Page 1

EDIÇÃO ESPECIAL • SETEMBRO/2013

R E V I S T A R

PRESENÇA VIA

PRESENÇA VIA EM ALPHAVILLE EM ALPHAVILLE


1


Fazer parte do maior núcleo urbano planejado da região é um privilégio para quem não abre mão de qualidade.

Vila Universitária Parque Empresarial

Welcome Center

Pers

Centro Comercial

Residenciais

Pers

Perspectiva ilustrada Masterplan

2


Invista em quem tem mais de 40 anos de história, mais de 90 empreendimentos espalhados pelo Brasil e já garantiu a felicidade de milhares de famílias nas 5 regiões do país. Com 20 milhões de m² e estrategicamente posicionado no eixo da DF-140, o Alphaville nasceu para ser um núcleo urbano moderno, concebido sobre os mais avançados princípios arquitetônicos, tendo a sustentabilidade por fundamento e compromisso. Uma nova história de transformação urbana no Planalto Central.

al

Perspectiva Centro Comercial

Perspectiva Alpha Mall

Perspectiva Parque Empresarial

Clube Residencial 1

Welcome Center

Visite o Welcome Center - DF 140, Km 13,5 Telefone: (61) 3038 1335 0800 600 6904 | alphaville.com.br

3


4


DPZ

Fotografe o QR Code e acesse o site.

PISOS LAMINADOS DURAFLOOR. MUDE A CARA DA SUA CASA.

Durafloor tem a mais moderna e completa linha de pisos laminados para deixar o projeto dos seus sonhos ainda mais incrível. A instalação é rápida e pode ser aplicado sobre outros pisos, sem quebra-quebra. Qualquer ambiente fica muito mais bonito, moderno e sofisticado com Durafloor. Conheça nossos lançamentos e comece sua reforma com o pé direito.

www.facebook.com/DurafloorPisos

• twitter.com/@durafloorpisos • blog.durafloorpisos.com.br • www.durafloor.com.br 0800 055 7474

5


6


7


GAI 0015-13M AN 420X275 SOLUCAO COMPLETA.pdf

8

1

08/08/13

15:00


9


JÁ siNTo

D

SaUdadeS!

entre todos os projetos editoriais que desenvolvi, ANNA, tem um sentido diferente. Foi uma revista criada em casa, onde eu e meu diretor de arte, Carlos Augusto Carvalho, discutímos todos os detalhes entre nós. Entre um momento e outro escrevia a maioria dos textos tentando ter o cuidado para não ficarem repetitivos, afinal foram quase todos. Várias produções foram feitas no Tesouro, como algumas mesas decoradas, o editorial de moda e outros detalhes. Foi trabalhoso, mas de um prazer enorme. ANNA vem dar apoio e suporte ao lançamento dos primeiros prédios residências do Grupo Via em Alphaville, projetando os apartamentos decorados encomendados a arquitetos renomados de Brasília, mostrando a grandiosidade dos trabalhos de cada um e a beleza do Via Horizonte. Agradeço a confiança do Grupo Via em ter me deixado colocar em prática aquilo que acredito e ajudado a mostrar o potencial destes profissionais e amigos, que têm a honra de atender esta empresa tão séria. Nem sei o que fazer para retribuir às indústrias e lojas que abraçaram este importante trabalho. Não tenho como agradecer ao Grupo Brasilit-Saint-Gobain, Gail, Deca, Duraflloor e a todos os outros anunciantes que participaram deste projeto editorial! Meu verdadeiro carinho a cada um! Apesar do grande planejamento de mídia desenvolvido pela Via, tenho certeza que demos nossa cota de contribuição ao sucesso deste trabalho. Estou feliz com o resultado de tudo. Agradeço ao Alphaville toda a força e apoio de sempre, a Daniela Guima e a Vanessa Mendonça. Os presidentes da Via (Fernando Queiroz) e do Alphaville (Marcello Willer) contam sobre este casamento e afirmam com segurança que a região da DF-140 será o grande desenvolvimento do DF. Giselle Araújo, prefeita da Cidade Ocidental, fala da sua nova administração. Robério Oliveira Silva, presidente da OIC - Organização Internacional do Café - é o grande responsável junto ao governador de Minas, Antônio Anastasia, na organização do maior encontro deste setor já acontecido no planeta, sediado em Belo Horizonte. José Antunes Sobrinho, um dos sócios do aeroporto de Brasília, fala sobre as novidades desta nova cidade flutuante, assim como esclarece o que é responsabilidade da Inframérica e o que é da ANAC. Diversos perfis de pessoas que fazem a capital do país acontecer, como Janine Brito, Denise Gebrim, Luciana Cunha Campos, Eliane Nars, Janeth Vaz entre outros. Uma deliciosa entrevista com Marcelo Chaves! As mesas decoradas por mulheres da sociedade são deslumbrantes e em nome de todas as convidadas prestamos uma homenagem a Christina Queiroz. Na arte temos, Leopoldo Martins, Angela e Virginia Geo, Marcel Jung e Patrícia Secco. Todos falando um pouco deste assunto tão rico. Joalheria é com Paulo Lobo. Flávio Geo e Peônia Guimarães trazem novidades dos melhores lugares do planeta! Tenho certeza que vão se divertir com a ANNA PETITE, outra revista dentro da ANNA, mostrando uma série de novidades! Espero que gostem! Este ano dou uma pausa em meus projetos, mais uma vez em função do meu marido. A causa é justa e muito maior que meus sonhos. Quem sabe não vou poder trazer todos que sempre estiveram caminhando ao meu lado, para este mesmo projeto? Acho bem possível! Enfim, termino por aqui. Talvez ainda dê para fazer mais uma edição da revista Anna, estamos estudando. Tomara! E por fim, amo esta cidade, amo as amizades que construí. Sou grata a um por um, aos que sempre me ouviram, apostaram e andaram ao nosso lado em cada trabalho personalizado. Eu também aprendi com vocês! Não esquecerei jamais o apoio que sempre nos deram. Meu carinho e até a volta. Anna Paola Frade Publisher

10

FOTO ARQUIVO PESSOAL

editorial


11


sumário A revista ANNA é uma publicação especial. A mesma não se responsabiliza pelos conceitos emitidos nos artigos assinados. Publisher Anna Paola Frade Pimenta da Veiga Direção de arte Anna Paola Frade Pimenta da Veiga & Carlos Augusto Carvalho E-mail revistaannapaola@gmail.com Endereço DF-140, Rodovia Diogo Machado, Km 14, Chácara São Bento do Tesouro Telefone (61) 8446-7485/9167-3675 Impressão Gráfica Coronário Tiragem 5 mil exemplares Colaboração Peônia Guimarães (correspondente de Londres) e Daniela Guima. FOTO EDGARD CESAR

84

RECEBER

60

FOTO DIVULGAÇÃO

Motor

BRASÍLIA - PUBLIEDITORIAL:NE - Abertura Conceito 6/14/10 5:13 PM Página 1

BRASÍLIA - PUBLIEDITORIAL:NE - Abertura Conceito 6/14/10 5:13 PM Página 2

Há 50 anos Brasília nasceu

Entrevista

para se tornar o maior íconeVIA Grupo do urbanismo contemporâneo...

18

Parceria Alphaville & Via 12

14

22 Decorados Via engenharia é quem na 32 Quem Mostra Via 44 Point off View - prefeita da 46 Entrevista Cidade Ocidental - Organização 48 Entrevista Internacional do Café/BH Aeroporto 50 Check-in Nova cidade em Brasília nas regiões 54 Investimento do DF e Goiás - Arte 59 Jóias nas mãos - A arte em 84 Mesas Receber 128 Trend - Hospital 138 Saúde Modelo - Jovens 158 Política do Brasil 156

Mobilário do Brasil Acomode-se!

Foto: Lívio Campos/ Luiz Bispo - Coleção Fazenda Airis Macaé/RJ (Mobiliário no Brasil 18401960 Cadeira de braços - Luís Filipe


13


FOTO DIVULGAÇÃO

entrevista por anna paola Frade

“Estamos bastante motivados a aliar nossos conhecimentos em qualidade e tecnologia ao projeto inovador que é o Alphaville em Brasília. Hoje o mercado exige o compartilhamento dos conhecimentos e a soma dos esforços em prol da valorização e do desenvolvimento das cidades”, afirma Fernando Márcio Queiroz, presidente do Grupo Via.

14


grupo via

N

Líder de mercado

ão é à toa que o Grupo Via se tornou uma referência em construção pesada e civil e de construção e incorporação imobiliária no Brasil. É uma empresa sólida, confiável e de renome internacional. Este sucesso se deve ao olhar empreendedor e visionário do presidente do grupo, Fernando Márcio Queiroz. Mineiro, discreto, nascido em Juiz de Fora, Fernando tem como formação a engenharia. Conhecido como homem do trabalho, obstinado e que goza de uma organização absoluta em seus negócios, este escorpiano, ainda tem como marca a lealdade e o senso de justiça muito fortes em sua vida. Fernando é capaz de ver muito além de seu tempo. Muito família, vive para os filhos, netos e sua bela Christina. Um de seus refúgios é sua fazenda nos arredores de Brasília. Fernando é um homem de hábitos simples, exímio conhecedor de arte e de bons vinhos. Muito sagaz e atento aos movimentos do mundo, aplica todo seu conhecimento em sua vida e na prática de seus negócios. Sua marca, o sucesso! Responsável por mais de 50 mil imóveis em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo, o Grupo Via tem um portifólio de obras de expressão nacional como a Ponte JK - eleita a mais bonita do mundo; o Museu da República, assinado por Niemeyer e o Expominas, considerado o maior centro de eventos da América Latina. Não podemos deixar de citar os diversos quilômetros de estradas que cortam o país. Uma obra em destaque é o grandioso Estádio Nacional de Brasília, pronto para acomodar uma multidão de torcedores para os jogos da Copa, na Capital Federal. Fernando Queiroz é exigente ao extremo e sabe cobrar de sua equipe resultados, por isso a Via é certificada por normas internacionais de qualidade, segurança e meio ambiente que atestam a seriedade desta empresa que caminha na frente e serve de modelo para muitas do Brasil. O próximo lançamento Via, que vem causando enorme expectativa ao mercado imobiliário, será no Alphaville de Brasília. O Grupo Via firmou uma parceria com a maior empresa de urbanização do país e promete trazer o que existe de melhor em tecnologia e bom gosto nesses projetos. A Via é uma construtora nascida na capital do país. É referência em construção civil no Brasil e reconhecida internacionalmente. Qual o segredo deste sucesso? Não há segredo, apenas foco no trabalho. Investimos fortemente na capacitação da equipe técnica e na evolução dos processos construtivos ao longo da história da Via. Desde o início, o compromisso com a qualidade foi a nossa marca registrada. Aliada a esse padrão de excelência, está uma gestão transparente, baseada no crescimento gradual e consistente, sem sobressaltos, que nos mantém na liderança do setor da construção no Brasil. Quais são os braços de negócios da Via?

A Via atua no segmento de construção pesada e civil, com obras de infraestrutura e de edificações públicas em vários Estados do Brasil e no segmento de construção civil e incorporação imobiliária, em diversos segmentos mas com foco no residencial e comercial de alto padrão em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo. A Via tem obras importantes e grandiosas. Quais são as mais significativas? A Via Engenharia já realizou vários projetos de grande porte, como, por exemplo, o Expominas, em Belo Horizonte, maior centro de eventos da América Latina, e a Ponte JK, em Brasília, que demandou grande competência na área de engenharia. Outras obras complexas, como o

15


entrevista por anna paola Frade Museu Nacional com os seus vãos suspensos que desafiam a física, foram inclusive elogiadas pelo próprio autor do projeto, Oscar Niemeyer, em uma de suas últimas visitas a Brasília. No setor imobiliário, entregamos este ano a primeira fase do Península, o maior condomínio-resort do Centro-Oeste, em Águas Claras, com cerca de 50 ambientes de lazer. Mas o Estádio Nacional, sem dúvida, é um dos maiores desafios que temos hoje na engenharia, sobretudo pelo equilíbrio entre volume de obra e o prazo de execução. Chama atenção a circunferência do Estádio, com o quase 1 km, o maior anel de compressão do mundo. A grandiosa arquibancada de prémoldados de concreto construídos na própria obra e os 288 grandes pilares de sustentação também merecem destaque. A Via adquiriu áreas importantes na DF-140, considerada a região de expansão de Brasília como extensão do Lago Sul e saída Sul. Como vê o futuro deste novo vetor que atraiu olhares de construtoras locais e de fora do DF? A Via foi uma das pioneiras no planejamento de investimentos para a região da DF-140, sempre acreditando no potencial deste novo vetor de desenvolvimento. A região irá gerar novos postos de trabalho e oferecerá para os futuros moradores espaços residenciais unifamiliares, multifamiliares, comerciais e de serviços. Em que prazo se concretizará este desenvolvimento? O desenvolvimento da região terá a participação importante do governo e a nossa expectativa é de que nos próximos três anos tenhamos melhorias na infraestrutura. Estamos empenhados em realizar um projeto integrado, sustentável e de longo prazo, transformando a região com empreendimentos de alta qualidade. A Via fechou parceria com a maior empresa de urbanismo do país que é a Alphaville. Como será esta parceria? O primeiro passo dessa importante união ocor-

16

re com a incorporação, construção e comercialização dos primeiros edifícios residenciais nas áreas multifamiliares pela Via, com lançamento da primeira torre em Alphaville previsto para 2013. Estamos motivados a aliar nossos conhecimentos em qualidade e tecnologia ao projeto inovador que é o Alphaville, somando esforços em prol da valorização e do desenvolvimento da região. Quais as características deste empreendimento? O primeiro diferencial é a localização do terreno, em frente ao lago, próximo à entrada de Alphaville. Os apartamentos de 2, 3 e 4 quartos são inspirados em projetos consagrados da Via, com ampla ventilação e iluminação naturais e varanda gourmet. O lazer familiar será completo com a segurança de um condomínio fechado. Os decorados da Via dão visibilidade e despertam a vontade de comprar. Que ações serão criadas na “Mostra Via” em Alphaville? A unidade decorada é uma importante ferramenta de vendas pois possibilita o entendimento do projeto pelo cliente e a valorização dos diferenciais. Em Alphaville optamos por fazer o decorado da maior e da menor metragem, mostrando a versatilidade e o conforto dos espaços. O complexo conta com um lounge gourmet assinado por Silvana Andrade, um apartamento de 2 quartos decorado por Thatianna Nunes e um apartamento de 4 quartos por Angela Borsoi e Sônia Lacômbe. Alguns eventos serão realizados neste espaço com clientes e parceiros que participaram do projeto. O que será feito na infraestrutura da DF-140 para acomodar os habitantes previstos? Entre as ações está a de ampliação e duplicação da rodovia que dá acessos aos novos empreendimentos, investimentos em transportes coletivos, urbanização em conformidade com as normas de acessibilidade e meio ambiente e infraestrutura para redes de abastecimento de água e energia.


17


FOTO DIVULGAÇÃO

parceria por anna paola Frade

aLpHaviLLe e via eNgeNHaria FIrmam ParcerIa de SUceSSo

Dois grandes nomes do mercado imobiliário brasileiro unem suas experiências para desenvolver o mais novo núcleo urbano da capital. Pioneiras no planejamento de investimentos imobiliários, acreditando no potencial de um novo vetor de desenvolvimento selam forte parceria, fazendo da região da DF-140 uma das mais promissoras e cobiçadas de Brasília

A

o completar 40 anos de atuação e com reconhecida tecnologia em desenvolvimento urbano, a Alphaville conquista as diversas regiões do Brasil e agora a capital do país. Entra com força total em Brasília e Goiás, e conquista o olhar exigente de um público que procura empreendimentos horizontais especiais e inovadores. Conciliando a preservação ambiental, planejamento urbano e infraestrutura qualificada, firmam seu compromisso com a sociedade como uma empresa estruturada e séria. Tudo para atender às expectativas de um público para

18

o qual morar bem, com charme e segurança faz a grande diferença. Alphaville será uma cidade planejada, com opções de lazer, consumo, entretenimento e diversas outras aspirações que vão naturalmente seduzindo quem quer morar com estilo. A larga experiência, com 78 empreendimentos já lançados em 21 estados do Brasil e Distrito Federal, que somam mais de 60 milhões de metros quadrados urbanizados, desenvolvendo, portanto, uma tecnologia inovadora e singular que tem servido de parâmetro para o setor de urbanismo em todo o Brasil.


O projeto de Brasília abrange uma área de mais de 21 milhões de metros quadrados, o maior da história da companhia. Prevê a instalação de 240 mil habitantes, gerando 150 mil empregos quando estiver em plena operação. Estão sendo desenvolvidos projetos residenciais e comerciais, centros comerciais, hotéis, escritórios, hospitais, escolas, entre outros. Um dos pontos altos do empreendimento é a sua localização. A poucos quilômetros do Lago Sul, ao longo da Rodovia DF-140, a qual se inicia no Jardim Botânico e está se transformando no principal eixo de desenvolvimento econômico do DF. A primeira etapa do Alphaville cujos 500 lotes foram inteiramente vendidos no dia do lançamento, entregue aos compradores com seu urbanismo totalmente pronto, hoje tem diversas casas em construção e contará com seus primeiros moradores ainda neste ano. Do mesmo modo, o primeiro centro comercial do empreendimento - o Alpha Mall, composto por salas e lojas, será concluído em 60 dias, e terá suas primeiras lojas funcionando no segundo semestre de 2013. Uma das grandes parceiras do Alphaville em Brasília é a Via Engenharia, uma das maiores construtoras e incorporadoras do país, que em BRASÍLIA - PUBLIEDITORIAL:NE - Abertura Conceito 6/14/10 5:13 PM Página 1

Há 50 anos Brasília nasceu

“O nosso projeto visa criar um novo endereço para Brasília, será um investimento de longo prazo, com um conceito inovador de urbanismo. A união com uma empresa como a Via, reforça a nossa vinda para o Distrito Federal. Estamos contentíssimos em fornecer ao público um produto com a qualidade da Via Engenharia”, finaliza Marcelo Willer, diretor superintendente da Alphaville. seus 32 anos, se tornou a líder de mercado. A Via traz sua tecnologia e conceito para o Alphaville, onde lançará seus primeiros prédios de apartamentos proximamente. Pioneiras no desenvolvimento da região, onde uma nova cidade esta surgindo, tanto Marcelo Willer, superintendente da Alphaville, como Fernando Márcio Queiroz, presidente do Grupo Via, mostram verdadeiro entusiasmo com esta promissora parceria, que fará desta área, uma referência nacional ainda mais forte em urbanismo. A união entre estas renomadas empresas confirma o sucesso deste novo vetor de crescimento.

BRASÍLIA - PUBLIEDITORIAL:NE - Abertura Conceito 6/14/10 5:13 PM Página 2

para se tornar o maior ícone do urbanismo contemporâneo...

19


Perspectiva Parque Empresarial

Perspectiva Centro Comercial

Perspectiva ilustrada Masterplan

Vila Universitรกria Parque Empresarial

Welcome Center

Centro Comercial

Residenciais

20


rcial

Perspectiva Alpha Mall

rial

Sal達o de Festas

Lounge

Clube Residencial 1

Welcome Center

21


LOUNGE VIP GOURMET POR SILVANA ANDRADE NO VIA HORIZONTE

Este ambiente foi pensado para receber convidados de ANNA, do Grupo VIA, parceiros e amigos queridos. Todo o mobiliário foi da Movinconcept. Esculturas de Ceschiatti e Sônia Ebling - acervo pessoal de Anna Paola Frade. Revestimentos de pedras em mármore e stone da Galleria della Pietra. Cozinha Bontempo. Eletrodomésticos Elettromec e painel em azulejaria, do artista João Henrique Cunha. Piso cimentício externo e interno Con-

22

FOTOS EDGARD CESAR

mostra via em alphaville por anna paola Frade


FOTOS EDGARD CESAR

cresteel. Iluminação Dessine. Adornos Cássio Veiga. Tapetes By Side. Esquadrias CRS Esquadrias. Paulo Lobo completa o ambiente de Silvana Andrade com suas esculturas e três corners com a coleção de jóias “Annah”. Toda estrutura desta construção foi feita em Steel Frame do Grupo Brasilit Saint-Gobain (construção a seco).

23


FOTOS EDGARD CESAR

mostra via em alphaville por anna paola Frade

FOTO DIVULGAÇÃO

PAISAGISMO DO LOUNGE VIP GOURMET NO VIA HORIZONTE POR LINCOLN BUENO

São 28 anos de larga experiência, construindo belos jardins Capital Federal. Lincoln Bueno, considerado um dos grandes paisagistas de Brasília, inspirou-se no lounge de Silvana Andrade, onde trabalharam juntos no Via Horizonte e fez um jardim de impacto e fácil manutenção, usando plantas resistentes ao clima de nossa cidade.

Piso Concresteel

Toda estrutura desta construção foi feita em Steel Frame do Grupo Brasilit Saint-Gobain (construção a seco). Piso Concresteel

24


publieditorial em aLPHaVILLe

FOTO PROJETO DIVULGAÇÃO

priMe ToWer

E

ste é um dos mais modernos prédios que está surgindo em Alphaville. Com 9 andares corporativos, amplas lojas térreas e dois andares com garagem no subsolo. O Prime Tower é uma realização da Caiapó Empreendimentos Ltda. Será oferecido para locação com entrega prevista para primeiro semestre de 2016. Quem assina o inovador projeto é o arquiteto Giovanini Letierri.

25


FOTO DIVULGAÇÃO

APARTAMENTO DE TRÊS QUARTOS NO VIA HORIZONTE, POR SÔNIA PERES E HÉLIO ALBUQUERQUE

Hélio e Sônia pensaram este apartamento para uma família que deseja morar com segurança, em um lugar especial, onde a natureza é exuberante, ares tranquilos em uma região em pleno desenvolvimento. A Durafloor foi grande parceira da Via e responsável pelo piso de todo o Via Horizonte. A Deca entrou com louças e metais. A Elettromec também forneceu coifa, microondas entre outros equipamentos para esta dupla de arquitetos que mostra a beleza do Via Horizonte na CasaCor 2013. Toda estrutura desta construção foi feita em Steel Frame do Grupo Brasilit Saint-Gobain (construção a seco).

