Issuu on Google+

Belém nº 1

TUDO QUE VOCÊ PRECISA PARA CASAR EM BELÉM


2


ESTILO

1


CAPA Foto: Everaldo Nascimento Figurino: Ellis Verline Produção de Moda: Gil Yonezawa Make-up/Hair: Ilka Simone (Cirio Sens Beauty Center) Modelo: Ivete Rodrigues SANTOS DE CASA EDITORA Diretores Executivos: Elissa Motta, Gabriel Gentil e Renato Brito Editora-chefe: Valéria Barros

Belém

TUDO QUE VOCÊ PRECISA PARA CASAR EM BELÉM

5 Foto

REVISTA CASAMENTOS|DAQUI – BELÉM Coordenação e realização: Santos de Casa Editora Diretores Executivos: Elissa Motta, Gabriel Gentil e Renato Brito Editora-chefe: Valéria Barros Projeto gráfico: Marcel Chaves Produção de Moda: Gil Yonezawa Fotografia: Everaldo Nascimento e GQ Foto Estúdio Revisão: José Rangel Tiragem: 3 mil exemplares Gráfica: Halley Comercial: Daniel Ramos e Oscar Gonçalves vendas@casamentosdaqui.com.br Agradecimentos: Cláudia Mancio (Lojas Drão); Vânia e Elenir Moreira (Ellis Verlini); Cirio Sens, Ilka Simone, Camila (Cirio Sens Beauty Center); Mariah Gentil; Raimundo Santos Pinheiro; Urbano Araújo Jr.; Rosane de Seixas Brito Araújo; Joyce Brito; Cheyda Belfor (Imagem Comunicação); Pedro Pina; Igor Sales; Nazareno Junior; Antonio Motta; Edilena Motta; Maria Mota. Fale Conosco 3249-7264 | 3081-0760 contato@santosdecasa.com.br

Uma história para a vida toda

Casamentos|Daqui – Belém é uma publicação semestral da Santos de Casa Editora.

61

13 Lembrar e Esquecer 17 Música

A trilha perfeita 22 Decoração

O sonho em perfeita harmonia 26 Estilo

Vestida para arrasar! 37 Especial

Pode tirar Santo Antonio do castigo 50 Etiqueta

Acerte na hora do sim 55 Casamentos|Daqui

O Casamento dos Sonhos

Bolos e Doces Finos

Deliciosas dicas


Editorial Encontrar a pessoa certa, aquela com qualidades e defeitos apaixonantes que desejamos acordar ao lado todos os dias independente de qualquer coisa, é um dos mais difíceis capítulos de uma linda história de amor. Digo “um dos mais”, porque encontrar a pessoa é só a primeira etapa. Depois disso vêm as conversas, a troca de olhares, a sedução, os jantares, o primeiro beijo, o segundo, o terceiro, o dia de conhecer a família e outros tantos momentos. Só passando por tudo isso, juntos, que em alguma hora um dos dois começa a pensar em casamento. Aí vêm as preocupações com valores, o formato da festa, o número de convidados e mais mil detalhes. Fazer um casamento não é tarefa fácil, mas também não pode ser mais difícil do que tudo o que você viveu para, entre tantos bilhões, estar junto à pessoa perfeita. É por isso que criamos a Casamentos|Daqui – Belém, a primeira e única revista sobre casamentos da cidade que vai exatamente ajudar quem já está pronto pra subir ao altar, mas só tinha de referência um caderninho de um casal amigo. Você vai descobrir que aqui na nossa capital existe muita gente talentosa, em todos os ramos, pronta pra lhe ajudar. Revire página por página, junte todas as dicas, veja que é possível realizar seu sonho e participe com a gente desse projeto. Escreva, ligue, entre na comunidade do Orkut, essa revista também é sua. Nós estamos preparados para um relacionamento duradouro e cheio de bons momentos. Só falta o seu SIM.

Valéria Barros Editora-Chefe


4


fotos

Uma história para a vida toda Fotos: GQ Foto Estúdio

Fotograr casamentos não é tarefa simples. Exige habilidade, sensibilidade e muita prática. Hoje, os casais estão cada vez mais exigentes e querem, além das tradicionais poses, eternizar momentos como aquele olhar apaixonado do noivo, aquela lágrima da noiva na hora do sim. O essencial é ousar e ir além do “lugar comum”. Muitos optam por fotografar o antes, o durante e o depois. “O trabalho tem que ter início, meio e fim, contar uma história. Uma história para a vida toda!”, diz o fotógrafo Everaldo Nascimento. Para Everaldo é importante que o casal conheça antes o trabalho do profissional e acerte quantidade, tamanhos, cor, roteiro básico, mesmo que a realização do trabalho conte com a ajuda da cerimonialista. “Gosto de conhecer as pessoas antes. Isso dá ao fotógrafo segurança na hora de trabalhar, e, com certeza, o resultado é bem melhor”. 5


fotos

6


fotos

O momento exige equipamentos, auxiliares, iluminação adequada e uma boa equipe. Fotografar sozinho é um risco que não se deve correr, pois nada pode falhar, daí a necessidade de uma estrutura específica para esse tipo de cobertura. “Quando o evento é filmado, também precisa estar em sintonia com o trabalho fotográfico”, completa a fotógrafa Luciana Nahun, do GQ Foto Estúdio. Uma das dificuldades em Belém, segundo Luciana, é que a maioria dos casamentos acontece de noite, evitando as famosas chuvas que caem de dia na cidade e aí os cuidados com a luz devem ser redobrados. “O ideal é levar o estúdio para o evento”. Everaldo conta que a fotografia em preto e branco também está ganhando espaço em ocasiões como esta. “Uma foto preto e branco sem o flash, só com a luz ambiente dá um resultado muito especial. Gosto de estudar, conhecer trabalhos de outros profissionais. Se o profissional se recicla, ele tem capacidade de mostrar a sua marca e fazer um trabalho sempre atual e de qualidade”. 7


fotos

8


fotos

9


fotos

Fotos que não podem faltar: 1. making of 2. saída do carro 3. entrada na igreja – noiva com o pai 4. alianças 5. beijo 6. arroz na saída 7. entrada na festa 8. bolo/brinde dos noivos 9. noivos e os pais, padrinhos, convidados 10. bouquet 11. casal/carro

