Issuu on Google+


PRA VOCÊ

ISSN 1983760-7

conteúdo de primeira www.felizcidade.net

Quem Somos

Com distribuição semanal em todos os Campi e Igrejas da Cidade, nossa revista tem como objetivo trazer matérias que informem, sensibilizem e tragam satisfação ao leitor. Nosso foco é levar boas notícias da nossa região e da família PIB, qualidade editorial e excelência quanto a forma, linguagem e conteúdo.

Conselho Gestor

Carlito Paes - Erich Prates - José Luiz Ovando Lázaro Carvalho – Marcos Madaleno

Editores

Erich Prates - Mariana Madaleno

Coordenação Editorial

Viviane Godoy e Heliete Oliveira

Edificações Mariana Madaleno faz parte da equipe editorial da Revista Felizcidade, conecte-se com ela

Jornalista Responsável

Talita Araújo - MTB 72 400

Direção de Arte Felipe Cavalcanti

facebook.com.br/mariceruks @mari_crks

Projeto Gráfico

Allan Marcel - Erich Prates

Designers

Lucas Anacleto - Júlio César Silva - Wagner Bonfim - Felipe Cavalcanti Thamara Ranciaro - Aline Tajes - Allan Fernandes - Gustavo Fernandes

Fotos

Acervo de fotografia FelizCidade, Adriana Fernandes e Bruno Fraiha

Anuncie (12) 3911-2228

anuncie@felizcidade.net contato@felizcidade.net Rua Euclides Miragaia, 548 - Centro – CEP: 12245-820 São José dos Campos - SP A Revista FelizCidade é uma publicação semanal da Editora Inspire em parceria com a PIB em São José dos Campos. As publicidades contidas nesta edição são de única e exclusiva responsabilidade dos anunciantes, não cabendo a Editora Inspire qualquer obrigação de responder sobre o conteúdo e veracidade de tais peças. Fica também a critério da Editora Inspire selecionar as propagandas que serão veiculadas. O conteúdo e informações contidos nas matérias e artigos assinados são de responsabilidade exclusiva dos articulistas.

Circulação

Caçapava, Jacareí, Jambeiro, Paraibuna, Pindamonhangaba São José dos Campos, Taubaté, São Paulo e São Bento do Sapucaí

Impressão

Allcor Gráfica

Distribuição

4.500 exemplares Proibida a reprodução total ou parcial sem autorização prévia. Para solicitar autorização envie e-mail para revista@felizcidade.net

Auditagem __________________________________________________

Diretor Executivo Fabiano Ribeiro

Departamento Comercial Jordache Murta

Diretora de Redação

C

om o avanço da tecnologia na construção civil, é possível hoje erguer grandes estruturas em poucos meses. Ainda assim, existem projetos que, por mais rapidamente que saiam do papel, combinam mais com o coliseu ou as pirâmides, pois são feitos para o longo prazo, para durar e encantar muitas gerações. Nossa matéria de capa mostra como aconteceu o tão esperado primeiro dia de aula do Colégio Inspire, que iniciou seu ano letivo no dia 27 de janeiro após 5 meses de construção e processos legais para sua abertura. Leia sobre depoimentos, trajetórias, propostas pedagógicas e inovações dessa instituição de ensino que nasceu no solo da oração e foi feito para grandes alvos. Em Conteúdo, falamos de uma obra grande e complexa, que influi na dinâmica de todos os moradores do Vale do Paraíba. No último dia 24, o governo do Estado de São Paulo entregou a duplicação de todo o trecho de planalto da Rodovia dos Tamoios, que liga São José dos Campos à Caraguatatuba. Conheça a história de uma das rodovias mais acessadas do país e quais melhorias serão encontradas. Nosso entrevistado da semana é um profundo conhecedor das possibilidades do ensino. Rubens Cartaxo é engenheiro, empresário e um dos maiores especialistas em Ensino por Princípios do país. O vice-presidente da AECEP (Associação de Escolas Cristãs de Educação por Princípios) fala à FelizCidade sobre o poder da educação e como essa filosofia e método de ensino tem gerado alunos com excelência acadêmica e caráter cristão firme. Nem tudo se é construído com concreto, embora ele esteja presente em tantos de nossos projetos. Que saibamos cultivar vida, sabedoria, melhorias para a sociedade – sabendo que esses frutos irão muito além de nós. Aproveite!

Mariana Ceruks Madaleno

Coordenação Editorial Viviane Godoy

Informações Editora

(12) 3911 2228 contato@editorainspire.com.br www.editorainspire.com.br

Informações Igreja PIB (12) 4009-4300

felizcidade.net | 3


A principal visão do Colégio Inspire é transformar vidas por meio da educação de qualidade e construir uma sociedade fundamentada sobre valores bíblicos, morais, justos, consciente e solidário em prol ao mundo melhor.

AGRADECIMENTO COLÉGIO

Seja uma empresa amiga do Colégio Inspire, invista em bolsas de estudo ou equipamentos. Entre em contato no email: moacir@pibnet.com.br


DIZ AÍ expressão e atitude

test drive

“Sempre acompanho a FelizCidade. Amei as receitas de sucos naturais do “Hummm bom apetite”. Experimentei um dos sucos e me surpreendi. Esta revista sempre traz boas novidades”. Josiene Ramos

#EuLeioFelizcidade

Queremos sua participação no conteúdo da revista FelizCidade. Envie suas sugestões de matérias e faça parte da revista.Você pode estar na proxima edição. Você também pode acessar as edições anteriores da revista FelizCidade pelo site www.felizcidade.net e conferir todo conteúdo.

revista@felizcidade.net

revistafelizcidade

NESTA EDIÇÃO

07

Pastoral A herança grega X a herança hebraica

24

Conteúdo Duplicação da Rodovia dos Tamoios

08

Quem? Rubens Cartaxo: Formação por meio dos princípios bíblicos

26

Conheça Os perigos do tabagismo

11

Célula Substituição extraordinária

29

Gente fique por dentro

13

Abap Contribua com as obras do Centro Social

31

Minha história O vazio que só Deus preenche

14

Imagine Contribua com a contrução da Colina

35

Radar Existe amor em São Paulo

38

Reflita Equilíbrio na vida profissional e pessoal

15

Elas Cheiro de bolo, a alegria de servir

17

CAPA

Colégio Inspire: uma proposta inovadora para a região


PASTORAL juntos somos melhores

A HERANÇA GREGA X A HERANÇA hebraica

R

ecentemente, tenho pensado um pouco mais acerca do nosso modo de vida ocidental. Será que agimos corretamente? Não será tempo de pararmos um pouco e refletirmos mais profundamente sobre a vida de forma integral? Nossa herança para próxima geração não deveria ser apenas a de um mundo ecologicamente correto, mas também um mundo humano e integral. Ao ler uma entrevista do filósofo inglês Jonathan Sacks, publicada no dia 15 de janeiro pela Veja, esse tema aguçou ainda mais minha mente. Sabemos que o mundo que vivemos é uma convergência de duas civilizações antigas: a greco-romana e a judaica. Enquanto o Cristianismo herdou sua religião do Judaísmo, sua filosofia foi herdada dos gregos e assim se deu a base da formação do mundo ocidental. A Europa tornou-se mais secularizada por conta de sua forte influência greco-romana, enquanto os EUA, com sua fundação dada pelos protestantes puritanos, herdou fortes traços da cultura judaica, da fé em Deus e seus valores centrais na família – herança cada vez mais rejeitada pelas novas gerações. Atualmente, tanto na Europa quanto nos EUA e também no Brasil, é impressionante analisarmos como o mundo pós-moderno cultua essa herança grega, rotulando-a como a mais desenvolvida e superior que existe. Será