26

FOTOS HARUO MIKAMI

mostra via em alphaville por anna paola Frade


FOTOS HARUO MIKAMI

FOTOS HARUO MIKAMI

Coiffa e microondas Elettromec. Metais Deca

27


FOTO DIVULGAÇÃO

APARTAMENTO DE QUATRO QUARTOS NO VIA HORIZONTE, POR SÔNIA LACÔMBE E ÂNGELA BORSOI

Este apartamento de quatro quartos foi planejamento para que os espaços pudessem ser absolutamente aproveitados. Todo mobiliário foi da Movinconcept. Os metais e louças da Deca. Iluminação Light

28

FOTOS EDGARD CESAR

mostra via em alphaville por anna paola Frade


FOTOS EDGARD CESAR

Louças e metais Deca

Design. Piso da Durafloor. Toda estrutura desta construção foi feita em Steel Frame do Grupo Brasilit Saint-Gobain (construção a seco). Persianas, cortinas, colchas, almofadas e revestimentos e papel de parede, foram da CasaBella. Todos os armários e cozinha feita pela SCA. Eletrodomésticos da Elettromec. Tapetes By Side. A Só Reparos fez a instalação de todo o revestimento amadeirado nas paredes fornecido pela Tarckti Fademac.

29


FOTOS EDGARD CESAR

SCA foi responsável pela execução dos móveis planejados. Todas as persianas, almofadas, colchas, papel de parede e revestimentos foram fornecidos e executado pela CasaBella. Tapetes, By Side. Na cozinha a Elettromec brilhou. A Durafloor enriqueceu o apartamento com o piso em madeira. Iluminação Light Design. Mobiliário Movinconcept.

30


FOTOS EDGARD CESAR

Cozinha SCA. Eletrodomésticos Elettromec. Louças e metais Deca. Piso Durafloor. Planejados SCA. Persianas, papel de parede, colchas e almofadas, CasaBella. Piso Durafloor.

31


APARTAMENTO DE DOIS QUARTOS NO VIA HORIZONTE, POR RICARDO E THATIANA NUNNES

Sofisticação, planejado para um casal começando a vida. Todo o mobiliário, revestimentos, cortinas, colchas, almofadas, adornos foram executados e cedidos pela Zuhause Dekor. Piso em madeira, da Durafloor. Metais e louças, Deca. Na cozinha, Elettromec nos eletrodomésticos. A estrutura desta construção foi feita em Steel Frame pelo Grupo Brasilit Saint-Gobain (construção a seco).

32

FOTOS EDGARD CESAR

mostra via em alphaville por anna paola Frade


www.galleriadellapietra.com.br

Tradição italiana no mármore e granito!

FOTO DIVULGAÇÃO; CRIAÇÃO CARLOS AUGUSTO

Galleria della Pietra

Sala de banho com Limestone Piedra Paloma e Mármore Cinza Bamboo - Casa Cor 2012 por Yeda Garcia

SIA trecho 4, Lotes 1.180 à 1.210 Loja 6 (61)3361-0826 Brasília / DF

A

Zuhause Dekor

frente da empresa Casa Hara durante 20 anos, Vânia Carvalho juntamente com sua filha Mariana Sousa, dão inicio a um novo segmento em decoração de interiores focado no mercado de luxo em Brasília, Zuhause Dekor está localizada no endereço SHIS QI 23 Comércio Local Bloco B Edifício TOP 23 Salas 202/204 a partir do dia 20/09/2013. A empresa trás para Brasília marcas como Ralph Lauren, Celina dias, Clark & Clark, Entreposto, Thibaut, dentre outras.

(61) 3366-5673 | (61) 3365-5370 33


mostra via em alphaville por anna paola Frade

Deca, uma das empresas da Duratex, integrante da holding Itaúsa S.A. Design, qualidade e inovação sempre foram conceitos que diferenciaram a Deca ao longo de sua história, tornando-a a maior fabricante de louças e metais sanitários do Hemisfério Sul. É líder no mercado brasileiro e exporta para os 4 continentes. Presente na capital do país junto a representantes, arquitetos, designers e construtoras, a Deca vem reforçar o sucesso de mais um lançamento da Via Engenharia, entrando fortemente no Via Horizonte em Alphaville. A arquiteta Ana Cláudia Veras e Taís Oliveira - gestora de construção civil - estão atentas e a postos para atender os interesses da empresa em Brasília.

dUraTeX

Fátima Barnabé, diretora de marketing do grupo Duratex - uma das maiores indústrias do país - fala sobre a parceria com a Via Engenharia e os projetos em Brasília O que a Duratex (área madeira) representa no Brasil dentro de seu segmento? Desde nossa fundação, estamos construindo uma reputação de respeito e credibilidade, reflexo da oferta de produtos de qualidade e satisfação de nossos clientes. Nossa atuação é pautada por valores, responsabilidade social e preservação do meio ambiente. Na área de Madeira somos a maior fabricante do hemisfério sul e líder de mercado no segmento de painéis para revestimentos mobiliários e da construção civil e com a marca Durafloor somos líder de mercado e pioneira na fabricação de laminados do país. Quais serão as ações da Duratex (madeira) em Brasília junto aos profissionais (arquitetos e decoradores), representantes e construtoras ate ao consumidor final, para manter esta fidelização que já acontece? Temos uma equipe especificadora na região para atendimento e suporte aos escritórios de arquitetura e decoração, representantes e construtoras. As atividades incluem suporte quanto às dúvidas técnicas sobre os produtos, atualização de coleção e portfólio de produtos Duratex, organização de eventos relacionados a estes profissionais, mostras de decoração e principalmente criação de relacionamento com arquitetos, decoradores, designers para sermos o canal direto de idéias e sugestões com relação aos nossos produtos. Como será a parceria da Duratex na Mostra da Via Engenharia, que vai acontecer em Alphaville? Para agregar mais requinte e sofisticação aliados a funcionalidade e respeito ao meio ambiente, a Duratex irá disponibilizar seus produtos que vão compor 4 ambientes da Mostra.

34

FOTO DIVULGAÇÃO

FOTO DIVULGAÇÃO

QueM É QueM Na MosTra via


Atenta a alta procura pelos pisos laminados nos Estados Unidos - há 15 anos, a Duratex iniciou a fabricação do produto, no Brasil, lançando a marca Durafloor para comercializar os laminados de alta resistência. Pesquisas, estudos, logística, instalação e marketing ousado para o produto, foram decisivos para a Durafloor atingir o sucesso que faz hoje no Brasil. Como pioneira no desenvolvimento e comercialização de laminados de alta resistência combinando beleza, facilidade de limpeza, durabilidade e praticidade de instalação de um produto ecologicamente correto e hipoalergênico. Um caminho que tornou o produto ainda mais conhecido foi a parceria desenvolvida com os arquitetos e designers de interiores com participações em Mostras de Decoração no páis. Atualmente a Durafloor conta com suas noves linhas de produto: Unique, Style, Sense, Design, Studio, Nature, Trend, Ritz e Way, além da linha completa de acessórios de acabamento e instalação quem podem ser encontrados nos Home Centers e lojas de materiais de construção e decoração pelo Brasil. Na Mostra da Via Engenharia em Alphaville Brasília, a Duratex também se fará presente, agregando mais requinte e sofisticação aliados a funcionalidade e respeito ao meio ambiente, disponibilizando seus produtos na composição de 4 ambientes.

Linha Design Carvalho Ibiza

FOTOS DIVULGAÇÃO

mostra via em alphaville por anna paola Frade

Linha Ritz Padrão Stucco

Linha Trend Carvalho Missoni

35


FOTOS DIVULGAÇÃO

mostra via em alphaville por anna paola Frade

Jovêncio Moura

O

grupo Saint-Gobain é o líder mundial na fabricação de produtos para construção civil. Está no mercado há 350 anos. Com isso adquiriu solidez e respeito. Possui o domínio total do que produzem e oferecem ao mundo. A equipe é altamente preparada e integrada aos interesses da empresa. No Centro-Oeste a Saint-Gobain também é representada por Jovêncio Moura, gerente comercial (Placo) e Matheus Vinnicius (Brasilit), promotor técnico comercial. Se empenham em divulgar o sistema e tudo o que oferecem ao universo da construção, aos representantes do grupo, construtoras, lojistas, arquitetos, designers até o consumidor final. Nesta edição o Matheus Grupo Saint-Gobain (Brasilit e Placo) entrou em uma forte parceria Vinnícius junto a Via Engenharia e Alphaville, trazendo o conceito e a prática do sistema construtivo a seco: Light Steel Framing. O sistema LSF, vem para substituir o sistema de construção convencional, extinguindo o uso de àgua, areia e cimento durante a obra, com a as seguintes vantagens, rapidez na entrega da construção, redução de mão de obra e aumento da qualidade habitacional, além de diminuir custos.

A frente da Transgesso o empresário Avelar Lopes Feitosa, um dos maiores lojistas do Grupo Saint-Gobain no Centro-Oeste, vem contribuindo há 9 anos para evolução do Mercado de Construção a Seco, comercializando placas de gesso acartonado, placa cimentícia e o sistema estrutural (Steel Frame). O resultado foi tão gratificante que hoje, com três galpões e dez carretas já não supre a demanda do mercado - altamente em crescimento.

36


FOTO DIVULGAÇÃO

mostra via em alphaville por anna paola Frade pLaca ciMeNTÍcia brasiLiT É soLuçÃo para coNsTruçÃo a seco Referência mundial de coberturas, há 75 anos, a Brasilit destaca as Placas Cimentícias Impermeabilizadas como solução versátil, resistente, inovadora e segura para construção a seco

N

José de Oliveira Domingos Gerente regional

FOTOS DIVULGAÇÃO

ova tendência na construção civil, apresentada no estande da Brasilit na Feicon Batimat, as Placas Cimentícias Impermeabilizadas, dispensam o uso de tijolos, cimento e são indicadas para edificar paredes internas e externas, com acabamento perfeito, rapidez e limpeza na execução da obra. Única no mercado, impermeabilizada direto da fábrica, a solução para a construção a seco da Brasilit, utiliza a exclusiva tecnologia CRFS (Cimento Reforçado com Fios Sintéticos), 100% livre de amianto em sua composição, com elevada durabilidade, são resistentes à umidade, ao ataque de cupins e devido à base alcalina, resistentes a impactos e vibrações. As placas podem ser utilizadas na construção de cômodos internos: divisão de salas, banheiros, quartos e outros ambientes, bem como na finalização de construções e áreas externas. A novidade acompanha a tendência dos lofts e construções no estilo galpão, pois permite inúmeras configurações com rápida instalação. A Placa Cimentícia Impermeabilizada Brasilit recebe revestimentos de vários tipos: pintura, textura e o no concreto aparente, com aspecto despojado e ao mesmo tempo sofisticado. O arquiteto Otto Félix, de Campinas/SP, recomenda o uso das técnicas de construção a seco e enumera suas vantagens: “na construção a seco você lida com mão de obra especializada, o tempo de execução da obra é curto e a Placa Cimentícia permite muita versatilidade para projetar e combinar inúmeras técnicas e materiais”, explica. Para os que desejam um acabamento de parede liso, como pintura, textura ou papel de parede a Brasilit dispõe do sistema de tratamento de juntas invisíveis, que evita fissuras e proporciona um excelente resultado, utiliza a massa para junta, que com suas fibras sintéticas, na sua composição, dão um resultado excelente, uma exclusividade Brasilit. Além disso, oferece maior resistência e evita a formação de trincas nas paredes. O sistema é composto de cordão delimitador, primer, fitas fibrotape e a massa para acabamento. COMPLEXO VIÁRIO DE MANAUS É REVESTIDO COM PLACAS CIMENTÍCIAS IMPERMEABILIZADAS Inaugurada recentemente, a passagem subterrânea do Complexo Viário São José, localizado no bairro São José, região leste da cidade de Manaus, foi revestida com as Placas Cimentícias Impermeabilizadas Brasilit, que proporcionaram versatilidade, resistência e acabamento perfeito ao maior complexo viário de Manaus, construído em apenas 17 meses e viabilizou a melhoria do trânsito na capital amazonense. OUTRAS SOLUÇÕES PARA CONSTRUÇÃO A SECO A Brasilit oferece outros produtos para o segmento de construção a seco, como os Painéis Masterboard Brasilit, compostos por miolo de madeira, indicados para edificação de lajes secas, mezaninos, paredes e divisórias. Disponíveis em diversas metragens, ideal para atender os mais variados perfis de projetos e instalações. Acessórios como parafusos de fixação para a placa cimentícia, parafusos de fixação para perfis metálicos, guias e montantes de steel framing e a barreira de água e vento, Tyvek Home Wrap. Todos em linha.

37


mostra via em alphaville por anna paola Frade

D

deSde 1812 reINVeNTaNdo SUa HISTÓrIa

FOTOS DIVULGAÇÃO

esde sua fundação, esta empresa renomada que conquistou ao longo dos anos fiéis clientes e parceiros pela tradição, qualidade, design funcional e sustentabilidade, endossada em seus produtos e soluções técnicas. É a indústria líder nacional em produtos para fachadas, indústrias e piscinas, em especial as esportivas, complementando seu portfólio em peças para usos em rampas, calçadas, rodapés e locais com exigências especiais. Seu portfólio favorece soluções para ambientes externos e internos, e se movimenta entre espaços com elevada exigência técnica e outros que valorizam elementos decorativos singulares. Uma de suas facetas são a customização de cores, formatos e texturas mediante projeto. O grupo que fundou sua primeira fabrica na cidade alemã de Dillenburg, seguindo pra Geissen, o berço desta grande marca que tem mais de 200 anos de investimento em credibilidade, escolheu o Brasil para fazer parte de sua narrativa de sucesso. Agora a Gail caminha firme em Brasília com seus parceiros, a Via Engenharia - na Mostra que esta poderosa empresa se propôs fazer em Alphaville. A coleção Piscina alia design exclusivo e durabilidade. As peças possuem baixa absorção de água e expansão por umidade. Além disso, têm excelente fixação e resistência a produtos químicos e a raios solares. Fachadas - As coleções Arquitetura Natural, Loft, e Combicolor apresentam produtos para os mais diversos tipos de fachadas e permitem inúmeras composições. Indústrias - Desenvolvida especialmente para suportar o ambiente pesado da indústria. Produtos que têm alta capacidade de resistência mecânica, resistência a produtos químicos, a variações bruscas de temperatura, alto grau de limpabilidade e baixa manutenção. Única empresa que oferece ao mercado o sistema completo: placa cerâmica + apoio de grelha + grelha + peças especiais para acabamento + rodapé + canaleta + produtos de limpeza e manutenção + linha completa de argamassa para assentamento e rejuntamento + projeto paginação + consultoria técnica. Áreas internas - Produtos que combinam resistência, durabilidade e beleza, assegurando a singularidade em cada projeto. Áreas externas - Variedade de produtos, formatos e cores, que complementam o mix e endossam a credibilidade da marca para locais que exijam alto desempenho, como rampas, garagens e calçadas. Sistema KeraGail - A Gail trouxe para o Brasil a fachada ventilada com cerâmicas extrudadas de grandes formatos, exclusivo sistema construtivo que ganhou o nome de KeraGail. O sistema de altíssimo desempenho oferece solução completa para cada projeto, integrando segurança, rapidez de montagem, estética arrojada e eficiência energética. Sistema KeraSystem - Diferenciado sistema de piso elevado comercializado pela Gail, com possibilidade de entrega em pacote completo (projeto + material + instalação). Todas as vantagens do piso elevado são preservadas com cerâmicas extrudadas de alto desempenho, incluindo o exclusivo diferencial dos cantos calibrados. Destaca-se ainda a rápida e prática instalação com redução de quebras e resíduos.

38


A

TecNoLoGIa em deSIGN de eLeTrodomÉSTIcoS

Elettromec iniciou suas atividades em 1997 na cidade de Campinas, interior de São Paulo, com o objetivo de oferecer eletrodomésticos com design italiano para o mercado de luxo brasileiro. Com investimento e acesso às maiores tendências em tecnologia e design, diretamente das exposições mais conhecidas da Itália e do mundo, a empresa se consolidou como uma marca forte no segmento gourmet. Hoje, localizada em Valinhos/SP e com um centro de distribuição de quatro mil metros quadrados, a Elettromec tem uma linha completa de produtos para ambientes gourmet e cozinhas, especialmente de embutir, trabalhando com eletrodomésticos de qualidade e altamente tecnológicos, sem esquecer os traços sofisticados que assinam a marca. A empresa possui duas lojas próprias, localizadas em Campinas e Brasília. A loja além de oferecer a linha completa de produtos da empresa, trabalha com outras marcas reconhecidas mundialmente como Delta Faucet, Scheer, Zwilling, Staub e Insinkerator.

1

FOTOS DIVULGAÇÃO

mostra via em alphaville por anna paola Frade

2

3

Bruno Hofman Netto é gestor lojas próprias Elettromec - São Paulo

Luiz Antônio é gerente comercial da Elettromec - Brasília

4

1 - Carlos Manoel e Ana Balestteros estão à frente da Galeria della Pietra, uma das empresas mais importantes de revestimentos especiais em Brasília. A marca está presente no ambiente de Silvana Andrade, no Via Horizonte em Alphaville. 2 - Junia Drummond é uma das pessoas mais queridas, respeitas e reconhecida no mercado de construção e decoração pela atenção que despende aos seus clientes. Hoje representante da marca Concresteel firmou este nome em Brasília pela forma séria com que trabalha. 3 - Juliana Santana, foi a arquiteta convidada pela Via Engenharia para desenvolver na CasaCor Brasília/2013 o hall de entrada do Via Horizonte. Diga-se de passagem, está lindo! Juliana é considerada um dos grandes nomes em projetos de arquitetura, atualmente. 4 - Há 23 anos no mercado, a Só Reparos renova-se e caminha a largos passos com a ajuda dos herdeiros, Alexandre Soares e Hugo Carneiro. Em 1990, Miguel e Carneiro fundaram a loja em Brasília, que hoje conta com outras na Asa Sul, Asa Norte e no Sia. Com uma equipe de mais 250 colaboradores num mix imenso de produtos para acabamento e construção a Só Reparos se consagra em Brasília. Segundo Aleandre Soares, eles vão marcar forte presença na região da DF-140, no Via Horizonte, mais um empreendimento da Via Engenharia.

39


FOTO CLAUSEM BONIFÁCIO

destaque na mostra via em alphaville por anna paola Frade

CASABELLA - NO VIA HORIZONTE EM ALPHAVILLE

H

á 14 anos no mercado, Regina Estrella de Luna, fundadora da CasaBella Persianas e Decoração, consolidou-se em Brasília como referência no mercado por trabalhar com produtos de altíssima qualidade e marcas importantes no país. Tem o privilégio de ser revendedora exclusiva da forte Hunter Douglas-Luxaflex, empresa considerada a mais importante no segmento de decoração de janelas, com seus belos toldos, persianas e cortinas (manuais e motorizadas), confeccionadas em ateliêr próprio. A loja, localizada no Brasília Design Center, possui a maior biblioteca de papéis de parede, possibilitando aos arquitetos, designers e outros clientes uma infinidade de opções. Regina conquistou seu espaço pelo trabalho e pela forma com que conduziu sempre sua vida e seu negócio. É séria. É uma forte parceira da Via Engenharia, no Via Horizonte, em Alphaville. As arquitetas Sônia Lacômbe e Ângela Borsoi fizeram um belo projeto, onde a CasaBella executou as colchas, almofadas, toda a forração de papel de parede e persianas com maestria. “Nosso objetivo é atender a necessidade de quem nos procura. Manter a qualidade do serviço em cada etapa da venda. Superar as expectativas. A filosofia da CasaBella é traduzir o desejo e o sonho em espaços e ambientes adequados a cada estilo de vida, fomentando a harmonia, a beleza e o conforto”, diz Regina. www.casabellapersianas.com.br Ed. Brasília Design Center | (61) 3225-3105 / 3322-6798 / (61) 3226-8728 / 9555-0010

40


41


42


|

43

intracomunicacao.com.br


FOTOS DIVULGAÇÃO

publieditorial

(61) 3257.2399 / 3500.5020 casahum.com.br

HUmBerTo macÊdo

Aprendiz da forma. Construtor de relacionamentos

c

ontratado para novos projetos de arquitetura, Humberto busca surpreender seus clientes no constante exercício de aprender novas formas, que vão além das já construídas. as mais atuais são essas aqui apresentadas: uma residência a ser edi�icada no alphaville e outra destinada a um lote de 10.000 m2 no Setor de mansões Park Way. Na área de urbanismo, seus trabalhos mais recentes são as intervenções na área consolidada como área de expansão urbana no novo PdoT, localizada na conhecida rodovia diogo machado de araújo - dF 140, integrando habitação, cultura e lazer. Suas propostas de urbanismo contemplam um setor habitacional contíguo a um Parque ecológico e uma “Universidade do Futuro” e o outro, um centro comercial com teatro, cinemas, lojas e escritórios. algumas das suas referências: as montanhas do rJ, os casários históricos da Bahia, o programa casa Brasileira, o sítio de Roberto Burle Marx e o �ilme “Primavera, Verão, outono, Inverno ... e Primavera”.

PROJETO DE RESIDÊNCIA PARA O ALPHAVILLE

44


publieditorial

PROJETO DE RESIDÊNCIA PARA O SETOR MANSÕES PARK WAY

45


fotografia por anna paola Frade

O

fotógrafo Edgard César, acompanhou a construção do estádio Mané Garrincha, com olhos de artísta, que observaram colunas se erguendo, arquibancadas sendo montadas e a cobertura se finalizando. Obra grandiosa executada pela Via Engenharia. Achou que a altura das colunas tinham escala monumental e teve vontade de fazer um ensaio fotógrafico tentando mostrar a dimensão que o intrigou. Uma semana antes da entrega para a Fifa, Edgard conseguiu uma autorização para fotografar. Os flashes dispararam mostrando a importância desta obra.

