{' '} {' '}
Limited time offer
SAVE % on your upgrade.

Page 1

Publicação do Grupo Meon de Comunicação

Novembro 2019 • nº 15

MUITA ÁGUA NESSE VERÃO!

UM ROTEIRO COMPLETO DE PRAIAS, CACHOEIRAS E REPRESAS PARA VOCÊ CURTIR NA RMVALE NESTA TEMPORADA

Obra-prima de Burle Marx Fazenda preserva jardim criado pelo paisagista na década de 70

Cores e luzes do Natal

Veja programação natalina das prefeituras e comércios da região

1


2


3


Turismo é emprego e renda Entrego esta edição da Meon Turismo com o coração alegre e um enorme sentimento de esperança e gratidão. Alegre por contribuir com um setor tão importante para nossos municípios e pela a oportunidade de promover para leitores de todo o país as belezas da RMVale – Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte. Surpreendo-me com a quantidade e diversidade de atrativos espalhados pelos 39 municípios da região. Acredito que você também irá se surpreender ao ler a nossa reportagem de capa ou a matéria sobre a fazenda Vargem Grande, que fica em Areias. Eu compartilho do mesmo sonho de Filipe Vieira, um de nossos entrevistados nessa edição, que espera um dia ver a RMVale reconhecida como um destino para brasileiros de todos os sotaques. Temos potencial para transformar este sonho em realidade, o cenário é propício! Nos sete primeiros meses de 2019, o turismo apresentou alta de 3,2% segundo o IBGE. Mais de 7 milhões de empregos e cerca de 8% do PIB do Brasil vêm do setor. Temos em mente que investir em turismo é distribuir renda, é fortalecer a economia desde sua base. Do pequeno artesão à grande companhia aérea, todos ganham com o seu avanço. Transformar a RMVale em um dos grandes destinos turísticos do Brasil depende de nós. Com o lançamento da Meon Turismo em São José dos Campos no dia 11 de novembro, sentimos de perto a potencialidade da região. Lendo a matéria de cobertura do evento, você poderá compartilhar conosco desse sentimento. Tudo aponta para um futuro próspero; não tenho dúvida quanto à capacidade da nossa região. Deixo a minha gratidão aos políticos e representantes do Trade Turístico Regional que estiveram conosco no almoço de lançamento e, hoje, continuam a acompanhar e apoiar este maravilhoso projeto. Com qualidade editorial e relevância para o turismo regional, tenho certeza de que transformaremos o setor na RMVale. Enjoy it!

Diretora Executiva Regina Laranjeira Baumann

Departamento Comercial Fabiana Domingos

Editora Tânia Campelo

Departamento Administrativo Patrícia Vale, Romero Cavalcanti

Reportagem Tânia Campelo, Vanessa Menezes, Vivian Zwaricz

Circulação Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte de São Paulo e principais representantes do trade turístico nacional

Colunista Fabrício Correia Arte e Diagramação Adriano Ausgusto

4

Distribuição Edson Amaral Site www.meonturismo.com.br

Meon Comunicação Ltda CNPJ: 25.023.850/0001-36 Avenida São João, 2.375 - Conj. 2009|2010 Jardim das Colinas Para anunciar: 12 3204-3333 Email: meonturismo@meon.com.br A revista Meon Turismo é um produto do Grupo Meon de Comunicação Tiragem: 3.000 exemplares Tiragem auditada por:


5


26 Cunha é destino certo para os amantes da natureza e da cerâmica

14 Veja como curtir o o verão na água nas cidades da RMVale

ÍNDICE 30 Eventos natalinos encantam crianças e adultos; veja programação 08 PANORAMA Obra-prima de Burle Marx em Areias 36 PANORAMA O Natal na Basílica de Aparecida 44 ART GALERY Mônica Nador: museu a céu aberto 46 GASTRONOMIA O Virado de Frango de Aparecida 48 HARMONIA A magia e o poder da palavra 60 BONS VENTOS Conheça os Top Destinos Turísticos 62 TURISMO SUSTENTÁVEL Fabiano Porto inaugura coluna 63 NEGÓCIOS&POLÍTICA Governo lança a MP do Turismo 6

38

Meon Turismo surpreende trade turístico, prefeitos e autoridades


Associação dos Municípios do Vale do Paraíba completará no ano de 2020, 50 anos. Em 1961, prefeitos da região do Vale do Paraíba começaram um movimento com intenção de criar uma Associação de Municípios, com objetivo de promover o desenvolvimento de toda região. Os anos se passaram e em 1967 a ideia, de ter uma Associação, onde os municípios apresentassem objetivos comuns, começou a se tornar uma realidade. Com dispositivos inseridos na Constituição daquele ano o movimento de formação da CODIVAP ganhou forças e em 10 de outubro de 1970 iniciava-se os trabalhos da mais antiga Associação do país. A CODIVAP. Os anos foram passando e vários colaboradores foram deixando suas marcas nesta longa trajetória da Associação. Ressaltamos nomes importantes que deram o início a este grande movimento de cooperação e associativismo entre Municípios. Nomes que serão guardados e lembrados, como o de Paulo Egydio Martins 1º Diretor Executivo da CODIVAP, Gabriel Cianflone – 1º Presidente (1970-1971) – Prefeito de Santa Isabel, Hamilton Vieira Mendes – Vice-Presidente (1970-1971) – Prefeito de Cruzeiro, entre tantos outros nomes importantes que ao longo dos anos foram essenciais para o êxito da Associação dos Municípios do Vale do Paraíba. A CODIVAP com a colaboração dos 44 Municípios da região, vem desempenhando seu papel de trabalhar intensamente em prol do desenvolvimento de toda região. Sempre com o propósito de facilitar e intermediar propostas e debates da região junto aos Governos Federal e Estadual. A CODIVAP tem se colocado junto aos Municípios associados, protagonizando grandes conquistas, que visam melhorias e desenvolvimento para região. Para isso, a atual diretoria tem intensificado esforços em Cursos de qualificação, que é um dos pilares principais da CODIVAP. Qualificar os profissionais das prefeituras, pois serão por meio das mãos destes homens e mulheres que vivenciam o dia a dia da administração pública, que as grandes mudanças e desenvolvimento dos municípios e consequentemente de toda região serão alcançadas. A CODIVAP chega aos 50 anos de existência com força total, acompanhando os municípios em demandas nas áreas da Saúde, Educação, Infraestrutura, Planejamento Urbano, Turismo, Segurança, entre outras áreas. A CODIVAP tem trabalhado intensamente na proposta de modernização administrativa, incrementos de receitas, inteligência fiscal e na qualificação dos servidores públicos. Diariamente antenada no crescimento de toda região, com ênfase na formação e qualificação profissional, trazendo cursos para os servidores dos municípios, pois um Município e uma Região alcançará o desenvolvimento desejado, quando todos estiverem em uma mesma sintonia. A mesma sintonia proposta pela CODIVAP desde do dia 10 de outubro de 1970.

“Juntos Construindo o Futuro”! CODIVAP 50 anos

www.codivap.org.br


PANORAMA

Jardim sonoro de Burle Marx Tânia Campelo

FAZENDA EM AREIAS PRESERVA JARDIM CRIADO PELO PAISAGISTA NOS ANOS 70

8

D

efronte a um casarão de 1837, uma obraprima do arquiteto e paisagista Roberto Burle Marx (1909-1994) vive, pulsa, e ‘canta’ na Fazenda Vargem Grande, em Areias. Construído na década de 70, o jardim possui cinco espelhos d’água, 19 cascatas, duas piscinas de água corrente natural, e esculturas de pedra. Projetado em três níveis do terreno, o jardim é coberto por vitórias-régias, ninfeias, bromélias, agaves, santas-luzias, e parreiras de sapatinho-de-judia, que criam novos cenários a cada estação do ano ou mesmo ao

longo do dia. “É um passeio mágico caminhar, em vários momentos do dia, pelos jardins de Roberto Burle Marx”, afirma o oftalmologista Fábio Vilela Ribeiro, de São José dos Campos, um dos hóspedes assíduos da fazenda. Pela manhã, o médico aconselha uma caminhada antes do café, quando é possível apreciar a vegetação em meio à neblina ou simplesmente coberta pelo orvalho. Já ao meio-dia, sob o sol forte, é possível observar as crianças se refrescando nas piscinas de água corrente interagindo naturalmente com


Foto: Crédito crédito crédito

Foto: Pedro Mascaro/Colaboração

PEDRAS MÓS, DE ANTIGOS MOINHOS, VIRARAM ESCULTURAS

Foto: Fábio Vilela Ribeiro/Arquivo Pessoal

a obra do paisagista brasileiro. “Já no entardecer, o amarelado da luz enfeita ainda mais o jardim, e a sonoridade das águas da Bocaina, escorrendo pelas pequenas quedas criadas por Burle Marx, ganha volume”, ressalta o médico. Além dos movimentos das águas e das folhagens que dançam ao vento, vale lembrar que sapos, grilos, e cigarras ajudam a compor a sonoridade do jardim à noite. Fábio visitou a Fazenda Vargem Grande pela primeira vez em 2016. Gostou tanto que, no ano seguinte, lá estava ele novamente. “A imponência da casa sede, localizada aos pés 4


PANORAMA

Foto: Fábio Vilela Ribeiro/Arquivo Pessoal

Foto: Pedro Mascaro/Colaboração

JARDIM POSSUI CINCO ESPELHOS D’ÁGUA, DUAS PISCINAS, 19 QUEDAS D’ÁGUA E ESCULTURAS DE PEDRA

4 do paredão da Bocaina, encanta qualquer visitante. Dá vontade de voltar sempre”, diz o médico. Ele destaca ainda a gastronomia e a hospitalidade das proprietárias como fatores que incitam o desejo de retornar. A sede da fazenda, construída no auge da riqueza dos Barões do Café, estava virando ruína quando foi adquirida em 1973 por Clemente Gomes, então dono da Tecelagem Parahyba, de São José dos Campos. Clemente restaurou o casarão e convidou seu amigo Burle Marx para construir um jardim na área onde ficava o terreiro para secagem de café. O projeto demorou oito anos para ser concluido --e mais de 40 anos depois continua exuberante. A obra é marcada pela água

