Issuu on Google+

www.brasilconexaoafrica.com.br

Abr/Mai 2013 | Ano 1 - Nº 1 | R$ 14,90 - U$ 7,50

connection

Terceira Cúpula

da América do sul e África

54 líderes africanos e 11 sul-americanos debateram o fortalecimento de cooperação entre África e América do Sul

3rd Africa-South America Summit (ASA)

54 African leaders and 11 South Americans discussed the strengthening of cooperation between Africa and South America Projeto adote uma árvore Angola The project named Adopt a Tree Angola

Embraer entrega os três primeiros A-29 Super Tucano à força aérea nacional de angola Embraer delivers the first three A-29 super tucanoes to the national air force of Angola

Brasil e Angola: comércio bilateral fortalecido Brazil and Angola: bilaterial trading strengthened between the two Brasil Conexão África 3 countries


Brasil Conexão África

5


EDITORIAL

REVISTA BRASIL CONEXÃO ÁFRICA Finalmente, uma leitura diferenciada Brasil, país de dimensões territoriais continentais, vive hoje um momento especial na sua história e prepara-se para ser o palco de grandes eventos como a Copa das Confederações em 2013, a Copa do Mundo de Futebol, em 2014 e as Olimpíadas, evento a ser realizado em 2016. Sua economia está alicerçada num sistema político confiável, item necessário para a atração de grandes investimentos. Conhecido como grande produtor agrícola, com um parque industrial bem estruturado- incluindo a indústria aeronáuticaconta ainda com grande reserva de petróleo, o “Pré -Sal” e destaca-se pelo domínio de alta tecnologia na prospecção do “ouro negro” em águas profundas.

Brazil, a continental country, has been going through a special time in its history, preparing itself to host great events such as the 2013 Confederations Cup, Fifa 2014 World Cup; and the 2016 Olympic Games. Its economy is founded on a reliable political system, which is an essential requirement to attract large investments. Known as a major crop producer, and having a well-structured industrial segment – including aircraft manufacturing plants – the country counts on a large oil reserve – the presalt reserve – and also outstands due to the mastering of Exploration & Production techniques of the “black gold” in deep waters.

África, berço da humanidade, bloco continental integrado por 54 países, sendo hoje um dos mercados econômicos mais cobiçados do mundo para grandes investimentos. Seu potencial é reconhecido principalmente pelas imensas áreas produtivas de seu território, próprias para o cultivo de alimentos, e por suas reservas minerais, consideradas as maiores do planeta. Além disso, possuí as maiores reservas de petróleo de alta qualidade do mundo. A África vem sofrendo grandes transformações políticas e econômicas nos últimos anos, e em cada conquista de estabilidade, ganha em competitividade.

Africa, the crib of Humanity, a continental area made of 54 countries, is currently one of the most targeted markets in the world for large amounts of investment. Its potential is recognized mainly because of the huge productive areas within its land, which is perfect for food planting. It is also recognized because of its mineral reserves, considered to be the largest in the planet. Besides that, Africa has the largest good quality oil reserves on Earth. This continent has been going through major political and economic changes in the latest years and every step it takes in terms of stability, it also gains a better competitive position.

Brasil e África, juntos, caminham a passos largos para a consolidação de suas economias, e neste cenário de grandes oportunidades de negócios, surge a revista Brasil Conexão África, como uma ferramenta segura e facilitadora no intercâmbio entre estes dois povos unidos por afinidades históricas, trazendo em seus artigos e matérias

Brazil and Africa, together, have moved towards the consolidation of their economies and, it is in this scenario of significant business opportunities that Brazil Connection Africa Magazine surges as a safe tool to ease the interchange between the two peoples, who have several historical experiences in common. In its articles and reports, the Magazine presents a special and unique approach, aiming at meeting governors’, businessmen’s, politicians’, students’ and executives’ expectations by means of transparent and trustworthy information. Our readers will be in touch with articles written by subject-matter experts, in addition to re-

Ednei de Oliveira Editor Executivo da Revista  Executive Editor of Brasil Conexão África - RBCA  Brazil Connection Africa Magazine - BCA

6

Brasil Conexão África


E d ito r ia l

BRAZIL CONNECTION AFRICA MAGAZINE Finally, something different to read. um tratamento especial e diferenciado, destinado a atender às expectativas de governantes, empresários, políticos, estudantes e executivos, através de informações claras e seguras. Você, leitor, encontrará artigos assinados por experts, além de matérias de interesse em diversas áreas do conhecimento, como: economia, legislação aduaneira, tributos, acordos internacionais, cultura, meio ambiente, infraestrutura e logística, energia, saúde, educação, dentre outros. A revista Brasil Conexão África é dirigida a um público seleto, que encontrará em seus artigos e textos uma leitura dinâmica e informativa, imprescindível a todo profissional preocupado em agregar valor ao seu know-how em comércio exterior. Nossa meta é atingir e conquistar cada leitor, através da qualidade e dos conteúdos de nossas matérias. A assiduidade de sua leitura nos garantirá a credibilidade necessária para que os executivos da iniciativa privada e do poder público façam uso deste novo instrumento, compartilhando e comentando suas notícias, transformando a Revista Brasil Conexão África num novo referencial no mercado editorial. Num mercado globalizado em que vivemos, movido por transformações constantes, esperamos que a revista Brasil Conexão África seja de seu agrado, tanto no que se refere às informações quanto à sua diagramação moderna, limpa e clara, auxiliando e propiciando o dinamismo necessário à sua leitura. A cada número estaremos atentos a estas mudanças, dedicando-nos ao máximo a transmitir notícias de interesse geral e úteis, na busca pela otimização de resultados. Nosso objetivo, caro leitor, é levar até você, tanto nesta primeira edição como nas seguintes, informações valiosas que estarão ao seu lado no dia a dia, informando e apresentando oportunidades de negócios. Neste primeiro número, a expectativa é grande e, com ela, a sensação de uma etapa cumprida com seriedade, dedicação e entusiasmo. Seja bem vindo, caro leitor. Em nome da revista Brasil Conexão África, desejo-lhe uma boa leitura.

ports that interest people from several areas of knowledge, such as economy, customs laws, taxes, international treaties, culture, environment, infrastructure & logistics, energy, health and education, among others. Brazil Connection Africa Magazine is driven to a selective target, who will find in its articles and texts dynamic and informative reading opportunities, which are essential to all professionals who are focused on adding value to their know-how on foreign affairs. Our target is to reach and conquest every reader through the quality and contents of our reports. The frequency of your reading will grant us the necessary credibility so that executives from private enterprises make use of this new tool, sharing and commenting the news published herein, turning Brazil Connection Africa Magazine into a reference in the editorial market. In the global world where we live, which is fueled by continuous transformations, we expect that Brazil Connection Africa Magazine may please you, both in relation to its contents and to its modern layout, which is clean and clear, aiding and providing for the necessary dynamism to your reading. In every new issue, we will be watching these changes, making our best efforts in order to bring news that interest and are useful to the general public, in search for optimizing our outcomes. Our goal is to convey, in this first issue – as well as in the following ones – valuable information, which shall be by your side on the daily routine, making you aware and presenting to you the best business opportunities. In this first issue, our expectation is enormous, and, together with this feeling, we have the sensation of mission accomplished with a serious, committed and enthusiastic attitude towards the task. Welcome, dear readers. On behalf of Brazil Connection Africa Magazine, we wish you a good reading time.

Brasil Conexão África

7


E X P E D I E N T E | M a s thea d

Presidente: Ednei de Oliveira Diretor Vice Presidente: Bruno Cesar de Oliveira Editor Executivo: Ednei de Oliveira Diretor Financeiro: Celso Luis da Silva Pereira Jornalista Responsável: Sebastião Valentim - MTB 14.617  Departamento de Jornalismo: Sebastião Valentim, Elyan Dellaperuta, Elaine Trindade Diretores Jurídicos Brasil: Dr. Luis Machado dos Santos, Dr. Rivaldo José Vieira e Dr. Umberto de Oliveira Diretor Jurídico Angola: Dr. Joaquim Antonio Capita Diretor de Marketing e Publicidade: José Roberto Palaio de Oliveira Diretora de Arte / Projeto Gráfico e Diagramação: Simone de Oliveira Estágiarios de Designer Gráfico: Caio Lucas, Mariana Barquinha e Bianca Fracalanza Gerente Comercial: Norberto Almeida Atendimento Agências Rio de Janeiro/RJ: Carlos Eduardo Distribuição: Condeports Internacional Revisão e Tradução: Original Translation, Elyan Dellaperuta. Gráfica: Walprint Gráfica e Editora Ltda Representantes Brasil: Representante Estado do Pará: Eddy Antonio de Oliveira Representante Estado do Espírito Santo: Jorge Carlos Prisso Representante Estado da Paraíba: Carlos Roberto de Almeida Silvano Representante Regional São Paulo/SP: Juan Acosta Representante Regional Piracicaba/SP: Cesar Felipe Representante Regional Ribeirão Preto/SP: Edgard Cury Representante Regional São José dos Campos/SP: Luis Antonio Bortolin Representante Regional ABCD/SP: Marco Antonio Hertz Representantes África: Angola: Januário Augusto Conselho Consultivo: Roberto Silva, Evandro Werneck, Eduardo Rebuzzi, Carlos Muniz, Luis Sans Castro, Silvio Ferreira, Ricardo França, Guilherme Drago, Luiz Henriques. Redação/Redaction: (55 21) 2201-8175 Tiragem: 50 mil exemplares A revista  “Brasil Conexão África” apresenta edições bimestrais em Português e Inglês, despontando como uma ferramenta de intercâmbio bilateral de comércio, turismo, infraestrutura, exportação, agronegócios, cultura e relacionamento político, dirigida para chefes de estado, governadores, prefeitos das principais cidades brasileiras e africanas,  além de embaixadas, consulados, corporações empresariais, CEOs das maiores empresas, associações empresariais, câmaras de comércio e agentes de turismo. Seus exemplares também poderão ser adquiridos  nas grandes bancas de revistas das principais cidades do Brasil e do continente africano”.

8

The magazine “Africa Connection Brazil” presents bimonthly editions in Portuguese and English, emerging as a tool of bilateral trade, tourism, infrastructure, export, agribusiness, culture and political relationship, addressed to heads of state, governors, mayors of major cities of Brazil and African continent, as well as embassies, consulates, corporations, CEOs of major companies, business associations, chambers of commerce and travel agents. It may also be purchased at major newsstands of the main cities in Brazil and the African continent.

Brasil Conexão África


S U M Á R I O | C onten s

Projeto adote uma árvore ANGOLA The project named Adopt a Tree - Angola

Cúpula América Petrobras do Sul - África Petrobras

Brasil e Angola

Africa - South America Summit in Equatorial Guinea

Brazil and Angola

8

Biodiversidade do rio Okavango Biodiversity in the Okavango River

56 BARRAGEM DE CAPANDA

12

Projeto adote uma árvore - Angola The project named Adopt a Tree - Angola

60 Petrobras descobre petróleo de boa

24 Desmatamento e Derrubada das

florestas tropicais Deforestation and tipping of tropical forests

Capanda Dam

qualidade no poço Florim Petrobras discovers good quality oil in florim well

62 pré-sal Pre-salt

28 Política Ambiental

66 África semente do universo

32 África do Sul

76 BRASIL E ANGOLA

36 Dilma Rousseff participa na Guiné

81 Para confiar mais no Brasil

Environmental Policy South Africa

Equatorial da Cúpula América do Sul África Dilma Rousseff participates to Africa - South America Summit in Equatorial Guinea

42 Brasil e Angola: comércio bi-lateral

fortalecido Brazil and Angola: bilaterial trading strengthened between the two countries

Africa seed of the universe Brasil and Angola

Having more confidence in Brazil

86 Brasil lança plano nacional de

integração hidroviária Brazil launches a national plan for waterway integration

92 Indústria Naval Naval Industry

46 EMBRAER

96 Carnaval do Rio de Janeiro

49 Mudança no modelo de leilões de

104 A Era dos Genes

Embraer

concessão de rodovias Minister of finance changes highways concession auction model

50 Binômio 2011-2012

The years 2011-2012

52 COOPERGIA

Carnival in Rio de Janeiro The era of genes

108 Isto é Brasil This is Brazil

116 Integração social através do esporte Social integration through sports

COOPERGIA Brasil Conexão África

9


MEIO AMBIENTE

Biodiversidade do rio Okavango Biodiversity in the Okavango River Por/by: Elaine Trindade

10

Brasil Conexão África


E n v i r oment

U

A

m rio que não corre para o mar. Diferente, não é mesmo? Mas esta é apenas uma das excentricidades do rio Okavango (Cubango), que nasce no interior da República de Angola e segue a sudeste, atravessando a Namíbia até chegar ao maior delta interior do mundo, em Botswana, desembocando no deserto do Kalahari.

river that does not flow to the sea. Is it not peculiar? However, this is just one of the eccentric characteristics of the Okavango (Cubango) River, which is born in the inner region of Angola and flows southeastward, crossing Namibia until it reaches the largest inner delta in the world, located in Botswana. Finally the River empties into the Kalahari Desert.

Dono de uma biodiversidade inigualável e uma paisagem estonteante em meio ao deserto, o rio Okavango é um exuberante oásis que proporciona uma experiência única aos visitantes. Em Botswana, onde forma um pântano gigante, o Okavango torna-se um ponto de grande interesse eco-turístico, por conta da fauna selvagem, que tem no rio sua fonte de sobrevivência. O local também é conhecido como o melhor destino do mundo para a prática da equitação.

Possessing unequal biodiversity and astounding landscapes in the middle of the desert, the Okavango is an exuberant oasis that features a unique experience to visitors. In Botswana, where it forms a huge swamp, the Okavango becomes a point of great interest for ecologic tourism, due to its wild fauna, which finds its source of survival in the river waters. This place is also known as the best destination in the world for horse riding.

Durante a época das cheias, o delta do rio Okavango chega a cobrir uma superfície de até 22.000km². O melhor período para visitação é quando ocorre o pico de inundação, no período de maio a junho. Nesta época, pode-se observar uma grande variedade de animais como manadas de elefantes, búfalos, hipopótamos, hienas, cães selvagens, girafas, zebras, leopardos, crocodilos, rinocerontes, pássaros de variadas espécies, além dos leões nadadores, que entram na água durante as enchentes para caçar antílopes e impalas. Com o objetivo de registrar as espécies encontradas em toda a extensão do rio Okavango, em 31 de janeiro (Dia Nacional do Ambiente), foi apresentado na província do Kuando-Kubango o relatório da biodiversidade aquática local. A pesquisa, uma parceria entre o Ministério do

During flood times, the Okavango River delta can cover a surface of 22,000 square kilometers. The best time to visit it is when the flood peak occurs, between May and June. That is when several varieties of animal species can be observed, such as herds of elephants, buffalos, hippopotamuses, hyenas, wild dogs, giraffes, zebras, leopards, crocodiles, rhinos, several Bird species and swimming lions, who jump into the water during the floods in order to hunt antelopes and impalas. Recording the species encountered along the entire extension of the Okavango River, the biodiversity report on the local aquatic life was presented in the province of Kuando-Kubango on January 31, when the National Environment Day is celebrated. The research, a partnership between the Ministry of the Environment in Angola and the Austral African Regional Environmen-

Brasil Conexão África

11


R I O O K AVA N G O | O kavango Ri v e r

Ambiente da Angola e o Programa Ambiental Regional da África Austral (Sarep), tem como objetivo garantir a conservação da biodiversidade do sistema Okavango. O documento apresentado aponta a existência de pelo menos 96 espécies, sendo que 73 destas foram examinadas durante o estudo. Cinco espécies de peixes encontradas eram inéditas e estão sendo catalogadas. Além disso, a pesquisa permitiu a documentação de 19 espécies de anfíbios e 17 espécies de répteis. O relatório também indica a ausência de coleção histórica ou de museus em toda a área do curso do rio Okavango. A pesquisa da biodiversidade aquática permitirá também a monitoração das espécies e a situação da fauna que habita as áreas próximas à bacia hidrográfica, além de coibir a caça de mamíferos de pequeno e grande porte e o aumento do desmatamento naquela região.

12

Brasil Conexão África

tal Program (Sarep – from the initials in Portuguese), aims at ensuring the preservation of the biodiversity in the Okavango system. The document presented points out the existence of at least 96 species. Seventy-three of those were analyzed by the research. Five fish species found were new and they are still being listed. The research also allowed for the recording of 19 amphibious species and 17 reptile species. The report indicates the absence of a historical collection or museums in the whole area by which the Okavango River passes. The research on aquatic biodiversity will also permit the monitoring of species and an understanding of the current situation of the fauna that is present in areas close to the river basin, in addition to repressing the hunting of small and large mammals. Finally, it can also improve the control over the deforestation of the region.


MEIO AMBIENTE

PROJETO ADOTE UMA ÁRVORE - ANGOLA The project named Adopt a Tree - Angola

14

Brasil Conexão África


E n v i r oment

ANGOLA HAS AN INNOVATIVE PROJECT AIMED AT RECOVERING DESERTIFIED AREAS AND PROTECTING AND PRESERVING FORESTS By: Ednei de Oliveira

O

Ministério do Ambiente de Angola, em parceria com o CONDEPORTS INTERNACIONAL, implantou um projeto arrojado e inovador que busca despertar uma consciência geral a favor do meio ambiente, por visar a preservação da fauna e da flora com uma ideia simples, mas que proporciona fantásticos benefícios para aqueles que dela participam. O Projeto Adote uma Árvore – Angola é uma iniciativa pioneira na preservação das matas globais e consiste em estimular instituições, empresas e a população em geral a adotar árvores, com o objetivo de contribuir de forma direta na preservação da biodiversidade do país. O projeto prevê a participação das famílias que dependem hoje das

T

he Ministry of the Environment in Angola, in a partnership with CONDEPORTS INTERNACIONAL, has implemented a bold and innovative project, which aims at raising general awareness towards the environment, as it is driven to the preservation of the fauna and flora by means of a simple idea, but an idea that features amazing benefits for those who take part of it.

The project named Adopt a Tree – Angola is a pioneering initiative to preserve global forests and it consists of stimulating institutions, companies and the population as a whole to adopt trees, aiming at contributing directly to the preservation of the country’s biodiversity. The project forecasts the participation of families who cur-

~~ Sra. Fátima Jardim, Ministra do Meio Ambiente de Angola, no lançamento do Projeto Adote uma Árvore Angola, na Ilha do Mussulo. ~~ Mrs.. Fátima Jardim, the Minister of the Environment of Angola, at the launch of the Project Adopt a tree - Angola, in the Mussulo Island.

Brasil Conexão África

15


P R O J E T O A D OT E U M A Á R V O R E

florestas para sua sobrevivência. É a inserção do homem no desenvolvimento sustentável. O projeto Adote uma Árvore – Angola oferece a oportunidade de participação de empresas que tenham compromisso com o meio ambiente, visando ampliar anda mais o número de árvores a serem protegidas e, consequentemente, a melhoria da qualidade de vida das pessoas. As áreas do projeto Adote uma Árvore – Angola têm suas árvores protegidas das ações de pessoas e empresas que atuam no desmatamento de forma ilegal, influenciando assim negativamente na preservação das espécies que habitam a floresta, tanto animais quanto vegetais, prejudicando estudos voltados ao aproveitamento da biodiversidade em beneficio do homem.

The project Adopt a Tree – Angola provides the opportunity for the participation of enterprises which are committed to the Environment, trying to increase the number of trees to be protected and, consequently, to improve people’s quality of life. The areas covered by the project Adopt a Tree – Angola have their trees protected from people’s and companies’ will to destroy them illegally, what negatively influences the preservation of both animal and vegetable species that inhabit the forest, damaging studies designed to the use of biodiversity in favor of mankind.

cc A tecnologia a favor do homem

cc Technology contributing to Men

Para o monitoramente e a proteção das florestas, bem como o combate à exploração ilegal da madeira, neste projeto Adote uma Árvore – Angola, as árvores terão monitoramento e rastreamento eletrônicos, através da utilização de chips acoplados às mesmas.

In order to monitor and protect the forests and combat illegal wood exploration, the project Adopt a Tree – Angola will electronically track its trees by means of chips stuck to them.

Os chips nas árvores possibilitam a gravação de coordenadas e informações como nome, altura, diâmetro, volumetria, serraria de destino (quando for o caso), dentre outros elementos necessários para o monitoramento e rastreamento. O Projeto Adote uma Árvore - Angola trabalha com a manutenção da flora em seu estado nativo, conservando-a e enriquecendo-a com o plantio de novas espécies. O processo é acompanhado através de pesquisas para melhor conhecê-la e utiliza os conhecimentos adquiridos de sua rica biota em benefício do homem. Trata-se, portanto, de um modelo de defesa da natureza que deverá gerar um conjunto de experiências, que poderão ser apropriadas por outros similares e serem disseminadas por todo o continente africano, permitindo um maior controle sobre as áreas protegidas, evitando-se e/ou reduzindo drasticamente a biopirataria, infelizmente tão comum nos dias de hoje.

16

rently depend on forests for their survival. It is an insertion of Men in a concept of sustainable development.

Brasil Conexão África

The chips placed on the trees will enable the recording of their global position, as well as information such as their height, diameter, volume, sawmill where it will go to (whenever that is the case), among other necessary elements for their monitoring and tracking. The project Adopt a Tree - Angola works with the preservation of the flora in its natural state, maintaining it and enriching it with the planting of new species. This process is followed by researches aimed at knowing the flora better, using the knowledge acquired from its rich biota to the benefit of humans. This project is all about a model for defending the Nature, which might generate a set of experiences that may be used by other similar initiatives and be spread around the entire African continent. This will allow an improved control over protected areas, preventing – or significantly reducing – biopiracy, which is unfortunately quite common nowadays.


