Issuu on Google+

Siga-nos em www.facebook.com/revistaPCGuia

TUDO SOBRE WINDOWS 8.1 UPDATE 1

EDIÇÃO DE FOTOGRAFIA COMO USAR O THE GIMP PARA EDITAR FOTOS SEM GASTAR UM CÊNTIMO

OFFICE PARA iPAD MOSTRAMOS-LHE O NOVO OFFICE PARA O TABLET DA APPLE

GUIA COMPLETO

CRIAR UMA REDE DOMÉSTICA

PARTILHA DE INTERNET PARTILHA DE DISCOS STREAMING DE CONTEÚDOS OPÇÕES 4G

TESTE EM GRUPO A PLACAS GRÁFICAS LOW-COST

Maio 2014

n

N.º 220

n

PVP Cont €3,30 revista

n n n n

MODDING

Parte 2

MONTAGEM DO SISTEMA DE REFRIGERAÇÃO A LÍQUIDO

PC MBIT SGX2 PC PARA JOGOS MADE IN PORTUGAL


ÍN DI CE Melhor revista de TI em 2010

Director: Pedro Tróia / ptroia@pcguia.fidemo.pt Editor: Gustavo Dias / gdias@pcguia.fidemo.pt Redacção: Luís Andrade, Luís Vedor, Márcia Campana, e Ricardo Durand Cronistas: Alexandre Gamela, Alexandre Silveira, Pedro Aniceto, André Rosa, António Simplício Revisão: José Macário Secretária de Redacção: Lurdes Marujo lurdesmarujo@pcguia.fidemo.pt Editor Arte: Rui Lisboa paginação e ilustração (www.ruilisboa.com)

CRIE A SUA REDE DOMÉSTICA SEM PROBLEMAS Nesta edição da PCGuia ensinamos-lhe os melhores truques e dicas para que torne a sua casa um verdadeiro lar inteligente onde todos os seus computadores, tablets e smartphones estão ligados sem fios!

P.36 TEMA DE CAPA

1 Editorial 4 Notícias 16 Tech Feminino Roberta Medina 18 Start-up Eduke.me A start-up que fornece formações através da Internet. 19 Números A evolução das redes domésticas.

32 Partilha de conteúdos com Windows Media Player Aprenda a partilhar as suas músicas e vídeos, através da sua rede doméstica, a partir do Windows Media Player. 52 Apps Controlo à distância. Saiba quais as melhores apps para, através do seu smartphone ou tablet, aceder remotamente ao computador, televisão e TVbox, mesmo estando fora de casa.

Fidemo – Soc. de Media Lda. Director-Geral: Vasco Manuel Taveira vascotaveira@pcguia.fidemo.pt Administração: José Carlos Leitão, Vasco Manuel Taveira Redacção, Publicidade e Administração: Azinhaga da Torre do Fato 7 B - Escritório 1 1600 - 774 Lisboa / Telef: 351 214 193 988

20 Green Todas as notícias sobre como a tecnologia pode ajudar a melhorar o ambiente.

Departamento de publicidade: Directora comercial: Cristina Magalhães cmagalhaes@pcguia.fidemo.pt

22 Panasonic Conference 2014 Fomos a Amesterdão conhecer todas as novidades da Panasonic para o ano de 2014.

58 Office para iPad Experimentámos, durante um mês inteiro, como seria a nossa vida trabalhando apenas com a nova versão do Microsoft Office para iPad.

24 Windows 8.1 Update 1 Passados quatro meses, a Microsoft lançou um pack de actualizações à própria actualização do Windows 8, que é na realidade a reunião de sugestões feitas por milhares de utilizadores do Windows.

62 Modding Parte 2 Este mês retomamos ao projecto de modding do Luís Alves, autor do site e fórum Moda’a’Foca. Nesta edição assistimos à montagem e teste do sistema de arrefecimento a líquido, bem como à continuação da transformação da caixa de computador.