10


fotos

E para não errar na hora de contratar um serviço de fotografia, fique de olho nessas 6 dicas que a Casamentos|Daqui selecionou pra você: 1. Conheça o trabalho do fotógrafo e nunca deixe para contratar em cima da hora. Converse com o profissional e diga exatamente o que espera do trabalho, como gostaria que fosse realizado; 2. Acerte com antecedência quantidade, tamanho, cor. Isso evita fotos desnecessárias ou aquela dúvida na hora de escolher quais revelar; 3. Estabeleça um roteiro básico. Acerte se o fotógrafo vai levar o “estúdio” para o casamento. O cenário vai ser o mesmo, mas as fotos terão mais qualidade; 4. Mostre aos fotógrafos as pessoas mais importantes que estarão presentes e que não podem ficar de fora e, se puder, converse com elas antes, avisando que serão fotografadas com os noivos; 5. Se puder, contrate dois profissionais. Assim, um fará as fotos tradicionais e o outro ficará livre para registrar outros momentos da festa; 6. Tente fechar o serviço por evento e não por unidade. Assim o profissional fica mais seguro e vai primar pela qualidade e não pela quantidade.

11


12

Carla Dunn


r a r b m e L r e c e u q s eE s, Tassiane Parson

móloga

os, turis paraense, 23 an

ericano, 26 an Parsons, am

Jord

cios

rador de negó

anos, administ

s

1 ano de casado

O que lembrar: “Quando estava a caminho do altar, de longe pude enxergar, entre alguns convidados, o rosto do meu marido com os olhos cheios de lágrima. Foi naquela hora que o meu coração se encheu de felicidade, pois tivemos a certeza de que tínhamos sido feitos um para o outro e que o momento era só nosso. Deus uniu a gente de uma maneira tão bonita e mágica. Essa lembrança levarei pra sempre na minha memória e no meu coração”. O que esquecer: “Pensei que pudesse contar com as pessoas no meu casamento, mas algumas amigas que confirmaram presença sequer apareceram pra dizer um oi. Isso eu realmente gostaria de esquecer. Deixei de convidar outros amigos e ainda tive que pagar o prejuízo de quem não compareceu”.

13


Elen Néris, 29

Divulgação

Lembrar r e Esquece - jornalista esas rador de empr

es, 32 - administ

Vicente Marqu

dos

1 mês de casa

O que lembrar – O olhar das pessoas quando eu entrei na igreja e, especialmente, a cena do meu noivo em pé no altar. Também foi muito marcante casar na mesma data e hora que o meu irmão. Isso é algo que vou levar para o resto da vida. Outra coisa inesquecível foram os comentários e posteriores telefonemas das pessoas dizendo o quanto foi bonita a cerimônia. Por sinal, vou ser eternamente grata à cerimonialista Arcangela Sena, pelo belíssimo trabalho realizado. O que esquecer – O sufoco que passei nos oito meses que antecederam o casamento. Os detalhes dos preparativos são tantos e os preços dos serviços são tão altos que tem uma hora que a gente chega ao ponto de se questionar se aquilo tudo realmente vale a pena. Deu até vontade de desistir, mas dei sorte de estar cercada de boas pessoas que me incentivaram a continuar, pois tudo valeu a pena! 14


15


16


MÚSICA

A trilha perfeita Fotos: GQ Foto Estúdio

Um dia tão especial como o casamento pede que tudo seja inesquecível e a trilha sonora é um dos detalhes mais importantes neste cenário. O que ninguém deve permitir é que qualquer música ou músico interprete emoções tão significativas como as vividas neste dia. Tudo tem que ser pensado em conjunto e com antecedência. São as músicas escolhidas que vão embalar, ainda por muito tempo, as recordações dos belos momentos vividos pelo casal e elas vão estar presentes em dois momentos do casamento: igreja e festa.

17


MÚSICA

Sérgio Lobato, psicólogo e músico paraense, é produtor do Grupo Quorum, já com cinco anos no mercado. É formado por 25 vozes, que entoam canções sacras populares nos casamentos de Belém. Tem vários CDs lançados e já participou de inúmeros programas musicais nacionais e internacionais. Seus ensaios podem ser assistidos no Palácio Antônio Lemos, todos os sábados, das 10h da manhã até o meio-dia. Mais informações: www.grupoquorum.com.br

18


MÚSICA

Para a igreja o ideal é que se contrate um belo coral ou um cantor e um órgão, mas há casais que inovam totalmente e preferem um violino, um violão acústico e até mesmo uma orquestra completa. O importante é não ferir as regras da igreja, geralmente exigidas pelo padre ou pastor e, é claro, levar em conta o tamanho do local. Sérgio Lobato, produtor do Grupo Quorum, diz que Belém é muito rica nesta área e que os profissionais daqui se igualam, em termos de qualidade, aos dos grandes centros urbanos do Brasil. “Desde a direção musical, seleção de repertório, passando pelo arranjador, copista, até chegar nos ensaios das músicas com os instrumentistas e cantores. Para cerimônia de casamento a cidade dispõe de coros, quartetos, quintetos, orquestras, cantores e cantoras, líricos ou populares”. Sérgio diz ainda que na hora de contratar o serviço não é só o custo que deve ser avaliado. “Quem pensar somente em quanto vai gastar com música ao vivo durante a cerimônia, perderá a oportunidade de oferecer melhor qualidade ao momento mais significativo da união e aos convidados, que devem ser recebidos com um repertório selecionado antes do evento”, sugere. Na igreja, ele lembra que o momento litúrgico deve ser respeitado através de uma consulta prévia a quem presidirá a cerimônia. “É nesse momento que as canções que serão 19