T he p r oject name d A d opt a T r ee

cc Por que Adotar?

cc Why to adopt?

Com a adoção das árvores, serão inúmeros os benefícios alcançados para a sociedade, dentre os quais:

Adopting a tree will bring countless benefits to the society. Among them we can mention the most important ones:

a) desafio que é proposto em todos os quadrantes do planeta, de passarmos do discurso filosófico à prática efetiva de defesa do meio ambiente, preservando-o e conservando uma biota em sua forma nativa; b) desenvolvimento da consciência ecológica, através de cursos, seminários e outros instrumentos educativos e da capacitação profissional para pessoas que dependam do extrativismo; c) criação de novos postos de trabalho e a possibilidade de elevação da renda doméstica, objetivando em um primeiro momento, a realocação de populações que vivem do extrativismo ilegal, para esta nova atividade sustentável; d) contribuição para a promoção e expansão do turismo ecológico, enraizando ainda mais a consciência ambientalista da população; e) promoção de estudos e pesquisas sobre a biota das áreas do projeto, com especial destaque para entidades internacionais ávidas por projetos inovadores e importantes como este, de forma que a sociedade seja a grande beneficiária do produto final destes trabalhos, como por exemplo, o encontro de vacinas para a cura de doenças.

a) the challenge presented in all quadrants of the planet to move from the philosophic speech to the effective practice of protecting the Environment, preserving and maintaining a biota in its native characteristics; b) development of ecologic awareness by means of workshops, seminars and other educational tools, as well as the development of professional training for people who depend on the exploration of natural resources. c) creation of new job positions and the possibility to raise household income, with the immediate objective of reallocating populations who depend on the illegal exploration of natural resources, making them move into this new sustainable activity; d) contribution for the promotion and expansion of ecotourism, increasing even more the population’s environmental awareness; e) fostering of studies and research on the biota in areas covered by the project, with a special focus on international institutions that are eager for innovative and important projects like this one, in such a way as to provide the society with great benefits arising from the work performed within the scope of the project. An example of these benefits is the possibility for the discovery of a vaccine to cure diseases.

Brasil Conexão África

17


P R O J E T O A D OT E U M A Á R V O R E

18

cc Áreas do projeto:

cc Areas comprised by the project:

O Programa Adote uma Árvore – Angola será implantado em áreas mapeadas para melhor operacionalização e logística do Projeto, com vigilância constante e conservação e manutenção permanentes. As áreas serão divididas em glebas de 1,0 ha cada uma, através da abertura de caminhos de penetração de modo a reduzir ao mínimo o impacto desta demarcação sobre o meio ambiente local.

Adopt a Tree Program – Angola will be implemented in mapped areas for its better operation and logistics. It will have continuous surveillance, preservation and maintenance. The areas will be divided in 1.0 ha tracts, and penetration trails will be opened so as to reduce the time and impact of such demarcation over the local environment.

Esta divisão tem como objetivo permitir a visitação de estudantes e pesquisadores, oferecendo maior facilidade para os trabalhos de pesquisas que venham a ser desenvolvidos no local e também facilitar a exploração do turismo ecológico de forma sustentável.

This fragmentation aims at creating conditions for students and researchers to visit the area, making it easier to develop research works there, and also enhancing the sustainable exploration of ecotourism.

Brasil Conexão África


T he p r oject name d A d opt a T r ee

~~ General Cristóvão Quina plantando uma árvore na Ilha do Mussulo. ~~ General Cristóvão Quina planting a tree in the Mussulo Island.

~~ Ministra do Ambiente Fátima Jardim sendo entrevistada no lamçamento do Projeto Adote uma Árvore Angola, pela Revista Áfica, Programa Internacional TV Globo. ~~ The Minister of the Envirronmet Fátima Jardim being interviewed by Africa Magazine - International Program - TV Globo.

~~ Ministra do Ambiente de Angola Sra. Fátima Jardim e Ednei de Oliveira, Presidente CONDEPORTS INTERNACIONAL. ~~ The Minister of the Environment of Angola Mrs. Fátima Jardim and dnei de Oliveira President of CONDEPORTS INTERNACIONAL.

Brasil Conexão África

19


MEIO AMBIENTE

20

Brasil Conexão África


E n v i r oment

Por/by: Sebastião Valentim

Brasil Conexão África

21


BAOBÁ

cc A Árvore O baobá, imbondeiros, embondeiros, ou calabaceiras (Adansonia) é um gênero de árvore nativa da ilha de Madagascar. É considerada como a árvore nacional de Madagascar e o emblema nacional do Senegal. Em Angola e Moçambique, esta árvore é conhecida por embondeiro, ou imbondeiro. Em algumas regiões o tronco desta árvore é escavado para ser utilizado como cisterna comunitária. Ela tem uma capacidade de armazenamento de água dentro do tronco, que pode alcançar até 120.000 litros e desenvolve-se em zonas sazonalmente áridas, onde durante a estação seca, perde totalmente suas folhas. A vida destas árvores pode ser muito longa, mas como a sua madeira não produz aneis de crescimento, como ocorre em outras espécies, torna-se impossível precisar a idade delas, sendo que alguns botânicos atribuem a algumas centenas de anos.

cc The Tree The baobab,  imbondeiros,  embondeiros  or  calabaceiras  (Adansonia) is a kind of tree from the Madagascar Island. It is considered to be the national tree in Madagascar, as well as the national symbol in Senegal. In Angola and Mozambique this tree is known as embondeiro or imbondeiro. In some regions, its trunk is excavated so as to be used as a community water reservoir. The baobab can hold up to 120,000 liters of water in its trunk and it develops in zones which are seasonally arid, losing all its leaves during the dry season. The life of these trees can be very long, but, as its wood does not produce growth rings, it is impossible to calculate their age accurately. Experts say that some of these trees date back to some hundred years ago.

22

Brasil Conexão África


B aobab

cc O Fruto Múcuas na árvore - A Mukua, ou fruto do baobá, tem no seu interior um miolo seco comestível (sem sumo), macio com sabor agridoce. Seu fruto é rico em vitaminas e minerais. Ao dissolver-se a mukua em água e fervê-la, obtém-se o sumo de mukua que, depois de arrefecido, é tomado como uma bebida fresca com sabor muito apreciado em alguns países. Múcua de Benguela - O fruto tem o nome de malambe, na língua xi-nyungwe da província de Tete, em Moçambique. A sua polpa branca seca no próprio fruto é utilizado como alimento, em tempos de escassez de comida. Pode ser usado também como remédio para a malária.

cc The Fruit Mukuas on the tree – The Mukua, the fruit of the baobab tree, has a dry edible kernel (without any sap). It Is soft and its taste is bittersweet. The fruit is rich in vitamins and minerals. When melting the mukua in boiling water, its sap can be obtained. After cooled down, it can be drunk as a fresh drink, whose flavor is appreciated in several countries. Mukua Bengela – The fruit is called malambe in the xi-nyungwe language spoken in the province of Tete, in Mozambique. The dry white kernel, found in the fruit itself, is used as food in times of famine. It can also be used as a medicine against malaria.

Brasil Conexão África

23


BAOBÁ

Baobá, uma relíquia no Brasil

Baobab, a relic in Brazil

Entre tantos bairros e municípios privilegiados do Rio de Janeiro, a bucólica Ilha de Paquetá parece ter recebido os afagos da mãe natureza. Nesta ilha, cercada de paz por todos os lados, há uma velha e sólida Baobá, que não se sabe quando e nem por quem foi plantada ali, bem no início da praia dos Tamoios.

Among several privileged districts and municipalities in Rio de Janeiro, the bucolic island of Paquetá seems to have been caressed by Mother Nature. In this island, surrounded by peace, there is an old and solid Baobab tree. No one knows either who planted it there, at the very beginning of the Tamoios beach, or when it was planted there.

Por ter o seu tronco com um diâmetro somente capaz de ser abraçado por seis ou mais pessoas, ela, a velha árvore Baobá, carinhosamente recebeu o nome de Maria Gorda.

As its trunk can only be hugged by six or seven people together, the old Baobab tree was tenderly named Chubby Mary.

Longe da ilha há mais de três décadas, resolvi escrever para velha Baobá esta carta: Saudações velha mãe africana, descendente Bombacácea!

Salutations, Old African Mother, Bombacacean descendent!

Saudações Mãe Maria Gorda, que viu meu pai nascer, meu avô sofrer e o meu bisa passar puxado por correntes, arrastado pela mão dos brancos colonizadores, alquebrado no orgulho a mostrar os dentes, gemendo e chorando um choro de humilhação, dor e saudade!

Salutations, Chubby Mother Mary. You saw my daddy being born, my grandpa suffering and my great-grandpa passing away, pulled by chains, dragged by his hands by white colonizers, broken pride as he showed his teeth, groaning and crying. A cry of humiliation, pain, expressing that he missed someone!

Saudações velha mãe gorda Obá que se enraizou no solo Tamoio, sugou suor de homem, água salobra, salitre e sangue!

Salutations, Old Chubby Mother Obab, who made roots on the Tamoios’ land, drank men’s sweat, salty water, saltpeter and blood!

Pobre mãe Maria Gorda – Baobá, compreendo a tua agonia, teu desgostoso eternizar, vendo o mar e sabendo que depois dele arde a nação de onde vieste e de onde veio a tua semente, tua raiz, mãe Maria Gorda - Baobá!

Poor Chubby Mother Mary – Baobab. I understand your agony, your eternal disappointment, watching the sea and knowing that beyond it burns the nation where you came from, where your seeds and roots came from, Chubby Mother Mary - Baobab!

Ainda assim, mãe, deste augúrio sombrio, quase nada restou de liberdade. Teu povo ainda chora. Em algumas aldeias, mulheres curvam-se sob as botas dos feudos arrogantes e desvairam pelas atrocidades dos tempos, que em muitos países a África ainda arde e o mundo vê indiferente

24

As I have been away from the island for three decades, I decided to write this letter to the tree:

Brasil Conexão África

Still, Mother, from this shady augury, nearly nothing remains from freedom. Your people still cry. In some villages, women bend in front of arrogant feuds and infatuate along atrocities of time. In many countries Africa still burns and the world care-


B aobab

o teu povo sofrido passar fome, mãe Baobá. Tuas crianças descendem do medo de suas carnes serem dilaceradas pelo leão de ouro, dono do poder que domina do alto, como na visão apocalíptica...

lessly watches your people suffering and starving, Mother Baobab. Your children descend from the fear that their flesh will be torn by the golden lion, the owner of the power that domains from the top, just like in the view of the Apocalypse.

Mãe Maria Gorda! Serena, contemplando o mar, plantada em solo brasileiro, onde ficará para sempre e somente morrerá de saudade da sua mãe África.

Chubby Mother Mary! Calm, gazing at the sea, planted on the Brazilian ground, where you will stay forever, coming to death as it misses Mother Africa.

Saudações, Mãe Maria Gorda. Saudações, Velha Baobá!

Salutations, Chubby Mother Mary. Salutations Old Baobab!

Tião Mitnelav

Tião Mitnelav

Brasil Conexão África

25


MEIO AMBIENTE

Desmatamento e Derrubada das florestas tropicais Deforestation and tipping of tropical forests

26

Brasil ConexĂŁo Ă frica


E n v i r oment

~~ Desmatamento - Floresta Amazônica ~~ Deforestation - The Amazon Forest

Brasil Conexão África

27


D E S M ATA M E N T O E D E R R U B A D A

V

L

Anastassia Makarieva, da Universidade de São Petersburgo, na Rússia, diz que os gradientes de pressão “nunca mereceram uma investigação teórica“. Seus cálculos sugerem que a condensação de bilhões de litros de água sobre florestas gigantes possam produzir um efeito também gigante.

Anastassia Makarieva, University of St. Petersburg, Russia, says the pressure gradients “never earned a theoretical investigation.” Their calculations suggest that the condensation of billions of gallons of water on forest giants can also produce a giant effect.

amos falar do vento, do homem e do tempo. Também falaremos das florestas tropicais, antes que acabem.

Como surge o vento? Foram os ventos criados pela condensação de umidade? Por que as diferentes temperaturas são fundamentais? Estas perguntas, que abordam tantas controvérsias, podem ser explicitadas de maneira clara e em poucas palavras. Sempre que o vapor de água condensa-se forma gotas e o ar se move, criando os ventos. Este fenômeno da natureza ocorre muito mais frequentemente sobre as florestas tropicais. Se as florestas tropicais deixarem de existir, os ventos serão reduzidos e, por consequência, as chuvas deixarão de existir.

Cientistas do clima buscam através da ciência responder estas perguntas, por saberem que hoje, ninguém duvida mais da tese de que as florestas tropicais reciclam a chuva, através da evaporação e transpiração. Mas, se perdermos as florestas nos interiores dos continentes, é provável que haja um declínio imensurável da biodiversidade e nas mudanças climáticas do planeta.

cc A ameaça de extermínio da vida animal Algumas campanhas, anunciadas para o plantio de árvores e reposição das florestas em áreas devastadas, têm causado repercussão e grande impacto social. Nesse sentido, longe de ter somente relevância acadêmica ou apenas teórica, no entendimento de muitos, as funções ecológicas essenciais à vida se referem não apenas à grande capacidade da natureza de refazer-se dos impactos destrutivos de devastações das florestas tropicais e dos desmatamentos desordenados, dos quais somos responsáveis diretos. Mas também, e principalmente, é nosso dever prover serviços de amparo e proteção à natureza,

28

Brasil Conexão África

et’s talk about wind, of man and time. Let’s also talk about tropical forests, before they are destroyed.

How the wind comes? Were they created by the condensation of humidity? Why the different temperatures are critical? These questions, which address many controversies, can be explained clearly and in a nutshell. Where the water vapor condenses and forms droplets, air moves, creating winds. This natural phenomenon occurs more often on tropical forests. If rainforests ceases, the wind will be reduced and consequently the rain will cease to exist.

Scientists seek climate science by answering these questions, knowing that today nobody doubts over the idea that tropical forests recycle rain through evaporation and transpiration. But if we lose the forests in the interiors of continents, is likely to be a decline immeasurable biodiversity and climate change on the planet.

cc The threat of extermination of animal’s life Some campaigns, announced for the planting of replacement trees and forests in devastated areas, have caused great impact and social impact. In this sense, far from having only just academic or theoretical relevance in understanding many ecological functions essential to life, refers not only to the great nature’s ability to recuperate from the ravages of the destructive impacts of tropical forests and deforestation disordered, in which we are directly responsible. But also, and mainly, it is our duty to provide support and protection


Defo r e s tation an d tipping

que é a verdadeira fornecedora de vida do nosso planeta.

services to nature, which is the true provider of life on our planet.

Somente adotando-se um conjunto de medidas preventivas, de funções ecológicas essenciais à vida, é que teremos chance de renovar nossas esperanças. A vida em nosso planeta dependerá de cada um de nós.

Only by adopting a set of preventive measures the ecological functions essential to life, that we will have a chance to renew our hopes, because life in our planet depends on each of us.

Que cada geração – presente e futura - possa cuidar desse assunto com o merecido respeito, preservando não apenas as florestas tropicais, mas todas as formas de vida em nosso planeta.

That each generation - present and future - can take care of this issue with the deserved respect, not only preserving the rainforests, but all living creatures.

Brasil Conexão África

29


MEIO AMBIENTE

Política Ambiental A cidade e sua capacidade de recuperação

Environmental Policy

The city and its recovery capability

Por/By: Helil Cardozo

..Não danifiqueis nem a terra nem o mar, nem as árvores, até selarmos em suas frontes os servos do nosso Deus...” (Ap 7.3)

30

Brasil Conexão África

“...Hurt not the earth, neither the sea, nor the trees, till we have sealed the servants of our God in their foreheads...” (Revelation 7.3)


E n v i r oment

N

uma construção feita em torno de ideias e valores, o conceito de ambiente é instrumento determinante para o planejamento dos estudos sobre o impacto ambiental. O que pensar quando as águas inundam os pontos da cidade mais populosos? O que falar quando agricultores deixam o seu trabalho, abandonando suas casas no campo, para se transformarem em operários da construção civil, na falsa ilusão de novas oportunidades, com a perspectiva de ganhos maiores na cidade? Não é apenas o seu meio de sobrevivência que é posto em risco, mas toda uma vida de conhecimentos herdados por seus ancestrais, que ali nasceram, criaram seus filhos, seus netos e formaram um clã. Somado a isso, há também o problema econômico, que este êxodo acarretará e a possível falta de alimentos para abastecer o nosso mercado, o que provocará o consequente aumento de preço dos produtos agrícolas, bem como o risco de ampliar o percentual de fome numa parcela mais carente da população. E as catástrofes e os desequilíbrios ocasionados por problemas ambientais nos preocupam muito. Não é apenas o meio da unidade social onde

I

n a construction built around ideas and values, the concept of environment is a determining factor for the planning of studies on environmental impact. What shall we think when waters flood the most populated spots in the cities? What shall we say when farmers abandon their jobs, leaving behind their homes in the country, feeding the illusion of finding new opportunities to earn much more money in the city? Not only their survival is put into risk, but also a whole life of knowledge inherited from their ancestors, who were born, raised their children, grandchildren and formed a clan there. In addition to that, there is also the economic problem caused by this exodus, which will lead to food shortage. The natural consequence will be the price increase of agricultural produce, as well as the risk of a sharp increase in famine rates among the needy part of the population. Catastrophes and the unbalance caused by environmental problems worry us a lot. It is not only the social environment where these men have always lived in

Fotos/Photos: Agência Petrobrás

1 Adutora 2 Estação de Tratamento de Água (ETA) do Comperj 3 Abastecimento da planta industrial 4 Estação de Tratamento de Despejo Industrial (ETDI) 5 Retorno da água para reúso 6 Descarte do efluente tratado para o emissário

~~ Obra do Complexo Petroquímico do Rio de Janeiro - COMPERJ ~~ Works in the Petrochemical Complex in Rio de Janeiro COMPERJ

Brasil Conexão África

31


P O L Í T I C A A M B I E N TA L

esse homem sempre viveu que sofre perdas, mas também o distanciamento que ele passa a ter da sua história, do seu passado, da sua cultura e das suas raízes.

O que será mesmo do processo de desenvolvimento socioeconômico, se não ousarmos preservar o tradicional? What will really happen to the process of social and economic development if we do not dare to preserve traditions?

Para se discutir o futuro desse povo, é preciso antes de se pensar em explosões econômicas, progresso e expansão social, respondermos a nós mesmos: o que será feito do nosso destino social, se não preservarmos e defendermos, por exemplo, cidades como São Gonçalo, Itaboraí e outros municípios do Rio de Janeiro, das muitas modificações que passarão com tantas obras, tanta migração de brasileiros e estrangeiros que virão em busca de novas oportunidades de trabalho, além das alterações ambientais que surgirão em decorrência dessas transformações e tudo isso, acrescido da aplicação de recursos econômicos astronômicos na implantação do Polo Petroquímico? O que será mesmo do processo de desenvolvimento socioeconômico, se não ousarmos preservar o tradicional? Nossos monumentos e prédios históricos são a essência da vida que construímos! Sim, porque o ambiente é também o próprio meio de vida, de cuja integridade dependerá a nossa sobrevivência diante do impacto e a insegurança quanto ao que virá.

A meu ver é hora de todos nós, cidadãos conscientes, aplaudirmos o Governo do Estado do Rio de Janeiro e o Governo Federal por nos ter presenteado com esta preferência, que ora nos causa tanta expectativa, uma vez que as mudanças que estão por vir trarão, com a urbanização, o crescimento da cidade. Mas após os aplausos, deveremos dar as mãos na luta pela preservação dos nossos ideais, no desempenho das funções de amparo à vida, na defesa do processo de graduação ambiental, em busca de uma economia sustentável, onde o homem caminhe lado a lado com o crescimento econômico e social, mantendo a

32

Brasil Conexão África

that suffers losses. There is also the distance that is created between them and their culture, heritage and roots.

In order to discuss the future of these people, it is necessary to think first in economic spurts, progress and social improvement. We must answer to ourselves what our social destiny will be if we do not preserve, for instance, cities like São Gonçalo, Itaboraí and other counties in the state of Rio de Janeiro, protecting them from the various transformations that will come after so many works have been performed there. There will be a huge migration of Brazilians and foreigners who will come in the search for new professional opportunities, what will cause environmental changes arising as a consequence of all this movement. Besides this, incredibly high amounts of economic resources will be invested for the implementation of the Petrochemical Pole. What will really happen to the process of social and economic development if we do not dare to preserve traditions? Our monuments and historic buildings are the essence of the life we have built. Yes, because the environment is also the place we live in, whose integrity will depend on our survival when facing the impact and insecurity towards what is about to come. In my point of view, it is time for all of us, aware citizens, to clap hands to the government of the state of Rio de Janeiro and the federal government for having gifted us with their preference. This moment has been generating a lot of expectation, once the upcoming changes will bring urban planning and growth to the city. However, after applauding, we shall give hands to fight for the preservation of our ideals, playing our role to protect life, to defend the environmental graduation process in search for a sustainable economy,


E n v i r onmenta l P o l icy

solidariedade e o respeito, como condições básicas para uma convivência saudável, próspera e duradoura. Não obstante, em meio a essa expectativa, sinto que a situação deve ser discutida por todos nós. O COMPERJ é uma realidade. Nessa atmosfera, daqui para frente, só caberá a todos nós reescrevermos nossas histórias com legitimidade. Vamos analisar essas transformações que se sucederão, educando e conscientizando a população, para melhor adaptar-se a um novo modo de vida: mais solidário e mais voltado para novos tempos e, com essa evolução que esperamos, unidos e acreditando nos desígnios de Deus e na coragem do homem, que seja este mega empreendimento, a grande porta que se abrirá para o nosso futuro e a prosperidade econômica, cultural e técnico-científica do município, do estado e do nosso país. Helil Cardozo – é o atual prefeito de Itaboraí, município onde está sendo implantado o COMPERJ.

in which man will walk side-by-side with economic and social growth. We shall preserve solidarity and respect as our underlying characteristics for a healthy, prosperous and long lasting relationship with each other. Notwithstanding this, amid this expectation I feel that the subject shall be discussed by all of us. COMPERJ is a reality. From now on, in this atmosphere, we are going to be responsible for rewriting our history in a legitimate way. Let us analyze these transformations that are about to be implemented, educating and making the population aware of them, so that everybody can better adapt to a new life style: a more solidary style, driven to the new era. In relation to this progress we have been expecting together, believing in God’s will and in man’s courage, may this mega development be the great portal that will open the path to our future and to the economic, cultural, technical and scientific prosperity of our city, state and country. Helil Cardozo – é o atual prefeito de Itaboraí, município onde está sendo implantado o COMPERJ.

