVOS ESPECIFICOS •

CONTEÚDOS Números e Sistemas de Numeração

Proporcionar oportunidades para que as - Utilização da contagem oral e noções de crianças desenvolvam a capacidade de quantidade em diversos contextos (junto ao contar e conheçam sua utilização como educador). necessária; -

Resolução

de

situação-problema

cotidiano utilizando objetos concretos. •

Estabelecer experiências significativas e

do


saber agir em seu ambiente físico e sócio-cultural. Grandezas e Medidas - Tempo: dia/noite, durante, depois, agora (noções temporais) - Comprimento: comparação de objetos; - Massa e Volume: cheio, vazio (a partir de um ponto de referência); Obs.: todas as atividades propostas devem ser realizadas oralmente, em situações do cotidiano. Espaço e Forma - Manipulação e exploração de objetos e brinquedos,

empilhando,

rolando,

encaixando, transvazando; - Na frente de, atrás de, maior que, menor que, embaixo de, em cima de; - Propriedades Geométricas: observação das formas geométricas; - Identificação de pontos de referência no espaço, deslocamento; - Observação de semelhanças e diferenças entre figuras e pessoas. AVALIAÇÃO: Através da observação quanto à participação do espaço e interesse dos alunos nas atividades propostas, relacionadas às descobertas das formas, quantidades, grandezas e medidas, respeitando sempre o tempo que cada aluno precisa para aprender, sondando sempre os seus progressos, através das inúmeras atividades do cotidiano da creche.


BERÇÁRIOS I e II Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Natureza e Sociedade Objetivo Geral: Aprender a observar, explorar e descobrir o mundo a sua volta para que possa se relacionar com pessoas, estabelecer contato com pequenos animais, com plantas e com objetos diversos, manifestando curiosidade e interesse. OBJETIVOS ESPECIFICOS •

Exploração do meio em que vive,

CONTEÚDOS Organização dos grupos e seu modo de ser, viver e trabalhar


- Organização de seu grupo familiar; respeitando as pessoas que o cercam; - Histórias, brincadeiras, jogos e canções que digam respeito às tradições culturais de sua comunidade e outros grupos; - Datas comemorativas. Objetos e processo de transformação •

Manusear e explorar diferentes objetos e observar

transformações

quando

necessário;

- Exploração de diferentes objetos; Os Seres Vivos - Contato com pequenos animais e plantas; - Cuidados relativos à saúde; - Conhecimento e exploração do próprio

Estabelecer contato com pequenos animais e plantas

corpo e dos sentidos; - Alimentação; - Água.

Perceber seu corpo como um todo integrado

AVALIAÇÃO: Através da observação quanto à participação e interesse dos alunos nas atividades propostas, respeitando sempre o tempo que cada aluno precisa para aprender, sondando sempre os seus progressos, seus gestos através das inúmeras atividades do cotidiano da creche. BERÇÁRIOS I e II Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Artes Visuais OBJETIVO GERAL: Utilizar as artes para que se expresse, comunique e atribua sentido a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade, vivenciando experiências sensíveis.


OBJETIVOS ESPECIFICOS • Utilizar diversos materiais e plásticos • Fazer Artístico

sobre diferentes superfícies para ampliar suas

possibilidades

de

expressão

comunicação; manipulando diferentes objetos e

texturas e espessuras, diferentes meios (água, tinta, areia), variados suportes (jornal,

- Cuidados com o próprio corpo e dos

suas

características, propriedades

- Exploração e manipulação de diferentes

papel, papelão, parede, chão, etc.);

• Ampliar o conhecimento de mundo, materiais explorando

e

CONTEÚDOS Fazer Artístico

colegas no contato com os materiais de e

artes;

possibilidades de manuseio; • Entrar em contato com diversas formas de expressão artística;

- Exploração e reconhecimento de diferentes movimentos gestuais, visando à produção de marcas gráficas; •

Apreciação em Artes Visuais

- Observação de imagens diversas (quadro com pessoas, animais, objetos específicos e observação livre de imagens).

• Socializar a fala das crianças na apreciação e leitura de uma imagem.

AVALIAÇÃO: Observação quanto à participação e entusiasmo dos alunos em cada atividade proposta, fazendo a análise da predição e experimentação do aluno no manuseio de materiais diversificados.

BERÇÁRIOS I e II Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo


Tema Estruturador: Música

Objetivo Geral: Desenvolver o gosto pela música.

OBJETIVOS ESPECIFICOS • Brincar com a música, imitar, inventar e • Fazer Musical reproduzir criações musicais;

CONTEÚDOS Fazer Musical

- Exploração, expressão e produção do silêncio e de sons com a voz, o corpo e materiais sonoros diversos; - Interpretações de músicas e canções diversas; - Participação em brincadeiras e jogos cantados e rítmicos. •

Apreciação Musical

• Escutar, perceber e discriminar eventos sonoros diversos, fontes sonoras e produções musicais;

- Audição de obras musicais variadas; - Participação em situações que integrem músicas e movimentos corporais

AVALIAÇÃO: Observação do aluno quanto à sua participação e entusiasmo nas atividades propostas, o domínio de seu movimento rítmico e o seu interesse musical.


BERÇÁRIOS I e II Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Movimento

Objetivo Geral: Familiarizar-se com o próprio corpo ligando a função do ato motor à expressão, permitindo que desejos e necessidades se manifestem tornando a criança cada vez mais segura e confiante em suas capacidades.

OBJETIVOS ESPECIFICOS •

• Familiarizar-se com a imagem do próprio corpo; •

CONTEÚDOS Expressividade

- Reconhecimento progressivo de segmentos e elementos do próprio corpo por meio de

Explorar as possibilidades de gestos e brincadeiras, uso de espelho e da interação ritmos corporais para expressar-se nas com os outros; brincadeiras e nas demais situações de - Expressão de sensações e ritmos corporais interação; por meio de gestos, posturas, linguagem oral; - Dança

Deslocar-se com destreza progressiva no espaço,

ao

andar,

correr,

Equilíbrio e Coordenação

pular,

desenvolvendo a confiança nas próprias - Exploração de diferentes posturas corporais (sentar-se em diferentes inclinações, deitarcapacidades motoras; •

Explorar e utilizar os movimentos de se em diferentes posições, ficar ereto preensão, encaixe, lançamento, para apoiado na planta dos pés com e sem ajuda, utilizar diversos objetos.

etc); - Ampliação progressiva da destreza para se deslocar

no

possibilidade

espaço,

por

constante

de

meio

da

arrastar-se,

engatinhar, rolar, andar; - Aperfeiçoamento dos gestos relacionados à


preensão, lançamento, encaixe, pintura e o desenho, por meio de experimentação e utilização de suas habilidades manuais em diversas situações cotidianas. AVALIAÇÃO: Através da observação quanto à participação e entusiasmo do aluno em cada atividade proposta, analisando sempre a sua forma de movimentação (ritmo: rápido ou lento, a sua precisão, se apresenta sincinesias quando executa movimentos, etc; estando sempre atenta a cada conquista dos alunos, desde o 1.º dia de aula até o presente momento).