MÚSICA

executadas devem ser destacadas, para que as mesmas estejam em perfeita harmonia com o matrimônio”, completa. Na hora da festa está tudo liberado. As opções de músicas para animar o ambiente são infinitas e os noivos podem escolher entre djs, bandas e cantores. Muitos casais chamam bandas de amigos para animar e dar aquele toque intimista ao evento. A verdade é que para contratar qualquer desses serviços em Belém o melhor caminho é pedir indicação do cerimonial ou das casas de recepções que já têm todos os dados dos profissionais que trabalham nesta área. Para o DJ Luiz Pinheiro, o conhecidíssimo Tarrika, é muito importante reunir com o cerimonial e os clientes. “É nesse momento que eu formato o estilo da programação musical a ser seguida na festa, pois cada festa, cada casal tem uma identidade própria. No geral, em casamentos, há uma seleção musical mais dirigida ao público adulto, diferente de festas de 15 anos, onde o público é mais jovem e o gosto musical é diferente”, comenta. Quando é no improviso ele ensina que o mais importante é olhar os convidados como um todo, pois independente do gosto do casal, tem que haver uma 20


MÚSICA

sintonia com os convidados. “Não sou contratado apenas para tocar música, e sim para animar o salão. O segredo é tocar o melhor de todos os estilos para tentar agradar a todos”. E quando se trata de preço de serviço, ele explica. Tudo vai depender do tipo de evento, levando em consideração o tamanho do local e o que os contratantes querem. Podemos incluir laser, fogos indoor, skypaper, move heads, som e DJ”, finaliza. Com esse repertório de dicas seu casamento vai ser ainda mais perfeito.

Divulgação

Luiz Antônio Batista Pinheiro, o “Tarrika”, trabalha no ramo há 33 anos. Sempre trabalhou com música, sendo representante de gravadoras, atuando em rádio, boates abertas ao público. Hoje é um dos mais requisitados DJs de eventos, atendendo casas como Assembléia Paraense e Hangar Centro de Convenções. Contatos: tarrika@gmail.com / tarrika@yahoo.com 21


O sonho em perfeita harmonia

22


DECORAÇÃO

Viver todas as etapas que envolvem a re-

E já que os lugares onde vão se realizar

alização de um casamento é tão intenso

a cerimônia e a festa de casamento são

que corremos o risco de deixar passar de-

fundamentais para planejar a decora-

talhes importantes da festa. Não importa

ção, avalie se o espaço é adequado para

se o evento vai ser simples ou uma super-

o tipo de produção que se deseja fazer.

produção. As flores, a disposição da mo-

Conforto deve ser o item número um

bília, iluminação e tantas outras questões

para receber amigos e familiares.

que compõem a decoração precisam ser bem avaliadas na hora de escolher que

Na cerimônia religiosa atente para a ar-

ambiente você quer oferecer aos seus

quitetura e horário da celebração e opte

convidados. Afinal, ele deve ser o cenário

por algo mais clean, já que a maioria

perfeito para a realização do seu sonho.

dos templos possui uma estrutura rica em detalhes. Esse cuidado evitará que

Maria Torres, da Floricultura Bem Me

o ambiente fique “carregado” demais.

Quer, explica que em primeiro lugar é

“Em Belém, cada igreja possui a sua

importante definir quantos convidados

particularidade e em cada uma delas,

terá o evento, qual o salão e a igreja

um número diferente de colunas com

que se pretende decorar. “É o número

arranjos”. Para cerimônias de dia as

de convidados, por exemplo, que vai

flores mais adequadas são as tropicais.

definir o número de centros de mesas a

Além de serem regionais são mais resis-

ser decorado”. Na hora de escolher as

tentes ao calor e todas muito belas. “Se

flores é importante saber que tipo, cor e

escolher entre as espécies que estão em

espécies preferidas, levando sempre em

floração você economiza e garante por

conta a época de floração das mesmas e

mais tempo um arranjo de qualidade”,

o horário do evento.

lembra Maria Torres.

23


DECORAÇÃO

Em nossa cidade, ela explica, “é pri-

alizados pela manhã, é possível variar

mordial que se usem flores mais resis-

bastante na escolha dos arranjos. Nas

tentes ao calor: é o caso das tropicais;

mesas, modelos baixos com tons ale-

ou preparar os arranjos no dia do even-

gres e resistentes. “Nesse caso pode-se

to, mantendo-os na câmara refrigera-

fazer uso de materiais rústicos, pois vão

da, permitindo usar rosas hidratadas

estar de acordo com o cenário”.

ou orquídeas”. Se a opção for por um coquetel, opte As flores artificiais são uma boa opção

por arranjos médios e não esqueça de

quando não se pode gastar muito, e as-

incluir no pacote cadeiras e pufes, para

sociadas às folhagens naturais, também

que as pessoas de idade mais avançada

têm seu charme.

não precisem ficar o tempo todo em pé.

