Page 1


Índice

Moda 12 – Por Toda Minha Vida: A pequena grande Lívia e sua imensurável lição de vida 14 – Social: Confira os principais registros da sociedade ubaense 16 – Capa: Conheça as empresas homenageadas no Fato Empresarial 2017

58

AS MINI FASHIONISTAS DERAM UM SHOW DE PARMA KIDS EM NOSSO EDITORIAL DE MODA DESTA EDIÇÃO

38 – Aconteceu: 2ª Corrida Rústica da Fagoc reuniu atletas de vários estados 42 – Trend: Estilo da cabeça aos pés

48 – Fato Especial: Campanha do Quilo comemora 50 anos 66 – Talento de Fato: Da Ju Quadrinhos – o talento não tem idade 68 – Cidade: Concurso de Desenho e Redação abrilhanta a Bienal do Livro 74 – Comportamento: A missão de educar para a vida 78 – Utilidade Pública: Rock in Fest, evento beneficente, realizou doação de uma motocicleta 0KM para Patronato São José

08 Revista Fato! - Outubro 2017


Editorial

70 O BRILHANTISMO DE SER

EMPREENDEDOR

D

epois de meses de preparação, chegamos, finalmente, à 5ª edição do evento corporativo mais comentado de toda a região. Caminhando a passos largos, a Revista Fato! se destaca no segmento de eventos e o Fato Empresarial é o mais tradicional deles. Nós, enquanto diretores desta revista temos motivos de sobra para comemorarmos, afinal, reunimos este ano 40 empresas homenageadas, seguidas de mais 10 apoiadores. Sem dúvida alguma é um time de marcas de força que fortalece e movimenta o cenário econômico da nossa região. O tema abordado na festa em 2017 é o SOL, fazendo uma alusão ao ser empresário de sucesso e com brilhantismo em meio a essa crise política, econômica e social que o Brasil vivencia. Mas o que é de fato ser um empreendedor? O verdadeiro empreendedor é um campeão que não desiste jamais, pois acredita em sua capacidade, e vê os fracassos como oportunidade de aprender cada vez mais. Não fica esperando a vida passar. Ele somente tem olhos para o futuro, sendo capaz de investir todo seu tempo na realização dos seus sonhos! O Fato Empresarial acontece justamente para

celebrarmos o potencial e conquistas desses empresários no mercado, além de promover marketing e merchandise durante os meses que antecedem e sucedem o evento. A Revista Fato! orgulha-se muito por ser uma mídia escolhida entre as empresas para propagar suas marcas. Algumas, com mais de 40 anos de mercado, outras, engatinhando e iniciando o ciclo de vida da sua empresa. Empreender é uma tarefa para desenvolver com todos os cuidados, dentro das melhores práticas de mercado, exigindo um profundo autoconhecimento, daquilo que se tem por domínio do negócio, e enfrentando a realidade do quanto é necessário construir, como empreendedor, para transformar sonhos em realidade. Essa publicação é uma edição especial que conta um pouquinho de cada empresa homenageada no Fato Empresarial deste ano. Mas é claro que aquele conteúdo incrível que você encontra mensalmente em nossas edições, também se faz presente. Agradecemos a todos os empresários pela confiança. Já estamos na expectativa para o Fato Empresarial 2018. Tenha uma excelente leitura!

TO! EVISTA FA

DIRETOR

Edição de Texto Vanessa Santos Diretora Administrativo Juliana Campos Artes Juliana Campos | Bráulio de Paula Redação Vanessa Santos | Natália Meireles Tainara Martinho Diagramação Bráulio de Paula Comercial Juliana Campos Fotos Cássio Fotografias | Servando Lopes Pedro Roque Fotografia Colaboração Ricardo Silva | Michele Marques | Pedro Roque Paulo Marcos Marques | César Campos Lara | Tainara Martinho | Wanderson Produções | Alexandra C. Peron | Servando Lopes | Kelvin Tomaz | Mário Coelho Vanessa Santos | Rafaela Namorato | Cássio Cândido Michel Pires | Ivi Monteiro | Maikyanne Sudré | Natália Meireles |Lindise Massardi |Jô Caciano Waléria Arruda.

RA DA R

DIRETO

Direção e Produção Geral Juliana Campos e Bráulio de Paula

Gráfica Olps Gráfica

A FATO! DA REVIST

Redação

(32) 3531-2335

(32) 9 8868-2335

revistafato@gmail.com CNPJ: 28.105.134/0001-96 Rua Tenente Pedro Batalha, n°439, Caxangá - Ubá - MG @revistafatouba www.revistafato.com facebook.com/RevistaFato

Nota:

Arquivo Pessoal 10 Revista Fato! - Outubro 2017

Os textos escritos por colunistas, profissionais convidados e empresas que divulgam seus trabalhos em nossas páginas são de total responsabilidade de seus autores originais.


Por Toda a Minha Vida Por Vanessa Santos

A PEQUENA GRANDE

LÍVIA

A

E SUA IMENSURÁVEL LIÇÃO DE VIDA

gente corre o risco de chorar um pouco quando se deixa cativar”. E cativar significa criar laços. Acho que eu criei um laço silencioso com ela. Ela que trocou poucas palavras comigo, mas falava o tempo todo com os olhos, com o sorriso. Com um jeitinho todo particular. E o mais incrível é como uma criança de 7 anos conseguiu me ensinar mais sobre a vida do que os melhores livros que li ou as palestras mais conceituadas que já presenciei. Em uma entrevista de pouco mais de uma hora e meia, Geisa, seu marido, Valdinei e a sobrinha Michelly gentilmente me receberam para contar a história da pequena grande Lívia. Filha única, Lívia Januário Cruz Pereira foi muito esperada pelos pais. Uma criança alegre e extremamente ativa que não demonstrava nenhum sinal atípico. Era fevereiro de 2017 e ela havia realizado exames de rotina há pouco tempo, no entanto, a mãe, Geisa Januário Cruz Pereira de 36 anos, nunca havia feito preventivo e resolveu se consultar no Programa Saúde da Família - PSF de seu bairro, mas 12 Revista Fato! - Outubro 2017

durante o atendimento, a médica cubana Dra. Estrela não parava de olhar para Lívia. “Estou achando a sua menininha muito pálida, vou pedir um exame de sangue para ela”, disse a profissional. No outro dia, ao retornar ao posto de saúde, Geisa foi surpreendida pela médica logo na entrada: “ligaram do hospital falando que houve uma alteração no exame da sua filha”, disse a doutora. Surpresa, a mãe entrou em contato com Valdinei pedindo que pegasse os resultados imediatamente. Na análise constava uma taxa de leucócitos extremamente alta, embora a criança não apresentasse nenhum sintoma. O médico da Lívia, Dr. Carlos Alberto Coelli, chegou à cidade à noite e assim que conseguiu atender a família, recomendou internação. “Vou pedir a vocês para tirá-la de Ubá e amanhã um hematologista da minha confiança vai confirmar o que realmente é”, disse o profissional. Repetiram-se os exames e quando o especialista deu a notícia, Lívia manchou o corpo inteiro de roxo e começou a apresentar os sinais. O diagnóstico era de Leucemia Linfoide Aguda - LLA Tipo B, uma espécie de cân-

cer mais comum durante a infância e que avança de maneira rápida, sendo fundamental o diagnóstico precoce. A partir daí os pais comunicaram aos familiares, que até então não sabiam da situação, e deram entrada aos procedimentos para encaminhar a filha para a Fundação Cristiano Varella em Muriaé. “Foi uma loucura, todo mundo se mobilizou querendo ajudar. Quando chegamos na Fundação, o médico nos disse que era um caso avançado, mas havia 85% de chance de cura. Então começou o tratamento e as coisas que eu presenciava no hospital foram acontecendo aos poucos, inclusive a queda de cabelo. Eu não penteava o cabelo da minha filha porque tinha medo dele cair”, disse Geisa, que foi surpreendida pela atitude da Lívia. Após lavar a cabeça, a menina começou a tirar o próprio cabelo com as mãos e fez questão de filmar o momento. “Por que você está chorando mãe?”, questionava durante o vídeo. “Agora vamos dar uma volta no hospital porque quero que todo mundo me veja careca”, disse sorrindo. Os dois primeiros meses foram bem sucedidos, mas à medida que a quimioterapia foi se


Por Toda a Minha Vida Pedro Roque Fotografia

intensificando, Lívia desenvolveu a chamada Síndrome da Lise Tumoral - SLT, caracterizada por uma complicação em decorrência do tratamento. “Ela apresentou uma reação ao remédio e foi internada na UTI em um quadro delicado”, conta a mãe. “Lembro-me perfeitamente do médico dizendo ‘sua filha teve trombose na cabeça, quando um coágulo de sangue entope uma das artérias do cérebro, e se ela sobreviver não vai andar, não vai falar e nem enxergar’. Eu fiquei doida! Ajoelhei e pedi a Deus que não deixasse isso acontecer, pois ela ia ficar cega, muda e surda pra medicina, pra fé não”, relata Geisa, que prometeu não abrir mais o olho da filha que estava com um risco branco, certa de que Deus a curaria no tempo dEle. A partir daí a menina começou a apresentar pequenos sinais de melhora. O efeito da quimio, que deu origem as reações, foi amenizando e ela foi submetida à cirurgia de traqueostomia, uma espécie de buraco na garganta que permite a passagem de ar*, o que deu a Lívia condições de ser desentubada. Já no quarto, Geisa começou a mostrar as cores para a menina. Conforme ela respondia acenando com a cabeça, a moça percebeu que sua pequena estava enxergando. “Minha filha é um milagre! Eu me lembro quando o médico chegou perto dela e sorriu, era difícil ele abrir um sorriso. Se a criança está bem

ele fica feliz, mas se ela tiver mal, ele muda totalmente”, conta o pai, Valdinei. Hoje o tratamento encontra-se na fase de remissão, conhecida entre os especialistas como a “primeira etapa de vitória contra a doença”, em que ela se encontra inativa. Lívia vai ao hospital uma vez na semana para fazer a quimioterapia e em breve será feito apenas um acompanhamento que durará cerca de 5 anos, tempo considerado como “diagnóstico de cura”. “A doença tem o lado ruim do sofrimento, mas é possível aprender com ela. Minha filha hoje é uma criança muito melhor, mais inteligente, mais esperta e carinhosa. E eu também mudei, aprendi a dar valor as coisas simples. Essa felicidade que sinto hoje eu devo a Lívia, se ela está conosco é porque Deus permitiu. Os médicos olham pra gente no corredor do hospital e balançam a cabeça, porque não da para acreditar... Deus foi muito generoso comigo desde o começo, só tenho a agradecer a Ele e aos anjos que Ele colocou ao meu redor, especialmente o Dr. Mauricio Drumond Alves, a equipe da Fundação Cristiano Varella, meus familiares e cada um que ajudou da maneira que pôde”, agradece a mãe. Maior animadora da Fundação Cristiano Varella, é possível encontrar vários vídeos dessa

guerreirinha na internet, seja dançando funk ou cantando as músicas de Marília Mendonça. Lívia é fã da cantora e inclusive teve a oportunidade de conhecê-la quando a artista veio se apresentar em Ubá. A menina que está sempre sorrindo, disse que há um segredo para nunca chorar durante o tratamento; “é só segurar a dor”, afirmou, se agigantando diante da situação. Encerro essa desafiadora matéria ao som de Somewhere Only We Know (Algum lugar que só nós conhecemos), trilha sonora de O Pequeno Príncipe, afinal, Lívia se tornou minha verdadeira princesa! Os ensinamentos que o eterno principezinho conta em sua história são como as lições que aprendi com ela, que me trouxe à luz a graça que é viver; respirar sem precisar de nada além da fé. Enquanto escrevo, a entrevistada acaba de me enviar uma mensagem dizendo “tia Vanessa, te amo” e ainda garante que irá ensinar essa desajeitada jornalista a dançar. Mal sabe ela que já me ensinou muito mais que isso. Lívia me trouxe um caloroso abraço e um novo olhar sobre a vida. Eu te desejo o mundo, minha pequena grande menina!


Social

Foto: Ygor Marques

Luxo define a nova coleção da estilista Theomara Miranda de Rodeiro! Fotografados pelas lentes do expert, Ygor Marques, os dress foram trajados pelas ubaenses Thaís Occhi e Thamires Montezzi. O ensaio aconteceu no espaço Parma House e contou com os belos acessórios de Anna’s Semijoias que deram um toque especial à produção e make hair de Laryssa Delazari. Acompanhe o resultado do ensaio fotográfico pelo insta: @theo.dresseria.

l soal o Pes uivArq o Pes uivsoa Foto: Arq Foto:

O Stúdio Pilates Camilla Becári está em festa! Recentemente a empresa comemorou 02 anos de atuação e para celebrar esse importante momento, a empresária Camilla Santos Becári Cusati recebeu pacientes, familiares e amigos em um agradável encontro. Como lembrança, a fisioterapeuta presenteou seus convidados com uma caixinha personalizada contendo jujubas. Cliente da revista desde o início de seu estúdio, o que podemos lhe desejar, Camillinha, é sucesso e muita prosperidade. Você merece!

Foto: Arquivo Pessoal

Riobranquenses também marcaram presença na Cidade do Rock este ano. A empresária Mara Vieira, acompanhada de pessoas queridas curtiu o primeiro dia de Rock in Rio ao embalo da consagradíssima Ivete Sangalo, o que para Mara, foi o show da noite. Na foto, da esquerda pra direita estão: Aneelise Vieira, Cassiana Magalhães, Mara Vieira e Matheus Queiroz. 14 Revista Fato! - Outubro 2017

Foto: Arquivo pessoal

Quem está arrasando no segmento da culinária fitness é a educadora física Val Rodrigues. No mercado há 01 ano, a empresa que ganhou o nome de Leve Delivery já patrocinou vários eventos que envolvem o universo do bem-estar e o último deles foi a já consagrada Corrida Rústica da Fagoc. Na ação de marketing promovida foi proporcionada uma deliciosa degustação na área vip dos atletas e também na área comum. Na foto, da esquerda pra direita estão Aline Caneschi, Val Rodrigues, Michelle Coelho e Tarcila Cruz.

Foto: Arquivo Pessoal

Quem está em novo endereço e com uma coleção maravilhosa é a empresária e proprietária da Flor de Liz Semijoias, Jessica Boaretto. O lançamento oficial da nova loja física aconteceu no dia 15 de setembro e contou com um delicioso coquetel. O atual espaço está localizado na Rua São José, em frente ao Banco do Brasil. Desejamos muitas conquistas a toda a equipe!

Foto: Miguel Araújo

E o enlace matrimonial que encantou as redes sociais recentemente foi o da Sócia Proprietária do Socila Ubá, Joyce Fialho e seu noivo Romário Medeiros. Com uma cerimônia ao ar livre em um estilo rústico, o casal celebrou o amor entre amigos e familiares. Madrinhas trajando vestido rosa e um céu azul com um sol vibrante abrilhantaram a celebração. A união aconteceu no dia 24 de setembro, às 10h00, no Sítio Pão de Ló, localizado em Visconde do Rio Branco. Desejamos cumplicidade e muitas alegrias na nova fase dos pombinhos!

Foto: Arquivo Pessoal SME

O popular Edgarzinho, incansável apoiador das ações promovidas pela Apae Ubá e pela Secretaria Municipal de Educação soprou velinhas no dia 22 de setembro. Para celebrar a nova idade (59 aninhos), os funcionários da SME prepararam uma agradável festa de aniversário em que o tão querido ubaense pôde comemorar com os seus amigos. Nós, da Revista Fato!, lhe desejamos muitos anos de vida, Edgar, e que você continue esbanjando amor por essa instituição tão linda que é a Apae.

Foto: Arquivo Pessoal

A dentista, empresária e patrocinadora Master do Fato Empresarial 2017, Drª. Lorena Queiroz inaugurou recentemente sua nova clínica, a Odontologia Queiroz. O espaço, localizado na rua Matilde Balbi, em cima da loja (O Boticário) atua com os seguintes tratamentos: lentes de contato dental, implantes, clareamento, próteses, tratamento de gengiva, aparelhos metálicos e estéticos, restaurações, canais e diversos outros serviços. Nós da Revista Fato! lhe desejamos muito sucesso nesse novo ciclo, Drª. Lorena.

Foto: Bruno Guedes

E quem também comemorou o amor em setembro foi a nossa cliente e parceira, a empresária do segmento de casamentos e festas, Daniella Pereira. A jovem casou-se com Wagner Condé no dia 09 de setembro no Sítio Vale dos Sonhos, em Tocantins. Com uma celebração emocionante e uma festa que estendeu noite adentro, o casal acolheu os cumprimentos de aproximadamente 250 convidados. Dani e Wagner recebam o nosso carinho. Muitas felicidades!


Foto: Cássio Fotografias

Alexandra C. Peron

Gestão e Negócios Graduada em Processos Gerenciais. MBA em Liderança e Coaching para Gestão de Pessoas. Membro da Abracem (Associação Brasileira de Consultores Empresariais). Nº Registro: A50629. Contato: alexandraperon@yahoo.com.br

COMO ANDA SUA

EMPREGABILIDADE

A

s chamadas competências essenciais vão se tornando mais amplas e mais complexas à medida que o tempo passa. Antes, o capital intelectual era uma vantagem competitiva por excelência. Hoje, sem a presença do capital emocional e do capital ético, apenas para citar duas concepções vigentes, só o capital intelectual não garante a contratação e permanência no mercado de trabalho. Conviver diariamente com esse nível de pressão não requer apenas um intelecto relevante, mas condições físicas e mentais super saudáveis. Saber em que patamar você se encontra é extremamente simples, resume-se nas respostas às seguintes perguntas: 1. Quanto a sua bagagem pessoal e profissional é interessante para o mercado? 2. Quais “diferenciais nobres” você possui quando comparado a outros profissionais com uma formação e trajetória parecidas com a sua? 3. Quais razões justificam o desejo de uma empresa em ter você como parte do capital estratégico/competitivo da organização? 4. Quanto a sua história de vida e de carreira falam mais alto que seu currículo? Ou seja, quando você imagina as pessoas que detêm o poder de contratá-lo, você tem que pensar: afinal por que elas se importariam? Você não vale apenas o quanto sabe, mas o quanto “é”. Uma profissional de grande competência técnica cujas qualidades morais e éticas não sejam comprováveis já não interessa a uma organização lúcida. Ser digno de confiança é um pré-requisito fundamental que sobrepõe o desejo por desafios e a capacidade de trabalhar sob pressão. Seus diferenciais nobres são aqueles que estão tão associados ao seu ser, que se tornam difíceis de serem copiados por seus pares: sua personalidade, seu

caráter e o seu comportamento estão entre eles. Diferenciais pobres são facilmente copiados. Diferenciais nobres são os verdadeiros diferenciais! Mesmo que esteja saindo da faculdade, se pergunte o que você tem construído enquanto graduando ou pós-graduando. Somos uma sociedade relacional, quem conhece você e o que essas pessoas pensam a seu respeito é de enorme importância! Por isso, não despreze o seu marketing pessoal, estou falando verdadeiramente de marketing pessoal, não de agir como um “marketeiro barato”, desses que pretendem enganar o mundo com uma genialidade que ninguém, a não ser sua própria vaidade, consegue perceber. Se você tem valor, o mundo precisa ser informado desse valor, até porque os “indivíduos marketeiros” já citados estarão sempre divulgando uma importância que não possuem e roubando oportunidades dos competentes omissos. Por isso, você, que é uma pessoa de virtudes, deve e merece ser reconhecido e as ferramentas de marketing também existem para trabalhar em favor da verdade e da ética. Quanto maiores forem as suas condições de manter a mente aberta para transitar com qualidade por ambientes multiculturais e colaborar na elaboração de cases em cada local que você frequenta, maior a sua empregabilidade. O mundo demanda por profissionais habilidosos, éticos, determinados e com visão de futuro. Nenhuma competência acima da média será desprezada se não o for primeiro por quem a possui. Automotivação significa acreditar em seus motivos para agir e, com base nessa certeza, cativar a confiança e as oportunidades que dependem daqueles que têm poder de decisão. Sua empregabilidade depende da sua capacidade de gestão da sua própria vida e carreira. E diferenciais, devem por definição, ser DIFERENTES! Gere impacto, torne-se merecedor de ser lembrado e desejado pelo mercado. Empregabilidade é uma questão de uma excelente bagagem e um ótimo marketing pessoal. Você deve buscar ser tão bom que até seus concorrentes tenham que admitir em silêncio: esse cara é demais! Essa garota é impossível! Revista Fato! - Outubro 2017


