Page 1

ESTILO LIVRE

3


4

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

5


ÍNDICE_

06 08 10 18 29 30 34 46 50

entrevista

Paolla Oliveira

“Drama da novela faz pensar na maternidade”

carros MERCADO

Confira as novidades

literatura

viagem ao passado Através dos livros

coluna

fotografia fácil Como usar o “zoom”

moda

arezzo mob party Festa lança nova coleção

DA REDAÇÃO_

“Olha o que ele fez comigo” Nossa edição deste mês traz uma reportagem especial de capa, que revela um pouco da história de vida e de sucesso do cantor Thalles Roberto, que vem liderando as vendas de CDs no meio gospel. Mas Thalles está em nossa capa este mês não somente devido ao seu sucesso no meio artístico, mas também porque sua história de vida acaba de ser transformada em livro pelas mãos do assisense Daniel Israel. Confira na reportagem um pouco da trajetória deste projeto, que culminou na publicação do livro “Olha o que Ele fez comigo” e que também será reproduzido nas telonas, por meio de um longa metragem que começa a ser produzido no Rio de Janeiro. Leia também as diversas outras reportagens que preparamos para vocês, como a história da romaria feita por um grupo de tropeiros de Aparecida do Norte para Assis, e da bela assisense que tem se destacado na modalidade team roping, até pouco tempo praticada quase que somente por homens. Boa leitura!

look book

primavera/verão

Novidades começam a chegar

CAROLINA MARQUEZINI DIRETORA DA REDAÇÃO

decoração Casa cor

Fratto apresenta novidades no setor

economia

envelhecimento Seus reflexos na economia assisense

Viagem

de aparecida a Assis Tropeiros fazem romaria

DIRETOR Jeziel Marquezini EDITORA Carolina Marquezini DIRETOR COMERCIAL Daniel Israel DIREÇÃO DE ARTE E DIAGRAMAÇÃO Camila Bahis IMPRESSÃO Editora Conosco_Indústria Gráfica TEXTO E FOTOS Agência Estado FOTOS Carolina Falcão_Fotos

26 Capa

6

Thalles Roberto: assisense escreve livro sobre história de vida do cantor ESTILO LIVRE

JORNALISTA RESPONSÁVEL Carolina Marquezini_MTB_41418 SP TIRAGEM 18 mil exemplares PARA ANUNCIAR Daniel Israel_18 9732 0007 daniel@revistaestilolivre.com.br ANÚNCIOS E PATROCÍNIOS Além de anúncios institucionais e comerciais em formatos tradicionais, a Estilo Livre oferece a opção de patrocínio das seções e colunas fixas. Fale com nosso departamento comercial. *O conteúdo das propagandas e informes publicitários é de inteira responsabilidade dos contratantes.

REVISTA ESTILO LIVRE Abílio Duarte de Souza, 257 . 18 3022.3152 revista@revistaestilolivre.com.br www.revistaestilolivre.com.br

ESTILO LIVRE

7


ENTREVISTA_

Paolla Oliveira “Drama da Paloma me faz pensar na maternidade” POR_Márcio Mello

(AE) - Em meio ao drama vivido por sua personagem em “Amor à Vida”, Paolla Oliveira está com a vontade de ser mãe à flor da pele. A atriz, que dá vida a mais uma mocinha na trama do horário nobre da Rede Globo, busca nas mães que fazem parte de sua rotina a inspiração necessária para poder mostrar os sentimentos que Paloma tem pela filha, Paulinha (Klara Castanho). No entanto, a descoberta do que pode significar a maternidade não faz com que a beldade queira se tornar mãe imediatamente, pois seu foco, agora, é somente o trabalho na novela de Walcyr Carrasco. A intérprete de Paloma revela ainda que está vibrando com sua personagem justamente por ela ser diferente do que tem feito ultimamente na televisão. “Tenho a mesma intensidade da Paloma”, comenta a atriz, referindo-se à força que a médica tem para seguir em frente, apesar dos encontros e desencontros que aconteceram em sua vida desde o primeiro capítulo da trama. Linda e com o corpo em forma, a atriz entrega seu segredo para ficar com tudo no lugar: atividade aeróbica e musculação. Com a chegada da tecnologia em alta definição à televisão brasileira, Paolla confessa que se preocupou ainda mais em ficar bonita diante das câmeras. AE: Agora que Paloma descobriu que Paulinha é sua filha, o drama da personagem passa a ser mais voltado para isso, certo? E a sua vontade de ser mãe aumentou? PAOLLA: Tenho vontade de ser mãe, mas não agora. O lado materno existe dentro de toda mulher, claro. E isso acontece comigo também. O drama vivido pela Paloma me faz pensar sobre a maternidade. Acho que estou com esse lado um pouco à flor da pele. Também não é fácil com tudo o que a Paloma vive na novela. Para entender melhor o universo da personagem, eu busquei muita sensibilidade nas mães perto de mim. AE: Quando você iniciou sua carreira de atriz, seu pai não lhe incentivou muito e queria que você continuasse com o seu curso de fisioterapia. Hoje, você tem certeza de que fez a escolha certa? PAOLLA: Nunca mais esqueci o que meu pai me falou: ‘Vai largar a carreira para fazer isso que nem sei direito o que é’. Depois, eu vim para o Rio de Janeiro sem saber se iria dar certo, sem saber se iria voltar, se meu pai iria me aceitar de volta... O bom é ser corajoso e manter sua decisão. Hoje, não me arrependo. Acho que a minha carreira é uma corrida ascendente e, quando recomeço um trabalho, recomeço uma história. É um trabalho que sempre traz um novo frescor. Eu gosto muito de tudo, mas sou suspeita para falar (risos). AE: Para viver a Paloma, você mudou o visual. Aprovou o resultado final? PAOLLA: Adorei! Dei uma clareada nos fios e adorei o resultado final. O cabelo está rico em camadas. Cuido da pele também. Além de usar cremes, não abro mão do meu filtro solar e jamais durmo com maquiagem.

8

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

9


CARROS_

LUCIANO QUEIROZ

Motores 'pequenos' poluem menos sem sacrificar potência e torque

Classic e Sandero superam HB20 em vendas

(AE) - O lançamento da versão GT2 do novo Porsche 911 só ocorrerá em março de 2014, no Salão de Genebra (Suíça). No entanto, o esportivo já foi flagrado em testes na Europa praticamente sem nenhuma camuflagem. De acordo com as imagens captadas pela agência Carparazzi, o desenho desta série chama a atenção por trazer um grande aerofólio, rodas largas e para-lamas traseiro com entradas de ar salientes (detalhe típico dos GT2). As saídas do escapamento ficam no centro do para-choque e não nas extremidades, como ocorre na versão convencional do 911.

(AE) - Protagonista nos primeiros meses do ano com um ótimo índice de vendas, o Hyundai HB20 já não está em tão boa forma no mercado brasileiro. Após ter perdido posições no ranking de emplacamentos para Ford Fiesta e Chevrolet Onix, o compacto feito em Piracicaba (SP) foi desbancado em junho por Classic e Sandero. Na lista, o HB20 aparece apenas em 11º, com 7.790 emplacamentos.Como de praxe nos últimos anos, as três primeiras posições na lista dos mais vendidos foram ocupadas por Volkswagen Gol, Fiat Uno e Fiat Palio, respectivamente.

FOTO_SUZZI QUEIROZ

Invocado, Porsche 911 GT2 é flagrado em testes na Europa

(AE) - O downsinzing (redução de tamanho, em tradução livre) de motores está em alta. A ideia básica é diminuir a cilindrada do motor sem reduzir seu rendimento - em muitos casos há até aumento. O objetivo é diminuir o consumo de combustível e, consequentemente, os níveis de emissões de poluentes.
Uma das práticas mais adotadas pelas montadoras é a utilização de turbocompressores. O resultado é ainda melhor quando essa solução é associada à injeção direta.
O quatro-cilindros 1.4 do Audi A1 tem, adicionlamente, turbo mecânico e gera 185 cv. A evolução é notável: o seis-cilindros 4 1 do Chevrolet Omega CD 1996 tem 168 cv.
O primeiro carro com turbo e injeção direta vendido no País foi o VW Passat, em 2005. Atualmente a tecnologia está em versões de Audi, BMW, Porsche, Ford, Peugeot, Citroën, Jaguar, Land Rover, Volvo e Mercedes-Benz, entre outras.
Por ora, esses propulsores são importados. Em cerca de dois anos, contudo, VW e Ford terão a tecnologia em propulsores feitos no Brasil.


Com foco no conforto, novo Nissan Altima chega no fim do ano (AE) - O Nissan Altima chega ao mercado brasileiro no fim do ano para concorrer em um segmento que tem representantes de peso como o novo Ford Fusion e o Hyundai Sonata. Em breve, deverá ganhar reforço da próxima geração do Chevrolet Malibu. Seu preço ainda não foi definido. Será uma briga difícil, da qual o modelo japonês quer participar com carícia, em vez de agressividade. Ele abusa de conforto, que é o seu grande diferencial.

10

ESTILO LIVRE

Motor MultiAir do Fiat 500 vira flexível

Hyundai reduz preços de seis importados

(AE) - A Fiat começará a vender a partir da metade do mês a versão Sport Air flexível do 500. Até então, o motor MultiAir 1.4 que equipa esta opção do modelo importado do México "bebia" apenas gasolina e desenvolvia 105 cv e 13,6 mkgf. Com o combustível de origem vegetal, a potência do 500 sobe para 107 cv e o torque atinge 13,8 mkgf. De acordo com a assessoria de imprensa da Fiat, o preço sugerido da opção Sport Air bicombustível será o mesmo da atual a gasolina.

(AE) - A Hyundai reajustou para baixo os preços de seis importados, além do Tucson, que é feito em Anápolis (GO). A redução vale apenas para os modelos importados e produzidos pela Caoa Montadora de Veículos. Ou seja: a linha HB20, feita pela própria Hyundai em Piracicaba (SP), não foi contemplada. A maior redução foi para o sedã Equus, topo de linha da marca sul-coreana. A tabela foi reduzida de R$ 337.792 para R$ 300 mil, desconto de 11,2%.

MÚSICA_ O artesão e violeiro paulista Luciano Queiroz acaba de lançar o disco “Viola de Lua”, uma homenagem a um dos maiores artistas brasileiros, conhecido no mundo todo por cantar a sua terra e a sua gente, Luiz “Lua” Gonzaga! O projeto busca lembrar não somente a tragetória e o centenario de Luiz Gonzaga, o Rei do Baião, mas também os 85 anos de seu avô, Geraldo Queiroz, o homem que teve uma história, como a de tantos outros nordestinos, cantada por Gonzaga, e que dá a herança cultural nordestina ao seu neto Luciano Queiroz. Descendente direto do nordeste brasileiro, com pai e avós paraibanos falando “arrastado”, Luciano Queiroz nasceu e cresceu aprendendo a viver a cultura nordestina em toda sua riqueza e plenitude. Mas foi somente em janeiro de 2011, numa viagem ao interior do nordeste paraibano, na cidade de Catolé do Rocha, que o projeto começou a ganhar vida. Na ocasião, pôde ver e viver a origem nordestina de sua família como nunca pudera imaginar. Visitou a casa onde seu avô nasceu, a casa construída por seu bisavô “Neco Queté”, onde nasceu uma de suas tias, a casa onde nasceu seu pai, a casa que seus avós construíram com as próprias mãos para poder morar depois que se casaram e tantas outras coisas nas andanças pelo pé da Serra da Rajada. Tudo isso abriu caminho e lhe deu forças pra pensar e organizar um trabalho talvez inédito na viola caipira, de interpretar clássicos nordestinos num instrumento que já pertenceu a todo o Brasil, mas que hoje é quase extinto no nordeste, a não ser pelas mãos de alguns cantadores repentistas que ainda utilizam a viola caipira ao invés do violão. Afinal, seja no sertão seco do “Norte” ou no sertão verde do “Sul”, o sentimento do homem que ali vive, o amor à terra, à natureza, à cultura, o valor dado às suas origens é sempre o mesmo! Um disco imperdível, a pura viola caipira instrumental tocando a mais pura música nordestina. Para ouvir e comprar o disco: http://www.fotoemusica.com.br/violadelua.html

ESTILO LIVRE

11


LITERATURA_

Viagem ao passado

através dos livros

POR_Felipe Mortara

(AE) - Mais do que apenas conhecer paisagens, sabores e culturas, viajar pelo Brasil permite entender o que nos faz brasileiros. E ler sobre o passado do País é um jeito fascinante de tornar mais interessante a experiência de viagem. Além de revelar como se fez cada cantinho do Brasil, a história nos deixa com água na boca para descobrir tudo ao vivo.