46


47

FOTOS EDGARD CESAR


FOTO ASSESSORIA DE IMPRENSA

entrevista por anna paola Frade

a Nova

LÍDER

Giselle Araújo, prefeita eleita pela maioria, assume as rédeas de um dos municípios mais importantes do estado de Goiás, a Cidade Ocidental Como recebeu a prefeitura da Cidade Ocidental? Com muito entusiasmo e determinação, porém a situação não era boa, descobri que precisaria de muito trabalho e tempo para colocar a casa em ordem. Encontramos muitas dívidas, desde salários atrasados até obras que foram licitadas e não concluídas por falta de pagamento. A senhora tem um histórico atuante na política reconhecido pelos habitantes da Cidade Ocidental. Vem desde a época do prefeito Plínio Araújo, seu marido. Qual o maior desafio no momento como prefeita da Cidade Ocidental? Sim, estive a frente da Secretaria de Promoção Social durante os mandatos do Plínio, onde fiz um trabalho árduo que foi reconhecido pela

48

população no último pleito. Acumulei experiências e conhecimentos para enfrentar os desafios que já imaginava. Não nas proporções que encontrei, o município não tinha as certidões necessárias para receber os recursos dos governos federal e estadual. O município endividado com Celg, Saneago, INSS e, ainda, somados a falta de água, transporte precário, asfaltos esburacados, hospital sem médicos, me tirou o sono. São muitos desafios, tenho a convicção de que junto a minha equipe e com a compreensão da população atingiremos nossos objetivos. O crescimento das regiões da divisa de Brasília/GO é enorme! Imaginava que aconteceria de forma tão galopante e dinâmica? Com a vinda de empreendimentos imobi-liários tão fortes e sólidos como Alphaville,


Via Engenharia, Odebrecht, Damha, JCGontijo, Iguatemi, entre outros, a região toma outra dimensão. Sempre confiei neste crescimento e já imaginava que viria. Sonhava que fosse de maneira responsável e organizada. Infelizmente, houve a explosão de alguns condomínios sem planejamento adequado, sem infra estrutura básica, afetando o município em várias áreas como educação, saúde, saneamento, energia, entre outros. Temos que organizar estas questões. Sinto que a Cidade Ocidental e seu entorno continuarão tendo um grande avanço imobiliário que bem direcionado e ordenado, somarão! A Cidade Ocidental, por sua privilegiada posição geográfica, pela compreensão e apoio que os investidores têm recebido da prefeitura virá ser um dos mais importantes municípios do estado de Goiás. Diante deste cenário quais serão suas principais prioridades? Tenho certeza de que o crescimento deve ser planejado. Devemos pensar a curto, a médio e a longo prazo. Os grandes investidores sabem disso, mas para que estes investimentos aconteçam de forma sáudavel é necessário que exista uma parceria de todos com o município, onde a prefeitura fiscalize de acordo com as leis o que esta sendo solicitado, desburocratizando e viabilizando os projetos corretos. Com isso, o investidor mostra-se não só preocupado com seus próprios interesses, mas sim, com o bem do município. Quais ações pretende tomar para dar um ar moderno à Cidade Ocidental? Tenho diversos pré-projetos em torno disso. A construção de praças, urbanização, sinalização, arborização e investir na educação. Uma gestão voltada para o embelezamento da Cidade Ocidental e dos bairros. Quero a população sentindo prazer em viver na Cidade Ocidental! E o projeto do Centro de Lazer em volta do lago, como anda? Tenho buscado recursos e já obtive alguns

avanços para a orla do lago. Faz parte do meu programa de governo concluir este sonho para ser um centro de lazer inovador, bem estruturado, onde a população possa frequentar não só para fazer caminhadas, mas para diversão de toda a família. Quais os obstáculos enfretados por ser mulher e atuar em uma área onde a presença feminina deveria ser maior? Como vê a mulher na política? Não sinto dificuldades em administrar por ser mulher! Sinto sim, que a sensibilidade da mulher faz com que a percepção das nessecidades seja mais apurada, identificando os problemas da comunidade e ao mesmo tempo agindo com coragem, responsabilidade e principalmente com honestidade. A mulher esta conquistando seu espaço na política cada vez mais. A prefeitura tem planos para aproveitar a oferta de empregos que começa a surgir e o consequente aumento da renda pública e privada no município? Já foi implantado na minha gestão o “Pronatec” em parceria com o governo federal que ministra cursos de capacitação técnica. Vamos implantar cursos preparatórios de qualificação profissional em diversos seguimentos, buscando priorizar de acordo com a demanda, para que sejam oferecidas ao mercado de produtos ou serviços, pessoas capacitadas, visando assim agregar conhecimento e autoestima, melhorando a relação empregado/empregador. Qual será a marca da sua administração? Trabalho! Estamos fazendo um governo de prosperidade, com cautela. Não assumimos compromissos que não poderemos honrar. A população precisa ter calma! Sanamos algumas dívidas e estamos nos preparando para sanar as outras. Assim, obteremos as certidões recebendo os recursos federais e estaduais. As dívidas são do governo passado! Sei o que é preciso fazer e vamos fazer para melhorar.

49


beLo HoriZoNTe

Sede do maIor eNcoNTro do CAFÉ

Robério Oliveira Silva assumiu o posto de Diretor-Executivo da Organização Internacional do Café em novembro de 2011. Formado em Economia pela Universidade Federal de Minas Gerais, dedicou-se à área de produtos de base, especialmente ao café. Com 25 anos de experiência tanto no setor público como no setor privado, ele exerceu os cargos de Diretor do Departamento do Café do MAPA; Secretário de Produtos de Base do Ministério Brasileiro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior; SecretárioExecutivo da Câmara Brasileira de Comércio Exterior; SecretárioGeral da Associação dos Países Produtores de Café; e SecretárioGeral da Federação Brasileira de Exportadores de Café.

O que vai acontecer na capital mineira, em setembro neste encontro do café? Em setembro deste ano, vamos comemorar em Belo Horizonte meio século de existência da OIC, com o apoio entusiástico e muito apreciado do Governador do Estado de Minas, o Sr. Antônio Anastasia, e de outras autoridades locais. Teremos também a satisfação de contar com a presença de vários ex-DiretoresExecutivos no evento. Essa comemoração é fundamental não apenas para celebrar essa data histórica, como também para reunir os Membros da Organização e oferecer a possi-

50

bilidade para refletir sobre as conquistas da OIC até agora e sobre o futuro da cooperação internacional em termos de café. O número esperado de participantes é muito significativo, sendo eles cafeicultores e representantes de governos e do setor privado dos 76 países Membros da OIC e de agências internacionais. O que vem a ser a OIC? A Organização Internacional do Café (OIC) é o principal organismo intergovernamental a serviço do café, congregando Governos exportadores e importadores para, mediante

FOTO DIVULGAÇÃO

destaque por anna paola Frade


Há quando tempo existe a OIC? Qual é o seu papel? A OIC foi estabelecida em Londres em 1963, sob os auspícios das Nações Unidas, devido à grande importância econômica do café. Ela administra o Acordo Internacional do Café (AIC), um importante instrumento para a cooperação em questões de desenvolvimento. O Acordo mais recente, o AIC de 2007, entrou em vigor em 2 de fevereiro de 2011. No âmago da agenda da OIC está a questão da sustentabilidade. O AIC de 2007 identifica três pilares da sustentabilidade: econômico, social e ambiental. Isto significa garantir que todos os participantes da cadeia de valor do café se beneficiem de forma positiva do setor cafeeiro. Qual é a missão da OIC? A missão da OIC que o Acordo Internacional do Café (AIC) de 2007 enuncia consiste em servir como fórum para a formulação de políticas e soluções para fortalecer o setor cafeeiro global, investigando e promovendo meios para conseguir o equilíbrio entre a oferta e a demanda, assim como preços justos tanto para os produtores quanto para os consumidores; dar maior transparência ao mercado cafeeiro e possibilitar a tomada de decisões econômicas com base em dados precisos e tempestivos; incentivar o desenvolvimento e a divulgação de conhecimentos sobre a economia cafeeira mundial, tornando a OIC uma Agência de Desenvolvimento e Execução de Projetos de interesse dos Membros; e, promover um setor cafeeiro sustentável, a fim de contribuir para a consecução das Metas de Desenvolvimento do Milênio, em particular com respeito à erradicação da pobreza.

FOTO DIVULGAÇÃO

cooperação internacional, enfrentar os desafios com que o café se depara no mundo todo. Seus Governos-Membros representam 97% da produção mundial de café e mais de 80% do consumo mundial.

O Governador de Minas Gerais, Antônio Augusto Anastasia, apresentou ao Diretor-Executivo da OIC a Medalha da Inconfidência em uma cerimônia especial realizada na sede da Organização, em Londres.

Qual apoio que a OIC dedica ao Brasil no mundo? O Acordo Internacional do Café (AIC) de 2007 é um instrumento chave para a cooperação internacional em matéria de café, e participar dele é do maior interesse para os Governos e o setor cafeeiro mundial, por razões políticas, sociais e econômicas. O Brasil é o maior produtor de café do mundo e, portanto, o maior contribuinte ao orçamento da OIC, além de ser o segundo maior consumidor. Queremos a OIC como um agente propagador do desenvolvimento e das oportunidades para todos os seus Membros. O Consórcio Pesquisa Café vem desempenhando um papel-chave para a coordenação dos esforços de pesquisa do café no Brasil e agora pretendo trazê-lo para um esforço ainda maior, no âmbito internacional, como é a intenção do MAPA.

51


Nova cidade

Na caPITaL do PAÍS

FOTO DIVULGAÇÃO

check-in por anna paola Frade

P

aixão no que quer que esteja envolvido, José Antunes Sobrinho, empresário sério e respeitado no cenário nacional, ganha com seus parceiros argentinos a concessão do aeroporto da capital do país e aborda temas interessantes em uma leve entrevista, apesar do pesado desafio de cumprir prazos. O projeto é audacioso, os números explicam os porquês de tanta ousadia! A Inframérica, da qual é sócio, investe R$ 1,1 bi para atender a primeira fase das obras do aeroporto, gerando inicialmente 500 empregos diretos e 1,4 mil indiretos. O aeroporto registrou movimento de 16 milhões de passageiros em 2012, sendo que essa capacidade atingirá 35 milhões de pessoas ao ano em sua última fase. O valor previsto pela concessão, durante os 25 anos de uso, é de quase R$ 3 bi. Investimentos e esforços serão traduzidos na criação de um aeroporto modelo. O mix de lojas é preparado para atender a demanda do público exigente, desde a gastronomia a qualquer outro tipo de consumo. No projeto há a maior e mais bem planejada sala vip de toda a América Latina. As transformações surpreenderão os brasileiros. O que o levou a entrar na área de concessões aeroviárias? A Engevix é a empresa do Brasil que mais projetou aeroportos, como Guarulhos e Galeão. Unimo-nos à uma empresa operadora de aeroportos, a Corporación América e conquistamos a construção do novo terminal em Natal. A expe-

52

riência dos nossos sócios operadores somada à nossa qualificação de execução de infraestrutura, além da experiência na área de financiamentos, foi fundamental para tudo conspirar a favor. Foi formada, então, uma Sociedade de Propósitos Específicos (SPE), e agora somos uma empresa só.


Como é a experiência de atuar em Brasília? Aqui é um dos maiores terminais do Brasil, por onde passa todo o poder político. Temos presidentes de empresas estatais, e um mundo de pessoas que vêm fazer negócios na capital do país. É uma experiência única, onde trabalhamos sob fortíssima pressão para cumprir os prazos da concessão. A ANAC, por exemplo, está aqui em Brasília. Inclusive, seus dirigentes passam pelo aeroporto todas as semanas, bem como o próprio ministro da Secretaria de Aviação Civil (SAC). Portanto, a pressão sobre nós é incrível, nos obrigando a ter uma performance descomunal, quase hercúlea, para cumprirmos os prazos determinados. Em que estado recebeu o aeroporto de Brasília e qual o tamanho da obra em execução? Nós recebemos o aeroporto numa situação que merecia melhorias prementes dos ativos. E, imediatamente, procuramos executar todas elas. Por exemplo, o satélite foi reformado para a Copa das Confederações. Fizemos banheiros novos, trocamos forro, piso, sinalização e estamos trocando os assentos. Abrimos 1,8 mil vagas de estacionamento, feitas em prazo recorde. Estamos trabalhando nas salas de embarque fortemente. Todos esses itens são aqueles que a população consegue perceber. Porém, há muitas coisas que não são visíveis. As instalações elétricas, por exemplo, nós encontramos em estado – para ser bem honesto – lamentável! Tanto que teve a pane em março de 2013, e o governo nos forçou a dar posição rápida. Mas vale registrar que fazia apenas três meses que estávamos dominando a concessão, mas ainda de forma compartilhada com a Infraero. Eram problemas que não se podiam resolver em prazo tão curto. Hoje, já estão plenamente sanados. Recebemos o aeroporto da Infraero, nossa sócia numa situação importante, com 49% da SPE em Brasília. A Infraero tem amarrações, por lei, que são muito complexas. Ela não tem a velocidade e nem a flexibilidade que nós temos de entrar imediatamente e mandar consertar algo na mesma hora. Nós temos autonomia pra fazer isso! E estamos fazendo essas recuperações em tempo recorde. O número crescente de passageiros a cada

dia é um fator preocupante? Também tem isso. Quando a empresa é pública, se aceita de uma maneira geral um ritmo mais lento. No momento em que você põe um ente privado, automaticamente a posição muda. E não importa se o grupo novo está lá há dias, um mês, dois meses... A cobrança é como se estivéssemos à frente do negócio há anos. Não olham o histórico passado. Isso é natural, faz parte da regra do jogo. Temos que aprender a conviver com isso. Felizmente os resultados estão aparecendo em meses. Com relação ao apagão de março de 2013, de quem é a responsabilidade? Há possibilidade de outros apagões ocorrerem? Esse problema tem dois componentes. O primeiro é um problema de lógica equivocada na parte elétrica. O aeroporto em si, quando desligava a energia parcialmente como foi o caso, a geração de emergência não entrava em operação. O segundo ponto é a falta de sistema de supervisão. Ou seja, quando acontecia um problema, você não via onde estava o defeito. Além dessas questões, havia o componente externo, que era a alimentação de um aeroporto como esse aqui em 13,8 KV, com uma linha alimentadora de tensão que não deveria ser de baixa confiabilidade. Então, o problema era tanto de alimentação quanto interno. Hoje está se corrigindo. Nós estamos puxando, por nossa conta, uma linha da CEB de 13.8 KV e daqui a um ano teremos uma linha de 138 KV! Aí sim, será muito mais confiável, mas desta vez por conta da CEB, que já está fazendo isso. Eu diria que, do jeito que estamos trabalhando hoje, os riscos de um apagão são bem pequenos. Quais as garantias oferecidas aos passageiros de que não haverá interrupção? Compramos novos geradores de emergência. Um investimento necessário. Revimos toda a lógica operacional. Contratamos automação para agilizar tudo o que for necessário. Este problema está sob controle. Como a Inframérica tem se estruturado para atender às expectativas do público e do governo?

53


O projeto está em curso e quem constrói são empresas do próprio grupo da concessão. Portanto, completamente inseridas e alinhadas com nossas obrigações, determinações e comandos. Se contratássemos empresas externas, elas poderiam estar – ainda – discutindo contratos. Aqui, o ganho de tempo é enorme! Os sócios estão envolvidos na obra, caso contrário, não termina em 2014, para a Copa do Mundo. E, se isso ocorrer, teremos pesadas multas determinadas pelo contrato de concessão. Estamos envolvidos com essa obra prioritariamente, os sócios estão pessoalmente tomando conta disso. No meu caso, como presidente do Conselho de Administração, vivo aqui em Brasília – auxiliando a Inframérica, como fiscalizando a obra e buscando financiamentos do BNDES. Como sou engenheiro civil, estou em casa! A Engevix sempre esteve presente em Brasília, desde o seu começo com nossa forte e preparada equipe. Os projetos são desenvolvidos aqui, assim como as mudanças e as tomadas de decisões. Por isso, tudo é rápido! São obras diversas e complexas, certo? Você vai encontrar neste aeroporto três obras bem diferentes umas das outras: a construção do píer sul, um terminal novo, que vai acomodar 11 pontes de embarque, moderníssimas, já compradas e pagas em parte. O píer norte vai acomodar mais sete pontes de embarque, que vão se ligar ao satélite. O píer sul está bem adiantado, já estamos cobrindo com uma estrutura metálica. Temos um grupo que só se ocupa do píer novo, uma obra nova: concreto, ligação entre as pontes, escadas rolantes, esteiras. Temos o segundo grupo que só se ocupa de pátios. Vamos ter a melhor sala vip da América Latina, afinal, Brasília merece algo desse porte. E toda a área de embarque vai proporcionar um conforto aos passageiros que terão área ampla, boas lojas, uma gastronomia correta e rápida, evitando que o passageiro fique na fila. As obras internas do terminal são lentas por ser uma área viva. São três equipes independentes, com forte supervisão dos acionistas. Além disso, nos preocupamos com a segurança e funcionalidade do aeroporto. Compramos e já estão entregues três caminhões especiais anti-incêndio ao custo de US$ 900 mil, cada um. Estamos substituindo os

54

antigos; e adquirimos um moderno sistema de comunicação digital onde investimos outros R$ 3,5 milhões. A pista sul, cujo pavimento está degrado, está em reforma. São ações de pouca visibilidade, mas igualmente importantes. O que é responsabilidade da Inframérica, responsabilidade das companhias aéreas e da ANAC, no que diz respeito ao atendimento aos usuários dos serviços do aeroporto? São responsabilidades mistas. Por exemplo, todo o sistema de escadas para retirar os passageiros é das companhias aéreas. Já o transporte de ônibus – aliás, revisados e alguns novos – até o avião é por nossa conta. A bagagem é responsabilidade das companhias aéreas. Já o funcionamento das esteiras é nosso. Atrasos de voo, assuntos de tráfego aéreo e controle de grid concernem a cada companhia aérea. A ANAC, por sua vez, é o órgão regulador de todo o conjunto aeroviário. Regula tanto a concessionária do aeroporto, quanto as companhias aéreas. Esse aeroporto precisa de um sistema inteligente de esteiras e vamos colocar o melhor do mundo. Estamos fazendo tudo isso em um aeroporto vivo, os usuários sentem imensamente qualquer mudança. O aeroporto tem hoje 13 fingers, dos quais tivemos que desmobilizar dois para fazer o píer norte. O resto são posições remotas com transporte via ônibus. É um desconforto, sabemos, mas até meados de 2014 serão 28 pontes. Como é a sua rotina de vida? Como organiza seu tempo para administrar suas empresas? Trabalho com prioridades. Nossa empresa de energia, que desenvolvi, hoje tem sócios e um CEO, e eu participo do Conselho Administrativo – o que exige muito menos tempo. Me ocupo fundamentalmente com a Inframérica, com os dois aeroportos em que temos contrato de concessão (o segundo é o aeroporto de São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte), e com a área de construção da Engevix, que é a empresa que eu cuido mais. Dessa forma, administro bem o tempo. Onde é a sua base? Em Florianópolis, especialmente nos fins de semana. O resto do tempo é entre São Paulo, onde tenho endereço e aqui onde passei a ter um


FOTO DIVULGAÇÃO

Perspectiva da vista aérea frontal do Aeroporto de Brasília

ponto de apoio. O outro é no Rio de Janeiro. Qual o diferencial do Aeroporto de Brasília? O que mais te orgulha neste projeto? Em termos de arrojo aeroportuário, é o fato de que o passageiro vai entrar num pátio amplo, com grande oferta de lojas distribuídas num mix completo. Terá um check-in fácil, e entrará numa sala de embarque com todo o conforto. Contará com uma grande oferta de variadas operações gastronômicas. Ou seja, viverá uma experiência confortável e agradável! Um upside interessante, um projeto divertido, feito em parceria com a Ambev. É um bar temático esportivo, com telas transmitindo jogos de futebol e cervejaria em conjunto. Uma ideia do nosso diretor comercial - um jovem argentino-armênio, muito criativo. Há também a sala vip, operada por nós. O cliente paga ou a companhia aérea paga para o cliente. Ofereceremos vários serviços dentro deste universo vip. Além do conforto, da descontração e do charme que um espaço desses oferece, reuniões poderão ser ministradas no aeroporto se o cliente desejar trabalhar no local. Terá até secretária para ajudá-lo. Paga-se uma taxa para entrar e acabou. Lá dentro não paga mais nada podendo usufruir de salas de reuniões, Internet, poltronas confortáveis, gastronomia, bebidas, etc. Tudo que o brasileiro gosta! A Inframérica é dona de uma grande área imobiliária no aeroporto. Já há um master

plan em desenvolvimento? A empresa que está desenvolvendo o máster plan é considerada uma das mais importantes do mundo nesse setor, a AECOM, que está estudando as regiões adjacentes ao aeroporto, dentro da nossa área de concessão. Essa empresa americana é especializada em aerotrópolis, ou seja, projetos imobiliários dentro da área dos aeroportos, que trazem aos usuários outro tipo de comodidade, além de criar zonas comerciais. Há um projeto de desenvolvimento em conexão com o próprio aeroporto aqui na capital federal. São hotéis comuns, hotéis tipo long stay, áreas comerciais, mall, entre outros. Estamos em fase final de ajustes e precisamos entrar logo em execução. Algumas construções devem se desenvolver mesmo antes da Copa de 2014. Hotéis e até mesmo hospitais estão interessados em participar. O acesso principal ao aeroporto está sendo melhorado pelo GDF. Haverá um sistema viário interno na área do desenvolvimento. Também, o GDF vai prover ao aeroporto, em futuro não longínquo, um transporte público de qualidade através da ampliação do sistema de Veículo Leve sobre Trilhos até o terminal. O potencial de construção da aerotrópolis é de 1,2 milhão de metros quadrados, desenvolvendo, inicialmente, cerca de um terço dessa área.