Brasil Conexão África

33


ECONOMIA

África do Sul

Um promissor mercado para o exportador brasileiro

South Africa

Um Promissor Mercado Para O Exportador Brasileiro

C

om uma população aproximada de 44 milhões de habitantes, a África do Sul está situada no extremo sul do continente africano. O país ocupa uma área de 1.219.912 km² e sua recente história tem sido marcada por constantes transformações, dentre as quais, a eliminação do regime de “apartheid” e a inserção

34

Brasil Conexão África

W

ith a population of around 44 million, South Africa is located in the extreme southern region of the African continent. The country spreads over an area of 1,219,912 square kilometers and its recent history has been marked by continuous transformations, among them being the extinction of the


ECONOMY

do país como membro da comunidade internacional.

Apartheid and the inclusion of the country as a member of the International Community.

Impulsionada pela mineração, a economia sul-africana exporta ouro, diamante e outros metais não preciosos. A indústria manufaturada apresenta a maior contribuição ao PIB, compreendendo os setores de mineração e energia, incluindo ferro e aço, metais pesados e beneficiamento de minerais.

Propelled by mining, the South African economy exports gold, diamond and other non-precious metals. The manufacturing industry represents the greatest contribution to the country’s GDP, comprising the mining and energy sectors, the former including iron and steel, heavy metals and mineral processing.

Os principais parceiros quanto ao comércio exterior são: o Japão, a Alemanha, os Estados Unidos e o Reino Unido. No continente africano, seus principais parceiros são Zambábue e Moçambique. Em seu atual estágio de desenvolvimento econômico, o país abre um mercado promissor para os exportadores brasileiros com a perspectiva de negociações de um acordo de livre comércio, facilitando a intensificação do intercâmbio comercial entre o Brasil e a África do Sul. Mesmo sendo a economia sul-africana a maior da África, durante os últimos anos das sanções econômicas internacionais, seu crescimento tem sido limitado. Entretanto, a transformação política deste país para um Governo de Unidade Nacional Democrática trouxe um novo clima de prosperidade, oportunizando as empresas a desenvolver projetos e programas de trabalho com prazos mais longos. A descoberta de riquezas minerais só passou a produzir transformações em sua economia no final do século XIX. Mas, além do surpreendente crescimento econômico, gerado principalmente pela extração de produtos minerais, a África do Sul possui também um potencial considerável de importação de diversos produtos, além de incluir nesses itens produtos e serviços. A diversificação de parceiros vem aumentando a cada ano e as categorias de produtos brasileiros de exportação dirigidos ao importador sul-africano, são bastante diversificadas. Numa visão mais ampla desse potencial, podemos entender que há muitas oportunidades. E o investidor brasileiro não poderá perder esta chance...

South Africa’s main partners in terms of foreign trading are Japan, Germany, the United States and the United Kingdom. In the African continent Zimbabwe and Mozambique are the most important partners. In its current stage of economic development, the country features a promising market for Brazilian exporters, due to the perspective of the negotiation of a free trade agreement. This will make the commercial interchange between Brazil and South Africa easier and more intense. Despite the international economic sanctions against South Africa in recent years, which limited its growth, the country’s economy is the largest in the African continent. Its political transformation into a Democratic National Unit Government brought a new atmosphere of prosperity, providing opportunities for companies to develop long term projects and programs of work. The discovery of mineral wealth finally resulted in changes to the country’s economy at the end of the 19th century. However, in addition to the surprising economic growth generated mainly by the extraction of mineral products, South Africa also has a considerable potential for importing several goods, as well as different kinds of service. The diversification of partners has been increasing year after year and the categories of Brazilian for-export products driven to South African importers are equally diversified. In a broad view of this potential, it can be understood that there are several opportunities. The Brazilian investor cannot miss this boat.

Brasil Conexão África

35


ECONOMIA

Dilma Rousseff participa na Guiné Equatorial da Cúpula América do Sul - África 38

Brasil Conexão África


ECONOMY

Dilma Rousseff participates to Africa - South America Summit in Equatorial Guinea Brasil Conexão África

39


CÚPULA AMÉRICA DO SUL | ÁFRICA

A

presidenta Dilma Rousseff participou da 3ª Cúpula América do Sul-África em Malabo, capital da Guiné Equatorial, realizado em 22 de março de 2013. O encontro teve a participação dos 54 países africanos e 11 sul-americanos. O Paraguai ficou de fora porque está suspenso da União de Nações Sul-Americanas (Unasul).

P

resident Dilma Rousseff attended the 3rd Africa-South America Summit (ASA) in the capital of Equatorial Guinea, held on February 22, 2013. The meeting had the participation of 54 African countries and 11 South American. Paraguay was left out because he had been suspended from the Union of South American Nations (UNASUR).

O foco das conversas foi o fortalecimento de mecanismos de cooperação entre a África e a América do Sul. O comércio bilateral entre as duas regiões cresceu 75% em seis anos – desde a criação do grupo – e movimentou US$ 39 bilhões em 2011, segundo o Ministério das Relações Exteriores. Somente com o Brasil, esse volume atingiu US$ 26 bilhões em 2012.

The focus of the discussions was the strengthening of cooperation mechanisms between Africa and South America. Bilateral trade between the two regions grew 75% in six years - since the creation of the group - and topped US$ 39 billion in 2011, according to the Ministry of Foreign Affairs. Only with Brazil, this volume reached US$ 26 billion in 2012.

A Presidente Dilma Rousseff discursou na abertura da cúpula (22/02/2013). Em seguida, participou de almoço com chefes de Estado e, à tarde, da plenária em que os países discutiram estratégias e mecanismos para a cooperação Sul-Sul, principal tema do evento. Ela teve diversas reuniões bilaterais com presidentes de países-membros do grupo ao longo do dia.

The President Dilma Rousseff spoke at the summit’s opening (02/22/2013). Then participated at lunch with Heads of State and, in the afternoon, to the plenary where the countries discussed strategies and mechanisms for South-South cooperation, the main theme of the event. She had several bilateral meetings with Presidents of the countries-members from the group throughout the day.

~~ Presidenta Dilma Rousseff recebe cumprimentos na chegada a Malabo Guiné Equatorial para participar da III Cúpula América do Sul - África ~~ President Dilma Rousseff being greeted as she arrived in Malabo Ecuatorial Guinea to participate of the III South America - Africa Summit

40

Brasil Conexão África


A f r ica - South A me r ica Summit

1

2

3

4

~~ Encontro bilateral. Foto 1: Presidente de Senegal Machy Sall; Foto 2: Presidente do Burundi, Pierre Nkurunziza; Foto 3: Presidente de São Tomé e Príncipe Manuel Pinto da Costa e Foto 4: Presidente da Costa do Marfim Alassane Ouattara ~~ Bilateral Meeting. Photo 1: The President of Senegal, Machy Sall; Photo 2: The President of Burundi, Pierre Nkurunziza; Photo 3: The President of Saint Thomas and Prince, Manuel Pinto da Costa and photo 4: The President of Ivory Coast, Alassane Ouattara.

Após a cúpula na Guiné Equatorial, Dilma seguiu para a Nigéria, na primeira visita ao país como chefe de Estado. A presidenta foi recebida na State House, sede do governo nigeriano, na manhã de sábado (23). Além de encontro privado com o presidente Goodluck Jonathan, participando de reunião ampliada e de declaração à imprensa.

After the summit in Equatorial Guinea, Dilma Rousseff went to Nigeria, the first visit to the country as head of state. On Saturday morning (23/2) she was welcomed at State House, seat of the Nigerian government. Besides private meeting with President Goodluck Jonathan, she attended an extensive meeting and she also gave interviews to the press.

Os dois presidentes discutiram temas da agenda internacional e do Continente Africano,

The two presidents discussed issues about the international agenda as well as the African

Brasil Conexão África

41


CÚPULA AMÉRICA DO SUL | ÁFRICA

~~ A presidente Dilma Rousseff sendo cumprimentada pelo Presidente da Nigéria Goodluck Jonathan. ~~ President Dilma Rousseff being congratulated by Nigerian President Goodluck Jonathan.

42

como a crise no Mali. O Brasil e a Nigéria deverão adotar mecanismo de diálogo estratégico, que amplia as relações diplomáticas entre as duas nações.

continent, as the crisis in Mali. Brazil and Nigeria should adopt strategic dialogue mechanism, which expands the diplomatic relations between the two nations.

Na tarde do sábado (23), a presidenta discursou no encerramento de um seminário comercial entre o Brasil e a Nigéria. O país é o principal parceiro do Brasil no Continente Africano. Em 2012, o comércio entre os dois países movimentou US$ 9 bilhões.

On Saturday afternoon (23/2), the president spoke at the closing of a business seminar between Brazil and Nigeria. The country is the main partner of Brazil in Africa. In 2012, trade between the two countries topped US$ 9 billion.

A presidenta retornou ao Brasil na noite de sábado (23). Esta foi a segunda visita de Dilma à Àfrica desde o início de seu governo. Em outubro de 2011,  ela visitou Moçambique, Angola e a

The president returned to Brazil on Saturday night (23/2). This was the second visit of Dilma Rousseff to Africa since the beginning of her mandate. In October 2011, she visited Mozam-

Brasil Conexão África


A f r ica - South A me r ica Summit

~~ A presidente Dilma Rousseff sendo recebida na State House, dese do governo nigeriano; Presidente Dilma Rousseff cumprimenta autoridades femininas da Nigéria; A Presidente Dilma Rousseff em revista a Guarda Presidencial da Nigéria. ~~ President Dilma being received at the State House, the Nigerian government headquarters; President Dilma Rousseff greets women authorities from Nigeria; President Dilma Rousseff inspecting the Presidential Troop from Nigeria.

África do Sul. Ainda em 2013, Dilma deve retornar à África duas vezes: em março, para a Cúpula do Brics (grupo que reúne o Brasil, a Rússia, Índia, China e África do Sul), em Durban, na África do Sul; e em maio, para as comemorações dos 50 anos da União Africana, em Adis Abeba, capital da Etiópia. (fonte: Agência Brasil)

bique, Angola and South Africa. Still in 2013, she must return to Africa twice: in March to the BRICs Summit (the group that includes Brazil, Russia, India, China and South Africa) in Durban, in South Africa and in May, to the celebrations of the 50th anniversary of the African Union in Addis Ababa, capital of Ethiopia. (Source: Brazil Agency)

~~ Foto do encerramento do III Encontro de Cúpula da América do Sul-África ~~ Photo of the closing of the III South America-Africa Summit

Brasil Conexão África

43


ECONOMIA

BRASIL E ANGOLA: COMÉRCIO BI-LATERAL FORTALECIDO Brazil and angola: bilaterial trading strengthened between the two countries

~~ A presidente Dilma Rousseff sendo recebida pelo Presidente José Eduardo dos Santos em Angola. ~~ The Brazilian President Dilma Rousseff, when she was received by President José Eduardo dos Santos in Angola.

44

Brasil Conexão África


ECONOMY

D

esde sua visita à África em 2011, a Presidente Dilma Roussef tem mantido em perspectiva o aprofundamento das relações com o continente africano que continua sendo uma das prioridades da política externa brasileira durante sua gestão. Nos oito anos do governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, somados aos três anos da atual presidência, a aproximação com a África tem se intensificado com o aumento do comércio com o continente africano e vice-versa. Especificamente com Angola, o Brasil tem estreitado relações que passam ao largo do pessimismo da propalada crise econômica mundial. O receituário econômico que rege o mundo desde o arrefecimento das relações comerciais entre países são praticamente nulas quando se trata do comércio bi-lateral entre Brasil e Angola. Isto tem demonstrado que há um aprofundamento de relações contínuo com o continente africano que já era uma das prioridades do governo anterior no Brasil. Com isto as companhias brasileiras, estatais ou não, estão em contínua geração de parcerias com as empresas angolanas, inclusive privilegiando a contratação de trabalhadores e dirigentes no país.

S

ince her visit to Africa, in 2011, President Dilma Roussef has kept an eye on deepening the relationship with the African continent, which continues to be a priority for the Brazilian Foreign Affairs during her mandate. In the eight years of government of the former President Luiz Inácio Lula da Silva, and the three years of the current President, relations with Africa have become closer, having the trade between them increased, both for importations and exportations. Especially with Angola, Brazil has tightened the bonds, being far away from the so-called world economic crisis. The economic formulas that have ruled the world since commercial trade between countries has decreased are not valid when applied to the bilateral relations between Brazil and Angola. This shows that there is an improved and continuous contact with the African continent, which was already a priority for the previous government in Brazil. Thus, Brazilian state and private enterprises are continuously generating partnerships with Angolan businesses, preferring to hire workers and executives in this country.

Angola tem se mantido como o terceiro maior mercado para os produtos brasileiros na Àfrica, contudo as parcerias de cooperação para com o desenvolvimento de Angola está em continuo aprimoramento, prestigiando a infraestrutura, energia elétrica, agricultura e defesa. Os angolanos são atualmente os principais beneficiários das linhas de crédito do Fundo de Garantia de Exportações do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). De 2002 a 2008, o comércio bilateral cresceu mais de 20 vezes, atingindo US$ 4,21 bilhões. Já as trocas comerciais entre Brasil e Angola em 2012 foram de 1,19 bilhões de dólares (885 milhões de euros), com exportações brasileiras de 1,14 bilhões de dólares (847 milhões de euros), principalmente de açúcar e partes comestíveis de galinha e porco, e importações de 45,9 milhões de dólares (34 milhões de euros), com foco em gás e vidros.

Angola has kept its position as the third largest market for Brazilian products in Africa. However, cooperation agreements for the development of Angola are being improved, focusing on infrastructure, energy, agriculture and defense. The Angolans are the ones who are currently being most benefitted by credit lines from the Export Guarantee Funds made available by the National Bank for Economic and Social Development (BNDES). From 2002 to 2008, bilateral trading grew more than twenty times, reaching US$4,21 billion. Commercial exchanges between Brazil and Angola reached US$1.19 billion in 2012 (€885 million). Brazilian exports contributed with US$1.14 billion (€847 million). The main products exported were sugar, chicken and pork. Importation represented US$45,9 million (€34 million), being gas and glasses the main products.

É ainda exemplificante o pensamento de Dilma Roussef quando de sua última visita à Angola, país que ela considera fator de

Dilma Rouseff’s thought is exemplary fashion. In her latest visit to Angola, a country that she regards as a factor of stability for coun-

Brasil Conexão África

45


BRASIL | ANGOLA

estabilidade na África e exemplo para países em conflito. “Angola renasce do conflito das lutas dolorosa pela libertação nacional. Caminha agora a passos largos na realização de um destino de grandeza. Emerge como fator de estabilidade e vigor político neste vasto continente.”  Hoje a presença brasileira em Angola se faz notar desde a construção civil (shoppings, prédios, habitações populares, condomínios fechados, etc) até a construção pesada (usinas hidrelétricas) e unidades fabris (usinas de açúcar e alcool). Também é digno de nota o intercâmbio que se faz entre a empresa Sonangol e a Petrobrás, tanto em explorações no Brasil como em Angola. Com isto as relações bilaterais têm se intensificado sobremaneira na última década, quando o govêrno brasileiro passou a financiar obras de empreiteiras brasileiras em território africano, sendo que desde 2006 o BNDES (Banco Nacional para o Desenvolvimento Econômico e Social) passou a investir um montante que hoje ultrapassa a casa dos 10 bilhões de reais. 

46

Brasil Conexão África

tries involved in conflicts in Africa, she said: “Angola resurges from the conflict of painful fights for national freedom. Now it moves fast towards the accomplishment of its great destiny. It emerges as a factor of stability and political vigor in this vast continent.”  Nowadays, the Brazilian presence in Angola is observed from civil construction (shopping malls, buildings, popular houses, apartment complexes, etc.) to heavy construction (dams) and industries (sugar and ethanol mills). The interchange between Sonangol and Petrobras shall also be highlighted, both for exploration in Brazil and in Angola. Thus, bilateral relations have been intensified in the last decade, when the Brazilian government started to finance construction works performed by Brazilian companies in African territory. In 2006, the National Bank for Economic and Social Development (BNDES) started to invest an amount of money that currently surpasses 10 billion Reais.


International Exhibition and Conference for Port and Terminal Technology and Equipment

22 - 24 October 2013 SOUTH AMERICA Direct access to decision-making professionals of Ports, Terminals and Logistic operators from all over Brazil and South America. Outdoor and test-drive area for demonstration of port technology and cargo handling.

1 - 8 pm Mendes Convention Center Santos - SP - Brazil

THE ONLY INDUSTRY’S MEETING PLACE IN SOUTH AMERICA Meet the leading people in the Port industry

WHY EXHIBIT? • Your company in front of Terminals and Ports in need of business solutions • Gain valuable face-time with professionals involved in the purchasing process • Sales plataform to generate real leads • Up-sell, cross-sell and develop relationship with existing customers • Launch new products with maximum impact and get PR exposure • Develop new markets

www.infraportos.com.br Organiser

BOOK NOW YOUR BOOTH Sandro Bamonte • Tel.: 11 4878 5926 • info@infraportos.com.br OFFICIAL SUPORT

MEDIA PARTNERS

SUPPORT


ECONOMIA | DEFESA

EMBRAER

EMBRAER ENTREGA OS TRÊS PRIMEIROS A-29 SUPER TUCANO À FORÇA AÉREA NACIONAL DE ANGOLA

A

Embraer Defesa e Segurança entregou no inicio deste ano, os três primeiros turboélices de ataque leve e treina-

mento avançado A-29 Super Tucano à Força Aérea Nacional de Angola, que encomendou um total de seis aeronaves do modelo. A cerimônia foi realizada em Gavião Peixoto, no interior de São Paulo. Com esta entrega, Angola se torna o terceiro operador do Super Tucano no continente africano. O avião será empregado em missões de vigilância de fronteiras.

48

Brasil Conexão África

A

t the beginning of this year, the Brazilian aircraft manufacturer Embraer Defesa e Segurança delivered the first three A-29 Super Tucano light strike and advanced training turboprop engine aircrafts to the National Air Force of Angola. The delivery was made in a ceremony held in Gavião Peixoto, countryside of the State of São Paulo. The Angolan Air Force ordered a total of six similar aircrafts and, after this delivery, the country becomes the third operator of the Super Tucano in the African continent. The aircraft will be used in surveillance missions along the country’s borders.


ECONOMY | DEFENSE

Embraer

Embraer delivers the first three a-29 super tucanoes to the national air force of angola

“A escolha do Super Tucano pela Força Aérea Nacional de Angola demonstra o enorme potencial desta aeronave na África”, disse Luiz Carlos Aguiar, Presidente da Embraer Defesa e Segurança. “Trata-se de uma aeronave robusta, versátil, extremamente eficiente, com experi-

“The choice of the Super Tucano by the National Air Force of Angola shows the great potential that this aircraft has”, said Luiz Carlos Aguiar, the President of Embraer Defesa e Segurança. “It is a robust, versatile and extremely efficient aircraft, with proven experience in combats and low ope-

Brasil Conexão África

49


EMBRAER

ência comprovada em combate e baixos custos de operação. Por isso, tem despertado grande interesse de diversos países africanos.” Dez clientes já selecionaram o A-29 Super Tucano no mundo todo. O modelo, que está em operação em sete forças aéreas na América Latina, na África e na Ásia, já superou a marca de 170 mil horas de voo e 26 mil horas de combate. O Super Tucano é capaz de executar uma ampla gama de missões, que incluem ataque leve, vigilância, interceptação aérea e contrainsurgência. A aeronave é equipada com avançada tecnologia em sistemas eletrônicos, eletros-ópticos, infravermelho e laser, bem como sistemas de rádios seguros com enlace de dados e uma inigualável capacidade de armamentos, o que o torna altamente confiável e com excelente relação custo-benefício para um grande número de missões militares, mesmo em pistas não pavimentadas ou ambientes hostis. O A-29 Super Tucano opera mais de 130 configurações de armamentos, incluindo lançadores de foguetes de 70mm, mísseis ar-ar e bombas guiadas a laser totalmente integradas ao sistema de missão da aeronave, com designador a laser. Estes armamentos inteligentes de última geração vêm sendo empregados em missões operacionais reais executadas pelo Super Tucano há mais de cinco anos. O A-29 Super Tucano é fruto de um projeto desenvolvido de acordo com as rigorosas exigências da Força Aérea Brasileira (FAB). Com mais de 160 aviões já entregues, é totalmente compatível com as operações de combate em cenários complexos, em que são exigidas as capacidades de troca de dados e processamento das informações. Além da reforçada estrutura para operações em pistas não pavimentadas, o avião conta com avançados sistemas de navegação e pontaria de armas, o que lhe garante alta precisão e confiabilidade, utilizando tanto armamento convencional como inteligente, mesmo sob condições extremas. O avião requer apoio logístico mínimo para operações contínuas. 