1565 - ENQUANTO O BRASIL NASCIA A relação entre duas cidades brasileiras ao longo dos séculos 16 e 17 é fio condutor da narrativa do jornalista Pedro Doria. São Paulo, de alma independente, e Rio de Janeiro, ambíguo e versátil, retratam como o Brasil construiu pouco a pouco a trajetória que transformou o País no que é. Cheio de paradoxos, figuras curiosas, dramas e tragicomédias. 2013 - Preço: R$ 39,90 - Editora: Nova Fronteira

DIÁRIO DE NAVEGAÇÃO Em dezembro de 1530, cinco navios ocupadas por 400 tripulantes sob o comando de Martim Afonso de Sousa partiram de Lisboa e se lançaram pelo Atlântico rumo ao Brasil. A expedição foi registrada de perto por Pero Lopes de Sousa, irmão do comandante. Esta edição inclui belas ilustrações, que dão ao leitor uma dimensão ímpar da grandeza da empreitada. 2011 - Preço: R$ 97 - Editora: Terceiro Nome

12

ESTILO LIVRE

BRASIL: UMA CARTOGRAFIA Conhecer os caminhos do País, seu desenvolvimento e sua história por meio de uma linguagem visual. O livro reúne mais de 70 mapas - do século 16 aos mais modernos e tecnológicos, feitos via satélite - divididos em três partes: o Brasil a partir do mar, da terra e do céu. Mais que uma cronologia cartográfica, a obra analisa aspectos sociopolíticos, econômicos e culturais do Brasil. 2010 - Preço: R$ 120 - Editora: Casa da Palavra

BRASIL - UMA HISTÓRIA Originalmente publicada em 2001, a primeira obra do historiador Eduardo Bueno ganha uma edição atualizada para incluir episódios recentes de nossa história. Na nova versão, foram incluídos a posse de Dilma Rousseff como presidente e a condenação dos réus do mensalão. Lançando mão de uma linguagem leve e envolvente, o autor consegue despertar o interesse até em quem tradicionalmente dormia nas aulas de história. 2013 - Preço: R$ 29,90 - Editora: Leya

1822 O best-seller de Laurentino Gomes aproximou a história do Brasil do grande público, após o sucesso conquistado com 1808. Neste relato detalhado sobre a Independência, 22 capítulos com ilustrações narram os 14 anos entre a volta da corte portuguesa de D. João VI a Lisboa, em 1821, e a morte do imperador D. Pedro I, em 1834. Compreenda como o Brasil conseguiu se firmar como nação livre. 2010 - Preço: R$ 44,90 - Editora: Nova Fronteira

ESTILO LIVRE

13


DESFILE OUTONO/INVERNO 2013

14

ESTILO LIVRE

APOIO: Moda Em Papel :: Teka :: San Felipe :: ArtSom :: DjMaia :: Buffet Bella Festa :: MAC Coiffeur :: Tv Com 22

ESTILO LIVRE ASSIS - Rua Capitão Assis, 209 (18) 3324 2993 - PARAGUAÇU PAULISTA Rua 7 de Setembro, 421 (18) 3361 5191

15


vitrine_

1

2

4

3

1. Pedro, Adalto, Daniele, Alexandre, Moacir e Márcia 2. Fabiola e Luiz Felipe 3. Juliana e Bica 4. José Carlos, Fernanda e Sara 5. Márcia e David 6. Rodrigo e Yara 7. Rudy e Ana Paula 8. Wagner e Thays

5

6

16

7 ESTILO LIVRE

8 ESTILO LIVRE

17


NOTAS TV_ POR_IVA OLIVEIRa

01 ELENCO QUE AUMENTA Conhecido pelo filme "Sideways - Entre umas e Outras", Paul Giamatti se juntou à turma de "Downton Abbey" (GNT). Seu personagem é Harold Levinson, irmão de Cora (Elizabeth McGovern) e tio de Mary (Michelle Dockery) e Edith (Laura Carmichael). Segundo o site "TV Line", o ator aparecerá no último episódio da temporada que já está no ar.

04

NOVOS PROJETOS

Atualmente compromissado com a segunda temporada de "Sessão de Terapia" (GNT), Selton Mello poderá dirigir uma série sobre a indústria cinematográfica, em São Paulo, na década de 1970. O projeto, intitulado "Boca do Lixo", terá 13 episódios e deverá ganhar um espaço na grade do HBO. Provavelmente, ele também atue no projeto.

05 QUARTO ANO

02 TOPO DO RANKING Sucesso no ano passado, a novela "Avenida Brasil" cruzou fronteiras. A trama de João Emanuel Carneiro acaba de se tornar a obra mais licenciada da Globo no exterior. Em apenas seis meses, o folhetim teve seus direitos de exibição adquiridos por 106 países e foi dublada em 14 línguas como espanhol, inglês, russo, grego, polonês e francês.

Segundo o site "TVLine", o quarto ano de "The Walking Dead" (Fox) apresentará alguns personagens novos. Laura, uma mãe solteira e ex-enfermeira que não é tão forte quanto aparenta ser; Melody, uma garota de 20 e poucos anos; e Don, uma espécie de versão mais intensa de Hershel (Scott Wilson); seriam alguns deles. A estreia é em outubro nos EUA.

06 03 OLHOS NELE

18

Mal saiu de "Salve Jorge" (Globo), Tiago Abravanel já está se movimentando para voltar ao ar. Em "Joia Rara", a próxima novela das 18h da Globo, o sobrinho de Silvio Santos ganhará um papel totalmente diferente de Demir, da novela de Gloria Perez. Agora ele será um malandro sedutor. ESTILO LIVRE

DOBRADINHA JOVEM Os atores gêmeos de "Desperate Housewives" (Sony) voltam à cena. Charlie e Max Carver são os novos nomes em"The Leftlovers", piloto inspirado no romance homônimo de Tom Perrotta para o HBO. O livro foi lançado pela Editora Intrínseca no Brasil em julho de 2012, sob o título "Os Deixados para Trás".

ESTILO LIVRE

19


COLUNA_

FOTOGRAFIA FÁCIL POR_FABRIZIO ZINI fabzini@hotmail.com

Atendendo a pedidos, hoje dedico esta matéria a um dispositivo que, pode parecer simples, mas faz muita diferença se bem utilizado: o ZOOM. Para poder tirar melhor proveito, é preciso entender um pouco o que ele faz. ZOOM nada mais é do que o deslocamento da lente para frente, que faz com que a distância da câmera pra lente seja maior, diminuindo o ângulo de visão e aproximando os objetos a sua frente. Isso aumenta o desfoque dos do fundo, destacando o primeiro. As câmeras de hoje vêm com lentes de diversos tamanhos (entre 25mm a 250mm). O valor representa a distância da câmera para a lente. Pra entender melhor, faça este teste: numa folha sulfite, faça um furo no meio, do tamanho de uma moeda. Com um olho só aberto, aproxime a folha do rosto e repare o que você vê. Depois afaste a folha do rosto e pronto! o zoom é isso!

3 FIGURA 2

E quando ele não funciona muito bem: Fotos com movimento: pois o zoom deixa o foco lento e muito limitado, deixando os objetos meio desfocados. Condições de pouca luz: pois o zoom precisa de mais luz que o normal, pra foto não sair tremida. O flash costuma ajudar, mas não se o objeto estiver muito distante. Zoom digital: já ouviu esta palavra? Então esqueça!!!! Ele é diferente do zoom da lente e inimigo numero 1 da boa foto.

E onde ele funciona bem? RETRATOS! Sempre que for fotografar pessoas. Ao invés de aproximar-se, o que causa distorção nas linhas e deixa os rostos meio deformados, afaste-se ao máximo, usando o zoom pra re-enquadrar... isso vai deixar as expressões mais suaves. No caso de uma pessoa só, use o zoom da sua câmera no máximo, cortando na altura dos ombros. Assim o fundo fica mais desfocado. (fig_1 e 2) Paisagens muito amplas: você pode recortar uma porção menor da vista, dando mais destaque a algum ponto importante. (fig_3) Crianças: abaixe-se na altura delas e use o zoom pra aproximar o enquadramento sem ter que correr atrás deles! Mas cuidado com o foco! (fig_4) Culinária: o close macro (desenho de uma flor na câmera) é uma função presente em quase todas as câmeras modernas e funciona muito bem com zoom pras fotos daquelas receitas que você faz questão de mostrar pros amigos!

20

ESTILO LIVRE

FIGURA 3

FIGURA 4

Dicas de aplicativos: • Fisheye: simula um efeito “olho de peixe” que distorce as linhas das bordas... o contrário do zoom... muito divertido! • Tiny planets: simplesmente impressionante: faz uma foto virar um mini planeta, igual ao do Pequeno Príncipe!!! • 360º Panorama: faz o que o nome diz: uma foto 360º. • Photoforge: corta a foto em qualquer formato, ainda faz molduras, efeitos, cores e filtros... tudo muito fácil num dos melhores aplicativos pra smartphones já lançados.

ESTILO LIVRE

21


Projeto Funkenstein_

DVD OFICIAL

CREA_ O DVD Oficial do Projeto Funkenstein foi gravado ao vivo na Virada Cultural de Assis 2013 no dia 25/05 (palco externo principal), tendo como objetivo registrar e divulgar o trabalho da banda, contando também um pouco de sua história e de seus integrantes. O DVD está sendo distribuído aos amigos, parceiros e interessados em conhecer um pouco mais desta banda, criada com o propósito de fazer um som alternativo, diferente e contagiante, uma verdadeira viagem musical pelo mundo da black music!

Interessados em adquirir o DVD ou contratar o Projeto Funkenstein, entrar em contato pelos fones: (18) 8165 4954 (18) 9745 4990 E-mail: projetofunkenstein@gmail.com ou acessando a página da banda no Facebook: www.facebook.com/projetofunkenstein

22

ESTILO LIVRE

AEAssis participa de Congresso Estadual O presidente da AE ASSIS explica a importância dessa integração de regionais a fim de valorizar o profissional Por_MAYRA TRIVELONI

É do Congresso Estadual de Profissionais – CEP, realizado pelo Crea - SP na capital paulista, que saem as várias propostas que irão balizar as ações dos conselhos na esfera nacional. O presidente da Associação dos Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos de Assis e Região – AEASSIS, Airton Nizoli esteve no evento ao lado do conselheiro Edgar da Silva e do inspetor Alexandre Ortigoza. “Estivemos no encontro a fim de levar as propostas que valorizam a classe profissional; a partir dessas reivindicações saem às propostas que serão levadas à Gramado, no Congresso Nacional, que acontece ainda este ano”, informa Nizoli. O Crea-SP realizou oito etapas regionais preparatórias, com expressiva participação da área tecnológica de todo o Estado e quase 800 propostas apresentadas. A movimentação que reuniu os municípios de Ribeirão Preto, Guarulhos, Taubaté, Marília, Santos, etc., foi acompanha-

da por um grupo de trabalho que vai auxiliar no processo de definição das 20 propostas paulistas que serão apresentadas em Gramado/RS, durante a etapa final. “Estamos acompanhando esse processo, reconhecemos a força desses profissionais e não vamos medir esforços para defender as demandas dos profissionais de Assis e nossa região”, reforça Airton. O presidente da AEASSIS explica a importância dessa integração de regionais a fim de colocar em prática uma força-tarefa, unindo agentes fiscais, inspetores e conselheiros para combater o mau exercício profissional. Além de trabalhar para valorizar os profissionais. “Dessa forma, a engenharia cumpre seu mais importante objetivo: o de garantir à população serviços públicos de qualidade”, destaca. E reforça: vai construir ou reformar contrate sempre um profissional do sistema CONFEA, CREA e CAU.

ESTILO LIVRE

23


você sabia?

