Page 1

A REVISTA DA DROGARIA são Paulo

EDIçÃO 41

dezembro 2012/janeiro 2013

Em qualquer idade

Sonhar faz parte da vida

Sementes do bem

Fome oculta

oleaginosas: as queridinhas da estação

flávia alessandra

Todo o carisma dessa atriz de talento, mãe e esposa de sucesso

Issn 1982-1433

Esta é uma publicação oficial da Drogaria São Paulo distribuída exclusivamente para seus clientes

A prevenção ajuda as crianças a crescerem saudáveis

SAúde

|

b e m - e s ta r

|

estilo de vida

|

c u lt u r a

|

g as t r o n o m i a

|

beleza


editorial

“Para ganhar um Ano Novo que mereça este nome, você, meu caro, tem de merecê-lo, tem de fazê-lo novo, eu sei que não é fácil, mas tente, experimente, consciente. É dentro de você que o Ano Novo cochila e espera desde sempre.” (Carlos Drummond de Andrade)

É tempo de celebrar com a família e os amigos queridos as conquistas de mais um ano! É a época também dos agradecimentos: obrigada pela saúde, pelo trabalho, por termos a felicidade de sermos uma família unida e abençoada, pelos projetos realizados e, principalmente, pelas ideias para os novos planos para o futuro. Por isso, preparamos esta edição da sua Ponto de Encontro com temas e sugestões para deixar sua vida ainda mais saudável e mais feliz! Que a história que está para ser escrita em 2013 seja marcada pela compaixão, pelo compartilhar, pelos encontros, pelo valor das coisas mais simples. Que a alegria verdadeira seja uma constante em seu coração, e que seu sorriso seja espontâneo. Que as canções sejam repletas de sentimentos que emocionem verdadeiramente, e que as dificuldades sejam oportunidades de nos aprimorarmos, de sermos melhores e de fazermos, de fato, a diferença neste mundo. Porque a

nossa marca deixamos na forma em que vivemos e convivemos, é ela que nos faz eternos. Desejo a você que seu o sonho seja realizado, e que você tenha sempre novos sonhos. Afinal, a vida é uma estrada. Que sua esperança se renove dia a dia, que sua vida seja vivida intensamente e que a felicidade seja sua companheira nessa jornada. Feliz Natal e um 2013 recheado de momentos inesquecíveis. Um forte abraço.

Sandra Teschner Publisher pontodeencontro@profashional.com www.profashional.com www.blogprofashional.com Sandra Teschner @SandraTeschner

3


sumário

6

8

Críticas, sugestões e depoimentos

A arte do bem receber

espaço do leitor

velhos costumes

16

10

vida simples

Mãos bem cuidadas

12

Criança na Área

Fome oculta. O que é?

24

18

positivo

fLávia alessandra

Proteja seus olhos

nutre+Ação

Oleaginosas são sementes do bem

Um bate-papo com essa atriz linda e talentosa

26

De frente para o espelho Hiperidrose tem cura?

34

28

melhor idade Sempre é tempo de sonhar

30

espaço consciente

A lei da cadeirinha

36

Água na Boca

Curtas e Quentes

Lombo de Natal com tâmaras e damascos coberto com rede de massa folhada e molho de mel e gengibre

Dicas divertidas para toda a família

38

Final Feliz

Frases inspiradoras de nossos leitores

expediente Publisher Sandra Teschner Diretor Executivo Gabriel Sales Diretora de Projetos Especiais Dio Jaguarível Gerente do Núcleo de Jornalismo Adriana Rosa – MTB 47.337 Gerente de Design Alice Hecker Departamento Comercial Márcia Souza comercial@profashional.com Web Ricardo Cerdan Atendimento ao Leitor contato@profashional.com Av. Jandira, 843 – Moema – São Paulo/SP Fone/Fax: (11) 5051-4084 www.profashional.com

4

Conselho Editorial Adriana Rosa, André Elias Gonçalves, Fabiana Oliveira, Lilian Travaglioni Nezi, Luanda Silva, Rafael Medeiros, Sandra Teschner e Tuca Sardinha Editora Interina Maria Helena Bellini Direção de Arte Claudia Carvalho Designers Danielle Lima, Katherine Gomes (estagiária), Humberto Lima e Moacyr Toledo Jornalistas Fernanda Mendonça e Mirella Stivani Revisão Tatiana Lopes Colaboradores Alexandre Pereira, Cristiane Braga,

Jaqueline Brito, Ligia Matiko, Luciana Labouriau, Marco Antonio Ambrósio, Melina Nucci, Miriam Sabino de Oliveira, Peiman Milani, Priscila Gasparini Fernandes, Sandra da Silva Maria e Viviane Varjão Cartas pontodeencontro@profashional.com Publicidade Drogaria São Paulo A revista Ponto de Encontro é uma publicação da Profashional Editora Ltda., sob licença da Drogaria São Paulo, dirigida aos seus clientes e distribuída em suas filiais. Os artigos assinados são de inteira responsabilidade dos autores e não representam a opinião da revista, da Editora ou da Drogaria São Paulo. É permitida a reprodução das matérias e dos artigos, desde que previamente autorizada por escrito pela Editora e com crédito da fonte.

Tiragem: 500.000 exemplares

Sac 0800 015 2070


Aqui é o espaço para você enviar comentários, sugestões e perguntas. Estamos aguardando a sua carta ou e-mail. Participe e faça com que a nossa Ponto de Encontro fique cada vez melhor. Av. Jandira, 843 – Moema – CEP 04080-005 – São Paulo/SP pontodeencontro@profashional.com

Olá, tive a oportunidade de ler a Ponto de Encontro com a atriz mirim Larissa Manoela na capa e confesso que fez o maior sucesso aqui em casa, e as minhas filhas, em especial, adoraram a entrevista. Eu gostei das dicas para os homens que estão na seção De frente para o espelho: “Vaidosos assumidos”. Obrigado e parabéns a essa excelente equipe! José Ricardo dos Santos Salvador – BA A Ponto de Encontro é show! E a Drogaria São Paulo brinda seus clientes com um mimo que é essa publicação. Um abraço a toda a equipe dessa maravilhosa revista! Raimundo Ribeiro Bravo, o poeta de Orósio São Paulo – SP Queridos da redação, É a primeira vez que escrevo para vocês, e é sempre um prazer, posso dizer, ler as matérias que a Ponto de Encontro traz. São sensacionais, excelentes mesmo. Por favor, gostaria de sugerir um tema para as próximas edições que fale a respeito de comportamento no trabalho – educação e ética. Obrigado pela atenção. Abraços. Luiz Carlos de Camargo Sorocaba – SP Resposta da redação: Muito obrigada pela sua sugestão, Luiz. Todas são sempre bem-vindas, e atendemos à medida que cabem na proposta que temos para cada edição. Escreva sempre para a gente, nós adoramos! Equipe Ponto de Encontro

6

Olá, Escrevo porque acompanho a revista Ponto de Encontro sempre que compro meus produtos pessoais na Drogaria São Paulo. Gostaria de parabenizá-los pelas matérias com assuntos sempre agradáveis e atuais. Um enorme abraço a todos. Vanessa Nery França São Paulo – SP

Amigos, quero parabenizar pela linda revista, pois sempre tenho a oportunidade de ganhar um exemplar ao passar na filial da Drogaria São Paulo em minha cidade. Seu conteúdo é muito instrutivo e de interesse da família brasileira. A matéria “Expressão da felicidade” me ajudou bastante, e a dica de aplicação de laser nas lesões, dada pela especialista, Dra. Juliana, foi 10! Obrigado. Valdir Lira Guarulhos – SP Olá, gostaria de elogiá-los pelo ótimo desempenho a cada edição. A matéria que fala sobre “Beleza em voga” me inspirou a cuidar mais de mim. Obrigada. Um superbeijo a todos os editores. Gloria Rodrigues Xerxes Por e-mail Li toda a edição de outubro/novembro 2012 e a revista está cada vez melhor! Adorei a receita e, principalmente, a matéria que fala sobre “Arte sustentável”. Os entrevistados são um orgulho para nós, brasileiros. Fiquei sabendo que Bruno Honda está expondo seus retrorreciclados na Suíça. Que maravilha! Magali Neves Alcântara Por e-mail Ops! Na edição 40, seção Nutre+Ação, a palavra Shoga foi gravada de maneira errada.

o próprio envio de correspondências já caracteriza autorização e cessão de uso para publicação

espaço do leitor


velhos costumes

Por Maria Helena Bellini

A arte do bem receber Um bom anfitrião sabe o segredo de transformar um mero jantar em um encontro memorável Nem precisa ter uma data específica marcada no calendário, basta a vontade de reunir os amigos e familiares para colocar a conversa em dia, e, zás-trás, temos um evento agendado. É claro que existem ocasiões nas quais a celebração pede requintes de sofisticação e elegância. Seja qual for a sua, preparamos uma série de boas dicas para deixá-la inesquecível. A empresária e proprietária da rede de buffets Evento Perfeito, de São Paulo, Ligia Matiko, aceitou o desafio de fornecer dicas preciosas aos leitores da Ponto de Encontro.

anote aí os 10 passos da arte do bem receber:

risoto ou uma pasta, é sempre uma excelente escolha se você for receber um grupo reduzido. Dessa maneira, seus convidados ficarão encantados porque cozinhou para eles. Doces mais elaborados e frutas, coquetel com salgados e opções de finger food, além de pequenas delícias em minicaçarolas, acompanhados, em seguida, por um almoço ou jantar informal servido em ilha gastronômica também agradam a todos. Café e licor para encerrar.

