Page 1

Ano III - #35 - Distribuição gratuita

Amigos indiscretos Justin Timberlake e Mila Kunis protagonizam o filme “Amizade Colorida”, do diretor Will Gluck, que transforma o que poderia ser uma simples comédia romântica em um clássico e resgata as comédias picantes da chamada “Era de Ouro” de Hollywood.

Turismo | Cultura | Moda | Beleza | Comportamento | Arquitetura | Tecnologia | Gastronomia | Vinhos


Editorial Quando o inverno chegar, eu quero estar junto a ti. Pode o outono voltar, eu quero estar junto a ti. Porque (é primavera) te amo (é primavera). Te amo, meu amor! (Tim Maia). Aprendi com a primavera a deixar-me cortar e voltar sempre inteira (Cecília Meireles). Que romântico é o mês de setembro, quando as perfumadas damas da noite alastram seu delicioso aroma pelo ar. Setembro, o nono mês do calendário, brinda a chegada da primavera, com sua exuberância e alegria. As flores começam a brotar, os pássaros a cantar e dançar. Que venham os colibris! E rosas, margaridinhas, gérberas e girassóis... O mês é um convite ao amor, e muitas vezes é o escolhido pelos apaixonados para celebrar o tão sonhado casamento. Aproveitando o clima de romance, nesta edição a Estação Aeroporto presenteia as noivas com um editorial de moda feito sob medida para elas! Escolhemos quatro estilistas conceituados para vestir nossas noivas, que foram lindamente clicadas pelas lentes do fotógrafo Paulo Carotine. Ficou super bacana! Na capa, a bela Mila Kunis e o talentoso Justin Timberlake. Combinamos, a dupla arrasa! Os dois protagonizam o filme “Amizade Colorida”, dirigido por Will Gluck, uma comédia divertida e bem feita, que promete ser sucesso de bilheteria! Dani Ferreira foi conferir e nos conta um pouco mais sobre eles. Em Lugares por onde andei, Jamil Nicolau, sempre antenadíssimo, conta os detalhes de sua última viagem para Florença/ Portofino (Itália) e Marrakesh (Marrocos), com dicas imperdíveis para um roteiro prático. Já em Aposte, uma seção com dicas variadas, é a vez das mulheres. Com personalidade e saúde, a dica é cuidar-se bem e deixar transbordar a beleza da forma que a natureza nos fez, em um estilo “ao natural”! O sofisticado é ser “clean”, já diz o ditado: menos muitas vezes é mais! Adoooro...

Nesta edição, nossas dicas de Turismo começam pelo Rio Grande do Norte, terra onde o sol brilha o ano todo, uma das regiões mais bonitas do Brasil. Lugar com lindas praias, sol, gastronomia farta, peixes, frutas exóticas e tropicais. Indo mais adiante, até chegar ao outro lado do Mediterrâneo, apresentamos, em Turismo Internacional, a bela Israel: com seu solo sagrado é, ao contrário do que se pensa, uma cidade ardente, trepidante, que nunca dorme! Retornando ao Brasil, ainda em turismo, desembarque na paradisíaca Itacaré (BA), rodeada por praias e morros, promete ser um roteiro dos sonhos. Tem também Jericoacoara (CE), com praias semidesertas de águas azuladas, rodeadas por dunas com areias brancas. E João Pessoa, com suas praias de águas claras, calmas e limpas e arrecifes que formam belas piscinas naturais. Ainda folheando a revista, mais uma matéria sobre o Rio de Janeiro, desta vez voltada para a faceta rock da capital, já que a cidade se prepara para sediar a quarta edição brasileira do Rock in Rio! E como nos dias atuais nossa consciência está voltada aos cuidados com o Planeta, uma pauta ecológica. Apresentamos o MS Turanor Planet Solar, o maior navio de energia solar do mundo, a primeira embarcação deste tipo a atravessar o mar da China. E para terminar, literalmente, com chave de ouro, joias que encantam e seduzem os consumidores apaixonados, um mercado que vive em ascensão! Em alta: ouro rosa, diamante negro e as pedras brasileiras. Confira... E em Moda, Passarela red carpet: no tapete vermelho do showbusines. Como as roupas usadas por celebridades conduzem os estilistas ao mundo da fama. E tantas outras matérias bacanas que você vai conferir. Eu paro aqui para você não perder tempo neste editorial e começar logo a folhear a edição, que, como sempre, tem um único objetivo: tornar sua leitura um momento agradável e descontraído! Grande beijo no coração! E vamos que vamos! Até o próximo mês!!!! Fiquem com Deus!

Narrimann Chede Rotolo

Expediente Diretora Narriman Chede narrichede@estacaoaeroporto.com.br

Colunistas Raul Caldas contato@raulcaldasfilho.com.br

Curitiba Mirian Lins (41) 32323466 Paraná@centralcomunicacao.com.br

Jornalista Responsável Antero Lobo anterolobo@hotmail.com

Edson Ubaldo ubaldo@laraecorrea.com.br

Comercial Internacional Rita Branco (351) 964062130 ritabrancofl@gmail.com

Editor Executivo Dani Ferrera daniferrera@gmail.com Direção de Arte Anne Cristyne Pereira annecristyne@gmail.com Jornalista de Moda e Beleza Ana Marta Flores ana.marta.moreira.flores@gmail.com Diretora de Marketing Ana Carolina Rotolo carolachede@yahoo.com.br Coordenador de Marketing Mauricio Mendonça Marketing e Relações Institucionais (31) 9513-2710 estacaoaeroporto@mmmarketing.com.br

Juliana Pamplona estacaodepartida@gmail.com Diretora Comercial Sonia Meireles (11) 92501273 | (48) 96161276 Rua Marins de Araujo Viana,85 São Paulo SP CEP 02420-040 soniameireles8@yahoo.com.br Representante Balneario Camboriu e Região Mirla Fabiane G. Barrios | Ícone Agencia de Negócios SC (47) 8451.6774 | 9984.6922 mirla.icone@terra.com.br Rio de Janeiro DD9 . Chroma Design (21) 2619.2099 grupodd9@gmail.com Brasília Rafael Kern - (61) 9649-3673 rafaelkernbsb@gmail.com

Redação Rua Araújo Figueiredo,119 | sala 1002 Centro Executivo Velloso Florianópolis SC (48) 32221840 | (48) 33658191 A Revista Estação Aeroporto pertence à E Editora Ltda. Apenas as pessoas que constam no expediente tem autorização para representá-la. Os conceitos emitidos em artigos assinados são de responsabilidade de seus autores.

Redes sociais

@

www.estacaoaerorto.com www.facebook.com/estacao.aeroporto www.twitter.com/estacao


Sumário

26

Amigos Indiscretos

10

Mimos

78

Rock in Rio

08 Horizontes 12 Lugares por onde andei 14 Beleza 16 Aposte 18 Decoração 24 Habitat 32 Equilíbrio Emocional 34 Tecnologia 36 Cultura 48 Desembarque 54 Ecologia 56 Gastronomia

20

Turismo Internacional

57 Vinhos 58 Velocidade 60 Estação de Partida 62 Desfile 66 Moda 72 Joias 74 Comportamento 76 Tendência 82 Mais Estação 84 Estação Final 89 Crônica 90 Página Poética 7


Horizontes

Rio Grande do Norte

Fotos: Divulgação

Terra do Sol

Natal possui muitas praias próprias para o banho e sol o ano todo.

N

o Rio Grande do Norte, o sol brilha o ano todo, iluminando as dunas, falésias, praias e recifes de uma das regiões mais bonitas do Brasil. A capital, Natal, une mo- dernidade e história, e traz um ar cosmopolita sem per- der seu lado bucólico. O Forte dos Reis Magos, em forma de estrela, é um dos símbolos de sua beleza. A cidade foi escolhida como uma das 12 sedes da Copa do Mundo de 2014. Natal nasceu em 1599, às margens do rio Potengi, com a construção do Forte dos Reis Magos. A região era originalmente habitada pelos índios potiguares. Hoje o município conta com cerca de 806 mil habitantes e recebe mais de dois milhões de turistas por ano. O município possui várias praias próprias para o banho. A principal delas é a Praia de Ponta Negra, repleta de bares, restaurantes, hotéis e boates. Também abriga o Morro do Careca, duna de mais de 120 metros de altura que é o principal cartão-postal da cidade. Há também outras praias urbanas, como a Praia de Areia Preta, famosa por ter areias escuras, e a Praia do Forte, protegida por arrecifes que formam piscinas naturais. Os bairros da Ribeira e Cidade Alta abrigam o Centro Histórico de Natal, centro cultural e patrimônio histórico com arquitetura do período colonial brasileiro e inúmeras ruelas. O Museu Câmara Cascudo tem por missão divulgar os patrimônios histórico e folclórico

8

do Rio Grande do Norte, com a obra de Luís da Câmara Cascudo. Outro destaque é o Teatro Alberto Maranhão, situado num prédio centenário localizado no bairro da Ribeira. Come-se muito bem na região – o cardápio inclui carne de sol aos peixes, sem esquecer a infinidade de frutas exóticas. A tapioca e os doces de frutas tropicais são uma experiência gastronômica à parte. Experimente também as delícias do interior: carne de sol, macaxeira, feijão verde. Para explorar o belíssimo litoral sul da região, vale seguir pela Rota do Sol, que começa na Praia de Ponta Negra, em Natal, e passa por Pirangi, Cotovelo e Búzios. Mais distante está Pipa, a queridinha do turismo potiguar, localizada no município de Tibau do Sul, a 85 km da Capital. Sua paisagem é formada por falésias, águas claras, calmas e mornas. Visite o Santuário Ecológico, com deliciosas caminhadas, espaço para piqueniques e um mirante com vista da Baia dos Golfinhos. Logo em seguida vem Cunhaú, vila de pescadores que além da praia, protegida dos ventos e quase sem ondas, possui um manguezal de 40 quilômetros quadrados. Já Baía Formosa, cercada pela Mata Estrela, remanescente da Mata Atlântica, tem recifes e falésias coloridas. Mossoró, ao norte de Natal, guarda, entre outras, a deslumbrante Praia da Ponta do Mel.


atrações

imperdíveis Teatro Alberto Maranhão.

Fotos: Divulgação

Praia da Pipa, a queridinha do turismo potiguar.

*Praia de Ponta Negra – Quem quer agito de dia ou de noite, vai adorar a praia de Ponta Negra. Rodeada pelo Morro do Careca, tem jangadas dos pescadores no mar azul e orla com bares e restaurantes. *Forte dos Reis Magos – Construído em 1598 sobre os recifes da Praia do Forte, ostenta o Marco de Touros, que Américo Vespúcio fincou em 1501 para firmar a posse das terras para o Reino de Portugal. A construção em forma de estrela de cinco pontas impressiona. *Artesanato - Garrafas de areias coloridas, trançados em sisal e outras fibras vegetais, artefatos de madeira, couro, barro e pedra-sabão, sem esquecer a renda de bilro. Confira no shoppingdoartesanatopotiguar.

Mais informações: Secretaria Municipal de Comércio e Turismo Tel.: (84) 3232-9061 Sectur – www.natal.rn.gov.br/sectur

Natal tem uma atmosfera cosmopolita, sem perder o ar bucólico.

9


Mimos Geometria em bolsa A Smartbag traz para o verão 2012 um dos hits mais comentados e desejados da estação: as bags com formatos quadrados ou geométricos. Com design ultra moderno, as bolsas ganham detalhes em cores vivas, texturas especiais e apliques exclusivos.

Fotos: Divulgação

Preços: sob consulta. Mais em: www.smartbag.com.br

Saga Crepúsculo em joias A joalheria paulista Dryzun acaba de lançar com exclusividade a coleção Crepúsculo, inspirada no sucesso teen dos cinemas em todo o mundo. Os filmes “Lua Nova”, “Eclipse” e “Amanhecer” foram materializados em peças em ouro, prata e pedras preciosas. A coleção levou um ano para ser conceituada e desenvolvida em parceria com os produtores da saga e traz cerca de 20 modelos ligados aos valores de Bella Swan, Edward Cullen e Jacob Black. Brasões e tatuagens transformam-se em colares, brincos, pulseiras e misteriosos anéis que revelam design refinado quando a joia se movimenta. Preços: de R$ 990,00 a R$ 2.490,00. Mais em: www.joiascrepusculo.com.br

CK a seus pés A Calvin Klein Jeans é famosa por se inspirar no visual moderno do homem urbano. As coleções não dispensam o conforto, com modelagens únicas em jeans, camisas, polos e v-necks, sempre funcionais e versáteis. Os tênis da marca trazem um padrão slim minimalista com solados em cores especiais e tratamento no couro exclusivo.

Chilli Beans in Rock! A Chilli Beans acaba de lançar uma novidade para os fãs de rock: a coleção com 11 modelos de óculos solares com a marca do Rock in Rio! Essa é uma das ações da empresa patrocinadora oficial do festival de música, que volta ao Brasil este ano. Preços: R$148,00. Mais em: www.chillibeans.com.br

10

Preços: R$ 359,00. Mais em: www.calvinklein.com.br


Tablet bem protegido A Imaginarium tem uma coleção completa de capas para tablets, celulares e laptops. Mas manter seus gadgets bem protegidos pode ser mais uma maneira de mostrar sua personalidade. Esta capa para tablet da marca imita uma mala vintage de couro. Os produtos da Imaginarium podem ser encontrados em qualquer uma das 81 lojas e em mais de 600 pontos multimarcas espalhados por todo o Brasil.

Fotos: Divulgação

Preços: R$ 99,90. Mais em: www.imaginarium.com.br

Just in time! Há 10 anos a Tissot traz em suas coleções relógios com tecnolgia tátil, em vidro de safira ultra resistente. O modelo T-touch Pilot tem as várias funções expert: bússola, azimute, altímetro, contador de velocidade vertical, barômetro, cronógrafo e contador regressivo, dois alarmes, termômetro, segundo fuso horário, calendário e reconhecimento do tipo de clima onde o relógio se encontra. Já o relógio Silen-T é voltado para o público deficiente visual, tem leitura das horas ao toque do dedo no cristal de safira e possui também alarme vibratório para deficiente auditivo. Tudo com design Tissot. Preços: R$ 4.130,00 (T-touch Pilot) e R$: 1.930,oo (Silen-T). Mais em: www.swatchgroup.com.br

Glamour acessível A Armazém da Prata traz dezenas de peças produzidas com matéria-prima de alto-padrão, desenhadas por diversos designers que buscam arte, beleza e glamour. O grande diferencial da marca está no banho das peças, feito com um método italiano exclusivo no Brasil. É muito importante citar a ausência total de níquel na composição, tornando a joia antialérgica. As coleções são completas: brincos, pulseiras, anéis e colares que encantam. Preços: sob consulta. Mais em: www.armazemdaprata.com.br

11


Lugares por onde andei Viagem dos Porsonhos Jamil Nicolau

T

irar férias é sempre muito bom, principalmente viajar para novos lugares, novos países, para podermos conhecer novas culturas e costumes. Comecei por Firenze (Itália), cidade que já tinha tido o prazer de conhecer há quatro anos, quando fui me encontrar com uma amiga que mora lá. Com ela, passeei muito, fiz novas amizades, compras e tirei muitas fotos. Na sequência, fomos a Marrakesh, já sabendo do calor que íamos enfrentar. Chegando lá, fomos recebidos no aeroporto por um grande amigo nosso, que nos ciceroneou com muito carinho. Tivemos a oportunidade de conhecer lugares como Medina, com suas ruelas estreitas, muito antigas, seu comércio de roupas, como os típicos caftans – que é a vestimenta de quem segue a tradição –, suas especiarias e muita prata. A gastronomia é maravilhosa, desde o atendimento à maneira com que nos servem. A suntuosidade dos hotéis (as oito melhores cadeias mundiais estão lá) nos deixou impressionados. Para amantes da noite, as boates e os bares são animadíssi-

mos, com pessoas do mundo inteiro. Marrakesh é simplesmente inusitada, e fica aqui a minha dica para quem quiser visitar. Depois de passar cinco dias num (quase) deserto intrigante, retornamos à Itália com destino a Portofino, um lugar completamente diferente daquele onde estávamos. Fiquei hipnotizado com a geografia do lugar, onde pudemos admirar a paisagem, a transparência da água do mar, os iates gigantescos e a arquitetura, que tem muita influência francesa. Portofino é um lugar frequentado por ricos e famosos, cheia de lojas de roupas, bolsas e sapatos de grifes. Os restaurantes são charmosos, com suas comidas típicas e frutos do mar. Caminhando pelo velho porto, tive o prazer de encontrar a dupla Stefano Gabbana e Domenico Dolce, entre outros. Depois de bronzeados e de curtirmos a bela Ligúria, retornamos a Firenze, onde passei mais alguns dias, já me sentindo um pouco Fiorentino. Com o gostinho de “quero mais”, me despedi da bella Itália!!! Arrivederci!!! A presto!!!

Meu anfitrião Hassan em Marakesh.

12

Eu e Liana em Portofino.

Fotos: Acervo pessoal.

Firenze e Portofino l Itália Marrakesh l Marrocos


Dicas: Firenze – Fazer compras no centro histórico, onde você encontra as melhores marcas de roupas, sapatos, acessórios e perfumaria do mundo, e também visitar a Piazza do Uomo, Ponte Vecchio, entre outros lugares históricos. Vale a pena comer uma boa pasta no Gilli, tomar um drinque no Dolce Vita e no Colle Beretto e dançar no Flo, que, aliás, tem uma vista incrível da cidade. Ah, não deixe de ir ao Outlet “The Mall”, em Siena. Lá tem Gucci, Pucci, Balenciaga, Prada, Burberry, Dior, Salvatore Ferragamo, Cavalli, Ermenegildo Zegna, Armani, entre outras marcas. Vale muito a pena. Mais informações: The Mall: www.themall.com

Medina.

Piazza do Uomo.

Portofino – Esse mar da Ligúria eu jamais esquecerei, pois ali consegui ficar moreninho sem ficar roxo do sol. Um hotel bacana é o Regina Elena, em Santa Margherita. Fica pertinho de Portofino, tipo 7 km, você pode ir de carro, moto ou bicicleta, alugando lá mesmo. Em Portofino, você já chega e dá de cara com uma loja charme do Hermes e com muita gente linda, rica e podre de chique. O velho porto, como dizem, concentra os restaurantes, bares, iates e toda a paisagem que é o cartão postal do local. Com Adriana Bittencourt na Medina.

Marrakesh - Primeiro eu indico se hospedar num bom hotel, como Le Jardins de La Medina, La Mamounia, Dar Sabra e Softel, onde você terá muito aconchego e requinte. Ao fazer comprinhas na Medina, pra quem gosta de Caftans, as lojas Etablissement Bouchaib e Maison Du Kaftan são ótimas. O Suque é uma loja na qual você encontra tudo que é típico, como pratarias, tapetes, artigo de decoração, luminárias, roupas, malas, entre outras coisas. Mas eu recomendo ir com uma pessoa local, que saiba andar nas pequenas ruelas. Para jantar, restaurantes como Palais Jad Mahal, Bô Zin, Dar Yacoult e Comptoir. Um programa bacana é andar de camelo, bem divertido.

Mais informações: Regina Elena: www.reginaelena.it

Medina.

Mais informações: La Mamounia: www.lamamounia.com Le Jardins de La Medina: www.lesjardinsdelamedina. Dar Sabra: www.darsabra.com

13


Beleza Pra agitar no verão O clássico drink caribenho criado em Havana nos anos 1980 volta à cena urbana e vira febre entre os descolados. A linha Mojito Twist da Eudora traz óleo trifásico corporal, deo colônia body mist e creme hidratante corporal. As embalagens são coloridas e modernas, bem a cara do próximo verão. A textura leve do óleo trifásico tem três fases exclusivas que deixam a pele macia e com um perfume incrível. Agita antes, durante e depois de usar!

