Issuu on Google+

O que é Liderança? É a habilidade de influenciar pessoas por meio de comunicação, canalizando seus esforços para a consecução de determinado objetivo; Liderança é a capacidade de de conseguir com que os outros façam o que não querem e nem gostam de fazer; Liderança é “influencia” – Fred Smith 1


DESENVOLVA SUA LIDERANÇA A chave do sucesso é a capacidade de liderar pessoas com êxito A eficiência de seu trabalho jamais ultrapassará sua capacidade de liderar e influenciar pessoas. Sua capacidade de liderança determina o nível de seu sucesso.

Liderança pode ser ensinada A liderança não é um clube exclusivo para aqueles que “nasceram com ela”. As características que constituem a matéria-prima da liderança podem ser adquiridas. 2


DESENVOLVA SUA LIDERANÇA Categorias de liderança 1. O Líder da Liderança    

Nasce com qualidades de liderança. Presenciou liderança sendo modelada durante toda sua vida. Aprendeu liderança adicional pelo treinamento. Possui autodisciplina para se tornar um grande líder. – Nota: Três dessas quatro qualidades podem ser adquirida

2. O Líder Formado  Presenciou liderança sendo modelada durante a maior parte de sua vida.  Aprendeu liderança pelo treinamento.  Possui autodisciplina para se tornar um grande líder. – Nota: Todas as três qualidades são adquiridas.

3


DESENVOLVA SUA LIDERANÇA Categorias de liderança 3. O Líder Latente  Presenciou liderança sendo modelada somente há pouco tempo.  Está aprendendo a ser um grande líder pelo treinamento.  Possui autodisciplina para se tornar um bom líder. – Nota: Todas as três qualidades são adquiridas.

4. O Líder Limitado  Tem pouca ou nenhuma exposição a líderes.  Tem pouca ou nenhuma exposição a treinamento de liderança.  Tem vontade de se tornar um líder. – Nota: Todas as três podem ser adquiridas.

4


DESENVOLVA SUA LIDERANÇA Diferença entre liderança e gerenciamento Veja o que distingue o líder do gerente:  1. Os líderes raciocinam a longo prazo.  2. Os interesses dos líderes não se confinam aos limites das unidades que dirigem.  3. Os líderes dão grande ênfase à visão, aos valores e à motivação.  4. Os líderes possuem notáveis virtudes políticas para administrar exigências conflitantes de um amplo eleitorado.  5. Os líderes não aceitam estacionar em um patamar. 5


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA Liderança é influência. Aquele que pensa que lidera mas não tem seguidores está apenas dando uma volta. Em outras palavras: Liderança é a capacidade de angariar sectários.(igrejas)

6


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA “INSIGHTS” SOBRE INFLUENCIA Todo mundo exerce influência sobre alguém.  Os sociólogos nos dizem que até o mais introvertido dos indivíduos é capaz de influenciar dez mil outras pessoas durante o curso de sua vida  O líder natural de qualquer grupo é facilmente identificado. Observe as pessoas ao se reunirem.  Ninguém é capaz de compreender essa coisa misteriosa que chamamos de influência ...  no entanto ... cada um de nós exerce influência continuamente, para curar, para abençoar, para deixar marcas de beleza; ou para ferir, prejudicar, envenenar, manchar outras vidas.”

7


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA O melhor investimento no futuro é uma influência apropriada no presente.  A questão não é saber se você influencia alguém. O que precisa ficar claro é o tipo de influenciador que você poderá ser. Você aperfeiçoará suas qualidades de liderança?

A influência é uma qualidade que pode ser desenvolvida.  “Os três componentes desse desenvolvimento são:  comunicação, reconhecimento a influência.  Você começa comunicando-se eficientemente. Isso leva ao reconhecimento e este, por sua vez, leva à influência.”  Podemos aumentar nosso potencial de influência e liderança.  Desenvolvendo um carisma efetivo,influência e ter carisma.

8


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA OS NÍVEIS DE LIDERANÇA Nível 1: Posição  Este é o nível básico de acesso à liderança. A única influência que você tem é a que lhe é conferida por um título.  As pessoas que se posicionam nesse nível apelam para direitos, protocolo, tradição e títulos. Em outras palavras, ele é o chefe e pronto.

9


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA OS NÍVEIS DE LIDERANÇA Nível 1: Posição  A verdadeira liderança é ser a pessoa que os outros seguem prazerosa e confiantemente. Um líder autêntico conhece a diferença entre ser chefe a ser líder. – – – – – – –

O chefe pressiona seus subordinados; o líder treina-os. O chefe depende da autoridade; o líder da boa vontade. O chefe inspira medo; o líder inspira entusiasmo. O chefe diz, “eu”; o líder, “nós”. O chefe atribui a alguém a culpa do colapso; o líder sai do colapso. O chefe sabe como é feito; o líder mostra como é feito. O chefe diz “vá”; o líder

10


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA CARACTERÍSTICAS DE UM “LÍDER POSICIONAL”. A segurança é baseada no título, não no talento. O nível é geralmente adquirido por nomeação. Todos os demais níveis são conquistador por merecimento. As pessoas não seguem um lider posicional além de sua estrita autoridade. Limitam-se a fazer o que têm de fazer quando solicitadas. Os líderes posicionais têm mais dificuldade de trabalhar com voluntários. Quase todos nós aprendemos que a liderança é uma posição. A frustração nos domina quando caímos na real e constatamos que poucas pessoas se dispõem a nos seguir por causa de nossos títulos.. 11


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA OS NÍVEIS DE LIDERANÇA Nível 2: Permissão  “Liderança é fazer as pessoas trabalharem para você quando não são obrigadas.” Isso só acontecerá quando você ascender ao segundo nível de influência.  As pessoas não se importam com o que você sabe até saberem o quanto você se importa.  Liderança começa no coração, não na cabeça.  Os líderes no nível “posição” lideram por intimidação.  Em contraste com essa situação, uma pessoa no nível “permissão” liderará por meio de inter-relacionamentos. 12


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA OS NÍVEIS DE LIDERANÇA Nível 2: Permissão  A questão não é hierarquia social a sim desenvolvimento de pessoas. Nesse nível, tempo, energia a concentração são incorporados às necessidades a aos desejos do indivíduo.  As pessoas incapazes de construir relacionamentos sólidos, duradouros, logo descobrirão que também são incapazes de sustentar uma liderança, longa e eficiente.  Você pode amar, amar pessoas sem liderá-las, mas não pode liderar pessoas sem amá-las.  Cuidado! Não tente suprimir um nível. O nível mais freqüentemente queimado é o nível 2, Permissão.

13


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA OS NÍVEIS DE LIDERANÇA Nível 3: Produção  Todos são orientados para resultados. A rigor, resultados são a razão principal da atividade.  Essa é a grande diferença entre os níveis 2 e 3. No nível do “relacionamento”, as pessoas ficam juntas apenas para estarem juntas.  No nível dos “resultados”, as pessoas se agrupam para atingir um fim  “Se o nível 1, Posição, é a porta para a liderança, então o nível 2, Permissão, é o alicerce.” 14


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA OS NÍVEIS DE LIDERANÇA Nível 4. Desenvolvimento de Pessoas  Um líder é grande, não por causa de seu poder, mas pela capacidade que tem de delegar poder a terceiros.  Sucesso sem sucessor gera fracasso.  A principal responsabilidade de um trabalhador é ele próprio realizar o trabalho.  A principal responsabilidade de um líder é desenvolver pessoas para fazer o trabalho.  Observe a progressão: No nível 2, o seguidor ama o líder; no nível 3, o seguidor admira o líder; no nível 4, o seguidor é leal ao líder.  Por quê? Você conquista o coração das pessoas ajudando-as a crescer pessoalmente.

15


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA OS NÍVEIS DE LIDERANÇA Nível 4. Desenvolvimento de Pessoas Sugestões Para Se Tornar Um Desenvolvedor De Pessoas  Ande devagar no meio da multidão - Descubra algum jeito de se manter em contato com todos.  Desenvolva líderes-chave - Reúna-se sistematicamente e ensino àqueles que são influenciadores dentro da igreja. 16


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA OS NÍVEIS DE LIDERANÇA Nível 5: Maturidade Pessoal  Nesse nível você lidera e inspira as pessoas simplesmente por causa de sua presença. Você se tornou um símbolo de liderança por causa de seu exemplo e resultados durante um longo tempo.

17


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA GALGANDO OS DEGRAUS DA LIDERANÇA Mais alguns insights sobre o processo de níveis de liderança:       

Quanto mais alto você sobe, mais tempo você leva. Quanto mais alto você sobe, maior o grau de compromisso. Quanto mais alto você sobe, mais fácil se torna liderar. Quanto mais alto você sobe, maior o crescimento. Você nunca se desliga do nível inicial. Se você estiver liderando um grupo de pessoas, não se nivelará com todos. Para que sua liderança permaneça efetiva, é essencial levar os demais influenciadores do grupo para os níveis mais elevados.

18


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA CONCLUSOES SOBRE INFLUENCIA PARA CHEGAR AO TOPO, VOCÊ PRECISA FAZER DUAS COISAS:  SABER EM QUE NÍVEL ESTÁ NO MOMENTO.  CONHEÇA E APLIQUE AS QUALIDADES NECESSÁRIAS AO SUCESSO EM CADA NÍVEL.

19


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA QUALIDADES EXIGIDAS PARA O AVANÇO DO NÍVEL SEGUINTE Nível 1: Posição/Direitos  Conhecer a fundo suas atribuições.  Ter noção da filosofia de ministério da igreja.  Vestir a camisa do time.  Ter responsabilidade.  Desempenhar seu trabalho com excelência consistente.  Fazer mais do que esperam de você.  Proponha idéias criativas visando à mudança a melhoria. 20


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA QUALIDADES EXIGIDAS PARA O AVANÇO DO NÍVEL SEGUINTE Nível 2: Permissão/Relacionamentos  Tenha verdadeiro amor pelas pessoas.  Torne mais bem-sucedidas as pessoas que trabalham com você.  Veja através dos olhos de outras pessoas.  Goste mais das pessoas do que dos procedimentos.  Faça com segurança ou não faça.  Inclua outros em sua jornada.  Aja com sabedoria com pessoas difíceis. 21


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA QUALIDADES EXIGIDAS PARA O AVANÇO DO NÍVEL SEGUINTE Nível 3: Produção/Resultados  Crie e siga uma declaração de propósitos.  Faça da descrição de suas atribuições e de sua energia parte integrante da declaração de propósitos.  Institua a obrigatoriedade de prestar contas, começando por você mesmo.  Conheça e faça coisas que propiciem alto retorno.  Comunique a estratégia e a visão da igreja.  Torne-se um instrumento de mudança.  Tome as decisões difíceis que estabelecerão uma diferença.