Auxílio reclusão x salário mínimo...

POR_André Zanoti

AndreZanoti@gmail.com

Atos que podem ser ou não crimes, mas que não possuem penas!

Fui viajar e esqueci o dinheiro do pedágio! E agora? A RECEITA para resolver isso é bem simples: Avise a pessoa da cabine, no pedágio, e peça para ela lhe enviar um boleto. Ela anotará seu CPF e RENAVAN, você assinará uma confissão de dívida e o boleto será enviado para sua casa ou até mesmo entregue no local, para ser pego em uma data próxima. Agora, ser você não pagar, a RECEITA será outra: RECEITA FEDERAL!

Incesto é crime? Não! No Brasil, o incesto, a relação sexual ou marital entre parentes próximos, apesar de ser considerada um tabu perante a sociedade e um pecado diante da religião, não é considerado crime! Desde que nenhuma das pessoas tenha menos de 14 anos, haja consentimento mútuo e o ato não seja consumado mediante fraude, simulação, coação, estupro ou dolo, não é crime a relação incestuosa entre, por exemplo, primo e prima, tia e sobrinho, pai e filha, meio irmãos ou entre concunhados. Aliás, se uma esposa comete incesto, por exemplo, comete adultério ESTILOde LIVRE que, apesar ser considerado uma das formas de infidelidade, também não é um crime!

24

a) Furto famélico – Em caso de extrema necessidade – penúria - para saciar sua fome. Desde que seja o suficiente para uma pessoa comer e sem o emprego de violência ou ameaça, não haverá condenação; b) Furto de uso – Também cometido em caso de extrema necessidade, quando o agente devolve a coisa, como estava, no mesmo local onde encontrou e em um curto espaço de tempo. Não há vontade de apropriação do bem. Há apenas um apuro justificável onde não existem outras opções para sanar tal problema; c) Furto de ascendente – O filho que passa a mão no dinheiro da carteira do pai também não configurará crimes, desde que, é claro, praticado sem violência, sem ameaça e apenas uma vez. d) Crime de bagatela – Desde que o bem seja irrelevante e insignificante (valor desprezível) e o praticante não seja um criminoso ou haja desta forma reiteradamente, poderá haver crime, mas não a pena. e) Chá da ayahuasca – Substância alucinógena extraída de cipós e raízes, liberada para fins religiosos pelo Governo Brasileiro (Santo daime), desde 1992, se utilizada durante as cerimônias, não configura crime! f) Não sabia que era crime – Se uma pessoa pratica um ato, descrito como crime na norma, mas ela não sabia que tal ação era considerada criminosa, comete o crime sim, pois a lei também diz que o seu desconhecimento é inescusável.

Você sabia que o governo paga um auxílio às famílias dos detentos? Tal auxílio se justifica, pois o detento não está trabalhando e sua família precisa de sustento. Hoje, o valor deste auxílio é de R$ 920,00. Ou seja, R$ 242,00 a mais que o valor do salário mínimo, que é de R$ 678,00. Nada contra as ações afirmativas (bolsas), mas um salário mínimo destes é um crime. Aliás, menos que um crime!

...assistência do Governo às famílias vitimadas por crimes dolosos... A Constituição Federal também diz que o Poder Público dará assistência aos herdeiros e dependentes carentes de pessoas vitimadas por crimes dolosos (quando o agressor tem intenção de praticar o crime). Porém, a Constituição Federal menciona que uma lei disporá sobre as hipóteses e condições que esta assistência será dada! Pois é! Lá se vão 25 anos de Constituição Federal e até hoje esta lei não veio. Então, não contem com esta assistência, viu! ...auxílio reclusão x assistência do Governo às famílias vitimadas por crimes dolosos! Moral da história: Se um criminoso matar alguém de sua família intencionalmente, a família deste agressor até poderá receber um auxílio reclusão, mas você, herdeiro ou dependente carente de pessoa assassinada neste crime, não conseguirá receber nenhum auxílio do governo!

ESTILO LIVRE

25


VITRINE_

Com direito a decoração e muita comida típica, as famílias Palma e Tomilheiro reuniram amigos e familiares em uma deliciosa festa julina realizada no dia 17 de julho. A festa foi sucesso absoluto, com direito a DJ e quadrilha!

26

ESTILO LIVRE

O Lançamento da coleção Primavera/Verão 2014 da marca Carmen Steffens aconteceu dia 02/08 em Assis. A proprietária da franquia, Andréia Deroldo e sua equipe, receberam os clientes com muito carinho numa tarde descontraída e rodeada de amigos e clientes fieis da marca. Andréia apresentou a coleção que chega com fortes referências da década de 60, desenhos geométricos, cores blocadas e transparências, que são grandes apostas da estação. Além dos calçados e bolsas, a Carmen Steffens traz também uma linha de relógios e óculos. A equipe agradece a todos o carinho e atenção à loja e à marca.

ESTILO LIVRE

27


Projeto Gráfico_Imaginar Full Concept

Depois de passar por bandas de renome nacional, como Jota Quest, Jamil e Uma Noites, entre outras, hoje ele percorre o Brasil todo fazendo uma média de 25 shows por mês e revelando, por meio de suas músicas, uma história que, como ele mesmo diz em uma canção: foi “escrita pelo dedo de Deus”. Thalles Roberto, cantor que conquistou um público gigante dentro do segmento gospel, tendo vendido mais de 200 mil cópias de seu último disco, acaba de ter sua história revelada no livro “Olha o que ele fez comigo”, de autoria do assisense Daniel Israel. O livro, lançado no dia 20 de julho durante uma grande feira em

formando uma família com Daniela Campos, história que é relatada no livro. O autor do título, Daniel Israel, conta que o projeto surgiu em julho de 2012, quando ele e Thalles, que já se conheciam por serem de famílias da mesma cidade, Passos (MG), faziam uma viagem. Na ocasião conversaram superficialmente a respeito do livro, e, uma hora depois, já estávam trabalhando no projeto. Foram meses acompanhando o cantor em seus compromissos para colher os depoimentos e finalizar a obra.

Projeto Gráfico_Imaginar Full Concept

FOTOS_ Marcus Castro

Capa do novo CD

História de vida do cantor Thalles Roberto vira livro pelas mãos de assisense

O livro, CDs e DVDs do cantor estão à venda no site: www.lojathallesroberto.com.br

Capa do livro “Olha o que Ele fez Comigo”.

São Paulo, já nasceu grande, com uma tiragem inicial de 200 mil exemplares, impressos pela editora Graça. “Olha o que ele fez comigo” também é o nome de uma música de Thalles, que revela que, mesmo com muito sucesso na carreira de músico profissional, o cantor vivia uma vida triste, baseada em drogas, bebidas e loucuras. Quando decidiu deixar para trás uma vida de cabeça pra baixo, Thalles começou a trilhar um novo caminho, criando um ministério que tem transformado milhares de vidas por todo Brasil e pelo mundo, e

28

ESTILO LIVRE

buído pela Paramount filmes. O primeiro tratamento do roteiro do filme, também escrito por Daniel Israel, já foi enviado para a apreciação de todos os parceiros do projeto e espera-se, até o início de 2015, que a história de vida de Thalles já esteja na telona. Perguntado sobre o que ele acha de todo esse sucesso, Thalles responde categórico: - O sucesso verdadeiro é ser cheio de Deus. As glórias e as pompas desse mundo passam, mas ele tem coisas pra mim que nunca passarão. Todos esses projetos não são feitos para mostrar eu, o Thalles como pessoa ou artista, e sim para mostrar que não importa a fundura do poço em que a pessoa esteja, Deus pode tirá-la de lá. Olha o que ele fez comigo!

FOTOS_ Marcus Castro

“olha o que ele fez comigo”

CAPA_

Conforme explica o autor, o livro não foi escrito para mostrar o Thalles como músico, mas sim para reveler como as pessoas podem transformar suas vidas se acreditarem no projeto de Deus para elas. Depois de seu retorno ao gospel, Thalles vem trilhando uma carreira meteórica, rendendo ao cantor e pastor, quase três milhões de seguidores nas redes sociais. Desde seu primeiro disco, lançado em 2009, seu trabalho tem sido um sucesso de vendas, conferindo ao cantor diversos discos de ouro e platina e a conquista de muitos prêmios, como o Troféu Promessas em 2012. De lá pra cá foram cinco CDs e dois DVDs, sendo que seu último trabalho, chamado “Sejam Cheios do Espírito Santo” foi líder de vendas no Itunes. Falando de projetos futuros, Thalles revela que o livro “Olha o que ele fez comigo” servirá de material para a produção de um filme que contará a história do cantor. O longa, que já começou a ser organizado pela Graça Filmes, será produzido pela produtora l. C. Barreto e distri-

FOTO_ Grupo C.Comunic

CAPA_

ESTILO LIVRE

29


ZZO

Mob Party 2

30

ESTILO LIVRE

A Arezzo lançou sua coleção Primavera/Verão com a atriz Paolla Oliveira na noite de ontem, em todo o Brasil, com a festa Arezzo Mob Party, das 19h às 22h, em todas as suas lojas, convidando blogueiras e formadoras de opinião para celebrarem as novidades do verão de uma forma moderna e dinâmica por meio das redes sociais. Em Assis, nossa equipe acompanhou toda a festa, já que nossa editora, Carolina Marquezini, foi convidada pelos proprietários da loja, Nilsen, Nilson e Sueli Mello, para ser embaixadora da marca. Foi uma noite muito agradável, regada a espumante, coquetel, mesa de doces e muitas novidades de tirar o fôlego na nova coleção, que traz referências dos anos 70. Entre as tendências, o couro rústico é uma das influências mais literais: aparece em diversas construções, de rasteiras às gladiadoras. É o material mais forte da temporada, sendo misturado também ao novo náutico, chamado de Cool Nautic pela Arezzo. A cor chave da estação é o branco, aliado ao metalizado e futurista prata – hit da temporada. O azul é outra cor que ganha destaque, assim como as chamadas Cores Elétricas (vermelho, azul, pink e verde). Pérolas e miçangas coloridas também aparecem com força, assim como o preto e branco. Para os calçados, os shapes mais importantes são os bicos finos nas sapatilhas, o bico folha e as sandálias com solado tratorado. Já nas bolsas, as protagonistas são as pequenas e estruturadas, as Petit Shoulder Bags, com alças a tiracolo, e os modelos decorados com pérolas. Essas novidades já chegaram na loja de Assis.

ESTILO LIVRE

31


>> MODA country

Nossa região está bem farta de novidades na moda. Há grandes marcas nacionais e internacionais pra explorar. Neste look book, trazemos algumas dicas de look sertanejo também, pois a época de rodeios já chegou, e além do mais, são looks que usamos durante o ano todo, independente da moda atual. Agora é hora de dar uma olhada nas nossas dicas e apostar nas combinações.

>> NOVIDADES PARA O DIA E PARA A NOITE

Camisa e calça Assis Ranch

O mês de agosto chegou e com ele muitas novidades da coleção primavera verão 2013 já estão nas lojas, trazendo cores fortes, cítricas, estampas multi coloridas, e aquelas que se assemelham com lenços. Cores pastéis e o branco e preto vão continuar, assim como as estampas étnicas.

BOta Assis Ranch

COLete Assis Ranch

sandália arezzo

SHORTS ANTONELLA

VESTIDO código Girls

>> ESTAMPAS

>> SAPATOS

Sandália Santa Lolla

Sandália Santa Lolla

Pedrarias, tachas, dourado, black and white e cores vibrantes são tendências para calçar seus pés.

As estampas chegaram com tudo nesse verão 2014, esse é o momento para abusar delas. SAPATO cARMEN Steffens

SAPATO cARMEN Steffens VICTORIA SECRETS LolLita presentes

>> BLANCK AND WHITE O branco e preto continua em alta, tanto nas roupas, como nos acessórios.

