Page 1

Potiguar Capa:2.qxd 05/03/2014 19:10 Page 2

Show de Valéria Oliveira no Dia da Mulher

Entrevista com prefeito Jaime Calado ››

››

Municípios. Capa

Pág. 7

www.potiguarnoticias.com.br

Parnamirim - 7 de março de 2014- Sexta-feira

Ano 16 - número 519- R$ 1,50

Potiguar Notícias

GENTE DEMAIS, ESPAÇO DE MENOS

Caderno Especial Dia da Mulher

Betinho critica projeto de Henrique que cheira a acordão e que “vai degrigolar” ›› Página 3

Assembleia vai definir comissões temáticas ››

Página 3

Fotógrafos no Cajueiro ››

Confira fotos e fatos de Parnamirim e municípios Cefas Carvalho

Conto sobre a paixão sem futuro do pierrô pela colombina

››

Pág 7

Página 7

Entrevista com Diógenes Neto ››

. Pág. 4

Naur Ferreira fala sobre obras ››

Pinto Júnior

O carnaval de nossa vida (e da política potiguar)

›› Página 5

Evandro Borges

Parnamirim.Capa

Claudino Filho

Daniel Costa

Valério Mesquita

Sobre o encerramento do carnaval nos municípios

O universo evangélico do RN e do Brasil

O Gringo´s dos romances policiais

Penosas travessias: Mais histórias picarescas e engraçadas

›› Mun. Pág. 3

›› Parn. Página 2

›› Pág. 2

›› Pág. 2


Potiguar 2:2.qxd 05/03/2014 18:51 Page 2

PÁGINA 2

OpiniãO

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

ARTIGOS

PENOSAS TRAVESSIAS Valério Mesquita

Escritor

01) Em Mossoró, Onaci Carneiro Vaz, desfrutava da maior confiança do grupo Rosado. Era um “eterno secretário de finanças”. Certa vez, o deputado Vingt Rosado, homem de palavra, sempre atento ao pedido dos amigos, mandou o filho de um correligionário para Onaci colocá-lo na prefeitura. O moço apresentou-se ao secretário que, fazendo pouco caso afirmou: “O deputado não sabe que aqui não tem vaga? Não posso fazer nada”. O rapaz ainda aguardou uns minutos, mas viu que a resposta havia sido dada em caráter definitivo. Segurou o cartão e foi embora. Chegando onde estava o deputado Vingt, este perguntou: “Deu certo? Começa quando?”. O jabuti respondeu: “Doutor Vingt, Onaci disse que lá não tinha vaga e que não podia fazer nada”. Vingt Rosado, para quem a palavra dada era questão de honra, pegou o telefone e vociferou: “Onaci, aqui é Vingt”, continuou, “na sua secretaria, tem uma cadeira

O GRINGO’S DOS ROMANCES POlICIAIS Daniel Costa

Advogado

Amigo velho, já faz um bom tempo que frequento o Gringo’s Bar, mas só agora me ocorreu que simplesmente eu não sei a origem do seu nome. Sim. Verdade. Desleixo colossal pra quem anda por lá quase toda semana, sempre se perguntando como é que um boteco com título tão pouco comercial, localizado numa praça de Ponta Negra - bairro recheado de turistas, prostitutas e proxenetas - ainda não virou uma espelunca digna dos piores puteiros italianos. Minha suspeita inicial, portanto, é que o nome teria correlação com os gringos. Seria o Gringo’s dos gringos. Uma espécie de estratégia de marketing dos seus proprietários para capturar hordas de europeus endinheirados, sedentos por mulheres e muito álcool. O problema é que eu nunca vi uma garota de programa por lá. E os seus frequentadores são figuras da mais alta linhagem que, certamente, procurariam outras paradas acaso tivessem os seus goles de rum interrompidos pelos berros de um legitimo homem-de-neandertal. Daí porque, se a ideia era mesmo a de

ÁGUAS PASSADAS NÃO MOVEM CASAMENTOS Carpinejar

Jornalista e escritora

Todo casamento é a soma de experiências únicas e intransferíveis. O casal são sempre três pessoas: o que ele é, o que ela é, o que um é com o outro. Ele pode ser algo fora dali, ela pode ser algo fora dali, e os dois podem se mostrar totalmente diferentes do que são quando combinados. A intimidade não muda as pessoas, a intimidade é o resultado da química entre as duas pessoas. A intimidade é o entrosamento secreto do casal, o que não é acessado por ne-

aí pelos corredores?”. “Que é isso, deputado, claro que tem”, foi a resposta. “Olhe Onaci, ponha uma cadeira aí na sua sala e mande esse rapaz sentar nela e coloque o nome dele na folha de pagamento deste mês”. Em seguida olhou para o protegido e disse: “Vá trabalhar. Seu pai é meu amigo e Vingt Rosado é homem de palavra.” 02) Odilon Ribeiro Coutinho e mais um grupo de amigos, percorriam o Oeste. Discursos inflamados soltavam faíscas por onde a caravana passava. Mossoró, Baraúna, São Francisco do Oeste etc. Começaram a notar que toda vez que ia falar, François Silvestre começava com uns versos extensos por demais, e que diziam: “Sou filho da gitirana, neto da jurema preta...”. E vinha discorrendo o parentesco misturado com o meio ambiente. No percurso entre uma cidade e outra, Odilon ponderou: “François, declama outra coisa. Essa estória de jurema, gitirana, urtiga, tá espinhoso demais. Adoça essa nossa caminhada, fala em rapadura, mel de engenho, que é o meu ramo”. Ai jorrou melaço pra todo o lado. 03) Garibaldi Filho, quando governador, visitava a cidade de Mossoró e sempre que possível se reunia com a bancada do seu partido. Certa vez, um vereador bacurau da velha guarda chamou-o a uma sala e reclamou: “Garibaldi me ajude, já vou com quatro man-

datos sem receber nada de seu ninguém. Meu povo”, continuou, “é fiel ao partido e eu só falto me lascar. Você sabe, aqueles favores do dia a dia...”. Garibaldi com meio sorriso, disse: “Vereador, eu não posso dar a você um cheque do meu salário, não posso também tirar dos cofres do estado e lhe dá. No entanto, abra uma fundação, crie despesas e receitas, mande a documentação pra Natal aí aparece a ajuda que você está pleiteando.” Quando Gari saiu de perto, o vereador comentou com um amigo: “Você viu? Pra mim ele é o melhor dos Alves. Viu o que ele me ensinou?”. Mais uma vez o edil não compreendera a linguagem figurada dos políticos. 04) O padre José do Vale, pároco da igreja de São João, no bairro 12 Anos (Mossoró), era o que podia ser chamado um amigão. Meio avançado, meio conservador, Zé do Vale não gostava de ser visto sem batina. Certa vez, na festa do padroeiro, girava pelas barracas. Um paroquiano com fama de namorador, estava com a mesa repleta de cervejas e três mulheres bonitas. Em tom de brincadeira, convidou: “Senta aí padre. Tome um copinho aqui no meu ceuzinho”. O padre Zé do Vale riu, e respondeu: “Danado é se eu “viajar” e não encontrar o céu... Perco o daqui e perco o de lá! E que grande tamboretada eu vou levar!”. Dúvida pro réu. Escolheu o de cima.

atrair gringos, a coisa não vingou. Produto importado só mesmo Jack Daniel’s. Pensei, então, que os donos do Gringo’s poderiam ser daquelas pessoas que acham que designação em língua estrangeira cai sempre melhor. Explico: numa republiqueta de banana, bar com nome importado se afigura mais majestoso e os bananenses adoram. Ou vai dizer que você compraria cerveja de 11 reais na Cigarreira do Wesley ou na Birosca do Wilson? Pra se ter uma ideia de como a coisa funciona, outro dia vi um salão de beleza que se chamava Claudio's Coiffeur Hair Cabeleireiro. Pois é. Qual foi a do proprietário? Simples: quanto mais estrangeirismo mais alto o preço do corte. Siga o raciocínio: imponência de um clã romano + cabeleireiro em francês + cabelo em inglês = dinheiro. Bingo! Só não sei se adiantou... Mas, deixa isso pra lá. O certo é que o nome fantasia Gringo’s pode sim ter origem nessa inteligência. E se for esse o caso, eu sou uma besta e Wesley e Wilson são dois mestres capitalistas safados. De qualquer forma, prefiro não acreditar nisso. E adianto logo que essa não é a minha tese principal. Acho mesmo que o epíteto Gringo’s foi roubado de algum romance policial. Cheguei a essa conclusão depois de ler Lawrence Block e perceber que o bar tem grife suficiente para figurar

num cenário noir. Imagine: “Madrugada. Bairro de Ponta Negra. Encontro marcado no Gringo’s, um inferninho saturado de bêbados depois da meia noite. A mistura de calor e fumaça só não é insuportável porque os seus frequentadores estão mais que distraídos depois do quinto shoot de Jägermeister. Um quadro de Jimi Hendrix chama a atenção dos passantes. O detetive Alves acaba de tomar sua terceira cerveja. Do lado esquerdo, os olhares estão voltados para um sujeito de botas, com ar sessentista, que movimenta os braços freneticamente reproduzindo o diálogo final de “Era uma vez no oeste”. Na entrada, usando óculos de aros amarelos, notório advogado tira o seu paletó ao mesmo tempo em que acena com a cabeça para o barman e pergunta pelo seu Jack Coke. Nessa hora, sem se virar, o detetive Alves grita: existiam pelo menos quatro razões! Ao menos quatro razões para aquele assassinato! No televisor de 24 polegadas, explode Cowboy From Hell”. E aí, isso não poderia perfeitamente ter inspirado os donos do bar? Pois quer saber, vou ficar com essa hipótese. E não me diga que lá só frequenta burguesia-classe-média incapaz de fazer parte sequer de uma ficção juvenil de Stella Carr, e que o Wilson foi morar nos Estados Unidos quando criança e vem daí o nome Gringo’s Bar (vamos ao Martini Lounge Bar, vamos ao bar do gringo, vamos ao Gringo’s Martini Lounge Bar). Putz, que droga! Faz favor de não estragar minha teoria com esse tipo de realidade.

nhum fofoqueiro ou paparazzi. A intimidade é como um filho espiritual, uma personalidade distinta formada a partir da união de dois temperamentos. Assim o legado de um relacionamento não tem como ser usado - eis a complicação amorosa, o xeque-mate do destino. Ninguém aprende com os erros de um casamento. O casamento é uma caixa-preta, que só serve para resolver um único e solitário desastre. Quando alguém diz que agora não vai mais errar e sabe o que falhou na convivência passada está se enganando. As relações não são estáticas e repetíveis. Você pode não ter tido paciência com uma mulher e ter o dobro de atenção com quem agora vive e não surtir nenhum efeito. Você pode não mais ser ansioso e apressado em seu romance atual, pois foram os sintomas mais criticados em sua história anterior, e não surtir nenhum efeito. Você

pode não trair e ser leal como um escoteiro, suas maiores falhas no histórico afetivo, e não surtir nenhum efeito. Arcará com consequências inéditas de uma intimidade também inédita. Consertar uma esposa com a seguinte é criar um Frankenstein. Ela não tem nada a ver com o que aconteceu anteriormente. Nem você é o mesmo, não se deixa levar pela miragem de que não saiu influenciado e alterado por tudo o que viveu. As transformações são silenciosas e sutis dentro dos hábitos, e não pensa igual e da mesma forma. A dor e o luto entraram em seu sangue e já determinam suas decisões futuras. Sua cabeça não é igual como no início de um conflito pregresso, muito menos seu coração. Os erros de um casamento apenas podem ajudar na reconciliação, é uma errata de um livro já escrito. Jamais poderá corrigir um livro antigo com o próximo, com novos personagens e novos enredos.

Diretor: José Pinto Júnior - DRT-RN nº 848

Um jornal a serviço de Parnamirim e do RN C.N.P.J: 05.585.247/0001-30 - Insc.mun. 004.456-3 Rua José Serafim Nunes, 145 - Vale do Sol, Parnamirim - RN - CEP: 59.143-265 - Telefax: 3272-1919 Home page:www.potiguarnoticias.com.br E-mail:redacao@potiguarnoticias.com.br / admpotiguarnoticias@gmail.com

Diretoria Comercial: (84) 3272-1919

Editor: Cefas Carvalho

DESTAQUES da semana Dinheiro

TelexFree sob investrigação nos Estados Unidos A sede da Telexfree em Massachusetts, EUA, está sob investigação do governo. A unidade é apontada como o eixo pelo qual o negócio é operado, o que permitiu continuar a ser acessível a residentes no Brasil, onde a Justiça determinou o bloqueio das atividades.

Luto

Morre cineasta francês Alain Resnais Morreu na semana passada aos 82 anos o cineasta francês Alain Resnais. Um dos mais conceituados da história do cinema. Dirigiu o clássico “Hiroshima, meu amor”

Religião

Papa diz que não é “super-homem” O papa Francisco minimizou a ideia de que é um "super-homem" e promoverá amplas reformas na Igreja Católica. Ele reforçou ainda que a proibição aos contraceptivos e a oposição ao casamento gay vão continuar.

Cinema

Drama sobre escravidão vence Oscar O drama “12 anos de escravidão”, dirigido por Steve McQueen (foto) ganhou o Oscar de melhor filme. Venceu mais duas estatuetas. O maior vencedor foi “Gravidade”, com 5 estatuetas.

Administração e Finanças: Irandi M. Dantas Pinto Assinatura: (84) 3272-1919

Circulação :PARNAMIRIM, NATAL, MOSSORÓ, SÃO JOSE DO MIPIBU, NISIA FLORESTA, SENADOR GEORGINO AVELINO, GOIANINHA, CEARÁ-MIRIM, EXTREMOZ, SÃO GONÇALO, MACAÍBA, MONTE ALEGRE, GUAMARÉ, AREZ, BREJINHO, BOM JESUS, PASSA E FICA, CAMPESTRE, VERA CRUZ E NOVA CRUZ.