50

Brasil Conexão África

ration costs. Therefore it has awakened the interest of several African countries.” Ten clients have already chosen the A-29 Super Tucano all over the world. The model, which is currently operating in seven Air Forces in Latin America, Africa and Asia, has already surpassed the number of 170 thousand hours of flight and 26 thousand hours of combat. The Super Tucano is able to perform a broad range of missions, including light attack, surveillance, aerial interception and counterinsurgency. The aircraft is equipped with cutting edge technology in terms of electronic, electrical-optical, infrared and laser systems, also having safe radio systems with data link and an unequaled capacity of carrying weapons. These make it highly reliable and provide it with an excellent cost-benefit ratio for a large number of military missions, even in non-paved runways and hostile environments. The A-29 Super Tucano operates with more than 130 weapon configurations, including 70mm rocket launchers, air-air missiles and laser guided bombs that are totally integrated to the aircraft mission system, which has a laser designator. These state-of-the-art intelligent weapons can be employed in real operational missions, which have been performed by the Super Tucano for more than five years. The A-29 is the result of a project developed in conformity with the most rigorous requirements of the Brazilian Air Force (FAB – from the initials in Portuguese). After more than 160 aircrafts have been delivered, it is proved that this model is totally compatible with combat operations in complex scenarios, where data exchange and processing capabilities are demanded. In addition to its reinforced structure for operations in non-paved runways, the airplane counts on advanced navigation and gun-pointing systems. This ensures high accuracy and reliability when it uses either conventional or intelligent weapons, even under extreme conditions. The aircraft requires a minimum logistic support for continuous operations. 


ECONOMIA BRASIL | ECONOMY BRAZIL

MUDANÇA NO MODELO DE LEILÕES DE CONCESSÃO DE RODOVIAS Minister of finance changes highways concession auction model ~~ Ministro da Fazenda do Brasil Guido Mantega ~~ Guido Mantega, the Brazilian Minister of Revenues

C

om o objetivo de tornar mais atraente para o investidor o modelo de leilões de concessão de rodovias, o Ministro da Fazenda, Guido Mantega, anunciou mudanças no setor de infraestrutura. O modelo oferecerá melhores vantagens à área financeira, aumentando o atual prazo para financiamento de concessões de 20 para 25 anos, com a possibilidade de ampliação de 25 para 30 anos. O valor patrimonial líquido dos interessados em investir no setor, passará a ser uma vez mais o total do financiamento, quando anteriormente era de 1,3. O ministro declarou ainda que a taxa de retorno real poderá ficar acima de 10%, ressaltando que dependerá da eficiência do empreendedor. Outra declaração do ministro foi em relação ao setor ferroviário, para o qual está sendo estudado um modelo semelhante. Com isso, o governo espera um crescimento acima de 23% na taxa de investimentos em projetos de infraestrutura. Para o modelo das rodovias, a disponibilidade será através de via consórcio, constituído pelos bancos: Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social).

A

iming to make the auction model for highway concession more attractive to investors, the finance minister, Guido Mantega, announced changes in the infrastructure sector. The current model offers better benefits to the financial area, bringing the funding deadline for concessions from the current 20 years to 25. It may also be enlarged from 25 to 30 years. The net asset value of those interested in investing will be once again the total funding, whereas previously it was 1.3. The minister also said that the real rate of return may be higher than 10%, noting that this will depend on the efficiency of the entrepreneur. A similar model will be also studied for the railroad industry, said the Minister. In this way, the government expects a growth rate of investment in infrastructure projects above 23%. The availability model for the highways will be via consortium of banks: Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil and BNDES (National Bank for Economic and Social Development).

Brasil Conexão África

51


ECONOMIA | ÁFRICA

Binômio 2011-2012 Um balanço da economia africana

P

odemos considerar a balança comercial africana como em franco crescimento econômico, mesmo considerando-se alguns desequilíbrios na esfera social e política, de incidência em diversos países do continente. E esse crescimento pode ser atribuído à expansão da exploração com consequente exportação de suas matérias-primas, principalmente de produtos agrícolas, petróleo e mineração em geral. Durante a crise financeira mundial, de 2008 a 2009, a África cresceu em média de 2% a 3% ao ano e, em 2011, a previsão de crescimento variou de 5% a 6% ao ano. Atualmente, a meta de crescimento a ser alcançada pela economia africana é de 5% ao ano.

During the world financial crisis in 2008 a 2009, Africa presented an average growth of 2% to 3% p.a. In 2011, the forecast was to grow between 5% and 6%. The current target to be reached by the African economy is 5% p.a.

A partir do ano de 2010, os países mais pobres da África subsaariana iniciaram um ritmo de recuperação de crescimento, que chegou a alcançar a taxa de 5,8% ao ano, com projeção de crescimento de 5,9% e 6,5%, nos anos de 2011 e 2012. O governo de Gana, por exemplo, esperava uma taxa de crescimento de 13,5% em 2011. Dentre os países em recessão, a Costa do Marfim mereceu destaque ao enfrentar uma grave crise, após as eleições, no ano de 2010. Porém, o FMI planejou uma normalização do crescimento do país a partir de 2012, com previsão de crescimento de 8,5%.

Since 2010 the poorest countries in the subSaharan Africa started a recovery movement that reached up to 5.8% p.a., with a forecasted increase between 5.9% and 6.5% for the years 2011 and 2012. The government of Ghana, for instance, expected to have a rate of 13.5% in 2011. Among the countries that were in a recession period, Ivory Coast must be highlighted, as they faced a deep crisis after the elections, held in 2010. However, the IMF planned a stabilization of the growth in the country for the year 2012, forecasting an 8.5% rate.

Atualmente, a África do Sul apresenta a maior taxa de crescimento econômico da região,

South Africa is currently presenting the highest economic growth rate in the region, despite

2% 2008 52

T

he African balance of trade can be considered to be going through a clear growth, even when we think of some unbalancing factors that affected the social and political spheres of several countries in the continent. This growth may be attributed to the expansion of exploration activities and the subsequent exportation of such raw material, especially of agricultural produce, oil and mining products in general.

Brasil Conexão África

3% 2009

2010


ECONOMY | AFRICA

The years 2011-2012

A balance of the African economy apesar de ter sido a primeira a sentir os efeitos da recessão em 2009, ano em que sua economia atingiu 1,8 % de crescimento, chegando a 2,8% em 2010. Para o período de 2011 e 2012, o FMI previu crescimento médio de 3,5%.

having been the first to suffer the consequences of the recession in 2009. In that year, its economy reached only 1.8% of improvement, going up to 2.8% in 2010. For the period 2011 - 2012, the IMF forecasted an average increase of 3.5%.

Alguns dos fatores que contribuiram para o crescimento da economia sul-africana foram o aumento do consumo por parte de sua população e de incentivo aos investimentos a partir de taxas de juros mais baixas, além do crescimento da exploração de minérios. No continente, os principais produtores de petróleo, como Nigéria e Angola, trabalharam com média de crescimento de até 7,25%, em 2012. Porém, esses países estão protegidos da crise mundial por não possuírem forte integração nas redes industriais e financeiras dos demais países do mundo.

One of the factors that contributed for the improvement of the South African economy was the increase in the population’s consumption, as well as the incentive given to investments in the country, with lower interest rates. The growth in mineral exploration was another factor that contributed to the better situation. In the continent, the main oil producers, Nigeria and Angola, worked with an average growth of up to 7.25% in 2012. However, these countries are relatively protected against a world crisis, since they do not have a strong integration with industrial and financial networks that comprise other countries in the planet.

De um modo geral, alguns especialistas, segundo uma visão conjuntural, asseguram que a África de hoje é um continente que não depende mais diretamente do ritmo econômico da Europa, porque, nos últimos anos, tem conseguido atrair investimentos e desenvolver setores de extração e de produção de riquezas, incluindo a busca de novos parceiros  econômicos  da Ásia, o que tem garantido ao continente o crescente desenvolvimento de sua economia.

Generally speaking, some specialists, following a conjunctural analysis, assure that Africa is currently a continent that does not directly depend on the economic pace of Europe. This is because, in recent years, Africa has been able to attract investments and develop extraction and other wealth generation sectors, including the search for new economic partners in Asia. This has provided the continent with an increasing development of its economy.

5% 5,8%

6,5%

2011

2012

7,25% ....... Brasil Conexão África

53


ENERGIA

COOPERGIA A força do conhecimento em energia

COOPERGIA

The power of expertise in energy

A

COOPERGIA – Cooperativa de Serviços em Energia, fundada por um grupo de profissionais altamente gabaritados no setor de energia em 1999, oriundos da empresa Furnas Centrais Elétricas. O resultado deu muito certo, tanto que o grupo cresceu e profissionais de outras empresas do setor elétrico filiaram-se, tornando-o assim, uma das maiores forças em energia do país, hoje exportando este conhecimento para a África, em parceria com o CONDEPORTS INTERNACIONAL. A vocação desta parceria é a prestação de serviços em quase todos os segmentos da área de energia, atuando em montagens eletromecânicas, inspeções, comissionamentos, projetos, consultorias, operação e manutenção em Usinas geradoras, Linhas de transmissão e subestações em média, alta e extra alta tensões. Além da atuação na execução de serviços técnicos operacionais, a COOPERGIA também desenvolveu produtos de treinamento, capacitação e aperfeiçoamento de profissionais do setor, disponibilizando estes produtos customizados para

54

Brasil Conexão África

C

OOPERGIA (the acronym for Cooperativa de Serviços em Energia) was founded in 1999 by a team of highly skilled professionals in the energy sector. All of them used to work for Furnas Centrais Elétricas. The outcome was extremely positive. A proof of that is that the group grew and professionals from other companies in the electrical segment became partners, building what is currently one of the strongest references when it comes to expertise in energy in the country. We are now exporting our knowledge to Africa, in a partnership with CONDEPORTS INTERNACIONAL. The drive of this partnership is to render services in nearly all segments related to the energy field, working with electrical and mechanical assemblies, inspections, commissioning, design, consulting services, operation and maintenance of power generation plants, transmission lines and medium, high and extra high voltage substations. Besides working in the performance of technical-operational services, COOPERGIA has also developed training, development and improvement products for professionals in the energy


ENERGY

~~ Técnicos da Coopergia, em Angola, ministrando treinamento de capacitação em energia. ~~ Technicians receiving their certificate of Operations & Maintenance in Power Supply Substations.

empresas do setor elétrico, de acordo com a necessidade e quadro técnico de cada uma. No Brasil a COOPERGIA já prestou serviços para: FURNAS CENTRAIS ELÉTRICAS, S.A, AMAZONAS DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S.A, GUIMAR ENGENHARIA S.A, ELETROBRÁS TERMONUCLEAR S.A, GOVERNO DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO, TRANSPETRO, OPERADOR NACIONAL DO SISTEMA ELÉTRICO - ONS, ALSTOM DO BRASIL LTDA, SIEMENS, STE-SUL TRANSMISSORA DE ENERGIA S.A, CEGELEC, SOL COQUERIA TUBARÃO S.A e IJUÍ ENERGIA S.A. Desde 2009, tem atuado no mercado internacional como Equador, Itália e África, em especial Angola, para o CONSÓRCIO CONSTRUTOR LT CA-

sector, making such customized products available for companies in the energy segment, according to each one’s needs and technical personnel. In Brazil, COOPERGIA has already delivered services to: FURNAS CENTRAIS ELÉTRICAS, S.A., AMAZONAS DISTRIBUIDORA DE ENERGIA S.A., GUIMAR ENGENHARIA S.A, ELETROBRÁS TERMONUCLEAR S.A, THE GOVERNMENT OF THE STATE OF RIO DE JANEIRO, TRANSPETRO, OPERADOR NACIONAL DO SISTEMA ELÉTRICO - ONS, ALSTOM DO BRASIL LTDA, SIEMENS, STE-SUL TRANSMISSORA DE ENERGIA S.A., CEGELEC, SOL COQUERIA TUBARÃO S.A, IJUÍ ENERGIA S.A. Since 2009 we have been working in the international market, in countries like Ecuador, Italy and in the African

Brasil Conexão África

55


COOPERGIA

~~ Equipe de técnicos em energia de Angola, recebendo certificado de qualificação profissional em curso ministrado pela Coopergia.

~~ Técnicos recebendo certificado de qualificação para operação e manutenção de subestações de energia.

~~ A team of energy technicians from Angola receiving their certificates of professional qualification in a course given by Coopergia.

~~ Technicians receiving their certificate of Operations & Maintenance in Power Supply Substations.

PANDA VIANA, ENE – EMPRESA NACIONAL DE ELETRICIDADE e para a ODEBRECHT no treinamento de operação e manutenção das subestações de Capanda, Viana e Uíge, além de prestar consultoria junto ao GEPE – GABINETE DE ESTUDOS, PLANEAMENTO E ESTATÍSTICAS DO MINISTÉRIO DE ENERGIA E ÁGUAS DE ANGOLA – MINEA. No Equador, foi realizada a capacitação e a formação de Pessoal Técnico para Operação & Manutenção da UH San Francisco, sempre prestando serviços de qualidade ao transferir tecnologia e conhecimento. A meta atual da COOPERGIA e CONDEPORTS INTERNACIONAL é consolidar posição dentro do mercado Africano, que vive hoje um momento de expansão no setor de energia, necessitando de mão de obra especializada para transferência de conhecimento, capacitação e preparação de mão de obra local.

56

Brasil Conexão África

continent, especially in Angola, for the CONSTRUCTION CONSORTIUM LT CAPANDA VIANA, ENE – EMPRESA NACIONAL DE ELETRICIDADE, and for ODEBRECHT in the training of the operation and maintenance of Capanda, Viana and Uíge substations, in addition to providing consulting services to GEPE (initials in Portuguese that stand for CABINET OF STUDIES, PLANNING AND STATISTICS OF THE MINISTRY OF ENERGY AND WATER IN ANGOLA MINEA, from the initials in Portuguese). In Ecuador, we performed the training and development of the technical personnel for the operation & maintenance of the San Francisco Water Power Plant. Our services have always presented high quality standards, added with transfer of technology and expertise. The current target of COOPERGIA and CONDEPORTS INTERNACIONAL is to consolidate its position in the African market, which is currently going through an expansion time in the energy sector. It needs skilled workforce in order to transfer expertise, training and development to local workers.


ENERGIA | ANGOLA

BARRAGEM DE

CAPANDA

Capanda Dam Por/By: Elaine Trindade

58

Brasil Conexão África


ENERGY | ANGOLA

C

onsiderada uma das maiores obras da construção civil dos últimos 30 anos, com altura equivalente a um prédio de 36 andares, a Barragem de Capanda é um marco para o desenvolvimento da República de Angola e demonstra a força das parcerias entre o Brasil e os países da África.

C

onsidered to be one of the major civil construction works built in the last 30 years, having a height equivalent to a 36 floor building, the Capanda Dam is a milestone for the development of the Republic of Angola, showing the power of the partnership between Brazil and African countries.

A hidrelétrica de Capanda, localizada na província de Malange, produz cerca de 400 megawatts, energia suficiente para abastecer cerca de um milhão de consumidores. O projeto e a construção foram realizados pelo consórcio Capanda, que inclui as empresas Technopromexport (Rússia) e Odebrecht e Furnas (Brasil), país este que financiou o projeto.

The Capanda water power plant, located in the province of Malange, produces around 400 megawatts, enough energy to supply around one million consumers. The design and construction were performed by the Capanda Consortium, which includes the companies Technopromexport, from Russia, and Odebrecht and Furnas, from Brazil, country that financed the project.

Com tecnologia e mão de obra brasileira e russa, a previsão é de que a Barragem de Capanda produza cerca de 520 megawatts de energia. Cinco províncias angolanas são abastecidas pela hidrelétrica: Malange, Kwanza-Norte, Kwanza-Sul, Bengo e a capital do país, Luanda. Além disso, há previsão da formação de um sistema hidroelétrico interligado, unindo o centro e o sul de Angola.

Using Brazilian and Russian technology, the Capanda Dam is forecasted to produce around 520 megawatts of energy. Five provinces in Angola will be supplied by this plant: Malange, North-Kwanza, South-Kwanza, Bengo and the capital city, Luanda. Besides that, there is a plan for the constitution of an integrated power plant system, connecting the central and southern regions in Angola.

De acordo com o Chefe de Operação da Central da barragem, Félix de Carvalho, o sistema deve atingir a capacidade de 520 megawats em breve, quando o nível de água da represa chegar a 950 metros, assim obtendo uma cascata de 84 metros de altura. Segundo ele, o nível da barragem está subindo substancialmente na ordem de 25 a 30 centímetros por dia, ou seja, cerca de um metro a cada três ou quatro dias. Neste momento, a barragem encontra-se com um nível de 927,33 metros, com perspectiva de atingir os 932 metros para aumentar a sua produção energética.

According to the Chief of Operations of the Dam, Félix de Carvalho, the system is expected to reach its 520 megawatt capability soon, when the level of water in the dam achieves 950 meters, generating an 84 meter high fall. According to Felix, the level of the dam has been substantially increasing, at around 25 to 30 centimeters a day, which means a meter every three or four days. Now the dam’s level is at 927.33 meters, with a perspective to reach 932 meters, the necessary level to increase its energy production.

As quatro turbinas construídas já estão em funcionamento e, brevemente, será possível atingir o máximo da capacidade prevista no projeto.

The four turbines that have been built are already operating and soon the maximum productivity will be achieved, according to what is defined in the project.

Brasil Conexão África

59


B A R R A G E M D E C A PA N D A

cc História da barragem

cc History of the Dam

1982 Neste ano, iniciou-se a elaboração do projeto de construção da Barragem de Capanda. Na ocasião, foi definido o consórcio para a construção do empreendimento;

The preparation of the project for the construction of the Capanda Dam was started. At that time, the consortium chosen for the construction of the plant was defined;

1987 As obras de construção tiveram início. No local foram construídas pista de aviação, hospital, alojamento para os trabalhadores, além de outras obras de infraestrutura;

Construction works began. In the place where the dam is a runway, a hospital, accommodation for the workers and other infrastructure facilities were constructed;

1992 Paralisação por conta do agravamento da situação militar na região. As obras foram paralisadas por cinco anos e toda a infraestrutura construída em 1987 foi destruída;

Works were stopped due to the worsened military situation in the region. Construction was stopped for five years and all the infrastructure built in 1987 was destroyed;

1997 As obras recomeçam na Barragem de Capanda;

60

Brasil Conexão África

Works were resumed at the Capanda Dam;


C apan d a Dam

2012 Capanda has its energy production increased. A new level of competition is reached.

Capanda tem a sua produção energética aumentada. É alcançado um novo patamar de competitividade.

2007 The fourth turbine starts to work;

A quarta turbina entra em operação;

2005 The Capanda Dam begins to supply energy to Luanda. Its first stage starts operating;

A barragem de Capanda começa a fornecer energia elétrica para Luanda. É inaugurada a sua primeira fase;

1999 As obras foram novamente paralisadas e os trabalhos somente sendo retomados no ano de 2000;

Works stopped again, having been resumed only in the year 2000;

Brasil Conexão África

61


ENERGIA

Petrobras descobre petróleo de boa qualidade no poço Florim Petrobras discovers good quality oil in florim well

62

Brasil Conexão África


ENERGY

A

P

Batizado informalmente como Florim, o poço 1-BRSA-1116-RJS (1-RJS-704) localiza-se em profundidade d’água de 2.009 metros, a uma distância de 206 km da costa do Estado do Rio de Janeiro. Foi comprovada a existência de petróleo de boa qualidade (29º API) em reservatórios carbonáticos situados logo abaixo da camada de sal.

  Informally named Florim, the well 1-BRSA1116-RJS (1-RJS-704) is located at 2,009 meters deep into the sea, and at 206 km off the coast of the State of Rio de Janeiro. The existence of good quality oil has been confirmed (29º API), in excellent carbonate reservoirs located immediately below the salt layer.

O poço ainda está sendo perfurado, tendo chegado até agora, à profundidade de 5.498 metros. A perfuração prosseguirá até o nível previsto no contrato de Cessão Onerosa, que é de aproximadamente 6.100 metros.

Well drilling has not been finished yet. They have currently reached 5,498 meters in depth. Drilling works will continue until the level defined in the Onerous Cession Agreement, which is about 6,100 meters.

Concluída a perfuração, será feito um teste de formação para avaliar a produtividade dos reservatórios, de acordo com as atividades e investimentos previstos no Programa Exploratório Obrigatório (PEO) do Contrato de Cessão Onerosa.

As soon as drilling is completed, a well test will be performed in order to assess the productivity of the reservoirs, according to the activities and investments set forth in the Mandatory Exploration Program (PEO) contained in the Onerous Cession Agreement.

Por esse contrato, a fase exploratória deverá terminar até setembro de 2014, quando poderá ser declarada a comercialidade da área.

By this contract, the exploration stage shall be finished by September 2014, when the commercial potential of the area can be defined.

(fonte – Agência Petrobrás)

(Source – Petrobras Agency)

Petrobras informa que descobriu petróleo no sexto poço perfurado após a assinatura do contrato de Cessão Onerosa, na área denominada Florim, no pré-sal da Bacia de Santos.

etrobras has informed that they have found oil in the sixth well drilled after the signature of the Onerous Cession Agreement in the area named Florim, in the pre-salt region of the Santos Basin.

~~ Mapa Área denominada Florim, no pré-sal da Bacia de Santos ~~ Map of the area named Florim, in the pre-salt region of the Santos Basin.

Brasil Conexão África

63


ENERGIA | BRASIL

pré-sal

Produção no pré-sal bate novo recorde e alcança 300 mil barris de petróleo por dia

Pre-salt

Pre-salt production breaks a new record, reaching 300 thousand barrels of oil per day

64

Brasil Conexão África


ENERGY | BRAZIL

A

P

A produção de 300 mil barris por dia foi alcançada apenas sete anos após a primeira descoberta de petróleo na camada pré-sal, ocorrida em 2006. Um intervalo de tempo inferior ao que foi necessário para se chegar ao mesmo patamar em outras importantes áreas de produção marítima no mundo.

