Page 1

Versão 1.0

Agosto 2001

TUBE COMPOSER

®

www.behringer.com

PORTUGUEIS

T1952

Breves instruções


INSTRUÇÕES DE SEGURANÇA PRECAUÇÃO:

Para reduzir o risco de descargas eléctricas, não retire a cobertura (ou a parte posterior). No interior do aparelho não existem peças que possam ser reparadas pelo utilizador; em caso de necessidade de reparação dirija-se a pessoal qualificado.

ADVERTÊNCIA: Para reduzir o risco de incêndios ou de descargas eléctricas não exponha este aparelho à chuva ou à humidade.

Este símbolo, sempre que aparece, alerta-o para a presença de voltagem perigosa não isolada dentro da caixa que pode ser suficiente para constituir um risco de choque.

Este símbolo, sempre que aparece, alertao para instruções de utilização e de manutenção importantes nos documentos fornecidos. Leia o manual.

INSTRUÇÕES DETALHADAS DE SEGURANÇA: Todas as instruções de segurança e de utilização devem ser cuidadosamente lidas antes de utilizar o aparelho. Conservação das instruções: As instruções de segurança e de utilização devem ser conservadas para referências futuras. Cuidado com as advertências: Todas as advertências sobre o aparelho e sobre as instruções de utilização devem ser rigorosamente observadas. Seguir as instruções: Todas as instruções de utilização e do utilizador devem ser seguidas. Água e humidade: O aparelho não deve ser utilizado na proximidade de água (p. ex. junto de uma banheira, lavatório, banca de cozinha, tanque de lavar, sobre pavimento molhado ou junto de uma piscina, etc.). Ventilação: O aparelho deve ser posicionado de forma a que a sua localização ou posição não interfira com uma ventilação adequada. Por exemplo, o aparelho não deve ser colocado numa cama, sobre um sofá ou sobre uma superfície similar que possa bloquear as aberturas de ventilação ou ainda ser colocado numa instalação embutida, tal como numa estante ou num armário que possa impedir o fluxo de ar através das aberturas de ventilação. Calor: O aparelho deve ser colocado afastado de fontes de calor, tais como radiadores, aquecedores, fornos e outros aparelhos (incluindo amplificadores) que possam produzir calor. Fonte de energia: O aparelho só deve ser ligado a uma fonte de energia do tipo descrito nas instruções de utilização ou conforme indicado no próprio aparelho. Ligação terra ou polarização: Devem ser tomadas precauções, de forma a não anular os meios de ligação terra ou de polarização. Protecção do cabo de alimentação: Os cabos de alimentação de energia devem ser posicionados, de forma a não poderem ser pisados ou esmagados por elementos colocados sobre ou contra eles, dando especial atenção aos cabos e fichas, tomadas de corrente e aos pontos em que estas saem do aparelho. Limpeza: O aparelho só deve ser limpo em conformidade com as instruções fornecidas pelo fabricante. Períodos de não utilização: O cabo de alimentação de energia do aparelho deve ser desligado da tomada quando este não for utilizado durante um longo período de tempo. Entrada de objectos e líquidos Deve-se ter cuidado para que não caiam objectos, nem se derramem líquidos na caixa através das aberturas. Danos que requerem reparação: O aparelho deve ser reparado pelo pessoal técnico qualificado, quando: - o cabo de alimentação de energia ou a ficha estiverem danificados; ou - tenham caído objectos ou se tenham derramado líquidos para dentro do aparelho; ou - o aparelho tenha sido exposto à chuva; ou - parecer que o aparelho não está a funcionar normalmente ou apresenta uma clara alteração do rendimento; ou - o aparelho tenha sido deixado cair ou a caixa esteja danificada. Reparação: O utilizador não deve tentar realizar a reparação do aparelho, para além do descrito nas Instruções de Utilização. Todas as outras reparações deverão ser realizadas por pessoal qualificado. Estas instruções estão protegidas pelos direitos de autor. Toda a reprodução ou reimpressão, tanto integral como parcial, e toda a reprodução das figuras, mesmo quando alteradas, está proibida, excepto quando especificamente autorizada por escrito pela empresa BEHRINGER Spezielle Studiotechnik GmbH. BEHRINGER, COMPOSER e ULTRA-TUBE são marcas registadas. © 2001 BEHRINGER Spezielle Studiotechnik GmbH. BEHRINGER Spezielle Studiotechnik GmbH, Hanns-Martin-Schleyer-Str. 36-38, 47877 Willich-Münchheide II, Deutschland Tel. +49 (0) 21 54 / 92 06-0, Fax +49 (0) 21 54 / 92 06-30


