Issuu on Google+

NOTÍCIAS_________________ FELIZ 2013 Carta do Presidente Vivemos tempos de mudança diária, o presente está cada vez menor, espremido entre o passado voraz e o futuro que se mostra cada vez mais como um desafio. Para o setor moveleiro do Paraná 2012 foi um ano intenso em que as empresas tiveram que seguir se reinventando, e este é um caminho sem volta: A REINVENÇÃO! Em 2012 tivemos inúmeras reuniões, programas, viagens, palestras, consultorias promovidas por nossa entidade de representação empresarial moveleira, o SIMOV. Cada uma delas foi mais um passo no sentido do desenvolvimento das nossas empresas e do bem social. Para 2013 esperamos sermos capazes da reinvenção diária dos nossos modelos de negócio, que agora mudam com a velocidade da informação. Acreditamos nisso! Inovação, produtividade, automatização, capacitação e trabalho em rede devem ser como que mantras para a indústria moveleira em 2013. O SIMOV, como tem sido nestas seis décadas de trabalho, estará ao lado da indústria moveleira em 2013! A equipe do SIMOV e sua diretoria desejam aos amigos moveleiros e suas famílias um excelente 2013!

Aurélio Sant'Anna Presidente do Simov

Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel – Curitiba PR CEP 80240-000 Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I simov@simov.com.br


NOTÍCIAS_________________ ABRANDAMENTO LEGAL - MULTA POR DESCUMPRIR OBRIGAÇÃO TRIBUTÁRIA É REDUZIDA Foi sancionada no último dia 28 de dezembro a Lei federal 12.766 que, entre outros pontos, reduz e escalona as multas por descumprimento de obrigações tributárias para com a Receita Federal. As informações são do site InfoMoney. Antes, em caso de atraso ou falta de entrega de documentos exigidos pelo órgão, as multas tinham valor de R$ 5 mil por mês/calendário. Agora, os valores variam de R$ 100 a R$ 1,5 mil. Para as empresas optantes pelo Simples Nacional, a redução chega a 70% do valor em alguns casos. O presidente da Federação Nacional das Empresas de Serviços Contábeis (Fenacon), Valdir Pietrobon, aponta que o objetivo das alterações é oferecer um tratamento proporcional quanto à penalidade por descumprimento de obrigações tributárias, com a redução e escalonamento das multas referentes à Escrituração Contábil Digital (ECD) e à Escritura Fiscal Digital (EFD) - PIS/COFINS. Mudanças no artigo: De acordo com a redação final, publicada no site do Palácio do Planalto, o assunto é abordado sobre os valores estipulados por apresentação extemporânea e por não atendimento na apresentação de declarações, demonstrativos e escritura digital. Por apresentação extemporânea, será aplicada uma multa de R$ 500 por mês/calendário às pessoas jurídicas que, na última declaração, tenham apurado lucro presumido. Já para o empreendedor que, também na última declaração, tenha apurado lucro real ou optado pelo arbitramento, a multa será de R$ 1,5 mil. Caso o empresário apresente declaração com informações inexatas, incompletas ou omitidas, a multa será de 0,2%, não inferior a R$ 100,00, sobre o faturamento do mês anterior ao da entrega da declaração, demonstrativo ou escrituração equivocada. Veja abaixo o trecho da lei que trata das obrigações tributárias: Art. 8º O art. 57 da Medida Provisória nº 2.158-35, de 24 de agosto de 2001, passa a vigorar com a seguinte redação: "Artigo 57. O sujeito passivo que deixar de apresentar nos prazos fixados declaração, demonstrativo ou escrituração digital exigidos nos termos do art. 16 da Lei nº 9.779, de 19 de janeiro de 1999, ou que os apresentar com incorreções ou omissões será intimado para apresentá-los ou para prestar esclarecimentos nos prazos estipulados pela Secretaria da Receita Federal do Brasil e sujeitar-se-á às seguintes multas:

Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel – Curitiba PR CEP 80240-000 Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I simov@simov.com.br


