Issuu on Google+

PROGRAMA OFICIAL JORNADA PAULISTA DE OFTALMOLOGIA

Dias 22 e 23 de junho de 2012, no Vitória Hotel, Campinas - SP

REALIZAÇÃO


ÍNDICE

BEM-VINDOS

4

INFORMAÇÕES GERAIS

5

EXPOSIÇÃO COMERCIAL

6

SIMPÓSIO SATÉLITE ALLERGAN

6

PALESTRANTES INTERNACIONAIS E NACIONAIS

7

GRADE DA PROGRAMAÇÃO

9

SEXTA-FEIRA - 22/06/2012 CÓRNEA

10

LENTES DE CONTATO

11

URGÊNCIAS

12

REFRAÇÃO

13

OFTALMOPEDIATRIA

13

PLÁSTICA OCULAR

14

VIAS LACRIMAIS

14

ÓRBITA/NEUROOFTALMOLOGIA/ESTRABISMO

15

CIRURGIA REFRATIVA

17

VISÃO SUBNORMAL

19

SÁBADO - 23/06/2012 LENTES DE CONTATO

20

CÓRNEA

21

RETINA

23

CATARATA

25

GLAUCOMA

27

FÓRUM DOS RESIDENTES E PREMIAÇÃO

28

AUXILIAR DE OFTALMOLOGIA CURSO TEÓRICO

30

AUXILIAR NA PRÁTICA

32

ANOTAÇÕES

34

3


3ª JORNADA PAULISTA DE OFTALMOLOGIA Caros(as) colegas, Bem-vindos! É um prazer recebê-los em Campinas para a 3ª Jornada Paulista de Oftalmologia. A UNESP, a UNICAMP e a USP Ribeirão estão juntas neste evento que trará as inovações mais recentes da oftalmologia, e comemorará os 60 anos da USP Ribeirão. A programação abordará temas atuais em todas as áreas da oftalmologia, com aulas teóricas objetivas seguidas da discussão de muitos casos clínicos. Finalizando, um coquetel no dia 22, sexta-feira à noite, para confraternização e rever os colegas. Um grande abraço, Comissão organizadora

Realização UNESP (Botucatu), UNICAMP (Campinas) e USP (Ribeirão Preto). 4


INFORMAÇÕES GERAIS Local do evento Vitória Hotel Concept Campinas Avenida José de Souza Campos, 425 Cambuí – Campinas / SP Tel.: (19) 3755-8000

Alimentação e Estacionamento Não estão inclusos na taxa de inscrição.

Secretaria Executiva

Media Desk Dias 22 e 23 de junho – Das 07h00 às 19h00.

Horários da Secretaria Dias 22 e 23 de junho – Das 07h00 às 19h00

Achados e Perdidos Estarão concentrados na secretaria do evento JDE Organização de Eventos Rua IL Sogno di Anarello, 36 04012-040 – São Paulo – SP Tel.: (11) 5084-9174 / 5084-5284 Fax.: (11) 5574-8261 E-mail: secretaria.jpo@jdeeventos.com.br Passagem e Hospedagem Ecology Passagens & Turismo Fone/Fax.: (11) 3845-0273 / 3849-0731 Email: ecology@ecology.com.br Site: www.ecology.com.br Material do Participante Será fornecido aos participantes pré-inscritos (pasta, programa do evento, bloco e caneta). Para inscrições locais será estabelecido o critério de ordem de chegada e disponibilidade de material.

Agência Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA Para atender à regulamentação da ANVISA durante a realização da 3ª Jornada Paulista de Oftalmologia só será permitida a distribuição de amostra grátis, brindes e promoção de medicamentos de venda sob prescrição médica para profissionais habilitados a prescrevê-los. Avisos - Não é permitido fumar nas dependências do evento. - Não é permitido fotografar ou filmar as atividades científicas. - Não é permitido o uso de aparelhos sonoros (celular, bip, equipamento de som) nas salas onde estão acontecendo as atividades científicas. Certificação de Atualização Profissional – CNA/CAP 10 pontos

Crachás O uso do crachá é OBRIGATÓRIO em todas as dependências do evento. IMPORTANTE: Será cobrado uma taxa de 50% do valor da inscrição local referente a categoria do participante para emissão de 2ª via de crachá. Certificados Os certificados serão emitidos on-line, pelo site do congresso – www.jornadapaulistadeoftalmo.com.br – a partir de 05 de julho de 2012.

5


EXPOSIÇÃO COMERCIAL

WC FEM

B. A. OFTÁLMICA

WC MASC

INCOL

COCEL

ODOUS

ACESSO SALAS

OPTO GERMED

OPHTHALMOS

J&J/VISIONCARE LATINOFARMA

ALCON FENDA ESSILOR TRANSITIONS

SOLÓTICA

HALL

ALLERGAN

ENTRADA/SAÍDA RUA

BAYER OPTOTAL

SIMPÓSIO SATÉLITE ALLERGAN_salas Abrolhos e Ilha Bela 22 de junho – Sexta-feira, das 12h30 às 13h45

6

SECRETARIA

PRO-MED


PALESTRANTES INTERNACIONAIS Cintia Sade Paiva – Houston, EUA Cristian Oyarzun Reed – Concepcion, Chile Stephen C. Pflugfelder – Houston, EUA Pablo Cibils – Asuncion, Paraguai Andrea Torres – Concepcion, Chile

PALESTRANTES NACIONAIS ADAMO LUI NETTO ADEMAR CARNEIRO ADRIANA FORSETO DOS SANTOS ALESSANDRA DE LIMA ALICE PONTES VILAS BOAS FREITAS ALVIO ISAO SHIGUEMATSU AMELIA KAMEGASAWA ANA LUCIA HADDAD ANA MARIA CÁRNIO ANA MARIA MARCONDES ANA PAULA A. OLIVEIRA COSTA ANDRÉ AUGUSTO HOMSI JORGE ANDRÉ MESSIAS ANDRÉ OKANOBO ANDRÉ RAPOSO MONSANTO ANDRÉ VENÂNCIO FERNANDES PEREIRA ANDREA MARA SIMÕES TORIGOE ANTONIO AUGUSTO VELASCO E CRUZ ANTONIO CARLOS LOTTELLI RODRIGUES ANTONIO EDUARDO PEREIRA BRENO BARTH CARINA MARTINS FALCO PACIFICO CARLOS AKIRA OMI CARLOS EDUARDO LEITE ARIETA CARLOS FIGUEIREDO CAROLINA SAMPAIO CHRISTINE MORELLO CLAUDEMIR DE SOUZA MELO CLAUDIA MARIA FRANCESCONI DACIO CARVALHO COSTA DANIEL DA ROCHA LUCENA DANIEL FELIPE ALVES CECCHETTI DANILO JOSE LOPES SECCHES DAVID DA ROCHA LUCENA DAVID LEONARDO CRUVINEL ISAAC DENISE DE FREITAS DENISE FORNAZARI DE OLIVEIRA

DRYS DANTAS D’OLIVEIRA EDMUNDO J. VELASCO MARTINELLI EDSON NACIB JORGE EDUARDO MACRUZ EDUARDO RASKIN EDUARDO ROCHA ELAINE BINOTTI ELIANA MATUDA ELIANA PINHEIRO ELIANE CHAVES JORGE ELIANE MAYUMI NAKANO ELISIO BUENO MACHADO FILHO ENYR SARAN ARCIERI ERIKA MIURA FÁBIO NERO MITSUUSHI FABRICIO KAFURY PEREIRA RODRIGUES FELIPE PIACENTINI PAES DE ALMEIDA FERNANDO PAGANELLI FERNANDA APARECIDA CINTRA FERNANDA HELENA MORGON FERNANDO BETTY CRESTA FERNANDO JUSTINO DANTAS FERNANDO ORÉFICE FERNANDO PORTOLANI DE ANDRADE FERNANDO ROBERTE ZANETTI FERNANDO RODRIGO PEDREIRA CHAVES FLAVIA AUGUSTA ATTIE DE CASTRO FLAVIA GAZZE TICLY FLÁVIO FERNANDES VILLELA FRANCISCO MAX DAMICO GILDASIO CASTELLO DE ALMEIDA JÚNIOR GLEITON CARLOS MENDONÇA GRACIELI YUKI ROSSI GRASIELA LOPES MELHADO SIMIONATO GUILHERME GUBERT MÜLLER GUILHERME SERPA GUSTAVO BERNAL DA COSTA MORITZ