22


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA QUALIDADES EXIGIDAS PARA O AVANÇO DO NÍVEL SEGUINTE Nível 4: Desenvolvimento de Pessoas/Reprodução    

Conscientize-se de que as pessoas são seu mais valioso patrimônio. Priorize o desenvolvimento de pessoas. Seja um exemplo a ser imitado. Concentre seus esforços de liderança nos 20% que constituem a nata de seu pessoal.  Proporcione oportunidades de crescimento aos líderes chave.  Seja capaz de atrair outros vencedores para o objetivo comum.  Cerque-se de uma equipe que complemente sua liderança.

23


1-A DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA: INFLUÊNCIA QUALIDADES EXIGIDAS PARA O AVANÇO DO NÍVEL SEGUINTE Nível 5: Maturidade Pessoal/Respeito    

Seus seguidores são leais a dispostos a se sacrificar. Você passou anos orientando a moldando líderes. Você se tornou um consultor, e é solicitado por terceiros. Sua maior alegria consiste em observar os outros crescerem e se desenvolverem.  Você transcende a organização.

Todos nós somos líderes porque cada um de nós influencia alguém. Nem todos se tornarão um grande líder, mas todos podem se tornar um líder melhor. 24


2-A CHAVE PARA A LIDERANÇA: PRIORIDADES “Há duas coisas que são muito difíceis: pensar e fazer as coisas pela ordem de importância. Essas duas coisas constituem a diferença entre um profissional e um amador. Pensar antecipadamente e priorizar responsabilidades estabelece as principais diferenças entre um líder a um liderado, porque:    

As pessoas práticas sabem como conseguir as coisas que querem. Os filósofos sabem o que devem querer. Os líderes sabem como conseguir o que devem querer. O sucesso pode ser definido como a realização progressiva de um objetivo predeterminado

25


2-A CHAVE PARA A LIDERANÇA: PRIORIDADES O Princípio de Pareto 20% de suas prioridades lhe darão 80% de sua produção, SE aplicar seu tempo, energia, dinheiro a pessoal nos 20% de suas prioridades mais importantes.

26


2-A CHAVE PARA A LIDERANÇA: PRIORIDADES Exemplos do Princípio de Pareto:  Tempo - 20% do nosso tempo produzem 80% dos resultados.  Conselhos - 20% das pessoas tomam 80% do nosso tempo.  Produtos - 20% de nossos produtos produzem 80% do lucro.  Leitura - 20% do livro contêm 80% do conteúdo.  Trabalho - 20% de nosso trabalho nos proporcionam 80% de satisfação.  Oratória - 20% de um discurso causam 80% do impacto.  Donativos - 20% das pessoas doarão 80% do dinheiro.  Liderança - 20% das pessoas tomam 80% das decisões.  Piquenique - 20% das pessoas comerão 80% da comida! 27


2-A CHAVE PARA A LIDERANÇA: PRIORIDADES 20% dos membros da igreja serão responsáveis por 80% do sucesso do trabalho. 1. Determine que pessoas constituem 20% dos melhores produtores. 2. Destine 80% do seu “tempo reservado ao pessoal” aos 20% mais qualificados. 3. Destine 80% de sua verba de desenvolvimento aos 20% mais produtivos. 4. Determine os 20% do trabalho que produzem 80% de retorno a treine um assistente para cuidar do trabalho menos rentável. Isso “libera” o produtor para fazer o que melhor sabe fazer. 5. Incumba os 20% do primeiro time de treinar outros 20% trabalhando. 28


2-A CHAVE PARA A LIDERANÇA: PRIORIDADES NÃO É UMA QUESTÃO DE DAR DURO, MAS DE TRABALHAR COM A CABEÇA. Organize-se ou agonize. A capacidade de levar três ou quatro projetos a bom termo é indispensável a qualquer líder. Uma vida em que tanto faz como tanto fez no fim das contas terá sido uma vida que não fez nada.

29


2-A CHAVE PARA A LIDERANÇA: PRIORIDADES Priorize Compromissos. Grande Importância/Grande Urgência: Toque esses projetos em primeiro lugar. Grande Importância/Pouca Urgência: Estabeleça prazos e desenvolva esses projetos rotineiramente. Pouca Importância/Grande Urgência: Descubra maneiras rápidas a eficientes de realizar esse trabalho sem envolver muita gente. Pouca Importância/Pouca Urgência: Geralmente é um trabalho freqüente, repetitivo, como arquivar por exemplo. 30


2-A CHAVE PARA A LIDERANÇA: PRIORIDADES ESCOLHA OU PERCA.  A pergunta não é “Minha agenda estará lotada?”, mas sim “Quem preencherá minha agenda?”. Se somos líderes, a pergunta não é “Verei pessoas?”, mas sim “Quem verei?”.

Líderes -Iniciam -Lideram, pegam o telefone e fazem contato -Usam o tempo para planejar, -antecipar problemas -Investem tempo em pessoas -Preenchem a agenda com prioridades

Liderados -Reagem -Ouvem, esperam o telefone tocar -Passam o tempo reagindo aos problemas -Gastam tempo com pessoas -Preenchem a agenda com pedidos 31


2-A CHAVE PARA A LIDERANÇA: PRIORIDADES AVALIE PARA EVITAR O IMPASSE Decida o que fazer a faça; decida o que não fazer e não faça. Descobri que a última coisa que uma pessoa sabe é o que colocar em primeiro lugar. As perguntas que se seguem o ajudarão a eleger prioridades:  O que é exigido de mim?  A pergunta a que devemos sempre responder antes de aceitar uma incumbência é: “O que é exigido de mim?  ��� Em outras palavras, o que devo fazer que mais ninguém a não ser eu seja capaz de fazer?

32


2-A CHAVE PARA A LIDERANÇA: PRIORIDADES AVALIE PARA EVITAR O IMPASSE O que me proporciona maior retorno?  Faça-se constantemente esta pergunta: “Estou fazendo o que sei fazer melhor e obtendo resultados para a igreja?  Três problemas comuns na organização são: – Abuso: Muito poucos fazem demais. – Desuso: Muitos fazem muito pouco. – Mau uso: Muitos fazem as coisas erradas.

O que é mais gratificante?  Nosso melhor trabalho acontece quando o realizamos com prazer.  Quando você obtém sucesso em alguma coisa, deixa de ser trabalho.  O sucesso no trabalho aumentará consideravelmente se os três erres forem semelhantes: – Requisitos, Retorno, Recompensa

33


2-A CHAVE PARA A LIDERANÇA: PRIORIDADES PRINCÍPIOS DE PRIORIDADE As prioridades nunca “ficam paradas”     

As prioridades se deslocam continuamente a requerem atenção. Prioridades bem colocadas estão sempre sob ameaça. Para manter as prioridades no devido lugar: Avalie: Reveja os 3 Rs periodicamente. (Requisitos/Retorno/Recompensa). Elimine: Pergunte-se: “O que estou fazendo que possa ser feito por outra pessoa?”  Estime: Quais são os principais projetos que você está desenvolvendo este mês e quanto tempo levarão para serem concluídos?

34


2-A CHAVE PARA A LIDERANÇA: PRIORIDADES Princípio: Você não pode superestimar a desimportância de praticamente tudo. Ex.: A jovem concertista de violino - “Negligência planificada.”

O bom é o inimigo do ótimo. A maioria das pessoas é capaz de estabelecer prioridades quando confrontadas com opções boas ou más. O desafio surge quando é preciso escolher entre duas boas alternativas. O que fazer? E se ambas as opções se encaixarem no perfil de requisitos, retorno e recompensa de nosso trabalho? 35


2-A CHAVE PARA A LIDERANÇA: PRIORIDADES Como Desempatar Duas Boas Opções - * Pergunte a preferência de seu supervisor ou de seus companheiros de trabalho. Uma das opções pode ficar a cargo de outra pessoa? Caso possa, delegue-a a trabalhe na opção de que só você pode se desincumbir. Qual das opções trará mais crescimento para a igreja? Muitas vezes agimos como o comerciante tão preocupado em manter a loja limpa que nunca abrïa a porta da frente. A única razão de montar uma loja é atrair a freguesia, não limpá-la o tempo todo! Tome sua decisão baseada nos objetivos da igreja. 36


2-A CHAVE PARA A LIDERANÇA: PRIORIDADES Você não pode ter tudo *  Aquele que procura uma coisa, apenas uma, Pode ter esperança de conseguila antes que a vida acabe. Mas aquele que busca todas as coisas aonde quer que vá poderá ceifar uma colheita de amargo arrependimento.

Prioridades excessivas podem paralisá-lo  Os grandes leões ficam paralisados diante da quatro pernas do banquinho  Todos os legítimos líderes aprendem a dizer Não ao que é bom para dizer Sim ao que é ótimo.

Quando pequenas prioridades exigem demais de nós, surgem grandes problemas - *  “A razão pela qual a maioria dos grandes objetivos não é alcançada deve-se ao fato de que perdemos nosso tempo fazendo primeiro coisas secundárias.”

37


2-A CHAVE PARA A LIDERANÇA: PRIORIDADES Prazos fatais a emergências obrigam-nos a priorizar.  Se você tiver apenas uma carta para escrever, ela lhe tomará o dia todo. Se tiver que escrever vinte cartas, você dará conta do recado num só dia.  Em condições normais, somos eficientes (fazendo certo as coisas). Quando a pressão de tempo aumenta ou surgem emergências, tornamo-nos eficientes (fazendo as coisas certas).  Eficiência é o alicerce da sobrevivência. Resultados efetivos são o alicerce do sucesso.

Muitas vezes aprendemos tarde demais o que é realmente importante.  Não se conhece o autor da frase: “A criança nasce com a mão fechada; o homem morre com a mão aberta. A vida se incumbe de soltar as coisas que julgamos serem tão importantes.”

