Issuu on Google+

O QUE MUDA COM A IMPRESSORA 3D? p. 6

ENTREVISTA EDUARDO SHINYASHIKI p. 8

Revista do Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre/RS

Falta pouco! Conf Co Conf nfiir ira di ira dica c s de ven ca nd da a duran uran ur ante te a Copa Co opa p do M Mu und ndo do e sa saib iba ib a co omo m lo ojiist stas a de Po as Port rto to Al Aleg egrre eg re essttão o se prep pr ep par aran a do par ara a o ev e en nto t .

FLORICULTURAS EM ALTA p. 19

Nº 71 • ANO VIII MAIO 2014


maio 2014 4 EDITORIAL Comércio movimentado

5 VOCÊ PRECISA SABER Opinião com Arcione Piva e Dicas para o Dia dos Namorados

6e7 GESTÃO DA INOVAÇÃO Revolução das Impressoras 3D

18

12 8 ESPECIAL Ainda dá tempo de se preparar para vender na Copa

PERSONALIDADE Eduardo Shinyashiki, palestrante

FOCO NO FUTURO Iluminação de LED supervantajosa

19 MERCADO As flores em alta

20 ESPAÇO SINDILOJAS

22 ESPECIAL POSSE Nova diretoria do Sindilojas Porto Alegre inicia sua gestão

28 GALERIA SINDILOJAS

29 LOJISTA EM DESTAQUE Conheça melhor a Multicoisas

30 CARAS DE PEDRA Confeitaria Rocco

1 10 PERFIL DE CONSUMO Os cosméticos fazem sucesso

CASE EXTERNO A exemplar Uniqlo


EDITORIAL EXPEDIENTE

Paulo Kruse Presidente do Sindilojas Porto Alegre

Comércio movimentado STE É UM MÊS IMPORTANTE para o nosso varejo, afinal a segunda data que mais vende no comércio é o Dia das Mães, comemorado no segundo domingo de maio. Um bom momento para aproveitar e colocar em prática tudo o que sabemos fazer de melhor em nossas lojas, pois muitos clientes circulam pelos estabelecimentos e é preciso, mais do que em outros momentos, reforçar a excelência. Outro fator que contribui para o incremento nas vendas é a chegada das temperaturas mais baixas. Vivemos em uma cidade que tem as estações bem definidas, com muito calor quando é verão e bastante frio no inverno. Isso é uma vantagem frente ao consumo, já que as pessoas precisam se adequar e adquirir produtos específicos para cada estação. E a pouco mais de um mês para a Copa do Mundo, que estreia exatamente no Dia dos Namorados, podemos ficar otimistas para dias bastante agitados na Capital. Certamente a data romântica será de bons resultados, contando que a cada ano cresce a compra de presentes para a ocasião. Já o campeonato de futebol vai proporcionar muitas visitas de estrangeiros e movimento de moradores locais no comércio. Por isso é necessário o planejamento para atender melhor e se desenvolver. Conte com o apoio do Sindicato também nesse período e boas vendas!

E

“Podemos ficar otimistas para dias bastante agitados”

PRINCÍPIOS ORGANIZACIONAIS MISSÃO: “Representar, defender e promover o desenvolvimento da classe lojista, com excelência em serviços, gerando benefícios e vantagens para a categoria, associados e sociedade”. VISÃO: “Ser referência nacional em Entidade patronal sendo decisivo no desenvolvimento do comércio varejista de Porto Alegre.”

4 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO

VALORES: Ética: Respeitar normas e diretrizes da Entidade com honestidade e integridade. Comprometimento: Ter compromisso e responsabilidade com os objetivos da Entidade demonstrando iniciativa e proatividade junto aos associados. Foco no resultado: Ser eficaz na defesa de suas bandeiras. Trabalho em equipe: Trabalhar como um time, somando competências para alcançar os objetivos. Transparência na gestão: Dar visibilidade aos processos, ações e resultados da Entidade. Inovação: Buscar soluções criativas e ideias inovadoras frente aos desafios. Responsabilidade Socioambiental: Em suas ações, considerar a sustentabilidade em benefício da sociedade e do meio ambiente.

Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre/RS Rua dos Andradas, nº 1.234. Edifício Santa Cruz, 22º andar – Centro Histórico Porto Alegre/RS Fone: (51) 3025.8300 Fax: (51) 3228.1123 sindilojaspoa.com.br Diretoria Sindilojas Porto Alegre Presidente: Paulo Kruse Vice-presidente: Arcione Piva Vice-presidente Administrativo: Daniel Casais Vice-presidente Financeiro: Marco A. Belotto Vice-presidente de Relações de Trabalho: Sérgio Galbinski Vice-presidente Comercial: Tarcisio Pires Morais Vice-presidente de Comunicação e Marketing: Paulo Penna Rey Vice-presidente de Relações Políticas e Institucionais: Ronaldo Sielichow Vice-presidente de Responsabilidade Socioambiental: João da Silva Rodrigues Diretor Administrativo: Eduardo Igor Diretor Financeiro: Augusto Hecktheuer Diretor de Relações de Trabalho: Vladimir Machado Diretor Comercial: Carlos Schmaedecke Diretor de Comunicação e Marketing: Antonio Gomes Diretor de Relações Políticas e Institucionais: Eduardo Spunberg Diretor de Responsabilidade Socioambiental: Roberto Zimmer Suplentes: Alécio Ughini, Claus Hubert Lagemann, Fabiana Estrela, Felippe Tarta Sielichow, Irio Piva, James Kravetz, Jorge Logemann, Jorge Strassburguer, Manuel Motyl, Mariana Baroni dos Santos, Marivaldo Tumelero, Nelson Lídio Nunes, Paulo Sérgio Gonzaga, Ricardo de Conto, Roni Zenevich, Rosi Frigo Luz Diretora Adjunta de Relações com Centros Comerciais: Sílvia Rachewsky Conselho Fiscal: Carlos Klein, Lídio Ughini, Magnus Scheffer Suplentes: Alcides Debus, Moacir Sibemberg, Zilmar Pinto Quintão Conexão Varejo - Publicação do Sindicato dos Lojistas do Comércio de Porto Alegre (Sindilojas Porto Alegre), produzida pela Giornale Comunicação Empresarial. As colaborações e sugestões de pauta para a publicação devem ser enviadas para conexao@giornale.com.br Atendimento ao leitor e Assessoria de Imprensa: imprensa@sindilojaspoa.com.br Fone: (51) 3025-8323 Conselho Editorial – Sindilojas Porto Alegre Presidente: Paulo Kruse Vice-presidente de Comunicação e Marketing: Paulo Penna Rey Diretor de Comunicação e Marketing: Antonio Gomes Diretora Adjunta de Relações com Centros Comerciais: Sílvia Rachewsky Superintendente: Márcio Allegretti Gerente de Comunicação e Marketing: Karin Souza Produção Assessora de Imprensa: Jacqueline Oliveira Estagiários de Comunicação: Filipe Kunrath e Amanda Kaster

Giornale Comunicação Empresarial Fone (51) 3378.7100 * www.giornale.com.br Direção Geral: Denise Polidori Direção Executiva e Estratégica: Fernanda Carvalho Garcia Direção de Conteúdo e Jornalista Responsável: Roberta Muradás (Reg. Prof. 9351) Coordenação da Publicação: Ivana Gehlen Redação: Patrícia Guimarães e Ivana Gehlen Projeto Gráfico e Editoração: Samir Machado de Machado Fotos: Arquivo Sindilojas Porto Alegre, Fernando Bueno, Tânia Meinerz, Bruno Todeschini, Gilson Oliveira e Divulgação. Comercialização: Sindilojas Porto Alegre Contato: comercial@sindilojaspoa.com.br ou pelo telefone: 3025-8300 Impressão: Pallotti Tiragem: 6 mil exemplares Edições Anteriores Acesse o site do Sindilojas Porto Alegre e baixe a Conexão Varejo em formato PDF.