Capa

KUMON

“LAPIDANDO TESOUROS”

A

Foto: Servando Lopes

unidade da Franquia Kumon em Ubá, já comemora 1 ano de atendimento sob nova direção. Em um espaço mais amplo e acolhedor, a empresa administrada pela orientadora educacional Waléria Arruda Furtado, estará presente pela primeira vez no Fato Empresarial, sendo homenageada na categoria Master. A franquia conhecida nacionalmente pelo método de estudo, visa desenvolver o autodidatismo dos alunos através do atendimento individualizado. “Em 2015, fui convidada para participar do processo seletivo de escolha do novo orientador da Franquia Kumon na cidade. Participei de um processo de treinamento que durou cerca de oito meses, nas cidades de Belo Horizonte e São Paulo. Após o período, inauguramos nossa nova unidade, de acordo com os padrões exigidos pela Franquia.” Conta Waléria, que também é doutora e mestre em Ciências Biológicas pela Universidade Federal de Viçosa. UFV. Na Unidade de Ubá são oferecidas as disciplinas de Português, Matemática e Inglês. Os conteúdos abordados pelo método contemplam desde a pré-escola até o ensi-

no médio. “No Português, o aluno desenvolve uma sólida capacidade de leitura, enriquecimento do vocabulário e excelência na compreensão dos textos. Na Matemática, o objetivo é desenvolver a capacidade de calcular com exatidão e rapidez, fazer autocorreção e capacitar o aluno para resolução de novos conteúdos. Na disciplina de Inglês, o método prima pelo desenvolvimento da capacidade de escrita, leitura, interpretação e da fala da língua estrangeira. O método ainda melhora a concentração e leva o estudante ao autodidatismo.” Afirma a orientadora. Para oferecer um melhor atendimento aos alunos, a unidade recebeu obras de ampliação de seu espaço físico, visando atender a crescente demanda de atendimentos. “Iniciamos nosso trabalho, com 35 alunos e esse número vem aumentando a cada dia, pois os pais e professores têm visto os benefícios do Kumon na rotina do aluno. As obras do nosso espaço vieram para oferecer maior comodidade e tranquilidade aos estudantes e também aos pais, que confiam em nosso trabalho. Nossa equipe é qualificada e sempre estamos nos aprimorando por meio dos treinamentos quinzenais oferecidos pela franquia. ” Destaca Waléria”.

CCAA

P

arceiros e apoiadores da Revista Fato!, o casal Luiz Cláudio e Antonieta Travassos serão homenageados pela 4ª vez no Fato Empresarial na categoria Casal Empreendedor. A frente da franquia Centro de Cultura Anglo Americana - CCAA Ubá há 13 anos, eles vieram do Rio de Janeiro a fim de realizar o sonho de ter seu próprio negócio em um local que lhes trouxesse conforto e segurança. O professor, que já pertence à rede CCAA há quase 25 anos, viu na acolhedora terra de Ary Barroso a oportunidade de empreender, além de poder criar seus filhos em um lugar menor, podendo acompanhar de perto o crescimento deles. O começo não foi fácil, afinal os ubaenses ainda não conheciam a metodologia de ensino da marca, mas com muita garra e perseverança os empresários conquistaram o respeito da população. Hoje Luiz Cláudio e Antonieta se consideram “amineirados”, pois estreitaram grandes laços de amizade e conquistaram seu lugar no 16 Revista Fato! - Outubro 2017

mercado local. Desempenhando um trabalho de extremo carinho e dedicação, a franquia acabou ganhando um número expressivo de alunos. “Nosso compromisso é contribuir com o fortalecimento intelectual e emocional dos nossos estudantes, tornando extremamente simples a comunicação deles com pessoas de todas as partes do mundo”, ressalta o casal. Atualmente a requisitada escola de idiomas oferece os cursos de inglês e espanhol para todas as idades, tornando o conteúdo acessível a um público variado. “A constante busca de treinar os colaboradores e professores do CCAA Ubá vem tornando a equipe cada vez mais sólida, o que fortalece não só a harmonia profissional quanto o empenho de todos os funcionários que são merecedores das homenagens e reconhecimentos alcançados ao longo dessa caminhada”, encerram.

Foto: Servando Lopes

JUNTOS SOMOS MAIS!


Capa

DRA. CRISTINA JAMES Foto: Servando Lopes

CUIDANDO DA SUA SAÚDE E BELEZA!

P

ela primeira vez no Fato Empresarial, Dra. Cristina James vem abrilhantar o nosso time de Mulheres Empreendedoras! Formada em medicina pela Universidade Federal de Juiz de Fora - UFJF, iniciou seus trabalhos na Cidade Carinho em novembro de 2012 e acabou fixando residência em Ubá em agosto do ano seguinte. Mantendo-se sempre atualizada sobre o mundo da saúde e beleza, Cristina vem se dedicando e conquistando cada vez mais pacientes. Além de consultas médicas, ela realiza procedimentos com peeling, laser, aplicação de toxina botulínica (Botox®) e preenchedores, IPCA® (Indução Percutânea de Colágeno com Agulha), mesoterapia, entre outros. “Graças ao reconhecimento do meu trabalho na cidade e região, consigo fazer cursos frequentemente a fim de me atualizar e trazer o que há de mais novo na minha área”, ressalta a médica.

Para ela, seu grande diferencial é a maneira com que trata seus pacientes, repleta de amor e carinho, sendo o bem-estar de cada um a sua maior motivação. “Minha dedicação é para aliviar a dor e os incômodos que uma disfunção pode trazer, ajudando o paciente a envelhecer melhor”. Além disso, a profissional também busca métodos alternativos de tratamento que não sejam de custos altos procurando atender a todos. Sobre a 5ª edição do Fato Empresarial, Cristina acredita que o evento será um sucesso, proporcionando bastante visibilidade aos participantes. “O investimento na publicidade que vem junto à festa cria a oportunidade de conquistar novas parcerias e clientes”, finaliza.

Revista Fato! - Outubro 2017

17


Capa

MIHARA

COM UM NISSAN VOCÊ PODE MAIS! E NISSAN É NA MIHARA!

A

Foto: Servando Lopes

Mihara, concessionária da marca Nissan, completa 5 (cinco) anos de atuação na cidade, destacando-se pelo design inovador e qualidade dos veículos japoneses. “Iniciamos as atividades em 2012, com a homologação da montadora para Ubá e outros 52 (cinquenta e dois) municípios, com a comercialização de veículos novos Nissan e seminovos, inclusive de outras marcas, além de serviços mecânicos, de funilaria e pintura”, comenta Marco Antônio, proprietário da Nissan Mihara. Participando do Fato Empresarial pela primeira vez, o estabelecimento irá compor o time de homenageados da categoria Master. “O Fato Empresarial é um evento referência no âmbito social e corporativo de Ubá e região; promove o devido destaque àqueles que impulsionam a economia e fazem a diferença em sua área de

atuação! Por isso, a expectativa é das melhores”, revela entusiasmado o dirigente. O estabelecimento integrante do Grupo Mota, construiu sua história com muito trabalho, dedicação e comprometimento com o consumidor e colaboradores. “O ramo de automóveis tem seu próprio brilho, por conta do design e glamour dos veículos. Porém, considero que o verdadeiro brilho para nós, empreendedores, são os nossos clientes! Como sempre dizia o presidente do Walmart, Sam Walton, a seus funcionários, ‘o cliente tem o poder de elevar a empresa a patamares espetaculares e o de demitir todos de uma empresa, do alto executivo para baixo, simplesmente gastando seu dinheiro em algum outro lugar”, destaca Marco Antônio, certo de que a motivação e o foco são imprescindíveis para consolidar o próprio negócio.

BRILHO DAS NOIVAS

H

á 15 anos em Ubá, o Brilho das Noivas integra pela 1ª vez a gama de marcas presentes no Fato Empresarial, sendo homenageado na categoria Master. Administrado com extremo zelo pelo casal Liani Medeiros e Júnio Almeida, o estabelecimento dispõe de uma variedade de vestidos exclusivos e ternos para locação. Recentemente a loja foi ampliada ganhando um novo espaço dedicado às noivas junto a modernização dos demais ambientes, tudo isso visando melhor atender ao público. A empresa oferece o serviço de aluguel de vestidos para: debutantes, damas, madrinhas e formandas, além da confecção ou locação de belíssimos modelos para noivas. Na linha masculina, o estabelecimento conta com ternos para diversas ocasiões. Como grande diferencial, todas as peças disponíveis para aluguel são completas, acompanhadas de sapatos e acessórios. Para o casal, é motivo de extrema alegria poder participar de datas tão especiais na vida 18 Revista Fato! - Outubro 2017

das pessoas. “Nossa grande motivação é ver uma noiva subir ao altar vestindo Brilho das Noivas. A emoção em fazer parte desse momento único, vê-las cheias de vida e se realizando é algo indescritível! Cada cliente que veste um de nossos trajes representa um incentivo para nos dedicarmos cada vez mais a buscar a excelência no que fazemos”, ressaltam. O gestor aponta que o brilho de seu negócio é a realização de sonhos, e como forma de fidelizar os consumidores, a equipe aposta na qualidade do produto com preço justo, além de um atendimento diferenciado. Em relação ao Fato Empresarial, Júnio e Liani têm grandes expectativas quanto a novas parcerias e a visibilidade proporcionada pelo evento. “Queremos evidenciar os nossos diferenciais como o profissionalismo e a credibilidade. E comemorar também, afinal quando um grupo alcança feitos notáveis, é preciso festejar! Com certeza será um momento de celebração para todas as empresas presentes”, encerram.

Foto: Servando Lopes

A SATISFAÇÃO EM FAZER PARTE DE MOMENTOS ÚNICOS


Capa

FIBER PISCINAS Foto: Servando Lopes

CLIENTE EM PRIMEIRO LUGAR!

H

omenageada na categoria Master pela segunda vez no Fato Empresarial, a franquia Fiber Piscinas de Ubá é gerenciada pela empresária Dayana Gregório, que há 3 anos administra com extrema competência o negócio. Visando o bem -estar e a realização dos clientes, o estabelecimento acompanha as mudanças no setor, trazendo os maiores lançamentos da área. Dayana conta que a franquia surgiu no momento certo: era a sua vez de crescer e conquistar o seu lugar no mercado! Hoje, consolidada na cidade, a Fiber oferece diversos serviços, como piscinas de fibra, vinil ou concreto de vários tamanhos e formas diferentes. Há também equipamentos relacionados ao lazer, móveis e decoração de ambiente, além do acompanhamento da equipe que está sempre disposta a ajudar. “Nosso sucesso empresarial depende totalmente da satisfação de nossos clientes. O cliente satis-

feito é o pontapé inicial para arriscar no novo”, ressalta a empresária. Para ela, a excelência na prestação de serviço é o grande diferencial da marca. “Sem falsa modéstia, posso garantir que nós oferecemos além do que o consumidor sonha para o seu lazer. Essa é a nossa proposta”, afirma Dayana, que acredita que o cliente bem atendido gera um reflexo positivo para todas as partes envolvidas no processo. Pela segunda vez no Fato empresarial, a Fiber espera que o evento deste ano supere o de 2016 e que os próximos venham com ainda mais sucesso, afinal, a administradora vê com otimismo a divulgação de seu negócio. “A publicidade não é gasto, é um investimento. No dia em que o empresariado brasileiro acreditar na força da mídia, a economia dará saltos espetaculares”, encerra.

Revista Fato! - Outubro 2017

19


Capa

SOCILA UBÁ

“O SUCESSO DE UMA EMPRESA É SEMPRE RESULTADO DO TRABALHO DE UMA GRANDE EQUIPE!”

E

Foto: Servando Lopes

streando no Fato Empresarial, o salão de beleza Socila Ubá abrilhantará a categoria Mulher Empreendedora. A frente do negócio estão as irmãs Josiane e Joyce Fialho, que com maestria vem administrando o estabelecimento. Cliente de uma das unidades em Belo Horizonte, Josi se identificou com o atendimento, qualidade e agilidade dos serviços e então resolveu trazer a franquia para a Cidade Carinho. As jovens empreendedoras montaram o negócio há 2 anos e já inauguraram mais um Socila na cidade buscando atender a crescente demanda. O salão oferece os serviços de tratamentos capilares, faciais, corporais; manicure e pedicure com unhas em gel; micropigmentação de sobrancelhas; químicas em geral, ombré hair, mechas, californiana, plástica capilar;

maquiagem, penteado, entre outros. Diante de uma conjuntura econômica marcada pela instabilidade, a dupla acredita que é preciso inovar constantemente. “Em momentos de crise é tempo de se reinventar através de melhores condições de pagamento, trabalhar com preços justos e sempre com produtos de qualidade para a fidelização dos consumidores”, ressaltam. As irmãs apontam as clientes como o brilho de seu negócio e revelam que a expectativa para o evento é o crescimento da visibilidade que ele proporciona àqueles que ainda não conhecem seus serviços. “O Fato Empresarial é uma excelente oportunidade de publicidade, famoso na região e com ótimos colaboradores, ele gera uma propaganda ainda maior e melhor pra nossa empresa”, encerram.

MÁRIO COELHO

H

á 10 anos no mundo da moda, o stylist Mário Coelho participará pela 3ª vez do Fato Empresarial, agora como Patrono do evento. A frente do ateliê junto a sua esposa Thays Dias, Mário emprega em suas criações um toque de contemporaneidade misturado ao estilo clássico, o qual o empresário da moda define como “atemporal”. O estilista nos conta que o maior incentivo para continuar o negócio está em presenciar a satisfação da pessoa ao ver um vestido pronto do jeitinho que ela sempre quis. “São momentos inesquecíveis de emoções e reações distintas que cada cliente transmite”, afirma o criador da marca que aposta em inovação, qualidade nas peças e um bom atendimento a todos. O ateliê Mário Coelho oferece o serviço 20 Revista Fato! - Outubro 2017

de aluguel e confecção de modelos exclusivos para casamentos, formaturas, 15 anos e festas em geral. “O brilho do meu negócio é o amor pela arte, é o carinho por cada detalhe visando transformar aquilo que era um sonho de vestido em realidade”, ressalta o profissional que procura mostrar a sensualidade da mulher na medida certa. Parceiros da Revista Fato! de longa data, Mário e Thays têm grande expectativa para o evento, ansiosos por uma noite de muito glamour, luxo e diversão. “O Fato Empresarial traz uma visibilidade super bacana por intermédio das mídias que são vinculadas com um marketing forte em que todos podem conhecer melhor o nosso trabalho”, encerra o casal.

Foto: Hernani Barroca

TRANSFORMANDO SONHOS EM REALIDADE


Capa

OFTALMOLOGIA

DR. MARCO AURÉLIO BARLETTA

Foto: Servando Lopes

CUIDANDO DE SEUS OLHOS HOJE PARA QUE VOCÊ VEJA BEM NO FUTURO

D

irigida por Marco Aurélio e Maura Jane, a Oftalmologia Dr. Marco Aurélio Barletta será homenageada no Fato Empresarial pelo terceiro ano consecutivo na categoria Empresas do Ano. Ao lado da esposa que é também seu braço direito no trabalho, o médico retornou à Cidade Carinho em 2013 e em seguida deu início ao próprio negócio o qual já completa 3 anos no mercado. Para melhor atender ao público, a empresa investe em cursos de capacitação e aquisição de equipamentos de última geração realizando diversos serviços como: consultas médicas, exames complementares, cirurgias oftalmológicas, lentes de contato e laserterapia. Tudo isso feito em um espaço amplo, caracterizado pela comodidade e bom atendimento. Com 25 anos de experiência, a grande motivação do médico para continuar se dedicando aos seus pacientes está no prazer em poder auxiliá-los. “Meu objetivo é ajudar todos os que me procuram a ter uma qualidade de vida melhor”, ressalta o profissional que em seu trabalho não abre mão de princípios como a honestidade e o respeito ao ser humano. Segundo o casal, o Fato Empresarial proporcionou uma divulgação expressiva ao consultório dando maior visibilidade a Oftalmologia Dr. Marco Aurélio Barletta em Ubá e região. “A propagação do evento na mídia é uma excelente vitrine para o nosso negócio”, encerram os empreendedores e parceiros de longa data da Revista Fato!

Revista Fato! - Outubro 2017

21


Capa

SUPERMERCADO VIEIRÃO “ZELANDO POR NOSSOS CLIENTES HÁ 40 ANOS”

P

Foto: Servando Lopes

resente no Fato Empresarial desde a primeira edição do evento, o Supermercado Vieirão será homenageado na categoria Master. Comandado por Eron José Vieira com o apoio de seu filho, Eron José Vieira Junior, o “Eronzinho”, e da também sócia -proprietária Izabel Cristina Vieira Guimarães, o negócio já está há mais de 40 anos no ramo. Conhecida pela excelência no atendimento, a empresa de tradição familiar oferece serviços ao comércio varejista com um grande mix de mercadorias, produtos e fabricação própria de alta qualidade. “Conservar a motivação no trabalho é um desafio, por isso é fundamental procurar frequentemente novas maneiras de incentivar sua equipe para garantir uma boa performance no desempenho das atividades diárias. Nós entendemos que o reconhecimento é que gera vontade de ir além de suas obrigações e dar o seu melhor em todos os sentidos”, relata o empreendedor Eron Vieira sobre o alicerce de sua gestão. Atualmente o supermercado conta com

um marketing intenso no intuito de promover a marca e conquistar mais clientes, além de buscar a fidelização do consumidor através do bom atendimento, produtos de qualidade, preços acessíveis e promoções. Para o diretor, foco é palavra de ordem em sua administração. “O brilho da minha empresa está em ter foco e determinação no que fazemos visando sempre a excelência nos resultados”, comenta. São grandes as expectativas da diretoria do Supermercado Vieirão para o Fato Empresarial 2017. A noite corporativa é uma boa oportunidade para atingir novos parceiros, estreitar laços já existentes e otimizar o trabalho prestado há tanto tempo pela empresa. “Após o evento adquirimos outra visão para o nosso negócio, pois temos a oportunidade de trocar experiências e ver mais de perto como a satisfação dos clientes é importante para o crescimento da marca, afinal nós estamos a todo momento buscando melhorar a prestação de serviços que é o diferencial da assinatura Vieirão”.