TUBE COMPOSER T1952

1. INTRODUÇÃO Com o novo TUBE COMPOSER T1952 você adquiriu um processador dinâmico, de uso universal e de excelente funcionamento, o qual combina a confiança e precisão da tecnologia de estado sólido com o carácter sonoro e vivaz da tecnologia do tubo electrónico. Êle está adequado para a maioria das funções dinâmicas de ajuste que se requere na prática.Cada canal vem equipado com um compressor/limitador, um expansor/porta (expander/gate) electrónico, um limitador de ponta de nível (limitador de intensidade máxima) (peak limiter) e uma superfície de limitador electrónico de extremamente baixo factor de ruído. A precisão e flexibilidade das funções são os argumentos sobresalientes àcêrca deste aparelho de máxima qualidade.

1.1 Antes de iniciar ‘O TUBE COMPOSER foi cuidadosamente embalado na fábrica, para assegurar um transporte seguro. Se, apesar disso, há danos na embalagem, certifique-se imediatamente, por favor,se ocorreram danos externos ao seu aparelho.

+

Se há danos, NÃO nos devolva o aparelho, mas sim, e em primeiro lugar,avise o seu concessionário e a companhia transportadora. Se não o fizer, anular-se-à o seu direito ao reembolso devido à garantia.

‘O TUBE COMPOSER requer duas unidades de altura (2 AU) para o instalar numa estante de 19 polegadas. Note por favor que deve deixar à volta de 10cm adicionais de profundidade, para a conexão do painel posterior. Assegure-se de que haja suficiente circulação de ar e não coloque o TUBE COMPOSER numa superfície com saída de energia, para evitar excessivo aquecimento do aparelho.

+

Antes de fazer a conexão do TUBE COMPOSER à rêde eléctrica, certifique-se por favor, cuidadosamente, de que o seu aparelho está ajustado à voltagem correcta.

O fornecimento eléctrico será efectuado por intermédio dum cabo para alimentação eléctrica, com conexão de ficha fria, fornecido com o seu aparelho, e que cumpre com os regulamentos de segurança.

+

Por favor verifique que todos os aparelhos devem estar ligados à terra. Para sua própria segurança, por favor não retire a conexão à terra nem o cabo da rêde eléctrica.

‘O TUBE COMPOSER da BEHRINGER vem equipado com entradas e saídas electrónicas servo balanceadas. O conceito do comutador manifesta a supressão automática de zumbido em sinais balanceados e permite uma função uniforme e fluída, mesmo aos níveis mais altos. Deste modo, os zumbidos induzidos externamente estarão efectivamente suprimidos. A função servo, também operada automàticamente, reconhece a utilização de cavilhas de conexão não balanceadas e ajusta internamente o nível nominal, para que não ocorra nenhuma diferença de nível entre os sinais de entrada e saída (correcção 6 dB).

1.2 Elementos operacionais

Fig. 1.1: O painel anterior do TUBE COMPOSER ‘O TUBE COMPOSER de BEHRINGER tem dois canais de configuração idêntica e está equipado com 7 interruptores de alavanca, 9 reguladores rotativos, 6 LEDs e dois medidores VU por canal. Para operação em estéreo, está também incluído o interruptor CH 1 MASTER. 1. INTRODUÇÃO

3


TUBE COMPOSER T1952 4

2

5

3

12

6

15

13

6

16

1

7

8

10

9

14

11

Fig. 1.2: Elementos operacionais das secções expander/gate e compressor

1

Se se pressiona o interruptor CH 1 MASTER, o TUBE COMPOSER funciona no modo estéreo, em que o canal 1 assume o manejo de ambos canais audio ao mesmo tempo, para que o sinal de manejo do canal 2 seja substituído pelo do canal 1. Ao activar o interruptor CH 1 MASTER, todos os interruptores e reguladores do canal 2 estão fora de operação, com excepção dos interruptores IN/OUT, SC EXT e SC de filtro, assim como os reguladores LIMITER e WARMTH. Os reguladores do canal 1 assumem o manejo do canal 2.