Assinaturas: JMToscano - Comunicação e Marketing, Lda., Rua Rodrigues Sampaio, Nº 5, 2795-175 Linda-a-Velha Telefone: +351 214 142 909 assinaturas@jmtoscano.com www.jmtoscano.com Pré-impressão e Impressão: Lidergraf - Artes Gráficas, SA Lidergraf | Delegação Sul Edifício Diogo Cão, Doca de Alcântara Norte, 1350-352 Lisboa, Portugal Proprietária / Editora: Fidemo, Soc. de Media Lda. Direcção administrativa e financeira: Vasco Taveira / vascotaveira@ pcguia.fidemo.pt Cont: 509 808 859 / Depósito legal: 97 116/96 Nº registo E.R.C. 119 452 Marca registada no INPI: 479 435 Distribuição: VASP, Soc. de Transportes e distribuição Lda. MLP, Media Logistics Park, Quinta do Grajal, Venda Seca, 2739-511 Agualva-Cacém. Telef: 214 337 000 Tiragem média: 22 000 exemplares Periodicidade: Mensal

ASSINE EM PCGUIA.PT

FACEBOOK: WWW.FACEBOOK.COM/REVISTAPCGUIA TWITTER: WWW.TWITTER.COM/PC_GUIA 4 / PCGUIA MAIO 2014

26 Dicas Office Aprenda a dominar o conjunto de ferramentas de produtividade da Microsoft com estas dicas. 27 5 dicas para usar melhor a Galeria de Fotos do Windows Dicas e truques para tirar mais partido desta ferramenta. 28 Crie e partilhe temas Windows Utilize a ferramenta de personalização do seu Windows para alterar a aparência do sistema operativo. 30 Organize o seu Google Chrome Ponha um fim aos irritantes pop-ups, reavive o Flash e arrume a sua lista de favoritos.

56 Automóveis Peugeot 308 Mercedes-Benz E350 Station

67 Gadgets Os melhores objectos que são (ou não) completamente inúteis mas que todos desejamos de uma forma ou de outra. Agora até lhes damos notas!

68 Testes individuais Testámos: - Mbit SGX2 Limited Edition - Panasonic Lumix TZ60 - Acer Aspire V5 - Qpad OM-75

- Qpad CT Large - Fujifilm X-T1 - Roccat Ryos MK Pro - Ozone Onda Pro Black - Roccat Kave XTD - Huawei Ascend Y530 - Sony Alpha A7R - Toshiba TV L3 - TP-Link M5360 - Samsung Galaxy S5 - XPeria E1 - Philips 274E5 76 Teste em grupo Comparativo de placas gráficas até €200. Testámos oito placas gráficas de baixo custo, escolhendo dois modelos para cada escalão de preço, para determinar qual a melhor tendo em conta o seu orçamento.

84 Edite fotografias com o GIMP 88 Fotografias Panorâmicas 90 Jogos - Metal Gear Solid IV: Ground Zeroes - InFamous Second Son - Dark Souls II - South Park: The Stick of Truth 95 Jogos para Android - Smash It! Adventures - Swordigo - God of Light - Panda Run 96 Jogos portáteis - Final Fantasy X HD / Final Fantasy X-2 HD - FEZ - Steel Diver Sub Wars

98 Laser As quatro pessoas que foram fundamentais para a criação do laser.


P WINDOWS 8.1 UPDATE 1 POR PEDRO TRÓIA

O Windows 8 foi um desastre. Não há como dizer a coisa de uma forma mais simpática. Se não fossem as compras de máquinas novas ninguém (ou quase ninguém), faria a actualização do Windows 7 para o 8. Ao fim ao cabo, aquela máxima: “Se funciona, para quê mudar?” aplica-se perfeitamente neste caso. Mas de repente a coisa muda e aparece o Windows 8.1 e agora o Windows 8.1 Update 1, que traz consigo uma carrada de novas funcionalidades que lhe vamos mostrar neste artigo.

