Issuu on Google+

M A D E I R A


Ilha da Madeira

O arquipélago da Madeira encontra-se situado no Oceano Atlântico, distância que, traduzida em minutos, representa 90 minutos de voo a partir da cidade de Lisboa. Sendo um arquipélago com um clima subtropical e paisagens deslumbrantes, a Madeira é justamente conhecida como “o Jardim Flutuante” ou “a Pérola do Atlântico”. É o miradouro da Europa para o Oceano Atlântico.

Ilhas Desertas e Selvagens

Este arquipélago é formado pela Ilha da Madeira com uma área de 740,7 km², pelo Porto Santo com 42,5 km², pelas Ilhas Desertas com um total de 14,2 km², no conjunto das suas 3 ilhas desabitadas e ainda pelas Ilhas Selvagens, cujo conjunto de 3 ilhas e dezasseis ilhéus desabitados detêm uma área de 3,6 km². Das oito ilhas, apenas as duas maiores (Madeira e Porto Santo) são habitadas. Ilha do Porto Santo


A ilha é famosa pelo vinho, o chamado vinho da Madeira, pelo bolo do caco, pelo bolo de mel, pelas hábeis bordadeiras, pelas flores, frutos exóticos e pelo magnífico fim de ano, em que o fogo de artifício é algo que chama muitos turistas à região. Juntando todos estes aspetos a um ótimo clima, é fácil entender a causa pela qual é um dos destinos de férias mais cobiçados.


Três dias. MADEIRA! Hora

9.30h – 12.45h

13.00h – 14.15h

14.30h – 18.00h

20.00h

Local

Jardim Botânico

Custo

Hora

Local

Custo

2, 00€ (adulto) 1,00€ (estudantes; + 65) S/custo até 7 anos

10.00h 12.45h

Photographia Museu “Vicentes”

2,50€ (por adulto) 2,00€ por pessoa (grupo superior a 6 pessoas)

13.00h 14.15h

Almoço no “Funil”

14.30h 16.15h

Museu da Quinta das Cruzes

3,00€ (por pessoa) 2,50€ (grupos)

16.30h 18.00h

Museu da Madeira Wine

4,20€ (com visita guiada)

20.00h

Jantar no Restaurante Combatentes

--------------------

Almoço (local à escolha)

-----------------

Jardim Tropical Monte Palace

10,00€ (por pessoa)

Jantar

-----------------

-----------------

Hora

Local

9.30h – 12.30h

Santa Maria Maior Levada do Areeiro

13.00h – 14.00h

Almoço (local à escolha)

15.00h – 18.30h

Levada do Norte – Cabo Girão à Boa Morte

Jantar (local à escolha) ----------------------------


Jardim Botânico A visita começa pelo famoso Jardim Botânico. Fica localizado na freguesia de Santa Maria Maior, na cidade do Funchal, mas é necessária a utilização de transportes para que aqui se chegue, dado que fica a 3km da baixa da cidade. A pé estimam-se quarenta minutos de viagem e de carro pouco menos de dez minutos. Neste sítio, é possível observar inúmeras espécies botânicas, mais de 2 500 plantas oriundas de todos os continentes que coexistem em harmonia, cerca de 300 aves exóticas e 200 espécies indígenas da Região. Além de todas estas atraentes caraterísticas, o Jardim Botânico tem também um Museu de História Natural e um teleférico que o liga ao Monte, sendo essa outra atração turística importante. Aqui, o tempo passa a voar.

Sabia que este jardim detém uma área de 8 hectares e fornece maravilhosas vistas sobre a cidade do Funchal?


Itinerário Avenida do Mar – Jardim Botânico da Madeira


Jardim Tropical Monte Palace

O Jardim Tropical Monte Palace fica localizado no cimo de uma linda colina com vistas deslumbrantes sobre a baía do Funchal. O Monte Palace foi outrora um local de importância histórica pois foi no século XVIII um luxuoso hotel que albergou muitos hóspedes importantes. Hoje, a Fundação Berardo, transformou esta belíssima propriedade num museu e jardim. Aqui encontrará plantas e flores exóticas de muitos continentes e também animais como patos, cisnes brancos e negros, pavões, galinhas e carpas Koi. É uma experiência inolvidável passear neste belo jardim.


Itinerário – Avenida do Mar – Jardim Tropical Monte Palace


Photographia - Museu “Vicentes”

O segundo dia começa com uma visita ao Museu “Vicentes”. Localizado no centro do Funchal não é necessário qualquer transporte para lá chegar. A Photographia – Museu "Vicentes" encontra-se instalada no antigo estúdio fotográfico de Vicente Gomes da Silva (1827–1906), que iniciou a sua atividade como retratista, por volta de [1853]. Localiza-se na Rua da Carreira, no centro da cidade e, por isso, não necessita de transportes para lá chegar.


• Itinerário – Avenida do Mar – Photographia – Museu “Vicentes”


• Itinerário – Photographia Museu “Vicentes”- Restaurante “O Funil”

Paragem para almoço no restaurante “O Funil”.