Importante também é não esquecer de

Em todas as ocasiões nunca esqueça de

verificar a programação do dia. Caso haja

conferir se o espaço escolhido para a re-

outras celebrações, você poderá entrar

cepção oferece a quantidade suficiente

em contato com os outros casais e es-

de mesas, toalhas, cadeiras, talheres e

colher em conjunto uma decoração que

louças necessárias. O local deve ser, de

agrade a todos. Se desejar exclusividade,

preferência, perto de onde será realiza-

a saída é comprar todos os horários”.

da a cerimônia e capaz de comportar, com conforto, o número de convida-

24

Para as festas, Maria explica que para

dos. Se o local já incluir a mobília, preste

casamentos ao ar livre, geralmente re-

atenção se está adequada ao tipo de re-


DECORAÇÃO

cepção que você vai oferecer. Cada detalhe é importante para determinar a decoração das colunas, dos centros de mesa, o arranjo do buffet e outros itens como mesa de doce, mesa de bolo, ambiente para fotos, barman etc. Para a noite a decoração com lírios, copo de leite, rosas ou orquídeas proporciona um visual mais requintado e fino, associado à vidraçaria, iluminação em arranjos e velas. Esses são os itens recomendados para uma excelente decoração tanto para parte interna como para externa. Ela conta que a última novidade em decoração é a cor lilás. “Misturando flores diversas e líquidos na mesma cor dos arranjos dentro dos vidros, pode-se obter um ambiente muito usado hoje por artistas e cele-

Divulgação

bridades do Brasil’, conclui.

Maria Torres é sócia proprietária da Floricultura Bem Me Quer, formada por 3 sócios e constituída há 11 anos. Trabalha com decorações de eventos como casamentos, 15 anos, formaturas e congressos. 25


Vestida para arrasar! Estar vestida de forma adequada e elegante. Arrasar! Essa talvez seja a maior preocupação de quem vai casar. Embora o casamento exija muito planejamento e cuidados minuciosos, a roupa dos noivos e convidados é uma preocupação muito particular. As dúvidas do que usar de noite, de dia, do que pode e não pode são sempre constantes na cabeça dos preocupados em fazer bonito, sem exageros. Mas então, o que fazer? Seguir a moda ou inventar a sua própria? Segundo a consultora de moda Edila Porto, embora as tendências existam, a escravidão pela moda não é saudável. “Para se trajar de forma elegante o essencial é bom senso”. Não adianta seguir uma moda de babados, por exemplo, se esse for um recurso que não combina com o físico da pessoa. “O importante é ter noção exata do que cai bem de acordo com a idade, tipo físico, ocasião e personalidade”, explica. Edila ressalta que a roupa deve estar ligada ao evento, ao momento que se está participando. “No dia-a-dia é diferente, cada um tem um estilo próprio: clássico, criativo, casual, não importa. Não existem regras”. Já numa ocasião especial como o casamento, existem sim, algumas regrinhas que podem ser seguidas, lembrando que cada um deve sentir-se bem e feliz com as escolhas que faz.

26


ESTILO

Fotos: Everaldo Nascimento Figurino: Ellis Verline Produção de Moda: Gil Yonezawa Make-up/Hair: Ilka Simone (Cirio Sens Beauty Center) Modelo: Ivete Rodrigues

27


ESTILO Divulgação

Edila Porto de Oliveira é bacharela em Direito e Letras, Pós-graduada em Ensino da Língua Inglesa, Coordenadora dos Cursos de Secretariado Executivo e Moda da Universidade da Amazônia, Guia Disney e Cerimonialista de Casamentos e 15 anos, já há cinco anos.

Para Elenir Moreira, estilista há 20 anos e proprietária da loja Elis Verline, apesar do clima quente e úmido de Belém, as noivas podem e devem escolher o modelo do vestido de acordo com sua personalidade. “Existem estilos tradicionais, clássicos e ainda o moderno. Entretanto, ainda é possível desenhar e/ou criar um modelo dentro de cada estilo”, comenta. Ela diz que em Belém a procura por primeiro aluguel tem aumentado em razão da exclusividade e personalização. “Vale ressaltar, ainda, que nesses casos nós utilizamos métodos que permitem ao cliente obter 100% de acerto em suas escolhas, que vão desde a definição do tecido, cor, bordados e design. Tudo isto com total segurança. As noivas que optam pela comodidade do aluguel têm ainda à sua disposição as adequações para o seu manequim e ainda com possibilidade de adaptações de alguns detalhes”, completa. Mas então, como escolher certo? É só seguir algumas dicas de quem entende do assunto e acrescentar alegria. “O sorriso da noiva é o ingrediente indispensável para estar perfeita”, conclui Edila Porto. 28


ESTILO

29


ESTILO

30


ESTILO

Para o dia, o lema a seguir é: “Menos é mais!” Confira as dicas: O vestido da noiva deve ser leve e sem brilho, com bordado discreto, véu curto e sapato Chanel ou scarpin, o que for mais confortável. O cabelo da noiva pode estar solto, com alguma flor que pode ser desidratada ou de seda. As unhas devem estar bem cuidadas e pintadas de cor transparente (evitar até o estilo francesinha). Um brinco bem bonito deve realçar a beleza da noiva, mas os colares devem ser evitados. Para o bouquet, o mais adequado são as flores naturais, porém nunca iguais às da decoração, nem na cor. As mais usadas são copos-de-leite, rosas, orquídeas e gérberas. O bouquet pode ser colorido, com algumas frutinhas. As madrinhas devem evitar brilho, vestidos longos, preto total ou o branco, mas ao contrário do que se acredita, o vermelho é permitido, sim. O ideal é vestido médio, longuete e até uma pantalona se preferir. As mães devem se vestir de forma discreta. Chapéu para os casamentos de manhã pode e é chique. O noivo deve usar paletó normal de cor clara, jamais preto. Os padrinhos acompanham o traje do noivo. Para os pajens - paletó claro ou calça bufante e gravata borboleta (estilo príncipe); e para as daminhas um vestido sem brilho, com flores pequenas (alegres) no cabelo e no vestido e sapato boneca. 31


ESTILO

32


ESTILO

Para casamentos à noite, onde a cerimônia é mais solene e geralmente o casamento é mais glamouroso: A noiva deve usar longo, algum brilho, os vestidos bordados são bem-vindos e pode-se abusar do véu, lembrando apenas que casar sem véu, mesmo à noite, não é deselegante. O cabelo deve estar preso e muito bem arrumado durante toda a cerimônia. As flores também são bem-vindas nesta ocasião. Um brinco bem bonito deve realçar a beleza da noiva. Se fizer questão de colar, as pérolas são as mais indicadas. Para o bouquet, siga as regras do dia, evitando somente as gérberas. Um terço, que deve ser branco, transparente ou de pérola, também pode seguir enrolado no bouquet. O noivo deve usar terno escuro. Se o casamento for depois das 20h pode optar pelo meio fraque (cores claras, nem pensar). As madrinhas podem usar longuete ou longo e dessa vez algum brilho já é permitido. Os padrinhos devem usar paletó escuro. Para os pajens meio fraque ou paletó escuro, sempre acompanhando o noivo.’ As daminhas devem estar de vestido longo tradicional, com algum rebordado se quiserem.