NOTÍCIAS_________________ I - por apresentação extemporânea: a) R$ 500,00 (quinhentos reais) por mês-calendário ou fração, relativamente às pessoas jurídicas que, na última declaração apresentada, tenham apurado lucro presumido; b) R$ 1.500,00 (mil e quinhentos reais) por mês-calendário ou fração, relativamente às pessoas jurídicas que, na última declaração apresentada, tenham apurado lucro real ou tenham optado pelo autoarbitramento; II - por não atendimento à intimação da Secretaria da Receita Federal do Brasil, para apresentar declaração, demonstrativo ou escrituração digital ou para prestar esclarecimentos, nos prazos estipulados pela autoridade fiscal, que nunca serão inferiores a 45 (quarenta e cinco) dias: R$ 1.000,00 (mil reais) por mêscalendário; III - por apresentar declaração, demonstrativo ou escrituração digital com informações inexatas, incompletas ou omitidas: 0,2% (dois décimos por cento), não inferior a R$ 100,00 (cem reais), sobre o faturamento do mês anterior ao da entrega da declaração, demonstrativo ou escrituração equivocada, assim entendido como a receita decorrente das vendas de mercadorias e serviços. § 1º Na hipótese de pessoa jurídica optante pelo Simples Nacional, os valores e o percentual referidos nos incisos II e III deste artigo serão reduzidos em 70% (setenta por cento). § 2º Para fins do disposto no inciso I, em relação às pessoas jurídicas que, na última declaração, tenham utilizado mais de uma forma de apuração do lucro, ou tenham realizado algum evento de reorganização societária, deverá ser aplicada a multa de que trata a alínea b do inciso I do caput. § 3º A multa prevista no inciso I será reduzida à metade, quando a declaração, demonstrativo ou escrituração digital for apresentado após o prazo, mas antes de qualquer procedimento de ofício." (NR).

Fonte: InfoMoney

Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel – Curitiba PR CEP 80240-000 Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I simov@simov.com.br


NOTÍCIAS_________________ FIEP DESTACA APROVAÇÃO DA MP 575 QUE REDUZ MULTAS POR ATRASO NAS OBRIGAÇÕES ACESSÓRIAS Federação das Indústrias do Paraná, por meio de seu Conselho de Assuntos Tributários, teve papel decisivo na conquista que atende a todo o setor produtivo. O presidente da Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), Edson Campagnolo, elogiou a decisão da presidente da República, Dilma Rousseff, que na última sexta-feira (28) sancionou a Medida Provisória 575. Entre outros benefícios, a medida reduz o valor da multa por atraso no recolhimento das obrigações acessórias e substitui o modelo anterior por um sistema de escalonamento. Na prática, a multa que anteriormente era de R$ 5 mil, a partir de agora pode ser escalonada e cai para R$ 500. “Para o setor produtivo esta decisão é muito importante porque o sistema anterior estava penalizando demasiadamente as empresas,”disse o presidente da Fiep. Ele lembrou que as empresas brasileiras já sofrem pelo excesso de tributos, juros altos e câmbio desfavorável e não poderiam arcar com mais este custo. Edson Campagnolo lembrou que a Fiep encabeçou esta luta e teve um papel fundamental na aprovação da medida. “Fomos pessoalmentte a Brasília levar nossa reivindicação” , contou. Ele destacou especialmente a atuação do Conselho de Assuntos Tributários da federação pela atuação no processo. O presidente da Fiep parabenizou também o senador Sérgio Souza que ouviu o pleito do setor produtivo e se posicionou favoravelmente à aprovação da MP. Além de defender, influenciou outros senadores, em especial da base governista, da importância da aprovação do texto original conforme publicação no Diário Oficial da União.

Fonte: Fiep

Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel – Curitiba PR CEP 80240-000 Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I simov@simov.com.br


NOTÍCIAS_________________ EMPRESAS DEVEM RECOLHER CONTRIBUIÇÃO SINDICAL ATÉ O DIA 31 DE JANEIRO Guia de recolhimento pode ser emitido pela internet. Pagamento possibilita participação de concorrências públicas e outros benefícios As empresas do Paraná têm até o dia 31 de janeiro para recolher a Contribuição Sindical Empresarial. A taxa é recolhida anualmente de forma compulsória e tem como objetivo manter a estrutura representativa do setor produtivo. A contribuição é amparada legalmente pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), mais precisamente entre os artigos 578 a 591. As empresas que não efetuarem o pagamento poderão ser multadas pelo Ministério do Trabalho e Emprego. Outras penalidades incluem o impedimento de participar de concorrências públicas e administrativas e de fornecer para repartições paraestatais ou autárquicas. Ela também é necessária para obtenção de registros e licenças para funcionamento junto às repartições federais, estaduais e municipais. Para fornecer informações às companhias e facilitar o processo de emissão da guia para recolhimento da contribuição, a Federação das Indústrias do Paraná (Fiep), a Federação do Comércio do Paraná (Fecomércio) e a Federação da Agricultura do Paraná (Faep) lançaram em 2012, em conjunto, o site www.contribuicaosindical.org.br. A Contribuição Sindical é importante para que a estrutura representativa de cada setor (indústria, comércio e produção rural) funcione adequadamente, defendendo os temas de interesse do empresariado, como a diminuição da carga tributária e a simplificação das leis trabalhistas. Ela também assegura a estrutura para o apoio à internacionalização das empresas, acesso a pesquisas, cursos e o fomento da inovação tecnológica.