10

O médico Fábio Vilela Ribeiro e a esposa Edmea colocam a mão na massa na cozinha da Fazenda Vargem Grande

em abundância, percorrendo os três platôs de vegetação. “O jardim apresenta características diferentes ao longo do ano, cada estação tem sua beleza e permite que tenhamos experiências únicas”, disse Malu Gomes, filha de Clemente Gomes. Ela e as irmãs são responsáveis pela manutenção da fazenda, que recebe visitantes de várias partes do país e até estrangeiros. “Recebemos muitos arquitetos, paisagistas e estudantes”, ressalta Malu. A Fazenda Vargem Grande hospeda até 12 pessoas por vez no formato de guesthouse, e abre também para day use. Além das piscinas, os visitantes podem urufruir das cachoeiras que ficam dentro da propriedade. g


O GRANDE VOLUME DE ÁGUA PERMITE A SOBREVIVÊNCIA DA VITÓRIA-RÉGIA, PLANTA AQUÁTICA TÍPICA DA REGIÃO AMAZÔNICA

Foto: Arquivo/Fazenda Vargem Grande

Fotos: Arquivo/Fazenda Vargem Grande

um pouco de história 1837

A sede da Fazenda Vargem Grande, em Areias, é construída em 1837, nos áureos tempos dos Barões de Café, que fizeram fortuna na região do Vale do Paraíba

1973

O empresário Clemente Gomes compra a fazenda, restaura o casarão e convida Burle Marx para fazer os jardins no local do terreiro

1983

O projeto demorou 8 anos para ser concluído; hoje o jardim da Fazenda Vargem Grande é considerado um dos mais bonitos do Brasil

11


12


13


Todas

ESPECIAL

as formas

´ da agua

14

A RMVALE TEM UM ROTEIRO COMPLETO DE PRAIAS, CACHOEIRAS E REPRESAS PARA VOCÊ APROVEITAR O VERÃO COM A FAMÍLIA E AMIGOS


Foto:Miguel Schincariol

Foto: Ecovaletur/Divulgação

Tânia Campelo

“Nosso sonho é que um dia seja tão normal as pessoas falarem que vão para o Vale do Paraíba passar uma semana fazendo ecoturismo, como é quando as pessoas vão para a Chapada, Bonito ou Noronha, e ficam programando passeios”, diz Filipe Vieira, diretor

executivo da Ecovaletur, agência especializada em turismo ecológico, rural e de aventura. E para mostrar que a proposta é viável, de pronto ele faz um roteiro de uma semana na região. “Dá pra você fazer uma passeio em São Luiz do Paraitinga, no outro dia em Ubatuba, depois Paraty, na sequência Cunha, depois Guaratinguetá, Campos do Jordão e São Bento do Sapucaí. E aí completou uma semana incrível de passeios diferentes, cenários diferentes biomas diferentes e, sem dúvida, uma experiência incrível”, afirma. Quem está se perguntando o que fazer em Guaratinguetá, além de turismo religioso, Filipe tem a resposta: “aquatrakking (trilha dentro da água) no Vale Encantado, no bairro do Gomeral.” 4

Foto: Thiago Guirado Aprecesp

C

om a chegada do verão, que começa oficialmente à 1h19 do dia 22 de dezembro, aumenta o desejo de viajar para cidades litorâneas ou áreas verdes com rios e cachoeiras. Privilegiada por uma geografia de serras e vales, a RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte) possui água em abundância e variados roteiros turísticos para quem quer se aventurar ou, simplesmente, contemplar.

NA ÁGUA DOCE OU SALGADA, REGIÃO OFERECE INÚMERAS OPÇÕES DE PASSEIO 15


ESPECIAL 4 E opções não faltam. Nas serras da Mantiqueira, Bocaina e do Mar, em meio à Mata Atlântica, estão escondidas lindas cachoeiras, cânions e poços de águas cristalinas, como o Poço do Curiaco, em Piquete; e o Poço da Pedreira, em Lavrinhas. “Todas têm águas cristalinas e efeitos geológicos que dão um colorido especial”, disse Filipe. Ele ainda sugere passeios à Cachoeira de Santo Izidro, em São José do Barreiro, que considera outro cartão postal da região; rapel na Cachoeira das Borboletas, em Pinda, e rafting em São Luiz do Paraitinga ou Natividade da Serra. No mar, a EcoValetur é

especializada em travessias náuticas, e tem roteiros de caiaque, Stand Up Paddle, canoa havaiana, veleiro e, recentemente, canoa caiçara.

Foto: Miguel Schincariol

“Temos também roteiros de trilhas costeiras, a mais famosa é a das sete praias, uma trilha de nível fácil, que passa por praias desertas”, explica Filipe. No Litoral Norte, é possível programar passeios de todos os tipos --navegação, mergulhos, travessias, trilhas subaquáticas, esportes e muitas outras atividades de lazer e aventura. Os mais audaciosos ainda podem buscar os ‘secret point’ --lugares com paisagens deslumbrantes pouco conhecidos devido à dificuldade de acesso. 4

RMVALE TEM INÚMEROS SECRET POINTS PARA AVENTURA OU PURA CONTEMPLAÇÃO Buraco do Cação, em Ilhabela - Foto: Divulgação Trilhando o Litoral

16


Baladeiras e populares A Praia de Maresias (à esq.) possui uma das melhores infraestruturas turísticas de São Sebastião e é referência mundial de surf e baladas noturnas. No verão, a Praia Grande de Ubatuba (abaixo) está sempre cheia e é ideal para o turista que gosta de agito e movimento

A PRÁTICA DE ACQUA RIDE NOS RIOS DA REGIÃO É CADA VEZ MAIS COMUM

Foto: Divulgação/Mantiqueira Ecoaventura

Foto: Divulgação/PMU

17


am r Celebre o

em Ilhabela

CONHEÇA MELHOR ILHABELA ACESSANDO O QR CODE

18

Viva este momento mágico no paraíso.


Romântica e delicada, rústica e chique, Ilhabela é a perfeição da natureza 365 dias ao ano para quem sempre sonhou com um casamento à beira-mar.

U M D O S LU GA R E S M A I S R E Q U I S I TA D OS DA C OS TA B R A S I L E I R A PA R A FA Z E R C E R I M Ô N I A S À B E I R A- M A R , C H E I O D E H I S TÓ R I A S , I N F R A E S T R U T U R A C O M P L E TA , S E R V I ÇO S E S P E C I A L I Z A D O S , C LU B E D E P R A I A , FA Z E N DA C E N T E N Á R I A , A LTA GA S T R O N O M I A E A S PA I S AG E N S M A I S L I N DA S Q U E VO C Ê P O D E I M AG I N A R FA Z E M DA I L H A U M A PA I SAG E M Ú N I C A .

C O M 2 0 0 K M S E PA R A N D O I L H A B E L A DA C A P I TA L PAU L I S TA , S E JA N A P R I M AV E R A , V E R ÃO, O U TO N O O U I N V E R N O, C A SA R E M I L H A B E L A É UM CHARME E UMA EXPERIÊNCIA ÚNICA EM Q UA LQ U E R É P O C A .

PÉ NA AREIA, UM CENÁRIO PARADISÍACO, VOCÊ E SEU GRANDE AMOR EM UMA DAS MAIORES RESERVAS DE MATA ATLÂNTICA DO PLANETA, REPLETA DE PRAIAS E CACHOEIRAS. O COMEÇO DA VIDA A DOIS NÃO PODERIA SER MAIS INSPIRADOR. DIGA SIM PARA ILHABELA.

19


São Francisco tem cânion na mata Localizado na Serra da Mantiqueira, o distrito joseense de São Francisco Xavier não poderia ficar de fora deste ‘roteiro das águas’. A cachoeira mais popular da região é a Pedro Davi, que fica em uma área pública, com acesso fácil e gratuito. Com montanhas que chegam a 2.800 metros de altitude, o distrito abriga mais de 90 cachoeiras escondidas em meio à Mata Atlântica --a maioria delas, no entanto, é inacessível devido aos terrenos íngremes e acidentados. As que restam acessíveis fazem valer a pena qualquer esforço. “O acesso é muito difícil porque fica dentro da mata mesmo, tem que ir com guia e preparado para fazer trackking”, afirma Estevan Ricardo da Rosa, sócio da Mantiqueira Ecoaventura. Ele cita como exemplo a trilha da Toca do Muriqui, que passa por duas cachoeiras e dura cerca de quatro horas de caminhada, ida e volta. Outra cachoeira que ele indica é a do Cânion Santa Cruz, com uma queda de 15 metros. “Fica numa área particular e se o visitante quiser praticar o cascading ou canionismo, tem que ir com um instrutor de verticais”, explica Estevan. Ele ressalta outras duas opções acessíveis e autoguiadas que ficam em propriedades particulares: a trilha das Sete Quedas do Pouso do Rochedo, e a trilha da Serra das Águas. Em ambas, o visitante paga uma taxa para entrar na propriedade.

20

Foto: Divulgação/Montana

ESPECIAL


Foto: Divulgação/Montana

4 Um deles é o Buraco do Cação, como é chamada uma fenda que rasga um costão rochoso no sul de Ilhabela. “O cenário é de perder o fôlego, incrivelmente lindo, uma energia que não tem explicação”, afirma entusiasmada Fabiana de Oliveira Teixeira, da Trilhando o Litoral, agência que leva turistas para conhecer praias, cachoeiras e lugares pouco conhecidos.

Foto: Miguel Schincariol

De acordo com Fabiana, a trilha do Buraco do Cação é a mesma que leva à Praia do Bonete. “É uma trilha fácil, em um determinado ponto você vira e vai no sentido dos costões, mas é necessário estar com guia. O local é perigoso, a altura varia entre 30 metros e 50 metros.