BICHO QUERIDO

O

ramo de clínicas veterinárias para animais de pequeno porte, como cães e gatos, vem crescendo ao longo dos anos, afinal os donos de pets estão se preocupando de maneira mais expressiva com a saúde do seu bichinho, que hoje representa um membro da família. Pensando no bem-estar desses animais, a clínica Bicho Querido vem se especializando cada vez mais para atendê-los da melhor maneira possível, com carinho e profissionalismo. A frente do empreendimento há 10 anos, os veterinários Dra. Michele Marques e seu esposo Dr. Ricardo Silva, oferecem os serviços de clínica geral, vacinas, cirurgias, odontologia, internação, atendimento emergencial e de plantão e as especialidades Oftalmologia e Dermatologia Veterinária. “Somos a única clínica na nossa região que realiza microcirurgia e cirurgias oftálmicas e testes alérgicos dermatológicos. Também contamos com amplo pet shop e farmácia veterinária completa, além do plantão todo sábado e domin22 Revista Fato! - Outubro 2017

go e o serviço de táxi dog”, ressalta Michele. Pela segunda vez no Fato Empresarial, o casal que será homenageado na categoria Master, revela a expectativa para o evento: “pelo que estamos acompanhando, acreditamos que vai ser sensacional! Quando participamos em 2015 ficamos extremamente satisfeitos, a festa estava muito bonita, bem organizada e esse ano tem tudo para ser melhor ainda”. A veterinária destaca que o amor pela profissão é o grande diferencial da clínica. “Aqui na Bicho Querido nós amamos o que fazemos. Amamos lidar com animais e com pessoas. É super gratificante trabalhar com quem gosta da mesma coisa que a gente, ou seja... de bicho! Nossos clientes são verdadeiros amigos e temos muita coisa em comum. Sempre procuramos fazer com que tanto o tutor quanto o pet se sintam em casa, bem tratados e em um ambiente acolhedor. Talvez esse seja o nosso maior brilho, o nosso diferencial. Queremos que o cliente se sinta especial, afinal todos nós o somos”, encerra Michele.

Foto: Servando Lopes

AMAR É CUIDAR!


Capa

EMBARQUE VIAGENS E TURISMO

Foto: Servando Lopes

AS MELHORES VIAGENS COMEÇAM COM UM EXCELENTE EMBARQUE

R

econhecida pela 3ª vez consecutiva como líder de vendas da Zona da Mata Mineira pela operadora de turismo CVC, a Embarque, embora recente no mercado, já se agigantou entre os estabelecimentos do ramo. “Inauguramos há 2 anos e logo iniciamos nossas atividades. A empresa é um sonho que foi se tornando realidade e hoje temos a honra de realizar os sonhos de nossos clientes!”, declara a proprietária do negócio, Martha Pereira Caetano. A Embarque Viagens e Turismo oferece serviços como: pacotes completos com passagem aérea, hospedagem, translados, passeios, refeições e seguro. Além de disponibilizar viagens aéreas, terrestres e marítimas para os mais variados destinos. “No último ano, adequamos nossa equipe através da contratação de profissionais experientes a fim de oferecer serviços especializados. Gostamos de ver nossos clientes satisfeitos, conhecendo lugares e pessoas diferentes. Quando eles nos enviam uma foto agradecendo pela experiência, isso só fortalece

a nossa motivação”, ressalta. Para atrair e fidelizar os consumidores, a empresária afirma que o trabalho se baseia na transparência e no relacionamento cordial com cada um. “Prezamos sempre o respeito e o carinho a todos que entram em nossa agência. Nossas ações de marketing são pontuais e acreditamos que fidelizar é muito importante, tanto que buscamos isso em nosso dia a dia”, explica. “Figura carimbada” no Fato Empresarial, a marca presente em mais uma edição da festa será homenageada na categoria Empresas do Ano. “Será um momento para celebrarmos nosso empenho e nossas conquistas! Acreditamos nessa iniciativa e sabemos que ela nos traz um retorno imprescindível. A nossa assinatura é algo que valorizamos muito e aliá-la a um evento desse porte é motivo de grande alegria para a Embarque Viagens”, finaliza Martha.

Revista Fato! - Outubro 2017

23


Capa

LEGALIZAR

CONSULTORIA AMBIENTAL E JURÍDICA

O

Foto: Servando Lopes

Grupo Legalizar administrado pela advogada Drª. Caroline de Paula Balbino comemora 11 anos de mercado. A empresa é especializada em atendimentos da área ambiental e abrange outras oito vertentes distintas como consultoria ambiental, advocacia em geral, direito previdênciário e ambiental, engenharia civil e topográfica, consultoria online e gestão pública. “Nós visamos sempre a qualidade total no atendimento e o foco no compromisso com o resultado. Nossos projetos são registrados e acompanhados de um atestado de responsabilidade técnica, além de serem elaborados por uma equipe multidisciplinar. Priorizamos o cumprimento de nossos prazos contratuais e levamos em consideração a legislação aplicável a fim de buscarmos o aperfeiçoamento contínuo e satisfazer plenamente as expectativas do cliente”, ressalta a advogada que é especialista em direito

agrário e ambiental. Caroline explica que o Grupo Legalizar realiza diversos investimentos para ampliar o alcance de mercado. “No último ano tivemos a introdução de novas áreas em nossa prestação de serviços, criação de um software de controle de processos e prazos, além da contratação de novos profissionais que passaram a integrar nossa equipe”, conta. A marca já fidelizada no seguimento será homenageada na categoria Empresa Sustentável do Fato Empresarial. “Dizemos que somos especialistas em burocracias, porque aqui os clientes encontram soluções e todo o suporte necessário. Acreditamos que o evento será uma comemoração dos desafios vencidos e um belíssimo reconhecimento do nosso grupo como destaque na área da sustentabilidade”, pontua a empreendedora.

NUCLEMIG

ma empresa de tradição é aquela que por um longo período consegue transmitir aos seus clientes confiança, credibilidade e qualidade dos serviços, atributos esses que o Núcleo de Formação Profissional de Minas Gerais - Nuclemig tem ofertado há mais de 25 anos em sua área de atuação. Em Ubá a unidade foi inaugurada em 2007 e após uma década de exercício na Cidade Carinho, a instituição reúne resultados admiráveis. “Participamos da qualificação profissional de milhares de alunos. Nosso objetivo é de auxiliá-los a fim de que eles possam conquistar uma melhor colocação no mercado de trabalho ou o primeiro emprego”, afirma Marcos Aurélio Lázaro de Moura, sócio-proprietário e diretor da Nuclemig Ubá. A vinda do empreendimento para a cidade aconteceu após a mãe de Marcos, a experiente empresária Sônia Maria Lázaro de Moura, enxergar um novo campo de atuação em Ubá, local que até então se via carente de mão de obra qualificada. “É muito gratificante poder levar oportunidade de crescimen24 Revista Fato! - Outubro 2017

to para as pessoas e contribuir na realização de sonhos, nos orgulhamos bastante disso! Ainda temos muito que crescer e contamos com o apoio, talento e profissionalismo de toda a nossa equipe”, comenta Sônia. A Nuclemig será homenageada no Fato Empresarial como “Empresa Tradição” e Marcos Aurélio revela que o evento será a ocasião ideal para brindar um ano de consideráveis vitórias. “Temos grandes expectativas quanto ao acontecimento, pois será a celebração de 10 anos de muito trabalho, dedicação e conquistas”, destaca. Ao somar tamanha experiência, o sócio-proprietário considera que o bom atendimento e a inovação são as chaves para o sucesso. “Ouvimos e respeitamos nossos alunos em primeiro lugar. Procuramos oferecer um ambiente agradável e acolhedor para que se sintam a vontade e verdadeiramente em casa!”, conclui.

Foto: Fotografe

U

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL DE JOVENS E ADULTOS


Capa

Foto: Servando Lopes

LUCIANA SEGHETTO PERSONALIZADOS “A ÚNICA MANEIRA DE FAZER UM EXCELENTE TRABALHO É AMAR O QUE VOCÊ FAZ”

L

uciana Seghetto descobriu no artesanato uma grande paixão! A prática ainda na adolescência era um hobby paralelo aos estudos e tornou-se uma profissão somente após a maternidade. “Depois de me tornar mãe, em meio aos preparativos para a comemoração do primeiro aniversário do meu filho, percebi que não havia produtos diferentes e que atendessem a minha necessidade. Por conta disso, confeccionei todas as lembrancinhas da festa e a partir daí surgiu a ideia de criar a minha empresa e dar os primeiros passos rumo ao negócio dos meus sonhos”, comenta. Durante esses 4 anos de trabalho, a artesã buscou aprimorar-se no seguimento, investindo em maquinário e na ampliação da variedade de itens. “Oferecemos personalizados para momentos marcantes como nascimentos, aniversários, casamentos, kits

corporativos, brasões em metal exclusivos, convites para todos os tipos de eventos, linha de saboaria artesanal e difusores de ambientes”, lista a empresária. Ganhando a confiança e credibilidade dos clientes, a profissional, ao lado de seu esposo Romildo Fernando, tem se tornado referência no setor. “Priorizamos sempre a excelência no atendimento, as constantes inovações e o carinho em cada produto confeccionado à mão”, ressalta. Pelo 3º ano consecutivo, Luciana Seghetto será homenageada na categoria Master do Fato Empresarial. “Estamos no mercado há 4 anos e nossa trajetória tem sido escrita junto a equipe da Revista Fato!, o que nos traz grande satisfação. Atribuir nosso crescimento a essa parceria só nos enche de orgulho!”, conclui.

Revista Fato! - Outubro 2017

25


Capa

ODONTOLOGIA QUEIROZ “BEM-AVENTURADO SEJA O PROFISSIONAL QUE TEM, TODOS OS DIAS, A MELHOR RECOMPENSA QUE PODERIA TER: O SORRISO DE ALGUÉM”

A

Foto: Servando Lopes

Odontologia Queiroz é fruto de um sonho idealizado pela cirurgiãdentista Lorena Soares Queiroz. A profissional graduada pelo Centro Universitário Newton Paiva, se estabeleceu em Ubá há 6 anos e fidelizou uma gama de pacientes em virtude de sua extrema competência. Recentemente inaugurou mais uma clínica, a qual já se destaca no ramo e será homenageada na categoria Master. Localizada na Rua Matilde Rocha Balbi, Centro, a Odontologia Queiroz realiza procedimentos odontológicos gerais e especializados, visando o bem-estar e saúde dos pacientes. Lorena que é especialista em ortodontia e pósgraduanda em implantodontia, reuniu em um único espaço profissionais capacitados que realizam uma variedade de serviços como: lentes de contato dental, implantes, clareamento, próteses, tratamento de gengiva, aparelhos metálicos e es-

téticos, restaurações, canais e outros serviços que contemplam prevenção, reabilitação e estética. “Com a evolução dos métodos e equipamentos odontológicos, foi necessário expandir nosso campo de atuação por meio de um novo ambiente, compatível com as tendências, mas mantendo a qualidade de sempre. Na Odontologia Queiroz apostamos em um atendimento de excelência para garantir o sorriso dos nossos clientes”, afirma. A dentista que já foi capa da nossa edição de saúde e abrilhantará o Fato Empresarial, destaca o impacto do seu trabalho na sociedade. “O que nos mantêm motivados é saber que estamos fazendo a diferença para as pessoas e a nossa atuação tem sido reconhecida também por outros profissionais e parceiros da área. É muito gratificante ter um retorno positivo, isso nos faz aprimorar cada dia mais”, encerra.

FLUITÁ

O

personal organizer é um profissioal muito eficaz e que consegue otimizar a rotina pessoal ou administrativa de pessoas, estabelecimentos ou organizações. Em Ubá, as administradoras de empresas, Lindisse Massardi e Jô Cassiano trouxeram de forma pioneira o serviço, atendendo a uma variedade de seguimentos através da Fluitá. Comemorando 1 ano de mercado, a assinatura que conquistou seu lugar pela credibilidade e comprometimento, será homenageada na categoria Empresa Revelação do Fato Empresarial. “Nos conhecemos durante a faculdade e tínhamos o sonho de trabalhar juntas em algo que realmente fizesse a diferença no dia a dia do cliente. Organizar era uma paixão em comum e então decidimos buscar conhecimento e nos profissionalizar na área. Assim surgiu a Fluitá, que veio para transformar a vida das pessoas através da organização”, comenta Jô. Atendendo a diversas demandas, a empresa atua na organização residencial (closet, guarda roupa, brinquedoteca, sala, cozinha, área de ser26 Revista Fato! - Outubro 2017

viço), home office, personal baby, pós-luto, pré wedding, estoques e documentos. Lindise explica que além de criar alternativas e sugestões para uma melhor disposição do ambiente, o atendimento busca trazer mudanças comportamentais para que a disciplina seja parte da rotina do indivíduo. “Nós nos preparamos muito para atuar como personais organizers, é um trabalho que exige bastante estudo e análise do perfil da pessoa visando oferecer um serviço específico e de acordo com a necessidade de cada um”, afirma. “Nossa missão enquanto personais organizers é levar praticidade, economia e funcionalidade dentre vários outros resultados que acontecem por meio da organização que realmente são incríveis. Esse processo pode gerar benefícios que são muito expressivos tanto no meio familiar quanto no local de trabalho”, declaram as profissionais. Para nós, da Revista Fato!, é uma honra poder fazer parte da história dessa empresa desde a sua criação!

Foto: Servando Lopes

PERSONAL ORGANIZER


Capa

DELAZARI PROJETOS Foto: Servando Lopes

EXCELÊNCIA EM ARQUITETURA E DESIGN DE INTERIORES

A

Delazari Projetos está presente no mercado há 23 anos oferecendo qualidade e excelência em projetos arquitetônicos e design de interiores. A empresa, que já coleciona prêmios e merecido reconhecimento devido ao brilhantismo e dedicação de seus profissionais, será homenageada pela segunda vez na categoria Master. Administrada por Lu Delazari e Pedro Delazari, eles destacam que a missão da empresa é transformar sonhos em realidade. “Nossa empresa começou com minha mãe, Lu Delazari, na área de design de interiores. Na época, não havia tantos profissionais no ramo e a Delazari Projetos se destacou por oferecer um serviço exclusivo e de qualidade. Trabalhamos com a identificação do perfil do cliente para atender às suas necessidades e surpreendê-lo com o resultado”, comenta Pedro Henrique, formado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Viçosa - UFV e graduando em Engenharia Civil pela Fundação Presidente Antônio Carlos - FUPAC

em Ubá. A empresa oferece uma ampla variedade de serviços como: projetos aquitetônicos, projetos de acabamentos, design de interiores, consultoria para compra de terrenos, projetos compartilhados, além da administração de construções com equipe e maquinário próprio. “A cada ano estamos aprimorando nossa prestação de serviços, por isso, sempre participamos de feiras e congressos a fim de conhecer e trazer as inovações do setor. Nossa motivação diária é a satisfação dos clientes, afinal enxergar no semblante deles que seus anseios foram correspondidos não tem preço!”, afirma o arquiteto. Para fidelizar o público e se manter firme no mercado, Pedro destaca que a Delazari Projetos preza pela pontualidade e qualidade: “em respeito ao nosso cliente, buscamos atingir suas expectativas e cumprir com os prazos estipulados, para que dentro do tempo combinado ele tenha o seu projeto em mãos e concretize o seu sonho”.

Revista Fato! - Outubro 2017

27


Capa

IMPORTAÇÃO E FABRICAÇÃO DE SEMIJOIAS

C

om experiência em vendas há 12 anos, a jovem empresária Samantha Azevedo Esser iniciou sua carreira com semijoias comercializando entre amigas e algumas clientes. “Comecei com muita força de vontade, porém sem grande expectativa. Eu havia saído de uma empresa que exigia muito de mim, por isso estava completamente exausta. Mas me dediquei e estudei com afinco sobre esse novo negócio. Assim, coloquei em prática meus conhecimentos e seguimos em frente”, conta a empreendedora que dá nome a marca. Com a crescente demanda e sucesso nas vendas, em 2012 Samantha enxergou a oportunidade

da abertura de um shoowroom em um edifício comercial na cidade. Desde então, a procura aumentou de tal forma que 2 anos depois ela abriu sua primeira loja física na Rua Matilde da Rocha Balbi, no Centro de Ubá. No início deste ano, o estabelecimento mudou-se para outro ponto na mesma rua, em um espaço mais amplo e confortável. Consolidada no mercado, hoje a assinatura Samantha Esser atua na importação e fabricação de semijoias para vendas no varejo, atacado e lojistas, além de possuir revendedores em todo o Brasil e no exterior. “Desenvolvemos nossas coleções com amor! Nosso foco não é simplesmente vender, mas sim satisfazer nossos clientes e motivar nossa

equipe”, declara a empresária que inaugurou recentemente uma sede em São Paulo. A marca presente pela primeira vez no Fato Empresarial irá compor a categoria Master. “Tenho certeza que participar dessa festa será uma grande oportunidade, pois ela traz uma visibilidade incrível além de ser a ocasião propícia para comemorarmos nossas conquistas”, comenta Samantha, que afirma ter no zelo com as pessoas total prioridade. “Nós cuidamos de nossas clientes como únicas! Não importa o que ela está comprando, nem quanto está comprando, e sim como ela está se sentindo em comprar conosco!”, finaliza.

ÓTICAS CAROL

R

icali Pereira Rodrigues é proprietário das unidades da franquia Óticas Carol nas cidades de Juiz de Fora, Visconde do Rio Branco e Ubá. Desde 2011, o empreendedor tornou-se franqueado da marca conhecida nacionalmente pela qualidade de seus produtos e bom atendimento ao consumidor. Pela 3ª vez consecutiva, a ótica será homenageada na categoria Empresas do Ano no Fato Empresarial. Atuante na venda das melhores linhas nacionais e importadas de armações, óculos solares e lentes oftálmicas, a rede também dispõe de um laboratório digital com a mais alta tecnologia do setor. “Minha família está no ramo há 45 anos. Tínhamos nossa própria marca e queríamos nos reinventar, dessa forma, veio a proposta de nos franquear a Óticas Carol e optamos por fazer parte desse time devido ao diferencial da em28 Revista Fato! - Outubro 2017

presa, layout dos produtos, qualidade das campanhas publicitárias e ações comerciais. Enfim eram muitas vantagens”, comenta Ricali. Quanto a presença no Fato Empresarial, o gestor destaca que será um momento de celebrar os êxitos obtidos durante o ano. “Participar deste evento é uma grande possibilidade de apresentar nossos diferenciais e as oportunidades que podemos oferecer à população de Ubá e região. Além de celebramos ao lado de nossos colaboradores os bons resultados do nosso empenho e dedicação ao que fazemos. Sempre temos um feedback super positivo de nossos clientes que enxergam o Fato Empresarial como uma homenagem às melhores empresas e profissionais da região”, encerra.

Foto: Arquivo Pessoal

“SE SOMOS CAPAZES DE SONHAR, SOMOS CAPAZES DE REALIZAR!”


Capa

J. XAVIER IMÓVEIS

O

empreendedorismo é algo que corre nas veias desta família, afinal, há mais de quatro décadas a J. Xavier Imóveis desempenha com maestria suas atividades em Ubá e expandindo suas parcerias por toda a região sudeste. A frente do negócio está o experiente José Xavier Filho que é diretor e majoritário da empresa. Com ele também estão seus filhos, Matheus, Guilherme e Thiago Xavier, além do irmão e sócio, Júlio César Xavier. A firma atua nos serviços de locação e venda de imóveis em diversos segmentos, bem como na área de loteamentos e também na rede de construção de prédios comercias e residenciais, onde conta com a parceria da CPA Arquitetura e da Construtora Ubá. “O respeito muito grande aos clientes é o nosso maior diferencial. Fazemos tudo com o máximo de critério, atentos a cada detalhe e mantendo sempre uma postura profissional. Embora atuar no ramo imobiliário seja uma atividade árdua, nossos colaboradores são capacitados e especializados

em todas as áreas de maneira que possamos sempre oferecer o melhor aos nossos clientes”, ressalta José Xavier Filho. Para o empreendedor que irá compor a categoria Master do Fato Empresarial, a assinatura J. Xavier Imóveis é algo que faz parte da sua vida. “A J. Xavier é como a minha família, representa muito para mim. É uma firma pela qual nutro uma grande dedicação, pois tudo o que conquistei até hoje foi ela que me proporcionou. Nossa marca tem a característica de abrir um leque muito grande de oportunidades para todos nós que estamos envolvidos com ela. Posso dizer

Foto: Servando Lopes

41 ANOS DE TRADIÇÃO E EXCELÊNCIA

que tudo o que faço por meus entes queridos, faço também pela J. Xavier, pois sei o quanto ela representa. Não somos perfeitos, mas trabalhamos muito para chegar sempre o mais perto possível da perfeição”, finaliza.

