Page 1

Capa Massape - Com. EstratĂŠgia de Marcas


DESDE 1999

ÍNDICE

Capa: Massapê (PE)

ano XI nº 132 março 2011

revista de comunicação e marketing NE

CAPA

RECIFE•SALVADOR•FORTALEZA•NATAL JOÃO PESSOA•MACEIÓ•TERESINA ARACAJU•SÃO LUÍS • SÃO PAULO

O universo do planejamento estratégico de comunicação e sua importância dentro da gestão organizacional 17

A Revista PRONEWS é uma publicação mensal de Walter Lins Pinheiro Junior Editora - ME Empresarial Tacaruna - Av. Governador Agamenon Magalhães, 3341, Sls. 205/206. Torreão. CEP: 50.070-160. Fone/Fax: (81) 3426.6144 / 3034.6144 :: EDITOR Walter Lins Jr. walter@revistapronews.com.br :: REDAÇÃO Luciana Torreão - chefe de redação, Fabiana Constantino e Maíra Passos redacao@revistapronews.com.br :: COLABORADORES Anderson Lima, Alexandre Antunes, Leonardo Lucena, Juliana Lopes e Matheus Torreão :: PRODUTOR GRÁFICO Bruno Regis producao@revistapronews.com.br :: REVISÃO Paprika • Estúdio de Tradução www.paprikabr.com / info@paprikabr.com :: DEPTº FINANCEIRO/ASSINATURAS Nise Lins :: REPRESENTANTES COMERCIAIS Márcio Ricardo (BA - 71 3363.5561) marcioricardo@atarde.com.br NS&A - CE - Aldamir Amaral (85 3264.0406/ 0576) - nsace@nsaonline.com.br RD Produções e Eventos - Ricardo Douglas (SE - 79 3044.7013/9972.2214) rdproducoes@infonet.com.br 180graus.com (PI - 86 221.8515/9981.5322) heldereugenio@gmail.com Omega Mídia - Renato (SP - 11 8403.0330) renato@omegamidia.com.br

ENTREVISTA Luiz Alberto Albuquerque, diretor executivo do Correio (BA), fala sobre o trabalho à frente do periódico e a respeito da importância das redes sociais para a Rede Bahia. 08

GIRO 6 FICHA TÉCNICA 10 E 34 GIRO BRASIL 12 A VEZ DO CLIENTE 14 DE OLHO NA CAMPANHA 30 BATIDORES 31 NA WEB 34 CLICK 41 EU RECOMENDO 42

Todo mês uma agência diferente produz a capa da Revista PRONEWS. Participe pelo e-mail: redacao@revistapronews.com.br

:: DISTRIBUIÇÃO Log Express (PE - 81 2123.1455) Sistema Verdes Mares (CE - 85 3266.9902) www.verdesmares.com.br 180graus.com (PI - 86 221.8515/9981.5322) heldereugenio@uol.com.br. Omega Mídia - Renato (SP - 11 8403.0330) renato@omegamidia.com.br :: DADOS TÉCNICOS Impressão: Gráfica FacForm (81 3339.6566) grafica@facform.com.br Tiragem: 7.000 exemplares Formato: 22x30cm Tipologia: Humanist 521 BT Papel: Couché brilho 150g/m² Número de páginas: 44 As matérias assinadas por nossos colaboradores não representam, necessariamente, a opinião da revista.

04

WWW.REVISTAPRONEWS.COM.BR


GIRO CONFERÊNCIA SOBRE GESTÃO E INOVAÇÃO A DH2 Assessoria Educacional promove no dia 16 de abril a I Conferência em Gestão e Inovação, no Mar Hotel, em Boa Viagem. O evento, que reunirá papas da inovação e gestão empresarial, contará com apresentação da consultora empresarial Ana Rique, especialista em empreendedorismo em Lisboa. Entre os experts que integram a iniciativa estão Cesar Romão, Carlos Hilsdorf, Ômar Souki e Waldez Ludwig. Informações no site ww.dh2assessoria.com.br. SORRIA! A Prime Odonto Center tem experiência nos mais diversos ramos da Odontologia, atuando em várias cidades do interior de Pernambuco. Para a inauguração da rede em Sertânia, a rede contou com a Saminina Comunicação na elaboração da campanha. Foi desenvolvido o Planejamento de Comunicação incluindo ações de mídia e produção, como também acompanhou toda a execução para a realização desse evento. Como o tema “Sorria, nós chegamos!”, a proposta foi usar uma linguagem direta e de fácil entendimento. A campanha foi composta por materiais de PDV, stand para frente de loja com promotoras distribuindo panfletos, spot para rádio, convite para inauguração e carro de som. 50 ANOS DO ARMAZÉM CORAL Neste ano de 2011, o Armazém Coral está completando 50 anos de história. A rede de materiais de construção é consagrada a maior do Nordeste e conta com a parceria de grandes fornecedores. Para divulgar esta data tão importante, uma campanha publicitária esta nas ruas do Grande Recife. A população pode conferir comercial na televisão, jingle, adesivação de caminhões, backbus, anúncios de jornal e revista, peças nos pontos de venda e concurso cultural. Uma campanha que marcará a história do Armazém Coral e do povo pernambucano. EMPREENDEDORISMO O segundo Congresso Pernambucano de Empreendedorismo: Jovens e Empreendedores (CPEJE), que acontece no dias 16 e 17 de abril, no teatro da UFPE, está com inscrições abertas no www.cpeje.com.br. Com organização da Guia de 06

Ação, em parceria com a Stand Service, esta edição traz como tema os “Leões do Norte. Líderes e guerreiros, quando o comportamento empreendedor se torna um diferencial competitivo”. A proposta é resgatar e interligar a cultura pernambucana com a empreendedora, colocando em discussão o empreendedorismo voltado para jovens empresários. O evento ainda promove a integração entre os estudantes de todos os cursos universitários e alunos secundaristas, linkando as ciências humanas, exatas e da saúde com o universo dos negócios. GOSTOSO É VIVER EM FAMÍLIA A pernambucana Vitarella lançou a nova campanha do seu Cream Cracker. A criação, da agência Ampla é baseada no cuidado mútuo entre mães e filhos e dá continuidade à linha afetiva das campanhas anteriores. Dessa vez, o novo f i l m e Re c o m p e n s a , n a s versões de 30 e 60 segundos tem trilha sonora do grupo Titãs, com a música “Porque eu sei que é amor”. As cenas do filme são uma sequência de várias mães com seus filhos e mostra que o carinho continua o mesmo à medida que o tempo passa e os filhos crescem. A assinatura da campanha apresenta a frase Carinho a Gente Retribui com Carinho e finaliza com o slogan da Vitarella: Gostoso é Viver em Família. A campanha chega nas praças de Pernambuco, Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte, Salvador e Sergipe. QUAL O SEGREDO? O ano de 2010 trouxe à Leiaute os principais prêmios da publicidade baiana e brasileira. Para celebrar estas conquistas, a agência lançou a campanha “Qual o Segredo?”, composta por hot site, e-mail marketing, vídeo digital e anúncios de jornal, onde convidam os clientes e o mercado a escolher entre diversos elementos que fazem parte do universo da agência, o que faz da Leiaute a agência mais criativa da Bahia . A ação repercutiu de forma bastante positiva, gerando mídia espontânea, uma grande receptividade viral e muitos feedbacks positivos. Em conseqüência deste material, a MTV Salvador escolheu a Leiaute para ilustrar o dia a dia de uma agência de publicidade em uma edição do programa Rolé MTV.


Dando início a uma série de mudanças para 2011, o encaminhamento de estudantes de baixa renda para o CTG remodelou sua identidade visual e site e passa a ser mercado de trabalho. A partir de pesquisa de mercado, foram definidos denominado de CTG Salesiano, no lugar de Centro de novos cursos: 3D Max, Atendimento e Planejamento PubliciTreinamento Gráfico - até porque a área gráfica é apenas um tário, AutoCAD, Design Editorial e Tipografia, Empreendos cinco segmentos em que atua. “Iniciaremos novos cursos, dorismo na Comunicação Social, Maya, Pré-impressão e Recom conteúdos programáticos atualizados, sempre de acordo dação Publicitária. Novas parcerias com empresas de outras com as novas realidades e necessidades dos nichos que áreas e instituições de ensino (tecnolóestamos inclusos”, diz o publicitário e gico e superior) vão ajudar a expandir a gestor do CTG Salesiano, Alfredo participação social do CTG Salesiano. Galamba. O núcleo de estágio foi “O impacto dessa reformulação será o retrabalhado e tornou-se núcleo de melhor possível, visto que, como os empregabilidade, através do qual os alunos são os destinatários, eles serão alunos poderão deixar currículos e/ou os maiores beneficiários”, afirma portfólios, para possíveis contratações. também. "Temos um grande networking, e possibilitar o egresso é um de nossos PERSPECTIVA - À frente do Centro fortes”, diz Galamba. desde 2007, Galamba destaca que, O CTG Salesiano oferece neste tempo, o CTG se manteve a cursos para estudantes e profissionais empresa mais procurada nos segmenque buscam melhores qualificações nas tos que opera, com o recall da marca áreas de Publicidade, Design, Cinema, CTG Salesiano associado à excelência Web e Gráfica; sendo um setor da dos serviços propostos. Para o gestor, Escola Dom Bosco de Artes e Ofícios, instituição sem fins lucrativos da Alfredo Galamba, gestor do CTG Salesiano o futuro é de crescimento e contribuição social. “Não é utópico acreditar Congregação Salesiana; onde sua renda que, nos próximos anos, o que já foi um Centro de é revertida para o ensino profissionalizante de jovens com Treinamento Gráfico e, hoje, é um Núcleo de Comunicação, vulnerabilidades social e financeira. A contribuição econômipoderá se transformar numa instituição de ensino superior ca, no entanto, não é o único lado do CTG voltado para o das áreas em que já atua. Aguardem.”, diz. social: através do núcleo de empregabilidade, viabiliza-se o O CTG Salesiano oferece cursos para estudantes e profissionais que buscam melhores qualificações nas áreas de Publicidade, Design, Cinema, Web e Gráfica

07

Luciana Torreão

CTG ANUNCIA MUDANÇAS PARA 2011


ENTREVISTA

Anderson Lima

PAIXÃO PELOS DESAFIOS DIÁRIOS Natural do estado de São Paulo, Luiz Alberto Albuquerque é o atual diretor executivo do jornal Correio, da Bahia. Mais que isso, Luiz Alberto é o profissional responsável por toda a remodelação do periódico, que passou a apresentar os conceitos mais modernos do jornalismo mundial – a exemplo da adequação do tamanho de notícias e reportagens, da paginação contínua e da impressão 100% a cores. As alterações mexeram inclusive no nome do jornal, já com três décadas de existência e antigamente conhecido como Correio da Bahia. A ligação de Luiz Alberto com o jornalismo impresso, porém, teve início ainda nos anos 1980, bem longe da Bahia e um pouco distante também de sua terra natal – apesar de ter certa ligação com ela: “Iniciei minha carreira em jornais em 1988, na sucursal do Rio de Janeiro da Folha de São Paulo”, recorda. O profissional atuou ainda em jornais do grupo RBS e também dos Diários Associados, sendo o último período por 12 anos no Correio Braziliense. E, em 2007, Luiz Alberto assumiu o novo projeto do então Correio da Bahia – que se tornou recentemente o maior jornal do Nordeste do país, segundo dados do IVC (Instituto Verificador de Circulação). De onde vem a inspiração do dia a dia? “Principalmente dos desafios – o que se aplica integralmente à história recente do Correio”. Casado e com dois filhos, Luiz Alberto tem como principal hobby cozinhar: “Prazer que divido com meus filhos, em agradáveis finais de semana entre o fogão e as panelas”. Na entrevista a seguir, Luiz Alberto Albuquerque participa de bate-papo sobre o trabalho à frente do Correio, a convergência das diferentes mídias que formam a Rede Bahia e a da importância das redes sociais para o grupo, entre outros pontos. REVISTA PRONEWS – Seis emissoras de TV aberta, uma de TV fechada, duas de rádio FM e um jornal diário, entre outras empresas, que compõem a Rede Bahia. Como essa variedade de vozes interage entre si para que a comunicação possa chegar da melhor forma a leitores, espectadores, ouvintes, internautas...? LUIZ ALBERTO ALBUQUERQUE – Dois fatores são preponderantes na Rede Bahia: sinergia entre os veículos e alto padrão de qualidade no conteúdo e na forma. A partir desses fatores, buscamos a liderança em todos os negócios e mercados em que atuamos. As emissoras abertas são afiliadas à Globo, o que por si só já representa uma chancela de qualidade. E nos 08

demais veículos, buscamos imprimir o mesmo referencial. Os diversos veículos repercutem os conteúdos e ações dos demais, tanto na abordagem jornalística quanto na divulgação publicitária. Esses fatores geram um ciclo virtuoso de sinergia e crescimento de audiência. RPN – Em relação ao jornalismo impresso, além de ter fechado o ano que passou como líder, o Correio também foi o jornal que mais cresceu no país em 2010 (segundo dados do IVC – Instituto Verificador de Circulação). Qual o desafio de se colocar nas ruas um produto que tenha que reforçar esses números diariamente? LUIZ ALBERTO – O desafio é enorme, especialmente por termos contribuído para a criação de um novo mercado de leitores de jornal na Bahia, que devem continuar a ser atraídos e satisfeitos diariamente. Também temos um compromisso de gerar resultados aos nossos parceiros comerciais, que prestigiam em peso o Correio. RPN – Podem-se atribuir as conquistas alcançadas pelo Correio às mudanças pelas quais o periódico passou recentemente – mudanças essas que alteraram até mesmo o nome do jornal? LUIZ ALBERTO – No projeto do Correio foram aplicados os mais modernos conceitos e tendências do mercado mundial de jornais: mudança de formato para berliner, agregando maior portabilidade e prazer à leitura; cor em todas as páginas; e uma abordagem de conteúdo mais ágil e com linguagem adequada ao público baiano. Enfim, uma série de atributos que atraíram um novo público leitor, que demonstrava claramente não estar satisfeito com os produtos mais conservadores. A mudança de nome foi exaustivamente discutida antes do relançamento, e a opção foi de simplificar o título, para também aproximá-lo do leitor. RPN – As mudanças, porém, não ficaram restritas ao meio impresso. O próprio grupo passou por algumas modificações, com a contratação de profissionais respeitados e a criação de departamentos – a exemplo da Diretoria de Mídia Eletrônica e da Diretoria de Mídia Impressa e Internet, sob os seus cuidados. O que de fôlego novo essas alterações trouxeram para o grupo?