6 | felizcidade.net

mesmo? É certo que da cultura greco-romana recebemos influências positivas como o Direito, a Arquitetura, o urbanismo nas cidades, a medicina, as artes e a democracia. Contudo, esses benefícios também trouxeram consigo alguns traços da filosofia grega em que a vida, a família e a esperança não são os bens mais preciosos do homem e de uma sociedade. Por exemplo, o grande filosofo grego Aristóteles, considerado pai da filosofia ocidental, entendia a escravidão como parte natural da vida, conceito resumido em duas palavras: phúsei doúlos, ou, como disseram os escritores medievais, “servos a natura”, algo como “escravo por natureza”. O pensamento de Aristóteles acerca da escravidão partia, portanto, do princípio de que o nascimento determinava a condição inerente de ser escravo ou senhor. O filósofo até mesmo comparava essa relação ao domínio da alma sobre o corpo. Consequentemente, práticas como a eutanásia, o aborto e a escravidão eram comuns no mundo grego e também romano, tidas como civilizações evoluídas. Porém, dentro desse contexto da cultura helênica, vem ao mundo o maior pensamento revolucionário, e aí digo realmente evoluído, o pensamento de Jesus, que entre outras palavras, diz aos escravos, fadados à escravidão na herança da cultura grega: “Já não os chamo servos, porque o servo não sabe o que o seu senhor faz. Em vez

disso, eu os tenho chamado amigos, porque tudo o que ouvi de meu Pai eu lhes tornei conhecido” (João 15:15). Outro fator problemático que se deu já no império romano foi que esses traços da filosofia grega e seu modo de viver se entranharam na espiritualidade judaico-cristã, quando Roma absorveu o cristianismo. Hoje, mais do que nunca, não podemos viver passivamente, como numa osmose social em que absorvemos essas obscuras faces da cultura de herança grega, altamente disseminada por livros, filmes, telenovelas, reality shows de péssimo conteúdo ou mesmo músicas com letras que incitam os mais bestiais instintos dos homens! Antes de forma sútil, porém hoje de forma bem declarada, querem nos fazer esquecer a herança de Abraão e de Jerusalém. Querem nos levar a cultuar por meio de nossas palavras, ações e atitudes a herança panteísta e pagã, que por sua vez, destruiu os gregos e romanos. A roupa é nova, mas o enredo da tragédia é o mesmo: cada dia recebemos as consequências e os efeitos colaterais deste modo de viver. Dentro deste contexto, Paulo escreve aos cristãos recém-convertidos que viviam na cidade de Roma: “Não se amoldem ao padrão deste mundo, mas transformem-se pela renovação da sua mente, para que sejam capazes de expe-


rimentar e comprovar a boa, agradável e perfeita vontade de Deus” (Romanos 12.2). Também escreve aos cristãos gregos que viviam na Galácia: “Assim, você já não é mais escravo, mas filho; e, por ser filho, Deus também o tornou herdeiro” (Gálatas 4.7). Em sua teologia, Paulo argumenta que não é porque alguém nasceu escravo no corpo, que precisa continuar sendo assim em sua mente, coração e fé. Você sabia que na Bíblia hebraica, o Velho Testamento, não existe a palavra “tragédia”? Para Deus, por meio da fé, da oração, do arrependimento e do amor, podemos mudar qualquer decreto. Mas na cultura hedonista grega, a tragédia é real e inevitável. Deus é pela vida, o bem mais precioso. E Jesus é nossa vida, o filho de Deus! Para os gregos e seculares, a ideia da vida sagrada não dá liberdade ao hedonismo. Porém, essas práticas, como o uso de drogas, álcool e a devassidão, não valem a pena no fim, pois são agentes de morte. A lei da semeadura e da colheita existe e é válida para todos nós, ainda que a cultura grega tente esconder. Paulo escreveu: “O salário do pecado é a morte, mas o dom gratuito de Deus é a vida eterna em Cristo Jesus, nosso Senhor” (Romanos 6.23). Entenda que isso não é uma questão de moralismo ou puritanismo religioso, mas de uma decisão acerca de filosofia de vida.

Existe um forte sistema que trabalha para desprogramar nossa sociedade de viver a herança de Israel e voltarmos a pensar como os gregos, em que podemos ter tantos deuses quisermos. Mas nós cremos em um só Deus, que se revelou em um único Filho e uma só Palavra. Não se esqueça que essas duas heranças são incompatíveis: “levantarei os filhos de Sião contra os filhos da Grécia.” (Ezequiel 9.13). Enquanto isso, argumenta-se: “para que precisamos de absolutos, se somos seres tão ecléticos e plurais?” Mas o absoluto do evangelho ofende o pluralismo grego! Pense e decida qual será a herança que guiará sua única vida.

Carlito Paes Pastor da PIB em SJCampus e da Rede de Igrejas da Cidade facebook.com/carlitopaesoficial @carlitopaes

“Pense e decida qual será a herança que guiará sua única vida.”

felizcidade.net | 7


QUEM vida que faz a diferença

• Texto Talita Araújo

Formação por meio dos princípios bíblicos Educação por Princípios traz nova visão sobre ensino cristão de qualidade

R

ubens Cartaxo é engenheiro elétrico e um educador por vocação. Atualmente, tem se dedicado ao ensino cristão de qualidade, tanto por meio de uma escola fundada por ele e sua esposa, a Escola Cristã Vida Nova em Parnamirim/ Natal e como vice-presidente na Associação de Escolas Cristãs de Educação por Princípios (AECEP), levando o conhecimento e a experiência adquirida na implantação da Educação por Princípios para todo o Brasil. À FelizCidade ele falou sobre sua experiência na implantação do método de Educação por Princípios e sua importância para a expansão do Reino de Deus. Qual a importância da Educação por Princípios em sua vida? Minha formação sempre foi na área tecnológica, gosto dessa área e atuei 15 anos neste setor. Mas em determinado momento da minha vida, comecei a me envolver com educação na escola que eu e minha esposa tínhamos fundado há alguns anos. Quando fundamos a nossa escola tínhamos a disposição em sermos diferentes, mas entre ter a ideia e a coisa acontecer de fato há uma distância muito grande. Nos primeiros anos nos frustramos muito porque não percebíamos a diferença no resultado final, na vida do aluno. Já estávamos para desistir da área da educação quando conhecemos a Educação por Princípios em um workshop da AECEP (Associação de Escolas Cristãs de Educação por Princípios). Senti neste momento que Deus estava me chamando para me dedicar somente a isso. Antes, eu apenas ajudava na parte administrativa da escola, mas ao conhecer a AECEP, decidi mergulhar de cabeça nisso. Não foi fácil, mas depois descobri que a educação faz parte da vida.