BERÇÁRIOS I e II Eixo Norteador: Formação Pessoal e Social Tema Estruturador: Identidade e Autonomia OBJETIVO GERAL: Ter uma imagem positiva de si, ampliando sua autoconfiança e identificando cada vez mais suas limitações e possibilidades e agindo de acordo com elas, desenvolvendo assim atitudes de ajuda, colaboração e compartilhando suas vivências. •

OBJETIVOS ESPECIFICOS Desenvolver atitude de respeito e situações de aprendizagem quanto à diversidade e características pessoais relacionada ao gênero (religião, necessidades especiais, aceitação do outro, etc.);

CONTEÚDOS Respeito à diversidade

- Aceitação do outro e de si próprio (autoestima, diferenças e particularidades) •

Promover atitudes de respeito às particularidades de cada grupo familiar e entre as pessoas de sexos diferentes; Permitir possibilidades para que a criança relacione o papel do homem e da mulher, desvinculando dos estereótipos sexuais;

Identidade e Gênero

- Valores (regras e sanções) - Papéis sociais - Masculino e Feminino - Família e Instituição de Ensino (integração, costumes) - Imagem corporal - Hábitos saudáveis - Higiene pessoal

Identificar e compreender a sua pertinência aos diversos grupos dos quais participam, respeitando suas

Interação

- Adaptação (comunicação e expressão dos


regras básicas de convívio social e a diversidade que os compõe.

seus desejos, desagrados, necessidades, preferências e vontades em brincadeiras e nas atividades cotidianas); - Intercâmbio de idéias -

Vivências

pessoais

(expressão

e

manifestação de desconforto, relativo à presença de coco e xixi nas fraldas); - Cooperação (escolha de brinquedos, objetos e espaços para brincar) - Participação em brincadeiras de esconder e achar e em brincadeiras de imitação. AVALIAÇÃO: Observação da demonstração de socialização do aluno com o grupo de crianças e dos adultos a que está inserido e de suas atitudes autônomas, de sua responsabilidade, de seu cooperativismo e do seu processo de comunicação em relação às conversas relacionadas à sua identidade.


MATERNAL I Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Linguagem Oral e Escrita

Objetivo Geral: Fazer com que a criança amplie suas capacidades de comunicação oral gradativamente, por meio de um processo que envolva a sua participação nas conversas cotidianas, em situações de escuta, canções e brincadeiras, nas situações formais de linguagem. OBJETIVOS ESPECIFICOS

CONTEÚDOS •

Oralidade

Participar de variadas situações de - Uso da linguagem para conversar, comunicar-se, relatar comunicação oral, para interagir e sua vivência expressar desejos, vontades, necessidades e expressar desejos, necessidades e sentimentos, nas diversas situações de interação presentes sentimentos

por

linguagem

oral,

vivências;

meio

da no cotidiano; contando - nome próprio e idade; - nome dos colegas;

Interessar-se histórias;

pela

leitura

de - nome dos professores e funcionários da escola;


- nomear brinquedos, algumas cores; - ampliação de vocabulário; - jogos verbais (cantigas, etc.); - ouvir histórias, contos, poemas, parlendas, etc.; •

Familiarizar-se aos poucos com a escrita por meio da participação em situações

nas

quais

ela

se

Leitura e Escrita - leitura de contos, poemas, parlendas etc;

faz

necessária e do contato com livros, - observação e manuseio de material impresso (livros, revistas etc.

revistas, rótulos, gibis etc); - registro de escrita: observar crachás, nome da escola, dos colegas, etiquetas em objetos etc; Obs: os registros nesta fase devem ser feitos pelo prof.

AVALIAÇÃO: Através da observação quanto a participação do aluno em cada atividade proposta, respeitando sempre o tempo que cada aluno precisa para aprender.


MATERNAL I Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Matemática

Objetivo Geral: Estabelecer aproximações a algumas noções matemáticas presentes no seu cotidiano, disponibilizando de diversos materiais para favorecer a aprendizagem como contagem, relações espaciais etc.

OBJETIVOS ESPECIFICOS •

CONTEÚDOS Números e Sistemas de Numeração

Proporcionar oportunidades para que as - Utilização da contagem oral e noções de crianças desenvolvam a capacidade de contar quantidade em diversos contextos (junto ao e conheçam sua utilização como necessária;

educador)


- Resolução de situação-problema do cotidiano utilizando objetos concretos. •

Estabelecer experiências significativas e saber agir em seu ambiente físico e sócio-cultural. Grandezas e Medidas - Tempo: dia/noite, durante, depois, agora (noções temporais) - Comprimento: comparação de objetos; - Massa e Volume: cheio, vazio (a partir de um

Compreender o espaço e as formas que o cercam.

ponto de referência); Espaço e Forma - Manipulação e exploração de objetos e brinquedos para que possam descobrir suas características

e

propriedades,

empilhando,

rolando, encaixando, transvazando; - Na frente de, atrás de, maior que, menor que, embaixo de, em cima de; - Propriedades Geométricas: observação das formas geométricas; - Identificação de pontos de referência no espaço, deslocamento; - Observação de semelhanças e diferenças entre figuras e pessoas. AVALIAÇÃO: Através da observação quanto ao interesse e participação dos alunos nas atividades propostas, respeitando sempre o tempo que cada aluno precisa para aprender, através das inúmeras atividades do cotidiano.


MATERNAL I Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Natureza e Sociedade

Objetivo Geral: Aprender a observar, explorar e descobrir o mundo a sua volta para que possa se relacionar com pessoas, estabelecer contato com pequenos animais, com plantas e com objetos diversos, manifestando curiosidade e interesse.


OBJETIVOS ESPECIFICOS •

ser, viver e trabalhar

Exploração do meio em que vive, respeitando as pessoas que o cercam;

CONTEÚDOS Organização dos grupos e seu modo de

- Organização de seu grupo familiar; - Histórias, brincadeiras, jogos e canções que digam respeito às tradições culturais de sua comunidade e outros grupos; - Datas comemorativas (as mais significativas). Objetos e processo de transformação

Manusear e explorar diferentes objetos e observar

transformações

quando

necessário;

-

Exploração

de

diferentes

objetos,

suas

propriedades e das relações simples de causa e efeito; - Conhecimento de objetos produzidos pelo homem.

Os Seres Vivos Estabelecer contato com pequenos animais e plantas

- Contato com pequenos animais e plantas; - Conhecimento de que os ambientes apresentam seres vivos e não vivos;

Perceber seu corpo como um todo integrado

- Cuidados relativos à saúde; - Características do corpo humano; - Conhecimento e exploração do próprio corpo e dos sentidos; - Alimentação; - Água e Ar


AVALIAÇÃO: Através da observação quanto ao interesse do aluno nas conversas onde os conteúdos estão sendo abordados, nos projetos que são voltados a este tema estruturador e nas atitudes das ações praticadas pelo aluno no dia a dia.