LUIZ ALBERTO – Além da contratação de um CEO para a companhia, alguns detalhes contribuíram decisivamente: a adoção de uma gestão mais aberta e transparente – inclusive, com todos os diretores trabalhando juntos no mesmo salão, gerando maior proximidade e agilidade nas decisões –, e a vinda de alguns profissionais de fora que, interagindo com os executivos locais, trouxeram resultados bastante positivos. Para o jornal, a criação de uma unidade de negócios trouxe mais foco e integração entre as áreas. RPN – E qual será o próximo passo, tanto no mundo do papel e tinta como no virtual? LUIZ ALBERTO – Apresentar aos nossos leitores novidades frequentes e aprofundar nossa presença na internet. Cabe aqui uma observação: no novo projeto não temos uma "editoria de internet" como é comum no meio jornal. Temos um "editor multimídia", que pensa o jornal em suas diversas plataformas, utilizando o site para identificar pontos de interesse dos leitores – que pautarão também as edições impressas. O site do jornal também tem agradado ao público, tendo crescido a audiência mais de 20 vezes desde o lançamento, em agosto de 2008. RPN – Este ano, o Carnaval da Bahia pôde ser visto em tempo real mesmo por quem não estava no estado, via twitter e facebook. Como as redes sociais têm sido utilizadas pelos veículos do grupo para interagir melhor com as pessoas?

LUIZ ALBERTO – Interatividade é fundamental. Esse ano, por exemplo, lançamos um projeto muito interessante, em que os internautas puderam acompanhar pelo site ou através do seu smartphone, a cobertura fotográfica da maior festa de rua do planeta, bem como monitorar, em tempo real, a localização exata do trio elétrico do seu bloco. Esse serviço de geolocalização dos trios foi a maior novidade no Carnaval de Salvador deste ano: mais de 60 trios elétricos desfilaram nos dois circuitos da folia com GPS instalados em suas carrocerias, permitindo a quem acessasse o site do projeto localizar o ponto exato em que o bloco se encontrava naquele instante. RPN – Como esse mundo online pode vir a multiplicar as vantagens e benefícios que as pessoas estão acostumadas a ver no mundo “offline”? LUIZ ALBERTO – Acredito que trazendo maior agilidade na oferta de conteúdo, e reforçando a interação entro o público e os diversos veículos da Rede Bahia. RPN – A respeito do tema envolvendo responsabilidade social, como a Rede Bahia tem atuado nesse sentido? LUIZ ALBERTO – Esse é um capítulo importante na nossa filosofia empresarial, que se reflete não só em ações simples, como a coleta seletiva de lixo na Rede Bahia, como em apoio a diversas ONGs e instituições, tanto na divulgação de suas iniciativas, quanto no direcionamento de recursos para financiálas.

09


FICHA TÉCNICA LUGAR AO SOL A Atma Comunicação assina a campanha do Club Meridional, condomínio de luxo na praia dos Carneiros, em Tamandaré, litoral sul de Pernambuco. O trabalho, voltado para um público classe A, começou pela marca do empreendimento. A agência pernambucana optou por elementos clássicos e pela cor prata. Com a frase de efeito “quem chega aonde você chegou não se contenta com qualquer lugar ao sol”, os textos enfatizam a exclusividade do espaço. Além de criar a marca, a Atma desenvolveu painéis, outdoors, spot para rádio e anúncios para jornais e revistas. Agência: Atma Comunicação (PE) Cliente: Club Meridional Atendimento: André Rozowykwiat e Sérgio Pires Redação: André Rozowykwiat e Paulo Vitalli Direção de arte: Sérgio Pires e Cândido Simões Produção: Maíra Rodrigues Mídia: Mirella Silva

ME POUPE Todos os anos, a chegada do verão e o aumento das temperaturas motivam o uso mais intenso e prolongado de alguns eletrodomésticos. Com esse mote, a Coelba lança campanha de utilidade pública criada pela Morya para alertar os baianos sobre a necessidade de economizar na conta de luz. A publicidade explora uma expressão popular do cotidiano dos baianos, “Me Poupe”. Além de material publicitário divulgado na cidade de Salvador (BA), através de mídias eletrônicas e impressas, a campanha abrange ainda um hotsite com casa interativa. Agência: Morya (BA/PE/RN/CE/SP/RS) Cliente: Coelba Atendimento: Cristiane Rebouças, Rose Sousa e Daniela Alves Planejamento: Juliana Montenegro Mídia: Marco Antônio Alves, Rosana Sousa e Leonardo Ribeiro Criação: Edmond Midlej, Maurício Ramos e Guto Chaves Produção: Van Daltro e Célia Luna RTV: Rafael Picón, Renata Falcone Direção: Roberto Studart Aprovação: André Gondim, Viviane Paim

MARIA BONITA A italobianchicom mantém a sacada de duplo sentido em nova campanha para o Lemon Motel. Desta vez, o mote é a abertura da unidade de Caruaru, Agreste de Pernambuco. A linguagem visual é o grande destaque da peça, que usa um palito de fósforo aceso estimulando as mulheres a despertar o interesse masculino. O trabalho será divulgado através de outdoors próximos da Capital do Forró. Agência: Italo Bianchi Comunicação Cliente: Lemon Motel Atendimento: Rafaella Barros Direção de criação: Luciano Melo Criação: Luciano Melo e Kika Saraiva Mídia: Luciana Lins Produção: Ivana Sampaio Aprovação: Carlos Rique 10


APLICANDO O CONHECIMENTO O Mobi SMS é o serviço em que o assinante recebe as informações, do seu tema de interesse, no celular através de torpedo. Este serviço é mais um dos produtos do Grupo A Tarde. A agência responsável pela elaboração da campanha e criação das peças que informam a importância e eficácia do serviço para os leitores é a Viamídia. Assim, os 12 anúncios prenderão ainda mais os leitores e eles se sentirão convidados para assinar o Mobi SMS e verá como fazer a aplicação do conhecimento adquirido no seu dia a dia. Agência: Viamídia (BA) Cliente: Mobi SMS Diretor de Atendimento: Americo Neto Atendimento: Marcelo Carneiro Diretor de Criação: Neca Boullosa Criação: Neca Boullosa e Ivo Neto Diretor de Mídia: Alan Abreu

LEVA NO CORAÇÃO Com o mote “O que é importante você leva no coração” a agência Level Comunicação assina a campanha comemorativa aos 35 anos do Grupo Unicordis. Nesse primeiro momento a peça será destinada a Backbus e anúncio de jornal, com previsão de duração de três meses, mudando o formato durante todo o ano. Agência: Level Comunicação (PE) Cliente: Grupo Unicordis Criação: Henrique Zirpoli, Bruno Bacci Direção de Criação: Ricardo Santiago Produtora Gráfica: Leyla Durão Mídia: Bárbara Sales Produção: Leyla Durão Atendimento: Flávia Oliveira Aprovação: Carolina Pessoa de Melo

CARREFOU HOMENAGEIA RECIFE E OLINDA A MMS acaba de criar um filme de 30” para o seu cliente Carrefour, com o objetivo de prestar uma bela homenagem ao aniversário das cidades do Recife e Olinda. O filme tem um tom poético, com uma bela trilha sonora em estilo barroco, e a ideia é mostrar que quem ama estas duas cidades, tem sempre o coração dividido por elas. O filme vai passar exclusivamente na TV Globo, na sexta-feira e no sábado em horário nobre. Sem dúvida ninguém pode perder esta linda homenagem, criada pela agência MMS para o seu cliente Carrefour parabenizar estas duas cidades que amamos. Agência: MMS Propaganda (PE) Cliente: Carrefour Atendimento: Gheysa Ribeiro Diretora de Atendimento: Eugênia Montenegro Redator: Amândio Cardoso Diretor de Arte: Berg Carvalho e Pedro Toscano Diretor de Criação: Amândio Cardoso Aprovacão: Bianca Fraga e Fernanda Bortoluzzi

11


GIRO BRASIL BEM-ESTAR COM COCA-COLA A Coca-Cola Brasil estreou sua primeira campanha institucional de 2011. Criada pela agência de publicidade DPZ, tem como objetivo incentivar um estilo de vida mais saudável, mostrando que simples movimentos do dia-a-dia - como pedalar, divertir-se, cuidar, caminhar, subir, dormir, superarse e preservar - podem fazer a diferença para cada indivíduo e para os que com ele convivem. As oito peças veiculadas na mídia impressa nacional trazem mensagens que associam as bebidas refrescantes à sensação de bem-estar. Cada uma das peças será dedicada a um produto do portfólio da empresa.

nacional nas principais emissoras do País, em cinemas de São Paulo e também conta com spot de rádio veiculado em São Paulo. SIMPLESMENTE MCDONALD'S O McDonald's lançou uma ampla campanha institucional, intitulada “Simplesmente” e que deverá permear todas as ações de marketing da empresa ao longo do ano. Em campanhas de TV e anúncios nas principais publicações do país, “Simplesmente” mostrará como simples ingredientes podem se transformar em um sanduíche simplesmente perfeito. Criada pela agência Taterka, a campanha vai até dezembro e contará com peças publicitárias para mídia impressa, online e TV, além de painéis especiais com efeito de movimento (lenticular 3D) no metrô de São Paulo. Na TV, o filme estreiou no programa Fantástico, da Rede Globo e, na internet conta com um canal especial no Youtube (www.youtube.com/simplesmentemcd). Além do Brasil, a campanha também está sendo veiculada em outros 18 países da América Latina. As filmagens foram feitas no Brasil, Argentina, Uruguai e Venezuela. SANDY DANÇA “CONGA” Depois de surpreender a todos ao som da já característica “The Man with the Golden Arm” como garota-propaganda da cerveja Devassa Bem Loura, Sandy volta ao ar em novo comercial criado pela Agência MOOD. Agora, ela aparece num bar dançando em cima do balcão. Desta vez, a novidade é que ela aparece dançando ao som do hit dos anos 70 "Conga la Conga". No bar, a galera entra na brincadeira e no ritmo da música junto com a cantora. O comercial, que contou com a participação de 200 figurantes, foi produzido pela Delicatessen Filmes, com direção de Gustavo Leme e trilha sonora da Lua Nova.

NARCISOS DA HONDA "Narcisos" é o título do filme da nova campanha da Honda Automóveis, criada pela F/Nazca. Com trilha que fala de felicidade, o filme tem versão de 60 segundos e comemora a satisfação dos consumidores com os carros da marca. No comercial aparecem pessoas felizes e orgulhosas dentro do New Civic e New Fit, olhando para os próprios reflexos dentro dos carros. Em off, o locutor fala que a Honda foi a campeã da pesquisa “Os Eleitos 2010”, promovida anualmente pela revista Quatro Rodas. A campanha tem veiculação 12

QUEDA LIVRE Estreiou o quinto filme da série "Um por todos. Todos por uma". Em "Queda Livre", criado pela F/Nazca S&S, mais uma vez quatro amigos se unem em torno de Skol. O comercial reforça com bom-humor o posicionamento de sociabilidade e curtição com os amigos, principais características da marca. O filme, em versão de 30 segundos, começa com amigos em pleno voo e prontos para saltar de paraquedas. Um deles 'prefere' ficar ao lado de uma caixa cheia de Skol, que acidentalmente cai do avião. Imediatamente, os quatros se jogam em plena queda livre para não se separarem da Skol e só depois de agarrarem a caixa percebem que os paraquedas ficaram no avião.

*APENAS PARA O GRANDE RECIFE

CAMPANHA PARA DISQUE-DENÚNCIA A Giovanni+Draftfcb assina a campanha impressa para o Disque-Denúncia, importante instrumento de apoio à polícia no combate ao crime. Os anúncios mostram atitudes criminosas, como desmatamento e tráfico de drogas, sendo “vigiadas” por uma câmera de vídeo. O título completa: “Quando você denuncia a gente vê tudo”. Parte da ONG é financiada pela iniciativa privada e já ajudou a resolver sequestros, assaltos, chacinas e assassinatos. O telefone do DisqueDenúncia é (21) 2253-1177.


BOMBRIL SE RENOVA COM “MULHERES EVOLUÍDAS” os em mídia impressa e forte ação na Internet. No mês em que é comemorado o Dia Internacional da Mulher, a Bombril coloca no ar nova campanha institucional, intitulada Mulheres evoluídas. Sob o mote “Bombril, os CAMPANHA ONLINE - A campanha online da Bombril produtos que evoluíram com as mulheres”, a campanha parte da proposta inusitada do Núcleo Digital da Repense. assinada pela DPZ, marca o início de uma nova fase na Com o lançamento da Plataforma AME – Associação das comunicação da empresa. Pela primeira vez nos últimos 33 Mulheres Evoluídas, a marca amplia sua presença na web com anos, Carlos Moreno não protagonizará os filmes e anúncios, uma comunicação irreverente para as mulheres, através do cedendo, temporariamente, sua bancada para três mulheres: site www.mulheresevoluidas.com.br. “A Bombril tem uma as atrizes Dani Calabresa, Marisa Orth e Monica Iozzi. forte ligação com a mulher brasileira e foi criada uma campaAo inovar com nha que fala da evolua presença de mulheção delas e de toda res como estrelas de linha de produto. sua campanha, a Utilizando a interação Bombril tem objetivo que o digital permite, bem definido: colocácriamos uma plataforlas como protagonistas ma de comunicação da história, valorizando com forte envolvimenestas que foram as to nas redes sociais: a responsáveis pela AME - Associação das evolução da empresa e Mulheres Evoluídas, propiciando uma que terá todas as comunicação de ferramentas necessárimulher para mulher. O as para ajudar o bom humor e a homem delas a evoluir irreverência, que também. Afinal, 'Quem historicamente ama adestra',” diz fizeram parte das Pela primeira vez nos últimos 33 anos, Carlos Moreno Otavio Dias, presidencampanhas da Bombril não protagonizará os filmes e anúncios da marca te da Repense. e que contribuíram para que ela fosse considerada a Marca do Uma das interações disponíveis no site são os vídeos Século, também estão presentes em Mulheres evoluídas, mas “O Homem Como Deveria Ser”, em que eles executam com roupagem diferente, adaptada às protagonistas e tarefas como, por exemplo, lavar louça. Com essa ferramendirigida, pela primeira vez, a mulheres mais jovens. ta, a consumidora poderá personalizar os vídeos disponíveis Nos filmes da campanha as atrizes satirizam os com o rosto de seu marido ou namorado e enviar para as homens e enaltecem os produtos da empresa, mostrando a amigas ou compartilhar nas redes sociais. Há também o diversidade do portfólio oferecido pela Bombril, que vai “Control Men”, um controle remoto online com tarefas muito além da esponja de aço, abrangendo 28 marcas, entre domésticas específicas para os homens. Ao apertar um seus mais de 400 itens. “Está é a maior campanha publicitária comando, a função pedida aparecerá e um modelo irá da Bombril, que quer se firmar como maior e melhor empresa executá-la. de solução em limpeza doméstica do Brasil. Queremos Outra ferramenta importante é o SAC(h) - Serviço de reforçar que a Bombril é muito mais que esponja de aço. Atendimento às Consumidoras de Homens, que também Queremos que as brasileiras vejam a Bombril como a marca estará disponível em aplicativo para celular. As consumidoras que evoluiu com a mulher.”, ressalta o diretor de Marketing da poderão tirar dúvidas sobre como agir com seus maridos, Bombril, Marcos Scaldelai. Cerca de R$ 40 milhões foram namorados, ficantes e afins com blogueiras. investidos na campanha, composta por quatro filmes, anúnci13