55


aposTa

No creScImeNTo daS reGIÕeS do DF e GOIÁS

Danilo Melo diretor da DMX Empreendimentos

O

empresário Danilo Melo, dono da DMX Empreendimentos, é um dos sócios do Alphaville Brasília. Como grande incentivador das regiões da DF-140 e da divisa do Distrito Federal e Goiás e por presenciar o crescimento galopante deste novo Vetor, decidiu firmar endereço residencial em Alphaville e ainda trazer a sede de suas empresas para o Jardim ABC - um município da Cidade Ocidental. Vendo diariamente as mudanças constantes da região, sua empresa especializou-se na área de construção civil, locação de máquinas pesadas e caminhões, fornecendo serviço às maiores empreendedoras da região. “Há três anos não existia nada por aqui, agora com o Residencial I temos 8 casas em construção, mais de 40 aprovadas para construir, um clube em funcionamento e o Alpha Mall, que se concluido brevemente. Com obras a pleno vapor, o Residencial II vem com toda força e o lançamento dos três primeiros prédios residenciais do Grupo Via - cada um com 18 andares - será um sucesso. As coisas tomaram uma dimensão maior, dando a população a grandeza do que realmente será realizado nesta nova cidade que surge em 24 milhões de metros quadrados, que chamamos de Cidade Alphaville”, afirma este goiano discreto e low profile. Danilo nasceu na Fazenda Ingazeiro, hoje integrada ao negócio com a Alphaville Urbanismo. Ele demonstra a emoção e a alegria em permanecer de uma forma diferente na região que lhe traz lembranças prazerosas de sua infância, podendo criar sua família em condições diferentes, com mais segurança e conforto nas terras onde nasceu.

56

FOTO DIVULGAÇÃO

publieditorial


57


beverage por anna paola Frade

cacHaça

A

SUPerLaTIVa

“Foi uma conquista alcançar uma pontuação quase que total no Beverage Testing Institute”, diz Thiago Lanza

58

FOTO DIVULGAÇÃO

cachaça vem ocupando uma posição sólida no mercado de destilados e se consagra como uma bebida charmosa e de sabor único para muitos que procuram um sabor inesquecível. No Brasil já virou febre. Agora o mercado internacional disputa os produtos de grande qualidade, como a famosa "Mãe de ouro Single Barrel", avaliada como uma das melhores bebidas destiladas do mundo pelo Be-verage Testing institute (BTI), de Chicago, considerado um dos mais respeitados do planeta. Esta cachaça conquistou a medalha de platina, recebendo 96 dos 100 pontos. A primeira edição da Single Barrel, envelhecida em carvalho por 5 anos, com apenas 1200 garrafas, esgotou-se em uma semana, após ser lançada nos EUA, a um preço médio de USD 80,00 a grarrafa de 750 ml. Além da Single Barrel, produzida na Fazenda Mãe de Ouro, localizada no município de São José da Barra, em Minas Gerais, às margens do lago de Furnas, tem uma outra versão de grande sucesso: a Cachaça Fazenda Mãe de Ouro, também envelhecida em carvalho, mas por um periodo menor de 1 ano, que atende ao mercado americano desde 2005, ganhando diversos prêmios internacionais, se integrando em 2011 ao rol dos 10 melhores destilados de cana de açúcar do mundo, segundo o The New York Times. Conquistando mais uma medalha de ouro, novamente pelo BTI , a Cachaça Mãe de Ouro, pensada e produzida para atender um público seleto com o olhar exigente, apurado, e que procuram uma bebida de altíssimo nível, já reservam suas cotas antecipadamente, pois é sabido que sua produção limitada de 200 mil litros ano é muito disputada. Tiago Lanza, um dos diretores da Mãe de Ouro acredita no crescimento que a cachaça alcançará no exterior nos próximos anos.


arte nas mãos! FOTO ARQUIVO PESSOAL ANNA

“Neste ano, dei uma especial atenção a peças que celebrassem a beleza da mulher, o que me levou a criar uma coleção de brincos com composições que expressassem a exuberância discreta das formas e das cores, o brilho sutil e fascinante dos diamantes e a elegância das gemas em lapidações especiais, privilegiando as ametistas em suas variações de cores e formas. Aliando tais conceitos à enorme preferência que Anna Paola Frade tem por essas gemas roxas e tão brasileiras, faço-lhe uma homenagem com a Coleção Annah, justificando assim tal identidade e inspiração. Annah é isso... sofisticação, exuberância, beleza e brilho, com simplicidade.”

FOTO RAFAEL LOBO - zOLTAR DESIGN

design por anna paola Frade

O

FOTO RAFAEL LOBO - zOLTAR DESIGN

s primeiros contatos de Paulo Lobo com a joalheria aconteceram na infância e adolescência, quando observava o pai desenhando jóias para importantes joalherias do país. Os passos iniciais em direção à criação e montagem foram dados durante o exercício do aprender a fazer, fazendo e da iniciação no desenho de jóias. Após anos de experiência no design e em montagens, passou a se dedicar às joias autorais, como resultado do aprendizado na arte da orivesaria em Brasília, pela Escola de Joalheria Fernando Mundim. Participou de vários concursos, tendo sido selecionado em 2003 para os Prêmios EMBRARAD de Design de Jóias e Autwerp Diamond High Council Award - I International Diamond Jewelry Competition e em 2004 para o Prêmio IBGM de Design de Jóias. Paulo também faz parte do grupo de joalheiros, coordenado pelo Sebrae-DF e do grupo gestor para a implantação do Polo de Gemas e Jóias do DF. Participou de cursos de Extensão pelo Departamento de Desenho Industrial da UnB, recebendo assessorias especializadas em gemologia, em tendências e mercado do luxo. Resultou na produção de peças exclusivas que integraram a exposições em vários lugares. Ele é um incentivador dos joalheiros e sempre está a frente de projetos que envolvem mostras joalheiras. Faz de tudo para incentivar o mercado do qual se diz um apaixonado. Os contatos com autores de joias, como consequência da participação nos programas do Sebrae-DF, o levaram a desenvolver projetos para a divulgação e o estímulo ao interesse pela joalheria autoral, reunindo talentos de Brasília em eventos específicos. No seu processo produtivo, a criação é orientada pela busca constante tendências, pesquisas e a experimentação de inovações técnicas, herança de sua formação acadêmica e da atuação profissional em assessoria tecnológica industrial, levando-o a criar coleções que seguem uma temática e o conceito de jóias para serem usadas a toda a hora, privilegiando a harmonia, equilíbrio, beleza e conforto entre os elementos que as compõem - gemas naturais, pérolas cultivadas, ouro e prata. Neste ano, deu especial atenção a peças que celebrassem a beleza da mulher, o que o levou a criar uma coleção de brincos que apresentassem em suas composições, a exuberância e a elegância, dando vida a coleção “Annah”.

59


motor por pedro Frade pimenta da veiga

FOTOS DIVULGAÇÃO

cLass da Mercedes

E

ste é um novo carro da Mercedes que vem estimular o desejo por grandes máquinas. Giovanini Lettieri e sua Dora, elegeram o Classe A para ANNA como o carro do ano. É um Hatch compacto que torna a vida no trânsito mais confortável. Os altos recursos tecnológicos, como o motor turbo, somados a uma agilidade absurda e ao charme, tornaram este carro um grande objeto de desejo. O design arrojado e moderno quebram o estigma de que os carros da Mercedes são para pessoas mais velhas. Este modelo foi absolutamente bem recebido pela sociedade, chamando a atenção de quem é exigente e quer luxo e tradição em um belo automóvel.

60


TUDO QUE OS ESPECIALISTAS VEEM NAS MAIORES FEIRAS DE DESIGN SEUS CONVIDADOS PODEM VER NO JANTAR. Elettromec. O design dos metros quadrados mais exclusivos do Brasil. Shopping Casa Park - 2ª andar. (61) 30466860 SGCV Sul, Quadra 05, Lote 22, CEP: 71.215-100, Bairro Guará, Brasília/DF

coifas • fornos • fogões • cooktops • adegas • ice-makers refrigeradores • cafeteiras • gavetas aquecidas • lava-louças

61


raio-X por anna paola Frade A baiana que conquistou o coração dos brasilienses. Energia que contagia. O senso de equilíbrio, de limites e imaginação tornaram-na um nome de destaque e consistência na arquitetura. Se firmou pelo diferencial em projetos tanto na arquitetura quanto no design de interior. Vaidosa e feminina é ligada em maquiagem e assessórios. Mônica Pinto elegeu os itens que adora na moda e no dia-a-dia: óculos camélia de Chanel, a tradicional Vuitton e o rímel da Lancôme.

62


raio-X por anna paola Frade

Thaciana Silveira, grande arquiteta. Discreta e de uma amabilidade incrível. Goza de um imenso bom gosto. Dentre as paixões de sua vida, confessa que a louça é uma delas. Elege o Cia das Índias da Braz Gil o seu grande sonho de consumo. “É magnífico”, diz.

63


FOTOS DIVULGAÇÃO

projeto por anna paola Frade

aNa

A

No mUNdo

FOTO EDGARD CESAR

rquiteta, formada pela UnB, Ana Paula Barros tornou-se um nome conhecido e respeitado no Brasil. São 20 anos de experiência. Ana se mostra com uma maturidade profissional enorme e isso lançou seu nome para o mundo, tornando seus projetos apreciados e desejados. Nos últimos dois anos, ela divide sua vida entre o interior de Minas (Uberaba), Brasília e Miami. Convidada pela “Fendi Casa” para fazer um ambiente nesta grande Mostra, na loja do Miami Design District, entre outros trabalhos, ela tenta se organizar para cumprir sua agenda e dar atenção ao marido e filhos. Entre 2010 e 2012, foram publicados trabalhos de peso assinados por ela em países como Turquia, Espanha, Inglaterra, China, Estados Unidos e Qatar - onde já há trabalhos em andamento. Surgiu um telefonema da International Property Awards, para que concorresse a uma séria premiação que contempla há 18 anos empresas de arquitetura que se destacam em várias modalidades de projetos no mundo. Depois de disputar com 80 arquitetos, foi escolhida para a final. Concorreu com cinco finalistas e dias depois, comunicaram que Ana era a grande vencedora. Recebeu o prêmio em Londres. O projeto do Loft Bauhaus causou impacto pelo equilíbrio e beleza de sua criação. Merecido! É uma mulher de caráter firme e absolutamente grandiosa em suas ideias, transformando-as em verdadeiras belezas arquitetônicas.

64


FOTOS DIVULGAÇÃO

projeto por anna paola Frade

Her T

self

ânia Franco desponta na arquitetura, no urbanismo e no design de interiores como um nome que veio para deixar sua marca pessoal. São 26 anos de larga experiência atuando nas áreas comerciais, residenciais e hospitalares. Ela ama o que faz! Divide seu tempo cuidando de seus projetos em Brasília, Bahia, Minas e São Paulo. Tânia procura a percepção do detalhe, o conhecimento e a pesquisa do que quer desenvolver e o bom entendimento com seus clientes, pois só assim a energia fluirá em resultados e satisfação.

65


publieditorial por anna paola Frade

beLeZa do orieNTe Na ascido na Alexandria, Egito, Edmond Yedid chegou ao Brasil em 1959, onde viveu até os nove anos. Depois viveu dois anos na Itália, até se mudar para São Paulo com a família. Edmond, carrega em si valores importantes de vida, onde quer que vá. É absolutamente família e ligado às suas tradições. Sua natureza é movida a desafios. A comunicação e o talento são natos. O mundo é pequeno para este grande homem de negócios. Conhece os quatro cantos deste planeta. “Não há investimento melhor em cultura e conhecimento do que viagens”, diz ele. Didi, como é carinhosamente chamado, fala inglês, francês, árabe, hebraico, espanhol e italiano fluentemente. Em 1968 começou a trabalhar com moda. Em 1972 montou a fábrica de Espuma PAC Embalagens de poliestileno expandido, fabricando caixas para ovos e bandejas para frutas e carnes. Nos anos 80, passou a trabalhar com frutas, sendo um dos pioneiros da frutífera Petrolina (PE), a exportar papayas, uvas e mangas. Por conta disso, passou 17 anos vivendo entre o Brasil e o mundo, exportando para os EUA, Europa, Japão e alguns países da América do Sul. Na época das frutas, seu sonho era montar um res-

RELOADED

66

FOTO DIVULGAÇÃO

N

bY side

taurante onde as pessoas pudessem degustar iguarias inexistentes no país. Foi então que em 1988 montou quatro restaurantes: o Les Innocent, La Atmosphera, Pasta e Basta e Diwan. Em 2002 importou dos EUA a ideia da pizza congelada e montou a Didi Pizza. Chegou a comercializar cerca de 3 milhões de unidades por mês. Quando entrou a Sadia e a Perdigão, encerrou a fabricação. Montou a produtora The VT Produções, onde fazia VTS de propagandas e clipes artísticos. O tempo passou e encontrando a empresária Ivana Valença (hoje sua mulher), descobriu que em Brasília existia espaço para um novo negócio. Tapetes! Um tema vasto e encantador. Transferiu sua vida e negócios para a capital do país. Montou a By Side Tapetes. Im-

PATCHWORK EM PERSA

TAPEÇARIA VIALDIS


FOTOS ALLAN SANTOS

porta produtos de vários países, como, Índia, Nepal, China, Iran e Bélgica. Não contente, montou a Maison Des Caves, especializada em projetos de adegas climatizadas, industriais e comercialização de bebidas finas. Com os filhos André, Maurício e Renato criados e cinco netos apaixonantes para paparicar, a vida ainda lhe pregou a grande peça: veio a filha Sophia, com Ivana. “Eu confesso, não fazia esse tipo de planos aos 63 anos. Fui surpreendido com a chegada de Sophia, única mulher entre meus filhos. Fui pai, pela primeira vez, aos 23 anos, numa etapa em que era preciso trabalhar muito para fazer a vida e com isso, acabei não acompanhando o desenvolvimento dos meus meninos. Hoje faço questão de estar presente na vida da minha filha. Além da alegria pessoal tenho certeza que isto fará diferença na vida dela”, relata Edmond. Em Brasília conquistou amigos rapidamente. É referência importante no seu segmento. A confiabilidade que passa aos clientes e arquitetos é enorme. Um homem respeitado e admirado por todos. Edmond se consolida um empresário de relevância no DF. Montou a Casual Móvel, especializada em mobiliário da Itália, Inglaterra, Bélgica e França. Apesar de sua procedência egípcia, religião judia e de suas andanças pelo mundo, que fique claro, Edmond é brasileiro! Foi no Brasil que criou os filhos e fez sua vida. Acredita no Brasil, lembrando que o sucesso só vem, suando a camisa, ou seja, com muito trabalho!

VASOS CHINESES

zIEGLER

AUBUSSON

NEPAL SEDA

67


super por anna paola Frade

MuLHer Na LideraNça

J

anete Vaz é a goiana, bioquímica e cofundadora do maior laboratório de análises clínicas do Centro-Oeste. Tem os pais como maiores referenciais. Filha de Geralda e Antônio Mendes, fazendeiro e empreendedor, ela deixou Anápolis para iniciar sua carreira em Brasília. Em 1984, juntamente com sua amiga e sócia, Sandra Soares Costa, realizou o sonho de ter seu próprio negócio ao fundar o Laboratório Sabin, na época, com apenas um coletor, uma recepcionista e uma faxineira. Hoje, após 29 anos, as duas companheiras construíram o Grupo Sabin, que conta com mais de 1800 colaboradores e 115 unidades no DF, GO, MG, BA, AM, TO e PA, além do Sabinvacinas e do Instituto Sabin. Recentemente, a executiva recebeu, pelo Sabin, o prêmio de Primeira Melhor Empresa para Trabalhar na América Latina, durante evento do Instituto GPTW no México. O Sabin também ocupa o 1º lugar nacional entre as Melhores Empresas para se Trabalhar no Setor Serviços de Saúde, segundo a Revista Você S.A Exame, e Empresa-Modelo em Sustentabilidade, da Editora Abril, junto com apenas 20 empresas brasileiras, destacando-se em Responsabilidade Socioambiental.

veNTo sopraNdo a Favor

C

omunicação é a palavra mágica que move o mundo. Networking - a teia que tece grandes negócios. Quando as duas entram em fusão e os ventos sopram a favor, a mídia encontra o caminho certo para tocar a sensibilidade do seu cliente e do público que quer atingir. Esta é uma fonte poderosa: a cabeça de grandes publicitários. A Vento Bravo vem conquistando este espaço, sensibilizando com sua mídia certeira clientes como Alphaville, Procuradoria Geral da República, Grupo Brasal, Construtora Villela e Carvalho, Uniceub, entre outros. Ir além, pensar à frente do seu tempo é a meta de Humberto Junqueira e Vanessa Mendonça, que traçando um longo caminho de cumplicidade e amizade nesta área publicitária há longos anos, comungam o mesmo pensamento, tendo alegrias em diversas campanhas de sucesso usando apenas a comunicação como foco no resultado, sem utilizar um anúncio sequer. As ações diretas juntas ao consumidor, eventos bem planejados, enfim, tudo aquilo que é inovador e criativo pode gerar resultados surpreendentes segundo esta dupla de sócios que vem conquistando cada vez mais espaço nesta área, na capital do país. E com o vento bravo soprando na direção dos bons caminhos, é possível conseguir sair do óbvio e ir além da comunicação.

68


Nada de seXo FrÁgiL!

E

liane Nars nasceu em Brasília, casou-se com Samir Nars há 27 anos. Deste casamento nasceram dois filhos, que, só em falar neles, a expressão em seu rosto, transforma e transborda emoção e orgulho. Ela é mãe de verdade! Ligada à família, aos filhos e aos pais. Ama reuní-los e ir pessoalmente para a cozinha preparar comidinhas cheias de amor e carinho, como ela diz! É uma mulher linda, amorosa e encantadora. Seu hobby, viagens à Itália e principalmente Londres, onde mora o filho Felipe Nars - piloto, campeão de GP2, que se transformou em um dos nomes mais promissores do mundo automobilístico, disputando diversas corridas e conquistando prêmios importantes pelo mundo afora. Um sucesso! A filha Flávia é arquiteta e braço forte no escritório de arquitetura de Ana Paula Barros. Mas voltando a Eliane, ela com seu bom gosto, abriu a Nars & Nars Eventos, com sua cunhada Karla Nars, onde desenvolvem desde um simples coquetel a uma festa de arromba. Eliane, pelo extenso relacionamento e abertura na sociedade de Brasília, chamou a atenção do poderoso Grupo Iguatemi e foi convidada a assumir a área de Consultoria de Relacionamento do shopping, humanizando esta relação entre consumidor e lojistas. Com seu charme e carinho, ninguém faz este soft networking como ela.

cobiçada assessora

N

ão é de hoje que Daniela Guima vem adquirindo experiência, conhecimento e contatos importantes na comunicação. Repórter do Correio Braziliense no passado aprendeu como funciona uma redação e o mais importante, como colocar a notícia. Cativou editores e chefes de redação com sua competência e seriedade. O tempo passou e Daniela chamou a atenção do grupo PauloOctavio para assumir a gerencia de comunicação onde atuou por oito anos consecutivos, atendendo a todos os braços deste poderoso conglomerado de empresas, até decidir sair e montar seu próprio negócio. Criou a Olá Comunicação e se transformou em uma das assessoras de imprensa mais importantes da cidade, principalmente por conseguir gerenciar crises junto aos meios de comunicação. Ela ganhou o respeito dos veículos. Seu trabalho é muito personalizado e despende atenção e cuidados especiais com seus clientes. Atende O Boticário, Alphaville Urbanismo, Arezzo, Grupo PauloOctávio, Taguatinga shopping, entre outras contas importantes. “A minha função é divulgar marcas e produtos de forma a transformá-las em capital editorial , conferindo aos jornalistas, informação de valor e por conseguinte, aos leitores, espectadores, público em geral dos veículos de imprensa. Transformo um produto em notícia, trazendo novidades aos jornalistas e criando serviços para a população”, diz Daniela. 69


publieditorial por anna paola Frade

essÊNcias poderosas adna Barbosa, empresária e proprietária da Nobre Essência & Casa, herdou da família o tino comercial e a visão apurada para garimpar bons negócios. Com apenas 22 anos já é um azougue! Sabe o que quer. Formou-se em Administração de Empresas e Design de Interiores, é enlouquecida pelo belo. Cuidadosa e exigente com sua marca, embalagens e nas escolhas do que vai representar e na confecção de suas criações. Aadna fez diversos cursos na área da perfumaria. Ama! Começou fazendo amostras de perfumes para ambientes, depois presenteava amigos e parentes, uma proposta despretensiosa, que acabou em negócio. Os frascos são sua paixão, verdadeiras joias! O convencional ela descarta. Quanto às fragrâncias só se atreveu a produzí-las depois de muito conhecimento, viagens e testes. A Nobre Essência & Casa é uma grife de cosméticos artesanais de luxo e conta com produtos exclusivos e personalizados. São sabonetes líquidos, difusores de ambiente, home spray, cremes hidratantes, sais, espumas de banho, entre outros. Usa materiais importados para a personalização do vidro, como: cristais Swarovisk, rendas francesas, tecidos e veludos estrangeiros, pedras naturais e cordões de seda. Faz a diferença. Suas essências são todas de fora, escolhidas para relembrar momentos doces e marcantes. Pesquisou cada fragrância e aroma garantindo que as combinações possam ser experimentadas em casa, loja ou evento. O objetivo é surpreender os clientes produzindo seus cosméticos de acordo com o seu perfil, personalizado do início ao fim, ou seja, exclusivos. Trabalha com as lamparinas Lamp Berger, diretamente de Paris, que perfumam e decoram como verdadeiras obras de arte. Além disto trabalha com designers renomados que são Elizabeth Wicks, Glenn Hamilton, Patrícia Maranhão e Francisca Junqueira. SHIS QI 03/05 bloco H loja 04 - Lago Sul www.nobreessencia.com e-mail: contato@nobreessencia.com FB: nobressencia (61) 8196-6160

70

FOTOS: ALAN SANTOS

A

Castiçal em resina negra com bobeches de cristal


Lamparina Lampe Berger Paris

Home Spray e Difusor exclusivos da Nobre Essência & Casa

Conjunto para banheiro saboneteira e porta algodão em cristal de rocha

Cômoda em laca preta e branca com puxadores em metal prateado da Nobre Essência & Casa.