SAPATOS

32

cinto Assis Ranch

Kit Island Spa LolLita presentes

>> BELEZA BlusA código girls

AREZZO

Para o cuidado diário e como ótimas dicas para presentear! ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

Saia EQUilÍbrio BOUTIQUE

Bolsa santa lolla

Bolsa carmen steffens

BlusA EQUilÍbrio BOUTIQUE

33


LOOK Masculino INFANTIL SHOOZZ

>> CRIANÇAS As crianças não ficam de fora da moda, com muito estilo para meninos e meninas!

mochila love brands

Conjunto infantil feminino SHOOZZ

Anel Jolie

>> ACESSÓRIOS

Eles são indispensáveis para finalizar um look com muito charme e sofisticação. Brincos Jolie cinto santa lolla

Pulseira requinte colar e brincos requinte

34

ESTILO LIVRE

PULSEIRAs Jolie

ESTILO LIVRE

35


36

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

37


38

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

39


40

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

41


42

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

43


vitrine_

3

1

2

6 4

1. Nivaldo e Silvana 2. Nancy e Laura 3. Anderson, Elen e Elza 4. Meire, Rosângela e Maria 5. Jussara e Reginaldo 6. Cleuza, Nivaldo e Juliana 7. Angélica e Silvana 5

44

ESTILO LIVRE

7

ESTILO LIVRE

45


VITRINE_

PENSE GRANDE

Gerenciando para resultados “Boas idéias não geram resultados, mas a sua implementação com excelência” Por_Elizabeth H. de Oliveira

Os colaboradores da PAX Universal de Assis e filiais participaram de uma grande festa junina que ocorreu em Junho. O evento teve direito a decoração especial, comidas deliciosas e muita animação!

46

ESTILO LIVRE

Embora não seja possível encontrar uma definição universalmente aceita para o conceito de gestão e, por outro lado, apesar deste ter evoluído nas últimas décadas, há consenso relativo de que deva incluir obrigatoriamente um conjunto de tarefas que possa garantir de maneira eficaz o uso dos recursos disponibilizados pela organização a fim de serem atingidos os objetivos por meio dos bens tangíveis e intangíveis. Do gerente de ontem pouco tem restado. Mais que estabelecer metas, cumprir prazos e controlar pessoas, habilidades foram reconfiguradas e o atual profissional tornou-se agente protagonista do processo administrativo. Para Jack Welch, um dos maiores executivos da atualidade, “ainda que as empresas e gerentes continuem ocupando maior parte do tempo esgrimindo números de faturamento e de rentabilidade ao avaliar a produtividade de uma empresa, há necessidade de privilegiar os valores e os comportamentos que integram os códigos de conduta da organização para que o alcance dos resultados ocorra num plano de constância e não com conquistas e recordes sazonais”. É, sob essa ótica, que é conferido valor imensurável ao capital humano, mais conhecido como colaborador. Com perfil redesenhado, ao papel do novo administrador são introduzidas habilidades comportamentais voltadas à capacidade de agregar pessoas, adaptabilidade às mudanças, comunicação assertiva, espírito empreendedor, poder de negociação, visão e ação estratégicas, além da aplicação de três competências fundamentais: técnica que envolve o conhecimento especializado e a habilidade analítica dentro de uma especialidade; humana a capacidade de trabalhar com eficácia e conseguir esforços cooperativos de um grupo em direção dos objetivos estabelecidos e a conceitual, ou visão sistêmica e holística que traduz a habilidade para visualizar a organização como um conjunto integrado, bem como capacidade para compreender as forças políticas, econômicas e sociais que atuam sobre ela. (Idalberto Chiavenato) Entretanto, para muitas empresas gerenciar ainda é cuidar de pessoas e de

Oscar Motomura

processos arquitetados num plano verticalmente hierarquizado e as pessoas vistas como instrumentos técnico-funcionais, reproduzindo atividades pautadas no modelo mecanicista de produção, na proposta “manda quem pode, obedece quem tem juízo”. Criatividade, descentralização e delegação parecem não existir no vocabulário empresarial. Ocorre que as mudanças chegam impondo novos paradigmas de gestão priorizando espaços autônomos aliados ao conceito de parceria como estratégia de integração entre pessoas e setores. Esse modelo traz como proposta a canalização e o emprego da energia dinâmica das relações interpessoais em que empresa e colaboradores se completam numa miríade de caminhos afirma a educadora Dulce Magalhães. Com o objetivo de orientar os gestores no comportamento mais adequado frente aos desafios cotidianos, algumas regras são sugeridas: • Fique atento às tendências do mundo dos negócios. Prepare-se para as adversidades, adequações. • Faça do planejamento e da disciplina ferramentas insubstituíveis. Antever necessidades auxila na tomada de decisões. • Divulgue aos colaboradores os valores, os objetivos e as prioridades da empresa. • Ofereça informações e recursos necessários para a realização das tarefas. • Propicie espaço para troca de conhecimentos, de novas aprendizagens. • Estabeleça canais agéis e confiáveis de comunicação. • Elabore normas que auxiliem na execução das tarefas, nas rotinas de cada setor. • Reveja projetos, avalie resultado. Identifique os pontos fortes e frágeis da empresa e foque neles. • Identifique e reconheça os talentos, as potencialidades individuais e grupais. • Seja coerente entre o falar e o agir. • Conduza as equipes para trabalharem a favor da empresa: estimule, valorize, oriente, comemore. E, por fim, agregue pessoas e valores. Ética, respeito, confiança e transparência sedimentam empresas e auxiliam a travessia em mares revoltos.

ESTILO LIVRE

47


Envelhecimento populacional de Assis e o reflexo na Economia no horizonte de 2030 POR_Ricardo Zöllner Holmo

No Brasil, a partir de 2025, o crescimento populacional será guiado por aumentos da população mais velha (a população mais jovem começou a declinar no começo de 1990), enquanto que a população em idade ativa – entre 15 e 59 anos – começará a declinar. Estudo realizado pelo Bird – Banco Internacional para Reconstrução e Desenvolvimento, aponta que o envelhecimento populacional deverá afetar desde a seguridade e a assistência de saúde até o planejamento urbano e o mercado de trabalho. Em Assis, esse fenômeno já é uma realidade e soluções terão que ser desenvolvidas de dentro da sociedade. Certamente, as experiências de outras regiões precisam ser observadas, particularmente daquelas que também experimentam um rápido envelhecimento populacional. No entanto, as soluções planejadas precisam ser coerentes com a história individual desta região, com a sua cultura, recursos e valores. Apesar da preocupação com o rápido envelhecimento da população, o estudo do Bird aponta um aspecto positivo: a oportunidade de aproveitar o chamado “bônus demográfico”, que é um expressivo número da população economicamente ativa em relação aos idosos e crianças. A Figura 1 apresenta que, em 2010, Assis já possuía maior população economicamente ativa do que dependentes, como idosos ou crianças. Em 2030, a força de trabalho será ainda muito maior à população dependente; é o que aponta a mesma figura exclusiva para ilustrar esta análise. Mas esse maior contingente economicamente ativo não representa desenvolvimento automático, depende de instituições e políticas que transformem as mudanças demográficas em crescimento. Para aproveitar o “bônus demográfico”, é fundamental a criação de novos postos de trabalho formais. Além de políticas paraESTILO a criação de empregos, é preciso investir muito em LIVRE educação. Treinar os idosos também é importante. A população idosa pode continuar a trabalhar e produzir.

48

Apesar da criação de políticas voltadas para esse novo perfil da população, a velocidade do envelhecimento populacional tem superado a implementação de ações para aproveitar as oportunidades de crescimento devido ao elevado número da população economicamente ativa. Já no ano de 2030, conforme a Figura 1, com o aumento do envelhecimento populacional, o município de Assis terá redução do número de jovens na força produtiva ativa. Vai aumentar o número de pessoas que terão dependência social dessa produção. Hoje (2013), segundo a Fundação SEADE, Assis tem aproximadamente 10.176 pessoas com mais de 65 anos. O envelhecimento da população tem reflexo direto no Produto Interno Bruto (PIB). Somente as doenças crônicas não transmissíveis, que afetam principalmente idosos, provocam impacto anual de 1% no PIB, segundo estimativa da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas). De acordo com a Comissão para Estudo do Envelhecimento Mundial, anualmente são gastos cerca de R$ 60 bilhões com doenças típicas da terceira idade no Brasil. De acordo com especialistas, os problemas decorrentes da terceira idade começam a aparecer com mais intensidade depois dos 70 anos. Até lá, em torno de 80% das pessoas não têm nenhuma atividade de vida diária comprometida. No entanto, a partir dos 80 anos, a grande maioria passa a conviver com enfermidades. Com esta breve análise, é possível dimensionar um pouco do futuro de Assis com o envelhecimento populacional e desde já refletir soluções para possíveis dificuldades da qualidade de vida no município.

Ricardo Zöllner Holmo é natural de Assis, doutor em engenharia pelo ITA, especialista em Economia pela USP e em Marketing pela FAAP, Professor Universitário e Diretor da Lumina Estudos e Pesquisas.

ESTILO LIVRE

49


VIAGENS_ Voos diretos até o Golfo Pérsico, à sua escolha

(AE) - Com a chegada da Etihad, de Abu Dabi, são três as empresas que fazem o trajeto a partir de São Paulo sem paradas pelo caminho. Antes de optar, confira as diferenças - e semelhanças - entre elas.
Terceira companhia aérea a operar voos diretos entre São Paulo e destinos turísticos no Golfo Pérsico, a Etihad (etihad com/pt-br) mal se instalou no Brasil, em 1º de junho, e acaba de anunciar a ampliação na frequência de seus voos. Entre São Paulo e sua base, Abu Dabi, nos Emirados Árabes, passou dos atuais três voos semanais (na ida e na volta) para partidas diárias, nos dois sentidos, desde 1º de agosto.
 A chegada da Etihad amplia as opções para quem voa à região ou faz conexão a destinos na Ásia (Índia, China, sudeste do continente), na costa oriental da África (Quênia, Tanzânia, Moçambique) e no Oceano Índico (Maldivas, Seychelles, Maurício).

A Emirates (emirates.com/ br), do mesmo país, está no Brasil desde outubro de 2007 e, de janeiro de 2012 para cá, tem voos diários também entre o Rio e Dubai, sua base. A Qatar (qatarairways.com/ br) se lançou por aqui em junho de 2010 e voa diariamente entre São Paulo e Doha.

Boutique Cândido Mota SP

Aplicativos que ajudam na estrada (AE) - Antes de pegar o carro para viajar, acrescente mais um item ao indispensável check-list: baixar aplicativos que ajudam na estrada.
Olho na Estrada - Deve ser consultado antes de sair de casa. Mostra as condições de tráfego em tempo real, por meio de imagens de câmeras instaladas nas rodovias dos Estados de São Paulo e Paraná. Para iOS e Android - grátis;

Brasilflex 2.0 - Álcool ou gasolina? - A resposta vem rapidinho neste app. Basta deixar previamente informados marca e modelo do veículo e, na hora de abastecer, os preços dos combustíveis, para que o aplicativo faça o cálculo e responda. Ainda traz dados sobre o seguro DPVAT, telefones úteis, primeiros socorros e o consumo do carro. Para iOS - grátis;

Viagem de Galera - Se você terá a companhia de amigos ou familiares ao pegar a estrada, o aplicativo evita brigas na divisão das despesas. O usuário fornece os dados de origem, destino, tipo de motor e combustível. O restante, o app calcula, incluindo pedágios. E ainda avisa quanto dinheiro levar. Para iOS e Android - US$ 1,99 e US$ 2,04;

iWrecked - Esperamos que você não precise, mas recomendamos que tenha este app. Vai que ocorre um imprevisto... Você precisará saber qual o guincho mais próximo, o posto policial, o pronto-socorro, talvez chamar um táxi. Com o iWrecked, registre os dados da colisão, fotos, danos e salve em arquivo pdf. Para iOS e Android – grátis. ESTILO LIVRE