7


PALESTRANTES NACIONAIS GUSTAVO VICTOR HARLEM CARVALHO DE OLIVEIRA HARLEY E. A. BICAS HEITOR PANETTA HELENA L. REIMER DIAS HÉLIA ANGOTTI HENRIQUE CROSIO FILHO HUANG SHEAU JIUN IUUKI TAKASAKA IVANA CARDOSO PEREIRA JAYTER SILVA DE PAULA JOÃO PAULO FERNANDES FELIX JORGE LUIZ IVANOFF JOSÉ AUGUSTO CARDILLO JOSÉ MÁRIO ROCHA DE ANDRADE JOSÉ PAULO C. VASCONCELLOS JULIANE BOLLINI MOREIRA KARIN IKEDA KATHARINA MESSIAS KÁTIA FURTADO AFFONSO KEILA MONTEIRO DE CARVALHO KELSILENE CRISTINA GOUVEIA PRADO LEONARDO HUEB LEONARDO PREVELATO LETÍCIA AKEMI DE ARAÚJO SAKAMOTO SABINO LETÍCIA CÁSSIA DE SOUZA FERREIRA LETÍCIA PACCOLA LIANE TOUMA-FALCI LINCOLN LEMES FREITAS LÍVIA MARIA DIAS FREIRE LUANNA BIANA COSTA BEZERRA LUCIANA BERNARDI LUCIENI CRISTINA BARBARINI FERRAZ LUCIO DANTAS LUIS ANTONIO GORLA MARCOMINI LUIS ANTONIO VIEIRA MANUELA MOLINA FERREIRA MARCELO HATANAKA MARCELO JORDÃO LOPES DA SILVA MARCELO TORIGOE MARCELO VIEIRA NETTO MÁRCIA DUARTE SILVA MARCO ANTONIO REY DE FARIA MARCO FOLGOSA MARIA CECÍLIA MACHADO MARIA CRISTINA KOBAYASHI MARIA CRISTINA NISHIWAKI DANTAS MARIA DE LOURDES VERONESE RODRIGUES MARIA ELISABETE R. FREIRE GASPARETTO MARIA LUCIA HABIB SIMÃO MARIA ROSA BET DE MORAES MARILISA NANO COSTA MARIO LUIZ RIBEIRO MONTEIRO MARLON MORAES IBRAHIM MARLOS RODRIGUES LOPES E SILVA MATHIAS VIOLANTE MÉLEGA MAURICIO ABUJAMRA NASCIMENTO MICHEL BEREZOVSKY MILTON RUIZ ALVES MÔNICA ALEXANDRE MALTA

8

MÔNICA ALVES MONICA CRISTINA TORREIRO CUNHA SIGNORELLI NELSON ALEXANDRE SABROSA NEURAMAR ROCHA DA SILVA NEUSA HELI ZANOVELI DOS SANTOS NEWTON KARA JOSÉ NEWTON KARA JR. NILO HOLZCHUH NILZA MINGUINI OTAVIO SIQUEIRA BISNETO PATRICIA MITIKO SANTELLO AKAISHI PAULA CORDEIRO EMERY LOPES PAULO RICARDO OLIVEIRA PAULO SCHOR PEDRO BERTINO MOREIRA PRISCILA HAE HYUN RIM PRISCILA NOVAES RAFAEL GUENA JARDIM DE CAMARGO RAFAEL SANTOS ZACCHIA RICARDO YUJI ABE ROBERTA LILIAN FERNANDES DE SOUSA ROBERTO ALEXANDRE ROBERTO CALDATO ROBERTO DE OLIVEIRA SANTOS ROBERTO LAUANDE PIMENTEL ROBERTO PINTO COELHO ROBERTO SAAD FILHO RODRIGO AVELINO RODRIGO JORGE RODRIGO OTÁVIO DO ESPÍRITO SANTO RODRIGO PESSOA CAVALCANTI LIRA ROGÉRIO COSTA ROSÁLIA M. S. ANTUNES FOSCHINI ROSANE S. DE CASTRO ROSÂNGELA PARDO RUBENS CAMARGO SIQUEIRA RUI SCHIMITI SERGIO VANETTI BURNIER SHEILA ANDRADE DE PAULA CECCHETTI SIDNEY AMADEU NASSAR PARDO SIDNEY JULIO DE FARIA E SOUSA SILVANA ARTIOLI SCHELLINI TAIS HITOMI WAKAMATSU VALDIR BALARIN VANESSA CRESPI FLORES VINICIUS CORAL GHANEM VINÍCIUS MONTEIRO DE CASTRO VITAL PAULINO COSTA WENER CELLA WILIAN QUEIROZ WILLIAN SANTOS VINHADELLI WILSON MARCHI


GRADE DA PROGRAMAÇÃO

22/06/2012

SALA 1

SALA 2

SALA 3

SALA 4

SALA 5

SEXTA-FEIRA

ABROLHOS E ILHA BELA

RHODES

SANTORINI

PARATY

IBIZA E CAPRI

08:00 às 10:00

CÓRNEA

CIRURGIA REFRATIVA

PLÁSTICA OCULAR

URGÊNCIA

AUXILIARES

URGÊNCIA

AUXILIARES

REFRAÇÃO

AUXILIARES

VISÃO SUBNORMAL

AUXILIARES

INTERVALO

10:30 às 12:30

CÓRNEA

CIRURGIA REFRATIVA

VIAS LACRIMAIS

ALMOÇO

13:30 às 15:30

CÓRNEA

CIRURGIA REFRATIVA

ÓRBITA / NEURO / ESTRABISMO

INTERVALO

16:00 às 18:00

23/06/2012

LENTES DE CONTATO

SALA 1

OFTALMOPEDIATRIA

ÓRBITA / NEURO / ESTRABISMO

SALA 2

SALA 3

SALA 4

SALA 5

SÁBADO

ABROLHOS E ILHA BELA

RHODES

SANTORINI

PARATY

IBIZA E CAPRI

08:00 às 10:00

LENTES DE CONTATO

CATARATA

RETINA

GLAUCOMA

AUXILIARES

GLAUCOMA

AUXILIARES

FÓRUM DOS RESIDENTES

AUXILIARES

FÓRUM DOS RESIDENTES

AUXILIARES

INTERVALO

10:30 às 12:30

CÓRNEA

CATARATA

RETINA

ALMOÇO

13:30 às 15:30

CÓRNEA

CATARATA

RETINA

INTERVALO

16:00 às 18:00

CÓRNEA

CATARATA

RETINA

9


SEXTA-FEIRA 22/06/2012

CÓRNEA_sala 1 OLHO SECO

Moderadores: Rosane S. de Castro e Eduardo Rocha

OPÇÕES DE TRATAMENTOS EMERGENTES EM OLHO SECO E DOENÇAS DA SUPERFÍCIE 08:00 – 08:15 Olho Seco no consultório: o que vi e aprendi nos últimos 40 anos

Newton Kara José

08:15 – 08:30 New Paradigms in Dry Eye Syndrome

Stephen C. Pflugfelder

08:30 – 08:45 Terapia Gênica e terapias biológicas para olho seco: Perspectivas futuras

Eduardo Rocha

08:45 – 09:00 Queimadura alcalina em modelo animal

Cintia Sade Paiva

09:00 – 09:15 Caso Clínico

Milton Ruiz Alves

09:15 – 09:30 Caso Clínico

Priscila Novaes

09:30 – 09:45 Caso Clínico

Tais Hitomi Wakamatsu

09:45 – 10:00 Caso Clínico

Mônica Alves

10:00 – 10:30 INTERVALO

V SIMPÓSIO DA ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE DOENÇAS OCULARES EXTERNAS (ABDOE)

CERATOCONJUNTIVITES

Moderadores: Adamo Lui Netto, Milton Ruiz Alves, Gildasio Castello de Almeida Júnior e Amelia Kamegasawa

APRESENTAÇÃO DE CASOS 10:30 – 10:45 Caso 1 – Sidney Julio de Faria e Sousa 11:00 – 11:15 Caso 2 – Sidney Julio de Faria e Sousa 11:15 – 11:30 Caso 3 – Sidney Julio de Faria e Sousa 11:30 – 11:45 Caso 4 – Sidney Julio de Faria e Sousa 11:45 – 12:00 Caso 5 – Sidney Julio de Faria e Sousa 12:00 – 12:30 DISCUSSÃO 12:30 – 13:30 ALMOÇO