Revista Fato! - Outubro 2017

29


Capa

MEDIDA CERTA O SEU JEITO DE VESTIR BEM

D

Foto: Servando Lopes

evido a grande dificuldade em achar roupas da moda e em números maiores, há 7 anos Ninha Moreira resolveu abrir uma loja direcionada para pessoas que tinham esse mesmo impasse em suas compras. A Medida Certa Moda Feminina Plus Size conquistou uma generosa cartela de clientes e será homenageada na categoria Empresas do Ano no Fato Empresarial. “Acredito que tive êxito em meu propósito de ajudar mulheres assim como eu, pois é enorme a quantidade de pessoas que chegam à minha loja desanimadas e frustradas, mas saem de lá com um sorriso no rosto. Isso para mim é muito gratificante!”, ressalta. Ninha conta que o brilho de seu negócio é todo o amor que ela dedica ao seu trabalho,

visando ter produtos de qualidade e um bom atendimento. “Amo o que faço! Sinto enorme prazer em me vestir bem, e poder proporcionar essa sensação para diversas pessoas é maravilhoso! Dessa forma, escolho a dedo e com muito carinho todas as roupas presentes em minha loja, para assim garantir a satisfação dos compradores”, afirma. Em relação ao Fato Empresarial, a profissional espera que o evento seja um sucesso e que surpreenda a todos da melhor maneira possível. Também ressalta que o investimento em publicidade é de extrema importância. “Por ser uma empresa de nome e boa credibilidade, as parcerias com a Revista Fato! sempre me trazem um bom retorno”, conclui.

PMR ASSESSORIA TRIBUTÁRIA E CONTÁBIL

P

resente pela segunda vez no Fato Empresarial, o empreendedor e professor universitário Paulo Marcos Marques Roque é proprietário da PMR Assessoria Tributária e Contábil. Apesar de o negócio ter apenas 2 anos de atuação, Paulo já soma mais de uma década de experiência no ramo, o que fez com a PMR se destacasse rapidamente entre as empresas do segmento. Em tempos cuja palavra “crise” despertava insegurança no mercado, o profissional “remou contra a maré” e mediante ao cenário desfavorável, enxergou uma oportunidade de prestar serviços específicos para cada estabelecimento, apresentando soluções e minimizando os riscos gerenciais. “Trabalho no setor contábil há 13 anos, mas somente em 2015 eu assumi formalmente meu próprio negócio. Durante todo esse tempo, aprendi que além de serviços contábeis, os clientes necessitavam de um acompanhamento que somente a assessoria de gestão e suporte poderia oferecer”, explica. Desde então, a PMR vem inovando atráves da prestação de consultorias internas e de gerenciamento para pequenas e médias empresas. “Trabalhamos com rotinas de escritório contábil, gestão de resultados e ainda ministro palestras e treinamentos corporativos para administrado30 Revista Fato! - Outubro 2017

res e contadores em ambitôs contábil, fiscal e tributário”, comenta. O negócio tem obtido resultados satisfatórios e conquistado espaço em Ubá, logo, ampliando sua área de atuação a outras regiões, como exemplo, as cidades de Rio Pomba, Juiz de Fora, Viçosa, Rio Preto, Guidoval, Senador Firmino e até mesmo na capital Belo Horizonte. “A consolidação no seguimento tem fomentado a confiança dos nossos clientes e parceiros que percebem os resultados positivos para seus estabelecimentos, e esses retornos nos abriram portas cada vez maiores”, ressalta. Patrono da 5ª edição do Fato Empresarial e empreendedor nato, Paulo Marcos destaca os motivos que fazem sua marca crescer a cada ano e se consolidar no seguimento. “A PMR se firmou justamente em um período instável para muitos empresários. Nosso objetivo é mostrar para eles que é possível não fazer parte desse grupo de empreendimentos arriscados, por meio do planejamento gerencial e administrativo, com consciência dos procedimentos contábeis e minimizando os riscos financeiros e fiscais. Acreditamos que o nosso diferencial é prestar um atendimento objetivo, dedicado e exclusivo para o cliente”, encerra.

Foto: Servando Lopes

QUALIFICAÇÃO PROFISSIONAL DE JOVENS E ADULTOS


Capa

Foto: Servando Lopes

CLÍNICA SER NATURAL “MAIS IMPORTANTE DO QUE SE CHEGAR LONGE É A FORMA COMO SE CONSTRÓI O CAMINHO”

H

á 8 anos uma proposta para adquirir uma empresa já em funcionamento, fez com que o casal Maxmiliano Camilo Batista e Nathália Carvalho Costa colocasse em prática a aptidão para empreender. Logo, o comprometimento, trabalho em equipe e planejamento fizeram com que a Clínica Ser Natural se firmasse no mercado. O estabelecimento oferece serviços que visam à promoção da saúde e bem-estar dos clientes. “Tínhamos o interesse em ter um escritório para melhor atender as empresas que buscavam consultoria em ergonomia e gestão de pessoas. Nesse momento, surgiu o convite para adquirir a Clínica Ser Natural, que na época já estava em funcionamento há 4 meses. Desafio aceito! Então iniciamos um processo de restruturação dos serviços prestados, bem como em seu espaço físico, atendimento e equipe de trabalho”, conta a sócia-administradora Nathália Carvalho. No último ano o estabelecimento passou por reformas físicas e de gestão a fim de otimizar o

desempenho e a credibilidade no mercado. “Nossa intenção é ser referência na área. Além disso, nosso corpo clínico é capacitado para oferecer sempre o melhor atendimento. Objetivamos disponibilizar de forma completa, serviços de saúde que trabalhem o bem-estar e o desenvolvimento integral do ser humano, visando sempre melhorar a qualidade de vida das pessoas”, comenta. A Clínica Ser Natural realiza atendimentos Psicológicos, Hipnose Terapêutica, Médico e Fisioterapêutico nas especialidades de Quiropraxia, Osteopatia, RPG, Pilates, Terapias Manuais. “O sucesso surge para quem se dedica, empenha e faz. No entanto, mais importante que se chegar ao longe é a forma como se constrói esse caminho. Confiamos que o Fato Empresarial será uma ótima oportunidade de mostrar nosso trabalho para Ubá e região e engrandecer nosso negócio”, afirmam Maxmiliano e Nathália, homenageados na categoria Casal Empreendedor.

Revista Fato! - Outubro 2017

31


Capa

A CRIATIVIDADE EM VIDROS!

D

esde 2015 a frente da Vidraçaria San Rafael, o casal de empreendedores Janaina Lopes e Bruno de Moura, parceiros em mais uma edição do Fato Empresarial, encarara com muito carinho e dedicação a missão de gerir seu próprio negócio. O estabelecimento é especializado na instalação de vidros comuns e temperados, box de banheiros, janelas,sacadas, portas, espelhos comuns, bizotados, decorativos e acrílicos em geral. “Iniciamos o nosso trabalho por meio de uma proposta que recebemos para adquirir a Vidraçaria San Rafael. Aceitamos o desafio e apostamos todas as nossas fichas na empresa. Deu certo! Desde então, buscamos nos manter atualizados em relação ao que há de mais novo

no mercado trazendo as principais novidades do setor. Diante disso, o retorno positivo dos nossos clientes, sem dúvida alguma, é a nossa maior motivação”, comenta a sócia-proprietária. Pelo segundo ano consecutivo, a Vidraçaria San Rafael irá compor o time de homenageados na categoria Empresas do Ano. “Para quem deseja empreender, realmente é preciso muito empenho. A crise que assola o país atinge a todos e a principal saída é tornar a sua prestação de serviço diferenciada no mercado. Nós apostamos em bom preço, atendimento cordial e agilidade nas entregas. Acerca do investimento em marketing, o Fato Empresarial nos trouxe uma visibilidade incrível além de ser uma festa linda. Temos certeza de que esse ano será ainda melhor!”, ressalta Janaina Lopes.

BEM BONITA ESMALTERIA ESCOLHIDA A DEDO PARA VOCÊ!

A

Bem Bonita Esmalteria é a queridinha entre as mulheres da cidade! Administrada pelos sócios-proprietários Camila Batalha Nogueira e Pedro Henrique Gino Soares, a empresa oferece uma variedade de serviços como: manicure e pedicure, spa dos pés e das mãos, alongamentos de gel e acrigel e colocação de unhas postiças. Além disso, o centro de beleza conta com atendimento nas áreas de design de sobrancelhas, depilações, maquiagens e tratamentos capilares. O negócio já estava em funcionamento quando foi adquirido por Camila e Pedro no final do ano passado. O casal logo se empenhou em dar uma nova identidade a marca e ao espaço físico visando melhor atender aos clientes. “A Esmalteria já estava funcionando quando assumimos a direção em dezembro de 2016. Tivemos 32 Revista Fato! - Outubro 2017

mudanças significativas como a logo e o local de funcionamento. Dessa forma, conseguimos otimizar o nosso trabalho e deixar o estabelecimento com a nossa cara”, comenta a gestora. Participando do Fato Empresarial pela primeira vez, os proprietários receberão a homenagem na categoria Casal Empreendedor. “Destacamos que o brilho do nosso negócio é a qualidade na prestação de serviços. Buscamos sempre trazer as principais tendências e inovações a fim de superar as expectativas dos clientes. Em relação ao Fato Empresarial, estamos ansiosos para a chegada do evento, pois é uma ação de grande visibilidade e prestígio, reconhecida em toda a região”, finalizam.

Foto: Servando Lopes

Foto: Servando Lopes

VIDRAÇARIA SAN RAFAEL


Capa

AUDIOCENTRO Foto: Servando Lopes

APARELHOS AUDITIVOS

A

s irmãs, Renata e Roberta, formam uma dupla de Mulheres Empreendedoras homenageadas na categoria Empresas do Ano do Fato Empresarial 2017. Renata é fonoaudióloga há 12 anos e Roberta atua como advogada há mais de 16. Juntas, elas investiram em uma área diferenciada e carente na cidade, estando a seis anos à frente da Audiocentro, empresa especializada em venda e manutenção de aparelhos auditivos e acessórios do gênero, além de oferecerem também o Teste da Orelhinha. “Nossos diferenciais incluem garantia dos serviços, assistência pré e pós venda dos aparelhos e, à cima de tudo, somos profissionais habilitadas e qualificadas”, elas explicam. Elas observaram uma necessidade no mercado local e trabalharam para atender a demanda com excelência nesta área de atuação. “Atribuímos nosso sucesso, primeiramente, à Deus; à todos que acreditam em nosso trabalho e, claro, à todos os colaboradores que formam nossa equipe, desde a atendente, até o pessoal do laboratório e as fonoaudiólogas, pois formamos um time que busca melhor atender”, afirmam. A Revista Fato! dá as boas-vindas pelo segundo ano consecutivo à estas duas batalhadoras ao glorioso grupo de empresas que fazem parte do Fato Empresarial. É um prazer tê-las conosco!

Revista Fato! - Outubro 2017

33


Capa

PHOTOBOX CABINE DE FOTOS

A

cabine Photobox digital é uma atração inovadora e criativa que atende a todos os tipos de eventos: casamentos, 15 anos, festas de família, festas corpo-

rativas, formaturas, festas temáticas entre amigos e eventos afins. Desenvolvida através de um design moderno e discreto, que combina com qualquer espaço, sem atrapalhar a decoração dos ambientes, as pessoas podem tirar suas fotos que são reveladas instantaneamente, em tamanho 10 X 15 cm, com a melhor qualidade fotográfica do mercado. O objetivo da empresa é levar mais diversão e entretenimento para os eventos com muita criatividade e alegria. Segundo seus proprietários, o jovem casal empreendedor, Joana Peixoto e Luiz Carlos Andrade, todo o ano eles investem em novos modelos de cabines a fim de melhorar a qualidade do

serviço prestado ao cliente: “Procuramos estar em constante evolução. Esse é um tipo de serviço que não se pode acomodar e é necessário sempre trazer novidades aos clientes para que eles tenham cada vez mais interesse pelos nossos produtos.” Joana e Luiz também relatam que os sacrifícos e obstáculos são muitos, afinal é um tipo de trabalho voltado para eventos, onde exige-se dedicação integral aos finais de semana e momentos de lazer. Mas o casal afirma que tudo é feito com muita dedicação para alcançar a satisfação do cliente. É a 3ª edição que a Photobox Cabine de Fotos participa do Fato Empresarial como empresa homenageada. Mas a parceria entre a empresa e Fato é permanente desde a primeira edição do evento.

Foto: Servando Lopes

SERVANDO LOPES FOTO & VÍDEO

H

á 25 anos no mercado, Servando Lopes realiza trabalhos com dedicação e qualidade no ramo da fotografia. Renomado profissional e amigo da Revista Fato!, ele será homenageado na categoria Empresas do Ano. Também fotógrafo oficial do evento, o gaúcho mais mineiro de que se tem notícia traz toda a sua experiência para a nossa festa. Servando atua na cobertura fotográfica de eventos sociais como casamentos, 15 anos, festas infantis e comemorações, realiza trabalhos como ensaios, retratos e produções de catálogos para confecções e produtos em seu estúdio e locações externas. Além disso, realiza fotografias institucionais para empresas e feiras de negócios como a FEMUR (fotógrafo oficial das seis últimas edições). Sobre sua motivação para continuar atu34 Revista Fato! - Outubro 2017

ando, ele afirma que antes de tudo é preciso ter amor pelo que faz e ser honesto. “Foco sempre na qualidade, na busca da perfeição, da excelência e em criar relacionamentos duradouros, procurando encantar e surpreender sempre nossos clientes”, ressalta o fotógrafo que enxerga o investimento em publicidade e marketing sempre como uma excelente oportunidade para todas as marcas. Homenageado pela 3ª vez no evento, Servando tem grandes expectativas de estreitar novos contatos no Fato Empresarial. “Sem dúvida nenhuma é uma festa que traz visibilidade a todo negócio e aos profissionais que participam. Afirmo sem medo de errar que é hoje um dos pontos altos de confraternização do empreendedorismo da região”, encerra.

Foto: Servando Lopes

OPORTUNIDADES NOS FAZEM IR ALÉM


Capa

PHILIP COSTA PRODUÇÕES Foto: Servando Lopes

EVENTOS EM GERAL

A

gregando seu nome e conseqüentemente sua marca ao maior evento empresarial da região, Philip Costa de Abreu (37) é graduado em ciências contábeis e há 14 anos trabalha no seguimento de organização de festas. A Philip Costa Produções, homenageada na categoria “Empresas do Ano” do Fato Empresarial, tem como foco a qualidade no atendimento e excelência nos serviços prestados aos clientes. “Tudo começou através de um projeto criado por mim para o aniversário do meu sobrinho. Após a comemoração recebi diversos elogios de amigos e de convidados que ficaram extasiados com o resultado. Então pensei que seria a oportunidade ideal para iniciar o meu próprio negócio fazendo o que amo!”, comenta Philip, que atualmente realiza a organização de casamentos, formaturas, 15 anos, bodas e eventos corporativos. No intuito de oferecer um atendimento

amplo, a empresa disponibiliza aos seus clientes à contratação de serviços completos para eventos, tudo isso sem deixar de acompanhar as tendências e inovações do seguimento. “Buscamos prestar serviços com qualidade e profissionalismo, priorizando sempre nossos clientes, e treinando nossa equipe por meio de cursos, feiras e congressos do ramo”, afirma. Sobre o Fato Empresarial, o expert em criatividade destaca que sem uma boa ação de marketing, não é possível alcançar novos clientes e propagar a marca. “Acredito que um dos melhores investimentos é a propaganda, pois quanto mais conhecida for a nossa assinatura, melhor! Por meio de divulgações de credibilidade como as da Revista Fato, alcançaremos um público que se transformará em cliente ao conhecer o nosso trabalho. O evento com toda a certeza será uma excelente ponte entre nós da Philip Costa Produções e os consumidores”, finaliza.

Revista Fato! - Outubro 2017

35


Capa

SABRINA BRUNETTI CERIMONIAL AJUDANDO A VOCÊ A REALIZAR SEU SONHO!

O

Foto: OpenStúdio

cerimonialista tem papel fundamental na organização de comemorações como: casamentos, aniversários, bodas ou eventos corporativos. Com a importante missão e responsabilidade de cuidar de todos os detalhes, ele agiliza desde a pré-produção à contratação de fornecedores e solenidades para o grande dia. Com 3 anos de experiência no ramo, a cerimonialista Sabrina Brunetti enxergou na profissão uma oportunidade de atuar com o que sempre gostou. “Sempre fui apaixonada pelo momento do matrimônio, então quando surgiu um curso na área, não perdi tempo! Fiz e me qualifiquei a fim de poder fazer parte de momentos que são realmente únicos na vida das pessoas desempenhando um trabalho de excelência”, conta.

Com uma equipe de profissionais qualificados, a empresa atende a diversas situações como supervisão de fornecedores, recepção e acomodação de convidados, procedimentos solenes como entrada dos noivos e trâmites. “Realizamos o planejamento completo para garantir a tranquilidade de todos. Quando finalizamos e vemos o sorriso dos contratantes, temos a certeza de que estamos no caminho certo e fazendo o nosso melhor!”, diz. “Nossa função é garantir que tudo ocorra conforme planejado, de forma harmoniosa e perfeita. Acreditamos que o cuidado, atenção, delicadeza e prestatividade são palavras de ordem em um bom cerimonialista”, afirma Sabrina Brunetti que será homenageada na categoria Empresas do Ano no Fato Empresarial.

CASA DOS CUPCAKES

D

oces, bolos e tortas que encantam pela beleza e sabor! Seja para festas de aniversário, casamentos ou formaturas, a mesa de doces dão um toque especial a qualquer evento. Referência no setor, a Casa dos Cupcakes há 5 anos tem se consolidado na produção de doces finos e personalizados. O estabelecimento parceiro da Revista Fato será homenageado na categoria Empresas do Ano. Prezando pela qualidade dos produtos, Marcela Dias de Souza e seu marido Fabrício Santos de Souza, apostaram todas as fichas no negócio. “A Casa dos Cupackes iniciou após o nascimento da nossa segunda filha. Decidi ficar em casa para cuidar das crianças e comecei a fazer doces para complementar a renda. Depois de algum tempo as encomendas foram só aumentando e isso fez com que meu esposo viesse trabalhar comigo em período integral”, conta Marcela. Dispondo de uma variedade de doces e 36 Revista Fato! - Outubro 2017

tortas, a Casa dos Cupcakes atende a um público variado, com artigos personalizados de acordo com a preferência dos clientes. “Oferecemos mais do que doces, proporcionamos um momento prazeroso a quem degusta nossos produtos! Priorizamos sempre a qualidade da nossa matéria prima e colocamos amor em tudo o que fazemos. Mais do que ser bonito, o doce deve ter um sabor sem igual!”, destaca a empresária. Dona de receitas mágicas, Marcela admite o sucesso de suas iguarias: “Acreditamos que nosso diferencial de mercado é o bom atendimento, a qualidade dos produtos e, sobretudo, o sabor. E como o Fato Empresarial é um evento que cresce a cada ano, essa é uma grande oportunidade de mostrar nosso trabalho para novas pessoas”.