OPINIÃO

VOCÊ PRECISA SABER

Segurança pública Arcione Piva Vice-presidente do Sindilojas Porto Alegre e diretor da Elevato A SEGURANÇA PÚBLICA tem sido uma das maiores preocupações dos brasileiros, assim como também dos lojistas de Porto Alegre. Excluindo eventuais calamidades, como na saúde, ou aquelas chamadas naturais, o tema é a maior reivindicação da população. No entanto, não lhe é dada a devida importância pelos governantes, que, em muitas ocasiões, vêm a público fazer discursos animadores, mas não colocam em prática suas promessas. Isso nos leva a situações confusas como nas manifestações ocorridas pelo Brasil afora. As causas da insegurança são bem conhecidas pelos lojistas, pois advém de políticas de remuneração inadequadas para quem deveria cuidar justamente disso, falta de investimentos em estrutura e policiamento, além das deficiências na educação, levando um grande número de pessoas à marginalidade por não estarem preparadas para as vagas de emprego disponíveis. Onde vamos parar? Essa é a pergunta que não cala. Já faz bastante tempo que não podemos sair de nossas casas sem estar preocupados. Nossos filhos precisam estar sempre acompanhados e nosso direito de ‘ir e vir’ está longe de ser realidade. Pagamos por uma segurança pública que deveria nos proteger, mas isso não acontece. Para estar seguros, somos obrigados a instalar alarmes, câmeras de vigilância, seguranças privados, e isso no comércio representa custos que prejudicam os negócios. Até quando teremos que pagar por mais liberdade? Por isso, é preciso que estejamos unidos para que nossa voz seja ouvida. Precisamos continuar dialogando com as autoridades para que proporcionem mais segurança e condições de trabalhar no comércio. Venha conosco!

Venda mais no Dia dos Namorados Falta pouco mais de um mês para o Dia dos Namorados, data que está se tornando cada vez mais significativa para o comércio. Mas para aproveitar bem a ocasião é preciso buscar maneiras de se destacar. Além das tradicionais decorações e promoções românticas, aposte nestas dicas do blog www.varejosebrae.blogspot.com.br.

Planejamento e estrutura Cuide para estar com os estoques abastecidos, o ambiente atrativo e as equipes bem-preparadas. Trace estratégias de vendas de acordo com o cenário e procure comercializar as melhores opções de presentes segundo as tendências.

Criatividade Tente sair dos moldes engessados de vendas se aproximando do cliente para identificar suas necessidades. Apresente opções interessantes e personalizadas ao perfil de cada pessoa.

Aumente o ticket médio

Para aproveitar bem a ocasião, é preciso buscar maneiras de se destacar.

Oriente a equipe de vendas, treinando-a para elevar o ticket médio e estimulando-a a oferecer mais produtos para compor o presente. Além disso, sugira opções com valor agregado maior.

Crie uma aproximação Fuja de uma venda fria, quando o cliente entra e sai da loja em poucos minutos. Mais importantes que a quantidade de pessoas atendidas por dia são o valor de cada venda e a quantidade de oportunidades convertidas em negócios.

Fidelize o cliente Quando o cliente fica satisfeito com o atendimento, ele cria uma imagem positiva da empresa e do processo de compra. Isso faz com que ele retorne sempre que necessário. CONEXÃO VAREJO MAIO 2014

5


GESTÃO DA INOVAÇÃO

Rodrigo Krug, criador da primeira impressora 3D totalmente brasileira

Imprimindo perspectivas A impressora 3D já é uma realidade do mercado e está evoluindo cada dia mais no Brasil. No varejo, ela vai impactar em longo prazo e as mudanças não serão poucas. Por isso, lojistas de todos os segmentos terão de estar atentos a essa transformação.

6 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO

OM TECNOLOGIA totalmente brasileira, uma empresa gaúcha chamada Cliever, instalada na incubadora Raiar da PUCRS, desenvolveu a primeira impressora 3D totalmente brasileira. O equipamento é capaz de imprimir protótipos complexos com alto detalhamento, como rostos humanos, armações de óculos, objetos de decoração e modelos de produtos diversos. O técnico em mecatrônica Rodrigo Krug, de 27 anos, e seu sócio Júlio Drescher, de 25, são, portanto, empreendedores pioneiros no País em desenvolvimento e fabricação de impressoras 3D nacionais, que além de muitos outros atrativos têm como vantagem o preço, cerca de R$ 4,6 mil a unidade, um valor bem abaixo do que era cobrado há 26 anos quando a tecnologia surgiu. O processo de impressão 3D é parecido com o das impressoras de papel, só que em vez de tinta se usa matéria sólida.

C


Impressora utiliza diversos tipos de materiais sólidos e formata camada por camada

Uma impressora 3D industrial começa a ser comercializada a partir de

R$ 15 mil. Já uma máquina desktop com o mesmo estilo da criada pela Cliever pode ser encontrada no mercado com preços a partir de

R$ 4,6 mil.

No caso da CL-1, como é chamada, a máquina utiliza filamentos plásticos de PLA (material biodegradável, feito de matérias-primas como milho e cana de açúcar) e ABS (reciclável e que é utilizado na confecção de peças de Lego, por exemplo) com mais de 20 opções de cores para imprimir os objetos. Cada fio é aquecido e refinado até ficar com pequeníssima espessura. A partir desse ponto objetos são desenhados camada por camada. Para imprimir, é preciso usar programas que criam desenhos em 3D, como o AutoCAD e o Google Sketchup, softwares que requerem conhecimento técnico. Outra forma é garimpar pela internet, onde existem muitos projetos e desenhos prontos para serem impressos ou modificados. De acordo com Krug, o uso de impressoras 3D será cada vez mais comum. “Essa tecnologia está ficando mais acessível e ela é ótima para empresas que querem desenvolver protótipos antes de investirem na produção. Ao longo do tempo, tem potencial para mudar a forma como consumimos, pois muitas pessoas a terão em casa e então as lojas venderão o design.” O técnico alerta ainda para a necessidade do despertar da criatividade dos varejistas, pois a realidade da impressora 3D sendo usada de forma comum ainda é distante e incerta, mas, com certeza, vai requerer preparo. Ela poderá influenciar em qualquer ramo do comércio, já que, de forma bastante personalizada, vai criar acessórios, enfeites, quadros, porta-retratos, vasos, brinquedos, instrumentos e até calçados, entre outras inúmeras possibilidades. “Esse tipo de novidade demora a se estabelecer no Brasil. Mas, trará, aos poucos, um potencial inovador, facilitador e atrativo para o varejo. Basta que os empresários se informem constantemente sobre o assunto e preparem seus negócios, pois há espaço para crescimento nesse sentido. Talvez seja preciso repensar e remodelar a forma de fazer, mas será muito vantajoso para todos”, destaca Krug. Acesse a página da Cliever Tecnologia em www.cliever.com.br e o Facebook da empresa em www.facebook.com/Cliever3D e confira fotos, vídeos e novidades. CONEXÃO VAREJO MAIO 2014

7


PERSONALIDADE

Eduardo Shinyashiki Consultor organizacional e palestrante; Especialista em Desenvolvimento das Competências de Liderança aplicadas à Administração e à Educação e Preparação de Equipes.