ara tudo na vida existe risco e a Microsoft correu um grande risco ao tentar acabar com o ambiente de trabalho tradicional do Windows, tentado converter o sistema operativo mais usado no mundo de um paradigma de rato/teclado para um paradigma toque/teclado/rato (às vezes). O problema é que o mercado não estava preparado para esta alteração. Tanto ao nível do hardware, porque os dispositivos, à data do lançamento, e mesmo muitos meses depois, não tinham ecrãs sensíveis ao toque, como ao nível mental dos utilizadores, principalmente os empresariais, que simplesmente não actualizaram os seus sistemas operativos, optando por ficar com o Windows 7, ou pior, com o Windows XP. Com efeito, no mercado teve-se a impressão de que a Microsoft estava a forçar os utilizadores a usar o que a empresa queria e não aquilo que eles, utilizadores, queriam. Assim nasceu o Windows 8.1, que trouxe de volta duas funcionalidades que já faziam indiciar a volta que a Microsoft ia dar ao Windows: a possibilidade de fazer arrancar o sistema operativo directamente para o Ambiente de Trabalho e o regresso do botão Iniciar, que, neste caso, em vez de mostrar o menu Iniciar, envia-o para o ecrã Iniciar, que não é mais que a interface touch original do Windows 8, que também sofreu algumas alterações. Recentemente, a Microsoft disponibilizou o Windows 8.1 Update 1, que ainda introduz mais alterações ao Windows, trazendo de volta muitas funcionalidades das outras versões do sistema operativo, mas (ainda) não o menu Iniciar. A primeira coisa que esta actualização denota é uma maior velocidade que a Microsoft tem agora em reagir ao que o mercado quer. Antigamente, uma versão do Windows demorava três anos a surgir, a versão 8.1 demorou um ano desde o lançamento do Windows 8 e o Update 1 demorou apenas quatro meses desde o lançamento da versão 8.1. Bom, embora venha cheia de novidades, a versão Update 1 não é um Windows novo, mas sim mais um patch. O que também ajuda a explicar a velocidade a que foi lançado. Mas chamar-lhe patch também é redutor porque adiciona tantas novas e importantes funcionalidades que é muito mais que um patch. Na realidade o Update 1 é a reunião das sugestões feitas por milhares de utilizadores em todo o mundo para melhorar o Windows 8. Por isso, as principais alterações foram feitas ao nível da usabilidade com foco principal na utilização do sistema operativo com um rato. Mas não pense que foi desta que a interface Metro deu o seu último suspiro, mas pelo que nos é dado a ver, esse momento não deve estar muito longe...

ECRÃ INICIAR A primeira coisa que salta à vista no novo ecrã Iniciar é a presença de um novo botão de energia no canto superior direito do ecrã, que está entre a tile do utilizador e o novo botão de busca. O botão de energia dá-lhe acesso às mesmas funcionalidades de gestão de energia do Windows que encontra tanto no ecrã de Configuração como na zona de Acesso Rápido, acessível através da combinação de teclas Windows+X. Este botão apenas estará disponível em computadores, as versões 24 / P C G U I A M A I O 2 0 1 4


tablet mantêm o arranjo inicial devido ao facto de, como está mais acessível, ser mais fácil desligar o dispositivo acidentalmente.

PROCURAR

para aplicações em quase todas as versões do Windows até à 8, o que é um bónus para quem não gosta ou não usa a interface Metro. Quando estão neste estado, as aplicações comportam-se um pouco como apps de Ambiente de Trabalho, por exemplo, quando passa o rato por cima de uma destas apps quando está a funcionar aparece um quadrado com uma antevisão em tempo real daquilo que app estiver a fazer. Existem mesmo apps como a Xbox Music que mostram os controlos do player na antevisão no Ambiente de Trabalho. No entanto para usar estas apps vai ter de o fazer sempre em ecrã inteiro porque as apps Metro não podem funcionar de outra forma.

Uma das coisas que mais confusão fazia a quem usava o Windows 8 era o facto de não existir um botão que indicasse claramente onde se podiam fazer buscas. Por isso a Microsoft colocou um botão com a forma de uma lupa para que os utilizadores encontrem facilmente o sistema de busca. Os métodos originais do Windows 8 continuam a funcionar como até agora.