Foto: Servando Lopes

TRANSFORME SEU DIA EM UM DOCE MOMENTO


Capa

CENTRO ESTÉTICO ATITUDE

A

esteticista Leia Damasceno é mais uma das Mulheres Empreendedoras que serão homenageadas na 5ª edição do Fato Empresarial! Proprietária do Centro Estético Atitude, ela participará pela primeira vez do evento. Há 26 anos no ramo, Leia conta que o brilho do seu negócio são seus clientes e que sem eles não haveria a empresa nem a profissional. Formada em Medicina Estética pelo CETEC/RJ, ela oferece os serviços de limpeza de pele, massagem com pantala, massagem de escultura corporal, drenagem linfática manual, massagem facial, relaxante ou com exercícios para linhas de expressão, crioterapia e outros. “Realizo todos os tratamentos em estética”, resume a proprietária, que procura se atualizar sempre participando de con-

gressos e cursos da área. Por ser a primeira vez no Fato Empresarial, Leia Damasceno está com boas expectativas para o acontecimento e acredita que a festa proporcionará uma grande visibilidade ao seu nome e ao Centro Estético Atitude. “Quem não é visto não é lembrado, por isso é indispensável apostar nesse tipo de promoção”, afirma. Ao eleger 2017 como seu melhor ano profissional, ela também é enfática quanto a importância de seus clientes para o sucesso do seu trabalho. Segundo a esteticista, o atendimento diferenciado é o que garante a fidelização do consumidor: “O que define minha empresa é tratar cada cliente como se fosse único. Esse é o princípio que me mantém no mercado há tanto tempo”.

Foto: Servando Lopes

“ESCOLHA UM TRABALHO QUE VOCÊ AME E NÃO TERÁ QUE TRABALHAR UM ÚNICO DIA EM SUA VIDA”

Revista Fato! - Outubro 2017

37


Aconteceu Por Tainara Martinho

ASCOM Fagoc

2ª CORRIDA RÚSTICA FAGOC - EDIÇÃO NACIONAL EVENTO REUNIU PARTICIPANTES DE DIVERSAS CATEGORIAS

N

o dia 17 de setembro as ruas da cidade de Ubá foram tomadas pelos amantes do esporte durante a 2ª edição da Corrida Rústica Fagoc. O evento promovido pela Faculdade Governador Ozanam Coelho contou com a participação ilustre do medalhista olímpico Robson Caetano, reunindo corredores profissionais e amadores de diversas categorias. Em 2017 o acontecimento passou a ser de amplitude nacional e recebeu a chancela e supervisão da Federação Mineira de Atletismo (FMA), integrando o calendário da Confederação Brasileira da referida modalidade. A concentração teve início às 9h00 na Praça Guido Marlière, onde os inscritos receberam um kit contendo a camisa oficial do evento, chip para cronometragem e número de identificação. “Foi um torneio com atletas de alto nível, com os quais já disputei em outras ocasiões. Sob um calor forte da cidade e mesmo com as dificuldades, conquistei uma boa colocação, me classificando entre os 10 melhores da categoria geral masculino e o 1º colocado entre os atletas de Ubá”, destaca o corredor profissional, Nélio Durso. “Essa foi a primeira corrida que participei de forma ativa e isso me instigou a buscar um melhor condicionamento físico para as futuras competições da região. Realmente eu sinto que me superei, pois não possuo o perfil atlético, mas tenho muita garra para buscar o meu melhor. Foi puxado, entretanto, venci meus limites. Fiquei orgulhosa pelos 6,2 KM percorridos”, afirma a advogada, Thaise Talma Sartori, de 34 anos. Ela ainda enfatiza a importância de eventos desse porte para o município. “Essa iniciativa promove a saúde, qualidade de vida, interação da comunidade, além de gerar atratividade para os co38 Revista Fato! - Outubro 2017

A competição ranqueada dividiu-se nas categorias: 10Km Masculino; 10Km Feminina; 10Km Por Categorias; 6.2Km Masculino; 6.2Km Feminina; PCD (6.2km) Masculino; PCD (6.2km) Feminina. merciantes locais que puderam divulgar seus estabelecimentos junto ao público nas tendas de apoio. São ações como essa que constroem amizades, devido aos treinamentos diários promovidos pelas academias e grupos de corrida”, completa. As crianças também tiveram a oportunidade de participar do acontecimento através do circuito infantil da corrida rústica. Apadrinhando a versão “mirim” da corrida, a ex-atleta profissional e educadora física Viviany Anderson, ficou responsável pelas crianças e jovens de 4 a 15 anos. Todos os pequenos corredores ganharam medalhas pela participação.

O atleta Robson Caetano, Padrinho da Corrida Rústica da Fagoc e o Prefeito de Ubá Edson Teixeira hasteando a bandeira em solenidade de abertura do evento.

Thaise Talma e Neilor Sartori, competidores da corrida de 6,2 km.

CORRIDA SOLIDÁRIA Os atletas que participaram da competição realizaram doações em prol da Campanha Corrida Contra a Fome. A iniciativa foi realizada pela Fagoc em parceria com a Prefeitura de Ubá. Os alimentos arrecadados foram destinados ao Banco de Alimentos, entidade que atende pessoas e famílias em situação de vulnerabilidade social. A estimativa da organização é beneficiar cerca de 3,5 mil pessoas.

Nélio Durso, competidor ubaense que se classificou entre os 10 melhores no ranking geral da competição.


Foto: Pedro Roque Fotografia

Maikyanne Sudré

Arquitetura e Urbanismo Arquiteta e Urbanista, Pós-graduanda em Design de Interiores, cursos extensivos nas áreas de arquitetura de interiores, decoração residencial, gestão para escritórios de arquitetura, engenharia e design. Contato: msudrearquiterura@hotmail.com

Mostra

Juiz de Fora 2017

V

ocê já ouviu falar na Casa Design? A mostra é um evento na área de arquitetura, design e paisagismo, fundada em Niterói no ano de 2003. Essas palavras ajudam a definir o que será a terceira edição da Mostra Casa Design, que começou no dia 23 de setembro em Juiz de Fora. São 33 ambientes assinados por 50 profissionais da cidade e região em uma casa repleta de tendências, com ideias acessíveis e adaptáveis a qualquer projeto de interior. A mostra já está presente no calendário cultural da cidade e atrai visitantes de vários lugares do entorno. O nosso escritório assinou um espaço na mostra e o charme já começa pela escolha e definição do espaço: a adega. A estrutura do local elegido conjuga sofisticação e conforto, o que ajudou e muito na definição dos materiais, que tem tudo haver com um ambiente relacionado aos vinhos. Na parte inferior do casarão o local, foi composto com iluminação adequada (iluminação pontual garantindo a atmosfera da cave, ideal para a degustação do vinho), escura e com focos específicos, abrigando as garrafas com folga e grande aproveitamento do espaço. O ambiente de forma estreita em “L” integra a estante dos vinhos, lounge de degustação e repouso para abrigar o morador do espaço. A inspiração vem das adegas de vinhos antigas, empregando materiais modernos e tons escuros para aludir à natureza da bebida. O aço oxy corten, as peças em ferro oxidado (desenvolvidos pela arquiteta) e a madeira ripada foram empregadas trazendo uma pegada moderna e rústica ao ambiente. O local se completa por quadros de espelhos, uma cadeira em couro, banquetas para apoio da bancada e quadro decorativo. O desafio foi chegar a um resultado contemporâneo, sem abrir mão dos elementos rústicos e típicos de uma adega. O momento é de privacidade e intimismo para as degustações. Solucionar o espaço pequeno, aproveitando-o ao máximo, com um número grande de garrafas sem deixar de lado as funções que o ambiente demanda também foi desafiador. O ambiente conta com automação na sonorização e peças de Design assinados por grandes nomes como Rejane Carvalho Leite e Jader Almeida. A mostra fica aberta de quarta a domingo, das 14h00 às 22h00 até o dia 5 de novembro. Você é meu convidado especial a conhecer a Adega Oxy. 40 Revista Fato! - Outubro 2017


Trend Por Vanessa Santos

Cássio Fotografias

1 2

ESTILO DA CABEÇA AOS A cada estação os modelos de calçados se reinventam e surgem mais encantadores. Entre as tendências, destaca-se a inspiração mermaid, que acrescenta ícones do fundo do mar em peças rotineiras. O jeans, a camurça, o salto plataforma e o estilo boho chic também dão o tom aos sapatos que chegam as vitrines para compor as coleções primavera/verão 2018. Faça as suas escolhas e arrase! 3 4

5

6

7

8

9

1. Rasteira transpassada Vicenza – Arpel – R$279,90 | 2. Sandália plataforma Tabita – Tati Calçados – R$268,00 | 3. Bolsa Couro Smartbag – Arpel | 4. Sandália tratorada – Cláudia Dávila – R$189,90 | 5. Sandália plataforma Luiza Barcelos – Tati Calçados – R$338,00 | 6. Rasteira Vicenza – Arpel – R$299,90 | 7. Bolsa Petie Jolie – Tati Calçados – R$148,00 | 8. Sandália jeans Luiza Barcelos – Tati Calçados – R$448,00 | 9. Rasteira Ferruci – Arpel – R$228,00 | 10. Conjunto sandália e bolsa Ferruci – Arpel – R$459,00 | 11. Rasteira Tabita – Tati Calçados – R$168,00 | 12. Sandália camurça Luiza Barcelos – Tati Calçados – R$528,00 | 13. Tamanco veludo – Cláudia Dávila – R$169,90 | 14. Sandália – Cláudia Dávila – R$219,90 15. Rasteira Vicenza – Arpel – R$299,90 42 Revista Fato! - Outubro 2017


Trend 10 11

12

13 14

15


Cartão de Embarque Por Matheus Vieira

VERÃO UMA MOCHILA E UM

Q

La sagrada família, em Barcelona. 44 Revista Fato! - Outubro 2017

Arquivo Pessoal

EUROPEU

uem nunca sonhou em colocar uma mochila nas costas e sair por aí sem destino? Foi o que eu fiz! Agosto de 2017, verão europeu, passando por Portugal e Espanha. Eu disse “até logo” aos amigos e familiares, pois sabia que eles nunca entenderiam. Wanderlust é o nome do que eu “sofro”; um forte desejo de desbravar o mundo e se aventurar no desconhecido, uma caminhada que te leva ao novo. Originalmente o mochilão representa o desapego material e emocional. Mais do que preparo financeiro, ele exige de você um extremo preparo psicológico além de muita coragem. Ir sozinho para outro país, dividindo quarto com pessoas de toda parte do mundo, com cultura e idioma distintos, é uma experiência única que todos deveriam vivenciar. Acreditar mais em si e confiar que você pode e é capaz de realizar seus sonhos é um dos ganhos de viajar dessa forma. Meu roteiro não poderia ter sido mais completo. O trajeto teve início pela capital Madrid, cidade de artes, cultura e arquitetura, berço de três dos mais importantes museus do mundo: Prado, Reina Sofia e Thyssen-Bornemisza. Conhecer a Gran Via (Grande Via) foi um choque para mim, apesar de antigos, edifícios enormes com os mais famosos monumentos fazem o cartão postal da cidade. Se perder pelas ruas estreitas no centro de Madrid é essencial, deixando o seu instinto no estado mais puro te guiar para as praças mais famosas, Puerta Del Sol e Plaza Mayor. Antes de seguir viagem, partilhamos a mais emocionante noite, na mesa de um bar underground – fora dos padrões culturais – o último brinde em Madrid com meus amigos italianos, suíços e franceses: “Salute, Tim Tim, Santé, Saúde” e o tradicional brinde espanhol: “arriba abajo al centro adentro” (acima, abaixo, ao centro e para dentro). A minha primeira experiência na estação de ônibus e trem foi incrível, elas são tão

completas e bem estruturadas quanto os aeroportos. A estrada para Barcelona é como um cenário cinematográfico, composto por plantações de girassóis com moinhos de vento ao fundo e ruínas de igrejas e templos nos alpes. Localizada as margens do Mar Mediterrâneo, Barcelona é considerada capital cultural da Espanha. Conhecer as obras de Gaudí é indescritível, a grandeza de La Sagrada Família, as perfeitas curvas de La Pedre-

Praça do comércio em Lisboa.

Interior de Alhambra, Pal ácio

Nazaries na Espanha.

cias em Valencia. Ciudad de Las Artes y Las Cien


Cartão de Embarque ra, a belíssima Casa Battló, sem falar do famoso Parque Güell. A caminhada para o El Gotic (bairro gótico) é prazerosa, formada por ruas estreitas e com arquiteturas rústicas, uma ótima pedida para quem aprecia o estilo. Entre várias rotas confusas de metrô, vale uma pequena pausa em frente à Catedral de Barcelona para apreciar um músico de rua. O último dia na capital foi um passeio diferente: conhecer as praias de Badalona. Sem mais delongas, hora de continuar a viagem. Valência foi a próxima parada, me hospedei em Old Town (Cidade Velha) e foi o município que mais me surpreendeu, conheci a Ciudad de Las Artes y Las Ciencias onde tive uma das melhores experiências da minha vida: o Oceanografic de Valência. Após três dias peguei o trem para Alicante, Costa do Sol Espanhola e lugar em que está situado o Castelo de Santa Bárbara, o qual é aberto ao público e tem a vista de toda a Baía de Alicante, é lindo! Finalmente chegamos ao ponto alto do itinerário: Granada, município mais belo do território Espanhol, e não é para menos! Com suas estreitas ruas de pedras envolvidas por árvores, é possível ouvir o aprazível canto dos pássaros convidando para um passeio. Subir o bairro de Albaicín e andar por suas vias, que mais parecem labirintos, não é uma missão fácil, mas logo vem a recompensa. Ao al-

cançar o topo, no mirante San Nicolas, há uma vista panorâmica da magnífica Alhambra, uma Fortaleza e rico complexo de Palácios que representam a última resistência Árabe na Espanha. E eu tive a honra de conhecer Alhambra por dentro, entrei em seus Palácios: Nazaries, Carlos V e Generalife. O contato com a maior obra árabe de todos os tempos com certeza teve um grande impacto para mim. Despedi de Granada e segui viagem para Sevilha, minha última parada na Espanha. Visitei a Catedral de Sevilha, lugar no qual se encontra o túmulo e restos mortais de Cristóvão Colombo. E para fechar com chave de ouro, dei uma volta por Plaza de España, cartão postal da cidade. O local parece uma pintura, é inacreditável! Adeus Espanha, hora de dizer olá para Portugal. Cheguei em Algarve, ocasião em que passei por várias cidades litorâneas: Faro, Lagos, Albufeira e algumas ilhas (como a Ilha Deserta de Algarve, Ilha do Farol e etc). Na minha última terça-feira no Algarve, ainda sem saber para onde ir, fui à estação de comboio (trem) e comprei uma passagem para Lisboa, logo, tive a oportunidade de conhecer a fundo a cidade antiga e a nova Lisboa, praças, monumentos, e locais históricos como a Praça do Comércio, Praça das Navegações, Torre de Belém e etc. Em seguida pude visitar Sintra, meu lugar

Plaza de España em Servilha.

favorito em Portugal (vale ressaltar que retornei a Sintra três ou quatro vezes). Meu primeiro dia lá começou com um trekking (caminhada) para chegar ao Castelo dos Mouros, do alto da montanha envolvida pelas muralhas descortina-se uma vista privilegiada de Sintra e de seus principais monumentos, os quais tive o prazer de conhecer nos dias que se sucederam: Palácio da Pena, Quinta da Regaleira, Palácio de Monserrate, entre outros. Enfim, como não posso detalhar como gostaria, fica aqui esse resumo da minha aventura. Desejo que ela possa servir de inspiração e motivação para todos aqueles que possuem o mesmo sonho que eu, explorar o mundo e superar os seus próprios limites. Vale a pena desafiar-se!

ViaJE Com a CVC UbÁ

a CVC tem os melhores preços para você garantir a sua viagem de férias. MILHARES DE OFERTAS NOS MELHORES DESTINOS DO bRASIL E DO MUNDO

porto sEgUro

o pacote de 8 dias inclui passagem aérea, transporte aeroporto/hotel/aeroporto, 7 diárias de hospedagem com café da manhã no Hotel fênix e passeio pela cidade. À vista R$

828 ou 12x sem juros 69 reais

Preço publicado válido para saída 14/outubro.

nataL

o pacote de 8 dias inclui passagem aérea, transporte aeroporto/hotel/aeroporto, 7 diárias de hospedagem com café da manhã no Hotel e passeio pela cidade. residence praia À vista R$

1.068 ou 12x sem juros 89 reais

Preço publicado válido para saída 11/novembro.

bUEnos airEs

fEriado dE noVEmbro

o pacote de 5 dias inclui passagem aérea, transporte aeroporto/hotel/aeroporto, 4 diárias de hospedagem com café da manhã e no Hotel Unique Executive Central passeio pela cidade. À vista R$

1.992 ou 12x sem juros 166 reais

Preço publicado válido para saída 02/novembro.

Loja Exclusiva CVC Ubá...........................................(32) 3532-3157 Rua Treze de Maio, 85 - Loja 10 | Centro (Em frente ao Ubá Tênis Clube)

Prezado cliente: preço por pessoa, em apartamento duplo com saídas de Belo Horizonte, em voo classe econômica. Preços e datas de saída sujeitos a reajuste e disponibilidade. Ofertas válidas até um dia após a publicação deste anúncio. Condições de pagamento com parcelamento 0+12 vezes sem juros no cartão de crédito CVC, 1+10 vezes sem juros no cartão de crédito ou 1+8 no boleto bancário. Sujeito a aprovação de crédito. Cartão de crédito CVC: sujeito a análise de crédito e critério de elegibilidade pelo banco emissor. Companhias aéreas dos pacotes nacionais: Porto Seguro: voando GOL; Natal: voando AZUL. Taxas de embarque não estão incluídas nos preços. Preços calculados com câmbio CVC em 25/09/2017 US$ 1,00 = R$ 3,28 válido por tempo limitado. Pacotes devem ser calculados com câmbio do dia da compra. Base do pacote internacional: Buenos Aires: US$ 607.


Meu Dia D Por Juliana Campos

Pedro Roque Fotografia

Os 5.2 de Marco Aurélio Barletta

O

s 5.2 de Marco Aurélio Barletta Pereira foram festejados em grande estilo. A comemoração aconteceu no dia 5 de agosto e reuniu amigos e familiares numa tarde ensolarada em sua propriedade particular localizada na Miragaia. Aproximadamente 150 pessoas marcaram presença para saudar a nova idade do tão querido “Coré”, assim como é conhecido entre os amigos. Na chegada da festa os convidados receberam uma caneca com gel congelante personalizada, o que mantinha a cerveja super gelada durante toda a comemoração. O Buffet responsável pelas delícias da festa foi o Feital que competentemente fez o seu trabalho. A boa música ficou por conta de Bráulio Hilário

46 Revista Fato! - Outubro 2017

e Banda que cantou os consagrados sucessos do rock and roll. A comemoração contou ainda com a participação especial de dois grandes músicos ubaenses, os amigos do aniversariante, Lenício e Max Barreto, que se apresentou ao lado de seu filho, Germano Barreto. Com a simpatia que lhe é peculiar, Coré sorriu, conversou, cantou e curtiu. Ao lado da sempre companheira Maura Jane (que cuidou de todos os detalhes para que tudo fosse perfeito) e seus tão amados filhos, ele deu as boas vindas ao seu novo ciclo. Nós, da Revista Fato!, desejamos vida longa a esse querido amigo e parceiro desta revista.