MATERNAL I


Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Artes Visuais OBJETIVO GERAL: Utilizar as artes para que se expresse, comunique e atribua sentido a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade, vivenciando experiências sensíveis. OBJETIVOS ESPECIFICOS • Utilizar diversos materiais e plásticos • Fazer Artístico sobre ampliar

diferentes

superfícies

suas

possibilidades

para de

expressão e comunicação; • Ampliar o conhecimento de mundo, manipulando diferentes objetos e materiais explorando características,

suas

CONTEÚDOS Fazer Artístico

- Exploração e manipulação de diferentes espessuras, diferentes meios (água, tinta, areia, argila), variados suportes (jornal, papel, papelão, parede, chão etc.); - Cuidados com o próprio corpo e dos colegas no contato com os materiais;

propriedades e

possibilidades de manuseio; • Entrar em contato com diversas formas de expressão artística;

-

Exploração

e

reconhecimento

de

diferentes movimentos gestuais, visando à produção de marcas gráficas. •

Apreciação em Artes Visuais

- Observação de imagens diversas (quadro com pessoas, animais, objetos específicos e observação livre de imagens). • Socializar a fala das crianças na apreciação e leitura de uma imagem.

AVALIAÇÃO: Observação quanto a participação e entusiasmo dos alunos em cada atividade proposta e de como se porta cada aluno no estágio de pesquisa ou experiência quando manuseiam materiais diversificados.


MATERNAL I Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Música

Objetivo Geral: Desenvolver o gosto pela música.

OBJETIVOS ESPECIFICOS • Brincar com a música, imitar, inventar e • Fazer Musical reproduzir criações musicais;

CONTEÚDOS Fazer Musical

- Exploração, expressão e produção do silêncio e de sons com a voz, o corpo e materiais sonoros diversos; - Interpretações de músicas e canções diversas; - Participação em brincadeiras e jogos cantados e rítmicos. •

Apreciação Musical

• Escutar, perceber e discriminar eventos sonoros diversos, fontes sonoras e produções musicais;

- Audição de obras musicais variadas; - Apreciação de diferentes ritmos; - Participação em situações que integrem músicas e movimentos corporais

AVALIAÇÃO: Observação do aluno quanto à sua participação e entusiasmo nas atividades propostas, o domínio de seu movimento rítmico e o seu interesse musical.


MATERNAL I Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Movimento

Objetivo Geral: Familiarizar-se com o próprio corpo ligando a função do ato motor à expressão, permitindo que desejos e necessidades se manifestem tornando a criança cada vez mais segura e confiante em suas capacidades.

OBJETIVOS ESPECIFICOS •

• Familiarizar-se com a imagem do

-

próprio corpo; •

CONTEÚDOS Expressividade Reconhecimento

progressivo

de

segmentos e elementos do próprio corpo por

Explorar as possibilidades de gestos e meio de brincadeiras uso de espelho e da ritmos corporais para expressar-se interação com os outros; nas brincadeiras e nas demais - Expressão de sensações e ritmos corporais situações de interação; por meio de gestos, posturas, linguagem oral; - Dança

Deslocar-se com destreza progressiva

Equilíbrio e Coordenação

no espaço, ao andar, correr, pular, desenvolvendo

a

confiança

próprias capacidades motoras; •

nas -Exploração corporais;

Explorar e utilizar os movimentos de

de

diferentes

posturas


preensão, encaixe, lançamento, para utilizar diversos objetos.

-Estimulação corporal frente ao grupo; - Ampliação progressiva da destreza para se deslocar

no

possibilidade

espaço,

por

meio

da

constante

de

arrastar-se,

engatinhar, rolar, andar, correr e saltar; - Aperfeiçoamento dos gestos relacionados à preensão, lançamento, encaixe, pintura e o desenho, por meio de experimentação e utilização de suas habilidades manuais em diversas situações cotidianas; - Apropriação da coordenação motora enfrentando outros espaços.

AVALIAÇÃO: Através da observação quanto à participação e entusiasmo do aluno em cada atividade proposta, analisando sempre a sua forma de movimentação, ritmo: (quando executa movimentos), estando sempre atenta a cada conquista dos alunos.


MATERNAL I Eixo Norteador: Formação Pessoal e Social Tema Estruturador: Identidade e Autonomia OBJETIVO GERAL: Ter uma imagem positiva de si, ampliando sua auto confiança e identificando cada vez mais suas limitações e possibilidades e agindo de acordo com elas, desenvolvendo assim atitudes de ajuda, colaboração e compartilhando suas vivências. •

OBJETIVOS ESPECIFICOS CONTEÚDOS Desenvolver atitude de respeito e • Respeito à diversidade situações de aprendizagem quanto a diversidade e características pessoais - Aceitação do outro e de si próprio (auto-estima, relacionada ao gênero (religião, necessidades especiais, aceitação do outro, diferenças e particularidades) etc.); •

• •

Identidade e Gênero

Promover atitudes de respeito as particularidades de cada grupo familiar e - Valores (regras e sanções; respeito às regras entre as pessoas de sexos diferentes; simples de convívio social) Permitir possibilidades para que a criança relacione o papel do homem e da mulher, - Papéis sociais desvinculando dos estereótipos sexuais; - Masculino e Feminino (relação imagem e nome); - Realização de pequenas ações cotidianas ao seu


Identificar e compreender a sua pertinência aos diversos grupos dos quais alcance participam, respeitando suas regras básicas de convívio social e a diversidade que os - Reconhecimento do “eu” em um grupo compõe. - Família e Instituição de Ensino (integração, costumes) - Imagem corporal (reconhecimento gradativo do próprio corpo e das diferentes sensações e ritmos que produz) •

Interação

- Intercâmbio de ideias - Vivências pessoais (interesse em desprender-se das fraldas e utilizar o pinico e o vaso sanitário; reconhecimento dos próprios objetos e dos colegas; interesse pela brincadeiras e pela exploração de diferentes brinquedos); - Cooperação (participação e interesse em situações que envolvam a relação com o outro); - Iniciativa para pedir ajuda nas situações em que isso se fizer necessário. AVALIAÇÃO: Observação da demonstração de socialização do aluno com o grupo de crianças e dos adultos a que está inserido e de suas atitudes autônomas, de sua responsabilidade, de seu cooperativismo nos relacionamentos com os colegas.


MATERNAL II Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Linguagem Oral e Escrita

Objetivo Geral: Fazer com que a criança amplie suas capacidades de comunicação oral gradativamente, por meio de um processo que envolva a sua participação nas conversas cotidianas, em situações de escuta, canções e brincadeiras, nas situações formais de linguagem, por meio de um ambiente alfabetizador, descobrindo a função social da língua escrita. OBJETIVOS ESPECIFICOS

CONTEÚDOS •

Oralidade

Participar de variadas situações de - Uso da linguagem para conversar, comunicar-se, relatar comunicação oral, para interagir e sua vivência expressar desejos, vontades, necessidades e


sentimentos, nas diversas situações de interação presentes expressar desejos, necessidades e no cotidiano; sentimentos

por

linguagem

oral,

meio

da

contando - nome próprio e idade;

vivências;

Interessar-se

- nome dos colegas; pela

leitura

de - nome dos professores e funcionários da escola;

histórias;

- nomear brinquedos, algumas cores; - ampliação de vocabulário; - jogos verbais (cantigas, etc.); - ouvir histórias, contos, poemas, parlendas, etc.; Leitura e Escrita

Familiarizar-se aos poucos com a escrita por meio da participação em situações

nas

quais

ela

se

- leitura de contos, poemas, parlendas etc;

faz - registro de escrita: observar crachás, nome da escola, dos

necessária e do contato com livros, colegas, etiquetas em objetos etc; revistas etc. - observação e manuseio de material impresso (livros, revistas, rótulos, gibis etc); - ênfase na1ª letra no nome próprio

AVALIAÇÃO: Através da observação quanto à participação do aluno em cada atividade proposta, respeitando sempre o tempo que cada aluno precisa para aprender.