33


ESTILO

34


ESTILO

Deslumbrante. Perfeita. Toda noiva sonha em entrar na igreja linda, perfeita, para viver o seu dia com intensidade. E na hora da produção com todo esse glamour, penteado e maquiagem merecem atenção especial. Cabelo Antes de decidir, com orientação profissional, o penteado que vai usar, é necessário primeiro verificar o estilo do vestido e horário do casamento. Ilka Simone, hair stylist, do Círio Sens Beauty Center, em Belém, conta que, hoje, independente dos itens citados acima, os cabelos estão mais despojados, até mesmo displicentes, porém algumas regras devem ser observadas. “Na luz do dia, o look deve ser clean e discreto. Os cabelos devem ser soltos (com babyliss ficam lindos!) ou meio presos. Se optar por todo preso, os coques baixos são uma tendência forte, porém sem esquecer a naturalidade”. Se a cerimônia for à noite, a noiva pode apostar nos visuais mais ousados. Cabelos soltos ou presos ganham brilho com arranjos em forma de galhos, tramas, tiaras e pontos de luz que dão um ar de requinte e produção. Maquiagem O make-up também acompanha a tendência da naturalidade. Confira algumas dicas de Ilka Simone que vão valorizar seu look e deixá-la deslumbrante: • Nos olhos, sombra branca no canto interno, o lápis branco na parte interna ilumina o olhar; • Para arrematar, o truque é usar tufos de cílios postiços de tamanhos diferentes. Fica um luxo! • O blush, escolhido de acordo com algumas regras (cor da pele, por exemplo), deve conferir um ar de saúde e sofisticação. Nos lábios, gloss em cima do batom, cor da boca!

Ilka Simone é Hair Stylist da Círio Sens Beauty Center (Domingos Marreiros, 1101. Telefone: 3230-4648) 35


36


ESPECIAL

Pode tirar Santo Antonio do castigo Fotos: GQ Foto Estúdio

Pronto, vocês noivaram e agora chegou a hora de começar a pensar no casamento. Antes que um dos dois diga que ainda precisa economizar muito e que esse é um sonho distante no momento, a Casamentos|Daqui prova que com organização e bom senso o dia inesquecível de vocês está mais perto do que possam imaginar. Leia as dicas a seguir e comece os preparativos. Todo mundo sabe que organizar um evento não é tarefa fácil. Os detalhes exigem acompanhamento, profissionais, prazos a cumprir, orçamentos, dentre outras obrigações do anfitrião. Se você não dispõe de tempo para organizar seu casamento, o melhor a fazer é contratar um especialista que ofereça, acima de tudo, tranqüilidade e segurança aos noivos e familiares. “É este profissional que vai indicar, selecionar e negociar por melhores preços e condições junto aos diversos fornecedores e prestadores de serviços”, explica Mônica Pina, cerimonialista há 6 anos, em Belém.

37


ESPECIAL Jel Brelaz

Mônica Pina, formada em psicologia, atua como cerimonialista há 6 anos em Belém com vários cursos na área. Membro do CNCP - Comitê Nacional de Cerimonial Público

Ela explica que o trabalho consiste na coordenação geral do evento, garantindo a qualidade e a interação com todos para que tudo saia conforme o desejado, desde a idealização, até a coordenação do cerimonial, pois cada evento tem seu protocolo específico. “Já que nossa meta é tranqüilizar os noivos em seu dia, assumimos as responsabilidades por eles, deixando apenas a missão de receber, conversar e confraternizar com seus convidados”. Mônica diz que a primeira coisa a fazer quando se resolve casar é anotar tudo aquilo que imaginam para o casamento, desde os detalhes mais importantes aos mais simples. Para essa tarefa ela aconselha que peçam ajuda dos pais, padrinhos ou amigos em que mais confiam e, é claro, programem-se financeiramente. Vejam se as expectativas estão dentro do orçamento. “Outro fator importante nesse momento é a paciência um com o outro. A fase é cheia de tarefas que devem ser cumpridas juntos”. 38


ESPECIAL

39


40


ESPECIAL

Uma cerimônia de casamento é cheia de detalhes e todos muito pessoais. Não adianta padronizar. O ideal é não contar tudo pra todo mundo. “Guardar algumas surpresas torna o casamento inesquecível para todos”, revela Mônica. Ela ainda conta que houve um tempo em que todas as despesas do casamento eram pagas pelo pai da noiva. Ao pai do noivo cabiam as responsabilidades de moradia e lua-de-mel, mas explica que hoje é comum que tudo seja dividido. “As superproduções, com suas superdespesas precisam ser divididas entre as famílias. O importante é ficar bem definido o que é sonho e realidade, dentro do que podem gastar”, alerta. Para você, leitor da Casamentos|Daqui, fazer a melhor festa com a poupança disponível, Mônica preparou conselhos e dicas de como organizar um casamento com três tipos de orçamento, mantendo como base preços de um mesmo fornecedor e provando que adequando de forma correta os gastos você pode ter a mesma qualidade. Mas desde já Mônica alerta que os fatores que mais influenciam no valor final são: • Número de Convidados, já que a festa pode ser grande, média ou íntima. • Local da Recepção, pois certos aluguéis equivalem ao custo total do bufê. • Bufê, porque, a exemplo, um jantar completo sai mais caro que um coquetel. • Tradição. Quanto mais tradicional e detalhada a festa, maiores os custos.

