Issuu on Google+

Metalúrgicos de Canoas e Nova Santa Rita

Ano XX

nº 280

OUTUBRO / 2013

MAIS DEMOCRACIA E ORGANIZAÇÃO

Criado Departamento dos Aposentados Metalúrgicos de Canoas e Nova Santa Rita O Sindicato dos Metalúrgicos criou na manhã do sábado, 5 de outubro, o Departamento dos Aposentados, uma organização que terá como objetivo principal congregar e integrar os aposentados da base metalúrgica de Canoas e Nova Santa Rita e contribuir para a organização e o apoio às lutas e demandas deste importante segmento de nossa categoria. O evento iniciou às 10 horas da manhã e contou com a presença de aproximadamente 100 pessoas, que debateram a realidade dos aposentados e pensionistas brasileiros, normalmente relegados a um segundo plano por instituições públicas, privadas e governamentais.

Organização será parceira de luta das associações e sindicatos de aposentados A ideia de criar um Departamento dos Aposentados é antiga e foi amadurecida a partir da eleição da atual direção. Os sindicatos metalúrgicos vizinhos (das bases de Porto Alegre e de São Leopoldo) possuem antigas associações de aposentados que contribuem para as entidades tocarem a luta e dar assistência aos seus veteranos associados. Faltava a base de Canoas e Nova Santa Rita ter uma organização semelhante aqui na região. “Não queremos competir nem cooptar aposentados metalúrgicos que participam de outras organizações, como a Atapec – Associação dos Trabalhadores Aposentados e Pensionistas de Canoas, por exemplo. Queremos, isso sim, somar esforços para que nossos antigos companheiros tenham vez e voz, nos ajudem a lutar por eles, tenham um espaço digno para se reunir e pensar políticas que visem mais e melhores conquistas para aqueles que estão aposentados ou em vias de se aposentar. Nada mais justo do que ajudar aqueles que trabalharam uma vida inteira e, no passado, ajudaram a construir nosso sindicato e lutaram para garantir avanços que até hoje constam nas principais leis trabalhistas e em nossas convenções coletivas”, resumiu Paulo Chitolina, presidente do sindicato.

Salão de eventos do sindicato recebeu um bom número de aposentados para a criação do departamento

ATAPEC apóia luta dos aposentados metalúrgicos Presente no encontro, o presidente da Atapec, Carlos Olegário Ramos, ex-metalúrgico da Maxiforja e da Coemsa, acompanhado de outro dirigente da associação, Artidor dos Santos, exmetalúrgico da Madef, parabenizou o sindicato pela iniciativa de criar um departamento para cuidar dos interesses dos aposentados da categoria. Para ele, é muito importante que os aposentados ampliem os espaços de união e organização para lutar pelas demandas da classe, entre elas a desvinculação do salário dos aposentados do salário mínimo, que faz com que, ao longo dos anos, os inativos que ganham acima do mínimo vão perdendo poder aquisitivo. “Não podemos aceitar o discurso de que a Previdência é deficitária. Nós, aposentados, temos que lutar para que Carlos Olegário da o nosso salário receba os mesmos Atapec saudou e aumentos reais concedidos ao mínimo. elogiou a iniciativa Também temos que lutar contra o fator da direção do previdenciário e lutar por políticas públicas sindicato que beneficiem os nossos companheiros e Encontro define Atendimento companheiras os primeiros será para aposentados”, coordenadores associados, defendeu em do Departamento todas as quintas seu discurso.

Leia na outra página

dos Aposentados

Agora os aposentados terão um espaço exclusivo para discutir e encaminhar suas demandas

-feiras à tarde


2

Fone: 0800-6024955

Jornal A Vez e Voz do Peão - Outubro de 2013

Dirigentes ressaltam a importância dos aposentados A luta dos atuais aposentados no passado, fez com que o nosso sindicato fosse o que é hoje: uma entidade de luta, organizada, transparente, que depende tão somente das contribuições de seus associados, uma referência para outras entidades sindicais. Essa opinião de Nelsinho Metalúrgico, deputado estadual e diretor do nosso sindicato, resume muito bem a importância que os aposentados metalúrgicos tem na história de mais de 53 anos do sindicato. “É também pelos aposentados que o sindicato atualmente faz inúmeros investimentos em seu patrimônio”, disse o tesoureiro Zé Rosales. Ele lembrou dos convênios e dos serviços de assistência médica e odontológica do sindicato e das reformas feitas para melhorar o atendimento aos aposentados, como os novos espaços de lazer do ginásio, com cancha de bocha, pista de boliche e salões climatizados, tudo para os aposentados se reunirem para

ampliar o convívio social. Rosales também lembrou da realização da 1ª Jornada Esportiva com torneios de bocha, boliche e futsal, e para a qual todos os aposentados associados foram convidados. “A cada ano temos melhorado a estrutura patrimonial do sindicato, inclusive para os aposentados”, reforçou o secretáriogeral, Flávio de Souza, o Flavião. Como exemplo, citou a Colônia de Férias, que foi recentemente reformada e fica aberta o ano Presidente Chitolina, deputado Nelsinho, Flavião e Zé Rosales inteiro, principalmente para atender os falaram da importância dos aposentados para nossa categoria aposentadorias estão encolhendo ano a ano, aposentados e seus dependentes. Ele lembrou que, fora da temporada, a colônia de fruto da ‘sacanagem’ feita pelo governo de FHC férias oferece 61 apartamentos com taxas 50% (PSDB), que desvinculou o aumento do salário menores, além do camping, cancha de bocha mínimo dos salários dos aposentados que ganham mais de um salário mínimo. Se não coberta e outros espaços. Para o vice-presidente, Silvio Bica, o lutarmos, vai chegar o dia em que todos os Departamento dos Aposentados pode contribuir aposentados vão ganhar apenas um salário para os metalúrgicos ampliarem o seu poder de mínimo”, alertou, dizendo que o sindicato sempre mobilização na luta por melhores salários. “As será parceiro desta luta.