Estratégias vencedoras OSSIBILIDADE DE FOCAR e dedicar um tempo à identificação de atitudes que transformam desafios em conquistas. Essa é uma das reflexões propostas pelo palestrante que o Sindilojas Porto Alegre trará no dia 19 de maio. Eduardo Shinyashiki vai falar sobre o fortalecimento da motivação e o compromisso com a excelência, fatores que levam a resultados duradouros no comércio. Confira entrevista exclusiva com o presidente da Sociedade Cre Ser Treinamentos.

P

Como despertar a automotivação para alcançar metas ? Todos nós podemos ter um alto desempenho e alcançar a motivação. Mas a percepção das próprias competências e pontos fortes está ligada ao sentimento de autoeficácia, que nos permite perseverar mesmo nas dificuldades. Esse sentimento é um motor que nos impulsiona a ser mais positivos e eficientes, além de ter comportamentos que ajudam a enfrentar melhor os problemas. Saber que somos capazes de algo alimenta os sonhos e nos dá força. Como motivar as equipes de trabalhadores do varejo? Para se falar de equipe precisamos considerar que sua construção se desenvolve sobre dois níveis importantes. O primeiro é o do Objetivo, em que nenhuma equipe de trabalho se torna eficaz se o objetivo a ser atingido não é claro e amplamente compartilhado pelos seus membros. É preciso defini-lo sobre dados concretos e recursos disponíveis, colocado em termos claros, articulado em tarefas e possível de ser avaliado. Isso contribui para consolidar a coesão e o sentimento de pertencer 8 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO

à equipe e fortalece o relacionamento com a organização. O segundo é o Nível da Relação Interpessoal, que é facilitada e definida pela comunicação, que permite o confronto e a transição de um ponto de vista individual a outro comum e compartilhado. Comunicação clara e aberta é o processo-chave que permite o trabalho em equipe porque fortalece a interação entre o grupo. Qual a relação direta entre os negócios e a qualidade de vida? Por que eles devem estar em harmonia? Porque se não conseguimos equilibrar negócios e qualidade de vida, podemos entrar em um estado de estresse e esgotamento. Uma vida em desequilíbrio afetará saúde, família, trabalho e realizações. Cuidar da harmonia entre os aspectos é um desafio cotidiano, que exige atenção e dedicação. Melhor pensar sobre isso. Que habilidades podem ser desenvolvidas para se manter o foco nos projetos? É preciso estabelecer um norte. Eu elencaria algumas atitudes, como: saber


definir os projetos focando na conquista, sem subestimar ou superestimar os obstáculos do caminho; treinar a habilidade de ter foco, atenção e concentração não deixando que os desvios no caminho nos tirem da meta principal. Além de se comprometer com a mudança, assumindo a responsabilidade pelas próprias escolhas e atitudes. Que atitudes são negativas e atrapalham o alcance dos objetivos no negócio? Entre elas estão: descuidar da sua atitude mental focando seus pensamentos em dificuldades e problemas; esquecer-se de trabalhar o autoconhecimento; ter medo de errar, pois é importante nunca desistir ou cruzar os braços quando os erros surgirem; não estar aberto a aprender. Isso permite se reinventar e inovar, criando as estratégias adequadas para alcançar as metas; não cultivar a flexibilidade e a adaptação às mudanças que os dias de hoje exigem.

PALESTRA Quando? 19 de maio de 2014 Onde? Teatro do Bourbon Country Horário? 20 horas O quê? Eduardo Shinyashiki falará sobre “Estratégias vencedoras – Atitudes e ações que transformam desafios em conquistas”. Os ingressos podem ser adquiridos mediante a doação de 2 quilos de alimento não perecível, por entrada. Associados efetivos têm direito a seis ingressos por CNPJ e colaboradores a dois ingressos por CNPJ. Acesse www.sindilojaspoa.com.br e informe-se.

Como incentivar equipes a serem mais assertivas? Isso acontece quando se consegue partilhar com os colaboradores uma identidade comum que direciona atitudes e catalisa energias. O líder precisa indicar a direção e verificar a rota, transmitir a missão e o significado da tarefa e das ações, orientando e, consequentemente, harmonizando os objetivos e metas individuais com as coletivas. Dialogue. Como os lojistas encontram as boas estratégias de um negócio próspero? O sucesso reside em nossa busca constante por melhorar todos os dias. Assim, a capacidade de conhecer a si mesmo sabendo direcionar os pensamentos em direção ao resultado, construindo uma autoimagem positiva, em que a autoconfiança e a automotivação estejam presentes e fortaleçam a identidade é essencial. É muito importante ter uma visão de futuro, com projetos e objetivos que norteiem o negócio. CONEXÃO VAREJO MAIO 2014

9


PERFIL DE CONSUMO

Beleza que rende AUMENTO DA RENDA E a quantidade de pessoas que passaram da classe D para a C no Brasil têm contribuído muito para o crescimento das vendas de produtos de beleza e higiene. O País é o terceiro colocado nesse tipo de consumo e, segundo um estudo do Instituto de Pesquisas Euromonitor, está à frente da França e logo atrás dos Estados Unidos e do Japão. O setor cresce 10% ao ano, em média, três vezes mais que o PIB. De acordo com dados do IBGE, em 2011 foram gastos R$ 43,4 bilhões em itens de higiene, beleza e cuidados pessoais. O gasto com beleza é maior do que com comida. Em 2013, foram R$ 11 bilhões investidos em propaganda, 39% mais do que em 2012. E quem pensa que as ações de marketing têm como foco somente as mulheres, tradicionais consumidoras do setor, se engana. O mercado brasileiro de cosméticos masculinos representa 37% das vendas do segmento no país, e 85% dos homens compram seus próprios produtos. Essa estatística pode ser reflexo dos grandes investimentos em publicidade no setor.

O

10 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO

Gasto médio mensal com produtos e serviços de beleza é de cerca de

R$

177

Produtos para cabelos e hidratantes são os mais vendidos para mulheres.

das mulheres , apenas

6%

não trocariam seus produtos habituais.


Dos homens: 91% usam perfumes

ENQUETE PERGUNTAMOS A ALGUNS CONSUMIDORES QUAIS COSMÉTICOS ELES COSTUMAM COMPRAR E COM QUE FREQUÊNCIA. CONFIRA.

“Pelo menos uma vez por mês compro hidratantes e shampoo para meu uso. Além disso, me abasteço de produtos para utilizar no meu trabalho.” Naila Gauto, fisioterapeuta

46% usam hidratantes

“Costumo comprar maquiagem. Sempre que vou ao Centro de Porto Alegre com minha mãe dou uma olhada nas lojas que vendem esses produtos.” Jeanne Lima, estudante

“Compro basicamente perfume, hidratante e protetor solar. Não com muita frequência, costumo esperar acabar o que tenho em casa.” Jorge Imperatore, professor

“Uso diversos tipos de cosméticos e compro algo quase toda a semana, principalmente produtos para o rosto e para o cabelo.” Fernanda Flehr, executiva de contas no setor de Turismo

CONEXÃO VAREJO MAIO 2014

11


ESPECIAL

Copa do Mundo é oportunidade para o varejo

CHUTE A GOL NES Falta pouco mais de um mês para a Copa do Mundo no Brasil. Saiba como algumas lojas estão se preparando e confira dicas de ambientação e vitrines.