Fato Especial Por Natália Meireles e Vanessa Santos

anha do Quilo. Voluntários na arrecadação da Camp

CAMPANHA DO QUILO HÁ 50 ANOS FAZENDO DIFERENÇA NA VIDA DAS PESSOAS

C

riada em 1967 através de uma iniciativa de grupos espíritas da cidade de Ubá, a Campanha do Quilo surgiu para ajudar aos carentes de alimentos, roupas, agasalhos e até mesmo de móveis. A iniciativa é coordenada pelo Departamento de Assistência Social Espírita João de Freitas – DASJOF cujos voluntários saem para os bairros selecionados anteriormente fazendo a arrecadação de alimentos e outros itens que as pessoas queiram doar. A campanha teve início na Cidade Carinho e com o passar do tempo começou a ser aderida por outros grupos espíritas de cidades e estados diferentes. A coleta é feita todos os domingos na parte da manhã das 09h às 11h pelos voluntários de cada local, e em Ubá são cerca 40 pessoas atualmente. Feita a arrecadação dos itens, eles são levados para o DASJOF para a separação e montagem das cestas básicas que são distribuídas aos sábados na parte da tarde. As famílias que desejam receber esses mantimentos realizam um cadastro e passam por uma entrevista no intuito de que fique clara a real ne48 Revista Fato! - Outubro 2017

cessidade de ajuda. O grupo também oferece aos carentes um almoço no sábado, uma reunião com a leitura de mensagens positivas e o estudo da doutrina Espírita. O comerciante Sebastião Leonardo, que faz parte da equipe de voluntários há 15 anos, conta que conheceu a campanha antes mesmo de se tornar espírita, pois o grupo passava em sua casa para pedir doações. “Compor essa ação representa tudo na minha vida. No domingo em que não posso colaborar devido a outros compromissos, sinto um enorme vazio dentro de mim, sinto falta dos meus irmãos e irmãs que participam comigo, sinto falta também do carinho com que os moradores dos bairros nos recebem e já fico na expectativa aguardando o próximo domingo chegar”, revela. Outra integrante do projeto é a empresária Liamara Druda, que teve seu primeiro contato com a iniciativa após um período de dificuldade em sua vida. “Desde que tive o câncer de mama senti uma necessidade maior de procurar respostas, de estar mais perto de Deus. A partir daí conheci o espiritismo, que me ajudou muito a aceitar e entender o momento que eu estava passando. Quando o

Os voluntários Liamara Druda e Sebastião Leonardo.


Fato Especial Arquivo Pessoal

tratamento acabou, fui convidada por um amigo para me inteirar sobre a Campanha do Quilo e desde então nunca mais deixei de participar”, relata Lia, que está a mais de 1 ano contribuindo com a ação. “O sentimento que tenho é de paz e gratidão. Paz, por saber que estou ajudando o próximo, sendo que muitas vezes quando batemos na casa de alguém para pedir a doação encontramos pessoas com diversos tipos de problemas, entretanto, elas ainda têm o prazer de colaborar e o fazem com um sorriso no rosto. Já outros necessitam naquela hora de um abraço ou de uma palavra amiga, e esses gestos, por mais simples que sejam, levam alegria e conforto para eles, e para nós, voluntários, a sensação de paz é indescritível. Sou grata a Deus por me permitir fazer parte disso tudo e conseguir perceber que por maior que sejam minhas dificuldades, existem pessoas em situações piores e que não desistiram”, completa. 2017 marca um período ainda mais especial, afinal a Campanha do Quilo completa 50 anos e para celebrar a data foi feita uma comemoração com a presença do palestrante Ricardo Melo, que além de coaching, é o criador da famosa Pílula do Evangelho. Segundo o membro do grupo, Sebastião Leonardo, o ápice da palestra foi quando Ricardo contou sobre a história de milagres envol-

vendo o médium Chico Xavier e o Dr. Bezerra de Menezes, este último conhecido como médico dos pobres e ícone na doutrina Espírita. “Essa comemoração foi algo muito esperado por nós que finalmente se concretizou e nos emocionou bastante, foi um momento de muita alegria, nossos companheiros estavam radiantes, a felicidade era algo estampado no rosto de cada um”, completa o comerciante. A campanha tem ajudado famílias de Ubá há 50 anos e além de dar o alimento, ela também faz com que tanto quem recebe quanto quem doa tenha uma mudança de vida, conforme afirma Liamara. “Convidamos a todas as pessoas a sentirem essa experiência e ver que, ao doar seu tempo ao próximo, o maior beneficiado é você! Esperamos por uma visita todos os domingos, às 09h00, no Departamento de Assistência Social Espírita João de Freitas, situado à Rua Dona Mariana, 145”, encerra. Tal qual dizia Chico Xavier, “O Cristo não pediu muita coisa, não exigiu que as pessoas escalassem o Everest ou fizessem grandes sacrifícios. Ele só pediu que nos amássemos uns aos outros”, e a Campanha do Quilo tem evidenciado esse amor a cada dia. Abrace você também esse gesto de solidariedade!

Almoço servido aos sábados para os carentes.

Roupas arrecadadas para doaç ão aos necessitados.

Leitura de mensagens edificantes e estudo da doutrina Espírita.


Foto: Servando Lopes

Divulgação

Economia Diretor da Modecor; Vice-presidente do Intersind. mhp@modecor.com.br; www.modecor.com.br

Michel Pires

Vale a pena acreditar no BRASIL?

N

os últimos meses tenho ouvido muitos falando mal do Brasil, seja aqui ou no exterior os comentários são cada vez piores, aqueles que têm a oportunidade de viajar para fora do país podem sentir isso, pessoas falando apenas o que veem na TV e leem nos jornais; violência, corrupção, desmatamento e outros incidentes. Porém, será que só temos coisas ruins em nosso território? Não, temos muita coisa boa, mas infelizmente os noticiários só divulgam os fatos negativos, já que os positivos não dão audiência. Como digo sempre, somos uma nação jovem, aprendendo ainda, tivemos uma herança nociva, a corrupção começou assim que fomos descobertos, tal qual a exploração e a injustiça, no entanto, a situação vem mudando e adquirimos muitas razões para acreditar em um futuro melhor. Pela primeira vez a justiça brasileira está valendo para todos, até aqueles que nunca estiveram tão preocupados anteriormente agora têm medo de delações e das penalidades, afinal não há mais ninguém acima da lei. Acredito que dispomos de condições de dar a volta por cima, somos um país de superação. Onde em outro lugar do mundo, em apenas 50 anos se

trocou de moeda sete vezes? Cortamos zeros, inflação superior a 100% ao mês, taxas de juros astronômicas, impostos absurdos e com pouco retorno, burocracias acima da média mundial, e mesmo assim, conseguimos atrair investidores estrangeiros, pois eles sabem que apesar de todos os problemas, vão conseguir faturar e ter seus bens e empresas protegidos com lucros maiores que a média geral. As vezes me questionam fora do Brasil “por que viver aqui”, sempre argumento sobre família, laços de amizade, raízes, e quando a pessoa insiste, já rebato com as qualidades que temos. Costumo dizer que pelo menos de sede não vamos morrer, dispomos da maior reserva de água doce do mundo, nem de fome, pois somos o maior exportador de alimentos mundial, maior produtor de carne bovina e aves também. Temos minério de ferro e muitos outros metais em abundância, o pulmão do mundo é a Amazônia, detemos um litoral para o Oceano Atlântico com as mais belas praias, potencial turístico ilimitado, atraímos investimentos externos em vários ramos, seja exploração, turismo, fabricação e outros. Desde 2011 recebemos aplicações anuais na casa de 60 bilhões de dólares de capital estrangeiro, portanto, se quem está lá fora acredita no Brasil,

por que nós não vamos acreditar? Hoje o que tenho visto como principal motivo da descrença é a nossa lei, muito antiga e que protege menores infratores além de pequenos crimes. Enquanto bandidos podem circular livremente, as pessoas de bem se trancam dentro das casas, carros ou trabalho, ficamos receosos o tempo todo, a violência urbana é uma das maiores preocupações, e também a corrupção que afeta a todos diretamente, pois aumentam impostos para gerar um caixa excessivo, já que todo o dinheiro gasto é mal aplicado e, com isso, nossa conta fica cara. Por mais tributos que sejam criados, sempre falta verba para o governo investir. Contudo, vale acreditar que estamos mudando, historicamente sempre que tivemos um PIB negativo, logo depois houve um crescimento grande, vindo de incentivos e também da carência de compra que a população passou, penso que aqueles que confiarem e continuarem com os investimentos irão conseguir ter o sucesso esperado, nossos empresários são competentes, têm garra e conseguem se adaptar facilmente, superando todas as adversidades. Acredite no Brasil, vamos mudar para melhor, nosso país vale a pena!


Foto: Servando Lopes

Lindise Massardi e Jô Caciano

Organize-se Graduadas em Administração de Empresas pela Faculdade Governador Ozanam Coelho - FAGOC. Especialização em Personal Organizer incluindo Gerenciamento e Padronização de Arquivos e Organização de Mudanças. Contato: fluitapersonalorganizer@gmail.com

CRIANÇA

TAMBÉM PODE SER ORGANIZADA

P

ontualidade, responsabilidade, organização e empenho são fatores que consideramos relevantes em nosso cotidiano, logo, quando se é pai ou mãe, é comum que haja uma preocupação e um desejo de que os filhos desempenhem essas competências. Infelizmente tais elementos não nascem conosco, mas o importante é que essas são habilidades compreensíveis e que podem ser aprendidas desde cedo. Já pensou como a organização pode ser crucial para o desenvolvimento infantil? Ela auxilia na função de manter os pequenos seguros diante da vida, mas para isso é preciso atenção as pequenas coisas, como uma mochila bagunçada, roupas ou brinquedos espalhados por todo canto. Aí vai um sinal de alerta: não espere chegar a essa situação para auxiliar seu filho! “As crianças não são bagunceiras porque são preguiçosas. Elas precisam aprender a se organizar, já que o lobo frontal, a parte do cérebro responsável pela ordem e planejamento, ainda está em desenvolvimento”, disse a psicoterapeuta e consultora educacional Marcella Moran em entrevista a revista Claudia. Todavia, cabe ressaltar que para os pequenos, esse aprendizado vai muito além da disposição física dos objetos. “A organização externa está relacionada à organização mental, que envolve aspectos emocionais, cognitivos, culturais e sociais”, explica a psicopedagoga Edith Rubinstein. Para a pedagoga Virgínia Ávila, a absorção de tais hábitos também irá tornar a criança mais independente: “ao dominar noções de espaço e tempo, ela será capaz de construir uma boa relação consigo mesma e com o entorno, sentindo-se mais segura, por conseguinte, se tornará mais autônoma, e isso fornecerá a confiança necessária para lidar com desafios futuros”. Como personais organizers, acreditamos que é substancial ensinar desde a infância sobre o significado de zelar por seus pertences pessoais, o que deve ser feito através de exemplos, deixando claro os benefícios de ter um ambiente limpo e organizado. Segundo o pediatra Luiz Guilherme Florence, “ao incluir os pequenos em tarefas domésticas, isso faz com que eles se sintam pertencentes àquele lugar, o que une a família e ajuda as crianças a entenderem como funcionam as coisas”. A partir daí elas conseguem enxergar como as tarefas realizadas pelos pais são difíceis e, consequentemente, passa a reconhecer mais esse esforço.

Confira as dicas para facilitar a organização infantil:

• É preciso criar o espaço para cada coisa. Com isso, a criança saberá o lugar onde deve colocar e pegar os objetos. • Facilite: instale cestos na sala, quarto e espaços onde os brinquedos se espalham para que os pequenos possam aprender a recolher e guardar após a brincadeira. • Para ajudá-los a separar os brinquedos, utilize diferentes caixas para cada tipo – boneca, carrinhos, bolas, etc. – e coloque etiquetas com o nome dos brinquedos (para as crianças alfabetizadas) ou figura ou desenho dos objetos (para aqueles que ainda não sabem ler). Brinquedos preferidos devem ficar ao alcance. • As crianças podem também dobrar as próprias roupas e colocá-las no devido lugar dependendo da sua idade. Com a ajuda de um molde, essa tarefa fica bem mais fácil e até divertida! • Coloque as roupas separadas dos brinquedos e do material escolar. Ainda que fiquem em um mesmo armário, delimite bem o espaço de cada item. Além de facilitar a vida da criança na hora de procurar alguma coisa, ela terá a real noção do que possui. • Livros podem ficar num móvel ou nicho próximo à cama e sempre na altura das mãos para estimular a leitura e facilitar a organização. • Na organização, é importante respeitar o espaço que tem e não entupir os armários e gavetas com brinquedos e roupas. Para manter a ordem e evitar o excesso, use a regra básica da organização: se um entrar, outro deve sair. • A organização deve começar pelos pais ou responsáveis pela criança, que precisam conservar as próprias coisas em ordem. Caso não esteja conseguindo se organizar, não se desespere. Uma mudança de hábito na rotina e atividades do dia a dia, começando com as dicas acima, pode ajudar. O importante é manter a disciplina. E acredite, a organização irá facilitar a sua vida! Fontes: claudia.abril.com.br; triorganizada.com.br; revistacrescer.globo.com Revista Fato! - Outubro 2017


Foto: Fotografe

Contabilize Contador; consultor tributário; professor de graduação no curso de Ciências Contábeis. Site: www.pmrassessoria.com.br; E-mail: pm@pmrassessoria.com.br

Paulo Marcos Marques Roque

Divulgação

NÃO DEPRECIE SUA VIDA, FAÇA UM

AJUSTE A VALOR PRESENTE dela!

O

dicionário contábil atual traz várias novas siglas e metodologias que não eram utilizadas antigamente e que podem ser desconhecidas até por alguns profissionais que tiveram a formação acadêmica há mais tempo. Isso ocorre por conta do evento da internacionalização que a contabilidade brasileira sofreu, o qual equiparou nossos registros contábeis aos padrões estrangeiros. Mas como isso pode ser adaptado à nossa vida e como entender tantas novas informações? De maneira breve vamos discorrer aqui dois conceitos, sendo um mais antigo: a Depreciação, e outro um pouco mais recente: o Ajuste a Valor Presente. VEJAMOS:

Pode ser que conheçamos algumas pessoas negativas, ou até nós mesmos, quando nos coloca-

FATO É: Você tem o dom de sua vida. E cabe a você DEPRECIAR ou VALORIZAR esse bem. Você não precisa ser bom para começar, mas você precisa começar para ser bom. Boa sorte!

52 Revista Fato! - Outubro 2017

mos com pensamentos desanimadores e que tiram valor de nossa existência, estamos depreciando o nosso ser. Ou seja, temos algo, sabemos o valor de origem desse bem, mas diminuímos a sua importância e assim deixamos transparecer um outro valor do referido, que é inferior ao seu valor de origem. EXEMPLO CONTÁBIL: Um carro que compramos por 50 mil reais. Com o tempo acontece o desgaste dele e se eu quiser vendê-lo 3 anos depois da compra, ele estará valendo menos, pois durante o período em que eu o utilizei, ocorreu a depreciação do bem, assim eu conheço o valor de compra do veículo que foi 50 mil reais, porém, pela utilização, tive uma desabono de 15 mil reais e então conseguirei vendê-lo por 35 mil reais “apenas”. Conceito de Depreciação Contábil: É a expressão de perda de valor dos ativos imobilizados devido ao uso. É definida como a diminuição da cotação dos ativos permanentes, em virtude do desgaste em sua utilização, ações de degradação pela natureza ou obsolescência. E O AJUSTE AO VALOR PRESENTE? Em contrapartida, se eu quiser, posso mudar o rumo de minha vida! Lembre-se que apenas uma pessoa pode fazer isso: Você... Então é sabido que eu

Conceito de Ajuste a valor presente:

O AVP tem como objetivo o ajuste para demonstrar o valor presente de um fluxo de caixa futuro. São exemplos básicos, mas que trazem o cerne dessas duas expressões contábeis contemporâneas. tenho uma vida, um bem, ou algo de minha estima que me valha. Porém penso que está ruim ou que poderia ficar melhor do que o retorno atual que tenho com esse bem. EXEMPLO CONTÁBIL: Se eu tiver um bem, uma bicicleta, por exemplo, e ela foi comprada por 500 reais, esse é o valor do bem na minha contabilidade. Porém com o tempo de uso, os pneus e freios estão gastos e a bike não valeria mais essa quantia. Pode ocorrer que eu compre novos acessórios para ela, pneus e freios não apenas novos, mas com tecnologia avançada. Assim a bicicleta seria avaliada em outro preço caso eu a vendesse, que não seriam mais os 500 pelo que comprei, nem o valor depreciado, mas sim um valor presente de hipoteticamente mil reais, justificado pelo implemento de materiais que realizei no bem original. Isso, tecnicamente, é um ajuste de valor presente.


Abrindo o Closet Por Tainara Martinho e Vanessa Santos

Pedro Roque Fotografia

Nome: Mariana Teixeira Badaró; Idade: 16 anos; Profissão: Estudante; Um ídolo: Jesus Cristo; Uma música: Por onde andei - Nando Reis; Um sonho realizado: Viajar para a Disney com as amigas; Um sonho a se realizar: Cursar medicina; Um destino de viagem: Sidney.

54 Revista Fato! - Outubro 2017


Abrindo o Closet “Pequena de sonhos grandes, que faz da sua voz um par de asas e como um anjo, voa até onde ontem parecia ser impossível chegar”. Assim ela se descreve. A adolescente de uma simpatia extrema tem como pilares a fé e a família. Com a sensibilidade aflorada, ela sonha em cursar medicina. A música, grande paixão da garota, da o tom a sua vida desde a infância. Conheça um pouco mais do talento e do carisma de Mariana Teixeira Badaró. POR DENTRO DO CLOSET Mariana Badaró ou “Mari”, com apenas 16 anos é uma jovem cheia de atitude. Dona de um estilo mais despojado, ela conta que não dispensa um look básico como short jeans e camiseta. Em relações a cores, sua preferência se mantém entre o preto e o azul royal. “Gosto de roupas confortáveis e básicas para o dia a dia, mas se a ocasião for uma balada ou evento à noite, ousaria com um vestido preto, uma make bem trabalhada, acessórios e um salto mediano”, comenta. No que diz respeito aos cabelos, de cor escura e longos, ela lembra que já foi adepta do corte chanel. “Usei esse corte na infância por um longo período, mas quando me tornei adolescente preferi deixá-los maiores e não repetiria agora um estilo tão radical. Não utilizo produtos químicos e gosto de fazer uma hidratação pelo menos uma vez por semana para dar brilho e força aos fios”, revela.

Revista Fato! - Outubro 2017


Abrindo o Closet POR DENTRO DA MÚSICA Com talento de sobra para a música, a adolescente possui um canal no youtube onde expõe suas interpretações de clássicos da MPB como Renato Russo, Ana Carolina, Seu Jorge e Nando Reis. “A música é algo inexplicável! Quando era pequena ganhei um karaokê e a partir daí minha paixão pelas canções só aumentou! Minha mãe sempre foi encantada por violão e logo tratou de me dar um impulso maior a fim de que eu iniciasse as aulas com o instrumento”, diz. Dedicada, ela conta que sempre se empenhou em aprimorar suas habilidades com as canções. “Desde pequena levo a música a sério, pois já tinha o desejo de seguir a carreira no ramo, mas meu canal só foi criado quando percebi que meus vídeos estavam alcançando muitas visualizações. A página no facebook foi idealizada por influência do meu amigo Pedro Roque, que também é fotógrafo e me propôs uma parceria que tem dado super certo!”, destaca.

POR DENTRO DA INTIMIDADE Filha de Giselly Oliveira Teixeira e Anderson Luiz Badaró, Mari tem como grande amor, seu irmão caçula Arthur, de apenas 6 anos. “Minha relação com os meus pais é bem saudável! Tenho maior intimidade com a minha mãe e somos melhores amigas. Em relação ao meu pai, escuto muito seus conselhos, pois acredito que sempre são os melhores para mim e meu irmão. Sou eternamente grata por ter nascido nessa família, que me apoia e acredita nos meus sonhos”, diz. Decidida a cursar medicina, ela conta que a resiliência é indispensável em todas as situações da vida. “Aprendi com minha mãe que ‘chorar alivia, mas que sorrir torna tudo mais bonito!’ Considero que minhas maiores virtudes são a humildade, resiliência e principalmente ter muita fé em Deus”, encerra.

56 Revista Fato! - Outubro 2017

Beleza: Kelvin Tomaz; Fotos: Pedro Roque Fotografia.