50

Empório Equilíbrio Praça Mon Senhor David, 59 18 3341 3374

Equilíbrio Boutique Fadlo Jabur, 490 18 33413614

facebook/equilibrio.roupasacessorios

ESTILO LIVRE

51


ROMARIA_

ROMARIA_

O PÓ DA ESTRADA GRUPO DE TROPEIROS FAZ ROMARIA DE APARECIDA DO NORTE ATÉ ASSIS Por_EL

Depois de 800 quilômetros por estradas de terra e quase 300 ferraduras trocadas, um grupo de amigos, membros da Associação dos Tropeiros de Assis, retornou seguro e revitalizado para o lar. O grupo, formado por dez tropeiros de várias idades (de 15 até 72 anos) percorreu o longo trecho entre as cidades de Aparecida do Norte e Assis, trazendo no rosto o pó da estrada e no peito, a alegria de mais uma viagem cumprida. “Foram 20 dias de viagem, onde enfrentamos frio, chuva, sol escaldante, poeira e até geada, porém, a beleza natural dos lugares que passamos, as experiências que vivemos e o calor humano das pessoas que encontramos na estrada fizeram tudo valer a pena, afirma Araújo, que participou da romaria. O grupo saiu de Assis em duas camionetes e três caminhões, sendo dois no apoio, um com a cozinha e outro com as rações dos animais, além de mais um que levou as mulas em Aparecida. Juntos, seguiram até a cidade de Potim - SP, bem próximo a aparecida do Norte, e de lá

52

ESTILO LIVRE

começaram a aventura. Andando por antigas estradas de terra apreciaram belas paisagens. “Seguimos costeando a Serra da Mantiqueira, conhecida por ser a rota dos romeiros. Passamos por várias cidades, como Pindamonhangada, Monteiro Lobato, São Francisco Xavier, Joanopolis, Extrema, Bragança Paulista, Itatiba, Vinhedo, Indaiatuba, Porto Feliz, Cerquilho, Porangaba, Pardinho, Itatinga, Avaré, Mandari, Santa Cruz do Rio Pardo, Salto Grande, Alexandria e finalmente Assis, onde fomos recebidos pelos nossos familiares e amigos em uma missa sertaneja realizada pelo Padre Otavio, na fazenda Boa Vista, de propriedade da família Longhini”, relata o tropeiro. O grupo ainda relembra as pitorescas histórias da aventura, e já começa a planejar a próxima viagem. Participaram da romaria: Araujo, Márcio, Leandro, Paulo, David, Luiz Henrique, Jose Roberto, Luiz Antonio, Gabriel e João Queiroz, e na equipe de apoio Celso, Antônio Carlos, Carlos José Teixeira, Joaquim Cândido Pahim, e Talles Henrique .

ESTILO LIVRE

53


ENTREVISTA_ Nossa convidada desta edição a falar um pouco sobre sua vida, é uma jovem que vem se destacando cada dia mais em um meio que, até algum tempo, era dominado pelos homens. Loira, de uma beleza angelical, Renata de Oliveira Friedel, tem apenas 17 anos, e já é destaque nos campeonatos de TEAM ROPING pelo Brasil à fora. Em entrevista, Renata nos conta um pouco sobre o esporte, a paixão pelos cavalos e o futuro. Confira! EL: Como foi que surgiu seu interesse pelo esporte? RENATA: Sempre fui apaixonada por animais, mas tive uma maior admiração por cavalos, pois me fazem bem de alguma forma. Desde pequena, aos 6 anos de idade, ia pra fazenda da família acompanhar a lida com o gado. Um certo dia, um funcionário me ensinou a laçar, e fui me interessando pelo esporte. Antes de laçar, fiz algumas provas de Três Tambores, depois de 3 anos, comecei a treinar a modalidade Team Roping, e fui me aperfeiçoando com o tempo.

ENTREVISTA_

EL: Quais foram os títulos conquistados? Agora está se preparando para que prova? RENATA: Já ganhei três motos, treiller, rodeios na região de Assis e as outras colocações em provas grandes. Nessa época não há muitas provas; elas começam em setembro, época de uma das maiores provas, e tem principalmente a modalidade feminina, o que não é comum. EL: Você tem algum patrocínio ou por enquanto ainda arca com os custos das competições? RENATA: Sim. Sou patrocinada pela Classic Equitech, uma marca de roupas e diversas coisas de cavalos dos EUA, e também pela INOAR. A

cada dia agradeço a Deus por tê-los, pois era um sonho meu ser patrocinada por grandes nomes. EL: Quais os seus planos para o futuro dentro desta modalidade, e também para a sua vida? RENATA: Pretendo ir para os EUA no começo de 2014 passar uma temporada lá correndo as prova e aperfeiçoando cada vez mais as técnicas, já que os Americanos são os ‘’pais’’ do Team Roping. Para minha vida? Uma coisa que eu nunca vou parar de fazer é laçar. Acho que é como um vício bom, porque faz você se sentir tão bem que nunca quer parar, e, claro, quero evoluir cada vez mais e montar um Haras com cavalos de laço, tudo isso na fé em Deus!

EL: Até algum tempo, pouco se falava sobre mulheres atuando nesta modalidade de esportes, como foi pra você entrar neste meio? Sofreu algum tipo de preconceito? RENATA: Foi bem natural, me sentia bem fazendo esse tipo de esporte, então não me importei que era uma modalidade praticada na maioria das vezes por homens. Antigamente os homens tinham um pouco de preconceito, mas hoje isso já mudou bastante, pois o esporte vem crescendo muito. Não tive problemas com isso, todos me respeitam e me tratam bem, tanto no meio profissional quanto fora dele; são muito amigos, principalmente quando preciso de umas técnicas novas.

54

EL: Como você fica sabendo dos campeonatos? E, como e onde são seus treinos para as provas? RENATA: Tem um site chamado Portal do Laço em Dupla, onde divulgam todas as provas do ano e suas premiações. Normalmente, todos os treinos são iguais, pois tento melhorar cada dia mais não somente antes de provas, mas, é claro, eu tenho uma atenção maior com os cavalos e comigo antes de ir para as provas, para corrigir alguns erros. Meus treinamentos acontecem em uma fazenda em Cândido Mota, onde existem profissionais do meio, e nas férias, vou pra fazenda da família e treino lá. ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

55


56

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

57


TELEFONIA_

PREPARADO PARA O NONO DÍGITO?

No dia 29 de julho de 2012, todos os celulares da Grande São Paulo acrescentaram o nono dígito em seus números. A medida foi tomada pela Anatel, através da Resolução nº 553/10, para aumentar a disponibilidade de

58

ESTILO LIVRE

números de telefones móveis (celulares) e atender à crescente demanda de novos usuários. A partir do dia 25 de agosto, a medida chega a todo interior Paulista, abrangendo assim Assis e região. A previsão da agência reguladora é que até no final de 2016 o nono dígito esteja implantado em todo o País. Segundo a Anatel, os usuários terão um período de adaptação após o início da vigência da medida, em que as ligações sem o nono dígito ainda serão completadas. Nesse período, uma mensagem de voz vai orientar as pessoas sobre a nova forma de discagem. Uma boa notícia para os usuários de smartphones, é que já existem alguns aplicativos que fazem a atualização da agenda, adicionando automaticamente o nono dígito. A mudança também movimenta o mercado gráfico, pois força os usuários dos serviços de telefonia móvel a atualizarem sua papelaria, como cartões de visitas, receituários e outras comunicações onde é impressindível o número do celular atualizado.

ESTILO LIVRE

59


O valor da venda 60

MERCADO_

Por_Mayra Triveloni

Dentre as diversas variáveis que alicerçam os negócios de sucesso, invariavelmente encontramos uma especial dedicação relacionada às vendas. A maior acessibilidade à profissionalização dos indivíduos e novas tecnologias industriais, principalmente em economias emergentes como a brasileira, criaram um cenário de competição no qual as empresas sofrem cada vez maiores pressões de concorrência. Assim, atualmente apresenta-se uma realidade em que apenas inserir no mercado um produto ou serviço de alta qualidade não garante ao empreendedor qualquer resultado viável economicamente, tanto é assim que são expressivos os números de empreendimentos que encerram suas atividades antes do primeiro ano de operações. Existem formas de responder à necessidade de agregar diferenciais aos negócios, de forma que os mesmos atinjam seu mercado-alvo. Além dos óbvios benefícios de um trabalho de publicidade bem realizado, é indispensável que as empresas foquem no valor do ato venda; é neste momento que se definem e focalizam todos os demais esforços do empreendimento, devendo o responsável concentrar as aptidões necessárias para atender as mais variadas demandas de cada cliente em potencial. Em entrevista à Revista Estilo Livre, o consultor e professor da ESPM na pós-graduação nos cursos de Marketing de Serviços e Gestão de Pessoas, Gilberto Cavicchioli, reforça estas mesmas percepções: “Nunca o vendedor consultivo foi tão valorizado. Esse profissional encontra maneiras de tangibilizar o serviço oferecido, faz com que o cliente note a solidez da empresa”. A percepção que o vendedor tem do cliente, a segmentação do merESTILO LIVRE cado, o momento de prospecção, abordagem... Fases fundamentais para fechar um bom negócio. É

evidente a diferença entre um profissional e outro, de segmentos diferentes, mas ambos pretendem elevar os resultados de suas vendas. A Revista Estilo Livre/ Saúde é um exemplo, bem focada no segmento, com matérias bem distribuídas entre fotos, textos atualizados, interessantes e anunciantes”, destaca. Analisando esta realidade do mercado, a Revista Estilo Livre/ Saúde preocupou-se em aprimorar seu atendimento ao cliente e investiu na capacitação de sua equipe. Nos dias 22 e 25 de Julho, na Escola Superior de Propaganda e Marketing ESPM - em São Paulo, esta redatora participou do curso “Como Tornar-se um grande vendedor: da prospecção ao fechamento”, onde qualificou-se, adquirindo novos conceitos, habilidades e competências que beneficiarão os parceiros comerciais, além de incrementar os negócios e aprimorar os relacionamentos, sendo mais um importante diferencial disponível na Revista Estilo Livre/ Saúde.

Curso na ESPM Mayra Triveloni, redatora da Estilo Livre/ Saúde participou da edição deste ano do curso ao lado de outros 60 profissionais.

Professor Gilberto Cavicchioli é Engenheiro pela FEI, mestre em administração pela PUC-SP. Pós-graduado em Administração Industrial pela Fundação Vanzolini da USP e Desenvolvimento Empresarial em Transporte Comercial pela FGV. Professor da ESPM, consultor de empresas em Marketing e executivo com mais de 15 anos de experiência. É autor do livro O Efeito Jabuticaba – O dia em que aprendi a atender pessoas. Ed. Reino. Crédito Fotos: Participante do curso - Thiara Ribeiro/ ProfissionalSA

ESTILO LIVRE Professor Gilberto Cavicchioli e Mayra Triveloni

61


Longevidade_

prevenção Professora Ligia Santos Cardoso

o melhor caminho para um envelhecimento saudável Por_Mayra Triveloni

O envelhecimento é tema de diversos estudos no mundo todo. Um deles, realizado por profissionais da área médica em Chicago, constatou que além de estar envelhecendo mais, a população mundial envelhece mal. O que deu origem a esse estudo foi muito mais uma razão de ordem econômica, inicialmente. Porém, nos últimos 10 anos, países de primeiro mundo estão com os olhos atentos à prevenção. “Sabemos hoje a necessidade de informar a população acerca da prevenção. Sobre as diversas maneiras de garantir um envelhecimento saudável. Envelhecer de forma saudável diz muito mais respeito a um programa de prevenção do que à genética propriamente dita, ou obra do acaso, ou qualquer outro fator”, comenta a Dra. Juliana Augusta Bettiol Coronado, em entrevista à Estilo Saúde desse mês. Dra. Juliana explica que não há um momento ideal para cuidar da sua saúde, ou mesmo iniciar um tratamento visando prevenir doenças. “É importante esclarecer que não existe um momento cedo ou tarde, o envelhecimento começa quando nascemos. E quanto mais cedo fomentarmos nas pessoas a necessidade de prevenção, mais qualidade de vida elas terão no futuro. O que buscamos é aliar qualidade à quantidade e quantidade à qualidade”, explica Dra. Juliana.