3 Já para as festas de 15 anos, o melhor é um 1

2

8

O fim do ano traz sempre bons motivos para reuniões, principalmente no Natal e Réveillon. Se a festa acontecer na sua casa, os convites devem ser enviados com pelo menos um mês de antecedência, entregues pessoalmente ou por e-mail, dependendo do grau de intimidade que tiver com os convidados. E sempre confirmar por telefone, nunca deixe recados. Demonstra o carinho que você tem por essas pessoas e o quanto você realmente as quer em seu evento. A escolha do cardápio é um capítulo à parte. Seja para uma festa de fim de ano, um batizado, comemoração de bodas, aniversário de 15 anos, o ideal é conhecer bem do que seus convidados gostam. As festas tradicionais pedem uma carne – pernil, tender ou peru no Natal e Réveillon, por exemplo, são tradicionais. A boa comida caseira, como um

bom coquetel com serviço de bartenders, mesa de guloseimas e, claro, caprichar na balada, pois é isso que os adolescentes adoram. Se for receber em casa um número grande de convidados, sempre contrate uma equipe de apoio ou mesmo um buffet em domicílio, para poder dar atenção a todos.

4 Se você for como convidado a um evento na casa de alguém querido e quiser ser gentil, pode presentear a anfitriã com flores ou uma caixa de bombons, que ela poderá oferecer aos convidados na hora do cafezinho.

5 Deixe as bebidas à disposição dos convidados. Dessa forma, você fica mais livre para curtir a festa, e eles ficam mais à vontade. Para isso, coloque tudo em baldes com gelo. A escolha do que servir deve obedecer às regras de harmo-


Dica da especialista nização com os pratos do menu. Mesmo assim, é sempre bom ter vários tipos de bebidas (água com e sem gás, refrigerantes normal e diet, cervejas tipo ale, red, bock, sem álcool, uísque, vinhos tinto e branco, espumantes etc.) que você sabe que agradarão os seus convidados. Copos, taças, cálices devem também estar à disposição dos presentes.

A empresária Ligia Matiko, que entende tudo de festas, ensina: “O que nunca pode faltar em um evento elegante é receber igualmente seus convidados com alegria, amor e muito carinho, para que se sintam realmente bem-vindos.”

6 A louça e os talheres poderão ser misturados caso um jogo não seja suficiente para o número de pessoas que você irá receber. Combine pratos, garfos, colheres, facas, copos, taças com criatividade, de acordo com desenhos e cores.

7 Deixe à mostra: sal, azeite, pimenta, temperos diversos, pão fatiado e guardanapos.

8 A decoração deve transmitir o espírito da festa, com flores e cores que tenham a ver com os anfitriões, com a casa e com a data. Para o Natal, usar o vermelho, o verde e o dourado é sempre bacana. Réveillon pede branco e prata, mas não é uma regra. Batizado sempre traz o branco e alguns tons de azul mais claros. Bodas e debutante devem respeitar o que os anfitriões escolheram como tema. O que precisa ser sempre uma regra é ter bom gosto.

9 O serviço pode ser à francesa ou mais descontraído, de acordo com quem estará em sua casa.

10 Música é fundamental. Escolha um setlist mais suave que não atrapalhe as conversas durante a chegada dos convidados e também o serviço de buffet. Se a ocasião pedir, contrate um DJ para animar a festa, e dancem até o sol raiar.

“Se você for como convidado a um evento na casa de alguém querido e quiser ser gentil, pode presentear a anfitriã com flores ou uma caixa de bombons, que ela poderá oferecer aos convidados na hora do cafezinho” Ligia Matiko, empresária

9


vida simples

Por Mirella Stivani

Beleza em suas mĂŁos Dicas e cuidados para mantĂŞ-las sempre bonitas e bem cuidadas

10


Q

uando se pensa em tratamento diário de beleza, algumas pessoas acabam se esquecendo de uma área corporal muito importante: as mãos. E justamente por ficarem tão expostas, necessitam de atenção redobrada para que não se tornem ressecadas nem envelheçam precocemente. Três cuidados são necessários para conservá-las: proteção, hidratação e tratamento. “Para a proteção, recomendo uso de fotoprotetores com FPS acima de 50, já que a exposição durante o dia é constante. Para a hidratação, utilizar cremes específicos várias vezes ao longo do dia – sempre após lavar as mãos. Para o tratamento noturno, cremes antiage e antioxidantes”, ensina a dermatologista Cristiane Braga. Para quem se descuidou e está com a pele dessa região muito ressecada, a especialista ensina um truque rápido e muito eficiente. Bastar passar um hidratante superconcentrado e cobrir com um filme plástico. As mãos recuperam rapidamente a hidratação.

de 2 a 3 dias entre cada esmaltação. Mas ainda assim, dependendo do problema, é necessário procurar um dermatologista. A maioria das mulheres ainda prefere retirar a cutícula, que não altera em nada o fato de a unha ser forte ou fraca. Mas recomenda-se que retire apenas o excesso de pele sem empurrar de forma brusca”, aconselha Jaqueline.

Dica da especialista A dermatologista Dra. Cristiane Braga ensina outras dicas básicas para manter as unhas, além de bonitas, sempre saudáveis e fortes:

1 Lixar as unhas sempre no mesmo sentido. 2 Evitar polir a superfície das unhas. 3 Não traumatizar as cutículas. 4 Lixas e alicates nunca devem ser comparti-

fotos: © Leonid & Anna Dedukh / fotolia e divulgação drogaria são paulo

Para ter mãos de diva

Com o passar dos anos, o envelhecimento da pele acontece inevitavelmente, então o melhor a fazer é prevenir. “As mãos ficam frequentemente expostas à luz e ao sol, além de passarem por lavagens frequentes e utilização de produtos de limpeza e detergentes. A pele dessa região se torna progressivamente menos firme e com menos turgor. A perda de sustentação faz com que os vasos fiquem mais evidentes”, ressalta a Dra. Cristiane. Outro desconforto estético que pode surgir são as melanoses solares, manchas que surgem pelo fotoenvelhecimento, isto é, envelhecimento da pele causado pela exposição ao sol durante toda a vida. Podem ser evitadas com o uso de fotoprotetores, desde a juventude. Mais uma vez, para quem se descuidou, existem tratamentos disponíveis para rejuvenescer as mãos (neste caso, um pouco mais complexos). “O laser melhora as manchas e estimula o colágeno. Já a aplicação de ácido hialurônico ou cristais de hidroxiapatita de cálcio melhora a resposta elástica e suaviza o aspecto envelhecido, como os vasos evidentes”, explica a dermatologista.

Cuidados com as unhas

Unhas quebradiças e fracas são um problema para quem gosta de exibir mãos impecáveis. De acordo com a especialista técnica em unhas Jaqueline Brito, o melhor tratamento para quem tem esse tipo de problema é cuidar da alimentação, com o incremento no consumo de proteínas, vitamina A e cálcio. Alimentos como queijo, frutos do mar, frutas, carne vermelha e magra, batatas e lentilhas são indicados. “Na parte estética, deve-se evitar ficar com as unhas esmaltadas por mais de cinco dias, dando um intervalo

lhados, para evitar a transmissão de doenças de uma pessoa para outra.