41


42


ESPECIAL

Dicas para casar com R$ 10.000,00

Nº. de Convidados: 150 pessoas Horário: pela manhã, 10h ou à tarde, às 17h. 1. Sirva bolo com champanhe, no próprio jardim da capela ou salão paroquial. 2. A música para a cerimônia religiosa pode ser com 1 voz e 1 teclado; a do salão ficaria ambiente (mecânica), pré-selecionada ao gosto do cliente. 3. Para a decoração use arranjos de flores (tropical, flores do campo...), valorizando alguns espaços, como o de fotos, do bolo e do altar da cerimônia. 4. Para o traje dos noivos opte por aluguel. # O ideal nesse caso seria reduzir o número de convidados, para se obter melhores serviços.

43


44


ESPECIAL

Dicas para casar com R$ 20.000,00

Nº. de Convidados: 150 pessoas Horário: fim de tarde, às 18h ou início da noite, às 19h 1. Sirva um coquetel em local (casa de recepção) próximo à igreja ou no salão paroquial; ou sirva um jantar com cardápio mais em conta (massas, filé, peixe), aumentando o valor de bufê e decoração e reduzindo custos em outros itens. 2. Com mais verba aumenta, consideravelmente, a opção de igrejas para sua cerimônia religiosa. 3. Para o salão escolha um dj ou uma voz e teclado, além de um serviço de iluminação. A música da cerimônia religiosa pode ser com duas vozes e teclado. 4. Você também pode incluir o serviço de transfer. 5. O traje da Noiva pode ser 1º aluguel. 6. Valorize a decoração incluindo pontos de apoio (mesinhas) para coquetel, puffs e arranjos com rosas.

45


46


ESPECIAL

Dicas para casar com R$ 30.000,00

Nº. de Convidados: 150 pessoas Horário: noite às 19h ou 20h # O horário de 20h é nobre, e com ele tudo ganha requinte. 1. Sirva um jantar mais simples e inclua uma mesa de doces e/ou licor ou invista em um cardápio mais elaborado. 2. A música da cerimônia religiosa pode ter, além das duas vozes e do teclado, um violino. 3. O traje da noiva pode ser mais enriquecido. 4. Ouse mais na confecção do convite ou opte pela confecção de outro item como o cartão dos noivos, o menu, etc. 5. A decoração pode ser muito mais elaborada com mesas, cadeiras, mesa de bufê e de serviços.

47


48


ESPECIAL

Para finalizar, a também cerimonialista Sheyla Ramalho, com oito anos de experiência no ramo, completa: devemos, em todos os casos, usar a imaginação e a criatividade. “Nem sempre o que é bom é o mais caro. Muitas vezes as pessoas pecam pelo excesso gastando muito mais do que deveriam e até mesmo do que precisavam”. E relembra: durante as reuniões com os fornecedores as pessoas devem valorizar mais uns itens do que outros, adaptando a festa ao quanto cada casal tem disponível. Agora você já pode tirar Santo Antonio do castigo e viver o dia dos seus sonhos com a pessoa que você pretende viver para o resto da vida.

49


       Acerte na hora do sim

 50


       E T I Q U E TA

Está chegando o grande dia e em meio a

explica que eles devem ser enviados com

tantos planejamentos os noivos precisam

um mês de antecedência se os convidados

definir a lista e enviar o convite para o dia

estão no mesmo Estado e com dois me-

mais importante da vida do casal, mas as

ses para quem mora fora. Outros detalhes

dúvidas ainda são muitas: quem convidar?

também são importantes nesta hora. “Os

Com quantos dias? Quem paga a festa?

convites maiores, ‘mais limpos’, são os

etc. Para responder a todas essas ques-

mais elegantes e quem tradicionalmente

tões a Casamentos|Daqui ouviu as dicas

convida são os pais, mas isso depende do

de Mônica Franco, cerimonialista já há 13

acordo entre noivos e pais”, explica.

anos em Belém e responsável por organizar casamentos como os dos casais Rô-

mulo Maiorana e Paula Lazera, Alexandre Amaral e Luiza Meira, Gustavo Rola e Thais Barra. Na matéria, ela entrega de bandeja as dicas para você conferir.

Além de trazer as informações necessárias

do casamento como nome dos noivos, data, hora, endereço da cerimônia religiosa e da festa, se for o caso, o convi-

te também precisa transmitir o clima da festa. Mas, afinal, quem convidar? “Sem-

Os convites são a porta de entrada da festa

pre oriento os noivos para incluir na lista

e precisam estar de acordo com o even-

todo mundo que lembrar, pois é mais fá-

to, transparecendo o estilo da festa que o

cil cortar aqueles que às vezes nem têm

casal pretende dar. Encomendá-los quatro

tanta intimidade”. As pessoas que fazem

meses antes do evento é o que recomenda

parte da história dos noivos como família,

quem entende do assunto. Mônica Franco

amigos e alguns colegas de trabalho, do seu convívio diário, esses sim, não podem

faltar. Mônica diz sempre lembrar aos noivos que “não é uma festa qualquer,

é o dia do casamento, então a seleção é de quem verdadeiramente é importante para estar presente”, diz.