Talento de Fato Por Natália Meireles

JU QUADRINHOS da

O TALENTO NÃO TEM IDADE

C

om talento nato para a decoração, Juliana Masala iniciou seu próprio negócio com apenas 17 anos, produzindo quadros que, em sua maioria, são de artes criadas por ela. “Quando pequena, eu amava ornamentar casinhas de boneca, inventar objetos decorativos e enfeitar meu quarto. Hoje em dia sou viciada em programas de decoração, reformas de casas, ou qualquer conteúdo que seja relacionado à arte. Dessa forma me inspiro e logo coloco minhas ideias em prática nos quadrinhos”, conta a artesã. Tudo começou quando suas amigas estavam fazendo aniversário e Juliana queria presenteá-las com algo especial e diferente que fosse produzido por ela mesma, então resolveu confeccionar quadros decorativos. “Todo mundo que viu gostou e quis um igual! Assim, depois de pensar e criar coragem, investi e fiz um perfil no instagram para a divulgação e venda dos quadrinhos”, ressalta a adolescente que já soma mais de 7 mil seguidores na internet. Ju também conta com o auxílio dos familiares para a execução de seu trabalho. A mamãe Isabel e a irmã Beatriz ajudam nas horas vagas, já seu irmão Lucas apoia na divulgação e seu pai João Carlos colabora com as entregas, encomendas e investimento. “A maior dificuldade que enfrentei no início foi à timidez. Sempre fui muito retraída e como essa atividade depende que eu lide com pessoas o tempo todo, foi um pouco complicado comunicar com os clientes no começo, mas hoje não vejo isso como um problema, e sim como um aprendizado”, revela. Como a adolescente ainda não dispõe de um espaço próprio, os produtos são feitos em sua casa. “As molduras são preparadas pelo Jefferson, que as entrega prontinhas, nos tamanhos que encomendo, e a arte, que eu mesma faço, é impressa na gráfica. Depois é só emoldurar as imagens e mandar para 66 Revista Fato! - Outubro 2017

o cliente”, explica a artesã que trabalha apenas com encomendas as quais devem ser solicitadas com antecedência a fim de que não haja atraso na entrega. Por enquanto a internet é o único meio de venda, segundo Juliana, sem as redes sociais ela não teria seu trabalho reconhecido. Seus quadrinhos fazem tanto sucesso que já foram vendidos para consumidores em São Paulo, Maranhão, Rio de Janeiro e também em Portugal. “É muito interessante que meu trabalho chegue a diversas regiões do país e até mesmo no exterior, pois dessa forma, acabo levando o nome da nossa Cidade Carinho cada vez mais longe”, destaca. Embora já tenha cogitado a possibilidade de ser jornalista, a jovem empreendedora está certa de que irá se encontrar na faculdade de design. “Não penso mais em fazer outro curso que não seja design de produto aqui em Ubá!”, afirma Ju na expectativa de aprimorar suas habilidades. “Muitas das minhas clientes me parabenizam por ser criativa e diariamente me falam que não são todos que nascem com esse dom, por isso me procuram muito para ajudar a decorar as casas e ambientes”, aponta. A artesã finaliza com um recado para aqueles que sonham em começar um negócio. “Essa empresa para mim representa independência, mostra que basta ter coragem e talento para ter um trabalho! Não importa a idade, raça, classe social... Tendo fé e criatividade, qualquer um consegue chegar aonde quiser. Claro que precisamos de uma ajudinha, um empurrãozinho, mas para crescer é substancial nunca desistir e persistir sempre”, conclui.

Pedro Roque Fotografia


Foto: Servando Lopes

Educar é ação Orientadora Educacional e Franqueada do Instituto Kumon em Ubá. Doutora, Mestre e Licenciada em Ciências Biológicas. Contato: Waleria.furtado@unidadekumon.com.br CRQ MG: 02200302

Waléria C. de Arruda Furtado

Divulgação

DESENVOLVIMENTO DO

HÁBITO DE ESTUDO

E

studar pode ser agradável e interessante. Desde criança é importante o desenvolvimento do hábito de estudo diário. Um hábito é uma atitude proveniente de uma decisão que virou um comportamento automático. Quando se estuda todos os dias, você fica menos ansioso quanto às provas, organiza mais seus horários e administra melhor o seu tempo. Hábito é prática. Criar uma rotina de estudos exige persistência e dedicação. Para a adoção de uma nova prática de aprendizado devem-se levar em conta três pilares importantes: a motivação, a decisão e a ação. A motivação está ligada a um sistema de recompensas. Por exemplo, terminado o estudo, é essencial se dar tempo para divertir com os amigos, fazer cursos extras, desempenhar um esporte, assistir a filmes e séries. A decisão está ligada à motivação, no entanto, é preciso assertividade na mudança de atitude como organização do tempo e disciplina na formação de uma nova rotina, de maneira que ela fique mais

agradável e dinâmica. Esses pilares também podem ser adotados pelos pais para o desenvolvimento de um costume diário de estudo com os filhos. Para estudar é importante ter um cantinho reservado a essa finalidade. Usar sempre o mesmo local facilita a concentração. Evite estudar na cama, pois seu cérebro fará a relação dela com descanso e relaxamento e não com a leitura e o aprendizado. Computadores e celulares são excelentes aliados na busca do conhecimento, no entanto, redes sociais, jogos e filmes podem dispersar extremamente a sua atenção. Uma das maneiras de desenvolver hábito de estudo é adotar a técnica dos 25 minutos. Escolha uma matéria e se concentre nela por 25 minutos, seja através de leitura ou exercícios. Pare por 5 a 10 minutos para se distrair, faça um lanchinho, ouça uma música, chegue até a janela para respirar e contemplar a paisagem... Volte e pegue outra matéria por 25 minutos novamente. Assim você fica concentrado e absorve o conteúdo com eficiência.

Torne sua leitura mais produtiva destacando as palavras-chave com caneta colorida ou marca texto. Você pode ainda fazer esquemas dos assuntos abordados. Escreva a ideia principal ao lado de cada parágrafo para facilitar a compreensão no momento de rever o conteúdo. Procure fazer comparações entre o assunto que está estudando pela primeira vez e outros que já são do seu conhecimento. Outra forma interessante é antes de iniciar o estudo de uma matéria como história, geografia ou ciências, ler um pequeno texto e fazer uma breve interpretação, ou então uma pequena lista de exercícios de matemática, isso funciona como um aquecimento para o cérebro e favorece o aprendizado de conteúdos diferentes. Uma vez tomada a decisão de adotar o hábito de estudo diário, persista em sua nova rotina, mantenha o foco e colha os frutos da sua atitude.“ Você se torna bom naquilo que faz com frequência. É uma questão de desejo e dedicação”.


Foto: Servando Lopes

Ivi Pereira Monteiro

Cidade Por Natália Meireles

Pa Lavra Graduada em Comunicação Social – Jornalismo, e em Letras. Mestre em Comunicação e Tecnologia. Doutoranda em Educação. Professora Integral na Fagoc. Mãe do Lucas e da Maria Clara. Contato: prof.ivimonteiro@gmail.com

VAMOS

ACORDAR? “Ah! Quem nos dera que isto, como outrora, Inda nos comovesse! Ah! Quem nos dera Que inda juntos pudéssemos agora Ver o desabrochar da primavera! (...)”

S

(Primavera - Olavo Bilac)

aúdo a primavera com um trecho da poesia de Olavo Bilac. Convido você, caro leitor, a comungar desse desabrochar. A estação, segundo a milenar medicina japonesa, traz consigo o momento de renovação, de renascimento. É tempo de abrir-se para a vida, unindo-se a pessoas e grupos, e, também, para novos conhecimentos, novas práticas, novos hábitos. É hora de acordar! Aquela vontade que surgiu com o inverno de arrumar os armários, organizar os papéis, rever fotografias, jogar fora aquilo que não queria mais, foi crucial para desengavetar sentimentos, ideias, projetos... Agora é hora de começar olhar para fora, sentir vontade de fazer algo diferente, dar fluxo aos pensamentos e sentimentos! É o momento de fazer novos contatos! É hora de acordar! Despertar; seja para o amanhecer de um dia ou para as ações da vida... Você precisa conhecer “O Milagre da Manhã”... Voltar a ter consciência; recuperar os sentidos; ‘provocar’ alguma coisa em alguém. Para isso, vamos entrar em um acordo? Ao conceber a primavera você acorda a estar harmônico com seu entorno, seja com uma parte específica ou com o mundo à sua volta, possuindo pensamentos em comum que te fazem ter comportamentos similares. Acorda em procurar fazer o melhor que pode para ser mais flexível como a própria natureza nos ensina, perdoando ao próximo e a si mesmo. Enfim, ao acordar com a primavera você acorda em a-cor-dar. Quanto trocadilho! Colorir com os tons das flores, peculiaridade dessa estação, a sua vida e todos aqueles que te cercam. Quem sabe assim possamos garantir um mundo mais colorido, mais leve, mais fresco como o que se espera, realmente, dessa época do ano. Fazer acontecer a primavera não é um mero ato da natureza, mas uma associação a ela! Vamos a cor dar!

68 Revista Fato! - Outubro 2017

EVENTO SE DESTACA PELA ESTRUTURA E PÚBLICO EXPRESSIVO Realizada pela Prefeitura Municipal de Ubá, a 1ª Bienal do Livro reuniu um numeroso público nos dias 28, 29 e 30 de setembro na Praça São Januário. Com o tema “Ler, Conectar e Criar”, a feira foi organizada pelas Secretarias de Educação e Cultura envolvendo várias escolas e instituições que apresentaram os trabalhos de seus alunos. A programação incluiu a contação de histórias, lançamento de livros, teatro, dança, música, mesa redonda, palestras e stands variados. O evento ainda homenageou o famoso autor de literatura juvenil Pedro Bandeira, cuja obra esteve presente na Bienal.


Cidade

CONCURSO DE DESENHO E REDAÇÃO ABRILHANTA BIENAL

ASCOM SMC

C

ompondo a programação da Bienal do Livro, o 1º Concurso de Redação “Prêmio Professora Marlene Marques” envolveu alunos do ensino fundamental e médio de escolas públicas e privadas, incluindo a modalidade Educação de Jovens e Adultos - EJA. Com o tema “Tudo me é permitido, mas nem tudo me convém”, cerca de 27 instituições inscreveram seus estudantes para concorrer a premiação. A coordenadora da Bienal, Andrea Dias, destaca a excelente adesão das escolas e a importância do assunto abordado. “Tivemos uma aceitação e participação muito positiva das instituições de ensino. Quanto ao tema trabalhado, diante do que estamos vivendo no Brasil, é necessário levar para as salas de aula essa reflexão sobre o que estamos fazendo com o nosso livre arbítrio. Acreditamos no poder formador de opinião e caráter que o educador tem”, afirma Andrea. A participação em massa também foi motivo de orgulho para a Secretaria de Educação Ubaense. “Entre os frutos colhidos, pontuamos a adesão das escolas estaduais e particulares, as abordagens

diversas por parte das entidades que conseguiram agregar ao pedagógico, criatividade e fantasia, que se materializaram na exposição de todos os trabalhos realizados pelos alunos e por nossas instituições”, afirma a secretária municipal de educação, Maria Elizabeth Barros. A comissão julgadora para selecionar os ganhadores foi composta pelos profissionais: Cláudia de Moraes Sarmento Condé, Juliana Campos Mo-

reira Pacheco, Aurélio Teixeira Ervilha Vieira, Maria Luiza da Silva Fagundes e Antônio Carlos Estevam. Os resultados foram divulgados no site da prefeitura no dia 18 de setembro. A solenidade de premiação dos ganhadores e a menção honrosa aos professores orientadores aconteceu no dia 20 de setembro na Câmara Municipal de Ubá. Confira as primeiras colocações de acordo com as categorias:


Cidade

CATEGORIA: POEMA (EJA 6° AO 9° ANO); Nome do autor: Iara da Cruz; Ano: 9º ano - EJA; Nome do Professor: Gláucia Mª da Silva; Nome da Escola: E.M. Stella Brandão Campelo.

CATEGORIA: PARÓDIA Nome do autor: Maria Eduarda Quirico Costa; Ano: 5º ano; Nome do Professor: Juliana Bitarelli Viana Ponciano; Nome da Escola: Colégio Sagrado Coração de Maria - Ubá.

CATEGORIA: SLOGAN; Nome do autor: Conceição do Carmo Rocha Correa; Ano: 4º Ano - EJA; Nome do Professor: Edirlene Rodrigues Marques; Nome da Escola: E.M. Stella Brandão Campelo.

CATEGORIA: CONTOS; Nome do autor: Camille Almeida Lima; Ano: 9º ano; Nome do Professor: Marcos; Nome da Escola: Livio de Castro Carneiro.

CATEGORIA: ARTIGO DE OPNIÃO; Nome do autor: Isabel Cristina Lucas de Castro; Ano: 3º ano Ens. Médio; Nome do Professor: Maíra Graciano Pereira; Nome da Escola: Colégio Pilar.

CATEGORIA: POEMA (EJA ENSINO MÉDIO); Nome do autor: Cleiton Gomes Bedeti; Ano: 1º ano médio -EJA; Nome do Professor: Daiana Ap. Costa Botelho; Nome da Escola: E. M. Stella Brandão Campelo.

CATEGORIA: DESENHO; Nome do autor: Alícia Arruda Silva; Ano: 1º Ano; Nome do Professor: Rosa Mª Caneschi; Nome da Escola: E.M. Profª Conceição Gomes Caputo.


Foto: Fotografe

Conectados Jornalista, especialista em Assessoria de Comunicação, Gestão da Comunicação nas Organizações e pós-graduanda em Gestão de Pessoas e Coaching. É uma verdadeira apaixonada por internet e pelas mídias sociais. Além disso, é dona do Boteco Feminino (www.obotecofeminino.com.br).

Rafaela Namorato

Divulgação

PASSADO

PEDALANDO PELO

COMO O GOOGLE STREET VIEW ESTÁ AJUDANDO PACIENTES COM ALZHEIMER

S

e o simples fato de não lembrarmos onde deixamos nossa chave do carro ou que, na correria, acabamos nos esquecendo de pagar aquela conta que já estava para vencer, nos deixa extremamente consternados, imagina esquecer das lembranças de uma vida inteira e nem sequer se reconhecer na frente do espelho. Infelizmente é isso o que acontece com milhões de pessoas no mundo todo que sofrem com a doença de Alzheimer. Mas, graças aos avanços da tecnologia, o empenho de grandes especialistas e a evolução da internet, diversas alternativas estão sendo avaliadas, algumas, inclusive, já estão sendo colocadas em prática com o intuito de tentar amenizar esse transtorno. Entre os especialistas que estão lutando para oferecer uma qualidade de vida melhor para os portadores de Alzheimer e outras demências, está a biomecânica Anne-Christine Hertz, do Health Technology Center of Halland. Ela vem desenvolvendo um trabalho pioneiro, onde utiliza o Google Street View (um recurso do Google Maps e do Google Earth que permite que os utilizadores vejam partes de regiões do mundo), para ajudar no resgate da memória dos pacientes.

Entre estudos e avaliações, o trabalho da pesquisadora consistiu na criação de um protótipo que foi batizado como BikeAround. Partindo da premissa que “nossas memórias mais marcantes estão intensamente ligadas ao local onde elas ocorreram”, o sistema conta com uma bicicleta ergométrica conectada ao Google Street View e que proporciona aos pacientes um passeio virtual por suas memórias. Para isso, eles precisam apenas indicar um endereço que seja significativo para eles e “sair pedalando” pelas ruas e bairros do lugar. Eles podem voltar a antigos locais de trabalho, passar em frente a alguma casa onde tenha vivido, visitar praias e tantos outros lugares importantes e, com isso, resgatar em suas memórias detalhes sobre fatos marcantes que aconteceram ali e ter, quem sabe, a sensação de poder vivê-los novamente. A ideia por trás do BikeAround e da utilização do Google Street View está em combinar a estimulação mental (ao proporcionar o paciente a voltar em locais que ele reconheça) e a estimulação física através do controle dos pedais e do guidão da bicicleta. Dessa forma, o cérebro mais estimulado, é capaz de produzir uma substância chamada dopamina, que atua no controle do movimento, memória e da sensação do prazer. Em consequência disso, os pacientes tornam-se muito mais motivados, dispostos e felizes. Felicidade essa que também se espalha por toda a família. O trabalho desenvolvido pela pesquisadora não significa uma cura para a doença, mas é uma amostra interessante de como a internet e suas extensões podem ajudar a melhorar a vida das pessoas. É preciso apenas que haja um olhar sensível às demandas e uma pequena dose de iniciativa e boa vontade. Que tal pensarmos nisso? Revista Fato! - Outubro 2017


Fique Ligado Por Natália Meireles

Arquivo Pessoal

Batalha do JARDIM O RAP NO CORAÇÃO E NA MENTE

O

RAP significa Rhythm And Poetry (ritmo e poesia) e teve origem na Jamaica por volta da década de 60 sendo comercializado intensamente pelos norte-americanos. No Brasil, o saudoso Jair Rodrigues é considerado o precursor desse estilo musical que se difundiu por diversas regiões e classes sociais. Entre os músicos populares do segmento estão: por Jay-Z, Eminem, Diddy, Racionais Mc’s e MV Bill. Comum entre os amantes do Rap, as famosas batalhas são realizadas frequentemente, a ideia consiste em dois MCs fazendo frases rimadas e ao final o público elege o melhor. Em Ubá, a primeira Batalha do Jardim aconteceu no dia 2 de outubro de 2015, organizada pelos MCs; Mr. EZ, Rezelk, Mamuti e sua esposa Natália. Um dos idealizadores do projeto, Ezequiel, o “Mr. EZ”, criava suas rimas junto a amigos e chegou a gravar um CD demo, até que surgiu o plano de fazer uma disputa e reunir outros interessados em rimar, então ele pediu a ajuda da prefeitura a fim de obter o ponto de luz para usarem caixas de som e microfones na praça São Januário, e assim a iniciativa foi criando forma. O projeto que, segundo Ezequiel, visa a inclusão social de jovens, adolescentes e adultos, vem reunindo um público notável aos sábados à noite.

72 Revista Fato! - Outubro 2017

“Rap para mim é inclusão social sem diferença e preconceito algum, é uma cultura para todos que promove a interatividade buscando sempre a paz”. (Ezequiel, rapper e um dos organizadores da Batalha do Jardim)

A divulgação é feita pelas redes sociais e o famoso boca a boca dos que já prestigiaram e continuam marcando presença na praça. Aos poucos a equipe aprimora a organização do evento e também o respeito às regras impostas pelos organizadores. “Rap para mim é inclusão social sem diferença e preconceito algum, é uma cultura para todos que promove a interatividade buscando sempre a paz”, ressalta o artista. Atualmente vários MCs compõem a Batalha do Jardim, entre eles o instrutor de academia e estudante de jornalismo Matheus Gonçalves, conhecido como “Materazi”, ele faz parte da iniciativa desde o começo. “Expressão, felicidade, realização, é o

momento que eu tenho para confrontar o oponente usando a emoção e a mente, é muito desafiador”, ressalta o acadêmico. E ainda completa dizendo, “o Rap veio para mim como uma arma contra a desigualdade social e racial na certeza de que o povo brasileiro precisa e pode mais, que nosso lugar pode ser alcançado com luta, fé e determinação!”. Já o estudante Ítalo Almeida conhecido como “TL”, está há mais de 1 ano participando da ação e vê no estilo musical um aprendizado. “Rap é realidade, é verdade, por isso é algo incrível. Uma experiência que te fez sofrer poderá ser transformada em música e passar uma lição para outras pessoas, é também um desabafo do que está precisando ser dito. Rap é ritmo, é poesia, e poesia é música, e música é sentimento”, declara. Para quem ainda não conhece a Batalha do Jardim, é possível prestigiar os MCs que vêm mostrando sua arte há 2 anos. O evento acontece aos sábados na Praça São Januário a partir das 19h00. “Queremos melhorar ainda mais a Batalha com novos equipamentos e poder viajar para outras cidades mostrando o nosso talento, mas contamos com o poder público para que isso aconteça”, encerra Mr. EZ.