5 Usar cremes hidratantes ou óleos específicos nas unhas.

Mãos sempre lindas 1 - despigmentante e nutritivo para cuidar das desordens pigmentares resultantes da exposição solar excessiva. Creme Melani-D para as mãos La Roche-Posay. 2 - unhas fortes e bonitas. Óleo Fortalecedor de Unhas Granado Pink. 3 - mãos jovens e nutridas. Creme hidratante para as mãos Essentielles Vichy. 4 - previne os primeiros sinais de envelhecimento. Creme anti-idade para as mãos Q10 Plus Nivea.

1

4

2 3

Estes produtos podem ser adquiridos pelo www.drogariasaopaulo.com.br

11


criança na área

Por Maria Helena Bellini

Fome oculta Esse é um fenômeno caracterizado pela carência de vitaminas e minerais essenciais e atinge 40% das crianças brasileiras

S

egundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), a fome oculta é definida como uma deficiência nutricional marginal de micronutrientes (vitaminas e minerais). Pode haver necessidade de um ou mais nutrientes sem que haja sinais de carência, o que aumenta o risco do desenvolvimento de doenças ou sequelas. Segundo a nutricionista clínica do Acqua Brasil Spa, docente do curso Técnico em Estética da ABACO/RJ com pós-graduação em Personal Diet e Atendimento Nutricional e em Nutrição Clínica e Esportiva no Rio de Janeiro, Dra. Viviane Varjão, muitas vezes, mesmo o indivíduo com ingestão adequada e equilibrada de macronutrientes (carboidratos, proteínas e lipídios) pode apresentá-la, devido à pouca variação alimentar. “De uma forma geral, ela é silenciosa, sendo de difícil diagnóstico por meio de exame físico. Uma boa anamnese alimentar é um primeiro passo para identificar possíveis carências nutricionais”.

A PATH é uma instituição internacional sem fins lucrativos que transforma a saúde global por meio da inovação. Com um enfoque empreendedor, dedica-se ao desenvolvimento e distribuição de soluções de alto impacto e baixo custo, abrangendo desde vacinas e dispositivos que salvam vidas até programas colaborativos com as comunidades. Por meio de seu trabalho em mais de 70 países, a PATH e seus parceiros ajudam as pessoas a atingir seu pleno potencial. O diretor de comercialização do projeto Ultra Rice da PATH, Peiman Milani, com MBA pela Duke University, colidera o esforço para tornar o arroz fortificado amplamente acessível no Brasil por meio de parcerias público-privadas, e concedeu esta entrevista exclusiva para a Ponto de Encontro. Ponto de Encontro: O que é fome oculta, e como ela pode ser diagnosticada? Peiman Milani: Também conhecida como desnutrição de micronutrientes, está ligada à falta de certos nutrientes sem os quais o funcionamento do organismo se torna seriamente prejudicado. Essa carência pode ocorrer mesmo com o indivíduo se alimentando em quantidade suficiente. Seus efeitos tendem a se tornar visíveis em médio prazo, afetando o desempenho físico,

12

cognitivo e imunológico da pessoa. Uma consulta com um nutricionista ou nutrólogo ajuda a examinar os hábitos alimentares como um todo e detectar carências na dieta. Exames clínicos e de sangue permitem o diagnóstico de deficiências específicas de micronutrientes essenciais como o ferro, a vitamina A e as vitaminas do complexo B. P.E.: Quais são suas principais causas? P.M.: A má alimentação é sua principal causa. Aqui existem dois cenários principais. O primeiro, cada vez mais comum no Brasil, envolve o consumo frequente de alimentos de alto teor calórico e baixo valor nutricional. Um exemplo é o indivíduo que faz refeições diárias à base de salgadinhos e refrigerantes. O outro

foto: © Tatyana Gladskih / fotolia

De olho no futuro


é o da alimentação deficiente que se vê nos grandes bolsões de pobreza dos grandes centros e nas regiões mais carentes do País. Nesse caso, a aliA nutricionista Dra. Viviane Varjão destaca a educação alimenmentação insuficiente leva também tar como a melhor arma contra a fome oculta. “Desde o desà desnutrição de micronutrientes. mame, a criança deve ser habituada a receber alimentos com nutrientes importantes para o seu crescimento e a prevenção P.E.: Pessoas com sobrepeso ou de doenças. O melhor é oferecer uma variedade de alimentos, mesmo obesas podem sofrer de que devem conter todos os grupos alimentares (frutas, legufome oculta? mes, folhas, proteínas, carboidratos e óleos) diariamente, de forP.M.: Sem dúvida, e isso é cada ma balanceada. Sempre fazer pratos bem coloridos também é vez mais comum no Brasil e no uma forma de ter uma alimentação mais nutritiva, pois possuem mundo. Felizmente, cada vez memaior poder antioxidante. Outra dica é preparar os legumes no nos pessoas vão dormir de barriga vapor, pois esse modo de preparo preserva mais conteúdo de vazia em nosso País, mas as estiseus micronutrientes quando comparado aos outros métodos. mativas mostram que um percenLegumes cozidos perdem parte de seus nutrientes hidrossolútual alarmante da nossa populaveis, pois estes acabam se solubilizando na água. A reutilização ção, que vai de 20% a 50%, ainda dessa água para o preparo de outros alimentos, como por exempossui deficiências sérias de um ou plo, o arroz, é uma forma de aproveitar os nutrientes dispersos.” mais micronutrientes essenciais.

Dica da especialista

P.E.: A fome oculta pode causar deficiência de aprendizado em crianças? P.M.: Sim. A anemia ligada à deficiência do ferro, por exemplo, prejudica tanto o crescimento físico da criança como seu desenvolvimento cognitivo. Além de afetar o ganho de estatura da criança, ela afeta a concentração, a memória e o aprendizado. O pior é que muitos desses efeitos são irreversíveis e permanentes, levando a um adulto com menor disposição física e capacidade intelectual.

P.E.: O arroz fortificado já está disponível no mercado brasileiro? P.M.: Diversas marcas de arroz fortificado ou vitaminado devem chegar às prateleiras dos supermercados no início de 2013. Para mais informações, visite: www.path.org/projects/ultra_rice_pt.php.

14

1, 2 e 3 - Nutrição mais completa. Nutren Kids Nestlé sabor baunilha, Sustagen Kids sabor baunilha e PediaSure sabor morango. 4 e 5 - nutritivos e saborosos, prontinhos para beber. Fast Neston Vitamina Nestlé e Ninho Fruti Nestlé sabor mamão com banana.

2 1

3

4

5

Estes produtos podem ser adquiridos pelo www.drogariasaopaulo.com.br

O Ministério da Saúde informa: após os seis meses de idade, continue amamentando seu filho e ofereça novos alimentos.

fotos: divulgação drogaria são paulo

P.E.: Como é possível resolver esse problema tão sério? P.M.: O melhor caminho é o da prevenção. Uma dieta saudável e balanceada é a melhor garantia da saúde nutricional de nossas crianças e famílias. O ideal é que essa dieta inclua diversos alimentos naturais, alguns deles fortificados. Além de verduras, frutas e legumes, o arroz fortificado, por exemplo, contém vários micronutrientes essenciais e é um componente tradicional da nossa alimentação. Seu consumo diário possibilitará a cada família e ao Brasil como um todo superar gradualmente esse desafio. Em casos mais sérios de desnutrição de micronutrientes, que tendem a gerar sintomas como cansaço, desânimo e fraqueza, é aconselhável buscar orientação médica. Nessas situações, é comum a prescrição de suplementos vitamínicos para um impacto mais rápido no organismo.

Para crescer forte e saudável


positivo

Por Fernanda Mendonça

Olhar renovado

Óculos de sol são muito mais do que parte dos acessórios para compor seu modelito do dia, especialmente para os dias de verão. Saiba tudo sobre os cuidados necessários ao escolher um para chamar de seu, nesta matéria exclusiva

16


fotos: © Andrey Kiselev e © Yuri Arcurs / fotolia e divulgação drogaria são paulo

A

temporada do calor está aí para alegrar a vida. E quem não quer estar exuberante e com um visual mais charmoso? Por isso, antes de investir um bom dinheiro neste item pra lá de importante, os óculos com lentes escuras, é preciso encontrar um modelo que combine com o seu formato de rosto, mas que, fundamentalmente, proteja os olhos da radiação ultravioleta. Para o oftalmologista Alexandre Pereira, diretor da Suporte Diagnóstico em Oftalmologia,“quando usamos óculos solares, impedimos o mecanismo natural de proteção ocular, que é o fechamento da pupila. A diminuição da luminosidade faz com que ela se dilate, e os raios UV penetrem mais facilmente. Daí a importância de um acessório que ofereça a proteção solar adequada. Quem usa óculos sem proteção corre um risco muito maior, até mesmo do que se estivesse sem eles”. Conheça algumas dicas especiais do Dr. Alexandre Pereira para identificar se as lentes são ou não de boa qualidade, antes da compra.