PERSONALIZAÇÃO Agora, quando clica com o botão direito do rato em cima de uma tile para a personalizar aparece um menu de contexto parecido com os que já existiam no Windows XP e 7 em vez da barra no fundo do ecrã que aparecia nas versões anteriores. Se usar o Windows 8.1 com um ecrã sensível ao toque tudo funciona como até agora, ou seja, aparece um menu no fundo do ecrã.

APLICAÇÕES Ao contrário do que acontecia com a versão original do Windows 8, quando se instala uma aplicação no Windows 8.1 Update 1 nada é colocado no ecrã Iniciar. O utilizador é que tem de ir à procura dos programas no menu que pode ser acedido através de uma seta para baixo que está a junto ao fundo do ecrã Iniciar. No entanto, quando uma aplicação é instalada aparece uma notificação no fundo do ecrã que, se for clicada ou tocada, transporta o utilizador para o ecrã onde estão todas as aplicações. O problema aqui é que o novo programa não é assinalado de qualquer forma, o que faz com que o utilizador tenha de o procurar no meio dos outros. Numa nota mais simpática, os resultados da pesquisa agora dão-lhe soluções sobre que aplicações usar para abrir determinados tipos de ficheiros. A outra grande novidade no que respeita a apps é o facto de que, agora, é possível fixar aplicações Metro na barra de tarefas no Ambiente de Trabalho, como acontecia com os atalhos

As apps Metro podem agora também ser minimizadas para a Barra de Tarefas, ou seja, mesmo que não estejam afixadas na Barra de Tarefas, quando salta para o Ambiente de Trabalho, todas as apps Metro que estiverem abertas aparecem na Barra de Tarefas para permitir que o utilizador alterne facilmente entre todos os tipos de aplicações que tenha instaladas na sua máquina. Um elemento gráfico que foi recuperado do passado foi a barra de título, que agora aparece também nas apps Metro, mas w só quando está a usar um rato.

w

ARRANCAR PARA O AMBIENTE DE TRABALHO POR DEFEITO Se estiver a usar um computador que não tenha um ecrã táctil pode agora configurar a máquina para saltar directamente para o Ambiente de Trabalho sem passar pelo Ecrã Iniciar.

O WINDOWS MAIS PEQUENO Assim como aconteceu com o Windows XP Starter Edition, que foi criado para fazer frente ao Linux, também o Windows 8 tem agora de fazer frente ao Chrome como sistema operativo para máquinas de baixo custo com poucos recursos. Assim, a Microsoft disponibiliza o Windows 8.1 Update 1 116, que indica que pode ser executado em máquinas com 1 GB de RAM e 16 GB de espaço de armazenagem. Esta versão inclui mais de 200 optimizações que permitiram esta redução substancial de requisitos para executar o sistema operativo.

QUANTO CUSTA? Para quem tem o Windows RT e o 8.1 a actualização é completamente gratuita.

COMO ARRANCAR DIRECTAMENTE PARA O AMBIENTE DE TRABALHO Clique com o botão direito do rato em cima da Barra de Tarefas do Ambiente de Trabalho, escolha ‘Propriedades’, clique no separador ‘Navegação’ e ligue a opção ‘Quando me ligo ou fecho todas as apps ir para o Ambiente de Trabalho em vez do ecrã Iniciar’. M A I O 2 0 1 4 P C G U I A / 25


CRIE E PARTILHE OS SEUS TEMAS WINDOWS POR MÁRCIA CAMPANA

Utilize a ferramenta de personalização para alterar a aparência do Windows, depois partilhe as suas preferências

1

Pode encontrar temas pré-instalados no seu computador através do ecrã de personalização. Faça clique com o botão direito do rato no Ambiente de Trabalho e escolha ‘Personalizar’. Se já alterou o aspecto do Windows verá um ícone com a designação ‘Tema Não Guardado’ na secção ‘Os Meus Temas’. Guarde-o antes de fazer mais alterações carregando no link ‘Guardar Tema’ do lado direito do separador. Atribua um nome ao separador, clique em ‘Guardar’ e este vai aparecer ao lado do ícone de ‘Tema Não Guardado’. Pode alterar para qualquer um dos outros temas, bastando carregar nos ícones.