38


3-O MAIS IMPORTANTE INGREDIENTE DA LIDERANÇA: INTEGRIDADE

DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA O dicionário define integridade como “o estado de ser completo, uno”. Sou quem sou, não importa onde me encontre ou com quem esteja.* Uma pessoa íntegra não admite lealdades divididas (isso é duplicidade), nem simplesmente faz de conta (isso é hipocrisia).Pessoas íntegras não têm nada a esconder e nada a temer. 'A integridade não é tanto o que fazemos mas o que somos. E o que somos, por sua vez, determina o que fazemos. 39


3-O MAIS IMPORTANTE INGREDIENTE DA LIDERANÇA: INTEGRIDADE

DEFINIÇÃO DE LIDERANÇA Todos nós enfrentamos desejos conflitantes. Ninguém, por mais “espiritual” que seja, pode evitar essa batalha. Integridade é o fator que determina qual deles prevalecerá. O que queremos e o devemos fazer.A integridade fixa as regras fundamentais para resolver essas tensões. A integridade solda o que dizemos, pensamos e fazemos numa só pessoa, integral, indivisível, impondo sua perfeita sintonia. “A primeira chave para a grandeza”, “é sermos na realidade o que aparentamos ser.” Para conquistar confiança um líder tem que ser autêntico. Para tanto, é preciso que haja coerência. 40


3-O MAIS IMPORTANTE INGREDIENTE DA LIDERANÇA: INTEGRIDADE

Se o que dizemos e o que fazemos são a mesma coisa, os resultados serão consistentes. Por exemplo:  Diga aos funcionários para serem pontuais e seja você pontual – Ele então serão

 Diga aos funcionários para serem positivos e seja você positivo – Eles serão positivos

 Diga ao empregados: o freguês em primeiro lugar – Ponha você o freguês em primeiro lugar e eles o colocarão também

41


3-O MAIS IMPORTANTE INGREDIENTE DA LIDERANÇA: INTEGRIDADE

Se o que disser e fizer não forem a mesma coisa, os resultados serão inconsistentes. Por exemplo: Diga aos empregados para serem pontuais e não seja  Alguns chegarão na hora; outros não

Diga que eles devem ser positivos e tenha uma atitude negativa  Alguns serão positivos e outros não

Diga que coloquem o freguês em primeiro lugar  Ponha-se em primeiro lugar e somente alguns terão o freguês em primeiro lugar 42


3-O MAIS IMPORTANTE INGREDIENTE DA LIDERANÇA: INTEGRIDADE

Oitenta a nove por cento do que as pessoas aprendem provêm do estímulo visual, 10 por cento do estímulo auditivo, e 1 por cento de outros sentidos. O que eles ouvem, compreendem. O que eles vêem, acreditam! Muitas vezes tentamos motivar nossos seguidores com macetes ingênuos, de vida curta. O que as pessoas precisam não é de um slogan para repetir, mas de um modelo para ver. 43


3-O MAIS IMPORTANTE INGREDIENTE DA LIDERANÇA: INTEGRIDADE

O TESTE DA CREDIBILIDADE Quanto mais credibilidade você tiver mais as pessoas confiarão em você, Quanto menos credibilidade você tiver, menos as pessoas confiarão em você Mais rapidamente você perderá sua posição de influência. Tudo é uma questão de liderança. O segredo de subir e não cair é a integridade.

1. Integridade gera confiança. “Para ser um líder um homem precisa ter seguidores. E para ter seguidores, um homem precisa contar com a confiança deles. Por conseguinte, a suprema qualidade de um líder é inquestionavelmente a integridade. Seus ensinamentos e suas ações têm de coincidir. 44


3-O MAIS IMPORTANTE INGREDIENTE DA LIDERANÇA: INTEGRIDADE

2. A integridade tem grande poder de influência. Toda igreja é a sombra projetada do seu líder. O caráter do líder determina o caráter da igreja local. Isto acontece por que as mentes das pessoas se modificam por observação e não simplesmente por argumentos.

45


3-O MAIS IMPORTANTE INGREDIENTE DA LIDERANÇA: INTEGRIDADE

3. A integridade facilita padrões elevados.  Os lideres precisam viver de acordo com padrões mais elevados do que seus liderados. Todo direito implica uma responsabilidade; toda oportunidade, uma obrigação; toda posse, um dever  Os direitos DIMINUEM à medida que você sobe na organização  As responsabilidades AUMENTAM à medida que você sobe na organização  Elas são inversamente proporcionais  Muitas pessoas estão prontas a exigir seus direitos, mas não a assumir suas responsabilidades.  “Não se tome vítima da época em que vive. Hoje há uma tendência a absolver os indivíduos da responsabilidade moral a tratá-los como vítimas de circunstâncias sociais.  Quando o caráter dos líderes é baixo, seus padrões também o são.

46


3-O MAIS IMPORTANTE INGREDIENTE DA LIDERANÇA: INTEGRIDADE

4. A integridade resulta numa reputação sólida, não apenas numa imagem** Imagem é o que as pessoas pensam que somos. Integridade é o que realmente somos.

5. Integridade significa que eu a viva antes de liderar terceiros. Não podemos conduzir ninguém além do ponto que atingimos. Se o processo for correto o produto estará garantido. O mesmo se pode dizer da integridade; ela garante a credibilidade. 47


3-O MAIS IMPORTANTE INGREDIENTE DA LIDERANÇA: INTEGRIDADE

6. A integridade ajuda um líder a ser digno de crédito, não apenas sagaz. Há uma diferença entre ser sagaz a ter credibilidade. Os líderes espertos nunca duram. Um líder é aquele que possui partidários. Não é preciso concordar com ele para se confiar nele. A única maneira de conservar a boa vontade e a alta estima das pessoas com quem você trabalha é fazer por merecelas Ninguém pode enganar as todos o tempo todo.. 48


3-O MAIS IMPORTANTE INGREDIENTE DA LIDERANÇA: INTEGRIDADE

7. A integridade é uma virtude conquistada a duras penas. A integridade é o resultado de autodisciplina, confiança íntima e a determinação de ser inflexivelmente honesto em todas as situações de nossas vidas Há poucos líderes dignos de serem imitados. Foi Billy Graham quem disse: “Integridade é a cola que mantém firme nossa maneira de viver. Precisamos lutar constantemente para conservar nossa integridade intacta.” “Quando se perde riqueza, nada se perdeu; quando se perde saúde, perdeu-se alguma coisa; quando se perde o caráter, perdeu-se tudo.” 49


3-O MAIS IMPORTANTE INGREDIENTE DA LIDERANÇA: INTEGRIDADE

O teste do mentor Faça-se a seguinte pergunta: “Sou honesto com meu líder?” Todo líder teve um mentor. “Estou tirando todo o proveito dos ensinamentos que estou recebendo?” Optar por atalhos nesse processo só vai prejudicar tanto seu mentor quanto você.

50


3-O MAIS IMPORTANTE INGREDIENTE DA LIDERANÇA: INTEGRIDADE

O teste das massas Faça-se a pergunta: “Sou honesto com meus liderados?” Decisões erradas afetam a nós e aos que nos séguem Antes de empunharmos as rédeas da liderança precisamos ter consciência de que ensinamos o que sabemos e reproduzimos o que somos. Integridade é um processo interno. Os liderados esperam quatro coisas de seus líderes:    

honestidade, competência, visão e inspiração.

51


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA Mude o líder e a igreja será mudada. Os líderes resistem à mudança tanto quanto os liderados.

52


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA PERFIL DE UM LÍDER EM APUROS 12 pontos geradores de problemas para um líder. 1. 2. 3. 4. 5. 6. 7. 8. 9. 10. 11. 12.

Não tem uma compreensão correta das pessoas. Falta-lhe imaginação. Tem problemas pessoais. Passa o problema adiante. Sente-se seguro e satisfeito* Não é organizado. É dado a acessos de raiva. Não assume riscos* É inseguro e se mantém na defensiva* É inflexível * Não tem espírito de equipe. Combate a mudança *

53


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA – “Não há nada mais difícil de empreender, mais perigoso de conduzir ou de sucesso mais duvidoso do que liderar a introdução de uma nova ordem de coisas.” – A primeira ordem de coisas a ser mudada sou eu, o líder. Esse é o teste definitivo da liderança. – Se você quer se tornar um agente de mudanças, você também precisa, se modificar.” – “Para ser um líder, você tem que preservar durante toda sua vida uma atitude aberta, uma postura receptiva às novas idéias.

O LÍDER COMO AGENTE DE MUDANÇAS – Existem dois requisitos para introduzir a mudança: conhecer as exigências técnicas da mudança e compreender a atitude e implicações motivacionais para leva-la a efeito. – Nenhuma mudança jamais ocorrerá se as necessidades psicológicas não forem satisfeitas. – Faça uma lista de vantagens e desvantagens advindas das mudanças e seus impactos psicológicos

54


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA UM LEVANTAMENTO HISTÓRICO DA RESISTENCIA A MUDANCA Não há nada mais difícil de empreender, mais perigoso de conduzir, ou sucesso mais duvidoso do que introduzir uma mudança. Por quê? Sempre a grandes inimigos – os do sucesso do passado e tímidos defensonres A resistência à mudança é universal. Ela tenta impedir qualquer movimento que vise ao progresso.

Como você escreve a palavra atitude?

Com a mão e de costume e com a outra – esse é o quadro da nossa atitude em ralação ao novo Alguém disse que “nada deveria ser feito pela primeira 55 vez.”


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA PORQUE AS PESSOAS RESISTEM À MUDANÇA  A mudança não é auto-iniciada – Um líder eficaz sempre levará os seus liderados a participarem do processo de mudança.

 A rotina é quebrada. – A mudança ameaça nossos padrões de hábitos a nos obriga a pensar, reavaliar, e às vezes desaprender o comportamento anterior.

 A mudança cria medo do desconhecido. – A mudança significa navegar por mares nunca dantes navegados. – Muitas pessoas sentem-se muito mais confortáveis com velhos problemas do que com soluções novas.

 O propósito da mudança não é claro – As pessoas resistem a mudanças quando ouvem falar dela de segunda mão.

56


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA PORQUE AS PESSOAS RESISTEM À MUDANÇA  O propósito da mudança não é claro – As pessoas resistem a mudanças quando ouvem falar dela de segunda mão.