Fique atento!

Os óculos devem vir com certificado de garantia. Verifique também se há uma etiqueta ou selo com informações sobre o grau de bloqueio da radiação ultravioleta. Muitas óticas possuem um aparelho chamado espectrofotômetro, que mede a quantidade de UV bloqueada. Exija que o produto seja avaliado por esse equipamento. Para filtrar completamente a radiação, os óculos devem oferecer proteção até 400 nm. A cor, segundo o médico, não interfere na absorção. Então, fique à vontade para escolher o que mais combina com o seu tom de pele e com o seu estilo.

Óculos de grau

Quem tem miopia, astigmatismo ou outra doença ocular deve usar óculos solares específicos. Existem lentes escuras com grau, mas elas devem ser feitas sempre com receita médica. Algumas lentes transparentes também protegem os olhos dos raios UV, pois mesmo nos dias nublados a radiação está presente. Informe-se sobre esse recurso.

Cuidados intensivos

A radiação ultravioleta faz mal à retina. Seus efeitos são lentos e progressivos ao longo da vida, da mesma maneira como ocorre com o envelhecimento cutâneo. A falta de óculos escuros ou o uso de lentes de má qualidade antecipa a degeneração macular, que é o processo de envelhecimento natural dos olhos. A exposição sem proteção pode provocar ainda o surgimento precoce de catarata. Dessa forma, procure ficar sob o sol nos horários de menor radiação solar, antes das 10h e após as 15h, e proteja-se durante todo o tempo, mesmo fora desse período.

proteja também a sua pele 1 - proteção solar com vitamina A. Dermaglós Emulsão Spray FPS 20. 2 - pele dourada e hidratada. Óleo Spray Gold Banana Bold. 3 - suavidade e alívio para a pele que foi exposta ao vento ou sol. Soothing Aloe After Sun Gel Australian Gold. 4 - Máxima proteção até na pele molhada. Sun Fresh Neutrogena FPS 30.

1

2

3

4

Higiene é fundamental Os óculos acabam carregando um pouco das nossas lágrimas; por isso, não devem ser compartilhados sem antes serem bem limpos. A higienização deve ser feita sempre que a peça for usada, mesmo que ela não tenha sido emprestada. Basta lavar com água corrente e sabão líquido ou detergente neutro. E atenção: solventes químicos podem estragar os vernizes de proteção da lente. Portanto, não utilize esses produtos!

Estes produtos podem ser adquiridos pelo www.drogariasaopaulo.com.br

17


womanize-se

18

Por Ester Jacopetti


talentosa e linda de arrasar Irresistível como sua personagem, a atriz Flávia Alessandra conta os desafios de viver Érica, uma mulher forte e ao mesmo tempo doce, e também fala um pouco sobre a família, os cuidados com a beleza e os projetos para o futuro

fotos: Rede Globo / Raphael Dias (capa) e Rede Globo / João Cotta (abertura)

N

em sempre é fácil conseguir falar com ela, mas quando a nossa conversa se iniciou, parecia que éramos duas velhas amigas ao telefone. Foi assim a entrevista com a atriz Flávia Alessandra, que vem ganhando destaque na trama global “Salve Jorge”. Aos 37 anos, a tenente arranca suspiros no horário nobre. Afinal, é uma mulher segura de si e bem resolvida. “Esse é um movimento natural das coisas, e vamos nos realizando em uma série de buscas e sonhos”, disse a atriz, que encontrou alegria, conforto, massagem na alma e no ego com o passar dos anos. Saiba mais neste bate-papo repleto de revelações. Ponto de Encontro: Você interpreta uma veterinária na nova trama das 9. Precisou fazer workshop pra ajudar na composição da personagem? Flávia Alessandra: Além de participarmos do workshop da novela, um mergulho que durou cerca de um mês, cada semana navegávamos por um universo diferente. No regimento, na Capadócia e no Alemão. Cada semana embarcávamos em algo da novela. Tivemos algumas idas ao regimento, em Deodoro. Depois fizemos um mergulho na Academia Militar das Agulhas Negras (Aman) e ficamos cinco dias. Paralelamente a tudo isso, fiz algumas aulas de montaria e aulas de aproximação dos animais. Foi importante, porque determina como uma veterinária deve se portar diante deles. E isso pra mim foi fundamental, porque a Érica

tem esse approach com os cavalos, que são bichos grandes, e eu tive que aprender a dominá-los. Minha personagem é quase uma encantadora de cavalos. Ela tem a função de conseguir levá-los na maciota, de dominação. Além de cuidar deles, claro. Tivemos todo esse mundo de coisas pra conseguir compor a personagem. P.E.: Essa não é a primeira novela em que você está ao lado do Otaviano Costa, seu marido. Como é essa parceria na televisão? F.A.: Trocamos muitas figurinhas e de forma supersaudável. Contracenando, nunca foi possível, mas já trabalhamos na mesma novela, só que em núcleos bem diferentes. Nessa novela estamos distantes. Não sei qual será a possibilidade de nos cruzarmos na trama. P.E.: Já percebemos que sua personagem é uma mulher de boa índole. O que é mais fácil e o que é mais difícil na hora de construir um personagem? F.A.: O mais fácil é quando o personagem é muito diferente de mim. E, consequentemente, se torna mais difícil quando é muito próxima de mim. Vejo muita semelhança entre nós duas. Ela é uma mulher forte e ao mesmo tempo doce. Eu também sou assim. Ela tem o seu lado romântico aguçado. Adora animais, e eu também. A Érica é uma mulher de caráter e superbacana, a ponto de, quando a Morena (Nanda Costa) for traficada, ajudar o Théo (Rodrigo Lombardi). Mesmo depois de todo o sofrimento que passou

19


por ter sido deixada pelo namorado. É engraçado, porque quando conto isso para as pessoas, elas não acreditam. Eu acho a coisa mais natural, porque é um ser humano. Independente de ser uma pessoa do bem ou não. É um ser humano. Vejo as pessoas se surpreenderem e fico assustada, porque penso igual à Érica. Essa personagem é a mais difícil, porque é mais complicado para se distanciar.

20

Flávia Alessandra, como Érica, e Rodrigo Lombardi, como Théo, na novela “Salve Jorge”, da TV Globo

voltar ao 36. Porque era um manequim que eu usava na época da faculdade. Mas foi muito bom.

P.E.: Você já recebeu algumas piadinhas de homens do tipo “me prende”? F.A.: Canso de receber... Coisas do tipo: “Com essa tenente eu seria submisso”, “Com essa tenente eu faria qualquer coisa”, “Eu sou um animal, cuida de mim”. Já ouvi várias piadinhas. Mas levo numa boa, tudo muito saudável.

P.E.: Você sente o peso de ter que estar sempre bonita para as pessoas? Como você lida com esse tipo de pressão? F.A.: Eu não tenho esse tipo de preocupação, estar bem humorada faz parte da minha vida. Preciso disso pra viver bem. Se estou bem vestida, independente do meu estilo, é consequência do meu humor. Haverá dias em que estarei roqueira, clássica, eu tenho variações. Mas não tenho essa neura do “preciso estar bem”. Vou vivendo o meu momento, graças a Deus. E de uma forma bem saudável.