Foto: Divulgação/Montana

ATIVIDADES DEVEM SER GUIADAS POR MONITORES CREDENCIADOS NOS ÓRGÃOS OFICIAIS Foto: Miguel Schincariol

Mas nem todos tem alma de aventureiro, muitos preferem curtir as praias com o pé na areia, sem muitos desafios para chegar ao destino. Com cerca de 180 praias distribuídas ao longo da costa do Litoral Norte, com variadas características, o 4

21


ESPECIAL

Foto: EcoAventura

Bebês e dogs na mesma pegada Caminhadas e ‘aventuras’ nas águas da RMVale não são coisas só de adulto. Nem restrita a humanos. Pensando nos papais e mamães praticantes de ecoturismo que querem compartilhar suas emoções com os bebês, a Ecovaletur criou roteiros especiais para os pequeninos, inclusive, para os amigos de quatro patas. “Hoje a gente trabalha nichos de mercado no ecoturismo, lançamos o roteiro dogfriendly, para que a pessoa possa levar o seu cachorrinho; e o babyfriendly. Temos as melhores mochilas do mundo para trilhas com bebês”, disse Filipe Vieira, diretor da empresa.

22


Ainda no litoral, vale lembrar que as quatro cidades não oferecem apenas água salgada aos seus visitantes. A região é repleta de cachoeiras e rios também muito procurados por praticantes de ecoturismo. Subindo a serra de volta ao Vale, uma opção de lazer na água ainda não comentada são as represas da região. De acordo com Eusébio Pereira de Souza, da Náutica Castelinho, no verão o movimento de barcos e jet ski aumenta a represa.

SERVIÇO

Foto: Montana

Foto: Divulgação

4 turista não tem dificuldade para encontar uma que lhe agrade.

Ecovaletur (12) 99632-7474 (whats) Montana Rafting (12) 99637-7931 Mantiqueira Ecoaventura (12) 99726-0330 (whats) Trilhando o Litoral (12) 98278-4045 (whats) Náutica Castelinho (11) 4658-1285

Segundo ele, quem não tem embarcação, pode contratar um passeio de barco. No roteiro, é possível incluir uma visita a três cachoeiras, com parada para banho.

Foto: Montana

TURISMO DE AVENTURA AINDA É POUCO ESTIMULADO NAS CIDADES DA RMVALE

23


DESTINOS

Cunha

ENCRAVADA ENTRE DUAS SERRAS, CIDADE TEM NATUREZA PRIVILEGIADA

Da Redação

DESTINO É O LUGAR PERFEITO PARA CURTIR ATRAÇÕES NATURAIS E PAISAGENS DE TIRAR O FÔLEGO

26

p

ara passeio de um dia, um final de semana ou uma semana completa, o município de Cunha oferece um amplo leque de opções de lazer para turistas de todas as idades. O roteiro inclui cachoeiras, trilhas em meio à Mata Atlântica, visitas a ateliês de cerâmica de vários estilos, lavandários e ótimos restaurantes. Encravada entre as serras da Bocaina e do Mar, o município de Cunha possui uma geografia diferenciada, entre colinas e montanha, que atrai amantes da natureza. Para os adeptos do ecoturismo, a dica é conhecer o núcleo do Parque Estadual

da Serra do Mar, onde é possível fazer trilhas entre 1 e 14 quilômetros uma pode ser autoguiada e duas só devem ser feitas com acompanhamento de um monitor do parque. No percurso, é possível conhecer diversas cachoeiras e ter contato com uma flora riquíssima. Para os mais aventureiros, Cunha pode ser ponto de partida para diversas rotas de off road (4x4). Algumas podem ser percorridas totalmente dentro do município, outras são integradas a cidades da região com trajetos de 43km a 277km de extensão. Outra trilha muito procurada é a que leva ao pico da Pedra da Marcela, onde é 4


Subir até o topo da Pedra da Macela e visitar os principais ateliês de cerâmica são passeios obrigatórios em Cunha

Campos de lavanda: de doces a perfumes Foto: Divulgação/PMC

Dois extensos campos da lavanda têm atraído cada vez mais turistas a Cunha. As pequenas flores violetas e aromáticas constituem um cenário lindo e proporcionam uma experiência sensorial única aos visitantes. O Lavandário, criado em 2012, e o Contemplário, em 2015, também vendem produtos feitos à base de lavanda, como cosméticos, velas e até cupcakes e sorvetes. Fotos:Tânia Campelo

27


DESTINOS 4 possível avistar o litoral de Paraty e a baía de Angra dos Reis. A paisagem é uma das mais bonitas da região, principalmente ao nascer do sol ou durante o crespúsculo.

Cidade dos ceramistas, Cunha é ideal para compras de peças de arte ou de utilitários

Na estrada que dá acesso à Pedra da Macela, o turista pode aproveitar para conhecer o Lavandário e o Contemplário, cenários coloridos pelo roxo das plantações de lavanda. Em ambos os locais, o turista pode experimentar sorvetes, cupcackes e outros quitutes feitos com lavanda, além de produtos cosméticos. Outro passeio obrigatório em Cunha são as visitas aos ateliês de cerâmica são mais de 20 na cidade. Em muitos deles, é possível acompanhar o processo de produção da cerâmica e até mesmo a abertura dos fornos. g

Foto: Tânia Campelo

Foto: Acervo Unesp/Percival Tirapeli

28

Matriz de Cunha, a Igreja Nossa Senhora da Conceição foi construída em 1731 e integra o patrimônio histórico da cidade


Foto: Divulgação/PMC

Rota na natureza PEDRA DA MACELA

Do alto dos seus 1.846 metros de altitude, é possível avistar a baía de Angra dos Reis, Paraty e Ilha Grande. O cenário é de tirar o fôlego. Se o tempo estiver fechado não é possível ver o litoral fluminense, mas tem-se a sensação de estar entre as nuvens. Passeio imperdível.

Cunha é interessante em qualquer época do ano. No verão, os dias são bem quentes, adequados para curtir as cachoeiras, mas as noites são mais amenas

CACHOEIRAS

Cunha possui dezenas de cachoeiras, entre as mais poulares está a do Pimenta, no bairro do Monjolo. Com várias quedas d´água, a cachoeira é uma boa opção para banho. No caminho, muitos cenários convidam para selfies.

PARQUE ESTADUAL DA SERRA DO MAR

O parque possui três trilhas em meio às belezas da fauna e flora da Mata Atlântica. A trilha do rio Paraibuna é auto-guiada, já as trilhas do rio Bonito e das Cachoeiras são guiadas por monitores do parque. O serviço é gratuito e deve ser agendado.

29


PANORAMA Fotos: Camila Majes

Um passeio PELAS LUZES E CORES EVENTOS NATALINOS ENCANTAM E AQUECEM A ECONOMIA DAS CIDADES DA REGIÃO

30

do Nat

Por Vivian Zwaricz

Foi dada a largada para a temporada de eventos de Natal nas cidades da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte). Cheio de luzes, cores e magia, as campanhas emocionam e surpreendem adultos e crianças. Em Campos do Jordão, moradores e visitantes se encantam com um parque temático natalino a céu aberto, onde brinquedos tradicionais ganham um encanto especial no ‘Natal dos Sonhos’. Quem subir a Serra da Mantiqueira neste mês de dezembro, ainda poderá aproveitar uma extensa programação de música, dança e teatro, entre outras atividades da

11ª edição do Natal dos Sonhos. A Fundação Lia Maria Aguiar, organizadora do evento, estima que cerca de 50 mil pessoas passem pelo parque temático. Em São José dos Campos, a terceira edição do ‘Natal Iluminado’ deve atingir 1,8 milhão de pessoas em suas diversas atividades, entre elas, a Casa do Papai Noel e as Caravanas Iluminadas, que percorrem diversos bairros da cidade. De acordo com a ACI (Associação Comercial e Industrial), responsável pela organização do evento, o ‘Natal Iluminado’ estimula o comércio, gerando empregos e criando um novo evento no calendário


A CRIATIVIDADE DOS SHOPPINGS Programação natalina emociona crianças e adultos na região

tal turístico de São José dos Campos. “Levamos o Natal ao centro e aos bairros mais distantes da cidade, com cinema, distribuição de brinquedos e com a figura do Papai Noel”, afirmou o presidente da ACI, Humberto Dutra.

GUARAREMA CIDADE NATAL A 10ª edição do ‘Guararema Cidade Natal’ começa no dia 5 dezembro, às 19h, na Praça do Centro Artesanal. A campanha conta com seu tradicional espetáculo de luzes, cores e enfeites reciclados. De acordo com a Prefeitura de Guararema, nos 10 anos de campanha foram reutilizadas mais de 6 milhões de garrafas PET.

As campanhas de Natal transformam os shoppings em lugares mágicos para a criançada. A criatividade e a exuberância da decorações surpreendem a cada ano. Em São José dos Campos, destacamos o CenterVale Shopping (‘Estação dos Sonhos’), Vale Sul Shopping (‘Feliz Natal em Mim’), Colinas Shopping (‘A Doce Magia do Natal’), e o Shopping Jardim Oriente. Em Taubaté, o Shopping (‘Feliz Natal Madagascar’); em Pinda, o Shopping Pátio Pinda (‘Natal Delicioso’), e em Guará, o Buriti Shopping. No Litoral Norte, a atração fica por conta do Serramar Shopping (‘Natal Carrossel Encantado’), em Caraguatatuba. Todos estão recheados de atrações gratuitas para toda a família. Confira a programação nas próximas páginas.