Escultura do artista Glenn Hamilton

Jaguar em resina negra

71


perfil por anna paola Frade

reNda-se

E

se for capaz!

la é um charme! Alegre, divertida, espirituosa. Rápida e com uma disposição física invejável. Detesta o desânimo, o pessimismo, a preguiça e principalmente a auto piedade. Seu hobby é viajar bem. Frequenta um grupo disputado e seleto em Brasília. Séria e comprometida em tudo que se propõe, ama o trabalho. Carla Lobo, formada pela UnB faz parte do hall de nomes de peso na advocacia há 13 anos. Sócia no escritório, Paiva Lobo Advogados Associados, onde tem como parceiro Pietro Paiva, optou por uma advocacia artesanal. Atendem desde a primeira instância até os Tribunais Superiores, com ênfase nas áreas trabalhista e civil. Carla é uma anfitriã cuidadosa, ama receber bem e brindar a vida com uma gelada taça de champanhe. A presença da família e dos bons amigos é uma constância em sua vida, de preferência em sua casa. Tem fascínio pelas suas plantas, seus animais, pelo seu lar! Brasília é literalmente sua cidade, mas quando viaja, se transforma em NY. Até mesmo pela profissão, a justiça é fundamental em seus conceitos de vida. Como boa libriana é uma mulher ponderada. A liberdade de expressão é uma conquista, com isso, deseja um mundo melhor, com pessoas ativas saindo da inércia e reagindo na sua forma de expressão, mostrando a insatisfação e lutando por um país mais digno.

72


73


perfil por anna paola Frade

L

luxury

uciana Cunha Campos é carioca e adotou Brasília há 15 anos. É uma mulher linda, elegante e com aquele jeito descolado do carioca chique. Ela é minuciosa, detalhista e seu bom gosto é conhecido. Sempre teve fixação por papéis especiais. Com isso resolveu aprofundar-se neste tema encantador e rico, que é a papelaria. Tema que é possível dar asas a imaginação, criando coisas incríveis. Está à frente da "Studio Carta" - uma empresa de design gráfico, onde há 13 anos, usa sua criatividade desenvolvendo convites personalizados para chás com temas diversos, festa de 15 anos, batizados, convites infantis, casamentos e eventos corporativos. Os convites de casamento, reforça Luciana, têm que ter alguns cuidados e detalhes importantes em sua confecção. A gramatura do papel e a qualidade da impressão gráfica são fundamentais para que saiam perfeitos. Já nos de 15 anos, o que conta é a originalidade. Precisa ser surpreendente e inovador. Outra coisa que lhe seduz muito são as lembrancinhas e a papelaria personalizada. Como é uma mulher muito antenada e viajada, tudo lhe serve de fonte de inspiração, dentro e fora do país. Luciana, apaixonada pelo Brasil, afirma que este país enriquece sua mente trazendo beleza e diversidade em tudo que desenvolve.

74


75


indĂşstria por anna paola Frade

76


F

de aço!

ilha de um dos empresários mais tradicionais de Brasília, Getúlio Pinheiro Brito, considerado um homem do trabalho, que há 52 anos construiu a Ferragens Pinheiro. Ídolo e inspirador profissional de Janine Brito - sua filha - que assumiu muito bem a liderança nas empresas. Ela deixa claro que o papel neste setor não difere do masculino. "As regras são as mesmas em qualquer negócio”, afirma. A rotina diária é planejada e organizada. No intuito de se superar, fazer grandes negócios e dar continuidade ao legado do pai, esta mulher incansável, que ama o trabalho e tem o dia cronometrado entre compromissos desde o doméstico ao social, diz conseguir se organizar pela dura disciplina de sua agenda. Levanta as 8h, às 9h30 sai de casa para vistoriar a montagem da filial no SIA. Às 11h está a caminho de Taguatinga onde visita os prédios dos quais é síndica e, às 12h30, normalmente, almoça com o pai em uma das lojas. Em seguida dá sequência a verificar relatórios, e-mails, faz reuniões e retorna telefonemas até as 17h. Quando é necessário, visita a indústria em Ceilândia e vai ao Tribunal dar andamento em processos remanescentes de sua carreira jurídica. É graduada em Administração, Direito e nas línguas Inglesa e Francesa, também pós-graduada em Direito Processual Civil. Sua melhor faculdade foi o livro Inteligência Emocional. Quando dá, corre para a casa e descansa por 15 minutos, dizendo ser o suficiente para recarregar as baterias e seguir bem para os compromissos sociais. Escorpiana, repudia a injúria, os maus sentimentos e a inveja. Busca a verdade aonde for. Respeita a dor dos outros. Lida mal com as pessoas acomodadas que reclamam o tempo inteiro. Corre dos pessimistas. Lealdade aos amigos, à família que tanto preza e ama são valores entranhados em seu corpo. Católica, acredita em Deus! Diz que o azul, aquele azul da Ferragens Pinheiro é sua cor favorita e lhe trás sorte. Vaidosa se cuida fazendo exercícios físicos e massagem. A alimentação é balanceada. Enfim, Janine Brito é uma mulher especial, privilegiada pela vida, deixando claro que corre atrás do que deseja e que nada cai do céu. Amor é um dos seus alimentos, com isso, declara ser absolutamente amada por ela mesma - um sentimento que a torna completa e resolvida - fazendo as coisas acontecerem e fluirem naturalmente em sua vida. Está é Janine.

77


moda por anna paola Frade

eLe M

é ele!

eu pai foi jornalista do jornal “Estado de Minas” durante quase 50 anos consecutivos e quando se referiam a ele, imediatamente associava-se a notícia séria e a ética no jornalismo. Há 12 anos atrás, Marcelo Chaves me liga para comunicar que assumiria a coluna diária do Jornal de Brasília. Tocou no nome de Wilson Frade e o assunto caminhou em torno da ética no colunismo. Disse a ele que se este era o caminho que lhe veio às mãos, e que, se era o que queria, entrasse de cabeça. Mas nunca se esquecesse da força e do poder que a coluna lhe traria, e de como as pessoas se transformam diante disso. Que a vaidade nunca fosse maior que sua sabedoria. A lealdade, os bons amigos, as boas fontes, o senso de limite e respeito ao dar a notícia, somados a uma competente equipe ajudaram muito a carreira do Frade. Disse ao Marcelo que repetisse isso em sua vida. Que viajasse, buscasse novas fontes fora da capital. Só assim ele teria um diferencial.

78

A coluna diária é cruel! Boas notícias todos os dias só são possíveis obter com um grupo de informantes espalhados por todos os cantos, construído com o bom relacionamento. Valeu o bate-papo. Estou orgulhosa deste jovem e equilibrado colunista, que vem honrando a tarefa confiada pelo Jornal de Brasília. Seu nome ganhou respeito e força! Sua coluna é lida! Marcelo tem um grande ponto a favor que é a juventude, o mundo pela frente. Homem de princípios familiares fortes. Elegante de alma. Religioso, é fervorosamente devoto de Nossa Senhora de Fátima. Ama Brasília, seu porto seguro. Virginiano, é perfeccionista em tudo que faz. Sabe o peso da notícia e está preparado conduzi-la de forma correta. Atento a velocidade com que a informação chega às pessoas, se preparou ganhando espaço nos condutores da notícia, que são diversos, ocupando presença onde é importante estar. Sucesso Marcelo Chaves, você tem um belo caminho pela frente.


Qual a sua visão do Jornalismo “Estamos na era fica velha rapidamente. Como e critério com a notícia? Como da imagem, veja atualiza a sua página? O jornalista que não se atualiza desenvolve a coluna diária para o Instagram, com os recursos tecnológicos fica que fique sempre interessante? o Facebook, o ultrapassado. Instagram, Facebook Jornalismo é coisa séria. Ainda Google+, enfim as são instrumentos de trabalho para quando estava na universidade, me lembro de uma aula em que fotos tem um papel cobertura em tempo real que deo professor disse que se rasgásse- muito importante, pois é dada com todos os detalhes mos um papel em mil pedaços e mas as notícias na coluna impressa, e muitas vezes, jogássemos ao vento, nunca con- em forma de notas chama para mais detalhes no blog da publicação. Tem o antes, o duseguiríamos recolher os mil pedatambém.” rante e o depois. Desenvolvo assim ços de volta. E que assim era a nomeu trabalho no Jornal de Brasília e no Site Fitícia, depois de dada não tema mais volta. Tem níssimo. que ser dada com critério e muita ética. Sou bastante criterioso e crítico com a seleção Você é vaidoso? das notícias a serem dadas. Sempre me coloco Quem não é? É preciso dosar a vaidade na meno lugar do leitor, o que ele gostaria de ver, dida certa. Aquela vaidade sadia de se cuidar, saber, as impressões e especialmente sempre andar bem vestido é o ideal. Já a vaidade em opto por notícias exclusivas. Tudo o que faço, excesso com outros objetivos, os que podem procuro sempre fazer da melhor maneira prejudicar o semelhante, não sou nem um possível. Estamos na era da imagem, veja o pouco fã. Instagram, o Facebook, o Google +, enfim as fotos tem um papel muito importante, mas Um lugar no mundo? as notícias em forma de notas também. As Paris, amo! Além de respirar romantismo, pessoas adoram saber de tudo um pouco, das quando estou por lá sempre visito as constanfestas ao gossip. Sempre há quem goste, quem tes exposições do Grand Palais, do Petit Palais não goste e quem elogie ou critique. O certo e nunca me canso de admirar as obras de Kanmesmo é que todos lêem. dinsky no Pompidou. O que mudou em sua vida depois que assumiu o comando de uma coluna diária? Assumi a coluna diária no Jornal de Brasília após 10 anos de casa, trabalhando junto com a jornalista Marlene Galeazzi, que atuou nas revistas Manchete, Caras e Veja, entre outros veículos, ou seja, assumi com uma certa experiência. Se eu não tivesse passado por essa verdadeira escola creio que seria muito difícil estar preparado para enfrentar esta responsabilidade a mim conferida pelo Grupo Jornal de Brasília. Além de correr atrás de notícias interessantes e que não sejam via assessoria de imprensa, temos que filtrar ainda a informação, pessoas e situações. Com a chegada das redes sociais a informação

Qual é o pior e o melhor dos sentimentos? O que você não admite na vida? A inveja e a falsidade em minha opinião são os piores dos sentimentos. O melhor deles com certeza é o amor. Tenho horror à discriminação social! Ver pessoas menos favorecidas sendo maltratadas me cria repúdio. Existe algo que deseja muito fazer na vida? Um filho. Quero muito ter um filho. Representa continuidade e um pedacinho da gente. Quais seus restaurantes preferidos? Tenho vários. Adoro o L’Avenue em Paris, o Beauty & Essex em Nova York. Em Brasília, os meus prediletos são o Piantella, La Tambouille e Kojima.

79


gastronomia por anna paola Frade

HuMMM deLícIa !

Alguns sabores são realmente especiais! Tem pratos e drinks que voltamos para repetí-los infinitas vezes. Alguns formadores de opinião da cidade dão dicas do que é muito bom na capital do país e o que vale a pena experimentar. Estas são Vânia Magalhães, Claudine, da Gail Revestimentos, Soraya Brixi, Bárbara Paiva, Ivaniza Borges e Maria do Carmo Araújorge que indicam a Help Bar como a melhor de Brasília. E na próxima página, mais dicas.

Vânia Magalhães

Claudine, da Gail Revestimentos

Help Bar

Soraya Brixi

80

Bárbara Paiva

Ivanisa Borges

Maria do Carmo Araújorge


Hambúrguer de Beth Mattos e do Dudu Camargo

Beth Rosso

Queen Beef do Rubayart Fátima Madeira e Dayse Resende

Picanha especial com arroz Carreteiro do Barbacoa.

O Queen Beef do Rubayart.

Higino França, da Casa da Moldura

81


FOTO WILSON FRADE FILHO

publieditorial por anna paola Frade

jÓias À Mesa Uma mesa linda e bem arrumada sempre é motivo de elogio e não foge aos olhares de pessoas sensíveis. Káthia Leite vem de uma família muito conhecida em Belo Horizonte. Sempre foi referência de bom gosto. Ela, joalheira e apaixonada por este tema que são as mesas decoradas e receber bem, decidiu criar algo diferente, com brilho e muito charme para complementar a arte de receber. Desenvolveu uma linha de porta-guardanapos com motivos de bichos exclusivos em pedrarias e cristal Swarovski. Acabou tornando febre em Belo Horizonte! Animadíssima, prepara-se para atender além das fronteiras, mostrando uma enorme simpatia pelo mercado brasiliense, pelo fascínio das mulheres e sua relação com a casa bonita. katialeite@gmail.com tels.: (31) 8500-6668 / 3284-0111 e FB Kátia Leite.

82


FOTO EDGARD CESAR

porta-guardanapos por anna paola Frade

Flores À Mesa Miriam Franchini é uma das mulheres mais incríveis que conheço. É dos seres humanos mais generosos e disponíveis a ajudar que cruzou minha vida. Casada com o diplomata britânico John Penney, que marcou sua trajetória com um belo trabalho entre Brasil e Inglaterra. Ela, Biomédica e Mestra em microbiologia, durante 32 anos dedicou-se ao trabalho que envolve o diagnóstico laboratorial das DST-AIDS. Ocupou e gerenciou na área de saúde diversos cargos que envolvem o tema AIDS, tanto no governo local, como no Federal, no Ministério da Saúde. É dos nomes mais respeitados neste setor. Chefiou o Laboratório de Referência de Clamídia do Hospital da Universidade de Londres. Aposentou-se e redescobriu seu lado adormecido, aquele que massageia a alma, que é “a casa”. Seu hobby, os porta-guardanapos que cria e fábrica pessoalmente para embelezar suas mesas decoradas. O sucesso foi tanto que as encomendas não param de chegar. Confira em sua página no FB, onde o endereço é Lola Beth Franchini.

83


Receber R

FOTO EDGARD CESAR

receber por anna paola Frade

eceber bem é uma arte! O tema é complexo, rico e gostoso. Para muitos, assustador, por não se inteirarem deste assunto com naturalidade e não pesquisarem para aprender o mínimo. Acredite, até hoje eu aprendo! Não sei tudo. Observo. Quando não sei, pergunto ou acompanho os movimentos da dona da casa. Repito o que ela faz. Receber exige cuidados mínimos, afinal você está convidando alguém que precisa se sentir minimamente esperado. Com a internet é só clicar no tema que deseja e tem-se uma verdadeira biblioteca das formas mais simples às mais complicadas na arte do “Receber”. Sou a favor da menos complicada, mas há regras universais! A disposição dos talheres, pratos e copos, cada um em sua ordem de grandeza, é única! Prata sempre brilhando! Escolha a louça com cuidado, disponibilize-a corretamente com os talheres e taças, conforme menu e bebidas que deseja servir. Flores sempre! Guardanapos en-go-ma-dos! Receber com simplicidade, usando desde a louça mais simples a mais importante, acredite, a sofisticação vem de um único sentido pra mim, que é, o carinho que colocamos naquilo que fazemos. Os detalhes fazem a grande diferença. A forma com que arrumamos a mesa é o espelho da nossa personalidade e onde mostramos um pouco de quem somos. Sou absolutamente a favor de pedir ajuda. Se não sabemos, contratamos profissionais capacitados que resolvam o nosso problema. No meu caso eu amo fazer pessoalmente. Às vezes é exaustivo, mas o resultado final é maravilhoso! Isso é gratificante. Eu gostaria muito de escrever mais. Não tem jeito, é um tema vasto demais. Para expressar a importância desta matéria pra mim, uma turma de mulheres procurou trazer um pouco de suas experiências e gostos ao nosso leitor. Quem sabe estas mesas não vão lhe servir de fonte de inspiração e ideias. Até mesmo despertar o interesse por algo que ainda não havia lhe chamado atenção. Todas são especiais pra mim. Agradeço o carinho de cada uma. Através das mulheres convidadas, gostaria de prestar uma homenagem em meu nome e no de todas vocês, a uma mulher que merece todas as honras, pela sua conduta de vida, lealdade, generosidade, atenção ao próximo e preocupação com os problemas sociais. É preparada intelectualmente, fala diversas línguas. Estuda aquilo que lhe chama a atenção a fundo. Disciplinada, cumpre sua agenda e rotina. Nunca a vi falar mal de ninguém. Se não gosta mantem-se calada. É de uma crença espiritual magnífica e é das mulheres mais fortes de alma que cruzaram o meu caminho. Essa é Christina Queiroz, casada com um dos empresários mais respeitados do Brasil – Fernando Queiroz, presidente do Grupo VIA. Grande parte do sucesso deste homem é justamente atribuído ao apoio dedicado a este marido em longos anos de casamento. É companheira e está sempre a postos para ajudá-lo! Um incansável trabalho nos bastidores. É das mulheres mais elegantes que conheço e das que melhor recebe no país! Espero que desfrutem desta matéria como eu deste trabalho. Que namorem a beleza de sua importante louça, da rica prataria, das peças catalogadas e garimpadas em importantes leilões no mundo afora. Meu carinho a cada uma de vocês e em especial, à minha amiga Christina. Que fique registrado que o interesse pela casa começa desde cedo, em nossa criação.

84


85

FOTO DIVULGAÇÃO


86 FOTO EDGARD CESAR


FOTOS EDGARD CESAR

No centro da mesa temos uma espetacular peça portuguesa do prateiro Topázio. O serviço de chá e café é em porcelana alemã do Século XIX, marca Meissen com motivo cebolinha. Os jogos americanos foram bordados com o mesmo desenho da porcelana em fios de ouro e linho belga. Já o faqueiro é vitoriano em prata/vermeil cinzelado com ornamentação no verso e anti-verso de cena bacante com figuras, parreiras de uvas em relevo, contraste de Londres e marca do prateiro A. Rhodes & Sons. Complementando a mesa, temos um belíssimo aparelho em cristal francês Saint Louis com decorações de flores a ouro e com bordas também em ouro lavrado. Patrícia Cavalcante da Arte Restauro desenvolveu um menu em papel reciclado (exigência de Christina), recriando no mesmo o desenho da louça cebolinha, demonstrando a preocupação da anfitriã em combinar os mínimos detalhes. Perfeito!

87


FOTOS EDGARD CESAR

No aparador, serviço em prata inglesa vitoriana da cidade de Londres do ano de 1876 que se mescla com peças Art-Nouveau alemãs, WMF, parte superior em cristal lapidado, o que demonstra um requinte e uma elegância ímpar. Uma belíssima jarra em prata inglesa vitoriana, contraste da cidade de Sheffield de 1868 complementa o conjunto. É importante notar a beleza e a originalidade das porcelanas Meissen, biscuit de figuras, motivos pajens e damas renascentistas bem como os marcadores de lugares adquiridos no palácio do Penna em Sintra (Portugal). Essa belíssima produção nos remonta à época do grande Gatsby onde os requintados saraus reinavam absolutos.

88


89

FOTOS EDGARD CESAR


FOTOS JANAINA MIRANDA

90

patrÍcia cavalcante Artista plástica formada pela UnB. Expert na arte de restaurar documentos e obras especiais, na confecção de álbuns diferenciados, lembranças, entre diversas outras coisas magníficas. Patrícia desenvolve linhas inusitadas e belas, principalmente quando a matéria prima em destaque é o papel - sua grande paixão. Se envolve em um universo tão pessoal e busca nas profundezas de sua alma e imaginação o que sabe fazer de melhor: criar. O vasto conhecimento em arte e história facilitam seu trabalho, mas tornam-a mais exigente! Nesta edição em algumas páginas é possível ver suas criações em menus personalizados em mesas na matéria “Receber Bem”. Lindo!


91

FOTOS JANAINA MIRANDA


Márcia, casada com Marco Costa. São os donos do cartório de registro de Formosa e fortes fazendeiros na região. Uma mulher cheia de encantos, meiga, super mãe e uma profissional de respeito. Advogada bem sucedida, seu trabalho também é uma prioridade. Ela fez uma mesa magnífica onde se inspira nas filhas Yasmim, Ana Luiza e Carolina.

92

FOTOS WILSON FRADE FILHO

Márcia costa


93


katia piva

FOTOS WILSON FRADE FILHO

Katia é uma mulher exuberante e cheia de energia. Ama a vida, a família e os amigos. Um de seus maiores prazeres é curtir suas fazendas e seu Haras, ao lado do marido, Renir Piva, um homem trabalhador e que está à frente de uma das maiores empresas de Brasília - DMI Material Médico Hospitalar. Esta mesa foi inspirada em seu amor por cavalos e aos momentos de alegria.

94


95

FOTO WILSON FRADE FILHO


FOTOS JANAINA MIRANDA

juliana e Maria josé santana Mulheres incríveis que conquistaram seu próprio espaço. Juliana, respeitada arquiteta e Zeza - como é chamada - caminha ao lado do marido Adelmir Santana administrando seus negócios e dando atenção aos projetos sociais. Têm uma família linda! Formam uma dupla dinâmica quando o assunto é decoração. Amam receber, reunir amigos e a família em torno da boa mesa.

96


97

FOTOS JANAINA MIRANDA


FOTOS ANNA PAOLA FRADE

Mariana, isadora e Gabriela piMenta da veiGa cysne Dora, como é chamada, é amorosa, discreta e dedicada a sua família. Como gastronomia é um tema que lhe chama atenção, entrou de cabeça em um projeto trabalhoso e apaixonante, que é o mundo dos pães especiais, com a sua padaria Seleta, na DF-140. Gosta de mesas bem arrumadas e acha que as filhas vendo-a sempre caprichosa e dedicada vão seguir o mesmo caminho, inclusive no trabalho.