Cerca de 90% das doenças do envelhecimento são evitáveis. Além disso, conforme diz Dra. Juliana, é preciso conhecer a fisiologia do envelhecimento e suas várias causas. Dentre elas, o estresse, “um dos maiores roubadores de saúde e aceleradores do envelhecimento”, ressalta. A má alimentação e o sedentarismo também estão na lista. Aliadas a esses fatores estão as deficiências hormonais, responsáveis por um enorme desconforto constatado nos consultórios. “Os hormônios são mensageiros químicos que controlam todo processo de reparo, renovação e síntese de proteínas. É através dos hormônios que somos capazes de substituir células que já estão gastas, modular sistemas metabólicos que não estão funcionando e renovar elementos químicos dentro do nosso organismo”, revela Dra. Juliana. E temos uma capacidade limitada de produzir essas substâncias. “A partir dos 30 anos nosso organismo vai paulatinamente reduzindo a capacidade de produção”, diz. E quanto menor a capacidade de produzir hormônios, mais envelhecemos. “É o equilíbrio entre tudo isso que vai nos permitir uma velhice saudável. E a reposição hormonal é essencial para esse equilíbrio”, reforça Dra. Juliana. Segundo ela há centenas de hormônios, sendo que oito deles são extremamente importantes, regentes máximos do nosso organismo. Na próxima edição falaremos mais sobre o tema.

Dra. Juliana Augusta Bettiol Coronado CRM 97495

62

ESTILO LIVRE

Pilates no Inverno A prática de atividade física no inverno é bastante importante para acelerar o emagrecimento, já que no frio o corpo queima mais calorias, pois precisa produzir mais energia para manter sua temperatura. Os exercícios do Pilates contribuem para o equilíbrio físico e emocional e seus benefícios colaboram para evitar as dores comuns do inverno. “Com o frio a musculatura tende a se ‘encurtar’ geralmente na região cervical e lombar, e com a prática regular conseguimos o relaxamento da musculatura, diminuindo os desconfortos musculares”, explica a fisioterapeuta Ligia Cardoso, em entrevista à Estilo Saúde. Outro benefício é o fortalecimento do sistema imunológico colaborando na prevenção de gripes e resfriados. Aproveite as vantagens únicas desta época do ano para exercitar seu corpo. Lembrando que a frequência, o volume e a intensidade da atividade física não devem ser alterados durante os dias mais frios. “Você deve continuar praticando seus exercícios como de costume, de três a cinco vezes por semana”, comenta Ligia. E mesmo com o clima frio, observa Ligia, o ideal é usar roupas leves; abafar o corpo com muita roupa deixa a pessoa suscetível aos mesmos problemas que teria em um dia quente. “Hidratação antes, durante e depois é fundamental, pois como no verão, seu corpo também perde líquido através da transpiração”, completa. O gasto energético durante o frio é realmente maior, pois o nosso corpo

produz mais energia para mantê-lo aquecido. Por outro lado também comemos mais no inverno na tentativa de aquecer o corpo, já que a alimentação é uma forma de produzir calor através do processo de digestão. “Por essa razão o exercício físico é essencial para manter o equilíbrio entre o consumo de calorias e o gasto energético, mesmo no inverno”, diz. Pratique Pilates.

ESTILO LIVRE

63


Inflamação_

HEPATITES

Doença muitas vezes silenciosa, mas que atinge mais de 10 mil pessoas/ano, entre homens e mulheres, de todas as idades. Por_Mayra Triveloni

A Hepatite é uma inflamação do fígado, com alteração de sua função. A doença, que registra ao menos 30 mil novos casos todos os anos, pode acometer pessoas de ambos os sexos e em todas as idades. “São causadas principalmente por vírus, medicamentos ou drogas, álcool, esteatose (gordura) e doenças autoimunes, isto é, quando o organismo produz anticorpos contra o próprio fígado”, explica a Dra. Anaclaudia Aquino Azevedo Teixeira, médica especialista em Gastroenterologia e doenças do fígado, em entrevista à Estilo Saúde. De acordo com dados do Ministério da Saúde, somente a Hepatite B, causou 500 mortes no Brasil em 2011 e sua incidência é maior entre os 25 e 55 anos, em homens e mulheres. A Dra. Anclaudia responde algumas das principais dúvidas sobre o assunto. ES: Como se contrai as hepatites virais? Dra. Anaclaudia: As hepatites virais mais comuns são aquelas causadas por vírus que atacam preferencialmente o fígado, sendo os tipos A, B, C, D, E, F e G. Os três primeiros são os mais comuns. A hepatite A é transmitida pela via fecal-oral, ou seja, quando o vírus eliminado nas fezes de alguém contaminado é ingerido por uma pessoa sadia (através de água e alimentos contaminados). As hepatites B e C são causadas por relação sexual (mais frequente na hepatite B), transfusão de sangue, materiais contaminados de sangue como agulhas compartilhadas entre usuários de drogas, acupuntura, piercings, tatuagens, alicate de unha, laminas de barbear, etc. ES: Algum desses tipos podem se tornar crônicos? Dra. Anaclaudia: As hepatites podem ser agudas ou crônicas (quando se prolongam por mais de 6 meses). As hepatites agudas geralmente se resolvem espontaneamente, com resolução do quadro viral (hepatite A, Citomegalovirus, dengue ou febre amarela) ou ao cessar o uso de álcool e drogas. Mas podem evoluir para um quadro grave, ocorrendo falência hepática fulminante, necessitando de transplante hepático com urgência. As hepatites crônicas, quando não tratadas, geralmente evoluem para cirrose e até câncer de fígado. ES: Quais são os sintomas? Dra. Anaclaudia: A Hepatite A costuma ser mais branda, ocorrendo mais na infância, às vezes passando despercebida, sendo confundida com um resfriado comum, mas no adulto tende a ser mais sintomática, com dor abdominal, perda de apetite, febre, náuseas ou vômitos e icterícia - com LIVRE da pele e mucosas (amarelada), fezes alteraçãoESTILO na coloração claras e urina escura.

64

A hepatite B costuma ter sintomas mais inespecíficos, também de quadro viral e 5 a 10% evoluem para forma crônica, cirrose, falência hepática e câncer de fígado. A hepatite C costuma ser pouco sintomática e o grande problema é que 80% evoluem para hepatite crônica, e destes pacientes, 20% evoluirão para cirrose ou câncer de fígado em 20, 30 anos. O vírus da Hepatite C só foi descoberto no início da década de 1990 e, antes disso, muitas pessoas se contaminaram através de transfusão de sangue, com materiais contaminados e estão apresentando os sintomas so agora, por ser uma doença que evolui silenciosamente. ES: Quais as opções de tratamento? Dra. Anaclaudia: A hepatite A se cura espontaneamente e nunca se torna crônica. A hepatite B também pode ser curada espontaneamente em 80% dos casos, mas nos casos que se torna crônica existem medicações por via subcutânea (interferon) ou via oral (às vezes estas tê m que ser tomadas indefinidamente). A hepatite C pode ser tratada com medicações via oral (Ribavirina, Boceprevir, Telaprevir) associadas a droga de uso subcutâneo (interferon) por 6 meses a 72 semanas, dependendo do subtipo do vírus. O tratamento apresenta efeitos colaterais importantes que dificultam a adesão do paciente a terapia. Atualmente existem medicações mais promissoras (Sofosbuvir e Simeprevir) que aumentam a taxa de cura e diminui o tempo de terapia, mas ainda não estão disponíveis no Brasil. Existem vacinas para prevenir Hepatite A e B. Infelizmente ainda não existe vacina para Hepatite C. ES: Quais são os efeitos colaterais do tratamento? Dra. Anaclaudia: Dores musculares, febre, perda de apetite, emagrecimento, queda de cabelo, anemia, diminuição de plaquetas e leucócitos (células brancas de defesa). As novas medicações podem alterar o paladar, provocar lesões cutâneas graves, sendo necessário um acompanhamento médico especializado e bem próximo.

Dra. Anaclaudia Aquino A. Teixeira CRM 80066 Médica especialista em Gastroenterologia, doenças do fígado, e endoscopia pela University of Birmingham e Membro da American Society of Gastroenterology and Endoscopy.

ESTILO LIVRE

65


DIETA_

Goji Berry

A nova sensação nas dietas Riquíssima em vitamina C e um poderoso antioxidante, o Goji Berry combate o envelhecimento e aumenta a longevidade. POR_ES

Essa frutinha de origem asiática (sul do continente) vem dando o que falar! Isso em virtude de suas propriedades benéficas à saúde, inclusive emagrecedoras. O Goji Berry é de origem Chinesa e aqui no Brasil o encontramos na forma de fruta desidratada e em pó, seu sabor se assemelha ao de uva-passa, só que mais azedinho. Consumida pelos orientais há milhares de anos, ela é rica em aminoácidos, vitaminas, minerais, ácidos graxos insaturados, antioxidantes e polissacarídeos. Seus benefícios vão muito além da balança! Seu consumo regular melhora o bom-humor, a pressão sanguínea e equilibra o colesterol. Ela é utilizada até no tratamento de impotência sexual. Segundo especialistas, uma colher de sopa possui cerca de 50 calorias e deve ser consumida moderadamente. Por ser rica em nutrientes essenciais

66

ESTILO LIVRE

que tem como função principal regular o processo inflamatório e oxidante do corpo, é um excelente aliado no emagrecimento. A fruta não é tão comum, mas pode ser encontrada em farmácias nas versões desidratadas e em cápsulas.

ESTILO LIVRE

67


DESDE CEDO_

GABRIEL Nadador assisense é recordista paulista POR_MAYRA TRIVELONI

Gabriel começou a nadar quando tinha três anos de idade! Hoje, aos 13, reúne muita história pra contar e conquistas inesquecíveis. Uma das mais recentes, conquistada esse ano, foi o troféu Kim Mollo, campeonato que integra o calendário oficial da Federação Aquática Paulista. Gabriel levou não somente a vitória, mas também se tornou recordista no revezamento 4X50 no estilo medley. A rotina de treinos exige dedicação e esforço. Gabriel se divide entre treinos e estudo, já que está no oitavo ano. “O esporte muda um pouco a minha vida social, pois ela tem de ser regrada e muito cautelosa. Não posso sair sempre com os meus amigos, tenho de dormir bem, não sofrer nenhuma lesão e cuidar de minha saúde física”, conta Gabriel.

68

ESTILO LIVRE

Quando falamos sobre faculdade durante o bate papo, Gabriel reforça sua paixão pelo esporte e garante que vai cursar algo relacionado a isso, em especial à natação. “Hoje a natação faz parte da minha família, pois tenho um técnico e ‘paizão’, o Maguila, que sempre nos diz ‘unir-se é um bom começo, manter a união é um progresso, e trabalhar em conjunto é a vitória’, aqui formamos vencedores no esporte e principalmente para vida”, lembra Gabriel que faz questão de agradecer a Deus pelas vitórias alcançadas através do esporte. “Minha rotina é acordar e fazer minhas orações, agradecer a Deus por mais um dia de vida, à minha família, meus amigos e a tudo que ele está me proporcionando. Depois das minhas orações, aí sim tomo meu café reforçado, que em minha opinião é o café da manhã mais delicioso! E aí sigo para a escola”, diz. À tarde Gabriel segue para a academia. “À tarde faço academia na ON com minha personal, a Ana Elisa, que me ajuda muito. Depois, à noite, o bicho pega no treino com meu técnico, que é bastante dedicado, exigente, amigo e cobra muita determinação”, conta. Gabriel faz acompanhamento médico e, no intervalo dos treinos faz aulas de inglês e baixo. Ao ser questionado sobre o futuro Gabriel é firme na resposta: “Penso em Olimpíada, Mundial e tudo que eu puder disputar”, afirma. E faz questão de agradecer os amigos: “Agradeço aos meus irmãos Matheus Gomes, Pedro e Jhefiny. Tenho certeza que estaremos sempre juntos, nada vai abalar nossa amizade, companheirismo e cumplicidade construída ao longo desses anos. Amo vocês brothers”, finaliza Gabriel.