Taubaté lança sua campanha de Natal no dia do aniversário da cidade, em 5 de dezembro, e segue com a programação até o dia 21 de dezembro. Os destaques são a abertura do Natal com a Famuta e personagens natalinos (Casa do Papai Noel), o “Natal com Violas”; o Natal na Catedral, o Coral da Fêgo Camargo e diversas outras apresentações musicais. g

31


PANORAMA

O Ã Ç A M A R PROG

Foto: Cáudio Vieira/Divulgação

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Natal Iluminado CARAVANAS DE NATAL COM SAÍDA DIÁRIA ÀS 19H NO PARQUE DA CIDADE

• Dia 9 de dezembro: Eugênio de Melo, Righi e Galo Branco • Dia 10 de dezembro: Satélite, Morumbi, Campo dos Alemães e Bosque dos Eucaliptos • Dia 11 de dezembro: Santana, Alto da Ponte, Vila Paiva e Altos de Santana • Dia 12 de dezembro: Esplanada, Urbanova, Jardim Apolo, Aquárius, Jardim das Indústrias e São Dimas • Dia 13 de dezembro: São Judas, Jardim do Lago, Santa Júlia e São Leopoldo • Dia 16 de dezembro: Campos de São José, Mariana e Novo Horizonte • Dia 17 de dezembro: Vila Industrial, Vila Tesouro e Jardim Paulista • Dia 18 de dezembro: Parque Industrial, 31 de Março, Vale do Sol e Colonial • Dia 19 de dezembro: Novo Horizonte, Santa Maria e Santa Inês 1, 2 e 3

32

l a t a N

CINEMA NOS BAIRROS • Dia 2 de dezembro: Parque Industrial • Dia 3 de dezembro: São Francisco Xavier • Dia 4 de dezembro: Poliesportivo do Morumbi • Dia 5 de dezembro: Poliesportivo do Cerejeiras • Dia 6 de dezembro: Jardim Satélite • Dia 9 de dezembro: Jardim São José 2 • Dia 11 de dezembro: Vila Paiva

CINEMA EM 3D • De 17 a 23 de dezembro, das 19h às 22h, na Igreja São Benedito, Centro

SHOWS NA PRAÇA • Dia 5 de dezembro: 19h: Orquestra Jovem de São José dos Campos 20h: Aprendizes das Oficinas Canto Geral • Dia 6 de dezembro: 19h: Grupo Tap de Longevidade 20h: Banda do DCTA • Dia 7 de dezembro: 11h: Aprendizes da Oficina de Bate-Lata

• Dia 12 de dezembro: 19h: Cia Jovem de Dança de São José dos Campos 20h: Aprendizes da Oficina Canto Geral • Dia 13 de dezembro: 19h: Coro de Câmara do Vale do Paraíba 20h: Holy All Street Dance (Igreja da Cidade) • Dia 14 de dezembro: 11h: Orquestra Jovem de São José dos Campos • Dia 19 de dezembro: 19h: Banda da Polícia Militar 20h: Grande Coral Evangélico (Igreja da Cidade) • Dia 20 de dezembro: 19h: Alunos Oficina de Canto da Fundação Cultural 20h: Grupo Tap de Longevidade • Dia 21 de dezembro: 11h: Coro de Câmara do Vale do Paraíba • Dia 22 de dezembro: 11h: Alunos das Oficinas de Coral

CASA DO PAPAI NOEL ATÉ O DIA 23 DE DEZEMBRO Segunda a sexta-feira: 16h às 20h Sábado: 11h às 15h Domingo: 11h às 15h


JACAREÍ

Encantos de Natal • Dia 6 de dezembro: Pátio dos Trilhos 19h: Chegada do Papai Noel 19h30: Apresentação do Coral do SAAE 20h30: Apresentação da Camerata do Vale • De 6 a 23 dezembro: o Papai Noel estará presente no Pátio dos Trilhos, haverá apresentação de coral, ballet, teatro e maratona infantil e acontecerá a Feira dos Trilhos Especial de Natal’, das 15h às 22h; • Dias 6, 13, 20 e 23 de dezembro: os Personagens Encantados farão 4 apresentações, sempre às 19h.

TAUBATÉ

Natal dos Sonhos

Foto: Divulgação

• Dia 7: Trompetes de Natal in concert com Leda Monteiro no palco de eventos Quiririm, às 11h30 • Dia 9: Abertura do Natal às 19h – Famuta • Dia 12: Personagens natalinos, das 18h às 20h, e Banda Sinfônica, às 20h • Dia 13: Balé da Cidade, às 20h • Dia 14: Natal na Catedral com canções sacras e natalinas na Igreja de São Francisco das Chagas, às 18h • Dia 19: Coral da Fego, às 20h • Dia 21: Orquestra Sinfônica, às 10h, e personagens natalinos, das 11h às 13h • Dia 22: Ópera, um espetáculo musical na Praça da Eletro, às 19h

GUARAREMA

Cidade Natal

Foto: Divulgação

CAMPOS DO JORDÃO

Natal dos Sonhos

• Dia 1 de dezembro: Show Sara Milca às 18h • Dia 7 de dezembro: Espetáculo ‘Um presente para Maria’, às 15h, e Coral Adorart, às 20h • Dia 8 de dezembro: Orquestra Regional de Campos do Jordão, às 11h • Dia 14 de dezembro: Coral Nossa Voz, às 15h, e Coral Pentágono, às 20h • Dias 15 e 22 de dezembro: Um Show de Natal, às 11h • Dia 21 de dezembro: Corrida Iluminada na Praça do Capivari 16h30: Corridinha Infantil 18h: CÃOrrida 18h30: Corrida e Caminhada • Dia 24 de dezembro: Orquestra Regional de Campos do Jordão, às 15h, e Orquestra Infantojuvenil, às 16h.

• Dia 5 de dezembro: Inauguração do ‘Acender das Luzes’, às 19h, com apresentação do Coral Canto por Guararema, Bamugua (Banda Municipal de Guararema), e show da banda Biquini Cavadão, na Praça do Centro Artesanal • Durante o mês de dezembro haverá apresentação de grupos musicais, artistas de teatro e palhaçaria, além do Papai Noel que receberá as crianças no Fundo Social de Solidariedade • Até o fim desta edição, a organização do evento não havia fechada a programação do evento, que estará disponível nos próximos dias no site: www. guararema.sp.gov.br

33


PANORAMA

CENTERVALE SHOPPING

Estação dos Sonhos

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

• Atendimento Papai Noel - até 25 de dezembro • Horário: Segunda-feira a sábado: 13h às 21h30 e

domingos e feriados: 12h às 20h30 • Local: Piso Vale – ao lado da Praça de Alimentação Gourmet • Brinquedos, até 25 de dezembro, com entrada

Foto: Camila Majes

gratuita mediante apresentação de cupom resgatado no aplicativo do shopping. • Horário: de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h, e aos domingos e feriados, das 12h às 20h, no Piso Vale, na Praça de Eventos e em frente ao Puppy Play.

VALE SUL SHOPPING

Feliz Natal em Mim SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

• Atendimento Papai Noel - até 24 de dezembro • Horário: até dia 15, de segunda-feira a sábado:

14h às 17h e das 18h às 22h e aos domingos: 12h às 16h e das 17h às 19h30; • De 16 a 23: 10h às 12h, 13h às 18h e das 19h às 21h; • Dia 24: 10h às 12h e das 12h às 17h Todas as crianças que forem visitar o Papai Noel ganharão o livro “Pequena Rena, Grande Dilema” • Atendimento Mamãe Noel – até 23 de dezembro Terça a sábado: 14h às 20h (intervalo: 17h às 17h30) Domingos: 12h às 20h (intervalo: 15h às 16h)

Foto: Camila Majes

SHOPPING JARDIM ORIENTE

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS • Atendimento Papai Noel e da Noelete – até 24 de dezembro • Horário: das 14h às 20h, de quinta a domingo.

TAUBATÉ SHOPPING

Feliz Natal Madagascar TAUBATÉ

BURITI SHOPPING GUARÁ GUARATINGUETÁ

• Atendimento Papai Noel até 24 de dezembro, de segunda-

feira a sábado, das 14 às 22h (intervalo das 17h30 às 18h30), domingos e feriados, 14h às 20h.

34

• Atendimento do Papai Noel até 24 de dezembro: segunda-feira a sábado: 14h às 22h, domingos e feriados, 13h às 21h, e no dia 24 de dezembro, das 9h às 18h.


COLINAS SHOPPING

A Doce Magia do Natal SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

até 24 de dezembro • Horário até dia 13, de segunda-feira a sábado: 10h às 14h e das 18h às 22h, domingos: 15h30 às 20h; • De 14 a 23, segunda-feira a sábado: 10h às 14h30 e das 19h às 23h30, domingos: 11h às 15h e das 18h às 21h • Dia 24: 14h às 18h30 • Atendimento Mamãe Noel

até 24 de dezembro • Horário até dia 13, de segunda-feira a sábado, das 14h às 18h, e domingos: 11h às 15h30 • De 14 a 23, segunda-feira a sábado: 14h30 às 19h, e domingos: 15h às 18h • Dia 24: 10h às 14h30 • Oficinas infantis

• Oficinas para adultos

(arranjos & centros de mesa, laços e embrulhos e guirlandas). Também acontecem na Candy House, das 10h às 12h, nos dias 5, 12 e 19 de dezembro, respectivamente. Para participar, é preciso fazer a inscrição prévia pelo WhatsColinas (12) 99738-1296. As vagas são limitadas a 10 participantes. • Café com a Família Noel:

dias 4, 5, 6, 11, 12 e 13 de dezembro, das 17h às 19h. Para participar, é preciso fazer a inscrição pelo WhatsColinas ou no SAC: http://bit.ly/ whatscolinas. As vagas são limitadas a 10 participantes por dia. Toda a programação é gratuita!

(enfeites de papel, árvores de Natal de EVA, fantoches de palito e como reutilizar descartáveis nas colagens do Papai Noel, cartões de Natal para a Família Noel, decoração de Natal com papel bandeja e de Rabisquedo. Todas as oficinas acontecem na Candy House, todos os dias, das 14h às 20h. A participação é por ordem de chegada e é necessária a presença do adulto responsável.

Natal Delicioso PINDAMONHANGABA

• Atendimento Papai Noel até 24

de dezembro: segunda-feira a sábado, 14h às 18h e das 19h às 21h30, domingos, das 14h às 21h.

SERRAMAR SHOPPING

Natal Carrossel Encanatado CARAGUATATUBA

• Atendimento Papai Noel até dia 24 de dezembro: 14h às 22h • Dia 6 de dezembro: Coral Alegria, às 18h • Dia 10 de dezembro: Coral Igreja Jesus dos Últimos Dias, às 20h • Dia 13 de dezembro: Coral Igreja Batista do Jaraguá, às 18h Foto: Camila Majes

SHOPPING PÁTIO PINDA

Foto:Divulgação

• Atendimento Papai Noel:


PANORAMA

Fotos: Divulgação

APARECIDA E CANÇÃO NOVA

Natal de luz e fé

CANÇÃO NOVA INSTALA PRESÉPIO COM 16 IMAGENS EM TAMANHO NATURAL E PROMOVE CANTATA DE NATAL; SANTUÁRIO DE APARECIDA LANÇA ILUMINAÇÃO ESPECIAL E FAZ PROJEÇÕES NA FACHADA DA BASÍLICA

36

Por Vivian Zwaricz

Milhares de fiéis visitam o Santuário Nacional de Aparecida e o Santuário do Pai das Misericórdias, na Canção Nova, em Cachoeira Paulista, nas festividades de Natal. Somente na Basílica são esperados 500 mil fiéis durante as celebrações do “Natal Iluminado”, que teve início no dia 30 de novembro.

tempo especial. “Nosso coração e nosso sentimento se voltam para Belém, onde o menino Deus nasceu. Ele vem no mistério do seu Natal para se tornar companheiro, para se fazer irmão de todos. Então, unidos, vamos fazer um Natal de verdade, com Maria, José e o Menino Jesus”, disse o padre.