Potiguar 3:2.qxd 05/03/2014 19:01 Page 2

PÁGINA 3

Política

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

Da Betinho critica "ambição" Redação

gente demais para espaço de menos

de Henrique

DIVULGAÇÃO

JORNAL DE FATO

DA ReDAção

Do

redacao@potiguarnoticias.com.br

PN

Reportagem do jornal mossoroense De Fato, analisa opiniões do deputado federal Betinho Rosado (PP) sobre o projeto de ser governador do deputado federal Henrique Eduardo Alves (PMDB), presidente da Câmara dos Deputados. Para Betinho, o projeto começou a degringolar. Ele tem acompanhado tudo nos bastidores de Brasília até o Rio Grande do Norte. Segundo ele, o barco de Henrique começou a fazer água e, por isso, ele está demorando a decidir o que fazer. “Henrique começou a fazer uma árvore a partir dos galhos, mas esqueceu que uma árvore não se sustenta sem um tronco”, disse Betinho, referindo-se à ausência de um candidato à majoritária pelo PMDB. Para o deputado, Henrique continua escondido e um dos motivos para isso é a dificuldade de agregar todo mundo ao seu redor como ele planejou. O último desestímulo, em seu ponto

Deputado federal Betinho Rosado

de vista, foi não ter conseguido “dobrar” o PT, como ele imaginava, quando não conseguiu se reunir com Lula em Brasília. O ex-presidente não foi à capital federal como estava previsto e essa atitude teria desestimulado o governadorável potiguar. ESTRATÉGIA Para Betinho Rosado, a estratégia de Henrique Alves é muito complexa por-

Henrique Alves, presidente da Câmara Federal

que é muito difícil agregar todo mundo em um único projeto. Seria espaço de menos para cabeças demais. O líder do PP disse que conhece a informação de bastidores de que a chapa do PMDB seria fechada com João Maia (PR), para vice, e Wilma de Faria (PSB) para o Senado. Porém, tudo muito nas possibilidades ante a falta de definição.

ROBINSON Há ainda uma informação de que emissários ou o próprio Henrique teria procurado o vice-governador Robinson Faria (PSD) para convidá-lo a ocupar o lugar de vice, mas não teria tido uma boa receptividade. A assessoria do vice-governador negou que isso tenha acontecido assegurando que não passa pela cabeça, ele disputar o mesmo cargo.

assembleia legislativa

AL-RN vai definir Comissões Permanentes depois do Carnaval O presidente da Assembleia Legislativa, Ricardo Motta (PROS), convocou para a próxima semana uma reunião com os líderes dos partidos para a definição das Comissões Permanentes da Casa. Só a partir dessa indicação dos integrantes é que os projetos podem tramitar na Assembleia Legislativa e serem apreciados em plenário. Todos os anos, seguindo o regimento interno, as comissões são refeitas para haver a alternância de parlamentares e partidos à frente dos trabalhos. As comissões têm por finalidade apreciar os assuntos ou proposições, submetidos ao seu exame e sobre eles deliberar, assim como exercer o acompanhamento dos planos e programas governamentais e a fiscalização e o controle dos atos do Poder Executivo. As Comissões Permanen-

DIVULGAÇÃO

Presidente da AL, Ricardo Motta

tes da Assembleia Legislativa são divididas em Constituição, Justiça e Redação, Finanças e Fiscalização,

Defesa do Consumidor, Meio Ambiente e Interior, Minas e Energia, Administração, Serviços Públicos e

Trabalho, Defesa dos Direitos Humanos e Cidadania, Educação, Ciência e Tecnologia, Desenvolvimento Social e Saúde. Entre os projetos mais urgentes para tramitação na Casa estão as mensagens governamentais que concedem benefícios aos profissionais da educação, com reajuste salarial imediato de 8,32%. O outro projeto prevê um reordenamento do porte das escolas estaduais do Rio Grande do Norte, para que sejam agrupadas em cinco níveis, de acordo com o número de alunos matriculados. A medida também cria 666 funções gratificadas de diretor e 575 de vice-diretor. O terceiro projeto concede progressão da classe de vencimento, sem a realização da avaliação de desempenho, a todos os professores e especialistas da educação.

Fátima não “queima navios” com PMDB

Mesmo deixando claro que a parceria entre PT e PSD foi feita para as eleições deste ano, a deputada fedeDIVULGAÇÃO ral Fátima Bezerra não fechou as portas para o PMDB, e os demais partidos que integram o bloco de aliança da presidenta Dilma Rousseff (PT), no Rio Grande do Norte. Bezerra esteve nesta terça-feira em Caicó ao lado do vicegovernador Robinson Faria, e antes de prestigiar o Magão, participou do lançamento da pré-candidatura de Francielle Lopes a deputada estadual, na residência da médica Liege Fernandes. Fátima foi bem clara quanto às prioridades do PT no RN: além de sua eleição para o Senado, manter a cadeira do partido na Câmara dos Deputados, ampliar a participação na Assembléia e a reeleição da presidenta Dilma.

Wilma fala sobre demora em definição Wilma de Faria negou que a demora na definição de que cargo disputará, seja algum receio em enfrentar Fatima Bezerra (PT) no Senado, ou Garibaldi Filho (PMDB) para o Governo. Wilma disse que seu estilo é de não ter medo de qualquer disputa, mas reconheceu que precisa ter cautela a cuidado para não errar. "Em 2002 fomos para a campanha com um minuto de televisão, então medo nós não temos, agora precisamos ter cautela para fazer o melhor pelo RN".

Lei de acesso à informação Deu na Folha de São Paulo... Quase dois anos após entrar em vigor, a Lei de Acesso à Informação ainda é uma realidade distante em pelo menos 11 Estados do país. Segundo a CGU (Controladoria-Geral da União), até o mês passado sete Estados ainda não a tinham regulamentado: Acre, Amapá, Amazonas, Maranhão, Pará, Rio Grande do Norte e Roraima.

Franciele garante apoio a Robinson, à revelia de Wober

DIVULGAÇÃO

O PPS está anunciando para depois do carnaval uma série de conversas com os demais partidos do Estado, com o objetivo de definir alianças para este ano. Até agora, o PPS só conta como posição fechada, o apoio ao projeto nacional do PSB e Rede, com Eduardo Campos e Marina Silva. Recentemente, Wober Junior, presidente estadual do PPS deu declarações simpáticas a candidatura de Henrique Alves, dentro do PMDB para a disputa pelo Governo. Ao Blog do Marcos Dantas, a caicoense Francielle Lopes, que lançou sua candidatura à Assembleia nesta terça-feira, já definiu seu compromisso, com a candidatura do vice-governador Robinson Faria. “Sou uma mulher de partido e disse a Wober que estou a disposição para reconquistar a vaga do PPS na Assembleia Legislativa”, afirmou.


Potiguar 4:2.qxd 05/03/2014 19:12 Page 2

PÁGINA 4

entrevista

POTIGUAR NOTÍCIAS

Diógenes Neto

Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

“Eu não acredito que quem vem assistir à Copa em Natal queira comprar um imóvel”

O jornalista Pinto Júnior conversou com o especialista, advo- ria em nosso Estado e também em nosso país, como também a gado e professor Diógenes Neto a respeito da questão imobiliá- relação da atividade turística com o setor. Qual o seu olhar sobre o “boom” imobiliário que acontece na Grande Natal? Isso pode gerar uma bolha em algum segmento? Em se tratando do mercado nacional, não creio que estamos vivendo uma bolha, ao compararmos com o que aconteceu nos Estados Unidos, identificamos diferenças. A bolha americana estourou pois existia um crédito fácil e 50% do PIB era investido em imóveis. Na Grande Natal, foi identificada uma demanda e empresas de fora do Estado e também de fora do país vieram construir aqui, para um setor específico, ou seja, para um tipo de classe média, na região compreendida entre Natal e Parnamirim. Hoje temos 3 mil apartamentos que estão sendo entregues e não tem atualmente um comprador. Esse caso específico eu costumo chamar de bolha segmentada, mas nada preocupante. A exposição da cidade durante a realização da Copa pode diminuir essa bolha? Eu não acredito que quem vem assistir a um jogo da Copa na capital queira comprar um

apartamento. O fator Copa é um fator que levará Natal para o mundo inteiro, o mercado de Ponta Negra, apesar de estar bastante diluído, sem novos lançamentos, está começando a reaquecer. Mas no setor entre Natal e Parnamirim percebemos que existe muito apartamento pronto, porém fechado. Nos fale um pouco da tendência de compra em condomínios fechados. É uma tendência nacional, a violência, disseminada de uma maneira irrestrita pelo país, fez com que as pessoas começassem a optar por esse investimento e aqui em Natal não tem sido diferente. O mercado interno começa a absorver os imóveis que o comprador estrangeiro deixou de comprar devido a crise? Não com a mesma velocidade de 2005, se imaginarmos que em 2005 tínhamos 17 voos semanais que ligava Natal ao continente europeu, o que possibilitava a vinda de muitos para a nossa terra, hoje isso não ocor-

re mais, muito devido à crise e também à ausência de melhoria da infraestrutura da cidade, que fez com que Natal fosse ultrapassada por outros destinos. Qual a relação da atividade turística com a imobiliária? Existe uma sinergia muito grande, infelizmente o senso comum coloca que os grandes investimentos vêm para degradar. Nenhum empreendedor quer degradar, hoje existem medidas de proteção capazes de acompanhar o desenvolvimento sem degradar o meio ambiente. Acredito que perdemos muito por exigir demais, por outro lado, isso cria uma consciência na população, o que é extremamente significante.

jeto no Estado foi feita nos municípios circunvizinhos. A convivência da natureza com a construção civil é importante ? Sem dúvida, o pai do urbanismo, Le Corbusier, disse uma vez que a função de uma cidade é habitar, trabalhar, circular e recrear, precisamos levar de uma vez todas esse conceito para as construções do terceiro milênio. O bairro da Ribeira, em Natal, encontra-se abandonado apesar da infraestrutura que o circunda, a que o Sr. credita esse fato? Tem um verso do meu pai que diz: “Não tem futuro aquele que não cuida do seu passado”, infelizmente o nata-

A disseminação irrestrita da violência em todo o país, fez com que as pessoas optassem por imóveis em condomínios fechados

Qual o seu olhar sobre o projeto “Minha Casa Minha Vida”? Antes da Era Lula, não existia no país uma política de habitação voltada para o cidadão que ganha até 3 salários mínimos. Durante a primeira fase do projeto foram destinadas 400 mil unidades, na segunda mais 400 mil, ou seja, para um déficit de 7 milhões, só foram constuídas 800 mil unidades. E qual o problema em Natal? 50% do território natalense é formado por zonas de proteção ambiental, a nossa política permite que essas áreas sejam invadidas, mas não permite que se construam habitações de interesse social. A grande parte da construção de casas do pro-

lense esqueceu o passado da Ribeira, da poesia, de Câmara Cascudo, enfim, de nossa história. O pensamento dominante é o de que andar em bairros como Capim Macio, por exemplo, sem asfalto, sem drenagem é mais nobre que morar na Ribeira. Nosso passado precisa ser preservado, temos que dar as mãos e cobrar incentivos dos órgãos públicos. Está sendo realizado no bairro a renovação da Rampa e a construção da sede do Terceiro Distrito Naval, isso vai dar uma nova movimentada na região, a gente tem que aproveitar esse passo e levar novas moradias, porque se ficar só comércio não funciona.


Potiguar 5:Coluna de Pinto Jr.qxd 05/03/2014 18:52 Page 1

PÁGINA 5

OpiniãO

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

José Pinto Júnior jornalistapintojunior@gmail.com

O carnaval de nossa vida Carnaval dos políticos A vice-prefeita de Natal, Wilma de Faria(PSB), a deputada Fátima Bezerra(PT) e o vice-governador Robinson Faria, e até Rosalba Ciarlini(Dem), aproveitaram o carnaval para estreitar os contatos com a população. Já o deputado Henrique Alves, nimguém sabe, ninguém viu.

Começou o ano Lá se foi o carnaval e as casas legislativas devem correr para votar matérias prioritárias, pois jlogo chega a hoje dos jogos da Copa 2014 e tudo pára.Na sequência chegam as convenções e eleições e tudo pára de novo. Na sequencia só resta um monte de feriado de Natal e Ano Novo.

Sede do legislativo em Natal O presidente da Câmara Municipal de Natal, Albert Dickson (PROS) corre para emplacar a construção da sede do Legislativo em sua gestão. Caso a burocracia e as brigas políticas travem o processo, caberá ao presidente eleito, Franklim capistrano a maior parte da construção e inauguração da obra. A sede própria será próxima a Ponte Nilton Navarro.

Sede do Legislativo em SGA Enquanto Natal ainda não tem a própria sede do Legislativo, a Câmara Municipal de São Gonçalo do Amarante inaugurou um grande prédio com gabinetes para todos os 18 vereadores.

Sede Legislativo em Parnamirim O legislativo de Parnamirim a muito é próprio. Fica no bairo da Cohabinal e a margem da BR-101. No mesmo quarteirão estão: Casa Paroquial, novo gabinete do prefeito, Planetário e o teatro municipal. O prédio pede uma reforma sem acanhamento, pelo menos da fachada.

Albert e Motta Albert Dicson deverá disputar uma vaga na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. O presidente do legislativo da capital é do PROS, partido do presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ricardo Motta.

Como diz a canção popular, nossa vida é um carnaval. Mas durante quatro dias o carnaval vira a nossa vida. Há quem tente se livrar, mas o onipresente clima, dá um chega para lá em ritmos outros. O carnaval dobra a população. Como numa operação de mágica multifacetada, as pessoas parecem se multiplicarem. A impressão é que a população do mundo dobra durante quatro dias. Respeitáveis senhores viram quengas nas avenidas e senhoras saem de chapéu e bigode. Logo dois viram quatro. Milagre do carnaval! Segue o carnaval. Uns elogiam e outros falam mal, mas ninguém esquece. Não adianta mudar de assunto, pois, a pauta ou o papo, se não é para elogiar é para criticar. Ignorar jamais! Trata-se do samba de uma nota só, ou melhor, frevo de um clima só. Na TV, nas redes sociais, na hora do almoço, nas palavras dos padres e nas pregações dos pastores. No retiro e na avenida. É carnaval! Todos veem a banda passar. Um empresário lamenta a máquina parada. Outro comemora a venda de produtos que animam e enfeitam as troças e blocos. Pode ganhar ou perder dinheiro no carnaval, só não se pode ignorar. O leitor pode não ser integrante dos Cão da Redinha. Pode não ser dos Carecas, Poetas e Lobisomem, vai ver o batuque passar. Sendo ou

não Papangu, é alcançado. Dizem que o carnaval é tão poderoso que invade os sonhos de quem se esconde dele. Trata-se de uma energia indomável. Com a seriedade de quem defende teses e tratados, há quem sustente que o carnaval é antídoto para o mal humor. É remédio para inveja. Aliás. É receitado para curar os setes pecados capitais. Só não aparece agora o autor para defender estas teses porque é carnaval e a jornalista Sheyla Azevedo escreveu que não deve trata-se deste de assunto áspero em dias de folia. O carnaval é pluripartidário. O cara do partido de direita está lá e até abraça o cara de esquerda. Parece um socialista distribuindo simpatia como se estivesse distribuindo renda. Naquele momento fazem uma aliança na avenida. Não ao som do Hino Nacional ou assinando papeis. Mas, dançando frevo ou pulando feito bode no sertão quando cai chuva. O cara de esquerda dar um tempo em Marx e só quer saber de Cristal, Isac Galvão e Alceu Valença. Depois da cura da ressaca. Muitos voltam à labuta com o fígado baleado e o sorriso maroto no canto da boca. Mas, há os animadinhos que continuarão em ritmo de carnaval até julho. Afinal, ainda temos Copa e Eleições. A nossa vida é um carnaval...