12 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO

Á UMA BOA expectativa a respeito do legado que a Copa deixará ao crescimento da economia local, em especial às vendas do varejo em Porto Alegre. Será a primeira vez que a cidade receberá um evento desse porte, pois mais de 150 mil pessoas devem vir para os jogos durante os 31 dias de Mundial. Sendo assim, diversos lojistas estão aproveitando para se qualificar e alavancar seus resultados. Afinal, muitos estrangeiros vão circular pela cidade e as oportunidades de negócio podem surpreender. Além disso, estar aberto às possibilidades e melhorar o desempenho é algo que fica para o ano todo. Foi pensando nisso que comerciantes inscreveram representantes de suas lojas no programa Seleção Varejo, iniciativa do Sindilojas Porto Alegre que oferece cursos de idiomas para viabilizar a comunicação com estrangeiros nos estabelecimentos comerciais. Um exemplo é a Cia do Notebook, que buscou o curso por entender que havia

um ótimo custo-benefício em preparar atendentes para a Copa do Mundo. “Além dessa proveitosa iniciativa, nos inspiramos a fazer diversas reuniões de planejamento”, diz Priscila Schwarzbold, responsável pelo planejamento e coordenação de cursos da loja. Ela acredita que não somente turistas, mas os consumidores locais vão movimentar o comércio. “Nos preparamos para atender clientes brasileiros de outros estados. E tudo por meio de cursos de técnicas de vendas e negociação oferecidos pelo Sindilojas”, destaca. A Ughini também acreditou na capacitação de funcionários. É o que conta o diretor geral Lídio Ughini: “Ações de qualificação melhoram a autoestima da equipe e dão mais confiança. O conhecimento básico de idiomas, mesmo depois de passado o evento, será muito importante para nosso estabelecimento, pois a caracterização e a descrição de funções específicas dos produtos esportivos utilizam terminologia inglesa”. A Ughini também está investindo


A postos O gerente das lojas Maxi Acessórios, Douglas Burtet, relata que a empresa sentiu a necessidade de ter pessoas que falassem inglês já durante o Campeonato Mundial de Atletismo Master, que aconteceu em outubro de 2013 na capital gaúcha. “Estamos localizados no Centro, e como competidores e torcedores se hospedam nos hotéis ao redor, as pessoas acabam entrando na

loja. Por isso, sabemos da importância de estar preparados e procuramos o Seleção Varejo.” Ele revela que a expectativa com o mundial de futebol é semelhante à vivida no ano passado. “É fundamental ter pessoas falando um segundo idioma. Mas, além disso, estamos preparando um layout de loja adequado, visando chamar a atenção dos turistas e também dos moradores locais”, conclui Burtet.

VISUAL CONVIDATIVO CONVERSAMOS COM IRAN MARCON, PROFESSOR DO SENAC-RS E DO SINDILOJAS PORTO ALEGRE NAS ÁREAS DE MODA E VAREJO E CONSULTOR DE VISUAL MERCHANDISING, SOBRE COMO PROGRAMAR O LAYOUT E AS VITRINES PARA ATRAIR CONSUMIDORES EM ÉPOCA DE COPA DO MUNDO NA CIDADE. CONFIRA SUAS DICAS:

TA COPA na decoração. “Estamos utilizando motivos específicos do evento, pois acreditamos que haverá uma forte tendência para a oferta de bolas, camisetas de clubes e de seleções, chuteiras e acessórios durante os próximos dias”, conta Lídio.

Preçários

Exposição

“As pessoas estarão com orçamento distribuído para muitas finalidades. Por isso, deve-se investir em preçários claros e até mesmo com conversão de valores para outra moeda (dólar, euro). Tudo de forma clara e legível.”

“A praticidade deve ser priorizada na hora de expor os produtos, bem como o conforto nas instalações. Evite a poluição visual e a confusão de informações. O estilo clean e a objetividade são a melhor escolha.”

Equipe Temáticas “Para ambientar a loja vale privilegiar temas conhecidos nacional e internacionalmente. Por exemplo, utilizando ícones que representem o Brasil, coisas relacionadas à indumentária, à culinária, cultura, usos e costumes, paisagens naturais, música e personalidades gaúchas. Algumas personalidades locais são conhecidas mundialmente e sempre chamam a atenção, como é o caso da Elis Regina, Gisele Bündchen, Ronaldinho Gaúcho, Iberê Camargo e Daiane dos Santos.”

Culturas

Loja Maxi Acessórios, no Centro Histórico

“Evidenciar aspectos culturais de países que jogam na Capital pode ser uma boa estratégia. Expor bandeiras dos visitantes e detalhes de suas culturas é simpático e agrada. Explore as cores, mas sem exageros no verde e amarelo, afinal, nosso país é multicolorido. As cores do nosso estado também podem ser destacadas.”

“Lembre-se de avisar aos funcionários sobre todas as formas de ambientação e atendimento. Engajar a equipe de forma contínua é fundamental para que o restante do que foi planejado apresente bons resultados.”

EXPEDIENTE NA COPA Muitos porto-alegrenses têm se perguntado a respeito de possíveis feriados durante os dias de jogos em Porto Alegre ou naqueles em que a seleção brasileira entra em campo. De acordo com a assessoria de Comunicação da Secretaria Extraordinária da Copa 2014 – SECOPA, a Prefeitura não decretará feriado. Ainda existe a possibilidade de ser decretado ponto facultativo em alguns dias.

CONEXÃO VAREJO MAIO 2014

13


Seul, capital da Coreia do Sul

Visitantes coreanos A Coreia do Sul está entre os países que terão suas seleções jogando na capital gaúcha. Como bons viajantes, eles vão circular pela cidade em busca de produtos típicos, souvenires e novidades. Esses turistas já consideram bom o atendimento no Brasil. Mas por que não impressioná-los? A Coreia do Sul fica na Ásia Oriental e faz fronteira com a Coreia do Norte, país com quem diverge politicamente, já que o Sul é capitalista liberal, enquanto o Norte é extremo comunista. Quase metade de sua população vive na capital, Seul, e uma de suas características mais fortes é o intenso consumo. Com uma educação invejável, disciplina e cultura fortes, os coreanos vão querer comer e beber bem em Porto Alegre, além de, claro, viver experiências de consumo que os encantem. O comerciante Paulo Kim, proprietário de cinco lojas no Centro Histórico, conta que desde que veio para o Brasil, em 1971, sempre percebeu que o jeito acolhedor do brasileiro ajuda na hora da venda. No entanto, alerta para que, em tempos de Copa, em que se estima que mais de mil coreanos devam visitar a Capital, 14 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO

é fundamental buscar diferenciais. “Provavelmente o coreano vai querer se comunicar em inglês, mas claro que se o brasileiro puder falar em coreano, vai surpreender e agradar muito!”, brinca. Ele acrescenta que a conjuntura familiar dos coreanos mudou muito de 40 anos para cá. “Antigamente não havia diálogo nas famílias, mas hoje, felizmente, existe mais abertura com as pessoas mais velhas e se conservam valores mais fraternos. Certamente é um visitante que preza ser bem recebido e paparicado”, finaliza o empresário.

COMUNICAÇÃO

CONFIRA ALGUMAS PALAVRAS EM INGLÊS PARA SE COMUNICAR COM OS COREANOS E OUTROS TURISTAS ESTRANGEIROS:

- Qual o seu nome? - What’s your name? - Como vai? How are you? / Eu vou bem, obrigado. - I’m fine, thanks. - De nada. You’re welcome. - Bom dia / Boa noite - Good morning / Good evening / Good night. - Obrigado - Thank you! - Quanto custa? How much is this? - Bem-vindo a nossa cidade. - Welcome to our city. - Onde é o banheiro? - Where is the toilete? - O banheiro é ali. - The toilete is there.


Entenda o e-Social Com Diogo Chamun, Presidente do SESCON-RS*. 14 de maio, quarta-feira 8h30 - Café de boas-vindas. 9h às 10h30 - Palestra e bate-papo.