8 | felizcidade.net

Quais foram seus maiores desafios ao implantar este método em sua escola? A princípio os pais não entenderam nossa proposta e isso levou um tempo para acontecer. Lutamos contra o pensamento de que a educação é apenas uma coisa secular e neutra, que não interfere na vida. Os pais, enfim, chegaram a esse entendimento, da necessidade de uma escola cristã, da importância do discipulado dos filhos, porém levou alguns anos. A escola de Educação Cristã por Princípios é uma escola que prima pela educação por excelência. Então esse empreendimento acaba sendo dispendioso e requer um envolvimento muito grande, o que o torna um desafio. A proposta é ter um trabalho mais perto do aluno, o que chamamos de ensino tutorial, prestando atenção à necessidade de cada aluno. Para isso, não há como ter salas lotadas de alunos, para que tudo não seja massificado, e sim mais individualizado. Por isso os desafios financeiros também foram grandes. Contudo o maior continua sendo o espiritual. Por se tratar de uma obra estratégica para o Reino de Deus, temos que enfrentar uma oposição maligna muito forte. Coisas que estávamos acostumados a fazer e perceber nesse setor e que fluía normalmente em outra vertente de educação, na escola cristã sentimos uma oposição muito grande. Qual o papel dos pais e da igreja na Educação por Princípios? É imprescindível. A escola cristã não sobrevive se não tiver um lastro, se os pais não apoiarem a escola. Se não for cultivado este entendimento nos pais, não dá certo. E esse é um dos papéis da igreja, de ensinar e fazer os pais perceberem a necessidade do discipulado cristão dos seus filhos em todas as áreas de sua vida e que isso também se passa dentro da escola.


Como AECEP entra nesse contexto? AECEP não é uma editora ou produtora de material. Ela é uma associação de escolas cristãs que existe com a finalidade das escolas se encorajarem, compartilharem experiências, promoverem treinamentos e eventos de qualificação. Funciona como uma agência catalisadora dessas experiências de êxito que já existem nas escolas e as difunde entre as associadas, o que promove o desenvolvimento nas escolas associadas. Esta associação é muito importante para as escolas e sentimos o valor disso quando começamos a nos envolver. Por outro lado, esta receita não dá certo quando uma escola se associa com o pensamento de que somente vai receber e encontrar tudo pronto. Esta é uma associação em que todos têm que dar e receber e é nessa dinâmica que crescemos e expandimos o Reino de Deus. Em sua experiência como educador, qual foi o diferencial que percebeu entre uma escola que utiliza o método de Educação por Princípios das outras escolas cristãs no Brasil? Creio que nestes mais de 20 anos no Brasil e diferentemente das outras escolas cristãs de maneira geral, o diferencial das escolas credenciadas à AECEP é ter o entendimento e o suporte para que a escola opere mediante uma filosofia cristã de educação e com uma metodologia. Isso tem promovido escolas em que é possível perceber um diferencial não só na formação escolar, mas também na formação do caráter do aluno. Durante muito tempo muitas pessoas acreditavam que a escola cristã ensinava o Plano, porém eram muito fracas academicamente. Na Educação por Princípios não é assim, pois tem se desfeito este mito. A proposta é que estas primem por excelência acadêmica e formação do caráter.

#CONECTE

Como você e a AECEP receberam a notícia da criação do Colégio Inspire? Recebemos com muita alegria e com uma expectativa muito grande de que esta escola venha potencializar um avanço muito grande dessa visão educacional, porque a igreja hoje está em um momento crítico do ponto de vista do discipulado cristão de crianças e jovens. A influência da mídia é intensa e a maioria das escolas hoje tem uma abordagem secular. O humanismo secular tem sido ensinado de maneira intensa e todos os valores cristãos estão sendo descontruídos intencionalmente, e isso não é mais uma coisa discreta como antes. Agora é importante que a igreja acorde para esta realidade, da importância da educação cristã escolar no discipulado cristão da próxima geração. Como a PIB em SJCampos representa muitas igrejas e tem influência sobre outras no Brasil, vemos o Colégio com uma grande expectativa. Acreditamos nesta visão educacional a partir desta igreja e no seu alcance. Deus está estrategicamente fazendo um mover para que haja um novo olhar para educação cristã escolar por meio do Colégio Inspire.

www.aecep.com.br

felizcidade.net | 9


célula vivendo as estações

devocional 04/50 Estação Cultivo • Texto Viviam Ribeiro

SUBSTITUIÇÃO EXTRAORDINÁRIA

D

esde os tempos remotos a sociedade sobrevive a base de trocas; antes mesmo de existir o dinheiro, praticavam-se permutas, os famosos escambos. É verdade que Deus nos deu capacidades para que isso fosse incluído em nossa cultura e vida social. Até hoje negociações financeiras são importantes e, desde que em equilíbrio, promovem progresso e avanço. Trocas, não só pensando em valor monetário, mas de todos os tipos, como troca de favores, gentilezas, elogios ou presentes, trazem a nós, homens e mulheres, uma sensação de alegria, aceitação, satisfação e senso de realização. Sentimos um prazer ao receber o que estava faltando ou o que gostaríamos muito de ter. Mas nem a pessoa mais altruísta de que se tem notícia entregaria a vida de seu filho, como fez nosso Deus que, por amor, entregou Jesus a um bem comum, por pessoas que não teriam o menor conhecimento do significado disso e que algumas, ouso dizer, nunca terão a noção completa desse sacrifício. Como afirma John Piper: “Jesus sofreu o que merecíamos padecer para que pudéssemos usufruir o que só Ele merecia ter – Vida Eterna” (pág. 72). Crer que verdadeiramente somos amados a ponto de entendermos que nossa vida foi resgatada para sempre deveria, por si só, ser suficiente para nunca mais duvidarmos do amor de Jesus, Suas palavras e Seu convite de amizade divina. Pense comigo: se Ele só quisesse salvar você, poderíamos receber Jesus como nosso suficiente salvador e vivermos “imóveis”, a espera do dia em que nos levaria para o céu. Mas não! No coração de Deus, estava também um desejo perfeito de que a partir disso se iniciasse um relacionamento com aqueles que creriam. Um relacionamento com diversas ênfases: de Pai para Filho; Mestre e aprendiz; Oleiro e vaso; Senhor e servo; Pastor e ovelha, Noivo e Noiva, dentre outros citados na Bíblia.