 A mudança cria medo do fracasso. – O maior erro que uma pessoa pode fazer é— ter medo de cometer um.

 A recompensa da mudança não equivale ao esforço que ela exige. – As pessoas não mudarão enquanto não perceberem que as vantagens da mudança superam as desvantagens de manter as coisas como estão.

 As pessoas estão muito satisfeitas com as coisas como estão.* – Ex.: Relógios Suíços

57


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA

PORQUE AS PESSOAS RESISTEM À MUDANÇA

A mudança não acontece quando as pessoas adotam uma atitude negativa  Independentemente do seu estado presente, os que cultivam o pensamento negativo encontram desapontamento no futuro. Eis o seu estilo de vida: – – – – – – –

Não olhe - você pode ver. Não escute - você pode ouvir. Não pense - você pode aprender. Não tome uma decisão - você pode estar errado. Não ande - você pode tropeçar. Não corra - você pode cair. Não viva você - pode morrer.

 Os liderados não têm respeito pelo líder. – Em outras palavras, as pessoas vêem a mudança da maneira que vêem o agente da mudança. – “Você precisa primeiro amá-los antes de poder liderá-los.”58


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA PORQUE AS PESSOAS RESISTEM À MUDANÇA O líder é suscetível à crítica de caráter pessoal.  Um líder poderá achar que a mudança seja um ataque pessoal a reagirá defensivamente.  Para assegurar crescimento a eficiência contínuos, toda organização deve passar por um constante ciclo de quatro estágios: criar, conservar, criticar a mudar.

A mudança significa perda pessoal  Geralmente há três tipos de pessoas numa organização: – – – –

1. As que perderão com as mudanças 2. As que ficarão neutras. 3. As que se beneficiarão. O líder precisa saber como conduzir a cada grupo com franqueza e firmeza.

59


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA PORQUE AS PESSOAS RESISTEM À MUDANÇA  A mudança impõe comprometimento adicional – Como afetará nosso tempo. – Quando o custo da mudança é tempo, muitos resistirão à mudança. – Quando se trata de compromisso de tempo, o líder tem que determinar se a pessoa não está querendo ou é incapaz de mudar – Atitude.

 A mentalidade estreita impede a aceitação de novas idéias.* – Ex.: O Homem de cem anos

 A tradição resiste à mudança.* – Ex.: Lâmpada – As pessoas mudam quando sofrem o suficiente para terem que mudar; aprendem o suficiente para quererem mudar; recebem o suficiente para serem capazes de mudar. – Cabe ao líder reconhecer quando as pessoas estão numa dessas três fases. (ou cria-las). 60


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA O PROCESSO EVOLUTIVO DA MUDANÇA A mudança pode ser revolucionária ou evolucionária Quando uma proposta de mudança é apresentada a uma organização, as pessoas se agrupam em cinco categorias em termos de reação. Inovadores - 2% Aderentes imediatos - 10% Aderentes a médio prazo - 60% Aderentes a longo prazo - 20% Retardatários - 8% 61


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA O PROCESSO EVOLUTIVO DA MUDANÇA  Os inovadores são sonhadores – Eles são os originadores de novas idéias e geralmente não são reconhecidos como líderes ou formuladores de políticas.

 Os aderentes reconhecem uma boa idéia na hora – Suas opiniões são respeitadas na organização. Embora não tenham criado a idéia procurarão convencer os outros a aceitá-la.

 A maioria é de aderentes a médio prazo – Eles acatarão as opiniões dos outros. São pessoas que são influenciadas por pessoas de atitudes positivas ou negativas.

 Os aderentes a longo prazo pertencem ao último grupo a endossar uma idéia – Geralmente se manifestam contra mudanças, mas tendem a dotá-las se a maioria demonstrar apoio.

 Os retardatários são sempre contra a mudança – Seu compromisso é em manter sua posição e seus benefícios. 62


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA

O PROCESSO EVOLUTIVO DA MUDANÇA

 Oito degraus de evolução rumo a mudanças evolutivas 1. Ignorância - Os liderados não sentem uma direção unificada ou senso de prioridades. Estão “no escuro”. 2. Informação - As pessoas recebem uma informação geral. Inicialmente as idéias sobre a mudança não são abordadas. 3. Infusão - A penetração de novas idéias pode provocar confrontações com apatia, preconceito e tradição. A tendência geral é concentrar-se nos problemas. 4. Mudança individual - Os “aderentes imediatos” começam a ver as vantagens da mudança proposta e a emcampam. 5. Mudança organizacional - Dois lados da questão estão sendo discutidos. O momento muda de anti-mudança para pró-mudança. 6. Aplicação canhestra - Ocorrem alguns fracassos e o nível de aceitação aumenta. 7. Integração - A inabilidade começa a diminuir e o nível de aceitação aumenta. 8. Inovação - Resultados significativos criam confiança e disposição de assumir riscos. O resultado é uma vontade de mudar mais rapidamente e mais audaciosamente.

63


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA CRIANDO UM CLIMA PARA A MUDANÇA – Basicamente as pessoas não resistem à mudança; elas resistem a serem mudadas. – Todavia, a menos que as pessoas sejam mudadas, a mudança nunca ocorrerá. – Mude o líder e a igreja será mudada

 O líder precisa angariar a confiança das pessoas – É maravilhoso quando as pessoas acreditam no líder. É ainda mais maravilhoso quando o líder acredita nas pessoas – isso é confiança – Conquiste a confiança e as pessoas mudarão

 O líder precisa fazer mudanças pessoais antes de pedir aos outros para mudar – Os grandes líderes não apenas dizem o que deve ser feito, eles fazem.

64


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA CRIANDO UM CLIMA PARA A MUDANÇA  O líder precisa fazer mudanças pessoais antes de pedir aos outros para mudar – Os grandes líderes não apenas dizem o que deve ser feito, eles fazem.

 Grandes líderes compreendem a história da organização – Se houve no passado alguma tentativa frustrada de mudança as pessoas se mostrarão mais resistentes a uma nova tentativa. – Mas o oposto também é verdadeiro. – Não baixe a guarda até conhecer a razão pela qual ela foi erguida.

 Ponha influenciadores em posições de liderança. – Os líderes possuem duas características. Primeiro, estão indo a algum lugar; a segundo, são capazes de persuadìr outras pessoas a irem aonde vão.

 Cheque os “trocados” em seu bolso. – Todo líder recebe uma certa quantidade de “trocados”, (apoio emocional na forma de fichas de barganha) no início de um relacionamento. – Os “trocados podem aumentar ou diminuir 65que você possui. – As mudanças estão totalmente ligadas ao tanto de trocados


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA CRIANDO UM CLIMA PARA A MUDANÇA  Bons líderes solicitam o apoio de influenciadores antes de a mudança tornar pública.

se

– Medidas de apoio para efetuar mudanças » 1. Listar os maiores influenciadores de sua organização. » 2. Quantos serão diretamente atingidos por esta mudança? (Essas pessoas formam o grupo mais importante.) » 3. Quantos serão indiretamente afetados por esta mudança? » 4. Quantos provavelmente serão positivos? » 5. Quantos provavelmente serão negativos? » 6. Que grupo constitui a maioria? » 7. Que grupo é mais influente? » 8. Se o grupo positivo for mais forte, reúna os influenciadores para discutir. » 9. Se o grupo negativo for mais forte, reúna-se com os influenciadores individualmente. » 10. Conheça a "chave" para conquistar cada influenciador. 66


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA CRIANDO UM CLIMA PARA A MUDANÇA Crie uma agenda de reuniões que ajudará a mudança. – Toda nova idéia passa por três fases: não dará certo; é muito difícil; e sempre achei que era uma boa idéia. – Desenvolva uma agenda de reunião para facilitar o processo

 Itens de Informação: – Itens de interesse para quem participe da reunião; itens positivos que levantem o moral. (Isso faz com que a reunião comece num nível elevado.)

 Itens de Estudo: – Itens a serem discutidos mas não votados. (Isso permite compartilhar idéias sem a pressão de representar um ponto de vista em particular.)

 Itens de Ação: – Itens a serem votados que foram anteriormente itens de estudo.

67


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA CRIANDO UM CLIMA PARA A MUDANÇA Estimule os influenciadores a influenciar informalmente outros.  Mudanças de maior envergadura não devem surpreender as pessoas.  Os principais líderes sempre carregam dois baldes: um de água e um de gasolina – sucesso ou fracasso

Mostre às pessoas como a mudança as beneficiará.  Presume-se que a mudança proposta represente o que é melhor para a comunidade, não para o líder. A igreja vem em primeiro lugar.

Dê aos membros a posse da mudança.  Eles se mostrarão mais abertos se sentirem que a idéia é algo que lhes pertence.

68


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA COMO OFERECER AOS OUTROS A PROPRIEDADE DA MUDANÇA 1.Informe as pessoas com antecedência para que tenham tempo de pensar sobre as implicações da mudança e como ela os afetará. 2.Explique os objetivos gerais da mudança- suas razões e como e quando ocorrerá. 3.Mostre às pessoas como a mudança as beneficiará. Seja honesto com os empregados que possam ser prejudicados com a mudança. Alerte-os desde o início e lhes dê assistência para procurar outro emprego se for necessário. 4.Peça a todos que serão afetados pela mudança para participar de todos os estágios do processo de mudança. 69


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA COMO OFERECER AOS OUTROS A PROPRIEDADE DA MUDANÇA 5. Mantenha abertos os canais de comunicação. Proporcione oportunidades aos empregados para discutir a mudança. Estimule perguntas, comentários e outras formas de feedback. 6.Seja flexível e adaptável durante todo o processo de mudança. Admita erros e faça modificações quando forem apropriadas. 7. Demonstre constantemente sua convicção na mudança e o compromisso que assumiu em relação a ela. Indique sua confiança na capacidade de o pessoal implementar a mudança. 8.Forneça entusiasmo, assistência, apreço e reconhecimento aos que viabilizarem a mudança. 70


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA A MUDANÇA ACONTECERÁ A pergunta não deve ser "Será que mudaremos?" mas sim "Quando e quanto mudaremos?" Manter-se a par das mudanças é um constante desafio para o líder. Nem toda mudança é melhoria, mas sem mudança não há melhoria. A mudança representa tanto a possível oportunidade quanto a provável perda. Minha experiência diz que a mudança acarreta revés quando:      

A mudança proposta é uma má idéia. A mudança proposta não é aceita pelos influenciadores. A mudança proposta não é apresentada eficientemente. A mudança proposta serve aos interesses dos líderes. A mudança proposta é baseada unicamente no passado. As mudanças propostas são muitas, e acontecem muito71 rapidamente.