2

Com o regulador THRESHOLD, você determina o nível de umbral, passado o qual começa a expansão. A àrea de ajuste está entre OFF e +15 dB. Acima deste valor de umbral, o sinal passa ao expansor, sem mudança; mais adiante, o nivel reduz-se adicionalmente segundo o valor RATIO pré-determinado. Fixe, por favor, este regulador de tal modo que o sinal de utilização possa passar sem perturbação, mas que, os sinais de fundo, tais como a fala sobreimposta ou outros ruídos, sejam eliminados.

3

‘O regulador RATIO serve para fixar o grau de expansão, se este se encontra acima do valor umbral. Com este regulador, você determina se o dispositivo funcionará como expansor (valor de relação (ratio) baixo) ou como porta (1:8). A proporção de expansão pode-se ajustar de 1:1 a 1:8. Valores de relação mais altos resultam na supressão mais extensiva, “mais dura” de partículas não desejáveis; valores de RATIO (proporção) mais baixos, levam a uma correção mais suave.

4

Se há um sinal acima, o valor umbral, o LED “+” ilumina-se e o sinal pode passar sem perturbação. Ao começar a expansão, o LED “-” ilumina-se.

5

Para poder ajustar o expander/gate (expansor/porta) ao material de programa de maneira óptima, pode-se escolher com o interruptor SLOW RELEASE/FAST RELEASE (libertação lenta/libertação rápida) entre tempo lento ou rápido para o rebobinar (rewind).

6

Com o regulador THRESHOLD (umbral) você fixa o ponto de operação do compressor na àrea desde -40 a +20 dB. Em comparação com o expansor, o compressor não funciona mais para além do valor umbral pré-determinado, senão acima do mesmo. Sinais que passam do valor umbral pré-determinado, são processados pelo compressor.

7

‘O regulador RATIO determina a proporção do nível de entrada e saída para todos os sinais que passam do ponto do umbral em mais de 10 dB. A proporção pode fixar-se de maneira infinitamente variável, de 1:1 a oo:1.

8

‘O regulador ATTACK (ataque) determina o tempo de que o processador necessita, para reaccionar a sinais que passam do ponto do umbral. A gama inclui de 1 a 150 milisegundos. Utilize tempos de ataque mais curtos para operações rápidas e duras, tais como se requerem os instrumentos de percussão, e tempos de ataque mais lentos para compressões mais suaves, inaudíveis.

9

O regulador RELEASE (libertação) determina o intervalo de tempo que requere o processador depois de passar o ponto do umbral, para regressar ao nível original. A gama é de 0,05 a 5 segundos. Favor de utilizar valores mais curtos para conseguir uma compressão efectiva e uns mais longos para poder evitar o “bombardear” do compressor, que é tão típico.

+

4

Um intervalo de tempo RELEASE (libertação) que é demasiado longo talvez leve à supressão do sinal, sem que se pressione o sinal. Um valor de tempo de libertação efectivo, significa: tão curto quanto possível, tão longo quanto seja necessário.

1. INTRODUÇÃO


TUBE COMPOSER T1952

10

Ao activar a função auto por meio do interruptor AUTO, os reguladores ATTACK e RELEASE estão bloqueados e os tempos de ataque e libertação são levados automàticamente para fora do material do programa.

11

‘O regulador OUTPUT (saída) permite o aumento ou redução do sinal de saída em máx. 20 dB. Deste modo, uma perda de nível no caso de uma compressão ou limitação, pode ser balanceada. Depois de ajustar o compressor, compare o nível do sinal de entrada com o da saída atravéz do interruptor e o medidor VU .

+

Assegure-se por favor quando fixar o regulador LIMITER (limitador) da secção de limitador de intensidade máxima, que o ajuste do nível OUTPUT (saída) da secção do compressor, se execute ANTES da secção do limitador de intensidade máxima. Um valor de ajuste de saída que é demasiado alto pode conduzir a uma aproximação constante do limitador de intensidade máxima (vêr elemento ) “regulador LIMITER” da secção de limitador de intensidade máxima.