Museu da Quinta das Cruzes Localizado na cidade Funchal o Museu da Quinta das Cruzes reúne a coleção inicial de artes decorativas de César Filipe Gomes, um colecionador madeirense. É composto pela antiga residência dos Morgados das Cruzes, pela Capela de Nossa Senhora da Piedade e por um belíssimo jardim que inclui o Orquidário e o Parque Arqueológico. Para se chegar ao museu é necessário ir de transportes pois encontra-se a 1,8 km da baixa da capital.

Podemos encontrar neste museu vários objetos de arte, mobiliário português e estrangeiro, na sua maioria inglês, bem como diversas peças de ourivesaria, joalharia, cerâmica e escultura.


• Itinerário – Avenida do Mar - Museu Quinta das Cruzes Cruzes


Museu da Madeira Wine O Museu da Madeira Wine está localizado no coração da capital por isso não é necessário qualquer tipo de transporte, está apenas a 250 metros do nosso ponto de partida (aproximadamente 4 minutos a pé.) Num conjunto de edifícios de arquitetura civil barroca, nele constam as mais antigas adegas de vinho da Madeira, datadas dos séculos XVII e XVIII. As adegas podem ser visitadas e possuem, para além da sua curiosidade arquitetónica, salas de provas, armazéns, loja de conveniência e uma área de exposição que, no seu conjunto, contam a história do vinho Madeira, desde o processo de produção da vinha até à sua transformação em Vinho Madeira nas suas várias castas.


• Itinerário – Avenida do Mar - Museu da Madeira Wine Por se localizar mesmo no centro da baixa do Funchal o percurso pode ser feito a pé.


• Itinerário – Museu da Madeira Wine – Restaurante “Combatentes” Por se localizar mesmo no centro da baixa do Funchal o percurso pode ser feito a pé.


Levadas Uma das maiores atrações que a Ilha da Madeira tem para oferecer são as levadas. As levadas são cursos de água à volta da montanha. Estas são construídas pelo Homem e têm o intuito de levar a água desde as encostas a norte até aos terrenos agrícolas a sul. Neste momento a ilha apresenta mais de 200 levadas. Através dos percursos, os visitantes têm a oportunidade de visualizar a rica e exuberante fauna. Estes possuem vários níveis de dificuldade, sendo que é necessário possuir material adequado no decorrer desta atividade.

Levada do Caldeirão Verde

Levada do Caldeirão Verde


Levada do Areeiro

A caminhada na Levada do Areeiro demora aproximadamente 3h30min e o seu nível de dificuldade é médio. Para esta caminhada é necessário levar bastante água, de modo a se manter hidratado, bem como protetor solar a fim de se evitar queimaduras. Esta caminhada é única, porque tem acesso aos picos mais altos da Ilha da Madeira, nomeadamente o Pico Ruivo (1861 m) e o Pico do Areeiro (1817 m).

Pico do Areeiro

Pico Ruivo


• Itinerário – Levada do Areeiro


Levada do Norte A Levada do Norte atravessa grande parte da região. Tem início no Cabo Girão e termina na Ribeira Brava. É um percurso fácil e agradável de se fazer, pois tem um clima bastante ameno. Ao logo desta caminhada é possível observar vários sítios, dando destaque para a Câmara dos Lobos e para o Campanário. À semelhança, por exemplo, da Levada do Areeiro, é possível observar-se espécies diferenciadas de fauna e flora.


• Itinerário – Levada do Norte


Webgrafia 

Madeira, D. R. (2014). madeira island. Obtido em 5 de maio de 2014, de visitmadeira: http:// www.visitmadeira.pt/pt-pt/o-que-fazer/atividades/pesquisa/madeira/atividades/terra

RAM, A. d. (2013). Obtido em 29 de abril de 2014, de Madeira Rural: http:// www.madeirarural.com/guia_viagem/listar_tipo.cfm?id=67&lingua=po

RAM, A. d. (2013). Obtido em 29 de abril de 2014, de Madeira Rural: http:// www.madeirarural.com/guia_viagem/listar_tipo.cfm?id=67&lingua=po

RAM, A. d. (2013). Obtido em 29 de abril de 2014, de Madeira Rural: http:// www.madeirarural.com/guia_viagem/ver_item.cfm?id=2248&lingua=po

RAM, A. d. (2013). Obtido em 29 de abril de 2014, de Madeira Rural: http:// www.madeirarural.com/guia_viagem/listar_tipo.cfm?id=67&lingua=po

RAM, A. d. (2013). Obtido em 2 de maio de 2014, de Madeira Rural: http:// www.madeirarural.com/levadawalks/levadasPR1.cfm

Walkme. (2013). Obtido em 2 de maio de 2014, de Walkme: http:// www.walkmeguide.com/pt/madeira/trail/28/levada-do-norte-cabo-girao-ribeira-brava


Trabalho elaborado por: 

Andreia Reis

Inês Amaral

Luísa Pereira

Sara Costa


Guião Turístico - Madeira