10


SEXTA-FEIRA 22/06/2012

CÓRNEA_sala 1 CLUBE DE CÓRNEA

Moderadores: Milton Ruiz Alves e Rosane S. de Castro

CASOS DESAFIADORES DE CÓRNEA E SUPERFÍCIE OCULAR 13:30 – 13:45 Fernando Betty Cresta 13:45 – 14:00 Marlon Moraes Ibrahim 14:00 – 14:15 Guilherme Gubert Müller 14:15 – 14:30 Dacio Carvalho Costa 14:30 – 14:45 Roberto Pinto Coelho 14:45 – 15:00 Alvio Isao Shiguematsu 15:00 – 15:30 Luis Antonio Vieira 15:30 – 16:00 INTERVALO

LENTES DE CONTATO_sala 1 Coordenadores: Adamo Lui Netto e André Okanobo 16:00 – 16:15 Lentes Asféricas

Henrique Crosio Filho

16:15 – 16:30 Legislação atual e adaptação de lente de contato

Adamo Lui Netto

16:30 – 16:45 Adaptação em míope – hipermetrope

Flávio Fernandes Villela

16:45 – 17:00 Lente de contato e infecção: Uma perspectiva epidemiológica

André Okanobo

17:00 – 17:30 Adaptação em Ectasias

Henrique Crosio Filho

17:30 – 18:00 PERGUNTAS E RESPOSTAS

11


SEXTA-FEIRA 22/06/2012

URGÊNCIAS_sala 4 GLOBO OCULAR

Moderadores: Daniel Felipe Alves Cecchetti, Eliane Chaves Jorge e Priscila Hae Hyun Rim 08:00 – 08:20 Trauma penetrante em córnea, como proceder?

Rosane S. de Castro

08:20 – 08:40 Endoftalmite endógena X exógena

Paula Cordeiro Emery Lopes

08:40 – 08:56 Apresentação e discussão de caso 1

Felipe Piacentini Paes de Almeida

08:56 – 09:11 Apresentação e discussão de caso 2

Fernando Portolani de Andrade

09:11 – 09:26 Apresentação e discussão de caso 3

Harlem Carvalho de Oliveira

09:26 – 09:31 Apresentação e discussão de caso 4

Danilo José Lopes Secches

09:31 – 09:46 Apresentação e discussão de caso 5

Willian Santos Vinhadelli

09:46 – 10:30 INTERVALO

ÓRBITA E ANEXOS

Moderadores: Sheila Andrade de Paula Cecchetti, Roberta Lilian Fernandes de Sousa e Marcelo Torigoe 10:30 – 10:50 Sindromes de compressão orbitária – conduta

Flavia Augusta Attie de Castro

10:50 – 11:10 BAV súbita com córnea e fundoscopia normais

André Messias

11:10 – 11:26

Apresentação e discussão de caso 1

Marlos Rodrigues Lopes e Silva

11:26 – 11:41 Apresentação e discussão de caso 2

Lucieni Cristina Barbarini Ferraz

11:41 – 11:56

Apresentação e discussão de caso 3

Alice Pontes Vilas Boas Freitas

11:56 – 12:11 Apresentação e discussão de caso 4

Patricia Mitiko Santello Akaishi

12:11 – 12:26 Apresentação e discussão de caso 5

12

Priscila Hae Hyun Rim


SEXTA-FEIRA 22/06/2012

REFRAÇÃO_sala 4 Moderadores: Milton Ruiz Alves, Adamo Lui Netto, André Augusto Homsi Jorge, Nilo Holzchuh, Christine Morello, Marilisa Nano Costa 13:30 – 13:45 Caso 1 – Sidney Julio de Faria e Sousa 13:45 – 14:00 Caso 2 – Sidney Julio de Faria e Sousa 14:00 – 14:15 Caso 3 – Sidney Julio de Faria e Sousa 14:15 – 14:30 Caso 4 – Sidney Julio de Faria e Sousa 14:30 – 14:45 Caso 5 – Sidney Julio de Faria e Sousa 14:45 – 15:00 Caso 6 – Sidney Julio de Faria e Sousa 15:00 – 15:30 DISCUSSÃO

OFTALMOPEDIATRIA_sala 2 Coordenador: Harley E. A. Bicas Moderadores: Harley E. A. Bicas, Denise Fornazari de Oliveira e Maria Rosa Bet de Moraes 16:00 – 16:15 Perspectivas para o Glaucoma Infantil: experiência de uma década

Jayter Silva de Paula

16:15 – 16:30 Atualização na detecção e tratamento da ROP

Andrea Mara Simões Torigoe

16:30 – 16:40 Caso Clínico 1

José Paulo C. Vasconcellos

16:40 – 16:50 Caso Clínico 2

Andrea Torres

16:50 – 17:00 Caso Clínico 3

Wilian Queiroz

17:00 – 17:10 Caso Clínico 4

Denise Fornazari de Oliveira

17:10 – 17:20 Caso Clínico 5

André Augusto Homsi Jorge

17:20 – 17:30 Caso Clínico 6

Letícia Paccola

17:30 – 17:40 Caso Clínico 7

Maria Lúcia Habib Simão

17:40 – 17:50 Caso Clínico 8

Nilza Minguini

17:50 – 18:00 DISCUSSÃO

Keila Monteiro de Carvalho

13


SEXTA-FEIRA 22/06/2012

PLÁSTICA OCULAR_sala 3 Moderadores: Marcelo Torigoe e Roberto Caldato 08:00 – 08:10 Implantes em cavidade anoftálmica

Marcelo Torigoe

08:10 – 08:20 Emprego de toxina botulínica em oculoplástica

Ivana Cardoso Pereira

08:20 – 08:30 Tendências atuais em blefaroplastia superior e inferior

Patricia Mitiko Santello Akaishi

08:30 – 08:40 Caso clínico 1 – Conjuntivo-Mullerectomia

Antonio Augusto Velasco e Cruz

08:40 – 08:50 Caso clínico 2 – Entrópio cicatricial

Drys Dantas D’Oliveira

08:50 – 09:00 Caso clínico 3 – Complicação de blefaroplastia

Roberto Caldato

09:00 – 09:10 Caso clínico 4 – Cantoplastia lateral

Patricia Mitiko Santello Akaishi

09:10 – 09:20 Caso clínico 5 – Ptose congênita

Grasiela Lopes Melhado Simionato

09:20 – 09:50 DISCUSSÃO 09:50 – 10:30 INTERVALO

VIAS LACRIMAIS_sala 3 Moderadores: Marilisa Nano Costa e Patricia Mitiko Santello Akaishi

14

10:30 – 10:40

Aula 1 – DCR endonasal 

Marilisa Nano Costa

10:40 – 10:50

Aula 2 – DCR via externa

Patricia Mitiko Santello Akaishi

10:50 – 11:00

Aula 3 – Obstruções congênitas

Silvana Artioli Schellini

11:00 – 11:10

Caso clínico 1 – Alacrimia

Rodrigo Otávio do Espírito Santo

11:10 – 11:20

Caso clínico 2 – Trauma de via lacrimal

Sheila Andrade de Paula Cecchetti

11:20 – 11:30

Caso clínico3 – Obstrução funcional

Erika Miura


SEXTA-FEIRA 22/06/2012

VIAS LACRIMAIS_sala 3 11:30 – 11:40 Caso clínico 4 – Abscesso lacrimal e celulite orbitária

Flávia Augusta Attie de Castro

11:40 – 11:50 Caso clínico 5 – Canaliculite

Silvana Artioli Schellini

11:50 – 12:30 DISCUSSÃO

ÓRBITA/NEUROOFTALMOLOGIA/ESTRABISMO_sala 3 BLOCO 1

Moderadores: Edson Nacib Jorge e Keila Monteiro de Carvalho 14:00 – 14:10 Aula 1 – Paralisias oculomotoras não-traumáticas: o que pensar e como proceder Mario Luiz Ribeiro Monteiro 14:10 – 14:20 Aula 2 – Tumores intraconais – Imagem e conduta Antonio Augusto Velasco e Cruz 14:20 – 14:30 Caso clínico 1 – Edema unilateral de nervo óptico Monica Cristina Torreiro Cunha Signorelli 14:30 – 14:40 Caso clínico 2 – Malformação vascular orbitária Rodrigo Otávio do Espírito Santo 14:40 – 14:50 Caso clínico 3 – Estrabismo fixo José Mário Rocha de Andrade 14:50 – 15:00 Caso clínico 4 – Disseminação perineural orbitária de carcinoma epitelial Sheila Andrade de Paula Cecchetti 15:00 – 15:10 Caso clínico 5 – Paresia do VI nervo Andrea Torres 15:10 – 15:20 DISCUSSÃO 15:20 – 15:30 Aula 3 – Diplopia pré e pós descompressão na Orbitopatia de Graves Christine Morello