A VEZ DO CLIENTE

SOB DUAS RODAS PARA TODOS OS BOLSOS

Maíra Passos

O grupo Platinum Trading comercializa exclusivamente no Brasil marcas como a Shineray, que terá sua primeira montadora no país, em Suape, Pernambuco Produzidas em Chongqing, na China, a linhas de motos Shineray é comercializada para todo Brasil exclusivamente pelo grupo pernambucano Platinum Trading S/A. Com suas atividades iniciadas em 2001, o grupo gera milhares de empregos diretos e indiretos espalhados pelo país, principalmente, no Porto de Suape, porta de entrada de toda importação da organização. “Entre os 100 modelos mais vendidos de motos no Brasil, sete são da Shineray, ou seja, uma marca já consolidada no mercado”, comenta o empresário Paulo Perez Machado, sócio-diretor da Platinum. A distribuição da chinesa começou no ano de 2005 e, após cinco anos de operações aqui com retorno favorável, o grupo elaborou o projeto da primeira montadora da Shineray no país. Com atuação no sistema Completely Knocked-Down (CKD), ou seja, os componentes são importados e a moto será montada no Brasil, as obras estão previstas para serem concluídas no segundo semestre de 2012 e o início das operações para o primeiro semestre do ano seguinte. Com a implantação da indústria, estão sendo investidos, no total, R$ 70 milhões e sendo gerados 250 empregos diretos, além de dois mil indiretos. A Shineray tem um mix de produtos capaz de atender a uma parcela cada vez maior do público duas rodas, uma vez que essa variedade atinge necessidades que podem passar pelo lazer, pelos esportes e para fins trabalhistas. São 16 modelos comercializados de ciclomotores, motocicletas, triciclos e quadriciclos, entre 50 e 250 cilindradas. Todas as revendedoras no Brasil são credenciadas pelo grupo e, hoje, há 85 concessionárias, tendo o Nordeste 70% desse volume. “Em 2011 queremos chegar a 120 lojas, permanecendo maior concentração na região N/NE e cerca de 30% no Sul e Sudeste”, conta Machado. Segundo o empresário, tais investimentos concentrados em terras nordestinas são influenciados pelo bom momento da economia local, aproveitando para expandir ainda mais o negócio na região. “O mercado brasileiro cresce, de forma geral, 13% 14

ao ano a mais de 10 anos seguidamente. No caso da região nordeste os números são ainda mais animadores, devido aos últimos investimentos nas áreas sociais do Governo e crescimento real do salário mínimo, nossas oportunidades cresceram bastante”, comemora. Além disso, o Nordeste foi o melhor mercado no último ano para as vendas de motocicletas no Brasil. No último levantamento realizado pela Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), o Nordeste é o melhor mercado para se vender motos. Nos mês de janeiro, julho, novembro e dezembro de 2010, a região que compreende os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte e Sergipe, concentrou em média 35,67% de todos os modelos emplacados no País. No mesmo período, a região Sudeste - São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo - teve 32,76% do total de novos emplacamentos. E na comparação do último mês do ano, o Nordeste teve excelente desempenho e superou o Sudeste, com 36,77% contra 31,28%. Além disso, no balanço geral do ano, há um empate técnico entre as duas regiões, com 34,15% para cada região do total de motos emplacadas em todo o território nacional. Das 1.800.000 motos emplacadas no ano passado, cada região vendeu cerca de 614.700 unidades.

XY50Q


XY150GY OFF ROAD

Um dos diferenciais da Shineray são os preços e condições acessíveis às classes menos favorecidas, mas trazendo para o país produtos com qualidade e tecnologia asiática. “A nossa expectativa é crescer no mínimo 35% em 2011. Com o péssimo serviço de transportes coletivos nesse país, estamos trabalhando para cada dia mais e mais pessoas se desloquem de forma mais independente”. Para reforçar o conceito de um “produto de qualidade com preços bem acessíveis, proporcionando ao usuário de transportes coletivos o sonho verdadeiro de liberdade de ir e vir com autonomia nos horários e trajetos nos deslocamen-tos”, a Shineray desenvolve um plano de comunicação também dimensionado para todo país. Mas todas as estratégias partem do Nordeste, incluindo sua Central de Distribuição, que fica no Cabo de Santo Agostinho (PE), com área total de mais de 10.000m², num investimento na logística de armazenagem e na distribuição dos produtos, com o intuito de atender com rapidez as revendas e os consumidores. OUTROS PRODUTOS – Além da Shineray, o grupo representa de forma exclusiva para todo Brasil a Wuyang, mais uma marca de motos chinesa. A Platinum também atua na distribuição de outros produtos chineses, como o Yto Tratores Agrícolas de forma exclusiva e Shantui, máquina de construção de infra-estrutura, como estradas e construção civil, representação não exclusiva no país. Como novidade, o grupo lançou recentemente a Total Máquinas, especializada em tratores, na Estrada da Batalha, Jaboatão dos Guararapes. Segundo Paulo Perez Machado, essa é a primeira no Brasil que tem como projeto piloto loja em Pernambuco. “A ideia é ter até o final do ano 30 lojas espalhadas no país”, explica. No projeto, foram investidos R$ 3 milhões, incluindo estoque, e cada loja gera de 30 a 40 empregos diretos. A sociedade que compõe atualmente a Platinum esta junta desde 1996, quando começou a atuar como sócia da distribuidora Total, permanecendo até hoje.

XY 200 III INDIANÁPOLIS

XY 250-5 CUSTOM

QUADRICICLO XY 250 STX

TRICICLO XY 150 ZH

15


MARCA:

Hélio Moreira helio@newgrowing.com

CORAÇÃO DA EMPRESA. COMO CONSTRUIR? QUAL O MOMENTO CORRETO DE MUDAR? Em qual momento deve-se mudar a marca do empreendimento? Quais os critérios? A imagem da empresa é atual? Algumas dessas questões podem até passar pela cabeça de alguns empresários, mas com tantos investimentos em espaço físico e profissionais, o conceito e o desenho da marca acabam sendo relegados. No entanto, estar atento às inovações do mercado e proporcionar aos clientes uma marca forte e moderna é imprescindível para que o cliente ou futuro cliente tenha a percepção adequada do negócio e este possa prosperar. O investimento na construção da identidade é um recurso que irá trazer retorno para a empresa. A confiança no produto oferecido inicia-se com a apresentação da marca, portanto, é necessário estar atento e observar pontos estratégicos. No entanto, não adianta investir na identidade visual da empresa no início e, no decorrer dos anos, esquecêla. A manutenção deve ser realizada sempre que necessário, mas qual é o momento exato para mudar? Essa é a dúvida que muitos empresários questionam ao chegarem à agência. Na verdade o redesenho de marcas, reposicionamento total ou parcial da identidade deve acontecer quando a identidade visual não corresponde mais ao processo evolutivo que teve ou mesmo quando a marca deseja comemorar a nova fase da empresa. A reformulação é mais indicada para marcas existentes que estejam em processo de reposicionamento, envelhecidas ou conceitualmente problemáticas. Recentemente, desenvolvemos o processo para reformulação de uma empresa especializada em promover saúde e segurança no ambiente corporativo, a qual comemora 10 anos de existência e deseja renovar e evidenciar a nova fase. Ao redesenhar a marca exploramos por meio do logotipo essa fase de transição e pioneirismo no segmento no qual atuam. Pensando na vida das pessoas para uma longevidade com mais saúde, o estudo da nova marca foi desenvolvido para tornar-se uma marca mais lúdica, alinhada com o seu segmento e público-alvo. Todos os detalhes foram elaborados dentro da proposta da empresa. Por exemplo: O desenho de estrela como símbolo surge para trazer esperança, brilho e servir como guia direcionando as empresas e seus colaboradores para um futuro mais saudável e promissor. As cores 16

para trazer mais vida. O azul do céu para transmitir leveza e transparência. O tom mais escuro do azul reforça a tipografia mais arredondada e moderna. O verde como uma faixa remetendo a volta em 360 graus, subliminarmente traz a chegada com a conquista. Como em uma maratona ou em uma inauguração, em que o ganhador ultrapassa suas metas e conquista sua premiação. É necessário observar todos os detalhes que cercam a imagem da empresa e estar atento para mudar sempre que necessário, normalmente as mudanças de uma marca acontecem como na vida pessoal. Com o tempo envelhecemos, perdemos massa muscular, aparecem às primeiras rugas, enfim, se não cuidarmos do nosso corpo e alimentarmos a nossa mente, com o tempo a tendência é que percamos a nossa identidade. Com uma empresa não é diferente. O tempo passa e muitas coisas envelhecem; equipamentos eletrônicos ficam defasados, assim como os softwares. Com a marca acontece a mesma coisa, portanto, deve estar sempre atualizada com as evoluções da empresa, do mercado e público alvo, não apenas conceitualmente, mas visualmente também e, na hora certa, realizar uma renovação, um redesenho ou um re-posicionamento. É através do visual e de algumas atitudes que as marcas conseguem se expressar e mostrar as mudanças adquiridas e o real posicionamento da empresa. Para isso, o maior patrimônio da empresa, ou seja, a marca deve ser construída por profissionais adequados, designer com especialização e conhecimento em construção de marcas. Não importa o segmento onde atua. Seja único. Alinhe a proposta de trabalho a um conceito forte, uma identidade própria e diferente dos concorrentes. É necessário registrar a marca e tomar as devidas providências para que no futuro não perca o que levou anos para construir. Além disso, não utilize a marca fora do padrão de aplicação. Não distorça sua identidade. Uma marca bem desenvolvida, já possui requisitos básicos, seja para aplicação em fachada, bordados, material impresso e outros. Não entregue o coração da empresa para amadores. Seja empreendedor do início ao fim. Invista na marca sempre, não deixe de colocar no plano ou estratégia de crescimento os cuidados com a marca.


OBJETIVOS

PLANO DE AÇÃO

PLANEJAMENTO CRIATIVO A importância da comunicação estratégica dentro da gestão organizacional

ESTRATÉGIAS

Estratégias específicas de comunicação são fundamentais para promover experiências que ajudem os indivíduos a formar opiniões, despertar interesses e gerar decisões. O papel e o alcance dessas ações nos ambientes organizacionais ampliou de forma significativa, principalmente nas últimas duas décadas. De um simples plano baseado e focado em um cronograma de ações, evoluiu-se para o que os especialistas contemporâneos chamam de planejamento criativo. Para aplicar o planejamento de comunicação e suas novas tendências, é preciso entender o de marketing e conhecer o empresarial. Isso porque tudo parte da estratégia organizacional e é segmentada e aprofundada em cada setor, assim como o planejamento da área de marketing e, a partir dele, pode ser traçada a comunicação estratégica. Mas a maioria das pessoas ainda confundem marketing com propaganda, publicidade, promoção e comunicação, como comenta o professor Miguel Noronha Feyo, do MBA Master em Marketing da ESPM (SP). “Marketing tem como objetivo identificar novas oportunidades de crescimento, tanto em novos mercados como na base atual de clientes. Ele constrói a proposta de valor da empresa e cria a promessa para os seus públicos. A comunicação é uma parte de como a empresa entrega a sua proposta de valor”, explica. E, para que seja possível adotar uma linguagem estratégica em comum, é necessário desenvolver uma sequência de etapas para a coleta e a análise de informações. O professor Fernando Trigueiro, mestre em Gestão Organizacional e diretor da Focus-Trigueiro – Consultoria e

Treinamento (PE), esclarece que o ponto fundamental para começar qualquer planejamento é conhecer o ambiente, incluindo as diversas unidades e segmentações da empresa. A base do processo estratégico empregado pelas organizações envolve: análise de ambiente, crenças básicas, força propulsora, impulso para o desenvolvimento de novos negócios, futura ênfase e escopo do produto, teste da realidade, posicionamento, planejamento da ação, questões críticas, indicadorchave e monitoramento.