P.E.: Você comentou que a personagem deveria ser mais sarada por conta do tipo de trabalho. O que especificamente você fez para ficar mais magra? F.A.: Acabei intensificando meu treino e, na verdade, já vinha mudando para algo mais funcional, com princípios de pilates, alongamento, trabalho muito com bola. E quando começamos a frequentar os ambientes militares, percebemos que as veterinárias eram mais sequinhas, mais saradas, porque o dia a dia é muito corrido. Começamos com a brincadeira de ter que correr atrás. Resolvemos ficar “vets saradas”. Intensifiquei os exercícios com o intuito de ficar mais sequinha. Quando percebi, já estava no manequim 36, e não foi algo premeditado. Confesso que não esperava um dia

P.E.: Para as mulheres, o passar dos anos é algo que pesa. Como você encara isso? Acha que é uma pessoa melhor hoje do que há 10 anos? F.A.: Com certeza! Sempre achei que os 40 anos devem ser o auge da mulher. Vejo as mulheres dessa idade e nelas consigo enxergar: beleza, plenitude, equilíbrio, leveza, outra velocidade. E sempre admirei. Não teria nenhum problema nem trocaria a plenitude que vivo hoje. Mas esse é um movimento natural das coisas, e vamos nos realizando em uma série de buscas e sonhos. Hoje alcancei realizações na minha vida: de família, profissional, pessoal, que com 20 não tinha. E tudo isso traz alegria, conforto, massagem na alma, melhora no ego. Essas coisas só vão preenchendo.

fotos: Rede Globo / João Miguel Júnior e TV GLOBO / Zé Paulo Cardeal

P.E.: A novela “Avenida Brasil” foi um marco na dramaturgia brasileira. De certa forma você sente esse peso por estar na trama que a substitui? F.A.: Concordo com as declarações da Glória Perez quando ela diz que é mais fácil suceder um sucesso, do que um fracasso. Já fiz novelas que fracassaram no horário das sete. É muito mais difícil conseguir resgatar aquele público pra ser fiel àquele horário. Suceder o sucesso é o melhor e está sendo gratificante. Tenho viajado bastante por esses dias, e percebi que as pessoas já embarcaram na novela e falam sobre o que está acontecendo. Não existe um saudosismo, porque as pessoas já estão na torcida pela tenente Érica e pelo Théo. As pessoas passam e prestam continência pra mim. Isso dá certo conforto de ver que a novela pegou.


Sempre achei que os 40 anos devem ser o auge da mulher. Vejo as mulheres dessa idade e nelas consigo enxergar: beleza, plenitude, equilíbrio, leveza, outra velocidade Flávia Alessandra

Flávia Alessandra, como sempre, linda, marcou presença no programa “Altas Horas”, de Serginho Groisman, na TV Globo

21


Sempre tentamos fazer em casa um Natal enorme com 30 a 40 pessoas, que é a família inteira. Gosto muito e acho que é uma época especial Flávia Alessandra

Flávia Alessandra e Otaviano Costa, em 2009, no lançamento da novela “Caras e Bocas”, da Rede Globo

P.E.: Existe alguma coisa que a fama lhe tirou e de que você sente muita falta? F.A.: Costumo levar a minha vida de forma bem saudável. Faço as minhas coisas, vou a shows, viajo. A única coisa de que não gosto são os paparazzi de plantão. Você sai pra um determinado lugar, e ele não tira apenas uma foto. Se você decide ficar três horas no local, ficará as três horas fotografando. É uma coisa que ainda me dá um certo desconforto. Não consigo bancar a natural e fingir que nada está acontecendo. Aqueles lugares mais abertos e gostosos do Rio de Janeiro, talvez eu não frequente tanto porque tem sempre o risco de aparecer um deles. Mas tirando isso, o restante consigo levar de uma forma bem tranquila. P.E.: Sua filha estreou há pouco tempo no teatro. Como você se sentiu ao vê-la no palco pela primeira vez? F.A.: Na verdade, essa é a primeira vez que ela se apresenta no teatro profissional, mas já tem quatro anos que se apresenta nos cursos que faz, e que já sabemos como é. Eu já tinha visto a Jujuba no palco outras vezes. Fiquei superenvaidecida e emocionada. E mais ainda porque me pegou muito de surpresa. No período em que ela estava fazendo os testes, eu estava em Resende e precisei ficar uma semana longe de casa.

22

Os testes foram acontecendo, e ela foi me contando sobre cada etapa. Ela deu conta do recado e passou. Fiquei surpresa e envaidecida, porque foi 100% mérito dela. Eu estava longe, por isso fiquei muito feliz. P.E.: O fim do ano está chegando, e você e o Otaviano estão trabalhando muito. Consegue tempo pra organizar as festas, o amigo-secreto, os presentes para os familiares? Você gosta dessa época do ano? F.A.: Gosto! Sempre tentamos fazer em casa um Natal enorme com 30 a 40 pessoas, que é a família inteira. Gosto muito e acho que é uma época especial. Sempre que posso reunir família e amigos, acho que é uma boa ocasião. Fico assustada quando ouço que já chegou o fim do ano. Na semana passada, eu estava trabalhando, e o pessoal me cobrando enquete de Natal. Como assim? Já? A ficha caiu que ele chegou! Mas procuro sempre arrumar um tempinho. P.E.: Você tem projetos em vista para 2013? F.A.: Eu tinha uma peça que estrearia em agosto, mas teve de ficar pra trás, pois a Glória me chamou pra fazer uma das protagonistas. Nem pensei duas vezes. Já tinha uma vontade muito grande de trabalhar com ela. Por isso tive de me desfazer desse projeto, que andou por si só. Agora vou abraçar outra causa. E o cinema, espero conseguir conciliar: acabando a novela, vamos ver se conseguirei fazer. As gravações devem começar entre abril e maio, e a novela foi estendida até junho, então teremos de ver se será possível. Se as coisas vão se casar. Mas prefiro não adiantar muita coisa, porque se não faço, acho ruim. Dando certo, voltamos a nos falar no próximo ano. Um abraço!

foto: TV Globo / Bob Paulino

P.E.: Esta semana, saiu uma matéria em que você comentou que pretende ter mais um filho. É claro que com 0 início de um novo trabalho, isso diminui a possibilidade. Mas já sabe quando isso será possível? F.A.: Na verdade eu disse que não sei se me fechei pra balanço... Acho que tenho vontade, mas não sei se terei coragem. Vamos ver... Mas desejo ter outros filhos, sim.


nutre+ação

Por Mirella Stivani

Sementes do bem

As oleaginosas trazem vários benefícios à saúde. Descubra o poder de cada uma e viva melhor

E

las vêm ganhado destaque como alimentos nutritivos e essenciais e, aos poucos, se tornam as queridinhas de quem quer ter uma vida mais saudável. Antigamente, por terem alto teor de gordura, não eram indicadas para quem queria perder peso. A história mudou: podem ser consumidas sem culpa, pois seus benefícios são inúmeros! Estudos e pesquisas revelam que as oleaginosas podem prevenir doenças como as cardiovasculares. São ricas em gorduras monoinsaturadas, responsáveis por manter o nível de açúcar no sangue e ativar o metabolismo da queima de gorduras. Possuem vitamina E, um potente antioxidante que previne o envelhecimento da pele, combate o estresse e reduz a pressão arterial. E a boa notícia para quem quer eliminar os quilinhos extras: funcionam também como moderadoras de apetite e auxiliam na perda de peso. A seguir, a nutricionista da Clínica Gastro Obeso Center, Sandra da Silva Maria, de São Paulo, esclarece as principais dúvidas sobre o assunto. Confira! Ponto de Encontro: O que são sementes oleaginosas? Sandra da Silva Maria: As frutas oleaginosas são as sementes comestíveis de todas as plantas. São alimentos riquíssimos em nutrientes. Fazem parte desse grupo: amêndoa, avelã, castanha-do-pará, castanha de caju, nozes, pinhão, pistache e macadâmia.

O pistache possui grandes quantidades de fitosterol, substância que contribui para a redução dos níveis de colesterol ruim (LDL) no sangue

P.E.: Quais os benefícios que elas trazem à saúde? S.S.M.: Apresentam um alto valor calórico proveniente da gordura, porém seu consumo não é contraindicado. Muito pelo contrário! As oleaginosas possuem gorduras mono e poli-insaturadas, sendo essenciais para o bom funcionamento do organismo. Além disso, diminuem o colesterol, evitam a formação de placas de gordura no sangue e, dessa maneira, auxiliam muito na saúde. São também fontes de proteínas e vitamina E, que é um potente antioxidante, além de selênio, cobre e magnésio. P.E.: É verdade que auxiliam na moderação do apetite? S.S.M.: As nozes, em especial, são fontes de um aminoácido (triptofano) que estimula a produção de serotonina – neurotransmissor capaz de reduzir a sensação de dor, diminuir o apetite, relaxar e até induzir e melhorar a qualidade do sono. P.E.: Qual é a quantidade diária recomendada? S.S.M.: Em média, 30 gramas/dia ou 2 a 3 unidades.

24


Conheça melhor alguns tipos de sementes oleaginosas Avelãs e amêndoas

Contêm bastante vitamina E, potássio e cálcio, além de antioxidantes, que combatem o envelhecimento.