MATERNAL II Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Matemática

Objetivo Geral: Estabelecer aproximações a algumas noções matemáticas presentes no seu cotidiano, disponibilizando de diversos materiais para favorecer a aprendizagem como


contagem, relações espaciais etc.

OBJETIVOS ESPECIFICOS •

CONTEÚDOS Números e Sistemas de Numeração

Proporcionar oportunidades para que as - Utilização da contagem oral e noções de crianças desenvolvam a capacidade de contar quantidade em diversos contextos. e conheçam sua utilização como necessária; - Resolução de situação-problema

Estabelecer experiências significativas e saber agir em seu ambiente físico e sócio-cultural.

Grandezas e Medidas - Tempo: dia/noite, durante, depois, agora (noções temporais) - Comprimento: comparação de objetos; - Massa e Volume: cheio, vazio (a partir de um ponto de referência);

Compreender o espaço e as formas que o cercam.

Espaço e Forma - Manipulação e exploração de objetos e brinquedos para que possam descobrir suas características

e

propriedades,

empilhando,

rolando, encaixando, transvazando; - Na frente de, atrás de, maior que, menor que, embaixo de, em cima de; - Propriedades Geométricas: observação das formas geométricas; - Identificação de pontos de referência no espaço, deslocamento; - Observação de semelhanças e diferenças entre figuras e pessoas.


AVALIAÇÃO: Através da observação quanto à verbalização dos alunos expondo os conceitos formados e participação dos mesmos nas atividades propostas respeitando sempre o tempo que cada aluno precisa para aprender, através das inúmeras atividades do cotidiano e das sondagens.

MATERNAL II Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Natureza e Sociedade


Objetivo Geral: Aprender a observar, explorar e descobrir o mundo a sua volta para que possa se relacionar com pessoas, estabelecer contato com pequenos animais, com plantas e com objetos diversos, manifestando curiosidade e interesse. OBJETIVOS ESPECIFICOS •

ser, viver e trabalhar

Exploração do meio em que vive, respeitando as pessoas que o cercam;

CONTEÚDOS Organização dos grupos e seu modo de

- Organização de seu grupo familiar; - Histórias, brincadeiras, jogos e canções que digam respeito às tradições culturais de sua comunidade e outros grupos; - Datas comemorativas (as mais significativas). Objetos e processo de transformação

Manusear e explorar diferentes objetos e observar

transformações

quando

necessário;

-

Exploração

de

diferentes

objetos,

suas

propriedades e das relações simples de causa e efeito; - Conhecimento de objetos produzidos pelo homem.

Os Seres Vivos Estabelecer contato com pequenos animais e plantas

- Contato com pequenos animais e plantas; - Conhecimento de que os ambientes apresentam seres vivos e não vivos;

Perceber seu corpo como um todo integrado

- Cuidados relativos à saúde; - Características do corpo humano; - Conhecimento do próprio corpo; - Alimentação; - Água e Ar


AVALIAÇÃO: Através da observação quanto à verbalização e participação do aluno nas conversas onde os conteúdos em estudo estão sendo abordados, nos projetos que são voltados a este tema estruturador e nas atitudes das ações praticadas pelo aluno no dia a dia e no registro do desenho do esquema corporal.


MATERNAL II Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Artes Visuais OBJETIVO GERAL: Utilizar as artes para que se expresse, comunique e atribua sentido a sensações, sentimentos, pensamentos e realidade, vivenciando experiências sensíveis. OBJETIVOS ESPECIFICOS • Utilizar diversos materiais e plásticos • Fazer Artístico sobre ampliar

diferentes

superfícies

suas

possibilidades

para de

expressão e comunicação; • Ampliar o conhecimento de mundo, manipulando diferentes objetos e materiais explorando características,

suas

propriedades e

possibilidades de manuseio; • Entrar em contato com diversas

CONTEÚDOS Fazer Artístico

- Exploração e manipulação de diferentes materiais (lápis, pincéis etc), diferentes texturas e espessuras (brochas, carvão, carimbo etc), diferentes meios (água, tinta, areia, argila etc.), variados suportes (jornal, papel, papelão, parede, chão etc.); - Cuidados com o próprio corpo e dos colegas no contato com os materiais e com os trabalhos;

formas de expressão artística; -

Exploração

e

reconhecimento

de

diferentes movimentos gestuais, visando à produção de marcas gráficas. •

• Socializar a fala das crianças na apreciação e leitura de uma imagem.

Apreciação em Artes Visuais

- Observação de imagens diversas (quadro com pessoas, animais, objetos específicos e observação livre de imagens).

AVALIAÇÃO: Observação quanto a participação e entusiasmo dos alunos em cada atividade proposta, do estágio de reconhecimento por que vão avançando seus desenhos e de como se porta cada aluno no estágio de pesquisa ou experiência quando manuseiam materiais diversificados.


MATERNAL II Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Música

Objetivo Geral: Desenvolver o gosto pela música.

OBJETIVOS ESPECIFICOS • Brincar com a música, imitar, inventar e • Fazer Musical reproduzir criações musicais;

CONTEÚDOS Fazer Musical

- Exploração, expressão e produção do silêncio e de sons com a voz, o corpo e materiais sonoros diversos; - Interpretações de músicas e canções diversas; - Participação em brincadeiras e jogos cantados e rítmicos. •

Apreciação Musical

• Escutar, perceber e discriminar eventos sonoros diversos, fontes sonoras e produções musicais;

- Audição de obras musicais variadas; - Participação em situações que integrem músicas e movimentos corporais

AVALIAÇÃO: Observação do aluno quanto à sua participação e entusiasmo nas atividades propostas, o domínio de seu movimento rítmico e o seu interesse musical.


MATERNAL II Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Movimento

Objetivo Geral: Familiarizar-se com o próprio corpo ligando a função do ato motor à expressão, permitindo que desejos e necessidades se manifestem tornando a criança cada vez mais segura e confiante em suas capacidades.

OBJETIVOS ESPECIFICOS •

• Familiarizar-se com a imagem do

-

próprio corpo; •

CONTEÚDOS Expressividade Reconhecimento

progressivo

de

segmentos e elementos do próprio corpo por

Explorar as possibilidades de gestos e meio de brincadeiras, uso de espelho e da ritmos corporais para expressar-se interação com os outros; nas brincadeiras e nas demais - Expressão de sensações e ritmos corporais situações de interação; por meio de gestos, posturas, linguagem oral; - Dança

Deslocar-se com destreza progressiva

Equilíbrio e Coordenação

no espaço, ao andar, correr, pular, desenvolvendo

a

confiança

próprias capacidades motoras; •

nas - Exploração corporais;

Explorar e utilizar os movimentos de preensão, encaixe, lançamento, para

de

diferentes

posturas

- Ampliação progressiva da destreza para se


utilizar diversos objetos.

deslocar no espaço; - Aperfeiçoamento dos gestos relacionados à preensão, lançamento, encaixe, pintura e o desenho.