Professor Miguel Noronha Feyo, do MBA Master em Marketing da ESPM (SP). 17

Maíra Passos

Dorival Lima

CAPA


Professor Fernando Trigueiro, mestre em Gestão Organizacional

Comentando sobre o planejamento empresarial, o geral, de onde tudo parte, “é preciso definir para onde a organização quer ir, sua missão, como ela quer ser conhecida no mercado, visão, olhar para dentro da empresa e trabalhar para agarrar as oportunidades que o mercado oferece”. A ideia do planejamento é deslocar a empresa rumo a uma organização desejada, a partir de um diagnóstico estratégico, e depois traçar estratégias para combater as ameaças, pontos fracos e ressaltar os fortes. Uma empresa de qualquer porte pode e deve trabalhar a partir de um planejamento para conseguir sobreviver. Mesmo nos casos dos micro e pequenos empresários que acabam acumulando várias funções, eles podem criar e executar seus planejamentos com base nesses mesmos pontos chaves. “Em todos os setores são elaborados planejamentos estratégicos específicos, sempre a partir dos mesmos conceitos”, diz Trigueiro. Assim, a professora de Marketing, Samara Menezes, e Head de Planejamento da Creatto (PE), resume que todo planejamento é um processo administrativo e sistemático, com objetivos claros. “Enquanto o objetivo de marketing é criar demandas, o de comunicação é informar e persuadir o consumidor”. Já o publicitário e professor de Comunicação, Rodrigo Duguay, completa abordando que o planejamento é um ato de analisar o passado e propor cenários de futuro, a partir de um conjunto de ações que se quer implantar. O de marketing está 'preocupado' com todas as questões de mercado, que vão do preço até os canais de distribuição. A comunicação é apenas uma dessas ferramen18

tas. E só quem controla, entende e particulariza cada uma das ferramentas de comunicação e suas perspectivas é o Planejamento de Comunicação. “O Marketing diz: precisamos de uma campanha mais eficiente. O planejamento estratégico dimensiona o que é isso, em que termos, em quanto tempo, sugere recursos, caminhos e aciona todas as ferramentas que precisam ser integradas com este objetivo”, exemplifica Duguay. Entretanto, nem todas as empresas, considerando das micro às grandes, possuem departamento de marketing. Daí, só com muita criatividade que a agência vai conseguir driblar nesses casos e arriscar um “esboço” para conseguir prosseguir num planejamento de comunicação bem sucedido. “Geralmente as agências não fazem o planejamento de marketing, já que envolve outros fatores que podem ser 'sigilosos' de cada empresa, como faturamento”, conta o publicitário Anselmo Albuquerque, sócio e planejador da Massapê Comunicação (PE). Segundo o diretor de Planejamento da Carratu (RN), Ubirajara Carratu, o marketing é um mundo. “Quando existe um departamento de marketing e ele nos oferece um plan, nós respeitamos e acreditamos. Porém, o marketing executa muitas outras ações que não envolve só a comunicação. O planejamento de comunicação é bem diferente e vai além do que o marketing pode oferecer, por isso nós existimos. Comunicar é a nossa função maior”. Ubirajara analisa ainda que quando uma empresa não tem marketing, dificilmente ela conseguirá trabalhar de forma adequada com uma agência, a não ser que o proprietário faça as honras. “Pessoalmente, penso que empresas que não tem departamento de marketing, não vivem num mercado agitado, e por isso não precisam de muito para se comunicar”. Dessa forma, no planejamento de marketing é analisada a segmentação de mercado (demográfica: sexo, idade, renda, educação; psicográfica: atitudes, interesses, opiniões), decisões de produto, preço, promoção (alvos direcionados ou ampla escala), distribuição, diferenciação e posicionamento. O administrador Macário Moraes, mestre em Gestão Empresarial e sócio da Moros Consulting (BA/PE) comenta que planejamento estratégico “não se trata de um bolo de papéis e análises que depois de realizados são cuidadosamente guardados em alguma gaveta ou numa prateleira do executivo principal, apenas para dizer que se 'fez'. Trata-se de um instrumento de visualização do futuro escolhido, de suas oportunidades, riscos e de decisões antecipadas”. Ele é também um instrumento de comunicação que pode ser usado para manter diariamente a mobilização operacional e gerencial das equipes na direção certa, concentrando a energia e reduzindo os conflitos de prioridade.


Moraes analisa também que sem o hábito do planejamento, de forma geral, “parece esquisito falar em planejamento de marketing, por isso, muitas empresas tem um plano de mídia que sua agência faz e jura que tem um plano de marketing”. Sua construção deve ter um entendimento da realidade do negócio. De forma, simples os executivos devem conhecer pontos fortes e fracos de cada um dos itens do composto e desenvolver ações que os potencializem. Partindo para a comunicação, é realizada pesquisa de opinião e diagnóstico, programas de relações internas, relações com comunidades, criação e aperfeiçoamento de serviços de atendimento a clientes, além de programas de responsabilida-

de social, comunicação com áreas governamentais, propaganda institucional, entre outras mais. A intenção é agregar valor à marca, consolidar a imagem e promover valores e crenças que atribuam uma identidade à organização. Essa tarefa é complexa para ser realizada a partir de ações isoladas, iniciativas solitárias ou afastadas da realidade organizacional. É preciso promover ações integradas de comunicação para produção de ações articuladas, visando ultrapassar as barreiras setoriais, os nichos de competência de cada uma das áreas da comunicação, zelosamente defendidos por seus respectivos profissionais.

DE UM JEITO INTELIGENTE, COMUNICA-SE DIFERENTE Que o planejamento é crucial para qualquer atividade ter mais chances de ser bem sucedida, é unânime para os profissionais de todas a áreas. E ao longo desta reportagem mostramos suas características globais, partindo da estratégia organizacional, passando pelo marketing até chegar na comunicação. Mas qual a importância de um plan específico de comunicação? De acordo com Rodrigo Duguay, a comunicação contemporânea, baseada na integração das ferramentas, simplesmente não existe sem planejamento estratégico. Sem ele, seria vivida uma era de esforços isolados, de peças que se resolviam por si só. “Ele é o cérebro de uma estratégia publicitária bem sucedida e consistente. Fora dele só temos peças e ações descerebradas – podem até ser bonitas por fora – mas são ocas de conteúdo e, por consequência, de resultados”, fala Duguay. Ubirajara Carratu ressalta que o processo de comunicação faz parte da existência humana. “Daí a necessidade de se planejar, pois quando fazemos isso de forma profissional, recebemos cobranças de resultados. Além disso, hoje em dia vivemos na era da informatização, onde as coisas mudam repentinamente, e tendências são criadas num clique. Então mais do que nunca planejar se tornou fundamental”. Na agência Carratu, o diretor conta que os caminhos são abertos e se pode gerenciar mais facilmente os trabalhos quando se tem um planejamento, pois dá uma liberdade e sinergia com a equipe de comunicação envolvida. O cliente sentirá maior segurança, pois ao apresentar um plan, a agência assume um compromisso em relação a proposta criativa oferecida, buscando traduzir a arte em números. “Externamente, os consumidores receberão uma mensagem muito bem pensada e os resultados serão mensurados de forma clara, o que servirá de amostragem se o que foi pensado e

Ubirajara Carratu, ressalta que o processo de comunicação faz parte da existência humana

colocado em prática está funcionando”. Para o sócio-diretor da Massapê Gabriel Freire, o planejamento é tão importante quanto a criação, pois é a partir dele que a campanha ganha o direcionamento correto. “O planejamento deixa o trabalho da agência melhor, fica muito fácil diferenciar uma campanha que teve um planejamento por trás, da que não teve”. Samara Menezes Completa explanando que além de fornecer ao cliente informações que o auxiliem na tomada de decisões, o planejamento, através de insights, norteia as ações de comunicação de forma sistêmica, integrando as ferramentas de comunicação em busca de resultados para o anunciante. Vários cases mostram ações de sucesso a partir de um planejamento bem executado. É o caso do salão de beleza Anninha Cabeleireiros, que comemorou 40 anos de atuação em Natal (RN), no ano passado. A marca era consolidada na alta sociedade da cidade, mas queria conquistar um público 19


com uma nova faixa etária, para que houvesse renovação nos próximos anos. A Carratu foi a responsável pela realização de campanhas e ações de marketing criativas. Nas primeiras peças publicitárias da campanha anual, utilizando-se da imagem da sua filha junto a mãe, para mostrar que a tradição estava sendo passada para a nova geração. “Dai por diante, iniciamos uma sequência de anúncios que valorizavam a jovialidade dentro do salão, utilizando-se de expressões, gírias e marcas internacionais que buscam o mesmo perfil: jovens mulheres”, relata o diretor. As ações expandiram-se também no universo online, sendo criado o blog e relações nas redes sociais. Após um ano de campanha, o salão já tem um sistema todo informatizado de atendimento, utilizando-se de internet e iPad, bem como interação com webcam no momento dos tratamentos como escovas, lavagens e cortes. “Foi uma mudança significativa, que serviu para a Carratu provar mais uma vez que o público feminino além de grande consumidor é fiel ao universo de marcas e valores”. Anselmo Albuquerque e Gabriel Freire, da Massapê, citam um exemplo inusitado que tive resultado potencializado porque foi baseados num planejamento de comunicação detalhado. O primeiro é o do UK, uma casa noturna recifense que queria manter as noites da sextas agitadas sem seu público migrar para os concorrentes. A priori, o cliente sugeriu que as mulheres não pagariam, o que atrairia homens, voltado assim a encher a casa. “Apesar da solução do cliente para o problema ser boa, ainda não seria melhor opção. Assim, fizemos um raciocínio matemático com essa entrada free. Esse valor contabilizaria as perdas a curto prazo. Mas quanto seria a perda do posto de melhor balada das sextas?”, revelam dos sócios. Então, a Massapê convidou uma das maiores blogueiras de moda do Brasil, a pernambucana Camila Coutinho, e um fornecedor parceiro da casa para bancar o UK Fashion Tour News York. O UK Pub iria sortear uma mulher para viajar para Nova York com direito a U$ 1.000 para fazer comprar acompanhada da blogueira. Mecânica: Só para mulheres, na sexta-feira e comprando uma cerveja Stella Artois (fornecedor parceiro). “As filas das sextas-feiras foram as maiores de toda a história da casa, onde as mulheres começaram a tomar conta da balada. O UK passou a ser ainda mais comentado entre os jovens do Recife pela inovação da promoção”, conta. A divulgação foi feita pelo twitter da casa e o da blogueira, logo virou notícia nos veículos locais e também nacionais. Na metade da promoção, o cliente já apresentava lucros para pagar todo o custo do projeto. A marca do UK ficou ainda mais valorizada, aumentando o público e não tendo necessidade do uso de ingressos gratuitos para as mulheres. 20

Gabriel Freire, Massapê Comunicação (PE)

O PLANEJADOR – Apesar do planejamento ser uma atividade específica e requer horas de dedicação, ainda não são todas as agências que trabalham com essa atividade de uma forma independente (porém, interligada, como deve ser todas as áreas). A ideia desta reportagem surgiu, inclusive, de um planejador que teve experiência como planejador em grandes agências do e voltou recentemente para o Nordeste: Anselmo Albuquerque. Assim, o publicitário viu e comparou os mercados de perto, notando, principalmente, que a “cultura” do planejamento ainda está longe de ser consolidada em terras nordestinas. “Aqui planejamento e atendimento são realizadas muitas vezes por uma mesma pessoa. Não que ela não tenha capacidade, mas são operação bem distintas e o fator tempo não favorece para que ambas sejam realizadas com 100% de aproveitamento”, argumenta. Por outro lado, Duguay acredita que planejamento integrado com atendimento não eja uma característica somente do Nordeste. “No nosso caso, com equipes muito menores fica apenas mais evidente. Mas o Brasil, em geral, tem áreas de planejamento nanicas para o tamanho dos desafios que nossa publicidade está enfrentando”. O próprio já foi diretor de Planejamento e Atendimento por oito anos em uma agência e conta que fazer as duas atividades simultaneamente não traz os melhores resultados por uma questão simples: o atendimento é operacional, executivo e lida com o dia a dia do funcionamento de uma conta. “O planejador, por outro lado, tem que ter visão estratégica, de preferência com vivência em outras áreas, que entenda de criação, tenha um bom traquejo para lidar diretamente com o cliente e entenda as questões de mídia


com uma certa profundidade. É um profissional que precisa ser completo para propor planos e conversar de igual para igual com as diversas áreas da agência”. Gabriel Freire, continua dizendo que apesar de não ter acesso a grandes pesquisas e análises, estão mais próximos dos clientes e seus concorrentes e conseguem muitas vezes realizar um trabalho mais profundo na fase de análises. “Meu trabalho é buscar caminhos para resolver um problema”. Essa resolução pode vir através de uma campanha ou de uma palestra para equipe de vendas do cliente. O importante é que esteja claro o posicionamento da marca. “A grande responsabilidade do planejador é trazer o consumidor para dentro da criação e servir como norteador para o processo criativo, e sua existência traz - como vantagem competitiva - a Um case de sucesso da Carratu é o do salão de beleza possibilidade de se gerenciar a percepção de marca do Anninha Cabeleireiros, que comemorou 40 anos (RN) anunciante”, avalia Samara Menezes.Explanando sobre as dificuldades do planejamento, Carratu cita que elas praticamente se resumem quando o planejarealmente o planejamento é feito na prática, o quanto ele já mento é oferecido no exato momento que o cliente aparece está consolidado e como o nosso papel é importante dentro para pedir uma campanha. Ele já quer iniciar uma ação de da agência”, recorda Gabriel Freire. Felizmente, algumas imediato, e não tem tempo a perder. Obviamente, o planejauniversidades espalhadas pelo Brasil, já abordam disciplinas mento precisa de tempo, então cabe a agência iniciar um de planejamento de forma mais específica nos cursos de processo com seus clientes de mudança de cultura. “Nós publicidade. aproveitamos o início de ano, quando o mercado tem uma Hoje, encontram-se cursos e workshops de planejaligeira baixa de fluxo de serviço, para oferecer aos clientes um mento no mercado, como também várias fontes de informaplanejamento semestral, o que nos assegura uma relação ção, como o Jay Chiat Awards, importante premiação profissional produtiva com os clientes”. americana de estratégia e planejamento, o Grupo de Planejamento (SP); o Account Planning Group (APG), do FORMAÇÃO – Planejar é conhecer e entender o contexto. Reino Unido, entre outros, segundo Samara Menezes. É: saber o que se quer e como atingir os objetivos e se preve“Porém, o mais importante é se tornar um ávido conhecedor nir, calcular os riscos e buscar minimizá-los, preparar-se de consumidores, ao ponto de conseguir pensar como eles. taticamente, ousar as metas propostas e superar-se de Há uma frase de Júlio Ribeiro, um dos maiores representantes maneira contínua e constante. Planejar não é só vislumbrar o nacionais, que reforça isso, pois 'para realmente poder futuro, mas é também uma forma de assegurar a sobrevivêncontribuir com soluções novas é necessário trabalhar com cia e a continuidade dos negócios. Mas para saber de todos verdades vivas, frescas, recém-colhidas nas lojas, nas ruas, e esses conceitos e aplicar na prática, é preciso, sobretudo, de no olhar de quem consome'”. formação. No dia a dia que se aprende a maioria da qualquer Em Pernambuco, a Focus-Trigueiro (www.focustriatividade, no final das contas. Porém, que tem a base nas gueiro.com.br) realiza periodicamente cursos na área de universidades ou nos cursos de extensão, agregam valor e tem gestão empresarial e especificamente sobre de Planejamento mais facilidades na hora do trabalho real. Estratégico, mas também realiza em todo Nordeste e no “Posso dizer que nada do que sei sobre planejamento Brasil cursos In Companny. Avaliando, ao professor Miguel aprendi na faculdade. Comecei a estudar o assunto na Feyo, discute que se o estudante quiser seguir na área, é internet, lendo livros e decidi fazer uma especialização em São fundamental que entenda de estratégia empresarial. “São Paulo. Fiz um curso que tinha vontade de fazer desde que várias as disciplinas hoje oferecidas que tratam desse tema terminei a faculdade, o Bootcamp de Planejamento de (Ambiente de Negócios, Planejamento Estratégico, Comunicação da ESPM - Miami ad School. Foram três meses Marketing Estratégico)”. É preciso ter passado por uma série indo e voltando todas as semanas para a capital paulista, mas de experiências práticas durante a vida desse profissional para posso dizer que valeu muito a pena. Lá pude ver como que ela possa desenvolver essas habilidades. 21


REVELAMOS OSEGREDO. Aqui estão todos os passos que a FacForm seguiu para montar o convite do camarote da Globo Nordeste no Galo.