15


SEXTA-FEIRA 22/06/2012

ÓRBITA/NEUROOFTALMOLOGIA/ESTRABISMO_sala 3 BLOCO 2

Moderadores: André Messias e Ana Maria Marcondes 16:00 – 16:10 Aula 1 – Tratamento da Hipertensão intra-craniana idiopática, papel do OCT no seguimento clínico Maria Lucia Habib Simão 16:10 – 16:20 Aula 2 – Neuropatias ópticas no adulto - orientação diagnóstica Katharina Messias 16:20 – 16:30 Aula 3 – Planejamento cirúrgico dos estrabismos horizontais Nilza Minguini 16:30 – 16:40 Caso clínico 1 – Uma causa rara de edema macular, uveíte e pseudoesclerite – Doença de Rosai-Dorfman Gustavo Bernal da Costa Moritz 16:40 – 16:50 Caso clínico 2 Carolina Sampaio 16:50 – 17:00 Caso clínico 3 – Hipofunção do obliquo superior Karin Ikeda 17:00 – 17:15 Caso clínico 4 Sergio Vanetti Burnier 17:15 – 17:30 Caso clínico 5 – Linfangioma orbitário Luanna Biana Costa Bezerra 17:30 – 17:40 DISCUSSÃO

16


SEXTA-FEIRA 22/06/2012

CIRURGIA REFRATIVA_sala 2 BLOCO 1

Coordenadores: Roberto Caldato e Sidney Julio de Faria e Sousa. Discutidores: Wilson Marchi, Gildasio Castello de Almeida Júnior, Breno Barth e Vinicius Coral Ghanem 08:00 – 08:15 Tratamento do aplanamento de córnea pós RK

Wilson Marchi

08:15 – 08:30 Laser de femtosegundo x Microcerátomo

Gildasio Castello de Almeida Júnior

08:30 – 08:45 Complicações relacionadas ao flap

Breno Barth

08:45 – 09:00 Tratamento da presbiopia com excimer laser

Vinicius Coral Ghanem

09:00 – 09:15 Caso clínico 1 09:15 – 09:30 Caso clínico 2 09:30 – 09:45 Caso clínico 3 09:45 – 10:00 Caso clínico 4 10:00 – 10:30 INTERVALO

BLOCO 2

Coordenadores: Wilson Marchi e Carlos Eduardo Leite Arieta. Discutidores: Mathias Violante Mélega, Paulo Schor e Milton Ruiz Alves 10:30 – 10:45 Susceptibilidade e diagnóstico de ectasia (Pentacam)

Mathias Violante Mélega

10:45 – 11:00 Biomecânica da córnea: é possível medir?

Paulo Schor

11:00 – 11:15 Cirurgia refrativa em córneas finas

Claudia Maria Francesconi

11:15 – 11:30 Abordagem em pacientes com ectásia iatrogênica

Milton Ruiz Alves

11:30 – 11:45 Caso clínico 1 11:45 – 12:00 Caso clínico 2 12:00 – 12:15 Caso clínico 3 12:15 – 12:30 Caso clínico 4 12:30 – 14:00 ALMOÇO

17


SEXTA-FEIRA 22/06/2012

CIRURGIA REFRATIVA_sala 2 BLOCO 3

Coordenadores: Eliane Mayumi Nakano e Wilson Marchi. Discutidores: André Okanobo, Eliane Mayumi Nakano, Edmundo J. Velasco Martinelli e Marcelo Vieira Netto 14:00 – 14:15 PRK e crosslinking em ceratocone (Protocolo de Atenas)

André Okanobo

14:15 – 14:30 Cirurgia personalizada por topografia e aberrometria

Eliane Mayumi Nakano

14:30 – 14:45 PTK pós infiltrado adenoviral

Edmundo J. Velasco Martinelli

14:45 – 15:00 Atualização de PRK com mitomicina C

Marcelo Vieira Netto

15:00 – 15:15 Caso clínico 1 15:15 – 15:30 Caso clínico 2 15:30 – 15:45 Caso clínico 3 15:45 – 16:00 Caso clínico 4

18


SEXTA-FEIRA 22/06/2012

VISÃO SUBNORMAL_sala 4 16:00 – 16:15 Baixa Visão e Reabilitação no Adulto Rosália M. S. Antunes Foschini 16:15 – 16:30 Estimulação Precoce Letícia Akemi de Araújo Sakamoto Sabino 16:30 – 16:45 O deficiente visual na escola Maria Elisabete R. Freire Gasparetto 16:45 – 16:55 Caso 1 – Baixa visão secundária a DMRI André Venâncio Fernandes Pereira 16:55 – 17:05 Caso 2 – Baixa visão secundária a retinopatia diabética João Paulo Fernandes Felix 17:05 – 17:15 Caso 3 – Baixa visão secundária a retinocoroidite por Toxoplasmose Manuela Molina Ferreira 17:15 – 17:25 Caso 4 – Baixa visão secundária a glaucoma congênito Letícia Akemi de Araújo Sakamoto Sabino 17:25 – 17:35 Caso 5 – Baixa visão secundária a distrofia de cones Manuela Molina Ferreira 17:35 – 17:45 Caso 6 – Baixa visão secundária a catarata congênita Maria Cristina Kobayashi 17:45 – 17:55 Caso 7 – Baixa visão secundária a retinose pigmentar Gracieli Yuki Rossi 17:55 – 18:05 Discutidores: Keila Monteiro de Carvalho, Rosália M. S. Antunes Foschini,

Letícia Akemi A. Sakamoto Sabino, Maria Elisabete R. Freire Gasparetto e Kelsilene Cristina Gouveia Prado

19


SÁBADO 23/06/2012

LENTES DE CONTATO_sala 1 Coordenadores: Nilo Holzchuh e Carlos Eduardo Leite Arieta 08:00 – 08:20 Correção de presbiopia: monovisão x multifocal

Nilo Holzchuh

08:20 – 08:40 Indicações e Particularidades da Adaptação a Cavaleiro

Paulo Ricardo Oliveira

08:40 – 09:00 Adaptação em astigmatismo

Liane Touma-Falci

09:00 – 10:00 Discussão de Casos clínicos

20

Coordenador: Paulo Ricardo Oliveira

APRESENTAÇÃO


SÁBADO 23/06/2012

CÓRNEA_sala 1 TRANSPLANTE DE CÓRNEA

Moderadores: Sidney Julio de Faria e Sousa e Amelia Kamegasawa 10:30 – 10:45 Ceratoplastia lamelar anterior – os segredos da Big Bubble

Gustavo Victor

10:45 – 11:00 Novas técnicas para ceratoplastia: utilização de laser de fentosegundo

Pedro Bertino Moreira

11:00 – 11:15 Transplante endotelial – técnicas e comparação de resultados

Gleiton Carlos Mendonça

11:15 – 11:30 Caso Clínico 1: Crosslinking da Córnea

Gustavo Victor

11:30 – 11:45 Caso Clínico 2: Ceratoprotese de Boston

Rafael Guena Jardim de Camargo

11:45 – 12:00 Caso Clínico 3: PTK para lesões superficiais da córnea

Pedro Bertino Moreira

12:00 – 12:30 Ocular Surface Reconstruction: experience with regenareative medicine – (Reconstrução da Superfície Ocular: experiência com medicina regenerativa)

Stephen C. Pflugfelder

12:30 – 13:30 ALMOÇO

TRANSPLANTE DE CÓRNEA

Moderadores: Alvio Isao Shiguematsu e André Okanobo

DESAFIOS NO TRANSPLANTE DE CÓRNEA – COMO CONDUZIR OS PROBLEMAS 13:30 – 13:50 Neovascularização de córnea – uma nova solução para um antigo problema