AVALIAÇÃO: Através da observação quanto a participação e entusiasmo do aluno em cada atividade proposta, analisando sempre a sua forma de movimentação seu ritmo, estando sempre atenta a cada conquista dos alunos.

MATERNAL II Eixo Norteador: Formação Pessoal e Social Tema Estruturador: Identidade e Autonomia OBJETIVO GERAL: Ter uma imagem positiva de si, ampliando sua auto confiança e identificando cada vez mais suas limitações e possibilidades e agindo de acordo com elas, desenvolvendo assim atitudes de ajuda, colaboração e compartilhando suas vivências. •

OBJETIVOS ESPECIFICOS Desenvolver atitude de respeito e situações de aprendizagem quanto a diversidade e características pessoais relacionada ao gênero (religião, necessidades especiais, aceitação do outro, etc.);

CONTEÚDOS Respeito à diversidade

- Aceitação do outro e de si próprio (auto-estima, diferenças e particularidades) •

• •

Promover atitudes de respeito as particularidades de cada grupo familiar e entre as pessoas de sexos diferentes; Permitir possibilidades para que a criança relacione o papel do homem e da mulher, desvinculando dos estereótipos sexuais;

Identidade e Gênero

- Valores (regras e sanções) - Papéis sociais - Masculino e Feminino - Família e Instituição de Ensino (integração, costumes)

Identificar e compreender a sua - Imagem corporal pertinência aos diversos grupos dos quais participam, respeitando suas regras básicas


de convívio social e a diversidade que os compõe.

Interação

- Intercâmbio de ideias - Vivências pessoais - Cooperação AVALIAÇÃO: Observação da demonstração de socialização do aluno com o grupo de crianças e dos adultos a que está inserido e de suas atitudes autônomas, de sua responsabilidade e de seu cooperativismo com os colegas.

1ª FASE Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Linguagem Oral e Escrita

Objetivo Geral: Ampliar gradativamente suas possibilidades de comunicação e expressão, interessando-se por conhecer vários gêneros orais e escritos estabelecendo relações e refletindo sobre o que sabem da escrita.

OBJETIVOS ESPECIFICOS •

• Participar comunicação

de

variadas

para

interagir

situações e

desejos, necessidades e sentimentos;

CONTEÚDOS Falar e Escutar

de - Uso da linguagem oral para conversar, brincar,

expressar comunicar e expressar desejos, necessidades, opiniões, ideias, relatar suas vivências e fatos do cotidiano, bem como ouvir os relatos dos colegas; - Escutar a leitura de diferentes tipos de textos,


feita pelo professor; - Participação em situações que envolvam a necessidade de explicar ideias ou pontos de vista (sobre família, amizade, personagens de contos infantis etc.); - Ampliação do vocabulário; - Conhecimento de jogos verbais (canções, quadrinhas, adivinhas)

Práticas de Leitura

Ouvir a leitura de textos feita pelo professor, apreciando-a;

- Participação nas situações de leitura de

Escolher e manusear livros para apreciar;

diferentes gêneros, onde a criança participa como

Familiarizar-se com a escrita por meio de

ouvinte e também como leitor (pseudoleitura);

manuseio de livros, revistas etc.;

- Reconhecimento do próprio nome; - Leitura de imagens e fotografias de familiares, símbolos usuais, rótulos etc.; •

Reconhecer e escrever seu nome, sabendo identificá-Io em diversas situações de aprendizagem

Práticas de Escrita

- Função social da escrita; - Representação de ideias por meio de desenhos e outras formas como: colagens, modelagem, dobradura, pintura etc.; - Produção coletiva de textos da qual o professor é o escriba (nomes de pessoas da família, certidão de nascimento, nomes de animais de estimação etc.); - Escrita de palavras (utilizando o alfabeto móvel).


- Escrita do próprio nome. AVALIAÇÃO: Através da observação quanto à participação do aluno em cada atividade proposta, respeitando sempre o tempo que cada aluno precisa para aprender.

1ª FASE Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Matemática

Objetivo Geral: Desenvolver o raciocínio lógico-matemático, participando na busca de soluções de problemas do cotidiano, comunicando ideias matemáticas e hipóteses relativas à quantidade, espaço físico e medida.

OBJETIVOS ESPECIFICOS

CONTEÚDOS


• Reconhecer

e

identificar

os

Números e Sistemas de Numeração

números - Classificação e Seriação: cor, forma, tamanho,

existentes em seu cotidiano e perceber que são espessura, comprimento; ferramentas necessárias para a sua vida; - Correspondência termo a termo; - Números do 1 ao 5;

• Estimular o raciocínio lógico;

- Contagem oral; • Comunicação de quantidades, utilizando a linguagem oral e

registros não

convencionais;

- Relações entre quantificadores: um, alguns, todos, muito, pouco, o que tem mais, o que tem menos, o que tem a mesma quantidade, par); - Adição: ideia de juntar quantidades; - Subtração: ideia de tirar quantidades; - Função social dos números.

• Estabelecer algumas noções de medida;

Grandezas e Medidas

- Tempo: dia e noite; noções de rápido e lento; antes, durante, depois e agora; manhã, tarde e noite; instrumentos de medição do tempo; - Comprimento: comparações - Massa: cheio, vazio; duro, macio; - Valor: conhecimento da função social do sistema monetário.

Compreender o espaço e as formas que o cercam.

Espaço e Forma

- Uso de vocabulário básico: na frente de, atrás de, maior que, menor que, embaixo de, em cima de; - Propriedades geométricas de objetos e figuras;


- Arredondado e não arredondado; - Identificação de pontos de referência para situarse e deslocar-se no espaço AVALIAÇÃO: Através da observação quanto a verbalização dos alunos expondo os conceitos formados e participação dos mesmos nas atividades propostas respeitando sempre o tempo que cada aluno precisa para aprender, através das inúmeras atividades do cotidiano e das sondagens.

1ª FASE Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Natureza e Sociedade


Objetivo Geral: Interessar-se e demonstrar curiosidade pelo mundo social, natural e cultural, formulando perguntas, imaginando soluções para compreendê-las, manifestando opiniões próprias sobre os acontecimentos, buscando informações e confrontando ideias. OBJETIVOS ESPECIFICOS •

Estabelecer algumas relações entre o modo de

ser, viver e trabalhar

vida característico do seu grupo social e de outros grupos;

CONTEÚDOS Organização dos grupos e seu modo de

- Organização do grupo familiar e da comunidade escolar - Datas Comemorativas

Perceber que o homem é o principal agente

Os lugares e suas paisagens

transformador do mundo em que vive, devendo ter consciência de que somente com - Paisagem local: vegetação, relevo, rios e ações positivas poderá ter uma qualidade de construções; vida melhor;

- Tipos de moradia; - Preservação de espaços coletivos

Estabelecer noções básicas e necessárias à boa qualidade de vida do aluno e dos que o cercam;

Objetos e processos de transformação

- Conhecimento de objetos produzidos pelo homem e de diferentes modos de usá-los •

Os seres vivos

- Homem: cuidados com a saúde, prevenção de acidentes, esquema corporal; - Animais e Plantas: características, necessidades, cuidados, preservação e espécie;

Os fenômenos da natureza

Observar o tempo para ampliar seu

conhecimento em relação aos fenômenos da

- Sol, luz, calor, chuva,,etc... Força ou escassez

natureza.

desses elementos na natureza.