Fonte: Fiep

Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel – Curitiba PR CEP 80240-000 Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I simov@simov.com.br


NOTÍCIAS_________________ EXPORTAÇÕES BRASILEIRAS MANTÊM PATAMAR ELEVADO EM 2012 China foi a principal origem das importações brasileiras pela primeira vez As exportação brasileiras tiveram o segundo maior valor da série histórica da balança comercial em 2012, com o valor de US$ 242,6 bilhões, número inferior apenas ao registrado em 2011(US$ 256 bilhões), apresentando queda de 5,3%). O mesmo aconteceu com as importações, que fecharam o ano em US$ 223,1 bilhões, com retração de 1,4% em relação ao recorde estabelecido em 2011 (US$ 226,2 bilhões). Com esses resultados, o saldo comercial foi de US$ 19,4 bilhões e a corrente de comércio (US$ 465,7 bilhões). Ao divulgar os números hoje, em entrevista coletiva, a ministra interina do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC), Tatiana Lacerda Prazeres, analisou que os dados mostram que as exportações brasileiras mantiveram um patamar elevado mesmo diante da crise econômica internacional. “Estamos no mesmo patamar de 2011, quando as exportações brasileiras tiveram crescimento de 27% em relação a 2010, o que as colocou em um patamar bastante elevado. Deste modo, essa queda de 5,3%, em 2012, não nos afasta deste nível histórico e recorde”, disse a ministra interina. Tatiana observou ainda que, em 2009, no primeiro momento da crise econômica internacional, houve retração de 22% nas vendas brasileiras ao exterior. “Apesar dos efeitos da crise externa, nesse ano, portanto, o comércio exterior brasileiro apresenta um bom desempenho”, afirmou. Em relação aos mercados, uma das novidades de 2012 está relacionada à China que, pela primeira vez na série histórica, terminou o ano como principal origem das importações brasileiras, com aquisições de US$ 34,2 bilhões, tomando o lugar dos Estados Unidos (US$ 32,6 bilhões). Na sequência, estão os mercados de Argentina (US$ 16,4 bilhões), Alemanha (US$ 14,2 bilhões) e Coreia do Sul (US$ 9,1 bilhões). Os principais mercados de destino das exportações brasileiros, em 2012, foram China (US$ 41,2 bilhões), Estados Unidos (US$ 26,8 bilhões), Argentina (US$ 18 bilhões), Países Baixos (US$ 15 bilhões) e Japão (US$ 8 bilhões). Sobre os produtos brasileiros exportados, alcançaram recordes de vendas no ano: farelo de soja (US$ 6,595 bilhões), milho (US$ 5,359 bilhões), óleos combustíveis (US$ 5,038 bilhões), algodão em bruto (US$ 2,104 bilhões), bombas e compressores (US$ 1,778 bilhões) e ônibus (US$ 295 milhões).

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do MDIC

Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel – Curitiba PR CEP 80240-000 Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I simov@simov.com.br


NOTÍCIAS_________________ 15ª ABIMAD REÚNE FABRICANTES DE MOBILIÁRIO E ACESSÓRIOS DE ALTA DECORAÇÃO Feira acontece em São Paulo de 19 a 22 de fevereiro de 2013 Maior feira do segmento de mobiliário e alta decoração da América Latina, a 15ª edição da Abimad (Feira Brasileira de Móveis e Acessórios de Alta Decoração), acontece de 19 a 22 de fevereiro de 2013 no Centro de Exposições Imigrantes, em São Paulo (SP). Com o objetivo de apresentar as principais tendências e novidades do que há de mais sofisticado no setor moveleiro, a feira Abimad é exclusivamente limitada aos lojistas de móveis e objetos de decoração, além de profissionais do setor. “Nossa expectativa para a edição de 2013 é aumentar em 20% o número de visitantes em relação à edição anterior”, revela Michel Otte, presidente da associação. Com um mix de produtos que incluem móveis e objetos de decoração, a edição 2013 contará com cerca de 160 expositores que estarão apresentando peças como sofás, poltronas, mesas, aparadores, bufês, salas de jantar, cadeiras e móveis para áreas externas. Há também luminárias, tapetes, cristais e acessórios decorativos e utilitários em geral, que combinam qualidade, tecnologia e design. “O público que visitar a Abimad 2013 vai se surpreender com a valorização do design brasileiro nos lançamentos apresentados pelos expositores, além do uso de novas tecnologias em termos de equipamentos e materiais”, explica Otte. Organizada pela Associação Brasileira das Indústrias de Móveis de Alta Decoração, a feira possui duas edições anuais, sempre nos meses de fevereiro e julho. “A Abimad é a única feira da América Latina que subsidia a participação de cerca 700 convidados Vips vindos de toda a parte do Brasil”, afirma Michel Otte, presidente da associação. Para receber visitantes estrangeiros, a feira Abimad conta com um Departamento Internacional, responsável pela vinda de quase 50 importadores da América Latina, Europa, Oriente Médio e África. Estes compradores dispõem de serviço de tradução e acesso exclusivo ao International Lounge dentro do pavilhão. As empresas associadas da Abimad que fazem parte do programa “Quality for Export” podem realizar reuniões com os importadores (VIP Internacional), facilitando a concretização de negócios. Entre outras ações, a feira proporciona o Encontro Internacional de Negócios, um programa desenvolvido pela Abimad para incentivar as exportações. Atualmente, a Abimad possui 178 empresas associadas de todo o Brasil. Serviço: 15ª Abimad – Feira Brasileira de Móveis e Acessórios de Alta Decoração Data: 19 a 22 de fevereiro de 2013 Local: Centro de Exposições Imigrantes –Jabaquara-SP Informações: www.abimad.com.br Fonte: Inteligemcia

Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel – Curitiba PR CEP 80240-000 Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I simov@simov.com.br


NOTÍCIAS_________________ FIMMA MARCENEIRO TERÁ SUA QUARTA EDIÇÃO EM 2013 O projeto Fimma Marceneiro, atração que ocorre de forma concomitante a Fimma Brasil, recebe seus convidados para uma programação destinada a disseminar conhecimento e facilitar o acesso às novidades do setor O projeto tem como objetivo incentivar a participação das micro e pequenas empresas na Fimma Brasil, incentivando o empreendedorismo. Com workshops e visitas orientadas, o projeto coloca os profissionais em contato com o que existe de mais moderno em máquinas, matérias-primas e acessórios para móveis. Em sua quarta edição, a iniciativa vem se consolidando como oportunidade para os marceneiros conhecerem fornecedores de diversas regiões e ampliarem seu networking. Para a edição de 2013, a Fimma Brasil está intensificando a mobilização de marceneiros através do contato com sindicatos, entidades de classe, a fim de auxiliar na organização de caravanas para participar do projeto. As ações especiais ocorrem entre os dias 19 e 22 de março. Os interessados em participar do projeto devem entrar em contato pelo e-mail marceneiro@fimma.com.br ou pelo telefone (54) 2102-2450. Também é possível obter informações com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (SEBRAE) e verificar a possibilidade de visitar o evento por meio de caravanas. Fimma Brasil 2013 Quando: 18 a 22 de março Horário: 10h às 18h Local: Parque de Eventos de Bento Gonçalves (RS) Informações: www.fimma.com.br

Fonte: eMobile

Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel – Curitiba PR CEP 80240-000 Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I simov@simov.com.br


NOTÍCIAS_________________ MOVEXPO SERÁ REALIZADA EM MAIO A quinta edição da Feira Nacional de Móveis para a Região Nordeste, uma das mais representativas para o setor moveleiro, já tem data definida para 2013: o evento será realizado entre os dias 21 e 14 de maio, no Centro de Convenções de Pernambuco, em Olinda (PE), e deve movimentar cerca de R$ 250 milhões. Cerca de 95% da área da feira já foi comercializada. Em 2013, serão mais de cem empresas nacionais e internacionais, que ocuparão um espaço de 25 mil metros quadrados e apresentarão as últimas novidades em cozinhas, salas de jantar, dormitórios, linhas infantis, entre outros. Para a fabricante de cozinhas em aço Bertolini, a feira é uma oportunidade de apresentar novidades para os clientes diretamente. “Graças ao evento, fortalecemos o relacionamento com especificadores e promovemos, com esses canais, nossos lançamentos e diferenciais”, declara o gerente comercial da Bertolini, Osvaldo Krüger. Outra empresa que já garantiu espaço na feira foi a Móveis Rodial, que também acredita que o evento promove melhorias para o setor. “O crescimento do mercado nos obriga a investir nos negócios, lançar produto e ampliar o parque fabril, e esse crescimento é muito bom para nós”, avalia o diretor comercial da Móveis Rodial, Ilario Riva. Também estão confirmadas as participações da Colchões Castor, Tcil Móveis, Estofart, além de outras empresas. Hoje, Pernambuco reúne cerca de 200 fabricantes formais de móveis, de acordo com o Sindicato da Indústria de Móveis de Pernambuco (Sindmóveis-PE). Para a instituição, o momento de desenvolvimento é propício para a realização de eventos como a Movexpo. “O potencial de consumo de Pernambuco deve aumentar com a proximidade dos eventos esportivos que vamos receber, que trazem confiança e fazem os empresários enxergarem novas perspectivas”, avalia o presidente do Sindmóveis-PE, Vikentios Kakakis. “Com empresas se consolidando aqui, os empresários que estão construindo hotéis e restaurantes não precisarão ir para o Sul e Sudeste para mobiliar seus espaços, pois temos tudo na região Nordeste”, completa. V Movexpo Data: de 21 a 24 de maio de 2013 Local: Centro de Convenções de Pernambuco, Av. Professor Andrade Bezerra, s/n, Olinda (PE) Saiba mais no site da Movexpo.