51


      

E T I Q U E TA

Para os padrinhos e madrinhas o convite

de constrangimentos. “Essa coisa da família

deve ser entregue em mãos. De preferên-

da noiva pagar tudo é coisa do passado”, ex-

cia os noivos deverão marcar na casa do

plica Mônica. “O acerto deve ser feito entre

futuro padrinho ou madrinha pra fazer o

as famílias. O que importa é que a festa seja

convite oficial. “Normalmente depois os

inesquecível e o amor, eterno.”

padrinhos acabam oferecendo aos noivos um jantar ou algo do tipo, o que acaba

Pra finalizar a matéria, quatro conselhos so-

se tornando um pequeno evento antes

bre o que não se deve fazer nunca:

do casamento”, comenta Mônica.

• mandar o convite pela Internet, nem mesmo se você tiver muita intimidade. O convi-

Mônica lembra também que antes do ca-

te quando recebido deve transmitir

sal de noivos entrar no salão, a festa deve

ao convidado o que esperar da festa.

estar com música ambiente ou instru-

• Atrasar mais de 30 minutos, isto é uma

mental. “Neste momento só é permitido

descortesia para com os convidados.

servir água e refrigerante, nada de bebida

• Permitir o excesso de convidados para um

alcoólica, salgados ou canapés”, ensina.

local que não comporta e

• Convidar 10 dias ou 1 semana antes do ca-

E na hora de pagar essa conta toda, nada

samento, mesmo sendo da família.

Mônica Franco, 40 anos, formada em administração, trabalha com eventos desde 1995. Começou seu trabalho com organização de casamentos e festas de 15 anos. No currículo, vários cursos de aprimoramento na área, fora de Belém. Hoje executa não só o cerimonial social, mas toda a organização de qualquer evento, seja ele de pequeno ou grande porte. Fones: 3229-3624 / 8141-0007.

e-mail: solenne.mf@amazon.com.br

52


       anúncio

53


54


Um Casamento dos Sonhos Fotos: GQ Foto EstĂşdio

55


Foi em um fim de semana que a arqui-

reção”, revela Cláudio. Para Nathália

teta Nathália Neves, 30, brasiliense de

toda a cerimônia foi um momento in-

nascimento, mas paraense desde os três

crível, mas ela destaca o juramento, a

meses, conheceu o baiano Cláudio, téc-

saída da igreja e o brinde como os mais

nico de informática, 35, lá no interior da

emocionantes. “Estávamos ali aceitan-

Bahia, em Serrinha. Desde então seu co-

do um ao outro diante de Deus. Na sa-

ração ganhou dono certo e após um ro-

ída da igreja, vimos nossas famílias e

mance de cinco anos e três meses, entre

amigos que amamos jogando pétalas

namoro e noivado, os dois se casaram.

de rosas, arroz... e os fogos de vista e

Mas calma aí, não foi, assim, uma sim-

depois na hora do brinde junto com

ples cerimônia. Pelo contrário, a festa

nossos pais, toda aquela iluminação

foi realizada no Hangar Centro de Con-

especial, fogos indoor, e nossa música

venções, em Belém, e reuniu mais de

tocando...foi perfeito”, destaca.

mil pessoas numa noite inesquecível de alegria, bom gosto e glamour.

Para testemunhar essa união os noivos convidaram 16 casais de padrinhos e

De uma noite descrita pelos noivos

madrinhas. Irmãos, tios e melhores

como perfeita, eles contam o que foi

amigos dos noivos, além do corte-

mais especial para cada um. “Nun-

jo formado por sete damas de honra,

ca esquecerei o momento em que ela

dois floristas, e um pajem. Mas Nathá-

entrou na igreja e veio em minha di-

lia diz que de todo trabalho que teve,

56


quer esquecer apenas os momentos

Na entrada da noiva, as pessoas iam ler:

de estresse em que deixou as dificul-

Magret de pato ao molho de vinho tinto.

dades interferirem no seu relaciona-

Ainda bem que o cerimonial conseguiu

mento com Cláudio. Passei noites sem

fazer a troca em tempo hábil”, conta em

dormir, estava muito nervosa e isso

meio a gargalhadas.

propiciou pequenos desentendimentos entre a gente. Eu estava a própria

Mas para todo esse sonho dar certo,

noiva neurótica daquele programa da

Nathália levou 1 ano e 2 meses plane-

Discovery e ele não merecia nada dis-

jando todos os detalhes. Ela ressalta a

so. Ele é especial e tudo nele me en-

dificuldade de encontrar tudo o que

canta”, suspira apaixonada.

precisava aqui em Belém e o quanto foi trabalhoso ter que encomendar alguns

Recordando um momento engraçado

itens. “Algumas coisas pedi de São

ela conta que no dia do casamento, uma

Paulo, como as forminhas dos doces e

sexta-feira de muitos engarrafamentos

os cristais para o meu vestido. Lembro

na cidade, às sete da noite estavam fina-

que os meus guias foram de Brasília,

lizando a decoração, quando a equipe

Salvador e São Paulo”, diz ela. Sorte

do cerimonial percebeu que nos bancos

de você que agora pode contar com a

da igreja, em vez dos folhetos de acom-

Casamentos|Daqui para facilitar a vida

panhamento, estavam os cardápios do

e descobrir os talentos que temos na

jantar da recepção. “Imagina a situação.

cidade das mangueiras. 57


Bem, o resultado, não há dúvida. Agradou a todos. Confira abaixo os responsáveis e alguns detalhes do que muitos acreditam ter sido “o casamento do ano”, em 2007. CONVITES Criados e impressos pela gráfica Relevo Araújo (SP), com caligrafia de Leila Lessa. O VESTIDO Desenhado e confeccionado por Stella Rocha, estilista paraense também responsável pelo vestido de 15 anos e de formatura de Nathália. O modelo, um tomara que caia em zibeline italiana, de seda pura com aplicações de renda francesa e decote V com transparência. O véu, de tule francês e renda recebeu um rebordado com Swarovisky. CABELO E MAQUIAGEM Diana Figueiredo e equipe DIA DA NOIVA Crowne Plaza AS JÓIAS As alianças do casal, em ouro branco e amarelo, são da Vivara, mas as jóias que Nathália usou no dia do casamento foram desenhadas e confeccionadas com exclusividade por Marcelo Monteiro, da Ourogema, artesão do Pólo Joalheiro. IGREJA Basílica de Nossa Senhora de Nazaré. CELEBRANTE D. Orani João Tempesta e padres Giovanni Incampo e José Ramos. RECEPÇÃO Hangar Centro de Convenções. CERIMONIAL Telma Guerreiro, da Coringa Serviços. O BUFFET A chef Wania Martins, da Pommedor, assinou o Buffet, garantindo ao evento um cardápio impecável que agradou noivos, familiares e amigos. Dentre os pratos servidos, moqueca baiana, Magret de pato ao molho de vinho tinto, filé em crosta de castanha-do-pará, salmão e massa com camarão.