Para o padre Ferdinando Mancílio, missionário redentorista do Santuário Nacional de Aparecida, a Novena de Natal e as celebrações deste período abrem o coração dos devotos neste

A programação especial em Aparecida segue até o final do mês de dezembro, com projeção mapeada na fachada norte da Basílica, Novena de Natal e missas solenes de Natal e Ano Novo. 4


Canção Nova

A programação do Natal no Santuário do Pai das Misericórdias, em Cachoeira Paulista, também é uma opção para para os peregrinos e moradores da região. Um dos destaques éa Cantata de Natal, com o Coral Canção Nova e a Orquestra Popular da Mantiqueira de Cruzeiro, que acontecerá dia 14 de dezembro, às 21h. Outro atrativo e considerado mais um espaço de oração é o Presépio em tamanho real, feito em resina e composto por 16 peças em tamanho real que representam o momento do nascimento de Jesus. O local recebeu uma iluminação especial. Para o padre Marcio Prado, vice-reitor do Santuário do Pai das Misericórdias, as pessoas se sentem atraídas pela própria mística e pela espiritualidade da Canção Nova. “O Natal é um tempo de muita

comoção e de esperança. É também o tempo das lembranças de pessoas queridas que partiram, e, sobretudo, é um tempo de festa porque comemoramos o nascimento do Nosso Salvador, Jesus Cristo. Uma parte do povo de Deus escolhe viver esse momento aqui, por causa da espiritualidade da Canção Nova, se identificando exatamente com o Filho Amado do Pai das Misericórdias”, disse ele. Três mil pessoas devem assistir às missas de Natal na Canção Nova, de acordo com o Santuário do Pai das Misericórdias. E há também quem troque o Réveillon na praia por um retiro na Canção Nova, em Cachoeira Paulista. De 27 de dezembro a 1º de janeiro de 2020 acontece o tradicional “Acampamento de Novo”. Para esse período, são esperadas 15 mil pessoas g

Natal Iluminado Santuário • Dias 7 e 14 de dezembro Projeção mapeada na Fachada Norte com sessões às 19h, 19h30, 21h e 21h30. Expectativa nos dois dias de evento: 257 mil romeiros • Dia 20 de dezembro Projeção mapeada na Fachada Norte com sessões às 19h, 19h30, 20h, 20h30 e 21h • Dia 21 de dezembro: projeção mapeada na Fachada Norte com sessões às 19h45, 21h e 21h30. Expectativa: 51 mil romeiros • Novena de Natal: de 15 a 23 de dezembro, das 19h às 19h30, durante a semana na Basílica Velha. Sábado e domingo no Santuário Nacional • Dia 24 de dezembro: Horários de missa: 6h45, 9h, 10h30, 12h, 16h, 18h e Missa do Galo às 21h • Dia 25 de dezembro: Horários de missa: 6h45, Missa de Natal às 9h45, 12h, 16h e 18h • Dia 31 de dezembro: Horário de missa: 6h45, 9h, 10h30, 12h, 16h, 18h e Missa de Ano Novo às 21h • Dia 1º de janeiro: Horários de missa: 6h45, 9h45, 10h30, 12h, 16h e 18h.

Ao Menino Deus Canção Nova • Dia 14 de dezembro: Cantata de Natal às 21h com o tema “Ao Menino Deus”. Coral Canção Nova e Osquestra Popular da Mantiqueira de Cruzeiro. Participação de cantores católicos, entre eles, Adriana Arydes. A entrada é gratuita, mas a sugestão é doar itens de higiene pessoal que serão doados para a Casa do Bom Samaritano • Dia 24 de dezembro: Missa do Galo às 20h30 • Dia 25 de dezembro: Missas às 14h, 15h, 18h e 20h • De 27 de dezembro a 1º de janeiro de 2020 acontece o tradicional “Acampamento de Novo”

37


H O LO F OT E

O Meon está saindo na frente. Preciso elogiar a qualidade da revista que está no padrão de primeiro mundo. Em qualquer país, quando a gente se hospeda sempre pega a revista na recepção pra saber o que tem pra fazer na cidade, vejo aqui que a Meon Turismo tem tudo o que vejo lá fora e não deixa nada a dever. Parabéns ao Meon por essa iniciativa. Era o que faltava para a região, uma revista de grande porte para atuar nesse novo negócio do terceiro milênio, que é o turismo”.

Deputado federal Eduardo Cury (PSDB)

38

Parabéns ao Meon pela criação da Meon Turismo. Vejo que essa região aqui é completa, pois tem todo tipo de turismo, seja de negócio, de aventura, de sol e praia, de cultura e religioso, ou seja, uma região completa. Fazer uma articulação, uma integração da regionalização é trazer emprego, renda e oportunidade de investimentos não só nacionais como estrangeiros”.

Bruno Omori, presidente da ABIH-SP (Associação Brasileira das Indústrias e Hotéis de São Paulo)

Fotos: Camila Majes / Edson Amaral

O

Grupo Meon de Comunicação promoveu o lançamento oficial da revista Meon Turismo no dia 11 de novembro, no Hotel Golden Tulip, em São José dos Campos. Realizado logo após a reunião do Conselho de Desenvolvimento da RMVale, o almoço contou com a presença de representantes das 39 prefeituras da região, das secretarias de Turismo e Desenvolvimento Regional do estado, e do trade turístico, além de empresários do setor da comunicação e publicidade. 4 2


A Regina é uma visionária, ela sempre acreditou que daria certo fazer um projeto voltado ao turismo, e acho que o Meon foi muito feliz no lançamento dessa edição. Nossa RMVale tem belezas naturais e uma gastronomia forte. Culturalmente falando a gente também se desponta, e acredito que mostrar tudo isso num veículo de comunicação vai ser muito importante para podermos alavancar e divulgar o turismo da nossa região para todo o Brasil”.

Prefeita de Monteiro Lobato, Daniela de Cássia (PSB)

Quero parabenizar toda a equipe do Meon. De fato nossa região precisa fomentar o turismo e essa revista será um instrumento de trabalho, inclusive, para os municípios. Linda a revista! Com muito cuidado e capricho, assim como as outras publicações do Meon. Sem dúvida nenhuma, as cidades da RMVale e Litoral Norte vão poder usar mais este instrumento para divulgar a região. Estou muito feliz em ver a nossa região sendo muito bem representada nesta primeira edição da revista”.

Prefeito de São José dos Campos Felício Ramuth (PSDB) 3

39


A revista é convidativa. Folheando podemos perceber muita qualidade no texto escrito, mas também no texto imagético, que estabelece a primeira conexão com o leitor. De cara a Meon Turismo já oferece isso. Ela expressa perfeitamente a que veio”.

Paulo Rezende, diretor do Senac São José dos Campos

1

H O LO F OT E Fotos: Camila Majes / Edson Amaral

Fiquei surpreso com a capa da primeira edição dando destaque à Jacareí com enfoque nas cervejarias. A revista vem para preencher lacunas que os municípios por si só não conseguem fazer. É uma iniciativa que alavanca o turismo regional e isso é bom para toda a RMVale”.

Prefeito de Jacareí, Izaias Santana 40

4 Durante a reunião do Conselho de Desenvolvimento da RMVale, a diretora executiva do Grupo Meon de Comunicação, Regina Laranjeira Baumann, apresentou a nova revista, destacando o seu compromisso com a promoção do turismo regional e fomento a ações que viabilizem o crescimento do setor e, consequentemente, da economia da RMVale, contribuindo para a geração de renda e de emprego para as comunidades locais. Após os trabalhos do Conselho, o evento seguiu com almoço oferecido pelo Grupo Meon no restaurante Cassiano, onde ocorreu o cerimonial de lançamento oficial da Meon Turismo.


As pessoas quando viajam querem viver experiências. A revista atendeu perfeitamente esta expectativa. Dá vontade de ler as matérias e conhecer os lugares. O Meon acertou mais uma vez”.

Coordenador estadual de turismo, Rodrigo Ramos

Maravilhosa! Achei muito bacana e vejo que a revista vai nos ajudar a fomentar ainda mais o nosso turismo a nível nacional. Parabéns a todos”!

Prefeita de Ilhabela, Gracinha Ferreira 41


H O LO F OT E

42


Fotos: Camila Majes / Edson Amaral

43


ART GALLERY

-

Obra: Cascata Pura, 1994

Mônica Nador

“Percebi que se gastava muita tinta dentro de museu enquanto tinha muita parede precisando de cor por aí” “Decidi que queria fazer um trabalho visualmente acessível para qualquer um, que não exigisse um currículo filosófico e estético para que o trabalho fosse entendido” Estilo: Eclético Produção: Pintura, Gravura, Desenho Obra: Shine a Light, 1996

Cascata Pura | Cascade – A Blatant Lie, 1994 acrílica sobre tela e acrílica sobre moldura de madeira acrylic on canvas and acrylic on wood frame 302 x 179 x 10 cm Coleção | Collection Gilberto Chateaubriand, MAM RJ Foto | Photo Isabella Matheus

6

Obra: A Arte, 1988

Shine a Light, 1996 acrílica sobre tela | acrylic on canvas 150 x 150 cm Coleção | Collection Museu de Arte Moderna de São Paulo Doação da Artista | Donation of the artist Foto | Photo Isabella Matheus

28

A Arte | The Art, 1988 acrílica sobre tela | acrylic on canvas Ø 215 cm Foto | Photo Isabella Matheus

22

Obra: Um Bom e Velho Monocromático II, 1989

44

Um Bom e Velho Monocromático II | A Good Old Monochromatic II, 1989 técnica mista sobre tela | mixed technique on canvas 200 x 200 cm Coleção particular | Private Collecion, São Paulo Foto | Photo Isabella Matheus

21


Obra: Campo 6, 1983

Campo 6 | Fields 6, 1983 grafite sobre papel | graphite on paper 152 x 276 cm Coleção | Collection Museu de Arte Moderna de São Paulo Doação da artista | Donation of the artist Foto | Photo Isabella Matheus

18

Em São José dos Campos, em 1999, a artista apoiada pela Fundação Cultural Cassiano Ricardo, interveio no cenário da comunidade Vila da Rhodia, localizada no bairro de Santana. O projeto embrionário deu sequência a uma série de iniciativas elaboradas pela artista pelo Brasil afora.