Fonte: eMobile

Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel – Curitiba PR CEP 80240-000 Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I simov@simov.com.br


DESTAQUE_________________ JANTAR DE CONFRATERNIZAÇÃO 2012 No dia 7 de dezembro de 2012, no restaurante Dom Antônio, em Curitiba, foi realizado nosso jantar de confraternização.

Confira as fotos desse jantar em nossa galeria no Facebook

Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel – Curitiba PR CEP 80240-000 Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I simov@simov.com.br


INFORMAÇÕES JURÍDICAS___ Clique e Confira RESUMO DIÁRIO OFICIAL DA UNIÃO Informativo elaborado pelo Departamento de Assuntos Legislativos da FIEP, n°01 de janeiro de 2013. Resumo do Diário Oficial da União e do Estado.

NOTÍCIAS LEGISLATIVAS FEDERAIS E ESTADUAIS Informativo elaborado pelo Departamento de Assuntos Legislativos da FIEP, n°01 de janeiro de 2013.

NOVOS PROJETOS DE LEI Elaborado pelo Departamento de Assuntos Legislativos da FIEP, nº 29.

Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel – Curitiba PR CEP 80240-000 Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I simov@simov.com.br


OPORTUNIDADE___________ CURSO TÉCNICO - DESIGN DE MÓVEIS – CURITIBA/JARDIM BOTÂNICO

SOBRE O CURSO Área de atuação: Madeira e Mobiliário Duração: 1060 horas (Três módulo) Turno: Noite Horário do curso: 18h40 às 22h10 Início das aulas: 04/02/2013 Já pensou em planejar móveis e ambientes incorporando tecnologia com soluções bonitas, criativas e ecologicamente corretas? Então conheça melhor a área de Madeira e Mobiliário. PERFIL DO PROFISSIONAL FORMADO Durante o curso você é capacitado para possuir uma inserção competente e competitiva junto ao setor industrial e à sociedade, no desenvolvimento relacionado ao design de móveis; analisar de forma crítica projetos de produtos moveleiros; aplicar normas técnicas cabíveis na criação de produtos, quanto à ergonomia, tecnologia de materiais e processos técnicos. O design de móveis representa uma área muito significativa para o crescimento da indústria moveleira. Área de Atuação Escritórios de design, indústrias moveleiras, lojas de móveis e de decoração e representações comerciais. PROCESSO SELETIVO Para saber as datas da prova, consulte o Edital >> Inscrições para o Processo Seletivo: 19/11/2012 a 18/01/2013. Inscreva-se para o Processo Seletivo >> Realização da Prova: 20/01/2013, das 9h às 12h Resultado do Processo Seletivo: 23/01, a partir das 12h Período de Matrículas: 23 a 25/01/2013, conforme horário da unidade. Processo Seletivo Agendado (Vagas Remanescentes): 26/01 a 04/02/13, conforme horário da Unidade Início de Aulas: 04/02/2013

Clique aqui para mais informações!

Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel – Curitiba PR CEP 80240-000 Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I simov@simov.com.br


OPORTUNIDADE___________

Confira a edição especial da revista RG Móvel – Indústria e Marcenaria

Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel – Curitiba PR CEP 80240-000 Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I simov@simov.com.br


Clique aqui para acessar nossa página no Facebook. Curta nossa página!

Clique aqui para acessar nosso perfil no Twitter. Siga @simovpr!

Sindicato da Indústria do Mobiliário e Marcenaria do Estado do Paraná Av. Sete de Setembro, 4698 Cj. 1601/1602 Batel – Curitiba PR CEP 80240-000 Fone/Fax: 41. 3342.5052 www.simov.com.br I simov@simov.com.br


Informativo Simov nº01.2013