Fotos: Divulgação

Preço: R$39,00. Mais em: www.eudora.com.br

Look bronzeado O novo pó Bronzer sem óleo da Shiseido cria um incrível bronzeado natural e um look radiante, além de permitir à pele uma aparência saudável e dourada. Possui um acabamento suave e de longa duração. Sua cor translúcida proporciona uma maquiagem leve mesmo quando aplicada em várias camadas. Seu pincel é fácil de usar nas diferentes regiões do rosto e absorve o pó com perfeição. As três tonalidades do Bronzer podem ser usadas para criar qualquer look, do natural e saudável ao muito bronzeado.

Preço: R$195,00. Mais em: www.shiseido.com.br

Pincéis sempre limpos! A Klass Vough, conceituada marca de pincéis profissionais para maquiagem, acaba de lançar o Brush Cleanser. O higienizador de pincéis antibactericida e hidratante remove toda a maquiagem do pincel, deixando-o pronto para uma reutilização imediata, livre de germes e bactérias. Para a limpeza, basta borrifar o líquido diretamente no pincel ou num recipiente e mergulhar as cerdas, fazendo movimentos circulares. O produto pode ser usado tanto em cerdas naturais quanto sintéticas. Preço: R$49,00 (200ml). Mais em: www.klassvough.com

14


Efeito lifting A alta tecnologia dos laboratórios Anna Pegova permite reproduzir um produto único no mercado que proporciona um efeito lifting intenso, macio e duradouro. O Lift Express é rico em peptídeos de 4a geração, ácido hialurônico vegetal marinho e contém duas matérias-primas com células-tronco vegetais. O produto tem funções dermocosméticas: antirrrugas, antioxidante, anti-hialuronidase, anticolagenese. Além disso, o Lift Express permite redução significativa na profundidade média das rugas em 100% das pessoas testadas.

Fotos: Divulgação

Preço: R$135,00. Mais em: www.annapegova.com.br

Esmalte etiqueta Givenchy A nova coleção de maquiagem da Givenchy vem com a proposta de criar um visual que transmite inocência e pureza. Vernis Please! é antes de tudo um cuidado para as unhas. Esse esmalte fortalece e revitaliza as unhas quebradiças. O tom de laranja (Acid Orange) continua ainda com força total para as próximas estações. Preço: R$65,00. Mais em: SAC LVMH - 0800 170 506

Complex C Body A marca espanhola Germaine de Capuccini desenvolveu uma tecnologia revolucionária e conseguiu uma nova vitamina C, a vitamina C+ que apresenta maior estabilidade ao calor e à oxidação, excelente absorção percutânea, e que, uma vez absorvida, se decompõe em forma de vitamina C pura, com todos seus benefícios. Preço: sob consulta. Mais em: www.germaine.com.br

15


Aposte

Au Naturel

A

valanche de opções. É assim que o público feminino tem interpretado as tendências mais recentes para maquiagem e cabelo. Com o fluxo cada vez mais intenso de novidades em produtos de beleza, está cada vez mais comum as mulheres aderirem ao estilo au naturel. A fim de manter um look leve e fiel à personalidade de cada uma, os cabelos soltos e o make apenas corretivo prometem ganhar novas fãs. Os dias mais quentes já se aproximam e contribuem ainda mais para essa “antitendência” - fica mais fácil manter o look alinhado quando ele é bem minimalista. A ideia também pode ser um break necessário para cabelos tingidos ou que passaram por química pesada e, também, para quem tem o costume de usar muito produtos no rosto todos os dias. Por incrível que pareça, a simplicidade também apareceu nas semanas de moda. O cabelo levemente desalinhado, como no fim de um dia trabalho, e tons de nude no batom e sombras ainda conquistarão as brasileiras. A dica é manter um ar saudável e descompromissado, mas sem esquecer de proteger a pele e deixá-la uniforme – livre de olheiras e manchinhas. Um brilho extra com iluminador deixa tudo mais suave. Para os cabelos, mantenha a sua identidade de cor e textura, orgulhe-se de sua natureza.

Fotos: Divulgação.

EMILIO PUCCI

ALBERTA FERRETTI

16

ANNA SUI

VERA WANG

D&G


Chá com a Chic Lab A Chic Lab de Criação aposta em designs divertidos e poéticos para quem adora aproveitar os dias frios em casa. Os bules do Coletivo Amor de Madre e as xícaras Estudio Manus são destaque nas coleções. Preço: R$ 72,00 (cada bule) e R$ 49,00 (cada xícara). Mais em: www.chiclab.com.br

Soninho aquecido Reconhecida internacionalmente pela tradição de infusões herbais, a americana Celestial Seasonings destaca o chá Sleeptime para as noites de inverno. O aroma reconfortante e sabor perfeitamente equilibrado são alcançados pela mistura de ingredientes relaxantes de todo o mundo, como Camomila do Egito, Hortelã do Nordeste do Pacífico e Capim-Santo da Guatemala. Esta sinergia global transforma o Sleepytime em um clássico apreciado por gerações de amantes de chá. A marca ainda acaba de lançar um blog dedicado aos apreciadores da bebida. Mais em: www.celestialtea.com.br

Temperos fresquinhos! O chef inglês Jamie Oliver, que no Brasil tem seus produtos representados pela Alimport, traz para o mercado um novo conjunto para ervas. A ideia é plantar temperos e ter sempre à mão especiarias fresquinhas a qualquer hora do dia, sem nenhum tipo de agrotóxico. Ter hoje uma pequena horta em casa é privilégio para poucos, e a sensação de plantar e cultivar os temperos de sua preferência será única! O jogo é composto por dois potes em porcelana, suporte em madeira e uma tesoura para facilitar e auxiliar na hora de colher. Preço: R$ 176,00. Mais em: www.allimport.com.br

18

Fotos: Divulgação

Decoração


Fotos: Divulgação

Conforto Lub A linha MDesign, da Mannes, traz peças assinadas por designers brasileiros super antenados. As coleções estão sempre alinhadas com o que há de mais moderno e com as principais tendências do design.Entre os destaques, está a poltrona Lub, feita em 100% algodão e eucalipto com madeira de reflorestamento. A poltrona é assinada pelo designer Roberto Mannes Jr. Confortável até de olhar. Preço: R$ 2.170,00. Mais em: www.mdesignbrasil.com.br

Illy Café power color! A máquina Francis Francis! X1 está disponível nas cores amarela, preta, vermelha, azul, laranja e inox. Possui aquecedor de xícara, vaporizador com ótima pressão para cappuccino e também saída de água quente. O modelo desenhado pelo arquiteto Luca Trazzi para Francis Francis! é também a máquina de café para os que pensam que um eletrodoméstico não pode ser só uma máquina. Linhas suaves e atrativas, formas originais, escolhas inovadoras nos materiais e nas cores: com X1 o café converte-se numa extraordinária experiência estética. Preço: R$ 2.700,00. Mais em: www.illy.com

Calendário Perpetual O calendário do artista Gideon Dagan para o MOMA não possui indicações de dias da semana nem de ano, sendo esta sua maior diferença para os calendários comuns (daí o nome perpetual, de perpétuo). Pode ser usado ano após ano, e para registrar a data e o mês basta mover as esferas de metal, que são magnéticas e permanecem na posição escolhida. O Museu de Arte Moderna de Nova York, o MOMA, foi fundado em 1929 com o objetivo de aproximar e explicar o conceito de arte moderna para a população, e atraiu mais de três milhões de visitantes só em 2010. Preço: sob consulta. Mais em: www.rokanet.com.br

Coruja Tom’s Drag O designer alemão Thomas Hoffmann busca trazer otimismo e alegria para a vida por meio de suas peças. A Coruja da coleção Tom’s Drag é feita de resina e fibra de vidro, possui um toque de fantasia único e é pintada à mão. Destaque para as botas douradas no lugar das patas, e para as penas vermelhas acima dos olhos.“Todos os dias, a vida nos traz experiências coloridas e às vezes bizarras. Com essa coleção, a minha intenção é traduzir artisticamente algumas dessas experiências, a fim de compartilhá-las com os outros”, explica o artista Tom Hoffmann. Preço: sob consulta. Mais em: www.rokanet.com.br

19


Turismo Internacional Em solo sagrado srael localiza-se no ponto de encontro de três continentes: Europa, Ásia e África. A visita começa por Tel Aviv. Porta de entrada em Israel e centro comercial e financeiro do país, é uma cidade bela e moderna localizada na costa do Mediterrâneo. Há várias opções de passeios, desde museus a belos parques e praias; de teatros a restaurantes refinados e lojas requintadas. Destaque para o Mercado Carmel, um dos maiores mercados a céu aberto do Oriente Médio, além das galerias de arte e centros de artesanato. Conhecida como “a cidade que nunca dorme”, Tel Aviv também tem vida noturna agitada em seus pubs e danceterias. E destaca-se por concentrar boa gastronomia, como a área portuária de Jafa, que reúne os melhores restaurantes de pescados do país. De Tel Aviv os turistas partem para conhecer os lugares sagrados, cenários de passagens da Bíblia, como Belém, Nazaré, Jericó, Cafarnaum, Mar Morto e região do Lago de Tiberíades, na Galiléia. Tiberíades, na margem ocidental do Mar da Galiléia, tem ricas atrações culturais e religiosas, com fontes termais que recebem visitantes desde a antiguidade. Também no Mar Morto, ponto mais baixo da terra, a 400 metros abaixo do nível do mar, as fontes naturais, conhecidas há milênios, possuem propriedades de cura que atraem gente do mundo inteiro. Hotéis e spas utilizam a lama negra natural da região e funcionam como verda-

deiros centros de tratamento de beleza. Além disso, não dá para perder a sensação de flutuar nas águas carregadas de sal e mergulhar nas piscinas sulfurosas. Palco dos últimos passos de Jesus, Jerusalém é a cidade que mais atrai cristãos de todo o mundo. Por ali passam milhares de peregrinos. A capital de Israel une a riqueza histórica à modernidade, contrastando as muralhas da Cidade Velha aos shoppings da Cidade Nova. Museus, como os de Israel e da Torre de Davi, e templos sagrados, como a Igreja do Santo Sepulcro e o Santuário do Livro, que guarda os manuscritos do Mar Morto, escritos há mais de dois mil anos, são alguns de seus atrativos. Além, é claro, do Muro das Lamentações, resquício da muralha construída pelo Rei Herodes, no ano 20 a.C., onde os judeus lamentavam a dispersão de seu povo e a destruição do templo. Belém, na Cisjordânia, onde Jesus nasceu, fica a apenas cinco quilômetros ao sul de Jerusalém, mas vale a pena ir um pouco mais longe e conhecer também Ei-lat, palco do romance bíblico entre o Rei Salomão e a Rainha de Sabá. O balneário, no Mar Vermelho, possui praias paradisíacas e luxuosos hotéis. Atrai praticantes de mergulho, já que concentra uma das barreiras de corais mais belas do mundo. No local, vale fazer um cruzeiro pela baía ou praticar esqui aquático. Eilat é, afinal, um lugar para descansar e esquecer-se do resto do mundo.

Artesanato local.

20

Foto: Divulgação.

I

Israel


Vista aérea de Cembri, em Jerusalém.

Mais informações: Ministério do Turismo: www.goisrael.com

Fiéis agrupam-se no Muro das Lamentações.

Praia de Tel Aviv.

21


Educação

Investimentos mudarão panorama da educação no País

D

iversas iniciativas do governo na área da Educação prometem transformar o ensino no Brasil. O plano de expansão da Rede Federal de Educação Superior e Profissional e Tecnológica, lançado no dia 16 de agosto, no Palácio do Planalto, vai dobrar a oferta de vagas em universidades e institutos federais até 2014. Serão criadas quatro novas universidades federais, abertos 47 novos campi universitários e 208 novos Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Ifets). Durante a cerimônia de lançamento, a presidenta Dilma Rousseff destacou que um dos objetivos do plano é levar o ensino técnico e universitário para o interior do País, como meio de promover o desenvolvimento de cada região. “Hoje nós demos início a uma nova etapa de expansão. É grande a minha satisfação, pois torno realidade um compromisso assumido na minha campanha à Presidência da República”, disse a presidenta Dilma. Dilma comentou também sobre o esforço do governo federal em combinar a oferta e vagas públicas em universidades privadas por meio do Programa Universidade Para Todos (ProUni). Deste modo, alunos de famílias carentes podem cursar a rede privada de ensino superior.

22

A presidenta falou também sobre o programa Ciência Sem Fronteiras, que colocará à disposição 75 mil bolsas de estudo, com recursos federais, em universidades no exterior. Ela previu também outras 25 mil bolsas custeadas pela iniciativa privada.

Universidades Até o fim de 2012, o governo federal deve concluir a implantação de 20 unidades, distribuídas entre 12 universidades federais localizadas nas regiões Norte, Nordeste, Sul e Sudeste. Essa ação atenderá 20 municípios de oito estados – as regiões menos favorecidas na área educacional foram as mais beneficiadas. Entre as instituições com maior número de unidades, se destacam a Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), que se expande para sete municípios, e a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) que amplia sua presença nas cidades de Mauá, Osasco, Buri e na Zona Leste da capital. A Universidade Federal do Sul e Sudeste do Pará (Unifesspa) terá sede na cidade de Marabá, onde hoje funciona o câmpus Marabá da Universidade Federal do Pará (UFPA). A Universidade Federal da Região do Cariri (UFRC), no Ceará, terá sede em Juazeiro do Norte. Ela será instalada na atual estrutura do câmpus Cariri, que pertence à Universidade Federal do Ceará (UFCE). A Bahia ganha duas instituições: a Universidade Federal do Oeste da Bahia (Ufoba) com sede em Barreiras, onde atualmente funciona o câmpus Barreiras da Universidade Federal da Bahia (UFBA); e a Universidade Federal do Sul da Bahia (Ufesba), que terá sede em Itabuna. A Universidade Federal do Ceará transfere três de seus câmpus para a Universidade Federal da Região do Cariri – câmpus Cariri (na cidade de Juazeiro do Norte), Barbalha e Crato; a Universidade Federal do Pará passa à Unifesspa o câmpus Marabá; e a Universidade Federal da Bahia transfere o câmpus Barreiras à Ufoba. No conjunto, as quatro novas universidades federais terão 17 campi, dos quais 12 serão criados. Outras 12 universidades federais, de 11 estados, ganharão 15 campi. No Pará, a UFPA ganha um câmpus; na Bahia, a UFBA e a UFRB, um câmpus cada uma; no Ceará, a UFCE (2); em Pernambuco, a UFRPE (1); em Goiás, a UFG (2); no Maranhão, a UFMA (1); no Mato Grosso, a UFMT (1); em Minas Gerais, a UFVJM (2); em São Paulo, a Unifesp (1); em Santa Catarina, a UFSC (1); no Rio Grande do Sul, a UFSM (1).


Habitat

Sofisticação e tranquilidade

O

fachada gregoriana, se encontra um dos hotéis mais elegantes e intimistas de Sydney. O Observatory tem 78 apartamentos e 21 suítes, com quartos decorados individualmente. Janelas de guilhotina em estilo colonial e sacadas de época permitem que o ar circule e, além disso, proporcionam belas vistas para o Observatory Hill ou o histórico Walsh Bay, no Sydney Harbour. A atmosfera familiar e o conforto possibilitam ao hóspede se sentir “em casa mesmo longe de casa”. O sofisticado restaurante, o Galileo, oferece culinária australiana moderna com influência italiana, é um líder em Sydney. O chá da tarde, servido no tradicional estilo inglês no Globe Bar, é um dos destaques. O hotel possui ainda fitness center com piscina olímpica interna.

Fotos: Divulgação.

multipremiado Observatory Hotel construiu sua notável reputação a partir de uma combinação de serviço personalizado, instalações excepcionais e profissionalismo impecável. O hotel é semelhante a uma grande residência australiana do século 19, mobiliada luxuosamente com antiguidades, pinturas a óleo originais e tapeçarias finas. A decoração requintada, o serviço impecável e o fato de o hotel pertencer à rede Orient Express já dizem tudo. O Observatory Hotel fica numa tranquila rua lateral próxima ao histórico bairro Rocks, perto das vibrantes áreas de entretenimento e de refeições de Cockle Bay e King St Wharf. Embora localize-se a uma curta distância de diversos destinos do centro, ainda assim está isolado da movimentação constante do cais. Por trás de uma

24


Atmosfera familiar possibilita aos hóspedes sentirem-se em casa.

Quartos são decorados individualmente.

Restaurante oferece cozinha australiana moderna.

Serviço: The Observatory Hotel 89-113 Kent Street, Sydney, NSW 2000, Austrália. Tel: +61 2 9256 2222. Email: email@observatoryhotel.com.au. Website: www.observatoryhotel.com.au

Piscina olímpica é um dos destaques.