The production of 300 thousand barrels per day was only reached only seven years after the first time oil was found on the pre-salt layer, which happened in 2006. A time lapse that is shorter than the one needed to reach the same level in other important sea production areas in the world.

Na porção americana do Golfo do México, por exemplo, foram necessários dezessete anos, após a primeira descoberta, para se alcançar a produção de 300 mil barris de petróleo por dia. Na Bacia de Campos, onze anos. No Mar do Norte, foram necessários nove anos. Diferentemente dessas áreas, na camada pré-sal toda a produção de petróleo ocorre em águas profundas, o que torna esse resultado ainda mais expressivo.

In the American possession in the Mexican Gulf, for instance, 17 years were needed after the first time production reached that number. In the Campos Basin, this lapse was 11 years, while in the Northern Sea nine years were necessary. Unlike those areas, on the pre-salt layer the whole oil production takes place in deep waters, what makes this outcome even more significant.

Petrobras informa que a produção de petróleo nos campos operados pela Companhia na província do pré-sal nas bacias de Santos e Campos atingiu, no dia 20 de fevereiro, a marca de 300 mil barris de petróleo por dia (bpd). Desse volume, 83% (249 mil bpd) correspondem à parcela da Petrobras e o restante, às empresas parceiras da Companhia nas diversas áreas de produção da camada pré-sal.

etrobras informs that oil production in the fields operated by the Company in the pre-salt region located in the Santos and Campos Basins reached 300 thousand barrels per day (bpd) on February 20. 83% of this volume (249 thousand bpd) corresponds to Petrobras’ share and the remaining barrels belong to partner companies in the several production areas on the pre-salt layer.

Além disso, a marca de 300 mil bpd foi obtida com a contribuição de somente dezessete poços produtores, o que evidencia a elevada produtividade dos campos já descobertos na camada pré-sal. Destes poços, seis estão localizados na Bacia de Santos, que responde por 43% da produção (129 mil barris por dia). Os outros onze localizam-se na Bacia de Campos e respondem por 57% da produção (171 mil barris por dia). O gás natural produzido nesses poços é de 9,8 milhões de m3/dia.

Besides that, the mark of 300 thousand bpd was obtained with the contribution of only 17 production wells. This is an evidence of the high productivity of the fields already discovered on the pre-salt layer. Six of those wells are located in the Santos Basin, which accounts for 43% of the production (129 thousand bpd). The remaining 11 wells are in the Campos Basin, accounting for 57% of the production (171 thousand bpd). The production of natural gas in these wells reaches 9.8 million cubic meters per day.

A produção média mensal de petróleo na camada pré-sal no mês de fevereiro de 2013 já atinge 281 mil barris por dia, o que representa um crescimento de 138% em apenas 12 meses.

In February 2013, the average monthly production of oil on the pre-salt layer has already reached 281 thousand bpd, representing a 138% growth in a period of 12 months.

Atualmente, a produção do pré-sal ocorre em oito diferentes plataformas, quatro delas produzindo exclusivamente da camada pré-sal:

The pre-salt production is currently being made by eight different rigs. Four of them produce exclusively from the pre-salt layer:

Brasil Conexão África

65


PRÉ-SAL

~~ FPSO Cidade de Angra dos Reis

~~ Petrobrás

~~ FPSO Cidade de São Paulo

66

• FPSO Cidade de Angra dos Reis, operando desde outubro de 2010 no campo de Lula, na Bacia de Santos;

• FPSO Cidade de Angra dos Reis, operating since October 2010 in the Lula Field, in the Santos Basin;

• FPSO Cidade de Anchieta, operando desde setembro de 2012 no campo de Baleia Azul, na Bacia de Campos;

• FPSO Cidade de Anchieta, operating since September 2012 in the Blue Whale Field, in the Campos Basin;

• FPSO Cidade de São Paulo, operando desde janeiro de 2013 no campo de Sapinhoá, na Bacia de Santos;

• FPSO Cidade de São Paulo, operating since January 2013 in the field of Sapinhoá, in the Santos Basin;

• FPSO Cidade de São Vicente, uma unidade itinerante utilizada para a realização de testes de longa duração que, desde fevereiro de 2013, está em operação também no campo de Sapinhoá (na área denominada Sapinhoá Norte).

• FPSO Cidade de São Vicente, an itinerant unit used for long lasting tests, which has been operating since February 2013. Currently, it is also operating in the Sapinhoá Field, in the area known as North Sapinhoá.

Brasil Conexão África


P R E - S A LT

~~ FPSO Cidade de São Vicente

~~ FPSO Cidade de São Paulo

Em maio deste ano, mais uma plataforma será colocada em produção no pré-sal da Bacia de Santos: o FPSO Cidade de Paraty, em Angra dos Reis, com capacidade para processar 120 mil bpd e 5 milhões de m3/dia de gás. Essa plataforma, que encontra-se em fase final de montagem, será instalada na área Nordeste do campo de Lula, na Bacia de Santos. Entre 2014 e 2016 outras 11 novas plataformas entrarão em operação para a produção do pré-sal: dez na Bacia de Santos e uma na Bacia de Campos. Isso permitirá que a produção de petróleo operada pela Petrobras na camada pré-sal, já em 2017, supere um milhão de barris de petróleo por dia.

In May this year another rig will start operating in the pre-salt region in the Santos Basin: the FPSO Cidade de Paraty, whose processing capacity is 120 thousand bpd and 5 million cubic meters of gas per day. This rig, which is in the final stage of production – in the city of Angra dos Reis – will be installed in the northeastern area of the Lula Field, in the Santos Basin. Between 2014 and 2016, other 11 new rigs will start operations for the production on the presalt layer: tem in the Santos Basin and one in the Campos Basin. This will permit that Petrobras production on the pre-salt layer surpasses the number of one million barrels per day in 2017.

Brasil Conexão África

67


ÁFRICA

África

Semente do Universo

Africa

Seed of the universe 68

Brasil Conexão África


AFRICA

F

alar da África – terceiro maior continente do mundo – é procurar, através da antropologia física, entender a origem da raça humana; é buscar o reconhecimento da espécie racional que habita este planeta azul.

S

peaking of Africa - the third largest continent in the world - is to seek, through physical anthropology, to understand the origin of the human race and also to seek the recognition of rational species that inhabit this blue planet.

Ocupando uma área de 30.335 milhões Km ², o continente africano reúne 53 países. Muitos pormenores acerca da origem e desenvolvimento da nossa espécie têm suas raízes na África. Instrumentos de pedra e objetos diversos usados pelos homens paleolíticos foram encontrados no Zaire, Cuangar e Lunda.

Occupying an area of ​​30,335 million square kilometers, Africa includes 53 countries in its territory. Many details about the origin and development of all species have their roots in Africa. Stone tools and objects used by many Paleolithic men were found in Zaire and Lunda Cuangar.

Neste continente mágico, misterioso e acolhedor, onde há o maior número de espécies animais do planeta, há também uma diversidade imensa de línguas, constituindo uma riqueza cultural da humanidade. Na África fala-se mais de duas mil línguas, o que reflete a importância da sua construção e também mostra o quanto a origem e o desenvolvimento do homem são ainda desconhecidos, mas, o que não resta dúvida é que a espécie humana evoluiu, a partir de alguma força superior à própria vida.

On this magical, mysterious and warm continent, where are the greatest number of animal species on the planet, there is also an immense diversity of languages, constituting a cultural richness of humanity. In Africa it is spoken over two thousand languages, reflecting the importance of its construction and also shows how the origin and development of man are still unknown, but there is no doubt that the human species evolved from some force greater than life itself.

Genericamente, a língua mais falada em grande parte da África meridional é o banto. Pensar na África é pensar em um lugar onde a natureza molda o homem e onde a vida é uma das maiores preciosidades ecológicas do mundo.

Bantu is the main language spoken in much of southern Africa. Thinking in Africa is to think of a place where nature molds man shapes and where life is one of the greatest ecological treasures of the world.

Nos primeiros 500 anos D.C., as populações bantu migraram da África Central para o leste e para o sul. Muitas destas populações fixaram-se ao norte e ao sul do Zaire e também ao noroeste de Angola.

In the first 500 years AD, Bantu people migrated from Central Africa to the east and south. Many of these people settled north and south and also from Zaire to the northwest of Angola.

Angola! Agora, um conjunto de vozes coletivas mostra ao mundo que seu povo vive um pensamento único. Esse país irmão, que fala a mesma língua nossa, trazida como paradigma pelos colonizadores portugueses, sedimentada em muitos sofrimentos, jamais permitiu que a sua alma fosse escravizada, que o seu espírito guerreiro fosse arrebatado por um sentimento de tristeza ou de derrota.

Angola! Now, a set of collective voices shows the world that its people live a single thought. This brother country, speaking the same language of ours, as a paradigm brought by Portuguese colonists, sedimented in many sufferings, never allowed his soul to be enslaved, that his warrior spirit was overcome with a feeling of sadness or defeat.

A independência de Angola marcou o início de um futuro real de construção de uma grande

Independence of Angola marked the beginning of a real future construction of a great nation. No doubt it is a positive moment in modern African

Brasil Conexão África

69


ÁFRICA

70

Brasil Conexão África


AFRICA

nação. Sem dúvida, um momento positivo na moderna história da África, mas que não deve deixar de analisar, rigorosamente, as diversas contradições e fragilidades internas ainda existentes. Para nós brasileiros, fica a magia de uma cultura forte, rítmica, pulsante - herança de nossos ancestrais do mesmo sangue, da mesma pele e etnia. Essa homogeneidade cultural e linguística que nos alimenta, veio com os nossos bisavós e tataravós africanos, o que nos torna irmãos. Brasil e África têm muito em comum e estreitam suas relações no resgate de tempos melhores.

history, but that should not stop us from analyzing rigorously the various internal contradictions and particularly the weaknesses that still exist. For us Brazilians, it remains the magic of a strong culture, rhythmic, pulsating - heritage of our ancestors with the same blood, the same skin and ethnicity. This cultural and linguistic homogeneity that feeds us came from our African ancestrals, to make us brothers. Brazil and Africa have much in common and to narrow our relationship surely is the best way to rescue better times.

Brasil Conexão África

71


ÁFRICA

ANGOLA

A exultação de um povo feliz

The exultation of a happy people

A

37 anos da sua independência, Angola segue em marcha acelerada em busca de integração com outros países, ampliando cada vez mais suas relações diplomáticas no cenário internacional.

72

Brasil Conexão África

T

hirty-seven years after its independence, Angola moves in a fast pace towards the integration with other countries, gradually broadening its diplomatic relations in the international scenario.


AFRICA

The country, located in the southwestern region of the African continent, has great economic potential, unequalled beauty and a vast diversity of natural resources.

O país, localizado no sudoeste do continente africano, possui grande potencial econômico, beleza inigualável e uma imensa diversidade de recursos naturais. Sua história milenar mostra ao mundo a hospitalidade de um povo amável e generoso.

The country, located in the southwestern region of the African continent, has great economic potential, unequalled beauty and a vast diversity of natural resources. Its millenary history shows the world the hospitality of an amiable and generous population.

Seu subsolo guarda os mais valorizados minerais, negociáveis no comércio mundial: petróleo, gás natural e diamante. Junto à sua costa, nas províncias de Cabinda e Zaire, ao norte do país, encontram-se importantes bacias petrolíferas. Nas províncias de Lunda norte e Lunda sul, ficam localizadas as reservas de diamantes, consideradas mundialmente uma das mais importantes riquezas.

Angola has some of the most valuable minerals traded worldwide under its ground: natural gas and diamonds. Close to its coast, in the provinces of Cabinda and Zaire, in the north of the country, important oil basins can be found. In the provinces of North Lunda and South Lunda are the diamond reserves, considered to be one of the most important wealths.

Vale enfatizar a existência de grandes reservas de cobre, manganês, ferro, ouro e outros minerais na região.

It shall be highlighted that there are also large reserves of copper, manganese, iron, gold and other minerals in the region.

cc A epopéia de um povo guerreiro

cc The epopee of a warrior people

Pelos indícios de arte rupestre, ao longo do litoral, a antropologia revelou que o território já era habitado desde a Idade da Pedra. Entretanto, só na Idade do Ferro que os bantu migraram do norte, local hoje ocupado por Camarões e Nigéria. A partir de então, foram criadas as primeiras comunidades agrícolas, assim como novas técnicas de objetos

Through the indications of rock art found along the shore of Angola, Anthropology has revealed that this territory was already inhabited since the Stone Age. However, it was only during the Iron Age that the Bantu migrated from the North, an area that is currently occupied by Cameroon and Nigeria. From then on, the first agricultural communities started

Brasil Conexão África

73


ANGOLA

~~ Tribo Himba – A Tribo Himba vive na Namíbia e também em parte do deserto do Namibe, em Angola. As mulheres mudam a cor de sua pele para um marrom-avermelhado usando uma pomada feita com manteiga, cinzas, ocre vermelho e ervas, que faz com que fiquem protegidas do sol intenso do clima árido. A mesma essência é aplicada aos cabelos trançados, elas também se enfeitam com uma miríade de pulseiras, colares, argolas, ráfia, conchas e peles. ~~ The Himba Tribe – The Himba Tribe lives in Namibia and in a part of the Namibe Desert, in Angola. Women change the color of their skin into a reddish-brown, using a kind of cream made of butter, ash, red ochre and herbs, which works as a sunblock cream, perfect for the arid climate where they live. The same essence is applied to their dreadlocked hair. They also wear a myriad of bracelets, necklaces, rings, raffia, shells and animal skin.

de cerâmica e ferro (metalurgia), começando então um avançado processo de transformação. Após o século X, diversos grupos étnicos vislumbraram nova fase de estruturalismo. Reinos foram formados por várias etnias e passaram a ter uma autonomia gradual. No século XIII, Angola foi regida por dois poderosos reinos: o Reino do Congo e o Ndongo, sendo que este último era originário do povo Kimbundu, do qual o rei era chamado de Ngola, dando origem ao nome do país. No ano de 1482, século XV, Diogo Cão desembarcou em águas angolanas. Na ocasião, foi recebido por um governador do rei do Congo. O comandante das embarcações portuguesas instituiu relações comerciais com aquele reino. O mesmo não ocorreu com o reino de Ngola, que se manteve pouco amistoso. Os portugueses queriam implantar o domínio político no território angolano, mas os chefes Ngola resistiram. O poder foi mantido no reino de Ngola, graças à habilidade política da rainha Njinga

74

Brasil Conexão África

to be created, together with new techniques to make ceramic and iron objects (metal work), triggering an advanced process of transformation. After the 10th Century, several ethnic groups foresaw a new era in structuralism. Kingdoms were constituted by several ethnic groups and started to have their gradual autonomy. During the 13th century, Angola was ruled by two powerful kingdoms: the Congo and the Ndongo Kingdoms, the latter being originated from the Kimbundu people, whose king was called Ngola. This is why the country is called by its current name. In 1482, 15th century, Diogo Cão reached the Angolan land. At that time, he was hosted by a governor of the King of Congo. The Capitan of the Portuguese ships started trading businesses with the kingdom. However, the same could not happen with the kingdom of Ngola, which was still hostile. The Portuguese wanted to control the Angolan territory, but the leaders in Ngola resisted. The power was maintained in the kingdom


ANGOLA

Mbande, que, à mão de ferro, defendeu o seu reino contra os colonizadores. Com a chegada de Manuel Cerveira Pereira ao litoral, no ano de 1617, os chefes de tribos dos povos Mudombe e Hanha foram dominados e subjugados pelos portugueses, que estabeleceram uma nova administração colonial. A prática do tráfico de escravos teve início, a partir de então, passando a ser o grande negócio dos portugueses e um sofrimento atroz para o povo africano, que iniciou um período de total instabilidade social, política e cultural. A febre pelo domínio do continente africano, exercida por países poderosos e estruturados militarmente e economicamente, como a Alemanha, a França e a Inglaterra, começou a incomodar Portugal, que passou a lutar por um controle mais eficiente e determinado das possessões já dominadas. Angola e Benguela, territórios sob o domínio de Portugal, foram incorporados e receberam estatuto de província. Este domínio absurdo dos europeus sobre o povo nobre angolano teria fim - e teve. Apesar de tanto sofrimento, muitos anos depois, no século XX, na década de 50, surgiram os primeiros movimentos nacionalistas na luta pela indepen-

of Ngola thanks to the political skills of Queen Njinga Mbande, who fiercely defended her kingdom against the colonizers. After the arrival of Manuel Cerveira Pereira at the Angolan shore in the year of 1617, the leaders of the tribes Mudombe and Hanha were subjugated by the Portuguese, who established a new model of colonial administration. Slavery started then and became the best business of the Portuguese people, as well as an atrocious suffering for the African people. This period gave birth to great social, political and cultural instability in the continent. The fever for controlling the African continent among militarily and economically well-structured and powerful countries, such as Germany, France and England, started to disturb Portugal. They began to fight for a more efficient and definite domain of the possessions already under their control. Angola and Benguela were incorporated and gained the status of province. This outrageous repression exercised by the Europeans over the noble people of Angola would come to an end. In spite of lots of suffering, many centuries later, in the mid-20th century, the first nationalist movements arose, fighting for the Independence of the country. Among them

Brasil Conexão África

75


ANGOLA

dência do país, destacando-se o MPLA – Movimento Popular de Libertação de Angola, a FNLA – Frente Nacional de Libertação de Angola e a UNITA – União Nacional Para a Independência Total de Angola. Depois, foram anos de luta armada e conflitos. O povo angolano, em 11 de novembro de 1975, finalmente conquistou a sua merecida independência!

cc A Capital de Angola Situada entre os rios Bengo e Kwanza repousa Luanda, cidade com marcas seculares do colonialismo. Luanda apresenta uma arquitetura de construções antigas, paisagem luzente da costa ocidental da África. A restauração de imóveis,

we can especially mention the MPLA (initials in Portuguese that stand for Popular Movement for the Freedom of Angola), the FNLA (National Front for the Freedom of Angola) and the UNITA (National Union for the Total Independence of Angola). What could be seen then were years of armed fighting and conflicts. On November 11, 1975, the Angolan people finally conquered their Independence.

cc The capital city of Angola Between the rivers Bengo and Kwanza lies the city of Luanda, a city that brings secular marks of the colonial period. Luanda features ancient constructions in its architecture and the glitter-

FOTO/ PHOTO: Rousseau Benoit

~~ Luanda

76

Brasil Conexão África


ANGOLA

abalados durante a guerra civil, vem merecendo prioridade no âmbito da administração pública. Ilha de Luanda! Uma ilha banhada pelo sol, acariciada pelo vento e pelo mar, capaz de conquistar qualquer um que a visite. Angola, depois de tanto sofrimento, vive hoje uma nova perspectiva, com momentos de paz e prosperidade. Um país que já sofreu muito e agora recebe os frutos de sua luta, de sua garra e de seu trabalho, através de seu crescimento econômico, que já está resgatando toda a dignidade de seu povo.

ing landscapes of the Western Coast of Africa. The restoration of properties affected during the Civil War has been a priority for recent governments. The Island of Luanda: an island bathed by the sun, tendered by the wind and by the sea, able to make anyone who visits it fall in love. After long-lasting suffering, Angola is now living the perspective of peace and prosperity. A country that has gone through hard times but that is now harvesting the outcomes of their fight, stamina and work through its economic growth, which is already starting to rescue the dignity of its people.

cc Angola

cc Angola

Língua oficial: Português e alguns idiomas nacionais: Kikongo, tchokwe, kimbundo e umbundo;

Official language: Portuguese and some local dialects: Kikongo, Tchokwe, Kimbundo and Umbundo;

Capital:

Luanda

Classificação administrativa: 18 províncias, 163 municípios e 475 cidades emancipadas; Fronteiras:

a Oeste – Oceano Atlântico; ao Norte – Congo (Brazaville) e República Democrática do Congo (antigo Zaire - Kinshasa); ao Sul – Namíbia; e a Leste pela Zâmbia.

Território:

Área total - 1.246.700 km²

Moeda:

Kwanza (Kz)

Principais portos:

Luanda, Lobito e Namibe

Principais rios: Cunene, Cubango e Kwanza

Capital city: Administrative division:

Luanda 18 provinces, 163 municipalities and 475 emancipated cities;

Western borders: The Atlantic Ocean to the North – Congo (Brazaville) and Democratic Republic of Congo (former Zaire - Kinshasa); to the South – Namibia; and Zambia to the East. Total territorial area: 1,246,700 km² Local currency: Kwanza (Kz) Main points:

Luanda, Lobito and Namibe

Main rivers:

Cunene, Cubango and Kwanza

Brasil Conexão África

77


ÁFRICA

BRASIL E ANGOLA Povos ligados por laços históricos

Brasil and Angola

Peoples who are linked by historical bonds Por / by: Sebastião Valentim

U

ma verdade que precisa ser dita: os movimentos de libertação que ocorreram no Brasil, começando pela Inconfidência Mineira em 1789, passando pelas rebeliões do período regencial e terminando na revolução Praieira, no ano de 1848, jamais lutaram para defender o fim da escravidão. Os movimentos registrados neste excerto da história do Brasil defendiam apenas a independência do país e a retirada do colonizador português.

78

Brasil Conexão África

T

ruth must be told: movements for liberty that occurred in Brazil, starting by the Minas Gerais Conspiracy (1789), passing by the rebellions during the regency period and ending in the Praieira Revolution (1848) never had as their main focus the extinction of slavery. The movements seen during this historical period in the country only defended the country’s independence and the expulsion of the Portuguese colonizers.


