Page 13

Roman Yurievich Romanenko (Рома́н Ю́рьевич Романе́нко) – Tenentes Coronel da Força Aérea Russa, Roman Yurievich Romanenko Comandante da missão espacial Soyuz TMA-15.

foi

o

Interdepartamental. Desde Janeiro de 2000 levou a cabo sessões de treino para uma missão espacial. Entre Abril de 2002 e Janeiro de 2003 levou a cabo sessões de treino como membro da tripulação suplente da Expedição 9 para a estação espacial internacional como Engenheiro de Voo da ISS e Comandante da Soyuz TMA lançado a bordo do vaivém espacial. Entre Fevereiro de 2003 e Fevereiro de 2005 levou a cabo sessões de treino como membro da tripulação suplente da Expedição 11 para a estação espacial internacional como Engenheiro de Voo da ISS e Comandante da Soyuz TMA lançado a bordo do vaivém espacial. Entre os dias 23 e 25 de Janeiro de 2006, e juntamente com o cosmonauta Mikhail Borisovich Korniyenko e com o astronauta norte-americano Garrett Reisman, serviu como Comandante preliminar num teste de sobrevivência em território isolado em caso de aterragem de emergência. O teste foi levado a cabo numa floresta perto de Moscovo. Em Maio de 2006, e por decisão da agência espacial Roskosmos, do Centro de Treino de Cosmonautas Yuri Gagarin e da Corporação RKK Energiya, Roman Romanenko foi nomeado Comandante e Engenheiro de Voo da ISS para a tripulação suplente da Expedição 15, juntamente com Mikhail Korniyenko e com Garrett Reisman. Entre 26 de Maio e 2 de Junho de 2006 levou a cabo uma sessão de treino em Sevastopol, Ucrânia, juntamente com Mikhail Korniyenko e com o turista espacial japonês Daisuke Enomoto. Nesta sessão foram praticados os procedimentos a levar a cabo em caso de uma amaragem de emergência. Em princípios de Junho de 2006 a Roskosmos e a NASA estabeleceram as tripulações da Expedição 15 à ISS, com Roman Romanenko, Mikhail Korniyenko e o astronauta norte-americano Gregory Chamitoff a serem incluídos na tripulação suplente.

Nascido a 9 de Agosto de 1971 em Schelkovo, Região de Moscovo, Roman Romanenko é filho do cosmonauta Yuri Viktorovich Romanenko. Entre 1986 e 1988 frequentou a Escola Militar de Suvorov em Leninegrado. A 30 de Julho de 1988 ingressava na Escola Superior de Pilotos Militares da Liga Leninista dos Jovens Comunistas de Chernigov, especializando-se em aviação táctica a 29 de Agosto de 1992. Desde esta data foi engenheiro de laboratório no processamento de dados da divisão de controlo e registo. Desde 20 de Novembro de 1992 até à sua entrada para o corpo de cosmonautas, Roman Romanenko foi comandante de assistente de veículos do destacamento do esquadrão aéreo do Regimento de Testes V. S. Seregin no Centro de Treino de Cosmonautas Yuri Gagarin. Nesta altura qualificou-se como Piloto Militar de 3ª Classe. A 28 de Julho de 1997 foi recomendado para ingressar no corpo de cosmonautas por decisão do Comité Estatal Interdepartamental. Em 26 de Dezembro de 1997 ingressou no corpo de cosmonautas como candidato a cosmonauta por decisão do Ministro da Defesa da Federação Russa. Entre Janeiro de 1998 e Novembro de 1999 frequentou o curso geral de cosmonauta e a 1 de Dezembro de 1999 é qualificado como cosmonauta por decisão Comité de Qualificação

Em Órbita – Vol.13 – .º 132 / Janeiro de 2013

Em Julho de 2008 Romanenko foi nomeado para a tripulação principal da Expedição 20 como Comandante da Soyuz TMA-15. A 21 de Setembro de 2008 esta nomeação era confirmada no plano de voos para a ISS. A 21 de Novembro esta nomeação era confirmada pela NASA ao estabelecer as tripulações para as Expedições 20 a 26. Roman Romanenko foi agraciado com a medalha de Heroísmo em Combate pelas Forças Armadas Russas (IIª Classe) e com as medalhas de serviço (IIª e IIIª Classes). Comi principais passatempos R. Romanenko gosta de praticar caça subaquática, ténis, voleibol, condução, turismo, navegação marítima e música. A primeira missão espacial de Roman Romanenko teve lugar entre 27 de Maio e 1 de Dezembro de 2009 como Comandante da Soyuz TMA-15 e Engenheiro de Voo da ISS. Nesta missão R. Romanenko tornou-se no 103º cosmonauta russo e no 495º ser humano a realizar um voo espacial orbital, numa missão que teve uma duração de 187 dias 20 horas 41 minutos e 38 segundos. A missão Soyuz TMA-07M constitui o segundo voo espacial de Roman Romanenko que se torna no 69º cosmonauta russo e no 329º ser humano (juntamente com o astronauta Thomas Henry Marshburn) a realizar duas missões espaciais.

12

Profile for Rui Barbosa

Em Órbita 132 - Janeiro de 2013  

Primeira edição do Boletim Em Órbita para o ano de 2013. Neste número: a missão espacial Soyuz TMA-07M, os lançamentos orbitais realizados e...

Em Órbita 132 - Janeiro de 2013  

Primeira edição do Boletim Em Órbita para o ano de 2013. Neste número: a missão espacial Soyuz TMA-07M, os lançamentos orbitais realizados e...

Advertisement