Vagas limitadas Inscrições até 13 de maio pelo e-mail cursos@sindilojaspoa.com.br Gratuito para lojistas associados. Local: Auditório Henrique Gerchmann Rua dos Andradas, 1234 / 9º andar Centro Histórico - Porto Alegre

Café com

Lojistas

Convênio com o estacionamento Garagem Ladeira Rua General Câmara, 425 10% de desconto.

sindilojaspoa.com.br @SindilojasPOA /SindilojasPOA

Quem tem loja, temMAIO a gente. CONEXÃO VAREJO 2014 15

*Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis e das Empresas de Assessoramento, Perícias, Informações e Pesquisas do Estado do Rio Grande do Sul.

ESPECIAL


CASE EXTERNO

Excelência japonesa em expansão Nesta editoria você fica conhecendo cases de marcas de sucesso que podem inspirar o seu negócio.

16 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO

MA MISTURA DE simplicidade com a mais alta qualidade é a receita de sucesso da Uniqlo, loja de departamento japonesa que virou febre nos 13 países em que está presente. A história da rede começou no Japão, em 1984, quando Tadashi Yanai – hoje considerado o homem mais rico do Japão pela revista Forbes – abriu uma loja de roupas casuais chamada Unique Clothing Warehouse, no subúrbio de Hiroshima. O objetivo era oferecer roupas básicas de qualidade a preços acessíveis e que servissem para qualquer pessoa, independentemente do estilo. Por isso, a loja foi rebatizada de Uniqlo (Unique Clothing, ou roupa única, em português).

U

Em Xangai, os manequins ficam em um tipo de carrossel que gira e permite visualizar as roupas de todos os ângulos.

Apesar de hoje ser uma marca conhecida e admirada, suas primeiras lojas fora do país de origem só foram abertas em 2001, começando por Londres. Nos anos seguintes, as inaugurações ocorreram na China e na Coreia do Sul. Mas foi somente em 2006, com a abertura nos Estados Unidos, que a marca ganhou fama internacional. Depois disso, ainda entraram no mapa da marca os países: França, Cingapura, Rússia, Malásia, Tailândia, Filipinas, Indonésia e Inglaterra, além da loja conceito na Quinta Avenida, em Nova Iorque. Em 2014, as lojas devem chegar à Austrália e à Alemanha. Qualidade em primeiro lugar A Uniqlo foi a primeira empresa no


Acesse o Facebook da marca em facebook.com/uniqlo

OPINIÃO “A Uniqlo é a 4ª maior varejista do mundo, considerada a Apple da moda. Apesar do foco em peças básicas, investe muito em qualidade e tecnologia. Nas lojas, atendente de caixa não é uma função administrativa, como no Brasil, mas uma peça fundamental de relacionamento, já que, para eles, é a última impressão a que fica. Lá eles entregam o cartão de crédito do cliente com as duas mãos, representando um cumprimento de respeito japonês. Temos muito a aprender com a Uniqlo.”

José Roberto Resende diretor Shopping Brasil

Japão a realizar todas as etapas do negócio, da produção à venda. E essa evolução permitiu controlar de perto a qualidade dos materiais usados. Apesar de peças básicas, os tecidos e as cores são muito diversificados. Atualmente, a marca possui uma equipe responsável pelo atendimento ao cliente que recebe mais de 90 mil comentários e pedidos por ano. E é com base nisso que várias adaptações são feitas nos produtos. A área de Pesquisa & Desenvolvimento também está envolvida nas pesquisas de tendências e materiais. Outra preocupação é com o bom atendimento. O número de caixas nas lojas é muito maior do que o normal para evitar que o cliente espere tempo demais na fila. Na loja em Ginza, bairro sofisticado de Tóquio, o estabelecimento fica em um prédio de 12 andares, com 5 mil

m2, 100 provadores, 50 caixas e todos os funcionários atendem em quatro línguas. A organização das prateleiras, que fazem parte da decoração, é feita por cores.

Ousadia que deu certo Além de inovar na produção das próprias peças, a Uniqlo também ousou com o lançamento de vendas online em 2000, quando o comércio eletrônico ainda engatinhava. Outras iniciativas da marca na web são a página no Facebook (a Uniqlooks) e o aplicativo Wake Up, que desperta os usuários com músicas relacionadas ao clima e dia da semana. Para chegar ainda mais longe, a marca aumentou os investimentos em propaganda e marketing. Atualmente, o tenista Novak Djokovic, considerado o nº 1 do mundo, é o embaixador da marca. Confira o site www.uniqlo.com.

A Uniqlo está presente em 13 países e deve elevar o número para 15 ainda em 2014.

CONEXÃO VAREJO MAIO 2014

17


FOCO NO FUTURO

Econômicas e sofisticadas A tecnologia LED está revolucionando a indústria da iluminação. Suas vantagens já chamam a atenção de quem está mudando o PDV, construindo, decorando e, claro, vendendo! No comércio ela começa a ganhar espaço por prometer economia , estilo e eficiência.

A loja Radan investiu na iluminação com LEDs em suas lojas

DICAS • Fique atento ao efeito que pretende dar ao ambiente, converse com pessoas especializadas para fazer esse tipo de escolha. • A luz ideal atrai o cliente. Procure tornar o ambiente agradável. • Utilize as LEDs a favor da decoração, por exemplo, separando os ambientes da loja pelas temperaturas de cor.

ENTRE AS vantagens da iluminação LED está a grande economia de energia que proporciona. Ao lado das já conhecidas lâmpadas incandescentes e das fluorescentes, ela se destaca por gerar mais luz com menos consumo e ser menos nociva à saúde, pois seus raios não prejudicam os seres humanos. De acordo com Norton Cecchini, diretor da Luz d Led, “essa solução valoriza o ambiente, tornando-o mais agradável. Ela consome menos energia e consequentemente menos calor”. A ideia é compartilhada pela arquiteta Arlene Lubianca, diretora da Planobase Lubianca Design e Arquitetura, que destaca ainda o fato de a tecnologia LED dar vazão à

D

consciência ecológica, tão necessária às marcas do varejo. “Ela reúne bons motivos para o investimento. Tem grande durabilidade, requerendo menos manutenção, além de longa vida útil. O descarte de produtos após o uso também diminui e a iluminação não perde em qualidade.” Pelo seu tamanho reduzido, as lâmpadas LED podem ser usadas em artefatos menores e menos profundos, assim como sob prateleiras, e também permitirem a versatilidade em cores, por vezes com a mesma lâmpada através de um programa de automação. Segundo Arlene, esse setor é o que mais evolui tecnologicamente. “Cada vez mais existem lâmpadas que se aproximam da cor da luz do dia, e os designs estão progredindo”, completa.

Tecnologia LED pode valorizar mais os produtos e destacar detalhes

COMÉRCIO BEM ILUMINADO Norton Cecchini lembra que para aplicar a tecnologia em loja é preciso atentar para alguns quesitos fundamentais. “A iluminação de um estabelecimento fica ligada durante o dia todo. Assim, é importante colocar na ponta do lápis para ver que vale a pena o investimento, que num primeiro momento é mais alto, mas que em pouco tempo compensa. Afinal, ela é econômica e requer menos manutenção.” As opções de cores e intensidades também variam. “Existem três tipos de temperatura para a cor branca. A Branco Quente, mais amarelada e aconchegante; A Day Light, mais parecida com a luz do dia, mais natural. E o Branco Frio, aquele tom mais acinzentado que pode dar um efeito legal em alguns estilos de loja, por exemplo, nas de moda jovem”, indica.