28 / P C G U I A M A I O 2 0 1 4

A

maioria de nós utiliza uma fotografia para animar o Ambiente de Trabalho do Windows, mas existe muito mais que pode ajustar. Pode usar um vasto leque de fundos que mudam automaticamente, escolher diferentes cores para as barras de títulos das janelas e alterar os sons produzidos pelo Windows. Depois pode guardar estes temas personalizados num único ficheiro, partilhá-los com amigos ou copiá-los para um novo computador. Infelizmente, os temas não podem ser abertos em computadores que utilizam o Windows 7 Home Basic. p

2

No fundo da janela ‘Personalizar’ clique em ‘Fundo do Ambiente de Trabalho’ para o alterar para um dos temas. Para usar uma pasta de fotografias clique no botão ‘Procurar’, vá até à pasta que contém as suas fotografias e depois clique em ‘OK’. Pode escolher fotos individuais ou usar o botão ‘Seleccionar Tudo’ para utilizar todas as imagens na pasta numa base de rotação. Em ‘Alterar imagem cada’ escolha a frequência com que quer que as imagens no seu tema mudem. Por fim faça clique em ‘Guardar alterações’.

3

No fundo da janela ‘Personalizar’ escolha a cor das janelas. A intensidade da cor também pode ser alterada a seu gosto na opção ‘Intensidade da cor’; esta alteração vai ajustar o nível de transparência dos rebordos das janelas. Faça clique em ‘Mostrar misturador de cores’ para ver controlos mais avançados. Para conseguir janelas mais transparentes mova a ‘Intensidade da cor’, ‘Matriz’ e ‘Saturação’ o máximo para a esquerda e a ‘Luminosidade’ toda para a direita. As alterações acontecem instantaneamente para que possa visualizar o resultado final. Termine com um clique em ‘Guardar alterações’.


4

5

No botão ‘Procurar’ pode escolher um som personalizado que tenha no seu computador. Os sons personalizados devem ter apenas alguns segundos de duração. Se desejar incluí-lo no ficheiro do Tema, tem de modificar o ‘Esquema de sons’.

Se o tema tiver muitas imagens ou exceder o limite para o tamanho do ficheiro podem aparecer janelas de aviso, nesse caso clique em ‘Sim’ para continuar. Depois de o tema guardado pode partilhá-lo através de vários serviços, como o Dropbox, ou copiando-o para uma pen USB. Instale o tema através de duplo clique no ficheiro.

Ainda na janela de ‘Personalização’, seleccione ‘Sons’ e escolha entre as várias opções que o Windows tem disponíveis. A secção ‘Eventos de Programas’ mostra as várias ocasiões em que o Windows emite um alerta. Escolha um dos eventos e faça clique em ‘Testar’ para ouvir o som.

Partilhar o seu tema é uma óptima maneira de partilhar as suas fotografias. Faça clique no botão direito do rato sobre o ícone do ‘Tema Não Guardado’ e depois seleccione ‘Guardar Tema para Partilha’. Escolha uma pasta para o seu tema, atribua-lhe um nome e carregue em ‘Guardar’.

6

Pode fazer o download de temas extra através do site da Microsoft. Na secção ‘Os Meus Temas’ vá a ‘Obter mais temas na Internet’. Na página que aparece clique numa das opções da coluna do lado esquerdo para encontrar temas que adicionam novas imagens automaticamente. Carregue em ‘Faça download’ em baixo de cada tema que quer descarregar. Assim que abrir o ficheiro o novo tema é adicionado a ‘Os Meus Temas’, se o seleccionar, o seu ‘Ambiente de Trabalho’ vai mudar para a nova imagem. Se a imagem não alterar automaticamente faça clique com o botão direito do rato e escolha ‘Fundo ambiente trabalho seguinte’. Também existe uma secção dedicada a temas compatíveis com o Windows 8.