Castanha-do- Possui alta quantidade de selênio, um mineral pará antioxidante, além de ômega-3. Castanha de caju

Fonte de proteínas e ácidos graxos insaturados que colaboram na baixa dos níveis de colesterol no sangue. Rica em gorduras poli-insaturadas, vitaminas E e C.

Gergelim

Contém altos índices de cálcio, ômega-6 e proteínas que ajudam a combater a flacidez. Ainda possui boa concentração de fibras.

Girassol

Quando torrada, torna-se rica em nutrientes como selênio, fósforo, potássio e vitaminas B, D e E.

Nozes

São ricas em nutrientes como vitamina E, potássio, zinco, magnésio e ômega-3. Também auxiliam no controle dos níveis de colesterol.

Pistache

Possui grandes quantidades de fitosterol, substância que contribui para a redução dos níveis de colesterol ruim (LDL) no sangue. Também contém alta concentração de fibras.

fotos: © Agg e © Lagri / Stock Free Images & Dreamstime Stock Photos e divulgação drogaria são paulo

Para ficar em forma P.E.: Existe alguma contraindicação no consumo dessas sementes? S.S.M.: Em casos de algumas patologias específicas, sim, mas a orientação nutricional para pessoas que buscam saúde é sempre ingerir com moderação, evitando os excessos, buscando sempre tirar proveito desses alimentos de forma preventiva. P.E.: Quem deseja perder peso pode consumi-las? S.S.M.: Pode sim. No entanto, deve-se apenas ingerir a quantidade orientada pelo nutricionista. Devemos lembrar que, principalmente, a castanha-do-pará é fonte de ômega-3, que auxilia na síndrome metabólica, o que irá ajudar no tratamento para perda de peso. Além disso, contribui também na estimulação da serotonina e, assim, controla o apetite. P.E.: Existe um horário melhor para consumi-las? S.S.M.: Uma boa dica é no lanche da tarde.

1 - Auxílio na redução da absorção de gordura. Natuless EMS. 2 - Redução da gordura abdominal localizada. Nutracêutico Ladyslim Smart Life. 3 - ação detoxificante para eliminar as toxinas do organismo. Detox Clean & Repair Smart Life.

1

2

3 Estes produtos podem ser adquiridos pelo www.drogariasaopaulo.com.br

25


de frente para o espelho

Por Fernanda Mendonça

Hiperidrose tem solução

Descubra como acabar com os incômodos provocados pelo suor excessivo, de uma vez por todas

Qual é o seu tipo?

A principal queixa das pessoas que procuram o médico é o suor excessivo nas mãos e nos pés. Posteriormente, segundo Luciana, os pacientes reclamam da sudorese na região axilar, que se manifesta principalmente na fase ativa da vida de homens e mulheres. “Em terceiro lugar, destaca-se a transpiração exacerbada no rosto, sintoma que se desenvolve, na maior parte das vezes, na idade adulta, entre 30 e 50 anos”.

Fazer um check-up ajuda

A hiperidrose também pode estar associada ao diabetes, hipertensão e obesidade, e até mesmo a questões emocionais (como ansiedade, depressão e estresse). Nesses casos, é preciso tratar deles também. Distúrbios hormonais, como tireoidopatias, menopausa e alguns medicamentos para emagrecer estimulam a sudorese, por isso o ideal é investigar as causas e fazer o acompanhamento médico.

26

fotos: © StudioThreeDots / iStock, © Paweł Burgiel / fotolia e divulgação drogaria são Paulo

V

ocê já ouviu falar em hiperidrose? Ela afeta a vida de 176 milhões de pessoas, segundo a Sociedade Internacional de Hiperidrose (IHS) e, apesar de não ser grave, causa incômodo e até distanciamento social. Os portadores da doença suam até quatro vezes mais que o normal. “Suo excessivamente em todo o corpo, principalmente na cabeça. Depois do banho é ainda pior, demoro umas quatro horas para parar de transpirar”, desabafou uma leitora de Ponto de Encontro, que entrou em contato com a redação para sugerir a matéria sobre o tema. Para tornar melhor a vida dela e de milhares de pessoas, conversamos com as dermatologistas Miriam Sabino de Oliveira, de São Paulo, e Luciana Labouriau, do Rio de Janeiro, que ensinam qual o melhor tratamento para cada caso.


Tratamentos indicados

Existem diversas formas de combater o incômodo. Para os casos mais leves, há pomadas e desodorantes específicos, com fórmulas prontas e manipuladas. “Se não resolver, o indicado é o uso de medicamentos de via oral”, salienta Miriam. “Para os ansiosos, um ansiolítico pode ser a solução, porém o medicamento deve ser indicado pelo médico”, ressalta Luciana. Os pacientes que não obtiveram sucesso com nenhum desses tratamentos podem fazer a cirurgia para a retirada das glândulas sudoríparas, porém a operação não é efetiva para quem transpira muito em várias partes do corpo. “Só é eficaz para o suor concentrado em determinada área”, esclarece Miriam. O único senão é que, em algumas pessoas, pode haver suor compensatório em outras áreas do corpo. “A cirurgia é contraindicada para quem está com o diabetes descompensado ou para quem tem algum problema de saúde que interfira na coagulação do sangue”, alerta Sabino.

Saiba mais! 1 Tente não se estressar. O nervosismo induz a transpiração.

2 Prefira roupas soltas e arejadas, preferencialmente de cores claras.

3 Pratique atividades físicas regularmente, pois o exercício ajuda bem no controle da síndrome.

4 Para quem sua bastante nos pés, a dica é

sempre lavá-los variando a temperatura da água. O escalda-pés também é uma boa opção.

5 O cigarro também agrava o problema, fique longe dele!

Driblando a transpiração Cuidados simples como manter a calma e usar roupas adequadas à estação do ano também ajudam a controlar a ansiedade e o estresse e a amenizar o suor. É bom escolher bem o que você coloca no prato. “É que alguns alimentos aumentam ainda mais a sudorese, e outros ajudam a controlar a transpiração”, explica Miriam. Portanto, evite o consumo exagerado de café, álcool ou alimentos muitos fortes, como gengibre, pimenta, pimentão, e comidas gordurosas, como chocolate e amendoim, e aqueles muito condimentados.

Alívio imediato

Para quem sofre com o suor excessivo na região da cabeça, como a nossa leitora, há ainda mais opções. “Recomendo o uso de shampoo específico, pois na maioria dos casos o problema está associado à oleosidade do couro cabeludo. Loções capilares alcoólicas também colaboram para amenizar o quadro”, diz Luciana. Além disso, é fundamental procurar um endocrinologista e fazer uma avaliação das taxas hormonais. “A reposição hormonal ou uso de pílula anticoncepcional também pode ajudar bastante”, completa Labouriau.

Alternativa a longo prazo

A toxina botulínica terapêutica é mais uma opção. “Sua aplicação interrompe a secreção sudoral por um período de 6 a 8 meses. Em alguns pacientes, o suor fica comprometido por até 12 meses”, orienta Miriam. Segundo ela, a substância é bastante eficiente para combater os incômodos nas mãos e axilas. “O chamado botox de fronte, aplicado na testa, também é eficaz para quem transpira demais no rosto”, afirma.

2 1

3 4

Viva melhor 1 - tratamento intensivo, eficácia 72h. Desodorante antitranspirante roll-on Stress Resist Vichy. 2 - sensação de frescor e suavidade por 24h. Desodorante antitranspirante axilar Spirial Spray SVR Laboratoires. 3 - controle da sudorese excessiva palmar, plantar e axilar. M&P Dry Loção antiperspirante Para Mãos e Pés Biolab. 4 proteção o dia todo, pés frescos e relaxados. Desodorante para os pés Odor Destroyers Dr. Scholl’s.

Estes produtos podem ser adquiridos pelo www.drogariasaopaulo.com.br

27


melhor idade

Por Maria Helena Bellini

Alegria de viver Sonhar e planejar o futuro parecem características próprias da juventude, mas não são! Em qualquer fase da vida, o fazer acontecer pode ser a companhia ideal

Fortalecer os laços familiares

A aposentadoria geralmente chega com uma crise, mesmo que leve, de identidade. Pode acontecer porque algumas vezes o salário diminui muito, e o padrão

28

de vida tende a se alterar. “Isso gera desconforto e preocupações. E as perdas se estabelecem, pois além de não ter mais a atividade que exercia, a perda de entes queridos também ocorre. O idoso já não visita tanto parentes e amigos, e essas mudanças geralmente o fazem entrar em depressão”, destaca a especialista. Nesse instante, a família exerce um papel fundamental para que a pessoa se sinta útil e importante para os outros. “Deve haver um bom vínculo familiar, no qual haja respeito no trato, um bom diálogo com muita disposição e tempo para ouvi-lo, auxiliando-o a usufruir o que de melhor a vida tem para oferecer, fazer com que participe de pequenas atividades domésticas, que se sinta útil, para que assim tenha um bom equilíbrio emocional, uma autoestima elevada, bem-estar e qualidade de vida”.