Encontro define primeiros coordenadores No final do encontro do sindicato”, resumiu. Já Angelico realizado no dia 5 de outubro, foram Pereira lembrou que foi ele quem apresentados e aclamados os sugeriu que a organização fosse quatro companheiros aposentados um departamento e não uma que inicialmente vão coordenar o associação, justamente para evitar departamento. São eles: Angelico disputas políticas. Edson e José Lacerda Pereira, Edson Vanderlei Irani prometeram empenho e Silva, José Irani dos Santos e José dedicação, fazer o departamento Odonir Oliveira, todos antigos funcionar em prol da categoria, associados e com um histórico de especialmente dos aposentados. militância no sindicato e em Cipas. J o s é O d o n i r, m a i s conhecido pelo apelido de Pardal, disse que o departamento pretende ser uma espécie de parceiro do sindicato nas questões que envolvem os aposentados e ser protagonista na luta da categoria. “Os aposentados não querem ser Presidente Chitolina e os coordenadores lembrados apenas nas eleições José Odonir, Angelico, José Irani e Edson

Atendimento para associados todas as quintas-feiras à tarde No final do encontro ficou decidido que o Departamento dos/as Aposentados/as vai atender apenas os companheiros e companheiras que são associados do sindicato, e que os coordenadores vão fazer plantão todas as quintas-feiras à tarde, na sede, para ouvir e encaminhar as demandas dos aposentados, esclarecer questões que envolvem direitos trabalhistas e previdenciários – com a devida assessoria do jurídico do sindicato - organizar mobilizações da categoria e fazer o trabalho de integração com outras instituições que representam os aposentados. O atendimento será feito numa sala que foi especialmente criada onde antigamente O jornal A Vez e a Voz do funcionava o laboratório de EXPEDIENTE Peão é uma publicação do informática dos cursos do Sindicato dos Metalúrgicos de Canoas e Nova Santa Rita - STIMMMEC - Rua Caramuru, 330 Programa Integrar, próxima à Centro - Canoas/RS - Fone: 0800.6024955 - Site: entrada interna do ginásio de www.sindimetalcanoas.org.br - Email: stimmmec@terra.com.br Facebook: /sindicato.metalurgicodecanoas - Colônia de Férias: esportes. Quem quiser, pode (51) 3683.1819 - Presidente: Paulo Chitolina - Vice-presidente: buscar informações pelo Silvio Roberto Lopes Bica - Secretário de Imprensa: André Severo Soares (Índio) - Assessoria de Imprensa: Geraldo fone 0800.6024955 (ligação Muzykant (Reg. Prof. n° 8658) - Estagiária em Jornalismo: Paula Viegas - OBS.: A reprodução total ou parcial do conteúdo gratuita). deste jornal é permitida desde que citada a fonte.

Minuto de silêncio Durante o evento de criação do Departamento dos Aposentados, foi feito um minuto de silêncio em homenagem aos aposentados metalúrgicos que ajudaram na luta e na construção de nosso sindicato e já não estão entre nós. Entre eles, foi lembrado especialmente o nome do expresidente João Jorge de Freitas Lima, o Freitinhas, falecido em 2011.

Senador Paulo Paim saúda aposentados A presença do senador no encontro de criação do Departamento dos Aposentados estava confirmada, mas, por um problema de agenda, o parlamentar antecipou sua vinda uma semana antes, quando o sindicato promoveu o Seminário de Cipeiros, no sábado. Na ocasião, Paim lembrou da sua trajetória no sindicato e dos antigos companheiros de luta, hoje aposentados, e deixou para distribuição a cartilha contendo o Estatuto do Idoso, fruto da Lei nº 10.741, de sua autoria, que completou 10 anos em 1º de outubro passado.

Paim deixou uma mensagem de otimismo para os aposentados

A pedido de nosso sindicato, o senador Paim enviou a seguinte saudação para os veteranos companheiros/as que ainda estão na luta e criaram o Departamento dos Aposentados: “Meu respeito e admiração pelos aposentados do Sindicato dos Metalúrgicos de Canoas e Nova Santa Rita é de ciência pública. Mais do que isso: é uma relação de reconhecimento para com todos vocês que construíram essa história e não merecem vê-la desvanecer-se no tempo como se nada tivesse representado. Acredito ser impossível pensar na construção de um futuro sadio para nossa sociedade, para o nosso Rio Grande do Sul, para o nosso Brasil, enquanto os nossos

aposentados, pensionistas e idosos são vistos como seres descartáveis, cujo tempo já não mais existe. O tempo é agora e não importa se neste momento estamos envelhecidos. Relevante é... estarmos vivos, termos nossa dignidade respeitada, exercermos p l e n a m e n t e n o s s o s d i re i t o s , participando da vida com a experiência que nos foi presenteada e com ela contribuindo na edificação de novos caminhos. Um grande abraço”. Senador Paulo Paim


A Voz e a Vez do Peão