M A I O 2 0 1 4 P C G U I A / 29


CRIE O SEU NAS POR GUSTAVO DIAS

Gostava de ter todos os seus conteúdos organizados num servidor pessoal para acesso directo de todos os seus dispositivos ligados em rede? Fácil, basta seguir este guia para instalar o FreeNAS num computador que respeite os requisitos mínimos. ZFS Um sistema ZFS (Zettabyte File System) deriva do princípio dos sistemas RAID, pois permite juntar vários discos rígidos num único volume. Criada pela Sun Microsystems, esta solução permite armazenar quantidades imensas de dados, sendo ela gerida por um sistema de ficheiros com gestão de volumes, integridade de dados e snapshots do conteúdo, também com capacidades de RAID-Z.

42 / P C G U I A M A I O 2 0 1 4

Para nós, a ideia da utilização de uma solução como o FreeNAS é perfeita por duas razões, por lhe permitir aproveitar computadores e componentes que já não utiliza, bem como pelo facto de permitir organizar todos os seus dados num servidor que pode ser acedido por qualquer dispositivo ligado na sua rede doméstica, ou até mesmo remotamente através da Internet, se assim o desejar. De qualquer das formas vamos ensinar-lhe o básico, que envolve reunir o seu velho computador e os componentes de que não necessita. Para garantir um desempenho adequado, é recomendável a utilização de um computador com um processador de 64 bits, para que possa utilizar 4 GB de memória RAM (algo bastante acessível tendo em conta o preço actual da memória RAM). Quanto aos discos rígidos que pretende usar, tenha em atenção que o ideal para garantir a segurança dos seus dados é utilizar um sistema ZFS, ou seja, à semelhança de um servidor RAID, precisa de usar discos com a mesma capacidade, caso contrário o sistema irá alinhar o espaço disponível pela capacidade do disco mais pequeno. Esqueça a criação de um volume RAID através da BIOS do seu computador, pois todo o processo de criação do sistema ZFS será feito por software através do FreeNAS. Não se esqueça de que terá de ter um disco para armazenar o sistema operativo, pelo que recomendamos o uso de um disco de pequena capacidade adicional, ou então uma pen USB para

o efeito. De seguida vá ao site oficial do FreeNAS (www.freenas.org) e descarregue a última versão (9.2.1.3) e uma aplicação para criar uma pen USB de arranque com o FreeNAS, como o PenDriveLinux (www.pendrivelinux.com). O resto é o habitual para qualquer instalação de sistema operativo, ou seja, deverá aceder à BIOS, activar a drive USB como dispositivo primário de arranque e, não se esqueça deste ponto, confirmar que tem os controladores de disco a funcionar em modo AHCI ou IDE. p