98


99

FOTOS ANNA PAOLA FRADE


FOTOS JANAINA MIRANDA

rosânGela castanheira Encanta a todos com sua divina docilidade. É boa demais! A Rô dos íntimos. Com seu jeito especial, ama receber ao lado do marido Ricardo Castanheira, vice-presidente da CCR. Apaixonada por Portugal usou a louça Vista Alegre e abusou do bom gosto com o tema azulejaria em seus menus.

100


101

FOTOS JANAINA MIRANDA


FOTOS JANAINA MIRANDA

102

tatiana lacerda

Cara de menina sapeca. Já é vovó!!! Acredita? Esta mineira que elegeu Brasília para morar, conquistou os brasilienses. Com uma veia artística e ainda bem sensível à beleza, Tatiana é ligadíssima a tudo que deixa a casa linda. É exigente e caprichosa. Exímia anfitriã. Tem como hobby a pintura em porcelana. Seu trabalho é lindo! Tatiana é casada com um forte empresário da Capital Federal, Eugênio Lacerda.


103

FOTOS JANAINA MIRANDA


FOTOS WILSON FRADE FILHO

104

juliana couto piMenta da veiGa Ela é mais conhecida como Ju Couto. Arquiteta e uma das principais profissionais do Stúdio Zuba. Casou-se com o engenheiro Juliano Pimenta da Veiga e veio de Belo Horizonte há anos atrás. Se apaixonou por Brasília. Filha da grande artista plástica Olímpia Couto, Juliana tem paixão pelas artes plásticas, tudo que é belo e desperta prazer. Nos fins de semana adora receber os amigos e mimar a família em torno de suas belas mesas.


105

FOTOS WILSON FRADE FILHO


cristina wanderley

FOTOS WILSON FRADE FILHO

Mulher encantadora, inteligente e de um bom gosto incrível. Esta advogada dinâmica, rápida e organizada, conquistou o coração de Ricardo Marra - um dos industriais mais importantes do país - com quem é casada há mais de 10 anos. Cristina mora em Belo Horizonte e chamou a atenção dos mineiros com o Blog Viva Sua Casa Viva. Sua consultoria sobre como receber bem, somadas à beleza de seus porta-guardanapos e ainda, aliada às suas mesas inusitadas, despertou na sociedade de Belo Horizonte a vontade de se aprofundar neste amplo tema da decoração e de investir na beleza das mesas do dia-a-dia.

106


107


FOTO DIVULGAÇÃO

~

conceiçao pinheiro

FOTOS WILSON FRADE FILHO

Falar de Conceição Pinheiro é complexo. Não se pode descrevê-la em poucas linhas, mas vou tentar! Jamais passará despercebida. Sua conduta única, a honradez e a generosidade são características que servem para torná-la ainda mais admirável do que já é. Bela - um ícone. Ninguém é capaz de apagar a sua luz. O bom gosto e o refinamento são parte de sua vida, assim como das filhas: Taís, Alessandra, Adriana e Débora. Por isso dedica a mesa dos dias de domingo a elas. Onde costuma reunir a família com alegria e satisfação. Conceição afirma que a boa mesa é um tema de união da família.

108


109


FOTOS ANNA PAOLA FRADE

eduarda e raFaela c outo piMenta da veiGa Desde pequena Eduarda teve sua mesinha, talheres e louça presenteados por sua dindinha Anna Paola Frade. No jardim colhia suas próprias flores para decorá-la e tornou-se um hábito em sua vida. Acabou ensinando sua irmã Rafaela, como é bom compartilhar o belo desde cedo.

110


111

FOTO ANNA PAOLA FRADE


FOTOS ANNA PAOLA FRADE

sabrina lanZa Uma amiga tão querida! É meiga, doce e super companheira, muito especial. A grande Sá para os bem próximos. Nutricionista de renome, dá uma pausa momentânea na profissão para cuidar da sua mais nova paixão: a filha Ana Laura. Casada com o empresário Thiago Lanza, os dois gozam de hábitos saudáveis de vida e amam receber em sua residência nas proximidades do Alphaville. Ela também faz parte do grupo que se encantou pelas mesas decoradas.

112


113

FOTOS ANNA PAOLA FRADE


carolina, tatiana e ivana valença

FOTO WILSON FRADE FILHO

Descrever esta mulher deslumbrante pra mim é tão prazeroso! Conheço-a tanto que sou capaz de adivinhar o que esta pensando. É minha irmã de alma. Ela é sensacional. Tem conteúdo, inteligente, bem preparada profissionalmente. Uma empresária visionária que está à frente do maior Shopping de decoração da cidade, o CasaPark. Casada com Edmond Yedid - representante da Casual e dono da by Side em Brasília, formam uma dupla perfeita. Mãe exemplar de uma turma de beleza única, dedica esta mesa as filhas Carolina, Tatiana e Sofia.

114


115

FOTOS WILSON FRADE FILHO


MariZa junqueira

FOTOS ANDRE zIMMERER

Mariza Junqueira é uma mulher ativa, atual e um dos nomes fortes do "Jornal da Comunidade". Jornalista competente encontrou seu caminho neste importante veículo de comunicação. É quem está à frente dos suplementos Vips do Jornal, que são: Comunidade Vip, Vip Noivas, e Vip Natal, além de outros produtos customizados. Esta mesa planejada nos mínimos detalhes para arrebatar corações, foi criada para sua filha Vitória, casada há pouco mais de um ano.

116


117

FOTO ANDRE zIMMERER


beth salles Elizabete Salles a cada dia se revela mais apaixonada pelo que envolve toda a vida familiar. Portanto, a casa, é prioridade em sua vida. Amante das mesas decoradas e tudo mais que envolve este assunto, ela fez para ANNA, um lanche da tarde em sua chácara onde recebeu amigas queridas. Intensa em tudo que faz, esta mesa mostra a boa vibração e o bom gosto desta grande mulher, que esta à frente da Unicon.

118


119

FOTOS ANNA PAOLA FRADE


Com doutorado e mestrado em educação, Cosete é uma referência nacional importante no meio acadêmico. Seus livros são procurados e servem como base de informação para graduar alunos em todo o país. Ela é de uma energia que contagia. Sua mesa destaca a louça criada pela artista plástica Chris Conde, em sua homenagem. Cada prato é uma verdadeiro obra de arte. Remete Cosete representando diversas mulheres em sua forma. Maravilhoso!

120

FOTOS WILSON FRADE FILHO

cosete GebriM


121

FOTOS WILSON FRADE FILHO


uNiverso

A

de soNHos

FOTO DIVULGAÇÃO

moda por anna paola Frade

traídas pelo aquecido mercado de festas e casamentos na capital federal, as irmãs e sócias mineiras, Cristiana Dias e Ana Paula Silveira resolveram trazer para a capital federal as grifes Poizon e Cymbeline. Atuantes no ramos de festa com a grife Poizon a 24 anos, elas resolveram a 8 anos, agregar ao seu mix de produtos, a renomada grife francesa de Ana Paula Silveira, Vanessa Ferreira Pinto e Cristiana Dias noivas Cymbeline e devido ao grande sucesso, para a próxima coleção de 2014, oferecerão tanto ao mercado mineiro, quanto ao de Brasília, novas grifes internacionais como: as espanholas Alma do grupo Rosa Clará, e Raimón Bundó, a americana Allure e a italiana Nicolle. O que a noiva espera encontrar na Cymbeline? Qual o diferencial de vocês? Os grandes diferenciais da Cymbeline são a modelagem e acabamento perfeitos! E nós oferecemos isso a um público bastante exigente! O mesmo vestido pode ser confeccionado do tamanho 34 ao 54 isso só é possível com estes dois temas sendo perfeitos. Os vestidos da Cymbeline conseguem mesclar diferentes estilos! Eles são clássico, românticos, mas ao mesmo tempo tem aspéctos super modermos e uma sensualidade na medida certa! Outra característica que as noivas ficam encantadas, é com a leveza dos vestidos! O vestido mais pesado pesa 600gramas! Prezamos muito o conforto da noiva e queremos que ela aproveite bastante a festa sem incômodo algum! Qual a época certa para a noiva procurar pelo seu vestido? No caso da Cymbeline, precisamos de seis meses de antecedência, entre o pedido e a entrega. A roupa é confeccionada na numeração da noiva e esse prazo dá segurança tanto para nós quanto para ela, que poderá ficar tranquila, sabendo que seu tão sonhado vestido estará a sua disposição. Se a noiva não possui esse prazo, disponibilizamos os vestidos do nosso mostruário. As noivas se sentem muito felizes e tranquilas, pois já experimentam um vestido pronto e que as possibilita ter certeza do resultado final!

FOTO EDUARDO ARAUJO

E o acompanhamento a partir desta procura, o que a Cymbeline/ Poizon se propõe? A loja Poizon é revendedora exclusiva da Cymbeline em Minas Gerais e no Distrito Federal. Nosso principal objetivo é um tendimento personalizado, que consideramos primordial para que a noiva sinta segurança no que espera de nós. Em um espaço exclusivamente feito pra atendê-las,

122


FOTO EDUARDO ARAUJO

procuramos adequar o vestido com o qual a noiva sonha, com aquele que se adequará ao seu biotipo de forma perfeita. Uma de nossas consultoras ajudará a achar o que procuram e tornar o grande sonho uma realidade! Temos muitos itens com que nos preocupar, tais como, associar as condições do tipo de evento, horário e local ao seu vestido. Apresentamos a coleção vigente, e também alguns vestidos de coleções anteriores, destinados, alguns somente para venda e outros para venda e locação. Após a escolha do vestido ser feita, este será encomendado, ou, no caso de um vestido do mostruário, reservado até a data do casamento. No caso dos vestidos encomendados, quando eles chegam, avisamos a noiva e na data certa, a convidamos para vir experimentá-lo e fazermos os ajustes necessários. Alertando que precisamos de 15 a 20 dias antes da data do casamento para não corrermos risco de que a noiva não saia da loja como ela imaginou: perfeita! Que tipo de modelos são os mais desejados? Os modelos em renda com mangas e transparência são muito procuradas e as modelagens “sereia” e “princesa” continuam sendo as mais desejadas, mas as noivas podem mudar de idéia e se apaixonar por um vestido completamente diferente daquele que inicialmente sonhavam! O que sugere para que os vestidos vistam bem, com perfeição e valorize a noiva? Já adquirimos tanta experiência que quando atendemos uma noiva já sabemos o que vai lhe cair melhor. Procuramos esconder o que não a favorece tanto e realçar seus pontos positivos e sua beleza! Para noivas cheinhas indicamos vestidos com modelagens que valorizam a silhueta, delineando a cintura. As noivas mais baixas e muito magras precisam de um vestido com mais presença, mais rodados e com proporções que as alonguem. As noivas com quadril mais largo precisam de modelos “evasê” que não marquem da cintura para baixo. A dica é tornar o visual harmonioso, ou seja, com medidas proporcionais entre quadril e ombro e garantir uma cintura mais demarcada. Os decotes são importantíssimos, pois valorizam os bustos maiores ou aumentam visualmente os menores. Nossas consultoras são preparadas para todos esses tipos de orientações. O que mais vocês oferecem as clientes? Assessórios para cabelo como flores, tiaras e semi-joias da nossa parceira e designer também mineira, Márcia Marquez! As mantilhas de renda são um escândalo, confeccionadas com a mesma renda que acompanham os vestidos. Temos também os sapatos da Poizon que fazem o maior sucesso e as lingeries Chris Gontigo que são um deslumbre! Para as mãe, madrinhas e convidadas, temos uma coleção de festa maravilhosa composta de vestidos nacionais e importados, sapatos e clutchs que chegam a loja semanalmente!

123


124 FOTO EDUARDO ARAUJO


125

FOTO EDUARDO ARAUJO


126 FOTO EDUARDO ARAUJO


Fotografia: Eduardo Araujo Assistente de fotografia: Roberto Benatti Produção: Cristiana Dias, Ana Paula Silveira, Denise Gebrim e Bruno Monteiro Modelos: Maria Camilla Arnez Coelho; Isadora Aires Campos; Gabriela May, Marcela Oliveira; Carolina Oliveira Roupas de festa e sapatos: Poizon Vestido da noiva: Cymbeline Tiara: Márcia Marquez Bouquet: Cássio Veiga Jóias: Carla Amorim

127


trend por anna paola Frade

D

cooL

FOTOS DIVULGAÇÃO

enise Gebrim tornou-se a mais badalada blogueira de Brasília e já ultrapassou as fronteiras da capital ganhando projeção nacional. Competente!!! Além de muito bem criada por Cosete e Hassan Gebrim, ela se preparou muito bem social e intelectualmente. Em sua essência vem o poder da comunicação e a arte de expressar e fazer amigos. Trabalha muito em função do seu Blog, que lhe rende quantias interessantes. Ela mostra em ANNA, onde os seus olhos focam seus objetos de desejo. Confira!

128


FOTOS DIVULGAÇÃO

petite por anna paola Frade

angel F

oi um batizado cheio de laços, mimos e sabores o que Mariane e Piercarlo Lando, ofereceram a Lara. Comemoraram em Florianópolis a consagração da filha junto à família e a um grupo reservado de amigos. A pequena Lara vestia uma camisolinha de filó, rendas e linho, confeccionada pela tradicional dona Mariinha, que mora em Lisboa há vida toda e continua aos 80 anos sendo a preferida pelas famílias mais importantes de Portugal. Uma jóia feita para pequenas princesas. A vovó Eliane Antunes estava se derretendo. Com novo endereço em Brasília, este casal encantador, se preparam para apresentar sua pequena Lara. Seja bem vinda Chèrrie. Mariane Antunes, Lara e Piercarlo Lando

Bisa Futim Buffara e Lara

Piercarlo, Mariane e Lara

Vovó Eliane Antunes

129


moda por anna paola Frade

confraria

LuXurY bags MaNuFacTorY

Moda, design e arte A MARCA - A Confraria foi fundada em Belo Horizonte pela mineira Ana Paula Ávila, em 1998. Artista plástica de formação, cheia de ideias e coragem, viu-se obrigada a vir desbravar Brasília. Ana diz que a capital do país lhe serve de fonte de inspiração a cada dia. Instalou-se no Setor de Industria Bernardo Sayão, construindo uma estrutura invejável, em poucos anos, onde desenvolve todos os produtos enviados para o Brasil e para o mundo. A ESTILISTA - Quando o assunto é tornar sonhos em realidade, essa mineira, casada com um brasiliense e mãe de quatro filhos não perde para ninguém. Ousada desde os tempos de menina quando desenhava seus próprios vestidos e pedia às costureiras para fazê-los na pequena cidade de Almenara. Sonhava com um futuro bem diferente das outras meninas da sua idade. Aos quatorze anos, Ana Paula foi viver em Belo Horizonte, capital do Estado de Minas, e após ter trabalhado numa das fábricas mais importantes do setor calçadista do país, resolveu fazer sua primeira coleção de bolsas. Na ocasião já havia cursado a faculdade de Artes Plásticas, que serviria de ferramenta para a implementação do seu sonho, desenhar e produzir acessórios de forma profissional. Até então fazia para o uso próprio. A palavra de ordem da estilista sempre foi “NO COPY” ! Em um país como o Brasil, com a cultura e o artesanato tão ricos fizeram com que Ana Paula não concordasse com ações irregulares, mostrando sua indignação pelas chamadas cópias. BEST SELLERS: JUNCO - Fibra natural, nativa da floresta Amazônica. Em 2005

a CONFRARIA conseguiu após inúmeras tentativas, pesquisas de modelagem e acabamento, criar a primeira bolsa neste material. O sucesso foi tanto que lhe rendeu uma página na maior revista de couro calçadista italiana, a Arpel. De lá pra cá mais de 150 modelos foram desenvolvidos neste material. Em 2011 a CONFRARIA sofreu um duro golpe. Funcionários desviaram materiais e modelagens para traficar o produto. Começaram a copiar e a vender as bolsas de junco em feiras e lojas populares de Brasília. Foi um susto! O desencanto foi tamanho que Ana Paula, quase parou com tudo. Ela não se conformava em ver suas criações sendo confeccionadas grosseiramente, sem nenhum cuidado e comercializadas daquela forma. Apesar de todas as peças serem patenteadas no INPI (Instituto Nacional de Propriedade Industrial), Ana tinha ciência de que mesmo entrando com todos os processos contra quem copiou sua coleção, a justiça é morosa. O tempo passou, resolveu o problema e o junco representa quase 60% das vendas da sua marca. A estilista segue em frente na sua luta para acabar com as cópias. Sua estrela continua brilhando e a CONFRARIA é um sucesso. 130


Trend Tops

CONFRARIA PELO MUNDO - A grife já representou o Brasil nos principais even-

tos internacionais de sapatos e acessórios. Desde 2009, vem lançando coleções em Paris, Milão e Madri, além da participação em eventos internos. A CONFRARIA já esteve em quatro edições do salão Premiére Classe (PARIS), em paralelo à semana de moda do pret-à-porter. É a feira mais importante do segmento no mundo. “O Salão é o berço onde tudo começa, onde se inicia a coleção e o sucesso desta coleção. Todas as grandes lojas do mundo a frequentam”, conta a estilista Ana Paula Ávila. A virada internacional da CONFRARIA começou em 2007, quando recebeu em sua fábrica, em Brasília, a visita de uma curadora internacional de moda, a francesa Patrícia Lerart. Na época, era a diretora do Premiére Classe de Paris, e veio ao Brasil a convite da Apex, a agência oficial que fomenta exportações em todos os setores da economia. A expectativa de Lerart era selecionar marcas aptas a apresentarem um trabalho inovador e original no principal evento de lançamento de tendências no mundo. Assim a CONFRARIA conquistou seu espaço na Europa.

Paola Oliveira

Fiorella Mattheis

NOVO ESPAÇO - Em constante

aperfeiçoamento, um show-room está sendo construído na fábrica, para atender clientes, lojistas de todo Brasil e do mundo. A marca possui mais de 100 pontos de vendas nas melhores multimarcas do país. A CONFRARIA vem com a coleção Home. Uma parceria com arquitetos onde qualquer produto em couro poderá ser desenvolvido. A empresa conta com esquipamento que só a CONFRARIA possui, os olhos de Ana Paula, que funcionam como controle de qualidade. As peças só avançam etapas no processo de produção após a minuciosa avaliação da designer e da mão de obra qualificada orientada atentamente por este grande mulher de negócios. SIBS quadra 2 conjunto C lote 5 – Park Way, quadra 1 www.confrariastudio.com.br +(55) 61 3386 0882

131


FOTOS DIVULGAÇÃO

coluna por anna paola Frade 1 A frente da Honda, o em-

presário Guilherme Lima e sua Rosangela Lacerda voltam revigorados depois de alguns dias na Europa 2 Tamis Perez é das pessoas mais alegres e de bem com a vida. Sua beleza aumenta a cada dia. 3 Moema Leão se prepara para mais uma Casa Cor, a de 2013. Sucesso! 4 Carlos Augusto Carvalho, diretor de arte da Revista ANNA.

1

2

A

bela deputada Iracema Portella não é somente reconhecida pela beleza, mas sim por sua atuação em defesa de suas ideias. Iracema traz nas veias a herança política de sua família, que aumenta com a chegada da neta Maria.

44

3

A

FOTOS DIVULGAÇÃO

presidente brasileira da AJE - Elany Leão. Jovem dinâmica e muito ativa vem representando a classe de jovens empresários e conquistando cada vez mais o seu espaço mostrando que realmente é boa no que faz: promover, capacitar e estimular a classe de empresários todos os dias.

132


FOTOS DIVULGAÇÃO

2

1

Alessandra Gualberto, a mineirinha que arranca suspiros por onde passa com a sua beleza, ao lado da grande designer Cibele Barbosa 2 Gozando de uma saúde invejável e de uma beleza até hoje impressionante, Rosimari foi o centro das atenções em um almoço, em sua homenagem, na fazenda do Tesouro, em Brasília. Veio passar uns dias com a dentista Rita Trindade, responsável pela beleza de seu sorriso. Estavam presentes Rita Trindade, Rosa de Nogueira e Elisabeth Salles 3 Vanessa Meirelles, é arquiteta e especificadora da Duratex/DF-GO. 4 Consuêlo Badra, dona da revista Foco, mantem-se no mercado editorial, há mais de 20 anos como um dos veículos fortes da Capital Federal. 5 Wanderley Estrela faz juz ao nome. Um dos grandes nomes que faz a cabeça das mulheres de Brasília. 6 Maurício Sebba, um dos mais respeitados empresários de Brasília, prepara na Sebba uma grande Mostra de Decoração com arquitetos de Brasília. Aguarde! 1

4

5

3

6

Advogado e escritor, Paulo Castelo Branco, no seu novo livro “Ladrão de Histórias”, narra a história de Pericot   Silva, um hacker que deseja ser escritor e furta textos de autores renomados;   faz sucesso na empreitada,  transformando-se em milionário criador de best-sellers. O romance aborda temas de amor, crime e suspense. O livro foi lançado em Brasília com grande sucesso e a versão digital está venda no site www.amazon.com

133


coluna por anna paola Frade

1

2

FOTOS DIVULGAÇÃO

1 A querida designer Silvana Fontoura. 2 Juliana Felício dos Santos, braço forte do deputado Marcos Montes. 3 Marcos Mendonça e sua linda Margarete 4 Denise Zuba realizada com o sucesso da sua Artefacto. 5 As belas Aline Olivier, Cláudia e Daniele Weine.

3

5

4

7

6

6 Márcia Lima e Marina Jardim, duas mulheres de sucesso na capital do país. 7 A grande escultura Mara Nunes 8 Paula Santana sócia de Rafael Badra fazendo sucesso com seu GPS. 9 A beleza de Cláudia Salomão. 10 Jane Godoy e a força de sua notícia 11 A elegância da primeira-dama de Goiás, Valéria Perillo. 8

134

9

10

11


12 12 Maura Mendes, organizando um grupo interessante da sociedade para acompanhar Ivana Valença, à Bienal de Veneza 13 Duas mulheres queridas, a advogada Deirdre Neiva e Claudinha Leal 14 Isaura Lara Resende, depois de concluir o curso de gastronomia do IESB, tornou-se uma fantástica chef. Desenvolve os menus mais deliciosos nos jantares em sua casa, ao lado do querido marido, Flávio Lara Resende. 15 Figuras públicas de imenso respeito, Stela, com o pai Siqueira Campos - Governador do Estado do Tocantins 16 Ricardo Marra forte investidor no Brasil, comemorou recentemente seu aniversário. 17 Allan Santos fotógrafo que vem atraindo olhares do público de Brasília pela beleza de suas fotos.