4-O TESTE DEFINITIVO: CRIAR MUDANÇA POSITIVA A MUDANÇA ACONTECERÁ Nunca é tarde para mudar.  É importante lembrar que não podemos nos tornar o que precisamos ser permanecendo o que somos." É um fato indiscutível que quando acabamos de mudar simplesmente acabamos.

72


5-LIDERANÇA RÁPIDA: RESOLVENSO PROBLEMAS Há quatro razões comuns pelas quais as pessoas não atuam da maneira que deveriam: 1. Não sabem o que devem fazer. 2. Não sabem como fazer. 3. Não sabem por que deveriam fazer. 4. Existem obstáculos além de seu controle.  Desempenho abaixo do potencial

73


5-LIDERANÇA RÁPIDA: RESOLVENSO PROBLEMAS Três primeiros diz respeito a começar corretamente um trabalho:  É uma responsabilidade de liderança  Treinamento, visão e atribuições (ferramentas)  Comunicação adequada

4ª razão do mal desempenho – problemas não resolvidos  resolva-os ou ensine a resolver – então conquistará liderança

Existem duas coisas necessárias para se resolver problemas eficientemente:  A atitude certa e  O plano de ação certo.

74


5-LIDERANÇA RÁPIDA: RESOLVENSO PROBLEMAS Todos nós temos problemas  Devemos nos lembrar das palavras de Paul Harvey: "Em tempos como estes sempre ajuda lembrar que sempre haverá tempos como estes."

Os problemas dão sentido à vida.  Exs.: Problemas potencializados – Ar, Água, Vida (energia)  “O maior fardo da vida é não ter nada para carregar” - Ex.: férias do desempregado

Muitas pessoas notáveis tiveram que superar problemas em suas vidas.*  Se você está atrás do arco-íris tem que suportar a chuva.

75


5-LIDERANÇA RÁPIDA: RESOLVENSO PROBLEMAS Meu problema não é meu problema.  Há um mundo de diferença entre uma pessoa que tem um grande problema e uma pessoa que torna um problema grande.  Ex.: Grandes homens que venceram superando problemas*  Vencedores superam problemas  Transformaram os obstáculos em degraus.

Um problema é algo sobre o que posso fazer alguma coisa.  Se sou capaz de fazer algo com um problema, não é um problema; é um fato da vida.  Tenha cuidado ao se acomodar à posição de achar que não existem respostas para um problema. Alguém poderá obter sucesso encontrando uma solução.

76


5-LIDERANÇA RÁPIDA: RESOLVENSO PROBLEMAS O teste de um líder é sua habilidade de reconhecer um problema antes que ele se torne uma emergência. Os grandes líderes geralmente reconhecem um problema na seguinte seqüência:    

1. Eles o pressentem antes de vê-lo (intuição). 2. Eles começam a procurá-lo e a fazer perguntas (curiosidade). 3. Reúnem dados (processamento). 4. Compartilham seus pressentimentos e descobertas com alguns colegas de confiança (comunicação).  5. Definem o problema (escrita).  6. Checam os recursos (avaliação).  7. Tomam uma decisão (liderança). – Ninguém tropeça na montanha – Ex.: Touro na fazenda

77


5-LIDERANÇA RÁPIDA: RESOLVENSO PROBLEMAS Você pode julgar os líderes pelo tamanho dos problemas que eles atacam. – O caso Snoopy, * – Entretanto o tamanho da pessoa é mais importante do que o tamanho do problema. Pessoas grandes enfrentam grandes problemas eficientemente.

Solucione problemas operacionais rapidamente; pessoas-problema levam mais tempo. – Os problemas nunca acabam, mas as pessoas podem acabar com os problemas. Minhas sugestões para produzir solucionadores de problemas são: – 1. Assuma um compromisso de tempo com as pessoas. Os que nunca destinam tempo para desenvolver pessoas são forçados a despender tempo para resolver seus problemas. – 2. Nunca resolva um problema para uma pessoa; resolva-o com essa pessoa. – Problemas fáceis nunca chegam ao presidente dos Estados Unidos. – Ajude a mudar a perspectiva das pessoas, não seus problemas e suas vidas será 78 melhor


5-LIDERANÇA RÁPIDA: RESOLVENSO PROBLEMAS A atitude certa.  A história dos dois homens confinado em um quarto

O Plano da ação certa.*

O PROCESSO DE SOLUÇÃO DE PROBLEMAS Sugiro seguir essas medidas para solucionar problemas. Identifique o problema.  Ex.: O Parequedista

Priorize o problema.  Quer você tenha que enfrentar três problemas, trinta ou trezentos, "organize-os em fila indiana a fim de encará-los um de cada vez".

79


5-LIDERANÇA RÁPIDA: RESOLVENSO PROBLEMAS Defina o problema.  Responda à seguinte pergunta com uma só frase: "Qual é o problema?"  Definir um problema numa só frase é um processo de quatro estágios.

1. FACA AS PERGUNTAS CERTAS.  Não faça uma pergunta genérica do tipo, "O que está acontecendo aqui?". Em vez disso, faça perguntas relacionadas com o processo.

2. FALE COM AS PESSOAS CERTAS.  Cuidado com autoridades que assumem uma postura nós-sabemos-mais. Essas pessoas têm pontos cegos e são resistentes a mudanças. A criatividade é essencial à solução de problemas.

3. OBTENHA OS VERDADEIROS FATOS.  Uma vez que os fatos sejam claros, as decisões pularão em cima de você. *

4. ENVOLVA-SE NO PROCESSO.  A maioria dos problemas não é o que parece.

80


5-LIDERANÇA RÁPIDA: RESOLVENSO PROBLEMAS Selecione pessoas para ajudá-lo no processo de solucionar problemas.  Antes de convidar pessoas para participar de uma reunião que tenha por objetivo solucionar problemas, faça essas perguntas: – – – –

Trata-se de um problema real? É urgente? A verdadeira natureza do problema é conhecida? É específico? (Quando as pessoas falam sobre tudo acabam falando sobre nada.) – O grupo mais capacitado para discutir o problema foi convidado e cada participante está preocupado em resolver o assunto?

81


5-LIDERANÇA RÁPIDA: RESOLVENSO PROBLEMAS Levante as causas do problema. – Liste todas as possíveis causas do problema, perguntando o que o motivou e como poderá ser evitado no futuro. – Colija soluções para o problema. – Liste tantas soluções para um problema quanto possível. Quanto mais, melhor. – Raramente existe uma só maneira de resolver um problema. – O líder sem uma solução de suporte para a primeira resposta logo estará em dificuldade.

Priorize e selecione as "melhores" soluções. – Pense todas as possíveis soluções antes de decidir. As seguintes perguntas deverão sempre ser feitas pelo líder: » Qual das soluções tem o maior potencial para estar certa? » Qual das soluções atende aos melhores interesses da igreja? » Qual das soluções conta com o momento e a hora a seu favor? » Qual das soluções reúne mais chances de ser bem-sucedida? 82


5-LIDERANÇA RÁPIDA: RESOLVENSO PROBLEMAS  Estabeleça princípios ou práticas para impedir que os problemas se repitam. – Práticas são fixadas para determinada função numa área específica – Princípios são normas para todos e são mais genéricos. – As políticas mudam quando sua aplicação não é mais essencial. Os princípios não mudam. » As práticas são muitas » Os princípios são poucos » As práticas mudam » Os princípios são imutáveis. – As práticas nunca devem ser mantidas quando se tornam uma camisa de força – Um princípio da Videira é: "Ouça sempre os dois lados." – Para ministrar princípios eficientemente a meu pessoal, preciso: » Modelá-lo, » Inter-relacioná-lo fazendo a seguinte pergunta: "Como posso usar isso em minha vida?" » Aplaudi-lo quando vejo o princípio sendo aplicado à83 sua vida.


5-LIDERANÇA RÁPIDA: RESOLVENSO PROBLEMAS  Se você sempre soluciona os problemas e nunca ensina às pessoas que o cercam a pensar e decidir por conta própria, terá um grupo dependente de seguidores.  As sugestões de abordagens eficientes: – Nunca permita que os outros pensem que você tem sempre as melhores respostas. Isso só os tornará dependentes de você. – Faça perguntas. Ajude as pessoas a pensar por todo o processo de seu problema. – Torne-se um treinador, não um rei. Um treinador extrai o que há de melhor nos outros, ajudando-os a descobrir seu potencial por uma profunda introspecção. Um rei só dá ordens. – Relacione as soluções dos outros no papel. Integre suas idéias às deles até que eles assumam a propriedade delas. – Peça-lhes para decidir qual é a melhor solução para seu problema. – Desenvolva um plano de jogo. – Peça-lhes para assumir propriedade e responsabilidade para o plano de jogo.

 Que no fim outro tenha resolvido o problema e não você 84 de profundidade.  O relacionamento com você não será de dependência, mas


6-O ALGO MAIS EM LIDERANÇA: ATITUDE Deus decidiu – Criação Adão e Eva decidiram – Arvore do conhecimento Noé decidiu – Arca Abraão decidiu – Isaque Moisés decidiu – Desafio Jesus decidiu – Cruz Os heróis da fé decidiram – fecharam boca de leões 85


6-O ALGO MAIS EM LIDERANÇA: ATITUDE 95 por cento das qualidades pelas quais os amigos são admirados se referem a atitudes. “Tudo que colocares a mão prosperará” Não podemos mudar nosso passado, alterar o inevitável – as pessoas agirão de certas maneiras 10% o que acontece – 90% como reajo Liderança: posição ou disposição? Atitudes certas – Atmosfera certas – reações corretas 86


6-O ALGO MAIS EM LIDERANÇA: ATITUDE Nossas atitudes são nossos bens mais importantes. – – – – – –

Cem atitudes positivas nuca atingiremos 100% do potencial Pesquisa do Instituto Carnegie * Nossas atitudes determinam o que vemos e como gerimos nossos sentimentos Sábio Chinês e as batidas do coração – nas montanhas A experiência da escola em São Francisco* Liderança tem menos a ver com a posição do que com disposição.