18 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO


MERCADO

Mercado florido Em 2013 o setor de flores movimentou R$ 5,2 bilhões, tendo um crescimento de 8% em relação a 2012. Os dados são do Instituto Brasileiro de Floricultura (Ibraflor) e se referem ao faturamento dos atacadistas e varejistas. Para os produtores, a atividade gerou receita entre R$ 1,2 bilhão e R$ 1,3 bilhão. No Brasil, o maior consumo per capita em 2013 foi registrado no Distrito Federal (R$ 43,72), seguido de São Paulo (R$ 43,63), e o Rio Grande do Sul vem em terceiro, com R$ 36,99. De acordo com Fernanda Ribeiro dos Santos, gerente administrativa da Floricultura Santa Fé, localizada na Avenida Bento Gonçalves, em Porto Alegre, flores estão relacionadas à sensibilidade genéticas e existe grande incentivo para a cultura de espécies humana, à qualidade de vida. Além disso, ornamentais. Além disso, com a melhoria da renda, flores e plantas há uma grande demanda por parte dos passaram a ser uma opção de presente e de decoração para a setores de construção, eventos e hotelaria. casa”, avalia. Para ela, a perspectiva é de que o mercado continue “O Brasil investe no desenvolvimento de crescendo devido à diversificação constante do mercado produtor, variedades vegetais, através de melhorias profissionalização do setor e aos avanços tecnológicos.

Floricultura Santa Fé, em Porto Alegre

Cursos presenciais e a distância. t Administração t Criação e Coordenação de Moda t Enfermagem t Estética t Guia de Turismo t Informática t Logística t Marketing t Meio Ambiente t Podologia t Qualidade t Recursos Humanos t Segurança do Trabalho t Transações Imobiliárias tEspecialização Técnica em Enfermagem em Serviços de Urgência e Emergência

MATRÍCULAS ABERTAS O melhor ensino a distância do país: ead.senac.br FACULDADE SENAC PORTO ALEGRE - Fone: 3022.1044 POLO PORTO ALEGRE - Fone: 3225.6280 SENAC CANOAS - Fone: 3476.7222 SENAC GRAVATAÍ - Fone: 3488.8859 e 3488.8860 SENAC INFORMÁTICA - Fone: 3029.3633 SENAC PASSO D'AREIA - Fone: 3341.0444

/senacrsoficial

@senacrs

senacrs.com.br/tecnicos

CONEXÃO VAREJO MAIO 2014

19


ESPAÇO SINDILOJAS

Exposição Caras de Pedra em frente à Prefeitura

CULTURAL

Arte interrompida O Sindilojas Porto Alegre lamentou a destruição da exposição Caras de Pedra que esteve instalada na Fonte Talavera, em frente à Prefeitura, durante 17 dias. Iniciada em 17 de março, era uma homenagem à Capital e seus moradores e visitantes, mas os danos, irreversíveis, abreviaram o tempo de exposição, que iria até o dia 17 de abril e posteriormente seria levada para outros bairros e até mesmo escolas da cidade. As lonas, que faziam

parte da comemoração aos 242 anos de Porto Alegre, foram recortadas, queimadas e rasgadas durante protesto realizado no dia 2 de abril. “É inadmissível que continuemos a ver a depredação da nossa cidade por grupos que aproveitam as manifestações para destruir, assaltar e saquear. Quem não preserva e respeita o que é de todos acaba perdendo a razão em suas reivindicações”, disse o presidente do Sindicato, Paulo Kruse.

GESTÃO APOIO JURÍDICO

Ação individual contra Sindicato dos Rodoviários Os empresários do varejo prejudicados pela greve dos rodoviários nos meses de janeiro e fevereiro podem buscar orientação da Assessoria Jurídica do Sindilojas Porto Alegre para mover ação individual contra o Sindicato dos Rodoviários de Porto Alegre. A viabilidade da ação judicial será analisada pelos advogados por meio da documentação que deverá ser apresentada pelo lojista e que consiste em balancete dos três meses anteriores ao período da greve, balancete do mês da greve, balancete do mesmo mês da greve no ano anterior, além de comprovações de despesas ocasionadas pela greve, como recibos e notas fiscais e outros documentos que julgar importante. Mais informações podem ser obtidas pelo telefone (51) 3025-8300.

20 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO

Novo presidente Acomac Paulo Penna Rey, que é vice-presidente de Comunicação e Marketing do Sindilojas Porto Alegre e diretor da Multi Ferragem, foi empossado, em março, como presidente da Acomac - Associação dos Comerciantes de Materiais de Construção de Porto Alegre (Gestão 2014-2015). A cerimônia ocorreu em jantar-baile no Clube Farrapos. Penna Rey está substituindo Rodolfo Rogério Testoni, que esteve à frente da entidade por dois anos. EVENTO

Sobre eSocial No dia 14 de maio, Diogo Chamun, presidente do Sescon-RS, estará no Café com Lojistas para falar sobre o eSocial. Chamun refletirá junto aos participantes sobre a necessidade de mudança nas culturas das empresas em relação às obrigações trabalhistas e previdenciárias. O evento ocorre no Auditório Henrique Gerchmann – Rua dos Andradas, 1234/9º andar e é gratuito para lojistas. Inscrições pelo e-mail cursos@sindilojaspoa.com.br.


CONFIRA OS CURSOS E EVENTOS PARA O VAREJO EM MAIO

1 DIA DO TRABALHO CAPACITAÇÃO VISITA

Integração entre Sindilojas Em março, uma comitiva do Sindilojas Vale do Taquari realizou visita de benchmarking ao Sindilojas Porto Alegre. Estiveram presentes o presidente do Sindilojas Vale do Taquari, Marcos André Mallmann, o vice-presidente, Giraldo Sandri, o diretor do Conselho de Relações do Trabalho, Sílvio H. Frohlich, e a Gerente Executiva, Rejane Lettrari. Os principais processos, instalações, bem como a política de relacionamento do Sindilojas Porto Alegre com o associado, foram apresentados aos visitantes. O então vice-presidente da Entidade Paulo Kruse acompanhou a visita junto com o superintendente Márcio Allegretti.

VAREJO EM AÇÃO

Apresentação de tendências Lojistas participantes do projeto Varejo em Ação e outros empresários estiveram, em março, no encontro que trouxe novidades e tendências apresentadas na NRF 2014, em Nova Iorque. Um painel com apresentações de Cláudia Maria Beretta, do Senac-RS, Fabiano Bassani Zortea, do Sebrae-RS, e Paulo Kruse, presidente do Sindilojas Porto Alegre, destacou a importância de o lojista concentrar esforços nas experiências que a sua marca oferece aos consumidores. É fundamental estabelecer um relacionamento com os clientes através de ações dirigidas e promocionais, mas não somente de preço. O presidente do Sindicato, Paulo Kruse, salientou que o pequeno lojista precisa estar sempre estudando sobre varejo e tendências. “Temos que investir nas pessoas, treinar nossos funcionários e trocar experiências com outros lojistas. É através da união que vamos crescer.”

Combate a incêndios O Sindilojas Porto Alegre oferecerá no dia 27 a terceira edição do curso teórico e prático de prevenção e combate a incêndios. As aulas, que acontecem em um centro de treinamento, das 13h às 18h, são ministradas por equipe habilitada pelo Corpo de Bombeiros. Os especialistas falam sobre uso e manuseio de extintores, além de primeiros socorros referentes a engasgo, reanimação cardiopulmonar e mal súbito, através de vídeos e simulações de situação de risco com fogo. O curso é obrigatório para elaboração e aprovação do Plano de Proteção Contra Incêndio, documento indispensável para a emissão do alvará que permite o funcionamento das lojas. São 25 vagas disponíveis e o investimento para associados efetivos é de R$ 90, para associados colaboradores de R$ 120 e para o público em geral é de R$ 150. A Entidade disponibiliza transporte gratuito até o local do treinamento, na cidade de Alvorada, com saída às 12h30, da Praça Montevideo em frente à Prefeitura da Capital. Inscreva-se no e-mail cursos@sindilojaspoa.com.br.