Papo rápido com Rosânia Teixeira É prefeita eleita pelo Partido dos Trabalhadores em Serrinha dos Pintos 370km de Natal. O que lhe motivou a disputar mandato? Eu não tinha nem filiação partidária. Trabalhava na Prefeitura ajudando a organizar as finanças neste tempos difícies para os pequenos municípios, então o grupo entendeu que eu era o melhor nome. Me candidatei e vencemos a eleição. Por que escolheu o Partido dos Trabalhadores? Nós sempre votávamos em Lula e em Fátima. Acho que isto nos aproximou do PT. Qual a economia de Serrinha dos Pintos? Agricultura familiar. Na Prefeitura apoiamos o homem do campo. Já o município vive basicamente do FPM, então estamos fazendo projetos para tentar trazer recursos. A cidade é saneada? Não. Mas estamos fazendo o projeto e vamos a Brasília buscar recurso para o sanamento de Serrinha dos Pintos.

Leocádio e Rocha Caso o deputado Henrique Alves(PMDB0 se arisque em disputar um mandato no executivo, o deputado Walter Alves passa automaticamente para uma candidatura a deputado federal. Neste cenário abre-se perspectiva para candidaturas a Assembleia Legislativa para os prefeitos: Benes Leocádio(Lajes) e Junior Rocha(Goianinha).

Olho no Conexão Potiguar O vereador Hugo Manso(PT), falará ao programa Conexão Potiguar. De segunda a sábado, na Band, às 7h.

Carlos Eduardo Alves Durante o carnaval, o prefeito de Natal apareceu ao lado de sua vice-prefeita, Wilma de Faria, Robinson e Fátima. Mas até agora não se sabe ao lado de quem aparecerá no Horário Eleitoral Gratuito.

“Eé umo sertão Paraíso”

Euclides da Cunha João Maia O deputado João Maia ainda não decidiu se será candidato a reeleição ou se será candidato a vice-governador. Pode ir para a chapa majoritária, um nome competitivo a assumir a candiatura ao Governo.

A Rosa de Zé O governadora Rosalba Ciarlini não entregará os pontos. A medir pelas declarações dos deputados de seu partido, o DEM, a governadora se candiata independe do grande rejeição atestada em pesquisas. Logo, o senador José Agripino que anda sumido, voltará a cena política defendo a reeleição de sua correligionária.

Estilo Na opinião do Padre Antonio Murilo de Paiva, que é de São Gonçalo do Amarante, o que explica ser Jaime Calado o prefeito e não um Cavalcanti, cuja família tem mais tradição na política local, é a sua capacidade de ouvir e negociar diferenças. Faz sentido.

Duas mulheres Durante o carnaval, o prefeito Maurício Marques(PDT), foi parado por foliões que perguntaram pelo seu apoio na eleição desta ano. “Por enquanto voto em duas mulheres: Fátima e Dilma”, e continuava em ritmo de frevo.

Olho na BAND O presidente do CRC-RN, contador Gregório Junior falará sobre a contabilçidade no Estado. Às 7h, na Band. Reprises: www.potiguarn oticias.com.br.


Potiguar 6:2.qxd 05/03/2014 18:49 Page 2

PÁGINA 6

POTIGUAR NOTÍCIAS

Economia

Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

MERCADO IMOBILIÁRIO

CRECI busca investimentos para o RN O presidente do CRECI-RN, Waldemir Be- Pinto Jr., falando sobre as mudanças no mercazerra, participou do programa Conexão Poti- do imobiliário e os reflexos da crise econômica guar, e concedeu entrevista ao jornalista José mundial no setor. Confira: Qual a missão do CRECI? O Conselho Regional de Corretores de Imóveis tem o objetivo principal de regulamentar a profissão de corretor, que hoje já é prevista em lei. A profissão de corretor já tem 51 anos e é uma atividade que depende de um curso técnico específico, para que possa exercer essa função plena da transação protegendo imobiliária, quem vende e quem compra um imóvel. Essa é a grande missão do CRECI: legitimar a profissão e também fiscalizar. Mesmo com o CRECI existindo há muito tempo, ainda existem construções clandestinas e corretores irregulares? A fiscalização das obras em si compete ao CREA, mas nós nos preocupamos porque o processo de venda envolve o conhecimento da obra, da legalidade e dos elementos construtivos envolvidos que serão entregues efetivamente ao cliente, e que se não estiverem de acordo com o que ele comprou, vai refletir no trabalho do profissional corretor. Se uma obra não está dentro da legalidade, obviamente o corretor deve reportá-la não deve aceitar o trabalho, para não gerar problemas futuros aos seus clientes. Além de presidente do CRECI-RN, você tem também um espaço dentro do Conselho Federal. Como é para o RN, nesse setor, ter uma representatividade a nível federal? A minha posição de presidente do CRECI-RN e a minha história de representante do RN, desde 2004 em grandes salões, workshops e feiras internacionais, acabou nos credenciando a assumir a Diretoria de Assunto Internacionais do Conselho Federal, a convite do nosso presidente. Estou a frente dessa Diretoria há 6 anos, cujo exercício fez com que abrisse espaço para que o profissional pudesse se relacionar com mercados na Europa e principalmente nos EUA. Queremos atrair o investidor americano para o Brasil, pois eles não têm passado do Caribe. O corretor de imóveis é, sem dúvida, essa grande ponte. A aproximação entre Conselho Federal, os CRECI´s e a Associação Americana de Corretores de Imóveis tem aberto novos horizontes, relacionamentos internacionais e perspectivas para os corretores brasileiros trabalharem com o púbico ameri-

cano em sistema de parceria, além de aprender com os profissionais americanos, que tem a profissão há mais de 100 anos. Os corretores têm aprendido muito nesses eventos, e temos levado inclusive caravanas, para que mais profissionais possam ter essas oportunidades. Quais são as grandes oportunidades para os corretores nesses eventos do ramo imobiliário? Nosso crescimento no aprendizado, conhecimentos e manejo a atividade, mas sobretudo, geramos negócios. Buscamos captar recursos, gerando emprego e renda para o nosso país. No Brasil, temos uma bandeira fortíssima formada pela estabilidade política, o sistema jurídico que garante investimentos com segurança e os incentivos que cada Estado oferece aos investidores interessados. Este mês, o Sr. vai participar de um Salão Imobiliário na França. O que isso representa para o RN? O Encontro de Empreendedores e Investidores do Mercado Imobiliário Mundial, será realizado de 11 a 14 de março, e completa 25 anos. É uma oportunidade de ver as tendências de mercado mundial, os novos nichos para investimentos e projetos que estão sendo apresentados, com profissionais dos mais diversos segmentos do setor. Estaremos com um stand de 54 metros quadrados, e está aberto aos profissionais brasileiros que desejarem levar projetos e investimentos no Brasil para serem apresentados no evento. Só precisa entrar em contato conosco. O Brasil vai ser homenageado neste evento pelos organizadores, pelo “ano do Brasil na França”. Nosso stand estará todo decorado em alusão à Copa do Mundo e Olimpíadas. Vai ser uma festa muito bonita, mas queremos sobretudo, atrair investidores para o nosso país, para gerar emprego e renda para o nosso povo. A crise na Europa, de certa forma, atingiu esse setor no Brasil? Atravessávamos um momento excepcional por volta do ano 2000 no RN, inclusive pela proximidade com a Europa e por termos sol o ano inteiro, praias e demais belezas naturais, que com certeza são um forte apelo pra quem vem investir aqui. Muitas áreas foram adquiridas no nosso litoral e comercializadas para grandes empreendimentos. Desafor-

se período, e terão que passar por um estudo, pois projetos ficaram engavetados. Mas o importante é que esses investidores que compraram por aqui, fizeram com que nossos proprietários investissem na economia, alavancando seus negócios com o que receberam. Não foi danoso pra nós, e num futuro próximo haverá retomada desses investimentos, e com certeza o destino RN e nordeste permanecerão sendo destinos consagrados.

tunadamente, abate uma crise na economia dos EUA, que se arrastou ao mercado imobiliário e se estendeu à Europa, e levou a dificuldade de novos investimentos no setor. Se não fosse esse episódio, com certeza teríamos grandes empreendimentos como resorts com campo de golf, que atraem a nata do investidor e consumidor mundial. Mas como sabemos que toda crise é cíclica da economia, estamos esperando voltar a crescer, e já vemos sinais, nos EUA e Europa, o mercado está co-

meçando a reaquecer. O fato é que a Europa está saturada, não há mais espaço físico para construir, então tem que se buscar outro destino, e o nordeste brasileiro está pronto para isso. Em relação aos grandes investimentos e quantidade de terras adquiridas pelos europeus no litoral potiguar, alguns venderam ou construíram, mas outros não. Você acha que após essa crise eles voltarão a investir? Esses investimentos sofreram mudanças ao longo des-

O CRECI-RN tem para esse ano de Copa uma agenda diferenciada? Esse ano de 2014, é um ano que temos ainda um estoque de produtos em diversos segmento e valores de mercado. Deve ser um ano em que o público deve comprar bem. Temos hoje o menor valor de m² no nordeste por área construída, e isso é muito bom para quem quer comprar. Só quem ganha é o consumidor. Estamos nos preparando para novos empreendimentos, creio que é um ano bom e com a expectativa da Copa, Natal hoje é vitrine para o mundo inteiro.

Curtas Curtas Empregos

O RN fechou janeiro com saldo positivo de 717 vagas formais no balanço entre admissões e demissões, com destaque para o Setor de Serviços.

Arituba 1

O grupo potiguar ‘Arituba’ irá construir a loja da TAP Air Portugal no Estado da Paraíba. O convite para a parceria foi do executivo Mário Carvalho, diretor da TAP para a América do Sul.

Arituba 2

A loja “TAP PATNER”, será um modelo de negócios da companhia aérea em que parceiros selecionados recebem formação especializada sobre os produtos da empresa.

Indústria 1

A região Agreste do RN ganhará o seu primeiro Distrito Industrial no dia 14 de março, quando a Prefeitura de Monte Alegre inaugurará um espaço próprio para instalação de indústrias.

Indústria 2

A área de 200 mil metros quadrados está instalada a 2Km do centro montealegrense, na estrada que liga a cidade à Lagoa Salgada.

IRPF

A entrega da declaração do Imposto de Renda pode ser feita até o dia 30 de abril. Quem perder o prazo terá uma multa de no mínimo R$ 165,74.

Empreendimento

A construtora Constel lançará neste semestre o Complexo Manhattan, formado por dois empreendimentos independentes, sendo um residencial e outro empresarial.

3272-1919


POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

EXPEDIÇÃO

Fotógrafos invadem o Maior Cajueiro do Mundo

Cultura Cefas

Alex GurGel

Promovido pela Associação Potiguar de Fotografia (Aphoto), o “Rolezinho Fotográfico” marcou a primeira ação da entidade em fotografar e reunir associados em torno de uma preocupação ecológica: salvar o Cajueiro de Pirangi, o maior cajueiro do mundo e um dos pontos turísticos ais importante do RN. Em 2012, quando foi construído o caramanchão – estrutura feita para impedir que os galhos do cajueiro continuassem a ocupar a avenida Deputado Marcio Marinho, a planta pegou um fungo que estava prejudicando suas folhas, flores e frutos, de acordo com declarações de especialistas. Para os leigos (ecologica-

mente falando), não havia sinais aparente de que o Cajueiro de Pirangi estivesse doente ou com um fungo. Ninguém fotografou os vestígios de que o caramanchão estivesse prejudicando a árvore. Pelo contrário, o local está bem cuidado contando, inclusive, com “wi-fi” grátis

para os visitantes. No meio do caminho até o Cajueiro de Pirangi tinha a “Feirinha de Pium”, com suas frutas coloridas cheias de contrastes, onde a capela de Santa Luzia abençoava parte da caravana que esperava o restante da galera do Rolezinho Fotográfico, que

havia passado pela Barreira do Inferno e fotografado foguetes e aviões, guardiões dos ares brasileiros. Próxima Expedição Fotográfica: GALINHOS A Aphoto já está mobilizando os sócios e simpatizantes para fazer as inscrições para a próxima aventura fotográfica na ilha de Galinhos, Litoral Norte Potiguar. Será um bate-e-volta com direito a passeio de barcos até a Praia de Galos, passando pelas dunas de sal marinho e um passeio de charrete, no final da tarde, para fotografar o pôr do sol no farol. Veja outras informações em: http://aphoto.art.br/site/2014/02/expedicao-fotografica-galinhos/

Bethise Cabral

Valéria Oliveira faz show em homenagem ao Dia Internacional da Mulher O Parque das Dunas será palco na tarde deste sábado (8), a partir das 16h, de uma homenagem a todas as mulheres potiguares. A cantora Valéria Oliveira apresentará seu show “Em Águas Claras” - Uma homenagem a Clara Nunes. A entrada no parque custa R$ 1,00 e o show é gratuito.

Rock no Whiskritório Pub As bandas QVATRE (rock clássico) e D’VIBE (pop-rock) fazem a festa neste sábado (8), no Whiskritório Pub. A entrada custará R$15,00 (homem) e R$ 12,00 (mulher) e o pub estará aberto a partir das 20h. Os shows começam às 23h.

Helimara Medeiros Em um formato intimista (voz e violão) e com um repertório musical diverso, a cantora Helimara Medeiros se apresenta na noite deste sábado (08) no restaurante Guinza, do Midway Mall, a partir das 20h.

Seridó Samba Jazz Nos dias 09 e 10 de Maio, a cidade de Currais Novos será a capital do Samba e do Jazz no Seridó. A programação artística será em praça pública, no anfiteatro da Praça Tetê Salustino. Mais informações sobre o evento podem ser encontradas na página http://www.facebook.com/serido-

sambajazz

Para Eu Parar de Me Doer O espetáculo “Para Eu Parar de Me Doer” retorna aos palcos de Natal neste mês de março e se apresentará no Espaço Gira Dança no próximo dia 22 (sábado), às 20h30. A entrada custa R$ 10,00.