AVALIAÇÃO: Através da observação quanto a verbalização e participação do aluno nas conversas onde os conteúdos em estudo estão sendo abordados, nos projetos que são voltados a este tema estruturador e nas atitudes das ações praticadas pelo aluno no dia a dia e no registro do desenho do esquema corporal.


1ª FASE Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema estruturador: Artes Visuais

Objetivo Geral: Interessar-se pelas próprias produções e de outras crianças, bem como pelas diversas obras artísticas com as quais entrem em contato, ampliando seu conhecimento de mundo e sua cultura de uma forma geral.

OBJETIVOS ESPECIFICOS Produzir trabalhos arte,

de

CONTEÚDOS Fazer Artístico

desenvolvendo o gosto, o cuidado e o respeito - Criação de desenhos, pinturas, colagens, pelo processo de produção e criação; modelagens a partir de seu próprio conhecimento e da utilização dos elementos da linguagem das • Desenvolver a capacidade de expressão artística, utilizando a linguagem do desenho,

Artes Visuais: ponto, linha, forma, cor, volume, espaço, textura etc.;

da pintura, da modelagem, da colagem, da construção;

- Exploração e utilização de alguns procedimentos necessários para desenhar, pintar, modelar etc.; - Exploração e aprofundamento das possibilidades oferecidas pelos diversos materiais, instrumentos e suportes necessários para o fazer artístico; - Exploração dos espaços bidimensionais e tridimensionais na realização de objetos artísticos; - Organização e cuidados com os materiais utilizados; -Respeito e cuidado pelos objetos produzidos individualmente e em grupo; - Valorização de suas próprias produções, das de


outras crianças e da produção de arte em geral •

Apreciação em Artes Visuais

- Conhecimento da diversidade de produções artísticas como desenhos, pinturas, esculturas, construções, fotografias, colagens, ilustrações, filmes etc.; - Apreciação de suas produções e das de outras •

Interessar-se pelas próprias produções, de outras

crianças

artísticas

e pelas

(regionais,

diversas obras

crianças, por meio da observação e da leitura de alguns elementos da linguagem plástica;

nacionais

e - Observação dos elementos constituintes da internacionais) com as quais entrem em linguagem visual: ponto, linhas, forma, cor, contato ampliando seu conhecimento. volume, contraste, luz, textura; - Leitura de obras de arte a partir da observação, descrição e interpretação de imagens e objetos; - Apreciação das Artes Visuais e correlação com experiências pessoais.

AVALIAÇÃO: Observação quanto a participação e entusiasmo dos alunos em cada atividade proposta, do estágio de reconhecimento por que vão avançando seus desenhos e de como se porta cada aluno no estágio de pesquisa ou experiência quando manuseiam materiais diversificados.


1ª FASE Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Música

Objetivo Geral: Explorar, perceber, identificar, se expressar e interagir através da música.

OBJETIVOS ESPECIFICOS • Estimular o gosto pela atividade musical; • Fazer Musical •

Explorar e identificar elementos da música para se expressar, interagir com outros e ampliar seu conhecimento de mundo;

CONTEÚDOS Fazer Musical

- Reconhecimento e utilização expressiva, em contextos musicais, das diferentes características geradas pelo silêncio e pelos sons: altura (graves e agudos), duração (curtos ou longos), intensidade

Perceber e expressar sensações, ou

longos),

intensidade (fracos e fortes), timbre

sentimentos e pensamentos, por meio de improvisações e interpretações musicais;

(fracos e fortes); - Participação em jogos e brincadeiras que envolvam a dança ou a improvisação musical; - Repertório de canções para desenvolver a memória musical; - Sons da natureza, sons produzidos pelo homem (interno e externo). •

Apreciação Musical

- Audição de obras musicais de diversos gêneros,


Oferecer ao aluno contato com o repertório de canções infantis, assim como de obras musicais de diversos gêneros,

estilos, épocas e culturas, da produção brasileira e da produção de outros povos e países;

tanto da produção musical brasileira como da produção de outros povos e países.

- Informações sobre as obras musicais ouvidas e sobre seus compositores.

AVALIAÇÃO: Observação do aluno quanto à sua participação e entusiasmo nas atividades propostas, o domínio de seu movimento rítmico e o seu interesse musical.


1ª FASE Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Movimento

Objetivo Geral: Ampliar as possibilidades expressivas do próprio movimento, utilizando gestos diversos e o ritmo corporal em brincadeiras, danças, jogos e demais situações de interação.

OBJETIVOS ESPECIFICOS Explorar diferentes qualidades e dinâmicas movimento, conhecendo gradativamente os limites e as potencialidades do próprio corpo; •

Controlar

gradualmente

aperfeiçoando

seus

deslocamento

e ajustando

motoras

utilização

para

o

do

CONTEÚDOS Expressividade

- Jogos, brincadeiras e danças;

movimento - Valorização das conquistas corporais.

recursos

de

suas habilidades deles

em

jogos,

brincadeiras, danças e demais situações;

Utilizar os movimentos de preensão, encaixe, lançamento, para ampliar as possibilidades de

Equilíbrio e Coordenação

manuseio dos diferentes materiais e objetos; •

-

Apropriar-se progressivamente

global

do

identificando

próprio

corpo,

seus

segmentos

da

de

correr,

subir,

descer,

imagem escorregar, pendurar-se, movimentar-se etc.;

conhecendo e

Atividades

e

elementos, - Manipulação de materiais, objetos e

desenvolvendo cada vez mais uma atitude de brinquedos diversos para aperfeiçoamento das interesse e cuidado com ele. habilidades manuais.


AVALIAÇÃO: Através da observação quanto a participação e entusiasmo do aluno em cada atividade proposta, analisando sempre a sua forma de movimentação; ritmo: rápido/lento, a sua precisão, estando sempre atenta a cada conquista dos alunos..

1ª FASE Eixo Norteador: Formação Pessoal e Social Tema Estruturador: Identidade e Autonomia OBJETIVO GERAL: Ter uma imagem positiva de si, ampliando sua auto confiança e identificando cada vez mais suas limitações e possibilidades e agindo de acordo com elas, desenvolvendo assim atitudes de ajuda, colaboração e compartilhando suas vivências. •

OBJETIVOS ESPECIFICOS Desenvolver atitude de respeito e situações de aprendizagem quanto a diversidade e características pessoais relacionada ao gênero (religião, necessidades especiais, aceitação do outro, etc.);

CONTEÚDOS

Respeito à diversidade

- Aceitação do outro e de si próprio (autoestima, diferenças e particularidades)

Identidade e Gênero

Promover atitudes de respeito as particularidades de cada grupo - Valores (regras e sanções) familiar e entre as pessoas de sexos diferentes; - Papéis sociais Permitir possibilidades para que a criança relacione o papel do homem e da mulher, desvinculando - Masculino e Feminino dos estereótipos sexuais; -

Família

e

Instituição

(integração, costumes) - Imagem corporal •

Identificar e compreender a sua pertinência aos diversos grupos dos quais participam, respeitando suas regras básicas de convívio social e a diversidade que os compõe.