AFRICA

O fim da escravidão negra no Brasil está ligado ao desenvolvimento do capitalismo industrial. O movimento abolicionista brasileiro não teve a adesão dos escravos: foi liberado pelos cafeicultores do Oeste paulista e pelas elites urbanas, por mero interesse de se beneficiarem com a imigração de colonos europeus.

The end of Negro Slavery in Brazil is linked to the development of industrial capitalism. The Abolitionist Movement in the country did not count on slaves. It was led by coffee growers from the West of São Paulo and by the urban elite, aiming at the mere interest of benefitting from European settlers.

Assim como no Brasil, os portugueses chegaram à região de Angola com o propósito de explorar os recursos naturais existentes na região, em particular transformando os homens livres naturais daquele continente em escravos. Rapidamente, Angola transformou-se no principal mercado abastecedor de escravos para as plantações da cana-de-açúcar do Brasil.

Like in Brazil, the Portuguese arrived in the region where Angola is located with the purpose of exploring the natural resources found in the region. They transformed free men from that continent in slaves. Quickly, Angola became the main supplying market of slaves for sugar cane plantations in Brazil.

Até finais do século XVIII, Angola – um país de muitas riquezas ainda inexploráveis naquela época, não passava de um depósito de escravos. De lá, saiam navios rumo ao Brasil, com o seu povo escravizado para ser vendido e trabalhar nos engenhos, fazendas de café, plantações de cana-de-açúcar e mineração.

cc Angola – A construção do próprio caminho

Until the late 18th century, Angola – a country of lots of then unexplored wealth - was not more than a slave warehouse. Ships used to depart from Angola to Brazil, carrying its oppressed people to be sold and to work in the mills, coffee farms, sugar cane plantations and mining activities.

cc Angola – The pavement of its own path Angola is a harbor

Angola é cais

It is a fight, a game, a stick

É uma briga, é jogo, é pau

Angola is swing

Angola é ginga

It is the buzz of the berimbau

É biriba do berimbau

---------------------------------

---------------------------------

Angola is a sea shore, a river bank

Angola é beira-mar, ribeira

Angola is a harbor

Angola é cais

(Angola is much more)

(Angola é muito mais)

Angola is the buzz of the berimbau

Angola é biriba é berimbau Trecho da letra de composição do músico João de Aquino, em parceria com o compositor baiano Ederaldo Gentil.

Extract from the lyrics of a song written by the musician João de Aquino, together with the composer Ederaldo Gentil, from Bahia.

A colonização efetiva do interior após a independência do Brasil, em 1822, dá fim ao tráfico de escravos, mas a escravatura ainda continua. Uma boa parte desses colonos é presa e deportada

The effective colonization of the inner region of the country, after Brazil’s independence, in 1822, ends with slave trafficking, but slavery still went on for the next years. A high number of these set-

Brasil Conexão África

79


BRASIL E ANGOLA

para Portugal. As fronteiras de Angola só são definidas em finais do século XIX. Nessa história de lutas e descolonização das colônias da África, foi publicado em 1956, o primeiro manifesto do Movimento Popular de Libertação de Angola – MPLA. Após o MPLA, aos poucos o país começou a apresentar um desenvolvimento econômico de expansão em função das condições sociais e históricas decorrentes. Na visão de Samir Amin, “os imperialistas não concederam a independência à África, mas foi a África que assim o exigiu...”.

In this history of fight and freedom for African colonies, the first manifest of the Popular Movement for the Freedom of Angola was published in 1956. Little by little, the country started to show economic development, expanding due to social and historical conditions that followed. In the view of Samir Amin, “the Imperialist were not the ones who conceded Independence to Africa. Africa demanded its independence...”.

Abre-se um novo ciclo econômico em Angola. Hoje surge a disponibilidade gradativa de mercado, tendo como base o sucesso do desenvolvimento do país. A guerra armada contra o colonialismo português e outros invasores foi longa, tão mais longa quanto a própria história do país: uma história de lutas e sofrimentos, de destruições e reconstruções, de amor e ódio, de humilhações e orgulho de escravidão e liberdade.

A new economic cycle is triggered in Angola. Nowadays market availability becomes a growing reality, having as its base the success of the country’s development. Armed wars against the Portuguese colonialism, as well as against other invaders was long. As long as the history of the country: a history marked by fight and suffering, by destruction and reconstruction, by love and hatred, by humiliation and pride, by slavery and freedom.

“Não pode ser escravo quem nasceu no solo bravo da grandiosa nação!” – Castro Alves.

“Those born in the brave territory of our great nation cannot be slaves!” – Castro Alves.

cc Raízes de uma nação liberta

cc Roots of a free nation

Ó povo angolano, guerreiro por vocação!

80

tlers was arrested and deported to Portugal. The borders of Angola were only defined in the late 19th century.

Oh, Angolan people, gifted warriors!

Mostre ao mundo suas diferenças, suas línguas e raízes!

Show the world your difference, your language, your roots!

Queremos aprender contigo como adquirir tanta sabedoria, paciência, ponderação e disciplina.

We want to learn with you how to acquire so much knowledge, patience, reason and discipline.

È nosso desejo desfrutar dos teus mistérios e crenças.

It is our desire to share your mysteries and beliefs.

Com teus reis, aprendemos danças e injetamos em nosso sangue o sangue que verte em tuas veias, cheio de amor e coragem.

With your kings we learned how to dance and injected the blood that runs in your veins in our veins. Blood full of love and courage.

Nossos ritmos e a musicalidade que exercemos, vieram de teu povo, do proselitismo dos seus rituais.

The rhythms and the melody we have came from your people, from the preaching of your rituals.

Tuas entidades, vindas do povo da floresta, hoje convivem e para sempre viverão entre nós. Aprendemos com teus curandeiros, que nenhuma ciência está mais próxima do homem do que a ciência que emana desta terra.

Your entities, who came from the jungle men, now get along with us and will always be among us. We have learned you’re your witch doctors, that no science is closer to men than the science that emanates from your land.

Brasil Conexão África


BRAZIL AND ANGOLA

Teus poetas são mais férteis de versos sofridos, parodiando Manoel Bandeira, “são versos de saudades ardentes”.

Your poets are more creative, whose verses portray the suffering, and in a parody to Manoel Bandeira, “are verses of yearning”.

Onde dormem teus escritores: Agostinho Neto, Viriato Cruz e tantos outros escritores e poetas que propunham o resgate da angolanidade?

Where do your writers sleep? Writers like Agostinho Neto and Viriato Cruz, among so many other who proposed a rescue of the Angolan dignity,

Angola! Redimensiona a memória das Américas!

Angola! Resize the memory of the Americas!

Poucos são os países com a capacidade de incorporar numerosas alternativas, em benefício da sua população, sem que estas interfiram no seu importante processo de crescimento e mudanças culturais, vital para a continuação de suas tradições milenares.

Few are the countries that are able to incorporate numerous alternatives for the good of their people, without letting them interfere in their important growth and cultural change processes, which are vital for the continuity of their millenary traditions.

Angola! Um país que vive hoje momentos de ouro!

Angola! A country that is currently going through the time of its life!

Brasil Conexão África

81


INFRAESTRUTURA

PARA CONFIAR

Having More

~~ Porto do Rio de Janeiro – Brasil ~~ Rio de Janeiro Harbor – Brazil

82

Brasil Conexão África


INFRASTRUCTURE

MAIS NO BRASIL

Confidence In Brazil A

geração da década de 50/60 cresceu ouvindo que o Brasil era o país do futuro. Muito o fez pelo otimismo causado pela extensão territorial nacional e pelas riquezas naturais, mas também pela boa dose de espírito ufanista, mais peculiar no período do regime militar, que começou em 1964 e persistiu até meados dos anos 80.

T

he generation born in the 50’s and 60’s grew up hearing that Brazil was the country of the future. A lot of this belief came from the optimism resulting from the territorial extension of the country, its natural resources and the highly boasting spirit that was a particular characteristic of the military regime, a period which started in 1964 and lasted up to the mid 80’s.

Nessas quase cinco décadas, desde 1960 vivemos diversas situações, ora de crescimento econômico, ora de recessão, hiperinflação, instabilidade política e, a partir do final dos anos 90, de conquistas da democracia e de estabilidade da moeda.

During these nearly five decades, since 1960, we have gone through several situations that alternated economic growth, recession, hyperinflation and political instability. This went on until the end of the 90’s, when the country reached a stage of democracy and a stable currency.

Fato comum ao brasileiro, entretanto, durante todos esses anos e os vários governos que se sucederam, além da bossa nova, do carnaval e da paixão pelo futebol, é a lamentável constatação de que se investiu muito pouco em infraestrutura.

A fact that was common to the Brazilians along all those years and several governments, in addition to the bossa nova, the Carnival and the passion for soccer, was the regrettable finding that very little was being invested in infrastructure.

Rodovias, ferrovias, portos e aeroportos, ou seja, todos os modais de transporte tiveram atenção muito menor do que a necessária por parte das autoridades brasileiras, fazendo com que a logística nacional, suporte da atividade econômica e da mobilidade nos grandes centros urbanos, se tornasse um grande entrave para o crescimento e um fator de deterioração da qualidade de vida nas cidades.

Roads, railways, ports and airports, i.e. all means of transportation, received very little attention from the Brazilian authorities, turning the country’s logistics, the support for the economic activity and for mobility in large urban centers, into a major constraint for growth, as well as a deterioration factor for the quality of life in the cities.

Há algum tempo, o compasso negativo verificado no setor de transportes passou de fato a incomodar e preocupar a indústria, o comércio, o

For some time the negative compass verified in the transportation sector started to cause real disturbance and concern to industries, commerce, agribusiness and exportation. In the end,

Brasil Conexão África

83


BRASIL

84

agronegócio e as exportações. Enfim, a produção nacional, o trabalho e a vida das pessoas.

all the national production, labor and people’s lives were affected by this problem.

O apagão logístico, como se batizou a mazela nacional, acabou por se tornar termo constante no noticiário e nos debates por todo o país, numa corrente crescente a pressionar de forma mais contundente os diversos agentes públicos e privados, no sentido de tratar o assunto com imprescindível atenção e agilidade, de forma a se mitigar problemas presentes no dia a dia e se vislumbrar um horizonte melhor para os anos seguintes.

The logistic black-out, as this national flaw was named, ended up becoming a regular theme in the news and debates all over the country, which worked like a growing stream making pressure onto several public and private institutions, aiming at dealing with the subject with the indispensable attention and agility that it requires. The aim was to mitigate risks present in our day-by-day and to foresee a better horizon for the years to come.

Pesquisas e estudos realizados pelas entidades empresariais passaram a apontar, anualmente, as condições das principais rodovias e ferrovias nacionais, bem como do transporte aquaviário. Planos e programas foram criados pela iniciativa privada, como o Plano CNT (Confederação Nacional do Transporte) de Logística, que apresenta um conjunto de propostas de adequação, construção e recuperação da

Researches and studies carried out by business associations started to point out the conditions of the main roads, railways and waterways in the country on a yearly basis. Plans and programs were developed by private institutions, such as the CNT (initials in Portuguese for National Confederation of Transportation) Logistics Plan, which presents a set of proposals for the adequacy, construction and recovery of the transportation infrastructure.

Brasil Conexão África


BRAZIL

infraestrutura de transportes, organizado sob duas categorias: (1) os Eixos Estruturantes, que representam a segmentação e os fluxos macro e microrregionais do país e (2) as Regiões Metropolitanas, que consideram os fluxos urbanos, cuja ótica é distinta da dos Eixos. É essencial uma rede integrada do transporte, formada por infraestruturas como as vias e os terminais intermodais, garantindo o acesso aos locais onde a demanda por bens acontece, permitindo o planejamento do deslocamento da produção de forma a utilizar a combinação mais eficiente das modalidades de transporte disponíveis.

This plan was built considering two categories: (1) Structuring Axes, which represent segmentation and macro & micro regional flows in the country; and (2) Metropolitan Regions, which consider urban flows, whose view is distinct from that of the Axes. An integrated transportation network is essential and it shall be based on infrastructure such as intermodal ways and terminals, ensuring access to places where the demand for goods occurs and allowing for the planning of the outflow of the production. This will permit the use of the most efficient combination between the means of transportation available.

A atual ausência e a má qualificação da infraestrutura acarretam a ineficiência do transporte, gerando aumento dos prazos de entrega, dos custos de frete, do volume de perdas e riscos nas avarias das cargas. Ainda pior, com consequentes danos ao meio ambiente e absurdos números de acidentes e de mortes nas estradas.

The current gap and the lack of qualification of the existing infrastructure lead to inefficiency in transportation. This generates longer delivery deadlines, as well as increases in freight price, volume of loss and risks of damage to the cargo. However, the worst aspects are the damage that may be caused to the environment and the unbelievable number of accidents on the roads.

Outro ponto que merece grande destaque é a média de idade dos veículos que operam no

Another issue that shall be highlighted is the average age of the vehicles that operate trans-

Brasil Conexão África

85


BRASIL

~~ Francesco Cupello Presidente do SINDCARGA/RJ ~~ Francesco Cupello President of the SINDCARGA/RJ

86

transporte de cargas no país. Segundo dados da Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), quase 400 mil caminhões têm idade superior a 20 anos de uso, o que representa cerca de 30% da frota nacional, cuja média de idade é de 16 anos.

porting cargo in the country. According to data from the National Agency of Land Transportation (ANTT – from the initials in Portuguese), almost 400 thousand trucks are more than 20 years old, which represents around 30% of the national fleet, whose average age is 16 years old.

Tais caminhões, que congestionam, poluem e causam mais acidentes, precisam ser sucateados e substituídos por veículos mais novos. No rastro dessa necessidade econômica e social, a CNT lançou o Plano Nacional de Renovação de Frota – Renovar. A boa notícia é que os governos de alguns Estados já estão desenvolvendo ações nesse sentido, como o Programa de Incentivo à Renovação, Modernização e Sustentabilidade da Frota de Caminhões do Estado do Rio de Janeiro e o Programa de Incentivo à Renovação da Frota de Caminhões, implantado pela Desenvolve SP, do Estado de São Paulo.

These trucks, which cause traffic jams, pollution and accidents, must be scrapped and replaced by newer vehicles. Following this economic and social need, the CNT launched the National Plan for the Renovation of the Fleet (the Renovar). The good news is that the governments of some states are already deploying actions towards such replacement. An example of this is the Plan to Foster the Replacement, Modernization and Sustainability of the Truck Fleet in the State of Rio de Janeiro, and the Program to Encourage the Replacement of the Truck Fleet, implemented by Desenvolve, in the State of São Paulo.

Importante destacar a nova Lei 12.619/2012, que estabelece regras de tempo de direção para os motoristas de caminhões e de ônibus, criando condições que protegem a sociedade e os profissionais que atuam no segmento, reduzindo os acidentes e as vítimas do trânsito.

It shall be pointed out that Law 12,619/2012, which establishes rules for the time on the wheel for truck and bus drivers, creates conditions that protect the society as a whole, as well as the professionals who work in those segments. It also reduces the number of accidents and traffic victims.

Esta lei, considerada a grande mudança que representa para a atividade e a necessidade de melhorias importantes que já vêm sendo tratadas no Congresso Nacional, representam uma grande conquista para o país, que assim se nivela com outros países desenvolvidos quanto ao respeito à vida.

This law represents a great progress to the country, even when we consider the great changes it poses to the activities and the need for important improvements – which have already been dealt with in the National Congress. Thus, Brazil levels itself with other developed countries when it comes to respecting people’s lives.

Assim como a circulação sanguínea é essencial ao funcionamento saudável do corpo hu-

Like blood circulation is essential for the human body to work healthily, transporting nutri-

Brasil Conexão África


BRAZIL

mano, transportando pelas veias e artérias os nutrientes e recolhendo as impurezas, o transporte é fundamental para todas as demais atividades econômicas que precisam ser abastecidas com suprimentos e fazer escoar sua produção. O chamado custo Brasil e o desenvolvimento econômico e social passam diretamente pelo transporte. Esta é a visão de que o país precisa. Um programa de Estado que priorize o planejamento e as ações efetivas para uma adequada infraestrutura de logística e transporte, que transcenda as vontades políticas e os governos. Este é o caminho para se confiar mais no Brasil.

ents and collecting impurities through veins and arteries, transportation is fundamental for all economic activities in the country, as they need to be supplied and their production needs to be drained. The so-called cost-Brazil and the economic and social development pass directly by the concept of transportation. This is the view that the country needs: a state program that prioritizes planning and effective actions for a suitable logistics and transportation infrastructure, which transcends political will and specific governments. This is the path that will lead to trust in Brazil.

~~ Eduardo F. Rebuzzi – Presidente da Federação do Transporte de Cargas do Estado do Rio de Janeiro – FETRANSCARGA e Presidente do Conselho Empresarial de Logística e Transporte da Associação Comercial do Rio de Janeiro – ACRJ. ~~ Eduardo F. Rebuzzi – President of the Federation of Cargo Transportation of the State of Rio de Janeiro (FETRANSCARGA – from the initials in Portuguese) and President of the Enterprises Board of Logistics and Transportation of the Association of Commerce in Rio de Janeiro (ACRJ – from the initials in Portuguese).

Brasil Conexão África

87


INFRAESTRUTURA

BRASIL LANÇA PLANO NACIONAL DE INTEGRAÇÃO HIDROVIÁRIA Brazil launches a national plan for waterway integration

88

Brasil Conexão África


INFRASTRUCTURE

Brasil Conexão África

89


HIDROVIAS

~~ Hidrovia do Solimões-Amazonas / Solimões-Amazonas Waterway

A

Agência Nacional de Transporte Aquaviário – ANTAQ- lançou o Plano Nacional de Integração Hidroviária (PNIH). Especialistas da Agência e da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) desenvolveram estudos e análises de seis bacias hidrográficas brasileiras: Paraguai, Amazônica, Sul, Paraná-Tietê, São Francisco e Tocantins-Araguaia. Entre as informações do plano, estão localização, área de influência, produtos relevantes, projeção dos fluxos de comercialização, projeção dos fluxos de transporte e demanda de cada bacia. O diretor-geral da ANTAQ, Pedro Brito, ressaltou que o estudo contribuirá de forma decisiva para a logística nacional. Além disso, afirmou que o PNIH é uma ferramenta fundamental para os empresários que precisam de informações sobre a navegação do interior nacional.

90

Brasil Conexão África

T

he National Waterway Transportation Agency (ANTAQ – from the initials in Portuguese) has launched the National Plan for Waterway Integration (PNIH – from the initials in Portuguese). Specialists from the agency and from the Federal University in the State of Santa Catarina (UFSC) have developed researches and analyses of six river basins in Brazil: Paraguay, Amazon, South, Paraná-Tietê, São Francisco and Tocantins-Araguaia. Among the information collected by the study we can find their location, area of influence, relevant products, forecast on trading flows and the demand of each basin. The ANTAQ’s General Director, Pedro Brito, highlighted that the research will significantly contribute to the country’s logistics. Besides, he stated that the PNIH is an essential tool for businessmen who need information on inner domestic navigation.


WAT E R WAY

“O setor hidroviário não pode prescindir da iniciativa privada. São os empresários que movimentarão seus produtos. Com uma logística eficiente, nossas mercadorias terão um menor custo e uma alta competitividade”, afirmou Brito.

“The waterway segment cannot do it without the private initiative. Businessmen are the ones who will circulate their products. If there is an efficient logistics, our goods will have a lower final cost and be highly competitive”, said Brito.

cc PNIH estima transporte de cerca de 230 milhões de toneladas nas hidrovias brasileiras em 2020

cc The PNIH estimates to have transported around 230 million tons by Brazilian waterways by 2020

De acordo com o Plano Nacional de Integração Hidroviária – PNIH, as hidrovias deverão captar 11%- o que representa 228 milhões de toneladasdo volume total de cargas que circulará na área de influência das seis principais bacias hidrográficas do país no início da próxima década.

According to the National Plan for Waterway Integration (PNIH), the waterways shall capture 11% of the total cargo that will circulate around the area of reach of the six main river basins in the country in the next decade, a percentage that represents 228 million tons.

O país também deverá ganhar mais 5.000km de hidrovias até 2020, totalizando 25.000km. Mas, para tanto, os investimentos deverão contemplar as outras hidrovias brasileiras, além destas seis (Sul, Amazônica, Paraná-Tietê, Tocantins-Araguaia, Paraná-Paraguai e São Francisco) contempladas no estudo. Até 2030, o país deverá ampliar em 50% a sua malha hidroviária, saindo dos atuais 20.000km para cerca de 30.000km.

Brazil shall also gain over 5,000km of roads by 2020, totaling 25,000km. However, to reach this number, investments shall contemplate other waterways in the country, in addition to the six main ones (South, Amazon, Paraná-Tietê, Tocantins-Araguaia, Paraná-Paraguay and São Francisco), which were the object of this study. By 2030 the country shall have a 50% increase in its waterway network, going from the current 20,000km up to around 30,000km.