12

Se o interruptor SC EXT é activado, os eventos de ajuste no TUBE COMPOSER, não são manejados pelo sinal auto, mas sim pelo sinal situado junto à ficha SC RET. A aplicação normal para esta função é conectar um equalizador entre a saída SC SEND e a entrada SC RET, para permitir que o TUBE COMPOSER opere de maneira selectiva em frequência.

13

O interruptor SC MON cria uma conexão entre o sinal de entrada de cadeia lateral e a saída audio, donde o sinal de entrada audio se coloca em mudo ao mesmo tempo. Esta aplicação permite escutar antecipadamente os sinais laterais de cadeia, por exemplo, em conexão com um equalizador inserido, ou outro nos dispositivos inseridos no canal de cadeia lateral. A função SC MON aligeira, por exemplo, o ajuste do filtro do equalizador.

+

Note por favor que, ao activar o inerruptor SC MON, a função auto do canal fica fora de operação.

14

Com o interruptor IN/OUT, activa-se o relé e o canal relevante entra em operação. O interruptor representa uma função chamada “derivação dura”, o que significa que a ficha de entrada está ligada directamente à ficha de saída quando o interruptor (OUT) não está premido, ou se o aparelho está separado da rêde eléctrica.

15

Ao premir o interruptor INTERACTIVE (interactivo), você pode mudar de IKA (adaptação interactiva de joelho) para a característica “HARD KNEE” (joelho duro).

16

‘O interruptor SC FILTER (filtro SC) activa um filtro de passo alto na trajectória da cadeia lateral e, com isso, limita a influência das frequências fundas sobre o comportamento do TUBE COMPOSER.

Fig. 1.3: Elementos operacionais das secções do limitador de PEAK e do tubo

17

O medidor VU proporciona informação no que diz respeito à diminuição real de nível, efectuada por meio da compressão numa gama de 1 a 30 dB, ou então, relativa ao nível de entrada ou de saída numa gama de -30 a +10 dB. 1. INTRODUÇÃO

5


TUBE COMPOSER T1952

18

O interruptor GAIN RED/LEVEL determina se o medidor VU acima descrito indica a redução de ampliação (pelo evento da compressão) ou a do nível de entrada ou saída.

19

Se o interruptor está em posição LEVEL pode-se escolher com o interruptor INPUT/OUTPUT (entrada/saída), entre a visualização do nível de entrada ou de saída.

20

Por intermédio do ajuste LIMITER, pode-se limitar o sinal a um nível ajustável. Devido ao seu tempo de reacção extremamente rápido (ataque “zero”), o limitador de intensidade máxima (limitador de valor máximo do TUBE COMPOSER) está na posição de limitar as pontas de sinal sem distorções audíveis.

+

Se o limitador de intensidade máxima é utilizado como dispositivo de protecção em frente às pontas de nível, o regulador LIMITER deve ser fixado em conexão com o regulador OUTPUT da secção do compressor, de tal maneira, que o limitador de intensidade máxima reaja sòmente poucas vezes ou não reaja, para que ùnicamente as pontas de nível provoquem a reacção do limitador. Para poder conseguir efeitos de som criativos, pode-se mover o limitador de intensidade máxima de propósito para dentro da limitação.

21

Com o início da função do limitador, os LEDs LIM do canal relevante, iluminam-se.

22

Com o regulador WARMTH (calor), a proporção dos sons mais agudos pode ser determinada, os quais se agregarão ao sinal original por meio da superfície UTC. Com estes reguladores, você pode fixar a quantidade de som de tubo (“calor”) que gostaria de acrescentar ao sinal.

23

Os medidores WARMTH indicam o grau de harmonia acrescentada. Com a ajuda destes indicadores você reconhecerá ràpidamente a proporção dos sons agudos agregados, com respeito ao total dos do sinal.