Comportamento

Sergio Marcio Albino, 44 anos, Professor de Química. 14 anos de Profissão. Leciona nos colégios Sagrado Coração de Maria, Raiz, Lunos, Sesi e Escola Estadual Raul Soares.

Anamares Teixeira Soares, 29 anos de Profissão.

Foto: Servando Lopes

Foto: Servando Lopes

Foto: Pedro Roque Fotografia

Foto: Servando Lopes

Por Juliana Campos e Tainara Martinho

Dener Caneschi Martins, 39 anos, 19 de Profissão, é Professor na Speakeasy Idiomas Ubá.

Adriana Maria Vieira Mollica, 52 anos. 19 de Profissão e atua como professora na Fagoc.

Dia dos

PROFESSORES A MISSÃO DE EDUCAR PARA A VIDA!

O

que teria em comum os médicos, advogados, costureiras, vendedores e tantas outras infinitas profissões existentes no mundo? Se refletirmos um pouco e voltarmos na essência de cada um deles, iremos observar que todos esses profissionais tiveram o auxílio de um professor durante sua caminhada. Seja do período pré-escolar ou até mesmo na conclusão do doutorado, os professores exercem papel fundamental em nossas vidas, trazendo um apanhado de informações e nos instigando no desenvolvimento do nosso intelecto e do autoconhecimento. Assim como diamantes os professores descobrem verdadeiros tesouros ao longo da convivência em sala de aula. Lapidando joias que se bem instruídas, 74 Revista Fato! - Outubro 2017

podem realizar grandes transformações na sociedade, assim como afirmou a ativista paquistanesa Malala Yousafzai, ganhadora do Prêmio Nobel da Paz – “Uma criança, um professor, um livro e um lápis podem mudar o mundo”. E a missão de quem está à frente de uma sala de aula traz inúmeros desafios no dia a dia. Em muitos casos, barreiras como a desvalorização profissional, baixa remuneração, a falta de recursos e precariedade de algumas instituições de ensino tendem a comprometer a qualidade do ensino. Com muita garra e persistência, os desabores da educação, são vencidos como que em um ato diário de esperança em afimar que a educação prevalecerá. E nesse contexto que trazemos em comemoração ao dia 15 de Outubro – Dia dos Professores, a história de quatro educadores ubaenses que fazem e fizeram a diferença na vida de muitos alunos.


Comportamento SERGIO ALBINO RF: O que te levou a escolher a profissão? SA: Bom, a princípio tinha como objetivo cursar química, não tendo definido entre o bacharelado e a licenciatura, por isto, optei pelas duas modalidades de ensino. Porém, nunca exerci a função de bacharel. Desde o ensino médio me senti atraído por ensinar e estudar com meus amigos. Outra motivação é que sempre considerei lecionar como algo importante e muito gratificante, pois, tive excelentes professores que serviram de exemplos, como profissionais e para a minha vida. RF: Como é sua relação com seus alunos? SA: O papel do professor tem mudado muito de acordo com o perfil dos alunos nestes últimos anos, hoje não basta mais ser somente o professor, aquele que escolariza, temos que ser um educador, tendo uma missão mais ampla do que apenas ensinar. Desta forma, procuro sempre que possível ter uma relação amistosa com os alunos, sempre tendo como norte, o profissionalismo agregado à preparação dos mesmos para o futuro. É muito satisfatório contribuir para a realização dos nossos jovens. RF: Para você, qual é a principal dificuldade que

um docente enfrenta no dia a dia? E o que é mais gratificante? SA: O papel do professor passou por transformações e o que eu vejo como minha maior dificuldade é ser educador, como é exigido hoje em dia, fazendo o papel de pai, psicólogo, amigo, irmão mais velho. A escola tem na maioria das vezes assumido responsabilidades relativas à família. Hoje, além de escolarizar, tem todo este fundo social atrelado à função do professor e, para isto, não somos preparados nas universidades e faculdades. O mais gratificante, com certeza, é encontrar um (a) ex-aluno (a) e ver que se tornou um (a) grande profissional na área que escolheu para atuar. Quando ele (a) reconhece que fiz parte de sua história contribuindo para suas conquistas, a sensação com certeza é de missão cumprida. RF: O que te motiva a dar aulas? SA: Cada dia dentro de uma sala de aula é diferente, uma turma é totalmente diferente da outra, isto faz com que eu esteja sempre ligado no que há de novo. Cada escola tem sua proposta pedagógica. Tudo isto, além de muito estimulante e desafiador, faz com que eu esteja sempre atualizado sobre o que acontece no mundo. Toda essa atividade provoca estímulos no cérebro me mantendo sempre jovem

e ativo. O ensinar por ensinar já é muito agradável. O simples fato de conseguir dar uma explicação sobre um fenômeno físico e/ou químico é encantador. RF: Qual conselho você daria para quem planeja seguir essa carreira? SA: Goste de ensinar; Saiba lidar com pessoas; Fique sempre atualizado e antenado com o mundo; Leia bastante documentos acadêmicos; Participe de seminários, congressos e atividades afins; Esteja preparado para imprevistos, visto que o planejado para uma determinada aula poderá não ser realizado. RF: Como enxerga a educação no país hoje? O que poderia ser diferente. SA: Percebo que o papel do professor mudou, hoje, não basta mais somente passar conhecimento, visto que as mídias eletrônicas de certa forma já o fazem. Temos que nos reciclar e conseguir trazer este mundo digital para dentro das salas de aula e apontar o caminho certo. Uma coisa é fundamental, nossos adolescentes e jovens ainda não estão “prontos” e contam com nossos exemplos e conhecimentos para formarem suas personalidades e ir em busca de seus sonhos.


Comportamento DENER CANESCHI RF: O que te levou a escolher a profissão? DC: Comecei a me interessar pelo ensino de idiomas ainda adolescente, quando comecei a estudar inglês e sempre admirava meus professores e me sobressaia devido às boas notas e aproveitamento. Fui então convidado a lecionar em um curso de idiomas e desde então nunca mais parei. RF: Como é a sua relação com seus alunos? DC: Procuro manter sempre uma relação de amizade e respeito mútuo. Considero cada aluno um amigo que tenho e que procuro levar comigo para a vida, mesmo depois do nosso período de aulas. RF: Em quais instituições já lecionou? E em quais áreas específicas? DC: Sempre lecionei em cursos de idiomas. Hoje leciono no meu próprio curso, a Speakeasy Idiomas. RF: Para você, qual é a principal dificuldade que um docente enfrenta no dia a dia? E o que é mais gratificante? DC: As dificuldades existem em todas as profissões, mas hoje vejo que as recompensas são maiores do que as dificuldades. Não costumo ter problemas com disciplina em minhas aulas, mas acho que as principais dificuldades enfrentadas pelos professores hoje em dia são a falta de respeito e falta de interesse de alguns alunos. O mais gratificante é vê-los se sobressaindo no mercado de trabalho devido ao domínio de um segundo idioma e conseguindo se comunicar em suas viagens internacionais. RF: O que te motiva a dar aulas? DC: Gosto do que faço e adoro o contato que tenho com meus alunos. Apesar de a carga horária ser um pouco “puxada”, me divirto muito e também aprendo bastante. RF: Qual conselho você daria para quem planeja seguir essa carreira? DC: Antes de qualquer coisa, tenha a certeza da sua paixão pela profissão. Aprenda a ser paciente, procure manter um bom relacionamento com os seus

76 Revista Fato! - Outubro 2017

alunos. Prepare-se antes de suas aulas e não tenha medo de dizer que não sabe responder a alguma pergunta; o domínio da matéria lecionada é imprescindível, mas não se pode esperar que tenhamos todas as respostas para tudo. RF: Como enxerga a educação no país hoje? O que poderia ser diferente? DC: Acho que a educação no Brasil caiu muito nos últimos anos. Se houvesse mais investimento na educação, com certeza nosso país estaria em uma situação bem diferente, mas, infelizmente, não é o que acontece. Vivemos em uma época em que os governantes preferem que o povo continue ignorante e alheio aos problemas que nossa nação tem enfrentado.

ADRIANA MOLLICA RF: O que te levou a escolher a profissão? AM: Eu sempre admirei a grande maioria dos professores que tive pela inteligência, por saber tantas coisas que eu não sabia, pelo ato de ensinar, explicar a matéria em voz alta na frente da turma, todo mundo em silêncio ouvindo (naquela época - risos) e quando eu apresentava trabalhos orais recebia muitos elogios e aí eu achei que tinha jeito para ensinar. Sempre acreditei que a profissão de professor é a mais importante. RF: Como é sua relação com seus alunos? AM: 99% anjo, mas o outro 1% é complicado. Mas sempre me coloco no lugar dos meus alunos, dou o meu melhor na sala de aula. Acredito na relação de confiança e transparência. Eu tenho que trabalhar e os alunos precisam se formar, assim é uma parceria fácil de ser desenvolvida. É uma relação de troca, onde ensino, mas também aprendo muito. A boa convivência é essencial para o desenvolvimento do ensino, aprendizagem e o sentimento de pertencimento do grupo. Aproveito para agradecer aos meus ex e atuais alunos pela indicação. RF: Em quais instituições já lecionou? E em quais áreas específicas? AM: Em muitas... Muitas mesmo, mais de 10.

Passei por todas as fases da vida escolar, desde a primeira infância como professora da rede estadual de ensino na zona rural de Visconde do Rio Branco e escolas particulares, depois como supervisora do SENAI de Ubá atuando com treinamento e desenvolvimento nas empresas da região com jovens e adultos e atualmente como professora do ensino superior. Já ministrei aulas de muitas coisas, mas sempre na área de humanas, com foco nas disciplinas de RH e conhecimentos pedagógicos. RF: Para você, qual é a principal dificuldade que um docente enfrenta no dia a dia? E o que é mais gratificante? AM: A maior dificuldade é a concorrência com o celular. Os alunos estão cada vez mais viciados e o professor tem que ser mais atrativo do que aquele pequeno aparelho, onde o mundo se encontra na palma das mãos. Não sou contra o uso das tecnologias, definitivamente, mas como disse o Professor Cortella, em uma palestra recente que assisti. “O celular não é negativo, mas é distrativo” e a falta de atenção, de foco, de disciplina prejudica o aprendizado. O mais gratificante é a convivência com os alunos, a contribuição que tenho no futuro profissional e a realização do sonho familiar de ter uma formação superior, ainda motivo de diferencial competitivo no nosso país. RF: O que te motiva a dar aulas? AM: O ensino superior é um ambiente super agradável, estimulante, cheio de desafios e energia. Trabalho com o que gosto e é o lugar onde sou mais feliz, dentro da faculdade, pois também exerço um cargo de coordenação. Às vezes estou morta de cansada, mas quando entro na sala de aula, me renovo. A sala de aula me cura! RF: Qual conselho você daria para quem planeja seguir essa carreira? AM: Uma das melhores dádivas é escolher onde e com quem trabalhar. Acredito muito que se as pessoas não são felizes no trabalho, onde dedicamos a maior parte do tempo, também não serão no âmbito pessoal. Dessa forma o meu conselho é: estude, estude muito, esteja sempre atualizado, invista


Comportamento na sua formação profissional através de cursos de pós-graduação, mestrado, capacitações, congressos e leitura. Faça da leitura seu hobby favorito para os momentos de ócio e aí sim, estará preparado para enfrentar o mercado de trabalho. As instituições de ensino vão te achar de alguma forma e aí você decide, você escolhe o que for melhor.

ANAMARES TEIXEIRA RF: O que te levou a escolher a profissão? AT: Sempre gostei de conviver com crianças. Pensava em ser Pediatra, mas naquela época era tudo mais difícil e acabei ingressando na Educação, onde me realizei. Foi uma época super feliz! RF: Como era sua relação com seus alunos? AT: Da minha parte, sempre existiu muito carinho, dedicação, comprometimento, entusiasmo, respeito e, sobretudo, amor! Da parte dos alunos, somente eles poderão dizer. Acredito sim que houve uma “troca” incrível! RF: Em quais instituições já lecionou? E em quais áreas específicas? AT: Tudo começou no Raulzinho, iniciei aos 17 anos como professora da pré-escola. Depois, 1ª, 2ª

série, na ocasião fui convidada por D. Climene. Um tempo depois fui dar aula na Anexa, até alcançar o cargo de Diretora. Os anos passaram e fui chamada para dirigir a UES/CESU (Supletivo). Paralelo a estes trabalhos também lecionei religião no Colégio Sagrado Coração de Maria, Área Secundária no Raul Soares e Psicologia aplicada à Educação na FAFIU/UNIPAC. Depois de aposentada, trabalhei como Supervisora Pedagógica na Escola Lápis de Cor onde defini minha “chegada” e encerrei a profissão mais importante e gratificante de minha vida! RF: Para você, qual foi à principal dificuldade enfrentada no dia a dia, em sala de aula? E o que é mais gratificante? AT: Quando eu exerci a profissão, era tudo muito tranquilo. Quanto às dificuldades de hoje, acredito que sejam: evasão escolar, baixa remuneração dos professores, tempo de menos nas escolas, inadequação do currículo à vida, escola sendo algo sem importância para alguns. Sobre o que foi mais gratificante para mim é saber que todos, hoje, se tornaram pessoas do bem, adultos bem sucedidos! Este é o meu melhor presente! Me sinto privilegiada! RF: O que te motivava a dar aulas? AT: Nunca tive medo de sonhar grande e deixar

um “legado”, além do desafio de estar à frente de vários olhos, ouvidos e corações! RF: Qual conselho você daria para quem planeja seguir essa carreira? AT: É imprescindível gostar. Além disso, é preciso dedicar-se e também sempre lembrar-se que muito mais que uma área profissional, ser educador é uma missão social, que dissemina ideias e valores. RF: Como enxerga a educação no país hoje? O que poderia ser diferente? AT: Acredito que a educação precisa ser integral e que além do aumento da jornada escolar, desenvolva-se a potencialidade dos alunos. Uma Educação mais contemporânea, com “cheiro” de século 21, acrescido de cooperação, solidariedade, respeito e uma inter-relação mais definida entre os três níveis educacionais. Pontuo ainda: uma maior valorização do profissional, maior incentivo dos docentes e discentes a conhecerem e desenvolverem projetos inovadores, a IES (Instituições do Ensino Superior) mais “atrelada” à realidade. Enfim, “É tempo de travessia e se não ousarmos fazê-la, teremos ficado sempre à margem de nós mesmos.” (Fernando Pessoa)


Foto: Fotografe

César Campos

Utilidade Pública

Espaço Jurídico OAB/MG 108.555; pós-graduado em Direito Tributário, Direito Militar e pós-graduando em Direito e Processo do Trabalho pela Universidade Anhanguera. Advogado membro do escritório Pacheco & Sousa, Assessoria Jurídica e Empresarial. E-mail: camppss@bol.com.br

FUNRURAL

MEDIDA DO SENADO PÕE EM RISCO A ARRECADAÇÃO DO

F

unrural é a contribuição social destinada ao custeio do seguro de acidente do trabalhador rural e tem como fato gerador a receita bruta da comercialização do produto agropecuário. Vale lembrar que o referido subsídio foi alvo de ampla discussão no meio jurídico acerca de sua constitucionalidade. O Senado aprovou a resolução que compromete a arrecadação de aproximadamente dois bilhões de reais por parte do governo federal, uma vez que a senadora Kátia Abreu propôs uma medida para suspender a cobrança do Funrural. Por se tratar de uma resolução, bastou a promulgação do presidente da casa Eunício Oliveira, após o texto ter sido aprovado em comissão. Inspirada no reconhecimento da constitucionalidade do referido encargo pelo Supremo Tribunal Federal, a senadora propôs retirar a fração de 2,1% que incide sobre a receita bruta das empresas agropecuárias, de forma que com a extinção dessa alíquota, a legislação voltada para o assunto perde seu conteúdo, inviabilizando, portanto, a cobrança da polêmica contribuição. Insatisfeito com o parecer, o governo vai acionar a Advocacia-Geral da União para tentar derrubar a medida junto ao Supremo Tribunal Federal, porém, dúvidas existem acerca da possibilidade do tema ser decidido a tempo de garantir a arrecadação ainda neste ano, sendo que, até a apreciação pelo guardião da Constituição Federal, a cobrança depende apenas da força de uma medida provisória, proposta pelo governo em julho e cujo relator é o presidente da Frente Parlamentar da Agropecuária, deputado Nilson Leitão. Caso a resolução não prospere, Leitão garantiu que trabalhos serão realizados para aprovar condições mais favoráveis na tributação e no parcelamento de débitos atrasados, todavia, o que se sabe até o presente momento é que o Poder Legislativo pretende suspender o recolhimento do Funrural, que, conforme dito, restou declarado inconstitucional pelo Supremo, o qual entende que o subsídio viola as disposições do art. 195 da Constituição Federal. Por outro lado, a perda dessa receita aumenta a dificuldade do governo em cumprir a meta de déficit prevista para este ano, elevada para R$159 milhões de reais, uma vez que o ocorrido não constava na lista de riscos da equipe econômica, da qual já fazem parte o Programa de Recuperação Fiscal – Refis e os leilões das usinas da Cemig, ambos em meio a negociações políticas, de forma que o ideal é aguardar o desenrolar dessa polêmica. 78 Revista Fato! - Outubro 2017

Rock In Fest Por Tainara Martinho

Revista Fato

EVENTO BENEFICENTE REALIZOU DOAÇÃO DE MOTOCICLETA PARA PATRONATO SÃO JOSÉ

N

o dia 30 de setembro, a equipe do GALO FEST promoveu a 1ª Edição do Rock In Fest. O evento beneficente reuniu cerca de 300 pessoas no Hotel Del Fiore e contou com a participação das atrações musicais: Banda de Garagem, Bráulio Hilario e os Camalões, participações de Bruno Barletta (Minhoca) e Missin, tocando os clássicos do pop rock agitando a noite dos participantes. “Nosso objetivo é reunir nossos amigos em um momento de descontração! Gostamos de organizar eventos que reunam nossos companheiros de longa data e que ajude o próximo. Em todas as ações realizadas, escolhemos uma instituição que receberá a doação e que os recursos possam contribuir na manutenção das atividades sociais”, comenta Bruno Amnésia, um dos organizadores do evento. “Foi uma festa maravilhosa! Só tenho que parabenizar aos organizadores pela excelente estrutura. Além disso, a ação solidária foi muito importante para o Patronato. Acreditamos que a renda da motocicleta ajudará muito a instituição” comentou Aristídes Júnior que prestigiou a 1ª edição do Rock in Fest.

Uma grande de estrutura de palco e sonorização foram montadas para recepcionar os participantes. Com 300 abadás vendidos, a renda possibilitou a compra de 1 motocicleta Yamaha 125 cc, que será rifada pela direção do Patronato São José no dia 10 de dezembro. “Ficamos imensamente gratos pela ação solidária organizada pelo grupo GALO FEST. Passamos por uma fase difícil e essa ajuda será muito valiosa! Para quem quiser adquirir a rifa e nos ajudar, elas estão disponíveis no box 10 da feira livre, às quartas e domingos e também na sede do Patronato”, diz a Irmã Maria Cecília. O sorteio da motocicleta será realizado após a missa das 1700h no Patronato. “Acho muito interessante a ação promovida pela turma GALO FEST. Eles conseguem aliar o esporte, música e a soliedariedade em um único momento. Como voluntário do Patronato parabenizo a eles pela escolha da instituição que é carente de recursos e atenção. A ajuda será muito importante para a instituição”, afirma Pedro Henriques Guimarães Filho, voluntário e membro da diretoria do Patronato São José.

Entrega simbólica durante o Rock in Fest da Yamaha 125 cc para as irmãs do Patronato São José.


Revista Fato!  

EDIÇÃO 71

Advertisement