4

10

11

13

15

14

16

17

135


FOTOS DIVULGAÇÃO

coluna por anna paola Frade

1

1 3

4

2

4

5

3

5

6

1 O grande xodó da família Valença tem nome: Sophia. 2 Lúcia e Irani Valença, donos do Casa

Park prometem que a grande expansão do maior shopping de decoração do Centro-Oeste trará mudanças significativas. 3 Lú Pontes ela é quem cuida das alunas de Luciana Cirillo 4 Sílvia Caetano também participa da Mostra Via Horizonte com sua Light Design 5 Professor Joel Jorge, um dos nomes mais fortes no DF, faz do Networking uma grande rede de negócios e relacionamentos com o seu G15. 6 Pimenta da Veiga em noite de festa ao lado do amigo Ronaldo Sampaio, dono da BomBril.

A

Ornare não chegou ao topo do sucesso à toa. Segundo a Engenheira Química, Esther Schattan, formada pela USP, a incansável disposição dela e do marido Murilo, é elevar cada dia mais o nível de qualidade da sua empresa. O investimento em tecnologia, maquinas de ponta são essenciais para a execução perfeita do móvel planejado sob medida, segundo esta grande empresária que colocou sua marca como a melhor no Brasil e conquistou espaço no mercado internacional. Os showrooms, tanto os daqui como os dos EUA, enchem as medidas! Com um carisma especial e uma doçura na alma, a querida Esther conquistou os parceiros e profissionais ligados ao design e a decoração, fazendo na capital do país, Brasília, grandes amigos e um nome de respeito.

136

2


FOTO JANAÍNA MIRANDA / MONTAGEM CARLOS AUGUSTO

destaque por anna paola Frade

o Mercado iMobiLiÁrio Na dF-140

Rilmar Miranda, nome forte no Mercado Imobiliário, aposta todas as fixas na região que será o vetor de crescimento de Brasília Como vê a chegada da Via Engenharia em Alphaville e a importância para o desenvolvimento da DF-140? O anúncio do Alphaville Brasília foi um grande marco para o mercado imobiliário. Sabíamos que era questão de tempo para outras grandes empresas anunciarem seus investimentos na DF-140. A chegada da Via Engenharia felicita aqueles que, como eu, acreditam e investem na região. A Via irá fomentar mais rápido o crescimento deste novo vetor, a expansão de Brasília é neste sentido. Nos últimos dois anos, quais as mudanças que a DF-140 vem sofrendo? Acompanhamos atentamente todas as mudanças nessa região. Temos negócios desde o Jardim Botânico e atendemos à toda região do Alphaville e DF-140. Nos últimos meses o aumento na busca por oportunidades comerciais às margens deste região, foram imensas. Seguramente este desenvolvimento comercial trará investimentos mais robustos, com forte infraestrutura, beneficiando os moradores da DF-140, do Alphaville e agora, as unidades do Via Horizonte. Consequentemente tudo o que está em volta deste grande empreendimento imobiliário que acabei de citar, irá se beneficiar. O crescimento dá-se a cada momento. Qual a sua visão empresarial e avaliação do mercado para esta nova região? Acredito que não há região melhor para se investir hoje em Brasília. Grandes empresas do setor imobiliário, a exemplo da Via Engenharia, estão se estabelecendo aqui. Há muitas oportunidades para grandes negócios. Não podemos deixar de citar a distância. Estamos a 25 minutos da Esplanada dos Ministérios, a 15 minutos do Lago Sul. É fantástico! Fora isso as oportunidades de novos negócios na região da DF-140 são inúmeras, as pessoas precisam pesquisar esta área que se consolidou, mas que na verdade, é muito nova, comportando uma enorme gama de investimentos em todos os segmentos. Está nascendo uma nova cidade. Como você vê o mercado imobiliário no momento? Não posso reclamar. Caminhamos firme em nosso principal segmento de atuação, o de imóveis prontos. Fechamos o primeiro semestre de forma satisfatória. O cenário é positivo, valores se estabilizando e linhas de crédito batendo recorde mês a mês. É preciso compreender que o consumidor mudou. Cobra excelência no serviço que envolve este setor. Empresas fortes e corretores bem treinados. 137


FOTOS DIVULGAÇÃO

saúde por anna paola Frade

HospiTaL ModeLo O Instituto do Coração torna-se referência no Brasil pelo modelo de gestão dos médicos Núbia Welerson Vieira e João Gabbardo dos Reis

E

m novembro de 2002 foi criado em Brasília um hospital para atender a demanda de pacientes cardiopatas não apenas do Distrito Federal, mas de todo Centro-Oeste e demais regiões do país, sendo um centro especializado de referência nos procedimentos cardiovasculares. Vieram de fora muitos médicos, especialistas, naturais de diversos estados do Brasil, que estavam trabalhando no Instituto do Coração (InCor/HCFMUSP) dispostos a assumir a capital como nova casa e com coragem para enfrentar o desafio de trabalhar em Brasília. Inaugurado em 2004, o Instituto do Coração do DF(InCor-DF), como ficou conhecido, era administrado pela Fundação Zerbini e trouxe um alento a comunidade. Entre os médicos que vieram para Brasília está à cardiologista Dra. Núbia Welerson Vieira, que trabalha em São Paulo há alguns anos. Ela empenhou-se pelo desenvolvimento do hospital atuando em coordenação e supervisão de equipes, além do atendimento. Em 2009 a Fundação deixou a administração do hospital, para dedicar-se exclusivamente à gestão do InCor-SP, ficando sem direção, quase fechando as portas. O governo Federal buscou uma solução para não perder a estrutura, além dos recursos humanos e materiais que dispunham, e encontrou na Fundação Universitária de Cardiologia (FUC) força e coragem para assumir esse desafio. No primeiro dia do mês de abril de 2009 assinou-se o convênio que designou a FUC como nova gestora do agora Instituto de Cardiologia do DF (ICDF). Com ele chegou o Dr. João Gabbardo dos Reis, que assumiu a superintendência deste, e junto com a Dra. Nubia, agora Diretora Médica da Instituição assumiram a missão de dar novo animo ao hospital e promover o crescimento do mesmo. Missão que vem sendo cumprida com êxito, já que hoje o hospital é autossustentável e vem se destacando nos procedimentos que realiza, tornou-se não somente um hospital de referência em alta complexidade cardíaca, mas vem conquistando um destaque nacionalmente como centro de transplantes no DF. Além do transplante de coração o ICDF realiza os transplantes de fígado, pulmão e rim. O Instituto é considerado um dos melhores hospitais do país. Uma conquista através da garra e do desafio desta dupla imbatível.

138


CRIAÇÃO CARLOS AUGUSTO (61) 9167-3675

Em breve o maior home center de ferragens e hidráulica próximo da região do novo vetor de desenvolvimento urbano que está surgindo: Alphaville Brasília.

139


FOTOS PEÔNIA GUIMARÃES

antena por peônia guimarães

L

london-coya

ondres está cheia de novidades, e Peônia Guimarães é quem traz todas elas para o Brasil. O bar e restaurante peruano Coya é o mais badalado do momento e promete trazer o espírito da América Latina para o coração de Londres. Recém inaugurado por Arjun Waney, empreendedor responsável pelos reconhecidíssimos Zuma e La Petite Maison, sua mais nova criação parece igualmente destinada ao sucesso. O guia Zagat elegeu o Coya como o restaurante da moda neste ano, conferindo-lhe o título de hottest restaurant in the world. Para dar lugar ao Coya, um prédio clássico na esquina de Piccadilly, em Mayfair, foi escolhido. O interior mistura elementos hispânicos e incas com ambientação contemporânea e iluminação discreta e requintada. Público sofisticado e animado, com idade media de 35 anos, complementa a decoração elegante. Há um lounge exclusivo para membros no primeiro piso e um restaurante e bar no piso inferior abertos ao público para almoço e jantar. A noite, um DJ executa músicas no estilo house e lounge com toque latino. Os chefs garantem o entretenimento também na preparação dos pratos com malabarismos de fogo e facas em uma das três cozinhas abertas: o Bar Ceviche, La Parrilla e Cocina Central. O Bar Pisco oferece drinques baseados na tequila, no rum e na bebida típica andina que lhe empresta o nome.

140


O

s

claridge ´

ritual do Chá da Tarde (afternoon tea) deve suas origens à Anna Maria Russell, a sétima duquesa de Bedford, amiga e confidente da Rainha Victoria. Tornou-se um dos mais aclamados hábitos britânicos a partir de 1840. Na Inglaterra vitoriana, costumava-se comer apenas duas refeições por dia, com café da manhã programado para o início da manhã e jantar no final da noite. Consta que Lady Anna, enfraquecida e irritada por uma sensação de fome diária, decidiu incluir em sua agenda um horário para tomar seu lanche da tarde. O chá já era então bebida largamente consumida pelos britânicos. Da junção desses elementos, nasceu o Chá da Tarde. A cerimônia, inicialmente realizada de maneira privada, ganhou ares de evento social quando outros membros da corte se juntaram à duquesa de Bedford. Hoje em dia, salões de chá e hotéis em todo o Reino Unido oferecem suas versões do Afternoon Tea. Muitas são indistinguíveis, mas algumas oferecem algo único e encantador que satisfazem ao imaginário. O Chá da Tarde do Hotel Claridge’s é perfeito exemplo dessa instituição britânica, sendo geralmente apontado por diversos guias e publicações como o melhor e mais tradicional de Londres. Servido no Foyer e Sala de Leitura do belíssimo hotel de luxo da Brook Street, tudo ali transmite elegância, etiqueta e sofisticação. O interior é finamente decorado em estilo Art Déco. Projetado para a perfeição na década de 1920, muitas das suas características originais permanecem impecavelmente no lugar. Uma cuidadosa restauração realizada no fim do século passado realçou ainda mais a beleza de seus salões. No Claridge’s, o Chá da Tarde toma todos os lugares do andar térreo do hotel, mas a atmosfera de requinte e gentileza não é comprometida pela multidão e o contínuo tilintar das peças em porcelana. Como as reservas são mandatórias, muitas vezes realizadas com três meses de antecedência, os hospedes parecem imbuídos de um sentido de ocasião, próprio dos aguardados eventos sociais. O serviço é impecável e atento para ajudar o cliente a selecionar entre os 40 tipos de chás. São oferecidos chás de todas as partes do mundo, desde os regionais ingleses às infusões herbais e blends mais raros. Escolher uma das opções de Chá da Tarde, porém, é tarefa bem mais simples.

FOTOS DIVULGAÇÃO

antena por peônia guimarães

141


FOTOS DIVULGAÇÃO

antena por peônia guimarães

buLgari B

hotel

ulgari é o mais novo hotel de luxo de Londres, o único de categoria 5 estrelas inaugurado na capital inglesa nos últimos 40 anos. Localizado em Knightsbridge, ao lado do Hyde Park e da Harrods. O estúdio de arquitetura e design Antonio Citterio, Patricia Viel and Partners foi encarregado de fazer com que cada elemento fosse uma autêntica expressão da estética Bulgari. O design é sóbrio, moderno e combina as origens ourives da Bulgari com as tradições de fabricação nobres da Grã-Bretanha: prata forma o tema unificador. Mármore, madeira de mogno e têxteis exclusivos italianos remetem enorme sofisticação. No térreo, recepção, lounge e bar (Il Bar) adornados com peças de prata romanas dos séculos 17 e 18, combinadas com mobiliário contemporâneos. Uma escadaria em aço leva o visitante ao restaurante (Il Ristorante), onde cada detalhe transpira o estilo italiano e La Dolce Vita. O Chef Robbie Pepin aproveitando as tradições gastronômicas italianas clássicas, usa produtos frescos e sazonais. No domingo um concorrido Sunday Brunch. Os menus são complementados por vinhos com rótulos da Itália e França. No subsolo a divercidade : sala de cinema, academia hi-tech e a magnífica piscina de 25m decorada com pastilhas verdes brilhantes e ouro. O Spa é um luxo. Aliás, o hotel é puro luxo!

142


antena por peônia guimarães

Mônaco:

Le LoUIS XV

FOTOS DIVULGAÇÃO

N

este magnífico restaurante em Mônaco, tudo é dedicado ao bom gosto e à fantasia. Alain Ducasse é o Chef que há mais de 25 anos, comanda com maestria o Louis XV, tendo conquistado desde sua inauguração os consumidores mais sofisticados e o reconhecimento das publicações especializadas, incluindo as 3 estrelas Michelin, maior pontuação do celebrado guia francês. Instalado no tradicional Hotel de Paris, na praça do Cassino de Monte Carlo, o menu do restaurante de Alain Ducasse é definido pelo próprio como uma sinfonia Mediterrânea que muda com as estações. Recomenda-se reservar com bastante antecedência. Acesse www.alain-ducasse.com e confira!

143


olivier

“Não é engraçado? Nós verdadeiramente cremos em quase nada. Contudo, temos sido forçados a acreditar em quase tudo. E uma vez que acreditamos em quase tudo, acreditamos na arte.” Olivier Mourão

O

livier Mourão, artista brasileiro mundialmente famoso, colecionador de antiguidades e verdadeiro ícone em Londres e Ibiza, é um homem de muitos talentos criativos. Ele faz pinturas, desenhos, esculturas e obras de arte conceituais que tocam profundamente. Ao enfatizar a estética de linhas naturais, ele seduz o espectador para um mundo de equilíbrio contínuo e o intervalo que articula o fluxo de eventos diários. ‘Burlesca’ seu mais recente trabalho, é um manifesto à Boemia de agora e de antes. “Do meu pai eu tenho o DNA e o gosto pela Boemia, todos lhe chamavam de Boêmio”, Olivier em sua casa de Ibiza explica o artista. Este movimento cultural – a Boemia - manteve-se sempre, em maior ou menor grau, como um modo de vida, tendo sido precursor do movimento hippie dos anos 60 do século XX. Pode-se dizer que o conceito de vida boêmio ou o artista boêmio, baseia-se na rejeição dos valores burgueses. A Boemia de antes foi retratada por pintores como Toulouse Lautrec, Degas e Monet. “O cabaré que me inspira é o de lugares como Lío, Cipriani e, especialmente, a imagem da burlesca Dita Von Teese, quase como um musa. Com expressão feminina sofisticada, ousada e glamorosa, sua figura reflete a minha visão da Burlesca de hoje em dia, que enche de esperanças a minha mente, nas minhas inspirações artísticas”, explica Olivier Mourão. As obras inéditas do artista brasileiro serão exibidas na B12: The Gallery em Ibiza, de 7 de Agosto a 3 de Setembro. Fabio Christ, publicitário alemão premiado, assim resume a exposição: “Burlesca é por um lado comovente e bonito, por outro lado dolorosamente atraente. Se sobrepõe em significado com caricatura, cabaret, música, paródia e farsa, e, em seu sentido teatral, com linguagem corporal e extravagância, como apresentado durante a era vitoriana.” Senhoras e senhores, mantenham os olhos abertos: a grandeza de ‘Burlesca’ pode ser encontrada por aqueles que a procuram.

Hall de entrada e living room

144

Obras do artista de sua coleção

FOTOS DAVID CORRAL /STYLE VERONIKA NITzL

vip por peônia guimarães


FOTO DAVID CORRAL / STYLE VERONIKA NITzL

Detalhe do Living e obra Jessica in The Shower

Olivier Mourão: Exposição B12 The Gallery - Poligono Gesa C/Antonio Planells Ferrer/Ibiza, Espanha - Tel: +34 971 31 8290 Site: www.b12gallery.com Email: art@b12gallery.com Fotos: David Corral / Style: Veronika Nitzl

145


no mundo por Flávio geo

L

o PaíS de eXPerIÊNcIaS ÚNIcaS

ogo na chegada, já sentimos que não estávamos mais no Ocidente. O trânsito caótico, os postes de luz ornamentados, o comércio intenso nas calçadas, os transeuntes com roupas exóticas, os cheiros das especiarias, o burburinho das vielas dos souqs onde, com certeza, alguém estaria pechinchando. Nesse clima, atravessando entre os carros, sentamos em umas cadeiras de plástico no meio da calçada, em um bar restaurante - Hashim. Ali, provamos o famoso falafel, uma comida popular no Oriente Médio, que consiste em bolinhos de grão de bico fritos. E assim, fomos introduzidos na maravilhosa cultura da Jordânia, com um turismo riquíssimo como uma caixa de joias, cheia de novas oportunidades. E quanto mais você aprende sobre as diferentes regiões desse reino, mais você quer explorá-lo. A gastronomia, costumo dizer, é a porta de entrada para se conhecer a cultura do outro e não havia melhor lugar para iniciarmos essa grande jornada como sentados no meio da calçada. A cidade de Amman é o centro da gastronomia da Jordânia. Participamos de um curso de culinária no Beit Sitti (significa casa da vovó). Uma experiência única - cozinhar em uma pequena casa, em um dos bairros mais antigos da cidade, o Jabal El Luweibdeh Amman, uma das mais antigas cidades do mundo, carinhosamente apelidada de “a cidade

146

branca”, tem colinas cobertas por uma profusão de casas brancas, cujos tetos são lajes sem telhados. Na realidade, a cor é mais para o pérola, o que virou uma brincadeira nossa de renomear Amman de Off-white. Isso tudo misturado a ruínas antigas gregas e romanas. Pegar a estrada e começar a conhecer o país é um passeio pelas brumas do tempo. A cidade de Jerash com 6500 anos de história, nossa primeira parada. As ruínas são uma das mais bem conservadas, pois foram protegidas pelas areias do deserto durante séculos e descobertas apenas nos últimos 70 anos. Logo em seguida, visitamos as ruínas da cidade de Umm Qais, com uma vista magnífica do rio Yarmouk, das colinas de Golã e do lago Tiberíades. Assim, iniciamos um

FOTOS DIVULGAÇÃO

JordÂNia:


FOTO DIVULGAÇÃO

tour pelos locais de peregrinação religiosa, como Mont Nebu, local onde Moisés foi enterrado. Nosso próximo destino, o tesouro nacional da Jordânia, uma das sete novas maravilhas do mundo - a antiga cidade de Petra. Desbravamos essa cidade de várias formas: à noite, com um passeio por Petra à luz de velas, com mais de 2.000 lanternas iluminadas com velas. É uma maneira ímpar de apreciar as obras feitas pelo homem como tumbas, teatros e escadas e, principalmente, as formações naturais feitas pela erosão, nas montanhas de arenito multicolorido, nas escarpas e falésias. No dia seguinte, andamos, escalamos e montamos em camelos para explorar os vários caminhos e subidas que revelam centenas de edifícios, túmulos, banhos públicos, câmaras funerárias, templos, portas com arcos, ruas com colunas e impressionantes inscrições petrográficas, bem como um teatro ao ar livre com 3.000 lugares. A viagem continuou, então, para o interior. A nossa próxima parada foi a paisagem lunar, praticamente intocada pela humanidade. Também conhecido como “o Vale da Lua”, local histórico onde aconteceu a revolta árabe contra os otomanos e as filmagens de Lawrence da Arábia, em 1962. Como à moda antiga, ficamos em barracas adaptadas com todo o conforto. A experiência de dormir no deserto vai para o topo da minha lista de lugares fascinantes. Depois da paisagem árida, fomos para o mar Vermelho, para a cidade de Aqaba. Conhecida pelos recifes de coral e pela vida marítima singular, essa cidade portuária foi, nos tempos antigos, o principal porto das embarcações que iam do mar Vermelho para o Extremo Oriente. À tarde, mergu-

lhamos para ver os corais, tartarugas e peixes exóticos. Finalizamos a viagem, literalmente boiando no mar Morto. No vale do rio Jordão, a 400 metros abaixo do nível do mar. Nenhuma visita à Jordânia fica completa sem uma introdução ao rico legado que o artesanato tradicional tem passado de geração para geração. Rico em tapeçarias, louças e utensílios. A teia multicultural que é a base da cultura jordaniana faz com que, em distâncias curtas, possamos vivenciar experiências únicas - o nascer do sol, a paisagem lunar do deserto de Wadi Rum, a movimentada Amam com a sua rica gastronomia, passando pelas ruínas greco-romanas, as fortalezas construídas pelos cruzados, os sons dos minaretes das mesquitas dos mulçumanos, completando com o frescor do mar Vermelho e o sal do mar Morto. Fecha um ciclo da vida, nascer, alimentar, crescer, realizar e morrer. Este ciclo da vida é muito bem representado em um artesanato feito na Jordânia, em que um ovo de avestruz é pintado com uma árvore no centro e à direita, a cena de uma gazela sendo atacada por um leão, em que o sangue dela cai no chão e é sugado pelas raízes da árvore que dão vida ao fruto e que, por sua vez, é comido por uma outra gazela jovem que vai crescer e, assim, completar o ciclo infinito da vida. Assim é a Jordânia, um ciclo infinito de possibilidades.

147


arte por anna paola Frade

LeopoLdo MarTiNs MÃOS QUE TRANSFORMAM

Pantera em ataque hortoftálica polida branca

L

eopoldo Martins se revela na grandeza de sua arte: pura, elegante e sensual. De suas mãos nascem formas diversas, que ganham vida e movimento, arrancando olhares do mundo, que se encantam com suas complexas criações. Os jardins do Palácio da Liberdade, em Minas Gerais, ganharão uma exposição assinada por este importante homem das artes

FOTO GUSTAVO CARNEIRO

Quando nasceu a paixão pela arte? Nunca tive dificuldade em representar no papel o que via ao meu redor; O desenho sempre nasceu fácil em minhas mãos. Formas e linhas de objetos sempre voltaram minha atenção e aos poucos fui desenvolvendo interesse pelo design e arquitetura. Não pensava em ser escultor, apesar de ter na família o exemplo do meu tio avo, o escultor Aristóteles Meschessi- fundador do departamento de escultura da Escola de Belas Artes da UFMG na década de 50. Sonia Ebling - amiga querida, foi quem mais me incentivou e acababou me introduzindo como escultor! Um desafio intrigante. Argila, gesso e pedra me fascinavam. Na minha primeira escultura , traços e estilo já eram marcantes. Artistas e críticos me motivaram. Meu trabalho se tornou desejado e senti que estava no caminho certo; a escultura estava nas veias, desenvolvendo minha criação como autodidata. Então o chamado às artes.