Rua Barão de Água Branca, 521 Boa Viagem - Recife/PE (81) 3339.6566 www.facform.com.br


Leonardo Lucena

MERCADO DE RÁDIO E TV GANHA NOVOS CURSOS O mercado de rádio e TV no Nordeste está em empregabilidade. Há carência tanto com capacitação técebulição. Com a expansão dos meios de comunicação e nica, como com competência para internet e novas mídias”, abertura de mercado, novas necessidades estão aparecendo. disse. O curso de Rádio e TV não contempla apenas produA qualificação de profissionais da área é uma regra geral, e não ções de caráter jornalístico, mas também trabalhos voltados há mais espaço para amadores. Em decorrência disso, as para cinema, novela e entreteuniversidades estão despertannimento, o que amplia a capacido ou para a melhoria do que já dade de criação do aluno. De existe, ou a abertura de novos acordo com o jornalista, excursos, a exemplo da Associaapresentador da CBN Recife e ção de Ensino Superior de professor de comunicação da Olinda (Aeso), em PernamAeso, Marcos Araújo, Pernambuco, que acaba de investir em buco tem um forte movimento um novo curso: o de Radialiscultural na produção de cinemo, TV e Internet. E, conforme ma, pólos de curtas e longas o site Guia do Estudante (www. metragens e diretores audioviguiadoestudante.com.br), no suais, o que abre grande Nordeste, o curso de Radialisoportunidade para o estudante mo e TV é lecionado em nove Leonardo Castro, coordenador do curso da Aeso entrar neste meio. “O mercado instituições. O coordenador do é carente, e o planejamento curso da Aeso, Leonardo Castro, responde que a produção disciplinar caminha nesta perspectiva. Ensinamos desde a de conteúdo para rádio e televisão foi transformada pela parte técnica até o conteúdo. Além do mais, o rádio, a massificação da internet, novos hábitos televisão e os jornais impressos são uma de consumo foram instituídos e os fluxos espécie de ponte para a web e, dessa informacionais sofreram maior interfeforma, ela não é uma mídia, mas sim, rência dos usuários. “Temos ótima infrauma plataforma para outros veículos”, estrutura em estúdios de TV, rádio, afirmou. O salário médio nesta área varia fotografia, gravação e mixagem de de R$ 1.300,00 a R$ 1.500,00. No caso áudio, laboratórios de informática do rádio, são cerca de R$ 700 a R$ 800 equipados com softwares atualizados reais para iniciante, e isso é um dos em versões completas, duas videotecas motivos pelos quais os alunos não para exibições de filmes, biblioteca com desejam tanto seguir a carreira neste um rico acervo bibliográfico e coleções veículo se comparado à TV ou ao de DVDs e vídeos”, completou. Segundo Leonardo, em compaimpresso. “A evolução tecnológica ração com outras habilitações de também não é tão percebida quanto na Comunicação Social, como Publicidade TV, porque não se tem o suporte da e Propaganda ou Jornalismo, os cursos Marcoa Araujo, professor da Aeso imagem. Mas a digitalização do rádio vai de Rádio e TV colocam poucos profissiodeixar o som bem melhor e não é tão nais no mercado. “Também é possível dizer que os perfis caro como na televisão”, disse Marcos. Já a Universidade Federal de Pernambuco, a mais curriculares dos cursos superiores de Radialismo e TV em antiga e a principal referência em Pernambuco, mudará o Pernambuco enfatizam a formação de profissionais para nome do curso (Radialismo e TV) também para Radialismo, atuação como produtores e apresentadores, dificultando a 24


TV e Internet a pedido do Ministério da sonoplastia, iluminação e gestão de Educação (Mec). Provavelmente, a empresas na área, e dura dois anos. Mariano disse também que o razão é o crescente e importante papel curso tem em torno de 400 alunos e é da web na Comunicação. Além disso, feita uma parceira com a TV outra novidade será a implementação Universitária e com a Rádio da disciplina Linguagens Inclusivas, cujo Universitária AM para facilitar o objetivo é traduzir imagens para cegos. ingresso dos estudantes no mercado É uma forma de aco-lher mais os por meio de estágios. “Temos mais portadores de necessidades especiais. equipamentos de alta tecnologia “O profes-sor será Francisco José de chegando, mas falta um pouco de Lima, o único no Brasil a lecionar nesta espaço para as instalações”, acrescenárea em Graduação e Pós-graduação. Já tou. ensinou nos Estados Unidos, tem muita Trabalhar na radiodisfusão, de experiência. A quantidade de alu-nos fato, não é fácil. E, no caso das progranesta cadeira foi maior do que o mações jornalísticas, quando não são esperado”, declarou o coordenador locais, e sim, retransmissoras, prejudica Mariano Arouche. ainda mais a absorção destes profissioComo Radialismo e TV nais. “As produtoras independentes também lida com trabalhos para a suam muito para continuarem existinprodução de filmes, é possível estabeledo. A situação econômica do Brasil não cer relações com o curso de Cinema. A Hugo Montarroyos, jornalista garante um mercado audiovisual que se diferença é que em Rádio e TV o aluno sustente por si só”, afirmou o fotógrafo, aprende como fazer um programa de Juliano Mendes, que se formou em Radialismo e TV pela filme; já o estudante de cinema aprende a produzir um filme, UFPE, mas nunca exerceu a profissão. com parte técnica, roteiro, entre outros suportes. Segundo Para o jornalista Hugo Montarroyos, referência no Mariano, além disso, os graduandos em Cinema dispõem de Jornalismo Cultural em nosso Estado, Pernambuco tem um um computador que traduz idiomas estrangeiros para o mercado com poucas chances, porém já foi pior. E em outros português. “Estes dois cursos têm intersecções tecnológicas. estados, quanto maior, melhores são as oportunidades. Vamos pensar em adquirir este computador para os nossos “Trabalhei um ano na TVU, no programa Sopa Diário, mas era estudantes”, disse. um serviço terceirizado. Lá, por ser um órgão público e sucateado, as condições eram mais precárias. Deveria ser utilizada por estudantes, pois sua função deveria ser a de dar oportunidade prática do aluno colocar todo o aprendizado na faculdade”, declarou.

O site Guia do Estudante mostra que no Nordeste, o curso de Radialismo e TV é lecionado em nove instituições no Nordeste

Nesta área, pode ser feito bacharelado, com foco nas atividades práticas, como criação, edição e produção de sons, imagens ou textos, e duração média de quatro anos; já o tecnólogo, contempla mais as atribuições técnicas, como

SAIBA ONDE ESTÃO OS CURSOS NO NORDESTE: PERNAMBUCO Universidade Federal de Pernambuco Faculdade Maurício de Nassau Associação de Ensino Superior de Olinda (Aeso) BAHIA Universidade do Estado da Bahia, em Conceição Universidade Estadual de Santa Cruz, em Ilhéus CEARÁ Faculdades do Nordeste, em Fortaleza MARANHÃO Universidade Federal do Maranhão, em São Luís PARAÍBA Universidade Federal da Paraíba, em João Pessoa RIO GRANDE DO NORTE Universidade Federal do Rio Grande do Norte 25


Alexandre Antunes

UM PRÊMIO AOS TALENTOS DO MERCADO CEARENSE Todos que estão inseridos no mercado publicitário, em especial no Ceará, ficam ansiosos ano após ano para a chegada do Grande Premio Verdes Mares. Criado pelo Sistema Verdes Mares, em 2007, o objetivo é estimular os destaques com premiações do mercado publicitário cearense. “É o reconhecimento de nossos talentos, um momento de contemplarmos as agências e evidenciarmos os profissionais que tanto trabalharam ao longo do ano”, afirma a gerente de Marketing do Sistema Verdes Mares, Alana Aguiar. Ao estimular as pessoas envolvidas com publicidade no Ceará, o GP Verdes Mares, ao longo de suas quatro edições, vem recebendo mais inscrições de peças a cada ano e pode ser verificada a melhoria da qualidade dos trabalhos das agências. “Depois de premiado você vira referência”, destaca Alana Aguiar. Lembrando que o Sistema Verdes Mares, como o maior mix de comunicação do Estado, amplia ainda mais a relação com os seus clientes através do prêmio. O júri do GP Verdes Mares 2010 foi formado por: Marcello Vittório de Ribeiro e Queiroz, diretor de redação do jornal Propmark; Alessandra Franco Mello, gerente de Mkt e Programação da Rede Bahia de Televisão; Marcelo Cazzo,

diretor comercial da FTPI – Representação de Publiciade e Marjeting; Thiago Oliveira Santos, diretor de mídia da agência Giovanni e Humberto Montenegro, diretor de Criação da Agência Ampla. Humberto Montenegro é um dos diretores de criação da Ampla Comunicação, de Recife. Avaliando as peças concorrentes ele acredita que a premiação do da TV cearense GP estimule ainda mais as agências. “O prêmio incentiva os publicitários e acho que eles pensam nisso durante todo o ano. Acho que estão sempre tentando criar boas peças e vi muitas coisas legais aqui. E o mais interessante: É o melhor caminho para ir a Cannes”, brinca. A fase final de julgamento foi realizada, no Hotel Seara, na Avenida Beira Mar. Os prêmios de maiores destaque foram para primeiro e segundo colocado na categoria Campanha Privada. Os primeiros de cada categoria terão sua peça inscrita no Festival de Publicidade de Cannes, além de receber passagem e hospedagem. Já os segundos colocados, terão inscrição, passagem e hospedagem para o Festival de Publicidade de Gramado.

GP VERDES MARES

26

CATEGORIA CAMPANHA PRIVADA

CATEGORIA PÚBLICA

CATEGORIA MÍDIA

CATEGORIA PLANEJAMENTO

1º LUGAR Peça: "Faz-me rir" Agência: Advance Comunicação Anunciante: Sagnor Nordeste

1º LUGAR Peça: "Resultados Operacionais" Agência: Mota Comunicação Anunciante: Banco do Nordeste

1º LUGAR Agência: G Marketing Anunciante: Super Rede Campanha: Associados-Central de Compra

1º LUGAR Agência: G Marketing Anunciante: Helga Cosméticos Campanha: Lançamento do cartão Helgacard

2° LUGAR Peça: "Construtora do ano" Agência: Acesso Comunicação Anunciante: Construtora Marquise

2º LUGAR Peça: "Crediamigo" Agência: Mota Comunicação Anunciante: Banco do Nordeste

2º LUGAR: Agência: Mota Comunicação Anunciante: Banco do Nordeste Campanha: Crediamigo

2º LUGAR Agência: G Marketing Anunciante: Helga Cosméticos Campanha: Lançamento do Helga Prime

3º LUGAR Peça: "Mães 2010" Agência: 333 Propaganda Anunciante: Shopping Iguatemi

3º LUGAR Peça: "Nova Marca" Agência: Mota Comunicação Anunciante: Banco do Nordeste

3º LUGAR: Agência: G Marketing Anunciante: Fazauto Campanha: Melhor Negociação Fazauto

3º LUGAR Agência: Flex Comunicação Anunciante: Empresas Ventura Campanha: Corredor do Automóvel


Nada de saia justa! É o que prometem as blogueiras Cláudia Giane (criadora do “Bolsa de Novidades”), Anna Terra (do “Ideias de Fim de Semana”) e Karol Nogueira (do “Apartamento Fashion”), que integram conjuntamente projeto pioneiro, lançado pelo Plaza Shopping, em Recife: “Universo Feminino” (www.universofeminino.blog.br). Este espaço funciona como um “blog independente”, desenvolvido pelo centro de compras com total liberdade de criação e postagens. “O objetivo é mostrar as coisas interessantes que temos em nosso cotidiano, coisas que são atraentes às mulheres e vão aproximar o público do conceito do Plaza”, diz a gerente de marketing do Plaza Shopping, Fabíola Azevedo. Mais do que uma ação de marketing, o projeto lança mão da força das mídias sociais para se comunicar estrategicamente, através de informações de interesse direto do público do mall, localizado na Zona Norte, área nobre de Recife (PE). E, essa estratégia promete sucesso, tomando-se como base o perfil de usuários de mídia social no Brasil, em recente pesquisa realizada pela eCMetrics, agência e Consultoria Estratégica de Mídia Social. O estudo inédito foi apresentado em fevereiro e realizado em dezembro de 2010, com 2.440 membros do painel online eCGlobalPanel, um dos maiores painéis online de pesquisa da América Latina com mais de 190 mil consumidores brasileiros ativos e mais de 500 mil na América Latina. É dentro deste universo que se insere o blog Universo Feminino, projeto desenvolvido pelo Plaza, com o expertise da Fishy, que faz o trabalho em conjunto com três ativas blogueiras da cena pernambucana e, nacional, uma vez que a blogueira Cláudia Giane integra o portal da Editora Abril: M de Mulher. O trio ainda é composto por Anna Terra e Karol Nogueira. As três profissionais envolvidas nesta proposta vêm se destacando nas mídias sociais, com propostas diferenciadas e que se complementam. “O blog tem como conteúdo assuntos que interessam às mulheres. Moda, gastronomia, decoração, cultura, diversão, coisas do dia-a-dia, enfim, coisas que elas curtem. E, como resultado, esperamos humanizar,

Ivelise Buarque

UNIVERSO FEMININO EM BLOG

indiretamente, a relação entre o Shopping e suas clientes, falando de problemas e soluções do dia a dia, interagindo com as mesmas através de conteúdo de qualidade, tratado de forma simples e informal”, diz Cláudia Giane. Nenhuma das três blogueiras é necessariamente especialista ou formada na área de beleza, gastronomia, entre outros tópicos que prometem movimentar no espaço. Mas elas têm algo em comum: são curiosas, comunicativas e comunicadoras, que curtem se informar e escrever sobre diversos assuntos, e apresentam perfis bem atuantes no Twitter. Cláudia é jornalista, analista de mídias sociais da Dani Mirella Social Media, estrategista web da Agência Um Comunicação e professora universitária da Faculdade Pernambucana (Fape). Já Anna Terra é publicitária e atua como analistas de mídias sociais, além de movimentar o seu “Ideias de Fim de Semana”. Karol Nogueira também é publicitária e blogueira há 10 anos, estudou Estilismo no Senac/PE e História da Arte, Desenho de Moda e Marketing de Moda no IED, em Milão. Hoje, cuida do seu xodó que é o blog Apartamento Fashion. “O blog tem uma linguagem natural e divertida, linkando sugestões e dicas sobre produtos, lojas e marcas que estão ganhando força e são conceito no mercado de moda e comportamento, assim como próprio Plaza. Também vamos abordar temas mais amplos e universais, como por exemplo um desfile internacional e o que podemos absorver das tendências vistas lá fora”, reforça Karol Nogueira. 27


NESTLÉ HOMENAGEIA ESCOLAS DE SAMBA nha: “Nestlé. 90 anos de grandes emoções. 90 anos de Brasil”. A empresa também realizará ao longo do ano diversas ações para celebrar as nove décadas de presença no mercado brasileiro, entre campanhas publicitárias, promoções, eventos e ações de ativação.