Interação

- Intercâmbio de ideias - Vivências pessoais - Cooperação

de

Ensino


AVALIAÇÃO: Observação da demonstração de socialização do aluno com o grupo de crianças e dos adultos a que está inserido e de suas atitudes autônomas, de sua responsabilidade, de seu cooperativismo e da verbalização do aluno em relação aos conceitos abordados através da condução de conversas relacionadas à sua identidade.

2ª FASE Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Linguagem Oral e Escrita

Objetivo Geral: Ampliar gradativamente suas possibilidades de comunicação e expressão, familiarizando-se com vários gêneros orais e escritos, participando de diversas situações de intercâmbio social nas quais possa contar suas vivências, ouvir as de outras pessoas, elaborar e responder perguntas.

OBJETIVOS ESPECIFICOS

• F amiliarizar-se com a escrita por meio do manuseio de livros, revistas, jornais, panfletos etc.; •

Escutar e apreciar a leitura de livros de história

feita pelo professor;

-

CONTEÚDOS Falar e Escutar

Conversar,

expressa

e

relatar

ideias,

experiências vividas e fatos do cotidiano (com sequência lógica). -

Reprodução

oral

de

histórias,

de

brincadeiras, de recados etc.; - Narração e descrição; - Ampliação do Vocabulário. •

Escolher livros para ler e apreciar;

Práticas de Leitura

- Leitura de diferentes gêneros textuais (expressões, símbolos, imagens, narrativas,


poesias, trava-línguas, poema, parlendas etc.); - Pseudoleitura; - Reconhecimento do próprio nome e dos colegas •

Práticas de Escrita

- Representação gráfica das ideias; •

I - Escrita espontânea de novas palavras e

nteressar-se por escrever, mesmo que não seja de

nomes;

forma convencional; •

R

- Escrita do próprio nome;

econhecer seu nome escrito sabendo

- Escrita de novas palavras, listas e nomes;

• Práticas de Leitura

- Produção de textos coletivos, tendo o

, Utilizar nas diversas situações do cotidiano.

professor como escriba; - Diferenciar letras de números; - Função social da escrita.

AVALIAÇÃO: Através da observação quanto à participação do aluno em cada atividade proposta, respeitando sempre o tempo que cada aluno precisa para aprender.


2ª FASE Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Matemática

Objetivo Geral: Através dos conhecimentos prévios dos alunos, desenvolver confiança em suas próprias estratégias e na sua capacidade de lidar com situações matemáticas novas.

OBJETIVOS ESPECIFICOS • Reconhecer e valorizar os números, as • Número e Sistema de Numeração operações numéricas, as contagens orais e as noções espaciais como ferramentas necessárias no cotidiano da criança;

CONTEÚDOS Número e Sistema de Numeração

- Classificação e seriação: a critério das crianças ou estabelecidos pelo professor (atributos: cor, forma, tamanho, espessura etc.); - Números do 0 ao 9; - Relação entre quantificadores: um, nenhum, alguns, todos, muito, pouco, o que tem mais, o que tem menos e o que tem a mesma quantidade , antes e depois;


- Registro entre quantidades: as diferentes possibilidades

de

registro

e

os

símbolos

numéricos; - Função social do número; - Cálculo mental como ferramenta para resolver situações-problema; - Adição, subtração, multiplicação e divisão (oralmente e através de jogos e brincadeiras). •

Grandezas e Medidas

- Tempo: dia e noite, antes, durante, depois, agora; - Divisão do tempo: manhã, tarde, noite, hoje, ontem, amanhã, dias da semana; - Uso de unidades de medida arbitrárias para a compreensão da necessidade de se criarem padrões: palmas, passos, braçadas etc.; -Conhecimento de diferentes instrumentos de medida (balança, relógio, metro); - Valor: identificação e utilização de cédulas e moedas do sistema monetário vigente. •

Utilizando a linguagem oral e a linguagem ideias processos

matemática, matemáticas, utilizados

resultados

encontrados em situações-problema relativas

a quantidade, espaços

físicos e medidas.

Espaço e Forma

comunicar hipóteses,

e

- Observação e exploração do espaço; - Emprego de vocabulário básico: maior que, menor que, na frente de, atrás de , embaixo de, em cima de, é vizinho de; - Noções de direita e esquerda;


- Propriedades geométricas de objetos e figuras; - Identificar e reconhecer formas geométricas; - Identificação de pontos de referência para situarse e deslocar-se no espaço; - Representações de espaços

AVALIAÇÃO: Através da observação quanto à verbalização dos alunos expondo os conceitos formados e participação dos mesmos nas atividades propostas respeitando sempre o tempo que cada aluno precisa para aprender, através das inúmeras atividades do cotidiano e das sondagens.

2ª FASE Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Natureza e Sociedade

Objetivo Geral: Estabelecer relações entre o meio social, natural e cultural, obedecendo algumas relações entre grupos sociais, o meio ambiente e as formas de vida, buscando informações e confrontando ideias. OBJETIVOS ESPECIFICOS •

Estabelecer relações entre o modo de vida

CONTEÚDOS Organização dos grupos e seu modo de ser, viver e trabalhar

característicos de seu grupo social e de outros - Organização do grupo familiar e da comunidade grupos;

escolar (história das famílias, história da escola


etc.). - Elementos naturais e culturais (tradições culturais de sua comunidade e outras). • Perceber que o ambiente se modifica, se

Os lugares e suas paisagens

transforma e necessita de cuidados; •

Interessar-se e demonstrar curiosidade pelo - Paisagem local: vegetação, relevo, rios, mares e mundo social e natural, formulando perguntas, construções; imaginando

meios

de

compreendê-Io,

manifestando opiniões próprias sobre os acontecimentos;

- Tipos de moradia; - Observação e/ou representação do trajeto de casa para a escola; - A importância de preservar e conservar o meio ambiente; - Observação dos elementos da natureza; - Observação dos elementos do ambiente urbano (ruas asfaltadas, iluminação, água encanada, coleta de lixo, locais para lazer etc.); - Observação de elementos do ambiente rural; - Observação de elementos do ambiente aquático; - Água •

Objetos e processos de transformação

- Conhecimento de objetos produzidos pelo homem e de diferentes modos de usá-los; - Brinquedos; - Instrumentos musicais;


- Ferramentas de trabalho; - Meios de transporte e de comunicação •

Os seres vivos

- Seres vivos e não vivos; - Desenvolvimento, características e importância dos seres vivos (plantas, pessoas e animais) e as •

Desenvolver

atitudes

de

respeito

de

preservação da vida e do meio ambiente, para a qualidade da vida humana.

suas

funções

de

alimentação,

sustentação,

locomoção e reprodução em relação às condições do ambiente em que vivem. - Características do corpo humano; - Saúde (higiene, formação de bons hábitos e prevenções de acidentes); - Os órgãos dos sentidos.