Obra: Que Cem Flores Desabrochem, 2007 Que Cem Flores Desabrochem | Let a Hundred Flowers Bloom, 2007 acrílica sobre tela | acrylic on canvas 160 x 160 cm Foto | Photo Isabella Matheus

10

PAREDES PINTURAS “Parto do princípio de que em maior ou menor grau para cada pessoa, a beleza pura e simples é um dado indispensável para a sua saúde mental, tendo como exemplo principalmente a minha própria experiência. Tenho ainda a convicção de que a nossa saúde mental é um item absolutamente decisivo na opção pela sobrevivência do planeta. Assim, apostando muito mais na vocação curativa/ balsâmica/didática da arte que em qualquer outra que ela possa ter, minha intenção é fazer a dimensão do belo acessível ao maior número de pessoas possível. Para tanto, reformulei o repertório veiculado pelo meu trabalho lançando mão de um tipo de visualidade que acredito responder com eficiência essa preocupação, isto é, acrescentei às minhas primeiras investigações plásticas o dado da ornamentação islâmica”, Mônica Nador, ao portal Vitrovirus.

Fonte: www.vitrovirus.com.br

Vila da Rhodia, 1999

45


GASTRONOMIA Fotos=: Divulgação

Aparecida resgata o

VIRADO DE FRANGO Foto: Divulgação

46


Da Redação

Convidado para uma consultoria em Aparecida, o chef e youtuber Marco Araújo redescobriu um prato que faz parte da história da cidade: o virado de frango. “Eu sou um entusiasta pelas histórias dos lugares, todo povo tem a sua história gastronômica. Quando soube desse prato, fui pesquisar e, através do acervo do João Rural (1951-2015), achei um farto material”, conta o chef. De acordo com ele, muitos romeiros antes de saírem de casa preparavam um guizado de frango, colocavam em uma marmita e jogavam farinha por cima para comer ao chegar em Aparecida. “Evidentemente aquilo ia se misturando durante o trajeto, e na hora que abriam a marmita estava tudo misturado, com a farinha incorporada ao caldo do guizado de frango”, explica o chef. g

DICA: DEIXE A CARNE LEVEMENTE MACIA, MAS SEM SOLTAR DO OSSO

Virado de Frango INGREDIENTES 1 frango inteiro Farinha de milho branca Cheiro verde 1/2 copo de óleo 1 colher de urucum 3 folhas de louro Sal a gosto. MODO DE PREPARO Corte o frango em pedaços. Lave bem e retire a pele e as gorduras. Numa panela grande e grossa, coloque o óleo, o urucum e frite os pedaços de frango. Quando estiverem bem dourados, abra o meio e adicione o sal com alho, as folhas de louro e uma parte de cheiro verde picadinho. Refogue bem para que os temperos incorporem no molho. Adicione água quente até cobrir. Mexa bem, acerte o sal e deixe cozinhar tampado. Quando o frango estiver bem mole, num ponto quase soltando a carne do osso, coloque mais um pouco de cheiro verde e adicione aos poucos a farinha de milho. Vá mexendo até formar um pirão bem firme. Sirva com arroz com urucum.

Virado de Frango Tropeiro INGREDIENTES 1 frango 1 kg de batatinha Farinha de mandioca Cebolinha Salsinha Pimenta do reino Sal com alho 1/2 copo de óleo 1/2 colher de urucum MODO DE PREPARO Corte o frango em pedaços pequenos, como a passarinho. Numa panela grande e grossa, esquente o óleo, coloque o urucum e frite os pedaços de frango. Descasque e corte a batatinha, em pedaços médios e cozinhe com um pouco de sal até amolecer. Quando a carne amolecer, refogue a parte o sal com alho, o cheiro verde e a pimenta. Coloque esse molho e a batatinha cozida no frango e adicione água até cobrir. Quando ferver, retire do fogo. Quando esfriar, adicione a farinha de mandioca, fazendo o virado em ponto de farofa.

47


HARMONIA

O primeiro compromisso: SEJA IMPECÁVEL COM SUA PALAVRA

Por Regina Laranjeira Baumann

A história de você é tudo o que você sabe sobre o que você acredita ser, não quem você realmente é. Entre os dois você, um é real (físico), verdade. O outro (virtual), só existe pelo conhecimento baseado nas informações que lhe foram passadas pelos outros. Esse conhecimento ocorre através dos símbolos, palavras. Pensando, você ouve uma voz. Quem está falando em sua cabeça? Eu! Mas se é você, quem está escutando? Nós criamos tudo o que existe a partir do conhecimento que nos é transmitido. Cada um de nós usa as palavras para formar nossas opiniões, expressar um ponto de vista. Criamos a história de nossa vida, de nossa família, comunidade e a história de nosso país, da humanidade. O verdadeiro você é único e está além de tudo que você sabe, porque o verdadeiro você é a verdade. Você, o ser humano, sua presença física, isso é real. O que você acredita sobre si mesmo não é real e não é importante, a não ser que

48

você queria criar uma história melhor para si mesmo. Verdade ou ficção, de um jeito ou de outro, a história que você está criando (de sua vida) é uma obra de arte. É maravilhosa, é linda, mas é só uma história e é o que mais perto você pode chegar da verdade usando símbolos. Quando perceber isso, entenderá que a palavra é uma ferramenta poderosa na criação e pode ser usada em várias direções: na impecabilidade, onde a palavra cria uma linda história – seu paraíso pessoal na Terra ou no mau uso, onde a palavra destrói tudo o que está à sua volta e cria seu inferno pessoal. A palavra tem a magia e o poder de criação porque pode reproduzir uma imagem, uma ideia, um sentimento ou uma história inteira em sua imaginação. O simples fato de ouvir a palavra ´cavalo´ é capaz de reproduzir uma imagem completa em sua mente. E pode ainda ser mais poderosa. Ao dizer apenas três palavras, ´O poderoso chefão´, um filme inteiro pode se desenrolar na sua

cabeça. Essa é a sua mágica, seu poder de criação, e tudo começa com a palavra, o Verbo. Você é o criador de sua história e se usar a palavra de modo impecável, expressará a verdade em cada pensamento, ação e o resultado será uma vida bela, -


Foto: Depositphotos

-feliz. Sendo magia, quando você adota o primeiro compromisso, a mágica simplesmente acontece e suas intenções e desejos chegam com facilidade porque não há resistência, não há medo, tudo o que existe é amor. Você está em paz e cria uma vida

de liberdade e realização em todos os sentidos. Basta este compromisso para transformar completamente a sua vida em seu paraíso pessoal. Esteja sempre consciente de como você está usando a palavra e seja impecável com sua palavra. g

*Extraído de O Quinto Compromisso: O livro da Filosofia Tolteca/Miguel Ruiz, José Ruiz, Janet Milld.

49


ARQUIDECOR

experiência

INTIMISTA

Da Redação

A

pousada Quintal da Prosa, inaugurada em 2013, foi concebida com a proposta de oferecer aos hóspedes uma experiência intimista, em espaços que refletem a ‘alma caipira’ do distrito de São Francisco Xavier, em São José dos Campos. O complexo da pousada é formado por uma sede principal, dois chalés e uma casa, que é alugada para grupos maiores. “O nome Quintal da Prosa já nos dá a diretriz conceitual

50

principal dos espaços desta pequena pousada. A ideia é fazer com que os hóspedes, a maioria de São Paulo, se sintam em casa, especificamente, em um local íntimo, onde acontecem as melhores conversas”, explica a arquiteta Melina Ceruks. Em quase todos os espaços, elementos rústicos encontramse perfeitamente harmonizados com elementos contemporâneos, criando ambientes charmosos e aconchegantes, perfeitos para qualquer época do ano. 4


4 Ao lado do deck, os hóspedes interagem entre si e com os proprietários da pousada, que não dispensam um bom dedo de prosa. A madeira, tijolos aparentes e demais peças de decoração garantem o ar rústico do ambiente, que tem como proposta enaltecer o belo verde das montanhas”, afirma Melina.

Decoração utiliza artesanato produzido no distrito de São Francisco Xavier

Com esta mesma proposta de materiais, foram concebidos os chalés, que têm aproximadamente 55m , pé direito alto e ambientes bem distribuídos. O objetivo é fazer com que os hóspedes consigam permanecer o tempo que quiserem, sem sentirem enclausurados dentro de um quarto convencional. 2

“Os chalés possuem um amplo dormitório, que é integrado com uma sala e um deck interno onde fica o ofurô com uma vista privilegiada das montanhas”, destaca a arquiteta. Nos ambientes internos, são usados produtos de artesanato local, como a cerâmica dos lavatórios, feitos pelo Ateliê Manacá da Serra e as luminárias, feitas de fuxico por um grupo de mulheres de São Francisco Xavier. “O toque contemporâneo é garantido pelos belos quadros do artista Joarez Filho, que possui uma exposição fixa na pousada”, afirma Melina.g

Fotos: Muriqui Criativo

51


DE 28 A 30/8/20 TAUBATÉ

Copa CIMTB Taubaté vai estrear no calendário da Copa Internacional Michelin de Mountain Bike (CIMTB Michelin) em 2020. Fechando a temporada, a etapa vai reunir provas de mountain bike Maratona, mountain bike Cross Country, mountain bike Short Track e corrida a pé noturna. A data já está marcada: dias 28 a 30 de agosto, com participação dos principais atletas do MTB brasileiro. Os realizadores se reúnem com representantes do setor hoteleiro, restaurante, comércio e prefeitura no dia 3.