24

Com o interruptor POWER (potência) o TUBE COMPOSER começa a funcionar. Se o dispositivo está desligado, o modo de derivação activa-se automàticamente. O sinal de entrada está enserido ao de saída, sem processamento. 25

27

29 31

26

28

30

Fig. 1.4: Os elementos do painel posterior do TUBE COMPOSER

25

NÚMERO DE SÉRIE. Gaste um pouco do seu tempo e envie-nos o cartão da garantia completamente preenchido no prazo de 14 dias a contar a partir da data de aquisição, pois caso contrário perde o direito à garantia. Como alternativa, pode igualmente realizar o registo online através da nossa página na Internet (www.behringer.com).

26

SUPORTE DO DISPOSITIVO DE SEGURANÇA/ SELECÇÃO DE TENSÃO. Antes de ligar o aparelho à rede, certifique-se de que a indicação de tensão corresponde à tensão de rede local. Ao substituir o fusível deverá de ser utilizado um modelo igual. Em alguns aparelhos é possível montar o suporte do dispositivo de segurança em duas posições para poder comutar entre 230 V e 115 V. Não se esqueça: Se pretender operar um aparelho fora da Europa a 115 V, tem de ser utilizado um valor de fusível superior. A ligação à rede é efectuada através da TOMADA PARA LIGAÇÃO A FRIO IEC. No equipamento fornecido poderá encontrar também um cabo de rede apropriado.

27

As fichas AUDIO IN são as entradas audio do TUBE COMPOSER. Estão configuradas como fichas balanceadas de 6.3mm. Fontes não balanceadas, bem como as balanceadas, podem ser conectadas com as fichas XLR e as fichas de 6,3 mm.

6

1. INTRODUÇÃO


TUBE COMPOSER T1952

28

As fichas AUDIO OUT são as saídas audio do TUBE COMPOSER. Cada uma das fichas correspondentes de 6,3 mm e XLR está colocada em cabo em forma paralela. A função servo, operando automáticamente, reconhece a conecção de cavilhas não balanceadas, e muda o nível nominal internamente, com o fim de que não ocurra nenhuma discrepância nos sinais de entrada e saída (correcção de 6 dB). As saídas podem ser balanceadas por transformador atravéz dum melhoramento óptimo, utilizando o transmissor de saída OT-1.

29

Com os interruptores de nível de operação (OPERATING LEVEL), você pode ajustar òptimamente o TUBE COMPOSER a diferentes níveis de operação, o que significa, escolher entre o nível de gravação a usar em casa (-10 dBV) e o de estúdio (+4 dBu). Com este ajuste, os indicadores de nível estão automàticamente mudados ao nível nominal apropriado e o TUBE COMPOSER funciona em óptimas condições de trabalho.

30

As fichas SC SEND (de saída SC), são saídas não balanceadas de cadeia lateral. Esta trajectória lateral, permite a transferência do sinal audio para processamento externo.

31

As fichas SC RETURN (de entrada SC), são as entradas não balanceadas de cadeia lateral, das quais um sinal externo (processado) de manejo, pode ser transferido. Note por favor de que estas entradas representam sòmente entradas de manejo. Então, as mudanças não balanceadas não representam um perigo para o sinal de audio.

2. OPERAÇÃO ‘O TUBE COMPOSER BEHRINGER pode ser geralmente dividido em quatro àreas de função: 1.

A secção EXPANDER / GATE serve para eliminar ruídos de fundo e suprimir a fala sobreimposta na técnica de multi-canais.

2.

A secção COMPRESSOR serve para compactar o material do programa e para criar efeitos de som especiais, como é costume em gravação e música.

3.

A secção que segue, do LIMITADOR DE INTENSIDADE MÁXIMA, foi configurada para a protecção de sobremodulação e sobrecarga em sistemas de altifalantes, máquinas de bandas, linhas de programas, etc..

4.

A secção do TUBO acrescenta sons agudos ao sinal de audio e, desta maneira, cria características de som vivazes e quentes.

2.1 Secção de expander / gate (expansão / porta) A tarefa principal dos expansores/portas, é separar e eliminar ruídos de fundo indesejáveis, “inaudíveis”, do sinal de uso. O TUBE COMPOSER funciona de acordo com o princípio chamado “até abaixo”: reduz automàticamente o nível total para todos os sinais para além do umbral ajustável e, por conseguinte, extende a gama dinâmica de material do programa. O expansor, então, pode ser visto como o oposto ao compressor/limitador. A maior parte dos expansores operam com uma linha de relação relativamente plana, para que o sinal se possa desvanecer de forma contínua. Portanto, podem-se considerar as portas de ruído como um expansor de “alta relação”. Depois de passar o umbral, corta-se radicalmente o sinal.