Dores da alma

A insatisfação vem, normalmente, acompanhada do negativismo, e isso gera muitas frustrações, o que pode levar à depressão. Os primeiros sintomas são dores no corpo, cansaço, apatia e mal-estar. “Muitas vezes a família não percebe que um parente está deprimido e medica apenas os sintomas. Daí a importância de estarmos atentos e não desvalorizarmos a depressão, pois ela é uma doença e deve ser tratada.

foto: © Monkey Business / fotolia

I

mprimir uma direção objetiva à nossa existência, antecipar acontecimentos em um projeto que envolva um tempo determinado para acontecer requer um tanto de energia e outro tanto de sonho. Mas não apenas isso! É preciso uma pitada de esperança e de pensamento positivo também. Algumas pessoas acreditam que, por já terem passado “de certa idade”, não têm mais direito a isso. Imagine! Envelhecer faz parte da vida, e o recomeçar pode acontecer a qualquer momento. Para a psicóloga e doutora em Psicanálise pela Universidade de São Paulo, Dra. Priscila Gasparini Fernandes, o envelhecimento passa pela aceitação das limitações do corpo, mas sem perder a vontade de viver, de produzir. “Encarar a chegada da melhor idade como uma fase na qual a pessoa pode e deve se cuidar, fazer atividades físicas, ler, escrever, fazer trabalhos manuais que lhe deem prazer, como, por exemplo, pintura, artesanato etc., participar de um curso em que tenha interesse, enfim, o que importa é manter-se em movimento, para se sentir valorizada”.


A prática leva à perfeição Quando acontece com o idoso, a atenção deve ser redobrada. Ele deve ser levado a um psicólogo, que irá avaliar e tratar essa depressão, e, se for necessário, encaminhará a um psiquiatra para que o medique”, ensina Priscila, que complementa: “O melhor mesmo é acreditar sempre no seu potencial, que nunca deixará de existir, não se prender ao que não fez, e sim no que poderá fazer, procurar ter atividade e qualidade de vida são fundamentais. Dessa maneira, seguirá elaborando e realizando seus projetos em busca de uma vida feliz”.

Terapia do riso

Está cientificamente comprovado que a endorfina é um analgésico natural, que, além de combater a dor, promove a sensação de bem-estar, conforto, bom humor e alegria. “Tal hormônio é liberado durante as risadas, melhorando consideravelmente a qualidade de vida do ser humano e ajudando-o a ter força de vontade para realizar seus sonhos”, revela a terapeuta ocupacional da Dal Ben, empresa atuante em assistência domiciliar, Melina Nucci. Ela acredita que uma boa estratégia para as pessoas autopromoverem qualidade de vida é essa terapia. Na melhor idade, por ser uma das fases da vida em que a pessoa passa por várias transformações, tais como a aposentadoria e a diminuição sensorial, é preciso estar atento. “É importante que o envelhecimento ocorra de forma saudável, para que se continue ativo e se sentindo bem consigo mesmo. Como dito anteriormente, a endorfina pode ser liberada de diversas formas, como com exercícios físicos. No entanto, alguns idosos possuem limitações para a prática, e outra opção ótima é o riso!”, explica Melina.

Acordar e fazer caretas para si próprio ou falar mensagens positivas e alegres pode despertar em você a vontade de rir. Além disso, você pode pensar nas suas façanhas, medos, desafios e culpas e simplesmente rir deles. Aproveite os momentos em que está sozinho, como no carro, no banheiro, no chuveiro e solte risadas, podem ser forçadas no início, porém com o tempo você estará rindo da sua própria risada. A terapeuta ressalta que não sabemos até quando viveremos. “Algumas pessoas nem chegam a conhecer a melhor idade, e as que chegam devem aproveitá-la como qualquer outra fase da vida. É a fase em que o ser humano tem uma grande experiência de vida e muito a ensinar aos outros”. Portanto, a recomendação é voltar ao passado apenas para relembrar bons acontecimentos, em especial os que os fazem rir, pois é uma terapia de fato! “E nunca deixem de pensar e planejar o futuro, ter metas, sonhar. É importante para o ser humano ter um ‘por que viver’, com metas que ainda não foram realizadas. E nunca se deve perder a esperança. Jamais!”, finaliza.

29


espaço consciente

Pequenos bem protegidos

Por Fernanda Mendonça

AD Sã roga abr o Pau ria aç lo cau a esta sa

Ministério da Saúde comprova a eficácia da cadeirinha veicular para a segurança de crianças no trânsito. Descubra como usar o equipamento corretamente

30

foto: © artisticco / fotolia

A

Resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) determina que bebês de até um ano sejam transportados no bebê-conforto. Já as crianças de 1 a 4 anos devem utilizar poltronas reversíveis, e para as de 4 a 7 anos e meio, é obrigatório o uso de um booster preso no cinto de três pontos. Dirigir com crianças sem o equipamento no carro é uma infração gravíssima, e o motorista que descumprir a lei receberá multa de R$ 191,54 e sete pontos na carteira. Um estudo do Sistema de Informação de Mortalidade (SIM) do Ministério da Saúde mostrou que as cadeirinhas são realmente a melhor forma de transportar as crianças com segurança em veículos de passeio. Segundo o levantamento, as mortes de menores de 10 anos em acidentes de carro caíram 23%, após um ano da chamada Lei da Cadeirinha. Com a chegada das férias, o uso do equipamento é essencial, porém não basta utilizá-lo, é preciso fazer isso da forma correta. O ortopedista e traumatologista do Hospital Samaritano de São Paulo, Marco Antonio Ambrósio, alerta: “O uso inadequado do equipamento traz uma falsa sensação de segurança, o que pode tornar os acidentes ainda mais perigosos”, e complementa: “A criança na cadeirinha consegue desenvolver atividades lúdicas durante o passeio. Dessa maneira, fica menos inquieta. Com isso, o motorista consegue se concentrar melhor no trânsito”. Descubra como posicionar a criança de forma adequada em cada cadeirinha e qual o modelo ideal para o seu filho.


Dicas espertas 1 Siga rigorosamente o manual de instalação do fabricante.

2 Guarde o manual de instruções da cadeirinha para futuras consultas.

3 Quando a criança for transportada no banco traseiro, é preferível utilizar o assento do meio. Essa atitude simples diminui a chance de trauma em caso de acidente.

4 Nos casos em que a criança pode ser transportada no banco da frente, afaste o máximo possível o banco do para-brisa, para evitar que ela se corte se algum acidente ocorrer.

Bebê-conforto São indicadas para recém-nascidos de até 9 kg e devem ser colocadas de costas para o banco da frente do carro. Algumas são acopláveis aos carrinhos de bebê. Poltronas reversíveis São cadeirinhas projetadas para carregar desde recém-nascidos até crianças de 16 kg. Enquanto o bebê é pequeno, o equipamento deve ser posicionado de costas para o banco da frente, para proteger o pescoço da criança em caso de acidentes. Depois que ele completar um ano de vida ou seu peso ultrapassar 9 kg, a cadeirinha deve posicionada de frente para o banco do motorista. O equipamento vem com cinto de segurança de cinco pontos.

Criança no banco da frente

Os pré-adolescentes com mais de 10 anos podem ser transportados no banco da frente só com o cinto de segurança. Quando o veículo não possui banco traseiro, como picapes, ou quando o carro possui apenas cinto de dois pontos no banco de trás, os menores podem andar na frente, porém precisam usar o equipamento de retenção (bebê-conforto, poltronas ou booster).

32

Fique atento Segundo Ambrósio, os principais erros cometidos pelos motoristas que transportam crianças são: cadeirinha frouxa ou mal instalada; equipamento virado para o lado errado; assento pequeno ou grande demais para a criança e cinto de segurança largo. “Também está errado um adulto sentado no banco traseiro querer retirar a criança da cadeirinha com o carro ainda em movimento”.