PÁGINA 7

Carvalho cefascarvalho@gmail.com

divulGAção

O carnaval da minha dor Cefas Carvalho

O carnaval da minha dor começou em uma sexta-feira ensolarada como têm início os carnavais - sejam dolorosos ou não - em um ano qualquer e em uma cidade igualmente qualquer (o carnaval é igual em qualquer cidade quando o objetivo é sofrer, e não se alegrar. Parafraseando Tolstói, todos os carnavais infelizes se parecem, os carnavais alegres é que são diferentes...) Mas, voltemos à minha dor... toda ela gerada pela Colombina, posto que eu era, novamente, o Pierrô. Há quantos carnavais vivíamos esta história insana, excitante, mal contada?... Havia uma década, suponho. Eu não sabia nada sobre ela, apenas seu nome - Miriam - que ela revelou por um deslize enquanto fazíamos amor embaixo do palco das autoridades que assistiam ao desfile das escolas de samba na cidade de... deixemos para lá. E chamemos minha amada de Colombina, que é como sempre a chamei e como ela gosta de ser chamada (isso a excita, presumo). O fato era que o que havia começado como uma fantasia (em todos os sentidos) passara a ser –pelo menos para mim – uma obsessão. Primeiro nos conhecemos, entre o confete, a serpentina, o álcool e o loló, como todos se conhecem durante a folia, entre a superficialidade e o desejo... depois o beijo, o desencontro e por fim o reencontro na noite de terça-feira e terminar a noite – e aquele carnaval – entre lençóis no meu quarto de hotel. Trocamos telefone, mas, para quê? Jamais nos telefonamos. A não ser na véspera do carnaval do ano seguinte, quando ela avisou que novamente se fantasiaria de Colombina e que queria me ver outra vez de Pierrô. Passamos o carnaval entre encontros e desencontros, ela com Arlequins, eu com Odaliscas... tentei brigar, mas ela só queria se divertir. Jurei que no carnaval seguinte não passaria mais por aquilo. Tolice. Uma semana antes da festa momesca, a Colombina me ligou dizendo em que cidade passaria o carnaval lá fui eu atrás dela, rumo a prazeres carnais rápidos e uma dose considerável de sofrimento. Identifiquei-me com a música... "Um pierrô apaixonado, que vivia só chorando, por causa de uma colombina acabou chorando, acabou chorando...” (Pierrô Apaixonado, de Noel Rosa e Heitor dos Prazeres) Lá pelo quarto ou quinto carnaval que passávamos da mesma maneira, encontrando e desencontrando entre ladeiras, becos e multidões, tomei coragem e a pedi em casamento. Ela riu, argumentando que eu sequer a conhecia e continuou sua caminhada de Colombina desvairada, à procura de outras bocas, outros braços, outros pierrôs... Mas, na quarta-feira de cinzas lá estava ela em meus braços... E eu tentando fazer com que nos víssemos em outro período que não no carnaval. Inútil. “Eu gosto das coisas assim...”, enfatizou, despindo suas roupas de Colombina. Enquanto ela pegava um táxi rumo ao aeroporto (já morávamos em cidades diferentes) "O pierrô apaixonado chora pelo amor da colombina..." (Pierrot, de Marcelo Camelo, da banda Los Hermanos). Passam os meses e fevereiro se aproximou, como sempre, trazendo consigo o Carnaval. Não telefonei para a Colombina e tampouco ela me ligou. Fiquei em minha cidade, e vesti-me de Pierrô – pela última vez – para pular sozinho meu carnaval. Eis que então que, entre lágrimas e cerveja, vi a Colombina – sim, só podia ser ela, era seu andar, seu jeito de mover os braços, de balançar os cabelos, de rir ao vento... - aos beijos com um Arlequim. Olhei fixamente para ela. Ela me viu e não esboçou qualquer reação. Era uma Colombina, mas, seria a minha Colombina? Que importava? Que mais havia a fazer? Comprei outra latinha de Skol e me entreguei à multidão que entoava uma marchinha qualquer, que aos meus ouvidos soava como a marcha fúnebre: eu estava condenado a ficar apaixonado pela imagem (literal e simbólica) da Colombina até o fim dos carnavais, ainda que toda Colombina que cruzasse meu infeliz caminho não fosse a minha... “Quanto riso, ó, quanta alegria, mais de mil palhaços no salão... O pierrô está chorando pelo amor da Colombina no meio da multidão...”


Potiguar 8:Potiguar 6 x 3.qxd 28/02/2014 22:39 Page 2

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

Geral

PÁGINA 8


Parnamirim Capa:2.qxd 05/03/2014 14:36 Page 2

www.potiguarnoticias.com.br

Parnamirim Naur Ferreira “ Parnamirim, 7 de mar o de 2014 › sexta›feira

Mobilidade urbana é um grande problema. Mas estamos trabalhando nisso

ENTREVISTA

O secretário de Obras do município, Naur Ferreira concedeu entrevista ao jornalista José Pinto Jr., e falou sobre projetos a serem executados em 2014. Confira: Neste início de 2014, quais são as principais obras a serem realizadas no município? Nós temos um relatório que prevê execução de obras no va-

lor de R$262 mil, a serem investidos em unidades de saúde, escolas e também em mobilidade urbana, que é grande problema. Queremos acabar com o congestionamento na BR, principalmente para quem com sentido à Nova Parnamirim. Já começamos a executar obras que darão funcionalidade, como outras vias de acesso, sem que os motoristas precisem ir pela BR. Isso diminuirá o congestionamento. Sobre as vias de acesso, no trecho de Nova Parnamirim, há uma obra que vai ligar a avenida Maria Lacerda com a Olavo Montenegro. Como está o andamento? Essa é uma parceria público-privada, cujo trecho partirá da Olavo Montenegro e seguirá até a BR-101. Também vamos ligar a Getúlio Vargas com a BR-304. Vai dar uma fluidez muito

grande no trânsito. O prefeito está muito preocupado com a questão da mobilidade urbana, para tirar o nó que se formou no entorno do viaduto. Então, todas as obras são para fugir do funil que se tornou a BR-101. As ruas que são ligações entre as avenidas Abel Cabral e Maria Lacerda, são estreitas. Existe algum projeto para maximizar o espaço? Temos avenidas largas de ligação também, elas só não estão em funcionalidade. A Adeodato José dos Reis, por exemplo, será um elo de ligação da Via Verde com a Maria Lacerda. Daremos a funcionalidade a outras ruas para que o trânsito flua melhor em Parnamirim. E para as obras do Teatro de Parnamirim, há previsão de conclusão? A obra física já está con-

cluída. Já fizemos a instalação da central de ar, das cadeiras, e estamos nos retoques finais. Assim como no novo Centro Administrativo e o gabinete do prefeito. Queremos inaugurar tudo até o final de março, todos os ultimatos estão sendo feitos para que isso ocorra. Qual a parte da Prefeitura em relação às obras anunciadas pelo DNIT que incluem viadutos em Nova Parnamirim, Emaús e outros pontos. Ainda Cabe alguma obra complementar para o município? O projeto do DNIT é muito bom. Vai haver obras sim, mas que só serão definidas após a conclusão das duas mariginais, dos viadutos. Tudo isso foi feito em conjunto, e o que compete à Prefeitura será efetuado. O prefeito já autorizou a Secretaria a mobilizar o que for preciso.


Parnamirim 2:2.qxd 05/03/2014 15:01 Page 2

PÁGINA 2

Parnamirim

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

“Todo carnaval tem seu fim”

“Não é natal, nem ano bom, nenhum sinal no céu, nenhum armagedom”

Marcelo Camelo

Gilberto Gil

Programa Multidisciplinar beneficiará portadores do diabetes

Geraldo Veríssimo prestigia carnaval gonçalense

Casa de Apoio à Criança com Câncer Durval Paiva

O presidente da Câmara de São Gonçalo, vereador Geraldo Veríssimo passou o carnaval em São Gonçalo mesmo, com familiares e amigos. No sábado curtiu o bloco das Pebinhas de tapará, no domingo o bloco Caranguejo no Coco e o bloco Só Nós. CONSTRUINDO SONHOS A Casa Durval Paiva trabalha para entregar mais duas casas dentro do Projeto Vida, financiado pelo Instituto Ronald McDonald. Os pacientes Erick Gabriel, do município de Extremoz, e Maria Santana, de Serra Negra do Norte, serão os pacientes beneficiados com reforma e construção de suas casas, respectivamente. PROJETO GENEROSIDADE A Editora Globo, através do site oficial do Projeto Generosidade, publicou matéria sobre a Campanha do Diagnóstico Precoce realizada pela Casa Durval Paiva em todo o Rio Grande do Norte. Esta é a 7ª edição do Projeto que visa revelar e repercutir ações e exemplos de gente que faz e promove o bem no Brasil. Confira: http://www.projetogenerosidade.com.br/2014/02/ 24/diagnostico-precoce-salva-vidas/

Abidene Salustiano O jornalista Mario César Filho ao lado do précandidato a deputado federal, Abidene Salustiano. Representantes de Parnamirim.

Evangélicos O v ereador de Natal, Jacó Jácome com Vilson Davi, o pastor Elinaldo Renovato de Lima e a vereadora Elienai Cartaxo.

CARNACACC DA ALEGRIA O bloco do Caquito animou o CARNACACC das crianças e acompanhantes da Casa Durval Paiva, distribuindo muita alegria por todos os setores da Casa, também celebrando a vida com os aniversariantes de fevereiro.

Giovani Junior e a Casa da Cidadania

Carnaval Animação, tranquilidade, alegria e segurança! Assim foi o Carnaval na praia de Pirangi, que contou com ampla programação desenvolvida pela Prefeitura Municipal, através da Fundação de Cultura e da Secretaria de Turismo e Lazer. Milhares de foliões, incluindo autoridades e políticos, curtiram a animação na praia.

A última reunião da Casa da Cidadania, antes do Carnaval ocorreu no bairro de Nova Parnamirim, na casa da senhora Ana Tereza Moura. Essa foi a terceira reunião da Casa da Cidadania de 2014. O vereador, professor Giovani Júnior ouviu os moradores do bairro que reivindicaram mais creches municipais para a comunidade, haja vista que a cada ano aumenta o número mães que procuram as creches para matricularem seus filhos. A Segurança Pública também foi debatida na reunião em Nova Parnamirim, assim como melhorias no Posto de Saúde. Giovani Júnior garantiu aos moradores que vai enviar ofícios às secretarias responsáveis, solicitando que sejam atendidas as reivindicações da comunidade.

em

Com o objetivo de garantir a qualidade de vida e saúde dos portadores do Diabetes, no município de Parnamirim, o vereador Ricardo Gurgel propõe a criação de Programa Multidisciplinar de Atendimento ao Diabetes no município. Segundo o vereador, “Embora os portadores de diabetes tenham garantido acesso gratuito aos medicamentos e insumos necessários através de leis especificas, a experiência tem demonstrado que o controle da doença e suas complicações exigem um acompanhamento mais regular, seja para educar, orientar ou prevenir”. Segundo a Sociedade Brasileira de Diabetes, o controle inadequado da doença eleva em 300% os gastos com o tratamento, e a implantação do Programa, visando prevenir e tratar o diabetes de maneira mais eficiente, promoverá uma significativa redução de custos que suas consequências trazem para o Município, inclusive com internações mais complexas.

Pirangi

B i


Parnamirim 3:2.qxd 05/03/2014 14:58 Page 2

Parnamirim

POTIGUAR NOTÍCIAS

Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

LegisLativo

Câmara aprova o novo Código de Vigilância Sanitária Erival FErnandEs

A saúde e o meio ambiente constituem um direito fundamento do ser humano, sendo dever do Poder Público e da coletividade, adotar medidas com o objetivo de assegurá-lo, mediante políticas ambientais e outras que visem a prevenção e a eliminação de quaisquer riscos. Para isso, a Câmara Municipal de Parnamirim aprovou na quartafeira (26) o projeto de Lei 002/1014, de autoria do Poder Executivo, que estabelece o Código de Vigilância Sanitária do Município de Parnamirim e dá outras providências. A nova lei estabelece normas de ordem pública e interesse social para proteção, defesa, promoção, prevenção e recuperação de saúde, nos termos dos Arts. 6º, 23, 194 e 196 da Constituição Federal, da Lei Federal nº 8.080/90 (Lei Orgânica da Saúde), De acordo com o Código Sanitário, o município cria mecanismos para executar serviços e programas de vigilância sanitária; normatizar, em caráter complementar, procedimentos para controle de qualidade de produtos e

Claudino Leite claudinoleite@bol.com.br

PARE E REFLITA “Seca-se a erva, e cai a sua flor, mas a palavra de nosso Deus permanece eternamente” (Isaías 40.8).

PR. JOSÉ WELLGINTON HOMENAGEADO EM ABREU E LIMA

Vereadores consideram novo Código uma Lei moderna

substâncias de consumo humano; definir as instâncias e mecanismos de controle e fiscalização das ações e serviços de saúde; nos limites de sua competência constitucional, expedir normas supletivas ao presente Código. Também, participar, junto com os órgãos afins, do controle dos agravos do meio ambiente, incluindo o do trabalho, que tenham repercussão na saúde individual ou coletiva, além de

participar da formulação da política e da execução das ações de saneamento básico. Pelo novo Código Sanitário, o órgão competente de vigilância sanitária da Secretária Municipal de Saúde exercerá o controle e a fiscalização da produção, manipulação, armazenamento, transporte, distribuição, comércio, dispensação e uso de drogas, medicamentos, insumos farmacêuticas, correlatos, produtos biológicos e nutrientes; cosméticos,

produtos de higiene, perfumaria e correlatos; alimento, matéria-prima alimentar, alimento enriquecido, alimento dietético, alimento de fantasia e artificial, alimento irradiado, aditivo e produto alimentício. Os vereadores Antônio Batista Barros, Geovani Júnior e Carlos Augusto Maia consideraram o novo Código de Vigilância Sanitária uma lei moderna que trará grandes benefícios para a população parnamirinense.

CLUBe

CEPE: Saúde do atleta em primeiro lugar O CEPE Natal tem uma tradição no futebol. Mantém campeonatos em várias categorias, escolinha com 200 alunos e peladas cotidianas. O clube dispõe de uma estrutura com vários campos bem cuidados e muitos profissionais envolvidos, inclusive com um diretor do clube voltado exclusivamente para essa modalidade de esporte, Antônio

PÁGINA 3

Cosme. Para participarem das atividades que o Clube disponibiliza, todos os atletas passam por exames médicos, e pelo acompanhamento da enfermeira Luma Rafaele Dantas de Medeiros, que dedica atenção especial aos hipertensos. “Todos os atletas passam necessariamente pelo médico antes de iniciar alguma atividade física, se

alguém está com a pressão alta por descuido com a medicação, por exemplo, é recomendado que não faça esforço, para não elevar a frequência cardíaca”, explicou. O petroleiro e peladeiro Jonas Domingos da Silva, afirmou que sempre recorre aos serviços da enfermeira Luma. “É uma questão de vigilância, já que sou hipertenso, então este serviço do clube me

mantém atento”, registrou. Uma das preocupações da diretoria é evitar que ocorram problemas com os sócios durante a realização da atividade física. “Temos esse cuidado porque sempre que há esforço físico, há também risco à saúde, então investimos na prevenção”, argumentou o presidente do clube, Valcimar Meira.