2.2 Secção do compressor A tarefa dum compressor é a de reduzir a gama dinâmica de material do programa e controlar a gama de nível. Os elementos extensos de operação da secção do compressor permitem vários efeitos dinâmicos: começando com os musicais e de compressão suave atravéz dos limites de pontas de sinal, até à compactação extremamente efectiva do total das dinâmicas. Pode-se por exemplo, utilizar uma relação baixa e um ajuste de umbral muito baixo, para poder conseguir uma compactação suave e musical da totalidade das dinâmicas do material do programa. Valores mais altos de relação em conexão com um ajuste baixo de umbral, resultam num volume relativamente constante (nivelação) para instrumentos e voz. Valores altos de umbral servem geralmente para a limitação do nível total de um programa. Valores de relação mais altos que 6:1,evitam efectivamente que o nível de saída passe consideràvelmente o nível de umbral (sempre e quando o regulador de SAÍDA está fixado em posição 0 dB). 2. OPERAÇÃO

7


TUBE COMPOSER T1952

2.3 Secção do limitador de intensidade máxima Independentemente das outras funções de regulador, o limitador de máximos permite a opção de limitar o nível de ponta máximo na saída do TUBE COMPOSER. O limitador de intensidade máxima foi desenhado para ser operado em conexão com a secção do compressor. Independentemente das suas funções, os seguintes aparelhos podem dar protecção contra pontas de sinais, sobrecarga a curto prazo e sobremodulação (radio sender, etc.).

2.4 Função de cadeia lateral ‘O BEHRINGER TUBE COMPOSER oferece uma opção de navegação muito útil por meio da função de cadeia. Normalmente o regulador do TUBE COMPOSER é navegado pelo sinal audio (SC EXT interruptor OFF). Se o interruptor SC EXT é activado, a navegação também se pode levar a cabo por fontes externas. Então o TUBE COMPOSER ajusta o sinal de audio de acordo com o nível, o qual se encontra à entrada SC RET. Dado que o sinal de entrada TUBE COMPOSER se localiza sempre à saída SC SEND, pode-se conectar um dispositivo de efeitos entre SC SEND e SC RET. Desta maneira, os circuitos do regulador do TUBE COMPOSER podem ser navegados por um sinal audio especialmente processado.

2.5 Secção do tubo No BEHRINGER TUBE COMPOSER utiliza-se a nova tecnologia desenvolvida ULTRA-TUBE. Dois anos de intensa investigação nas mãos dos nossos engenheiros,conduziu-nos a tal desenvolvimento. A tecnologia ULTRA-TUBE supera todos os problemas que acompanham os interruptores de tubo e geram sons mais altos, já a baixos níveis, que lhe dão à sua gravação mais expressão e calor.

3. INSTALAÇÃO ‘O TUBE COMPOSER foi cuidadosamente embalado na fábrica para garantir um transporte seguro. Se, apesar disso, observar danos na embalagem, certifique-se por favor de que nada aconteceu ao equipamento.

+

Em caso de danos, não nos devolva o aparelho. Em primeiro lugar informe o concessionário e a companhia transportadora, dado que se o não fizer anular-se-ão os seus direitos de reembolso por garantia.

3.1 Instalação em estante ‘O BEHRINGER TUBE COMPOSER requere duas unidades de altura (2 UA) para o montar numa estante de 19 polegadas. Assegure-se de que fiquem à volta de 10cm livres ao fundo para as conexões no painel posterior.

+

Assegure-se igualmente de que o ar circule livremente e não coloque o TUBE COMPOSER sobre nenhum aparelho com saída de energia, para evitar que o equipamento se aqueça em demasia.