Creia em Jesus, seja um discípulo leal e pronto a obedecer, receba a vida e a receba plenamente, aprenda a viver o céu na terra, antes mesmo de chegar lá. A chave para isso é a fé. Como dizem as Escrituras: “Não tenha medo; tão somente creia” (Marcos 5.36). Aprofunde sua leitura no Devocional 4 do livro “O que Jesus espera de seus seguidores”, de John Piper (Editora Vida), edição especial para PIB em SJCampos.

felizcidade.net | 11


ELaS um caminho de determinação

• Texto Diná Carrilho Sanches

CHEIRO DE BOLO, A ALEGRIA DE SERVIR

C

omo é gostoso aquele cheirinho do bolo quando está sendo assado! Ele se espalha por toda a casa atraindo todos para a cozinha. Hummm! Isso faz lembrar muitas coisas. O carinho da vovó preparando o bolo preferido dos netinhos, a surpresa, como diz minha netinha. A mamãe que, mesmo atarefada com muito trabalho, todas as semanas faz pelo menos um agrado especial para a família. Que gostoso chegar da escola, do trabalho e saborear aqueles quitutes preparados com tanto amor. Lembro-me de minha mãe sempre disposta na cozinha preparando a melhor refeição para a grande família - nove pessoas! E não só para a família, mas para outros que chegavam a convite dela mesmo ou dos filhos. Não havia dificuldades para ela. Os recursos eram poucos, mas o que tinha era multiplicado por causa de sua prontidão em receber e servir. Fazia sempre um bolo para dar à vizinha idosa no dia de seu aniversário. Na sua simplicidade, deixou um legado de amor e serviço às pessoas. São os pequenos gestos, coisas simples, que encantam nossa vida, tornando-a mais leve e alegre. A satisfação de ver a mesa posta, a família reunida se servindo, conversando, se relacionando, compensa todo o esforço do tempo gasto no preparo da refeição. Muito se tem dito sobre o amor. Amor tem a ver com serviço. O amor se traduz em atitudes, em tempo gasto com o outro. O amor é o que o amor faz. Não há como demonstrar amor se não houver trabalho envolvido. Jesus enquanto andou

nesta terra, amou e serviu. Ele declarou: “Pois nem mesmo o Filho do homem veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos” (Marcos 10.45). Não murmure quando o servir exigir renúncia de algo para você. O seu tempo, seu descanso. Mas vale a pena! Talvez ninguém a elogie. Talvez ninguém agradeça, mas se isso ocorrer, saiba que seu serviço será recompensado por Aquele que tudo vê. Mesmo que não a honrem, seu exemplo falará mais alto motivando e influenciando outros a servirem também, e você será lembrada como uma pessoa doce e amável. Você mulher, mãe, avó, aproveite seus talentos para espalhar alegria na sua casa! Um bolo preparado com carinho tem um cheiro especial de amor e cuidado. Experimente!

bogni felizcidade.net | 15


CAPA

• Texto Talita Araújo

Colégio Inspire: uma proposta inovadora para a região Mais de 330 alunos, 17 turmas, iniciam ano letivo escolar “Se, na verdade, não estou no mundo para simplesmente a ele me adaptar, mas para transformá-lo; se não é possível mudá-lo sem um certo sonho ou projeto de mundo, devo usar toda possibilidade que tenha para não apenas falar de minha utopia, mas participar de práticas com ela coerentes”, essas foram palavras do educador brasileiro

Paulo Freire, considerado um dos pensadores mais notáveis na história da pedagogia mundial. O seu pensamento condensa o que hoje é o Colégio Inspire, uma forma prática de fazer o nosso mundo melhor. A prática, ou seja, as aulas já iniciaram e o sonho tornou-se a realidade de todos os dias.

felizcidade.net | 17


CAPA

U

m dia histórico, 27 de janeiro, foi marcado pela expectativa do início das aulas no Colégio Inspire. Logo cedo crianças e adolescentes foram chegando com seus pais. Estava nítida, em seus rostos, a alegria por serem os pioneiros do colégio que transformará a educação no Vale do Paraíba. Uniformizadas nas cores verde e cinza, com suas mochilas recheadas de cadernos, livros, lápis e com os corações batendo muito forte os alunos entraram nas instalações. “Neste dia ímpar, 330 alunos entraram na escola para seu 1º dia de aula! Que alegria poder ver, ouvir e sentir a presença de Deus nos sorrisos, nas aulas, nos abraços, nas risadas e nos olhares curiosos. Quanta expectativa para chegar a este momento, aulas começando, bandeiras hasteadas, hino nacional sendo entoado. Cadernos abertos e nossas lousas sendo inauguradas! Tudo de forma tranquila, serena e regado de oração. Assim foi nosso 1º dia de aula”, conta a diretora do Colégio, Iolene Lima.

Aula inaugural

No período noturno aconteceu a aula inaugural do Colégio Inspire. Ministrada pelo professor Rubens Cartaxo e vice-presidente da AECEP (Associação das Escolas Cristãs por Príncipios). O evento foi aberto a todo o público, pais de alunos e não alunos do Inspire. O palestrante tem uma longa experiência na educação geral e no método de Educação por Princípios. Os pais e convidados puderam neste tempo aprender sobre a caminhada da educação cristã no Brasil, bem como, o conceito norteadores da Educação por Princípios. Dentre outras questões destacou que não existe educação neutra, e que todos os professores professam sua cosmovisão de vida, filosofia e ideologia, mesmo não sendo religiosos.

A instituição de ensino está atendendo alunos do Ensino Fundamental e Médio com Ensino Bilíngue, educando os alunos por um aprendizado coordenado com os príncipios cristãos. Sua estrutura é moderna e ampla, 4.000 m2. Após a conclusão das construções e habilitações da Secretária Estadual de Educação em tempo recorde, 5 meses, as matrículas também foram feitas em curto prazo. Ao todo estão na vanguarda do Colégio 330 alunos, sendo 88 em turno integral e 46 em semi integral. Desses alunos 65% são filhos de membros da PIB em SJCampos, os demais alunos são filhos de membros de outras denominações cristãs. O nome do Colégio já diz muito sobre ele. Sua proposta é inovadora e propicia um ambiente completo que favorece o crescimento social, espiritual e emocional aliado a um ensino de qualidade. Assim o Colégio Inspire começa a construir um novo futuro.


Alunos inspirados

A aluna Anna Carolina Arantes,12 anos, além de ser uma pioneira no Colégio, é também a primeira matriculada que mora em Taubaté. A partir do primeiro dia de aula ela começou a realizar um trajeto de 170km na ida e na volta a escola. E feliz por esta oportunidade única ela relatou o seu testemunho na celebração Alvorada da Vitória, da PIB em SJCampos.“Quero agradecer a Deus tudo o que ele tem feito em minha vida e pelo presente que ganhei, que é estudar no Colégio Inspire. Por enquanto sou a única aluna da minha cidade, mas peço a Deus que logo muitas crianças de lá ganhem também este presente, que é estudar no Colégio Inspire”, relata a aluna. Assim como Anna Carolina, outros alunos estão com o coração cheio de alegria. Crianças como o Brenno Ramos, 1º ano, que disse que Deus atendeu sua oração para estudar no Colégio Inspire. E de relatos de fé como o do Davi Lucas, 3º ano, que se despediu dos colegas e da professora no ano passado e disse que ia estudar no Colégio Inspire, sendo que seus pais nem tinham ainda feito a matrícula ou procurado pelo Colégio. Hoje, a pequena Sofie, 1º ano, está feliz ao lado de seus amigos Inspire!