25


Capa

Amigos indiscretos

A

ideia era simplesmente resgatar as comédias picantes da chamada “Era de Ouro” de Hollywood. O resultado foi um dos melhores filmes de todos os tempos. O diretor Will Gluck conseguiu reunir em “Amizade Colorida” o talento de Justin Timberlake e a beleza de Mila Kunis, e assim transformou o que poderia ser uma simples comédia romântica em um clássico. Estação Aeroporto falou com o elenco do filme e você confere agora o resultado. O diretor Will Gluck tinha acabado de finalizar a montagem de “A Mentira” (“Easy A”), e estava à procura de outro projeto, quando o roteiro de “Amizade Colorida” (“Friends With Benefits”) chamou a sua atenção. “Eu sempre quis fazer um longa-metragem que fosse uma versão moderna dos filmes antigos de Hepburn e Tracy”, explica Gluck, mencionando seu interesse pelas comédias picantes e divertidas da era de ouro de Hollywood. E com seus diálogos mordazes, situações cômicas adultas e provocantes e seus personagens problemáticos,

26


o roteiro, sem dúvida, se encaixou perfeitamente nesse conceito. Dylan e Jamie são os personagens Hepburn/ Tracy dos dias de hoje, com as nossas sensibilidades, aspirações e, sobretudo, a visão da família, da amizade, do amor e do sexo da geração atual. Gluck sabia que o sucesso do filme dependia da escalação de atores capazes de reproduzir a dinâmica e a química do flerte transmitido nesses filmes icônicos. Gluck explica: “Justin e Mila têm uma química maravilhosa juntos, é inacreditável. Foi algo mágico. Você tem vontade de vê-los fazendo qualquer coisa juntos. A parte mais importante deste filme é quando os dois estão juntos na tela”. E prossegue: “Eu acertei na loteria com eles dois. A Mila é engraçada, inteligente, carismática, bonita e brincalhona. É muito divertido vê-la, sobretudo com o Justin”. O diretor lembra-se de ter ficado impressionado assistindo a Timberlake em “Saturday Night Live”. “Eu fiquei pasmo, e aí ele fez outro “Saturday Night Live” em que esteve ainda mais engraçado. E a razão pela qual ele é tão engraçado é porque Justin é um grande ator. Este é seu primeiro papel plenamente cômico, e ele é capaz de fazer qualquer coisa. Ele é tão carismático que você não consegue tirar os olhos dele”. Timberlake, por sua vez, não só adorou o humor adulto do roteiro, mas também ficou intrigado pelo momento em que Dylan e Jamie se encontram em suas respectivas vidas quando os conhecemos no início do filme. Ambos são jovens e bem-sucedidos profissionalmente, mas também são descrentes com relação ao amor e têm problemas com suas famílias. “É exatamente o que acontece quando você chega a uma certa idade, como a minha”, afirma Timberlake, “em que você questiona o ‘status quo’ e o modo como foi criado, especialmente no que se refere aos relacionamentos, e se pergunta o que tudo realmente significa”. E o ator continua: “Os nossos personagens se conhecem nesse momento em que ambos acabam de terminar seus respectivos relacionamentos amorosos e os dois estão decididos a permanecer solteiros”. Mila Kunis vê a sua personagem, Jamie, como alguém que “realmente acredita no amor verdadeiro e crê na existência de um príncipe encantado, que ela busca desesperadamente”. Mas Jamie não demonstra suas emoções tão facilmente. “Ela é uma nova-iorquina típica”, diz Kunis, rindo. De fato, Jamie é inteligente, sagaz, determinada e, sem dúvida alguma, mais realista do que sonhadora. Ela também é divertida e uma companhia agradável. Por isso, quando Dylan se muda para Nova York, depois que ela o recruta para um cargo de prestígio na revista GQ, os dois logo se

tornam amigos, companheiros em seu cinismo, prontos para rir da loucura do mundo e das suas fraquezas mútuas. O personagem de Timberlake, Dylan, se esforça para se estabelecer num emprego novo numa cidade nova e não tem tempo para se dedicar aos aspectos mais frívolos da vida. E como a personagem de Kunis, Jamie, conhece muitos caras “legais” que, ao final, acabam não sendo tão legais assim, os dois chegam a um acordo de benefícios mútuos sem as complicações emocionais de um relacionamento amoroso. Eles estão convencidos de que todo mundo tem necessidades físicas. O que poderia sair errado?“São duas pessoas meio que vivendo vidas paralelas”, explica Timberlake. “Eles se conhecem e têm essa idéia louca de compartilhar o aspecto físico de um relacionamento sem o aspecto emocional. É daí que advêm, em grande parte, as situações mais hilárias. É ótimo que o filme tenha uma classificação indicativa para maiores de idade, porque tivemos um leque maior de possibilidades nas cenas íntimas. Cria-se uma dinâmica divertida quando os personagens não estão ligados emocionalmente, como neste caso. Ou ao menos é o que eles pensam”. Gluck, entretanto, dá todo o crédito aos seus atores, assegurando que essa energia criativa pairava no ar. “Eu procuro seguir o roteiro à risca, e depois da primeira ou da segunda tomada, começo a gritar outras sugestões, para que eles testem coisas diferentes”, conta ele. “Grande parte do mérito é trabalhar com atores tão bons. Eles fazem com que seja fácil, porque praticamente tudo o que eles sugerem vai ser bom e engraçado”. E Timberlake se acostumou de imediato a esse processo de trabalho. “Will e eu somos almas gêmeas nesse sentido”, explica ele. “Descobri que eu cresço nesse tipo de ambiente, provavelmente porque venho de uma experiência de palco, em que você se acostuma a mudar as coisas de uma hora para outra. Eu me sinto muito à vontade no mundo do improviso”. Kunis não fica atrás ao elogiar o trabalho do diretor. “É genial trabalhar com o Will. Eu acho que ele nunca gritou: corta! Estou quase certa de que rodávamos 45 minutos direto, e durante todo esse tempo você vê o Will correndo, entrado e saindo de cena... Ele pensa e trabalha muito rapidamente.” Mas além de provocar gargalhadas por duas horas, “também é um filme para adultos”, relembra Gluck. “É um filme sobre o que está ocorrendo nos relacionamentos modernos. Eu espero que tenhamos feito isso de forma inteligente. Se Hepburn e Tracy fizessem um filme hoje, eu esperaria que fosse assim.

27


BELEZA PURA

28


M

ila Kunis é uma das grandes atrizes de sua geração. Talento e beleza fizeram dela o sonho de vários diretores, e seu trabalho conquistou fãs ao redor do globo. Em sua filmografia, destaque para o thriller psicológico “O Cisne Negro”, de Darren Aronofsky, contracenando com Natalie Portman, e também para o drama pós-apocalíptico “O Livro de Eli”, no qual contracenou com Denzel Washington. Por seu trabalho em “Cisne Negro”, Kunis recebeu o Prêmio Marcello Mastroianni Award de Melhor Jovem Atriz no Festival de Cinema de Veneza de 2010. Sua atuação também lhe valeu indicações ao prêmio do Screen Atores Guild, ao Globo de Ouro e ao Critics Choice Awards de Melhor Atriz Coadjuvante. “Cisne Negro” também foi eleito pela AFI um dos Melhores Filmes do Ano. Atualmente uma das jovens atrizes mais cativantes e requisitadas de Hollywood, Kunis já possui um currículo invejável, que inclui tanto grandes produções do cinema quanto papéis televisivos, sendo provavelmente mais conhecida por suas atuações em duas das séries de maior sucesso da Fox: That 70’s Show, como Jackie Burkhart; e como a voz da personagem Meg, no seriado de animação Family Guy. Seus créditos cinematográficos incluem “Uma Noite Fora de Série”, “Extract”, “Ressaca de Amor” e “Max Payne”. No momento, ela filma “Oz, The Great and Powerful”, da Disney. Na prequel do clássico “O Mágico de Oz”, Kunis interpretará Theodora, ao lado de James Franco. O filme é dirigido por Sam Raimi e produzido por Joe Roth. Milena “Mila” Markovna Kunis nasceu numa família judaica em Chernivtsi, na Ucrânia, e mudou-se para Los Angeles aos sete anos. Seu pai, Mark, é engenheiro mecânico, e sua mãe, Elvira, é professora de Física. Nesta breve entrevista, ela fala exclusivamente sobre sua personagem em “Amizade Colorida” e sobre a parceria com Justin Timberlake. Estação Aeroporto: Como você sintonizou com Justin Timberlake, que interpreta Dylan, o “amigo colorido” de sua personagem no filme? Amizade com um parceiro de cena ajuda durante o processo? Mila Kunis. Eu já o havia encontrado antes, e ainda assim mal o conhecia; mas logo que nos foi dada a oportunidade de trabalhar no roteiro por três meses, nos tornamos amigos e acabamos nos conhecendo antes das filmagens. Ajuda sim o fato de sermos amigos, mas isso não é muito comum durante as filmagens. Geralmente temos pouco tempo para conhecer o restante do elenco. Qual o segredo para uma boa química na tela?

Sempre digo que generosidade e gentileza resultam em boa química. Você já disse que filmar é um longo processo. Qual o fator X para que o processo seja no mínimo confortável? Em um filme como esse, você precisa sentir-se confortável com seu parceiro no crime (risos). Você tem que sentir segurança no caso de cometer algum erro - e vai cometê-lo -, saber que haverá alguém para te apoiar. E, nesse sentido, eu não poderia ter me sentido mais confortável do que com o Justin, pois estávamos os dois no mesmo barco. O filme questiona se homens e mulheres podem ser apenas amigos com benefícios. Acredita nisso? Tenho muitos amigos homens com os quais não tenho desejo algum em ficar mais íntima, e tenho certeza que eles também se sentem assim. Acredito que sexos opostos podem ser amigos sem que nada mais aconteça. Você acredita no conceito de amizade colorida? Concordo com Justin quando ele diz que provavelmente é uma boa ideia até que se torne uma má ideia. E como mulher eu acho que pode te deixar em uma situação delicada e perigosa. De que você tira sarro no filme? Você se considera engraçada? Tentamos tirar sarro de tudo ao longo do processo. Eu não acho que eu seja engraçada, pois fazer comédia é difícil e exige de você uma carga dramática absurda. Curte improvisar no set? Fico confortável com isso, sim. Acho que se você pega a personagem que está fazendo e as motivações por trás dela, é apenas como falar. E eu adoro falar! Você tem que prestar atenção em quem seu parceiro é na cena e estar presente. E se consigo uma deixa e o diretor permite, eu improviso sim. Está em um ótimo momento de sua carreira. Estou, mas ainda tenho que lutar pelos filmes que quero fazer. Eu decidi, quando tinha 21 anos, que essa seria minha carreira, e a única maneira de crescer pessoal e profissionalmente é trabalhar com pessoas melhores e mais inteligentes que eu, as quais respeito e admiro. E ainda quero aprender muito. Considero-me muito sortuda, mas sei que existe um longo caminho a ser percorrido.

29


Justin imberlake T

30


A

versatilidade de Justin Timberlake tornou-o um dos grandes artistas dos últimos anos. Resumir em poucas palavras a carreira desse cantor, produtor, ator e estilista nas horas vagas é um exercício difícil. Desde sua estreia em “Mickey Mouse Club”, em 1993, ele simplesmente não parou de trabalhar. O programa na verdade foi uma espécie de academia de novos talentos. Além de Justin, revelou nomes como Britney Spears, Christina Aguilera, Keri Russell e JC Chansez. Com este último, formou a boy band N’ Sync, um dos maiores fenômenos de vendas da historia fonográfica mundial. Com o sucesso da banda, partiu em carreira solo, e em 2002 lançou Justified. Seu primeiro single foi com a música dançante “Like I Love You”, que foi produzida por The Neptunes. A canção alcançou o número onze na Billboard Hot 100. Estreou no número dois na parada de álbuns da Billboard 200, vendendo 939. 000 cópias na primeira semana do seu lançamento. Eventualmente foram vendidos mais de nove milhões de cópias nos Estados Unidos e mais de 20 milhões no mundo todo. O álbum foi aclamado pela crítica, e teve grande influência no R&B contemporâneo, influenciado pelos produtores de hip-hop The Neptunes e Timbaland. Timberlake fez a sua turnê juntamente com a de Christina Aguilera, o Justified/Stripped Tour, no verão de 2003. No final do ano, gravou a música intitulada “I’m Lovin’ It”, usada pela McDonald›s como tema da sua campanha publicitária, “I’m Lovin It” (no Brasil, “Amo Muito Tudo Isso”). A negociação com o McDonald’s bateu na casa dos US$6 milhões pelos direitos da música. O cinema foi a segunda etapa na carreira do rapaz. Ele integrou o elenco de “Edison – Poder e Corrupção”, com Kevin Spacey, LL Cool J e Morgan Freeman. Foi elogiadíssimo pela crítica no drama policial “Alpha Dog”, co-protagonizado por Emile Hirsh, Bruce Willis e Sharon Stone. Também foi aplaudido contracenando com Christina Ricci e Samuel L. Jackson em “Entre o Céu e o Inferno”, de Craig Brewer. Retornou aos estúdios para lançar FutureSex/LoveSounds, seu disco de maior vendagem, que ganhou vários discos de platina e teve quatro singles consecutivos em primeiro lugar nas paradas. A turnê do disco, em 2007, foi aclamada pela crítica e venceu múltiplos prêmios Grammy. O primeiro single, “SexyBack”, chegou ao número um na Billboard Hot 100, sendo a música de maior sucesso em 2006. “My Love”, segundo single do álbum, também foi produzido por Timbaland e contou com a participação do rapper T.I.. Alcançou novamente o número um na Hot 100 com seu terceiro single, “What Goes Around.../...Comes Around”. Em janeiro de 2007, Justin iniciou sua turnê FutureSex/ LoveShow, e com ela ganhou o seu primeiro Globo de Ouro solo. A turnê passou pela América do Norte, Europa, Ásia e

Oceania, e arrecadou 225 milhões de dólares. “Summer Love/Set the Mood Prelude” foi o quarto single do álbum, e o próximo foi “LoveStoned/I Think She Knows”. Com o final da turnê, Justin direcionou sua carreira para a produção musical e o cinema. Foi co-escritor, produtor e participante das faixas “Nite Runner” e “Falling Down”, do Duran Duran, no álbum Red Carpet Massacre. Também lançou o single “4 Minutes”, um dueto com Madonna. A canção é do 11º álbum da Madonna, Hard Candy, que teve colaborações de quatro outras composições e produções de Timberlake. O single foi um hit internacional, alcançando primeiro lugar em todas as paradas de sucesso. No cinema, ele integrou o elenco de grandes astros de “Shrek Terceiro” (“Shrek the Third”), da DreamWorks, emprestando sua voz ao personagem Artie, o jovem Rei Arthur, e contracenando com Mike Meyers, Cameron Diaz e Eddie Murphy. Nos EUA, “Shrek Terceiro” arrecadou US$ 121 milhões no seu primeiro fim de semana de exibição e bateu os recordes de estreia para produções de animação. Timberlake contracenou com Dwayne Johnson, Seann William Scott, Sarah Michelle Gellar e Mandy Moore em “Southland Tales”, do diretor Donnie Darko. Também atuou no filme independente “The Open Road”, com Jeff Bridges, Mary Steenburgen, Harry Dean Stanton e Kate Mara, e sua voz foi ouvida como um dos dubladores da adaptação cinematográfica da animação “Zé Colméia”. Além de atuar no cinema, apresentou dois programas memoráveis do Saturday Night Live e vários dos vídeos de seus esquetes viralizaram e se tornaram sensações da internet, incluindo “D**k in a Box”, que não só teve mais de 100 milhões de acessos no Youtube, como lhe deu seu primeiro Emmy. Ganhou um segundo Emmy, em 2009, de Melhor Ator Convidado de Seriado Humorístico, como apresentador do SNL. Foi indicado ao prêmio Screen Actors Guild na categoria de Melhor Elenco, com seu trabalho no longa-metragem de David Fincher “A Rede Social”, no qual interpretou o fundador do Napster, Sean Parker. Acaba de lançar o divertido “Professora Sem Classe”, juntamente com Cameron Diaz e Jason Segel. Concluiu recentemente as filmagens do longa-metragem “O Preço do Amanhã”, dirigido por Andrew Nicols e co-estrelado por Amanda Seyfried e Olivia Wilde. Ainda encontra tempo para outros empreendimentos - é dono de três restaurantes nos EUA: Chi, aberto em West Hollywood, Califórnia, em 2003, Destino e Southern Hospitalty, em Nova York, abertos, respectivamente, em 2006 e 2007. Em 2005, Justin lançou a William Rast, linha de roupas com o seu amigo de infância Juan (“Trace”) Ayala. Timberlake também tem trabalhos como modelo fotográfico, ativista social e designer.

31


Equilíbrio Emocional

O poder de nossas emoções

MARCIO SCHULTZ, fundador do Instituto Rennove.

D

entre as muitas mudanças que estamos enfrentando no dia a dia, uma bastante significativa é a transformação do papel das emoções. Há menos de uma década, era comum ouvir que, nas empresas, não havia espaço para as emoções, ou que ser profissional era algo racional e se fazia necessário separar as emoções da razão. No âmbito do relacionamento pessoal, mesmo que com menos intensidade, expressar as emoções também era um tabu. Mas a mudança desse paradigma que valorizava mais a razão em detrimento das emoções já é notória nas mais variadas áreas, embora, nas organizações, ainda exista certa resistência por parte de alguns personagens jurássicos, muito mais por não saberem como lidar com o assunto do que por aversão ao tema. A grande maioria, contudo, passou a compreender o papel fundamental das emoções em assuntos como engajamento, comprometimento, autorrealização, entre outros. Vale frisar, entretanto, que a imagem de vilã que as emoções carregaram por tanto tempo não lhes foi atribuída à toa. Existe sim um “lado negro da força” quando se trata das emoções. Mas, para entender essa mudança, é necessário compreender outros personagens que compõem o palco da consciência. De uma forma simplista, nossa consciência se organiza com impressões do plano físico, oferecidas pelos cinco sentidos e instintos, impressões do plano emocional e do mental. Elas são igualmente importantes para nossa consciência, e desprezar as informações de algum desses planos não é muito inteligente. Quando algum desses planos assume a direção, desprezando os demais, sofremos as consequências e, por vezes, nos perguntamos: “Como pude ter feito isso? (...) No momento que ocorreu não percebi o que estava acontecendo!” Quando são as emoções que sequestram a consciência, perdemos a capacidade de perceber a realidade tal como esta se apresenta e apenas reconhecemos aquilo que justifica a emoção em questão. Considere o exemplo deste casal: Maria recebe uma ligação de Paulo, dizendo com certa rispidez que não poderá buscar o filho no

32

colégio, pois estará em uma importante reunião. Maria fica chateada com o jeito que recebe a informação e responde no mesmo tom, dizendo que ele poderia ser mais cuidadoso e avisá-la com mais antecedência, afinal, ela também está trabalhando. Seu marido responde que acabou de ser informado pelo diretor e fez o melhor que pode. Mesmo que ele tenha lhe dado uma razão para ligação e que não se tratava de uma questão de descuido, Maria continua chateada. Ela não pensou conscientemente na resposta, nem escolheu ficar irritada. Maria simplesmente associou com outras situações em que ele foi descuidado, desprezando o fato de que esta não foi uma dessas vezes. Este é um simples sequestro emocional e, para alguns, pode durar tempo demais. As emoções se tornam o herói da cena quando estão presentes na dose certa e apoiam a consciência, oferecendo uma perspectiva da realidade que dificilmente seria oferecida pela razão. Dessa forma, elas se mostram como Competências Emocionais. São responsáveis pelo vínculo adequado a determinados pontos de vista, gerando habilidades em áreas específicas. Tente lembrar-se daqueles momentos em que você fez algo que exigiu uma atenção extra ou energia redobrada e não foram desgastantes, nos quais, pelo contrário, você saiu revigorado. Um trabalho em que você tenha virado a noite, um assunto em que teve que se aprofundar, um software que estava disposto a fazer funcionar. Estas são pistas de suas Competências Emocionais. O desafio é encontrar a dose adequada da presença das emoções na consciência. Da mesma forma que qualquer outro processo químico em nosso organismo, as emoções também podem encontrar seu equilíbrio. Encontrar seu próprio ponto de equilíbrio exige um olhar honesto para si mesmo, ampliando o autoconhecimento, receita milenar para uma boa qualidade de vida. Uma ferramenta muito eficaz no processo de ampliar a consciência das emoções é o Eneagrama. Ele descreve nove emoções e os padrões de comportamento que elas sustentam quando dominam a consciência. Os referenciais que o Eneagrama oferece permitem que você identifique muitas de suas reações na vida profissional, como seu estilo de gestão e as consequências que ele traz para a equipe, bem como na vida pessoal. Certamente, você vai ficar surpreso em identificar a relação das emoções com várias situações do seu dia a dia. Instituto Rennove Eneagrama na Gestão de Pessoas Centro Empresarial Corporate Park, Florianópolis (SC). Tel.: 48 3225.9999. www.rennove.com.br


33


Tecnologia Celular com Playstation A Sony Ericsson anunciou que o Xperia Play começará a ser vendido no Brasil em agosto. O smartphone é o primeiro do mundo a contar com certificado Playstation e controles dedicados para jogos idênticos ao do console. Possui sistema operacional Android 2.3, display multitoque de 4 polegadas e processador Snapdragon de 1GHz. Além disso, traz câmera de 5 megapixels, GPS, cartão de memória de 16GB, Wi-Fi e videochamada via skype. Preço sugerido: R$1.899,00. Mais informações: www.sonyericsson.com/cws/home

A Q3HD, da Zoom, empresa de pedaleiras e mais produtos ligados ao mundo da música, é uma filmadora com um gravador de áudio excelente. O aparelho tem dois microfones extremamente potentes, que captam até som de geladeira em ambientes barulhentos. Os gravadores são os mesmos usados pelos guitarristas Steve Vai e Joe Satriani (ambos patrocinados pela Zoom), quando querem gravar alguma nova composição às pressas. Na frente do equipamento, há a lente. Atrás, os botões de comando e a tela bem pequena, de 1/3.2 polegadas. De volta aos botões, há basicamente quatro. O play, o gravar (que também funciona como direcional), a lixeira e o de comandos em geral. Preço: R$ 1.500,00. Mais informações: www.zoom.co.jp

Binóculo inovador A Sony anunciou que lançará em novembro um binóculo que grava vídeos e captura imagens digitais. A promessa é de que os Sony Digital Recording Binoculars gravarão vídeos com resolução full HD e terão captura de áudio estéreo. Outro recurso bem interessante é a captura de imagens em 3D. O DEV-5 e o DEV-3 poderão fazer vídeos e imagens com a tecnologia 3D. O armazenamento das imagens e dos vídeos deve ser realizado com Memory Stick, da Sony, ou com cartões SD, SDHC ou SDXC. Os dois modelos são equipados com saída HDMI, vídeo componente, S-Video, além de entradas de áudio e uma porta USB 2.0. Preço: US$ 1999, 00 (DEV-5) e US$ 1399,00 (DEV-3). Mais informações: www.sony.com

34

Fotos: Divulgação.