Se várias crianças com menos de 10 anos forem transportadas no mesmo carro, excedendo a capacidade do banco traseiro, a mais alta poderá ficar no banco da frente, desde que com o equipamento adequado à sua idade e altura.

foto: © Paul Hakimata / fotolia

Boosters São banquinhos que fazem com que a criança fique mais alta. Dessa maneira, ela pode usar o cinto de segurança do próprio carro, sem problemas, desde que ele seja de três pontos. Esse assento pode ou não ter encosto. O uso é obrigatório para meninos e meninas de 4 a 7 anos e meio, e é proibido para menores de quatro anos, que devem fazer uso das poltronas reversíveis.


CURTAS E QUENTES

livro • música • filme • teatro Emílio Figueira, psicólogo e psicanalista, tem paralisia cerebral e é professor em cursos de educação à distância e ministra palestras sobre o tema. Esse livro trata da inclusão sob o olhar de quem convive com a deficiência e conhece de perto essa questão no Brasil: um profissional interessado em debater o assunto e que estuda a fundo a questão nas escolas de nosso País. Editora Brasiliense.

O poeta e o passarinho Primeiro livro para crianças e adolescentes do jornalista e escritor Ricardo Viveiros. Como lembra Ziraldo, em seu emocionado prefácio para esse lançamento: “Quem tem facilidade de fazer versos pode fazer poemas lindos. A poesia verdadeira e plena, porém, tem que vir do fundo da alma. Quando isso acontece, os versos do poeta nos atravessam como flechas. E aí, a poesia se realiza”. Ilustrações do artista plástico Rubens Matuck. Editora Biruta.

Nutracêuticos na Prática Terapias Baseadas em Evidências A consultora farmacêutica Karina Ruiz é autora desse livro voltado para profissionais da área da saúde e pessoas que desejam estudar mais profundamente o uso de nutracêuticos. Tem como principal objetivo embasar a utilização deles a partir de estudos científicos publicados em periódicos respeitados. Editora Innedita.

O Chapeleiro Maluco Musical infantil, sucesso de público, traz ao palco o universo mágico dos personagens criados por Lewis Caroll. Com texto de Walter Jr., canções assinadas por Charles Dalla e direção de Jarbas Homem de Mello, o espetáculo aborda, como pano de fundo dessa divertida história, o bullying, que é mostrado com seriedade, porém de forma leve. Temporada prorrogada até fim de dezembro, no Teatro GEO, em São Paulo.

A Partilha Escrita por Miguel Falabella em 1991, a peça está de volta aos palcos, e traz no elenco Susana Vieira, Arlete Salles, Thereza Piffer e Patricya Travassos. As quatro irmãs, afastadas há mais de 20 anos, se reencontram após a morte da mãe. Teatro Frei Caneca, em São Paulo.

34

Fotos: divulgação das assessorias

O que é educação inclusiva


água na boca

Receita do chef da rede Divino Fogão, José Olivan Pego

Lombo de Natal

com tâmaras e damascos coberto com rede de massa folhada e molho de mel e gengibre ingredientes • 500 g de massa folhada • 2 kg de lombo suíno (inteiro) • 20 g de margarina • 25 g de farinha de trigo • 20 g de sal • 200 g de tâmaras (secas) • 150 g de damascos (secos) • 100 g de mel • 10 g de gengibre ralado • 4 folhas de louro • 2 gemas • 200 ml de vinho branco • 1 suco de limão siciliano • Alecrim fresco • Pimenta-do-reino em pó

36

preparo • Faça um marinado com mel, limão, gengibre, sal, pimenta, alecrim e as folhas de louro. Fure o lombo no sentido longitudinal e coloque o tempero. Deixe marinar de 2 a 3 horas aproximadamente. • Retire o lombo do tempero e recheie com as tâmaras e o damasco. Reserve o tempero. • Amarre com um barbante e asse por duas horas no forno a 160 0C. • Retire do forno e deixe esfriar. • Corte a massa em tiras e faça uma rede. Enrole o lombo pincele com as gemas. Coloque no forno novamente, até dourar a massa. • Aqueça a margarina e coloque a farinha de trigo, misturando bem até formar uma pasta. • Coloque o marinado reservado e deixe ferver por um minuto, coloque um pouco de água, se necessário. • Coloque em uma travessa e distribua o lombo por cima.

fotos: divulgação rede Divino Fogão, © Grafphotogpaher / Stock Free Images & Dreamstime Stock Photos e © Diana Taliun /fotolia

Rendimento: 10 porções


final feliz

Fátima Jeronimo – Leitora da Ponto de Encontro

Natal Eu sinto um clima diferente no ar, algo está prestes a acontecer. Sinto que nesta noite todos darão as mãos e deixarão o clima de Natal nos unir. Quebraremos os tabus impostos e, pelo menos hoje, conseguiremos abraçar o próximo sem fazer um pré-julgamento. À meia-noite o Salvador renascerá, e com ele renascerão as esperanças que moram em nossos corações. Por alguns instantes alcançaremos o paraíso e sentiremos paz. Tudo que nos aflige será esquecido, a luz se tornará mais forte e lutar não será mais difícil. Nesta noite especial, iremos todos ajuntarmos nossas almas para conseguir abraçar o Salvador. É Natal, época em que tudo tende a melhorar. É Natal, a festa-luz que consegue nos conectar a Deus. Michelle F. Zanin – Leitora da Ponto de Encontro

Mãe Maria Mãe Maria, minha constelação Deusa e estrela, lhe tenho adoração Carrega o seu fardo com muito brio Com seu olhar meigo e sorriso gentil Mãe Maria, dedicada e também severa És a mais bela flor de primavera Desde menina já foi destinada

A ser uma mãe sempre dedicada Mãe Maria, quando está triste Nem a mais bela flor resiste És tão bonita que parece uma fada És deusa, rainha e estrela encantada Mãe Maria, quando está contente Seu luzir invade a minha mente Encontro em você serenidade Mãe Maria, tu és mãe de verdade! Iris Verzaro – Leitora da Ponto de Encontro

Afinal, o que é felicidade? Felicidade... É o abrir as janelas e receber a brisa da manhã, em nosso rosto de pele aveludada e com aroma de maçã. É o calorzinho dos raios do Sol, que nos acariciam, e nos desejam um porvir de um belo dia! É o olhar para o jardim e sentir o perfume discreto das flores multicores a nos enfeitar, nesta nova manhã, que será feliz, quase certo! É poder observar o céu azul, azulzinho, azulão, nos trazendo tanta paz e ao mesmo tempo tanta paixão! É o ouvir o canto dos passarinhos a saudar um novo dia, voando de lá para cá, levando gravetos aos seus ninhos. É poder ver, ouvir, observar, sentir toda a singeleza, revelada dia a dia pela Mãe natureza!

E para completar essa sinfonia de sons e cores é poder ouvir os sinos tocando, na capelinha da praça, com a Ave Maria cheia de graça... É saber agradecer por mais este dia de vida, que ora, com glória e luz se inicia... É voltar para a cozinha, saborear um cafezinho, cheiroso, gostoso, quentinho, de nosso torrão brasileiro. Isso é felicidade! Marlene Liveraro Bodelaci – leitora da Ponto de Encontro

Tempo Tempo que se foi já não volta nos deixa saudades Que sorte por sorte é boa lembrando dos tempos que foi meu e também seu Hoje choro, pois já não há tempo Vivo das lembranças que por vezes me faz bem por vezes me arrepia pois sei que me olhas e eu não te vejo só te sinto Beijos de agora e de todos os tempos Te amo Maria Antônia Donario Carvalho – leitora da Ponto de Encontro

Escreva para: pontodeencontro@profashional.com ou Av. Jandira, 843 – Moema – São Paulo/SP – CEP 04080-005

38

foto: © ra2 studio / fotolia. o próprio envio das poesias já caracteriza autorização e cessão de uso para publicação

O Natal O Natal chegou! Cheio de luz e amor! Cheio de esperança e perseverança... O Natal chegou! Cheio de paz e amor! Cheio de graça e louvor! Vamos saudar o Senhor! Seu nascimento com amor! Um natal cheio de paz, luz e amor!


Revista Ponto de Encontro - Ed.41  

Destinada a toda a família, a revista tem seções em que são inseridos assuntos de interesse geral e para todas as idades. Beleza, saúde, cr...

Read more
Read more
Similar to
Popular now
Just for you