No dia 19 de fevereiro, o presidente da Convenção Geral das Assembleias de Deus no Brasil (CGADB), pastor José Wellington Bezerra da Costa, líder da AD em Belemzinho (SP), recebeu com todas as pompas o título de cidadão na cidade de Abreu e Lima (PE). Na oportunidade, o pastor José Wellington, também foi homenageado com uma placa pelo presidente da Câmara Municipal de Natal (CMN), vereador evangélico Albert Dickson (PROS). Diversos presidentes das convenções assembleianas do Nordeste marcaram presença na solenidade, inclusive o líder da AD potiguar, pastor Martim Alves da Silva.

ORDEM DOS PASTORES Uma das metas da gestão do reverendo Ednaldo Melo, líder da Igreja Presbiteriana Marinas Praia Sul, na presidência da Ordem dos Pastores de Natal (OPN), é unir a classe pastoral da capital potiguar, além de incentiva o imperativo de Cristo: “Ide por todo o mundo e pregai o evangelho a toda criatura”.

GÊNESIS Ao completar em 2014 , 60 anos de fundação e dotada de um belíssimo repértório, a Orquestra Evangélica Filarmônica Gênesis (OFEG), sob a direção do pastor e maestro Daniel Batista de Souza, do Templo Central da Assembleia de Deus em Natal, deverá lançar o seu primeiro CD. Ressalte-se que, a OFEG é a única do ramo na região Nordeste.

TANGARÁ A Assembleia de Deus no município de Tangará, localizado na microregião da Borborema Potiguar, a 85 Km de Natal, tem novo líder. Trata-se pastor Rilton Peixoto, que liderou AD na cidade de Martins. Bênçãos abundantes ao novo dirigente.

EVENTO EVANGÉLICO O Congresso de Mulheres Diante do Trono, mega evento evangélico, terá o apoio do Governo do Estado. O vereador e presidente da Câmara Municipal de Natal (CMN), Albert Dickon (PROS) participou de reunião com a governadora Rosalba Ciarlini (DEM), para oficializar a parceria.

BIANCA TOLEDO Será a palestrante oficial no Chá de Mulheres, que ocorre neste sábado (8), às 15h , no Versales, em Cidade Jardim, Zona Sul de Natal. O preço da senha custa R$ 55 reais, tendo número limitado. A organização é da Igreja Assembleia de Deus Bom Retiro, da Av. Bernardo Vieira.

PEREGRINAÇÃO Os pré-candidatos evangélicos deste Estado, nas eleições de outubro vindouro, estão efetuando uma verdadeira peregrinação pelo interior do Rio Grande do Norte, na caça aos valiosos votos que levarão a sentarem na cobiçada e festejada cadeira do Parlamento. É só conferir o que diz a coluna.


Parnamirim 4:2.qxd 05/03/2014 14:40 Page 2

PÁGINA 4 Folia

Parnamirim

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

Público lota Praça São Sebastião na abertura do Carnaval em Pirangi ASSECOM PARNAMIRIM

“O Carnaval de Parnamirim 2014, em Pirangi do Norte, foi o maior da história do Rio Grande do Norte". Com essas palavras o prefeito Maurício Marques, ao lado da deputada federal Fátima Bezerra, abriu oficialmente o Reinado de Momo, na Praça São Sebastião. O chefe do Executivo, acompanhado de secretários municipais, entregou a chave da cidade ao Rei Momo Silvano Jefferson e à Rainha Thaise Galvão ao som da Banda de Música Trampolim da Vitória, que animou o público com muito frevo. Em frente à praça, o trio elétrico com a Banda Gra-

fith já estava a postos, à espera do sinal para começar a arrastar a multidão pelo corredor da folia em Pirangi. "Pirangi é a vitrine do Rio Grande do Norte e estamos muito felizes de mostrar o nosso trabalho para esse povo maravilhoso", disse Júnior Grafith, que prometeu e tocou muitos ritmos nesse carnaval. O prefeito Maurício Marques, sempre acompanhado da deputada federal Fátima Bezerra, foi para a Avenida Deputado Márcio Marinho acompanhar o trio da Banda Grafith. "Todos os dias serão assim, a alegria reinando

em nossa cidade. Estarei com o Rei Momo e a Rainha acompanhando blocos e correndo atrás do trio", disse. O Rei Momo e a Rainha mostraram samba no pé. Silvano Jefferson elogiou a escolha da Banda Grafith para abrir o carnaval. "Essa foi uma escolha certa", disse. Já a rainha Thaise Galvão anunciou que graças ao concurso poderá em maio ir para a França representar o Rio Grande do Norte e mostrar o samba aos franceses, em uma viagem de intercâmbio, através da Cia de Dança do Teatro Alberto Maranhão.

irreverência

atrações

"As Virgens" animam segunda-feira de carnaval em Pirangi

Domingo de carnaval é marcado por shows O domingo de carnaval começou cedo Pirangi, no ritmo da música do cantor Isac Galvão e da cantora Nara Costa, que animaram os foliões durante a tarde no palco do "Som que vem do mar", montado na orla da praia. Isac Galvão aproveitou para homenagear o saudoso rei do brega, Reginaldo Rossi. Já Nara Costa arrebatou o público com seu repertório que incluiu muito frevo, samba e bossa. À noite, mais uma vez, o público lotou a Praça São Sebastião, onde foi montado o palco principal por onde passaram as bandas Ostentação do Brasil, Cavaleiros do Forró e Desembestados do Brasil. O forró animou a

galera madrugada adentro. A animação parecia não acabar nunca. No trio elétrico, o cantor Serginho (ex-integrante do grupo Pimenta Nativa) e a Banda Deixe de Brincadeira arrastaram milhares de pessoas no ritmo do axé pelo corredor da folia da Avenida Márcio Marinho. Faltou, literalmente, chão para tanta gente. A folia continuou na segunda-feira (3)com o tradicional desfile do bloco das Virgens de Pirangi. As bandas Cavaleiros do Forró e Circuito Musical comandaram o trio elétrico. E para fechar a noite as bandas Ostentação do Brasil, Deixe de Brincadeira e Desembestados do Brasil deram mais um show.

Uma das atrações mais esperadas do carnaval, "As Virgens" marcaram presença em Pirangi, coloriram a folia com muita irreverência e desfilaram a tradicional alegria que caracteriza o bloco desde sua fundação há 29 anos. Como acontece toda segunda-feira de carnaval, milhares de homens se travestiram de mulher, incorporaram a fantasia e, por algumas horas, deixaram o "lado feminino" falar mais forte fazendo coro com os versos da canção de Pepeu Gomes, que já dizia que "Ser um homem feminino não fere o meu lado masculino". O soldado da Aeronáutica Stefferson Bezerra, 22, foi um deles. Antes de o desfile começar, ele caprichava na maquiagem, nos adereços e nas caras e bocas. Essa era sua quarta vez

no bloco. A produção ficou a cargo da tia. A mãe, Marlene dos Santos, acompanhava a transformação do filho aos risos. Steffany, nome adotado pelo soldado, disse que saía no bloco por achar "legal o lado irreverente". A concentração enquanto sua tia finalizava o "make" demonstrava sua preocupação em não ser só

mais um na multidão. "Ainda falta o rimel", reclamou. Enquanto Stefferson se preparava, 31 inscritos disputavam na praça São Sebastião o título de Rainha das Virgens. Após três eliminatórias, a vencedora foi "Sany", cujo nome remetia a um trocadilho com a cantora Sandy. A nova rainha levou o prêmio de mil reais. O segundo

lugar ficou com "Quitéria". Após a eleição, as outras virgens, a maioria nem tão glamurosa assim, tomaram conta da praça. Houve espaço para todo tipo de personagem: super-heroínas, vilãs, feiras, diabinhas, anjinhas e lolitas. Elas seguiram seu percurso pela avenida Márcio Marinho, até encontrarem com o trio elétrico posicionado no final da via, onde instantes depois começou a se apresentar a banda Cavaleiros do Forró, seguida pela banda Circuito Musical. Enquanto As Virgens caíam no forró, outros milhares de foliões continuavam seu carnaval ao som da banda Ostentação do Brasil no palco da Praça São Sebastião. Por lá ainda se apresentaram as bandas Deixe de Brincadeira e Desembestados do Brasil.

concurso

Parnamirim divulga resultado da seleção de professores O resultado do Processo Seletivo Simplificado para Contratação Temporária de Professores para a rede escolar de Parnamirim foi divulgado na edição do dia 27 de fevereiro, no Diário de Oficial do Município (DOM). Todas as 110 vagas foram preenchidas, restando ainda 22 destinadas ao cadastro de reserva. Estes últimos serão convoca-

dos de acordo com a necessidade do Município. Após homologação do Processo Seletivo, os candidatos serão convocados através de edital próprio para este fim, de acordo com a ordem de classificação e quantidade de vagas por segmento, para se apresentarem no prazo de 48 horas, de acordo com os itens 8.4 a 8.7 do Edital

001/2014-SEMEC. Os profissionais selecionados ocuparão vagas na Educação Infantil e no Ensino Fundamental - anos iniciais (1º ao 5º ano) e anos finais (6º ao 9º ano). No Ensino Fundamental, serão contratados professores para áreas como Educação Física, Arte, História, Português, Matemática e Inglês.

A remuneração é de R$ 1.628,02. Até o final do primeiro semestre, a Prefeitura de Parnamirim deve lançar edital para um concurso público com contratação efetiva de professores. O resultado pode ser acessado no link: http://antigo.parnamirim.rn.gov.br:80 80/_private/upload/boletins/2/1176.pdf


Municipios Capa:2.qxd 05/03/2014 14:04 Page 2

www.potiguarnoticias.com.br

Municípios Potiguar Notícias | Edição 519 | Parnamirim, 7 de março de 2014 - sexta-feira

Jaime Calado

S. Gonçalo

“2014 será um ano de concretização de sonhos”

Médico e prefeito de São Gonçalo do Amarante em seu 2ºmandato, Jaime Calado Pereira dos Santos, esteve no Alpendre do PN, onde conversou com os jornalistas José Pinto Jr. e Géssica Ribeiro. Confira: O ano de 2013 foi positivo para o município de São Gonçalo do Amarante? Sem dúvidas. Foi o primeiro ano do nosso segundo mandato e um ano de muito trabalho. A Câmara Municipal apresentou e aprovou muitos projetos, que resultaram em grandes avanços e conquistas importantes para o município e para a população, que com certeza será a maior beneficiada a curto e longo prazos. E para 2014, quais as expectativas? Posso dizer que será um ano de concretização de sonhos. São Gonçalo hoje se torna uma potência no Rio Grande do Norte, principalmente com a construção do Aeroporto Internacional, que começa a operar em abril. Este será um dos maiores aeroporto-cidades da América Latina, que comportará em seu perímetro, serviços de todos os segmentos existentes em uma verdadeira cidade. É um investimento grandioso, e vai interferir diretamente, provocando grandes mudanças na economia, não só do município, mas de todo o Rio Grande do Norte. Já são visíveis as mudanças devido a chegada do Aeroporto. Como está a participação do Governo do Estado? A construção do aeroporto vem atraindo investidores dos mais diversos ramos. A especulação imobiliária aumenta significativamente e de forma crescente, com inúmeras construções de apartamentos e casas, e venda de terrenos. O setor hoteleiro também já está dando sinais de crescimento, e em breve teremos hotéis de grande e pequeno porte no entorno do aeroporto, o que é extremamente necessário. A Prefeitura está cumprindo tudo que

lhe cabe para viabilizar todas as mudanças necessárias para funcionamento do aeroporto. Mas uma questão que preocupa a muitos é a mobilidade urbana e o acesso ao local. Como eu disse, o aeroporto é um grande marco não só para São Gonçalo, como também para o Estado, e essa questão da mobilidade, no que cabe ao Governo do Estado, deve ser uma prioridade. Mas não há com o que se preocupar, as obras estão em andamento, e acredito que não haverá transtornos para os usuários. Já existem muitos investimentos e muito mais estão por vir. Novos investimentos exigem uma mão de obra maior e mais qualificada. Quais os projetos da Prefeitura para possibilitar que a população local se beneficie com as novas oportunidades? A população de São Gon-

çalo está com uma grande expectativa para as oportunidades de emprego que já começaram a surgir com a chegada do aeroporto, e a Prefeitura está trabalhando em prol disso. Estamos oferecendo diversos cursos, como por exemplo, idiomas para os taxistas que aturarão no aeroporto. Também oferecemos o cursos de Agente de Aeroporto, Limpeza de Aeronaves e outras áreas específicas para quem pretende trabalhar ali. Temos ótimas parcerias com o IFRN, o Senac , o Sesc, enfim, acreditamos no potencial da população, que esperava por uma chance como essa. Este será um ano atípico, pois teremos a Copa do Mundo e as Eleições. Como a Prefeitura está se organizando para que os projetos não sejam prejudicados? Mesmo sendo um ano com dois grandes eventos,

temos um cronograma muito organizado, de modo que nem mesmo as votações sejam atrasadas na Câmara. Nossos projetos e obras não devem ser paralisados, para que a população não se prejudique. Neste ano, o Sr. já entregou incentivos para a Cultura. Trata-se de um reconhecimento dessa área e dos artistas locais. Com certeza. São Gonçalo do Amarante é um município que tem uma história muito forte, e sua cultura deve ser preservada. Por isso valorizamos e incentivamos essas atividades, dando o devido reconhecimento àqueles que se esforçam para fazer acontecer, para não deixar a cultura, a religião e a história do nosso povo serem esquecidas. A segurança é um problema geral em todo o Bra-

sil, e os números da violência vem aumentando no RN. Segurança é algo a ser priorizado pela Prefeitura? A segurança é algo preocupante, e tem que ser uma prioridade máxima. Você não consegue trabalhar nem viver com qualidade sem segurança. Temos visto na mídia crimes absurdos, e tentamos combater. Segurança é uma questão de política pública que deve ser constantemente trabalhada, e reconheço que o apoio da mídia nesse aspecto é fundamental para qualquer política pública. A violência é uma questão social, que envolve diversos fatores, inclusive o caráter da pessoa que a pratica. Por isso, mais do que a segurança, educação é algo a ser priorizado. Então o Sr. acredita que resolver os problemas na Educação resultará em melhorias em todas as demais

áreas da sociedade ? Sabemos que a educação é que faz a diferença na vida das pessoas. Defendemos que a Educação deve ser de qualidade, e não de quantidade - como já atingimos. Deve se basear em valores, pois a maior crise da sociedade, no mundo inteiro, é a falta do respeito.E isso é um perigo para a democracia. A educação não deve só ensinar, mas também priorizar os valores. Também deve ser profissionalizante, pois o filho do pobre não pode terminar o segundo grau sem uma profissão. Isso é uma covardia. O ensino público tem que se redesenhado pois esse não está apresentando resultado. A escola pública hoje paga melhor aos professores do que as particulares, mas a metodologia é ultrapassada. É preciso rediscutir. Precisamos parar de tratar como ensino e tratar como educação. Tipo, incluindo a questão dos valores, a preparação do aluno para a vida. O Ensino Médio está de baixíssima qualidade. Ninguém tem o direito de tirar o futuro dessas gerações . Eu por exemplo devo tudo que sou e tenho a educação, que naquele tempo era de qualidade. Pública, mas de qualidade. Educação é e será sempre uma prioridade. Qual o seu olhar sobre a eleição deste ano, até hoje sem definição de cenários? Quem responde pelo PR aqui é o presidente João Maia, mas o que eu posso dizer é que o partido defende que dentro da nossa aliança a implantação de projetos eficientes para questão da violência, saúde, educação cidadã e profissionalizante, e políticas de desenvolimento. O RN precisa ter proposta concretas. Defendemos a tese de que toda classe política deve pensar na próxima eleição, mas também próxima geração. Há problemas de 100 anos que não foram enfretados e temos que resolver. Os homens públicos são servidores públicos, que tem que procurar fazer o melhor para a população e não para si próprios.