Ao apresentar o PNIH, o superintendente de Navegação Interior da ANTAQ, Adalberto Tokarski, destacou a importância do estudo, que contribuirá para a eficiência da logística de transportes do país. “O PNIH vai ajudar a mudar a participação do modal hidroviário na matriz brasileira de transporte. Com ele, nós poderemos, por exemplo, conhecer a melhor rota para escoamento de uma carga, a partir de uma determinada região produtora, e comparar a eficiência dos modais aquaviário, rodoviário e ferroviário nessa rota”, observou.

cc Principais bacias hidrográficas O PNIH contemplou seis das principais bacias hidrográficas brasileiras em cenários quinquenais no período de 2015 a 2030. Na hidrovia Tietê-Paraná, por exemplo, deverão circular 28 milhões de toneladas de cargas em 2020, o que representa 3,4% do volume total de cargas da sua área

When presenting the PNIH, the Inner Navigation Superintendent of the ANTAQ, Adalberto Tokarski, pointed out the importance of the research to help improving the efficiency of the country’s transportation logistics. “The PNIH will help to increase the waterway transportation share in the Brazilian transportation matrix. With this study in hands, we will be able to know the best route for the outflow of the cargo coming from a specific production region, comparing the efficiency between waterway and railway transportation in this route”, he said.

cc Main river basins The PNIH contemplated the six main river basins in Brazil, defining five year periods that start in 2015 and go up to 2030. In the Tietê-Paraná Basin, for instance, 28 million tons shall circulate by 2020, which will represent 3.4% of the total car-

Brasil Conexão África

91


HIDROVIAS

~~ Hidrovia do Sul ~~ The Southern Waterway

de influência. A Hidrovia do Sul, contudo, é a que deverá ter maior participação em relação ao total de cargas transportadas na sua área de influência no início da próxima década, atingindo 48,3% do total das cargas, com 55 milhões de toneladas. As hidrovias Amazônica, Paraná-Paraguai, São Francisco e Tocantins-Araguaia representarão em relação às cargas transportadas em sua área de influência, respectivamente, 25,7% (98 milhões de toneladas), 37,3% (23 milhões de toneladas), 0,8% (3,6 milhões de toneladas) e 8,4% (18,7 milhões de toneladas).

92

go volume in its area of reach. The South Waterway, however, is the one that will have the largest share in relation to the total amount of cargo transported in its area of influence at the beginning of the next decade. It shall reach 48.3% of the total amount, reaching 55 million tons. The Amazon, Paraná-Paraguay, São Francisco and Tocantins-Araguaia Waterways will respectively represent the following numbers in relation to the total amount of cargo transported in their areas of reach: 25.7% (98 million tons), 37.3% (23 million tons), 0.8% (3.6 million tons) and 8.4% (18.7 million tons).

cc Frota

cc Fleet

Em 2012, a frota da navegação interior brasileira registrou 1.864 embarcações. Isso corresponde a um crescimento de 14,5% em relação a

In 2012, the Brazilian inner navigation fleet had 1,864 vessels. This number represents a 14.5% growth in relation to 2011, when this number was

Brasil Conexão África


WAT E R WAY

2011, quando esse número ficou em 1.628. Desse total, 79% operam no transporte longitudinal de carga, 16% prestam serviço no transporte de travessia e 5% operam no longitudinal de passageiros e misto. No ano passado, houve um aumento da capacidade de carga na navegação interior de 22,41%.

1,628: 79% of this total operates in longitudinal cargo transportation, while 16% deliver passenger cross transportation services and 5% operate in longitudinal passenger transportation and in a mixed system. Last year, there was an increase in the inner navigation cargo capacity of 22.41%.

A Região Hidrográfica Amazônica foi a que mais transportou em vias interiores no ano passado: 58% do total de cargas, ou 51,6 milhões de toneladas. A navegação interior da região transportou 10,4 milhões de toneladas. O longo curso transportou 20,9 milhões de toneladas. A cabotagem, 20,3 milhões de toneladas. Dos produtos transportados, mercadorias como combustíveis e óleos minerais totalizaram 2,2 milhões de toneladas, e a soja movimentada na região totalizou 4,9 milhões de toneladas.

The Amazon River Basin was the one that had the highest numbers in terms of transportation by inner waterways last year: 58% of the total cargo, or 51.6 million tons. The region’s inner navigation transported 10.4 million tons. The long run navigation accounted for 20.9 million tons. Finally, coastwise navigation corresponded to a 20.3 million ton share. Among the products transported, goods such as fuel and mineral oil totaled 2.2 million tons, while soya bean represented 4.9 million tons transported in the region.

~~ A Região Hidrográfica Amazônica ~~ The Amazon River Basin

Brasil Conexão África

93


INFRAESTRUTURA | BRASIL

Indústria Naval Naval Industry

94

~~ Comandante Hidelene Lobato Bahia

~~ Imediata Vanessa Cunha

~~ Comandante Hidelene Lobato Bahia

~~ Chief Mate Vanessa Cunha

Brasil Conexão África


INFRASTRUCTURE | BRAZIL

~~ Cerimônia de entrega do navio Rômulo Almeida, no estaleiro Mauá, em Niterói (RJ) ~~ Ceremony in which the vessel Rômulo Almeida was delivered, at the Mauá Shipyard, in the city of Niterói - RJ (RJ)

E

m Niterói (RJ), no Estaleiro Mauá, a Transpetro recebeu, em 17 de janeiro, o navio de produtos Rômulo Almeida, quarta embarcação do Programa de Modernização e Expansão da Frota (Promef) a entrar em operação. Pela primeira vez um navio da Marinha Mercante brasileira será comandado por duas mulheres, as oficiais Hildelene Lobato Bahia e Vanessa Cunha.

T

ranspetro received the vessel named Rômulo Almeida at Mauá shipyard, located in Niterói (state of Rio de Janeiro), on January 17. This is the fourth vessel of the Program for the Modernization and Expansion of the Fleet (Promef – from the initials in Portuguese) to start operating. For the first time a vessel from the Brazilian Merchant Marine will be captained by

Brasil Conexão África

95


I N D Ú S T R I A N AVA L | N AVA L I N D U S T RY

~~ Sergio Machado, presidente da Transpetro, durante a cerimônia de entrega do navio Rômulo Almeida ~~ Sergio Machado, the President of Transpetro, in the ceremony in which the vessel Rômulo Almeida was delivered.

~~ A comandante Hildelene Lobato ~~ Captain Hildelene Lobato

Com 183 metros de comprimento e 48 mil toneladas de porte bruto, o navio Rômulo Almeida tem capacidade para transportar 56 milhões de litros de derivados de petróleo. O navio foi concluído com um índice de nacionalização de 72%.

two women: the officers Hildelene Lobato Bahia and Vanessa Cunha.

“A indústria naval brasileira está entrando em ritmo de linha de produção, com entregas de navios em série. Já são sete navios lançados ao mar e quatro deles em operação”, afirmou em seu discurso o presidente da Transpetro, Sergio Machado. O Rômulo Almeida é o quarto navio entregue pelo programa em um prazo pouco superior a um ano.

“The Brazilian naval industry is coming to an increased production line pace, delivering one vessel after another. It is the seventh vessel launched to sea, four of them already operating”, said the President of Transpetro, Sergio Machado, in his speech. Rômulo Almeida is the fourth vessel delivered by the program in a little more than a year.

A paraense Hildelene Lobato Bahia, que será a comandante do Rômulo Almeida, foi a primeira mulher brasileira a atingir o posto mais alto da hierarquia da Marinha Mercante. A carioca Vanessa Cunha será a sua imediata. Na cerimônia, Hildelene recebeu a bandeira do Brasil, para ser hasteada no navio,  da diretora geral da Agência Nacional de Petróleo (ANP), Magda Chambriard. A bandeira da Petrobras foi entregue a Vanessa pelo diretor de abastecimento da Companhia, José Carlos Cosenza. Sergio Machado entregou o Diário de Bordo para o chefe de máquinas do navio, Raimundo Gomes Pereira.

96

Brasil Conexão África

With 183 meters of length and 48 thousand tons of deadweight the vessel Rômulo Almeida is able to transport 56 million liters of oil byproducts. It was built with a 72% rate of nationalization.

Hildelene Lobato Bahia, was born in the state of Pará and will be the captain of Rômulo Almeida. She was the first Brazilian woman to reach the top in the Merchant Marine hierarchy. Vanessa Cunha, from Rio de Janeiro, will be her chief mate. In the ceremony, Hildelene received the Brazilian flag – to be hoisted in the vessel - from the hands of the General Director of the National Petroleum Agency (ANP – from the initials in Portuguese), Magda Chambriard. Petrobras’ flag was handed in to Vanessa by the Supply Chain Director of the company, José Carlos Cosenza. Sergio Machado gave the log book to the Chief Mechanic of the vessel, Raimundo Gomes Pereira.


210 x 297

centrifugation

filtration

drying

Excellence in sugar industry equipment

av Com Leopoldo Dedini 500 BR 13422-902 Piracicaba SP tel +55 19 3124 3000 fax +55 19 3124 3011 mausa@mausa.com.br www.mausa.com.br


C O M P O RTA M E N T O | C A R N AVA L

CARNAVAL DO RIO DE JANEIRO A MELHOR FOLIA DO PLANETA Carnival in Rio de Janeiro The best feast in the world Por / By: Isabella Ribeiro

98

Brasil Conexão África


B E H AV I O RL | C A R N I VA L

O

B

Por receber turistas nacionais e internacionais, o comércio e a parte cultural são favorecidos nesta época. Vale ressaltar que no ano de 2013, o número de turistas chegou a um milhão. Há quem pense que o carnaval é feito de momento. Entretanto, requer meses de preparação. A festa inicia-se com a coroação do Rei Momo, que é apresentado com uma placa de prata e uma chave de ouro da cidade (entregue pelo prefeito), e é concluída com o desfile de carnaval no Sambódromo, conhecido como Sapucaí.

For receiving Brazilian and foreign tourists, the commerce and cultural aspects of Rio de Janeiro are highlighted during this time. It should be pointed out that in 2013 the number of tourists reached one million. There are some who think that Carnival is just what happens in the four days of the feast. However, it requires months of preparation. The feast officially begins with the coronation of King Momo, who is introduced to the population when he receives a silver plate and the key to the city, handed in to him by the Mayor. The top moment happens when the samba schools parade in the avenue known as Marquês de Sapucaí.

carnaval brasileiro é uma festa com duração de quatro dias consecutivos, sendo seguido por quarenta dias até a Páscoa. Esta é uma celebração que ocorre em países católicos do sul da Europa e América Latina, sendo o melhor e mais conhecido: o brasileiro.

razilian Carnival is a feast that lasts four days and takes place forty days before Easter. It is a celebration that happens in Catholic countries in the South of Europe and in Latin America, being the Brazilian Carnival the best and most renowned.

~~ Coroação do Rei Momo ~~ Coronation of King Momo

~~ Abaixo: Corte Real do Carnaval do Rio de Janeiro ~~ Below: The Royal Court of Rio de Janeiro’s Carnival

Brasil Conexão África

99


C A R N AVA L

| RIO DE JANEIRO

A predominância da música carnavalesca é o samba – derivando-se da língua angolana “semba”, que para os escravos africanos significava o ato de orar ou invocar seus antepassados em suas crenças. É na comunidade do centro do Rio que nasce o samba, num local conhecido como “Pequena África”, criando centros religiosos para a prática do ritmo. Exclusivamente brasileira, é oriunda do Rio de Janeiro com forte influência de raízes africanas. A partir daí, temos como o auge do carnaval brasileiro o famoso desfile das escolas de samba. Aos fanáticos pela tal folia, os ingressos a serem disponibilizados são altamente concorridos. Devido ao índice de escolas inscritas, foi acordado um método para o a execução do desfile: Divididos em dois blocos (domingo e segunda-feira), as escolas se apresentam na avenida. Veja abaixo a escalação do ano de 2013:

01. 02. 03. 04. 05.

Inocentes de Belford Roxo Acadêmicos do Salgueiro Unidos da Tijuca União da Ilha do Governador Mocidade Ind. Padre Miguel

06. Portela

07. São Clemente

01.

08. Mangueira

02.

09. Beija Flor Acadêmicos do 10. Grande Rio Imperatriz 11. Leopoldinense Unidos de Vila 12. Isabel

03. 04. 05.

Inocentes de Belford Roxo Acadêmicos do Salgueiro Unidos da Tijuca União da Ilha do Governador Mocidade Ind. Padre Miguel

06. Portela

07. São Clemente 08. Mangueira 09. Beija Flor Acadêmicos do 10. Grande Rio Imperatriz 11. Leopoldinense Unidos de Vila 12. Isabel

cc A SIMPLICIDADE CHEGA AO TOPO

cc SIMPLICITY COMES TO THE TOP

VILA ISABEL É ELEITA A CAMPEÃ DO DESFILE COM TEMA SOBRE A VIDA NO CAMPO

VILA ISABEL IS THE CHAMPION OF THE SAMBA SCHOOL PARADE, PRESENTING AS ITS THEME THE LIFE IN THE COUNTRYSIDE

A grande campeã do carnaval 2013 com 299,7 num total de 300 pontos, deu um banho de alegria e brilho na Marquês de Sapucaí. Com o enredo «A Vila canta o Brasil celeiro do mundo: água no feijão que chegou mais um...», composto por Martinho da Vila, Arlindo Cruz, André Diniz, Tunico da Vila e Leonel. Mesmo sendo a última a desfilar, a escola emocionou o público presente com a melodia que

100

Samba prevails as the Carnival music. The word derives from “semba” from the Angolan language. For African slaves it meant the act of praying or evoking their ancestors in their religious beliefs. It was in a community in the downtown area of Rio de Janeiro where samba was born. There was a place known as “Little Africa” in that region, in which religious centers were created for the practice of this dance. Exclusively Brazilian, it has strong influence of African roots. From then on, we have paved the way to reach what is now the apogee of the Brazilian Carnival, featuring the famous samba school parade. Tickets to see the show are highly sought after by the fans of the feast. Due to the number of samba schools participating of the event, a method was designed for the performance of the parade. Schools are divided in two groups and they parade on the Carnival Sunday and Monday. See below the schedule of the schools in 2013:

Brasil Conexão África

The great winner of Carnival 2013, reaching 299.7 points out of 300 bathed Marquês de Sapucaí avenue with its joy. Presenting the theme “Vila sings Brazil – barn of the world: pour water into the beans, because another dude is coming...”, written by Martinho da Vila, Arlindo Cruz, André Diniz, Tunico da Vila and Leonel, the samba school


C A R N I VA L | R I O D E J A N E I R O

~~ Vila Isabel a grande campeã do carnaval 2013 / Vila Isabel the great winner of Carnival 2013

fazia referência ao homem do campo, seus hábitos alimentares, crenças e festas populares. Com mais essa vitória, a Unidos de Vila Isabel conquista o tricampeonato (1988, 2006 e 2013). Logo atras da campeã ficou a Beija-Flor, que já ganhou doze vezes, ficando a apenas três décimos de diferença da campeã. Com o terceiro lugar, a Unidos da Tijuca, campeã no ano de 2012. O quarto posto ficou com a Imperatriz Leopoldinense, que vinha apresentando desfiles que deixavam a desejar na pontuação. Na sequência, o Salgueiro, trazendo o tema “Fama” para a avenida. Neste ano, as escolas rebaixadas ao Grupo de Acesso foram: Inocentes de Belford Roxo

Unidos de Vila Isabel, even being the last one to parade, caused commotion on the spectators with the melody that referred to the peasant, his eating habits, beliefs and popular feasts. This was the third time Vila Isabel was the winner, as it had already been the champion in 1988 and 2006. Right behind the champion was Beija Flor, a school that has already won twelve times. The difference to the first was only 0.3 points. The champion in 2012, Unidos da Tijuca, was third this time, followed by Imperatriz Leopoldinense, which had been presenting parades that did not meet the expectations. Salgueiro was the fifth, having presented the theme “Fame” in the Avenue.

Brasil Conexão África

101


C A R N AVA L

| RIO DE JANEIRO

e Unidos de Vila Maria, ambas apresentando o mesmo tema - Cinquenta anos da chegada ao país dos primeiros imigrantes da Coréia do Sul.

cc ESCOLAS DE SAMBA E SUAS ESTRUTURAS FÍSICAS

102

This year, the schools relegated to the second division were: Inocentes de Belford Roxo and Unidos de Vila Maria, both of them presenting the same theme – The fiftieth anniversary of the arrival of South Korean immigrants in Brazil.

cc SAMBA SCHOOLS AND THEIR PHYSICAL STRUCTURE

Quanto às quadras de samba : Funcionam como um clube de dança, com bandas de samba das escolas de percussão e são abertas para todo o público.

Samba school gymnasiums work like a dance club. The percussion of the samba schools usually plays there and they are open to the general public.

Unidades de produção: Locais para produção dos carros alegóricos e de fantasias. Desde 2005, todas as escolas de samba do Grupo Especial têm suas instalações no mesmo local denominado “Cidade do Samba”. Sua visitação também é aberta ao público.

Production centers are the places where the floats are made, as well as the costumes. Since 2005 all schools participating of what is called the Special Division are installed at the same place, named Samba City. The general public is also able to visit this place.

Brasil Conexão África


C A R N I VA L | R I O D E J A N E I R O

~~ Carnaval do Rio de Janeiro / Bloco de rua Cordão do Bola Preta ~~ Carnival in Rio de Janeiro / Cordão do Bola Preta, a group that parades along the streets in the downtown area

Brasil Conexão África

103


CIÊNCIA

A Era dos Genes

O Futuro da Espécie Humana

The Era of Genes The future of Mankind Por/By: Sebastião Valentim

A tecnologia vai escravizar ou libertar o século XXI? O plano de construção de novos tipos de vida começa a procurar caminhos mais seguros. Mas onde estará a sabedoria que deixamos esquecida no passado, justamente devido às novas tecnologias, que tornam obsoleto o que foi inventado há apenas uma hora atrás? Will technology enclave or free the 20th century? The plan for the development of new types of life starts to search for safer paths. However, where is the knowledge we have left behind, exactly due to the new technologies, which make things that were invented just one hour ago become obsolete?

106

Brasil Conexão África


SCIENCE

Brasil Conexão África

107


A ERA DOS GENES

Os robôs, que hoje ajudam na produção industrial, estão sendo preparados para assumirem o nosso dia a dia, conquistando cada vez mais o lugar dos humanos.

Robots are currently assisting in industrial production and they are being prepared to take up our day-by-day tasks, occupying spaces that used to belong to humans.

Futuramente, terão a habilidade de se autoplanejarem e sua evolução ascenderá de simples coleção de circuitos de comutação a um estado que poderemos considerar de consciência, dotando-os de sentimentos, ainda que em fase inicial.

In the future, they will be able to perform selfplanning and their evolution will derive from mere sets of circuits and switches, reaching a stage that might be considered a kind of conscience, which will provide them with feelings, even if they are at an early stage.

Mas quanto a nós, humanos, o que podemos esperar da clarificação individual do nosso genoma? Qual o diagnóstico da nossa herança genética no futuro de cada indivíduo? O que esperar do nosso papel no mundo das descobertas científicas? Pode-se imaginar a criação de fábricas biológicas restaurando membros humanos, alterando e processando biologicamente os caminhos do nosso metabolismo. Pode-se pensar na restauração de qualquer órgão em falência e na substituição de todos os membros do nosso corpo humano. Não podemos deixar de pensar como será o nosso futuro, como será o nosso comportamento diante de tantas mudanças, que surgem tão rapidamente quanto cada notícia que nos surpreende a todo instante. Sob o ponto de vista das religiões, será que nos revestiremos do mais rude materialismo ou, ao contrário, precisaremos de alguma crença que nos faça diferenciar-nos dos seres mecânicos, que possivelmente nos substituirão? Muitos acham que a biogenética, no seu conceito humano, se desenvolve para o bem dos seres vivos. Outros, porém, acreditam que estamos correndo o risco de nos transformarmos em zumbis dos nossos próprios genes e, sendo assim, facilmente manipuláveis e mutáveis. Não temos ainda capacidade de entendimento e de autodeterminação suficientes sobre esta matéria, que ainda merece estudos e discussões, visando a uma legislação mais eficaz sobre o seu controle. Isto porque ainda estamos formando um conceito mais sólido de dignidade humana que possa avaliar se seria bom ou não, trans-

108

Brasil Conexão África

In what regards to us, humans, though, what can we expect from the individual clarification of our genome? What is the diagnosis of our genetic heritage in the future of each human being? What can we expect from our role in a world of scientific breakthroughs? We can imagine the creation of biological factories, which will recover human limbs, alter and biologically process the paths of our metabolism. We can foresee the recovery of any organ that is about to collapse, as well as the replacement of all parts of the human body. We cannot forget the idea of thinking how our future will be, though. We need to think how our behavior will be in face of so many changes that arise as quickly as every piece of news that catches us by surprise every minute. Under the point of view of religions, will we coat ourselves with the rudest side of materialism or, on the contrary, will we need something to believe in, so that we can differentiate ourselves from the mechanical beings that will probably replace us? Many are those who think that biogenetics, in its human concept, is developed to the benefit of living beings. Conversely, others believe that we are running the risk of becoming zombies, trapped by our own genes, and of becoming easily manipulated and mutable. We are not able to understand and to master this subject yet. It still requires research and discussions, aiming at the construction of an effective legislation to rule it. This is because we are still building a stronger idea on human dignity,


THE ERA OF GENES

formar-se num “ser humano feito sob medida”, “pré-fabricado”, como saído de um livro de Aldous Huxley. Afinal, ainda não conseguimos prever todas as consequências advindas dessas experiências e qual a posição ética mais adequada para proteger-nos de suas consequências. Qual o caminho que deveremos escolher nesse novo horizonte da biogenética humana? É evidente que as consequências éticas e morais ainda não podem ser controladas apenas sob a égide de normas legislativas. Entretanto, como poderemos justificar, no futuro, a nossa ideia de que somos humanos? Como será visto por civilizações futuras, um bebê nascido de um parto natural? Quando será possível produzir um filho perfeito, empregando testes genéticos para a previsão de futuros riscos de doenças? Voltaremos à antiga Grécia, quando crianças nascidas imperfeitas eram mortas? E o que dizer de retirar fetos imperfeitos? Um suicídio permitido, ainda dentro do ventre? Estas e outras questões importantes deverão ser questionadas e debatidas pela sociedade civil e pelo poder público. Nessa bifurcação da evolução, a genética, o temor pelo desconhecido e a incerteza caminham lado a lado. Mas, diante de tantas visões incertas, continuaremos a ter o poder de desenvolver e evoluir, lutando pela dignidade humana, pelos direitos humanos, antes e depois do nascimento. E sempre será lindo o mundo porque, afinal, o ser humano original não veio de um laboratório e o segredo da vida é o sopro da criação do universo.