É improvável que uma pessoa com atitude negativa possa ser continuamente um sucesso. – Não podemos funcionar se não acreditarmos em nós mesmos – A atitude de um líder é percebida por seus liderados mais rapidamente do que suas ações. – O homem que vence, nem sempre é o mais forte, mas o que acha eu pode vencer – O negativo pode começar bem, mas logo cairá

87


6-O ALGO MAIS EM LIDERANÇA: ATITUDE

 Somos responsáveis por nossas atitudes.

– Você é hoje o que decidiu ser a 10 anos – O pessimista se queixa do vento. O otimista espera que ele mude. O líder ajusta as velas. – A vida é uma escolha contínua – Notou uma coisa? Estão sempre culpando alguém por seus problemas. – O dia mais gratificante em sua vida e na minha é aquele em que assumimos total responsabilidade por nossas atitudes. Nesse dia realmente crescemos. – Não podemos controlar quantos anos viveremos, mas podemos escolher quanta vida esses anos terão. – Não podemos controlar a beleza do nosso rosto, mas podemos controlar sua expressão. – Não podemos controlar os momentos difíceis da vida, mas podemos decidir fazer a vida menos difícil. – Não podemos controlar a atmosfera negativa do mundo, mas podemos controlar a atmosfera de nossas mentes. – Freqüentemente, tentamos escolher e controlar coisas que não podemos. 88 atitude. – Poucas vezes, resolvemos controlar o que podemos... nossa


6-O ALGO MAIS EM LIDERANÇA: ATITUDE Não importa o que me acontece mas o que acontece em mim.  Ex.: Campo de concentração*

A atitude do líder ajuda a determinar as atitudes,dos liderados.  Pessoas pegam nossas atitudes, como pegam resfriado – basta estar perto  Somos responsáveis diante de Deus pela atitude de nosso povo  Não importa que digam que você não é capaz de fazer. O que importa, a única coisa que importa, é se você disser.  A atitude de um líder é apanhada por seus liderados mais rapidamente do que suas ações.  Uma atitude é refletida por outros mesmo quando eles não sigam a ação.

COMO MUDAR SUA ATITUDE  Muitas pessoas parecem sofrer de psicoesclerose. Psicoesclerose é como a arterioesclerose, que consiste no endurecimento das artérias. Psicoesclerose é o endurecimento das atitudes. 89


6-O ALGO MAIS EM LIDERANÇA: ATITUDE  Os tópicos seguintes o ajudarão a mudar sua atitude.  Os Seis Estádios da Mudança de Atitude

1. IDENTIFIQUE SENTIMENTOS PROBLEMÁTICOS.  Este é o primeiro estágio de conscientização e o mais fácil de declarar.

2. IDENTIFIQUE COMPORTAMENTO PROBLEMÁTICO.  Agora penetramos abaixo da superfície. O que provoca sentimentos errados? Anote ações que resultam em sentimentos negativos.

3. IDENTIFIQUE RACIOCÍNIO PROBLEMÁTICO.  "Aquele que prende nossa atenção determina nossa ação."  Quem controla a informação, controla o resultado

4. IDENTIFIQUE RACIOCÍNIO CERTO.  Escreva o pensamento que seja certo e que você deseje.  Controle seus pensamentos e você controlará seus sentimentos 90


6-O ALGO MAIS EM LIDERANÇA: ATITUDE 5. ASSUMA UM COMPROMISSO PÚBLICO COM O PENSAMENTO CERTO.  Um compromisso público torna-se um compromisso poderoso.

6. DESENVOLVA UM PLANO PARA O PENSAMENTO CERTO.  Esse plano deverá incluir: – – – – –

Uma definição por escrito do pensamento certo desejado Um critério para medir o progresso Uma pessoa a quem você preste contas Uma dieta diária de leitura inspirativa Associação com pessoas que pensem certo

Esse é um plano geral para o auto-aperfeiçoamento da atitude. As medidas seguintes aumentarão a probabilidade de seu sucesso. 91


6-O ALGO MAIS EM LIDERANÇA: ATITUDE Resolva.  Poderão? Ou seja: É a hora certa?  Assumirão? Ou seja: A temperatura deles é quente?

Reformule.  Os vencedores pensam: Eu posso, Eu farei, Eu sou.  Os perdedores, por outro lado, concentram seus pensamentos no que deveriam ter feito ou no que não fizeram.  Posso não ser capaz de mudar o mundo que vejo à minha volta, mas posso mudar a maneira como vejo o mundo dentro de mim. 92


6-O ALGO MAIS EM LIDERANÇA: ATITUDE Reassuma.  Mude seu pensamento e você mudará seu comportamento  Comece a desempenhar o papel da pessoa que você quer ser.  Aja de acordo com o comportamento que você admira tornando-o seu comportamento. Muitas pessoas querem sentir primeiro para depois agir. Isso nunca funciona.  Motivação não o atingirá como um raio.  Esqueça a motivação. Faça o que tiver de ser feito. E então, adivinhe? A motivação virá  É mais provável que você chegue ao sentimento pela ação do que à ação pelo sentimento. Portanto, aja! Faça o que lhe compete fazer. 93


6-O ALGO MAIS EM LIDERANÇA: ATITUDE Repita.  "Atitudes não são nada mais do que hábitos do pensamento, e os hábitos podem ser adquiridos. Uma atitude repetida torna-se uma atitude realizada."

Renove.  Felizmente, ao longo de certo período de tempo uma atitude positiva pode substituir uma negativa.  Quanto mais os pensamentos negativos forem erradicados e substituídos por outros bons, maior será a renovação pessoal experimentada. 94


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE       

O que influencia outros a liderar terceiros é um líder sem limitações. Não será um grande líder o homem que quiser fazer tudo sozinho. Saber como executar uma tarefa é uma condição de trabalho; Estar disponível para ensinar aos outros compete ao professor; Inspirar os outros a realizar um trabalho melhor é função da gerência; Poder fazer as três coisas é obra dos verdadeiros líderes. Há três níveis de pessoas/qualificações: – Nível 1: A pessoa que trabalha melhor com outras pessoas é um seguidor. – Nível 2: A pessoa que ajuda as pessoas a trabalharem melhor é um gerente. – Nível 3: A pessoa que desenvolve melhor pessoas parao trabalho é um líder.

95


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE PRINCÍPIOS PARA O DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS Meu sucesso em desenvolver pessoas dependerá da maneira como me sair em cada um dos seguintes enfoques: – – – – –

Valorização das pessoas. Esta é uma questão que envolve minha atitude. Compromisso com as pessoas. Depende de meu tempo disponível. Integridade com as pessoas. Tem a ver com meu caráter. Padrão para as pessoas. É fixado em função de minha visão. Influência sobre as pessoas. Resultada liderança.

Formadores bem-sucedidos de pessoas:  1. Fazem uma avaliação correta das pessoas;  2. Fazem perguntas certas sobre as pessoas;  3. Dão assistência certa às pessoas.

96


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE FORMADORES BEM-SUCEDIDOS DE PESSOAS... FAZEM SUPOSIÇÕES CORRETAS SOBRE PESSOAS Como você vê as pessoas, influenciará completamente sua liderança sobre ela (+ - ) Algumas suposições sobre pessoas valiosas:

Suposição: Todos querem se sentir Possuidores de algum mérito. As pessoas tem o desejo de se sentirem importantes! Desenvolva sua capacidade de fazer os outros se sentirem importantes. Ex.: Napoleão Bonaparte 97


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE Suposição: Todos precisam de estímulo e respondem a ele. As pessoas respondem mais em um clima de aprovação do que de crítica O estímulo é o oxigênio da alma. Mostre as pessoas o que elas poderiam ser e elas serão Um grande líder tem um jeito de fazer com que os liderados pensem que são melhores do que se julgam na realidade. Ele o obriga a ter uma boa opinião a seu respeito. Faz você saber que ele acredita em você. Ex.: Henry Ford disse: 98


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE Suposição: O pessoal "compra" o líder antes de "comprar" sua liderança. As pessoas não se importam com quanto você sabe até saberem o quanto você se importa. Se as pessoas não acreditam no líder, qualquer pretexto as impedirá de segui-lo. Quando as pessoas acreditam em seu líder nada as detêm.

99


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE Suposição: A maioria das pessoas não sabe ser bem sucedida.  Sucesso não é uma questão de sorte como se pensa  Sucesso é na realidade resultante de planejamento. Acontece quando o preparo e a oportunidade se encontram.  Sucesso é na verdade um processo. É crescimento e desenvolvimento. É uma jornada.  Sucesso é aprender com o fracasso.  Fracasso é a oportunidade de recomeçar mais inteligentemente.  O fracasso só se torna efetivamente um fracasso quando não aprendemos com ele.

Suposição: A maioria das pessoas é naturalmente motivada.  O verdadeiro segredo da motivação é criar um ambiente em que as pessoas estejam livres das influências que desmotivam.

100


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE O QUE MOTIVA AS PESSOAS? Contribuições significativas. Participaram no objetivo. Insatisfação positiva. Reconhecimento. Expectativas claras. 101


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE O QUE DESMOTIVA AS PESSOAS?  Não diminua ninguém.  Se tiver que fazer críticas, lembre-se de que são necessários nove comentários positivos para desfazer uma impressão negativa.  Não manipule ninguém.  Lembre-se, é dando que se recebe.  Não seja insensível.  Faça das pessoas sua prioridade.  Fale pouco, desenvolva a arte de ouvir.  Não desestimule o crescimento pessoal.  Dê uma força para seu pessoal se expandir.  Não devemos nos sentir ameaçados

102


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE OS FORMADORES BEM-SUCEDIDOS DE PESSOAS... FAZEM AS PERGUNTAS CERTAS SOBRE AS PESSOAS  ESTOU REALMENTE FORMANDO PESSOAS OU CONSTRUINDO MEU SONHO E USANDO PESSOAS PARA ISSO? – O pessoal deve vir em primeiro lugar. – Essa pergunta remete aos motivos do líder. Há uma pequena mas significativa diferença entre manipulação e motivação: – Manipulação é agir em conjunto para meu proveito. – Motivação é agir em conjunto para proveito mútuo.