ASSINE A

REVISTA PRONEWS

E SAIA DA ERA DOS RECLAMES (81) 3426.6144/3034.6144

*APENAS PARA O GRANDE RECIFE

A Nestlé divulgou peça publicitária criada especialmente para homenagear o Carnaval brasileiro e as escolas de samba. O logotipo criado para comemorar os 90 anos da empresa no Brasil ganhou uma cintilante versão forrada de lantejoulas para estampar anúncios nos jornais O Globo, O Estado de S. Paulo e na revista Contigo!, com a mensagem: “Emoção é comemorar 90 anos de Brasil na mais brasileira de todas as festas. Uma homenagem da Nestlé a todas as escolas de samba.” Também em homenagem ao Carnaval brasileiro, a Nestlé lançou um filme na televisão, no qual imagens da festa são embaladas por uma versão em ritmo de samba da canção “Emoções”, de Roberto Carlos. A música foi escolhida como trilha sonora para toda a campanha institucional dos 90 anos da Nestlé. Desde que foi composta, no início da década de 80, “Emoções” jamais tinha sido utilizada em peças publicitárias, por exigência de Roberto Carlos, que firmou acordo inédito com a Nestlé para autorização do uso da música. O tema “Emoções” é o fio condutor de todas as peças publicitárias e também está presente na assinatura da campa-


O ano era 2009, passávamos por uma crise mundial forte. Demissões em massas de grandes empresas. No esporte brasileiro, a principal desculpa pela falta de investimento era a tal falada crise. “Como investir em esporte se estamos demitindo nossos colaboradores?” diziam os executivos na ocasião. No futebol, boa parte dos clubes da Série A, jogavam com a camisa limpa, alguns só conseguiram patrocínio no meio ou final da temporada. Mas veio o anúncio dos Jogos Olímpicos no Brasil no final daquele ano e o que o então presidente na época, Lula, falou foi que a crise era apenas uma marolinha e não um tsunami como muitos temiam. E não é que ele tinha razão, pelo menos no campo esportivo, pois o ano de 2010 foi de grandes mudanças. Um ano de crescimento e investimento em vários setores, ano de farturas de patrocínios para os grandes clubes, números inflacionados, etc. No período pós-Copa, a criação de uma série de novas empresas na área de marketing esportivo, algumas recém-criadas. Outras que passaram a ver o Brasil com novos olhos, depois de saberem que daqui até, no mínimo, 2016 o palco esportivo mundial será o gigante sul-americano. Agora, você deve estar me perguntando, e o que

você espera para 2011? Eu lhe respondo, um ano melhor que 2010. As práticas desenvolvidas no ano passado, vieram para consolidar e fortalecer o mercado que agora não tem como dar um passo para trás. Lembre-se, seremos o palco esportivo do mundo daqui para frente. Temos empresas fortíssimas com sedes aqui no Brasil agora. A expertise internacional vai ser um aprendizado e vai começar tudo neste ano. Ano passado foi apenas a formação destas agências e a vinda das gigantes, agora chegou a hora dos primeiros passos. Já em 2011, teremos os Jogos Mundiais Militares na cidade do Rio de Janeiro, o primeiro dos grandes eventos. Se você nunca ouviu falar destes jogos, saiba que terá um número de competidores semelhante aos Pan 2007. E a tendência é que seja o primeiro teste para os mais importantes que virão em seguida. Pode me cobrar um bom ano para o marketing esportivo e para o esporte brasileiro em 2011. Digo isso, por todo contexto que falei anteriormente, mais uma pitada de “feeling misturado com otimismo”. Todavia a tendência é que apenas haja uma evolução do bom ano que tivemos em 2010. É o marketing esportivo brasileiro dando passos cada vez mais firmes. 29

Rafael Zanette rafazanette@ibme.org.br

MARKETING PARA O ESPORTE BRASILEIRO


DE OLHO NA CAMPANHA

CAMISINHA É BOM, BOM, BOM Ir a um show do cantor da banda Parangolé, Léo Santana e no lugar de um pagodeiro conhecido nacionalmente pela música “Rebolation”, dar de cara com um metaleiro tocando rock and roll não tem nada a ver, não é? Pois foi com esse mote que a Tempo Propaganda (BA) criou a campanha “Sem camisinha nada a ver” para a Secretaria de Saúde da Bahia. Com o objetivo de alertar a população sobre a prevenção da AIDS, as peças para TV e Rádio exploram o estranhamento causado pela figura de um ídolo do pagode baiano, caracterizado como roqueiro para chamar a atenção do público. Por meio da frase, “Léo Santana sem o pagode é igual a sexo sem camisinha, não tem nada a ver”, a sequência, gravada pela RX30 produtora, é

finalizada com o cantor, já em seu estilo natural, divulgando a mensagem sobre a importância do uso da camisinha. Nas peças gráficas, a Tempo utiliza um conceito mais direto e aproveita o grande hit “Rebolation” para informar que, “Camisinha é bom, bom, bom”. A primeira fase da campanha já está nos outdoors, depois chega nas rádios, jornal, revista, busdoor, internet, cinema e ainda, ações nas redes sociais.

ESPECIALISTA EM DORES A nova campanha de Buscopan, uma das marcas mais conhecidas do mercado farmacêutico, entra na mídia essa semana e busca reforçar o posicionamento do medicamento como “especialista em dores, cólicas e desconfortos abdominais”. A campanha também tem a intenção de aproximar Buscopan do público masculino que, muitas vezes por falta de informação, negligência os sintomas e não toma medicamentos adequados para resolver o problema. Filme aborda situações comuns do dia a dia de homens e mulheres que possuem maus hábitos alimentares ou se deparam com momentos de estresse e de ansiedade, propícias ao aparecimento das dores, cólicas ou desconfortos abdominais. O intuito é reforçar que o antiespasmódico Buscopan está disponível para sanar e resolver de forma adequada esses sintomas. A campanha apresenta três diferentes situações do dia a dia (no escritório, no trânsito e em casa) que causam desconfortos abdominais decorrentes de momentos de estresse e ansiedade ou má alimenta-

30

ção. A pergunta “Quem nunca?”, adaptada a cada um desses momentos, estimula o consumidor a refletir sobre quais dessas situações já vivenciou: “Quem nunca perdeu uma noite inteira de trabalho?”. Em resposta aquela dorzinha chata causada nessas horas, está a solução: Buscopan, o especialista em dores abdominais.


BASTIDORES

Publicitária, diretora de arte e ilustradora. Depois de anos querendo ser bióloga marinha, Carol Burgo resolveu ir para a publicidade, o reduto que, dizem, é o local de confluência dos artistas frustrados. “Não é o meu caso. Sou artista, mas não frustrada”, relata. Como diretora de arte, não é uma pessoa que busca incessantemente o aprimoramento da técnica buscando tutoriais. “Aprimoro na prática. Aprimoro a sensibilidade. Mais do que saber executar é preciso executar da forma mais sublime possível. Eu juro que tento”, confessa. É ilustradora quando dá. “Quando há job para ser ilustrado, desenho o job, quando não há, desenho por prazer, ou para presentear um amigo, ou a minha mãe”. E esse prazer já rendeu frutos. Em janeiro, recebeu o convite da loja Açúcar e Afeto para fazer uma exposição com as telas que pintava e guardava em casa. “Um breve romance com todas as coisas é o nome do meu blog de ilustração e, consequentemente, decidi que seria o nome da minha primeira exposição. Um conjunto de telas que não têm tema específico, a não ser o fato de serem uma compilação de coisas que eu amo: músicas, livros, filmes e outros desenhos que retratam um universo mais infantil e lúdico do que propriamente realista”. Trabalhando atualmente na Plano b) Comunicação, a recifense Carol morou 14 anos em Portugal e veio fazer faculdade no Brasil, onde está até hoje. Desde criança sempre gostou de desenhar e pintar e, como a melhor amiga da mãe é artista plástica, sempre teve dicas bem interessantes dela. Entre as muitas telas que pintou, Carol destaca algumas como a Lucy in the Sky with Diamonds, uma homenagem à famosa música dos Beatles. O clássico livro O Pequeno Príncipe também foi retratado. Segundo Carol, um dos livros que mais marcou a sua infância. “Uma obra bem longe de ser infantil e que me apaixonou quando eu li. No quadro, decidi retratar o Pequeno Príncipe e uma das frases que eu mais amo no livro, na sua versão original, em francês: "Tu serás pour moi unique au monde. Je será pour toi unique au monde." ("Você será para mim único no mundo. Eu serei para ti único no mundo”) O primeiro livro em prosa que ganhou de presente da mãe também foi desenhado em tela. “Quando eu tinha uns 13 ou 14 anos, minha mãe me deu de aniversário um livro chamado Eva Luna, da escritora chilena Isabel Allende. Na contra capa

mamãe escreveu: para a minha pequena Eva. Depois de Eva Luna fiquei viciada nos livros de Isabel Allende e ganhei o Contos de Eva Luna, uma série de contos que a autora escreve com primor”. Definida como uma das telas mais trabalhosa e prazerosa da exposição, Carmen Miranda, uma das artistas que Carol mais admira, não poderia deixar de ser retratada. “Fazia muito tempo que eu queria desenhar uma Carmen Miranda escandalosa e cheia de frutas. Essa grande artista me lembra alguns episódios da minha infância e adolescência”. Todas as telas foram postadas no blog: www.umbreveromance.blogspot.com onde a artista conta um pouco da história de cada uma delas. “Quanto ao blog fiz como portfólio, quem sabe futuramente uma galeria online. A ordem de postagem é aquilo que ando desenhando por aí, seja a trabalho ou por pura diversão. O romance é breve, por que dura somente um post, e a memória é fraca, mas intensa, como todas as minhas cores, para ser apreciado”. Carol Burgo, publicitária, diretora de arte e ilustradora

Eva Luna por Carol 31

Fabiana Constantino

UM BREVE ROMANCE DE CAROL BURGO


NA WEB www.marketing2comunicacaodigital.com Marketing 2.0 e Comunicação digital é um canal monitorado pelo blogueiro Ricardo Teixeira, seguidor assíduo de novas tecnologias. Nos posts, o leitor encontra desde os lançamentos de SmartPhones até novidades do mundo das redes sociais. O blog traz também assuntos, como comunicação digital, atuais campanhas onlines, dicas de livros, downloads e vídeos. Há ainda uma seção de artigos, com análises de diversos temas a respeito do mundo online.

www.brandme.com.br/blog/

Fabiana Constantino

O blog brandME é espaço para auxiliar comunicadores e empreendedores sobre como construir o plano de negócios e de marketing de uma empresa. A ideia principal do brandME é tirar dúvidas sobre o universo que interliga comunicação e negócios, através de postagens na própria página eletrônica, com espaço para perguntas dos internautas. Entre os principais assuntos abordados estão: Gestão Estratégica; Gestão da Marca; Plano de Marketing; Gestão de Vendas e Canais; Gestão Financeira e Orçamento; Gestão de Produtos e Serviços; Execução das Estratégias.

A Tag Group, que reúne as agências Tag, Zag e Ponto D realizará, em abril, em João Pessoa (PB), a segunda edição do One Day Show. O evento de comunicação do Nordeste vai reunir em um único dia nomes de destaque no cenário nacional e o maior número de informações e conhecimento para estudantes e profissionais do Nordeste. Em sua primeira edição, realizada em abril de 2010, o evento recebeu cerca de 400 participantes de diversos estados da região. Para esse ano, serão oito palestras que abordarão os temas mais recentes da comunicação sob o comando de profissionais de renome nacional. Dessa vez, o palco desse grande dia será o Palazzo Cristal, um espaço amplo, moderno e de fácil acesso, que permitirá uma maior interação entre os participantes e os convidados. “O evento surgiu da necessidade de aprimorar o mercado publicitário regional quem tem amadurecido. As expectativas para o One Day Show 2011 são as melhores possíveis. Teremos novamente uma grande participação do mercado mostrando mais uma vez a percepção do evento e a importância na contribuição com o desenvolvimento do mercado”, 32

afirma Frank Ramalho, CEO da Tag Group e Zag Comunicação. Nomes importantes de empresas nacionais a exemplo de Tereza Prestelo (Ibope), Fernando Moulin (Cyrela), Eco Moliterno (Africa), Mônica de Carvalho (DM9), Viktor Bush (Ithink), Fabiano Coura (RGA), Pedro Porto (Fischer+Fala!) e Jurandir Craveiro (i2 Ideias e Inventos) farão palestras sobre os mais diversos temas ligados à área como o mundo digital, o papel do planejamento, a importância do mídia na estratégia de construção de marcas e as inovações no marketing do mercado imobiliário. Frank Ramalho destaca a importância de eventos como esse para o mercado publicitário nordestino. “O mercado precisa disso e nós estamos fazendo a nossa parte proporcionando a reunião de grandes nomes para um dia conhecimento, afinal, o Nordeste tem cada vez mais ocupado espaço no cenário nacional. A região está exportando talentos para todos os lugares do país e para fora também, e tem recebido investimentos de bilhões em novos negócios. Isso faz girar a roda gigante que estamos inseridos”.


Depois da correria do Carnaval, voltamos ao nosso dia-a-dia de loucura com a correria no trabalho, do stress que é enfrentar o trânsito, comer rapidinho para as demandas da tarde, e voltar esgotados para casa. Aí eu me lembrei de um assunto que vi na internet anos atrás e que me serviu de inspiração para o artigo desta edição da PRONEWS. Lá dizia que houve, recentemente, um grande movimento na Europa que eles chamaram de Slow Food, em contraponto ao Fast Food que a gente conhece tão bem. O movimento tinha como objetivo fazer com que as pessoas comessem e bebessem devagar, saboreando os alimentos, preferencialmente no convívio com a família, com amigos, sem pressa e aumentando a qualidade de vida. Quem já o pratica por aqui, sabe do que estou falando. Esse movimento evoluiu para algo mais amplo chamado Slow Europe e o assunto chegou a ser destaque da Business Week com forte questionamento sobre a pressa gerada pela globalização. Segundo a revista, os trabalhadores franceses trabalham menos horas (35 horas por semana) que a gente e são mais produtivos. Os alemães trabalham ainda menos (29 horas semanais em algumas empresas) e tiveram sua produtividade aumentada em 20%.