Consquista de toda família

A mãe Valéria Arantes está exultante com a conquista da família. Sua filha que antes teve dificuldades de aprendizado em uma outra escola, agora, está matriculada no Colégio Inspire. “Eu pedi muito a Deus que ela conseguisse ser matriculada no Inspire e que a distância não fosse um obstáculo. Estou confiante de que ela terá um ensino de qualidade e que ele contruirá na formação do seu caráter. Confio muito na proposta deste Colégio e da minha igreja», afirma Valéria. Outra família abençoada pela criação do Colégio foi a de Juliana Ramos Ribeiro. Ela entendeu a importância da educação apoiada pelos conceitos bíblicos e descreve: “sou uma pessoa mais feliz, pois meus filhos estão no melhor colégio e no caminho do Senhor, tenho convicção e toda certeza que meus filhos se tornarão grandes homens do Senhor e levarão a sua palavra para os quatro cantos deste planeta. Vou continuar orando pela igreja e pelo colégio durante toda a minha vida”.

Complexo Poliesportivo

Os alunos do Colégio terão a sua disposição um amplo Complexo Poliesportivo, em construção, que conta com quadra coberta e estrutura esportiva ao ar livre. A quadra coberta é o Hangar, construção móvel doada pela Century do Brasil, está em pleno funcionamento com a quadra poliesportiva coberta e que imediatamente será utilizada pelo Colégio Inspire para atender aos seus alunos nas modalidades indoor, como Basquetebol, Voleibol, Handebol e Futsal. Ainda conta em sua estrutura com instalações para a prática de Judô; o Jiu-Jitsu; Karatê; Boxe; Artes Marciais; Pilates; Badminton; Tênis de Mesa, Basket Street e pista de Skate, que também serão

utilizados pelo Colégio para a prática das aulas de Educação Física. Além do espaço coberto de 1.500m², o projeto do Complexo Poliesportivo terá uma área ampla de 20.000m² na área externa, dificilmente encontrada em locais públicos, muito menos em escolas e será composta de quadras de tênis, campo de futebol, quadras de vôlei de areia e futevôlei, campo de futebol society, pista de caminhada e corrida, além de quiosques de convivência e um heliponto. Coordenando a construção do Complexo Poliesportivo, Emerson Medeiros informa que “a quadra de areia já está totalmente pronta, já estamos colocando grama no campo de Futebol. Começamos a concretagem da quadra poliesportiva externa e logo estaremos colocando os alambrados e fazendo a pintura do solo. Estamos a pleno vapor na construção da área externa do Complexo”. Com toda essa estrutura, a Educação Física será aplicada de forma dinâmica, teórica e prática, abrangendo eventos relevantes na sociedade e os desenvolvendo dentro das aulas. Na coordenação da disciplina está o ex-jogador profissional de Futebol, Renato Santiago.

Sonho que se tornou realidade

O Colégio Inspire, doado 100% pelos empreendedores do Vale Sul Shopping e da Century do Brasil, foi inaugurado no dia 20 de dezembro de 2013. Sua criação foi anunciada no dia 30 de junho de 2013, na PIB em São José dos Campos, no Campus Colina. O Colégio Inspire saiu da condição de um sonho um tanto distante para tornar-se realidade em apenas 5 meses de intensa construção. Mesmo com muita chuva, as obras e o andamento do projeto surpreenderam. De junho até a inauguração, quem passou algumas vezes pelo Campus Colina se admirou com sua evolução. Junto com a agilidade na construção, ocorreu também o nascimento documental do Colégio, aprovado na primeira inspeção da Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, com autorização publicada de funcionamento no Diário Oficial. Mas esse sonho começou há muitos anos e foi gerado em oração pelos membros e pastores da igreja por um longo período. A pastora Leila Paes, psicóloga e coordenadora da Capelania do Colégio, e uma das pessoas a frente deste sonho explica o significado do projeto: “Um coração ensinador foi algo que o Pai colocou nessa igreja, estamos caminhando nessa direção. Acreditamos no que Deus vai fazer na nação através de uma educação pautada Nele e para Ele. O Colégio só pode ser uma obra do Pai, todos reconhecemos que ele é um milagre. Ele é muito mais do que o querer dos homens, mas muitos homens acreditaram e trabalharam para que ele se tornasse realidade. Como agradecer a todos, a começar do irmão doador que, ouvindo a voz de Deus, tornou isso possível, e a cada voluntário que limpou, a cada pai que acreditou, a cada professor, a equipe. Nossa recompensa será ver os homens e mulheres de Deus formados aqui fazendo diferença no Brasil e nas nações para a glória de Deus», fala a pastora Leila.

felizcidade.net | 19


CAPA

Números do Colégio Alunos: 330 Professores: com graduação: 27% Professores com pós graduação: 55%

Infraesturtura diferenciada

Os alunos têm a sua disposição uma estrutura completa. Composta por plataforma interativa, onde os alunos podem acessar os conteúdos disciplinares por meio de um computador ou dispositivos móveis ligados a internet. A Metodologia de Educação por Princípios: conteúdos disciplinares são apresentados dentro da cosmovisão bíblica. São: Inspirar, Raciocinar, Relacionar e Registrar. Estrutura física moderna e recursos como portaria 24h e estacionamento. Incluindo o bilinguismo: educação bilíngue com inserção da língua inglesa, no ensino de todas as matérias, desde a séries básicas para os alunos de tempo integral. Exames de língua inglesa homologados pela Universidade de Cambridge e TOEFL. Períodos diferenciados: ensino em período integral, semi-integral (com reforço de disciplinas) e período parcial (5h diárias). São muitos os cuidados e muitas frentes de atuação. Tudo foi muito bem planejado e está sendo executado com todo o cuidado que um colégio com a proposta do Inspire necessita. Segundo o gestor adiministrativo e financeiro do Colégio, Moacir Giocondi, há planejamento de acesso ao estacionamento, chegada e entrada de alunos ao prédio e acomodação nas respectivas salas de aula. “Temos planejamento no controle do trânsito de pessoas no interior do prédio, serviço de lanche em dois locais, um por meio de uma empresa especializada em fornecimento de kit lanches e refeições e uma cantina que oferece diariamente alimentos adequados, saborosos e finalizados no momento de serem servido”. A limpeza dos ambientes é outro tema de relevância, trabalham no Colégio vários colaboradores especializados nesse tipo de atividade e que utilizam produtos especialmente elaborados para o ambiente escolar.