IMPORTO-ME SUFICIENTEMENTE DE CONFRONTAR PESSOAS QUANDO ISSO FIZER UMA DIFERENÇA?  Esclareça o assunto em vez de se confrontar com a pessoa. Depois siga esses dez mandamentos:

103


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE Os Dez Mandamentos da Confrontação 1.Faça-a reservadamente, não em público. 2.Faça-a o mais depressa possível. 3.Aborde um assunto de cada vês. 4.Tendo deixado clara sua opinião, não fique repetindo-a. 5.Trate apenas de coisas que a pessoa possa mudar. 6.Evite o sarcasmo. 7.Evite palavras como sempre e nunca. 8.Não se desculpe pela reunião de confrontação. 9.Não esqueça os elogios. 104


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE ESTOU OUVINDO AS PESSOAS COM ALGO MAIS DO QUE MEUS OUVIDOS; ESTOU OUVINDO MAIS DO QUE PALAVRAS?  Sou Um Bom Ouvinte? – Marque quatro pontos se a resposta às seguintes perguntas for Geralmente; dois se for Raramente; e um se for Nunca. • - Permito que o interlocutor termine sem interrompê-lo? • - Quando escrevo uma mensagem, ouço e escrevo os principais fatos e frases? • - Repito o que a pessoa acabou de dizer para deixar claro seu sentido? • - Evito me tornar hostil e/ou agitado quando discordo do interlocutor? • - Elimino distrações quando estou ouvindo? • - Esforço-me para parecer interessado no que a outra pessoa está dizendo?

105


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE Placar:  26 ou mais: Você é um excelente ouvinte.  22 a 25: Melhor do que a média.  18 a 21: Pode melhorar.  17 ou menos: Comece a praticar imediatamente a arte de ouvir.

O que a maioria das pessoas realmente quer é ser ouvida, respeitada e compreendida. No momento em que percebem que estão sendo compreendidas, tornam-se mais motivadas para compreender seu ponto de vista." 106


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE QUAIS SÃO OS PONTOS FORTES DESSE INDIVÍDUO? Encaixe as pessoas no lugar de maior chance potencial

ATRIBUÍ ALTA PRIORIDADE AO TRABALHO? As quatro palavras mais estimulantes são: "Fará uma grande diferença."

DEMONSTREI AS VANTAGENS QUE A PESSOA TERÁ COM ESSA TAREFA? A razão pela qual as pessoas não compareceram à reunião que lhe deu tanto trabalho para organizar é muito simples: Elas não viram o que poderiam lucrar comparecendo. 107


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE FORMADORES BEM-SUCEDIDOS DE PESSOAS... ASSISTEM CORRETAMENTE AS PESSOAS  Preciso explorar seus pontos fortes e trabalhar suas fraquezas.  A pergunta não é: "Quanto essa pessoa produz?"

Devo me entregar a elas.  Você pode impressionar as pessoas a distância, mas só pode impactá-las de perto. – Relacione todas as pessoas com quem esteve mais de trinta minutos esta semana. – A iniciativa do encontro partiu de você ou delas? – Você tinha uma agenda antes do encontro? – Qual foi o objetivo do encontro: relacionamentos, aconselhamento, supervisão ou desenvolvimento? – Foi um encontro vantajoso para ambas as partes? – Foi com os 20 por cento influentes ou os 80 por cento inexpressivos? 108 – Queira bem a todos, mas ...*


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE Devo dar-lhes todas as chances de se tornarem bem-sucedidos. *  Minha responsabilidade como líder é dar assistência aos que trabalham comigo, proporcionando-lhes: – – – – –

Uma ótima atmosfera de trabalho. As ferramentas adequadas para trabalhar. Um programa de treinamento contínuo. Pessoal capacitado com quem trabalhar. Crie uma equipe. Uma visão inspirativa pela qual trabalhar.

 Líderes excepcionais acrescentam qualificações a seus comandados e os ajudam a se tornarem melhores do que seriam se trabalhassem sozinhos.  A primeira pergunta que um líder deve se fazer é: "Como posso ajudar os que me cercam a serem mais bem-sucedidos?

109


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE PRINCÍPIOS DE DESENVOLVIMENTO DE PESSOAS Desenvolver pessoas exige tempo. É melhor treinar dez pessoas a trabalhar do que fazer o trabalho de dez pessoas, mas é mais difícil. "O homem que caminha só pode começar o dia. Mas o que viaja com outro precisa esperar até que o outro esteja pronto. -

As qualificações de cada um são essenciais para o sucesso O ingrediente mais importante na fórmula do sucesso é saber como conviver com as pessoas e descobrir o seu potencial. 110


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE Seja um modelo que os outros possam seguir As pessoas fazem o que as pessoas vêem. A velocidade do líder determina a velocidade dos liderados. Ação *Resultado.     

Eu faço: Eu faço e você está comigo: Você faz e eu estou com você você faz Você faz e alguém está com você

*Eu modelo. *Eu oriento. *Eu supervisiono. *Você avança *Nós multiplicamos

As mentes das pessoas são mudadas mais pela observação do que por argumentos. 111


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE Lidere os outros olhando através dos olhos deles.  Qualquer líder que tenha êxito no trato com um grupo de pessoas percebe que cada integrante do grupo tem sua agenda e percepção de como são as coisas.  As perguntas que seguem o ajudarão a descobrir a agenda de outra pessoa nas mais variadas situações:  O desenvolvimento das pessoas é mais bem sucedido quando eu:  Ouço suficientemente bem para liderar através de seus olhos;  Relaciono-me suficientemente bem para me comunicar com seus corações;  Trabalho suficientemente bem para pôr ferramentas em suas mãos;  Penso suficientemente bem para desafiar e expandir suas mentes.

112


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE Os líderes têm que cuidar das pessoas antes de poderem desenvolvê-las. Freqüentemente vejo líderes que solicitam compromissos de pessoas sem lhes manifestar a devida atenção.

Os formadores de pessoal procuram oportunidades para expandir as pessoas. A maioria das pessoas em posições de liderança diariamente rouba o alimento do ego de alguém - a satisfação de suas necessidades de estima. Exemplo 113


7- DESENVOLVENDO SEU TRUNFO MAIS PRECIOSO: GENTE As principais causas de inquietação entre os liderados são ações que bons líderes podem evitar.       

1. Falha em dar crédito a sugestões. 2. Falha em corrigir ressentimentos. 3. Falha em estimular. 4. Criticar liderados na frente de outras pessoas. 5. Falha em pedir aos liderados suas opiniões. 6. Falha em informar os liderados de seu progresso. 7. Favoritismo.

Um dos melhores conselhos que você poderá encontrar para ser um bom líder é transmitido por um velho poema chinês. – Acerque-se das pessoas, Viva entre elas.Aprenda com elas.Ame-as. Comece com o que elas sabem. Construa em cima do que possuem. Mas dos melhores líderes, Quando sua tarefa tiver sido cumprida, Seu trabalho concluído, 114 As pessoas dirão, "Fomos nós que fizemos".


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO *Todos os líderes autênticos têm uma visão do que pretendem realizar.  Essa visão torna-se a energia por trás de cada esforço e a força que perpassa todos os problemas.  Guiado por essa visão, o líder assume uma missão e um espírito contagiante emerge da multidão enquanto as pessoas começam a se alinhar a seu lado...

DECLARAÇÕES DE VISÃO    

O que você vê é o que você pode ser. Isso tem a ver com seu potencial. Muitas vezes me perguntei: A visão faz o líder? Ou o líder é quem faz a visão? Acredito que a visão venha primeiro. Peca a visão e você perderá a liderança Alie a visão a um líder disposto a implementar seu sonho e tem início um movimento.  As pessoas não perseguem um sonho em si mesmo.  Seguem o líder que teve o sonho e a habilidade de comunicá-lo eficientemente

115


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO Quatro Níveis de Visão das Pessoas 1.Algumas pessoas nunca vêem. (São almas errantes.) 2.Algumas pessoas vêem mas não seguem por conta própria. (São prosélitos.) 3.Algumas pessoas vêem e seguem. (São realizadores.) 4.Algumas pessoas vêem, seguem e ajudam outros a ver. (São líderes.)

116


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO Você vê o que está preparado para ver.  Isso tem a ver com percepção. Vivemos todos debaixo do mesmo céu, mas não temos todos o mesmo horizonte."  Todos os grandes líderes possuem duas coisas:  Sabem o que estão fazendo  São capazes de persuadir outras pessoas a segui-los.  Os líderes nunca podem levar seus liderados além dos caminhos por eles já trilhados.  Tal líder, tal liderado.  Por que duas pessoas podem estar no mesmo luar, na mesma hora, e verem coisas inteiramente diferentes?  E simples. Vemos o que estamos preparados para ver, não o que é na realidade.  Todo líder bem-sucedido faz três perguntas: O que os outros vêem; por que vêem desse modo; e como posso mudar sua percepção?

117


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO O que você vê é o quer você consegue. "Tenha presente a diferença entre a mentalidade de um vencedor e a de um derrotado. Os vencedores empenham-se em ganharem grande estilo Os perdedores, entretanto, não se concentram em ganhar; contentam-se em ir levando!"2 Pergunte-se constantemente: "Sobrevivência, sucesso ou significação?" Se você tivesse tudo o que quisesse - tempo ilimitado, dinheiro ilimitado, informação ilimitada, pessoal ilimitado todos os recursos que solicitasse, o quê você faria? Sua resposta a essa pergunta é seu sonho. Faça com que ele valha a pena. 118


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO PROPRIEDADE PESSOAL DE UMA VISÃO Os seguidores descobrem o líder e depois a visão. Os líderes descobrem a visão e depois seus prosélitos. Uma das perguntas mais comuns feitas por pessoas em posições de liderança é: "Como conseguir uma visão de minha organização?" A pergunta é crucial. Embora não possa lhe dar uma visão, posso compartilhar com você o processo de encontrar uma para você e as pessoas que o cercam. 119


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO VEJA DENTRO DE VOCÊ: O QUE VOCÊ SENTE?  A essência da liderança é ter uma visão. Tem que ser uma visão que você possa articular clara e incisivamente em todas as ocasiões.  Há uma enorme diferença entre uma pessoa com visão e um visionário. – – – – – –

Uma pessoa com visão fala pouco mas faz muito. Uma pessoa visionária fala muito mas faz pouco. Uma pessoa com visão encontra força em convicções íntimas. Uma pessoa visionária encontra força em condições externas. Uma pessoa com visão prossegue quando surgem os problemas. Uma pessoa visionária desiste quando o caminho se torna difícil.