Filmadora musical


Novo iPad Em sua segunda geração, o tablet da Apple tem espessura de menos de 9 milímetros e pesa pouco mais de 600 gramas. Ele possui duas câmeras, sendo uma frontal, para videoconferência. A câmera traseira é capaz de filmar em alta resolução. A tela de 9,7 polegadas é prática para ler livros e revistas, assistir a filmes e navegar na web. Entre os pontos fracos, o que gera mais reclamações, está o fato de o aparelho não exibir páginas da web criadas com a ferramenta Flash, da Adobe. Preço: A partir de R$ 1.650,00. Mais informações: store.apple.com/br/ipad

Notebook ultrafino Fotos: Divulgação.

A LG lança seu notebook ultrafino, o P220, que pesa apenas 1,32 quilo e tem 20,8 milímetros de espessura. O aparelho tem tela de 13,1 polegadas e corpo construído em alumínio. Além disso, o Xnote P220 vem equipado com processador Intel Core i3/i5 (Sandy Bridge), 2/4GB de memória RAM, vídeo integrado Intel HD 3000, disco rígido com 250 GB ou 320 GB de capacidade, LAN 10/100, Wi-Fi 802.11 b/g/n, Bluetooth 3.0, leitor de cartões, webcam com 1.3 megapixels e saída HDMI. Preço estimado: US$ 769,00 a US$ 960,00, dependendo do modelo. Mais informações: www.lge.com

Novo celular Nokia Chega ao Brasil o Nokia E6, o primeiro smartphone com o sistema Symbian Anna. Com aquele visual já clássico dos aparelhos da fabricante que contam com Qwerty, dessa vez o teclado físico vem combinado com uma tela touchscreen. A atualização do sistema oferece ao usuário melhoras em geral, como aperfeiçoamento do navegador, novos ícones, entre outras mudanças. O aparelho pode ser usado como roteador, usando o aplicativo JoikuSpot, que já vem no smartphone. Ele também vem com conexão Wi-Fi e Bluetooth. O smartphone traz uma câmera de 8 megapixels que conta com flash duplo de LED e capaz de gravar vídeos em 720p. A memória interna do aparelho tem 8 GB, mas é possível expandi-la com um cartão microSD de até 32 GB. Preço sugerido: R$ 1199,00. Mais informações: www.nokia.com.br

35


Cultura . teatro

O

musical “As Bruxas de Eastwick”, adaptação do filme homônimo, baseado no livro de John Updike, cumpre bem-sucedida temporada de quatro meses em São Paulo, no Teatro Bradesco. A versão original do musical de Londres traz textos e letras de John Dempsey e música de Dana P. Rowe e já teve montagens nos Estados Unidos, Austrália, Rússia e República Tcheca. Cláudio Botelho assina a adaptação para os palcos brasileiros e junto com Charles Möeller assume a direção da superprodução. O espetáculo é apresentado pelo Ministério da Cultura e Cielo, com co-patrocínio da Porto Seguro. No elenco, Eduardo Galvão é o diabólico sedutor Darryl Van Horne (no filme, o personagem interpretado por Jack Nicholson), Maria Clara Gueiros é Alexandra (papel de Cher), Sabrina Korgut vive Jane (interpretada por Susan Sarandon), Renata Ricci é Sukie (vivida por Michelle Pfeiffer) e Fafy Siqueira, em participação especial, é Felícia (papel de Verônica Cartwright). “É um espetáculo completamente novo e diferente de qualquer montagem anterior. Cenário e figurinos estão sendo criados especialmente para a produção brasileira, além de apresentar uma direção totalmente nova. Temos discutido adaptações no texto e mesmo nas músicas. Esta última versão da peça tem músicas que não

36

foram usadas nas montagens internacionais. O Brasil terá uma produção mundialmente inédita do musical” comenta Cláudio Botelho. Vinte e seis atores/cantores/bailarinos se revezam em cena e dividem espaço com efeitos especiais – fogo, chuva, levitação e voos sobre a platéia - que prometem surpreender e eletrizar o público. A comédia musical conta a história das amigas Alexandra (Maria Clara Gueiros), Jane (Sabrina Korgut) e Sukie (Renata Ricci). Entediadas e frustradas com a pacata rotina da cidade de Eastwick, elas dividem o desejo pelo homem que consideram ideal e veem suas esperanças renovadas com a chegada do carismático e misterioso Darryl Van Horne (Eduardo Galvão) à cidade. Muito sedutor, ele se envolve com as três e desperta em cada uma a necessidade de liberar os “poderes” que trazem dentro de si. O comportamento nada ortodoxo do quarteto escandaliza a cidade. Os eventos que desencadeiam são cada vez mais sinistros e fora de controle. Quando Alexandra, Jane e Sukie percebem que a influência de Darryl corrompe a todos que com ele têm contato, resolvem usar aquilo que aprenderam com ele para exterminá-lo de suas vidas. Uma comédia musical sensual e misteriosa, que fará o espectador se deliciar e morrer de rir!

Fotos: Divulgação.

Magia no palco

Serviço: O que: “As Bruxas de Eastwick”. Onde: Teatro Bradesco - Piso Perdizes do Bourbon Shopping São Paulo - Rua Turiassú, 2100, 3º piso, Pompéia, São Paulo (SP). Central de Vendas Tickets For Fun: 4003-5588. Quando: De 14 de Agosto a 11 de Dezembro. Quinta e sexta, 21h; sábado, 17h e 21h; domingo, 16h e 20h. Quanto: Quinta e sexta – Frisa 3º andar R$ 10,00 (inteira); Balcão Nobre R$ 70,00; Frisa 2º andar – 1ª fila R$ 80,00; Frisa 2º andar – 2ª FILA R$ 70,00; Frisa 1º andar – 1ª fila R$ 130,00; Frisa 1º andar– 2ª fila R$ 70,00; Plateia R$ 160,00; Camarote R$ 180,00. Sábado (17h e 21h) e Domingo (16h): Frisa 3º andar R$ 10,00 (inteira); Balcão Nobre R$ 70,00; Frisa 2º andar – 1ª fila R$ 90,00; Frisa 2º andar – 2ª fila R$ 70,00; Frisa 1º andar – 1ª fila R$ 150,00; Frisa 1º andar – 2ª fila R$ 70,00; Plateia R$ 180,00; Camarote R$ 190,00. Mais informações: www.t4f.com.br


Fotos: Divulgação.

Disney ao vivo

P

ela primeira vez no Brasil, o espetáculo “Disney Live! As Mágicas do Mickey” transforma em realidade toda a magia da Disney. Em uma combinação inédita, os personagens preferidos da Disney se unem a ilusionistas profissionais para apresentar o espetáculo ao vivo que encantará crianças e adultos. Depois de passar por São Paulo, Fortaleza, Recife, Natal, Salvador e Belo Horizonte, a produção será apresentada em Curitiba (29 de setembro a 02 de outubro), Porto Alegre (05 a 12 de outubro) e Novo Hamburgo (14 a 16 de outubro). “Disney Live! As Mágicas do Mickey” leva ao palco a envolvente magia das legendárias histórias infantis que ganham vida diante dos olhos dos espectadores. Em um segundo, os trapos de Cinderela se transformam em um lindo vestido; a princesa Jasmine, de “Aladdin”, levita no ar; e as encantadoras vassouras dançantes de Fantasia ajudam Minnie levitar. O mago maestro, Mickey Mouse, realiza truques incríveis com a Fada Madrinha de “Cinderela” e o Chapeleiro Maluco de “Alice no País das Maravilhas”, acompanhados pelo mágico norte-americano Michael Barron e pelo ator Diego Hernández, que interpreta o aprendiz do ilusionista. Os truques de mágica se complementam com a aparição das princesas da Disney: Bela e Branca de Neve, e os infalíveis amigos de Mickey: Minnie, Donald, Margarida e Pateta. “Este espetáculo é único, realizado de forma que tanto pais como filhos possam ver a magia em todas as partes”, afirma Kenneth Feld, produtor dos espetáculos

“Disney Live!”. “Levamos o público em uma viagem cheia de emoção com os personagens da Disney, buscando fazer com que cada um possa encontrar a magia que tem em seu próprio interior.” O famoso designer ilusionista Jim Steinmeyer, que já trabalhou com mágicos famosos como David Copperfield, Lance Burton e Siegfried e Roy, traz seus mais de 20 anos de experiência em truques de mágica por todo o mundo para compor parte do espetáculo. Entre eles, um dinâmico dueto que corta uma personagem em partes e um assombroso truque de levitação de Minnie ambientado com luzes negras. Em outra cena mágica, o ilusionista faz a Princesa Jasmine levitar. A cena se desenvolve abaixo do céu de uma noite estrelada, em um ambiente hipnótico e surrealista. “Em cada espetáculo que fazemos, tratamos de superar as expectativas do público”, disse o diretor criativo Jerry Bilik. “Pela magnitude dos truques de ilusionismo queremos transportar o público para além do que jamais imaginou. Trata-se de uma experiência única que a Disney proporciona”, completa. Serviço: O que: “Disney Live! As Mágicas do Mickey”. Onde e quando: Teatro Oi Casagrande (Endereço: Afrânio de Melo Franco, 290, Leblon, Rio de Janeiro), de 15 a 18 de setembro; Curitiba, de 29 de setembro a 02 de outubro; Porto Alegre, de 05 a 12 de outubro; e Novo Hamburgo, de 14 a 16 de outubro. Quanto: Platéia e Camarotes R$ 150,00; Balcão R$ 100,00 (no Rio de Janeiro).

37


Cultura . música Songs in A Minor

Álbum: Songs in A Minor – Deluxe Edition. Artista: Alicia Keys. Quanto: R$ 45,00. Lançamento: Sony Music.

As Mil Faces de Dr. House Hugh Laurie, ator que protagoniza Dr. House no seriado homônimo, mostra uma nova face de seu talento no álbum Let Them Talk, cantando uma extraordinária seleção de faixas que celebram o blues de New Orleans. Produzido por Joe Henry e gravado em sessões em Los Angeles e New Orleans, Let Them Talk tem Laurie nos vocais e piano, liderando um time de músicos consagrados como Greg Allman, Solomon Burke, Robert Plant, kd lang, T-Bone Burnett e JohnLegend. Além das participações acima, traz outras colaborações grandiosas, como a da “Rainha de New Orleans” Thomas Irma, do pianista de blues Allen Toussaint, da voz lendária de Sir Tom Jones e de seu herói Dr. John, na faixa “After You’ve Gone”. Álbum: Let Them Talk. Artista: Hugh Laurie. Quanto: R$ 30,00. Lançamento: Warner Music.

Incubus Ao lançar o sexto álbum de estúdio, a banda Incubus pergunta: If Not Now, When? O disco com 11 faixas foi produzido por Brendan O’Brien, e inclui os singles de sucesso“Adolescents”e“Promises, Promises”. Antes do lançamento mundial do álbum, Incubus montou acampamento num local não divulgado em Los Angeles para lançar o espaço na web “Incubus HQ Live”, que disponibilizou na internet 24 horas de conteúdo de streaming online durante sete dias com tudo que acontecia pela casa, o que gerou quase dois milhões de cliques para a banda de rock. Álbum: If Not Now, When? Artista: Incubus. Quanto: R$ 30,00. Lançamento: Sony Music.

Jason Derulo Nova sensação do pop mundial, Jason Derulo lança o álbum Future History, segundo da carreira. Com mais de 13 milhões de singles e 850 mil discos vendidos em todo o mundo, Derulo também acumula mais de 380 milhões de views em seu Youtube oficial, que está na lista dos 100 canais mais vistos de todos os tempos.O primeiro single do álbum Future History é “Don’t Wanna Go Home”, que sozinho acumula mais de 22 milhões de views. O segundo single, “It Girl”, já segue o mesmo caminho de sucesso. Álbum: Future History. Artista: Jason Derulo. Quanto: R$ 28,00 Lançamento: Warner Music.

DNA Mais pop que nunca, Wanessa lança o seu oitavo álbum, intitulado DNA, que tem tudo para ser um dos mais badalados de sua carreira. A começar pela produção do trabalho, assinada por Mister Jam, que teve toda a sua masterização no Sterling Sound. Todos as músicas foram cuidadosamente selecionadas para o álbum, de acordo com pesquisas, tendências e o gosto pessoal de Wanessa. Antes mesmo de seu lançamento, algumas faixas já divulgadas são presença constantes nas principais baladas do país, como “Falling For U”, “Worth It” e “Stuck On Repeat”, remixada pelo TOP DJ Dave Audé.

38

DVD: DNA. Artista: Wanessa. Quanto: R$ 30,00. Lançamento: Sony Music.

Fotos: Divulgação.

Alicia Keys lança uma edição especial do seu álbum de estreia, Songs in A Minor, em comemoração aos seus 10 anos de carreira. A versão original do disco vendeu mais de 12 milhões de cópias em todo o mundo e deu a Alicia Keys os seus cinco primeiros prêmios Grammy. Nesta edição comemorativa, além do primeiro CD com as músicas originais do álbum, há um segundo disco com duas músicas inéditas (a demo original de “If I Was Your Woman” e uma versão mais antiga de “Typewriter”, gravada em 1997, e versões raras de “A Woman’s Worth”, “Juiciest”, “Fallin” e “Butterflyz”. Outro extra incluído no segundo CD é “A Harlem Love Story”.


LP1 Joss Stone - cantora de soul a quem Smokey Robinson chama de “Aretha Joplin” -, lança pela Sony Music seu mais novo trabalho, LP1, o primeiro CD realizado pelo seu próprio selo Stone’d Records. Neste álbum, Joss gravou com total liberdade criativa. Ela escreveu e produziu o álbum junto com Dave Stewart, o super produtor e co-fundador do Eurythimics. Juntos, os dois partiram numa odisséia de rock’ n’ soul musical em Nashville, no Tennessee. Destaque para as excelentes “Karma”, “Don’t Start Lying To Me Now”, “Cry Myself To Sleep” e “Take Good Care”.

Fotos: Divulgação.

Álbum: LP1. Artista: Joss Stone. Quanto: R$ 30,00. Lançamento: Stone’d Records /Sony Music.

Marsalis e Clapton Wynton Marsalis e Eric Clapton, duas lendas da música, uniram forças durante show e a apresentação chega às lojas em dois formatos, CD e CD/DVD. Os dois músicos atuaram em dois shows, com lotação esgotada, em 08 e 09 de Abril no Rose Theater at Frederick P. Rose Hall, casa de Jazz at Lincoln Center. Marsalis e Clapton foram acompanhados por Dan Nimmer (piano), Carlos Henriquez (baixo), Ali Jackson (bateria), Marcus Printup (trompete), Victor Goines (clarinete), Chris Crenshaw (trombone, vocal), Don Vappie (banjo) e o antigo tecladista de Clapton, Chris Stainton. O DVD terá uma performance extra do clássico “Stagger Lee”, do lendário blueseiro Taj Mahal, na abertura solo do trabalho. Álbum: Wynton Marsalis & Eric Clapton Play The Blues—Live From Jazz at Lincoln Center. Artista: Wynton Marsalis e Eric Clapton. Quanto: R$ 45,00. Lançamento: Reprise Records/Warner Music.

Festa na Lage Músicas para Churrasco Vol. 1 é o novo trabalho de Seu Jorge. Esse carioca gente boa tem o dom de agrupar todas as tribos por onde passa. As 10 músicas do álbum trazem o DNA do artista. As letras expressam sua formação social e atestam seu diálogo direto e coerente com quem as ouve, como uma espécie de ópera social dançante. O suingue de “A Doida” abre a pista já mostrando que mais uma vez Seu Jorge não está para brincadeira e alerta qual será o clima do disco. Destaque para “Meu Parceiro” e “A Véia”. Álbum: Músicas para Churrasco Vol. 1. Artista: Seu Jorge. Quanto: R$ 30,00. Lançamento: Cafuné/Universal Music.

Goodfellas Gigantes do rap Jay-Z e Kanye West acabam de lançar “Watch the throne”, um disco incrível com produção impecável repleta de samples de sucessos de Curtis Mayfield, James Brown, Nina Simone, Quincy Jones, etc.. . Amigos de longa data, a dupla começou a trabalhar no álbum no final do ano passado mesmo com as agendas repletas por compromissos. Entre os produtores estão RZA e The Neptunes. Destaque para a ótima “Lift off”, com participação de Beyoncé, e “Murder to Ecellence”, “Niggas in Paris”, “Illest Motherfucker Alive” e o primeiro single, “Otis”. A capa do álbum foi desenhada por Ricardo Tisci, designer da Givenchy. Álbum: Watch the Throne Artista: Jay Z e Kanye West. Quanto: R$ 40,00. Lançamento: Roc Nation/Def Jam/Universal Music.

Glee The Music Glee: The Music, Volume 5 é o CD da premiada série de TV que conta com as músicas do 11º ao 16º episódio da segunda temporada. Neste álbum, pela primeira vez, Glee estreia duas músicas inéditas: “Loser Like Me” e “Get It Right”. “Loser Like Me” foi co-escrita pelo compositor e produtor de música sueco Max Martin, conhecido por seu trabalho com muitas artistas pop. Já “Get It Right” é uma balada escrita especificamente para a personagem de Lea Michele. Além dessas novas faixas, o disco trás clássicos como “Need You Now”, “Firework” e “Baby”. Gwyneth Paltrow faz um retorno triunfal e é caracterizada em clássicos como “Kiss” e “Landslide”. Álbum: Glee:The Music ,Volume 5 Quanto: R$ 25,00. Lançamento: Sony Music.

39


Cultura . cinema Cowboys e Aliens Um estranho chamado Jake Lonergan (Daniel Craig), sem qualquer memória do seu passado, chega à desértica cidade de Absolution. A única referência de sua história é uma misteriosa algema em volta de um dos seus pulsos. O que ele descobre é que os locais não gostam de estranhos e ninguém dá um passo nas ruas a menos que sejam ordenados pelo mão-de-ferro Coronel Dolarhyde (Harrison Ford). Mas a cidade está prestes a experimentar um medo que mal compreende, ao ser atacada por saqueadores dos céus. Avançando com grande velocidade e abduzindo os indefesos um a um, estes monstros desafiam tudo o que os residentes jamais conheceram. Agora o estranho que todos rejeitaram é sua única esperança de salvação. Na medida em que este pistoleiro começa a lembrar quem é e onde esteve, ele se dá conta de que tem um segredo que poderia dar à cidade uma chance de lutar contra a força alienígena. Com a ajuda da viajante Ella Swenson (Olivia Wilde), ele reúne um grupo formado por ex-oponentes, gente da cidade, Dolarhyde e seus homens, foras-da-lei e guerreiros Apaches, todos aqueles que correm perigo de aniquilação. Unidos contra um inimigo comum, eles se preparam para um confronto épico pela sobrevivência.