INSTALAÇÃO FreeNAS

1 2 3 4 5 6

Após criar a sua pen USB de arranque com a ISO mais recente do FreeNAS deverá arrancar o computador com essa mesma pen como unidade de arranque. Irá aceder de seguida à consola de configuração inicial, com diversas opções. Durante o arranque, o PC irá identificar se existe um servidor de DHCP na sua rede e revela-lhe o IP de acesso remoto à interface do FreeNAS. Caso contrário poderá utilizar este menu de configuração inicial para ajustar todas as configurações de rede. De seguida aceda com outro computador ligado à mesma rede que o PC com o FreeNAS através de um browser de Internet e coloque no endereço o IP que tinha sido atribuído à máquina do FreeNAS. O primeiro passo será atribuir uma password para a conta de administrador, fundamental para garantir que mais ninguém irá mexer nas configurações do seu NAS. Após entrar nas configurações do FreeNAS, terá de criar o grupo de utilizadores e os utilizadores, tendo de aceder ao menu ‘Account’ e criar um novo grupo (como ‘Users’) e criar contas de utilizador para associar ao novo grupo criado. Esta criação de utilizadores e de grupos de utilizadores é fundamental para gerir o acesso e permissões de cada membro, embora possa simplesmente criar uma conta de convidado (guest) para um acesso simples aos dados partilhados. Estamos finalmente na parte de configuração dos volumes, onde temos de configurar os nossos discos rígidos para actuarem como sendo um só volume ZFS (embora o FreeNAS também suporte sistemas UFS). Para tal deverá aceder ao menu ‘Storage’, ‘Volumes’ e escolher o menu ‘ZFS Volume Manager’. Aqui deverá determinar se quer usar os discos em modo Stripe (só precisa de um disco), Mirror (que replica um disco no outro) ou os modos RAIDZ1, Z2 ou Z3 (que requerem pelo menos três, quatro e cinco discos, respectivamente). Após criado o volume, é fundamental a configuração de partilhas, sendo esta configuração acessível através do menu ‘Storage’, ‘Volumes’ e ‘View Volumes’. Aqui poderá determinar quem acede aos volumes e quem pode ler, escrever e executar os ficheiros armazenados nos mesmos. De seguida poderá dar início à configuração de partilhas, sendo recomendável a utilização do protocolo CIFS (Common Internet File System), já que é criado pela Microsoft e suportado por praticamente todos os dispositivos móveis existentes (bem como equipamentos Windows, Mac OSX e Linux). Para tal deverá aceder ao menu ‘Sharing’, ‘Windows (CIFS) Shares’ e adicionar ‘Windows (CIFS) Shares’. Nesta altura ser-lhe-á dada a opção de colocar a partilha visível em clientes da mesma rede, opção essa que permite, através do Windows Explorer em qualquer computador da sua rede, que a partilha esteja lá representada para um rápido acesso à mesma.

M A I O 2 0 1 4 P C G U I A / 43


FOTOGRAFAR PAISAGENS POR GUSTAVO DIAS

Podemos ser pequenos economicamente face aos restantes países da Europa, mas Portugal goza de uma geografia ímpar, que reúne locais como praias de sonho e montanhas com neve. Pegue na sua máquina fotográfica, planeie a sua rota, escolha os acessórios perfeitos e parta à aventura.

P

ortugal goza de uma geografia de sonho para os adeptos de fotografias paisagísticas, como a nossa costa ou o nosso interior, tanto a norte como a sul. Tire um fim-de-semana para si (e seus), encha o depósito do seu carro e parta à descoberta do nosso país, utilizando as nossas dicas para garantir que capta imagens memoráveis.

88 / P C G U I A M A I O 2 0 1 4

HORAS PERFEITAS Esqueça a hipótese de descansar numa das inúmeras unidades hoteleiras existentes no nosso país, pois o conforto dos seus quartos só irá impedi-lo de realizar aquilo de que precisa, ou seja, acordar bem cedo e aproveitar os primeiros raios de sol do dia. Este momento, em conjunto com o pôr-do-sol, é ideal para criar profundidade nas suas fotografias graças às sombras horizontais; nela são revelados os verdadeiros detalhes das texturas de todos os elementos fotografados. Como se isto não bastasse, a luz suave e “dourada” proveniente do Sol origina resultados impossíveis de se obter em qualquer outra altura do dia.

METEOROLOGIA Tenha sempre em atenção as condições meteorológicas do local nos dias em que pretende visitar esses mesmos locais. Evitar a chuva é, habitualmente, uma boa dica para fotógrafos amadores, mas existem locais em que os dias chuvosos conseguem intensificar a sua beleza, como a serra de Sintra, bem como oportunidades que não devem ser desperdiçadas, como a possibilidade de apanhar momentos de transição de luzes e formação de arco-íris. Evite os dias de céu limpo, já que as nuvens ajudam sempre a compor as imagens, a não ser que já existam elementos suficientes para a composição das mesmas.


LOCAIS A VISITAR Dependendo do tempo que tem disponível para esta tour fotográfica, terá de planear com bastante cuidado os locais que pretende visitar e fotografar. Visite fóruns de fotografia nacionais em busca de ideias e aproveite o Google Maps para determinar quais as melhores estradas para chegar a esses locais, bem como a existência de elementos que mereçam ser fotografados, como castelos, palácios ou até pormenores na paisagem, como uma formação rochosa.