3.2 Voltagem Antes de ligar o TUBE COMPOSER à rêde eléctrica, assegure-se de que o equipamento se ajusta à voltagem correcta ! A manilha de segurança na ficha de conecção eléctrica, tem três marcas em forma de triângulo. Duas das marcas estão uma em frente à outra. O TUBE COMPOSER está ajustado à voltagem, que aparece junto a essas marcas e que pode ser mudada, fazendo virar o suporte do fusível em 180º. ADVERTÊNCIA: o anterior não é válido no caso dos modelos de exportação, desenhados só para uma voltagem de 115V ! A conexão com a alimentação de CA deve ser feita utilizando o cabo eléctrico fornecido para a conexão de dispositivos a frio. Este cabo cumpre com os requisutos de segurança necessários.

8

3. INSTALAÇÃO


+

TUBE COMPOSER T1952 Todos os aparelhos devem estar ligados à terra. Para sua segurança pessoal, não retire os dispositivos de conexão à terra nem o cabo eléctrico.

3.3 Conexões audio As entradas e saídas audio do BEHRINGER TUBE COMPOSER estão desenhadas de maneira balanceada e contam com conexões XLR e fichas estéreo 6.3. Se tem a possibilidade de construir um conjunto de sinal balanceado com outros dispositivos, deveria utilizar isso para obter uma compensação óptima de sinal. As fichas (sockets) SC SEND e SC RET são fichas não balanceadas. Os sinais que se localizam aqui utilizamse como simples sinais de navegação, a ficha não balanceada não apresenta nenhum perigo para o seu sinal audio.

+

As conexões XLR não balanceadas não devem, sob nenhuma circunstância, ser utilizadas como cabos para microfones, já que isto pode ocasionar um curto circuito da energia fantasma (phantom) existente !

3.4 Selecção do nível de operação ‘O BEHRINGER TUBE COMPOSER permite-lhe mudar o nível de operação interno por meio do interruptor OPERATING LEVEL, fixado no painel posterior do aparelho. Desta maneira você pode ajustar de maneira óptima o TUBE COMPOSER a distintos níveis de operação, o que significa escolher, entre nível de gravação em casa (-10 dBV) e nível de estúdio (+4 dBu). Para este ajuste, os indicadores de nível mudam automàticamente ao nível nominal apropriado, e o TUBE COMPOSER é operado numa gama de operação óptima.

Fig. 3.1: Comparação dos diferentes tipos de tomadas 3. INSTALAÇÃO

9


TUBE COMPOSER T1952

4. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS ENTRADAS AUDIO Conexões Tipo Impedância Nível operacional nominal Nível máximo de entrada CMRR SAÍDAS AUDIO Conexões Tipo Impedância Nível máximo de saída

conexões XLR e fichas de 6,3 mm HF-ruído eliminado, entrada servo balanceada 50 kOhms balanceada, 25 kOhms não balanceada +4 dBu/-10 dBV (ajustável) +21 dBu balanceado e não balanceado típico 40 dB, > 55 dB @ 1kHz conexões XLR e fichas de 6,3 mm dirigida electrónicamente, saída servo balanceada superfície com saída de potência (transformador opcional balanceado) 60 Ohm balanceada, 30 Ohm não balanceada +21 dBu, +20 dBm balanceado e não balanceado

ENTRADA DE CADEIA LATERAL Conexão fichas de 6,3 mm Tipo HF-ruído eliminado, DC- não acoplado, entrada não balanceada Impedância >10 kOhms Nível máximo de entrada +21 dBu SAÍDA DE CADEIA LATERAL Conexão Tipo Impedância Nível máximo de saída

fichas de 6,3 mm HF-ruído eliminado, DC- não acoplado, saída não balanceada 2 kOhms +21 dBu

ESPECIFICAÇÕES DO SISTEMA Trajectória de frequência 18 Hz a 30 kHz, +0/-3 dB Distância ruído >100 dB,sem filtro, 22 Hz a 22 kHz THD 0,008 % tip. @ +4 dBu, 1 kHz,execução 1 0,04 % tip. @ +20 dBu, 1kHz,execução 1 IMD 0,01 % tip. SMPTE Fala sobreimposta <-100 dB, 22 Hz a 22 kHz Acoplamento estéreo soma verdadeira de RMS SECÇÃO EXPANDER/GATE Tipo Umbral Relação Ataque Libertação

expansor IRC (controle de reação interactiva) variável (OFF a 15 dB) variável (1:1 a 1:8) < 1 ms / 50 dB, dependente de programa variável (SLOW: 100 ms/ 1 dB, FAST: 100ms/100 dB)