58

A DECORAÇÃO Para garantir beleza e harmonia ao evento, os noivos contrataram Fátima Petrola, e junto com ela planejaram todos os detalhes. “Sou arquiteta também e muito detalhista”, lembra Nathália. “Então pensamos em tudo: nos arranjos de mesa, nas flores, que foram todas naturais, nas cores, nos painéis de foto, etc. Tudo tinha que estar perfeito!”. Para um ambiente aconchegante e descontraído foram criados lounges ao longo do salão. As mesas foram dispostas com 10, 16, 20 ou 24 lugares. “Essa estratégia, incluindo o deck ao ar livre, com ilhas de bar para as pessoas circularem em todos os salões, conta a noiva, garantiu um movimento incrível no salão, além de valorizar o maravilhoso espelho d água que o salão de recepções do Hangar já possui”. BOLOS E DOCES Todos os doces finos, as cascatas de chocolate e os bem-casados tiveram a assinatura da cake designer Claudia Moraes, que desenvolve um trabalho artesanal em Belém. BRINDES Para os convidados o tradicional bem-casado e um cartão de agradecimento com a fitinha do Senhor do Bonfim e de Nossa Senhora de Nazaré. Para os padrinhos, uma caixinha de cristal e uma baby chandon. MÚSICA: Igreja - Grupo Quorum e Sergio Lobato Festa - Pardal para receber os convidados - Marquinho e Banda para agitar a festa - Bateria do Rancho, para encerrar a festa FOTOS GQ ESTÚDIO E JEL BRELAZ FILMAGEM SP eventos e Sidney Leite


59


60


BOLOS E DOCES FINOS

Deliciosas dicas Tudo começou com um aniversário de família. De lá pra cá, a brincadeira de decorar evoluiu para uma deliciosa profissão que une mãe e filha na arte dos bolos artísticos e doces finos. Essa é a história de Ingrid Borges e Graça Matsui. “Eu tive a idéia de comprar uma revista especializada para decorar o bolo de aniversário da minha mãe. O bolo foi um sucesso. Daí em diante a família e os amigos viraram clientela fiel e resolvemos nos especializar. Fizemos cursos em Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo e aquilo que era só uma brincadeira virou profissão de verdade”, conta Ingrid. Muitas festas e quitutes depois, as duas cake designers de Belém reúnem sua experiência e talento e dão preciosas dicas para você deliciar os convidados do seu casamento com o que há de mais gostoso na cidade.

61

61


BOLOS E DOCES FINOS

Para elas a escolha do bolo e dos doces é também uma parte especial da festa e deve ser feita com bastante antecedência, respeitando o prazo mínimo de quatro meses para agendar, escolher e fechar o contrato. Ingrid conta que só é possível se comprometer, no máximo, com sete bolos por fim de semana, pois tudo é muito trabalhoso e a maioria do material que usam vem de outros Estados. “Por isso pedimos antecedência. Depois de agendado, as noivas chegam aqui e eu faço questão que participem da degustação. Conversamos sobre os detalhes, elas olham revistas e fotos ou já trazem de casa uma idéia do que será o bolo. Às vezes passam a manhã inteira, mas eu entendo. Será o dia mais especial da vida delas e cada detalhe deve ser pensado com carinho”, conta. O trabalho desenvolvido por Ingrid e Graça é todo artesanal e tudo no bolo é comestível, ressaltam elas. “Nós até desenvolvemos uma massa que misturamos à pasta americana. Ela é ideal para o clima quente de Belém e não fica com aquele aspecto de melado. Assim podemos modelar as flores, os noivinhos e todos os detalhes, mas esse segredo guardamos a sete chaves!”, dizem em meio a gargalhadas.

62


BOLOS E DOCES FINOS

Em Belém, revelam, os recheios mais procurados são: trufas com cereja e rum ou com pedaços de chocolate, creme de chocolate com nozes ou castanha-do-pará, chocolate branco com queijo e limão. Mas o cardápio oferece muitos outros recheios, um para cada gosto. No caso dos doces, os mais pedidos são os que levam pistache, amêndoas, avelãs, damasco e chocolate. Elas possuem criações próprias, como é o caso do glamour de nozes, do pingo de damasco, dentre outros. E se você pensa que no mundo da confeitaria não existe tendência, enganou-se. Ingrid conta que os países com grandes tradições em bolos artísticos como é o caso da Inglaterra ditam a moda nessa área. “Hoje a moda é usar brilho e strass e a tendência é o bolo empilhado, sem coluna”, revela. Agora você já tem de bandeja o que precisava para deixar a festa mais deliciosa.

Ingrid Borges, psicopedagoga por formação, trabalha com doces finos e bolos artísticos desde 2003. Começou seu trabalho com a mãe, Graça Matsui, aposentada, por uma necessidade pessoal e, hoje é, junto com sua mãe, uma das mais requisitadas cake designer de Belém. Fone: 8118-7790. e-mail: ingriddoces@yahoo.com.br 63

63


Casamentos Daqui nº 01