AVALIAÇÃO: Através da observação quanto a verbalização e participação do aluno nas conversas onde os conteúdos em estudo estão sendo abordados, nos projetos que são voltados a este tema estruturador e nas atitudes das ações praticadas pelo aluno no dia a dia e no registro do desenho do esquema corporal.

2ª FASE Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Artes Visuais

Objetivo Geral: Produzir trabalhos de artes, utilizando sua criatividade com materiais e


técnicas diversas, valorizando suas produções, de outras crianças e das diversas obras de arte. OBJETIVOS ESPECIFICOS CONTEÚDOS • • Fazer Artístico Produzir trabalhos de artes utilizando a • Fazer Artístico - Criação de desenhos, pinturas, colagens, linguagem do desenho, da pintura, da modelagens a partir de seu próprio conhecimento modelagem, da colagem, da construção, desenvolvendo o gosto, o cuidado e o respeito e da utilização dos elementos da linguagem das pelo processo de produção e criação;

Artes Visuais: ponto, linha, forma, cor, volume, espaço, textura etc.; - Exploração e utilização de alguns procedimentos necessários para desenhar, pintar, modelar etc.; - Exploração e aprofundamento das possibilidades oferecidas pelos diversos materiais, instrumentos e suportes necessários para o fazer artístico; - Exploração dos espaços bidimensionais e tridimensionais na realização de objetos artísticos; - Organização e cuidados com os materiais utilizados; -Respeito e cuidado pelos objetos produzidos individualmente e em grupo; - Valorização de suas próprias produções, das de outras crianças e da produção de arte em geral •

Apreciação em Artes Visuais

- Conhecimento da diversidade de produções artísticas como desenhos, pinturas, esculturas, construções, fotografias, colagens, ilustrações, •

Interessar-se pelas próprias produções, de filmes etc.; outras crianças e pelas diversas obras artísticas

(regionais, nacionais e

internacionais), com as quais entrem em contato ampliando seu conhecimento.

- Apreciação de suas produções e das de outras crianças, por meio da observação e da leitura de alguns elementos da linguagem plástica;


- Observação dos elementos constituintes da linguagem visual: ponto, linhas, forma, cor, volume, contraste, luz, textura; - Leitura de obras de arte a partir da observação, descrição e interpretação de imagens e objetos;

- Apreciação das Artes Visuais e correlação com experiências pessoais.

AVALIAÇÃO: Observação quanto à participação e entusiasmo dos alunos em cada atividade proposta, do estágio de reconhecimento por que vão avançando seus desenhos e de como se porta cada aluno no estágio de pesquisa ou experiência quando manuseiam materiais diversificados.

2ª FASE


Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Música

Objetivo Geral: Perceber e expressar sensações, sentimentos e pensamentos explorando e identificando elementos da música, interagindo assim no mundo social.

OBJETIVOS ESPECIFICOS • Explorar e identificar elementos da • Fazer musical

música para se expressar, interagir com os outros e ampliar seu conhecimento do mundo;

CONTEÚDOS Fazer musical

- Reconhecimento e utilização expressiva das diferentes características do silêncio e dos sons: altura (grave e agudo), duração (curtos ou longos), intensidade (fracos ou fortes); - Participação em jogos e brincadeiras que envolvam a dança ou a improvisação musical; - Apresentação de um repertório de canções para desenvolver a memória musical; - Sons da natureza, sons produzidos pelo homem (interno, externo) •

Apreciação musical

- Audição de obras musicais de diversos gêneros, estilos, épocas e culturas, da produção musical •

Perceber

e

expressar sensações, brasileira e da produção de outros povos e países;

sentimentos e pensamentos por meio de improvisações,

composições

interpretações musicais.

e

- Informações sobre as obras ouvidas e sobre seus compositores.

AVALIAÇÃO: Observação do aluno quanto à sua participação e entusiasmo nas atividades propostas, o domínio de seu movimento rítmico e o seu interesse musical.


2ª FASE Eixo Norteador: Conhecimento de Mundo Tema Estruturador: Movimento

Objetivo Geral: Ampliar as possibilidades expressivas do próprio movimento, utilizando gestos diversos e o ritmo corporal em brincadeiras, danças, jogos e demais situações de interação. OBJETIVOS ESPECIFICOS CONTEÚDOS • Explorar diferentes • Expressividade qualidades e dinâmicas do movimento, conhecendo gradativamente os limites e as potencialidades - Jogos, brincadeiras e danças; do próprio corpo; • Equilíbrio e Coordenação - Valorização das conquistas corporais. • Controlar gradualmente o movimento, aperfeiçoando

seus

recursos

de

deslocamento

e ajustando suas habilidades

motoras para utilização deles em jogos, brincadeiras, danças e demais situações;

• Utilizar os movimentos de preensão, encaixe, lançamento, para ampliar as possibilidades de manuseio dos diferentes materiais e objetos; •

Apropriar-se progressivamente da

imagem global do próprio corpo, conhecendo e identificando seus segmentos e elementos, desenvolvendo cada vez mais uma atitude de

Equilíbrio e Coordenação

- Atividades de correr, subir, descer, escorregar, pendurar-se, movimentar-se etc.; - Manipulação de materiais, objetos e brinquedos diversos para aperfeiçoamento das habilidades manuais

interesse e cuidado com ele. AVALIAÇÃO: Através da observação quanto a participação e entusiasmo do aluno em cada atividade proposta, analisando sempre a sua forma de movimentação (ritmo: rápido ou lento, a sua precisão, se apresenta sincinesias quando executa movimentos, etc) ; estando sempre atenta a cada conquista dos alunos.


2ª FASE Eixo Norteador: Formação Pessoal e Social Tema Estruturador: Identidade e Autonomia OBJETIVO GERAL: Ter uma imagem positiva de si, ampliando sua auto confiança e identificando cada vez mais suas limitações e possibilidades e agindo de acordo com elas, desenvolvendo assim atitudes de ajuda, colaboração e compartilhando suas vivências.

OBJETIVOS ESPECIFICOS Desenvolver atitude de respeito e situações de aprendizagem quanto a diversidade e características pessoais relacionada ao gênero (religião, necessidades especiais, aceitação do outro, etc.);

CONTEÚDOS Respeito à diversidade

- Aceitação do outro e de si próprio (autoestima, diferenças e particularidades) •

Identidade e Gênero

- Valores (regras e sanções) •

Promover atitudes de respeito as particularidades de cada grupo familiar e entre as pessoas de sexos diferentes; Permitir possibilidades para que a criança relacione o papel do homem e da mulher, desvinculando dos estereótipos sexuais;

- Papéis sociais - Masculino e Feminino -

Família

e

Instituição

de

Ensino

(integração, costumes) - Imagem corporal •

Identificar e compreender a sua pertinência aos diversos grupos dos quais participam, respeitando suas regras básicas de convívio social e a diversidade que os compõe.

Interação

- Intercâmbio de ideias - Vivências pessoais - Cooperação

AVALIAÇÃO: Observação da demonstração de socialização do aluno com o grupo de crianças e dos adultos a que está inserido e de suas atitudes autônomas, de sua responsabilidade, de seu


cooperativismo e da verbalização do aluno em relação aos conceitos abordados através da condução de nossas conversas relacionadas à sua identidade.

curriculo creche  

Planejamento creche

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you