FORMAÇÃO

Inglês intensivo O projeto Seleção Varejo, iniciativa do Sindilojas Porto Alegre, promoverá um curso Intensivo de Inglês neste mês de maio. As aulas se iniciam no dia 5 e vão até o dia 29, das 19h às 22h, no Centro de Capacitação do Sindicato. O investimento para associado efetivo é de R$ 180 e para associado colaborador de R$ 227. O público em geral paga R$ 285.

SINDILOJAS NAS REDES SOCIAIS:

www.facebook.com/SindilojasPOA

@SindilojasPOA

youtube.com/sindilojaspoars

linkedin.com/company/sindilojas-porto-alegre

@SindilojasPOA

5a8 CURSO Técnicas de atendimento e vendas – Nível II

5 a 29 CURSO Intensivo de Inglês – Seleção Varejo

11 DIA DAS MÃES

12 a 15 CURSO Gestão de Compras e Controle de Estoques Nível II

14 CAFÉ COM LOJISTAS com Diogo Chamun, sobre eSocial

19 PALESTRA ESPECIAL com Eduardo Shinyashiki no Teatro do Bourbon Country

19 a 22 CURSO Princípios da Formação de Preços

27 WORKSHOP Rotinas e Práticas Trabalhistas

28 e 29 CURSO Instrumentos para medir a sustentabilidade no varejo

CONEXÃO VAREJO MAIO 2014

21


ESPECIAL POSSE

Presidente do Sindicato Paulo Kruse e o vice-presidente Arcione Piva

Nova diretoria Na noite de 31 de março tomaram posse a nova diretoria e o conselho fiscal do Sindilojas Porto Alegre. Mais de 500 convidados, entre lojistas, autoridades e representantes de entidades, estiveram na Associação Leopoldina Juvenil para prestigiar a cerimônia. Confira a cobertura do evento que tem galeria de fotos especial na página 28.

22 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO

NOVA EQUIPE de gestão eleita em janeiro estará à frente do Sindicato nos próximos quatro anos. Paulo Kruse, proprietário das lojas Patchwork, e Arcione Piva, sócio-diretor do grupo Elevato, assumiram, respectivamente, como presidente e vice-presidente, e pretendem dar continuidade ao trabalho liderado por Ronaldo Sielichow nos últimos sete anos. Paulo Kruse comentou a satisfação que sente em assumir a presidência da Entidade. “Estou confiante e feliz. Sei que teremos grandes desafios pela frente e acredito muito no potencial que esse Sindicato tem por meio da participação efetiva da classe. Quero poder contar

A


PRINCIPAIS OBJETIVOS DA NOVA GESTÃO: • Ampliação dos processos de qualificação e treinamento profissional oferecidos pelo Sindilojas Porto Alegre a lojistas e seus colaboradores, com foco em pequenos e médios empresários; • Fortalecimento do programa Geração Varejo, banco de talentos que disponibiliza candidatos para trabalhar nas diversas funções do comércio, qualificando-os gratuitamente e oferecendo oportunidades para quem não tem experiência; • Aproximação com entidades e associações a fim de construir, conjuntamente, propostas positivas que contribuam para o desenvolvimento econômico e social do Estado; • Ampliação de ações que transformem a Febravar – Feira Brasileira do Varejo – em uma referência nacional para lojistas e fornecedores.

Sílvia Rachewsky, diretora adjunta de Relações com Centros Comerciais, e Augusto Hecktheuer, diretor Financeiro

Paulo Kruse e Zildo De Marchi, assinando o termo de posse

toma posse com os mais de 2 mil associados que temos, parceiros e diversos comerciantes que sempre nos apoiaram nas ações para qualificar cada vez mais o nosso varejo”, afirmou. Ele ressaltou ainda que a Entidade estará focada no desenvolvimento do pequeno e do médio lojista e seguirá apoiando as grandes redes. “Vamos proporcionar informação e qualificação para que as pequenas empresas cresçam de forma sustentável. Ampliaremos a oferta de treinamentos gratuitos e nos comunicaremos com o poder público para buscar condições mais justas de as lojas sobreviverem e gerarem resultados para a economia da cidade”, declarou.

Paulo Kruse, Sebastião Melo, vice-prefeito de Porto Alegre, e Ronaldo Sielichow

CONEXÃO VAREJO MAIO 2014

23


ESPECIAL POSSE

PERFIL DO PRESIDENTE Paulo Kruse nasceu em São Sebastião do Caí (RS), em 5 de janeiro de 1951. É casado com Ivana Kruse, empresária do comércio de vestuário; pai de Paulo Roberto e Karina, e avô de Cecília. Formou-se em Administração de Empresas pela Unisinos e atua como empresário do comércio de vestuário desde 1978. À frente das lojas Patchwork, ele divide com a esposa, Ivana, as responsabilidades junto à rede.

ATUAÇÃO EM ENTIDADES • Vice-presidente Sindilojas Porto Alegre - de 2010 a 2014 • Vice-presidente Comércio Varejista da Fecomércio/RS – gestão 2014-2018 • Diretor Administrativo no Sindilojas Porto Alegre – 2007 a 2010 • Membro do conselho deliberativo da Sogipa – desde 2001 • Membro da diretoria da Sogipa – de 2001 a 2003 • Conselheiro da CDL Porto Alegre – desde 2010 • Delegado da Fecomércio/RS – gestão 2010-2014

24 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO


Jantar de posse ocorreu na Associaテァテ」o Leopoldina Juvenil

Hinos Nacional e do Rio Grande do Sul foram interpretados pela cantora Shana Mテシller

CONEXテグ VAREJO MAIO 2014

25


ESPECIAL POSSE

Membros da nova diretoria do Sindilojas que tomaram posse no dia 31 de março, e o presidente da Fecomércio RS, Zildo De Marchi

DESPEDIDA Durante a posse, Ronaldo Sielichow despediu-se da presidência do Sindicato em que esteve de 2007 a 2014. Ele mencionou os diretores, associados e colaboradores nos resultados positivos alcançados. “Deixo a presidência, mas continuarei contribuindo, agora como membro da diretoria, para que a Entidade siga trabalhando a favor do varejo e dos lojistas de Porto Alegre e de Alvorada.” Um vídeo com mensagens de colaboradores e pessoas importantes na vida de Sielichow foi apresentado na festa. “Tenho orgulho de estar fazendo parte da história do Sindilojas Porto Alegre”, emocionou-se.

26 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO


CONHEÇA A COMPOSIÇÃO DA NOVA GESTÃO 2014 – 2018: • • • • • • • • • • • • • • • • •

Membros da gestão 2007-2014 junto a Ronaldo Sielichow

• • • • • • • • • • • • • • • •

Paulo Kruse (Patchwork) - Presidente Arcione Piva (Elevato) - Vice-presidente Daniel Casais (Tudi Couros) - Vice-presidente Administrativo Marco Antônio Belotto (Astratto Joalheria) - Vice-presidente Financeiro Sérgio Galbinski (Casa Louro) - Vice-presidente de Relações de Trabalho Tarcisio Pires Morais (Fechosul Macosul) - Vice-presidente Comercial Ronaldo Sielichow (Ferragem Porão) - Vice-presidente de Relações Políticas e Institucionais Paulo Penna Rey (Multi Ferragem) - Vice-presidente de Comunicação e Marketing João Rodrigues (San Felipo) - Vice-presidente de Responsabilidade Socioambiental Eduardo Igor (Ferragem Igor) - Diretor Administrativo Augusto Hecktheuer (Casa Augusto) - Diretor Financeiro Vladimir Machado (Machado Modas) - Diretor de Relações de Trabalho Carlos Schmaedecke (Confraria Masculina) - Diretor Comercial Eduardo Spunberg (Coliseu) - Diretor de Relações Políticas e Institucionais Antônio Gomes (Thithãs) - Diretor de Comunicação e Marketing Roberto Zimmer (Zimmer) - Diretor de Responsabilidade Socioambiental Silvia Rachewsky (Contém 1g) - Diretora Adjunta de Relações com Centros Comerciais DIRETORES SUPLENTES Alécio Ughini (Lojas Ughini) Claus Lagemann (Mundo Marinho) Fabiana Estrela (Barriga Verde) Felippe Tarta Sielichow (Ferragem Porão) Irio Piva (Elevato) James Kravetz (Otello) Jorge Luis Logemann (Ferramentas Gerais) Jorge Strassburger (Paquetá) Manuel Motyl (Von Von Modas) Mariana Baroni (Mundo da Malha) Marivaldo Tumelero (Tumelero) Nelson Lídio Nunes (Parcom) Paulo Sérgio Nickel Gonzaga (Ferragem Jotape) Ricardo De Conto (Joalheria Cruzeiro) Roni Zenevich (Elevato) Rosi Frigo Luz (Linna Festas)

