__MAIN_TEXT__

Page 1

RedeUSA

PERFIL

Miami,08 a 22 de Abril, 2019 - Pág.06

O nome dela é Paula Tooths, a jornalista multitarefa

Seu nome é Paula Tooths, conhecida como a loira furação no que diz respeito a trabalho ou work como gostam de dizer. *Por Fabricio Magalhães

P

aula é natural de São Paulo capital, e naturalizada italiana. Esta garota de 41 anos já fez de tudo e mais alguma coisa, em um bate papo bem descontraído com risadas, tirinhas e muita sinceridade, Paula Tooths, nos contou um pouco de sua mega trajetória profissional e de vida. Esta menina proeza fez direito, IT, Ciências da Computação, comunicação e de lambuja secretariado executivo. Mas quem pensa que sua vida profissional com essa quantidade de diplomas foi fácil se engana. Paula conta que começou estagiando em direito, ama as leis, mas acabou em um emprego fixo na empresa BMF onde ganhava muito mais do que vários pais de família, sendo assistente da direção falimentar com liquidação e crédito. De repente a loira decidiu que queria ir para a terra dos Gangurus e lá foi ela para a Austrália fazer uma especialização em media, mas acabou ficando mais tempo que o planejado, porque virou correspondente da BandNews Internacional.

Passados dois anos, Paula retornou ao país tropical descoberto por Pedro Álvares Cabral e virou gerente de produção do BandSports, mas quando a pessoa tem luz própria, não há ventania que apague e logo virou coordenadora de orçamento de todo o grupo Bandeirantes de jornalismo no Brasil. Como a menina é uma espécie de "Nômade", descobriu que em Nova Iorque e em Londres havia uma escola de Script com duração de 3 meses cada um dos cursos, resolveu partir para a terra do Big Ben para ficar três meses fazendo o curso, porém conheceu alguém, se apaixono, casou e permaneceu em Londres, mas isso é outra história. Residente no Reino Unido, trabalhando com jornalismo e comunicação, Paula disse que um dia se cansou de escrever notícias tristes e chatas, se lembrou que a base dela era política, que a época o mundo estava de ponta cabeça e que ela queria mudar o mundo como dizia Cazuza em uma de suas canções, ela não queria mais dar informações tristes, queria dar e distribuir felicidade, então o que essa guria fez?

Pasmem, foi estudar medicina natural, meditação, homeopatia, acupuntura, hypnose, iridologia, nutrição, chegando a conclusão de que o ser humano é uma coisa única e que precisava de atenção diferenciada e focada, então Paula, resolveu abrir uma clínica, isso mesmo, a loira multitarefas agora era dona de uma clínica especializada nos assuntos acima descritos. Ela afirma que começou a escrever sobre o assunto e acabou publicando livros de mantras, dicas, afirmações, com intuito de ajudar seus pacientes, clientes e amigos, c o m i s s o f o i c o nvi d ad a a participar de workshops e palestras. Foram 4 anos nesta nova trajetória, até que um dia Paula acorda, escuta os badalos do Big Bem, e disse que já estava ficando maluca fora da casinha, e afirmou: "eu penso que cada ser humano tem um chamado nessa vida e acredito com todo meu coração que o meu chamado está na comunicação. Eu gosto mais de escrever do que de falar (embora eu seja tagarela) e chegou um momento em que meu filho precisava de mim, precisava ter uma mãe mais próxima, e como

jornalista eu conseguiria estar mais próxima do que quando estava em tour ministrando palestras sobre como encontrar felicidade nas pequenas coisas, como reencontrar o equilíbrio, em várias cidades da Europa, por isso resolvi voltar ao jornalismo e deixar esses quatro anos que vivenciei essa maravilhosa experiência para a minha biografia de vida. Paula disse que a volta ao jornalismo na Inglaterra foi em alto estilo, o Reino Unido estava fervendo, muito conteúdo sobre o Brexit, ou seja não faltava trabalho, porém contudo, como trabalhava para uma agência de notícias, surgiu um convite há um ano para que ela fosse para a Flórida nos Estados Unidos escrever sobre cultura, Paula, nossa carinhosa "nômade de estimação", não pensou duas vezes, e hoje vive em Miami. Atualmente, ela trabalha na implantação de novas mídias e novos veículos de comunicação. Perguntada antes de encerrar a entrevista, se o Céu é o l i m i t e , a l o i r a descontraidamente respondeu: "Nunca! Quando a gente quer, a gente pode ir alem do céu. Você faz seus limites"

Profile for Paula Tooths

O nome dela é Paula Tooths, a jornalista multitarefa  

Entrevista para o jornal Rede USA Miami

O nome dela é Paula Tooths, a jornalista multitarefa  

Entrevista para o jornal Rede USA Miami

Advertisement