Essa "slow atitude" chamou a atenção do mundo, especialmente dos americanos, seguidores do "Fast" e do "Do it now". Trabalhar menos horas não significa fazer menos ou produzir menos, mas pode significar fazer tudo com mais qualidade e produtividade, com mais perfeição e, especialmente com menos "stress". E usar o tempo restante para aproveitar a convivência com a família, com os amigos, com o lazer. Trata-se de retomar os valores essenciais do ser humano, os pequenos prazeres do cotidiano, da simplicidade de viver e conviver. Entrar nesse movimento é viver num ambiente de trabalho mais alegre, mais "leve" e, portanto, mais produtivo, na certeza de que os seres humanos, felizes, trabalham melhor e com mais prazer. Será que a gente não deveria pensar desta forma? Eu sei que os aspectos culturais têm forte influência no comportamento profissional, mas nos dias de hoje as pessoas estão mais conscientes de que precisam mudar. São tantos os exemplos. Instalar programas sérios de "qualidade sem-pressa" pode aumentar a produtividade, a qualidade de nossos produtos e serviços e a satisfação do nosso cliente interno e externo. Vamos apostar?

Luiz Carlos Costa luizcarloscosta1@hotmail.com

MUITA CALMA NESSA HORA...

A Morya Comunicação acaba de tornar-se a primeira agência do Norte e Nordeste a investir no segmento chamado in-game advertising, um tipo de mídia que vai além do advergame. Nessa modalidade, a publicidade é inserida literalmente dentro de jogos preexistentes. Alem de ser também, a primeira agência brasileira a colocar um varejo nessa área de mídia. De forma inovadora a agência inseriu o novo conceito do Bompreço, o “Preço Baixo Todo Dia” não só nos outdoors e placas do mundo real, mas também nos do mundo virtual. De acordo com o executivo de planejamento digital da Morya, Jeu Figueirôa, a publicidade foi introduzida em todo o Nordeste de forma natural. No planejamento dessa campanha a grande preocupação foi quanto ao público-alvo. Por isso foram escolhidos 11 jogos para PS3 e PC entre eles estão o NBA JAM, Skate 2, NHL, Football manager, Tiger Woods e Need For Speed. “Abrimos mão de jogos até mais populares, mas que não eram pertinentes com o público que tínhamos traçado. Um diferencial trabalhado pela Morya foi essa segmentação, pois esta

publicidade só acontece onde queremos que ela aconteça, tudo medido e monitorado constantemente”, afirmou Jeu Figueiroa. Estratégias publicitárias online estão sendo implantadas e gerando resultados positivos, através do twitter e blogs de clientes das cidades de Salvador, Recife e Fortaleza. Para promover a interação entre os clientes que já se comunicavam no meio virtual, através do twitter @bompreço, promotores distribuíram adesivos com o tema “Curtir” do Facebook para que as pessoas colassem nos amigos que curtiram conhecer pessoalmente. Além disso, todos os clientes se cadastraram para concorrer aos três computadores que foram sorteados, um em cada cidade. Outra novidade em mídia digital trazida pela Morya foi no “Festival da Beleza e Bem Estar” onde quatro blogueiras foram convidadas a postarem diariamente dicas sobre moda, beleza e maquiagem e relacionar aos produtos encontrados nos supermercados Bompreço. Os posts eram feitos sem nenhuma interferência da agencia ou do supermercado, isso fez com que a ação ganhasse repercussão natural, arrancando elogios das leitoras nos blogs e no Twitter.

33

Jô Nascimento

MORYA INOVA NO MUNDO VIRTUAL


FICHA TÉCNICA NUTRIVITA A Empresa paranaense Nutrivita, tem conquistado todo o Nordeste com seus produtos alimentícios; entre eles o Flocão Nutrivita que faz um dos pratos mais tradicionais na mesa do nordestino, o cuscuz. Uma empresa que apostou no potencial da região e escolheu a agência Caruaruense JPP Comunicação para desenvolver suas peças comerciais, que desenvolveu um VT feito com computação gráfica, um diferencial no mercado da propaganda regional. Este material está sendo veiculado em todo Estado. Agência: JPP Comunicação (PE) Cliente: Nutritiva Criação: Sandra e Edinho Moreira Direção: Mônica Américo e Jânio Cursino 3D e Redering: Angêlo Edição: Take Produções

ALPHAVILLE A campanha publicitária do AlphaVille Pernambuco, mega empreendimento lançado em março em Pernambuco, ganhou as ruas. Para divulgar a novidade, a Mart Pet desenvolveu anúncios de jornal, outdoors e placas de sinalização, colocadas em vários trechos da BR-232. A proposta da ação é destacar o ineditismo do novo projeto para o setor imobiliário do Estado, por meio do desenvolvimento de um novo núcleo urbano planejado e sustentável. Agência: MartPet (PE) Cliente: AlphaVille Atendimento: Eduardo Freitas, Rafaella Rafael e Renata Dias Planejamento: Julia Travassos e Jussara Pettini Direção de Criação: Diego Curvêlo e Edison Martins Redator: Cristiano Souza Direção de arte: Geraldo Alain, Marcelo Luna Mídia: Sandra Torreão, Ana Paula Takata Produção Gráfica: Priscilla Silva Aprovação: Sandra Veras

CONTRA O CRACK A Bandeirantes Mídia Exterior, dentro da sua política de associar o nome da empresa a iniciativas que combatam, alertem e conscientizem a sociedade sobre os males que a afligem desenvolveu uma campanha de caráter social contra o crack. O consumo da droga é um mal que vem atingindo toda a sociedade brasileira sem distinção de classe social. A campanha,criada pela agência 101º Macaco, tem como tema “A idade da Pedra” e é veiculada nos cinco estados do Nordeste (PE, RN, PB,CE e AL) nos quais a empresa tem área de atuação. Agência: 101º Macaco (CE) Cliente: Bandeirantes Mídia Exterior Direção de criação: Andrey Ohama Direção de arte: Pedro Oliveira Atendimento: George Frota Mídia: Claudio Souto Aprovação: Musa Lyra Direção, Produção e Edição de Vídeo: Clécil Lima, Camilo Ximenes e Roger Capone 34


PERTO DA SAÚDE A décima unidade do Laboratório de Análise Clínicas, Labchecap acaba de chegar ao Hospital da Bahia. Para anunciar a expansão da rede, a Engenhonovo criou campanha nos meios outdoor, elemídia, eletromídia, jornal impresso e email marketing. O laboratório ganhou um conceito de proximidade com seu público, “Novo Labchecap Hospital da Bahia. Seu mais novo vizinho que se preocupa com a sua saúde”. As peças da Engenhonovo transmitem a ideia de marcação de território, com imagem de uma bandeira do Labchecap empunhada na nova localização. Agência: Engenhonovo (BA) Cliente: Labchecap Diretora de Atendimento e Planejamento: Bartira Pereira Executiva da Conta: Camille Silveira Diretor de Criação: Antônio Luis Diretor de Arte: Hugo Espínola Redator: Ciro Daniel Célula de Inteligência: Ana Carolina Monteiro

ÓLEO ZERO A Pharmapele está de campanha nova nas ruas. A marca foca suas atenções no Opaque Gel, produto que promete eliminar o brilho excessivo e controlar a oleosidade dos rostos de homens e mulheres. Mais uma vez a ação foi assinada pela Casa Comunicação, que reforçou a decoração das vitrines das lojas com adesivação específica, e seu interior com materiais como folders e displays para PDV. Também outdoors foram distribuídos por 13 pontos da cidade do Recife. Agencia: Casa Comunicação (PE) Cliente: Pharmapele Atendimento: Maria Arruda, Catarina Alecrim e Letícia Rezende Diretor de Criação: Ricardo Rique Criação: Raphael Pinteiro e Salustiano Filho Mídia: Tiago Macêna Produção: Aninha Asfora e Carollina Falcão Aprovação: Mariana Saldanha e Marcela Montenegro

ENERGIA QUE GERA AÇÃO A Arcos Comunicação cria campanha para a Eletrobrás Furnas, intitulada como Energia que gera ação. O objetivo é tornar o nome e imagem de Furnas mais conhecido da grande população. Uma das peças criadas é um filme de 60” e duas versões de 30” para Tv aberta e fechada onde apresentam a pergunta: Você sabe o que a Eletrobras Furnas faz por você? Também foram elaborados três anúncios nas áreas de meio ambiente “Preservação”, institucional “Transformação” e responsabilidade social “Realização”, veiculados nos jornais. Ainda foram criados spots de rádio, banners de internet, hotsite, mídia indoor, entre outros. Agência: Arcos Comunicação (PE) Cliente: Furnas/Produto Energia Atendimento: Antônio Carlos Vieira Júnior, Ana Franklin e Luciana Freitas Diretor de Criação: Carlos Renato Rocha Criação: Carlos Renato Rocha, Luiz Arthur Vasconcelos, Fred Miotto, Pedro Henrique e Rodrigo RTV: Juliana Sarda Mídia: Alessandra Mayrinck e Guilherme Franco Aprovação: Alessandro Maia 35


C O M P R A S C O L E T I V A S :

Fabiana Constantino

A FEBRE DE CONSUMO NA INTERNET

Apesar de terem surgido recentemente, os sites de De acordo com a proprietária do Dalí Cocina, compras coletivas já são sucesso em todo o Brasil. Com uma Christina Nunes, o resultado da promoção foi muito positivo, dinâmica de funcionamento simples, esses sites fecham contudo, ela faz uma ressalva para aqueles que pensam que parcerias com empresas para que elas ofereçam grandes sites de compras coletivas nasceram com intuito financeiro. descontos de produtos e serviços para os usuários cadastra“Na verdade os sites de compras coletivas têm a intenção de dos no site. Todos esses usuários recebem a oferta por e-mail divulgar o estabelecimento. Funciona como marketing virtual e atingindo uma quantidade mínima de compradores, a oferta acrescido das mídias sociais. Como a promoção para o cliente é validada. Após o término da oferta, o cliente recebe um geralmente é alta e ainda existe a taxa de porcentagem que é “voucher”, ou seja, um recibo da compra, com um código e descontada pelo site, ou você se programa muito bem para informações detalhadas sobre a promoção. Entretanto, para tentar chegar ao ponto de equilíbrio ou então acontece como que a promoção dê certo, é preciso que já vi em muitos estabelecimentos: os empresários se preparem para faliram. Programação sempre”, ressalta manter a qualidade de atendimento, Christina. Alguns estabelecimentos serviços e produtos. Lembrando que comerciais que decidem ofertar em aquele consumidor passageiro pode sites de compras coletivas, não se voltar e se tornar seu fiel cliente. Para os consumidores, os sites planejam e acabam afastando os de compras coletivas são uma excelenpotenciais clientes que não ficam te oportunidade para adquirir produtos satisfeitos com o serviço prestado. De e serviços com descontos expressivos, acordo com Regina Garrido, para a além da facilidade e conforto das estratégia dar certo, tem que haver compras pela internet. Do outro lado, planejamento e alguns cuidados como a para os empresários e comerciantes, avaliação prévia para a escolha do canal, aderir a este tipo de oferta é uma considerando inclusive a idoneidade da importante ação para ampliar exposiempresa, o pacote de parceria e a força ção da marca e conquistar novos que o site escolhido tem na região de clientes. Diante disso, muitas empresas atuação. “Após a escolha do site é estão investindo nesse ramo como uma Regina Garrido, Frontier Digital Business necessário considerar alguns pontos eficiente estratégia de marketing, já que como a aderência do negócio ao canal, a esse sistema oferece uma maneira rápida de propaganda e viabilidade financeira, a ocasião adequada e a capacidade de atinge muita gente em pouco tempo. “O principal benefício absorção da demanda. Não ter um objetivo claro, não para as empresas que participam dos sites de compras planejar, e não estruturar a oferta e o atendimento desta pode coletivas é o baixo investimento em divulgação, além de trazer grandes problemas”, afirma Regina. promoção rápida e em larga escala de serviços, bem como a CRESCIMENTO FRENÉTICO venda em quantidade e em um curto espaço de tempo”, avalia O primeiro site de compras coletivas no Brasil foi o a gerente de serviços avançados em marketing digital da Peixe Urbano. O site iniciou suas atividades em março de Frontier Digital Business, Regina Garrido. 2010. Com uma identificação imediata do consumidor O restaurante recifense Dalí Cocina foi um desses brasileiro com o novo modelo de negócios online, entraram estabelecimentos que viu a oportunidade de ofertar seus no mercado nacional outros sites como o GroupOn, site já produtos pensando no marketing gerado em cima da oferta. com tradição no mercado americano. Rapidamente, os sites O restaurante fez a oferta de compras coletivas no site do se tornaram uma febre que modificou a maneira do brasileiro Regateio e teve um aumento significativo na demanda por se comportar em relação às compras pela internet. Em pouaproximadamente um mês inteiro. 36


cos meses surgiram centenas de sites de ofertas e o movimento se revelou um dos mais intensos da internet brasileira nos últimos tempos. Os números comprovam. Hoje, o Brasil já tem 1025 sites de compras coletivas, conforme registros contabilizados pelo site Bolsa de Ofertas, especializado no segmento. Em publicação de dezembro de 2010, o site apontava a existência de 405 sites de compras coletivas no país. Somados aos 620 novos sites publicados, a constatação é de um crescimento de 153%. Acompanhando o crescimento dos sites de compras coletivas, houve também uma grande evolução do número de sites agregadores de ofertas – serviço que agrega ofertas de sites de compras coletivas em um só lugar. Em dezembro, Henrique Campagnolli, “O Barato da Cidade” eram apenas sete sites desse tipo em funcionamento no país. Hoje já são dezoito – crescimento de 157% no período. CLUBOX Diante desses números, muitos especialistas se Ofertando promoções para os clientes, mas com uma questionam sobre o futuro desse mercado. Será que ainda há dinâmica diferente foi lançado o site Clubox. O modelo de lugar para mais sites de compras coletivas? Vai haver uma negócios do Clubox é baseado no Social saturação do segmento? Commerce, no qual os usuários Para o especialista em ecadastram seu desejo e a equipe do commerce e diretor comercial do site Clubox “corre atrás” para realizá-los, “O Barato da Cidade”, Henrique identificando tendências de consumo. Campagnolli, vai existir uma estagnaO site surge com uma estratégia para ção, mas os sites não deixarão de existir. tornar desejos coletivos em realidade, “Estamos no auge do surgimento dos se utilizando da força do próprio sites. O mercado vai ter o seu momenusuário. to de estagnação na criação de novos Enquanto o comércio eletrônisites, mas não acredito de forma alguma co tradicional funciona de maneira que deixarão de existir. Alguns vão se automatizada, baseada em números, o destacar e ganhar espaço, enquanto Social Commerce pretende humanizar outros perderão o mercado. O Barato as relações de compra e venda na da Cidade, por exemplo, está amplianinternet, tomando por base os comendo seu negócio chegando agora a atuar tários espontâneos dos consumidores na cidade do Recife”, afirma. nas redes sociais, como Twitter e D e a c o r d o c o m Re g i n a Facebook. O Clubox tem uma ferraGarrido, “muitos sites já encerraram menta integrada a essas redes, em que suas operações, e é normal no universo da internet que muitos mais deixem de Christina Nunes, Restaurante Dalí Cocina usuários poderão registrar seus desejos de consumo. A partir existir. A tendência é que um número deles, a equipe do portal irá estabelecer menor resista, além de surgirem opções segmentadas, ou parcerias para viabilizá-los. Esse diferencifocadas em regiões ainda não saturadas”. al faz do Clubox uma experiência nova A personalização das ofertas é, para muitos, a aposta para o consumidor brasileiro. “Somos para o futuro. Recentemente foram lançados sites de compras um clube que sintoniza os anseios coletivas específicos para certos grupos de consumidores. dos estabelecimentos comerciais Entre eles, o Dona Banca, com ofertas voltadas exclusivamenparceiros e dos usuários, estabelete para o universo feminino e o OfertaSaude que disponibiliza cendo uma relação duradoura em ofertas de serviços e produtos em clínicas de estética, spas, que todos se beneficiam”, explicou academias e lojas de alimentos saudáveis.Ao que parece, para André Gusmão, diretor-executivo do sobreviverem, o futuro será mesmo o caminho da segmentaClubox. ção 37