André Okanobo

13:50 – 14:10 Rejeição no transplante de córnea

Dacio Carvalho Costa

14:10 – 14:30 Controle dos erros refracionais pós transplante de córnea

Adriana Forseto dos Santos

14:30 – 14:45 Uso de imunossupressores em pós operatório de TX de córnea

Hélia Angotti

14:45 – 15:00 Glaucoma e transplante de córnea – prevenção e tratamento

Vital Paulino Costa

15:00 – 15:15 Caso Clínico 1

Roberto Pinto Coelho

15:15 – 15:30 Caso Clinico 2

Gustavo Victor

15:30 – 15:45 Caso Clinico 3

Gleiton Carlos Mendonça

15:45 – 16:00 INTERVALO

21


SÁBADO 23/06/2012

CÓRNEA_sala 1 INFECÇÕES E INFLAMAÇÃO DA SUPERFÍCIE OCULAR Moderadores: Guilherme Gubert Müller e Monica Alves 16:00 – 16:15 Ceratoconjuntivite adenoviral

Maria Cristina Nishiwaki Dantas

16:15 – 16:30 Herpes simples ocular

Denise de Freitas

16:30 – 16:45 Novas tendências para o tratamento de olho seco

Cintia Sade Paiva

16:45 – 17:00 Caso Clinico 1

Luis Antonio Gorla Marcomini

17:00 – 17:15 Caso Clínico 2

Denise de Freitas

17:15 – 17:30 Caso Clinico 3

Gustavo Victor

17:30 – 17:45 Caso Clínico 4

Dacio C. Costa

17:45 – 18:00 Caso Clínico 5

22

Alvio Isao Shiguematsu


SÁBADO 23/06/2012

RETINA_sala 2 1º MÓDULO

Coordenadores: Andrea Mara Simões Torigoe e Michel Berezovsky 08:00 – 08:15 Tratamento da oclusão venosa retiniana

Andrea Mara Simões Torigoe

08:15 – 08:30 Laser micropulso e laser Pascal no tratamento do edema macular diabético

José Augusto Cardillo

08:30 – 08:45 Farmacoterapia para o Edema macular diabético

Rodrigo Jorge

08:45 – 09:00 Conduta atual para hemorragia vítrea em pacientes diabéticos

Pablo Cibils

09:00 – 09:15 Discussão de caso clínico

Michel Berezovsky

09:15 – 09:30 Discussão de caso clínico 09:30 – 10:00 Discussão de caso clínico

Flavia Gazze Ticly

10:00 – 10:30 INTERVALO

2º MÓDULO

Coordenador: Rodrigo Pessoa Cavalcanti Lira e Pablo Cibils 10:30 – 10:45 O que aprendemos com o CATT (2 anos)

Rodrigo Pessoa Cavalcanti Lira

10:45 – 11:00 Perspectivas futuras da terapêutica para DMRI

Rogério Costa

11:00 – 11:15 Tratamento da DMRI seca

Francisco Max Damico

11:15 – 11:30 Anti-vegf e retinopatia da prematuridade

Eliane Chaves Jorge

11:30 – 11:45 Autofluorescência nas distrofias retinianas

Wener Cella

11:45 – 12:00 Discussão de caso clínico

Cristian Oyarzun Reed

12:00 – 12:15 Discussão de caso clínico

Huang Sheau Jiun

12:15 – 12:30 Discussão de caso clínico

Iuuki Takasaka

12:30 – 13:30 ALMOÇO

23


SÁBADO 23/06/2012

RETINA_sala 2 3º MÓDULO

Coordenadores: Valdir Balarin e Cristian Oyarzun Reed 13:30 – 13:45 Descolamento de retina: medicina baseada em evidência

David Leonardo Cruvinel Isaac

13:45 – 14:00 Corantes em cirurgia vitreorretiniana

Mauricio Abujamra Nascimento

14:00 – 14:15 Como prevenir o PVR

Nelson Alexandre Sabrosa

14:15 – 14:30 Vitrectomia química

Valdir Balarin Silva

14:30 – 14:45 O que há de novo sobre Vogt-Kayanagi-Harada

Vinícius Monteiro de Castro

14:45 – 15:00 Discussão de caso clínico

Cristian Reed

15:00 – 15:15 Discussão de caso clínico

Fernando Roberte Zanetti

15:15 – 15:30 Discussão de caso clínico

Fernando Rodrigo Pedreira Chaves

15:30 – 16:00 INTERVALO

4º MÓDULO

Coordenadores: Rodrigo Jorge e André Messias 16:00 – 16:15 Imunomodulação em uveítes

Fernando Oréfice

16:15 – 16:30 Retinose pigmentar: presente e futuro

Rubens Camargo Siqueira

16:30 – 16:45 Eletrofisiologia em cirurgias maculares

André Messias

16:45 – 17:00 Facovitrectomia para buraco de mácula e membrana epirretiniana

Rodrigo Jorge

17:00 – 17:15 Discussão de caso clínico

Daniel da Rocha Lucena

17:15 – 17:30 Discussão de caso clínico

Marco Folgosa

17:30 – 17:45 Discussão de caso clínico

24

Felipe Piacentini Paes de Almeida


SÁBADO 23/06/2012

CATARATA_sala 3 CIRURGIA REFRATIVA DE CATARATA

Coordenadores: Carlos Eduardo Leite Arieta e Antonio Carlos Lottelli Rodrigues 08:00 – 08:15 Interferometria X Biometria princípios – Planejamento da refração final

André Okanobo

08:15 – 08:30 Como calcular em Alta ametropias

Antonio Carlos Lottelli Rodrigues

08:30 – 08:45 Casos especiais – Pós refrativa/TX

Wilian Queiroz

08:45 – 09:00 Causas de erro da refração

André Raposo Monsanto

09:00 – 10:00 Casos clínicos

David da Rocha Lucena, Fernando Paganelli e Gleiton Carlos Mendonça

DISCUSSÃO Antonio Carlos Lottelli Rodrigues, André Raposo Monsanto, André Okanobo e Wilian Queiroz

10:00 – 10:30 INTERVALO

LENTES INTRA-OCULARES

Coordenação: Roberto Pinto Coelho e Antonio Eduardo Pereira 10:30 – 10:45 Lentes para implante secundário

Otavio Siqueira Bisneto

10:45 – 11:00 LIOs dobráveis de Acrilatos, Padrão Ouro?

Carlos Figueiredo

11:00 – 11:15 Implante de lentes tóricas

Fábio Nero Mitsuushi

11:15 – 11:30 LIOs Bifocais

Roberto Pinto Coelho

11:30 – 11:45 Lentes pseudoacomodativas

Antonio Eduardo Pereira

11:45 – 12:45 Casos Clínicos

Elisio Bueno Machado Filho, Roberto Saad Filho e Eduardo Raskin

DISCUSSÃO Otavio Siqueira Bisneto, Carlos Figueiredo, Roberto Pinto Coelho e Antonio Eduardo Pereira

12:45 – 13:45 ALMOÇO

25


SÁBADO 23/06/2012

CATARATA_sala 3 TÉCNICA CIRÚRGICA

Coordenação: Lincoln Lemes Freitas e Wilian Queiroz 13:45 – 14:00 Técnicas de emulsificação, indicação

Ademar Carneiro

14:00 – 14:15 Faco torsional

Newton Kara Jr.

14:15 – 14:30 Técnicas de pré-slice

Lincoln Lemes Freitas

14:30 – 14:45 Laser Femtosecond

Roberto Pinto Coelho

14:45 – 15:45 Casos Clínicos

Daniel Felipe Alves Cechetti, Leonardo Prevelato, Fernando Paganelli e Sidney Amadeu Nassar Pardo

DISCUSSÃO Lincoln Lemes Freitas, Newton Kara Jr., Wilian Queiroz, Ademar Carneiro e Roberto Pinto Coelho

15:45 – 16:15 INTERVALO

SITUAÇÕES ESPECIAIS

Coordenação: Marco Antonio Rey de Faria e Lincoln Lemes Freitas 16:15 – 16:30 Glaucoma e Catarata – qual cg?