Municipios 2:2.qxd 05/03/2014 14:08 Page 2

PÁGINA 2

Municípios

POTIGUAR NOTÍCIAS

Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

Benefício

são Gonçalo

Passa e Fica tem veículo para Saúde Divulgação

O usuário dos programas de saúde da atenção básica de Passa e Fica já contam com mais um equipamento para melhoria nos atendimentos no município. O Prefeito Pepeu entregou mais um veículo adquirido com recursos do município e do PNAQ (Programa Nacional de Melhoria do Acesso e da Qualidade da Atenção Básica). O veículo Ducato (0

Km) que custou R$118 mil e pode transportar até 15 pessoas, já está agregado à frota da Saúde e atenderá as necessidades de transporte de pacientes em busca de recuperação na capital potiguar e nas atividades dos programas existentes no município. No ato da entrega estavam presentes a secretária da Saúde Beta, servidores e os condutores do veículo.

Saúde de Passa e Fica ganha veículo 0 Km

concurso

Profissionais de Saúde tomam posse em Goianinha A Secretaria Municipal de Saúde realizou empossou os 43 profissionais aprovados no mais recente concurso público realizado pela Prefeitura Municipal. Esses profissionais trabalharão nas unidades de saúde da família e no Hospital Municipal. Entre os convocados estão médicos, enfermeiros, psicólogos e técnicos de enferma-

gem. O cerimônia de posse aconteceu no dia 24 de janeiro, na Casa de Cultura e contou com a presença do prefeito Júnior Rocha; do vice-prefeito Berg Lisboa; da procuradora do município, Alcicleia Oliveira; da secretária de Saúde, Karla Rocha e demais secretários e vereadores. Na oportunidade, os

profissionais conheceram o líder do Executivo municipal e a equipe responsável por coordenar a Saúde do município. Durante o discurso, o Prefeito Júnior Rocha falou sobre a estrutura que o município possui em termos de Saúde, das condições de trabalho que são oferecidas pela gestão e das possíveis dificuldades

que os empossados poderão encontrar pela frente, tendo em vista que a saúde pública no Brasil ainda é precária, devido a escassez de recursos. O Prefeito desejou sucesso a todos e garantiu que “poderão contar com o apoio da administração para desenvolver um bom trabalho em prol da saúde de Goianinha”.

destaque

Carnaval de Lajes é sucesso O carnaval de Lajes está se consolidando como o carnaval mais tranquilo de toda a região, pode-se dizer que do RN também. Desde a sexta feira (28), quando foi aberto com o tradicional Zé Pereira, no sábado na União Caixeiral, no Parque Cabugi, nos arrastões, na praça Manoel Januário Cabral, e em todos os lugares, os foliões

brincara na maior tranquilidade. O prefeito Benes Leocádio participou de toda a programação, procurando dar o apoio à comunidade. Apesar do Poder Público não ter podido promover a festa, um grupo de amigos comandado pessoalmente por Benes realizou o Carnaval dos Amigos de Lajes, um exemplo de organização.

Divulgação

Prefeito Benes promoveu com amigoo Carnaval de Lajes

Jaime Calado faz acompanhamento de obras no município O prefeito de São Gonçalo do Amarante, Jaime Calado, cumpriu agenda administrativa em uma manhã de visita a obras importantes para o município e que estão em pleno andamento. Acompanhado do secretário municipal de Infraestrutura, Alessandro Gaspar, ele verificou a construção do reservatório elevado de água, localizado no bairro Golandim, e que se trata de um ponto estratégico na distribuição de água do novo Sistema Adutor de São Gonçalo do Amarante, garantindo água para os próximo 30 anos. Outras importantes obras visitadas tiveram ainda a presença do secretário municipal de Educação, Abel Neto. O grupo visitou os trabalhos de ampliação da Escola Munici-

pal Maria de Lourdes, no conjunto Cidade das Rosas e a creche modelo do conjunto Plaza Garden. A visita foi encerrada nas obras de construção da nova Unidade Básica de Saúde da Serrada, já em fase de acabamento. “São Gonçalo conta com mais de 30 obras em andamento e é importante que o gestor acompanhe e esteja presente para que os prazos de entrega sejam cumpridos, bem como observando a qualidade da execução dos trabalhos. Estou muito satisfeito com o andamento dos serviços e estamos nos preparando para este novo momento que São Gonçalo está começando a viver e terá com o início das atividades do Aeroporto Internacional Governador Aluízio Alves”, disse Jaime.

festa

Ielmo Marinho realiza Carnaval Social A Prefeitura de Ielmo Marinho, através da Secretaria Municipal de Promoção do Bem Estar Social, realizou na quarta-feira (26), o 9º Carnaval Social de Ielmo Marinho. O evento foi uma grande festa para cerca de 400 pessoas, incluindo os beneficiários do serviço de convivência e fortalecimento de vínculo do município. De acordo com a secretária, Patrícia Kelly, foi um dia diferente. “Conseguimos fazer um carnaval muito animado, acredito que para os foliões foi um dia especial, onde puderam festejar a tradição carnavalesca”,

frisou Patrícia. O evento foi animado pela banda Forró Tem Pegada, que proporcionou muita alegria aos presentes. Houve também a escolha da rainha do Carnaval 2014, Bianca; da Musa do Carnaval, Irysllane Costa; e da Rainha da Terceira Idade, Dona Joana. A festa contou ainda com a participação da Bixa Braba, interpretada por um dos apresentadores do Programa Trocando Ideia, Fernando Bilro. “Foi um sucesso, muita animação. A Bixa Braba fez a alegria da população. Gostei muito de ter participado”, disse Fernando.


Municipios 3:2.qxd 05/03/2014 14:10 Page 2

Municípios Evandro Prefeito de Pedra Grande

POTIGUAR NOTÍCIAS

PÁGINA 3

Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

entreVIsta

fala sobre administração Cedida

O técnico-agrícola e prefeito de Pedra Grande, Marcos Luiz Pereira (PMDB), conversou com a Redação do PN sobre os desafios da gestão, arrecadação do município e saúde local. Marcão governa Pedra Grande, município localizado a 127 km de Natal, pela segunda vez. O ano de 2013 foi produtivo para o município de Pedra Grande? Tivemos dificuldade desde o primeiro dia de governo, mas isso não nos meteu medo pois tínhamos um planejamento. Enfrentamos situações de crise, em virtude da queda do FPM, mas conseguimos atravessar 2013 de forma satisfatória. Quais os desafios da administração para 2014? Intensificar a realização dos convênios com o Governo Federal para área de

ticipação dos Municípios). Com a chegada das empresas eólicas, arrecadamos o ISS (Imposto Sobre Serviços), que viabilizou a compra de uma ambulância e a construção de um Posto de Saúde.

Prefeito Marcão, prefeito de Pedra Grande pelo 2º mandato

Habitação e Saúde. Temos planejada a construção de duas unidades básicas de saúde e uma nova escola municipal. A conclusão de pavimentação e restauração do terminal turístico da praia de Enxu Queimado

também serão prioridades este ano. Qual o tipo de arrecadação que chega ao município de Pedra Grande? Basicamente a arrecadação do FPM (Fundo de Par-

Atualmente, como está a questão da Saúde no município? Houve uma melhora substancial, principalmente devido a construção do Pos e a ampliação da Unidade Básica Central. O atendimento tem sido satisfatório, pois temos duas equipes do PSF (Programa de Saúde Familiar) e plantonistas trabalhando no município, atendendo também as comunidades ao redor. Quando se faz necessário, disponibilizamos transporte até a capital para realização de exames e consultas de média e alta complexidade.

extremoz

Reunião do Selo Unicef é realizada A prefeitura de Extremoz, por meio das secretarias de Assistência Social, Trabalho e Habitação, Educação e Cultura, Meio Ambiente, Esporte e Lazer e Saúde realizou a segunda reunião de planejamento em busca do Selo Unicef (2013-2016) nesta quartafeira, 26. O encontro foi realizado na sala de reuniões do Gabinete do Prefeito e foi conduzido pelo articula-

dor municipal do Selo, Michel Platiny. Na ocasião, o articulador apresentou os eixos e os sete objetivos a serem alcançados pela gestão para obtenção do reconhecimento internacional em prol da criança e do adolescente do município. O encontro também definiu o lançamento oficial do selo no município, prevista para a segunda quinzena de março, no

Conjunto Estrela do Mar, durante a edição do Projeto Cinema na Praça. A secretaria de Educação e Cultura lançou durante a reunião o concurso para criação da logomarca do Selo Unicef para as crianças e adolescentes com até 17 anos. A premiação ainda está sendo definida pela Secretaria de Educação, mas segundo a secretária da pasta,

Rosileide Brito, será uma forma de incentivo a participação dos alunos na vida escolar. SELO UNICEF O Selo Unicef Município Aprovado busca universalizar direitos e melhorar a vida de crianças e adolescentes dos municípios, fortalecer as gestões e reduzir desigualdades sociais no País.

festa com segurança

João Camara: carnaval seguro e familiar A Prefeitura de João Câmara, como de costume, concentrou a festa de carnaval no açude da comunidade rural de Pedra D’água, local procurado por um grande número de foliões em busca de diversão. A segurança foi feita por integrantes da Companhia independente de Polícia

Militar (CIPM) e da Guarda Municipal que em parceria com a polícia Militar, fizeram um excelente trabalho, dando suporte durante as festividades. Os guardas atuaram também no controle de chegada, saída e estacionamento dos veículos no local da folia.

diVULGaÇÃO

Equipe da Segurança durante o Carnaval

Borges

evandroborges@supercabo.com.br

Encerrado o Carnaval e os Municípios Balanço das atividades. Relações Institucionais. Alcance social e econômico. O carnaval é uma necessidade para o seguimento do turismo. Potencial do RN. Alguns municípios encerraram as atividades carnavalescas com êxito, atraíram multidões, fortaleceram o turismo regional, e precisam agora, expor dados dos ganhos econômicos e sociais para justificar os altos investimentos, além da autoestima e do lazer proporcionado a seus munícipes de valor imensurável. No próximo ano o Ministério Público precisa começar mais cedo a mobilização das Municipalidades para se buscar consensos nos investimentos no que se refere à realização dos eventos carnavalescos, inclusive incorporando o Corpo de Bombeiros para dizer com antecedência os critérios de segurança. Com as reuniões sendo realizadas com antecedência, buscando o mínimo de planejamento, evita-se o choque institucional e diminui possíveis tensões, e cada um realizando a sua missão institucional que é boa para a sociedade e a cidadania, dando a segurança que todos precisam. Em face dos altos investimentos que são realizados, as Municipalidades devem buscar, também, a participação do setor produtivo, para aumentar a mobilização e diminuir os custos das despesas públicas que são significativas com a força policial, com a limpeza pública, com a saúde pública colocada a disposição dos eventos, dentre outros. Os grandes carnavais de atração nacional, dando a devida visibilidade em toda mídia, puxando o turismo, com intensa participação popular, como Salvador, Recife-Olinda, Rio de Janeiro, consta uma presença significativa da iniciativa privada com fortes patrocínios e recebendo compensações. Assim os Municípios para alcançarem os patrocínios da iniciativa privada devem se organizar, cadastrando os ambulantes, assegurando os produtos dos mesmos, dando garantias

alimentares e nutricionais com a vigilância sanitária, garantindo o cumprimento das programações, reservando áreas para artesanato e praças de alimentação. A retomada do Carnaval de Natal, como o maior centro turístico do Estado, com um turismo receptivo tradicional, com a infraestrutura hoteleira existente, necessita de um carnaval dinâmico, cultural, atrativo, com a presença da juventude, que possa dar visibilidade suficiente, exposto na mídia passou a ser uma necessidade para o seguimento do turismo. Em Pipa, no município de Tibau do Sul de uma cultura multifacetada que conta com eventos gastronômicos, de festivais literários, de shows permanentes no período do veraneio, com uma estrutura de hotéis e pousados formidáveis, conhecidos nacionalmente, igualmente, precisa de um carnaval bastante atrativo. O Governo do Estado não pode ficar omisso e inerte, como se nada lhe fosse afeto, algo que passasse ao largo, deveria está envolvido, planejando, aumentando as ações dos órgãos do Estado no período, com presença marcante, mostrando a importância do setor do turismo. O Estado no estágio atual para concorrer com o turismo nacional, precisa definir um calendário de eventos, bastante claro, pois, o RN perde no Carnaval e nas festas juninas, em que pese os esforços de Mossoró e Assú quanto ao São João e São Pedro, não podendo ficar estes municípios sozinhos, com seus parcos recursos. O Planejamento que está sendo elaborado sob a égide da FIERN, denominado de “Mais RN” espera-se que o setor terciário de serviços, como o turismo seja enfocado, e se aponte para um calendário de eventos, que a iniciativa privada possa realizar os investimentos com a devida segurança.