Amizade Colorida Dylan (Justin Timberlake) e Jamie (Mila Kunis) definitivamente não estão interessados em um compromisso sério. Quando Jamie, uma headhunter de Nova York, emprega sua considerável capacidade de persuasão para convencer Dylan, um reconhecido diretor de arte de Los Angeles, a aceitar um emprego dos sonhos na Big Apple, ambos logo descobrem que são almas gêmeas. Os dois passaram por tantos relacionamentos amorosos frustrados que estão prontos para abrir mão do amor e se concentrar na diversão. Então, quando Dylan se muda para Nova York e eles começam a fazer programas juntos com regularidade, ambos riem da ilusão de que o amor é um mito propagado pelos filmes de Hollywood. E assim começam um experimento deliciosamente sexy e decididamente adulto. Será que esses dois amigos, ambos solteiros bem-sucedidos e descrentes de qualquer compromisso, conseguirão explorar impunemente um novo território? Se incluírem o sexo casual “sem emoções” à sua amizade, conseguirão evitar todas as armadilhas que surgem quando se pensa em alguém como mais do que um simples amigo? Sendo duas pessoas escoladas nas promessas decepcionantes das comédias românticas, Dylan e Jamie não deveriam ficar inteiramente surpresos quando sua ousada decisão se transforma numa exploração sexy e atrevida por um território desconhecido, que revelará muito mais acerca deles mesmos do que jamais esperaram.

40


Missão Madrinha de Casamento Annie (Kristen Wiig), uma solteirona na casa dos 30, faz de tudo para ocupar um lugar no coração de Ted (Jon Hamm), um solteirão convicto que só a procura para momentos de prazer. O problema é que a moça procura algo a mais que a simples companhia do rapaz. Quando Lilian (Maya Rudolph), sua melhor amiga, anuncia seu casamento, a vida de Annie entra em colapso. Primeiro pelo fato de não conseguir organizar os eventos entre as outras madrinhas e dividir a atenção da noiva com Helen (Rose Byrne), esposa do chefe de Lilian. Seguem uma infinidade de situações-limite para a noiva e suas madrinhas, almoço em um restaurante de comida brasileira, a escatológica porem engraçada cena no banheiro da loja de roupas de noivas, isso sem falar na sequência dentro de um avião a caminho da despedida de solteira de Lilian. Claro que no meio do caminho Annie encontra sua cara metade, o policial rodoviário Nathan Rhodes (Chris O’Dowd). Além de protagonizar, Wiig assina o excelente roteiro que tomou o rumo correto nas mãos do diretor Paul Feig. Piadas inteligentes com um elenco de primeira só poderiam resultar em sucesso imediato. Missão Madrinha de Casamento é a comédia do ano.

Um Conto Chinês Esta comédia conta a história de Roberto (Ricardo Darín) e um chinês chamado Jun (Huang Sheng), que perambula perdido em Buenos Aires em busca de seu tio, seu único familiar ainda vivo. A dupla se encontra no momento em que Jun é atirado de um taxi, depois de ser assaltado pelo motorista e seus capangas. Ele cai justamente nos pés de Roberto, e a partir deste momento começa uma forçada e estranha convivência entre os dois. Roberto não fala chinês e Jun não fala espanhol, e ambos vivem com o sentimento de perda. Os pais de Roberto foram mortos enquanto ele estava em combate na guerra das Malvinas e Jun perdeu sua futura noiva num acidente inusitado na China. A convivência dos dois mostrará que dois homens muito diferentes, nascidos em lados opostos do planeta, de culturas diferentes, podem ser praticamente almas gêmeas, unidos por um sentimento em comum ignorado até então. No desenrolar da história a convivência proporcionará a eles um outro caminho e a resolução dos problemas de todos.

Sem Saída Desde muito pequeno, Nathan Harper (Taylor Lautner) tem a sensação desconfortável de viver a vida de outra pessoa. Seus medos mais obscuros tornam-se realidade quando ele encontra uma foto sua, ainda menino, em um site de pessoas desaparecidas. De uma hora para outra, ele descobre que seus pais não são verdadeiros e que sua vida é uma mentira cuidadosamente fabricada para esconder algo ainda mais misterioso e perigoso. Enquanto sua verdadeira identidade começa a ser construída, um grupo de assassinos se aproxima e o força a fugir com a única pessoa em que ele pode confiar, sua vizinha Karen (Lily Collins). Cada segundo é precioso para que um verdadeiro exército de assassinos e agentes federais sejam despistados. E à medida que seus adversários se aproximam, Nathan percebe que a única maneira de sobreviver é parar de fugir e tomar as rédeas da situação.

41


Cultura . home video Rei Leão Uma história inesquecível, animação deslumbrante, personagens adorados e música premiada estabeleceram o cenário para as aventuras de Simba, o travesso filhote de leão que “mal pode esperar para ser rei”. Mas seu invejoso Tio Scar tem seus próprios planos para ascender ao trono e força o exílio de Simba do reino. Sozinho e perdido, Simba logo se une às aventuras de um engraçado suricata chamado Timão e seu afetuoso parceiro Pumba, um javali-africano. Adotando um estilo de vida livre de “Hakuna Matata”, Simba ignora suas verdadeiras responsabilidades até que entende seu destino e retorna ao Reino para reclamar seu lugar no “Ciclo da Vida”. Blue-Ray: O Rei Leão. Quanto: R$ 69,90. Lançamento: Walt Disney Studios Home Entertainment.

Glee

DVD: Glee 2ª Temporada. Quanto: R$ 129,90. Lançamento: Fox Homes.

Desperate Housewives Beth Young (Emily Bergl), uma nova vilã, leva mais intriga e romance a Wisteria Lane. Lynette (Felicity Huffman) fica com ciúme quando Renee (Vanessa Williams) passa muito tempo com Tom (Doug Sa- vant) e Bree (Marcia Cross) se vê apaixonada por Keith (Brian Austin Green). Gabrielle (Eva Longoria) descobre algo chocante e Susan (Teri Hatcher) lida com as consequências de um evento ameaçador. Mais um ano na vida das donas de casa do subúrbio e suas respectivas famílias. Mistérios, romances e muita comédia marcam a deliciosa sétima temporada de Desperate Housewives. DVD: Desperate Housewives – A sétima temporada completa. Quanto: R$ 129,90. Lançamento: Walt Disney Studios Home Entertainment.

Lições para toda Vida “Soul Surfer - Coragem de Viver” traz a história real de uma surfista adolescente chamada Bethany Hamilton, que perdeu um dos braços em um ataque de tubarão. Corajosamente, ela venceu todas as dificuldades e tornou-se uma campeã novamente, graças à sua determinação férrea e fé inabalável. O filme conta com um elenco de estrelas que inclui Anna Sophia Robb, Helen Hunt e Dennis Quaid, além de Carrie Underwood, em seu filme de estreia. Após o acidente em que perdeu o braço, a determinação de Bethany e sua crença a levaram a transformar sua perda em um presente para outras pessoas. Blu-ray: Soul Surfer – Coragem de Viver. Quanto: R$ 79,90. Lançamento: Sony Home.

Thor Quando é banido do reino de Asgard e exilado na Terra, o arrogante guerreiro Thor (Chris Hemsworth) é obrigado a lutar para reaver seus poderes perdidos. Perseguido pela força invasora enviada para destruí-lo, o desventurado Deus do Trovão tem que enfrentar a batalha e descobrir o que é preciso para se tornar um verdadeiro herói. Natalie Portman e Anthony Hopkins também estrelam esta aventura arrasa-quarteirão, que a crítica considerou uma excelente adaptação do universo Marvel.

42

Blu-ray: Thor Quanto: R$ 99,90 (combo BD 2D e 3D ). Lançamento: Paramount Home.

Fotos: Divulgação

Acaba de chegar às lojas a 2ª Temporada completa de Glee, a série mais incrível da TV. Apesar de terem perdido a competição regional, o pessoal do New Directions está mais motivado do que nunca. Não se sabe se é porque Will (Matthew Morrison) está dançando um tango sensual com a professora substituta Holly Holliday (Gwyneth Paltrow). Com mais números musicais incríveis, traz participações especiais de astros e estrelas como John Stamos, Carol Burnett e Kristin Chenoweth, e muitos bônus contando tudo sobre os bastidores.


Obra-prima de John Singleton “Os Donos da Rua” narra a história de três amigos que crescem no centro-sul de Los Angeles, onde harmonia e adversidade coexistem, especialmente para os jovens que ali são criados: Doughboy (Ice Cube), um traficante de drogas, o irmão dele, Ricky (Morris Chestnut), um pai adolescente prestes a entrar na faculdade, e Tre (Cuba Gooding, Jr.), melhor amigo de Ricky, que anseia por um futuro mais brilhante fora do bairro. A determinação de Tre é reforçada por um pai enérgico (Laurence Fishburne), que o mantém na linha. Mas as lições que Tre aprende são postas à prova diante de uma tragédia, e seu único recurso talvez seja usar a violência. Blu-ray: Os Donos da Rua. Quanto: R$ 59,90. Lançamento: Sony Home.

Trilogia Rambo Sylvester Stallone é John Rambo, um traumatizado veterano da guerra do Vietnã que retorna aos Estados Unidos. Em uma viagem à procura de um antigo colega do exército, Rambo passa por uma pequena cidade cujo xerife local o considera um vagabundo e o prende. Reveja os três clássicos que marcaram toda uma geração, com extras exclusivos que farão você viajar pelas trilhas de ação e aventura na companhia de John Rambo, com alta qualidade de som e imagem..

Fotos: Divulgação

Blu-Ray: Trilogia Rambo – Edição Definitiva. Quanto: R$ 99,90. Lançamento: Universal Pictures.

Casal Telejornal Para Becky (Rachel McAdams), produzir um show de TV em Nova York é o acontecimento com que ela sempre sonhou, até que os apresentadores do programa, Mike (Harrison Ford) e Colleen (Diane Keaton) declaram uma guerra total, ao vivo. Para fazer o programa dar certo, com esses excêntricos personagens e os inusitados ângulos da história, vai ser preciso um milagre daqueles, mas Becky está pronta para o que der, vier e brilhar. “Uma Manhã Gloriosa” é uma marcante e fantástica comédia. DVD: Uma Manhã Gloriosa. Quanto: R$ 79,90. Lançamento: Paramount Home.

A Saga Completa O jovem Anakin Skywalker (Hayden Christensen) tem poderes que ele mesmo desconhece. O que poucos sabem é que ele pode ser aquele capaz de restaurar o equilíbrio da Força, ajudando os Jedis a restabelecerem a paz no universo. Atormentado pela lealdade a seu mentor, Obi-Wan Kenobi (Ewan McGregor) em oposição aos sedutores poderes dos Sith, Anakin acaba se voltando contra os Jedi, assim completando sua jornada rumo ao lado sombrio e sua transformação em Darth Vader. Acompanhe toda a saga com a espetacular tecnologia digital e reviva todas as batalhas épicas, incluindo o inesquecível e decisivo duelo entre Luke Skywalker e Darth Vader. Blu-Ray: Star Wars – A Saga Completa. Quanto:R$ 299,00. Lançamento: Fox Home.

Back and Forth Foo Fighters: Back and Forth, o documentário longa-metragem dos Foo Fighters dirigido pelo vence- dor do Oscar James Moll, é um retrato incrivelmente íntimo e ao mesmo tempo abrangente da banda. Dos cassetes demo de Dave Grohl que viraram o álbum de estreia do Foo Fighters (batizado com o nome da banda), em 1995, ao novo álbum número 1 no mundo todo, Wasting Light. O registro é um filme essencial não apenas para os fãs, mas para qualquer pessoa que já pensou o que faz uma banda de rock ser grande e o que faz uma bem-sucedida banda de rock se manter grande. DVD: Foo Fighters: Back and Forth. Quanto: R$ 50,00. Lançamento: Sony Music.

43


Cultura . artes visuais A estética dos rios

O

Itaú Cultural chega à décima edição do projeto Ocupação com a exposição da obra rio oir, de Cildo Meireles. Concebido pelo artista em 1976, o trabalho foi realizado entre os anos de 2009 e 2011 e é executado e apresentado ao público pela primeira vez. A mostra se caracteriza por um trabalho único, composto de um disco de vinil, cujo áudio poderá ser ouvido no espaço cenográfico criado pelo curador do projeto, Guilherme Wisnik, e pela designer da obra, Noni Geiger. Um dos lados desse vinil traz uma composição de diferentes sons de rios, captados pelo artista e sua equipe em diversas partes do Brasil: a Estação Ecológica de Águas Emendadas, no Distrito Federal; o Delta do São Francisco, entre Alagoas e Sergipe; a Foz do Iguaçu, no Paraná; e o rio Araguari, no Amapá; e de águas residuárias, de descargas e torneiras, por exemplo. O outro lado do vinil foi construído com sons de risadas. No espaço cenográfico, ainda serão apresentados imagens e vídeos da expedição que percorreu o país em busca dos sons para compor a obra. Para o curador Guilherme Wisnik, “cegando a nossa visão, uma vasta geografia continental se desenha no trabalho de Cildo Meireles, pulsando em cada som. Os lugares, assim, não se separam mais do disco, já que o trabalho é, no fundo, o permanente trajeto mental entre a sinfonia sonora e seus pontos de origem, não representáveis”. Serviço: O que: Ocupação Cildo Meireles – rio oir. Onde: Itaú Cultura - av. Paulista, 149 -Paraíso, São Paulo (SP). Quando: até 2 de outubro. De terça a sexta, das 9h às 20h; e aos sábados, domingos e feriados, das 11h às 20h. Quanto: Entrada franca.

44


JUSTIFIED

todas as segundas

LEVERAGE

todas as terças

NO

AS SÉRIES TÊM MUITO MAIS AÇÃO.

RIZZOLI & ISLES todas as quartas

SOUTHLAND

todas as quintas

DE SEGUNDA A SEXTA, ÀS 21H Não tem Space? Consulte sua operadora de TV por assinatura.

Emoções. Extremas www.canalspace.com.br

45


Cultura . literatura

E

m Diário da queda, seu quinto romance, o escritor gaúcho Michel Laub aborda pela primeira vez a temática judaica, relacionada às suas origens familiares. O narrador parte de uma lembrança de sua infância para rememorar sua história, a difícil relação com o pai e seu avô, sobrevivente de Auschwitz. “Eu também não gostaria de falar desse tema. Se tem uma coisa de que o mundo não precisa é ouvir minhas considerações a respeito. (...) A reação de qualquer pessoa à menção da palavra Auschwitz. Então nem por um segundo me ocorreria repetir essas ideias se elas não fossem, em algum ponto, essenciais para que eu possa também falar do meu avô, em consequência do meu pai, e em consequência de mim”, afirma o autor, no trailer de lançamento. No livro, um homem no momento definitivo da vida reflete sobre a história de três gerações para responder a perguntas a um tempo banais e complexas, tanto para alguém que conhece as tragédias da humanidade quanto para uma criança: por que o mundo é deste jeito? E como um indivíduo se torna aquilo que é? Numa prosa que oscila entre violência, lirismo e ironia, com pausas para uma neutralidade quase documental na descrição de cheiros, gostos, sons, fatos e sentimentos, Diário da queda - livro selecionado pela Bolsa Funarte de Criação Literária - é uma viagem inusitada pela memória de um homem no momento em que ele precisa fazer a escolha que mudará sua vida. O enredo traz um garoto de treze anos que se machuca numa festa de aniversário. Quando adulto, um de seus colegas narra o episódio. A partir das motivações do

que se revela mais que um acidente, cujas consequências se projetam em diversos fatos de sua vida nas décadas seguintes - a adolescência conturbada, uma mudança de cidade, um casamento em crise -, ele constrói uma reflexão corajosa sobre identidade, afeto e perda. Dessa reflexão fazem parte também as trajetórias de seu pai, com quem o protagonista tem uma relação difícil, e de seu avô, sobrevivente de Auschwitz que passou anos escrevendo um diário secreto e bizarro. São três gerações, cuja história parece ser uma só; são lembranças que se juntam de maneira fragmentada, como numa lista em que os fatos carregam em si tanto inocência quanto brutalidade. O romance ganhará sua versão cinematográfica. A RT Features, produtora de filmes como Natimorto e O cheiro do ralo, foi a responsável pela compra dos direitos do livro. Michel Laub nasceu em Porto Alegre, em 1973. Publicou cinco romances e recebeu o prêmio Erico Verissimo/Revelação, da União Brasileira dos Escritores, e foi finalista dos prêmios Jabuti e Portugal Telecom, entre outros. Também teve textos publicados na Itália e na Coreia. Serviço: Editora: Cia. das Letras. Autor: Michel Laub. Número de páginas: 152. Preço: R$ 38,50.

46

Fotos: Divulgação.

Memórias em guerra


“say hello to my little friend.”

O Blu Ray finalmente recebe o seu maior vilão! Leve para casa pela primeira vez esta obra-prima. Som e imagem remasterizados para que você tenha a melhor experiência em alta definição da sua vida.

compre agora em DVD e Blu-ray.


Desembarque

Roteiro dos sonhos

P

New York Times selecionou Itacaré entre os 53 lugares do mundo que valem a pena visitar – ficou em 41º lugar entre os destinos mais badalados, o único do Brasil. Um dos fatores que interferiram na escolha foi a construção do Warapuru, primeiro hotel seis estrelas do Brasil. A badalação atrai celebridades do mundo todo – já foram vistos por lá a atriz italiana Mônica Bellucci, o ator Vincent Cassel e a princesa Caroline de Mônaco. Os vilarejos cravados na Mata Atlântica, cachoeiras e as piscinas naturais de Maraú são outros pontos altos da viagem. Além disso, há diversas opções de lazer. A rua Pedro Longo concentra a maior parte dos bares e restaurantes. O agito fica por conta do tradicional forró pé-de-serra, e ainda há espaço para a moderna música eletrônica. As 16 praias de Itacaré podem ser alcançadas a partir de trilhas que levam, em média, de 15 minutos a uma hora para serem percorridas. O esforço vale a pena. A Prainha, que já foi eleita uma das dez praias mais bonitas do Brasil, por exemplo, exige 40 minutos de caminhada a partir da foz do rio Ribeirinha, que abastece a cidade.

Fotos: Rita Barreto/ Secretaria de Turismo/ Divulgação.

rotegida por um cinturão de Mata Atlântica, Itacaré se abre em uma vasta série de de praias paradisíacas com areia branca, rodeadas por morros cobertos por coqueirais. Rios, imponentes cachoeiras, matas virgens, restingas e manguezais completam o estonteante cenário natural deste verdadeiro santuário ecológico. A cidade, situada a 428 km de Salvador, surgiu às margens do Rio de Contas, a partir da fundação da Igreja de São Miguel, que passou a dar nome ao povoado, então chamado São Miguel da Barra do Rio de Contas – somente em 1931 passou a chamar-se Itacaré. Com população de 24.740 habitantes, é o segundo município baiano que mais cresce, graças ao turismo. Sua arquitetura é marcada pelos antigos casarões e sobrados, fruto dos quase 100 anos de prosperidade, decorrente da produção cacaueira. A região foi a principal rota de escoamento do cacau, parte marcante da história baiana. Hoje dispõe de uma infra-estrutura completa, incluindo resorts de luxo, além das pousadas. Sua fama já chegou ao exterior. Em 2008, o jornal The

Itacaré | BA

48


atrações

imperdíveis *Passeios – Reserve um tempo para fazer rafting nas corredeiras de Taboquinhas, arvorismo, passeios de canoa pelo rio de Contas ou de lancha pela costa.