Roberto Lauande Pimentel

16:30 – 16:45 Faco após vitrectomia

André Messias

16:45 – 17:00 Catarata e Diabetes

Marco Antonio Rey de Faria

17:00 – 17:15 TASS – prevenção e tratamento

Willian Santos Vinhadelli

17:15 – 18:15 Casos clínicos

26

Fabricio Kafury Pereira Rodrigues, Willian Santos Vinhadelli e Fernando Portolani de Andrade

DISCUSSÃO Roberto de Oliveira Santos, Nelson Alexandre Sabrosa, Roberto Alexandre e Lucio Dantas


SÁBADO 23/06/2012

GLAUCOMA_sala 4 DIRETO AO PONTO: ASPECTOS RELEVANTES NO SEGUIMENTO DO PACIENTE COM GLAUCOMA ABORDADOS DE FORMA PRÁTICA E OBJETIVA, COMPLEMENTADO POR UMA DISCUSSÃO DE CASOS Coordenadores: Maria de Lourdes Veronese Rodrigues, Maria Rosa Bet de Moraes, Vital Paulino Costa e Jayter Silva de Paula 08:00 – 08:15 Epidemiologia do glaucoma

Maria de Lourdes Veronese Rodrigues

08:15 – 08:30 Fatores de risco: Pressão Intra-ocular e Fluxo Sanguíneo

Maria Rosa Bet de Moraes

08:30 – 08:45 Diagnóstico de Glaucoma: análise combinada de dados estruturais e funcionais

Marcelo Hatanaka

08:45 – 09:00 Estadiamento do glaucoma – Progressão: Funcional/estrutural

Vital Paulino Costa

09:00 – 09:15 Glaucoma primário de ângulo fechado e Sindrome Plateau: classificação atual

Marcelo Hatanaka

09:15 – 09:30 Tratando ângulo oclusível e glaucoma primário de ângulo fechado: diferenças e semelhanças.

Rui Schimiti

09:30 – 10:00 Discussão de casos: 4 a 6 casos clínicos ilustrando os temas abordados e discutidos por um painel de especialistas

Maria Rosa Bet de Moraes, Vital Paulino Costa, Maria de Lourdes Veronese Rodrigues e Marcelo Hatanaka

10:00 – 10:30 INTERVALO 10:30 – 10:45 Medicina Baseada em Evidências: Tratamento Clínico do Hipertenso Ocular e Glaucoma Primário de Ângulo Aberto

Rodrigo Avelino

10:45 – 11:00 Novas drogas no tratamento do glaucoma

Enyr Saran Arcieri

11:00 – 11:15 Trabeculoplastia seletiva ou não seletiva: qual seu papel

José Paulo C. Vasconcellos

11:15 – 11:30 Tratamento Cirúrgico: qual a primeira opção

Jayter Silva de Paula

11:30 – 11:45 Trabeculectomia faliu: quando indicar RE-TREC ou Implantes ou Ciclodestruição

Marcelo Jordão Lopes da Silva

11:45 – 12:00 Novas técnicas cirúrgicas no tratamento do glaucoma

Carlos Akira Omi

12:00 – 12:30 Discussão de casos: 4 a 6 casos clínicos ilustrando os temas abordados e discutidos por um painel de especialistas

Marcelo Jordão Lopes da Silva, Jayter Silva de Paula, Rui Schimiti, Enyr Saran Arcieri, Rodrigo Avelino e José Paulo C. Vasconcellos

27


SÁBADO 23/06/2012

FÓRUM DOS RESIDENTES_sala 4 Moderadores: André Messias, Maria de Lourdes Veronese Rodrigues, Maria Rosa Bet de Moraes, Denise Fornazari de Oliveira, Priscila Hae Hyun Rim, Alvio Isao Shiguematsu e Eduardo Rocha 13:30 – 13:45 Planejamento profissional após a residência médica em oftalmologia Heitor Panetta 13:45 – 14:00 O Direito na vida diária do Médico oftalmologista

Apresentação de Casos Clínicos da Residência

PREMIAÇÃO_TEMAS LIVRES/RESIDÊNCIA 1º LUGAR 01 Passagem, hospedagem e inscrição para o XX Congresso Brasileiro de Prevenção a Cegueira e Reabilitação Visual, que será realizado nos dias 12 a 15 de setembro de 2012 em São Paulo.

2º LUGAR 01 Inscrição para o XX Congresso Brasileiro de Prevenção a Cegueira e Reabilitação Visual, que será realizado nos dias 12 a 15 de setembro de 2012 em São Paulo.

Patrocínio

28


SE VOCÊ ACHA QUE TODAS AS COMBINAÇÕES FIXAS DE PROSTAGLANDINAS SÃO IGUAIS, AQUI ESTÁ UMA DESCOBERTA BRILHANTE. Apresentando DUO-TRAVATAN® BAK-Free solução, a combinação fixa de prostaglandina multidose que não contém BAK. Agora você pode proporcionar aos seus pacientes a eficácia que você deseja sem BAK (cloreto de benzalcônio).

A diferença é brilhante.