52

6 E 8/12 VILA DA ILHABELA

Mar e Mergulho A Prefeitura de Ilhabela e o ICMBio (Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade) promovem, nos dias 6 e 8 de dezembro, o Festival de Abertura da Temporada de Mar e Mergulho. O evento será no Centro Histórico da Vila, com uma intensa programação do turismo náutico e do mergulho sustentável, tendo o Refúgio de Vida Silvestre do Arquipélago de Alcatrazes como atrativo âncora.


DIA 21 E 22/12 LUSO - SÃO JOSÉ DOS CAMPOS

Final Tunning Brasil A dupla Maiara e Maraisa foi confirmada no Tunning Show Brasil, em São José dos Campos, nos dias 21 e 22 de dezembro. Evento vai durar o dia todo, com a participação de vários cantores, entre eles, Misael, Dan Lellis e MC Pedrinho. De acordo com os organizadores, será a etapa final da competição, que deverá “entrar pra história do mundo a motor do Brasil” Foto: Lucilia Guimarães/SMCS/GOVPR

DIA 20/01 SÃO FRANCISCO XAVIER

Muriqui em debate

A Prefeitura de São José dos Campos realiza, no dia 20 de janeiro de 2020, o “Seminário sobre Muriquis e outros Primatas de São Francisco Xavier”. O evento será no distrito joseense e terá participação de especialistas brasileiros e estrangeiros. Serão debatidos temas como a importância do muriqui para a ciência, sua história na Mata Atlântica e uso de tecnologia para monitoramento de primatas, As inscrições já estão abertas.

53


LAND & SEA

a i l í m a f a com s o g i m a s o e

CONHEÇA A TRITON 460 FLY, LANCHA COM DUAS SUÍTES, ESPAÇO GOURMET E SOLÁRIO PARA 12 PESSOAS

54

Da Redação

L

ançada no primeiro semestre deste ano, com promessa de sucesso na temporada de verão 2019/2020, a lancha Triton 460 Fly combina conforto, desempenho e a qualidade construtiva do tradicional estaleiro.

áreas de estar, jantar e central de comando. Separado por uma porta de vidro, na área externa, há o espaço gourmet com churrasqueira na popa (parte traseira) para receber amigos e familiares, conectado à plataforma de banho submergível.

Com 46 pés e quase 14 metros de comprimento, o clássico modelo Triton vem equipado com flybridge, que proporciona um convés a mais no topo da lancha para o maior contato com a natureza e para aproveitar os dias ensolarados. No cockpit, um amplo salão de convivência é perfeitamente integrado às

O solário de proa (parte frontal) é mais um espaço dedicado ao lazer, ideal para relaxamento e banhos de sol. No pavimento inferior, fica uma cozinha totalmente equipada. Para pernoite, o destaque é a suíte máster posicionada na meia-nau e com cama queen size, sofá, armários e espaçoso banheiro. 4


4 O design da Triton 460 Fly é mais um ponto em favor da popularidade da lancha nesta temporada de verão. Clássico e ao mesmo tempo moderno e sofisticado, o modelo atende aos mais variados perfis de público. Chamam a atenção as superfícies de vidro que favorecem a visibilidade, inclusive na cabine. A lancha acomoda quatro pessoas para pernoite e 14 pessoas durante o dia. g

Com design moderno, modelo clássico agrada públicos variados

Fotos: Divulgação/Triton

FICHA TÉCNICA

Comprimento total: 14 m Boca Máxima: 4,00 m Capacidade Tanque Combustível: 850 litros Capacidade Tanque de Água 2 T: 400 litros Motorização: 2x D6 330hp a 2x IPS 500 Calado do Casco: 1,05m / 0,85m Passageiros: 14 diurno / 04 pernoite Ângulo “V” da Popa (Deadrise): 20º Peso do Casco Básico com Motor: 11.000 Kg Pé direito da Entrada da Cabine: 2,00 m Pé direito Suíte Máster: 1,90 m Pé direito dos banheiros: 1,90 m Pé direito no Cockpit: 2,00 m

55


DESTINO NACIONAL Foto: Cleiton Thiele/Divulgação

Luz e

Sonho GRAMADO E CANELA, NA SERRA GAÚCHA, FAZEM O MAIS BONITO E MÁGICO NATAL DO BRASIL

56

DESFILES, DANÇA DAS ÁGUAS, TEATRO, LUZES, FOGOS E CONCERTOS EM 81 DIAS DE FESTA


Fotos: Divulgação/ Rafael Cavalli

Da Redação

G

ramado e Canela, cidades localizadas na Serra Gaúcha, realizam os mais famosos espetáculos natalinos do Brasil. Os eventos combinam teatro, música, e fascinantes desfiles e show de luzes. Em Gramado, o 34º Natal Luz começou no dia 24 de outubro e segue até 12 de janeiro de 2020. Durante os 81 dias de festa, a organização espera 2 milhões de visitantes, de todo o Brasil. A produção dos dois eventos envolvem milhares de pessoas. Para ter uma ideia, o espetáculo A Magia do Noel, apresentado 4

PURO ENCANTAMENTO À esquerda e abaixo, balé de luzes e cores do Natal Luz, em Gramado; acima e no detalhe, momentos do Sonho de Natal, em Canela. Os dois eventos atraem turistas de todo o Brasil

Foto: Divulgação

4 nos desfiles de Gramado, conta com cerca de 340 artistas e 600 pessoas envolvidas. Outro grande espetáculo é o Illumination que, de acordo com os organizadores, tem cenografia grandiosa e efeitos especiais de última geração. A atração conta também com grandes tenores e sopranos com arranjos musicais emocionantes, 24 bailarinos, 32 coralistas, 20 percussionistas e violinistas, além de fogos o e águas dançantes. 4

Neste novo show, contamos com cenografia e efeitos especiais de última geração Sérgio Korsakoff, diretor do espetáculo em Gramado

Foto: Cleiton Thiele/Divulgação

57


DESTINO NACIONAL

Inspirado na temática A Fábrica de Sonhos, as ruas de

O DESFILE A MAGIA DO NOEL, EM GRAMADO, É UMA SUPERPRODUÇÃO EM TRÊS ATOS: NASCIMENTO DE JESUS, PARADA DE NATAL CIRCENSE E A MAGIA DO PAPAI NOEL

Canela foram decoradas com elementos interativos para encantar e proporcionar um ambiente colorido, propício à alegria e às brincadeiras, além de resgatar a memória afetiva de moradores e visitantes. O universo lúdico com duendes, bonecos de neve e Papais Noéis começa nos acessos da cidade e se estende pelas principais vias da cidade. De acordo com a Secretaria de Turismo, o objetivo é

que os visitantes tenham uma experiência marcante e que lembrem do Natal em Canela como o melhor que já presenciaram. Como os municípios de Canela e Gramado ficam a apenas oito quilômetros de distância, é possível acompanhar os eventos nas duas cidades gaúchas. Em ambas as cidades, os eventos são realizados pela prefeitura em parceria com empresas da iniciativa privada. g

Fotos: Divulgação

Em Canela, o Sonho de Natal está em sua 32ª edição neste ano, e também acontece entre os dias 24 de outubro e 12 de janeiro. O tradicional Desfile Mágico de Natal de Canela envolve membros da comunidade selecionados em audições e artistas. Ao todo, são 140 pessoas desfilando e mais de 200 envolvidas na organização do espetáculo.

O DESFILE MÁGICO DE NATAL, EM CANELA, CONTA COM PESSOAS SELECIONADAS NA COMUNIDADE 58


PROGRAMAÇÃO A Magia do Noel Este tradicional desfile é uma superprodução, que conta com carros alegóricos,ailarinos, atores, patinadores e artistas circenses. É dividida em três atos: o nascimento de Jesus, a parada de Natal circense e a magia do Papai Noel. Às quintas e domingos, até o dia 22. Ingresso: R$ 170

Fábrica dos Sonhos

Espetáculo de som e luz, com muitos efeitos especiais, na Catedral de Pedra, em Canela. Tem duração de 12 minutos. Todos os dias às 20h, 21h30 e 22h30. Grauito.

Lenda do Bosque de Natal Teatro musical com 14 atores e 16 bailarinos, em Gramado. O figurino e a cenografia encantam a plateia. Terças e sextas, até 20 de dezembro. Ingresso: R$ 165

Parada de Natal O espetáculo leva às ruas uma prévia gratuita do grande Desfile de Natal. Dezenas de artistas desfilam com figurinos, adereços e carros alegóricos.Todas as sextas, sábados e domingos, às 16h. Gratuito.

Illumination Com fogos de artifício, águas dançantes, projeções e chafariz, este espetáculo no lago conta a história da criação do mundo, o nascimento de Jesus e o sentido do Natal. Participam bailarinos, atores e uma orquestra regida por dois maestros. Às quartas e sábados, até o dia 22 de dezembro. Ingresso: R$ 170

59


BONS VENTOS

TOP DESTINOS Da Redação

O

s municípios de Campos do Jordão, Monteiro Lobato, São Bento do Sapucaí, São Luiz do Paraitinga e São Sebastião faturaram cinco dos 16 troféus da 2ª edição do Top Destinos Turísticos de São Paulo, realizado pela ADVB (Associação dos Dirigentes de Vendas e Marketing do Brasil). A solenidade de entrega dos prêmios aconteceu no dia 25 de novembro, em São Paulo. Esta edição contou com representantes de 70 cidades paulistas, que concorreram em 16 categorias. A escolha dos vencedores foi feita através de avaliação técnica e do voto popular.