Povo é simpático e acolhedor.

*Gastronomia - Em Pituba, uma farta variedade de opções gastronômicas atrai famílias, casais e solteiros. Casas noturnas oferecem som dançante - do forró pé-deserra à música eletrônica. *Fazenda São José – Possui 70% de sua área de Mata Atlântica e uma praia protegida por falésias. No local, uma RPPN (Reserva Particular do Patrimônio Natural), há um complexo ecoturístico com trilhas e criação de capivaras, emas e jacarés.

Casas elevam-se do vale em direção ao morro, lembrando a paisagem de um presépio.

Local é propício para esportes radicais.

Itacaré tem 16 belas praias.

Mais informações: www.itacare.com.br

Região é cercada por um cinturão de Mata Atlântica.

49


Desembarque

Romantismo à beira-mar

Jericoacoara | CE

Dunas enormes compõem a paisagem fascinante.

J

ericoacoara, a 310 km a oeste de Fortaleza, possui algumas das praias mais bonitas do país, repletas de dunas, costões rochosos, coqueirais e mar incrivelmente azul. Com ruas sem calçamento, a vila conserva o encanto e a rusticidade de uma aldeia de pescadores. A Igreja de Nossa Senhora de Fátima, construída em 1945, é um ponto turístico para aqueles que visitam o local. Durante todo o ano acontecem celebração de coroação de Maria,(mês de maio), festejos da Padroeira (outubro) e Missa do Galo(natal). A praia de Jericoacoara, junto à vila, é uma bela enseada rodeada de dunas de areia branca e coqueiros. Tanto para o leste como para o oeste do litoral da região há uma sucessão de praias semidesertas. As águas do mar são azuis e, em vários trechos, extensos coqueirais emolduram paisagens paradisíacas.

50

Já a Praia de Tatajuba abriga um vilarejo de pescadores que foi encoberto pela ação das dunas, e reconstruído pelos pescadores na outra margem do rio. Possui dunas enormes, algumas em processo de cristalização, o que as impede de se mover pela ação do vento. Para chegar lá o buggy terá que cruzar uma balsa na foz do rio Guriú. Os esportes radicais náuticos são muito recomendados em Jericoacoara, que possui uma das melhores condições para a prática do WindSurf e Kitesurf no mundo, devido aos ventos fortes. A Lagoa do Paraíso, com suas águas cristalinas, é um dos melhores pontos da região para prática de windsurf. São 15 km de águas doces e transparente,s cercadas por enormes dunas. A região, também conhecida como Lagoa de Jijoca, é uma das regiões litorâneas mais belas do mundo.


atrações

O sol brilha o ano todo.

imperdíveis

Local lembra vila de pescadores.

As tradicionais jangadas.

Sandboard nas dunas.

* Parque Nacional de Jericoacoara – Localizado nos municípios de Jijoca de Jericoacoara e Cruz, tem o objetivo de proteger e preservar amostras dos ecossistemas costeiros. O parque nacional protege aproximadamente uma área de 6.295,00 (ha). * Pedra Furada - Um arco de pedra enorme, esculpido pela ação das ondas. Sem dúvida é a maior atração turística do local. A região é muito visitada e possui lagoas de água doce e salgada, praias intocadas e rochas esculpidas pelo vento.  

Ventos constantes são perfeitos para o windsurf.

* Dunas de Jericoacoara – Possuem 30 metros de altura e mudam gradativamente de cores, indo do amarelo ao corde-rosa. O local proporciona uma bela vista do Pôr do Sol.

A famosa Pedra Furada.

Mais informações: Informações Turísticas: +55 (85) 0800 99 1516 / 3488-7411 / 3256-4080

51


Desembarque

Onde o mar é mais azul

N

a América do Sul, o sol nasce primeiro na Paraíba. João Pessoa, junto com os municípios vizinhos, compreende em uma região que permite ao turista aproveitar praias maravilhosas. Devido à sua localização privilegiada, a capital é o ponto de partida para conhecer o litoral paraibano. As praias de toda a região são boas para banho e são muito limpas, com águas transparentes e calmas e recifes que formam piscinas naturais. João Pessoa tem boas praias urbanas, com águas claras, calmas e limpas. São 30 quilômetros de uma privilegiada combinação de infra-estrutura com praias movimentadas. Os arrecifes formam piscinas naturais ideais para a criançada. As mais visitadas são Penha, Ponta do Seixas (Ponto Extremo Oriental das Américas, onde o sol nasce primeiro no continente), Cabo Branco, Tambaú, Manaíra e Bessa. A maior atração de João Pessoa, sem dúvida, é o Cabo Branco (a 10 km), com muitas falésias e coqueiros, e a Ponta Seixas. Tambaú funciona como um centrinho à beira-mar. Tem de tudo por ali. Bons hotéis, ótimos restaurantes, um calçadão movimentado, feirinhas de artesanato com 128 lojas e um posto de informações. Do píer de Tambaú partem as embarcações em direção a Picãozinho,

João Pessoa | PB um dos paraísos marinhos da capital paraibana. É uma formação de recifes localizadas a duas milhas da costa, e que recortam piscinas naturais de temperatura morna (28ºC). A Igreja Nossa Senhora do Carmo, em João Pessoa, foi construída em barroco romano. A igreja possui uma única torre, com as características do estilo quinhentista, datada do século XVI, aproximadamente 1592. Muitos detalhes históricos sobre este conjunto se perderam, já que, com a invasão holandesa, houve perseguição aos Carmelitas, que enterraram seus documentos. Os Carmelitas chegaram à Paraíba a pedido de D. Henriques, em cerca de 1580, e construíram também a igreja anexa de Santa Tereza de Jesus. Cabedelo é a primeira cidade ao norte de João Pessoa, a 25 km pela BR 230, e concentra algumas das mais belas praias da região. Além de ter o porto do Estado, abriga a Fortaleza de Santa Catarina, que anualmente é sede da premiação das principais regatas interoceâncias, que aproveitam as boas condições locais para fazer uma das suas etapas na América do Sul. Da praia de Cambinha saem os barcos para a ilha de Areia Vermelha, um banco da areia que só aparece na maré baixa.

Cidade possui 30 km de praias com boa infra-estrutura.

52


atrações

imperdíveis * Gastronomia – Exuberante e variada, com pratos típicos como as carnes com um toque especial nordestino.

Embarcações oferecem passeios aos turistas.

* Praia fluvial de Jacaré – Situada no Rio Paraíba, a 15 minutos do centro, é uma boa opção para o final de tarde. Todos os dias, às cinco da tarde, quando o sol começa a se pôr, vários dos bares da praia tocam o Bolero de Ravel. * Construções barrocas - Vale a pena visitar algumas das importantes construções no estilo barroco que existem no centro velho da cidade, como a Catedral de Nossa Senhora das Neves, erguida em 1602, a Igreja da Misericórdia, de 1586, e o Centro Cultural São Francisco.

Recifes formam piscinas naturais.

Mais informações: Prefeitura: www.joaopessoa.pb.gov.br

Arquitetura apresenta estilo barroco.

53


Ecologia

Fotos: Mariana Boro.

Volta ao mundo ao sabor do sol

M

aior navio movido a energia solar do mundo, o MS Tûranor PlanetSolar faz uma viagem ao redor do mundo para provar que o sol é uma fonte segura e confiável para o transporte ecológico de pessoas e mercadorias e que as tecnologias na área de energia renovável estão avançadas. O PlanetSolar chegou a Hong Kong em agosto, e se tornou a primeira embarcação deste tipo a atravessar o mar da China. No trajeto de mil quilômetros que separam as Filipinas de Hong Kong, o navio passou por condições delicadas, entre a monção e as tempestades tropicais. Em Hong Kong, o catamarã participará de vários eventos. Com 30 m de comprimento e 15 m de largura, o catamarã pesa 95 toneladas e tem uma superfície de 537 m2 coberta por módulos solares. Sua superfície serve como “gerador solar” e ela pode navegar, inclusive, sem insolação direta, pois a energia produzida é armazenada em uma bateria. Apesar das dimensões surpreendentes,

54

o barco é silencioso e não poluente. A viagem de 40 mil quilômetros deverá durar 140 dias, atravessando o Oceano Atlântico, o Canal de Panamá, o Oceano Pacífico e o Oceano Índico, até passar pelo Canal de Suez para chegar ao Mar Mediterrâneo. A previsão é que o navio veleje numa velocidade média de 7.5 nós por dia, mas é capaz de alcançar a velocidade máxima de 15 nós (25 km/h). O PlanetSolar foi uma ideia de Raphael Domjan, aventureiro suíço, e Gérard d’Aboville, o marinheiro francês que foi o primeiro homem a cruzar o Atlântico em um bote a remo, em 1980. Foram seis anos até que se conseguisse parceiros e investidores para o projeto. A construção do barco foi rápida – em apenas 14 meses o MS Tûranor estava pronto no estaleiro da cidade de Kiel, na Alemanha. O catamarã teve cerimônia de lançamento no estaleiro da HDW, em março de 2010, e começou sua volta ao mundo no dia 27 de setembro de 2010, em Monte Carlo,


no Principado de Mônaco. Espera-se que termine a viagem em maio de 2012 – um total de cerca de oito meses. O barco conta com uma equipe de mais cinco físicos e engenheiros para fazer a travessia ao redor do planeta, mas pode transportar até 50 pessoas. A tripulação multinacional é formada pelo francês Patrick Marchesseau (Capitão), Christian Ochsenbein (Berna, Suíça), Michaela von Koskull (Finlândia), Jens Langwasser (Kiel, Alemanha) e Raphael Domjan, iniciador do projeto (Yverdon-les Bain, Suíça ). Em terra firme, cerca de 100 pessoas estão envolvidas mundialmente no projeto. Mais informações: www.planetsolar.org

Barco solar brasileiro Motivados pela possibilidade de criar uma embarcação que não poluísse o meio ambiente, alunos da Universidade Federal de SC (UFSC) desenvolveram um barco movido a energia solar e formaram a Equipe Vento Sul. No primeiro ano, a equipe foi campeã do Desafio Solar Brasil, maior rali de barcos solares do país. No segundo ano, participou do Frisian Solar – atual DONG Energy Solar Challenge 2010 –, o mais importante campeonato mundial, realizado na Holanda, e sagrou-se o melhor grupo novato não europeu. A equipe Vento Sul foi criada em abril de 2009. Inspirada em uma palestra promovida na universidade, a turma resolveu criar um catamarã para mostrar que um

barco elétrico é viável, não polui e não precisa de manutenção constante. A embarcação de seis metros de comprimento por 2,3 metros de largura conta com seis placas de silício, responsáveis por captar a energia solar — que é transformada em elétrica — e carregar as baterias. As placas fotoelétricas recebem a luz, repassam a um controlador de carga, que distribui ao motor e à bateria. Quando não há sol, o motor usa a energia armazenada na bateria. Para potencializar a velocidade da embarcação, os cascos são feitos de materiais leves, como fibra de vidro. O modelo chega a uma velocidade de 15 quilômetros por hora. O barco teve custo de R$ 60 mil e foi financiado por empresas.

Mais informações: www.barcosolar.ufsc.br


Gastronomia

Culinária portuguesa de referência

D

Ainda, os quesitos carnes, peixes e frutos do mar fazem do cardápio uma atração especial, como a Perna de Cordeiro com Feijão branco, Bife Bom à Café, Camarão à Bela Sintra e Champag. Para a sobremesa, há uma união das culturas brasileira e lusitana, presentes em doces como Creme de Leite Queimado, Arroz Doce, Mousse de Coco Light e Encharcada de Fios de Ovos. O restaurante recebeu, em 2006, a chef portuguesa Julia Vinagre, do restaurante O Bolota Castanha, para a I Semana Gastronômica, realizada no A bela Sintra. Já em 2007, na II Semana de Gastronomia, o chef convidado foi Pedro Nunes, do São Gião, situado na Cidade do Porto. Na III edição, a casa convidou a chef Ilda Vinagre, também de O Bolota Castanha. Todos os chefs convidados fizeram sucesso, e isso pode ser notado no cardápio, que oferece criações de alguns deles. Para quem não abre mão de beber os melhores vinhos, uma adega refrigerada com 200 rótulos acomoda as bebidas pelo gargalo, garantindo um visual elegante e melhor circulação do ar.

Fotos: Mariana Boro.

epois de sete anos de sucesso, o restaurante A Bela Sintra abre agora uma filial em Brasilia. Comandado por Carlos Bettencourt, o restaurante é referência quando o assunto é culinária portuguesa em São Paulo. A decoração da filial, assinada pelos arquitetos Miguel Vigil e Toninho Noronha, destaca elementos lusitanos – que utilizam cobre, madeira e pedra. Espelhos dão um charme aos que desejam se olhar e avistar o salão. No agradável e imponente salão, um espelho d’água composto de um jardim com belas palmeiras estão os lugares mais privativos. Na cozinha, quem chefia as caçarolas é a lusitana Ilda Vinagre (há dois anos vinda diretamente do Alentejo, em Portugal) e o chef operacional Valderi Gomes. A gastronomia é internacional, mas com raízes portuguesas, perpetuada em receitas tradicionais, mas com toques contemporâneos. Sucesso da casa, o bacalhau possui aproximadamente 15 tipos diferentes, como o clássico Lagareiro, Nunca Chega, mas há criações incríveis - entre elas, Como Se Faz na Fazenda, Mil Folhas de Bacalhau, Herdade do Esporão.

Mais Informações: Endereço: Rua Bela Cintra, 2325, Cerqueira César, São Paulo (SP). Tel.: (11) 3891-0740/1090. Capacidade: 72 lugares. Horário de funcionamento: Almoço - segunda a sexta, 12h/15h30. Jantar, segunda a quinta, 19h/1h, e sexta, 19h/ 2h. Sábado, das 12h / 2h, e domingo, das 12h/ 23h30. Site: www.abelasintra.com.br

56


Vinhos

Coluna de Baco A Evolução do Vinho

O

vinho, sem dúvida, é a mais antiga bebida alcoólica. Nasceu de modo espontâneo, quando o homem primitivo armazenou uvas num recipiente e quando foi comê-las, após alguns dias, constatou que as cascas se romperam, o líquido acumulado “fervia” e o sabor adocicado diminuía a cada dia. Após beber certa quantidade, percebeu efeitos inebriantes, sentiu uma tonturinha, relaxou, dormiu e acordou feliz. Daí em diante o processo passou a ser dirigido. Em vez de esperar o rompimento espontâneo das cascas, o homem passou a espremer os grãos e a retirar o engaço. Sem noção alguma do fenômeno biológico da fermentação, limitava-se a esperar o término da “fervura” para depois sorver o líquido. Observou que em pouco tempo o gosto se alterava, tornando-se azedo e desagradável: em contato com o ar, o vinho se oxidava e se transformava em vinagre. Experiências de toda ordem foram tentadas para prolongar a vida útil do vinho. Acrescentavam-se diversos elementos, tais como mel, ervas, especiarias, resina de pinheiro, gesso e até mesmo água do mar. Portanto, vinho mesmo só havia nos primeiros dias após a fermentação. Com as misturas virava um líquido espesso, que para ser bebido era diluído em água. O gosto devia ser atroz, mas isso não importava, pois o que os bebedores buscavam era a embriaguez. Ao longo dos séculos foram criadas algumas técnicas de conservação, como, por exemplo, manter ânforas de barro atestadas, bem tampadas e enterradas, o que interrompia ou diminuía o contato com o ar. Mesmo assim as perdas eram enormes e o transporte quase impossível, pois durante a viagem o vinho azedava. O problema da conservação e do transporte só foi solucionado em meados do Século XIX, depois que Pasteur - contratado por Napoleão III em face dos prejuízos que a França sofria a cada safra - demonstrou que a fermentação era desencadeada por microrganismos vivos (as leveduras) e a oxidação ocorria pelo contato do líquido com o ar. Recipientes impecavelmente limpos, bem cheios e bem vedados tornaram-se obrigatórios nas cantinas. Tanques de inox, barricas de carvalho e garrafas de vidro com rolhas de cortiça e cápsulas de chumbo garantem o transporte e a longevidade do vinho.

Edson Nelson Ubaldo *

Com o avanço tecnológico, a fermentação hoje se processa em grandes cubas hermeticamente fechadas, com uma única saida para o gás carbônico, cuja ação não permite a entrada do ar. Além desse meio anaeróbico, o mosto fermenta com leveduras especiais, produzidas em laboratório, em vez das enzimas naturais da uva, nem sempre adequadas ao melhor resultado. Com exceção do chamado “vinho colonial”, mais sujeito a contaminações pela precariedade dos equipamentos utilizados, pode-se afirmar que o vinho elaborado por cantinas dotadas de moderna tecnologia assegura ao consumidor um produto higiênico, sadio, agradável e benéfico. A conservação e a longevidade do vinho também dependem dos cuidados de armazenamento a cargo do revendedor e do consumidor. Todas as garrafas, mas especialmente as dos brancos e rosados, devem ser guardadas em posição horizontal, em local escuro, fresco e ventilado, longe de fontes de calor e de produtos que exalam cheiros (embutidos, queijos, especiarias, etc.). A posição horizontal põe o líquido em contato com a rolha, evitando o ressecamento desta e a entrada de ar, principal responsável pela alteração da cor. A temperatura constante, ou com pouca variação, assim como a ausência de luz, evitam reações químicas indesejáveis, capazes de causar precipitação dos elementos sólidos que turvam o líquido, alteram o sabor e encurtam a vida do vinho. Odores de alimentos ou quaisquer outros produtos com o tempo impregnam as rolhas e atingem o vinho, causando estragos irreversíveis. Felizmente a tecnologia atual resolveu todos esses problemas, com o uso de adegas climatizadas de diversos tamanhos, que além da utilidade ainda são decorativas e cabem em pequenos apartamentos. Como se vê, após milênios de estagnação, em pouco mais de um século os métodos de elaboração e os meios de conservação do vinho deram um salto gigantesco, assegurando aos apreciadores o prazer de deliciar-se com os mais autênticos e finos sabores, aromas e buquês do néctar dos deuses. * Desembargador aposentado. Autor de “Vinho Um Presente dos Deuses”

57


Velocidade

P

ela primeira vez, a Audi lança no Brasil um carro que custa mais de R$ 1 milhão. O superesportivo R8 GT, cuja produção está limitada a 333 unidades, terá apenas três destinadas ao mercado brasileiro. O modelo acelera de 0-100 em 3,6 segundos e atinge máxima de 320 km/h. Graças a novas tecnologias para redução de peso, o carro ficou 100 kg mais leve que a versão convencional e pesa apenas 1.525 kg. O design intensifica a agressividade do modelo do qual deriva, com direito a componentes do R8 LMS (Le Mans Séries) que participa das corridas de GT3. O carro produz mais pressão aerodinâmica, sem piorar seu coeficiente de penetração ou ampliar a área frontal. O R8 vem com um aerofólio fixo na traseira feito de fibra de carbono. As saídas de ar do motor central foram redesenhadas, bem como o pára-choque, que traz

58

Audi R8 GT

saídas maiores de escapamento e para refrigeração dos freios. O superesportivo sai de fábrica com um sistema de transmissão automatizado de uma embreagem e seis marchas (R tronic), com trocas automáticas ou manuais por meio de borboletas atrás do volante ou da alavanca de câmbio. Em altas rotações, a troca de marcha leva um décimo de segundo. No interior, os bancos de competição com quatro pontos de fixação contam com uma estrutura de fibra de vidro reforçada com fibra de carbono, resultando em uma redução de peso de 31,5 kg em relação aos bancos originais do R8 V10 5.2 FSI quattro. A cabine e o compartimento do motor são feitos de policarbonato, bem como a cobertura, feita com fibra de carbono reforçada com plástico.