A DIFERENÇA QUE IMPORTA DUO-TRAVATAN ® ESTÁ CONTRAINDICADO EM PACIENTES COM HIPERSENSIBILIDADE CONHECIDA À TRAVOPROSTA OU QUALQUER OUTRO INGREDIENTE DO PRODUTO. E PACIENTES EM USO DE DUO-TRAVATAN ® PODEM APRESENTAR INTERAÇÃO MEDICAMENTOSA COM OS DIGITÁLICOS E ANTAGONISTAS DO CÁLCIO: O USO CONCOMITANTE DE AGENTES BLOQUEADORES BETA-ADRENÉRGICOS COM DIGITÁLICOS E ANTAGONISTAS DO CÁLCIO PODE TER UM EFEITO ADITIVO PROLONGANDO O TEMPO DA CONDUÇÃO ATRIOVENTRICULAR. DUO-TRAVATAN® (travoprosta 0,004% timolol 0,5% maleato) Solução Oftálmica Estéril. USO ADULTO. INDICAÇÕES: é indicado para a redução da pressão intra-ocular elevada em pacientes com glaucoma de ângulo aberto ou hipertensão ocular, nos quais a terapia com um único agente não é suficiente para reduzir a pressão intra-ocular. CONTRAINDICAÇÕES: é contraindicado para pacientes com hipersensibilidade conhecida à travoprosta, timolol, cloreto de benzalcônio ou qualquer outro ingrediente deste produto. DUO-TRAVATAN Solução Oftálmica também é contraindicado em pacientes com asma brônquica, histórico de asma brônquica, doença pulmonar obstrutiva crônica severa, bradicardia sinusal, bloqueio atrioventricular de segundo e terceiro grau, insuficiência cardíaca manifesta ou choque cardiogênico. POSOLOGIA: A dose recomendada é uma gota no(s) olho(s) afetado(s) uma vez por dia pela manhã ou à noite. ADVERTÊNCIAS: Existem relatos de que travoprosta e outros análogos da prostaglandina causam alterações nos tecidos pigmentados. As alterações relatadas com maior freqüência foram aumento na pigmentação da íris e tecido periorbital (pálpebra) e aumento na pigmentação e crescimento de cílios. Reações respiratórias severas e reações cardíacas, incluindo morte por broncospasmo em pacientes com asma e raramente morte associada a insuficiência cardíaca foram relatadas após a administração sistêmica ou oftálmica de maleato de timolol. Insuficiência Cardíaca: A ação de bloqueador de receptor beta-adrenérgico pode precipitar insuficiência mais severa. Ao primeiro sinal ou sintoma de insuficiência cardíaca, interromper o uso de DUO-TRAVATAN. Doença pulmonar obstrutiva: Pacientes com doença pulmonar obstrutiva crônica (ex.: bronquite crônica, enfisema) de intensidade leve ou moderada, doença broncospástica ou histórico de doença broncospástica não devem, em geral, ser tratados com beta-bloqueadores ou produtos que contenham beta-bloqueadores, incluindo DUO-TRAVATAN Solução Oftálmica. Cirurgia: Pode ocorrer o aumento do risco da anestesia geral em procedimentos cirúrgicos com hipotensão severa prolongada durante a anestesia e dificuldade de reiniciar e manter o batimento cardíaco. Diabetes Mellitus: Pode ocorrer mascaramento dos sinais e sintomas da hipoglicemia aguda, devendo ser administrados com cuidado em pacientes diabéticos. Tireotoxicose: Pacientes com suspeita de desenvolver tireotoxicose devem ser cuidadosamente controlados para evitar a retirada abrupta dos agentes bloqueadores beta-adrenérgicos, a qual pode precipitar uma crise de tireotoxicose. PRECAUÇÕES: Casos de ceratite bacteriana têm sido associados com o uso de frascos dose-múltipla de produtos oftálmicos tópicos. DUO-TRAVATAN Solução Oftálmica deve ser usado com precaução em pacientes com inflamação intra-ocular ativa (irite/uveíte). Edema macular, incluindo edema macular cistóide, tem sido relatado durante o tratamento com análogos da prostaglandina F2a principalmente em pacientes afácicos, pseudofácicos com ruptura de cápsula posterior devendo ser usado com precaução nestes pacientes. DUO-TRAVATAN Solução Oftálmica não foi avaliado no tratamento do glaucoma de ângulo estreito, glaucoma inflamatório ou neovascular. Foi relatado descolamento de coróide após cirurgia filtrante com a administração de terapia aquosa supressora (ex.: Timolol). Não existem estudos adequados em mulheres grávidas. DUO-TRAVATAN Solução Oftálmica deve ser usado durante a gravidez somente se o benefício potencial justificar o risco potencial para o feto. INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: Agentes bloqueadores beta-adrenérgicos: Pacientes em tratamento com agentes bloqueadores beta-adrenérgicos por via oral e DUO-TRAVATAN Solução Oftálmica devem ser observados quanto aos potenciais efeitos aditivos dos beta-bloqueadores. O uso concomitante de dois agentes bloqueadores beta-adrenérgicos de uso tópico não é recomendado. Antagonistas do cálcio: Cuidados devem ser tomados (ou evitar) na co-administração de agentes bloqueadores beta-adrenérgicos e antagonistas do cálcio orais ou intravenosos. Depletores de catecolaminas: Tratamento com depletores de catecolaminas, tal como reserpina, devem ser feitos atentamente devido ao possível efeito aditivo. Quinidina: Há casos de bloqueio beta sistêmico potencializado (ex.: batimento cardíaco diminuído) pelo tratamento combinado de quinidina e timolol. Clonidina: Pode ocorrer exacerbação da hipertensão rebote após a retirada da clonidina. Epinefrina injetável: Risco de anafilaxia. USO EM IDOSOS, CRIANÇAS E OUTROS GRUPOS DE RISCO. Idosos: Não foram observadas diferenças na eficácia e segurança entre pacientes idosos e outros pacientes. Crianças: A segurança e a eficácia não foram estabelecidas para pacientes pediátricos. Lactantes: humano. O maleato de timolol foi detectado no leite humano após a administração oral e oftálmica, mas não se sabe sobre a excreção pelo leite com o Travoprosta. Deve-se decidir suspender a amamentação ou o uso do produto devido ao risco de efeitos colaterais no lactente. REAÇÕES ADVERSAS: O evento adverso ocular mais comum em estudos clínicos controlados com DUO-TRAVATAN Solução Oftálmica foi hiperemia ocular, relatada em 13 a 15 % dos pacientes. Aproximadamente 2% dos pacientes interromperam a terapia devido à hiperemia conjuntival. Os eventos adversos oculares relatados com incidência de 5 a 10 % incluíram diminuição da acuidade visual, olho seco, desconforto ocular, sensação de corpo estranho, crescimento de cílios e fotofobia. Outros eventos relatados em freqüência menor são: visão borrada, conjuntivite, mancha na córnea, “flare”, ceratite, distúrbios na pálpebra, dor e prurido, artralgia, artrite, bronquite, síndrome do resfriado, dor de cabeça, hipertensão, infecção, dor e infecção do trato urinário. SUPERDOSE: Não há dados disponíveis sobre a superdose das soluções de DUO-TRAVATAN ou TRAVATAN em humanos. Há casos de superdose inadvertida com a solução oftálmica de timolol, resultando em efeitos sistêmicos similares aqueles observados com os agentes bloqueadores beta-adrenérgicos sistêmicos, tais como: vertigem, dor de cabeça, falta de ar, bradicardia, brocospasmo e parada cardíaca. Um estudo com pacientes com insuficiência renal mostrou que timolol não é prontamente dialisado após a administração oral. MS 1.0023.0266.001-3. Venda sob prescrição médica. DTV10502JAi-A XXX

A PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO. © 2011 Novartis.

Novembro/2011


AUXILIAR DE OFTALMOLOGIA

CURSO DE AUXILIARES DE OFTALMOLOGIA_sala 5 O curso de auxiliares foi completamente remodelado, enfocando a parte prática do dia-a-dia dos profissionais que auxiliam o oftalmologista na clínica. Um curso totalmente reinventado, atendendo às solicitações dos próprios profissionais, foi desenhado com 2 blocos distintos, em salas diferentes, onde todos os participantes têm oportunidade de atender a todos os módulos. Coordenação Geral: Fernando Justino Dantas

CURSO TEÓRICO_22/06/2012 Este ano o curso teórico foi totalmente remodelado, focando a visão das auxiliares, com palestras ministradas principalmente por auxiliares, com alguns temas de conhecimento médico ministrados por oftalmologistas. Coordenação: Fernando Justino Dantas e Eduardo Macruz

BLOCO 1: O QUE PRECEDE A CONSULTA? Coordenação de Mesa: Ana Paula A. Oliveira Costa

30

08:00 – 08:15

Postura e ética profissional: como apresentar-se e comunicar-se com o cliente?

08:15 – 08:30

Acolhimento do cliente, do telefone à recepção: a importância da “capa do livro”

08:30 – 08:45

Construindo uma equipe eficiente: como dividir as tarefas

08:45 – 09:00

Preenchimento de guias, sistema online versus impresso

09:00 – 09:15 09:15 – 09:30

Manutenção e desinfecção dos equipamentos da clínica

09:30 – 09:45

Assepsia e esterilização de materiais

09:45 – 10:00

Verificando validade, guarda e conservação de materiais e medicações

10:00 – 10:30

INTERVALO

Elaine Binotti

Elaine Binotti

Rosângela Pardo

Juliane Bollini Moreira

Ana Lucia Haddad

A anamnese: o que não pode faltar Letícia Cássia de Souza Ferreira

Fernanda Helena Morgon

Juliane Bollini Moreira


AUXILIAR DE OFTALMOLOGIA

CURSO TEÓRICO_22/06/2012 BLOCO 2: A AUXILIAR NA CONSULTA OFTALMOLÓGICA Coordenação de Mesa: Ana Maria Cárnio 10:30 – 10:45

Qual a forma correta de medir a acuidade visual

10:45 – 11:00

Urgência? Como avaliar corretamente o risco

11:00 – 11:15 11:15 – 11:30

Preparo do paciente para os principais exames

11:30 – 11:45

Como orientar o paciente pré-operatório de catarata

11:45 – 12:00

Conjuntivites – cuidados com o consultório e orientação do cliente

12:00 – 12:15

A auxiliar dentro da sala de consulta – melhorando a eficiência do oftalmologista

12:15 – 12:30

DÚVIDAS

12:30 – 13:30

ALMOÇO

Rafael Santos Zacchia

Kátia Furtado Affonso

Maria Cecília Machado

Preparo do paciente para procedimentos a laser na clínica Maria Cecilia Machado

Fernanda Aparecida Cintra

Elaine Binotti

Kátia Furtado Affonso

BLOCO 3: FUNDAMENTOS DA OFTALMOLOGIA Coordenação de Mesa: Neusa Heli Zanoveli dos Santos 13:30 – 13:45

Anatomia do olho e anexos

13:45 – 14:00

Fisiologia ocular – como enxergamos?