CONSELHO FISCAL • Carlos Klein (Ishtar) • Lídio Ughini (Lojas Ughini) • Magnus Scheffer (Magnus Cosméticos) SUPLENTES CONSELHO FISCAL • Alcides Debus (Rabusch) • Moacir Sibemberg (Casa Jóia) • Zilmar Pinto Quintão (Executivo Moda Masculina) CONEXÃO VAREJO MAIO 2014

27


GALERIA SINDILOJAS ESPECIAL

Posse nova diretoria Confira alguns cliques da noite de 31 de março, em que a nova diretoria do Sindilojas Porto Alegre, gestão 2014 - 2018, tomou posse na Associação Leopoldina Juvenil.

Valter Nagelstein e esposa João Carlos Nedel e Paulo Kruse

Paulo Kruse e familia

José Peres, secretário adjunto da Smic, Ronaldo Sielichow, vice-presidente de Rel. Políticas e Institucionais do Sindilojas Porto Alegre, Paulo Kruse, presidente do Sindicato, e Humberto Goulart, secretário da Smic

28 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO

Edson Borba, secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social, representando o governador, e Paulo Kruse

Ronaldo Sielichow e Ver. Idenir Cecchim


LOJISTA EM DESTAQUE Atendimento determinante Em 1984, a Multicoisas foi fundada por Lindolfo Martin e sua esposa Elza. Franqueada da marca, Virgínia de Oliveira Lopes (foto), conta que a loja de variedades preza muito o fato de ter um time de colaboradores qualificados constantemente. “Também somos lembrados pela conveniência e acessibilidade, assim atendemos um público pertencente às classes A/B/C, composto por pessoas modernas e práticas, interessadas em inovação”, comenta. Presente em 21 estados do Brasil, totalizando 172 lojas, há duas unidades da Multicoisas em Porto Alegre, localizadas nos shoppings Praia de Belas e Iguatemi. A loja é associada ao Sindilojas desde 2006 e Virgínia considera muito positiva a parceria. “O Sindicato oferece ao lojista suporte em diversas áreas, como judicial e tributária, além de treinamentos de gestão e vendas e campanhas de estímulo de vendas”, destaca.

Bate-Bola com Virgínia Sou de: Porto Alegre Trabalho no meu ramo há: 7 anos Ser lojista para mim é: criar relacionamentos. Gosto de Porto Alegre por quê: nasci aqui, gosto das pessoas e dos espaços da cidade. Minha frase preferida é: dinheiro não se ganha, se faz. Comerciante feliz é comerciante: que consegue atender seus clientes suprindo suas necessidades e desejos ao mesmo tempo que proporciona a sua equipe condições de se desenvolver e progredir, tendo como consequência resultado financeiro.

Maria Xica A loja Maria Xica, que tem lojas na Protásio Alves e Shopping Total, oferece produtos diferenciados, com personalidade e humor. É possível conferir o estilo dos itens diferenciados do estabelecimento pelo site www.lojamariaxica.com.br.

Casa do Parquet O proprietário Divo Rene Einsfeld, de 81 anos, até hoje verifica de perto o andamento do negócio. São seus quatro filhos que hoje administram a empresa, comercializando papéis de parede, carpetes, pisos vinílicos e, claro, grande oferta de pisos em madeira, na Avenida São Pedro, 374. Pronta entrega, qualidade e preço baixo são os motes de atração do cliente. Participe desta editoria enviando novidades sobre sua loja para o e-mail imprensa@sindilojaspoa.com.br CONEXÃO VAREJO MAIO 2014

29


CARAS DE PEDRA

Doce palacete OMBADO COMO patrimônio histórico pela Prefeitura de Porto Alegre em 1997, o Palacete Rocco abrigava um dos pontos mais doces da Capital: a Confeitaria Rocco. Localizada entre as esquinas das ruas Riachuelo e Dr. Flores, a fábrica de doces e também salão de festas tinha como proprietário o italiano Nicolau Rocco (1861 – 1932), que era dono de outra confeitaria na cidade, a Sul-América, e da Confeitaria El Molino, em

T

Buenos Aires (ARG). O prédio começou a ser construído em 1910, sendo inaugurado em 20 de setembro de 1912, e seu arquiteto, Salvador Lambertini, mesclou no projeto o estilo neoclássico com art-noveau. Os autores dos afrescos são Giuseppe Gaudenzi e Frederico Pellarin e, possivelmente, também Gustavo Steigleder. Com estrutura mista de alvenaria, tijolos de barro e vigamentos de ferro, o prédio tem 1.560 m2, distribuídos em quatro andares.

Os lojistas associados que não receberam o calendário podem entrar em contato com o Sindilojas pelo telefone (51) 3025-8300

30 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO


FIQUE POR DENTRO DAS ÚLTIMAS NOVIDADES DO VAREJO VISITE A FEBRAVAR. De 15 a 17 de setembro, no BarraShoppingSul, em Porto Alegre.

www.febravar.com.br

15 de setembro

17 de setembro

āą$ŏđŏAbertura Oficial āć$ŏđŏPalestra com Luiza Helena Trajano, Magazine Luiza āĉ$ăĀŏđ Mesa-redonda: Criatividade no PDV

āĂ$ŏđ Abertura da Feira

16 de setembro āĂ$ŏđŏAbertura da Feira Visita técnica

Workshop da visita técnica NOVIDADE āą$ŏđ Mesa-redonda: Tendências para o varejo āĈ$ŏđ Mesa-redonda: Pessoas como fator de sucesso ĂĀ$ŏđ Encerramento da Feira Troféu Mercúrio

NOVIDADE

āą$ŏđŏMesa-redonda: Shopping āĈ$ŏđŏMesa-redonda: Novas formas de vender no varejo ĂĀ$ŏđŏPalestra Inscreva-se pelo e-mail febravar@febravar.com.br đŏMais informações, ligue (51) 3025.8300 Apoio:

Realização:

*Programação sujeita à alteração.

Confira a programação*:


u e s e r a . s Prep a l o c a s e d e u q esto ue q o ã ç o A prom ta o n e m i v o m . í a m e v comércio ,Z[mJOLNHUKVH¡LKPsqVKH=HSL4HPZ!HWYVTVsqV X\L]HPH\TLU[HYHZZ\HZ]LUKHZLTZL[LTIYVLMHaLY [VKVT\UKVZHPYNHUOHUKV7HY[PJPWL

7YVTVJHV=HSL4HPZ

32 MAIO 2014

CONEXÃO VAREJO

Quem tem loja, tem a gente.


Conexão Varejo Maio/2014