Fotos: : KAYTURE.

Leve e aerodinâmico


59


Estação

DE PARTIDA

Jornalista, apaixonada por viagens de todos os tipos, curtas ou longas, à cidade vizinha ou ao outro lado do mundo. Carrega na bagagem um passaporte carimbado em diversos países, experiências e descobertas, que divide aqui com vocês, leitores. estacaodepartida@gmail.com

Além da visita obrigatória a lojas como a FAO Schwartz, a Lego e a Toy “R” US, que enchem os olhos de qualquer criança, um dos programas indicados para passeios com os pimpolhos em Nova York é uma ida ao Sony Wonder Technology Lab. O museu de tecnologia da Sony é uma viagem ao futuro, com um robô recepcionando os visitan- tes. Lá é possível experimentar o que há de mais novo em tecnologia de comunicação e ainda sair com um diploma impresso com sua foto. Um programa diferente e grátis, na Madison Ave!

Em Sampa Um passeio bem interessante que fiz na última ida a São Paulo foi uma visita ao centro histórico durante a manhã de domingo. Sem aquele movimento intenso dos dias de semana dá para apreciar com calma os edifícios históricos da região. Entrei no Mosteiro de São Bento durante a missa dominical, com cantos gregorianos, acompanhados do belíssimo som do órgão alemão da igreja. Uma experiência fantástica dentro do ambiente que hospedou o Papa Bento XVI em sua primeira visita ao Brasil, em 2007. Mais do que indicado!

60

Fotos: Divulgação.

NY para criancas


Praticidade

Para quem, como eu, gosta de viajar sem ter que desembolsar rios de dinheiro, uma boa dica de pesquisa de passagens aéreas, pacotes, aluguéis de carro e hospedagens é o portal Decolar.com. Inserindo a data em que você deseja viajar, o destino de saída e de chegada, a quantidade de passageiros adultos e crianças e a a opção da inclusão de hospedagem, é possível encontrar o menor preço do momento. É muito fácil. Só aconselho ficar atento aos impostos e taxas cobradas pelo serviço. Nunca é demais pesquisar junto à empresa aérea para comparar valores..

Para quem viaja bastante pelo Brasil, um guia interessante para baixar no seu iphone é o VEJA Comer & Beber. O aplicativo de um dos maiores guias gastronômicos do Brasil pode ser acessado com facilidade, registrando as melhores opções em cada cidade. Além disso, há filtros para a escolha por restaurantes, bares, premiados pela Veja e comidinhas. E ainda a indicação de opções nos arredores de onde você se encontra no momento. Vale a pena!

Fotos: Divulgação.

Viajar barato

Livro do mês A dica de livro deste mês é “A Viagem do Elefante”, de José Saramago. A publicação narra a aventura verídica de um elefante que rumou, em 1531, de Lisboa a Viena, presente de um rei português. Editado pela Companhia das Letras, possui 264 primorosas páginas que misturam fatos reais com ficção numa linguagem que o autor intitula de “conto”, com um grande recheio de humor. “Fiz uma simbiose entre o português que falamos hoje e o que se escrevia naquela época. Isso introduz uma dinâmica diferente: o leitor é constantemente surpreendido com certas palavras e construções frásicas”, disse Saramago em entrevista ao Jornal O Estado De São Paulo.

Perder-se também é caminho. Clarice Lispector

61


Desfile

passarela

red carpet

BLAKE LIVELY

MARCHESA

Por Ana Marta M. Flores

O

Ainda estreante na marca própria em 2009 – ele foi ado anonimato depois de terem seus vestidos expostos no corpo de atrizes, cantoras e até mesmo princesas ou primeiras-dama. Um dos casos de destaque é do estilista taiwanês Jason Wu. Ainda estreante na marca própria em 2009 – ele foi assistente de Narciso Rodrigues - Wu se viu diante da fama instantânea depois que Michelle Obama usou um de seus vestidos no baile de cerimônia de posse. Claro, isso tudo porque desde a campanha à presidência de Barack Obama, Michelle se destacou pelo estilo e elegância. Outro caso recente é o da brasileira radicada na Inglaterra Daniella Helayel, da marca Issa, que depois de ter um de seus já clássicos vestidos drapeados exibidos no corpo de Kate Middleton, futura Duquesa de Cambridge, teve recorde de vendas e ficou conhecida mundialmente. No entanto, os eventos de gala com tapete vermelho obrigatório como os Oscars, Grammys, Emmys, baile do MET, entre tantos outros no calendário das estrelas de cinema, moda e da música, são ainda os mais visados. Não é à toa que há alguns anos a cobertura feita pela imprensa de premiações como essas também dedica algumas horas para cobrir a chegada dos famosos. A pergunta mais freqüente: “Quem você está vestindo?”. Escolher um vestido, o que para a maioria das pessoas parece ser uma questão trivial, para celebridades acaba sendo mais uma parte do trabalho. Tanto que existe uma profissão especializada em selecionar e definir o que grandes nomes do entretenimento devem usar. Os celebrity stylists são profissionais que acompanham as principais semanas de moda, em especial os desfiles de alta costura e as coleções exclusivíssimas que nem

62

chegam às lojas. Além disso, eles têm um profundo conhecimento de moda para trazer, por exemplo, um look vintage ou clássico sem parecer datado e participam de todas as etapas sempre com atendimento personalizado. Além de conhecer o corpo da celebridade, é preciso saber as restrições que os famosos impõem, o local da festa, entre outros detalhes. E quando se trata de uma figura pública, é importante valorizar estilistas do país de origem, saber a procedência dos materiais utilizados para demonstrar consciência ecológica...enfim, tudo para criar uma imagem perfeita; atualmente um look bem desenvolvido é quase como um bom trabalho de relações públicas. Para chegar a uma produção que se transforme em mídia espontânea positiva para a celebridade e para a grife escolhida, há muito trabalho. Entre as medidas necessárias é sempre importante dosar o nível de glamour conforme a ocasião, jamais repetir roupa em eventos públicos e sempre ter um look estepe, caso alguém repita a roupa ou algum incidente aconteça. Como você já leu, tudo é tão personalizado que as rainhas do pop têm acesso direto a estilistas renomados para fazer o vestido dos sonhos sob medida. Mas, a maioria dos modelitos desfilados nos red carpets passam antes pelas passarelas das principais semanas de moda do mundo. Os vestidos costumam aparecer mais longos nos desfiles e com acessórios super pesados além de maquiagem inovadora e alguns detalhes duvidosos. O que é recorrente quando celebridades apostam nas tendências de passarela é sempre dar um toque pessoal ou mais de acordo com o estilo e o lugar de cada uma. Emma Watson, a eterna Hermione dos filmes de Harry Potter,

Fotos: JustJared.com e divulgação.

utdoor, campanhas, desfiles, sites... todas as estratégias de divulgação e publicidade na moda parecem defasadas quando tratamos do mundo das celebridades. Ao que parece, não há melhor propaganda hoje para um estilista do que ter suas criações usadas por famosos, e melhor ainda, se forem exibidas no tapete vermelho do showbusiness.


Fotos: JustJared.com e divulgação.

apareceu na première mundial que fechou a sequência de filmes em um vestido Oscar de La Renta de tule cinza e foi super elogiada. A atriz dispensou o casaco de pele que veio na passarela e ficou chique na medida – além de coerente com a estação. Cameron Diaz optou por usar a última coleção da Chanel na estréia do filme “Bad Teacher”, em Nova Iorque. Na passarela o vestido de bainha irregular apareceu com look bem carregado: jaqueta de couro, maxi colares e sapatos com uma espécie de meia, também em couro e, um tanto estranha; a atriz usou só o vestido com um scarpin preto e manteve o ar sexy sem ser exagerada. A cantora Fergie apostou na estampa estrelada de Dolce&Gabbana – que está em todas as revistas de moda. O vestido justíssimo veio na passarela com um tipo de pochete e comprimento quase até o joelho, além de meias pretas e brincos XXL. A loira dispensou a pochete (ufa!), as meias e os brincos e passou a tesoura na bainha. Diferentemente de Fergie, é uma das novas apostas de Hollywood, Elle Faning, irmã de Dakota Fanning. A escolha por um vestido romântico e em azul clarinho assinado por Marc Jacobs foi usado pela atriz um pouco mais longo do que na passarela e combinados a uma sandália rosa.

Rachel Zoe Uma das stylists mais requisitadas das estrelas de Hollywood é Rachel Zoe. Apesar de não ter formação em moda, Zoe trabalha desde sempre no meio fashion além de ter uma rede de contatos invejável com estilistas e celebridades. Como clientes usuais, a lista tem os nomes de Keira Knightley, Cameron Diaz, Jennifer Garner, Kate Hudson,  Demi Moore, Liv Tyler e Anne Hathaway, só para citar alguns. O estilo de vida workaholic cheio de drama leve – além de stylist, ela assina linhas de produtos com seu nome pode ser acompanhado pelo reality show “The Rachel Zoe Project”, que já está na quarta temporada, tem estréia marcada para este mês nos Estados Unidos.

OSCAR DE LA RENTA

EMMA WATSON

ALEXANDER MCQUEEN

ANNE HATHAWAY VERSACE

LADY GAGA

EMILIO PUCCI

JENNIFER LOPEZ DIANA AGRON

STELLA MCCARTNEY

63


“Quem você está vestindo?” Selecionamos algumas produções dos últimos eventos e apontamos customizações feitas tanto nos vestidos como no styling. Afinal, moda de passarela é sempre conceito. No entanto, vários vestidos dos sonhos são transpostos das semanas de moda para o tapete vermelho quase sem nenhuma intervenção. A Revista Estação Aeroporto  selecionou alguns looks passarela versus tapete vermelho para você conferir. Quem mandou melhor?

DOLCE&GABBANA

FERGIE

Fotos: JustJared.com e divulgação.

ZOOEY DESCHANEL

VERSACE

CHANEL

CAMERON DIAZ

64


JASON WU

LOUIS VUITTON

Fotos: JustJared.com e divulgação.

MARC JACOBS

EMILY BROWNING

REESE WITHERSPOON

ELLE FANNING

65


Moda

66


A

moda noiva tem o papel de transformar sonho em vestido para o momento mais esperado na vida de muitas mulheres. Completando a singularidade do dia do casamento, ouro, pérolas e diamantes despertam a paixão nas noivas (talvez tanto quanto pelos futuros maridos). O editorial de moda de setembro da revista Estação Aeroporto ilustra o namoro através da vitrine de uma noiva com joias cobiçadíssimas. Avarenta até o último fio de cabelo, ela não resiste ao brilho de colares, pulseiras e anéis e sai em fuga levando tudo o que lhe chama a atenção. E quem poderá culpá-la?

Vestido, véu e grinalda: Patrícia Sabiá Sapatos: Patrícia Sabiá Brincos e Bracelete: Git`s


Vestido: Gesoni Pawlick Acess贸rio para cabelo: Gesoni Pawlick Brincos: Git`s


Vestido e vĂŠu: Gesoni Pawlick Joias: Git`s


Vestido e vĂŠu: Erica Joias: Git


Vestido e capa: Ninevi Joias: Gits

Ficha Técnica Produção executiva: Melina Costa/Propague Trends. Fotografia: Paulo Carotini. Assistente produção executiva: Bia Carminati/ Propague Trends Assistente de produção e Styling: Fernanda Santini Beauty: Adriano Hargan Casting: Camila Gapski (Ford Models) Texto: Ana Marta M. Flores


Joias

Ouro Rosa, diamante negro

e pedras brasileiras estão em alta

F

oi uma experiência muito interessante. Quando cheguei ao Transamérica Expo Center,em São Paulo, com seguranças por todo lado, me deparei com cenas que jamais poderia imaginar. Joias, muitas joias preciosas de todos os tipos e tamanhos. Tamanhos aliás, absurdos, grandes, coloridos, pedras, ouro, diamante negro, pérolas e prata. Eu realmente estava na 53° FININJER, a maior feira da América Latina de joias, relógios e afins. Mulheres a beira de um ataque de nervos, não recomendaria estar lá. A medida em que ia percorrendo os corredores da feira, ficava mais impressionada.O mercado de joias continua em alta, muitos negócios envolvendo exportação e um grande número de estrangeiros circulando pelos espaços, querendo saber e conhecer o que nossas fábricas estão produzindo. Aliás, são muitas, a maioria localizada no interior de São Paulo e Minas Gerais. Também achei interessante o mercado de designers de joias. Destaque para os mineiros e cariocas. Durante toda a visita, o grupo de jornalistas que estava comigo, foi acompanhado pela designer Regina

ANEL EM OURO ROSA, CALCEDONIA ROSA, QUARTZO ROSA E OPALA DA NOVELO

Machado, uma especialista em tendência e mercado. Os ourives também marcaram presença, aqueles do tempo dos nossos avós que faziam joias exclusivas e que não eram tão caras assim. Na feira, peças de todos os preços. As mais valiosas, acima de R$ 100 mil, a preço de custo. Nos stands dos relógios, os que mais se destacaram foram os suíços e americanos. Os da marca centenária Tissot e os da linha Marc Jacobs, estavam lindos de morrer, coloridos, um arraso! Entre os lançamentos, destaque para as pulseiras, anéis e colares elaboradas para o público masculino e LGBTS. E segundo os especialistas, o ouro rosa está super em alta, assim como os diamantes negros e as pedras brasileiras como a opala. No stand da fábrica Gênesis, encontrei um anel em forma de gato com 1.373 diamantes negros. Na NF Joias, a linha elaborada para os amantes de rali também estava linda. Peças retratando a flora brasileira e muito ouro misturado com couro, também já virou tendência. Voltei da feira entendendo porque o mercado AAA está em alta. Somos realmente emergentes, e tem gente comprando muito, mais muito mesmo, inclusive joias, pela bagatela de R$ 100, R$ 200, R$ 500 mil reais, valores que certamente são para quem pode, infelizmente, não para quem quer.

JOIAS LINHA FAUNA E FLORA - GOLDESIGN BRACELETE DE OURO ROSA DA LINHA NINHO, DO ATELLIER ELLE CINQ

72

Fotos: Divulgação.

Por Mônica Corrêa


JOIAS LINHA FAUNA E FLORA GOLDESIGN

Fotos: Divulgação.

COLAR E ANEL COM DIAMANTE NEGRO DA ART GOLD

BRINCO E ANEL NATURAL TOP.

BORBOLETA AZUL DA AMSTERDAM SAUER.

COLEÇÃO “ ERA UMA VEZ” DA DRW.

GATO DO FABRICANTE GÊNESIS, COM 1.373 DIAMANTES NEGROS E BRANCOS

BRINCO COM PEDRAS AZUIS, DA GOLDESIGN.

73


Comportamento

Fotos: Wil Koetzler.

Sem você meu amor eu ainda sou alguém

S

e algum dia me pedirem para escrever sobre casamento, vou dizer que eles se dividem em dois tipos: o exclusivo e o inclusivo. O casamento exclusivo, de modo geral, começa com uma sensação muito boa. Corpo e mente celebram a presença do amor com manifestações físicas e psicológicas. As sensações que o amor provoca são reconhecidas - e desejadas - por muitos de nós. Porém, o casamento exclusivo se aproveita desta condição e leva os cônjuges a acreditarem que precisam ser a razão da existência um do outro. Fonte exclusiva de prazer mútuo. O casamento exclusivo privilegia a relação conjugal em detrimento de outras formas de relacionamento, como a amizade, o coleguismo, o parentesco, ou a vizinhança, exigindo status de exclusividade relacional, em que um parceiro precisa ser “tudo para o outro”. Isto requer, logicamente, parceiros que olhem somente um para o outro, que esperem encontrar um no outro a totalidade que necessitam, para que dela retirem os fundamentos para a existência conjunta. O casamento exclusivo é o mais facilmente encontrado por aí. Você o encontra nas artes, na poesia, nas novelas, nos romances, nas peças publicitárias, na música. Como, por exemplo, na belíssima canção Samba em Prelúdio, composta por Baden Powell e Vinícius de Moraes. Eu sem você não tenho porquê / porque sem você não sei nem chorar Sou chama sem luz / jardim sem luar / luar sem Sem

74

você meu amor eu ainda sou alguém amor / amor sem se dar Eu sem você / sou só desamor / um barco sem mar/ um campo sem flor Tristeza que vai / tristeza que vem / Sem você meu amor eu não sou ninguém. Sem a pessoa amada, o poeta não é ninguém. Nada mais tem valor. Poeticamente falando, é uma ideia linda. Mas experimente transportá-la para sua vida conjugal. É problema na certa. Afinal, você não será tudo para o outro o tempo inteiro, e vice-versa. O casamento exclusivo impõe um peso que fica muito difícil para qualquer relação suportar. O casamento inclusivo, por sua vez, só se encontra nos casais amadurecidos pela experiência da conjugalidade. O casamento inclusivo compreende que, embora haja muitas coisas que só podem ser alcançadas dentro do casamento, há também muitas outras que podem ser alcançadas fora dele. O casamento inclusivo reconhece a conjugalidade como espaço de desenvolvimento das identidades de cada parceiro. Nele, as imperfeições fazem parte do processo, e as conexões não se dão apenas nos momentos bons. Libertos da expectativa de ser tudo para o outro, podemos desfrutar, embora não o tempo todo, a agradável sensação de ser uma luz na chama de outra vida, um luar no jardim de outra pessoa. Aí sim podemos ouvir, abraçadinhos, Vinícius de Moraes. João David C. Mendonça Psicólogo, terapeuta de família psicojd@gmail.com www.twitter.com/psicojd


75


Tendência

Diversão e fantasia são a nova tendência em ensaios de noivos O fotógrafo Will Koetzler, pioneiro no estado, realiza trabalhos fotográficos inusitados e irreverentes, que refletem o espírito dos casais modernos.

A

realização de um belo ensaio fotográfico antes da consumação de um casamento já faz parte da tradição e do ritual de muitos noivos. Os locais escolhidos geralmente são românticos, como uma praia ou campo, e retratam momentos de alegria e sintonia entre o casal. Para contrapor a linguagem estética deste tipo de ensaio surgiu o Trash the Dress. Uma sessão de fotos onde muitas noivas destroem os próprios vestidos após a cerimônia de casamento – uma alternativa para quem não pretende guardar a roupa como recordação ou passá-la através das gerações. O Trash the Dress, que surgiu nos Estados Unidos, ganhou adeptos do mundo inteiro e já se consagra como forte tendência entre as revistas especializadas do segmento. A ideia é estragar ou sujar o vestido em fotos feitas no mar, na areia, ou até mesmo na lama. A noiva recém-casada pode ficar bem à vontade e o noivo não precisa tomar todos os cuidados com o vestido. O resultado são fotos descontraídas, divertidas, carregadas de humor e bom-gosto. O fotógrafo catarinense Will Koetzler, com mais de 10 anos de experiência em fotografia, é um dos pioneiros em fotos temáticas e originais em Santa Cantarina. Will propõe ensaios exóticos e inusitados, que podem incluir o Trash the Dress, ou até mesmo uma luta de boxe e a

76

realização de uma fantasia do casal. O diferencial são fotos que fogem do convencional e que têm tudo a ver com a personalidade e a história dos noivos. Um dos primeiros trabalhos neste estilo que Will realizou foi com Paola e Andreas, e ambos lutavam boxe. O cenário escolhido foi um ringue e os dois se vestiram para a ocasião – ele com shorts de luta e gravata. Ela com um espartilho branco e luvas de boxe. O universo da luta foi a essência das fotografias, mas, com muita ousadia e sofisticação, transpareceram o carinho e o afeto entre os noivos. Na mesma linha deste ensaio foi o de Alexia e Flavio, em que o casal era apaixonado por basquete. Eles brincaram com o esporte na hora de escolher as roupas para o ensaio. O noivo vestia bermuda, tênis, camisa e paletó, enquanto a noiva estava com shorts, camiseta e tênis brancos. Já Mari e José são budistas, e queriam que as fotos antes do casamento fizessem referências à religião. Will escolheu com os noivos o cenário e trabalhou o conceito de fotografias que fugiam completamente do tradicional. Com jogos de luz e ângulos inusitados, Will trilha um novo caminho nas fotografias de noivos e propõe ensaios que reflitam a personalidade do casal. Qualquer assunto pode servir de inspiração para as


fotografias - um livro, um filme que tenha a ver com a história do casal, um esporte, ou histórias que façam parte da vida dos noivos e que possam ser recriadas e revividas durante o ensaio. Will conta que já recebeu propostas de fotografias relacionadas com o filme OO7 e com os livros da saga Crespúsculo. “Tudo vale na hora da criação, e as fotografias acabam sendo uma brincadeira íntima e sincera do casal. O ensaio se torna uma recordação divertida que faz com que a dupla tenha vontade de rever o álbum muitas vezes ao longo da vida”, afirma o fotógrafo.