20 | felizcidade.net

Professores com mestrado ou doutorado: 18% Total de professores: 46% Alunos da PIB: 65% Alunos integral: 88 Alunos semi-integral: 46 Alunos parcial: 196 Turmas: 16 Atividades extra-classe: 9 (Contação de História; Robótica (Lego Education); Musicalização; Judô; Xadrez; Escola de Esportes; Dança Clássica; Street; Teatro)


Fundamentos do Colégio

O Colégio já nasceu com uma visão empreendedora de ser reconhecido pela sociedade como instituição confessional cristã, filantrópica e de perfil comunitário, que se dedica às ciências divinas e humanas; caracterizando-se pela busca contínua da excelência em ensino e pesquisa; primando pela formação integral do ser humano e assim cumprindo os propósitos de Deus no mundo. O Inspire tem uma sólida fundadação física, moral e espiritual, e como mantenedora a PIB em SJCampos, com seus 71 anos de tradição na cidade, e que possui por meio de seu braço social a ABAP (Associação Beneficente de Ajuda ao Próximo) que mantém uma creche de excelência oferecendo vagas a rede pública de ensino. O Colégio é uma instituição filantrópica, isto é, todo o recurso será investido na própria instituição. E com a parceria da igreja, de aproveitamento das instalações nos fins de semana, as mensalidades pagas serão destinadas ao custeio do ensino e da administração, o que permite que valores das mensalidades sejam significativamente menores do que em outras instituições similares de ensino. Sua missão de acordo com o seu estatuto é “Educar plenamente o ser humano, criado à imagem de Deus, para o exercício ético da cidadania, contribuindo para o desenvolvimento das pessoas e da sociedade, por meio de ensino, pesquisas e de atividades sociais, culturais, esportivas e espirituais, em ambiente de amor a Deus e ao próximo”. Com todos os seus recursos e empenho de seus colaboradores, da igreja e da sociedade o Colégio Inspire já iniciou a sua participação para que o futuro de nosso planeta seja mais justo, igualitário e todos os terão a oportunidade de conquistar um ensino de qualidade de acordo com os princípios que Deus sonhou para que vívessemos. Já no próximo ano o Colégio fornecerá vagas para o 3º ano do Ensino Médio.

Contatos Colégio colegioinspire.com.br

Telefone:

12 - 99230.8696

Contribua

Banco Itaú Agência 15.29 Conta Corrente: 10888-6 Centro Educacional Inspire

felizcidade.net | 21


CONTEúDO amplie seu conhecimento • Texto Talita Araújo

Duplicação da Rodovia dos Tamoios Entregue na última semana o trecho duplicado de planalto que liga São José a Caraguatatuba

P

ara aqueles cujo destino é o litoral norte, a melhor opção de viagem é através da SP 099, ou como é mais conhecida, a Rodovia dos Tamoios. Por um longo período, essa rodovia tem sido utilizada por milhares de veículos que saem principalmente da capital e das cidades que ficam ao longo do Vale do Paraíba. Após 55 anos de sua pavimentação, a rodovia começou a ser duplicada com a finalidade de melhorar a segurança e o tráfego intenso de veículos, com aumento drástico sempre no verão. Os trabalhos na via começaram em maio de 2012 e têm previsão de finalização em 2019, segundo informações do DERSA (Departamento de Estradas de Rodagem). Licitada por R$ 557,4 milhões, a duplicação do trecho de planalto da Rodovia dos Tamoios, que tem 49 quilômetros,

24 | felizcidade.net

custará R$ 672,4 milhões. Segundo a Secretaria de Estado o custo extra de R$ 115 milhões foi necessário para pagar “obras extras” solicitadas. No último dia 24, o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmim, entregou a duplicação do trecho de planalto, que corresponde ao km 11 em São José dos Campos e o km 60 em Caraguatatuba. Com as novas pistas, a viagem que antes era feita em torno de 46 minutos teve uma diminuição de 7 minutos e agora pode ser feita em 39 minutos se mantida a média da via, 80km/h. O trecho já finalizado, antes com pista simples, agora apresenta vias duplicadas divididas por muretas de proteção e acostamento nos dois sentidos, o que oferece melhores condições para viagem rumo às praias.


Com a conclusão do trecho de planalto se iniciará as obras de duplicação do trecho de serra no segundo semestre deste ano. Esta é a fase mais aguardada pelos usuários da via e que trará as maiores modificações. As obras do contorno viário que ligará Caraguatatuba a São Sebastião serão iniciadas em fevereiro e beneficiará o tráfego dentro das cidades.

Pedágios

A rodovia deve receber três praças de pedágio de São José até o litoral norte. De acordo com o governo estadual, o motorista que acessar o litoral norte pela rodovia deve pagar cerca de R$ 8 na viagem de 72 quilômetros do começo da estrada até Caraguatatuba. O valor total do pedágio não foi divulgado, apenas de que a tarifa será R$ 0,108 por quilômetro rodado. O projeto prevê duas praças de cobrança no trecho de planalto. Uma ficará na altura do km 12, São José, e outra no km 56, Paraibuna, um pouco antes da serra. A terceira ficará no acesso a São Sebastião. Todas terão cobrança em ambos os sentidos. O vencedor da licitação para o controle das praças ficará responsável por operar e manter a rodovia pelos próximos 30 anos. O projeto prevê investimentos de quase R$ 3 bilhões por parte da concessionária.

História

A Estrada dos Tamoios - SP 099 foi construída pelo DER (Departamento de Estradas e Rodagem), para ligar a cidade de São José a Caraguatatuba. Em 1957, no governo do presidente Jânio Quadros, foi pavimentada usando-se o método denominado “Mixed in Place”, popularmente conhecido como “virado paulista”. A pavimentação solucionou os problemas de excesso de pó e lama que, aliados à neblina constante, eram causa de acidentes graves. Em épocas de chuva, antes do asfalto, a estrada era praticamente intransitável. No ano de 1967, o município de Caraguatatuba foi atingido por uma tromba d’água que destruiu o trecho de serra, fazendo necessária sua reconstrução, então realizada com uma tecnologia mais moderna que a pavimentação inicial. Com a inundação provocada pelo enchimento da Barragem Paraibuna – Paraitinga, o trecho de Paraibuna até o alto da serra teve que ser reconstruído. O trabalho foi realizado pela CESP (Companhia Energética de São Paulo), sob coordenação do DER. A SP 099 recebeu o nome de Estrada dos Tamoios por meio da Lei nº 1796, de 18/10/78, e é uma referência histórica à tribo indígena que habitava o litoral norte paulista e o litoral fluminense. Atualmente, é uma das estradas mais utilizadas no país. Somente durante os feriados de Natal e Ano Novo do ano passado recebeu mais de 450 mil veículos. A duplicação aguardada a tantos anos está se transformando em realidade e trará mais conforto para quem vai ao litoral norte ou sobe a Serra do Mar.

felizcidade.net | 25

Foto: Diogo Moreira / Governo de SP

Próxima fase


e fa c il id a d

Descontos especiais para alunos do

São José dos Campos - SP Avenida Dr. Nelson D'Ávila, 1202 Jd. Vale Paraíso - CEP: 12245-031 (12) 3878-7444

ad x va ri e d

n o m ia e + eco

10%

à vista no cartão

2x para compras 5% em acima de R$100,00 Taubaté - SP Rua Dr. Jorge Winther, 37 Centro - CEP: 12010-150 (12) 3411-3444

email: tanby@tanby.com.br

www.tanby.com.br


conheça fique por dentro • Texto Talita Araújo

Os perigos do tabagismo Número de fumantes no mundo subiu 26% desde a década de 80

O

tabagismo durante muitos anos foi encarado como algo inofensivo. Porém depois de anos de alta e infiltrado entre pessoas das mais variadas classes sociais, o cigarro perdeu o posto de símbolo de elegância e poder por meio das diversas campanhas de conscientização de seus muitos males. Contudo, mesmo depois de tantos anos de combate e leis antitabagista, o cigarro ainda está presente na vida de 967 milhões de pessoas em todo o mundo, o que representa um aumento de 26%. Na década de 80 o número de fumantes era de 721 milhões. O levantamento foi realizado pelo Instituto de Métrica e Avaliação para a Saúde da Universidade de Washington e mediu dados de 187 países. A pesquisa mostra que à medida que o crescimento populacional dispara, o cigarro ganha popularidade principalmente em países emergentes, como China, Índia e Rússia. O estudo destaca ainda que “uma vez que o cigarro permanece uma ameaça à saúde da população mundial, são necessários esforços intensificados para controlar seu uso”. A OMS (Organização Mundial da Saúde) estima que com o aumento no número de fumantes as mortes relacionadas ao uso do tabaco subirão para mais de 1 bilhão neste século. Esta previsão significa 10 vezes mais mortes do que se previa no século passado. Somente no Brasil, a cada 100 pacientes que desenvolvem câncer, 30 são fumantes. No caso de pacientes com câncer no pulmão, esse índice sob para 90%.