Entre as cidades da RMVale (Região Metropolitana do Vale do Paríba), Campos do Jordão foi a campeã na categoria Gastronomia; Monteiro Lobato

Campos do Jordão

“Campos do Jordão encanta seus turistas pelas belas paisagens, mas também por sua excelência na gastronomia. O prêmio vem coroar o trabalho que a cidade tem feito neste segmento” De André Luiz Barbedo, secretário de Turismo de Campos

São Sebastião

60

em Ecoturismo; São Bento do Sapucaí, em Esportes; São Luiz do Paraitinga na categoria Cultural, e São Sebastião na categoria Sol e Praia. g


Monteiro Lobato “Esse prêmio reforça ainda mais o trabalho sério que estamos fazendo para mostrar as belezas da nossa cidade encantada e nos dá mais força” De Mariana Santos, secretária de Turismo e Cultura

São Bento do Sapucaí

São Luiz do Paraitinga

“ São Luiz do Paraitinga respira cultura e somos conhecidos como a cidade das mil festas. O voto popular mostra que é assim que a população de São Luiz vê e quer que a cidade seja, os moradores se mobilizaram nas redes sociais para votar” Netto Campos, diretor de Turismo e Cultura de São Luiz

61


Fabiano Porto Para planejar o futuro do turismo, é preciso compreender o presente. Segundo a OMT (Organização Mundial do Turismo), o setor é formado por 924 milhões de turistas, que geram cerca de 8 trilhões de dólares (10% PIB global), e é responsável por um a cada 11 novos empregos no mundo. Mas como a Região Metropolitana do Vale do Paraíba e Litoral Norte com seus 39 municípios se apresentam neste mercado? Antes de explorar as respostas, vamos ao conceito. O turismo é classificado como qualquer atividade por mais de três horas fora da sua cidade de residência. Sabe aquela reunião da empresa em São Paulo? Turismo de Negócios. As aulas noturnas do curso em outra cidade? Turismo de Estudos. E aquela consulta médica em outra cidade? Turismo de Saúde. Segundo dados do IBGE e Ministério do Turismo, a região movimenta 41 milhões de turistas e gera 35 bilhões de reais por ano, faturamento maior que o PIB da Bolívia. Deste total, 5 milhões

62

Foto: A cervo A p

O CENÁRIO DO TURISMO NA REGIÃO DO VALE DO PARAÍBA E LITORAL NORTE

recesp

TURISMO SUSTENTÁVEL

Vista deslumbrante da Mantiqueira e Litoral Norte da Pedra da Macela, mirante de fácil acesso localizado na cidade de Cunha

de pessoas visitam o “Circuito Mantiqueira Paulista”, formado por Campos do Jordão, Santo Antônio do Pinhal, São Bento do Sapucaí, Monteiro Lobato, São Francisco Xavier, Pindamonhangaba, e Tremembé e 7 milhões visitam o “Circuito Litoral Norte” na região costeiras com suas 187 praias distribuídas em Ubatuba, Caraguatatuba, Ilhabela, São Sebastião e, agora, Bertioga, que passa a integrar o mapa turístico do litoral norte de São Paulo. Apenas nesta região são oferecidos mais de 200 eventos por ano. Mas o maior segmento turístico da região é, sem dúvida, o Circuito Religioso, que movimenta 18 milhões de pessoas por ano nas cidades de Aparecida, Cachoeira Paulista, Guaratinguetá, Cunha, Canas, Piquete, Lorena, Potim e Roseira. Juntas abrigam três dos principais pontos de peregrinação do país: Santuário Nacional de Aparecida, maior templo mariano do mundo, Comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista e o Santuário Frei Galvão, em homenagem ao primeiro santo brasileiro da cidade de Guaratinguetá.

Compondo o turismo na região, estão as cidades do Vale Histórico, constituído por Bananal, que já foi a cidade mais rica do Brasil no período do Café, Areias, Silveiras, Arapeí, Queluz e São José do Barreiro. Essa região apresenta grande potencial para o turismo Cultural e também Ecoturismo pelas belas cachoeiras. Importante citar também as cidades do chamado “Rios do Vale”, com representantes como São Luiz do Paraitinga, com um dos carnavais mais famosos do Brasil, além de Taubaté, Jacareí Caçapava, Jambeiro, Natividade da Serra, Redenção da Serra, Paraibuna, Lagoinha e Santa Branca. Trata-se de uma região completa para o Turismo, com destinos e atrativos diversificados para todos os tipos de públicos, sejam nacionais ou internacionais. Há muito o que compartilhar, por isso, em cada nova edição do Meon Turismo, estarei com você para explorarmos juntos este fascinante mundo do turismo e suas oportunidades para o nosso futuro.

Fabiano Porto • Linkedin: linkedin.com/in/fabianoporto • email: fabianopporto@gmail.com


NEGÓCIOS & POLÍTICAS

MINISTÉRIO DO TURISMO LANÇA O #DESTINOMANTIQUEIRA Da Redação

Foto: Divulgação

Ministério do Turismo lança em dezembro um acordo de cooperação para transformar e promover o destino Mantiqueira em um dos principais roteiros turísticos nacionais, a partir da integração da governança interestadual de Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. O secretário de Desenvolvimento e Competitividade no Turismo do Ministério do Turismo, Aluizer Malab, esteve no dia 20 de outubro em Campos do Jordão, para discutir o projeto. A cerimônia de assinatura do acordo estava agendada para acontecer o dia 4 de dezembro em Belo Horizonte (MG). A Mantiqueira, é uma região integrada com mais de 100 cidades em 3 Estados brasileiros. Com localização estratégica no eixo geográfico São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais, reúne grande diversidade de atrativos turísticos para todos os gostos, seja para uma relaxante viagem em família, seja para aqueles que têm garra e gostam de esportes radicais, ou ainda para os que buscam mesmo a biodiversidade e as singularidades dos Parques Ecológicos. Além de vivenciar um bioma incomparável, repleto de montanhas, cachoeiras e uma impressionante variedade de animais. g

“ESSE DESTINO BEM PROMOVIDO E MELHOR QUALIFICADO VAI CORROBORAR COM OS PROJETOS OUSADOS DO MINISTÉRIO DO TURISMO” SECRETÁRIO DE DESENVOLVIMENTO E COMPETITIVIDADE NO MINISTÉRIO DO TURISMO, ALUIZER MALAB

Foto: Divulgação

O

63


NEGÓCIOS & POLÍTICAS

MP DO TURISMO Ministro diz que medida vai gerar emprego e renda

Fotos: Roberto Castro/Mtur

64

Governo diz que MP do Turismo vai gerar renda e emprego por todo o país

Da Redação

O presidente Jair Bolsonaro assinou, no dia 27 de novembro, a Medida Provisória 907, que transforma a Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) em Agência Brasileira de Promoção Internacional de Turismo e mantém benefícios fiscais para segmentos turísticos a partir de janeiro de 2020. “Nosso plano é dobrar o número de turistas estrangeiros no Brasil e fazer do turismo um importante protagonista da recuperação da economia brasileira”, destacou Gilson Machado, presidente da Embratur. Para a presidente da Associação Brasileira das Agências de Viagens (ABAV Nacional), Magda Nassar, a medida , batizada de Medida Provisória “A hora do Turismo”, é uma vitória não só para as agências e operadoras, mas para o turismo como um todo. “O IRRF vem reduzido, sim, não nos patamares que esperávamos, mas já foi uma conquista. Tenho certeza absoluta de que essa parceria do Ministério do Turismo com a iniciativa privada e todas as associações vai render muitos frutos ainda”, afirmou Magda. A ABIH (Associação Brasileira da Indústria de Hotéis ) Nacional também comemorou as conquistas da MP 19, destacando a isenção aos hotéis do pagamento de direitos autorais por músicas executadas nos quartos dos estabelecimentos.


4º Fórum CITIES

Da Redação

O 4º Fórum Brasileiro de Turismo, realizado no dia 1º de novembro, em Itu (SP), debateu o cenário atual do setor, além de perspectivas e estratégias de longo prazo para fomentar setor. O encontro também teve como objetivo informar a importância socioeconômica do turismo. O evento reuniu atores públicos e privados do Sistema Nacional de Turismo, entre eles, o Ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, o secretário nacional de Integração Interinstitucional do MTur, Bob Santos, o secretário de Estado de Turismo São Paulo, Vinicius Lummertz, e o

Setores público e privado debatem cenário e desafios

O SECRETÁRIO VINICIUS (ACIMA) E O EX-GOVERNADOR ALCKMIN (AO LADO), DURANTE O EVENTO Fotos: Divulgação

ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin; entre outros nomes. O ministro ressaltou que o Brasil tem atraído a atenção de investidores internacionais e previu avanços a partir da melhor estruturação de destinos turísticos do país. “Tivemos a liberação, por parte do ministro da Infraestrutura, Tarcísio Freitas, do primeiro porto com terminal de passageiros, em Balneário

Camboriú. Teremos pelo menos 15 desses ao longo da costa brasileira - e sem dinheiro público!”, enfatizou. “O turismo tem avançado de forma significativa. Entre janeiro e julho, cresceu 3,2%. Temos uma determinação muito clara do governo federal: identificar empecilhos ao desenvolvimento e desburocratizar”, afirmou.

65


CRÔNICA DE UMA VIAGEM

O MENINO AINDA ESTAVA LÁ João Pedro Teles agradecidos. Como se o caminho iluminado desenhasse uma estrada de remição. Os domingos de sol devem ser eternos, pensou enquanto atravessava o portão de entrada do parque em terras tão distantes de sua casa. Deitou-se. Costas, pés, mãos e nuca fincados na grama quente. Sentiu-se instantaneamente conectado aos passeios dominicais dos

largos anos da infância. Deixou-se, ainda deitado, afundar, imerso nos sentidos despertos pelo calor e pelo aroma de grama fresca. O sol evaporando do torpor suas memórias, preenchendo de lembranças o cenário onde incorporava o menino que fora. Inflado, inerte, saboreou a viagem de vento, grama e sonhos. Quando acordou, o menino ainda estava lá.

Foto: Carol Camp

O rebento da tarde de domingo era todo sol. O anúncio encalorado espalhou-se após uma manhã cinza chumbo, desconfiada em azedume matinal. O ensolarar incendiava a paisagem e inflamava a vida enclausurada em cada organismo do quarteirão no qual caminhava levando, a tiracolo, uma blusa desproporcionalmente grossa. Cortava o asfalto em passos

66

João Pedro Teles é jornalista, em São José dos Campos


67


Profile for Portal Meon

Meon Turismo Nov 2019  

Meon Turismo Nov 2019  

Advertisement