ESTILO LIVRE

69


IMPLANTODONTIA_

IMPLANTES DENTÁRIOS Mitos X verdades Por_ES

A Falta de um dente faz uma diferença enorme em nosso sorriso e em nossa qualidade de vida. Depois de muita pesquisa, e com a evolução tecnológica da Odontologia, a implantodontia chegou a um nível de excelência, trazendo uma solução duradoura e funcional para a perda dentária. Nessa edição da Estilo Livre, convidamos o Cirurgião Dentista Carlos Bessa para falar um pouco mais sobre implantes dentários e desmistificar a especialidade. ES: Como funciona o implante dentário? Dr. Carlos Bessa: O Cirurgião Dentista analisa uma série de exames antes de qualquer procedimento. Se o paciente ainda tiver dentes comprometidos, o cirurgião dentista extrai, preservando o que resta do osso. Em seguida, ele parafusa uma peça de titânio, que fará o papel de raíz para a colocação do dente definitivo. ES: Qualquer um pode ter implante? Dr. Carlos Bessa: Não. Existem algumas contra-indicações, como por exemplo, quem fuma em excesso, ou tem diabetes e não segue as orientações médicas, ou está em tratamento de câncer, hepatite ou osteoporose. Mas a única maneira de contra-indicar o implante é consultando um profissional.

após a cirurgia, ou no dia seguinte, podem ser colocados os dentes, é o que chamamos de implante de carga imediata. Essa possibilidade é avaliada caso a caso. ES: Em relação à capacidade de mastigação, vai melhorar após a colocação de implantes? Dr. Carlos Bessa: Os implantes apresentam grande melhora na mastigação. O resultado funcional é muito superior aos obtidos por dentaduras e próteses removíveis. Os pacientes que usam dentadura há muito tempo e colocam implante sentem a diferença muito significativa e imediata. ES: O paciente pode comer de tudo depois da instalação das próteses? Dr. Carlos Bessa: É sempre indicado cautela, porém as restrições não são muito severas. Certos alimentos podem fraturar até mesmo dentes naturais. De qualquer forma, uma alimentação com um mínimo de cuidados é suficiente para a preservação dos dentes das próteses suportadas por implantes. Um dado positivo é que o reparo de dentes fraturados é relativamente fácil.

ES: É uma operação dolorosa? Dr. Carlos Bessa: Não. É um procedimento bastante simples e pouco desconfortável. O dentista faz tudo com anestesia e mesmo assim, com muita delicadeza. Existem hoje também ótimos medicamentos que ajudam muito para o procedimento ser indolor e contribuem para um pós-operatório de sucesso.

70

ES: Existe a possibilidade de fazer a cirurgia e colocar os ESTILO LIVRE dentes logo em seguida? Dr. Carlos Bessa: Existe sim. Em algumas situações logo

ESTILO LIVRE

71


TREINAMENTO MILITAR_

TREINAMENTO MILITAR_

Por que a modalidade atrai tanto? • Pode ser feita na academia, em casa, praças, praias e demais espaços públicos. É comum o aluno só descobrir onde irá se exercitar na hora em que a aula começa. • O roteiro das aulas muda sempre. • São mais de 300 exercícios que podem ser combinados de formas diferentes a cada sessão.

efeito amplo

O programa tem impacto no aumento da resistência muscular, força, flexibilidade, potência, resistência cardiorrespiratória, velocidade, coordenação, agilidade, equilílrio e precisão.

PRepare-se PARA ROMPER LIMITES Por_Mayra Triveloni

72

piratória e muscular, além de força, potência, agilidade, coordenação, flexibilidade e equilíbrio. No Crossfit os diferenciais começam com o estilo do lugar. Um (box) é basicamente um salão com pé direito de pelo menos 3 metros, barras fixas na parede, argolas de ginástica olímpica, bancos e uma porção de barras livres e acessórios como bolas, kettlebells e dumbells. Ficha de treino? Esqueça. O que importa está escrito em uma lousa na parede: (WOD, workout of the day, ou Treino do Dia em português). O treino começa com um aquecimento, que já traz a primeira fase do cansaço. Depois, um exercício “técnico”, lento e com carga, para o corpo ganhar força, alinhar a postura e memorizar um movimento importante que fará parte do WOD. Nos 15 min ou 20 min finais, o exaustivo WOD: uma sequências de movimentos funcionais, executados em alta intensidade, contra o tempo.

Malta depois do treino com os alunos

CROSSFIT NO MUNDO

Atualmente, há mais de 5.500 locais (chamados Box) para realizar o programa, sendo 54 no Brasil.

Daelcy Carvalho Jr - Coaching do box cross fit bauru. Participa do Crossfit Games. O box de crossfit de Bauru é o sétimo Box oficial do brasil. na foto execução do exercício muscle up. www.facebook.com/CrossFitBauru FOTO_Imariana luz

Treinar forte é o lema do CrossFit. E não pense que a modalidade é voltada apenas para atletas. Não! O CrossFit também reúne iniciantes de todas as idades que pretendem ganhar condicionamento para a pauleira do dia a dia. “O aluno absorve a dinâmica dos exercícios aos poucos, ganha postura com os movimentos básicos para depois começar os treinos mais pesados e em grupo”, explica o professor do Centro de Treinamento Malta, Antônio Carlos Malta. Segundo ele, que há 20 anos trabalha com treinos funcionais e recentemente concluiu o segundo módulo para capacitação em CrossFit, o método possui um espírito competitivo, em que a real disputa é superar os próprios limites. “Todo movimento do CrossFit é adaptável. Há alunos de 15 a 80 anos, inclusive crianças. Seja qual for a condição do aluno, é importante se atentar aos exercícios. Inicialmente, de forma supervisionada e responsável”, diz. ESTILO LIVRE O CrossFit trabalha a resistência cardiovascular, res-

O CrossFit foi criado pelo ginasta olímpico Greg Glassman, em Santa Cruz, na Califórnia (EUA). Ele agora se dedica a dar palestras para formar instrutores.

FOTOS_IVAN MELO

CRossfit coloca a noção tradicional de treinamento físico de pernas para o ar e trona-se a modalidade que mais cresce no mundo

COMO SURGIU?

ESTILO LIVRE

Av. Walter A. Fontana, 380 :: Sala 1 :: vila claudia

C 18 9765 8485 :: ASSIS

73


Dependência Virtual_

Quando a vida online vira um

vício POR_Mayra Triveloni e Dr. Marcelo a CREMESP 77277

O termo “dependência de computador” surgiu através de uma análise feita por um britânico em 1991, que percebia em certas pessoas uma constante excitação intelectual ao interagir com o computador, fato este que também passou a limitar a satisfação no contato com o outro, vendo a máquina sob uma ótica bem mais positiva dos que as relações pessoais. “O que constatamos hoje é a virtualidade assumindo o papel de vida real”, comenta o Dr. Marcelo Floriano, especialista em geriatria/ gerontologia e saúde mental, em entrevista à Estilo Saúde. O Dr. Marcelo explica que a internet destaca-se, principalmente, como meio de comunicação rápida e evolutiva; assim sendo milhares de usuários servem-se da internet de maneira adaptativa, buscando informações, trabalho, encontros, auto-afirmação e entretenimento. Não obstante, alguns usuários desenvolvem comportamentos problemáticos e até obsessivos. “À medida que o número de pessoas online foi se expandindo, as conseqüências negativas de seu uso excessivo desencadearam lentamente um novo problema de saúde mental: a dependência virtual”, revela Dr. Marcelo. Segundo ele, os dependentes usam a rede como uma ferramenta social e de comunicação, pois têm uma experiência maior de prazer e satisfação quando estão conectados (experiência virtual) do que quando não estão (experiência da vida real). “E seu uso excessivo é preocupante. E muitos sentimentos são desencadeados em virtude dessa superexposição, como a frustração, por exemplo. Muitas vezes os valores passam a ser massificados; só o sucesso, os bens materiais, a projeção social fazem sentido. Valores pessoais reais como afetividade, aspectos emocionais, dentre ESTILO LIVRE outros, ficam de lado”, enfatiza Dr. Marcelo. Marcelo explica que não há uma quantidade exa-

74

ta de tempo conectado que determine o vício em si; “o que determina se uma pessoa é dependente é quando ela acaba preferindo abrir mão de atividades da vida real em detrimento da vida virtual”, diz. E ressalta sobre as conseqüências dessa dependência: “além de todos os problemas pessoais que um vício traz como piora no desempenho escolar e no trabalho, briga com pais e amigos, a pessoa acaba perdendo a noção do que é real e do que é virtual”, alerta. PERFIL DOS USUÁRIOS Quanto às características pessoais desses usuários, conforme afirma o Manual Clínico dos Transtornos do Controle dos Impulsos/ Edição 2008, a diferença entre os dependentes e os não-dependentes é que os primeiros sentem-se mais atraídos pela internet em seus aspectos interativos, ou seja, utilizam a rede em função de seus aplicativos, como jogos, compras, redes de relacionamento e emails -, enquanto que os não-dependentes a utilizam para buscar informações específicas, como ferramenta de trabalho, utilizando-a de maneira pontual e objetiva. Segundo dados do IBOPE, o ser humano navega mais de 23 horas/ mês; isso significa que, durante o mês passado, por exemplo, “os usuários passaram quase um dia inteiro conectados”, comenta. Segundo o Ibope/ NetRatings, esse é o maior tempo médio de navegação já registrado desde setembro de 2000, quando teve início esse tipo de medição no país. Com base nos resultados de outra pesquisa realizada pelo IBOPE Media em parceria com a empresa Nielsen em março de 2013, quase 53% dos internautas ativos do Brasil são homens e 47% são mulheres. A maioria dos internautas concentra-se na faixa etária dos 25 aos 34 anos (25,6%), seguida da faixa dos 35 aos 49 anos, com 25,5%.

ESTILO LIVRE

75


MATERNIDADE_

HMA oferece Curso para Gestantes Por meio de uma parceria com a Unimed, o HMA de Assis pretende esclarecer as dúvidas da maternidade Por_Mayra Triveloni

A Maternidade do HMA tem a qualidade e segurança entre seus valores mais importantes. A escolha de zelar pela atenção, orientação e pelo respeito se reflete nas instalações, equipamentos, equipe e serviços oferecidos. E a partir desse mês todo esse cuidado será transmitido às futuras mamães através do projeto Curso para Gestantes, que será oferecido em cinco módulos diferentes, esclarecendo dúvidas, derrubando mitos e propiciando a troca de experiências durante um período tão importante na vida de uma mulher: os nove meses de gravidez! “O projeto acontece em parceria com a Unimed e visa uma interação com as gestantes, sendo as queixas e mudanças durante a gestação, a nutrição na gravidez, o trabalho de parto, a anestesia, tipos de parto, pós-parto e cuidados com o bebê, alguns dos pontos abordados no encontro”, informa a enfermeira obstetra Miriana de Cássia Alves Marcari, em entrevista à Estilo Saúde. O objetivo da implantação do projeto, segundo Miriana, é facilitar essa adaptação, discutir e abordar temas relevantes como o aleitamento materno, o trabalho de parto humanizado, a importante presença paterna e demonstrar a importância do cuidado e a segurança oferecidos no ambiente hospitalar. O projeto acontecerá no auditório do Hospital e Maternidade de Assis uma vez por semana. A equipe que ministrará os módulos será multidisciplinar, reunindo médico infectologista, médico pediatra, médico anestesiologista, enfermeiros, enfermeiro obstetra, fisioterapeuta, fonoaudióloga, assistente social, nutricionista e psicológa. Haverá sorteio de brindes e dinâmicas que visam demonstrar a mudança na realidade com a chegada de um bebê. “Contamos com o apoio da diretoria do HMA, juntamente com os profissionais que acreditam no processo. Só assim podemos contribuir com o sucesso da excelência em atendimento priorizado, humanizado e de qualidade em todas as suas esferas”, conclui Miriana.

76

ESTILO LIVRE

ESTILO LIVRE

77


DIAGnóstico_

Perda Óssea

Quanto antes o diagnóstico, melhor.