Sebastião Valentim jornalista, escritor e publicitário.

which can enable us to assess if transforming ourselves in a “made-to-order, pre-fab human being” – like those seen in Aldous Huxley book – is good or bad. All in all, we are not able to foresee the consequences arising from these experiments yet. What is, then, the path to be chosen in this new horizon of human biogenetics? It seems clear that the ethical and moral consequences cannot be controlled yet, when it comes to mere legislations. However, how will we be able to justify the idea that we are HUMAN beings? How will future civilizations understand a baby springing to life through natural labor? When will it be possible to produce a perfect child, employing gene testing in order to forecast the future risk of diseases? Shall we go back to the Ancient Greece, when handicapped children used to be killed? What shall we say about aborting imperfect feta? Is it a permitted murder, when the child is still in the mother’s womb? These and other relevant questions shall be asked, debated by the civil society and the governments. When we reach this fork in the road of evolution, called Genetic Science, the fear of the unknown and uncertainty walk together. When facing several inaccurate points of view, though, we wonder if we will continue to have the power to develop and to evolve, fighting for human dignity, for human rights before and after birth. The world will always be wonderful, because, in the end, the original human being did not come from a laboratory and the secret of life will continue to be the blow of creation from the Universe.

Sebastião Valentim journalist, writer and advertiser.

Brasil Conexão África

109


CIDADES

ISTO É BRASIL

MENDES, cidade brasileira 4° Melhor Clima do Mundo

This is Brazil

MENDES, a Brazilian town the 4th best weather in the world Por/By: Sebastião Valentim

110

Brasil Conexão África


CITIES

~~ Cidade de Mendes / City of Mendes

• Entre vales e montanhas, cachaça, chorinho e café.

• Among valleys and mountains, cachaça, chorinho and coffee.

• Mendes – o 4° melhor clima do mundo

• The 4th best weather in the world

• O circuito das Artes

• The Arts circuit

• Os Barões do café

• The coffee barons

• Uma viagem pelos caminhos do tempo

• A trip by time paths

• A exuberância da Natureza

• The exuberance of the Nature

A

cidade de Mendes, reconhecida pela ONU como o 4° melhor clima do mundo, fica a 90 quilômetros do Rio de Janeiro. Abrigando uma população aproximada de 19 mil habitantes, o município mantém seu aspecto bucólico e, apesar das queimadas e do desmatamento indiscriminado, preserva ainda boa parte da reserva de mata atlântica original.

T

he town of Mendes, recognized by the UN as the fourth best weather in the world, is 90 km away from the capital city of the state of Rio de Janeiro. With a population of around 19 thousand, the town preserves its bucolic characteristics and, despite uncontrolled forest fires and deforestation it keeps its original reserves of Atlantic Forest.

Brasil Conexão África

111


ISTO É BRASIL

~~ Pousada do Barão / Cidade de Mendes

~~ Estação Ferroviária de Mendes

~~ Pousada do Barão, in the town of Mendes

~~ Mendes Railway Station

Sua história começa nos idos do século XIX, quando foi o caminho preferido de tropeiros vindos das Minas Gerais mercadejar suas tropas equídeas na cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro.

Its history begins back into the 19th Century when it was the favorite path for troopers coming from the State of Minas Gerais in order to trade their horse herd in the city of Saint Sebastian of Rio de Janeiro.

No desmembramento da grande fazenda de Santa Cruz, também conhecida como Sertão do Rei, bandeirantes e jesuítas buscaram, em sua luta pelo desbravamento do interior, novas descobertas naquelas terras, até então ocupadas por nações indígenas de várias etnias destacando-se os Coroados.

112

In a detachment of the Great Santa Cruz Farm, also known as Sertão do Rei Farm, trailblazers and Jesuits searched for discoveries in that land, in their fight for exploring the inner regions. Until then, they had been occupied by indigenous tribes from several ethnic groups, especially the Coroados.

A história de Mendes começa com a chegada dos “Mendes” ao povoado, quando obtiveram parte das terras da Fazenda de Santa Cruz, sendo mais tarde nomeada de Santa Cruz dos Mendes. A conquista por parte dessa família data de 1850, sendo fator preponderante na saga que deu origem à cidade.

The history of Mendes commences when the Mendes family settles down there, soon after having obtained a share of the land belonging to the Santa Cruz Farm. They named it Santa Cruz dos Mendes. The conquest of the family dates back to 1850, having been the main factor in the saga that gave birth to the city.

Terra de poetas e escritores, músicos de excelência, artistas e artesãos, o município é rico em atividades culturais, proporcionando aos turistas um clima de temperatura amena, paisagens bucólicas, hotéis confortáveis e passeios inesquecíveis.

A land of poets and writers, top class musicians, artists and artisans, the town is rich in cultural activities, providing tourists with a pleasant temperature, spectacular landscapes, comfortable hotels and unbelievably beautiful tours.

Brasil Conexão África


tHIS IS BRASIL

Hotéis: Centro Marista São José das Paineiras, Pousada do Barão, Hotel Madrid e Hotel Fazenda do Alemão, dentre outros.

Hotels: Marist Center São José das Paineiras, Pousada do Barão, Hotel Madrid and Hotel Fazenda do Alemão, among others.

Restaurantes: Ci Piace – comida italiana, Sabor da Serra – Comida Mineira e Churrasco, Aki Ki Nóis Fica – deliciosa comidinha caseira, Bom Gosto, Herbalife – comida integral, além de diversas lanchonetes e pizzarias.

Restaurants: Ci Piace – Italian cuisine, Sabor da Serra – Typical food from the State of Minas Gerais and barbecue, Aki Ki Nóis Fica – tasty home-made food, Bom Gosto, Herbalife – wholemeal food, in addition to several snack bars and pizzerias.

Pontos Turísticos: Fazenda dos Maristas, Colônia das professoras, Fazenda do Alemão, Fazenda Cantopí, Cinco Lagos e Chapadão do Tupinambá. Pousada do Barão Localizada no Km 30 da estrada RJ 127 – bairro Gonzales, a Pousada do Barão foi residência do Barão de Santa Cruz (1850) e sede da Fazenda do mesmo nome, sendo até hoje o principal marco da histórica que deu origem ao povoado. Construída por escravos, a fazenda Santa Cruz (atual pousada do Barão) foi uma das primeiras fazendas de café da região do Vale do Paraíba, lugar de parada dos tropeiros que vinham do Rio de Janeiro, trazendo charque e outras mercadorias comerciáveis para o local. Por muitos anos, o casarão, que abriga a sede da fazenda, esteve adormecido em seu passado e esquecido pela administração pública. Segundo a proprietária da pousada, Andréa Mazoni, coincidência ou não, após uma semana de ter comprado o imóvel, a prefeitura decretou o seu tombamento. Em seu entorno, 41 suítes foram construídas, oferecendo conforto àqueles que se hospedam neste recanto histórico. Entre “causos,” contos e lendas, ouve-se dizer que durante as obras de reforma do casarão, todas as noites, antes de largarem do serviço, os operários fechavam as janelas. Entretanto, para espanto dos homens que trabalhavam na obra, quando pela manhã chegavam, encontravam todas as janelas abertas. A estória é que o Barão quando vivo, gostava de ficar na janela esperando a chegada dos tropeiros.

Sightseeing: The Marist Farm, Colônia das professoras, Fazenda do Alemão, Fazenda Cantopí, Cinco Lagos and Chapadão do Tupinambá. Pousada do Barão Located at Km 30 of RJ 127 road – district of Gonzales, Pousada do Barão used to be the home of the Saint Cross Baron (1850) and the headquarters of the farm that has the same name. Still today it is the main landmark of the history of the birth of the village. Built by slaves, Santa Cruz Farm (currently called Pousada do Barão) was one of the first coffee farms in the Paraíba Valley Region, a place where trailblazers used to stop when they came from Rio de Janeiro bringing jerk meat and other goods to be traded there. For several years, the great house that shelters the headquarters of the farm was left to its own past and forgotten by the Public Administration. According to the owner of the inn, Andréa Mazoni, be it a coincidence or not, one week after she had bought the property, the City Hall passed a decree listing it for the preservation of its original characteristics. In its surroundings, 41 suite rooms were built, providing comfort to those who stay in this historic corner. Among tales and legends, it is said that during the refurbishing works performed in the Great House, workers used to close all windows every evening, when they finished their duties. However, for their astonishment, when they came to work next morning all of them were open. The tale says that the Baron liked to stay at the window waiting for the trailblazers to come when he was alive.

Brasil Conexão África

113


ISTO É BRASIL

Artista da Cidade de Mendes “Poderia haver coisa mais linda? Um dia, ainda teria uma estrela daquelas só pra mim... Do livro Estrela Cadente de Maria Stella de Almeida Moura

114

Artist from the Town of Mendes “Could there be anything more beautiful? One day, I would have a star like that only for me...”

Extracted from the book Falling Star, by Maria Stella de Almeida Moura

A escritora Maria Stella, nascida em Minas Gerais, escritora e poeta; uma mulher que viveu – assim como as estrelas – anos luz à frente do seu tempo, passou parte da sua infância numa pequena fazenda do interior, antes de morar em Mendes.

Maria Stella de Almeida Moura was a woman who was, like all other stars, light years ahead of her time. The writer Maria Stella, born in the state of Minas Gerais, spent a period of her childhood in a little farm in the countryside, before coming to live in Mendes.

Nascida em 21 de agosto de 1923, a escritora Estela faleceu aos 72 anos de idade. Foi mãe de dez filhos, eternizando um legado literário para a cidade de Mendes de grande valor.

She came to life on August 21, 1923 and died when she was 72 years old. She was the mother of ten children, leaving a very valuable eternal literary legacy to the city of Mendes.

O livro Estrela Cadente mostra – como bem escreveu seu filho no prefácio desta obra – que esta estrela teve como poucos a capacidade de interpretar as marcas da vida. Estrela Cadente é um verdadeiro exercício para os sentidos. Sua poesia é o murmúrio das águas do riacho entre as pedras, as cores do entardecer na fazenda. Sua bondade e inabalável coragem mostram com clareza o quanto foi apaixonada pela família, pela vida e pela arte.

The book Falling Star shows as her son precisely wrote in its preface that this star had, like few others, the ability to interpret the marks of life. Falling Star is a true exercise for the senses. Its poetry is the whispering of the river waters among the stones, the colors of the sunset in the farm. The author’s kindness and unbreakable courage show how much she loved her family, life and arts.

MINHA ESTRELA

MY STAR

O vento no rosto

The wind on my face

O cheiro do forno,

The smell of the oven,

Pão.

Bread.

A água do poço,

Water from the well,

O som, a canção...

The sound, the song...

Brasil Conexão África


tHIS IS BRASIL

Choro na Praça

Crying in the Square

Saiam às ruas cantores, poetas e chorões, que hoje é domingo e tem choro na Praça João Nery – Mendes.

Singers, poets and chorinho players went out to the streets, because it was Sunday and there was chorinho at João Nery Square – Mendes.

Cervejinha gelada, aguardente da serra, casais seresteiros, bandolins e pandeiros, violões e cavacos. Tem a moça da flauta, tem solo de gaita, tem choro de Pixinguinha: “(...) e os meus olhos ficam sorrindo e pelas ruas vão te seguindo...

Iced beer, white rum from the mountains, couples who like seresta, mandolins and tambourines, guitars and cavaquinho. There is also the girl who plays the flute, there is the sole of the harmonica, there is chorinho from Pixinguinha: “(...) and my eyes keep smiling and go following you along the streets...”

Se bem olharem em todos os cantos da Praça João Nery, é possível ver-se, dentre tantos amantes da boa, eterna e tradicional música brasileiríssima, a maestrina Francisca Gonzaga – Chiquinha, na intimidade – cantarolando o “Abram alas que eu quero passar”. Sim, “abram alas” para a nossa Música Popular Brasileira, para o samba, para o choro. Música que será para sempre uma espécie de história universal, tal a riqueza rítmica e melodiosa das canções e a exuberância de suas harmonias. Música de importância capital e de proporções amplíssimas.

If you have a close look at all corners of João Nery Square you can see many lovers of the good, eternal and traditional Brazilian music, the conductor Francisca Gonzaga – Chiquinha, for her close friends – singing the “Abram alas que eu quero passar”. Yes, “open the way” for the Brazilian Pop Music, for the samba, for the chorinho. The music that will always be a kind of universal history, due to its rich rhythm and melody, present in its

~~ Grupo “Passagem de Nível” – Componentes: Alexandre Paiva – Cavaquinho (ex-componente do conjunto musical “Galo Preto”); André Conforte – Violão; Guilherme Amorim – Pandeiro e Gaita; Josemar Ramos – Voz; Antônio Soares – Bandolim; Celso Rosário - Percussão. ~~ Band “Passagem de Nível” – Members: Alexandre Paiva – cavaquinho, former member of the music band “Galo Preto”; André Conforte – Guitar; Guilherme Amorim – Tambourine and Harmonica; Josemar Ramos – vocalist; Antônio Soares – Mandolin; Celso Rosário - Percussion

Brasil Conexão África

115


ISTO É BRASIL

Música, que sempre aos domingos na Praça João Nery – centro da cidade de Mendes – traz o grupo “Passagem de Nível” com o apoio cultural da Prefeitura Municipal de Mendes e da Secretaria de Cultura. O conjunto “Passagem de Nível” recebe sempre, em suas apresentações, sambistas, artistas e compositores consagrados, dentre eles: Noca da Portela, Délcio Medeiros, Monarca, Ney Lopes, Martinho da Vila e muitos outros.

The band “Passagem de Nível” always invites samba singers, artists and famous song writers to participate of their shows. Among them are Noca da Portela, Délcio Medeiros, Monarca, Ney Lopes, Martinho da Vila and several others.

Angola nas telas de Luiz Antônio da Costa Santos

Angola on the paintings of Luiz Antônio da Costa Santos

Lacos – iniciais de Luiz Antônio da Costa Santos – é como assina em seus quadros este artista plástico, que mesclou suas telas com matizes da cotidiana vida angolana, influência do período em que trabalhou como técnico na área da construção civil naquele país. Época de transição e transformações político-sociais profundas que refletiu, tanto na temática, quanto nas técnicas de expressão e composição pictórica de sua obra.

Lacos – initials of Luiz Antônio da Costa Santos – is the name signed by this artist on his paintings. He mixed his paintings with the aspects of day-byday life in Angola, a result of the influence he had while he worked as a civil construction technician there. It was a time of transition and social and political transformation, which reflected both in the theme and in the expression techniques, as well as in the pictorial construction of his art.

Além da temática descritiva, referente à cultura e ao comportamento do povo angolano, implícita em suas telas, este artista brasileiro, residente em Mendes (município do Estado do Rio de Janeiro), durante o tempo de permanência em Luanda, documentou com sensibilidade, harmonia e leveza de cores, hábitos e costumes daquele povo.

Besides the descriptive approach referring to the culture and behavior of Angolan people, which can be inferred from his paintings, this Brazilian artist, who lives in Mendes (RJ), during the time he stayed in Luanda, he portrayed habits and costumes of that people in a sensitive, harmonious and light colored way.

Em sua trajetória artística, Lacos expôs inicialmente no Hotel Costa do Sol, em Luanda, realizando posteriormente, a convite da UNAP (União dos Artistas Plásticos de Angola) outra mostra individual na galeria de arte da UNAP, apresentando 36 óleos.

Along his artistic path, Lacos initially exhibited his paintings at Costa do Sol Hotel, in Luanda, being later invited by the UNAP (initials in Portuguese for Association of Plastic Artists in Angola) to present another individual exhibition at the UNAP’s art gallery, in which 36 oil paintings were presented.

Para abarcar a verdadeira dimensão da sua obra é preciso entender como vive o povo angolano no campo das ideias e na concretização da independência nacional. Um povo de paz e prosperidade. Uma nação onde todos são livres e podem viver

116

songs and to the exuberance of its harmony. Music of a capital importance and broad reach. Music that brings the band “Passagem de Nível” every Sunday to João Nery Square – downtown Mendes, in a cultural project sponsored by the Town Hall of Mendes and its Secretariat of Culture.

Brasil Conexão África

If we want to understand the real dimension of his work, we need to understand how people in Angola live in the field of ideas and in the fight for the nation’s independency. They are peaceful and


tHIS IS BRASIL

com igualdade, acompanhando as transformações sociais. Esta profunda identificação do artista com a população, deu forma às inúmeras figuras luminosas que o artista fixou em suas telas.

prosperous people and a nation where everyone is free and can live in an egalitarian way, keeping up with social transformations. This deep identification of the artist with the population shaped the countless bright images that the artist inserted in his paintings.

Brasil Conexão África

117


E S P O RT E

INTEGRAÇÃO SOCIAL ATRAVÉS DO ESPORTE

Social integration through sports

~~ Inaugurada escolinha de futebol Ricardo Rocha em Porto Real ~~ Ricardo Rocha’s soccer school is opened in the city of Porto Real

118

Brasil Conexão África


S P O RT S

~~ Da esquerda para direita: Diego Torres ( filho do Alexandre Torres), Ricardo Rocha, Carlos Alberto Torres e Alexandre Torres ~~ From the left to the right: Diego Torres (son of Alexandre Torres), Ricardo Rocha, Carlos Alberto Torres and Alexandre Torres.

A

RT4SPORTS, empresa de gestão esportiva fundada pelos ex-jogadores da seleção brasileira de futebol, Carlos Alberto Torres, Ricardo Rocha e Alexandre Torres, com apoio da Revista Brasil Conexão África, busca desenvolver um olhar socioeducativo, incentivando crianças e jovens do continente africano à prática esportiva, bem como reviver fatos e emoções passadas para aqueles que se encontram na melhor idade, através do projeto CLÍNICA ESPORTIVA DOS CAMPEÕES MUNDIAIS. Segundo a empresa, a proposta da Clínica Esportiva dos Campeões Mundiais tem a duração de um mês, diferenciando o esporte praticado a cada semana. As modalidades inclusas são: vôlei de praia, futevôlei, beach soccer, modalidades olímpicas e o futebol. A RT4SPORTS encarrega-se por toda a parte burocrática, bem como pela participação de nomes consagrados no esporte, no evento. Já o domínio de logística, infraestrutura e capacidade de participantes ficam a cargo dos patrocinadores. Em contrapartida, os Patrocinadores terão total direito de acesso às imagens do evento durante todo o período em que a Clínica Esportiva dos Campeões Mundiais estiver acontecendo. Da mesma forma, as notícias serão divulgadas nos meios midiáticos. Ricardo Rocha garante que em breve o projeto CLÍNICA ESPORTIVA DOS CAMPEÕES MUNDIAIS estará ocorrendo na África e contará com grandes nomes do esporte brasileiro.

R

T4SPORTS, a sports management enterprise founded by the former Brazilian Soccer Selection players, Carlos Alberto Torres, Ricardo Rocha and Alexandre Torres, is trying, with the support of Brazil Connection Africa Magazine, to develop a social and educational view on sports, encouraging children and teenagers from the African continent to practice them. For those who are already at the best age, the idea is to revive facts and emotions that have once been experienced, by means of the project called WORLD CHAMPIONS’ SPORTS CLINICS. According to the company, the purpose of the World Champions’ Sports Clinics will last for a month, featuring a different sport to be practiced every week. The sports modalities include: beach volleyball, footvolley, beach soccer, Olympic sports and soccer. RT4SPORTS will be responsible for the entire paperwork and for the participation of famous sportspeople in the event. The logistics, infrastructure and participants are under the responsibility of the sponsors. As a counterpart, sponsors will have full rights over the images generated during the event while the World Champions Sports Clinics is happening. News on the event will be distributed to all media channels. Ricardo Rocha, one of the directors of RT4SPORTS, assures that the project WORLD CHAMPIONS SPORTS CLINICS will soon be taken to Africa and it will count on renowned Brazilian sportspeople.

Brasil Conexão África

119


TROFÉU INTERNACIONAL DESTAQUES DO ANO EM INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA

INTERNATIONAL TROPHY HIGHLIGHTS OF THE YEAR IN INFRASTRUCTURE AND LOGISTICS

BRASIL-ÁFRICA

BRAZIL-AFRICA

O CONDEPORTS INTERNACIONAL e a REVISTA BRASIL CONEXÃO ÁFRICA homenagearão, em dezembro de 2013, as personalidades e as empresas que se destacaram durante o ano no Brasil e na África por relevante contribuição no desenvolvimento de infraestrutura e logística.

CONDEPORTS INTERNACIONAL and BRAZIL CONNECTION AFRICA MAGAZINE will honor important people and companies that show outstanding performance along the year, both in Brazil and in Africa. They will be awarded in December 2013 by their relevant contribution for the development of the infrastructure and logistics areas.

Serão escolhidos um destaque em cada modal: PORTOS RODOVIAS AEROPORTOS FERROVIAS HIDROVIAS GOVERNANÇA CORPORATIVA

120

Brasil Conexão África

One person or company will be awarded in each of the categories below: PORTS ROADS AIRPORTS RAILWAYS WATERWAYS CORPORATE GOVERNANCE

INSTITUIÇÃO FINANCEIRA

FINANCIAL INSTITUTION

LOGÍSTICA EM SAÚDE

LOGISTICS IN HEALTH


TRÓFEU INTERNACIONAL DESTAQUES DO ANO EM INFRAESTRURA E LOGÍSTICA BRASIL - ÁFRICA INTERNATIONAL TROPHY HIGHLIGHTS OF THE YEAR IN INFRASTRUCTURE AND LOGISTICS BRAZIL-AFRICA



Rbca n1