__MAIN_TEXT__
feature-image

Page 4

00.Introdução

15.01.08

20:19

Page 2

Hermes - número 9 - primavera de 2004 ISSN 1677-8979 Publicação do Curso de Cinesiologia do Instituto Sedes Sapientiae Rua Ministro Godoi, 1484, Perdizes São Paulo, SP - 05015-900 Fone (0_11) 3866 2730 e-mail: sedes@sedes.org.br www.sedes.org.br Editora Leda Maria Perillo Seixas <ledapseixas@uol.com.br> Revisão Ana Maria Galrão Rios <anamariagrios@uol.com.br> Projeto Gráfico, Diagramação e Finalização Felippe Romanelli <pipo.roma@uol.com.br> Tipologia Rotis Semi Sans, Apple Garamond Papel Capa: cartão filicoat 180g/m2 Miolo: papel off-set branco 75g/m2 Formato fechado: 200x280 mm Impressão e Acabamento ADEX Soluções Gráficas Fone (0_11) 6858-8080

Capa Báculo Episcopal. Constantinopla, século XVIII, prata dourada, 169x16x4cm da mostra “Tesouros de Etchmiadzin - 17 Séculos de Cristianismo na Armênia”. Pinacoteca do Estado de São Paulo, maio/junho de 2004. Na mitologia grega, a serpente e o báculo referem-se ao bastão de Asclépio (ou Esculápio), filho de Apolo, deus da luz, da verdade e da profecia. Para os antigos, a serpente possuía o dom da adivinhação por ser um ser ctônico; simbolizava a vida que se renova ininterruptamente, e era por isso, associada ao deus da medicina. Asclépio aprendeu a arte de curar do centauro Quiron, e tornou-se tão hábil na arte da cura, que Zeus teve medo de que a imortalidade fosse dada a todos os homens e o fulminou com um raio. Asclépio, entretanto, foi adorado como um Deus. Em seu templo, em Epidauro, acreditava-se que a cura total do corpo só ocorreria se os pensamentos e os sentimentos estivessem transformados e harmonizados. As pessoas enfermas dormiam no templo, sonhavam com Asclépio, e contavam estes sonhos para os sacerdotes que os interpretavam, e a partir disso, forneciam receitas. Na simbólica o bastão aparece como arma mágica; como apoio da caminhada do pastor e do peregrino e como eixo do mundo. O cajado do pastor de ovelhas, que guia seu rebanho para lugares seguros ao abrigo dos perigos do campo, reaparece nesse báculo pastoral do bispo, que guia seus fiéis no caminho da salvação. Foto gentilmente cedida pela Santa Sede de Etchmiadzin da Igreja Apostólica da Armênia.

Tiragem 2a. ed. revista e ampliada - primavera de 2005: 50 exemplares Jornalista Responsável Sílvia Marangoni Belitani (Mtb 30.565) <smbell@uol.com.br> Os artigos publicados são de responsabilidade de seus autores, não expressando necessariamente a opinião da publicação.

Profile for Revista Hermes

Hermes9 2004  

Hermes9 2004  

Advertisement

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded

Recommendations could not be loaded