Como estão seus Ossos? Por_Mayra Triveloni

A medicina ainda não consegue reverter a perda óssea, mas pode retardar a progressão da doença que aflige cerca de um terço das mulheres entre 60 e 70 anos de idade, e dois terços daquelas com 80 anos ou mais. Os dados são do IBGE. As doenças caracterizadas pela perda óssea, osteopenia e osteoporose não têm cura e, dependendo do grau de fragilidade dos ossos, eles podem se quebrar sozinhos ao receber impacto. As mulheres, especialmente após a menopausa, são as grandes vítimas dessas doenças. Mas elas atingem também os homens, principalmente os idosos. Para tratar e retardar a evolução do processo é preciso fazer o diagnóstico. E quanto antes, melhor. O principal exame para isso é a Densitometria Óssea, um sistema de raios-X duplos aplicado geralmente na coluna e no fêmur, que mede a quantidade de cálcio por centímetro quadrado. “Levando em conta a idade da pessoa e a concentração de cálcio comparada com o referencial de um adulto com a massa óssea em sua plenitude, o exame indica se há osteopenia ou osteoporose”, explica o Médico Radiologista, Dr. Arthur Sérgio N. G. Martins - CRM 79.147, em entrevista à Estilo Saúde. No Brasil, com base nos dados do IBGE, estima-se que cerca de um milhão de mulheres poderão ficar inválidas e pelo menos 200 mil irão morrer vítimas da osteoporose, nos próximos anos, se a doença não for combatida. “Se o exame indicou a perda óssea, é hora de agir para frear o processo”, diz o médico. Em poucos casos, segundo especialistas, a doença é secundária, isto é, associada a outros males, como hipertireoidismo, doenças renais e tumores. E aí são esses os problemas que devem ser atacados. A grande maioria são osteopenia/osteoporoses primárias, ou seja, do próprio osso, que não têm cura. Nesses casos o objetivo do tratamento é evitar ou retardar a progressão. É fundamental que as mulheres conheçam, não somente os fatores que aumentam o risco da doença, mas também as formas de prevení-la. O melhor remédio para esse mal é a prevenção. Infelizmente somente na última década é que a osteoporose foi reconhecida como uma doença grave e passível de prevenção. Aproximadamente 85% das mulheres não ESTILO LIVRE acreditam estar em risco de desenvolver osteoporose. Entre as que sofrem da doença, 80% desconhecem seus fatores

78

de risco antes do diagnóstico. A receita para prevenção é simples: alimentação saudável, prática de atividades físicas, exposição moderada ao sol (que auxilia na formação da vitamina D) e eliminação de fatores de risco, como o álcool e o fumo.

PREVENção tome sol moderadamente

faça os exames preventivos

ESTILO LIVRE pratique exercícios físicos

79


CAPA_

CAPA_

PRESBIOPIA nica tem se aprimorado graças aos grandes investimentos da industria oftalmologica no mundo, tornado esta modalidade de correção da presbiopia bastante difundida. As alterações do cristalino dão origem a presbiopia. A grande vantagem desta técnica é que a correção é definitiva, pois não existe mais influência do cristalino que foi substituído pelo implante intraocular multifocal.

Um dia ela chega POR_ ES

Depois da quarta década de vida, praticamente todos nós começaremos a sentir um certo embassamento da visão para perto. Presbiopia é o nome científico dado famosa “vista cansada”, e pesquisas mostram que cerca de 50 milhões de pessoas em todo o Brasil sofrem com os efeitos dela. Dentro do olho, existe uma espécie de lente natural, chamada de cristalino, que tem a função de dar o foco à visao para perto e para longe. Na fase da presbiopia, o cristalino perde o poder de focalização de objetos próximos. (menos de 40 centímetros) A presbiopia, depois que se manifesta, tende a aumentar gradativemente até aos 60 anos, e, depois desta idade, a se estabilizar. Porém nesta faixa etária o cristalino perde sua transparência progressivamente, baixando a visão tanto para perto quanto para longe, e, a partir daí, é denominada Catarata. Existem várias alternativas de tratamento para a presbiopia, e todas com certa eficácia e limitações. Nesta edição da Estilo Saúde, convidamos o Professor Doutor Victor Andrigheti Coronado Antunes para falar um pouco mais sobre as alternativas de tratamento da presbiopia. ES: Existe algum teste simples para que o paciente saiba que está com o problema? Dr. Victor: O primeiro sinal da presbiopia é quando existe a necessidade de afastar os objetos para focalizar melhor uma letra ou um detalhe. Com o objeto a uma distâcia um pouco maior, consegue-se uma visão mais nítida e ESTILO LIVRE confortável.

80

ES: Dr. Victor, fale-nos um pouco mais sobre as alternativas de tratamento da presbiopia. Dr. Victor: Existem várias técnicas para correção da presbiopia e vamos dividí-las entre não cirúrgicas e cirúrgicas. Alternativas não cirúrgicas A primeira, mais comum e menos invasiva, é o uso de óculos multifocais. Outra técnica não cirúrgica bastante usada são as lentes de contato, podendo ser elas multifocais ou monovisão, que é quando usa-se uma lente em um dos olho com foco para longe e no outro com foco pra perto. Alternativas cirúrgicas Cirurgicamente, existem diferentes abordagens. O uso do Excimer Laser é bastante comum através da técnica de presbilasik e monovisão (mesmo princípio das lentes de contato). A limitação desta técnica, é que, devido à mudanças do metabolimo do cristalino, perde-se o poder da correção de forma gradativa ao longo dos anos. Outra forma de correção cirúrgica é o implante de Inlay. Nessa técnica, uma lenticula é implantada na córnea de um dos olhos, reproduzindo a técnica de monovisão, com o foco para perto neste olho e para longe no outro olho. A técnica emergente do momento é a substituição do cristalino por lentes intra-oculares multifocais. Esta téc-

TÉCNICA M_DUET Dentre as alternativas cirúrgicas para O TRATAMENTO DA PRESBIOPIA, uma técnica tem crescido de forma significativa no meio científico é M-DUET. A técnica convencional é feita através de em um implante multifocal único que fica cicatrizado de forma definitiva. Já o M-DUET consiste em implantar uma lente convencional para longe, que ficará cicatrizada no saco capsular, e sobre esta implanta-se uma lente intra-ocular para perto que ficará apenas apoiada sobre a lente de longe. A grande vantagem da técnica M-DUET é a reversibilidade do procedimentouma, já que esta lente intra-ocular pode ser facilmente removida sem traumas. “Temos dado preferéncia para a técnica do M-DUET por dois motivos. O primeiro deles é que, devido aos avancos tecnológicos na oftalmologia, o paciente poderá desfrutar da substituição de tecnologia por implantes ainda mais modernos que serão lançados no futuro, graças a lente que dá foco para perto nunca cicatrizar. A outra vantagem, é, como não podemos prever o futuro, todos estamos suscetíveis a doenças oculares relaciondas à idade, como diabetes e degenaração macular relacionada à idade (DMRI). Se o paciente for acometido com alguma dessas doenças, no M-DUET, o implante para perto poderá ser retirado, melhorando sua qualidade de visão.

Dr. Victor Andrigheti Coronado Antunes CRM 108193

• Formado em Medicina pela UNIVERSIDADE OESTE PAULISTA. • Residência médica em Oftalmologia no INSTITUTO DE OFTALMOLOGIA TADEU CVINTAL. • Especialização em Córnea, doenças externas e Catarata no INSTITUTO DE OFTALMOLOGIA TADEU CVINTAL. • Fellowship em Córnea e Cirurgia Refrativa no WILLS EYE HOSPITAL. • Professor Assistente do Instituto de Oftalmologia Tadeu Cvintal - SP. • Chefe do Setor de Transplantes de Córnea da Faculdade de Medicina do ABC. • Doutorando da Faculdade de Medicina de Botucatu UNESP. ESTILO LIVRE

81


Saúde do sono_

Ronco

O ruído que incomoda Por_Mayra Triveloni

82

• Flacidez nos músculos da boca e da garganta • Desvio do septo • Amídalas e adenoides hipertrofiadas • Queixo retraído • Obstruções nasais como rinite e sinusite • Palato mole e úvula aumentados • Pólipos no nariz • Envelhecimento ESTILO LIVRE

apresentam pelo menos uma noite ao longo da vida. “A apnéia costuma surgir por volta dos 40 anos, sobretudo nos homens. A partir dessa faixa etária a musculatura da faringe fica mais flácida”, completa Dr. Luis Marcelo. Segundo ele, esse “canal” é estreitado quando o indivíduo se deita. “Esse estreitamento provoca uma vibração – o ronco – seguida de uma parada na respiração”, explica. A faringe se fecha por no mínimo 10 segundos, e, em casos mais graves, pode ficar assim por um minuto. Roncar não é sinônimo de sono saudável. Quem tem apnéia pode, em alguns casos, dormir demais, mas dorme mal porque não respira direito. “É um sono longe de ser reparador. A falta de ar e a inconstante entrada de oxigênio aumentam a pressão arterial. Esse é um quadro que, inicialmente, se limita à madrugada, mas, com o tempo, ganha o dia, a vida do apnéico. Por isso a necessidade do diagnóstico e tratamento”, alerta Rotondaro.

Fatores de Risco

Possíveis Causas

A platéia é, na maioria das vezes, composta por apenas uma pessoa: o companheiro (a) de cama! O fato é que a sinfonia de roncos seguidos de cortes na respiração se trata da apnéia do sono. Doença que, como já dissemos aqui, conduz a sérios desarranjos no nosso organismo, como o diabetes e a hipertensão. “Dificilmente quem sofre de apnéia tem consciência do que lhe acontece durante o sono. Geralmente, para fazer o diagnóstico é necessária a participação de pessoas próximas ao paciente, a fim de conhecer seu histórico; o exame físico criterioso e a polissonografia ajudam a fechar o diagnóstico e iniciar o tratamento”, afirma o médico pneumologista com capacitação em Medicina do Sono, Luis Marcelo Pacheco Rotondaro, em entrevista à Estilo Saúde deste mês. De acordo com dados do Instituto do Sono da Universidade Federal de São Paulo, a Unifesp, sete em cada 100 pessoas têm o distúrbio em grau acentuado e outras 20 em cada 100

• Obesidade • Tabagismo • Excessos alimentares antes de dormir • Ingestão de bebidas alcoólicas • Pescoço mais grosso e curto • Refluxo • Dormir em decúbito dorsal

ESTILO LIVRE

83


DA REDAÇÃO_

O saber é emancipatório Em Julho tivemos a oportunidade de participar de um curso na Escola Superior de Marketing e Propaganda, a ESPM. A iniciativa faz parte de nosso projeto em aperfeiçoar nosso atendimento e relacionamento com clientes e parceiros, e, dentre as diversas variáveis que alicerçam os negócios de sucesso, invariavelmente encontramos uma especial dedicação relacionada às vendas. E não basta apenas vender, é preciso conhecer nosso mercado de atuação, solidificar os relacionamentos e propor novas formas de negociação e investimento. E o conhecimento aprimora essa tarefa. Posso dizer que na Revista Estilo Livre/ Saúde nós fazemos o que gostamos muito de fazer! E talvez esse seja um de nossos diferenciais. Trabalhamos com afinco para levar até você, leitor, um bem muito valioso: o saber. São informações relevantes, reportagens especiais e muito conteúdo! Nessa edição você acompanha mais detalhes sobre a experiência do curso de vendas, sobre a importância da prevenção para um envelhecimento saudável, sobre os diversos tipos de hepatites, e o curso voltado para gestantes - oferecido pelo HMA, e ainda sobre “dependência virtual” – quando navegar na internet se torna um vício, e muito mais. Na reportagem de capa você confere informações importantes sobre a Presbiopia, nome científico dado à famosa “vista cansada”, problema que afeta em torno de 50 milhões de pessoas no Brasil. Preparamos esses e outros assuntos para você aproveitar muito bem essa edição. Boa leitura. Mayra Triveloni

Atendimento e Redação

saúde

DIRETOR Jeziel Marquezini EDITORA Carolina Marquezini DIRETOR COMERCIAL Daniel Israel DIREÇÃO DE ARTE E DIAGRAMAÇÃO Camila Bahis

84

IMPRESSÃO Editora Conosco_Indústria Gráfica

ESTILO LIVRE

TEXTOS Mayra Triveloni FOTOS Carolina Falcão

JORNALISTA RESPONSÁVEL Carolina Marquezini_MTB_41418 SP TIRAGEM 18 mil exemplares PARA ANUNCIAR Daniel Israel_18 9732-0007 daniel@revistaestilolivre.com.br ANÚNCIOS E PATROCÍNIOS Além de anúncios em formatos tradicionais, a Estilo Saúde oferece a opção de patrocínio de reportagens e colunas fixas. Fale conosco. *O conteúdo das propagandas e informes publicitários é de inteira responsabilidade dos contratantes.

REVISTA ESTILO LIVRE Abílio Duarte de Souza, 257 :: F: 18 3022.3152

ESTILO LIVRE

85


86

ESTILO LIVRE

Edicao31  
Advertisement