REGRA DOS TERÇOS

OBJECTIVAS

Tirar fotografias a paisagens é uma das ocasiões onde deve, obrigatoriamente, seguir a regra dos terços. Praticamente todas as máquinas fotográficas hoje em dia permitem a representação de uma grelha no ecrã, para facilitar o enquadramento da imagem, permitindo-lhe assim posicionar nos pontos de cruzamento elementos que pretenda destacar, como uma formação rochosa, uma árvore, um animal ou pessoas.

É neste tipo de fotografias que as objectivas de grande angular merecem ser utilizadas em todo o seu esplendor. Só através de uma objectiva desde tipo é que conseguimos recriar todo o campo de visão que a nossa vista consegue captar, evitando assim perder elementos e detalhes que com uma objectiva tradicional não captaria.

FILTROS Para alguns, a utilização de filtros poderá assemelhar-se à pós-produção de imagem, mas em diversas ocasiões a utilização de um bom filtro permite eliminar, logo na captação, reflexos não desejados, entre outras situações. Usando filtros polarizadores circulares torna-se possível eliminar reflexos em superfícies não metálicas, intensificando as cores e o contraste, como o céu que fica mais azul e a vegetação mais verde. Os filtros de densidade neutra permitem apenas aumentar o tempo de exposição, ideal para captar movimento como água a cair ou nuvens a passar. Por fim existem os filtros graduados de densidade neutra, que permitem equilibrar as diferenças de luz no local, como por exemplo escurecer o céu.

ACESSÓRIOS Para garantir que as suas fotos saiam sempre perfeitas recomendamos o uso de alguns acessórios que limitam a interacção entre si e a câmara, evitando assim a criação de qualquer trepidação. Para tal torna-se fundamental o uso de um tripé estável, já que o mais provável é que vá utilizar longas exposições, devido ao uso de sensibilidades ISO baixas e aberturas pequenas (como f/22). Igualmente fundamental é o cabo disparador ou controlo remoto, já que permite, sem precisar de interagir com a câmara, ajustar o disparo, podendo em alguns casos (nos acessórios originais da marca) ajustar o tempo de obturação e o tipo de disparo. Por fim temos um acessório interessante, embora não fundamental, o nível de bolha de ar, um extra bastante acessível (€12 na Colorfoto) que permite, caso a sua máquina não o tenha disponível por software, garantir que a máquina está devidamente nivelada.

M A I O 2 0 1 4 P C G U I A / 89


ASSINE JÁ!

JOGOS!

ao stock

existente.

E GANHE U M DESTES

Limitado

#

PVP €69,9

9

ME Assinalo abaixo a minha forma de pagamento

LH O (-1 R O 0% PÇ ) ÃO

18 edições + Jogo para PS4 Pago a minha assinatura por débito directo, €53,50 Para tal, preencho a autorização de pagamento. A renovação será automática, salvo instruções em contrário.

18 edições + Jogo para PS4 Pago a minha assinatura por transferência bancária de uma vez só, no valor de €59,40 (18 edições). NIB: 004540604010297207319

Para assinar, preencha, recorte e envie para: Revista PCGuia, Rua Rodrigues Sampaio, 5, 2795-175 Linda-a-Velha

Nome Morada Código Postal

Localidade

NIF

Data de nascimento

Telefone

E-mail

Autorização de pagamento Por débito da minha conta abaixo indicado, queiram proceder, até indicação contrária, aos pagamentos de subscrições que vos forem apresentadas por JMToscano - Comunicação e Marketing, lda.,

Nome do titular NIB

18 edições + Jogo para PS4 Pago a minha assinatura por cheque e de uma vez só, no valor de €59,40 (18 edições) à ordem de JMToscano - Comunicação e Marketing, lda.

NIF Assinaturas Telefone: +351 214 142 909 - assinaturas@jmtoscano.com

pcguia.pt - www.jmtoscano.com


Pcguia 220 Maio 2014 demonstração