Garoto propaganda

No dia 10 de janeiro faleceu na Califórnia (EUA) o ator Eric Lawson, aos 72 anos. Ele era conhecido principalmente por interpretar o caubói veiculado em propagandas da Marlboro entre 1978 e 1981. Segundo informou sua mulher, Susan Lawson, à imprensa internacional, ele sofreu uma parada respiratória causada por doença pulmonar obstrutiva crônica, fruto de anos de uso do cigarro. Lawson começou a fumar aos 14 anos. Esta não é a primeira vez que um “Marlboro Man” morre de doença respiratória. David Millar morreu com enfisema pulmonar em 1987 e David McLean sofreu de câncer no pulmão em 1995. Wayne McLaren, o primeiro a interpretar o “Marlboro Man”, morreu de câncer de pulmão em 1992, aos 52 anos – um ano antes ele testemunhou a favor da legislação antitabagismo. Durante muito tempo, os garotos-propaganda da marca ajudaram a moldar a imagem do consumidor de tabaco. Os anúncios com homens contemplativos, solitários e tendo apenas o cigarro como companhia foram um sucesso. A campanha ficou no ar entre 1954 e 1995 e o papel do caubói coube a vários atores. A sequência de mortes dos garotos-propaganda gerou controvérsias para a marca, que ganhou o apelido de “matadora de caubóis.”

felizcidade.net | 27


RegionalMarketing

UMA AULA DE INSPIRAÇÃO.

Parabéns, Colégio Inspire, pela iniciativa e pelo exemplo de excelência nas instalações. A Pisovale está presente em mais esta grande obra com seus produtos e serviços arquitetônicos, comprovando sua liderança no segmento em toda a região.

Tel.: (12) 3941-5522 www.pisovale.com.br


Gente comunidade em foco

Mais um ano...

Nasceu...

Bebê a caminho...

Bebê a caminho...

Completará mais um ano de vida dia 7 de fevereiro a Min. Sarah Carolina. Parabéns!

Erich e Lilian - bebê Davi a caminho. Já são pais do Lucas, de 6 anos.

Nasceram dia 26 de janeiro, Isabela e Elisa, filhas do casal Filipe Moreira e Vanessa Brian, líderes do Vocal Groove. A família PIB se alegra com os pais por essa preciosa benção em dose dupla!

Pr. Marcos e Mariana Madaleno aguardam a chegada de mais um bebê. Eles já são pais de Levi.

felizcidade.net | 29


TPL

Treinamento pastoral de líderes

06

/fev

TEMA: O CHAMADO DE MISSÕES TRANSCULTURAIS PARA A IGREJA LOCAL

Pr. Humberto Aragão

Às 19h30 no Auditório Estações no Campus Colina


minha história vida transformada • Texto Kleverton Monteiro

O VAZIO QUE SÓ DEUS PREENCHE

N

asci em uma família desestruturada; meu pai era alcoólatra e sofri muito com isso na minha infância. Minha mãe não separou dele oficialmente, mas começou a tê-lo em casa como se fosse um filho ao invés de esposo. Então, cresci com os pais tecnicamente separados, mas vivendo juntos. Meu pai parou de trabalhar por raiva da situação, o que gerou uma desestabilidade financeira na minha família. Com isso minha mãe tinha que trabalhar de doméstica para sustentar a casa, e Deus multiplicava o que ela ganhava. Sempre morei em um bairro considerado periferia da cidade, além de crescer com os problemas em casa ainda tive que crescer com o preconceito e julgamento das pessoas. Por conta de todas essas coisas eu me tornei um adolescente bastante revoltado, odiava meu pai e por vezes desrespeitava minha mãe. No ensino médio me apaixonei pela matéria de filosofia o que me vez começar a ler bastante, eu trabalhava numa loja num shopping e todos os dias no meu horário de almoço ia para a livraria ler, eu tinha uma sede de querer entender as coisas que nenhum livro conseguia saciar, lia livros de história, filosofia, psicologia, mais nada conseguia preencher o vazio que eu sentia. Até que um dia eu resolvi dar atenção a um livro que sempre esteve aberto em cima da prateleira mais como um amuleto do que algo para ser lido. Peguei a Bíblia e comecei a desbravá-la, e quanto mais eu lia mais o vazio que eu sentia era preenchido. Meu irmão começou a frequentar a PIB em SJCampos nesse mesmo tempo, e foi no dia do batismo dele que eu aceitei Jesus. Depois do batismo saímos com a célula dele para comemorar e gostei daquele ambiente, e entendi que era nessa igreja o meu lugar. Hoje eu já perdoei meu pai e tenho um relacionamento excelente tanto com ele como com minha mãe. Meu pai já foi liberto do alcoolismo para a glória de Deus, Ele me curou do

sentimento de orfandade e do vazio que existia em mim. Todos os meus irmãos já aceitaram Jesus, só faltam os meus pais, mas creio que Deus já tem trabalhado no coração deles para que isso aconteça. Tenho muito a agradecer a esta igreja e sua liderança. Atuo na igreja na área de TV e Vídeo e sei que ainda desfrutarei de muitas promessas de Deus. O mesmo Deus que me preencheu pode realizar isso em você. Deus abençoe!

felizcidade.net | 31


Radar fique ligado • Texto Talita Araújo

Existe amor em São Paulo Ações da igreja levam gestos de amor ao aniversário da grande metrópole

A

cidade de São Paulo comemorou, no último dia 25, 460 anos de fundação. Para celebrar este dia especial com os moradores do munícipio a Igreja da Cidade de São Paulo realizou a ação: “Existe amor em São Paulo”. Segundo o pastor Huoliver que participou da ação “a ideia nasceu da contraposição a música que fala que não existe amor em São Paulo”. Os idealizadores também se inspiraram em Romanos 5.5 que diz: “E a esperança não nos decepciona, porque Deus derramou seu amor em nossos corações, por meio do Espírito Santo que ele nos concedeu”. Levando as boas novas de Cristo ao coração dos paulistanos foram realizadas abordagens aos vizinhos e pessoas que passavam nas proximidades da IC São Paulo e em outros locais. Os participantes conseguiram alcançar muitas vidas para Jesus. Um delas foi casal de moradores de rua que pediu ajuda para conseguir um emprego e para assim conquistarem um lar. “No domingo pela manhã eles estavam na igreja de banho tomado, e se decidiram por Jesus”, conta o pastor. Todos foram beneficiados com esta ação, e puderam sentir o quanto o amor de Deus pelo povo de São Paulo é infindável.