 Ex.: de Grandes personalidades  O que deu a esses grandes homens a força para superar graves deficiências e se tornarem bem-sucedidos?  Cada um deles tinha um sonho íntimo cuja chama não pôde ser extinta. 120  As grandes visões começam num processo íntimo.


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO OLHE PARA TRÁS: O QUE FOI QUE APRENDEU?  Uma pessoa inexperiente tem uma visão idealista*...  Uma pessoa experiente sabe que os indivíduos compram primeiro o líder, pelo que ele é, antes de comprar a visão.  Líderes experimentados sabem que as pessoas são volúveis e os sonhos são frágeis.  A experiência me ensinou os seguintes princípios sobre visão: – A credibilidade de uma visão é determinada pelo líder. – A aceitação de uma visão é determinada pelo momento certo de sua apresentação. – O valor de uma visão é determinado pela energia e direção que ela imprime. – A avaliação de uma visão é determinada pelo nível de comprometimento das pessoas. – O sucesso de uma visão é determinado pela propriedade comum, tanto do líder quanto dos liderados.

121


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO OLHE A SUA VOLTA: O QUE ESTÁ ACONTECENDO COM OS OUTROS?  Uma boa idéia torna-se uma grande idéia quando as pessoas estão prontas.  O indivíduo que se mostre impaciente com as pessoas falhará na liderança.  A evidência da força está não em disparar na frente, mas em adaptar seu passo ao ritmo mais lento dos outros sem prejudicar sua liderança.

OLHE A SUA FRENTE: QUAL É O GRANDE QUADRO?  Essa pergunta freqüentemente separa os líderes dos gerentes.  Os líderes preocupam-se com o objetivo básico da organização - por que ela existe e o que deve realizar.  Não estão preocupados com os detalhes operacionais.

122


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO OLHE PARA CIMA DE VOCÊ: O QUE DEUS ESPERA DE VOCÊ?  Há sempre um homem que conhece seu Deus e sabe para onde ele está indo."  O dom de Deus para mim é meu potencial. Minha retribuição a Deus é o que faço com esse potencial.  Que terrível desperdício de vida galgar a escada do sucesso para descobrir ao chegar ao topo que estava apoiada no edifício errado.  As grandes visões são maiores do que a pessoa.

OLHE A SEU LADO: QUAIS OS RECURSOS DE QUE DISPÕE?  Uma visão deve ser maior do que a pessoa que a tem.  Sua realização deve ser o resultado da contribuição de muitas pessoas.  O líder experiente está sempre à procura de outros para que o sonho se torne realidade.  O líder passa continuamente a visão para os que estão a sua volta, pois sabe que os sonhos, quando apresentados corretamente, são123 contagiantes.


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO PROPRIEDADE CORPORATIVA DE UMA VISÃO  Uma visão é um quadro claro do que o líder vê seu grupo ser ou fazer.  Os líderes que comunicam eficientemente seus objetivos a seus liderados realizam muito mais do que os que não o fazem.  Líderes bem-sucedidos vêem em três níveis: – Nível 1. Percepção: Vêem o presente com olhos realistas. – Nível 2. Probabilidade: Vêem o futuro com olhos de discernimento. – Nível 3. Possibilidade: Vêem o que poderá ser com olhos de visão.

 Um futurista vive apenas no Nível 3. Um previsor vive somente no Nível 2. Um seguidor vive só no Nível 1. Um líder vive no Nível 3, lidera no Nível 2 e ouve no Nível 1.  Surpreendentemente, a projeção de uma visão não começa no Nível 3 (o grande quadro).  Começa no Nível 1 (o pequeno quadro) e só será bem-sucedida se o líder puder influenciar o Nível 2 (o próximo quadro).

124


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO Compreendendo o que perturba uma visão - Nível 1  Vemos as coisas, não como elas são, mas como somos.  Há dez tipos de pessoas que geralmente interferem na visão de uma organização.

1. LÍDERES LIMITADOS.  Tudo sobe e desce em função da liderança. Um líder limitado não terá a visão ou não terá capacidade para passá-la adiante com êxito.

2. PENSADORES CONCRETOS.  Alguns homens vêem as coisas como elas são e dizem: Por quê?' (pensador concreto). Eu sonho com coisas que nunca foram e digo: Por que não?' (pensador criativo)."

3. FALASTRÕES DOGMÁTICOS.  Muitas visões não são concretizadas por causa de pessoas fortemente dogmáticas 125


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO 4. PERDEDORES CONTUMAZES.  Muita gente olha para seus fracassos, passados e tem medo de arriscar a sorte numa visão.  Seu lema é: "Se você não for bem-sucedido inicialmente, destrua todas as provas de que tentou." Eles também destroem a tentativa de qualquer um arriscar novamente.

5. ACOMODADOS.  Somos a geração da auto preservação  Nos calcanhares do conforto vem a complacência; da previsibilidade, o tédio; e da segurança, a falta de visão.  Um ninho é bom para um pássaro enquanto é um ovo. Mas não é bom para ele quando tem asas. É sempre triste quando as pessoas relutam em deixar os ninhos de suas vidas.

6. AMANTES DA TRADIÇÃO.

126


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO 7. RECENSEADORES.  Algumas pessoas nunca se sentem bem quando saem da multidão.  Essas pessoas só aderirão à visão quando a maioria o fizer. Nunca estão na vanguarda.

8. PERCEBEDORES DE PROBLEMAS.  Há quem veja um problema em toda solução.  Geralmente obstáculos são as coisas que você vê quando desvia os olhos do objetivo.  Detectar problemas não é sinal de maturidade...

9. EGOÍSTAS.  As pessoas que vivem para si mesmas fazem parte de um pequeno e poderoso grupo.  Grandes objetivos só são alcançados pelo esforço unido de muitos. 127  Pessoas egoístas são os demolidores da visão.


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO 10. PREVISORES DE FRACASSOS. Algumas pessoas têm a faculdade de tocar nas teclas erradas. Extraem apenas dissonância dos melhores instrumentos. Todas as suas canções são em tom menor. Transmitem a nota de pessimismo para toda parte. A sombra domina todos os seus quadros. Sua aparência é sempre lúgubre, os tempos são sempre ruins e o dinheiro apertado. Tudo nelas parece se contrair; nada em suas vidas se expande ou cresce. 128


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO

Estabelecendo o Ambiente Adequado - Nível 2

 Conhecer as pessoas e as chaves de suas vidas permitirá ao líder evoluir para o "próximo quadro" no Nível 2.  É essencial que o líder comece a influenciar o que será visto pelas pessoas.

JUNTE-SE A ELAS.  Deixe que elas vejam seu coração antes de verem sua esperança.  As pessoas não se importam com quanto você vê até verem o quanto você se importa.  Cultive a confiança. Seja transparente e paciente. Comece onde elas estão vendo através de seus olhos.  Procure descobrir suas esperanças e seus sonhos.

PINTE O QUADRO PARA ELAS.  Os grandes líderes explicam sua visão pintando um quadro para as pessoas.  Toda grande visão tem certos ingredientes, e o grande líder faz as pessoas compreendê-los, apreciá-los e "vê-los". 129


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO

HORIZONTES:

 A visão que um líder tem do horizonte permite as pessoas verem a dimensão de suas possibilidades.  Cada indivíduo determinará a altura que ele quer atingir.  Sua responsabilidade é pôr bastante céu no quadro.

SOL:    

Este elemento representa calor e esperança. A luz desperta o otimismo nas pessoas. A função primordial do líder é manter acesa a esperança. Os líderes são os negociantes da esperança."

MONTANHAS:  Cada visão tem seus desafios.  A primeira coisa que você faz é ensinar as pessoas a sentir que a visão é muito importante e quase impossível.

130


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO PÁSSAROS;  Este elemento representa a liberdade e o espírito do homem.  Ver uma águia alçar vôo faz com que você sinta seu espírito ganhar asas.  "As guerras podem ser travadas com armas, mas é o espírito do homem que combate, e o homem que lidera é que recebe os louros da vitória."

FLORES:  A jornada para a realização de qualquer grande visão leva tempo.  Certifique-se de que o cenário inclui paradas para descanso  Lugares para aspirarmos o perfume das flores e nos refrescarmos mental e fisicamente. Sucesso é a realização progressiva de um objetivo predeterminado e meritório.

CAMINHO:  As pessoas necessitam de rumo, lugar para começar e caminho para seguir.  Não basta ter uma grande visão, é preciso saber como chegar lá.

131


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO VOCÊ: Nunca pinte a visão sem se incluir no quadro. Isso demonstrará seu compromisso com a visão e seu desejo de caminhar com as pessoas pelo processo. Elas precisam de um modelo para seguir.

PONHA AS COISAS QUE ELAS AMAM NO QUADRO. As pessoas carregam retratos de outras pessoas e coisas que amam. Ponha as coisas que são importantes para as pessoas no campo da visão e você transferirá a visão para as pessoas. 132


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO Abrindo os Olhos para as Possibilidades - Nível 3 Como desenvolver as pessoas de maneira que se adaptem ao tamanho da visão? Isso representa o que o líder deve fazer continuamente... Estimular o crescimento das pessoas a partir do momento em que elas a vêem. Há diversos passos a serem dados pelo líder no Nível 3.  Primeiro, ele deverá procurar e encontrar vencedores para incluir na equipe. 133


8-A INDISPENSÁVEL QUALIDADE DE LIDERANÇA: VISÃO

As seguintes qualidades de vencedores orientarão a procura:

 Os vencedores são menos sensíveis à desaprovação e à rejeição - tiram de letra.  Os vencedores pensam em termos de "resultado final".  Os vencedores concentram-se na tarefa que tiverem em mãos.  Os vencedores se recusam a equacionar o fracasso com o valor pessoal.  Os vencedores não se limitam a pensar de acordo com padrões rígidos, estabelecidos.  Os vencedores vêem o quadro grande.  Os vencedores recebem com entusiasmo e otimismo o desafio.  Os vencedores não perdem tempo com pensamentos improdutivos.

A visão fortalece o líder que a possui. O líder dotado de visão acredita não somente que o que ele visualiza 134 possa ser feito, mas que precisa ser feito.


DESENVOLVA SUA LIDERANÇA