Municipios 4:2.qxd 05/03/2014 14:12 Page 2

PÁGINA 4

POTIGUAR NOTÍCIAS

Cidadania

Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

Rômulo Diretoria do SINDIPETRO-RN indica aceitação Estânrley da proposta de Regramento da PLR sindicAlismo

romulochargista@gmail.com

A diretoria do SINDIPETRO-RN está indicando a aceitação da proposta da Petrobrás para o Regramento da PLR Futura, conforme decisão do Conselho Deliberativo da FUP. O calendário de assembleias deve ser divulgado nos próximos dias mas compreenderá o período de 10 a 21 de março, entre debates e deliberações. A decisão foi tomada após seminário de esclarecimento do documento, realizado no dia 24 de janeiro, ministrado pelo economista do Dieese, Cloriosmar Cararine, em Natal. A categoria terá um prazo de dois anos para fazer possíveis modificações,

DIVULGAÇÃO

Cloriosmar Cararine, economista do Dieese, ministrou poalestra aos sindicalistas

conforme as demandas forem surgindo, para que seja construído um Regramento

o mais democrático possível. Daí, a importância do acompanhamento dos efei-

tos dos indicadores na definição do montante das PLR’s futuras.

cArnAvAl solidário

Secretaria de Assistência Social de Ceará-Mirim realiza Carnaval do PETI A Prefeitura de Ceará-Mirim, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social (Semtas), realizou uma festinha de carnaval para os alunos do Programa de Erradicação do Trabalho Infantil(PETI) e do Programa Projovem Adolescente. Denominado de "PETI FOLIA 2014", em sua 5ª edição, o frevo tomou conta do espaço do PETI, e em seguida seguiu por diversas

dívidAs

TRT negocia R$ 4 mil em precatórios Foi bastante positivo o resultado final da primeira pauta de negociação de 2014 entre o Tribunal Regional do Trabalho do Rio Grande do Norte e prefeituras, para tratar do pagamento de precatórios, cujos acordos chegaram no valor final de R$ 4.465.100,00. Mais cinco prefeituras asseguraram o pagamento de todos os seus precatórios de 2014, que vencerão somente no mês de dezembro. Santa Maria foi o primeiro município a negociar nesta quinta-feira. A prefeita Celina Amélia Câmara de Moura dividiu a dívida de R$ 40.000,00 .

ruas e avenidas do município, onde todas as crianças, adolescentes e jovens brincaram, dançaram e se alegraram ao som marchinhas e melodias carnavalescas. As fantasias e adereços foram confeccionados pelos próprios alunos com a ajuda dos monitores, sob a supervisão da coordenadora do PETI, Linete de Melo Pereira, que está em seu primeiro ano de gestão à frente do

programa. A secretária de Assistência Social e primeira dama do município, Ozeny Fernandes, bem como a coordenadora, Linete Pereira, ficaram entusiasmadas com a empolgação das crianças e das monitoras e monitores durante a festa, fazendo a folia carnavalesca com muita animação. Sobre o PETI

O PETI é um programa do Governo Federal, realizado em Ceará-Mirim pela Prefeitura, com o objetivo de erradicar a exploração do trabalho infantil. O programa, atende crianças e adolescentes no horário oposto ao das aulas, proporcionando reforço escolar, esportes, passeios culturais, aulas de música, oficinas de trabalhos manuais, entre outros.

Ação sociAl

Carnaval das Crianças em Guamaré

A triste constatação da falta de segurança no Brasil

O aumento desenfreado da violência no Brasil está me fazendo refletir a respeito, nos últimos dias. Não sou sociólogo, mas o pouco que entendo sobre como as coisas funcionam no mundo não consigo desassociar esse problema das políticas geridas (ou falta delas) pelo Governo Federal. É triste chegar a essa conclusão, principalmente por constatar que essa crise no setor de segurança nos estados brasileiros coincide com os mandatos de Lula (2) e Dilma Rousseff (1). E mais lamentável ainda é eu ter depositado toda a minha confiança no partido, uma vez que fui um eleitor fiel do PT, desde 1989, em se tratando de disputa presidencial. É inegável a contribuição que o PT deu ao país, desde sua fundação na década de 1980, como também é inegável o que Lula fez para tirar o país da areia movediça em que Fernando Henrique Cardoso o colocou. Mas, depois, se perdeu, ficou à deriva, refém do que se convencionou chamar de “governabilidade”, reflexo da nossa democracia atrofiada. Resultado: o governo do PT encontrase inerte, inoperante, não está dando respostas para os graves problemas que o país enfrenta. Vou só citar um, que considero o mais importante: a educação. Pô, este setor era o que deveria ter avançado mais, pois a Educação sempre foi uma bandeira histórica do partido. Mas não. Preferiu vender um engodo chamado “piso do magistério” para a categoria, utilizando o discurso da dedicação ex-

clusiva, de que os professores iriam ter um ganho digno que não precisariam correr para dar aulas em outras instituições... Pura balela! E ainda usam a desculpa de que o Brasil é um país com quinhentos anos de vícios, que não podem ser corrigidos de um dia para o outro. Isso é discurso de comodista. Como diz o ditado popular: “Quem não pode com o pote não pega na rodilha”. Ora, já são doze anos!!! E o que vemos? Um retrocesso. A qualidade da educação baixou – e muito! – nos governos Lula e Dilma. Não sou um expert no assunto, mas não precisa ser para apontar os motivos. É óbvio que o problema da educação não se resume somente aos salários dos docentes. Mas o governo precisa entender que a sua política foi a pá de cal em cima dos professores; jogando no lixo todas as esperanças que a categoria tinha num governo que deveria ser a cara do povo e não de empresários e banqueiros. Chega de discursos mentirosos, maquiagens e de tentar controlar as entidades representativas dos trabalhadores! Não estou defendendo aqui o retorno de outros partidos que governaram o Brasil. De forma alguma. O que defendo é uma transformação profunda em nosso sistema democrático. Mas, para isso ser possível, é preciso muito investimento na educação – muito mesmo. Só ela será capaz de nos livrar do atraso e nos alavancar para o próximo estágio evolutivo de nossa sociedade.

DIVULGAÇÃO

Eleitor de Dilma é o que tem menos escolaridade, diz pesquisa

A maioria do eleitorado da presidente Dilma Rousseff (PT) tem entre 25 e 34 anos, possui pouca escolaridade, renda familiar de até R$ 1.448,00 e mora no Nordeste. As conclusões são da pesquisa Datafolha, publicada no último dia 2 (domingo), pelo jornal Folha de São Paulo. Segundo a pesquisa, 51% das pessoas que declaram votar em Dilma têm renda familiar de até R$ 1.448. No quesito formação escolar, 44% deles têm apenas Ensino Fundamental, 44% concluíram o Ensino Médio e apenas 12% terminaram o Ensino Superior. Crianças e adolescentes participaram da folia promovida pela Assistência Social do município

A Prefeitura de Guamaré, através da Secretaria Municipal de Assistência Social, promoveu o carnaval das crianças e adolescentes do Serviço de Convivência e Fortalecimento

de Vínculos. A secretária de Assistência Social, Marisa Rodrigues, afirmou que “o carnaval com as crian ças tem como objetivo de levar a arte, a

dança, o lazer, o entretenimento as localidades com vulnerabilidade social, e o socioasssistencialismo a crianças e ado lescentes, que estão inseridas no programa”.

Ponto degolado

Para comprovar a total desorganização do Governo Rosalba, o corte de ponto dos professores foi feito aleatoriamente e sem critério. Nem todos os grevistas foram atingidos e o SINTE/RN recebeu informações de que profissionais que não aderiram à paralisação também tiveram descontos em seus salários. Muitos diretores de escolas também não entregaram a lista dos grevistas.


Mulher Capa:2.qxd 05/03/2014 18:16 Page 2

www.potiguarnoticias.com.br

Parnamirim, sexta›feira 7 de mar o de 2014

Coragem, teu nome é Mulher!

Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida, removendo pedras e plantando flores Cora Coralina

Em caderno especial, o Potiguar Notícias aborda parte da história do Dia da Mulher, enfocando as lutas dos movimentos feministas até os dias de hoje, com informações, dados e estatísticas. Confira também entrevista com a militante social Teresa Freire, falando da importância do papel da Mulher na sociedade, em Natal, no Brasil e no Mundo. A bióloga Mirlla Souza também fala sobre mulher e sua atuação em profissões outrora comandadas por homens.


Mulher 2:2.qxd 05/03/2014 18:27 Page 2

2

Parnamirim sexta-feira 7 de março de 2014

IPEA revela mapa da Violência contra a mulher no Brasil No Brasil, no período 2009-2011, foram registrados 16,9 mil feminicídios Estudo divulgado recentemente pelo IPEA (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), revelou que no Brasil, no período 2009-2011, foram registrados 16,9 mil feminicídios, ou seja, “mortes de mulheres por conflito de gênero”, especialmente em casos de agressão perpetrada por

parceiros íntimos. Esse número indica uma taxa de 5,8 casos para cada grupo de 100 mil mulheres. As regiões Nordeste, Centro-Oeste e Norte apresentaram as taxas de feminicídios mais elevadas, respectivamente, 6,90, 6,86 e 6,42 óbitos por 100 mil mulheres. As UF

Que as mulheres parnamirinenses continuem, com coragem e doçura, fazendo de nosso município um lugar melhor e mais justo para nossos filhos e netos. Parabéns a todas pelo Dia da Mulher

Gutemberg Xavier Secretário de Limpeza Urbana

(Unidades da Federação) com maiores taxas foram: Espírito Santo (11,24), Bahia (9,08), Alagoas (8,84), Roraima (8,51) e Pernambuco (7,81). Por sua vez, taxas mais baixas foram observadas nos estados do Piauí (2,71), Santa Catarina (3,28) e São Paulo (3,74). Ainda segundo o estudo,

o Rio Grande do Norte apresentou um número absoluto de 306 feminicídios, o que equivale a uma média anual de 102 mortes, ocupando assim a 20ª posição no ranking nacional. Foi observado também que mulheres jovens, negras e de baixa escolaridade são

Mulher: sinônimo de ternura e determinação. Coragem e amor. Dia da Mulher é todo dia, mas, celebremos neste dia 8 de Março tudo o que cada mulher representa!

as principais vítimas: mais da metade dos óbitos (54%) foram de mulheres de 20 a 39 anos, 61% dos óbitos foram de mulheres negras, que foram as principais vítimas em todas as regiões, à exceção da Sul, e 48% daquelas com 15 ou mais anos de idade tinham até 8 anos de estudo.


Mulher 3:2.qxd 05/03/2014 18:29 Page 2

3

Parnamirim sexta-feira 7 de março de 2014

A história do Dia da Mulher O Dia Internacional da Mulher, celebrado em 8 de março, tem como origem as manifestações das mulheres russas por melhores condições de vida e trabalho e contra a entrada da Rússia czarista na Primeira Guerra Mundial. Essas manifestações marcaram o início da Revolução de 1917. Entretanto a ideia de celebrar um dia da mulher já havia surgido desde os primeiros anos do século XX, nos Estados Unidos e na Europa, no contexto das lutas de mulheres por melhores condições de vida e trabalho, bem como pelo direito de voto. Nos países ocidentais, a data foi esquecida por longo tempo e somente recuperada pelo movimento feminista, já na década de 1960. Na atualidade, a celebração do Dia Internacional da Mulher perdeu parcialmente o seu sentido original, adquirindo um caráter festivo e comercial. Nessa data, os empregadores, sem certamente pretender evocar o espírito das operárias grevistas do 8 de março de 1917, costumam distribuir rosas vermelhas ou pequenos mimos entre suas empregadas. Em 1975, foi designado pela ONU como o Ano Internacional da Mulher e, em dezembro de 1977, o Dia Internacional da Mulher foi adotado pelas Nações Unidas, para lembrar as conquistas sociais, políticas e económicas das mulheres.1 A ideia da existência de um dia internacional da mulher surge na virada do século XX, no contexto da Segunda Revolução Industrial e da Primeira Guerra Mundial, quando ocorre a incorporação da mão-deobra feminina, em massa, na indústria. As condições de trabalho, frequentemente insalubres e perigosas, eram motivo de frequentes protestos por parte dos trabalhadores. Muitas manifestações ocorreram nos anos seguintes, em várias partes do mundo, destacando-se Nova Iorque, Berlim, Viena (1911) e São Petersburgo (1913). O primeiro Dia Internacional da Mulher foi celebrado em 28 de fevereiro de 1909 nos Estados Unidos, por iniciativa do Partido Socialista da América2 , em memória do protesto contra as más condições de trabalho das operárias da indústria do vestuário de Nova York[carece de fontes].

xxxxxxxxxx

xxxxxxxxxx

Em 1910, ocorreu a primeira conferência internacional de mulheres, em Copenhaga, dirigida pela Internacional Socialista, quando foi aprovada proposta da socialista alemã Clara Zetkin, de instituição de um dia internacional da Mulher, embora nenhuma data tivesse sido especificada.3 Poucos dias depois, a 25 de março de 1911, um incêndio na fábrica da Triangle

Shirtwaist mataria 146 trabalhadores - a maioria costureiras. O número elevado de mortes foi atribuído às más condições de segurança do edifício. Este foi considerado como o pior incêndio da história de Nova Iorque, até 11 de setembro de 2001. Para Eva Blay, é provável que a morte das trabalhadoras da Triangle se tenha incorporado ao imaginário coletivo, de modo que esse episódio

é, com frequência, erroneamente considerado como a origem do Dia Internacional da Mulher. Na Rússia, as comemorações do Dia Internacional da Mulher foram o estopim da Revolução russa de 1917. Em 8 de março de 1917 (23 de fevereiro pelo calendário juliano), a greve das operárias da indústria têxtil contra a fome, contra o czar Nicolau II e contra a participa-

ção do país na Primeira Guerra Mundial precipitou os acontecimentos que resultaram na Revolução de Fevereiro. Leon Trotsky assim registrou o evento: “Em 23 de fevereiro (8 de março no calendário gregoriano) estavam planejadas ações revolucionárias. Pela manhã, a despeito das diretivas, as operárias têxteis deixaram o trabalho de várias fábricas e enviaram delega-

das para solicitarem sustentação da greve. Todas saíram às ruas e a greve foi de massas. Mas não imaginávamos que este ‘dia das mulheres’ viria a inaugurar a revolução”. Berlim Oriental, Unter den Linden, (1951). Retratos de líderes da InternatioDemokratischen nalen Frauen-Föderation (IDFF), na 41ª edição do Dia Internacional da Mulher. Após a Revolução de Outubro, a feminista bolchevique Alexandra Kollontai persuadiu Lenin para tornálo um dia oficial que, durante o período soviético, permaneceu como celebração da "heróica mulher trabalhadora". No entanto, o feriado rapidamente perderia a vertente política e tornarse-ia uma ocasião em que os homens manifestavam simpatia ou amor pelas mulheres - uma mistura das festas ocidentais do Dia das Mães e do Dia dos Namorados, com ofertas de prendas e flores, pelos homens às mulheres. O dia permanece como feriado oficial na Rússia, bem como na Bielorrússia, Macedónia, Moldávia e Ucrânia. Na Tchecoslováquia, quando o país integrava o Bloco Soviético (1948 1989), a celebração era apoiada pelo Partido Comunista. O MDŽ (Mezinárodní den žen, "Dia Internacional da Mulher" em checo) era então usado como instrumento de propaganda do partido, visando convencer as mulheres de que considerava as necessidades femininas ao formular políticas sociais. A celebração ritualística do partido no Dia Internacional da Mulher tornouse estereotipada. A cada dia 8 de março, as mulheres ganhavam uma flor ou um presentinho do chefe. A data foi gradualmente ganhando um caráter de paródia e acabou sendo ridicularizada até mesmo no cinema e na televisão. Assim, o propósito original da celebração perdeu-se completamente. Após o colapso da União Soviética, o MDŽ foi rapidamente abandonado como mais um símbolo do antigo regime. No Ocidente, o Dia Internacional da Mulher foi comemorado durante as décadas de 1910 e 1920. Posteriormente, a data caiu no esquecimento e só foi recuperada pelo movimento feminista, já na década de 1960, sendo, afinal, adotado pelas Nações Unidas, em 1977.