Peças em ouro exclusivas para Valentina Jóias

Foram muitos os desafios para se firmar? Muitos! Quando fundi minha primeira peça, meu maior desafio foi apresentar um trabalho de qualidade; até então, não havia em Minas Gerais uma fundição em bronze com estrutura e condições favoráveis ao trabalho de escultor. É um ofício trabalhoso e caro. Recurso curtos. Minha cabeça totalmente Escultura em bronze patinado, onça bebendo água

148


e a nca

FOTOS ESCULTURAS JOMAR BRAGANÇA

Pantera em ataque hortoftálica polida vermelha

voltada para as ideias ambiciosas a serem construídas. As dificuldades me fizeram andar. Um casal de amigos me ajudou a viabilizar a construção da tão esperada fundição, de obter o grande forno e a formar tecnicamente meu pessoal de trabalho. Hoje fundo esculturas em bronze de porte monumental, para grandes espaços internos, como jardins externos. O apuro das formas e satisfação com o resultado final das esculturas me alegra muito. Esses continuam sendo os maiores desafios, a evolução constante do trabalho e a qualidade. O que te inspira? Tem alguma referência? O que me toca e emociona. A música é uma delas. A arte não tem limites de estilo e os períodos históricos são infindáveis fontes inspiradoras. Dos clássicos e renascentistas como Bernini, aos modernistas Picasso e Brancusi, todos tem sua importância, são referências estéticas em suas épocas, em seus pensamentos poéticos, conflitos e questionamentos. A primeira vez em que vi de perto uma pintura do Van Gogh fiquei emocionado; nunca havia visto cores e pinceladas tão vigorosas! A arte africana é riquíssima em suas esculturas, refletem uma cultura ancestral, e ainda assim, com fortes características modernas. A natureza, os animais, a arquitetura, o homem, tudo que me cerca, é sempre fonte de idéias. E a arte no Brasil e no século XXI? A arte no Brasil do século XXI é reveladora, remete as nossas origens, reconstrói as rotas e finalmente nos insere no mercado internacional com dignidade e uma assinatura própria universal. Revelar ao mundo nossa força. Resgata mestres modernistas, a diversidade cultural, revela a riqueza do nosso povo, o passado e o presente. Talvez esses motivos expliquem o interesse em que a arte brasileira desperta aos olhos do mundo. Escultura em bronze cromado, leoa despertando 149


FOTOS PATRICE THOMAz

estilo por anna paola Frade

energia Â

da arTe

ngela Geo vem de uma das famílias mais importantes e tradicionais de Belo Horizonte. Bem nascida, do mundo e sagaz. Onde passa respira e se alimenta da arte! Apaixonada pelas cores e pelo belo. A vida é a fonte de todos os amores. Ama novas sensações, o desconhecido. Os amigos de uma vida e a família fazem sentir-se inteira. Detesta e repudia a inércia e a injustiça. Libriana, com ascendente em gêmeos, é pura emoção. Joga-se profundamente em seus sentimentos. No horóscopo chinês é o Cavalo de Fogo. É o que a traz para o centro do universo. Ângela, um ser especial que se traduz em Arte! Qual sua formação acadêmica e como nasceu o envolvimento com este universo vasto e sem limites, que é o criar? Sou auto ditada. Não sei dizer se é a arte que me persegue, ou se sou eu quem a mastiga desde criança. Este universo faz parte de mim. Compulsiva, dou-me o direito de vasculhar várias técnicas. Qual sentimento você busca despertar com sua arte? Minha obra navega na liberdade do olhar e sentir. Vivemos no mundo antagônico e por este dou-me o direito de explorar a beleza mais harmoniosa, até o limiar do bizarro, na expressão de emocionar e fazer questionamentos.

150

Você cria para você ou para o mundo? Ambos! Como já falei sou compulsiva na arte de criar e meus instintos, racional e irracional são meus princípios. É fato que, todo artista tem vontades e necessidades de mostrar seu trabalho.


O artista é um ser complexo e diferente. A visão de espaço, tempo e mundo diferem das de um ser normal, se assim posso dizer? Escrever sobre a própria emoção é dar um grito a loucura! Escovo os dentes, vou ao banheiro todos os dias e pago contas como todo mundo. A diferença é que o artista sai do nível do desejo e vive o prazer. E viver é tudo! Mesclando no ritmo desejo somados ao prazer. Como vê a arte no Brasil? Sente que o olhar das pessoas está sensível para este assunto? O Brasil tem uma abundância de ritmos, cores e costumes. Este balsamo de diversidades torna a arte brasileira incrivelmente rica. Hoje sinto as pessoas buscando mais informação e desejando arte com mais entusiasmo. O brasileiro está saindo atrás de mais informação, para se situar neste mundo contemporâneo. Como os Memes nasceram em sua arte? Aliás, o que são os Memes e qual a técnica que usa para que tomem forma e vida? A arte é a imortalidade da nossa busca da historicidade, na herança cultural. Neste acumulo de informações o artista transita de maneira lúdica, na busca imaginaria das múltiplas visões. Assim são os MEMES, que, replicando, geram novos traços. Da mesma forma que o DNA está para a genética,

o MEME está para informação! A técnica usada é bico de pena, pincel e nanquim sobre papel. Há uma hora determinada que você goste de criar? Se deixar, o artista trabalha 24 horas seguidas. Tudo que o mundo lhe oferece é inspirador. Nesta mistura de sentimentos, visões e percepções, nós transformamos com paixão o que absorvemos, em arte. Tenho uma rotina diária. Se não desenho, escrevo ou se deixo de fazer alguma coisa ao longo do dia, minha mente e minhas mãos chegam a enlouquecer. O que significa a arte em sua vida? Essa é minha assinatura, esta é minha expressão de vida: ARTE SEMPRE!

151


FOTO WILSON FRADE FILHO

arte por anna paola Frade

arte

Lúcia Vilella e Virgínia Geo

O

QUe FaZ o mUNdo

mercado de artes é muito complexo! Hoje em dia é preciso ter conhecimento no que investir e com quem! “As pessoas neste setor precisam ser confiáveis, e mais, teem que saber a procedência da boa obra”, diz Virginia Geo. Sensibilizada pelas esculturas de Leopoldo Martins, iniciou-se neste mundo encantador. Preparou-se para virar marchand. Aprofundou-se no assunto ganhando segurança. Com isso outros artistas foram surgindo como: Angely Mavuc, Ricardo Carvão, Jorge dos Anjos, Lazarini, Ângela Geo entre outros. Firmou parcerias importantes. Em Belo Horizonte trabalha com Celma Albuquerque, no Rio um grupo composto por quatro pessoas, sendo a própria Virginia, Paula Cleófas e Georgiana Bastos. Em São Paulo é com Thiago Gomide da Bolsa de Artes. Em Brasília com Lúcia Villela. Também trabalha com os arquitetos mais importantes que garimpam o que há de melhor para quem os contrata. Ela corre atrás do que o seu cliente deseja. "Se querem um Vick Muniz, um Guinnard, um Tunga, enfim, vou buscar! Damos ao cliente e àqueles que nos procuram, segurança, confiabilidade e um tratamento exclusivo”, diz! O bom relacionamento facilita muito as negociações neste mundo fechado, e isso, Virginia Geo tem! Tem entrada! Ela valoriza os artistas e sua forma de expressão, a sofisticação de cada estilo e afirma vender por amar o que faz! Revela que o mercado de arte está aquecido e a boa obra não tem época. E o melhor é que arte é um bom investimento, segundo a mineira. Confira!

152


CRIAÇÃO E MONTAGEM CARLOS AUGUSTO

Venha nos visitar!

Rodovia DF 140, km 4,5 Centro Comercial Alpha Center, Jardim Botânico Telefone 4103-0524

153


arte por anna paola Frade

o valor M

da arTe

arcel Jung fez da arte seu grande prazer. Atualmente é um conhecedor reconhecido neste mundo complexo, fazendo parte da maior corretora especializada em seguros na modalidade fine arts do Brasil. Além de colecionador, como você atua no mercado de arte? Faço parte da maior corretora especializada em seguros na modalidade fine arts do Brasil, com sede é no RJe filiais em BH, SP e Miami. Coleções privadas, institucionais - públicas ou não, exposições, galerias, museus; são nossos clientes. Ajudo informalmente amigos e dealers sobre bons negócios. Qual a visão do mercado de arte atualmente? Aquecido ou em queda? Poderia levantar argumentos sólidos para convencer o leitor de qualquer cenário que ele queira enxergar, ou queda eminente, ou valorização. É importante frisar que o passado demonstrou, em momentos de euforia ou crise econômica, que o mercado de arte foi o que menos sofreu - quer dizer, não teve grandes pulos ou quedas. Sempre valorizou, com alguns sobressaltos de liquidez quando muito. Evidente que há artistas que têm grande parte do seu preço - e friso aqui o termo preço e não valor - calçado apenas em leis de mercado, o que os torna mais ligados, ao que o mercado diz e não necessariamente os colecionadores. Há artistas que custam uma fortuna e tornam-se objeto de desejo; alguns colecionadores que não gostavam, compram num efeito manada. Esses movimentos geram prejuízos para o desavisado. Desavisados perdem dinheiro em qualquer negócio, até petróleo. Respondendo objetivamente, comprar arte de qualidade, é sempre bom negócio, inclusive financeiramente. E continuará a ser. desde que se tenha uma consultoria de confiança. Qual a diferença do mercado primário para o mercado secundário? É simples, o mercado primário é o grupo formado pelas galerias, de onde em tese, são vendidas as obras para os colecionadores e para onde vão as obras quando saem do atelier do artista. O mercado secundário é todo o conjunto de pessoas, galerias (quando revendendo), casas de leilão, dealers autônomos, que revendem estas obras. Vale lembrar que obra nova nem sempre é mais cara. Os artistas muito procurados geralmente são mais caros no mercado secundário quando há "fila" no mercado primário. Arte tem valor atemporal? Valor financeiro? Claro ! Quanto custa um Hopper, um Turner, um Matisse ? São patrimônios da humanidade. Sim, sem dúvida. Boa arte, que significa algo, não tem preço e sempre valerá muito, cada vez mais no mundo em que vivemos, com tanta necessidade de respostas.

154


exposição por anna paola Frade

P

atrícia Secco formou-se em arquitetura na Universidade do Estado do Rio de Janeiro e iniciou seus estudos artísticos na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Apaixonada por um mundo de infindáveis formas e cores, seguiu rumo ao Corcoran Institute of Art, de Gerorgetown. Recebeu prêmios e participou de Mostras Mundiais como a Bienal de Florença, além de Paris, NY, Miami , Roma, Berlim e Lisboa e no Brasil também. A natureza é fonte de inspiração. A cultura brasileira colore os olhos e a alma trazendo vida ao seu trabalho. As aquarelas de flores, marca do início de seu trabalho, mostram a leveza e a feminilidade em suas obras. E agora mais experiente, aposta nas "Máscaras". Quem não veste a sua em algum momento? Vamos, sem hipocrisia! As máscaras são incríveis. Ora mostram o grito da independência, do protesto e da liberdade. Ora a suavidade, a confiança e a paz. São únicas. Multifaces do povo do Brasil e do mundo desenterrando das entranhas de seu corpo o estado de espírito de cada um. Escolha a sua. Patrícia Secco está expondo no CCBB.

155


acoMode-se

B

rasil - recorremos a fontes complexas e ricas. Presenciamos que o tema é muito complexo em se tratando de mobiliário. Escolhi uma peça que achei agradar os olhos de nosso leitor, mostrando uma época distinta, com ricas características e estilos, que marcaram um século e uma geração de suntuosidade, enriquecida pelo design ditado no mobiliário. Este tempo transcende os anos, por que o que é bom é atemporal.

DÉCADA DE 1930 A cadeira Dom José I é parte de um mobiliário importante. Sua procedência é de origem brasileira, executada por Leandro Martins & Cia. O design inspirado nos ingleses foi dos mais reproduzidos em cadeiras luso-brasileiras, existindo exemplares na Fundação Espírito Santo, em Lisboa. A madeira mais usada nesta época era o jacarandá. É imponente e suntuosa.

156

FOTO LÍVIO CAMPOS/LUIz BISPO - COLEÇÃO FAzENDA AIRIS MACAÉ/RJ MOBILIÁRIO NO BRASIL 1840-1960

mobiliário do Brasil por anna paola Frade


amo design por anna paola Frade

arQuiTeTas desTacaM SÉrGIo rodrIGUeS

U

m dos ícones do design brasileiro, que marca o tempo com sua perspicácia na arte do desenho e ainda consegue passar para a realidade a confecção de um mobiliário lindo e de construção inteligente que irá transcender os anos e será, no mais longínquo futuro, um mobiliário atual. Sérgio Rodrigues é lembrado por nomes fortes da arquitetura de Brasília que o elegem “O Grande”. Prestam-lhe esta justa homenagem, através das páginas de ANNA, as arquitetas Mariana Sabino e Ângela Brito.

Poltrona Mole com encosto de orelhas

Mariana Sabino

Poltrona Voltaire - 1965 Ângela Brito

157


era digiTaL!

D

o posicionamento da marca WebAdivisor, nasceu a Moringa Digital de Bruno e Leonardo Ladeira, firmando e consolidando a importância da internet. São 10 anos de pesquisa e muito trabalho. Estes jovens despertaram rapidamente para o segmento de comunicação que domina o mundo: a mídia digital. Esta agência inovadora conta com contas graúdas, como Correios, Sebrae Nacional, Iguatemi, GPS, Bruno e Leonardo Ladeira entre outros, é hoje uma das mais procuradas alternativas de comunicação, onde o tempo é precioso para o cliente, já que tudo acontece em segundos na Internet. Com um time de 40 funcionários ligados 24 horas por dia aos movimentos do que somos sujeitos, a Moringa, vem agregando valores e resultados bem significativos aos seus parceiros, fazendo chegar ao público que lhes é interessante a notícia com impacto na memória do consumidor final. Como você avalia a evolução do mercado da comunicação digital? Grandes e médias marcas já se convenceram que ações digitais vão além de banners em sites e portais, elas já compraram à efetividade das campanhas que exploram com criatividade e um bom planejamento toda a potencialidade da Internet. Não reunimos mais uma base de clientes, agregamos uma rede de relacionamento composta por fãs, e isso sim tem um papel fundamental em influenciar a decisão de compra. Onde a Moringa digital está situada neste cenário? Unimos ideias criativas e tecnologia para balancear bem essa equação e entregar sempre um melhor resultado final. Foi também por acreditar nisso que adquirimos uma participação na Fira Soft, uma empresa de aplicativos mobile e advergames. Este passo irá agregar valor ao engajamento dos usuários com nossos clientes no ambiente digital. Hoje o acesso por plataformas mobile está crescendo muito. Acredita que essa tecnologia será responsável por uma grande fatia do acesso à internet? Posso apostar que sim. O universo mobile não pode ser visto como tecnologia apenas, mas também como um comportamento. Hoje as pessoas precisam de mobilidade para se inserir no grande fluxo de informações da rede – essa é uma necessidade do consumidor. As empresas que não se atentarem a essa realidade estarão perdendo um grande diferencial competitivo. Aplicativos que agregam relevância à vida dos usuários trazem o público cada vez mais para perto das marcas e consolidam essas grandes alterações em seu comportamento offline; buscamos esse diferencial para a Moringa Digital. Você acredita que campanhas digitais apresentam melhores resultados? A comunicação digital tem muitas vantagens; temos a possibilidade de monitorar tudo que estão falando sobre determinada marca ou produto em tempo real, existe uma série de recursos para que possamos mensurar o resultado das campanhas, e tudo isso amplia nossa capacidade analítica para planejar e tomar decisões no decorrer da execução da campanha. Mas não poso ser leviano e afirmar que ela apresenta melhores resultados. Atuamos com esse foco na Moringa Digital, um conceito criativo maior que pode ser aplicado a diversas mídias para potencializar os resultados da campanha.

158

FOTO DIVULGAÇÃO

mídia digital por anna paola Frade


política por juventude do psdb

D

JoveNs

do BraSIL

ligada as novidades mundo a fora. Brasília como uma jovem cidade não estaria fora desse eixo. O que mais vemos aqui na cidade são os jovens chegarem cedo ao topo da carreira no serviço público, como empresários de sucessos e buscando estabilidade, em diversas outras áreas também, inclusive na política, onde pretendemos atuar. É a busca constante pelo melhoramento da nossa cidade que nos leva a desde já ao envolvimento com questões públicas. Com o crescimento planejado e ordenado, Brasília não se desenvolverá apenas economicamente ou estruturalmente, mas ocorrerão avanços na qualidade de vida de sua população. Um exemplo é o senador e presidente nacional do PSDB, Aécio Neves. Ele foi eleito aos 26 anos, era o mais jovem deputado constituinte à época. Atento a isso, o PSDB sempre promoveu desde o incentivo à participação dos jovens na política como também trabalhou e trabalha em prol da juventude. Ainda tem em seu quadro, jovens como o Prefeito de Pelotas/RS Eduardo Leite, que era vereador e se elegeu prefeito aos 27 anos, temos ainda o neto de um dos ícones do partido Bruno Covas, que aos 33 anos está em seu segundo mandato como deputado estadual por São Paulo. Portanto é fundamental que nós jovens assumamos nosso papel na sociedade. Cremos nisto. Vamos trabalhar muito! O Distrito Federal precisa de nossa participação. FOTOS DIVULGAÇÃO

urante toda a história recente do Brasil e do mundo, o jovem tem desenvolvido um papel cada vez mais importante na sociedade. Sempre aberta e atenta a novas idéias, a juventude é várias vezes responsável por impulsionar transformações na maneira com a qual vemos o mundo. Quando aplicam este espírito de vanguarda a questões cívicas, os jovens consequentemente demandam e incentivam inovações. Um bom exemplo disso foi o movimento pelas Diretas Já, aonde a juventude como um todo exerceu papel fundamental ao saírem às ruas e se reunirem para protestar a favor do retorno à democracia no Brasil, abrindo o caminho para que outras parcelas da população brasileira se juntassem a eles e mudassem a história. O Distrito Federal, com seus mais de 700 mil jovens (pessoas entre 13 e 29 anos), não é exceção a essa regra. Nesse sentido nós jovens temos demonstrado desde sempre capacidade de empreender e fazer grandes transformações no mundo. Um dos bilionários do mundo hoje é um jovem que criou uma rede social que virou febre no mundo – Facebook - que contou com a participação de um brasileiro na criação e na sociedade. Podemos citar ainda a mais nova rede social do momento – Instagram – que também conta com o dedo criativo de um jovem empreendedor brasileiro. Portanto no quesito avanço tecnológico e empreendedor, a juventude tem papel fundamental, pois está sempre

!

Pedro Frade Pimenta da Veiga Vice-presidente do PSDB Jovem

Fernando Lessa

João Pedro Pinheiro Gurgulino

159


FOTO JANAINA MIRANDA

álbum de família por anna paola Frade

F

amília, base de tudo. Quando decidi por escolher uma que fosse a representante de todas, refleti muito. Acertei. Elza Couto é a grande matriarca desta herança genética linda. Mãe de 6 filhos, criou-os com

a maior integridade do mundo. Hoje em Brasília, a querida vovó Elza é a verdadeira mentora de um caminho de amor e sucesso. Elza é exemplo na vida de todos os seus, mas de uma filha em especial. Esta é Matilde Sanches de Mendonça, que teve cinco filhas maravilhosas: Paula, Mariana, Viviam, Isabela e Carolina. Todas se inspiram na mãe e na apaixonante vovó. Certamente as bisnetas Maria Vitória e Catarina irão se orgulhar e ajudar a divulgar os valores que aprenderam com ela.

160


Range RoveR evoque

RESPEITE OS LIMITES DE VELOCIDADE.

A evolução do carro.

Só na Caltabiano você pode escolher a melhor negociação assim que chega na loja.

Condições especiais Land Rover Serviços Financeiros. PArk AssIsT* Localiza a vaga, a partir de 1,2x o tamanho do carro, e faz a baliza praticamente sozinho.

sIsTemA de eNTreTeNImeNTO TrAseIrO** 2 telas independentes de 8” nos encostos de cabeça.

CALTABIANO.

A única há 90 anos no mercado.

www.caltabiano.com.br

/grupoCaltabianooficial

BrAsíLIA: Sia/Sul trecho 01 - 1600 - Industrial | (61) 3701-7070 *Item disponível a partir das versões Dynamic e Prestige. **Item disponível somente na versão Prestige Tech. Condições especiais Land Rover Serviços Financeiros para o modelo Evoque, 0Km, ano/modelo 13/13. Os serviços financeiros da Jaguar Land Rover são operacionalizados pela Financeira Alfa S/A - CFI. Sujeito as condições gerais e especiais da Alfa Seguradora S/A. Condições válidas de 15/9/2013 a 15/10/2013 ou enquanto durarem o estoque de 6 unidades. SAC 0800 3452532 (Financeira Alfa especialmente para clientes Land Rover) – Ouvidoria: 0800 7220140 - e-mail: ouvidoria@alfanet.com.br. Exclusivo para deficientes auditivos: SAC: 0800 7705244 Ouvidoria: 0800 7705140. Para maiores informações, consulte a Caltabiano Land Rover.


Revista ANNA - Edição Especial - VIA Engenharia em Alphaville - 28/set/13  

Publicação editada pela publisher Anna Paola Frade.

Advertisement
Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you