Vivendo uma fé inabalável Acampamento Oxigênio tem recorde de participantes e edições

D

urante o mês de janeiro a galera de 13 a 18 anos se reuniu no ACAMPIB para o Oxigênio 2014, foram 3 fins de semana de evento com a participação de 365 adolescentes da PIB e Igrejas da Cidade. Todas as edições surpreenderam pelo envolvimento e empolgação dos participantes. 52 desses jovens tomaram uma decisão, por Jesus, por se reconciliara ou batizar. Para Fábio Albuquerque, líder do Eleve Xtreme: “o Oxigênio carrega a ideia daquela inspiração profunda de tomada de fôlego para o ano, por isso ver os adolescentes saírem inspirados a viver uma fé inabalável tendo sua identidade, valores, sonhos e espiritualidade transformados por Jesus motiva e alegra muito o coração de toda equipe de aproximadamente 50 voluntários, sem os quais seria inviável a realização do acampamento, agradeço a todos e que Deus os abençoe”, relata. Os adolescentes mais uma expressaram a sua fé inabalável Naquele que pode transformar suas vidas, Jesus.

felizcidade.net | 35


50 anos de hist贸ria


TÔ DE FOLGA cultura, lazer e afins

“Entre aspas”

Alguém mandou bem?

Envie a frase e uma foto dele para revista@pibnet.com.br facebook.com/revistafelizcidade

filme • Texto Talita Araújo

CAMINHANDO COM DINOSSAUROS (FOX FILMES) Um dos filmes mais inovadores do momento, Caminhando com Dinossauros, traz imagens que farão os espectadores se sentirem realmente em outra era. O filme é em 3D, tem belas paisagens e é capaz de transportar o público para o meio de uma aventura épica no mundo pré-histórico. Mostra a vida de Pachi, um pequeno pachyrhinosaurus que precisa amadurecer rápido para sobreviver ao mundo dos grandes répteis. A luta fará desse pequenino um herói para a posteridade. Baseado no megassucesso de TV da BBC, o longa é uma experiência inesquecível para toda a família.

LUGARES ESCONDIDOS (EDITORA HAGNOS)

livro

Um livro de ficção de Lynn Austin onde pessoas antes desconhecidas se tornam peças fundamentais de uma mesma história. No início Elisa deixa seu pai e dá as costas a tudo que lhe era conhecido, partindo decidida a construir sua própria família. Agora, viúva e com três filhos, ela precisa assumir uma propriedade atolada em dívidas. Profundamente abalada, sente-se perdida e sem a menor ideia de como lidar com a situação. Nesse contexto um estranho chega à sua propriedade. Elisa toma-o por mais um dos andarilhos que procuravam trabalho durante a grande depressão econômica. Eram tempos difíceis. Porém, Gabriel Harper era uma pessoa de fino trato e parecia estar tão familiarizado com o trabalho específico da fazenda, que Elisa começou questionar se ele era mesmo quem dizia ser. Aos poucos ela foi sendo cativada por sua gentileza e cavalheirismo... Mas Elisa sentia que Gabriel também tinha algo não revelado em seu passado que poderia, de alguma forma, prejudicar tudo pelo que ela lutara para conquistar para si e para seus filhos. Uma leitura envolvente, principalmente para as mulheres.

felizcidade.net | 37


REFLITA valores para vida

Equilíbrio na vida pessoal e profissional: tarefa complicada? Jay Gomes Dir. Executivo da Rede Inspire

C

om 19 anos, Justin Drew Bieber é ator, cantor e compositor de música Pop e R&B canadense. É famoso desde os 13 anos, quando postou seus vídeos caseiros na internet. Ganhador de vários prêmios em diferentes categorias da música, é o único artista da história da Billboard (revista norte americana especializada na indústria musical) a manter quatro singles de um álbum de estreia posicionado no top 40 da Hot 100 antes mesmo do lançamento do álbum. Na semana passada, o cantor foi preso por dirigir um Lamborghini em alta velocidade, sob a influência de álcool e entorpecentes e haver participado de um “racha” em Miami. O cantor admitiu aos agentes, após sua detenção, que tinha fumado maconha, ingerido bebidas alcóolicas e pílulas com prescrição médica antes de ser detido, segundo a polícia. Uma notícia online destacou que, alheia às recentes polêmicas do cantor, a marca Adidas NEO não tirará o artista do posto de garoto propaganda, mesmo após sua prisão. Tempos atrás, Bieber já declarou ser um cristão e comentou assuntos polêmicos em fevereiro de 2011. Em entrevista concedida à revista latina Cosas, Justin Bieber revelou sua admiração por Jó, personagem bíblico, a

38 | felizcidade.net

@jayjgomes

quem, disse ele, escolheu como seu melhor exemplo a seguir. Após conhecermos estes fatos, somos levados a refletir sobre a importância vital do equilíbrio entre a vida pessoal e profissional, não é mesmo? Tudo o que você faz em público traz consequências também à sua vida pessoal. Afinal, sua profissão tem a ver com a ocupação da sua vida no exercício de uma atividade associada à sua formação, seus conceitos, habilidades, dons e aprendizado. Sua vida pessoal é a somatória de escolhas, preferências e convicções pessoais que agregam valor à sua identidade individual, contribuindo para a sua jornada de vida. Certamente as escolhas desse jovem o levaram a deixar-se seduzir pelo dolo das más companhias, a atração ardilosa dos prazeres, a aparente sensação de contentamento das riquezas e a “pseudosatisfação” advinda dos entorpecentes e álcool, causando um grande estrago nos poucos anos de sucesso profissional e pessoal. Portanto, em vez de pensar em dissociação de vida pessoal e profissional, pense em equilíbrio e complementação. Deus não nos chamou para sermos malabaristas, tentando administrar uma vida fora e outra dentro de casa, lutando para não sucumbir às montanhas-russas emocionais, econômicas, profissionais,

sociais e espirituais do dia a dia. Deus nos deu capacidade e poder espiritual para viver uma vida equilibrada, em que nossos atos podem ser coerentes com as nossas palavras, nossa atitude com a nossa fé e a nossa profissão com o nosso caráter. A fama, a riqueza e o poder, a menos que estejam sob o governo do Espírito Santo na sua vida, poderão se converter em aliados fortíssimos do pecado para um atentado ao seu equilíbrio interior e, por conseguinte, se refletirem não apenas na sua vida pessoal, mas na sua ocupação pessoal. Então, ao contrário da mídia tendenciosa, dos patrocinadores inescrupulosos e das afirmações e ações pessoais de um jovem adolescente, que se confundem e se conflitam num emaranhado de desilusões e contradições, devemos refletir seriamente sobre como estamos vivendo nossa vida diária no contraponto da fé e do testemunho, da missão e da ocupação. Viva uma vida feliz, responsável e equilibrada. Lembre-se, “pois Deus não nos deu espírito de covardia, mas de poder, de amor e de equilíbrio” (2 Timóteo 1.7).



FelizCidade #04