SECÇÃO DO COMPRESSOR Tipo Umbral Relação Características umbral Modos ataque/libertação Características automáticas Tempo ataque manual Tempo libertação manual Tempo ataque automático Tempo libertação automática Saída

compressor IKA (adaptação interactiva de joelho) variável (-40 a +20 dB) variável (1:1 a oo:1) variável (joelho interactivo ou joelho duro) variável (manual ou automático) compressor de onda adaptável variável (0,05 ms/20 dB a 100 ms/20 dB) variável (0,05 ms/20 dB a 5 s/20 dB) tip. 15 ms por 10 dB, 5 ms por 20 dB, 3 ms por 30 dB dependente de programa, tip. 125 dB/sec variável (-20 a +20 dB)

10

4. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS


TUBE COMPOSER T1952 SECÇÃO DO LIMITADOR DE INTENSIDADE MÁXIMA Tipo IGC (controle interactivo de ganho) limitador de intensidade máxima Nível variável (+4 dB a OFF +22 dBu) Relação oo:1 Etapa 1 tipo limite clipper (podadora) Ataque “zero” Libertação “zero” Etapa 2 tipo limite limitador de programa Ataque dependente de programa, tip. <5 ms Libertação dependente de programa, tip. 20 dB/s INTERRUPTOR FUNÇÃO Lib.lenta/Lib. Rápida SC Ext SC Mon

Nível operacional CH 1 master/dual mono Calor

muda o tempo de libertação da secção expander/gate entre lento e rápido muda a entrada de cadeia lateral externa ao interruptor detector muda o sinal de cadeia lateral à saída audio e interrompe a trajectória normal de audio activa as características de adaptação interactiva de joelho activa a função detectora dependente de frequência activa o ajuste automático e dependente de programa de ataque/libertação e desactiva o ataque manual e o regulador de libertação muda o indicador de modulação de nível entre a entrada e a saída muda o medidor VU entre redução de nível e entrada ou saída interruptor de derivação dura, navegação libertada, para activar o canal; numa falha eléctrica, o aparelho muda automáticamente a modo de derivação muda o nível de operação interna do canal +4 dBu a -10 dBV opção de acoplamento dos canais +4 dBu a -10 dBV variável (+10 dB a +60 dB)

VISUALIZADORES Nível de ganho rêde/ entrada-saída Calor Umbral expander/gate Umbral compressor Umbral limitador int.máxima

medidor VU medidor VU 2 LEDs para debaixo “-” e em cima “+” 3 LEDs para debaixo “-”, interactive “0” e em cima “+” 1 LED para visualização de função do limitador “LIM”

OPÇÕES Transformador de saída

transformador BEHRINGER OT-1 actualizável

Interactivo Filtro SC Auto Entrada/saída Rêde/nível de ganho In/out

ALIMENTAÇÃO ELÉCTRICA Voltagem

Conexão eléctrica

EU/Canada 120 V ~, 60 Hz RU/Austrália 240 V ~, 50 Hz Europa 230 V ~, 50 Hz Modêlo geral de exportação 100 - 120 V ~, 200 - 240 V ~, 50 - 60 Hz máx. 30 W 100 - 120 V ~: T 1 A H 200 - 240 V ~: T 500 mA H dispositivo padrão de conexão a frio

MEDIDAS/PESO Dimensões (A x L x P) Pêso Pêso transporte

3 1/2" (88,9 mm) x 19" (482,6 mm) x 8 1/2" (217 mm) aprox. 8 kg aprox. 10 kg

Capacidade de gravação Fusível

A Companhia BEHRINGER fêz o possível por garantir o mais elevado nível de qualidade. Modificações necessárias realizam-se sem aviso prévio, por isso as especificações técnicas e a aparência do dispositivo podem diferir das descritas na informação apresentada.

4. ESPECIFICAÇÕES TÉCNICAS

11

Processador a Valvulas de 2-Canais - Manual Sonigate  

Breves instruções PORTUGUEIS Versão 1.0 Agosto 2001 www.behringer.com Este símbolo, sempre que aparece, alerta-o para a presença de voltagem...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you