14:00 – 14:15

Principais vícios de refração

14:15 – 14:30 14:30 – 14:45

Entendendo a prescrição de lentes corretoras

14:45 – 15:00

Tipos de lentes de contato e seu manuseio

15:00 – 15:15

Como orientar os produtos para limpeza, enxague e conservação das lentes

15:15 – 15:30

Evitando problemas jurídicos – a visão de um oftalmologista advogado

15:30 – 16:00

INTERVALO

Helena L. Reimer Dias

Leonardo Hueb

Vanessa Crespi Flores

Elaine Binotti

Reconhecendo os diferentes tipos de lentes de óculos Ricardo Yuji Abe

Eliana Matuda

Lívia Maria Dias Freire

Guilherme Serpa

31


AUXILIAR DE OFTALMOLOGIA

CURSO TEÓRICO_22/06/2012 BLOCO 4: PRINCIPAIS DOENÇAS OCULARES NA PRÁTICA DA CLÍNICA OFTALMOLÓGICA Coordenação de Mesa: Eduardo Macruz 16:00 – 16:15

Catarata

16:15 – 16:30

Retinopatia da Prematuridade

16:30 – 16:45

Glaucoma

16:45 – 17:00

Retinopatia diabética

17:00 – 17:15

Estrabismo

17:15 – 17:30

Principais doenças palpebrais

17:30 – 17:45

DMRI

17:45 – 18:00

DÚVIDAS

Eliana Matuda

Michel Berezovsky

Luciana Bernardi

Heitor Panetta

Erica Miura

Drys Dantas D´Oliveira

Fernando Justino Dantas

AUXILIAR NA PRÁTICA_23/06/2012 4 grupos serão divididos para rodízio entre os blocos, de forma que todos possam operar os equipamentos. Coordenação: Fernando Justino Dantas e Eduardo Macruz Grupo Grupo Grupo Grupo

1: 2: 3: 4:

Bloco Bloco Bloco Bloco

1 2 3 4

– – – –

Bloco Bloco Bloco Bloco

2 3 4 1

– – – –

Bloco Bloco Bloco Bloco

3 4 1 2

– – – –

Bloco Bloco Bloco Bloco

4 1 2 3

BLOCO 1: EXAMES DE PRÉ-CONSULTA: NESTE BLOCO OS PARTICIPANTES TERÃO OPORTUNIDADE DE OPERAR OS DIFERENTES APARELHOS UTILIZADOS NA PRÉ CONSULTA, ORIENTADOS POR PROFISSIONAIS COM MUITA EXPERIÊNCIA NO ASSUNTO. Coordenação de Mesa: Márcia Duarte Silva

32

08:00 – 08:20

Anamnese: simulado de uma consulta inicial

08:20 – 08:40

Operando o auto-refrator

08:40 – 09:00

Lensometria automática

09:00 – 09:20

Lensometria manual

09:20 – 09:40

Pupilometria digital

Maria Cecília Machado

Maria Cecília Machado


AUXILIAR DE OFTALMOLOGIA

AUXILIAR NA PRÁTICA_23/06/2012 09:40 – 10:00

Pneumo-tonometria

10:00 – 10:30

INTERVALO

BLOCO 2: O SETOR DE LENTES DE CONTATO Coordenação de Mesa: Neuramar Rocha da Silva 10:30 – 10:50

Colocação de lentes rígidas

10:50 – 11:10

Retirada de lentes rígidas

11:10 – 11:30

Colocação de lentes gelatinosas

11:30 – 11:50

Retirada de lentes gelatinosas

11:50 – 12:10

12:10 – 12:30

Alessandra de Lima

Alessandra de Lima

Carina Martins Falco Pacifico

Carina Martins Falco Pacifico

Limpeza e conservação de lentes rígidas e gelatinosas Eliana Pinheiro

Mal uso e má-conservação das lentes de contato (depósito nas lentes, caixas sem limpeza, rasgos) Eliana Pinheiro

BLOCO 3: EXAMES SUBSIDIÁRIOS REALIZADOS PELA AUXILIAR Coordenação de Mesa: Claudemir de Souza Melo 13:30 – 13:50

Topografia computadorizada

13:50 – 14:10

Paquimetria ultrassônica

14:10 – 14:30

Biometria de contato e imersão

14:30 – 14:50

Biometria óptica por interferometria a laser

14:50 – 15:10

Campimetria computadorizada

15:10 – 15:30

OCT

15:30 – 16:00

INTERVALO

BLOCO 4: A AUXILIAR NO CENTRO CIRÚRGICO Coordenação de Mesa: Mônica Alexandre Malta 16:00 – 16:20

Escovação e paramentação

16:20 – 16:50

Legacy ou Laureate

16:50 – 17:10

Infinity

17:10 – 17:30

Accrus

17:30 – 17:50

Constellation

17:50 – 18:10

Montagem da LIO no cartucho

33


ANOTAÇÕES

34


AUXILIAR DE OFTALMOLOGIA

Chegou! ®

(alcaftadina solução oftálmica 0,25%)

Uso pediátrico: A partir de 2 anos.1 Rapidez de ação comprovada: Eficácia demonstrada em 3 minutos2 Comprovada ação durante todo o dia: Previne a coceira ocular durante 16 horas2

Referências Bibliográficas: 1. LASTACAFT™ Informações na bula. 2. Torkildsen G, Shedden A. The safety and efficacy of alcaftadine 0.25% ophthalmic solution for the prevention of itching associated with allergic conjunctivitis. Curr Med Res Opin. 2011;27(3):623-631. INDICAÇÕES: LASTACAFT® é indicado para profilaxia/prevenção do prurido associado com conjuntivites alérgicas. REAÇÕES ADVERSAS: Reação comum (> 1/100 e < 1/10): irritação ocular, ardor e/ou sensação de pontadas nos olhos à instilação, vermelhidão ocular, prurido ocular, rinofaringite, cefaleia e influenza. ADVERTÊNCIAS E PRECAUÇÕES: Para não contaminar o colírio evite o contato do conta gotas com qualquer superfície. Não permita que a ponta do frasco entre em contato direto com os olhos. Mantenha o frasco bem fechado enquanto não estiver sendo utilizado. Gestação e Lactação: Categoria de risco na gravidez: B. Este medicamento não deve ser utilizado por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Estudos sobre reprodução realizados em ratos e coelhos não revelaram evidências de alteração na reprodução feminina ou perigos para o feto devidos à alcaftadina. Doses orais em ratos e coelhos de 20 e 80 mg/kg/dia, respectivamente, produziram níveis de exposição plasmática de aproximadamente 200 e 9000 vezes maior do que a exposição com a dose recomendada para uso ocular em humanos. Entretanto, não foram realizados estudos controlados em mulheres grávidas. Considerando que os estudos em animais nem sempre podem prever a resposta em humanos, este medicamento deve ser utilizado durante a gestação apenas se for claramente necessário. Não se sabe se esta substância é excretada no leite humano. Recomenda-se cautela quando LASTACAFT® for administrado a mulheres durante a amamentação. Pacientes pediátricos: A eficácia e segurança de LASTACAFT® não foram estabelecidas em crianças com menos de 2 anos de idade. Pacientes idosos: Não foram observadas diferenças na segurança e eficácia entre pacientes idosos e adultos mais jovens. Pacientes que utilizam lentes de contato: LASTACAFT® não deve ser aplicado durante o uso de lentes de contato gelatinosas ou hidrofílicas. Os pacientes devem ser instruídos a retirar as lentes antes da aplicação do colírio e aguardar pelo menos 10 minutos para recolocá-las após a aplicação de LASTACAFT®. Os pacientes devem ser advertidos a não utilizar lentes de contato se seus olhos estiverem avermelhados. LASTACAFT® não deve ser utilizado para o tratamento de irritação ocular relacionada ao uso de lentes de contato. Pacientes que utilizam mais de um medicamento oftálmico: Quando mais de um medicamento tópico oftálmico estiver sendo utilizando pelo paciente, deve ser respeitado o intervalo de pelo menos 5 minutos entre a administração dos medicamentos. POSOLOGIA: A dose usual é de 1 gota aplicada no(s) olho(s) afetado(s), uma vez ao dia. Para informações completas para prescrição, consultar a bula do produto ou a Allergan Produtos Farmacêuticos Ltda. VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. Reg. ANVISA/MS - 1.0147.0179.

CONTRAINDICAÇÕES: LASTACAFT® é contraindicado para pacientes que apresentam alergia a qualquer um dos componentes da sua fórmula. INTERAÇÕES MEDICAMENTOSAS: Não são conhecidas interações entre a alcaftadina e outras substâncias de uso tópico ocular.

VENDA SOB PRESCRIÇÃO MÉDICA. www.allergan.com.br BR/0236/2012 ABR/2012

35


JORNADA PAULISTA DE OFTALMOLOGIA

Dias 22 e 23 de junho de 2012, no Vitória Hotel, Campinas - SP

Design EDF: www.edf.com.br

REALIZAÇÃO

PATROCÍNIO

Pantone 300C

Pantone 424C

SECRETARIA EXECUTIVA

APOIO


3ª JORNADA PAULISTA DE OFTALMOLOGIA