Mulher 4:2.qxd 05/03/2014 18:30 Page 2

4

Parnamirim sexta-feira 7 de março de 2014

Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República

A valorização da mulher e de sua inclusão nos processos produtivos, sociais e culturais do país é o principal objetivo da Secretaria.

Criada em 2003, pelo então presidente Lula, a Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República (SMP/PR) busca promover a igualdade entre homens e mulheres e combater todas as fromas de preconceito. A valorização da mulher e de sua inclusão nos processos produtivos, sociais e culturais do país é o principal objetivo da Secretaria. Com três linhas de atuação: 1) Políticas do Trabalho e da Autonomia Econômica das Mulheres 2) Enfrentamento à Violência contra as Mulheres; 3) Programas e Ações na área de Saúde, Educação, Cultura, Participação Política, Igualdade de Gênero e Diversidade, a secretaria assessora diretamente a Presidenta da República, em um processo articulado com os demais ministérios, no desenvolvimento de políticas para as mulheres. Articulada também internacionalmente, sempre

em busca do reconhecimento e promoção dos direitos da mulher, a Secretaria é um marco importante no enfrentamento de preconceitos em um país tão massacrado pela falta de igualdade entre os gêneros e ausência de políticas públicas que corrigam esse erro histórico.

Nós, mulheres, estamos construindo um mundo melhor na busca pela igualdade e justiça. Quero me congratular, nesta data, com todas as mulheres parnamirinenses, bravas e guerreiras. Parabéns Mulheres!!! Mara Nôga

Secretária de Planejamento e Finanças

No dia 8 de março comemoramos o Dia Internacional da Mulher, uma data que deve ser comemorada devido às grandes conquistas que as mulheres conseguiram ao longo dos séculos e o mais importante, suas grandes capacidades de igualarem em direitos.

Parabéns a todas as mulheres de Parnamirim e do RN!

Walter Fernandes


Mulher 5:2.qxd 05/03/2014 18:32 Page 2

5

Parnamirim sexta-feira 7 de março de 2014

“É importante manter a Secretaria da Mulher de Natal” A coordenadora da ONG Bandeira Lilás, Tereza Freire, conversou com o jornalista Pinto Júnior a respeito das atividades empreendidas pela ONG na cidade de Natal, sobre o manifesto em defesa da Secretaria Municipal das Mulheres e também sobre as atividades programadas para o dia 8 de Março. Qual a missão da ONG feminista Bandeira Lilás? A Bandeira lilás foi criada há mais de 10 anos, em Natal, por um grupo de mulheres que buscam de forma mais coletiva e organizada discutir as questões específicas relativas à situação da mulher na sociedade, desde a questão da autonomia, da violência, da desigualdade entre gêneros, passando pela qualificação das mesmas. Trabalhamos com a consciência, com a organização, com o debate político, contribuindo para que o movimento de mulheres cresça no Estado e no Brasil. A ONG também participa de um movimento internacional. Participamos da “Marcha Internacional das Mulheres”, movimento criado em 2000, presente em vários países, cada um apresentando sua demanda específica, com sua bandeira de luta. Posso destacar dois grandes eixos de combate da marcha: a pobreza e a violência. De acordo com dados oficiais, entre as pessoas mais pobres do mundo, 70% são mulheres. A sociedade ainda é extremamente desigual e preconceituosa e as mulheres, apesar de terem uma grande sobrecarga de trabalho, ainda são inferiormente remuneradas. Cerca de 52% dos eleitores no Brasil são mulheres., Ao observar a participação feminina no parlamento, notamos que apenas 10% dos legisladores são do sexo feminino. Por que há essa contradição? Essa ainda é uma questão que precisa ser compreendida pela sociedade. As mulheres ficaram por muito tempo excluídas, sustentando o trabalho doméstico, são as mulheres que lavam, que engomam, que levam para a escola, que cuidam do pai, da mãe, dos vizinhos, que transmitem o afeto, a solidariedade humana, discutem a subjetividade. Tudo isso a impede de estar no mundo público, pois precisam de um aparato familiar e doméstico que não tem por que o Estado não promove. Por isso reivindicamos políticas públicas que supram essa necessidade, para que as mu-

lheres possam exercer seu papel político, como muitas já exercem. Apesar de ter um número pequeno de representação no Congresso, na Assembleia e câmaras municipais, as mulheres estão em vários espaços, tentando inclusive implementar uma nova visão de mundo, que supera a desigualdade, a inferioridade e que respeite a mulher como humano. Então a senhora tem uma visão otimista com relação a essa questão? Há em marcha alguma mudança? Hoje, há uma inserção muito grande das mulheres no espaço público e a sociedade como um todo reconhece isso. Sem deixar de mencionar que as mulheres são muitas vezes, mais qualificadas que os homens, do ponto de vista da escolarida-

Hoje há uma inserção muito grande da mulher no espaço público

de. Quando ela comanda, organiza, coordena ou lidera uma empresa ou um movimento, observamos que o resultado é bem superior, por incorporar a subjetividade humana, as questões especificas do humano e também as tecnologias. Do que trata o manifesto em defesa da Secretaria Municipal das Mulheres? A reforma administrativa do prefeito Carlos Eduardo deseja extinguir a Secretaria das Mulheres, nós estranhamos a decisão uma vez que ele sempre se colocou como um prefeito que atende as reivindicações da cidade. Durante a campanha se comprometeu, inclusive, em ajudar a qualificar a marcha, ou seja, dar condi-

ções para que a secretaria tivesse mais autonomia, e tivesse uma equipe mais qualificada. Diante disso o movimento se reuniu com os mandatos populares de deputados e vereadores que apoiam a causa, entidades do movimento estudantil e social para tirarmos uma posição coletiva e com ela nos encaminharmos até o prefeito e sociedade para dizer porque é importante ter uma secretaria das mulheres. E por que é importante ter uma Secretaria das Mulheres? A cada 15 segundos, uma mulher é violentada dentro do seu lar, e um dos eixos da marcha mundial das mulheres é exatamente o de combater a violência. No governo federal existe um pacto de enfrentamento da violência através da secretaria nacional, o Rio Grande do Norte se comprometeu com o pacto, mas sem a Secretaria Municipal de Mulheres como isso será discutido e encaminhado? Fechar a Secretaria seria perder um ente federativo fazendo essa conexão com a política nacional de combate a violência? Exatamente, sem a Secretaria Municipal não é possível estabelecer convênio com a Secretaria Nacional. E foi isso que dissemos ao prefeito, na presença da deputada federal Fátima Bezerra e do vereador Hugo Manso, dentre outros representantes do movimento. O prefeito ficou de avaliar para então discutir novamente conosco a reorganização da Secretaria. Qual a programação do movimento para o 8 de Março? Iremos às ruas, como já fazemos desde muito tempo, para mostrar a sociedade porque o movimento de mulheres existe, quais são suas bandeiras de luta e porque precisa ser fortalecido. Faremos um ato público em frente à Prefeitura para lembrar ao prefeito a importância da manutenção da secretaria, mas com uma estrutura mínima de funcionamento. E também atividades de reflexão e debates nos bairros da cidade.

Dia da Mulher: Data de reflexão e comemoração, quando devemos lutar ainda mais pela igualdade e direitos. Meu abraço a todas as mulheres de Venha Ver e de todo o Rio Grande do Norte. Expedito Salviano

Prefeito de Venha Ver


Mulher 6:2.qxd 05/03/2014 18:34 Page 2

6

Parnamirim sexta-feira 7 de março de 2014

Marcos apresenta solução de mobilidade para o secular Cemitério de Igapó

Muro caído em dois trechos, crescimento desordenado e falta de vias para que as pessoas possam caminhar para sepultar seus entes queridos. Estes são alguns dos problemas enfrentados pelo secular Cemitério de Igapó. A falta de planejamento do Poder Público ao longo das décadas, está provocando em quem entra no logradouro dificuldades de levar os defuntos até as covas, devido ao fato de as sepulturas terem ficado praticamente umas em cima das outras. A realidade hoje é que para enterrar um morto é preciso trafegar por cima das covas. Visando solucionar mais este problema, o vereador Marcos Antônio (PSOL) propôs à Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur) que seja feita uma modificação na estrutura do cemitério: que no centro, onde há uma drenagem para as águas chuvosas, seja rebaixado, colocando manilha por baixo, aproveitando o corredor para fazer uma rua central; e dela saindo rampas sobre pilotis. Acompanhado por técnicos da SEMSUR, dias atrás,

AssessoriA

Vereador Marcos (PSOL) faz cobranças à Semsur

o parlamentar foi informado que há como aproveitar 2 ou 3 metros dos fundos, com o recuo do muro do cemitério para ser possível a execução da obra proposta por Marcos, onde será preciso fazer uma rua central. Antes disso, os técnicos mostraram-se receosos em criar ruas no cemitério, devido as famílias dos mortos possivelmente não aceitarem a remoção das covas de um lugar para outro. A princípio, eles pensaram em abrir ruelas aonde existem túmulos. Mas Marcos Antônio apresentou esta outra so-

lução de engenharia, que seria o corredor central por onde passará o bueiro, aproveitar um corredor central ao longo do cemitério e a construção de rampas sobre pilotis. “Com isso, acaba o problema de mexer nos túmulos”, falou. Marcos é autor de uma emenda na ordem de R$ 300 mil na LOA (Lei Orçamentária Anual) já para este ano. “Esperamos que esses R$ 300 mil não for necessário, a SEMSUR complemente; ou podemos complementar com outras emendas”, disse o vereador do PSOL.

A Mulher conquistou, com lutas, doçura e lágrimas, seus direitos e sua independência. Neste Dia da Mulher devemos todos nos unir a esta batalha por um mundo mais justo e igualitário para homens e mulheres.

Rogério Santiago

secretario do Meio Ambiente e do Desenvolvimento Urbano- seMUr

Dia Internacional da Mulher

Giovani Junior VereADor

Dia 8 de março é apenas um dia das mulheres, mas, isso não basta. Todos os dias são dias de comemorar e homenagear as mulheres de nossa vida. Meus votos a todas as mulheres parnamirinenses, que erguem, dia a dia, nosso município.

Dia da Mulher: Data em que celebramos as mulheres que com força, determinação, coragem e doçura, mudaram a história do Mundo, lutando por Direitos iguais e Justiça. Nossos parabéns a todas as mulheres.

Fone/Fax: (84) 3272-5346 | 3645-3905 rua Piloto Pereira Tim, 261 - Parnamirim/rN (próximo à CArN)


Mulher 7:2.qxd 05/03/2014 18:36 Page 2

7

Parnamirim sexta-feira 7 de março de 2014

Mulher: profissional de destaque Que as mulheres estão conquistando seu lugar no mercado de trabalho, não é nenhuma novidade. Em profissões antes executadas apenas por homens, hoje muitas delas ocupam cargos de destaque, outrora inalcançáveis. Hoje é comum ver mulheres em setores ainda considerados “masculinos”, como o ramo de engenharia e construção civil, por exemplo. No Rio Grande do Norte, onde esse setor vem crescendo conSabemos que é um setor predominantemente masculino. Como é a aceitação de mulheres nessa área? Como você mesma disse, é uma área onde há uma grande número de homens. Mas não podemos nos deixar intimidade por isso. No auge da última obra tínhamos 11 mulheres e aproximadamente 150 homens. O respeito tem ser mútuo, daí a aceitação torna-se tranquila. Ainda existe muito machismo por parte da sociedade com mulheres que optam por profissões consideradas mais "pesadas"?

siderávelmente, existem mulheres se destacando em meio a tantos homens.

Um desses campos, é na implantação de parques eólicos. A bióloga Mirlla Souza, é Analista Ambiental de uma grande empresa do ramo, e possui experiências em diversos parques eólicos. Em entrevista à jornalista Gessica Ribeiro, Mirlla Souza conta como é ser mulher em um campo considerado masculino. Confira: uma cultura muito voltada à exploração vegetal e animal, portanto ainda é difícil falar de educação ambiental diante de uma comunidade que tem esses conceitos enraizados.

Eu não acredito nisso, cada vez mais as mulheres estão ganhando o mercado de trabalho. Nesses dois anos e meio que trabalho em Parques Eólicos, nunca presenciei alguma atitude machista. Quais as maiores dificuldades que uma mulher enfrenta no dia a dia desse trabalho ? Nós nordestinos temos

Você acredita que de fato homens e mulheres podem exercer as mesmas funções no mercado de trabalho, sejam elas quais forem? Por quê ? Acredito que sim! Somos tão capazes quanto eles, a nossa capacidade se limita não em nossas aptidões, e sim no respeito, não só dos homens, mas da sociedade. Precisamos que nos dêem certa infraestrura para podermos trabalhar.

da a i D o s o m Celebra os m r a r b m e l a Mulher par as u s e s a t u l s de sua benizo a r a P . s a t s i conqu s às mulhere pela s e s n e n i r i m p ar na na a r u v a r b e a ternur sso o n e d o ã ç u co n s t r Município.

Naur Ferreira

Secretário de Obras

Maria, Mãe de Jesus, é um dos símbolos da Maternidade e da nossa união com Deus. Que as Mulheres sejam celebradas no que tem de Sagrado neste dia tão importante e que devemos registrar com fé e alegria.

Padre Antônio Miguel

Secretário de Habitação e Regularização Fundiaria - Sehab


Mulher 8:2.qxd 05/03/2014 18:37 Page 2

8

Parnamirim sexta-feira 7 de março de 2014

Mulheres conquistaram seus espaços ao longo dos anos e hoje estão presentes na política, na economia e na realidade do mundo. Minhas congratulações a todas as Mulheres de São José de Mipibu e do Rio Grande do Norte!

José Figueiredo Varela Presidente da Câmara Municipal de São José de Mipíbu

Toda sexta nas bancas


Calssificados 1:2.qxd 05/03/2014 12:17 Page 2

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

ClassifiCados

PÁGINA 1


Classificados 2:2.qxd 05/03/2014 12:20 Page 2

PÁGINA 2

ClassifiCados

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira


Calssificados 3:2.qxd 05/03/2014 12:23 Page 2

POTIGUAR NOTÍCIAS Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

ClassifiCados

PÁGINA 3


Calssificados 4:2.qxd 05/03/2014 12:26 Page 2

PÁGINA 4

ClassifiCados

POTIGUAR NOTÍCIAS

Parnamirim - 7 de março de 2014 - sexta-feira

519  

519

Advertisement