77


Festival

A capital do Rock

A

quarta edição brasileira do Rock in Rio está marcada para os dias 23, 24, 25, 29 e 30 de setembro e 1 e 2 de outubro de 2011, no Parque Olímpico Cidade do Rock, na Barra da Tijuca. Mais de 70 atrações nacionais e internacionais estão confirmadas, entre elas Metallica, Red Hot Chilli Peppers, Coldplay, Elton John, Shakira, Katy Perry, Rihanna, Jay-Z, System of a Down e Guns N’ Roses. O destaque da progamação do Palco Mundo no dia extra será o cantor e compositor Stevie Wonder, que comemora 50 anos de carreira. Também se apresentarão as cantoras americanas Janelle Monáe e Ke$ha, além da banda britânica Jamiroquai. No palco Sunset, dedicado a parcerias de artistas, a principal atração será a cantora Joss Stone - a única a se apresentar sozinha. Lá, também farão shows Afrika Bambaatta + Paula Lima, Baile do Simonal + Diogo Nogueira + Davi Moraes, e Curumin + Marcelo Jeneci. O festival fará também uma homenagem ao Legião Urbana. Os ex-integrantes do grupo tocarão com a Orquestra Sinfônica Brasileira músicas do grupo. A dupla nova-iorquina “Little” Louie Vega & Kenny “Dope” Gonzales, do Masters At Work, Mary Olivetti, Mário Fischetti e DJ Zegon foram escalados para o espaço dedicado à música eletrônica. Já no palco Rock Street,

78

estarão os norte-americanos Scott Feiner e Mark Lambert, o sapateador Stephen Harper, o violonista Arnaldo Brandão e o quarteto de sax Saxophonia, além de malabaristas, acrobatas e mágicos. Completam ainda a programação nomes como Evanescence, Stone Sour, System of a Down, Motörhead, Slipknot, Coheed and Cambria, Snow Patrol, NX Zero, Capital Inicial, Sepultura, Angra, Skank, Marcelo Camelo, Arnaldo Antunes, Erasmo Carlos, Cidadão Instigado, Tulipa Ruiz, Tiê e Letieres Leite & Orkestra Rumpillez, entre outros. Os ingressos esgotaram-se logo, e mesmo os destinados ao dia extra do Rock in Rio acabaram no início de agosto. O festival soma nove edições, sendo três no Brasil (1985, 1991 e 2001), quatro em Portugal (2004, 2006, 2008 e 2010) e duas na Espanha (2008 e 2010). Em 2011, a expectativa é que  600 mil pessoas  passem pelo evento e possam  desfrutar  com  segurança e conforto cada uma das atrações que o festival oferecerá, como o Palco Mundo e as tendas Eletrônica e  Palco  Sunset. Nesta edição, o  Rock  in  Rio  ganha atrações  como  num  parque  de  diversões  e  o  público  poderá se divertir na  Tirolesa, Roda Gigante e Kaboon.


Por Um Mundo Melhor Red Hot Chili Pepers.

Metallica.

Há 10 anos, o Rock in Rio assumiu a responsabilidade de também ser um veículo de comunicação para causas socioambientais com a criação do projeto Por Um Mundo Melhor. Em nove edições, milhares de pessoas, no Brasil, em Portugal, na Espanha e em diversos outros países, foram beneficiadas pelos investimentos provenientes da venda de ingressos do evento e das ações promovidas pelos parceiros, que somam mais de 5 milhões de euros. Entre as ações desenvolvidas foram plantadas mais de 40 mil árvores; foram construídos uma escola, na Tanzânia, e um centro de saúde no Maranhão. O Rock in Rio também formou 3.200 jovens no ensino fundamental, no Rio de Janeiro; colocou 760 painéis solares em escolas públicas, em Lisboa; e montou 14 salas sensoriais em ONGs para atender crianças com deficiências mentais e visuais. Além disso, desde 2006, o Rock in Rio se compromete a compensar 100% das emissões de CO2 do evento. “Um sucesso de tamanha grandeza impõe responsabilidades e exige dos organizadores retribuições que ajudem a melhorar de alguma forma este planeta de todos nós”, afirma Roberto Medina, presidente do Rock in Rio. Para esta edição, as ações do projeto - Por Um Mundo Melhor têm como mote principal a música como alicerce na formação dos jovens. Entre as ações estão: uma grande campanha de doação de instrumentos musicais, que inclui a criação de oficina de luthier (profissionais especializados na confecção e manutenção de instrumentos musicais) para capacitação de jovens em assistentes de luthier, montagem de dez salas de músicas em escolas públicas do Rio de Janeiro e a formação de 30 professores de música a partir da metodologia - O Passo; e ainda a transmissão ao vivo do festival nas comunidades Batan e Cidade de Deus; e o concurso -1 Ingresso Por 1 Mundo Melhor, destinado a estudantes da rede pública de ensino.

Roberto Medina e artistas.

Serviço: O quê: Rock in Rio Onde: Parque Olímpico Cidade do Rock, na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro. Quando: 23 a 30 de setembro. Quanto: Ingressos esgotados. Mais informações: rockinrio.com.br

Festival terá mais de 70 atrações.

79


80


ESSA CORRENTE PRECISA DE VOCÊ.

Nada substitui o sangue. Por isso, quando uma pessoa precisa de sangue, ela precisa de você. Essa corrente é para fazer da doação um hábito, para que esse ato de solidariedade alcance cada vez mais pessoas e chegue até quem precisa. Seja um doador. Um grande ato incentivado e apoiado pelo SUS. Procure o hemocentro mais próximo.

Ministério da Saúde

81


Mais Estação

Tempo de Glauber Rocha

H

á exatos 30 anos o Brasil perdia o mais revolucionário de seus cineastas. Glauber Rocha morreu no dia 22 de agosto de 1981, precocemente, aos 42 anos, deixando como legado obras-primas como Deus e o Diabo na Terra do Sol (1964) e Terra em Transe (1967), além de uma nova maneira de fazer cinema. Uma sessão solene no Plenário do Senado, realizada no dia 22 de agosto, homenageou o cineasta. Além disso, durante o mês de agosto, a TV Senado exibiu filmes dirigidos por Glauber e documentários sobre ele. A cerimônia contou com a presença de três gerações da família Rocha – a mãe dele, Lúcia, que cuida de seu acervo, a filha Paloma e a neta Sara. “Glauber fez um cinema muito diferente do que existia naquele momento. Foi um homem à frente de seu tempo”, afirmou a senadora Lídice da Mata (PSB-BA), que tomou a iniciativa de homenagear o cineasta no Plenário. Glauber Rocha foi um dos pais do Cinema Novo. O movimento, iniciado na década de 1950, pregava o rompimento com o cinema americano, a estética artificial e a temática de conto de fadas. E defendia a criação de um cinema genuinamente brasileiro, que retratasse a realidade nacional e não escondesse as mazelas sociais. Infância Glauber Rocha nasceu em 1939, na cidade baiana de Vitória da Conquista. Tinha apenas nove anos quando, no colégio, escreveu e dirigiu sua primeira peça de teatro. Quatro anos mais tarde, já era crítico de cinema em um programa de rádio em Salvador. Antes de mergulhar no cinema, Glauber chegou a se aventurar pelo Direito - cursou os primeiros anos do cur-

82

so na universidade mais conceituada da Bahia - e pelo Jornalismo, como repórter de polícia num jornal de Salvador. Mas a paixão pela arte acabou falando mais alto. No princípio, Glauber era mais reconhecido no exterior do que no Brasil. No prestigioso Festival de Cannes, na França, ganhou vários prêmios. Em seu próprio país, suas produções permaneciam incompreendidas. Ele era uma personalidade polêmica. Conseguia ser criticado tanto pela direita quanto pela esquerda. Produções suas foram censuradas pela ditadura militar. Foi preso, acusado de subversão, após participar de um protesto no Rio de Janeiro. A repercussão da prisão foi tão grande no exterior que ele acabou sendo libertado alguns dias depois. No início dos anos 1970, partiu para um período de exílio no exterior. Em 1981, foi diagnosticado com pericardite viral. Acabou tendo complicações pulmonares e não resistiu. Em clima de comoção, seu corpo foi velado no Parque Lage, no Rio de Janeiro, cenário de “Terra em Transe”. Morreu moço, aos 42 anos, metade deles dedicados à realização de filmes – 16 títulos em 21 anos, 10 dos quais obras de longa-metragem. Seu acervo, com mais de 100 mil documentos, está no Tempo Glauber, espaço organizado pela sua mãe, Lúcia Rocha. Desde a morte de Glauber, em 1981, ela procura e guarda todo e material referente a seu filho. Segundo Lúcia, enquanto todas as crianças da idade dele estavam na rua, brincando de peteca ou bola de gude, Glauber ficava dentro de casa, lendo e escrevendo. “Minha mãe, minha cabeça é um vulcão”, ele explicava. “Eu entendi que, lendo e escrevendo, ele dava um jeito de expelir todas as ideias que tinha dentro da cabeça”, conta ela.


Romance de Glauber ganha nova edição Em homenagem aos 30 anos da morte de Glauber, a Editora da UFSC, em parceria com Itaú Cultural, prepara edição de Riverão Sussuarana, obra maior do cineasta e escritor que reinventa a Língua Portuguesa. O grande romance do artista tropicalista, há muito esgotado, já está em linha de montagem para ser publicado pela Editora da UFSC em parceria com o Itaú Cultural, em fevereiro de 2012. Considerado um dos textos mais inventivos e controversos da literatura brasileira pós-moderna, Riverão Sussuarana será lançado em São Paulo, em um grande evento na sede do Itaú Cultural, na avenida Paulista, em fevereiro, e, em março de 2012, em Florianópolis. Nesse romance, Glauber reinventa a língua portuguesa, criando novos vocabulários e nova sintaxe, a fim de pôr em ação a onça ou o jaguar. Esse animal, admirado e temido pelas culturas ameríndias, passeia majestoso pela história e pela ficção, propondo uma nova visão da cultura do continente americano. Glauber dialoga com James Joyce e Guimarães Rosa, fazendo uma releitura da onça mítica, até hoje conhecida em todo o continente. “Agora estamos debruçados sobre a herança literária de Glauber, outro gênio que mudou para sempre a face da cultura nacional”, anuncia o editor Sérgio Medeiros.. Em outubro, sai o livro “Primavera do Dragão”, de Nelson Motta. Ele, que conheceu o cineasta numa première do emblemático “Deus e o Diabo na Terra do Sol” (1963), volta no tempo para contar a juventude de Glauber. “Adoro histórias de artistas quando jovens. Este é um romance de formação”, afirma. “Já não se fazem glauberes como antes”.

Mais informações: Tempo Glauber: www.tempoglauber.com.br Editora da UFSC: www.secarte.ufsc.br

83


Estação Final

Coquetel do Pilates Boutique - Florianópolis By Fernando Willadino

by Narriman Chede

Ana Bork, engenheira.

Rosa Rigon e Maria Hammes. Foto:Fernando Willadino.

Carol e Sandra Lobato.

Saulo Casanova Junior, Karina Forlin e Raquel Guedert.

Convidados com André Wesendonck e Karina Forlin.

Inauguração da nova loja da Siberian - Joinville By Adriel Douglas

Letícia Fernandes, Rodrigo, Tatiana Francisquini.

Tabita Monteiro, Catia Ritzmann e Graciane Coelho.

Foto: Adriel Douglas.

Ana Paula Hoeppner, Julia Aiolfi e Marcela Gazaniga.

Ana Claudia Prayon, Rodrigo Hilbert e Gil Payon.

84

Grazi Lenzi, Andressa Selonke, Taibelle Angelo e Alinie Araujo. Daniele S. Thiago, Zeca S. Thiago, Camila S. Thiago.


DONNA FASHION DC Iguatemi - Florianópolis By Hermes Bezerra e Fernando Willadino

Érika Palomino.

Henri Castelli entre Damylla e Renata Damiani.

Bia Carminati e Melina Costa.

Samira Campos e Mary Figueiredo Arantes.

Ana Ramos Marlei Silochi. Eduardo Smitt, Eduardo Gerchmann e Wilfredo Gomes.

Larissa Vasconcelos Silva com a filha Bruna.

Cassio Reis.

Patricia Tancredo e Carla Boabaid.

Ana Paula Bornhausen e filho.

João Reis e Manoela Dechamps. Alice Kuerten. Jamil Nicolau e Renata Kuerten.


Happy Hour Encontro de Craques - SP By Antônio Salani

Alexis Pagliarini..

Felipe Almeida e Álvaro Almeida.

Bruno Bomeny.

Suzy Ayres, Fábio Arruda e Nancy Saeki.

Foto: Henrique Pereira.

Marcelo Faisal.

Ana Asmar e Júlia Asmar.

Rubinho Barrichello.

Lançamento Samsung Galaxy TAB 10.1 VIVO Florianópolis By Daniel Vianna

Cliente Olir Salvio Marchi e promotora Samsung.

Comemoração com primeiro cliente Foto: HDaniel Vianna.

Cliente Fernando Fernandes.

Primeiro cliente a adquirir o Tablet foi Fernando Roberto Teline Franco de Paula.

86

Equipe Vivo.


Lançamento Office Green - Florianópolis By Antônio Salani

Foto: Antônio Salani.

Thais e Giovani Bonetti.

Caroline e Ricardo Casagrande.

Caio e André Schimdt.

Daniel e Ana Paula Vieira. Valério e Mirinha Gomes. Renata Senh e Guilherme Leão com a filha Sofia.

Marcelo Gomes e Mariana Schuwartz.

Heloisa e Rodrigo Silva.

Miryan e Renato Fett.

Adriana Piazza e Jamil Nicolau. Katia e Joel Nieburg.

Roberto Costa.

87


A escolha certa na hora de relaxar!

Vittale Articulado

Colchões sob medida para seu quarto, personalizado para você. Magnético e com Infravermelho longo. Terapia enquanto dorme!

Conjunto Colchão + Box 4 Gavetas

(048)

Poltrona Gravidade Zero

3025 2754 / 9982 9998 Rua Lauro Linhares, 1079 - Trindade - Florianópolis

www.vittalecolchoes.com.br Entregamos em todo o Brasil


Crônica

Da arte de falar mal Raul Caldas Filho

(O título desta coluna presta uma homenagem a Carlos Heitor Cony, o último dos Moicanos da era dos grandes cronistas brasileiros (ainda em ação), que durante anos usou a expressão para designar os seus textos no extinto Correio da Manhã, do Rio, aproveitando-a também para denominar um dos seus livros.) Com tanta roubalheira e corrupção fazendo parte das esferas político-administrativas nacionais, estaduais e municipais nunca se viu nenhum acusado levantar-se e declarar de peito aberto, alto e bom som: “Confesso que roubei! Sou um ladrão dos cofres públicos.” Os flagrados sempre se declaram inocentes, probos, honestíssimos, de fazer inveja aos varões de Plutarco. *** Captado num bar: - Se aquele cara fosse um automóvel não valeria um real. O seu maquinário está caindo aos pedaços. *** Os responsáveis pela produção de mensagens publicitárias em rádio e televisão partem do pressuposto que todos os seus ouvintes ou telespectadores são imbecis. A indigência mental e o primarismo predominam em noventa por cento dessas propagandas (quando não partem para o besteirol mais infame), com o agravante de o volume sempre aumentar a níveis insuportáveis no momento em que explodem aos nossos olhos e ouvidos. A salvação são os controles remotos, com o quais pode-se optar pelo silêncio. *** Na guerra do trânsito Não existe aliado Nem trânsito em julgado. Só o que se vê é inimigo Por tudo quanto é lado. *** O mundo oficial ainda perde muito tempo com solenidades, homenagens, honrarias, condecorações, discurseiras e na glorificação do poder. Menos papo furado e mais ações administrativas não fariam mal a ninguém.

*** As licenças ambientais, quando movidas por paixões ideológicas, são mais uma praga que assola o país (e Floripa, em especial). Preservar a natureza é meritório; impedir a realização de obras necessárias, por razões aleatórias (como proteger morcegos, piavas e baiacus) é burrice. Ou burrocracia. *** O politicamente correto: outra praga dos tempos atuais, que, com o pretexto de combater preconceitos, criou fascistóides camisas de força contra a liberdade de expressão, o humor e o bom humor. *** Quando surge a expressão: “Cabe recurso”..., a respeito de alguma decisão judicial, o comentário popular é: “Não vai dar em nada.” *** Abolir a toga, já seria uma boa medida para modernizar (e agilizar) a Justiça nossa de cada dia. *** Político só pensa naquilo: o voto. *** Estamos vivendo o tempo das paradas (ou marchas). É marcha para tudo e todos os gostos, dos gays aos evangélicos. (Só falta a dos heterossexuais, aqueles indivíduos (homem ou mulher) que são atraídos pelo sexo oposto, não tem?) Já uma parada contra a corrupção avassaladora reinante no ar, como sugeriu Juan Arias, correspondente no Brasil do jornal El País, ninguém se habilita. Ocorre que as entidades que antes mobilizavam as massas (UNE, CUT, Centrais Sindicais e congêneres) estão também comprometidas. Só apelando ao Bispo. Ou ao Papa. *** Parafraseando Fernando Pessoa: “Nada vale a pena Se a alma for pequena.” Raul Caldas Filho Jornalista, cronista e ficcionista. www.raulcaldasfilho.com.br contato@raulcaldasfilho.com.br

89


Página Poética Grande amor

Eterno espasmo de um desejo etéreo E bálsamo dos bálsamos da graça, Chama secreta que nas almas passa E deixa nelas um clarão sidéreo.

Fotos: Wil Koetzler.

Grande amor, grande amor, grande mistério Que as nossas almas trêmulas enlaça... Céu que nos beija, céu que nos abraça Num abismo de luz profundo e sério.

Cântico de anjos e de arcanjos vagos Junto às águas sonâmbulas de lagos, Sob as claras estrelas desprendido... Selo perpétuo, puro e peregrino Que prende as almas num igual destino, Num beijo fecundado num gemido.

Cruz e Sousa 90


Revista Estacao # 35  

Entrevista com Mila Kunis e Justin Timberlake .

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you