FÓRUM DE MARKETING DIGITAL Flavio Horta

Ari Meneghini

Jansen Schemidt

Joyce S. Boano

Alex Pinheiro 38

Durante 2011, o mercado de marketing digital no Nordeste terá uma série de eventos direcionados para debater e trocar experiência sobre as temáticas que envolvem o campo de marketing digital. E, Recife foi a escolhida para ser a pioneira do Fórum Nordestino de Marketing Digital. O evento é direcionado para executivos, empresários, publicitários, estudantes e profissionais interessados em apreender sobre marketing digital, redes sociais, convergência, e-commerce e empreendedorismo. O evento percorre as cidades de Aracaju (SE), em 28/04; Fortaleza (CE) em 12/05; Natal (RN), em 16/06; São Luiz (MA), em 07/07; João Pessoa (PB), em 18/08; Salvador (BA), em 15/09; e Teresina (PI), em 06/10. Informações e inscrições podem ser realizadas no www.forumdigitalnordeste.com.br. De acordo com o diretor do Digitalks, Flavio Horta, o mercado do Nordeste é exemplar com cases de sucesso com inovação e pioneirismo. “É importante disseminar este conhecimento no mercado, além de buscar novos negócios, explorando e desmitificando os novos recursos da web 2.0”. Para isso, os organizadores optaram por um seleto grupo de palestras, como a do diretor executivo do IAB Brasil, Ari Meneghini, que mostra “Perspectivas do mercado digital e efetividade da Mídia Digital”. Já o palestrante de Jansen Schemidt, consultor de Business Intelligence da Media Factory, fala sobre “Métricas como gerenciar resultados”. Um dos assuntos que estão no e-varejo brasileiro e a adoção de plataformas online de pagamento, tema que também entrou na pauta dos organizadores e será retratado na palestra “Crescimento do e-commerce brasileiro e o comportamento dos e-compradores”, da coordenadora de marketing e vendas do PagSeguro, Joyce S. Boano. “Nosso papel como intermediador de pagamento é facilitar e trazer resultados efetivos para que pessoas e empresas de qualquer porte efetuem vendas online. O mercado de e-commerce está cada vez mais aquecido e precisamos criar mais oportunidades para o empresário criar oportunidades no mercado nordestino”, revela Boano. Tem a palestra sobre Publicidade em dispositivos móveis, momento do evento em que CEO da Hands, Alex Pinheiro, fala sobre Mobile: estratégias no mundo cada vez mais móvel. O executivo apresentará alguns cases que se diferenciam do mercado brasileiro e principalmente comprovam a importância da adoção de aplicativos móveis por executivos brasileiros. “Cada vez mais investimos na área de aplicativos como também no conteúdo para plataformas móveis e celulares.”, revela Alex Pinheiro. A rede de conteúdo mobile da Hands é formada por grandes portais, como O Globo, Folha, Estado de São Paulo, Lance, Meio & Mensagem, Bolsa de Mulher, etc. Outro destaque do evento serão os debates sobre as principais tendências de marketing digital e onde as empresas podem investir em 2011. “Os participantes deste debate mostrarão mecanismos e estratégias viáveis para 2011, apresentando a importância dos pequenos e médios negócios para a economia”, revela o diretor do Digitalks, Flavio Horta. O Fórum Nordestino de Marketing Digital conta com o patrocínio do Pag Seguro, Hands, Hot Words, Media Factory, MOL. E apoio institucional do IAB, Globo Nordeste e Abranet (Associação Brasileira de Internet) e como co-realizadora a empresa Softwan.


Zanna Lopes zanna@zanna.net

“VIDA SONORA” Vamos falar sobre o impacto do som no mundo? De comunicação através do som? A musica é a linguagem das emoções capaz de deixar marcas, de alterar completamente o estado emocional das pessoas. As marcas já estão comunicando em som e em muitos casos estão se afastando do seu público sem se darem conta. Depois de anos de pesquisa sobre o assunto, entendi que o som nos impacta profundamente e traz conseqüências de dimensões ainda desconhecidas. Por isso estou aqui, para mostrar alguns dados interessantes e deixar que você mesmo tire suas conclusões. O homem do passado era capaz de ouvir a quilômetros de distância. O homem do presente reduziu sua capacidade auditiva em 30% e população na terceira idade apresenta perda da audição acentuada – até 63%. A onde isso vai parar? A poluição sonora nas ultimas décadas cresceu a velocidade da luz. No século XIX o alarme de fogo que era acionado pelo sino de uma igreja, foi substituído por sirenes ensurdecedoras no asfalto. Você já percebeu que nas situações coletivas os avisos sonoros são muito mais altos do que necessário? Carros de bombeiro, ambulâncias, sirenes de fabricas, sinais das escolas, sons para dispersão de massas e etc. Esta claro que o som é utilizado para condicionar as pessoas a agirem de uma determinada forma, volumes estridentes tem o poder de paralisá-las. Além disso, a exposição excessiva a esses volumes são muito danosas, aumenta a pressão arterial e pode resultar em enfarto. São conseqüências possíveis que a sociedade completamente desconhece. Um escritório barulhento, por exemplo, causa muitos danos a saúde e a produtividade das pessoas, que cai muito mais do que você pode imaginar – 66%. Imagina o impacto disso para as empresas? O som usado de forma inapropriada não esta causando apenas danos às pessoas. No ponto de venda, por exemplo, ele pode reduzir o consumo em até 28%. Quantas vezes você já se pegou deixando um estabelecimento, por causa de uma música inapropriada? Outra pesquisa interessante feita na Europa nos revela que se tiver tocando musica francesa em média 80% das pessoas Irão comprar o vinho frances ao invés do Alemão. Virou moda os restaurantes fast food colocarem musica acelerada pra fazerem as pessoas comerem mais rápido. Da próxima vez observe se você esta mastigando na velocidade da musica ambiente. A música pode se tornar uma grande âncora da personalidade, onde as pessoas buscam inspiração 40

pro seu jeito de vestir, de falar e de se comportar. Em torno de um estilo musical, se reúnem multidões como em Woodstoock e no baile funk, por exemplo. E na sua adolescência quem eram seus modelos? Você já percebeu que um simples toque sonoro nos faz reagir ou reconhecer algo imediatamente: Celulares, computadores, jogos, Canais de TV, marcas e etc. As pessoas se relacionam com a marca o tempo todo através do som: no telefone, no site, no comercial na TV, no Radio, num evento, o publico interno no espaço físico, numa apresentação comercial, numa cancela de um shopping, no som ambiente da loja, nos celulares dos funcionários, enfim, sabemos que tudo comunica. Quantas vezes você já se irritou com aquela musiqueta repetitiva do atendimento telefônico de uma grande empresa? Ou da barulheira de um restaurante que não te deixa conversar confortavelmente? Ou achou “brega” a trilhazinha do comercial de uma marca que você tinha simpatia? Será que essas experiências inconscientemente mudam suas impressões a respeito da marca? E se você trabalha com comunicação ou marketing, já se perguntou se a comunicação sonora nos pontos de contato são coerentes entre si? Varias vezes enquanto estava fazendo estudos de Comunicação Sonora de algumas grandes marcas do mercado brasileiro, os administradores das marcas ficaram surpresos com o resultado da fase de diagnostico. Imaginem na chamada em espera musica clássica, em alguns filmes chorinho, outros Rap e sertanejo, num vídeos institucionais musica instrumental anos 80. Vocês acham que ha alguma coerência na comunicação sonora nesse caso? É fundamental que os “comunicadores”, diretores de marketing e CEOs, entendam o forte impacto que o som tem na sua marca. Ha muita coisa acontecendo no caminho entre produtos, serviços e os ouvidos da audiência que podem mudar totalmente essa relação. No futuro o som será um parceiro fundamental na estratégia de comunicação das marcas, pois ele é um transmissor implacável de emoções, nos faz rir, chorar, nos faz frenéticos ou nos coloca em puro estado de êxtase. Quantas vezes você já foi surpreendido por uma musica que te fez chorar? Imaginem o mundo sem musica? Depois disso tudo eu te pergunto: vai continuar se deixando ao sabor de qualquer Vida Sonora? Ou vai colocar seus dois pés no novo milênio, considerando o som como seu braço direito?


CLICK

Esta fotografia foi produzida no passeio Fotografia Sobre Trilhos, realizado pelo Mandacaru Foto Clube, em que faço parte e sou diretor de Eventos. O evento consistia em fotografar o histórico Trem Diesel em seus últimos dias de utilização, pois haveria uma reforma nas linhas e o trem deixaria de existir e seria substituído por metrô. Nada melhor e mais justo do que fazer uma homenagem a máquina que tanto serviu à nossa cidade levando e trazendo passageiros e cargas. Um evento que resgata lembranças e também eterniza momentos. Dentro do Trem este jovem abriu seu case, puxou o Sax e começou a tocar belamente, agradando a todos os presentes. E, em uma de suas pausas, logo puxei assunto e pedi para fotografar este momento, e o resultado é este.

Renan Pípolo renanpipolo@gmail.com

AO SOM DO SAX, SOB OS TRILHOS

Ficha Técnica: Câmera - Nikon D3000 Objetiva - 50 mm Exposição - Abertura f/2.0, com velocidade 1/800s Registro - Captura digital, ISO 100


EU RECOMENDO RELAÇÕES PÚBLICAS ESTRATÉGICAS - TÉCNICAS, CONCEITOS E INSTRUMENTOS, de Luiz Alberto de Farias, 320 páginas, Editora Summus Editorial. A área de relações públicas vem crescendo significativamente em todo o mundo. Elementos como cultura, imagem e identidade são levados em consideração ao realizar o planejamento das ações, a fim de que se possa construir uma boa reputação empresarial. A obra reúne autores de uma nova geração de estudiosos, que se basearam em pesquisas desenvolvidas em programas de pós-graduação e práticas profissionais. Dividido em duas partes, o livro aborda temas mais contemporâneos e que geram maior volume de trabalho e discussão nessa área. Ao longo dos dezesseis capítulos, são discutidos dois temas essenciais na filosofia de relações públicas: o planejamento e a sua utilização estratégica no espaço organizacional. “EU SÓ QUERIA UMA MESA - DO TIJOLINHO AO HORÁRIO NOBRE”, de Marcelo Ponzoni, 272 páginas, Editora Saraiva. Na obra, Marcelo Ponzoni, publicitário e fundador da agência de comunicação Rae,MP, relata sua trajetória desde a infância até o momento atual, em que comemora 23 anos de atuação no mercado de propaganda. Trata-se, na realidade, da exposição de um grande case em que um jovem com perfil empreendedor inicia a construção de uma empresa diferenciada, quando ainda cursava o primeiro semestre da faculdade.Os primeiros capítulos da obra “Eu só queria uma mesa” mostram a vida de um garoto paulistano no meio urbano, com destaque para as interações multiculturais no tradicional bairro do Bom Retiro. Na sequência, são retratadas passagens da vida do jovem Ponzoni e os desafios enfrentados com 42

relação à empregabilidade, suas incursões pelo mundo fabril e comercial. “ACREDITE ” , Coordenação editorial de Silvana Monteiro de Carvalho e Paula Feres Paixão, 161 páginas, Editora Referência. A obra reúne trabalhos de 72 grandes publicitários que responderam a pergunta “Em que você acredita?” com relatos das crenças vividas no dia-a-dia da profissão, traduzidos para o papel em forma de imagens, textos, fotos e frases. Participaram do livro nomes como Alexan-dre Gama (Neogama), Aurélio Lopes (Giovanni+DraftFCB), Celso Loducca (Loducca), Erh Ray (BorghiErh/Lowe), Fabio Fernandes (F/Nazca), Francesc Petit (DPZ), Jaques Lewkowicz (Lew Lara/TBWA), entre outros A Escola partici-pou de todo projeto desde a sua concepção e o diretor corporativo da ESPM, Emmanuel Publio Dias assina o prefácio da edição. GESTÃO DE CONHECIMENTO E INOVAÇÃO NAS EMPRESAS, de Martins Vicente Rodriguez y Rodriguez, 432 páginas, Editora Qualitymark. Esta obra é o produto de conjunto de alguns temas como: Cogeração do co-nhecimento; análise de va-lores pessoais e organizacionais; implantação de ges-tão; modelos e estratégias; e estudos de casos, o livro materializa o conhecimento criado por um grupo no qual participam mais de 30 empresas de grande, médio e pequeno porte. Iniciado com o objetivo de acelerar a transferência de conhecimento entre as organizações permitiu agregar as mais diversas em-presas que possui como questão a ser resolvida: Como im-plantar a gestão do conhecimento e inovação? E, como estru-turar e manter a função gestão do conhecimento e inovação de modo a agregar valor ao negócio ou propósito da organização?


Rua Barão de Água Branca, 521 Boa Viagem - Recife/PE (81) 3339.6566 www.facform.com.br

Revista Pronews 132 - março  

Nesta edição a capa fala sobre a importancia do planejamnto de comunicação

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you